Issuu on Google+

► VERANEIO

► ENQUETE JG

O que você acha do horário de verão?

Pág. 3

As dicas do Guia de Verão

Contracapa

ANO 8 - EDIÇÃO 1639ª - DIÁRIO - SEXTA A TERÇA-FEIRA, 15 A 17 de fevereiro DE 2013 - R$ 1,00

Circulação nos municípios de Gravataí, Cachoeirinha, Glorinha e Santo Antônio da Patrulha

► CLIMA

Temporal inunda a Dorival na parada 62

Além do desafio de cruzar a avenida onde um arroio transbordou motoristas tiveram que encarar sinaleiras que pararam de funcionar devido à tempestade que caiu sobre a cidade na tarde desta quinta-feira

► POLÍCIA

Estado também vai usar “drogômetro” nas blitz de trânsito Pág. 9

► CARNAVAL 2013

Miss Turismo participa do Carnaval da Acadêmicos

► VEÍCULOS & CIA

Pág. 10

Manias e costumes que influenciam carros nacionais

Pág. 5 Encartado

► ESPECIAL

Por que os investimentos em segurança pública são tão baixos? Faltam viaturas, armas, coletes, instalações e equipamentos adequados para as polícias de todo o País conforme pesquisa divulgada na semana Páginas centrais


Opinião / Serviços

Gravataí, 15 a 17/02/2013 - Pág. 2

Análise do leitor

AS GRAVATADAS

LOTERIAS -

QUINA - Conc. 3119 - 14/02/2013

Professora Edenir Raupp

03 - 23 - 25 - 29 - 68

Tudo aquilo que causa dependência é droga, pois a ausência de consumo causa transtornos psicológicos e físicos ao usuário consumidor. De todas as drogas no mercado a que mais tem preocupado a saúde e as pessoas envolvidas em projetos contra a droga, é o crack. Esse tipo de droga causa dependência logo na primeira vez em que se faz uso dele, e que o tempo de vida de um usuário de crack é curto. Por isso a preocupação de ONGS e de pessoas ligadas à área da saúde no sentido de divulgar os males que essa droga causa aos dependentes químicos. Em Gravataí, contamos com o apoio do Dr. Levi Melo em seu projeto Crack Tô Fora, que há alguns anos vem fazendo uma longa caminhada nas comunidades, com palestras de conscientização aos jovens e às famílias sobre o uso do crack. Dr. Levi é uma pessoa muito respeitada na cidade, um grande médico, que mesmo não estando mais na política, uma vez que já foi vereador no paço, continua com seu brilhante projeto social. Sua preocupação tem sido bem maior do que somente oferecer palestras de conscientização à comunidade, pois a droga é rápida e a sociedade está doente e carece de atendimentos urgentes. Depois que o jovem é seduzido pela droga, não há como escapar. De uma forma ou de outra, sem tratamento, o usuário acaba perdendo a vida, seja pelo consumo, que com o tempo vai degenerando os órgãos vitais, seja por traficantes, em ajustes de contas, ou em perseguições policiais. Todos nós dizemos que a droga mata, mas compreender por que esse ou aquele jovem se iniciou nesse vício é complicado demais. Geralmente é na adolescência que o jovem precisa de apoio da família, de base, de atenção e de compreensão, pois poucos são fortalecidos o suficiente para enfrentarem “a barra” sozinhos, por isso, muitas vezes, procuram resolver o problema causando um dano maior ainda a sua saúde. E é para amenizar os males do crack na comunidade gravataiense que Dr. Levi Melo tem persistido em seu trabalho incessante e agora, mais do que nunca, pedindo apoio de outras organizações, para que se possam ajudar os dependentes do crack a realizar um tratamento de desintoxicação. Acredito que Dr. Levi Melo conseguirá realizar mais esse projeto, pois tem um carisma muito grande e a comunidade já conhece seu trabalho, visto que, além do projeto Crack Tô Fora, ele ainda administra um projeto voltado aos jovens (Projeto Jovens do Futuro), com o objetivo de prepará-los para a vida profissional. Droga não é algum tipo de brinquedo, nem objeto de diversão. Se todos se conscientizassem disso haveria menos mortes, menos roubos, menos jovens acabando com sua vida tão cedo. Enquanto essa conscientização não toma conta da sociedade, esperamos uma atenção especial das políticas públicas, assim como ficaremos na torcida para que a ONG Crack Tô Fora, projeto de Dr. Levi Melo, tenha sucesso em mais essa busca.

Registro nº 39987 do Livro A-4 Filiado à ADJORI

Representante Comercial: (51) 3272-9595

jornaldegravatai@terra.com.br jornaldegravatai@gmail.com

Publicação da Empresa Gráfica Jornal 2M Ltda. CNPJ nº 03.851.285/0001-62 Tiragem – 8.000 exemplares Diretor geral: Moacir Oliveira Menezes Diretor administrativo: Gabriel Diedrich Departamento comercial: Adilson Mendes Redação: Katterina Zandonai e Claudio Oliveira Diagramação: Giulliano Pacheco Colaboradores: Iara Maurente e Edenir Raupp Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira, nº 6125 - Pda. 64 CEP 94.060-001 - Gravataí - RS - Brasil Telefones: (51) 3423.1792 - 3421.3381 Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores.

PREVISÃO DO TEMPO

SEXTA-FEIRA- Mín. 22°, Máx. 32° Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite. SÁBADO - Mín. 21°, Máx. 33° Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

mmgravatadas@hotmail.com.br

DOMINGO - Mín. 23°, Máx. 32° Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Recolhendo ou despejando? Leitor do JG flagrou caminhão que recolhe o lixo, pelo menos esta deveria ser sua função original, carregando entulho depositado em um ponto da cidade, conforme mostra a foto ao lado. Em que pese estar realizando o trabalho, não é obrigação desses caminhões o recolhimento de entulho, por isso seria de bom alvitre que a SMSU observasse esse detalhe. Voltaremos... Prezados leitores, esta coluna também é sua, para falar conosco ligue 3423.1792.

Iara Maurente Jornalista - e-mail: iaramaurente@yahoo.com.br

Leão da Montanha No desenho animado, o leão e o caçador combinavam que a caça começaria e o leão dizia “saída pela esqueeerdaaaa... e saia em disparada”. Dei muita risada e até hoje gosto daquela cumplicidade dos desenhos animados, cujos personagens se matam sem morrer nunca. Porque o leão da montanha escolhia sempre a mesma saída, nunca soube – mas sempre que assistia ao desenho tinha certeza que ele sairia pela esquerda, o que é alentador para situações limítrofes. Pensei no papa pensando sobre o que fazer de sua própria vida, das consequências de suas decisões e afinal, e, possivelmente, como chegou naquele momento. Diferente do leão da montanha, Bento XVI não tinha saída pronta que não fosse a comum a todos nós, a morte. O homem, porém, não aceitou a chegada da própria morte envolto num manto papal. Aceitasse, teria custo altíssimo, cobrado quem sabe com transmissões internacionais de

televisão, tirando de um idoso o direito de morrer sossegado, acabando com a privacidade, porque o papa, seja ele Zé, Mané ou Lelé, é o papa. Um ícone pop de uma estrutura religiosa que tem gloriosamente atravessado os séculos com mudanças mínimas. Então, Bento XVI achou a sua esquerda, encontrou uma saída. Pediu demissão do cargo como faz um trabalhador qualquer, e ainda vai cumprir o aviso prévio. Seu tempo de serviço lhe garantiu aposentadoria com amplos benefícios e ainda terá um dos melhores planos de saúde, posso assegurar. Antes de tomar a decisão final pode ter perdido horas de sono, tido dores de cabeça ou mudanças de humor, porque problemas muito sérios realmente nos modificam. Pode ter tido vontade de desabafar com amigos que já se foram, quem sabe pensou nos próprios pais? Não sei há quanto tempo o papa vinha pensando nisto ou como conduziu sua vida até chegar a esta

conclusão. O que sei é que desobedecer a tradição de permanecer no cargo até o dia da morte é sinal que alguma humanidade existe naquele homem. Bafo quente Sim, quem dirige e é parado numa blitz não é obrigado a fazer teste do bafômetro, porque a lei garante que a pessoa não produza provas contra si. Junto disso, está em vigor da nova base da Lei Seca, que não admite qualquer teor alcoólico para motoristas. Em São Paulo (SP) o equipamento detectou, além do álcool, substâncias tóxicas, como cocaína e maconha. No período de 8 a 13 deste mês, a Polícia Federal fez a Operação Verão e constatou que o número de mortes nas estradas federais foi 18% menor no carnaval deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. Foram feitos 86.224 testes de consumo de bebida alcoólica e 1.923 motoristas foram autuados e tiveram a carteira de habilitação recolhida, dos quais 607

foram presos. Cada dia mais provado que beber e dirigir não combinam, mesmo! Eleitores Então, pessoas, já escolheram em quem votar na próxima eleição? O quê? Eleição só em 2014? Sim, sim, eu sei. Acontece que o ato de eleger um representante exige responsabilidade eleitoral. Exige saber o que faz, como está conduzindo seu mandato e respondido às solicitações e anseios das comunidades. Não adianta fazer campanha, “vestir a camiseta”, sair nas carreatas e discutir política a cada dois anos. Precisamos estar permanentemente atentos às ações de quem está na política através do nosso voto. Por isso, não é cedo pensar nas próximas eleições. Aliás, você sabe para que cargos vai votar em 2014? Não!!!! ????? (Seu “disinfiliz”, vai politicar, vai!!).


Geral

Gravataí, 15 a 17/02/2013 - Pág. 3

Enquete JG aborda o Horário Brasileiro de Verão Leitores do jornal responderam pergunta sobre o tema no Facebook a segunda Enquete JG realizada via site de relacionamentos Facebook, os leitores do Jornal de Gravataí expuseram suas idéias sobre o Horário Brasileiro de Verão, que “Eu adoro horário de encerra neste sábado – à “O horário de verão “Muito bom gera ecomeia-noite os relógios de- verão, pois quando chego é excelente. Deveria en- nomia de energia...” vem ser atrasados em uma em casa, às 19h, ainda é cerrar junto com o verão, Nilo Ruschel hora. Confira algumas das dia, isso é maravilhoso” para fazer jus ao nome. Se Diva Hestífani Antu- formos pensar do ponto de respostas à pergunta feita aos “facefriends”: O que nes Alcântara vista econômico, o horário você acha do horário de verão não gera tanta brasileiro de verão que economia. Basta ver que encerra neste sábado? a demanda de energia é maior, principalmente por causa do ar-condicionado e ventiladores ligados para “Não gosto nem um combater o calor. Para pouco... Para quem tem mim, o horário de verão que levantar às 5h da ma“Vale pela redução do cumpre mais uma função nha é complicado... Ficaconsumo de energia, o que ‘social’, já que as pesso- mos completamente fora gera menos danos ambien- as têm possibilidade de do ritmo... Não suporto, tais”. interagir por mais tempo, vivo cansada...”. “O horário de verão Marcelo Soares já que o anoitecer é mais Trudi Demarch dos não me perturba, sim uma tarde. Os bares e botecos é Reis minoria de moradores que que devem ser fãs do horácoloca lixo nas praças e rio... rsrsrs”. deixa uma imagem ruim Umberto PCaletti por demais. A própria Prefeitura limpou a praça 1º de Maio, na Morada do Vale I e não retirou o lixão, há mais de dois meses”. “Deveria acabar no fim João Silveira de março”.

