JMG 2515

Page 1

Porte Pago

Autorizado pelos CTT a circular em invólucro fechado de plástico. Autorização nº DE02692007MPC

Ò Ò Ocorrências

Ò Ò Ensino

» pág. 5

» pág. 7

Apanhado com 168 kg de cobre

Ano letivo termina em festa

Jornal da Marinha

Director: António J. Ferreira

www.jornaldamarinha.pt

Telefone: 244 502 628

QUI21JUN2012

ANO: XLIX - Nº 2515

Preço: 1,10 € (IVA inc.)

GRANDE

A marchar se vai longe Ò Ò política

João Paulo pedrosa reeleito na federação do PS de leiria » pág. 3

Ò Ò marinha grande

operário vai ser requalificado » última

Ò Ò tojal

vidreiros sonham com campo sintético » pág. 14

Ò Ò xadrez

» pág. 17

As Marchas Populares deslumbraram os milhares de pessoas que se deslocaram ao Estádio Municipal durante o último fimde-semana. O fado foi o tema escolhido e representado por 12 coletividades das três freguesias do concelho » pág. 3

» pág. 6

COMPRAMOS

OURO MELHOR PAGO MUITO

COBRIMOS TODAS AS OFERTAS não venda sem nos consultar

* Mediante cotação do dia

daniel bray campeão absoluto de leiria

AVALIAÇÕES DE HERANÇAS Ouro 19,2K 27,00€/gr* Ourivesaria Água Marinha

96 826 10 19

NEGÓCIO CLARO, COM RIGOR E PROFISSIONALISMO


Local

2

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

António José Ferreira Diretor

Editorial

Marchar é no estádio municipal As coletividades do concelho da Marinha Grande decidiram, em articulação com a autarquia, promover a edição de 2012 das marchas populares no estádio municipal. E em boa hora o fizeram. Desde logo porque se evitou aquilo que correu mal no ano passado: o ruído numa zona densamente habitada (Av. da Liberdade). Quem não se lembra das críticas feitas por alguns munícipes que, tendo que trabalhar de madrugada, não o conseguiram nas noites de sexta e sábado? Deslocalizando as marchas populares para o estádio municipal, deixou de existir esse problema, que é real, pois todos têm direito ao descanso. Por outro lado, este ano não existiram condicionalismos de trânsito na cidade, nomeadamente o corte da circulação em duas das principais avenidas da cidade. Não foi, por isso, necessário o envolvimento da PSP, com vantagens para os automobilistas e para a organização. Este ano não foi necessário, igualmente, alocar recursos financeiros para a instalação de bancadas. No estádio há bancadas com fartura, quiçá mais do que as que são necessárias. A ida para o estádio resolveu outro problema: todos os espetadores ficaram sentados. Em anos anteriores quem

não se lembra de ver velhos e novos de pé, durante horas? O estacionamento foi outra vantagem. No centro da cidade não existem os lugares disponíveis que o parque do estádio apresenta. Outra vantagem: as casas de banho. No estádio existem várias, na Av. da Liberdade nem por isso. A segurança é outro aspeto importante e no estádio esta era muito maior que numa qualquer avenida da cidade. Será que são necessários mais exemplos ou estes são mais que suficientes? Os argumentos de que os marchantes se encontravam longe do público ou que a pista de atletismo poderia ficar danificada são curtos e desprovidos de qualquer sentido. Claro que há pormenores a melhorar. Mas se nos permitem, parabéns à organização. Esta noite, JMG e SOM homenageiam Luiz-Manuel, logo após o jogo da seleção nacional no Euro 2012. Recentemente falecido, o poeta marinhense será recordado numa iniciativa que pretende exultar as qualidades do homem e do poeta. Será recordada a obra de Luiz-Manuel e prestados testemunhos daqueles que com ele conviveram mais de perto. Uma justa homenagem, a não perder! ß

João E. Cruz

opinião Dificuldades políticas Candidato à Concelhia do PSD

A

inactividade, o silêncio, o esperar que sejam os outros a agendar as acções políticas, o continuar a ver que se faça por iniciativa dos indignados, é proporcionar o surgimento de movimentos de cidadãos, de grupos e associações, que embora menos rígidos e menos duradoiros, não deixam de ter um papel activo e influente na vida política. O mau funcionamento de uma Secção Concelhia ou Núcleo poderá ser um exemplo de como se contribui para a fraca ancoragem dos partidos. Os dirigentes partidários não podem limitar-se aquando das eleições ir às freguesias, mercados ou promover arruaças para só pedir apoio, e nada dar aos eleitores. Têm que se ser capazes de fazer reunir os militantes e simpatizantes e de os envolver para enfrentar uma batalha que os levará a conquistar o poder autárquico, e juntos executar todo um trabalho para corrigir procedimentos e concretizar objectivos, que mais importantes que a doutrinação é estudar e levar as pessoas a pensar, a criticar, a discernir, e onde? Reactivar o PSD no concelho com uma atitude inconformada que privilegie o confronto de pontos de vista, o debate, sentir

o pulsar de cada militante com o fim de melhorar as opções, guiar decisões concertadas e conscientes com atitude de combate em defesa das decisões que entretanto é preciso defender por forma a que possamos contribuir para o funcionamento da nossa autarquia em prol dos cidadãos e da cidade. Vejamos se se têm demonstrado nos locais, nas reuniões realizadas nos lugares das freguesias, ou nas assembleias, os critérios da Carta Escolar do Concelho? Acaso, facultaram esse documento aos partidos para o debater e depois o demonstrar aos seus militantes? Um documento que quando implementado tem implicações em todas as freguesias. Era importante, mas apenas temos contado com factos consumados. Para um ecoponto, os militantes têm interesse em conhecer as propostas para o apresentarem aos seus eleitores. A localização da estação rodoviária, o terminal TIR periférico a prever no PDM, a definição da localização das piscinas, do quartel dos bombeiros, o futuro mercado, sua acessibilidade e envolvência urbanística, a envolvente da zona histórica a sul com os vários planos de pormenor efémeros, e mais recente o relatório preliminar ao inquérito do

PDM, novo plano territorial em atlas e a nova definição dos limites de REN e RAN. Não obstante termos a consciência que para além das incertezas de um orçamento há prioridades inadiáveis e estas temos que as debater no lugar próprio, ou não é assim? Também é verdade que as listas anteriores vencedoras da Concelhia contavam com militantes activos, empenhados e dinâmicos, que deram o seu melhor, mas outros militantes lamentam que só agora surgisse um disponível para assinar uma simples convocatória para reunir os militantes que antes ansiavam que para além do que atrás se mencionou, era também importante conhecer e discutir naturalmente as propostas da nova geração de militantes em que é protagonista a nossa JSD, única no concelho que, prima e aspira a uma sociedade aberta, social e em que se evidencia a luta pelo bem-estar geral e por uma melhor qualidade de vida da juventude. Respeitar a JSD que se preza pertencer a um partido que se rege por cultura de liberdade, de afirmação pela diferença, pela competência, os quais Jotas, hão-de assegurar o futuro do PSD, das suas políticas, colaborando na afirmação da “social democracia“ do concelho e do nosso País. ß

Cosmética automóvel

Álvaro Pereira ainda acredita que a U. Leiria vai pagar o relvado de Picassinos...

E eu também acredito no Pai Natal!

Santa ingenuidade…

Lavagem e limpeza personalizada de interior e exterior

*Cão rafeiro... que morde velhinhos, e não só!

(R)Humor

de automóveis. Lavagem de estofos, carpetes e tetos. Av. José Gregório, 96 - Marinha Grande Marcações pelo telemóvel 919 441 781

Rufino

Fininha

Rufia*


Jornal da Marinha Grande 21 de junho de 2012

Local

3

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Marinha Grande

Ò Ò Política

Marchas brilharam e deslumbraram As Marchas Populares da Marinha Grande brilharam e deslumbraram os milhares de pessoas que se deslocaram ao Estádio Municipal durante os três dias do evento. O tema escolhido foi o Fado e as 12 colectividades presentes, representando as freguesias da Marinha Grande, Moita e Vieira de Leiria, cada qual a mais bonita, desfilaram com garbo sob o aplauso do público ÂÂAdriano Paiva ÒÒUm pouco de história

As Marchas Populares da Marinha Grande começaram há nove anos por iniciativa da Associação Social, Cultural e Desportiva de Casal Galego, que endereçou convites a todas as colectividades da Marinha Grande, tendo aderido à ideia somente o Clube Desportivo e Recreativo da Amieira e o Grupo Desportivo e Recreativo das Figueiras. Pediram o Pavilhão 1 do Parque Municipal de Exposições e lá, sem apoios nenhuns, a não ser a cedência do Pavilhão pela Câmara Municipal, deram início à aventura que, pelo êxito relativo que obteve, encheu de coragem as três colectividades a continuar e sempre de portas abertas à entrada de outras, o que veio a acontecer. Com o decorrer dos anos, os Pavilhões do Parque Municipal já não suportavam o público e a ideia de as Marchas se realizarem na rua, seu terreno natural, avançou. E foi questionado o problema do local. O Parque da Cerca chegou a ser considerado. Mas a logística necessária foi impeditiva. Optou-se pelo exterior do Estádio Municipal. Tinha condições para algum apoio logístico. Mas não tinha grandes condições de visibilidade. A Avenida da Liberdade foi o passo seguinte, já com a ACAMG a liderar o processo. Mas a logística tornou-se muito pesada e muito cara. E

mesmo com a instalação de bancadas, a visibilidade para o grande público também não era a melhor. E o ruído provocado pela instalação sonora foi alvo de muitos protestos dos moradores. Este ano, com a falta de apoios financeiros da Câmara, o Estádio foi o local escolhido. Logo contestado por alguns. A pista de atletismo poderia ser molestada, diziam. A contestação chegou à Assembleia Municipal, por duas vezes. Não

vingou. Felizmente! E as Marchas, este ano mais belas, desfilaram com garbo pelo Estádio. Bem iluminadas. Com espaço e piso para desenvolverem as suas coreografias. E o público gostou! E contribuiu! E ajudou (e de que maneira) a diminuir as despesas elevadas que o evento requer. São milhares os euros que são gastos com a confecção dos fatos. São milhares as horas perdidas pelos marchantes e colaboradores, quer

João Paulo Pedrosa reeleito

nos ensaios, na elaboração dos fatos, na montagem do espectáculo. Foram milhares os marinhenses, moitenses e vieirenses e não só, que se deslocaram ao Estádio para apoiar as suas Marchas. Estão de parabéns! Foram centenas os que participaram nas Marchas: marchantes, ensaiadores, costureiras, coreógrafos, pintores, aderecistas, músicos, cantores, madrinhas e padrinhos, porta-bandeiras, meninos e meninas, aguadeiros. Estão de parabéns! Foram dezenas os que trabalharam na logística do evento, dirigentes e sócios das colectividades representadas. Estão de parabéns! Foram 12 as colectividades que participaram no desfile: Associação Social, Cultural e Desportiva de Casal Galego, Clube Desportivo e Recreativo da Amieira, Grupo Desportivo e Recreativo das Figueiras, Sociedade de Beneficência e Recreio 1º de Janeiro, Sport Império Marinhense, Sociedade Instrutiva e Recreativa 1º de Dezembro, Futebol Clube “Os Belenenses”, Associação Sindical União de Reformados, Pensionistas e Idosos, Centro Cultural Paroquial de Nossa Sra. da Ajuda, da Passagem, Associação Cultural e Recreativa da Comeira, Sport Lisboa e Marinha e Clube Desportivo Moitense. Pelo seu empenho e dedicação em prol da cultura popular, estão de parabéns. Foram poucos os que contestaram a escolha do local para a realização do evento. Pela coragem que demonstraram ao fazê-lo, estão de parabéns também! Foi um concelho em festa. Festa da cultura popular. Está de parabéns! ß

O marinhense João Paulo Pedrosa foi reeleito presidente da Federação Distrital do Partido Socialista As eleições decorreram na última sexta-feira, 15 de junho, e os militantes socialistas foram chamados a votar na continuidade, com João Paulo Pedrosa, ou na mudança, com Fernando Lopes, que encabeçou a lista concorrente. Após o ato eleitoral e contabilizados os votos, a vitória sorriu ao marinhense João Paulo Pedrosa, que foi assim reeleito presidente da Federação Distrital do PS de Leiria, com 61,5 por cento dos votos. “Trabalhar em prol do distrito” é um dos objetivos de João Paulo Pedrosa, que derrotou o presidente da Câmara Municipal de Castanheira de Pêra, Fernando Lopes, que obteve 35,5 por cento dos votos. ß

Gostava de receber o JMG por Internet? Sim? Então é muito simples: Faça-nos chegar um cheque no valor de 25 euros, o seu endereço de e-mail... e pronto! Já está. Durante um ano lê o Jornal da Marinha comodamente no seu computador.

