__MAIN_TEXT__

Page 1

Entre em contato com a redação do JG pelo Whatsapp (51) 9 9415.3122

Gravataí, Segunda-feira, 3 de agosto de 2020 | ANO XV | Edição # 3512 | Diário | Venda avulsa R$ 2,00

Gravataí vai à Justiça para ser incluída em programa de testagem do Estado 3 CCR/Divulgação

O principal argumento é que Gravataí atende perfeitamente aos índices estabelecidos pelo Estado para definir a lista de 30 municípios contemplados

CCR ViaSul começa a orientar usuários sobre mudanças nas praças da Freeway

Informações são parte da Operação Branca, que inicia nesta quarta para alertar sobre as alterações nos pedágios de Gravataí e Santo Antônio em 15 de agosto 12

Mourão revela otimismo na superação da crise e fala em sustentabilidade ambiental para pós-pandemia

Município passa a oferecer novo método contraceptivo em projeto piloto PMG/Divulgação

Ecoponto de referência no Novo Mundo

8

OMS prevê que pandemia durará muito tempo

12 PMG/Divulgação

Para a OMS, é necessário continuar os esforços para a sua contenção em todo o mundo.

5

3


2

Variedades

Segunda-feira, 3 de agosto de 2020

PREVISÃO DO TEMPO

Com a pandemia da Covid-19, o comércio eletrônico tornou-se a principal fonte de renda do varejo. Mesmo com as lojas físicas reabertas, a tendência é que as pessoas continuem consumindo cada vez mais no modo online. Pesquisas comprovam esse comportamento, o e-commerce encerrou o primeiro semestre de 2020 com alta de 145% nas vendas, de acordo com estudo realizado pela plataforma Nuvemshop. Um levantamento do Instituto Locomotiva também ressaltou que 10% das pessoas entrevistadas não compravam pela internet e passaram a comprar durante a quarentena; 45% já compravam e passaram a comprar ainda mais nesse período; e apenas 10% dos participantes não fazem compras online.

Fonte: ClicTempo

opinião

FILME NACIONAL, DE TODOS OS GÊNEROS

Assistimos, só, não, somos em muitos deles os seus próprios protagonistas, mesmo contra vontade. Vivemos dentro deles. Outro dia um amigo comentava que se sente como se estivesse em um filme. Verdade absoluta, que me fez pensar nesse momento e daí descobrir ironicamente que estamos é vivendo intensamente dentro de todos os gêneros cinematográficos, inclusive os seriados. Ninguém sabe ao certo quando vai poder ir ao cinema, sentadinho no escurinho, com aquele balde de pipoca. Nem venham me falar em drive-in que não tem graça pagar uma grana preta para entrar em um estacionamento de carro e ficar ouvindo o som da tela pelo rádio, pedindo licença para ir ao banheiro, ou esperando um hambúrguer frio chegar pela janela. Aliás, sou do tempo de drive-in bem diferente, não sei se ainda sobrou algum, lembro de um enorme que havia aqui na Avenida Santo Amaro. De outra finalidade, era um box, com cortininha e tudo, valendo os embaçados vidros do carro, que

O presidente da República, Jair Bolsonaro, visita a cidade de Bagé, no Rio Grande do Sul, na última sexta-feira.

de vez em quando balançava, se é que me entendem. Mais barato e acessível que motel, que não eram tão numerosos como hoje. Está claro que vários filmes estão sendo produzidos diariamente diante de nossos olhos, e com conteúdo que dificilmente os melhores roteiristas do mundo seriam capazes de imaginar. Mas o melhor é observar a variada produção de filmes nacionais, brasileiros, que estão diariamente em cartaz. Ora chanchadas de péssimo gosto, ora comédias dramáticas. Temos até ficção científica no filme rodado por negacionistas e terraplanistas que inventaram um planeta diferente, todo achatado; agora acrescentaram ao enredo Ets esmagados que seriam usados em vacinas chinesas que nem existem, mas que já são contra, contra o coronavírus, uma gripezinha inventada para dominar o mundo segundo esses gênios criativos, que ainda adicionaram nessa fórmula sangue de fetos. Ficção de puro terror, para exorcista nenhum botar defeito. Os diálogos desse filme ruim também são encontrados

em filmes mais rigorosos, de cunho político, ou documentários desses tempos de pandemia. Neles, ou estamos integrados ou estamos como atingidos, as vítimas retratadas nessa tragédia para a qual a única trilha musical é macabra, e o letreiro inicial deve iniciar com in memorian trazendo já quase cem mil nomes. Se for escolhido fazê-lo como letreiros finais certamente serão bem mais, dado o desenrolar desse enredo em câmera super rápida. Interessante como os gêneros se misturam nesse cinematográfico Brasil. Faroeste/comédia: um presidente montado a cavalo correndo pelos campos do Nordeste empunhando em forma de arminha uma caixa de cloroquina; em outra cena, ele, cheio de empáfia, tira a máscara, corre atrás de emas nos campos do Palácio, que o bicam seguidamente. Manda o xerife que comanda facilitar que mais pessoas tenham armas, é aplaudido pelos filhos, pela claque da bala, pelos robôs do mundo digital. Nós só podemos prever que seja uma preparação para

click

ministeriais, lives, Brasília, cercadinhos, etc.) para todos os gêneros, sem exceção. Podem se misturar. Os figurinos, sempre todos péssimos, incluindo camisetas de time falsificadas. A trilha, em geral sertaneja (ou o hino nacional cantado de forma solene). Os objetos de cena: canetas Bic, caixas de cloroquina, fuzis, pães melados com leite condensado, carimbos com a cara da família estampada, cartazes antidemocráticos. Participações especiais do presidente Donald Trump e de trogloditas que estão saindo das cavernas de forma assustadora. Drama ou comédia, infelizmente, É Tudo Verdade. Pelo menos por enquanto. Mas precisamos editar esses filmes enquanto ainda é tempo de tirá-los do cartaz. Do jeito que estão, no máximo ganharão a Framboesa de Ouro. O tapete da cerimônia, como eles dizem, jamais será vermelho, a não ser tingido pelo nosso sangue, e de forma cruel.

MARLI GONÇALVES Jornalista

RADAR

Yuri Cougo Dias/Ishoot/Estadão Conteúdo

nas redes O País precisa valorizar o salário mínimo como instrumento de distribuição de renda e de geração de emprego. Ele é uma espécie de farol da economia. Para cada R$ 1,00 a menos no salário mínimo, o governo deixa de arrecadar R$ 0,54 em tributos. Paulo Paim | @paulopaim | Senador pelo PT/RS

um próximo filme, uma continuidade, desta vez de guerra. Ou catástrofe. Tem filme de espionagem, com dossiês sobre inimigos sendo preparados, fichas pessoais sendo levantadas por um bunker para o qual quem não está com eles é inimigo, de esquerda, comunista, gay, feminista, imprensa, categorias que pretendem exterminar porque lhes impediria de manipular a população como um Grande Irmão, personagem de um lugar aí que eles não sabem qual, quem que escreveu, do que se trata, mas ouviram falar; porque se tem um gênero de filme que não sabem fazer é o Cult. Os últimos meses, fatos, acontecimentos, ações, decisões, diálogos, registros, surgimento e desaparecimento de personagens, que incluem até astronauta, além de generais e quetais, pastoras e jabuticabeiras, gurus de araque, milicianos, entre outras caracterizações que é melhor nem lembrar, englobam e criam roteiros e cenários (queimadas, devastação da Amazônia, boiadas, reuniões

os ensaios clínicos e a A Rússia anunciou no sábado falta de transparência para (1º/8) que está planejando divulgar os resultados geram realizar a vacinação em massa questionamentos se Moscou está contra a covid-19 em outubro colocando prestígio nacional de 2020. O ministro da Saúde, antes da ciência e da segurança. Mikhail Murashko, disse à Aqui no Brasil, uma agência de notícias Interfax, representante do governo que o Instituto Gamaleya de estadual do Paraná esteve nesta Epidemiologia e Microbiologia, semana com o embaixador russo em Moscou, concluiu os ensaios para discutir clínicos e a uma possível documentação parceria e está sendo ofereceu a preparada para estrutura do registrar a Instituto de vacina e assim Tecnologia será possível do Paraná começar a (Tecpar) para campanha a produção. em outubro. Andre Melo Andrade/Estadão Conteúdo Os envolvidos Médicos e ainda não professores chegaram a um acordo. Em seriam os primeiros a serem São Paulo, o presidente do vacinados. Instituto Butantan, Dimas O Instituto Gamaleya está Covas, afirmou que o governo trabalhando em uma vacina da Rússia procurou o governo de baseada em adenovírus. No São Paulo para se associarem na entanto, a velocidade com que produção da vacina. G1 a Rússia está desenvolvendo


Cidade

Segunda-feira, 3 de agosto de 2020

3

Gravataí vai à Justiça para ser incluída em programa de testagem do Estado O principal argumento é que Gravataí atende perfeitamente aos índices estabelecidos pelo Estado para definir a lista de 30 municípios contemplados

