Issuu on Google+

Gravataí, 11, 12 e 13/04/2014 - Pág. 1

ANO 9 - EDIÇÃO 1962ª - DIÁRIO - SEXTA-FEIRA, SÁBADO E DOMINGO, 11, 12 E 13 DE ABRIL DE 2014 - R$ 1,00

Circulação nos municípios de Gravataí, Cachoeirinha, Glorinha e Santo Antônio da Patrulha

► INVESTIGAÇÃO

Secretaria de Educação afasta direção da Escola Bárbara Maix Após denúncias de abuso, Sindicância foi instaurada para averiguar os fatos

DIVULGAÇÃO/JG

Página 5

► SINDICATO

NEUZA VICENTINI É REELEITA PARA O STPMG Em entrevista exclusiva ao JG, conta quais são as metas para o novo mandato

Página 7 ► CULTURA

NOVO MINI COOPER É MAIS CARRO E MENOS "CULT"; NO BRASIL, SERÁ FLEX Nova geração do Mini Cooper, hatch compacto de estilo, é apresentada à imprensa especializada global

► LIXO

Multas por descarte irregular de lixo, em Gravataí, começam a valer a partir do dia 20 Valores cobrados variam entre R$ 150 e R$ 3.000

Página 6

Encartado

Se você nasceu em 25 de maio de 1954, comemore conosco os seus 60 anos! Além de ganhar brindes, você participará da festa de aniversário da SOGIL. Entre em contato com o setor de Comunicação até o dia 30 de abril (3484 8068).


Gravataí, 11, 12 e 13/04/2014 - Pág. 2

Moradores cobram atenção! "Na quarta-feira passada a Prefeitura colocou homens na rua para fazer limpeza urbana, porém eles quebraram um cano na Rua dos Americanos, na parada 75. Completando uma semana, essa é a situação, água correndo sem parar. Logo mais vão querer fazer racionamento de água", Erick da Silveira para o Acorda Gravataí Envie sua sugestão/reclamação para jornaldegravatai@gmail.com

QUANDO O QUE A GENTE QUER DIZER NÃO TEM PALAVRAS Há horas em que elas não saem. Ficam na garganta. Você quer dizer e não sabe o que. A boca até seca. Queria tanto poder usar o poder das palavras, como nos filmes, nos contos, nas mágicas. Adoraria ter a força do pensamento e a capacidade de dar a elas uma espécie de vida e energia de tal forma que expressariam quase fisicamente o que quero dizer - sei lá, iria até lá e abraçaria mesmo a pessoa, daria mil beijos, sopraria a saudade que tenho, o amor de devoção, o querer bem, tudo o que se mantém calado na alma. Elas viajariam todas as distâncias, chegariam suaves aos ouvidos que seriam o meu alvo. Confortariam. Fariam rir ou ao menos sorrir. Aqueceriam o coração e fariam bem chegando ao corpo e à alma. Até não seriam palavras, mas um sopro trazido e levado pelo vento. Às vezes acho que é por isso que escrevo, os artigos e crônicas, fora do meu habitat e trabalho natural que é o jornalismo, onde as opiniões devem ao menos buscar ser imparciais. Aqui, não. Tento com as palavras, uma atrás da outra, dar vida às emoções e sentimentos que capto, meus, muitos; seus, outros tantos. Poderia fazê-lo oculta em um pseudônimo, que escolheria entre os muitos bem legais e divertidos que já usei. Mas não, mostro a cara. Apanho por isso, mas também ganho respeito e admiração. Só que há horas em que o que a gente quer dizer não tem palavras, repito. Nem para falar, nem para escrever. Muito menos para telefonar, mandar e-mail, carta ou cartão postal, telefonar, mensagem direta ou indireta, gravação em secretária eletrônica, faixa de rua, panfleto ou pichação no muro. Nada. Não foram inventadas, ou não foram escritas, nem estão em dicionários. Não existem. Sairiam murmúrios tão ininteligíveis como os bebês fazem. Estou com esse problema de forma muito especial nesse momento, e sem saber como lidar e trabalhar com isso, confusa. Me sentindo deste tamaninho diante de como o mundo pode ser tão cruel com pessoas boas e generosas, afetadas de repente por notícias e diagnósticos que as viram de ponta cabeça, assustadoras, da Natureza, sim, e tão fortes como tsunamis e terremotos. E que nos viram juntos, aflitos que ficamos quando há perspectiva delas se afastarem, nos largarem, nos deixando aqui, desamparados e incapazes de fazer qualquer coisa. Todos nós estamos sujeitos a passar por isso. A ficar mudos quando mais precisaríamos falar, influenciar, agir, transformar, protestar, responder. É daí que acredito ser importante falar do quanto é difícil para quem está por perto toda essa loucura que passa quando algo, de alguém, vira parte da gente também. Está dando para compreender? É mais do que consolar, mais do que buscar ajudar no que pode, mesmo que isso seja o seu próprio respeitoso silêncio, orações de toda sorte, seu próprio sofrimento. Volto a dizer que é indizível. Sempre ouvi falar que as palavras ditas são como flechas, que uma vez lançadas não têm mais volta porque criam vida e energia, passam a integrar o espaço. Há quem acredite que as acharemos em outras dimensões. E quando elas são apenas pensamentos, terão esse mesmo poder?Tomara. Marli Gonçalves, jornalista

O MARKETING DO ESPÍRITO HUMANO E A CONQUISTA Jéssica de Almeida Santos* A geração “Y” ficou para trás. Já estabelecida no mercado de trabalho e envolta com as suas dificuldades em conquistar o equilíbrio entre a realização profissional e pessoal, cede espaço à “Z”. Esta, porém, pasmem, não tem ideia do que acontecerá com seu futuro. Quer apenas desfrutar o hoje. O vasto acesso à informação permite a esses jovens sentir que o mundo cabe em suas mãos. Num ambiente de excessos, a opinião de seus amigos é confiável e mais influente do que a das marcas. É o que aponta estudo inédito sobre a “Geração @ e as Mudanças dos Consumidores Teen”, realizada pela Enfoque Pesquisa de Marketing. Uma das principais etapas na vida dos “Z” é entrar na faculdade. Entretanto, muitas instituições de Ensino Superior ainda torcem o nariz quando o assunto é tratar o aluno como o seu principal cliente, ignorando seu perfil, receios e desejos. As mais de 2400 Instituições de Ensino Superior (IES) no Brasil, que concentram os sete milhões de alunos matriculados no País, vivem dilemas que antes não preocupavam a alta administração. O marketing, outrora uma área de luxo, torna-se um setor estratégico e fundamental no processo de entender as necessidades dessa geração e oferecer atrativos que retenham o estudante durante todo o curso. Além disso, espera-se que ele construa uma admiração pela marca e saia da faculdade com um alto índice de satisfação e identificação, a ponto de voltar para cursar pós-graduação, indicar a instituição ou simplesmente reencontrar amigos e professores. O mercado de educação particular representou, em 2012, quase 1% do PIB brasileiro. Com receitas que giram em bilhões, muitas IES lançam mão de estratégias ultrapassadas e enfadonhas na hora de captar o aluno pertencente a uma geração imediatista, impaciente e intensa. Enquanto o “Y” está saindo e ocupando o seu espaço no mercado de trabalho, o “Z” está em seu processo de escolha. Para ele, é natural começar

um curso, pausar e continuar em outro, até que o conhecimento almejado seja construído. Júlio César de Castro Ferreira, especialista em comunicação digital e psicopedagogia, reforça que esses jovens não querem prender-se a apenas uma área de conhecimento, pois o seu desejo em experimentar é tão ampla quanto as possibilidades que se apresentam a partir desse novo nível de conectividade. Qual curso de graduação escolher? Por que passar quatro anos em uma faculdade, se é possível viajar e conhecer o mundo? Os “Z”, nascidos em meados da década de 1990, não são capazes de imaginar suas vidas sem computador, celular, redes sociais e chats. Diferentemente de seus pais, sentem-se à vontade quando ligam ao mesmo tempo a TV, rádio, telefone, música e internet. Júlio Cesar reforça, ainda, que não são mais influenciados pela mídia de massa e não aceitam ser consumidores passivos. Para eles, a opinião de terceiros, principalmente dos amigos, é decisiva para a tomada de decisão, normalmente formada e sacramentada nas redes sociais. Valorizam muito as empresas e instituições que dão atenção a sua opinião e viabilizam uma interação aberta com o seu público. O marketing focado no produto e nas vendas ficou para trás. Estamos numa época voltada aos valores. O jovem, quando em processo de escolha, leva em conta muito mais do que os fatores tradicionais que as faculdades costumam destacar em suas campanhas de captação de alunos: preço, localização e corpo docente. Ele quer mais. Philip Kotler, em seu livro “Marketing 3.0: as forças que estão definindo o novo marketing centrado no ser humano”, defende que estamos na era da sociedade criativa e do marketing do espírito humano. Em um mundo colaborativo e interligado, os consumidores expressivos são os que mais usam as redes sociais. Eles criticam marcas que têm impactos sociais, econômicos e ambientes negativos na vida das pessoas. As redes sociais são parte funda-

mental na vida dos adolescentes brasileiros para se socializarem, conhecerem pessoas, terem reconhecimento e autoestima. Em seus perfis, eles se mostram como querem ser vistos, geram e compartilham conteúdo constantemente. E esse espaço é fundamental na escolha de uma universidade. Dessa maneira, as IES precisam aumentar a sua presença nas redes sociais e torná-las um espaço oficial de interação com os jovens. Eles querem tirar as suas dúvidas em um chat no Facebook, em vez de ligar e esperar um atendente lhe dar a informação. E uma vez que optaram pela IES, esperam encontrar na fanpage da sua faculdade as respostas para os seus problemas acadêmicos e também todas as informações sobre eventos, cursos e conteúdos relevantes sobre as suas áreas de interesse. Considerando que esses alunos são envoltos em um mundo de games, cabe às IES pensar em conteúdos mais atrativos em sala de aula, capacitando o professor – primordial nesse processo – a usar a tecnologia para tornar as aulas mais interessantes. Essa preocupação em captar alunos deve estender-se a outros processos de relacionamento. É fundamental estabelecer um padrão de qualidade na prestação de serviços durante todo o período do curso. A mesma IES que mostrou ao aluno o quanto podia oferecer deve ouvi-lo e atendê-lo quando ele precisar. Isso enquanto o jovem ainda está em sala de aula, já que a tendência é que a educação à distância ocupe cada vez mais o espaço da presencial: o número de matrículas subiu de 40 mil, em 2002, para 1,1 milhão, em 2012, de acordo com o Ministério da Educação. É a modalidade que mais cresce no País e hoje representa mais de 15% do total de estudantes. Estratégias de marketing para captação e retenção de alunos somente terão sucesso se considerarem todas essas transformações do mundo. *Jéssica de Almeida Santos é profissional de Marketing da Faculdade Santa Marcelina (FASM).

jornaldegravatai@terra.com.br ou jornaldegravatai@gmail.com Publicação da Empresa Gráfica Jornal 2M Ltda. CNPJ nº 03.851.285/0001-62

Registro nº 39987 do Livro A-4

Tiragem – 8.000 exemplares Filiado à ADI

Filiado à ADJORI

Representante Comercial: (51) 3272-9595

Diretor geral: Moacir Oliveira Menezes Diretor administrativo: Gabriel Diedrich Editor-chefe e Diagramador: Giulliano Pacheco Redação: Larissa Hoffmeister, Lauro Pimentel e Saulo Bartz Colaboradora: Edenir Raupp Departamento comercial: Adilson Mendes Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, nº 6525 - Pda. 63 CEP 94070-001 - Gravataí - RS - Brasil Telefones: (51) 3423.1792 - 3421.3381 Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores.


