Issuu on Google+

► ENQUETE JG

Você mantém viva alguma tradição na Semana Santa?

Pág. 3

► VEÍCULOS & CIA

Chevrolet Camaro sob medida para um gaúcho Encartado

ANO 8 - EDIÇÃO 1672ª - DIÁRIO - SEXTA-FEIRA A DOMINGO, 28 A 31 DE MARÇO DE 2013 - R$ 1,00 Circulação nos municípios de Gravataí, Cachoeirinha, Glorinha e Santo Antônio da Patrulha

► POLÍCIA

► SANEAMENTO

De técnico novo Cerâmica reage e vence no Vieirão

Corsan e Prefeitura discutem projeto de esgoto na ERS-030

Tricolor da Aldeia derrotou o Pelotas por 1 a 0 na noite de ontem, a primeira vitória na Taça Farroupilha. Juniores também venceram os pelotenses pelo estadual da categoria

Pág. 5 ► SEMANA SANTA

Páscoa de peixes, chocolates e feriadão...

Pág. 7 ► ANIVERSÁRIO DA CIDADE

Pág. 8

Waldemar Max homenageia os 250 anos de Gravataí Contracapa


Opinião/ Serviços

Gravataí, 28 a 31/03/2013 - Pág. 2

Religiosidade

AS GRAVATADAS

LOTERIAS -

Quina (Concurso 3153):

11- 26 - 40 - 54 - 73

Celebrar a Páscoa é celebrar a vitória de uma vida nova *Por Fábio Henrique Cardoso Leite Falar de Páscoa é simples e muito gostoso, principalmente quando estamos com a família ou com os amigos, mas como posso vivenciá-la? Vejo que é uma pergunta que devemos fazer constantemente, não somente nesta época maravilhosa em que Cristo se manifesta entre nós como o ressuscitado, aquele que morreu por cada um de nós e ressuscitou para mostrar que a vida é ressurreição, que a vida é alegria em Deus. Páscoa é estar pronto para o outro, para aquele que precisa de mim, não só com palavras, mas com gestos, gestos este de ajuda ao mais necessitado (espiritual ou material), ajudar para que estas pessoas possam viver mais felizes, é mostrar a bondade de Deus, mostrar que Cristo vive em mim, vive em nós. Chocolates, festas... Qual o sentido de tudo se eu não consigo viver, não consigo ressuscitar para uma vida mais feliz, não podemos nos alienar pensando que este momento de Páscoa é apenas em um dia (domingo), não posso entregar “ovos de chocolate”, para alguém sem primeiramente dizer sobre o significado real de toda a celebração, não posso me enganar pensando que este momento de festividade começa hoje e termina hoje. Páscoa é uma dedicação plena, é uma satisfação de fazer tudo com amor em todos os momentos. Cristo ressuscitou não apenas em um momento, Ele ressuscitou para sempre. A comemoração deve ser para sempre também, viver Cristo ressuscitado todos os dias, não é fácil, mas sem um exercício de caridade, de penitência e de amor, se torna um fardo difícil de carregar. Meus irmãos e minhas irmãs em Cristo, viva plenamente a cada momento, lembrando que Jesus como homem, viveu, amou, sofreu e ressuscitou, nós podemos viver, sofrer e amar, para ressuscitar no outro a esperança, a paz, a alegria e acima de tudo o amor. Ame sem pedir ou esperar algo em troca, se doe sem medir as consequências. Cristo teve uma missão, nós temos uma missão, pois amar é um dom, amar é ressuscitar a boa nova em minha vida e na vida do outro. Feliz e abençoada Páscoa. *Fábio Henrique Cardoso Leite é filósofo e professor

Registro nº 39987 do Livro A-4 Filiado à ADJORI

Representante Comercial: (51) 3272-9595

jornaldegravatai@terra.com.br jornaldegravatai@gmail.com

Publicação da Empresa Gráfica Jornal 2M Ltda. CNPJ nº 03.851.285/0001-62 Tiragem – 8.000 exemplares Diretor geral: Moacir Oliveira Menezes Diretor administrativo: Gabriel Diedrich Departamento comercial: Adilson Mendes Redação: Katterina Zandonai e Claudio Oliveira Diagramação: Giulliano Pacheco Colaboradores: Iara Maurente e Edenir Raupp Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, nº 6125 - Pda. 64 CEP 94.060-001 - Gravataí - RS - Brasil Telefones: (51) 3423.1792 - 3421.3381 Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores.

Dupla Sena (Concurso 1162):

Primeiro Sorteio 04 - 15 - 17 - 25 - 42 - 44 Segundo Sorteio 06 - 14 - 21 - 27 - 36 - 45 PREVISÃO DO TEMPO

mmgravatadas@hotmail.com.br

SEXTA-FEIRA- Mín. 16°, Máx. 24° Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

A população não faz sua parte Isso parece cultural em Gravataí, um mau hábito arraigado na vida das pessoas. Ainda encontramos muitos lixões a céu aberto na cidade, como este da Rua Otávio Rocha, ao lado do numeral 05, na rua paralela a ERS-020. A população não faz a sua parte e isso contribui para esta poluição que está crescendo dia-a-dia no Município. Voltaremos... Prezados leitores, esta coluna também é sua, para falar conosco ligue 3423.1792.

Iara Maurente Jornalista - e-mail: iaramaurente@yahoo.com.br

Eu conto Se é para que você saiba da minha vida, deixa que eu conto. Contarei o que você quiser saber, desde que me pergunte. Não há assunto que não possa ser citado, ou pergunta que não possa ser respondida. Primeiro, porque sou uma pessoa comum, levando uma vida comum, sentindo coisas corriqueiras, indo a lugares que ficam aqui mesmo neste planeta, conhecendo pessoas de carne e osso, como todas são. Algumas, mais interessantes, outras mais inteligentes ou bonitas, gente bem e mal humorada. Este contato com as pessoas deste mundo não é nada de anormal, fazemos isto constantemente, sem parar. Tenho andado por aí, descobrindo o quanto se pode ser feliz ou infeliz sendo exatamente o que somos. No meu caso, sendo eu mesma... Pode parecer uma banalidade dizer que a pessoa é ela mesma, mas é tão comum encontrarmos quem pensa ser outra que a lição básica precisa ser lembrada... Dia destes, por exemplo, encontrei um homem que jurava ser meu colega jornalista, num primeiro momento achei até que poderia ser, porque há

seres muito estranhos entre os jornalistas, depois, descobri que ele não era jornalista – mas gostaria muito de ser. Assim, eu o respeitei pelo sonho de ter a profissão que amo ter, mas à luz dos fatos, o homem não era jornalista... nem diploma tinha, pombas! E entre responder qualquer pergunta que você queira me fazer, refletir sobre o passado e olhar para à frente, chega a hora que a vida se impõe e não há outra escolha a fazer que não a de ser o que somos. Quem não teme pensar circularmente compreende melhor este acúmulo que nos faz diferentes a cada dia, mesmo estando tão concretamente no mesmo lugar. Vivo este círculo de modo peculiar, neste momento – e confesso, é estonteante, posto que gira rsrsrsrsrsr.... Quer saber mais? Vou contar. Esta é minha última participação no Jornal de Gravataí na condição de Colaboradora. Minha última coluna. Oooohhh... Quem sabe no futuro eu volte a ser colunista e outra vez nos encontraremos através do jornal? Neste momento, aceitei convite para coordenar a Comunicação Social da Prefeitura de Gravataí. Consi-

derei a compatibilidade das atividades e não encontrei eco nos valores que construí até este momento da minha vida entre as duas coisas. Decidi com tranquilidade, fui apoiada pelos filhos, mas é claro que sentirei falta deste espaço. Afinal, aqui, já falei de tantas e tantas coisas nestes últimos sete anos que nem sei onde encontrarei espaço mais amplo para as bestagens que passam pela minha cachola... O Jornal de Gravataí e você que me lê tem meu agradecimento permanente. Foi uma honra contar com sua atenção. Estou com os sentimentos mexidos, com o coração batendo feito doido, e com aquele frio básico na barriga, porque as mudanças sempre trazem desafios e eu espero estar apta a vencêlos. Pelo menos, este é o plano. (talvez eu tenha que avisar os russo, né...???) Lembretes Antes de sair para uma viagem bem longa tia Iara recomenda: fale, discuta, interesse-se por política. Lave os dentes pelo menos três vezes ao dia, faça sexo seguro (com camisinha); não se meta na vida dos ou-

tros, não atravesse a rua sem olhar para os dois lados, não coloque os dedos na tomada e não se atire do 15º andar. Use seu cérebro sem moderação, pense, pense muito, nem que seja sobre o que pensar e não tema ler muitos livros. Tia Iara garante que livros não mordem, pode abrir e ler à vontade. Tenha um band-aid na carteira, não use perfume demais e seja gentil e amável com parcerias. Ame e respeite seus pais e não considere seus filhos “mini adultos”, enquanto são crianças. Não se atreva a, e impeça qualquer homem que queira agredir uma mulher e, claro, seja o que quer ser, mas não culpe ninguém por isso. Destino Seguindo uma meia dúzia de recomendações, nos encontraremos todos no céu, com certeza! Aqui, no final(!), quero lhe dar um grande abraço e agradecer muito por tudo que vivemos juntos nesta página. Eu adorei! Até a próxima!


Geral

enquete JG Via página do Jornal de Gravataí no Facebook

Você mantém viva alguma tradição na Semana Santa?

“Nenhuma. Chocolate engorda, a Igreja está saturada de descrentes, o peixe é bom para qualquer dia, descansar, dormir, charlar um pouco e esperar o próximo feriadão, bom dia!”. Nita Dalpiaz

“Sim, mas hoje em dia parece que não levam a sério as verdadeiras comemorações. Porque Páscoa e Sexta-Feira Santa quer dizer ou significa a morte de Cristo e ressurreição, mas agora muda de dia e de mês, não respeitam mais. Acho isto um absurdo, porque parece que virou só um modo de comércio para vendas de chocolates e de peixes” Silviarosangela Rosenhaim

“Após os julgamentos, Jesus foi açoitado nas mãos dos soldados romanos... Esse tempo é conhecido como Semana Santa, porque foi quando Jesus Cristo realmente revelou a Sua paixão... Qual deve ser a nossa atitude durante a Semana Santa? Adorar a Jesus, com ação de graças...” Jeferson Flores

“Infelizmente o respeito às religiões está ficando para trás, assim como algumas tradições. Antigamente tínhamos medo da Sexta-Feira Santa. Meus pais contam que não podiam trabalhar, brigar, dizer palavrões, fazer negócios. Lembro ainda que se alguém aprontava alguma nesse dia, apenas ouviam ‘amanhã vou te tirar a aleluia’, ou seja, receberia o castigo. Hoje é capaz de a aleluia ser antecipada... rsrsrsrs. Em família, ainda vamos à igreja aos domingos, às vezes, aos sábados à noite, para podermos preparar o almoço em família. Quando as crianças eram pequenas, a troca de presentes era mais emocionante. Hoje tudo é mero comércio. Os valores se resumem ao tamanho e à marca do ovo que se ganha de presente... Que a Páscoa seja mais que uma libertação comemorada na Igreja, mas a libertação espiritual de cada um. Não importam os dogmas e, sim, o bem que praticamos aos nossos semelhantes”. Edenir Raupp

“Sim... Comendo peixe e tomando o vinho, como manda a tradição!”. Naiara Rosa

Gravataí, 28 a 31/03/2013 - Pág. 3

Essa é uma coluna do povo para criticar elogiar e botar a boca no trombone sobre aquilo que os leitores entenderem por certo ou errado. Entre em contato com a redação, pelo telefone 34213381 ou mande seu e-mail para jornaldegravatai@terra.com.br. Junto mande seu telefone e endereço.

