Issuu on Google+

► VEÍCULOS & cia

Ford New Fiesta e Peugeot 208 se enfrentam com motor 1.5 sob o capô

Encartado

ANO 9 - EDIÇÃO 1864ª - DIÁRIO - SÁBADO E DOMINGO, 23 E 24 NOVEMBRO DE DE 2013 - R$ 1,00 Circulação nos municípios de Gravataí, Cachoeirinha, Glorinha e Santo Antônio da Patrulha

www.shoppinggravatai.com.br

► ECONOMIA

Estado é o que mais cobra impostos de empresas

Pág. 3

► shopping gravataí

Primeiro dia supera expectativas Público é recebido com salva de palmas pela diretoria do empreendimento

Página 5

► EDUCAÇÃO

Anunciada modernização esportiva da escola Santa Rita

► EVENTO

Pág. 10 Contracapa

Confira a programação do 18º Rodeio Internacional do Mercosul Luiz Marenco e Tchê Barbaridade animaram primeira noite

Pág. 8

CONTRATA DE IMEDIATO

AUXILIAR DE SEG. PRIVADA

Residir em Cachoeirinha ou Gravataí.

VIGILANTE

Residir em Cachoeirinha ou Gravataí. Interessados devem comparecer munidos de documentos e caneta, sendo obrigatória a Carteira de Trabalho, dia 25/11 (segunda-feira), em horário comercial, na Rua Santo Antônio, 824 - Bairro Bom Fim (próxima à Osvaldo Aranha), em POA.


Gravataí, 23 e 24/11/2013 - Pág. 2 AS GRAVATADAS

OS PERIGOS DESSA VIDA ENTRE TRÂNSITO E POLUIÇÃO

Centro "Aos meus amigos que reclamam dos bairros. Olhem as condições do centro de Gravataí neste momento", relato moradora Elsa Camargo.

Basta ligar o motor pela manhã, sair de casa e parar logo no primeiro congestionamento para colocar a saúde em risco. Ou seja, o cidadão mal acordou e já se encontra bem no meio do mapa do inferno, esse lugar que as grandes cidades nos reservaram em virtude da explosão demográfica e da falta de planejamento urbano. Só esta parte da história já faz muito mal à saúde, pois a confusão no trânsito provoca ansiedade e sustos além da conta, o que pode levar a um enfarte. Infelizmente, o quadro é um pouco pior. Enquanto parados nos engarrafamentos, os carros vão expelindo monóxido de carbono, que se mistura a outros gases para formar a imensa poluição na qual estamos submersos. Pois é, além da ansiedade, poluição também pode matar. Confira esses dados: quando os níveis de poluentes atmosféricos ultrapassam os limites aceitáveis, os hospitais se entopem de pacientes com

Prezados leitores, esta coluna também é sua, para falar conosco ligue 3423.1792.

Domingo - Mín. 15° Máx. 29° Sol com algumas nuvens. Não chove.

Registro nº 39987 do Livro A-4 Filiado à ADI Filiado à ADJORI

Representante Comercial: (51) 3272-9595

jornaldegravatai@terra.com.br jornaldegravatai@gmail.com

Publicação da Empresa Gráfica Jornal 2M Ltda. CNPJ nº 03.851.285/0001-62 Tiragem – 8.000 exemplares Diretor geral: Moacir Oliveira Menezes Diretor administrativo: Gabriel Diedrich Departamento comercial: Adilson Mendes Redação: Larissa Hoffmeister e Karina de Freitas Editor-chefe e Diagramador: Giulliano Pacheco Colaboradora: Edenir Raupp Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, nº 6525 - Pda. 63 CEP 94.070-001 - Gravataí - RS - Brasil Telefones: (51) 3423.1792 - 3421.3381 Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores.

maior quando expostos à sujeira do ar causada pelos veículos. Foram analisas 4.814 pessoas, com idade média de 60 anos, que viviam próximos a vias de tráfego intenso na cidade. Foi medida o nível de aterosclerose (o acúmulo de placas de colesterol nas artérias), usando como marcador a calcificação da artéria aorta torácica, através de tomografias computadorizadas. E quanto mais próximo dessas grandes vias, maior era a elevação nessa calcificação. À medida que as pesquisas avançam, mais ficam evidentes esses males do ar sujo para o coração e os pulmões, segundo os resultados de outros estudos, apresentados num congresso de cardiologia nos Estados Unidos: Descobriu-se em seis cidades americanas que pessoas morrem mais cedo quando vivem em cidades com níveis de poluição mais altos. A maioria dessas mortes foi devido a ataque cardíaco.

Em 250 áreas metropolitanas no mundo, a conclusão é de que, a um pico na poluição do ar, segue-se um pico de ataques cardíacos. Um estudo na cidade de Salt Lake descobriu que, quando uma usina de aço foi fechada por um alguns meses, houve uma redução de 4% a 6% na mortalidade. O índice voltou aos níveis anteriores quando a usina foi reaberta. Voltemos ao nosso congestionamento. Não há no horizonte nenhuma notícia de que o poder público oferecerá à população um transporte coletivo de boa qualidade. A rede de metrô é mínima, os ônibus são poucos e desconfortáveis, os trens não resolvem. Logo, esse mar de carro tende a ficar maior, pois a venda de veículos é estimulada pelo governo. Se vale a sugestão, melhor fugir para mais perto da vida. (*) Américo Tângari Jr. é médico cardiologista

Posso contar a sua vida?

PREVISÃO DO TEMPO Sábado - Mín. 14° Máx. 27° Sol com algumas nuvens. Não chove.

queixas de tontura, dor de cabeça e dor no peito – alguns dos sinais de pressão alta. Várias pesquisas em todo o mundo mostram essa relação entre níveis altos de poluição e o atendimento médico a hipertensos. Em alguns casos, a procura por hospitais chega a triplicar quando a poluição é muito intensa – e, no caso de São Paulo, quase sempre. Suspensos no ar, monóxido de carbono e dióxidos de enxofre e de nitrogênio são liberados pelos veículos. Diluídos na corrente sanguínea, esses gases podem irritar nossas artérias, fazendo o endotélio (revestimento interno dos vasos) liberar altas doses de endotelina, um potente vasoconstritor. Eis aí a pressão alta. Um estudo da USP mostrou que o número de mortes por enfarte e derrame cresce 15% nos dias mais críticos de poluição. Outro estudo, este europeu, também mostrou que o coração e os pulmões estão sujeitos a um risco

A polêmica das biografias não autorizadas está em alta desde o início do ano, quando artistas renomados levantaram a questão e defenderam a proibição dessas publicações. O especialista Cristiano Diehl Xavier comenta o assunto e pede bom senso na hora da discussão. Roberto Carlos, considerado o rei da música brasileira, em parceria com os notórios Caetano Veloso e Chico Buarque, iniciou uma

discussão ferverosa sobre as biografias não autorizadas. O especialista Cristiano Diehl Xavier, do Xavier Advogados, aborda a polêmica do ponto de vista jurídico e salienta que o bom senso precisa ser primordial na construção dessas obras. “Apenas no Brasil temos essa polêmica, pois é justamente a sensatez que falta para muitos dos autores desses livros sobre a vida de personalidades. No exterior a abordagem é diferente e o respeito é o principal personagem de qualquer história”, diz. Para o especialista, existe uma linha muito tênue entre liberdade e privacidade, principalmente quando se trata da história de outro cidadão. “Não estamos

falando de uma obra de ficção, onde as pessoas são inventadas e podem tudo. Uma biografia não autorizada, como o próprio nome já diz, é alguém contando sobre a vida de outro sem a aceitação do mesmo”, alerta. Juridicamente falando, conforme explica Xavier, não há determinação que exija a autorização prévia dessas obras. “Também não é tão simples e possível escrever sobre qualquer coisa. Muitos países não aceitam, por exemplo, a divulgação de dados médicos de uma pessoa por não ser ética essa exposição”, explica. Mas a “vítima” não está desamparada pela justiça, diz o especialista. “Temos uma lei que protege, de certa forma, as personalidades que se sentem desonradas com o teor dos livros. O artigo 20 do Código Civil brasileiro permite que

biografados reclamem na Justiça a proibição de suas biografias”, revela. Esse artigo tem uma Ação Direta de Inconstitucionalidade movida pelas editoras de livros no Supremo Tribunal Federal, usado pelo próprio Roberto Carlos a fim de proibir o livro “Roberto Carlos em detalhes”. O cantor conseguiu vitória no embate e retirou as obras das livrarias em 2007. Para Xavier, é preciso cautela na hora de discutir o assunto, visto que também temos uma Constituição que assegura a liberdade de expressão. “Temos um contraponto, pois muitas pessoas consideram censura esse tipo de proibição. Mas, se pensarmos com responsabilidade, identificaremos que ninguém gostaria de ter sua vida contada por outra pessoa em detalhes sem a chance de leitura prévia. É e sempre será uma questão de bom senso”, conta.


