Issuu on Google+

► ENTREVISTA

COHAB C vai ganhar UPA 24 Horas Em entrevista ao JG, Secretário da Saúde faz balanço das atividades da pasta em 2013

Páginas Centrais

ANO 9 - EDIÇÃO 1894ª - DIÁRIO - SEXTA-FEIRA, SÁBADO E DOMINGO, 03, 04 E 05 DE JANEIRO DE 2014 - R$ 1,00 Circulação nos municípios de Gravataí, Cachoeirinha, Glorinha e Santo Antônio da Patrulha

► abastecimento

Produção de água subirá 30% em Gravataí na próxima semana Anúncio foi feito pelo presidente da Corsan na quinta-feira (2)

Pág. 5

www.shoppinggravatai.com.br

► Polícia

Parceiro de Seco foi preso pela Polícia Civil Pág. 9 ► CARROS & CIA

Clássicos deixarão de ser fabricados

Encartado


Gravataí, 03, 04 e 05/01/2014 - Pág. 2 AS GRAVATADAS

Edenir Raupp

Professora de Língua Portuguesa e especialista em Língua Inglesa

O Ano começa acelerado e os problemas são os mesmos

Buraco "Olha o absurdo do buraco da Estrada Abel de Souza Rosa, no bairro Costa do Ipiranga. Os moradores pedem urgência, pois já está assim há um mês", disse Aninha Chaves. Prezados leitores, esta coluna também é sua, para falar conosco ligue 3423.1792.

PREVISÃO DO TEMPO Sexta-feira Mín. 17° Máx. 27° Chuvoso durante o dia e a noite

justamente na sua vez, ou advertências, com limites de Como seria bom se ao para o caixa ter que conferir velocidade, com avenidas virar a meia-noite, fogos o preço de algum produto e estradas congestionadas. comemorativos, sorrisos, foi planejamento, não das que não estava etiquetado Cada qual tem seus motivos brindes e festas pudessem pessoas que adquiriram e a pessoa não viu. A fila para querer chegar logo. levar juntos todos os veículos ou que precisam aumentando, as pessoas com É como se a pista fosse problemas que o mundo ir aos supermercados pressa. Os estacionamentos somente sua e não houvesse enfrenta. Otimista pensar confusos, a saídas apressadas, comprarem, que precisam ninguém à sua frente ou ao no mundo, egoísta pensar se deslocar na cidade, mas evitando, muitas vezes que seu lado. A viagem que era no país. Nesses feriados, do governo. Se as fábricas a pessoa chegue ao destino para ser de descanso causa sair de casa foi realmente estão vendendo tantos para poder confraternizar estresses em função dos um ato de coragem maior automóveis, o governo com seus familiares. percursos. do que a vontade de querer precisa facilitar para a O trânsito está ruim A aventura em um estar com a família e amigos população, melhorando e em todas as cidades supermercado, nesses dias, para comemorar a virada Investir em educação é uma eficiente aplicação financeira ampliando as vias expressas, do país. Basta ligar a foi realmente loucura para de ano. E quando pensamos as autoestradas e as rodovias. televisão para conferir muitos que não puderam ir que todos saíram da cidade Enfim, Ano Novo, os congestionamentos antes. A falta de gentileza e e foram para o litoral ou mas os problemas nas principais estradas novamente a pressa, fazendo para a serra, impossível continuam aumentando a e rodovias. Além disso, com que muitos banquem não ficarmos surpresos cada dia. Esperamos que a experiência própria de os egoístas e espertos. São ao nos depararmos com nosso otimismo não nos quem somente pode sair pessoas em filas de caixas supermercados abarrotados decepcione. Por outro lado, é de casa no horário do disputando qual delas será de gente. sempre bom sermos realistas, forte do movimento. O mais rápida, segurando o Quem não quer sair de pois a situação ainda tende lugar para outra. E do nada lá que está errado, então? casa cedo e chegar mais a piorar. Por mais que Como todos esses carros vem o que estava na fila ao cedo ainda no destino? sonhemos, que peçamos, conseguiram entrar no lado para sua frente, pedindo Infelizmente o tempo não que queiramos, que façamos mercado? Facilidades licença, com cestos cheios... anda ao contrário... Dirigir protestos, ainda fica aquele econômicas, melhorias no Para evitar um estresse, o com cuidado... foi tudo que vazio, um povo esquecido poder aquisitivo? Redução sujeito que está na fila atrás pensei nesse feriado. As por muitos governantes, de preço? Incentivos do fica apenas “engolindo” o pessoas estão enlouquecidas, que somente se lembram governo? Em parte, sim. desaforo, e quando vê já está querem que o tempo não da população em épocas de Muitas pessoas puderam sorrindo e conversando com transcorra para que possam eleição... Então brindemos afinanciamentos facilitados, o outro bancou o malandro e aproveitar ao máximo. No à esperança que jamais nos ou um bom usado, bonachão! Cansa mais ainda trânsito, tanto ida, como tiram, mesmo em momentos aproveitando a queda do quando o caixa resolve parar volta, ninguém se respeita, ruins. IPI. No entanto, o que faltou pra troca de fita que acabou mesmo com placas de

Sábado Mín. 17° Máx. 29° Sol com algumas nuvens. Não chove. Domingo Mín. 17° Máx. 29° Sol com algumas nuvens. Não chove.

Registro nº 39987 do Livro A-4 Filiado à ADI Filiado à ADJORI

Representante Comercial: (51) 3272-9595

jornaldegravatai@terra.com.br jornaldegravatai@gmail.com

Publicação da Empresa Gráfica Jornal 2M Ltda. CNPJ nº 03.851.285/0001-62 Tiragem – 8.000 exemplares Diretor geral: Moacir Oliveira Menezes Diretor administrativo: Gabriel Diedrich Departamento comercial: Adilson Mendes Redação: Larissa Hoffmeister e Karina de Freitas Editor-chefe e Diagramador: Giulliano Pacheco Colaboradora: Edenir Raupp Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, nº 6525 - Pda. 63 CEP 94070-001 - Gravataí - RS - Brasil Telefones: (51) 3423.1792 - 3421.3381 Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores.

2014: um ano que promete Dificilmente um educador contemporâneo discordaria da ideia de que a escola precisa se aproximar do cotidiano vivido pelos seus alunos, trazer a realidade para a sala de aula, a fim de que os fatos se tornem matéria viva de aprendizagem. Bem, o discurso é sempre mais simples do que a prática. O diálogo com o mundo real requer uma postura mais flexível da escola e do professor e também certa dose de coragem pedagógica, na medida em que torna o cenário educativo um espaço de debate democrático. O próximo ano deve proporcionar uma ótima oportunidade de tirarmos esses princípios do papel. Temos pela frente, entre outros grandes acontecimentos, eleições presidenciais, Copa do

Mundo e, quem sabe, novas manifestações nas ruas, país afora. Em 2013, muitas escolas preferiram tratar do tema das passeatas que tomaram conta do país, quando muito, como notícia de jornal. E que chance perderam de retomar processos recentes que mudaram o curso da história do país ao longo das últimas décadas! Entre as lições deixadas pelos movimentos de rua, está a de que os jovens querem, sim, manifestar posições políticas, ainda que não se encaixem nas cores partidárias. E a escola pode (e deve) ser um espaço para a construção de opiniões, a busca de consensos, sempre

alicerçados em informações, em análises bem embasadas, enfim, em conteúdos curriculares. Tudo isso é desenvolvimento de valores de cidadania – frase que certamente está presente no folder de sua instituição de ensino. Do mesmo modo, a Copa do Mundo não é apenas um evento esportivo, mas um fato de proporções planetárias que permite análises diversas: a opção de um país de sediar um megaevento, as consequências para a população, a importância dos esportes na formação dos jovens, os investimentos envolvidos… Há certamente um aspecto interessante para

o trabalho pedagógico que vai além da discussão sobre haver ou não feriado nos dias de jogos. Eleições e Copa do Mundo são apenas dois exemplos. Ao longo de 2014, haverá (como em todos os anos) muitas oportunidades de se tornar o ensino mais significativo, da Educação Infantil ao Ensino Médio. Na verdade, melhor do que esperar essas chances é criálas, uma vez que a matéria viva do ensino está em toda parte – nas crises ambientais, no pré-sal, na violência cotidiana, nas carências da saúde, na evolução tecnológica, na inflação ou nas redes sociais. A realidade está ao alcance das mãos do educador: basta estendê-las e abrir as portas da sala de aula. Por Francisca Paris, pedagoga


Gravataí, 03, 04 e 05/01/2014 - Pág. 3

Vendas de Ano Novo sobem 5% nos supermercados do RS Água mineral e sorvetes foram destaques de consumo de 2013, em meio ao forte calor

O

s supermercados gaúchos encerram 2013 com motivos para comemorar. Depois de atingirem um crescimento de 9% nas vendas de produtos para o Natal, as empresas do segmento alcançaram um incremento de 5% nas vendas, na semana anterior ao Ano Novo, na comparação com o mesmo período do ano passado. O presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), Antônio Cesa Longo, destacou que o calor registrado nos últimos dias contribuiu decisivamente para o resultado, que também foi puxado pelo crescimento populacional, pelo pleno emprego e pelo aumento das reuniões em família neste final de ano. “No mês de dezembro, os supermercados gaúchos receberam, em média, 3% mais clientes que

em 2012”, comentou Longo. Para os supermercados do Litoral Norte, a migração recorde de cerca de 35% dos gaúchos para as praias resultou em um crescimento médio de 10% nas vendas de Ano Novo em relação à mesma festividade do ano passado. Para as empresas das demais regiões do Estado, a estratégia foi antecipar a exposição e as promoções de itens típicos para a festa da virada, como lentilha, carne suína e outros produtos. O item mais vendido na semana anterior ao Réveillon foi a cerveja, ainda que o produto tenha registrado um crescimento de apenas 5% nas vendas em relação ao Ano Novo de 2012. A água mineral, com o crescimento de 30% nas vendas, foi outro destaque, seguida por produtos como

sorvetes (20%), frutas (15%) e refrigerantes (8%). Os cortes suínos de carne, com incremento de 5% nas vendas, e os espumantes, que cresceram 15%, foram os dois produtos mais vendidos nos dias anteriores à festa da virada. O consumo de bebidas, por sinal, priorizou a produção local: “Cerca de 97% das 4,8 milhões de garrafas de espumantes vendidas pelos supermercados gaúchos foram produzidas no Estado, e o crescimento foi puxado sobretudo pelos moscatéis”, explicou o presidente da Agas. Conforme Longo, foram criadas 4,1 mil vagas temporárias de emprego no setor para o período de Natal, Ano Novo e veraneio. “Pelo menos 20% destes funcionários deverão ser efetivados”, salientou.

Já começou alistamento militar para jovens nascidos em 1996

Os jovens nascidos no ano de 1996 já podem efetuar o alistamento para o serviço militar. O período de inscrição foi aberto ontem (02) e seguirá até 30 de junho de 2014. Conforme o secretário da Junta de Serviço Militar, Moacir Renato de

Souza, todo o cidadão brasileiro de sexo masculino, no ano que completar 18 anos de idade, é obrigado a realizar o alistamento militar. Em Gravataí os jovens devem comparecer à Junta de Serviço Militar, na Rua Anápio Gomes, 1317,

no Centro, se segunda a sexta-feira das 8h30 às 13h30. Para se alistar é necessário apresentar carteira de identidade, CPF, certidão de nascimento e comprovante de residência no próprio nome ou dos pais. Aqueles que moram de aluguel também podem apresentar o contrato da locação. É exigida ainda uma fotografia 3x4 recente. A Junta de Serviço Militar alerta para que os jovens não percam o prazo e façam o alistamento o quanto antes para evitar filas. A inscrição é importante, pois sem ela não é possível participar de concursos públicos, fazer passaportes, dentre outros direitos. Apenas pessoas com idade superior a 45 anos são isentas do procedimento.

Essa é uma coluna do povo para criticar elogiar e botar a boca no trombone sobre aquilo que os leitores entenderem por certo ou errado. Entre em contato com a redação, pelo telefone (51) 3421.3381 ou mande seu e-mail para jornaldegravatai@terra.com.br. Junto mande seu nome, telefone e endereço.