N

Waldemar Max

“Minha esposa adora, mas eu não gosto muito. Mas pela causa sou a favor, estamos num momento de economizar energia”. Kely Vinícios

“Muito bom. Tem que ser ano todo. Esse horário rende o dia”. Cristiana Garcia

“Adoro o horário de verão... Poderia ficar mais um pouquinho... Na realidade não entendo muito porque as pessoas não curtem o novo horário... Afinal só nos beneficia... Como diz um amigo, só muda a posição do sol, no relógio é tudo a mesma coisa... rsrss”. Andrea Coelho

“Só acho legal quando estamos na praia, pela demora em escurecer, mas no dia-a-dia atrapalha bastante para quem tem crianças em casa, pois torna-se bem difícil colocá-las no banho, dar janta e mandar para a cama, já que 8h ainda tem até sol... Aí que atrasa tudo e quando se consegue ir pra cama já passa da meia noite... Para quem tem que levantar cedo é complicado”. Cleunice Antunes

Essa é uma coluna do povo para criticar elogiar e botar a boca no trombone sobre aquilo que os leitores entenderem por certo ou errado. Entre em contato com a redação, pelo telefone 34213381 ou mande seu e-mail para jornaldegravatai@terra.com.br. Junto mande seu telefone e endereço.

MENSAGEM DO DIA O salmista se encontrava angustiado, aflito, porém em espera. Em um dos versículos, ele agradece pelo sofrimento, pois dessa maneira, ele buscou a Deus e encontrou vida, prazer, verdade, amor, misericórdia, socorro, paz, louvor e tudo na Palavra. Deus não retirou a tristeza imediatamente, mas mostrou ao salmista como são preciosas as escrituras, nas quais tinha grande prazer. Deus age assim. Ele prefere se fazer conhecido, ao invés de sanar o problema de imediato. Ele prefere trabalhar no seu coração, ao te perder pelo simples bem-estar. Deus investe na sua vida, desejando ter intimidade contigo. Não demore para descobrir quem é Jesus, leia a Bíblia. Ela possui grandes promessas. Uma delas está em Salmos 119:50: “O que me consola é isto: que a tua Palavra me vivifica”. “A minha alma, de tristeza, verte lágrimas; fortalece-me segundo a tua Palavra”. Salmos 119:28. A BUSCA PELA BELEZA ESTÉTICA Até que enfim alguém falou algo sensato neste país... AJ. Cirurgia de lipoaspiração? Pelo amor de Deus, eu não quero usar nada nem ninguém, nem falar do que não sei, nem procurar culpados, nem acusar ou apontar pessoas, mas ninguém está percebendo que toda essa busca insana pela estética ideal é muito menos “lipo-as” e muito mais “piração”? Uma coisa é a saúde e outra é a obsessão. O mundo pirou, enlouqueceu. Hoje, Deus é a auto-imagem. Religião é a dieta. Fé, só na estética. Ritual é a malhação. “Per l’amor di Dio”! A BUSCA PELA BELEZA ESTÉTICA II Amor é cafona, sinceridade é careta, pudor é ridículo e sentimento é bobagem. Gordura é pecado mortal. Ruga é contravenção. Roubar pode, envelhecer não. Estria é caso de polícia. Celulite é falta de educação e F.D.P. bem sucedido é exemplo de sucesso. A máxima moderna é uma só: pagando bem, que mal tem? A sociedade consumidora, a que tem dinheiro, a que produz, não pensa em mais nada além da imagem, imagem, imagem, imagem, estática, estética, medidas, beleza. Nada mais importa. Não importam os sentimentos, não importa a cultura, a sabedoria, o relacionamento, a amizade, a ajuda, nada mais importa. EM BUSCA PELA BELEZA... Não importa o outro, o coletivo. Jovens não têm mais fé, nem idealismo, nem posição política. Adultos perdem o senso em busca da juventude fabricada. Ok, eu também quero me sentir bem, quero caber na roupas, quero ficar legal, quero caminhar, correr, viver muito, ter uma aparência legal mas... Uma sociedade de adolescentes anoréxicas e bulímicas, de jovens lipoaspirados, turbinados aos vinte anos, não é natural. Não é, não pode ser. Que as pessoas discutam o assunto. Que alguém acorde. Que o mundo mude. Que eu me acalme. Que o amor sobreviva. Cuide bem do seu amor, seja ele quem for! “A la pucha tchê”! COMISSÃO EXTERNA O presidente da Assembleia Legislativa gaúcha, deputado Pedro Westphalen instalou na tarde de quinta-feira (14), uma Comissão Especial e uma Comissão de Representação Externa, propostas após o incêndio da boate Kiss. A Comissão Especial deve analisar as legislações estadual e municipais de prevenção a incêndios, e as condições de fiscalização e aprimoramento dessas regras de segurança. Deverá assumir a presidência do grupo técnico o deputado Adão Villaverde (PT). Já a Comissão de Representação Externa, proposta pela Mesa Diretora, irá acompanhar a investigação do incêndio ocorrido no dia 27 de janeiro em Santa Maria. A coordenação dos trabalhos foi delegada pelo presidente Pedro Westphalen ao deputado Jorge Pozzobom (PSDB).

Senha- do dia:

“Depois da porta arrombada...!”


Opinião

Gravataí, 15 a 17/02/2013 - Pág. 4

“Quando os ventos de mudança sopram, algumas pessoas levantam barreiras, outras constroem moinhos de vento”.

­

e-mail:gabriel.diedrich@jornaldegravatai.com.br - Fone: 3421.3381

Érico Lopes Veríssimo. Escritor brasileiro nascido em 1905 em Cruz Alta - RS

Lauro Pimentel (Interino)

Prefeito recebe os irmãos Postal O deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa, Alexandre Postal, e o ex-prefeito de Guaporé e atual vereador Fernando Postal visitaram o prefeito Marco Alba na tarde desta quinta-feira, em seu gabinete. A visita de cortesia dos irmãos Postal foi para prestar condolências pelo falecimento de Suely Silveira Soares, mãe do prefeito Marco Alba, no último dia 5. Também estava presente ao encontro o ex-prefeito de Torres João Alberto Cardoso. A visita do parlamentar, que presidiu a Assembleia Legislativa no período de 31 de janeiro de 2012 até o dia 31 de janeiro de 2013, também gerou uma conversa sobre as ações da atual gestão do município. Alba agradeceu a preocupação do amigo e ressaltou que o seu governo estará de portas abertas para a comunidade e seus representantes.

Sessão da Câmara foi morna, mas teve bons resultados Mobilização por mais vagas nas escolas infantis, as creches de Gravataí. Esse é o principal foco de atuação, acertado entre a promotora da Infância e Juventude, Tatiana Alster, e a Comissão dos Direitos da Criança e do Adolescente da Câmara de Gravataí. O presidente Paulo Silveira (PSB), o relator Alan Vieira (PMDB) e o também integrante Dimas Costa (PT) foram recebidos hoje, em audiência no Ministério Público. O cálculo da Promotoria é que, para cumprir a lei federal, até 2015 tenham que ser criadas cerca de mil vagas por ano no município. A defici-

ência de vagas chega a 4 mil. – É sem dúvida uma questão prioritária, que mexe com toda a família – resume a promotora, que espera julgamento de ação civil pública, apresentada por ela ainda em 2011, para investigar a defasagem de vagas. Ela encaminhou à Câmara, à Prefeitura, à Defensoria Pública e à Justiça relatório de 2012 do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que mostra que Gravataí está entre os municípios que menos investem na educação infantil no Rio Grande do Sul. E sustentou a necessidade de respeito a critérios técnicos para cedência de vagas às crianças.

Irmãos Postal e João Alberto, exprefeito de Torres, visitaram Marco Alba

Miki e a renúncia do papa

Nas comunicações da sessão ordinária da última quarta-feira, o deputado estadual gravataiense Miki Breier (PSB) parabenizou o Papa Bento XVI por sua coragem e desapego ao renunciar a seu cargo, no momento em que entendeu não mais ter condições de exercê-lo. Também destacou a Campanha da Fraternidade 2013, que tem como tema Juventude e Educação. Ainda salientou os trabalhos da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Casa, como o convênio entre aquele órgão permanente e a Associação Nacional de Educação Católica, no sentido de aproximar o Parlamento rio-grandense e os jovens.

Deputado Miki Breier

– Há muita ação judicial, que o município vinha cumprindo até esgotar a atual estrutura das escolas – observou a promotora. O déficit na educação infantil foi justamente um dos principais pontos apresentados pelos vereadores, além do acompanhamento das crianças e adolescentes abrigados nas casas lares, do sistema de adoções e a atenção à exploração sexual – já que Gravataí, cercada por rodovias, aparece na rota nacional desse tipo de crime. – Estamos aqui acima dos partidos, para lutar pelos direitos da criança – disse o vereador Paulo Silveira, presidente da Comissão. – O partido dessa Comissão será o partido da criança. Uma união de PT, PMDB e PSB – acrescentou Dimas Costa. – Me proponho a fazer a interlocução com o governo, vamos trabalhar juntos, cobrar e fiscalizar o cumprimento das metas – completou Alan Vieira, que é do partido do atual prefeito Marco Alba (PMDB). A promotora também informou que está em fase de sentença judicial outra ação civil pública movida por ela cobrando a garantia de que, como não há UTI neonatal em Gravataí, haja interlocução com o sistema de saúde regional para absorver os bebês pacientes.

Fatos, boatos e contrapontos Em um dos debates no plenário, o líder do governo Dilamar Soares (PMDB) elogiou a ex-prefeita Rita Sanco (PT) por ter respeitado critérios técnicos no encaminhamento de vagas nas creches. Perguntado pelo líder da bancada do PT, Dimas Costa, se os critérios foram respeitados no governo Acimar da Silva (PMDB) e são cumpridos também no atual governo, Dilamar disse que sim. – Se souber de algum desvio, serei o primeiro a denunciar – garantiu. Hospital Regional O Hospital Público Regional também voltou à baila durante a sessão. Carlos Fonseca (PSB) cobrou o projeto estar parado. Carlito Nicolait (PT) lembrou que 54 reuniões regionais foram feitas, e foram incluídas verbas nos planos plurianuais do Estado e da União, bem como nos orçamentos. – O hospital está inscrito. O atual governo

precisa indicar uma área que atenda o caráter regional do hospital. Carlito sugere área às margens da RS-118. A Prefeitura, no governo Acimar, indicou área na Caveira, próximo à GM. Alex Peixe (PT) cobrou a retomada do projeto da escola técnica. – Muita gente usou isso de trampolim político e agora tudo parou – disse. O projeto foi iniciado no governo Rita Sanco (PT). Congresso Márcio Souza (PV) apresentou requerimento para que todos os vereadores participem de congresso da União dos Vereadores do Brasil, em março. Como é em Porto Alegre, ele pediu que não houvesse o pagamento de diária ou passagens aos participantes. – Os congressos da UVB são sérios. Para ter o diploma, é preciso 80% de presença – disse.

