Issuu on Google+

Terça-feira

Ano XV w NATAL-RN,

2 DE OUTUBRO DE 2012 w Nº 4.457

R$ 1,00 w jornaldehoje.com.br

> PESQUISA CONSULT

Carlos Eduardo perde 50 mil votos em dez dias e deixa adversários confiantes de que haverá segundo turno em Natal VANTAGEM DO CANDIDATO DO PDT SOBRE A SOMA DOS ADVERSÁRIOS CAIU DE 14,2% PARA 4,16% NA SEMANA DA ELEIÇÃO. EX-PREFEITO CONTINUA LÍDER, MAS TODOS OS CONCORRENTES CRESCERAM

POLÍTICA 3

> EXTREMOZ

> SAÚDE PÚBLICA

Agripino: “Vim apoiar um prefeito sério que trabalha pelo o povo”

Hospital da Polícia tem 24 leitos prontos, mas falta profissionais Herácles Dantas

POLÍTICA 4

> 50 ANOS

Programação da Festa do Boi 2012 será lançada hoje à noite na Anorc CIDADE 7

> COMPLICADO...

América tem “um time completo” sem poder jogar. São 11 jogadores afastados

Trinta leitos foram abertos semana passada para receber os pacientes que lotam o Walfredo, mas apenas 6 estão ocupados CIDADE 6

AVISO AO LEITORES

EM RAZÃO DO DIA DOS MÁRTIRES DE URUAÇU E CUNHAÚ, O JORNAL DE HOJE NÃO CIRCULARÁ MANHÃ.

VOLTAREMOS NA QUINTA-FEIRA.

ESPORTE 15 José Aldenir

> POLÍCIA EM AÇÃO

Três homens e duas mulheres acusados de assaltar casas na zona Sul de Natal são presos CIDADE 10

> GUARITA INTERDITADA

Causa da doença que atingiu todos os servidores do posto de saúde será investigada CIDADE 6

Marcos A. de Sá

Túlio Lemos

Agentes verificaram a situação do prédio, que foi fechado ontem pela Covisa, e conversaram com os servidores

Daniela Freire

Vicente Serejo

Rubens Lemos F.

Página 12

Página 13

Página 16

SYLVIA SÁ INTERINA

Página 8

Página 3

w Pesquisa não é voto na urna. Últimos dias serão decisivos para ter ou não 2º turno. INDICADORES: Dólar comercial R$ 2,02 Dólar turismo Dólar/Real

R$ 2,13 R$ 2,02

w Receita Federal orienta con- w Benito Gama está sendo con- w Naquele tempo miss era w O Gol de Fred, no Fla-Flu, é tribuintes para a autorregulari- siderado "uma decepção" como virgem, vestia maiô Catalina o mais belo da história do futezação de declarações. secretário de Desenvolvimento. e era chamada de senhorinha. bol carioca. Euro x real R$ 2,62 Poupança 0,5% / 0,42% Taxa Selic 7,5%

EMAIL REDAÇÃO:

jornalismo@jornaldehoje.com.br

ACESSE O SITE:

www.jornaldehoje.com.br

SIGA-NOS NO TWITTER:

@jornaldehoje

ESCREVEM ARTIGOS DA EDIÇÃO DE HOJE Sílvio Caldas Afranio Pires Lemos João Felipe da Trindade Francisco C. Rodrigues Otomar Lopes Cardoso Junior Elísio A. de Medeiros e Silva Sérgio Luiz Bezerra Trindade OPINIÃO - Página 2 TOTAL DE PÁGINAS NESTA EDIÇÃO

20 CMYK


2 O Jornal de HOJE

Artigo

Opinião

Natal, 2 de outubro de 2012

SÉRGIO LUIZ BEZERRA TRINDADE, professor do IF-RN (slbtrindade@yahoo.com.br)

Amancio

Terça-feira

Artigo

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com

AFRANIO PIRES LEMOS, escritor (afrapil@yahoo.com.br)

A quem interessa? (II) É por ser visto como prioritária apenas nos discursos de lideranças políticas e sindicais, de pais e alunos, e da sociedade como um todo que o sistema educacional consegue até melhorar quantitativamente, mas patina quando o assunto é qualidade. A sociedade brasileira parece não perceber que há setores organizados que trabalham contra a educação. E eles não passam pelo setor produtivo, talvez um dos maiores interessados na melhoria da qualidade da educação nacional, visto que é dali que retira a seiva que o alimenta. Mas é justamente a elite, seja lá o que isso significa, e às vezes a produtiva, a acusada de tramar contra a educação. De uma coisa todos devemos nos lembrar: sindicatos, de trabalhadores ou de patrões, não têm preocupação maior com a sociedade. Eles existem apenas e tão-somente para defender os interesses das categorias que representam. Por isso são sindicatos de algo. Os de professores não são diferentes. Estão ali para pensar no bem-estar de seus membros e da categoria que representam. Antes que algum patrulheiro apressadinho venha dizer o que eu não disse, adianto que isso não é imoral, nem ilegítimo. É apenas um fato.

Artigo

Pelo poder de reverberação de seus pleitos, os sindicatos de professores conseguiram difundir a ideia de que o que é bom para a categoria que representa é bom para os alunos. E nem sempre isso é verdade, pois existem ações didáticopedagógicas que seriam boas para os alunos e exigem mais esforço dos professores, como também determinadas ações didático-pedagógicas que são boas para os professores são pouco importantes e, no limite, prejudiciais para o desenvolvimento dos alunos. É esse conflito latente que galvaniza a ação dos sindicatos, tornando-o mais ativo e cada vez menos preocupado com os rumos da sala de aula e mais apenas com o bem-estar dos professores. Escrevo isso com certa dor, pois sendo professor há mais de duas décadas vejo aqueles que mais precisam da sala de aula para ascender socialmente (estudantes carentes) serem penalizados pela ação deletéria de entidades e de lideranças políticas e sindicais descomprometidas o quadro educacional. São esses estudantes que vêem suas chances, como data marcada (deveria até fazer parte do calendário das escolas), de vencer na vida descer pelo ralo da inoperância, da imaturidade e da irresponsabilidade. A fatura é paga por toda a sociedade.

JOÃO FELIPE DA TRINDADE, professor da UFRN, sócio do INRG e do IHGRN (jfhipotenusa@gmail.com)

Você aguenta um 2º turno? É difícil se falar em democracia em um país onde a ignorância e a injustiça social ainda estão presentes e tornam seus habitantes presas fáceis dos espertos. As propagandas não são apresentadas de forma correta para se fazer uma boa escolha. Aideia do marketing não é mostrar os candidatos como são de verdade, mas induzir o eleitor a acreditar em um candidato fabricado. E nós não fomos preparados para ver a verdade no falso, como diria Krishnamurti. Lógica, percepção, atenção e compreensão não são ensinadas nas nossas escolas para nossas crianças. Diferentemente do que pensa Amanda Gurgel, é na sala de aula que podemos mudar o mundo. Nas Câmaras Municipais de hoje, isso é impossível, como ela vai perceber se for eleita. Lá o que muda de verdade é o eleito, que é cooptado por um sistema de trocas. Nenhum projeto sobre educação dará certo, se não houver mudanças dentro da sala de aula. Estímulos externos, tipo bolsas, escola modelo, horário integral não resolvem coisa alguma. Tudo isso é periférico e não concorre para transformar a capacidade de compreensão das pessoas ou dos eleitores. Uma coligação que leva ao ar a informação que o fracasso de dois mandatários, nos seus respectivos governos, é resultado de eleição em primeiro turno, não respeita a lógica, ou então usa o livro de Shopenhauer: Como vencer um debate sem precisar ter razão. Usar as decisões da justiça, erradamente, ou as manchetes montadas dos jornais para confundir o eleitor é puro malabarismo eleitoral. Parece coisa combinada – você monta a manchete ou grava a declaração de fulana que nós replicamos na nossa propaganda. Ninguém está suficientemente preparado para governar uma cidade com muitas dificuldades. Quem for eleito terá que fazer escolhas e pagará por isso. Os programas são meros esboços de vontade. Eles estão na mente e no papel, mas esbarram na realidade crua de um mundo que cresce desordenadamente, onde as capitais são privilegiadas e as cidades do interior são esquecidas. Não cabe amadorismo na administração municipal. Há uma crise no mundo, no Brasil, no Rio Grande do Norte e nos municípios que alguns candidatos ignoram. Eles não conhecem a relação despesas/receitas, não conhecem as regras a que está sujeito o serviço público, e em particular a Prefeitura da Cidade do Natal. No dia que um eleito tomar posse, tomará conhecimento das muitas dificuldades de uma administração pública, bombardeada o tempo todo pelos diversos Ministérios Públicos, Justiça, Tribunais de Contas, Câmara Municipal, sindicatos, líderes comunitários e jornalistas. Nem com a boa vontade do governo federal

Artigo

ou estadual, teremos mudanças significativas. Todos sabem disso. Fui presidente do Conselho de Saneamento Básico da Cidade do Natal. Conheci de perto a nossa Companhia de Águas e Esgotos (CAERN). Naquela data, 2003, estava completamente endividada e comprometida com toda a manutenção da estrutura do programa de recurso hídricos herdada do Governo Garibaldi. O esgotamento sanitário, as drenagens, não são coisas fáceis que se resolvam de uma hora para outro. As lagoas de captação e o destino dos dejetos são constantemente contestados pelos moradores ou o ministério público. Aregularização fundiária, tão prometida, não se resolve só com dinheiro. Quem tem terreno e casa sabe as dificuldades, principalmente, se há pendengas jurídicas ao longo dos anos. Somente se colocará os postos de saúde em funcionamento total, equipando-os com materiais e servidores habilitados. Como fazer isso, se a folha de pagamento do município já atravessou o limite prudencial, e, atualmente, são feitos cortes em coisas essenciais. A manutenção das praças por si só, tem um custo alto. Se houver opção por novas praças, se comprometerão as praças já existentes; os formigueiros já começam a aparecer em alguns canteiros de algumas avenidas; a guarda municipal, hoje existente, não é suficiente para cobrir todos os próprios da Prefeitura, e mais, não é suficiente nem para cobrir as escolas públicas municipais, e, por isso, há necessidade de se contratar novos guardas, aumentando consequentemente a folha, já exaurida; para melhorar a coleta de lixo, tem que se pagar as contas das empresas, em primeiro lugar, e isso não é fácil; as calçadas levarão anos para serem corrigidas, a menos que haja uma legislação mais precisa sobre elas; a malha viária não é tão fácil de recuperar em pouco tempo, pois os muitos buracos acabaram por comprometer toda a sua extensão; a dívida ativa que a Prefeitura tem a receber e atinge a casa de 1 bilhão de reais não é fácil de entrar nos cofres municipais. Janeiro de 2013 é um mês de acomodação, transição, conhecimento do que está ocorrendo de verdade. E o futuro gestor não poderá usar mais o retrovisor e correrá o risco de se desgastar rapidamente. Um segundo turno não trará novidades sobre os candidatos e seus programas. Pior, ainda, é que começaria uma série de negociatas que o eleitor não tomaria ciência de suas cláusulas. Os debates na televisão não dariam uma visão correta dos candidatos, pois seriam semelhantes ao que estamos vendo agora. Você já conhece esse povo que está aí ou seus partidos. Você aguenta um segundo turno?

SÍLVIO CALDAS, juiz do Trabalho aposentado (jsc-2@uol.com.br)

O selinho e a virgindade Hebe inventou o selinho. Aliás, Hebe era dessas raras pessoas que vieram ao mundo para dar certo. Tudo o que se propôs a fazer, deu certo. Até rolar no chão, em pleno palco, diante de milhões de telespectadores, o fez por mais de uma vez. Duvido que outra mulher da importância dela tenha tido a coragem, até hoje, de fazer o que ela fez diante das telas. O segredo: autenticidade, honestidade profissional e, por mais paradoxal que pareça, respeito ao seu público. Sim, porque ela dava ao público o supra-sumo da sua verdade como pessoa humana. Nela não havia falsidade nem fingimento. Sem pretender ser a dona da verdade, entretanto era a própria encarnação da verdade. Comediante, humorista, cantora, apre-

sentadora. Um ícone no melhor sentido da palavra. Incluo aqui seus corajosos pronunciamentos políticos. Não sei que nossa geração conheceu profissional mais autêntico do que Hebe. É verdade que não tinha lá essas culturas todas, entretanto me refiro à cultura formal, porque sua experiência de vida e inteligência superavam qualquer curso de doutorado. Ela que foi a mais perfeita estudante da chamada universidade da vida. Só senti uma coisa, com a mais ou menos esperada partida de Hebe. Gostaria de ter sabido da opinião dela a respeito dessa jovem brasileira que está pondo à venda o próprio selinho. De mim, desconfio que nessa história tem pita.

Aniversário

Artigo

OTOMAR LOPES CARDOSO JUNIOR, professor (cardosojr@yahoo.com)

Consumir ou investir? Ora... Há alguns dias desfrutei do privilégio de publicar um artigo neste vespertino que trazia no título a ideia de "consumir ou investir" sob forma interrogativa, pois tratava do dilema econômico atual, pós-crise 2008, em que diferentes países encontramse surfando ou simplesmente acompanhando as marolinhas ou tsunamis mundo afora. Pois, tive direito a uma resposta, infelizmente voltada menos para o argumento das ideias, num título personalíssimo que eu mesmo não ousaria utilizar sob a forma de autopromoção. Aliás, ao final, entendi que a indicação estava bem mais próxima de uma simples e interessante sugestão de "merchan" sobre um título de um livro. Fato é que, apesar de toda a dinâmica da economia e de todas as suas vertentes e autores, do nosso (eventual) João ao deles anglicizado, poderíamos parafrasear: a longo prazo todos estaremos mortos! A grave crise econômica atual demonstra que os mecanismos de alavancagem do crescimento e do desenvolvimento parecem estar um pouco travados e alguma solução deve ser tentada; ultimamente vimos também que em outras praças alternativas foram propostas observando uma variedade de ações que têm demorado muito mais do que o desejado para produzir resultados e, sobretudo, muito além do que todos esperam (afinal, o mundo crescia - mesmo com suas imperfeições - com relativa regularidade até o 14 de setembro de 2008). A economia foi pródiga em explicar os acontecimentos que ocorreram; infelizmen-

Artigo

te, muito mais depois do problema, do que em sua prevenção. Não é culpa, evidentemente, da junção das ideias de oikos e nomos, nem ao menos de sua compilação, a oikonomia; é claro que a economia não pode antecipar todos os fatos, não compete a si o privilégio da "futurologia". Mas é bem verdade que o brilhante campo de atuação desenvolvido por seus clássicos ou inovadores deveria produzir, principalmente naqueles que têm o poder de decisão e o poder de influência, atitudes que permitissem o caminho da normalidade. É sempre bom explicar os acontecimentos econômicos, mas é sempre bom também sair desse limite e avançar em propostas; em tempos de crise, explicações enquanto meras explicações são excelentes mas, nem a curto, médio ou longo prazos produzem resultados, exceto o de antecipar os acontecimentos acima indicados previstos para persistentes ausências de ideias. Ou seja, o fim chegará mesmo a curto prazo se a discussão restringir-se ao passado e tiver foco no futuro sem ação, sem iniciativa, sem contribuição, apenas explicações, nada mais. Consumir ou investir? Diria que, data venia, outras ideias coerentes, ausente o Estado de sua condição jurássica de interventor-produtor, que sua nobre participação enquanto regulador está encontrando alguns limites, nesse período pós-2008. É preciso que o Estado promova investimentos públicos que possam ir muito além da vetusta classificação reducionista e primária dos intitulados gastos públicos. Já há alguns dias o Te-

souro Nacional premiou monografia que, vejam só, abordava o conceito de "investimentos públicos" e trazia alguns de seus números no Brasil entre 1950 e 2006. Políticas públicas, entendo, promovem efeitos imediatos na economia de uma nação e têm, também acredito, atribuição estratégica na promoção do desenvolvimento e crescimento socioeconômico. "Manutenção da máquina" também, sem dúvida, mas procurarei gentilmente divergir daqueles que acreditam que o estado deve assumir o papel de interventor, produtor, distribuidor enfim, controlador de todos os atos e fatos; a democracia é salutar não somente na expressão de opiniões, mas na competência e capacidade individuais no mundo empresarial cabendo ao estado todas as outras nobres condições de participação em favor de todos, indistintamente, do investir em bolsa ao frio especulador financeiro, mas também ao pequeno empresário, ao empreendedor informal etc. Gastos públicos não devem ser apenas compor seu tempo verbal, mas devem ser, literalmente, sinônimo de investimentos, mais ainda se produtivos e muito mais se sinônimos de combate ao desperdício e à menor eficiência em gestão. Enfim, consumir ou investir? Os dois, ora pois! Na economia (e na vida) nem tudo é tão óbvio nem ululante quanto parece. Passei a ilustrar mais didaticamente essa ideia após a leitura, quando meu filho tinha idade, do belíssimo livro intitulado "Marcelo, marmelo, martelo". Não sou o autor, mas recomendo a leitura: vale o investimento!

FRANCISCO C. RODRIGUES, professor da UFRN/CCS/DMC/Psiquiatria (rodrigus@ufrn.br)

Desculpe, Micarla Fui um dos milhares de eleitores que fez você ganhar o cargo de prefeita de Natal em 1º turno. Víamos você com uma juventude determinada a enfrentar os ícones da política tradicional. Fiquei orgulhoso da sua vitória, a resistência aos poderes constituídos, como a Prefeitura, a Governadoria, a Presidência da República. Não fui para as ruas festejar, mas por dentro meu coração pulsava com júbilo, afinal eu morava em uma capital inteligente, corajosa e não subserviente, que teve o vigor de dizer não ao prefeito, à governadora, ao presidente; dizer que queríamos aquela jovem sem experiência para ser a nossa prefeita. Mas aí está o nosso erro enquanto sociedade: tivemos o direito de exercer a nossa liberdade e colocar na prefeitura alguém sem a experiência pública administrativa, sem os maneirismos político-partidários, mas não tivemos a responsabilidade de acompanhar os seus atos, criticar e sugerir; afinal ela nunca impediu nosso

Artigo

direito de se organizar e opinar, e entre nós existe muita gente com bastante experiência em todas as áreas. Os erros cometidos por você já deviam ser previstos por nós, e como sociedade inteligente, corajosa e não subserviente, não usamos nossa inteligência para prevenir o fracasso que hoje se observa, coragem para exigir dos outros poderes os recursos que precisávamos, não subserviência para defender nossa cidade e nossa prefeita em qualquer instância da República. Era como se tivéssemos que pajear uma criança bem intencionada num castelo de cristais... a deixamos sozinha, as coisas caíram, quebraram, e os cacos cortam a carne... Agora a sociedade inteligente, corajosa, não subserviente ficamos à distância vendo o debater da borboleta, o seu sangrar por dentro e por fora e fazemos de conta que não temos nada a ver com isso, pelo contrário, pegamos pedras e ajudamos ainda mais a aumen-

tar os cacos dos erros cometidos. É nesse ponto que me recuso a jogar pedras e faço essa reflexão, a mea culpa... e peço licença para ser porta-voz do grupo inteligente, corajoso e não subserviente, majoritário de ontem: desculpe, Micarla, por termos lhe colocado num ponto acima de sua experiência sem o respaldo de nossas inteligências e ações; desculpe por sermos tão perversos, de lhe ferir com tantas pedras pelos erros cometidos como se nós jamais tivéssemos errado; e desculpe pela lentidão deste articulista que escreve num momento tardio, onde os erros já foram cometidos e as feridas já estão abertas... serve para exemplificar que estamos sempre cometendo erros. Finalmente, quero lhe parabenizar por você não ter quebrado o vaso mais reluzente, atrativo e valioso do castelo de cristal: "ter metido a mão" no dinheiro público, e só por isso não me arrependo do meu voto!

ELÍSIO AUGUSTO DE MEDEIROS E SILVA, empresário, escritor e presidente da Fundação Amigos da Ribeira (elisio@mercomix.com.br)

Cacareco - 53 anos do fenômeno político Estampou nos finais dos anos 50 a revista Time – uma famosa revista americana – "A eleição de Cacareco foi uma expressão contra a inércia dos políticos". Não só a Time bem como outras publicações internacionais ficaram abismadas com o fato de que as pessoas tivessem votado em um rinoceronte-africano-negro de verdade, para ocupar uma cadeira na Câmara de Vereadores de São Paulo. Segundo a opinião de um eleitor: "É melhor eleger um rinoceronte do que um asno". Cacareco era do zoológico do Rio de Janeiro, e havia sido enviado para São Paulo no dia 13 de fevereiro de 1958, por causa da inauguração do Jardim Zoológico de São Paulo, realizada em 16 de março, e o animal deveria ser devolvido em seis meses. Porém, os paulistanos gostaram tanto do carismático paquiderme de 900 quilos, que não pretendiam devolvê-lo ao Rio. Segundo Emílio Varoli, presidente do zoológico na época, o simpático Cacareco "estava se dando muito bem em São Paulo". São Paulo era governado por Carvalho Pinto, a cidade estava nas mãos de Adhemar de Barros e as obras de Brasília eram tocadas por Juscelino Kubitschek. Então, naquele domingo 4 de outubro de 1959, Cacareco foi eleito após uma campanha polêmica e explosiva. A sua candidatura havia sido lançada dias antes pelo jornalista Itaborahy Martins, do Estado de São

Paulo e da Rádio Eldorado, como crítica ao absurdo da campanha municipal, devido o baixo nível dos concorrentes. Alguns candidatos usavam slogans bem esquisitos. Um que pesava 230 quilos dizia em sua campanha: "O candidato que vale quanto pesa". Outro passeava nas ruas com uma onça e sua propaganda dizia: "Eleitor inteligente vota no amigo da onça". Na época estavam em jogo 45 vagas para vereador e 540 candidatos dos 12 partidos lutavam para conseguir o cargo. A candidatura ímpar de Cacareco inflamou o povo e tomou conta das ruas, entre todas as camadas sociais. Cacareco usava dois slogans na sua campanha: "Cacareco para Vereador" e "Vereador por São Paulo", que pichavam as ruas da capital paulista. O povo levou a sério e o rinoceronte simpático e boapraça acabou sendo transformado pelos paulistanos em um símbolo contra a corrupção... Três dias antes da realização das eleições, por causa da sua tremenda popularidade e com a campanha a todo vapor, Cacareco foi enfiado num caminhão e despachado de volta ao zoo do Rio de Janeiro. Mas ele já era famoso em todo o Brasil e os gerentes dos zoológicos disputavam-lhe para atrair visitantes. E o animal foi o mais votado para vereador em São Paulo. Cacareco foi um fenômeno eleitoral – quase 100.000 votos (na contagem oficial foram considerados nulos)

com o seu nome, mais do que todos os candidatos juntos de um partido poderoso da época. Nem Jânio Quadros tivera tantos votos – fora eleito deputado federal um ano antes (1958), com 75.000 votos. A região que Cacareco obteve o maior número de votos foi em Osasco, ainda um bairro da cidade – emancipado em 1962. Alguns afirmam que o fenômeno Cacareco surgiu aliado ao fato da campanha pela emancipação política de Osasco, na época, um bairro bastante populoso que queria sua autonomia. Atualmente, Osasco é um município paulista independente. A última viagem de Cacareco ocorreu em 1962, com destino ao Rio Grande do Sul, para participar da inauguração do zoológico de São Leopoldo. Ele voltou doente, 23 dias depois, e faleceu aos 8 anos de idade de nefrite, sem deixar descendentes. Morreu desiludido da carreira política, mas é bom deixar bem claro que ele nunca prometeu nada aos seus eleitores. Ele inspirou, após a sua morte, várias músicas carnavalescas de sucesso. Nos anos 1960, a fábrica de brinquedos Estrela criou um rinoceronte de vinil, talvez inspirada no sucesso de Cacareco em 1959. A novidade agradou às crianças de todo o Brasil. Nos anos 80, o seu esqueleto voltou à cidade de São Paulo, onde ficou em exposição no Museu da USP. Apesar do nome, Cacareco era fêmea.

