Page 1

► NOVA LEI

► AÇÃO NOTURNA

Multa para nota fiscal sem tributos só em 2014

Prefeitura fiscaliza comerciantes entre as paradas 66 e 69

Pág. 5

Pág. 9

ANO 9 - EDIÇÃO 1731ª - DIÁRIO - TERÇA-FEIRA, 11 DE JUNHO DE 2013 - R$ 1,00

Circulação nos municípios de Gravataí, Cachoeirinha, Glorinha e Santo Antônio da Patrulha

► comunidade

Tom Jobim sofre as consequências dos anos de abandono Pág. 7

► esporte

Vila Branca e Caveirense na final da►categoria ESPECIAL Veterano do Futebol Amador Pág. 8

Gravataí tem três casos confirmados de dengue

Estudantes de Gravataí contam como é participar do exame E cerca de 47 suspeitos de contraírem o vírus, conforme informação da Secretaria Municipal de Saúde Página 9

Pág. 6


Opinião/Serviços

Gravataí, 11/06/2013 - Pág. 2 AS GRAVATADAS

POEMA DE AMOR Por Luiz Carlos Amorim

Inundou por que? A Rua Antônio Afonso de Jesus (foto), no Centro da cidade, é uma das que costuma inundar durante chuvas mais fortes, como as da última semana. Os moradores ficam se questionando se o problema é o entupimento dos bueiros. O certo é que Gravataí continua crescendo, se expandindo e ainda sem um sistema que assegure uma drenagem adequada. Tem também o problema do lixo que a população continua a jogar em qualquer lugar. Voltaremos... Prezados leitores, esta coluna também é sua, para falar conosco ligue 3423.1792.

LOTERIAS QUINA - Conc. 3215 - 10/06/2013 17 - 29 - 30 - 40 - 80 lotofácil- Conc. 916- 10/06/2013 01 - 02 - 03 - 04 - 05 06 - 07 - 11 - 13 - 14 17 - 18 - 19 - 23 - 24 PREVISÃO DO TEMPO Terça-feira Mín. 14° Máx. 22° Sol com muitas nuvens. Períodos de céu nublado com chuva. À noite o tempo fica firme.

Registro nº 39987 do Livro A-4 Filiado à ADJORI

Representante Comercial: (51) 3272-9595

jornaldegravatai@terra.com.br jornaldegravatai@gmail.com

Publicação da Empresa Gráfica Jornal 2M Ltda. CNPJ nº 03.851.285/0001-62 Tiragem – 8.000 exemplares Diretor geral: Moacir Oliveira Menezes Diretor administrativo: Gabriel Diedrich Departamento comercial: Adilson Mendes Redação: Katterina Zandonai e Claudio Oliveira Diagramação: Giulliano Pacheco Colaboradora: Edenir Raupp Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, nº 6125 - Pda. 64 CEP 94.060-001 - Gravataí - RS - Brasil Telefones: (51) 3423.1792 - 3421.3381 Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores.

Não quis dizer solidão. É que o inverno está chegando e uma saudadezi¬nha, escondida, insiste em levantar a voz. Saudadezinha doída, vem me lembrar, atrevida, que amor a gente não esquece. Que cada carinho é um carinho, que cada ternura é só uma, que amor não morre jamais. Saudadezinha companheira, vem me dizer, no ouvido, que preciso de você. Porque eu gosto de você. Sei que já disse isso, mas eu gosto de você. Junto de você, gosto do frio que aconchega e gosto da chuva lá fora, a ninar nosso adormecer.

E gosto do seu sorriso. Seu sorriso é minha casa, o meu mundo, é o meu tudo. É minha luz, porto seguro, o meu horizonte, infinito. Seu sorriso é minha vida. Seu sorriso é boa vinda, é ternura aconchegante, é calor que me aquece. Seu sorriso é primavera, que se espalha por seu rosto e sorri a sua boca e sorri o seu olhar e sorri seu coração e sorri a sua alma... Ah, o seu sorriso... seu sorriso é minha bússola, é meu ponto de partida e meu ponto

de chegada... Como vou fazer poesia, se o seu sorriso tão meigo é o verso mais bonito que jamais vou escrever? Minha poesia é você. Pra que então, escrevê-la? Fiz-me poeta em você, poeta em seu amor... Vem comigo, minha musa, vem morar no meu poema... Este poema, seus olhos, imenso poema de amor. Vejo nós dois espelhados, nestes grandes lagos castanhos e cristalinos. Navegamos mansamente, nas serenas águas claras, cheias de luz e poesia. É nossa grande viagem, percorrendo os caminhos que nos levarão de

encontro à descoberta de nós. Então vem e afugenta a saudade vadia, que passeia insistente, pelo fundo dos meus olhos. Vem mandar embora essa saudade que brinca com a tristeza que transcende o meu olhar, tentando invadir meu coração para matar todas as flores que você desabrochou em mim... Quero-te aqui, ternura que me aquece, carinho que embriaga, amor que faz viver. Pra que falar do inverno, de solidão, de saudade, se a tua presença me traz, num dos dias mais frios, o calor de um verão pleno e brilhante? E desabrocham as flores em nosso pequeno jardim...

O Legado Invisível Miki Breier* Se o Brasil deveria ou não realizar a Copa do Mundo já é um tema superado, mesmo restando algumas opiniões divergentes. Sempre há quem pense que é um desperdício tanto recurso para o entretenimento, enquanto os hospitais carecem de melhor estrutura para o atendimento à população assim como a educação, a segurança, habitação e tantas outras áreas de responsabilidade do poder público. Este tipo de debate é imprescindível, porém não podemos cair num reducionismo em

relação às funções do estado, pensando que qualquer investimento que não seja para a saúde ou educação seja desnecessário. Como cantam os Titãs: “a gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte”. A dimensão da arte, constitutiva do ser humano, precisa, tanto quanto, de ações, em nível de estado, para estabelecer-se, para uma constituição mais integral de cada cidadão e cidadã. Os que defendem, sem restrições, a realização da Copa no Brasil usam como argumento o legado

das obras que ficarão para o país. Não deixa de ser verdade, mesmo evidenciando a perversa contradição de que, sem a Copa, os governos não iriam investir em infraestrutura; não fariam as obras de mobilidade necessárias para a cidadania. Há, contudo, um legado não comentado, invisível, e que muitos preferem fazer de conta que não existe. Por acreditarem ser uma oportunidade única e rentabilíssima de negócios, há os que aproveitarão, como em outros megaeventos, para colocar crianças e adolescentes nas ruas, visando à obtenção de recursos de qualquer forma e a qualquer custo. Haverá meninos e meninas utilizados para o trabalho infantil; para a catação de latas; para a venda de diversos produtos; para a exploração do turismo sexual e para o tráfico de drogas. Infelizmente, dados de órgãos e instâncias que têm tratado no dia a dia desta questão, como a Frente Parlamentar

em Defesa da Criança e do Adolescente da Assembleia, Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, Ministério do Trabalho e Emprego, Secretaria Estadual da Saúde, OAB/RS, Tribunal de Justiça do RS, Secretaria Estadual de Segurança Pública, Associação dos Conselhos Tutelares do RS, entre outros, embasam essa convicção e afiançam a necessidade de se atuar na prevenção, fiscalização e repressão deste problema social. Se não estivermos vigilantes, se os órgãos de fiscalização não estiverem muito atentos e se não houver um eficaz trabalho de proteção, em rede, uma parte do legado invisível da Copa do Mundo tornar-se-á visível nove meses depois. * Deputado estadual