Gravataí, 23 e 24/11/2013 - Pág. 3

Pesquisa aponta RS como um dos estados que mais cobra impostos de empresas Índice chega a 5,25% para quem fatura até R$ 180 mil anuais

S

egundo pesquisa encomendada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Porto Alegre à CG Consultoria e Assessoria Contábil, o Rio Grande do Sul é um dos estados que mais cobra impostos das empresas do Simples. No entanto, na contramão da sobretaxa, é um dos que menos arrecada impostos nessa mesma categoria na Região Sul. A pesquisa levou em consideração as alíquotas cobradas nos 27 estados brasileiros. “O percentual varia considerando o teto de faturamento destas empresas, mas deixa o

nosso estado em desvantagem competitiva em todas elas. Para as empresas que faturam até R$ 180 mil anuais, o índice pago em impostos chega a 5,25%, quase o dobro dos 2,7% cobrado no Paraná, por exemplo”, explica Gabriel Torres, economista da CDL da Capital. Já para as empresas que faturam até R$ 1,26 milhão, na faixa em que o Simples ainda vale para os tributos em todas as unidades da federação, o Rio Grande do Sul aparece em 17º lugar nos gastos com impostos de fronteira - empresários gaúchos do varejo pagam

até três pontos percentuais a mais que o Paraná. Segundo o presidente da CDL de Porto Alegre, Gustavo Schifino, os resultados do estudo corroboram o posicionamento das principais entidades do setor varejista gaúcho – reunidos no Movimento Chega de Mordida, contra a cobrança adicional. Desde o início do ano, a entidade levanta e defende a bandeira de que a cobrança da diferença de alíquota (Difa) é inconstitucional e está gerando uma grave crise na economia gaúcha. “A pequena empresa é a base da economia e, por isso mesmo, a pró-

pria legislação brasileira estabelece que é papel do governo privilegiá-la. A Difa está provocando uma derrota no setor, levando em consideração os 189 mil empregos que estão a perigo”, salienta. Para tentar mudar esta realidade, o movimento Chega de Mordida conseguiu derrubar o decreto que estabelecia a cobrança. Agora, está mobilizado para a aprovação de uma lei que extingue, em definitivo, qualquer tributo adicional. O projeto de Lei, apoiado na preposição do deputado Frederico Antunes, deve ir a votação nas primeiras semanas de dezembro.

Foto DIVULGAÇÃO/PMG

Prefeitura recebe doação de 1.500 peças de roupas da loja Renner A Prefeitura de Gravataí, representada pela primeira-dama, Patrícia Bazotti Alba, juntamente com a diretora de assistência social, Joice Michels, em representação do Secretário Municipal da Família, Cidadania e Assistência Social (SMFCAS), Marcelo Soares,recebeu, nesta sexta-feira (22), da nova loja de confecções Renner, a doação de 1.500 peças de roupas masculinas e femininas para serem encaminhadas ao banco de agasa-

lho do município. A doação ocorreu durante a cerimônia de abertura do novo estabelecimento, situado no Shopping Gravataí que foi inaugurado oficialmente na noite desta quinta-feira (21). A primeira-dama Patrícia Bazotti Alba agradeceu a doação e parabenizou a loja pela bela estrutura e pela escolha de sede em Gravataí: “Ficamos muito felizes em receber esses donativos que serão encaminhados ao nosso banco

do agasalho e também ficamos honrados pela escolha da nossa Gravataí como cidade sede da nova loja Renner.” A gerente da loja Renner do Shopping Gravataí, Lucia Flores, também agradeceu o apoio da Prefeitura: “Para nós é muito gratificante podermos participar desse momento, promovendo a solidariedade através da doação e sendo acolhidos pelo município, com a instalação da nossa loja no Shopping Gravataí.” Em seguida, foi reali-

zada a abertura oficial da nova loja e posteriormente concedida a bênção religiosa ao estabelecimento. A primeira-dama Patrícia Bazotti Alba e a diretora Joice Michels conheceram o espaço e a coleção de roupas, calçados e departamento de perfumaria que foram apresentados pela gerente Lucia Flores: “A loja está de parabéns, um visual clean e aconchegante, muito bem distribuído e a coleção está belíssima”, finalizou Patrícia.

Essa é uma coluna do povo para criticar elogiar e botar a boca no trombone sobre aquilo que os leitores entenderem por certo ou errado. Entre em contato com a redação, pelo telefone (51) 3421.3381 ou mande seu e-mail para jornaldegravatai@terra.com.br. Junto mande seu nome, telefone e endereço.

Morador O morador Vilson Ramires dos Santos, 55 anos, bairro União, sofre de trombose, que é uma doença que afeta principalmente as veias na parte inferior das pernas e das coxas. O coágulo bloqueia o fluxo sanguíneo e causa inchaço e dor. Segundo ele, há 15 anos não consegue trabalho em virtude da trombose. Está em tratamento com médico vascular há oito anos no Hospital da ULBRA em Canoas. A esposa é empregada doméstica e as despesas da residência e medicação são arcados pelo trabalho dela que ganha cerca de R$ 35 por dia. O morador conta com doações de amigos e vizinhos. A medicação que Vilson usa para diminuir as dores das pernas tem o custo de R$ 200,00 mensais. Os remédios precisam ser pagos por ele, pois somente após a cirurgia é liberado de forma gratuita. O tratamento medicamentoso ameniza as dores, porém somente com a cirurgia vascular o metalúrgico poderá ficar livre das dores. Há três anos ele aguarda pela cirurgia pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Além da medicação, o morador usa meias elástica de alta compressão para diminuir o inchaço das pernas auxiliando na circulação de sangue e diminuindo as dores, as meias custam R$ 220,00 e tem duração de seis meses. Vilson procura ajuda para poder comprar o par de meias, pois o que está usando já perdeu a força de compressão e as dores estão aumentando. Mesmo com todas as dificuldades de mobilidade, diariamente, ele realiza caminhadas pedindo ajuda financeira para os comércios da cidade. "Não posso trabalhar, as pessoas não me empregam com as pernas inchadas assim, preciso contar com a solidariedade da população", desabafou.

Campeonato "Jornal de Gravataí, segue registro do motivo do adiamento das finas das categorias de base e série A do Campeonato de Futsal de Gravataí. Gostaria de salientar que o motivo não foi a chuva e sim as condições precárias de um Ginásio reformado a menos de uma ano. Goteiras por toda parte em um dia que a chuva não foi tão intensa e vale salientar os parquês que em breve causarão acidentes de maior proporção devido a estarem salientes uns em relação aos outros", depoimento Pedro Moreira.

Senha do dia:

"Neste mundo não existe nenhuma tarefa impossível, se existe persistência"


Gravataí, 23 e 24/11/2013 - Pág. 4

Destaque da Aldeia

e-mail:gabriel.diedrich@jornaldegravatai.com.br - Fone: 3421.3381

Sessão Solene em homenagem ao Dia da Consciência Negra

Obras da ERS-118 Na manhã de quinta-feira (21), o diretor de Gestão e Projetos do Daer, Miguel Molina, acompanhado do coordenador do projeto de duplicação da ERS-118, Tadeu Almeida, participou de uma reunião na sede da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal) para tratar das obras da rodovia. O encontro teve a participação do presidente da Granpal, Gilmar Rinaldi, do vice-presidente, Paulo Roberto Bier, e demais prefeitos da região metropolitana. Molina esclareceu que está em estudo, no Daer, a implantação de passarelas em 14 pontos da ERS-118. — Além de todas as outras obras de arte (viadutos) já projetadas e licitadas, estamos trabalhando intensamente para entregar essa obra à comunidade até o final de 2014 — explicou. O coordenador do projeto de duplicação relatou as dificuldades encontradas em cada lote: o Lote I - do km 11 ao 22,4 possui 60% dos serviços concluídos. Todos os entraves com a empresa Triunfo foram resolvidos e os trabalhos estão em andamento desde agosto deste ano. No Lote II - do km 5 ao 11 -, 57% da obra está concluída pela empresa Sultepa. O Lote III - do km 0 ao 5 - é o que apresenta maiores problemas devido ao processo de desapropriação das famílias ocupantes da faixa de domínio da rodovia.

Voto aberto Defensora do voto aberto para todas as decisões do Congresso Nacional, a senadora Ana Amélia (PP-RS) cobrou nesta semana que a PEC 43/2013 seja votada, no máximo, até a próxima terça-feira (26). A análise da matéria, em segundo turno, estava marcada para essa semana, mas foi adiada por duas vezes em função de acordo de líderes partidários. — Não podemos mais adiar a decisão sobre essa importante matéria. O Senado precisa responder adequadamente às ruas — disse a senadora. A PEC, aprovada em primeiro turno no último dia 13, proíbe todo e qualquer tipo de voto secreto no Congresso Nacional, Câmara dos Deputados e Senado Federal.

A Câmara de Vereadores de Gravataí realiza na próxima terça-feira (12), às 19h30, sessão solene de entrega da premiação Destaque da Aldeia 2013. O evento ocorre no plenário do poder Legislativo.

A

Câmara de Vereadores realizou, na última quarta-feira (20), Sessão Solene em homenagem ao Dia da Consciência e entrega do Troféu de Mérito Sônia Paim, na sede da Associação Cultural e Beneficente Seis de Maio. A solenidade é realizada todos os anos, dentro das atividades da Semana da Consciência Negra, que este ano contou com o apoio da Câmara de Gravataí. Além dos vereadores integrantes da Mesa Diretora do Legislativo: presidente Nadir Rocha (PMDB), vice-presidente Roberto Andrade (PP), 1° secretário Evandro Soares (DEM), 2ª secretária Maribel Wagner (PCdoB); participaram da homenagem a assessora de Políticas Públicas para o Negro da Prefeitura, Pa-

mela Iris Mello da Silva, e o vice-prefeito Francisco Pinho, representando o Poder Executivo. O 20 de novembro foi estabelecido pela Lei Federal nº 10.639/2003, como o Dia da Consciência Negra. A data demarca o dia, no ano de 1695, em que morreu Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares e uma referência entre os heróis brasileiros. Zumbi é o personagem histórico que representa a luta do negro contra a escravidão, no período do Brasil Colonial. Ele morreu em combate, defendendo seu povo e sua comunidade. Os quilombos representavam uma resistência ao sistema escravista e também uma forma coletiva de manutenção da cultura africana aqui no Brasil. Zumbi lutou até

a morte por esta cultura e pela liberdade do seu povo. PRESENÇAS Também participaram da solenidade o secretário municipal de Esporte e Lazer, Luciano Oliveira, o presidente da Associação Cultural e Beneficente Seis de Maio, Lisandro Paim, a presidente da Concaugra, Joice Baldez, a presidente do Quilombo Manoel Barbosa, Márcia dos Santos; a representante da 28ª Coordenadoria Regional de Educação, Fátima Azambuja; a Miss Beleza Negra de Gramado, Thayná Lopes; o chefe de gabinete do deputado estadual Miki Breier, Juliano Paz; a Miss Quilombola 2013, Bruna Santos da Silva; e a Princesa Quilombola 2012, Taís Longhi.

