Issuu on Google+

www.jornaldapesca.com.br

integrando você com a natureza

Pescaria da Turma do Trairão Top Team

PESQUEIRO RANCHÃO DO PEIXE ESTRADAS DAS ROSEIRAS – 5001 Tel.: 11 4485-3949

Edição 137 www.jornaldapesca.com.br | jornaldapesca@uol.com.br | 11 3926-8060 | Jornal de distribuição gratuita e dirigida | DESDE 1997

A Sensação do Pesqueiro são os grandes peixes que habitam seu lago O lugar é ideal para a pesca com iscas natural, fly, varas de arremesso, com ou sem bóia cevadeira, chuveirinho, varas telescopias, ou mesmo bambu. A sensação do pesqueiro são os grandes peixes que habitam seu lago: tilápias de 2 a 5 quilos são abundantes, elas podem ser capturadas, tanto com bóia cevadeira, como em varas de mão. Para aqueles que gostam de pescar com cevadeira, dificilmente vão sair do pesqueiro sem fisgar grandes tambas, mesmo em dias de frio. Carpas cabeçudas podem ser pegas com lançamentos longos ou curtos, e muitos pescadores preferem pegar as Rainhas com vara de mão.

Peixes disponíveis no lago:

Tilápias, Redondos (todos), Carpa cabeçuda, Húngara, Douradinho, Pintado, Curimba, Matrinxã, CatFish e Traíra.

Restaurante:

O local não serve almoço. Lanches e porções estão disponíveis para todos os gostos, sobretudo, os deliciosos pastéis preparados com muito carinho pela Cida. No dia 17 de Abril de 2011, foi realizado no Ranchão do Peixe, a 4ª rodada do Campeonato Paulista pela série Prata. Em apenas quatro horas de pesca, e somente com varas de mão foram capturados cerca de 980 kg. Realmente, pescar no Ranchão Peixe é uma delícia! LOCALIZAÇÃO - O Pesqueiro Ranchão do Pei-

xe está localizado a 32 km do centro de São Paulo, em Mairiporã, e a 20 km de Santana, Zona Norte da Capital. Para quem mora na zona Norte, o melhor caminho é seguir pela Av. Nova Cantareira até o bairro da Vila Zilda. A Estrada da Roseira começa neste bairro. Para quem vem pela Fernão Dias, é só passar o pedágio, entrar no centro de Mairiporã, e já estarão próximos da Estrada da Roseira.

A estrada é pavimentada quase até a entrada do pesqueiro. Para contado é só ligar para Cida no Tel.: 11 4485-3949, que você terá todas as informações necessárias para um dia de grande pescaria.

Por Simone Takamoto Nossa viagem para a Pousada Mantega foi bastante esperada já que começamos a organizá-la com mais de um ano de antecedência. Enfim, 27 de janeiro de 2011 chegou. Os pescadores estavam ansiosos para embarcar em uma grande aventura e esperançosos para pegar grandes peixes. Após uma longa viagem, aterrissamos na Pousada Mantega, localizada na cidade de Alta Floresta (MT). Nossa turma foi composta por: Etelvino, Baltazar e Luccas, Raphael e Thyago, Joaquim e Julio, Carlinhos e Tiago, Álvaro e Diogo, Robinho e Helinho e Mário e David Trairinha. A pousada conta com infra-estrutura e alimentação de ótima qualidade e um pessoal muito atencioso. Além disso, os dias de pescaria não poderiam ter sido melhores. Pegamos, de acordo com o pessoal da pousada que fez a contagem, um total de 290 peixes durante cinco dias de pescaria. Saíram muitos peixes e todos de grande porte: piraíbas, pirapitingas, pirararas, tucunarés, traíras, cacharas, jaús, corvinas, cachorras, bicudas, barbados, piranhas.... A maioria das duplas estava formada por pai e filho. Carlinhos da Carbwel e seu filho Tiago pescaram muito durante todos os dias, Álvaro e seu filho Diogo e Baltazar e seus filhos Luccas, Raphael e Thyago também se destacaram. Os outros pescadores Etelvino, Joaquim, Julio, Robinho, Helinho e David Trairinha também pegaram grandes peixes e já estão programando um retorno a Alta Floresta no ano que vem. O recorde da viagem foi do pescador Mário que depois de quase uma hora e com a ajuda de seu parceiro David Trairinha, tirou da água uma piraíba de aproximadamente 80kg. e 1,85m. de comprimento. Além desse troféu, o Mário, nosso pescador e organizador da viagem, recebeu uma bela homenagem de todos os amigos. Um jantar especial foi oferecido a todos e depois ele recebeu uma placa de agradecimento por seu trabalho e principalmente, por sua amizade de tantos anos. A viagem foi inesquecível para todos. Muitos peixes, ótima pousada, contato com a natureza, muitas risadas, histórias para contar, e principalmente, a companhia de grandes amigos. Foi no Rio Teles Pires que vivemos toda esta aventura. E neste mesmo rio, uma usina hidrelétrica será construída e terá capacidade de 1.820 megawatts. Em meio a polêmicas, sua construção causará muitos impactos à região. Por um lado, acarretará na maior geração de empregos, na qualificação da mão-de-obra local, no aumento da distribuição de renda, no crescimento de empresas e em melhorias na infra-estrutura. Por outro, afetará a beleza da região e sua natureza, flora, fauna..... Para nós, pescadores que conhecemos aquela maravilha de lugar, esperamos que o desenvolvimento necessário para a região não afete profundamente a natureza. Veja as fotos no site www.jornaldapesca.com.br


02

www.jornaldapesca.com.br

Guia de parceiros do Jornal da Pesca PESQUEIROS Califórnia - Mauá

Expediente O Jornal da Pesca é uma publicação mensal, que desde 1997 vem trazendo boas dicas de pesca e turismo ecológico, com distribuição dirigida e gratuita para lojas de materiais para pesca, pesqueiros, pescadores, grêmios, associações, bares, restaurantes e empresas de diversos segmentos. O Jornal da Pesca tem vasta experiência em organizar torneios e campeonatos. O primeiro foi o Campeonato Paulista em Pesque e Pague, em 1999, que hoje reúne cerca de 400 pessoas entre participantes e familiares. Grandes empresas como a Ind.Muller de Bebidas-51, Martinelli, Mercedes-Benz, GM, SKF,Trairão Pesca, Carbwel Auto Peças e recentemente a Pesca Center/Sumax, entre outras, realizaram grandes eventos com o JP. Devido a grande parceria com o grupo Folha de São Paulo, UOL, o JP conquistou uma posição de destaque na internet, divulgando em massa acontecimentos do mundo da pesca. Acesse: www.uol.com.br/pesca Fundador: Ney Stano jornaldapesca@uol.com.br Solicitações e sugestões: jornaldapesca@agendabrasil.com.br

Publicidade: Agenda Brasil Propaganda

www.jornaldapesca.com.br

integrando você com a natureza

Rua Regina Maria L. do Nascimento, 2114 Capiburgo. Trav. da Av. Sapopemba, km 37 Tel.: 0xx11 4576-2357 e 4577-5316 www.pesqueirocalifornia.com.br

Cantareira - Jd. Tremembé Av. Luís Carlos Gentile de Laet, 2500 Próximo ao Horto Florestal Tel.: 11 6204-7754

Lago Azul - Atibaia Rodovia Dom Pedro I - Saída KM 72 Estrada Silvio Caldas Tel.: 0xx11 4411-9737

Maeda - Itú Rodovia SP 75 (Santos Dumont) Km 18 Em frente a balança Pesqueiro: 0xx11 2118-6200 Pousada: 0xx11 2118-6262 www.pesqueiromaeda.com.br

Pantanosso - Mairinque - Itú Rodovia Castelo Branco km 68,5 Tel.: 0xx11 4246-2176 www.pantanosso.com.br

Pantanal - Santa Isabel Rodovia Presidente Dutra - sentido Rio 500m após o km 192 Tel.: 0xx11 4656-1799

Ranchão do Peixe - Mairiporã Estrada da Roseira 5001 Serra da Cantareira. Após o Bar do Pedrão Tel.: 11 4485-3949

Santa Rita - Bragança Paulista Estrada Bragança - Tuiuti - KM 6,5 Tel.: 0xx11 4033-2087 www.santaritapesca.com.br