Fácil, não é? Em caso de dúvidas, contacte-nos: 244 502 628


Opinião

4

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

»Opinião

ÒÒRúben Gomes »Opinião

Humor Take Away Olá! Parabéns à nossa selecção pela passagem aos quartos-de-final do Euro 2012. Depois da derrota com a Alemanha, a selecção conseguiu vencer a Dinamarca com grande sofrimento até ao fim. Desde o tempo do António Oliveira, como seleccionador, que os jogadores não tinham um encontro tão intenso acabando com um “final feliz”. Até o Helder Postiga marcou um golo, mas também se o Polvo e a Vaca que supostamente adivinham os vencedores dos jogos se enganam, porque é que ele não se pode enganar? Por falar em animais que adivinham resultados, já existe uma variedade enorme de espécies que supostamente têm esse dom. Vaca, Polvo, Elefante, Crocodilo... até o Camelo do meu vizinho espanhol diz que a selecção do seu país vai vencer a competição. No último jogo, Portugal venceu a Holanda. Se eu fosse ao Pingo Doce, estava atento aos impostos, são capazes de duplicar neste trimestre só por vingança. A Holanda entrou bem, mas ainda bem que durou apenas 15 minutos. A “Laranja Mecânica” deve usar pilhas do chinês. Durante grande parte do jogo estivemos no meio campo adversário e bem pensado poderíamos ter alugado o nosso para ajudar a pagar a dívida. Só uma pergunta: A Holanda equipou-se de preto porque já previa assistir ao seu enterro no Europeu, certo? Para concluir, a Rússia foi a primeira a abandonar a competição, para espanto de muitos! Também, estava perto de casa, não precisava de ficar à espera de boleia! Até para a semana. ß

JMGTV www.jornaldamarinha.pt/tv

Álvaro Pereira e União de Leiria: o desastre anunciado O “negócio” com a União Desportiva de Leiria, através do alto patrocínio da Câmara PS e o envolvimento pessoal e político do Presidente da Câmara, Álvaro Pereira, nasceu torto e não se vislumbra solução para tão malfadado acordo. Os contornos deste “negócio” nunca foram claros e continuam por esclarecer. Logo à nascença, fomos confrontados com a anti-democrática e ilegal posição de Álvaro Pereira, que, por iniciativa pessoal, primeiro convocou uma conferência de imprensa, em 18 de julho de 2011, a anunciar o acordo com a SAD da UDL e só depois, em 28 de julho de 2011, apresentou o assunto aos seus pares, em reunião da Câmara Municipal da Marinha Grande, para ser votado. Os vereadores da CDU alertaram para o desprezo a que eram votados e para os perigos resultantes das diversas insuficiências e lacunas do Protocolo. Preocupações que fizeram questão de ficar vertidas na ata da reunião de Câmara que se realizava nesse dia. Mas, de nada valeram os alertas da CDU e em declaração de voto, os eleitos do PS argumentaram que: “No Protocolo estão salvaguardados os interesses do Município”, “Não acarretam custos acrescidos significativos”, “não podemos aceitar as justificações apresentadas na declaração de voto dos Srs. Vereadores da CDU”. Apesar de avisados para o possível desastre, novamente fizeram orelhas moucas às nossas preocupações e às nossas propostas, avançando para mais uma nego-

ciata que, infelizmente, se revelou altamente nefasta para a Marinha Grande e, consequentemente, para os marinhenses. Mas o mais grave estava para vir, apesar do otimismo de Álvaro Pereira que em reunião de Câmara realizada no dia 27 de outubro de 2011 e face aos receios novamente expressos pelos eleitos da CDU, afirmou “estar tranquilo” e que foi “alertado para a situação desde o início das negociações”. Posteriormente, em diversas reuniões de Câmara, os vereadores eleitos da CDU foram pedindo explicações, levantaram as mais diversas dúvidas e as respostas que foram obtendo do Presidente da Câmara foram que: “não tenho nada a ver com isso” e que a verificar-se quebra do Protocolo “existiam tribunais para resolver o assunto”, que “mantém tudo aquilo que já disse, ou seja, se forem embora não pagam só um relvado mas sim três relvados, tal como consta do protocolo… continuo a pensar que foi um bom negócio…” (reunião da Câmara Municipal realizada no dia 29 de março de 2012). Após tanta manifestação de confiança de Álvaro Pereira, curiosamente, no dia seguinte, 30 de março de 2012, assiste-se à situação vergonhosa da primeira tentativa da empresa que colocou o relvado, de o retirar por ordem judicial. Nesse dia, já com a situação completamente descontrolada, Álvaro Pereira convoca uma reunião extraordinária da Câmara para: “análise da situação decorrente do protocolo celebrado com

a União de Leiria SAD para utilização do Estádio Municipal”. Nessa reunião, os vereadores da CDU, além de manifestarem a razão dos alertas que antecipadamente tinham lançado, pediram uma auditoria, de forma a que se soubesse claramente quanto se tinha gasto com a vinda da UDL para a Marinha Grande, quer em despesas de investimento, quer em despesas correntes de funcionamento. Mais tarde e tendo sido confrontados com afirmações do Presidente da Câmara em que dizia que a UDL também tinha feito significativos investimentos no estádio, pedimos que nos fossem fornecidos por escrito, os devidos comprovativos desses pretensos investimentos efetuados pela SAD da UDL. O PS esconde dos Marinhenses as contas dos custos com o União de Leiria. Até ao dia de hoje nada nos foi entregue e continuamos à espera que a Câmara do PS nos faculte todos os elementos solicitados, sendo que tal atitude demonstra, mais uma vez, uma total falta de respeito democrático, além de consubstanciar uma situação de flagrante ilegalidade. Mas as situações rocambolescas continuaram. Verifica-se uma nova tentativa de retirar o relvado sintético, Álvaro Pereira convoca reuniões com a SAD do UDL e ninguém aparece, até que o impensável acontece – a SAD da UDL rescinde o Protocolo estabelecido com a Câmara Municipal da Marinha Grande dando-se ao luxo de ameaçar com pedidos de indemni-

zações por se sentir lesada. Além dos prejuízos diretos ao município, não podem ser escamoteados os prejuízos causados aos clubes da Marinha Grande e particularmente aos diretamente envolvidos, Atlético Marinhense, Vidreiros e Garcia. O Atlético Marinhense porque se encontra envolvido numa embrulhada para a qual não contribuiu, utilizando um relvado colocado em terreno próprio mas que não sabe se é seu e vivendo na incerteza de um dia ser retirado por uma qualquer ordem judicial ou penhora de terceiros, e os Vidreiros e a Garcia por ficarem defraudados nas suas legítimas expectativas. Comprovada, mais uma vez, a incapacidade do Presidente e da gestão PS e perante este cenário desastroso, é legítimo invocar que os verdadeiros interesses da Marinha Grande não foram devidamente acautelados e os prejuízos estão à vista. Não se invocando somente os prejuízos financeiros, mas também, os mais que evidentes, prejuízos morais. O PS e particularmente o Presidente da Câmara, são responsáveis política e pessoalmente por este negócio ruinoso. A alternativa é a CDU – Honestidade, Trabalho e Competência. Os marinhenses terão de tirar as devidas conclusões políticas sobre o mesmo, penalizando quem deve ser penalizado e recolocando todo o concelho no caminho do desenvolvimento e progresso.

Sec. da Comissão Concelhia da Marinha Grande do PCP

»Opinião

Marchas sem fronteiras “É bonito ver as marchas; E a quem nelas também ande; Juntos todos nós daremos; Orgulho à Marinha Grande”. Esta foi uma quadra que fez parte da letra de uma das 13 marchas que desfilaram no Estádio Municipal da Marinha Grande no último fim-de-semana. E os leitores perguntar-se-ão: “então mas não eram só 12”? Na verdade, eram. Mas no último dia de desfile, passaram a 13.

Às coletividades participantes neste evento, juntou-se uma marcha muito especial, composta por alguns alunos da APPACDM (Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental) da Marinha Grande. Aquele grupo de alunos, coordenado por monitores, conseguiu sensibilizar toda a plateia. Aqueles meninos que, apesar das dificuldades, marcharam como gente grande, mostraram que nunca se deve

baixar os braços e que todos merecem uma oportunidade. Venho, desta forma, dar os parabéns a todos os meninos da APPACDM pela coragem e pelo esforço. É de gente assim que o nosso país precisa! Quero ainda enaltecer a comissão das marchas populares 2012 por ter sido sensível a esta participação e ter dado a oportunidade a estas pessoas tão especiais de poderem, também elas, participar

num evento que é, sem dúvida, uma das maiores iniciativas culturais do concelho da Marinha Grande. Lutar pela integração de pessoas com deficiência numa sociedade cada vez mais cheia de egocentrismo e materialismo é um dever de todos. E este pequeno gesto, a juntar a tantos outros que vemos pelo mundo fora, fará certamente a diferença!

Sónia Santos


Jornal da Marinha Grande 21 de junho de 2012

Local

5

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Economia

Funerária Vareda com novas instalações

Ò Ò Publi-reportagem

O negócio, que continua a ser gerido em família, cresceu e neste momento a Funerária Vareda tem condições para realizar quatro serviços fúnebres em simultâneo, dado que dispõe de quatro viaturas. A empresa presta serviço sobretudo no concelho da Marinha Grande mas também tem capacidade para realizar funerais em outros pontos do país ou mesmo no estrangeiro. Segundo adiantou ao JMG Joana Vareda, filha da atual proprietária, a funerária trata de todo

o tipo de questões burocráticas relacionadas com o falecimento de uma pessoa, nomeadamente junto da Segurança Social e ADSE, com exceção para o Serviço de Finanças, que tem obrigatoriamente de ser resolvido pelos familiares do defunto. A Funerária Vareda funciona de segunda a sexta-feira entre as 9h e as 13h e das 15h às 19h, e aos sábados apenas no período da manhã, mas dispõe de atendimento 24h/dia, através dos contactos 919 431 720 e 917 273 336. ß

Criada em 1921, na Marinha Grande, a Funerária Vareda prepara-se para estrear já esta sexta-feira, 22 de junho, renovadas instalações na Rua Diogo Stephens

J

oão Domingues Vareda, bisavô da atual gerente do negócio, Eugénia Vareda, foi o primeiro elemento da família a enveredar pelo ramo funerário. Noventa e um anos volvidos, a empresa continua a funcionar no mesmo local, na Rua Diogo Ste-

phens, em pleno centro tradicional da Marinha Grande. Mas agora com uma diferença: as velhinhas instalações deram lugar a um novo espaço, construído de raiz, com exceção das paredes exteriores que foram mantidas. As obras decorreram ao longo do último ano, sendo que o inves-

timento visou criar melhores condições, quer de trabalho como de atendimento ao público. Além do escritório existe uma área de exposição de lápides, artigos em bronze e urnas, de vários tipos e preços consoante as possibilidades e preferência dos clientes.