Gravataí, 11, 12 e 13/04/2014 - Pág. 3

DESEMPREGO FICA EM 7,1% EM 2013, APONTA IBGE DIVULGAÇÃO /JG

População desocupada do Brasil somava 6,052 milhões no quarto trimestre

A

taxa dedesocupação média no Brasil ficou em 7,1% em 2013, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, divulgados nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado é menor do que o verificado em 2012, quando a taxa de desemprego média foi de 7,4%. Desde janeiro de 2014, o IBGE passou a divulgar uma taxa de desocupação com periodicidade trimestral para todo o território nacional. A nova pesquisa substituirá a partir de 2015 a Pesquisa Mensal de Emprego (PME), que abrange apenas seis regiões metropolitanas, e também a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) anual, que produz informações referentes somente ao mês de setembro de cada ano. A taxa de desemprego média captada pela Pesquisa Mensal de Emprego no conjunto das seis principais regiões metropolitanas

do País em 2013 foi de 5,4%. QUATRO TRIMESTRE A população desocupada no total do Brasil somava 6,052 milhões de pessoas no quarto trimestre de 2013, montante menor do que o verificado no trimestre imediatamente anterior, quando totalizava 6,796 milhões de indivíduos. No quarto trimestre de 2012, a população desocupada havia somado 6,653 milhões de pessoas. Os dados sobre a população ocupada mostram que 91,881 milhões de pessoas tinham alguma

ocupação no quarto trimestre de 2013, contra os 91,175 milhões verificados no trimestre imediatamente anterior. No quarto trimestre de 2012, a população ocupada somava 90,306 milhões de pessoas. O nível da ocupação, que mostra a proporção da população ocupada em relação à população em idade de trabalhar, foi de 57,3% no 4º trimestre de 2013. No terceiro trimestre do mesmo ano, o nível de ocupação foi de 57,1%, mesmo porcentual verificado no quarto trimestre de 2012.

IMPOSTOS E GASTOS COM EDUCAÇÃO LEVAM CONSUMIDOR A ATRASAR PAGAMENTO DE DÍVIDAS Os brasileiros apresentaram maior dificuldade para honrar os compromissos em março, na comparação com fevereiro, segundo o Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor que apresentou alta de 4,2%. No entanto, quando comparado a março do ano passado, o índice mostra recuo de 1,8%. No trimestre, houve queda de 2,7%. Os economistas da Serasa Experian atribuíram a queda ao acúmulo de pagamentos de impostos no período como o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), o Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Au-

tomotores (IPVA), além das despesas com compra de material escolar, férias e o orçamento mais apertado por causa da inflação e consequente aumento das taxas de juros. O indicador revela que todos os tipos de dívidas registraram alta, mas as principais foram as assumidas com bancos e cheques sem fundos. Neste caso, a alta atingiu 14,2%. Já a inadimplência com dívidas bancárias cresceu 3,6%. A inadimplência não bancária (com cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica e

água) aumentou 1,9% e os títulos protestados, 6,5%. Quanto aos valores médios em atraso acumulado de janeiro março, apenas os cheques sem fundo apresentaram avanço (3,3%) passando de R$ 1.573 para R$ 1.624. As quantias devidas aos bancos não honradas no prazo caíram 6,4%, passando de R$ 1.329 para R$ 1.243; as relacionadas a títulos protestados recuaram 0,5%, de R$ 1.356 para R$ 1.349 e as não bancárias tiveram redução de 6,2% (de R$ 345,37 para R$ 323,82).

INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR CAI EM FEVEREIRO O número de pessoas que deixaram de pagar suas dívidas caiu 1,7% em fevereiro na comparação com janeiro, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor. Na comparação com fevereiro do ano passado, o indicador caiu 2,3%. Este foi o nono recuo consecutivo no mês de fevereiro. No primeiro bimestre do ano houve queda também em relação ao mesmo período do ano passado

(3,2%).

tou crescimento de 2,6%.

As dívidas com os bancos caíram 3,2% e com os cheques sem fundos 10,8%. Os dois itens foram os que mais contribuíram para a queda no índice em fevereiro. Os títulos protestados caíram 16,7%. A inadimplência não bancária (cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia, fornecimento de energia elétrica e água etc.) apresen-

De acordo com os economistas da Serasa Experian, a inflação em alta, os aumentos sucessivos das taxas de juros e o crescimento mais fraco da economia contribuem para tornar mais lenta a queda da inadimplência do consumidor. Segundo eles, a queda de um mês, comparada à do mesmo mês do ano anterior, é menor desde outubro do ano passado.

Coluna do Silva Essa é uma coluna do povo para criticar elogiar e botar a boca no trombone sobre aquilo que os leitores entenderem por certo ou errado. Entre em contato com a redação, pelo telefone 34213381 ou mande seu e-mail para jornaldegravatai@terra.com.br. Junto mande seu telefone e endereço.

INFLAÇÃO OFICIAL AVANÇA 0,92% EM MARÇO, SEGUNDO IBGE A inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou em 0,92% em março, segundo divulgado nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa é superior à observada em fevereiro (0,69%) e também em março do ano passado (0,47%). A taxa foi puxada principalmente pelos alimentos, que tiveram uma inflação de 1,92%. No ano, o IPCA acumula taxa de 2,18%. O índice acumulado em 12 meses é 6,15%. Entre os produtos que tiveram as maiores altas de preço em março estão a batata-inglesa (35,05%), tomate (32,85%), feijão-carioca (11,81%), hortaliças e verduras (9,36%), ovo de galinha (8,21%) e leite longa vida (5,17%). Também registraram altas o cafezinho (3,32%), o óleo de soja (3,23%), carnes (2,25%), frutas (1,96%), farinha de trigo (1,07%) e pão francês (0,68%). O grupo de despesas transportes também teve contribuição importante para a inflação de março, com taxa de 1,38%. As passagens aéreas foram o item individual que mais pesou no IPCA do mês, com inflação de 26,49% em março. Outros itens com aumento de preços foram o etanol (4,07%), a gasolina (0,67%) e o automóvel novo e usado (0,78%). Dos nove grupos de despesa que compõem o IPCA, apenas comunicação registrou deflação (queda de preços) de 1,26%. Os demais, assim como alimentos e transportes, tiveram aumento de preços: despesas pessoais (0,79%), educação (0,53%), saúde e cuidados pessoais (0,43%), artigos de residência (0,38%), habitação (0,33%) e vestuário (0,31%). Receita Federal cria tecnologia A Receita Federal confirmou que desenvolve um sistema informatizado com a Empresa Brasileira de Correios (ECT) para fechar o cerco às importações irregulares de produtos por meio da internet. O sistema vai coletar dados das remessas postais e depois transformá-los em informações que permitirão à Receita traçar estratégias de fiscalização. “Esse sistema informatizado é necessário para fazer frente a evolução (das importações irregulares). Pegaremos os dados e processaremos utilizando inteligência e gestão de risco, sistema aplicado em todos os processos da Receita. A base de informações dos Correios ainda não é muito colaborativa: precisaremos de recursos como scanner etc”, informou Ernani Argolo Checcucci Filho, subsecretário de Aduana e Relações Internacionais da Receita. Ele disse também que não haverá mudança na legislação.

Senha do dia: Ninguém pode ser completamente livre até que todos os sejam. (Herbert Spencer)


Gravataí, 11, 12 e 13/04/2014 - Pág. 4 Consulta Popular Os moradores de Gravataí definirão na segunda-feira (14) os projetos prioritários da Região Metropolitana – Delta do Jacuí que integrarão o Ciclo Orçamentário de 2014/2015. A assembleia municipal para discutir as demandas ocorrerá a partir das 19h, na Câmara de Vereadores. Durante o encontro, promovido pela Prefeitura, por intermédio da Secretaria Municipal de Governança Comunitária, a comunidade escolherá quatro entre dez demandas previamente definidas e também elegerá os delegados regionais, que defenderão, na assembleia estadual, as prioridades escolhidas pelos gravataienses.

e-mail:gabriel.diedrich@jornaldegravatai.com.br - Fone: 3421.3381

PREFEITO RECEBE EX-GOVERNADOR O prefeito Marco Alba recebeu em seu gabinete, na última quarta-feira (9), o ex-governador do estado do RS, Jair Soares. Na ocasião, Jair estava acompanhado pelo arquiteto Sérgio Soares. Alba ficou feliz com a visita e lembrou de fatos que marcaram a gestão de Jair Soares como político. “O ex-governador tem uma bagagem consolidada na política brasileira, pois em sua vida de homem público, atuou como vereador de Porto Alegre, deputado estadual e federal, além de ministro da Previdência Social”, observou o prefeito.

Ex-governador trouxe um abraço fraterno a Marco Alba

DILMA EM PORTO ALEGRE A presidente Dilma Rousseff acertou uma visita ao RS para esta sexta-feira (11). Ela desembarcou ontem à noite para compromissos oficiais programados em Porto Alegre. Segundo o Palácio do Planalto, a agenda começa às 9h, quando ela irá inaugurar a Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) da Ponta da Cadeia, na Zona Sul, um dos projetos com recursos do PAC 2, previstos no Programa Integrado Sócio Ambiental (Pisa), que tenta despoluir parte do Lago Guaíba. Em seguida, a presidente se deslocará até o salão de atos da PUC-RS, onde participa da formatura de mais de mil alunos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O evento está marcado para as 11h.

MUDA COMANDO DO TSE Sai o tucano Marco Aurélio, entra o petista Dias Toffoli. O primeiro indicado por Fernando Collor, o segundo por Lula. Na terça Tóffoli foi eleito o novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral e vai substituir o ministro Marco Aurélio, que deixa a presidência no mês que vem. A votação foi simbólica, pelo fato da presidência ser ocupada por ordem de antiguidade entre os três ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que também compõem o TSE. Toffoli chega com a incumbência de comandar as eleições presidenciais de outubro, diga-se de passagem, uma eleição que desde já se anuncia como das mais intrincadas da nossa história democrática contemporânea.

A VERDADE SOBRE AS FINANÇAS

O

vereador Dilamar Soares (PMDB), um dos mais combativos e incisivos parlamentares da atual gestão, rebate o que chama de “ilação” dos adversários e alfineta a oposição. — Ao assumir meu mandato estabeleci uma linha de conduta que achei a mais correta, que é a de esclarecimento à população sobre pontos importantes da política da cidade. Por isso, peço que confiram minha participação da tribuna da Câmara, quando apresentei um vídeo de 2012 em que o ex-secretário da Fazenda do PT, Alex Borba, destacava ser aquele um período que o Município precisava fazer um saneamento profundo e adequado de suas finanças-política como a adotada pela atual gestão - para

que pudesse manter as contas em dia e assim obter capacidade de investimento nas áreas mais necessitadas – aponta o vereador.

conhecido no Brasil todo como um grande caloteiro e que para captar recursos de financiamentos federais é preciso ter regularidade fiscal.

No mesmo vídeo (disponível no Youtube para quem quiser assistir https://www.youtube. com/watch?v=3ZjczdekHV4&f eature=youtu.be), o economista e petista Alex Borba ainda diz que nos dois primeiros anos da atual gestão (2013 e 2014) seriam para arrumar a casa para que nos anos seguintes os investimentos fossem possíveis, até porque o orçamento deve crescer muito a partir do terceiro ano (2015) do atual mandato. Ele ainda diz que quanto mais se paga de dívidas, menos sobra para investir. Perguntado então por que pagar as dívidas, afirmou que é muito ruim ser

— É um bom negócio manter a prefeitura regularizada. Para segurança pública, como o Pronasci, não precisa ter a regularidade fiscal, porém para obter recursos para outras áreas, como pavimentação, saneamento, construção de escolas, creches, postos de saúde, precisa ter a ficha limpa — explicou. Portanto, qualquer semelhança com o que o prefeito Marco Alba vem fazendo em seu governo até então seria mera coincidência ou a necessidade do Município impõe isso?

