Page 1

Entre em contato com a redação do JG pelo Whatsapp (51) 9 9415.3122

Gravataí, terça-feira, 2 de junho de 2020 | ANO XV | Edição # 3469 | Diário | Venda avulsa R$ 2,00

Marco Alba assina ordem de início do Centro de Educação Especial Irmã Soledade

Comandante do Corpo de Bombeiros apresenta novo fardamento

3

9

PMG/Divulgação

PMG/Divulgação

Local atenderá mais de mil alunos da rede municipal de ensino


2

Terça-feira, 2 de junho de 2020

OPINIÃO

Variedades

Depois que tudo passar: o que fazer para recuperar os negócios

Peter Dejong/AP

Segundo o filósofo Leandro Karnal, três fatores aceleram a história: guerra, revolução e epidemia. "O primeiro fator de uma epidemia, guerra ou revolução é acelerar processos que já estavam em curso. Essa é uma mudança irreversível". Especialistas dizem que o Brasil levará, aproximadamente, dois anos para recuperar a economia, devido à pandemia do Covid-19. Sendo assim, precisamos adaptar nossos negócios à nova realidade. Mas como recuperar o pique e o movimento nos negócios? As empresas de praticamente todos os segmentos estão sendo afetados por esta pandemia, por isso, uma forma de recuperar seus negócios é atuar de forma colaborativa. A palavra colaboração deriva do latim com e laborare e significa trabalho em conjunto. Uma definição simples, objetiva e comumente aceita é oferecida por Vreede e Briggs (2005): "articulação de um esforço comum em direção a um objetivo". Todas as empresas estarão em busca de objetivos comuns: recuperar o movimento, superar a crise financeira, manter e conquistar novos clientes, entre outros. Portanto, a atuação de forma colaborativa deve ser uma das possibilidades mais promissoras para retomar os negócios. Estas parcerias podem ser feitas com empresas de áreas afins, áreas complementares e até mesmo do mesmo segmento. Uma padaria pode divulgar em suas embalagens o restaurante próximo, e este, pode em suas mesas disponibilizar

folders de divulgação da padaria. Eventos promocionais realizados pelos comércios de uma mesma região também podem ser uma boa alternativa para atrair clientes e atuar colaborativamente. Desta forma, somando esforços, todos saem ganhando. Outro meio de fomentar o pique dos negócios são as vendas online. Durante o isolamento social, muitos consumidores que não estavam acostumados a realizar compras pela internet, não tiveram outra alternativa. Com isso, as vendas online, para muitos, deixou de ser algo ruim. Este nicho de mercado ganhou uma ampliação e é preciso que, mesmo aqueles negócios que não utilizavam esta ferramenta, comecem a utilizá-la como forma de maximizar o movimento. Conversar e entender quais são as novas necessidades dos clientes é igualmente importante. As mudanças irão ocorrer não só no mundo dos negócios, mas também na forma de pensar, viver e consumir. Por isso, o relacionamento com os clientes será fundamental para saber se seu negócio está atendendo as expectativas. Só com atitudes diferentes você conseguirá novos resultados. Avalie todas as dicas que receber, e coloque em prática, as que forem mais adequadas ao seu negócio. O importante é estar preparado para depois que tudo passar!

Karine Gomes coordenadora dos cursos técnicos do Senac Gravataí

click Clientes almoçam no restaurante Mediamatic, em Amsterdã, na Holanda, nesta segunda-feira (1º). O governo deu um grande passo para relaxar o bloqueio do coronavírus, com bares, restaurantes, cinemas e museus reabrindo sob rigorosas restrições, respeitando diretrizes governamentais e o distanciamento social para ajudar a conter a disseminação do coronavírus (COVID-19)

FEDERASUL debate a situação da agricultura no Estado Em meio ao cenário desafiador que congrega pandemia e estiagem, o agro gaúcho prova mais uma vez sua capacidade de resiliência: segue abastecendo a população com profissionalismo, garra e muito trabalho. É desse setor que vem outras boas notícias, que serão divulgadas durante o Tá na Mesa, amanhã (3/6), a partir das 12h pelo facebook.com/federasul/. São iniciativas que estão ampliando a produti-

vidade e a oferta de serviços da Secretaria da Agricultura, com economia de recursos públicos e inovação digital. Além disso, o Rio Grande do Sul está muito perto de conquistar o status sanitário de zona livre de aftosa sem vacinação. Com isso, poderá alcançar 70% dos mercados mundiais disponíveis. Também serão feitos outros anúncios que preparam nosso Estado para a retomada do desenvolvimento.

Apesar das medidas de isolamento social, 87,1% dos brasileiros precisaram sair de casa na última semana. É o que mostra uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde. O órgão entrevistou 2 mil pessoas. Apesar de 20,5% dos entrevistados relatarem que saíram de casa por tédio, os três motivos mais relatados foi a compra de alimentos (75,3%), trabalho (45%) e procurar serviço de saúde ou farmácia (42,1%).

PREVISÃO DO TEMPO

Fonte: ClicTempo

A polícia alemã precisou intervir para encerrar uma festa de pessoas em barcos no canal Landwehr em Berlim, na Alemanha, no último domingo (31/5). O evento "Pela cultura - todos em um barco" começou por volta de 12h30 no porto de Treptow acompanhado por dois barcos da polícia. A quantidade de embarcações e pessoas começou a aumentar e, por volta das 16h, já haviam de 300 a 400 barcos -- a maior parte botes de borracha -- participando do evento, informou a polícia em comunicado nesta segunda-feira (1º/6). O encontro chegou a registrar 1500 pessoas nos barcos e em terra, com música sendo tocada em vários barcos. O organizador pediu repetidamente

David Gannon/AFP

aos participantes respeitassem o distanciamento social para evitar a propagação da Covid-19. Devido ao não cumprimento e por reclamações sobre o alto volume da música, os organizadores encerraram o evento por volta das 17h35 após conversarem com a polícia. Enquanto isso, equipes de emergência adicionais conversavam com outros barqueiros

RADAR

para desligarem a música e pediam às pessoas nas margens que observassem a distância mínima entre elas. As pessoas em terra começaram a deixar a área gradualmente e os participantes nos barcos foram levados pela polícia de volta ao porto de Treptow. O evento foi encerrado por volta das 21h. Além dos dois barcos, cerca de 100 policiais foram destacados na operação. G1

nas redes Enquanto as atribuições dos Poderes estiverem sendo respeitadas, as decisões das autoridades acatadas e a disciplina das FA mantida, não há qualquer ameaça ao Estado de Direito Democrático. É preciso não usar a defesa da Democracia para suprimir direitos e causar instabilidade. General Hamilton Mourão | @GeneralMourao | Vice-presidente do BR


Cidade

Terça-feira, 2 de junho de 2020

3

Prefeito Marco Alba assina ordem de início do Centro de Educação Especial Irmã Soledade Local atenderá mais de mil alunos da rede municipal de ensino

O prefeito Marco Alba assinou na manhã desta segunda-feira, 1º de junho, a ordem de início da obra do Complexo de Educação Especial. O local, neste primeiro momento, abrigará a Escola Municipal de Ensino Especial Cebolinha e o Centro de Educação Especial. O prazo da obra é de dez meses, e o valor estimado é de cerca de R$ 8,1 milhões. No local também será construído um ginásio poliesportivo e um auditório com capacidade para 120 lugares. A execução será feita pela MTK Construção Civil Eireli, representada no ato da assinatura por Paulo Sérgio Spanholo. Também participou da ação a secretária de Educação Sônia Oliveira. “Esta, sem dúvida alguma, é uma das obras mais importantes deste

governo. Sempre ouvi dizer que a educação é a coisa mais importante e de maior valor para o ser humano. Por isso, trabalhamos para levar qualidade para toda a nossa rede municipal de ensino. Este complexo de educação especial visa a dar melhores condições para que nossas crianças e jovens sejam atendidas nas suas especificidades e possam se desenvolver”, disse o prefeito. A secretária Sônia revela que a capacidade de atendimento da Escola Cebolinha irá dobrar, passando das 80 vagas atuais para 160. Além disso, os cerca de 1,1 mil alunos que possuem alguma especificidade de ensino poderão receber atendimentos no contraturno de aula, como por exemplo nas salas de recurso e nos

PMG/Divulgação

do na rua Divinéia (antigo campo do Ferroviário), no Bairro Aliança.

