Issuu on Google+

Jornal de

Elias Fausto

ano I

Edição Ediçãonº nº131 Distribuição Gratuita

21 de a 04 de2014 julho de 2014 03 a 17junho de janeiro

Personagens Página 04

JEF

informação

no Ponto Certo

Editor: Marcelo José do Canto

Prefeitura quer acelerar obra de casas populares Objetivo é que empresa responsável antecipe o prazo que estava estipulado em 18 meses: são 142 unidades

Mauro

Toninho

Editorial A Copa do Mundo está em pleno vapor e parece que ainda não empolgou muito, não! Se dentro do campo continua morna, sem esquentar, nas arquibancadas e nas ruas a atitude de todos foi bem diferente. Vou refletir sobre três delas. Começando pela festa de abertura, motivo de críticas de muita gente. Eu, particularmente, gostei da simplicidade e da beleza praticamente artesanal dos detalhes para mostrar um pouco da nossa... Página 02

Artigo Como não fazem nada de realmente vital, não salvam vidas, não se importam com o perrengue geral dos humanos, podem ficar por lá, se divertindo com a tola emoção dos torcedores. Assim, acordaram mais sarcásticos que o de costume na terça-feira e decidiram que Neymar não ia jogar. Tudo bem entrar em campo. Mas nada de jogar. E foi assim. O “cara” do Brasil teve uma atuação comum. Correu... Página 02

Novo ônibus

Um novo ônibus já está disponível para o transporte na área de educação do nosso município. A entrega do novo ônibus escolar foi realizada na quarta-feira (11/06), em Artur Nogueira, e contou com a presença do governador Geraldo Alckimin.

Pág. 03

Futebol define finalistas neste final de semana As equipes que vão brigar pela vaga são A.F.C. x Democratas e Kautela x Futsal Futuro: promessa de equilíbrio e emoção

Pág. 08

Jogos equilibrados reabrem Ginásio Municipal Três jogos muito disputados marcaram a reabertura do Ginásio Municipal de Elias Fausto, na quarta-feira (11/06). Na primeira partida, pela Categoria Sub-16, Elias Fausto foi goleado pela equipe Educando para a Vida, por 5 a 2. Já a Seleção de Elias Fausto empatou em dois gols com a forte equipe da Padaria Nova Aliança, de Indaiatuba. Atual campeão municipal, o Pé de Limão empatou com o Futsal Futuro em três gols e acabou derrotado na disputa de pênaltis por 5 a 4. Com a reforma efetuada, o Ginásio Municipal está com nova pintura no

telhado interno e externo, reformas nos banheiros, internos e externos, pintura da quadra, pintura em todo o

gradil lateral, colocação de um novo gradil no saguão em frente ao bar e reforma do bar. Também houve trocas de

bacias sanitárias e portas de todo banheiro, além de uma cobertura de proteção para o representante.


02 | Opinião

Jornal de Elias Fausto

Editorial

Copa, ‘ei Dilma...’ e feriados A Copa do Mundo está em pleno vapor e parece que ainda não empolgou muito, não! Se dentro do campo continua morna, sem esquentar, nas arquibancadas e nas ruas a atitude de todos foi bem diferente. Vou refletir sobre três delas. Começando pela festa de abertura, motivo de críticas de muita gente. Eu, particularmente, gostei da simplicidade e da beleza praticamente artesanal dos detalhes para mostrar um pouco da nossa cara. Acho até que não precisava a presença da Cláudia Leite, Jennifer Lopez e Pitbull para fechar o espetáculo. Totalmente fora do nosso contexto.

As pessoas confundem abertura de Copa do Mundo com Olimpíadas. Tenho absoluta certeza que os críticos nem se lembram da festa de abertura das duas últimas copas. Confundem com Olimpíadas e aí sim fazem sua comparação. Copa do Mundo tem um limite de integrantes que podem fazer parte do espetáculo. Dentro dessa exigência, nosso espetáculo não foi nada inferior aos realizados nas últimas copas da Alemanha e África do Sul. Nas arquibancadas, a polêmica – e que gerou manifestação de inúmeras personalidades das mais variadas categorias – ficou