Saboó - São Roque Estrada Turística do Morro do Saboó, 112 Tel.: 0xx11 4717-6261 / 4717-6261

Shin da Codorna - Pq. do Carmo

Pesqueiro Shin da Codorna - Itaquera Tel.: 11 2521 5111

alexandre@agendabrasil.com.br

Correspondentes: Clodoaldo Grana Maicon Nazir Abrão Sergio Diniz Toninho Caracaxá

Tio Oscar - Itú

Redação e Correspondência: Praça Comendador Alberto de Souza 6B - Jaçanã 02274-120 PABX: (11) 3926-8060

Vegas - Parque do Carmo

Rodovia Castelo Branco, km 75 Sentido interior / São Paulo Tel.: 0xx11 4246-2328 | 4246-3110 www.tiooscar.com.br

Rua Itália Giusti, 687 Acesso pela Jacu Pessego Tel.: 11 2521-6387

MASSAS E ISCAS PARA PESCA Cordeiro

Vendas somente no atacado Tel.: 11 8694-7060

Farofa do Carlão

Vendas somente no atacado Tel.: 11 4513-5681 / 7201-7368 Carlão Tel.: 11 8195-1351 Enio

Isena

Vendas somente no atacado Tel.: 11 2232-8036 / 7196-1167

Sandro

Vendas somente no atacado Tel.: 11 4823-3320 / 9820-0111

LOJAS DE MATERIAIS DE PESCA Ao Mundo da Caça e Pesca

Av. Álvaro Ramos, 1252 Próximo ao Metrô Belém Tel.: 11 2605-6294 / 2606-3362

Agro Sertanejo - Mairiporã

Campeonato Paulista em Pesque e Pague 2011

Patrocinadores das Equipes Auto Elétrico Sumaré Rua Piracuama, 220 - Perdizes - Tel.: 3672-0065 Carbwel Autopeças Av. Deputado Emilio Carlos, 2.847 - Tel.: 2256-9500 Churrasquinho Potiguar Rua Buriti Alegre, 547 - Vl. Ré - Tel.: 3464-3896 Conpew Contabilidade Rua Thomaz Cyro Pozzi 420 - Jaçanã - Tel.: 2241-0016 Habib´s Av. São Miguel, 3455 - Tel.: 2541-6413 Mad Real Madeiras Av. Harry Dannemberg, 117 - Itaquera - Tel.: 2524-5927

Pesqueiro Vegas Rua Itália Giusti, 687 - Pq. do Carmo - Tel.: 2521-6387 Pesqueiro Schin da Codorna Pesqueiro Shin da Codorna - Itaquera - Tel.: 2521 5111

Poliprint - www.poliprint.com.br Rua Pirapetininga, 554 - Cumbica - Tel.: 2488-7800

Restaurante Badejo - www.badejosp.com.br Alameda dos Jurupis 813 - Tel.: 5055.0238

Canto do Pescador - Mairiporã

Restaurante Hideki PINHEIROS - Tel.:3086-0685 MOEMA - Tel.:5049-3324 BELA VISTA - Tel.:3283-1833 www.sushibarerestaurantehideki.com

Av. Portugal, 328 - Jd Pilar Tel.: 0xx11 4546-1000

Só Lazer - Jaçanã

Av. Luis Stamatis 431- BOX 12 Dentro do Hipermercado Bergamini Tel.: 11 2241-9596

Solis Pet Shop - Pirituba Av. Paulo Ferreira, 1929 Tel.: 3991-3614

FABRICANTES E DISTRIBUIDORES Boias Flutuar - SBC

Rua Tavares, 2 - Jd. da Represa Tel.: 11 4357-1753 / 7230-6180

Metalúrgica Tinonim - Vila Gloria Rua Sebastião Pereira, 118 Tel.: 11 4453-9734 / 4971-2967 www.metalurgicatinonim.com.br

Sumax Fishing

www.sumaxfishing.com

Tomi

http://comercial-miranda.blogspot.com tomidobrasil@hotmail.com

Tel.: 11 4604-8693 – Cel. 9839-6484 – c/Roberto

Pesqueiro Ranchão do Peixe Estr. da Roseira 5001 - Mairiporã - Tel.: 4485-3949

Casa Lisboa - Sta. Clara

Lub Pesca - Mauá

- NASCENTE PRÓPRIA - 2 LAGOS - RESTAURANTE - SALÃO DE FESTA - CHALÉS - CHURRASQUEIRA - PISCINA

Pesqueiro Pantanal Rod. Pres. Dutra Km 192 - Santo Isabel - Tel.: 4656-1799

Roque Etiquetas Tel.: 2642-1821 - www.roqueetiquetas.com.br

Av. Tabelião Passarella,391 - Centro Tel.: 0xx11-46042183 / 42750256 www.cantodopescador.com.br

VENDE-SE OU ARRENDA-SE PESQUEIRO Com nascente própria, a 10 minutos do centro de Mairiporã-SP

Massa Isena Tel.: 2232-80367 / 7196-1167

Estr. do Rio Acima, 118 Tel.: 11 4604-4264

Av. Sapopemba, 3582 Tel.: 11 2211-0963

integrando você com a natureza

Serralheria Castelão Av. Harry Banneberg, 767 - Itaquera - Tel.: 2527-3659 Trairão Pesca & Camping Av. Inajar de Souza, 57 - Freguesia do Ó - Tel.: 3931-6060 União Comercial - Lâmpadas Especiais Rua José Lopes Neto, 18 - Vila Prudente - Tel.: 2068-8796 www,uniaocoml.com.br Universal Usinagem e Estamparia de Metais Tel.: 2345-5578 www.universalusinagem.com.br Wan-San www.wansan.com.br - Tel.: 2233-9300 Zona Livre Sports - www.zonalivre.com.br Rua 25 de Março, 1128 - Centro - Tel.: 3315-0277

www.jornaldapesca.com.br

integrando você com a natureza

11


10

Pescaria de Robalo com Iscas Artificiais

www.jornaldapesca.com.br

integrando você com a natureza

Vamos pescar ou passear de barco

www.peixenalinha.com.br

Algumas características desse maravilhoso peixe que por muitos é considerado o Rei do mangue e sem duvida é um dos favoritos entre pescadores de iscas naturais e artificiais são: corpo alongado e esguio, linha dorsal bastante elevada, perfil ventral reto. Cabeça rebaixada e comprida, em forma de flecha, com a mandíbula inferior projetando-as para frente. As mandíbulas têm faixas de dentes estreitos e concentrados. Como ainda não tenho uma experiência de anos na pesca com iscas artificiais eu sempre tendo varias opções para que possa me adaptar melhor com um tipo de iscas e já tive sucesso com camarão artificial, jig sapinho que atualmente é uma das iscas que o robalo não fica sem atacar e agora estou tendo o prazer de ver o ataque com iscas de meia água onde irei relatar minha ultima pescaria com iscas artificiais na pesca com Robalo. Como o Robalo é um peixe que muda facilmente de comportamento, tanto com mudanças climáticas, movimentação de mares, cor de água e o que influencia muito a pressão atmosférica que ainda estou tentando entender. Essa pescaria é umas das mais importantes desse ano, pois além de ser com iscas artificiais, será minha primeira matéria para o Jornal da Pesca com o meu peixe predileto que é o robalo e por mais dois motivos estreando meu motor de 4 hp para utilizar na pesca com artificiais e por estar em um local novo recém descoberto que ainda tem muito a ser explorado que com certeza vai trazer muitas alegrias. A animação era enorme logo fui montando o motor no barco e adaptando o motor elétrico sempre com o auxilio da minha Esposa Maria e rapidamente tudo montado e vamos para pescaria. Iniciei a pescaria em uma galhada onde eu tinha capturado um robalo pouca semanas antes e que mostrou ser um excelente ponto. Logo de inicio pego minha vara e a isca escolhida para essa pescaria foi a Inna Marine Sport, posiciono o barco próximo ao ponto e começo a pinchar não demora muito no quinto arremesso o primeiro ataque e meu primeiro Peva fisgado, imediatamente falo para minha esposa Maria é realmente achei um ponto pouco explorado acho que a pescaria promete e em seguida arremesso e pego outro robalo. Deu vários outros arremessos e resolvo me dirigir a outro ponto percorrendo o canal avisto uma galhada, e como ainda não conhecia muito o local não me distanciei muito de um ponto a outro e para minha surpresa dou