Até quando? Leitora do JG postou mensagem na página do jornal no Facebook reclamando do atendimento na Secretaria Municipal da Fazenda. Leia o que ela escreveu: “Essa Prefeitura de Gravataí está um caos mesmo. Estou perdendo um serviço por causa de uma simples negativa de débito. O sistema está sendo trocado e cada hora pedem uma documentação diferente. E para ajudar, amanhã já estão de feriadão... Até quando vamos ter que depender do sistema público para poder trabalhar dignamente? Oh gente sem vontade de trabalhar essa! #indignada”. Recado dado. A espera terminou... O leitor Eraldo Camargo esperou quase dez meses para ter uma demanda relativamente simples atendida pela Prefeitura. Só para relembrar, ele esperou desde maio de 2012 pela solução de um problema que causava a queima da lâmpada em um poste, na mesma semana em que era trocada pela Prefeitura. Ficava num poste da Rua Guadalajara, esquina com a Travessa Liberdade, bairro Passo das Pedras, próximo ao novo shopping. A danada só acendia uma ou duas vezes por semana. A última segunda-feira, foi o “Dia D”. Leia o que ele escreveu: “Ufa... Após 297 dias, ontem, dia 25/03/2013, foi consertada a luminária com problema. Como sou otimista, tenho a certeza de que desta vez dará certo. Portanto desde já a comunidade do Bairro Passo das Pedras agradece”. Recado dado. Às escuras na parada 75... Por falar em luminárias nas vias públicas, o Silva publica a seguir nota da leitora Eleni Klein sobre o mesmo assunto. Leia a nota dela: “Moro na Rua José Bonifácio, 408, parada 75, bairro Barnabé e gostaria de fazer uma reclamação... Há mais de semanas estamos às escuras. Trocaram os postes e nos deixaram no escuro. Já notificamos a Prefeitura, setor de iluminação pública, mas até agora nada foi feito. Será que vão ter a cara de pau de nos cobrar a taxa de iluminação?”. Recado dado.

“Sim. Ver o filme a Vida de Brian, isso me deixa muito feliz, opps, digo... triste”. Riuldo Silva

24 Horas esperando... Não é de hoje que a comunidade tem entrado em contato com o JG para reclamar da demora no atendimento e da falta de médicos no Serviço de Urgência e Emergências 24 Horas. Quase todo dia tem alguém fazendo este tipo de reclamação por telefone. A longa espera tem sido um teste para os gravataienses que precisam do serviço. Ainda no 24 Horas... Ontem à noite, por volta das 20h30, foi a vez da leitora Angelita protestar contra as esperas intermináveis por atendimento médico. Ela reclamou que estava desde às 8h no 24 Horas à espera de atendimento. Estava chocada com a demora e pediu que o Silva fizesse aqui um apelo ao Secretário de Saúde, Jones Martins, que por favor providencie as melhoras que a comunidade necessita, afinal é desumano ficar assim por tanto tempo e muitas vezes sair de lá sem ser atendido porque desistiu de esperar depois de muitas horas. As pessoas estão voltando doentes para casa sem serem atendidas por um médico... Isso é vergonhoso para a quarta economia do Estado!

Senha- do dia:

“Não resolvem porque não precisam pegar fila por horas...”


Opinião

Gravataí, 28 a 31/03/2013 - Pág. 4

“Defender apaixonadamente não significa defender cegamente”.

­

e-mail:gabriel.diedrich@jornaldegravatai.com.br - Fone: 3421.3381

Homenagem ao PMDB A Câmara de Vereadores homenageou durante sessão solene os 47 anos do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), comemorados no último domingo (24). O evento aconteceu na Câmara de Vereadores de Gravataí, na terça-feira, e contou com a presença do prefeito Marco Alba, do presidente municipal do partido Luiz Zaffalon, vereadores, correligionários e demais lideranças.

Vereadores e peemedebistas homenageados

Negociação com metalúrgicos O primeiro encontro de negociação entre o Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí e representantes do Complexo Industrial Automotivo General Motors (Ciag) ocorreu nesta quarta-feira. Os trabalhadores do Rio Grande do Sul querem isonomia salarial com os profissionais da planta de São Paulo. Segundo a categoria, o piso salarial do Estado é 70% menor do que o paulista, além do Programa de Participação de Resultados (PPR) ser 63% mais baixo. Por isso, o objetivo da categoria é um reajuste salarial de 12%, além de um piso de R$ 1.712. Também querem jornada de trabalho de 40 horas semanais e o imediato fretamento de ônibus para deslocar os funcionários. A medida já tinha sido negociada no ano passado e ainda não foi cumprida. O PPR solicitado é de R$ 15.355, além de abono salarial de R$ 4,5 mil.

Secretário da Saúde Jones Martins em resposta ao vereador Dimas Costa quando questionado sobre sua vigorosa defesa do contrato a ser firmado pelo Município com o Hospital Dom João Becker, durante a reunião especial na Câmara de prestação de contas do trimestre.

Prefeito relata situação do Município a vereadores

A

Marco Alba apresentou durante três horas um minucioso diagnóstico técnico sobre a realidade do governo

primeira manifestação oficial do prefeito Marco Alba no plenário da Câmara de Vereadores, em atendimento ao que prevê a Lei Orgânica do Município, foi marcada por um

clima de cordialidade e respeito. Durante mais de três horas na tarde desta quarta-feira (27), o prefeito fez um extenso e minucioso diagnóstico técnico sobre a situação do governo, pontuando os passivos a partir de

cinco eixos: financeiro, gestão, ambiental, infraestrutura e social. Ele ressaltou a importância dos vereadores no encaminhamento de discussões de projetos que ajudem a mudar a realidade da cidade.

Marco Alba apresenta relatório técnico dos problemas que desafiam a administração

Passivo de gestão Marco Alba apresentou em seu relato o quadro que se configura um desafio para a nova administração, como os mais de R$ 400 milhões em dívidas de curto e médio prazo, incluindo restos a pagar e precatórios e ações judiciais em que o Município é réu. No que considera “passivo de gestão”, na área administrativa, Marco Alba relatou “a ausência de um sistema de informática com sistematização das informações gerenciais de toda a administração, incluindo gestão das grandes despesas (educação e saúde)”. Em seu relatório, o prefeito apontou a ausência de estrutura física administrativa, com número elevado de prédios locados – mais de 60 – e “indesejável descentralização administrativa”, além do gasto mensal de R$ 262 mil. — Esse valor, no início do ano, era de R$ 300 mil — afirmou. Execução orçamentária Com a presença dos 21 vereadores, o prefeito discorreu sobre problemas históricos enfrentados pelas administrações anteriores, mas também antecipou

algumas mudanças já implementadas na forma de gerenciamento dos recursos públicos, como a contratualização com os secretários municipais. Essa medida estabelece que cada secretário se compromete a executar o orçamento de sua pasta rigorosamente dentro do que prevê o orçamento, inicialmente com um controle quadrimestral. — Graças a isso, conseguimos elevar em R$ 10 milhões o orçamento da saúde, por conta de um ajuste dos procedimentos — reforçou Marco Alba. Segundo o prefeito, o gerenciamento eficaz das finanças e um austero controle dos gastos é o que vai permitir que a administração enfrente situações como o déficit de 3.713 vagas em escolas de educação infantil, o que corresponde à necessidade de construção de pelo menos 30 creches, além da necessidade urgente de reforma em 70% das escolas da rede municipal. — Não se trata de eu achar que sou melhor do que alguém, mas a constatação é de que há uma tarefa a ser feita, e a população espera por essas respostas — comentou Marco.

Após a apresentação do relatório, o prefeito respondeu a todas as perguntas dos vereadores, inicialmente feitas por representantes da bancada de oposição. O vereador Alex Peixe (PT) elogiou o fato de o prefeito ter ido em pleno domingo verificar de perto as condições de falta de saneamento nas vilas Tom Jobim e Afonso Arinos. Na terça-feira (26), as máquinas da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) começaram a executar um cronograma de trabalho determinado pelo prefeito nessas localidades, como limpeza de valos, patrolamento das ruas e hidrojateamento de canos de esgoto. O prefeito classificou como produtivo e satisfatório o encontro com os vereadores, reiterando a necessidade de todos terem o conhecimento técnico da realidade da administração municipal, em todas as áreas. Acompanharam o prefeito Marco Alba os secretários municipais de Saúde, Jones Martins; de Governo, Luiz Zaffalon, de Relações Comunitárias e ex-prefeito, Acimar Silva; de Assuntos para a Segurança Pública, André Brito; o procurador-geral do Município, Jean Tormann; e o vice-prefeito Francisco Pinho.

Cidade terá Semana da Segurança Pública A Câmara de Vereadores de Gravataí aprovou na sessão da última terça-feira (26) o projeto de lei que institui “Semana de Segurança Pública”, de autoria do vereador Paulo Remi Silveira Martins (PTB), o Paulinho da Farmácia. A programação desta semana deverá ser determinada pela Prefeitura e dispor de debates, palestras e outras formas de buscar as causas que levam a desencadear vários fatores de violência, contribuindo para a promoção de uma cultura de paz, a fim

de que todos se empenhem efetivamente na construção da justiça social. Paulinho celebrou a aprovação de seu primeiro projeto como parlamentar e afirmou que “construir novas relações da comunidade com a segurança pública, pautadas pela cidadania e pela prevenção, tornará Gravataí mais segura, sendo reconhecida como uma cidade que reduziu seus índices de violências e criminalidade, propiciando uma convivência mais cidadã à população”.

Vereador Paulinho da Farmácia teve primeiro projeto de lei aprovado

Clebes visita escola Na manhã desta quarta-feira, o vereador Clebes Mendes (PMDB) e suas assessoras Venina Silveira e Tuhana Pinheiro estiveram na EEF Presidente Tancredo Neves, no bairro Parque dos Anjos, para entregar um cartão e chocolate para as crianças do segundo, terceiro e quinto ano, em comemoração à Páscoa. A vice-diretora, Janete Dihl, e a orientadora, Raquel Paim, acompanharam a distribuição das lembranças. Aproveitando a oportunidade, o vereador conheceu as estruturas físicas e as reformas pelas quais a escola está passando. Foi muito importante a atitude do vereador em lembrar dessas crianças, pois muitos casos esta lembrança será a única da Páscoa, e pode ter certeza que elas valorizam muito este momento.

Vereador distribui chocolate aos alunos

Isenção de pedágio A Câmara dos Deputados está abrindo um caminho para que moradores ou trabalhadores de cidades como Gravataí, que possuem praça de pedágio em sua extensão territorial, sejam isentos da tarifa. O projeto de lei 1023/11 aprovado em plenário na terça-feira (26), do deputado Esperidião Amin (PP-SC), prevê concessão de isenção do pagamento de pedágio a quem comprovar residência permanente ou exercer atividade profissional também permanente no município em que se localiza a praça de cobrança da tarifa. A matéria ainda precisa ser votada pelo Senado.