Atendimento "Quero deixar registrado aqui a minha indignação. Fui ao Hospital Dom João Becker procurando atendimento de emergência para ginecologista para uma amiga minha. E vocês acreditam que eles nos mandaram embora, porque eles só atendem gestantes? Daí eu pergunto: se a pessoa estiver prestes a morrer por causa de uma complicação que é o caso dela, o que se faz? Afirmo em dizer que sinto tristeza de morar nessa cidade", relato moradora Daiani de A. Perigo na estrada "Como já é de costume, todos os dias os caminhões carregados de pedras descem pela RS-020. A alta velocidade que os motoristas passam pela rodovia caracterizada pelas curvas acentuadas revela riscos aos pedestres e aos próprios motoristas e passageiros durante o trajeto. Na manhã de ontem, assim como em outros dias, um motorista desceu em alta velocidade na curva em frente a minha casa, deixando um rastro de pedras por onde passava. Por sorte até o momento nenhuma pessoa ficou ferida com as pedras que seguidamente caem dos caminhões. Um anjo da guarda está protegendo esse trecho, as pessoas que transitam por ele e os motoristas dos veículos que vêm atrás dos caminhões. O problema vai ser quando este anjo estiver de folga ou atrasar para chegar. Na via várias pessoas passam caminhando para ir ao mercado e pegar o ônibus. Uma fiscalização ou sinalização no trajeto do quilômetro 24 ao quilômetro 16 deve ser realizada, antes que um acidente grave ocorra", relato morador Carlos Alberto.

IPI não terá aumento para linha branca O Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para produtos da linha branca não terá aumento a partir desta quarta-feira, 1º de janeiro. O ministério da Fazenda informou que as alíquotas, que já foram elevadas em outubro passado, serão mantidas no nível atual indefinidamente. Em junho, havia sido anunciado aumento gradual das alíquotas do IPI até o patamar original – iniciativa abortada. O IPI para máquina de

lavar roupa, refrigerador e congelador está em 10% desde o dia 1º de outubro. O imposto para tanquinho está em 5% e para fogões, 4%. As alíquotas valem para produtos com eficiência energética A. Alguns itens de material de construção também estão com o imposto reduzido e não sofrem alteração neste início de ano. A partir de quarta-feira, porém, estará mais alto o IPI sobre automóveis, móveis, painéis e produtos plásticos.

Inflação desacelera Com aumento dos alimentos em ritmo menor, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), teve alta de 0,54% em novembro, variação inferior de outubro, que alcançou 0,57%. No acumulado de 2013, a variação do indicador de inflação atinge 4,95%, inferior à taxa de 5,01% registrada em igual período de 2012. Considerando 12 meses, a elevação acumulada do IPCA é de 5,77%, abaixo do valor acumulado até outubro, quando somava 5,84% no mesmo espaço de tempo. Com o resultado de novembro, o IPCA segue acima do centro da meta de inflação definida governo federal, que é de 4,5% com tolerância de dois pontos percentuais para cima e para baixo. Senha do dia:

"Acredite em si mesmo, pois até sua sombra te abandona no escuro."


Opiniăo

Gravataí, 03, 04 e 05/01/2014 - Pág. 4

“Para ganhar um ano novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde para ser despertado”. Carlos Drummond de Andrade

e-mail:gabriel.diedrich@jornaldegravatai.com.br - Fone: 3421.3381

Interino: Lauro Pimentel Políticos começam 2014 com foco nas eleições Em âmbito nacional No Palácio do Planalto a presidente Dilma Rousseff (PT) teve que se virar nos trinta para reverter uma situação crítica que seu governo enfrentou com as manifestações de junho, quando o povo foi às ruas dizer que estava insatisfeito. Dilma chegou a cair nas pesquisas realizadas logo após esse evento, mas antes mesmo que 2013 acabasse já havia se recuperado e tida como a mais forte candidata à Presidência. Pelo lado dos tucanos aquilo que parecia complicado acabou se aclarando com a desistência de José Serra, que deixou o caminho livre para que Aécio Neves (PSDB) pudesse dar início à sua jornada rumo às eleições presidenciais de outubro sem nenhuma sombra ao seu redor. Mas, parece que esse tucano mineiro – que sonha ser presidente – prefere o caminho mais fácil, ou seja, criticar o governo sem apresentar nenhuma proposta concreta para o país. O atual governador pernambucano, Eduardo Campos (PSB), neto de Miguel Arraes, deu um “chega pra lá” no PT para voar sozinho. A ex-senadora Marina Silva, que após ter negada aprovação de seu novo partido (o Rede) pelo TSE, acabou por se aliar a ele, porém sem conseguir repassar a Campos as suas preferências de voto. São os três lados desta moeda chamada “Eleições Presidenciais”. Pelas bandas do Rio Grande O Brasil é de verdade um país democrático? Acho que sim, no entanto, politicamente falando a nossa “democracia” se torna um grande imbróglio, um verdadeiro emaranhado difícil de compreender. Senão vejamos: a presidente da República é do PT, o governador Tarso Genro idem. É óbvio que os dois ocuparão o mesmo palanque no RS. Mas onde entra o PMDB gaúcho, partido que no âmbito nacional ocupa a vice-presidência e as presidências da Câmara e do Senado? O nosso PMDB é diferente. Aqui há uma clara tendência de “não-apoio” à reeleição da presidente Dilma pelos peemedebistas. Então como fica Eliseu Padilha, tido e havido como “inimigo nº 1 do PT”, mas que agora faz parte do governo federal? E Rigotto, e o prefeito Sartori (que deseja ser governador), e Simon (sempre tão crítico)? Subirão no palanque de Genro e Dilma no RS? Há ainda as outras correntes que também fazem parte do governo federal, como PP e PDT, que individualmente já deixaram bem claro que desejam lançar a senadora Ana Amélia e o deputado Vieira da Cunha candidatos ao Piratini. Dilma subirá no palanque desses “amigos”? Eles subirão no dela? Com qual discurso tentarão convencer o eleitorado? É aguardar o andar da carruagem pra ver onde tudo isso vai dar! Tarso, que teve até uma boa administração, mas que foi pífio em realização de obras, vai para a reeleição? Com tão pouco trabalho a apresentar, que chance terá? Ta tentando emplacar um puxador de votos, Sérgio Zambiasi como seu vice, mas seria o suficiente para garantir-lhe a permanência no cargo em 2015? Todos esses questionamentos são difíceis de responder, mas não resta dúvida, tudo isso nos levará a um pleito dos mais concorridos nas eleições majoritárias de outubro, o que será bom para a nossa frágil democracia. 2013 no âmbito local? Na Prefeitura foram necessárias mudanças drásticas de atitude para recolocar a casa em ordem. Mas sobre isto você, leitor amigo, poderá saber mais a fundo na segunda-feira (6) lendo a entrevista que fizemos com o Prefeito Marco Alba. Ele aborda vários temas importantes de sua administração, fala das dificuldades que encontrou, mas também diz que a luz que vem do fim do túnel está aumentando. Na Câmara Municipal também não foi um ano dos mais tranquilos. Com o aumento considerável no número de parlamentares (21), e com uma renovação substancial (apenas quatro dos antigos vereadores permaneceram), houve muitos e acalorados debates entre situação e oposição, principalmente porque (como os tigres africanos) todos queriam marcar seu próprio território. Agora em 2014, já com as posições definidas e uma nova Mesa Diretora, os trabalhos legislativos devem apresentar resultados bem mais positivos. Esperamos...

Beto Pereira trouxe, em dezembro, resposta positiva sobre 123 Milhões para tratamento de esgoto de Gravataí

E

m sua ida a Brasília, na primeira semana de dezembro, por conta da Marcha dos Vereadores, o vereador Beto Pereira (PP/Gravataí) esteve no Ministério das Cidades e levou em mãos o seu requerimento do pedido de informações sobre o tratamento de esgoto nos Bairro Natal, Santa Cruz e Parque dos Anjos, para tratar sobre a liberação do convênio com a Corsan (em ane-

xo). No Ministério das Cidades, o vereador teve a importante notícia para o município de Gravataí, que o projeto está apto para a assinatura entre a Corsan e o Ministério das Cidades, até o dia 14 de fevereiro de 2014. Tivemos a confirmação da informação e a assinatura do contrato na última quinta-feira, dia 26 de dezembro, pelo governador Tarso

Genro. “É relevante frisar que o projeto é na importância de R$123.168.290,00, conforme Carta Consulta nº 49021010-2012, incluída no PAC 2, 3ª Janela. Destaco que esta ação trará mais saúde e qualidade de vida para as nossas comunidades”, finaliza Beto.

O QUE VAI PELAS ELEIÇÕES DE 2014 Barbosa não saberia evitar grandes crises O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) disse horas antes de 2013 terminar, que a possível candidatura do presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, à Presidência "é um

sinal de fraqueza institucional". Disse também que quando a sociedade enxerga em Barbosa "um salvador da Pátria" é a mostra de que a democracia no Brasil ainda não está consolidada.

FHC diz que Barbosa poderia ser mais uma aventura

Mas FHC foi mais além Frisou que o presidente do STF "não tem traquejo" e uma candidatura do ministro ao Planalto seria uma "aventura", e que não acredita que ele tenha as características necessárias para conduzir o Brasil. FHC ava-

lia que o presidente do Supremo Tribunal Federal ainda não tem traquejo (aquele tcham para ser presidente) e seria "mais positivo" se ele optasse pelo Senado ou pela Vice-Presidência. Salientou que uma coisa é fazer

carreira de juiz. Outra coisa é ter capacidade de liderar um País. Disse não acreditar que ele tenha as características necessárias para conduzir o Brasil de maneira a não provocar grandes crises no País.

Poderia ser um novo Collor O tucano comparou ainda uma possível candidatura de Joaquim Barbosa, que se destacou no cenário político por liderar o julgamento da Ação Penal 470 (o Mensalão), com a do ex-presidente

Fernando Collor, que não tinha direção partidária e acabou em processo de impeachment. Disse que se isto vier a ocorrer será um sinal da nossa fraqueza institucional. Lembrou que as pessoas descrê-

em tanto das instituições que acabam por buscar heróis salvadores. Disse achar que Barbosa é uma pessoa que tem sentido comum e duvida que vá fazer uma aventura desse tipo.

Também citou a presidente Dilma Quanto a uma possível derrota da presidente Dilma, que lidera as preferências dos eleitores na reeleição, Fernando Henrique disse que em uma escala de zero a dez ela fica em cinco. A seu

favor, segundo o ex-presidente, Dilma tem a vantagem de estar no cargo e ter presença contínua na mídia. Mas apontou um "certo mal estar na sociedade", em que inclui desde o trânsito até a vio-

lência e a inflação, "que criam um clima que pode permitir uma mudança". Fernando Henrique fez essas declarações em entrevista ao programa Manhattan Connection, da Globonews.

No Rio, Barbosa cai no samba Tirando uma folga (pois ninguém é de ferro), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, que prendeu os petistas condenados na Ação Penal 470, durante o feriado de 15 de novembro, numa clara ação midiática, mas que até o último dia do ano não havia determinado a prisão do réu confesso Roberto Jefferson (foto ao

lado), por, segundo ele, "pura falta de tempo", passou uns dias no Rio de Janeiro, onde aproveitou a segunda-feira para cair no samba. Já agindo como candidato a presidente, ele foi a um evento com traje informal, tirou fotos, sorriu para o público, foi aplaudido, mas também vaiado, e ouviu apelos para que entre na disputa eleitoral.

Joaquim Barbosa cai no samba com a atriz Thaís Araújo


Gravataí, 03, 04 e 05/01/2014 - Pág. 5

Produção de água subirá 30% em Gravataí na próxima semana Anúncio foi feito pelo presidente da Corsan na quinta-feira (2) Larissa Hoffmeister

A

produção de água em Gravataí vai aumentar em 30% nos próximos sete dias, conforme anúncio do diretor-presidente da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), Tarcísio Zimmermann, na manhã da quinta-feira (2), em encontro entre a Prefeitura de Gravataí, Corsan e a Agência Estadual de Regulação do Serviço Público do Rio Grande do Sul (Agergs). Na reunião foram discutidas e definidas diretrizes para o enfrentamento da intermitência do abastecimento de água no município, e a criação de um comitê de acompanhamento e gerenciamento do problema, proposto pelo Prefeito Marco Alba. Em março, segundo Zimmermann, a capacidade do abastecimento irá saltar para 90%. O diretor-presidente da Corsan afirmou que ‘’ não faltou agilidade’’, mas admitiu que a Companhia não estava prepa-

rada para a ocorrência de três problemas simultâneos –, intenso calor e consequente aumento de consumo; rompimento da principal adutora que abastece o município; e a falta de energia elétrica. No encontro, o Prefeito Marco Alba informou que intenção é estabelecer uma relação direta com a Corsan e a Agergs, e a partir desta troca de experiências, estabelecer um calendário de ações concretas a fim de responder prontamente às necessidades da população nesta área. ‘’ Estamos, a partir desta reunião, definindo um cronograma de acompanhamento e gerenciamento, estabelecendo prazos e metas a serem cumpridas. Pelo menos 100 mil moradores ficaram sem água no final do ano e, apesar do serviço ter sido normalizado, a cidade está em estado de alerta, já que o nível do Rio Gravataí, que abastece o município, é de 0, 98 cm quando o normal seria 2,68m.