Alan Vieira recebe representante da Heineken Brasil A assessora de comunicação e relações corporativas da cervejaria Heineken Brasil, Heloísa Polese Machado, esteve no gabinete do vereador Alan Vieira, na tarde desta quinta-feira. Em pauta, os 25 anos da fixação da fábrica no município e o aniversário de 250 anos de Gravataí. A empresa será homenageada na Câmara de Vereadores, pela sua contribuição no desenvolvimento da cidade, em uma cerimônia ainda sem data definida. A Heineken é a cervejaria nº 1 na Europa e nº 3 no mundo. É dona de mais de 200 marcas de cervejas internacionais, regionais, locais e especiais. Emprega 75 mil funcionários em todo o mundo e cerca de 150 em Gravataí. Criada formalmente em maio de 2010, após a aquisição da divisão de cerveja do Grupo FEMSA, a Heineken Brasil gera 2,3 mil empregos no País. Conta com oito cervejarias, localizadas em Manaus, Pacatuba, Feira de Santana, Araraquara, Jacareí, Cuiabá, Ponta Grossa e Gravataí, com capacidade de produzir 20 milhões de hectolitros anuais. A empresa também mantém projetos de forte cunho social. Em 2012, realizou pela primeira vez na Aldeia o evento “Heineken Cidadania”, com prestação de serviços gratuitos e disseminação de informações pertinentes à comunidade. – Este é um ano muito especial para nós e para a cidade. Queremos nos aproximar de todos os órgãos do município para desenvolvermos trabalhos juntos com a comunidade de Gravataí – destacou Heloísa.

Assessora da Heineken encontra-se com o vereador


Gravataí, 15 a 17/02/2013 - Pág. 5

Geral

Temporal alaga vários pontos da cidade e desafia motoristas Com chuva em boa parte da tarde e da noite desta quinta-feira bueiros não deram conta e até a Avenida Dorival figurou entre as vias alagadas

A

frente fria que chegou a Rio Grande do Sul nesta quinta-feira provocou várias pancadas de chuva torrencial entre a tarde e a noite e os bueiros da cidade não deram conta do recado. Na parada 62, no sentido Gravataí-Cachoeirinha, um pequeno arroio que passa por baixo da principal artéria da Aldeia transbordou e causou problemas aos motoristas que transitavam por ali no início da noite. Para evitar danos ao motor dos veículos muitos pararam no acostamento e evitaram o trecho até que a água baixasse um pouco. Teve carro voltando de ré até o cruzamento com a Avenida Senador Teotônio Vilela para buscar um caminho alternativo. A tempestade também causou mau funcio-

namento de sinaleiras, como na parada 64, no sentido bairro-centro, exigindo atenção redobrada e muita paciência dos condutores. Inundação Via Facebook, leitores do JG informaram sobre a inundação que chegou a outros pontos da cidade. Thieli e David, moradores da parada 67, avisaram que na “rua do Bradesco” – Irineu Pacheco – e nas ruas paralelas ficou tudo inundado, com água quase pelo joelho dos pedestres. – Isso aqui é super comum de acontecer... Qualquer chuvinha de cinco minutos já enche – dizia parte do post deles no site de relacionamentos. – Vamos aproveitar Prefeitura e órgãos competentes e limpar os bueiros. É o mínimo

Quando o cão se tornou o melhor amigo do homem? Pesquisadores da universidade de Aberdeen, no Reino Unido, querem descobrir quando os cães começaram a ser domesticados. Para o estudo, será analisado o DNA presente em ossadas antigas de lobos e cães. A intenção é analisar se a evidência de que os cachorros domésticos surgiram há 14 mil anos não é muito conservadora. Acredita-se que a relação entre cães e seres humanos possa ter surgido há 35 mil anos. Alguns pesquisadores dizem que os cães foram domesticados no leste da Ásia, e então a prática se espalhou pelo mundo. Já outros argumentam que a prática ocorreu em várias regiões do planeta e em épocas diferentes. O projeto, financiado pelo Conselho Natural de Pesquisa Ambiental (NERC, na sigla em inglês) permitirá aos pesquisadores de Aberdeen, em parceria com

a universidade Durhan, aplicarem técnicas avançadas de análise do DNA em restos de ossos e dentes encontrados na Ásia e na Europa. O professor Keith Dobney, da áea de paleoecologia da universidade Aberdeen diz que quase tudo associado à domesticação está associado também ao início da agricultura, exceto os cães. Acredita que estes foram domesticados por caçadores e coletores ao menos 3 mil anos antes da agricultura. Segundo o professor Greger Larson, da universidade de Durham, ainda causa espanto o fato de haver informações precisas para se entender o início da domesticação de vacas, ovelhas cabras e porcos e ainda não se tenha sequer uma pista sobre os cães. Ele diz que usando uma combinação de técnicas de ponta esperam resolver esse enigma. O projeto durará três anos.

que esperamos – recomendou o leitor Luis Fernando Asconavieta. O leitor Felipe Flores também aproveitou para informar sobre outro local que fica inundado a cada chuva. – Eu convido aos meus amigos do face a visitarem a rua Vicinal Junção em dia de chuva. É um verdadeiro descaso. Até ambulância estraga no alagamento, mas nós mesmos somos culpados pela nossa paciência, aprendemos a aceitar tudo o que nos impõe – postou Felipe. – A culpa também é da população, que acha que as ruas são lixeiras gigantes. Vamos nos conscientizar de que lugar de lixo é no lixo. Fica a dica – escreveu o leitor Mano Samuel Cordova.

Fotos Divulgação/JG

Na parada 62, sentido Gravataí-Cachoeirinha, arroio transbordou e inundou a Dorival

Sebrae/RS seleciona empresas para a Feira Industrial

Estande do Brasil na última Feira de Hannover

Está aberto o edital de Chamada Pública nº 01/2013 que irá selecionar até 15 empresários de pequenas e microempresas gaúchas do setor metalmecânico interessados em participar da missão à Feira Industrial de Hannover, na Alemanha. A data limite para a entrega de documentos é o dia 22 de fevereiro. Todas as informações sobre o edital, inclusive o formulário para apresentação de propostas, estão no site www.

sebrae-rs.com.br/feirasinternacionais. As empresas selecionadas e participantes de projetos setoriais do Sebrae/RS contarão com apoio financeiro de 50% no pacote de viagem, que inclui passagens e hospedagem, além de treinamento e consultoria focada no mercado internacional. As demais terão apoio de 40%. – Através destes grandes eventos, as MPEs têm acesso a novos mercados, parcerias e

conhecimento de novas tecnologias e inovação – analisa o presidente do Sebrae/RS, Vitor Augusto Koch. Por isso, além do treinamento pré-missão, os participantes recebem acompanhamento técnico do Sebrae/ RS, que também realizará avaliações diárias com o grupo. Desde 2006 A principal feira do mundo para a tecnologia industrial é realizada anualmente na cidade de Hannover, na Alemanha, desde 2006. Este ano, ocorrerá entre os dias 8 e 12 de abril e apresentará oito bandeiras de feiras de negócios com expositores e visitantes de todo o mundo. Dessa forma, permanece sem rivais em se tratando de exibição de tecnologia industrial, com mais lançamentos mundiais e soluções integradas que qualquer outro lugar.


Gravataí, 15 a 17/02/2013 - Pág. 6

Geral

Pesquisas revelam o caos da

Dados apontam 50 mil homicídios por ano e a aplicação de apenas 23

U

m conjunto de dados e pesquisas recentes refletem que definitivamente o governo federal não tem conseguido cuidar da segurança pública com a mesma presteza com que tem se proposto a tratar do assunto. A situação é de total desarranjo na segurança pública: pouco investimento no setor, altos índices de homicídio e criminalidade, baixa porcentagem de homicídios esclarecidos pelo sistema de Justiça, aumento da sensação de insegurança da população, gastos milionários com campanhas de desarmamento, que visam impedir os cidadãos de se protegerem dos cri-

minosos e milhões de armas de fogo em situação ilegal. Um levantamento feito pelo site Contas Abertas, sobre os gastos com a segurança pública, aponta que dos R$ 3,1 bilhões previstos em orçamento para a segurança pública em 2012, apenas R$ 738 milhões (23,8% do total) foram aplicados pela União. Segundo a pesquisa, os gastos com a aquisição de novos veículos, equipamentos e melhoria de infraestrutura, como presídios e departamentos de polícia, apesar de ter sido maior do que em 2010 e 2011, representa bem menos do que o aplicado em 2007 (R$ 1,2 bilhão). O excesso de buro-

cracia, a inoperância sistêmica dos diversos órgãos do governo e o descompromisso com resultados são os principais fatores para a baixa aplicação dos recursos na área. Além disso, por determinação constitucional, o governo federal mantém certa distância do tema segurança pública, uma vez que o controle das polícias militar e civil fica a cargo dos estados. Com isso, as dificuldades em aplicar os recursos demonstram a necessidade de rever atribuições da União, dos estados e municípios para o setor. Dados lastimáveis A falta de investimento, o descaso do goFotos: Divulgação

Faltam recursos para aparelhar melhor as polícias

publicação legal CASAMENTOS Edital nº 014/2013

VALECY CABELEIRA BITELO - Oficial do Registro Civil das Pessoas Naturais, faz saber, que se habilitaram para casar por este Cartório: 1 – PAULO ROBERTO COSTA e CRISTIANE MIGUEL LOPES 2 – JULIANO MÖLLER SCANDER e DAIANE PEREIRA DE AVILA 3 – FÁBIO PRESTES DA SILVA e FLAVIA DA SILVA FERREIRA Quem conhecer algum impedimento, acuse-o na forma da Lei.

Gravataí, 15 de fevereiro de 2013. Valecy Cabeleira Bitelo Oficial de registro

verno federal e o caos da segurança pública se refletem em dezenas de dados lastimáveis. Considerado o segundo país mais violento do mundo, com base nos números referentes aos crimes letais intencionais, anualmente, cerca de 50 mil brasileiros são vítimas de homicídios dolosos no Brasil. Desses, em média, apenas 8% são esclarecidos e um número muito menor chega a ser julgado e condenado. A taxa de impunidade alcança o patamar de 92%.