Depois de ter sido deixada de fora do projeto Testar RS, anunciado no último dia 23 de julho pelo governador Eduardo Leite, a Prefeitura de Gravataí, por meio de sua Procuradoria-Geral do Município (PGM), ingressou na Justiça local, na última quinta-feira, 30, com uma ação civil pública com pedido de tutela de urgência contra o Estado do Rio Grande do Sul, pedindo que o Município também seja contemplado com a testagem. O principal argumento é que Gravataí atende perfeitamente aos índices estabelecidos pelo Estado para definir a lista

de 30 municípios contemplados. “Gravataí tem feito a sua parte, com muito esforço por parte do governo e da comunidade. Ampliamos a capacidade instalada dos serviços de saúde com novos médicos, ampliação de leitos de internação hospitalar e qualificação dos espaços para atender à comunidade com segurança, mas a testagem ampliada é indispensável para diagnosticar a nossa população”, reitera o secretário de Saúde de Gravataí, Jean Torman. “O Município de Gravataí apresenta índices maiores do que os obser-

vados pelo Estado, cujo mapa epidemiológico geralmente é atrasado comparado ao acompanhamento local realizado pelo ente municipal, sendo prejudicado pelos critérios referidos, impactando a população gravataiense que apresenta sintomas de síndrome gripal, pertencentes ao Grupo 3, mas que não conseguem atualmente acesso aos testes realizados pelo ente público”, sustenta o Município na ação. Conforme a ação, “além disso, o referido programa sequer apresenta cronograma de testes em relação ao Grupo 4,

referente a indivíduos que tiveram contato com pessoas portadoras diagnosticadas com COVID-19, ficando a população a mercê da propagação do vírus, tendo que recorrer a laboratórios privados para a realização do testes, o que certamente não configura atitude mais razoável ou eficaz para a prevenção e contenção da Pandemia do Coronavírus, ainda mais em situação de calamidade pública no Município. A Prefeitura reitera que “a ampliação da testagem para COVID-19 é indispensável para a identificação precoce dos grupos de

infecção e o isolamento de infecções sintomáticas e assintomáticas, reduzindo a transmissão do vírus e atenuando o crescimento da curva epidêmica”. “É fato público e notório que desde que a doença se espalhou pelo mundo, a principal lição oferecida pelos países que conseguiram controlar o contágio foi o uso massivo de testes seguido pelo rastreamento dos contatos de quem testa positivo. Tal combinação possibilitou que o ciclo de contaminação fosse quebrado, diminuindo então a quantidade de novas vítimas.” A Prefeitura de Gravataí sustenta

que “embora o Município esteja testando as pessoas que apresentem sintomas, dentro das suas possibilidades, mesmo assim é evidente que, diante do aumento da contaminação na cidade, tal medida não é mais suficiente e resta imperioso testar toda pessoa que tenha contato com um caso confirmado”. A justificativa é que mesmo pessoas sem sintomas podem estar contaminadas e, então, contaminar outros indivíduos. Além disso, a pessoa pode ser pré-sintomática e ainda não apresentar sintomas, mas igualmente já pode contaminar outros contatos.

Município passa a oferecer novo método contraceptivo em projeto piloto O implante subcutâneo poderá ser solicitado em qualquer unidade de saúde do município e será totalmente gratuito

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) está se preparando para colocar em prática um projeto piloto de método contraceptivo. Na tarde da quinta-feira, 30, o secretário da Saúde Jean Torman, o médico ginecologista Marcelo Leone e a enfermeira e coordenadora de Política da Saúde da Mulher, Luciane da Silva, se reuniram, em uma videoconferência, com as coordenadoras e coordenadores da rede de atenção básica para falar sobre a ação. A iniciativa prevê a oferta do implante contraceptivo, que é aplicado no braço e tem duração de três anos. De acordo com o secretário, esse tipo de cuidado com a saúde da mulher é muito importante. “A decisão de colocar

esse projeto piloto em prática é atender às necessidades de planejamento familiar das pacientes em vulnerabilidade social e clínica. Mas teremos critérios para fazer a inserção do implante e, se aprovado, no futuro poderemos atender praticamente todas as mulheres que desejarem utilizar desse método”, explica Jean. O documento que traz todas as orientações, também demonstra quem serão as primeiras beneficiadas. São prioridade 1, adolescentes vivendo em alta vulnerabilidade ou risco social; usuárias de drogas; mulheres em situação de rua; mulheres que moram em regiões sem unidade de saúde e zona rural; soropositivas; pacientes que apresentam déficit cognitivo; mulheres

Prefeitura de Gravataí/Divulgação

que já tiveram três ou mais partos; puérperas de alto risco; que tem contraindicação à amamentação e com distúrbio de saúde mental ou rebaixamento de nível de entendimento. A prioridade 2 será para as pacientes que não se adaptaram aos métodos oferecidos pelas unida-

des de saúde, mulheres categoria 3 e 4 para outros métodos contraceptivos (seguindo critérios da Organização Mundial da Saúde) e que haja sangramento aumentado, dismenorréia e endometriose não resolvidos com outros métodos ou tratamentos. As mulheres que não se

encaixarem nesses casos são classificadas como prioridade 3. O método, que evita a ingestão da pílula diária, não interfere nas relações sexuais e pode ser utilizado por mulheres que não podem utilizar remédios com estrogênio. A implantação do contraceptivo

será feita em espaços próprios dos serviços de saúde inicialmente pelo ginecologista Marcelo Leone. Viabilizador do projeto, por meio de uma parceria com a ONG Brasil Sem Grades, Marcelo fala sobre os benefícios do projeto para as mulheres e para o município. “Além de ser o mais eficaz dos métodos, mais até que vasectomia e ligadura de trompas, ele dura por três anos. A paciente que fizer o implante pode ter certeza que não irá ter uma gravidez indesejada. No futuro, se esse projeto piloto der certo, o valor de investimento por implante é de aproximadamente R$360. Esse valor, por três anos, é muito acessível para a Prefeitura oferecer à população feminina”.


Folha

Política Geral

Segunda-feira, de2020 2020 SEGUNDA-FEIRA,3 3dedeagosto agosto de

MISCELÂNEA – De tudo um pouco

L. Pimentel pimentel.ddc@gmail.com

“Estamos no mês dos pais. Lembre-se que da amizade ao amor, existe apenas a distância de um beijo, um abraço. Aproveite bem este mês de agosto e seja feliz!”

ASPÉCTOS DE UMA ELEIÇÃO A cada ano as eleições ficam mais complexas. As constantes alterações legislativas e as inovações implementadas pelas resoluções do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) trazem inúmeros desafios aos candidatos, que além de lutar diariamente para convencer o eleitor em busca de votos, precisam observar uma infinidade de exigências legais em temas como propaganda eleitoral e contabilidade da campanha. Neste ano, as dificuldades serão ainda maiores em razão da pandemia da COVID-19, que obrigou o Congresso Nacional a aprovar a Emenda Constitucional 107, alterando todo o calendário eleitoral. Tradicionais formas de propaganda como ocorriam em anos anteriores, e as conhecidas condutas vedadas aos agentes públicos, neste ano terão que ser reinterpretadas, e cada um dos candidatos precisará inovar para levar suas propostas aos eleitores sem infringir a legislação e as normas sanitárias. Por essas e por outras é que todos aqueles que pensam em participar das eleições municipais como candidatos a vereador ou prefeito, devem primeiro conhecer o que pode e o que não é permitido fazer – especialmente no que tange a propaganda dos candidatos, que agora em 2020 terão que observar uma série de novos itens para não se complicarem no período pós-eleição. Portanto, leiam, se informem, busquem conhecer as novas regras para que não tenham do que se arrepender uma vez eleitos.

GRANPAL DEFENDE CONTRIBUIÇÃO Prefeitos e secretários de municípios que integram a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal) reuniram-se para analisar as mudanças no modelo de distanciamento controlado do governo do Estado. Na reunião virtual, os participantes defenderam que a responsabilidade pelas diretrizes deve continuar com o Executivo estadual, mas ouvindo os prefeitos para a necessidade de flexibilização. A presidente da Granpal e prefeita de Nova Santa Rita, Margarete Ferretti defendeu que os prefeitos querem participar e dar suas contribuições ao Executivo estadual de acordo com a realidade que vivem. Ela disse que isso permitirá um maior equilíbrio que garantirá a saúde e a economia das comunidades. As sugestões serão encaminhadas à Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs).