Gravataí, 28 a 31/03/2013 - Pág. 5

Geral

Corsan e Prefeitura discutem rede de esgoto da ERS-030 Reunião na sede da companhia também abordou falta de água constante na cidade e rede de abastecimento de Morungava, além de obras do PAC

A

implantação da rede de coleta de esgoto na ERS-030, as frequentes faltas de água no município e investimentos do Programa de Aceleração do crescimento (PAC) em Gravataí. Esta foi a pauta da reunião do prefeito Marco Alba com o diretor-presidente da Corsan, Arnaldo Dutra, na última terça-feira (26), na sede da Companhia. Segundo Alba, a instalação de seis grandes empreendimentos imobiliários ao longo da ERS-030 até a parada 103 só será viabilizada com a construção de um emissário que recolha o esgoto destes empreendimentos até a Estação de Tratamento de Esgoto do Parque dos Anjos. Município e Companhia trataram da formação de um consórcio entre empresas, Corsan e Prefeitura para viabilizar a obra, que deverá ter dez quilômetros de extensão e um custo de R$ 10 milhões, aproximadamente. Esta obra viabilizaria ainda a ligação de rede de esgotos das vilas e bairros existentes ao longo deste

Foto: SECOM/PMG

trecho. O presidente da Corsan agendou uma reunião técnica com a Prefeitura que convocará os empreendedores para que juntos possam definir esta demanda. Falta de água Alba pediu providências urgentes da Corsan e relatou os últimos acontecimentos, onde bairros inteiros ficaram sem água por longos período. A diretoria da Corsan alegou que acidentes com causas ainda não identificadas foram os causadores da ruptura das redes. Dutra disse que intensificará a manutenção preventiva, além de anunciar que a empresa estará inaugurando dentre de 15 dias um sistema de monitoramento remoto da pressão em toda a rede de distribuição de água na cidade, permitindo que equipes técnicas se antecipem aos problemas evitando rompimento de tubulações. Recentemente a Corsan recebeu do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) R$ 131,9 milhões que serão investidos em

Na reunião foi anunciado que rede de Morungava será ativada em 45 dias

Gravataí na ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário, com a instalação de mais 168,4 quilômetros de rede coletora, além das ligações prediais correspondentes. O projeto prevê também a implantação de estações de bombeamento e reformulação da Estação de Tratamento de Esgotos Parque dos Anjos. Morungava Serão beneficiadas direta-

mente com esta obra 69.278 pessoas, aumentando o percentual de atendimento no município para 54,97% de cobertura de coleta e tratamento de esgotos. O Prefeito foi buscar informações mais detalhadas sobre em qual região da cidade este investimento será feito. Os técnicos da Corsan prometeram explicar detalhes do projeto nas próximas reuniões. Marco Alba cobrou ainda

sobre o projeto fornecimento de água potável ao distrito de Morungava, que teve início na sua gestão como Secretário de Estado e Luiz Zaffalon na presidência da Companhia. A diretoria da Corsan informou que a obra se encontra em fase de testes dos reservatórios e que depois ocorrerá a avaliação de pressão nas redes. A ativação deverá ocorrer em aproximadamente um mês e meio.

Programa federal trará mais recursos para a saúde

Secretário explica que inscrição ampliará recursos para o setor

O QUE É O PMAQ O Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica foi criado pelo Ministério da Saúde como forma de avaliar e recompensar iniciativas que garantam eficiência no acesso aos serviços de saúde na atenção básica.

Gravataí inscreveu as 22 equipes de Saúde da Família, nove de Saúde Bucal e o Centro de Especialidades Odontológicas – o CEO – no Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica, o PMAQ. Com isso, o repasse de recursos do Ministério da Saúde para melhoria no acesso aos serviços de saúde no município poderá ser ampliado. Na prática, isso significa mais dinheiro para investir na aquisição de equipados, com estrutura adequada e melhor ambiente de trabalho para os profissionais da área. Em 2012, apenas 17 das 22 equipes haviam aderido ao programa. Este ano, a adesão chegou a 100%. – Gostaríamos de inscrever

toda nossa rede de atenção à saúde, mas esbarramos na falta de informatização, que é um dos parâmetros para adesão ao programa. Estamos mudando essa realidade, a partir de uma decisão do prefeito Marco Alba, ainda em janeiro, de dotar todas as estruturas de saúde de informatização, o que vai permitir que no próximo ano toda a rede de saúde pública do município possa participar do PMAQ e ampliar o repasse de recursos para Saúde – explica o secretário de Saúde Jones Martins. A informatização das unidades é necessária para adesão ao PMAQ uma vez que cada unidade precisa informar ao Ministério da Saúde a sua produção diária. Um sistema acessado pela

internet permite a comunicação dos dados. – Infelizmente, nem todas as nossas unidades tem computadores e outras não conseguem acesso à internet – lamentou Jones. Segundo o secretário, que trabalhou no Ministério da Saúde e conheceu como o programa funciona, a ideia do PMAQ é que as prefeituras assegurem maior acesso e qualidade nos serviços de saúde, de acordo com as necessidades concretas da população. – Aderindo ao PMAQ, estamos criando as condições para termos um padrão de qualidade e universalidade no acesso ao SUS através das unidades de saúde – completou Jones.


Gravataí, 28 a 31/03/2013 - Pág. 6

Geral

Projovem visita o Museu de Ciências e Tecnologia da PUC Turma que ingressou no programa na metade do ano passado ganhou transporte e ingresso para o passeio

N

o último sábado (23), os alunos do ProJovem Urbano de Gravataí realizaram uma visita ao Museu de Ciências e Tecnologia da PUC, em Porto Alegre. O objetivo da atividade foi proporcionar aos estudantes uma experiência única de conhecer na prática as ferramentas tecnológicas. A coordenadora do ProJovem em Gravataí, Maria Aparecida dos Santos, relata que a atividade

teve a parceria do museu, que isentou os custos desta visita, e da empresa de ônibus Sogil, que disponibilizou o meio de transporte – Ônibus Social. – Nossos alunos tiveram uma experiência muito gratificante – observa a coordenadora. Acompanharam a visita os educadores do programa Josiane Henrique e Luciano Santos. ProJovem O ProJovem é um pro-

grama do governo federal em parceria com a Prefeitura, que visa proporcionar aos jovens de 18 a 29 anos, na sua maioria oriundos de classes menos favorecidas, a conclusão do ensino fundamental e uma qualificação profissional básica. O programa tem duração de 18 meses. Os alunos atuais ingressaram no curso em junho de 2012, e a previsão do término das aulas é para dezembro de 2013.

Alunos e professores foram conhecer de perto ferramentas tecnológicas

Quer aprender a cultivar hortaliças?

Inscrições estão abertas na Secretaria da Agricultura ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL TABELIONATO DE PROTESTOS DO MUNICÍPIO DE GRAVATAÍ AV. JOSÉ LOUREIRO DA SILVA, 1826 - Fone: 3488.1800

No último sábado (23), os alunos do ProJovem Urbano de Gravataí realizaram uma visita ao Museu de Ciências e Tecnologia da PUC, em Porto Alegre. O objetivo da atividade foi proporcionar aos estudantes uma experiência única de conhecer na prática as ferramentas tecnológicas. A coordenadora do

ProJovem em Gravataí, Maria Aparecida dos Santos, relata que a atividade teve a parceria do museu, que isentou os custos desta visita, e da empresa de ônibus Sogil, que disponibilizou o meio de transporte – Ônibus Social. – Nossos alunos tiveram uma experiência muito gratificante – observa a

EDITAL

FAZ SABER que, se encontram neste Ofício para serem protestados os títulos abaixo discriminados. Nome do Devedor Protocolo Valor Original Documento Cod. Espécie Credor Original ARIDEU DOS SANTOS PEREIRA 1300812-4 R$ 310,00 0000013101 IDM G & R VEICULOS LTDA AZ SERVICOS LTDA 1301227-6 R$ 724,95 2835 IDM HILPA IND E COM DE PLAST LTDA BRUNA NUNES DA SILVA 1302801-0 R$ 240,46 0000168516 IDM PORTO ALEGRE CLINICAS LTDA EDNARA B DE SOUZA 1302064-3 R$ 796,93 05276/02 IDM MASTER-DISTRIBUIDORA DE AUTOPECAS LTDA EDNARA BITENCOURT DE SOUZA 1301374-3 R$ 2.230,00 000020 IDM BORRACHAS ZEQUINHA LTDA ELAINE TERESINHA BERNARDES DA SILVA 1302356-7 R$ 385,80 20081102 IDM MARCIA L. FARIOLI ELISANGELA VARGAS DE AVILA 1302331-7 R$ 133,32 15699603 IDM MONTREAL COMERCIAL DE AUTOMOVEIS LTDA ELLO FARMA COM MEDIC PERFUMARIAS LTDA 1302677-7 R$ 593,17 44311704 IDM DIFREMEL DISTRIBUIDORA MEDICAMENTOS LTDA ENILCE DE ARAUJO ROCHA 1303113-5 R$ 1.130,23 000863/03 IDM M J A GOMES ME ESTER BRAGA ABRAHAO 1301985-8 R$ 50,00 ESTER_2013/ IDM STARTRAC INDUSTRIA E COM. DE EQUIP. ELET. DE FATIMA JANETE DE MOURA AVILA 1300709-0 R$ 112,25 10066 IDM CASA DOS DOCES ARAUJO LTDA FERG MATERIAIS DE CONSTRU O LTDA 1303016-6 R$ 2.332,14 00005406 C IDM NOVA ORLEANS INDUSTRIA E COMERCIO DE PLA FERG MATS DE CONSTRUCAO LTDA 1303396-3 R$ 5.965,00 289378-380 IDM ATACADAO COMERCIO DE GENEROS ALIMENTICIOS LTD GNK ARTS ESPORTIVOS LTDA 1302592-9 R$ 2.827,00 0074923/B IDM FLUT CONFECCOES LTDA. HERONDINA DA SILVA COSTA(C) 1301746-2 R$ 1.365,00 6053 IDM IND. DE ERVA MATE LAGO VERDE HOMERO DA SILVA SANTOS 1302035-7 R$ 400,00 161012/04 IDM DELAMINAS COMERCIO E EXPORTACAO LTDA I.S. DA SILVA PINTURAS 1302798-1 R$ 107,09 734913/1 IDM RUX ANDAIMES LTDA IGREJA EVANGELICA ENCONTROS DE FE 1302641-9 R$ 47,00 72821-A IDM REAL CENTER MATERIAIS E EQUIPAMENTOS ELETRICO JAQUELINE SCHNEIDER FERRAMENTAS 1302399-5 R$ 1.418,22 01743/C IDM ONIRE COMERCIO IMPORTACAO E EXP. DE FERRAMENT LAERTE ORDOVAS 1303153-0 R$ 65,00 NF60113 PREST 02 IDM LOJAS SOLAR LTDA LINDOMAR GARCIA DA SILVEIRA 1300468-9 R$ 22,19 70213/1 IDM GSR GESTAO DE SEGURANCA E RISCO LTDA LIZETE MARIA SCHERER 1301330-0 R$ 250,00 000.067 IDM MADEIREIRA SERRABEN LTDA MARCIA FERREIRA DOS SANTOS & CIA LTDA 1302802-4 R$ 306,60 0000168901 IDM PORTO ALEGRE CLINICAS LTDA MARI ALVENIR NICOLODI DE CAMPOS 1302875-3 R$ 313,98 2164/3 IDM KUNGRI CONFECCOES LTDA EPP MAXCYMILYANO DA SILVA PACVZELAK 1300787-0 R$ 150,00 02/13-0336 IDM GOETZ E GOETZ LTDA NICOLAS BRUCKER 1302325-1 R$ 81,18 705403 IDM MONTREAL COMERCIAL DE AUTOMOVEIS LTDA PASSOS TUR TRANSPORTES ESC E EMP LTDA 1302865-0 R$ 222,18 10F016003 IDM DOCTOR CLIN OPERADORA DE PLANOS DE SAUDE LTDA PRISCILA CORLEONE BARBOSA 1297685-9 R$ 99,70 1058 IDM MADEIREIRA SERRABEN LTDA PRISCILA CORLEONE BARBOSA 1300373-7 R$ 198,97 000.056 IDM MADEIREIRA SERRABEN LTDA PRISCILA CORLEONE BARBOSA 1302291-6 R$ 85,86 000.048 IDM MADEIREIRA SERRABEN LTDA SANTOS SANTOS MANUT E MONTAGEM LTDA 1302245-6 R$ 468,00 9745/1 IDM ACIONAMENTOS OKAMURA LTDA VALESCA MACHADO DOS SANTOS 1299263-4 R$ 180,00 MGM 280 IDM MGM - TRANSPORTES LOCACOES E COMERCIO DE META VALTER LUIS DOS SANTOS 1302361-8 R$ 421,15 29422 IDM MASTERCOIL - FIXADORES INDUSTRIA E COMERCIO L WALTAIR REIS DA SILVA 1300648-7 R$ 350,00 073-08 IDM J E THOMAS WALTAIR REIS DA SILVA 1302178-8 R$ 350,00 073-09 IDM J E THOMAS Estas pessoas encontram-se em alguma das situações definidas pelo art. 15 da Lei nº 9.492, de 10.09.97, razão pela qual é publicado o presente edital, na forma do parágrafo 1º do mesmo artigo, ficando intimada a virem pagar no Tabelionato os respectivos títulos, evitando o protesto, ou oferecer resposta, que não evitará o protesto, tudo no prazo de três (03) dias úteis, contados a partir da data de publicação deste edital. Gravataí, 28 de março de 2013

VALECY CABELEIRA BITELO - OFICIAL

coordenadora. Acompanharam a visita os educadores do programa Josiane Henrique e Luciano Santos. ProJovem O ProJovem é um programa do governo federal em parceria com a Prefeitura, que visa proporcionar aos jovens de 18 a 29 anos,

na sua maioria oriundos de classes menos favorecidas, a conclusão do ensino fundamental e uma qualificação profissional básica. O programa tem duração de 18 meses. Os alunos atuais ingressaram no curso em junho de 2012, e a previsão do término das aulas é para dezembro de 2013.