Local receberá o nome de Irmã Soledade

consultórios psicológicos. “Todos os nossos atendimentos serão ampliados e nossos alunos terão um espaço mais moderno e adequado para se desenvolverem.”

Ela afirma que, em um segundo momento, a Escola Municipal de Ensino Especial para Surdos também se mudará para o complexo. “Neste primeiro momento será cons-

truído o andar térreo, que compreende a Cebolinha e o Centro. No projeto, há um segundo andar onde será instalada a Emees.” O Complexo de Educação Especial será construí-

Com o intuito de homenagear o grande trabalho feito pelas irmãs da Congregação Imaculado Coração de Maria (fundadoras do Colégio Dom Feliciano), o prefeito Marco Alba indicou o nome de Regina Bistrot, a Irmã Soledade, para o complexo. A religiosa, que fará 100 anos em 9 de novembro deste ano, veio para Gravataí em 1949, onde morou até 2011. Ela viveu na Comunidade do Colégio Dom Feliciano por 62 anos. Primava pelo Colégio, tinha grande amor às crianças e adolescentes.

Três novos casos de Coronavírus em Gravataí Gravataí registrou nesta segunda-feira, 1º de junho, três novos casos confirmados de Coronavírus. Com isto, a cidade contabiliza 86 pessoas positivadas com a doença. Destes três, o mais grave é o de uma mulher, de

39 anos, que apresenta o quadro de síndrome respiratória aguda grave (SRAG), e está internada na UTI (unidade de terapia intensiva) do Hospital Beneficente São Vicente de Paulo, em Osório. Os outros dois casos

são de um homem, de 28 anos, que é contato de um caso confirmado em Porto Alegre e uma mulher, de 55 anos, que realizou teste na rede privada de saúde. Ambos se recuperam e estão realizando a quarentena em casa. A

Secretaria Municipal da Saúde informa que todos os casos confirmados da cidade estão sendo monitorados.

RS com mais de 9 mil casos Até o início da noite

de ontem, em todo o RS havia 9.332 casos registrados de Covid-19 e 224 óbitos em solo gaúcho em decorrência da doença. Dos 497 municípios gaúchos, 289 têm casos confirmados. Segundo o portal da secretaria esta-

dual da saúde, Cachoeirinha contabilizava 100 casos. Segundo o governo municipal, deste total de casos, 82 pessoas já estão recuperadas. Até o momento, 754 exames foram realizados em Cachoeirinha.

Secretaria Municipal da Saúde apresenta relatório de gestão à Câmara de Vereadores de Gravataí Por lei, a cada quatro meses, são elaborados relatórios sobre o montante e a fonte de recursos aplicados na área da saúde

A Prefeitura Municipal de Gravataí, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, apresentou, em reunião virtual, na sexta-feira, 29, o Relatório de Gestão de Saúde referente ao primeiro quadrimestre de 2020 à Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de Gravataí, presidida pelo Vereador Paulinho da Farmácia. Dessa forma, o Secretário de Saúde, Jean Torman, obedece à determinação da Lei Complementar Federal nº141/2012, que estabelece, dentre outras questões,

que o Gestor do SUS em cada Ente de Federação deve elaborar relatórios detalhados, a cada quatro meses, com informações sobre o montante e a fonte de recursos aplicados na área da saúde, bem como as auditorias realizadas e seus pareceres. A lei também determina que sejam informadas a oferta e a produção de serviços públicos na rede assistencial própria, contratada e conveniada, comparando esses dados com outros indicadores de saúde da população. Nos primeiros qua-

PMG/Divulgação

tro meses de 2020, foram aplicados R$64.941.042,51 na área da saúde do Município de Gravataí, sendo R$ 32.042.563,87 oriundos do caixa municipal. Isso

significa dizer que o município aplicou 20,54% de seu orçamento na área da saúde, sendo que a Constituição Federal determina que sejam aplicados no mínimo 15% dos recur-

sos públicos municipais para esta área. Ou seja, Gravataí teve cerca de oito milhões de reais a mais aplicados na área da saúde. “Mesmo diante da situação, é sempre importante renovarmos a aproximação com esta Casa Legislativa, fazendo a demonstração e prestação de contas para mostrarmos a forma correta dos recursos públicos, o que é uma obrigação de todo o gestor público e uma expectativa de toda a sociedade”, afirmou Jean Torman, titular da pasta. Estiveram conectados

à reunião virtual (cujo link de acesso estava aberto para toda a população) cerca de 50 pessoas, dentre as quais se destaca o Presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marcelo Nascimento, o Presidente da Câmara de Vereadores, Neri Facin, os vereadores Jô da Farmácia, Dimas Costa, Evandro Soares, Dilamar Soares, Clebes Mendes, Alex Peixe, Alex Tavares, Bombeiro Batista, Fabio Ávila, Alan Vieira, Demétrio Tafras, Airton Leal, Wagner Padilha, Rosane Bordignon e Paulo Silveira.


4 4

Folha

Política Política

TERÇA-FEIRA, junhodede2020 2020 Terça-feira, 2 2dede junho

Pelosbastidoresdapolítica “Quem se entregou a Deus navega sob a segura proteção celeste ou ancorou o próprio coração no afetuoso seio d’Ele”. Paiva Netto

L. Pimentel pimentel.ddc@gmail.com

A BALANÇA POLÍTICA EM CACHOEIRINHA eficiente, inclusive com a utilização correta de armas de fogo por seus integrantes.

Entre outros nomes já aventados, Cachoeirinha ganha mais um précandidato a prefeito nas eleições municipais deste ano. Trata-se do delegado João Paulo Martins (64 anos), um cidadão que iniciou na vida pública aos 22 anos (1977), participando do curso preparatório para a profissão de Escrivão de Polícia. Formado em Direito pela PUC (1984), já em 1985 João Paulo foi aprovado em 1º Lugar no concurso para Delegado de Polícia, tendo atuado em diversas cidades do Estado, entre elas: Barros Cassal, Ijuí, Santo Augusto, Parobé entre outras. Em 1990 veio para Cachoeirinha, onde se destacou no enfrentamento da criminalidade e da corrupção. No comando da 1º Delegacia de Policia da cidade, foi o responsável pela Informatização da Unidade, instalação da CIRETRAN, do Posto da Mulher e da implantação da 22ª DP no Município, tendo colaborado sobremaneira com a segurança da cidade, nos três anos que esteve à frente da Delegacia de Polícia.