– Anteontem foi o aniversario da mulher de Zezinho da Caçapa. Digo a vocês aqui da mesa que foi calibrada festinha, para quem pode festejar e festeja o que pode. E foi festa! Tudo muito simples, restaurante contratado, nada de peixe com espinha, pitomba sem caroço, abacaxi sem engasgo. – Tudo nos trinques? – Tudo. Aliás, no que poderia dizer agora, me lembrando de não haver visto o Coelho por lá, perguntaria: por que o Coelho não foi? – O Coelho? – Não foi. E é sabido que ele é muito amigo de Dalva, a mulher do Zezinho, muito estimada na rua e adjacências. É aquela mulher eficiente, que cuida da limpeza geral da casa, passa pano duas vezes na área e lá atrás, fornece meios pra Severina ter agilidade na cozinha, com seus pratos costumeiros. – Verdade? – Sim... A cozinha de Zezinho é beleza. Sempre apareço lá. Fica próximo da gente. Assim por trás do Colégio do Futuro, ali na Doze. – Doze? – O velho sistema de se manter as ruas numeradas. Vocês sabem. Invenção de gente fina na Europa, que nos presenteou com ruas enormes; e as nossas iriam de 1 a 19. E não só isso: como o plano era do italiano e a previsão era de futuro incerto, não se poderia nomear essas avenidas, pois não havia autoridades tantas. Sucede que, com o tempo, o povo se aclimatou e ao passo que as avenidas se povoavam, o número se gravava. Que me conste não existe a Avenida 20. Mas tem a 1, a 5, a 9, a 10, a 12 e estão todas lá e o povo – sabe o povo? – o povo só as chama pelo nome: Av. Um, Dois, Três... – O povo? – Só as chama pelos nomes do batizado. Av. 3. Av. 6. Av. 9. Estão lá, eternizam-se e não deveriam, assim, serem trocadas por nomes de cidadãos que nos governaram no passado ilustre, mas que como dignitários, não pegaram como nome de ruas. – Não pegaram! – Né não? Como denominação de rua, não. Pelo menos parte da designação. É o que se constata. Então meus amigos, por que não se voltar ao velho sistema de nomear ali as ruas pelos nomes com os quais elas nasceram e foram batizadas, pra todos os séculos, do século, amem? Por quê? – Sim; por quê? – Pergunto eu. E respondo. Por falta de convencimento citadino, demonstração de que o povo fala e deve ser ouvido. Se tava lá no mapa, o pressuposto esquema, e como esse esquema pegou radical, o povo consagrou. Portanto, não deveria ser mudado, pelo menos a 1 que seria a 1; a 2, seria que 2; a 5, que seria a 5... – Até a vinte? – Não. Aí é deveria rachar. Não passaríamos da 12, se a 12 é chamada assim. Mas da 13 em diante, certo. Pode ficar. Todavia, as que o povo conhece, e nasceram numeradas, sacramentadas e tudo mais, seriam conhecidas por seus números, eternamente. Que é chique! Têm em todas as capitais grandes do mundo. Ninguém, mas ninguém mesmo, que mora na 1, na 2 ou na 11, vai dizer que mora numa avenida outra, por que não diz; não quer, não agrada o nome. – Então? – Como as coisas do povo são pertences democráticos, se dê a esse povo o direito de chamar sua rua com o nome que ela recebeu no batismo. Tudo nos trinques. Até a 12. Veja bem: até a 12. Porque da 13 em diante, pouca gente fala. No tempo, era uma incógnita. Viria até ali? Chegar-se-ia até lá? Chegou. Como chegou, temos aí a Bernardo, a Alexandrino, a Nascimento de Castro, a Antonio Basílio, a Amintas Barros. Não a evocam com números. O futuro ficou ali. – Certo, certo; vamos lutar por isso. Mas, a festa da mulher de Zezinho? – Boa. Eu tava assim perto dela quando num certo momento, ela pediu um palito ao garçom. E surpresa das surpresas. Não havia paliteiro nenhum na festa. – E ela? – Num sussurro ao pé do ouvido do garçom, disse: "200 reais por um palito" A POESIA SERVE, SIM JÁ NA MANHÃ Violão hesitante na madrugada simplifica eco da concertina que também hesita

NOTÍCIAS QUE OS OUTROS PUBLICARÃO AMANHÃ

OJORNALD EHOJE DIRETOR-EDITOR Marcos Aurélio de Sá DIRETOR ADMINISTRATIVO Marcelo Sá DIRETORA DE REDAÇÃO Sylvia Sá

EDITORES Fernanda Souza Juliana Manzano João Ricardo Correia EDITOR DE POLÍTICA Túlio Lemos EDITOR DE ESPORTES

w w w . j o r n a l d e h o j e . c o m . b r Gabriel Negreiros EDITORA DE CULTURA Daniela Pacheco EDITOR RESPONSÁVEL / PORTAL JH Wagner Guerra GERENTE COMERCIAL Karina Mandel

ASSINATURA ANUAL Capital: R$ 210,00 Interior (via ônibus): R$ 250,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EXEMPLAR AVULSO R$ 1,00

ASSINATURA SEMESTRAL Capital: R$ 130,00 Interior (via ônibus): R$ 150,00 Interior e outros Estados (via correios): valor da assinatura + o custo da postagem EDIÇÃO ATRASADA R$ 4,00

O JORNAL DE HOJE se reserva o direito de não aceitar informes e material publicitário que infrijam as leis do país e a ética jornalistica. Informações, comentários e opiniões contidos em artigos assinados não possuem, necessariamente, o endosso da Direção. Só é permitida a reprodução de matérias com prévia autorização escrita e com a citação da fonte em destaque

REDAÇÃO E OFICINAS: Rua Dr. José Gonçalves, 687 - Lagoa Nova | Natal - RN - CEP 59056-570 |Brasil - Telefax: (84) 3211-0070 ramal 214 - Assinaturas: (84) 3221-5058 | jornalismo@jornaldehoje.com.br - www.jornaldehoje.com.br Editado e publicado por RN Gráfica e Editora Ltda. http://www.jornaldehoje.com.br - jornaldehoje@digi.com.br - jornaldehoje@uol.com.br - artigos@jornaldehoje.com.br - administracao@jornaldehoje.com.br - jornalismo@jornaldehoje.com.br - assinaturas@jornaldehoje.com.br - comercial@jornaldehoje.com.br


Política

Terça-feira

Natal, 2 de outubro de 2012

O Jornal de HOJE 3

Carlos perde vantagem de 50 mil votos mas acredita em vitória no primeiro turno CONSULT: DISTÂNCIA DE APENAS 4% ENTRE EX-PREFEITO E A SOMA DOS ADVERSÁRIOS, PODE PROVOCAR SEGUNDO TURNO José Aldenir

CIRO MARQUES REPÓRTER DE POLÍTICA

Há aproximadamente 10 dias, a vantagem Carlos Eduardo Alves, do PDT, para os adversários, era de 14,2%, agora, na semana da eleição, é de apenas 4,16%. Esta, consequentemente, seria a distância que ainda separa Natal de um segundo turno. Pelo menos, foi isso que divulgou a pesquisa da Consult, em parceria com O Jornal de Hoje e o Blog do BG, nesta terça-feira. E, dessa forma, é possível calcular que a maioria do ex-prefeito, que era de 74 mil votos, foi reduzida para 21,8 mil. Essa diferença de votos entre eles seria baseada no universo de 526 mil eleitores natalenses que a pesquisa representou em seus números. Apesar da queda, vale ressaltar, o ex-prefeito continua líder isolado das intenções de voto, com 44,72%, mas todos os concorrentes cresceram. A distância entre ele e Hermano Morais, do PMDB, por exemplo, era de mais de 30 pontos percentuais e agora é de 24,5%. Hermano Morais apareceu na pesquisa estimulada com 20,22%

Carlos Eduardo viu a vantagem diminuir, mas afirma: “variação não reverte nossa tendência de vitória” das intenções de voto, inclusive, abriu mais de 10 pontos de vantagem sobre o terceiro colocado, Fernando Mineiro, do PT. O petista também viu seus números crescerem, mas sua vantagem com relação a Rogério Marinho, do PSDB, diminuiu. O que já foi quase dois pon-

tos percentuais, agora é apenas 0,05%. O seja, eles estão empatados. Os números da Consult também mostraram que além do crescimento de Hermano e de Mineiro e a estabilidade dos votos de Carlos Eduardo, a campanha pode ser marcada pela "montanha russa" que é a po-

Heracles Dantas

Hermano Morais se mostra confiante:”A cada pesquisa fica consolidada nossa posição de crescimento”

pularidade de Rogério Marinho. O tucano teve 8,06% no início de setembro, mas caiu para 5,8% entre os dias 17 e 19. Agora, já está novamente com 9,06%. O Professor Robério Paulino, o candidato do PSOL, também cresceu. Chegou à marca dos 2%. Foi à

primeira vez em setembro que ele conseguiu mais de 1%. No início do mês estava com 0,78%, depois caiu para 0,5% e agora chegou aos dois pontos percentuais. O número de indecisos também caiu muito: foi reduzido pela metade em aproximadamente dez dias.

Era 13,5% entre os dias 17 e 19. Agora, esse número é de apenas 6,72%. Da mesma forma, caiu o número de votos brancos e nulos. Apenas 8% pretendem votar assim no dia 7 de outubro - há cerca de dez dias, esse número era de 11,5%.

Hermano Morais, Fernando Mineiro e Rogério Marinho acreditam que eleição só será definida em 28 de outubro O candidato do PMDB a prefeito de Natal, Hermano Morais, acredita que a pesquisa Consult confirma o crescimento da sua candidatura; a queda na preferência dos eleitores do ex-prefeito Carlos Eduardo (PDT); e a certeza de que haverá segundo turno em Natal. "A Consult confirma o que dizem todas as pesquisas divulgadas: o crescimento de nossa candidatura, e dos outros candidatos, e a certeza de que teremos eleição em dois turnos em Natal". Na avaliação de Hermano, o mesmo instituto Consult divulgou, na semana passada, que a diferença para o segundo turno era de 14 pontos, em seguida de 9 pontos e agora chega a 4 pontos. "É a margem que nos dá certeza que essa eleição se dará em dois turnos", afirmou. "Acredito que o segundo turno será uma decisão acertada da população e ficamos muito felizes porque a cada pesquisa fica consolidada nossa posição de crescimento. Esperamos no próximo domingo carimbar o passaporte para o segundo turno e no dia 28 de outubro alcançar a vitória definitiva que será a vitoria do povo de Natal", completou. PRIMEIRO TURNO O candidato do PDT, Carlos Eduardo, avalia que a Consult, que no período pré-eleitoral chegou a

Heracles Dantas

Heracles Dantas

Mineiro acredita que a Consult presta serviço para campanha de Carlos Eduardo

Rogério também criticou: “Como tenho crescimento de 100% em uma semana?”

apontá-lo com mais de 60% das intenções, ainda mostra sua vitória no primeiro turno:"Fiquei muito satisfeito de ver que mais uma pesquisa aponta nossa vitória no primeiro turno. Aproveito para agradecer aos natalenses pela confiança nos projetos que nós temos para resgatar Natal do abandono e da incompetência", afirmou o pedetista. Embora sua tendência, registrada nas pesquisas, seja de queda na preferência do eleitor, Carlos Eduardo acredita que ela não será suficiente para reverter o quadro de vitória no primeiro turno. "A variação não reverte nossa tendência de vitória no primeiro turno. Ainda indica que a nossa vitória se dará

de Carlos Eduardo e quando o instituto do candidato que gostaria de vencer no primeiro turno coloca de forma clara a possibilidade de haver segundo turno, é porque esta hipótese é mesmo real. "Desde algum tempo venho dizendo que as empresas de pesquisas, inclusive as que trabalham para os candidatos, na reta final vão buscar ajustar os números. Até a empresa que presta serviço para a campanha de Carlos Eduardo hoje sinaliza para alta probabilidade de segundo turno. Mas a pesquisa de domingo não tem margem de erro, nem para mais nem para menos", lembrou.

no primeiro turno", avaliou. "Até o reino mineral sabe que vai dar segundo turno". Assim reagiu o candidato do PT, Fernando Mineiro. Ele voltou a criticar a postura dos institutos de pesquisa. Segundo ele, na reta final da campanha os números dos institutos começam a se aproximar da realidade das ruas e, neste sentido, a Consult, ao constatar que 9,1% dos eleitores de Natal votariam em Mineiro se a eleição fosse hoje, se aproxima desta realidade. "Se fizer uma (pesquisa) antes do domingo já vai dar segundo turno. Porque a probabilidade é forte. Até o reino mineral sabe disso". Segundo Mineiro, a Consult presta serviços para a campanha

ROGÉRIO CRITICA O candidato do PSDB, Rogé-

rio Marinho, também criticou os institutos de pesquisa, tornando a afirmar que eles serão os grandes perdedores desta eleição, dado o desacerto com a realidade das ruas. Ele cita, por exemplo, que a mesma Consult na semana passada deu para ele 5% de intenção de voto e nesta chega a 9%, quase dobrando a preferência. “Essa pesquisa me deu semana passada 5% pontos e eu cresci para nove, então na eleição vou para 18%. Como é que tenho um crescimento de 100% de uma semana para a outra sem nenhum fato novo?”, questiona o candidato, afirmando que irá confiar no que tem visto nas ruas. “Vamos confiante de que vai haver segun-

do turno e nós estamos nele”, finalizou. DÚVIDA O diretor do Instituto Consult, Paulo de Tarso, prefere não dar previsões sobre o futuro da eleição em Natal. Limitando-se a analisar os números da pesquisa, o especialista aponta que se a eleição fosse hoje, terminaria em primeiro turno e, sendo no domingo, há pouco tempo para uma mudança. Contudo, é claro, não é possível cravar que tudo será decidido no dia 7. “Pode ser que exista segundo turno. Existe essa possibilidade. Baseado nos números de hoje, a tendência maior é que as eleições sejam decididas em primeiro turno, mas devido a essa mudança na vantagem, o segundo turno pode acontecer”, explicou o diretor da Consult. Como a pesquisa foi feita entre os dias 28 e 29 de setembro e demonstrou uma distância de 21,8 mil votos, seria necessário que os candidatos tirassem quase 11 mil votos de Carlos Eduardo e eles mesmos conseguissem um número igual de eleitores. Ou seja: faltando 10 dias para a eleição (no dia que a pesquisa foi feita), seria necessário que cada um dos cinco adversários estivessem conseguindo cerca de 220 votos por dia e retirar um número igual de eleitores do ex-prefeito.

Túlio Lemos POLÍTICA - TÚLIO LEMOS TENDÊNCIA Como era esperado, na reta final, os institutos de pesquisa se aproximam mais da realidade e revelam números que confirmam tendência de segundo turno em Natal. No caso da Consult, em poucos dias houve uma queda de 10 pontos percentuais da diferença que separa vitória de Carlos Eduardo no domingo de um segundo turno.

tuliolemosjh@gmail.com / www.tuliolemos.com.br / twitter: @tuliolemosrn

chapa Carlos e Wilma é extremamente forte junto ao eleitorado; especialmente o universo mais carente e menos esclarecido, que forma a maioria da população.

APROXIMAÇÃO Para quem 'se apaixonou' por algum instituto de pesquisa que apontava determinados números naquele momento, é obrigado a ver que há uma aproximação de institutos daqui com o Ibope, tão criticado por ter apresentado números que sinalizavam para o segundo turno.

CRESCIMENTO Os demais candidatos precisam sustentar o crescimento nesses últimos dias de campanha. Como Carlos Eduardo estagnou, seus adversários é que precisam crescer para garantir a prorrogação do jogo eleitoral. Hermano cresceu, Mineiro idem, Rogério parou e Robério subiu. A tendência é de força da militância desses candidatos para tornar realidade a 'sensação' de crescimento. Se houver, garante o segundo turno; se falhar, Carlos Eduardo comemora a vitória domingo.

REALIDADE A questão é: Pesquisa não é voto na urna. O fato é que há uma clara tendência de queda da diferença de Carlos Eduardo para seus adversários. Mas isso não garante que haverá segundo turno. Afinal, a

DEBATE Inegavelmente, quem mais se destacou no debate realizado pela TV Tropical, foi o professor Robério Paulino. Franco atirador, sem estabelecer conveniências oportunistas, o candidato do Psol bateu

em todos os adversários, revelando incoerências e falhas dos demais candidatos. BENEFÍCIO Carlos Eduardo era o que mais tinha a perder se houvesse algo negativo durante o debate. Segundo Sherloquinho, ele tomou o remédio direitinho e controlou os impulsos agressivos. Dessa forma, saiu do debate, mesmo após algumas provocações, do mesmo tamanho que entrou. Ficou no lucro. IGUAIS Em determinado momento do debate, Robério Paulino chamou Carlos Eduardo de Carlos Hermano: "Ou seria Hermano Carlos? São tão parecidos". MUDANÇA O ex-vereador Renato Dantas, ao ver Carlos Eduardo falar em sua "independência" em relação à família Alves: "Minha independência". Rsrsrsr. Se não fosse Aluísio Alves, talvez ele fosse motorista de uma

besta em Angicos". CRIME É instigante, curiosa a omissão de todos os candidatos em relação ao desabamento da Escola Marise Paiva, que custou a vida de uma criança durante a gestão Carlos Eduardo, que chegou a responder na Justiça por omissão. Diante do exprefeito, nenhum adversário teve coragem de questioná-lo a respeito do tema. O que é que tá havendo? VITÓRIA As pesquisas revelam que a 'professora que calou os deputados', Amanda Gurgel, caminha para ser a mais votada na eleição de Natal. De acordo com a Consult, se a eleição fosse hoje, ela teria 28 mil votos. Naturalmente que pesquisa para vereador tem um nível de confiabilidade mais baixo, mas reflete o fortalecimento da candidatura de Amanda, que poderá ter a metade desse número, que lhe deixaria com cerca de 14 mil votos. O detalhe é que ela é forte em diferentes bairros da capital.

PRIORIDADE Enquanto os médicos desabafam nas redes sociais o escândalo de mortes anunciadas por causa das condições de trabalho no Hospital Walfredo Gurgel, a governadora Rosalba Ciarlini estava fazendo comício em Mossoró. Cada governante com suas prioridades. PRIORIDADE II Em plena disputa acirrada na eleição de Mossoró, com vantagem para Larissa Rosado, adversária do Governo, Rosalba Ciarlini promete R$ 39 milhões para reforma do estádio Nogueirão. Enquanto isso, lá mesmo em Mossoró, pessoas morrem por falta de condições de atendimento no hospital do Estado. Será que a Rosa consegue dormir tranqüila cometendo algo assim? TAPETE Quem comete crime ou irregularidade, tem que ser punido por seus atos. Seja candidato ou não. Quando o sujeito é candidato e cometeu algum delito em fun-

ção de sua atuação administrativa, também tem que ser punido, independentemente das conseqüências para seu atual momento. O Judiciário é o local adequado para estabelecer o tamanho e a forma da punição. TAPETE II Especialmente na política, todos cobram punição contra os corruptos e afins. Mas quando essa punição pode prejudicar a 'carreira' do criminoso, o Judiciário passa a ser chamado de tapetão, de forma pejorativa. Quem rejeita o 'tapetão', é conivente com o crime. SÃO FRANCISCO Hoje, véspera de feriado, a Festa de São Francisco, em Cidade Satélite, terá novena na programação interna da Igreja e na parte festiva, terá apresentação de Flávio Show, com música de qualidade para todos que respeitam São Francisco; e também para os frustrados, recalcados, falsos e hipócritas.


Política

Natal, 2 de outubro de 2012

4 O Jornal de HOJE

Walter Gomes DE BRASÍLIA - walgom@uol.com.br

Uma expectativa otimista Diz um empresário brasileiro – desses que têm influência sobre colegas e mobilidade nos gabinetes do poder – que talvez faça sentido apostar no sucesso de um esperançoso ciclo em formação. Ele considera boa a estrutura montada pelos governos que antecederam a gestão da presidente Dilma Rousseff. Lembra os dois mandatos de Fernando Henrique Cardoso, “período de saneamento das finanças públicas”. Cita também os oitos anos do governo Lula da Silva “como instrumento da consolidação do ajuste fiscal e das contas externas”. Cardoso e Lula, conforme o empreendedor, “foram importantíssimos para o desenho progressista do País”. Eles iniciaram a recuperação de políticas sociais em atraso, sublinha. n

n

n

Sobre o novo tempo, reconhece que os contornos do projeto “ainda necessitam de sombreamento a respeito do imediato, do provisório e do essencial”. Recomenda atenção ao programa do aumento da capacidade industrial, “que deve caminhar em sintonia com o desenvolvimento tecnológico”. Ambos dependem da educação de qualidade. n

n

n

Claro que é incentivadora a análise otimista do homem de mercado, mas carece de emendas. A República Surrealista dos Trópicos, por mais que cresça e, portanto, apareça na lista das nações em evolução, continua a mercê de um ajuste sem fim. O trabalho dos presidentes que passaram e a disposição da chefe do governo de ampliar as conquistas são significativos, mas, mesmo assim, ainda falta bastante. n

n

n

Mais do que ambicionar status industrial da China ou dos Estados Unidos, os maiores parceiros comerciais do Brasil, há de se trabalhar pra valer. Nessa área, nada ocorre por geração espontânea.

Li ªo de mestre Segue o resumo de uma abordagem do decano da Suprema Corte. Veja o que diz o ministro Celso de Mello (foto) a respeito do que chama “marginais do poder”: “Numa República, as boas leis devem ser cominadas com os bons costumes dos governantes e dos governados. A ausência dos bons costumes notadamente por parte dos governantes leva à corrupção, que significa a destruição, e vai além dos delitos tipificados no Código Penal”. n n n O veredicto: “Corruptores e corruptos devem ser punidos na forma da lei”.

Foco nas urnas O PSDB paulistano ficou nervoso com o resultado de pesquisa contratada pela sigla. José Serra ainda tem chance de ir ao segundo turno com Celso Russomano (PRB), mas a alta rejeição ao candidato desestimula entusiasmo. Na verdade, o que se espera, neste domingo – tanto no PT quanto na social-democracia – é uma disputa de resultado imprevisível entre o tucano e o petista Fernando Haddad nnn Candidato a vereador no Rio de Janeiro, cidade da qual foi prefeito três vezes, Cesar Maia (DEM) espera de 40 a 50 mil votos. Mais ou menos, a mesma expectativa do escritório político de Ibsen Pinheiro (PMDB). Ex-presidente da Câmara dos Deputados, Ibsen concorre à vereança em Porto Alegre.

LEITURA DINÂMICA t A presidente da República

foi ontem à noite a Lima, visitadíssima capital do Peru, aonde participa, hoje, da Cúpula América do Sul e Países Árabes. À noite, retorna a Brasília. t Faltam cinco dias para que os eleitores decidam se deve haver segundo turno para prefeito de Natal. A propósito, você, respeitável leitor-eleitor, já escolheu o seu candidato a vereador? t Mais do que a importância como historiador marxista, Eric Hobsbawm deixa de herança a interpretação, com destemor, do imbróglio da realidade político-social do mundo. t Sexta-feira, no Palácio do Planalto, a senhora Rousseff abre a exposição de seis telas de Caravag-

gio. Grande oportunidade para os admiradores do gênio italiano: a mostra será aberta ao público. t Incentive seu filho a ler. Quem lê sabe mais. t Embora sem apoio das bancadas do governo e da oposição, o senador Pedro Simon (PMDB-RS) prega a prorrogação – por seis meses – da CPMI do Cachoeira. t Até quinta-feira, porque amanhã é feriado em memória dos protomártires de Uruaçu e Cunhaú. t Para refletir: "As pessoas mais bem-sucedidas fracassam repetidamente, e uma medida de sua força é o fato de o fracasso impulsioná-las a alguma nova tentativa de sucesso" (Michael Korda, jornalista e escritor estadunidense).

Terça-feira

Agripino em Extremoz: “Vim apoiar um prefeito sério que trabalha pelo povo” SENADOR

DEMOCRATA PEDE MAIS QUATRO ANOS DE MANDATO PARA

O presidente dos democratas e o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ricardo Motta, participaram de Carreata saindo dos Jardins de Extremoz até a Praia de Pitangui. A afirmação do senador José Agripino, presidente nacional do partido Democrata (DEM), foi na noite desta sexta-feira, 28, na Praia de Pitangui, Distrito de Extremoz, após uma carreata realizada pelo prefeito Klauss Rêgo (PMDB), candidato a reeleição pela coligação 'Extremoz cada vez mais forte'. "Eu precisava vir aqui para dizer algumas coisas sobre este homem, trabalhador incansável. Sim, porque Klauss vai continuar a fazer muito mais. Ele pode não ser o mais simpático, mas é o mais responsável e competente", disse Agripino. "O turismo neste município é inevitável e nós, eu e Klauss, sabemos que precisamos preparar a juventude daqui para ocupar os postos de trabalho que virão. Quero me juntar com você, meu caro Klauss, para fazermos educação de qualidade para ninguém tomar o emprego dos filhos de Extremoz", almejou o senador. "Os empregos virão", continuou José Agripino. "E, eu quero os jovens de Extremoz preparados para eles; mas, Klauss já está tomando conta dessa providência", anunciou o democrata. "Quero também que os pescadores saibam que vim falar bem de um candidato que pode construir o futuro de Extremoz. Klauss tem o apoio do Governo Federal e do Governo Estadual e não tem o apoio da Câmara Municipal de Extremoz. Não faça isso com ele! Vote nos candidatos a vereadores que o apóiam

KLAUSS Divulgação

Senador José Agripino participou de mobilização do prefeito Klauss Rêgo em Extremoz porque ele precisa ter maioria na Câmara para poder governar bem", recomendou o senador José Agripino. ÚNICO Por fim, o presidente nacional dos Democratas disse que o Padre Edilson foi o único sacerdote liberado pelo Bispo para ser candidato. "Por isso, uma chapa abalizada", concluiu o senador. O prefeito Klauss Rêgo iniciou suas palavras agradecendo a recepção que a comunidade de Pitangui ofereceu a ele, seus candidatos a vereador e ao senador José Agripino. "Como foi bonita nossa carreata!" Disse o prefeito. E, quando esboçou suas primeiras palavras, ao som de muitos fogos, soltou: "Haja bomba!".

"Quero agradecer ao senador José Agripino e ao deputado Ricardo Motta por suas presenças. Ambos estão dando apoio a nossa gestão e confiam na nossa vitória no dia 07 de outubro", agradeceu Klauss Rêgo. "Parecia que o senador José Agripino havia combinado comigo para falar do futuro dos nossos jovens. Ele não sabia do convênio que eu fiz com o Prodetur que formou mais de 2.000 jovens para o desenvolvimento do turismo", comentou o prefeito. LEMBRANÇA "Eu não quero ser conhecido apenas pelo prefeito que libertou e mudou a educação e a saúde. Orgulho-me de também ser conhecido como o prefeito do turismo, porque com o turismo todo mundo

ganha. O turismo é uma indústria sem chaminés e dá emprego para todos", ensinou. "As pessoas crescem com o turismo e eu vou trabalhar para isso! Estou preparando o município para isto! Hoje Extremoz tem identidade em várias áreas, inclusive na cultura e no artesanato. Cito a fibra da banana. Temos até papel A4 de qualidade a partir da fibra da banana", citou Klauss, lembrando que o turismo cresce juntamente com o artesanato. Ele também lembrou no discurso a nova Feira de Estivas, a urbanização de Jenipabu, cuja ordem de serviço já estava assinada e o desenvolvimento geral da cidade, sem esquecer-se da construção da Escola Técnica de Nível Médio (IFRN), que será implantada em Jardins de Extremoz.

