Issuu on Google+

Gravataí, 15/04/2013 - Pág. 1

ANO 9 - EDIÇÃO 1685ª - DIÁRIO - SEGUNDA-FEIRA, 15 DE ABRIL DE 2013 - R$ 1,00

Circulação nos municípios de Gravataí, Cachoeirinha, Glorinha e Santo Antônio da Patrulha

► ESPORTE

► LIÇÃO DE VIDA

Atleta amputado se destaca no PinguePongue Pág. 6

► MOBILIDADE URBANA

Associação vai à luta para duplicar pontes do Parque

Hoje começa a vacinação contra a Gripe A

Cidade recebeu 40.257 doses para vacinar crianças maiores de seis meses e menores de dois anos, idosos com mais de 60 anos, gestantes, mães de recém-nascidos até 45 dias pós o parto, trabalhadores em saúde e os portadores de doenças crônicas com encaminhamento médico Pág. 5 Foto: KATERINA ZANDONAI/JG

Pág. 7

► POLÍCIA

Suspeito da morte de seis taxistas na Páscoa está preso Pág. 9

► 250 ANOS DE GRAVATAÍ

Maratona de shows encerra semana de comemorações

► ESPORTE

A desolação do Cerâmica...

Equipe gravataiense perdeu a partida válida pelo Gauchão por 2 a 0 para o Cruzeiro na tarde de ontem e está fora da primeira divisão do futebol gaúcho em 2014. Perdeu também a Copa Gravataí 250 Anos Páginas 10, 11 e contracapa

Pág. 8


Gravataí, 15/04/2013 - Pág. 2

Opinião/Serviços

Análise do leitor

AS GRAVATADAS

LOTERIAS QUINA - Conc. 3168 - 13/04/2013

Pré-escola obrigatória, direito das famílias ou das crianças?

10 - 14 - 31 - 53 - 67 MEGA SENA - Conc. 1485 - 13/04/2013

* Erika de Souza Bueno Art. 4o: Educação básica obrigatória e gratuita dos quatro aos dezessete anos de idade, organizada da seguinte forma: pré-escola, ensino fundamental e ensino médio (Diário da União, 04/04/2013). A lei sancionada pela presidenta Dilma Rousseff, publicada no Diário da União no último dia 4, exigirá a matrícula de crianças no ensino infantil a partir dos 4 anos de idade. A notícia foi recebida com alegria por muitas famílias que anseiam ter um lugar seguro para deixar seus filhos no momento de saírem para trabalhar. Contudo, há alguns pontos que precisam ser considerados, pois, muito mais do que terem obrigação de matricularem suas crianças na pré-escola, continua também sendo previsto que os pais ou responsáveis sejam os principais responsáveis pela educação delas. É indispensável que os pais ou responsáveis tenham a perfeita compreensão de que a ideia primordial da obrigatoriedade da educação infantil é tratar a infância com o respeito e os cuidados necessários. Diante das características atuais, as quais dizem respeito aos trabalhos realizados fora do lar por todos os familiares, sempre existiu grande interesse de famílias no que se refere ao período de atendimento de crianças pelas pré-escolas. Já faz bastante tempo, inclusive, que alguns setores buscam conseguir obrigatoriedade para uma educação infantil que atenda a crianças durante a noite, nos finais de semana e no período de férias. Diante desse pensamento, não se considera apenas a educação das crianças, mas também a necessidade que os entes delas têm de se ausentarem de casa para trabalhar, vendo-se em grandes apertos para administrar o período que passam trabalhando longe de casa e o período que os filhos ficam na escola. Toda essa realidade não pode, de modo algum, ser desconsiderada, mas a escola de educação infantil (seja pré-escola, creche ou outra) não pode ter caráter assistencialista. Tem que se assumir como escola, fornecendo à criança a educação de que ela realmente precisa, não eximindo a família de sua grande e indispensável responsabilidade em seu relacionamento com os próprios filhos e escola. Sendo assim, existem muitos pontos que ainda precisam ser pensados, que precisam de abordagens em várias frentes sociais, pois do mesmo modo que as crianças têm necessidades educacionais a ser contempladas pela escola, o país também precisa de mão de obra disponível para a continuidade de seu desenvolvimento. É, enfim, necessário envolver nessas discussões outros setores (não apenas os educacionais), da mesma forma que é indispensável o comprometimento de todos com a educação infantil estendida à criança, pois um percurso educativo que impactará toda a sua vida é um direito que não lhe pode ser negado. *Erika de Souza Bueno é Editora do Portal Planeta Educação (www.planetaeducacao.com.br) e Coordenadora Educacional da empresa Planeta Educação; Professora e consultora de Língua Portuguesa pela Universidade Metodista de São Paulo; Articulista sobre assuntos de língua portuguesa, educação e família.

Registro nº 39987 do Livro A-4 Filiado à ADJORI

Representante Comercial: (51) 3272-9595

jornaldegravatai@terra.com.br jornaldegravatai@gmail.com

Publicação da Empresa Gráfica Jornal 2M Ltda. CNPJ nº 03.851.285/0001-62 Tiragem – 8.000 exemplares Diretor geral: Moacir Oliveira Menezes Diretor administrativo: Gabriel Diedrich Departamento comercial: Adilson Mendes Redação: Katterina Zandonai e Claudio Oliveira Diagramação: Giulliano Pacheco Colaboradores: Iara Maurente e Edenir Raupp Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, nº 6125 - Pda. 64 CEP 94.060-001 - Gravataí - RS - Brasil Telefones: (51) 3423.1792 - 3421.3381 Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores.

04 - 27 - 30 - 36 - 54 - 59 LOTERIA FEDERAL - Conc. 04747 - 23/03/2013 1º 2º 3º 4º 5º

16.260 23.908 33.356 17.142 43.442

PREVISÃO DO TEMPO Segunda-feira Mín. 9° Máx. 23° Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.

mmgravatadas@hotmail.com.br

Manutenção zero Na Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, esquina com a Rua Lauro Müller, o fio da rede de telefonia esta arrebentado e amarrado ao poste junto a um telefone público. Segundo informação, no local já faz um bom tempo e não aparece ninguém para fazer a manutenção. É preciso fiscalizar mais. Voltaremos...

Prezados leitores, esta coluna também é sua, para falar conosco ligue 3423.1792.

Sentença que mudou a rota de uma vida João Baptista Herkenhoff* Dentre as milhares de decisões que proferi na carreira de juiz, há uma que me traz uma lembrança especial porque mudou a rota de uma vida. A sentença a que me reporto veio a se tornar muito conhecida porque pessoas encarregaram-se de espalhá-la: por xerox, primeiramente; depois por mimeógrafo; depois por e-mail; finalmente, veio a ser estampada em sites da internet. Primorosos trabalhos de arte foram produzidos a partir do caso, por pessoas que não conheço pessoalmente: Odair José Gallo e Mari Caruso Cunha (versões sonoras e com imagens). A protagonista do caso judicial chamava-se Edna. Hoje, aos 76 anos, a memória visual me socorre. Sou capaz de me lembrar do rosto de Edna e do ambiente do fórum, naquela tarde de 9 de agosto de 1978, há 34 anos portanto. Uma mulher grávida e anônima entrou no fórum sob escolta policial. Essa mesma mulher grávida saiu do fórum, não mais anônima, porém Edna, não mais sob escolta, porém livre. Após ouvir, palavra por palavra, o despacho que a colocou em liberdade, Edna disse que se seu filho fosse homem ele iria se chamar João Batista. Mas nasceu uma menina, a quem ela deu o nome de Elke, em homenagem a Elke