para o momento em que a torcida, em coro, entoou um grito nada cordial para a nossa presidenta: Ei, Dilma, vai... Sinceramente não gostei dessa atitude. Não vejo nenhuma vantagem em fazer isso para que todo mundo assista. A torcida poderia, pelo menos, usar a criatividade característica dos brasileiros e entoar um coro pedindo para que o povo, por exemplo, não vote na sua reeleição. Na terceira, aproveito para fazer uma crítica ao dia dos jogos do Brasil. A FIFA bem que poderia ser um pouco mais inteligente e programar a abertura e pelo menos alguns jogos do Brasil para sábado, do-

mingo e até feriado. Não atrapalharia o dia a dia e, ainda por cima, daria tranquilidade para todo mundo. O pior é que com a Copa em pleno vapor ainda tem políticos tentando decretar feriados para os dias de jogos do Brasil. Só faltava essa... É o fim da picada! Falando em feriado, o Brasil tem tanto feriado, mas tanto, que, ultimamente, tem muita gente que torce por dias normais. Aliás, será que os eliasfaustenses sabem quantos feriados temos por ano? Em média são 16 do contexto federal. Somando mais dois que são exclusivamente de nossa cidade, esse número sobe para 18.

E sabe de uma coisa: estão querendo criar mais dois feriados em Elias Fausto! Um para comemorar o Dia da Consciência Negra e outro do Funcionário Público. Tenho plena consciência da eterna dívida que temos com a raça negra e também considero indispensável que tratemos bem os servidores públicos de nossa cidade, que continuam sem definição do índice de reajuste para seus salários. Muitos dos meus familiares foram ou são funcionários públicos. Mas... Será que precisamos de dias específicos para prestar essas homenagens? Gente... Gente... Gente... Vamos trabalhar!

Artigo

Os Deuses do futebol são engraçados

Como não fazem nada de realmente vital, não salvam vidas, não se importam com o perrengue geral dos humanos, podem ficar por lá, se divertindo com a tola emoção dos torcedores. Assim, acordaram mais sarcásticos que o de costume na terça-feira e decidiram que Neymar não ia jogar. Tudo bem entrar em campo. Mas nada de jogar. E foi assim. O “cara” do Brasil teve uma atuação comum. Correu, tentou, chutou... Mas sem a benevolência dos ociosos deuses do futebol, passou longe de seu melhor futebol. E foi por isso que a Seleção Brasileira se tornou um time assim... comum. Totalmente dependente da atuação de seu maior craque, o selecionado, sem inspiração, não conseguiu passar pelo time mexicano, taticamente disciplinado e muito motivado para não sair do campo com

uma derrota. Os deuses abandonaram Neymar Júnior contra o México. E, como sem Neymar o Brasil é, no máximo, um México, nada mais justo que um empate sem gols. Vão por aí falar que o goleiro mexicano fez grandes defesas... Não acho. Três boas defesas em bolas que foram exatamente onde o cara estava. Talvez exceção feita à cabeçada de Neymar no primeiro tempo. Mas essa também não foi “aquela” defesa. Qualquer bom goleiro poderia executa-la. Um goleiro de seleção, certamente teria a obrigação de defender tal bola. É preciso reconhecer que o Brasil tem uma séria dependência do futebol de Neymar. E talvez de Oscar, quando eventualmente ele brilha. Fora isso, temos um time bom e comum. Muito longe da coletivi-

dade que se vê numa Alemanha, numa Holanda ou até num México, para falar dos padrões atuais. Isso é perigoso no sentido de que, coletivamente, o Brasil é frágil. Depende do brilho de sua maior estrela, da mesma maneira que Portugal depende de Cristiano Ronaldo e a Argentina de Lionel Messi. Contudo, qualquer um desses times podem acabar coma faixa de campeão. Mas vai depender do humor dos deuses de futebol. Enquanto que Alemanha e Holanda mostraram um futebol de conjunto, onde seus craques são apenas peças de um esquema inteligente e funcional. Também isso, da mesma forma, não permitem cravar que serão campeões. O futebol tem muitos mistérios. Não foi o dia de Neymar. E é bom que ele saiba reconhecer isso. Me lembro de uma boa história vietnamita.

