Issuu on Google+

Gravataí, 05/08/2013 - Pág. 1

► COLUNA DO GABRIEL

► HOJE

Autorizado projeto para corredor de ônibus na Dorival

Área Azul passa a contar com orientadores

Pág. 4

Pág. 5

ANO 9 - EDIÇÃO 1776ª - DIÁRIO - SEGUNDA-FEIRA, 05 DE AGOSTO DE 2013 - R$ 1,00

Circulação nos municípios de Gravataí, Cachoeirinha, Glorinha e Santo Antônio da Patrulha

► POLÍCIA

Polícia desarticula quadrilha de roubo de veículos

► ESPORTE

Pág. 9

Grêmio e Inter empatam 1ª clássico da Arena

► saúde na uti

Quem vai ajudar Mateus? Paciente aguarda cirurgia há três anos. Na tentativa de amenizar as dores, faz uso de medicação por conta própria, sem a orientação médica

Pág. 6

Pág. 10 ► social

Idosos dos Cras se reúnem para comemorar o Dia do Idoso Contracapa


Gravataí, 05/08/2013 - Pág. 3

Gravataí, 05/08/2013 - Pág. 2 AS GRAVATADAS

Edenir Raupp

enquete JG

Professora de Língua Portuguesa e especialista em Língua Inglesa

Enfim chegou agosto!

Ninguém merece... Ficar na fila dos postos de saúde para pegar ficha para atendimento médico nestes dias de inverno, com frio e chuva, ninguém merece. A população fica mais doente até na hora de buscar tratamento. Todo mundo sabe que existem muitas dificuldades e que as mudanças não acontecem da noite para o dia, mas é preciso mudar este sistema arcaico e precário para pelo menos aceitável. Voltaremos...

Todo recomeço pode ser dolorido, cansativo, mas o importante são as expectativas de possíveis novos começos. Hoje é o recomeço das aulas para as escolas do município de Gravataí. Depois de dias frios, gélidos, em que alunos e professores puderam descansar, ficarem descompromissados com os horários, as escolas nos esperam. Não importa o quanto desejamos ou não estar lá, importa é que temos compromissos, missão de concluir o ano em paz, almejando as férias de verão. Sim, estamos a quatro meses das férias de verão. Aos alunos do último ano de ensino fundamental e do ensino médio, a expectativa de formatura, de festas, passeios. Alguns pensando

Prezados leitores, esta coluna também é sua, para falar conosco ligue 3423.1792.

07- 17 - 38 - 45 - 52 - 56

LOTERIA FEDERAL - Conc. 4785 - 03/08/2013

1º 96.076 2º 32.837 3º 02.975 4º 39.108 5º 44.475

PREVISÃO DO TEMPO Segunda-feira Mín. 14° Máx. 24° Sol o dia todo, com muitas nuvens de manhã. Noite com muita nebulosidade.

Registro nº 39987 do Livro A-4 Filiado à ADI Filiado à ADJORI

Representante Comercial: (51) 3272-9595

jornaldegravatai@terra.com.br jornaldegravatai@gmail.com

Publicação da Empresa Gráfica Jornal 2M Ltda. CNPJ nº 03.851.285/0001-62 Tiragem – 8.000 exemplares Diretor geral: Moacir Oliveira Menezes Diretor administrativo: Gabriel Diedrich Departamento comercial: Adilson Mendes Redação: Karina de Freitas e Claudio Oliveira Editor-chefe e Diagramador: Giulliano Pacheco Colaboradora: Edenir Raupp Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, nº 6125 - Pda. 64 CEP 94.060-001 - Gravataí - RS - Brasil Telefones: (51) 3423.1792 - 3421.3381 Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores.

não realiza trabalhos para aluno, nem faz notas brotarem de avaliações e trabalhos insatisfatórios. Este inverno tem sido rigoroso, mas os dias de temperaturas mais baixas, certamente, foram nas semanas de férias, para sorte e alegria de quem pôde ficar em casa de manhã cedo, sem ter que se preocupar com o horário da aula, ou para quem também pôde chegar a casa mais cedo. Como todo cuidado é pouco, pois a gripe não chegou por esses pagos, fica o alerta a quem não se vacinou contra a gripe A. Agora é focar nos objetivos e encarar os poucos dias frios que ainda virão. Iniciar o segundo semestre em um mês supersticioso pode ser encarado com positividade. Afinal, agosto pode não ser

Tema do dia: o “mês do desgosto”, mas ficar ao seu gosto, conforme suas ações, determinações, projetos e realizações. De acordo com a numerologia, agosto é o número oito, que simboliza o destino, está fora de nosso controle, que também simboliza o infinito. A todos que estão iniciando novos projetos, que tenham sucesso nesta nova etapa. A quem está retornando à rotina, veja pelo lado positivo, pois muitos gostariam de estar em seu lugar, mas que por alguma razão não podem. Aos nossos alunos queridos, um bom retorno às aulas. Aos nossos colegas professores, um bom trabalho, com saúde, paz e tranquilidade.

Qual é a sua opinião sobre a polêmica na liberação do Arena para as duas torcidas no Grenal?

" Acho que Grenal de uma só torcida não tem graça. O legal é a provocação (sadia), a rivalidade e toda magia que envolve esse clássico. Tudo na paz!" Josiane Fontana

"Só acho o preço do ingresso muito caro."

Valmir Almeida Santos

O desconfiado da TI

LOTERIAS MEGA SENA - Conc. 1517 - 03/08/2013

em continuidade nos estudos, escola para o ensino médio, faculdade ou curso técnico. O importante é não parar, pois como dizem os experientes “se está ruim para quem tem estudos, imagina para quem não os tem?”. Depois de um trimestre com atividades, avaliações e parte de um segundo trimestre, o aluno deve estar ciente de que ainda precisa organizar-se para encerrar o segundo trimestre, pois passa muito rápido. Setembro já está logo ali. Num piscar de olhos estaremos no terceiro trimestre. É importante que o aluno se comprometa com os estudos, que os pais acompanhem seu desempenho, que não deixem para dezembro para se lamentarem por terem perdido um ano. Professor não faz milagre sozinho,

Via página do Jornal de Gravataí no Facebook

“Todo mundo em casa e eu indo trabalhar. Escravidão!”, reclamou Ronaldo para si mesmo ao entrar no trem quase vazio rumo ao trabalho. Era feriado e um chamado de emergência o obrigou a se deslocar até a empresa, onde atuava na área de Tecnologia da Informação. Ingressou no trem e a irritação em que se encontrava se dissipou rapidamente, assim que notou a bela morena de coxas grossas sentada à sua direita. “Meu Deus do céu! Que mulher é essa, hein? Linda e muito gostosa. Nossa!”, pensou. A morena como se lesse pensamentos abriu um sorriso para Ronaldo. Ele retribuiu e arrumou-se no assento. O barulho do trem em deslocamento inundou o vagão. Em meio às esporádicas cobiçadas na morena, que não lhe tirava os olhos, Ronaldo ficou a divagar sobre as próprias inquietações, mexendo no telefone e tendo como trilha sonora a banda Pearl Jam no fone de ouvido. Foi quando a morena inesperadamente bateu no seu ombro: - Oi! - Opa! Oi... - Tudo bem? - Tudo! - O que está escutando? - Pearl Jam. Gosta?

- Gosto! É muito bom! - É mesmo! - Um ótimo fundo musical para uma transa... Eu acho pelo menos! - Ô se é! - Está indo onde? - Para o trabalho... - Putz! Em pleno feriado? Com tanta coisa interessante para fazer... - Pois é... - Tomar um chopp comigo... Não seria um bom programa? - Seria! Mas... - Mas? Silêncio. Ronaldo olhou a morena de cima a baixo. Era muita “areia para o seu caminhão”. O seu senso de desconfiança despertou. Tinha coisa errada. Não podia uma mulher linda como aquela se interessar por ele. Nunca tinha acontecido. “Por que agora?”, questionou-se. Não podia ser verdade. Tinha armação. “A esmola era demais”, pensou. - Trabalha com o quê? - Informática... - Hum... Já desconfiava! - Ué! Por quê? - Todos vocês que trabalham com isso tem um jeitinho de nerds... - Para com isso! - E eu adoro! - Hum... - Tem um ar de mistério que me atrai. Sei lá!

- Sei... Sei... Trabalhas onde? - Sou secretária. - Sei... - Por que essa cara? - Não é modelo? - Não! - Não mesmo? - Não! - Sei... Sei... - E aí, vamos tomar um choppinho? - Não vai dar. Tenho que descer na próxima estação... - E depois do trabalho, talvez? - Fala sério! - O quê? - Estou participando de alguma pegadinha da televisão, né? - O que está falando? - Teste de fidelidade do João Kleber é isso? - Não estou entendendo! - Pegadinha do Domingo Legal, então? - Não viaja! - Da Record? - Não viaja! Por que está perguntando isso? - É que... - Sua estação está chegando. Vamos ou não tomar um choppinho? Anota o meu telefone aí... Ou melhor, me adiciona no Facebook: Sheila Silva! Conversamos por lá! Nome? - Me diz uma coisa: vai me sair quanto essa saída? Neste instante o trem para na estação.

