Issuu on Google+

► SAÚDE

Costa do Ipiranga: coleta de exames para quem mora muito longe Novo serviço beneficia 12 mil famílias que vivem a 20 Km do Centro Pág. 6

ANO 9 - EDIÇÃO 1695ª - DIÁRIO - SEXTA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2013 - R$ 1,00

Circulação nos municípios de Gravataí, Cachoeirinha, Glorinha e Santo Antônio da Patrulha

► ENQUETE JG

Você é a favor da greve para reivindicar reajuste salarial?

Pág. 3

► INCLUSÃO

Complementação de Renda atende 300 famílias Pág. 7 ► POLÍCIA

Agentes da 1ª DPRM qualificados para usar Taser

► DIREITO DE CRUZAR OS BRAÇOS

Pág. 9

EM GREVE...

► DESENVOLVIMENTO

Ontem trabalhadores das 19 sistemistas da General Motors também aderiram à paralisação iniciada na última quarta-feira, questão que só será resolvida na Justiça do Trabalho. A quinta-feira também foi dia dos educadores municipais aderirem à greve nacional que já havia fechado a maior parte das escolas estaduais de Gravataí desde terça-feira (no destaque)

Pág. 5

Perspectivas do Vale à luz da Agenda 2020 Contracapa


Opinião/Serviços

Gravataí, 26/04/2013 - Pág. 2 AS GRAVATADAS

Edenir Raupp

Professora de Língua Portuguesa e especialista em Língua Inglesa A banalização da educação x protestos pela melhoria na educação

Rampa sem manutenção No Centro da cidade, os cadeirantes estão tendo dificuldade em se locomover sobre as calçadas. Algumas rampas até estão em boas condições, mas têm outras que além de estar fora do tamanho ideal para o acesso ao passeio público estão também precisando de manutenção. Voltaremos... Prezados leitores, esta coluna também é sua, para falar conosco ligue 3423.1792.

LOTERIAS

Quina (Concurso 3178) 25/04/2013:

01 - 16 - 19 - 72 - 73 time mania (Concurso 416) 25/04/2013:

02 - 16 - 27 - 38 - 49 - 56 - 69

PREVISÃO DO TEMPO Sexta-feira Mín. 13° Máx. 28° Sol com algumas nuvens. Não chove.

A educação já está tão banalizada, que nem os professores têm mais vontade de saírem para protestar por algo. Alguns profissionais caíram de paraquedas no ensino, talvez por falta de opção, por acharem que a vida do professor é tão mais fácil do que a de outros profissionais. Ledo engano! O professor que realmente é apaixonado pelo que faz, o faz com carinho, dedicação, tenta, mesmo que a muito custo, transmitir um mínimo para esses jovens. Hoje, professores de séries iniciais, que estão ali, diariamente, em sala de aula com os pequenos, precisam lidar com uma série de conflitos e problemas, além de seu planejamento básico. São múltiplos transtornos e doenças, que por conta da educação inclusiva, o professor precisa preparar-se para essa nova situação. Há turmas que o professor tem até seis diferentes casos de inclusão, de doenças que jamais imaginava existirem. Como lidar com tudo isso? Apenas um aumento salarial seria suficiente? Talvez, porque partindo desse princípio, ele poderia reduzir sua carga horária e dedicar-se mais aos estudos dos casos para poder auxiliar essas crianças em sua aprendizagem. Há pais que simplesmente depositam seus filhos na escola e querem que os professores façam milagres. Além dos distúrbios comportamentais a que o professor está sujeito, há aqueles, cujo seu pouco interesse prejudica os que ainda vão para a escola com o intuito de aprender algo para

Filiado à ADJORI

Representante Comercial: (51) 3272-9595

jornaldegravatai@terra.com.br jornaldegravatai@gmail.com

Publicação da Empresa Gráfica Jornal 2M Ltda. CNPJ nº 03.851.285/0001-62 Tiragem – 8.000 exemplares Diretor geral: Moacir Oliveira Menezes Diretor administrativo: Gabriel Diedrich Departamento comercial: Adilson Mendes Redação: Katterina Zandonai e Claudio Oliveira Diagramação: Giulliano Pacheco Colaboradora: Edenir Raupp Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, nº 6125 - Pda. 64 CEP 94.060-001 - Gravataí - RS - Brasil Telefones: (51) 3423.1792 - 3421.3381 Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores.

em sala, pois o professor não consegue dar atendimento individualizado ao aluno. O professor precisa se desdobrar para minimizar o problema. Como professora de Português, sinto as dificuldades do trabalho no ensino médio, que antes eram bem menores. Voltando à questão da banalização do ensino, que fez lembrar-me dos cartazes elaborados por alunos de uma escola pública, que poderia ser qualquer uma em qualquer lugar do país, cujos erros ortográficos nos faz pensar não no preconceito linguístico, mas na falta de leitura, escrita e revisão. Em outros tempos, não muito distantes, nossos professores nos faziam pegar um dicionário, nos davam uma lista de palavras para procurarmos seus significados e depois elaborarmos frases com essas novas palavras. Hoje, se fizermos isso, somos questionados, para quê? Por quê? Tem que fazer? Etc. A pesquisa era uma das técnicas de melhor escrever. Com o advento do Google, onde tudo se pode achar, ninguém quer mais se dar ao trabalho de escrever, pois está tudo ali, mesmo que escrito de forma errada. A revisão ortográfica fica por conta do leitor ou do professor. Não poderia deixar de falar dos protestos e da paralisação da classe. Em Gravataí, há muitos anos que não temos um sindicato dos professores bem atuante. Isso mesmo! Um sindicato que representa a categoria, que negocia, que busca soluções para os problemas na profissão, esse é utopia. Como disse um amigo, que não é professor, “o sindicato de vocês é assistencialista, cria convênios, contrata pessoas e nada mais!” Fato!

Nossa escola recebeu dia 23 deste uma correspondência datada de 22, com aviso de greve. Perguntamos: Greve? Como assim? Para quê? Decisão tomada numa reunião do dia 19, sem tempo para as escolas pensarem no apoio ou não ao tal ato. Quando uma categoria não se uniu para defender uma escola que estava sendo fechada, que se omitiu ante os problemas enfrentados por uma comunidade escolar, não posso dizer que a instituição merece nosso respaldo. Não estou citando aqui o CPERS, que na pessoa do professor Manoel deu um grande apoio à escola Santa Rita de Cássia, mas do nosso sindicato, SPMG, que abriu a guarda a apoios político-partidários. A educação precisa de respostas? Sim, de muitas! Precisa de profissionais que não trabalhem apenas por achar que ser professor é ter seu emprego garantido e estável. Precisa de profissionais valorizados, de escolas menos sucateadas, de famílias presentes na vida escolar de seus filhos! Precisa de sindicatos comprometidos com a educação e não com partidos políticos, que um dia são situação, no outro oposição e que apenas se manifestam neste último caso! Sindicato não é cabide de emprego, por isso algumas pessoas aqui no paço precisam rever suas posições profissionais! Respeitem aqueles que lhes pagam para defenderem os direitos da coletivade e não nos usem como massa de manobra política!

A REVOLUÇÃO DOS CRAVOS Ricardo Orlandini*

Registro nº 39987 do Livro A-4

a vida. Sempre há um lado positivo, daqueles pais que se preocupam com seus filhos na escola, que participam da vida escolar de seus filhos, que dedicam algum tempo de sua vida para aquelas cobranças diárias. Isso é muito importante, pois ajuda a criança a se organizar e a ter uma rotina. Quem disse que o professor é responsável por tudo, pela não aprendizagem ou aprendizagem do aluno, está completamente enganado. O professor é apenas um meio, boa parte da educação das crianças precisa vir de casa, como respeito e organização, o que lamentavelmente não acontece, porque muitas crianças não têm a presença da família em seu cotidiano. Além disso, as faculdades e escolas de nível médio estão liberando profissionais com baixo rendimento para a sala de aula. Por vezes, podemos observar professores assumindo turmas, em nível de estágio, completamente despreparados. O estágio, que deveria ser um meio de aprendizagem, com acompanhamento de um professor titular, acaba virando piada, quando a falta de professores titulares é imensurável e o professor estagiário precisa assumir a turma. Com a redução de carga horária de algumas disciplinas, entre elas a Língua Portuguesa, para inclusão de outras disciplinas consideradas obrigatórias, como filosofia, sociologia, psicologia, espanhol, além de Religião, diminuiu o contato do professor daquela disciplina com o aluno. O tempo de aula reduzido diminuiu o tempo de atividades de leitura e produção de textos

Anos 70. Período conturbado na história da humanidade. No Brasil e na América Latina não era muito diferente. A maioria dos países latinoamericanos viviam sob regimes autoritários, ditaduras que oprimiram por décadas seus cidadãos. No meio da obscuridade, uma luz surge no Velho Continente, incentivando mudanças que acabaram por vir influenciar também aqui no Brasil. Nos primeiros minutos de 25 de abril de 1974 começou a tocar na emissora católica de Lisboa uma música até então proibida Grândola Vila Morena. Este era o sinal combinado para o início do levante militar em

Portugal. Em apenas algumas horas, as Forças Armadas portuguesas ocuparam locais estratégicos em todo o país. Ao nascer do dia, multidões já cercavam as emissoras de rádio à espera de notícias. A operação, calculada minuciosamente, havia pego o regime de surpresa. Acuado pelo povo e pelos militares, o sucessor de Salazar, Marcelo Caetano, transmitiu sua renúncia por telefone ao líder dos golpistas, general António de Spínola. Transportado de tanque ao aeroporto de Lisboa,