População prisional Apesar disso, o Brasil supostamente não pode ser considerado como o país da impunidade, pois possui a terceira população prisional do mundo, abaixo apenas da China e dos Estados Unidos, e um dos mais velozes crescimentos da taxa de encarceramento do mundo. Em 1995, havia 160 mil presos e atualmente, são 540 mil. Muito pouco Para o especialista em segurança pública e presidente do Movimento Viva Brasil, Bene Barbosa, esse aumento no número de prisões, embora importante, representa muito pouco, diante dos milhares de inquéritos policiais sobre homicídios em andamento no país. Segundo o Conselho Nacional de Justiça, mais de 100 mil casos de crimes estão sem conclusão. – Não há dúvida de que a solução dos homicídios é fator primordial para se entender o fenômeno da violência no País. A falta de esclarecimento dos crimes impede traçar um perfil criminal brasileiro e compromete a definição das políticas públicas na área de segurança. Não se pode combater eficazmente o que não se conhece sequer em 10% de sua extensão – afirma. No ano passado, a Polícia Civil trabalhou com uma força tarefa na Região Metropolitana. Com apoio de policiais de outras regiões do Estado, a maioria dos homicídios ocorridos no ano foram investigados e esclarecidos. O resultado aponta para uma realidade cruel: a polícia desaparelhada consegue atender suas funções a despeito de tudo. Imagine se os investimentos em segurança pública fossem maiores.

Brasil tem a terceira maior população carcerária do mundo

Estudo mostra aumento da sensação de insegurança Como resultado da falta de mais investimentos em segurança pública, a população, se sente cada vez mais insegura. Segundo a quarta edição do estudo Indicadores de Referência de Bem-Estar no Município (Irbem), realizado pela Rede Nossa São Paulo, a sensação de insegurança do paulistano em 2012 foi a mais alta observada desde 2008. O estudo foi divulgado na última quinta-feira (17). O levantamento aponta que 91% dos entrevistados acham pouco ou nada seguro viver na cidade. A opção “nada seguro” aumentou de 35% para 45% no último ano. Na classificação

por tipos, “Violência em geral” desperta medo em 71% dos entrevistados. “Assalto/roubo” ficou em segundo lugar (63%), seguido por “sair à noite” (41%). Questionados sobre “quais ações e medidas são mais importantes para diminuir a violência?”, a resposta mais citada foi “combater a corrupção na polícia e nos presídios”, seguida por “criar oportunidades de trabalho para jovens de baixa renda” e “aumentar o número de policiais nas ruas”. Sugestões importantes, dentre muitas outras necessárias, para uma política eficiente de segurança pública.

Pessoas têm medo de sair à noite em função da insegurança


Gravataí, 15 a 17/02/2013 - Pág. 7

Geral

a segurança pública no Brasil

3% da verba destinada à Segurança Pública no orçamento da União

Campanha de desarmamento não surtiu efeito esperado As campanhas do desarmamento promovidas pelo governo federal se mostram cada vez mais medidas equivocadas no que se refere à democracia e ao combate a violência. A Organização das Nações Unidas, por meio do Global Study on Homicide (2011), mais amplo e profundo estudo já realizado sobre homicídios, em âmbito global, reconheceu que não se pode estabelecer relação direta entre o acesso legal da população às armas de fogo e os índices de homicídio. Na prática, não são as armas do cidadão que matam, mas as do crime organizado, para o qual a lei não possui relevância. Além disso, as ações para entrega voluntária de armas de fogo ou a proibição não surtiram efeito positivo no Brasil. Um exemplo é o estado de Sergipe que, apesar de estar em segundo lugar no ranking de entrega de armas pela população, o número de homicidíos quadruplicou nos últimos dez anos, conforme dados do Mapa da Violência 2012. A democracia nas ações da atual política

de segurança pública também parece ser questionável. Após sete anos desde a realização do referendo nacional, no qual a população decidiu se o comércio de armas de fogo e munição deveria ser proibido no País, a opinião de mais de 60 milhões de eleitores, o equivalente a cerca de 60% dos votantes, por vezes não é levada em consideração pelo governo federal. Incentivo ao registro Em 2012, a Associação Nacional da Indústria de Armas e Munições propôs ao Ministério da Justiça auxilio para promover uma nova campanha com o intuito de incentivar o registro das armas de fogo em situação ilegal. Ações como essa poderiam contribuir para o controle de armas de fogo pela polícia e também para a redução da ilegalidade no País. Ao contrário disso, com a política adotada atualmente pelo governo, a quantidade de armas com registro ativo é cada vez menor no País. Em poucos meses, 400 mil registros perderam a validade e não foram

renovados. Segundo dados do Sistema Nacional de Armas (Sinarm), em 2010 haviam 8.974.456 armas de fogo com registro ativo. Porém, em 2012 o número passou para apenas1.291.661. Com isso, 7.682.795 armas não estão com os registros ativos na Policia Federal e encontram-se ilegais. Combate ao crime – É preciso admitir que o problema dos homicídios são as atividades criminosas e combatê-las com vigor por meio de melhorias nos processos de investigação, no combate a ilegalidade em nossas fronteiras terrestres e aquáticas que perfazem 23.102 quilômetros, e no julgamento e condenação dos criminosos – ressalta um representante da indústria de armas e munições. Todos esses fatos, somados ao clamor social por melhorias e respostas aos problemas públicos, demandam urgentemente reformas estruturais em todo sistema de justiça criminal, especialmente uma reforma na segurança pública e nas instituições policiais.

Lei não pode ir contra o direito à legítima defesa A lei 10.826/2003, mais conhecida como Estatuto do Desarmamento, que dois anos antes da consulta popular já havia sido sancionada, impôs regras mais rígidas para a posse e porte de armas de fogo e munições no Brasil. O Estatuto estabelece que a renovação dos registros de armas de fogo deve ser feita a cada três anos e, após este período, o cidadão que possuir uma arma com registro vencido ficará na ilegalidade e deverá entregar sua arma ao governo. O proprietário que não renovou o registro

de sua arma até 31 de dezembro de 2009, hoje não pode mais renovar o registro, sendo obrigado a entregar a arma à Policia Federal. Para o presidente da Associação Nacional da Indústria de Armas e Munições, Salesio Nuhs, mecanismos altamente burocráticos que vão contra o direito do cidadão à legítima defesa só aumentam a ilegalidade no País. – Embora não seja eficaz para resolver o problema da criminalidade,a campanha de desarmamento é uma solução para o cidadão que não deseja

mais possuir uma arma e não sabe como fazer para descartá-la, mas existem outras questões que devem ser consideradas, como a necessidade de renovação dos registros vencidos por quem deseja permanecer com sua arma e munições legalmente. É preciso trabalhar no sentido da legalização das armas, pois o registro estimula a posse responsável já que uma pessoa ao adquirir uma arma, cumpre os requisitos necessários e tem seus dados pessoais e de sua arma registrados na Polícia Federal – afirma Salesio Nuhs.

Campanha de legalização manteria armas em posse responsável

Estado não tem como cumprir obrigação constitucional

Armas usadas em homicídios são as do crime organizado

Apesar do Estado ter a obrigação constitucional de prestar segurança pública, policiamento ostensivo e preventivo, é de conhecimento que é impossível a ação preventiva em particular a cada cidadão e a sua família em todos os locais e circunstâncias da vida. Sendo assim, o cida-

dão além de ter motivos para se sentir inseguro também precisa se valer do direito garantido pela Constituição à legitima defesa, uma vez que o Estado não tem como protegê-lo em todos os lugares, ao mesmo tempo. Com isso, campanhas de desarmamento e burocracia no processo

de legalização de armas e munições tiram do cidadão o direito à escolha de defesa da vida e contribuem para que mais homicídios aconteçam utilizando-se armas ilegais e contrabandeadas que geralmente são portadas por bandidos que não pretendem se identificar.


Esporte

Gravataí, 15 a 17/02/2013 - Pág. 8

Jogo entre Cruzeiro e Inter, no domingo, sofre alteração A partida entre Cruzeiro e Inter, no domingo, pela última rodada da fase de grupos da Taça Piratini, primeiro turno do Gauchão, mudou de local. Previamente marcado para o Passo D’Areia, o jogo será no Complexo Esportivo, em Canoas. A troca é um acerto entre os clubes para não jogar na grama sintética. Como o Vieirão, em Gravataí, receberá o jogo do Cerâmica no final de semana, o Complexo Esportivo se tornou a única alternativa para a alteração, segundo Dirceu de Castro, presidente do Cruzeiro. Assim como todos os jogos da última rodada, Cruzeiro e Inter se enfrentam a partir das 16h do domingo. Este será o segundo jogo do Inter em Canoas no Gauchão. Na primeira rodada, na ocasião com o mando de campo, o time B empatou com o Passo Fundo em 1 a 1 no Complexo.

Centroavante chega para reforçar o Cerâmica Time contratou promessa do futebol nordestino

A

reapresentação do Cerâmica no Vieirão após o empate em 0 a 0 com o Canoas contou com uma novidade. Foi apresentado na manhã desta quinta-feira(14) o atacante Francisco das Chagas Soares de Santos, conhecido como Soares. Promessa do futebol no nordeste do país, o atleta

Fotos Nataniel Corrêa - CAC

de 22 anos chega para reforçar o grupo. Soares tem 1,87 m e 89 kg e disputará uma vaga no ataque do Cerâmica. Após ser revelado pelo CSP, da Paraíba, Soares passou pelo Corinthians Alagoano-AL, Palmeiras de Goianinha-RN, Botafogo-PB, Sousa-PB e estava jogando novamente no CSP.

Equipe volta a campo contra o São José

Soares treinou ao lado do grupo nesta manhã

- Sou centroavante, gosto de jogar perto da área. Tenho força, habilidade e bom cabeceio. Vou integrar o projeto do time, crescer junto com o grupo, declarou o jogador em

sua chegada a Gravataí. Estão entre as principais conquistas do atleta a Copa Paraíba Sub-21 por duas vezes, em 2010 com o Botafogo e em 2012, já com o CSP. Segundo a di-

retoria do clube, o atleta deve estar com a documentação pronta e apto a estar em campo a partir do próximo domingo, na partida contra o Juventude, às 16h, no Vieirão.

Primeiro Racha Tarumã depois do Carnaval Depois de uma semana de recesso em função do carnaval, o Racha Tarumã retorna com a pista liberada para carros e motos. O evento desta sexta-feira(15)promete muita adrenalina aos participantes a partir das 22h. O público vai acompanhar os pilotos

pisando fundo e acelerando forte, em rachas realizados com toda a estrutura de segurança do Autódromo de Tarumã. Informações adicionais podem ser obtidas pelo site www.rachataruma. com.br ou pelo telefone (51) 3485-1510. O ingresso custa R$ 10,00.

