Issuu on Google+

Gravataí, 16/09/2013 - Pág. 1

► EDUCAÇÃO

Pais reclamam do transporte escolar da Prefeitura Pág. 6

ANO 9 - EDIÇÃO 1811ª - DIÁRIO - SEGUNDA-FEIRA, 16 DE SETEMBRO DE 2013 - R$ 1,00

Circulação nos municípios de Gravataí, Cachoeirinha, Glorinha e Santo Antônio da Patrulha

► BICHARADA

► DESCASO

Canil Municipal amplia espaço para atender animais em situação de risco Pág. 7 ► HOMENAGEM

Armando Bonisoni recebe título de Cidadão Gravataiense Pág. 8 ► POLÍCIA

Idosa corre risco de morte enquanto aguarda cirurgia no Hospital Dom João Becker Pág. 5

Prisão por tráfico de drogas cresce Pág. 9 ► ESPORTE

Jogos Escolares Municipais iniciam amanhã Pág. 10


Gravataí, 16/09/2013 - Pág. 2 AS GRAVATADAS

A ECONOMIA GLOBAL, A BALANÇA ENERGÉTICA E A INDÚSTRIA AUTOMOTIVA Por Horst Bergmann*

ATÉ QUANDO? Em uma semana do Programa Lixo Zero, que aplica multa para quem joga lixo no chão, a Prefeitura do Rio de Janeiro diz ter diminuído em 34% a varrição das 75 ruas onde as equipes realizaram as autuações. Na capital carioca as equipes atuam nos mesmos moldes dos agentes e guardas municipais com uma mini-impressora que identificam o infrator com o CPF e emitem na hora a multa. Caso não pague, o autuado terá o nome enviado para serviços de restrições ao crédito. Eles fiscalizarão o público nas calçadas. Quando Gravataí vai acordar e começar a multar seus sujões? Voltaremos... Prezados leitores, esta coluna também é sua, para falar conosco ligue 3423.1792.

LOTERIAS MEGA SENA - Conc. 1211

09 - 12 - 19 - 21 - 30 - 38

O ambiente econômico e energético mundial vem passando por grandes transformações, notadamente nos últimos cinco anos. Sob o impacto de fatores, como a crise econômica de 2008, a expansão da produção de gás natural nos Estados Unidos e a crise nuclear japonesa, o tradicional equilíbrio de forças da balança global tremeu. Esse movimento fez disparar os radares da indústria automobilística, que, movida à eficiência, intensificou a busca de novas soluções para um mundo novo. Que novo mundo é esse? Um olhar rápido para o lado ocidental do globo revela uma Europa com problemas econômicos e disparidades não pequenas entre as regiões Sul e Norte do continente - a primeira com mais dificuldades que a segunda. O esforço do Japão para uma virada em sua economia resultou em um crescimento rápido no primeiro trimestre deste ano, mas atribuir peso às cifras de três meses seria desaconselhável diante das oscilações de humor dos mercados. Enquanto isso, os Estados Unidos receberam uma

LOTERIA FEDERAL - Conc. 04797

1º 51.173 2º 92.664 3º 33.662 4º 83.226 5º 59.623

PREVISÃO DO TEMPO Segunda-feira Mín. 14° Máx. 27° Dia de sol, com nevoeiro ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde.

Registro nº 39987 do Livro A-4 Filiado à ADI Filiado à ADJORI

Representante Comercial: (51) 3272-9595

jornaldegravatai@terra.com.br jornaldegravatai@gmail.com

Publicação da Empresa Gráfica Jornal 2M Ltda. CNPJ nº 03.851.285/0001-62 Tiragem – 8.000 exemplares Diretor geral: Moacir Oliveira Menezes Diretor administrativo: Gabriel Diedrich Departamento comercial: Adilson Mendes Redação: Katterina Zandonai, Karina de Freitas e Claudio Oliveira Editor-chefe e Diagramador: Giulliano Pacheco Colaboradora: Edenir Raupp Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, nº 6525 - Pda. 63 CEP 94.070-001 - Gravataí - RS - Brasil Telefones: (51) 3423.1792 - 3421.3381 Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores.

injeção de ânimo e tanto para sua recuperação, já em curso – a expansão da produção doméstica do gás natural, responsável por acentuado recuo na importação líquida de petróleo do país, e que baixou o custo local do gás para cerca de 20% do preço do petróleo. Trata-se de um efeito importante mesmo para uma grande economia, com ganhos de competitividade que podem ser tão espetaculares para os americanos quanto ameaçadores para os exportadores do produto, como a Rússia, que desde 2011 leva gás natural diretamente à Alemanha via mar Báltico e tem planos para outros países da União Europeia. Falando em Rússia, na raia dos emergentes chamados BRICS, as perspectivas continuam melhores que as da Europa, do Japão e dos EUA, mas o atrativo dos países que dão nome a essa sigla não é mais o mesmo, e permanece mais por conta de seu famigerado potencial do que propriamente pela confiança que sua estabilidade política e econômica, e seus históricos problemas estruturais inspiram nos investidores. No Brasil, os efeitos adicionais positivos dos eventos esportivos e da

supersafra agrícola são inegáveis, mas o País não cresce como se esperava e ainda se debate na deficiência de sua infraestrutura. Vale lembrar que, na área energética, a solução etanol supre apenas 50% das necessidades brasileiras, considerando-se nessa conta os veículos comerciais pesados, movidos a diesel. O tigre asiático chinês diminui sua velocidade de crescimento e já não produz tão barato quanto antes, superado pelo Vietnã. A Índia tem potencial, mas tem também problemas de ordem sociocultural que atrapalham seu desenvolvimento e assustam investidores. Em meio a tantas nuances do cenário mercadológico internacional e disputas por parcelas de mercados, o caminho da indústria é o de sempre - o aprimoramento contínuo para eficiência e competência cada vez maiores. Dona de produtos de alta complexidade para consumidores exigentes e em constante mudança, a indústria automobilística percebeu muito cedo que precisava fazer muito mais que a lição de casa. Partiu para a modularização na manufatura para melhorar a flexibilidade e a velocidade da produção com

custos menores, e intensificou esforços no desenvolvimento de tecnologias para veículos cada vez mais econômicos no consumo de combustível e emissão de poluentes, com novos motores e materiais mais leves. O desafio, entretanto, permanece, e cresce exponencialmente a cada nova cartada no jogo da matriz energética mundial e novidades tecnológicas alcançadas por este ou aquele fabricante. O que vai ser? Elétricos? Híbridos? Petróleo? Gás natural? Diesel? Biodiesel? Etanol? Aço? Alumínio? De qualquer forma, os novos tempos nos avisam que inovação é a resposta. A complexidade e a importância desse tema para o futuro e o desenvolvimento científico da engenharia em âmbito mundial nos empurram para o debate. Por essa razão o Comitê Internacional do Congresso SAE BRASIL 2013, que se realizará de 7 a 9 de outubro, convidou uma seleção de líderes da indústria automotiva mundial para o debate. *Horst Bergmann é diretor do Comitê Internacional do Congresso SAE BRASIL