PARALISAÇÃO DE PREFEITURAS A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) convocou para esta sexta-feira uma paralisação geral nas prefeituras em razão da crise financeira que atinge as administrações em todo país. Somente os serviços essenciais serão mantidos. No RS, o ato será realizado na Praça da Matriz, na área central da Capital. O presidente da Famurs, Valdir Andres, aponta que a situação atinge as cidades de todos os portes. Ele afirma que a queda de arrecadação pelo Fundo de Participação dos Municípios caiu nos três primeiros meses do ano. Andres

aponta que as obrigações dos municípios são cada vez maiores e, mesmo assim, o governo retém recursos apesar de arrecadar cada vez mais. “A capacidade de investimento está praticamente zerada. Os serviços essenciais podem ficar comprometidos rapidamente”, acrescentou Andres. Andres pede urgência na aprovação de um projeto que tramita no Senado que aumenta o valor a ser repassado pelo Fundo de Participação dos Municípios. “A PEC da senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS) prevê reajuste de 2% no valor do Fundo. Precisamos que

a aprovação da emenda ocorra o mais rápido possível”, disse. O mês de março teve queda na arrecadação do FPM. De acordo com dados da Secretaria do Tesouro Nacional, a perda foi de 40% em relação ao mês passado. No acumulado do primeiro trimestre de 2014, registra-se uma redução de 1,73% em relação a 2013. O prejuízo deve-se à baixa arrecadação do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e do Imposto de Renda, que são os componentes do FPM, recolhido pela União e transferido às prefeituras.

AMIGOS PARA SEMPRE O vereador Juarez Souza (PMDB) esteve nesta quinta-feira à tarde visitando o ex-prefeito Abílio dos Santos em sua residência. O parlamentar divulgou a foto com a seguinte mensagem logo após o encon-

MUI AMIGOS

tro: “Amigos Verdadeiros são para Sempre, tanto nas horas boas quanto nas difíceis. Hoje à tarde fiz uma visita ao meu grande amigo Abílio Santos, lugar onde sempre fui muito bem recebido”.

Sabem por que o vereador Robertinho Andrade estará com a senadora Ana Amélia na eleição de outubro? Simples: eles são do mesmo partido (PP), além dos dois manterem uma ótima relação de amizade. Robertinho já a apoiou na eleição de 2012 e deve aproveitar a boa colocação da senadora nas pesquisas de intenção de voto e

representar o Partido Progressista por aqui como seu candidato a deputado estadual. Se vai ter chance de vir a ser vencedor é outra história, mas quem não arrisca, não petisca. Mesmo que não obtenha uma cadeira na Assembleia, Robertinho certamente terá algum espaço num eventual governo da jornalista.


Gravataí, 11, 12 e 13/04/2014 - Pág. 5

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO AFASTA DIREÇÃO DA ESCOLA BÁRBARA MAIX Após denúncias de abuso, Sindicância foi instaurada para averiguar os fatos Giulliano Pacheco

O

s pais pediram e levaram. Prefeitura afastou temporariamente a atual direção da Escola Municipal Bárbara Marx. Na quinta-feira (10), o governo municipal chamou coletiva de imprensa para esclarecer quais medidas estão sendo adotadas sobre os supostos abusos. Na sede da Secretaria Municipal de Educação, a titular da pasta, Sônia Oliveira e o procurador geral, Jean Pyerre Tormann, afirmaram que foi instaurado processo de Sindicância, que irá averiguar a denúncia de abuso sexual, ao menino de cinco anos, na biblioteca da escola, em abril deste ano. Quanto ao

GIULLIANO PACHECO/JG

caso de 2011, onde uma criança de nove anos, também supostamente abusada por um adolescente de 14 anos, Sônia diz que ainda está levantando informações e que desconhecia o fato, até quarta-feira (9). Contudo, a diretora da escola teria afirmado ter prestado esclarecimentos na polícia, na época. Segundo a secretária, uma professora, que estava sendo acusada pela comunidade de maus tratos, pediu transferência de escola. A auxiliar de serviços gerais, que teria feito o vídeo do menor, e a merendeira, informaram que teriam sido demitidas. O procurador geral apresenta outra versão. De que as funcionárias também teriam pedido, na manhã, desta quinta-feira (10), transferência de escola. A Sindicância tem prazo de 60 dias para ser concluída, podendo ser prorrogada por mais 30 dias. O processo será con-

Procurador geral, Jean Pyerre Tormann e a Secretária Municipal de Educação, Sônia Oliveira, em coletiva para imprensa

duzido por dois procuradores do quadro e um representante do Sindicato Municipal de Professores. Durante este período, a SMED designou três pedagogas para assumir a escola neste período. Guardas municipais também estão fazendo reforço para segurança dos servidores,

PRESIDENTE DA OAB/RS MINISTRA AULA MAGNA NO CURSO DE DIREITO DA FACENSA Na noite do dia 09 (quarta-feira), às 19h, no O auditório da Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos foi o local de uma Aula Magna do Curso de Direito, na noite da última quarta-feira (9), ministrada pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção do Rio Grande do Sul, Marcelo Machado Bertoluci. O professor abordou diversos assuntos importantes para o exercício da advocacia, no trabalho desenvolvido pela OAB, na importância da participação dos estudantes nas questões sociais,

bem como a importância da prestação do exame da Ordem dos Advogados do Brasil, como forma de qualificar a profissão. Na ocasião, após palestra do Dr. Marcelo, foi apresentado um vídeo institucional da OAB que destaca a história atuante da entidade e da advocacia no resguardo dos direitos dos cidadãos brasileiros, em especial, durante o período da Ditadura Militar que foi um período hostil para o trabalho da advocacia. O palestrante respondeu a várias questões formuladas pelos estudantes.

O evento contou com a presença de professores do curso de Direito, destacando-se a presença do Presidente da OAB - Subseção de Gravatai/RS, Dr. Deivti Dimitrios Porto dos Santos. O objetivo da Aula Magna está fundamentado na possibilidade dos estudantes se aproximarem de renomados profissionais das mais diversas áreas jurídicas, permitindo que os mesmos conheçam um pouco mais da realidade profissional que irão encontrar no mercado de trabalho.

alunos e patrimônio público, até que cessem as manifestações em frente à instituição de ensino. As aulas devem ser restabelecidas nesta sexta-feira (11). PAIS TERÃO SATISFAÇÃO Na escola, são 50 professores para atender 634 anos. “Já esta-

va no cronograma, mas é bom esclarecer que vamos chamar os pais de todos os alunos da escola para uma reunião, que irá tratar sobre todos esses assuntos. Estamos adotando todas as medidas necessárias para que o ambiente escolar volte a sua normalidade”, finaliza Sônia.

CAMPANHA CONTRA O HPV TERMINA SEM BATER META A campanha contra o HPV termina hoje sem que o Rio Grande do Sul tenha, até agora, batido a meta de vacinar 80% das meninas de 11 e 12 anos. Na média geral, o Estado atinge 82,57% de cobertura do público-alvo. Foram 201 mil garotas imunizadas, de um total de 243 mil. Mas entre as de 11 anos, o índice ainda é de 74,8% e, entre as de 12, de 78,3%. Mesmo com o fim da campanha, a Secretaria Estadual da Saúde estima que os índices sigam aumentando, já que os municípios seguem alimentando o banco de dados do sistema de acompanhamento. Porto legre também bateu a meta geral de vacinação, imunizando 91,48% das adolescentes, mas entre aquelas de 11 anos, o índice também não foi superado. Até as 16h15min de hoje, 79,5% delas haviam se imunizado. Em ní-

vel nacional, a imunização atingiu 69% de cobertura. A dose previne contra a doença que é a principal causadora do câncer de colo do útero. A doença matou 305 mulheres em 2013 e a estimativa é de que, até o fim do ano, mais 840 adquiram a enfermidade. A segunda deve ser aplicada em setembro e a terceira em 2019. No ano que vem, serão vacinadas meninas de 9 a 11 anos e, em 2016, a vacina entra no Calendário Básico de Vacinação da Adolescente a partir de 9 anos. No Rio Grande o Sul, a orientação da Secretaria da Saúde (SES) é que os municípios mantenham as doses da vacina restantes nas unidades de saúde para atender as jovens (que estiverem dentro da faixa etária indicada) que não puderam ser vacinadas durante a campanha.


Gravataí, 11, 12 e 13/04/2014 - Pág. 6

MULTAS POR DESCARTE IRREGULAR DE LIXO, EM GRAVATAÍ, COMEÇAM A VALER A PARTIR DO DIA 20 Valores cobrados variam entre R$ 150 e R$ 3.000

VALORES PREVISTOS POR DESCARTE IRREGULAR DE LIXO, CONFORME A GRAVIDADE DA INFRAÇÃO

Larissa Hoffmeister

S

e você, gravataiense, costuma comer um lanche e descartar a embalagem no chão, ou depositar a caliça da obra e outros materiais inservíveis em um terreno baldio, além de demonstrar falta de educação, estará cometendo infrações passíveis de multa. É o que prevê o novo Código Municipal de Limpeza Urbana. A lei começará a ser aplicada a partir de 20 de abril. Os valores variam entre R$ 150 e R$ 3.000. Os detalhes sobre o código serão divulgados à população gravataiense a partir do dia 23, através de cartilhas informativas. A Secretaria de Serviços Urbanos do município, em parceria com a Secretaria Municipal de Assuntos para Segurança Pública (Smasp), realizou na tarde da última quarta-feira (9), uma reunião preparatória de fiscalização para a implementação do novo código de limpeza do município. De acordo com o secretario de Serviços Urbanos, Pedro Bisch, a medida também prevê uma série de disposições que inclui a separação dos resíduos gerados conforme a especificidade, dando ênfase à coleta seletiva e a reciclagem de materiais e principalmente à sustentabilidade econômico-financeira do município. ''Vamos distribuir panfletos informativos para as pessoas se conscientizarem do prejuízo que o descarte

A obrigatoriedade atinge produtos sem substitutos no mercado nacional e cuja retirada pode deixar os pacientes sem o tratamento adequado. A redução na fabricação ou importação também deverá ser comunicada com antecedência de 12 meses.A medida visa a dar tempo para reduzir o impacto que a retirada de um remédio do mer-

GRAVE

R$ 150,00

R$ 1.500,00

— Jogar no chão papéis, invólucros, embalagens ou assemelhados. — Fazer triagem ou catação no lixo disposto na rua, de qualquer objeto, material, resto ou sobra, seja qual for sua origem. — Acondicionar resíduos orgânicos em sacos plásticos com capacidade superior a cem litros. - Fazer varredura do interior de prédios, terrenos ou calçadas. MÉDIA

irregular de lixo traz para a sociedade, para o meio ambiente e para as contas da cidade. Estaremos com a Guarda Municipal nas ruas, em parceria com a Smasp, orientando a população, notificando e multando os que insistirem em desrespeitarem a lei'', explica. Infrações e multas Conforme o Código Municipal de Limpeza Urbana, os fiscais da Prefeitura terão autonomia na aplicação de notificações e autos de infração. O agente poderá fazer uso de qualquer prova material, bem como de informações oriundas de equipamentos eletrônicos, de audiovisual ou outros meios tecnológicos disponíveis. Se os prazos administrativos se esgotarem, os valores de multas não recolhidas serão inscritos em dívida ativa.

NORMA PARA DIMINUIR RISCO DE DESABASTECIMENTO DE REMÉDIO Fabricantes e importadores de remédios terão que informar com um ano de antecedência a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre a decisão de retirar do mercado medicamento que possa causar desabastecimento.

LEVE

cado possa provocar no tratamento de pacientes. O desrespeito à norma poderá ser punido com advertência, interdição do fabricante e multa que vai de R$ 2 mil a R$ 1,5 milhão. Fabricantes de remédios com substitutos precisam fazer a comunicação seis meses antes da retirada do mercado nacional. A norma a Resolução da Diretoria Colegiada 18/2014, publicada no Diário Oficial da União, prevê que qualquer imprevisto que possa levar ao desabastecimento deverá ser informado à Anvisa em até 72 horas, a partir da constatação do problema.

''Aquele cidadão que descartar invólucro de bala, um cigarro no chão vai ser penalizado com uma penalidade leve. Do mesmo modo, que depositar, por exemplo, entulhos na beira do Rio Gravataí, também será multado, mas aí a multa será considerada gravíssima'', explica Bisch Autor do Projeto de Lei que revogou o novo código, o vereador Dilamar Soares (PMDB) enfatiza que a lei tem maior efeito educacional que arrecadatório. ''A população tem de se sentir inibida ao descartar o resíduos. A Prefeitura destina R$ 300 mil com o recolhimento de mais de 6 mil toneladas de entulhos por mês. São pelo menos 400 pontos de entulhos no município. Um valor significativo que poderia ser investido em outras áreas'', completa ele.