A BUSCA POR NOVOS RUMOS Agora, o ex-Delegado João Paulo Martins, por suas próprias palavras, acha que chegou a hora de contribuir de uma forma mais efetiva com o povo cachoeirinhense. Em visita à redação do JG e Folha de Cachoeirinha, ele garantiu que colocará o seu nome à disposição de seu partido (Progressistas) como pré-candidato à sucessão municipal nas eleições de outubro (talvez novembro ou dezembro devido à pandemia), por acreditar que pode realizar um trabalho coerente no município, numa união de forças que possibilite a realização de um governo que venha ao encontro das aspirações de todas as classes, englobando trabalhadores, empresários, comerciantes e demais setores da sociedade local.

PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS Em Cachoeirinha, João Paulo Martins teve um trabalho que mereceu diversos elogios e reconhecimentos de parte da população local. Um desses reconhecimentos ocorreu em 2002, quando, mesmo já não sendo mais delegado desde 1996, o policial foi agraciado através do voto popular com o titulo de “Cidadão Nota 100”, honraria que, segundo ele, muito o orgulha. Também foi agraciado com o título de Cidadão Honorário da Cachoeirinha. João Paulo foi de fato um profissional extremamente capaz e produtivo dentro de sua área de atuação, motivo pelo qual foi elevado pelo Governo do Estado ao mais alto posto da PC, chegando ao cargo máximo da instituição, a Chefia da Polícia Civil do Rio Grande do Sul. Ainda em Cachoeirinha, no ano de 2014 foi Secretário Municipal de Segurança Pública, quando aproveitou a força do cargo para aperfeiçoar os processos, promover a racionalização dos recursos e a qualificação dos servidores, sempre no sentido de zelar pelos interesses do contribuinte e de todos os cidadãos. Ainda por sua atuação como secretário, orgulha-se de haver contribuído para a criação de um Centro de Treinamento e do processo que qualificou e habilitou a Guarda Municipal para atuar de maneira

Além da excelente produção obtida quando delegado, que outras participações o senhor teve na cidade? JP – Tive envolvimento em ações sociais através do Rotary, tendo presidido o Rotary Cachoeirinha Industrial. Também atuei como vicepresidente e depois presidente do COMUDES (Conselho Municipal de Desenvolvimento) no período de 2012 a 2016, atividade que na qual contribui para diversas conquistas em prol da cidade, como viaturas policiais, ambulâncias, caminhão para os bombeiros, melhoramentos nas escolas e hospital, Casa de Cultura e também na Praça do Eco Turismo. Também presidi o CONSEPRO, instituição da qual participei até 2019, tendo me afastado para me dedicar ao projeto político que pretendo empreender. Por fim, minha atuação como Secretário de Segurança Municipal, no período 2014 a 2016, me permitiu um contato bem próximo com as instituições municipais, com o contexto político-administrativo e com as comunidades mais carentes. O senhor acha que isso realmente o credencia a pleitear uma candidatura? JP - Acho que o cargo exige muita qualificação, especialmente em gestão pública, muita experiência, liderança e coragem para enfrentar as transformações que são necessárias. Uma vez que estou me disponibilizando

é porque tenho a convicção de que posso fazer melhor, mas claro, será o eleitor quem decidirá. João Paulo, o que está faltando para a confirmação de seu nome como candidato? JP - Não vejo obstáculo algum, a decisão pessoal está tomada, com apoio da família, de amigos, de apoiadores em geral e do meu partido. Falta apenas a oficialização, que se dará na Convenção Municipal, e o acolhimento da candidatura pela Justiça Eleitoral. Poderia adiantar a quantas andam as conversações com outras siglas para uma composição forte para enfrentar a situação no Município? JP - Estamos desde o início conversando com todos os partidos que, na nossa avaliação, apresentam afinidade de ideias e de propósitos, de modo a que se possa construir e executar um projeto que atenda aos interesses dos cidadãos. Posso adiantar que já identificamos parceiros com estas características e as conversas estão bem adiantadas. Como o senhor vê a possibilidade de realizar uma grande administração num período pós-pandemia? JP - Um gestor tem o dever de fazer o melhor possível, de acordo com as circunstancias e os recursos disponíveis. Uma grande administração, especialmente num período pós-

* Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores e não emitem a opinião do jornal Diagramador/Editor: Jacson Dantas e Filipe Foschiera Diretor geral: Moacir Menezes Redação/Diagramação: JacsoneDantas e Filipe Foschiera * Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores não emitem a opinião do jornal Diretor geral: Moacir Menezes

Filiado:

Filiado:

pandemia, será aquela que consiga, num primeiro momento, organizar a casa, fazendo com que ela funcione com mais eficiência, manter os serviços de boa qualidade ao cidadão, bem como honrar os compromissos assumidos junto a fornecedores e servidores. Na sequência, estimular o desenvolvimento econômico com a atração de investimentos e o estímulo às iniciativas que promovam o emprego e a renda, de modo que todos possam viver com mais dignidade no futuro. Há possibilidade de coligações com quais partidos? JP - Vou responder por exclusão: Em um projeto de mudança e renovação, tudo o que representa continuísmo (a chamada velha política) está fora. Da mesma forma, se for retrocesso ou extremismo. Portanto, todos os demais que quiserem se somar a um projeto sério e comprometido com os interesses da sociedade, serão bem acolhidos. Que mensagem gostaria de deixar ao povo de sua cidade neste nosso primeiro contato? JP – Quero finalizar este nosso primeiro contato afirmando que Cachoeirinha é a cidade que escolhi para viver, motivo pelo qual farei tudo o que for possível para que os cidadãos cachoeirinhenses tenham cada vez mais orgulho de sua cidade. Deixo um fraternal abraço a todos!

Folha

DIÁRIO Publicação da empresa Jornal Diário Publicação da empresa Gráfica Jornal 2M Ltda Oficial dos Municípios Ltda ME CNPJ nº 03.851.285/0001-62 CNPJ nº 08.070.493/0001-48 51 3421.3381 / 3423.1792 www.2mnoticias.com.br jornaldegravatai@gmail.com 51- 3497.1078 www.2mnoticias.com.br folhadecachoeirinha@gmail.com Registro nº 39987 do livro A-4 Registro nº 39987 do livro A-4 Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira nº 6125 Pda. 64 Bairro São Vicente CEP 94060-001 Gravataí RS Brasil Fundação: 22 de março de 2005 Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6125. CEP: 94070-001 - SãoVicente - Gravataí /RS - Brasil Fundação: 15 de janeiro de 2013


Geral

Terça-feira, 2 de junho de 2020

Para enfrentar pandemia, não se deve sair da democracia, diz Fachin

5

Ministro participou de palestra online sobre direito e covid-19

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse ontem (1º/6) que não se deve “sair da democracia” nem transformar o enfrentamento da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus em um “laboratório de autoritarismo”. “Não deve haver saída da crise com saída da democracia”, disse ministro em palestra online sobre direito e covid-19, organizada pelo Centro Universitário de Brasília (Ceub),  universidade privada da capital. “É dentro da legalidade constitucional que devemos lidar com essa crise”, acrescentou o ministro. Para Fachin, assim como um médico segue os protocolos de saúde numa sala de emergência, também a sociedade deve observar os protocolos democráticos

para lidar com a situação, “para que o enfrentamento dessa crise seja um laboratório da democracia, e não seja, em hipótese alguma, um laboratório de autoritarismo”. O ministro frisou que, mesmo sendo necessário conviver com as divergências em uma democracia, “é preciso que tenhamos presente que grades de proteção da legalidade democrática não podem ser suplantadas”. Ao final, Fachin defendeu tolerância, inclusão e pluralidade como princípios inerentes ao processo democrático, mas ressalvou também ser preciso “que quem demande respeito se respeite. Chamar para si a liberdade de expressão para atentar contra a liberdade da expressão é ser tolerante com os intolerantes”. ABr