Fotos Divulgação/JG

Pista liberada para carros e motos

Copinha da FGF vai se chamar Copa Willy Sanvitto Vem aí a Copa Barnabé de Futebol 7 Nos dias 24 de fevereiro e 06 de março estará ocorrendo o Torneio de Futebol 7 no campo do Barnabé, no Parque Florido em Gravataí. O evento esportivo será promovido pela empresa Cunha Torneios, sob o comando de André Cunha. O valor das inscrições será de R$ 250,00 por equipe. Os interessados poderão entrar em contato pelos fones: 9403 1511 – 9240 2220 ou pelo Email: cunhatorneios@ gmail.com

Sanvitto era considerado um visionário

A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) confirmou nesta quintafeira que a Copinha do segundo semestre vai se chamar Copa Willy Sanvito, em homenagem ao ex-patrono e expresidente do Juventude falecido em 2010. O Ju busca o tricampeonato,

já que ganhou a Copa Laci Ughini em 2011 e a Copa Hélio Dourado no ano passado. Sanvitto participou da construção do Estádio Alfredo Jaconi em 1975 e era considerado um visionário. Morreu aos 78 anos. Lembrando que Vanderlei Bersaghi,

o Pé, ex-supervisor do Caxias falecido no final de 2011, vai ser homenageado no Estadual de Juniores. Ele e Abílio dos Reis, ex-técnico e descobridor de talentos das categorias de base do Inter, vão nomear os dois turnos da competição.

Fifa pode discutir mudança no calendário A Fifa poderá discutir em seu próximo Congresso, que será realizado em maio nas Ilhas Maurício, a possibilidade da Copa do Mundo de 2022 ser disputada durante o inverno no Hemisfério Norte, entre janeiro e fevereiro. Na ocasião o Mundial

será disputado no Qatar e teme-se pelas altas temperaturas no país árabe durante os meses de junho, julho e agosto. No último mês, a ECA (associação que reúne os principais clubes europeus) se colocou favorável à mudança de calendário.

Os clubes pediram apenas que a Fifa os notificasse com dois ou três anos de antecedência, para que assim possam mudar o seu calendário. Thierry Weil, diretor de marketing da Fifa, anunciou que 140 mil ingressos da categoria 4

para a Copa das Confederações, reservada apenas para brasileiros, receberá uma carga de novos 140 mil bilhetes para venda. Ao todo, uma leva de 291 mil serão disponibilizados (somadas todas as categorias) nesta nova fase. A partir desta sexta-

feira, esta nova carga será disponibilizada no site da Fifa. Esta fatia de tíquetes contempla beneficiários de programa de transferência de renda do Governo Federal, idosos e estudantes, que poderão comprar com o benefício do desconto de 50%.


Polícia

Gravataí, 15 a 17/02/2013 - Pág. 9

“Drogômetro” será adotado também no Estado Informação sobre adoção do equipamento foi dada em reunião de avaliação da Operação Viagem Segura

O

Rio Grande do Sul poderá adotar o uso de equipamentos capazes de identificar se os motoristas abordados nas blitz de trânsito usaram outros tipos de drogas, além do álcool. A questão foi abordada na manhã desta quinta-feira, durante reunião dos parceiros da Operação Viagem Segura, no gabinete do vice-governador Beto Grill – coordenador do Comitê de Mobilização pela Segurança do Trânsito. O objetivo foi analisar os dados do feriadão de Carnaval e traçar as metas para as próximas ações conjuntas. Dos 1096 acidentes ocorridos entre a zero hora de sexta-feira (8) e a meia-noite da quar-

ta-feira de cinzas (13), houve 31 vítimas fatais no local do acidente e durante atendimento de emergência. No encontro foi apurado que o número geral de acidentes, comparado ao Carnaval de 2012, foi reduzido em 8%, baixando de 1191 para 1096. Da mesma forma, o número de feridos também foi reduzido em relação ao ano passado em 13,4%, baixando de 670 para 580. O número de abordagens empregando o teste de etilômetro explodiu, tendo sido ampliado em 374,8%, subindo de 1848 para 8774. Por outro lado, o número de vítimas fatais cresceu 55%, de 20 para 31. Estes e outros dados, principalmente a análise

OS PARCEIROS Participaram da reunião, assim como da Operação Viagem Segura, Brigada Militar e seu Comando Rodoviário, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Detran/RS, Cetran/RS, Empresa Pública de Transportes e Circulação (EPTC) em Porto Alegre, Federação das Associações dos Municípios do Estado (Famurs) e órgãos de trânsito municipais, Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), sob a coordenação do Comitê de Mobilização pela Segurança do Trânsito.

Fotos divulgação/jg

Feriadão teve mais fiscalização e menos vítimas fatais no trânsito

específica das condições e características de cada acidente, levaram as autoridades a observar que a maior parte das ocorrências relaciona-se a decisões individuais equivocadas, imprudências e, principalmente, à inobservância de regras básicas do trânsito. Isso resultou em acidentes especialmente violentos, inclusive com diversos óbitos em uma mesma ocorrência. Infrações Entre as infrações que levaram às mortes, despontaram como mais importantes o excesso de velocidade, as ultrapassagens em locais proibidos ou sem as devidas cautelas e a falta do uso do cinto de segurança e

 Ocorrência

2012

2013

var %

Acidentes (Total)

1.191

1.096

-8,0%

Acidentes c/ vítimas fatais

18

25

38,9%

Acidentes com lesões

475

422

-11,2%

Nº de vítimas fatais

20

31

55,0%

Nº de feridos

670

580

-13,4%

Abordagens/Veículos Fiscalizados

135.851

125.369

-7,7%

Infrações (Total)

23.358

26.894

15,1%

Veículos recolhidos

1.559

1.508

-3,3%

712

649

-8,8%

1.848

8.774

374,8%

Infrações 165 adm.

440

450

2,3%

Infrações 165 crime

159

229

44,0%

Infrações 165 (Total)

599

679

13,4%

CNH recolhidas Testes de Bafômetro realizados

dos dispositivos obrigatórios de retenção para crianças. Para o inspetor Alessandro Castro, da Polícia Rodoviária Federal, “o policial está fiscalizando, mas não pode estar ao volante de cada veículo”. Bons frutos Apesar do alto número de óbitos, ficou claro para os parceiros da Operação Viagem Segura que a batalha contra a alcoolemia no trânsito está rendendo bons frutos. O diretor-presidente do Detran/RS, Alessandro Barcellos, lembra que no Carnaval de 2012, 32% dos testes de etilômetro davam resultado positivo, contra 8% neste feriadão. Para ele, é hora de evoluir igualmente no

que se refere, principalmente, à velocidade. Ele está certo de que muita gente perderá a carteira em função dos excessos de velocidade deste Carnaval: – Não vamos, em nenhum momento, fugir das responsabilidades atinentes ao poder público, mas há uma responsabilidade que é intrínseca ao condutor. Vamos intensificar campanhas de informação aos condutores, para que todos estejam cientes que, além da multa nos casos de excesso de velocidade, são abertos processos de suspensão de dirigir nos casos em que o excesso de velocidade supera em 50% o limite estabelecido para as vias – informa.

Tratativas para uso do equipamento já foram iniciadas Se o álcool está sendo coibido com eficiência, em breve outras substâncias que alteram a percepção e os reflexos também estarão sendo testadas. Quem informa o início das tratativas para trazer para o Estado o teste, já conhecido popularmente como “drogômetro”, é o tenente coronel Alberto Grillo, do Comando Rodoviário da Brigada Militar. Ele explica que se trata de um teste simples e rápido, não-invasivo, que revela o consumo de substâncias não permitidas mediante o simples toque na pele ou saliva do condutor. O vice-governador Beto Grill declarou que acredita em fiscalização mais presente e mais rígida, informando que está trabalhando para ampliar a rede de controladores eletrônicos de velocidade no Estado: – Estou certo que esta medida poderá resultar em uma queda no número de acidentes para a metade.

Trio é preso com quase 20 mil CDs e DVDs em Gravataí Três pessoas foram presas, na última quartafeira (13), na rua Inglaterra, em Gravataí, com 7,6 mil mídias virgens, além de 11.640 DVDs e CDs gravados. Além disso, o trio estava com 33 mil embalagens plásticas, uma televisão de plasma, 28,5 mil folhas de papel e uma máquina de cartão de débito. A suspeita é de que o local seja utilizado para a falsificação de CDs e DVDs. Entre os presos está um homem foragido da justiça.

Homem é assassinado em Cachoeirinha Um homem foi assassinado, no início da madrugada desta quinta-feira (14), na rua Curitiba, bairro Vila Anair, em Cachoeirinha. De acordo com os policiais do 26º Batalhão de Polícia Militar (BPM), a vítima, de 31 anos, com antecedentes criminais, foi atingida por cerca de 15 disparos. O nome do homem não foi divulgado. Segundo os policiais, testemunhas relataram que duas pessoas em uma motocicleta Honda, modelo Hornet, de cor vermelha, teriam passado pela via e matado o homem. A dupla fugiu para dentro do bairro. Ninguém foi preso. A Polícia Civil irá investigar o caso.

Maior número de ataques com explosivos desde 2010 No Rio Grande do Sul, os primeiros meses do novo ano já registram três ataques com explosivos, todos ocorridos em fevereiro. O ano de 2012 terminou com 120% mais ataques com explosivos no Rio Grande do Sul. Foram 33 ocorrências com explosivos em agências ou postos bancários, pedágios, entre outros.


Entretenimento

Gravataí, 15 a 17/02/2013 - Pág. 10

Fotos divulgação/jg

Resumo de Novelas

Culinária JG

Bianca Jacoby voltara no desfile das campeãs deste sábado

Nara Gomes Massulo - Nutricionista - naramassulo@terra.com.br

A

Armadilha

Dupla de

www.coquetel.com.br Imitar o atacantes da Seleção Banda do Tetra baiana Ramo da de axé Medicina music que se ocupa da gestante Madura Doença Dupla tropical sertaneja da música "Tem que Ser Você" Latim (abrev.)

som da ovelha Cão, em inglês

Difamadora Estilo de dança

Mamífero ungulado de forte carapaça

Otite média (?): infecção do ouvido Cerimonioso Ave dos cerrados

Brinquedo como o Playstation

Neles é

© RevistasGato,COQUETEL em envelhe- 2011

Ator de "Robin Hood" (Cin.)

inglês El. comp. de "pedologia" Apelido de Lamartine Babo (MPB)

Antigo anestésico cirúrgico

Tecido usado para limpar motores

(?) Ferrero, vocalista do NXZero

Fécula usada em mingaus Telhado Acinzen(p. ext.) tado O da festa de São "Tem gato João é junho Zagueiros na (?)" É usada Que fala 409, em "Lar" do (dito) na pouco romanos vira-lata furadeira Alcunha de Luís Bacalhau, (?) de Estado inMurilo XIV, de emNeve, inglês Benício, diano ondeFrança se fala igreja eator português vangélica brasileiro Genitor Portal de Capital A figura templos mato(?) Trocam vista na no Japão grossense periodi- Cama- Clapton, miragem reiro cantor de camente "Layla" Que não apresenta Reza DesabroReferente mistura cha (o à maçã Aditivo botão) do rosto Quociente do sal (?) as de inteliEt cetera cadeiras: gência (abrev.) Idolatrar rebolar (sigla) (fig.) Tipo de (?) meia mostarda, Descenarma De baixa Dança dente do química caloria originária Arqueop(ingl.) dos EUA terix Flutuador (?) Gibson, usado em ator de Laços piscinas Acredita; Está "Coração fortes tem fé (pop.) Terra arValente" Condição gilosa de da pessoa cor averde sangue melhada azul (pop.) Partido de Espírito oposição Normal; padrão Interjeição gaúcha Santo no GoverBabosa de espanto (sigla) 1, em Que não possui no Vargas romanos formas diametralDivisão do tempo InstantâTenista mente iguais geológico nea espanhol, rival de Flúor Federer (símbolo)

Rede de pesca em massa

13

BANCO

13

BANCO

cido o vinho

(?) Miró, pintor catalão Recurso para tentar Raio evitar o (abrev.) divórcio Vereador

Rua (abrev.)