> RENOVAÇÃO

Francisco Cunha apresenta projetos para implantar como vereador em Natal O candidato do PMDB a vereador Francisco da Cunha Neto, anunciou nesta manhã, em entrevista ao Jornal de Hoje, sua plataforma para a Câmara Municipal de Natal. Com projetos ousados para cada setor administrativo, desde Educação e Saúde, passando por Trabalho, Esporte e Lazer, Moradia, Transporte e Segurança, ele acredita na força dos eleitores para promover uma renovação na Câmara, colocando no Parlamento pessoas comprometidas com a melhoria de vida da população. "Quero retribuir a Natal tudo que esta cidade me propiciou em termos de realização profissional, amigos e sociedade. Darei tudo de mim na Câmara para fazer valer cada voto que me for dado nestas eleições", anuncia. Com um amplo trabalho realizado nos mais diversos setores profissionais e sociais, Vereador Cunha é conhecido por ter sido autor da primeira campanha para doação de medula óssea em Natal. Contador concursado da Secretaria Estadual de Saúde, ele é um conhecido fiscal da execução de convênios que visam à melhoria dos serviços de saúde em todo o Rio Grande do Norte. E como contador, pretende ser a voz desta categoria na Câmara Municipal de Natal. "Peço aos colegas que acreditem que terão um legítimo representante na Casa Legislativa. Da mesma forma, que na saúde, que irão reconhecer minha atuação na implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários da categoria", diz. Religioso, Vereador Cunha demonstra a sua fé até na hora em que concede esta entrevista, rogando a Deus forças para bem desempenhar

José Aldenir

Cunha: “Darei tudoi de mim na Câmara para fazer valer cada voto que me for dado” sua missão como homem público na Câmara Municipal de Natal. "Sou do terço dos homens, da Renovação Carismática, da liturgia do Senhor da Palavra e tenho formação da Escola Paulo Apóstolo, da Renovação Carismática Católica", diz ele, que nasceu em família política tradicional na Paraíba (Cunha Lima), mas que adotou Natal como cidade do coração. Com esta veia para o público, esta não é a primeira vez que Cunha concorre. Estreou em 2004, disputando a Câmara, e em 2010, a Assembleia Legislativa. "Agora, estamos mais experientes e iremos vencer as eleições", conta. Em sua entrevista, ele destacou os principais tópicos de sua plataforma de mandato. Na educação, pretende trabalhar para a qualificação dos profissionais, por salários dignos e educação por tempo integral para alunos de famílias carentes. Na saúde, atuará por melhorias no atendimento das Unidades de Saúde, reestruturação do setor e implanta-

ção de Farmácias Populares. Na área de trabalho, pretende atuar para melhorar os mecanismos do chamado primeiro emprego e oferecimento de cursos profissionalizantes para todas as áreas. Nas áreas de esporte e lazer, Cunha quer se dedicar à melhoria das áreas de lazer dos 36 bairros de Natal, buscando não apenas a construção de novos equipamentos, como

a manutenção de quadras esportivas com grades e redes de proteções. No setor de moradia, pretende buscar moradia digna aos favelados e aos moradores de ruas, com casas registradas, e a quem precisar ter um lar para morar. No transporte, quer adotar providências na engenharia de trânsito de Natal e a melhoria no sistema de transporte público. "Inclusive quero lutar para que, aos domingos, o valor da tarifa seja de apenas 50% do valor total". No que diz respeito segurança pública, qualificar os profissionais da área e oferecer salários dignos é sua meta. "Vamos trabalhar para colocar ronda em todos os 36 bairros da cidade do Natal. É importante a volta das guaritas nas entradas e saídas dos bairros. É necessário o envolvimento de todos os segmentos da sociedade, não apenas os governantes, mas as igrejas em geral, associações comunitárias, sindicatos, indústria, comércios e demais segmentos sociais, para combater o mal do século que são as drogas", defende.

Maioria de Vilton em Currais Novos é de 20% e não 24% A maioria do candidato a prefeito de Currais Novos, Vilton Cunha sobre seu principal adversário, Geraldo Gomes, é de 20,50 pontos percentuais e não 24 por cento como foi divulgado pelo O JORNAL DE HOJE através de publicação de uma pesquisa realizada pela Consult no último dia 1º com o título "Vilton Cunha lidera pesquisa para prefeito de Currais Novos com 24 por cento de vantagem". A pesquisa foi registrada no TRE sob o número 00164. Na oportunidade foram entrevistadas 400 pessoas, tanto da zona urbana quanto da rural, nas seguintes localidades, Centro, Promorar, IPE/Princesa, Paizinho, Sílvio Bezerra, Antonio Rafael, Santa Maria Gorete, Jk, Manoel Salustino, Parque Dourado, Cruz, Mulungu, Mina Brejuí e Tororó.


Política

Terça-feira

Natal, 2 de outubro de 2012

O Jornal de HOJE 5

Amanda Gurgel lidera pesquisa para a Câmara de Natal e pode ter 28 mil votos

LIDERANÇAS COMUNITÁRIAS COMO CHAGAS CATARINO, LUIZ ALMIR, ADÃO ERIDAN E AQUINO NETO SÃO BEM LEMBRADAS A "professorinha" Amanda Gurgel, do PSTU, continua sendo um fenômeno em sua primeira campanha eleitoral. Despontando em todas as pesquisas de intenção de voto para vereador como uma das mais citadas, Amanda foi a primeira nos números divulgados pela Consult. Teve 5,39% das citações de voto, o que representa, se o cenário demonstrado na pesquisa for repetido nas eleições, mais de 28 mil votos. Para se ter uma ideia desse montante, Paulo Wagner, em 2008, foi o vereador mais votado, com 14 mil votos e conseguiu puxar Aquino Neto e Edivan Martins, ambos do PV, para a Câmara. Por isso, caso o cenário se confirme nas urnas, Amanda Gurgel vai poder levar para o Poder Legislativo municipal nomes como os dos candidatos Santino Arruda e Sandro Pimentel. "Amanda Gurgel já vinha se destacando nas pesquisas anteriores e não chega a ser uma surpresa esse crescimento dela. Porém, resta saber se a coligação a qual pertence conseguirá elegê-la, afinal, além dos votos dela, é preciso que os demais candidatos também sejam bem votados", avaliou o diretor da Consult, Paulo de Tarso. Continuando na lista dos mais votados pela Consult, aparecem Chagas Catarino (3,67%), Luiz Almir (3,44), novamente como terceiro mais citado, Adão Eridan e Aquino Neto (ambos 2,22%). Rafael Mota, filho do presidente da Assembleia Legislativa do RN, Ricardo Mota, ficou logo depois. Na primeira disputa eleitoral dele, teria 2,17%. Atual presidente da Câmara Municipal, Edivan Martins ficou com 1,72%. Raniere Barbosa, um dos principais apoiadores de Carlos Eduardo Alves, ficou com 1,5%.

Fotos: Arquivo

Lista dos mais votados Amanda Gurgel Chagas Catarino Luiz Almir Adão Eridan Aquino Neto Rafael Mota Edivan Martins Raniere Barbosa Júlia Arruda Amanda Gurgel disputa sua primeira eleição em Natal

Chagas Catarino vai para seu segundo mandato

Luiz Almir confirma retorno à Câmara de Natal

Aroldo Alves Júlio Protásio Ubaldo Bertone Marinho Jacó Jacome Franklin Capistrano Dagô Janderrê Melo Bispo Francisco de Assis Ney Lopes Júnior Dickson Nasser Júnior Felipe Alves Enildo Alves Professor Luís Carlos

Adão Eridan deve renovar mandato parlamentar Ele, inclusive, seria o mais votado da coligação União por Natal II, à frente de Vober Júnior, George Câmara e Justina Iva, que não aparecem entre os 30 mais citados. Do grupo do PSB/PDT, a coligação União por Natal I, Júlia Arruda (PSB) e Júlio Protásio seriam os mais votados. Além deles, Franklin Capistrano e Bispo Francisco de Assis também aparecem

Aquino Neto confirma liderança para permanecer

dentro das 29 vagas da Câmara Municipal de Natal. "A listagem demonstra os mais votados, mas isso não quer dizer que demonstra os eleitos. Desses 30 primeiros, podemos ressaltar 20 ou 25 que são nomes que, realmente, devem ir para a Câmara, baseado no cálculo de uma eleição proporcional", explicou Paulo de Tarso.

Novato Rafael Motta deve ser um dos mais votados

COEFICIENTE ELEITORAL Por isso, como o próprio diretor da Consult ressaltou, é importante ressaltar que apesar da pesquisa demonstrar os mais votados, a eleição proporcional não elege, especificamente, aqueles que foram melhores nas urnas. A eleição é feita por meio de coligação, onde as mais votadas conseguem mais cadeiras na Câmara Municipal.

Sendo assim, pode ocorrer que um candidato muito votado fique de fora e outro, que recebeu menos voto, por estar em uma coligação "mais forte", entre. Por sinal, esse foi um dos fatores que fez o PT não se coligar com nenhum outro partido. Porém, segundo a pesquisa da Consult, o mais votado do partido seria o vereador Fernando Lucena.

Paulinho Freire Ari Gomes Assis Oliveira Emanoel do Cação Albert Dickson *Maurício Gurgel *Daniel Arruda *Wober Júnior (*empate)

Divulgação

> DE VOLTA À PREFEITURA

Edinólia amplia vantagem e deve ser eleita prefeita de Ceará-Mirim A candidata a prefeita Edinólia Melo (PMDB) ampliou sua vantagem sobre os demais candidatos e deve ser eleita novamente prefeita de Ceará Mirim no próximo dia 7 de outubro. É o que comprova a mais recente pesquisa realizada pelo Instituto Start em parceria com O Jornal de Hoje. Se a eleição na cidade fosse hoje, Edinólia venceria com 31,3% dos votos. Bem atrás dela viria o atual prefeito Antônio Peixoto (PR) com 26,8% dos votos pesquisados. A menos de duas semanas

Ex-prefeita Edinólia Melo, com Garibaldi em comício, consolida vitória na reta final

para o dia da eleição, Edinólia consolida sua liderança. Os números da sondagem estimulada (quando nomes são apresentados para o entrevistado escolher) são os seguintes: Edinólia com 31,3% dos votos, Peixoto com 26,8%, Júlio com 19,7%, Marcílio com 8,1%, Dedé Luz com 0,7% e Não Souberam Responder 8,6%. O instituto realizou 610 entrevistas. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do RN sob número 166 e tem margem de erro de 3,7%, com intervalo de confiança de 95%.

“VAMOS VENCER E RESGATAR CEARA-MIRIM” “Vamos vencer a eleição. Precisamos resgatar Ceará-Mirim. As pessoas não agüentam mais o abandono. Vamos fazer nossa cidade voltar a crescer. A saúde e a educação precisam voltar a funcionar. Essa pesquisa mostra que o povo de Ceará-Mirim tem pressa na mudança e reconhece o trabalho que fizemos no passado e vamos fazer no futuro”, comentou Edinólia após ser informada da pesquisa. BAIRROS PESQUISADOS 5 Bocas, Carrasco, Cohab/Conj.

Da Caixa, Conj. Novo Horizonte, Conj. Novos Tempos,Estação, Feira, João de Barro, Nova Conquista, Nova Descoberta, Novo Teto/Vale do Amanhecer, Oscar Brandão, Passa e Fica, Planalto, São Geraldo e TELERNE. ZONA RURAL Alto do Sítio, Aningas, Boa Vista, Caiana Capela, Coqueiros, Gravatá, Jacoca, Lagoa Grande, Massangana, Massaranduba, Matas, Mineiros, Muriú, Ponta do Mato, Primavera, Primeira Lagoa, Quiri, Raposa Rio dos Índios, Santa Águeda, Tamanduá e Várzea de Dentro.


6 O Jornal de HOJE

Natal, 2 de outubro de 2012

Cidade

Terça-feira

Vinte e quatro leitos do Hospital da Polícia continuam vazios por falta de pessoal E XPECTATIVA

É DE QUE PROFISSIONAIS CONVOCADOS PELA

S ESAP

SEJAM ENCAMINHADOS PARA A UNIDADE Fotos: Herácles Dantas

ROBERTO CAMPELLO ROBERTO_CAMPELLO1@YAHOO.COM.BR

Dos 30 leitos de enfermaria de clínica médica que foram abertos no Hospital Central Coronel Pedro Germano, conhecido como Hospital da Polícia, apenas seis estão ocupados. A abertura destes novos leitos foi anunciada pelo Governo do Estado, na semana passada, como uma das soluções para desafogar a fila de espera e retirar os pacientes dos corredores do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel. Enquanto os leitos permanecem vazios por falta de recursos humanos, 21 pessoas esperam por transferência nos corredores do Walfredo Gurgel. O impasse para a transferência continua sendo a falta de recursos humanos especializado. O diretor geral do Hospital da Polícia, coronel Kleber Cavalcanti, explicou que o acordo feito com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) era de que a transferência de pacientes seria feita à medida que a Secretaria disponibilizasse recursos humanos, em especial técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos. "Não podemos receber de qualquer forma. Temos que ter responsabilidade, pois priorizamos o melhor cuidado para o paciente. Fisicamente, os leitos estão prontos para receber estes pacientes, mas não temos pessoal para isso", afirmou o diretor. Kleber Cavalcanti conta que em virtude da reforma que está sendo realizada no Hospital, iniciada desde 2009, a unidade está funcionando de forma limitada, com apenas 30% da capacidade total, que é de 80 leitos. Com o fim da reforma, prevista para o primeiro trimestre de 2013, serão entregues 130 leitos de enfermaria. O diretor disse que tem mantido con-

Apenas 6 dos 30 leitos anunciados pelo Governo estão ocupados. Após a reforma que deve ser concluída em 2013, Cel. Kleber diz que unidade terá 130 leitos de enfermaria versas diárias com o titular da Sesap, Isaú Gerino e com a secretária adjunta de Saúde, Kátia Mulatinho, para agilizar a contratação dos profissionais e a transferência de mais pacientes. A expectativa, segundo Kleber Cavalcanti, é que até a próxima semana, possa abrir uma nova enfermaria com mais seis leitos. Mesmo com a transferência dos pacientes, a Sesap não transferiu nenhum profissional para o Hospital da Polícia Militar. Até agora, a unidade está trabalhando com os mesmos profissionais, aumentando a carga horária e remanejando profissionais de outros setores para atender a demanda. O ideal para atender a demanda dos 30 novos leitos de enfermaria seria a contratação de 43 técnicos de enfermagem e cinco enfermeiros. "A transferência não é imediata, justamente por conta da falta

de profissionais", explicou o coronel Kleber Cavalcanti. A capitã enfermeira Adriana Dias disse que fez uma seleção interna dentro do corpo militar para recrutamento de funcionários que já tivessem feito algum curso técnico de enfermagem. Trinta e cinco se apresentaram, sendo que destes apenas 11 técnicos de enfermagens foram selecionados. Dos 11 selecionados, somente quatro já trabalharam na área, estão passando por treinamento interno e, a partir da próxima semana, já estarão atuando. Os outros sete nunca trabalharam na área, mas irão participar de um treinamento mais longo, com aulas teóricas e práticas. Na última semana foram transferidos sete pacientes oriundos do Walfredo Gurgel para o Hospital da Polícia. Destes, um recebeu alta na manhã desta terça-feira (2). Dois

pacientes aguardam transferência para o Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), pois o tratamento deles só é realizado no Huol. A ala nova, que ficou pronta em setembro, contempla os 30 leitos que servirão de retaguarda para a regulação de pacientes do Walfredo Gurgel, além de 16 leitos para pacientes que já estavam internados no Hospital da Polícia. O diretor conta que após a reforma, muitos profissionais se aposentaram e outros, que pertenciam a Sesap, optaram por renovar a Secretaria. "O quadro militar está muito limitado e não conseguimos assumir esta demanda. O último concurso para oficiais da saúde, em nível superior, para médicos, enfermeiros, farmacêuticos, foi realizado em 2000. Desde 2009, que estamos pleiteando a realização de novos concursos para preenchi-

mento do quadro de profissionais, mas esbarramos no limite prudencial", afirmou. Kléber Cavalcanti disse que a expectativa é que a Maternidade, que hoje está fechada, seja reaberta no mês de novembro, com 13 leitos de obstetrícia. Ao final da reforma serão 32 leitos de obstetrícia. Além disso, o Hospital da Polícia conta com seis leitos de UTI Neonatal e passará, após a reforma concluída, para dez. A UTI Adulto hoje conta com três leitos e nos próximos dias deverá receber mais dois leitos, pois aguarda os leitos equipados da Sesap, com respirador e monitor. No final da reforma, o Hospital da Polícia Militar ficará com 10 leitos de UTI Adulto. De acordo com o coordenador de Recursos Humanos da Secretaria Estadual de Saúde Pública, Carlos Pinto, para atender a necessi-

dade do Hospital da Polícia com a abertura dos 30 novos leitos, o Governo do Estado convocou no último sábado (29), enfermeiros e técnicos de enfermagem, aprovados em concurso público realizado em 2010. Além disso, segundo Carlos Pinto, os profissionais convocados, 4 enfermeiros e 18 técnicos de enfermagem, serão encaminhados para o Hospital Deoclécio Marques de Lucena, em Parnamirim, atendendo a uma decisão judicial da comarca do município que obrigou o Estado a encaminhar estes profissionais. Carlos Pinto disse que para o Hospital da Polícia Militar serão encaminhados cinco enfermeiros e 24 técnicos de enfermagem. "Os profissionais têm 90 dias para se apresentar, mas tendo em vista o Estado de Emergência na Saúde do RN, acreditamos que dentro de um mês eles já estarão regularizados e poderão assumir o cargo para as unidades que serão encaminhados", garantiu o coordenador de Recursos Humanos da Sesap. O ato foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (29). Os profissionais convocados serão encaminhados para as unidades de saúde da Região Metropolitana de Natal. A Inspeção Médica Adminissional deverá ser feita na Comissão Permanente de Inspeção Médica Oficial, situada na sede da Emater/RN, localizada no Centro Administrativo do Estado. A documentação exigida deverá ser entregue na sede da Sesap, localizada na avenida Deodoro da Fonseca, 730, 9º andar. O setor de recebimento poderá solicitar dos candidatos documentos complementares. Os exames necessários bem como a documentação exigida estão disponíveis no Diário Oficial.

> UNIDADE DE SAÚDE DA GUARITA

Para servidores, mofo seria principal causa de dermatite Agentes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) foram até a Unidade de Saúde da Guarita, no bairro do Alecrim, após receberem denúncias dos 22 funcionários que alegam estarem com algum tipo de micose na pele acompanhada de uma forte coceira. A acusação foi feita após a interdição da Unidade de Saúde pela Coordenadoria de Vigilância a Saúde de Natal (Covisa), que fechou o posto nesta segundafeira (1º) devido à falta de conservação do prédio que apresenta infiltrações, mofo, baratas e ratos. Os agentes da Prefeitura do Natal foram ao local para coletar sangue dos 22 servidores, porém como todos apresentavam a mesma condição apenas uma ampola de sangue foi retirada para análise. O resultado sairá na próxima semana. Em relação à unidade, a interdição será mantida até que os reparos da estrutura sejam feitos, pois de acordo com os funcionários, era impossível trabalhar no posto com o cheiro de mofo. Os funcionários contam que após um período de trabalho no local, começaram a sentir coceiras e manchas vermelhas apareceram por todo o corpo. Após a constatação de que os mesmos sintomas atingiam todos os funcionários, eles mesmos entraram em contato com a Covisa, solicitando a interdição da unidade. De acordo com o administra-

José Aldenir

Agentes de saúde foram ao posto para coletar amostras de sangue dos 22 funcionários que alegam problemas de pele dor do posto, Orlando Silva Batista, os servidores trabalharam mesmo com as dificuldades, porém muitos começaram, a apresentar um quadro mais grave fazendo com que o posto fosse fechado pela Covisa. Atualmente, a Unidade de Saúde conta com 22 funcionários para atender uma média diária de 75 moradores por dia e mais de duas mil por mês.

Segundo Orlando Batista, além dos problemas estruturais e de Saúde, no local também não há material de escritório, gás de cozinha e água, complemento para prontuários e alguns serviços como a aplicação de vacinas, pois a sala não tinha condições de armazenar os medicamentos. "Aqui todos trabalharam até adoecer. Ninguém fez corpo

mole, mas não tivemos mais como continuar trabalhando. Pedimos somente que a manutenção do lugar seja feita e que o material de trabalho seja entregue, pois aqui nós rateamos a água mineral, o gás de cozinha e vamos buscar o material de escritório", explica o administrador A servidora Regina Lúcia dos Santos, que trabalha no local há dois

anos, mostrou a nossa equipe de reportagem as marcas em sua pele e disse que os servidores tinham medo de trocar os curativos de alta complexibilidade, pois o local era muito propício a infecções. Além disso, a unidade conta apenas com quatro agentes comunitários de saúde, quando deveriam ser 10. "Aqui estão as marcas que adquiri aqui no posto de Saúde. Sempre procuramos atender a atender, mas não dava mais. Agora o quadro que já é reduzido parou, interferindo em toda comunidade. Até os agentes de Saúde fazem milagre para trabalhar aqui no bairro", diz a servidora. Moradores como a dona de casa Cleide Silva da Luz, que mora há dez anos na Guarita, comentou que entende a situação dos servidores, pois o local não oferece condições de trabalho ou segurança. "Aqui nós sabemos que eles trabalham nesta situação há mais de dois anos porque gostam do que fazem e querem ajudar como podem. Mas fica inadmissível adoecer no local de trabalho. O pior é que com o posto fechado, os moradores procuram outros hospitais fazendo com que estes fiquem com as filas maiores ainda", diz Cleide. Já a moradora Adriana da Silva Oliveira que mora no local há 15 anos arrecadou em quatro meses aproximadamente 2.539 assinaturas junto com a presidente do Conselho de Moradores, Francisca

Sales, pedindo que o posto fosse reformado para que não precisasse ser fechado. Entretanto, de acordo com elas, não tiveram nenhum retorno da Prefeitura. SEM PREVISÃO A equipe de O Jornal de Hoje entrou em contato com a Vigilância Sanitária para verificar quais as providências que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) deverá tomar para a reabertura da Unidade de Saúde da Guarita. Segundo a diretora do Núcleo de Serviço da Saúde, Ana Paula Melo Ribeiro, um relatório da situação do local foi feito e encaminhado à SMS, que deverá acionar o setor de engenharia para realizar os reparos do local. "A unidade só será reaberta após o departamento de engenharia da Prefeitura do Natal realizar o conserto das infiltrações, bancadas, pintura do local, além do conserto dos consultórios sem condições de uso. Após a reforma nós iremos designar uma equipe para avaliar o local e assim liberar o atendimento", explica a diretora. Entramos em contato também com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que informou, por meio da assessoria de imprensa, que a titular da pasta Maria Joilca Loureiro Carvalho estava em reunião e, portanto, não poderia atender à reportagem.

> SEM SALÁRIOS

Prefeitura desconta dias paralisados dos servidores em greve Os servidores da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) tiveram uma desagradável surpresa em suas folhas de pagamento no último dia 26. A Prefeitura descontou dos salários os dias não trabalhados em virtude da greve dos servidores municipais. A greve foi deflagrada no dia dois de agosto e prosseguiu até o último dia 14 de setembro, quando foi suspensa em, caráter provisório, pelo desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, Aderson Silvino. A catego-

ria paralisou as atividades reivindicando melhores condições de trabalho e a alteração no cálculo do adicional noturno dos servidores, que foi reduzido em cerca de 80%. Outra reivindicação é por paridade salarial e de auxílio-alimentação dos guardas municipais de Natal. Entre as categorias que participaram da greve estão a Guarda Municipal, os plantonistas da Saúde e técnicos de Enfermagem , agentes patrimoniais, e servidores das secretarias de Serviços Urbanos (Semsur), Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), Mobilidade Ur-

bana (Semob), Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) e da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas). Apesar da adesão em massa à greve, apenas os servidores da Semtas levaram faltas e tiveram desconto em seus salários. De acordo com o presidente interino do Sindicato dos Servidores Municipais de Natal (Sinsenat), José Roberto Linhares, a Prefeitura agiu de forma arbitrária e fora da Lei. "Quando a Justiça determinou o retorno dos servidores ao trabalho, ficou pré-acorda-

do que os dias em greve não seriam descontados. Mas a Prefeitura descumpriu a liminar e cortou quase 100% dos salários de alguns trabalhadores. Não entendemos porque os funcionários da Semtas foram os únicos penalizados. A Prefeitura, como sempre, não está sendo coerente", disse José Roberto Linhares. O presidente do Sinsenat também informou que os descontos não foram proporcionais e iguais para todos os funcionários. "Nem todos os servidores da Semtas ficaram os 42 dias em greve. Alguns

aderiram ao movimento dias depois, mas o desconto não foi condizente, foi feito de forma unilateral e truculenta, além de ser ilegal", disse. No próximo dia 9, o Sindicato dos Servidores Municipais de Natal (Sinsenat) realizará uma assembléia geral com todos os servidores para definir os rumos da greve, que foi encerrada temporariamente após decisão judicial. A categoria ainda tenta uma audiência de conciliação com o desembargador Aderson Silvino com o intuito de pedir o cumprimento da liminar

por parte da Prefeitura de Natal ou buscar a legalidade da greve. Segundo informações do Sinsenat, o secretário-chefe do Gabinete Civil, Caio César Medeiros disse que a Prefeitura devolverá aos servidores os valores descontados, mas alegou que não será possível efetuá-lo agora em virtude do bloqueio das contas da Prefeitura de Natal. A reportagem do Jornal de Hoje tentou entrar em contato com o secretário, para maiores esclarecimentos, mas ele não atendeu ao celular, nem retornou as ligações.