Um plantador de arroz, solitário, sem família ou filhos, num dia qualquer, pela manhã chama um sobrinho e diz: “Vá e avise as pessoas que os deuses me incumbiram de curar. Sonhei com isso. Diga a elas que podem vir à minha tenda.” Durante 30 anos ele curou pessoas, com ervas, imposição das mãos, sopro e oração. Um dia, depois desses trinta anos, saiu à porta da tenda e avisou o pessoal que fazia fila na sua porta: “Podem ir embora. Vão procurar outro curandeiro. Os deuses me disseram que minha missão acabou. Sonhei com isso”. E voltou a plantar arroz, da mesma maneira que fazia antes, sem nenhuma riqueza. Só aceitava, durante os trinta anos, alimentos em troca de seu trabalho, e se algo lhe sobrava, levava para os moradores mais necessitados. É difícil reconhecer que

os deuses nos abandonam às vezes. E os deuses, muito espirituosos, tiraram o futebol moleque de Neymar no jogo contra o México. Pura traquinagem. Eles gostam dessas coisas. Baixar a bola do bonitão Cristiano Ronaldo, ou dar uma reprimenda na esquadra espanhola, campeã mundial... Depois eles podem devolver tudo. Ou não. Tudo é só uma questão de humor. E a gente aqui... Se esgoelando, contra ou a favor da seleção, do título de campeão, do sucesso da Copa. Os deuses do futebol se esborracham de rir com nossa inocência...

Nilson José Ribeiro é jornalista, escritor e músico.

Editor: Marcelo José do Canto – MTB 20.669 Textos: Marcelo José do Canto Fotos: Divulgação, Arquivo (Prefeitura Municipal de Elias Fausto) e Assessorias de Imprensa Colaboradores: Eduardo Lopes, Fernando Santos e Nílson Ribeiro Publicidade: Santiago Santos (estagiário) Diagramação: Marcelo de Queiroz Periodicidade: Quinzenal Tiragem: 4 mil exemplares - Impressão: Editora Z Ltda Endereço para correspondência: Rua Coronel Domingo Ferreira – nº 496 – Centro – CEP: 13.350-000 - Elias Fausto Para enviar um Artigo, notas para JEF Social, reclamações e notas para o Espaço de Leitor: jornaldeeliasfausto@gmail.com O Jornal de Elias Fausto (JEF) é um produto da Canto da Comunicação: CNPJ: 05.127.081/0001-09 - Inscrição Municipal: 18.143 facebook.com/jornaldeeliasfausto


Jornal de Elias Fausto

Cidades | 03

Casa popular em ritmo acelerado

Objetivo é adiantar o cronograma para antecipar a entrega de mais 142 unidades Com previsão de entrega para o segundo semestre de 2015, o Conjunto Habitacional Mário Covas II da Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano (CDHU) está em ritmo acelerado. As obras foram iniciadas em fevereiro deste ano e a previsão para sua conclusão é outubro de 2015. São mais 142 casas populares que serão sorteadas entre os moradores de baixa renda que fizerem suas inscrições assim que a CDHU avalie que 70% da obra já estejam concluídas, que deve ocorrer no início do ano que vem. “Estamos muito animados com o andamento das obras e em permanente contato com a Construtora, que se comprometeu a adiantar o cronograma para que as casas sejam entregues antes do prazo estabelecido. Quanto mais rápido for o andamento das obras, mais rápido serão abertas as inscrições, que são o grande anseio de todos. Já estamos tratando junto aos Governos Federal e Estadual para a construção de novos conjuntos em Elias Fausto e em Cardeal”, revela o Prefeito Dude.

Com um custo estimado de R$ 9.251.282,50, a empresa responsável pela obra é a Construtora Souza Araujo Ltda, de São Paulo. O terreno que irá abrigar as 142 unidades tem 62.476,74 metros quadrados e fica entre os bairros Tornatore, Mário Covas I e Carimã. A área foi desapropriada em setembro de 2006 e a emissão de posse concedida em fevereiro de 2008, ainda na administração anterior do atual prefeito Laércio Dude Betarelli. Na oportunidade, esse terreno teve um custo de R$ 283.644,39. As casas terão dois quartos, sala, cozinha, banheiro e lavanderia distribuídos em 56,67 metros quadrados. Os sorteados e que conseguirem se enquadrar nas exigências do CDHU terão um prazo de até 25 anos para quitar seu financiamento. As prestações receberão subsídios do governo estadual e serão calculadas de acordo com a faixa de renda de cada família. Aquelas que ganham de um a três salários pagarão o equivalente a 15% do rendimento.