Marcelo Caetano embarcou para o exílio no Brasil. Em apenas 18 horas, havia sido derrubada a mais antiga ditadura fascista no mundo. Antes de abril de 1974, os partidos e movimentos políticos estavam proibidos, as prisões políticas estavam lotadas, os líderes oposicionistas estavam exilados, os sindicatos eram fortemente controlados, a greve era proibida, as demissões fáceis e a vida cultural estritamente vigiada. A liberdade em Portugal começou com a transmissão, pelo rádio, de uma música até então

proibida. Os cravos enfiados pela população nas espingardas dos soldados acabaram virando o símbolo da revolução, que encerrou, ao mesmo tempo, 48 anos de ditadura fascista e 13 anos de guerra nas colônias africanas. Só quem viveu aquele período no mundo e acompanhou os acontecimentos pelo rádio e televisão aqui no Brasil, pode lembrar o sentimento que tomou as mentes e corações de todos os brasileiros e a pergunta que surgia em nosso inconsciente coletivo... Será que nós também teremos nossa revolução dos cravos? *Ricardo Orlandini é radialista e administrador de empresas pela Ufrgs


Comunidade

enquete JG Via página do Jornal de Gravataí no Facebook

Você é a favor da greve para reivindicar reajuste salarial? “Nosso Brasil é um Pais pacífico declarado. Sou a favor, desde que seja de forma legal, sem violência e que não seja em serviços emergenciais, como por exemplo, hospitais, polícia militar”. Fabiano Pereira

“A greve é um direito que faz parte da democracia. Todos têm direito à greve, mas que este direito não interfira no direito dos outros de ir e vir, de poder ser atendido por um médico e de ter segurança. Greve sim, bagunça não”. Paulo Eduardo Porto

“Sim! O que não é justo é não ser pago o direito que temos! Mas reivindicar sem violência!”. Deborah Braun

“Depende, quando é como disse nosso colega Fabiano, hospitais por exemplo sou totalmente contra”. Maria Mira

“Sim, sou a favor. É um direito do trabalhador reivindicar melhores condições se trabalho e um salário justo. É muito complicado dizer que prejudica outros e onde está o amor. As categorias mais essenciais, professores e médicos, são as mais prejudicadas e menos valorizadas neste país e sim, temos que fazer greve para sacudir esta sociedade hipócrita que valoriza jogadores de futebol semi alfabetizados e políticos corruptos, ao invés de valorizar a cultura, educação e saúde deste país!”. Brenda Becker

“Eu não sou a favor, porque acaba prejudicando quem mais precisa. Deveria existir outra maneira. Principalmente médicos e professores não poderiam fazer greve. Cadê o amor ao ser humano, à profissão? Acaba quando quer melhores salários?”. Daiani Canabarro

“A greve é um direito do trabalhador, descrito na legislação pertinente. Em muitas situações, se o trabalhador não pressionar por greve, não terá o reajuste salarial merecido. Na minha opinião, ela só não pode virar baderna, quebra-quebra ou violência, pois aí acontece a perda da razão... Daiani, acho difícil para muitos profissionais manter amor ao próximo quando ele está sendo desrespeitado pelo não cumprimento do seu direito. Sei que isso pode não ser justificativa para muitas pessoas, mas tentemos nos colocar no lugar do outro, que enfrenta dificuldades para exercer sua profissão. Simplesmente o amor pode não ser suficiente”. Monique Da Silva Oliveira

Gravataí, 26/04/2013 - Pág. 3

Essa é uma coluna do povo para criticar elogiar e botar a boca no trombone sobre aquilo que os leitores entenderem por certo ou errado. Entre em contato com a redação, pelo telefone (51) 3421.3381 ou mande seu e-mail para jornaldegravatai@terra.com.br. Junto mande seu nome, telefone e endereço.

A resposta da Corsan... O Silva abre a coluna de hoje com resposta do chefe das unidades Gravataí/Glorinha da Corsan, Antonio dos Santos Montano, à nota do morador Sérgio Luiz, do bairro Auxiliadora, publicada na edição de ontem. Acompanhe: “O que era de competência da Corsan foi efetuado. Obras no local são de interira responsabilidade da Smov e não da Corsan. Portanto, cabe à Secretaria a reposição e adequação do pavimento reclamado, deve ser colocado cordão (meio-fio) e readequado o pavimento. Onde foi feito a escavação da Corsan, já foi reposto o asfalto, mas os outros ajustes, como a recuperação do passeio, colocação do meio-fio, raspagem da areia que fica depositado sobre o asfalto em frente à parada de ônibus e que causa ondulações e acumulo de água em dias de chuva, e prejudica a população, deve ser solicitado à Smov”. Recado dado Antônio. Leitora agradece... O Silva publica a seguir nota enviada pela leitora Flávia Zimmermann Viscardi, que participou da Enquete JG de ontem sobre a importância do hábito de leitura. Leia a seguir: “Dizem que coincidências não existem. Hoje vocês publicaram a minha resposta da enquete de ontem. Meus pais moram no Passo da Taquara, lá infelizmente a internet não funciona muito bem. Mas, minha mãe veio consultar no Centro de Gravataí e comprou o JG, e quando meu pai foi ler o jornal, lá estava minha foto e citando ele como exemplo! Ele ficou super feliz, e eu mais ainda! Mais uma vez obrigada equipe do JG, vocês são show. Abraços a todos”. Fique de olho... O colunista aproveita para fazer um alerta. Fique de olho, porque no nosso pobre País tomado por histórias de corrupção mal explicadas, o Congresso quer agora poder para derrubar decisões do Supremo, conforme proposta aprovada esta semana na Câmara. Para o leitor ter uma ideia do impacto duma mudança destas, se já estivesse em vigor esta aberração, o Supremo faria todo o julgamento dos “mensaleiros” e o Congresso simplesmente derrubaria a condenação, deixando todos seguirem a vida sem problemas com a Justiça. Se isso acontecer, para que ter Supremo? Fique de olho... Proteção dos bandidos... O teor desta mudança cavernosa que vem sendo tramada nas alcovas do poder é o mesmo daquela emenda constitucional que pretendia retirar do Ministério Público o poder de investigar. Para que então termos MP? A Família Silva precisa ficar de olho, porque deve ter algum corrupto ou bandido querendo se proteger à sombra destas mudanças propostas... Galetaço só em maio... Em solidariedade ao pessoal do Rotary Clube Gravataí do Vale o Silva publica aqui um esclarecimento, sobre o Galetaço, enviado pela Prefeitura, para consertar uma informação equivocada publicada em seu site. Leia a seguir: “Diferentemente do que foi publicado no site da Prefeitura, o Galetaço promovido pelo Rotary Clube Gravataí do Vale será no dia 25 de maio, à noite, na sede do Carreteiros da Saudade, no Bairro Bom Sucesso. Nesta semana, representantes do Rotary Clube Gravataí do Vale e do Socorristas Voluntários estiveram em visita ao prefeito Marco Alba, entregando convite para o evento”. Recado dado. Senha do dia:

“Eu sei e salto alto só aumentam o risco de um tombo...”


Opiniăo

Gravataí, 26/04/2013 - Pág. 4

Pra pensar Antes do direito de viajar dos vereadores, está o direito de cobrar da sociedade... e-mail:gabriel.diedrich@jornaldegravatai.com.br - Fone: 3421.3381

Atendimento ao público O atendimento do prefeito Marco Alba ao público, sem a necessidade de marcação de horário e que normalmente ocorre às quintas-feiras, nesta semana, especialmente, será realizado hoje (26), a partir das 8h. Por razões de compromissos, o prefeito teve de adiar em um dia. Toda a semana, a comunidade tem a oportunidade de, diretamente, conversar com o prefeito.

Peixe recebe Desbravadores O vereador Alex Peixe (PT) recebeu em seu gabinete Vitor Hugo Borba, diretor do Clube Desbravadores Tigre do Leste, da Igreja Adventista do Sétimo dia. Vitor entregou um ofício a Alex apresentando o evento “Grande Missão” que será realizado no próximo domingo (28) sob o lema “Quando a missão é grande, todos vem ajudar”. O parlamentar deixou seu gabinete à disposição da entidade.

Desbravadores entregam convite a vereador

Alan reúne-se com Rigotto O vereador Alan Vieira compareceu, na última quarta-feira, da primeira reunião da Associação de Vereadores do PMDB/ RS. O encontro contou com a participação do ex-governador Germano Rigotto, que abordou a possibilidade de uma futura candidatura a governador ou senador. Na ocasião, também estiveram na pauta, futuros projetos, decisões políticas sobre candidaturas, eleições nas coordenadorias e o 1° Seminário Estadual dos Vereadores, dia 15 de junho, que será realizado em Encantado.