O Senac-RS – Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, Administração Regional no Estado do Rio Grande do Sul, está selecionando profissionais para desenvolverem suas atividades nos cargos de:

ORIENTADOR(A) DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL B (Gravataí) - 1 vaga Área: Turismo e Hospitalidade (Gastronomia)

rFormação: Ensino Médio completo, preferencialmente com Ensino Superior em sua área de atuação;

rRequisitos: Desejável experiência na área de atuação.

AUXILIAR ADMINISTRATIVO II (Gravataí) - 1 vaga Área: Administrativa

rFormação: Ensino Médio completo; rRequisitos: Desejável experiência na área de atuação.

Interessados deverão enviar currículo para: rhgravatai@senacrs.com.br Serão considerados somente os currículos que mencionarem cargo e área desejados, escolaridade, experiências profissionais, pretensão salarial e endereço residencial, até o dia 1/4/2013. Para mais informações sobre etapas, critérios de seleção e recurso, acesse o site www.senacrs.com.br. Pessoas com deficiência são muito bem-vindas em nossa empresa.

TERRENO DE ESQUINA - 916M² Fechado de tela A 1km da RS 474 14km de Santo Antônio da Patrulha Casa 10 peças 20 qualidade de fruta R$ 75.000 Fone: 97029982/91304277 - Tuchê


Gravataí, 28 a 31/03/2013 - Pág. 7

Geral

Criadores de peixe esperam bons negócios do “coelhinho” Vendas de pescado devem chegar a 60 toneladas nos três pontos de venda da 17ª Feira do Peixe de Gravataí

A

Semana Santa, que tem como ponto alto a Páscoa neste domingo, pode representar uma boa oportunidade de negócios para piscicultores de Gravataí. A estimativa é de que até esta sexta-feira sejam comercializadas mais de 60 toneladas de pescado durante a realização da 17ª Feira do Peixe de Gravataí – aberta na quarta-feira, em três pontos da cidade – segundo o secretário Municipal de Agricultura e Abastecimento, Dario Blehm. É o que os produtores esperam do “coelhinho” – mais conhecido por suas “entregas” de chocolate – nos três dias de vendas diretas ao consumidor, em três pontos da cidade. Nesta quarta, Blehm foi conferir de perto o primeiro dia de vendas. – Esperamos repetir neste ano o mesmo volume comercializado em 2012 – projetou. A 17 ª Feira do Peixe de Gravataí, a exemplo dos anos anteriores,

ocorre simultaneamente na Morada do Vale I, Parcão da 79, e no Parque dos Anjos. O horário de funcionamento do evento é das 8h às 20h, inclusive nesta Sexta-Feira Santa (29). Segundo Blehm, toda a estrutura da feira foi disponibilizada pelos próprios feirantes. O evento é uma promoção da Prefeitura, em parceria com a Associação dos Piscicultores de Gravataí (Agrapeixe). O feirante Ibanez Gomercindo Hoesen tem sua criação de peixes na Pousada do Passaredo, em Morungava. Ele espera vender pelo menos duas toneladas de peixe. – Tenho carpa viva ao preço de R$ 10,00 o quilo. A pessoa escolhe o peixe no próprio tanque – explicou. Hoesen aposta no crescimento das vendas para este ano. Ele

levou para a feira além das carpas, jundiá, traíra, lambari e pacu. Roseli Maria dos Santos, moradora da parada 79, todos os anos aproveita para comprar seu peixe para a Semana Santa na Feira. – Os preços estão muito bom e o peixe é fresco – comentou. Miro Romani, de Morungava, também espera vender duas toneladas de pescado. Ele comercializa Tilapia a R$ 10,00 o quilo, o filé de Tilapia a R$ 24,00, a posta de peixe R$ 15,00, Carpas a R$ 10,00 o quilo e Jundiá a R$ 13,00. Na opinião do fiscal da SMAA, Arlei Oliveira Goulart, o movimento está muito bom para o primeiro dia. Ele é responsável pela fiscalização da qualidade, verifica a procedência e a organização da feira.

Fotos: Secom/PMG

Estrutura da Feira foi disponibilizada pelos próprios feirantes

ONDE TEM FEIRA -Morada do Vale I: rua Aldrovando Leão. -Parcão da 79: rua Ângelo Lorenzi. -Parque dos Anjos: rua Aristides D’Ávila. Secretário Dario Blehm acompanhou o primeiro dia de comercialização

Serviços essenciais funcionam em regime de plantão durante o feriadão de Páscoa A Prefeitura entra nesta quinta-feira no ritmo do Feriadão de Páscoa, com expediente apenas das 8h ao meiodia. Todas as repartições do Município só voltam ao trabalho na próxima segunda-feira. Durante o feriado, os serviços essenciais mantidos pela Prefeitura funcionarão em regime de plantão a partir das 12h desta quinta-feira. Confira a seguir os serviços que atenderão em regime de plantão.

Confira abaixo o que estará funcionando durante este período Saúde O Serviço de Urgência e Emergência (Sue) 24 Horas e a Central de Ambulâncias atenderão ininterruptamente e poderão ser acionados pelos telefones 08005416789, 3497-2072 e 3497-1301. O mesmo ocorre com o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), que pode ser chamado pelo

telefone 192. A emergência do Hospital Dom João Becker atenderá pelo Sistema Único de Saúde (SUS), sem interrupção. Serviços Urbanos Todos os serviços funcionarão normalmente. Solicitações podem ser feitas pelos telefones 8421-0935 com ou 9811-5959. Trânsito As equipes de fiscalização da Secretaria

Municipal de Trânsito e Transporte estarão de plantão pelo telefone 3432-2635. Segurança A integridade do patrimônio e a segurança das praças e espaços públicos estarão garantidas pela Guarda Municipal que ficará de plantão durante todo o feriado. A Defesa Civil, que também integra a Secretaria Municipal de Assuntos para Segurança Pública, poderá ser acionada pelo tele-

fone 153. Obras Públicas Haverá trabalhos das equipes de conservação e manutenção da malha viária, como serviços de patrolamento e ensaibramento. O telefone de contato é 92140142. Fundação Municipal do Meio Ambiente A FMMA mantém plantão de 24 horas, atendendo a denúncias de crimes ambientais. Durante o feriadão, os

atendimentos podem ser solicitados pelo telefone: (51) 9999-5799. Habitação O Departamento Municipal de Habitação (Demhab) manterá um fiscal de plantão que atenderá pelo telefone 9666-0750. Assistência Social O Albergue Municipal e as casas-lares mantidos pela Prefeitura atenderão normalmente durante o feriado.


Gravataí, 28 a 31/03/2013 - Pág. 8

Esporte

Cerâmica reage e volta a vencer em casa Na estreia do técnico Luis Eduardo Tricolor da Aldeia supera o Pelotas por 1 a 0 na partida válida pela Taça Farroupilha

O

técnico Luis Eduardo Lima começou com o pé direito sua interinidade no Cerâmica. Nesta quarta-feira, em uma noite de gala, com apresentação da Musa e das princesas 2013 e apoio da torcida, o Tricolor da Aldeia venceu o Pelotas por 1 a 0. Foi a primeira vitória da equipe na segunda fase do Gauchão Chevrolet, a Taça Farroupilha, em uma noite de festa, quando foi apresentada a nova corte – formada pela Musa Bruna Pires, e as princesas Vitória Hann e Cíntia

de Freitas. O mascote do time, Ligeirinho, também apresentou seu novo uniforme. O gol da vitória foi marcado ainda no primeiro tempo pelo centroavante Soares. Com a vitória, o Cerâmica ocupa a sexta posição do Grupo A. O time volta a campo na próxima segundafeira, 1º de abril, para enfrentar o Lajeadense. Logo na primeira etapa, Murilo recebeu e bateu muito próximo ao gol do Pelotas, mostrando que o Cerâmica estava com muita vontade de jogo. Aos 25 minutos, Serginho Catarinense cobrou

uma falta e o goleiro Jonatas, do Pelotas, espalmou a bola. Aos 38 minutos, após muita pressão do time do Cerâmica, Marcão deu um forte chute da intermediária, o goleiro rebateu e Soares driblou a zaga do Pelotas para abrir o placar, marcando 1 a 0 Cerâmica. Ainda antes do término do primeiro tempo, Soares lançou uma bola à área e Murilo cabeceou próximo ao gol novamente. Já na etapa final, o Pelotas pressionou muito, mas não conseguiu passar pelo Cerâmica. O melhor lance do time adversário foi em uma

jogada aos 21 minutos, onde mesmo com o impedimento já marcado pelo bandeirinha, Villa fez uma defesa muito difícil e garantiu a vitória do Cerâmica. O treinador Luis Eduardo Lima definiu a motivação para a vitória do Cerâmica. – Temos um grupo maravilhoso, daí vem a força para vencermos – disse. Com os três pontos, Luis Eduardo disse ter certeza de que o time está vivo na Taça Farroupilha e faz questão de destacar: – Agora temos um só pensamento, que é alcançar a classificação.

Fotos Nataniel Corrêa/CAC

Gol da vitória foi marcado pelo centroavante Soares

FICHA TÉCNICA Cerâmica: Villa, Saraiva, Alexandre, Marcão, Zaquel (C), Pedro, Cidinho (Dinei), Robson, Soares (Geninho), Serginho Catarinense e Murilo (Zeferino). Treinador: Luis Eduardo Lima. Noite de festa: nova corte foi apresentada à torcida

Depois do rebote na área do Pelotas o gol da vitória

Pelotas: Jonatas, Igor, Gabriel Atz, Tony (Anderson Silva), Tiago Renz, Brida, Felipe Guedes, Fabiano Gadelha (C), Wellington, Diego Torres e Clodoaldo. Treinador: Luiz Carlos Barbieri. Arbitragem: Leandro Vuadem, auxiliado por Carlos Selbach e Enio Junior. Cartão amarelo: Soares (Cerâmica). Igor (Pelotas).

A equipe comemora o gol de Soares

Os vencedores com as musas e o Ligeirinho

Juniores também festejam vitória sobre os pelotenses FICHA DO JOGO Cerâmica: Maurício Toscani, Alef, Igor, Sandro, Couto ‘C’ (Tiago), Rodrigo, Gustavo (Kléber), Canhoto (Patrick), Guerreiro (Brayann), Ramiel (Roger) e William. Treinador: Giba. Pelotas: Vagner, Marchel ‘C’, Yuri, Miguel, Fábio (Pedro Muniz), Diego, Pedro (Richer), Bruno, Kayron (Matheus), Rafael (Elton) e Murilo (Ivair). Treinador: Lincon Bender. Arbitragem: Lucas Matheus da Silva, auxiliado por Michael Stanislau e Fábio de Melo. Cartões amarelo: Gustavo (Cerâmica). Rafael, Murilo, Bruno e Pedro (Pelotas). Cartões vermelho: Igor, Sandro e Róger (Cerâmica). Yuri (Pelotas).