Cidade

Terça-feira

Natal, 2 de outubro de 2012

O Jornal de HOJE 7

Justiça autoriza MP a fiscalizar contratos da Urbana PROMOTORES

ARGUMENTARAM COM A EXISTÊNCIA DE "GRAVES IRREGULARIDADES NA COLETA DE LIXO EM

O juiz titular da 3ª Vara da Fazenda Pública, Geraldo Antônio da Mota, concedeu ao Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP/RN) o direito de fiscalizar o trabalho realizado na Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana), inclusive na Estação de Transbordo de Cidade Nova. O magistrado atendeu, parcialmente, a um pedido dos promotores do Ministério Público que buscavam a intervenção da Companhia, argumentando a existência de falhas na fiscalização às empresas prestadoras de serviços e no pagamento aos prestadores de serviços. No entanto, a intervenção da Companhia, pelo menos no momento, está descartada. O presidente da Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana), João Bastos, disse que ainda não foi notificado da decisão judicial, mas que após a notificação vai reunir a assessoria jurídica da Urbana com o procurador Geral do Município, Francisco Wilkie, para decidir quais providências jurídicas serão tomadas. "Enquanto isso, nós vamos continuar trabalhando,

pois a coleta está regularizada e o grande problema da limpeza hoje é a falta de dinheiro", afirmou João Bastos. O Ministério Público terá que apresentar, no prazo de 30 dias, cronograma minucioso de execução e duração da fiscalização, além de relatório da situação financeira, da estrutura administrativa e patrimonial da Urbana, sendo permitido aos promotores o exame dos documentos necessários. O prazo para parte autora indicar o representante é de dez dias. Os promotores responsáveis pela Ação Civil Pública, João Batista Machado Barbosa, Sílvio Ricardo Gonçalves de Andrade Brito e Rodrigo Martins da Câmara, em seu pedido, argumentaram com a existência de "graves irregularidades na coleta de lixo em diversos pontos da cidade", destacando supostas "atitudes desleais de empresas contratadas pela Urbana, para execução dos serviços de limpeza". De acordo o Ministério Público, as empresas estariam retirando o lixo com escavadeiras e máquinas

pesadas e, consequentemente, juntando grande quantidade de terra junto à carga que é pesada e define o valor que deve ser pago às empresas. "A manobra assim executada resulta em desvio de recursos públicos, pois constitui remuneração indevida às empresas contratadas, além de não atingir o objetivo que é a manutenção dos locais limpos, vez que o trabalho com máquinas pesadas acaba deixando resíduos para serem recolhidos pelos garis", destacaram os promotores. Além de ressaltar a suposta ineficiência do trabalho de coleta e pagamento realizado pela Urbana, onde os custos poderiam ser drasticamente reduzidos, o MP afirmou que a autarquia não concordou em assinar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para a instalação de ferramentas capazes de impedir as fraudes referentes ao peso do lixo na estação de transbordo. Os promotores, segundo a Ação Civil Pública, teriam solicitado a instalação de um ecoponto, câmeras de vídeo e rastreadores para o controle dos caminhões que passam pela

estação. Porém, a Prefeitura não concordou. O magistrado concordou com parte dos argumentos apresentados pelo MP, mas decidiu que os atuais gestores poderiam prosseguir nos cargos e não haveria uma intervenção. Contudo, permitiu ao MP participar ativamente da fiscalização financeira da Urbana, determinando a obrigatoriedade dos gestores da autarquia em apresentar informações financeiras e sobre contratos que forem solicitados pelo representante do MP. Ainda na decisão, o juiz determinou a permissão para que o MP acompanhe o sistema de coleta, transporte e destinação do lixo em Natal, "com poderes vinculados à fiscalização diária dessa atividade, de modo examinar qualquer serviço com suspeita de fraude, ou violando qualquer princípio administrativo". O representante que for indicado pelo MP também terá o direito de participar das assembleias gerais ordinárias e extraordinárias da empresa, mas sem poder de veto nas decisões.

NATAL” Wellington Rocha

Trabalho realizado na Estação de Transbordo de Cidade Nova será fiscalizado

> DEVOÇÃO

Fiéis celebram Dia dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu Amanhã, dia 3 de outubro, é o Dia dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu. A data foi instituída como feriado estadual e é celebrado em todo o Rio e Grande do Norte pela comunidade católica. Os populares, religiosos ou não, comemoram o feriado em si, mas nem todos sabem qual o verdadeiro sentido dessa data e nem os acontecimentos que tornaram a data tão importante para ela ser declarada feriado estadual. Ao contrário de outros feriados, que são comemorados em virtude de acontecimentos felizes, a história dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, é de sofrimento. No ano de 1645, o Rio Grande do Norte foi palco de duas grandes chacinas contra os católicos. Os massacres foram comandados por Jacob Rabbi, alemão a serviço do governo holandês, que vivia com os índios Tapuias, junto com Paraopeba, chefe indígena, convertido ao calvinismo, decidido a matar os colonos que não se convertessem à mesma religião. A primeira chacina aconteceu em Cunhaú, município de Canguaretama, no dia 16 de julho, quando fiéis católicos que estavam na missa de domingo na capela de Nossa Senhora das Candeias foram atacados com grande atrocidade por tropas de soldados holandeses com índios potiguares. Eles invadiram a igreja depois do momento da elevação da hóstia. Conta a história que os fiéis não reagiram e apenas confessaram à Jesus Cristo, pedindo o perdão de seus pecados enquanto o Padre André de Soveral, fazia suas últimas preces para os fiéis. Três meses depois do massacre de Cunhaú, a violência se repetiu, desta vez em Uruaçú, comunidade do município de São Gonçalo do Amarante. No dia três de outubro, a cena foi praticamente a mesma, mas com maior crueldade por parte

Wellington Rocha

Segundo padre Murilo, várias caravanas seguirão para o Santuário dos Mártires das tropas holandeses, que além de invadirem a igreja, torturaram os fiéis até a morte. Arrancaram suas línguas para não preferirem orações, deceparam seus braços e pernas, muitos foram degolados e crianças foram partidas ao meio. Para o padre Murilo Paiva, capelão da Arquidiocese de Natal, a comunidade católica celebra a data como forma de agradecimento aos mártires. "Celebramos com louvor a Deus pela entrega dos católicos naqueles massacres. Eles morreram porque não negaram a fé e não se converteram a outra religião que lhes era imposta. Eles podiam ter simplesmente deixado de realizar missas já que estavam sendo perseguidos, mas não abriram mão de adorar ao Senhor. Foram até o fim defendendo o catolicismo e a fé em

Deus", disse o padre Murilo Paiva. O processo de beatificação começou em 15 de maio de 1988, quando Dom Alair Vilar iniciou o estudo sobre os Mártires de Cunhaú e Uruaçu e nomeou o Monsenhor Francisco de Assis Pereira como postulador da causa. Em maio de 2000, o Papa João Paulo II beatificou os padres André de Soveral e Ambrósio Francisco Ferro e 28 fiéis mortos nos massacres. Mais de 15 mil pessoas e cerca de mil brasileiros estiveram presentes na Praça de São Pedro, em Roma, para assistir a beatificação. A Lei que originou o feriado de três de outubro no Estado foi aprovada pela Assembléia Legislativa e promulgada pela então governadora Wilma de Faria no dia 6 de dezembro de 2006. De acordo com o padre Murilo Paiva, da Arquidioce-

> PECUÁRIA

Anorc lança 50a Festa do Boi A diretoria da Associação Norteriograndense de Criadores (Anorc) recebe hoje, às 18h, no Parque de Exposições Aristófanes Fernandes, associados, patrocinadores, expositores e a imprensa para o lançamento da 50ª Festa do Boi. Na ocasião, será divulgada a programação do evento que, este ano, acontece entre os dias 11 a 20 de outubro, com a presença confirmada do Ministro da Agricultura, Pecuária e da Pesca, Mendes Ribeiro. Os animais para exposição e leilões começam a chegar no próximo dia oito, vindos de todos os estados nordestinos considerados livres com vacinação e que estão, portanto, isentos da quarentena ao entrarem e saírem do Estado. Segundo os organizadores, são cinco mil animais e 500 expositores que tomarão todos os espaços reservados. Junto com eles, centenas de tratadores e pessoal de manutenção garantirão a organização da festa considerada uma das mais

tradicionais exposições pecuárias do Brasil. Este ano, a 50ª Festa do Boi terá uma programação de shows bastante disputada. A abertura acontece no dia 11 com as presenças do Forró Pé de Ouro, Forró Pegado, Solteirões do Forró e Thiaguinho. Já no dia 13, Chiclete com Banana, Cavaleiros do Forró e Toca do Vale sobem ao palco. No dia 19, as atrações serão Sorriso Maroto, Aviões do Forró e Dorgival Dantas. E, no encerramento da festa, dia 20, a festa fica por conta da animação da Banda Garota Safada, Forró da Pegação e Ricardo Chaves. Em matéria de negócios a serem fechados durante a Festa, os números projetados pelos organizadores repetem as cifras alcançadas na edição do ano passado R$ 100 milhões de operações de compra e venda, incluindo material genético. "Tudo o que é financiado pelos bancos para o agronegócio estão resumidos na Festa

do Boi", explica o assessor de imprensa da Anorc, Marcelo Abdon. Cerca de 80% dos financiamentos são feitos pelo Banco do Nordeste no Brasil que, no ano passado, emprestou perto de R$ 60 milhões. Deste total, R$ 8,5 milhões foram emprestados durante os oito dias da feira. Os recursos são aquisição de animais, mercadorias, máquinas, equipamentos e veículos. Este ano, a expectativa é de que o BNB financie perto de R$ 80 milhões. Entre 2007 e 2011, o valor negociado saltou de R$ 4,5 milhões para R$ 60 milhões, valor este 13 vezes maior que o negociado há cinco anos. O Banco do Brasil, que tradicionalmente monta estande na feira, projeta fechar R$ 5 milhões em negócios durante o evento. O valor é 42,8% maior que o emprestado em 2011, segundo informou o banco. O volume negociado dependerá da capacidade de endividamento dos produtores.

se de Natal, o reconhecimento da data como um feriado estadual foi um ato de extrema importância para a comunidade católica. "Os mártires de Cunhaú e Uruaçú fazem parte da história do RN. São verdadeiros heróis que lutaram em defesa do território contra a invasão holandesa. Mesmo depois do massacre, os sobreviventes continuaram tentando manter a nossa terra e começaram tentando conquistar os índios, que antes eram aliados aos holandeses. Foi um ato de amor também", disse o Pe. Murilo. Com a instituição do feriado, a data que já era comemorada pelos fiéis passou a ser reconhecida pela população. Todos os anos, em homenagem aos mortos nos massacres, são realizadas diversas celebrações. Este ano, serão realizadas novenas nas paróquias pela manhã e, ao meio-dia, as caravanas seguirão para a comunidade de Uruaçu, onde será celebrada uma grande missa no Santuário dos Mártires. Outras atividades como a apresentação do Auto dos Mártires, um recital que encena a cultura, a história e a luta dos Mártires de Cunhaú e Uruaçú também serão apresentadas no Santuário. FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO NO FERIADO Devido ao feriado do Dia dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, neste dia 3 de outubro, o comércio em Natal funcionará em horários diferenciados. No comércio de rua do Alecrim algumas lojas abrirão até às 12h, mas a maioria deverá permanecer fechada. Já no Centro só os grandes magazines abrem. Na zona norte, a maioria das lojas abre até às 12h. Nos principais shoppings, a Praça de Alimentação e lazer funcionará das 11h às 22h. As lojas do Natal Shopping e Norte Shop-

ping estarão abertas das 14h às 21h. Já no Midway Mall o horário de funcionamento será das 11h às 22h, enquanto que no Praia Shopping será das 15h à 21h e, no Cidade JarCOMÉRCIO DE RUA Alecrim: Abertura facultativa até 12h, mas a maioria das lojas fecham. Centro da Cidade: Abertura facultativa, mas grandes lojas abrem. Zona Norte: Abertura facultativa, maioria das lojas abre até 12h. SHOPPING MIDWAY MALL Praça de Alimentação e lazer: Das 11h às 22h. Lojas: A partir das 12h às 21h. NATAL SHOPPING Praça de Alimentação e Lazer: 11h às 22h. Lojas e Quiosques: 14h às 21h. NORTE SHOPPING

dim e Via Direta, a abertura será facultativa das 14h às 20h. Os supermercados das grandes redes funcionarão normalmente, já os bancos estarão fechados. Praça de Alimentação e lazer: das 11h às 22h. Lojas e Quiosques: 14h às 21h. PRAIA SHOPPING Praça de Alimentação e Lazer: A partir das 11h. Lojas e Quiosques: 15h à 21h. SHOPPING CIDADE JARDIM Praça de Alimentação: A partir das 11h. Lojas e Quiosques: 14h à 20h. SHOPPING VIA DIRETA Praça de Alimentação e Lazer: Das 12h às 22h. Lojas e Quiosques: Abertura facultativa das 14h ás 20h.

LUIZ DE GONZAGA CAVALCANTI *21.01.1948

+28.09.2012

"O tempo de Deus é a eternidade e o tempo dos homens é a esperança da eternidade."

MISSA DE 7o DIA Lourdinha (esposa), Clara, Natally, Avelino e Mara (filhos), genro, netos e demais familiares, convidam parentes e amigos para a missa de 7º dia do falecimento de LUIZ DE GONZAGACAVALCANTI que será celebrada no dia 04/10/2012 (quinta-feira) às 16 horas, na Igreja Matriz do Coração de Jesus - cidade de Riachuelo/RN.


8 O Jornal de HOJE

Natal, 2 de outubro de 2012

Economia

HOJE na Economia MARCOS AURÉLIO DE SÁ

marcossa@jornaldehoje.com.br

SYLVIA SÁ - INTERINA Receita Federal orienta contribuintes para a autorregularização de declarações n A Receita Federal lança o Programa Alerta, que consiste na oportunidade de autorregularização para que contribuintes corrijam erros de preenchimento nas declarações e na apuração de tributos antes do início de procedimento formal de fiscalização. n Neste primeiro momento, elegeram-se algumas operações para comunicar aos contribuintes possíveis inconsistências e orientar-lhes quanto aos procedimentos para a autorregularização. n E a Receita Federal já iniciou a postagem das comunicações alertando os contribuintes acerca de inconsistências nos dados informados. n Essas inconsistências, decorrentes do cruzamento dos números disponíveis nos sistemas do fisco, são preliminares e não são prova sobre a existência de infração à legislação tributária, mas a identificação de divergências entre os dados declarados pelo contribuinte e aqueles obtidos junto a terceiros ou em sistemas de controles fiscais especiais. n Com essa iniciativa, a Receita Federal orienta os contribuintes a conferirem os dados transmitidos ao Fisco e, constatando equívoco, promover a autorregularização. n A retificação das declarações apresentadas, sem aplicação de multa de ofício, pode ser realizada pelo contribuinte enquanto não iniciado o procedimento fiscal. n O Programa Alerta tem origem na experiência exitosa da Malha de Pessoa Física, procedimento em que, anualmente, cerca de 500 mil contribuintes se autorregularizam, evitando-se milhares de autuações e as consequentes discussões no âmbito administrativo e judicial, com benefício para toda a sociedade. n Vale lembrar que os procedimentos de fiscalização terão início a partir do dia 1º de dezembro de 2012. n Outras informações sobre os procedimentos de autorregularização podem ser obtidas no site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br). Arrecadação nordestina de ICMS supera média nacional. RN fica em 4º lugar na região n Estudo da Revista Conjuntura Econômica, edita pelo Etene, aponta que a arrecadação do Imposto sobre a Circulação de Mercadoria e Prestação de Serviços (ICMS) da região Nordeste continua a crescer acima da média nacional. n Segundo levantamento realizado pelo órgão do Banco do Nordeste, a arrecadação nordestina cresceu 11,6% no semestre, enquanto a do País como um todo aumentou 10,6%. n O pesquisador do Etene, Ricardo Vidal, faz uma relação entre a arrecadação do tributo e o PIB. "Se a relação entre a arrecadação do ICMS do Nordeste e do Brasil é uma aproximação aceitável da relação entre o PIB do Nordeste e do Brasil, espera-se que a região continue a apresentar um crescimento em seu PIB um pouco maior que o crescimento do PIB brasileiro", afirma. n A expectativa é que a arrecadação deste imposto na região cresça acima de 4,5%, em termos reais, ao final de 2012. n O Rio Grande do Norte teve um crescimento expressivo de 14%, bem influenciado pelo setor primário (54,1%), terciário (15,7%) e energia (45,5%), que juntos responderam por quase 70% da arrecadação do Estado. Correios instalam com sucesso a nova rede de franquias no Estado n A partir desta semana, a

Circuito Startup-Natal deverá revelar bons negócios para o promissor mercado digital n A etapa potiguar do Circuito Startup, que será realizada no dia 18 de outubro, a partir das 14 horas, no Teatro Riachuelo, deverá reunir os players do mercado pós-web 2.0 de aplicativos para mobile e redes sociais. n É a grande chance dos empreendedores potiguares que possuem uma ideia ou negócio voltado para o mercado pós-web 2.0 dar mais visibilidade ao projeto. n O Circuito Startup-Natal, que acontece com o apoio do Sebrae/RN, visa promover o encontro entre empreendedores com ideias inovadoras e investidores que possam viabilizá-las financeiramente. n Além disso, o intuito é levar conhecimento para acelerar esses novos negócios digitais. n De acordo com o coordenador do circuito no Sebrae-RN, Carlos Von Sohsten, o cenário de empreendedorismo digital no Brasil está cada vez mais aquecido e no Rio Grande do Norte não é diferente. n "É uma oportunidade do Sebrae se aproximar desse público, que tem as condições necessárias para virar uma startup. Temos de oferecer soluções para que esse novo perfil de empreendedor possa acelerar os negócios e crescer", diz. n O Startup Natal traz grandes nomes do cenário nacional até Rio Grande do Norte para um evento especial, que marcará o início do movimento startup na região. n A pré-inscrição para o evento pode ser feita gratuitamente pelo site http://circuitostartup.com/portal/pt/natal, mas as vagas são limitadas para 150 participantes. n Durante o circuito, a capital potiguar recebe também a décima quarta edição do Desafio de Startups (D14), uma competição de negócios que revelará os projetos mais promissores do Estado. n Para participar, basta fazer a inscrição do projeto no site do evento.

nova rede de agências franqueadas dos Correios no Rio Grande do Norte entra em plena operação. nAs unidades foram preparadas para oferecer melhor atendimento, com móveis mais confortáveis, área física compatível com a quantidade de guichês, sistema de automação online da ECT, entre outras melhorias. n No Estado, foram licitadas com sucesso sete agências. E o projeto resultou na alteração de endereço de algumas lojas. n Além das novas franquias e postos de atendimento inaugurados, os Correios mantêm no Estado o atendimento em 183 agências próprias, garantido fácil acesso aos serviços postais. Dessa forma, a postagem e entrega de cartas e encomendas seguem normalmente. n O funcionamento das franquias no novo modelo atende determinação legal. E as primeiras foram abertas no ano passado. n Do total de 1.370 existentes em todo o Brasil, mais de 400 já estão funcionando no novo modelo e mais de 900 são consideradas até agora licitações de sucesso, ou seja, que estão em fase de instalação ou com processo em andamento. n Além dos benefícios para a sociedade, a estrutura da rede aprovada trouxe segurança jurídica às franquias, importantes parceiras no processo de modernização e universalização dos serviços oferecidos pelos Correios.

Jovens empreendedores sociais do RN já podem se inscrever para o Prêmio Laureate Brasil n A Universidade Potiguar, integrante da rede internacional de universidades Laureate, recebe até o dia 21 de outubro as inscrições para o "Programa Iniciativa Jovem", que premiará empreendedores com idades entre 18 e 29 anos que sejam autores ou coautores de projetos sociais em comunidades do Rio Grande do Norte. n Essa á uma chance para oferecer reconhecimento e integrar os jovens que estão trabalhando para um mundo melhor. n A proposta faz parte do "Prêmio Laureate Brasil - Jovens Empreendedores Sociais", que tem como o seu principal foco iniciativas deste tipo, além de destacar ações sociais de alcance regional e local. n Vale lembrar que uma rede global oferecerá suporte à premiação, servindo como polo de nucleação, seleção e acompanhamento dos projetos executados por empreendedores sociais e tornando estas atividades acessíveis à esfera internacional. n Valorizar o trabalho dos jovens que colocam o seu empenho na tarefa de oferecer melhores condições de vida para a sua cidade também faz parte do compromisso da UnP com o Rio Grande do Norte, que apoia estas iniciativas através de diversos programas próprios e de parceiros. n Outras informações podem ser encontradas no site www.premiolaureatebrasil.com.br.

Terça-feira

Número de empreendedores individuais dispara no RN A DESÕES

BATEM RECORDE EM AGOSTO E SETEMBRO Divulgação

MARCELO HOLLANDA HOLLANDAJORNALISTA@GMAIL.COM

Enquanto 1 milhão de empresas foram criadas no Brasil no primeiro semestre deste ano, segundo estudo que acaba de ser divulgado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, com base no Censo das Empresas e Entidades Públicas e Privadas Brasileiras, no Rio Grande do Norte, entre julho e o final de setembro, o número de microempreendedores individuais saltou de 77 mil para 83 mil. No Rio Grande do Norte, onde mais de 90% das empresas são micro e pequenas, o crescimento de adesões ao programa do micro-empreendedor individual, implantado em fevereiro de 2010, apresentou um crescimento geométrico inédito em matéria de política para o fortalecimento do empreendedorismo. No primeiro ano de vigência do programa, em 2010, foram registradas no RN 11.174 adesões. Em 2011, esse número saltou para 16.700 e em 2012, até agora, o Sebrae já contabilizou mais de 14 mil novas adesões. A Lei Complementar nº 128, de 19/12/2008 criou as condições especiais para que o trabalhador conhecido como informal pudesse se tornar um Empreendedor Individual legalizado. Entre as vantagens oferecidas pela lei está o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), que desburocratiza a abertura de conta bancária, o pedido de empréstimos e a emissão de notas fiscais. Além disso, o Empreendedor Individual é enquadrado no Simples Nacional e fica isento dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL), pagando apenas o valor fixo mensal de R$ 32,10 (comércio ou indústria) ou R$ 36,10 (prestação de serviços), destinado à Previdência Social e ao ICMS ou ao ISS. As quantias são atualizadas anualmente, de acordo com o salário mínimo.

Cabeleireira está entre os segmentos preferidos dos microempreendedores Segundo Frank de Medeiros Silva, gestor do programa no Sebrae do RN, o segmento de negócio que lidera o ranking local do micro empreendedor aqui é o comércio de vestuário e acessórios, seguido de atividade de cabeleireiro, minimercados, esteticista e cosméticos, esta uma atividade diretamente ligada ao de cabeleireiro. "Nesse caso, um ramo de ativida-

Microempreendedor individual jÆ representa no RN mais de 50% das empresas vinculadas ao Simples

de serve para alavancar a outra", observa Frank der Medeiros. Em sexto lugar na relação das principais atividades do micro empreendedor individual - das mais de 400 existentes - estão, pela ordem, o varejo de bebidas, fornecimento de alimentos preparados, montagem e manutenção de computadores, manicure e, finalmente, instalação e manutenção elétrica. Natal, como não poderia deixar

de ser, concentra o maior número de adesões ao programa com 35% do total; Mossoró vem em segundo lugar com 9,5%; Parnamirim em terceiro com 7,3% e Caicó e Assu com 2,6% e 2,1%, respectivamente. Ainda segundo Frank de Medeiros, passados pouco mais de dois anos de sua criação, o micro empreendedor individual já representa no estado mais de 50% das empresas vinculadas ao simples. "Em matéria de programa voltado a tirar trabalhadores da informalidade e gerar tributos onde eles não existiam, o micro empreendedor individual é um sucesso absoluto e sem precedentes na história brasileira", afirma Medeiros. Os dados nacionais baseados no Empresômetro, ferramenta que mede o número de empresas criadas no País, são gerados são gerados levando em consideração o resultado médio nos três anos imediatamente anteriores. Segundo a ferramenta, desde 1º de janeiro até o meio-dia desta segunda-feira (1º), 1.297.685 empresas haviam sido criadas no Brasil. O setor de serviços foi a maioria em 2012. A maior parte das empresas criadas neste ano foi aberta na categoria Microempreendedor Individual, num total de 849.782.

CMYK


Cidade

Terça-feira

Natal, 2 de outubro de 2012

O Jornal de HOJE 9

Fotos: Wellington Rocha

Comerciantes do Beco da Lama relatam abandono APÓS PROIBIÇÃO DE EVENTOS NO LOCAL, SITUAÇÃO PIOROU Falta de iluminação, limpeza e segurança. É essa a situação em que se encontra a rua Doutor José Ivo, conhecida como Beco da Lama, localizada no centro de Natal, entre as avenidas Ulisses Caldas e João Pessoa. Com o abandono do local, comerciantes e boêmios estão desaparecendo do lugar que ficou a mercê de ladrões e usuários de drogas. O Beco da Lama tenta sobreviver com o comércio e o mercado popular, porém a ação de ladrões e viciados aliado à falta de estrutura tornam o lugar inviável fazendo com que muitos comerciantes fechem suas portas e busquem lugares mais seguros para oferecerem seus serviços. Morador e comerciante do Beco da Lama há quase 40 anos, o comerciante Francisco de Assis Gomes da Silva, de 63 anos, ainda 'sobrevive' no lugar, porém cobra o retorno do poder público que só age na hora de coibir os eventos que movimentavam o lugar. "Nós aqui não temos mais nada, pois falta iluminação, limpeza, coleta de lixo e segurança. Outro grande problema que enfrentamos aqui é a falta de eventos, pois antes conseguíamos uma boa clientela para os barzinhos e botecos com os eventos aqui no Beco. No entanto, com a determinação do Ministério Público que acabou com os eventos culturais que aconteciam aqui, nós passamos a ter apenas aqueles clientes habituais, o que vem 'matando' os negócios de todos aqui", explica o comerciante. Francisco de Assis Gomes da Silva chegou ao local em 1973, após pedir dispensa do serviço militar e abriu seu barzinho no Beco, que sempre foi um recanto de artistas e boêmios. Porém, atualmente poucas pessoas vão ao local, restando apenas os antigos clientes que ajudam a manter o bar e as contas em dia. "Hoje nós perdemos aqueles fregueses que freqüentavam os projetos aqui do Beco, fazendo com que nós ficássemos nos mantendo com menos, além de tirar o brilho de antes do lugar", afirma. Outro homem que sentiu na pele os problemas pela falta de estrutura no local foi o comerciante Emanoel Vibhuti, de 57 anos, que trabalha em uma loja de discos antigos localizada no Center Eldorado. Ele explica que são comuns os arrombamentos e roubos nos comércios locais, pois não existe policiamento

Ações de bandidos e a falta de estrutura têm afastado comerciantes e boêmios

Por conta de insegurança, Emanoel diz que passou a fechar sua loja mais cedo em nenhum horário do dia. "Aqui cansei de ver as lojas locais serem arrombadas ou furtadas, isso fez com que a gente passasse a fechar mais cedo e abrir quando o movimento aumentasse. Fica uma sensação de insegurança que nos faz pensar em abandonar o local que eu trabalho há 13 anos", comenta. Emanoel Vibhuti contou que por pouco não era roubado nesta segunda-feira (1º) ao abrir o estabelecimento. Quando estava organizando a loja, um homem sem camisa e visivelmente alterado entrou no local. "Estava limpando e organizando os discos quando um homem abriu a porta e entrou aqui me pedindo um disco para ouvir em casa, eu me neguei e o homem continuou insistindo. Só me livrei da compa-

nhia indesejada após pegar um disco antigo e em grande quantidade e entregar a ele. Ficamos aqui com esta sensação de impotência", diz o homem. PROPOSTAS Recentemente os seis candidatos a prefeito de Natal, Roberto Lopes, Fernando Mineiro, Carlos Eduardo, Robério Paulino, Hermano Morais e Rogério Marinho, estiveram no local durante a campanha e apresentaram propostas no intuito de resolver os problemas que se acumulam no local. Todos os candidatos ressaltaram a necessidade de um planejamento estratégico para a região e a efetivação do corredor cultural saindo da Ribeira até a Cidade Alta.