R$ 726,00 - Descarregar ou vazar águas servidas de qualquer natureza em passeios ou logradouros públicos. - Depositar em passeios, vias ou logradouros públicos, riachos, canais, arroios, córregos, lagos e rios ou em suas margens animais mortos ou parte deles, exceto quando utilizados em cultos e liturgias de religiões de matriz africana e da umbanda.

NO RIO DE JANEIRO, PROJETO DIMINUIU EM 60% O LIXO NAS RUAS Após cinco meses, o Projeto Lixo Zero foi capaz de diminuir em quase 60% a quantidade de resíduos nas ruas em algumas regiões

— Jogar em qualquer área pública ou terreno resíduos sólidos de qualquer natureza (até cem litros). - Reparar veículos ou qualquer tipo de equipamento em logradouros públicos - Dispor materiais de qualquer natureza ou efetuar preparo de argamassa sobre passeios ou pista de rolamento. GRAVÍSSIMA R$ 3.000,00 - Acondicionar resíduos orgânicos em sacos plásticos com capacidade superior a cem litros. — Descarte em logradouros públicos de resíduos decorrentes de decapagens, desmatamentos ou obras. — Depositar em riachos, arroios, córregos, lagos e rios resíduos que causem prejuízo à limpeza ou ao ambiente. — Danificar equipamentos de coleta automatizada.

do Rio de Janeiro. As infrações são igualmente divididas em categorias, conforme a gravidade: leve, média, grave e gravíssima. Hoje, 35 fiscais realizam, mediante denúncia, a fiscalização e autuação do depósito irregular de lixo.

PAPA DIZ QUE TRÁFICO HUMANO É CRIME CONTRA A HUMANIDADE O papa Francisco condenou quinta-feira (10) o tráfico de seres humanos, classificando a prática de crime contra a humanidade. “O tráfico de seres humanos é uma chaga no corpo da humanidade, uma ferida na carne de Cristo, um crime contra a humanidade”, disse o Papa durante a Conferência Internacional sobre o Tráfico de Pessoas Humanas, na sede da Pontifícia Academia das Ciências. O evento, que reúne 120 participantes, é promovido pelo Episcopado da Inglaterra

e de Gales. “O fato de estarmos aqui para unir nossos esforços significa que queremos que as estratégias e as competências [de combate ao crime] sejam acompanhadas e reforçadas pela compaixão evangélica, pela proximidade com as vítimas", acrescentou o papa. Para Francisco, a luta contra o tráfico humano depende do empenho das forças policiais e dos operadores humanitários, em particular, da Igreja Católica, que "podem e de-

vem marchar juntos". O papa destacou que, na conferência, reuniram-se autoridades policiais, que combatem o tráfico humano usando os instrumentos e os rigores da lei, e agentes humanitários, que oferecem acolhimento, calor humano e o resgate das vítimas. “São duas abordagens diferentes”, disse Francisco, “mas que podem e devem agir juntas". Para ele, é importante dialogar e confrontar-se a partir de pontos de vista complementares.


Gravataí, 11, 12 e 13/04/2014 - Pág. 7

ALUNOS DO COLÉGIO ADVENTISTA PRESTAM HOMENAGEM AO PREFEITO DIVULGAÇÃO/PMG

Visita à Prefeitura foi referente ao Dia do Prefeito, comemorado em 11 de abril

O

s alunos do Colégio Adventista de Gravataí prestaram uma homenagem ao prefeito Marco Alba, na manhã desta quinta-feira (10), referente ao Dia do Prefeito, comemorado em 11 de abril. A visita à Prefeitura faz parte do projeto "Educando Gerações", que leva os avós dos alunos para a sala de aula, em uma espécie de intercâmbio de ideias através da contação de histórias. O prefeito recebeu das mãos de uma das avós participantes do projeto, Esmênia Ferreira, uma colcha tricotada durante as inúmeras

histórias contadas para os alunos. "Eu só posso agradecer o carinho e a bela homenagem de todos vocês. Isso me motiva a valorizar cada vez mais as nossas crianças. Que o respeito e o amor ao próximo seja cultivado dentro de todos os corações, porque o mundo só pode ser melhor se cuidarmos do futuro da juventude", agradeceu.

Segundo a diretora do Colégio Adventista, Nara Schmidt Korschner, o objetivo do projeto é instruir e construir o processo de cidadania na escola. “Como fazemos parte de uma escola com ensinamentos cristãos, a valorização da cidadania é parte fundamental do conteúdo escolar”, afirmou a diretora.

SMED PROMOVE FORMAÇÃO DE GESTORES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO Visando a capacitação dos gestores da Rede Municipal de Ensino, a Secretaria Municipal de Educação em parceria com o Programa Aprende Brasil, da Editora Positivo, promoveu o curso de formação para diretores e vice-diretores. Com o tema de "A gestão e os encaminhamentos legais", o 1º de um total de 4 módulos, ocorreu nesta quinta-feira (10), no Complexo Gensa/Facensa. A formação foi ministrada pela coordenadora pedagógica regional da Editora Positivo, Vanessa Zanoncini. A proposta do curso é apresentar fundamentações teóricas e embasamentos legais que

contribuam na elaboração do Plano de Gestão Escolar dos gestores das escolas da Rede Municipal de Ensino de Gravataí.

O próximo módulo do curso esta previsto para maio e terá como tema "Projeto Político Pedagógico".

SMED PROMOVE FORMAÇÃO DE GESTORES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO A Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda (Smter), está desenvolvendo o Curso de Instalação Hidráulica Predial em parceria com a empresa Tigre S/A Tubos e Conexões. As aulas estão acontecendo desde 7 de abril na sede da Smter, na rua Antônio Donga, 53, no Centro de Gravataí.

alunos”, refere o secretário.

CURSOS OFERECIDOS E HORAS AULAS

– quatro horas aulas;

Conforme o secretário da Smter, Denner Gelinger, foram inscritos 90 alunos, com idade a partir dos 16 anos. “As aulas estão acontecendo na nossa nova sede, no Centro da cidade, onde temos uma sala de aula que comporta os

A formação terá a duração de quatro horas diárias de segunda a quinta-feira, nos turnos da tarde das 13h30 às 18h e no turno da noite das 18h30 às 21h30.

Instalações prediais de esgoto – quatro horas aulas e

O secretário afirma que as inscrições excedentes formarão um cadastro reserva para os próximos cursos que serão oferecidos em parceria com a Tigre.

Instalações prediais de água fria

NEUZA VICENTINI É REELEITA PARA O STPMG Saulo Bartz O Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais de Gravataí (STPMG) realizou eleições na quarta-feira (9/4) para eleger a nova diretoria do órgão, sendo vencedora a chapa liderada pela presidente Neuza Vicentini, que foi reeleita com 81% dos votos. Uma das principais lutas desde que começou o mandato da presidente foi constituir o IPAG, fato que, segundo ela é um grande avanço para os servidores públicos que a partir do advento do instituto passaram a ter um plano de assistência técnica e aposentadorias com salário integral. Na tarde de quinta-feira (10) Neuza falou com exclusividade para o Jornal de Gravataí. JG – Neuza, o que esta reeleição representou pra você? Neuza - Representou muita coisa, estamos aqui no sindicato há 16 anos e mesmo com todo este tempo e o desgaste que isto proporciona, nossa aprovação cresce a cada eleição. JG - Quais as propostas para os próximos 4 anos de mandato?

Instalações prediais de água quente – quatro horas aulas;

Instalações prediais de águas pluviais e drenagens – quatro horas aulas.

Neuza - Nosso principal objetivo é sempre defender as causas do funcionalismo da melhor maneira possível. Para isso lutaremos pelo melhor de nossos sindicalizados. JG - Quais os serviços oferecidos aos associados?

Neuza - Temos mais de 50 convênios com o sindicato, como descontos em faculdades e outros cursos, sempre procurando melhorar as condições para os funcionários. JG - Quando assumiu a presidência em 1996 o sindicato estava praticamente parado, contava com 100 associados e não tinha sede própria. Agora o numero pulou para mais de 2 mil. No que o sindicato ainda precisa melhorar? Neuza - Hoje temos nosso prédio próprio pago e estamos dando continuidade em uma colônia de ferias para os funcionários, além de buscarmos melhorar o salário dos associados JG - O sindicato está satisfeito com os salários? Neuza - Não, o salário do município não é um dos piores da região, mas mesmo assim estamos pedindo plano de carreira para o funcionário se sentir valorizado. JG - Como é o relacionamento do sindicato com o atual governo? Neuza - A relação é muito boa, nosso patrão é o nosso governo, sempre tivemos uma ótima relação com todos os governos, e com este não poderia ser diferente. Nossa oposição nos acusava de termos "amizade" e de sermos muito próximos com o atual governo, mas é inevitável, precisamos desta proximidade, para podermos buscar melhorias para os associados.


Gravataí, 11, 12 e 13/04/2014 - Pág. 8 VENDE-SE Tele-Pizza, localizada na Rua Ernesto Gomes, 315, loja 03, junto ao Condomínio Residencial Village Center, com 26 blocos, sendo 520 apartamentos no total, em Gravataí - RS. Horário de funcionamento da Tele é das 19h às 23h. Média de 30 pizzas por noite. Faturamento médio de R$ 1.200,00 por noite. Custo com aluguel: R$ 450,00. Interessados tratar (51) 9764.7001 ou 9983.4594

PUBLICAÇÃO LEGAL CASAMENTOS Edital nº 026/2014

VALECY CABELEIRA BITELO - Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais, faz saber, que se habilitaram para casar por este Cartório: 1 – IEDO FRANCISCO DO COUTO e CELI DA SILVA BARBOSA 2 – LUCAS DA SILVA SANTOS e JENNIFER KIANE RODRIGUES COSTA 3 – JORGE LUCIANO ROSA DA SILVA e ILDA MARA DE CARVALHO ANTUARTE 4 – MARCELO ROSA DA SILVA e ANDRESSA PACHECO 5 – MAXIMILIANO HENTZ DE SOUZA DOS SANTOS e RITA DE CÁSSIA DORNELES TEIXEIRA 6 – ALAN ROBERTO DA SILVA GARCIA e CRISTIANE TIMTSEF MARTINS Quem conhecer algum impedimento, acuse-o na forma da Lei.

Gravataí, 11 de abril de 2014

Valecy Cabeleira Bitelo Oficial de registro

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL TABELIONATO DE PROTESTOS DO MUNICÍPIO DE GRAVATAÍ AV. JOSÉ LOUREIRO DA SILVA, 1826 - Fone: 3488.1800

EDITAL

FAZ SABER que, se encontram neste Ofício para serem protestados os títulos abaixo discriminados. Nome do Devedor

Protocolo

ANA LUCIA SEGU MORAES

1390818-0

AUTO MECANICA ITAPOA LTDA - ME

1392167-8

CAMPOS E LIMA LTDA

1392007-3

CLAUDEMIR DE ALMEIDA

1392133-9

CLINSUL MAO DE OBRA E REP. LTDA

1392019-6

Valor Original

Documento

R$ 1.815,00 159712

Cod. Espécie

Credor Original

IDM

SOCIEDADE SULINA DIVINA PROVIDENCIA HOSP

R$ 144,14 021340401

IDM

RAVAS RETIFICA E DISTRIBUIDORA

R$ 362,92 004577554

IDM

CERVOSUL DISTRIBUIDORA DE MEDICAMENTOS LTDA.