Alan Vieira participa de reunião

Veto inusitado a projeto do líder do governo

U

ma situação no mínimo estranha, uma vez que difere do esperado, ocorreu ontem durante a sessão da Câmara. Os vereadores de oposição questionaram o fato do prefeito Marco Alba ter vetado integralmente projeto de seu líder de governo, vereador Dilamar Soares (PMDB). O fato surpreendeu a todos os vereadores da Casa, tanto da base governista quanto da oposição. Isso ocorreu justamente um dia após ele ter sido responsável por uma das melhores, senão a melhor, atuação em plenário na defesa da reforma administrativa do governo municipal. O vereador Dimas Costa (PT), seu irmão, fez questão de enaltecê-lo ainda durante a sessão coruja de criação de cargos. Na manhã seguinte, foi a vez de outro petista, Carlito Nicolait, cumprimentá-lo pelo desempenho. Dilamar tem se destacado nas intervenções durante as reuniões da Câmara em defesa dos projetos do governo. Obviamente que essa tarefa é de sua responsabilidade, uma vez que é líder do governo, mas tem exercido esse papel com vivaz capacidade. Em nenhum momento se omitiu dessa função que lhe foi confiada, atuando com um verdadeiro porta-voz daquele de quem recebeu a missão de representar. Questão jurídica A justificativa do governo para o veto é de

Vereador Dilamar Soares se destaca em seu primeiro mandato

que há vício de origem no projeto. Segundo procuradores, que emitiram parecer ao prefeito neste sentido, o projeto seria inconstitucional porque onera a Municipalidade, sendo assim, teria de ser criado pelo próprio poder Executivo. Teor do projeto O projeto de Dilamar Soares, aprovado por unanimidade pela Câmara de Vereadores em 28 de março, visa retirar veículos abandonados das vias públicas da cidade. De acordo com o projeto, o Município fica autorizado a retirar das ruas veículos em evidente estado de abandono, em qualquer circunstância, sem no mínimo uma placa de identificação ou em visível e flagrante mau estado de conserva-

Viu tudo O prefeito Marco Alba acompanhou a sessão coruja da Câmara de Vereadores que apreciou e aprovou os projetos da reforma administrativa da Prefeitura. Ele assistiu pela Internet de seu gabinete das 17h às 2h da madrugada de quarta-feira. Marco pode acompanhar a melhor atuação do seu líder de governo na Casa, vereador Dilamar Soares (PMDB), que com maestria justificou e defendeu a necessidade de reestruturar a administração municipal.

ção, com evidentes sinais de colisão ou objeto de vandalismo ou depreciação voluntária. Para sua execução, seria feita parceria com o Detran, no sentido de viabilizar a consecução dos objetivos do projeto. Derrubada O vereador Alex Peixe (PT) propôs que seja derrubado o veto do prefeito, tamanha a importância do projeto para Gravataí, que segundo o seu colega de bancada, Carlito Nicolait, está tomada por esses veículos em desuso. Manifestação O vereador Dilamar Soares teve grandeza, na reunião desta quintafeira, ao manter-se fiel ao encargo de líder do governo mesmo quando

instigado a agir de forma contrária ou silenciar perante as “provocações” dos vereadores de oposição. O peemedebista não se omitiu e afirmou que o tratamento do governo não pode ser diferenciado, deve ser igual para todos. — Essa demonstração o prefeito está dando agora. Quando se governa, não se pode governar para amigos, não se pode nem privilegiar o seu líder nesta Casa. Governase olhando para frente, sem privilegiar nem apadrinhar ninguém. Cada vez acredito mais nesse governo, em razão de sua postura, porque não distinguiu o líder dos demais vereadores — ressaltou. Dilamar ainda reafirmou seu compromisso como líder do governo na Câmara de Vereadores. — Quero reforçar minha crença neste governo, porque trata o líder do governo igualitariamente ao líder da oposição. Concordância O líder do PT, Dimas Costa, concordou de forma irônica com a fala do seu irmão Dilamar sobre o tratamento igualitário aos líderes na Casa. — Concordo, mas nem todos do governo têm o mesmo tratamento que esses líderes. Foi muito feliz em sua colocação. Não falou que o prefeito está tratando todos da base igualmente, apenas que trata o líder do governo da mesma forma que o da oposição — cutucou Dimas.

Sem representação O vereador Dimas Costa, líder da bancada do PT, fez alerta sobre a ausência de um representante do governo na Câmara durante a reunião desta quinta-feira.

Suplente O ex-vereador Vail Corrêa deverá ser um dos maiores entusiastas da candidatura a deputado estadual do vereador Paulinho da Farmácia, no próximo ano. Como os dois são do mesmo partido e Vail é o primeiro suplente da bancada do PTB na Câmara, a eleição de Paulinho para a Assembleia garantiria ele a vaga de vereador.

Homenagens A Câmara de Vereadores aprovou ontem oito moções de parabenização em homenagem a escolas e entidades do Município. • Moção de parabenização à Escola Estadual Anita Garibaldi pelos 23 anos, fundada em 18 de abril de 1990. A homenagem foi proposta pelo vereador Alex Medeiros (PT). • Moção de parabenização à Escola Municipal de Educação Fundamental Ladislau de Oliveira Nunes, localizada na Rua Getúlio Vargas, 560, Vila Natal, pelos 28 anos celebrados no dia 13 de abril de 2013. A homenagem foi proposta pelo vereador Beto Pereira (PP). • Moção de parabenização à Escola Municipal de Ensino Fundamental Breno Jardim Garcia pela passagem dos seus 25 anos no dia 8 de abril de 2013. A homenagem foi proposta pelo vereador Juarez Souza (PMDB). • Moção de parabenização aos 47 anos da Biblioteca Pública Municipal, comemorados no dia 25 de abril. A homenagem foi proposta pelo vereador Fred Pinho (DEM). • Moção de parabenização aos 25 anos da Escola Municipal de Ensino Fundamental João Paulo II, comemorados no dia 8 de abril. A instituição de ensino fica localizada na Rua Cunha Neto, nº 100, no bairro Morada do Vale I. A homenagem foi proposta pelo vereador Fred Pinho (DEM). • Moção de parabenização à Associação dos Contabilistas de Gravataí e Glorinha (ACGG) pela passagem do Dia do Contabilista Brasileiro, comemorado anualmente no dia 25 abril, desde o ano de 1979, em homenagem ao discurso do Senador João Lyra, quando enalteceu a Classe Contábil Brasileira em 25 de abril de 1926. A homenagem foi proposta pelo vereador Beto Pereira (PP). • Moção de parabenização ao Esporte Clube Atlético do Vale pelo aniversário de 10 anos, completados no dia 15 de abril do corrente ano. A homenagem foi proposta pelo vereador Alex Medeiros (PT). • Moção de parabenização aos 29 anos da Comunidade da Igreja Católica Nossa Senhora Aparecida de Gravataí. A homenagem foi proposta pelo vereador Roberto Andrade (PP).


Gravataí, 26/04/2013 - Pág. 5

Geral

Negociação entre trabalhadores e GM vai à Justiça do Trabalho Audiência está marcada para a manhã de hoje no Tribunal Regional do Trabalho, em Porto Alegre Por Claudio Oliveira

A

greve deflagrada pelos trabalhadores da General Motors de Gravataí na última quarta-feira continua. Ontem, foi a vez dos funcionários das 19 empresas sistemistas do complexo cruzarem os braços em apoio aos colegas da montadora. O impasse agora deve ser resolvido na Justiça do Trabalho, em audiência na Justiça do Trabalho, marcado para a manhã de hoje. Depois de bloquear os portões da fábrica, e também a ERS-030 nesta quinta-feira, a greve ganhou as ruas da cidade. Aproximadamente 500 trabalhadores da montadora fizeram uma caminhada que iniciou às 7h saindo do portão principal da fábrica e seguindo até

a Praça Borges de Medeiros. O protesto culminou com um ato em frente à Prefeitura de Gravataí. Segundo os sindicalistas o objetivo foi sensibilizar o prefeito para a importância da valorização dos funcionários da unidade gaúcha, que apesar da alta produção contam com salários inferiores aos recebidos em outros estados. – Queremos ser amigos do setor empresarial, mas sem o trabalhadores não existe empresa. Recebemos com muita tranquilidade a manifestação que é justa e feita de forma pacífica – afirmou o vice-prefeito de Gravataí, Francisco Pinho, representando o prefeito Marco Alba, que estava em uma reunião da Associação dos Municípios da Grande Porto Alegre (Granpal).

A proposta da GM, rejeitada pela assembleia convocada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí, estabelece reajuste salarial de 8,29%, piso salarial de R$ 1.170,00, Abono Salarial de R$ 2.800,00 e PPR de R$ 8.650,00. Dos valores de Abono Salarial e PPR a fábrica prometeu antecipar para o dia 10 de maio, pagamento da quantia de R$ 7.200,00. Por outro lado, os trabalhadores reivindicam a isonomia de direitos entre os trabalhadores da montadora gaúcha e as paulistas. A diferença entre os pisos salariais chega a 70%. Atualmente, os metalúrgicos que atuam em Gravataí, possuem piso salarial de R$ 1.022,00, enquanto em São José dos Campos (SP), o valor é de R$ 1.712,00. Outra luta é

Marcelo Matusiak/Play Press

Ontem trabalhadores fizeram caminhada da fábrica até o Centro de Gravataí

pelo reajuste salarial, em que os trabalhadores exigem aumento de 12%. Audiência Para a manhã de hoje a montadora anunciou a realização de uma audiência na Justiça do Trabalho,

Sindicato mobiliza mais de mil professores municipais FOTOS CLAUDIO OLIVEIRA/ JG

Dando sequência às manifestações da 14ª Semana em Defesa e Promoção da Educação pública, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública Municipal de Gravataí (SPMG) reuniu mais de mil professores ontem. Em função da mobilização, as aulas foram suspensas nas escolas municipais. Pela manhã os educadores participaram da assembleia que aprovou a pauta de reivindicações, entre elas o reajuste com reposição da inflação mais 5% de aumento real sobre o período de abril de 2012 a maio de 2013. A proposta salarial foi encaminhada ao prefeito Marco Alba, junto com as demais demandas da categoria. Os manifestantes também realizaram uma cami-

nhada pelo Centro da cidade e depois se reuniram na Praça Borges de Medeiros, em frente à Prefeitura, onde a presidente do Sindicato, professora Vitalina Gonçalves destacou a luta da entidade por uma educação de qualidade e pela valorização dos professores e demais servidores da rede municipal de ensino. O ato público teve Na Praça Borges, Vitalina destaca a luta pela qualidade do ensino microfone aberto para manifestação dos educadores e peça de teatro, com o objetivo é alertar a sociedade para os problemas da rede municipal de ensino. O Sindicato da Guarda Municipal também participou dando apoio à mobilização e aproveitou para expor suas reivindicações em faixas fixadas em frente à PreSindicato da Guarda Municipal também protestou feitura.

marcada ainda na quartafeira, com a entrada de uma ação de dissídio coletivo da empresa no Tribunal Regional do Trabalho, em Porto Alegre. Ontem, a categoria realizou uma assembleia em frente a fábrica da GM em

Gravataí quando foi votada e aprovada a adesão dos trabalhadores das empresas sistemistas à greve. Os itens da pauta são os mesmos com exceção do PPR, que o sindicato reivindica o valor de R$ 7.000,00.