Fundo Municipal do Idoso A Prefeitura através da Secretaria Municipal da Governança Comunitária (SMGCOM), pela sua Assessoria de Políticas Públicas para o Idoso (APPI), juntamente com o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI) e a Comissão do Idoso da Câmara de Vereadores, deram mais um importante passa nesta sexta-feira para a implantação do Fundo Municipal do Idoso. Na ocasião, dois palestrantes abordaram no plenário do Legislativo as formas de participação da comunidade no Fundo Municipal do Idoso. Segundo a presidente do CMDPI, Viviam Elizabeth Araújo, o maior patrimônio de um Município não são os recursos financeiros, mas sim o seu cidadão: — Os recursos tributários e outros decorrentes da estrutura municipal devem ser alocados a serviço da vida, do bem estar e da dignidade do conjunto da população, e principalmente daqueles que já deram sua parcela de realizações, os idosos.

Rodeio do Mercosul

Homenagem ao Dia da Consciência Negra teve entrega do Troféu Sônia Paim

PREMIAÇÃO O Troféu de Mérito Sônia Paim foi instituído pelo Decreto Municipal nº 7.873/2006, para homenagear pessoas que tenham se destacado no combate ao racismo e a favor da cultura afrobrasileira. Este ano, os homenageados foram: Areanne Lopes - é representante de comunicação da Associação Internacional Afro-Umbandista, e defende fortemente os terreiros de Gravataí. Rosangela Santos Rosa atua no carnaval, nas festas populares e típicas, e participa das atividades culturais afrobrasileiras. Sandro Laerte Paim - viúvo de Sônia Paim, colabora com a cultura afro no Município. Atualmente é o presidente do Conselho Deliberativo da Escola Samba Acadêmicos de Grava-

taí.

Nilda dos Santos Nunes - a cultura afro de Gravataí está ligada à família Catuta. Seu pai Adão Catuta foi um dos fundadores da Associação 6 de Maio e o primeiro presidente. Vários blocos carnavalescos que saíam de dentro de sua casa, foram a raiz do Acadêmicos de Gravataí. Na música o conjunto Catuta Boys que animava os bailes de carnavais e outros. Maria de Lourdes Soares, mais conhecida como a Dona Maria - trabalha com a comunidade há mais de 40 anos – desde associações, clube de mães, sempre ajudando os umbandistas e espíritas de Gravataí. Antonio Costa – é diretor da ONG Quilombola Frente Sul que auxilia os quilombolas a enfrentar seus desafios. Cristina Rocha de Souza, co-

nhecida como mãe Cris de Xangô - é coordenadora da ONG Direitos Humanos – Igualdade de Gravataí. Transexual que trabalha com a população LGBT. Luta a favor dos direitos de raça, credo e gênero em nível nacional através da ANTRA - Associação de Transexuais do Brasil. Vera Lúcia da Silva Pontes – formada em pedagogia e psicopedagogia, é professora da rede municipal há 28 anos e atua na EMEF Getúlio Vargas. Trabalhou em conjunto com os professores Carmem Santos e Milton Pontes, da associação dos estudantes afrobrasileiros antes mesmo da Lei nº 10.639/2003. Atualmente desenvolve palestras sobre a cultura africana e afro-brasileira voltada para educação infantil no Município.

A 18ª edição do Rodeio Internacional do Mercosul de Gravataí, organizado pela Fundação Municipal de Arte e Cultura (Fundarc), CTG Aldeia dos Anjos e Prefeitura, acontece entre os dias 21 e 24 de novembro, no Parque Municipal de Eventos, localizado no Km 17 da ERS118. A diretora-presidente da Fundarc, Fernanda Batista de Fraga, esteve na Câmara de Gravataí, acompanhada da prenda Paola Ávila, do CTG Aldeia dos Anjos, para divulgar e convidar os parlamentares a participarem do evento tradicionalista. Alan Vieira foi um dos vereadores visitados em seu gabinete.

Fernanda e Paola no gabinete do vereador Alan Vieira


Gravataí, 23 e 24/11/2013 - Pág. 5

Primeiro dia de Shopping supera expectativas Público é recebido com salva de palmas pela diretoria do empreendimento Karina de Freitas Larissa Hoffmeister

E

uforia traduziu o primeiro dia de shopping em Gravataí. O empreendimento abriu as portas na manhã de ontem (22) atraindo grande público. Mais de 1000 pessoas aguardavam a abertura em frente ao empreendimento. Recepcionadas com uma grande salva de palmas pela diretoria do shopping, pelos corredores era nítido que todos estavam impressionados com a grandiosidade do espaço. De acordo com a superintendente do Shopping Gravataí, Catia Baquini, a maior expectativa para a abertura foi a de como os clientes reagiriam ao novo empreendimento. ‘’Foi uma grande surpresa! A frente do shopping, antes das 10 horas, já estava lotada. A nossa diretoria fez questão de se reunir na porta principal para receber a todos com uma salva de palmas. Assim que a porta se abriu, os clientes também aplaudiram com uma receptividade e aceitação encantadoras. As pessoas olhavam admiradas e muito curiosas. Ali, percebemos que os gravataieses programaram-se mesmo para a inauguração. Olhavam com um só olhar, mas queriam ver tudo ao mesmo tempo. É muito gratificante. No horário de almoço, outro momento especial aconteceu – amigos, estudantes, colegas de trabalho e famílias reunidas na praça de alimentação como se estivessem comemorando também a abertura do shopping. Quem compareceu neste primeiro dia, pode além de conferir um shopping de pujança arquitetônica, várias atividades especiais foram oferecidas pelas lojas já em funcionamento. Espaços recreativos para crianças em que puderam brincar, desenhar e registrar os momentos de brincadeira com a câmera instantânea. Os lojistas disponibilizaram entrega de brindes, sacolas de ecológicas, pipoca e algodão doce para a criançada. Em frente a loja Radan Esportes, Ra-

quel Benetti estava fazendo machadinhas, as pessoas encantadas com a paravam parar assistir ao show de habilidade. Segundo a superintendente, até o próximo dia 15 serão inauguradas mais cinco lojas no espaço. O Shopping Gravataí também promete uma nova atração para encantar os olhos dos gravataienses, a decoração de Natal, que começa a ser montada na próxima semana. A loja Pompéia estava em clima de festa com som ambiente e distribuição de brindes para os clientes. A gerente Ana Cristina Vogelei, trabalhou em lojas do grupo na capital por dez anos. "Não conhecia Gravataí, mas estou ambientada a cidade, realizamos durante um mês treinamentos dos 28 funcionários. A inauguração da loja superou as nossas expectativas. A população estava aqui prestigiando a loja que preparamos para eles. Os clientes já estavam realizando as compras é um retorno muito importante para nós", destacou. As amigas Cleni Barbosa, 51 anos, moradora do bairro Grand Ville e Adriana Fagundes da Silva, 26 anos, aproveitaram para conhecer o novo empreendimento da cidade e fazer compras. "Vim para comprar um presente de aniversário, aproveitei e comprei um presente para mim também", comentou Cleni. O primeiro dia do shopping foi marcado pela confraternização em família, mães e pais levaram os pequenos para passear no local. Jerusa da Luz, 39 anos, moradora do bairro Parque dos Anjos, levou a filha Sophia de um ano e cinco meses para passar a tarde no shopping. As moradoras do bairro Neópolis Janice Sagiorato, Alessandra Sagiorato e o pequeno Pedro Henrique Sagiorato de um ano e meio, aproveitaram para curtir o primeiro dia das atividades do shopping. "Estamos passeando e aproveitando para fazer as compras, já gastei R$ 500 reais nas lojas", comentou Janice.

FotoS: Karina de Freitas e Larissa Hoffmeister/JG

Superintendente Catia Baquini parabenizou Jornal de Gravataí pelo encarte especial de inauguração, que circulou na edição de sexta-feira

Gerente da loja Pompéia recepciona os clientes

Embaixadinha animaram o público


Gravataí, 23 e 24/11/2013 - Pág. 6

A vida é feita de primeiras vezes. Tem a mãe de primeira viagem, a primeira palavra, o primeiro passeio em família. Chegou a vez de Gravataí experimentar a felicidade de ter o seu primeiro shopping: o Shopping Gravataí. Um lugar voltado às compras, lazer e muita diversão. Venha conhecer e se emocionar.

A felicidade do

5 Lojas-Âncora | 160 lojas | Praça de Alimentação


GravataĂ­, 23 e 24/11/2013 - PĂĄg. 7

  m O primeiro presente. primeiro shopping.