Maravilha. Edna declarou no dia da sua liberdade: poderia passar fome, porém prostituta nunca mais seria. Passados todos estes anos, perdi Edna de vista. Nenhuma notícia tenho dela ou da filha. Entretanto, Edna marcou minha vida. Primeiro, pelo resgate de sua existência. Segundo, pela promessa de que colocaria no filho por nascer o nome do juiz. Era o maior galardão que eu poderia receber, superior a qualquer prêmio, medalha, insígnia, consagração, dignidade ou comenda. Lembremo-nos de Jesus diante da viúva que lançou duas moedinhas no cesto das ofertas: “Eu vos digo que esta pobre viúva lançou mais do que todos, pois todos aqueles deram do que lhes sobrava para as ofertas; esta, porém, na sua penúria, ofereceu tudo o que possuía para viver.” (Lucas, 21, 1 a 4). Edna era humilde e pobre. Sua maior riqueza era aquela criança que pulsava no seu ventre. Ela não me oferecia assim alguma coisa externa a ela, mas algo que era a expressão maior do seu ser. Se a promessa não se concretizou isto não tem relevância, pois sua intenção foi declarada. O que impediu a homenagem foi o fato de lhe ter nascido uma menina. Em razão do que acabo de relatar, se eu encontrasse Edna, teria de agradecer o que ela fez por mim. Edna me

ensinou o que é ser juiz. Edna me ensinou que mais do que os códigos valem as pessoas. Isso que eu aprendi dela tenho procurado transmitir a outros, principalmente a meus alunos e a jovens juízes. Segue-se a íntegra da decisão extraída da folha 32 do Processo número 3.775, da Primeira Vara Criminal de Vila Velha: “A acusada é multiplicadamente marginalizada: por ser mulher, numa sociedade machista; por ser pobre, cujo latifúndio são os sete palmos de terra dos versos imortais do poeta; por ser prostituta, desconsiderada pelos homens, mas amada por um Nazareno que certa vez passou por este mundo; por não ter saúde; por estar grávida, santificada pelo feto que tem dentro de si, mulher diante da qual este juiz deveria se ajoelhar, numa homenagem à Maternidade, porém que, na nossa estrutura social, em vez de estar recebendo cuidados pré-natais, espera pelo filho na cadeia. É uma dupla liberdade a que concedo neste despacho: liberdade para Edna e liberdade para o filho de Edna que, se do ventre da mãe puder ouvir o som da palavra humana, sinta o calor e o amor da palavra que lhe dirijo, para que venha a este mundo tão injusto com forças para lutar, sofrer e sobreviver. Quando tanta gente foge da maternidade; quando milhares de brasileiras, mesmo jovens

e sem discernimento, são esterilizadas; quando se deve afirmar ao mundo que os seres têm direito à vida, que é preciso distribuir melhor os bens da Terra e não reduzir os comensais; quando, por motivo de conforto ou até mesmo por motivos fúteis, mulheres se privam de gerar, Edna engrandece hoje este Fórum, com o feto que traz dentro de si. Este Juiz renegaria todo o seu credo, rasgaria todos os seus princípios, trairia a memória de sua Mãe, se permitisse sair Edna deste Fórum sob prisão. Saia livre, saia abençoada por Deus, saia com seu filho, traga seu filho à luz, que cada choro de uma criança que nasce é a esperança de um mundo novo, mais fraterno, mais puro, algum dia cristão. Expeça-se incontinenti o alvará de soltura”. João Baptista Herkenhoff é juiz de direito aposentado e escritor. Foi um dos fundadores da Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Vitória. Tem participado de debates, em todo o território nacional. O escrito acima, que já havia sido publicado em jornais, integra agora o livro Encontro do Direito com a Poesia – crônicas e escritos leves – GZ Editora, Rio de Janeiro. E-mail: jbherkenhoff@ uol.com.br Homepage: www. jbherkenhoff.com.br


Comunidade

enquete JG Via página do Jornal de Gravataí no Facebook

O que você acha da proibição do uso de fogos nos estádios e campos de futebol? “Acho ótima ideia, pois para comemorar um gol não e preciso usar fogos e também deveria ser proibido sempre em época de final de ano etc às vezes as pessoas não têm dinheiro nem para comer mais para comprar fogos tem uma coisa muito sem necessidade eu sou a favor da proibição demorou!”. Leticia Unhas Decoradas

“Sem volta , apesar de bonito é perigoso! Vamos usar balões e adereços coloridos pra deixar o estádio bonito e sem ninguém ferido”. João Floriano

“Fogos de artifício que causam a explosão e provocam lesões nas pessoas devem ser proibidos em qualquer lugar, não só nos estádios, onde as pessoas vão para se divertir, torcer e acabam sendo mutilados, perdendo dedos, visão, queimaduras horríveis, até a própria vida como vimos em Santa Maria. Infelizmente muitos pessoas ainda não se conscientizaram que para sermos felizes não precisamos desses refúgios e se quiserem usar, usem aqueles que não provoquem tais danos. Sejam mais conscientes, medir os riscos benefícios e antes de queimar seu dinheiro desnecessariamente, aplicar em algo mais construtivo” . Rosa Feio Feio

“Com certeza onde existe um grande número de pessoas o risco aumenta, e a falta de qualificação do usuário, aumenta o risco no manuseio, local com certeza inadequado para uso destes fogos”. Zafenate Desiderio

“Acho que já está tarde a proibição, eu nunca peguei isso na mão, pois sei dos riscos de acidentes...”. Fabiano Pereira

“Acho que esta cada vez mais emocionante ver o jogo em casa. Estão acabando com a emoção nos estádios, nada mais pode, sou contra fogos lançados, como rojões e sinalizadores que são lançados, mas existe um tipo de sinalizador que não é lançado, segurando e é um espetáculo, inofensivo, pra que proibir? Falta de boa vontade, os estádios estão um saco de ir. Pagar um monte em um ingresso e não ver espetáculo, então assiste em casa no conforto do lar. Esta é minha opinião”. Rodrigo Carvalho Da Costa “Acho que já é um bom começo, mas deveriam também proibir qualquer tipo de bebida alcoólica nos estádios, pois se é para evitar acidentes e proteger os usuários, não basta revistar procurando armas e artefatos... Vale lembrar que voltar para casa, com ou sem a vitória do seu time, em segurança, é o mais importante... Conscientização e fiscalização já! Cinthia Delfino

“Excelente… porque vai famílias, com crianças pequenas, muitas vezes portadoras de alguma necessidade especial… E nem todo mundo está no clima de ver fogos estourando nos ouvidos… Mas no Brasil é assim, as pessoas tem que ver a tragédia acontecer para aceitar o que lhe é imposto… Tem que um inocente tomar um rojão na cara, depois prender uma meia dúzia de imbecis e idiotas…Daí sim as pessoas aceitam…”. Marcelo Marques de Matos

“Acho excelente! É um momento de lazer e descontração e as pessoas tem o direito de levar suas famílias e amigos para assistirem com tranquilidade e segurança”. Danuza E Maicon Silva

Gravataí, 15/04/2013 - Pág. 3

Essa é uma coluna do povo para criticar elogiar e botar a boca no trombone sobre aquilo que os leitores entenderem por certo ou errado. Entre em contato com a redação, pelo telefone 34213381 ou mande seu e-mail para jornaldegravatai@terra.com.br. Junto mande seu telefone e endereço.

Ainda não terminou... Quem não teve oportunidade de participar das comemorações dos 250 anos de Gravataí ainda tem algumas atrações para conferir. O Silva lista aqui o que ainda está rolando lá no Quiosque da Cultura – em frente ao hospital – e com entrada franca. A partir de amanhã até dia 24, visite no local a exposição de fotos “Gravataí”, da Dulce Helfer. Também no Quiosque, de 26 de abril a 12 de maio, está aberta a exposição “Lendas de Gravataí”, de Denize Domingos. E tem ainda as apresentações do Espetáculo Teatral “O Colecionador de Almas”, com a Cooperativa do Teatro – texto e direção de Daniel Assunção, no próximo dia 19, às 20h, no CTG Chaleira Preta; dia 26, às 20h, no CTG Pealo da Saudade; dia 3 de maio, às 20h, no CTG Carreteiros da Saudade; e dia 10 de maio, às 20h, no CTG Rincão da Amizade. Aproveite. O Silva também é cultura. Vale a pena... O Silva tem uma justificativa para abrir este espaço, que é tradicionalmente de “botar a boca no trombone”, sugerindo que os leitores aproveitem esta programação cultural da Aldeia. É claro que a cidade continua suja, mais em alguns locais do que em outros, mas continua. O atendimento de saúde pelo SUS é vergonhoso e humilhante. As ruas continuam cheias de buracos, as sinaleiras parecem que não foram feitas para fazer o trânsito fluir, a qualidade da educação é ultrajante... Enfim, tudo continua ruim como já vinha sendo há pelo menos 20 anos. E não é porque a cidade para comemorar um aniversário ou outro, que isso vai mudar. Mas pense bem: podemos nos divertir um pouco enquanto continuamos a reclamar e exigir soluções do pode público. Isso é saudável e alivia a nossa tensão. Vale a pena comemorar... É preciso saber viver... Dizia uma música do tempo em que o Silva era jovem, que “é preciso saber viver”. A gente não deixa de comemorar o aniversário de nossos familiares porque tem uma “crise” sendo anunciada na tevê. Nem se deixa de assistir um bom filme na tevê enroscado na esposa porque se perdeu o emprego hoje. Assim como ninguém deixa de beijar a namorada porque teve um dia ruim. O que o colunista quer dizer é que é preciso aproveitar as boas coisas da vida, os bons momentos, para dar uma revigorada. Os problemas, esses sempre estarão no horizonte de cada dia nos esperando. Que possamos enfrentá-los com a força e o entusiasmo adquiridos depois de participarmos de qualquer comemoração, por mais simples que seja... Experimente! Pra não dizer que não falei de flores... O Silva fecha a coluna relatando uma reclamação. Leitora do JG que se recolheu cedo neste domingo, para descansar a fim de recobrar as energias para começar mais uma semana de trabalhos e estudos, foi acordada perto das 23h30, por um foguetório. Ela só não relatou a origem, mas isso pouco importa, porque quem comemora precisa ter o bom senso de respeitar os limites da boa convivência. Isso também é parte da arte de ser feliz e fazer os outros felizes...