A PAUTA DO SPMG

- Reajuste salarial com reposição da inflação mais 5% de aumento real sobre o período de abril de 2012 a maio de 2014; - Mais vagas na Educação Infantil; - Espaços e condições adequadas nas escolas; - Carreira para os profissionais da Educação Infantil; - Piso para os professores; - Hora atividade para os professores da Educação Infantil e das Séries Iniciais; - Alunos com deficiência estudando em espaços e condições adequadas; - Assessoria para os professores que atendem os alunos com deficiência; - Monitorias para os alunos com deficiência; - Sala de aula com professor; - Número de alunos em sala, adequados à legislação; - Professores de apoio para orientação, supervisão e biblioteca; - Respeito à autonomia das escolas e às decisões dos Congressos da Educação; - Incentivo e valorização dos projetos pedagógicos das escolas. Fonte: SPMG


Saúde

Gravataí, 26/04/2013 - Pág. 6

Posto de saúde da Costa do Ipiranga passa a coletar exames Serviço que começou a funcionar ontem beneficia 12 mil famílias que moram a uma média de 20 quilômetros do Centro de Gravataí

D

esde a manhã de ontem, a Unidade de Saúde da Família da Costa do Ipiranga oferece mais um serviço à comunidade. A partir desta semana, o posto fará a coleta de material para exames laboratoriais. A medida vai beneficiar cerca de12 mil famílias que utilizam os serviços de saúde naquela região, que fica há uma distância de aproximadamente 20 quilômetros do Centro de

Gravataí. – Muitas das pessoas que vão utilizar esse serviço têm dificuldade de ir até o Centro, seja por razões de transporte ou pelo tempo que demora essa viagem. Com a coleta no posto, estamos removendo a barreira do deslocamento e ampliando o acesso ao SUS para toda uma região da cidade – destacou o secretário da Saúde, Jones Martins, que esteve na unidade acompanhando o

primeiro dia de coleta. De acordo com o coordenador da unidade, o enfermeiro José Messias, a coleta será semanal, sempre às quintas-feiras pela manhã. Num primeiro momento, a equipe está preparada para coletar até 30 exames por vez. No primeiro dia, 23 pessoas estavam agendadas para coleta de sangue e urina. – Se a necessidade indicar que esse número de coletas é pouco, não há pro-

Foto: Secom/PMG

blemas em aumentar – antecipou Jones. A Secretaria da Saúde estuda implementar o serviço de coleta local para exames laboratoriais em outras unidades de saúde distantes do Centro. – Essa ampliação deve ser gradual para que não haja retrocessos. É importante que depois de o serviço estar funcionando, não seja suspenso – finalizou o secretário. Coletas serão feitas todas as quintas-feiras pela manhã

Prazo para pagar taxas de vistoria vai até terça EDITAL Nº 08/2013 NOTIFICAÇÃO (PRAZO 05 DIAS)

EDITAL Nº 07/2013 NOTIFICAÇÃO (PRAZO 05 DIAS)

A Presidente da Fundação Municipal de Meio Ambiente do Município de Gravataí, criada pela Lei Municipal nº 886, de 02 de Maio de 1994, no uso de suas atribuições legais, NOTIFICA o senhor Paulo Carniel, acerca do julgamento (fls. 12-14) alusivo ao Auto de Infração n. 009/2011 (fls. 06-08) lavrado para o caso, nos autos do processo administrativo n. 124/2011FMMA, por meio do qual restou mantida a penalidade de advertência. Abre-se o prazo de 20 (vinte) dias, a fluir após decurso de prazo do Edital, para que o Notificado, querendo, interponha novo recurso à instância final de julgamento administrativo, qual seja, o Conselho Municipal de Meio Ambiente. O autuado é responsável pelo custo deste edital e pelos demais, se necessário, até a regularização de seu endereço perante esta FMMA, fulcro nos arts. 114, II, §2º c/c 118, §3º da Lei Mun. 1.528/00. Gravataí, 17 de abril de 2013.

A Presidente da Fundação Municipal de Meio Ambiente do Município de Gravataí, criada pela Lei Municipal nº 886, de 02 de Maio de 1994, no uso de suas atribuições legais, NOTIFICA o senhor Jair Luiz Machado acerca do julgamento (fls. 16-18) alusivo ao Auto de Infração n. 027/2012 (fls. 10-12) lavrado para o caso, nos autos do processo administrativo n. 875/2012-FMMA, por meio do qual restou mantida a penalidade de advertência. Abre-se o prazo de 20 (vinte) dias, a fluir após decurso de prazo do Edital, para que o Notificado, querendo, interponha novo recurso à instância final de julgamento administrativo, qual seja, o Conselho Municipal de Meio Ambiente. O autuado é responsável pelo custo deste edital e pelos demais, se necessário, até a regularização de seu endereço perante esta FMMA, fulcro nos arts. 114, II, §2º c/c 118, §3º da Lei Mun. 1.528/00. Gravataí, 17 de abril de 2013.

Claudia Pereira da Costa, Diretora-Presidente – FMMA

encaminhar a inscrição municipal e endereço eletrônico da empresa pelo e-mail duvidas. alvara@gravatai.rs.gov.br ou entregar diretamente no setor de Protocolo. De posse das informações, a SMDET emite as guias de pagamento da taxa, que deverão ser retiradas na secretaria e pagas em qualquer agência bancária. O setor de Protocolo da SMDET fica no térreo do Centro Administrativo Leste, na Avenida Ely Corrêa, 675, térreo, Parque dos Anjos. O atendimento ocorre das 13h às 18h30min. O telefone para contato é (51) 3432-2696.

Claudia Pereira da Costa, Diretora-Presidente – FMMA

EDITAL Nº 10/2013 NOTIFICAÇÃO (PRAZO 05 DIAS)

EDITAL Nº 09/2013 NOTIFICAÇÃO (PRAZO 05 DIAS)

A Presidente da Fundação Municipal de Meio Ambiente do Município de Gravataí, criada pela Lei Municipal nº 886, de 02 de Maio de 1994, no uso de suas atribuições legais, NOTIFICA o senhor Jorge Volnei, acerca do julgamento (fls. 21-23) alusivo ao Auto de Infração n. 106/2011 (fls. 13-15) lavrado para o caso, nos autos do processo administrativo n. 474/2010FMMA, por meio do qual restou mantida a penalidade de advertência e a proibição do exercício da atividade sem licença ambiental. Abre-se o prazo de 20 (vinte) dias, a fluir após decurso de prazo do Edital, para que o Notificado, querendo, interponha novo recurso à instância final de julgamento administrativo, qual seja, o Conselho Municipal de Meio Ambiente. O autuado é responsável pelo custo deste edital e pelos demais, se necessário, até a regularização de seu endereço perante esta FMMA, fulcro nos arts. 114, II, §2º c/c 118, §3º da Lei Mun. 1.528/00. Gravataí, 17 de abril de 2013.

A Presidente da Fundação Municipal de Meio Ambiente do Município de Gravataí, criada pela Lei Municipal nº 886, de 02 de Maio de 1994, no uso de suas atribuições legais, NOTIFICA o senhor Roger de Oliveira Felker, acerca do julgamento (fls. 07-09) alusivo ao Auto de Infração n. 017/2012 (fls. 05-06) lavrado para o caso, nos autos do processo administrativo n. 434/2012-FMMA, por meio do qual restou mantida a penalidade de advertência. Abre-se o prazo de 20 (vinte) dias, a fluir após decurso de prazo do Edital, para que o Notificado, querendo, interponha novo recurso à instância final de julgamento administrativo, qual seja, o Conselho Municipal de Meio Ambiente. O autuado é responsável pelo custo deste edital e pelos demais, se necessário, até a regularização de seu endereço perante esta FMMA, fulcro nos arts. 114, II, §2º c/c 118, §3º da Lei Mun. 1.528/00. Gravataí, 17 de abril de 2013.