Ò Ò Interact Club

Ò Ò Trutas

Espírito rotário chega aos jovens O próximo dia 1 de julho vai ser especial para o Rotary Club da Marinha Grande, por dois motivos: a transmissão de tarefas e a constituição de um novo clube, o Interact, direcionado aos jovens. As cerimónias vão ter lugar no

Hotel Mar e Sol, em S. Pedro de Moel, a partir das 12h30. Durante o almoço de confraternização entre os rotários marinhenses, será empossado o novo corpo diretor para o ano rotário 2012/2013, que será presidido

por Dulce Mendes, que sucede no lugar a António Guterres. O ponto alto deste dia será, no entanto, a formalização do Interact Club da Marinha Grande, que não será mais que um clube constituído por jovens, dos 12 aos

GNR apanha ladrão de cobre 18 anos, que tentará ajudar a sociedade através da dinamização de campanhas, doações, visitas a creches e hospitais, entre outras ações, com vista a melhorar desde o meio-ambiente até à saúde da população carente. ß

Ò Ò ACM

Convívio reúne atletas da década de 60 Cerca de duas dezenas de antigos jogadores da década de 1960 do Atlético Clube Marinhense marcaram presença na última sexta-feira, 15 de junho, no seu 1º Convívio. Oriundos da Marinha Grande e de zonas limítrofes do concelho, as antigas estrelas reuniram-se junto ao Estádio Municipal para a “foto de família”, antes de se sentarem à mesa. A organização da iniciativa esteve a cargo de Vítor Manuel, José Santos, Vítor Pina e Carlos Roldão, que colocaram como objetivo a

possibilidade de reviver velhos tempos, recordando o percurso

de alguns atletas que conseguiram chegar à 1ª divisão de juniores e

à seleção de esperanças. Houve ainda tempo para recordar alguns atletas que já faleceram. Carlos Tibério, Zé Santos, Alvarito e Jaime Vargas foram apenas alguns dos antigos jogadores que estiveram presentes no evento. Segundo a organização, a iniciativa é para continuar e reunir o maior número possível de antigos colegas, já que desta vez houve quem não tivesse estado presente, ou por dificuldades de contacto ou indisponibilidade. ß

Um homem foi surpreendido e detido pela GNR na posse de 168kg de cobre, junto a uma sucateira, nas Trutas, na Marinha Grande. Segundo as autoridades, o indivíduo, que já estava referenciado pelo furto de cobre, foi apanhado em flagrante delito pelas 9h30 da última segunda-feira, 18 de junho. O homem, de 21 anos, ainda tentou fugir mas acabou por ser detido pela GNR que encontrou dentro da viatura em que se fazia transportar, três cilindros em cobre, várias peças de máquinas de pulverizar e fio de cobre queimado. Ainda de acordo com os militares, o suspeito não possuía carta de condução. Após ter sido presente às autoridades, o indivíduo ficou sujeito à medida de coação de Termo de Identidade e Residência, tendo sido apreendidos a viatura e o material furtado. ß


Local

6

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Euro 2012

Ò Ò Saúde

RCM emite rubrica sobre alimentação saudável

Ò Ò Ocorrências

Marinhenses fazem a festa cidade, exibindo bandeiras e cachecóis com o símbolo da nação. A seleção de Paulo Bento carimbou assim a passagem aos quartos-de-final do Euro 2012, entrando em campo já esta quinta-feira, a partir das 19h45, em Varsóvia, para defrontar a seleção da República Checa.

Ò Ò foto: André Granja

“Alimentação saudável” é como se intitula a rubrica que tem vindo a ser emitida ao longo das últimas semanas nas manhãs da RCM 96fm, e que chega ao fim esta sexta-feira, 22 de junho A iniciativa é da inteira responsabilidade de quatro grupos de estagiários que frequentam o 2º ano do Curso de Dietética da Escola Superior de Saúde, do Instituto Politécnico de Leiria, e conta com a coordenação da nutricionista Cátia Pontes. Ao longo das últimas semanas, os alunos têm trazido à antena da Rádio Clube Marinhense diversos assuntos que se prendem com alimentação saudável, desde mitos alimentares, passando pela amamentação, pelas dietas milagrosas e alimentação na terceira idade. De acordo com a nutricionista Cátia Pontes, “inicialmente a nossa ideia seria abordar apenas quatro temas durante duas semanas. No entanto, os alunos gostaram tanto da experiência que querem continuar a fazer esta rubrica até ao fim do estágio, que termina a 22 de junho”. Diabetes, obesidade, distúrbios alimentares e hipertensão arterial foram outros dos temas explorados pelos estudantes. ß

Arrenda-se Apartamento T3 mobilado Na Avenida 1º de Maio Contacto: 917 996 075 · 912 349 754

Acidentes fazem dois feridos

ÒÒQueda macha festejos

Sempre que a seleção portuguesa de futebol alcança bons resultados em competições de âmbito europeu ou mundial a rotunda do vidreiro, na Marinha Grande, é o palco da festa.

O último domingo, 17 de junho, não foi exceção e assim que terminou o jogo entre Portugal e Holanda, que a equipa das quinas venceu por 2-1, dezenas de pessoas rumaram ao centro da

No final da festa, um homem caiu de uma carrinha de caixa aberta, sofrendo ferimentos na cabeça. Segundo algumas testemunhas, os bombeiros voluntários foram chamados, mas quando chegaram ao local já o indivíduo se estava a ir embora pelo próprio pé. De acordo com o que o JMG apurou, na altura da queda o veículo já se encontrava parado. ß

Duas pessoas sofreram ferimentos ligeiros na sequência de dois acidentes de viação ocorridos na Marinha Grande, na última semana. De acordo com os Bombeiros Voluntários, registou-se o despiste de um automóvel logo na segunda-feira, dia 11, cerca das 7h50, na zona do Cartaxo, de que resultou um ferido ligeiro, que foi assistido no Centro de Saúde. No mesmo dia, pelas 14h30, seis efetivos apoiados por duas viaturas, realizaram um simulacro de incêndio industrial, nas Cumeiras. Na última sexta-feira, 15 de junho, pelas 11h45, da colisão entre um automóvel e um veículo de duas rodas, no Engenho, resultou um ferido sem gravidade, que foi transportado para o Centro Hospitalar Leiria-Pombal, tendo sido socorrido por quatro bombeiros, com o apoio de duas viaturas. ß

Ò Ò Cultura

Luiz-Manuel homenageado Manuel Alegre, Nuno Júdice e Manuel Freire são algumas das personalidades que se vão associar à homenagem póstuma que será prestada esta quinta-feira, no Sport Operário Marinhense

(SOM), ao poeta Luiz-Manuel. A iniciativa, organizada pelo Operário e pelo Jornal da Marinha Grande, terá início assim que terminar o encontro entre as seleções de futebol de Portugal e República Che-

ca, a contar para o Euro 2012, e que será transmitido em ecrã gigante no SOM. Nascido na Marinha Grande, Luiz-Manuel emigrou para a Suíça onde viveu grande parte da sua vida. Esta noite será

lembrado através da declamação de poemas de sua autoria, mas também através da música e da exibição de um filme que conta a sua história. Uma iniciativa a não perder e que tem entrada livre. ß

Ò Ò Projeto curricular

Jovem divulga apoio a doentes oncológicos “À Descoberta de um Novo Olhar” é como se intitula o trabalho em vídeo realizado por Sara Soeima, estudante do 12º E da Escola Secundária Acácio Calazans Duarte, no âmbito da disciplina de Oficina Multimédia O trabalho incide sobre o projeto “Olha-te”, dinamizado nas Caldas da Rainha e direcionado a doentes de cancro e respetivos familiares. Segundo a aluna, “consiste na promoção do ato do indivíduo olhar para si próprio e centrar-se em atividades expressivas e lúdicas que contribuam para a melhoria da sua qualidade de vida”. Trata-se de um projeto de cariz social, “baseado no bem-estar e na esperança de uma melhoria de vida das pessoas carenciadas

pelas circunstâncias da sua enfermidade”. Tem como principal objetivo proporcionar a prática quotidiana de atividades artísticas e trabalhos manuais, despertando a sensibilidade artística num trabalho regular e possibilitando “a fortificação da vontade do indivíduo do conhecimento do mundo e dos seus conteúdos”. O projeto tem como mentora Célia Antunes, natural da Marinha Grande e residente atualmente nas Caldas da Rainha, a quem aos

30 anos foi diagnosticado cancro. Uma vez ultrapassada essa doença, Célia Antunes sente e compreende a necessidade de desenvolver uma plataforma de apoio àqueles que da mesma forma lutam contra esta doença. “A missão do projeto é dar vida

às pessoas que estejam doentes com cancro mantendo-as ativas, de forma a devolver-lhes o entusiasmo necessário a um quotidiano sustentável, físico e emocionalmente estável e que se vejam apoiadas no processo de recuperação da doença”, refere a estudante. No trabalho de Sara Soeima, que pode ser visto em http://sarasoeima.wix.com/um_novo_olhar, são entrevistadas diversas pessoas que se envolveram neste projeto. Para além de Célia Antunes, a aluna entrevistou outros voluntários que colaboram no “Olha-Te”, pessoas que viram no projeto uma nova força para combaterem a sua doença e também familiares de doentes que foram apoiados. ß


Local

Jornal da Marinha Grande 21 de junho de 2012

7

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Marinha Grande

Escolas encerram ano letivo em festa

Ò Ò Sensibilização à porta da Calazans

Estudantes contestam exames nacionais

Teatro, música, dança, exposições, salas temáticas, desporto e tasquinhas foram apenas algumas das iniciativas dinamizadas nos últimos dias pelas escolas do concelho como forma de assinalar, em clima de festa, o final de mais um ano letivo

“Dá a cara contra os exames nacionais” é como se intitula o protesto que a plataforma “Estudantes em Luta” tem vindo a promover nas redes sociais, a que acresce a recolha de assinaturas pelo fim dos exames nacionais. Na última segunda-feira, 18 de junho, dia em que foi entregue ao Ministro da Educação uma carta aberta dando conta desta pretensão, foi dinamizada uma ação de sensibilização à porta da Escola Secundária Calazans Duarte, na Marinha Grande.