R$ 200,00 102439

IDM

IB COMP INJECAO DIESEL LTDA ME

R$ 450,00 BR0267/01

IDM

EDMAR AGOSTINI ME

CONTERRA CONSTRUCOES E TERRAP LTDA 1392058-6

R$ 1.119,60 6520/B

IDM

TECENGE COMERCIAL E TECNICA LTDA

DISTRITO TRANSPORTES LTDA

1390398-5

R$ 1.682,25 0025201

IDM

POSTO DE MOLAS SALVADOR LTDA

EDERON PEDRAS DECORATIVAS LTDA

1389925-8

R$ 1.493,25 5936-A

IDM

AZUL MAR GRANITOS E MARMORES LTDA OKL - COMERCIO DE EQUIPAMENTOS E COSMETICOS L

ERACILDE BITTENCOURT

1391649-1

R$ 91,20 17973-1

IDM

EVERTON ALVES DE BARROS

1387075-8

R$ 320,00 INR6214/2

IDM

ROMS CAR COMERCIO DE VEICULOS

FABIANO RAMOS DE RAMOS

1390515-8

R$ 405,00 15514233820

IDM

ADEMIR COMERCIO DE VEICULOS LTDA

FACILIT IND E COM LTDA

1391748-0

R$ 1.051,61 0204013183

IDM

L. F. SILVEIRA COMERCIO DE FERRAMENTAS LTDA

GREISSE QUELI AGLIARDI LOPES COD 28249 1387653-8

R$ 698,26 0122578-3

IDM

ALPAR BRASIL INDUSTRIA COMERCIO CALCADOS

IGOR NOBRE/MILIANE RODRIGUES DE OLIVEIR1389807-7

R$ 411,49 086005

IDM

ADO EMPREENDIMENTOS IMOBILIARIOS LTDA

J C SCHERER DA SILVA REPRESENTACOES ME1390811-8

R$ 298,42 051391/1

IDM

HYUNDAI CAOA DO BRASIL LTDA

JOSE CARDOSO MAURICIO

R$ 666,66 0100

IDM

SIMON SANGIOGO A ASSOCIADOS

LUIS PEIXOTO COM E REPRESENTACOES LTD 1387480-0

R$ 397,56 00041301

IDM

HILTON A.MARCAL 09643102000108

LUIZ ANTONIO FONSECA SOARES

1390761-3

R$ 325,76 0004026901

IDM

COMERCIO DE FERROS TREZAR LTDA

R$ 1.000,00 00008607A.

1390377-3

LUIZ ANTONIO PINHEIRO FLORES

1390022-4

MAXX CLEAN

1391459-9

IDM

EVICAR CARROCERIAS LTDA EPP

IDM

NARA BEATRIZ ORTIZ DA SILVA ME

MB DO BRASIL INDUSTRIAL DE BORRACHAS

1389911-5

MB DO BRASIL INDUSTRIAL DE BORRACHAS

1391747-4

R$ 1.037,40 10259-02

IDM

T.F.T - TECIDOS E FIOS TECNICOS LTDA

R$ 1.037,40 10259-03

IDM

METALURGICA RJR LTDA

1390425-9

T.F.T - TECIDOS E FIOS TECNICOS LTDA

IDM

MIGUEL SOAREZ TRINDADE ME

1390189-0

AIR PRODUCTS BRASIL LTDA

R$ 136,73 13535

IDM

MIGUEL SOAREZ TRINDADE ME

INFORTEL INDUSTRIA COM. E DISTRIB. DE MATER.

1390256-9

R$ 998,85 13471A

IDM

NIRDO JORGE RODRIGUES BERNARDES

INFORTEL INDUSTRIA COM. E DISTRIB. DE MATER.

1390802-9

R$ 1.138,32 80727/06

IDM

MIX 10 COMERCIAL LTDA - EPP.

NOS DISTR DE BEBIDAS ALIMENTOS & FARMA 1391576-5 NOS DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS

R$ 224,00 3303

R$ 69,42 92151298900

R$ 921,84 18698/6

1390396-6

R$ 1.500,00 4378C

IDM

SOL INDUSTRIA E COMERCIO DE BEBIDAS LTDA

IDM

EMBRAMOLD FERRAMENTARIA L EPP

RAFAEL O MOTTA E CIA LTDA ME

1390561-8

R$ 3.124,91 1219 P01

IDM

WB CARNES

SER L&C COM E TRANSPS LTDA

1390206-0

R$ 250,00 43058

IDM

POSTO DE MOLAS SARANDI LTDA

TATIANE DA SILVA EVALDT BORGES

1390839-1

TATICO VR SEGURANCA LTDA ME

1390789-7

R$ 11.550,00 249902435PARC9A1CCB R$ 500,00 01 R$ 664,56 5896/1

IDM

AYMORE CRED,FINANC E INV SA PONTUAL SERVICOS ELETRONICOS LTDA

TAYNARTY INDUSTRIA MOVEIS LTDA

1390530-1

IDM

GRANDAZ MOVEIS LTDA.

V.Z.O ESCADAS ME

1390399-0

R$ 1.798,65 584/2

IDM

PROFIL FILTROS PRO

VITOR SANTOS BUENO

1390781-0

R$ 366,58 2654

IDM

MADASUL COMERCIO DE PRODUTOS ALIMENTICIO

Estas pessoas encontram-se em alguma das situações definidas pelo art. 15 da Lei nº 9.492, de 10.09.97, razão pela qual é publicado o presente edital, na forma do parágrafo 1º do mesmo artigo, ficando intimada a virem pagar no Tabelionato os respectivos títulos, evitando o protesto, ou oferecer resposta, que não evitará o protesto, tudo no prazo de três (03) dias úteis, contados a partir da data de publicação deste edital. Gravataí, 11 de abril de 2014..

VALECY CABELEIRA BITELO - OFICIAL


Gravataí, 11, 12 e 13/04/2014 - Pág. 9

POLICIA DOIS PRESOS EM PORTO ALEGRE E CACHOEIRINHA DIVULGAÇÃO/PC

Suspeitos foram encaminhados ao Presídio Central de Porto Alegre.

HOMEM É AGREDIDO POR 'JUSTICEIROS' APÓS ROUBAR MULHER

N

a manhã desta quinta-feira (10), policiais da Delegacia de Capturas do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), coordenados pelo Delegado Arthur Teixeira Raldi, prenderam P.R.R., 32 anos e P.C.J.,42 anos. As prisões foram efetuadas, respectivamente, em Porto Alegre, na Rua 24 de outubro,

e na cidade de Cachoeirinha, na Vila Nair, decorrentes de Mandado de Prisão Preventiva e de Sentença Condenatória definitiva. Segundo o delegado Raldi,

os presos foram conduzidos ao DEIC para as formalidades legais, e após, encaminhados ao Presídio Central de Porto Alegre.

OBRAS DA PENITENCIÁRIA ESTADUAL DE CANOAS I ESTÃO 95% CONCLUÍDAS A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), por meio do Departamento de Engenharia Prisional, vistoriou, nesta quinta-feira (10), a construção do Presídio Estadual de Canoas I. Com 95% da obra executada, a casa prisional integrará o Complexo de Canoas, localizado no Bairro Guajuviras. O novo espaço tem capacidade para abrigar 393 apenados do regime fechado. Com recursos do Governo do Estado, foram investidos quase R$ 18 milhões na obra. De acordo com o engenheiro da Susepe, Carlos Hebeche, até o mês de agosto deste ano, o novo estabelecimento deverá ser inaugurado. “A obra está 95% executada, com os serviços entregues em tempo hábil”, explicou. MAIS PRESÍDIOS

A Susepe informa ainda que tiveram início os trabalhos de retirada de entulhos e matos nas demais áreas abrangentes ao Complexo de Canoas. Ao todo, o local vai oferecer 2.415 vagas para o regime fechado. A entrega de todo complexo está prevista para fevereiro de 2015. VENÂNCIO AIRES Já as obras da Penitenciária

de Venâncio Aires estão 100% efetivadas. A ocupação, no entanto, ainda depende da licença ambiental da prefeitura local. O aparelhamento de materiais e recursos humanos já estão sendo geridos pela Susepe, que pretende dar início à ocupação do novo estabelecimento ainda no primeiro semestre de 2014. Serão disponibilizadas mais 300 vagas direcionadas ao regime fechado.

APREENDIDOS TRÊS ADOLESCENTES SUSPEITOS DE HOMICÍDIO EM GUAÍBA Na manhã desta quinta-feira (10), policiais da 1ª Delegacia de Polícia de Guaíba, coordenados pela delegada Sabrina Doris Teixeira, apreenderam W.S.X, 17 anos, D.S.X. e R.P.C., ambos com 16 anos, conhecidos como Os Batatas, em Guaíba. Os três possuem mandado de apreensão emitido pela Comarca de Guaíba, pelo crime de homicídio qualificado. Segundo testemunhas do fato, os três, juntamente com D.P.F.V., fizeram

uma emboscada e mataram a facadas G.A.S., no dia 25/01/2014, por vingança. A vítima tinha uma desavença com um dos envolvidos no crime. D.P.F.V. foi preso preventivamente no dia 21/02/2014 e desde então se encontra no Presídio Central. Depois dos procedimentos

de praxe, os jovens serão encaminhados à Fase, onde ficarão à disposição da Justiça.

Um homem foi agredido por um grupo de "justiceiros" após ter roubado uma mulher em um bairro de Porto Alegre (RS) na noite de terça-feira. De acordo com a Brigada Militar, o caso ocorreu na rua Sarmento Leite, no bairro Cidade Baixa.

Segundo a polícia, o homem foi espacado por um grupo de pessoas após ter assaltado a mulher por volta das 19h20. Ele foi socorrido ao Hospital de Pronto-Socorro e liberado, já que a vítima do roubo não registrou ocorrência. Ninguém foi detido pela agressão.

PRESO UM DOS SUSPEITOS DE HOMICÍDIO Policiais da 1ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (1ª DPHPP), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), coordenados pelo delegado Roger Bittencourt Tavares, realizaram a prisão do indivíduo M.P.S., 23 anos, um dos suspeitos de homicídio ocorrido no bairro Jardim Protásio Alves, na madrugada do último dia 06 de abril. Segundo o delegado Roger Bittencourt Tavares, o crime ocorreu em represália à tentativa de homicídio de uma criança. O adolescente de 15 anos, vítima do homicídio, momentos antes do crime, esfaqueou o seu irmão de 5 anos e fugiu, sendo perseguido e espan-

cado por pessoas da própria comunidade. Segundo testemunhas, logo após o linchamento, o jovem foi executado com quatro disparos de arma de fogo na cabeça. Ontem a noite durante diligências nas cercanias onde ocorreram os eventos, agentes da 1ª DPHPP, juntamente com a autoridade policial, abordaram um indivíduo que condizia com as características descritas por testemunhas como sendo um dos autores do fato. Conduzido para a Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos, foi devidamente reconhecido e após os trâmites legais foi levado ao Presídio Central de Porto Alegre onde permanecerá à disposição da polícia.


Gravataí, 11, 12 e 13/04/2014 - Pág. 10

GIRO PELO ESPORTE RODRIGO FIGUEIRÓ/CAC

INICIA DOMINGO O CAMPEONATO AMADOR CATEGORIA MÁSTER Participam do campeonato nove times que se enfrentam ao longo da competição

EQUIPE JÚNIOR EMPATA COM O JUVENTUDE O time Sub-20 do Cerâmica encarou o Juventude na tarde de quarta-feira, 09, no estádio Antônio Vieira Ramos pela sétima rodada do Estadual júnior. Apesar das oportunidades de ambos os lados, o placar não saiu do zero. “Para quem veio daquele resultado ruim

que tivemos contra o Aimoré, o empate foi bom e vai servir para readquirirmos confiança. Jogamos bem, mas faltou o gol. Agora é trabalhar para a próxima partida, que será fora de casa”, afirmou o técnico Ceramista Paulo Cézar Magalhães.

PENÚLTIMA RODADA DO 39º TORNEIO DO AMÉRICA Neste domingo (13), no campo do América, acontece a penúltima rodada do 39º Torneio do América. A organização é do SER América, e conta com o apoio da Secretária Municipal de Esportes e Lazer (Smel). O torneio chega a reta final nesta 6ª Rodada, a penúltima do certame, restando apenas 13 equipes. Depois dos jogos de domingo ficam apenas os oito melhores times de toda a competição. O diretor de Futebol de Campo, Demétrio Tafras, ressalta que o evento foi um sucesso de público, “valorizando ainda mais este que é um dos maiores torneios amadores do País, esperamos um tempo bom para não atrapalhar os apaixonados pelo esporte”, frisa Tafras.

vataí, seis de Cachoeirinha, cinco de Alvorada e duas de Viamão. Aproximadamente 1.500 atletas circularam pela cidade, comprovando ser este o maior torneio da categoria”, informa o secretário.

Para o secretário da Smel, Luciano de Oliveira, o torneio que teve início no dia 9 de março, trouxe para Gravataí o melhor do futebol de campo, na categoria amador. “A competição iniciou com 59 equipes, sendo 26 de Porto Alegre, 20 de Gra-

12h50 - Democratas x Cruzeiro F.C.

