Issuu on Google+

Terça-feira

Ano XVI w

NATAL-RN, 4 DE FEVEREIRO DE 2014 w Nº 4.854

R$ 1,00 w jornaldehoje.com.br

> O DELÍRIO DA REELEIÇÃO

10Sports

Nélter descarta conversa do PMDB com Rosalba DEPUTADO AFIRMA QUE REAPROXIMAÇÃO “SÓ PODE SER IRONIA” DA GOVERNADORA E GARANTE QUE O PMDB TERÁ UM CANDIDATO PARA DERROTÁ-LA NAS URNAS POLÍTICA 3

> EDUCAÇÃO

Heracles Dantas

Prédio centenário ocupado pela 1a escola particular do RN, fechado desde dezembro de 2012, terá características preservadas e continuará sendo usado para o ensino

UniFacex compra prédio do CIC e cursos já serão iniciados em abril CIDADE 8 Heracles Dantas

> ASSEMBLEIA

Professores de Natal decidem não iniciar greve, mas pedem melhorias

Ingressos para o Fight Night Combate em Natal variam de R$ 180 a R$ 950 Duelos de MMA para entrar na história. Pelo menos é isso o que esperam os organizadores do UFC - Fight Night Combate, lançado na tarde de hoje no Hotel Serhs, na Via Costeira. O evento acontecerá no dia 23 de março, no Ginásio Nélio Dias, zona Norte de Natal. Na luta principal da noite (peso meio-pesado), Mauricio Shogun enfrentará o americano Dan Henderson. Contudo, as lutas mais aguardadas do público serão entre os potiguares Gleison Tibau, Ronny Markes e Jussier Formiga, que duelam pela primeira vez em um octágono do UFC na terra natal. Ronny Markes lutará contra o brasileiro Thiago Marreta pelo peso médio; Jussier Formiga pegará o americano Scott Jorgensen na disputa do peso mosca. Já Tibau enfrentará o russo Mairbek Taisumov no peso leve. O

Fight Night Combate em Natal será assistido por mais de 130 países, já que o evento terá transmissão ao vivo via satélite. E os ingressos para o UFC Fight Nigth Combate - Shogun vs. Henderson - podem ser adquiridos a partir de amanhã no www.ticketsforfun.com.br, em todos os pontos de venda credenciados, na Central de Relacionamento Tickets For Fun e ainda na bilheteria oficial no Ginásio Nélio Dias (no dia do evento). Os bilhetes estarão disponíveis para os seguintes setores: Arquibancada (R$ 240,00 / R$ 120,00 meia entrada) Arquibancada B (R$ 180,00 / R$ 90,00 meia entrada) Cadeira Premium (R$ 700,00 / R$ 350 meia entrada) Octógono Premium (R$ 950,00 / R$ 475,00 meia entrada) Portadores de Necessidades Especiais (R$ 90,00 meia entrada).

> LINHAS NATURAIS

Fotografias de Flávio Góis no portal do JH CULTURA 9

> REFORÇO

ABC apresenta hoje o atacante Lúcio Curió

POLÍTICA 5

ESPORTE 15

> ESCULTURAS

ESCREVEM ARTIGOS NA EDIÇÃO DE HOJE

‘Arco do Sol’ some e Prefeitura de Natal planeja a ‘Noiva do Sol’

Armando Negreiros Augusto Coelho Leal Carlos Alberto Josuá Costa Sérgio Luiz Bezerra Trindade Berilo de Castro João Felipe da Trindade

CIDADE 6

OPINIÃO - Página 2

> NO DIÁRIO OFICIAL

Delegado acusado de usar viatura para fins particulares é exonerado no RN CIDADE 10

Peças que restavam da estrutura desapareceram do depósito da Semsur. Placa continua no local

Marcos A. de Sá

Túlio Lemos

Daniela Freire

Vicente Serejo

Rubens Lemos F.

Página 13

Página 16

TACIANA CHIQUETTI - INTERINA

Página 7

Página 3

w A novidade dita por Wilma foi em relação à abertura do 'diálogo' com José Agripino. INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,40 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,50 R$ 2,40

Página 12

w Grupo Facex adquire prédio e instalações do antigo Colégio Imaculada Conceição. Euro x real R$ 3,25 Poupança 0,50%/0,41% Taxa Selic 10,5%

w No “jogo de xadrez” das eleições, Wilma estaria aguardando Garibaldi mover a peça.

EMAIL REDAÇÃO:

w Classe política degradada e sem sintonia, sob o olho vigilante da sociedade politizada.

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

w Saudades do velho Taffarel. Um goleiro sem acrobacias e de colocação perfeita.

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

16 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 4 de fevereiro de 2014

Artigo

ARMANDO NEGREIROS, médico (armandoanegreiros@hotmail.com)

Terça-feira

Artigo

CARLOS ALBERTO JOSUÁ COSTA, engenheiro civil, consultor e economiário aposentado (josuacosta@uol.com.br)

Geração de autistas

Homi, vamos tomar um vinho!

É impressionante como o tempo passa rápido. Nasci exatamente na metade do século passado, 1951. Podemos, então, dizer que a década de cinquenta (os anos cinquentas, assim com "s" mesmo, pois foram dez anos, nove para mim) foi a infância; a de sessenta a adolescência; a de setenta a mocidade; a de oitenta e noventa a maturidade e a partir de 2001 passei a ter direito a estacionamento para idosos - mesmo sem aquela bengala e sem o andar empenado do velho desenhado - e fila para preferenciais. Mossoró só veio a ter televisão no final da década de sessenta, assim mesmo com muita interferência de Caracas, como se dizia à época, para justificar o péssimo sinal. Quando vinha a Natal escutava o comentário: por esses dias a televisão está muito ruim... quase nunca prestava. Em 1969, ano em que fui morar no Rio de Janeiro, assisti pela TV a chegada do homem à lua, no dia 20 de julho. Ficávamos todos na sala, conversando e comentando o grande feito: "um pequeno passo para um homem, um salto gigantesco para a humanidade". Apolo 11, Neil Armstrong, Edwin 'Buzz' Aldrin e Michael Collins. Parece que foi ontem, na Praia de Botafogo, 68 apto 403 do edifício Vifer (Vicente Fernandes) na sala com Ivy, Lauro Simões, Mauro e Gilse Campos. Voltemos a Mossoró. Todas as noites se reuniam, no terraço da nossa casa na Praça da Independência, 37, cerca de vinte a trinta amigos de seu Rafael para jogar conversa fora. Bebia-se muito suco e café. Embora ninguém fosse abstêmio ("de todas as taras sexuais, não existe nenhuma mais estranha do que a abstinência" Millôr Fernandes), não se usava bebida alcoólica. Não raro tínhamos sessões de hipnotismo com Diniz Câmara, nas quais o mais sugestionável era Maia Pinto. O jogo de impugno, altamente instrutivo, com três ou quatro dicionários no centro da roda para dirimir as dúvidas. Os que tinham melhor vocabulário triunfavam. Seu Rafael e Francisco de Assis Freitas Amorim eram os campeões. Enfim, se conversava, se discutia, se apostava. Às vezes chegava-se até perto dos contendores irem às vias de fato, mas não passavam das altercações acaloradas. Nas férias, em Tibau, todas as noites nos reuníamos numa das casas para as saudosas tertúlias. Bronzeados, perfumados, algumas doses de Cuba libre (Rum Montila com Coca-cola), dançávamos agarradinhos, ao som de uma pequena radiola, que seria usada nas madrugadas para fazermos audaciosas serenatas para as belas adolescentes. No final da década de setenta (1977) venho morar em Natal. Vasto círculo de parentes e amigos, o que fazer nas horas vagas? Conversar, ler livros, revistas e jornais, frequentar praias, tomar banho de mar, jogar sinuca, ir a bares, restaurantes e botequins, uma cervejinha, um vinho, um uísque, etc. Discussões sobre temas gerais, literatura, arte, cinema, segunda guerra mundial, música, teatro, conflitos pelo mundo afora, socialismo, neoliberalismo, direita, esquerda, comunismo, muro de

A idade do vinho? Não sei! Sei a idade que tinha quando provei o primeiro vinho de uma série que se estende até aos dias atuais. Comecemos, pela importância que "a bebida dos deuses" assumiu nas Bodas de Caná: "E, ao terceiro dia, fizeram-se umas bodas em Caná da Galiléia; e estava ali a mãe de Jesus. E foi também convidado Jesus e os seus discípulos para as bodas. E, faltando vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Não têm vinho. Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora. Sua mãe disse aos serventes: Fazei tudo quanto ele vos disser. E estavam ali postas seis talhas de pedra, para as purificações dos judeus, e em cada uma cabiam dois ou três almudes. Disse-lhes Jesus: Enchei de água essas talhas. E encheram-nas até em cima. E disse-lhes: Tirai agora, e levai ao mestre-sala. E levaram. E, logo que o mestre-sala provou a água feita vinho (não sabendo de onde viera, se bem que o sabiam os serventes que tinham tirado a água), chamou o mestre-sala ao esposo, E disse-lhe: Todo o homem põe primeiro o vinho bom e, quando já têm bebido bem, então o inferior; mas tu guardaste até agora o bom vinho" João 2: 1,10 Vamos agora andar no tempo e dar uma parada nos anos 80, não mais na Galiléia, mas em Natal/RN, quando a sofisticação do momento era se reunir para apreciar o "famoso" vinho branco alemão, de qualidade a desejar, com as inconfundíveis garrafas azuis de Liebfraumilch. Um detalhe sutil: além da garrafa azul, tinha que ter o rótulo com a imagem de Nossa Senhora e o menino Jesus. Estávamos dando os primeiros passos na arte da degustação. Os tintos eram raros e quando trazidos por encomenda de países vizinhos, eram caros. O foco era o vinho da garrafa azul. Nada de harmonização, taças adequadas, ritual de apreciação, qualidade e aromas, temperatura recomendada. Bastava um foude, um abridor "peba", uma

Artigo

Berlim, final da história, religião, gosto, cor, União Soviética, Rússia, Bielo-Rússia, Chechênia, Ucrânia, República Checa, Eslováquia, Iugoslávia (hoje dividida em Bósnia e Herzegovina, Croácia, Eslovênia, Macedônia, Servia, Kosovo, Montenegro, Voivodina), enfim, discute-se de tudo um tudo. Admite-se que uma geração é um período de mais ou menos vinte e cinco anos. Portanto, estou entrando na terceira geração. Tenho duas filhas com mais de trinta anos (vou apanhar quando esse artigo for publicado...) e um neto dentro dos dez anos. Temos observado que, com a evolução tecnológica, que deu saltos exponenciais neste início de século, a terceira geração, em vez de ser influenciada pela performance comportamental da segunda, está fazendo a cabeça desta. Depois dos smartphones e dos tablets (principalmente esses dois) essa nova geração não faz mais nada do que falamos acima: não lê revistas e jornais, não bate papo, o som é nas alturas - impedindo qualquer tipo de diálogo. A civilidade, a educação doméstica, aquela que deveria se aprender em casa; dar bom dia e boa tarde, cumprimentar as pessoas, olhar nos olhos, ouvir, comentar, prestar atenção; acabou tudo. A atenção é apenas para o écran dos aparelhinhos emburrecedores. O vocabulário é de fazer pena, assim como a escrita - é pobre e eivada de asneiras. Outro dia perguntei a um grupo de jovens o que significava "ovacionar". Responderam que era jogar ovos em alguém. Alguns estudantes de medicina que fazem estágio nos hospitais, em vez de aproveitar o tempo para aprenderem a prática da medicina, ficam na sala de estar dos médicos, sem aproveitar nada, o que me levou a chamar tal ambiente de "sala de parasitologia". Recentemente, ao chegar nessa sala, contei cerca de dez alunos. Todos de cabeça baixa, teclando, exceto uma. Ao fazer o comentário de que em dez pessoas, apenas uma não estava com o iphone, ela foi muito honesta: estava tirando o meu do bolso agora! Estaremos diante de uma geração de autistas? É bem provável. Vejamos a definição na Wikipédia, a enciclopédia livre: O autismo é uma disfunção global do desenvolvimento. É uma alteração que afeta a capacidade de comunicação do indivíduo, de socialização (estabelecer relacionamentos) e de comportamento (responder apropriadamente ao ambiente - segundo as normas que regulam essas respostas). Esta desordem faz parte de um grupo de síndromes chamado transtorno global do desenvolvimento (TGD), também conhecido como transtorno invasivo do desenvolvimento (TID), do inglês pervasive developmental disorder (PDD). Entretanto, neste contexto, a tradução correta de "pervasive" é "abrangente" ou "global", e não "penetrante" ou "invasivo". Mais recentemente cunhou-se o termo Transtorno do Espectro Autista (TEA) para englobar o Autismo, a Síndrome de Asperger e o Transtorno Global do Desenvolvimento Sem Outra Especificação.

AUGUSTO COELHO LEAL, engenheiro civil (augusto.coelho.leal@gmail.com)

Coisas que só acontecem comigo II Acho que nasci rindo, não chorando, adoro tirar uma prosa sadia, brincar com um e com outro, jogar conversa fora, tocar teclado, cantar e ser cantado lógico, e assim continuar até o último suspiro ou último riso. Fui no sábado 01 de fevereiro pelo Bar do GG. Como estava passando uns dias na praia de Cotovelo, quando cheguei por lá, cada um dizia uma brincadeira, uns queriam ouvir a resposta e outros tirar um "sarro" com a minha cara. E assim se passaram duas horas. Como tinha algumas pessoas estranhas ao nosso convívio, falei quando ia saindo, que se alguém soltasse uma piada eu mandava chumbo em todos. Vou me dirigindo para o carro quando começaram os gracejos. Entrei no carro e peguei uma caixa de chumbinho (aqueles de São João), enchi a mão e disse – Lá vai chumbo mundiça, e sacudi em direção à mundiça. Quando "eles" bateram nas mesas, chão e parede foram pipocando e nego pulando pra todos os lados, Sai rindo e vingado. Certa vez, tinha saído de casa e ia demorar, Alzira aproveitou e foi fazer umas compras em um supermercado.Voltei mais cedo, nisso ela liga para falar com a nossa secretária e eu atendo. – Alô, Augusto você já chegou em casa? – Não, estou em Londres almoçando com a Rainha. – Vá pra meeeeeeeeeeerda, e chame Antonia. Já que falei em esposa, vou continuar falando historias da minha, porque se contar aqui histórias das outras vai dar um qüiproquó dos infernos. Houve um tempo em que o meu grande amigo Humberto Azevedo, dono do restaurante Xiquexique decorou o prédio iluminando a frente toda com lâmpadas amarelas, não era tempo das festas natalinas. Saí da Confeitaria Atheneu, aproximadamente às dezesseis horas e pego a Avenida Campos Sales, moro perto da Praça Augusto Leite. Passando em frente ao Bar Azulão, do amigo Dequinha, vejo o colega e amigo Lucio Flavo Othon que solitário deu com a mão. Aquele gesto doeu no meu coração, fiz a volta e fui fazê-lo companhia. Ele estava bebendo

uísque ou Whisky e eu tinha bebido cerveja, mas inventei de acompanhá-lo também na bebida. Saí de lá oito horas da noite, igual à Vadinho de Dona Flor. Como troquei de mão na avenida, meu carro ficou de frente para o CCAB Norte, eu ia para casa. Comecei a andar e nada de chegar na praça que é bem perto. Estou perdido, disse. Quando chego em frente ao Xique Xique, que vejo aquele prédio todo iluminado, parei o carro e pensei (pensamento de bêbado): realmente me perdi, vim parar em uma cidade do interior e hoje é a festa da padroeira, a Matriz está toda iluminada, vou telefonar para casa. – Alô Alzira, estou perdido, vou demorar a chegar em casa. – Filho pelo amor de Deus, você está onde? Dei uma risada e respondi: – Se eu soubesse não estava perdido – Dane-se, durma onde quiser. Certa vez, estava em casa me preparando para sair, já atrasado, quando chega um guarda sanitário, para verificar foco do mosquito da dengue. Ora já estava atrasado, falei para o vigilante sanitário que estava de saída, mas ele insistiu em entrar. Puto da vida permiti, aí apareceu meu anjo da guarda. O cidadão leu em uma placa (só tem a placa, não tem cachorro) que tem no portão da garagem "Cuidado cão raivoso Pit bull," e foi logo perguntando. – Senhor o cão está preso? Que cão? Perguntei. – Aquele que tem lá na placa do portão da garagem? Responde que sim. Foi minha salvação, lembrei-me destas chamadas falsas que tem no celular, deixei o cidadão chegar perto do final do terreno, eu acompanhando, liguei para o meu celular sem ele perceber e gritei. – Alô pelo amor de Deus filha você deixou o cachorro solto, valha-me nossa senhora. O cidadão arregalou os olhos, saiu correndo em direção ao portão, como estava fechado, pulou a grade e caiu sentado na calçada. Ainda olhei para ele que me disse. – Doutor que susto hem? Escapei por pouco. E eu comigo mesmo, quem escapou foi eu.

Artigo

conversa fiada, para fazer o deleite de tomar um vinho. Confrarias, clubes de vinho, praticamente não existiam, notadamente na forma como hoje, quando nos reunimos para estudar desde os terroir até aos rótulos, origens, castas, aromas, taninos, passando pela produção, armazenamento nas caves, adegas profissionais e caseiras, e outros tantos senões que às vezes "inventamos". Hoje, somos verdadeiros Bacos e Dionísios, pela demanda de vinhos que abarrotam as lojas especializadas, os armazéns, os restaurantes, todos eles com uma carta ampla, de várias nacionalidades, branco, rosé, tinto e, preços acessíveis. Estamos envolvidos pelo chamado bouquet do vinho. Todo apreciador do vinho deve conhecer e distinguir os profissionais que atuam em torno desse mercado vinifico: enófilo – o amante do vinho, enólogo – o elaborador do vinho, e sommelier – o orientador ao cliente. O Enófilo tem um sentido mais amplo e significa "pessoa que gosta do vinho", mas que não tem responsabilidade sobre sua elaboração. O Enólogo é o profissional responsável pela elaboração dos vinhos. A rigor, também é um enófilo, por gostar do vinho. O sommelier é o profissional que desempenha suas funções em restaurantes é conhecido como "o maitre das bebidas". Ou seja, o sommelier deve conhecer, para poder orientar seu cliente, sobre todo tipo de vinho que dispõe na adega e consequentemente na 'carta de vinhos' presentes nos locais de consumo. E como apreciar um vinho? De forma simplificada siga as orientações que os especialistas recomendam: Dê uma boa olhada no vinho verificando sua aparência obtendo assim informações iniciais sobre a qualidade do vinho. Para tal deve-se usar uma taça transparente e lisa, colocando-a contra um fundo branco (pode ser um prato, guardanapo ou a tolha da mesa). A cor do vinho tinto nos dá uma ideia sobre a idade do vinho. Inicialmente o vinho tinto possui uma cor púrpura intensa e com o tempo essa intensidade vai se perdendo e começa a se

tornar mais pálida. A cor do vindo também nos dá uma pista da variedade de uva que foi usada, pois cada variedade produz vinhos de diferente intensidade de cor. Agite delicadamente a taça, em movimentos circulares, liberando seus aromas, pelo aumento de sua área de superfície em contato com o ar. Coloque o nariz dentro da taça e inspire profundamente, na tentativa de identificar os aromas presentes. Os aromas do vinho na boca invadem as vias superiores e é a resposta desses receptores que usamos para degustar um vinho. As primeiras impressões podem ser sentidas pelas papilas gustativas que estão dispersas por vários pontos da língua e também por trás da boca. Assim, enquanto na ponta da língua captam-se os sabores doces, na parte de trás captam-se os amargos. A sensação final da degustação vem exatamente quando engolimos o vinho, sendo diferente de quando o vinho primeiro tocou nosso paladar. Os sabores podem permanecer por um tempo, o que faz com que descrevamos o vinho como longo ou curto. Quanto mais longo for o sabor mais você irá apreciá-lo, podemos então dizer que um vinho com um sabor longo é um vinho de qualidade superior. Lembre-se: Degustar vinho é muito bom, beber com qualidade é melhor ainda. Conheço bons grupos de apreciadores, tais como o "Sempre Amigos" com evoluídos apreciadores de Natal, Mossoró e João Pessoa; a "Tropa", formada por jovens e indecisos casais quanto ao local e data para se reunir, e o "Maldocks", que segue direitinho o ritual da apreciação até a terceira garrafa e depois "estraga", tomando cocacola. É como diz minha amiga Swamy Marques: "Homi, vamos tomar um vinho!" Atualmente estou na fase das vinas, Viu Manent, Leyda, Reynolds e do Vale do São Francisco. Mas, qual o melhor vinho? É aquele que em você desperta sensações e prazeres gustativos. "Com a passar dos vinhos, os anos melhoram" (Anônimo)

SÉRGIO LUIZ BEZERRA TRINDADE, professor do IFRN (slbtrindade@yahoo.com.br)

As mil e uma noites Estive em 2012 numa escola técnica chilena e, ano passado, em duas universidades europeias (Universidade do Minho e Universidade de Salamanca) e, tanto na escola chilena quanto nas universidades ibéricas ouvi a mesma cantilena que ouço nas universidades brasileiras: quase não há investimento nos setores que lidam com ciências humanas e sociais, pois empresas (privadas e públicas) e governo abrem os cofres somente para investir nas áreas de ciências da natureza, biomédicas e tecnológicas. Andei, por dois dias da semana passada, a pé ou de bicicleta pelo interior do campus da UFRN, hoje uma espécie de canteiro de obras. Praticamente todos os setores do conhecimento estão contemplados com as verbas destinadas pelo governo federal ou empresas estatais. Há obras nos centros de ciências humanas, sociais aplicadas, exatas, da natureza, tecnológica e biomédica.