- Como assim? - Olha, como assim? Vai me sair quanto essa saída? Está na cara que você é... - Agora entendi! Seu grosso! Estúpido! Idiota! Está pensando o quê? Palhaço! Ronaldo desce do trem em meio aos xingamentos da morena. A situação o atordoa o restante do feriado. No dia seguinte, ele resolve desabafar com um amigo sobre o ocorrido e narra-lhe toda a história, que com uma visão menos cética e maior senso de oportunidade, indaga-lhe? - Em algum momento chegou a te passar pela cabeça que ela realmente poderia estar interessada em ti? A morena recusou-se a adicioná-lo no Facebook que mostrava o seu perfil como secretária de um escritório de advocacia. Todo o dia Ronaldo vai à estação de trem a sua procura, mas sem sucesso. Então, balançando a cabeça de um lado para outro e como um louco esbraveja penitenciando a si mesmo: - Burro! Burro! Burro! Rodrigo Ramazini Cronista

"Acho que deveria em qualquer estádio ser meia torcida pra cada lado, pois é Grenal." Arao Fialho

"No início achei que era muito exagero deixar o clássico com uma torcida apenas. Mas diante dos fatos ocorrido na estação em Sapucaia, com a briga das duas torcidas, começo a me convencer de que seria melhor torcida única mesmo. As pessoas infelizmente perderam a noção do que é torcer. O que,mesmo sendo a minoria, causa medo em quem vai o estádio pra torcer."

Michel de Souza

Essa é uma coluna do povo para criticar elogiar e botar a boca no trombone sobre aquilo que os leitores entenderem por certo ou errado. Entre em contato com a redação, pelo telefone 34213381 ou mande seu e-mail para jornaldegravatai@terra.com.br. Junto mande seu telefone e endereço.

Remédios no lixo O Silva abre a coluna de hoje com uma denúncia grave, postada nas redes sociais por um médico. Ao publicar este caso o colunista destaca não o fato em si, mas as coisas mais escabrosas que são permitidas por legislação que protege ações deste tipo, ainda que contrárias ao bom senso. Leia a seguir: “Ainda esta semana (semana passada) foram encontrados medicamentos dentro do prazo de validade em lixões no município de Gravataí, provenientes do hospital da cidade. Caixas e caixas de remédios que poderiam ser distribuídos para a população que necessita, foram colocados fora. Aliás isto é uma prática costumeira nos hospitais públicos e postos de saúde em todo o País”. Qual o motivo? “Há uma determinação do Ministério da Saúde, de que medicamentos oriundos de doações, inclusive amostras grátis de laboratórios, devem ser colocados fora, não podendo ser oferecidos para a população. Num dos inúmeros questionamentos, procurei saber por que este desperdício de colocar fora medicamentos de boa qualidade, e oferecer para a população, os atuais, a maioria de qualidade duvidosa. Sem contar que na maioria das vezes, cometem a crueldade de não dispor os principais medicamentos para a população”. Recebi como resposta: O médico que questionou o Ministério da Saúde acabou recebendo a resposta a seguir: “As multinacionais utilizam os postos de saúde para fazer propaganda de seus produtos, oferecendo amostras grátis, e isto é inadmissível”. Como assim? “Deixa eu ver se entendi: Para os que determinaram que não podem ser distribuídos amostras grátis em postos de saúde, a necessidade de um medicamento salvador de um doente não é o mais importante. O que é inadmissível é os laboratórios oferecerem caixas e caixas de remédios que costumam faltar nos postos de saúde, porque estão fazendo propaganda de seus produtos, ou na linguagem dos que criaram esta determinação, as multinacionais, os poderosos, as oligarquias, as elites, os americanos. Ah tá! Agora eu entendi. O povo que se dane. Toneladas e toneladas de medicamentos em ótimas condições de uso, são colocados fora, para evitar que os laboratórios façam a sua propaganda". Sonho de consumo... “O sonho de consumo desta gente é que todos os médicos façam o mesmo: limpar suas prateleiras de amostras, colocando tudo no lixo, independente de serem ou não úteis à população. E o pior é que estão se esforçando em fazer isto”. Recado dado doutor.

Senha do dia:

“Estamos ficando doentes de tanto esperar na fila do SUS...”


Gravataí, 05/08/2013 - Pág. 5

Gravataí, 05/08/2013 - Pág. 4 Sessão solene

e-mail:gabriel.diedrich@jornaldegravatai.com.br - Fone: 3421.3381

Dilamar pede valorização dos escritores locais Com a proximidade da Feira do Livro Municipal, o vereador Dilamar Soares pediu, na tribuna da Câmara de Vereadores, a valorização dos escritores locais. - Daqui uns dias teremos a feira do livro, na cidade. Todos os anos escolhemos, como Patrono da Feira, escritores de fora da cidade. Acho que chegou a hora do nosso município dar exemplo e valorizar a nossa gente. Escritores que se predispõem a escrever um livro com extrema dificuldade, lutando por patrocínios para poder publicar Colocou, na tribuna, o parlamentar. Desde o início do seu mandato, Dilamar tem se mostrado um fomentador das manifestações culturais do município, sobretudo, na valorização da arte e artistas locais.

Paulinho em mais uma ação social Na última sexta-feira, vereador Paulinho da Farmácia esteve com Dona Sebastiana de 82 anos. A moradora da Rua Amaral Ribeiro, que têm uma vértebra fraturada, consequência de um acidente doméstico, recebeu uma cadeira de rodas, que lhe proporcionará maior conforto e comodidade em seu dia a dia. "Amigos, sem dúvida, fui a pessoa mais beneficiada da história, pois o carinho que recebi da minha mais nova amiga não tem preço!", destacou o vereador.

Paulinho e Dona Sebastiana

Em queda Em seu terceiro ano como presidente, Dilma Rousseff assistiu ao esfacelamento do "núcleo duro" de apoio a seu governo na Câmara dos Deputados, que já foi formado por 17 partidos e hoje abriga apenas petistas e remanescentes de outras sete legendas. O grupo - formado pelos parlamentares que votam com o governo 90% das vezes ou mais - era integrado em 2011 por 306 dos 513 deputados. Ou seja, Dilma podia contabilizar como aliados fiéis seis em cada dez dos membros da Câmara. Desde então, esse núcleo vem encolhendo, e atualmente se resume a 101 deputados, segundo revela o Basômetro, ferramenta online do Estadão Dados que mede a taxa de governismo do Congresso.

A Câmara de Vereadores de Gravataí vai prestar uma homenagem aos 60 anos do Colégio Cenecista Nossa Senhora dos Anjos – Gensa, no próximo dia 8, às 19h30. A solenidade será realizada no ginásio da escola localizada na Rua Dr. Luiz Bastos do Prado, nº 2122, Centro.

Prefeito autoriza projeto para corredor de ônibus na Dorival e duplicação das pontes

O

prefeito Marco Alba assinou na tarde desta quintafeira (1º), em seu gabinete, o termo de anuência (autorização) para a realização das obras de construção de um corredor de ônibus de 10,6 quilômetros de extensão (no modelo BRS – do inglês “Bus Rapid Singular”), a partir da parada 59 da Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira até a Avenida Antônio Gomes Correa, o que inclui a duplicação das pontes do Parque dos Anjos e do Arroio Barnabé, na parada 64. O projeto contempla ainda a melhoria das calçadas com novas paradas de ônibus e uma ciclovia em todo o trecho. “Trata-se de uma importante obra de intervenção viária que vai qualificar o transporte coletivo, organizar o trânsito, gerar mais conforto e segurança aos usuários do sistema, além de finalmente conseguirmos a duplicação das pontes do Parque dos Anjos”, disse o prefeito. A assinatura do termo se deu na presença do assessor da Secretaria Estadual do Planejamento e responsável pelo Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) II no Estado, Jarbas Fagundes. A previsão é de que as obras se iniciem até o final do ano, com a chegada dos recursos do governo federal. A obra faz parte do PAC II – Mobilidade Grandes Cidades, do governo

federal, que pretende interligar os eixos Nordeste e Leste da Região Metropolitana de Porto Alegre. O investimento de R$ 68 milhões será financiado pelo governo do Estado, sem previsão de contrapartida para o município. “O modelo BRS prevê a construção de uma faixa exclusiva para os ônibus, do lado direito da pista, o que em alguns casos vai diminuir o tempo das viagens pela metade”, afirma o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Adão de Castro Júnior. “O grande trunfo do projeto foi a inclusão da duplicação das pontes, porque o projeto inicial previa da parada 59 até a Praça Leonel de Moura Brizola (Quiosque da Cultura)”, reforça o secretário de Planejamento Estratégico e Captação de Recursos, Sílvio Barbosa dos Reis. O controle do tráfego nesse trecho será por meio de fiscalização ele-

trônica. A faixa exclusiva será à direita da pista, permitindo acesso restrito a outros veículos, no limite de uma quadra, para a necessidade de acesso ao comércio ou para conversão. INTEGRAÇÃO Segundo a Metroplan, a licitação dos projetos deve estar finalizada até 31 de outubro próximo. Em um total de R$ 350 milhões, os projetos envolvem as cidades de Porto Alegre, Gravataí, Alvorada, Viamão, São Leopoldo, Cachoeirinha, Novo Hamburgo, Sapucaia do Sul e Esteio. A proposta do Estado visa a integrar o transporte público de Cachoeirinha, Gravataí e Alvorada com o futuro metrô de Porto Alegre, conectar Viamão com o corredor da Avenida Bento Gonçalves, além da conexão de Esteio, Sapucaia do Sul, São Leopoldo e Novo Hamburgo com a capital gaúcha.

Presidente da Câmara entrega relatório de auditoria contábil ao Ministério Público O presidente da Câmara de Gravataí, vereador Nadir Rocha, esteve em reunião com o promotor de Justiça, Daniel Martini, da Promotoria de Justiça Especializada do Ministério Público de Gravataí, na última quinta-feira (1º), para entregar o relatório final da auditoria contábil contratada pelo Legislativo municipal. O documento apresenta um levantamento de toda a movimentação de empenhos e pagamentos feitos pela Câmara no período de 2004 a 2011 e faz parte das medidas adotadas no caso dos servidores investigados por irregularidades. — Concluímos mais uma importante etapa para o processo que busca a responsabilização pelos prejuízos causados ao Legislativo e reforçamos nosso compromisso de contribuir com o fornecimento de todas as informações solicitadas pelo Ministério Público — destacou o presidente Nadir Rocha. — Por mais de dois anos, mobilizamos esforços, dedicação e coragem para resgatar toda a movimentação financeira feita na Câmara e, paralelamente, também, adotamos uma gestão

mais eficiente. O promotor Daniel Martini comentou sobre os processos ajuizados e sobre a investigação em andamento no MP, informando que integrantes da sua equipe podem manter contato com a administração da Câmara para dirimir dúvidas ou pedir aporte de informações. — Parabenizo a ação da Câmara e também as mudanças executadas para eliminar a possibilidade de que fatos como esse voltem a acontecer. A agenda foi acompanhada pela supervisora da Câmara, Letícia Fischer Dullius, e pelo assessor jurídico, Paulo Burmycz Ferreira.