Senha do dia: “Um tombo nos dá a oportunidade de recomeçar com um pouco mais de experiência, sem perder os objetivos de sempre...”


Opinião

Gravataí, 15/04/2013 - Pág. 4

Sessão solene A Câmara de Vereadores homenageia amanhã os 25 anos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Princesa Isabel, no plenário do Legislativo. e-mail:gabriel.diedrich@jornaldegravatai.com.br - Fone: 3421.3381

Coleta de lixo monitorada A Câmara de Gravataí aprovou indicativo de projeto de lei sobre o sistema de monitoramento on line da coleta de lixo via GPS (Sistema de Posicionamento Global). Segundo o autor do projeto, vereador Beto Pereira (PP), a iniciativa visa tornar transparente, moderna, eficaz e eficiente a prestação de serviço de coleta de lixo no Município, otimizando a realização do serviço. A implantação do sistema de monitoramento on line da coleta de lixo via GPS permite à população acompanhar junto à Prefeitura a realização do serviço de limpeza da cidade, otimizando o tempo da realização dos serviços.

Projeto regulará descarte de medicamentos

O

vereador Paulo Remi Silveira Martins, o Paulinho da Farmácia (PTB), procurou nestes primeiros meses de mandato conhecer os secretários de governo, para compreender o panorama do serviço público, e trabalhar sobre as principais demandas das áreas de nossa cidade. Segundo Paulinho, a partir destes encontros, iniciou um estudo sobre projetos que trarão benefícios para a população e, acarretarão inovação e praticidade aos órgãos públicos. — Reinventar é preciso, a criatividade contempla a situação de nosso município, trazer melhor qualidade de vida ao cidadão, sem onerar o cofre da prefeitura — afirma o vereador.

Baseado nestes princípios, o parlamentar protocolou há uma semana projeto de lei que trata sobre o descarte de medicamentos vencidos. Esta proposta, antes de ser protocolada, foi aprovada pelo secretário de Saúde Jones Martins e pela farmacêutica do Município, Patrícia Lima de Mattos. — Como descartar medicamentos é uma prática de meu cotidiano há mais de vinte anos, senti-me na obrigação de legislar sobre este tema tão relevante. De acordo com o projeto, os medicamentos vencidos, ou em desuso e suas respectivas embalagens deverão ser descartados por seus usuários nas Unidades Básicas de Saúde (Postos de Saúde), Unidades de Saúde da

Paulinho da Farmácia apresentou projeto na semana passada

Família e a Unidade de Pronto Atendimento ou Emergência, ou ainda, nas farmácias ou distribuidoras de medicamentos mantidas pela Prefeitura de Gravataí. Esta medida é de suma im-

portância, haja vista que jogar medicamentos no lixo comum ou no esgoto é um risco para o meio ambiente e para a saúde, pois pode acarretar degradação ambiental e até mesmo transmissão de doenças.

Maribel confere acesso à Freeway A vereadora Maribel Wagner (PCdoB) esteve vistoriando a estrutura do acesso à Freeway no km 80 da BR-290 próximo à Nutrella, parada 62, com a expectativa

de aprovação do projeto de lei federal de origem do deputado Esperidião Amim (PP/SC), no Congresso Nacional, que prevê a isenção de pedágio para os cidadãos que residem em

Beto Pereira propõe GPS no recolhimento de lixo

TRE pode cassar Ridi O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS) julga hoje o vereador e ex-prefeito de Viamão Eliseu Fagundes Chaves, o Ridi. Ele responde a nove processos criminais de improbidade administrativa por superfaturamento na construção de escolas e pagamento de obras não realizadas em diversas secretarias. Em 2004, o Tribunal de Contas do Estado e a Câmara de Vereadores reprovaram as contas do Município ao encontrarem irregularidades em obras e pagamentos indevidos. Na época, o ex-prefeito foi condenado a devolver aos cofres públicos R$ 190 mil referentes às ilegalidades encontradas na gestão de Ridi (1997/ 2004). Se for confirmada a cassação de Ridi, ele poderá perder a cadeira na Câmara de Vereadores, alterando assim a bancada do partido dele, o PT.

Vereadora esteve com Wilson Cardoso em viaduto da BR-290

cidades onde a praça esteja instalada. A parlamentar acredita que a aprovação desta lei colaborará com o andamento do processo já existente no Dnit, sob o nº 51200.003505/98-05, bem como o procedimento administrativo nº 08119.000408/9915 instaurado na Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC/PR/RS), do Ministério Público Federal, onde a comunidade, entidades e empresários, através de várias iniciativas, há mais de 30 anos, reivindicam a conclusão do projeto original deste acesso, onde já existe o viaduto. — Agora é a oportunidade de viabilizarmos o acesso,

devido a vários obras da Copa estarem sendo realizadas — entende Wilson Cardoso, morador do bairro que acompanhou a vereadora na vistoria do acesso. — Precisamos retomar os trabalhos da comissão. Estou aguardando a resposta do Dnit referente ao ofício que encaminhei pedindo informações sobre o projeto. A parlamentar coloca à disposição o gabinete para organizar as reuniões com toda a comunidade. Informações, sugestões ou manifestação de apoio podem ser repassadas através do e-mail vereadoramaribel@gmail.com ou facebook/vereadoramaribel.

Incentivo ao esporte A assessora parlamentar Adriane Lima, em representação ao vereador Alex Peixe (PT), esteve conferindo as atividades da escolinha de skate da Associação dos Skatistas da Aldeia de Gravataí (Assagra). A entidade está completando quatro anos de existência e realiza trabalho contínuo com as crianças e adolescentes que usam a prática do skate como um esporte educativo e disciplinador. O presidente da Assagra, Ney Marques, vem desenvolvendo junto a sua equipe projetos e palestras

com o objetivo de contribuir para diminuição da exposição aos riscos sociais (drogas, prostituição, gravidez precoce, criminalidade, trabalho infantil), conscientização da prática esportiva, assegurando o exercício da cidadania, eliminando o preconceito e buscando o reconhecimento dessa prática. Atualmente, a Assagra está funcionando em sua sede provisória no Bairro Vera Cruz e mantém a escolinha com mais de 35 alunos entre todas as idades até o moAssagra desenvolve trabalho educativo e disciplinador mento.

PPL chega à cidade Está surgindo em Gravataí uma nova opção de voto para os eleitores. O Partido da Pátria Livre (PPL) está sendo criado na cidade. Conforme um dos representantes do partido, Paulo Feijó, o PPL já conta com muitas lideranças importantes da cidade em seu grupo. Por acreditar que possa ter cadeiras na Assembleia Legislativa, o partido já teria o nome do candidato a deputado estadual da cidade escolhido para as eleições do ano que vem. Paulo não revela o nome, pois o partido quer primeiro oficializar a decisão. Mas ele acredita que haverá grande alegria de muitas pessoas que sempre quiseram poder votar neste nome. Maiores informações sobre o PPL com Paulo Feijó pelo telefone (51) 8555-8225 ou pelo e-mail paulofeijotst@ gmail.com.

PPS aprova fusão com o PMN O Diretório Nacional do Partido Popular Socialista (PPS) aprovou no sábado a fusão com o Partido da Mobilização Nacional (PMN). Os passos legais para a união das duas siglas serão tomados na próxima quarta-feira, em congressos extraordinários dos partidos que serão realizados em Brasília.

PP nacional tem novo presidente O senador Ciro Nogueira, do Piauí, foi aclamado na última quinta-feira como novo presidente do diretório nacional do Partido Progressista (PP). Ele ocupará o cargo deixado pelo senador Francisco Dornelles, do Rio de Janeiro, que passa agora a ser presidente de honra da sigla. O primeiro vice-presidente será o deputado Mario Negromonte, da Bahia, ex-ministro das Cidades. Na convenção, o novo presidente, Ciro Nogueira, anunciou a criação de um conselho político para ter um pensamento e uma orientação estratégica em relação às eleições de 2014. O grupo será comandado pelo vice-governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho.