JOGOS DA 6ª RODADA NO DOMINGO 09h30 - Assoc. Indio Jari x AVTZ Vila Farrapos 10h10 - E.C. Tiaraju x Gurizada Campo da Tuca 10h50 - Ipe Junior x A.V. Presidente Vargas 11h30 - Ouro Verde FC x Juventus F.C. 12h10 - Gravataiense x União F.C.

13h30 - G.E. 11 Unidos x Vencedor do 1° Jogo 14h10 - Vencedor 2° Jogo x Vencedor do 3° Jogo

N

o próximo domingo (13), às 10h, nos campos do Palmeirinha, Bagé, Vila Branca e Amoval III o Campeonato Municipal de Futebol de Campo da Categoria Master, promovido pela Liga Gravataiense de Futebol em parceria com a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Esportes (Smel). Este ano nove equipes estão inscritas e todos jogam contra todos. A Categoria Master é disputada por atletas a partir dos 50 anos.

O presidente da Liga Gravataiense de Futebol, Eliseu Ramos, comenta a parceria com a Smel. “No ano de 2013 terminamos os campeonatos de futebol, em todas as categorias disputadas em outubro e novembro. Em 13 anos de parceria com a Prefeitura, em 2013 fechamos o ano com os repasses em dias. Graças a esta excelente parceria em dezembro conseguimos, depois de cinco anos realizar uma festa em dezembro, homenageando a todos os que participaram dos campeonatos”, observa o presidente. O secretário da Smel, Luciano de Oliveira, refere que são muito importantes para o município os campeonatos realizados na cidade. “Estamos investindo em todas as modalidades esportivas, abrindo espaço para

que todos possam disputar os seus campeonatos. O futebol de campo em Gravataí envolve muitos clubes e um número muito grande de jogadores. A parceria com a Liga tem sido produtiva e fundamental para o desenvolvimento do esporte na cidade”, refere o secretário. O diretor de futebol de campo da Smel, Demétrio Tafras, revela que este ano teremos Copa do Mundo e que a visibilidade do futebol estará acima do normal. “Este é um investimento sério nas modalidades, que deve gerar aspectos positivos ainda maiores para as ações realizadas pelo Município. O convênio com a Liga é o primeiro passo para que a estrutura atual de futebol seja modificada para melhor”, comenta o diretor.

GRAVATAÍ ADERE AO DIA DO DESAFIO 2014 A Prefeitura de Gravataí aderiu, na manhã desta quinta-feira (10), ao Dia do Desafio 2014. A iniciativa proposta anualmente pelo Serviço Social do Comércio (SESC) ocorre na última quarta-feira do mês de maio (28) em várias partes da cidade. A proposta do evento é unir a população em torno da atividade física e da movimentação corporal, além de explorar a questão social através dos desafios conduzidos pela organização em uma programação especial. O prefeito Marco Alba destacou a união da população em torno do desafio ao dizer que é importante que Gravataí participe de eventos como este, pois traz a união da comunidade em torno de uma atividade saudável e social. EM BUSCA DO BICAMPEONATO A cidade de Gravataí venceu a disputa contra Nova Iguaçu (RJ) no Dia do Desafio 2013. O município mobilizou 26,88% da população da cidade, enquanto Nova Iguaçu movimentou apenas 16,2% dos seus moradores em torno

do evento. No Rio Grande do Sul, 490 cidades participarão do Dia do Desafio com o objetivo de fazer com que as pessoas interrompessem suas atividades rotineiras e praticassem, por pelo menos 15 minutos consecutivos qualquer tipo de atividade física. DESAFIO SOCIAL No ano passado, o Dia do Desafio trouxe a integração com a Campanha do Agasalho, como posto de arrecadação de peças de roupas. Com isto, 3.078 peças foram contabilizadas. Segundo o secretário Municipal de Esporte

e Lazer (SMEL) e coordenador do evento em Gravataí, Luciano Oliveira, Gravataí está engajada na causa social da Campanha do Agasalho, juntamente com o Dia do Desafio. O secretário informa que a parceria foi ampliada, com meta de 3.500 peças e a união entre entidades em uma disputa sadia para ver quem arrecada mais. A entidade vencedora receberá um troféu, como forma de homenagem. No dia 23 de abril será realizada a primeira reunião sobre o evento em Gravataí, a partir das 10h, no SESC. O sorteio entre cidades será realizado em 5 de maio.


Gravataí, 11, 12 e 13/04/2014 - Pág. 11

ENTRETENIMENTO CULINÁRIA

NOTÍCIAS DA TV

Frango supremo COM BAIXA AUDIÊNCIA, “EM FAMÍLIA” É REFORMULADA E GANHA MAIS HUMOR

INGREDIENTES - 4 peitos de frango dessossados e abertos - 100 g de ameixas pretas - 100 g de damasco - 4 fatias de bacon - 1 copo de vinho branco seco - 1 cubo de caldo de galinha - 1/2 lata de creme de leite - 50 g de margarina - sal a gosto.

Com problemas de audiência, “Em Família” vai passar por uma sacudida na Globo. A trama, que vem registrando média de 30 pontos de audiência —a mais baixa da história na faixa— ganhará um respiro cômico, deixará as polêmicas de lado e investirá mais nos protagonistas Bruna Marquezine e Gabriel Braga Nunes.

MODO DE PREPARO Tempere os filés com sal e recheie com ameixa, damascos e uma fatia de bacon levemente frito (pode se fazer o bacon no microondas, embrulhe-o em papel toalha e deixe por 30 segundos em potência alta); Feche cada um dos filés com palitos; Frite os filés em margarina, deixe dourar, junte o vinho branco, deixe ferver, acrescente o creme de leite e deixe aquecer em fogo baixo; Sirva salpicado de salsinha.

A emissora também teme que “Em Família” sofra rejeição ainda maior ao investir em polêmicas previstas inicialmente na

© Revistas COQUETEL

O homem mais rico do mundo (2013) Povos de regiões árticas

Cultivo de camarão em cativeiro, popular no Rio Grande do Norte Deficientes que têm direito a vaga exclusiva em estacionamentos

Tambor(?): mestre da banda popular

Letra-base da escrita do cifrão

Fôlego

Conjunto de leis que, entre outras (?) feio: medidas, dá o direito à meia-entrada para palavrão jovens de baixa renda (pop.)

Andar (o processo judicial)

Indústria (?): produz armas e munições Morcego, em inglês

Rival amoroso do Pierrô (Teatro)

Herói que matou o Minotauro (Mit. gr.)

"Universidade", em UFRJ

O salto de sapatos femininos Grosseira; rude Assobio de cobras

Construção que dividia Berlim Corre (fig.)

Desocupada; vadia

"(?) de Natal", obra de Bach A socialite, pela condição financeira Instrumento tocado por Dominguinhos Cor avermelhada de tinta de cabelo O sinal hippie de paz e amor, formado com os dedos Imita a "voz" do lobo

Cortar, em inglês

Número de pernas do Saci (Folcl.)

Brinquedo infantil para jogar pedras Dente que tritura os alimentos

Ele

"It Will (?)", sucesso de Bruno Mars

Sentimento do claustrófobo no elevador

Tonel, em inglês Indicativo (abrev.)

Imposto de produtos da linha branca (sigla) Mentira, em inglês O disco de vinil

Hábito do dependente de nicotina

Oliver Stone, cineasta de "Selvagens"

Diz-se da pessoa muito meiga "The (?)", última legenda de filmes

Região do Tocantins, com dunas douradas e poços borbulhantes Primazia; preferência

3/bat — cut — end — lie — vat. 4/rain. 7/bodoque — jalapão. 10/carlos slim. 14/carcinicultura.

Solução V F U M O D N I A T R L I E O S U J A L A P Ã O E N D P R I O R I DA D E

BANCO

De acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo, o público ainda acha a novela sisuda e lenta. E a pro-

tagonista, Helena (Julia Lemmertz), é considerada rancorosa demais.

HORÓSCOPO DO DIA

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

novela, como o casal de lésbicas vivido por Giovanna Antonelli e Tainá Müller. A ordem é pegar leve com temas controversos e investir em cenas de comédia.

51

Áries: Mercúrio, Sol e Urano em seu signo aceleram acordos e negociações importantes, marcando o início de um novo ciclo em sua vida. A tensão continua forte e você deve continuar mantendo controle efetivo sobre suas reações.

Leão: Este é o momento certo para negociar projetos que envolvem pessoas e empresas estrangeiras. Uma viagem ao exterior pode marcar o início de uma nova fase mais otimista e voltada para o estrangeiro. Fique atento às oportunidades.

Sagitário: Procure manter sua ansiedade em equilíbrio, especialmente quando estiver junto de seu amor. O momento pode envolver brigas, discussões e até rompimentos. Portanto, mantenha o autocontrole de qualquer maneira.

Touro: Sua saúde pode não ir muito bem, especialmente no que diz respeito ao seu aparelho respiratório. Cuide-se. A tensão continua cada vez mais forte e você deve manter-se voltado para o seu trabalho neste período. As amizades são beneficiadas.

Virgem: Mercúrio, seu regente, no signo de Áries, melhora a comunicação, mas pode trazer ansiedade e falta de limites nas palavras. Mantenha sua racionalidade e o autocontrole, que são suas melhores qualidades.

Capricórnio: As energias dentro de casa devem ser equilibradas com o máximo de racionalidade e sensatez. Toda briga e discussão, mesmo que pequenas, devem ser evitadas. As conversas são bem-vindas, mas também podem ser quentes.

Gêmeos: É possível que você seja obrigado a enfrentar problemas relacionados a um contrato que já foi firmado e assinado. Problemas com sua equipe de trabalho ou grupo ao qual pertença também podem surgir. Mantenha a calma.

Libra: As energias continuam bem pesadas e a ansiedade pode estar bastante alta. Cuide de sua saúde, mantenha um programa leve de exercícios e atenção à alimentação. O autocontrole deve ser mantido a todo custo. Bom para acordos de negócios.

Aquário: As energias continuam quentes e sua ansiedade deve ser mantida sob controle, pois pode estar bastante alta neste período. A fase é ótima para acordos e negociações. Bom também para firmar e assinar novos contratos.

Câncer: As energias continuam bastante tensas e com Mercúrio também em Áries, a dificuldade de controlar as palavras aumenta. Não se envolva em discussões, mesmo que sejam banais, pois podem se tornar mais sérias do que o esperado.

Escorpião: A forte tensão no céu continua e seu cotidiano deve estar com um movimento quase incontrolável. O melhor é fazer uma coisa de cada vez e organizar sua agenda no papel, não na cabeça e nem no computador. Mantenha a calma.

Peixes: As energias continuam tensas, mas este momento é ótimo para rever acordos, especialmente os que envolvem o aumento de seus rendimentos. Se precisar assinar algum contrato, faça isso agora, porque em poucos dias as energias ficam mais tensas.


Sexta, sábado e domingo, 11, 12 e 13 de abril 2014

JORNAL DE GRAVATAÍ

CONTRACAPA GRUPO BARKAÇA TOCA NO CLUBE DA CERVEJA NESTE SÁBADO Banda promete levantar o público do Clube ao som de ''eletrovanera''

A

união de um baiano, um paulista e quatro gaúchos resultou na formação do Grupo Barkaça, que se apresenta no Clube da Cerveja nesta sábado (12). Com uma proposta inovadora, os músicos prometem animar o público na aposta da mistura de música eletrônica, vanera e sertanejo. O rit ''Vou te pegar de jeito'' da banda já está tocando em algumas rádios e tem tido ótima aceitação. A banda prepara o lançamento do primeiro EP

ainda em 2014. Segundo o percussionista da banda, o neguinho Gyu, o objetivo do Grupo Barkaça é fazer um estilo de música pra cima. É tentar transmitir alegria misturando muita percussão, influências harmônicas, melódicas e rítmicas. ''O Barkaça é um grupo de amigos que resolveu se reunir pra fazer música para a galera que gosta de cair na noite e dançar'', completa o percussionista. O Barkaça é formado por Gilmário Gomes (percussionista), Lucas Valentim (vocalista), Lucas Medeiros (guitarrista), Marcos mazieri (baixista), Reinaldo Silva (sanfoneiro) e Pablo Mainieri (baterista).