ÂÂCarla Fragoso

tou o porco no espeto.

ambiente era informal, de festa e muita animação. Na última sexta-feira, 15 de junho, começámos o nosso périplo pela Escola Básica do 1º Ciclo João Beare, na Embra, onde às 17h já se encontravam muitos pais e encarregados de educação, mas também avós e irmãos. E o motivo não era para menos. A comunidade escolar estava em festa e prestes a subir ao palco estavam, por sua vez, os alunos do 4º ano que em setembro vão ingressar numa nova escola, enfrentando outros desafios. Trajados a rigor, com capa e cartola, um a um receberam das mãos dos respetivos professores, a pasta que representa a conclusão do 1º ciclo. Seguiu-se muita animação, no palco e na plateia, com música, dança e tasquinhas onde não fal-

ÒÒArtistas de palmo

O

Ò Ò Política

PCP discute poder local

e meio

Seguimos para a Escola Básica do 2º e 3º Ciclos Guilherme Stephens, onde visitámos inúmeras exposições. Destaque para a mostra “Olhares”, preparada pelo Clube de Fotografia, que integra alunos das turmas A, B e D, do 8º ano, com orientação da professora Maria Varela, de Educação Moral. A exposição reuniu um vasto leque de fotografias tiradas pelos estudantes aquando de uma visita realizada ao Jardim Zoológico de Lisboa. Assistimos ainda ao V Grande Prémio do Jovem Patinador, que teve lugar no pavilhão da escola. Os alunos assistiram também a uma demonstração dos Bombeiros Voluntários no âmbito da Escola de Infantes, recentemente criada. No recinto não faltou a quermesse, os jogos de matraquilhos, a venda de artigos e os “comes e bebes”. À noite passaram

Em declarações ao JMG, Carlos Teixeira, aluno do 10º ano da Calazans que integrou o protesto, realçou a importância “de a avaliação ser contínua e justa, ao longo dos três anos do secundário, e não em duas horas de exame que, caso corra mal, pode pôr em causa o trabalho realizado ao longo de três anos letivos”. Para este estudante, “os exames nacionais impedem o acesso à Universidade, que devia ser gratuito e universal, coisa que não é”. ß

O Sport Império Marinhense foi o local escolhido para a realização do Encontro Concelhio do PCP sobre o “Poder Local Democrático”, agendado para o próximo sábado, dia 23 de junho, a partir das 14h30

pelo palco dezenas de alunos, que deram a conhecer os seus dotes na dança, no teatro e na música. ÒÒPinhal do Rei evocado

Visitámos, ainda ao final da tarde, a Escola Básica do 2º e 3º Ciclos Nery Capucho, onde decorria já a representação de algumas lendas do Pinhal do Rei. Trajados a rigor, os alunos deram a conhecer, entre outras, a lenda das camarinhas. No recinto escolar foram instaladas diversas barraquinhas, dinamizadas

pela Associação de Pais e comunidade escolar, mas também uma feira de velharias e um mercado medieval, onde não faltaram as hortaliças, as frutas e os animais (coelhos) e até as feirantes estavam trajadas a rigor. Abrir as escolas à comunidade, envolver os pais e as famílias nas atividades desenvolvidas pelos seus filhos e ainda dar a conhecer a variedade de projetos desenvolvidos ao longo do ano letivo foram os propósitos destas iniciativas. ß

Segundo fez saber o partido em nota de imprensa, a realização do evento prende-se com “a atenção que o PCP tem prestado a esta importante tarefa e às responsabilidades que temos vindo a assumir nos destinos do concelho da Marinha Grande e das suas freguesias”. Na ocasião será possível “debater e aprofundar os problemas e as questões específicas com que as

populações da Marinha Grande, de Vieira de Leiria e Moita se debatem”. Contribuir para a discussão sobre as soluções “urgentes e necessárias para repor o concelho no caminho do desenvolvimento estratégico e do progresso” são os principais objetivos do encontro. A sessão de encerramento, prevista para as 18h, será aberta ao público. ß

Relva Sintética Vendemos e aplicamos. Desporto: Ténis, futebol, golfe, lazer. Contacto 965 884 038 · www.guiaperfeito.com


Local

8

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Folclore

Ò Ò Cultura

Peixeiras da Vieira promovem festa

Pinhal das Artes de regresso

O Rancho Folclórico Peixeiras da Vieira vai promover, entre os dias 22 e 24 de junho, ou seja este fim-desemana, a sua festa de início de época O certame, que terá lugar no Largo da República, tem início já esta sexta-feira, pelas 18h, com a abertura do bar e quermesse. Pelas 21h30 haverá baile de arraial com o duo “Zé Café e Guida”. No sábado, as festividades arrancam mais cedo, quando forem 11h, sendo que a partir das 14h30 terá lugar o espetáculo “Talentos da nossa terra: Escolas de Dança da Vieira”. Duas horas depois será a vez do Grupo de Concertinas S. Martinho, de Seia, subir ao palco, que a partir das 21h30 será pisado pelo músico Vergílio Pereira, que promete um baile muito animado. No final será recriada a tradicional fogueira de S. João. No domingo, o bar e a quermesse reabrem novamente às 11h, contudo a tarde será dedicada ao folclore. A partir das 17h será possível assistir às atuações do Rancho Folclórico Camponeses da Casa do Povo de Ferro, da Covilhã, do Rancho Folclórico Porto D’Ave, de Braga, e do Rancho Folclórico Peixeiras da Vieira. ß

Arranca na próxima terça-feira, 26 de junho, a 6ª edição do Pinhal das Artes – Festival de Artes para a Infância, que até dia 1 de julho irá decorrer nas “Árvores”, em São Pedro de Moel

Ò Ò Garcia

Clube Desportivo apaga 50 velas O Clube Desportivo da Garcia comemorou, no passado dia 9 de junho, o seu 50º aniversário, num grande jantar que contou com a presença de muitos sócios, antigos e atuais atletas do clube Na ocasião, Ana Fidalgo, presidente da direção, pediu aos sócios que mantenham a coletividade bem viva: “Não podemos deixar perecer a continuidade do clube que ao longo destes 50 anos transmitiu o seu amor à prática desportiva e à sua Terra. 50 anos de história não se apagam de um

momento para o outro e como em todas as histórias de vida não devemos deixar o livro acabar nem se fechar, devemos sim estimá-lo, voltar a encaderná-lo, acrescentar-lhe páginas e continuar a escrever a história com a entreajuda de todos, pois só com o apoio e união de todos poderemos garantir um

futuro”. No final, os sócios com 50 anos de filiação foram agraciados com uma lembrança, para serem recordados como os pioneiros da formação do clube. A direção do CD Garcia agradece ainda a todos os que marcaram presença na sua festa de aniversário. ß

Ò Ò Turismo

Compro

Aluno da EPAMG recebe prémio

terrenos Na Marinha Grande. Agrícolas ou reserva. Contacto: 936 677 889

Classificados

é no JMG Ligue 244 502 628

Cerca de uma centena de alunos e professores da Escola Profissional e Artística da Marinha (EPAMG) realizaram, dia 5 de junho, uma visita de estudo à região de Porto de Mós para comemorarem o dia Mundial do Ambiente, a convite do projeto Agir Verde A escola participou no evento

através do projeto “Os Caminhos

do Oeste”, da autoria do aluno Anilton Dias, do 3º ano do Curso de Técnico de Turismo, que foi premiado com um 3º lugar. O projeto é direcionado para a reabilitação da Linha do Oeste do ponto vista turístico, transformando o comboio num meio de transporte prioritário para visitas organizadas, aproveitando as estações e respetivas localidades, como forma de potenciar o património. A cerimónia de entrega de prémios decorreu no auditório das Grutas de Mira de Aire, um anfiteatro natural a 110 metros de profundidade, onde foi ainda dinamizada a conferência “Cenários de Futuro: Empreendedorismo e Sustentabilidade”. ß

Permitir às crianças dos 0 aos 6 anos um contacto privilegiado com a música e o meio ambiente, mas também promover a interação e a criatividade em família são apenas alguns dos desígnios do Pinhal das Artes, organizado pela Sociedade Artística e Musical dos Pousos. Durante os seis dias do certame, mais de 200 artistas, nacionais e estrangeiros, vão proporcionar perto de seis centenas de espetáculos, quatro dos quais criados propositadamente para este efeito. O Pinhal do Rei será ‘invadido’ por 21 tendinhas, com atuações de hora em hora, mas também por uma tenda gigante com capacidade para 800 pessoas, uma tenda do pic-nic e diversas lojinhas. Será ainda possível realizar atividades de audição de pássaros e observação de estrelas, bem como assistir a espetáculos noturnos de jazz e fado. ß

Arrendam-se Quartos Figueiras, WC privativo. Serventia cozinha. Contacto: 916 321 911

Centro de Emprego da Marinha Grande Tel. 244 567 019


Cultura

Jornal da Marinha Grande 21 de junho de 2012

9

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Sopa do Vidreiro

Ò Ò Literatura

Confraria homenageia artista marinhense

O VI Capítulo da Confraria da Sopa do Vidreiro, que decorreu no passado sábado, dia 16, no Museu Joaquim Correia, foi um dos mais concorridos de sempre e contou com a presença, para além dos seus Confrades, de representantes de 8 Confrarias do País e de muitos convidados, entre os quais familiares de Joaquim Felipe Ferreira, Mestre entre os Mestres lapidários marinhenses ÂÂAdriano Paiva

A

manhã acordou calma, mas cinzenta. As nuvens eram muitas e a promessa de chuva não estava arredada. Nada que impedisse que as pessoas fossem chegando, paulatinamente, ao local escolhido para a realização do VI Capítulo da Confraria da Sopa do Vidreiro: o Museu Joaquim Correia, cedido para o efeito e que contou também com a presença do Mestre Escultor, também ele Confrade. Do programa constava, como ponto primeiro, um mata-bicho matinal, servido no pátio do Museu. E que bom que estava. Tão bom, que nem a chuva miudinha que teimou em aparecer demoveu os participantes, que tomaram a iniciativa de mudar as mesas e todo o seu recheio, colectivamente, para sítio mais abrigado. Afinal se o que é belo é para se ver, também o que é bom é para se comer.

o seu Grão-Mestre, Fernando Esperança, abriu a sessão que começou com um momento musical de rara beleza com o jovem marinhense Ricardo Martins, a interpretar à guitarra a sua composição “Guitarra na Cidade”, em que os sons da cidade e da mata envolvente eram transmitidos, quer através do som plangente da guitarra, quer pelos objectos de vidro manipulados pela também jovem Cristiana, que o acompanhou.

ÒÒSessão Solene

ÒÒEntronização de novos

O passo seguinte foi a sessão solene. Cumprido o Protocolo,

Confrades

O último acto do VI Capítulo foi a homenagem pública que a Confraria prestou a Joaquim Felipe Ferreira, que tinha por alcunha “Carvalhito” que adveio do nome do seu pai, Joaquim Ferreira de Carvalho. Vítor Hugo Beltrão leu a bibliografia do homenageado, que nasceu a 13 de Agosto de 1917 e ao longo da sua vida ao serviço da indústria vidreira se tornou um Mestre lapidário de excelência. Na presença de seus familiares e da viúva, foi entregue à sua filha Isabel Martins Ferreira Batista, um retrato de seu pai, executado pelo insigne artista Guilherme Correia, que, comovida, agradeceu a homenagem que prestaram ao seu pai. Uma visita à exposição de alguns dos seus trabalhos culminou esta cerimónia. ÒÒAlmoço de confraternização

O Restaurante Linita acolheu uma vez mais os Confrades e seus convidados para o tradicional almoço de confraternização que reuniu à volta da mesa 67 participantes. Com toda a pompa que o acto pedia, o grande comedor Amílcar Santos provou e aprovou a Sopa do Vidreiro, prato principal do almoço, que foi servida e degustada por todos. ÒÒMinuto de Silêncio

A cerimónia de entronização

de novos Confrades, que foi realizada com toda a pompa e circunstância que o acto merece, teve a presidi-la, como manda o protocolo, o Grão-Mestre da Confraria, que chamou a terreiro dois novos Confrades, a Vereadora da Cultura da Câmara Municipal Cidália Ferreira e o engenheiro silvicultor Octávio Ferreira que, trajados, como mandam as regras, prestaram juramento da praxe, recebendo depois o toque nos ombros da cana do vidreiro. ÒÒHomenagem pública a Joaquim Felipe Ferreira

Antes, o Grão-Mestre Fernando Esperança lembrou a figura ímpar do Confrade Fernando Pedro, recentemente falecido, sendo guardado um minuto de silêncio, em sua memória. Sete foram as Confrarias que responderam ao convite que lhes foi feito para participarem no Capítulo, a saber: Panela ao Lume, Camoniana, Chanfana, Pinhal do Rei, Jeropiga, Queijo de S. Jorge e Ribatejo, que receberam um frasco do vidreiro por parte da Confraria da Sopa do Vidreiro que, por sua vez, também recebeu lembranças das Confrarias presentes. A Confraria tem já uma página na Internet, da autoria de Luís Barreiros. Pode ser consultada no endereço www.confrariadasopadovidreiro.com. ß