CRÉDITO: DIVULGAÇÃO/PMG

O titular da Corsan relatou que a implantação de uma nova adutora e o aumento da potência da já existente, irá aumentar em 90% a produção de água tratada até o mês de março. ‘’ Além destas providências mais imediatas, nós já contratamos uma empresa que fará todo o estudo técnico para a execução de obras estruturais em médio e longo prazo que

garantirão as reservas hídricas em caso de estiagem’’, disse. O secretário Geral de Governo, Luiz Zaffalon, garantiu que serão feitas reuniões periódicas em consonância com a realização das obras e as demandas da comunidade. ‘’ Vamos medir a eficiência das propostas anunciadas através da comunicação com os moradores. Acompanha-

remos passo a passo tudo o que foi planejado fazendo as cobranças necessárias, por intermédio de um cronograma de reuniões em que possamos tratar sobre o Plano Municipal de Saneamento Básico, da verificação da abrangência e eficácia das medidas e obras que estão sendo realizadas pela Corsan’’, afirmou.

Corsan irá reduzir 50% no valor da tarifa básica A corsan definiu redução de 50% no valor da tarifa básica na próxima fatura para usuários que ficaram sem água em Gravataí. O valor atual da tarifa básica é de R$ 18,25. De acordo com a Companhia, foram identificados 9.567 casos de problemas entre os dias 24 a 30 de dezembro. No total, o município conta hoje com 87.291 pontos de consumo. Em nota publicada no Site Oficial da Corsan, a Compa-

nhia reconhece que o sistema de abastecimento da cidade não conseguiu suportar o aumento de 30% no consumo. E que, para que não haja novos episódios de intermitência no serviço, a Corsan está finalizando obras que aumentarão a produção de água na estação de tratamento em 200 L/S. Até março, essa vazão será aumentada de 370 L/s para 700 L/s, um acréscimo de 90%. De acordo com a assessoria de

imprensa da Corsan, em Gravataí, uma operação de instalação de dois reservatórios apoiados já está sendo concluída, somando um investimento de R$ 3,92 milhões captados junto ao PAC. Ainda segundo a assessoria, as obras de ampliação da preservação, adução e otimização dos sistemas em Gravataí também estão em fase de conclusão, somando R$ 2,85 milhões também originados do PAC.

Entenda como é calculada a tarifa básica da Corsan A tarifa básica da Corsan é calculada da seguinte forma: serviço básico (R$ 18,25) + cada metro cúbico consumido (sendo o valor do metro cúbico R$ 3,86). Se o consumo passar de 20 metros cúbicos, cada metro cúbico é cobrado seguindo uma tabela de exponenciais.

Rio Gravataí registra 0,98 cm e se encontra em alerta vermelho A Secretaria Municipal de Obras Públicas (SMOP) pelo Serviço de Defesa Civil comunicou que o Rio Gravataí, na quinta-feira (02), registrou o nível de 0,98 cm, o que é considerado alerta vermelho. Segundo os institutos de meteorologia do Estado, haverá risco de temporais, ventos fortes e granizo. O chefe da Defesa Civil, sargento José Frademir de Lemos, refere que 2014 inicia com temporais na região sul. “A pressão atmosférica está significativamente baixa , inferior a 1000 hpa. Esta combinação

de fatores agrava o risco de forte instabilidade que pode vir na forma de chuvas locais e volumosas”, observa Lemos. Sexta-feira (03) deve receber duas frentes frias avançam pela região e vão trazer bastante chuva para os três Estados. Além disso, alguns transtornos podem ocorrer como alagamentos e enchentes, devido ao grande volume de chuva que está sendo esperado. Modelos numéricos de previsão de tempo indicam mais de 100 milímetros de chuva em várias áreas da Região nos próximos cinco dias.


Gravataí, 03, 04 e 05/01/2014 - Pág. 6

ENTREVISTA

COHAB C vai ganhar UPA 24 Horas Secretário da Saúde faz balanço das atividades da pasta em 2013 CRÉDITO: DIVULGAÇÃO/PMG

Lauro Pimentel

J

ones Martins, vereador por dois mandatos, chefe da Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, em Brasília-DF, de 2009 a 2011, assumiu a Secretaria Municipal de Saúde de Gravataí no início do governo Marco Alba. Ele destaca os avanços e dificuldades do ano que passou na área da saúde pública. JG - Qual sua análise deste primeiro ano de governo? Jones - Tivemos um ano de muitos desafios, como sabíamos que seria. Ao assumir a Prefeitura em janeiro, o prefeito Marco Alba tinha ciência do que ocorria e um planejamento específico para o primeiro ano, que foi dedicado ao pagamento das contas e de arrumação da casa. A saúde, da mesma forma teve um desenvolvimento fundamentado nesta lógica, porém, conseguimos algumas conquistas históricas. A vinda de um Hospital Público para o Município é um dos principais frutos de todo esse empenho. A luta, que foi árdua, resultou na confirmação da construção do hospital que deve começar tão logo o Governo do Estado decida por um local apropriado. Mas houve mais, como a confirmação de que construiremos duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAS), a vinda dos profissionais através do programa “Mais Médicos”, que permitirá que fortaleçamos e ampliemos a Estratégia de Saúde da Família, a melhoria no contrato anual com o Hospital Dom João Becker (que proporcionou a ampliação dos serviços prestados à população), foram alguns dos principais avanços em saúde no ano que passou e com certeza proporcionarão melhorias já a partir de 2014. JG - Que benefícios a população terá com a vinda do Hospital Público?

Jones - O Hospital Público de Gravataí é uma vitória da cidade. A incessante luta de muitos pelo Hospital Regional, que acabou resultando na vinda desse Hospital Público que trará um reforço substancial ao atendimento da saúde no Município. Os 250 leitos, a UTI, o Bloco Cirúrgico e demais serviços que serão disponibilizados, qualificarão o nosso serviço de saúde. A população vai perceber no seu dia a dia as melhorias que a vinda dessa nova casa de saúde para Gravataí vai proporcionar, e sentir, inclusive, os esforços e a motivação do governo em garantir novos avanços nesta área tão complicada. JG – Quando inicia a construção e qual a estrutura da nova UPA na Avenida Dorival de Oliveira? Jones - O início das construções da primeira Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas de Gravataí, que estará localizada no bairro Cohab C, ocorrerá agora em janeiro. O projeto da UPA prevê uma estrutura de mais de 1.000m², com serviços de Clínico Geral, Cirurgião, Pediatra e Traumatologia. A UPA terá porte II, com investimentos em estrutura de R$ 3,1 milhões. Serão R$ 2 milhões vindos do Governo Federal, através do Ministério da Saúde, R$ 750 mil do Governo do Estado e complementação dos outros R$ 350 mil por conta do município. O local contará com cerca de 180 profissionais trabalhando, dentre os quais 60 médicos. A conquista é, além de um projeto da Administração Municipal, do governo do prefeito Marco Alba, uma vitória da união entre o Executivo e a Câmara de Vereadores. Além desta, estamos licitando uma segunda UPA a ser construída na região do Vera Cruz, Bom Fim e Moradas do Vale. JG - Qual a importância dos profissionais brasileiros e cubanos do Mais Médicos em Gravataí?

Na foto, Jones com vice-presidente da República, Michel Temer, prefeito Marco Alba, deputado

Secretário Municipal da Saúde Jones Alexandre Martins

Jones - Os médicos do Programa Mais Médicos trazem ao nosso sistema de atenção básica um importante reforço. Esses médicos terão papel importante na expansão da Estratégia de Saúde da Família, que terá seu percentual de cobertura ampliado de 28% para 40% da população de Gravataí. A atenção básica tem um importante papel no atendimento de saúde, pois resolvem grande parte dos casos, sem que estes se agravem. Além disso, precisamos destacar que esses profissionais trazem na bagagem experiências em diversos países de todo mundo e uma importante cultura de atendimento humanizado. Vale a pena, pode crer! JG - Quais os benefícios pactuados pelo novo contrato com o HDJB? Jones - O contrato anual, assinado em 2013, entre a Prefeitura e o Hospital Dom João Becker, tem valor de R$ 38,4 milhões. Esse contrato resultou de um extenso processo de debates entre Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, Hospital Dom João Becker, Governo do Estado e Conselho Municipal de Saúde, além da supervisão do

Ministério Público. Portanto, nele estão pactuadas as melhores opções que poderiam ser oferecidas à população. Algumas melhorias pontuadas no documento têm impacto direto no atendimento do hospital. A garantia do funcionamento ininterrupto da urgência e emergência adulto e pediátrica, o aumento nas especialidades de atendimento disponíveis, as melhorias nas questões ambulatoriais e a elevação de cirurgias de traumatologia e ortopedia estão previstas no documento. Os resultados não são imediatos, mas as melhoras estão sendo objetivadas e serão percebidas pela população gradativamente. JG - Quais os atendimentos ofertados pelo Serviço de Assistência Especializado - SAE? Jones - Inauguramos o SAE - Serviço de Assistência Especializado na última semana, aliado a uma programação realizada ao longo do mês de dezembro voltada para o combate ao HIV/AIDS. O SAE atende, além de pessoas com HIV, pacientes com tuberculose, hanseníase, doenças sexualmente transmissíveis e hepatites. O novo espaço onde o serviço

Com o vice-prefeito Francisco Pinho, vereador Alan Jones e funcionários do setor, secretário participa da inauguração do SAE


Gravataí, 03, 04 e 05/01/2014 - Pág. 7

ENTREVISTA está sendo realizado proporciona melhores condições de higiene e acolhimento para os pacientes e também aos profissionais. Temos mais de três mil pessoas com HIV cadastradas no SAE e centenas de pacientes com tuberculose que se tratam no local. Sabemos que precisamos reduzir nossos indicadores dessas doenças, portanto estamos ampliando os investimentos nestas áreas. JG - Pode pontuar outras melhorias a serem realizadas em 2014? Jones - O governo Marco Alba tem muitas ações que serão implementadas no próximo ano. Mas as pessoas já percebem esta melhoria nas ruas, nas praças,

nos serviços em nossa cidade. Nós da Secretaria Municipal de Saúde vamos realizar um mutirão de reforma das Unidades de Saúde. Teremos um concurso público para cargos de médicos, enfermeiros e técnicos. Ampliaremos políticas como o Bebê Saúde, Crack, é possível vencer, DST/HIV/AIDS, ações de Vigilância em Saúde, combate à dengue, saúde do trabalhador entre outras. Ainda em 2013 iniciamos o debate sobre o Plano de Carreira dos servidores da saúde, temática que avançaremos neste novo ano. Estamos realizando também a informatização completa do nosso sistema de informações, de forma que sejam otimizados todos os recursos da saúde. Temos como

Inscrição para contrato emergencial de professores e especialistas A Secretaria Municipal de Educação (Smed) abre inscrição, de 6 a 10 de janeiro, para contrato emergencial de professores e especialistas para a rede municipal de ensino. As inscrições devem ser feitas no site www.gravatai.rs.gov.br. Serão contratados professores para Educação Infantil (Atendentes e Atendentes Especiais), Educação Fundamental séries iniciais e séries finais, Ensino Médio, Língua Brasileira de Sinais (Libras) e Especialistas em Educação (Orientadores Educacionais e Supervisores Educacionais). A titular da Smed, Maria do Carmo Weber, revela que a contratação é necessária para suprir o quadro de servidores nas escolas municipais assim como nas demandas pertinentes aos afastamentos temporários dos mesmos, sendo em licenças saúde, para acompanhamento de familiar doente, prêmio e gestante. “Estes casos podem ocorrer durante todo o ano letivo, motivo pelo qual é indispensável a existência de cadastro reserva para suprir as emergências”, afirma a secretária.

foco, agora em 2014, o estreitamento de relações com o Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual da Saúde.

na construção do Hospital Público e na ampliação da Estratégia de Saúde da Família.

JG - Quais os valores investidos pelo município na área da saúde? Jones - O orçamento de 2014 prevê R$ 142 milhões para a saúde. Em 2013, foram investidos os 23% do total do orçamento do município, o que deve se repetir neste ano. Dessa forma, o prefeito Marco Alba vem garantido que possamos cumprir a lei federal que determina um investimento mínimo de 15% por parte dos municípios. Esses valores serão percebidos pela população na melhoria de nossos serviços, na construção das UPAS, na reforma das Unidades Básicas de Saúde,

JG - Jones Martins será candidato a Deputado Federal em 2014? Jones - Esta será uma decisão do meu partido. Atualmente sigo incansavelmente focado no trabalho da Secretaria Municipal de Saúde, onde, atendendo ao chamado do prefeito Marco Alba, trabalho desde o início de 2013, buscando realizar o melhor para a saúde da população de Gravataí. Vamos pensar nisso em abril, quando o partido (PMDB) definirá quem serão os candidatos. Se uma decisão política me exigir esta postura, enfrentarei com toda a certeza.