um belo arremesso bem debaixo da galhada e avisto um robalo saindo em disparada em direção a minha isca e a batida e dou uma fisgada forte e começa a briga entre eu e o Pevão e como não tinha levado passagua nem alicate de contenção já imaginei vou perder o robalo da alguns pulos que minha esposa prontamente filma e deixa tudo registrado e mais uma vez consigo tirar esse robalo que nessa altura a pescaria pra mim já estava ganha, pois acabo estreando meu motor e realizando uma pescaria que não tenho tanta pratica que é a pesca de robalo com artificiais tendo grandes ações, pois sempre pesquei de rodada com iscas vivas. Depois desse belo ataque resolvo explorar o local e foi o melhor que poderia esperar diversos ataques de robalo a toda hora e alguns robalinhos fisgados quando tento dar um arremesso dentro do galho onde acabo pegando o tronco e quebrando a barbela da minha isca que estava sendo sucesso nos robalos. Realmente fico um pouco chateado com o acontecimento, pois como estou a pouco tempo tentando somente pescar robalos na artificial e consigo achar a isca perfeita e acabo danificando já veio o pensamento acabou a brincadeira foi quando minha esposa pega o estojo de iscas e me fala achei uma parecida porem maior e realmente era uma Inna 90 cor rosa coloco ela e quando o dia é para ser do pescador não tem jeito consigo capturar mais dois robalos com ela, e como a previsão do tempo não era boa, pois à noite em Bertioga peguei um vento noroeste muito forte a previsão para o dia era rajada de ventos de mais de 50 km por hora olhamos o tempo fechar muito rápido e começar a ventar mais forte ai decidimos encerrar a pescaria muito mais cedo que previsto, mas em segurança que é o importante. E nada melhor que encontrar um ponto pouco explorado com varias ações de robalo.

A modalidade náutica é uma prática que vem aumentando muito ultimamente, cada vez mais pessoas estão descobrindo o prazer de navegar. Porém muitos acabam colocando em risco sua diversão e de outros, assim, colocaremos abaixo algumas dicas importantes para que você, sua família e seus amigos tenham um bom divertimento. É comum para todos que vão para seus lazeres detalhar sobre tudo o que vão usar: tralhas, iscas, lanches, etc. Porém fica para trás como vão se divertir, assim o responsável por esta viagem deverá em primeiro lugar saber o que tem nas mãos como: motor, sua capacidade e condições, passe em uma oficina especializada e faça uma revisão em velas de partida, condições e capacitação de transporte de sua embarcação, documentação da embarcação em ordem e habilitação náutica do responsável. Antes de qualquer coisa o responsável deverá ter certeza que sua habilitação está dentro do prazo de validade e atenda as exigências da Marinha Brasileira. Lembrese que você poderá passar por fiscalização, e se for pescar não esqueça da licença de pesca (todos os pescadores deverão portá-la). Saber das condições meteorológicas, é de grande importância, pois este fator influenciará muito na navegação e segurança dos tripulantes, outro fator que o responsável deve atentar é a tábua das marés e informar-se sobre as condições de navegabilidade do local, profundidade, geografia de leitos, calhas e margens dos canais, lagos e rios. Outro quesito importante, conhecendo ou não o local, você deverá ter um GPS para sua orientação, é bom também transportar na embarcação um aparelho de comunicação como rádio ou até mesmo um celular, contendo canal de comunicação ou número de celular de sua base de apoio (Capitania dos Portos, marina, clubes e Iates clubes). Para os barcos de alumínio, caso esta for do tipo com rebites nas emendas de chapa, verifique se não falta algum rebite, emendas abertas, falta de vedações (principalmente no casco), certifique que o espelho de popa (onde é fixado o motor) esteja firme sem rachaduras, frouxos ou soltos, se nos bancos tem pontas ou rachaduras que poderão oferecer ferimentos, a vedação (plugs) dos porões ou viveiros de iscas, enfim o estado geral da embarcação. Certifique-se também que esta embarcação tenha um par de remos e poeta com cordas normalizadas em boas condições, também se deve ficar atento quanto aos coletes salva vidas, este tem etiquetas com a certificação da MARINHA, pois durante toda a estadia dentro da embarcação todos deverão utilizá-lo. Caso você vá alugar ou sair em outras embarcações, exija e veja todas as condições em que você vai embarcar e navegar, pois estará colocando sua diversão nas mãos de outras pessoas. E ALÉM DE TUDO ISTO O RESPONSÁVEL PELA EMBARCAÇÃO E PROIBIDO BEBER BEBIDAS ALCOÓLICAS, ESTÁ NA LEI. Bem com estas poucas dicas você já tem condições de juntar com outras informações e montar um CHECK-LIST, assim evitará que você perca tempo e aproveite seu lazer com prazer e segurança. Contatos e dúvidas: Cap. Amador Antonio nautica@jornaldapesca.com.br

3ª Etapa

Campeonato Paulista em Pesque e Pague 2011 “Varas Lisas”

SÉRIE OURO Chave Amarela

O Campeonato Paulista de pesca chega à terceira rodada com Hideki e Daqui Pro Bar disputando ponto por ponto a liderança do campeonato. Há ainda a aproximação discreta, mas constante da Sabó pela liderança. Na outra ponta da tabela; a disputa pelas últimas posições, no momento ocupado pelo Pantanosso e Gaviões/Vegas, é acirrada, embora sem dúvida, outros venham ainda a disputar essa duvidosa gloria. Na 3ª etapa do Campeonato Paulista, o Restaurante Hideki fez a poli, venceu a pescaria e retomou a liderança da competição na disputa por equipes. A Daqui Pro Bar, que disputa com o Hideki a liderança ponto a ponto, amargou o modesto 4º lugar nessa etapa e acabou caindo para a segunda posição na classificação geral. Kio, Wilson e Toninho japonês fizeram uma pescaria espetacular e marcaram bons pontos, Aliás, graças a Wilson a Hideki abriu três pontos de vantagem na liderança do campeonato. Mas a maior surpresa da prova, sem dúvida veio do Los Hermanos, que após duas rodadas na 5ª colocação, terminou a pescaria deste domingo em 2º lugar, ultrapassando a Só-Lazer na tabela geral em três pontos. Agora, os Hermanos pularam da 5º para a 4º colocação, Já, a Só-Lazer, com a queda da Gaviões/Vegas subiu da 6ª para a 5ª posição. A Sabó tenta recriar a emoção e o glamour da temporada passada. Antes mesmo de entrar nos Boxes os pescadores apostam em cumprir sua meta, que é a de ficar entre as três primeiras colocadas até a metade do campeonato. Graças a boa performance de Toni, a meta foi cumprida. O Canário Vermelho ficou em terceiro lugar, tanto na etapa, como na tabela geral. As equipes Gaviões/Vegas e Pantanosso, não deixaram de pontuar, marcaram apenas um e dois pontos na classificação, respectivamente. Se não melhorem suas fisgadas, já são candidatos ao rebaixamento.