Biblioteca incentiva leitura em família Incentivar a leitura, sobretudo em família, é o objetivo dos projetos “Pegue e Leve” e “Pack Família”, dinamizados pela Biblioteca Municipal da Marinha Grande. Direcionado a crianças dos 3 aos 6 anos e a leitores dos 7 aos 10, o “Pegue e Leve” consiste na disponibilização de um conjunto temático de livros, com temas definidos todos os meses, tendo em conta a realidade envolvente. Quanto ao “Pack Família”, assegura que as obras, livros e publicações periódicas vão ao encontro de todos os membros do agregado, desde as crianças aos adultos. Segundo a autarquia, para participar nos projetos, ambos gratuitos, basta estar inscrito na Biblioteca Municipal. ß

Ò Ò Mártires do Colonialismo

Orquestras atuam no Parque O Parque Mártires do Colonialismo vai acolher já este sábado, 23 de junho, um concerto que levará ao palco duas orquestras marinhenses e uma terceira, oriunda da Noruega. Segundo a Câmara Municipal, que promove o espetáculo, a partir das 18 horas sobem ao palco a Orquestra Ligeira da Marinha Grande, a Orquestra do Clube Recreativo Amieirinhense e a Banda Filarmónica de Voksen Skoles, de Oslo, na Noruega. A banda norueguesa tem este ano Portugal como destino do seu habitual passeio de verão, que decorre entre 22 e 27 deste mês. De acordo com a autarquia, uma das razões desta viagem é que um dos seus músicos tem raízes portuguesas, mais precisamente na Figueira da Foz, o que fez surgir o desejo de visitar o nosso país. Conhecida como uma das melhores bandas juvenis de Oslo, integra jovens com idades entre os 8 e os 19 anos, sendo que na Marinha Grande vão estar cerca de 50 músicos. ß


Economia

10

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò EPAMG em obras

Novas instalações no próximo ano letivo

O ano letivo 2012/2013 arrancará na Escola Profissional e Artística da Marinha Grande (EPAMG) com a inauguração do edifício escolar completamente requalificado Com salas de aula novas e maiores, a escola contará ainda com um moderno laboratório, equipado com tecnologia avançada, direcionado para o Curso de Técnico de Análises Laboratoriais. O laboratório “será uma mais-valia para os alunos do curso uma vez que é uma área de formação que, inserida num ótimo contexto industrial como é o exemplo da nossa região, será um

suporte fundamental para a realização de estudos e investigações associados à indústria”. Ainda segundo a EPAMG, “as novas condições físicas e todo o mobiliário e equipamentos são um dos grandes investimentos feitos com o objetivo máximo de criar conforto e qualidade no processo de ensino-aprendizagem dos alunos”. ß

Jornal da Marinha

GRANDE

Depósito Legal Nº 80254/94 Registo no ICS Nº 100103 Preço avulso: 1,10 euros Série de 26 números (6 meses): 15,00 euros O pagamento é sempre adiantado Fundador José Martins Pereira da Silva Director António José Ferreira ajferreira@jornaldamarinha.pt Redacção António José Ferreira (CP 2614), Carla Fragoso (CP 7388), Alice Marques, Adriano Paiva e José Manuel André Colunistas Osvaldo Sarmento e Castro, António

Ò Ò Economia

Jorge Santos único candidato à Nerlei O marinhense Jorge Santos, em representação da empresa Vipex, SA, lidera a única lista candidata aos órgãos sociais da NERLEI – Associação Empresarial da Região de Leiria, para o triénio 2012-2015 Ao ato eleitoral, que decorre a 29 de junho, apenas foi apresentada uma lista, como faz saber a Nerlei em comunicado, acrescentando que o prazo para a entrega de candidaturas terminou no passado dia 8. Jorge Santos, que será

continuidade do trabalho iniciado no mandato que agora termina. Entre os candidatos encontra-se ainda João Faus-

tino, em representação da Cefamol – Associação Nacional da Indústria de Moldes, no cargo de vice-presidente do Conselho Fiscal. ß

Ò Ò Economia

Secretário de Estado realça excelência da LN Moldes O Secretário de Estado Adjunto da Economia, António Almeida Henriques, destacou o exemplo de excelência da LN Moldes, como uma empresa que consegue evoluir e crescer numa conjuntura adversa, mantendo elevados padrões de qualidade e apostando na empregabilidade e na sustentabilidade da empresa, e do grupo. A visita decorreu na última semana no âmbito de um programa que está a ser desenvolvido pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã, para promover as boas empresas portugue-

Santos, Luís Guerra Marques, Joaquim João Pereira, João Cruz, Álvaro André, Nélson Araújo, Pedro Silva, João Saraiva, Gabriel Roldão, Sérgio Bento, Armando Constâncio, Ana Medina Reis, Ana Patrícia Nobre, Nuno Cruz, Ernesto Silva Composição e paginação Bruno Fonseca Serviços Comerciais e Publicidade Mónica Matias (244 502 628) Serviços Administrativos e Assinaturas Mónica Matias monica@jornaldamarinha.pt Apartado 102 - 2431-902 Marinha Grande Telefone: 244 502 628 E-mail: jmg@jornaldamarinha.pt Proprietário Jornal da Marinha Grande, Lda. Contribuinte 502 963 905

presidente da Direção, integra, como vogal, a Direção que ainda se encontra em funções. De realçar que a lista encabeçada pelo empresário marinhense mantém grande parte dos atuais membros em funções, garantindo desta forma a

Ò Ò foto: Arquivo

sas na Alemanha. O governante, que foi recebido por Natália Valinha, presidente do Conselho de Administração da LN Moldes, e pelo diretor-geral da empresa, Moritz Koppensteiner, exaltou a capacidade de diferenciação da LN Moldes no que respeita ao investimento em Investigação & Desenvolvimento, utilizando em todo o seu processo produtivo a tecnologia mais avançada. Sobre este investimento na tecnologia de ponta, Natália Valinha explicou que “Leonel Costa, o fundador da LN Moldes,

Capital Social 24.939,90 euros Detentores de mais de 10% do capital social António José Lopes Ferreira e João Carlos Cunha da Cruz Gerência António José Lopes Ferreira Sede Travessa de Vieira de Leiria, nº 9 2430 Marinha Grande Impressão FIG - Indústrias Gráficas, SA - Coimbra • Os artigos e as cartas ao director, ao abrigo do artigo 31, nº 4 e 5, não vinculam o diretor, o editor ou a entidade proprietária do jornal, sendo da única e exclusiva responsabilidade do seu autor • O dia de saída do jornal é à quinta-feira, excepto quando coincida com um feriado, passando para o dia imediatamente seguinte.

apostou sempre na criação de produtos com um elevado grau de complexidade; precisão, rigor e dedicação foram os ingredientes fundamentais da receita para o sucesso”, acrescentando que “estes valores, que se materializam na nossa estratégia corporativa, vão continuar a

ser os pilares da nossa atuação futura, tendo sempre em conta as evoluções tecnológicas quer ao nível dos produtos quer ao nível dos processos”. A internacionalização e capacidade de exportação da empresa foram também realçadas por Almeida Henriques. ß

Este jornal está à venda nos seguintes locais:

Este jornal é membro da API

Marinha Grande: Jornaleiro, Jornalinho, Tabacaria “Pierrot”, “VCM”, Papelaria Grani, Repsol, Café Cantinho do Engenho, Tabacaria do Cristal Atrium, Eunice Pereira, Gasogagest, Intermarché, Petrosalsa, Pedroso & Gonçalves, M. Cristina Serra, Papelaria Rumo, Continente da Marinha Grande, Academia RG Arte, Cantinho da Cátia, Repsol - Amieirinha

Tiragem média mês: 14.000 exemplares

Garcia: Loja da Cláudia Vieira de Leiria: Quiosque Júlia Leal e Papelaria Horizonte Albergaria: Posto da Repsol Moita: Mini-Mercado Novo, Petroibérica Martingança: Maria Cidália da Silva S. Pedro de Moel: Pastelaria Arco-Íris (Costa e Caetano) Maceira: Papelaria Balinha, Loja 3 - Intermarché Pataias: Papelaria Central

ESTE JORNAL É IMPRESSO NA FIG Tel.: 239 499 922 Fax: 239 499 981 e-mail: fig@fig.pt


Local

Jornal da Marinha Grande 21 de junho de 2012

11

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Restauração

Ò Ò Publi-reportagem

Empreender é palavra de ordem

Jóni Fonseca e Cristiana Figueiredo são um casal de jovens empreendedores que se lançaram na aventura da restauração. O negócio tem corrido bem e exemplo da confiança que lhes é dada pelos consumidores é a recente abertura de um novo espaço Dois self-services, uma pastelaria e um estabelecimento de restauração e bebidas compõem o leque de empresas de Jóni Fonseca e Cristiana Figueiredo, que dão trabalho no total a 12 pessoas.

Jóni já tinha experiência na área e há 10 anos não hesitou quando surgiu a oportunidade de abrir uma pastelaria, a que deu o seu nome, no Intermarché da Maceira. Há quatro anos assumiu a gerência do self-service

“J”, situado no mesmo espaço comercial. Aberto entre as 9h e as 20h30, serve apenas almoços e tem capacidade para 60 lugares sentados. Mais ligada à área administrativa, Cristiana entrou “a sério” no negócio e, em 2010, o casal foi convidado para ficar com o espaço “Sabor a Café”, de restauração e bebidas, na Rua do Cartaxo, na Garcia. Após uma ampla remodelação, o café abriu portas com serviço de pastelaria e pão quente, internet gratuita e ecrã gigante para ver jogos de futebol. Funciona de segunda a sexta, entre as 7h30 e as 22h30, sendo que aos sábados, domingos e feriados abre das 9h às 22h30. O mais recente desafio que o casal agarrou com unhas e dentes, dando provas do seu espírito empreendedor e enfrentando as dificuldades do sector, nomeadamente o aumento do IVA, dá pelo nome de “Jóni 2” e é um self-service e take away, situado junto à Zona Industrial da Marinha Grande. Há cerca de dois

meses a explorar o espaço, que está agora de “cara lavada”, o balanço é para já “muito positivo. Temos trabalho, que é o mais importante. Não nos podemos queixar”, afirmou ao JMG Jóni Fonseca. Os almoços são servidos entre as 12h e as 15h, sendo possível fazer jantares para grupos por marcação (244 551 042). Cristiana Figueiredo realça a grande variedade de pratos disponíveis, com vários menus ao dispor a partir de 4,85 euros. Todos os dias há sopa, inúmeras

saladas, um prato de peixe e dois de carne à escolha, não esquecendo as sobremesas. “Temos uma boa relação qualidade/preço, além da variedade e frescura dos alimentos com que trabalhamos, e possuímos serviço de HACCP (segurança alimentar) em todos os nossos espaços”, frisou Jóni Fonseca. Cristiana Figueiredo e Jóni Fonseca agradecem “a todos os clientes e amigos pela confiança que têm no nosso serviço, o que nos tem permitido alcançar o sucesso”. ß

O Troféu J M G Euro 2012

vai para… Álvaro Pereira Presidente CMMG Portugal-Alemanha 1-0 Portugal-Dinamarca 1-1 Portugal-Holanda 3-1

Portugal-Alemanha Portugal-Dinamarca Portugal-Holanda

Aurélio Ferreira Empresário 0-0 2-1 1-1

Jorge Martins Empresário 0-3 2-2 1-0

António Santos Vereador CMMG 1-1 2-1 1-1

Joaquim Vidal P. JF Vieira de Leiria 1-0 1-1 2-1

Hélder Serra Presidente SL Marinha 1-2 2-1 2-2

Gama Diniz Pintor 0-0 2-0 1-0

Cidália Ferreira Vereadora na CMMG 3-1 4-2 2-0

António J. Ferreira Diretor do JMG 0-0 1-0 1-1

Francisco Duarte P. JF Marinha Grande 1-2 0-0 0-3

Aires Rodrigues Empresário 2-1 1-0 1-1

Jorge Santos Empresário 0-0 2-0 3-1

Alice Marques Jornalista 2-2 1-2 2-2

Carla Fragoso Jornalista 1-1 2-0 1-0


12

Publicidade

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

antes

depois

Tratamento à base de Queratina Bioactiva Orgânica, que reestrutura e suaviza o cabelo, eliminando o encrespado e favorecendo o alisamento. Resultados imediatamente visíveis que se mantêm

Mais informações Telf: 244 569 721 · Telm: 914 800 249

ao longo do tempo.