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL TABELIONATO DE PROTESTOS DO MUNICÍPIO DE GRAVATAÍ AV. JOSÉ LOUREIRO DA SILVA, 1826 - Fone: 3488.1800

EDITAL

FAZ SABER que, se encontram neste Ofício para serem protestados os títulos abaixo discriminados. Nome do Devedor

Protocolo

Valor Original

Documento

Cod. Espécie

Credor Original

10500 - RODRIGO DOS SANTOS FONSECA

1364114-7

R$ 2.474,00 2335/01

IDM

MOACIR CORREA DOS SANTOS - ME

ABIMAEL MISSENA DE ARAUJO E SILVA

1363618-7

R$ 1.185,00 GFA015850D

IDM

CIA FIACAO TEC GUARATINGUETA

AMBCORE SERVICOS AMBIENTAIS LTDA

1364141-4

R$ 1.730,00 613

IDS

G W DE LEMOS LOGISTICA ME

BATERIAS DO VALE LTDA ME

1363998-4

IDM

G N B INDUSTRIA DE BATERIAS LTDA

CONTERRA CONST E TERRAPLENAGEN

1365033-8

IDM

SKYSULBRA RASTR VEICULOS LTDA

DG IND COM DE PLACAS AUTOMOTIVAS

1365268-8

IDM

D S INDUSTRIA E COMERCIO DE LAMINADOS LTDA -

EDISON SARMENTO MARTINS JUNIOR

1363727-9

R$ 184,95 50747/0/1

IDM

BIACHI & GUTERRES LTDA

EGIDIO BAGATINI

1363687-8

R$ 534,20 16004879/3

IDM

VULCABRAS AZALEIA - CE CALCADOS E ARTIGO

EVERTON ILHA SCHUSSLER

1363267-0

R$ 1.000,00 10/2013

IDM

MATV SUL ELETRONICOS LTDA

FERFIBRAS IND E MANUTENCAO INDL LTDA

1363764-0

R$ 512,40 12521-A

IDM

COMERCIAL DO FIBERGLASS LTDA

FERFIBRAS IND E MANUTENCAO INDL LTDA

1363755-0

R$ 426,10 12522-A

IDM

COMERCIAL DO FIBERGLASS LTDA

FLAVIO TADEU FONTOURA - ME

1363588-0

R$ 778,50 00754902

IDM

OFFICE W C I E INFORMATICA

G C A TRANSPS LTDA

1363581-8

R$ 443,67 13422/01

IDM

REPEGRAL RENOVADORA PNEUS LTDA

GESSIKA BORGES CARDOSO ME

1364434-2

R$ 922,59 Nf048189-1

IDM

MALHARIA FEITO CRIANCA LTDA - EPP

GUILHERME LUIZ BONACINA

1364978-9

R$ 508,25 000.74

IDM

DOCEIRA ALPES LTDA

IMOBILIARIA ALDEIA CENTER

1364365-5

R$ 165,00 5321/1

IDM

REIS & REIS INFORMATICA LTDA - ME

JOVANE GROSZ AMADOR

1363097-5

R$ 122,40 0400000000

IDM

ESTACIONE BEM A G E LTDA ME

KEPLER CONSULTORIA LTDA

1363164-3

R$ 2.136,01 2556-1

IDM

J J T M CONSTRUCAO LTDA

L T SERVICOS DE PREVENCAO DE INCEND

1362185-3

R$ 1.053,70 13366-3

IDM

BJ MATERIAL HIDRAULICO LTDA

LIGA SUL COMERCIAL LTDA

1364047-9

LT SERV. DE PREVENCAO DE INCENDIO LTDA 1362549-8 LUIS ANTONIO CUNHA

1364370-6

R$ 371,00 00001043-2 R$ 17.538,00 7929 R$ 7.000,00 5358/01

R$ 300,00 250

IDM

ILF SERVICOS CONTABEIS S/S

R$ 483,90 13757-2

IDM

BJ MATERIAL HIDRAULICO LTDA

R$ 200,00 000120-13

IDM

LEV E MONTE INDUSTRIA COMERCIO E SERVICOS PAR

MAKSUL COM E REPARACAO DE BATERIAS LT1364051-5

R$ 327,27 204881

IDM

TROCA TRANSPORTES LTDA

MARCIO AURELIO NASCIMENTO DE OLIVEIRA 1363769-2

R$ 604,00 829/01

MARMONTEL CONST COM E DISTRIBUICAO LT1365046-6 MIRIAN PEREIRA FERNANDES 72937955053

1364063-8

R$ 81,44 11655/1

IDM

REPECOL COMERCIO DE RODAS E PNEUS LTDA

IDM

TONGRAX - COMERCIO DE LUBRIFICANTES LTDA.ME.

R$ 371,00 34023678-1

IDM

DAY BRASIL S A

R$ 530,80 NFE 79001/1

IDM

DISTRIBUIDORA TITANIUM IMP E EXP DE AUTO PECA

MISTERLUB PECAS FILTROS E PROD. AUTOM 1365074-8

R$ 237,52 2.914/01

IDM

FUTURA PRODUTOS AUTOMOTIVOS LTDA - ME

MISTERLUB PECAS FILTROS E PROD. AUTOM 1365204-7

R$ 1.073,55 3673/01

IDM

FUTURA PRODUTOS AUTOMOTIVOS LTDA - ME

MISTERLUB PECAS FILTROS E PROD AUTOMO1365147-3

REGES H FOSS MACIEL ME

1363079-7

R$ 490,00 0000497911

IDM

BELLENZIER PNEUS LTDA

REGES H. FOSS MACIEL ME

1363245-3

R$ 534,04 443685-13

IDM

GRANJA PINHEIROS LTDA

REGES H. FOSS MACIEL ME

1365052-1

R$ 135,55 447220-13

IDM

GRANJA PINHEIROS LTDA

SANTESUL SERPAR DISTRIBUIDORA LTDA

1364139-7

IDM

AUTO POSTO BRAZUCA LTDA

WT ETIQUETAS LTDA-ME

1363592-6

R$ 974,21 000007732B

IDM

MACDERMID ARTES GRAFICAS LTDA

WT ETIQUETAS LTDA-ME

1363593-0

R$ 974,21 000007734B

IDM

MACDERMID ARTES GRAFICAS LTDA

R$ 58,93 706

Estas pessoas encontram-se em alguma das situações definidas pelo art. 15 da Lei nº 9.492, de 10.09.97, razão pela qual é publicado o presente edital, na forma do parágrafo 1º do mesmo artigo, ficando intimada a virem pagar no Tabelionato os respectivos títulos, evitando o protesto, ou oferecer resposta, que não evitará o protesto, tudo no prazo de três (03) dias úteis, contados a partir da data de publicação deste edital. Gravataí, 03 de janeiro de 2014

VALECY CABELEIRA BITELO - OFICIAL


GravataĂ­, 03, 04 e 05/01/2014 - PĂĄg. 8

A partir de domingo, mais de 42 mil candidatos fazem Vestibular da UFRGS Provas aplicadas dias 5, 6, 7 e 8 de janeiro serão realizadas em Porto Alegre, Bento Gonçalves, ImbÊ e Tramandaí

A

s provas do Vestibular da UFRGS serão realizadas a partir deste domingo, dia 5, e seguem atÊ a quarta-feira, dia 8, nas cidades de Porto Alegre, Bento Gonçalves, ImbÊ e Tramandaí. Os candidatos deverão comparecer aos respectivos locais de provas munidos de documento de identidade e caneta esferogråfica azul ou preta. Os portþes serão abertos às 8 horas. As provas terão início às 8h30min

e, em hipótese alguma, serão admitidos retardatårios. Os candidatos terão 4h30min para realizarem a prova e somente poderão sair das salas após decorridas duas horas do início da prova. Os 37.713 candidatos que realizarão as provas em Porto Alegre foram agrupados em 11 åreas de aplicação, distribuídas em 22 bairros da Capital. A årea que concentra o maior número de vestibulandos Ê a 11, onde

Provas: Data Provas 05/01/2014 Física, Literatura de Língua Portuguesa e Língua Estrangeira Moderna. 06/01/2014 Língua Portuguesa e Redação. 07/01/2014 Biologia, Química e Geografia. 08/01/2014 História e Matemåtica. Cidades de aplicação: Cidade nº. de escolas Bento Gonçalves 6 ImbÊ/Tramandaí 5 Porto Alegre 52 Total 63

nÂş. de candidatos 2.861 1.471 37.713 42.045

        

 ! !"#$     % !!!& $'&$

      !"#$%  &

'()  * +, - & 

 ./ ,+++0+++ .1 #$ 2 %3%/ 1%45/ %6%789(3/%6/.%*"::% :+ !!: *:%0  ;;5/<=4/ '," ; :" :' - : /%.%##>3#%/%##445/%%3%# ?46#.3%)  -   & @)-A3/%B3##6 .%/45/C3#4%/%/45/#/0:DE3/4 /F%4<%<=#%/4143%:"EF%##$4/%4% %#/%%A#3/%##=1%#4/AG3%%44<=%H/I5# 4/#/#%./%/#/*0*J#%#K<J#KI%#A# %#4## 3#  ##= %  5# 4#  K# /#3 /%/ =4/%/A'#>3#I4%//2 #6#4/#634#43%L/#%%#4<=%#A?@#?$% ./#/##%#/.<J#4/1%##$#>3#    )'( !"  :   - 

 M ,@+:00@,,:+A  %#% I6 /%#%4#/=#6##/=#I1%#A !()* $   +))") &  $  "+,-,,",-& $    $  '  &   & .$ ' %$ $ /0%1"+)2(!,,2,%  /0 % ' $   $  '  9   EF '  ,,!+;,,:!A  ' NO  )P&M' & - )   ),   Q ) (  

')    +"!0)0  :";)0       ') )  +":;)0      & & '   

 )    ;::)      ;:)     '  +0:)   ) '

 @(  N:,    ') )9)')  ' & 

'   :,Q  -   )  R ) )  ) 0::)   )     ') - 0::)  ')   "S  7  0,::)     &@  ')     :          7    0,::) &@ ') :;AQ     )   M ) - '- & '  )) ' ,",A        'A 9'NT M0+ 0 +@:+ : @ :! :  R - & A

        

 ! !"#$     % !!! $&'$       !" #$%

 & '() *+,- & 

./,+++0+++.1 #$2%3%/1%45/ %6%789(3/%6/ . %  * ":: %  :+ !!:    * : % 0  ;;  5/<=4/ '," ; :" :' -: /%  .%# # >3# %/ %## 4 45/ % %3%# ?46#.3%)  -   & @)-A3/% B3##6.%/45/C3#4%/%/45/  #/ 0:D E3/ 4 /F % 4< % <=   #% / 41 43%:"EF%##$4/%4%%#/%%A#3/%##= 1%#4/AG3%%44<=%H/I5#4/#/#%  ./% /# / *  0* J# %# K<J# KI%#A # %#4## 3#  ##= %  5# 4#  K# /#3 /%/=4/%/A'#>3#I4% //2#6#4/#634#43%L/#%%#4<= %#A?@#?$%./#/##%#/.<J# 4/1%##$#>3#   )'(!"  :   - 

 M ,@+:00@,,:+A  %#% I6 /%# % 4#/=#6##/=#I1%#A !!"() $ '  *+!(!' $ "*,""--*'$    $& '   ' $  .  /% 9   EF'  ,,+,!0:A ' NO)P&M' ') 7    Q@+0+  ' 9     N 

 ' & 

'   +;R  !; ')    '  +::::)0     )  )   & ) :::)      Q@+    ')) ) -     ')       00  0+S   +:::)  7         ))9   &@   )')   +,      ')    +A R     )    M Q@+ Q@ R  & :0  '  - & '  )) ' ;+;A        'A 9'NT M0+ 0 +@:+ : @:! :  U  - & A

estĂŁo localizados os colĂŠgios Alcides Cunha, FAPA, UFRGSFaculdade de Agronomia, UFRGS-Faculdade de Medicina VeterinĂĄria e UFRGS-ColĂŠgio de Aplicação. Nestes locais haverĂĄ provas para os cursos de Engenharias, FarmĂĄcia, Filosofia, FĂ­sica EstatĂ­stica, Medicina VeterinĂĄria, Relaçþes Internacionais, SaĂşde Coletiva, Serviço Social, Teatro e Zootecnia. Perfil dos candidatos a uma vaga na UFRGS em 2014 NĂşmero total de candidatos: 42.045 (30% das vagas de cada curso sĂŁo destinadas a egressos do Sistema PĂşblico de Ensino MĂŠdio â&#x20AC;&#x201C; em atendimento Ă  Lei de Cotas - Lei nÂş 12.711 de 29 de agosto de 2012, as vagas reservadas sĂŁo subdivididas atendendo a critĂŠrios de renda e autodeclaração ĂŠtico-racial). - NĂşmero total de vagas: 5.461 - NĂşmero de vestibulandos do interior do RS: 19.087 - NĂşmero de vestibulandos de Porto Alegre: 18.079