Claudia Pereira da Costa, Diretora-Presidente – FMMA

O prazo para o pagamento da taxa de fiscalização e vistoria, tributo pago anualmente pelas indústrias, comércios e prestadoras de serviços, se encerra na próxima terça-feira (30). A quitação do tributo, que inicialmente deveria ter ocorrido no final de março, foi prorrogado pelo prefeito Marco Alba devido ajustes operacionais e melhorias no sistema de informática da Prefeitura. O valor da taxa, que é cobrado conforme a metragem do estabelecimento, pode ser consultado no site da Prefeitura . O contribuinte deverá

Claudia Pereira da Costa, Diretora-Presidente – FMMA

publicação legal CASAMENTOS Edital nº 034/2013

VALECY CABELEIRA BITELO - Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais, faz saber, que se habilitaram para casar por este Cartório: 1 – JOAQUIM PAIXÃO DA ROCHA e MÁRCIA CRISTINA ALVES MARTINS 2 – VANDERLEI SOARES DE SOUZA e SABRINA ELIAS SCHEPF Quem conhecer algum impedimento, acuse-o na forma da Lei.

Gravataí, 26 de abril de 2013 Valecy Cabeleira Bitelo Oficial de registro


Gravataí, 26/04/2013 - Pág. 7

Inclusăo

Complementação de Renda passa a assistir 300 famílias Regulamentação de lei municipal amplia benefício para mais 194 famílias, além das 106 assistidas anteriormente com R$ 120,00 por mês

O

Programa Municipal de Complementação de Renda está sendo estendido a mais 194 famílias desde a última quarta-feira, 24. Na data, o prefeito Marco Alba assinou o decre-

to regulamentando a Lei 12.872/2013 que amplia o benefício mantido através da Secretaria Municipal de Trabalho e Ação Social (SMTCAS), aumentando de 106 para 300 famílias assistidas e que receberão R$

PARA PARTICIPAR - Possuir documentação: carteira de identidade (RG) e CPF regularizado do titular do cônjuge, comprovante de residência atualizado (conta de água, luz, telefone ou o comprovante emitido pela Associação de Moradores do bairro devidamente assinado e carimbado). Também é aceita a declaração expedida pelo técnico do Cras que realizou a visita domiciliar; - Renda familiar per capita igual (soma da renda da família dividida pelo número de integrantes) ou inferior a ¼ do salário mínimo (R$ 678 : 4 = R$ 169,5). Salvo quando o requerente for idoso, com renda igual ou inferior a meio salário mínimo (R$ 678 : 2 = R$ 339,00); - Estar em situação de vulnerabilidade social, conforme avaliado pela equipe técnica dos CRAS da região de referência; Onde ficam os Cras - Barro Vermelho: Rua dos Franciscanos, 131, Bairro Sagrada Família. Contato 3490-2967; - São Judas Tadeu: Rua Félix Rodrigues, 155, Bairro São Judas Tadeu. Contato 3423-1931; - Centro: Rua Ary Tubbs, 885, Bairro Centro. Contato 3484-3073; - Barnabé: Rua Coronel Sampaio, 614, Bairro Parque dos Eucaliptos. Contato 3484-5265.

120 mensais cada. – Ainda que seja um valor pequeno, simbólico, reforça a política de assistência social do município, que tem por princípio assegurar, entre outras atenções, a segurança de rendimento e de autonomia – comenta o prefeito. As famílias, para participarem do programa, têm de estar contempladas por atendimento em um dos quatro Centros de Referência de Assistência Social (Cras). – Anteriormente, este programa previa complementação de renda para famílias em situação de vulnerabilidade social, atendidas pelos programas da SMTCAS. Hoje, com a implantação do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e a descentralização dos serviços sócio-assistenciais no município, este benefício passa a estar vinculado aos Cras, que são a porta de entrada dos serviços de Assistência Social – explica o titular da pasta, Marcelo Soares. Tratamento de saúde A dona de casa Oliva Mantovani, atendida pelo Cras do Barro Vermelho, comenta que esse dinheiro

FotoS: Secom/PMG

Prefeito Marco disse que prioridade são comunidades que mais precisam

é usado para tratamento de saúde, para deslocamento até o Hospital de Clínicas, em Porto Alegre. Com grave problema nos olhos, com restrições médicas para o trabalho, ela depende desse valor para o tratamento. – Se não for esse troquinho, não tenho dinheiro para ir ao Clínicas. Recebo R$ 70 do Bolsa Família, mas é pouco, porque daí eu tiro pro aluguel, pra comida e às vezes nem remédio consigo comprar – relata Oliva. Segundo a dona de casa Zeneida Silva, apesar de ser um valor “simbólico”, o benefício faz com que

as pessoas se mantenham acompanhadas nos Cras. – As pessoas não podem ficar presas em suas casas e no Cras elas podem desenvolver uma mentalidade de crescimento – observa. – Tem mulheres que vão se automutilando em casa, se enterrando vivas, mas a vida não deixa de passar para elas – complementa. Em dia – A partir de agora, a Prefeitura vai trabalhar para que esses recursos sejam repassados em dia, até o dia 5 de cada mês – assegura o prefeito. Marco Alba lembrou que, com a aprovação

do projeto de reforma administrativa pela Câmara de Vereadores, a SMTCAS passará a ser a Secretaria da Família e Ação Social, reforçando a política de assistência social do município. – Aos domingos, eu tenho andado por bairros carentes, como Rincão, Itatiaia, Vila Rica e outros e chama atenção a precariedade de infraestrutura nesses locais, mas a cidade, às vezes, se preocupa mais com a limpeza de áreas urbanizadas. Por isso, de início, vamos investir nas comunidades que mais precisam – afirma Marco Alba.

Vacinação contra a gripe tem prazo maior

População tem até dia 10 para fazer a vacina

Com a justificativa de dar mais tempo para as pessoas se imunizarem, o Ministério da Saúde alterou a data de encerramento da campanha nacional de combate ao vírus H1N1, popularmente chamada por Gripe A, que agora vai até 10 de maio. Com a meta de atingir 32 milhões de pessoas, a imunização protege contra os três subtipos do vírus influenza que mais circularam no inverno passado: a H1N1, a H3N2 e a B. Para isso, o MS distribuiu 43 milhões de doses da vacina para 65 mil postos no país.

Em Gravataí, a estrutura da campanha não muda em nada, a não ser o prazo que ajudar a atingir a meta. A Vigilância em Saúde, órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde, divulgou que a vacinação iniciada dia 15 de abril, em toda rede de atenção a saúde do município, imunizou 18.842 pessoas em sete dias de campanha. Este número representa 46,8% do público-alvo estimado para Gravataí. Dados da SMS apontam que o município conta com 40.259 pessoas se enquadrando nos critérios de vulnerabilidade do Mi-

PARA QUEM É A VACINA - Idosos com mais de 60 anos - Gestantes de todas as idades - Mães de recém-nascidos, até 45 dias após o parto - Crianças com mais de seis meses e menores de dois anos de idade - Trabalhadores em Saúde da rede municipal, estadual, federal e particular - Portadores de doenças crônicas com encaminhamento médico nistério da Saúde e podem receber a dose da vacina até o dia 10 de maio. Conforme o secretário da Saúde, Jones Martins, o objetivo

da vacinação é beneficiar as camadas populacionais mais sujeitas à contaminação, protegendo-as de uma eventual epidemia.


Gravataí, 26/04/2013 - Pág. 8

Esporte

Domingo tem rodada do Municipal de Futebol Depois dos 44 gols na primeira rodada, mais dez jogos estão programados na disputa pelo Troféu 250 Anos de Gravataí Meninos realizaram coletivo no Campo Suplementar

Base do Cerâmica realiza coletivo no suplementar Os meninos da categoria Infantil realizaram um treino técnico na tarde de ontem (25) no Campo Suplementar do Estádio Vieirão. Comandados pelo treinador Gilberto Ferreira, o Giba, e pelo preparador físico Felipe Harzheim, os garotos participaram de trabalhos com bola e logo após realizaram um coletivo em campo reduzido. Após os treinos desta tarde, Giba declarou que o grupo já treina focado no Estadual da categoria, marcado para iniciar na segunda quinzena de maio. Até a estreia na competição, o grupo segue trabalhando no complexo do Vieirão e no CT do Cerâmica.

A

segunda rodada do Campeonato Municipal de Futebol de Campo ocorre neste domingo (28), de manhã e à tarde. Neste

ano, as equipes vão disputar o Troféu 250 Anos de Gravataí. O certame é uma realização da Liga Gravataiense de Futebol (LGF) com apoio da Prefeitura,

CATEGORIA ESPECIAL DE AMADORES 2ª rodada (Grupo A) Gravataí FC X Três Estrelas (13h10), na Amoval; Atlético do Vale X Gravataiense (15h10), na Amoval; Nacional X Unidos da Vila (13h10), Campo do América.

Classificação: - Campeões Gaúchos em Dupla 2013 - Hudson Moreira e Maria Eduarda Gomes - Campeã Gaúcha Classe Especial - Thatiana Gomes - Bronze em Duplas - Pedro Hiller e Carolina Souza - 4ª Lugar em Duplas - Leonardo Lima e Giulia Muraro

Foto Divulgação/ JG

CATEGORIA VETERANO 2ª rodada (Grupo A) Caveirense x Vila Branca (9h40), Caveirense; Cruzeiro X União VU (9h40), Amoval; Campos estão sendo vistoriados e estão em boas condições

Esporte arrecada mais de 570 kg de alimento

Rodas

A Cia Sobre Rodas esteve mais uma vez presente na pista representando Cachoeirinha, desta vez competindo no Campeonato Gaúcho de Patinação Artística 2013, em Santa Cruz do Sul. A equipe se tornou Campeã em Duplas e Classe Especial na disputa.

Na Categoria Veterano, as partidas serão disputadas pela manhã nos campos do Caveirense, Amoval, Centenário e Barnabé. – Os campos de futebol estão sendo vistoriados e se encontram com boa condição de jogo – comenta o secretário.