Pode ser aplicado em todo o tipo de cabelo.


Jornal da Marinha Grande 21 de junho de 2012

Publicidade JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

13


Desporto

14

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Picassinos

‘Vidreiros’ (ainda) sonham com sintético O Grupo Desportivo “Os Vidreiros” festejou o 73º aniversário no último domingo. Mais de uma centena de sócios e simpatizantes juntaram-se à festa onde muito se falou do arrelvamento do Campo do Tojal Ò Ò Natação

Marinhenses nadam nas caldas A Piscina de Caldas da Rainha acolheu no último sábado, 16 de junho, a realização de um Festival de Natação direcionado a atletas não federados, que contou com a participação de alguns jovens do Desportivo Náutico da Marinha Grande. Orientados pelos treinadores Orlando e Ricardo, os nadadores marinhenses mostraram excelente técnica e espírito competitivo, designadamente nas estafetas onde defrontaram atletas federados. João Tomás Barquinha esteve em evidência ao vencer a estafeta australiana. Destaque ainda para Ana Ferreira, Ariana Eloi, Bruno Santos, David Reznicenko, David Carreira, Duarte Ferreira, Juliana Azevedo, Maria Vareda, Patrícia Oliveira, Pedro Monteiro e Raquel Duarte. ß

Não há certezas relativamente à instalação de relva sintética no complexo desportivo do GD “Os Vidreiros”. Pelo contrário, a cada dia que passa adensam-se as incertezas devido às trapalhadas do protocolo estabelecido entre a Câmara da Marinha Grande e a U. Leiria - Futebol SAD, no âmbito do qual deveria ser relvado o Campo do Tojal na próxima época. Acontece que a sociedade anónima desportiva denunciou o contrato e, dessa forma, não pagará o relvado de Picassinos nem o da Garcia. Aliás, o do AC Marinhense continua por liquidar. A Câmara da Marinha Grande continua a acreditar que a U. Leiria vai pagar os sintéticos, tal como se comprometeu. Álvaro Pereira lembra que a denúncia do protocolo “implica o pagamento imediato dos três campos”. Daí que continue com “esperanças” de que o processo terá “um final feliz”. O autarca reconheceu durante o almoço de aniversário que poderia ter feito uma garantia bancária, “mas qual era o banco que lha faria?”, questionou.

O presidente da autarquia lembrou ainda que a lei dos compromissos impede-o de “dar um cêntimo às coletividades”. Daí que a Câmara tenha decidido “disponibilizar o campo sintético do Parque das Bernardas, para treinos e jogos do GD ‘Os Vidreiros’”. Garantido está o apoio da Junta de Freguesia da Marinha Grande. Francisco Duarte anunciou que vai dar “a ajuda possível”, que não será “nem mais nem menos do que demos a outros clubes”. ÒÒPresidente acredita

O líder do clube de Picassinos

acredita que ainda será possível relvar o Campo do Tojal antes do início da próxima temporada. Vítor João Agostinho lembrou aos associados que foi criada uma comissão de obras que terá como principal missão preparar o campo de jogos para receber o sintético. Mas a bola está do lado da autarquia, melhor dizendo do lado da U. Leiria, que estando a atravessar um momento muito complicado, dificilmente assumirá o pagamento do tapete verde. Ora nestas condições e sem o apoio financeiro da autarquia, o mais certo é que o projeto fique suspen-

Ò Ò Futebol

Nuno Silva treinador O GD “Os Vidreiros” vai ter um novo treinador. Nuno Silva aceitou o convite para liderar a equipa técnica na próxima temporada, após vários anos em que o objetivo da subida falhou. Miguel Marrazes, Carapinha e João Paulo não foram felizes num clube que vai tentar ascender à divisão principal do futebol distrital. Recorde-se que Nuno Silva já passou por vários emblemas, como treinador principal (Moita e SL Marinha) e adjunto (AC Marinhense). ß so, a não ser que aconteça um milagre. À margem deste imbróglio, Vítor João Agostinho anunciou a concretização das obras na parte inferior da bancada. Os balneários ali construídos servirão de apoio ao futebol jovem que o clube pretende promover em Picassinos, já a partir da próxima época. Mas para isso falta o sintético. ß

Ficha de jogo Academia Sporting

Ò Ò futebol

Academia do Sporting conquista 2º Torneio de Benjamins

Numa organização da Sociedade Desportiva e Recreativa Pilado/Escoura decorreu nos dias 9, 10 e 16 de Junho o 2º Torneio de Futebol na categoria de benjamins, que contou com a participação de 14 equipas Nos dias 9 e 10 foram disputados os jogos de fase de grupos em que participaram as 14 equipas; Pilado/

Escoura, Garcia, Monte Real, Tomar, GRAP, Vieirense, Fátima, Golpilheira, Unidos, SLM, Pataiense, Marra-

zes, Portomosense e Escola Academia do Sporting (EAS - Marinha Grande). No passado sábado, 16, pela manhã, disputaram-se os jogos relativos aos apuramentos para as finais a discutir durante a tarde do mesmo dia. Para apuramento do 3º e 4º lugares, os jovens do Portomosense venceram a formação dos

Marrazes por 10-0. Na final estiveram Pilado/Escoura e Academia do Sporting, com a vitória a sorrir aos sportinguistas por 10-1. A vitória premiou a melhor equipa participante no evento da SDR Pilado/ Escoura, agora com presidência a cargo de José Pocinho. No final do torneio, e

após a entrega de prémios aos vencedores, era visível a satisfação do presidente pelo empenho das equipas que participaram no torneio, que premeia o desporto infantil e dá mais vida ao clube. José Pocinho, em declarações ao JMG, deixou um agradecimento muito especial a todos os responsáveis e equipas, assim como à direção do Sport Lisboa e Marinha pelo facto de ter participado após a falta de comparência de uma equipa. Na entrega de prémios estiveram Cidália Ferreira, vereadora da Câmara Municipal da Marinha Grande, e o patrono do torneio, Bilro (Ex-Jogador do U. Leiria).

José Manuel André

10 1 Pilado/Escoura

Intervalo 3-1 Árbitros: Francisco Duarte e Marco Cruz Pilado/Escoura: Ruben, Guilherme, Manuel, Duarte, João Pedro, André (1), Joel (cap), Marcelo, Alexandre e David. Treinador: José Fat Academia Sporting: Vítor, Afonso (cap) (1), Rainho, Rafael (3), Xiquinho, Pegas (2), André, Alex (1), Tomaz (1), Paulinho (1), Tiago e Diogo(1). Treinador: Zeca Classificações: 1º Academia Sporting (EAS) 2º Pilado/Escoura 3º Portomosense 4º Marrazes Melhor marcador: Rafael (Academia Sporting) Melhor guarda-redes: Samuel (Portomosense) Melhor jogador do torneio: João Pedro (Pilado/Escoura) Taça Fair-Play: SL Marinha


Jornal da Marinha Grande 21 de junho de 2012

desporto

15

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Atletismo

Ò Ò Andebol

Marinhenses no pódio O Clube de Atletismo da Marinha Grande – Imosonho (CAMG-I) levou no último domingo, 17 de junho, ao Grande Prémio do Santo António, nas Pedreiras, duas dezenas de atletas No escalão de benjamins A Camélia Terentiy obteve o 3º lugar, Diogo Mendes o 5º, Gustavo Gomes ficou em 7º lugar, André Rodrigues em 10º e Rafael Saraiva no 12º posto. Em benjamins B Maria Inês Teixeira ficou em 2º lugar, Maria João Esteves em 3º, Mariana Sousa em 4º, Carolina Nunes na 6ª posição, Maria Nunes em 9º; Pedro Fernandes foi 4º, Rodrigo Borges alcançou o 6º posto e Tomás Rocha o 7º lugar.

No escalão de infantis, Carolina Esteves alcançou o 1º lugar, Ana Fernandes o 3º lugar, Inês Lopes foi 6ª e Ana Pereira ficou na 7ª posição; Daniel Constantin

obteve o lugar cimeiro do pódio. Em iniciados Daniela Rodrigues ficou em 1º lugar. Participou também na prova de seniores o jovem atleta Emanuel Cardoso.

O CAMG-I, que arrecadou ainda um prémio coletivo no escalão de benjamins B, agradece, mais uma vez, aos pais dos atletas por todo o apoio. ß

Ò Ò Sumo

Neves alcança 4º lugar no Europeu

Madeira SAD vence taça na Marinha Grande O Pavilhão Municipal da Escola Nery Capucho, na Marinha Grande, encheu no último domingo, dia 17 de junho, para a grande final da Taça de Portugal em seniores femininos. Frente a frente estiveram as equipas Gil Eanes e Madeira SAD, atual campeão nacional, que venceu a partida por 28-23. O Gil Eanes chegou ao jogo da final depois de ter vencido, no sábado, a equipa do Colégio João de Barros, por 30-26. O Madeira SAD conquista, desta forma, a sua 14ª Taça de Portugal consecutiva, troféu que detém desde a época 1998/99. De referir que foi a primeira vez que o concelho da Marinha Grande acolheu a realização do evento, que resultou da organização conjunta da Sociedade de Instrução e Recreio 1º de Maio, de Picassinos, da Federação de Andebol de Portugal, da Associação de Andebol de Leiria e da Câmara Municipal da Marinha Grande. ß

VENDO MESA DE JOGO Com quatro cadeiras. Como nova. 350 euros. Ofereço tapete arraiolos. Telefone: 969 918 972

O atleta marinhense Carlos Neves trouxe um 4º lugar da Hungria, onde esteve no último fim-desemana em competição, no âmbito do Campeonato da Europa de Sumo Teve lugar em Budapeste, na Hungria, entre os dias 15 e 17 de junho, o Campeonato da Europa de Sumo, que contou com a participação do marinhense Carlos Neves, em representação de Portugal, nas categorias de Open e +115kg, tendo obtido nesta última a 4ª posição. No 3º lugar

do pódio ficou o búlgaro Ivan Kachakov. Carlos Neves esteve em Budapeste não só como atleta mas também no âmbito das suas funções enquanto vice-presidente da Federação Portuguesa de Sumo e ainda como orador num congresso internacional.

Na conferência e tal como o JMG havia noticiado na sua última edição, o lutador marinhense teve oportunidade de dar a conhecer a prática de sumo para cidadãos invisuais, bem como as técnicas de treino que desenvolveu, e que são pioneiras a nível europeu. Carlos Neves, que falou ainda sobre o desenvolvimento e divulgação da modalidade em escolas, foi o criador de um programa de divulgação e treino escolar de âmbito europeu.

w w w. jornaldamarin h a . pt

·

Segundo fez saber o atleta, após a sua apresentação, “todos os representantes dos outros países europeus se mostraram interessados e entusiasmados, tendo em pleno congresso o Diretor para a Educação, Giovanni Parutta, proposto a adoção do projeto em outros países”. O jovem marinhense recebeu ainda diversos convites para participar em formações e partilhar informação sobre o projeto de sumo para invisuais. ß

Fotógrafo Executa serviços de fotografia,

a preços competitivos

913 397 350

w w w. rcm . com . pt


16

Desporto

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Ciência no desporto

Ò Ò Motocross

Álvaro Pereira vence em Porto do Carro

IDV acaba época sem registar lesões musculares zados que permitem a realização desta iniciativa. Além de Leonardo Souza, a equipa médica conta ainda com Sónia Barreiros, massagista.