MULHERES LUTAM POR MAIS PARTICIPAÇÃO Segundo o IBGE, as mulheres formam a maioria da população brasileira, com 51,5% da população total, entretanto, estes números estão longe de refletir a realidade na política. Segundo o TSE, após as últimas eleições em 2016, as Câmaras municipais de todo o Brasil passaram a contar com quase 57 mil vereadores contra cerca de 8 mil vereadoras, o que representa apenas 12% de mulheres nas casas legislativas das cidades. Um exemplo desta grande desigualdade de gênero é Passo Fundo, no interior do Rio Grande do Sul. Nos últimos 70 anos, o município somou apenas 9 vereadoras e no último pleito não elegeu nenhuma mulher, o que coloca a cidade no índice de 23% das cidades brasileiras que não contam com nenhuma vereadora. Gravataí também, nas três últimas legislaturas não contou com mais de 4 mulheres na Câmara. Entretanto, algumas lideranças locais de defesa dos direitos das mulheres se destacam na luta para

mudar este quadro, como é o caso de Soelen Dipp, estudante de Direito que preside entidade social pela juventude de Passo Fundo, e também da presidente do MDB/Mulher RS, Patrícia Bazotti Alba, que iniciou um novo ciclo dentro do seu partido para incentivar o mundo feminino a participar com mais afinco das eleições municipais. Outros partidos também se movimentam para alcançar o número exigido de candidaturas femininas (30%). Hoje, como vemos, o número baixíssimo de vereadoras no país destaca não só a desigualdade muito preocupante existente no Brasil, como também mostra que são os homens que tomam decisões e criam leis que são de interesse das mulheres, muitas vezes, sem levar em consideração a vontade delas e essa injustiça se estende para os grupos igualmente excluídos. Estudos comprovam que quanto maior a presença feminina nos parlamentos e no governo, menor é a incidência de corrupção nessas instâncias.

O CAMINHO DO FUTURO O município de Gravataí, apesar de todo o desafio gerado pela pandemia, é hoje uma ilha de excelência na Região Metropolitana, com obras estruturais que estão transformando a cidade e seu entorno. Esse asfalto lindo que vocês veem aí é a Estrada Arthur José Soares, emoldurada por uma belíssima área rural. Em poucos dias, será possível sair de Porto Alegre para Gramado seguindo pela Freeway (BR290), entrando em direção à

ERS-020 logo depois da GM. E um detalhe importante: agora sem pagar pedágio (pois a praça de cobrança irá mudar de lugar a partir do próximo dia 15). É a nova Rota Turística passando pela Cidade das Bromélias, um novo caminho para a Serra Gaúcha. Essas imagens nas fotos foram produzidas por Luiz Antônio Fonseca Soares (Pacheco), que parabeniza o prefeito Marco Alba pelo arrojo e determinação em fazer a diferença.

MAS PREFEITOS QUEREM MAIS

LUTA CONTRA A COVID

Os participantes também defenderam a flexibilização no funcionamento de restaurantes e padarias, por exemplo. Além disso, sugeriram a viabilização de uma linha de crédito, via Banrisul, para atender segmentos que estão impactados pela pandemia – como as empresas de transporte escolar. A restrição de itens de consumo nos supermercados foi rechaçada durante a reunião. Para o prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal, se a pessoa encontra tudo o que precisa em um local só, isso ajuda também a diminuir a circulação.

O prefeito de Canoas, Luiz Busato falou sobre a ampliação dos leitos de UTI e apontou que o município não tem mais possibilidade de expandir a capacidade nesse segmento. Para o chefe do Executivo de Gravataí, Marco Alba, o desafio é “salvar vidas e resgatar a economia”. Alba enfatizou que é preciso chamar para o debate o Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado.

Diretor geral: Moacir Menezes Diagramador/Editor: Jacson Dantas * Os textos assinados são de responsabilidade de

e Filipe Foschiera

seus autores e não emitem a opinião do jornal

Diretor geral: Moacir Menezes

Redação/Diagramação: Filipe Foschiera Jacson Dantas * Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores e nãoeemitem a opinião do jornal Filiado:

Filiado:

4

51 3421.3381 /

51- 3497.1078

www.2mnoticias.com.br

www.2mnoticias.com.br

Folha Diário

Publicação da empresa Gráfica Jornal 2M Publicação da empresa Jornal Diário

jornaldegravatai@gmail.com

folhadecachoeirinha@gmail.com

Av. Dorival Cândido de Oliveira nº 6125 - Pda. 64 - Bairro São- Vicente - CEP- 94060-001 Av.Luz Dorival Cândido Luz de Oliveira, nº 6125 São Vicente Gravataí/RS- Gravataí - Brasil - RS - Brasil

Oficial dos Municípios LtdaLtda ME CNPJ nº 03.851.285/0001-62 08.070.493/0001-48 Registro nº nº 39987 39987 do do livro Registro livro A-4 A-4 Fundação: 15 de janeiro de 2013 Fundação: 22 de março de 2005


Geral

5

Mapa preliminar aponta 12 regiões em bandeira vermelha

Das 20 regiões do Distanciamento Controlado, 12 foram classificadas com risco epidemiológico alto (bandeira vermelha) e as outras oito com risco médio (laranja) no mapa preliminar da 13ª rodada, divulgado na última sexta-feira (31/7). As bandeiras definitivas serão divulgadas na segunda-feira (3/8). O governo do Estado decidiu incluir, já nesta rodada, ajustes na linha de corte em sete indicadores do modelo, o que impactou na média final de classificação das regiões. Em reunião extraordinária do Gabinete de Crise convocada pelo governador Eduardo Leite, foram definidas mudanças na pontuação de três indicadores que medem a velocidade de avanço da doença, dois que monitoram a incidência (hospitalizações

e óbitos) e mais dois de capacidade instalada (leitos livres/leitos Covid). Além disso, já foi considerado no cálculo o ajuste anunciado na quinta-feira (30/7), passando a considerar o saldo do número de pacientes recebidos de outras macrorregiões (importados) e os transferidos para fora. “Temos feito revisões desde o início do modelo, simplificando, melhorando e incluindo a possibilidade de recurso. Esta é a quarta revisão em que estamos alterando duas questões específicas. A mudança na contagem de pacientes em leitos de UTI de macrorregião, para prevalecer o critério de residência, que vinha sendo demandado por estar sendo contabilizado em outra região diferente daquela em que o paciente contraiu o vírus,

O Comitê de Emergência da Organização Mundial de Saúde (OMS) prevê que a pandemia da covid-19 irá durar muito tempo e, por isso, é necessário continuar os esforços para a sua contenção em todo o mundo. Segundo dados oficiais da OMS, a doença já provocou 675.060 mortos e infectou quase 17,4 milhões de pessoas em todo o mundo. O grupo de cientistas, que se reuniu por videoconferência, avaliou a evolução da pandemia de covid-19, tendo em conta toda a informação científica que surgiu sobre o novo coronavírus nos últimos três meses, data da última reunião.O Comité de Emergência da OMS é composto por 18 cientistas de vários países.

"A pandemia é uma crise sanitária que ocorre uma vez em cada século e os seus efeitos serão sentidos nas décadas seguintes”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, ao Comité, segundo um comunicado da organização. O responsável fez também um balanço do que tem acontecido, salientando que “muitos países que pensavam que o pior já tinha passado estão agora enfrentando novos surtos, outros que tinham sido menos afetados estão com aumentos de casos e de óbitos, enquanto países que tiveram grandes surtos conseguiram controlá-los”.

Após cerca de quatro meses com as aulas suspensas, estados começam a sinalizar a volta às aulas presenciais nas escolas. De um lado, melhor equipadas, de maneira geral, que as escolas públicas, as escolas particulares defendem que estão prontas para uma retomada com

segurança. Do outro, há professores e funcionários que não se sentem seguros com o retorno e dizem que a permanência nas salas de aula e uma maior circulação de pessoas nas cidades podem aumentar os casos de infecção pelo novo coronavírus. De acordo com o Mapa de

e uma segunda mudança, que está sendo introduzida hoje, que é uma mudança de ponto de corte de sete indicadores, que era necessário ajustar para as fases mais avançadas da pandemia, como a que estamos

vivendo agora”, destacou a coordenadora do Comitê de Dados, Leany Lemos, em transmissão ao vivo pelas redes sociais. Ao lado do pesquisador Pedro Zuanazzi, do Departamento de

Segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Economia e Estatística (DEE), e do diretor da Auditoria do SUS, Bruno Naundorf, Leany também explicou, sobre as alterações no ponto de corte dos indicadores que, nas primeiras semanas do Distanciamento Controlado, um aumento de 50% no número de casos já levaria uma região para bandeira preta, porque o cálculo era sobre baixos índices, por exemplo, de 20 para 30 casos. Atualmente, com a pandemia mais avançada, um aumento de 50% num local com 400 hospitalizações teria de apresentar 200 novas hospitalizações para ficar preta. “Por isso, precisamos de mais sensibilidade ao modelo, ou seja, com 25% e aumento para cem casos já fica bandeira preta. Estamos dificultando um pouco, estamos trazendo

mais calor, mais risco, justamente porque a pandeia está mais avançada e é preciso reduzir esses valores aqui”, acrescentou a coordenadora.

34 pedidos de reconsideração de bandeira

Nas últimas 36 horas após a divulgação do mapa preliminar do Distanciamento Controlado da 13ª rodada, o governo do Estado recebeu, até o encerramento do prazo para envio na manhã deste domingo (2/8), 34 pedidos de reconsideração enviados por municípios e associações regionais. Não houve pedido de bandeira laranja para amarela – todas as solicitações são de regiões preliminarmente em vermelho que pedem a permanência em bandeira laranja.