CMYK


10 O Jornal de HOJE

Natal, 2 de outubro de 2012

Cidade

Terça-feira

Defur prende acusados de assaltos ‘OPERAÇÃO CASAL’, DEFLAGRADA ONTEM, COLOCOU ATRÁS DAS GRADES CINCO PESSOAS E APREENDEU EQUIPAMENTOS Fotos: assessoria de imprensa da Degepol

ALESSANDRA BERNARDO REPÓRTER

Cinco integrantes de uma quadrilha acusada de praticar vários assaltos a residências na zona Sul de Natal foram presos ontem, após dois meses de investigações realizadas pela Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur). Durante a ação, batizada de ‘Operação Casal’, foram recuperados vários objetos pessoais, celulares, eletroeletrônicos e outros itens de valor das vítimas, além de três revólveres calibre 38. Segundo o delegado da Defur, Atanásio Gomes, foram detidos três homens e duas mulheres, que agiam sempre em dupla nos bairros da zona Sul de Natal, em especial Ponta Negra, Capim Macio e em Nova Parnamirim, em Parnamirim. Um adolescente, que também integra o grupo, está sendo procurado pela Polícia Civil. "Eles armavam os assaltos e abordavam as vítimas sempre em número de dois, formando um casal, bem trajado. Assim, eles não levantavam suspeitas das vítimas, que eram abordadas principalmente quando entravam ou saíam de casa, rendidas e forçadas a entrar no imóvel, onde os ladrões faziam o arrastão", explicou Atanásio. Os acusados presos foram Josemar Marques de Souza Júnior, 18 anos e conhecido pelo apelido de "Júnior Lost", apontado como líder da quadrilha; Nayara da Conceição Souza Nunes, 18 anos e companheira de Josemar; Karlos Felipe Lima de Carvalho, de 28 anos; Rebeca Paulino Cabral, 19 anos e seu com-

Delegado da Defur revelou que existem outras quadrilhas agindo em Natal

panheiro Felipe Rayan Fernandes Alves, de 18 anos. Além das três armas de fogo e dos objetos roubados das vítimas, os dez policiais da Defur que participaram da Operação Casal apreenderam ainda o Fiat Palio de placas MYT-6198/RN e duas motocicletas, que estavam em poder dos acusados. O automóvel pertence a Felipe Rayan, que possui passagem pela polícia por porte ilegal de arma. O delegado Atanásio Gomes disse que a Defur decidiu iniciar as investigações há dois meses após várias denúncias de assaltos e arrastões a residências na zona Sul da Capital. E que, em muitos casos, as

vítimas relataram terem sofrido abordagem violenta, com muitas ameaças de morte e espancamento. "Além disso, a média de prejuízo de cada uma das famílias que foi abordada por esta quadrilha gira em torno de R$ 20 mil, já que a maioria dos objetos preferidos pelos bandidos eram eletroeletrônicos, joias e computadores pessoas, além de dinheiro. Eles confessaram quatro invasões, mas há muitas outras denúncias que vamos checar ainda", afirmou o delegado. Ele explicou ainda que há, pelo menos, outras três quadrilhas cometendo o mesmo tipo de crime em Natal e que a Polícia Civil está

trabalhando para identificar e capturar os ladrões que integram esses bandos. PRESIDENTE DO TRE Questionado sobre uma possível relação entre os integrantes da quadrilha detida ontem à tarde em Natal e a invasão da casa do presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) no Rio Grande do Norte, o delegado geral da Polícia Civil, Fábio Rogério da Silva, descartou a hipótese. "Não há relação alguma com esse caso, até porque a invasão seguida de assalto à residência do desembargador João Rebouças, que

Equipamentos eletro-eletrônicos foram apreendidos em poder dos acusados foi atacado no último dia 24 de setembro, foi feita por três criminosos e não por um casal, como os integrantes da quadrilha agiam", afirmou. O caso está sendo apurado pelos

policiais civis da Divisão Especializada de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) em segredo, para não atrapalhar as investigações, conforme explicou a delegada Sheila Freitas.

> EM MOSSORÓ

Dois mototaxistas são assassinados em cinco horas Dois mototaxistas foram assassinados com vários tiros disparos de arma de fogo, em um intervalo de cinco horas, em Mossoró. Um deles foi morto quando perseguia um ladrão que tinha roubado sua motocicleta, minutos antes, no bairro Alameda dos Cajueiros. Já o segundo foi assassinado quando transportava uma mulher, que, por pouco, também não ficou ferida. A polícia investiga os dois casos e está em busca dos assassinos dos dois homens, que ainda chegaram a ser socorridos com vida, mas morreram no hospital. De acordo com informações da

Polícia Militar de Mossoró, o mototaxista Luiz Carlos Mendes Galdino, de 30 anos, foi executado com um tiro no tórax e em frente à sua residência, na rua Tomaz Etelvino de Medeiros, após ter sido assaltado minutos antes, por um homem desconhecido. O ladrão teria surpreendido Luiz Carlos quando ele estava com uma criança em uma motocicleta Honda Pop de cor vermelha, e após anunciar o assalto, levou o veículo. Revoltado com o roubo, o mototaxista teria pego outra moto em casa e se preparava para perseguir o bandido, quando foi atingido por um disparo de arma

de fogo no tórax. O atirador fugiu tomando rumo ignorado. Gravemente ferido, o mototaxista ainda chegou a ser socorrido com vida por seus familiares, que ouviram o barulho do tiro e correram para ver o que tinha acontecido. No entanto, Luiz Carlos não resistiu e faleceu ao dar entrada no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró. A família acredita que ele tenha sido morto pelo ladrão que tomou sua motocicleta. A Polícia Militar realizou diligências em toda a região para tentar identificar e prender o homem acusado de ter cometido os dois crimes, mas

até a manhã de hoje, ninguém havia sido detido. O segundo mototaxista assassinado a tiros em Mossoró foi Antônio Saraiva Alves, de 43 anos. De acordo com informações da Polícia Militar, ele foi morto com vários disparos de arma de fogo próximo ao viaduto em construção na BR-304. Os tiros, efetuados por desconhecidos que fugiram logo em seguida ao crime, atingiram a cabeça e o rosto da vítima. No momento, ele transportava uma mulher para o Alto de São Manoel e, ao entrar em uma rua calçada às margens da rodovia federal, foi surpreendido por dois homens em

uma motocicleta, que efetuaram os disparos sem dizer uma palavra com a vítima. A passageira que estava na garupa percebeu a arma nas mãos dos desconhecidos e conseguiu pular antes dos disparos. Após ser atingido pelos tiros, Antônio Saraiva Alves ainda conseguiu andar alguns metros e caiu às margens da BR-304, enquanto a passageira, muito assustada com o que tinha acabado de acontecer, ligou para o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) e relatou o fato. Quando os policiais militares chegaram, o mototaxista ainda estava vivo e foi socorrido por uma

ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Regional Tarcísio Maia, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e faleceu antes que chegasse ao local. A Polícia Militar fez diligências em toda a região, mas não conseguiu prender ninguém. A suspeita é que o mototaxista tenha sido assassinado por algum tipo de acerto de contas, já que os bandidos fugiram sem levar nenhum objeto pessoal ou dinheiro da vítima. Os dois homicídios foram registrados na Delegacia Especializada de Homicídio de Mossoró.

> MAIS UMA

Dupla armada rouba dinheiro dos Correios em Martins Mais uma agência dos Correios e Telégrafos foi alvo de criminosos no interior do Rio Grande do Norte. Desta vez, a ação aconteceu no município de Martins, no Alto Oeste do Estado, onde dois homens armados invadiram o estabelecimento e, após anunciar o assalto, renderam os funcionários e clientes que estavam no local e fugiram levando todo o dinheiro que estava no prédio. De acordo com informações da Polícia Militar, os bandidos chega-

ram ao local já no final do expediente, quando a movimentação de clientes é menor. Um dos criminosos ficou do lado de fora da agência, para dar cobertura e impedir que outras pessoas entrassem no prédio ou alertassem a guarnição policial de plantão. Enquanto isso, o segundo ladrão entrou na agência, se passando por cliente. Ao perceber que havia poucas pessoas dentro do prédio, ele sacou a arma e anunciou o assalto, obrigando os funcionários

do estabelecimento que entregassem todo o dinheiro que estava no caixa. Ele teria recolhido ainda objetos pessoais e dinheiro dos trabalhadores e de alguns consumidores. Após o assalto, os dois bandidos fugiram em alta velocidade, em direção à saída da cidade. Passado o susto do crime, os funcionários dos Correios de Martins acionaram o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), que enviou guarnições po-

liciais até o estabelecimento. Após coletar informações com as vítimas do assalto, os policiais militares iniciaram as diligências na região, em busca de identificar e localizar os dois homens acusados de terem cometido o crime. No entanto, até o final da manhã de hoje, os acusados ainda não haviam sido detidos. Esta é a terceira agência dos Correios situada em municípios do interior do Rio Grande do Norte a ser assaltada em um intervalo de

apenas 12 dias. Os outros estabelecimentos atacados por criminosos foram os de Serra Caiada e Lagoa Salgada, nos dias 25 e 21 de setembro passado, respectivamente. No assalto ocorrido em Serra Caiada, três homens armados invadiram a agência e, após render os funcionários e clientes, fugiram em um táxi do município de Extremoz, um Siena branco, em direção a Tangará. De acordo com o Pelotão Destacado da cidade, veículo já foi relacionado a várias ações crimino-

sas em cidades próximas à Capital e a suspeita é que ele seja usado pelos mesmos bandidos. Já em Serra Caiada, os bandidos foram surpreendidos pelos agentes do Pelotão Destacado da cidade e um deles morreu após trocar tiros com os policiais. Além deste, outros três homens participaram da ação, que terminou com dois ladrões baleados e um foragido. Parte do dinheiro que foi roubado pela quadrilha foi recuperada.


Cidade

Terça-feira

Natal, 2 de outubro de 2012

1 E1 den o O Ja H lrJ

O Jornal de HOJE 11

edadC i

Alex Medeiros alex.medeiros1959@uol.com.br

ASTRO DISTRAÍDO

Zé Dirceu chegou a pensar em mandar à UNE para as ruas, caminhando e cantando em sua defesa. Com a certeza de ser condenado, o pseudo-guru-guerrilheiro está ensaiando "Chão de Estrelas", clássico imortal de Silvio Caldas e Orestes Barbosa, de 1937.

ASTRO DISTRAÍDO II

Canta o Zé Dirceu: "Minha vida / era um palco iluminado / eu vivia vestido de dourado / palhaço das perdidas ilusões". E o poeta Chico Tripa completa: "A porta do Banco Rural era sem trinco / e o Lula, brilhante como brinco / sapecava a estrela no povão".

MENSALÃO

O STF pulverizou a desculpa esfarrapada de Luiz Inácio de que o PT usou caixa 2 no abastecimento da base aliada durante seu governo. É oficial a existência do mensalão, o maior escândalo de corrupção da história desse país (Leia editorial da Folha ao lado)

sobre o fato. O mais longevo diário da cidade passará a priorizar apenas sua estação virtual na Internet, experiência já vivida por outros jornais nos EUA e Europa.

DEMISSÕES

Apesar do DN ter uma estrutura enxuta, não será possível anexar a equipe de jornalistas ao grupo que toca a versão online. Demissões serão inevitáveis. A decisão dos Associados é por manter impressos apenas em Recife, Brasília e Belo Horizonte.

PALESTRA

Confirmadíssima a presença do publicitário Washington Olivetto na festa dos 15 anos d'O Jornal de Hoje, no próximo dia 31, no Centro de Convenções da Via Costeira. O festejado profissional falará para publicitários, empresários e personalidades.

VIVA O NEGÃO!

Fim da farsa Editorial da Folha de S. Paulo Durante a 30ª sessão de julgamento do mensalão, ontem, o Supremo Tribunal Federal (STF) deu cabo de uma farsa que sobrevivia apenas para setores do PT e seus aliados, nos últimos sete anos. A maioria dos ministros confirmou no plenário do Supremo que o mensalão foi um esquema concebido com a finalidade de assegurar apoio parlamentar durante o primeiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). As provas reunidas pela Procuradoria-Geral da República foram suficientes, portanto, para convencer a mais alta corte do país de que o mensalão foi alimentado por verbas públicas utilizadas para comprar votos de membros do Congresso Nacional. Fica, assim, relegada aos capítulos burlescos da história a tese mendaz de que o mensalão não teria passado de episódica distribuição de sobras de campanha, sem contrapartida de apoio político. A tentativa de desqualificar o julgamento como um todo, no entanto, merece tratamento ainda mais severo. Não seria pequeno o prejuízo à República se o esforço de desvendar os atos de corrupção praticados no governo Lula ficasse carimbado como "golpismo" e "ataque à democracia" – pois as pechas atingiriam o próprio STF. Talvez por essa razão o ministro Celso de Mello tenha feito defesa enfática dos procedimentos adotados pelo Supremo. Antes de proferir seu duríssimo voto na sessão,

o decano da corte reiterou que vêm sendo respeitadas as garantias constitucionais, que não houve desconsideração com direitos e que o processo do mensalão é conduzido sob ampla publicidade e permanente escrutínio público. Quando presentes, esses princípios republicanos reforçam a legitimidade das decisões – é o que se dá agora com o STF. Quando ausentes, tornam-nas duvidosas – foi o que ocorreu com os negócios do PT imiscuídos no governo Lula. Eis por que Celso de Mello classificou a corrupção como "perversão da ética do poder e da ordem jurídica". Pela mesma razão, disse que "o Estado brasileiro não tolera o poder que corrompe nem tolera o poder que se deixa corromper". E, para realçar sua decisão, afirmou que os réus do mensalão "transformaram a cultura da transgressão em prática ordinária". Sinal dos tempos, personagens conhecidos da política nacional estão entre os réus que já foram condenados nesse julgamento. Figuram nessa lista, por exemplo, os deputados federais João Paulo Cunha (PT-SP), Valdemar Costa Neto (PR-SP) e Pedro Henry (PP-MT), além dos ex-deputados Roberto Jefferson (PTB-RJ) e Carlos Rodrigues (PL-RJ, atual PR). Até aqui, o Supremo foi rigoroso ao condenar por corrupção passiva os réus que receberam dinheiro para ingressar na base de apoio a Lula. Parece haver pouca dúvida de que manterá o mesmo ânimo com os corruptores e de que nesse rol entrarão os líderes petistas José Dirceu e José Genoino. (FSP, 02/10/2012)

"Enquanto Lula e Dilma estiverem nos palanques e no horário nobre falando maravilhas de Haddad, Joaquim gastará tardes inteiras para contar os podres de José Dirceu e do partido do candidato". (Eliane Cantanhêde, hoje na Folha de S. Paulo)

DEBATE

No quesito audiência, o debate na TV Tropical foi cascudiano: não consagrou nem desconsagrou ninguém. Foi acompanhado pelas assessorias e pela militância, mas ignorado pela maioria absoluta de Natal. Não deu e nem tirou voto.

DATAOESTE

Se acaso a pesquisa Certtus em Mossoró estiver certa, a candidata Claudia Regina (DEM) pode comprar um vestido novo para a posse em janeiro. Se as pesquisas anteriores estiverem certas, Larissa Rosado (PSB) já ganhou há dois meses.

CENSORES

A esdrúxula legislação eleitoral está fundindo a cuca de alguns juízes pelo país afora, muitos deles atropelando o bom senso e a própria Constituição com decisões equivocadas que atentam contra a liberdade de expressão e a de ir e vir do cidadão.

COBERTURA

A TV Assembléia terá programação especial no domingo com extensa cobertura, ao vivo, das eleições em Natal e no interior. Começa às 9h com informativos de hora em hora da votação e prosseguirá até à apuração das urnas pelo Tribunal Eleitoral.

DN ONLINE

O Diário de Natal circulou hoje com sua última edição em papel, trazendo uma nota informativa

BENFICA X BARCELONA? O diário esportivo Record, de Lisboa, estampou hoje em sua capa um plano mágico para ajudar o time português diante do Barcelona pela Champions League, na tarde dessa terça-feira. Para "vencer o colosso da Catalunha", como diz o próprio jornal, a melhor tática é apelar para os poderes da bruxaria: um boneco de Messi espetado por alfinetes de vodu.

João Ricardo Correia jornalistajoaoricardocorreia@gmail.com / joaoricardocorreia@yahoo.com.br

NATAL Os três candidatos a vereador preferidos pelos natalenses, segundo pesquisa da Consult (veja matéria na página 3), são: Amanda Gurgel, Chagas Catarino e Luiz Almir. PARNAMIRIM Na mais recente pesquisa do Instituto Perfil, os candidatos a vereador mais citados (1% ou mais) pelos eleitores de Parnamirim são: Irani Guedes, Ademir Queiroz, Valério Santiago, Walkiria Fonseca, Elienai Cartaxo, Clênio, Gustavo Negócio, Giovani Júnior, Taveira, Paulão Jr., Sheilla, Binho de Ambrósio, Ricardo Gurgel, Kátia Pires, Dr. Yuri, Ricardo Wagner, Diniz, Santanae Batista. Os indecisos são 34,74%. Brancos e nulos alcançam os 3,72%. ARENGUEIROS No debate de ontem à noite, na TV Tropical, alguns candidatos a prefeito de Natal insistiram na arenga, falando de ligações familiares, de apoios passados e recentes, como se isso fosse interessante para a cidade. O que o eleitor merece é ouvir propostas, ideias para minimizar o caos em que se encontra a capital do RN. O resto é balela, blablablá. Tomara que as pesquisas estejam certas e essa munganga termine logo no próximo domingo.

RIACHUELO Joca Basílio, do PSD, continua entre os líderes das pesquisas de intenção de voto na cidade de Riachuelo. Filho do saudoso vereador Fernando Basílio, Joca tem todas as chances de assumir o terceiro mandato consecutivo como vereador.

Wellington Rocha

SÃO PAULO DO POTENGI E em São Paulo do Potengi, Naldinho, também do PSD, lidera, segundo a Consult, com 64%, seguindo do atual prefeito, Azevedo, que tem 28,6%. Foram entrevistados 440 eleitores no dia 27 de setembro. ESTUPRO O Superior Tribunal de Justiça definiu, em julgamento de recurso repetitivo, que estupro e atentado violento ao pudor constituem crimes hediondos mesmo sem causarem lesão corporal grave ou morte da vítima. O entendimento afasta a tese de que os crimes sexuais só poderiam ser considerados hediondos nessas duas hipóteses. ESTUPRO 2 Segundo o portal Consultor Jurídico, a decisão segue precedentes do Supremo Tribunal Federal e do próprio STJ, e diz respeito a fatos anteriores à Lei 12.015/2009, que passou a tratar como estupro também as práticas sexuais antes classificadas como atentado violento ao pudor. Para os ministros, em decisão unânime, o bem jurídico violado nesses crimes é a liberdade sexual e não a vida ou a integridade física, portanto, para a configuração do crime hediondo — que tem tratamento mais duro na legislação —, não é indispensável que tais atos resultem em morte ou lesões corporais graves, as quais podem servir como qualificadoras do delito. EDUCAÇÃO A quantidade de matrículas de pessoas com deficiência na educação superior aumentou 933,6% entre 2000 e 2010. Estudantes com deficiência passaram de 2.173 no começo do período para 20.287 em 2010, sendo que 6.884 desses alunos são da rede pública e 13.403 da particular. EDUCAÇÃO 2 O número de instituições de educação superior que atendem alunos com deficiência mais que duplicou no período, ao passar de 1.180 no fim do século passado para 2.378 em 2010. Destas, 1.948 contam com estrutura de acessibilidade para os estudantes. No orçamento de 2013, o governo federal vai destinar R$ 11 milhões a universidades federais para adequação de espaços físicos e material didático.

De virar a cabeça Bom feriado e até quinta-feira, se Deus quiser.

FECHAMENTO Solidarizo-me com os colegas de profissão e amigos que trabalham no Diário de Natal, que anunciou hoje que não terá mais versão impressa, tornando-se somente um informativo virtual.

Feriado do 3 de outubro “Mártires de Cunhaú e Uruaçu” ou “Protomártires do Brasil” é o título dado aos 30 cristãos martirizados, no interior do Rio Grande do Norte, no contexto das invasões holandesas no Brasil. Foram dois morticínios, o primeiro na Capela de Nossa Senhora das Candeias, no Engenho Cunhaú, em Canguaretama; outro em Uruaçu, comunidade do município de São Gonçalo do Amarante. Eles foram beatificados pelo Papa João Paulo II em 5 de março de 2000. O feriado estadual de amanhã é em homenagem aos mártires.


12 O Jornal de HOJE

Cidade

Natal, 2 de outubro de 2012

Terça-feira

Daniela Freire POLÍTICA E SOCIAL - daniela.freirecosta@yahoo.com.br DeSaboya.com

w SINAL VERMELHO...

Joªo Neto

Ainda secretário de Desenvolvimento Econômico do RN, Benito Gama já não é tão bem quisto assim pelo Governo Rosado. Segundo integrantes da Corte-Rosa, "Benito está sendo uma decepção" como gestor em nosso Estado. "É consenso que ele conversa, conversa, mas de concreto... Nada!", admitiu um auxiliar do primeiro escalão Rosado.

w ...PARA O BAIANO Os próprios colegas de Benito avaliam que ele não conseguiu interagir com os demais secretários. Nem com os setores industriais.

A bela Danusa Alvarenga marcando presença na XII Mostra Officina Interiores

Geska Medonça e Michael Fernandes curtindo a vida...

Nem com a imprensa.

Mulheresnofds

DeSaboya.com

"Mostrou-se arrogante algumas vezes e não agregou ao Governo", contou outra fonte governista.

w PODEROSA NAS URNAS... A professora-famosa Amanda Gurgel está muito bem na fita quando o assunto é eleição! A pesquisa Consult publicada hoje neste JH, registrada pelo nº 00162/2012, aponta que a candidata a vereadora dispara em primeiro lugar nas intenções de voto para a Câmara Municipal de Natal. Tanto na consulta estimulada como na não estimulada.

Lilia Almeida, Zélia Pinheiro e Regina Dantas no niver Desaboya

E se engana quem acha que só os mais humildes querem vê-la no Palácio Frei Miguelinho.

MÆrlio Forte

No detalhamento por bairro, Amanda apresenta muitos votos em bairros nobres da capital, como em Petrópolis e Morro Branco.

w OS PRIMEIROS... Além da professorinha, os antigos Chagas Catarino, Luiz Almir, Adão Eridan e Aquino Neto surgem entre os primeiros colocados na disputa de vereador.

Look Verão 2013 Mania de Perfeição

GIRO PELO TWITTER

Nesse time, destaque para outro novato: Rafael Motta, que promete ser dos mais votados.

w TRABALHO PELO PARTIDO Deputado federal Fábio Faria tem sido figura ausente nas últimas semanas em Brasília. Motivo: eleições no RN. Segundo o parlamentar, ele tem circulado diariamente por diversos municípios do interior. "Brasília só na semana que vem", disse ele. Com o pai presidente estadual do PSD, Robinson Faria, tentando fortalecer a legenda para 2014, Fábio ficou encarregado de ajudar nesse processo. "Temos que apoiar os prefeitos que nos apoiam. Já fui a mais de 80 cidades", garantiu.

...do presidente da Câmara Municipal de Natal e candidato à reeleição Edivan Martins: "À frente da Secretaria de Esportes, fui eleito o melhor Secretário de Esportes do Brasil, sendo o gestor que mais A simpática primeira-dama do PSD no RN, Juliane Faria, prestigiando evento de adesão ao candidato a prefeito Carlos Eduardo, apoiado pelo seu marido vice-governador Robinson Faria

w CATITA PREMIADO

Contemplado em 2011 com o Prêmio Procultura Palcos Musicais Permanentes do Ministério da Cultura/Funarte, o Espaço Cultural Buraco da Catita dá início, a partir deste mês, ao Projeto "Quinta Cultural", com entrada gratuita e uma programação variada de shows. A estreia será nesta quinta-feira, às 21h, com o grupo Catita Choro e Gafieira. No repertório, músicas autorais e releituras de Jacob do Bandolin, Moacir Santos, Zé Menezes, Pixinguinha e outros

...do candidato a vice-prefeito de Natal pelo PT Carlos Alberto:

nomes do samba e do chorinho. O projeto segue até dezembro próximo.

w MELHORIAS

Outra novidade é que, com o prêmio, o Catita ganhou tratamento acústico, palco, sistema de sonorização, iluminação e projeção. Tudo que melhora a qualidade de uma boa festa.

w CASA COR CHEGANDO

E por falar em festa...

construiu quadras e campos";

...as obras para realização da CasaCor Rio Grande do Norte 2012 estão em ritmo acelerado. A antiga fábrica SAM's passa por uma grande reforma para comportar os ambientes projetados por dezenas de arquitetos, decoradores e paisagistas para o dia 15 de outubro, quando acontecerá o lançamento para a imprensa. Participarão do evento 72 arquitetos, que terão os seus trabalhos mostrados em 45 espaços.