Artigo

Salta aos olhos, porém, a quantidade de prédios com o complemento "petróleo" no nome. Há prédios para pesquisadores que lidam com química do petróleo, com engenharia do petróleo, com geofísica do petróleo... É uma pletora petrolífera que me faz crer que estamos sobre um manancial do ouro negro que faria os xeques árabes babarem de inveja. Não entendo por que o pessoal da área de humanidades e sociais tanto reclamam da falta de recursos para fazer pesquisa. Há um novo filão a ser explorado: a palavra petróleo - por si só capaz de fazer jorrar rio de dinheiro. O pessoal das sociais aplicadas deve investir em setores que mexam com administração do petróleo, economia do petróleo, contabilidade do petróleo, pedagogia do petróleo e direito do petróleo. O mesmo vale para o pessoal das humanidades, que poderia desenvolver tra-

balhos de sociologia do petróleo, história do petróleo, psicologia do petróleo e por aí vai. Rapidamente haveria mobilização dos pesquisadores da área biomédica, com trabalhos de genética do petróleo e fisiologia do petróleo. Seríamos a pátria da pesquisa em petróleo e os recursos estariam melhor distribuídos por todas as áreas do conhecimento (humanidades, sociais, tecnológica, natureza, etc) - com prédios espalhados pela universidade carregando em letras garrafais o nome da nova fronteira da pesquisa. Isso feito, o Brasil seria deslocado para o Oriente Médio. Se por aqui ficarmos seremos a Pérsia do 3º milênio, com os nossos governantes como mulás e aiatolás, se escolhêssemos o caminho teocrático. Ou xás, se resolvêssemos permanecer laicos. Isso se até lá a Petrobras sobreviver a incúria.

BERILO DE CASTRO, médico (berilodecastro@hotmail.com.br)

Estação Verão - Praia de Pirangi Início de ano. A cidade toma uma nova feição, uma nova cara. Recebe uma nova roupagem, fica mais colorida, alegre, parece abrir os braços para o mundo. O sol se aproxima mais da terra, como quem quer dar aquela espiadinha nas belas musas. É o verão. O local escolhido pelos novos visitantes e também por aqueles em gozo de férias, é sempre a praia. É o momento que se caracteriza pelo congraçamento das pessoas. É quando as famílias se unem e se abraçam. É um momento ímpar. É o veraneio (ato de passar o verão fora do domicílio habitual). Há mais de trinta anos veraneio na praia de Pirangi. Praia do litoral Sul, situada a 24 km de Natal, considerada a de maior concentração de veranistas e de turistas do Estado. A praia pertence ao município de Parnamirim/RN, dividida pelo rio Pirangi (rio de peixes), em Pirangi do Norte (Parnamirim) e Pirangi do Sul (Nísia Floresta), onde, através de uma pequena ponte, que as divide, se visualiza o belo e o deslumbrante encontro do rio com o mar. Durante esse período, a sua população aumenta em escala e proporção geométricas: são jovens adolescentes que dão um brilho e um colorido todo especial à estação do verão. Chegam também as casas de show, trazendo atrações nos finais de semana com muita alegria e descontração. Anualmente, são escolhidos aleatoriamente os "points", locais de lon-

gas resenhas, bons e infindáveis papos. Este ano tem sido a beira da praia, ao som de muito pop rock com a cantora e superpoderosa Anita; e até que deram uma colher de chá ao falecido rei do brega Reginaldo Rossi, uma justa homenagem ao homem de "Garçom". As manhãs são coroadas com uma descontraída caminhada, seguida de um bom banho de mar, de água morna, de um azul marinho que se mistura com um verde esmeralda, ambos inigualáveis. É possível saborear um delicioso caranguejo, acompanhado de uma "geladinha" na barraca à beira mar do pescador Duca (isenta da Covisa), nativo e barman há mais de quarenta anos. Assistir os arrastões em busca dos cardumes de "tainhas", época do ano que elas (as tainhas) se aproximam mais da costa. Observar com muita admiração e curiosidade a paciência, a tranquilidade e persistência dos "arrais" (os olheiros do mar), só eles conseguem com firmeza e segurança enxergar longe (a olho nu) a presença dos peixes para avisar a equipe para soltar a rede e executar o arrastão. As noites são belas, com a brisa do mar soprando e balançando as redes armadas nos alpendres. Mas como nada nesse mundo é perfeito, surgem as casas ocupadas/alugadas por "estrangeiros" com os seus super megassons, os famosos "paredões" com decibéis muito acima do permitido, com músicas da pior qualidade possível (as bate-estacas), capa-

zes de arrebentar os tímpanos de qualquer mortal, mesmo com o uso dos mais modernos e sofisticados protetores auriculares. Nos últimos cinco anos, dois assuntos têm levado preocupações sérias e desoladoras aos habitantes da praia de Pirangi: os assaltos, com casas arrombadas, saqueadas e famílias inteiras ameaçadas e confinadas em pequenos recintos; o segundo, o uso indiscriminado e em grande escala de drogas ilícitas entre os jovens, sem a menor vigilância e interferência dos órgãos repressores. Saudades, muitas saudades de épocas passadas, quando podíamos dormir nos alpendres de casa e despertar com o movimento suave e prazeroso das ondas do mar sobre a areia da praia. Infelizmente é a intranqüilidade, a total falta de segurança que passa a dominar a praia de Pirangi nesse momento de congraçamento e união de seus habitantes. Há informações de que durante os dias da semana, de segunda a sextafeira, diminuem ou praticamente desaparecem os policiais das ruas. Assim sendo, a população fica totalmente desprotegida e entregue à própria sorte. Ficando puramente restrita à cobertura policial somente aos sábados e domingos. O que na verdade caracteriza uma forma inusitada de segurança policial, deixando muito vulnerável a população praiana. Lamentável! Muito lamentável!

JOÃO FELIPE DA TRINDADE, professor da UFRN, membro do IHGRN e do INRG (jfhipotenusa@gmail.com)

Comentários sobre "Velhas Heranças" O livro de Hélio Galvão, "Velhas Heranças", foi fac-similado pelo Sebo Vermelho em 2012. É a partir dele que construo este artigo, fazendo alguns comentários e acrescentando outras informações do meu conhecimento. Meu último artigo, neste jornal, foi sobre Valentim Tavares de Mello, filho de Manoel Gonçalves Branco e Catharina de Oliveira e Melo. Pois bem, um dos inventários, do livro de Hélio Galvão, é o de Damiana de Oliveira e Mello, que faleceu em 9 de dezembro de 1748, solteira, não deixando testamento. Foi seu inventariante, o irmão, sargento-mor Gregório de Oliveira e Melo, e habilitaram-se, para receber a herança, os irmãos: ele próprio, Gregório, solteiro, mas que teve uma filha com Suzana Brito Palhano; Maria da Conceição, que era casado com o tenente-coronel, José Pinheiro Teixeira, natural de Arrifana de Sousa; Francisco de Oliveira Ramos, viúvo; Eugenia de Oliveira e Mello, que era casada com o sargento-mor Dionísio da Costa Soares; capitão Miguel de Oliveira e Mello, que foi casado com Ângela Correa da Costa, filha de Fradique Correa da Costa; Cosma de Oliveira dos Santos, solteira; sargento-mor Valentim Tavares de Mello, casado em segundas núpcias com Luzia de Albuquerque Mello, falecido, e, por isso, representado pela filha do casal, Maria Manoela, nessa data com três anos, mas que posteriormente casou com o viúvo Estevão da Cunha de Mendonça. Em artigo que fiz sobre Manoel Gonçalves Branco, Damiana não apareceu como filha. Pode ter nascido em data posterior ao ano de 1711. Talvez Cosma seja sua irmã gêmea; Francisco de Oliveira Ramos, que aparece acima, deve ser o tenente Francisco de Oliveira Banhos, mesmo nome do avô, que morava em Recife; da mesma forma Cosma de Oliveira dos Santos, deve ser Cosma de Oliveira Banhos. Outro documento, constante do livro de Hélio, era o testamento (29 de março de 1718) de Joanna de Barros Coutinho, que teve como inventariante, seu marido Manoel Rodrigues Taborda. Nesse testamento ela se diz natural de Olinda, freguesia de São Pedro Martyr, filha legítima do sargento-mor Manoel da Silva Vieira (Hélio só conseguiu ler Manoel) e dona Graçia do Rego, não tendo filhos, nomeou, como herdeira, sua mãe. Manoel Rodrigues Taborda era português da Villa de Buarcos, e casou com Dona Joanna de Barros Coutinho, em 8 de setembro de 1697. Dona Gracia, mãe de Joanna, faleceu antes dela, e, por isso, foi representada por filhos e netos: Tereza da Silva, viúva, filha; Luzia Romana da Silva, filha; Joanna de Barros, casada com Cosme de Freitas, neta, filha de Maria de Barros (falecida) e do tenente-coronel Gonçalo Ferreira da Ponte (casamento em 20 de abril de 1697); Francisco (25 anos), neto, irmão de Joanna de Barros; Atanásio, 20 anos, outro irmão de Joanna; Luis (14 anos), neto, filho de Anna do Rego, que foi casada com o primo legítimo, Lázaro de Barros (casamento em 28 de maio de 1703); Manoel e Miguel irmãos de Luis; Josefa, também irmã, com 7 anos. Outro inventário é o de Cipriano Lopes Pimentel, que era filho do sargento-mor Francisco Lopes e de Joanna Dorneles, esta filha do escabino Manoel Rodrigues Pimentel e neta de João Lostau de Navarro. Cipriano era casado com Tereza da Silva, filha do alferes Felipe da Silva e de Joana Salema. Nos registros mais antigos, encontro referências, tão somente, sobre escravos de Felipe, de José Gomes Salema e de Domingos Gomes Salema. Mais outro inventário é do capitão Domingos da Costa (Rocha em alguns registros) Araújo, que foi casado com Brásia Bezerra de Vasconcelos, inventariante. Uma das herdeiras habilitadas é Monica da Rocha, casada com o capitão Julião Borges, ascendentes de Nísia Floresta. Nos registros antigos, encontro batismos de três filhos de Domingos e Brásial: Tereza, batizada em 30 de agosto de 1688; Hieronima, batizada em 8 de outubro de 1690; e João batizado em 19 de setembro de 1694. Todos eles habilitados, além de Álvaro da Rocha; Brásia, Maria Madalena e Bonifácia, órfãos. Segundo Hélio, a sentença final desse inventário data de 20 de janeiro de 1818. É nesse inventário do capitão Domingos que encontro uma informação que confirma uma questão levantada em um artigo anterior sobre a família Casa Grande do Assú. No livro que foi escrito, constava a seguinte informação de Antonio Soares de Macedo: D. Joanna Martins, filha mais velha do coronel Manoel Lopes de Macedo, minha 3ª avó, casou com o capitão-mor José Ribeiro de Faria, meu 3º avô, o qual era natural do Rio São Francisco e morador na Capitania desta Província, hoje Estado. No artigo que escrevi, eu coloquei dúvidas sobre tal informação, pois supunha que Joanna era filha do capitão João Martins de Sá e Clara Macedo. No inventário do capitão Domingos, consta dívidas passivas, ao tenente-coronel Manoel Martins de Sá e a seus cunhados capitão João Marinho de Carvalho e capitão José Ribeiro de Faria, herdeiros do defunto capitão José Martins de Sá, 106$400. Na transcrição do inventário, mais um equivoco, pois os três eram herdeiros do capitão João Martins de Sá. Assim, se confirma que D. Joana Martins de Sá era filha do capitão João Martins de Sá e não do coronel Manoel Lopes de Macedo.

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Danilo Sá Juliana Manzano EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r EDITOR DE ESPORTES Fábio Pacheco EDITORA DE CULTURA Conrado Carlos EDITOR / JH Online Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL – Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Terça-feira

Natal, 4 de fevereiro de 2014

O Jornal de HOJE 3

Nélter: “Esperamos que Rosalba seja candidata para o povo derrotá-la” DEPUTADO DO PMDB DESCARTA TOTALMENTE POSSIBILIDADE DO PARTIDO VOLTAR A CONVERSAR COM A GOVERNADORA Wellington Rocha

Wellington Rocha

ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O clima na classe política é de repulsa à governadora Rosalba Ciarlini (DEM), tendo por base a desaprovação do seu governo. Tanto é assim, que alguns representantes do segmento político do Estado não admitem sob nenhuma hipótese dialogar com a governadora com vistas a apoiar o projeto de reeleição da gestora, que enfrenta dificuldades na Justiça e no próprio partido, o DEM, comandando local e nacionalmente pelo senador José Agripino Maia. O deputado estadual Nélter Queiroz (PMDB), por exemplo, disse hoje que "só pode ser ironia" a possibilidade de o PMDB voltar a conversar com Rosalba, levantada pelo ex-deputado federal Ney Lopes de Souza (DEM) e chancelada por Rosalba na edição de ontem de O Jornal de Hoje. "Isso é uma ironia, eu acho. Só pode ser. Eu simplesmente não vejo nenhuma possibilidade", afirmou o deputado. Nélter defende que Rosalba supere as dificuldades na Justiça Eleitoral e no seu partido e consiga se candidatar. "Desejaria que ela fosse candidata, para o povo derrotá-la. Se a Justiça deixar e o partido. Espero que a Justiça deixe e o DEM não crie dificuldade, porque, democraticamente, nós queremos derrotá-la". O ex-deputado Ney Lopes chegou a declarar que, estando Rosalba desimpedida e com amparo legal da lei, seria uma espécie de ato ditatorial do senador José Agripino Maia, negar a legenda para que a governadora dispute o pleito deste ano. A hipótese é ventilada e a possibilidade de a Justiça decretar a inelegibilidade da governadora é vista

Nélter Queiroz afirma que o PMDB quer derrotar sua ex-aliada nas urnas, se ela puder ser candidata com bons olhos pelo senador, que evitaria o desgaste de um conflito com Rosalba em caso de o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) permitir que ela concorra novamente ao cargo. Rosalba foi condenada duas vezes pela Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte ao afastamento do cargo e à inelegibilidade. Sobrevive na função provisoriamente, através de liminares da Justiça Eleitoral em Brasília. "Espero que a Justiça não negue. Espero que ela tenha legenda para a gente derrotá-la, democraticamente, nas ruas", acrescentou Nélter. PMDB PODERÁ APRESENTAR CANDIDATO PELA PRIMEIRA VEZ EM 16 ANOS

O clima no PMDB é de candidatura ao governo do Estado. Pela primeira vez desde 1998 - portanto, nos últimos 16 anos - o partido dos Alves age para apresentar um can-

Rosalba afirmou ontem que está aberta a conversar com todos os partidos, inclusive o PMDB

denúncias nacionais de acúmulo de riqueza no exterior, conforme apontado numa ação litigiosa pela exmulher Mônica Azambuja - o que não se comprovou posteriormente.

‘ ’ Vamos conversar os encontros regionais, para saber com quem devemos nos coligar, se com Wilma de Faria ou Fátima Bezerra” NÉLTER QUEIROZ DEPUTADO - PMDB

didato ao governo. O último a disputar o cargo foi Garibaldi, em 1998, como candidato à reeleição. Henrique seria o substituto do PMDB e do Alves na sucessão de Garibaldi em 2002, mas foi surpreendido por

O problema é que o PMDB, a pouco mais de três meses das convenções partidárias, em junho deste ano, ainda não definiu quem será o candidato do partido. Há quem aponte que será um Alves, porque o par-

tido - e a família - não deixará passar o cavalo selado. Embora tenha suscitado o nome do empresário Fernando Bezerra, na verdade um Alves aproveitaria a oportunidade. Não se sabe ainda quem. Se Henrique, Garibaldi, Walter ou, ainda, o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves - o único que não está no PMDB. "O PMDB está nesse desdobramento de fazer sondagem e ver com quem vai se coligar. Vamos começar em fevereiro os encontros regionais, pra saber com quem devemos nos coligar se com Wilma de Faria ou com Fátima Bezerra. E formalizar o desejo para que nome de Fernando Bezerra seja formalizado, para colocar o nome dele nas ruas", diz Nélter. Em verdade, o partido conside-

ra que Wilma de Faria é o melhor nome para fortalecer o palanque. Ex-governadora do Estado por duas vezes, atual vice-prefeita de Natal, ela mesma quer o Senado, um cotidiano muito mais tranquilo que as atribulações do governo estadual. Também seria desejo de Agripino e de Garibaldi situar Wilma no Senado agora. Afinal, em 2018, se estive fortalecida, Wilma poderia disputar o Senado, ameaçando a vaga de Agripino ou de Garibaldi. Nélter confirma que Wilma seria a bola da vez. "Segundo o que a gente sente, a totalidade do PMDB é com Wilma. O que resta ser perguntado é o seguinte: Wilma topa ser candidata à senadora com Fernando Bezerra ao governo?", indaga Nélter.

"Wilma acha que Fernando Bezerra puxa a chapa para baixo" Segundo Nélter Queiroz, embora o PMDB insista em apresentar às bases da legenda o nome do empresário Fernando Bezerra, poderá ser da ex-governadora Wilma de Faria o veto ao suposto governadorável. O veto da ex-governadora, que está sendo sondada para ser candidata ao Senado na chapa que teria o PMDB indicando o candidato a governador, teria por base o fato de Wilma recear enfrentar Fátima Bezerra (PT) tendo como parceiro no palanque um nome frágil eleitoralmente como Fernando Bezerra. Fernando Bezerra também não quer enfrentar um candidato forte ao governo, como, por exemplo, Wilma de Faria. "Wilma não quer enfrentar Fátima, da mesma forma que Fernando não quer enfrentar um candidato forte para o governo. Os candidatos majoritários

Arquivo

Wilma de Faria tem sido cortejada para ser candidata ao Senado na chapa do PMDB

José Aldenir

Fernando Bezerra foi lançado pelo PMDB, mas não empolgou seus próprios aliados

todos querem o filé mignon. Senador não quer disputa com risco. Governador do mesmo jeito". Segundo Nélter, "Wilma não tem interesse de disputar com Fátima o Senado tendo um candidato como Fernando no seu palanque porque acha que Fernando puxa para baixo. Se for Henrique ou Garibaldi, Wilma topa", afirmou. Já o PMDB inverter e apoiar Wilma para o Senado, segundo Nélter Queiroz, é outro cenário. "O PMDB interessa indicar o candidato para o governo". Nélter disse ainda que é possível que a chapa que estão falando que estaria montada, com Henrique para o governo, o deputado federal João Maia como vice, e a Wilma para o Senado, seja plenamente possível. "Isso pode acontecer, tudo pode acontecer. Tem que esperar a etapa, no mês agora que vem".

Túlio Lemos POLÍTICA - TÚLIO LEMOS -

tuliolemosjh@gmail.com / www.tuliolemos.com.br / @tuliolemosrn

INDEFINIÇÃO A ex-governadora Wilma de Faria deu entrevista ontem na 98 FM, reuniu sua bancada na Câmara e disse o que não é nenhuma novidade: ainda não sabe qual o seu verdadeiro projeto, se Governo do Estado ou Senado da República. A dúvida da Guerreira permanece.

DÚVIDA Quem também continua em dúvida é o ex-senador Fernando Bezerra. Ontem, uma liderança do PMDB disse a coluna que ele até tem vontade de ser candidato, mas a família é totalmente contrária ao projeto. Por enquanto, Bezerra continua sendo apenas o candidato laranja de Henrique Alves.

NOVIDADE A verdadeira novidade dita por Wilma foi em relação a abertura do 'diálogo' com o senador José Agripino. A mãe de Márcia afirmou que está aberta ao diálogo com o pai de Felipe. O problema dela é com Rosalba. Ou seja: como Agripino não está com a Rosa, o diálogo flui com ex-adversários que podem virar aliados.