Comunidade

enquete JG Via página do Jornal de Gravataí no Facebook

Câmeras nas escolas: Você é contra ou a favor? Câmeras, em qualquer lugar sou totalmente a favor. Em diversas oportunidades essas câmeras com certeza foram de vital importância para diremir dúvidas, quanto aos atos praticados por pessoas. Certamente essas mesmas câmeras já inibiram diversas formas de vandalismo ou até comportamentos que não são aceitos pela sociedade. Adelar Baumgarten

Com essa onda de violência nas escolas, as câmeras podem evitar males piores. O fato de saber que estão sendo observados, pode fazer com que alunos e professores tomem mais cuidado com suas atitudes em sala de aula. Silvana Marques

Totalmente a favor. Pela segurança dos alunos, vai servir para inibir entrada de drogas e qualquer tipo de violência ocorrida nas dependências da escola. Vai ser muito bom para os professores, ficarão mais tranquilos e seguros quanto a conduta dos próprios alunos. Laci Diehl

Totalmente contra. Dentro da sala de aula, nas partes externas, até pode ser. Tanto o professor quanto o aluno ficam vigiados em todos os seus momentos e na minha opinião não é nada pedagógico. Ditadura nunca mais. João Przygodzynski

Totalmente a favor. Tomara que se realize . Nas escolas dos "playboy" já tem, né! Agora quero ver nas escolas públicas, que os professores não tem apoio de ninguém e correm o risco de serem agredidos, como as vezes a acontece! Osvaldo Coelho Chaves

Sou a favor. Assim os pais de professores podem saber o que os filhos e alunos fazem nas escolas. Andreia Rodrigues

Sou a favor. Tem muitos pais que dizem que o seus filhos são educados, mas não sabem que na escola são uns terror, não respeito os professores. Claudio Rogerio Mota

Sou super a favor, tanto na escola quanto nas creches. Edinara Figueira Fernandes

Sou a favor, por medida de segurança, tanto para os alunos, como para os educadores. Mas resalvo que limites, respeito e educação vem de casa. Rosa Feio Feio

Gravataí, 11/06/2013 - Pág. 3

Essa é uma coluna do povo para criticar elogiar e botar a boca no trombone sobre aquilo que os leitores entenderem por certo ou errado. Entre em contato com a redação, pelo telefone (51) 3421.3381 ou mande seu e-mail para jornaldegravatai@terra.com.br. Junto mande seu nome, telefone e endereço.

Comprida como corredor de fazenda... O Silva abre a coluna de hoje com uma nota – daquelas compridas como corredor de fazenda – enviada pela Vó Maria, professora aposentada e moradora do Parque Florido. Por isso, o colunista publica em partes. Acompanhe a seguir: Quase uma hora na fila... “Silva, tirei um tempinho neste início de semana para procurar a lei municipal sobre as filas de bancos em Gravataí. É que um vizinho meu, que também é aposentado, foi a uma agência bancária na Vila Branca, nesta segundafeira e ficou quase uma hora na fila. Na nossa roda de chimarrão do início da tarde, ele contou que foi muito difícil esperar tanto tempo de pé. Os assentos que existem no local são estofados e confortáveis, mas estavam todos ocupados. Os idosos, que têm atendimento preferencial, e os clientes convencionais dividiam espaço até de pé à espera do atendimento, feito por apenas duas funcionárias”. Lei dos 15 minutos... “Se não me engano Silva, quem deveria fiscalizar esse assunto é a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico e Turismo. E o tempo máximo que a lei determina para a espera na fila dos bancos em Gravataí, é de 15 minutos, não duas, nem três, nem quatro vezes isso. Imagina, estamos à mercê do que os estabelecimentos bancários quiserem fazer, porque a nossa Prefeitura não tem estrutura para fiscalizar nem o básico, quanto mais esse excedente”. Mato Sem cachorro... “Estamos mesmo em um mato sem cachorro Silva. Quem vai defender os nossos interesses nesta questão? Teremos que ir ao Procon para reclamar? Não só os aposentados, mas também todos nós cidadãos que precisamos de serviços bancários, estamos cansados desse desrespeito. Estas empresas precisam nos tratar melhor, afinal pagamos tarifas bancárias caras para quase tudo que precisamos dos bancos”. Tolerância para feriados... “Olha Silva, não quero ser injusta, e até por isso não citei o nome do banco. Até acho que deve ter bancos cumprindo com essa lei, independente de ter ou não fiscalização, mas não foi esse o caso do meu amigo. Para quem quiser conhecer melhor a exigência, o número da lei é 2324/05. Ela até permite que o tempo de espera seja esticado até 30 minutos nas vésperas de feriado ou depois de feriados prolongados, mas é só nestes casos. Ao divulgar essa questão, Silva, queremos que as empresas, especialmente os bancos, tenham mais respeito com a terceira idade”. Recado dado. Senha do dia:

Tanto dentro, como fora, inibindo o tráfico de drogas. Jose Tesch

Sou totalmente a favor! Fabiano Silva Rosa

“Tiro dado, bugio deitado...”


Opiniăo

Gravataí, 11/06/2013 - Pág. 4

Transparência

e-mail:gabriel.diedrich@jornaldegravatai.com.br - Fone: 3421.3381

Tributos na nota fiscal Depois de diversas polêmicas, a Lei Federal n° 12.741/12 entrou em vigor ontem, determinando que os varejistas e prestadores de serviços descriminem na nota fiscal o valor aproximado correspondente à totalidade dos tributos federais, estaduais e municipais que incidem sobre os produtos e serviços. Algumas lojas de grande varejo já estão emitindo as notas com o imposto descrito de acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário - IBPT. O especialista em direito tributário Ronaldo Pavanelli Galvão explica que o objetivo da lei é louvável, pois esclarece ao consumidor o valor dos tributos incidentes sobre cada mercadoria ou serviço, mas por conta da complexidade do sistema tributário brasileiro, não é possível adquirir qual o valor exato inserido em cada produto. – Para efeitos da Lei, deve ser computado o valor de sete tributos no documento fiscal e, em caso de produtos importados, mais os tributos incidentes sobre o comércio exterior, de forma separada, ou seja, sobre cada mercadoria ou serviço, que complica sobremaneira a apuração precisa dos tributos – diz Pavanelli. No caso das varejistas que já adotam a Lei, o IBPT catalogou os produtos à venda em cada uma das redes e fez um cálculo aproximado dos impostos embutidos. Como referência, o IBPT usou a Nomenclatura Comum do Mercosul - NCM - código adotado pelo governo para identificar a natureza das mercadorias. A nota fiscal informa o percentual total aproximado da soma de impostos da compra. Os sete impostos que devem constar na nota fiscal são o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), PIS/ Pasep (Contribuição para o Programa de Integração Social), Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social), Cide (Contribuições de Intervenção no Domínio Econômico), ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e ISS (Imposto sobre Serviços), o que torna, portanto, inviável estabelecer um valor exato – ou se torna impossível chegar a um valor exato.

A Assembleia do RS vota hoje o projeto que altera a lei 13.507 e acaba com a proibição de divulgar os salários nominais dos servidores públicos do RS. A partir daí, Executivo, Legislativo e Tribunal de Contas terão que publicar suas listas, como já fazem TJ, MPE e MPC.

Equipe do vereador Evandro participa de evento esportivo

N

o último sábado, o vereador Evandro Soares participou da corrida de aventura Keep Moving Adventure Challenge, que ocorreu na Estância Pro-

víncia de São Pedro. A prova consistia em um desafio de orientação, trekking, mountain bike, running e jogging dentro de um percurso aproximado de 15 km.

A equipe do vereador Evandro Soares, que foi composta por Evandro, Ademir Araújo, Manoela Borella e Thaiane Gomes, completou a prova em 10º lugar.