"Pergunte aos seus amigos e veja Mineiro no segundo turno. Pesquisa Eleitoral no RN é caso de Polícia!"; ...da revista Veja: "Frota de veículos de capitais quase dobra em 10 anos".


Cidade

Terça-feira

Natal, 2 de outubro de 2012

O Jornal de HOJE 13

Cena Urbana VICENTE SEREJO - serejo@terra.com.br w FEIRA - I Queiram ou não os institutos de pesquisa, mesmo considerada a diferença de métodos, os números estão mais parecidos com uma feira de percentuais para todos os gostos do que para uma ciência da estatística. w EFEITO - II Mas a feira, entre gritos e pechinchas, tem uma data para acabar e revelar a verdade: no final da noite de domingo com a apuração eletrônica das urnas. Já em poucas horas se saberá quem foram os aloprados. w LUTA - I Em Mossoró a candidata Larissa Rosado enfrenta o poderio político do ex-deputado Carlos Augusto e sua artilharia pesada. Ninguém sabe se as suas trincheiras resistirão nessa luta, agora, de vida ou morte. w TEMOR - II A governadora Rosalba Ciarlini sabe que se sair derrotada em Natal e Mossoró compromete seu capital político para tentar sua reeleição em 2014. Até por ser muito difícil manter a sua aliança com o PMDB. w ALIÁS - III A candidatura ao governo do vice Robinson Faria, não é o maior temor, asseguram fontes políticas dos jardins oficiais. É a candidatura de Garibaldi Filho. Mesmo que neguem. Em política nada é impossível. w SONHO - I Perguntaram a Washington Olivetto sobre a São Paulo ideal. E ele: 'Mais segurança e menos violência, com mais verde e menos poluição, mais silêncio e menos buzina, mais civilização e menos barbárie'. w SONHO - II E também a Tom Zé. E ele, triste e saudoso: 'Gostaria de uma São Paulo que atualizasse o ano de 1965 em que eu tomava um ônibus para visitar Gilberto Gil em Cidade Ademar. Era uma viagem agradável'.

w TERRORISMO - I O professor Luiz Carlos Molion denuncia na revista Eco-Nordeste o 'terrorismo climático' de cientistas ligados a interesses de países desenvolvidos que querem impedir o crescimento dos subdesenvolvidos.

Concurso de miss

A

gora faço como se faz nessas horas: passou o concurso de miss e nem dei conta. É que sou desse tempo, Senhor Redator. Mais: fui jurado, vendo as medidas dos quadris, coxas, busto e a altura das pernas, diante da pequena multidão entusiasmada que lotava o Palácio dos Esportes. No centro da quadra, no meio da passarela, Eunice e Nilson Freire, o casal de locutores que Luiz Maria Alves fazia questão que transmitisse o desfile, ao vivo, para a Rádio Poti. Ser jurado, naqueles anos, era um sucesso. O concurso de miss, mesmo depois da morte de Assis Chateaubriand, continuou por algum tempo sendo exclusivo dos Diários Associados. A tevê Tupi do Rio comandava o desfile nacional e nas capitais, rádios e jornais onde não existisse canal de tevê. Era um desassossego. Alves centralizava todas as decisões para que fosse um exemplo de organização. O jornal estimulava a escolha nos municípios com cobertura de tudo e o desfile final em Natal, sob controle absoluto e total de cada diretor regional. Nos bastidores, o concurso de miss tinha detalhes que muitos são sabem até hoje. Além dos dois patrocínios comerciais exclusivos e marcantes – Helena Rubinstein e maiôs Catalina – tinha um instante que mais parecia segredo de guerra: dias antes chegava, via aérea, uma caixa com os maiôs que só Luiz Maria Alves abria, conferia, lacrava outra vez, e deixava debaixo de sua mesa. Ninguém, absolutamente, ninguém, podia vê-los. O próprio Diário só divulgava no dia do desfile para evitar o risco de imitações. O concurso dava trabalho antes, durante e depois. Antes, para que os prefeitos assumissem a escolha em seus municípios. Durante, pois ficavam em Natal, hospedadas num hotel, e eram muitas as atividades. Era preciso melhorar o visual. Cabelos, maquiagem, trajes típicos e longos elegantes que Alves chamava vestidos de baile. Tudo pronto, o desfile. Com cuidados inacreditáveis como não faltar modess. Algumas menstruavam emocionadas, por isso uma funcionária do jornal ficava lá, de prontidão.

Uma vez eleita, a miss Rio Grande do Norte assinava contrato com os Diários Associados, que passavam a ter a exclusividade de sua imagem. O jornal financiava tudo: do tratamento dentário a aulas de etiqueta, num código de ferro que embora não fosse divulgado, era observado discretamente e com rigor: não bastava ser moça, a exigência era um sinônimo fiel de virgindade. Era preciso, sobretudo, não ser moça falada. E Alves, detalhista, determinava que fossem tratadas pelos locutores de 'senhorinhas'. Eleita, e na hipótese de ter emprego, o jornal garantia a reposição salarial. Mas uma vez certo comerciante não aceitou manter o vínculo, mesmo ressarcido, e demitiu a Miss RN. Alves reagiu e admitiu no Jornal como secretária, garantindo o emprego, um dever contratual. Meses depois, precisou ir ao Rio – só viajava de carro – e deixou cheques assinados para pagar seu Imposto de Renda, tarefa que confiou a Afonso Laurentino. Bastava, na data correta, ele dizer o valor e ela preencheria o cheque. Dois meses depois Alves retornou, recuperado da cirurgia de catarata que fez no Rio, hóspede da irmã. Afonso vai entregar a quitação das parcelas do imposto, e avisa que pagou com cheque dele mesmo, Afonso. E explicou, com ar crítico, que a miss preencheu duas vezes errado o cheque e o banco não aceitou. Alves, machão e maroto, não contava assim a história. Dizia, com o riso lavando os olhos: 'Afonso é muito exigente. A biologia nos deu uma perfeição e ele ainda queria que fosse inteligente'. A cena hilariante foi na redação. Uma vez a miss eleita foi visitar o jornal e por coincidência lá já estavam Cauby Peixoto e uma Banda de Música homenageando o jornal. Cassiano Arruda Câmara, então editor, pediu a Cauby que cantasse Conceição, enquanto a banda acompanhava e a miss desfilava. Um espetáculo que nunca mais uma redação vai assistir. Ainda lembro a cena: Alves num canto, mãos nos quadris, cachimbo apagado no canto da boca, morrendo de rir. Não se faz mais concurso de miss como antigamente.

w AULA - II Molion é o diretor do Instituto de Ciências Atmosféricas da Universidade Federal de Alagoas e o nome convidado para ministrar a aula de abertura da XVIII Cientec, na UFRN, dia 23 próximo, 9h da manhã. w AVISO Nos quadros da Folha, Estadão e Globo, Natal tem a previsão de eleição definida no primeiro turno e em todos os mapas com a vitória de Carlos Eduardo Alves. Ou seja: segundo turno aqui só se for uma zebra. w RANKING A cachaça Maria Boa, do Rio Grande do Norte, ficou em nono lugar no ranking da revista VIP que está nas bancas. A primeira foi a gaúcha Weber Haus, seguida de Claudionor e Canarinha, ambas de Minas. w FAVORITA Edinólia Melo mantém na reta final o mesmo favoritismo revelado ao longo de toda a sua campanha em Ceará Mirim. O delegado Peixoto pode ser derrotado por sua própria gestão e não por seus adversários. w LIVRO O médico e escritor Iaperi Araujo autografa no Dia do Médico, 18 próximo, no Conselho de Medicina, seu novo livro 'Chão de Epidauro'. Uma reunião de ensaios sobre a medicina e seus vários caminhos. w TRAGÉDIA Miriam Leitão, de O Globo, chama de tragédia nacional o que o IBGE acaba de divulgar: o Brasil tem 1,4 milhão de jovens entre 7 e 14 anos fora da escola. A queda maior foi entre 2009 e 2011, na era PT.

Musicomania CONRADO CARLOS - ccpsilva@hotmail.com

ENFIM,

a maturidade...

Uma das melhores bandas ao vivo do momento, Kasabian tocará em São Paulo no mês que vem, dentro do festival Planeta Terra; DVD "Live At The O2" é pequena mostra do vigor dos ingleses No próximo dia 20, em São Paulo, o festival Planeta Terra é uma boa pedida para o natalense que estiver de férias e quiser tomar cerveja em uma mega farra. Armado no bonito cenário do Jockey Club, o evento terá bandas interessantes, como Kings Of Leon, Suede e The Gossip. Sons distintos que, de uma forma ou outra, perfazem influências da sonoridade dos últimos anos - folk e indie rock, e eletrônica. No entanto, o que eu mais queria ver era o show do Kasabian. São quatro caras na faixa dos trinta anos que tocam um rock bem acabado, com pitadas pop, sim, mas sem exagero, com guitarras e sintetizadores emoldurando belas melodias, ao mesmo tempo em que bota pra pular os mais animados. Uma boa prova do vigor do Kasabian pode ser conferida no DVD recémlançado, "Live At The O2". Gravado durante o aniversário do líder do grupo, o britânico filho de imigrante italiano, Sergio Pizzorno (de barba), guitarrista, compositor e cantor em algumas faixas. A apresentação mostra a maturidade após o ótimo "Velociraptor!" (quarto disco da carreira), lançado em 2011. As dezenove músicas tocadas na noite do dia 15 de dezembro do ano passado na fantástica O2 Arena, em Londres, acabam de vez com qualquer suspeita de que nos deparamos com um simulacro do Oasis (maior fenômeno musical no Reino Unido desde Beatles e Stones) ou Stone Roses (inspirações assumidas por Pizzorno).

Sem o abuso e a obviedade artística dos irmãos Gallagher, o ítalo-britânico, juntamente com o vocalista Tom Meighan, o baixista Chris Edwards e o baterista Ian Matthews enfurecem os londrinos em músicas mais agressivas como "Take Aim", "Clubfoot" e "Switchblade Smiles", e põem para cantar com as comerciais "Days Are Forgotten" e "I Hear Voices". Esta última, por sinal, é o nome de um pequeno documentário incluído no DVD (que ainda tem um CD). São registros de bastidores e da produção da excursão passada pela Irlanda, Gales e Inglaterra. Longe da doidera que serviu de mote para o nome da banda (Kasabian é o sobrenome de uma das jovens assassinas manipuladas por Charles Manson), o pacote completo assegura diversão para quem quer conhecer uma das bandas mais legais da segunda metade dos 2000s.

LIVE AT THE O2 Artista: Kasabian Gravadora: ST2 MUSIC Preço médio: R$ (CD+DVD)


Cidade

Natal, 2 de outubro de 2012

14 O Jornal de HOJE

Terça-feira

Direito Vivido

Movimento dos Navios APRONIANO CÉSAR

RIBAMAR DE AGUIAR (ADVOGADOS ASSOCIADOS) - ribamar@ribamardeaguiar.com.br / www.ribamardeaguiar.com.br

Direito à intimidade Empresas podem fiscalizar computadores e e-mails corporativos, desde que haja proibição expressa, em regulamento, da utilização para uso pessoal. Entretanto, o poder diretivo do patrão, decorrente do direito de propriedade, não é absoluto. Segundo entendimento da Justiça do Trabalho, há limitações quando a fiscalização colide com o direito à intimidade do empregado e outros direitos fundamentais como o da inviolabilidade do sigilo de correspondência, comunicações telegráficas, de dados e telefonemas. Com base neste entendimento, um empregado que teve o armário de trabalho aberto sem consentimento será indenizado em R$ 60 mil por danos morais. A decisão foi tomada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 5ª

Região. No TST, o Recurso de Revista interposto pela empresa não foi conhecido pela 2ª Turma, pois este recurso é incabível para o reexame de fatos ou provas, conforme Súmula 126 do TST. No caso, o trabalhador usava um computador emprestado pela empresa para uso pessoal. Durante uma viagem, ocorrida durante o curso da relação trabalhista, teve o armário aberto sem autorização. A empresa retirou o computador e se apropriou de informações de correio eletrônico e dados pessoais guardados no equipamento. Transtornado e constrangido, o empregado ajuizou ação de danos morais na Justiça do Trabalho. O TRT da 5ª Região entendeu que apesar de o computador pertencer à empresa houve excesso e abuso de di-

reito do empregador. De acordo com as provas testemunhais, ficou confirmada a tese de que o armário era de uso privativo do funcionário, tendo em vista que a empresa não tinha cópia da chave do armário e precisou contratar um chaveiro para fazer a abertura. Inconformada, a empresa interpôs Recurso de Revista no TST. Alegou que o ato praticado não podia ser considerado "arrombamento", uma vez que a abertura do armário foi feita por um chaveiro profissional. Pediu também que o valor da indenização, fixado em R$ 1,2 milhão, fosse reduzido. No TST, a 2ª Turma, por unanimidade, não conheceu o Recurso de Revista, porém acolheu o pedido de redução no valor da indenização, fixando-a em R$ 60 mil.

Ação rescisória O prazo decadencial da ação rescisória só se inicia quando não for cabível mais nenhum recurso do último pronunciamento judicial, ainda que essa decisão negue seguimento a recurso pela ausência de algum dos requisitos formais, inclusive a tempestividade. Este foi o entendimento da 2ª Turma do Superior Tribunal de Justiça ao julgar recurso interposto pela fazenda nacional. Adecisão considerou tempestiva uma ação rescisória que contesta imunidade fiscal concedida à Esso pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região e determinou o retorno dos autos à origem para prosseguimento da demanda. A Turma acolheu a tese do fisco, seguindo a Súmula 401/STJ e diversos precedentes quanto ao tema. Asúmula define que "o prazo decadencial da ação rescisória só se inicia quando não for cabível qualquer recurso do último pronunciamento judicial". De acordo com o ministro Castro Meira, relator do processo no STJ, esse enunciado abrange a hipótese de recurso intempestivo contra a decisão que a ação rescisória quer desconstituir. No caso, no curso de um Mandado de Segurança, o TRF-2 reconheceu à Esso o

direito de não recolher a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre operações relativas a combustíveis e derivados de petróleo. Houve embargos de declaração, considerados intempestivos, posição confirmada pelo TRF-2 em julgamento colegiado. O fisco interpôs recurso ao Supremo Tribunal Federal, o qual, apesar de admitido num primeiro momento, posteriormente foi inadmitido. Essa decisão transitou em julgado em 9 de dezembro de 1998. O ministro Castro Meira destacou que não houve má-fé por parte da fazenda nacional, na medida em que nem os embargos de declaração nem o recurso extraordinário tiveram intuito protelatório, "mostrando-se razoável a dúvida quanto à tempestividade do inconformismo". "Não há que confundir o mero equívoco técnico com má-fé, ainda mais em contexto no qual era notória a oscilação doutrinária e jurisprudencial que perpassava a matéria, de forma que o agir do fisco denota nada mais do que a tentativa - ainda que malsucedida de salvaguardar e antecipar os eventuais prejuízos que sofreria pela indefinição do entendimento pretoriano

[do STF] quanto ao marco inicial do prazo decadencial da ação rescisória", disse o ministro relator. Em seu voto, o relator do caso, ministro Castro Meira, que, "havendo dúvidas quanto à caracterização da boa-fé, o termo inicial para o ingresso da ação rescisória deveria ser fixado no momento imediatamente anterior ao ajuizamento dos intempestivos embargos de declaração". Em 2000, o fisco ajuizou ação rescisória para desconstituir a decisão do TRF-2 que concedeu a segurança à Esso. O tribunal regional entendeu que a interposição de recurso intempestivo, não conhecido na segunda instância, não tem o efeito de impedir a configuração da coisa julgada ou dilatar prazo para propositura de ação rescisória, que é de dois anos. Para o TRF-2, ainda teria havido má-fé por parte da fazenda nacional, que ajuizou demandas paralelas. A fazenda nacional recorreu, então, ao STJ, defendendo que a ação rescisória foi proposta dentro do biênio legal, porque o prazo decadencial teria começado após o trânsito em julgado da decisão que, revertendo o pronunciamento original, não admitiu o recurso ao STF.

CONTAGEM REGRESSIVA: faltam 20 dias para grande exposição dos 80 anos do Porto de Natal na Capitania das Artes NATAL Navio Ocean Stalwart Lagoa Carioca Lagoa Paranaense Shoei Maru 7 Marta CMA-CGM Aristote Marfret Marajó CMA-CGM Herodote Silver Cloud

Bandeira Vanuato Brasil Brasil Japão Brasil U. Kingdom França United King Bahamas

Almi Star

Libéria

Agência Seamaster W. Sons W. Sons Veleiros Petrobras CMA-CGM W. Sons CMA-CGM Superservice

Chegada No Porto No Porto No Porto No Porto 03/10 06/10 13/10 20/10 08/12

Destino Guamaré(RN) --Alto Mar Fortaleza(CE) Algeciras/ESP Algecira/ESP Algeciras/ESP Recife(PE)

Carga Pesquisa Em Operação Em Operação --Contêineres Contêineres Contêineres --

Descarga ---Atum Combustível ---Turismo

TERMINAL OCEÂNICO DE UBARANA - GUAMARÉ - RN Petrobras

04/10

Salvador (BA)

Óleo Cru

--

Sal

--

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA - RN Manna

Dia 02 03

Malta

A. Marítima 06/10

TÁBUA DE MARÉS Hora Altura (M) 17:39 2.2 23:30 0.3 05:56 2.1 11:39 0.4

Cooperativas & Negócios Jornalista Responsável: Gil Oliveira (gilbamar@gmail.com)

apronianocfs@hotmail.com

Exportação

A PROGRAMAÇÃO É CHECADA DIARIAMENTE, PODENDO HAVER ANTECIPAÇÃO OU ATRASO DE ALGUM NAVIO

FASES DA LUA Minguante (08/10 - 04:33h) Nova

(15/10 - 09:02h)

Crescente

(22/10 - 00:32h)

Cheia

(29/10 - 16:49h)


Esporte

Terça-feira

Natal, 2 de outubro de 2012

O Jornal de HOJE 15

Secando os principais adversários TRÊS

JOGOS ABREM HOJE A

28ª

ENTRAM EM CAMPO. JOGANDO APENAS NO A disputa na parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro da Série B expõe algumas realidades diferentes. Ao mesmo tempo que é possível afirmar que a partir do 12º lugar, o Paraná Clube - que soma 35 pontos, 10 a mais que o primeiro time que aparece entre os quatro piores, o Guaratinguetá com 25 pontos - todos sofrem com o risco de queda, também é praticamente certo o rebaixamento de duas equipes, Barueri e Ipatinga, ambos com apenas 17 pontos conquistados e com 11 pontos a menos que o CRB, primeiro time fora da zona. Sobrariam então duas vagas sendo disputadas entre entre sete equipes (Bragantino, Guaratinguetá, CRB, Asa, ABC, Boa Esporte e Paraná). A proximidade numérica na tabela é imensa. Hoje, três desses sete times que ainda lutam para escapar da degola estarão em campo. Em casa, o Asa de Arapiraca recebe o Avaí, sétimo colocado com 43 pontos e que ainda sonha em se aproximar do G4. O Bragantino fora de casa encara o Goiás, terceiro colocado com 52 pontos. E o Guaratinguetá é mais um que enfrenta um dos líderes, pegando o São Caetano na casa do adversário. Por coincidência, assim como o ABC, os times que estão na parte de baixo da tabela enfrentam os primeiros colocados. O alvinegro

SÉRIE B. POR COINCIDÊNCIA, TRÊS ADVERSÁRIOS DIRETOS DO ABC SÁBADO, CONTRA O LÍDER, RESTA AO ALVINEGRO SECAR OS ADVERSÁRIOS

RODADA DA

Fotos: Wellington Rocha

O técnico Ademir Fonseca comemora os dias extras para treinamento e que alguns atletas puderam aprimorar o condicionamento físico potiguar encara no sábado o Vitória-BA, líder absoluto da Série B com 57 pontos. No complemento da rodada, sexta-feira e sábado, os embates entre os líderes e os que correm

perigo continuam. O Barueri, vice-lanterna, recebe em casa o Joinville, quinto colocado. O América-RN, 10º lugar, pega o CRB, 16º, no estádio Nazarenão, em Goianinha. O time alagoano

vive uma grande crise na competição. O Confronto direto da parte de baixo da tabela fica por conta de Boa Esporte e Paraná, com 34 e 35 pontos respectivamente.

DE VOLTAAOS TREINAMENTOS Depois de dar folga aos seus atletas no final de semana, o ABC se reapresentou e começou a preparação para enfrentar o Vitória, jogo marcado para sábado, 16h, no

Barradão. As dúvidas do técnico Ademir Fonseca ainda persistem, afinal, jogadores importantes estão suspensos ou entregues ao departamento médico. Ademir espera que o longo tempo disponível para treinamento seja satisfatório para recuperar os atletas. "Tivemos um tempo bastante produtivo para a comissão técnica e atletas. Foi bom para avaliar melhor os jogadores e preparar aqueles que ainda não estavam em totais condições físicas, casos do Cascata, Gladstone e Diego Clementino. Sabemos que vamos enfrentar o melhor time da competição e isso requer uma atenção maior ainda. Apesar de estarmos em uma situação um pouco mais confortável ainda precisamos de pontos para evitar qualquer risco. Estou confiante que teremos uma semana produtiva", disse o técnico Ademir Fonseca. Gladstone deve ser o substituto natural de Vinicius na zaga ao lado de Flávio Boaventura. Guto está de volta ao meio campo e substitui Bileu. O ataque é a grande dúvida, já que os dois titulares estão fora de jogo. Éderson ainda será reavaliado pelo departamento médico, mas Adriano Pardal é carta fora do baralho, já que o contrato prevê que ele não pode atuar contra o seu ex-clube.

> AMÉRICA

Um time completo sem poder jogar Não bastassem as suspensões por cartão amarelo, o técnico Roberto Fernandes tem muitos outros motivos para se preocupar. As lesões continuam afastando do elenco titular uma série de jogadores importantes do América. O sistema defensivo, por exemplo, precisará ser completamente reformulado para enfrentar o CRB. Além dos zagueiros Edson Rocha e Cléber,

suspensos pelo terceiro cartão amarelo, o treinador não poderá contar com o ala direito Norberto, que continua em recuperação, e ainda pode perder Wanderson, que hoje a tarde receberá o resultados dos exames de imagem. No geral, 11 jogadores estão afastados por lesão ou suspensão. "Realmente estamos com o departamento médico bem movimen-

tado. A questão do Norberto é que ele teve uma ruptura parcial do ligamento do tornozelo. Ele está vetado para o jogo do próximo final de semana. O termo ruptura pode parecer forte, mas não é uma lesão tão preocupante. Contra o Ceará ele estará de volta. Já Wanderson ele precisou ser substituído no último jogo e os exames ficam prontos hoje a tarde. Somente depois disso poder-

O lateral Wanderson recebe hoje o resultado de exames. Netinho, com dores, pode ser vetado de novo

emos avaliar se terá condições de entrar em campo contra o CRB", explica Maeterlinck Rêgo, médico do América. Mas os problemas não são apenas na defensiva. O meio campo também sofre. O meia Netinho continua afastado dos treinamentos com o grupo principal. "Ele sente uma mialgia de esforço. Os dois exames que fez até hoje não detectaram nada mais

são intimidados e agredidos verbalmente. Ninguém me contou sobre isso, eu mesmo já vi vários casos. Como também já vi jornalista sendo coagido e ameaçado. Eu mesmo já fui diversas vezes no Frasqueirão e no Nazarenão. Esse foi um dos motivos de eu largar o rádio. Não queria mais conviver com tanta intolerância e violência tão perto e tão constantemente. Estamos expostos demais ao medíocres que se escondem atrás de camisas de times de futebol para extrapolar todas as leis vigentes. Em Mossoró, neste final de semana, o jogo entre Baraúnas e Sampaio Corrêa se transformou em campo de batalha. Muitos afirmam que torcedores do Potiguar estavam infiltrados na torcida do time maranhense. Li no blog de Itamar Ciríaco que a polícia além de prender fez os vândalos varrerem o estádio. Bem feito. Não espero que um dia em que os estádios de futebol sejam um mosteiro. Com torcedores com-

PisandonaBola AMÂNCIO

GABRIEL NEGREIROS - gabrielnegreiros@gmail.com - twitter: @gabrielnegreiro ridículo. Um escocês resolveu assistir ao jogo do Corinthians vestindo a camisa do seu time de coração, o Celcit, da Escócia. Ele só não sabia que o principal rival do Corinthians usava as mesmas cores do Celtic. Foi obrigado a cobrir a camisa verde e branca sob protestos e xingamentos. O terceiro caso é talvez o mais imoral de todos. Aconteceu no Couto Pereira, em Curitiba. Uma menina de 13 anos gritava por Lucas, jogador do São Paulo e da seleção brasileira. Ela queria a camisa dele. E ganhou. Para revolta dos torcedores do Coritiba, que cercaram pai e filha com insultos e ameaças. Eles tiveram que ser escoltados do estádio. Imaginem o que trauma que viveu essa criança! Aqui no Rio Grande do Norte já vi cenas parecidas. Hoje, devido a alguns casos já registrados, dificilmente você encontra alguém vestindo camisas de outros times quando ABC e América estão jogando. Mesmo que seja um turista,

Thiago Galhardo, do volante Nata e do atacante Soares. Em um somatório geral, o técnico Roberto Fernandes não poderá contar com 11 jogadores, contando as lesões e suspensões. Um time completo que poderia ser escalado da seguinte forma: Galatto, Norberto, Cleber, Edson Rocha e Bruno; Nata, Michel, Netinho e Wanderson; Thiago Galhardo e Soares.