INTERIOR Enquanto as cúpulas partidárias conversam e se entendem, superam divergências, sepultam mágoas e perdem a vergonha, as lideranças políticas do interior continuam brigando como se hoje existissem lados claros na política do RN. O que há é uma grande conveniência a respeito de projetos pessoais. Quem ontem criticava o adversário, prepara-se para elogiar a

mesma figura. DELÍRIO A governadora Rosalba Ciarlini continua em seu maravilhoso mundo cor de rosa. Está com o mandato 'pendurado' apenas em duas decisões liminares. Mesmo assim, diz que está 'aberta' a conversar com todos os partidos, sinalizando que mantém o desejo delirante de ser candidata a reeleição. ENTORPECENTE Alguns mais lúcidos sabem que o poder é entorpecente e provoca uma aguda catarata, desfocando a realidade e criando um mundo imaginário. No caso de Rosalba e alguns aliados, é visível o delírio da turma que está no 'entorno' da Rosa. Essa turma não percebe que ela perdeu o respaldo de quase todos os

partidos aliados, incluindo sua própria legenda; além disso, também não conta com respaldo popular, pois é desaprovada por mais de 80% da população. Pensar em candidatura, vira patologia. Séria. JUSTIÇA Afinal, Rosalba não depende 'apenas' da Justiça Eleitoral para ser ou não candidata, mas de um conjunto de fatores que hoje ela não dispõe. Para quem pensa que a 'máquina' resolve tudo, é mais fácil viver nesse mundo imaginário de que a crise não é tão grave assim e visitar obras para tentar fabricar uma agenda positiva. É a sobrevida do moribundo político. URBANA A cada dia que passa, a licitação milionária da Urbana produz

capítulos negativos para a administração do prefeito Carlos Eduardo. Não bastasse a constatação do superfaturamento de quase R$ 30 milhões, verificado pelo Tribunal de Contas do Estado e admitido pela própria Urbana, agora o TCE novamente determina a suspensão da licitação por encontrar novas irregularidades. RESPALDO O prefeito Carlos Eduardo ainda não observou que seu respaldo ilimitado aos atos da diretoria da Urbana, compromete sua imagem. Afinal, para uma gestão que acaba de completar um ano de mandato, passar metade desse tempo se justificando sobre irregularidades e superfaturamento em uma licitação milionária, é extremamente negativo. E vai ficando gigante.

POLÊMICA Na convocação extraordinária da Câmara, a polêmica fica por conta da criação dos 800 cargos para a Semtas. O tema não conta com respaldo sequer da própria bancada, pois o comportamento distante da secretária não ajuda na relação com os vereadores. O empréstimo de R$ 45 milhões também é controverso, mas deverá ser aprovado. PREPARAÇÃO Sherloquinho, que também voltou das férias, afirma que há, em gestação, preparação do pedido de impeachment da governadora Rosalba Ciarlini; desta vez, feito por sérias e incontestáveis entidades. O pedido será entregue aos deputados no início do período legislativo.


Política

Natal, 4 de fevereiro de 2014

4 O Jornal de HOJE

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

O conflito a descoberto A presidente da República diz que o Brasil está apto a enfrentar a crise econômico-financeira. O posicionamento de Dilma injeta otimismo. Caminha, entretanto, na contramão dos fatos reconhecidos por especialistas - alguns da própria cúpula do poder - e registrados pela imprensa sem cabresto. >>> Seguem cinco situações desfavoráveis: 1. Déficit na balança comercia. Há desequilíbrio elevado entre mercadorias e serviços exportados e os adquiridos no exterior; 2. Alta contínua do dólar em relação ao real; 3. Maior queda percentual das ações transacionadas na Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo). A partir do início de 2014, chega perto de 11%. Isso, por causa da incerteza alimentada pela lentidão do crescimento da China e os efeitos da recuperação dos países ricos - Alemanha, Canadá e Estados Unidos, na linha de frente; 4. Inflação incontida; 5. Juros exagerados, para conter a marcha do item anterior. >>> Mais um registro para completar um sexteto: desconfiança de empreendedores, sobretudo os nacionais, da bússola orientadora do governo da senhora Rousseff na política econômica.

BECO SEM SAÍDA Sobre as hipóteses da reeleição da governadora. Rosalba Ciarlini não será candidata ao segundo mandato. Caso tenha o apoio do DEM, seu partido, a Justiça Eleitoral poderá negar o pedido de registro. Mesmo que supere essas questões, a mossoroense fica fora do processo. >>> Perderá nas ruas e, possivelmente, logo no primeiro turno. Divulgação

SOLUÇÃO À VISTA

Uma mulher de bom currículo para o Ministério da Agricultura. Trata-se de Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias (foto), secretária do Desenvolvimento Agrário de Mato Grosso do Sul. Indicada por deputados do PMDB, ela tem o apoio do governador do estado, peemedebista André Puccinelli. >>> Desde ontem, o nome de Tereza Cristina está sob o crivo da presidente da República.

TRUÃO NO PALCO

A provocação de um bobo; e por ele confirmada a jornalistas. O primeiro vice-presidente da Câmara, André Vargas (PTPR), perdeu a compostura ontem, na reabertura dos trabalhos legislativos. >>> Ergueu o punho no momento do anúncio da presença do presidente do Supremo na solenidade. O ministro Joaquim Barbosa relatou a Ação Penal 470 - apelidada Mensalão. Vargas imitou o gesto de protesto dos petistas condenados pela Corte, ao se apresentarem à Polícia Federal para o encaminhamento à prisão. >>> Deputado paranaense confessa: "Usei o símbolo de reação dos nossos companheiros que foram injustamente condenados."

LEITURA DINÂMICA t Do líder do PSB na Câmara, gaúcho Beto Albuquerque: "O partido sai da posição de independente para a de oposicionista." t No Ceará, o PT abandona o PMDB. Fica com o PROS do governador Cid Gomes, na corrida à sucessão. Eunício Oliveira, o peemedebista rejeitado, alia-se a Tasso Jereissati (PSDB). O tucano está em campanha para retornar ao Senado. t Início da tarde desta terça-feira, o baiano Antonio Imbassahy recebeu do paulista Carlos Sampaio o bastão de comando da liderança do PSDB na Câmara dos Deputados.

t O senador Vital do Rêgo, filho, (PMDB-PB) queria a pasta da Integração Nacional. Prêmio de consolação: ministrochefe da Secretaria dos Portos. t Responsável pelo marketing das três recentes vitórias do PSDB para o governo de Minas Gerais, Paulo Vasconcelos vai dirigir a campanha de Aécio Neves a presidente da República. t Para refletir: "Muitos homens, como as crianças, querem uma coisa, mas não as suas consequências" (José Saramago, escritor português).

Terça-feira

Júlio Protásio defende chapa de coalizão para o Governo do Estado VEREADOR DO PSB DE NATAL DIZ QUE CHEGOU O MOMENTO DE UNIÃO DE TODOS José Aldenir

JOAQUIM PINHEIRO REPÓRTER DE POLÍTICA

O vereador Júlio Protásio, do PSB, defende uma chapa de coalizão formada pelos principais partidos com representatividade no Rio Grande do Norte, como PMDB, PSB, PROS, PV, PR, PSD, entre outros, todos sem projetos de ordem pessoal, mas com o compromisso de unir forças políticas para viabilizar projetos estruturantes e promover o desenvolvimento do Estado. Ele diz existir um sentimento entre as principais lideranças partidárias nesse sentido e, segundo o vereador, quem trabalha nessa direção é o presidente do PMDB, deputado Henrique Eduardo. "Temos que aproveitar o bom momento que vive o parlamentar norte-rio-grandense para somar forças em benefício do Rio Grande do Norte", ressalta o vereador do PSB, destacando também nesse processo a vice-prefeita de Natal e líder do seu partido, Wilma de Faria. Júlio Protásio, que participou de uma reunião com a atual viceprefeita de Natal e ex-governadora do Estado acompanhado de outros vereadores do partido e da deputada Márcia Maia, afirmou que líderes do PSB nacional continuam num processo de convencimento

Júlio Protásio conversou com Wilma e afirma que a melhor alternativa é o Senado para que Wilma de Faria dispute o Governo do Estado objetivando a formação de um palanque para o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, que será candidato a presidente da República nas eleições deste ano. "Os líderes nacionais do PSB querem um palanque aqui para melhorar o desempenho de Eduardo Campos no

Nordeste, região onde ele não está tendo um bom desempenho em razão do Bolsa Família", constata Júlio Protásio. Questionado sobre o sentimento dos vereadores do PSB sobre a futura decisão da líder do partido, o vereador Júlio Protásio afirmou o seguinte: "O sentimento do partido é que ela tome a melhor deci-

são possível, já que esse é um problema de ordem estritamente pessoal", disse Júlio, acrescentando: "Particularmente, entendo que a melhor alternativa seria Wilma disputar o Senado, até como prêmio para a sua vitoriosa carreira política", ressalta, afirmando em seguida que os entendimentos com o deputado Henrique Eduardo e com o senador Garibaldi Filho continuam e que até final de março tudo deverá estar definido. ENCONTRO EM TABATINGA Uma fonte peemedebista que participou de encontro recente na residência do ex-deputado Álvaro Dias na praia de Tabatinga informa que a vice-prefeita Wilma de Faria reconheceu o trabalho feito pelo deputado Henrique Eduardo, considerou que ele vive um bom momento da sua vida pública e deixou evidenciado que prefere ter um Alves na chapa para governador. A mesma fonte afirmou ainda, que caso aconteça o contrário, ela será candidata à governadora nas eleições deste ano. Perguntado sobre esse assunto, o vereador Júlio Protásio disse desconhecer, mas confirma que Wilma de Faria tem frequentemente feito elogios a conduta e o trabalho do presidente da Câmara Federal.

Bloco minoritário e “independentes” não foram convidados para reunião Uma reunião com o prefeito de Natal, Carlos Eduardo com vereadores da bancada e também os considerados "independentes" aconteceu na manhã hoje na sede do Poder Executivo no centro da cidade para o prefeito detalhar o projeto que foi encaminhado para apreciação e votação dos vereadores a partir de hoje à tarde quando inicia a convocação extraordinária. Segundo informa o líder do prefeito, vereador Júlio Protásio, é preciso que os vereadores tenham conhecimento detalhado e subsídios para votar os quatro projetos, entre os quais, dois considerados polêmicos, que são a contratação de pessoal para a Sem-

tas e o empréstimo de 51 milhões de reais para construção da sede do Poder Legislativo e modernização de secretarias. "Existem duas matérias consideradas consensuais que são o aumento de 8 por cento para funcionários efetivos e a que regulamenta a profissão de agentes de endemias", disse Júlio Protásio, acrescentando que são consideradas polêmicas a criação de cargos e o pedido de empréstimo ao BNDES. Vereadores considerados da bancada governista e "independentes", foram convidados, mas alguns não estavam dispostos a comparecer ao encontro com o prefeito Carlos Eduardo. É o caso do

vereador Chagas Catarino, do PROS que em contato com a reportagem d ´O JORNAL DE HOJE afirmou que não iria comparecer à sede da prefeitura. Disse também, que vem examinando detalhadamente as propostas encaminhadas pelo Poder Executivo e votará de acordo com a sua consciência. "Entendo que existem assuntos polêmicos que devem ser discutidos com profundidade", afirmou, citando como exemplo, a criação dos cargos e o pedido de empréstimo. Outro vereador da bancada do prefeito que não tinha posição definida é Adão Eridan, do PR. "Vou comparecer à reunião, ouvir as explicações do prefeito, mas votarei no que considerar bom para Natal", disse o vereador de Felipe Camarão.

BLOCO DA MINORIA Uma fonte informou na manhã de hoje que alguns vereadores considerados "independentes" e outros que estão formando o "Bloco da Minoria" na Câmara Municipal de Natal não compareceram à reunião, primeiro por não terem sido convidados, depois, para não se querer comprometer com o Poder Executivo. O Bloco Parlamentar da Minoria em formação é constituído pelos vereadores Paulinho Freire, Maurício Gurgel, Jacó Jácome, Sandro Pimentel, Amanda Gurgel, Eleika Bezerra, Marcos Antonio, Hugo Manso, Fernando Lucena, Felipe Alves e Rafael Motta. A expectativa é que esse bloco chegue a 12, 13 participantes, segundo informou recentemente o vereador Sandro Pimentel a´O Jornal de Hoje. (JP)


Política

Terça-feira

Natal, 4 de fevereiro de 2014

O Jornal de HOJE 5

Tribunal de Contas do RN suspende mais uma vez licitação milionária da Urbana DECISÃO DO AUDITOR CLÁUDIO EMERENCIANO, PARALISA PROCESSO LICITATÓRIO QUE JÁ ALVO DE SUPERFATURAMENTO Arquivo

Heracles Dantas

ALEX VIANA REPÓRTER DE POLÍTICA

O auditor do Tribunal de Contas do Estado (TCE) Claudio Emerenciano mandou suspender novamente a licitação da Companhia de Serviços Urbanos de Natal (URBANA), que se preparava para definir, nos próximos dias, o vencedor do certame para coleta e destinação do lixo na capital, um negócio de R$ 341,7 milhões. Emerenciano acolheu pedido do Sindicato das Empresas dos Veículos e Bens Móveis (Sinloc), que argumentou descumprimento de prazos. Em seu parecer, o auditor identificou que "o julgamento do recurso e a própria ratificação da decisão monocrática pela Primeira Câmara podem ensejar a modificação do Edital da Concorrência Pública nº 001/2013-URBANA e a sua republicação". A decisão ocorre porque dispositivos legais que regulam o processo licitatório alteram os prazos quando o edital é modificado. O edital foi mudado no final do ano passado, pelo próprio TCE, que manteve o processo licitatório suspenso após identificar sobrepreço em alguns itens que seriam licita-

Cláudio Emerenciano constatou novas irregularidades na licitação de R$ 340 milhões da Urbana, presidida por Johny Costa dos. Com a decisão, a Concorrência Pública nº 001/2013 ficará suspensa, até o julgamento de um agravo judicial. Atualmente, o processo se encontrava numa das últimas fases: abertura das propostas. A Comissão de Licitação, responsável

pela condução do certame, analisa pedidos de impugnação. No ano passado, a licitação foi suspensa pelo TCE, que apurou denúncia de irregularidade. Ao final, foi identificado sobrepreço da ordem de R$ 28 milhões. Após a correção, o processo ganhou sinal

verde do TCE. Agora, por causa das alterações, e da suposta desobediência a prazos que precisariam ser respeitados, o TCE suspendeu novamente a licitação. Das 28 empresas que retiraram o edital para concorrer aos quatro lotes da licitação da limpeza urba-

na de Natal, 10 foram credenciadas a participar da sessão da abertura dos envelopes. Ao todo, o certame é dividido em quatro lotes. O primeiro dos lotes contemplará as regiões Norte e Oeste, as regiões Sul e Leste ficam no segundo lote e o terceiro ficará com a

aquisição de equipamentos e a administração da estação de transbordo. O lote 4 será para a coleta, transporte e tratamento dos resíduos hospitalares. Com esse novo modelo, a Urbana espera atender a 100% da área da capital potiguar e aumentar a eficácia e a eficiência do serviço. José Aldenir

Vereador defende anulação completa do processo e uma nova licitação Ligado aos trabalhadores no asseio e limpeza pública, o vereador Fernando Lucena (PT) parabenizou o Tribunal de Contas do Estado (TSE) por mais essa suspensão, o que para ele demonstra que o órgão de contas está atento no dever de fiscalizar e cumprir com o que determina a lei. O petista aproveitou a oportunidade para defender a anulação da licitação e a realização de um novo processo, sem as incorreções e suspeitas do primeiro - que ainda está em voga. "Acho que é fazer outra licitação, começar do zero, uma coisa mais transparente", disse Lucena, afirmando que sempre defendeu o sistema de setorização, e não de

medição de serviço, o que, segundo a sua concepção, retira margens de manobra que podem resultar em aumento ou diminuição de valoração dos serviços prestados. "É assim que temos que fazer. Setorização é serviço pós-pago. Faz serviço e depois recebe, e não ficar como hoje, tonelada e preço de caminhão. Defendo que seja serviço prestado. Ou seja, limpou o bairro, tá limpo, então paga. E não como é hoje, ter mil margens para aumentar ou diminuir", exemplifica. "Como é a terceira vez que a licitação é paralisada, o prefeito poderia recomeçar do zero, porque ele terá dificuldade para explicar porque é pela terceira vez", acres-

centa Lucena, acrescentando que, pelos cálculos do sindicato, o valor do sobrepreço é bem maior que o identificado pelo TCE. De R$ 40 milhões, e não de R$ 28 milhões. O vereador elucida ainda que o sindicato fez sua parte, ao entregar documentos ao Ministério Público, TCE, Urbana e ao prefeito Carlos Eduardo Alves. "Acho que participação do sindicato vai até ai. Na hora que entra disputa de empresa saímos da jogada, porque não compete ao sindicato se meter nessa questão de escolha da empresa. Se a gente entrasse nessa briga, de abertura de envelopes, o sindicato estaria a favor de alguma empresa, o que não é o caso".

Fernando Lucena, vereador do PT: “Como é a terceira vez que a licitação é paralisada, o prefeito poderia recomeçar do zero”

> POR ENQUANTO

Professores municipais decidem não entrar em greve José Aldenir

Os professores da rede municipal de ensino decidiram não paralisar as atividades em assembleia realizada na manhã desta terçafeira (4), na Assen, no centro da cidade. A reunião da categoria, que lotou a área de eventos do clube, coincidiu com o início do ano letivo no município, e boa parte das escolas da rede ficou com as salas vazias. De acordo com a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte (Sinte/RN), Fátima Cardoso, a Secretaria Municipal de Educação não está cumprindo parte das propostas pleiteadas junto à categoria. "Durante todo o ano de 2013 trabalhamos na elaboração do plano de carreira e o que Justina Iva está apresentando é um remendo e não aceitamos isso de forma definitiva. A gente tem propostas que não correspondem ao que deve ser aplicado pelo Supremo Tribunal Federal. Por exemplo, quanto à questão da liberação de 1/3 da jornada de trabalho para atividades de planejamento, a Prefeitura está querendo trabalhar com hora relógio e não com bloco de aulas, como deve ser. A contagem proposta pela Secretaria prejudica o plano de atividades das aulas porque são mais horas de trabalho. Este é o principal ponto da assembleia de hoje e não vamos aceitar. Estamos em processo de negociação e vamos continuar". Quanto à questão salarial, a di-

um modelo novo, diferente, pensando junto com a categoria. Este modelo de cadeiras enfileiradas não dá mais". O Sinte/RN marcou a próxima assembléia para o dia 13 de fevereiro, às 14h30, também na Assen.

Decisão foi acordada durante assembleia realizada esta manhã, quando as unidades da rede municipal deveriam voltar às aulas rigente sindical explicou que houve o cumprimento do reajuste de 8.32%, mas ainda há o acréscimo de 6.14% sobre o salário de dezembro prometido para o mês de julho, além do pagamento de letras e quinquênios. Fátima também pontuou que faltam promoções verticais, mudanças de padrão e realização de concursos. "Hoje não deflagramos a greve, mas nosso intuito é manter a mobilização da

categoria e lutar pelo certo", disse Fátima. A secretária municipal de Educação, Justina Iva, fez um apelo aos professores para não deflagrarem o movimento paredista e também disse que as salas de aulas do município estão ficando vazias por causa das greves. Fátima Cardoso rebateu a declaração da secretária alegando que haverá uma alta no número de matrículas. "A secre-

tária pode esperar o aumento de matrículas em relação a 2012 e 2013. Ela deve estar falando do (EJA) Ensino de Jovens e Adultos, que é um modelo pedagógico que é fadado ao fracasso, porque os alunos são trabalhadores, chegam cansados na escola e não há rendimento. Isso deixa as salas vazias. Poderia ser criado um convênio com os IFRNs para cursos técnicos, por exemplo. Temos que ter

DIFICULDADES A professora Estefânia Ferreira, que leciona na Escola Municipal José Sotero, na zona Norte de Natal e tem mais de 21 anos na rede municipal, contou que não é a favor da greve. "A escola que trabalho é nova, tem professores dedicados, boa direção e tem uma boa estrutura física. O maior problema é que a aprendizagem dos alunos é prejudicada porque os valores não são mais os mesmos e isso reflete no processo de aprendizagem. Nossos salários também são baixos. Meu salário base é de R$ 1.788,12. Vim participar desta assembleia para ficar informada, mas de uns três anos para cá não acredito tanto no sindicato, porque antes o comprometimento com a categoria era maior". Walker Francis, gestor da Escola Municipal Veríssimo de Melo, em Felipe Camarão, também não é a favor de que as aulas sejam paralisadas. "Lá na escola há problemas pontuais, como falhas na infraestrutura física e a necessidade de reparos que o ideal é que sejam resolvidos logo. Há várias lâmpadas queimadas, falta pintura e seria bom fazer uma revisão

na parte elétrica e hidráulica. Também precisamos de pessoas na parte da coordenação pedagógica. Quanto aos termos salariais, acredito que o esforço da Secretaria Municipal de Educação está sendo feito. Está longe de ser o que queremos, mas reconhecemos o esforço. Não sou a favor da greve e pelo menos os professores que converso do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental também não são". Já boa parte dos educadores infantis presentes à assembleia também não se demonstraram favoráveis à greve, mas a categoria há anos pleiteia por melhorias. "Temos 30 horas/aula, mas, na prática não temos espaço para o planejamento porque trabalhamos direto com o aluno. Isso acontece porque não temos suporte, pois os CMEIs não têm professores para ficarem com as crianças. Como vamos planejar e quem vai ficar na sala? O planejamento devia acontecer na hora que chegamos à escola. Há muita conversa e pouca ação e não há muita integração entre os turnos. O CMEI é um espaço de aprendizado e lazer, mas as crianças acabam tendo isso negado porque não temos professores de artes, nem de educação física. Não é só matricular as crianças e saber que elas estão lá e tem alimentação. Temos que melhorar a qualificação do ensino", disse Adriana Silva, professora do Centro Municipal de Educação Infantil Alberto Maciel, em Cidade Satélite.