Geral

Gravataí, 15/04/2013 - Pág. 5

Hoje começa a vacinação contra a Gripe A Prioridade é para crianças de seis meses a dois anos, maiores de 60 anos, gestantes, trabalhadores em saúde e portadores de doenças crônicas

O

s postos de saúde do Município abrem hoje as portas para a vacinação contra a Gripe A. Devem receber a vacina crianças maiores de seis meses e menores de dois anos, os idosos com mais de 60 anos, as gestantes, as mães de recém nascidos até 45 dias pós o parto, os trabalhadores em saúde e os portadores de doenças crônicas com encaminhamento médico. Ao todo, Gravataí vai receber 40.257 doses da vacina para aplicação entre os dias 15 e 26 de abril, período em que deve ser realizada a campanha, com a meta mínima de 80% de imunização do público alvo. – Queremos mais uma vez atingir as metas da campanha e ampliar a vacinação no público idoso, tradicionalmente o que menos adere à vacinação. Para isso, teremos um Dia D contra a gripe, o dia 20 de abril , com ações intensivas e visitas às casas asilares para sensibilização dos idosos à campanha – avisa o secretário da Saúde de Gravataí, Jones Martins. Jones esclareceu que Gravataí segue as orientações do Ministério da Saúde a respeito da campanha de Vacinação contra a Gripe A, que definiu

Foto: Secom/PMG

o público e o período da campanha. – Nossa campanha não pode fugir desses parâmetros. Como não há vacina para toda a população brasileira, o Ministério da Saúde estabeleceu critérios para que as camadas mais vulneráveis à doença recebessem a imunização – esclarece. Onde se vacinar Moradores de Gravataí que se enquadrem entre os critérios da campanha podem procurar o posto de saúde mais próximo de suas casas e receber a dose da vacina. Os portadores de doenças crônicas precisam levar um encaminhamento ou receita médica comprovando a necessidade de imunização. Todas as unidades de saúde receberão a vacina contra a Gripe A e as salas de vacina estarão de portas abertas das 8h às 17h entre os dias 15 e 26 de abril. No dia 20 de abril, sábado, todos os postos vão estar abertos para receber o público que não pode comparecer durante os dias úteis da semana. Uma equipe volante da Vigilância em Saúde vai percorrer as casas asilares a partir do dia 20 com o objetivo de cumprir a meta de vacinação no grupo dos idosos.

Moradores que se enquadrem entre os critérios da campanha podem procurar o posto de saúde

Veja as perguntas mais comuns sobre a vacina e sobre a gripe Quem se vacinou no ano passado precisa tomar a dose novamente? Sim, já que a imunidade contra a gripe dura até um ano após a aplicação da vacina. E também porque sua composição é feita conforme os vírus que mais circularam no ano anterior. Gripe e resfriado são a mesma coisa? Não. A gripe é uma doença grave, contagiosa, causada pelos vírus influenza (A, B ou C). O resfriado é menos agressivo e de menor duração, causado por um rinovírus (com seus vários tipos). Os sintomas da gripe muitas vezes são semelhantes aos do resfriado, que se caracterizam pelo comprometimento das vias aéreas superiores (congestão nasal e coriza), tosse, rouquidão, febre, mal-estar, dor de cabeça e no corpo. Mas, enquanto a gripe pode deixar a pessoa de cama, o resfriado geralmente não passa de tosse e coriza. A vacina contra a gripe imuniza contra o resfriado? Não. A vacina contra a gripe protege apenas contra os três principais vírus influenza que estão circulando no país. A dose tem alguma contraindicação? A vacina não é recomendada para quem tem alergia à proteína do ovo, isto é, entre aqueles que já apresentaram forte reação alérgica pelo menos duas horas depois de comer ovo. Esse tipo de alergia é bastante rara. A vacina também é contraindicada a quem já teve reações adversas a doses anteriores a um dos componentes da vacina. Nestas situações recomenda-se passar por avaliação médica para saber se pode ou não tomar a vacina. Posso ficar gripado (a) mesmo após me vacinar? Não, isso é um mito. A vacina contra influenza contém vírus mortos ou apenas pedaços dele que não conseguem causar gripe. Na época em que a vacina é aplicada, circulam vários vírus respiratórios, que podem não ser o da gripe em questão, e as pessoas podem ser infectadas por eles. Além disso, é possível pegar um resfriado. Quanto tempo leva para a vacina fazer efeito? Em adultos saudáveis, a detecção de anticorpos protetores se dá entre duas a três semanas após a vacinação e apresenta, geralmente, duração de 6 a 12 meses. Pessoas com doenças crônicas podem se vacinar? Sim, mas com apresentação de receita médica. Em alguns casos, como os de pacientes com doenças neurológicas, é aconselhável passar por uma avaliação médica antes da vacinação. Quanto tempo após a vacinação eu posso doar sangue? Uma portaria do Ministério da Saúde publicada em 2011 declarou que o doador fica inapto para doar sangue pelo período de um mês a partir da data em que foi vacinado contra o vírus da gripe. Depois desse prazo, está liberado.

Campanha acontece até o dia 26 de abril


Geral

Gravataí, 15/04/2013 - Pág. 6

Sem um dos braços atleta se destaca no Estadual de Pingue-Pongue Valério Camargo também joga futebol, defendendo as cores do Gravataiense

D

edicação ao esporte e uma lição de vida. É isso que o atleta Valério Camargo mostrou a Gravataí no último fim de semana. Amputado de um braço, ele é um dos destaques do Troféu 250 anos de Gravataí de Pingue-Pongue, competição válida pela 2ª etapa do Campeonato Gaúcho da modalidade. Jogador de futebol profissional, Valério defendia o São José de Porto Alegre, quando, em um acidente ocorrido em 1981 perdeu o braço esquerdo. A falta do membro não impediu que continuasse a praticar esporte. Além de defender a equipe de Campo Bom no Campeonato Gaúcho de Pingue-Pongue,

ele também disputa o futebol amador pelo Gravataiense. – Mesmo amputado, não tenho dificuldades para praticar esportes – comentou. Os jogos do Troféu 250 anos de Gravataí de PinguePongue tiveram início às 16h do último sábado (13) e seguiram, segundo o secretário de Esportes de Gravataí, Luciano Oliveira, até por volta da meianoite. Disputam a competição 140 atletas de 35 equipes, divididas em 16 times na 1ª Divisão e 19 na 2ª. Campeã de 2012, a equipe Versatronic/River, de Gravataí, que busca o bicampeonato, arrancou bem ao vencer a primeira etapa disputada no mês de março em Sapucaia do Sul. O Campeo-

Valério, da equipe de Campo Bom, com o secretário Luciano

nato Gaúcho de Pingue-Pongue é dividido em 10 etapas. O coordenador técnico da Secretaria Municipal de Esportes, Celso Oliveira, destacou que a Prefeitura de Gravataí incentiva todos os esportes e, na medida do possível, algumas modalidades em âmbito estadual ocorrem no município. – Todos os tipos de esportes são praticados na cidade, não podemos apenas priorizar um ou outro – argumentou ele. O presidente da Federação Gaúcha de Pingue-Pongue, Altair Rosa, agradeceu o apoio da Prefeitura em apoiar a realização do evento no município e parabenizou a comunidade pelos 250 anos da cidade.

O Senac-RS – Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, Administração Regional no Estado do Rio Grande do Sul, está selecionando profissionais para desenvolverem suas atividades nos cargos de:

Atleta mostrou seu talento na segunda etapa do Estadual de Pingue-Pongue

Etapa reuniu 140 atletas de 35 equipes

Troféus e medalhas foram distribuídos aos vencedores

Fotos: Secom/PMG

Altair Rosa, presidente da Federação

Disputas foram até a madrugada de sábado no Aldeião

IPE assina contrato para concurso público

ORIENTADOR(A) DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL B (Gravataí) - 1 vaga Área: Saúde (Massagista)

rFormação: Ensino Médio completo, preferencialmente com Ensino Superior em Educação Física; rRequisitos: Preferencialmente com conhecimento e/ou experiência na área.

ORIENTADOR(A) DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL B (Gravataí) - 1 vaga Área: Idiomas (Inglês)

rFormação: Ensino Médio completo, preferencialmente com Ensino Superior em sua área de atuação; rRequisitos: Desejável experiência na área de atuação. ORIENTADOR(A) DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL C (Gravataí) - 1 vaga Área: Gestão (Qualidade)

rFormação: Ensino Médio completo, preferencialmente com Ensino Superior em sua área de atuação; rRequisitos: Preferencialmente com Ensino Superior e especialização em Administração,

conhecimento de sistema de gestão e experiência na área industrial. Interessados deverão enviar currículo para: rhgravatai@senacrs.com.br Serão considerados somente os currículos que mencionarem cargo e área desejados, escolaridade, experiências profissionais, pretensão salarial e endereço residencial, até o dia 18/4/2013. Para mais informações sobre etapas, critérios de seleção e recurso, acesse o site www.senacrs.com.br. Pessoas com deficiência são muito bem-vindas em nossa empresa.

O Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (IPE) e a Fundação La Salle assinam, hoje, contrato para realização do concurso público a ser realizado pela instituição. A cerimônia ocorrerá no Salão Nobre do IPE (Borges de Medeiros, 1945, 12º andar), às 11h. O concurso do IPE é aguardado com expecta-

tiva entre servidores do Instituto para fortalecer os diversos setores que serão beneficiados com a chegada dos novos contratados. Para o presidente do IPE, Valter Morigi, a realização do concurso ainda este ano é fundamental. – Há quase duas décadas o IPE não realiza processo seletivo. Isso vai minimizar o déficit de pessoal e qualificar o atendi-

mento ao usuário – disse. A partir da assinatura do contrato, a Fundação La Salle terá até 45 dias para elaborar o edital e a expectativa é de concluir todo o processo seletivo até o final de agosto deste ano. O IPE irá ofertar 124 cargos de nível médio e superior, além dos cargos de perito médico. As vagas são destinadas preferencialmente para Porto Alegre, poden-

do ser requisitadas para o Interior do Estado conforme necessidade administrativa.


Geral

Gravataí, 15/04/2013 - Pág. 7

Duplicação das pontes do Parque terá nova campanha Diretoria da Associação de Moradores do bairro e Consepro têm audiência com o Daer sobre o assunto amanhã à tarde

E

nquanto uma solução definitiva para o problema da duplicação das pontes de acesso ao Parque dos Anjos não aparece, a Associação dos Moradores do bairro (Ampa) se uniu ao Conselho Pró-Segurança Pública (Consepro) em busca de alternativas. O grupo, representado pela secretária geral da Associação, a empresária Brígida Porto, buscou apoio da deputada estadual Silvana Covatti, que agendou para amanhã, uma audiência no Daer, para tratar da duplicação. A entidade é responsável por um abaixo-assinado com mais de sete mil assinaturas, de empresários e trabalhadores que todos os dias enfrentam o congestionamento ao ir e voltar das

empresas onde trabalham em função do gargalo representado pela pista única das duas pontes. Brígida, mais o presidente da Ampa, Juarez Betat e a presidente do Consepro, Iolanda Rafaelli, estarão presentes à audiência. – Estamos iniciando uma nova campanha em busca da duplicação. Não quer dizer que abandonamos tudo o que foi feito até agora. Apenas sabemos que vai demorar muito para a prefeitura conseguir a reintegração de posse do terreno que seria leiloado para financiar a duplicação. Também sabemos das dificuldades de recursos do Estado, mas vamos retomar as conversações para buscar recursos para esta obra que é indispensável

Placa no acesso mostra caráter comunitário da campanha

para quem vive ou trabalha no Parque dos Anjos – explicou Brígida. A empresária destaca ainda que talvez seja necessária uma avaliação melhor para verificar as condições da estrutura das pontes, que teriam sido afetadas durante a enchente que ocorreu no local, em 1963. – Sem isso não há como avaliar se apenas a duplicação vai atender nossas necessidades. Talvez seja preciso até uma construção nova – justifica. Junto com o esposo, o empresário Paulo Porto, ela mostra a cópia do projeto aprovado pelo Daer, com previsão de duplicação desde a ERS-118 até o acesso à General Motors. Até o momento apenas parte do

Fotos: Adilson Mendes/JG

Pista única das pontes congestiona o tráfego diariamente

projeto foi executado e é em função disso que ocorrem engarrafamentos diários, no início e final das manhãs e no começo e final da tarde. – Os congestionamentos

chegam a cinco quilômetros nos horários de pico. Há dias em que levamos mais de 40 minutos para ir do Parque até o Centro de Gravataí, para uma distância que nor-

malmente percorreríamos em cinco minutos. É por uma mudança neste cenário, que prejudica toda uma comunidade, que estamos lutando – conta Paulo.

Brígida e Paulo mostram que projeto previa duplicação a partir da 118

Mutirão Social atende mais de 3 mil pessoas em Cachoeirinha A população de Cachoeirinha participou do Mutirão Social, no último sábado (13), no Campo da Ponte Preta - Bairro Fáti-

ma. O evento, organizado pela Secretaria Estadual do Trabalho e do Desenvolvimento Social (STDS), com apoio de órgãos do Gover-

Foto: Divulgação/Palácio Piratini

Comunidade teve acesso a diversos serviços gratuitos

no e da Prefeitura, contou com a presença de mais de três mil pessoas. Os cidadãos tiveram acesso a diversos serviços gratuitos como a confecção de documentos, serviços de saúde e beleza, vagas de emprego e cursos de qualificação profissional, recreação infantil, atrações culturais, entre outros. O titular da STDS, Luís Augusto Lara, lembrou que um dos principais objetivos do Mutirão Social é promover a inserção das famílias que estão à margem da rede de proteção social no Cadastro Único. – Esta busca ativa de famílias para o Cadastro faz com que o público pos-

sa acessar os programas sociais do Governo como o Bolsa Família. Além de buscar essas pessoas, temos a missão de qualificálas, dando uma oportunidade para ascenderem a uma nova classe social por meio da inclusão produtiva – ressaltou. A secretária-adjunta da Casa Civil, Mari Peruzzo, destacou a atuação da STDS na busca ativa de famílias para os programas sociais. – O Governo irá garantir uma renda per capita de R$ 100,00 por mês para todas as famílias com crianças de zero a seis anos, desde que estejam no Cadastro Único e no Bolsa Família. Cerca

de 200 mil pessoas serão beneficiadas – disse Mari. O vice-prefeito de Cachoeirinha, Gilson Nunes, afirmou que o Mutirão Social vem ao encontro da “missão que o Poder Público deve ter, que é cuidar

das pessoas”. Também participaram do evento, representantes da STDS e Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), secretários municipais e vereadores, entre outras autoridades.


Esporte

Gravataí, 15/04/2013 - Pág. 8

Cerâmica dá adeus ao Gauchão Cruzeiro vence e rebaixa o Cerâmica diante do torcedor no Estádio Antônio Vieira Ramos

O

Cerâmica já estava eliminado da Taça Farroupilha e lutava ontem (14) apenas para fugir do rebaixamento, contra o Cruzeiro, no Vieirão em Gravataí. Mesmo com o apoio do torcedor, o time ceramista repetiu o mau desempenho do segundo turno e foi derrotado por 2 a 0. Com o resultado o time dá adeus à vaga na elite do futebol gaúcho e volta à Divisão de Acesso no próximo ano. Os primeiros 45 minutos foram de muita tensão e pouca criação. Nervosos, os dois times erraram muitos passes e cometeram faltas em excesso. O resultado foi o placar inalterado antes do intervalo. Mas a volta do vestiário mudou os ares do jogo. Até porque logo aos seis minutos, o zagueiro Pedro, do Cerâmica, tentou salvar um ataque do estrelado e marcou contra. O time de Gravataí até tentou esboçar uma reação, mas esbarrou na boa marcação cruzeirense. E a premiação veio no final: aos 48 minutos, Marcel recebeu livre na área e deu números finais ao jogo. Não parou um minuto Com músicas e palavras de apoio, a CeraMáquina, a torcida organizada do Cerâmica deu uma bela demonstração de amor e empurrou o time até os últimos instantes da partida. O grupo de amigos que acompanha todos os jogos avisa que continuará ao lado da equipe na Segunda Divisão. – Mesmo com as dificuldades estaremos junto com Cerâmica – confirma Lori Edson. Família torceu unida A torcedora Bruna Cunha é gremista, mas ontem ela deixou de lado o jogo do time do coração e foi incentivar a equipe da Aldeia. Ao lado do pai e da irmã, a jovem acredita que Gravataí perde com o rebaixamento da equipe. – Apesar da situação, não deixarei de vir às partidas e agora torcer para que suba logo para a Primeira Divisão. Apoio até na derrota As amigas Julia Rotavo e Jéssica Dias esperavam pelos jogadores ao término do jogo. A dupla queria passar uma mensagem de carinho aos atletas após a derrota. – Mesmo com a situação devemos ajudar a equipe a levantar a cabeça e seguir em frente – conta Julia.

Fotos Katterina Zandonai/JG

Amor incondicional Famoso dentro do clube, conhecido por jogadores e dirigentes, Lélio Silveira estava inconformado ao término da partida. Torcedor fanático, ele não perdeu um jogo da equipe ceramista este ano. – Não consigo acreditar que o sonho acabou. Silveira, que é o mascote Ligeirinho em dias de jogos, promete não abandonar o time. Taça 250 Anos Com a vitória sobre o Cerâmica, além da vaga assegurada na Série A do Gauchão em 2014, o Cruzeiro também ficou com a taça da Copa 250 Anos de Gravataí. O troféu foi entregue ao capitão da equipe pelo vice-prefeito Francisco Pinho. A partida serviu, ainda, para arrecadar alimentos para o Banco de Alimentos de Gravataí. Nesta segunda-feira será feito o levantamento do total obtido na partida. Como fica o Gauchão? Os oitos jogos disputados neste domingo (14), definiram os times que estarão nas quartas de final da fase. Lajeadense e São Luiz garantiram as últimas vagas para seguir na competição. Além da dupla Gre-Nal, Passo Fundo, Novo Hamburgo, Juventude e Veranópolis haviam entrado em campo já classificados. O título de Campeão do Interior ficou com Lajeadense, que empatou com o Passo Fundo em 1 a 1. Assim como para o Cerâmica, Canoas e Santa Cruz, a rodada foi de más notícias. Os times acabaram rebaixados e, em 2014, disputarão a Série A-2 do campeonato. O Inter garantiu a melhor campanha na classificação geral, ao derrotar o Juventude por 4 a 1, na Arena Alviazul, em Lajeado. Somando 31 pontos, a equipe Colorada fica com o mando de campo no último jogo da decisão do Gauchão, se ela for necessária (como foi campeão da Taça Piratini, o Inter só joga a final caso não vença também a Taça Farroupilha).