SÉRIE OURO Chave Verde

Essa frase não é nada nova, muito menos de minha autoria. É clichê, chavão, frase, tudo isso. Mas é verdade. O mais apaixonante em uma pescaria é a imprevisibilidade. É o fato de um simples peixe fisgado, ou talvez uma fisgada perdida, mudar a história da pescaria. É o fato de nada nunca estar decidido até o final do campeonato. A Zóio de Lula que corria atrás de sua primeira vitoria no Campeonato Paulista, aproveitou a oportunidade para ressurgir na competição. A Sol Nascente pegou cerca de 60 quilos e subiu da 7ª para a 5ª colocação, ficando a quatro pontos da Isena e a cinco da Poliprint na tabela da competição. Agora, a Sol Nascente pretende voltar a figurar entre as melhores equipes do campeonato, já a partir da próxima rodada que

mos da Ponto A, que caiu para a terceira colocação pelo critério de saldo em quilos. E já que é pra ficar falando as frases mais previsíveis, o Rumo da Pesca fez valer aquele velho ditado: ‘quem não faz, leva’. O Rumo termina a pescaria na lanterna do campeonato, e precisam retomar o controle do campeonato paulista. será realizada no mês de abril. “Chegou um momento em que, se quisermos atingir a classificação, temos que fazer bem a obrigação, que é vencer as próximas etapas, senão não vamos chegar”, acentuou o técnico Roberto Gushiken. Otimista com a boa pescaria deste domingo, em Santa Izabel, e beneficiada pela queda da Ponto A e Poliprint, a Massa Isena subiu da 3ª para a 2ª colocação, e se garantiu na vice-liderança com 14 pontos. O técnico Valdir Sena disse ontem, via telefone, que a meta agora é chegar aos 21 pontos. Disse também, que o melhor pescador da equipe foi o Sardinha, e que os cinco pontos trazidos do Pantanal vão ajudar muito a Isena a buscar a vaga para a final do campeonato. O Restaurante Badejo, por sua vez, também subiu na tabela de classificação, saltou da 5ª para a 4ª colocação. Depois da rodada a equipe do Tio Wilson (53) anos, foi a 12 pontos, e passou a ser o quarto colocado na competição. Quem também começa a ressurgir no campeonato é a Estado Crítico. Depois de duas 5ªs colocações nas primeiras rodadas, a equipe do Pagé pescou bem e foi premiada com a 4ª colocação. Agora, resta saber se os pescadores vão continuar com o mesmo ritmo nas próximas rodadas. Mesmo com a 6ª colocação obtida em Santa Izabel, a Poliprint foi a 15 pontos e manteve a liderança do campeonato, mas não impediu que a Massa Isena assumisse o segundo lugar com 14 pontos, os mes-

LOS HERMANOS

03

TABELA DA 3ª ETAPA Série Ouro Chave Amarela 1º Lugar Hideki 52740 Pontos 7 2º Lugar Los Hermanos 36320 Pontos 6 3º Lugar Sabó 32140 Pontos 5 4º Lugar Daqui Pro Bar 28980 Pontos 4 5º Lugar Só Lazer 28620 Pontos 3 6º Lugar Gaviões/vegas 22500 Pontos 2 7º Lugar Pantanosso 22400 Pontos 1

Chave Verde

SABÓ

1º Lugar Zóio De Lula 58420 Pontos 7 2º Lugar Badejo 46240 Pontos 6 3º Lugar Isena 35520 Pontos 5 4º Lugar Estado Critico 35280 Pontos 4 5º Lugar Rumo Da Pesca 21880 Pontos 3 6º Lugar Poliprint 21370 Pontos 2 7º Lugar Ponto A 15080 Pontos 1

TABELA GERAL 3ª ETAPA Série Ouro Chave Amarela

BADEJO

1º Lugar Hideki 163690 Pontos 20 2º Lugar Daqui Pro Bar 161690 Pontos 17 3º Lugar Sabó 110910 Pontos 15 4º Lugar Los Hermanos 97690 Pontos 12 5º Lugar Só Lazer 78240 Pontos 9 6º Lugar Gaviões/vegas 90740 Pontos 8 7º Lugar Pantanosso 50270 Pontos 3

Chave Verde

MASSA ISENA

1º Lugar Poliprint 98010 Pontos 15 2º Lugar Isena 97540 Pontos 14 3º Lugar Ponto A 91000 Pontos 14 4º Lugar Badejo 90440 Pontos 12 5º Lugar Zoio De Lula 78800 Pontos 10 6º Lugar Estado Critico 73550 Pontos 10 7º Lugar Rumo Da Pesca 71680 Pontos 9amigos 78010 Pontos 7 6ª Lugar Tô Nem Aí 3560 Pontos 2


04

Campeonato Paulista em Pesque e Pague 2011 “Varas Lisas”

SÉRIE PRATA CHAVE BRANCA

www.jornaldapesca.com.br

3ª Etapa

integrando você com a natureza

09

TABELA DA 3ª ETAPA Série Prata Chave Azul

IMPÉRIO MOLAS

PIZZARIA REFÚGIO Castelão e seus pescadores esbanjaram felicidade pela exibição da equipe.

Fim de semana de fortes emoções e poucas mudanças na parte de cima da tabela do Campeonato Paulista que viveu sua 3ª rodada. A começar pela liderança, agora assumida de forma isolada pela Império Molas. Neste domingo, a equipe de Pirituba confirmou a boa fase pegando cerca de 40 quilos no Pesqueiro Terapia, em Arujá. Foi a terceira vitória seguida da equipe do Gedison, que agora soma 18 pontos, não perdendo nenhuma pescaria na competição. Detalhe: mais uma vez Jair se destacou como o melhor da pescaria. Quem também sorriu na rodada foi o Trairão/Carbwel, que conseguiu superar a Nóis Nem Liga por cerca de 20 quilos, e com isso passou a vice-liderança do campeonato Paulista com 13 pontos, os mesmos do adversário. Porém é o segundo colocado pelo critério de saldo de quilos. A Guaru Fishing, por sua vez, teve sua melhor pescaria na temporada. Neste domingo, em Arujá, o Leão de Guarulhos ganhou a terceira colocação com 21.720 kg e saltou da 5ª para 4ª posição no campeonato. Por outro lado quem deixa o final de semana mais chateado é o torcedor dos Amigos da Pesca, que viu sua equipe do coração cair da 4ª para a 5ª colocação. A To Nem Aí, mais uma vez desfalcado fica com a última colocação. Com três pescarias negativas, o técnico Aguinaldo corre o risco de virar “saco de pancada” na competição.

SÉRIE PRATA CHAVE AZUL Após duas rodadas seguidas na terceira colocação do Campeonato Paulista da Série Prata, a Pizzaria Refúgio de São Caetano do Sul teve uma grande vitória na competição. Pescando no Terapia, na manhã em que Soratinho foi eleito o melhor da competição, a equipe do Emerson lavou a alma ao vencer a Maruko com uma peixada história, (70.610 a 11.620 kg), com um tamba de 4.300 kg fisgado pelo Osiel e outro de 3.800 kg pego pelo Soratinho, Além disso, Márcio, Denis & Cia pegaram diversos exemplares, entre tilápias e matrinxãs. Agora com 14 pontos, o Verdão de São Caetano ficou na segunda colocação da competição, a apenas um ponto da Maruko, líder da chave. Com direito a uma bela prova do pescador Bagre logo em sua primeira pescaria com a nova camisa do clube, a Castelão pescou bem e ganhou o troféu de terceiro colocado, neste domingo, e avançou na tabela de classificação, subindo de quatro para oito pontos na competição. Depois da prova, o comandante

A Equipe do Alto da Serra, embora estreante, não deixou de fisgar, Felipe Holanda conseguiram três pontos na classificação com duas tilápias que juntas somaram 5.760 kg, mas ficou apenas com o 4º lugar na competição. Já a equipe do Pesqueiro Mazakina, também estreante, terminou a rodada na 5ª colocação, e ganhou como presente a lanterna do campeonato.

MARUKO

Chave Branca

CASTELÃO

Uma pescaria “encardida” Disse o técnico José Miyata da Equipe Sumaré. Ele estava se referindo a seu ponto de pesca, que segundo ele havia muito enrosco não permitindo tirar do lago os peixes fisgados. Ney Stano

ECOLOGIA O termo “Ecologia” foi criado por Haeckel (18341919) em 1869, em seu livro “Generelle Morphologie des Organismen”, para designar “o estudo das relações de um organismo com seu ambiente inorgânico ou orgânico, em particular o estudo das relações do tipo positivo ou amistoso e do tipo negativo (inimigos) com as plantas e animais com que aparece pela primeira vez em Pontes de Miranda, 1924, “Introdução à Política Científica”. O conceito original evoluiu até o presente no sentido de designar uma ciência, parte da Biologia, e uma área específica do conhecimento humano que tratam do estudo das relações dos organismos uns com os outros e com todos os demais fatores naturais e sociais que compreendem seu ambiente.