Permanece impasse do reajuste dos servidores O reajuste dos servidores municipais continua sem definição. O Projeto de Lei que regulamenta o aumento de 5,19% não voltou para votação na Câmara. De acordo com a Lei Orgânica do Município, uma matéria rejeitada somente poderá constituir objeto de um novo Projeto de Lei mediante proposta da maioria absoluta dos membros da Câmara, ou seja, de seis vereadores, no mínimo. Há informações de que parte dos vereadores quer fazer valer o mínimo de R$ 80,00 de

reajuste a todos os funcionários municipais. O prefeito Dude já disse que concorda com isso, mas recentemente afirmou que não há como discutir eventuais complementações sem definição do objeto principal que é o Projeto de Lei rejeitado. Segundo o Departamento Jurídico da Prefeitura, parte da Lei anterior que fixa esse mínimo de R$ 80,00 tem “vício de origem”, portanto nula, já que foi de iniciativa de vereadores, cuja atribuição não permite aumentar despesas à Prefeitura.

GM flagra e prende pichador no Centro

Um jovem foi detido pela Guarda Civil Municipal quando pichava um barracão na Avenida Artur Augusto de Morais, no Centro, na madrugada de sábado (14/06). Juntamente com G.L., de 18 anos, foram apreendidos quatro litros de tinta, três rolos, uma lata de spray e uma bolsa. O rapaz confessou que não era a primeira vez que

realizada pichações. A lei de n° Lei 9.605/98, Art. 65, descreve que pessoa que picha qualquer edificação urbana comete crime ambiental, com pena de detenção que pode variar de três meses a um ano, além de multa. Mas se o ato for praticado em monumento ou coisa tombada, a pena de detenção varia de seis meses a um ano, além de multa.

O 1º Encontro de Socados EF Club vai agitar Elias Fausto no domingo, 29 de junho, das 09h00 às 13h00, no Espaço da Feira, que fica na rua Antonio José Malaquias, no Jardim Nova Elias Fausto. De acordo com Santiago Santos, um dos organizadores do evento, sete clubes vão estar presente e a promessa é de uma verdadeira exposição para quem aprecia

carros rebaixados. Os clubes confirmados são: CQN, QMBB Indaiatuba, BCI, Feras do Asfalto, Quadrados de Indaiatuba, Indaiatubaixos e Loadingcars. Como o objetivo principal é reunir os amantes dos socados em clima de confraternização, Santiago alerta que serão proibidos som automotivos e manobras radicais. A entrada e gratuita.

Encontro ‘Socados EF’ vai agitar a cidade

Casas terão 56,67 metros quadrados e previsão inicial é para estarem prontas no segundo semestre de 2015

Construção de galerias acaba com enchentes na Vila Anchieta

A queixa dos moradores era com relação às águas de chuvas intensas: alagamento em escadaria A Prefeitura terminou nesta administração anterior da galeria la faixa da antiga FEPASA, onde semana os trabalhos visando à existente na Rua Antonio José pretendemos instalar uma Acaconstrução de galerias de águas Malaquias, que era o caminho demia ao Ar Livre, local para pluviais nas imediações da Igre- natural de toda a água do centro prática de esportes, promover a ja de Santo Antonio, na Vila An- da cidade, desde a confluência iluminação e o paisagismo. Vai chieta. da Rua 13 de Maio com a 24 de ser mais um belo espaço de laHavia uma queixa dos mo- Fevereiro. zer para a cidade”, promete o radores das imediações e da “Tivemos que abrir nova ga- Prefeito Dude. Outra intervenComunidade de Santo Antonio, leria para o escoamento dessa ção foi o prolongamento da Rua com relação às águas das chuvas enxurrada e também canaliza- Esperança Pelaes Sorrini, liganque, quando intensas, desembo- mos a água que desce da Vila Al- do o Jardim Alvorada à Avenida cavam na escadaria existente en- vorada pela Rua Suzano Aguiar, Osvaldo Maluf, na Vila Anchietre a Igreja e o Salão de Festas. além de toda a Avenida Osvaldo ta, que receberá em seguida as O motivo, segundo o Prefei- Maluf. Com essa obra podere- guias sarjetas e pavimentação to Dude, foi o fechamento pela mos, agora, urbanizar toda aque- asfáltica.