A união do grupo garantiu a vitória do Cerâmica esta tarde no jogo válido pelo Estadual Junior. O time, agora comandado pelo técnico Giba, venceu o Pelotas de virada por 2 a 1. Com gols de Thiago e Rodrigo, já aos 44 minutos do segundo tempo, a equipe demonstrou em campo muita garra na busca pela vitória em homenagem ao goleiro André. Mesmo em processo de recuperação após o forte choque com o adversário no jogo contra o Igrejinha, André levou ao vestiário a vibração que contagiou o time. O Cerâmica acabou sofrendo um gol logo aos 5

minutos de partida, quando o atacante Murilo invadiu a área e chutou de forma indefensável para o goleiro Maurício Toscani, marcando 1 a 0 para o Pelotas. A partida ficou então muito disputada e mesmo com boas chances para ambos os lados, o gol não saiu até o intervalo. Na segunda etapa, com ânimos acirrados e vários cartões distribuídos para Pelotas e Cerâmica, o grupo do tricolor de Gravataí mostrou sua força. Aos 36 minutos, William cobrou escanteio e o camisa 14, Tiago, completou de cabeça, empatando a partida. Demonstrando muita força, aos 44 minutos,

em uma falta da ponta direita do gramado, Rodrigo bateu encobrindo o goleiro do Pelotas e correu para comemorar, encerrava assim a partida, com vitória de 2 a 1 para o Cerâmica. Após o término da partida, Tiago, Rodrigo e todo

o grupo, acompanhado pela comissão técnica desejaram a vitória ao goleiro André, que antes do jogo havia falado aos garotos de forma emocionante do quanto acreditava neles e após a partida parabenizou o grupo.

Vitória veio aos 44 minutos do segundo tempo


Polícia

Gravataí, 28 a 31/03/2013 - Pág. 9

Região Metropolitana é alvo de ações policiais e do Ministério Público Operação Águas de Março, da Polícia Civil focou homicídios e tráfico, enquanto a Operação Capivara caçou quadrilha que fraudava licitações

D

uas ações movimentaram a Região Metropolitana nesta quartafeira. A Polícia Civil deflagrou pela a operação “Águas de Março”, com o objetivo de combater homicídios e tráfico de drogas na Região. Da ação participaram 120 policiais da 1ª Delegacia Regional de Polícia Metropolitana (DRPM) e Capital. Ao mesmo tempo, o Ministério Público de Porto Alegre lançou a Operação Capivara, que caçou em cidades do Estado e de Santa Catarina integrantes da quadrilha acusada de fraudar licitações em diversas cidades. Na operação “Águas de Março” a Polícia Civil cumpriu 30 mandados de busca e apreensão e dez de prisão nos municípios de Viamão, Al-

vorada e Gravataí. Além destas cidades foram cumpridos mandados na cidade de Porto Alegre. Foram presas oito pessoas e dois adolescentes foram apreendidos. Em uma das residências foi encontrada uma espingarda calibre 12, suspeita de ser usada em um dos crimes na cidade de Viamão. De acordo com o Delegado Carlos Wendt, titular da 2ª Delegacia de Polícia de Viamão, os mandados cumpridos no município estão ligados a duas quadrilhas. Uma delas atua na divisa de Alvorada com Viamão e está envolvida em pelo menos três homicídios. A outra quadrilha é dos “Bala na Cara”, que teria vitimado cerca de quatro pessoas. Alguns destes crimes estão ligados a desentendimentos do trá-

Um dos presos teria participado de homicídio em Gravataí

Foto Divulgação/PC

fico de drogas. Os integrantes, além do tráfico, agem também em crimes de roubo e furto de veículos. Segundo o delegado Wendt, a maioria dos envolvidos está presa, apenas um dos envolvidos ainda estava agindo em liberdade, mas foi preso na operação. Bala na Cara Os policiais chegaram à quadrilha a partir de um homicídio e uma tripla tentativa de homicídio ocorrido no bairro São Lucas, no município de Viamão. No dia do crime os executores, que agem sob o comando do criminoso conhecido como “Lico”, que está preso na Penitenciária Estadual do Jacuí (PEJ), chegaram na residência onde vivia a excompanheira do detento e com pistolas e uma espingarda calibre 12 fizeram inúmeros disparos em direção à casa. Neste dia foram atingidos a ex-cunhada do apenado, que morreu no local, sua filha atingida com um disparo no olho e uma outra criança ferida com um tiro de raspão. Sua ex-companheira recebeu 15 disparos e está internada. Segundo as investigações no momento dos disparos havia cerca

Ação teve participação de 120 policiais civis

Espingarda ligada a homicídio foi apreendida em Viamão

de sete crianças na residência. As investigações apontam que os integrantes da facção “Bala na Cara” estavam tentando localizar a residência da ex-mulher do detento da PEJ. Na busca pelo endereço, conversavam com pessoas conhecidas da mulher e caso não fosse informado o endereço, matavam as vítimas.

Gravataí Em Gravataí a ação foi desencadeada no bairro São Vicente e entre as paradas 68 e 70 e está ligada a homicídios ocorridos na disputa por pontos de tráfico de drogas. Segundo o delegado Anderson Spier, um dos autores que seria preso na operação, morreu no final de semana passado. Um outro envolvido foi preso.

Operação Capivara combate a fraude em licitações O Ministério Público, com apoio da Brigada Militar, deflagrou na manhã desta quarta-feira, 27, a Operação Capivara, para cumprir 20 mandados de busca em apreensão em sete cidades da Região Metropolitana, Vale dos Sinos e Litoral. O alvo é a organização criminosa formada por cerca de 30 empresas do ramo da construção civil que atua fraudando certames licitatórios em diversos municípios do Estado. O nome da operação é uma referência ao município de Tramandaí que é habitat natural da Capivara e onde a fraude começou a ser apurada. A operação é coordenada pelo Promotor de Justiça da Especializada Criminal Ricardo Herbstrith. Junto com

o Procurador-Geral de Justiça, Eduardo de Lima Veiga, ele concedeu entrevista coletiva na tarde desta quartafeira, na sede das Torres do MP na Capital, para esclarecer o trabalho realizado. A fraude Conforme as investigações, a quadrilha agiu em licitações para construção de praças, casas populares, reforma de ginásios e hospitais, entre outras obras públicas, nos municípios de Tramandaí, Sapucaia do Sul, Campo Bom, Rolante e Novo Hamburgo. Segundo as informações do MP, a partir da publicação do edital, tendo como base o preço orçado pelo órgão público, os representantes das empresas começavam a articu-

lar a fraude. O representante da interessada em ganhar a licitação verificava nas visitas técnicas ou na relação de retirada do edital quais as empresas que participariam do certame. Ele oferecia, então, um cheque com quantias determinadas com base no preço orçado para que os demais participantes frustrassem o caráter competitivo da licitação, tanto pela ausência no dia da abertura dos envelopes como oferecendo propostas superiores apenas para preencher as formalidades exigidas. Algumas empresas retiravam o edital e compareciam na visita técnica apenas para solicitar das demais certa quantia em dinheiro para fraudar o certame. Em algu-

A operação foi coordenada pelo Promotor de Justiça Especializada Criminal Ricardo Herbstrith

mas situações, as empresas enviavam os envelopes 1 (habilitação) e 2 (proposta) já com a carta de renúncia ao prazo recursal anexa, para que o certame fosse resolvido o mais rápido possível. Nos casos em que não ocorreu a fraude, a empresa vencedora ganhou a licitação com valores de 10% a

20% abaixo do valor do preço orçado. Quando a fraude se concretizou, a proposta ficou entre 1% e 5% abaixo do valor estimado. Essa variação dos valores da proposta quando a organização criminosa atua é o prejuízo que o órgão público tem em decorrência da fraude.

Em 2012, os banheiros químicos... Esta não é a primeira vez que a Promotoria de Justiça Especializada Criminal da Capital atua na investigação de fraudes semelhantes às que estão na mira da Operação Capivara. Em 19 de março do ano passado, uma ação também coordenada pelo promotor Ricardo Herbstrith – a “Operação Fabuloso” – em parceria com o Ministério Público de Santa Catarina e os Ministérios Públicos de Contas dos dois Estados, foi deflagrada para combater fraude de mais de R$ 15 milhões aos cofres públicos. O objetivo da ação, realizada em Caxias do Sul, Canoas e Porto Alegre (RS), Palhoça e Criciúma (SC) foi reprimir irregularidades na contratação pelo poder público de serviços de locação de banheiros químicos. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão nos dois Estados e o Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul, atendendo representação do MPC, instaurou inspeções extraordinárias em 11 prefeituras. Em Santa Catarina, o Ministério Público de Contas realizou auditorias em diversos órgãos públicos. A fraude consistia na apresentação de propostas como sendo de diferentes empresas, montando uma competição, quando, na verdade, todas as concorrentes ou pertenciam ao mesmo grupo familiar, ou estavam, acordadas entre si para determinarem os vencedores. – Eles fingiam uma competição que não existia, além de montarem acordos de cartelização do mercado e dividirem o Estado em regiões, onde as empresas não entravam no território das outras – explicou na ocasião Herbstrith. Segundo ele, nas cidades onde ocorria a fraude, a locação de cada banheiro químico custava cerca de R$ 55 por dia. Já nos municípios onde não havia atuação do cartel, a diária não passava de R$ 25. Em Caxias do Sul, agentes do MP apreenderam computadores e documentos na sede de uma das empresas envolvidas. O promotor ressaltou que também foi investigada a participação de funcionários públicos no esquema fraudulento, que estaria ocorrendo desde 2008.


Entretenimento

Gravataí, 28 a 31/03/2013 - Pág. 10

Foto: Secom/PMG

Resumo de Novelas

Nara Gomes Massulo - Nutricionista - naramassulo@terra.com.br

Encontro reúne oficineiros do Programa Escola Aberta Finalidade do evento foi divulgar trabalhos realizados nas 30 escolas participantes

O

Brincadeiras As crianças brincaram na cama elástica e as mães puderam participar das oficinas. Tudo o que foi confeccionado pelas pessoas que ali passava podia ser levados para casa. Compareceram a assessora Marta Ávila e a coordenadora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Magda Ely da Silva. O programa Escola Aberta é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) em parceria com a Prefeitura através da SMED que acontece aos finais de semana. Nas escolas onde é desenvolvido o projeto a comunidade pode usufruir de oficinas de artesanato, recreação, esporte, lazer e apresentações artísticas gratuitamente.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS © Revistas COQUETEL 2011 CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br PALAVRAS De modo

Que é oriwww.coquetel.com.br infeliz undo de avaliação Cirurgia crítica para redução da gordura corporal em áreas localizadas Explorador de Aquele jazidas que é indiferente ao amor

Reduzida; diminuída Pequeno Papai (?), marsupial símbolo austranatalino liano de pelagem El. comp. cinzenta de "apícola": abelha Atribuir a si Mostrar com clareza Narcótico extraído da papoula (?)-vidas: banheiro, em Portugal Prática exaltada por Chico Xavier

Tipo de A pessoa baixa músculo e gorda O humífero é o de maior fertilidade

Vasos que trazem para o coração Situaçãoodo objeto sangue deixado em penhor pobre em Peça do ferro oxigênio elétrico de passar Reposto

Que se abstém de

prazeres BANCO 80 sexuais

76

BANCO

Inadequado

(o comentário) ©filósofo Revistas COQUETEL 2011 Bastão do golfe

Aguardente russa Baciadenacereais Jornal em feita qual se que Clark batizam Kent tracrianças balha (HQ)

I

D

Muito boa

Guerreiro medieval japonês

Time catarinense

A

Dentro, em inglês OstenVogal do tação vocativo

Filho, em inglês We (?) Somei The Fallen, Osso do bandaantebraço (?) um de rock (Anat.) por si, dos doEUA lema da Sigla pessoa Egito individu- Habitua; alista acostuma

Estado de menor litoral Estabe(sigla) lecem vínculo Criança, A do no éCanEverest acimadomblé de 8.000 m Expedição na selva africana Trecho inicial da viagem turística Ouro, em francês Utilidade; serventia A comeTime de moração futebol como o carioca Natal

1.055, em romanos Nó corredio facilmente desatável

(?) Marx,

Verificado; comparado Miguel (?), Pedra juristausada para afiar lâminas

Status político da Jordânia Raiz Agência quadrada espacial de 36

El (?): combateu os mouros (Hist.)