6 O Jornal de HOJE

Natal, 4 de fevereiro de 2014

Cidade

Fotos: Heracles Dantas

DIEGO HERVANI DIEGOHERVANI@GMAIL.COM

Inaugurado em 1999 como símbolo do aniversário de 400 anos de Natal, o Arco do Sol sumiu completamente da capital potiguar. Nem mesmo as duas peças que estavam no depósito da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) existem mais. De acordo com a assessoria de imprensa da Semsur, quando a nova administração municipal assumiu em 2013, restavam apenas duas peças da estrutura. Porém, ambas também desapareceram e ninguém da Secretaria sabe informar o que aconteceu. A única informação passada foi de que deve ter acontecido algum erro dos funcionários responsáveis por vigiar o local, que permitiram que as peças fossem levadas. O Arco, que ficava localizado na avenida Engenheiro Roberto Freire, foi retirado em 2011, ainda na administração de Micarla de Sousa, pois o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea) afirmou que o monumento corria risco de cair. A informação inicial era de que ele iria passar por uma reforma para em seguida ser recolocado, o que não aconteceu. Em matéria publicado n'O Jornal de Hoje em julho do ano passado, o titular da Semsur no período em que o monumento foi retirado, Luís Antônio Lopes, afirmou que o material foi levado ao depósito da prefeitura, no prédio da antiga Sisaf, no bairro das Rocas. No entanto, na mesma ocasião, o atual secretário da Semsur, Raniere Barbosa, disse não fazer ideia do 'paradeiro' da estrutura. "Aretirada da obra foi feita na gestão anterior. Nada me foi passado quanto à questão do Arco do Sol. [...]. A sucata que está no prédio da Sisaf não é nem metade do que formava o monumento de Ponta Negra, muita coisa simplesmente desapareceu. O que tem lá são restos de metal retorcido, apenas", disse ele na matéria veiculada. Agora, nem isso. Segundo a Semsur, a Ecocil, empresa responsável pela construção e que presenteou o município com o Arco do Sol, foi contatada para realizar a recuperação, mas teria se negado, alegando que o monumento tinha sido vítima de falta de manutenção. Em contato com a reportagem, Felipe Bezerra, engenheiro da Ecocil, negou que a empresa tenha sido novamente procurada e explicou o que aconteceu com a estrutura até que ela ficasse totalmente degradada. "Ninguém da Prefeitura procurou a Ecocil depois que nós entregamos a obra. Infelizmente o que aconteceu foi a falta de manutenção. Simplesmente não ligaram para o monumento. Com as chuvas, começou a entrar água na estrutura,

CADÊ O ARCO DO SOL QUE ESTAVA AQUI? ESTRUTURA RETIRADA PARA PASSAR POR RECUPERAÇÃO 'DESAPARECEU DO MAPA' NA PASSAGEM ENTRE AS GESTÕES DE MICARLA E CARLOS EDUARDO

que foi apodrecendo aos poucos", destacou Felipe, que ainda afirmou que mesmo que todas as peças ainda existissem, seria impossível fazer qualquer tipo de recuperação. "Como eu falei. A estrutura estava podre. Da maneira que estava não tinha como recuperar. Aúnica alternativa seria fazer outra construção, completamente nova. Mas hoje a Ecocil não tem qualquer intenção de presentear Natal com outra obra". Na época, a construção custou algo em torno de R$ 300 mil para a construtora. NATAL DEVE GANHAR UMA NOVA ESCULTURA Com a impossibilidade de recuperar o Arco do Sol, a intenção da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos é de entregar uma nova escultura para capital potiguar, que já tem uma data provável e até nome. A 'Noiva do Sol' deve ser erguida entre o fim do primeiro semestre e o início do segundo semestre deste ano e ficará localizada no final da avenida Engenheiro Roberto Freire, na rotatória que liga a avenida com a Via Costeira. De acordo com a assessoria de Semsur, o custo da construção e montagem será toda do empresário Luciano Almeida, que presenteará a Natal com o novo monumento.

> TRANSPORTE COLETIVO

PGM solicita alterações em decreto que unifica bilhetagem eletrônica A unificação da bilhetagem eletrônica do sistema de transporte público de passageiros de ônibus e opcional terá que esperar mais uns dias. A minuta do decreto para a unificação da bilhetagem eletrônica vai sofrer alterações antes da publicação no Diário Oficial do Município (DOM). De acordo com o procurador Geral do Município, Carlos Castim, que recebeu na última sexta-feira (31) o documento elaborado pela comissão paritária da bilhetagem formada por representações da Câmara Municipal, Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Natal (Seturn), Sindicato de Transporte Opcional de Passageiros do Rio Grande do Norte (Sitoparn) e Conselho Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana (CMTMU) - foram verificadas imprecisões quanto a pontos importantes da prestação de contas. Entre as falhas apontadas estão a falta de especificação do prazo para o envio dos relatórios da comercialização ao Executivo Municipal - que vai fiscalizar o sistema - e a delegação do Seturn, como responsável pelo repasse dos recursos financeiros mensais, ao Sitoparn. A PGM alega que o sindicato não pode gerenciar o comércio. O que descaracteriza a função do sindicato, e caberia o trabalho à Natal-

Terça-feira

Heracles Dantas

Segundo Elequicina, um novo documento será feito pela comissão partidária e enviado direto para a assinatura do prefeito Card, empresa criada pelo Seturn. Em reunião na tarde desta última segunda-feira (3), o procurador Carlos Castim apresentou as modificações necessárias para que o decreto seja publicado no DOM e a previsão que é a publicação aconteça até a próxima sexta-feira (7). Segundo a titular da Semob, Elequicina dos Santos, a comissão da Secretaria vai se reunir hoje para estudar as solicitações feitas pela Procuradoria Geral do Município. "É um parecer extenso, detalhado e a nossa comissão técnica vai ana-

lisar o parecer e acrescentar o que for necessário. Amanhã deveremos convocar a comissão paritária para fazer um novo documento, que vai se enviado direto para a assinatura do prefeito Carlos Eduardo Alves e não voltará à Procuradoria Geral do Município". De acordo com José Pedro do Santos, conhecido como Pedrinho dos Alternativos, diretor de comunicação do Sitoparn, o sindicato está no aguardo de um posicionamento da Semob, que já anunciou uma nova convocação da comissão

paritária. "Estamos aguardando nos chamarem e acredito que este retorno deve acontecer até o fim do dia. Também não temos nada contra o NatalCard fazer este controle financeiro, mas até hoje a Semob não tem nenhum controle da prestação de contas do Seturn e NatalCard e acho que nestes primeiros dias não vai se resolver. Já tínhamos discutido 95% do decreto com Seturn e Semob. O importante agora é unificar a bilhetagem para o benefício da população", disse. A lei que dispõe sobre a unificação da bilhetagem eletrônica nos ônibus e alternativos da capital potiguar foi sancionada pelo prefeito Carlos Eduardo Alves no final de setembro e depois da publicação no DOM é válido por 60 dias. Após esta fase de testes, haverá a implantação definitiva do sistema, que estabelece a utilização do mesmo cartão de passagens em ambos os veículos. A unificação da bilhetagem eletrônica nos ônibus e alternativos era uma reivindicação dos permissionários de alternativos da capital, que desde 2010 lutam por igualdades no sistema. De acordo com os permissionários, a exclusividade do uso de cartão nos ônibus diminuiu consideravelmente o fluxo de passageiros nas linhas alternativas nos últimos anos e, consequentemente, vários veículos tiveram que parar de circular devido à escassez de clientes.


Economia

Terça-feira

Natal, 4 de fevereiro de 2014

O Jornal de HOJE 7

Wellington Rocha

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

administracao@jornaldehoje.com.br

Grupo Facex adquire prédio e instalações do antigo Colégio Imaculada Conceição n O Centro Universitário Facex (Unifacex), empresa educacional privada pioneira no ensino de nível superior no Rio Grande do Norte, concluiu neste início de semana a operação de compra do imóvel e de todas as instalações do quase centenário Colégio Imaculada Conceição, que era dirigido em Natal pelas freiras da congregação católica das Irmãs de Santa Doroteia. n Localizado na Avenida Deodoro, esquina com a Rua Ulisses Caldas, o prédio, com alguns milhares de metros quadrados de área construída, já está sendo repassado à Unifacex com todo o seu mobiliário, ou seja, pronto para ser reaberto dentro de poucas semanas oferecendo inicialmente quatro cursos de nível técnico, já devidamente autorizados pelo Ministério da Educação. n Segundo o chanceler do Centro Universitário Facex, economista e professor José Maria Figueiredo, a intenção da instituição é manter as mesmas características arquitetônicas do edifício, tendo em vista a sua tradição como mais antiga escola católica do Estado. Serão realizadas apenas algumas mudanças em seu interior, para adequar o prédio às novas necessidades funcionais. n Da disputa pela aquisição do valioso imóvel participavam pelo menos outros cinco grupos empresariais locais e de outros Estados, alguns deles voltados para a incorporação imobiliária e a construção civil, os quais pretendiam usar o terreno para a construção de edifícios comerciais e residenciais. Banco do Nordeste distribui brinde de extrema utilidade para os agropecuaristas n Foi muito feliz a ideia da Diretoria do Banco do Nordeste de, numa parceria com a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), produzir o brinde "Portfólio de Tecnologias Agropecuárias para Apoio às Ações de Desenvolvimento", o Empresas do Simples Nacional devem se adaptar ao Sped Fiscal nAs empresas optantes pelo Simples Nacional, exceto os microempreendedores individuais, estão legalmente obrigadas, desde o início deste ano, a fazer a entrega da Escrituração Fiscal Digital (EFD). n Excepcionalmente, os seis primeiros meses de 2014 poderão ser enviados à Receita Federal até o dia 15 de julho próximo. A obrigação faz parte do Sped (Sistema Público de Escrituração Digital) e tem como objetivo modernizar o cumprimento das obrigações acessórias transmitidas pelos contribuintes por meio de documentos eletrônicos, o que possibilitará o cruzamento de dados pela Receita Federal. n A gerente da empresa de assessoria contábil Rui Cadete Consultores, Karla Ferreira, informa que as empresas do Simples Nacional dispõem de seis meses para se adaptar ao Sped Fiscal, especialmente no que se refere às atualizações de seus programas de informática. n Segundo ela, os clientes da Rui Cadete Consultores já estão sendo devidamente orientados sobre essas mudanças.

qual está sendo distribuído neste início de 2014 aos clientes da Carteira Rural da instituição financeira. n Constituído por uma coletânea de 16 CDs com áudio e vídeo, o material aborda de modo quase didático temáticas relacionadas à produção de leite, ao plantio de grãos (arroz, feijão, milho e sorgo), ao agronegócio da fruticultura (manga, banana, uva de mesa, mamão, melancia, coco, abacaxi, acerola, caju, entre outras frutas cultiváveis no semiárido), ao cultivo de olerícolas (batata doce, mandioca, tomate, pimentas, legumes e hortaliças diversas), criação de gado de corte, integração lavoura-pecuária, criação de caprinos, ovinos, suínos e aves, além de outros temas, todos de grande interesse para o produtor rural da região. n Parabéns aos que tiveram essa iniciativa. Está sendo lançada hoje, em Natal, a principal feira de turismo do Nordeste n Acontece esta tarde, na Escola de Governo do Centro Administrativo do Estado, em Natal, o lançamento da vigésima terceira edição da "Brazil National Tourism Mart", mais conhecida como a BNTM, considerada a principal feira turística do Nordeste brasileiro, que há décadas gera bons negócios para o segmento de eventos na região. n Para o secretário interino de Turismo do RN, George Lima, o diferencial desta feira é a possibilidade real que ela abre para a realização de acordos operacionais entre as empresas do setor, atraindo a participação efetiva de expositores dos nove Estados nordestinos, além de cerca de 300 operadores nacionais e estrangeiros. n A BNTM deste ano acontecerá em Recife, entre os dias 27 a 30 de março, na Arena Pernambuco (estádio que sediará jogos da Copa do Mundo), devendo reunir cerca de 2 mil participantes, entre hoteleiros, agentes de viagens, dirigentes de operadoras, executivos de companhias aéreas, além de representantes dos órgãos públicos federais e estaduais que atuam na área do turismo.

Preferência do turista paulista por Natal será tema de debate no Fórum de Turismo do RN n Confirmado para os dias 19 e 20 deste mês no Centro de Convenções de Natal, o 5º. Forum de Turismo do Rio Grande do Norte - promovido pela empresa Argus Eventos - terá entre os seus temas "A Força do Destino Natal no Brasil e o Sucesso da Cidade como Opção de Viagem dos Paulistas". n Para abordar o assunto foram convidados o presidente da franquia Flytour Viagens, Claiton Armelin e o presidente da Associação das Agências de Viagem do Estado de São Paulo (Aviesp), Marcelo Matera. A Aviesp, através de votação direta dos seus associados, elegeu Natal em 2013, pela sexta vez consecutiva, como o melhor destino do país para fazer turismo. n Na condição de diretores da Argus Eventos, o economista Gustavo Porpino e o jornalista Antonio Roberto Rocha serão os coordenadores do 5º. Fórum de Turismo do RN, evento que contará com apoio da Prefeitura de Natal,Senac-RN, Sebrae-RN, Banco do Nordeste, Natal Convention & Visitors Bureau, AbihRN, Coohotur, Sindicato de Ho-

téis, Restaurantes, Bares e Similares, Praia Shopping e TAM Linhas Aéreas. Fruticultores potiguares estarão presentes à "Fruit Logistica", na Alemanha n Um grupo de empresários da fruticultura tropical irrigada com atuação no Rio Grande do Norte e no Ceará está se seguindo hoje para Berlim, na Alemanha, onde participa, de amanhã até sextafeira da "Fruit Logistica" (Feira Internacional para o Marketing de Frutas e Hortaliças), considerada o maior evento mundial deste setor do agronegócio. n A comitiva potiguar/cearense será integrada pelo presidente do Coex (Comitê Executivo de Fruticultura do RN, responsável pela promoção anual da "Expofruit", em Mossoró), Luiz Roberto Barcelos, e mais os dirigentes das empresas WG fruticultura (Wilson Galdino Júnior), Mata Fresca (Paulo Cabral), Brazil Melon (Francisco Vieira da Costa) e vários associados da Coopyfrutas. nA edição da "Fruit Logistica" do ano passado atraiu cerca de 2,5 mil expositores de 78 países e atraiu 58 mil visitantes procedentes dos cinco continentes.

Governadora Rosalba Ciarlini assinou hoje a inclusão do RN no programa Terra Pronta, promovido pela Petrobras

Petrobras doa R$ 266 mil em diesel para agricultores do RN ASSINATURA DO CONVÊNIO ACONTECEU NA GOVERNADORIA MARCELO HOLLANDA HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COM

Para ajudar os pequenos agricultores que plantam para consumo próprio e ocupam uma área máxima de dois hectares, a Petrobras, a Secretaria Estadual da Agricultura, o Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do RN (Emater-RN) e 17 municípios assinaram nesta terça-feira (4) o Terra Pronta 2014, um programa iniciado ainda no governo Garibaldi Filho, em 1999. Depois de incursões mal sucedidas em projetos como o financiamento para a expansão da área de oleaginosas, a Petrobras manteve o Terra Pronta como uma retribuição social às regiões onde atua há décadas explorando petróleo e gás. Sua contribuição – 190 mil litros de óleo diesel – servirá para que 17 municípios produtores de petróleo e gás abasteçam os tratores no corte de 15 mil hectares de terra para o plantio de seus pequenos agricultores na zona rural. Mesmo assim, os prefeitos terão que arcar com o aluguel das máquinas e, juntos, desembolsar mais de R$ 500 mil. O valor desse convênio é tão modesto para Petrobras que não foi informado no material de imprensa distribuído aos jornalistas. Só o mencionaram durante a assinatura no auditório da governadoria – R$ 266 mil. Apesar disso, com atraso de mais de uma hora, a solenidade que pactuou o compromisso, reuniu a governadora Rosalba Ciarlini; o su-

perintendente da Petrobras, Luiz Ferradans Matos; o secretário de Agricultura, Tarcício Bezerra; o presidente da Emater, Flávio Azevedo Rodrigues de Aquino e, representando os municípios beneficiados pelo programa, o prefeito de Alto do Rodrigues, Abelardo Rodrigues Filho. Pelo que foi estabelecido, enquanto a Secretaria Agricultura fornecerá as sementes selecionadas para os bancos de sementes dos municípios, e a Emater entrará com a assistência técnica aos agricultores, a Petrobras terá um trabalho igualmente árduo de cadastrar todos os beneficiados, pois terá que mostrar para sua auditoria interna os agricultores que receberam o diesel. Numa tentativa de evitar que o óleo diesel vire moeda corrente para políticos se promoverem num ano eleitoral, cada município criará um grupo gestor para conduzir a aplicação do programa. Prova de que no Brasil, mesmo em se tratando de pequenos valores, os cuidados devem ser redobrados. Este ano, o convênio vai ajudar os agricultores de Macau, Guamaré, Pendências, Ipanguaçu, Alto do Rodrigues, Mossoró, Areia Branca, Apodi, Assú, Governador Dix-sept Rosado, Carnaubais, Porto do Mangue, Upanema, Caraúbas, Felipe Guerra, Serra do Mel e Afonso Bezerra. Pelos cálculos do coordenador Antônio Carlos Magalhães, da SAP, o custo de um trator para cortar a terra, cobrado por hora, não sairia por menos R$ 300,00 a R$ 400,00 de cada agricultor. “Pode-se se dizer

que é uma grande mão para o pessoal que trabalha a terra para alimentar sua família”, diz ele. A novidade na mesa da solenidade de assinatura do convênio foi a presença do presidente da Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos (ANCOC), Alexandre Confessor, que na semana passada criticou duramente o governo por não ter sido convidado para uma reunião do Mais RN que debateria a questão da ovinocaprinocultura do Estado. Nas próximas semanas, a Secretaria de Agricultura espera começar a abastecer 142 municípios do RN com sementes de milho, feijão e sorgo. Mas isso vai depender do comportamento do clima. No próximo dia 10, segundafeira, acontecerá uma reunião do comitê da seca instituído pelo governo para fazer um prestação de contas dos recursos federais que efetivamente foram usados no Estado em programas emergenciais e estruturantes contra a seca. Espera-se também que o metereologista Gilmas Bristot, da Emparn, traga boas notícias sobre a quadra chuvosa. O JH apurou que, por conta da estiagem, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) no RN só começará a levantar a situação das lavouras do Estado a partir da segunda quinzena de março, ao contrário do que já faz em outras unidades da Federação. Isso, porque ainda não é perceptível qualquer presença de produção no campo que valha o deslocamento dos técnicos.