“EMENDAS INDIVIDUAIS E A TAXA DA MENTIRA” Por Valdir Andres Passam-se os anos, governos se sucedem, e o processo continua o mesmo: os prefeitos viajam a Brasília para bater de porta em porta em busca de emendas ou da liberação delas. Apesar de institucionalmente humilhante, é a alternativa que resta aos gestores municipais. A concentração de recursos na União faz com que as comunidades não tenham orçamento suficiente para suas grandes obras. Mas mesmo esse caminho é muito tortuoso: tem pela frente burocracia, atrasos, falta de estrutura e de técnicos, interesses secundários, entre outras barreiras. E quando finalmente se comemora o anúncio, o pagamento dos recursos fica ao sabor de acordos políticos, tornando-se moeda de troca do governo federal

para as votações no Congresso. Um estudo produzido pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), divulgado recentemente, mostra de forma cristalina essa realidade. Entre 2002 e 2012, as emendas autorizadas totalizaram R$ 134 bilhões, dos quais somente R$ 22,7 bilhões foram pagos. Ou seja: do previsto, cumpriu-se apenas 16,9%. Apesar de áspero, preciso ser sincero na conclusão: tivemos 83,1% de engodo. O levantamento também revela que 4.541 municípios tiveram emendas consignadas, mas 38% deles não obtiveram a verba devida. Das 5.568 cidades brasileiras, 629 não receberam valor algum de emendas nos 11 anos avaliados. Detalhe: todas as comunidades esquecidas têm menos

de 50 mil habitantes, e provavelmente são as menores e as mais pobres. A situação dos municípios gaúchos, nesse contexto, é tão ou mais grave. Do total de R$ 527,6 milhões em emendas aprovadas, apenas 15,3% do valor chegou de fato à população. A taxa de mentira chega a 84,7%. Outro escândalo: das nossas 497 cidades, 107 nunca foram contempladas _ o que significa um quinto. Isso mostra que a distribuição dos recursos federais aos municípios deve ser modificada já. O atual modelo foi deformado a tal ponto, que passou a servir, quase que exclusivamente, como meio de barganha política. Dessa forma, as necessidades sociais abrem caminho para o fisiologismo _ quando o Orçamento federal deveria ser impessoal e

transparente. Quem paga o preço é a população, que produz, gera emprego e renda em sua comunidade. O Orçamento Impositivo, recentemente aprovado, é um bom começo. Mas é preciso mudar a lógica desse sistema perverso em sua raiz. Por isso, a Famurs defende a extinção das emendas individuais. Propomos a distribuição proporcional automática desses valores através do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Será um excelente caminho para mudar o Pacto Federativo. Uma mudança com reflexo na vida dos municípios e, portanto, das pessoas. E o fim de uma mentira. Presidente da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) e prefeito de Santo Ângelo.


Gravataí, 16/09/2013 - Pág. 3 " Lembro que a definição pela cidade de Gravataí se deu ainda durante as gestões passadas, com o apoio, inclusive, na época, da então prefeita Rita Sanco. Confio plenamente no bom senso do governador Tarso Genro e do secretário de Saúde, Ciro Simoni, e por que mudar uma decisão que teve amparo técnico e político? Renato Raupp Ribeiro - Prefeito de Glorinha

enquete JG Via página do Jornal de Gravataí no Facebook

Tema do dia: O que você acha sobre as leis no Brasil, elas correspondem aos anseios da população?

"Art. 6º São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição." Isso acontece?? A Constituição Brasileira não é cumprida. O Brasil é uma PIADA. O artigo 6° é aoenas um exemplo. Danuza E Maicon Silva

RESPOSTA SIMPLES NÃO!!!! Altair Machado

Atenção Leitores A coluna Social, assinada por Larissa Hoffmeister, nesta semana, excepcionalmente, será publicada na edição de amanhã (17), no mesmo espaço (contracapa).

Essa é uma coluna do povo para criticar elogiar e botar a boca no trombone sobre aquilo que os leitores entenderem por certo ou errado. Entre em contato com a redação, pelo telefone 34213381 ou mande seu e-mail para jornaldegravatai@terra.com.br. Junto mande seu telefone e endereço.

Greve encerrada Os professores estaduais decidiram interromper a greve iniciada em em 26 de agosto. Cerca de 400 filiados participaram da assembleia geral, no Largo Zumbi dos Palmares, no Centro da Capital, convocada pelo Cpers Sindicato a fim de analisar o impasse nas negociações com o governo gaúcho e a possibilidade de encerrar uma greve, que completou 25 dias mas, segundo o governo gaúcho, obteve adesão de menos de 6% da categoria e paralisou cerca de 1% das escolas da rede pública. Como não havia agenda disponível no Auditório Araújo Viana, o Cpers teve de agendar o encontro ao ar livre, mesmo sob um calor de 34ºC. O Estado já garantiu 24 mil promoções represadas desde o início da década, descartou cortar o ponto dos grevistas e admite rediscutir, sem suspender, a reforma do Ensino Médio. O impasse maior, porém, se refere ao pagamento do piso nacional do magistério. O governo garante ser impossível pagar o benefício enquanto o indicador for o custo-aluno do Fundeb, que foi reajustado em 22%. ano passado. O Piratini garante a intenção de pagar o piso, desde que ele varie com base na inflação medida pelo INPC. Em caso contrário, segundo o governo, são necessários pelo menos R$ 3 bilhões, verba que, conforme a Secretaria da Educação, não existe em caixa. Greve dos Correios continua Trabalhadores dos Correios no Estado rejeitaram a proposta feita pela direção da empresa e decidiram manter a greve iniciada na última quinta-feira. A oferta foi de aumento salarial de 8% e de 6,27% nos benefícios. Uma assembleia marcada, de início, para a tarde de hoje, foi cancelada, já que a definição sobre manter a paralisação ocorreu durante a passeata dessa manhã. Os servidores se concentraram em frente à sede dos Correios na rua Siqueira Campos e depois saíram em caminhada pela região Central. O secretário para assuntos jurídicos do Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos do Rio Grande do Sul (Sintect/RS), Rodrigo Alves, fala que um novo ato foi marcado para hoje. Os grevistas se concentrarão no Centro da Capital às 14h e devem fazer uma nova passeata. A expectativa, segundo Alves, é que funcionários de outros municípios também participem. A categoria quer reajuste de 47,8%, levando em conta perdas históricas e o índice da inflação. A estimativa do sindicato é que a adesão no Estado chegue a 70% entre os 8 mil profissionais, enquanto a direção da empresa fala em 14%. Defesa Civil está em novo endereço A Defesa Civil de Gravataí está em novo endereço. O órgão, deste a última semana, está funcionando na Rua Otávio Schemes, 3797, no Parque Municipal de Eventos Ireno Michels, junto a Secretaria Municipal de Obras Públicas. (SMOP) Conforme o coordenador da Defesa Civil, Frademir Lemos, a medida foi tomada para que o órgão possa ficar junto a SMOP, a qual pertence. “No local teremos uma estrutura mais ágil e poderemos dinamizar nosso mecanismo operacional, agregando novas ferramentas e acesso a tecnologias mais modernas”, destacou.

Senha do dia:

www.jornaldegravatai.com.br

As ideias e as estratégias são importantes, mas o verdadeiro desafio é a sua execução.