Cinemas 3D | DiversĂľes EletrĂ´nicas | Estacionamento

www.shoppinggravatai.com.br Av. CentenĂĄrio, 555 - GravataĂ­ - RS


Gravataí, 23 e 24/11/2013 - Pág. 8

Luiz Marenco e Tchê Barbaridade animam primeira noite no Rodeio do Mercosul Show e baile seguiram durante a madrugada

E

a primeira noite do 18º Rodeio Internacional do Mercosul contou com shows de conhecidos nomes da música gauchesca. Luiz Marenco foi o primeiro a subir no palco principal do evento. Após apresentar uma série de músicas conhecidas do público tradicionalista, foi a vez do Tchê Barbaridade invadir a madrugada no Parque Municipal de Eventos. Depois de mostrar seus clássicos e algumas novidades, Luiz Marenco agradeceu o “carinho do público gravataien-

Foto: DIVULGAÇÃO/PMG

se, que mais uma vez, o acolheu de braços abertos”. Fã de Luiz Marenco e da música gaúcha, Vânia Padilha abraçou o ídolo e disse estar muito feliz por conhecer o cantor nativista. Já o vocalista do grupo Tchê Barbaridade, Marcelo Noms, se disse muito feliz. “É um prazer poder tocar no tradicional Rodeio Internacional do Mercosul”, declarou o cantor no início do baile, garantindo que a festa não teria hora para acabar.

Programação 23/11 – Sábado 06:00h: Alvorada Festiva 08:00h: Hasteamento das Bandeiras 08:30h: Abertura das provas campeiras com convidados, laço pai e filho, laço piá, laço internacional de duplas Obs: classificação do laço de duplas internacional será 3, 4, 5 e 6 armadas, sendo que, as duplas de 3 e 4 disputarão R$5.300,00 será distribuído até o 10º lugar as duplas de 5 laços disputa do prêmio R$8.000,00 e 6 disputarão R$10.400,00 até o 10º lugar. 09:00h: Início do torneio de bocha 09:30h: Abertura oficial do 18º

Rodeio Internacional do Mercosul 11:00h: Início do Concurso de Danças Tradicionais Grupos Mirim e Juvenil 14:00h: Início dos Concursos Artísticos Individuais, Declamação Mirim e Juvenil 16:00h: Início do torneio de truco 18:00h: Arreamento das bandeiras 18:00h: Sorteio das modalidades adulta e veterana de danças tradicionais 19:00h: Gineteada Internacional 20:00h: Show com César Oliveira e Rogério Melo 22:00h: Entrega das premiações das modalidades individuais e das

danças tradicionais 23:00h: 6 horas de baile com Machado e Balanço do Tchê e Portal da Vaneira 24/11 – Domingo 06:00h: Alvorada Festiva 08:00h: Hasteamento das Bandeiras 08:00h: Provas de rédeas (Piá, Peão e Prendas) 09:00h: Laço Prenda (Individual) 09:00h: Início do Concurso de Danças Tradicionais Adulto 09:00h: Reinicio do torneio de bocha 09:00h: Reinicio dos concursos

artísticos: declamação adulta, chula mirim, juvenil e adulta 09:30h: Laço Índio 10:00h: Laço Vaca Parada 10:00h: Finalíssima Laço Internacional de Duplas 13:00h: Início do concurso solista vocal (até 15 anos e adulto) 15:00h: Início do torneio de tava e tetarfe 17:00h: Finalíssima Gineteada Internacional 18:00h: Arreamento das Bandeiras 20:00h: Entrega das premiações As provas serão de acordo com o regulamento do MTG

Prefeito almoça com o Piquete Amizade e Tradição no Rodeio Internacional do Mercosul O Prefeito Marco Alba, acompanhado de secretários e demais autoridades do executivo, almoçaram nesta sextafeira (22) junto do piquete Amizade e Tradição no 18º Rodeio Internacional do Mercosul. O churrasco oferecido pelos tradicionalistas foi uma forma de integração do piquete com o executivo municipal. O patrão do piquete, Ramiro Araújo, também presidente da Associação de Moradores do Banhado Gravataí agradeceu a presença de todos, em especial do prefeito Marco Alba. A 18ª edição do Rodeio Internacional do Mercosul é organizado pela Fundação Municipal de Arte e Cultura (Fundarc) e CTG Aldeia dos Anjos e conta com apoio da Prefeitura. Concursos, apresentações, exposições fotográficas, shows musicais e os tradicionais bailes são as atrações programadas para os quatro dias do Rodeio, além das atividades típicas como as provas de laço e gineteada, dentre outras de cunho artístico, esportivo e campeiro. O Parque de eventos fica no Km 17 da ERS 118 e a programação tem entrada franca.


Gravataí, 23 e 24/11/2013 - Pág. 9

Governo apresentará balanço dos seis meses das tornozeleiras eletrônicas no Estado Será apresentado balanço do programa de monitoramento eletrônico e seu reflexo no sistema prisional Foto: DIVULGAÇÃO/JG

O

secretário da Segurança Pública, Airton Michels, e o superintendente da Susepe, Gelson Triesleben, concederão entrevista coletiva na segunda-feira (25), às 9 h, na Sala de Reuniões da Secretaria da Segurança Pública (Rua Voluntários da Pátria, 1358, 8º andar, Ala Norte). Será apresentado balanço do programa de monitoramento eletrônico e seu reflexo no sistema prisional, além de novidades sobre o projeto. A implantação das tornozeleiras eletrônicas em apenados do regime semiaberto completa seis meses na próxima quarta-feira (27).

Instalação da Câmara de Enfrentamento à Violência contra a Mulher marca encerramento de encontro No segundo dia do III Encontro Estadual de Gestoras de Políticas para as Mulheres, a Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres (SPM) realizou a cerimônia para assinatura da ata de instalação da Câmara Técnica Estadual do Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra a Mulher. A câmara técnica, instituída no âmbito do comitê gestor de políticas de gênero criado em março de 2011, pelo Decreto nº 47.868, tem entre suas atribuições o papel de acompanhar, monitorar e avaliar o cumprimento das metas propostas e da execução do Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra a Mulher. Durante o ato nesta quartafeira (20), a titular da SPM, Ariane Leitão, falou sobre a importância de ações como esta, que permite o avanço das ações de enfrentamento à violência contra a mulher: "Pactuar com representantes de todos os poderes e entre os entes federativos representa mais proteção às mulheres e meninas gaúchas e, consequentemente, a possibilidade de desenvolvermos cada vez mais ações para promover a independência feminina". A partir da instalação da Câmara Técnica, será formalizado o grupo de trabalho da Casa da Mulher Brasileira, a ser construída no Centro Humanístico Vida, em Porto Alegre. A casa, parte do programa Mulher, Viver Sem Violência, se constitui como um espaço que reunirá serviços como atendimento psi-

cossocial, acolhimento, abrigo, juizados, varas e orientação sobre oportunidades de trabalho e qualificação profissional para vítimas de violência. Representando o governador Tarso Genro, a chefe-adjunta da Casa Civil, Mari Perusso, falou sobre as últimas ações que vem consolidando a política pública estadual de atenção às mulheres, como a institucionalização da Rede Lilás, a criação da Lei das Tornozeleiras para os agressores de mulheres e o anúncio para a instalação da Casa da Mulher Brasileira em Porto Alegre. "Aqui fechamos um ciclo em relação ao combate à violência, com a estruturação de ações articuladas para efetivar as políticas públicas. Tudo isto, nos permite dizer que somos um governo que cumpre seu papel em relação à defesa das mulheres. A mulher gaúcha pode dizer que tem um Estado que se preocupa com ela, avançando rapidamente para recuperar o atraso de muitas décadas nesta área, mas que se consolida a cada dia, através da participação conjunta e todos os poderes", afirmou Mari. Ações conjuntas e mais juizados especializados Um momento histórico para o Estado. Assim a defensora pública Jamile Toledo, definiu o ato de instalação da Câmara Técnica Estadual do Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra a Mulher. "Percebemos que o Governo está olhando para os direitos das

mulheres e investindo nas políticas de gênero. E cabe a cada um de nós, poderes constituídos, fazer nossa parte". Em nome do poder judiciário, a juíza Madgéli Frantz Machado, do Juizado da Violência Doméstica e Familiar de Porto Alegre, afirmou que a soma de esforços apresentadas com a instalação da Câmara Técnica reforça a parceria já instituída com a SPM pela defesa das mulheres. Na oportunidade, a juíza ainda anunciou o encaminhamento de Projeto de Lei pelo Tribunal de Justiça à Assembleia Legislativa para a criação de mais oito juizados especializados no tratamento da matéria da violência doméstica contra a mulher. "Assim que aprovados, serão contempladas as comarcas de Canoas, São Leopoldo, Santa Maria, Rio Grande, Caxias do Sul, Passo Fundo e Novo Hamburgo", revela. Este encaminhamento representa uma resposta à demanda advinda do movimento de mulheres e que ganhou força com as reivindicações da SPM gaúcha. O secretário estadual da Cultura, Assis Brasil, apontou o fato de se pensar a cultura para além das artes, como forma de oferecer às mulheres novas perspectivas de ações para seu desenvolvimento pessoal. "É preciso pensar também pela perspectiva da economia, como geradora de renda e, principalmente da inclusão social. Com esta compreensão, poderemos avançar ainda mais nas políticas estaduais voltadas para as mu-

lheres". RS se destaca em políticas para as mulheres Em nome da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres, a Secretária Adjunta de Políticas do Trabalho e Autonomia Econômica das Mulheres, Neuza Tito, afirmou que o governo brasileiro tem no Estado um parceiro prioritário para o desenvolvimento de ações que visam promover o empoderamento feminino. Ela lembrou que o Rio Grande do Sul foi o último estado a aderir ao Pacto Nacional, em 2011. "Porém, já mostra avanços significativos e concretos por meio da articulação com diferentes poderes para a ação efetiva de enfrentamento à violência contra a mulher". Sobre a Câmara Técnica A referida câmara técnica será responsável também pela constituição do grupo de trabalho que tratará da implementação da Casa da Mulher Brasileira. O Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra as Mulheres tem como eixos de atuação: a garantia da aplicabilidade da Lei Maria da Penha; a ampliação e o fortalecimento da rede de serviços para mulheres em situação de violência; a garantia da segurança cidadã e acesso à justiça; a garantia dos direitos sexuais e reprodutivos, o enfrentamento à exploração sexual e ao tráfico de mulheres; e a garantia da autonomia das mulheres em situação de violência e ampliação de seus direitos.