Define as normas (?)-mail: técnicas correio eno Brasil letrônico Cólera

Tabaco, em francês A linha traçada utilizando a régua

Solução Solução Solução anterior

C D P J H V I C T O R E L E O

Em outro ângulo no carro açoriano

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS © Revistas COQUETEL 2011 CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br PALAVRAS

A B T E N A E C I S R A R A TT UEB R O D PI P AI SI R A B A L D B N D E E T E R I C T R A C O C R A C A R S A E V A TT A A D A A LL N B H A R I C O

Miss Turismo RS 2012/2013, a gravataiense Bianca Jacoby Bierhals, participou pela terceira vez, na última sexta-feira (8), de um desfile de escola de samba no carnaval, a segunda vez na Acadêmicos de Gravataí. Bianca conta que ficou muito feliz ao receber o convite do Anderson Nascimento, um dos organizadores da escola. Conta ainda que na hora do desfile chovia e o “friozinho na barriga” era muito grande, pois além de ter que representar condignamente seu título de Miss Turismo RS, também tinha que demonstrar alegria e descontração, e a felicidade que sentia em poder desfilar na avenida com toda a sua espontaneidade, demonstrando todo o amor que estava sentindo pela escola e por sua cidade. – Gostaria de salientar que a roupa que estava usando era um traje típico açoriano, fornecido pela escola, para que eu desfilasse no carro dos mercadores açorianos – conta. Bianca lembra que, ao final, quando o último carro alegórico saiu da avenida, teve a certeza de que a Acadêmicos voltaria no desfile das campeãs deste sábado. Também diz que ficou muito impressionada com a alegria e com o empenho de todas as pessoas que participaram do desfile que foi realmente lindo. – Estou muito orgulhosa da escola e com certeza participarei do desfile das campeãs neste sábado – afirma a Miss Turismo.

D V A O R LI A A D S E A O D Ã G G U I U A L M Q U E RI S F OI U O R DI A O

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora

Dissolver 50g de fermento em 100ml de leite morno. Misture a farinha, os ovos, o açúcar, a margarina, o sal, e depois o leite e o fermento. Descanse por aproximadamente 30 minutos para crescer. Amasse e corte em retângulos e fazer um corte no meio do retângulo para virar e descansar por mais 10 minutos. Frite em óleo quente a 180°. Passar no açúcar com canela.

D D NI E T

Salve Jorge Morena e Waleska não conseguem enganar Wanda. Berna pede para desabafar com Lívia. Morena garante a Waleska que não vai deixar que nada aconteça a seu filho. Pescoço mente para Delzuite para não trabalhar. Theo e Márcia se beijam. Helô fica animada por continuar investigando o caso de Aisha. Lívia manda Wanda não pensar em se envolver com Mustafá. Érica estranha o comportamento de Márcia e comenta com Julinha, que tenta disfarçar. Celso e Antônia assinam o divórcio e reclamam de compartilhar a guarda de Raissa. Márcia fala para Theo que Érica voltou para o Rio de Janeiro. Érica e Celso se beijam. Rosângela comenta com Morena que esteve na casa dela. Helô confidencia para Ricardo suas suspeitas contra Lívia.

Miss Turismo participa do Carnaval da Acadêmicos

uModo de preparo

C A R E G U D L B A S T T ES O T B M E Q E R S A U T U T L R M E I A M A A E R A C S A LT A R CI O D L T ET O T O C B O R L AI R M X O E R E E G A A B B RI E S O G A A E S M ATL W N B O E B A R T EI M A E LL O EE O N T AI M R E R A N F VA N E C L C O E O A R A S S I M E

Veruska observa Roberta guardar a chave de Vitório e avisa a Nenê. Roberta afirma que Charlô é apaixonada por Otávio. Felipe não dá atenção a Carolina. Kiko tenta tirar Nando do estúdio. Nenê e Veruska vão para o aeroporto. Roberta procura Nando no estúdio de Fábio. Analú acorda e se apressa para tentar ajudar Nando. Felipe entra em pânico com a decolagem e Carolina disfarça o riso. Juliana pensa em Nando. Analú leva Ulisses e Zenon para o estúdio de Fábio.

Bianca no carro dos açorianos que representava a escola

50g de fermento fresco, 100ml de leite morno, 500g de farinha, 3 ovos inteiros, 100g de açúcar, 50g de margarina e 1 pitada de sal.

3/cod — dog. 4/aloé — joan — sagu — tori. 5/twist.

Guerra dOs Sexos

uIngredientes

3/ave — cat — goa. 4/diet — edil — gris. 5/tabac. 11/assimétrico.

Lado a lado Berenice conta a Constância que Elias estudará na escola do morro. Padre Olegário aconselha Alice a esquecer Jonas. Alzira, mãe de Diva, chega ao teatro, e Frederico e Mario demonstram não gostar da surpresa.Guerra diz a Edgar que ele e Laura estão com ciúmes de Ferreira e Heloísa.

Cueca virada


Gravataí, 15 a 17/02/2013 - Pág. 11

Carnaval de Cachoeirinha acontece nesta sexta-feira

A

Três escolas de samba e dois blocos participam do desfile a partir das 21h na Vila City

diado em função do luto oficial pela morte do Padre Ermelindo e do exprefeito Valdecir Mucillo, o Carnaval de Cachoeirinha acontece nesta sexta-feira (15) na rua Mário Tavares Haussen, no loteamento Vila City Nova fase. Três escolas de samba e dois blocos participam do Carnaval cuja abertura está marcada para as 21h. A ordem do desfile, definida por sorteio, começa às 22h com o Bloco AfroTchê, às 23h a Escola de Samba Unidos da Betânia, às 24h o Bloco Skenta, à 1h a Escola de Samba Nação Unida e às 2h a Escola de Samba Rosas de Ouro. Cada grupo terá 40 minutos para se apresentar, com um intervalo de 20 minutos entre cada um. O carnaval de Cachoei-

rinha tem entrada gratuita. Haverá 19 postos de venda de alimentos e bebidas, distribuídos pelo local do desfile. Com relação à segurança, estarão trabalhando no evento 40 policiais da Brigada Militar e 21 da Guarda Municipal. A rua em que ocorrerá o desfile será bloqueada para a apresentação. Haverá uma ambulância de plantão no local. A diretora de Cultura, Sônia Zanchetta, revela também que a Prefeitura quer oferecer oficinas profissionalizantes às pessoas que trabalham no carnaval, possibilitando a estes profissionais gerarem renda o ano inteiro e não somente no período da festa. – Por exemplo, uma pessoa que trabalha fazendo a maquiagem daqueles que desfilam; com as oficinas, ela poderá se qualificar para

: Os desfiles iniciam às 22h com o Bloco AfroTchê

Fotos divulgação/jg

Touro: Seu regente continua sendo pressionado por Saturno e pedindo cautela em passos relacionados a sua carreira, pois pode mexer de forma não muito positiva com sua imagem profissional. Mas fique tranquilo, o sucesso continua.

Atividade é gratuita e aberta à população

trabalhar em um salão de beleza ou em outras apresentações artísticas, além do dia do carnaval – argumenta a diretora. Em Cachoeirinha, tanto a escola de samba quanto o bloco tem que ter no mínimo 150 componentes. A esco-

la ainda precisa ter bateria, mestre sala, porta-bandeira, samba enredo, entre outros quesitos técnicos. Já o bloco é uma reunião mais informal de pessoas que desfilam com uma roupa que as identifique – geralmente uma camiseta.

Saiba mais

A Escola de Samba Nação Unida terá 300 pessoas desfilando. O tema da escola deste ano será uma homenagem ao Nordeste, através de mitos e lendas. A Nação Unida contará também com uma escola de samba mirim, com 100 crianças entre 8 e 14 anos. A Escola de Samba Rosas de Ouro sairá com 250 integrantes. O tema escolhido é uma homenagem ao aniversário de 35 anos do tradicional clube de São Gabriel, o Jupob. A Escola de Samba Unidos da Betânia vai desfilar com 200 pessoas. O tema de 2013 da escola será o futebol. O Bloco Afro Tchê terá de 150 a 200 pessoas. O bloco investe no samba reggae e aposta na interação com o público da arquibancada. A percussão conta com um grupo de adolescentes oriundos de oficinas que os organizadores do bloco desenvolvem o ano inteiro. O Bloco Skenta terá entre 150 e 200 integrantes desfilando. O bloco vai homenagear o sambista gaúcho Carlos Medina, que morreu em 2011.

Tem show de Armandinho no Viva Verão

De sexta a domingo, ocorre a última etapa de programação do Projeto Viva Verão, de Cachoeirinha, com atrações como o desfile de Carnaval, na sexta, 21h, e o show nacional do cantor Armandinho, domingo (17), 21h30, no Parcão. Todos os eventos são gratuitos. O Carnaval de Cachoeirinha foi adiado da última segunda-feira para esta sexta devido ao falecimento do padre Ermelindo Lotter-

mann e do ex-prefeito Valdecir Mucillo. Encerramento No domingo ocorre o encerramento do Viva Verão 2013. O evento iniciou no dia 26 de janeiro com a missão de oferecer atrações culturais e esportivas para os moradores da cidade todo final de semana. Todos os eventos ocorrem no Parcão.

Áries:As energias continuam sem muitas mudanças e trabalham a favor de suas investidas profissionais. Os negócios continuam andando para frente sem muitos atropelos, mas pedindo cuidados com situações inusitadas.