Vermelho, em inglês Monstro com corpo de leão e cabeça humana (Mit.) Predador Nome do cordeiro árabe Zezé (?), Tipo de atriz vasilha Instituto militar Voraz (fem.) País onde (?) Que tem Barroso, saborse situa o delta compoadstrinsitor gentedo Nilo

(?) Diego, cidade Ele, em francês Stokes (símbolo)

Roupão Vegetação rasteira Bolinho da cozinha baiana

Sentimento que pode levar à violência

Unidade Antiga fei- de venda Pedro (?): ra realizaproclamou de da em a Indebrincos São Paulo pendênciaDistrito Policial (sigla) Documento de venda do Rede, car- em inglês ro (sigla)

Cantor como Andrea Bocelli

Solução

Solução Solução anterior P E L B A ) O N 9 2 R E 2 5 T ' $ R A &E 'D $L (I V 3A $A R5I % 2O $O 3 5D 2P $I 6A O R , 8 7 ' 2

IV Encontro de Oficinas do Programa Escola Aberta contou com a participação de 128 oficineiros. A atividade, que tem como finalidade divulgar os trabalhos que são realizados nas 30 escolas cadastradas no projeto, ocorreu no último sábado, das 9h às 17h, na Praça Leonel de Moura Brizola, mais conhecida como Praça do Quiosque. A secretária Municipal de Educação, Arary Becker, que participou da atividade, falou do compromisso das escolas com o programa. – A Praça serviu para usufruirmos das oficinas que acontecem nas escolas onde se desenvolve o programa. Na exposição realizada pelos oficineiros se pode constatar a qualidade dos trabalhos produzidos na rede de ensino – relatou. Para as oficinas na praça, as escolas disponibilizaram o material e os oficineiros ensinaram trabalhos artesanais relativo à Páscoa. Durante o dia aconteceram apresentações artísticas de dança de rua, hip hop e taekwondo.

R E P N S E N S I V O T I M A & . A L A E S / 2 5 $ 7 , V O C A R A , 1 ( 5 $ ' A A L I A M 6 ) $ / & $ I O A L T U 2 ( S/ R 2 R 5A I D5 A( D E $ D3 , F E & S $T ' I A, D' A( 1 F & I , 2 R5 E I /N 2O N9$ S I ( G0N , A D A/ E9 I $G 0 $ S, I$ S6 T & E $N 9C A$ S6 T O ( T E ,N & , ' ' & 2 / 2 & $

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora

Praça do Quiosque acolheu os 120 oficineiros

L I P / C O 9 $ A 0 S ' ( O P I1 A 7 C R A$ A L( Ç9 Ã( 6C O/ $ 0 R9 E( C1 7 5 (

BALACOBACO Perplexos com a repercussão do vídeo, Isabel e Eduardo brigam com Taís por ter se colocado em perigo e proíbem a adolescente de dar entrevista. Cremilda entretém Marlene, enquanto Diva executa o plano do falso sequestro. Plínio promete para Vitor/Violeta que irá pensar na proposta do editor para entrevistar a Marcelona.

Tempere os filés com o sal, pimenta e alho. Sobre a folha de papel alumínio com o lado brilhante para cima, faça uma caminha com rodelas de alho poró, cebola e azeite. Disponha um filé sobre essa caminha e cubra com mais alho poró, cebola e azeite. Coloque duas rodelas finas de limão sobre o peixe e algumas alcaparras. Feche o papel alumínio como um envelope, tendo cuidado de não deixar nem um orifício. Leve para assar em forno médio por cerca de 15 minutinhos. Sirva no papelote, acompanhado de batatas cozidas e aspargos.

2/il — or. 3/dut — erê — rae. 4/karl. 6/macedo. 10/valor ativo — veias cavas.

Salve Jorge Morena faz várias perguntas a Barros, que tenta desconversar. Helô e Jô conversam sobre os impactos causados pela quadrilha na vida de Morena e Theo. Lucimar se arruma para encontrar Helô e Delzuite tenta consolar a amiga. Amanda ameaça contar o segredo de Carlos para impedi-lo de sair de casa. Celso implica com Antônia e Raissa enfrenta a mãe. Ayla conta para Tamar que vai ao restaurante de Cyla.

uModo de preparo

2/in. 3/are — net — red — son. 4/solo. 6/avocar — retaca. 7/esfinge — festiva.

Guerra dOs Sexos Lucilene reclama de Ulisses. Dominguinhos afirma a Felipe que Nando e Juliana estão apaixonados. Frô fica satisfeita por deixar Carolina irritada. Isadora interroga Ronaldo sobre a sabotagem no desfile e tenta se aproximar de Carolina. Olívia fala para Charlô que vai tentar provar que Otávio está fingindo ser Dominguinhos. Nando questiona Juliana sobre seus sentimentos por Fábio.

4 filés de peixe (robalo, pargo, merluza ou badejo), 1 alho poró cortado em rodelas, 1 cebola pequena cortada em rodelas, alcaparras a gosto, fatias finas de limão, azeite, alho, sal e pimenta a gosto e 4 quadrados de papel aluminio de 30x30 cm (aproximadamente)

Culinária JG

MALHAÇÃO Vitor defende Sal de Alemão e Caixote, mas confronta o irmão por causa de Lia. Fatinha constrange Marta e Bruno pede paciência à mãe. Vitor lê uma de suas poesias em sala de aula e Orelha o ironiza. Bruno segue de carro para o trabalho e Sal vai atrás dele. Mathias diz a Rita que marcou uma reunião com os pais de Fera para conversar sobre sua dificuldade de aprendizado. FLOR DO CARIBE Alberto diz a Ester que pode ser o melhor pai do mundo para Samuca. Ester diz a Alberto que precisa refazer sua vida antes de pensar em se casar. Alberto decide financiar uma ONG para Ester trabalhar. assiano e Duque tem dificuldades para encontrar a saída pelo duto de esgoto. Ester sente uma ciúmes de Alberto, quando ele sai com Yvete para dar uma entrevista.

Peixe no papelote uIngredientes


Gravataí, 28 a 31/03/2013 - Pág. 11

Cultura

O rock gospel de João Claiton contra as drogas Músico gravataiense, com poucos recursos financeiros, produz vídeoclipe que caiu no gosto da galera na rede

T

udo começou com uma música composta em 1998, chamada “O caminho”. João Claiton da Cruz Ramos, músico nascido em Canoas e criado em Gravataí, representante por vários anos da Associação de Músicos de Gravataí, produziu através da produtora Mix Dj’s, um vídeoclipe viral que acabou repercutindo bem na internet e redes sociais. João Claiton conta que desde a década de 90 buscou, através de projetos pioneiros, a integração de músicos regionais, com o intuito de trazer ao público gravataiense notícias de cultura local. – Tenho novas ideias voltadas para a produção de vídeoclipes que relatam situações conflitantes do dia-a-dia com um estilo rock-gospel, buscando reflexões quanto à prevenção do uso de drogas na sociedade – anuncia. Nessa linha, ele também pretende retomar um antigo projeto chamado Aero Rock, jornal/revista em forma de fanzine, que produziu há 12 anos, com objetivo de divulgar o rock feito por bandas locais da época. – Foi uma experiência

de músico underground, sem nenhuma preocupação com padrões comerciais, mas com muita vontade de trazer reconhecimento sobre a música produzida em Gravataí – avalia Claiton. Ele conta ainda que a revista, produzida sem nenhum apoio fincanceiro, teve duração de 14 edições, sempre procurando levar ao leitor notícias de cultura local, matérias musicais e críticas polêmicas da época. O vídeoclipe, postado há menos de uma semana na rede, já está circulando em várias rádio-webs de Santa Maria.

Fotos: Divulgação/JG

Áries: O Sol começa sua caminhada através de seu signo inaugurando um novo ano astral, que chega regido por Saturno. Sua união com Marte em tenso aspecto com Urano promete definições relacionadas às mudanças. Touro: O Sol começa sua caminhada através de Áries e sua energia vital pode cair um pouco mais. Esta é uma ótima fase para cuidar de sua saúde, programando exames de rotina, exercícios e uma boa dieta. Gêmeos: O Sol começa a caminhar através de Áries e suas amizades ganham um novo movimento. É possível que um contato com uma grande empresa comece a gerar frutos. O momento é ótimo para firmar novos contratos.

João Claiton investe na música para

combater o uso de drogas

Câncer: A Lua em Câncer hoje ainda pede atenção consigo, com a saúde e suas emoções. Mais simples e sem asperezas cuidar de si - e deixar as coisas do mundo pra outro dia. Leão: O Sol começa a caminhar através de Áries inaugurando um novo ano astral e movimentando seus projetos e planos de negócios, especialmente os que envolvem pessoas e empresas estrangeiras. Renovação da fé. Virgem: O Sol começa a caminhar através de Áries e movimenta suas emoções trazendo mudanças e aprofundamento de relacionamentos e sentimentos. O momento é ótimo para as finanças, especialmente as compartilhadas.

O músico aposta no rock gospel para dar seu recado

Libra: O Sol começa a caminhar através de Áries inaugurando um novo ano astral e movimentando seus relacionamentos, tanto os pessoais quanto os profissionais. Namoros, sociedades e parcerias podem acontecer nas próximas quatro semanas. Escorpião: O Sol começa a caminhar através de Áries inaugurando um novo ano astral e movimentando seus projetos de trabalho. O momento é ótimo para o relacionamento com colegas e superiores e também para uma mudança de emprego. Sagitário: O Sol começa a caminhar através de Áries inaugurando um novo ano astral e movimentando ainda mais seu coração. Um novo amor pode surgir caso ainda esteja só. Criatividade e relacionamento com filhos em alta. Capricórnio: O Sol começa a caminhar através de Áries movimentando ainda mais sua vida doméstica e os relacionamentos familiares. O foco de sua atenção nos próximos dias certamente será sua casa. Ótimo momento para uma reforma.

Fora do Figurino

Nos países desenvolvidos do mundo, a indústria de vestuário faz pesquisas para encontrar o tipo de roupa ideal para o cidadão médio. Porém, no Brasil não é o que acontece e os fabricantes acabam usando medidas estrangeiras por falta de estudos. O documentário analisa as consequências desta realidade, que envolvem fatores financeiros e saúde pública, e conta com depoimentos de pessoas com dificuldades em encontrar produtos brasileiros adequados a sua numeração e dos profissionais que trabalham com confecção de roupas, calçados e outros produtos que usam tabela de medidas.

Aquário: O Sol começa a caminhar através de Áries inaugurando um novo ano astral e movimentando seu dia a dia. Tome cuidado com o excesso de energia que pode levá-lo à ansiedade. Relaxe e medite. Peixes: O Sol começa a caminhar através de Áries inaugurando um novo ano astral e movimentando suas finanças e investimentos. O momento é ótimo para rever gastos e fazer acordos para pagamento de dívidas.