Dedicação total: 4

04 | Personagens

Jornal de Elias Fausto

Em 1974, o jovem Antonio Roberto Betarelli entrou praticamente pela primeira vez na Prefeitura de Elias Fausto para trabalhar com o então prefeito Messias Aníbal Haddad. Um ano antes, o garotinho Mauro Maximiano, vindo de Alfenas, começava a trabalhar – aos nove anos – com a Família Bertelli. Quarenta anos depois, o popular Toninho Betarelli ainda continua como funcionário público municipal. O também conhecido Maurinho da Iraci, também continua firme no mesmo trabalho. São vidas profissionais extremamente difíceis. Praticamente impossíveis para os dias de hoje, com as pessoas trocando constantemente de emprego. Muitas delas, inclusive, precisando deixar suas raízes

JEF -Conte um pouco de como você começou seu trabalho? Mauro - Vim de Alfenas para Elias Fausto aos seis anos de idade. Aos nove anos fui chamado para trabalhar na loja. Estou aqui há 41 anos. É algo bom, aprendi muita coisa neste trabalho, devo muito ao meu patrão, ele me ensinou muitas coisas boas. Esse foi o meu primeiro serviço, tornou-se uma família. Vir para Elias Fausto foi uma escolha do meu Celino Maximiano, já falecido. Meu pai fez tudo para dar um conforto para nós. Eu, minha mãe Olga, e minhas irmãs Silmara, Jucimara e Jussara. JEF -Quais as histórias que mais marcaram sua trajetória profissional nesses 40 anos? Mauro - Meu aprendizado é o que mais marcou nesse tempo com a família Bertelli. Quando eu era criança, em uma cozinha grande

no fundo da loja, às vezes dormia no chão e eles me pegavam e colocavam no sofá ou me levavam embora, é algo marcante porque era

um tratamento como pais e filhos. JEF -Após 40 anos, quais os objetivos que ainda restam nesse trabalho? Mauro - Meu objetivo é continuar trabalhando, acredito que daqui 1 ano e meio saia a minha aposentadoria por tempo de serviço, por 35 anos de contribuição. E quero continuar trabalhando. JEF -Se pudesse começar novamente mudaria sua história profissional? Mauro - Não mudaria, começaria com eles novamente. Sempre tive vontade de estudar, mas na época não tinha condições. O que eu aprendi foi com a família Bertelli. JEF -O que você gostaria de ser? Mauro - Nunca tive oportunidade, nunca pensei em outra coisa. Hoje sou casado com a professora Neide. Tenho uma filha, Letícia, e o meu neto Abner.

para seguir em frente e conquistar mais espa o JEF, eles contam um pouco de suas histór de vereador há cinco mandatos consecutivos técnica com uma vontade muitas vezes paut bram muito bem de algumas ‘chegadas’ mai Maurinho também se aventurou no futebol e e dos campos.

JEF - Conte um pouco de como você começou seu trabalho? Toninho - Comecei no dia 11/01/1974, como Secretário de Gabinete do então Prefeito Messias Aníbal Haddad, fazendo empenho das notas fiscais de despesas da Prefeitura. Lembro-me muito bem: usava um livro enorme e tudo era feito manualmente nota por nota. Fazia também os lançamentos das receitas diárias do Município. JEF -Conte algumas histórias que marcaram sua trajetória profissional nesses 40 anos? Toninho - São tantas que daria para escrever um livro, mas vamos a algumas delas. Tem uma passagem do Sr. João Manoel de Almeida que era conhecido como Joãozinho Borges, pessoa íntegra e muito séria. Tem seus familiares aqui na cidade até hoje. Ele era tesoureiro da Prefeitura Munici-

pal, estava se aposentando e foi ensinar o Júlio César Barrera “Julião” a fazer o serviço para substituí-lo na Tesouraria. Certo dia o segredo do cofre não queria obedecer e abrir. Precisava ser aquecido, era o segundo segredo da função. O sr. João, então pegou um calhamaço de jornal e ateou fogo para esquentar a fechadura e abrir o cofre, mas o fogo foi saindo do seu controle, aumentando e, por fim, quase que ele ateou fogo no Julião que estava sentado ao lado. Foi uma cena muito engraçada. Toninho - Antonio de Camargo conhecido como Totó Pinheiro, era o então chamado Fiscal Geral da Prefeitura, uma espécie de manda-chuva, o chefão, mesmo. Toda tarde ele passava no Paço Municipal para contar as façanhas do dia, e sempre reclamava de um determinado funcionário que não queria