Carlos Moura/SCO/STF

Brasil recebe dois milhões de doses de hidroxicloroquina dos EUA O Ministério das Relações Exteriores informou que o governo dos Estados Unidos entregou ao Brasil dois milhões de doses de hidroxicloroquina, “como demonstração da solidariedade” entre os dois países na luta contra o coronavírus. De acordo com nota divulgada pelo Itamaraty, em breve, o país norte-americano também enviará mil ventiladores para o Brasil. “A HCQ [hidroxicloroquina] será usada como profilático para ajudar a defender enfermeiros,

médicos e profissionais de saúde do Brasil contra o vírus. Ela também será utilizada no tratamento de brasileiros infectados”, diz a nota. O ministério também anunciou um esforço de pesquisa conjunto entre Brasil e Estados Unidos que incluirá testes clínicos controlados randomizados, para avaliar a segurança e eficácia da droga, tanto para a profilaxia quanto para o tratamento precoce do novo coronavírus. O desenvolvimento de uma vacina também será objeto desse esforço entre os dois

Internet/Reprodução

países, conforme ressaltou o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, no Twitter.

OMS

Na semana passada, a

Organização Mundial da Saúde (OMS) suspendeu os testes com a hidroxicloroquina em pacientes com covid-19 por questões de segurança. Anteriormente, a OMS já havia se

manifestado contra o uso do medicamento contra a covid-19. Originalmente, a droga é indicada para o tratamento de doenças como malária, lúpus e artrite. Apesar de ser defendida pelos presidentes Bolsonaro e Trump como um possível tratamento para covid-19, segundo a OMS, ainda não há evidências científicas que comprovem o benefício da cloroquina, e seu derivado hidroxicloroquina, contra a doença causada pelo novo coronavírus. Ainda assim, o gover-

no brasileiro incluiu os medicamentos no protocolo de tratamento para pacientes com sintomas leves de covid-19, mas alertou que eles podem causar efeitos colaterais como redução dos glóbulos brancos, disfunção do fígado, disfunção cardíaca e arritmias e alterações visuais por danos na retina. Cabe ao médico a decisão sobre prescrever ou não a substância, sendo necessária também a vontade declarada do paciente, com a assinatura do Termo de Ciência e Consentimento. ABr

Projeto institui medidas contra o financiamento da disseminação de conteúdo de ódio pela internet O Projeto de Lei 2854/20 institui medidas contra o financiamento da disseminação de conteúdo de ódio e preconceito pela internet. Apresentado pelos deputados Maria do Rosário (PT-RS), Luizianne Lins (PT-CE) e Rui Falcão (PT-SP), o texto está em análise na Câmara dos Deputados. Pela proposta, qualquer plataforma responsável por mídia ou publicidade programada deverá tomar providências para não monetizar sítios eletrônicos ou aplicações de internet que disseminem conteúdos de ódio.

Isso inclui conteúdos relativos a preconceito racial, LGBTfobia, preconceito religioso, misoginia e xenofobia. O mesmo valerá para conteúdos que façam apologia à ditadura militar ou propaguem o fechamento ou extinção de qualquer um dos Poderes da República. O texto define “monetização” como a geração de receita por meio da inserção de anúncios, links ou qualquer tipo de parceria. A “monetização” dos conteúdos também será proibida para informações a respeito de tratamentos de saúde relati-

vos a pandemia ou epidemia contrárias às determinações da Organização Mundial de Saúde. O mesmo valerá para conteúdos de “curandoirismo” e “charlatanismo” ou que estimulem a propagação de doença contagiosas - atos já considerados como crimes pelo Código Penal. Segundo o texto, o administrador de sistema deve remover ou tornar inacessível, dentro de 24 horas após a notificação por uma ou mais pessoas, qualquer conteúdo que viole essas regras. O descumprimento das medidas acarretará multa correspondente

ao dobro do rendimento obtido pela monetização. Em caso de reincidência, a multa será triplicada. Os valores arrecadados serão destinados aos órgãos de segurança pública responsáveis pela perícia criminal ou combate aos crimes virtuais.

Indústria da mentira

“Há uma verdadeira indústria trabalhando por trás de mentiras que vão de encontro a todos os esforços para atenuar os efeitos da pandemia de coronavírus”, afirmam os autores do projeto. “A proposta

mira no financiamento da indústria da mentira, que está a serviço do ódio e da morte”, complementam. “Não é mais possível que a sociedade brasileira conviva com pessoas que dentro de seus gabinetes de ódio obtenham lucros com a mentira e o ódio, desinformando parcelas significativas da população, quando as medidas sanitárias mais importantes a serem tomadas precisam justamente da correição das informações divulgadas à população”, acrescentam. Agência Câmara de Notícias


6 6

TERÇA-FEIRA, 2 de junho de 2020 Terça-feira, 2 de junho de 2020

#DICADELIVRO AS RELÍQUIAS AINDA ESTÃO PERDIDAS O destino do universo mágico e não mágico está nas mãos de sete jovens bruxos em uma jornada alucinante comandada pelo mineiro Sillas Lopes Bruxos, magos, deuses e criaturas mitológicas se misturam entre o mundo Feérico e Não Feérico, mágico e não mágico, no universo fantástico criado pelo escritor Sillas Lopes. Após dez anos de produção e aperfeiçoamento, o primeiro livro da Trilogia dos Sete, “As relíquias perdidas”, chega aos amantes da leitura de fantasia sedentos por novas aventuras. Crick Angell descobre aos 15 anos que pertence a um mundo mágico e, além com a notícia, recebe uma missão: comandar uma alucinante viagem com objetivo de resgatar sete itens incomuns que dão ao seu possuidor uma magia absoluta. Duras provações aguardam Crick e outros seis jovens: juntos eles formam a Companhia das Relíquias. O destino dos dois mundos está nas mãos dos Sete! O prólogo da obra relata o sequestro da mãe de Crick, Lyygia Angell. Logo nas primeiras páginas, o leitor é introduzido ao vilão da história: Flausto Aphonsus Rockenbach, assassino do então presidente da magia Kenneth Bamberg. Com a perda da mãe e o perigo iminente no mundo mágico, Crick é enviado ao Brasil para ser criado pela avó em Copacabana, Rio de Janeiro. Depois de 14 anos sem sequer sonhar ser bruxo, o personagem descobre sua verdadeira origem. “— Irei poupá-lo do ceticismo. Alice remexeu o interior de seu casaco e retirou uma varinha de madeira com uma empunhadura em marfim. O objeto tinha uns trinta centímetros de comprimento e se assemelhava a uma batuta. — Isto, Crick, é o terceiro braço de um bruxo, o símbolo do nosso poder. — então ela apontou a varinha para a lareira e para total espanto de Crick, o objeto sugou as chamas que ardiam vigorosamente e no minuto seguinte as cuspiu de volta ao lugar.” – As relíquias perdidas, pág. 24 Os jovens conseguirão encontrar os itens e garantir a paz do mundo mágico? Essa é a aventura que propõe a Trilogia dos Sete, uma leitura destinada principalmente aos fãs da boa e velha fantasia, narrada de forma inovadora e criativa. Desta forma, Sillas tem misturado em seu caldeirão, os principais elementos para fazer de seu livro de estreia, um sucesso absoluto. E ao leitor, não cabe outra opção senão se render. Sobre o autor: Desde pequeno aficionado por livros, histórias, contos e crônicas, Sillas praticamente cresceu em uma biblioteca; imerso entre as estantes, frequentador assíduo da literatura e defensor nato das obras clássicas e fantásticas. Nasceu e cresceu na pequena Felisburgo (MG). Desenvolveu ali o gosto pela escrita, e iniciou, em um caderno finito, um mundo mágico infinito, cheio de aventuras, mistérios e fantasias. Autor declara paixão pela Inglaterra, sentimento que transparece no estilo literário que desenvolve.