Gravataí, 16/09/2013 - Pág. 4

Dilma no Estado

e-mail:gabriel.diedrich@jornaldegravatai.com.br - Fone: 3421.3381

Morada Gaúcha A Câmara de Vereadores aprovou na última semana, por unanimidade, requerimento de autoria do vereador Dilamar Soares, que pede informações sobre o projeto de execução do prédio onde será instalada a Escola Municipal Professora Idelcy Silveira Pereira, e, considerando que o terreno é baixo e possui algumas vertentes em suas imediações, se existe também projeto de canalização prevendo escoamento da água da chuva. — Minha maior satisfação, foi ver aprovado outro requerimento que apresentei, que pede ao Poder Executivo, o estudo de viabilidade para instalação de Posto de Saúde e ou Creche no Bairro Morada Gaúcha, nas dependências, onde atualmente funciona a escola — destacou o parlamentar.

Cpers embreta professores Ao fim da assembleia dos professores que decidiu pelo fim da greve, na sexta-feira, a Secretaria Estadual de Educação se manifestou a respeito da paralisação que começou em 23 de agosto. Além de avaliar a mobilização como pouco representativa, o secretário Jose Clovis de Azevedo garantiu que as aulas vão ser normalizadas. Mais uma vez, a greve terminou em rotundo fracasso. Fica evidente que a direção do sindicato dos trabalhadores, presidida por líder do PT, enfrenta contradição insuperável ao estabelecer qualquer tipo de confronto com o ente patronal, no caso o governo do PT. O Cpers, ao longo dos últimos 20 anos, manejando receita anual de R$ 50 milhões, enfiou os professores gaúchos num beco sem saída.

Piso Regional As seis centrais sindicais do RS entregarão proposta de reajuste do piso regional ao Governo Estadual nesta segunda-feira, às 10h, na sede do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Centro Administrativo do Estado, 21º andar). O documento será recebido pelo secretário-executivo do CDES-RS, Marcelo Danéris. O piso abrange mais de 1,1 milhão trabalhadores gaúchos.

A presidente Dilma Rousseff antecipou a vinda ao Estado, onde está desde sábado à tarde, quando chegou a Porto Alegre. Ela vai hoje a Rio Grande para bater a quilha da plataforma petrolífera P-55, US$ 1,8 bilhão de dólares. Dilma também assinará o contrato para a construção da nova plataforma, a P-75, mas desistiu de tocar adiante a P-77, pelo menos neste momento.

Presidente da Câmara apoia contrato com o hospital

O

presidente da Câmara de Vereadores de Gravataí, Nadir Rocha (PMDB), reuniu-se na última sexta-feira com o secretário municipal de saúde, Jones Martins. Na pauta do encontro, ocorrido na Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a minuta do contrato entre a Prefeitura e o Hospital Dom João Becker. O documento teve parecer negativo do Conselho Municipal de Saúde, apesar de todos os avanços e melhorias de oferta de serviço aos usuários, atrasando o processo e prejudicando o atendimento à população que depende do SUS. — A posição do Conselho Municipal de Saúde ocasiona um prejuízo enorme para a população.

Esta postura, intransigente, é lamentável e não apoiamos este posicionamento. O atendimento na área da saúde já não é o que a nossa população merece, e com este atraso fica ainda mais prejudicado — declarou Nadir, com a experiência de quem tem um histórico profissional ligado à saúde. O secretário Jones Martins lembrou que a secretaria sempre trabalhou com transparência junto às instituições do Município, como a Câmara de Vereadores e o Ministério Público. Segundo o secretário, a Prefeitura buscará assinar o contrato junto ao Hospital Dom João Becker no menor prazo possível, evitando assim que a população tenha ainda mais prejuízos.

Partido Verde do RS empossa nova executiva O Partido Verde do RS promoveu a posse de sua nova executiva na última sexta-feira à noite, em evento realizado no plenário da Câmara de Vereadores de Porto Alegre. O ato contou com a presença de autoridades, filiados, membros de Executivas Verdes, vereadores, outras agremiações partidárias, prefeito, deputados federais, estadual, presidentes de outros partidos e a grande presença do presidente nacional do PV, deputado José Luiz Penna. A Executiva do PV RS ficou composta

da seguinte forma: presidente Marcio Souza, vice-presidente Osmar Luiz Oliveira da Silva Junior, vice-presidente Sergio Luis Stasinski, secretária da Mulher, Alice Comassetto, secretário de Administração, João Otávio Reinelli, secretário de Assuntos Jurídicos, Vinicius Renato Alves, secretário de Assuntos Parlamentares, Vladiz José Scorsatto, secretário de Comunicação, Marcio Pereira Ávila, secretário de Direitos Humanos e Diversidade, Gerson Rovisco, secretário de Formação Ati-

vo, Celso Luiz de Abreu, secretário de Juventude, Juliana Bramraiter, secretário de Mobilização, Felisberto Xavier Espíndola Neto, secretário de Relações Institucionais, Paulo César Freitas Gonçalves, secretário de Relações de Assuntos Executivos, Pedro Lorenzi, secretário de Finanças, Marco Antônio da Rocha, e secretário de Organização, Luciano Goldenberg. Com a nova formação, Gravataí segue tendo importante representatividade no comando do partido no Estado.

Subprefeituras atendem comunidades Com o objetivo de atender de forma mais rápida e direta às demandas das comunidades locais e aproximar ainda mais a Prefeitura dos cidadãos, a Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop) mantém cinco subprefeituras nos distritos de Barro Vermelho, Itacolomi, Costa do Ipiranga, Morungava e Morada do Vale. O Município ocupa uma área total de 463,758 km² (quase o tamanho de Porto Alegre, que tem 496,8 km²), sendo que apenas 26% (121,37 quilômetros) em perímetro urbano. As subprefeituras funcionam como a primeira instância na qual o morador se dirige para ter sua solicitação atendida. Em consonância com as secretarias municipais, as questões principais a serem resolvidas são agendadas e entram no cronograma de prestação de serviço. De acordo com o subprefeito do distrito de Barro Vermelho, José Telmo Pereira Marques, os distritos têm autonomia no que diz respeito à execução de obras. — Temos muitas demandas e procuramos atender da forma mais direta possível. Quando se fala em manutenções de vias e serviço de saneamento, temos total condição de encaminhar o mais rápido possível as providências e agilizar qualquer processo que envolva diretamente a população local — explica. Conforme o secretário municipal de Obras Públicas, Paulo Ricardo Martins, mais conhecido como Paulão, a secretaria fornece todos os equipamentos e materiais necessários para que as subprefeituras executem as obras, além de manter uma equipe volante de saneamento que atua nos cinco distritos. — Damos toda a estrutura para que as subprefeituras façam o serviço demandado pelas comunidades. Semanalmente, estamos incluindo os pedidos no nosso cronograma e realizando conforme a urgência. Nos casos mais sérios como os das nossas estradas, realizamos manutenções preventivas para garantir a segurança de todos — destaca. Ainda segundo Paulão, a equipe de saneamento passa uma semana por mês em cada local para tornar o serviço mais ágil. A Smop fica localizada na Rua Otávio Schemes, 3797, km 17, na ERS-118, junto ao Parque Municipal Ireno Michel. Contatos para sugestões, críticas e solicitações podem ser feitos pelo telefone: (51) 3489-1860 ou pelo email: smop@gravatai.rs.gov.br.