OMS prevê que pandemia durará muito tempo

Recomendações

Entre as principais re-

Reuters/ABr/Reprodução

comendações que o Comitê de Emergência dirigiu à OMS está a necessidade de continuar a apoiar os países com serviços médicos mais frágeis, bem como a necessidade de

continuar a impulsionar as investigações em curso para se encontrar um ou mais tratamentos e vacinas para a covid-19. O objetivo é que, quando existir uma vacina, os países

com menos recursos não fiquem de fora por incapacidade de as comprar.Ou seja, defendeu o Comitê, afirmando que a distribuição de vacinas deve ser a mais equitativa possível.

Atualmente três potenciais vacinas (dos Estados Unidos, da Inglaterra e China) estão na fase três dos ensaios clínicos, para testar a sua segurança e eficácia. A OMS referiu a este propósito que poderá ser possível que uma vacina esteja pronta para comercialização “na primeira metade de 2021”. Relativamente às viagens, o Comite indicou que os países devem tomar medidas proporcionais e aconselhar os cidadãos em função dos riscos, avaliando as suas informações de forma regular. Por outro lado, recomendou que os serviços de saúde sejam reforçados para permitir a identificação de novos casos e o rastreio de contatos. ABr

Retorno das Atividades Educacionais presencial no Brasil, elaborado diariamente pela Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep), até sexta-feira (31/7), havia, no país, um estado com a reabertura autorizada das escolas, Amazonas. Outros nove estados e o Dis-

trito Federal têm propostas de data para retornar às atividades presenciais. São eles: Acre, Pará, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Alagoas, São Paulo, Paraná e RS. No Rio de Janeiro, na capital, a prefeitura autorizou o retorno facultativo para algumas séries este mês.

As demais unidades da federação estão sem data definida. “Na parte operacional já está tudo certo, temos protocolo, a gente já sabe o que fazer. Agora é uma questão política, porque, tecnicamente, já têm as condições sanitárias em muitos locais para voltar. Tem a necessidade

das escolas funcionarem para não quebrarem, necessidade dos pais e das crianças. Também, para não prejudicar as crianças do ponto de vista pedagógico. Tem todas essas questões. Agora, a decisão é política”, diz o presidente da Fenep, Ademar Batista Pereira.

Nove estados e DF podem voltar às aulas nas escolas particulares


6

SEGUNDA-FEIRA, agosto de Segunda-feira, 33 dedeagosto de 2020 2020

Folha

Cultur a Cultura

BEST SERTANEJO DIGITAL APRESENTA TERCEIRA TRANSMISSÃO NESTA TERÇA -FEIRA Na próxima terça-feira, dia 4 de agosto, o Best Sertanejo Digital apresenta a terceira data do projeto que tem o intuito de fomentar a cultural local. Grazi Andriotti, Scheila Scharlau e Léo D'Lucca são os artistas que foram escolhidos para representar os novos talentos do sertanejo do nosso estado. Na live desta terça-feira, Léo D’Lucca preparou um set list para o show inspirado nas modas sertanejas, cantando e valorizando as músicas raízes do estilo. Natural de Porto Alegre, Léo alcançou destaque no gênero sertanejo do estado ao lançar sua mais recente música “Seu Flanelinha”, com clipe disponível no YouTube. Inspirado por nomes renomados e contemporâneos do gênero, Léo se expressa com paixão nas músicas que canta. É um dos nomes mais promissores do segmento no estado, tendo já

se apresentado em grandes eventos pelo interior, além de ter participado do evento de Réveillon no litoral gaúcho no último ano. Para as lives do show do Best Sertanejo Digital, Scheila Scharlau criou cinco temas diferentes; na próxima terça-feira, a cantora fará um show especial cantando todos os maiores sucessos do sertanejo universitário. Em 2020, Scheila completa 22 anos na música profissional, já tendo participado de alguns grupos de baile. Há 11 anos integra a banda “Cia Show4”, sendo a voz feminina do grupo. A “Cia Show4” passeia por vários estilos musicais em suas apresentações, especialmente do sertanejo, gênero do qual Scheila tem uma paixão especial. Para o dia 4, Grazi Andriótti preparou um show que homenageia Marília Mendonça, recheado de

Alefer Dias

sucessos da cantora. Grazi Andriótti possui 25 anos de carreira profissional na música. Passando por diversos gêneros musicais, sua estreia nos palcos como cantora sertaneja foi através do projeto “Baile das Divas”, lançado há 5 anos. O mais recente single autoral de Grazi Andriótti é a música “Nosso QG”, que obteve grande destaque nas principais FMs do estado. Também possui versão em clipe, disponível no YouTube. Apresentado pela Secretaria de Estado da Cultura e financiado pelo Pró-Cultura RS, o Best Sertanejo Digital tem como objetivo fomentar a cultura gaúcha. O projeto, que teve início no dia 21 de julho, será transmitido ao vivo pelo YouTube todas as terças até o dia 18 de agosto, respeitando todos os protocolos de segurança, com todos os cuidados necessários.

UM PEDAÇO DO UNIVERSO DE CLARICE LISPECTOR NA FUNDAÇÃO IBERÊ A família de Clarice Lispector doou à Fundação Iberê a gravura Figura I (1973), um presente de Iberê Camargo ao filho da escritora, Paulo Gurgel. A obra passa a integrar o acervo da instituição no ano do centenário de nascimento da escritora (10 de dezembro de 1920) e, também, dos seus 43 anos de morte (9 de dezembro de 1977)."A gravura foi presente de meu casamento que Iberê Camargo, gentilmente, ofereceu em abril de 1976. E com o passar do tempo, tanto Clarice como Iberê pertencem ao Brasil, portanto, não poderia ficar com este documento histórico. Quero muito visitar a Fundação, pois gosto muito de Porto Alegre, do Rio Grande, e, como já mencionei, Érico Veríssimo e Mafalda foram meus avós de fato”, diz Gurgel. Além de ser um dos nos nomes mais importantes da literatura, Clarice tinha nas artes uma de suas grandes paixões. “Quem sabe escrevo por não saber pintar?”, dizia. Em meados da década de 1970, ela pintou 22 quadros que, atualmente, integram o acervo da Fundação Casa de Rui Barbosa e do Instituto Moreira Sales (IMS) e estão reproduzidos no livro Clarice Lispector Pinturas, do português Carlos Mendes de Sousa, um dos maiores especialistas do mundo na obra da escritora. O autor apresenta a existência de dois movimentos em relação às pinturas: a fuga e a concentração e as linhas em desordem, mostradas por tensões frequentes em suas telas, como se a escritora-pintora estivesse em jogo de espelhamento, aproximando seus traços de pintura aos traços da escrita. As obras geram curiosidade, principalmente para aqueles que conhecem a escrita da autora. Os títulos também são instigantes e precisam da total entrega do espectador, como: "Escuridão e luz: centro da vida" (1975), "Cérebro adormecido" (1975), "Explosão" (1975), "Luta sangrenta pela paz" (1975), "Pássaro da liberdade" (1975), "Tentativa de ser alegre" (1975), "Medo" (1975) e "Caos, metamorfose, sem sentido" (1975).

SESC DISPONIBILIZA VÍDEOS DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS PARA ESCOLAS DE GRAVATAÍ

Divulgação/Sesc

O hábito da leitura na infância pode ser determinante para a formação de um adulto que goste de literatura e, além disso, os livros distraem, despertam a criatividade e alimentam a imaginação das crianças. Para manter esse vínculo dos pequenos durante o período de distanciamento social, o Sesc Gravataí criou o projeto Sesc Um Encanto de Conto. Desenvolvida pela equipe de Cultura da unidade, a iniciativa disponibilizará vídeos de contação de histórias para as escolas do município compartilharem com seus alunos. Antes da suspensão das aulas presenciais devido à pandemia, eram feitas visitas nas escolas. Como continuidade do projeto, serão oferecidos vídeos quinzenais com histórias da literatura infantil do acervo da biblioteca do Sesc Gravataí. A atividade é gratuita. Os gestores interessados no conteúdo poderão obter mais informações pelo telefone (51) 3497-6174 ou pelo e-mail schagas@ sesc-rs.com.br. O Sistema Fecomércio-RS/Sesc/ Senac segue atendendo as recomendações de evitar aglomerações e com cuidado redobrado com a saúde das equipes e clientes. Por isso, a recomendação é que o público siga cumprindo as orientações dos órgãos de saúde. A programação on-line e gratuita segue sendo atualizada nas redes sociais e no site www.pertodevc.com.br.


Folha

F1/Divulgação

O inglês Lewis Hamilton conquistou neste domingo (2) o Grande Prêmio da Inglaterra de Fórmula 1, realizado no circuito de Silverstone. Porém, o triunfo foi cheio de emoção e dramaticidade até as últimas curvas, pois o atual campeão mundial teve que se superar para garantir a vitória quando o pneu dianteiro esquerdo de sua Mercedes furou na última volta. Esta emoção ficou evidenciada nas palavras do inglês logo após o final da prova: “Na reta o pneu furou, e o coração foi na boca nesta hora. Fiquei apenas rezando para completar a volta. Fiquei realmente arrepiado no final (…). Definitivamente nunca experimentei algo assim na última volta”. A segunda posição do GP da Inglaterra ficou com o holandês Max Verstappen, da RBR, enquanto o monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, foi o terceiro. Com o triunfo deste domingo, Hamilton chega à terceira vitória da temporada, mantendo a liderança na classificação geral da categoria com 88 pontos. O segundo colocado é o finlandês Valtteri Bottas, também da Mercedes, com 58 pontos, enquanto o terceiro é Verstappen, com 52 pontos. A próxima prova da temporada, que acontece no próximo domingo (9), terá um caráter especial, pois nela serão comemorados os 70 anos da categoria automobilística. A corrida terá o circuito de Silverstone como cenário.