(Grupo B) Vila Branca X União VU (15h10), Campo do América; Parceiros do Rincão X Caveirense (13h10), Centenário; Barnabé X Bagé (15h10), Centenário.

Foto Divulgação/SECOM/PMG

Sobre

através da Secretaria Municipal de Esporte Recreação e Lazer (SME). O secretário da SME, Luciano Oliveira, informa que na Categoria Especial de Amadores os jogos serão à tarde, nos campos da Amoval, América e Centenário.

Secretário Luciano repassa os alimentos arrecadados ao secretário Marcelo Soares

Foram arrecadados mais de 570 kg de alimentos das 30 equipes inscritas na XVII Copa Aldeião de Futsal Municipal Série B 2013. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, durante o congresso técnico da competição, realizado nesta quarta-feira à noite, no Ginásio Aldeião. Os donativos, que serão repassados ao Banco Municipal de Alimentos, são uma contribuição voluntária das equipes participantes do torneio. -Nossa intenção é que todas as atividades promovidas pela Secretaria Municipal de Esportes arrecadem doações, reforçando a nossa intenção de trabalhar em conjunto com as outras secreta-

rias, afirmou o secretário de Esporte, Luciano Oliveira. Os alimentos arrecadados foram repassados a Secretaria Municipal de Trabalho, Cidadania e Assistência Social (SMTCAS). De acordo com o titular da pasta, Marcelo Soares, destacou que açúcar, feijão, farinha e azeite são os mais escassos no Banco Municipal de Alimentos. As doações podem ser entregue na sede da SMTCAS, Rua Major Ismael Alves, nº 220, no centro de Gravataí ou no Banco de Alimentos Municipal na Avenida Centenário, nº 8. O coordenador do Banco de Alimentos, Júlio Souza, também acompanhou a entrega.

Cerâmica faz duplo amistoso com Grêmio O Cerâmica entra em campo neste sábado (27) para amistoso duplo contra o Grêmio, no CT de Eldorado do Sul. Se enfrentam na ocasião, as equipes juvenil e junior dos dois times. As partidas fazem parte da preparação das equipes para os campeonatos estaduais de cada uma das categorias. O time Junior do Cerâmica prepara-se para disputar a partir do dia 5 de maio a Taça Vanderlei Bersaghi, o segundo turno do Gauchão. Já a equipe Juvenil vem treinando para o Estadual, que inicia somente em agosto.

Foto Divulgação/CAC

Garotos enfrentam o Grêmio no CT de Eldorado do Sul


Gravataí, 26/04/2013 - Pág. 9

Polícia

Policiais da 1ª DPRM habilitados a usar armas de choque Agentes concluíram curso de formação para operação de pistola taser

O

secretário municipal para Assuntos de Segurança Pública, André Brito, acompanhado do comandante da Guarda Municipal, Rogério Souza Luiz e o coordenador de ensino da GM, Marcelo Borba, entregou aos agentes da 1ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana de Gravataí (DPRM) os certificados de conclusão do Curso de Operador de Pistola Taser. A cerimônia ocorreu na tarde desta quinta-feira (25), na DPRM. Brito destacou que além de qualificar a prestação de serviço, o curso integrou ainda mais as forças de segurança da cidade. – A prática com esse novo armamento visa preparar os agentes para a Copa do Mundo de 2014 – informou o secretário. Segundo ele, os guardas municipais que realizaram o curso, mostraram um grande profissionalismo. – Conseguimos trabalhar em conjunto

quebrando o paradigma de que não é possível integrar as forças de segurança, observou o secretário. A delegada Adriana Costa, titular da DPRM, disse que o curso foi uma experiência satisfatória. – Esta arma será usada durante a segurança na Copa do Mundo de 2014, destacou a delegada, frisando ainda que a integração da Polícia Civil com a Guarda Municipal foi positiva. O delegado Maurício Barcelos, da DP de Alvorada, um dos agentes da receber o certificado, declarou que O curso foi muito proveitoso. Para a escrivã Fabiana Mendes, esta arma traz outra visão de polícia preventiva. – Este armamento é uma alternativa a ser colocada a disposição das forças de segurança, conclui a escrivã. Curso de Operador de Pistola Taser, sediado pela Secretaria Municipal para Assuntos

Goleiro Bruno poderá voltar aos gramados em julho O advogado do goleiro Bruno Fernandes, Lúcio Adolfo da Silva, disse que seu cliente está perto de conseguir a prisão domiciliar para voltar a jogar futebol, o que deve ocorrer, segundo ele, “em julho” próximo. Adolfo esteve ontem (25) no Fórum de Contagem (MG), onde o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, está sendo julgado desde segunda-feira acusado de matar e desaparecer com o corpo da modelo Eliza Samudio. Adolfo justifica seu otimismo com o fato de que a sentença de Bruno, condenado em março a 22,3 anos de prisão por mandar matar Eliza, já ter chegado à Vara de Execuções Provisórias de Contagem, o que retira a juíza Marixa Rodrigues de qualquer deliberação sobre o caso. — A guia de execução provisória do Bruno foi expedida e

Goleiro Bruno poderá voltar aos gramados

foi encaminhada para a Vara de Execuções Provisórias daqui de Contagem, e se sujeita agora ao juiz Wagner Cavalieri — disse o advogado de Bruno. Para o advogado, a juíza tem demonstrado morosidade no envio do processo para o Tribunal de Justiça e isso tem prejudicado Bruno. — Já deveria ter sido encaminhado há mais de um mês. Essa demora, inclusive, é possível que eu leve isso ao conhecimento do tribunal para um habeas corpus em favor do Bruno — afirmou Adolfo. Ele também protesta contra a negativa da juíza em analisar as razões de sua apelação contra a emissão do atestado de óbito de Eliza. Além das apelações, Adolfo vai a Brasília defender o habeas corpus pedido ao Supremo Tribunal Federal para prisão domiciliar a Bruno.

Fotos Divulgação/SECOM

Caça-níqueis apreendidas em Santo Antônio Policiais civis da Delegacia de Policia (DP) de Santo Antônio da Patrulha, apreenderam, na tarde da última quarta-feira (24), sete máquinas caçaníqueis no interior daquele município. Os policiais vistoriaram bares do interior do município após terem recebido informações anônimas do funcionamento destas máquinas. Elas foram apreendidas em dois locais, além da quantia de R$ 205.

Sete máquinas caça-níqueis foram apreendidas

Agentes da polícia civil que receberam o certificado

de Segurança Pública, foi realizado em dezembro de 2012, no Centro Administrativo Leste e reuniu 64 policiais civis, guardas portuários, guardas parques, além de guardas mu-

nicipais. Também participaram da cerimônia de entrega de certificados os instrutores Ricardo Fugante e Jeferson Ricardo Vargas, da Guarda Municipal de Caxias do Sul.

Polícia encontra droga em mansão da Região Metropolitana Desde que o traficante Fábio Rosa Carvalho, o Fábio Noia, recebeu a liberdade condicional pela Justiça, policiais de Canoas investigam as ações dele. Com convicção de que um dos principais indiciados na Operação Paranoia, em 2011, continua financiando o tráfico de drogas, o delegado Marco Guns apostou no monitoramento de uma residência de alto padrão no bairro Bela Vista. Na noite da última quarta-feira (24), policiais encontraram no quarto da casa de três andares, com piscina, seis quilos de crack, uma pistola 9 mm, diversas munições de uso restrito e materiais pessoais do trafi-

cante. Fábio Noia, que era o principal alvo, saiu da residência minutos antes da invasão, em um Siena branco e não houve perseguição. A companheira do traficante, de 26 anos, que não teve o nome divulgado pela polícia, foi presa por associação ao tráfico e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e munições. — Sabemos que a droga é dele e vamos indiciá-lo também. Ele também está sendo investigado por ser o mandante de homicídios na região — afirma o delegado Guns, da Delegacia de Homicídios e Desaparecidos (DHD) de Canoas, que considera a soltura de Noia “prematura”.

Materiais que seriam do traficante foram encontrados e apreendidos

Polícia Civil indicia médico suspeito de molestar mulheres A Polícia Civil de Esteio concluiu nesta quintafeira (25) três inquéritos policiais que apuraram suposta violação sexual mediante fraude em três pacientes mulheres que procuraram atendimento médico em postos de saúde daquela cidade. Um médico de 60 anos de idade, que foi preso no início deste ano por prática semelhante no balneário de Quintão, Litoral gaúcho, foi indiciado em Esteio pelo crime de violação sexual mediante fraude. Segundo informou o Delegado Leonel Baldasso, as supostas vítimas registraram na Delegacia de Esteio que, ao consultarem em razão de dores de garganta, o médico teria pedido para que elas tirassem as roupas, promovendo nas mesmas toques lascivos e falando palavras inoportunas. – Cópias dos inquéritos serão também remetidos ao Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul, e, ainda, se condenado,o profissional ficará sujeito às penas até seis anos de reclusão em cada caso – salientou o delegado.