Entre lesões e suspensões o técnico Roberto Fernandes pode montar um novo time. 11 jogadores estão afastados

Gabriel Negreiros INTOLERÂNCIA Três assuntos dominaram as resenhas esportivas na noite de ontem por todo Brasil. Todos ligados a intolerância promovida pelo futebol. Um dos casos aconteceu no Recife. A torcida do Náutico expôs uma faixa de protesto que dizia: "não irão nos derrubar no apito". O ditador Leandro Vuaden, árbitro do jogo, decidiu que deveria chamar a polícia e que só iniciaria a partida quando a faixa fosse retirada. Um absurdo contra o direito de expressão, de opinião. Contra o direito democrático. A frase não tinha insultos, palavrões, incitação a violência. O árbitro de futebol se considera um intocável. Rei absoluto, indestrutível, general maior dos gramados. É permitido protestar contra a presidenta Dilma, contra os corruptos, contra os aumentos das passagens de ônibus, contra o time de futebol ou seus dirigentes, mas contra o árbitro, nem pense! O segundo caso é menos agressivo, mas não deixa de ser

sério. Amanhã teremos uma posição mais definitiva, já que teremos o último treinamento. Além disso, todos esses dias parado interfere no condicionamento físico. Não podemos também esquecer do Michel, que tem um estiramento muscular de grau um e também está sob avaliação", completa Maeterlinck. O departamento médico ainda conta com a participação do meia

portadinhos e sem alma. Não é isso. Mas é um absurdo que um esporte consiga ser mais forte que as leis estabelecidas em nossa constituição. É impossível aceitar que as pessoas promovam baderna por cima de baderna e tudo fique impune. A torcida do Coritiba foi responsável por uma das maiores badernas já vistas no futebol nacional. Foram punidos severamente, mas a pena depois foi amenizada. Os torcedores do Corinthians promoveram uma das batalhas mais horrorizantes que o futebol já acompanhou quando foram eliminados na Libertadores no Pacaembu. Mas essas não são práticas exclusivas. São apenas reincidentes, como a grande maioria é. Depois vem as teorias sobre estádios vazios e o público não comparecer. Não é necessário nem muita pesquisa ou aprofundamento. É simples: Violência. Intolerância. Ódio. Todas as ferramentas do mal acima do esporte.

amancionatal@gmail.com / www.chargistaamancio.blogspot.com


16 O Jornal de HOJE

Natal, 2 de outubro de 2012

Esporte

Multado, mas perdoado

Terça-feira

Passe Livre RUBENS LEMOS FILHO - r.lemosfilho@uol.com.br

ADRIANO FOI MULTADO PELA FALTA NO TREINO NO SÁBADO, A TERCEIRA DO ATLETA DESDE QUE ASSINOU COM O CLUBE A decisão de continuar no Flamengo está nas mãos de Adriano. Após faltar ao terceiro treino em um mês e meio de clube, o atacante foi apenas multado pela diretoria rubro-negra, que optou por ignorar a cláusula contratual que permitia dispensá-lo após a terceira advertência. Depois de faltar aos treinos no fim de semana, ele explicou ao diretor de futebol, Zinho, os motivos da ausência. "Ele diz que está confuso, perturbado, em dúvida se continua a carreira devido a problemas particulares. E a dúvida se vai conseguir render em campo o que rendia antes. Esses medos, essas dúvidas, fazem com que ele tome as atitudes de abusar fora de campo e não vir ao treino. Conversei com ele, passei a posição do clube. O Adriano assinou a terceira advertência dele, falei que o clube teria todas as condições de rescindir o contrato dele, mas eu, uma decisão minha, quero acreditar que ele pode se recuperar. Passei para ele continuar algumas coisas que vai ter de cumprir", explicou Zinho. Adriano, porém, ameaça deixar o futebol de uma vez por todas,

O Flamengo mais uma vez perdoou Adriano, que sequer sabe se voltará a jogar profissionalmente. "Ele está confuso", disse Zinho mesmo com mais uma chance dada pela cúpula flamenguista. Porém, desta vez, o diretor exige que Adriano tenha algum tipo de acompanhamento psicológico. "Eu não quero desistir do cara. Mas a situação chegou ao limite. De coração, espero que ele abrace as condições que estamos impondo e venha. É um cara jovem ainda. Não quero que ele acabe pro futebol. Tenho até medo do que pode

acontecer com ele se parar de jogar", conclui. O jogador voltou aos treinamentos na academia do clube. Terá que passar por novos testes para voltar a ter a possibilidade de treinar com o grupo. Segundo o planejamento rubro-negro na manhã de segunda-feira Adriano deveria ser incorporado ao elenco principal aos poucos, para ir adquirindo um ritmo mais forte de preparação.

> SELEÇÃO BRASILEIRA

Sem tempo de preparação Amanhã a Seleção Brasileira encara a Argentina na grande final do Superclássico das Américas. No primeiro jogo, vitória brasileira por 2 a 1, com direito a gol de pênalti no último minuto, marcado por Neymar. Utilizando apenas jogadores que atuam no futebol brasileiro o técnico Mano Menezes não tem muito tempo para organizar um time ideal e terá que colocar em campo praticamente a mesma equipe do primeiro jogo. A principal diferença estará no ataque. Sem contar com o atacante do São Paulo, Luís Fabiano, Mano Menezes poderá escalar Leandro Damião no setor. O atacante do Internacional já está bem acostumado a atuar ao lado de Lucas e Neymar, com quem conviveu no circuito olímpico. Porém, a opção de fazer um time mais forte no meio campo escalando Arouca é outra opção estudada. Arouca vive a expectativa de ser confirmado. "O professor Mano não confirmou nada ainda, temos o treino de amanhã. Estou trabalhando para essa oportunidade, é uma coisa que todos sonhavam. É superimpor-

Ontem apenas os goleiros treinaram. Hoje os jogadores embarcam para a Argentina e amanhã entram em campo tante jogar", afirmou. O goleiro Jefferson, titular do time brasileiro, comenta a importância do jogo para os que atuam no futebol brasileiro. "Nós costumamos dizer que contra a Argentina nem precisa de preleção. É uma motivação natural. A emoção é outra, o ambiente também. Vai ser um jogo melhor para o Brasil, até porque eles vão ter se abrir mais, propor mais o jogo. O Brasil está no caminho certo.

Estamos construindo uma identidade, tendo um planejamento. O Mano tem o goleiro dele em vista e na reta final vai definir. Eu só espero estar nesse bolo, porque o país tem muitos jogadores em condições de estar na Seleção." O Brasil deve ser escalado com: Jefferson; Lucas Marques, Dedé, Réver e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Jadson (Arouca) e Lucas; Neymar e Leandro Damião (Arouca).

> MERCADO

TODOS QUEREM ALEX Nesta segunda-feira, 15 dias após se transformar em estátua, o brasileiro rescindiu seu contrato com o Fenerbahce e pôs fim a uma história de muitos gols, títulos e uma polêmica com o técnico Aykut Kocaman. "Contrato rescindido! Obrigado a todos os turcos pelo carinho durante esses 8 anos. Mais uma etapa cumprida. Obrigado a todos do Fenerbahce", escreveu. Ao publicar que encerrou o contrato, recebeu diversas mensagens carinhosas dos fãs. A madrugada inteira os torcedores ocuparam a frente de sua casa e mostraram todo seu apoio e revolta com o atual treinador.

Segundo a assessoria do jogador, o principal motivo para os problemas de relacionamento seria um 'ciúme' do treinador. Como atleta, Kocaman se tornou o maior artilheiro da história do Fenerbahce no Campeonato Turco, com 140 gols, marca que Alex ficou próximo de quebrar: o brasileiro anotou 136 tentos em sua passagem na Turquia. Depois de encerrar o contrato, vários clubes já se manifestaram em querer Alex de volta ao Brasil. Palmeiras, Cruzeiro e Coritiba largam na frente. "A minha cabeça já está meio que desenhado, mas vou ouvir. Tenho

relação direta com a diretoria e a comissão técnica dos três clubes (Palmeiras, Cruzeiro e Coritiba). Isso facilita um pouco. As pessoas também me perguntam do Grêmio, por causa do Luxemburgo. Deve haver uma definição em dois ou três meses. Esse deve ser meu último contrato", afirmou. Alex pretende ouvir a família para decidir seu próximo passo. "Meu futuro está bem desenhado, falta mastigar algumas coisas, principalmente relacionada ao lado de fora do campo, já que tenho esposa e três filhos. Quando tiver isto 100% definido na minha cabeça, passarei aos outros", acrescentou Alex, que deve falar primeiro com a imprensa turca para depois atender a brasileira sobre seu futuro no futebol.

Tricolor de exceção Longe de mim, tricolores, a zombaria. O Fluminense é o líder sossegado do Campeonato Brasileiro, com seis pontos, ou duas rodadas de vantagem sobre o segundo colocado. É uma campanha de campeão. Se resolvesse dispensar os jogadores para uma folga em Aruba, por duas semanas, ainda assim o tricolor permaneceria em primeiro lugar, mesmo o Atlético(MG) em declínio vencendo suas próximas rodadas. Tricolores estão tão felizes que são capazes de achar verdadeiramente solidárias as conjecturas da apresentadora Sônia Abrão. Uma especialista em arrancar lágrimas de pobres espectadores de seu programa(submundo), explorando a tragédia de outros pisoteados pela vida. O tricolor compreenderá, do fundo do seu justo triunfalismo e de sua euforia ululante, que é por piedade que Sônia Abrão pergunta, em pleno horário de almoço, à mãe que acaba de perder o filho: "A senhora está triste depois que o seu filho levou 37 tiros no rosto?". Não, está feliz, Soninha, rangerá aquele tricolor ranzinza passando à conferência do noticiário do time. O Fluminense de um craque, Deco, de um ótimo atacante, Fred, um goleiro emergente, Diego Cavallieri, um meia-esquerda oscilante, Thiago Neves, caminha para mais um título nacional. Ora, é um time inferior ao de Ricardo Gomes, Branco, Delei, Assis, Romerito, Washington e Tato, de 1984, de nível parecido com o de Conca em 2010. O que importa?, dança o Pó de Arroz. >>> Nada tenho , ele dirá, se o camisa 10 do São Paulo é Jadson, ou se o Flamengo ainda espera um farrapo humano de nome Adriano para ressuscitar. Que culpa tenho , o tricolor completará, equilibrando a gravatinha, se Fred é do meu time e na seleção joga Hulk, o mastodonte? O Fluminense tem Wagner, Edinho(o clone, bem inferior) e o arisco Wellington Nem, uma ligeira lembrança do que um dia foi Bufalo Gil, da constelação comandada por Rivelino em 1975 e 1976. Máquina formada pelo presidente Francisco Horta invencível no Ex- Maracanã e dominada fora do antigo Estado da Guanabara, pelo Internacional radioso de Falcão, Carpegiani, Batista, Jair e Lula, sob os cantos misturando pop e lirismo dos irmãos Kleiton e Cledir. Depois do golaço de Fred, sem-pulo letal após enfiada genial de Deco, outro veterano professor, Nelson Rodrigues ajeitou o paletó, pôs o cigarro no canto da boca e sorriu, sem querer escrever na máJUSTIÇA FEITA O jornalismo de esgoto tomou uma porrada merecida e exemplar. O STJ condenou o SBT e o apresentador Ratinho ao pagamento de 500 salários mínimos(calculados no ato do pagamento) ao técnico, comentarista e ex-craque da seleção brasileira Paulo Roberto Falcão. INTIMIDADE Falcão procurou a Justiça por danos morais. Ganhou na primeira e na segunda instância. Agora o STJ entendeu que o sensacionalismo violou a intimidade e a honra de Falcão e dos seus familiares. Se outros tomassem igual caminho, as telas( e a vida), ficariam mais nítidas. Dinheiro é o de menos. LÁ VEM O Vitória, pra lá de garanti-

quina de mármore que emoldura seu túmulo no Cemitério São João Batista. Tão genial, Nelson Rodrigues transformava timinhos do Fluminense em esquadrões imaculados feito o Real Madrid de Puskas e Di Stéfano. Fosse vivo, Nelson Rodrigues esnobaria Messi e o Barcelona. Palavra de Ruy Castro, o seu biógrafo póstumo. Seu nacionalismo de granadeiro bigodudo, preservava o Santos de Pelé e o Botafogo de Garrincha , mas jamais poupou o Honved, timaço húngaro dos anos 1950 e limitado pelo fantasma a "Escrete Húngaro do Armando Nogueira". >>> Futebol de verdade, com o brasileirismo que Nelson Rodrigues nem enxergava das tribunas do templo com o nome do irmão Mário Filho, mas traduzia melhor do que mortos e vivos, ninguém vem jogando no país. O Fluminense é o líder por competência e, sem ofensa, exceção. Bem coerente com sua história. Ganhou campeonatos com gols de barriga como o de Renato Gaúcho em 1995, formação com Lima e Sorley na zaga e Márcio Costa de volante. Aquele time venceu o Flamengo de Romário, Sávio, Branco, Marquinhos e William. Para o tricolor legítimo, ponto de vista diferente é subnitrato de fancaria. Levou taça com empurrão de Marco Antônio no goleiro Ubirajara em 1971 para o gol de Lula diante de um Botafogo esnobe. Campeão antecipado na presunção de Paulo César Caju e no brilho de Jairzinho, Zequinha, Carlos Alberto Torres e Nei Conceição. Para o tricolor genuíno, o gol foi mais legítimo do que a democracia restabelecida no Brasil, em 1985. O Fluminense é Nelson Rodrigues multiplicado por 11. O Campeonato Brasileiro é uma mediocridade e o tricolor não tem a menor culpa. Aproveita suas chances e mata o adversário na perícia e na astúcia. Clube dos nobres, o Fluminense conta em suas vitórias com o além de jogador invisível. O obscuro e o passional tão bem escritos por quem tece, a sete palmos, a glória que se desenha num deserto de futebol soberbo. Nelson Rodrigues, aquele para quem o discreto Joaquinzinho duelava com Gerson, o Canhotinha de Ouro, sentenciaria, bafejado pelo seu centenário de nascimento: O Gol de Fred, no FlaFlu, é o mais belo da história do futebol carioca. Desde ontem, hoje e amanhã. Para sempre antes do nada.

do na Série A, botou na cabeça que quer ser campeão da B. É só o que falam portais e jornais de Salvador. A ordem é ganhar todos os jogos daqui pra frente. Imaginem o que espera o ABC sábado no Barradão. OPOSTO O América em missão oposta. Em casa, pega um CRB em crise, com demissão de jogadores e clima de rebaixamento. Um jogo tão apetitoso quanto perigoso. É a partida mais fácil para o América pontuar na Série B. INVEJA Expulsou o craque Alex da Turquia. GRAVE Violência de torcida é corriqueiro, por mais doloroso. Pe-

noso é o Baraúnas, jogando uma semifinal em casa, receber apenas 1.600 pessoas no Estádio Nogueirão em Mossoró. MEMÓRIA Há 34 anos, o ABC vencia o Alecrim por 2x0 pela abertura do Segundo Turno do Estadual de 1978. Público de 6.052 pagantes no Castelão(Machadão) e gols de Jonas e Berg. TIMES ABC: Hélio Show; Vuca; Domício, Cláudio Oliveira e Noronha; Baltasar, Danilo Menezes e Noé Macunaíma; Paulo César Cajá(Moreno); Jonas e Berg(Dão). Alecrim: Batista; Ivã Montenegro, Ticão, Válter Cardoso e Gonzaguinha; Nilson Beckenbauer, Betinho e Roberto(Everaldo); Natã(Pepe), Libânio e Dalmo.

CMYK


Cultura

Terça-feira

Natal, 2 de outubro de 2012

O Jornal de HOJE 17

Fotos: DIvulgação

DANIELA PACHECO EDITORA DE CULTURA

“No Cafundó do Riso”, faz uma bandeira de luta, na defesa das tradições nordestinas, dentro desse consumista e acelerado mundo da globalização, retratando o matuto, não como a eterna peça de mangação, mas o seu lado de sabedoria popular e filosófica. Nos dias 4 e 5 de outubro, a partir das 20h, o show de humor matuto “No Cafundó do Riso” reestreia no palco do IFRN Cidade Alta apresentando causos, poesia popular nordestina, anedotas e músicas regionais. Os ingressos antecipados podem ser adquiridos na Casa do Cordel ou na ADEFERN. Conduzido por Geraldo Maia, e com trilha do músico Zé Martins, o show é uma readaptação da TV para o palco, pois apresenta o mesmo elenco que faz o Programa Cafundó – A Revista Eletrônica da Cultura Popular – veiculado na TV Assembleia Legislativa. “A ideia deste espetáculo surgiu naturalmente a partir da necessidade de apresentar estórias, causos, contos, entre outros que não cabe dentro de um programa de televisão”, conta Geraldo Maia em entrevista para O JORNAL DE HOJE. Mesmo trabalhando com o intuito de fazer o público rir, o conteúdo e todos os detalhes que constróem um bom espetáculo foi devidamente pensado.Como exemplo a trilha musical assinada pelo pesquisador de música popular Zé Martins, permeia a entrada e saída dos personagens: o Velho Mané Lourenço, um saudoso contador de causos, e o seu companheiro, Chico Bigode. Conta também com as estórias do bêbado Zé do Buraco, das fofoqueiras beatas Guilhermina e Filomena, o falso moral do Padre Biú e do irreverente Xéxeu, apresentador do Programa Valeu o Boi da TV Bandeirantes. A seleção da poesia popular prioriza temas com cunho político e costumes da nossa gente, seguidas de causos e anedotas. Na seleção de seus autores estão poetas como: Jessier Quirino (Comício do Beco Estreito e Conversa de Manicura), Chico Pedrosa (O Erro da Vendedora), Pinto do Monteiro,

NO CAFUNDÓ DO RISO

SHOW DE HUMOR DA TV

PARA OS PALCOS,

NORDESTINOS, EM João Saldanha, Antônio Pereira (O Poeta da Saudade) e Pompílio Diniz (Fuxico de Mulher). “O processo de seleção das estórias deste espetáculo são antigas. Porque desde 1997 comecei a estudar a obra de Câmara Cascudo. Daí surgiu meu interesse pela literatura popular como um todo. E, desde então venho selecionando naturalmente”, declara o comediante. Ele destaca ainda que o espetáculo faz rir, brinca com a imagem do matuto, sem ridicularizá-lo.

GERALDO MAIA APRESENTA OS TRADICIONAIS CAUSOS OUTUBRO, NO AUDITÓRIO DO IFRN CIDADE ALTA

“O que queremos é fazer com que o público potiguar tenha uma momento de diversão e prazer com o espetáculo “No Cafundó do Riso”, onde fazemos uma leitura da sabedoria do matuto. Não queremos contar um piada por contar ou ridicularizar a imagem do matuto. Enfim, mesmo com conteúdo, o tom do espetáculo é puramente de comédia”, lembra Geraldo Maia. O elenco é formado pelos experientes atores e comediantes Geraldo Maia, que faz os personagens

(Mané Lourenço – Padre Biú e Filomena), J.C Castro fazendo (Zé do Buraco o Bêbado e Guilhermina a fofoqueira) e Joe Reis no papel de Chico do Bigode e Xexéu o contador de causos e cordéis. “Acho que o público pode esperar um espetáculo de humor e informação. Um espelho da nossa cultura. A gente quer mostrar que o conteúdo pode ser divertido. Agora, longe de informalidade. Não é uma coisa didática. Mas, tem conteúdo. E, o melhor faz rir”, conclui.

> PROGRAME-SE

Lenine apresenta o espetáculo

“Chão” na capital potiguar “No início, havia apenas a palavra e meu principal significado de chão: tudo aquilo que me sustenta. Chão, quase onomatopéia do andar - que soa nasal e reverbera no corpo todo. É pessoal, passional e intransferível” – conta Lenine, explicando como surgiu a inspiração para o nome do disco e, consequentemente, da turnê. Sucesso de público e crítica, desde março deste ano, o espetáculo foi visto em mais de 20 cidades brasileiras, passando também por Chile, Argentina e Uruguai. Em junho, foi a vez do lançamento europeu em Paris, Toulouse, Milão e

Vienne. No dia 5 de outubro, às 21h, “Chão” chega ao Teatro Riachuelo, em Natal, em única apresentação. “Isso é só o começo” – canção que abre e fecha o novo show de Lenine, Chão, dá o tom perfeito à nova fase da turnê com o show que explora tecnologias como o surround e propõe uma experiência sensorial. Com direção musical do próprio Lenine, em parceria com Bruno Giorgi e JR Tostoi, o show tem em cena os três num espaço repleto de instrumentos e equipamentos eletrônicos responsáveis por reproduzir os ruí-

dos orgânicos que permeiam nove das dez faixas do disco, como “Chão” (Lenine / Lula Queiroga), “Envergo mas não quebro” e “Isso é só o começo” (Lenine/Carlos Rennó). Juntos, Lenine, Bruno e JR Tostoi ainda têm a incumbência de transpor os sucessos do compositor – indispensáveis – para essa nova atmosfera. “Jack Soul Brasileiro”, “Leão do Norte” (Lenine/Paulo César Pinheiro) e Paciência (Lenine/Dudu Falcão) são alguns deles. Para Lenine, levar “Chão” ao palco é mais do que simplesmente tocar as canções do álbum. A ideia é ambientar o espaço com os sons

como o canto do canário belga Frederico VI, o ruído ensurdecedor das cigarras no verão da Urca, a agonia da derrubada de uma árvore por uma motosserra, entre outros. “Chão”, produzido e tocado por Bruno Giorgi, JR Tostoi e por Lenine, é o décimo álbum de carreira do cantor e compositor. Numa evidente opção estética – instigada pelo canto de um pássaro, que invadiu a gravação de uma das faixas - o trabalho revela-se “eletrônico, orgânico e concreto”, com dez músicas inéditas, imersas na delicada intimidade de ruídos sem edição.

Cultura HOJE DANIELA PACHECO - danipacheco@hotmail.com SAMBA O Clube do Samba apresenta hoje, a partir das 22h, no Clube dos Empregados da Petrobras, o show do sambista Mário Sérgio (ex-vocalista do grupo Fundo de Quintal), que conta com a participação de Luizinho Nobre, Debinha e dos grupos Novo Grito e Roda de Bambas. Informações: 9132 0061 / 3208 1534.

com Dani Pacheco

FEIRA DO VINIL Na próxima quarta-feira, dia 10, das 14h às 21h, acontece a 1ª. Feira do Vinil, no Mercado Municipal de Petrópolis. Onde além da venda de vinis, CDs, DVDs, livros, revistas, artesanato, arte, antiguidades, entre outros, contará com as seguintes exposições: de vinis do Luiz Gonzaga (Colecionador: Sr. Tarcísio); de vitrolas Philips (Colecionador: Sr. César). E, as atrações musicais ficam por conta da discotecagem de Jão Meu Bem (Repertório: Bossa Nova, Jovem Guarda, Tropicalismo, MPB, Blues, Soul e Rock) e o show de Stácio Lee & His Brothers (Repertório: Rock Brasil anos 80 e Raul Seixas). Participações especiais: Giancarlo e Antônio Raul. "QUINTA CULTURAL" Contemplado em 2011 com o Prêmio Procultura Palcos Musicais Permanentes do Ministério da Cultura/Funarte, o Espaço Cultural Buraco da Catita dá início, a partir deste mês, ao Projeto "Quinta Cultural", com entrada gratuita e uma programação variada de shows com grupos e artistas locais, consolidando a vocação do Buraco da Catita como a casa do choro, do samba e da música instrumental. O projeto é semanal e vai até dezembro/2012. A estreia será nesta quinta-feira (4), às 21h, com o grupo Catita Choro e Gafieira. A entrada é gratuita. Informações: 2010 9185 / 9190 4460.

HOJE Nesta terça, véspera de feriado, a banda Uskaravelho faz show no Dublin Irish Pub, a partir das 23h. Informações: 9696 4069.

10ª EDIÇÃO DO FICI CHEGA A NATAL O Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI) leva para salas do Cinemark do Midway Mall, em Natal, filmes inéditos e clássicos, curtas-metragens brasileiros e internacionais, série de tevê, mostras especiais, além de oficinas de cinema de animação e debates. Mais de 100 produções podem ser conferidas na capital potiguar de 05 a 14 de outubro. A vasta programação é direcionada aos baixinhos, mas aqui cabe uma ressalva: jovens e adultos também participam desse grande evento. Em 2012, o evento chega à 10ª edição. Ingressos serão vendidos a R$ 7,00 e com promoções casadas para compra com pipocas. Confira programação no site: www.festivaldecinemainfantil.com.br/2012/

LUTHERIA DE RABECA Uma parceria entre o projeto Conexão Felipe Camarão e o IFRN, e patrocínio do BNB está permitindo a realização do curso junto aos projetos de extensão do Campus Cidade Alta, em Natal, vai permitir o Curso de Lutheria de Rabeca gratuitamente durante um mês e meio, nos turnos manhã e noite. As inscrições já podem ser feitas e as vagas são limitadas. O curso começa dia 15 de outubro e segue até 30 de novembro. As aulas serão ministradas na sede do Conexão, no bairro de Felipe Camarão, e também no IFRN do Centro. Para participar basta ser maior de 16 anos e ter interesse na cultura de tradição oral (música e confecção do instrumento). Os interessados devem entrar em contato com o Conexão Felipe Camarão através dos telefones 3605 7412 / 8896 5928 ou com o IFRN pelos números 4005 0960 / 8822 0669 / 9946 5250 ou 9401 5810. Visite o site: www.conexaofelipecamarao.org.br


18 O Jornal de HOJE

Cultura

Natal, 2 de outubro de 2012

Canal 1

BATE-REBATE w Ainda sobre a morte de Hebe Camargo, durante todo o sábado e domingo, foi absolutamente precisa a cobertura jornalística do SBT. w Se faz necessário este reconhecimento ao trabalho de Marcelo Parada e toda a sua equipe. w Ao contrário daqui, lá fora, boa parte dos canais já identificou a oportunidade de se alcançar um novo público com o lançamento de aplicativos para iPhone e iPad. w A rede de TV Al Jazeera, em in-

POR FLÁVIO RICCO - Colaboração: José Carlos Nery Globo

flavioricco@gmail.com.br

SBT perde dois dias para regulamentar uso dos meios sociais O pessoal do SBT tem cada coisa. Durante dois dias na semana passada, segunda e terça, os seus diretores e funcionários mais importantes foram reunidos, atendendo pedidos do vice José Roberto Maciel e do assessor de Comunicação, Edson Giusti. Quase 200 pessoas no total, para ouvir o que pode e o que não pode ser colocado nos meios sociais - Twitter, Facebook e companhia bela, no tudo o que diz respeito à emissora. Sobre o que acontece em seus interiores e as próprias atividades de cada um dentro da empresa. Na verdade, uma ordem disfarçada de recomendação. Foram duas manhãs inteiras só falando disso. O nome deste jornalista, o que muito nos envaidece, chegou a ser citado em várias oportunidades, mas apenas para exemplificar determinadas situações. Tudo certo, não tivesse o SBT, no momento atual, coisas muito mais importantes para resolver.

w À VENDA A cada dia surge uma novidade diferente sobre a Rede TV!. A de agora é que a Sony Pictures, através do seu vice-presidente de canais no Brasil, Alberto Niccoli, teria iniciado negociações para adquirir parte do controle acionário da emissora. Asseguram as mesmas fontes que esse flerte não é de agora. Já de algum tempo existe o interesse. w ENGENHARIA A Bandeirantes vai expandir o seu sinal nos estados de Minas Gerais, Acre e Tocantins. O projeto seria para o ano que vem, mas foi antecipado. Em Minas, atualmente, a Band atinge apenas a 488 municípios de um total de 853 no Estado. w OPERAÇÃO DE URGÊNCIA Eliana estava no Rio, sábado, quando recebeu a notícia da morte de Hebe Camargo.