Gravataí, 16/09/2013 - Pág. 5

Idosa corre risco de morte enquanto aguarda cirurgia no Hospital Dom João Becker Família consegue autorização para a cirurgia, porém procedimento não é realizado Karina de Freitas

A

família de Cachoeirinha busca auxílio no Ministério Público, desde a última quarta-feira (11), para realização de cirurgia vascular na avó. A idosa está internada no Hospital Dom João Becker(HDJB), com procedimento negado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Dalila da Silva Duarte, de 84 anos, moradora do bairro Granja Esperança em Cachoeirinha, está internada desde 6 de setembro. A família encaminhou a avó que sentia fortes dores nos pés para a unidade em busca de atendimento pelo convênio médico. A idosa realizou exames e foi diagnosticada com infecção urinária. As fortes dores nos pés são em virtude da má circulação e entupimento das artérias sanguíneas da região abaixo das canelas. “A falta de circulação do sangue está apodrecendo os dedos e pode comprometer completamente os pés”, explicou o neto Vinícius Duarte, de 28 anos. Conforme o relato do jovem há riscos de infecção no sangue, desencadeando em uma infecção generalizada que pode levar a morte. O médico informou a gravidade do estado de saúde da idosa e a cirurgia precisa ser realizada com urgência. “ Devem ser amputados cinco dedos necrosados e o risco de amputação total dos pés podem aumentar caso o procedimento cirúrgico não seja realizado com rapidez”, relata aflito. Entenda melhor A idosa necessita de uma cirurgia vascular com amputação dos dedos diminuindo o risco de infecção, porém a unidade não dispõe desse tratamento oferecido pelo SUS. Internada segue fazendo tratamento para a infecção urinária. O médico do HDJB atestou ao município de Cachoeirinha, onde a idosa reside, o diagnóstico de necrose nos dedos dos pés direito e esquerdo. Ele ressaltou a necessidade de cirurgia vascular urgente, salientando inclusive, o risco de morte caso haja complicações no procedimento. Outros hospitais foram procurados pelo Hospital Dom João Becker e o atendimento foi negado pelas instituições. O cadastro na Central de Leitos do Estado também não foi possível, pois só podem cadastrar cirurgia endovascular, procedimento diferente do que a paciente necessita. “Os médicos disseram que não tinham o que fazer, pois foram negados os atendimentos, e se o problema agravar, ela corre risco de vida”,

desabafou o neto Vinícius Duarte, de 28 anos. Luta pela vida Desde a declaração do médico na última quarta-feira (11), os familiares procuraram a Defensoria Pública, Ministério Público, Assistente Social e Fórum de Gravataí e Cachoeirinha solicitando a realização da cirurgia da avó. O neto acompanhado de sua advogada conseguiu a Ordem Judicial no final da tarde da sexta-feira (13). A liminar do Ministério Público exige a realização da cirurgia em caráter de urgência, em até 48 horas a partir da decisão do juiz, na sexta-feira (13), no serviço público ou rede privada. Os custos devem ser arcados pela Prefeitura Municipal de Cachoeirinha, a cirurgia tem o valor estimado em R$ 20 mil reais. No final da tarde de sexta-feira (13), o neto Vinícius, a advogada da família e a Oficial de Justiça de Cachoeirinha entregaram a intimação do Ministério Público ao Secretário Municipal de Saúde de Cachoeirinha, João Tardeti, autorizando a realização da cirurgia na idosa em até 48 horas. Ontem (15), terminou o prazo estipulado no documento e a cirurgia não havia sido realizada até o fechamento desta edição. Segundo o neto, o Secretário informou que o horário de expediente já havia encerrado e no final de semana não seriam tomadas providências visto que os órgãos públicos retomam as atividades na segunda-feira. O neto relatou que o secretário de saúde, iria recorrer da decisão ju-

dicial na realização da cirurgia e os custos pagos pela Prefeitura de Cachoeirinha hoje(16). A família teme pelo estado de saúde da idosa que está internada há dez dias no hospital. “Minha mãe pode perder os pés ou até morrer pela demora da cirurgia”, desabafou o filho, Luiz Carlos da Silva Duarte, de 64 anos, que acompanha a mãe em internação no hospital. Duarte relatou que sua mãe está recebendo todo o atendimento necessário no hospital, embora não pudesse ser submetida ao procedimento cirúrgico. A idosa está lúcida e queixa-se de dores nos pés, está no leito de um quarto e a equipe médica faz os curativos regularmente.

Secretaria de Saúde de Gravataí A Secretaria de Saúde de Gravataí, informou que a cirurgia não pode ser realizada no Hospital Dom João Becker pelo SUS, pois é uma cirurgia de alta complexidade, que é atribuição do Estado. No fluxo normal, a paciente deveria ser cadastrada na Central de Leitos do Estado, aguardar na fila e fazer a cirurgia após ser chamada pela Central. O Hospital Dom João Becker não possui autorização do Ministério da Saúde para realizar a cirurgia através do SUS. Agora, como o Ministério Público ordenou a cirurgia, paga pela Prefeitura de Cachoeirinha, isto deve ser cumprido.


Gravataí, 16/09/2013 - Pág. 6

Pais reclamam do transporte escolar da Prefeitura Já virou rotina as crianças ficarem sem a van para ir até a escola Karina de Freitas

N

a última sexta-feira (13), a micro-escolar que transporta alunos do bairro Costa do Ipiranga até a escola estragou e os familiares precisaram buscar um transporte alternativo para os filhos não faltarem as aulas. Pais relatam problemas sofridos no transporte escolar da área rural do município. As crianças dependem do transporte oferecido pela Prefeitura para chegarem até as escolas. Os moradores relatam que os veículos que entram em manutenção não são substituídos por outros reservas para que o serviço não deixe de ser prestado. Segundo o aposentado Antônio Ribeiro, o neto de sete anos, estudante da EMEF Duque de Caxias, no bairro Itacolomi, tem dificuldades para ir a escola pela falta

de qualidade do transporte. O avô relata que tem dias que o serviço não é prestado. "Nos disseram que o transporte estaria normalizado. Nós precisamos de transporte todos os dias. Acredito que eles deveriam avisar com antecedência que a van não vai buscar as crianças. Assim os familiares procuram outra solução e as crianças não deixam de ir à escola", comentou. Os moradores informaram que a van não prestou o serviço nos dois primeiros dias da semana passada e na sexta-feira (13), o veículo estragou na saída do turno da manhã e os alunos da escola Santo Antônio de Pádua precisaram aguardar até que outra van para chegar em casa. "A prefeitura não está dando um suporte adequado a população. O município não tem um veículo reserva para atender a essas situações. Deve ter um veículo para substituir

Esclarecimento da Prefeitura Segundo esclarecimento da Prefeitura Municipal de Gravataí, os veículos que prestam serviço de transporte para os alunos da rede municipal na área rural do município são realizados por empresas terceirizadas. São duas rotas diferentes, o bairro Costa do Ipiranga é realizado por um veículo e o do bairro Itacolomi por outro. No bairro Costa do Ipiranga os alunos tiveram o transporte interrompido na semana da chuva, pois a van não conseguia subir até o local para fazer o transporte das crianças para as escolas do bairro. Na quinta-feira (12) e sexta-feira (13), houve problemas com a van nas proximidades da escola Santo Antônio de Pádua e essa pane foi no final do turno escolar, quando as crianças estavam sendo levadas para a casa após a aula. A Secretaria Municipal de Educação (Smed), estará acionando a empresa terceirizada que presta o transporte pelo Poder Executivo pelos reparos e veículos reservadas para substituir eventuais panes apresentadas na frota, relatou o diretor Administrativo Financeiro da Secretaria de Educação, Paulo Garcia.