SEGUNDA-FEIRA, 3 de agosto de 2020 Segunda-feira, 3 de agosto de 2020 77

WSL ANUNCIA TORNEIO DE SURFE COM ADRIANO DE SOUZA E FILIPE TOLEDO WSL

F1: MESMO COM PNEU FURADO, HAMILTON VENCE NA INGLATERRA

Esporte Esporte

A Liga Mundial de Surfe (WSL, na sigla em inglês) anunciou a realização do seu primeiro evento competitivo em seis meses, o Michelob Ultra Pure Gold Rumble at the Ranch, evento realizado em 9 de agosto, e que contará com a participação de 16 surfistas de ponta que residem nos Estados Unidos, entre eles os brasileiros Adriano de Souza e Filipe Toledo. A competição, a primeira promovida pela WSL desde o início da pandemia do novo coronavírus (covid-19), acontecerá no Surf Ranch (piscina de ondas do 11 vezes campeão mundial Kelly Slater),

que fica em Lemoore, Califórnia (EUA). Além dos brasileiros e de Slater, o evento contará com nomes como da havaiana Carissa Moore, da americana Caroline Marks e do americano Kolohe Andino. Ao saber da competição, o brasileiro Filipe Toledo não escondeu a sua empolgação: “Eu mal posso esperar para voltar a vestir uma lycra de competição (…). Saber que poderemos trazer uma experiência ao vivo aos fãs, competindo no Surf Ranch aqui na Califórnia de uma maneira segura, é realmente emocionante. Vai ser incrível

para o surfe, para o esporte e para os fãs”. Quem também não escondeu a expectativa com o evento foi o diretor-executivo da WSL, Erik Logan: “Estamos todos com saudades do surfe ao vivo, e muito empolgados em oferecer aos fãs uma experiência única (…). Usando as instalações do Surf Ranch, temos a oportunidade de realizar isso em nossa própria arena, implementando extensos protocolos de segurança para garantir a saúde e a segurança dos participantes, funcionários e comunidade local”.


8

Segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Geral

Mourão revela otimismo na superação da crise e fala em sustentabilidade ambiental para pós-pandemia Reprodução / ALRS

como o Boletim Focus que indica queda na faixa de 5,6% e o Bradesco, abaixo de 5%.

Reforma tributária e Amazônia

ça pública, de um lado, e a busca de novas oportunidades com o resultado dos impostos. Mourão avaliou que apesar das dificuldades naturais ao se iniciar um projeto de governo, em 2019 os avanços com a aprovação da reforma da previdência foram um “resultado significativo na esfera econômica, com o governo atingindo seu principal objetivo”. Em seguida o objetivo são as reformas tributária e administrativa, “os três pilares para que o Brasil possa ter equilíbrio fiscal, aumentar produtividade, atrair investimentos e entrar em crescimento sustentável”. O Brasil ficou na quarta posição em destino mundial de investimentos estrangeiros em 2019, “comparado com o PIB ficamos em segundo lugar,

perdendo apenas para Singapura”, informou o vice-presidente, registrando ainda a finalização das negociações do acordo Mercosul e União Europeia, a queda da taxa de juros em seu menor nível, 2,25% ao ano, “abrindo espaço para que o crédito chegue mais barato para empresas e consumidores”, e ainda o avanço em concessão de ativos à iniciativa privada e medidas para desburocratização do estado. E neste ano, mesmo com os graves impactos da Covid-19 e da turbulência no cenário internacional decorrente da disputa geopolítica entre EUA e China, o vice-presidente mantém o otimismo e aponta “resultados expressivos que renovam nossa confiança em rápida recuperação da economia”, mostrando

que a corrente comercial brasileira permaneceu inalterada, comparado o primeiro semestre de 2020 com o mesmo período de 2019, “isso é exceção entre economias do G20”, garantiu. Mostrou que as vendas do comércio varejista cresceram quase 14% em maio, estimuladas pela injeção de recursos do programa de auxílio emergencial para enfrentar aos efeitos da pandemia sobre o emprego e a renda, e também levantamento desta semana da Confederação Nacional da Indústria que indica crescimento na confiança do empresariado em relação ao mercado, “é possível antever que a contração do PIB brasileiro será sensivelmente menor do que o previsto”, afirmou Hamilton Mourão, apoiado em projeções de bancos e consultorias,

A relação com o Congresso também é otimista, e Mourão identifica sentimento dominante no Parlamento sobre a importância da reformulação tributária, num momento em que o governo procura ampliar sua base de apoio “dialogando com as diferentes forças”, referindo-se à agenda de reformas e a recente apresentação da primeira parte da proposta de reforma tributária pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, “iniciando o debate no legislativo”. O vice-presidente entende que o país deve se preparar com a reforma tributária e outras iniciativas para se tornar eficiente e capacitado para enfrentar “os desafios em um cenário internacional desfavorável a países com desequilíbrios estruturais”. Disse que a pandemia irá acelerar transformações que vinham se anunciando desde a última década e é chegada a hora de aplicar uma das máximas do capitalismo, que é a “destruição criativa”, pregando mudanças. “Os países poderão estar mais fechados com a realocação de empregos e indústrias, obedecendo aspectos

geopolíticos, a maior digitalização da economia favorece empresas invencíveis em tecnologia e conhecimento, e fundos de investimento e consumidores nortearão decisões baseadas nos padrões de sustentabilidade ambiental, responsabilidade social e governança”. A solidez da indústria nacional e o agronegócio estratégico para a segurança alimentar do planeta, segundo Mourão, voltam as atenções do mundo para o país e será preciso uma adaptação a essa realidade. E nesse ponto o compromisso é com “as melhores práticas de governo, incluindo a preservação do patrimônio nacional, a Amazônia, e punição rigorosa de quem promove a destruição desse patrimônio inalienável”, antecipando que no âmbito do Conselho Nacional da Amazônia Legal, da qual é presidente, “estamos buscando implementar modelo de desenvolvimento para a Amazônia que aproveite as potencialidades regionais e promova a utilização de tecnologias ambientalmente sustentáveis favorecendo iniciativas em linha com a chamada economia do conhecimento”, alinhando as potencialidades regionais e inovação não apenas para a Amazônia mas para as demais regiões do Brasil.

Morre o presidente da Junta Comercial, Flávio Koch O presidente da Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul - JucisRS - e ex-presidente do CRECI-RS, Flávio Koch, faleceu na noite da última quinta-feira (30/7) após duas paradas cardíacas. Koch, que tinha 82 anos, assumiu a presidência

da JucisRS em 10 de abril de 2019, nomeado pelo governador Eduardo Leite. Ele deixa a esposa Marisa, cinco filhos e netos. O velório ocorreu na sexta-feira, no Cemitério da Santa Casa. Em seguida, foi realizada cerimônia de cremação.

Denise Rodrigues

O vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, palestrante da segunda edição do Seminário Juntos para Recomeçar, promovido pela Assembleia Legislativa gaúcha na manhã de sexta-feira (31/7), lamentou a gravidade do momento que o país atravessa, com a perda de milhares de brasileiros e brasileiras em decorrência da Covid-19, mas demonstrou otimismo com o futuro e destacou as ações do governo federal para enfrentar “a difícil conjuntura que vivemos”. Referiu a presença do presidente Jair Bolsonaro em Bagé, na última sexta-feira, e saudou com entusiasmo as lideranças empresariais e políticas reunidas pela Assembleia Legislativa para debater o futuro. Ao lado de ações para recompor a economia, Mourão coloca o compromisso do país com padrões de sustentabilidade ambiental e em preservar a Amazônia e seu patrimônio e punir severamente sua destruição. Como estrategista militar e lembrando do seu período como comandante Militar do Sul, fez uma retrospectiva da “necessidade de despertar para a luta patriótica”, como refletia na época da campanha eleitoral, o que resultou na conquista do poder central equilibrado na luta contra a corrupção e a inseguran-


12

SEGUNDA-FEIRA, 3 de agosto de 2020

Folhade 2020 Segunda-feira, 3 de agosto

Geral

Contracapa

9

HOSPITAL DE CAMPANHA VAI CENTRALIZAR O ATENDIMENTO DE COVID-19 EM CACHOEIRINHA A PREFEITURA INFORMOU QUE A UNIDADE NO GINÁSIO MUNICIPAL DE CACHOEIRINHA PASSOU POR REFORMULAÇÃO E ATENDERÁ 24 HORAS COM NOVAS SALAS PARA TRIAGEM E CONSULTÓRIOS MÉDICOS se dirigir ao Hospital de Campanha e procurar a entrada na Avenida José Brambila. Eles serão acolhidos e encaminhados para consultas na ala de Pronto Atendimento, no próprio HC. O atendimento é 24 horas. “O Hospital conta agora com consultórios médicos, sala de espera e sala de triagem, tornando assim, possível um pronto atendimento que não havia anteriormente”, destaca o diretor geral do Hospital de Campanha (HC), Vanderlei Marcos. A estrutura montada na área externa da UPA Francisco de Medeiros funcionará por alguns dias, num período de transição, mas será desativada em breve. “Visando melhorar o fluxo de atendimento da população, estaremos tornando o HC a unidade de referência para acolhimento, diagnóstico e tratamento da Covid-19. Assim, a UPA voltará às suas funções habituais sem que haja circulação de pessoas com suspeitas da doença”, explica.