- NĂşmero de vestibulandos do Estado: 37.166 - NĂşmero de vestibulandos de Fora do Estado: 4.879 - NĂşmero de vestibulandos do sexo feminino: 24.014 - NĂşmero de vestibulandos do sexo masculino: 18.031 - NĂşmero de candidatos por acesso universal: 23.851 (3.771 vagas) - NĂşmero de candidatos egressos de Escola PĂşblica (Ensino MĂŠdio) com renda familiar bruta mensal superior a 1,5 salĂĄrio-mĂ­nimo nacional per capita: 8.291 (399 vagas) - NĂşmero de candidatos egressos de Escola PĂşblica com

        

 ! !"#$     % !!! $&'$       !"#$%   & '() *+,- & 

./,+++0+++.1#$2 %3%/1%45/ %6%789(3/%6/.% * ":: %  :+ !!:    * : % 0  ;;  5/<= 4/ '," ; :" :' -: /%.%## >3# %/ %## 4 45/ % %3%# ?46#  .3 % )  -   & @)-A3/%B3##6.%/ 45/C3#4%/%/45/#/0:DE3/4 /F%4<%<=#%/4143%:"EF%##$ 4/%4%%#/%%A#3/%##=1%#4/AG3%% 44<=%H/I5#4/#/#%./%/#/*0* J#%#K<J#KI%#A#%#4##3###=% 5#4#K#/#3/%/=4/%/A '#>3#I4%//2#6#4/#634# 43%L/#%%#4<=%#A?@#?$%./# /##%# /.<J# 4/1%# #$ # >3#     )'( !"  :   - 

 M ,@+:00@,,:+A  %#%I6/%#%4#/=#6##/=#I1%#A  !() $  *"+,(' $ "*-""(+,"'$    $  &  '   ' $  .   $ ) % 9   EF'  +0"+:+ ' EF ')%     

) % 9   EF '  +0"+:+A ' NO  )P&M' ') 7')+:;)0 '     & ) '(  * ,:  ' & 

 '   0Q  :0')   ' +:")0   ) ) &) :0")  &A)A ) R     ') - :!)&@ ')  ,R   )')7  0!0+)&@ ')  +  ')7  +:::)&@  ') R 0;:) Q ')&0 '- & '  )) ' 0!,,A   

     'A  9'NS M 0+ 0 + @:+ :  @ :! :  T - & A

        

 ! !"#$     % !!!& $'&$       !"#$%   & '() *+,- & 

./,+++0+++.1#$2 %3%/1%45/ %6%789(3/%6/.% * ":: %  :+ !!:    * : % 0  ;;  5/<= 4/ '," ; :" :' -: /%.%## >3# %/ %## 4 45/ % %3%# ?46#  .3 % )  -   & @)-A3/%B3##6.%/ 45/C3#4%/%/45/#/0:DE3/4 /F%4<%<=#%/4143%:"EF%##$ 4/%4%%#/%%A#3/%##=1%#4/AG3%% 44<=%H/I5#4/#/#%./%/#/*0* J#%#K<J#KI%#A#%#4##3###=% 5#4#K#/#3/%/=4/%/A '#>3#I4%//2#6#4/#634# 43%L/#%%#4<=%#A?@#?$%./# /##%# /.<J# 4/1%# #$ # >3#     )'( !"  :   - 

 M ,@+:00@,,:+A  %#%I6/%#%4#/=#6##/=#I1%#A  !!" ( $ &  )*!*) &  $  +")+",,"-& $ 

  $       '  &      &  .          $  % 9   EF '  ,;;0!":::A ' NO  )P&M  

 '& ') ,;0:)0   &

  !    ' & 

  '       0  Q    0!  & 9 9  )    ) NO  !::) Q ') &

)Q     )  &

)(),::)   &

      ')  ) )  -        ') ,&@   )7   +:::)')  7  - +:::)')  :;% 7   +0,:) ')     +  '  - &  '  ) ) '   ;,,A           'A  9'NR M0+ 0 +@:+ : @:! :  S - & A

renda familiar bruta mensal superior a 1,5 salĂĄrio-mĂ­nimo nacional per capita autodeclarados preto, pardo ou indĂ­gena: 1.606 (399 vagas) - NĂşmero de candidatos egressos de Escola PĂşblica com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salĂĄriomĂ­nimo nacional per capita: 6.588 (446 vagas) - NĂşmero de candidatos egressos de Escola PĂşblica com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salĂĄrio-mĂ­nimo nacional per capita autodeclarados preto, pardo ou indĂ­gena: 1.708 (446 vagas)

         

 ! !"#$     % !!!& $'&$       !" #$%

 & '() *+,- & 

./,+++0+++.1 #$2%3%/1%45/ %6%789(3/%6/ . %  * ":: %  :+ !!:    * : % 0  ;;  5/<=4/ '," ; :" :' -: /%  .%# # >3# %/ %## 4 45/ % %3%# ?46#.3%)  -   & @)-A3/% B3##6.%/45/C3#4%/%/45/  #/ 0:D E3/ 4 /F % 4< % <=   #% / 41 43%:"EF%##$4/%4%%#/%%A#3/%##= 1%#4/AG3%%44<=%H/I5#4/#/#%  ./% /# / *  0* J# %# K<J# KI%#A # %#4## 3#  ##= %  5# 4#  K# /#3 /%/=4/%/A'#>3#I4% //2#6#4/#634#43%L/#%%#4<= %#A?@#?$%./#/##%#/.<J# 4/1%##$#>3#   )'(!"  :   - 

 M ,@+:00@,,:+A  %#% I6 /%# % 4#/=#6##/=#I1%#A !!() $ &  *+!(,& $ "*-"",+*+&$    $' &   & $     .$$ 9   EF '  ;0"+0!!!:+  EFN 'A ' OP)Q&M'   )      )  +   '  9      O     ' & 

 '   ,R  ')   '  +::::)0     )  )   & ):::)   )-  -        ')  " +:::)7       ))9   &@  ) ') ;R   P  )   )S! &   

   ) '('  '  - & '  )) ' 0+0,A         'A  9'OT M 0+ 0 + @:+ :  @ :! :  N - & A

         

 ! !"#$     % !!! $&'$       !" #$%

 & '() *+,- & 

./,+++0+++.1 #$2%3%/1%45/ %6%789(3/%6/ . %  * ":: %  :+ !!:    * : % 0  ;;  5/<=4/ '," ; :" :' -: /%  .%# # >3# %/ %## 4 45/ % %3%# ?46#.3%)  -   & @)-A3/% B3##6.%/45/C3#4%/%/45/  #/ 0:D E3/ 4 /F % 4< % <=   #% / 41 43%:"EF%##$4/%4%%#/%%A#3/%##= 1%#4/AG3%%44<=%H/I5#4/#/#%  ./% /# / *  0* J# %# K<J# KI%#A # %#4## 3#  ##= %  5# 4#  K# /#3 /%/=4/%/A'#>3#I4% //2#6#4/#634#43%L/#%%#4<= %#A?@#?$%./#/##%#/.<J# 4/1%##$#>3#   )'(!"  :   - 

 M ,@+:00@,,:+A  %#% I6 /%# % 4#/=#6##/=#I1%#A !!(() $   *"+,' $ "*-"".(*('$    $& '   '  &$  & 9   EF '  ,,:,,:!:,+   EFA ' NO  )P&M '   ') 7   Q+;  ' 9      N   ' & 

'    ;R  !')   '00:::)0    )  ) &)::)   

Q-  -       ')       0:::)  7          ) )9   S&@  )') ,  ') R     )   M 7 Q   & 0  '  - &  '  ) ) ' 0A!!+A       'A  9'NT M0+ 0 +@:+ : @:! :  U - & A


Gravataí, 03, 04 e 05/01/2014 - Pág. 9

Polícia Civil prende parceiro de Seco As prisões aconteceram após denúncias de que a quadrilha estaria planejando roubo a transportes de valores na região

P

oliciais civis da 1ª Delegacia de Repressão a Roubos (1ª DR) realizaram duas prisões e apreenderam cartuchos de fuzil calibre .556 e uma pistola 9mm, em Gravataí, nesta segundafeira (30/12). Um dos presos, conhecido como Gordo Peter, de 33 anos, liderou, junto com Seco (conhecido assaltante de carros-fortes, que já se encontra preso), uma das maiores quadrilhas de roubo de transporte de valores da Região Sul do Brasil. Na mesma ação também foi preso E.M.C, conhecido como Passarinho, de 34 anos. As prisões aconteceram

CRÉDITO: DIVULGAÇÃO/JG

após denúncias de que a quadrilha estaria planejando roubo a transportes de valores na região. Os policiais civis abordaram o veículo em que os investigados estavam. Os suspeitos fugiram lançando no chão “miguelitos” (objetos usados para furar penus), mas durante a perseguição, os indivíduos foram capturados. A delegada Adriana Muncio Gomes salientou que Passarinho já possuí diversos antecedentes, inclusive por roubo à joalheria e a estabelecimentos bancários, latrocínio e porte ilegal de arma de fogo. Ambos foram recolhidos ao sistema carcerário.

Elucidação de homicídios chega a 74% no Estado A implantação das Delegacias de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), desde janeiro de 2013, possibilitou um salto de qualidade no trabalho de elucidação de homicídios. De acordo com dados da Polícia Civil, a conclusão das investigações desse tipo de crime chega a 74% no Estado, contra 20% do período anterior ao surgimento

das DHPPs. A melhoria do período de janeiro a outubro de 2012, comparada com janeiro a outubro de 2013, chega a 351% só em Porto Alegre. Para o chefe de Polícia, delegado Ranolfo Vieira Júnior, os índices são "de primeiro mundo" e trazem um avanço também na prevenção. "Isso contribui para a redução da

prática de homicídios, pois os criminosos sabem que serão identificados, respondendo ao processo por esta prática criminosa", destaca o delegado. O secretário da Segurança Pública, Airton Michels, afirma que isso aumenta também a confiança da população na polícia. "As pessoas percebem os resultados, a polícia não faz mais só um trabalho

rotineiro, mas sim mais investigativo". Abrangência Atualmente, 11 municípios têm delegacias especializadas em homicídios: Porto Alegre, Canoas, São Leopoldo, Novo Hamburgo, Alvorada, Viamão, Guaíba, Gravataí, Caxias do Sul, Passo Fundo e Pelotas.

Susepe constrói 4.881 vagas que irão desafogar o Presídio Central O Presídio Central de Porto Alegre será desafogado com a construção de 4.881 vagas para o regime fechado na Região Metropolitana. A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) é responsável pelo incremento - a primeira obra concluída é a Penitenciária de Venâncio Aires, com 300 vagas para presos da Região do Vale do Rio Pardo, que hoje estão no Central. A ocupação terá início em março de 2014. Também está em andamento a construção da Penitenciária de Canoas I, com 40% da obra concluída. Serão 393 vagas - a previsão de ocupação é para junho de

2014. Em janeiro, se iniciam as obras do Complexo de Canoas, que terá 2.415 vagas e previsão de ocupação em julho de 2014. Outra obra que está em andamento é a Penitenciária de Guaíba, com 672 vagas e previsão de ocupação para novembro de 2014. Moduladas O superintendente da Susepe, Gelson Treiesleben, lembra ainda o módulo da Penitenciária de Charqueadas, com 250 vagas, já concluído e aguardando a construção da guarita e passarela para iniciar a ocupação - prevista para maio de 2014. Ele ressalta ainda um módulo na

Penitenciária de Montenegro, com 500 vagas, também já concluído, e que aguarda o término da obra de esgoto para iniciar a ocupação, prevista para maio de 2014. Estas obras - todas com previsão de ocupação para o ano de 2014 - totalizam 4.530 vagas. Treiesleben explica que, somada a capacidade do Centro de Reinserção Social (CRS) de Canoas, com 351 vagas, chegam-se as 4.881 vagas, que servirão para desafogar o Presídio Central de Porto Alegre. Atualmente em fase de confecção dos projetos complementares, a obra deverá ter início no primeiro semestre de 2014 - a previsão

de ocupação é fevereiro de 2015. As obras e projetos estão em ritmo acelerado, segundo Gelson Treiesleben, e vão cumprir os objetivos propostos no início desta gestão do Executivo, de uma solução concreta para o Presídio Central. Segundo ele, "duas unidades de semiaberto que sempre foram consideradas problemas, o Instituto Penal de Viamão e a Colônia Penal Agrícola de Venâncio Aires, não têm mais detentos. Agora estamos trabalhando firme para acabar com o tão citado ‘pior presídio do país' e vamos dar uma solução até o final de 2014", afirma.