FOTOS: DIVULGAÇÃO/JG

Pais relatam problemas sofridos no transporte escolar

enquanto está sendo reparado. O transporte escolar é um direito das crianças, principalmente nas áreas rurais", destacou Ribeiro. Assim como aposentado Antônio Ribeiro diversos moradores estão inconformados com a situação. Um deles que pediu para não ser identificado relatou que sua filha, de sete anos, também estudante da EMEF Duque de Caxias, ficou dias sem ir à escola pela falta de transporte do micro-ônibus. "A van fica quase duas semanas sem fazer o transporte dos alunos. Muitos não conseguem ir para a escola porque não tem condições financeiras de

irem de outra forma, como é o meu caso. Eu tenho o telefone do motorista da van, porque as vezes ele demora e ligamos para ver se vem ao não. Já ficamos mais de três vezes sem o transporte e por isso é mais fácil ligar e perguntar", destacou o pai. Segundo o pai, o mesmo veículo faz a rota do bairro Costa do Ipiranga e Itacolomi interligada. "Pega os alunos na saída da Escola Santo Antônio de Pádua na manhã. E vem carregando os alunos que vão entrar no turno da tarde do Duque de Caxias, ou seja, diversas crianças ficam sem ensino.", comentou.

Moradores relatam que tem dias que o serviço não é prestado.


Gravataí, 16/09/2013 - Pág. 7

Canil Municipal de Gravataí amplia espaço para atender animais em situação de risco

M

Obras de construção de 12 baias para cavalos já se iniciaram e devem estar concluídas em um mês

esmo com Gravataí sendo referência na adoção de uma política pública para o tratamento de cães, com as novas instalações do Canil Municipal, o espaço segue recebendo constantes melhorias. Mensalmente, chegam ao canil em torno de 90 animais vítimas de atropelamentos, maus-tratos ou abandono. O desafio, agora, porém, é criar espaço para o acolhimento de cavalos, vítimas de maus-tratos ou abandonados. “Esta semana, foi realizada a perfuração de um poço artesiano e iniciadas as obras para a construção de 12 baias para cavalos, com capacidade para dois animais em cada e que deve ser entregue em torno de um mês”, informa Márcia Becker, coordenadora do Canil. Segundo ela, existem cerca de 12 mil animais abandonados pelas ruas do município concentrados principalmente nos bairros Moradas do Vale, Rincão da Madalena e Costa do Ipiranga. A principal doença que acomete esses animais é a cinomose (mais informações abaixo). De acordo com a chefe de setor no Canil, Luana Duarte Trindade, quando os animais chegam (seja por denúncia de maus-tratos, por atropelamento ou abandono), eles passam por uma inspeção veterinária para que sejam avaliadas as condições físicas e o estado de saúde em que se encontram. Nesse momento, ficam alojados no setor da UTI, onde também é realizada a castração. Posteriormente, é feito todo o tratamento conforme o problema diagnosticado, com medicamentos, antibióticos, curativos e alimentação adequada. “Conforme o animal progride, vai sendo direcionado até chegar ao estágio em que está pronto para ser doado”, explica Luana. O local também é responsável por realizar serviços de castração de cães de estimação de famílias de baixa renda (beneficiados pelo Bolsa Família ou que recebam até um salário mínimo por mês), com intuito de impedir a procriação e aumento de abandonos.

Vende-se Vende-se frigideiras de Titânio, em três tamanhos. Frita sem óleo. Interessados tratar pelo Fone: 3497.7027 ou 9257.2865 com João.

MAUS-TRATOS No caso de denúncia por maus-tratos, os donos são intimados e têm um prazo de 15 dias para tomar as providências de cuidado com os animais. “Recebemos animais que foram espancados, que chegam até nós desnutridos porque não são alimentados. Estamos com um cavalo no pátio que teve um dos olhos arrancados, é triste”, lamenta Luana. Caso a ordem de cuidados não seja atendida, os cães são recolhidos ao canil, e os donos respondem a um processo judicial. PROJETOS Também existem projetos para a implementação de um gatil, um canil especial para animais deficientes e outro para filhotes doentes. O canil também receberá novas instalações para o centro cirúrgico, que contará com pré e pós-operatório.

Dados do canil Lotação atual Cães: 331 Cavalos: 19 Equipe 1 médica veterinária 8 tratadores 2 estagiários Atendimento - Endereço: Estrada Leonel Cabeleira Bitelo, 271, Costa do Ipiranga; - Telefone:3486-0229; - E-mail canil.fmma@gravatai. rs.gov.br; - Facebook: Canil Municipal Gravatai - O canil atende diariamente nos seguintes horários: de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30min às 17h. Aos sábados e domingos, segue o mesmo horário fechando às 16h; - Nos finais de semana, em caso de denúncia, pode-se ligar no telefone fixo ou nos celulares: Márcia Becker: 8515-9667; Luana Duarte Trindade: 8022-3846; - Também é possível acionar a Guarda Municipal através do 153.


Gravataí, 16/09/2013 - Pág. 8

Armando Bonisoni recebe título de Cidadão Gravataiense

A

Câmara de Gravataí realizou, nessa quinta-feira (12), Sessão Solene para entrega do título de Cidadão Gravataiense ao senhor Armando Bonisoni. A homenagem, proposta pelo vereador Gerson Rovisco (PV), foi aprovada por unanimidade dos vereadores. Além da Mesa Diretora do Legislativo: presidente, vereador Nadir Rocha (PMDB), vice-presidente, vereador Roberto Andrade (PP), primeiro-secretário, vereador Evandro Soares (DEM), segunda-secretária, vereadora Maribel Wagner (PCdoB), a solenidade contou com a presença do homenageado e do vice-prefeito de Gravataí, Francisco Pinho, representando o prefeito municipal. Natural de Porto Alegre, Armando Bonisoni, reside em Gravataí desde 1964. Em 1978, fundou a Nino Imóveis, que hoje atua em Gravataí, Canoas e região. Em 2012, a Nino Imóveis foi premiada como “destaque gaúcho” no programa Destaque Brasil, da Tv Band. Nos últimos anos, a Nino Imóveis sempre esteve entre as marcas mais lembradas no segmento imobiliário no prêmio Marcas e Líderes. Bonisoni