Homem condenado por roubo é preso em Alvorada Na tarde desta sexta-feira (22/11), policiais da 3ª DP de Alvorada, coordenados pelo Delegado André Lobo Anicet, prenderam no bairro Formoza, em Alvorada, R.J.C., de 35 anos. A prisão decorreu de cumprimento de mandado de prisão, expedido pela Comarca de Alvorada, em decorrência de condenação a 12 anos de reclusão, por roubo. Segundo o delegado Anicet, o homem possui, uma vasta ficha de antecedentes policiais, com passagens divers por roubo, furto, posse de entorpecentes, homicídio, porte de arma, ameaça e lesão corporal. O preso foi encaminhada à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Alvorada (DPPA) para formalização da prisão e, após, ao sistema prisional.

Operação em Santiago combate o abigeato Policiais da 21ª Delegacia de Polícia Regional (DPR) - Santiago -, deflagraram, na manhã desta sexta-feira (22/11), em Itacurubi, a Operação Abate coordenada pelo delegado Vladimir Haag Medeiros, titular da DP de Santiago, visando o combate à prática do abigeato, após várias denúncias da existência de pontos de abates e venda clandestina de carne no município. A operação contou com o apoio da Brigada Militar com policiais do POE, Patrulha Rural, Inspetoria Veterinária e Vigilância Sanitária e a participação de 23 policiais civis. Os policiais cumpriram dez mandados de busca e apreensão em açougues, mercearias, supermercados e em pontos clandestinos de abates no interior do município. Foi apreendida aproximadamente 740kg de carne bovina e outras espécies sem procedência e imprópria para o consumo, 16 couros e vísceras com sinais recentes de abate. Também foram apreendidas ferramentas e outros equipamentos utilizados no abate, bem como máquina para cortar carne, serras, balanças etc. Sete pessoas foram presas e encaminhadas ao Plantão da Polícia Civil de Santiago para os procedimentos legais.


Gravataí, 23 e 24/11/2013 - Pág. 10

Inter faz de duelo com Coritiba decisão pela permanência na Série A Assombrado pelo fantasma do rebaixamento, o Inter trata a partida contra o Coritiba como uma verdadeira decisão de campeonato. Hoje, o time colorado está com 45 pontos, na 11º colocação e a quatro pontos do time paranaense, que é o primeiro time na zona do rebaixamento. Na matemática, serão necessários mais quatro pontos nas três ultimas rodadas do Brasileiro para acabar com chance de queda. “O momento que estamos vivendo não é nem de longe aquele em que gostaríamos de estar nesta altura do campeonato. O Internacional é um clube que, sempre que entra em uma competição, almeja o título, e é assim que deve ser sempre. Quem joga no Inter deve sempre entrar em campo preparado e lutando muito por vitórias. Teremos mais três jogos pela frente e a nossa obrigação é colocar o Inter em uma melhor condição na tabela”, destacou o goleiro colorado Muriel. O técnico Clemer acabou ganhando um desfalque de ultima hora para o jogo contra o Coritiba. O zagueiro Jackson, que iria jogar improvisado na lateral direita, acabou sofrendo uma lesão muscular na coxa direita no treino desta sexta-feira e foi vetado pelo departamento médico. O volante Nathan será improvisado no setor. O time colorado foi encaminhado com Muriel, Nathan, Índio, Juan e Fabricio; Willians, Jorge Henrique, Otávio e D’Alessandro; Forlán e Leandro Damião.

Anunciada modernização esportiva da EMEM Santa Rita de Cássia Investimentos serão na modernização da infraestrutura esportiva da instituição de ensino. Conforme cronograma, obras iniciam no primeiro trimestre de 2014

O

prefeito Marco Alba, anunciou na manhã desta sexta-feira (22), em cerimônia oficial na Escola Municipal de Ensino Médio Santa Rita de Cássia, a aprovação pelo Ministério do Esporte, para a implantação e modernização da infraestrutura esportiva da instituição de ensino. A medida tem por objetivo transformar a atual quadra e construir uma estrutura nova poliesportiva fechada e coberta. O novo espaço será utilizado para as aulas de educação física e para o desenvolvimento de novas práticas destinadas para toda a comunidade, através de núcleos esportivos e demais atividades propostas. A obra está prevista para iniciar no primeiro de trimestre de 2014 após a conclusão da licitação

para a execução do projeto. De acordo com o prefeito de Gravataí, Marco Alba, a reconstrução do espaço escolar é uma vitória de toda a comunidade. “Este processo da parceria da população com o poder público celebra o sucesso de se trabalhar pelo bem coletivo. O processo político somente se justifica quando as demandas dos cidadãos são atendidas”, explica. Participaram do evento a secretaria Municipal de Educação, Maria do Carmo, o secretario de Esporte e Lazer, Luciano Oliveira, a deputada federal Manuela D`Àvila e a vereadora Maribel da Rocha Wagner. Projeto

Foto: ASSESSORIA VER. PAULO REMI

O trabalho desenvolvido é devido a uma parceria da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel), com a Secretaria Municipal de Educação (SMED), conforme requerimento da vereadora Maribel da Rocha Wagner ao prefeito Marco Alba e de proposta de

emenda parlamentar da deputada federal Manuela D`Àvila no orçamento do Ministério do Esporte no valor de R$ 292.500 mil com contrapartida do município de R$ 25 mil, do orçamento da Smel, totalizando o valor global de R$ 317.500 mil para a execução da obra.

Sub-17 do Cerâmica treina na tarde desta sexta-feira

Enquanto o time profissional só retorna no dia 02 de dezembro, equipe Sub-17 do Cerâmica segue treinando em ritmo intenso. Na tarde desta sexta-feira, 22, os jogadores participaram de um treino coletivo, em campo reduzido no gramado Suplemen-

tar do Estádio Antônio Vieira Ramos. Os fundamentos também tiveram atenção especial, assim como os goleiros. Já se sabe que o time juvenil do Cerâmica deve atuar em uma competição oficial somente no final do mês de março, de

2014. Porém, a categoria segue treinando no Vieirão para não perder o ritmo e já começar a encaminhar o time para o próximo ano. Na tarde ensolarada desta sexta-feira, o preparador físico Felipe Harzheim e o técnico do infantil, Gilberto Ferreira, mais uma vez substituíram o treinador Luis Eduardo Lima, que se encontra no oeste Santa Catarina, aonde seleciona novos talentos para o Tricolor de Gravataí. Os professores comandaram um coletivo em campo reduzido para movimentar os atletas. Novamente os garotos foram divididos em quatro times, enquanto dois disputavam o

Escolinha treina no suplementar A Escolinha do Cerâmica segue em atividade e revelando novos talentos para o futebol. Na manhã desta quinta-feira, os meninos treinaram no campo Suplementar do Estádio Antônio Vieira Ramos. Os professores Luis Madruga e Sérgio Santos orientaram o coletivo. Para sair um pouco da rotina, os alunos da Escolinha do Cerâmica treinaram no Campo suplementar do Vieirão na manhã nublada de hoje. Acostumados a jogar no

Centro de Treinamentos do tricolor de Gravataí, os meninos fizeram um aquecimento e, na sequência, participaram de um coletivo-técnico orientados pelos professores Madruga e Santos. As aulas da Escolinha ocorrem nas terças e quintas nos períodos da manhã e tarde para meninos nascidos em 2002/03/04/05 e 2006. Nas segundas e quartas é a vez dos garotos nascidos em 1997/1998 e 1999. As matrículas continuam

abertas e para se inscrever e participar da Escolinha Ceramista o aluno precisa pagar uma mensalidade de R$ 60 e comprar o uniforme no valor de R$ 80, além de trazer os seguintes documentos: - Cópia do RG (aluno) - Cópia da certidão de nascimento (aluno) - Atestado médico - 2 fotos 3X4 - Cópia do RG e CPF do responsável - Cópia do comprovante de residência

jogo, os demais participavam de uma roda de bobinho, mas com atenção dobrada para os passes, domínio e marcação. Os goleiros que não estavam participando do coletivo fizeram um treino específico sob o comando do preparador de goleiros, Luis Bolfoni. A categoria deve jogar um campeonato oficial somente no mês de março do próximo ano. Pensando nisso, a direção do clube deve dar férias aos garotos até o dia 06 de dezembro, com retorno possivelmente no final de janeiro, início de fevereiro. A categoria infantil já está em férias e retorna somente em janeiro


Gravataí, 23 e 24/11/2013 - Pág. 11

Resumo de Novelas

Mundo não consegue perdoar Iolanda por não ter lhe contado que o filho que esperava era dele. Rubens diz a Davi que existem novos métodos que podem ajudálo na sua reabilitação. Manfred planeja com Ernest uma forma de prejudicar a candidatura de Mundo. Tenpa diz a Sonan que Matilde nutre um sentimento por ele e aconselha o monge a ficar atento. Manfred ameaça Davi por causa de Aurora. Mundo é interrompido em seu comício por Rosa, que, aos berros, diz que tem uma filha com ele.