1ª Lugar Refúgio 70610 Pontos 6 2ª Lugar Maruko 11420 Pontos 5 3ª Lugar Castelão 5980 Pontos 4 4ª Lugar Alto Da Serra 5760 Pontos 3 5ª Lugar Mazakina 4320 Pontos 2 6ª Lugar A.e.sumaré 4110 Pontos 1 1ª Lugar Império 44830 Pontos 6 2ª Lugar Trairão/Carbwell 38980 Pontos 5 3ª Lugar Guaru Fishing 21720 Pontos 4 4ª Lugar Nóis Nem Liga 12890 Pontos 3 5ª Lugar Amigos 8390 Pontos 2 6ª Lugar Tô Nem Aí 0 Pontos 0

As Pousadas Anhuma I e II estão localizadas no interior do Pantanal Sul-Matogrossense, e dispõe de todo o conforto e estrutura necessária para a sua pescaria ou simplesmente momentos de relax e lazer inesquecíveis. Venha pescar conosco e curta momentos inesquecíveis com a família e os amigos. Temos a certeza que uma vez nosso cliente, as Pousadas Anhuma serão sempre o seu point de estadia e pescaria no

jeito, as notícias que estão mostrando esta sendo ruim para a divulgação do nosso setor turistico, os únicos que foram prejudicados foram os fazendeiros que não acreditavam na cheia. A pousada

TABELA GERAL 3ª ETAPA Série Prata Chave Azul

TRAIRÃO / CARBWEL

1ª Lugar Maruko 136730 Pontos 16 2ª Lugar Refúgio 165990 Pontos 15 3ª Lugar A.e Sumaré 93550 Pontos 11 4ª Lugar Castelão 47700 Pontos 8 5ª Lugar Alto Da Serra 44320 Pontos 7 6ª Lugar Mazakina 45180 Pontos 6

Chave Branca

GUARU FISHING

1ª Lugar Império Molas 177170 Pontos 18 2ª Lugar Trairão/Carbwel 133320 Pontos 13 3ª Lugar Nóis Nem Liga 125234 Pontos 13 4ª Lugar Guaru Fishing 63470 Pontos 9 5ª Lugar Amigos 78010 Pontos 7 6ª Lugar Tô Nem Aí 3560 Pontos 2

Pantanal. Então faça já a sua reserva e Boa Viagem!

CHEIA 2011 Veja através desta foto a beleza que é ver o pantanal cheio e o hotel fica mais deslumbrante ainda. A pescaria é feita no deck do hotel. Se tiver a oportunidade de nos visitar e ver como é a maravilhosa cheia que acontece em nosso estado, não perca tempo, venha pegar vários exemplares. PANTANAL CHEIO Este ano o Pantanal voltou ao seu ciclo natural, faziam 10 anos que não enchia deste

ficou mais gostosa do que antes, já pensou em acordar e ver peixes nadando em volta do hotel.

ONÇA PINTADA Você pode estar pescando e deparar com um onça pintada atravessando o Rio Paraguai bem na sua frente. É uma imagem que nunca irá se esquecer. FROTA DO HOTEL O hotel é equipado de 16 barcos de 6 metros com cadeiras giratórias, caixa térmica para gelar as bebidas e coletes salva vidas. Motores de 25 a 40 hp e com os melhores guia

de pescas da região. Mais 04 barcos para 03 pescadores e guia de pesca com motor e de 40 hp, também todo equipado, um pouco maior.

CASAL ANHUMA

Uma das aves mais bonitas do pantanal, A ANHUMA. A sua história é muito bonita, por ser uma ave fiel ao seu companheiro, quando um dos dois morre ela ou ele segue sua jornada sozinha pelo resto da vida. A Pousada Anhuma dispõe de: Café da manhã completo, almoço e jantar; Suítes com ar-condicionado e geladeira; Restaurante e refeitório com ar-condicionado; Bar; Churrasqueira onde é oferecido tira-gosto todas as tardes antes do jantar; Área de lazer com jogos; Barcos, Motor e Guia de Pesca; Serviços de Traslados Hotel/Bolívia/Aeroporto Câmara Fria; Iscas Vivas; Fábrica de Gelo. E você ainda terá a oportunidade de saborear o seu pescado na hora, em um delicioso churrasco feito na beira do rio! Maiores informações: Tel.: (67) 3275.1013 / (67) 3231.8869. Distrito de Albuquerque Km 14 CorumbáMS Pantanal Brasil. www.anhuma.com.br

Acompanhe os 4 dias de visita e as atividades A Ministra da Pesca e Aquicultura, Ideli Salvatti, esteve no estado do Amazonas entre os dias 31 de março e 03 de abril. O Amazonas se destaca, entre outras particularidades, por ter a maior média de consumo de pescados por pessoa. Estima-se que sejam consumidos no mínimo 25kg/hab/ano, um número quase três vezes maior que a média nacional, que é de 9,03kg/hab/ano. O Amazonas chama também atenção, não só do Brasil mas do mundo, por possuir a maior concentração de água doce, na superfície. Durante os quatro dias de agenda, Ideli se encontrou com várias lideranças pesqueiras e aquícolas do estado, visitou comunidades e pôde conhecer de perto a forte tradição pesqueira amazonense, através da pesca ornamental, náutica e esportiva, além da pesca artesanal. Durante a visita, a ministra teve audiência com o Governador do Estado, Omar Aziz, quando buscou agilizar as licenças para áreas de baixo impacto ambiental que poderão ser utilizadas para produção aquícola. Para Ideli a aquicultura é uma importante ferramenta no desenvolvimento da região e no combate à pobreza, especialmente numa área com tão grande potencial como o Amazonas. “A região Amazônica tem enorme potencial e capacidade para ampliar e fortalecer esses segmentos diversos, ainda pouco explorados”, enfatiza a ministra. Para Ideli Salvatti, as atividades no bioma amazônico, além de requererem atenção redobrada para garantir o desenvolvimento sustentável, ainda tem muitas carências na organização da cadeia produtiva. “O Amazonas tem graves problemas de fronteira. Já acertei com o governo do estado e agora estarei, em breve, reunida com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, para ampliar a área de atuação na legislação que concede poder de polícia ao Exército, já que a ação com poder de polícia é limitada a 150 km ao longo da fronteira”. Ideli chamou atenção também para a importância da atuação do Exército no município de Barcelos, primeira capital do Amazonas, onde, observou a ministra, as nossas riquezas são muitas vezes contrabandeadas e podem estar servindo de pano de fundo para o tráfico. “Só uma ação conjunta vai garantir o desenvolvimento sustentável e seguro da região, sem evasão de nossas riquezas e de divisas”, completou Ideli.


08

Campeonato Paulista em Pesque e Pague 2011 “Molinetes” 2ª ETAPA

Entre os participantes da segunda etapa do Paulistão Molinetes realizado , em Ibiúna, estava uma equipe Tricampeã .

três pontos da líder Irmãos Marron, que conta com 20 pontos na tabela de classificação. Mas, para continuar sonhando com o título a equipe Maeda terá que ganhar a pescaria em Itu, só que desta vez terá que torcer por uma queda drástica dos Marrons. Grana, técnico da Equipe Maeda: “Essa foi uma pescaria que nos permitiu nos aproximarmos do líder. Agora, precisamos “de mais resultados bons e, claro, com mais quilos na planilha, pois, em caso de empate poderemos ser campeão”, disse.

Cordeiro. Ela saiu com: Cordeiro, Jack, Júlio, Clóvis, Vladimir, Calupsita e Mancha, que pegou a maior peça do torneio, Carpa com cerca de 9 kg. O melhor na pesca das cabeçudas foi seguido pelo Vladimir, que pegou o segundo maior peixe. Carpa.com cerca de 7 Kg. Os pescadores das Massas Cordeiro obtiveram o maior número de Carpas na competição, um total de seis peças, que somadas a outros exemplares marcaram 75.450 kg. Segundo Toninho Caracaxá, as massas usadas foram: Banana e Mel, Tradicional de Amendoim e sua nova estrela, a “Extra-Fina”, líder de vendas na Capital e Interior. A pescaria convincente e as Carpas fisgadas pelos pescadores foram fatores enaltecidos pelo Cordeiro no Xiko Karpa. “Somos uma equipe altamente competitiva e enfrentamos pescadores de renome. Estou satisfeito de ver minha equipe pegar boas Carpas” afirmou.