Folha

Cultura Cultura

PABLO LANZONI FAZ SHOW NESTA QUINTA-FEIRA NO MISTURA FINA VIRTUAL

CANTOR SE APRESENTA NA PROGRAMAÇÃO DO THEATRO SÃO PEDRO, QUE REINVENTA SE EM TEMPOS DE CRISE SANITÁRIA E É ALTERNATIVA CULTURAL PARA QUEM ESTÁ EM CASA A apresentação em ambiente virtual de Pablo Lanzoni dá continuidade à programação do projeto Mistura Fina - Música para Fugir do Trânsito, no próximo dia 04 de junho, quinta-feira. A transmissão é feita pelas redes sociais do Mistura Fina, pelo link: www.facebook.com/misturafinamusica/, a partir das 18h30min. Para este projeto, o cantor e compositor apresenta um repertório que mescla canções de seu trabalho de estreia, POA_MVD, e temas que compõe o novo álbum, que está em fase de finalização, além de uma releitura de Vitor Ramil. A iniciativa leva a assinatura da Fundação Theatro São Pedro, por meio da Associação dos Amigos do Theatro São Pedro, produção da Primeira Fila Produções, financiamento do Pró-Cultura RS e patrocínio da Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul - SULGÁS. Suspensas desde o dia 19 de março, em acordo com as medidas temporárias de prevenção ao contágio pela COVID-19 (novo Coronavírus), a programação Mistura Fina - Música para Fugir do Trânsito foi retomada no dia 16 de abril, a fim de garantir a continuidade do projeto e o trabalho dos artistas participantes, bem como minimizar os efeitos do isolamento provocado pela crise sanitária no Brasil.

WEBINAR REÚNE ESPECIALISTAS DO BRASIL E URUGUAI PARA DEBATER LIÇÕES APRENDIDAS COM A COVID -19 O webinar “COVID-19: lições aprendidas” acontece na próxima terça-feira (02/06), às 11h, com a participação de renomados especialistas e gestores do Brasil e do Uruguai. Entre os palestrantes confirmados estão Eduardo Leite, governador do Estado do Rio Grande do Sul, Dr. Daniel Salinas, ministro da Saúde do Uruguai e Dra. Mayra Pinheiro, secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde. A iniciativa é da Associação Médica Brasileira (AMB) em parceria com Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS), Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul (CREMERS) e Ministério de Salud Publica del Uruguay. A moderação ficará a

cargo do diretor científico da AMB, Dr. Antonio Carlos Palandri Chagas, e do coordenador de Diretrizes da AMB, Dr. Wanderley Marques Ber-

nardo. A abertura ficará por conta do Dr. Lincoln Lopes Ferreira, presidente da AMB, do Dr. Alfredo Floro Cantalice Neto, presidente da AMRIGS,

do Dr. Eduardo Neubarth Trindade, presidente do Cremers, e do Dr. Eduardo Henderson, gerente geral da Administração de Saúde do Uruguai.


Esporte Esporte

Folha

GRÊMIO REALIZA TREINOS FÍSICOS NO CT início da temporada, o meio-campista Darlan comenta sobre a estrutura oferecida pelo Clube e a sensação de aguardar o retorno dos jogos sem ter, ainda, uma data oficial. “A gente fica muito ansioso para que volte tudo ao normal. O Clube tem nos orientado da melhor forma. Procuramos dar o melhor no dia a dia para, quando normalizar, podermos desfrutar do futebol e fazer o que mais gostamos”, afirma. Hoje, os grupos retornam aos treinos divididos em cinco, com atividades iniciando às 8h30 e realizadas somente no turno da manhã.

COLORADO INICIA SEMANA DE TRABALHO A bola voltou a rolar no CT Parque Gigante para mais uma semana de treinamentos. Ainda sem uma data definida para a retorno dos campeonatos, o grupo de jogadores trabalha forte para a segunda parte da temporada. É a quinta semana de atividades desde a retomada dos treinos. Na manhã desta segunda-feira (01), o treinador Eduardo Coudet – junto da sua comissão – comandou os trabalhos. Primeiro, exercícios de força e musculação no gramado do CT. Depois, atividades técnicas com bola, focadas na troca de passes. Para fechar o primeiro dia dessa semana, as tradicionais corridas exigiram bastante fisicamente dos atletas. O grupo volta a treinar na manhã desta terça (02), com os jogadores divididos em pequenos grupos e seguindo as orientações e protocolos de saúde.

7 7

COM 24 ETAPAS, SESC CORRER EM CASA VAI ATÉ NOVEMBRO EVENTO QUE INCENTIVA A MODALIDADE DE CORRIDA ESTACIONÁRIA OFERECE SELO DE PARTICIPAÇÃO AOS INSCRITOS

Com benefícios como queima de calorias e gordura, aumento da capacidade cardiorrespiratória e melhora do humor e disposição física, a corrida se tornou uma paixão para milhões de brasileiros. Atento à necessidade de seguir incentivando a prática no período de isolamento social, o Sistema Fecomércio-RS/ Sesc criou o Circuito Sesc de Correr em Casa, levando a corrida estacionária para a casa de milhares de pessoas durante a primeira edição. Devido ao sucesso, a segunda edição do evento já foi lançada e o novo Sesc Correr em Casa ocorre até novembro. São 24 etapas e provas toda quarta-feira, às 20h, com lives comandadas por orientadores físicos na página do Sesc/RS no Facebook (www.facebook. com/sescrs). A primeira etapa ocorreu em Montenegro, como parte da programação do Dia do Desafio, simulando uma subida ao Morro São

Freepik

O calendário avança e o Grêmio entra o mês de junho mantendo o planejamento de treinos preparatórios ao retorno do calendário. Nesta segunda-feira, os cinco grupos de jogadores se apresentaram nos turnos da manhã e tarde no CT Luiz Carvalho e realizaram uma sessão de trabalhos físicos, antes do início das atividades direcionadas aos movimentos de jogo. Ainda sem uma data prevista para a retomada do calendário, a comissão técnica gremista prevê para este mês treinamentos mais adaptados a situações de jogo, de forma a deixar os atletas aptos à competição. Titular em algumas partidas no

Terça-feira, 2 de junho de 2020 TERÇA-FEIRA, 2 de junho de 2020

João. A próxima prova, que será no dia 03 de junho e simulará uma corrida pelas ruas de Cachoeira do Sul, já está com inscrições abertas. Quem quiser registrar presença e receber selo de participação virtual, pode confirmar a participação gratuitamente pelo site www.sesc-rs.com.br/sesccorreremcasa. Todas as etapas terão duração entre 20 e 30 minutos e corresponderão a percursos que variam de 4km a 10 km.

A ideia é que os participantes mantenham a saúde e o treinamento em dia e visitem, de forma virtual, variadas pontos de cidades gaúchas. Para isso, os colaboradores fazem imagens do trajeto em cada município e projetam em um telão durante as transmissões ao vivo. Para reproduzir a prática de uma corrida de rua de forma mais fiel, as provas não podem ser realizadas em esteira ou bicicleta.