Time tentou mas não conseguiu se manter na elite do Gauchão no próximo ano

CeraMáquina ficou até o final

Bruna apoiou o time da cidade

Lélio não conseguia acreditar

Amigas apoiam até na derrota

Confira os cruzamentos das quartas

Grêmio x São Luiz Internacional x Lajeadense Juventude x Novo Hamburgo Passo Fundo x Veranópolis

Vice-prefeito Francisco Pinho entrega troféu da Copa 250 anos de Gravataí ao capitão do Cruzeiro


Polícia

Gravataí, 15/04/2013 - Pág. 9

Preso suspeito de matar os seis taxistas no feriadão de Páscoa Jovem de 21 anos foi capturado no sábado e confessou ter assaltado e matado para conseguir dinheiro para pagar o aluguel do apartamento em Porto Alegre

P

oliciais da Delegacia de Polícia de Santana do Livramento, da 3ª e 4ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa, coordenados pelos delegados Odival Soares, Cristiano Castro, Gabriel Bicca, Leônidas Cavalcanti, Eduardo Finn e Roger Bittencourt prenderam, no último sábado, 13, o autor da morte de seis taxistas. As mortes ocorreram no feriadão de Páscoa e chocaram o Estado. Segundo a delegada Melina Bueno, que ouviu o preso, durante o depoimento o jovem de 21 anos confessou a autoria dos seis crimes e revelou detalhes de como ocorreram as mortes, entre eles a roupa que estava usando, os objetos subtraídos das vítimas e os locais onde os corpos foram dei-

Fotos: DIVULGAÇÃO/JG

xados. Segundo ele, as mortes tiveram motivação financeira. Os primeiros três taxistas foram encontrados mortos no dia 28 de março, dois em Santana do Livramento e um em Rivera, no Uruguai. Dois dias depois, em Porto Alegre, mais três taxistas foram encontrados mortos em um lapso temporal de cerca de três horas, na madrugada do dia 30 de março. Câmeras A Polícia Civil, através de imagens de câmeras de monitoramento, depoimentos e o cumprimento de um mandado de busca e apreensão conseguiu identificar o autor e reconstruir o trajeto dos crimes. Através das câmeras de monitoramento, a Polícia identificou as

Informações sobre a prisão foram apresentadas em coletiva ontem

Telefones e imagens ajudaram na identificação de matador de taxistas

roupas que o indivíduo estava usando e a compleição física. Foi cumprido o mandado de prisão temporária, no sábado pela manhã, no momento em que o suspeito deixava sua residência, no Bairro Santa Cecília, na Capital. Roupas Com o cumprimento do mandado de busca e apreensão, a roupa utilizada no dia do crime foi apreendida e, após perícia, verificou-se a presença de sangue com Luminol, que foi corroborada pela confissão do preso. O telefone celular de uma das vítimas da fronteira e a passagem de ônibus utilizada para vir para a Capital foi encontrada no apartamento dele, durante o cumprimento do

mandado de busca e apreensão. As digitais do preso foram encontradas em um táxi em Santana do Livramento e ele foi reconhecido nas imagens das câmeras por familiares na Fronteira e por amigos na Capital, além de outras testemunhas.

Jovem confessou crimes

Em seu depoimento, o suspeito revelou que teria utilizado o mesmo revólver, calibre 22, porém com tamanhos de munição diferentes. O conhecimento sobre o uso de armas ele teria obtido durante o tempo em que serviu ao Exército, de onde teria sido expulso por indisciplina. O preso era orientador educacional e dava aula de informática para crianças em uma empresa de Cursos Técnicos. Segundo o Delegado Gabriel Bicca, o preso se mostrou frio em seu depoimento, inclusive nos momentos em que descrevia detalhes da maneira como as vítimas morreram, dos locais que realizou os crimes, todos próximos de onde ele já havia residido, e o que fez com os objetos de cada uma das vítimas. Para pagar aluguel O preso teria alegado que cometeu os crimes porque estava desempregado e com problemas financeiros para pagar o aluguel do apartamento que dividia com um amigo. As informações referentes à investigação e à prisão foram repassadas à imprensa em entrevista coletiva no Auditório Cícero do Amaral Vianna, no Palácio da Polícia Civil, às 11h de ontem. Estiveram presentes o chefe de Polícia, delegado Ranolfo Vieira Júnior, o secretário adjunto de Segurança Pública, Juarez Pinheiro, o comandante geral da Brigada Militar, coronel Fábio Duarte Fernandes, o diretor do Instituto Geral de Perícias, perito Antônio Figini e os delegados que participaram da investigação.

Um adolescente de 17 anos morreu ao ser atropelado por uma caminhonete que invadiu o acostamento da ERS-020, em Gravataí. A vítima foi identificada como Steven de Queiroz Nascimento. O acidente ocorreu na altura do km 3 da rodovia, por volta das 19h30min da última sexta-feira (14). Além do adolescente, uma

mulher de 37 anos também foi atingida. Ela foi socorrida e levada por moradores, em estado grave, para o Hospital Dom João Becker, em Gravataí. O motorista da caminhonete, com placas de Porto Alegre, parou para prestar socorro às vítimas. As causas do atropelamento ainda não se esclareceram.

Dois estelionatários, pai e filho, foram presos em flagrante por policiais militares, no início da tarde deste sábado, em Guaíba. Segundo a polícia, a dupla se passava por veterinários e vacinavam os cães da vizinhança cobrando R$ 3,00 a imunização. A dupla agia nos bairros Ipê e Santa Rita. Os presos, de acordo com a polícia, são reincidentes no mesmo crime.

Polícia faz maior apreensão de LSD do ano

A mesma arma com tamanhos diferentes de munição

Caminhonete mata adolescente na ERS-020

Presos estelionatários em Guaíba

BM prende um dos criminosos mais procurados Um adolescente de 17 anos morreu ao ser atropelado por uma caminhonete que invadiu o acostamento da ERS-020, em Gravataí. A vítima foi identificada como Steven de Queiroz Nascimento. O acidente ocorreu na altura do km 3 da rodovia, por volta das 19h30min da última sexta-feira (14). Além do adolescente, uma

mulher de 37 anos também foi atingida. Ela foi socorrida e levada por moradores, em estado grave, para o Hospital Dom João Becker, em Gravataí. O motorista da caminhonete, com placas de Porto Alegre, parou para prestar socorro às vítimas. As causas do atropelamento ainda não se esclareceram.

Após três meses de investigação, o Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) realizou a maior apreensão do ano da droga sintética LSD, na Capital. Com mandado de busca, policiais da 3ª Delegacia de Investigação do Narcotráfico (DIN) esperaram a chegada do suspeito em um edifício da Rua São Lucas, bairro Bom Jesus. Após a abordagem, a equipe encontrou no apartamento 130 pontos de LSD, meio quilo de maconha, munições de revólver calibre 38, uma balança de precisão, 18 comprimidos com características de ecstasy e anotações de contabilidade. O traficante de 47 anos, que não teve o nome divulgado pela polícia, será encaminhado ao Presídio Central de Porto Alegre. Ele foi autuado por tráfico de drogas, posse de maquinário para produção de drogas e posse de munição.

Vereador é preso por homicídio doloso Agentes da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Vacaria, coordenados pelo Delegado Vitor Fernando Boff, prenderam G.V.P, 26 anos, vereador de Bom Jesus, em flagrante por homicídio doloso na madrugada do último sábado (13). Neste sábado, às 05h, na Avenida Manoel Silveira de Azevedo, um veículo Volkswagen Gol conduzido pelo político chocou-se na traseira de um caminhão que estava estacionado. A colisão provocou a morte da caroneira do Gol. O motorista, que apresentava visíveis sinais de embriaguez, negou-se a realizar o teste de teor alcoólico ou exame de sangue para comprovação do estado de embriaguez. Durante o auto de prisão em flagrante, admitiu ter ingerido, durante a madrugada, de três a quatro latas de cerveja. O vereador apresenta antecedentes pela prática do crime de homicídio culposo, fato ocorrido no ano de 2012 e foi autuado pela prática de homicídio doloso com dolo eventual. Após os procedimentos legais, o preso foi encaminhado ao sistema prisional.