A auditoria contábil avaliou mais de 10 mil empenhos com documentos anexados. Todas as informações foram organizadas em planilhas que permitem a pesquisa por itens de interesse. Além da realização da auditoria, os presidentes dos últimos três anos da Câmara, Nadir Rocha e Vail Corrêa, realizaram uma sindicância que levou ao Processo Administrativo Disciplinar, já concluído, e à intimação dos envolvidos para que procedam ao ressarcimento aos cofres públicos do valor de R$ 440 mil, de maneira corrigida. A soma histórica foi apurada durante a Tomada de Contas Extraordinária do TCE, que identificou irregularidades.

Difícil tarefa Se a desconfiança dificulta a descentralização das tarefas, fico pensando como seria administrar sozinho um orçamento de R$ 600 milhões...

Agravamento das contas O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) emitiu parecer favorável à aprovação das contas de 2012 do governador do Estado, Tarso Genro. No entanto, o conselheiro relator Adroaldo Loureiro alerta para o preocupante desequilíbrio orçamentário no período, responsável por um déficit de R$ 732 milhões. Fossem desconsiderados os ajustes contábeis oriundos de receitas extraordinárias e das despesas não empenhadas de precatórios, o déficit chegaria ao patamar de R$ 1,9 bilhão. O relatório detectou que os sucessivos e recorrentes déficits orçamentários resultaram em forte crescimento do endividamento de curto prazo. Em 2012, as despesas com restos a pagar acumularam saldo de R$ 2 bilhões, superior em 25% ao saldo do ano anterior, de R$ 1,6 bilhão. Quanto ao uso dos recursos do Caixa-Único, em 2012 os saques tomaram proporções maiores e foram mais rotineiros, atingindo um total de R$ 1,6 bilhão. No ano anterior, o volume resgatado foi de R$ 183 milhões. Quanto aos precatórios, o relator destaca não existirem argumentos que justifiquem a queda no volume dos pagamentos, de R$ 286 milhões em 2011 para 197 milhões em 2012, vez que havia recursos disponíveis aos dispêndios. Em 31 de dezembro de 2012, o saldo acumulado nas contas bancárias, exclusivamente para pagar precatórios, era de R$ 437 milhões. O relatório também observou que o Produto Interno Bruto (PIB) do Estado em 2012 foi negativo em 1,8% e que a arrecadação de ICMS em foi inferior em R$ 64,9 milhões do que previa o Orçamento estadual, embora o percentual tenha crescido 2,73%. As despesas com remuneração de servidores e encargos sociais tiveram aumento real de 3,53%. O Estado encerrou 2012 com 175.648 matrículas, o maior número desde 2006. Ainda assim, no tocante à Lei de Responsabilidade Fiscal, as contas de 2012 atenderam aos limites legal, de 49%, prudencial, de 46,55%, e de alerta, com 44,10%. O parecer prévio favorável aprovado por unanimidade pelo TCE-RS será, agora, remetido à Assembleia Legislativa, com as devidas recomendações e sugestões, para que o Parlamento faça o julgamento final das contas de 2012 do governador Tarso Genro.

Sindilojas apresenta orientadores da Área Azul Equipe contratada pelo Sindicado para orientar uso correto do Estacionamento Rotativo do Centro começa a trabalhar hoje

E

les não vão multar os motoristas, mas estarão à disposição para orientar o uso correto da Área Azul, no Centro de Gravataí. A equipe de 14 orientadores contratados pelo Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas), parceiro da Prefeitura na administração do Estacionamento Rotativo, foi apresentada ao prefeito Marco Alba na última quinta-feira. Após

treinamento e reuniões com a equipe de fiscais da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Smurb), hoje eles começam a atuar. A função dos orientadores será de explicar aos motoristas como utilizar corretamente as vagas existentes na Área Azul e informar onde podem ser comprados os tíquetes do cartão rotativo. Cada cartão dá direito a permanecer na vaga por no máxi-

O secretário Adão, com o prefeito e o presidente do Sindilojas, José Rosa

mo duas horas. Após este período, o motorista terá que adquirir outro cartão e estacionar em nova vaga. A regra já era válida, mas pouco observada por falta de fiscalização e até mesmo de mais informações para os usuários. Organização Para Marco Alba, o estacionamento rotativo é uma questão de melhor organização da cidade e demonstração de respeito a todos que utilizam o Estacionamento Rotativo. – Gravataí vive um novo momento e isso passa pela divisão de responsabilidade. Por esse motivo, essa parceria entre o município e o Sindilojas é muito importante – comentou o prefeito. O secretário municipal de Mobilidade Urbana, Adão Castro Júnior, destacou a importância da parceria com o Sindi-

lojas. – O valor cobrado tem apenas a finalidade de manter o sistema funcionando e a assinatura deste convênio é um passo importante para a democratização do estacionamento no município – argumentou. De acordo com o presidente do Sindilojas, José Rosa, o convênio é importante para os comerciantes, pois disciplina o trânsito na área central. – Estamos ampliando nossa participação, disponibilizando orientadores – comentou. – Estou muito feliz, pois há 20 anos luto pela rotatividade do estacionamento no centro e agora vejo isso concretizado – destacou o vicepresidente do Sindilojas, Albrecht Schott. Orientação

Fotos: Claudio Oliveira/JG

Equipe de orientadores foi apresentada ao prefeito Marco Alba

Os 14 orientadores estarão trabalhando para esclarecer os motoristas sobre as vagas existentes, a duração do tempo que podem ficar estacionados nas vagas e da venda dos tíquetes de estacionamento. Eles se somarão aos sete fiscais da Prefeitura. O município está chamando mais 23 fiscais concursados, que após passarem por um treinamento, se juntarão aos demais.

Sugestão A vice-presidente do Sindilojas, Cerli Dal Santo, apresentou uma sugestão para a ampliação do número de vagas no Centro. Ela sugeriu que quando a Prefeitura for realizar as obras de revitalização da Praça Borges de Medeiros, a calçada seja reduzida em apenas um metro, permitindo o estacionamento oblíquo.

Prefeitura acompanha remoção de 11 figueiras da área do shopping Desenvolver a cidade com preservação e sustentabilidade está entre os desafios da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSU). Nessa linha, especialistas da pasta estão acompanhando o transplante de figueiras da área onde está sendo construído o Shopping Gravataí, na Avenida Centenário para outros locais da cidade. Com licenciamento fornecido pela Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMMA), no último dia 16, o empreendedor está autorizado a fazer a remoção de 11 figueiras, três delas consideradas de grande porte. A SMSU ficou com a

tarefa de acompanhar o processo com técnicos do Departamento de Praças, Parque e Jardins (DPPJ) e apontar locais apropriados para o transplante. Na manhã da última quintafeira (1º), teve início o transplante das primeiras árvores. Duas ocuparão área da Praça Curumim, na rua de mesmo nome, no loteamento Porto Seguro, próximo ao Parque dos Anjos. Outra figueira será removida para o lugar de uma da mesma espécie que tombou em dezembro passado, no Parque de Eventos Ireno Michel. De acordo com o diretor do DPPJ e secretário adjunto da SMSU, Zilon

Espíndola, outros pontos da cidade também serão contemplados com figueiras. Os bairros Cohab A, B e C estão na primeira lista definida. Operação A primeira retirada de figueira da área do futuro shopping ocorreu no dia 11 de janeiro deste ano. Mesmo com clima um pouco adverso, o transplante se deu dentro do esperado. A árvore adaptou-se ao novo terreno, no pátio do Ginásio de Esportes Aldeião e apresenta brotações que mostram sua recuperação. Agora, para dar início a uma nova etapa do empreendimento, que re-

ceberá um prédio de 42 andares, foi necessário um manejo de vegetação. Concedido o alvará pelo Município, o projeto trata de dar condições técnicas para obedecer à legislação que trata de árvores protegidas. Segundo a bióloga Fabiana Azevedo, da empresa Esaplan Engenheria e Planejamento, contratada pela Magazine Incorporações Ltda, o índice de sucesso no transplante de figueiras é alto. – Seguimos todos os padrões técnicos e um eventual insucesso será uma exceção. Comunidade – As árvores estão sen-

do transplantadas com as devidas licenças ambientais e os trabalhos técnicos observados – afirma Zilon, destacando que os órgãos municipais estão atentos. Ele esclarece ainda que a proposta da SMSU é cuidar da vegetação dentro dos padrões que assegurem qualidade de vida à população, assim como orientar as podas e supressões de árvores. Arrancadas Na Praça Curumim, a preocupação é expressa pela Associação de Moradores, que efetuou o plantio de inúmeras mudas de árvores ornamentais para embelezar o local, mas

praticamente todas foram arrancadas. O presidente interino da associação, Alexandre Vieira, e a integrante do conselho fiscal, Adriana Rocha, acompanharam o início do processo de transplante das figueiras, lembrando que a solicitação das árvores partiu da comunidade. Outra demanda dos moradores é a instalação dos equipamentos de ginástica na praça, assim como já ocorreu no Parcão da 79, na Cohab A e na Morada do Vale I. Esta e outras reivindicações serão apresentadas ao prefeito Marco Alba em audiência já agendada pela associação.