Lili fica magoada com Heloísa. LC supervisiona o carregamento dos jipes e caminhões que chegam à Comunidade. Priscila tenta acalmar Lili, enquanto Rafa pede para conversar com ela. Nilson conta para Fátima que uma mulher foi levada pelo garimpeiro fantasma. Rita recebe um recado para Edu. Celina procura por Matias e deixa Kléber intrigado. Pedrosa avisa a Edu que não poderá fazer a sua entrega. Matias pede para Celina não falar para as pessoas que é a mulher que supostamente foi levada pelo garimpeiro fantasma. Sandra tenta ser paciente com Osvaldo. Rafa conta sobre sua vida para Lili. Álvaro esquece de separar alguns documentos para uma reunião importante, e Thomaz agradece Fernanda por ter feito o trabalho. Guto vê que o perfil falso que criou para William foi acessado.

Félix implora que Pilar pague sua conta no restaurante. Maciel leva Félix para se hospedar em um hotel simples. Valdirene e Murilo armam para conseguir dinheiro com Ignácio e virarem celebridades. Valentim impede Vivian de beber. Rebeca avisa a Pérsio que marcou um jantar para apresentá-lo à sua família. Paloma cancela a dívida de Amarilys no hospital. Pilar marca de sair para jantar com Jacques. Ninho convida Félix para morar com ele, e os dois armam uma vingança contra César. Luciano pede para Paloma ajudá-lo a conseguir uma residência no hospital. Rafael dá uma bicicleta para Linda e Neide fica incomodada. Murilo e Valdirene vão a uma produtora de vídeos. Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora

Culinária

JG

Petit gateau fácil e delicioso u Ingredientes 300 g de chocolate meio amargo derretido, 1/2 xícara de açúcar, 1/2 xícara de margarina, 4 gemas, 8 colheres de sopa de farinha de trigo, 1 colher de sobremesa de essência de baunilha e 4 claras em neve u Modo de preparo Bata o açúcar com a margarina e as gemas até formar um creme vá colocando a farinha peneirada sem parar de mexer e a baunilha. Acrescente o chocolate derretido e por fim as claras em neve. Unte e enfarinhe forminhas próprias se não tiver pode ser de empadinha coloque a mistura sem encher muito e leve para assar por 6 a 8 minutos. Desenforme e sirva morno com sorvete de creme e enfeite com morangos laminados. Tem que ficar molinho no meio. É uma delícia. Nara Gomes Massulo - Nutricionista - naramassulo@terra.com.br

Áries: O Sol começa a caminhar através de Sagitário e você sente seu otimismo e fé serem renovados. O momento envolve viagens internacionais e contatos com pessoas e países estrangeiros. Tempo de questionar sua filosofia de vida. Touro: Com a entrada do Sol no signo de Sagitário, você começa a viver uma fase de mudanças em sua vida, especialmente relacionadas à sua sensualidade e emoções. Suas finanças também passam por um tempo de mudanças positivas. Gêmeos: O Sol começa sua caminhada anual através de Sagitário e os relacionamentos passam a ser o seu foco principal durante as próximas quatro semanas. É hora de fazer parcerias. Um namoro ou uma sociedade comercial podem ser firmados. Câncer: A entrada do Sol no signo de Sagitário vai movimentar seu dia a dia de trabalho. Caso esteja pensando em mudar de emprego, este é um bom período para começar a procurar. Dedique-se a um bom programa de manutenção da saúde.

Solução anterior

Leão: O Sol começa sua caminhada anual através de Sagitário e mexe com seu coração. O amor pode bater em sua porta, depois de algum tempo de resistência. Deixe o controle e os medos de lado e entregue-se para esse sentimento. Virgem: A entrada do Sol no signo de Sagitário vai movimentar assuntos domésticos e os relacionamentos em família. É hora de aprofundar-se e entender o passado. As energias em sua casa melhoram consideravelmente. Aproveite! Libra: O Sol começa a caminhar através de Sagitário e sua vida social ganha um novo movimento. O momento envolve amizades, tanto as antigas, que serão renovadas, quanto novas, que chegam até você. Viagens são beneficiadas.

Otaviano Costa rouba a cena mais uma vez no “Amor & Sexo”

Escorpião: O Sol começa sua caminhada anual através de Sagitário e você se volta para suas finanças. O momento envolve novos acordos e contratos financeiros que podem ser firmado nas próximas quatro semanas. Aumento de rendimentos. Sagitário: O Sol começa a caminhar através de seu signo e você retoma sua vitalidade. Um novo ano astral começa a partir de hoje, o que pede planejamento. A expansão estará presente e as promessas são de crescimento. Mantenha o foco. Capricórnio: O Sol começa a caminhar através de sagitário e sua energia vital é derrubada. Esta é a fase do ano em que você deve fechar para balanço e rever escolhas feitas no último ano astral. É hora de deixar para trás o que não faz mais sentido. Aquário: Nesta fase em que o Sol entra em sagitário, sua vida social ganha um novo movimento e as amizades são renovadas. O momento é ótimo para os trabalhos em equipe e para a elaboração de novos projetos. Um novo contrato pode ser firmado. Peixes: Com a entrada do Sol em sagitário, sua carreira ganha um novo ritmo. O momento envolve expansão e crescimento, além de sucesso e reconhecimento. Aproveite a boa fase profissional para fazer as mudanças necessárias em sua vida.


JORNAL DE GRAVATAÍ Sábado e domingo, 23 e 24 de novembro de 2013

PRÉ-VESTIBULAR JG Dicas do Professor Luciano – "Chambinho da Methodus"

T

udo bom pessoal, dando continuidade a alguns assuntos que podem aparecer no vestibular, vamos analisar dois acontecimentos marcantes na história do mundo. PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL (1914 - 1918) + Teve como causas: - Disputa entre países europeus por mercados e por matéria prima. - Revanchismo francês pela perda da região da Alsácia-Lorena (rica em recursos minerais). - Aumento dos exércitos. - Insatisfação da Alemanha e Itália que foram deixadas de lado no neocolonialismo. RESUMO DA SEGUNDA GUERRA + Teve como causas: - Surgimento de governos totalitários com objetivos militares e expancionistas. - Alemanha nazista e Itália fascista. - Na Alemanha o líder era Hitler e na Itália o líder era Mussolini. - Industrialização da Alemanha e Itália para combater a crise financeira. - Desenvolvimento da industria bélica. - Japão com intenções de ex-

pansão. - Hitler domina os Sudetos (região fora da Alemanha formada por alemães). + Início: - Invasão da Polônia pela Alemanha. - Declaração de guerra pela França e Inglaterra. - Perseguição aos judeus e outras raças consideradas inferiores pelos nazistas. - Duas alianças: * Aliados: Inglaterra, URSS, França e Estados Unidos. * Eixo: Alemanha, Itália e Japão.

- 1939 - 1941: * Vitórias do Eixo. * Ataque à Pearl Harbor (Havai) pelo japoneses. * Estados Unidos entram na guerra. - 1941 - 1945: * Derrotas do Eixo. * Brasil entra na Guerra com 25 mil homens que lutam na Itália. - 1945: * rendição da Itália e Aliados invadem a Alemanha. * Japão só se rende após o ataque às cidades de Nagasaki e Hiroshima com armas nucleares,

01. (14-2013) Em 1918, encerrava-se a Primeira Guerra Mundial, que se caracterizou pelo confronto armado direto entre as principais potências europeias. A respeito do término dessa guerra, considere as seguintes afirmações. I – Além da doação do regime republicano, a Alemanha foi forçada a pagar indenizações pelos danos causados aos países vencedores. II Apesar das perdas econômicas e demográficas, a guerra não abalou a hegemonia da Europa que manteve seu poderio intato. III – A Áustria e a Hungria como estados independentes surgiram do colapso do Império Habsburgo. Quais estão corretas? a) Apenas I. b) Apenas II. c) Apenas I e II. d) Apenas I e III. e) I, II e III. Resolução: Apenas a afirmação II é errada, pois a Europa ficou destruída, então ela perdeu força internacional, abrindo espaço para os Estados Unidos. D)

- Política de alianças. Tríplice aliança: Alemanha, Itália e Império Austro-Húngaro. Tríplice Entende: Rússia, França e Inglaterra. + Ponto de partida - Assassinato do príncipe Francisco Ferdinando (Áustria) em Sarajevo por um jovem do grupo Mãos Negras (Sérvia). - Império Austro-Húngaro declara guerra contra a Sérvia. - Primeiros conflitos foram fora da Europa (Oceania e África). - Guerra de trincheiras. - EUA entram na guerra apoiando a Tríplice Entende. - Vitória da Tríplice Entende. - Tratado de Versalhes.

* Redução dos exércitos da Alemanha. * Controle sobre a indústria bélica da Alemanha. * Devolução da região da AlsáciaLorena para a França. * Alemanha tem que pagar os prejuízos para as nações vencedoras. + Consequências: - 10 milhões de mortos. - Eua se torna o país mais rico. - Surgimento de países, entre eles a Iugoslávia (vários povos confinados no mesmo território). - Divisão do Império Turco e AustroHúngaro. - Aumento do desemprego na Europa.

com a morte de milhares de civis. + Consequências: - Alemanha teve que pagar indenizações para as nações vencedoras. - O império Austro-húngaro foi desmantelado. - Morte de milhares de pessoas. - Criação da ONU. - Estados Unidos dominam o cenário internacional como potência com o enfraquecimento da Europa pelas perdas de guerra. - Início da Guerra Fria entre o bloco capitalista (EUA) e o bloco comunista (URSS).