Sessão Solene homenageou empresário do setor imobiliário. tem orgulho de morar na cidade e de ter acompanhado o crescimento do município. PRONUNCIAMENTOS O proponente da homenagem, vereador Gerson Rovisco, falando pela sua bancada e, também, em nome das bancadas do PT, PSB, DEM, PMDB, PCdoB, PRB e PP, destacou a atuação empresarial de Armando Bonisoni e os valores cristãos com que conduz o seu negócio. “Esta Casa também tem o atributo de reconhecer aqueles que usam o seu trabalho para contribuir com a nossa cidade. Agradeço a Deus pela oportunidade de propor esta homenagem e aos demais vereadores que aprovaram por unanimidade o título de Cidadão Gravataiense ao senhor Armando Bonisoni.” O vereador Paulinho da Farmácia (PTB) exaltou a trajetória do homenageado e sua importância para o desenvolvimento econômico da cidade. “Prezados, exaltar um indivíduo que é sinônimo de sucesso profissional, é enaltecer o Sr. Armando Bonisoni, um grande empreendedor, proprietário da NINO IMÓVEIS, que destaca-se por ser figura marcante

nos dois séculos e meio de história de Gravataí, em que contribuiu com o desenvolvimento de nossa cidade, através de seu profissionalismo e conduta ética irretocáveis. O vice-prefeito, Francisco Pinho, comentou que conhece o homenageado há muito tempo e sempre o considerou um cidadão da cidade. “Essa Casa já prestou muitas e muitas homenagens, e todas elas são o reconhecimento de toda a comunidade gravataiense. Conheço o Nino há mais de 15 anos. Nos dias de hoje, ser empreendedor é muito difícil, e, ter sucesso por tanto tempo, é resultado de muita dedicação, capacidade e trabalho sério. Parabenizo também aos familiares, que contribuem nessa trajetória. Agora que você é cidadão

gravataiense, não precisa melhorar nada, apenas permanecer sendo esta pessoa maravilhosa e comprometida com o nosso município.” O homenageado manifestou a sua felicidade em receber o título de Cidadão Gravataiense, agradeceu à Câmara e fez uma deferência a sua esposa e aos filhos. “Eu faço um louvor a Deus por esta oportunidade extraordinária, que vai marcar a minha vida. Sou um homem simples e, nos meus 64 anos, essa é a primeira vez que falo em uma casa política. Agradeço ao apoio da minha família e da minha esposa, que acompanha a minha jornada há 42 anos. Os problemas não nos enfraquecem e, a cada dia, nos renovamos com os desafios.”


Gravataí, 16/09/2013 - Pág. 9

Apreendidos CD’s e DVD’s para pirataria em estabelecimento comercial de Gravataí

Hackers invadem e expõem dados de 50 mil policiais

Foram apreendidos nove mil unidades de cd's e dvd's e diversos aparelhos de informática utilizados para pirataria

P

oliciais da 2ª Delegacia de Polícia (DP) de Gravataí cumpriram mandado de busca e apreensão em uma loja localizada no bairro Parque Florido. No local, foram apreendidos nove mil unidades de cd's e dvd's e diversos aparelhos de informática utilizados para pirataria.

Também foram encontradas, em uma residência aos fundos do estabelecimento, três porções de maconha, totalizando 40g. O proprietário da loja e o morador da residência foram encaminhados à DP e irão responder ao inquérito em liberdade, por violação de direitos autorais.

Prisão por tráfico de drogas cresce na cidade Em patrulhamento de rotina no último sábado,14, policiais militares em viatura do Pelotão de Operações Especiais do 17º BPM flagraram, por volta das 10h, um homem com drogas na Rua Antônio Gomes Correa no Parque dos Anjos. Com C.V.L., 22 anos, foram apreendidos 320 gramas de maconha embaladas em sete pequenos pedaços, além de doze petecas de cocaína e um telefone celular. O suspeito foi levado até a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento(DPPA), onde foi autuado em flagrante por tráfico de entorpecentes.

Dupla caiu com crack e cocaína

Menor no tráfico

Na Morada do Vale I próximo a uma cancha de futebol, uma viatura do POE em patrulhamento prenderam dois homens por tráfico de drogas. A. C. S, 25 anos, V.A.R de 20 anos estavam com 17 cápsulas de cocaína e 26 pedras de crack, além de 50 reais em dinheiro. A dupla foi encaminhada para DDPA onde foram autuados em flagrante por tráfico.

Por volta das 18h30 o menor de idade, M.G.D. de 16 anos foi abordado por uma guarnição do POE na rua José Martins da Silveira e com ele foi localizado seis buchas de cocaína, e seis pequenos torrões de maconha, além de 85 reais em dinheiro, mediante aos fatos o menor foi encaminhado para a DPPA, onde foi autuado em flagrante por trafico.

Prisão em Alvorada Agentes da Delegacia de Capturas, do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), da Comarca de Alvorada, prenderam o procurado T. D. S. M., 20 anos. Segundo o delegado Eduardo de Oliveira Cesar, o capturado, que possui condenação de seis anos de reclusão, cuja pena deverá ser cumprida, inicialmente, em regime fechado, foi encaminhado ao Presídio Central, onde se encontra à disposição da Justiça Pública.

Os policiais da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática do Rio de Janeiro investigam quem são os responsáveis por invadir o site da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMERJ ). Os hackers, após roubarem os dados, os divulgaram no Facebook. Ficaram expostos dados pessoais de 50 mil agentes da corporação. O arquivo ficou disponível pra dowload por dois dias, entre quinta-feira (12) e sexta-feira (14), quando foi retirado do ar. O arquivo, de 8.900 páginas, continha emails, telefones, endereços e CPFs dos policiais. Em nota, a PMERJ lamentou o fato e que todas as providências já foram tomadas. O grupo responsável pela invasão promete novas ações nos próximos dias. Recentemente, invasões semelhantes ocorreram nos sites do Ministério Público Estadual, da Assembleia Legislativa, da Câmara de Vereadores e do Departamento Estadual de Trânsito do Rio (Detran-RJ). As autorias das violações foram reivindicadas por diversos grupos que apoiam as manifestações, criticam a ação da polícia nos protestos e a prisão de integrantes Black Blocs.