Divulgação/PMC

O Hospital de Campanha de Cachoeirinha (HC) acabou de passar por uma reformulação e reabriu na sexta-feira, a partir das 19 horas. Antes destinado somente para internações por Covid-19 - suspeitos ou confirmados, encaminhados pela UPA de Cachoeirinha ou hospitais da região, agora a unidade vai centralizar todos os atendimentos médicos para casos com sintomas suspeitos da doença. Para que o HC pudesse realizar desde a triagem até internação, os leitos foram otimizados e serão atualizados no sistema de regulação do Estado. A unidade passa a ser dividida entre Pronto Atendimento e Internação, 12 leitos, sendo oito para cuidados avançados, e 15 camas auxiliares. No Pronto Atendimento, são 13 leitos com oxigênio, sendo um usado para para raio x e mais 16 camas auxiliares. Desta forma, os pacientes com sintomas gripais deverão

Quem procurar os postos de Saúde com suspeitas de contágio pelo Coronavírus, será encaminhado ao HC. São considerados sintomas de Covid-19: febre, dificuldades respiratórias, tosse, dor muscular, dor de garganta,

perda de paladar, perda de olfato, fraqueza, coriza, calafrios, nariz entupido, olhos vermelhos. Importante lembrar que o atendimento preferencial ainda é o aplicativo Cachoeirinha Contra o Coronavírus, disponível para

aparelhos Android e iOS, e tem o objetivo de uma consulta on-line com um médico. O app está disponível para download no link cachoeirinhars.coronavirus.tmp.br, que também possibilita o acesso pelo navegador do computador.

APLICATIVO PARA CORONAVÍRUS POSSIBILITOU MAIS DE 4 MIL ATENDIMENTOS Lançado no dia 20 de março, o aplicativo Cachoeirinha Contra o Coronavírus já foi baixado por mais 13.455 pessoas. A ferramenta, disponível para aparelhos Android e iOS, tem o objetivo de auxiliar o atendimento de pacientes com sintomas da doença e facilitar a triagem, evitando a aglomeração nos postos e ajudando com

informação rápida aos pacientes através de consulta on-line com um médico. Já estão cadastrados um total de 6.000 usuários, 4.827 receberam atendimento e 1.800 foram encaminhados para o atendimento presencial. No aplicativo, o paciente realiza um cadastro informando nome, número

de telefone, endereço e se tem alguma doença crônica. É recomendado que, em caso de sintomas, o usuário realize uma checagem. A ferramenta de telemedicina funciona assim: ao efetuar o cadastramento, abrirá um quadro que diz “fazer checagem”. Ao clicar, o paciente seleciona o seu nome, os sintomas,

FALE COM A REDAÇÃO PELO WHATSAPP

que já estão predefinidos no aplicativo, e informa a temperatura corporal no momento. O app está disponível para download no link http://cachoeirinhars.coronavirus.tmp.br/. Para quem não pode acessar pelo smartphone, também está disponível pelo navegador do computador.

(51) 99415 3122

Se preferir, envie sua sugestão para o nosso e-mail: folhadecachoeirinha@gmail.com ou jornaldegravatai@gmail.com

ACESSE 2MNOTICIAS.COM.BR


SEGUNDA-FEIRA, 3 deagosto agosto 10 SÁBADO E DOMINGO, 13, 14 de Ede152020 DE DEZEMBRO DE 2019 Segunda-feira, 3 de 2020 8 SEXTA,

Geral Segurança Geral

Folha Folha

RS DEVE ENCERRAR 2019 COM MENOR TAXA DE HOMICÍDIOS DOS ÚLTIMOS 10 ANOS

PORTO ALEGRE TERÁ CENTRO INÉDITO NA AMÉRICA LATINA PARA ATENDIMENTO A DOENÇAS RARAS COM OBRAS INICIADAS ESTA SEMANA, CASA DOS RAROS IRÁ AMPLIAR E AGILIZAR DIAGNÓSTICOS E TRATAMENTOS, TREINAR PROFISSIONAIS E PROMOVER PESQUISAS NA ÁREA