A equipe Irmãos Marron, da cidade de Mauá, são a tricampeã do circuito de pesca, tendo conquistado os títulos em 2007, 2009 e 2010. Agora, disputando o Estadual pelo Jornal da Pesca, os Marrons lideram o campeonato com 20 pontos na tabela geral da competição. Na rodada deste domingo, em Ibiúna, os pescadores capturaram cerca de 110 kg, entre tilápias, pacus e carpas, sendo que a maior delas pesou cerca de seis quilos, sendo fisgada pelo Paulinho na última hora da competição. Entretanto, o artilheiro das Cabeçudas foi o Flávio, que faturou três delas, e mais uma húngara com cerca de 3,5 kg. Mais uma vez esse resultado demonstra que os pescadores da Marron são muito versáteis. Eles conseguiram pescar bem em condições completamente diferentes, com molinetes, carretilhas ou mesmo com varas de Mão. No entanto, o destaque da pescaria vai mesmo para o Evaldir, capitão e irmão mais ve lho da equipe Marron. Ele conseguiu despertar a atenção, tanto dos rivais, como também do grande público que estava hospedado no Xiko Karpa, pescando 50 kg., com apenas duas varas de mão, e, no final levantou o troféu pela primeira colocação da segunda rodada do Paulistão. Quem acompanha a história desta equipe, sabe que está vitória não foi nenhuma surpresa

EQUIPE DE ITAQUERA GARANTE POSIÇÃO NA PESCA DE TILÁPIAS Para a competição, a Daqui Pro Bar, sediada em Itaquera, contou com oito pescadores da elite do Campeonato Paulista de Varas Lisas, - Zênio, Chicão, Renato, Vera, Sérgio Pirrola, Rinaldo e Shimato, vice-campeões em 2007 e 2008 e campeões em 2009. Os Materiais de pesca fornecidos pelo clube aos pescadores foram, como sempre, excelentes para o tipo de pesca proposto. A Daqui Pro Bar optou por pescar com apenas varas mão, de diversos tamanhos. Dessa forma, os pescadores pegaram grande quantidade de tilápias, garantindo assim, a terceira colocação na competição. O comandante da Daqui Pro Bar, Rinaldo Ramos, disse à organização que a briga vai ser boa até o final. “Nossa equipe está de parabéns, pois sempre correu atrás do resultado”, analisou. “Essa disputa pelas primeiras posições vai durar até o final. O campeonato está muito nivelado e os times da ponta não estão dando bobeira. A briga vai ser boa”, completou.

05

www.jornaldapesca.com.br

integrando você com a natureza

OS GRANDES REDONDOS DOS PESQUEIROS Nesta matéria vamos falar sobre os grandes redondos que muitos pescadores ainda confundem, ou seja: Pacu, Tambaqui e Tambacu. A fotos que ilustram a matéria foram tiradas no Pesqueiro Taquari em São Roque. Valter, Ícaro, Thiago e Cleber acordaram cedo para irem ao pesqueiro, mas valeu a pena, pois os redondos estavam ativos e deram bastante trabalho e satisfação. Os redondos mais comuns nos pesqueiros de São Paulo são os Pacus e os Tambacus, o Tambaqui por ser um peixe de águas quentes é mais difícil em pesqueiros de São Paulo e sul do País, pois morrem muito fácil com temperaturas baixas. Também conhecido como pacu-caranha, na região Centro-Oeste, e pacu-guaçu, no Sudeste, é um peixe originário da Bacia do Prata, habitando principalmente os rios do Pantanal Mato-grossense, onde chega a atingir até 18 quilos. Desenvolve-se melhor em ambientes com temperaturas entre 20/30 mas resiste bem a temperaturas abaixo de 20ºc. É um peixe onívoro, pode ser alimentado com frutas, sementes, grãos, pequenos moluscos, crustáceos, insetos e também com ração com 22% a 30% de proteínas. Peixe de piracema, só se reproduz em cativeiro com indução artificial. Nos viveiros pode ultrapassar 1,1 kg em um ano de cultivo. Sua carne é muito saborosa, podendo apresentar acúmulo de gordura se receber alimentação muito rica em proteínas. Nos policultivos deve ser a espécie principal. Quando cultivado com as carpas, come as nada-

Thiago Tambacu 32 kg

deiras das mesmas. Os redondos que causam mais dúvidas entre os pescadores são o Tambaqui e o Tambacu.

Tambaqui

O tambaqui é uma das principais espécies do rio Amazonas, podendo alcançar até 20 kg. Tem a carne bastante

Valter - Pacu de 8 kg

Tambacu

O tambacu, ou paqui, resultante do cruzamento da fêmea

de tambaqui com o macho do pacu. Menos sensível que o tambaqui ao clima subtropical, pode adaptar-se a temperaturas abaixo de 20ºc. Mas se esse híbrido for fértil e escapar para a natureza, ameaça o futuro das duas espécies das quais se originou. Tanto o tambaqui quanto o tambacu têm carne saborosa e aceitam bem a ração em cativeiro. O tambaqui só se reproduz artificialmente em tanques.

MAEDA SOBE NA TABELA E VÊ SUAS CHANCES DE TÍTULO AUMENTAR A cada rodada que passa a equipe Maeda vê suas chances de título no Campeonato Paulista aumentar, sobretudo, pela excelente campanha até aqui, somando 17 pontos em duas pescarias. Ainda com possibilidades de título, o clube de Itu necessita continuar vencendo para tentar e definir uma aproximação mais segura na tabela de classificação. Com nove pontos adquiridos na rodada deste domingo, a equipe do André Maeda passou a ser vice-líder do Paulistão, ficando a

Valter e Cleber

EQUIPE RECÉM FORMADA FICA COM A QUARTA COLOCAÇÃO Uma das grandes atrações da abertura da 2ª etapa do Campeonato Paulista, foi à estréia da recém formada equipe das Massas

Na noite do dia 18 de Abril de 2011, Eu e o meu amigo Itaú, nos encontramos casualmente em frente a sua casa, “ambos de férias no trabalho”. Perguntei se ele iria pescar no dia seguinte, e se fosse a que horas iria sair. Ele responde – Vou sim, no Murayama, e sairei as 7h00. Respondi, - Se você sair as 8h00 irei com você, pois tenho que levar minha esposa no serviço! “Então está combinado leva sua esposa e vem direto pra cá”, disse.

Itau

É onívoro e aceita rações. É peixe de piracema e não desova mais indicadas para o cultivo naturalmente em cativeiros.

Ícaro Tambacu de 12 kg apreciada e se adapta bem ao cativeiro, onde atinge, em condições ideais de temperatura e alimentação, até 1,4 kg em um ano. Com crescimento mais rápido que o pacu, porém menos resistente ao frio, registra alta mortalidade em temperaturas abaixo de 15ºc.

MINHA MAIOR ALEGRIA FOI GANHAR DO ITAÚ, CAPITÃO DE NOSSA EQUIPE, PONTO A

Saímos no dia 19/04, na semana do feriado da semana Santa. Entretanto, na chegada ao Maruyama veio a primeira surpresa, o pesqueiro estava fechado. Para não perder a viagem resolvemos ir ao Pesqueiro Pantanal, que não era tão longe do Maruyama. Mas chegando lá, outra surpresa desagradável, também estava fechado. O dia parecia

conspirar com a gente, mas não ficamos desanimados. Depois, de algumas trocas de idéias resolvemos conhecer o Pesqueiro Monte Negro, também em Santa Izabel. Nós já tínhamos ouvir falar que lá era muito bom para a pesca, sobretudo, por ter grandes exemplares. Nosso tempo de pescaria não poderia durar muito, pois o meu parceiro Itaú tinha uma consulta médica marcada para a parte da tarde. Nosso principal objetivo era pegar algumas tilápias, que segundo alguns pescadores podem chegar até seis quilos. Tão logo lançamos a linha na água saíram dois bons exemplares, de médio porte. A pescaria estava apenas começando, então resolvemos lançar nossos molinetes na água. Com apenas alguns minutos consegui um Pacu com cerca de 2 kg, e comecei a sentir o gosto pela pescaria. Enquanto isso, as varas de mão não paravam de puxar. Com a Massa do Cordeiro tirei um exemplar com cerca de 5 quilos, ficando o Itaú com os olhos arregalados. Mal tirei à grande tilápia, meu molinete afundou, quase levando a vara