8

Terça-feira, 2 de junho de 2020

Paim pede proteção à saúde de trabalhadores de frigoríficos na pandemia O senador Paulo Paim (PT-RS) alertou para a situação precária dos trabalhadores de frigoríficos brasileiros durante a crise sanitária da covid-19. Desde o início da pandemia, frigoríficos estão registrando muitos casos de contaminação

por conta da dinâmica do tipo de trabalho nesses locais. Entidades sindicais reivindicam medidas de proteção e amparo aos trabalhadores desse setor para permitir a manutenção da produção, como a redução da jornada. Agência Senado

Senado analisa MP que permite redução de salários e jornada durante calamidade A Câmara dos Deputados aprovou e o Senado deve analisar a medida provisória que permite a redução proporcional de jornada de trabalho e salários por 90 dias durante a pandemia do coronavírus (MP 936/2020). Segundo

o senador Marcos Rogério (DEM-RO), o governo vai subsidiar parte da renda perdida pelos trabalhadores. O senador Paulo Paim (PT-RS) cobrou organização e rapidez nas medidas de apoio aos empregados. Agência Senado

Não faltam cédulas para pagamento de auxílio emergencial, afirma presidente do Banco Central

Youtube/Reprodução

Em reunião da comissão mista da covid-19 nesta segunda-feira (1/6), o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse que não há problema de falta de cédulas para pagar o auxílio

emergencial de R$ 600, mesmo diante do aumento histórico no volume de saques. Por causa da pandemia, disse, as pessoas também estão levando mais dinheiro para casa. Agência Senado

Geral

Em crise, setor de eventos tem mediação da Assembleia Legislativa em reunião com bancos Responsável por mais de 500 mil empregos no Rio Grande do Sul e em crise desde o início da pandemia, o setor de Eventos buscou a mediação da Assembleia Legislativa para que suas dificuldades fossem ouvidas pelo setor financeiro do Estado. Na manhã da última quinta-feira (28/5), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ernani Polo (PP), conduziu uma videoconferência com entre empreendedores do segmento e representantes do Banrisul, BRDE e Badesul. O parlamentar enfatizou que o setor é um dos mais prejudicados pela crise. No encontro, o grupo Live Marketing RS apresentou uma pesquisa realizada com empresas do ramo que demonstrou o crescimento exponencial da taxa de desemprego diante da crise, além da falta de garantias por parte das pequenas empresas, apontada como principal motivo pelo qual a liberação de crédito é negada, um dos problemas enfrentados pelo setor. A principal solicitação é para concessão de capital de giro com carência, prazo e condições especiais; microcrédito sem

Joel Vargas/ALRS/Divulgação

garantia e desburocratização. O diretor do Banrisul, Osvaldo Lobo Pires, afirmou que são avaliadas novas formas de apoio diariamente, na tentativa de auxiliar o setor a enfrentar a crise gerada pelo coronavírus. O diretor do BRDE, Luiz Noronha, contou sobre a criação do programa Recupera Sul, direcionado ao capital de giro, com condições razoáveis de carência e de taxas. O BNDES anunciou R$ 5 bilhões para todo o Brasil, mas isso ainda é pouco. O superintendente do BADESUL, César Cardozo, explicou que o banco está se esforçando ao máximo para atender

o setor, oferecendo crédito para investimentos fixos, por exemplo. Porém, explicou que neste momento o Badesul trabalha com linhas de capital de giro, focada em créditos de menor porte, e com financiamentos entre R$30 e R$300 mil, usando a garantia de fundos garantidores. O ativo do setor concentra-se nos empregos, daí sua peculiar fragilidade diante deste momento. O deputado Ruy Irigaray (PSL), que também participou da vídeoconferência, lembrou sua atuação no setor e colocou-se à disposição para auxiliar nas demandas.

Deputada Luciana Genro protocola projeto de lei para paralisar privatizações no RS A deputada estadual Luciana Genro (PSOL) protocolou um projeto de lei para paralisar os processos de privatização no RS até um ano após a crise causada pela pandemia do Covid-19. A proposta se aplica a qualquer processo de desestatização e desinvestimento em andamento pelo governo do Estado, como as privatização de CEEE, CRM e Sulgás. O projeto também determina que fica vedado ao Executivo iniciar novos

Joel Vargas/ALRS/Divulgação

processos de privatização, incluindo venda de ações, a partir da edição do De-

FALE COM A REDAÇÃO pelo whatsapp jornaldegravatai@gmail.com ou folhadecachoeirinha@gmail.com

creto nº 55.128/2020, que declara estado de calamidade pública.

"Este é o pior momento para privatizar, pois a crise provocada pela pandemia pode gerar uma oferta de preços muito abaixo do valor das nossas estatais. O coronavírus não pode servir como pretexto para uma grande liquidação de empresas públicas, favorecendo grupos interessados em lucrar com a crise. A atitude mais sensata é suspender qualquer processo de privatização", destaca a deputada Luciana Genro.

51 9 9415 3122


Cidade

Corpo de Bombeiros de Gravataí se une à Campanha do Agasalho e ao projeto Máscaras do Bem

Ações para arrecadar donativos vêm do Gabinete da Primeira-dama e da Secretaria Muncipal da Família, Cidadania e Assistência Social e Assistência Social (SMFCAS). Sendo assim, como gesto de solidariedade, o Corpo de Bombeiros de Gravataí se uniu à Prefeitura nessa causa, que tem por objetivo a luta contra a covid-19 e, com a chegada do inverno, a minimização do frio de pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social. O convite para a participação da corporação na causa aconteceu na última semana, e foi

9

Comandante do Corpo de Bombeiros apresenta novo fardamento

feito pelo secretário da SMFCAS, Luis Stumpf, e pela Diretora da Proteção Social Básica, Zete Blehm. Na ocasião, ambos conversaram com o Comandante Ten. Adriano Silva, que aceitou o convite e alegou o engajamento social de toda equipe do 1º Pelotão da Companhia Especial do 8º Batalhão de Bombeiros Militar do Município de Gravataí, inaugurado em dezembro do último ano. No local, foi deixada a caixa coletora de doações. PMG/Divulgação

Remetendo à necessidade ajudar as famílias que passam por dificuldades socioassistenciais neste período de pandemia, foi anunciado em live, no dia 13 de maio, o lançamento da Campanha do Agasalho 2020, junto ao projeto Máscaras do Bem, que visa à arrecadação de doações de máscaras. A iniciativa é do Gabinete da Primeira-dama Patrícia Bazotti Alba e da Secretaria Municipal da Família, Cidadania

Terça-feira, 2 de junho de 2020

PMG/Divulgação

O prefeito Marco Alba recebeu na tarde desta segunda-feira, 1º de junho, o comandante do Corpo de Bombeiros de Gravataí, o 1º tenente Adriano Silva, que veio apresentar o novo fardamento dos bombeiros da cidade. Os 25 trajes completos, no valor de 135 mil, foram adquiridos com verba do Fundo Municipal de Reequipamento do Corpo de Bombeiros Militares do

município recebe doação para auxiliar na luta contra o abuso sexual infantojuvenil

Estado do Rio Grande do Sul (Funrebom). O comandante explicou que todos os fardamentos foram feitos sob medida e que possuem certificação europeia. "Estes são um dos melhores equipamentos de proteção individual (EPIs) para bombeiros do mundo, por apresentar uma grande versatilidade, conforto e resistência para altas temperaturas." Adriano

ainda entregou uma placa de reconhecimento ao prefeito, por sua "sensibilidade e parceria". "Sabemos da importância que a corporação tem para a comunidade e trabalhamos sempre em conjunto, visando sempre um bom atendimento para os moradores de Gravataí", comentou Marco Alba, que ainda parabenizou pelo novo fardamento.