> TURISMO

BNB aplica R$ 650 milhões em 2013 As contratações do BNB com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) no setor de turismo atingiram R$ 650,6 milhões em 2013, valor 81% superior ao aplicado no exercício de 2012. Os estados com o maior volume de contratações foram Pernambuco (R$ 210,1 milhões), Paraíba (R$ 136 milhões), Bahia (R$ 78,7 milhões) e Rio Grande do Norte (R$ 65,6 milhões). Este ano, a expectativa é que o valor financiado chegue a R$ 1,015 bilhão, o que representa uma participação de 7,7% no orçamen-

to total do FNE para o exercício (R$ 13,1 bilhões). O financiamento pode ser utilizado na implantação, ampliação, modernização e reforma de empreendimentos do setor, atingindo os meios de hospedagem, agências de turismo, organizadoras de eventos, locadoras turísticas, parques temáticos e demais empreendimentos típicos da atividade. São passíveis de financiamento pelo FNE Proatur empresas de qualquer porte (inclusive microempreendedores individuais – MEIs) que desenvolvam atividades nos segmentos diretamente relaciona-

dos à atividade turística. As taxas de juros do FNE para investimento, incluindo capital de giro associado, variam de 5,30% a 8,24% ao ano; e para capital de giro isolado, variam de 7,65% a 12,36% ao ano, conforme o porte dos empreendedores. Há também um bônus de 15% de abatimento sobre os juros para pagamentos em adimplência. O prazo máximo para pagamento é de 15 anos, incluídos até cinco anos de carência, que pode ser estendido para até 20 anos, em caso de implantação de hotéis e outros meios de hospedagem. Wellington Rocha

Turismo do Rio Grande do Norte recebeu R$ 65,6 milhões oriundos de contratações junto ao BNB para fomentar setor


8 O Jornal de HOJE

Natal, 4 de fevereiro de 2014

Cidade

Terça-feira

Uma nova era: UniFacex compra prédio do antigo CIC e expande atuação INSTITUIÇÃO

PRETENDE INICIAR AS ATIVIDADES A PARTIR DE ABRIL COM CURSOS TÉCNICOS PROFISSIONALIZANTES Fotos: Heracles Dantas

ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

Às vésperas de completar 112 anos de criação, no próximo dia 22 de fevereiro, o prédio onde durante mais de um século abrigou a primeira escola particular do Rio Grande do Norte - o Colégio Imaculada Conceição (CIC) -, terá novos capítulos da sua história escrita a partir de agora. Os empresários José Maria Figueiredo e Oswaldo Figueiredo, do Centro de Ensino Facex, confirmaram na manhã desta terça-feira (4) a compra de todo o prédio e mobiliário do antigo colégio, que durante décadas foi uma das escolas mais tradicionais da cidade. A aquisição feita pelo Unifacex é mais um passo rumo ao projeto de expansão de um dos grupos educacionais do Estado que mais vem crescendo nos últimos anos. A expectativa é que ainda no primeiro semestre, a partir do mês de abril, as aulas na unidade do Centro já sejam iniciadas com cursos técnicos profissionalizantes, entre eles os cursos de qualificação do Pronatec, oferecidos pelo Governo Federal. O prédio do antigo Colégio Imaculada Conceição estava em oferta para venda desde seu fechamento, em dezembro de 2012. A proposta lançada ao final do ano passado agradou a província central da Congregação de Irmãs Santa Dorotéias, principalmente pelo fato de o Unifacex ter apresentado o projeto de dar continuidade a atividade que durante anos foi desenvolvida na instituição: o ensino. Para a compra do CIC, o UniFacex concorreu e desbancou uma empresa do ramo imobiliário, que pretendia destruir o prédio e construir empreendimentos, igreja, banco

Ideia é manter estrutura arquitetônica, inclusive a capela. Segundo José Maria e Oswaldo Figueiredo, diferencial para proposta ter sido aceita foi o fato de dar continuidade a atividade desenvolvida por mais de um século no local: o ensino e outros atividades interessadas. Hoje, o grupo educacional que tem 42 anos de atuação na Educação potiguar administra o Colégio Facex e o Unifacex (Centro Universitário Facex), com mais de 20 mil metros quadrados, entre área construída e terreno. Ao todo, o prédio do CIC possui aproximadamente oito mil metros quadrados, numa localização privilegiada, no centro da cidade. Na negociação, além da estrutura física, a Facex também adquiriu todo o mobiliário. O presidente do grupo educacional, José Maria Figueiredo, relembrou o início da Facex, ainda na década de 70, no bairro da Ribeira. No final da década de 80, em função do abandono do bairro histórico, ele, mais uma vez ousou e mudou-se para a zona Sul de Natal, onde funciona a primeira unidade da Facex hoje. Anos depois, a Facex

se tornou a primeira instituição privada de ensino superior do Rio Grande do Norte, com os cursos de Secretariado Executivo e Turismo. "Falar sobre a Facex é muito gratificante, primeiro porque é uma história real. Uma história de luta, de sacrifícios, de conquistas, de momentos difíceis, mas sempre lembro Fernando Pessoa quando ele diz que as pedras que encontrou pelo caminho, ele juntou todas para construir um grande alicerce profissional, social e humano. Isso foi o que aconteceu com a Facex. É preciso ter coragem, e eu tive, de começar com apenas 30 alunos. Eu sempre quis que a Facex crescesse, para continuar, por isso investi nos meus filhos, que hoje estão na linha de frente da instituição", afirmou o empresário. O empresário José Maria Figueiredo explicou os motivos que leva-

ram o Unifacex em adquirir o prédio do antigo Colégio Imaculada Conceição. "Procurávamos há algum tempo um espaço que correspondesse ao que hoje representa a Facex. Na hora que vimos um prédio centenário, que abrigou a primeira escola particular de Natal por mais de 100 anos, então, nós que somos a primeira instituição de ensino superior do Estado, achamos que não teria um casamento mais perfeito do que este. Começamos as negociações e fiquei triste quando soube que ele seria vendido e derrubado. A estrutura externa não pode ser derrubada, tem que ser preservada, porque é um marco, pois representa a história de Natal. Por isso que as irmãs acharam a nossa ideia interessante", afirmou José Maria Figueiredo. Hoje à tarde, os diretores tomarão posse do antigo prédio. Em seguida, a equipe técnica do grupo

educacional visitará o prédio para começar as primeiras modificações que são necessárias, de modo a tornar o prédio ainda mais funcional e a atender as necessidades da Unifacex. O diretor administrativo do grupo educacional, Oswaldo Figueiredo, considera que o grande diferencial para a proposta do Unifacex ter sido aceita foi a garantia de dar continuidade a mesma atividade-fim que as irmãs Dorotéias executavam, com a mesma tradição e qualidade, mas com a modernidade que é necessária. "A nossa ideia é manter a estrutura arquitetônica, inclusive a capela. O que podemos fazer é modificar a finalidade. Podemos, por exemplo, transformá-la em um auditório ou um teatro. Todo ajuste que vai ser feito será para garantir a funcionalidade", explicou Oswaldo Figueiredo. Oswaldo Figueiredo explicou

que a partir de abril, através da Escola Técnica do Unifacex (ETEC), sejam oferecidos os primeiros cursos onde funcionava o antigo CIC. São cursos que são oferecidos em parceria com o Pronatec, do Governo Federal, na área de técnico de enfermagem, técnico de radiologia e técnico de cuidador de idosos. A expectativa é que possa ampliar a oferta de cursos com a aquisição do novo prédio, haja vista que a região tem demanda. A partir do segundo semestre, a ideia é expandir os cursos de graduação tecnológica e bacharelado do Centro Universitário para a unidade no centro da Cidade. "O nosso corpo técnico está desenvolvendo o plano estratégico de negócios para a partir do segundo semestre começar a fazer a expansão da graduação", afirmou o diretor administrativo, Oswaldo Figueiredo. Inicialmente, a unidade funcionará apenas no turno noturno, mas a ideia é que haja atividade nos três turnos. Para 2014, será feito uma pesquisa de mercado para ver se há a viabilidade de implantar, também, a educação básica (Ensino infantil, Fundamental e Médio) também no prédio do antigo CIC. "A ideia é levar uma ideia de qualidade para aquele prédio histórico. Uma qualidade que desenvolvemos ao longo dos mais de 40 anos de atuação. O CIC marcou a história da educação potiguar e ao adquirirmos este prédio histórico mostra para a sociedade o crescimento e a grandeza que essa aquisição representa para a Educação do Rio Grande do Norte, feita por uma instituição genuinamente potiguar. Para isso, apostamos na qualidade dos nossos serviços", disse Oswaldo Figueiredo. Hoje, o Unifacex conta com aproximadamente oito mil alunos. MEMÓRIA O Colégio Imaculada Conceição foi a primeira escola católica e privada de Natal, inaugurada em 22 de fevereiro de 1902, pelas irmãs da Congregação Dorotéia oriunda da Itália, com o intuito de abrir uma Casa de Educação feminina (somente em 1978 a escola abriu as portas para os meninos tornando-se assim uma escola mista). O Colégio iniciou suas atividades numa casa situada nas imediações da Igreja do Rosário. Devido à demanda, o Governo do Estado cedeu um prédio localizado à Avenida Rio Branco, onde o colégio funcionou até 1906, quando foi construído o prédio próprio, na Avenida Deodoro da Fonseca. Estudaram na escola conhecidas mulheres da sociedade natalense, como Maria do Céu Pereira, primeira deputada do estado e Ana Maria Cascudo, filha de Luiz Câmara Cascudo. ESTRUTURA No total são 7.466 m² de área, que incluem o prédio principal com salas de aula, auditório, praça de alimentação, pátio. Uma escola que já comportou mais de três mil estudantes, em meados de 2006. No mesmo terreno ainda existe uma capela; a casa da Congregação de Irmãs de Santa Dorotéia; duas quadras integradas e uma terceira quadra fora do terreno principal. A casa de 17 cômodos da Congregação, e a Capela do CIC, são os únicos espaços que ainda funcionam no antigo colégio.

CMYK


Cultura

Terça-feira

Natal, 4 de fevereiro de 2014

O Jornal de HOJE 9

Fotos: Divulgação

CURTAS

Tanto no interior, como na capital, olhar do arquiteto explora recantos ocultos

ccpsilva@hotmail.com

BLOG

LINHAS NATURAIS ARQUITETO FLÁVIO GÓIS É NOVO COLABORADOR DO SITE DO JORNAL DE HOJE; TODOS OS DIAS, ELE POSTARÁ UMA FOTOGRAFIA EM QUE EXPLORA A NATUREZA E A URBANIDADE POTIGUAR CONRADO CARLOS EDITOR DE CULTURA

A partir de hoje, o site do Jornal de Hoje ganhará mais um colaborador de peso. Responsável por projetos grandiosos, como o pórtico Arco do Sol, na avenida Roberto Freire, comemorativo dos 400 anos de Natal, a Academia Athlética e pelo futuro resort Imagine, o arquiteto Flávio Góis mostrará seu talento em outra arte que o conquistou ainda menino: a fotografia. Todos os dias, ele postará uma imagem captada em viagens pelo interior e litoral do Estado, bem como por recantos ocultos de uma urbe cada vez mais acinzentada. Com duas décadas e meia de experiência na elaboração do novo panorama arquitetônico da Meca dos potiguares, ele revela que a origem de sua paixão surgiu como um impulso autobiográfico. “Comecei a viajar ainda menino, pelo Agreste e pelo Litoral, com meu pai, e ficava encantado com aquelas paisagens. Depois, já na faculdade, eu estudei a disciplina [na UFRN, instituição em que se formou em 1996] e aprendi a mexer em câmeras. Foi assim que comecei na fotografia”. Corria o final da década de 1970, e Flávio Rogério Rocha de Góis percorria o cenário árido que se contrapunha à beleza da vegetação nas áreas mais próximas ao Oceano Atlântico. Os conhecimentos adquiridos na arquitetura o ajudaram na exploração daquele código visual estático diante de si, pronto para ser registrado e interpretado em imagens únicas. “O Rio Grande do Norte é pouco explorado, nesse sentido. Aqui tem um sol muito forte, uma luminosidade que cria nuvens perfeitas para a fotografia de paisagens. Quando as pessoas veem as fotos tiradas, pensam que é da Indonésia, da Polinésia”. Flávio defende que o pedaço de chão na esquina da América do Sul é tão bonito quanto os cânions norte-americanos. Aos 44 anos, casado e pais de dois filhos (05 e 10 anos), um dos profissionais mais requisitados no

mercado local aderiu ao autodidatismo para desenvolver noções básicas de fotografia – a ponto de ter quase 12 mil seguidores no Instagram que usa apenas para expor suas aventuras ao apertar o obturador. “Comecei mostrando a amigos, em casa mesmo, como um

existe um publico ávido para consumi-los. Focado na natureza potiguar, Flávio nasceu em Santa Cruz, município cujos 37 mil habitantes são abençoados por Santa Rita de Cássia. Seguro de que o contexto não fundamenta nem delimita, apenas dá sentido ao que se propõe o fotografo, ele elegeu a

Flávio é natural de Santa Cruz, tem 44 anos, casado e pai de dois filhos; formado em arquitetura desde 1996, ele é um dos profissionais mais requisitados de Natal

hobby bem restrito, sem formalidade. Mas com o surgimento do Instagram, isso aumentou muito. Hoje tenho muitos seguidores que comentam, elogiam, trocam experiências”. Se a fotografia surgiu com a industrialização ou, pelo menos, foi o momento em que ganhou status de arte, a tecnologia atual permite voos estéticos audaciosos, com a certeza de que

praia de Baía Formosa como o local preferido no mapa semelhante a um paquiderme. “Lá tem o bioma mais complexo que temos aqui, com mais de quinze mil hectares de Mata Atlântica e trinta quilômetros de litoral virgem. E chove muito, o que ajuda na formação de nuvens, algo fundamental nas fotos de paisagem”. Expor o sertão ou pontos da

cidade invisíveis aos olhos comuns instigam a necessidade de reflexão do receptor, de acordo com princípios individuais. Documentar a realidade despercebida e renovar o estabelecido, como a ideia que temos da caatinga, talvez seja o papel de um bom fotógrafo embrenhado nesses lugares inóspitos, onde o homem ainda evita, por ser um ambiente hostil. Uma breve checada no portfólio da arquitetura de Flávio nos dá a certeza de que a natureza fertilizou sua mente e conduziu seus traços em projetos. Como não pensar em algo místico, ao mesmo tempo que tão familiar, ao ver o hotel Porto Mirim? Ou na moldura celeste que os inúmeros prédios residenciais espelham? Como o paladar, em que memória, reconhecimento e apreciação formam o arcabouço, o trabalho com produção de imagens (animações, televisivas, fotográficas, cinematográficas) feito por Flávio revê o passado que vivenciou ao lado do pai, e faz uma seleção prévia dos motivos que o levaram em busca da flora e da geologia típica de uma região desértica. “Outro lugar que acho muito interessante para fotografar é na divisa entre Jaçanã e Coronel Ezequiel, um lugar cheio de serras, ruim para a agricultura e, por isso, sem tanta presença do homem. É onde a Serra da Borborema atinge o Rio Grande do Norte”. Sem cunho social, mas, de forma inevitável, uma mostra da relação humana com seu habitat, mudanças na paisagem são observadas, ao longo dos últimos anos. Ainda que seja a favor da urbanização, o arquiteto fala em racionalidade, em cuidados com o que funciona como principal combustível da vida. “Praias avançaram, a mata, em certos trechos, está bem devastada. Isso é bem nítido. As cidades aumentaram muito, principalmente as que ficam próximas à Natal”. Crer no valor de uma foto é acreditar na possibilidade de explorar as relações humanas, cotidianas e ordinárias de acordo com uma perspectiva vital. O leitor do Jornal de Hoje terá a chance de acompanhar as ideias, o esmero e a paixão de Flávio Góis pela fotografia em um encontro diário, certo de que será o início de uma troca visual fecunda e documental.

Praia de Baía Formosa é local preferido por ter bioma e luminosidade única; miséria do município de Santo Antônio compõe cenário sertanejo

A semana começou com dois vídeos postados por Lauryn Hill em seu canal oficial no Youtube, com músicas interpretadas durante um show em Nova York, em novembro passado. A cantora, responsável pelo melhor disco lançado por uma mulher nos últimos 30 anos, e único em sua carreira solo, estava presa por sonegar impostos. Ela surgiu na segunda metade dos anos 1990 e parou de gravar para parir seis filhos, cinco com Rohan Marley, filho do Rei do Reggae. No blog (conradocarlos.jornaldehoje.com.br) você confere as novas versões para “ExFactor” e “Final Hour”, e pode ouvir o discaço “The Miseducation Of Lauryn Hill” na íntegra.

Bloco em Pirangi Pirangi ganha um novo bloco carnavalesco neste ano. É o PiraPirangi, uma iniciativa cultural que nasce com o objetivo de reunir em torno de seis mil pessoas no domingo (02/03). A organização promete esmero nas fantasias, na criatividade, na poesia, sem esquecer o bom humor, a irreverência e a alegria do folião, em meio à beleza do litoral potiguar. Farão parte do cortejo bonecos gigantes, alegorias, fantasias, quatro casais abre-alas, para quatro alas temáticas. Os abadás já podem ser reservados pelos telefones (84) 9807-4114 e 8807-0168.

Cursos Estão abertas as inscrições para os cursos gratuitos de março oferecidos pelo Programa de Comprometimento e Gratuidade (PCG). A iniciativa, uma realização do Sistema Fecomércio RN, por meio do Sesc, disponibilizará 231 vagas para as cidades de Natal, Mossoró, Caicó, Nova Cruz e São Paulo do Potengi. As inscrições podem ser feitas de 03 a 14/02 no local onde acontecerão as aulas (em Natal, no Sesc Centro, rua Cel. Bezerra, 33, Cidade Alta). O edital com informações detalhadas está disponível no site do Sesc RN, o www.sescrn.com.br.

Pepper´s Hall A semana “We Love Pepper’s” começa na sexta-feira (07), com as bandas Forró do Bom e Chamou Porque Quis. Já no sábado (8), mais um edição da festa Target, com a DJ paulista Dai Ferreira (eleita a melhor do país, em 2013). A noite terá ainda o projeto E-fusion e o paraibano Kevin Luke. O valor da entrada pode revertido em consumação para quem enviar o nome para o email listasabado@peppershall.com. Antes da festa, está previsto um coquetel para imprensa e convidados. Mais informações: www.peppershall.com.br / (84) 3236-2886.

Livro Primeiro livro da uruguaia Inés Bortagaray no Brasil, “Um, dois e já” (Cosacnaify) é uma ode às memórias afetivas. Na novela, a história é narrada em primeira pessoa por uma menina que conta a viagem de verão da família até um balneário uruguaio, dentro de um carro apertado, no início dos anos 80. A voz da narradora, ora lírica, ora jovial, mas nunca infantilizada, descortina a paisagem plana e melancólica do Uruguai, e revela a dinâmica familiar, na qual ela ocupa a peculiar e determinante posição de irmã do meio. Vinícius na Argentina Matéria legal no suplemento cultural do jornal La Nacion sobre Vinícius de Moraes. Uma exposição fotográfica armada no Centro Cultural da Recoleta, alusiva aos 100 anos de seu nascimento, revela suas passagens pelo país vizinho, quando encontrou com Astor Piazolla, se apresentou no Teatro Opera com Baden Powell e conheceu Pelé (que ironia!) em Buenos Aires. Com direção artística de Renata Shussheim, as fotos ficarão expostas até 16 de fevereiro. E a reportagem “Viaje al interior de Vinicius” você lê na seção ADN Cultura (Secciones) no site www.lanacion.com.ar.

Drogas nos EUA A morte do ator Philip Seymour Hoffman jogou luz no antigo problema da invasão dos cartéis mexicanos no território americano. Com a queda na produção de cocaína na Colômbia, fruto da guerra aos narcotraficantes na terra de Garcia Marquez, os bandidos do país vizinho fertilizaram o solo para gerar heroína suficiente para abastecer o maior mercado do mundo. Os consumidores mudaram hábitos, trocando medicamentos com prescrição médica pelo derivado do ópio, mais barato e mais fácil de adquirir. A violência que acompanha esse comércio é vista todos os dias na mídia. Gangues, como a Mara Zaratrusta (foto) são de uma barbárie de fazer presídio no Maranhão parecer o Game Station. Aqui no Brasil, sobretudo nas regiões mais pobres, enfrentamos problema semelhante com a epidemia de crack, até agora uma das grandes derrotas do governo federal. No blog (conradocarlos.jornaldehoje.com.br) comentei sobre esse processo no post “Centro-americanização do Nordeste”.


10 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 4 de fevereiro de 2014

Terça-feira

José Aldenir

Delegado flagrado com viatura em motel é exonerado no RN ODILON TEODÓSIO O delegado Odilon Teodósio dos Santos Filho, flagrado por uma equipe de reportagem do SBT usando uma viatura da Polícia para fins particulares, teve sua exoneração publicada no Diário Oficial do Estado de hoje. Segundo o documento, o servidor foi exonerado “a pedido”. Odilon era responsável pela delegacia de Policia Civil da Grande Natal (DPGran) e estava afastado desde o dia 23 de janeiro deste ano, um dia após a veiculação da reportagem. A decisão é assinada pela governadora Rosalba Ciarlini e pelo secretário estadual de Segurança Pública, Aldair da Rocha. A matéria foi divulgada no dia 22 de janeiro e registrou o mo-

DOS

SANTOS

DEIXA A

mento em que o Odilon Teodósio utilizava uma viatura da polícia para uso particular. O veículo é registrado como de uso exclusivo do setor de investigações criminais, mas foi visto com o delegado em um restaurante da capital e posteriormente em um motel da cidade com uma adolescente menor de idade. Mas, nas imagens veiculadas, não é possível identificar a presença do delegado no segundo estabelecimento. A veiculação da reportagem a na imprensa nacional gerou repercussão negativa para o delegado, que na manhã do dia seguinte, pediu o afastamento do cargo. Em entrevista coletiva, o Delegado Geral Adjunto da Delegacia Geral da Polícia

DELEGACIA

DA

Civil (Degepol), Adson Kepler, disse que Odilon sofreria uma sanção administrativa na Corregedoria Geral, pelo uso da viatura oficial da Polícia Civil. A Degepol também iria designar um delegado em caráter especial para apurar a relação do delegado com a adolescente. Odilon Teodósio ganhou notoriedade na imprensa potiguar ao prender quadrilhas que agiam no tráfico de drogas na região Nordeste. Na época, o delegado era titular da Delegacia de Narcóticos (Denarc). Durante toda a sua trajetória como servidor da Polícia Civil, sempre se destacou em sua atividade, sobrevivendo até mesmo a um grande atentado sofrido há alguns anos. Após o episódio noticiado pelo

GRANDE NATAL SBT Brasil, a Associação de Delegados da Polícia Civil (Adepol) emitiu nota criticando a cobertura feita pela imprensa do caso e cobrando uma maior apuração da denúncia, que considerou "midiática". Na mesma matéria do SBT, o delegado adjunto e braço direito de Odilon, Alexandro Gomes dos Santos, também foi flagrado pelos jornalistas utilizando o veículo para cumprir compromissos pessoais. Na oportunidade, o profissional foi com a viatura até uma faculdade particular onde é professor em Natal. Durante a matéria, Odilon negou a acusação. Posteriormente, em entrevista a imprensa, disse que tudo era fruto de uma montagem e que provaria sua inocência.