Conta de água A Agergs (Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do RS) aprovou um reajuste de 6,89% nas contas de água da Corsan. O valor começou a valer no início do mês de junho. Questionada sobre o aumento e os constantes desabastecimentos em Gravataí, a Agergs disse que até o início do ano que vem haverá um sistema de compensação semelhante ao da RGE, quando falta luz, vem um desconto na conta. Com a água será a mesma coisa. Haverá um parâmetro e se a Corsan não atingir, o consumidor recebe o desconto na fatura.

Consepro

Equipe do vereador Evandro participa de corrida de aventura

Solidariedade a toda prova – A equipe do vereador Evandro Soares demonstrou total interação durante a prova e uma situação ocorrida no final da competição comprovou esta sintonia. Uma integrante

da equipe foi acometida de vertigens por estafa e precisou de atendimento. O vereador e o restante da equipe deitaram no gramado ao lado da colega e acompanharam seu pronto restabelecimento em sinal de

solidariedade. A organização do evento, liderada pelo professor de Educação Física Junior Damiani, proporcionou belos momento de integração e lazer através deste evento esportivo.

Projeto Leitura na Praça esteve na Escola José Linck O Projeto Leitura na Praça, de autoria do vereador Dilamar Soares, esteve, no último sábado (8), na Escola Municipal Prefeito José Linck, em Gravataí. Com o objetivo de estimular a leitura de jovens e adultos, mas com foco, especialmente, nas crianças, o gabinete do parlamentar cumpriu bem o seu papel, na escola. Dezenas de crianças passaram pelo estande, levando livros, lendo e interagindo com as demais. As escolas que se interessarem em ter o projeto Leitura na Praça podem fazer contato com o gabinete do parlamentar, através do telefone (51) 3484.8835. O gabinete também está aberto a doações de livros para dar sequência ao trabalho.

A reunião do Consepro (Conselho Pró Segurança Pública) que ocorreria na próxima quarta-feira foi transferida para o dia 19. Na ocasião, os assuntos a serem tratados serão a Consulta Popular, com participação do secretário municipal da Governança, Acimar Silva, e a falta de segurança na Zona Rural (Itacolomi), com a presença do secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Dario Blehm.

Alan é recebido por deputados Prosseguindo a série ‘Pensando o Mandato’, o vereador Alan Vieira reuniu-se com os deputados estaduais Marcio Biolchi (PMDB) e Edson Brum (PMDB), na Assembleia Legislativa. Na ocasião, foram debatidos diversos temas, entre eles a reforma política, o Fundo Operação Empresa (Fundopem) e o apoio dos parlamentares a Gravataí como sede do Hospital Regional. Edson Brum é presidente do PMDB/RS e está em seu terceiro mandato como deputado estadual. Durante o encontro, o vereador conheceu um pouco mais da trajetória política do parlamentar, que já foi presidente estadual da Juventude do PMDB. O deputado destacase, ainda, por ser o autor da lei da meia entrada para estudantes e idosos.

Projeto do vereador Dilamar estimula crianças à leitura

Proposta pelo fim dos alagamentos O vereador Carlito Nicolait (PT) apresentou na última semana um projeto de lei que tem como principal objetivo coibir os

alagamentos na cidade, além de reduzir o impacto ambiental da pavimentação. Como justificativa ao projeto, o vereador argumenta

que a utilização de materiais permeáveis tem um custo inferior, ficando com valores inferiores ao preço da pavimentação asfáltica.

Vereador reuniu-se com presidente estadual do PMDB


Gravataí, 11/06/2013 - Pág. 5

Geral

Lei da nota fiscal discriminada ganha mais prazo Exigência de relacionar impostos embutidos no preço ao consumidor vigora desde ontem, mas aplicação de multas só em junho de 2014 Foto: Divulgação/JG

Claudio Oliveira

O

s comerciantes iniciaram a semana comemorando uma vitória no campo tributário. O Governo Federal anunciou ontem que vai prorrogar por um ano a aplicação de multas por descumprimento à lei que determina a discriminação na nota fiscal dos impostos que compõem o preço final ao consumidor. Ainda assim, a lei 12.741/12 entrou em vigor nesta segunda-feira, com a exigência de que constem na nota fiscal sete tributos embutidos no preço de produtos ou serviços adquiridos pelos clientes. A nova lei não se aplica às microempresas com receita bruta anual de até R$ 360 mil e aos microempreendedores individuais. As demais empresas que descumprirem a medida estarão sujeitas às sanções previstas no Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90), como multa, apreensão do pro-

duto e cassação da licença do estabelecimento. Adaptação Os próximos 12 meses alongam o prazo inicial – de seis meses – para que as empresas se adaptem às novas exigências. Conforme informou a Casa Civil, neste período serão adotadas medidas educativas para que o empresariado possa fazer a adaptação. No final da tarde de ontem, ainda sem saber da decisão do Governo Federal, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Gravataí e Glorinha (Sindilojas), José Rosa, disse que o assunto faria parte da pauta de reunião da diretoria da Fecomércio-RS, na próxima quinta-feira. Multa variável O presidente da Associação dos Contabilistas de Gravataí, Egídio Matiello, disse que os profissionais do ramo com certeza alertaram seus

clientes para a necessidade de alteração dos sistemas eletrônicos de emissão de notas fiscais para se adaptar à nova exigência. Disse ainda que os empresários foram orientados a procurar as empresas que forneceram o software para fazer a atualização. Ele também comentou o efeito prático da medida: – Isso é bom. Acho que no começo as pessoas até vão cobrar das empresas a nota fiscal discriminada, mas dentro de algum tempo vai cair no esquecimento. Acho que os políticos deviam fazer uma lei que exigisse informar o que é feito com o dinheiro dos impostos. Ele alertou que as multas pelo descumprimento da lei serão variáveis e pesadas, entre 50% e 150% sobre as operações das empresas. Parte do contrato Com quase 30 anos de mercado, a VH Soft Soluções Empresariais é um dos players

Empresas ganharam mais um ano para se adaptar

gravataienses que está trabalhando para adaptar os sistemas do comércio local à nova lei. Conforme o analista de suporte da empresa, José Valdonez Amaral, a atualização para os clientes é um serviço gratuito, estabelecido em contrato. – É parte da manutenção

dos sistemas que instalamos, até porque esta não é a única alteração que precisamos fazer nos sistemas de emissão de notas. Estamos antenados, para que nossos clientes contem sempre com um software atualizado, de acordo com as mudanças que as leis vão determinando – explicou.