40 anos

Jornal de Elias Fausto

aço no competitivo mercado de trabalho da atualidade. Para rias no âmbito profissional. Mas, para quem não sabe, além s, Toninho foi um excelente jogador de futebol que aliava a tada pelo vigor físico. Os adversários, com certeza, se lemis bruscas. e sempre foi um jogador muito dedicado dentro das quadras

fazer nada, do tipo que espera que o mundo acabe em barranco para morrer encostado. Certo dia ao escalar seus comandados para mais um turno de trabalho ele determinou a esse funcionário que naquele dia ele não precisaria levar ferramenta nenhuma para o trabalho, porque iria ficar olhando os outros, só que não poderia sentar. O funcionário se entusiasmou, achando que tinha sido promovido. Olhar os outros, significava ser o chefe. Resumo: ficou o dia todo em pé, não fez nada como habitualmente, não foi chefe, muito menos promovido, mas cumpriu o castigo. JEF - Após 40 anos, quais os objetivos que ainda restam nesse trabalho? Toninho - Quero ainda por mais alguns anos continuar trabalhando para o desenvolvimento do Municí-

pio. Não nasci em Elias Fausto, mas no sítio, aqui na divisa com Monte Mor. Estou aqui há mais de 50 anos, escolhi viver aqui, onde formei minha família e onde espero ficar até o último dia de minha vida. JEF -Se pudesse começar novamente mudaria sua história profissional? Toninho - De forma nenhuma. Foi aqui na Prefeitura que escrevi a minha história de vida, graças ao meu trabalho, minha dedicação ao povo da nossa cidade, meus conhecimentos, sempre procurando aprender muito com os mais velhos. Preciso citar aqui algumas pessoas já falecidas com as quais aprendi muito mais do que em qualquer escola: Romário Elias, José Batista Alves “Zeca Batista”, João Manoel de Almeida, Hernani Teixeira da Silva, Benedito Lineu Ferreira “Neu” e tantos outros com os quais continuo aprendendo até hoje. Assim consegui chegar onde cheguei. Ocupei praticamente todos os cargos possíveis dentro desta Prefeitura, ou seja: Secretário Geral, Tesoureiro, Sub Contador, trabalhei dentro do Gabinete dos Prefeitos Salvador Jesus de Campos Bicudo e, pela terceira vez, com o Prefeito Laércio Betarelli “Dude”. Fui Secretário Municipal de Saúde no período de 2005 a 2008, eleito vereador por cinco mandatos consecutivos, estando sempre entre os mais votados, e sendo por duas vezes o vereador com maior número de votos. Tenho muito orgulho de tudo isso. JEF -Se você pudesse voltar no tempo, o que gostaria de ser? Toninho - Quero ser e continuo sendo o Toninho de sempre, que começou sua carreira lá em 1974 e que até hoje procura dar o máximo em prol de minha querida Elias Fausto. Deixo aqui também o meu abraço ao Marcelo, diretor do Jornal de Elias Fausto, contemporâneo do nosso tempo no Mascarenhas de Moraes, que se lembrou dessa minha trajetória e me convidou para esta entrevista. Deixo um grande abraço também a todos os meus familiares. Muito Obrigado!

Cidades | 05

PM entrega mais de 200 itens em roupas para o Fundo Social

A Campanha do Agasalho da Polícia Militar de Elias Fausto rendeu 221 itens de roupas para amenizar o frio dos mais necessitados. A entrega ao Fundo Social de Solidariedade de Elias Fausto feita pelo Comandante Osires Izaga diretamente para a presidente do órgão Marina Arakaki Betarelli, na sexta-feira (06/05). A doação de roupas e agasalhos prossegue normalmente e podem ser encaminhadas para a Promoção Social, que fica na Rua Siqueira Campos, nº 140, Centro. Mais informações pelo (19) 3821-1755.

Tucanos chamam atenção em árvores no bairro Serra Velha Uma verdadeira invasão tucana. Foi exatamente essa a sensação dos moradores do bairro Serra Velha ao flagrarem mais de 20 tucanos descansando nas árvores na sexta-feira, dia 6 de junho. Mas não é sempre que essas aves enfeitam a paisagem do bairro. De acordo moradores do local, que têm plantações de uva, é nessa época de colheita que os tucanos aparecem para comer as frutas. Outros afirmam que esse aparecimento é motivado pelo desmatamento. No entanto, o que mais impressionou os moradores foi a quantidade de pássaros todos juntos.