Odilon dos Santos nega denúncias e afirma que pode ter sido vítima de montagem

> MORTES EM SÉRIE

Guia turístico é assassinado na Vila de Ponta Negra Wellington Rocha

Vila de Ponta Negra é palco de mais um assassinato, agora do guia turístico José Gilson Bezrra, 31, que voltava do trabalho

> ESTAVAM NA PRAIA

Dois homicídios foram registrados na noite de ontem no Rio Grande do Norte. Em Natal, um guia turístico foi assassinado a tiros, na Vila de Ponta Negra, zona sul da capital. O outro crime aconteceu no assentamento Poço Baraúna, zona rural do município de Baraúna, região do Alto Oeste Potiguar. Eryton Mendes da Silva, também foi morto com vários disparos. José Gilson Rodrigues Bezerra, de 31 anos, voltava do trabalho quando foi surpreendido por criminosos que atiraram várias vezes contra ele, atingido

as regiões do tórax e a cabeça. Os suspeitos não foram identificados e populares não quiseram falar com a polícia sobre o ocorrido. Gilson trabalhava em uma empresa de passeio de lancha na praia. Policiais militares realizaram diligências, ainda na madrugada, mas nenhum suspeito foi preso até o momento. O caso vai ser investigado pelo 15º Distrito Policial, localizado no bairro de Ponta Negra. Em Baraúna, a vítima foi Eryton Mendes da Silva, 20 anos, popularmente conhecido como

Foguinho, natural de Catolé do Rocha/PB. O morador da comunidade Primavera, zona rural, foi executado com cinco tiros de pistola calibre nove milímetros. O crime aconteceu em uma estrada carroçável que liga a cidade de Baraúna com a comunidade. Segundo informações da Polícia local, a vítima conduzia uma moto por uma estrada de barro quando foi surpreendido por elementos que logo efetuaram os disparos. Foguinho tinha envolvimento com assaltos e tráficoo de drogas, mas não tinha passagem pela polícia.

> RECONHECIMENTO

Suspeitos de assaltar Juiz Henrique Baltazar é eleito presidente bancos são presos do Colégio de Execução Penal do Estado Dois homens foram presos na madrugada de hoje em um condomínio na praia de Búzios, no litoral Sul do Rio Grande do Norte. De acordo com a Polícia Militar, a dupla é suspeita de fazer parte de uma quadrilha que assalta bancos e caixas eletrônicos no interior do estado. Com eles foram encontradas duas pistolas, ferramentas para realizar os crimes, além de drogas e munição de pistola 38. Segundo informações da PM, a dupla estava em uma caminhonete Frontier quando passou em uma barreira policial. Os criminosos tentaram fugir e os policiais começaram uma perseguição. Os suspeitos entraram em um condomínio fechado para tentar despistar, ainda em Búzios, mas os policiais conseguiram entrar no condomínio e efetuar a prisão. O comandante da operação foi o Tenente Hugo Madeiro, do 3º Batalhão da Polícia Militar. Foram encontrados com os suspeitos equipamentos para arrombamento, como pé de cabra, além de duas pistolas, uma ponto 40 e outra calibre 38, munição, mais de 100g de maconha, documentação falsificada, além da

Frontier. Os suspeitos foram levados para a Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor). A delegada Sheila Freitas irá investigar o caso. EM PARNAMIRIM A Polícia Civil prendeu na manhã de hoje, em Parnamirim, um casal de irmãos e um adolescente de 16 anos, com mais de 6 quilos de entorpecentes, entre maconha, cocaína e crack. De acordo com Nilson Martins, chefe de investigação da 1ª Delegacia de Polícia da cidade, o trio foi detido em flagrante suspeito de tráfico de drogas na região. O trio foi encaminhado para a 1ª DP de Parnamirim, onde foi feita a autuação em flagrante por tráfico de drogas. O menor, de acordo com o chefe de investigação, deve ser levado para um Centro Integrado de Atendimento ao Menor Infrator (Ciad) em Natal. Já o casal, será encaminhado para o setor de triagem da Secretaria de Justiça e da Cidadania do Rio Grande do Norte (Sejuc), de onde devem ser encaminhados para uma unidade prisional do estado.

O Juiz Henrique Baltazar dos Santos, titular da Vara de Execuções Penais de Natal, foi eleito presidente do Colégio Permanente de Execução Penal da Justiça Estadual do RN (COPEP/RN). O órgão, instituído dia 4 dezembro por meio da resolução n.º 66/2013 - TJ tem caráter consultivo e é vinculado à Presidência do TJRN. O juiz foi eleito por unanimidade, em votação que aconteceu na manhã de ontem. O Colégio é formado pelos juízes com competência para Execução Penal das varas criminais ou comarcas onde existam estabelecimentos destinados ao cumprimento de pena ou prisão provisória em todo o Rio Grande do Norte. As reuniões vão acontecer mensalmente e tem como um dos principais objetivos, discutir a uniformização e a organização dos entendimentos judiciais. Para o presidente a uniformização será bastante relevante para que casos semelhantes tenham o mesmo julgamento em lugares distintos do estado. Entre as atribuições do Colégio ainda está o dever de disciplinar as condições mínimas de estrutura física e humana dos estabelecimentos prisionais para fins de decretação de interdição. "Quando falamos em sistema prisional,

Heracles Dantas

Henrique Baltazar: “No Brasil, as leis contra o crime são frouxas, são fracas” temos que lembrar de todos os órgãos que envolvem o setor. Atualmente a Polícia Militar está sem efetivos na rua, a Polícia Civil sucateada, o Governo do Estado sem condições alguma de investir na segurança, gerando assim uma grave crise no setor prisional que está abandonado", disse o juiz. É de competência do COPEP ainda disciplinar o procedimento de transferência de presos entre as unidades do Estado e deliberar sobre qualquer questão posta em discussão por qualquer de seus membros

titulares. As deliberações tomadas pelo órgão colegiado serão decididas por maioria simples de votos, exceto quanto à interdição de estabelecimento prisional e edição de súmulas, para as quais será exigida a maioria qualificada de dois terços dos presentes. "Nós do Colégio Permanente de Execuções Penais vamos nos reunir e discutir tudo que está relacionado, além de definir as melhorias necessárias. O que for de competência do poder judiciário, nós vamos fazer e o que for de res-

ponsabilidade do governo estadual e federal, também serão direcionados a eles", completou. Os investimentos no setor de segurança pública do RN, provenientes do Governo Federal, que não são aproveitados e são devolvidos à União, já foi tema de diversas reportagens pelo O Jornal de Hoje. Sobre esse assunto, o juiz explica as dificuldades que o estado tem em utilizar os investimentos. "O governo não tem condições hoje de investir no setor de segurança pública. Por outro lado o governo federal repassa investimentos milionários para o setor. Porém essa liberação só pode acontecer se o Estado entrar com a parte dele. E como o RN está vivenciando uma verdadeira crise em todos os setores, inviabiliza a vinda desses investimentos que voltam para a União". Quando questionado sobre o momento em que o Poder Judiciário vivencia, especificamente o setor de Execuções Penais, ele afirma ser um problema nacional. "No Brasil as leis contra o crime são frouxas, as penas são fracas e a execução é ainda mais frágil. Só aqui alguém comete um homicídio, é condenado a cinco anos de prisão e só cumpre apenas um. Isso é ser falho", finalizou.


Cidade

Terça-feira

Natal, 4 de fevereiro de 2014

1 E1 den o O Ja H lrJ

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

O sci-fi de Ivani Ribeiro Está fazendo 45 anos. O ano de 1969 começou com a imprensa mundial curtindo a ressaca do ano anterior, aquele que Zuenir Ventura diz jamais ter acabado. E também alardeando na perspectiva da viagem da Apollo 11 à Lua, com três astronautas. A garotada vivia assiduamente o clima espacial nos seriados da TV, onde "Perdidos no Espaço" e "Jornada nas Estrelas" faziam o maior sucesso. As figurinhas do álbum da família Robinson, lançado em 1968, ainda eram trocadas e disputadas no bafo. Foi para pegar carona no rabo do foguete da NASA que a novelista Ivani Ribeiro, um dos maiores nomes da dramaturgia televisa, inventou uma trama de ficção científica para substituir "A Muralha", encerrada em março de 1969 na grade da TV Excelsior. Com um figurino inspirado nas próprias séries americanas, três seres de outro planeta, chamado Gama Y-12, desciam à Terra para iniciar uma interação com os humanos a partir do contato direto com um escritor negro de nome Plínio Pompeu. O trio extraterrestre era formado por Regina Duarte (já se firmando como namoradinha do Brasil), Rosamaria Murtinho (no auge da carreira, aos 34 anos) e Claudio Correia e Castro (na época com 42 anos). E o escriba, adivinhem, era ninguém menos que Pelé. Isso mesmo. O craque do Santos e da seleção brasileira, que um ano antes fez história se apresentando no humorístico "Família Trapo", o programa que trinta anos depois seria a gênese do "Sai de Baixo", foi convocado para interpretar um papel na novela das 19h. Talvez tenha sido a mais fraca novela de Ivani Ribeiro em se tratando de substância roteirista, mas acabou incorporando o sentimento coletivo do mundo, num ano envolto nos mistérios do espaço e na expectativa de ver pela primeira vez homens na Lua. A direção foi de Gonzaga Blota e Gianfrancesco Guarnieri, com o autor de "Eles Não Usam BlackTie" atuando também no elenco. Através da relação com o personagem de Pelé - que apesar de escritor fala muito pouco na novela - os ETs interagem na Terra.

RODA VIVA

A entrevista de Romeu Tuma Jr., ontem na TV Cultura e TV Brasil, fez subir nos "trending topics" do Twitter os termos "Celso Daniel", "Romeu Tuma" e "Roda Viva", este último nome do programa de entrevistas comandado por Augusto Nunes.

ASSASSINATO

Provocado pelos entrevistadores, o ex-secretário nacional de Justiça lançou suspeitas (como já havia feito no seu livro) de que o trio Luiz Inácio, José Dirceu e Gilberto Carvalho está por trás do assassinato do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel.

NO CONGRESSO

São na verdade estudantes em seu planeta que ganham uma bolsa de estudos em qualquer ponto do universo, escolhendo a bolinha azul da Via Láctea. O disco voador pousa na Praia do Gonzaga, em Santos, não por coincidência a cidade do rei da bola. O guru da turma é Radamés (Claudio Correia e Castro), que tenta evitar a viagem ao nosso planeta, por considerá-lo primitivo e prestes a se acabar por causa dos maus tratos dos seus próprios habitantes. Nesse ponto, Ivani parecia antever os dias de hoje. Entre março e agosto de 1969, a TV Excelsior segurou como pôde os níveis de audiência de "Os Estranhos" exibindo a experiência dos ETs no convívio com os terráqueos, se contaminando com angústias do cotidiano, como solidão e dor de corno. Falando nisso, o personagem de Fernanda Montenegro, Norma, é um poço de influência para os ETs com suas crises de ciúme do marido Arthur, um professor estudioso do cosmo interpretado por Carlos Zara. A novela acabou um mês após o pouso na Lua. De registro daquela simplória obra da grande Ivani só existem as reportagens das revistas, principalmente algumas edições de "Intervalo" e "Melodias", que adquiri recentemente no Mercado Livre e na Estante Virtual, dois baús online de raridades. Atuaram também em "Os Estranhos", Stênio Garcia (na foto com Pelé e Regina), Márcia de Windsor (a jurada de Flavio Cavalcanti que só dava dez), Osmar Prado (ainda bem jovem) e Vida Alves (a histórica atriz do primeiro beijo na TV. Hetero). (AM)

São impressionantes as graves acusações que Romeu Tuma Jr. faz às principais lideranças do PT, inclusive afirmando que tem provas documentais em casa para um segundo livro. Está na hora da Câmara e Senado convocarem o ex delegado.

TERRORISMO

O jogo rasteiro dos radicais pelas redes sociais parece que saltou ao mundo real. Há um forte fedor de terrorismo político na tentativa de sequestro do filho e da neta do governador de São Paulo,

Geraldo Alckmin (PSDB). A que ponto nós chegamos.

MENTIRAS "Consolidação do Mercosul como? Com a Argentina caindo aos pedaços e a Venezuela em pandarecos?". Pergunta carregada de ironia do senador Aloysio Nunes (PSDB), ontem no Senado, sobre algumas fantasias em recentes discursos de Dilma Rousseff.

NEM TANTO

Há indícios claros de que nem mesmo a chapa dos sonhos do PMDB, com Wilma de Faria (PSB) de senadora, é suficientemente forte para garantir vitória em outubro. São eles, os indícios, que estão levando petistas a defender a chapa Robinson/Fátima.

SAÚDE

Uma equipe de filmagem que prepara propaganda do governo federal sobre a área de saúde teve que se deslocar até Macaíba, onde há uma UPA (a Aluizio Alves) e postos de saúde com condições materiais e humanas para render boas imagens.

BIBAS FORAGIDAS

Em Arapiraca, Alagoas, continuam soltos os três travestis que ata-

caram o trabalhador Fernando Diodato (apelido Papel), 37, que faleceu após os golpes de faca. O crime ocorreu na manhã do réveillon na Avenida Rio Branco, centro da cidade alagoana.

BARRICADAS DE PARIS

Milhares de manifestantes ocuparam as ruas da capital francesa domingo numa passeata em favor da família e contra o casamento gay e a adoção de crianças por casais do mesmo sexo. Na pressão, o Parlamento arquivou o projeto ainda ontem mesmo.

FACEBOOK

Enquanto o Twitter experimenta uma fase de Orkut, com ausência de jovens e quase 40% de perfis falsos e inativos, o Facebook atinge no Brasil a marca de 83 milhões de usuários, e com incríveis 52 milhões acessando a rede de Zuckerberg todo dia.

BARÇA CARIOCA

Time da 3ª divisão do Rio de Janeiro, o Barcelona Esporte Clube ganhou destaque hoje na imprensa da Catalunha com o novo uniforme em homenagem ao time famoso e à seleção da Espanha. Espera-se boa venda de camisas para turistas espanhóis na Copa.

CAPITÃO AMÉRICA II Quem não gostar de "spoiler", não prossiga a leitura desta nota. Pois a turma do site ComicBook.com garante que nas cenas pós-créditos de "Capitão América: O Soldado Invernal" (estreia em 11 de abril) há uma aparição dos gêmeos Feiticeira Escarlate e Mercúrio (ilustração) que irá provocar frisson nos fãs da Marvel. É aguardar.

Danilo Sá jornalistadanilo@hotmail.com / danilo.sa@folha.com.br / Twitter: @DaniloSa

Símbolo da vergonha

"O ministro está na nossa Casa. Na verdade, ele é um visitante, tem nosso respeito, mas estamos bastante à vontade para cumprimentar do jeito que a gente achar que deve". Acertou em cheio o jornalista Reinaldo Azevedo, ao classificar a frase como "mais ridícula e estúpida" do que o próprio gesto, o símbolo da vergonha que foi enaltecido, dessa vez, pelo vice-presidente da Câmara dos Deputados, André Vargas (PT-PR). O petista repetiu, dessa vez sentado na mesa diretora da Câmara, a mesma atitude tomada pelos exdeputados José Dirceu e José Genoino, quando se entregaram a Polícia Federal para cumprir a decisão da Justiça pelo escândalo do mensalão. E, na cara de pau, disse que fez o gesto porque, ali, estava em "casa". Já o visitante a quem se referiu, foi o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, que sentou-se exatamente ao lado do apoiador dos mensaleiros. Ora, alguém precisa dizer ao vice-presidente da Câmara que a "Casa" a que ele se refere não é dele nem, muito menos, do PT. Ali, quem manda é o povo brasileiro, em sua ampla maioria já cansado

de politiqueiros que mais pensam em seu próprio benefício do que no futuro da nação. Para um vice-presidente da Câmara, o mínimo que se exigia naquele momento era respeito, tanto para com o presidente de um poder, como Barbosa, quanto para com toda a população. Se o PT e seus correligionários sentem orgulho de exibir o punho serrado, símbolo da vergonha que marcou o capítulo final (será?) do mensalão, não há nada a se fazer. Mas, ninguém é obrigado a aceitar que, um cidadão, seja ele quem for, trate a Câmara dos Deputados como se fosse a sua "Casa", e os visitantes, no caso Joaquim Barbosa, sejam cumprimentados do jeito que eles acham que deve. O Brasil, o antigo país do futuro, do futebol, das riquezas naturais, da Mata Atlântica, do Cristo Redentor, do Morro do Careca, do Maracanã, terra de Pelé, Garrincha, Ronaldo e Romário, nação da alegria, do samba, do forró e do axé, agora é também a república dos mensaleiros, orgulho de uns que insistem em manter uma tese vergonhosa como se tudo não passasse de uma farsa.

CHAPA FECHADA

A aliança está muito próxima de ser fechada. O PMDB adia ao máximo, mas os entendimentos com o PSB da ex-governadora Wilma de Faria estão adiantados. A atual vice-prefeita pensa mesmo em uma eventual disputa pelo Senado, tendo um nome peemedebista concorrendo ao governo do Estado. A dúvida, por enquanto, persiste sobre qual nome da legenda vai encarar o jogo, se Fernando Bezerra ou o próprio Henrique Alves. É a luta.

EXCLUSÃO

Em se confirmando a parceria PMDB-PSB, a candidatura de Fátima Bezerra ao Senado fica ameaçada. Ou a petista vai para um palanque adversário ou o partido aceita se compor e a parlamentar tenta a reeleição. Mas, de fato, será difícil Henrique ajudar o PT a aumentar sua bancada no Senado, ameaçando o próprio PMDB.

MELHOR ESTRATÉGIA

Também continua a incógnita quanto a decisão que será tomada pelo vice-governador Robinson Faria. O PSD entrará na briga mesmo sob a perspectiva de chegar no pleito com um palanque enfraquecido ou buscará uma mulher articulação para se fortalecer na proporcional?

OPORTUNIDADE

O governo do Estado e a Prefeitura do Natal ainda não perceberam a importância que o lutador Renan Barão pode ter para o futuro do Estado. O atleta, campeão do UFC e um dos melhores do esporte na atualidade, tem tudo para se transformar em um ídolo da categoria em pouco tempo. Apaixonado por Natal e pelas Quintas, bairro onde mora, seria um grande garoto propaganda das belezas naturais do RN. Mas, para isso, alguém precisa ter essa ideia no poder público.

Gira Mundo Divulgação

Há exatos 10 anos, no dia 4 de Fevereiro de 2004, era criado o Facebook. Em 4 de outubro de 2012 o Facebook atingiu a marca de 1 bilhão de usuários ativos, se tornando a maior rede social do planeta. A empresa foi fundada por Mark Zuckerberg e por seus colegas de quarto da faculdade, dentre eles o brasileiro Eduardo Saverín, história que já foi contata até em filme, o badalado “Rede Social”. Uma ideia de garotos que virou febre mundial.

Megafone José Aldenir

“Sou popular, sou brega, sou seresteiro, gosto do povo, e sei dos problemas que o povo enfrenta”

LUIZ ALMIR VEREADOR DO PV, AO ADMITIR SUA DISPOSIÇÃO EM SER CANDIDATO A GOVERNADOR DO ESTADO

ESCÂNDALO

O ex-secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior foi o entrevistado de ontem do Roda Viva, na TV Cultura. O autor do livro "Assassinato de Reputações: um Crime de Estado", disse que decidiu publicar a obra para se defender da "perseguição" que sofreu pela Polícia Federal, quando foi acusado por uma série de denúncias das quais já provou inocência. Por isso, acabou tendo que deixar o cargo na gestão Lula da Silva.

CONTINUAÇÃO

Tumar Júnior disse que não colocou todas as provas do que falou no livro porque não havia como publicar uma obra com 4 mil páginas, diante de tantos fatos graves narrados no governo petista. Para deixar a turma do Lula ainda mais temerosa, adiantou que deverá ser publicado uma continuação do "Assassinato de Reputações".

TIRO PELA CULATRA

Em tempo: o livro de Tuma Júnior é sucesso de vendas no país desde o início das vendas. Na obra, o ex-secretário nacional de Justiça do governo Lula narra uma série de fatos ocorridos na gestão do expresidente, e conta como são forjados dossiês para destruir reputações dos adversários petistas. A mesma tática, aliás, tentaram fazer com o próprio Tuma. Parece que o tiro saiu pela culatra.

REAÇÃO

Um grupo de advogados realizou na tarde de hoje um protesto contra a diretoria da OAB potiguar, que decidiu aumentar o valor das anuidades cobradas pela instituição, que agora custarão R$ 804,00. O grupo questiona o valor devido o fato da atual direção ter prometido zerar a cobrança, o que ainda não foi cumprido. Em repúdio, o grupo devolverá os carnês de pagamento.