Gêmeos: As energias continuam estáveis durante estes dias, mas com grande chance de mudanças e novidades em sua carreira. Algo muito novo pode surgir e mudar o rumo de algumas escolhas feitas no passado. Fique atento às oportunidades. Câncer: Nesta fase, você pode olhar com mais seriedade e carinho para o amor que desencadeia sentimentos de maior responsabilidade e desejo de estabilidade dentro de você. Trabalho e saúde continuam em boa fase. Leão: As emoções buscam estabilidade e encontram um sentido nas coisas mais sérias que nas mundanas. O momento pede responsabilidade e certo esfriamento e racionalidade. Os relacionamentos fazem parte desse mesmo processo. Virgem: As energias continuam mexendo com seus relacionamentos, mostrando que muita coisa deve ser esclarecida por meio de conversas, apesar das confusões que podem desencadear. Todo mal entendido deve ser esclarecido. Libra: Seus relacionamentos são novamente mobilizados durante este dia e você deve estar aberto para conhecer pessoas diferentes e enfrentar situações inusitadas. O momento continua sendo de muito trabalho e estresse. Escorpião: Há um grande movimento em seu coração e o amor pode ser despertado, especialmente aos escorpianos solitários. Um relacionamento mais sério pode começar. Os já comprometidos podem estar enfrentando algumas mudanças. Sagitário: As energias continuam voltadas para os relacionamentos e para sua casa. Caso seja casado pode enfrentar algumas mudanças, mas todas bastante positivas. O momento é ótimo para clarear mal entendidos nos relacionamentos familiares. Capricórnio: Tome cuidado com mal entendidos que podem ocorrer especialmente em reuniões de negócios ou na assinatura de alguns contratos.

Armandinho sobe ao palco no domingo

Deixe a Luz Acesa

A trajetória emocional e sexual percorrida por dois homens que vivem experiências de amor, dependência e amizade. O documentarista Erik (Thure Lindhardt) e o enrustido advogado Paul (Zachary Booth) se conhecem casualmente em Nova York. O que a princípio poderia ser apenas um encontro sexual fortuito, torna-se um relacionamento sério. Quer individualmente, quer como casal, Erik e Paul vivem intensamente todo tipo de riscos, compulsivamente e incitados pelas drogas e pelo sexo. Numa relação de quase uma década, marcada por altos e baixos e por padrões disfuncionais, Erik procura negociar os seus limites, enquanto busca a sua verdade.

Aquário: O momento continua ótimo para os seus relacionamentos e as finanças. No entanto você precisa cuidar de seu mundo emocional, pois existem conteúdos inconscientes que pedem urgência e precisam ser trazidos à tona para transformações. Peixes: É possível que você esteja altamente energético, mas também muito confuso neste período. Racionalidade, foco e pés firmes no chão são as urgências desta fase.


JORNAL DE GRAVATAÍ Sexta-feira a Domingo, 15 a 17 de fevereiro de 2013

~

Especial de Verao - Por Katterina Zandonai

limao queima!

BOCA FECHADA Especialistas alertam que os produtos que oferecem mais riscos são aqueles comercializados na beira da praia. Um dos principais vilões são os pasteis e os famosos queijinhos. Maionese, somente industrializada. Nada de maionese caseira. Em caso de náuseas, vômito, diarreia, dor abdominal ou febre por consumo, procurar a Vigilância Sanitária local ou pelo telefone 150.

MELHOR AMIGO EM CASA

É p ro ib id a a p re s e nça de an a re ia d a s im a is n a p ra ia s . O s donos re s p e it a re q ue desm p o d e rã o ser con D e le g a c ia d u z id o s à d e Po lí c ia . O s a n im e s ti v e re m a is q u e s e m re s p onsável s lh id o s p e e rã o re c o la P re fe it u ra . To d o s o s b ic h in o s devem us ra e m lo a r c o le ic a is p ú b li c o s, espec n a s c a lç a ia lm e n te d a s ju n to a a re ia d dono do a a p ra ia . O n im a l é o b ri g a d o a re c o lh e r as fe z e s d os animai s. E la s s u ja m a c id a d e e podem p ro vocar doe nças.

Tome muito cuidado com a limonada e a caipirinha, pois o limão provocada queimaduras. Tome alguns cuidados: 1) Lave muito bem a boca, o rosto e as mãos depois de consumir algo com a fruta. 2) Fique na sombra 3) Tome caipirinha ou limonada de canudinho. 4) Ao usar limão na beira da praia ou piscina, segure-o com pano de prato ou guardanapo.

gar praia e lu o de diversa r pesca Não pratica s náuticos ou esporte utilizados em lugares istas. Pilote pelos banh es e jet skis embarcaçõ for habilisomente se tado. es, e m b a rc a ç õ Em o c o le te a o p e rm a u s e s e m p re m e c u id a d o to e s a id -v uva com s a lv a caso de ch m E . é p e e ri r b e necer d e a p ó s in g ia ra p a d ua e ra io , s a ia e n tr e n a á g o ã n , s a c li b id a s a lc o ó n e m d ir ij a .

tchau Horario de verAo Após quatro mese s, o horár io de verão termin ará à 0h deste domin go (26). Os gaúch os terão que atrasa r o relógi o em uma hora. A muda nça no horár io ocorr e, todos os anos, entre o tercei ro domin go de outub ro e o tercei ro domin go de fevere iro. Se a data coinc idir com o domin go de Carnaval --com o ocorre neste ano--, o final do horár io de verão é transf erido para o próxim o domingo .


Veículos & CIA Caderno semanal do Jornal de Gravataí - Sexta a Domingo, 15 a 17 de fevereiro de 2013 - ANO 3 - No 162

Carros com sabor tupiniquim

E

Conteúdo dos automóveis nacionais é influenciado por manias e costumes do público

xecutivos da indústria automobilística costumam dizer que o consumidor brasileiro é dos mais exigentes do mundo, embora o nível tecnológico e a qualidade dos automóveis que a maioria tem acesso não sejam dos melhores. Ainda assim o público dá seus pitacos e não perdoa quando uma montadora erra algum detalhe que fere seu costume. Essas interferências passam por detalhes no visual dos carros, como um parachoque pintado, e vão até componentes que nem são visíveis, como os estepes completos que os automóveis nacionais carregam escondidos no porta-malas ou abaixo do assoalho. Acertar ou não a “mão da massa” é uma questão de proximidade com o consumidor, um processo que pode ser um tanto tortuoso para uma montadora. Geralmente acerta com maior frequência as fabricantes que estão instalados no Brasil há mais tempo. Há algumas semanas, na apresentação do 208 nacional, o presidente da PSA no Brasil, Carlos Gomes, fez questão de dizer que a versão brasileira exibia o escapamento, ao contrário da francesa, “porque as pesquisas que fizemos apontaram que aqui o cliente quer vê-lo exposto na traseira do carro”, explicou. Já quem chegou a pouco e veio mal assessorado acaba cometendo alguns deslizes e muitas vezes a solução do problema já surge na linha seguinte do produto. Ou não... Interior preto Foi-se o tempo dos carros nacionais com acabamento interno em tons claros, como bege ou branco,

ou tons mais fortes e chamativos, como vermelho ou azul. No atual cenário impera o preto com raríssimas exceções. Painel, bancos, parte interna das portas, assoalho, console, volante. Praticamente todos os componentes de cabines de automóveis nacionais vem no tom preto. A desculpa para isso ter virado padrão é a capacidade de peças dessa cor não apresentarem aspecto de encardido, o que consequentemente melhora o valor do veículo na revenda. Escapamento aparente O carro brasileiro precisa ter um escapamento aparente, seja ele de verdade ou não. Nunca reparou? Pois então comece a prestar mais atenção aos carros na rua. Os canos de escape são supervalorizados no Brasil com peças prolongadas, que acabam ficando mais expostas no traseira, ou então ao adotar uma solução à brasileira, com peças ou prolongamentos do parachoque que fingem ser um escape bacana – Fiat e Peugeot são “mestres” nesse quesito. Vidros “um toque” Uma moda recente no Brasil são os vidros elétricos “um toque” (há quem prefira dizer “one touch”) para todas as janelas e em todo e

qualquer carro. Fora do País esse item é até comum, o que muda é a forma como ele é utilizado. Geralmente apenas a janela do motorista conta com esse recurso, por uma questão de segurança para não atrapalhar a condução. Há ainda veículo em que os vidros abaixam ou sobem com apenas um toque no botão, por isso a necessidade de um sistema anti-esmagamento para evitar acidentes. Estepe externo Carros normais que são adaptados ao estilo aventureiro – vide o CrossFox e Idea Adventure – tendem a aderir ao estepe instalado na parte traseira, como se fossem jipes. Esse tipo de configuração geralmente cria um elemento dificultador na operação de abrir e fechar o porta-malas. Ganha-se em estilo, mas perde-se em praticidade, sem falar no maior risco de ter o pneu sobressalente furtado. Estepe completo O brasileiro e suas manias com pneus... Na Europa e Estados Unidos hoje em dia já é comum os carros não terem mais o pneu sobressalente guardado no portamalas para o caso de emergências. A solução encontrada para eliminar

esse estorvo pesado e espaçoso no bagageiro são pequenos kits capazes de reparar o pneu e inflá-lo novamente. Diversos modelos à venda no Brasil já possuem esse recurso em suas versões oferecidas no exterior ou então contam com os chamados “pneus de emergência”, que são menores e mais leves. Já os carros nacionais e muitos modelos importados à venda no País trazem o pneu e roda reservas iguais ao que já vão instalados no veículo, um sinal de valorização. Botão dos vidros elétricos nas portas “Mania de francês”, os comandos do vidro elétrico fora das portas é considerado um pecado pelo consumidor brasileiro. Comuns em modelos atuais da Peugeot e Citroën, os botões na posição inadequada também já apareceram em carros da Renault e Volkswagen, que abriram os olhos e integraram os comandos ao acabamento da parte interna das portas. Quem não mudou é alvo fácil de críticas negativas. Para-choques na cor do veículo Atualmente são poucos os carros, mesmo os modelos de baixo custo, que saem de fábrica sem os para-choques pintados na mesma cor da carroceria. Esse acabamento até pouco tempo ainda era oferecido como item opcional e acrescentava cerca de R$ 500, quando não mais, ao valor final do veículo. Era isso ou então ter um carro bicolor. A tinta sobre o plástico da proteção também preserva o material, que exposto ao sol acaba desbotando.


2

Veículos & CIA

Sexta a Domingo, 15 a 17 de fevereiro de 2013

Volkswagen do Brasil registra o melhor janeiro de sua história Gol, líder de vendas há 26 anos seguidos, continua na 1ª colocação em janeiro com 22.337 unidades

A

Volkswagen do Brasil registra o melhor janeiro de sua história em vendas, com um crescimento superior ao da própria indústria de veículos. Enquanto o mercado brasileiro cresceu 17,6% nas vendas em relação a janeiro de 2012, a Volkswagen do Brasil elevou as vendas em 19,3%, totalizando 60.893 unidades em relação ao mesmo período de 2012, quando comercializou 51.047 unidades, registrando um market share de 20,5% (em janeiro de 2012 era 20,2%). “É um ano que começa bem e isso é muito importante para nós. 2013 marca o aniversário de 60 anos da Volkswagen no Brasil, que foi a primeira fábrica da marca construída fora da Alemanha. Chegar às seis décadas comemorando mais um recorde histórico é uma demonstração que estamos no caminho certo” afirma o presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall.