Entretenimento

Gravataí, 26/04/2013 - Pág. 10

Resumo de Novelas

Culinária JG

C

Jovens nascidos em 1995 já podem se alistar Jovens nascidos no ano de 1995 deverão fazer o alistamento ao serviço militar até 28 de junho. Para encaminhar o alistamento será necessário apresentar documento de identidade, CPF, certidão de nascimento e comprovante de residência no nome do alistado ou dos pais. Aqueles que moram de aluguel também podem apresentar o contrato da locação. É exigida ainda uma fotografia 3x4 recente. Para se alistarem, os jovens deverão comparecer a Junta de Serviço Militar, na Rua Anápio Gomes, 1317, no centro de Gravataí, se segunda a sexta-feira das 8h30 às 13h30. – Todo o cidadão brasileiro de sexo masculino, no ano que completar 18 anos de idade, é obrigado a realizar o alistamento militar”, informou o secretário da Junta de Serviço Militar, Moacir Renato de Souza. Sem o alistamento militar não é possível participar de concursos públicos e fazer passaportes, entre outros direitos. Apenas pessoas com idade superior a 45 anos são isentas do procedimento. O secretario alerta para que os jovens não percam o prazo e não deixem para a última hora, evitando filas e imprevistos.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br www.coquetel.com.br Dividido Qualidade (o prêmio) que distingue algo Espargido (tempero) ou alguém

Planeta Antônimo que possui de "impruapenas um dente" satélite

Camada (?) mineral Gandhi: explorável pregou a não Presa; violência ligada É suprimiOs efeitos pelae dada chuva anestesia dos ventos no relevo (?) Stoker, autor de "Drácula" Giba, Guga e Marta Epopeia de Homero que narra a Guerra de Troia (Lit.)

© Revistas Revistas COQUETEL COQUETEL 2011 2011 ©

vendidas em Recurso Iguarias Dois elementos Poderosa ruas de do surdo químicos nas metálicos "arma" de tabuleiros parado Salvador Opõe-se defesa "Se (?) Rua Fosse à compreenderMinha", falas ciranda popa canguru

U N

(?) Sarandon, atriz de "Dança Comigo?"

H A

Livro Objetos da Sufixo de arte do estudado Tarzan "ferrosa": pelo cri- Mestre (Cinema) cheia de Vitalino minalista

Letra que, invertida, indica retorno O atual "blush" Muda de lugar

R

Terrorista típico da militância islâmica

Nuvem esO animal que se en- Tricam- cura que contra em peão de prenuncia F1 que chuva extinção completaria 50 anos em 2010 Elemento da combustão (símbolo) Ocimar Versolato, estilista brasileiro

Número De forma de cilinsegura do Àdradas sombra carro de 1.0 FragmenIngreditos no do piso ente da serraria bobó de camarão Base

Contrária (a ação) Levar a (?): perder

BANCO BANCO

A respeito de, em inglês

G

Pediatria Actínio (abrev.) (símbolo) Nair deem Te1.004, romanos fé, a primeira mulher caricaturista do Brasil

E

Formações mais duras da canade-açúcar Letícia Sabatella, atriz brasileira NecessiRespondade sável emocional legal por domenor bebê um

Prefixo presente em "coautor" O caráter da informação do noticiário

(?) Mort, Boné, em personainglês gem de Verissimo Ilhas (?), Manta hábitat das Localizatartarugas ção (de gigantes pessoa)

U

Fevereiro Turismo (abrev.) (abrev.)

Parte móvel do carro conversível

120 124

Solução Solução Solução anterior

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora

Juramento à bandeira no Aldeião, no ano passado

CO B AO DS OO S IA RN UA G EE OA IC O I M PB E D NV NO AS T AU SD N LT SE SO EB US AT LA FT EU V R OT TO AR GI OR SO

Balaco baco Norberto foge do cerco da polícia, enquanto Arnaud atira. O vilão se irrita ao pensar que poderia estar com a mãe de seu filho e o capanga estranha. Cremilda agradece a Osório por tê-la defendido e os dois flertam. Hilda os interrompe e o dono da pastelaria se anima ao saber que a mãe de Vinagre aceitou trabalhar na Stromboli. Adriana e Mauro ficam animados com a gravidez de Isabel, mas a arquiteta pede segredo. Cremilda fica furiosa ao descobrir que Dolores fugiu e exige que as filhas procurem pela cadelinha. André discute com Marlene e ameaça ir trabalhar fora do país caso a madrasta insista em escolher o marido de Luiza.

Nara Gomes Massulo - Nutricionista - naramassulo@terra.com.br

AA CL AU RM AI JN EI EO VE AC TO AB PR AE

Salve Jorge Márcia aconselha Érica a conversar com Theo. Drago repreende Élcio por ter dado o endereço de Érica para Lívia. Berna se lamenta para Fatma. Wanda pede segredo sobre o dinheiro para Aisha. Lívia fica satisfeita com o depoimento de Haroldo. Áurea pede para Érica voltar com Theo. Wanda repreende Lívia pelo erro que cometeu na audiência. Jô consegue ficar no caixa da boate. Farid exige que Cyla deixe Ayla dançar no restaurante com a brasileira. Stenio conta para Helô que acredita que Lívia mentiu na audiência. Theo diz a Nunes que acredita que pode provar que Lívia mentiu em seu depoimento. Leonor pede ajuda a Arturo e Isaurinha para lidar com Amanda e Celso contra Carlos.

1 rolo de massa de pastel, 500 g de presunto, 500 g de mussarela, maionese, molho de tomate e queijo ralado u Modo de preparo Abra a massa e passe uma camada de maionese. Coloque uma camada de presunto e uma de mussarela. Enrole a massa e cor te em rodelas. Em um refratário coloque um pouco de molho de tomate e coloque os rondeles. Finalize com o molho e o queijo ralado. Assar em forno pré - aquecido a 180º por aproximadamente 40 minutos.

As vagas são limitadas e destinadas a filhos de trabalhadores do comércio com Cartão Sesc/Senac rianças de Gravataí com idades entre 6 a 10 anos podem ser inscritas para a edição 2013 do projeto “Geração Futuro”. Desenvolvidas pelo Sistema Fecomércio-RS/Sesc, as atividades visam incentivar o desenvolvimento físico e psicológico, além de proporcionar sociabilização às crianças. O projeto é destinado para filhos de trabalhadores e empresários do comércio de bens, serviços e turismo com Cartão Sesc/Senac, que tenham entre 6 e 10 anos de idade. As inscrições, que são limitadas, podem ser feitas diretamente no Sesc Gravataí (Anápio Gomes, 1241) ou pelo telefone 3497-6263. No projeto, realizado durante todo o ano, os pequenos têm acesso a diversas oficinas, passeios, atividades esportivas e recreativas, hora do conto e jogos psicomotores, que incentivam as crianças a terem uma infância saudável e com mais qualidade de vida. As atividades acontecem nas terças e quintas-feiras, das 9h às 11h30. Informações sobre taxas podem ser obtidas junto ao Sesc Gravataí.

Ingredientes

LU PT IE EN R RS H I OA T TA A DA U H E RR O SS AA TM L LR M E OM AO SB C B O AP P I M I Z AO B CEA LR AA PD

Guerra dos sexos A emissora ainda não divulgou o último capítulo da novela

“Geração Futuro” está com inscrições abertas

u

RC SC AA TR VM EA AC DT D OE B R MF II LS IT RA AI DC GP AA

FLOR DO CARIBE Cassiano promete a Samuca que não deixará Alberto gritar com ele. Guiomar pergunta a Dionísio o que ele fez com Maria Adília. Ciro pede a mão de Mila em namoro. Cristal manda por Alberto um CD com suas músicas e uma carta para Cassiano. Dom Rafael pede a Amparo que descubra o nome do empresário de Cristal, ao saber que a filha fará uma turnê pela América do Sul.

As vagas são limitadas

Rondele com massa de pastel

4/bram. 5/about — nimbo — susan. 8/erosivos. 3/cap. 4/raiz — veio.7/mahatma. 6/ilíada. 9/galápagos.

Malhação Bruno discute com Fatinha, Lia e Ju repreendem Vitor. Com a ajuda de Isabela, Marcela despista Robson e deixa a carta na mesa de Mathias. Vitor decide contar a Fatinha toda a história de Sal. Nélio e Rasta apoiam Bruno. Mathias parabeniza Fera pelo bom resultado no simulado. Lia questiona Fatinha sobre a noite que passou com Vitor e a menina inventa que os dois ficaram juntos.

Fotos: Secom/PMG


Gravataí, 26/04/2013 - Pág. 11

Cultura

23 horas - Tem balada dupla hoje no SNK Club – Dorival de Oliveira 6354,

parada 63 de Gravataí – com os DJs Eduardo Esk e Raffa Santos. Na compra do ingresso desta sexta, ganhe outro para a festa de terça, dia 30, véspera do feriado.