12 O Jornal de HOJE

Natal, 4 de fevereiro de 2014

Cidade

Terça-feira Bob Flash

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - INTERINA - Taciana Chiquetti - tacychiquetti@hotmail.com Rodrigo Rafael

w JOGO DE XADREZ

Apesar das várias reuniões que a vice-prefeita Wilma de Faria (PSB) está participando, com o objetivo de discutir as eleições deste ano, corre, nos bastidores, que ela estaria mesmo é aguardando a decisão do ministro Garibaldi Filho (PMDB) para, só então, tomar sua decisão... >>> E “bater o martelo” se realmente vai à luta pelo governo do Estado novamente. >>> O zumzumzum garante que não importa quanto tempo isso demore a acontecer, ela ficará firme em sua estratégia.

w PENSANDO JUNTO Wilma e Márcia Maia reuniram a bancada municipal do PSB (vereadores Júlia Arruda, Bispo Francisco de Assis, Franklin Capistrano e Júlio Protásio), na tarde de segunda-feira (3), para avaliar os rumos da legenda no segundo semestre. >>> Encontros regionais do PSB começarão neste mês, sendo o primeiro em Natal, com data ainda a ser definida. w CONCURSOS PÚBLICOS Sobre a criação de 800 cargos na Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), que estará em pauta na Câmara de Natal, alguns vereadores já defendem emendas para este projeto... >>> Sugerindo a realização de um concurso público no órgão, o mais rápido possível. >>> O vereador Maurício Gurgel (PHS) aproveitará a deixa para relembrar sua emenda, no início de 2013, solicitando que a CMN também realize um certame parra renovar seu quadro. >>> Como presidente da Comissão de Finanças, o jovem-veterano também irá solicitar detalhamento da estrutura da Semtas para analisar a real necessidade de novos cargos. w PROMESSA É DÍVIDA A promessa do atual presidente Albert Dickson (PROS) é que os primeiros passos para o concurso da Câmara serão dados neste segundo semestre. >>> Mesmo em tempos de eleições... >>> É aguardar... w UNIÃO VIRTUAL Outro concurso bastante comentado é o da Assembleia Legislativa do RN. Os aprovados no certame, que já chegaram a procurar os deputados Hermano Morais (PMDB) e Kelps Lima (SDD) para garantir a convocação, criaram um grupo no Facebook. >>> Objetivo: estarem juntos, compartilhando informações, para acompanhar o andamento do concurso.

George Azevedo brindando mais uma edição da Revista Glam

Canindé Soares

Deputado estadual Ezequiel Ferreira e ex-prefeito Zé Lins, no aniversário do prefeito de Currais Novos, Vilton Cunha

Clique da 3ª Festa à Fantasia, promovida pelo Cordão da Fantasia de Macau. Quem animou o evento foi a banda Perfume de Gardênia, na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB)

GIRO PELO TWITTER ...do médico Marcos Lima: “Mais Médicos começa a mostrar sinais de fracasso.

Jornalistas Juliana Celli, Eugênio Bezerra e Micarla de Sousa durante evento evangélico, no final de semana, em Água de Lindóia-SP

Além dos pseudo médicos, que é um crime, os municípios não oferecem condições de Eduardo Maia

trabalho”.

w TELEFÉRICO POTIGUAR Uma boa notícia para o turismo do RN: o teleférico, que será implantado em Santa Cruz, teve o seu contrato assinado junto a Caixa Econômica Federal (CEF), nesta semana. >>> O deputado estadual Tomba Farias (PSB) é idealizador da iniciativa. >>> Além do teleférico, ainda foi assinado o contrato para a construção, no município, da Praça da Bíblia, uma obra que também irá fortalecer a atividade turística no município pólo do Trairi. w UFC NATAL Uma coletiva de imprensa marca o lançamento oficial do UFC Natal, nesta terça-feira (4), no hotel Serhs. >>> Presença confirmada do ex-campeão do Ultimate Fighting Championship Maurício “Shogun”, o ex-campeão do Pride e do Strikeforce Dan Henderson e os lutadores potiguares do UFC Ronny Markes e Jussier Formiga. w PARCERIA DE SUCESSO Começaram, nesta semana, as aulas do Contemporanglo, que irá utilizar a metodologia do Sistema Anglo de Ensino da Editora Abril, referência em educação no Brasil. >>> Para o primeiro semestre, serão seis turmas divididas nos três turnos, além de oito cursos isolados. >>> A equipe de professores foi formada com os destaques de cada disciplina no RN.

...do jornalista maringaense Pedro Sanches: “Quando o escândalo é petista, só existem

políticos

corruptos.

Quando o escândalo é tucano, só existem empresários corruptores”.

...do

deputado

Fernando

Mineiro: “Governo do DEM precisa dialogar com trabalhadores da educação em greve

Eriberto da Silva, o “faz-tudo” da Assembleia Legislativa do RN, é agora tecnólogo em Gestão Pública. Mais 72 servidores da Casa receberam, recentemente, o diploma do curso, oferecido pelo ILP e UNP

para que as aulas se iniciem na rede pública estadual”.

...do

w A TODO VAPOR

No ano em que a rede Pittsburg completa 30 anos em Natal, os projetos de expansão da franquia, para todo o Nordeste, não param. >>> A capital João Pessoa-PB ganhará a sua, até o final deste semestre. >>> Além das lojas no RN, Paraíba, Sergipe e Maceió, a rede também inaugura, em breve, franquias no Ceará e Pernambuco.

psicanalista

Flávio

Gikovate: “Os egoístas maiores, sem culpa, vergonha ou medo, quando convém são muito agressivos e sem limite algum: são os psicopatas ou anti-sociais”.


Cidade

Terça-feira

Natal, 4 de fevereiro de 2014

O Jornal de HOJE 13

edadC i

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w CONVERSA - I O deputado Henrique Alves foi conversar outra vez com a ex-governadora Wilma de Faria em sua casa. Quer ter certeza de que aceita candidatura ao Senado. Aceita. Desde que o PMDB não atrapalhe. w CLARO - II Que a conversa não foi em termos tão claros assim, afinal a sinceridade, em política, nunca é praticada com teor elevado de 100%. Mas Henrique ainda é a palavra de maior credibilidade junto ao wilmismo. w CUIDADO - III Na articulação que caminha lentamente, Henrique sabe que não poderá partir do seu lado qualquer tipo provocação que venha por em dúvida ou trazer desconfiança a uma aliança que precisa ser ou não ser. w ALIÁS - IV Um dos problemas práticos do PMDB, como partido-líder da aliança, é o posicionamento na relação com o Governo Rosalba já que a posição clara da exgovernadora Wilma de Faria é de oposição total. w EFEITO - V Segundo fontes ligadas à ex-governadora, seu posicionamento de oposição foi claro, forte e definitivo desde as inserções da propaganda do PSB. E Wilma calar a essa altura seria abraçar a própria derrota. w BOMBA? Imaginar que a Câmara ou o Senado tem altivez para uma pauta bomba é acreditar que a classe política no Brasil pode mais que fazer o jogo velado do executivo. Como tem feito, mesmo depois da ditadura. w ESCOLHA Tudo indica para os que andam pelos corredores silenciosos e estranhos da governadoria que o coronel Araujo, comandante da PM, pode ser o novo secretário de segurança. É uma missão do tipo penitência.

Q

O olho do povo

uando, na segunda metade do século dezenove, o bacharelismo passou a ser a grande escola formadora das nossas primeiras elites intelectuais, surgiu a classe política para ser a vanguarda da consciência crítica nacional. A partir dos bacharéis, e influenciados pelo Iluminismo, acenderam-se no país as idéias sociais das conquistas e avanços como o fim da escravidão e o movimento republicano, para citar exemplos mais marcantes. O bacharelismo fundou, pois, as bases de uma nação brasileira. O Brasil rural, na verdade, tinha uma estrutura feudal assentada sobre um mando dominador, herança portuguesa feita de exploradores e não de descobridores do Novo Mundo. Aqui nunca vieram para fundar uma civilização. A Terra Brasilis, virgem e encantadora, foi sempre um lugar para extrair riqueza e levá-la nos porões dos seus navios. Quem sabe, nasceu ali, no Brasil colonial, aquele vício perverso de levar vantagem em tudo que já dura mais de cinco séculos nestes belos e tristes trópicos. Em resumo, pois o tempo urge: daquele hoje antigo novo mundo, já velho de quinhentos anos, passamos a um novo mundo que não é novo nem muito menos o admirável mundo novo de Aldous Huxley. E fez-se um Brasil com raízes no velho mandonismo que ainda hoje viceja entre dominadores e dominados. Da distorção veio a nova classe política transformando mandatos em empregos de alto luxo, exercidos sem espírito público, unindo

o despreparo ao vício e gerando as suas monstruosidades. É nesse cenário Senhor Redator, que o despreparo pode nos levar a uma gravidade mais terrível do que a própria corrupção e a impunidade. A classe política, dilacerada por sua própria deformação e gravemente degradada pelo descrédito popular, sequer consegue ser capaz de perceber o processo de mudança que está nas ruas. De uma sociedade que se organiza com velocidade, desde os empresários empreendedores de religiões, a grupos gays e os aparentemente inofensivos rolezinhos dos black blocs. E esse enlouquecimento das células sociais já criando centenas de instituições de defesa desses e daqueles grupos ou segmentos, é o que pode acabar por desorganizar a sociedade na medida em que corre o risco de jogar no descrédito as instituições. A arrecadação borbulhante de milhares e milhares de reais para que os réus do Mensalão paguem suas multas impostas pelo avanço nos cofres públicos é uma demonstração de que a grave decisão do Supremo Tribunal Federal perdeu seu caráter exemplar. Da indiferença que fez do Brasil o país generoso com a lei e a ética, que tudo releva em nome do futebol e do carnaval, nasce um Brasil fervente que sai às ruas, instala um tribunal sumário e julga seus homens públicos, parlamentares ou governantes, de forma inapelável. Enquanto os políticos do Brasil de ontem fazem conchavos nas coxias dos palácios como se a sociedade fosse aquela mesma de quando mandavam e desmandavam. Nem notam que hoje são prisioneiros do olho vigilante do povo.

IBGE explica que servidor divulgado nas redes sociais como assaltante não existe FOTO DE PESSOA QUE ESTARIA SE PASSANDO POR FUNCIONÁRIO DO IBGE É MAIS UM ‘VIRAL’ José Aldenir

DIEGO HERVANI DIEGOHERVANI@GMAIL.COM

Nos últimos dias, os usuários de redes sociais de Natal ficaram assustados com a foto de um homem que passou a circular na internet e que, segundo texto que acompanhava a foto, estaria se passando por funcionário do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para assaltar residências. Porém, nesta terça (4), o órgão esclareceu que tudo não passa de mais um "viral". De acordo com a chefe da unidade do RN do IBGE, Maria Alzenira da Silva, a mesma história também ocorreu no Acre. "Em contato com o IBGE do Acre, nos chegou essa informação, de que a mesma foto já tinha circulado por lá com essa mesma informação. Porém, não existe nenhuma informação de que essa pessoa esteja se passando por funcionário do IBGE. A foto já circulou com o nome de Bruno Rossi Caravana e até mesmo sem identificação. É mais um caso de uma história que parece que vai rodar o Brasil.", afirmou. Com a velocidade e o alcance que a notícia atingiu, Maria Alzenira contou que os agentes do Instituto já estão sofrendo as consequências. "Ontem (segunda), um funcionário nosso estava fazendo uma pesquisa de campo e uma pessoa o denunciou, pensando que ele era a pessoa da foto. A polícia foi até o local e queria levá-lo para a delegacia, mas o nosso funcionário convenceu a polícia para trazê-lo para o IBGE para ser identificado. Foi uma situação muito constrangedora", frisou Maria, que ainda concluiu. "Nós recebemos diversos telefonemas da população assustada, alertando que técnicos do IBGE estavam em suas portas".

“Não existe nenhuma informação de que essa pessoa esteja se passando por funcionário do IBGE. [...] É mais um caso de uma história que parece que vai rodar o Brasil”

MARIA ALZENIRA DA SILVA

CHEFE DA UNIDADE RN DO IBGE

Alzenira fez questão de ressaltar que o IBGE faz diversos tipos de pesquisa, que podem ocorrer nos finais de semana e no horário da noite e que a população não precisa ficar preocupada, pois existem vários procedimentos que podem ser feitos para a identificação dos funcionários.

Como identificar um funcionário do IBGE

O colete, o aparelho de pesquisa (que parece um celular) e o crachá são as três principais maneiras de se identificar um funcionário do IBGE. Porém, com os problemas recentes, o órgão está providenciando novas formas de identificação para deixar a população ainda mais tranquila e não prejudicar o andamento das pesquisas. Atualmente, a única forma de contato da população com o órgão é por meio do telefone 0800 721 8181, porém mais dois números serão disponibilizados. O (84) 32036187 e o (84) 3203-6190 passarão a funcionar nos próximos dias. Através deles os moradores se sentirem preocupados com algum agente que

esteja fazendo algum tipo de pesquisa, pode ligar para obter a identificação do funcionário. "É bem simples. A população pega o nome do funcionário do IBGE através do crachá. Depois liga para um dos números, até mesmo o 0800, mas os outros dois são mais rápidos, nos passa o nome do funcionário e nós teremos uma lista de identificação. Fazemos a identificação e passamos para a pessoa", explicou Maria Alzenira. Pelas redes sociais oficiais, o twitter (@IBGE), facebook e site (www.ibge.gov.br), o IBGE também estará fazendo a divulgação do caso desse "falso" funcionário, com todas as explicações.

w CRISE As dificuldades operacionais da PM ficaram mais uma vez expostas durante a Operação Verão. A sua presença precisava ser ostensiva sob pena de ser inócua. E já foi muito menor que nos outros verões. w EPIDEMIA A dengue não é a pior epidemia no Rio Grande do Norte. Bem pior é a peste do abandono a que foi submetido o RN. Só pelo governo Rosalba? Não. Por sua classe política que nunca esteve tão distante. w PIADA Investir R$ 50 mil reais na atualização do acervo da Biblioteca Câmara Cascudo, depois de quase 30 anos sem adquirir nada, é uma declaração que só cabe na boca torta de quem não sabe nada de livros. w LUGAR O Parque da Cidade, um projeto de Oscar Niemayer e patrono D. Nivaldo Monte, será o novo lugar do Festival Literário de Natal. E as suas obras de restauração vão ser inauguradas ainda no mês de abril. w POSSE Será dia 9 de abril, no salão nobre, a posse do romancista Antônio Torres na Academia Brasileira de Letras, o mais recente eleito para a cadeira n. 23. Torres vai ser saudado pela escritora Nélida Piñon. w CÂNCER - I O relatório da Agência Internacional para a Pesquisa do Câncer revela que esta será a doença de maior incidência e mortalidade nas próximas duas décadas. Previsão chega a alcançar 25 milhões de vítimas. w DESASTRE - II Segundo Isaac Christopher, diretor da Agência, a projeção é de que o câncer se transforme numa nova desgraça contra a saúde humana. E os estudos mostram que será muito pior na vida dos desprotegidos.


14 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 4 de fevereiro de 2014

Terça-feira

Direito Vivido RIBAMAR DE AGUIAR (ADVOGADOS ASSOCIADOS) - ribamar@ribamardeaguiar.com.br / www.ribamardeaguiar.com.br

Movimento dos Navios

Danos materiais Mesmo que trafegue com as sirenes ligadas, durante atendimento de ocorrência, o motorista de uma ambulância não está isento das regras previstas no Código de Trânsito Brasileiro, já que a preferência não representa trânsito livre. Assim, caso o veículo se envolva em algum acidente causado pelo seu condutor, deve arcar com a reparação dos danos causados aos demais envolvidos. Com base neste entendimento, a 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais rejeitou recurso da Trade Serviços e Administração e manteve sentença que condenou a empresa a pagar os reparos em carro atingido por uma ambulân-

cia do Samu de propriedade da Trade. O homem afirmou que circulava pela avenida dos Andradas, em Belo Horizonte, e foi atingido pela ambulância enquanto cruzava uma rua, o que causou diversos danos materiais no veículo. Ele disse que, em diversas ocasiões, procurou a empresa para que fosse pago o valor dos reparos e, sem êxito, entrou com a ação. O homem citou a culpa exclusiva do condutor da ambulância, anexando aos autos o boletim de ocorrência, em que o motorista admite ter ficado sem freios quando atravessava o cruzamento. A Trade alegou que a ambulância estava prestando serviços, com a sirene e o gi-

roflex ligados, o que garante a preferência de circulação. Assim, ao não ouvir ou ver a ambulância, o motorista do veículo teria sido o responsável pelo acidente. A sentença da juíza Iandara Peixoto Nogueira, da 28ª Vara Cível de Belo Horizonte, acolheu os argumentos apresentados pelo homem e determinou que a proprietária da ambulância pagasse quase R$ 6 mil a título de danos materiais. Relator do recurso que a Trade apresentou ao TJ-MG, o desembargador Amorim Siqueira afirmou que o fato de estar em ocorrência, com o giroflex e a sirene funcionando, não representa trânsito livre para a ambulância. Ele citou

que o boletim de ocorrência inclui a versão em que o condutor do veículo da Trade admite a falha nos freios. O condutor disse que a colisão ocorreu porque teve de atravessar o cruzamento, caso contrário poderia atropelar os pedestres que circulavam no local. Segundo o relator, mesmo com a falha nos freios, "a verdade é que o motorista não agiu com cautela, razão pela qual não há que se falar em culpa concorrente". Amorim Siqueira votou pela manutenção do pagamento dos danos morais, sendo acompanhado pelos desembargadores Pedro Bernardes e Márcio Idalmo Santos Miranda.

Sequestro Uma rede de supermercados deverá indenizar uma cliente e seu marido em R$ 38 mil devido a sequestro dentro de estacionamento do supermercado. Deste valor, 70% serão pagos à autora e 30% ao seu companheiro. A decisão é da 8ª câmara de Direito Privado do TJ/SP. De acordo com os autos, a mulher ficou em cativeiro por cerca de

12h, sendo vigiada por um pitbull. Os sequestradores estabeleceram diversos contatos com seu marido e apenas a libertaram após a entrega da quantia exigida para o resgate. Frente aos fatos, ambos ingressaram na Justiça pedindo indenização pelos danos morais sofridos. Após o juízo de 1º grau condenar o supermercado ao pagamen-

to da indenização pleiteada, a rede de supermercados recorreu alegando excludente de responsabilidade por se tratar de caso fortuito e de força maior, praticado por terceiros. O relator do processo, desembargador Pedro de Alcântara da Silva Leme Filho, no entanto, concluiu que o dano era evitável e

800 pessoas, de acordo com os eventos criados no Facebook. "Os shoppings, em seu espaço interno (corredores e lojas) não têm condições materiais de receber nenhuma multidão, nem mesmo movimentos multitudinários", destacou Russo. Apesar de não considerar o "rolezinho" ilegal, o magistrado considerou que o encontro de "uma gama indeterminada de pessoas" nos mesmos ho-

rários e locais compromete a razoabilidade do direito de reunião pacífica, previsto na CF/88. "Daí submerge, com naturalidade, a colisão de direitos constitucionais e garantias individuais, qual seja o direito de ir e vir dos 'rolezeiros' e o direito de ir e vir dos não 'rolezeiros'", ponderou. Segundo o julgador, a decisão pretende garantir a segurança de

Conselho Nacional de Praticagem é contra a fórmula que reduz em até 80% do valor cobrado pela Praticagem no Brasil NATAL Navio Lagoa Paranaense Alem Mar II CMA-CGM Aristote Balsa TS Tranship Marfret Marajó Marfret Guyane Silver Cloud CMA-CGM Herodote Seabourn Quest CMA-CGM Platon

houve evidente falha na segurança do supermercado. Para o magistrado, ao oferecer estacionamento para seus clientes, diferencial que os atrai, a ré assume a responsabilidade pela segurança não só dos veículos, mas também de seus clientes, e por óbvio dos valores que eles transportam, vez que se trata de risco inerente à atividade.

Almi Star Aliakmon

Bandeira Brasil Brasil Inglaterra Brasil Brasil França França Bahamas Inglaterra Bahamas Inglaterra

Chegada No Porto No Porto No Porto 07/02 07/02 08/02 15/02 15/02 22/02 27/02 01/03

Destino -F. de Noronha(PE) Algeciras/ESP Rio de Janeiro(RJ) Rio de Janeiro(RJ) Algecira/ESP Algecira/ESP Fortaleza(CE) Algeciras/ESP Santarém(PA) Algeciras/ESP

Carga/Des. Rebocador Geral Contêiner Peças Rebocador Contêineres Contêineres Turismo Contêineres Turismo Contêineres

Libéria Grécia

No Porto Salvador (BA) 06/02 Salvador (BA)

Óleo cru Óleo Cru

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

TÁBUA DE MARÉS Dia Hora Altura (M) 04 13:38 0.4 20:11 2.2 05 02:04 0.4 08:41 2.0

todos, "a bem da paz social", de modo a impedir uma nova tragédia, como a da boate Kiss, "ainda mais porque a experiência mostra que são poucas as saídas de emergência e que normalmente não há rotas de fuga". Os shoppings foram proibidos de vetar a entrada indiscriminada de jovens nos estabelecimentos e usar a força em caso de repreensão.