Às pressas, pegou a primeira ponte-aérea e, à noite, em sua casa, antes de ir ao velório, gravou “cabeças” de uma entrevista com a apresentadora, levada ao ar no seu programa de domingo. w DATA PROVÁVEL A Record não crava, porque ainda resta fazer um ajuste na sua grade, mas a estreia da “Fazenda de Verão”, com apresentação de Rodrigo Faro, deve acontecer entre os dias 4 e 9 de novembro. Por “ajuste na grade”, entendase, aguardar a classificação indicativa para sua exibição. w PÉ NA ESTRADA A próxima edição do “Planeta Extremo”, no “Fantástico” da Globo, só irá ao ar no segundo semestre do ano que vem. Mas este próximo grande desafio do Clayton Conservani, gravado na região da Oceania, já pode ser antecipado. Trata-se de uma caminhada de mais de 60 quilômetros, mas que não envolve competição. w NO AR No último fim de semana, meio que discretamente, a Globo colocou no ar as primeiras chamadas de “Salve Jorge”, novela de Glória Perez, substituta de “Avenida Brasil” na faixa das 21 horas. Estreia no próximo dia 22.

A diretora Cininha de Paula inicia na segunda quinzena deste mŒs as grava ıes da sØrie de humor PØ na cova , que estreia na Globo em 2013. Miguel Falabella, autor,tambØm faz o protagonista, dono de uma funerÆria falida, casado com Mar lia PŒra. Luma Costa, filha do casal, ajuda a sustentar a fam lia realizando strip-tease pela Internet. A personagem terÆ vÆrias tatuagens, e um arsenal de perucas e fantasias para quando estiver trabalhando . Ficamos assim. Mas amanhª tem mais. Tchau!

NÃO AGRADOU Maquiagem, penteado e figurino foram os itens criticados, internamente na Globo, em relação à composição da personagem Morena, Nanda Costa, durante os trabalhos de “Salve Jorge” realizados na Turquia. Até em função disso, a protagonista já recebe um cuidado maior da equipe nas gravações aqui no Brasil. Serão quase duas pessoas diferentes.

w PREPARANDO A ESTREIA Rui Vilhena, colaborador de Aguinaldo Silva em “Fina Estampa”, participou de uma reunião no Projac, semana passada. O autor, como se sabe, prepara uma trama, passada nos anos 70 do século passado, para o horário das 18h. Já há quem aposte que a sua novela entrará depois de “O Pequeno Buda”, de Duca Rachid e Thelma Guedes, informação que ainda não é confirmada pela Globo. w ESPECIAL Roberto Cabrini iniciou a gravação e montagem de um programa especial, em homenagem a Hebe Camargo, que será levado

HORÓSCOPO Áries 21/03 a 20/04 Faro ótimo para negócios e para lidar com dinheiro também. O rápido e profundo aspecto que a Lua forma com Plutão, Urano e Netuno sintonizam você com os grandes temas em destaque no campo da política e dos costumes.

Leão 22/07 a 22/08 Quem pode dizer hoje o que é certo ou errado em matéria de amor, dinheiro e negócios é você mesmo. E aproveite o embalo astral pois será um dia de fechamentos e conclusões importantes. Bata o martelo numa decisão.

Sagitário 21/11 a 21/12 De início você pode se sentir um tanto perdido ou desconectado das pessoas. Depois, conforme o dia avançar, o astral permite bons encontros e muita inspiração. Somente não se desgaste em esportes pesados. Neutralidade.

Touro 21/04 a 20/05 Hoje a Lua transita seu signo, significando com isto o momento ideal para cuidar mais de você e cultivar tudo o que pode tornar seu estado de espírito mais animado. Saúde, aparência e cuidados com a beleza em destaque.

Virgem 23/08 a 22/09 Bem ao gosto do seu espírito observador e pratico, o dia flui fácil para você. As pessoas entendem a sua língua. Sua agenda também não será tantas vezes alterada na última hora. No amor, expressão positiva e entendimento.

Capricórnio 22/12 a 21/01 Quem rouba seu tempo não merece nem que você seja amável. Com tanto a fazer, cada minuto hoje é precioso. É o ponto em que inúmeros projetos convergem, e que ficará sabendo afinal o que tem relevância ou não tem.

Gêmeos 21/05 a 20/06 Aproveite o ótimo aspecto entre Mercúrio, Vênus e Saturno para tomar uma decisão bem fundamentada e responsável em relação a um amor e a seus filhos. Um ciclo está se fechando. Cabe a você reconhecer com dignidade tudo isto.

Libra 23/09 a 22/10 Quem vai acompanhar você numa empreitada de longo prazo tem de dar a resposta hoje. Definições e responsabilidades em alta. São momentos em que as diferenças devem ser superadas. Clima bom para o amor.

Aquário 21/01 a 19/02 Condições impostas por parceiros, sócios, clientes não valem muito hoje. O que vai decidir é sua capacidade de se entusiasmar com os projetos mútuos, as propostas que englobem um risco maior de aventura e liberdade de criação.

Câncer 21/06 a 21/07 Clima astral bom pra você cultivar suas amizades e fazer planos de futuro com algum amigo. Convite para participar de evento ou acontecimento de alcance são oportunidades para aumentar sua influência. Conexão forte no amor.

Escorpião 23/10 a 21/11 Chuvas e trovoadas no campo afetivo, mas uma boa dose de sensualidade e charme também. Se você não ceder as tentativas de manipulação, irá tudo bem. No trabalho, proposta finalmente é decidida. Mais encargos que terminam.

Peixes 20/02 a 20/03 Mais um dia para voltar atrás em medidas domésticas e rever o que decidiu antes. A boa noticia é o desfecho feliz de uma negociação que envolve familiar, imóvel e dinheiro. Proposta de viagem no horizonte. Observe seu amor.

RESIDENT EVIL 5 - (16 Anos) MOVIECOM 1 – Hora:17:55 / 21:00; Hora:17:55 / 20:00 / 22:05 (Sáb e Dom)

UM HOMEM QUALQUER - (16 Anos) MOVIECOM 3 - Hora:19:25; Hora: 15:25 / 19:25 (Sáb e Dom)

ABRAHAM LINCOLN - CAÇADOR DE VAMPIROS - (14 Anos) MOVIECOM 6 – Hora:19:35 / 21:50

E AÍ, COMEU? - (14 Anos) MOVIECOM 1 – Hora:15:50; Hora: 13:45 / 15:50 (Sáb e Dom)

LOOPER-ASSASSINOS DO FUTURO - (16 Anos) MOVIECOM 4 - Hora:14:25 / 16:50 / 19:15 / 21:40

CINEMA

À BEIRA DO CAMINHO -(12 Anos) MOVIECOM 2 – Hora:16:45 OS MERCENÁRIOS 2 - (16 Anos) MOVIECOM 2 - Hora:19:00 / 21:15 TOTALMENTE INOCENTES (14 Anos) MOVIECOM 3 – Hora:17:20 / 21:25

NA ESTRADA - (16 Anos) MOVIECOM 5 - Hora:18:10 / 21:00; Hora: 15:20 / 18:10 / 21:00(Sáb e Dom) HOTEL TRANSILVÂNIA - (Livre) MOVIECOM 6 – Hora:14:05 TINKER BELL - O SEGREDO DAS FADAS - (Livre) MOVIECOM 6 - Hora:16:05 / 17:50

glês, por exemplo, disponibiliza até mesmo o seu sinal, ao vivo, de graça e compatível com a maior parte dos dispositivos lançados pela Apple. w O canal Multishow iniciou negociações para a transmissão do “Lollapalooza”, em março do ano que vem, no Jockey Club, de São Paulo. w O evento terá três dias de duração e contará com a participação de 60 atrações nacionais e internacionais.

C´EST FINI

>> TV - TUDO w UM ERRO Na nota da novela “Meu Pedacinho de Chão”, publicada ontem, saiu erradamente que Teixeira Filho foi colaborador do Benedito Ruy Barbosa. Não foi. O Teixeira chegou a ser convidado, mas não aceitou. O Benedito escreveu os 185 capítulos sozinho.

Terça-feira

TED - (16 Anos) MOVIECOM 7 - Hora:19:20 / 21:35; Hora: 17:05 / 19:20 / 21:35 (Sáb e Dom) O DIÁRIO DE TATI - (Livre) MOVIECOM 7 – Hora:17:05; Hora:13:15 / 15:10 (Sáb e Dom) OBS: A aprogramação pode ser alterada sem prévio aviso. Favor consultar o cinema para confirmar o filme do dia.

ao ar no “Conexão Repórter”, do SBT, nesta quinta, depois da “Praça”. Autorizado pela família, Cabrini vai mostrar detalhes da intimidade da Hebe, coisas que ela guardou ao longo da sua vida e carreira. w MERECE DESTAQUE Está indo muito bem o “The Voice” na Globo. O programa se destaca pela sua qualidade e não deve absolutamente nada ao que é feito lá fora. Ao contrário, sem qualquer patriotada, chega a ser melhor. A produção e a direção do Boninho acertaram em cheio, daí a intensa repercussão nos meios sociais. Pela segunda vez consecutiva marcou 16 pontos no horário.


Cidade

Terça-feira

Natal, 2 de outubro de 2012

Heracles Dantas

“O rottweiler com pedigree é realmente manso e tranquilo” ERIVONALDO PINHEIRO ADESTRADOR

Adestramento de canino:

conhecendo os amigos SAIBA

COMO IDENTIFICAR E RESOLVER OS PROBLEMAS DOS CÃES, QUE

DEVEM ESTAR VACINADOS ANTES DO INÍCIO DE QUALQUER TREINAMENTO POR GERALDO MIRANDA GERALDOMIRANDA83@YAHOO.COM.BR

Ter um cachorro de estimação costuma ser a alegria e diversão de uma casa, porém, alguns donos têm de lidar com ciúme, desobediência e até agressividade por parte de seu cão. Isso pode complicar e muito a vida com seu animal. Para resolver este problema doméstico, pode ser necessário mais do que carinho ou corretivos, se faz necessária uma ajuda profissional. O tipo de comportamento do adestramento canino se inspira em dois pontos: respeito e confiança, que são os pontos trabalhados pelo treinador Erivonaldo Pinheiro, que trabalha com esta técnica há 13 anos. Erivonaldo Pinheiro fez seu primeiro curso de adestramento em Recife; hoje ele ministra treinamentos em agility, obediência básica e avançada, guarda residencial, guarda para empresas, guarda veicular e clicker, onde ele explicou que, indiferente do tamanho, todo cão deve receber o adestramento e assim evitar futuros problemas. O adestrador também explicou que, atualmente, o mais comum problema com os cães é relacionado à humanização de um animal doméstico que irá gerar futuros problemas. "Hoje, é necessário que cada dono tenha muito cuidado com seu cão, pois indiferente do tamanho ele precisa de adestramento para seguir as regras básicas de obediência, além de ensinar os locais específicos para fazer suas neces-

sidades. Porém, grande parte das pessoas humaniza o cão fazendo com que ele entre em conflito com o instinto do animal", explica o adestrador. Erivonaldo Pinheiro também informou que o primeiro passo ao adquirir o cão é conferir se ele já tomou todas as vacinas e, em caso negativo, o proprietário deverá providenciar todas para em seguida começar o treinamento. Ele informou que é importante ler sobre as características psicológicas de cada raça e, dependendo dos recursos, os primeiros treinamentos do cão serão os de "reforço positivo", que é um prêmio por cada tarefa cumprida e o de "reforço negativo", que uma punição que faça que o cão perceba que aquela ação não deva ser feita. "É importante que antes de tudo se confira se o cão tem todas as vacinas e foi vermifugado. Depois, temos que saber mais sobre as características de cada raça, pois os cães são como pessoas, cada um é diferente do outro. Já em relação ao treinamento, temos que mostrar a ele o que é certo e o que é errado logo de cara, e existe um treinamento para cada um deles. No caso do reforço positivo, ele tem que saber quando acertou e se recompensado por isso. Às vezes, até mesmo sem ser no treinamento eu utilizo uns petiscos para cães a cada coisa certa feita por ele, mas no caso do reforço negativo, eu coloco o enforcador na posição certa para não machucar o animal e dou um leve puxão dizendo não de uma forma firme. Assim

iremos ensinar o que ele pode ou não pode fazer", informa Erivonaldo Pinheiro. O JH foi a um canil de rottweilers, onde cinco animais estão em fase de treinamento. Segundo o proprietário, Carlos Russo, o tipo de atividade tem como objetivo preparar o animal para que ele seja treinado em obediência e também na guarda residencial. Na casa do criador, não se escuta nenhum latido de Tchico, Dakota, Lilí, Evita e Léo. Lentamente, Erivonaldo retira a cadela Lili e começa a dar os comandos básicos de obediência com o uso do enforcador e todos foram atendidos prontamente pela cadela. Em seguida, o adestrador retirou o pequeno Léo e mostrou os mesmos procedimentos, só que com o apito pra cães. "Aqui nós fazemos treinamentos diferentes por cão, onde cada um já sabe quando a ordem é para ele, porém isso leva tempo e dedicação de cada treinador. Eu gosto de acompanhar a evolução deles e também introduzir técnicas novas e mais eficientes", comenta. Outra observação do treinador é referente ao comportamento das pessoas diante dos animais, que deve ser o mais seguro e sereno possível, pois os cães não farejam medo, mas sim percebem pelos gestos dos donos ou pessoas a sua volta. "No caso do rottweiler, temos um cão forte, eficiente, silencioso e dominante, que sabe que você está com medo apenas pelo comportamento. Antes se dizia que quando tínhamos medo exalávamos adrenalina, porém já

se descobriu que isso era falso e eles percebiam pelos trejeitos". Além do medo, ele também explicou que para adestrar um cão adulto é mais complicado pelo fato do animal já ter vícios oriundos de sua residência. "É importante que o cão saiba o local dele, pois antes de tudo o animal tem que perceber que ele é um cão e não uma pessoa, depois verificar as características da raça para saber qual o comportamento do cão e nunca usar de violência contra o animal, pois isso não o fará entender o que você deseja dele. É preciso muita paciência e cuidado", diz. Erivonaldo Pinheiro repassou dicas para quem quer tentar adestrar seu cão em alguns passos, onde o primeiro é não usar de violência contra o cão e sim fazer como as mães dos filhotes fazem, que é pegar o animal pelo dorso sacudir um pouco e dizer "Não" com firmeza. A segunda regra é contemplar com prêmios por cada acerto (petisco ou carinho), já a terceira regra é relacionada à educação sanitária, onde se mostra o local e se dá a recompensa por cada acerto e a correção em caso de erro. A quarta regra é sempre procurar sair duas vezes no dia com o cão por 40 minutos, pois ele gastará energia e ficará tranquilo e em forma. E fechando as regras básicas de adestramento, o treinador informou que o dono não deve colocar o cão em locais como sofás e camas, mesmo quando filhote, pois assim o dono estará ensinado o cão que aquele local é de aceso dele.

Criador contradiz fama de feroz do rottweiler A raça rottweiler foi desenvolvida na Alemanha, por intermédio de açougueiros da região de Rottweil para o trabalho. Logo se tornou um eficiente animal de guarda e pastoreio, além de útil na tração. Esta raça é reconhecidamente uma das raças mais antigas, já sendo vista no século I em campanhas das legiões romanas pelos Alpes, tanto pastoreando, quanto guardando prisioneiros. Os rottweilers eram ainda usados para guardar dinheiro em longas jornadas. Devido à sua utilidade, tornou-se popular em todo o mundo. É uma raça descrita como de exemplares inteligentes, bravos e devotados. Fisicamente é um animal forte, de pelagem preta e curta, com marcações em mogno, sendo robusto e de estrutura compacta, que transparece força,

agilidade e resistência. Porém, estes animais ganharam a fama de mal humorados, e ferozes, coisa que é contestada pelo criador Carlos Russo, que já cria a raça há 14 anos. "As pessoas criaram uma imagem pelo fato de sentirem medo do cão pelo grande porte e força. Os rottweilers são cães calmos, dóceis e calmos tanto que eles não latem histericamente como os cães pequenos, a raça é injustiçada", explica. O criador informou que um dos grandes problemas para os criadores é a aquisição de animais miscigenados, onde a raça sofre alteração de temperamento devido às características da outra raça, aliada a má criação. "Temos que procurar difundir a aquisição de animais puros, pois o rottweiler com pedigree é realmente manso e tranquilo, o grande

problema é quando se misturam algumas raças com os cães os tornando mais temperamentais, isso aliado a uma criação errada", informa.

O valor de um cão do porte de um canil tradicional, como o Canil Von Olívio, varia dentre mil e quatro mil reais, sem os custos de transporte.

SERVIÇO: Erivonaldo Pinheiro - Adestrador Endereço: avenida Maria Lacerda Montenegro 712, Nova Parnamirim. Email: pinheirok9@hotmail.com Site: www.casadofilhote.com.br/pinheiroadestrador Contato: (84) 8817-0213 (84) 9153-4852 Descrição dos Serviços: Adestramento em Agility Adestramento de obediência básica e avançada Adestramento de guarda residencial Adestramento de guarda para empresas Adestramento de guarda veicular Adestramento de agility

O Jornal de HOJE 19


20 O Jornal de HOJE

Natal, 2 de outubro de 2012

Cidade

Terça-feira

Érika Nesi Moda & Atitude erikamnesi@hotmail.com

NATAL recebe Festival Internacional de Cinema Infantil – FICI

Ah, quer saber...

No mês da criança, um grande presente! Chega a Natal, o Festival Internacional de Cinema Infantil - FICI. Em sua décima edição, o FICI acontece de 5 a 14 de outubro, no Cinemark do Midway Mall.

Inauguração da Florbella

Já nos últimos detalhes para a abertura da nova Florbella, a empresária Ana Claudia Couto, reformou o ponto onde funcionava o “Cafofo”, onde eram vendidas peças de coleções anteriores, e a deixou com cara de casa de bonecas, no melhor estilo lúdico.

t t t

Filmes para crianças de todas as idades O festival vai exibir mais de 100 filmes para crianças de todas as idades. O evento oferece ingresso com preço especial (R$ 7), além de uma programação paralela com palestras, oficinas, mostras, entre outras ações. O evento tem o patrocínio da Petrobras através do Ministério da Cultura.

t t t

Evento de inauguração

Enquanto a nova Flobella não abre - que terá sua loja na Avenida Floriano Peixoto, perto da Catedral - está sendo montada uma estratégia nova de evento para que todos os públicos tenham acesso às peças da Coleção Verão 2013, que está linda. Traremos todos os detalhes

t t t

Em ano de estreia, Augusto Farfus é o primeiro brasileiro a vencer no DTM "Trabalhamos muito para isso e o resultado foi mais do que fantástico", diz piloto da BMW sobre a conquista inédita, neste domingo, em Valência, em uma das principais categorias do automobilismo mundial.

t t t

O look de Sabrina Sato no Programa Pânico

Várias mulheres encantadas com o look que Sabrina Sato usou no último programa Pânico na Band. Era um vestido branco com recortes na parte da frente e muitas tachas imensas douradas, releitura do que Anna Dello Russo, editora da Revista Vogue internacional, usou dia desses.

Marcondes Oliveira, Santiago Jr., Dr. Alberto, Vicente Freire, Paulinho Rocha (Buda)

t t t

Augusto Farfus Jr. marcou seu nome na história do DTM Campeonato Alemão de Turismo - ao conquistar a primeira vitória de um brasileiro na categoria durante a nona etapa da competição, neste domingo (30), em Valência, na Espanha. Largando da pole position, o curitibano da BMW imprimiu um ritmo forte, liderou praticamente toda a corrida e cruzou a linha de chegada com uma vantagem de 8.406s para o francês Adrien Tambay, da Audi.

t t t

Fabulous by Yolla Village

A marca da peça maravilhosa é Fabulous. Aqui em Natal, a Yolla Village detém exclusividade e mais, você pode escolher o vestido que quiser através do look book. Perfeito! t t t

t t t Nelson Varela Barca, Vicente Freire e Renata Motta

Ana Karla e Serginho Azevedo

Você já fez sua mamografia este ano?

Se ainda não fez, corra e faça, pois o diagnóstico precoce é a maior arma contra o câncer de mama. Num mundo conturbado como este em que vivemos, onde mal temos tempo de nos cuidar, tira poucos minutos de um dia apenas, pode ser muito, e pode salvar a sua vida.

Retorno da BMW após 20 anos longe da categoria Augusto foi um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento do modelo M3 DTM em um processo que levou cerca de um ano para ser concluído. Em sua temporada de estreia no campeonato e no ano de retorno da BMW após 20 anos longe da categoria, o piloto do Team RBM tem conseguido resultados expressivos. A próxima e última etapa será realizada no dia 21 de outubro em Hockenheim, na Alemanha, mesmo local de abertura da temporada.

t t t t t t

Grupo Reviver

Foi criado entre algumas mulheres que já tiveram a doença ou estão passando por ela, por médicos e outros profissionais, com o objetivo de disseminar a ideia do autoexame e da cura precoce. Esta colunista foi tocada por uma das integrantes, Uianê Azevedo, e, desde já, abrimos nosso espaço para a divulgação de tudo isso. Se você quer se engajar também, basta mandar um e-mail pra coluna, com seus dados. Se cada umfizer a sua parte seremos imbatíveis. Fé na vida!

Vitória histórica

Pedro Cavalcanti e Eduardo Patrício

Bento Herculano Duarte e Vicente Freire

"Foi uma vitória merecida e não por sorte. Trabalhamos muito para isso e o resultado foi mais do que fantástico. Fico muito feliz também por ser a primeira vitória brasileira no DTM e sei que com isso estou escrevendo um pedacinho da história da categoria. Além disso, fui o melhorrookie da temporada, o que era um de nossos objetivos. Para a BMW e o Team RBM foi a confirmação de que somos um conjunto competitivo e que podemos brigar pelas primeiras posições. Estamos satisfeitos por converter nosso potencial em resultados efetivos".

t t t t t t

Lançamento de mais uma publicação de Bento Herculano

Corrida "A boa largada e o primeiro trecho da prova foram decisivos para o resultado final. Estávamos com um ritmo extremamente forte e o carro se comportou muito bem. A BMW também conseguiu simular corretamente o desgaste dos pneus, apesar de a pista ter sido recapeada recentemente, e pudemos adotar a estratégia adequada para garantir a vitória com uma boa vantagem".

Logo mais às 19h, na livraria Saraiva, no Midway Mall, o juiz Bento Herculano Duarte, irá lançar seu 12º. Livro, “Os princípios do Processo Civil”. t t t

Diversão e alto astral inspiram o verão O Boticário

t t t

O verão está chegando e junto com ele o sol, o calor e as férias. A época é ideal para curtir os amigos, namorar e dar uma pausa na correria do dia a dia. Inspirado nesse clima de alegria e descontração, O Boticário apresenta duas novas fragrâncias Acqua Energia da Manhã e Acqua Magia do Entardecer. As novidades já chegaram às 3.260 lojas.

Míriam Almeida, Maria Luiza Lamas, Patrícia Ramalho e Lídia Barreto

t t t

Cores alegres que combinam com as notas vibrantes

“Os lançamentos trazem nas embalagens cores alegres que combinam com as notas vibrantes das splashes e que, juntas, levantam o astral. A linha Aqcua tem fragrâncias suaves que podem ser aplicadas várias vezes ao dia para renovar a sensação de refrescância”, explica Marselha Tinelli, gerente de Categoria Perfumaria de O Boticário.

As irmãs Luiza Marilac e Maristela Freire

Diógenes Álvares, Gilberto e Betinho Costa

Confira o resultado da corrida em Valência: 1. Augusto Farfus (RBM BMW) - 46 voltas 1h08min22s522 2. AdrienTambay (Abt Audi) - a 8.406 3. MattiasEkstrom (Abt Audi) - 8.967 4.Filipe Albuquerque (Rosberg Audi) - a 23.067 5.Mike Rockenfeller (Phoenix Audi) - a 28.066 6.Bruno Spengler (Schnitzer BMW) - a 39.831 7.Rahel Frey (Abt Audi) - a 48.318 8.Andy Priaulx (RBM BMW) - a 49.562 9.Dirk Werner (Schnitzer BMW) - a 58.327 10. Jamie Green (HWA Mercedes) - aa 1:10.596 11. David Coulthard (Mucke Mercedes) - a 1:12.228 12. Christian Vietoris (HWA Mercedes) - a 1:20.388 13.Susie Wolff (Persson Mercedes) - a 1 volta 14. Ralf Schumacher (HWA Mercedes) - a 1 volta 15. Joey Hand (RMG BMW) - a 4 voltas 16. EdoardoMortara (Rosberg Audi) - a 8 voltas Bom feriado!


flip 02/10/2012