Ano Novo teve 14 mortes por afogamento no RS O feriadão de Ano Novo foi marcado por 14 mortes envolvendo afogamentos no Rio Grande do Sul. A maioria das ocorrências é registrada em águas internas, como em rios ou açudes. A primeira morte por afogamento no litoral norte foi registrada nesta quarta-feira (1), em Tramandaí. Roger Martins, natural de Guaíba, desapareceu nas águas da praia. Seu corpo foi en-

contrado pelos salva-vidas três horas depois. O último relatório da Operação Golfinho da Brigada Militar também aponta que, desde o dia 21 de dezembro, foram registrados 76 salvamentos no litoral gaúcho. Em relação às ocorrências de trânsito, os policiais registraram 353 infrações em praias e rodovias estaduais da região.

Entre elas, 224 são relacionadas a motoristas que foram flagrados dirigindo sem carteira de habilitação em praias e rodovias estaduais do litoral gaúcho. Outras 51 pessoas foram abordadas conduzindo veículos sob a influência de álcool. A Brigada Militar também registrou 112 ocorrências policiais desde o início da Operação Golfinho no litoral gaúcho.

Polícia realiza ações preventivas no litoral Agentes do Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (DECA), em conjunto com o Conselho Tutelar de Imbé e com a guarda municipal de Imbé deram início, neste sábado (28/12), nos quiosques (capeterias), bares e restaurantes a uma campanha de conscientização contra a venda de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos, no município de Imbé. A ação desencadeada pela Delegacia de Polícia de Imbé, tem como objetivo conscientizar os comerciantes e a sociedade, em geral, acerca da proibição da venda de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos. Foram afixados cartazes das campanhas do DECA, “Venda de bebidas para menores. Fique no Bico!” e do Conselho Tutelar de Imbé, assim, como distribuição de material informativo sobre como proteger as crianças e adolescentes da violência infanto-juvenil e a divulgação dos disque-denúncia 181 (SSP/RS), 100 e Deca Urgente 08006426400. De acordo com o titular da Delegacia de Polícia de Imbé, Valeriano Garcia Neto, o evento preventivo e educativo, insere a Polícia Civil, em ações sociais junto à comunidade e busca alertar que vender, fornecer, ainda que gratuitamente, ministrar ou entregar, de qualquer forma bebidas alcoólicas para menores de 18 anos, configura crime previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente.


Gravataí, 03, 04 e 05/01/2014 - Pág. 10

Gravataí participa da 9ª Copa Capão da Canoa de Futebol de Areia Evento ocorre em Capão da Canoa de 19 de janeiro a 23 de fevereiro

A

Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SMEL) convida as equipes participantes dos Campeonatos Municipais de Futebol a participarem da 9ª Copa Capão da Canoa de Futebol de Areia nas categorias: Sub-13, Sub-15, Master 35 anos e Força Livre, que será realizada de 19 de janeiro a 23 de fevereiro, em Ca-

Scocco, do Internacional, na mira do Sunderland ais uma vez, o nome de Scocco é ventilado como pretendido por outros clubes. O atacante do Internacional agora pode se transferir para a Inglaterra. Segundo informações do jornal Daily Mirror, o Sunderland vai retomar o interesse no argentino e tentar sua contratação na próxima janela de transferências. Os ingleses cogitaram a contratação do argentino na última janela de transferências. Mas se assustaram com o valor pedido pelo Newell's por um jogador de 28 anos. O jogador foi oferecido para aumentar o poder de fogo do time do técnico Guy Poyet. Os ingleses estudam um empréstimo junto ao Inter. O gringo não se firmou no clube gaúcho, que o contratou por US$ 6,5 milhões. O investimento de quase R$ 15 milhões não deu resultado nestes primeiros seis meses. O discurso do clube é de que ele pode melhorar em 2014, pela adaptação. Mas uma negociação não está totalmente descartada, já que a postura do argentino, de constantemente falar sobre um retorno ao país de origem, incomoda. Recentemente, o jogador falou sobre sua vontade de retornar ao Newell's ou ao futebol argentino. River Plate, Racing e Newell's manifestaram desejo de contar com o atacante. O valor pedido pelo Inter, porém, é um empecilho para a negociação. Em 2013, Scocco se destacou com o rubro-negro argentino, clube que o revelou. No Inter, tem quatro gols em 20 partidas.

FOTOs: DIVULGAÇÃO/pmG

pão da Canoa. Conforme o titular da SMEL, Luciano Oliveira, terá a inscrição paga pelo Município, às cinco primeiras equipes que procurarem a Secretaria para se inscreverem até o dia 6 de janeiro, às 18h. “Usaremos como critério a ordem da inscrição e o preenchimento da Ficha de Intenção. A despesa com trans-

porte hospedagem, alimentação e outras, ficará a cargo de cada equipe participante”, esclarece o Secretário. Oliveira destaca que é tradição, nesta época do ano, as atividades esportivas se concentrarem no litoral gaúcho, “queremos viabilizar uma oportunidade para os esportistas gravataienses de manterem suas atividades neste

período, como também proporcionar lazer e confraternização dos atletas e suas famílias", acrescenta o Secretário. A Copa Capão da Canoa de Futebol de Areia é um dos maiores eventos esportivos do circuito de verão do Estado promovidos pela Prefeitura de Capão da Canoa, realizado na na Arena Poty, beira mar de Capão da Canoa.

Cerâmica primeiro treino físico do ano O ano de 2014 começou oficialmente para o Cerâmica na tarde desta quinta-feira, 02, quando o plantel profissional se reapresentou após o recesso de Réveillon. Os jogadores fizeram um trabalho de força na academia do Estádio Antônio Vieira Ramos e de resistência anaeróbia no gramado do Vieirão. A pré-temporada de 2014 começou nesta tarde em Gravataí. Sob o comando do preparador físico Mauricio Mandracio, os jogadores fizeram musculação na academia do clube e, na sequência, trabalharam a resistência anaeróbia no campo principal do Vieirão. Os goleiros treinaram a potência e coordenação com

a supervisão dos preparadores de goleiros Enio Oliveira e Luli Bolfoni. Conforme o técnico Gelson Conte, o time já apresentou uma melhora ofensiva no jogo amistoso contra o Caxias, que ocorreu no último dia 29, em Flores da Cunha. “A diferença já existe, pois surgiram diversas jogadas de frente. Ainda temos algumas falhas no posicionamento e temos tempo para consertar os erros e trabalhar. Acredito que até o dia 20 de janeiro já teremos uma grande evolução técnica”, afirma. No dia 08 de janeiro o Cerâmica vai ter mais um desafio pela frente quando enfrenta o Juven-

tude no Vieirão, às 16h, em mais um amistoso preparatório para a Divisão de Acesso. Três dias depois, no dia 11, o Tricolor de Gravataí vai até São Leopoldo

para testar a sua força com o Aimoré, às 17h. O time estreia na competição estadual no dia 23 de fevereiro contra o Tupi, em Crissiumal.

Reserva, meia Elano pode trocar Grêmio por futebol turco O futebol da Turquia inicia a temporada de 2014 como um grande parceiro do Grêmio em relação a negócios. Primeiro, foi a venda do lateral esquerdo Alex Telles, eleito o melhor jogador da posição no último Campeonato Brasileiro, para o Galatasaray, valendo ao clube gaúcho R$ 9 milhões na negociação. O dinheiro que vai ajudar o Grêmio a pagar o direito de imagem e o 13º dos jogadores. Agora é a vez do Bursaspor, também da Turquia que está interessado no meia gremista Elano, jogador que é reserva no Grêmio e é um dos maiores salários do atual elenco tricolor. Elano está sendo cotado para substituir o meia argentino Pablo

Batalla, que está deixando o time turco. A contratação do meia Elano já foi aprovada pelo técnico alemão Cristoph Daun. O meia gremista já atuou no Galatasaray e tem um bom cartaz no futebol da Turquia. O empresário Giuliano Bertolucci, agente de Elano, está na Europa e deve retornar nos próximos dias para o Brasil com a proposta pelo meia gremista. O contrato de Elano com o Grêmio vai até o final de 2014. O Palmeiras também havia demonstrado interesse na contratação de Elano, mas o alto salário que o meia recebe no Grêmio fez com que o clube paulista desistisse da negociação.


Gravataí, 03, 04 e 05/01/2014 - Pág. 11

Culinária JG

Resumo de Novelas

Pavê de chocolate branco

Áries: A Lua se une a Vênus em Capricórnio e você se torna um pouco mais acolhedor, apesar das densas energias no ar. Mantenha sua agressividade sob controle por mais alguns dias. Marte, seu regente, e Urano, prometem romper com o que não interessa mais.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS u Ingredientes

(gíria) de Delator chá de maizena, 400 g de chocolate branco ralado no rolo grosso, 2 pacoCrime atestado tespelo deexame bolacha tipo maizena e 1 lata de creme de leite sem soro de

u

Dissolva a maizena em 2 latas de leite e junte ao leite condensado e leve ao fogo sempre mexendo até engrossar. Assim que engrossar desligue e junte metade do chocolate ralado mexa bem até incorporar ao creme deixe esfriar eConjunto junte o creme de leite e reserve.Umedeça as bolachas na outra lata de leite de porceque sobrou e forre um recipiente com as bolachas e jogue o creme e assim por lana para comida diante e por último decore com o restante do chocolate ralado e cerejas Consumir (o jornal) Centro estético

(?) poucos: gradualmente

Câncer: Hoje seu regente, a Lua, se une a Vênus em Capricórnio movimentando de maneira positiva seus relacionamentos. Você estará mais aberto e receptivo a tudo o que diz respeito ao amor. As energias continuam pesadas e você deve estar atento a isso para não estragar os bons momentos.

Fernanda Torres, atriz Para o

Agora Campeão três vezes (red.) Sufixo de "formosa"

Artigo definido masculino plural

O ácido presente na urina

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

Solução anterior 41

Solução

© Revistas COQUETEL

Não sancionar (projeto de lei) Cantora baiana de "Brasil" (MPB)

"Letras", Tecnologia da porta de shoppings em ABL Função de D. Orani Dupla Tempesta (Catol.) (Mús.)

País de origem do Hezbollah (Polít.)

Cidade da cerimônia do Nobel da Paz

Qualidade da pilha recarregável

Caracteriza a fala do tagarela

Incômodos na viagem por estrada de terra Freguesia do (?), bairro de São Paulo

Forma de venda do papel higiênico Tara (símbolo) A do artista é a fama

Libra: As energias continuam tensas, no entanto, a união da Lua a Vênus, seu regente, vai torná-lo mais romântico e acolhedor. Aproveite o dia para estar entre os amigos mais próximos ou junto de seu amor. Um romance pode começar no dia de hoje.

Local da happy hour Mente, em inglês

Ramalho Ortigão, escritor português

O ateu, em relação a Deus "(?) Nova Direção", série de humor (TV) Atos do escambo Destelham casas

Textura de cosméticos para o rosto Denominação comum de pousadas Estilo musical de Britney Spears

Ecoar com estrondo

Escorpião: Hoje você estará mais tranquilo com seus pensamentos unidos às suas emoções. O momento segue ainda com alguma tensão no ar, no entanto, há uma ponta de acolhimento e romantismo em seu coração.

Ana Droga Amélia, associada senadora aos anos gaúcha 60 (sigla) Emprego Esfolam-se Estado governado por Antônio Anastasia (2013) Fúria

Pedra sagrada para os chineses

"Devagar (?) vai ao longe" (dito) Suporta (situação sofrida)

(?) à baiana, iguaria de fubá Joule (símbolo) A população brasileira, por sua composição racial

BANCO

Sagitário: A união da Lua com Vênus em Capricórnio pode trazer uma ótima noticia para o seu bolso. Você estará mais tranquilo e mais aberto e deve aproveitar essas energias para rever seus projetos financeiros. Certo romantismo pode acometer você.

Lao-(?), filósofo (?) feio: Arma de palavrão fogo, em (pop.) inglês

Tecla de computadores

Leão: As energias ficam um pouco mais amenas no dia de hoje, com a união da Lua com Vênus em Capricórnio. O dia segue tenso, mas com uma pitada de amor e carinho no ar. O relacionamento com colegas e superiores melhora significativamente. Virgem: Hoje você estará mais acolhedor e aberto a questões que envolvem seu coração. O dia segue tenso, mas com um astral mais terno e mais aberto. O romantismo, apesar de tudo, toma conta de você. Aproveite a boa energia para estar ao lado de seu amor.