Projeto “Atividade Física faz bem em qualquer idade” A saída é do Salão Santo Antônio, na Vila Anchieta, o percurso é de uma hora e o projeto é “Atividade Física faz bem em qualquer idade”. Todas terças e quintas, dentro do Programa Saúde da Família (PSF 120), da Enfermeira Lucinéia, um grupo de caminhada sai pelas ruas de Elias Fausto religiosamente às 07h15. As pessoas atraídas pelas atividades físicas têm como acompanhante a Agente Comunitária de Saúde Maria Helena (Leninha). O objetivo é buscar uma vida saudável, evitando problemas cardiovasculares e endócrinos, como o diabetes melitus e hipertensão arterial. Quem quiser participar é só comparecer no Salão da Vila Anchieta toda terça e quinta, às 7h15.


06 | Cidades

Jornal de Elias Fausto

Festas Juninas agitam a cidade

Várias serão ainda neste mês e outras estão programadas para julho Não vai ter mais festa junina e julina em Elias Fausto... É mentira!!!! Vai sim! E são muitas opções para quem gosta de curtir um bom ‘arraiá’. Ainda em junho, as escolas municipais de Educação Infantil Maria de Lourdes Salemi Bertelli, Rute Thoni Bergamo e Pequenina Flor realizam uma Festa Junina no próximo dia 25 de junho, quarta-feira, às 19, no Ginásio de Esportes. Na quinta-feira, dia 26, o arraiá será na quadra da escola Aparecida do Carmo Maschietto, em Cardeal, com os alunos da escola de Educação In-

fantil Angela Maria Bergamo Antunes. No dia 28 de junho, a partir das 19h, no Carimã, será realizada uma festa junina organizada pela Prefeitura Municipal. No dia 4 de julho será realizada na Praça Domingos Armando, em Cardeal, também a partir das 19h. Nos dias 5 e 6 de julho, a agitação vai ficar por conta da Comunidade Nossa Senhora Aparecida, a partir das 19h30, no Salão Comunitário, em Cardeal. Já no dia 19 de julho, a festança será na Escola Genny Pimazzoni, a partir das 19h30, também em Cardeal.

Alunos da Escola Maria Cândida realizaram várias atividades em comemoração ao Dia do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho. Os estudantes fizeram cartazes, revitalizaram canteiros e, de quebra, ainda levaram para casa sementes de girassol para serem plantadas. Iniciadas em 2 de junho, a Semana do Meio Ambiente foi encerrada no dia 6 de junho, quando a escola recebeu a visita de funcionários da empresa RS de Paula,

que apresentaram a máquina “Papa Cartão” que tritura cartões de PVC de bancos, lojas etc., sem utilidade, com o objetivo de conscientizar a juventude de como realizar o descarte correto. Após a etapa da trituração, os cartões são reciclados e utilizados para fazer capa de agendas, descanso de copos, réguas, entre outros produtos. A palestra foi encerrada com a entrega de brindes para os alunos que trouxeram os cartões para serem reciclados.

As Escolas Municipais de Educação Infantil Angela Bérgamo e Maria de Lourdes realizaram mais uma exposição aberta à comunidade entre os dias 9 a 13 de junho. Desta vez os temas foram Zona Rural e Urbana, Município e Alimentação Saudável. A Escola Angela Maria Bérgamo iniciou o projeto em maio e terminou na semana passada entre os dias 9 e 13 de junho, com a exposição aberta à comunidade. Mais escolas de Educação Infantil estão com uma programação de atividades, com o objetivo de mostrar a importância do consumo

de alimentos saudáveis e abordar temas relevantes como obesidade, fome, desperdício. Todos os produtos produzidos pela horta é para o consumo dos próprios alunos na merenda escolar. Também como parte do projeto alunos da Escola Angela Maria Bérgamo Antunes, juntamente com as professoras Cristiana Oliveira Santos, Daniela Schelegel e Solange Vigarani realizaram novo plantio. Já os alunos do Maternal II da Escola Municipal de Educação Infantil Pequenina Flor encerrou o Projeto de Alimentação Saudável com um piquenique na praça.

Escola realiza atividades na Semana do Meio Ambiente

Exposição, piquenique e atividades nas escolas


Social | 07

Jornal de Elias Fausto

Na Copa do

JEF

Alunos da escola municipal Gerardo Mario Tornatore preparados para torcer pelo Brasil Alunos da escola municipal Rute Thoni animados para a Copa

Bandeirinhas feitas pelos alunos da escola municipal Aparecida do Carmo

Mirela com a família e amigos animados para o jogo do Brasil

Elisângela e Ismael

Os filhos da Adriana Caneto preparados para a Copa

Tatiane (com a bandeira do Brasil) e amigos

Rose com a família

Lázaro Barranco reuniu a família e amigos para assistir a estreia do Brasil na Copa

Daniela e o pequeno Pedro: vai Brasil!!