JORNAL DE GRAVATAÍ Sexta-feira, 28 a 31 de março de 2013

“Dois Séculos e Meio” abre série de exposições dos 250 anos Trabalhos do artista Waldemar Max estão expostos no Quiosque da Cultura, que terá ainda Dulce Helfer e Denize Domingos

E

stá aberta a primeira das três exposições que marcam as comemorações dos 250 anos de Gravataí. No topo da lista está “Dois Séculos e Meio”, do artista Waldemar Max, aberta na noite da última terça-feira, no Quiosque da Cultura. Até 14 de abril, a comunidade poderá visitar no local as mostras da fotógrafa Dulce Helfer, sobre a cidade, e da artista Denize Domingos, com suas incursões pelo surrealismo fantástico. – Eu busco divulgar a arte em Gravataí. Quero que as pessoas conheçam e gostem de arte e do lugar em que vivem – conta Waldemar, que vem desenvol-

vendo a proposta de exposição em homenagem ao município há alguns anos e nesta exposição resgata trabalhos passados desde 1985. Max, que expõe em toda a região e já representou Gravataí em Portugal, trará a ideia dos deslocamentos pela cidade e de um olhar retrospectivo, explicitando as modificações do espaço urbano. Ele ocupará o Quiosque com vídeos, mosaico de fotografias e montagens digitais que buscam no olhar do público reconhecimento e curiosidade. Fotografia Dulce Helfer trabalhou por anos em Zero Hora, realizando dezenas de

exposições individuais e coletivas e dedicando-se a criar imagens de músicos e escritores (entre eles Mario Quintana, B.B. King, Roberto Carlos, Zizi Possi, David Lynch). Ela mostrará seu olhar particular sobre a cidade de Gravataí. Suas fotos revelam paisagens, cenas e ângulos que farão os gravataienses conhecerem o lugar onde vivem pela ótica de um estrangeiro. Dulce apresentará parte das fotografias que estarão no livro “Um catálogo visual de Gravataí”, com lançamento previsto para os próximos meses. Surreal O fechamento do

Fotos: Secom/PMG

Max revisita trabalhos seus desenvolvidos desde 1995

mês de aniversário do município será com a artista Denize Domingos, que há muitos anos já vem produzindo na linha do surreal e fantástico, com passagem pelos circuitos de arte da região e ainda cursos e oficinas

também nos Estados Unidos. A artista vai trazer ao público uma leitura poética das paisagens e pontos turísticos de Gravataí, revelados em lendas de sua autoria. A exposição será composta de trechos

das lendas acompanhadas das ilustrações da artista, que está desenvolvendo esse trabalho para posterior publicação em livro, com o objetivo de motivar uma forma mais lírica de ver e ler a cidade.

José Avelar de Melo Curitiba-PR

O artista mostra um de seus mosaicos de fotografias

TEMPO DE SAÚDE.

SAÚDE NÃO TEM PREÇO OFERECE REMÉDIOS DE GRAÇA E UMA VIDA MELHOR PARA OS BRASILEIROS. O programa Saúde Não Tem Preço do Governo Federal oferece remédios de graça para milhões de brasileiros com hipertensão, diabetes e asma. Ao mesmo tempo em que garante o acesso ao tratamento das doenças, também representa uma economia para esses brasileiros, que podem usar o dinheiro em outras necessidades. 

‡ Mais de 26 mil farmácias credenciadas em todo o Brasil. ‡0DLVGHPLOK}HVGHEHQH´FLDGRV ‡ Descontos de até 90% em outros itens e medicamentos pelo programa Farmácia Popular. PROCURE UMA FARMÁCIA DA REDE AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR E APRESENTE CPF, DOCUMENTO COM FOTO E RECEITA MÉDICA VÁLIDA. MELHORAR SUA VIDA, NOSSO COMPROMISSO.

Obras do artista instigam a curiosidade do público


Veículos & CIA Caderno semanal do Jornal de Gravataí - Quinta a Domingo, 28 a 31 de março de 2013 - ANO 3 - No 165

Primeiro Camaro ZL1 2013 do Brasil é entregue em Erechim Modelo top de linha do esportivo Chevrolet tem motor V8 6,2 litros e desenvolve 580 cavalos

I

mportadora paulista entrega o primeiro Camaro ZL1 2013 do Brasil no Rio Grande do Sul, na cidade de Erechim, norte do estado. O modelo é o mais caro da linha equipado com motor V8 de 580cv. Diferente da versão vendida nos concessionários Chevrolet no Brasil (SS com motor V8 de 406cv) o Camaro ZL1 é oferecido unicamente no mercado norte-americano e traz itens diferenciados como o motor V8 6,2 litros de alumínio que desenvolve 580cv – o maior motor do Camaro desde 1966, quando o carro estreou nos Estados Unidos. Com alto torque, o ZL1 acelera de 0-100Km/h em 4,1 segundos. A suspensão também é específica da versão, com o sistema Magnetic Ride Control de controle automático com três ajustes para cada estilo de

pilotagem. Na dianteira, o acabamento do capô em fibra de carbono, grade exclusiva da versão com o emblema “ZL1” caracterizam o superesportivo. As rodas aro 20´´ na cor preta são calçadas por pneus Goodyear Eagle F1 e controladas por um kit de freio Brembo de alta performance. O interior do carro tem bancos de couro e revestimento parcial em microfibra com o logotipo ZL1 bordado, também presente no aro que reveste o volante, no conjunto de mostradores localizado à frente da alavaca de câmbio, e no revestimento das portas e do pomo de câmbio com costura vermelha. Sistema keyless de abertura e ignição, rádio com sistema Chevrolet My Link e rádio via Satélite Sirius XM, além de um conjunto de seis airbags completam o pacote.

PRIMEIRO camaro ZL1 2013 é de um gaúcho

Camaro 2014 ainda mais agressivo A Chevrolet acaba de divulgar o primeiro teaser do novo Camaro 2014. A primeira reestilização da atual geração do esportivo, lançada em 2009, foi apresentada durante o Salão de Nova York. A primeira reestilização desta geração do Chevrolet Camaro deixou o cupê com um visual mais agressivo, com parachoques e capô redesenhados e faróis menores e mais afilados As mudanças serão tímidas e deverão se concentrar na dianteira, que ganhará novos parachoques e uma grade do radiador desenhada. A traseira deverá ficar inalterada, mas alguns rumores apontavam que a marca poderia adotar o visual do Camaro europeu. O interior também deverá receber melhorias, assim como o conjunto mecânico, que ganhará um novo motor V8 da família LS7 com mais de 505 cv de potência. O novo Chevrolet Camaro deverá chegar ao Brasil no início de 2014.


2

Veículos & CIA

Quinta a Domingo, 28 a 31 de março de 2013

Fiat: um passo à frente na gestão ambiental

P

Pelo quinto ano consecutivo é a marca que atingiu os menores níveis de emissões de CO2

rimeira fábrica de automóveis do País a conquistar a ISO 14001, a Fiat Automóveis completa 15 anos de cer tificação com números que sinalizam a consolidação da política de gestão ambiental voltada para a prevenção dos impactos e uso racionais dos recursos naturais. Desde 1994, a planta de Betim (MG) registra queda contínua dos indicadores de geração de resíduos, consumo de água e de energia. No período, para cada veículo produzido, o consumo de energia elétrica caiu 57%. Já o consumo de água teve queda de 70%. A redução da geração de resíduos chegou a 48%. Somente a reciclagem de papel e papelão, no período, foi equivalente à preservação de mais de 1 milhão de árvores. Nos últimos cinco anos, os investimentos em gestão ambiental ultrapassaram R$ 30 milhões – recursos que sinalizam a aposta da Fiat em tecnologias mais eficientes e eficazes para prevenir e reduzir os impactos ambientais. Um exemplo é o Complexo de Tratamento de Efluentes Líquidos, em atividade desde 2010 e um dos mais modernos da América Latina, trazendo como diferencial os sistemas de membrana (MBR) e de osmose reversa (OR). Com a instalação dos novos equipamentos, o índice de recirculação de água elevou-se de 92% para 99%. Na prática, significa a quase eliminação da captação da água potável da rede pública para o uso industrial. A decisão estratégica de buscar a competitividade aliada à sustentabilidade tem conduzido a Fiat a percorrer uma trajetória marcada pelo pioneirismo. Desde 2011, todos os resíduos gerados são encaminhados para a reciclagem e o reaproveitamento. A conquista desse índice é resultado do “Aterro Zero” – projeto que posicionou a Fiat como a primeira fábrica de automóveis do País a conquistar essa meta. “Os materiais anteriormente enviados para os aterros licenciados foram alvo de pesquisas e estudos, na busca por novas destinações. Um exemplo foi o papel liner, comum em rótulos e etiquetas. Como verdadeiros detetives, a nossa equipe identificou uma empresa em Pernambuco que desenvolveu uma técnica inovadora para reciclagem desse tipo de papel. Em vez de seguir para o aterro, retorna ao processo produtivo”, explica Cristiano Felix, gerente de Meio Ambiente, Saúde e Segurança do Trabalho da Fiat/ Chrysler para a América Latina. E se a tecnologia não é encontrada, o jeito é criar. Na Ilha Ecológica, está em funcionamento desde 1998 um sistema pioneiro no País de reciclagem do isopor, que reduz em 50 vezes o volume do material. No equipamento, desenvolvido pela Fiat em parceria com uma empresa do setor, o isopor é processado e transformado em matéria-prima para a produção de diversos materiais e utensílios, como vasilhames, solas para calçados, corpo de caneta e embalagens. “Como resultado dessa tecnologia, deixamos de fazer cerca de nove mil viagens de caminhão para a destinação correta desse resíduo”, completa Felix. Na Fiat, a gestão de resíduos também é opor tunidade de inclusão social. Os materiais considerados refugos da produção de veículos, tais como aparas de cinto de segurança, tecido automotivo e pequenas peças descaracterizadas passam para as mãos das 22 mulheres que integram a Cooperárvore, cooperativa do programa Árvore da Vida – Jardim Teresópolis. Com criatividade, transformam-se em matéria-prima para a produção de ecobags, bolsas, mochilas, pastas, nécessaires, car teiras, chaveiros, dentre outros acessórios.

Histórico Desde 1990 a Fiat começou a focar as ações no meio ambiente investindo no futuro, implantando nesta data o sistema de gestão ambiental. Com o sga implantado vários resultados foram alcançados como a redução de vetores energéticos, redução de resíduos e a conscientização ambiental em todos os níveis hierárquicos da empresa. Em 1997 a Fiat foi a primeira montadora de veículos de passeio e comerciais leves instalada no Brasil a certificar seu sistema de gestão ambiental conforme os requisitos da norma nbr iso 14001. Em 2007 a Fiat mesmo com um sistema robusto e eficaz foi implantando a metodologia word class manufacturing que tem por objetivo reduzir as perdas de forma sistêmica. Hoje Pelo quinto ano consecutivo, a Fiat Auto é a marca que atingiu os menores níveis de emissões de CO2 nos veículos vendidos na Europa em 2011, com uma taxa média de 118,2 g / km (4,9 g / km menor que o índice de 2009). A Fiat também ficou em primeiro lugar como grupo, com 123,3 g / km, uma melhoria de 2,6 g / km em relação ao ano anterior. O desempenho foi certificado pela Jato Dynamics, empresa líder em pesquisa no mercado automotivo. Esta é uma grande conquista e prova de melhoria contínua: nos últimos cinco anos, a Fiat reduziu as suas emissões médias de CO2 na ordem dos 14%, de 137,3 g/km para 118,2 g / km, bem abaixo da meta estabelecida pela União Europa até 2015, fixada em 130 g / km.