Correr, em inglês

O hemisfério acima do equador (abrev.)

Selo de qualidade internacional (sigla)

O do mochileiro é indefinido

14

Solução S D E U N O S O A R N D E O P A R S E I S S E N Ç D A

T H A R I G A R I L E R O S A U S Ç Ã O A O S F T A I R O S A I I C O C A S

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora

Livro de Euclides da Cunha cujo tema principal é a Guerra de Canudos

L I D A B R A N C N T E O B M I C A S P R E B O M E R A T N G U M U R E N A

L O E B O C A N A A N T A S I A A N T R G A S E A L P N R O L A A M B A A U R A C L J A D O R N S E T I I U R L G E S I

3/set. 4/duna — juan. 5/ideal — úrico. 6/traíra.

Substituta de Fátima Bernardes, Ana Furtado paga mico ao vivo no programa “Encontro” Ciça sofre uma queda, e César manda Aline chamar uma ambulância. Lutero pede para Pérsio e Rebeca procurarem alguma pista que explique a queda de Ciça. Amarilys fica arrasada com a falta de interesse de Eron. Atílio expulsa Rinaldo da casa de Márcia. Carlito visita Valdirene no shopping. Leila ameaça provocar um acidente contra Natasha, se Thales não se casar com ela. Pérsio tenta falar com César. Bruno confirma a Paloma que Aline passou algumas propriedades de César para seu nome. Félix se espanta ao saber que Jonathan dormiu fora de casa. Patrícia sente cólicas, mas não deixa Michel examiná-la. Félix encontra Eron na casa de Niko. Paloma avisa a César que Aline transferiu diversas propriedades para seu nome.

www.coquetel.com.br

O

A

Thomaz convence Heloísa de que Tereza é uma cliente comum. LC leva Paulinha para um novo alojamento. HermesBANCO incentiva Tereza a enganar os investidores para conseguir dinheiro. Júlia não gosta de ver André com Olívia e os filhos. Inês decide levar todos os móveis de Thomaz para seu escritório. Sandra sugere que Jéssica ameace se afastar de Guto para que ele cuide de sua saúde. André cobra de Guto uma resposta sobre o pendrive. Edu manda Nilson levá-lo até os limites da mata, e Klaus não gosta. Paulinha pede para trabalhar no laboratório, e LC desconfia.

Gêmeos: Hoje você estará mais fechado, mas mais terno, refletindo sobre suas verdadeiras necessidades emocionais que ultimamente não têm sido preenchidas. A tensão continua. No entanto, suas emoções estão mais equilibradas.

Molusco que produz pérolas

T A D U N Q J U E I D E G A S V O L I

As substâncias que combatem a dor

Estúdio de filmagem Isabela Garcia, atriz

Obs Faça sempre de um dia para o outro ele bem gelado fica uma delícia

N

3, em algarismos romanos

(?) Rodrigues, cantor Acusados

Halo de luz enxergado pelo vidente

Touro: A Lua se une a Vênus, seu regente, e seus relacionamentos ganham um tom mais terno e romântico. Hoje é um ótimo dia para fazer uma viagem de lazer, ou estar com amigos. Seus projetos de médio e longo prazo dão um passo a mais.

Nara Gomes Massulo - Nutricionista - naramassulo@terra.com.br

de cães

O cheque sem fundos (bras. gír.)

Modo de preparo

V G E V A T L A V C R E O R S O B T R O A R R A L A A S G D I E A S I C I G

Manfred acusa Franz,Muito velhadeixando Continente o delegado em dúvida. Iolanda diz a do Japão primei- ser o filho de Mundo que Tavinho Asras pode letras Letra "que" Gertrude Gaia e Toni. Palcoameaça Salete do circo para que ela não conte nada sobre(?) Tabrancos, vinho para Laura. Joel e Cleo dizem células ao do sangue padre que querem se casar e marcam Tipo de água Don (?): conquis-para o mesmo mineral a cerimônia dia de Autador Monta (barraca) Perfeito rora e Davi. Coloquei; A funcionária do orfanato pega a botei pasta de documentos de Tavinho es-A família (fig.) condidaConfusão e entrega para Iolanda. A (pop.) testemunha paga por Manfred dá um Animal acusando Franz. Silvia gridepoimento que exala mau ta chamando por Viktor. O delegado cheiro perguntaSanta a Franz seLugar ele matou a expara mulher. Catarina abrigo (sigla)

corpo de delito

L O N S S O D E S R OL T Õ M E T U S O R M I N R A J A D O M I S

Monte de areia formado pelo vento

A

Apanhar com a boca

©1Revistas COQUETEL lata de leite condensado, 3 vezes a mesma medida da lata de leite, 1/2 xícara

Vagarosa (?) Garibaldi, heroína

Reserva- Cabanas tório indígenas essencial aos automóveis

3/gun — run. 4/jade — mind — oslo. 6/líbano — reboar. 11/miscigenada.

www.coquetel.com.br

Capricórnio: A Lua em seu signo se une a Vênus e deixa seu coração mais aberto e acolhedor. O momento é de maior tranquilidade e equilíbrio, além do romantismo que ele envolve. A tensão continua, portanto, aproveite este nicho de paz. Aquário: A Lua em seu signo se une a Vênus e deixa seu coração mais aberto e acolhedor. O momento é de maior tranquilidade e equilíbrio, além do romantismo que ele envolve. A tensão continua, portanto, aproveite este nicho de paz. Peixes: A união da Lua e Vênus em Capricórnio vai amenizar emoções mais pesadas e abrir seu coração para os amigos e seu amor. Apesar de o astral continuar denso, o dia segue mais tranquilo e você vai estar mais equilibrado. Divirta-se


JORNAL DE GRAVATAÍ Sexta, sábado e domingo, 03, 04 e 05 de janeiro de 2014

PRÉ-VESTIBULAR JG Dicas do Professor Luciano – "Chambinho da Methodus"

O

lá leitores! Chegamos à última matéria sobre o vestibular da UFRGS. Nesse espaço vou dar dicas sobre a redação, uma prova que assusta muitas pessoas. Inicialmente vamos aos termos técnicos da prova. Ela deve conter um título, entre 30 e 50 linhas, não menos e não mais. Outro ponto importante é de que o vestibulando não deve fugir do tema, para não correr o risco de ter a sua prova anulada. Não podem ser utilizados trechos dos textos de apoio na redação, eles serão desconsiderados na contagem das linhas. A redação da UFRGS é do tipo dissertação, então evite se colocar no

texto, também evite o uso de: “eu acho”, “eu penso”, “nós vimos que”. O texto deve estar organizado em introdução, momento que se relata o assunto que o texto tratará; desenvolvimento, que é quando o vestibulando escreverá sobre o assunto e fará a exposição das ideias e a conclusão, onde o tema é retomado e se possível deve-se tentar colocar uma solução para o problema. Para que o texto fique “limpo”, tente evitar gírias, obedeça a norma culta da língua. Cuidado com o uso de letras

maiúsculas e minúsculas, sempre no início de frase utilize letra maiúscula. Tente ser criativo no texto, mas cuidado que palavras difíceis não impressionam o avaliador, escreva apenas palavras que você tenha total conhecimento do seu significado e da sua ortografia, na dúvida, tente trocar por um sinônimo. No dia da prova, na segunda-feira, inicie a prova de português, pule as questões que você não sabe, não empaque! Quando passar por todas as questões vá

para a prova de redação, liste ideias em um rascunho e comece a escrever. Volte para a prova de português e tente fazer as questões que restaram. Caso ainda fiquem algumas em dúvida, deixe-as e volte para a redação. Faça uma leitura dela e veja se ela ficou clara, com continuidade. Para finalizar as dicas, cada parágrafo deve ter uma continuidade interna, não deve ser um amontoado de frases, sem conexão uma com a outra. Um parágrafo deve apresentar uma ideia completa, tente utilizar conjunções para unir frases de uma mesma ideia, como: entretanto, contudo, porém, embora. Boa sorte nas provas!


Veículos & CIA Caderno semanal do Jornal de Gravataí - Sexta, sábado e domingo, 03, 04 e 05 de janeiro de 2014 - ANO 3 - No 203

Obituário: Volkswagen´s Kombi e Gol G4, Fiat´s Mille e Fiorino e Ford Ka Deixarão de ser fabricados por força das resoluções 311 e 312 de 2009 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que determinam a obrigatoriedade do airbag frontal duplo e o sistema antitravamento dos freios nas quatro rodas, ABS

D

ia 31 de dezembro de 2013 foi o fim de vida para alguns modelos fabricados há tempos no Brasil. Mas, os veículos que deixam de ser produzidos não saem de cena porque os fabricantes querem renovar suas linhas. Deixarão de ser fabricados por força das resoluções 311 e 312 de 2009 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que determinam a obrigatoriedade do airbag frontal duplo e o sistema antitravamento dos freios nas quatro rodas, ABS. Nos últimos dias, sindicato, governo e fabricantes tentaram dar o golpe e esticar a sobrevida dos modelos por mais dois anos. Mas, felizmente o bom senso prevaleceu e os velhinhos descansarão em paz. Os estoques de Kombi, Gol G4, Mille, Fiorino, Ka e demais modelos que seguem em produção ou não, poderão ser comercializados até o dia 31 de março sem os equipamentos de segurança. A Velha Senhora teve sua morte decretada em 19 de dezembro e até então era o veículo mais antigo em produção no Brasil. Foram mais de 50 anos sendo fabricada na unidade da VW em São Bernardo do Campo (SP) e apesar de todo esse tempo a marca não pensou em um substituto para o cansado modelo. Tanto que o sindicato do ABC e a VW tentaram dar mais dois de vida para a Kombi. A versão de despedida Last Edition teve 1.200 unidades produzidas e será comercializada por R$ 85 mil. O Volkswagen Gol G4 também já teve sua produção encerrada, mas, apesar dos bons serviços prestados não teve despedida badalada como a da Kombi. Derivado

do Gol bolinha de 1994 o G4 atual, tem o mesmo visual de 2005 quando passou por sua última reestilização. Seu projeto permite receber os equipamentos de segurança. Entretanto, o fim de sua produção é mais uma tacada comercial do que industrial, já que, para o seu lugar a VW lançará o up!, cujas vendas começarão em fevereiro. O modelo da Fiat mais antigo em fabricação no mercado nacional é o Uno Mille. Nossos amigos dizem que sua produção será esticada até o último minuto de 2013, para que, os estoques durem até o dia 31 de março. Afim de marcar seus 30 anos de fabricação a marca lançou a série de despedida Grazie Mille com duas mil unidades numeradas e vendidas pelo valor sugerido de R$ 31.200. A marca pensava em lançar um carro exclusivo para substituir o velho Mille, mas, o projeto X3C atrasou. No seu lugar foi criado um “paliativo” e o Palio Fire ganhará o sobrenome Mille para segurar as pontas até o novo compacto chegar. O Fiorino em produção desde 1987 também saiu de linha, mas, neste caso a marca lançou a nova geração baseada no Novo Uno. O fim de fabricação do velho furgão ocorreu em novembro. A nova geração já está a venda pelo preço sugerido de R$ 38.540. O Ford Ka atual foi lançado em 2008 e segundo nossos amigos sua produção foi encerrada também no dia 19 de dezembro. O hatch poderia receber sem problemas os equipamentos de segurança de série. O fim de sua linhagem é mais uma questão comercial. Por enquanto ele perderá o

status de carro mais barato da Ford para o Fiesta Rocam. Porém, entre abril e maio chegará sua nova geração e o novo Ka será novamente o carro de entrada da Ford. Se alguns modelos morrem amanhã, outros duram um pouco mais, como a linha Rocam do Fiesta (hatch e sedã). Os modelos ficarão em produção até março de 2014. Ambos já contam com ABS e airbag duplo de série e serão a linha de frente da Ford até os novos Ka hatch e Ka sedã chegarem ao mercado. Com os fins de produção de Kombi e Gol G4 o Golf de quarta geração herdou o título de modelo mais antigo da Volkswagen em produção no Brasil. Mas, assim como a linha Fiesta ele também morrerá

ao longo de 2014. Produzido em São José dos Pinhais (PR) o hatch médio deixará de ser fabricado para que a fábrica passe por mudanças para a fabricação de sua sétima geração em território nacional. Vale lembrar que a produção do Golf VII no Brasil não acarretará em redução de preços e o hatch continuará ser vendido com preços iniciais na casa dos R$ 70 mil. Outro modelo que já está se despedindo do mercado é o Citroën C4 hatch. O modelo já é vendido a preços promocionais e de acordo com concessionários ele morrerá ao longo de 2014. Por enquanto a nova geração do C4 está descartada para chegar ao Brasil


2

Veículos & CIA

Sexta, sábado e domingo, 03, 04 e 05 de janeiro de 2014

O que vem por aí: hatches compactos De olho neste lucrativo nicho, as montadoras estão preparando boas surpresas para o próximo ano

P

rincipal segmento de veículos do Brasil, o mercado de hatches compactos sofreu uma pesada e bem-vinda revolução em 2013. O ano consolidou uma nova fase para a categoria, com o lançamento de modelos mais bem resolvidos em termos de equipamentos, mecânica, design e, sobretudo, segurança. Em 2014, o cenário não será diferente. De olho neste lucrativo nicho, as montadoras estão preparando boas surpresas para o próximo ano. Confira o que vem por aí:

Volkswagen up! O pequeno up! é um dos mais importantes projetos da Volkswagen para o Brasil nos últimos anos. O modelo chega para aposentar o Gol G4, que deixará de ser vendido em março. De acordo com fontes ligadas à Autoesporte, o carro já está no forno. Ele está sendo produzido na fábrica de Taubaté, no interior de São Paulo. Nas lojas, o compacto estreia entre o fim de fevereiro e início de março. Embora a VW ainda não tenha falado em preços oficialmente, é provável que o up! parta de R$ 28 mil na versão com quatro portas.