publicação legal EDITAL DE CASAMENTO

Edital nº 28/2020

VALECY CABELEIRA BITELO - Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais, faz saber, que se habilitaram para casar por este Cartório: – NERI ROQUE DE ARAUJO MARTINS e NELI MENDES DA SILVA

Quem conhecer algum impedimento, acuse-o na forma da Lei. AV. JOSÉ LOUREIRO DA SILVA, 1826 - Fone: 3488.1800

PMG/Divulgação

Gravataí, 2 de junho de 2020 - Valecy Cabeleira Bitelo - Oficial de Registros

EDITAL DE CASAMENTO

Edital nº 26/2020

JOSÉ KLEBER DE LUCENA - Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais, faz saber que se habilitaram para casar por este Cartório:

Na última semana, o secretário da Família, Cidadania e Assistência Social, Luis Stumpf, recebeu 100 máscaras e 100 cartilhas com perguntas e respostas sobre abuso sexual infantojuvenil. A doação foi feita pelo Conselho Tutelar e o Conselho da Criança e Adolescente (CMDCA).

O representante da Secretaria Municipal da Família, Cidadania e Assistência Social (SMFCAS) agradeceu a todos e falou sobre a importância da doação. “Em meio a essa pandemia, nossos serviços não podem parar. Com as pessoas dentro de casa, o cuidado com esse tipo de

violência deve ser ainda maior. As crianças e os adolescentes precisam do nosso cuidado”. Estavam presentes na entrega, as conselheiras tutelares Deize Costa, Tatiane Nunes e Janaína Feijó. Do CMDCA participaram a presidente Patrícia Dias e o vice-presidente Amauri Rhoden.

- Roger Moraes Fernandes e Alinne Ayessa Rodrigues Camargo - Silvio Luiz Pereira Alves e Iara Maria Evangelista dos Santos - Richardson Dorvil e Michaella Isaac - Jorge Cornely Gomes e Érica Jesus da Silva - Anderson Giovane da Silva Machado e Rosana Santos Arruda Quem conhecer algum impedimento, acuse-o na forma da Lei.

AV. DORIVAL C. LUZ DE OLIVEIRA, 4820 - BAIRRO BARNABÉ Gravataí, 2 de junho de 2020 José Kleber de Lucena - Oficial de Registros


junhodede2020 2020 10 Terça-feira, 2 2dedejunho 10 TERÇA-FEIRA,

Folha

Geral Geral

SORRIFÁCIL INAUGURA CLÍNICA ODONTOLÓGICA COM TECNOLOGIA DE PONTA EM GRAVATAÍ Gravataí será sede de uma clínica com o que existe de mais moderno em tecnologia odontológica. A Sorrifácil – maior rede própria do segmento do Brasil – reinaugurou, na semana passada, sua unidade no município da Região Metropolitana. Resultado de um investimento de R$ 1,5 milhão, em plena crise econômica, o espaço possui 650 metros quadrados. A estrutura, que fica no Centro, reúne nove consultórios e um bloco cirúrgico pré e pós-operatório. Entre dentistas e demais integrantes da equipe, mais de 20 profissionais trabalham na operação. O local está equipado com equipamentos e recursos de ponta: diagnóstico por imagem com raio x panorâmico, scanner intrabucal e uso de laboratório digital de próteses com impressora 3D. Segundo o gerente geral de Marketing e Vendas da Sorrifácil, Rodrigo Gutterres, os principais ganhos dos pacientes serão agilidade e precisão nos tratamentos focados em saúde, prevenção e estética. “Um dos produtos que queremos alavan-

Divulgação

car em Gravataí são os alinhadores invisíveis, uma nova tecnologia de aparelho ortodôntico sem bráquetes. É duas vezes mais rápido e com previsibilidade digital de final de tratamento”, destaca Gutterres. INÍCIO EM GRAVATAÍ Hoje totalizando mais de cem clínicas, a Sorrifácil iniciou suas operações em Gravataí, em 2006. "Essa inauguração é representativa para nós. Foi aqui que começamos nossa trajetória. Significa, também, um novo marco neste recomeço após a pandemia do Coronavírus", avalia o gerente geral de Marketing e Vendas. Enquanto muitas empresas estão cancelando planos, a rede pretende manter o ritmo de expansão. Prevendo crescimento de 25% em 2020, abrirá no mínimo 15 novas operações no país até dezembro. As unidades estão distribuídas entre onze estados do Brasil e uma no exterior, na capital uruguaia. De acordo Gutterres, a Sorrifácil vem seguindo uma série de diretrizes e protocolos de segurança desde o início

da epidemia do novo Coronavírus. "Assim que iniciaram os primeiros casos no Brasil, adotamos um conjunto de ações

para manter os atendimentos de urgência e emergência com protocolos rígidos de segurança. Nossos atendimentos

também estão mais espaçados e estamos sempre atentos aos decretos municipais”, informa o executivo.

SENAC OFERECE LIVE GRATUITA SOBRE MEDIDAS TRABALHISTAS O avanço da Covid-19 colocou o mundo em alerta com o isolamento social. Para quem planeja utilizar este momento para colocar os estudos em dia ou até mesmo aprender algo novo, o Senac Gravataí promove a live “Novas medidas trabalhistas para o enfrentamento do Coronavírus”. O evento é gratuito e acontece no

dia 4 de junho, a partir das 19h, no https://bityli.com/dcwxD. A palestra será ministrada pela docente de cursos técnicos presenciais e EAD da Escola SENAC, Luciane Rubio, que é graduada em Administração de Empresas pela ULBRA Gravataí, pós-graduada em Docência do Ensino Superior pelas Escolas e Faculdades QI. Atuou

em várias áreas da Gestão de pessoas, com vasta experiência em rotinas trabalhistas. Mais informações podem ser adquiridas pelo site www.senacrs. com.br/gravatai ou presencialmente na escola, localizada na avenida Dorival Candido Luz de Oliveira, 480 Centro ou pelo telefone (51) 3488-8860. O evento é gratuito.


Variedades © Revistas COQUETEL

Procure e marque, no diagrama de letras, as palavras em destaque no texto.

Temporada de separações Você já notou que os CASAIS ao seu redor tendem a se separar ao mesmo TEMPO? Isso pode não ser coincidência! Em dois momentos ESPECÍFICOS do ano, o número de DIVÓRCIOS atinge o seu ÁPICE. E o fato não tem nada a ver com questões astrológicas ou problemas CONTAGIOSOS. De acordo com PESQUISA realizada pela universidade do Estado de Washington (EUA), a CULPA é das férias familiares. O auge das SEPARAÇÕES ocorre em MARÇO e AGOSTO, os meses seguintes às FÉRIAS, períodos em que as famílias geralmente decidem viajar juntas. As viagens são ligadas a ideias de RECOMEÇO, mas o RETORNO à ROTINA e a constatação de que nada mudou geram o sentimento de FRUSTRAÇÃO. O estudo relaciona o aumento das separações aos rituais DOMÉSTICOS das famílias, que vivem na mesma época, tanto no hemisfério Norte quanto no Sul, CICLOS de OTIMISMO e DECEPÇÃO. s