Elenice, Elisângela, Lourdes e Celina


08 | Esporte

Jornal de Elias Fausto

Municipal tem briga por vaga na final A briga por uma vaga na final do Campeonato Municipal vai agitar o futebol eliasfaustense neste final de semana, com as partidas entre Kautela x Futsal Futuro e A.F.C x Democratas, a partir das 09h00, no Estádio Municipal ‘Afonsão’. Para chegar às semifinais, o Kautela goleou o

Camatari por 4 a 1, enquanto o Futsal Futuro passou pelo Riska United por 3 a 0. Já as equipes do A.F.C e Democratas conseguiram suas vagas após empate no regulamentar e vitória nos pênaltis. A.F.C, após 0 a 0, venceu por 4 x 2, enquanto o Democratas empatou em três gols e venceu

Na última rodada da fase de classificação, o Futsal Futuro venceu o clássico diante do Kautela por 1 a 0, com gol de João Paulo. Já o Camatari venceu o Riska United por 2 a

1. Enquanto Riska e Camatari já estão fora da luta pelo título, agora fica a expectativa para o novo encontro entre Kautela e Futsal Futuro valendo uma vaga para a final.

A equipe de futsal que representa Elias Fausto irá enfrentar o América F.C. na semifinal da III Taça Cidade de Itu, no dia 24 de junho. Para obter sua vaga, os eliasfaustenses passaram pela Família Souza por 3 a 1,

em jogo realizado na segunda-feira (16/6), no Ginásio Angelo Favaron (Curiózão), no bairro São Camilo, em Itu. A vitória de Elias Fausto sobre os ituanos só foi concretizada nos minutos finais.

A delegação de Elias Fausto que irá participar dos Jogos Regionais de Itatiba terá 70 atletas que irão representar a cidade nas modalidades de Atletismo, Ciclismo, Futsal Masculino Livre, Futsal Feminino Livre e Futebol Masculi-

no Sub 20. A competição será disputada de 3 a 12 de julho e terá um total de 50 cidades lutando pelo título. No Congresso Técnico realizado na sexta-feira (13/06), no Teatro Ralino Zambotto, em Itatiba, foi divulgado que 22 modalidades estarão em disputa e reunirá na cidade a nata do esporte amador do Estado de São Paulo.

Futsal vem de vitória Elias Fausto está na semifinal da Taça Itu

Cinco modalidades vão representar a cidade

Silvano em dose dupla neste final de semana

A atleta Silvano Lima Pinto (Manipularium/Top Training) irá encarar duas provas neste final de semana, começando pelo sábado (21/06) e participando da 3ª Corrida Night Run, que será disputada em Uberaba. No domingo pela manhã (22/06), ele estará em Ribeirão Preto onde compete na X Corrida e Caminhada da Solidariedade. Silvano vem de um 1º lugar conquistado na 5ª Corrida Circuito Reds, em Nova Odessa, dia 18/05, e de um 7º lugar na 9ª Corrida e Caminhada Mais Vida Boldrini/3M, disputada em 25 de maio. Por outro lado, Silvano desistiu de participar da prova da Meia Maratona Internacional de Florianópolis, que foi disputada em 8 de junho. Silvano tem apoio da Prefeitura de Elias Fausto.

por 8 x 7, após a cobrança de 10 penalidades para cada equipe. Na partida que abriu as quartas-de-final, reeditando a final do ano passado, o Kautela recuperou-se da derrota por 1 a 0 para o Futsal Futuro na última rodada da fase classificatória e mostrou que continua firma

na luta por mais um título. Jogando contra a aguerrida equipe do Camatari, o Kautela conseguiu dois gols de vantagem e só manteve esse placar para o segundo tempo pela boa atuação do goleiro Pregão, que pegou um pênalti cobrado pelo exKautela Rovilson no finalzinho

da primeira etapa. Mais uma vez o atacante Beiço foi um dos destaques com dois gols, disparando na artilharia agora com 16 gols. Os demais foram marcados pelo centroavante Marquinho e pelo volante Tiagão. Renan descontou para o Camatari.


Jornal de Elias Fausto | Edição 13