01. (18-2013) Entre 1939 e 1945, o mundo esteve envolvido na Segunda Guerra Mundial. A respeito dessa guerra, considere as seguintes afirmações. I – Caracterizou-se pela perseguição de vários grupos populacionais, sendo alguns deles vítimas de práticas sistemáticas de extermínio. II Trouxe o enfraquecimento geral dos países europeus e o avanço do processo de descolonização, principalmente na Ásia e na África. III – Teve como consequência o fim da divisão ideológica mundial entre os países com sistemas políticos inspirados no liberalismo e aqueles baseados no marxismo. Quais estão corretas? a) Apenas I. b) Apenas II. c) Apenas I e II. d) Apenas I e III. e) Apenas II e III. Resolução: Apenas a afirmação III está incorreta, pois após o fim da Segunda Guerra, o mundo se tornou polarizado, de um lado o capitalismo, liderado pelos Estados Unidos e do outro lado o comunismo, liderado pela União Soviética.


Veículos & CIA Caderno semanal do Jornal de Gravataí - Sábado e domingo, 23 e 24 de novembro de 2013 - ANO 3 - No 199

Comparativo: Ford New Fiesta e Peugeot 208 se enfrentam com motor 1.5 sob o capô Bonitos, globais e com pacote de equipamentos atraente, compactos que passaram a ser fabricados no País em 2013 mostram as suas armas nas versões de entrada

C

onsiderados os principais competidores atuais do segmento de compactos “acima dos populares”, o Ford New Fiesta e o Peugeot 208 estão deixando muita gente confusa no momento de escolher um hatch com motorização acima de 1.0 litro, nível de acabamento superior e pacote de equipamentos mais farto. Ambos são projetos globais, mas o modelo da Ford já era importado do México desde o final de 2011 antes de começar a ser produzido em São Bernardo do Campo (SP) em março deste ano, enquanto o carro da montadora francesa já estreou no mercado brasileiro com produção local (o 208 compartilha desde abril a linha de montagem, plataforma e outros componentes com o Citroën C3 na fábrica da PSA, na cidade fluminense de Porto Real). Realizamos um comparativo com os dois compactos tendo

como base as configurações de entrada, dotadas de motorização de 1.5 litro. Para isso, utilizamos o New Fiesta S e o 208 Active. No entanto, o Peugeot que ilustra a matéria é uma unidade da versão Allure que esteve conosco durante o Alta Rodagem, portanto, consideramos para o teste apenas o comportamento dinâmico do carro, deixando de lado os equipamentos disponíveis na variante mais cara. Custando a partir de R$ 39.980, o New Fiesta S leva sob o capô um motor 1.5 de 16 válvulas, que desenvolve 107/111 cavalos de potência (gasolina/ etanol) e 14,4/14,7 kgfm a 4.250 rpm, acoplado a um câmbio manual de cinco marchas. De série, o hatch traz ar-condicionado, direção com assistência elétrica, airbags frontais, freios com ABS (anti-travamento) e EBD (distribuidor de frenagem), rádio AM/ FM/USB, avisos de portas aber-

tas e faróis acesos, limpador e desembaçador do vidro traseiro, chave canivete, vidros dianteiros, retrovisores externos, travas das portas eda tampa do porta-malas com acionamento elétrico, alarme volumétrico, faróis com temporizador, ganchos ISOFIX para a fixação de cadeirinhas infantis nobanco traseiro, além de rodas de rodas de aço de 15 polegadas com calotas, entre outros itens. O 208 Active (R$39.990) é equipado com um bloco 1.5, porém de oito válvulas, e 13,5/14,2kgfm a 3 mil rpm. A transmissão também é manual de cinco velocidades. O pacote de equipamentos de série é semelhante ao do New Fiesta, com exceção do sistema de áudio e dos retrovisores elétricos presentes no rival. O 208 só se sobressai em relação ao concorrente a partir da versão Active Pack – lançada em julho por R$ 42.990, mas já ausente do site da fabricante - por contar com itens ausentes nas configurações 1.5 do New Fiesta. Além dos espelhos elétricos, o 208 Active Pack acrescenta volante revestido em couro, central multimídia com tela de 7 polegadas sensível ao toque, sistema de som, GPS e funções do computador de bordo (a variante traz ainda rodas de liga leve de 15 polegadas). O carro como o das fotos, configurado na versão Allure, parte de R$ 46.290 e ainda traz o teto panorâmico fixo. Embora traga alguns equipamentos a mais em sua versão mais barata, o New Fiesta decepciona pelo acabamento simplório demais para um carro de sua categoria. O interior é revestido, predominantemente, em plástico duro na cor preta com arremates dignos de modelos mais populares. A Peugeot, entretanto, mostra mais esmero ao utilizar materiais de melhor qualidade e no cuidado na montagem das peças.

Como andam? Os motores dos dois hatches são bicombustíveis e contam com tecnologia que dispensa o uso do tanquinho de gasolina para a partida a frio. A unidade de força do New Fiesta, no entanto, é feita em alumínio (cabeçote, bloco e cárter) e dotada de comando variável de válvulas. Já o bloco do Peugeot é uma evolução do antigo motor 1.4 do veterano 207. Devido o seu motor ser mais moderno e ter 18 cv a mais, o New Fiesta apresenta desempenho ligeiramente superior ao do 208. As acelerações e arrancadas são mais espertas. Nas retomadas, no entanto, a performance é mais parelha. O câmbio do Ford é um pouco mais macio de operar, enquanto o do Peugeot requer um pouco mais de tempo para se acostumar. Os dois modelos contam com sistemas de direção muito bem acertados, com bom peso e precisão, mas o do 208 merece destaque por ser mais leve em manobras e, principalmente, pelo volante de raio reduzido, que confere uma ótima dirigibilidade em estradas e trechos sinuosos. A suspensão do New Fiesta tem calibração mais firme, mas não castiga os ocupantes ao rodar em vias com asfalto castigado, mas perde em conforto para a do 208. O modelo da marca francesa tem rodar mais macio, porém mantém a firmeza em curvas.

O desempenho ligeiramente superior do New Fiesta fez com que fôssemos com mais frequência ao posto de abastecimento. Enquanto o 208 superava a marca dos 10 km/l, rodando na cidade, o Ford manteve uma média de 7 km/l. Na estrada (a velocidades variando entre 90 e 120 km/h) a diferença foi ainda maior: o Peugeot chegou a registrar um consumo médio de 13 km/l, ante os 8 km/ldo compacto fabricado em São Bernardo do Campo. Vale lembrar que os carros estavam abastecidos com etanol. No quesito consumo, o 208 também levou vantagem nos testes realizados pelo Instituto Mauá de Tecnologia (IMT). Com o combustível vegetal no tanque, o modelo teve as seguintesmarcas: 8,8 km/l na cidade e 12,8 km/lna estrada. O New Fiesta registrou 8,9 km/l em trecho urbano e 11,7 km/l em percurso rodoviário. Abastecidos com gasolina, os resultados foram 11,5 km/l rodando na cidade e 16,2 km/l na estrada para o Peugeot, enquanto o Ford alcançou os 11,2 km/l em percurso urbano e 14,9 km/l no trecho rodoviário. O IMT também levou os carros à sua pista de testes para uma avaliação de desempenho. Abastecidos com o derivado de cana-de-açúcar, o Ford acelerou de 0 a 100 km/h em 12,2 segundos, deixando para trás o Peugeot, que cumpriu a prova em 13,33 s.


2

Veículos & CIA

Sábado e domingo, 23 e 24 de novembro de 2013

Chevrolet Trailblazer leva sete pessoas com conforto e disposição de sobr SUV derivado da picape S10 teve o motor reconfigurado paradesenvolver 20 cv a mais e ganhou sistema MyLink

A

Chevrolet Trailblazer foi lançada no mercado brasileiro em novembro de 2012 com a dura missão de substituir a bem-sucedida e polivalente Blazer. O modelo foi desenvolvido no Brasil, com a parceria de engenheiros da General Motors da Tailândia, dentro do projeto global da atual geração da picape S10. Diferentemente da Blazer – famosa pela imagem de veículo destinado ao trabalho, especialmente por ainda fazer parte da frota de diversas forças policiais do País – o Trailblazer foi criado para atender especificamente à exigência de um novo tipo de consumidor: famílias grandes, endinheiradas e fãs de utilitários fartos em espaço interno e equipa-

mentos. Por isso a Chevrolet aposta na oferta de sete lugares e uma generosa lista de itens de série. O novo jipão da Chevrolet disputa espaço no segmento de utilitários esportivos médios, atualmente dominado pelo Toyota Hilux SW4, fabricado na Argentina. A Mitsubishi concorre na categoria com o Pajero Dakar, montado em Catalão-GO. Disponível em configuração única e completa, a LTZ, o Trailblazer é oferecido em duas motorizações: 3.6 V6 a gasolina (R$ 136.100) e 2.8 turbodiesel (parte de R$ 162.690), esta última testada pelo Carsale. Ambas são equipadas com o câmbio automático de seis velocidades e sistema de tração nas quatro rodas com reduzida.