Gravataí, 05/08/2013 - Pág. 7

Especial

Gravataí, 05/08/2013 - Pág. 6

Quem vai ajudar Mateus? Paciente aguarda cirurgia há três anos. Na tentativa de amenizar as dores, faz uso de medicação por conta própria, sem a orientação médica Karina de Freitas

N

a semana passada a classe médica do estado aderiu 48 horas de paralisação. O atendimento das urgências e emergência seguiram normalizados e 50% dos atendimentos agendados foram mantidos. O profissionais questionam as medidas do Governo Federal, como o Programa Mais Médicos, além da defasada estrutura da saúde do Estado. As unidades de atendimento médico em Gravataí foram pautados recentemente pela demora do serviço e falta de profissionais nas unidades de saúde. Mateus de Souza Bereta, 27 anos, morador do bairro Águas Claras, aguarda por uma cirurgia a três anos. Na época com 24 anos, sofreu um acidente de moto no mês abril em 2010, na Avenida Flores da Cunha, sentido Porto Alegre, próximo ao Corpo de Bombeiros na parada 57. O acidente ocorreu quando outro motoqueiro, em alta velocidade, bateu na moto de Mateus, que estava parando na sinaleira. Com a batida ele acabou sendo arremessado no chão. A Brigada Militar foi acionada e chamado o Serviço de Atendimento Móvel Urgente (SAMU). Então foi encaminhado para o Hospital Padre Jeremias em

Cachoeirinha. No atendimento, não foi realizado nenhum procedimento e o médico informou a necessidade de cirurgia e que não poderia ser realizada no Hospital. Sendo encaminhado pela ambulância do SAMU para o SUE 24 Horas em Gravataí, que teria atendimento traumatologista. Chegando na Unidade, depois de cerca de 30 minutos, o paciente aguardou a finalização de outro atendimento do médico Traumatologista e foi atendido. No atendimento médico, a fratura foi imobilizada e realizados exames como raio X. Após os exames, foi verificado a necessidade de realizar a cirurgia, em função do trauma na clavícula direita, mas a unidade não poderia realizar o procedimento cirúrgico e o paciente foi encaminhado para o Hospitl Dom João Becker. Segundo Mateus, no Hospital o médico não atendeu ele e a enfermeira pegou o prontuário médico do SUE e informou a ele que o HDJB não disponha de leito e não poderia realizar a cirurgia lá. O paciente foi liberado com a instrução de tomar medicamento para dor e foi agendado pelo Hospital uma consulta com traumatologista no Postão da Vila Cruzeiro em Porto Alegre. No outro dia, o paciente foi de ônibus para a unidade em busca de atendimento,

foi reforçado a imobilização e receitado medicação para dor. Em 8 de maio do mesmo ano, cerca de um mês após o acidente, Mateus estava sentindo muitas dores no ombro procurando atendimento médico no Hospital Beneficência Portuguesa, pois na região ele não conseguia ser atendido. Lá o médico ajustou e reforçou a imobilização no formato de número 8 nas costas e colocou uma tipóia no braço direito e receitou remédios para dor. “O médico disse que deixaria assim para ver a reação do osso”, comenta Mateus. O médico informou ao paciente a necessidade da operação e cogitou a possibilidade de realizar a cirurgia na semana seguinte que teria vaga. Até o paciente poder realizar a cirurgia o traumatologista receitou remédios para dor e antiinflamatórios e continuou a fazer os ajustes na imobilização na tentativa de fazer que o osso voltasse para o lugar sem intervenção cirúrgica. “Depois o médico disse que poderia ir ajustando a imobilização e não iria precisar da operação. Eu tinha movimentação no braço bastante limitada, mas quando eu mexia tinha dores muito fortes” desabafa. O tratamento durou cerca de 5 meses. Todas as semanas Mateus se dirigia até o Hospital para os ajustes com o especialista. Afastado do trabalho, recebia o benefício da Previdência Social. Ao final do tratamento transcorridos quase 6 meses, desde o dia do acidente o paciente recebeu alta e foi encaminhado para a fisioterapia. Cerca de dois meses após voltar ao trabalho, começou a sentir muitas dores e formigamento no braço, que impossibilitava que ele realizasse os movimentos que o trabalho exigia. Retornando ao SUE, consultou com o traumatologista informando que havia sofrido um acidente a 6 meses. Estava com muitas dores e os movimentos do braço estavam comprometidos. “O médico me disse que não poderia fazer nada lá, porque não era uma fratura recente, continuei tomando remédio para dor e segui trabalhando. Depois fui obrigado a trocar de emprego porque não agüentava as dores”, diz. Mateus conta que seguiu trabalhando e em 2012 a dor ficou insuportável. Havia perdido alguns movimentos do braço. Sentia como se o osso estivesse se mexendo e se afastando. Procu-

FotoS: Karina de Freitas/JG

Gravataí realiza 9° Conferência Municipal de Assistência Social Evento organizado pela Prefeitura, através da Secretaria da Família, Cidadania e Assistência Social, tem por objetivo discutir as principais demandas da cidade e ampliar o atendimento no município

A

rou a Unidade Básica de Saúde, do bairro onde mora, em junho do ano passado, solicitando encaminhamento para o especialista, a única maneira de requerer atendimento seria através do encaminhando do Clínico Geral para o Traumatologista. Passado uma semana foi chamado para consulta com o traumatologista no HDJB. Em atendimento no Hospital, Mateus informa que foi dito a ele, pelo médico, que o osso havia calcificado por fora e por dentro estava solto por esse motivo das fortes dores. Segundo o paciente, o médico ainda informou que deveria ser realizada a cirurgia e talvez não poderia dar o resultado esperado, por ter passado muito tempo depois do acidente. “O médico me disse que ia ser retirado um pedaço de osso da bacia para colocar na clavícula com um pino e platina. Não poderia assegurar 100% na cirurgia pelo tempo e pela platina que pode doer ainda”, diz. O paciente foi encaminhado para realizar os exames pré-operatórios para realizar a cirurgia, após o resultados positivos para a operação foi informado pelo médico que seria a terceira pessoa na fila para a cirurgia, que seria efetuada a marcação pela Central de Marcações em Gravataí. No final do ano passado o morador entrou em contato com a Ouvidoria da Central de Marcações do município e segundo ele, foi informado que a cirurgia já estava autorizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS), solicitando que o paciente levasse os documentos necessários. Porém

a cirurgia não foi realizada e pela Central foi informado que o médico solicitante do HDJB não iria mais atender no serviço. Em busca de esclarecimentos, Mateus contatou a Ouvidoria do Hospital e buscou a pasta com os prontuários médicos, levando para a Ouvidoria da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Solicitando novamente a documentação para a operação. Após, cerca de quatro meses, preocupado pela demora no agendamento da cirurgia, entrou em contato com a Ouvidoria da SMS, sendo informado que a cirurgia não poderia ser mais realizada do HDBJ. “A minha cirurgia foi pra fila de espera de Porto Alegre, que eu deveria aguardar”, comentou. Mateus, enquanto espera a cirurgia, usando analgésicos para amenizar as dores no ombro direito. O osso criou um galo, que o paciente tem receio que possa aumentar e trazer maiores complicações. Em esclarecimento a redação do JG, a Secretaria Municipal de Saúde, informou que o paciente já está no Sistema Aghos (Sistema de Regulação Estadual), com indicação de prioridade em seu atendimento. “Quem regula as cirurgias é o Estado e devemos aguardar o agendamento. Ele consta, como quarto na fila de prioridades para a realização do procedimento”, informou Laone Pinedo. O HDJB foi contato para esclarecimentos, quanto a não realização da cirurgia na unidade, mas nada foi informado até o fechamento desta edição.

Prefeitura de Gravataí, através da Secretaria da Família, Cidadania e Assistência Social (Smfcas), em parceria com o do Conselho Municipal de Assistência Social, realizou nesta quinta-feira (1) a 9° Conferência de Assistência Social do Município. Realizado durante todo o dia no Auditório da Ulbra Gravataí, o evento, realizado a cada dois anos, tem por objetivo avaliar as políticas públicas de assistência social e discutir a gestão dos recursos destinados pela Prefeitura. “Este auditório lotado, com ampla participação do povo do Gravataí, é um coroamento por todos os esforços que vêm sendo realizados. Eu acredito que realmente estamos enfrentando com

clareza os problemas sociais e este é um indicador positivo do caminho que estamos trilhando”, disse o secretário da Smfcas, Marcelo Soares, na solenidade de abertura, durante a manhã. A servidora da Secretaria Estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social e presidente do Conselho Estadual de Assistência Social do Rio Grande do Sul, Carla Capitâneo, enalteceu a importância do encontro: “É preciso destacar a sensibilidade do município em proporcionar este encontro, para que se possa chamar a atenção para as demandas necessárias e colocar em prática a solução dos problemas sociais”. Para o vice-prefeito de Gravataí, Francisco Pinho, que representou o prefeito Marco Alba na

FotoS: DIVULGAÇÃO/PMG

solenidade de abertura, não serão poupados esforços para que todas as medidas elaboradas em projeto saiam do papel e se tornem realidade. “Iremos até o governo estadual e a Brasília para tratar com o governo federal para, de forma conjunta, ampliar a capacidade de atendimento da cidade e melhorar a qualidade de vida de todos”, disse Pinho. APRESENTAÇÃO A cerimônia de abertura do evento ainda contou com uma apresentação de dança do Serviço de Convivência de Fortalecimento de Vínculo para Idosos, elaborado pelo Centro de Referência em Assistência Social de Gravataí (CRAS). Após a Plenária Final, marcada para as 16h, seria realizada a escolha e as

homologações dos delegados para a Conferência Estadual de Assistência Social, em outubro. Após o recolhimento e o apontamento das principais propostas de cada Estado, no período de 16 a 19 de dezembro, em Brasília, acorre a 9° Conferência Nacional de Assistência

Social. Também estiveram presentes à solenidade de abertura a representante das Entidades e Organizações da Assistência Social, Josefa Lopes; a presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Maribel Medeiros; a representante dos usuá-

rios de assistência social, Zeneida Silva; a representante da Ulbra Gravataí, Maria Janine Reschke; e os secretários municipais de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Evaldt; de Esporte e Lazer, Luciano Oliveira; e da Educação, Maria do Carmo Weber.