O piloto marinhense Álvaro Pereira foi o grande vencedor, na categoria de pitbikes, na prova de Motocross, organizada no início do mês pela Associação de Recreio, Cultura e Desportos de Porto do Carro, na Maceira. O piloto marinhense, patrocinado pela Gasogás, venceu as duas mangas realizadas durante a tarde, sem oposição, numa prova que teve pouca afluência de pilotos devido à realização de provas semelhantes, no mesmo dia, em outras duas localidades. ß

Retificação Foi André Bujaca, jogador do ACM, que venceu o título de melhor marcador, em Sub-8, no Torneio Juvenil de Futebol promovido pelo clube da Portela no início do mês e não Jaca, como por lapso noticiámos na última edição do nosso jornal. Apresentamos, por isso, aos visados e aos leitores, as nossas desculpas. ß

ÒÒAFL incentiva estudos desportivos

O Industrial Desportivo Vieirense (IDV) apostou numa equipa médica profissional e na avaliação postural computadorizada e, durante a época que agora chegou ao fim, os seus jogadores não registaram lesões musculares ÂÂSandra Lapa

Segundo Leonardo Souza, fisioterapeuta do clube, o IDV, além da avaliação médico-desportiva no início da temporada, “utiliza o método de avaliação postural computadorizada e do desempenho”. Neste processo estão incluídos testes de equilíbrio, velocidade, agilidade e remate à baliza.

O fisioterapeuta afirma que “a análise dos resultados ajuda a prevenir lesões e a potencializar os jogadores”, acrescentando que “esta avaliação pessoal ajuda a adaptar o treino às condições de cada jogador, segundo as suas necessidades”. E o resultado está à vista, diz Leonardo Souza, visto que se verificou “a ausência de lesões musculares durante a época”.

Além do método de avaliação, o IDV está a apostar na inserção de profissionais de saúde a nível dos torneios distritais de futebol: “os jogadores podem ser amadores, mas a equipa médica tem que ser profissional”, afirma o fisioterapeuta. A empresa “Desafios da Vida”, com protocolo com o Vieirense, fornece os profissionais especiali-

Férias Algarve

ARRENDO

T1 (para 4 pessoas)

Na Praia da Rocha Piscina e vista de mar

936 677 889

Ò Ò Voleibol

Marinhenses vencem torneio

O

Estádio Municipal de Leiria, Dr. Magalhães Pessoa, acolheu no último sábado, dia 16 de junho, a realização do 2º Torneio de Voleibol de Relva de Quadras. A prova contou com a participação de 150 atletas, distribuídos por 30 equipas. No final, foi obtida a seguinte classificação:

ÒÒMasculinos:

1º lugar - Knowgest (Marinha Grande) 2º lugar - Necal Team (Coimbra) 3º lugar Fitproject (Leiria) ÒÒFemininos:

1º lugar - Fitproject (Leiria) 2º lugar - Amigas da Puca (Lousã) 3º lugar - 4 Aromas (Marinha Grande). ß

A Associação de Futebol de Leiria (AFL) incentiva, desde a época de 2008/2009, a realização de estudos sobre o futebol distrital. Segundo fez saber a associação em comunicado, “os estudos podem ser o resultado de experiências acumuladas de dirigentes, treinadores, médicos, massagistas, jogadores e árbitros, que muitas vezes são esquecidos mas que contribuem em muito para a formação dos agentes e para a evolução da modalidade”. O IDV apresentou à Associação de Futebol o método de avaliação postural computadorizada e do desempenho, com o objetivo de, segundo Leonardo Souza, “divulgar o trabalho e engrandecer o futebol do distrito, mas também para incentivar mais clubes na inserção de profissionais de saúde e estimular novos estudos”. De referir que a Associação de Futebol de Leiria incentiva financeiramente os três melhores estudos e publica e divulga o melhor trabalho. ß


Jornal da Marinha Grande 21 de junho de 2012

Desporto

17

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Atletismo

CAMG no Campeonato Distrital de Absolutos O Estádio Municipal de Pombal acolheu no último fim-de-semana, dias 16 e 17 de junho, o Campeonato Distrital de Absolutos em atletismo, que contou com a participação do Clube de Atletismo da Marinha Grande – Imosonho (CAMG-I)

N

a prova participaram atletas do escalão de juvenis, juniores e seniores, sendo que, coletivamente,

o CAMG-I se classificou no 3º lugar em femininos e no 5º posto em masculinos. Pelo clube marinhense participaram os seguintes atletas: 100m João Pereira 5º e Andreia Pinto 4ª;

400m Leonardo Sá 7º; 800m Catarina Carvalho 1ª, Mariana Cordeiro 2ª, Sandrina Sousa 4ª e Leonardo Sá 17º; 1.500m Oleh Palamarchuk 4º, Emanuel Cardoso 5º e Diogo Duarte 9º; 3.000m obstáculos Catarina Carvalho 1ª; salto em comprimento Andreia Pinto 3ª, Axel Teixeira 6º e Gabriel Brito 9º; triplo salto Patrícia Silva 1ª, Ana Filipa Silva 2ª, Andreia Pinto 4ª, Axel Teixeira 4º e Gabriel Brito 8º; salto com vara Ana Patrícia Silva 1ª e Ana Filipa Silva 2ª; salto em

altura Alexandre Lucas 3º; lançamento do dardo Maria Miguel Carlos 1ª e Leandro Carvalho 4º; lançamento do peso João Pereira 4º; estafeta 4x100m 5º lugar com Leonardo Sá, Leandro Carvalho, Axel Teixeira e Gabriel Brito e nos 100m barreiras Gabriel Brito 3º. Realizaram-se ainda provas extra para iniciados, com os seguintes resultados para os atletas do CAMG-I: triplo salto Beatriz Domingues 3ª e Mariana Bento 4ª; 200m João Pinto 1º. ß

Ò Ò Xadrez

Daniel Bray campeão absoluto de Leiria O jovem marinhense Daniel Bray conquistou no último fim-de-semana mais um campeonato absoluto de xadrez Durante três fins-de-semana disputou-se na Casa da Cultura de São Martinho do Porto o Campeonato Absoluto de Xadrez do distrito de Leiria. Na luta pelo título estiveram 24 xadrezistas em representação de 6 clubes. O jovem marinhense Daniel Bray voltou a vencer o Absoluto de Leiria, com um total de 5 pontos em 6 possíveis, renovando o título já conquistado em 2009 e 2011.

Foi o culminar de uma época brilhante do jovem campeão do Sport Operário Marinhense que em 42 partidas lentas apenas foi derrotado por duas vezes. No 2º lugar, com os mesmos pontos, ficou André Pinto, da Casa do Povo do Bombarral, seguido do jovem António Severino, com 4,5 pontos e oriundo do mesmo clube. Destaque ainda para o 6º lu-

A equipa Jorkyball Marinha Grande/Bombar venceu o Campeonato Nacional da modalidade, conquistando 27 pontos na fase final da prova, que se realizou na Marinha Grande, no passado sábado, 16 de junho. A formação marinhense, constituída pelos jogadores Carlos Tiago e Luciano Cardoso, destacou-se dos restantes adversários, tendo vencido a fase final com mais 5 pontos que o segundo classificado, o Jorkyball de Viana. Na terceira posição ficou o Jorkyball Marinha Grande/Imagens e Ideias, com 14 pontos. O jogador marinhense Carlos Tiago foi considerado o melhor atleta da prova, além de ter sido o melhor marcador do torneio.

de Portugal

gar conquistado por José Bray, também do Sport Operário Marinhense, com 3,5 pontos, e para

o 8º posto alcançado por Ricardo Oliveira, do SOM, com os mesmos pontos. ß

Matraquilhos aproximam jovens A sede do Rotary Club da Marinha Grande viveu no último sábado, 16 de junho, momentos de grande animação que resultaram de um Torneio de Matraquilhos, cuja organização esteve a cargo dos jovens do Interact Segundo Aurélio Ferreira, do Rotary Club, “temos um grande clube de jovens que vão mostrar a energia, a vontade, a solidariedade e a capacidade empreendedora da malta desta idade. A nós cumpre-nos aconselhar e encaminhar para seguirem em trilhos nobres”.

Jorkyball campeão nacional

ÒÒFase final da Taça

Ò Ò Interact

Tratou-se de um dia passado em convívio, onde os jovens mostraram toda a sua capacidade organizativa, sendo que no final, e após a entrega de prémios, todos os bens alimentares não consumidos foram entregues nas instalações do Centro de Acolhimento Temporário Girassol.

Ò Ò Marinha Grande

Este fim-de-semana, o Jorkyball Marinha Grande, na Embra, recebe a fase final da Taça de Portugal. A prova conta com 16 equipas de diversos pontos do país. No sábado, disputa-se a fase de grupos, na qual serão apuradas as oito equipas que vão disputar a fase de eliminatórias no domingo. Os jogos têm lugar entre as 10 e as 20h, no sábado, enquanto no domingo a jornada inicia-se às 9h, com a final a estar agendada para as 13h. ß

RCM96fm, a sua rádio de todos os dias Foram obtidas as seguintes classificações: 1º The Brothers; 2º Mafi II; 3º Machos Dominantes; 4º RZ; 5º Poker Alho; 6º Veados Desespera-

dos; 7º FS Team; 8º White & Black; 9º Não Interessa; 10º Mendes & Bino; 11º Os Abreijos; 12º Mafra Two; 13º U. States of Embra; e 14º Os Marretas. ß

mobílias em segunda mão 969 918 972 // 912 401 703


Opinião

18

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

»Carta ao Diretor

Retrospectiva Hoje, dia 5 de Junho, pelas 17 horas, fui ver uma exposição de pintura e levei comigo um amigo comum que também ama a pintura… Do meu bom amigo Vladimiro A. Rodrigues. Os temas são de uma força de expressão elevada como só o Vladimiro sabe transmitir. São gritos de afirmação que, em pequenas manchas e alguns salpicos de tinta-da-china, transmitem uma imagem de caos e dispersão que conferem às obras expostas uma alma que por si só se pode afirmar que são expressões de uma alma inquieta mas firme na sua expressão e vigor. São cerca de vinte. Gostei sinceramente do que vi muito embora já conheça a obra do amigo Vladimiro. O artista deu como título à exposição “Retrospectiva”, por si só uma forma de diversidades ao longo de uma vida ligada à pintura e à escrita. A galeria chama-se Casco, toda a gente da Marinha Grande sabe o que é. Para os que não sabem… eram os restos do que os vidreiros, enquanto em laboração, lançavam no caixão. Aliás, era o local onde deveriam estar certas pessoas ligadas à cultura na Marinha Grande, da CMMG, em sentido figurado, claro… No que toca a actividades artísticas zero… Uma galeria que abre as suas portas às entidades, à arte infantil, pela 2ª vez, e esquece os artistas de nível nacional com parcerias com outras entidades, etc. Não digo isto por qualquer razão especial, mas estamos perante a montanha que pariu um rato. Termino fazendo um apelo aos marinhenses a verem os nossos artistas num belo espaço e com um parque (Pago) em frente à galeria (Casco).