Impostos que devem constar na nota 1) Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) 2) Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), 3) PIS/Pasep 4) Cofins 5) Contribuições de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) 6) Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) 7) Imposto sobre Serviços (ISS) TABELAS No caso dos serviços financeiros, as informações sobre os tributos deverão ser

colocadas em tabelas fixadas nos pontos de atendimento, como agências bancárias. O IOF deverá ser discriminado somente para os produtos financeiros, assim como o PIS e a Cofins, apenas para a venda direta ao consumidor. A lei também estabelece que a nota fiscal deverá trazer o valor da contribuição previdenciária dos empregados e dos empregadores sempre que o pagamento de pessoal constituir item de custo direto do serviço ou produto fornecido ao consumidor. Sempre que os produtos forem fabricados com ma-

téria-prima importada que represente mais de 20% do preço de venda, os valores referentes ao Imposto de Importacao, ao PIS/Pasep e à Cofins incidentes sobre essa matériaprima também deverão ser detalhados. Para que os estabelecimentos comerciais tenham tempo para se adaptar às novas regras, as multas só serão aplicadas a partir de junho de 2014. Quem descumprir a lei pode ser enquadrado no Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90), que prevê sanções como multa, suspensão da atividade e cassação da li-

cença de funcionamento. A lei é fruto de uma iniciativa popular que reuniu aproximadamente 1,56 milhão de assinaturas coletadas pela campanha nacional De Olho no Imposto, da Associação Comercial de São Paulo. ENTENDA MELHOR Mais transparência nas transações comerciais e de serviços deve ser o principal efeito prático da nova lei, resultado de uma mobilização nacional de cidadãos e entidades empresariais. Por exemplo, ao comprar uma tevê LCD 42 polegadas Full HD por R$

1.499,90, o consumidor saberá que paga mais de imposto (R$ 890,49) do que pelo próprio produto. Livre da tributação, o preço seria de R$ 609,41. IMPORTADOS De acordo com a lei, deve ser computado o valor de sete tributos no documento fiscal. Em caso de importados, devem constar mais os impostos incidentes sobre o comércio exterior, de forma separada, ou seja, sobre cada mercadoria ou serviço. Conforme empresários do ramo, isso complica sobremaneira a apuração precisa dos tributos.


Geral

Gravataí, 11/06/2013 - Pág. 6

Dengue não se esconde no inverno Gravataí tem 47 casos suspeitos da doença e três já foram confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde Karina de Freitas

A

época do frio não afasta o risco de contaminação pelo mosquito da dengue em águas paradas. Nesse momento devemos aumentar os cuidados com o foco do mosquito. A estação do ano característica do frio e chuva não impede a proliferação do mosquito, ao contrário, devemos tomar maiores cuidados, pois os dias chuvosos estão chegando e não podemos deixar de ter atenção a todo o material deixado nas ruas acumulando água. A dengue é uma doença febril aguda, ocorrendo após a penetração do vírus no corpo humano através da picada do mosquito Aedes aegypti infectado. No município de Gravataí, até está segunda-feira (10), apontou cerca de 47 casos sus-

peitos da doença com três já confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Nenhum foi contraído no município. São moradores que se infectaram em outra localidade do Estado. Porto Alegre, apresenta atualmente cerca de 206 casos da doença confirmados, o que ocorre pelo aumento no número do mosquito transmissor da doença com várias áreas com suspeita do foco do mosquito. Segundo a Vigilância Sanitária de Gravataí (VISA), não existe o vírus do Aedes no município. Em todas as áreas da cidade existem foco de manifestação do mosquito, mas não foi encontrado o vírus circulando no município, que é proveniente do mosquito infectado. Um plano de ação da Secretaria de Saúde do município foi a implantação e aumento no qua-

dro de agentes municipais de saúde espalhados em todos os bairros, afim de visitar todos os estabelecimentos comercias e residências, levando informações para a população. Com intuito de evitar o foco do mosquito, os agentes também agem eliminando de forma mecânica os focos da larva, que consiste em esvaziar vasos, caixas, pneus, garrafas e baldes com água parada. Nesta visita do profissional de saúde é realizado a coleta do material, possivelmente infectado, para análise em um laboratório de entomologia. Sendo positivo o resultado, os agentes retornam ao local indicado, fazendo a eliminação do foco do mosquito com um produto químico. O larvicida é capaz de matar o foco do mosquito em um raio de 150 metros. A dengue é uma doença séria mesmo em

sua forma clássica, pessoas com doenças crônicas como cardíacas e respiratórias devem ser tratados de forma especial com total atenção a qualquer sintoma alterado. Por ser uma doença viral não existe tratamento medicamentoso,

Atenção especial nos jardins

Gravataí, tem como flor-símbolo a bromélia e promove anualmente a festa das bromélias em comemoração ao seu aniversário ocorrendo no Parcão da parada 79, local também característico pela paisagem natural, abrangente de diversas árvores que acumulam água em seu interior, o município tem um ar rural que traz aos moradores o hábito de cultivar plantas em vasos e jardins algumas delas de grande porte que acumulam água em seu interior, como por exemplo a bromélia uma a dica importante é esguichar água entre as folhas com uma mangueira, uma vez por semana, para manter a planta livre de larva e estar sempre atento para não deixar acumular água dentro dela.

publicação legal CASAMENTOS Edital nº 045/2013

VALECY CABELEIRA BITELO - Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais, faz saber, que se habilitaram para casar por este Cartório: 1 – WAYNER HERNANDEZ SANTANA e SUELEN FERREIRA LIMA Quem conhecer algum impedimento, acuse-o na forma da Lei.

Gravataí, 11 de junho de 2013 Valecy Cabeleira Bitelo Oficial de registro

afim de acabar com o vírus, durante a manifestação dos sintomas da doença como dor e febre, o paciente será indicado a fazer medicação somente a partir de analgésicos para dor e febre, serão recomendados e evitados durante o tratamento da dor a ingestão de medicamentos salicitados (Aspirina), por serem capazes de aumentar o risco da doença se estender para a forma mais grave, além de recomendado total repouso ao paciente e que beba muito líquido. Principais intomas: A dengue tem por característica os mesmo sintomas da gripe co-

mum. O que fica difícil na maioria dos casos que seja diagnostica a doença brevemente. As suspeitas da doença ocorrem em casos de pacientes com sintomas febril com duração de até 7 dias e que esteja acompanhada de sintomas como: dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dores musculares, dores nas juntas e vermelhidão no corpo. Porém, também existem casos que a pessoa está infectada pelo vírus, mas não apresenta nenhum sintoma da dengue, nesses casos qualquer sintoma de gripe comum o ideal é tomar cuidado e ficar atento a qualquer sintoma não característico da gripe.


Geral

Gravataí, 11/06/2013 - Pág. 7

Vias da Vila Tom Jobim mantêm condições de trafegabilidade Mesmo com a prestação ser serviços realizados pela Prefeitura, comunidade sofre com os probemas gerados com a desatenção das administrações anteriores

H

á cerca de dois meses, a Secretaria Municipal de Obras Públicas (SMOP) efetuou um mutirão na Vila Tom Jobim, com a execução de trabalhos de limpeza das valas, patrolamento, ensaibramento, hidrojateamento das redes de esgoto e desobstrução das galerias pluviais. O serviço foi concluído, conforme o cronograma estabelecido pela SMOP, em 21 de abril. Durante a execução das obras, no mês de abril, o prefeito Marco Alba também visitou o local. Na sexta-feira (7), o se-

Fotos: DIVULGAÇÃO/PMG

cretário titular da pasta, Paulo Martins, esteve no bairro para verificar como se encontram as vias, após a efetivação das melhorias. “As ruas continuam em perfeita condições de trafegabilidade. As valas se mantêm limpas, fazendo com que a água da chuva escoe normalmente sem que as ruas sejam alagadas. O único porem é que a comunidade abriu valetas nas vias”, comentou o secretário. De acordo com comerciante Denise Cruz, a construção das valetas tem como objetivo inibir a velocidade dos auto-

móveis. “As pessoas que possuem carros não respeitam e, como as ruas estão muito boas, eles abusam da velocidade”, contou. “Porem isso não impede que os veículos circulem tranquilamente pelo bairro”, comentou. Mas a comerciante exalta o trabalho efetuado pela Prefeitura. “O trabalho ficou bem feito. É uma benção para toda a comunidade”, frisou. “Foi realizado um ótimo trabalho, as ruas, hoje, estão trafegáveis e as casas livres de alagamentos”, comemora a dona de casa Nelsinda Santana.