Gaúchos vão às urnas votar prioridades para o orçamento do Estado A população gaúcha irá às urnas nestas terça (06) e quarta-feira (07), pela internet e de forma presencial, para votar o Orçamento do Estado de 2014. A Votação de Prioridades, que discute 433 projetos regionais e 140 prioridades estratégicas nas 28 regiões dos Coredes, é a etapa final de construção participativa do orçamento estadual. Além disso, a população também vai responder a quatro itens de questões sobre Reforma Política. Cerca de 300 pessoas, entre representantes dos Coredes, Governo do Estado e voluntários, estão envolvidas diretamente na organização do processo - desde

a distribuição dos locais de votação, ao controle das atas de votantes. Na terçafeira (06), a votação inicia às 8h, pelo Portal da Participação (www.participa. rs.gov.br). Na quarta-feira (07), o processo ocorre das 7h às 17h, nas urnas espalhadas em todos os municípios gaúchos. Em Porto Alegre, haverá 500 urnas para votação - os principais locais são os centros administrativos regionais da prefeitura da Capital, além do Centro Administrativo do Estado (CAFF) e Assembleia Legislativa. Nos demais municípios, as urnas estarão instaladas nos prédios públicos (escolas, Câmaras de Vereadores),

entidades de organização comunitária e também centros comerciais. O Governador Tarso Genro votará pelo Portal da Participação, na terça-feira, às 8h, em uma estação de internet no Campo da Tuca, em Porto Alegre. "Nas fases preparatórias, durante as audiências regionais e assembleias municipais, houve participação em maior quantidade e também qualidade em relação aos anos anteriores", relata o diretor do Departamento de Participação Cidadã da Secretaria do Planejamento, Gestão e Participação Cidadã, Davi Schmidt. Segundo ele, mais de 90 mil pessoas fizeram um debate com pro-

fundidade. "Há uma grande mobilização dos agentes do Governo e da sociedade civil em todo o RS. Nossa expectativa é de que exista uma adesão significativa, em um momento que as discussões públicas se ampliam no estado e no país", informa o diretor. 1 milhão de votantes Em 2011 e 2012, a Votação de Prioridades atingiu a maior média de participação desde que foi criada, sob a denominação de Consulta Popular, com mais de um milhão de votantes em cada ano, em todo o Estado. Sistema Estadual de Participação Popular e Cidadã

O Sistema Estadual de Participação Popular e Cidadã começou a ser construído no início da atual gestão do Governo do Estado, com o objetivo de integrar e modernizar as iniciativas de aprofundamento da democracia nas decisões da administração pública. Formado por quatro instâncias: Decisões Orçamentárias, Controle Social, Diálogos Sociais e Participação Digital, o sistema integra as ações do Governo junto à participação da sociedade civil, através dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes) e Conselhos Setoriais de Direitos. Entre as secretarias estaduais, estão reunidas no

Sistema Estadual de Participação popular e Cidadã: o Gabinete do Governador e Secretaria Geral de Governo, com o Gabinete Digital; a Secretaria Executiva do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, com o Conselhão (Cdes); o Gabinete do Vice-Governador, com o Programa de Combate às Desigualdades Regionais; e o Gabinete dos Prefeitos e Relações Federativas, Casa Civil e a Secretaria do Planejamento, Gestão e Participação Cidadã, com o PPA Participativo e o Ciclo do Orçamento, que integra o Orçamento Participativo e deliberação direta através da Votação de Prioridades.


Gravataí, 05/08/2013 - Pág. 9

Gravataí, 05/08/2013 - Pág. 8

GM Gravataí bate recorde histórico de produção São 28,3 mil veículos montados em Julho de 2013

A

unidade da General Motors de Gravataí registrou seu recorde histórico de produção mensal com 28,3 mil veículos montados em Julho de 2013. Este é o maior volume mensal registrado pela fábrica nos seus 13 anos de história. No ritmo de montagem de 63 carros por hora e operando em três turnos de trabalho, a unidade responsável pelos modelos Chevrolet Onix, Prisma e Celta, acumula mais de 2,1 milhões de carros produzidos. “Gravataí é um case de sucesso para a GM. Trata-se de uma fábrica que desde sua con-

cepção foi projetada para crescer e atuar em sintonia com sua cadeia de fornecedores, o que possibilita sua alta produtividade”, explica Marcos Munhoz, vice-presidente da GM do Brasil. O elevado desempenho que credencia a fábrica da GM como uma das quatro mais produtivas da empresa no mundo é consequência do expressivo investimento realizado pela companhia ao longo dos últimos anos. Somente nos últimos 12 meses, por exemplo, mais de dois mil profissionais foram contratados e treinados pela GM em vistas a atender à demanda

operacional relativa ao aumento de capacidade instalada de produção da fábrica; ao acréscimo de novos produtos na linha de montagem; e, principalmente, à implementação do 3° turno de trabalho, instituído no último dia 25 de Março e que gerou 1450 novos postos de trabalhos diretos. “Levamos oito anos para produzir o primeiro milhão de veículos e apenas quatro para o segundo. Assim, nos próximos dois anos deveremos atingir o terceiro, o que revela o desafio que tivemos e os significativos resultados que estamos colhendo”, destaca Munhoz.

Foto: jobim comunicação

Seis assassinatos foram cometidos na Grande Porto Alegre entre quinta e sexta-feira

P

Cadastro Positivo pode beneficiar 4,8 milhões de gaúchos A entrada vigor a partir de 1o de agosto do Cadastro Positivo poderá beneficiar aproximadamente 4,8 milhões de pessoas no Rio Grande do Sul. O cálculo é da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul - FCDL-RS. O Cadastro Positivo é um banco de dados que registra o êxito nos compromissos financeiros de pagamentos relativos ao crédito. Trata-se de uma ajuda aos con-

sumidores, cerca de 50 milhões no país, que apesar de possuírem histórico de bons pagadores, não conseguem ter acesso ao benefício. A estimativa atual é de que a incidência média de inadimplência de pessoas físicas no estado do RS esteja em 40%. O Cadastro Positivo registra a pontualidade do pagamento das contas, crediários, financiamentos, água, luz, telefone entre outros. Quando solicitado

crédito, o estabelecimento tem acesso a todas as contas pagas, facilitando assim, a concessão do benefício. Esse banco de dados é administrado pela Serasa Experian, agregando assim confiabilidade e segurança para compras a prazo, empréstimos e financiamentos. As empresas que aderirem ao benefício passam a contar com um instrumento de apoio para a hora de conceder o crédito.

Mais Médicos: 1º mês de seleção aponta 1.753 profissionais para 626 municípios O Ministério da Saúde divulgou a lista de municípios selecionados para receberem profissionais brasileiros inscritos no Programa Mais Médicos. Na seleção do primeiro mês, foram selecionadas, em 626 municípios, 1.753 vagas. Destas, 51,3% estão em municípios de maior vulnerabilidade social do interior e 48,6% nas periferias de capitais e regiões metropolitanas. Todas as regiões contempladas neste primeiro mês de seleção estão entre as prioritárias do programa. Os médicos com registro válido no Brasil selecionados nesta fase têm até sábado (3) as 16horas para homologar a participação no programa e assinar termo de compromisso, confirmando o interesse no município indicado. A lista final com profissionais e municípios que participarão desta primeira seleção será publicada na segunda-feira (5) no site do Ministério da Saúde. A próxima chamada de médicos e municípios começa no dia 15 de agosto. “Estamos muito satisfeitos com esses profissionais que demonstraram interesse de atuar nas regiões mais carentes do Brasil, mas sabemos que ainda temos uma grande demanda para atender. Com o Mais Médicos, confirmamos que faltam muitos profissionais no interior do país e nas periferias de grandes cidades. Nesta primeira seleção, fo-

cada nos brasileiros, ainda ficamos com um déficit de 13.647 vagas”, destacou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Dos 1.753 profissionais selecionados, 74% foram direcionados para sua primeira opção entre os seis municípios que poderia escolher por ordem de prioridade. Outros 232 ficaram com a segunda opção e os demais entre a terceira e quinta. Ao todo, 2.379 médicos com diploma brasileiro fizeram a escolha dos municípios de preferência para atuar pelo programa. Destes, 507 que não foram alocados em suas escolhas por indisponibilidade de vagas poderão ajustar suas opções, confirmando-as até segunda-feira (5). Os demais 119 que, descumprindo as regras do edital, não apontaram seis possibilidades de municípios para trabalhar, só poderão retomar a participação na segunda semana mensal. Os dados foram cruzados pelo Ministério da Saúde para fechar a lista dos municípios que seriam atendidos no primeiro mês de seleção. DEMANDA – Como o primeiro mês de seleção teve demanda apontada por 15.460 médicos em 3.511 municípios, este resultado deve preencher apenas 11% desta expectativa, deixando 13.707 postos ociosos em 2.885 cidades. Para garantir que o Mais Mé-

dicos ampliará o atendimento à população, os profissionais que participarão do programa só poderão ser inseridos em novas equipes de atenção básica ou naquelas em que há falta de médicos. O Ministério da Saúde, com base nos dados de 12 de julho do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), bloqueará o CPF do médico do programa, impedindo a inserção dele em equipes que já possuem médicos. O gestor municipal deve registrar as novas equipes em até 60 dias após a chegada do profissional. “O Mais Médicos foi criado com o objetivo de ampliar o atendimento à população na atenção básica e, com essa ação, estamos garantindo que o profissional será alocado exatamente nas regiões onde faltam médicos”, disse Padilha. SELEÇÃO – Dos 626 municípios selecionados nesta primeira etapa, 375 estão em regiões com 20% ou mais de sua população em situação de extrema pobreza, 159 em regiões metropolitanas, 68 estão em um grupo de 100 cidades com mais de 80 mil habitantes de maior vulnerabilidade social e 24 são capitais. Na distribuição dos profissionais foram atendidos ainda 23 distritos sanitários indígenas. Os municípios da região Nordeste foram contemplados com o