Pesqueiro Mazakina

O pesqueiro Mazakina fica localizado em Santa Isabel a aproximadamente 50 km de São Paulo. Via Dutra km 191,5 - Bairro da Cachoeira - R. Laudelino Martins De fácil acesso o pesqueiro oferece além de bons exemplares de peixes, 2 lagos, lanchonete, restaurante, playground e loja de pesca. O pesqueiro Mazakina foi sediou a 9ª etapa do Campeonato Paulista em Pesque e Pague 2010. Os pescadores ficam a vontade em meio a muita natureza. A lanchonete próxima ao logo oferece bebidas e porções. Maiores informações: 11 4657-2832

Jesus

para dentro do lago. Depois de muita briga tirei o Tamba de 10 kg do lago, e com isso, contagiei meu parceiro, que logo em seguida pegou um bom cat, de 4 kg, no molinete, e um Pintado com cerca de 3 kg. Com muitos peixes sendo fisgado, Itaú nem quis saber da consulta marcada. Resolvemos ficar até o final do dia. Valeu a pena! Perdemos as contas de quantas tilápias pegamos. A espécie diferente das tilápias deu para contar: 03 Piaus, 04 Pintados, 02 Pacus, um belo Tamba de 10kilos e 02 cats de mais ou menos 04 kg cada um. A principio, quando passamos por dois pesqueiros e ambos fechados,pensei que não seria um dia bom de pesca, mas pelo contrário, foi um dos melhores dias de pesca que já tive em minha vida! Minha maior alegria veio depo is da contagem dos peixes fisgados. Mais uma vez peguei mais peixes que o Itaú, meu capitão pela equipe Ponto A . JESUS.


06

Campeonato Paulista em Pesque e Pague 2011 “Varas Lisas” 4ª Etapa tilápias de pequeno porte. Pelo esforço e perseverança foram premiados com a terceira colocação. Após a rodada, a Estado Crítico passou a somar 15 pontos na tabela geral do campeonato. Já, o Restaurante Badejo, parece ter mesmo a sina da quarta colocação. Desde a abertura do Paulistão, em Janeiro, a equipe do Wilson França ganhou três quartos lugares e apenas um quinto lugar. Também na tabela geral da atual temporada, o Badejo está na quarta colocação com 16 pontos.

Ponto A vence a rodada e volta ao topo da tabela Além de bater a Poliprint e Massa Isena, e assegurar o topo da tabela de classificação, Claudir Carlos dos Santos e seus comandados tiveram uma vitória significativa no Campeonato Paulista. De quebra, o galo de Vila Ré contou com os tropeços dos concorrentes e abriram três e cinco pontos de gordura em relação a seus perseguidores, Poliprint e Massa Isena. A rodada marcou o revés da Zóio de Lula, e a recuperação do Estado Crítico, além da ascensão do Rumo da Pesca. Após cair diante de seis adversários na rodada passada, no Pantanal Pesca Esportiva, a Ponto A abriu a jornada deste final de semana conquistando seu segundo triunfo no Estadual. O primeiro triunfo aconteceu no mês de Janeiro, quando o galo pesou cerca de 30 quilos, no Maeda Agora, no Tio Oscar, o galo saiu na frente com boas fisgadas do Jesus, mas, no decorrer da pescaria o Rumo encostou-se à classificação deixando o resultado final imprevisível. No decorrer da pes caria, a Ponto A precisou de nova ajuda de Jesus, e o herói da pescaria não decepcionou. Ele pegou mais dois exemplares que deu a liderança para a equipe de Vila Ré.

A Poliprint perdeu a liderança do Campeonato Paulista para a Ponto A, neste domingo, em Itu. Agora, a equipe do Sadao está na segunda colocação com 18 pontos, a três pontos da líder Ponto A., que tem 18 pontos. A massa Isena, não foi bem na pescaria deste domingo, no Tio Oscar, e ficou na sexta colocação na competição. Agora, a Isena soma 16 pontos na tabela geral, ficando agora, a seis pontos da

liderança do campeonato. A Zóio de Lula chegou ao Tio Oscar pensando em reviver a boa pescaria da rodada anterior, quando ganhou a primeira colocação no Pantanal Pesca Porém, não foram felizes nas fisgadas e terminaram a pescaria na sexta colocação.

ECOLOGIA Vivem no Brasil 600 espécies de mamíferos, aproximadamente 10% do total mundial

Profecia cumprida – Sabó vence e encosta na liderança A Equipe Sabó do comandante Sarubo aproveitou neste domingo, as poucas oportunidades de fisgadas no Tio Oscar para encostar um pouco mais na tabela de classificação do Campeonato Paulista. A pescaria começou difícil, vento forte e peixes inativos faziam com que os pescadores usassem tipos variados de iscas para captura de algum exemplar. A Sabó precisava da vitória para que fosse cumprida a profecia do Kenji, “nosso objetivo é ficar entre os três primeiros até a 3ª etapa, e depois subir gradualmente até chegar à liderança”

– 1ª profecia cumprida. A Sabó venceu a Hideki, de virada, por uma diferença de 0,70 gramas, 20.520 a 20.450 kg, e chegou pela primeira vez no Campeonato Paulista a vice-liderança da competição.

Líder da competição fica só na segunda colocação, perde para a Sabó em Itu.

O Rumo da Pesca também reabilitou após derrota no Pantanal Pesca Esportiva. Na rodada deste domingo, a equipe de Sílvio Pereira pulou da sétima para a quinta colocação, e ostenta 15 pontos na tabela de classificação.

A folga que a Hideki tinha na liderança do Campeonato Paulista há algumas rodadas não é mais tão grande assim. A diferença entre líder e vice ficou em apenas quatro pontos, mas pode cair ainda mais no dia 15 de Maio, no Maeda. Rodada, na qual a ex vice, Daqui Pro Bar estava em segundo lugar, encerrou a pescaria deste domingo, no Tio Oscar em terceiro lugar com 21 pontos, tendo um ponto a

mais que os Hermanos, que agora, é o quarto colocado com 17 pontos.

Os Hermanos tiveram trabalho para ganhar do Tigre, que teve o revés para o rival por apenas 0, 750 gramas, 17.540 x 17.090, perdendo uma posição na tabela.

O Estado Crítico, do técnico Pagé começa a mostrar força no Campeonato Paulista. Mesmo com os peixes pouco ativos, os pescadores da Penha não desanimaram, garimpando algumas

Já Só-Lazer e Gaviões/Vegas, disputaram peixe a peixe para subir na classificação do campeonato, que acabou com o Gaviões/Vegas vencendo a etapa por 23.980 a 5.100 kg. Agora, a equipe do Bozó subiu para 5ª colocação na tabela geral com 11 pontos, já, a Só-Lazer do Valter de Olivei-

ra caiu para a sexta posição, com 10 pontos. Com mais uma pescaria na última colocação, a Pantanosso mantém sua posição na lanterna do campeonato com cinco pontos.

TABELA DA 4ª ETAPA Série Ouro Chave Amarela 1º Lugar Sabó 20.520 Pontos 7 2º Lugar Hideki 20.450 Pontos 6 3º Lugar Los Hermanos 17.540 Pontos 5 4º Lugar Daqui Pro Bar 17.090 Pontos 4 5º Lugar Gaviões / Vegas 13.980 Pontos 3 6º Lugar Pantanosso 10.440 Pontos 2 7º Lugar Só Lazer 5.100 Pontos 1

Chave Verde

1º Lugar Ponto A 11.780 Pontos 7 2º Lugar Rumo da Pesca 9.560 Pontos 6 3º Lugar Estado Crítico 7.380 Pontos 5 4º Lugar Badejo 7.320 Pontos 4 5º Lugar Poliprint 6.420 Pontos 3 6º Lugar Isena 1.220 Pontos 2 7º Lugar Zóio de Lula 880 Pontos 1

TABELA GERAL 4ª ETAPA Série Ouro Chave Amarela 1º Lugar Hideki 184.140 Pontos 26 2º Lugar Sabó 131.430 Pontos 22 3º Lugar Daqui Pro Bar 178.780 Pontos 21 4º Lugar Los Hermanos 115.230 Pontos 17 5º Lugar Gaviões/vegas 104.720 Pontos 11 6º Lugar Só Lazer 83.340 Pontos 10 7º Lugar Pantanosso 60.710 Pontos 5