O hatch adotará um bloco 1.0 12V de três cilindros capaz de render 82 cv de potência, acoplado a uma caixa de transmissão manual de cinco velocidades. Especula-se que a versão topo de linha contará com um câmbio automatizado de cinco marchas. Se a expectativa se confirmar, o up! será o primeiro 1.0 do portfólio da Volks a contar com este tipo de câmbio.

Novo Ford Ka O Kazinho ganhará uma pitada de fermento em 2014. Maior e mais robusta, a nova geração do carro de entrada da Ford adotará a mesma linguagem visual utilizada em outros lançamentos da marca, como New Fiesta e EcoSport, com a grade frontal em evidência. O modelo é extremamente importante dentro da estratégia da montadora. Ele trará força ao segmento de entrada, onde a Ford tem perdido espaço há alguns anos, já que dispõe apenas da cansada atual versão do Ka e do também ultrapassado Fiesta Rocam. O novo Ka se afastará levemente da versão anterior em termos de posicionamento de mercado. Mais sofisticado, o carro vem para brigar

não só com os tradicionais líderes Volkswagen Gol, Fiat Palio e Uno, como também para encarar o Chevrolet Onix e o Hyundai HB20. A mudança impactará na tabela do veículo, que deverá partir de R$ 31 mil. Projeto global, o modelo será fabricado na planta de Camaçari, na Bahia. Sob o capô, o Ka trará, na versão de entrada, um inédito bloco 1.0 de três cilindros. O modelo topo de linha será equipado com o propulsor 1.5 já adotado pelo New Fiesta. A estreia deverá acontecer ainda no primeiro semestre deste ano.

Novo Renault Sandero Após a chegada da nova geração do Logan neste ano, em 2014 será a vez do novo Sandero pintar em território nacional, quase dois anos depois do lançamento na Europa. A exemplo do irmão sedã Logan, o Sandero contará com um visual mais requintado por dentro e por fora. O hatch continuará seguindo a receita de bolo, apostando em atrativos da versão atual, como o sistema multimídia MediaNav, que traz uma tela sensível ao toque no painel. O novo Sandero deverá chegar às re-

vendas no próximo mês de abril.

Novo Nissan March Apresentado em 2013 na Europa, o novo Nissan Micra dá pistas de como será o visual do novo March por aqui. De cara nova, o carro será lançado no segundo semestre de 2014. O modelo será importante não só por ser a primeira reestilização do compacto no Brasil, mas por marcar o início da produção nacional. Fabricado no México, o March passará a ser fabricado no complexo industrial da montadora japonesa em Resende, no Rio de Janeiro. É a chance de virada da Nissan nas vendas, já que o carrinho atualmente sofre com a restrita cota de importação. Novo Chery QQ

O Chery QQ também ganhará nova versão em 2014. Ainda no primeiro semestre, o carrinho chinês aportará no Brasil com visual renovado. O carrinho ficará levemente maior e requintado. A montadora promete entregar mais qualidade de acabamento, mas manterá o motor 1.1 de 68 cv de potência. Em 2015, o modelo passará a ser feito na fábrica de Jacareí, no interior de São Paulo. Novo Fiat Uno A Fiat lançará a primeira reestilizado no Novo Uno em dezembro. O carro chegará às concessionárias já como modelo 2015. O que se sabe, até agora, é o hatch terá o visual da dianteira redesenhado. Rumores dão conta de o compacto também terá um novo motor.


Sexta, sábado e domingo, 03, 04 e 05 de janeiro de 2014

Veículos & CIA

3

Vai viajar de moto? Veja que cuidados para tomar antes da estrada Itens elétricos e mecânicos precisam estar em dia para evitar problemas. Bagagem tem de estar bem presa e deve se tomar cuidado com a gasolina

O

sucesso de uma viagem depende de vários fatores e um dos mais importantes é um planejamento mínimo. É claro que nada impede que você saia “na louca”, tipo “fui”, mas preparar a moto evita muitos problemas. Uma motocicleta, seja de que tipo for, é um veículo fascinante também pelo “mágico” – e por vezes crítico – equilíbrio que uma roda alinhada à outra oferece. Por conta desse peculiar arranjo, sabemos que moto parada não fica em pé, a não ser se apoiada no cavalete. Assim, aproveite esse momento no qual sua moto está apoiada e parada e agache-se, para olhar com atenção, de pertinho, o ponto de contato dela como o planeta Terra. Inspecione minuciosamente não só pneus, mas também as rodas. Não é preciso ser especialista: o óbvio você já sabe: pneu novo funciona melhor do que pneu velho. Porém, cuidado com um erro clássico dos inexperientes, que é o de esquecer que os pneus “zero quilômetro” vêm com uma camada de proteção extremamente escorregadia, que exige alguns bons quilômetros para ser devidamente retirada e, só então, os pneus passarão a funcionar como devem. Pneus Se seus pneus tiverem já algum tempo de uso, procure por deformações, cortes ou objetos estranhos encravados na banda de rodagem. Nesse último caso, se forem pneus do tipo sem câmara, não retire o “ET” espetado na banda, uma vez que isso pode significar a abertura para a passagem do ar. Procurar um borracheiro é a melhor saída. Falando neles, nos borracheiros, consertar pneus é o negócio da categoria, mas entender de mecânica, a ponto de saber desmontar rodas de diversos tipos de moto, não. O mínimo que você deve saber antes de pegar uma estrada de verdade é ter noção de como retirar as rodas para que o profissional faça o serviço na borracha. Ter as ferramentas é fundamental, e todas motos saem de fábrica como um kit para este fim. A sua moto tem o jogo completo?

Transmissão: corrente, cardã ou correia? Outro componente que dá dor de cabeça em viagem é o sistema de transmissão. Sua moto tem eixo cardã ou correia dentada? Se sim, parabéns, pois são sistemas que, se bem tratados (leia as recomendações no manual do proprietário), têm uma vida útil longa e não exigem regulagem. No entanto, a maioria das motos tem mesmo o velho sistema de transmissão por corrente que, junto ao famoso pinhão e a popular coroa, forma o que se chama vulgarmente de “relação”. Assim como pneus, conjunto de transmissão bom é o novo. Do trio que compõe a tal “relação”, a corrente é o elemento mais delicado e que merece maior atenção – leia-se lubrificação. Se estiver viajando por estrada de terra, a frequência dessa lubrificação deve ser grande. Quanto? Vai depender do clima: se chuvoso, pelo menos a cada 200-300 km rodados; com tempo seco, a cada 1.000 km, pelo menos. E o produto deve ser aquele moderno, aderente, mais importante em sua bagagem do que seu desodorante. Sistema elétrico: dor de cabeça Ainda no aspecto técnico, há dois pontos que são geradores de dor de cabeça, especialmente em motos mais velhinhas: sistema elétrico e cabos. Ter fusíveis de reserva (e saber onde estão os fusíveis que eventualmente podem ter queimado) é outro assunto em que o manual do proprietário (ou seu mecânico) pode te ajudar. Já que vai levar fusíveis, leve também lâmpadas, ao menos três: uma de pisca, uma de freio/ luz de posição (geralmente bifilamento) e a principal, e mais cara, a do farol. Quanto aos cabos, de embreagem acelerador e (se houver) de freio, lembre-se que lubrificação é sempre bem-vinda, e que cabo duro de acionar, que range – ou ambos – é indício de problema. De resto, evidentes conselhos são verificar se seus freios não estão no limite de desgaste, se a troca do óleo e filtro (se houver) é necessária e se o filtro de ar está devidamente limpo e desobstruído.


4

Veículos & CIA

Sexta, sábado e domingo, 03, 04 e 05 de janeiro de 2014

Novo Nissan Sentra mostra a que veio em duelo com Honda Civic

Colocamos o Nissan para encarar o Civic, o atual líder do segmento. Basta olhar por poucos segundos para reparar que o Sentra cresceu e apareceu

Q

uem vê a enxurrada de novos desafiantes entre os sedãs médios, pode imaginar que aliderança dos japoneses está por um fio. Pouco provável, e não digo isso por acreditar em futurologia ou por chute. O caso é que os sedãs nipônicos vivem encastelados, blindados pela confiabilidade e por um pós-venda dos melhores. É por isso mesmo que a Nissan deixa claro que o Sentra é mais japonês do que tudo. Essa demarcação de território começou na apresentação. Slide após slide,os especialistas da marca dividiram o segmento entre os nipônicos (Toyota Corolla e Honda Civic), marcas tradicionais (Chevrolet Cruze, Ford Focus e Volkswagen Jetta) e não tradicionais (Citroën C4Lounge, Hyundai Elantra e Renault Fluence). Será que o Sentra se afirma como sucesso oriental e foge da sina de aposta não tradicional? Colocamos o Nissan para encarar o Civic, o atual líder do segmento. Basta olhar por poucos segundos para reparar que o Sentra cresceu e apareceu. Ao contrário do que parece, esse traje clássico não é fraque para desfilar e sim um uniforme de guerra. A imagem é uma das armas na batalha da América do Norte. Naquele fronte, sedãs médios-grandes encabeçam a fileira dos mais vendidos. Estão lá Toyota Camry, Honda Accord, Ford Fusion e Nissan Altima. Os médios estão ali para fazer o papel de dupla de ataque. Esse dueto é afinado na Toyota, Honda e, agora, até na Ford, mas nem tanto entre os Nissan. O Altima sempre vendeu mais que o Sentra e, por isso mesmo, a saída foi aproximá-los. O laço nem precisa ser confirmado por DNA, dê uma olhada na linha de caráter que surge na dianteira sinuosa e segue direto até a traseira. A Honda fez o mesmo na reestilização precoce do Civic nos Estados Unidos, onde o modelo adotou toques de Accord como os cromados e as lanternas espichadas. Essa aproximação com o Altima também valoriza o seu passe no Brasil. Mesmo perdendo espaço para os crossovers na lista de desejos, por aqui os sedãs médios ainda tiram onda de luxuosos. Nesse caso, nada como parecer mais caro. “O desenho parecido com o Altima é uma das armas do Sentra. A outra é o preço”, resume François Dossa, presidente da Nissan do Brasil. Realmente, o sedã mexicano chega por R$ 60.990 na versão S manual e chega aos R$ 71.990 do SL CVT testado. Bem mais em conta do que o Sentra SL anterior que saia em 2007 por R$ 81.700. Pelo visto ele não é japonês nesse ponto, é bem mais em conta do que o equivalente Civic 2.0 EXR de R$ 83.990. Equipamentos Por isso mesmo, enquadramos ele contra o Civic LXR de R$ 74.490. No custo-benefício, o Sentra top leva vantagem sobre o rival intermediário. Além do preço menor, tem itens indisponíveis no Honda, tais como ar-condicionado com duas zonas, GPS com tela sensível ao toque, partida sem chave, sensores de estacionamento, teto solar, retrovisores rebatíveis eletricamente e interno eletrocrômico, leds nos faróis e lanternas e rodas aro 17. Em segurança, a distância é ampliada, são seis airbags (frontais, laterais dianteiros e do tipo cortina), contra dois do rival. Recheio farto é macete de concorrente não tradicional. Ficaram de fora apenas os controles

de estabilidade e de tração. Mesmo sem tal arsenal, o Civic ficou mais recheado e traz os itens triviais desse segmento, entre eles ar digital, couro e câmera de ré, mas de exclusivo traz a função um toque para todos

os vidros (só o do motorista no Sentra) e as borboletas no volante. O Nissan possui câmbio CVT sem relações definidas de marcha, porém poderia investir na simulação de marchas, como fez o Renault Fluence.


1894