Polícia desarticula quadrilha de roubo de veículos na região metropolitana

maior número de médicos, com um total de 619 profissionais direcionados a 300 cidades e 1 DSEI. Em segundo lugar, vem o Sudeste, com 460 dos médicos para atender 122 municípios. Em seguida vem a região Sul, com 244 médicos em 90 municípios. A região Norte vai receber 250 médicos em 74 municípios e 17 DSEIs; e Centro-Oeste, com 180 médicos em 40 municípios e 5 DSEIs. Os estados que receberão mais médicos serão Bahia (161), Minas Gerais (159), São Paulo (141), Ceará (138), Goiás (117), Rio Grande do Sul (107) e Amazonas (73). ESTRANGEIROS – Como definido desde o lançamento do Mais Médicos, os brasileiros têm prioridade no preenchimentos dos postos apontados. Os remanescentes serão oferecidos primeiramente aos brasileiros graduados no exterior e em seguida aos estrangeiros. A partir de terça-feira (6) até dia 8, os médicos que se formaram no exterior e finalizaram o cadastro no programa poderão selecionar os municípios com vagas não ocupadas por brasileiros. No dia 9, será publicada a lista dos municípios que receberão médicos estrangeiros. Os médicos do programa – tanto brasileiros quanto estrangeiros – devem começar a atuar nos municípios em setembro. Todos os profissionais formados no exterior

serão avaliados e supervisionados por universidades federais, de todas as regiões do país, que se inscreveram nesta primeira etapa do programa. O PROGRAMA - Lançado pela Presidenta da República, Dilma Rousseff, no dia 8 de julho, o Mais Médicos faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), com objetivo de acelerar os investimentos em infraestrutura nos hospitais e unidades de saúde e ampliar o número de médicos nas regiões carentes do país, como os municípios do interior e as periferias das grandes cidades. Os médicos do programa receberão bolsa federal de R$ 10 mil, paga pelo Ministério da Saúde, mais ajuda de custo, e farão especialização em Atenção Básica durante os três anos do programa. O Governo Federal está investindo, até 2014, R$ 15 bilhões na expansão e na melhora da rede pública de saúde de todo o Brasil. Deste montante, R$ 7,4 bilhões já estão contratados para construção de 818 hospitais, 601 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24h) e de 16 mil unidades básicas. Outros R$ 5,5 bilhões serão usados na construção, reforma e ampliação de unidades básicas e UPAs, além de R$ 2 bilhões para 14 hospitais universitários

oliciais da Delegacia de Polícia de Repressão ao Roubo de Veículos (DRV), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) prenderam, na manhã desta sexta-feira (02/08), três homens A.S.S., de 31 anos, W.R.M., de 19 anos e S.O.C., também conhecido por "Jacaré", de 41 anos. Segundo os delegados Juliano Ferreira e Arthur Raldi, as prisões ocorreram em razão de uma ação da especializada com o objetivo de desarticular uma quadrilha responsável por roubo de veículos na região metropolitana de Porto Alegre. Após seis meses de investigação, a Polícia chegou aos nomes dos principais membros da qua-

drilha e representou-se por quatro mandados de prisão e sete de busca e apreensão, os quais foram cumpridos nas cidades de Novo Hamburgo, Campo Bom, Viamão e Parobé. De acordo com os delegados, com os presos na ação desta sexta-feira, a DRV já supera a marca das 100 prisões efetuadas somente este ano. As prisões são resultado de operações e ações diárias da especializada no combate ao furto e roubo de veículos, bem como aos crimes destes decorrentes, como receptação e clonagem. Na ação, foram utilizados cerca de 40 policiais da DRV e das Delegacias de Capturas (Decap) e de Roubo a Cargas. Foram apreen-

FotoS: DIVULGAÇÃO/PC

didas diversas armas, entre elas revólver, pistola e uma espingarda "Akkar Silah Sanayi" de fabricação turca. Também foram apreendidos munições, rádios comunica-

dores, touca ninja, um carro, uma moto e outros materiais. Após as formalidades legais, os presos serão encaminhados ao Presídio Central de Porto Alegre.

Veículo clonado em São Leopoldo Policiais da seção de investigação da 2ª Delegacia de Polícia de São Leopoldo, coordenados pelo delegado Adriano Nonnenmacher, apreenderam um automóvel Kia Sorento clonado, no bairro Feitoria. O veículo estava com chassis adulterado e placas de uma outra caminhonete Kia do mesmo modelo, de Porto Alegre. O motor era de uma terceira caminhonete roubada em Sapiranga no dia 29 de julho do corrente ano. Conforme o delegado Nonnenmacher foram detidas duas pessoas como suspeitas e o proprietário do veículo clonado foi identificado como um catarinense, de 40 anos. Desde abril do presente ano, esse já é o 37º veículo recuperado pela delegacia, com 32 presos até o momento.

Polícia Civil mantem foco no combate a crimes praticados contra taxistas A Polícia Civil mantém o cerco aos ataques contra taxistas na Capital e Região Metropolitana e centraliza o atendimento no Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). Desde o mês de abril, os taxistas têm à disposição uma central de pronto atendimento para o registro de ocorrências, que objetiva agilizar os procedimentos envolvendo esses profissionais. A centralização do registro de ocorrências começou depois que seis taxistas foram mortos no final de março deste ano. As mortes ocorreram em Santana do Livramento (3) e Porto Alegre (3), sendo que o autor dos crimes foi identificado e preso no dia 13 de abril na

Capital. O preso residia no bairro Santa Cecília e não possuía antecedentes criminais. A relação com os crimes deu-se pois ele teria relação familiar nas duas cidades. Outro caso também resolvido foi de um taxista morto com três disparos de arma de fogo na madrugada do dia 10 de maio deste ano, no Morro Santa Teresa, em Porto Alegre. A Polícia apontou suspeitos e efetuou quadro prisões durante a investigação, sendo que as duas primeiras ocorreram dia 28 de maio. O inquérito já foi concluído e enviado ao poder judiciário. Na sexta-feira, dia 19 de julho, foi preso um homem que vinha aterrorizando taxistas da Zona Sul da Capi-

tal. O suspeito, conhecido como “Mancha”, foi preso em uma ação da 16ª Delegacia da Capital, no Bairro Praia de Belas. Ele é suspeito de ter cometido, pelo menos, dez assaltos a taxistas e já foi reconhecido por três vítimas. Além disso, ele é

investigado por possível relação com a morte de outro taxista, ocorrido no dia 28 de junho deste ano, na zona sul da capital. Assim, a Polícia Civil continua empenhada na solução rápida e eficaz dos delitos cometidos contra os taxistas.

Preso suspeito de roubo de veículos em Canoas Policiais civis da Delegacia de Furto e Roubo de Veículos (DFRV) de Canoas, coordenada pelo delegado Thiago Almeida Lacerda, em ação conjunta com a 1ª Delegacia de Polícia (DP) de Canoas, prenderam, na tarde dessa sexta-feira (02/08), um indivíduo por força de mandado de prisão. Ele era procurado pela

DFRV desde o início da semana quando mandados de buscas e apreensão foram cumpridos em possíveis paradeiros do indivíduo e este não foi localizado. Através de informações repassadas pela 1ª DP de Canoas, coordenada pelo delegado Rafael Pereira, que integra a força tarefa para diminuição nos roubos de veí-

culos na cidade de Canoas, foi possível a localização e o paradeiro de C.C.B., 27 anos, que foi recolhido ao sistema penitenciário. Ainda na sexta-feira, o preso foi reconhecido pessoalmente pelas vítimas de roubo de veículo em sede policial. Após as formalidades legais o preso foi recolhido ao Presídio Central.

Flagrante suspeitos de homicídio Na madrugada deste domingo (04/08), um adolescente de 17 anos foi encontrado morto com golpes de faca em frente ao Salão Paroquial de Ipê. Segundo a investigação, várias testemunhas ouvidas na Delegacia de Polícia de Ipê identificaram um jovem de 19 anos e um adolescente de 15 como os autores do homicídio. O jovem foi autuado em flagrante na Delegacia de Polícia de Ipê e conduzido ao Presídio de Nova Prata. O adolescente infrator, que também teve ferimentos e está internado no Hospital São José, foi apreendido em flagrante e assim que for liberado do hospital será apresentado ao Promotor do Juizado da Infância e Juventude. A equipe da Delegacia de Polícia de Ipê, coordenados pelo delegado Flademir Paulino de Andrade, terão dez dias para concluir o inquérito policial. Segundo o delegado Flademir, se condenado o jovem ficará sujeito a uma pena que poderá chegar a 30 anos de reclusão.


Gravataí, 05/08/2013 - Pág. 11

Gravataí, 05/08/2013 - Pág. 10

JG Culinária

A fêmea do Rei dos Animais

Sul (abrev.) Rádio (símbolo)

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

Completamente lotado

Empresa distribuidora da Petrobras

© Revistas COQUETEL 2011

Linha de segurança para a travessia de pista Roraima (sigla)

Os do leite são riLocalizam cos em vitamina B2 no tempo Gelado

Elis Regina: a Pimentinha da MPB

(?) de Águia, grupo de axé-music

Catarina de (?), rainha

Antônio Torres, escritor baiano

Escorpião: Lua, Júpiter, Marte e Mercúrio em Câncer movimentam os projetos de médio e longo prazo, especialmente os que envolvem viagens internacionais e contato com empresas e pessoas estrangeiras. Fé e otimismo renovados.