Gravataí, 16/09/2013 - Pág. 10

CERÂMICA TREINA FORTE NO VIEIRÃO

Jogos Escolares Municipais começam amanhã Competição deste ano terá número recorde de participantes com 35 escolas inscritas

B

O grupo de jogadores profissional do Cerâmica treinou forte na manhã desta sexta-feira, 13. Sob o comando do preparado físico, Maurício Mandracio, os jogadores fizeram um trabalho de força na academia e em seguida um treino de potência no campo. Os goleiros fizeram um treino específico, com bola. As duas semanas de paralisação nas disputas para o Cerâmica vão ser de trabalho intenso no Veirão. Na manhã desta sexta o grupo de atletas realizou um forte exercício de musculação, visando a preparação para o returno da Copa Metropolitana. No gramado do estádio a equipe deu piques curtos para potencializar o arranque em dias de jogos. Conforme Mandracio, quando se tem uma sequência muito grande de jogos, fica mais difícil de treinar a parte anaeróbica. Ele afirma que até o dia 29, quando o Tricolor de Gravataí volta a campo, vai ser possível recuperar o desgaste físico de alguns jogadores e também intensificar a carga em outros. “Vai ser importante para treinar e depois transferir para as partidas. Vamos retomar o trabalho de força, que também serve para minimizar as lesões durante a competição”, afirma. No sábado os atletas treinam pela manhã e retornam na segunda-feira. A próxima semana deve ser intensificada na parte física e na outra semana, a parte técnica e tática, sob o comando do técnico Gelson Conte. O Cerâmica joga no dia 29, em casa, contra o São José, pela Copa Metropolitana.

asquetebol, voleibol, futsal, handebol, xadrez, pingue-pongue, dama e atletismo são as modalidades que estarão em disputa nos Jogos Escolares Municipais 2013, promovido pela Prefeitura, através das secretarias municipais de Esporte e Lazer (Smel) e de Educação (Smed). A competição será disputada no Paladino Tênis Clube e Ginásio Aldeião, a partir de 17 de setembro. Os primeiros confrontos já estão definidos. A primeira modalidade a entrar em quadra será o futsal infantil masculino/competitivo, que terá o Paladino como sede. Nesta categoria, 20 escolas, divididas em cinco chaves de quatro equipes cada, disputarão o título. Simultaneamente acontecerão no Ginásio Aldeião as disputas do futsal infantil masculino

e feminino/participativo. Oito escolas no feminino e nove no masculino estão inscritas na competição. Todos os jogos têm início previsto para as 10h, logo após a cerimônia de abertura, que ocorrerá às 9h, no Paladino Tênis Clube. Os jogos serão disputados nas categorias mirim, infantil e juvenil, nas modalidades coletivas de basquete, vôlei, futsal e handebol e individuais de xadrez, pingue-pongue, dama e atletismo. Também serão desenvolvidas atividades alternativas, como enduro fotográfico, escolha da logomarca dos jogos, torcida organizada e a participação na abertura. Para o secretário de Esporte e Lazer, Luciano Oliveira, a edição deste ano dos Jogos Escolares Municipais será muito especial, devido à inscrição recorde de 35 escolas participantes. “Os Jogos

FOTOS: DIVULGAÇÃO/JG

Escolares une os alunos em torno do esporte, formando atletas e cidadãos. O número de 35 escolas inscritas é motivo de orgulho e estamos preparados para o início da competição no dia 17”, disse o secretário.

Os próximos jogos já agendados são: handebol infantil masculino e feminino/competitivo, dia 23; e o voleibol infantil masculino e feminino/ competitivo dia 25, todos a serem realizados no Ginásio Aldeião.

Gravataí participa de evento sobre a Copa do Mundo de 2014 A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Smdet), participou nesta quinta-feira (12) do evento ‘Legado do turismo no contexto da Copa do Mundo de 2014’, na Casa das Artes, em Bento Gonçalves. O palestrante foi o consultor da empresa de assessoria Cartan Global dos Estados Unidos da América, Daniel Gamba. De acordo com o diretor de Turismo da Smdet, Fernando Luis Marasca, grandes redes estão construindo 29 novos hotéis que ampliarão a capacidade receptiva em mais de seis mil leitos, sem contar os pequenos empreendimentos. “Esses investimentos abrem oportunidades para o desenvolvimento econômico e constituem um marco na história do turismo”, comentou Marasca. “Isto porque,

paralelamente à construção de estádios e às obras urbanísticas, está o legado que a Copa do Mundo 2014 deixará para o Rio Grande do Sul, ou seja, a qualificação profissional”, completou. Exemplo é o Pronatec Copa na Empresa, programa do Ministério do Turismo (MTur) em parceria com a Secretaria de Turismo (Setur/ RS), que oferta 6.500 vagas para qualificar trabalhadores do setor. Os cursos são oferecidos no local de trabalho e executados pelo Sistema S (Senai, Senac, Sesi e Sebrae entre outros) e institutos federais. A meta é qualificar 10 mil profissionais no Rio Grande do Sul até 2014. A Copa também aperfeiçoará 4.800 profissionais que atuam diretamente no atendimento ao turista no Estado. Em 2013, a Setur/RS,

em parceria com o MTur, qualificará taxistas, policiais, comerciários, frentistas, motoristas, cobradores e guias de turismo da Capital e de outros 11 municípios. Mais de 13 mil estudantes de escolas públicas estão aprendendo inglês, espanhol e libras pelo Pronatec Idiomas. Estes jo-

vens poderão ter na Copa sua primeira experiência profissional nas diversas vagas que serão abertas ou através do programa Brasil Voluntário, do Ministério do Esporte. A qualificação de profissionais é tão importante quanto às obras que a Copa deixará para o Estado.

Esporte arrecada 130 quilos de alimentos entre as equipes Cerca de 130 quilos de alimentos não-perecíveis arrecadados pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SMEL) foi repassado à Secretaria Municipal da Família, Cidadania e Assistência Social (SMFCAS) nesta quinta-feira (12). Os donativos foram coletados pela SMEL junto às oito equipes que participaram do Campeonato Municipal de Futsal Feminino 2013. Jun-

tamente com os alimentos, foram repassados a SMFCAS agasalhos doados rotineiramente pela população que procura o Ginásio Municipal Aldeião, um dos pontos de coletas. O Campeonato Municipal de Futsal Feminino, organização pela Prefeitura através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel), se encerrou no dia 5 de setembro, sagrando-se campeã a equipe

da Ponte Preta. Como ocorre em todas as competições organizadas pela SMEL, a inscrição e participação são to-

talmente gratuitas, porém são solicitadas doações voluntárias de alimentos não-perecíveis das equipes participantes.

Vende-se Vende-se frigideiras de Titânio, em três tamanhos. Frita sem óleo. Interessados tratar pelo Fone: 3497.7027 ou 9257.2865 com João.


Gravataí, 16/09/2013 - Pág. 11

Resumo de Novelas

Tempere o frango a seu gosto (ex.: sal, alho, etc.), reserve; Bata bem os ovos e acrescente a eles o queijo ralado (reserve mais ou menos 2 collheres de sopa). Passe as sobrecoxas, uma a uma na mistura anterior e vá colocando-as em um prato refratário. Coloque o leite aos poucos em um canto do prato refratário (não por cima das sobrecoxas) até a metade do prato. Leve para assar em forno quente até ficar bem dourado (o forno deve estar pré-aquecido). Uns minutos antes de tirar o frango do forno, coloque o restante do queijo ralado por cima. Nara Gomes Massulo - Nutricionista - naramassulo@terra.com.br

Gêmeos: Apesar de ter tido que enfrentar algumas dificuldades neste período, seu anjo da guarda está mais que alerta e constantemente do seu lado. Júpiter em Touro traz proteção e iluminação à sua vida neste período.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br Dividido (o prêmio) Espargido (tempero)

© Revistas COQUETEL 2011

Recurso Iguarias vendidas em do surdo tabuleiros nas ruas de Salvador Opõe-se à para compreender falas popa

Livro estudado pelo criminalista

O atual "blush" Muda de lugar Camada mineral explorável Presa; ligada É suprimida pela anestesia

Tarzan (Cinema)

Letra que, invertida, indica retorno

Planeta que possui apenas um satélite

Julia Roberts está vendendo no Havaí por R$ 38 milhões

Leão: Mercúrio entra no signo de Libra e mobiliza seus negócios e acordos ligados ao comércio, à comunicação e à publicidade. Nesta fase os negócios dão um salto. Estudos e viagens trazem mais movimento à sua vida.