Como se encontravam algumas vias antes da execução das melhorias pela Prefeitura

Ruas da Vila Tom Jobim mantêm a trafegabilidade dois meses após receber melhorias

Mesmo com a prestação dos serviços, bairro vive a necessidade de mais investimentos

Abas da ponte da estrada Henrique Closs serão concluídas nesta semana A Secretaria Municipal de Obras Públicas deve concluir nesta semana a construção das abas da pode da Estrada Henrique Closs, próximo à Mineração Vera

Cruz, no limite com Novo Hamburgo, no distrito da Costa do Ipiranga. A obra foi executada em tempo recorde no domingo, dia 26 de maio. A substituição da velha

ponte de madeira por uma de concreto teve início às 8h se encerrando às 17h30min, quando a via foi liberada para o tráfego. A obra foi construída em parceria com a Mineradora Vera Cruz. A empresa doou o material, e o município participou com a mão de obra. A estrada Henrique Closs é uma das principais ligações do distrito da Costa do Ipiranga com a ERS118. “A ponte de concreto dá mais segurança, pois a antiga estrutura oferecia riscos aos veículos, especialmente aos caminhões”, destacou o

Ponte de concreto substitui a ponde de madeira próximo a Mineradora Vera Cruz

secretário de Obras Públicas, Paulo Martins. No lugar da ponte antiga foi colocada uma galeria de canos, feita a

compactação das cabeceiras. “Agora sim dá para dizer que ali tem uma ponte em condições se-

guras de tráfego, com material resistente e com durabilidade de muitos anos”, reiterou Paulo Martins.


Gravataí, 11/06/2013 - Pág. 8

Pausa no Brasileirão Em virtude da realização da Copa das Confederações, o Internacional volta a campo pelo Brasileirão somente no dia 7 de julho, às 16h, quando enfrentará o Vasco da Gama no Centenário, em Caxias do Sul, pela sexta rodada. Antes, porém, poderá enfrentar o AméricaMG no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. O duelo também será disputado na Serra Gaúcha, mas as datas ainda não foram estipuladas pela CBF – os dias 03/07, 10/07, 17/07 e 24/07 estão reservados para as disputas das partidas de ida e volta. Intertemporada em Viamão O grupo colorado recebe a partir deste domingo (9/6) dez dias de folga, com reapresentação marcada para o dia 19 de junho. Após a realização de exames médicos e físicos em Porto Alegre, os jogadores realizarão uma intertemporada em Viamão. Será um período fundamental de preparação para as exigências do calendário do segundo semestre. Vale lembrar que além do Brasileirão, o Inter também poderá disputar a Copa Sul-Americana. Entretanto, isso só ocorrerá se o time colorado não passar às oitavas de final da Copa do Brasil, o que, por força de regulamento, impediria a sua participação no torneio sul-americano.

Esporte

Vila Branca e Caveirense na final da categoria Veterano do Futebol Amador As equipes se enfrentam no próximo domingo (16) no campo do América

N

a manhã deste domingo (9) a semifinal da categoria Veterano do Campeonato Municipal de Futebol Amador decidiu as duas equipes finalistas. A equipe do Vila Branca venceu por 3 a 0 o Barnabé e garantiu vaga na final e o Caveirense marcou dois gols contra o Gravataiense. As equipes se enfrentam no próximo domingo (16) no campo do América às 15h. O secretário municipal de Esportes e Lazer, Luciano Oliveira, esteve presente nos jogos e espera um grande confronto no próximo domingo. “A equipe do Vila Branca busca a sexta vitória consecutiva no campeonato e o Caveirense está com

muita disposição para levar o título” destacou. Luciano Oliveira destacou que é fundamental o apoio dos torcedores. “Será um jogo importante com duas equipes de muita qualidade. Convidamos toda a população a prestigiar essa final”, disse. O presidente da Liga Gravataiense de Futebol, Eliseu Ramos, lembrou que a escolha do domingo à tarde para a final é visando o público. “Suspendemos a etapa da categoria Amador no próximo final de semana para focarmos as torcidas nessa final. Será uma grande partida e convidamos a todos que venham prestigiar este confronto”, afirmou.

Time completo do Vila Branca

FotoS: Divulgação/PMG

O Vila Branca (branco) venceu o Barnabé por 3 a 0

Equipe do Caveirense está na final

Peneira do Cerâmica teve grande procura Intertemporada no dia 19 de junho

"Luxa" enaltece qualidade do Atlético MG Em entrevista coletiva na Arena do Jacaré, após a partida contra o Atlético Mineiro, o técnico Vanderlei Luxemburgo lamentou o resultado negativo, enalteceu a qualidade do adversário, mas salientou que o Tricolor tem capacidade de buscar a recuperação mais adiante. Os ingressos para a partida entre Grêmio e São Paulo na próxima quarta-feira, válida pelo Campeonato Brasileiro, já estão à venda. Os sócios que fizeram a migração terão acesso ao jogo somente com apresentação da nova carteirinha da Arena.

Intertemporada no dia 19 de junho

Com grande procura de meninos de Gravataí e diversas cidades da região, aconteceu no último sábado (8) a peneira do Cerâmica para categoria 1998/1999. Observados pelo treinador da equipe Infantil Sandro Resende, pelo avaliador Gilberto Ferreira (Giba), pelo preparador de goleiros Lori e pela Comissão Técnica das categorias de base do Cerâmica, os garotos procuraram mostrar

FotoS: Divulgação/cac

o seu melhor. No próximo sábado (15) meninos nascidos em 1996 e 1997 têm a sua chance. Observando mais de 70 meninos, Gilberto Ferreira declarou que o grau técnico não foi o esperado. “A realização da peneira foi positiva, tivemos grande procura dos garotos, porém o elevado nível dos nossos atletas nesta categoria fez com que fossem selecionados apenas um ou dois meninos”.

Meninos foram avaliados pelos profissionais do Cerâmica

Os garotos procuraram mostrar o seu melhor

Giba lembrou ainda, que atletas não aprovados em uma ocasião ou candidatos as próximas oportunidades, devem manter cuidados no dia a dia com questões como alimentação e a prática regular de atividades físicas, para que mostrem o seu máximo rendimento nestas ocasiões. Para participar da avaliação, os interessados devem trazer a documentação completa até

a quinta-feira (13). O atestado médico, a autorização e a cópia da certidão de nascimento devem ser entregues na secretaria do clube. O Cerâmica está localizado na Avenida José Loureiro da Silva, 2321, no Centro de Gravataí e funciona diariamente das 8h 30 às 12h e das 13h 30 às 18h. Na data da peneira, os candidatos devem se apresentar no Vieirão fardados, às 9h.


Gravataí, 11/06/2013 - Pág. 9

Geral

Prefeitura fiscaliza comerciantes entre as paradas 66 e 69 Ação conjunta envolveu secretárias municipais, Corpo de Bombeiros e Brigada Militar

N

a noite de sextafeira (7) e madrugada de sábado (8), foram vistoriados 16 vendedores ambulantes que atuam entre as paradas 66 e 68 da Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira. Os responsáveis por esses comércios assinaram um Termo de Compromisso junto à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Smdet) comprometendo-se a cumprir a lei. Os comerciantes comprometeram-se a manter o local higienizado e sem perturbar o sossego público, conforme prevê o Código de Postura do Município, Lei nº 1.349/77, sob pena de terem o Alvará de Funcionamento cassado e as

atividades, suspensas. O responsável pelo Posto de Combustíveis São Luiz, localizado na parada 69, também assinou o termo. Para que todos compreendam o que assinaram, foi marcada uma reunião para esta semana, para que a situação fosse debatida e esclarecida. Seguidamente, a Prefeitura é procurada por moradores da região que reclamam dos excessos naqueles pontos. Na mesma blitz, foi verificada uma denúncia, de um bar localizado na Avenida dos Estados, onde foi flagrada a exploração de jogos de azar. No local, existiam quatro máquinas caça-níqueis em funcionamento. O estabelecimento foi interditado pela SMDET e Se-

Noite de muito trabalho

Fotos: DIVULGAÇÃO/PMG

Fiscais notificaram comerciantes

cretaria Municipal da Fazenda, e os equipamentos, apreendidos pela Brigada Militar. A blitz foi uma ação conjunta das secretarias de Desenvolvimento Econômico e

Turismo SMDET, de Mobilidade Urbana, da Fazenda (SMF), da Fundação Municipal do Meio Ambiente (FMMA), da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros.