Ferida com objeto cortante Espécie Pontos (abrev.) Aluno da Academia da Força Aérea

Pequena mancha redonda

Porção determinada de remédio

Sérgio Toledo, cineasta brasileiro

(?) Jobim: compôs "Corcovado" Anno Domini Cartunista brasileiro

(?) nouveau, estilo decorativo

Aplica

Iniciais do autor de "O Cortiço" (Lit.)

Cultiva Actínio (símbolo) Mal como a sífilis (sigla) Mauro (?), autor Aumento teatral

Solução J D O E R U N S A A L D A O M M E A R R I C A A R N T O

BANCO

Capricórnio: Lua, Júpiter, Marte e Mercúrio em Câncer movimentam seus relacionamentos e não faltarão amigos perto de você. Uma nova sociedade pode começar neste período, ou uma parceria comercial que vai beneficiar amplamente os ganhos.

Partido que elegeu Collor em 1989

T A E N C A S H A T A D O T S A A P E N

40

Sagitário: Lua, Júpiter, Marte e Mercúrio em Câncer movimentam profundamente suas emoções. Maior profundidade e necessidade de mudanças empurram você para uma nova vida. Finanças também são beneficiadas neste período.

Conquista de Guga em Roland Garros Assim, em espanhol

Virgem: Lua, Júpiter, Marte e Mercúrio em Câncer continuam movimentando sua vida social e trazendo os amigos para mais perto de você. É possível que você seja convidado a chefiar um novo projeto de trabalho em equipe. Libra: Lua, Júpiter, Marte e Mercúrio em Câncer continuam movimentando e trazendo sucesso à carreira. O momento é ótimo para apresentação de novos projetos ou planos de negócios. Melhora significativa de sua imagem.

Balneário mexicano Ditador iugoslavo

R O M A M I L Ã O E T U R I M

C E I S

C A S I T O M I D A V A O S O A N T I Z A S N

Lucas Malvacini em Amor à Vida

Três "The New York Times" cidades da Itália Condição de Anfitrite (Mit.) Dez, em inglês

(?) Rosset, diretor teatral brasileiro

A

C A C A N A O E D N B I T R A R I G O D O S A N A S A D L O L S E M O A R A N A

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora

Solução

www.coquetel.com.br

R R O C T A I C T A O P E T S E A A S C I

Solução anterior L I G H T

AMOR À VIDA Edith revela a César que Jonathan é filho dele. Márcia faz um acordo com Jardel para escapar de um processo. Carlito arruma um braseiro para Márcia vender churrasquinho na rua. Edith explica a César por que não contou que estava esperando um filho dele. Jacques vê César entrar no flat e supõe que ele foi se encontrar com Aline. Lídia fotografa Leila e Thales. Félix decide se afastar de Anjinho. O vilão chama a polícia para prender Márcia depois de ter certeza de que ela não se lembra dele. Atílio sente vontade de comer cachorro-quente e Vega desconfia. Depois de uma conversa com Patrícia, Michel decide reatar com Silvia. Pilar, Bernarda e Félix falam mal de César. César vai à casa de Gigi para ver Jonathan e Edith o observa. Félix descobre que nunca ficará com a presidência do hospital e se revolta com Paloma. Eron e Amarilys acham graça da ansiedade de Niko. Jacques convida Aline para sair. César fala para Rafael que já sabe como vai resolver a separação de seu filho. Félix se irrita com Lutero ao saber que ele readmitiu Inaiá. Bruno vê Paloma com Paulinha e Ordália não deixa que ele vá até elas. César faz uma proposta a Edith para poder ficar perto de Jonathan.

Leão: Lua, Júpiter, Marte e Mercúrio em Câncer deixam você ainda mais fechado e reflexivo. O momento é ótimo para rever escolhas feitas no passado e planejar um novo futuro. Os trabalhos executados individualmente têm sucesso garantido.

Pão de (?), bolo Homem, em inglês

F A B A F R I X D A M E D R E T I P V E C A D D E D O S D S T R

sangue bom Enovelar Freio "inPaís coNatanteligente" pede para Rosemere mostrar munista de carros americano quem é Palmira Valente. Abrigo Renata tenta de ladrões fazer Vinny desistir dela. Câmera, Natan recoem inglês nhece Verônica, mas Cálculo é expulso do Can(?) Fontoura, para transtaí. Brendaatorencontra porte Barrabás no temde carga Fazer plo e se insinua para ele. Brunetty exige (algo) às pressas que Tito se sustente para ficar com ela. Mulher citada no Evan- a Verônica que convidou Maurício gelho avisa de João Érico para(Bíblia) jantar em sua casa. Nelson incentiva35Rosemere a voltar a estudar. BANCO Filipinho aconselha Perácio a tomar uma atitude se quiser ficar com sua mãe. Natan cobra uma explicação de Verônica por estar no Cantaí vestida como Palmira Valente. Vinny chama Vanessa para sair, e Renata o observa. Socorro se desespera ao chegar à clínica e ver Irene e Plínio à espera do resultado do exame. Bárbara chega ao laboratório no mesmo momento que Fabinho..

Câncer: Lua, Júpiter, Marte e Mercúrio em seu signo melhoram significativamente os processos emocionais, mesmo que as emoções estejam bastante afloradas. O momento continua ótimo para fazer as mudanças necessárias.

inglês Luz, em inglês

ES

Decalitro (símb.)

Gêmeos: Lua, Júpiter, Marte e Mercúrio em Câncer aumentam as oportunidades de ganhos e novos investimentos. O momento é ótimo para investir em novos projetos ou em contatos que possam render mais clientes.

C R

Por, em inglês

Touro: Lua, Júpiter, Marte e Mercúrio em Câncer alimentam seus processos mentais e voc�� anda mais ansioso que o normal. Procure não se deixar levar por pensamentos negativos neste período. Amigos e vida social em alta.

3/art — así — ota — poá — ten. 4/tito. 9/retalhada.

ção das cidades no Saara

J A V A L I

O jogo A partida começou em ritmo acelerado, com os dois times jogando em alta velocidade, mas também com muitas faltas: a todo momento, a partida era paralisada por alguma infração. Renato Gaúcho mandou o Grêmio a campo com três zagueiros, deixando sempre um na sobra da dupla Leandro Damião e Diego Forlán, e apostando nas investidas dos alas Pará e Alex Telles para levar perigo à retaguarda colorada. Após um período de leve pressão gremista, o time da casa abriu o placar aos 18min. Kleber ficou com a bola, invadiu a área e foi derrubado por Willians: pênalti, que Barcos converteu com categoria para marcar seu segundo gol no Campeonato Brasileiro. A vantagem tricolor não durou muito. Em um raro avanço ao ataque, Willians escapou pela direita aos 20min, fez ótima jogada individual e cruzou na segunda trave,

FotoS: SIVUGAÇÃO/JG

onde Leandro Damião fechou livre de marcação para completar para as redes. Foi também o segundo gol do centroavante do Inter na competição. O jogo seguiu "picotado" por faltas e sem grande domínio de nenhuma equipe no primeiro tempo. O Grêmio insistia nas jogadas com os alas, enquanto o Inter tentava acionar o trio D'Alessandro, Forlán e Damião no contragolpe, mas não houve mais chances claras de gol. Pouco antes do intervalo, Renato Gaúcho substituiu Adriano, que já tinha cartão amarelo, pelo jovem volante Ramiro. Dunga colocou Fabrício no lugar de Ednei no segundo tempo, deslocando Jorge Henrique para a função de lateral direito, mas pouco mudou na segunda etapa. O jogo seguiu truncado, com o Grêmio pressionando com seus alas e o Inter apostando nas tabelas do ataque. Sem chances claras de gol, os técnicos mexeram: entraram Scocco, no Inter, e Maxi Rodríguez, no Grêmio. Aos 31min, Barcos foi derrubado por trás por Jorge Henrique na entrada da área; o jogador colorado já tinha amarelo e foi expulso, causando um princípio de confusão com os jogadores do Internacional. Quatro minutos depois, Scocco assustou Dida com uma finalização que passou rente à trave do goleiro tricolor. Mas os minutos finais foram de pressão gremista. Com um jogador a mais, o time tricolor buscou o gol da vitória até o final, e a partida esquentou de vez nos acréscimos. Fabrício deixou o braço no rosto de Ramiro e recebeu cartão vermelho aos 46min, mas logo depois o gremista Werley também foi expulso por agressão a Willians. Com o tempo fechado, a arbitragem encerrou o jogo antes que a bola pudesse voltar a rolar.

D O B A R

A equipe Juvenil do Cerâmica, que faria sua estréia neste sábado (3), em Pelotas, contra o Fragata, teve seu jogo adiado. Segundo informações do gerente de futebol do Fragata, Mauro Rocha, intensas chuvas atingem a Cidade da Zona Sul do Estado desde a manha de sexta-feira (2). Conforme o supervisor de futebol do Cerâmica, Luciano Oliveira, o adiamento ocorreu em acordo entre os dois times. “Não seria positivo para nenhum dos times um jogo sem condições. Agora vamos esperar a confirmação da Federação Gaúcha de Futebol sobre a nova data da partida”, explicou Oliveira. Com a decisão, a estreia do Cerâmica no Estadual Juvenil será contra o Internacional na próxima quarta-feira (7), no Vieirão.