Tricampeão de F1 que completaria 50 anos em 2010

R

U

G

Pediatria (abrev.) Nair de Tefé, a primeira mulher caricaturista do Brasil

Escorpião: Mercúrio começa sua jornada no signo de Libra e você sente uma necessidade ainda maior de reclusão e afastamento do burburinho social. O momento é mais voltado para a reflexão e para trabalhos solitários.

Giba, Guga e Marta Epopeia de Homero que narra a Guerra de Troia (Lit.) Ocimar Versolato, estilista brasileiro Número de cilindradas do carro 1.0 Fragmentos no piso da serraria Base

Ilhas (?), hábitat das tartarugas gigantes

BANCO

Sagitário: Mercúrio em Libra mobiliza ainda mais as amizades, novas e antigas. É hora de colocar a cara para fora e viver um pouco mais socialmente. As viagens e os trabalhos em equipe serão o foco de suas energias neste período.

Letícia Sabatella, atriz brasileira Necessidade emocional do bebê

O caráter da informação do noticiário Boné, em inglês

Virgem: Seu regente entra no signo de Libra e possibilita o aumento de seus rendimentos, especialmente se estiver envolvido com a comunicação. A fase é ótima para pensar em novas formas de ganhos e investimentos. Libra: Mercúrio entra em seu signo e movimenta sua vida. Vida social agitada, novas amizades, além de bons negócios e bons acordos comerciais. A fase é ótima para a comunicação e a publicidade. Estudos e viagens em alta.

E

Capricórnio: Mercúrio em Libra mobiliza sua carreira que já passa por um momento de mudanças e crescimento. Alguns novos projetos podem aumentar ainda mais sua motivação. Amor e relacionamentos estão em alta.

Fevereiro (abrev.)

Parte móvel do carro conversível

120

Solução

R S A T V E A D D O

Solução anterior

A D O I R U G E O I PE D N N A T A S L S S E U A L FE V O T A G O S CO

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora

Touro: úpiter continua transitando por seu signo e fazendo um ótimo aspecto com Plutão, mobilizando sua vida em direção a mudanças positivas e sucesso. Novos negócios continuarão surgindo, assim como novos amores.

Câncer: Dificuldades e problemas familiares pedem mais da sua atenção e comprometimento. Os carmas são desencadeados por Saturno. Mercúrio em Libra melhora os acordos, a comunicação e as conciliações.

A P I C R R A O R A D A E J S E T L E O V S C A A T Z A CA P A P A

Culinária JG

u Modo de preparo

L E I T U R A L A B I A L

MALHAÇÃO Anita se desespera com a revelação de Sidney sobre sua irmã. Sofia inventa para Meg que Ben foi para São Paulo. Micaela diz a Paulino que tem um compromisso e não pode sair com ele. Maura, Vanessa e Raíssa se consultam com Luciana, travestida de vidente. Gustavo descobre a armação de Luciana para conseguir informações sobre as vizinhas. Flaviana consegue que Sofia a ajude a transformar Micaela. Giovana canta a música que Clara e Guilherme compuseram para ela, e os amigos se reconciliam. Kamillah grava a apresentação de Giovana.

6 sobrecoxas (se quiser utilizar coxas, também pode); 2 ovos; leite (o quanto baste para cobrir a metade do recipiente); queijo ralado; temperos.

M I L I R A D G A

SANGUE BOM Bento descobre que o bazar de Amora foi uma farsa. Verônica expulsa Natan de sua casa. Érico implora que Renata fique com ele no hospital. Vinny vai morar com Wilson e Charlene. Fabinho vê Giane espiando Bento e Amora. Socorro invade a casa de Bento ao ouvir a discussão dos dois. Malu discute com Bárbara e a manda embora de sua casa. Emília sofre um mal súbito e Malu se desespera. Damáris tenta enganar Lucindo. Malu decide manter Bárbara em sua casa. Tina aceita ficar com Barrabás. Bento reclama de seu casamento para Salma e Gilson. Socorro fala para Amora que Giane e Malu colocaram os sapatos na casa de Bento. Bento encontra Fabinho na Acácia Amarela. Simone procura Amora na casa de Gilson.

Áries: Urano em seu signo continua apontando na direção das mudanças, no entanto nesta fase alguns sentimentos e emoções já estão mais estabilizados. O momento pede cautela e reflexão. Nada de atitudes impulsivas.

3/cap. 4/raiz — veio. 6/ilíada. 9/galápagos.

AMOR À VIDA Félix explica para Jacques seu plano para flagrar César e Aline. Pilar não acredita nas explicações para o atraso do marido. Eron conta para Niko que foi obrigado a não expor sua vida pessoal no hospital. Valdirene aparece no bar dos médicos e discute com Raquel e Inaiá por causa de Carlito. Vanderlei leva Valdirene em casa. Amadeu e Daniel procuram Leila, mas são destratados por ela. Félix é dissimulado ao falar com Paloma sobre sua internação, e ela perdoa o irmão. Jacques orienta o porteiro do flat com as ordens de Félix. César manda Aline avisar a Pilar que ele vai demorar para chegar em casa. Jacques avisa a Félix que seu pai está com a secretária. Pilar flagra César e Aline juntos.

FRANGO ASSADO AO LEITE u Ingredientes

Peixes: Mercúrio em Libra deixa você ainda mais fechado e introspectivo neste período. A fase pede limpeza emocional. Deixe para trás tudo e todos que não fizerem mais sentido em sua vida. Época de renovação. Aquário: A entrada de Mercúrio em Libra, signo compatível ao seu, traz movimento à sua vida através das viagens, dos estudos e dos contatos com pessoas de outras culturas. É uma ótima fase para começar um novo curso.


Segunda-feira, 16 de setembro de 2013

JORNAL DE GRAVATAÍ

EDUCAR PARA TRANSFORMAR VOCAÇÕES EM PROFISSÕES, CONHECIMENTO EM DESENVOLVIMENTO, TRABALHO EM QUALIDADE DE VIDA.

O Sistema FIERGS, por meio das suas entidades, promove a educação de diferentes formas, sempre para atender às necessidades da indústria. O Serviço Social da Indústria – SESI – desenvolve a qualidade de vida do trabalhador e de seus dependentes com foco em educação, saúde, lazer e cultura. O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI – atua na educação profissional e tecnológica e na transferência de novas tecnologias, desenvolvendo técnicas e disseminando conhecimentos. O Instituto Euvaldo Lodi – IEL – contribui para a competitividade industrial promovendo estágios a estudantes e ações voltadas ao empreendedorismo, além de preparar empresas, executivos e empresários para os desafios de gestão e inovação. São atuações diferentes em áreas distintas, mas com um só objetivo: Educar para transformar.

www.fiergs.org.br


Jg 181