Ação conjunta envolveu secretárias municipais, Corpo de Bombeiros e BM

Polícia prende 26 suspeitos de roubarem 150 veículos Na manhã desta sexta-feira, a Polícia Civil deflagrou uma ação para prender suspeitos de integrarem uma quadrilha responsável por roubos de veículos em bairros de classe média-alta em Porto Alegre e na Região Metropolitana. Até as 11h30min, pelo menos 26 pessoas foram presas. Coordenada pelo Departa-

mento de Polícia Metropolitana (DPM), em conjunto com a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Canoas, cerca de 500 policiais participam da Operação Santa Fé, que conta inclusive com o apoio de helicóptero. Ao todo, devem ser cumpridos um total de 34 mandados de prisão e 80 de busca e apreensão Foto: DIVULGAÇÃO/jG

Até as 8h desta sexta-feira, pelo menos 20 pessoas foram presas

nas cidades de Porto Alegre, Canoas, Esteio, Novo Hamburgo, Sapucaia do Sul, São Leopoldo, Portão, Campo Bom, Nova Harz, Cachoeirinha, Charqueadas e Osório. Outros três mandados de prisão foram expedidos contra detentos do regime semiaberto do Presídio Estadual de São Leopoldo e dois no Presídio Central, de onde os chefes da quadrilha negociavam os veículos roubados. Depois de interceptar 26 mil ligações telefônicas ao longo de seis meses de investigação, a polícia constatou que detentos do Presídio Central e da Penitenciária Estadual do Jacuí (PEJ) seriam responsáveis pela negociação dos carros roubados. Os criminosos, suspeitos de terem roubado, em seis meses, até 150 carros, tinham base em Sapucaia do Sul, mas agiam em bairros nobres de Porto Alegre.

— O índice de roubo e furto de veículos na Capital, com certeza, vai cair. Conseguimos rastrear um final de semana no qual levaram sete carros — afirma o delegado Thiago Almeida Lacerda, titular da Delegacia de Roubo e Furto de Veículos da DPM. O bando visava veículos cujos valores de mercado chegam na casa dos R$ 100 mil, como o Hyundai Veloster, Toyota Hilux, Ford Edge e modelos da marca Porsche, bastante visados pelo bando. Após o roubo, os veículos eram então levados para desmanches, clonados e alguns encaminhados para outros estados, principalmente para Santa Catarina. A quadrilha também é suspeita de ter envolvimento com assaltos a banco na serra gaúcha, inclusive sequestrando gerentes das agências assaltadas.

Policiamento comunitário em mais três municípios A Secretaria da Segurança Pública implantou o Policiamento Comunitário em Canoas e Sapucaia do Sul. O município de Canoas contará com 11 núcleos, 34 policiais militares e 11 viaturas nos bairros. Já em Sapucaia do Sul, o Policiamento Comunitário terá dois núcleos, duas viaturas e oito policiais atuando nos bairros Fortuna e Cohab. Na mesma manhã, o secretário da Segurança Pública, Airton Michels, anunciou a ampliação do projeto em Esteio. O município, que tem dois núcleos, passa a atuar com mais um, além de uma viatura e quatro policiais no bairro Novo Esteio. Para Michels, a recepção da população em relação ao projeto de policiamento comunitário e o trabalho dos PMs são fundamentais para o encaminhamento das ações. "A implantação da polícia comunitária é essencial para o enfretamento à violência. Temos que trabalhar com a prevenção para atingirmos bons resultados", justifica. O prefeito em exercício de Sapucaia do Sul, Arlênio da Silva, considera que o ato é muito importante para a cidade alinhar projetos com o Estado e promover uma cultura de paz. "O trabalho de prevenção, de atuar próximo à comunidade e baixar os índices de criminalidade são as diretrizes fundamentais para se tenha uma cidade segura", destacou o prefeito de Esteio, Gilmar Rinaldi. Já o prefeito de Canoas, Jairo Jorge, disse que "a parceria do município com o Estado é a base para obtermos uma política de segurança cidadã". Investimento O Estado investiu aproximadamente R$ 1 milhão na compra de viaturas para a Brigada Militar, que já foram entregues aos municípios, além de equipamentos para os policiais. O projeto, desenvolvido em parceria com as prefeituras, pagará uma bolsa de R$ 600,00 para os policiais morarem nos locais onde atuarão. Caxias, Passo Fundo, Santa Cruz do Sul e Bento Gonçalves já têm policiamento comunitário.


Entretenimento

Gravataí, 11/06/2013 - Pág. 10

Resumo de Novelas

Foto Divulgação/JG

Dia dos Namorados será cheio de atrações para os vovôs

O

s vovôs do Asilo Padre Cacique contam com diversas atrações em comemoração ao Dia dos Namorados. Na terça-feira (11/06), os moradores que compõem a Roda de Samba "Sem Compromisso no Porão do Padre", ministrada com o apoio da Banda da Saldanha, estarão fazendo a festa da entidade beneficente Amparo Santa Cruz, que atende crianças em condições de vulnerabilidade social. Na quarta-feira (12/06), um romântico baile noturno acontece no Asilo Padre Cacique. O cantor Luiz Américo estará animando a noite dos vovôs e vovós da casa. O baile inicia às 18h. A entidade é localizada na Avenida Padre Cacique, 1178, no Bairro Menino Deus.

Sobre o Asilo Padre Cacique O Asilo Padre Cacique é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, fundada em 19 de junho de 1898 pelo Padre baiano Joaquim Cacique de Barros, que já naquele século realizava obras assistenciais. Originalmente foi concebido para abrigar mendigos. Hoje abriga 150 idosos entre homens e mulheres, sendo que em torno de 40% não têm nenhum vínculo familiar e, por essa razão, dependem de uma relação afetiva com os funcionários e com os voluntários da Instituição, que atualmente é presidida pelo advogado Edson Brozoza. O Asilo objetiva proteger e incluir socialmente os idosos, estimulando sua vida social e emocional, oferecendolhes condições dignas de convivência. Outras informações sobre o Asilo podem ser obtidas no site www.asilopadrecacique.com.br.

Jornal de Gravataí

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br www.coquetel.com.br

© Revistas Revistas COQUETEL COQUETEL 2011 2011 ©

Dividido “Ed (?)”, (o prêmio) filme com Espargido Paulo (tempero) Betti

em Recurso Iguarias vendidas Botequim Brigitte de do surdo tabuleiros nas (?),ruas musa PseudôSalvador para Opõe-se à do Cinema nimo do compreender falas francês popa famoso

Livro “Édipo (?)”, estudado tragédia pelo decriminalista Sófocles

Planeta Dirigia as que possui capitanias apenas um hereditásatélite rias

Animal lapônio Quantidade (pop.) Anexos de O atual cozinhas "blush" Muda de Gravou lugar “Olhar 43”

Letra que, invertida, indica retorno

Camada Falha; Atmosfera mineral física engano explorável (símbolo) Tino; juízo Presa; Alcatifado ligada É suprimida pela anestesia Desabitada Canal de TV a cabo Giba, Guga e Marta Epopeia de Homero que narra a Guerra de Troia (Lit.)