Divulgação / Casa dos Raros

Treinamento em Doenças Raras É o assunto de dez em está sendo construído em Porto cada dez conversas, notícias Alegre pelo Instituto Genética e postagens nas redes sociais: para Todos e pela Casa Hunter, a pandemia mundial da COorganizações da sociedade civil VID-19. O vírus colocou países que desenvolvem projetos nessa emOalerta, impôs quarentena ram menos ataques de criminosos no mais, passando de dois para três latrocíregistradas em igual intervalo do ano anano de 2019 deve encerrar com os área. e causa medo. Pouco se sabe acumulado do ano. terior. Considerando apenas novembro, o nios no mês. menores índices de criminalidade dos iniciaram sobre ele, não principais há vacina indicado-As obras Até o 11º mês, somando as ocornúmero caiu deneste 29, em 2018, para 18, no últimos 10ainda anos nos e osmês trabalhos devem ser aprovada, e os tratamentos são damês, rências de furto e roubo, houve 24,4% Ataques a banco reduzem 43,6% no passado. res acompanhados pela Secretaria Seconcluídos até final de 2021. experimentais. enquanto menos delitos contra estabelecimentos RS Naoraiz dessas diminuições, está a esgurança Pública.Porém, No número de vítimas O local, no número 722 Rua para combater cientistas e médicos do mundo comerciais no Estado, passando de 9.948 Além dos crimes contra vida, as tratégia de focoda territorial de homicídios – considerado em todo o São Manoel, teráonde 1.600ele metros inteiro colocam o novo corocasos para 7.523. Também na compaações das forças de segurança também o crime mais ocorre. A partir do mundo como o fator mais importante no quadrados. Serão duas torres navírus no centro atenções, ração de períodos entre janeiro e notêm feito reduzir o número de delitos monitoramento dadas violência – a intensifi- estudo que identificou os 18 municípios com quatro pavimentos e estru-a maior parcela milhares outrasmês doenças vembro, considerando os roubos contra contra o patrimônio no Estado. Entre onde se concentravam cação dasde quedas a mês aponta para tura de consultórios, dois–labotambém possuem profissionais e usuários do transporte os indicadores monitorados pela SSP, a das ocorrências Porto Alegre incluída araras consolidação da menordiagnóstaxa de assasratórios (um diagnóstico, tico difícil tratamento restritos coletivo, a baixa chegou a 30,9%, com maior queda ocorreu nos ataques a es–, o para programa RS Seguro implantou sinatos por e100 mil habitantes no Estado outro para produção terapias em Segurança e caríssimos. 1.999 ocorrências neste ano ante 2.892 tabelecimentos bancários. Entre janeiro a Gestão de de Estatística desde 2010. salas para mais de avaliação e Viverdezembro com esse mantenha tipo de a mé- avançadas), registradas em 2018. e novembro, houve 101 ocorrências na (GeSeg), cicloosmensal Caso variados planejamento tipos de tratamentos, condição é nada incomum: soma entre furtos e roubos a banco no integrado, na qual mais de dia dos 11não meses anteriores, de 146,9 além de espaço para eventos e grupo de cidades é a realidade de 13 milhões de projetar FEMINICÍDIO EM QUEDA RS, o que representa 43,6% menos do cem autoridades desse vítimas de homicídio, é possível treinamento de profissionais. brasileiros, segundo levantaOs acumulados desde janeiro nos crique as 179 do mesmo período em 2018. direcionam esforços para ações com que o ano terminará com 1.763 morO projeto é ousado. osgeral. O resultado Na capital, na mesma comparação, fomento do Ministério mes ligados à violência contra a mulher repercussão noEntre quadro tes. Levando em contadaaSaúde. mais recente equipamentos, estáno umfato especO geneticista Roberto Giugliani no Estado seguem abaixo dos números ram seis casos a menos (-27,3%): de 22 se mostra de que das 575 vidas estimativa de população para o Estado trômetro poupadas de massasentre em tandem, explica que as doenças raras registrados no mesmo período de 2018 para 16 casos. As demais 72 ocorrências janeiro e novembro na segundo o IBGE, de 11,37 milhões de capaz decomparação identificar moléculas contemplamo 8Rio milGrande patologias nos indicadores monitorados pela SSP. de diferença deixaram de ocorrer em com igual intervalo do ano habitantes, do Sul terá que outros exames498 nãosão captam catalogadas mundo. Atingem Até o final de novembro, o total de municípios do interior. passado, de assassinatos que uma taxa de no 15,5 vítimas de assassinato e que permite identificar até 70 máximo quatro em cada 6 a menos Hoje, ela preside o instituto doença rara. feminicídios ATENDIMENTO teve queda de 7%, com deixaram de ocorrer nos 18possuem municípios anocada 100 mil – cinco pontos de doenças raras. Teramilque pessoas, 72%quando delas ficoutipos Biossocial, uma organizada DE Atlas PARA TODOS 93 casos ante os 100 ocorridos no ano ROUBOS VEÍCULOS priorizados pelo RS Seguro. “Passei mais da metade do no anosendo passado, em pia genética e tratamentos de com origem genética. ção da sociedade civil, sem fins minha vida até aqui sem saber o A Casa dos estará de à anterior. As tentativas deRaros assassinato ACUMULAM REDUÇÃO DE 31,9% 20,5, considerando as 2.326 mortes e última geração também serão “O desafio talvez seja lucrativos, que atende pessoas que eu tinha. Fui de médico em disposição de todos os pacientes mulheres em razão do gênero também Outro destaque positivo na redução LATROCÍNIOS CAEM 21,7% NO população semelhante. A menor taxa anoferecidos, além de contar com maior(16,8) do queé enfrentar o novo doenças envolve raras, graves tiveram e médico, tive diagnóstico errado, que precisarem depassando atendimento, retração, de 2,1%, de dos crimes contra com o patrimônio terior de 10 anos atrás, quando o RS E 23,1% NA CAPITAL a expertise de equipe multidis-indicador coronavírus, mas pouco fala Deiseassalestá otimista de artrite reumatoide”, conta. seja particular, 333 ocorrências para 326por atéconvênio o décimoe um dos bens mais crônicas. visados pelos Outro importante de vioEstado teve 1.801 mortessepor homicídio ciplinar altamente capacitadatambémSó no assunto”, aponta Giugliani. o projeto da Casa dos primeiro também 20 anos, ela foi diagnosmês destequem ano. não tem conditantes. O roubo decom veículo em novembro lência, o latrocínio se aos manteve para uma população de 10,69 milhões de que orientará profissionais Segundo o médico, os estudos Raros e avaliaaoque a iniciativaNa mesma Mucopolissacaridoções. comparação, O modelo está em definiainda houve manteve a tendência verificada longo em queda desde o em início deticada 2019 ecom ficou habitantes. centros remotos por meio da mostram que o tempo entre o pode mudar a vida de muitas se do tipo 1. ção. “Ainda estamos desenhanquedas de 1,6% nas ameaças (de 34.153 do ano e teve nova baixa. No acumucom essa tendência em novembro. No A retração expressiva reflete o telemedicina. “Alémdo deano, atender início dos sintomas o diag- quedas À época, tinha do esse fluxo.nas Maslesões ninguém para 33.973), de 4,4% corpoladonão desde janeiro,pessoas. comparado com acumulado houve 65 roubos como Brasil aprofundamento dasesucessivas os raros emorte seus familiares, temos nóstico das doenças raras é de “A assistência aos raros no tratamento para isso. “Receber ficará sem atendimento rais (de 19.593 para 18.730) e de porque 3,3% igual período de 2018, a queda chegou a em todo o Estado, o que represenno indicador. Entre janeiro e novembro, de auxiliar os profissionais dadianteesse de quatro anos, de na assassinato maioria Brasilocorrências avançou nos últimosentre os estupros diagnóstico foi bem–imo nosso objetivo justamente (de 1.595é para 1.542). 31,9% foram 10.302 neste ta redução de 21,7% do 83 casos omais número de vítimas no vezes, até para doschegou casos, podendo chegarredução a 20 deárea. Muitas mas quase ainda 5é mil limitada e Na análise tempo ampliar o acesso ao diagnóstico isolada dos dados de noano frente 15.124 anos, em 2018, de igual período do 2018. Oportante, número mas ao mesmo RS a 1.616, numa os médicos é difícil identificar anos. “Muitas vezes, esse períestá longe ideal. por A gentevembro, em assustador”, Masque deixaram e tratamento”, ressaltamês Roberto relação ao mesmo em veículos de serdo levados atual é menor desde 2009, quando houverelembra. 26,2% em relação às 2.191 no mesmo quando um paciente tem uma odo é decisivo, seja paraoevitar precisa de políticas e houve Deise teve sorte: foi convidada Giugliani. 2018, redução de 6,1% no número ladrões. O resultado representa a maiorpúblicas período do ano passado, que representa 57 ocorrências. doença rara”, afirma seja de para salvar a vida investimentos no setor de saúde a participar estudopercentual para atendimento Casa para dos de ameaças, O que passaram dena3.188 de toda a série históriEm PortoGiugliani. Alegre, também na com- de umqueda asequelas, preservação 575 vidas. ComparanO geneticista acrescenta que a do paciente”, destaca. que assegurem o diagnóstico testar uma terapia de reposição Raros iniciará com uma entre2.993, e retração de 4% entre as lesões ca, iniciada em 2002, e o menor total de paração entre os intervalos de janeiro do apenas o 11º mês, o percentual de Casa dosaté Raros Porto Alegre então, ela 2011. precoce e protocolos clínicos equipe multidisciplicorporais,vista que com caíram de 1.936 para desde o 11ºdemês deste ano e doenzimática. anterior, Desdecasos redução é ainda maior, de 34,7%, com o será um piloto. O plano é, nos A CASA DOS RAROS de diretrizes terapêuticas para recebe aplicações da enzima nar. Depois, será feito o enca1.859 casos. Porto Alegre responde pela maior é retração foi de 23,1%, com o total de número de vítimas de homicídio passanpróximosocorrências anos, abrir de centros Giugliani é um dos ideaagilizar, ampliar e melhorar a que ela não produz. São sessões minhamento para o diagnóstico. Por outro lado, o mês registrou parte dessa redução. Só na capital, foram latrocínio passando de 13 do de 193 para 126. com essepara modelo lizadores da Casa dos Raros, distribuição dos entre medicamentos de quatro horas, a3.339 cada quinze Com oentre resultado, os raros serão altas relevantes as ocorrências de roubos de veículos a menos 10. em diversas O cenário de retratação observado regiões do Brasil. iniciativa na América e ofrente tratamento multiprofis-estupro, que Ela dependejaneiro da rotina orientados sobre o tratamento, passaram de 99 para 142 e novembro igual período soladamente, novembrodias. encerrou no Estado inédita como um todo se expressa Latina que mais deve força ampliar sional. é essencial para(43,4%), preferencialmente médica, consultas,doequipe multi- – de emsubiram centros de feminicídios, que ano passado 7.767Isso ocorrências com estabilidade em relação aos roubos com ainda emosua maior DUAS DÉCADAS acesso ao diagnóstico rápido e garantir um direito profissional e idas ao hospital de referência. médicos res11 (37,5%),Os e de tentativas para 4.428, numa diminuição de 43%.básico ade oito para com morte registrados no ano passado. cidade. Em Porto Alegre, o acumulado DE ANGÚSTIA preciso, garantir tratamento e esses pacientes: viver. E viver para o tratamento, além de ponsáveis receberão treinamenAlém de banco e veículos, também os de feminicídio, que foram de 32 para 39 No Estado, repetiu-se o número de oito de vítimas de homicídio desde janeiro A gaúcha Deise Zanin, de fomentar pesquisas. O Cencom qualidade de vida”, conclui conviver coma limitações físicas to e o suporte para lidar com casos (21,9%). comércios e o transporte público sofreocorrências. Na capital, houve um caso foi de 279,asqueda de 44% frente às 498 35 anos, é uma das pessoas que tro de Atendimento Integral e Deise. às quais precisou se adaptar. cada caso.


Segunda-feira, 3 de agosto de 2020 11

Variedades

Whindersson Nunes vira galã aos olhos de Caio Castro: "Modelo de hoje"

CAÇA-PALAVRA

© Revistas COQUETEL

Procure e marque, no diagrama de letras, as palavras em destaque no texto.

mas também teve quem colocou lenha na fogueira dizendo que Massafera ficou indecisa sobre a beleza de ambos. Quem é mais gato? “Perdeu, Grazi”, dizem alguns internautas que passaram a “shippar” os artistas.

Caio Castro postou a foto em suas redes sociais e continuou com o clima amistoso. Em sua legenda, o ator falou sobre ter sido o responsável pela foto que tem rendido elogios ao humorista. “Esse foi meu modelo de hoje”, disse o ator. Yahoo!