s

C

a

F

E

C

m Õ D G

Ç

p

I

C

E

a

N m

C

s

N

F

N

p

I

D

p

L

T

L

r

F

D u

L

E m E

T m Ç Y

L

F

C

L

L

E

T

E m p

O

a

F

N

E

E

s

F

E

L

N

L

Ã

r

G O D O N N m O

Y

D

Ç

L

T

O a

O N

C Y

T m D

L

C

E

s

Ç

L

L

E

G

E

D m

I

E

G m r

C

a m D

O a

I

C

F

L

O

C

O

Ã

r

V

G

r

D

T

I

r m N

Ç

a O

F

E

T

I

F

N D

C

L

L

F

p

p

r

L

T

r m

I

T m p

E

s

Q u

I

I

T D

E

T

s

O

E

s

s

s

a

C

C

T

u

E

E

C

F

O

F

I

C

C

D H G

T

N N

F

B

C

E

H

I

r

C

s

I

F

r

F

s

O

s

O

I

G

a

T

N O

C

E

r

G

C

F

E

C

O N N

T m s

F

G N

Y

N

F

F

L

F

L

T

B

O

L

D

T

s

L

O

T

O G

a

L

F

E

r

I

a

s

B

B

O

O

E

s

19

Solução O Ã Ç P E C E D S E Õ Ç A R A P E S A P L D U I C V O R C I O S P

R E T O R N O

I C E S P E C I F I C O S

O T I M I S M O

A N I T O R M A S R O Ç L O C I C P E S Q U I

O Ç E M O C E R

T E M P O Ã Ç A R T S U R F

S I A S S A C

F E R I

S O I G A T N O C

O T S O G A

D O M E S T I C O A S

HORÓSCOPO Uma amizade pode ser abalada e vai ser difícil não discutir. Estimule o diálogo com os familiares e o cônjuge. No amor, cuidado com fofocas, intrigas e mentiras.

Evite gastar demais com jogos ou supérfluos: guarde dinheiro para uma emergência ou então para saldar coisas mais importantes.

É melhor não ir com tanta sede ao pote. Hoje também rola treta entre Vênus e Marte, apontando desafios na vida amorosa. Evite se impor demais no romance .

A paixão está no ar e promete fortes emoções na paquera e no romance. Tire proveito do seu magnetismo para atrair alguém ou para deixar seu love ainda mais apaixonado.

É o momento de dar mais valor para a boa alimentação e às medidas e prevenção para manter a saúde protegida. Nas paqueras, você vai atrair como ímã.

Fugir de fofocas e de gente falsiane pode livrar você de problemas, então, tente ficar mais na sua e não te mete. Vênus anima o romance.

Use a criatividade para resolver os problemas e mantenha a cabeça fria. No amor, a coisa tá menos fracassada! Sua vida amorosa vai receber novos estímulos .

Declaração de amor ou pedido de namoro pode mudar o “status” de uma amizade. Na união, os astros aconselham a agir com mais tolerância.

Na paixão, seu charme vai arrasar corações e há chance de envolver quem deseja, mas evite ir com muita sede ao pote. A dois, paixão e desejos vão pegar fogo.

Procure se concentrar bem no trabalho para cumprir as tarefas sem erros ou atrasos. Cuidado para não agir de forma autoritária e rígida demais, pois pode perder pontos .

Será mais difícil dialogar e convencer as pessoas, então, tenha paciência para conversar e exponha seus pontos de vista com calma. À noite, a paquera deve esquentar.

A paquera promete encontros virtuais e papos animados à noite. Carinho e romantismo devem falar alto no romance, só segure o ciúme.

Felipe Neto alfineta Neymar por falta de posicionamento: "Nem todo mundo se importa"

Muitos artistas e celebridades de posicionaram apoiando as manifestações que aconteceram no domingo (31/5) em São Paulo e em outras cidades brasileiras, que pediram pela democracia, fim da violência policial contra pessoas negras e fim do sistema social racista. Mas quando muitos gritam pedindo justiça, o que fala mais alto é o silêncio de alguns. Quem apontou isso foi o youtuber e empresário Felipe Neto, que virou assunto nas discussões políticas e sociais desde que decidiu se posicionar de uma maneira mais crítica ao governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Neto, que já avisou que não seguiria influenciadores e celebridades que não se posicionassem politicamente, apontou que sentiu

Twitter/Reprodução

www.coquetel.com.br

CAÇA-PALAVRA

Terça-feira, 2 de junho de 2020 11

falta de uma publicação em apoio às manifestações por parte de Neymar Jr. O youtuber mostrou capturas de tela que mostram as publicações do jogador em sua conta no twitter desde 18 de maio, dia que o menino João Pedro, de 14 anos, foi morto durante uma operação policial no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo (RJ). O que chama atenção nas imagens é que nenhuma das publicações faz qual-

quer referência à morte do adolescente. “Vidas negras importam. Mas nem todo mundo se importa”, escreveu Neto na legenda das imagens. Em resposta a um das centenas de comentários, o autor da publicação relembrou a falta de posicionamento do jogador em outra situação. “Lembra na época da Amazônia pegando fogo? Até os companheiros de Paris Saint-Germain postaram, menos ele”. YC


12 Terça-feira, 2 de junho de 2020

Contracapa

JoséRosa Moda conforto, levanta astral em qualquer lugar No período em que vivemos, de uma certa forma, mais recolhidos, em virtude do Covid19, a moda Outono/Inverno 2020 que já está definida, mas que, por enquanto não podemos exibi-las por falta de eventos e ocasiões. Portanto, surgiu muito adequadamente para este momento uma moda que como sempre vem fechando com a atual realidade. A aposta da vez é investir nos conjuntos de abrigos. A peça deixou de ser usada apenas para fazer atividade física, mas se tornou tendência, podendo ser usado tanto no trabalho, como naquela saidinha nos estabelecimentos essenciais e também para quem trabalha de casa, em isolamento, com o conforto que todo mundo deseja.

Jaqueta Bomber

A moda se reinventa a cada ano e o destaque do momento são as jaquetas “bomber”, item fundamental para quem não abre mão de estar na moda. A variedade é grande e existem opções para todos os tipos de estilo. “Bomber” recebe este nome por ter sido extraída do dress-code militar! O item surgiu por volta de 1917, durante a Primeira Guerra Mundial, visando a necessidade de proteger os pilotos de avião do frio e de não comprometer a mobilidade. Atualmente, a peça recebe novos tecidos e texturas, assim como diversos detalhe em pérolas, pelos e estampas localizadas, dando aquele diferencial para o look. Adote a jaqueta e alie com calça no mesmo tecido e uma camiseta básica. Nos pés, escolha o tênis e imprima o melhor do estilo casual.

Calça Jogger

Com punho nas barras, a calça jogger feminina veio direto do mundo dos esportes para o universo street e chega com tudo nos mais variados modelos. As apostas da vez aparecem com tecidos em couro ecológico, moletom e sarja. O melhor da calça jogger é que ela mantém a principal característica: o conforto. É pra investir sem medo! As tendências de calça moletom 2020 é uma peça super despojada e estilosa, o que faz uma combinação perfeita com os tênis.

Tênis

O tênis veio com força total nos seus mais variados estilos e cores trazendo conforto e segurança, garantindo que não sejam apenas meros compositores de moda, mas sim criadores de um novo estilo de vida. Salto grosso, modelo chunky ou sneakers, plataformas, afivelados e estilo botinha prometem bombar nesta estação.

Profile for Jornal de Gravataí

Jornal de Gravataí. Terça-feira, 2 de junho de 2020. Edição 3469.  

Jornal de Gravataí. Terça-feira, 2 de junho de 2020. Edição 3469.  

Advertisement