A mãe do primo em primeiro grau Número de cilindradas do carro 1.0 FragmenPaís que aboliu as tosForças no pisoArmadas da (?)serraria Bello, comediante Base brasileira

T

Tricampeão de F1 que completaria 50 anos em 2010

I

R

BANCO 117

U

Ópera de Verdi Para os

G

Pediatria (?)(abrev.) Coruña, porto da Nair de TeEspanha fé, a primeira mulher caricaturista do Brasil

E

Adjetivo Passo de associado ao bom balé goleiro

Clínica para obesos (pl.) Ocimar Nome Versolato, comum estilista entre os brasileiro russos

A

Ralar; rapar Letícia Sabatella, atriz brasileira Necessidade emocional do bebê

O caráter Salto (pl.) da informaçãoem do Correr, noticiário inglês

Lev Boné, em Tolstoi, inglês escritor russo Ilhas (?), Conjunto Utensílio hábitat das de valores escolar tartarugas para afiar de um gigantes povo o lápis

Alerta Tarzan emitido (Cinema) para os bombeiros

Parte móvel do carro conversível

Feira pauFevereiro lista de uti(abrev.) lidades domésticas

BANCO

120

Solução Solução Solução anterior CS O AR DI OO E IN RA UI GA E OL IA A PDE DO N NE AS TA AS S G LO SR SI C EA UL AO LS FR E VP OU TR AA GD OO SR

www.jornaldegravatai.com.br

AB CA AR RD AO JT E EP VI AR TU AE PT AA

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora

José Menezes (78 anos) e Doralice Santos (73 anos) casaram recentemente no Asilo

B PA IT RR R O A AR DR P EE M SA T LS A O ST CA AP ZR U C LA AN PT

Dona Xepa Rosália se desvencilha de François ao ver Vitor Hugo e se faz de ofendida na frente do empresário. Xepa pede a ajuda de Matilda com a documentação de Esmeraldino e a feirante se recorda sobre um possível terreno dividido em lotes. Meg é reconhecida pela mãe do dono da festa e aceita tirar fotos com a senhora, enquanto Tairone observa a perua. Perturbado, Júlio César se afasta de Pérola, que tenta se desculpar com ele.

Em uma panela grande, coloque a margarina, cebola picadinha e deixe fritar um pouco, acrescente o caldo de galinha, salsinha picada e o molho de tomate. Deixe só mais um pouquinho fritando, logo a seguir junte o leite, a água se precisar adicione mais sal. Quando levantar fervura abaixe bem o fogo e coloque a farinha de trigo de uma só vez, mexendo vigorosamente para não empelotar. Assim que soltar do fundo da panela vire na mesa untada com margarina. Amasse bem com ela ainda quente. Quando estiver sovando a massa, pode pôr um pouco mais de margarina, fica mais macia. Nara Gomes Massulo - Nutricionista - naramassulo@terra.com.br

LN EO M I TE UA RR AT LI AS BT II AC LO

AMOR À VIDA Paulinha insiste que Bruno não incomode Paloma por sua causa. Aline afirma a César que não reclamou de sua transferência com Bernarda. Bernarda exige que César mantenha Aline como sua secretária. Paloma interna Paulinha. Ciça explica o que Perséfone deve fazer para conquistar um namorado. Thales fica com pena de Nicole, depois de saber sobre os exames que ela fará. Leila se surpreende por encontrar Thales na casa de Nicole. César tem uma conversa séria com Aline. Pilar sugere que Gigi comece a vender quentinhas. Michel estimula Daniel a resolver o problema de Perséfone. Nicole se preocupa com seus exames.

u Modo de preparo

RM SD AO TR VA ET A A DT D OE G N M IT C LO I RN AA D GA AP

SANGUE BOM Amora tenta disfarçar sua irritação com a declaração de Bento. Maurício pede o consentimento de Verônica para fazer a campanha com o cliente de Natan. Tábata conversa com os jornalistas e agenda entrevistas para Filipinho. Eliseu sugere que Glória ensine boas maneiras ao neto. Plínio defende Bento de Fabinho. Giane fica devastada ao saber que Bento assumiu o namoro com Malu no Luxury.

u Ingredientes 1 kg de trigo sem fermento, 1 litro de leie integral, 1/2 litro de água, 4 colheres sopa rasas de margarina, 1 cebola pequena picadinha, 2 caldos de galinha, 1 colher de salsa picadinho, 1 colher de sobremesa de molho de tomate

2/la. 3/rpm —3/cap. run. 4/aída 4/raiz— —mort. veio. 9/atapetado. 6/ilíada. 9/galápagos.

FLOR DO CARIBE Duque dá para Cassiano o endereço do hotel onde Dom Rafael está no Rio de Janeiro, mas aconselha o amigo a deixar a procura por conta da aeronáutica. Carol aceita ajudar Veridiana a procurar a filha, e sugere que ela e seus netos gravem um vídeo para ser divulgado na internet, a fim de encontrar Maria Adília.

Culinária JG

Malhação Vitor tenta convencer Lia do perigo de confrontar Sal e faz a namorada prometer que não irá até a prisão atrás do paradeiro do dinheiro do resgate. Orelha e Morgana namoram, felizes. Raquel organiza as regras da casa com Gil e Tatá. Fatinha e Bruno dividem as tarefas domésticas. Lia, Tatá e Raquel se despedem de seu apartamento que irá a leilão.

Massa básica de coxinha


Gravataí, 11/06/2013 - Pág. 11

Cultura

HOJE

- Arte Secc está promovendo durante todo o mês de junho atividades culturais na cidade. Confira a programação nesta edição..

Arte SESC – Cultura por toda parte tem agenda intensa em Gravataí Criado em 2007, o programa reúne todas as atividades culturais desenvolvidas pelo SESC no Rio Grande do Sul

O

Arte SESC – Cultura por toda parte promove, durante todo mês de junho, diversas atividades culturais para os moradores de Gravataí. Na agenda estão previstas peças de teatro, música e literatura, voltados para todos os tipos de público. As ações ocorrem no Teatro do SESC Gravataí, que fica na Rua Anápio Gomes, 1241. No dia 22 de junho, é a vez do show da banda Tópaz, que irá tocar o repertório dos seus três álbuns, incluindo o hit “Se for pra tudo dar errado”, do seu último disco Onze Nós. A apresentação ocorre às 20h, no Teatro SESC, e já tem ingressos à venda, com valores entre R$ 5,00 e R$ 12,00. Finalizando as atrações do mês, o grupo Cia. da Cidade apresenta o espetáculo “Canalhas”, baseado na obra de Nelson Rodrigues, que tem classificação a partir de 18 anos. A apresentação está marcada para o dia 30, no Teatro do SESC,

às 20h, e tem ingressos entre R$ 5,00 e R$ 12,00. Confira abaixo a programação completa e mais detalhes. Mais informações sobre as atividades programadas para o mês de junho podem ser obtidas junto ao SESC Gravataí (Rua Anápio Gomes, 1241) e pelo telefone (51) 3497.6174. Sobre o Arte SESC – Cultura por toda parte - Criado em 2007, o programa reúne todas as atividades culturais desenvolvidas pelo SESC no Rio Grande do Sul, entre teatro, música, artes plásticas, literatura e cinema. Além de promover uma intensa troca de experiências e ampliar o acesso à produção artística, o Arte SESC busca ser reconhecido como promotor de ações culturais no Estado, sendo elas não só apresentações artísticas, mas também de caráter formativo e educacional, orientadas por três eixos: transversalidade, diversidade e acessibilidade.