4ª Etapa

Campeonato Paulista em Pesque e Pague 2011 “Varas Lisas” 07

Série Prata chave branca com muitas fisgadas - Império e Refúgio com liderança isolada Nas doze pescarias deste domingo foram pesados cerca de 980 kg de peixes, com média superior a 80 quilos por equipe. A competição foi realizada no dia 17 de Abril, das 8h30 às 12h30, no Pesqueiro Ranchão do Peixe, em Mairiporã-SP – Neste pequeno espaço de tempo foram pesados cerca de 980 kg, sendo a pescaria exercida exclusivamente com “varas de mão”, de no máximo 5,40 metros. No decorrer da competição, os pescadores capturaram grande quantidade de tilápias, em sua maioria entre 02 e 3.5 kg, e literalmente faziam a festa, mas entre um e outro exemplar sempre capturavam peixes maiores, como aconteceu com Sílvio Marotte, dos Amigos da Pescas. Ele pegou duas Carpas cabeçudas com cerca de 5 e 6 quilos, com vara telescópica de 3,60 metros. Húngaras com cerca de 4 quilos, também saíram em abundância. Os Destaques da pescaria, além da grande quantidade de peixes fisgados foram às ações dos pescadores das equipes - Império Molas e Pizzaria Refúgio, campeãs e líderes absolutas pela chave Branca e Azul.

MPÉRIO SE ISOLA NA LIDERANÇA E CONFIRMA ARRANCADA

Quatro vitórias nas quatro primeiras rodadas do Campeonato Paulista. Com 100% de aproveitamento, a Império Molas de Pirituba, única invicta no campeonato confirmou a arrancada inicial na competição estadual e se isolou na liderança, com 24 pontos. Mais uma vez pescando no Ranchão do Peixe com um grande público, a equipe comandada pelo Gedison do Império sofreu, mas no final saíram de Mairiporã com cerca de 130 quilos na planilha. Os pescadores: Gedison (capitão), Jair, Nelson, Tássio, Toninho, Sérgio, Nilson, Lucena e Roberto levaram a cabo mais esta importante missão, e foram reconhecidos pela sua experiência, bem como das táticas empregadas por cada um. Foram utilizadas pelos competidores as mais variadas formas de iscas, visando cada um com seu estilo tentar obter a maior quantidade de exemplares, que lhes dariam uma boa colocação.

Chave Verde

1º Lugar Ponto A 102.780 Pontos 21 2º Lugar Poliprint 104.430 Pontos 18 3º Lugar Isena 98.760 Pontos 16 4º Lugar Badejo 97.760 Pontos 16 5º Lugar Rumo da Pesca 81.240 Pontos 15 6º Lugar Estado Crítico 80.930 Pontos 15 7ª Lugar Zóio de Lula 79.680 Pontos 11

TABELA DA 4ª ETAPA

Em quatro rodadas, o Trairão/ Carbwel somou 17 pontos no Campeonato Paulista e ocupa a 2ª colocação. A equipe da Freguesia do ó faz uma campanha excelente, três etapas na terceira colocação, e um consagrado segundo lugar. Por isso, começar uma nova fase na temporada é o principal objetivo do Técnico Mario Takamoto.

Série Prata Chave Azul

Longe da disputa pelas primeiras posições, mas em situações bem melhores que a To Nem Aí, o técnico Laurindo Marotte aposta nos novos participantes para alavancar na tabela de classificação. Os Amigos contam com nove pontos na tabela de classificação, e está na frente apenas da To Nem Aí, última colocada com apenas três pontos.

Refúgio ganha liderança e Maruko decepciona torcedores

A grande surpresa do Campeonato Paulista até o momento é a equipe da Pizzaria Refúgio de São Caetano do Sul. O Verdão ganha mais uma da desesperada Maruko, no Ranchão do Peixe e pula para 21 pontos, assumindo a liderança isolada da competição. A equipe São-Caetanense ganhou a pescaria com um show do pescador Marcelo. Ele comandou o passeio verde no Ranchão do Peixe e garantiu seis pontos na classificação do Verdão. E a primeira posição está garantida pela Pizzaria A Maruko não conseguiu ficar mais que uma rodada na liderança do Campeonato Paulista. Na manhã deste domingo, na abertura da quarta rodada, a ex. líder decepcionou ao perder para a Pizzaria Refúgio por 94 a 82 kg, e viu o Verdão assumir a ponta da competição. Com a 4ª colocação adquirida na rodada deste final de semana, a Maruko caiu para a 2ª posição na tabela geral com 19 pontos,

Chave Branca

Refúgio, pelo menos nas próximas quatro semanas. Isso porque, na próxima rodada no Maeda, o Verdão deverá pescar com a equipe suplente, já que por compromissos assumidos anteriormente, os pescadores poderão disputar outro circuito de pesca dentro do estado. Para o comandante Emerson, a equipe ainda tem muito a evoluir ao longo da competição. “Não vencemos nada ainda. Precisamos nos aprimorar ainda mais na pesca com varas lisas, só assim podemos ganhar alguma coisa, pois o campeonato está apenas começando”, destacou.

Também no Ranchão do Peixe, o Pesqueiro Mazakina de Santa Izabel conquistou pela primeira vez uma posição de destaque na competição. A equipe do capitão Leandro pesou 64.670 kg, entre tilápias e

1ª Lugar Império 137.610 Pontos 6 2ª Lugar Trairão/Carbwel 124.540 Pontos 5 3ª Lugar Guaru Fishing 124.010 Pontos 4 4ª Lugar Amigos da Pesca 102.560 Pontos 3 5ª Lugar Nóis Nem Liga 80.630 Pontos 2 6ª Lugar Tô Nem Aí 27.280 Pontos 1

TABELA GERAL 4ª ETAPA Série Prata Chave Azul

dois pontos abaixo da líder Refúgio. Entretanto, a diferença na tabela poderá ser de três pontos, caso a Castelão vença o recurso impetrado, sobre fatos ocorridos nesta etapa.

A rodada acabou sendo boa também para a Sumaré, que encontrou dificuldades, mas que acabou ganhando a 2ª colocação com 82.110 kg, neste domingo, no Ranchão do Peixe. O pescador José Miyata, o melhor da pescaria garantiu os quilos que permitiu a Sumaré se aproximar dos primeiros colocados na competição. A Guaru Fishing, por sua vez, voltou a apresentar uma boa pescaria no Ranchão do Peixe pescando cerca de 120 kg, entre diversas espécies, sobressaindo-se as grandes tilápias, sendo que algumas delas chegaram ao patamar de três quilos. Agora, a Guaru conta com 14 pontos na classificação. Segundo Hirotika, Leandro, Ex molha Isca levou nota 10, em sua estréia pelo Leão.

1ª Lugar Refúgio 94.780 Pontos 6 2ª Lugar Auto E. Sumaré 82.110 Pontos 5 3ª Lugar Mazakina 64.670 Pontos 4 4ª Lugar Maruko 64.330 Pontos 3 5ª Lugar Castelão 58.950 Pontos 2 6ª Lugar Alto da Serra 12.740 Pontos 1

1ª Lugar Refúgio 260.770 Pontos 21 2ª Lugar Maruko 201.060 Pontos 19 3ª Lugar Auto E. Sumaré 175.660 Pontos 18 4ª Lugar Mazakina 109.850 Pontos 10 5ª Lugar Castelão 106.850 Pontos 10 6ª Lugar Alto da Serra 57.060 Pontos 8

Chave Branca

carpas e chegaram aos 10 pontos, os mesmos pontos do Castelão, que pesou 58 950 kg, porém, leva vantagem pelo critério de saldo em quilos. Na última colocação, em sexto lugar está à equipe Alto da Serra com oito pontos, e 57.060 kg na tabela geral do campeonato.

1ª Lugar Império Molas 314.780 Pontos 24 2ª Lugar Trairão/Carbwel 257.860 Pontos 18 3ª Lugar Nóis Nem Liga 205.864 Pontos 15 4ª Lugar Guaru Fishing 187.480 Pontos 13 5ª Lugar Amigos 180.570 Pontos 10 6ª Lugar Tô Nem Aí 30.840 Pontos 03


Jornal da Pesca - Edição 137/2011 - Capa Pesqueiro Maeda