FIM DE SEMANA SERÁ MOVIMENTADO NO SESC GRAVATAÍ O Arte Sesc – Cultura por toda parte promove uma série de atrações em Gravataí neste fim de semana. Nesta sexta-feira (11/04), o espetáculo “Música de Cena”, do compositor e músico Arthur de Faria abre a agenda, às 20h30, no Teatro do Sesc (Rua Anápio Gomes, 1241). O show reúne canções para teatro interpretadas por atores/ músicos, com seus figurinos e maquiagens, misturando climas das peças Solos Trágicos, Wonderland, Natalício Cavalo, O Casamento de Maicon Estallone, Os Plagiários, Ideologia, Marxismo & Rock’n’roll. SÁBADO O sábado (12/04) também será movimentado. Como ocorre em todo segundo sábado do mês, os clientes do Restaurante do Sesc poderão apreciar um cardápio musical durante o almoço. Nesta data, o show de Felipe Souel vai dar o tempero ao cardápio, que será baseado na culinária nordestina. Também seguindo a tradição dos segundos sábados de cada mês, a partir das 19h, ocorre

'VI OFICINA DE ARTESANATO NA PRAÇA' NO SÁBADO (12) Com o intuito de divulgar as oficinas do Programa Escola Aberta, do Governo Federal, a Secretaria Municipal de Educação promove neste sábado (12) a “VI Oficina de Artesanato na Praça”, das 8h30 às 17h, na Praça Borges de Medeiros (Em frente à prefeitura). Serão trabalhadas oficinas de artesanato em geral, como bijuteria e E.V.A. A Oficina é aberta ao público e todo o material utilizado será fornecido pelo Programa.

o Sarau Literário. O encontro gratuito ocorrerá no Foyer do Teatro do Sesc e não é necessária inscrição prévia. O tema da atividade será “Literatura que virou filme”. Haverá exibição de um trecho do documentário José e Pilar, que retrata a vida do escritor português José Saramago, falecido em 2010. O Sarau é um espaço aberto para os participantes recitarem suas poesias, crônicas e demais textos. UMA TARDE DE TEATRO À tarde, às 15h, o Teatro

do Sesc recebe o espetáculo “O Gato malhado e a Andorinha Sinhá”, inspirado no conto homônimo de Jorge Amado. A peça, que tem classificação livre, mostra a transformação das criaturas sob a influência do amor, num desenrolar de declarações que permeiam as quatro estações. Gato e andorinha, espécies que originalmente vivem em descompasso, apaixonam-se e degustam de uma melodia que aos poucos é interferida pelos ruídos do restante da população que vive no parque.

PROGRAMA ESCOLA ABERTA: O Programa Escola Aberta incentiva e apóia a abertura, nos finais de semana, de unidades escolares públicas localizadas em territórios de vulnerabilidade social. A estratégia potencializa a parceira entre escola e comunidade ao ocupar criativamente o espaço escolar aos sábados e/ou domingos com atividades educativas, culturais, esportivas, de formação inicial para o trabalho e geração de renda oferecidas aos estudantes e à população do entorno.


VEÍCULOS & CIA Caderno semanal do Jornal de Gravataí - Sexta, sábado e domingo, 11, 12 e 13 abril de 2014 - ANO 3 - No 212

NOVO MINI COOPER É MAIS CARRO E MENOS "CULT"; NO BRASIL, SERÁ FLEX Nova geração do Mini Cooper, hatch compacto de estilo, é apresentada à imprensa especializada global

A

BMW convidou jornalistas do mundo todo para o lançamento mundial da nova geração do Mini Cooper, na última semana, em Porto Rico, território dos Estados Unidos no Caribe. Em praias e estradas que lembram muito as encontradas aqui no Brasil -- as primeiras pela beleza, as últimas pelo asfalto maltratado e trajeto recortado --, a empresa frisou que o carro mudou muito, apesar de parecer que não. O novo Mini segue sendo fabricado em Cowley, Oxford (Inglaterra), agora sobre novíssima plataforma do grupo BMW, que dará origem à reformulação do restante da família Cooper -- caso das configurações Roadster (cupê-conversível) e Countryman (crossover) -- e também a inéditos modelos de tração dianteira da própria BMW. Ele já pode ser encomendado no Reino Unido e em países da Europa continental, onde ficou mais caro. No Brasil, a previsão é que chegue a partir de julho -- os preços em real seguem indefinidos, diz a empresa.

Agora, a BMW dotou o novo Mini de toda tecnologia e conforto disponíveis em seu arsenal -- veja aqui a ficha técnica do carro. Também desenvolveu, sozinha, novos motores: há um três-cilindros para o Cooper que nada tem de "motorzinho" -- com 1,5 litro, gera 138 cavalos e mais de 22 kgfm de torque. No esportivo Cooper S, o quatro-cilindros 2.0 rende mais que o motor do BMW Série 3 -- são 194 cv e 27,5 kgfm. Ambos usam sobrealimentação por turbo, injeção direta de combustível e controle variável de válvulas em todo o ciclo e já estão sendo adaptados para beber gasolina e também etanol no Brasil. O Mini perdeu o jeitão duro e agora trata ocupantes com conforto, mesmo no modo Sport. Deixa até que o motorista acompanhe o Facebook enquanto guia, veja só que tecnológico. Sir Alec Issigonis (na foto acima) teve a ideia de criar o primeiro Cooper nos anos 1950, durante crise petrolífera e necessidade crescente por modelos pequenos, simples de se construir e baratos -- o primeiro Mini custava 500 libras, menos de R$ 2 mil atuais. Com engenharia totalmente alemã, o novo Cooper -- na foto abaixo com o primeiro-ministro britânico David Cameron (à esquerda) e o chefão da marca, Peter Schwarzenbauer --

traz conforto e tecnologia para vender muito e a todo tipo de público. O objetivo dos alemães que comandam a divisão Mini é claro: os US$ 2,5 bilhões (cerca de R$ 6 bilhões) que foram e ainda serão investidos na evolução da linha têm de gerar vendas fortes nos Estados Unidos, China, Europa e -- por que não? -- no Brasil. Quem se ligava em TV e carros na década de 1990 deve ter dado boas risadas com a sátira britânica de Rowan Atkinson e seu personagem Mr. Bean aos costumes ingleses. Ver Bean se rebelar contra o espaço de "caixa de sapatos" do Mini clássico era sempre hilário. Se apertar de verdade nele ou no Mini de 2001, não. O novo Mini está maior, principalmente em espaço interno: com 3,82 m de comprimento ainda é menor que um Volkswagen Gol ou mesmo um Audi A1, mas seus 2,49 m de entre-eixos deixam estes dois modelos pequenos. Agora cabem quatro adultos dentro, contanto que apenas dois tenham mais de 1,80 m. O porta-malas também cresceu, de 51 para 211 litros. Mas espaço e jeito premium encarecem:

se o atual parte de 11.870 libras no Reino Unido, o novo custa 15.300 para a versão Cooper e 18.650 para o Cooper S -- algo entre R$ 60.915 e R$ 74.250 pelo câmbio atual. No Brasil, a linha atual começa em R$ 77.350 e também deve encarecer com o novo modelo. Quando ressuscitou em 2001, o Mini tinha rótulo "cult", ar retrô e fôlego para brigar com modelos como Volkswagen New Beetle, Chrysler PT Cruiser, inicialmente, e depois Fiat 500, Citröen DS3 e o novo Fusca. A "vantagem" vinha do motor mais forte, feito em parceria com a francesa PSA (Peugeot-Citroën), e do estilo "go kart", que significa tocada mais esportiva, com volante e suspensão bem rígidos, secos. Ser diferente era ser legal -- ainda que o ocupante passasse aperto, ficasse dolorido e tudo isso custasse muito dinheiro. O novo Cooper mantém o formato geral, a ponto de quase não se diferenciar visualmente. Mas é mais leve (até 45 quilos a depender da versão) e seguro por ser construído com aços de alta resistência e ter equipamentos de segurança ativa e passiva mais avançados. Na configuração mais completa, o novo Mini pode até acelerar e frear sozinho. Há sen-

sores de velocidade e distância, controles de estabilidade, tração e bloqueio do diferencial. E até teto solar panorâmico. Ainda que muito mais modernos, precisos e seguros que os faróis redondos de três projetores, os novos faróis do Mini usam apenas LED, mas sua forma elíptica remete imediatamente a um prosaico espelho iluminado, destes usados por dermatologistas, profissionais da beleza ou mesmo no banheiro de casa. Com a nova geração, velocímetro e informações do computador de bordo foram -- finalmente e felizmente -- para o pequeno mostrador acima do volante. Mas a grande peça circular segue no centro painel, agora cheia de interatividade. O perímetro é definido por uma guia de luz (LED) de cor e luminosidade variáveis: pode seguir o movimento do conta-giros ou do velocímetro, pode mostrar se o condutor está pisando muito ou pouco no acelerador (e gastando combustível demais ou de menos), pode até refletir temperatura e ritmo do som. Na tela de LCD, informações sobre ajustes e alertas do carro, climatização, sistema de som, telefonia e até conexão com a internet. Sim, o novo Mini se conecta ao celular do condutor, aos e-mails e até ao Facebook.


2

VEÍCULOS & CIA

Sexta, sábado e domingo, 11, 12 e 13 de abril de 2014

TOYOTA COROLLA ALTIS, TOPO DE GAMA, NÃO JUSTIFICA O PREÇO Versão topo de gama do sedã custa R$ 92.990

C

omo bem lembrou mestre Fernando Calmon, a discussão sobre os preços da nova geração do Toyota Corolla ganhou tal dimensão que deixou em segundo plano os eventuais méritos do sedã, recém-lançado no Brasil. Após experimentar a versão Altis, topo de gama do modelo (a R$ 92.990), sou obrigado a dizer ao Calmon -- e aos leitores em geral: simplesmente não dá para falar desse carro sem falar de seu preço. Quem acompanha a evolução da indústria automotiva, especialmente desde o (educativo) colapso de 2008/09 e, no caso específico do Brasil, da traulitada aplicada nos importados em 2012, há de convir: em tempos tecnológicos e de globalização, é inadmissível pagar quase R$ 93 mil num carro que NÃO TEM, entre outras coisas, controles eletrônicos de tração e de estabilidade; assistente de partida em aclives; sistema start-stop; ar-condicionado automático bi ou trizona (aliás, não tem nem saídas para os passageiros traseiros); um relógio digital que não pareça sobra de 1985; teto solar ou panorâmico; rodas exclusivas com aro 17 ou 18. O Corolla Altis não tem nada disso -- e mesmo assim custa R$ 13 mil mais caro que

o Corolla XEi, versão intermediária do sedã (por já caros R$ 79.990). As diferenças práticas entres as duas versões estão em filigranas: o Altis agrega luzes de posição em LED, partida por botão, acendimento automático dos faróis, retrovisores externos rebatíveis, dois airbags extras (de cortina, totalizando sete, ante cinco no XEi), detalhes externos cromados e (pausa para rir) iluminação de cortesia no espelhinho do motorista. Repetimos: isso, por R$ 13 mil a mais. Com o Altis, o Corolla marca posição como o sedã médio mais caro no topo de sua gama. O Volkswagen Jetta TSI, com motor turbo de 211 cavalos e câmbio de dupla embreagem, é R$ 100 mais barato. POR FORA, POR DENTRO As mudanças externas no Corolla o deixaram tão diferente da geração anterior que nem faz muito sentido comparar. Além de maior, o novo sedã tem visual mais arrojado, exacerbando a impressão de lâmina do conjunto frontal (grade e faróis) e colocando músculos onde não havia, notadamente no terceiro volume. Na traseira, uma solução mais convencional e cada vez mais comum nos sedãs médios (não só asiáticos) foi unir as lanternas (de formato vagamente quadrilátero) por uma barra cromada que dialoga com a luz de lente branca da ré. Na cabine, chama atenção o amplíssimo espaço para quatro adultos. São 2,7 metros de

entre-eixos, nova medida padrão para carros do segmento (até pouco tempo atrás uns 2,6 metros já eram suficientes); e a largura é de 1,77 metro.