Cooperativas & Negócios Jornalista Responsável: Gil Oliveira (gilbamar@gmail.com)

apronianocfs@hotmail.com

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN

Rolezinho O desembargador Rômolo Russo, da 11ª câmara de Direito Privado do TJ/SP, proibiu a realização de "rolezinhos" nos shoppings Aricanduva, Mauá Plaza, Penha e Taboão, localizados na capital paulista, por entender que shoppings centers são locais inadequados para o "encontro de multidão". Marcados para os dias 1º e 2, os "rolezinhos" reuniriam cerca de

APRONIANO CÉSAR

FASES DA LUA Nova (30/01 - 18:39h) Crescente (06/02 - 16:22h) Cheia (14/02 - 20:53h) Minguante (22/02 - 14:15h)


Esporte

Terça-feira

Natal, 4 de fevereiro de 2014

O Jornal de HOJE 15

Divulgação

LÚCIO CURIÓ é do ABC ATACANTE FOI APRESENTADO HOJE E JÁ TREINA COM ELENCO ALVINEGRO Mesmo diante das dificuldades financeiras, a diretoria do ABC segue trabalhando para reforçar e qualificar ainda mais o elenco alvinegro. E ontem à noite, o clube surpreendeu ao anunciar a contratação do atacante Lúcio Curió, considerado um atleta caro para os padrões do futebol potiguar. Com passagem pelo rival América, Lúcio estava atuando no Gwangju FC, da Coréia do Sul, e curtia férias na capital potiguar. Lúcio foi apresentado oficialmente pelo clube na manhã de hoje em entrevista coletiva no auditório Ernani Alves da Silveira, no Complexo Esportivo Vicente Farache, em Ponta Negra. O jogador agradeceu a oportunidade e prometeu dar muitas alegrias a torcida alvinegra. O atacante entrou em regime de concentração com o elenco, a fim de recuperar o condicionamento físico, já que estava parado há mais de 30 dias. A previsão é de que o jogador faça o seu primei-

ro jogo com a camisa alvinegra na terceira rodada da Copa Rio Grande do Norte, o primeiro turno do Campeonato Potiguar. Lúcio Teófilo da Silva, sue nome de batismo, tem 29 anos e 1m84. É natural de Guarabira, interior da Paraíba, e já atuou pelos seguintes clubes: CSP/PB (2007), Novo Hamburgo/RS (2008), CSP/PB (2008), Sport/PE (2008), América/RN (2009), Gyeongnam FC/Coréia do Sul (2010-2011), Ulsan Hyundai/Coréia do Sul (2011), América/RN (2012) e Gwangju FC/Coréia do Sul (2013). Além de Lúcio, foi anunciado também o meia Gabriel, que chega por empréstimo do Cruzeiro para disputar o Campeonato Estadual, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro da Série B. Gabriel foi revelado nas categorias de base do Cruzeiro e chega nos mesmo moldes do meia-atacante Lynneeker, também do time mineiro, que não deverá oferecer custos na folha salarial do clube.

Curió reencontrou Júnior Xuxa, outro ex-americano no CT Alvinegro

> ESTADUAL 2014

Segunda fase começa no domingo O Campeonato Potiguar Chevrolet 2014 entra na reta final. Depois de conhecer o campeão da primeira fase na próxima quarta-feira (5), em Mossoró, entre Baraúnas x Globo, a segunda fase já larga no domingo (9), às 17h, com quatro jogos: Potiguar x Alecrim, Globo x Baraúnas, América x Santa Cruz e Coríntians x ABC. A etapa terá dois turnos, cada turno com sete

rodadas, jogos de ida e volta. A primeira fase garante ao campeão vaga na Copa do Brasil de 2015. Os vencedores de cada turno, as outras duas vagas restantes para a mesma competição, direito que Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) concede para seus filiados. O primeiro turno da segunda fase começa nesse domingo e vai até dia 2 de março. Já o

Celso Teixeira é o novo técnico do Potiguar O técnico Flávio Barros, do Potiguar, foi dispensado ontem pela diretoria do Potiguar. Ele será substituído pelo ex-técnico da equipe Celso Teixeira, que na temporada passada conquistou o Estadual 2013 pelo time

macho e classificou a equipe para a Copa Nordeste. A informação da substituição do treinador foi confirmada ontem à noite pela assessoria de imprensa do Time Macho, que tem compromisso no meio

desta semana contra o Treze de Campina Grande, na casa do adversário. Será a sexta rodada da Copa Nordeste, para este jogo, o preparador físico Netinho é quem irá comandar a equipe.

segundo turno será realizado entre os dias 5 a 26 de março. O campeão do Campeonato Potiguar de Chevrolet 2014 será conhecido entre os vencedores dos dois turnos. Caso seja um vencedor distinto, mais dois jogos serão marcados para realizar a decisão em duas partidas. Se o mesmo filiado vencer os dois turnos será o campeão direto. Para conferir a tabela da segunda

Renda dos clássicos será dividida Por meio da Resolução nº 009/2014, a FNF oficializou a divisão de renda em partes iguais nos clássicos envolvendo América e ABC, conforme entendimento entre os dirigentes das duas equipes. Com isso,

não existirá mais a divisão da arrecadação que contempla 60% para o vencedor e 40% para o perdedor. A Comissão de Arbitragem da FNF divulgou os árbitros para os jogos da final da Copa FNF e decisão do rebai-

xamento. Quem apita Baraúnas e Globo, na quinta-feira, às 18h15, no Nogueirão, é Suelson Diogenes. Amanhã, para Palmeira e Assu, em Goianinha, o árbitro será Caio Max Augusto Vieira.

ARENA AMÉRICA Ontem teve reunião da comissão de construção da Arena América com o presidente Gustavo Carvalho, na sede social. E ficou definido que o módulo de arquibancada para cinco mil lugares será erguido no máximo em três meses para liberar a área de plantio do gramado. Com a construção dos camarotes, a primeira etapa da Arena deve ter capacidade para 7.500 lugares.

Fábio Pacheco fabiopachecorn@gmail.com

Divulgação

Milagre financeiro Imprensa e torcida querem entender como o ABC conseguiu a contratação de Lúcio Curió, uma semana depois do presidente alvirrubro Gustavo Carvalho alegar que o atacante não poderia ser contratado pelo América devido ao alto custo. Então, como o Mais Querido, que dizem estar com o repasse da antecipação das cotas da CBF e as parcelas da OAS bloqueadas pela Justiça do Trabalho, fazer uma contratação deste nível financeiro. Que milagre é esse? Será a multiplicação do dinheiro? Nada disso. Me parece que a contratação de peso em meio a crise financeira já é resultado do trabalho de Rogério Marinho. Em todas as entrevistas concedidas, o vice-presidente administrativo/financeiro e social tem demonstrado muita segurança quando o assunto é sobre a saúde financeira do clube. Segundo Rogério, o milagre financeiro só será possível com a participação da Frasqueira e Lúcio Curió deve ser a ferramenta de marketing para trazer o torcedor de volta. PROPOSTA INDECENTE Ontem, Roberto Senise, promotor de Justiça do Consumidor, se reuniu com representantes da CBF para propor um acordo que manteria as posições do Campeonato Brasileiro obtidas dentro de campo, o que levaria ao rebaixamento do Fluminense. A negativa da CBF era óbvia. Por isso, o Ministério Público, após ter investigado o caso, entrará com uma ação civil pública na Justiça Comum. O MP entende que o Estatuto do Torcedor deve ser utilizado nos casos por ser uma lei federal, e não o Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

fase completa: www.fnf.org.br/tabela O primeiro clássico do ano, entre América e ABC, está marcado para o dia 23 de fevereiro, no Arena das Dunas, válido pela quinta rodada do turno. O vencedor desse turno, fica com uma vaga na decisão do Estadual, além da uma vaga na Copa do Nordeste e do Brasil em 2015.

CINCO EX-AMERICANOS Com a contratação de Curió, já são cinco o número de ex-americanos no ABC. A lista começa com Roberto Fernandes, Zé do Carmo, Somália, Júnior Xuxa e Curió. Há quem diga que esse número pode chegar a seis, pois ainda ainda não está descartado a contratação de Rodrigo Pimpão. TORCIDA GLOBAL A diretoria do Globo E. C. está convocando o torcedor de CearáMirim parar prestigiar o time em Mossoró. Dois ônibus foram colocados à disposição do torcedor que pagará apenas a passagem de R$ 30,00. Ingressos e camisas serão sorteados durante o trajeto. A saída está prevista para às 12h de quinta-feira, em frente a Pizzaria Dom Oscar. ANIVERSÁRIO Parabéns especial ao amigo Ariel Santos, homem forte dos bastidores do América que trabalha na logística da supervisão e gerência de futebol, dando suporte ao supervisor Gilmar dos Santos e ao gerente Carlos Moura Dourado. Ariel também ajuda Daniel Morais no suporte a escolinha de futebol alvirrubra. É um guerreiro.

MUAY THAI Dia 6 de abril acontecerá a 1ª etapa do Campeonato Estadual de Muay Thai Tradicional, que será realizado na cidade de Macaiba. Haverá lutas nas categorias infantis, femininas, masculinas e lutas semi-profissionais. As regras do evento serão da IFMA (International Federation Of Muaythai Amateur)

MAIS VALIOSO De acordo com a Pluri Consultoria, o América é o clube mais valioso do Rio Grande do Norte. A pesquisa levou em consideração 77 critérios de avaliação divididos em 18 itens que vão desde a média de idade do elenco, condição clínica, conquistas, convocações para seleções, experiência internacional, capacidade de retorno de marketing, competições disputadas e por aí vai. A baixa média de idade do elenco e a Copa do Nordeste foram os itens que colocaram o América em primeiro lugar.


16 O Jornal de HOJE

Esporte

Natal, 4 de fevereiro de 2014

Terça-feira

Divulgação

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

PRESIDENTE DA FIFA DIZ QUE

Divulgação

DISPUTAR A

COPA SEM OS 12 ESTÁDIOS SERÁ UM FRACASSO

Gol vazio Joseph Blatter falou em sua coluna digital na revista da Fifa

BLATTER volta a criticar o Brasil O presidente da Fifa, Joseph Blatter, voltou a criticar o Brasil sobre os atrasos nas obras da Arena da Baixada, em Curitiba. Em sua coluna na publicação digital da revista "Fifa Weekly", Blatter afirmou que disputar a Copa do Mundo sem os 12 estádios seria um fracasso, tanto para a Fifa, como para o Brasil. De acordo com Blatter, os cinco anos que o país teve, a partir de 31 de maio de 2009, quando a entidade anunciou as sedes do Mundial, são suficientes para consolidar a estrutura necessária para disputar a competição. "Se dissermos que vamos jogar em 12 estádios , temos de jogar em 12 estádios. Qualquer

outra coisa seria um fracasso - para o Brasil, mas também para a FIFA. As doze sedes foram divulgadas em 31 de Maio de 2009, quase cinco anos atrás. Esse tempo é suficiente para se completar a infraestrutura", disse o Blatter. Em seguida, Joseph Blatter se disse "tranquilo" com a situação dos estádios que serão sede do Mundial. De acordo com o presidente, o encontro com a presidente Dilma Rousseff, em Zurique, na Suíça, no dia 23 de janeiro, renovou suas esperanças quanto a realização da Copa no Brasil. "As conversas construtivas que tive com a presidente Dilma na semana passada me encheram de otimismo. Faltam 132 dias para o início da Copa

(no dia da publicação da coluna, em 31 de janeiro). Você pode mudar o mundo neste tempo. Queridos amigos do futebol, eu prometo a vocês: tudo vai dar certo!", completou Joseph Blatter. A maior preocuação da Fifa com relação aos estádios é a Arena da Baixada, em Curitiba. No mês passado, o Secretário-Geral da Fifa, Jérôme Valcke, esteve no Brasil para vistoriar as obras, que estão com 87% das obras concluídas. Um novo relatório, previsto para o dia 29 de janeiro, não foi divulgado. A entidade deu como prazo o dia 18 de fevereiro para que os responsáveis pela Arena apresentem uma solução para os atrasos na construção do estádio. (Portal da Copa)

> CORINTHIANS

Torcedores queriam quebrar as pernas de Pato e Sheik

O Queens Park Ranger, da segunda divisão inglesa, está para o futebol brasileiro como Boa Esporte ou Bragantino. Caiu no ano passado sem brilho. Há um mês, o goleiro titular da seleção brasileira, Júlio César, está encostado no Ranger e sem perspectiva de reassumir a camisa 1. Absoluto no time de Felipão, Júlio César não joga e foi oferecido a times brasileiros, de graça e por orientação da comissão técnica do seu atual clube, que "não quer prejudicá-lo" para a Copa do Mundo. Elegante, tal lançamento de Jair Rosa Pinto, Mengálvio, Ailton Lira e Pita, meia-armadores históricos, o Santos disse muito obrigado e nem discutiu a possibilidade de contar com Júlio César debaixo de sua trave. O técnico Oswaldo Oliveira, no seu jeitão blasé de diplomata vocacionado, encheu de elogios o atual titular, Aranha e os reservas Vladimir e Gabriel Gasparotto, sem deixar de enumerar qualidades em João Paulo e John Victor (John, não João), campeões da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Aos 34 anos, Júlio César segue treinando e perdendo esperanças de arrumar clube. Felipão deve adotá-lo como fez com outros temerários, do nível de Anderson Polga e Roque Júnior, levados para a Copa de 2002. O Brasil está vivendo uma crise no gol. Faltam artilheiros e agora os goleiros passam confiança número Padrão Fica. Fica que a bola entra. Júlio César luta para se recuperar do fiasco de 2010, quando falhou igual ao Manga de 1966 em saídas ridículas aproveitadas pelos holandeses. Há estiagem de opções. O goleiro titular do Botafogo, Jéfferson, cujo reserva Renan falhou e tomou gol do Vasco, no Maracanã. É um pecado capital quando se trata da atual representatividade cruzmaltina, comemorando uma vitória sobre os reservas de um antigo freguês e carrasco nos últimos tempos. Vítor, do Atlético (MG), tremeu no Mundial Interclubes. O velho Dida, aos 40 anos, está aí, escutando a conversa. Para goleiro, idade não é certificado de competência. Dino Zoff foi campeão mundial aos 41 anos em 1982 pegando até intuição dos adversários. Dida nunca será Zoff e quando assumiu a camisa titular, errou feio nas Olimpíadas de 1996 e, dez anos depois, na Copa do Mundo da segunda derrota para os franceses. Saudades do velho Taffarel. Sem acrobacias e de colocação perfeita. É impossível tê-lo, é justo relembrá-lo. Sempre no lugar certo, engana-se quem pensa que ele procurava a bola. Era ela, hipnotizada, quem buscava Taffarel, último goleiro. O PRIMEIRO CLÁSSICO Marcado para o dia 23 o primeiro ABC x América na Arena das Dunas, palco da Copa do Mundo em Natal. Será pela quinta rodada do Estadual quando já se saberá como estarão os dois times.

Divulgação

Atacante alvinegro vem sofrendo forte pressão da torcida

De acordo com a imprensa paulista, os atacantes Alexandre Pato e Emerson Sheik foram os principais alvo dos torcedores que invadiram o CT do Corinthians, no último sábado, em protesto contra os maus resultados do time no Paulistão. O relato de funcionários do lcube, segundo a publicação da Folha de São Paulo, diz que a ordem era quebrar as pernas dos dois jogadores. Os atletas tiveram que se refugiar nos vestiários e ficaram trancados em uma sala por quase três horas. Para evitar que os torcedores invadissem a sala, os jogadores colocaram armários para segurar as portas. Apenas um jogador, o atacante Guerrero, chegou a ter contato com os torcedores e foi atacado por alguns deles. O peruano foi agarrado pelo pescoço pelos invasores. Paulo André, Renato Augusto e Danilo

ficaram escondidos em um cômodo próximo à piscina do CT. A reportagem também relata que os torcedores roubaram materiais esportivos e itens de decoração do local, além de aproveitar o momento em que a equipe se preparava para ir a campo para beber a água e os isotônicos que a comissão preparou para o elenco. O presidente do Corinthians, Mário Gobbi, mostrou-se bastante decepcionado com a insatisfação de parte da torcida. Ele disse não concordar com tanta cobrança, especialmente a feita violentamente no CT do Parque Ecológico, mas que cumprirá o seu mandato até a eleição de fevereiro de 2015. "Se fui chamado para trabalhar, tenho que honrar meu compromisso, e esse compromisso termina no final do mandato", afirmou.

> UFC

Raphael Assunção desafia o campeão RENAN BARÃO O atleta Raphael Assunção, que ficou sem adversário na edição 170, em 22 deste mês, em Las Vegas, depois da lesão de Francisco Rivera, espera ser convocado para uma luta pelo título diante do campeão Renan Barão. O atleta de Recife, que vem de cinco triunfos consecutivos no peso galo, disse que merece a chance de ser o desafiante do potiguar. "Eu quero minha disputa de tí-

tulo contra o Barão. Eu sou o único lutador peso galo invicto que não teve a chance de disputar o cinturão. Sou o número 3 da divisão e vou pedir essa luta à organização", afirmou o pernambucano ao site MMA Fighting. Ele ganhou os cinco combates pela categoria, o último diante de TJ Dillashaw, por decisão unânime, no UFC em Barueri, em outubro de 2012. Raphael Assunção não conta

mais com a luta no UFC 170 e disse que poderia ter mais tempo de preparação para encarar o atual campeão. "Barão não se machucou na luta contra Faber e posso ser um novo desafio para ele. Eu lesionei o meu ombro, passei por fisioterapia durante um mês e estava totalmente recuperado para lutar agora. Seria maravilhoso ter um camping completo de treinos para desafiar Barão", enfatizou.

"Dominick Cruz está machucado. Urijah Faber, Eddie Wineland e Michael McDonald já lutaram contra o Barão. Eu posso disputar uma luta diferente contra ele", acrescentou o pernambucano, derrotado apenas uma vez no UFC, para Eric Koch, por nocaute, na edição 128, quando veio do extinto WEC ainda como peso pena. Depois, ele ganhou os cinco duelos na categoria galo.

BOM MOMENTO Iniciar o campeonato com ABC x América seria vantagem total para os rubros, montados, entrosados e embalados pela campanha na Copa do Nordeste. O ABC, por culpa exclusiva dele, ainda está se arrumando para se rearmar de verdade apenas para a Série B. PREVENÇÃO É inevitável lembrar que o primeiro clássico gera expectativa hoje mais pelo comportamento de quem está fora do que dos presumíveis artistas de parco talento. Certamente a segurança será redobrada e as gangues de marginais infiltradas no meio dos torcedores não terão acesso para por em risco todo a monumental obra erguida no deslumbre de ilha de prosperidade em Natal. ESTREIAS O ABC estreia contra o Corinthians em Caicó e o América tem mando de campo contra o Santa Cruz. Domingo. O América deve mesclar o time, em função da próxima fase da Copa do Nordeste. RANKING SOMBRIO O Paraná Clube, com R$ 30,9 milhões, o Internacional (RS), com R$ 19,2 milhões e o Vasco (RJ), com 11,3 milhões, forma a trinca dos maiores devedores aos cofres públicos entre os clubes brasileiros. ROMÁRIO APURA O deputado federal Romário Faria (PSB/RJ), decidiu invadir esta área e apurar oficialmente quanto devem os clubes. Ele informou que somente o Banco Central é credor de R$ 107 milhões referentes a "multas de ilícito", ou seja, dinheiro sujo de venda de jogadores ao exterior. SANDRO FAZ SUA PARTE Ex-meia do ABC, América e Cruzeiro, o galego Sandro estará sexta-feira em Caraúbas, a 302 quilômetros de Natal, se reunindo com garotos iniciantes no futebol. Vai dar orientações sobre o perigo das drogas e os bastidores da bola, além de distribuir brindes. Com apoio do ex-presidente alvinegro Judas Tadeu Gurgel, que é da região, e do pesquisador Leonardo Maranhão Bezerra.

AZAR Sandro surgiu em 2001 no ABC com futebol sóbrio e visão de jogo, tanto que terminou campeão brasileiro de 2003 no timaço do Cruzeiro comandado por Alex, ainda atuando pelo Coritiba. Sandro sofreu seguidas contusões que atrapalharam seu voo solo. Joelho triturado de pancadas. COMENTARISTAS Natal teve grandes comentaristas de futebol. Homens que enxergavam o futebol taticamente e explicavam de forma didática ao torcedor. Rubens Lemos, pai, Franklin Machado e Cassiano Arruda foram os principais , na humilde opinião de Passe Livre. Hoje, Exmar Tavares, da 98 FM sobra, além de Lupércio Luiz. O craque Edmo Sinedino está sem microfone. Também sabe muito. 10 X 0 DE VERDADE O placar de 10 x 0 é a humilhação homérica. Nem 9 nem 11, quando se chega ao clímax simbólico da virtude diante do fracasso, é melhor parar a partida. Para quem pensava que somente o Íbis de Pernambuco, considerado o pior time do mundo, chegava a receber dois dígitos habituais em sua baliza, está muito enganado. MOLEQUE SURRADO No dia 4 de fevereiro de 1976, há exatos 38 anos, o América enfiou 10 x 0 no Atlético, o Moleque Travesso, extinto faz tempo e surrado sem piedade numa tarde quente no Estádio Castelão (Machadão), diante de 2.320 pessoas e arbitragem do professor Annecildo Batista de Carvalho. Era a quinta rodada da Taça Cidade do Natal, que antecedia ao campeonato . GOLS O América abriu seu arsenal e marcou com Pedrada (três balaços), Ivanildo Arara, duas vezes, o bom de briga Paúra, que também deixou duas bolas nas redes, Hélcio Jacaré, Alberi cobrando pênalti e Reinaldo. TIMES O América saboreou o chocolate com Ubirajara; Nei (Ivã Silva), Odélio, Cosme e Olímpio; Paúra, Alberi e Hélcio Jacaré (Washington); Reinaldo, Pedrada e Ivanildo Arara. O Atlético foi massacrado com: Wilson; Paulo, Berino, Canindé e Paulinho; Ivã, Zé Gobat e Jamiel; Zezé, Joãozinho e Dalmo.


04022014