Entretenimento

Gravataí, 15/04/2013 - Pág. 10

Fotos: Secom/PMG

Resumo de Novelas

Pavê fácil de limão

MALHAÇÃO Vitor beija Lia. Raquel se emociona, quando Tatá diz que quer vê-la feliz e sugere que a mãe namore o admirador secreto. Morgana reclama de Orelha fazer gravações da festa de Vitor. Rita consola Fatinha após o fim de seu namoro com Bruno. Marcela tenta descobrir com Lorenzo coisas de que Raquel gosta.

Culinária JG Sábado foi de muitas atrações musicais encerrando comemoração dos 250 anos da cidade

C

om grande presença de público, apesar do frio que chegou na noite de ontem, o show do grupo Tchê Barbaridade, no Parcão da 79, foi até a madrugada de hoje, encerrando uma semana de variada programação cultural e musical. Tudo para comemorar os 250 anos de fundação de Gravataí. No final de semana foi uma verdadeira maratona de shows. A festa começou ainda na manhã de sábado (13), com a transmissão do programa Balanço Geral. Logo depois, a partir do meio da tarde, também no Parcão, vieram as apresentações de Samuka Martins, Jony Ocean e os Netunos, Gang da Farra, Tiago e Rodrigo, MC Dino, Banda Tópaz, Grupo do Bola e, por último Tchê Barbaridade. Um grande público prestigiou as apresentações e cantou parabéns para a cidade. O prefeito Marco Alba destacou a data, ressaltando mais uma vez a pujança econômica que Gravataí alcançou nesses 250 anos de história graças ao trabalho do seu povo. Ele frisou ainda, que mesmo sendo a quinta economia do Rio Grande do Sul, os serviços prestados ainda deixam a desejar. Durante as apresentações, o prefeito também aproveitou para ficar junto à platéia e conversar com o público.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS www.coquetel.com.br © Revistas COQUETEL 2011 Juízo; discernimento Bairros de minorias InterjeiRival do Professor Coleção www.coquetel.com.br © Revistas COQUETEL 2011 raciais ou sociais ção que Profissional que Xavier e dos X-Men de contos (Cinema)

Teoria ao Países daoposta Oceania darwinismo ensinada Névoa, Ivan (?), de capital em escolas religiosas em inglês Canberra escritor

Declarar como pa- exprime Atrizexames e ex- de Receptorrealiza ou de trimônio histórico admiração paquita daurina de TV desangue

de "A e Wellington Festa"

"A Lista de (?)", filme de Spielberg A liberdaAtordoado de da muExame de lher muacesso à faculdade çulmana

P

Gordo, Conceito em inglês desprezaConfusão (gíria) do pelo

(?) Geiger, pioneiro da Física Nuclear Período de euforia na Bolsa de Valores Alvo da saudade do exilado

Osso da perna (Anat.)

Zilda Arns, médica brasileira

A

belicista

Aplauso, em inglês A origem

da língua hebraica

Z

Brasileira Aspiração Joan (?), pintor catalão

Distinguir Estado, em inglês A nota da primeira corda do violino Tipo de

Cidade da Serra Flu- avião para minense prática afetada esportiva por enchentes Deus egíp- Realiza no verão de com cio2011 com

(?)Ordinal Bopp, poeta (abrev.) Osten601, taçãoem romanosReprime a boca de urna nos estados

(abrev.)

Abrigo para a poAvisar com pulação as mãos de rua

Comportamento Artistasocialmente de circo correto Norma

Iodo (símbolo) Urna, em inglês

Toca, em inglês

Bahia(?) José, (sigla) locutor Espalhado Natural

Inflamação da mama

de origem

Cintilar; árabe resplandecer

Xuxa condomínios residenciais

Instrumento de percussão do pagode

Órgão ao qual a FAO está vinculada

Dar à luz (o feto) O plano alternativo

Nutriente presente Nils nos ossos Dalén, (símbolo) físico sueco

Gravador de videoteipe (sigla) Entornam Elizabeth Tirada cô-(?), a mica no Rainha texto (TV)

Virgem Adiantamentos de salário (bras.)

Lugar onde se penduraLP de Caeo lustre tano gra-

Apartamento (abrev.)

vado em Londres

"X-(?)": equipe deDez, em mutantes inglês das HQs

Presente

Gênero da banda Planet Hemp

Produto Expressão apícola de dita máscaras ao telefone de beleza

Aliança Libertadora Nacional (sigla)

Saudação jovial 6, em romanos

cabeça de grande íbis (Mit.) cuidado BANCO

1 75

Solução

Solução anterior Solução

C MD

B F A TP

S C H

O L

TT OE N M BA AC R

M A L I N D L E R

BANCO

MT G

Música de variados estilos para ouvir e dançar no Parcão

T A RR A I L TI A O H A IN S D DB O CO MI UNL AER I AI L E R NA AU R A M T SR E L O N U A P T M A R IR R RR I NS IT A A DE T LE N N E R AA LT O AG EL EO SI RB A OM R TA A L E V E P O L I S

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora

Nara Gomes Massulo - Nutricionista - naramassulo@terra.com.br

P AE NT DI EV IA R O

BalacoBaco Vicente repreende a filha e Mirela pede que ele tenha paciência. Com a ajuda de Diva, Cremilda arma um sequestro. A trambiqueira convoca Zé Maria para o plano, mas Dóris tenta impedilos. Duílio pressiona Violeta para saber a identidade de Marcelona. Luiza diz que não está interessada em Pedro Henrique e Marlene fica revoltada. Isabel sofre por não contar para Eduardo sobre a ligação de Norberto, deixando o namorado ressabiado com seu comportamento. Cremilda ignora o pedido de Dóris e combina um encontro com Marlene.

Bater as claras em neve e o creme de leite. Acrescentar o leite condensado e o suco de limão e continuar batendo até formar um creme grosso. Umedecer as bolachas no leite e espalhar numa travessa. Em cima das bolachas, coloque uma camada do creme e intercale. Cubra com raspas de limão ou de chocolate branco, se preferir.

M G R A EU SS N I G E TL OA N ZT O VC E AS TN I AI T AB Z O E I O M T E S A N A L A P A I L SA CB NS B TR A DM E IS I I O R TO A G E LV U L T P E T R

Salve Jorge Morena explica para Helô o estado de saúde de Jéssica. Drica fica satisfeita com a nova separação dos pais. Aisha avisa a Mustafá que Helô quer falar com ele. Lucimar e Morena temem por Jéssica. Érica sai com Márcia. Lívia chega ao bar onde está Érica e a provoca. Ricardo fala para Helô que Wanda é a mãe de Aisha. Rosângela questiona Wanda sobre Lívia. Helô avisa a Morena que falará com o médico de Jéssica. Lívia manda seus atiradores atingirem Morena. Érica reclama com Theo e exige que ele impeça Lívia de se aproximar dela. Helô tenta tranquilizar Morena e Lucimar. Zyah fica tenso ao descobrir que sua agenda está com Ayla. Sarila faz um ritual de proteção para a enteada.

Maratona de shows levou o público ao Parcão da 79

uModo de preparo

3/fat — nbr — ten — urn. 4/clap — hans. 6/zoeira. 10/desiderato.

guerra dos sexos Roberta e Charlô ficam chocadas com a revelação de Dino sobre Carolina. Felipe exige que Carolina vá à delegacia. Fábio conversa com Juliana e Nando fica enciumado. Vânia não aceita se casar com Ulisses. Frô reclama do envolvimento de Lucilene com Kiko e suas investidas em Ulisses.

Público lotou o Parcão no sábado para maratona de shows

1 lata de leite condensado, 1 lata de creme de leite, 3 claras de ovos, 1/2 copo de suco de limão, 1 copo de leite e 1 pacote de bolacha maisena, de leite ou de coco, de acordo com a preferência.

3/den — men — tot. 4/mist. 5/state. 6/bom-tom. 7/mastite. 8/cananeia.