A

cabou empatado o primeiro clássico Gre-Nal disputado na Arena Portoalegrense, nova casa tricolor. Com um gol de cada centroavante, Grêmio e Inter ficaram no 1 a 1 em partida disputada neste domingo com muita marcação, poucas chances de gol e alguns princípios de confusão na segunda etapa, quando três jogadores foram expulsos: Jorge Henrique e Fabrício, pelo Inter, e Werley, pelo Grêmio. Barcos abriu o placar para o Grêmio em cobrança de pênalti aos 18min, mas Leandro Damião aproveitou cruzamento de Willians para deixar tudo igual apenas dois minutos depois. O empate levou o Internacional a 19 pontos, forte na briga dos times que disputam uma vaga na Copa Libertadores. Já o Grêmio foi para 16 pontos, mantendo-se na parte de cima da tabela.

© Revistas COQUETEL 2011 Florwww.coquetel.com.br do caribe de leite, Peça sal doa emissário gosto, 1 xícara de óleo, 2 ovos, 1 pacote de queijo ralado Compõem Antiga Armação de óculos Condição Bebida Cassiano e Ester tentam, em o mesmo submarino veste do do vulcão usada no de 100 g. Recheio:250 g de mussarela, 250 g de presunto, 2 tomates Orixá menEm (?): traje a como o preparo de sageiro no alto Neste lugar vão, convencer Héliopartido a confessar (fem.) rigor Etna drinques picados, Orégano a gosto eAzeite. que foi Dionísio quem mandou matar Samuel. Yvete avisa a Alu Modo de preparo quarto "Cajá", Adaptaberto queOpecado ouviu Cassiano dizer a Dupor sua ados ao capital Bata todos os ingredientes da massa no liquidificador, Depois coloque centuação meio que que a(Catol.) polícia não tem provas contônica Tipo de a metade massa em uma forma untada. Espalhe os ingredientes do reOda movitra ele para intimá-lo a depor clima sobre a mento do bispo, noo azeite e o orégano. Despeje o restante da massa para cobrir LesioI R A cheio. Regue xadrez nadas explosão da mina. Os tenentes partem (?) GardDudu o recheio. Leve ao forno médio até a massa incorporar. Retire do forno e ner, atriz de Nobre, para o Rio de Janeiro com a missão Et cetera sambista (abrev.) Gás de pincele 1 gema por cima. Volte ao forno até que fique dourado ao seu gosto. letreiros Rédeas resgatar Dom Rafael. Unidade Aves orCamada (?) minemínima terrestre rais: reguHélio namendestrata Zuleika quando ela de infortais de rica em lam o orNara Gomes Massulo - Nutricionista - naramassulo@terra.com.br mação lagos silício ganismo sugere que os dois fujam para o inteAliança militar rior de Alagoas. Silvestre aceita o cargo Hábito do religioso de supervisor dos mineiros, oferecido por Cassiano. Samuel diz a Bibiana e Donato que Hélio está acobertando Foi Dionísio. governaCristal se disfarça para fugir do por faraós do hotel com Isabel e os tenentes, mas (?) GouAqueles atriz que é reconhecida por um dos capangas de veia, tomaram Porco vacina selvagem Gonçalo LocalizaTriste, em

A B R E O X A U T C O N S N E I T O M U N A S I A O B S Y C C U T A B A M A

Adiada

Com um gol de cada centroavante, Grêmio e Inter ficaram no 1 a 1 em partida disputada neste domingo

Áries: Lua, Júpiter, Marte e Mercúrio em Câncer movimentam intensamente questões relacionadas às emoções que podem estar à flor da pele. Não deixe que os medos tomem conta de você. Evite discussões familiares.

Ingredientes

u

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS 50 g de fermento biológico, 2 xícaras e 1/2 de farinha de trigo, 2 xícaras

C O R R E L I G I O N A R I A S

O time de Gelson Conte foi até a Capital para a estreia da Copa Metropolitana na tarde deste sábado (3). Em um disputado jogo, o Cerâmica acabou vencido pelo São José no Estádio Passo D’Areia. A próxima partida da equipe ocorre na quarta-feira (7), em jogo válido pela Copa Willy Sanvitto, contra o Juventude no Vieirão. Na primeira etapa, o time da casa iniciou pressionando muito. Aos 15 minutos, Ramos aproveitou bola sobrada de rebote dentro da área e bateu para marcar 1 a 0 para o São José. Aos 28 minutos, Jeanderson cobrou falta e novamente Ramos ficou em frente ao gol e marcou, 2 a 0. O Cerâmica esboçou uma reação, mas não conseguiu balançar as redes do adversário. No segundo tempo, Gelson Conte fez algumas trocas no Cerâmica, assim como Beto Campos, que reforçou o adversário. Entraram no time gravaitense Couto, Gustavo e Danilo. A etapa final teve muita disputa, mas nenhum dos times marcou novamente. Segundo Gelson Conte, o time tem foco total agora na próxima partida. “Fizemos um primeiro tempo com alguns erros, mas vamos trabalhar já a partir da segunda-feira para acertar o time. Teremos também alguns reforços que vão ajudar a equipe a fazer uma partida melhor”, avaliou o treinador.

Com três expulsões, Grêmio e Inter empatam 1ª clássico da Arena

Bauru de forno

2/by. 3/cam — man — sad. 4/nana. 5/light. 8/contusas — diagonal. 11/sobrecasaca.

Cerâmica estreia na Metropolitana

Resumo de Novelas

Aquário: LLua, Júpiter, Marte e Mercúrio em Câncer movimentam amplamente a rotina, especialmente de trabalho. O momento envolve o surgimento de um novo emprego ou mesmo o convite para participar de um novo projeto. Peixes: Lua, Júpiter, Marte e Mercúrio em Câncer movimentam suas emoções e trazem novas oportunidades a piscianos solitários. Caso tenha passado por problemas no amor, a fase indica início de melhora. O amor se aproxima lentamente.


JORNAL DE GRAVATAÍ www.jornaldegravatai.com.br

Segunda-feira, 05 de agosto de 2013

Idosos dos Cras se reúnem para comemorar o Dia do Idoso Cerca de 300 idosos se reuniram no CTG Aldeia dos Anjos para comemorar antecipadamente o seu dia, em evento organizado pela Prefeitura

D

ançando e cantando. Foi assim que os idosos dos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) confraternizaram na tarde desta quartafeira (31), no CTG Aldeia dos Anjos. A iniciativa foi da Secretaria Municipal da Família, Cidadania e Assistência Social (Smfcas). Participaram do evento os idosos dos Cras Centro, São Judas Tadeu, Barnabé e Barro Vermelho e os do Lar Ebenezer. O prefeito Marco Alba participou do evento, destacando o papel fundamental dos idosos na comunidade. “Vocês foram na frente, abrindo caminho e mantendo vivas as nossas tradições. O Papa Francisco nos lembrou que temos que tratar melhor as crianças e as pessoas com mais idade. E eu afirmo que o ser humano vale mais a pena do que qualquer honraria”, afirmou o prefeito. A primeira-dama Patrícia Bazotti Alba observou que é muito bom poder conviver com as pessoas da terceira idade. “Vocês nos passam muita energia e nos lembram que é possível chegar à terceira idade com alegria e participando ativamente na sociedade”, frisou Patrícia. O titular da Smfcas, Marcelo Soares, declarou que este ano o Dia do Idoso será comemorado duas vezes na cidade, nesta quarta-feira (31) e no dia 1º de outubro, a data oficial. “Não queríamos perder esta tradição de festejar com nossos idosos em julho. Isto demonstra a importância que damos a todos”, referiu o secretário. Dançando e cantando Tatiane Rocha, a “Tati Energia”, é professora de dança e de ginástica nos quatro Cras. Ela ensaiou e apresentou os seus grupos de dança. “Eles gostam muito desta atividade”, disse a oficineira. Noemia Pimentel frequenta o Cras São Judas Tadeu. Ela comenta que lhe faz muito bem estar naquele am-

biente, junto com as colegas. “Lá, recebo energia e tenho boas amigas”, salientou Noemia. Nei Soares Figueira tem 67 anos e há quatro frequenta o Cras Barro Vermelho. “Nunca deixo de ir até o meu Cras, me sinto muito bem lá dentro convivendo com as pessoas”, revela. Nelci Esbieher tem 57 anos e está vinculada ao Cras Centro: “Frequento a ginástica, a dança e todas as atividades que são realizadas. A minha filha especial Marielise também gosta do lugar e participa em tudo”. O Serviço Nacional do Comércio (Senac) participou do evento com quatro profissionais - Ana Rech, Vanessa Medeiros, Leticia Rodrigues e Aline dos Santos - que pentearam, maquilaram e pintaram as usuárias do Cras. Os dez idosos do Lar Ebenezer também participaram dos festejos. A assistente social Kátia Paim revela que eles têm atividades diferenciadas no lar, como, uma vez por mês, a festa dos aniversariantes; uma vez por semana, a Hora do Conto, jogo de bocha e artísticas. “O que sentimos falta é de atividades físicas”, comenta a assistente social. Buttes é o responsável do conjunto musical do Cras Centro, e a banda tem o nome de Coração Amigo. Uma vez por semana, às terças-feiras, ensaia com o pessoal: “Aqui, somos amigos e nos auxiliamos mutuamente”. Participaram ainda do evento o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo Rafael Schwanck Evaldt; a assessora de Políticas Públicas para o Idoso, Saionara Fátima da Silva; a diretora da Proteção Básica e secretária substituta da Smfcas, Paola Almeida; a diretora da Proteção Básica da Smfcas, Joice Michels; a assistente social e coordenadora da Proteção Social Básica da Smfcas, Raquel Amaral; e a Chefe de Divisão da Secretaria Municipal da Governança, Mara Regina Cardoso.

Fotos: Paulo Peralta e Jane Machado


ANO 9 - EDIÇÃO 1776ª - DIÁRIO - SEGUNDA-FEIRA, 05 DE AGOSTO DE 2013 - R$ 1,00