Porém, os méritos do interior do Corolla Altis vão parando por aí --- e nem são méritos do Altis, e sim do Corolla, já que o espaço não muda com a versão. O painel frontal parece um muro, de tão alto e reto; a distância do motorista ao parabrisa é desagradavelmente curta; e o volante é muito, mas MUITO torto (a porção da direita fica mais próxima do corpo). Os instrumentos e algumas partes dos controles têm iluminação azul, num tom que lembra o usado por carros chineses quando estes imitavam (mal) a iluminação da Volkswagen. Qual o problema de usar luz branca? Ou então que se mantivesse o âmbar/verde do Corolla antigo. Essa pegada meio xing-ling se repete nos comandos dos vidros elétricos (frágeis), na central multimídia (sem o SD

dos mapas, o navegador não funcionou e, aparentemente, travou o Bluetooth também, repetindo mensagem de erro) e na tecla Sport do câmbio CVT. O reporter André Deliberato, que já guiara o Corolla XEi, até avisou: "Repara na tecla Sport. É o tipo da coisa que você olha e pensa: Não vai funcionar." E não funcionou mesmo. Todos os sedãs médios lançados recentemente -- Citroën C4 Lounge, Ford Focus, Nissan Sentra, Kia Cerato -- e a maioria dos mais veteranos -- Chevrolet Cruze, Volkswagen Jetta -- oferecem cabines caprichadas, em certos casos remetendo a modelos superiores (Jetta a um Audi; Focus ao Fusion; Sentra ao Altima). O Corolla conseguiu a façanha de fazer o caminho oposto.


Sexta, sábado e domingo, 11, 12 e 13 de abril de 2014

VEÍCULOS & CIA

HONDA CTX 700N CHEGA EM MAIO COMO OPÇÃO À SHADO CTX 700N chega ao Brasil como uma opção mais moderna à custom Shadow 750

A

Honda decidiu repensar sua participação no segmento custom brasileiro, no qual atua apenas com a icônica Shadow 750. Para isso, confirmou a chegada da exótica CTX 700N, modelo lançado nos Estados Unidos no início do ano passado. A moto será importada do Japão, com lote inicial de cerca de 160 unidades, para medir a aceitação do público. Ainda assim, já existem planos de nacionalizá-la. Seu preço será revelado apenas em maio, quando chega oficialmente às lojas, mas deve ficar próximo dos R$ 30 mil, valor da versão com ABS da NC 700X. Segundo a Honda, a ideia é não substituir a Shadow, mas oferecer uma nova opção. "Quem optar pelo estilo clássico compra a Shadow 750. Mas para quem quiser comprar uma moto estradeira, estilo cruiser, com posição de pilotagem mais confortável, a CTX 700N é uma excelente pedida", comenta Alfredo Guedes Jr., engenheiro da Honda. O nome CTX, acrônimo das palavras Confort Technology Experience, traduz a proposta de oferecer um modelo moderno e confortável. No visual, o aspecto clássico característico do segmento dá lugar a formas mais retilíneas, principalmente no tanque e no quadro, onde chama a atenção o escape feito em aço inox. FAMÍLIA 700 Outros detalhes importantes são a lanterna em LED e a presença de diversos painéis em

preto fosco. Estes fazem contraponto ao cromado e às peças de metal, utilizados em abundância para compor o visual custom. Isso deixa em evidência a preocupação da Honda em trazer modernidade ao estilo. Já as rodas e o farol são os mesmos utilizados pela crossover NC 700X, sendo que este último aparece em um formato mais simples sem para-brisa, nem integração com o para-lama mais alto -- como na crossover. Desta forma, a CTX 700N mostra que é um modelo novo, mas alinhado a uma família que o motociclista brasileiro já conhece. O conceito do compartimento no tanque também foi mantido na custom. Entretanto, ele é menor e não comporta um capacete, sendo indicado apenas para pequenos objetos, como luvas e carteiras, por exemplo. CILINDROS PARALELOS O motor da CTX 700N também é o mesmo da NC 700X: um bicilíndrico paralelo de 670 cm³, arrefecimento líquido e comando único no cabeçote (SOHC). A potência também não muda: 52,5 cv (a 6.250 rpm) e 6,4 kgfm de torque (a 4.750 giros). O câmbio é de seis marchas. Assim como na crossover, a

escolha pelo motor se fez devido à baixa vibração e à economia de combustível. A moto será capaz de fazer entre 25 e 30 km/litro, sendo que o tanque tem capacidade para 12,3 litros, projetando autonomia acima de 300 quilômetros. A versão trazida pela Honda vem com freios ABS de série. Na frente, um disco de 320 mm de diâmetro mordido por pinça de pistão duplo e, na traseira, um de 240 mm de diâmetro com pinça de pistão único. CTX É ACRÔNIMO DAS PALAVRAS CONFORT TECHNOLOGY EXPERIENCE No quesito ciclística, a prioridade vai para o conforto, com assento colocado a 720 mm do chão. A roda dianteira é presa por um garfo convencional de 106 mm de curso, enquanto a traseira emprega um monoamortecedor com link cujo curso é de 109 mm. Quem quiser conferir a moto de perto poderá encontrá-la na 30ª edição do Megacycle, encontro de motociclistas, que acontece entre os dias 10 e 13 de abril no Parque Municipal Ilha Antônio Dutra, em São Lourenço (MG). Ou aguardar sua chegada às concessionárias, em maio.

3

PRODUÇÃO DE MOTOS CRESCE 6,6 % NO 1º TRIMESTRE Finalmente uma boa notícia na tradicional coletiva de imprensa que a Abraciclo, associação que reúne os principais fabricantes de motocicletas do País, realiza trimestralmente com o balanço do setor. A produção de motocicletas no primeiro trimestre deste ano foi de 408.665 unidades, crescimento de 6,6% em comparação ao mesmo período de 2013, quando foram produzidas 383.199 motocicletas. As vendas no varejo (ao consumidor) alcançaram 365.306 unidades, 3,7% superior ao volume obtido no mesmo período do ano passado. Mas, segundo Marcos Fermanian, presidente da associação, por meio da média diária de vendas pode-se fazer uma análise melhor do período: nos meses de janeiro até março de 2014, foram vendidas 5.989 unidades/dia contra 5.869 do primeiro trimestre de 2013. Embora a notícia seja boa, os fabricantes de motocicleta não se deixam contaminar por um otimismo precipitado. “Os números positivos no período refletem os esforços dos fabricantes e suas redes de concessionárias para a antecipação dos resultados, já prevendo uma possível dificuldade nas vendas por conta da Copa do Mundo”, justifica Fermanian. Já nos números de março de 2014, o levantamento aponta uma retração nos emplacamentos em relação a fevereiro. No mês passado, foram vendidas 112.212 motos, declínio de 6,1%. Uma das razões para a queda foi o Carnaval, que, neste ano, aconteceu em março, diminuindo os dias úteis de vendas. O próximo “vilão'' que pode prejudicar as vendas de motocicletas, segundo a Abraciclo, será a Copa do Mundo.

MOTOS PREMIUM Apesar de não serem capazes de mitigar os prejuízos na queda nas vendas de motos registradas nos dois últimos anos, as motos premium continuam em franco crescimento – a Abraciclo considera premium as motos acima de 450 cm³. Entre janeiro e março de 2014, as vendas dos motos acima de 450 cm³ cresceu 20%: passando de 10.798 no primeiro trimestre de 2013 contra 12.988 nos três primeiros meses deste ano. Em 2013, por exemplo, foram lançados cerca de 29 novos modelos de motocicletas no Brasil, 18 deles neste segmento. E vem mais por aí: ontem a Honda anunciou a chegada da CTX 700N para junho; a inglesa Triumph deve lançar mais um modelo, a Tiger Sport 1050, em breve; a Suzuki já prometeu a nova V-Strom 1000 para a agosto… De acordo com fontes do setor de motos, esses consumidores não encontram problemas para financiar sua nova motocicleta, como o cliente da classe C e D que quer comprar sua 150cc (ou 125cc) para fugir do ônibus lotado ou da falta dele.


4

VEÍCULOS & CIA

Sexta, sábado e domingo, 11, 12 e 13 de abril de 2014

BMW X1 E X3 NACIONAIS TERÃO OPÇÃO DE MOTOR FLEX BMW 320i não será o único bicombustível bávaro no Brasil: X1 e X3 2.0 também devem beber álcool

P

elo menos mais dois modelos da BMW fabricados no Brasil usarão o motor turboflex de 2 litros, 184 cavalos, já disponível no sedã 320i ActiveFlex: os crossovers X1 (versão sDrive20i) e X3 (idem). Fica a dúvida em relação ao Série 1, modelo de entrada da marca bávara, mas não o mais vendido, que é justamente o Série 3 (7.207 emplacamentos em 2013). O Mini Countryman nacional também será flexível (gasolina/etanol). Ele deve sair da futura fábrica de Araquari (SC) a partir de 2015 ou 2016. Como regra, todas as versões dos BMW que atualmente usam motores 2 litros e quatro cilindros e que venham a ser fabricadas no Brasil serão bicombustíveis. Propulsores com cilindrada menor ou maior devem continuar consumindo gasolina, mesmo nos carros feitos localmente. A marca premium alemã também espera que, num prazo não tão longo, haja a liberação do diesel como combustível para carros de passeio no Brasil. Além disso, trabalha numa subgama híbrida e, claro, no "elétrico puro" i3, a ser lançado no país juntamente com uma estrutura de apoio (postos de recarga, basicamente). Segundo Arturo Piñeiro, 48 anos, presidente da BMW no país, está mantida a previsão de inaugurar a fábrica catarinense em setembro próximo. A capacidade produtiva é de 32 mil carros em dois turnos. "Temos um centro de treinamento em Joinville (SC) que reproduz exatamente a futura linha de montagem", disse o executivo, que falou a jornalistas na manhã desta quarta-feira (19), em São Paulo (SP). Os funcionários serão qualificados ao longo de oito meses -- o processo começou há dias. O INVESTIMENTO TOTAL NA FÁBRICA DE ARAQUARI FOI DE CERCA DE 200 MILHÕES DE EUROS. O primeiro modelo a sair da linha catarinense será o Série 3, provável estrela da BMW no Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro. O cronograma estabelecido pela BMW prevê um lançamento a cada quatro ou até seis meses; isso faz com que o segundo carro -- quase certamente o X1, segundo modelo mais vendido pela marca no país (2.738 emplacamentos em 2013) -- fique para o começo de 2015, e o último, para 2016. A BMW vendeu 14.076 carros no Brasil em 2013, com 0,39% de participação no mercado (15ª no ranking de montadoras) e à frente das arquirrivais Mercedes-Benz (0,37%) e Audi (0,19%). PORQUE ME UFANO A BMW evita comentar texto publicado na mídia quando a fábrica de SC foi anunciada oficialmente, em dezembro do ano passado. Com o mote "O Brasil é um BMW", pregava um otimismo na contramão da análise econômica mais comum (e mais azeda) sobre o atual momento do país (o texto dizia, literalmente, "Parece que está na moda questionar a capacidade do Brasil"). Sites alinhados ao governo de Dilma Rousseff comemoraram e republicaram o anúncio; a própria presidente o teria repassado a ministros. A fábrica brasileira estava nos planos da BMW antes do novo regime automotivo (Inovar-Auto), de 2012 -- é

o que garante Piñeiro, há 18 anos na empresa. Com o tarifaço e as cotas de importação, o regime atrasou em dois ou três anos a estratégia das chinesas; atrapalhou as coreanas; e, coisa que poucos notaram, mas muito importante no caso, tornou quase "incompráveis" os

importados de luxo das montadoras tradicionais. A BMW se diz "apartidária". Não por isso, claro, deixará de receber Dilma com todas as honras na inauguração da fábrica catarinense, em setembro -- a meras semanas do primeiro turno da eleição presidencial.


ANO 9 - EDIÇÃO 1962ª - DIÁRIO - SEXTA-FEIRA, SÁBADO E DOMINGO, 11, 12 E 13 DE ABRIL DE 2014 - R$ 1,0