De nome científico Lonicera caprifolium e pertencente à família das CAPRIFOLIÁCEAS, a madressilva é um ARBUSTO originário da zona MERIDIONAL do continente europeu. De PERFUME adocicado e intenso, crescimento rápido e FLORAÇÃO muito frequente, com florzinhas DELICADAS, essa planta é do tipo TREPADEIRA e é muito utilizada como ornamentação em JARDINS, onde costuma cobrir muros, cercas ou TRELIÇAS. Sua coloração é BRANCA ou creme, mas chega a uma tonalidade PÚRPURA ao fim da floração, com LÓBULOS de cor amarela. Sua altura média varia entre 3 e 6 metros, mas, por ser uma PLANTA trepadeira, é difícil calcular seu tamanho exato. Embora se desenvolva melhor em regiões de clima TEMPERADO e seja tolerante ao frio, está bem ADAPTADA ao território brasileiro e gosta de bastante luminosidade. A MADRESSILVA costuma ser associada a laços de FRATERNIDADE, usada especialmente para manifestar amor, em vínculos de amizade e de família. N N L O Ã Ç A R O L F L N R

L O A D A P T A D A C B A M

I H R M R N D T G D N D T H

D E L I C A D A S E D H L R

N R E H N S F D A T N A L P

S H E S B D L N E R N R A N

A L N R R A C E C A C D F R

Ç O H F H R O N A S M F R F

I L E R T E L T E M R T R E P T E M P E L N A M H U P R U P R A C N A C R T F M I L O F I E A M E R E R I D I F F C A S A T E R N Y N M D M

C U A R L F R T R E O I I E

I F D A H T B L P T N C D S

O R E D B L N M A M A H A N

T E I O O O Y E C T L L D I

S P R C E B D I A H S C E D

U H A R T U I F O M R E R R

B C F M R L I E E T T L O A

R M M M I O F A O I R O L J

A V L I S S E R D A M L T R 5

Solução O Ã Ç A R O L F A D A P T A D A A Ç I L E R E T R E T E M P T M U F P A D E R A

O T S U B R A R E P V E I R A L D O I S L O B U L O S E R D A M

I R P A C

A R U P R U P A C N A R B

L O F

@editorapixel

I

/editorapixel

M E R I D I O N A L

Gi

C A

DA

F R A T E R N I D A D E S N I D R A J

s eiijiiN os Nh ho Be

D S E L I C A D A S A E T N A L P

O livrão sobre os personagens interpretados pela Gi no Luccas Toon.

HORÓSCOPO Aproveite a ótima fase para abrir sua mente, investir nos estudos e no seu crescimento pessoal. Mas atenta: concentre-se em uma tarefa de cada vez, ok?

Pode ser difícil aprender uma nova tarefa: priorize o que já sabe fazer e aproveite o pique para organizar melhor as tarefas de rotina.

Pode ter novidades em um assunto de Justiça ou concurso. Nosso reizinho Mercúrio está todo serelepe na sua Casa 2 e envia boas vibes para suas finanças.

O Sol inferniza seu astral e aconselha a não assumir mais responsabilidades do que pode aguentar. Respeite seus limites e seus horários de descanso.

Com o Sol iluminando sua criatividade, você estará ainda mais empolgada, falante e convincente neste início de semana. É pra glorificar de pé, né non?

O dia será ótimo trocar ideias com os migxs, seja por telefone, por skype, pelo zoom ou pelo zap mesmo. Romance com alguém da turma também pode decolar.

Terá boas ideias para aumentar seus ganhos e pode até receber uma grana que considerava perdida. Tenha cautela com os gastos, porque os boletos não perdoam.

Para quem já achou sua alma gêmea, Saturno retrógrado pede mais de romantismo e diversão. Que tal sair um pouco da rotina e passear com seu amor?

Vai querer segurança e conversará muito com o crush para descobrir se vocês realmente combinam. Os astros favorecem o diálogo e a compreensão mútua.

Controle as suas reações para contornar qualquer desafio sem brigar. Vale respirar fundo para não tumultuar o grupo da família no WhatsApp.

Tá de parabéns, hein, Virgem? Você vai iniciar a semana cheia de energia, disciplina e força de vontade para encarar o trabalho.

A fase também é promissora para quem planeja iniciar uma parceria ou sociedade com alguém de confiança: aposte na união que vai dar bom.

ilustração: candi

Os encantos da madressilva Instagram/Reprodução

Whindersson Nunes posou sem camisa para Caio Castro em uma academia e brincou sobre sua boa forma. Na legenda do post, o humorista escreveu: “Tão lindo que quem tira minhas fotos agora é o Caio Castro”. Os seguidores aprovaram o encontro fitness e muita gente falou que os dois formariam um belo casal! Namorada de Caio Castro, Grazi Massafera colocou vários emojis de coração nos comentários e escreveu a misteriosa frase: “Nem sei”. Alguns interpretaram que a atriz ficou sem palavras com o encontro do namorado com Whindersson,

www.coquetel.com.br


12 Segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Contracapa

CCR ViaSul começa a orientar usuários sobre mudanças nas praças da Freeway

Informações são parte da Operação Branca, que inicia nesta quarta para alertar sobre as alterações nos pedágios de Gravataí e Santo Antônio em 15 de agosto As mudanças nas praças de Gravataí e Santo Antônio da Patrulha ocorrerão à 0h (zero hora) de 15 de agosto e, para auxiliar os usuários, nesta quarta-feira (5/8) a concessionária inicia a Operação Branca nesses pedágios. Os veículos que passarem pelas praças serão abordados e os usuários avisados das alterações. Além disso, nesse período as equipes realizam os últimos treinamentos práticos, ajustando as transações, sistema de arrecadação, etc. A operação seguirá até o começo da cobrança oficial, e contará também com ampla divulgação por meio dos Paineis de Mensagem Variável (PMVs) dispostos na rodovia, com alertas no site www.ccrviasul.com. br e dos demais canais oficiais de comunicação com todos os públicos relacionados. Tanto a alteração da

CCR/Divulgação

praça de Gravataí, do km 77 para o km 60, quanto o início da cobrança em ambos os sentidos na praça de Santo Antônio, km 19, entrarão em vigor na mesma data. Portanto, a Ope-

ração Branca acontecerá nos três locais, para que os usuários que trafegam por esses trechos da Freeway sejam informados. A mudança de local é uma reivindicação antiga

da comunidade de Gravataí e região, e desafogará o tráfego das vias municipais no deslocamento para a capital. Já em Santo Antônio, com a bidirecionalidade, a tarifa reduzirá pela

metade, de R$ 9,20 para R$ 4,60 em ambos os sentidos. Ao todo, serão 25 cabines em funcionamento em ambas as praças, entre bidirecionais, mistas e com cobrança automática.

Em Santo Antônio, esse número representa um acréscimo de 9 cabines em relação às 16 atualmente em operação no local, gerando mais agilidade e conforto no atendimento aos usuários. Para a cobrança automática, atualmente são aceitas tags das operadoras Veloe, SemParar, MoveMais, C6Bank e ConectCar. Para se informar sobre como contar com o serviço, o usuário deve contatar a empresa fornecedora de sua escolha. A concessionária orienta para que os cuidados sejam redobrados e as sinalizações sejam seguidas, com atenção especial para a praça de Santo Antônio, que passará a ter cobrança no sentido capital, com necessidade de desaceleração e parada. Para informações e emergências, os usuários podem acionar o Disque CCR ViaSul 0800 000 0290.

Ecoponto de referência no Novo Mundo Tendo em vista a importância de manter a cidade limpa, conscientizar a população a respeito de educação ambiental e gerar renda, o município terá um Ecoponto modelo no bairro Novo Mundo. Por conta disso, na última semana, o prefeito Marco Alba assinou o convênio da obra com o Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS), representado pelo procurador-geral de justiça Fabiano Dallazen, por meio do Fundo para a Reconstituição de Bens Lesados (FRBL), representado pelo seu presidente do seu conselho gestor Sérgio Harris. Segundo o prefeito Marco Alba, os ecopontos

PMG/Divulgação

oportunizaram que pequenos geradores possam, de

forma correta, descartar seus resíduos.

“Assim, podemos tornar a cidade mais limpa e

livre de focos de descarte irregular.” Devido ao caráter inovador e de grande infraestrutura, o projeto da prefeitura referente ao novo Ecoponto foi selecionado pelo MPRS, e o valor do convênio é de R$ 439.243,24. A administração municipal, em contrapartida, deverá investir R$ 209.808,28 na construção do local, além do fornecimento do terreno, com cerca de três mil metros quadrados. A ordem de início para a construção do Ecoponto será assinada nas próximas semanas, tendo um prazo de seis meses para sua finalização. Dessa forma, a

equipe técnica da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSU) segue trabalhando para que os serviços de coleta seletiva de lixos de várias naturezas no bairro Novo Mundo tragam benefícios para o meio ambiente e para os moradores da região. “Ainda neste ano deveremos inaugurar mais unidades de ecopontos na cidade, objetivando oportunizar a população a descartar de forma correta seus resíduos”, finalizou o prefeito. Também estiveram presentes na ocasião o secretário da Saúde Jean Torman e o secretário de Serviços Urbanos Paulo Garcia.

2mnoticias.com.br

Profile for Jornal de Gravataí

Jornal de Gravataí. Segunda-feira, 3 de agosto de 2020. Edição 3512.  

Jornal de Gravataí. Segunda-feira, 3 de agosto de 2020. Edição 3512.  

Advertisement