FLOR DO CARIBE Cassiano diz para Alberto que quer conversar sobre Samuca. Alberto fica incomodado, diante da relação cada vez mais próxima entre Cassiano e as crianças. Cassiano avisa que já providenciou o exame de DNA para comprovar que Samuca é seu filho.

uIngredientes


Cultura/Geral

Gravataí, 15/04/2013 - Pág. 11

Sábado de Balanço Geral e Eh! Expresso no Parcão Programa da Rede Record ao vivo trouxe reportagens sobre as potencialidades de Gravataí e diversão para o público

D

urante duas horas, do meio-dia até as 14h de sábado, (13), o público se divertiu, participou de brincadeiras, dançou ao som da banda Eh! Expresso e se informou com reportagens mostrando as potencialidades de Gravataí, no Parcão da 79. Foram estas as atrações do programa “Balanço Geral”, apresentado ao vivo do local. O apresentador Alexandre Mota foi um espetáculo à parte. Carismático e atencioso com o público, brincou de dançarino no palco, com sua tradicional “dancinha do oito”, requebrando ao som de funk e outros ritmos. O show musical ficou por conta da banda Eh! Expresso, que improvisou ritmos, a pedido de Mota, e botou o povo pra dançar, junto com a bateria e o Grupo Show da Escola de Samba Acadêmicos de Gravataí, que neste ano apresentou, em Porto Alegre, como samba-enredo justamente os 250 anos da cidade. Convidada oficial nas festividades de aniversário, a Miss Gravataí Mariana Godoy caiu no samba, arrancando aplausos da plateia. Houve ainda a apresentação do grupo artístico do CTG Aldeia dos Anjos. Ao lado do vice-prefeito Francisco Pinho, o prefeito Marco Alba subiu ao palco chamado pelo apresentador Mota, dando as boas-vindas à TV Record e ressaltando a importância da imprensa na constatação e acompanhamento da solução de problemas históricos da comunidade, em diversas áreas sociais. Marco Alba destacou a pujança econômica de Gravataí nesses 250 anos, através do trabalho do seu povo, mas também não deixou de apontar que “a cidade precisa ter serviços públicos à altura da quinta maior economia do Rio Grande do Sul”. Reportagens exibidas durante o programa mostraram os

resultados da política de atração de novos empreendimentos da atual gestão, além de ressaltar o aumento de produção da fábrica da General Motors (GM), que desde 25 de março opera com o terceiro turno, gerando mais 2,4 mil empregos. O prefeito lembrou ainda a importância dos parceiros para a realização do evento de aniversário, além da GM, Global Logistic Properties, que a partir de novembro próximo vai criar 5,5 mil empregos, o Shopping Gravataí, previsto para inaugurar em outubro próximo, e a Triunfo Concepa. – É assim, com a participação de todos, da sociedade, do setor privado, e com a Prefeitura se estruturando para fazer jus à expressão econômica da cidade, que Gravataí celebra seus 250 anos – finalizou o prefeito.

Fotos: Secom/PMG

Áries: A Lua se une a Júpiter e os acordos comerciais ficam mais fáceis. Dia de boa comunicação e planejamento de estudos e viagens. As amizades e as reuniões de negócios são altamente beneficiadas. Energias positivas em seu entorno. Touro: A Lua se une a Júpiter em Gêmeos e movimenta de maneira positiva suas finanças e investimentos. O dia está ótimo para acordos e negociações de um novo emprego ou projeto. Energia vital passa por um momento de melhora e equilíbrio. Gêmeos: A Lua se une a Júpiter em seu signo aumentando seu otimismo e tornando seu dia mais alegre e festivo. O dia é ótimo para a comunicação e para o planejamento de viagens. As amizades continuam em alta.

O apresentador Alexandre Mota com o prefeito Marco e o vice, Pinho

Câncer: A Lua se une a Júpiter em Gêmeos e sua energia vital, assim como sua saúde, melhora significativamente. Os trabalhos e projetos realizados individualmente terão melhores resultados. Sucesso e visibilidade na profissão. Leão: A Lua se une a Júpiter em Gêmeos e os trabalhos em equipe são altamente beneficiados. O dia é ótimo para fazer contatos com grandes empresas, clubes e instituições, pois há promessa de bons resultados. Viagens.

CTG Aldeia dos Anjos fez apresentação no palco

A Miss Gravataí, Mariana Godoy, também caiu no samba

Virgem: A Lua se une a Júpiter em Gêmeos e melhora seus relacionamentos de trabalho e carreira. O dia é ótimo para rever e apresentar um projeto, ou elaborar um plano de carreira. Equilíbrio emocional. Libra: A Lua se une a Júpiter em Gêmeos e beneficia planos e projetos que envolvam viagens e pessoas estrangeiras. O dia promete otimismo e renovação das energias. Os relacionamentos afetivos, comerciais e de amizades continuam em alta.

Bateria show da Acadêmicos se apresentou durante o programa

Escorpião: A Lua se une a Júpiter em Gêmeos e beneficia seus processos emocionais, especialmente os que precisam de mudanças. As finanças e os relacionamentos em sociedade também são altamente beneficiados no dia de hoje. Sagitário: A Lua se une a Júpiter em Gêmeos e movimenta de maneira positiva seus relacionamentos. O dia promete alegrias e boas relações, tanto comerciais quanto pessoais. O amor continua rondando sua vida e pode chegar a qualquer momento. Capricórnio: A Lua se une a Júpiter em Gêmeos e movimenta sua rotina de trabalho. O dia promete ser bastante positivo no andamento de um projeto ou mesmo na relação com colegas e superiores. Energias domésticas também são beneficiadas.

Hoje "Hoje" conta a história de Vera ex-militante política que recebe indenização do governo brasileiro pelo desaparecimento do marido, vítima da repressão desencadeada pela ditadura militar brasileira (1964-1985). Com o dinheiro, ela pode comprar o tão sonhado apartamento próprio e libertar-se desta condição de suspensão em que viveu durante décadas, período em que nem era sequer reconhecida oficialmente como viúva. No momento da mudança para o novo lar, porém, seu marido volta. Este encontro a obriga a rever toda sua trajetória.

Aquário: A Lua se une a Júpiter em Gêmeos e o dia promete ser divertido e cheio de alegrias. Ótimo para ir a uma festa ou para estar entre amigos. O amor também é altamente beneficiado por essa energia. Otimismo. Peixes: A Lua se une a Júpiter em Peixes e beneficia o convívio com pessoas mais próximas e parentes. Ótimo para começar uma reforma ou mudar a decoração de sua casa.


JORNAL DE GRAVATAÍ www.jornaldegravatai.com.br

Segunda-feira, 15 de abril de 2013

Missa Crioula dá o toque religioso à celebração dos 250 anos Celebração na noite de sexta trouxe o padre Edinei Zen, da Unisinos, e o grupos “Os Estancieiros”, de Sapucaia do Sul

U

ma missa crioula, celebrada no interior da Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Anjos deu o toque religioso à semana de comemorações dos 250 anos de fundação de Gravataí, encerrada ontem. A celebração aconteceu na noite da última sexta-feira, dia reservado às manifestações da cultura gaúcha na programação de aniversário. A missa foi rezada pelo padre Edinei Zen, da Unisinos, e o grupo Os Estancieiros, de Sapucaia do Sul, cuidou da música apropriada à ocasião. Seguindo o roteiro da liturgia católica, toda adaptada aos textos e linguajar da cultura gaúcha, a celebração não deixa de ser “uma festa tradicionalista”, como invoca o cântico inicial ao pedir “Patrão Celeste abençoa o teu Rodeio Cristão”. No ritual da entrada, o vice-prefeito Francisco Pinho foi convidado a conduzir até o altar as bandeiras, incluindo a da 1ª Região Tradicionalista, defendida pelas entidades de Gravataí. O diretor de tradicionalismo da Fundarc, Neri Fachin, levou a cruz sagrada, que no decorrer da cerimônia recebeu os lenços vermelho e branco, representando a paz que voltou a reinar entre maragatos e chimangos, além do de cor preta, para lembrar a importância de se orar pelas pessoas já falecidas. No momento do Ofertório, a diretora-presidente da

Fotos: Secom/PMG

Fundarc, Fernanda Fraga, seguiu o ritual e conduziu um cesto contendo frutos até o altar, onde o celebrante já havia acolhido o vinho e o pão. Na celebração, o padre Edinei Zen citou como oportuno o momento em que a cidade comemora uma data significativa para resgatar a memória daqueles que “partiram para a grande estância do céu” e deixaram na terra suas sementes de contribuição para a Gravataí “que tanto queremos bem”. Disse o sacerdote, ainda, que governantes e população contarão com boa vontade e inspiração para que a cidade tenha tudo o que se deseja para a qualidade de vida nesta fase de desenvolvimento econômico e social. Homenagem Antes da bênção final, o tradicionalista Toninho, do CTG Carreteiros da Saudade, foi convidado e declamar uma poesia de Antônio Veiga da Silva, que tem por tema uma homenagem a Gravataí. No encerramento, o vice-prefeito e a diretorapresidente da Fundarc se manifestaram em nome do poder público municipal destacando a importante participação da comunidade no evento. Também elogiaram a acolhida do Monsenhor Irineo, à celebração do padre Zen e o acompanhamento da missa pelo grupo musical Os Estancieiros, da vizinha Sapucaia do Sul.

Vice-prefeito Francisco Pinho conduz bandeira do Município ao altar

Grupo Os Estancieiros, de Sapucaia do Sul, abrilhantou o evento

A diretora-presidente da Fundarc levou cesto de frutos ao altar

Fernanda e Pinho no ritual do juramento diante da cruz, no encerramento da missa


ANO 9 - EDIÇÃO 1685ª - DIÁRIO - SEGUNDA-FEIRA, 15 DE ABRIL DE 2013 - R$ 1,00