Mais equipamentos e mais cavalos Embora seja um novato no mercado, o Trailblazer recebeu no final de agosto as suas primeiras modificações, deixando a linha 2014 mais competitiva frente à concorrência. Do lado de dentro, o SUV recebeu como novidade o sistema multimídia MyLink – que estreou no compacto Onix e agora está presente nas linhas Cobalt, Prisma e Spin – com novas funções, como leitorde CD e DVD e GPS integrado. Mas a principal novidade ficou por conta de um “upgrade” no motor movido a diesel, que recebeu um coletor de admissão de plástico (antes era de alumínio), nova injeção de combustível, pistões redesenhados e um novo sistema de recirculação de gases. O trabalho da engenharia da GM surtiu efeito: agora o propulsor passa a entregar 20 cv e 3,1 kgfm de torque a mais. A unidadede força reconfigurada rende 200 cv e 50,1 kgfm a 2 mil rpm. Mercado De acordo com o relatório da Federação Nacional da Distribuiçãode Veículos

Automotores (Fenabrave), o Trailblazer teve 263 unidades comercializadas no mês passado, totalizando 2.219 emplacamentos entre janeiro e setembro. Os números ficaram bem abaixo do principal rival, o Toyota SW4: 756 vendas em setembro e 8.612 no acumulado dos primeiros nove meses de 2013. Conforto e robustez de sobra Produzido na cidade paulista de São José dos Campos, o Chevrolet Trailblazer tem estrutura desenvolvida para suportar com maior robustez as torções estruturais impostas por situações críticas de terrenos acidentados (dificilmente enfrentados por quem paga mais de R$

160 mil por um automóvel). A carroceria é montada sobre chassi e as suspensões, independentes na dianteira e traseira, garantem uma altura em relação ao solo de bons 23,2 centímetros, além de conforto mesmo em pisos mais castigados. Medindo 4,87 metros de comprimento, 1,84 m de altura, 1,90 mde largura (sem contar os espelhos externos), o SUV oferece ótimo espaço interno por conta dos seus 2,84 m de distância entre-eixos. O modelo não lembra em nada a antiquada Blazer, que castigava os passageiros do banco traseiro, que quase se espremiam para acomodar as pernas no exíguo vão atrás dos assentos dianteiros.


Sábado e domingo, 23 e 24 de novembro de 2013

Veículos & CIA

Marcas de luxo agora querem vender motos à classe média do Brasil

3

Fernando Amaral fez as contas de manutenção e seguro antes de comprar a primeira BMW cessionária destinada exclusivamente ao novo consumidor. É possível até que longe das lojas mais badaladas onde a Triumph se hospeda atualmente -- como é o caso da sofisticada concessionária da avenida Juscelino Kubitschek, em São Paulo (SP). Já a austríaca KTM, também conhecida por motos com formas radicas e preço alto, resolveu descer do altar para agradar aos mortais que moram abaixo da linha do Equador. Na Colômbia, por exemplo, a fun-bike Duke 200 está disponível em concessionárias da marca. O

N

o Brasil, as marcas Harley-Davidson, BMW, Triumph e KTM estão ligadas à ideia de motos caras e sofisticadas. E ao ideal de prazer sobre duas rodas destinado a motociclistas que podem investir pelo menos R$ 30 mil para colocar um modelo na garagem. São chamadas de marcas "premium" -- ou de luxo, mesmo -- e além das próprias motos, oferecem status e serviços diferenciados. Mas algo está para mudar. Quem acompanhou a cobertura de Veículos & Cia para o Salão de Motos de Milão 2013, sabe que a americana Harley-Davidson e a inglesa Triumph desceram do salto e já estão de olho no dinheiro suado do consumidor de menor

poder aquisitivo. PRIMO POBRE É o caso da linha Harley-Davidson Street, por exemplo, equipada com motores de 500 e 750 cc. Para os puristas, fãs a nova motorização -- o menor usa refrigeração a água -- pode até soar como ofensa com sua proposta "primo pobre" em relação a modelos como a Fat Boy ou Electra Glide. Os modelos serão fabricados na Índia e nos Estados Unidos, mas com certeza chegarão ao Brasil. Quem esteve perto dessas motos diz que o acabamento não é dos melhores: rebarbas, algumas falhas nos encaixes e peças de qualidade inferior sugerem que o modelo terá mesmo preço baixo.

Mas também é preciso notar que as unidades vistas eram "pré-série", o que pode justificar a má impressão. Uma coisa é certa: servirá como isca para novos consumidores. NOVA VIZINHANÇA Outra novidade ainda mais interessante vem da Triumph. A marca mostrou, também em Milão, a projeção de como pretende atrair consumidores com talão de cheque menos polpudo. Trata-se de uma mini-esportiva de 250 cc com motor de um cilindro. Executivos da marca no Brasil informaram que o modelo deve estrear até o final de 2015 com preço na faixa de R$ 18 mil. A marca terá até um novo conceito de con-

modelo esteve prestes a voltar ao Brasil -- a marca chegou a anunciar a fabricação em Manaus (AM) e a intenção de comercializar 3.000 unidades --, mas a estratégia não vingou por conta da parceria malfadada com o Grupo Izzo, que a representava até 2010. De Milão, porém, chegam novas informações sobre a volta oficial da KTM. Com isso teríamos mais uma marca de luxo olhando para a parte inferior de pirâmide. Alias, a KTM também lançou mini-esportivas no evento, com modelos de 125, 200 e 390 cc. A enxurrada de no-

vidades faz lembrar a campanha da MercedesBenz quando trouxe ao Brasil o modelo Classe A, na virada dos anos 1990, um carro genérico a meu ver, mas que tinha a estrela de três pontas no capô. "Você de Mercedes" era o mote da campanha publicidade veiculada em 1999 para mostrar ao consumidor as vantagens de ter (e poder comprar a prazo) um carro de marca premium. Infelizmente, muita gente que investiu nesse modelo ficou insatisfeita. Algo semelhante pode ocorrer com o setor de duas rodas?


4 Smart fortwo cabrio é conversível com vocação urbana, mas para poucos Veículos & CIA

Sábado e domingo, 23 e 24 de novembro de 2013

Versão de capota retrátil do subcompacto cobra R$ 72.500 pelo charme e praticidade

D

esenvolvido pela parceria entre a Mercedes-Benz e a fabricante suíça de relógios Swatch, o smart fortwo foi lançado no mercado europeu em 1998 como uma alternativa de transporte urbano devido as suas dimensões diminutas. Por aqui, o simpático carrinho começou a ser vendido oficialmente apenas em abril de 2009, porém com uma proposta diferente: embora tenha mantido as vocações citadinas, o fortwo é oferecido a um público “descolado”, que gosta de se destacar nas ruas e, obviamente, pode pagar caro por essa exclusividade. Enquanto o consumidor brasileiro desembolsa R$ 52.500 pela versão de entrada do fortwo - a MHD com motor 1.0 de 70 cavalos de potência -, o europeu paga pouco mais de 13 mil euros (R$ 40.300) pelo mesmo carro. Há pouco mais de um ano, após vender aproximadamente 4 mil carros por aqui, a smart apresentou ao mercado brasileiro a linha 2013 do subcompacto, que traz uma leve reestilização na dianteira, como parachoque redesenhado, luzes diurnas de LED e rodas com novo desenho. Além disso, o modelo ganhava também interior com novos revestimentos, porta-luvas com tampa e uma central multimídia com tela sensível ao toque de 6,5 polegadas, sistema de áudio com AM/ FM/DVDMP3/USB, Bluetooth e GPS. O Carsale avaliou uma unidade da configuração topo de gama do fortwo, a cabrio (conversível) equipada com o motor tricilíndrico de 1.0 litro de 12 vávulas turbo, que desenvolve 84 cv e 12,2 kgfm de torque a 3.250 rpm, e transmissão automatizada de cinco velocidades. Custando a partir de R$ 72.500, o modelo sai de fábrica com direção com assistência elétrica, ar-condicionado, vidros, travas, retrovisores e capota de tecido com acionamento elétrico, rodas de liga leve de 15 polegadas e faróis de neblina em LED. No quesito equipamentos de segurança, o fortwo ganha de lavada da maioria dos carros disponíveis no mercado, pois é equipado com airbags frontais e laterais, freios com ABS (anti-travamento), EBD (distribuidor de frenagem), BAS (frenagem de emergência) e controles de estabilidade e tração.

Embora já esteja no Brasil há mais de quatro anos, o smart ainda entorta pescoços pelas ruas. Rodar a bordo do pequenino é pedir para ser o centro das atenções. Não raro, os motoristas de outros carros puxam conversa e fazem perguntas sobre o subcompacto ao parar no semáforo, enquanto os pedestres esboçam um sorriso ao olharem para o modelo, principalmente se a capota estiver aberta. Medindo 2,69 metros de comprimento (um centímetro a menos que a distância entreeixos de um Renault Fluence), 1,55 m de largura, 1,54 m de altura e 1,86 m de entre-eixos, o fortwo confere bom espaço interno para dois ocupantes. Já o porta-malas tem capacidade para 220 litros de bagagem (ainda assim leva 100 litros a mais que o compartimento do JAC J2, por exemplo). A posição de dirigir é elevada e o motorista tem à sua disposição apenas a regulagem de distância do banco, uma vez que a coluna de direção é fixa por conta de uma barra de reforço do monobloco. O componente faz parte

da estrutura metálica Tridion, que protege os ocupantes como se fosse uma gaiola de segurança. Para curtir o carrinho com os cabelos ao vento, basta abrir a capota, total ou parcialmente, por meio de um botão localizado à frente da alavanca de câmbio. Há a possibilidade de retirar as barras longitudinais do teto para deixar o fortwo cabrio com a cara de um verdadeiro conversível.


ANO 9 - EDIÇÃO 1864ª - DIÁRIO - SÁBADO E DOMINGO, 23 E 24 NOVEMBRO DE DE 2013 - R$ Circulação nos m