No segmento de automóveis de passeio, a Volkswagen apresentou em janeiro de 2013 um crescimento de 19,3% em relação a janeiro de 2012, totalizando 50.260 unidades contra as 42.126 comercializadas no período. O modelo mais vendido do mercado brasileiro com 22.337 unidades é o Gol, que acaba de completar a marca inédita de 26 anos como o carro mais vendido do País. Com essa liderança ininterrupta a empresa conquista o marco de 50 anos na primeira colocação no ranking de produtos com um modelo Volkswagen no mercado (somados aos 24 anos do Fusca). Além disso, possui a maior linha de produtos, com 22 modelos da marca entre nacionais e importados. O Fox, é o 2º modelo mais vendido da marca e ocupa a 4ª posição entre os mais vendidos do País, com 12.436 unidades em janeiro. Na sequência, o Voyage que

figura entre os 10 mais vendidos do mercado nacional, com 8.024 unidades no período. No segmento de comerciais leves, a Volkswagen apresentou um crescimento de 19,2% sobre janeiro do ano passado, com 10.633 unidades emplacadas.

O modelo mais vendido da marca no segmento é a Saveiro, que totalizou 5.925 unidades, seguido da Amarok, com 2.014 unidades ante 1.442 vendidas em janeiro de 2012. O ano começou aquecido pelos efeitos das vendas de dezembro, embaladas pelos importantes lan-

çamentos que realizamos em 2012, como o Novo Gol e o Novo Voyage. Em 2013, teremos ainda mais novidades em nosso portfólio, que é o mais completo da indústria, para atender e superar as expectativas de nossos clientes, destaca a vicepresidente de Vendas e

Marketing da Volkswagen do Brasil, Jutta Dierks. Em 2012, a Volkswagen alcançou o maior volume de vendas da sua história (768.395 unidades) e recorde no volume de produção do ano, com 852.086 unidades, consolidando o posto de maior fabricante de veículos do País.

Caminhões Mercedes-Benz passam a ter freios ABS A partir deste ano, duas linhas de caminhões Mercedes-Benz passam a ter freio ABS como equipamento de série. A mudança atende á resolução 380 do Contran, de abril de 2011, que estabeleceu a obrigatoriedade da utilização do sistema ABS em caminhões produzidos a partir de 2013. Segundo a norma, desde janeiro, pelo menos 40% da produção de veículos da categoria precisa sair de fábrica com o equipamento. Para atender a esse percentual

de aplicação, as linhas Atego e Axor contam com ABS, a partir de uma ação pioneira da Mercedes-Benz, demonstrando sua preocupação com a segurança nas estradas. A partir de 2014, 100% da produção de caminhões Mercedes contará com o sistema de freio – estendendo às linhas Accelo e Atron. A resolução do Contran visa a aperfeiçoar e atualizar os níveis de segurança oferecidos pelos veículos automotores, minimizando riscos aos condutores, passageiros dos veículos e todos os usuários

a Gaúcho Diesel, localizada em Santa Cruz do Sul.

das estradas. No Vale do Rio Pardo, a concessionária Mercedes-Benz para veículos comerciais é

CENTRAL

DOS CARDAN

Recuperação – Balanceamento Peças para Eixo Cardan em Geral Serviço de Socorro Fone/Fax 3423.3208 – 9112.5108 ERS-118 Km 21 nº 1040 Pavilhão 2 Gravataí - RS

VANTAGENS DO SISTEMA ABS O sistema antitravamento das rodas (ou anti-lock braking system, em inglês), como o próprio nome sugere, evita que as rodas travem durante o processo de frenagem, oferecendo maior estabilidade e dirigibilidade ao veículo em situações adversas, principalmente nos casos em que a pista estiver escorregadia.


Sexta a Domingo, 15 a 17 de fevereiro de 2013

Veículos & CIA

Kawasaki Z800 chega a partir de R$ 35.990 no país Modelo naked substitui Z750, no mercado desde 2007

A

Kawasaki apresentou nesta semana a Z800, naked apresentada na Europa em outubro e que substitui a Z750, lançada no Brasil em 2007 e, desde 2009, produzida no Brasil. A novidade – que assim como a antecessora é fabricada em Manaus – custa R$ 35.990 na versão sem ABS e R$ 38.990 quando equipada com o sistema de freios antitravamento. Segundo a marca japonesa, a Z800 chega às concessionárias da marca após o Carnaval nas cores branca, preta e verde. De acordo com Ricardo Suzuki, gerente de Planejamento da Kawasaki do Brasil, a Z800 deve responder em 2013 por uma participação no mercado de motos naked de 600 cm³ a 1000 cm³ – cuja líder é a Honda CB 600F Hornet – em torno de 15%, mantendo os números da antecessora. No último ano, a Z750 emplacou 1.252 unidades no mercado nacional, somando aproximada-

mente 5.500 emplacamentos ao longo dos cinco anos que esteve em linha. Foi a segunda moto mais vendida da Kawasaki em 2012, perdendo apenas para a Ninja 250R – então o carro-chefe da marca –, que vendeu 3.211 unidades e a ER-6N (1.174 emplacamentos), naked de 650 cm³ e que sai por R$ 25.990. Ao todo, a marca comercializou 9.203 motos. Mudanças Ainda de acordo com a Kawasaki, a “Z800 é uma moto totalmente nova em relação à Z750”. Trocou-se desde os faróis, piscas, lanternas e tanque, até pneus, ponteira de escape, freios e motor. Este, agora com 806 cm³, é 58 cm³ maior que o da Z750 e produtor de 113 cavalos (106 cv na antiga) a 10.200 rpm, e 8,5 kgfm de torque a 8.000 rpm – ante 8 kgfm a 8.300 rpm da antecessora. O câmbio continua com seis marchas.

BMW vende Husqvarna A BMW anunciou que vendeu a marca Husqvarna para a empresa austríaca Pierer Industrie AG. A marca alemã alega que “está realinhando seus negócios referentes à BMW Motorrad (sua divisão de motocicletas)” e que “expandirá sua oferta de produtos com o objetivo de explorar um potencial de crescimento futuro, cujo foco será a mobilidade urbana e a mobilidade elétrica (e-mobility)”. Na prática, a BMW concentrará seus recursos nas próprias motocicletas e scooters. Ainda de acordo com a marca, as duas empresas decidiram em não divulgar o valor da operação. No Brasil Segundo a BMW do Brasil, todas as operações da Husqvarna no mercado nacional foram canceladas: as concessionárias BMW Motorrad destinavam um espaço exclusivo da Husqvarna – com identificação própria da marca sueca – para a venda dos modelos TE 310R e TE 477, enquanto a Nuda 900 – que tem como base a BMW F 800 R, seria montada em Manaus. A Pierer Industrie AG, nova dona da Husqvarna, ainda não informou se manterá ou não as operações no Brasil.

3


4

Veículos & CIA

Sexta a Domingo, 15 a 17 de fevereiro de 2013

General Motors mostra novo Prisma

A

General Motors divulgou nesta quinta-feira a primeira imagem oficial do novo Prisma, a versão sedã do Chevrolet Onix. O lançamento – um dos mais aguardados do ano – foi marcado para o início de março, quatro meses após o desembarque do hatch no mercado brasileiro. As imagens, ainda que escondam o carro parcialmente, mostram um sedã de traseira curta, de apelo mais esportivo. “O desafio era dar personalidade ao produto com traços tradicionais de um sedã alinhados a cortes esportivos e joviais. É o que podemos chamar de um Sport Sedan”, explica Carlos Barba, diretor de design da GM América do Sul. Entre as novidades, a GM destaca o avanço do sistema multimídia MyLink: “agora, esta tecnologia está mais atrativa, com dois novos

Sedã do Onix será lançado em março no mercado nacional

aplicativos além do Stitcher. São eles o TuneIn e o BringGo”. A mar-

ca não cita os motores do Prisma, que devem seguir a oferta do hatch,

Audi lançará perua mais veloz do mundo O Salão de Genebra ocorrerá apenas no mês que vem, mas as fabricantes estão empenhadas em atrair as atenções desde já. A Audi, por exemplo, anunciou que vai lançar na mostra a novíssima geração do RS6 Avant, a qual, de acordo com a empresa, será a station mais veloz do mundo. Para comprovar, a Audi se baseia nos números: a aceleração de 0 a 100 km/h da perua é feita em apenas 3s9. Já a máxima é de 250 km/h. Mas calma, essa velocidade é limitada eletronicamente na configuração padrão. Se equipada com o pacote Dynamic, esse Audi pode chegar a 280 km/h, enquanto o kit Dynamic Plus permite ir além: 305 km/h! Esse desempenho é obtido graças ao novo motor 4.0 V8 biturbo, que produz 560 cv e 71,4 mkgf de torque. O câmbio, como convém a um legítimo RS, é um Tiptronic de 8 marchas que também pode ser comandado por meio de borboletas junto ao volante. A tração é integral quattro, obviamente. Outra atração do novo RS6 Avant é o sistema que desliga as válvulas de admissão e escapamento de metade dos cilindros quando o carro está em velocidades intermediá-

rias, proporcionando maior economia de combustível. Mas basta o motorista acelerar um pouco mais forte para o motor voltar a atuar como um V8. De acordo com a empresa, esse sistema, batizado de COD, permite reduzir o consumo em crca de 5%. Além disso, a carroceria da nova station é aproximadamente 100 kg mais leve que a da geração anterior, graças ao uso de mais componentes de alumínio e isso também resulta em um menor consumo de combustível. De acordo com a Audi do Brasil, o novo RS6 fará a sua primeira aparição no país em setembro, durante a disputa da etapa brasileira do WEC (World Endurance Championship), o Campeonato Mundial de Endurance, em Interlagos, na capital paulista e será comercializado até o fim do ano.

que traz blocos 1.0 (80 cv) e 1.4 (106 cv)..

Acessórios para carros faz sucesso O site MercadoLivre (www.mercadolivre.com. br) divulgou um ranking com as categorias mais procuradas de 2011 e 2012. O intem “Acessórios para veículos” passou da terceira para a segunda posição de um ano para outro. Entre as preferências dos internautas estão cinco subcategorias: peças para carros, acessórios de carros, peças de tuning, som e vídeo e acessórios de motos. Entre as peças de carro estão sistema de iluminação, que podem ser de LED ou xênon, capas para volante e bagageiro de teto. Na segunda categoria, a de acessórios, encontramos capota marítima, alarmes, sensores de estacionamento e tapetes. Para quem gosta de deixar o carro mais esportivo, o tuning pode ser feito com o kit coluna com manômetros, volantes esportivos, faróis com máscara negra e adesivos que imitam fibra de carbono. A categoria de sons e vídeos abrange aparelhos de DVDs e altofalantes mais potentes.


ANO 8 - EDIÇÃO 1639ª - DIÁRIO - SEXTA A TERÇA-FEIRA, 15 A 17 de fevereiro DE 2013 - R$ 1,00