Programação 12 de junho A Viagem de um Barquinho, Timbre de Galo (RS) Horário: 15h Local: Teatro SESC Gravataí Sinopse: As aventuras do menino que saiu em busca de seu barquinho de papel, que saiu para conhecer o mar e se deixou levar pelo caminho do rio de pano estendido por uma lavadeira. Ele encontra personagens fantásticos, sempre dispostos a fazer indagações essenciais à formação de uma visão de liberdade e respeito à individualidade. O grupo transpõe para o universo gauchesco (pezinho, chimarrita, trovas e fandango) a história do menino que parte do planalto médio gaúcho em busca de seu barquinho. Entrada franca para escolas previamente agendadas. 15 de junho A Cronologia do Choro: 140 Anos de História - O Choro é Livre Horário: 20h Local: Teatro do SESC Gravataí Sinopse: O Choro é Livre apresenta narrativas de fatos históricos relacionados à Música Popular Brasileira, e momentos de apreciação, quando executa os clássicos do nosso cancioneiro. Recria-se, então, a atmosfera dos tempos áureos da música brasileira, ao som das composições de artistas como Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Chiquinha Gonzaga, Jacob do Bandolin, Noel Rosa, Cartola, Paulinho da Viola, entre outros.

Ingressos: R$ 5,00 para comerciários e dependentes com Cartão SESC/Senac, R$ 8,00 para empresários e dependentes com Cartão SESC/Senac, R$ 12,00 para público em geral e R$ 6,00 para estudantes e idosos (mediante identificação formal) 22 de junho Banda Tópaz Horário: 20h Local: Teatro SESC Gravataí Ingressos: R$ 5,00 para comerciários e dependentes com Cartão SESC/Senac, R$ 8,00 para empresários e dependentes com Cartão SESC/Senac, R$ 12,00 para público em geral e R$ 6,00 para estudantes e idosos (mediante identificação formal) 30 de junho Canalhas, Cia da Cidade (RS) Horário: 20h Local: Teatro SESC Sinopse: “Sou um menino que vê o amor pelo buraco da fechadura. Nunca fui outra coisa. Nasci menino hei de morrer menino. E o buraco da fechadura é, realmente, a minha ótica ficcionista. Sou (e sempre fui) um anjo pornográfico” - Nelson Rodrigues Ingressos: R$ 5,00 para comerciários e dependentes com Cartão SESC/Senac, R$ 8,00 para empresários e dependentes com Cartão SESC/Senac, R$ 12,00 para público em geral e R$ 6,00 para estudantes e idosos (mediante identificação formal)

Áries: Sua energia ainda está muito voltada para os bons acordos de negócios que continuam sendo facilitados pelas boas energias em seu entorno. No entanto, continue tomando cuidado com suas palavras em questões que envolvem a família. Touro: Seu regente em grau exato e em tenso aspecto com Plutão faz você pensar e repensar sobre questões que envolvam o amor e os relacionamentos. As finanças continuam sendo beneficiadas por algumas energias, no entanto, mantenha o controle sobre seus gastos. Gêmeos: Mercúrio e Lua unidos em Câncer prometem boas conversas e reuniões de negócios produtivas. No amor, existe tendência a grandes mudanças. A fase de expansão continua, mesmo que não esteja fluindo de forma leve. Câncer: Mercúrio e Lua em seu signo pede reflexão sobre questões já decididas. Caso pense que o melhor seja voltar atrás, não hesite. Cuide de sua saúde, pois seu campo de energia continua aberto. No amor, aja com cuidado. Evite brigas. Leão: Mercúrio e Lua em Câncer fazem com que você prefira ficar isolado em seu mundo. Introspecção e reflexão farão parte de seu dia e algumas decisões devem ser tomadas no dia de hoje. As amizades podem ressentir com algumas dessas decisões. Virgem: Seu regente e a Lua unidos em Câncer vão movimentar muito positivamente suas amizades e a vida social. Novas e duradouras amizades podem surgir neste momento. Aproveite os próximos dias para rever projetos relacionados à sua carreira. Libra: Seu regente continua sendo pressionado por Plutão e um relacionamento especial pode se aprofundar neste período. Mercúrio em Lua em Câncer promete boas conversas e reuniões de negócios bastante produtivas neste período. Escorpião: Saturno continua em bom aspecto com planetas que promoverão seu crescimento e a durabilidade nos resultados conquistados. Vênus e seu regente em tenso aspecto prometem aprofundar e transformar um relacionamento importante. Sagitário: Seu regente continua em Gêmeos por mais algumas semanas e certamente sua energia ainda continua voltada para os relacionamentos. Prepare-se, pois você entra em breve em uma nova fase de transformações e mudanças positivas no amor e nas finanças. Capricórnio: Seu regente continua em Escorpião prometendo mudanças importantes em alguns setores de sua vida. Novas estruturas estão sendo criadas e algumas sedo deixadas para trás. Venus e Plutão em tenso aspecto trazem profundidade e seriedade nas relações.

A Memória que me Contam Drama irônico sobre utopias derrotadas, terrorismo, comportamento sexual e a construção de um mito. Um grupo de amigos que resistiram à ditadura militar, acompanhados de seus filhos, vão enfrentar o conflito entre o cotidiano de hoje e o do passado quando um deles está morrendo.

Aquário: Mercúrio e Vênus unidos em Câncer melhoram seus projetos de trabalho, mas trazem algumas mudanças significativas nos próximos dias. Fique atento a provocações e evite possíveis brigas e discussões. Amor e romances em alta. Peixes: Mercúrio e Lua em Câncer prometem boas conversas e bons acordos com colegas e superiores em seus projetos de trabalho. Uma fase de seriedade e aprofundamento, mas também de prazer e divertimento. Sem stress!


JORNAL DE GRAVATAÍ Terça-feira, 11 de junho de 2013

FotoS Divulgação/pmg

Idosos que frequentam os programas sociais da Prefeitura visitam o zoológico

I

dosos atendidos nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Idosos (SCFV), mantidos pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal da Família, Cidadania e Assistência Social (SMFCAS), estiveram visitando o Zoológico de Sapucaia do Sul, na sexta-feira (7). O titular da SMFCAS, Marcelo Soares, ressalta que para muitos desses idosos foi a primeira vez que estiveram

no Zoológico. “Nosso objetivo é a integração dos grupos e a socialização do idoso”, reforça Marcelo. A chefe da Divisão da Proteção Social Básica da SMFCAS, Raquel Silvestrin Amaral, comenta que a visita foi uma escolha do grupo. “Grande parte do grupo não conhecia o Zoológico”, afirma Raquel. O SCFV para Idosos tem como foco o desenvolvimento de atividades que contribuam no processo de envelhecimento saudável, na autonomia, de sociabilidade, no fortalecimento de vínculos

familiares, de convívio comunitário e na prevenção de situações de risco social. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, parceiro no projeto, a intervenção social deve estar pautada nas características, interesses e demandas dessa faixa etária e considerar que a vivência em grupo, as experimentações artísticas, culturais, esportivas, de lazer e a valorização das experiências vividas constituem formas privilegiadas de expressão, interação e proteção social.

Grupo da SMFCAS que acompanhou os idosos


ANO 9 - EDIÇÃO 1731ª - DIÁRIO - TERÇA-FEIRA, 11 DE JUNHO DE 2013 - R$ 1,00  

ANO 9 - EDIÇÃO 1731ª - DIÁRIO - TERÇA-FEIRA, 11 DE JUNHO DE 2013 - R$ 1,00

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you