Festival de Balonismo tem O Rappa como uma das atrações Evento internacional será realizado em Torres, de 1º a 5 de maio

O

Rappa, uma das maiores bandas da América Latina, agitará a partir da meia-noite de sexta-feira, 3 de maio, o 25° Festival Internacional de Balonismo. Além da banda, sobe ao palco também Mc Jean Paul, que se apresentará às 23h. O Festival ocorrerá de 1° a 5 de maio, no Parque do Balonismo, em Torres. A banda tem músicas de forte temática social e mistura reggae, rock e rap, entre vários outros estilos. O grupo foi formado em 1993 para acompanhar o cantor jamaicano Papa Winnie, que fazia shows pelo Brasil. O vocalista Marcelo Falcão veio de-

pois, por um anúncio de jornal. O álbum de estréia do grupo, "O Rappa", saiu em 1994. Mas foi com "Rappa Mundi", de 1996, que a banda vendeu 800 mil cópias. O CD trazia a música "Pescador de Ilusões", até hoje um dos maiores sucessos do grupo. Com "Lado B Lado A", de 1999, Falcão e seus companheiros lançaram os hinos "Me Deixa" e "Minha Alma (A Paz Que Eu Não Quero)". Em 2001, o baterista e principal letrista da banda, Marcelo Yuka, foi baleado e ficou paraplégico. Hoje, o grupo é composto por Falcão, Alexandre Menezes (o Xandão, na guitarra), Lauro Farias (baixo)

Foto: Divulgação/JG

Áries: Dia de eclipse de Lua Cheia em Escorpião vai mexer com suas emoções mais profundas e trazer à tona uma forte necessidade de mudanças que certamente acontecerão nos próximos seis meses. As finanças são beneficiadas. Touro: Dia de eclipse de Lua Cheia em Escorpião vai movimentar seus relacionamentos, tanto os pessoais quanto os profissionais. Agora ou vai ou racha. O que for para ficar, fica, o que não for, será deixado para trás. Gêmeos: Dia de eclipse de Lua Cheia em Escorpião vai movimentar sua rotina de trabalho e trazer algumas novidades e também soluções para novos projetos. Um novo emprego pode surgir nos próximos seis meses. Mudanças e estabilidade a caminho. Câncer: Dia de eclipse de Lua Cheia sempre deixa você mais sensível. Desta vez no signo de Escorpião, vai movimentar e mexer com seu coração. Caso esteja só, os próximos seis meses serão decisivos no que diz respeito ao amor. Fique atento. Leão: Dia de eclipse de Lua Cheia em Escorpião vai mexer com sua vida doméstica e com os relacionamentos em família. É possível que você tenha que enfrentar alguns problemas ou que um de seus pais precise mais de você nos próximos seis meses.

Banda está na estrada com disco gravado na Favela da Rocinha

e Marcelo Lobato (bateria e teclados). Em 2008, a banda lançou o CD "Sete Vezes". Agora com quase

20 anos de história, está na estrada com a turnê do disco “Rappa – Ao Vivo”, gravado na Favela da Rocinha. MC Jean Paul Mc Jean Paul se desenvolveu musicalmente nos anos 1990. Ainda adolescente já trabalhava como DJ em casas noturnas de Porto Alegre. Já nas primeiras canções aparecia a influência de quem fazia funk e hip hop falando de amor, como o grupo paulista Sampa Crew e os cariocas Clau-

Festa com MC Jean Paul começa às 23h do dia 3 de maio

dinho e Bochecha. O funk melody é a vertente do funk que melhor define o que faz Jean Paul. Mas o som dele é diversificado, tem um pouco de hip hop e também o do funk “tamborzão”, aquele com a batida mais pesada. Após o sucesso do primeiro disco, em 2006, foi introduzindo um repertório mais romântico. A música “O Grande Amor”, cantada em cima do sampler de “Every Breath You Take”, do Police, se tornou um dos grandes sucessos.

Virgem: Dia de eclipse de Lua Cheia em Escorpião vai movimentar sua rotina e mexer com tudo o que diz respeito à comunicação. Uma viagem ou um curso de especialização pode ser um divisor de águas em sua vida e marcar os próximos meses. Libra: Dia de eclipse de Lua Cheia em Escorpião vai movimentar questões relacionadas com sua vida material. O momento é ótimo para aumentar seus rendimentos e melhorar seus investimentos. Mantenha-se organizado nos próximos meses. Escorpião: Dia de eclipse de Lua Cheia em seu signo vai movimentar sua vida e trazer algumas mudanças significativas nos próximos seis meses. É hora de tirar seus projetos do papel e começar a colocar as mãos na massa. Momento de compromissos. Sagitário: Dia de eclipse de Lua Cheia pode mexer com questões relacionadas à sua saúde. Caso haja um problema crônico, é hora de começar a planejar um novo tratamento. Uma cirurgia pode acontecer nos próximos seis meses. Capricórnio: Dia de eclipse de Lua Cheia vai movimentar os novos projetos, especialmente se estiverem envolvidos com questões sociais ou políticas. Trabalhos em equipe e novos contatos com grandes empresas estão previstos.

Sementes da Vida Dois pais se conhecem no Rio Danubio. Um romeno que procura a filha que foi obrigada a se prostituir, e um sérvio que busca que busca o corpo do filho morto em um acidente de carro.

Aquário: Dia de eclipse de Lua Cheia marca o início de uma nova fase em sua carreira e vida profissional. Você pode esperar por mudanças e criação de novas estruturas nos próximos seis meses. Um projeto pode ser o divisor de águas desta fase. Peixes: Dia de eclipse de Lua Cheia marca o início de uma nova fase mais voltada para seus projetos de médio e longo prazo, especialmente os que envolvem viagens e contatos com o exterior. Sua fé será renovada nos próximos seis meses.


JORNAL DE GRAVATAÍ Sexta-feira, 26 de abril de 2013

Quais os desafios para o desenvolvimento do Vale Evento promovido pela Ulbra em parceria com a Câmara de Vereadores abordou as perspectivas de crescimento da Região crítico, foco no ser humano e na qualidade de vida – comentou. Graduado em Administração e Ciências Contábeis e pós-graduado em Finanças e Informática Empresarial, Ronald Krummenauer iniciou a palestra apresentando as propostas da Agenda 2020. – O objetivo da organização é colaborar com o setor público, tanto estadual como municipal, na busca de soluções em áreas apontadas pelos nossos voluntários como críticas para o desenvolvimento econômico e social do Estado – explicou. Krummenauer definiu a Agenda 2020 como uma mobilização dos educadores, trabalhadores, sindicatos, poder público, empresários, universidades, ONGs, partidos políticos e os demais segmentos da sociedade civil organizada com o objetivo de transformar o Rio Grande do Sul no melhor estado para se viver e trabalhar até o ano de 2020. – Iniciamos em 2006, com um encontro que reuniu 850 lideranças dos mais variados segmentos na construção de uma visão compartilhada de futuro. Hoje, a Agenda conta com a participação de 189 instituições e o envolvimento de 350 voluntários – ressaltou. No decorrer da apresentação, o diretor executivo da Agenda 2020 mostrou os indicadores

Fotos: Divulgação/CMVG

em áreas estratégicas do Rio Grande do Sul e de Gravataí, levantando questões e comparando números. Comparativos – Cada real investido em saneamento significa cinco reais de economia aos cofres públicos na área da saúde – disse. Sobre educação, destacou que os problemas enfrentados nem sempre são ocasionados pela falta de recursos. – A qualidade do ensino foi deixada de lado. Nós temos oportunidade de estudar, mas a qualidade não foi trabalhada com o mesmo empenho – declarou. Por fim, informou que o custo de não se resolver os problemas básicos da sociedade é de R$ 20,7 bilhões. E finalizou se dirigindo à plateia: – Para aqueles que não se envolvem nos debates por não gostarem de política, eu quero dizer que tudo é política e necessita de uma grande mobilização, é mais do que simplesmente votar – concluiu. A palestra “Perspectivas para o desenvolvimento regional do Vale do Gravataí” teve como mediador o professor do curso de Administração da Ulbra Gravataí, João Batista Portella. Participaram do evento professores, alunos e coordenadores da Universidade, além de autoridades e representantes de instituições do município.

? o ã ç a r g t e In

r a integração cê pode utiliza vo !, U TE o amento. Com por seu desloc os en m r ga pa e

Ronald Krummenauer, apresentou propostas da Agenda 2020

Evento foi aberto pelo presidente da Câmara, Nadir Rocha

Orlando Konrad, diretor da Ulbra Gravataí, também falou ao público

Pontos de recarga

A

s perspectivas de crescimento da Região pautaram evento promovido em parceria entre a Ulbra Gravataí e a Câmara Municipal de Vereadores nesta semana. Realizada no Plenário do Legislativo, a palestra “Perspectivas para o desenvolvimento regional do Vale do Gravataí” teve entre palestrantes convidados o diretor executivo da Agenda 2020, Ronald Krummenauer. Ele apresentou os indicadores e os desafios do município para próximos anos nas áreas da Educação, Saúde, Infraestrutura, Inovação e Segurança. O presidente da Câmara de Vereadores, Nadir Rocha, abriu o evento destacando a participação da cidade no desenvolvimento da economia gaúcha. – Gravataí é a quarta maior economia em arrecadação, o quinto maior PIB do Estado e tem potencial para ser uma das melhores cidades para se viver, oferecendo toda uma estrutura de serviços aos seus habitantes – salientou. Em seguida, o diretor da Ulbra Gravataí, Orlando Konrad, subiu à tribuna para convidar o público presente a pensar em um modelo de cidade que possa ser deixada de herança para as futuras gerações. – A Universidade tem a obrigação de preparar novos cidadãos e novas lideranças com senso

Central de Atendimento SOGIL TEU! Rua Cel. Sarmento, 1675. Bairro: Centro Farmacomed - parada 72 Av: Dorival Cândido Luz de Oliveira, 3540, São Geraldo Farmacomed - Parque dos Anjos Rodovia RS 030, 806. Bairro: Parque dos Anjos Padaria e Confeitaria Miolo do Pão - parada 76 Rua Otávio Schemes, 46. Bairro Barnabé Panifício R Korte - parada 67 Av.Dorival Cândido Luz de Oliveira, 5.190, P. Olinda Farmácia Santa Catarina - Morada do vale I Av. Alexandrino de Alencar, 955. Morada do vale I

www.teubilhete.com.br

www.sogil.com.br


ANO 9 - EDIÇÃO 1695ª - DIÁRIO - SEXTA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2013 - R$ 1,00