Pegada de Carbono Na gestão ambiental, outro ponto relevante é a incorporação de novas tecnologias com foco na redução da emissão de CO2 e uso de fontes renováveis de energia. Nas vias internas da fábrica em Betim, postes com placas fotovoltaicas foram instalados em 2010 e são capazes de armazenar energia durante o dia e consumi-la quando necessário. “Mais uma vez, a Fiat é pioneira no País ao utilizar esse tipo de iluminação em fábrica de automóveis, reforçando seu compromisso socioambiental”, destaca Felix. Placas fotovoltaicas também foram instaladas nos telhados dos galpões para aquecimento de água nos vestiários, além de sistema de iluminação natural através de lentes prismáticas, que distribuem a luz de maneira uniforme no ambiente. Com o objetivo de reduzir a pegada de carbono, a Fiat Automóveis iniciou em 2010 o monitoramento das emissões dos gases de efeito estufa (GEE). O inventário aponta os pontos críticos para que a empresa possa melhorá-los. A partir desses dados, a Fiat já efetivou mudanças como a implantação do monitoramento online de CO2 nas caldeiras, a otimização da logística de cargas com a redução do número de viagens, dentro outras ações.

Este resultado demonstra o compromisso da Fiat com a a redução do impacto ambiental através do desenvolvimento de soluções simples e engenhosas, como o motor TwinAir, o motor turbo a gasolina mais verde do mundo, além do uso de combustíveis como o gás metano / LPG, segmento no qual a marca é líder no mercado europeu, e no desenvolvimento de tecnologias inovadoras, como o eco: Drive, uma aplicação que avalia o estilo de dirigir do condutor e sugere medidas mais responsáveis e amigáveis com o ambiente. O uso desta tecnologia permite que um grande número de motoristas que adotam o sistema consiga atingir níveis mais baixos de emissão. Toda a inovação em ecotecnologia Fiat está agrupada sob a marca “Air Technologies”, que conciliam soluções de baixo impacto ambiental que preservam o prazer de dirigir.

Pegada Hídrica O consumo de água também é monitorado de per to. Os passos para o uso mais eficiente do recurso hídrico são avaliados desde a produção da matéria-prima até o uso do veículo pelo consumidor. Em 2011, a empresa passou a adotar a metodologia da Pegada Hídrica – ferramenta que quantifica o fluxo de água durante todo o ciclo de vida do produto. “Estamos consolidando os resultados, mas já foi possível sistematizar uma lógica para novos projetos e ações dentro e fora da fábrica”, afirma Rodrigo Miarelli, analista de Engenharia Ambiental da Fiat.


3 Completão, Chery Celer está nas lojas por R$ 35.990

Quinta a Domingo, 28 a 31 de março de 2013

Veículos & CIA

Novo compacto será vendido nas versões hatch e sedã com ampla lista de equipamentos

C

á entre nós, carro chinês recheado de equipamentos de série não é novidade. Absolutamente todos os modelos importados do país oriental apelam para uma relação custo/benefício fabulosa, com listas completíssimas de itens e preços acessíveis ao”povão”. Então, qual é a grande revolução do novo Chery Celer? A produção local. A Chery investirá US$ 400 milhões (cerca de R$ 800 milhões) para erguer sua fábrica em Jacareí (SP), onde produzirá o Celer a partir de 2014 — inicialmente o modelo virá importado. Por isso, a montadora fará ações agressivas na mídia com o mote “Chega de carro pelado”. A ideia é atacar modelos de marcas nacionais (como Fiat, Ford, General Motors e Volkswagen). “Pelado, pelado, nu com a mão no bolso” O Celer chega às lojas brasileiras nesta semana nas carroceiras hatch (R$ 35.990) e sedã (R$ 36.990). E para marcar (bem) a estreia do modelo, a Chery escolheu a trilha “perfeita”: Pelado, uma das canções mais famosas da banda de rock paulistana Ultraje a Rigor. No filme publicitário que será exibido nas grandes emissoras de tevê do País, o vendedor - que trabalha para outra marca de carros — ri quando o cliente pergunta se o ar-condicionado, a direção e o “trio” elétrico são de série no modelo em que está interessado. As cenas são intercaladas com um homem e duas mulheres pelados, com tarjas pretas no corpo. Pelo preço sugerido, de fato o Celer promete fazer

barulho, especialmente diante do rival JAC J3 e sua variante sedã, o J3 Turim. Além dos preços pouco menores que os da dupla da marca chinesa concorrente, o modelo da Chery tem mais itens de série e motor flex, tecnologia que se tornou indispensável no mercado brasileiro. Um fato curioso é que os executivos da Chery ainda não sabem dizer precisamente qual é a potência do motor com etanol. Os dados técnicos do 1.5 16V flex informam 108 cv a 6.000 rpm e um torque máximo de 14 kgfm liberados por inteiro aos 3.000 giros. A aceleração de zero a 100 km/h não foi divulgada. Já a velocidade

Romel (à esquerda) é um dos 30 melhores instrutores do Brasil

Instrutor da Grava Motos é um dos melhores do País O instrutor Romel Fernandes, da Grava Motos, é um dos melhores do País. Em evento realizado pela Honda, em Recife (PE), o 5º Concurso Nacional de Instrutores, que premiou os 30 melhores profissionais do gênero no Brasil, ele foi um dos agraciados. – Nós o parabenizamos pela conquista e agredecemos seu empenho – destacou o diretor da rede Grava Motos, José Gattiboni Pacheco. Na rede, ele ministra as palestras, cursos e treinamentos do programa “Pilotagem Consciente e Defensiva Grava Motos”, ação de responsabilidade social da empresa que tem o objetivo de conscientizar e treinar as pessoas para humanizar o trânsito. Localizados nas cidades de Indaiatuba (SP) e Recife (PE), os Centros Educacionais de Trânsito Honda (CETH) oferecem treinamentos a motociclistas com o objetivo de difundir conceitos de pilotagem segura. Uma das atividades dos CETHS é o curso de Formação de Instrutores da Rede, cujo foco é multiplicar regionalmente esse conhecimento aos motociclistas em geral, por meio de instrutores das concessionárias. Pacheco destaca que a Grava Motos promove regularmente cursos gratuitos de formação em Pilotagem Consciente e Defensiva. – Juntos, Honda e Grava Motos, empenhamos todos os esforços em prol da harmonia no trânsito, e sabemos que podemos contar com a colaboração de cada um dos motociclistas rumo a essa importantíssima meta – finalizou o diretor da empresa.

máxima é de 160 km/h Carro “abrasileirado” Segundo a Chery, para vender o Celer no Brasil a engenharia mexeu em mais de 140 itens do modelo. Desde as peças de acabamento até componentes da suspensão foram modificados para “atender melhor ao gosto dos brasileiros”. Mesmo assim, os executivos da Chery não souberam apontar quanto será o índice de nacionalização. O mínimo que o programa Inovar Auto exige são 65% das peças locais. Isso colocará o Celer como o mais vendido da marca chinesa por aqui.


4 Fox e CrossFox 2014 chegam mais modernos

Sexta a Domingo, 28 a 31 de março de 2013

Veículos & CIA

Versão topo de linha passa a ser chamada de Highline

A

linha 2014 dos modelos Fox e CrossFox chega ao mercado como uma variedade de recursos e equipamentos de segurança ativa e passiva desde a versão de entrada. Os modelos ganham nova arquitetura eletrônica, mais moderna, o que possibilita a instalação de recursos e equipamentos inéditos, além de itens adicionais de segurança. Dessa forma, a linha Fox, que já traz de série em todas as suas versões freios ABS (Antilock Braking System ou Sistema Antitravamento dos freios) e airbags frontais, passa a contar também com o sistema ESS (Emergency Stop Signal ou Sinal de Frenagem de Emergência) como equipamento de série. Já disponíveis em modelos como Passat e Tiguan, o ESS funciona como um aler ta para evitar colisões traseiras. Toda vez que o motorista aciona o pedal de freio de forma acentuada, mantendo uma frenagem mais consistente, o sistema aciona as luzes traseiras de freio de forma intermitente, sinalizando aos demais motoristas que o Fox ou o CrossFox está tendo uma desaceleração acentuada. Mais do que sinalizar frenagens bruscas, o Fox e o CrossFox 2014 receberam evoluções no sistema de freio, que o tornaram ainda mais eficiente. Graças à adoção de freios o ABS de última geração e a utilização de um servo-freio com diâmetro maior – agora são 10 polegadas –, o condutor do Fox 2014 tem um melhor “feeling” de pedal de frenagem, de maneira que é possível sentir com mais precisão o momento em que se modula o pedal de freio para controlar melhor o espaço de frenagem do veículo. Outra novidade que passa a ser de série em todos os modelos do Fox e do CrossFox 2014 é o Comfor t Blinker, mais um impor tante recurso de confor to e segurança. Este dispositivo, presente também em modelos como Jetta e Passat, possibilita que o motorista, com um leve toque na alavanca de seta, indique a direção que pretende ir com o veículo, sem necessariamente acionar a alavanca de seta completamente. Com esse leve toque, o sistema aciona a luz de seta três vezes seguidas e indica a intenção de troca de faixa. O I-System, opcional para o Fox e item de série no

CrossFox, também evoluiu. Esse sistema concentra, no instrumento combinado do painel, as informações do rádio – como a sintonia (AM/FM) e o nome da música que está tocando –, o status do telefone (se está ou não conectado com o Bluetooth) e os dados do computador de bordo (que informa distância percorrida, tempo de viagem, velocidade digital, consumos instantâneo e médio de combustível e autonomia). Além disso, o I-System do Fox 2014 permite, por meio de um menu, configurar diversas funções do veículo. Entre os ajustes disponíveis estão as informações do sistema ECO Comfor t. Esse dispositivo – mais uma evolução proveniente da nova arquitetura eletrônica e que está presente em todos os modelos da linha Fox 2014 equipados com o I-System – emite uma série de mensagens no painel (instrumento combinado) orientando o motorista a dirigir de forma mais econômica. Com o veículo parado, o ECO Comfor t também

pode emitir aler tas visuais com as mensagens: “Não acionar o pedal do acelerador na par tida do motor” e “Não acionar o pedal do acelerador com o veículo parado”. Com o câmbio automatizado I-Motion, o ECO Comfor t também emite sinais para que o motorista dirija da forma mais eficiente. Se o motorista estiver por um longo período com a alavanca de câmbio na posição “S” (Spor t), permitindo que as marchas sejam trocadas em rotações mais elevadas, surge uma mensagem recomendando “Colocar a alavanca seletora na posição ‘D’ (Drive)”. Se o motorista preferir, todas as funções do ECO Comfor t podem ser desativadas. Rock in Rio Com dez anos de sucesso, a trajetória do Fox sempre foi marcada pela oferta de versões ou séries especiais. Tendo como base os equipamentos de série da versão topo de linha Highline, a Volkswagen preparou uma configuração exclusiva para homenagear um dos maiores festivais musicais do mundo: o Rock in Rio. A série especial Fox Rock in Rio será produzida em edição limitada e oferecida durante seis meses no mercado nacional – entre abril e setembro, quando ocorre o festival musical. Oferecido exclusivamente com a motorização 1.6, estará disponível nas cores sólidas Vermelho Tornado, Branco Cristal e Preto Ninja, além das tonalidades metálicas Azul Boreal e Prata Sargas. Nas laterais da carroceria, o destaque são as novas faixas adesivas, com a silhueta de uma guitarra. A nomenclatura resinada (pintada em Vermelho Tornado) alusiva ao evento aparece nos para-lamas dianteiros e na tampa traseira. Já as capas dos retrovisores pintadas em “Chrome Effect” e as luzes de seta integradas combinam com a tonalidade da faixa adesiva lateral, ao mesmo tempo em que realçam o acabamento em preto na Coluna “B”, aquela entre as janelas laterais. O modelo passa a contar com itens de série como as rodas de liga leve Dakar de 15 polegadas. Lanternas escurecidas, maçanetas e spoiler traseiro pintados na cor da carroceria e os adesivos em preto fosco no para-choque traseiro complementam o visual externo.


ANO 8 - EDIÇÃO 1672ª - DIÁRIO - SEXTA-FEIRA A DOMINGO, 28 A 31 DE MARÇO DE 2013 - R$ 1,00