Gama Diniz

Opinião

Francisco Soares

Marchas Populares da Marinha Grande Mais um ano e as marchas ali estavam todas vistosas, sempre com a sua alegria contagiando todas as pessoas presentes. Já é a nona vez que as marchas desfilam, mas temos que lembrar o início, em que Casal Galego convidou várias coletividades para iniciar e só aderiram a da Amieira e a das Figueiras. Mesmo só com três foi para a frente e com sucesso, dando assim no ano seguinte a entrada de outras coletividades e hoje, passada a 9ª iniciativa, já são 12 coletividades. A polémica que se rodeou este ano, por as marchas irem para o estádio, tendo várias intervenções escritas neste jornal e intervenções na Assembleia Municipal no sentido que era uma má aposta, porque estragava a pista de tartan e porque as marchas seriam um evento de rua, no entanto no movimento associativo devemos muitas vezes esquecer os partidos políticos e pensar mais na cultura e nas pessoas. Afinal as marchas continuaram a ser um evento de rua e isso viu-se pelo número de presenças que assistiram e desta vez com mais comodidade e com menos frio. A pista de tartan com os movimentos das marchas também não se nota que tenha ficado estragada. A propriedade que é de todos

deve também, de vez em quando, ser posta ao serviço da comunidade, e não serão as marchas, os desfiles das crianças ou outros eventos do género que põem em causa a boa utilização dessa mesma pista. O Clube de Atletismo da Marinha Grande do qual sou sócio, com grande orgulho, muito tem contribuído para o desenvolvimento do desporto na Marinha Grande, levando muitas crianças e jovens a esse desporto e sempre com carinho e aplicação e isso tem mostrado nas notícias que vão saindo no Jornal da Marinha Grande, em que eu leio sempre com satisfação por sentir que se está a fazer um bom trabalho. Que me desculpem mas isto não veio trazer em nada algum atraso ou prejuízo para as suas iniciativas desportivas e veio valorizar um espaço, que quase sempre está às moscas, pela grande participação popular e muitos deles nunca se tinham sentado naquele estádio. Mas vamos às coisas mais importantes que foi o grande sucesso das marchas deste ano. Aquelas marchas que todos achávamos que eram as mais pobres, talvez pela sua falta de experiência, surpreenderam pela positiva, apresentando-se com grande classe, tanto nos

fatos como nas danças, o que deu mais brilho ao evento deste ano, penso até que não se pode destacar nenhuma marcha porque estavam todas muito bem tanto nos trajes como na sua apresentação e com uma surpresa que foi a atuação ao vivo de duas cantoras, entre elas destacava a Sónia, a que eu como expectador agradeço, porque deu mais alegria ao evento. Dizemos muitas vezes que o movimento associativo está morto, aqui veio mostrar o contrário porque vimos só marchantes cerca de 500 elementos fora o staff de apoio que também me pareceu serem muitos e isto, aliado aos milhares de espectadores, nunca se poderá dizer, que esse movimento associativo não existe. O que se tem que fazer são mais iniciativas de parceria porque já vimos que unidos somos muito mais fortes e damos lições de cidadania. O egoísmo associativo só poderá trazer o definhar das associações e isso todos os que presamos estar nestes movimentos não queremos com certeza, porque cada vez se torna mais importante termos associações fortes e com prestações globais que estejam ao serviço de todos. ß

»Carta ao Diretor

Será pedir muito? Começo este meu… até lhe podemos chamar de desabafo, por dizer que não tenho nada contra o programa Noites Pacíficas da RCM, antes pelo contrário, comecei a ouvir há cerca de duas semanas, e considero que está muito bem feito, mas há sempre um mas. Este meu dito desabafo tem por motivo o seguinte: não tenho nada contra a música estrangeira, vis-

to que até posso dizer que estive emigrado alguns anos em França e Bélgica onde tirei o curso de línguas, vindo dali o meu gosto até de cantarolar (nos karaokes) algumas músicas inglesas e francesas. Agora a minha pergunta é esta: num programa chamado “Noites Pacíficas” em que 90% das músicas são inglesas e a hora a que dá, de certeza que não é

para a malta jovem, mas sim para a faixa dos 40 anos para cima a qual na sua grande maioria gosta mais das músicas portuguesas, as quais lhes fazem lembrar os bailaricos do seu tempo. Continuo a dar os meus parabéns ao programa, mas os nossos cantores também sabem cantar e quando digo isto não é da chamada música pimba mas o José Cid,

Paulo Carvalho, Trio Odemira, 1111, Paco Bandeira e muitos, muitos outros. Para terminar gostaria que o responsável por este programa me nomeasse uma estação inglesa em que também passassem 90% de músicas portuguesas.

Jorge Manuel Oliveira

A sua opinião

conta

»Carta ao Diretor

Pessoas com valor

Escreva, nós publicamos

jmg@jornaldamarinha.pt Os textos não devem exceder os 2400 caracteres (incluindo espaços)

Quando tive a minha doença, fui atendido por uma médica tão carinhosa que nunca mais me esqueci. Nove anos mais tarde, estava eu no Polidiagnóstico e vi uma senhora com um sorriso muito bo-

nito. Pensei para comigo, “conheço este sorriso”. Entretanto, uma empregada falou na Dra. Paula (Mateus) e pensei para comigo, “acertei na pessoa”. A Dra. Paula tem muito valor. O carinho com

que somos atendidos pelos nossos médicos... É claro que a bondade morre com as pessoas. A Dra. Paula continua a ser muito simpática para as pessoas. É maravilhoso ser atendido por

ela. Além de tudo, não deixa de ser uma cara bonita e ainda continua a ser minha médica, o que me deixa muito satisfeito.

A. Hernâni


Jornal da Marinha Grande 21 de junho de 2012

Saúde

19

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Graça Barbeiro

Ò Ò Saúde

Como combater a osteoporose?

CLÍNICA OTORRINO

Ouvidos ∙ Nariz ∙ Garganta

Consultas / Urgências / Exames / Cirurgias tel. 244 811 324 | telm. 963 972 107 | LEIRIA

LOZANO LOPES NEUROCIRURGIÃO

(Chefe de Serviço do CHC - Hospital Covões)

Doenças do sistema nervoso e coluna Consultas na Marinha Grande (Clinigrande) Tel: 244 574 060

Osteoporose quer dizer “osso poroso”. Isto significa que os ossos perdem densidade ou massa óssea e a estrutura dos seus tecidos torna-se anormal. Com menos densidade, os ossos tornam-me mais fracos ÒÒAna Calmeiro Estudante de Ciências da Nutrição

É muitas vezes chamada de “doença silenciosa”, pois ocorrem poucas ou nenhumas mudanças físicas percetíveis na saúde. Muitas vezes, a primeira indicação da osteoporose é a ocorrência de fraturas ósseas. A osteoporose pode aparecer em qualquer idade, mas são sobretudo pessoas acima dos 50 anos as mais afetadas, com prevalência no sexo feminino. ÒÒO papel da alimentação na saúde óssea

Os ossos estão em constante construção: certas células quebram o tecido ósseo e outras células usam o cálcio e nutrientes nos alimentos ingeridos para construir de novo tecido. Há algumas décadas atrás era convicta a ideia de que a osteoporose e fraturas ósseas faziam parte do envelhecimento normal. Esta visão mudou. Graças a várias investigações, hoje sabe-se que se pode proteger a saúde óssea durante todo o ciclo de vida. A prevenção da osteoporose deve começar desde a infância. Seja qual for a idade, os hábitos que você adota agora podem afetar a sua saúde óssea para o resto da sua vida.

Conhece-se o papel benéfico do cálcio e da vitamina D. O consumo de frutas e vegetais é igualmente benéfico para a saúde óssea, pelas vitaminas e minerais que oferecem. Por outro lado, uma alimentação incorreta, tabaco, álcool em excesso e o sedentarismo podem causar a perda da saúde óssea. A prática de exercício físico é outro fator benéfico à saúde óssea. Uma das teorias mais populares deste benefício na prevenção da osteoporose é a transmissão da contração do músculo ao osso, criando uma carga elétrica no osso. Em resposta, esta carga elétrica estimula a atividade dos osteoblastos, células ósseas responsáveis pela síntese de componentes orgânicos da matriz óssea. O cálcio, nutriente importante, necessário para formar novas células ósseas, é vital para a saúde dos ossos. Os nossos ossos conseguem armazenar mais de 99% de cálcio. Boas fontes deste mineral incluem leite e todos os produtos lácteos, como iogurte e queijos, amêndoas e vegetais de folha verde escura, apesar da sua biodisponibilidade ser maior nos lacticínios e a sua perda poder ocorrer durante o cozimento excessivo dos produtos vegetais. O cálcio funciona com outros nutrientes para aumentar a força dos ossos. Podem-se destacar algumas vitaminas e minerais que mais contribuem para a saúde óssea: Vitamina D – Presente em ovos

(gema),manteiga, leite, carne, peixe gordo (como o salmão) e óleo fígado de bacalhau. A exposição solar é essencial para a absorção de vitamina D, que vai ajudar no metabolismo e absorção do cálcio. Vitamina K – A principal fonte são vegetais de folhas verdes, tal como brócolos, couves, espinafres. Fósforo – Proveniente de ovos, leite, peixe e carne. Magnésio – Presente sobretudo em banana, leguminosas e frutos secos. ÒÒAlimentos Vs Suplementos

O uso de suplementos não oferece mais do que os alimentos oferecem naturalmente. Além disso, muitos alimentos que sejam ricos num nutriente essencial para a construção óssea também podem conter outros constituintes essenciais. O leite, por exemplo, é rico em cálcio mas também é uma boa fonte de vitamina D, potássio e magnésio. Deve-se considerar a necessidade de suplementação do cálcio, através de medicamentos ou suplementos alimentares, apenas em algumas condições: mulheres na pós menopausa, quem não ingira produtos lácteos em quantidades adequadas e quem tenha alguma doença intestinal que prejudique a absorção de nutrientes. Consulte sempre o seu médico antes de iniciar qualquer suplementação e para fazer exames de rastreio à sua saúde óssea. ß

Vamos dar VIDA dando SANGUE! 1ª Terça-Feira do mês 10h30 às 12h30 e 15h às 17h30 Associação de Dadores de Sangue da Marinha Grande

Telefone: 244 504 818


20

classificados JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Desapareceu perto do LIDL, no dia 17/5/2012.

ÂÂCozinheiro: Cozinha Tradicional Portuguesa. Tempo completo. IEFP oferta nº 587816056

EMPREGO OFERECE-SE ÂÂSenhora polivalente oferece-se para limpezas domésticas, passar a ferro ou ajudante de cozinha. Contacto: 964 083 964

ÂÂEsteticista Visagista: com conhecimentos de unhas de gel, venda de produtos unhas de gel. Part-Time das 13h às 19h terças a sábados – IEFP oferta nº 587816605

919 133 115 - Dá-se Recompensa.

EMPREGO PRECISA-se Empresa na Marinha Grande encontra-se a recrutar

IEFP

Projetista de Moldes Requisitos: – 12º ano ou superior – Experiência anterior em Desenho de Moldes – Elevados conhecimentos SolidWorks – Disponibilidade imediata Resposta para: rh.moldes.sw@gmail.com

Vendo cÁpsulas Para a sua máquina Nespresso Venda mínima 50 unidades - 0,30€ Contacto: 916 406 171

Precisa-se

Comissionista Para reclamos, toldos, brindes publicitários, serigrafia industrial Contactos: 244 561 042 - serisufi@sapo.pt

Admite-se

para entrada imediata Empregado de mesa para restaurante junto à praia, com conhecimentos de inglês. Contacto: 244 599 114 ou 961 620 899

Admite-se Jornalista

Centro de Emprego da Marinha Grande

Rua Tenente Cabeleira Filipe, 28 – 2430-306 Telefone 244 567 019 Fax 244 567 027

Tempo inteiro.

dim, etc. Contacto: 962 944 724 ÂÂPladur: Executam-se trabalhos em pladur, tetos falsos e eletricidade. Contacto 919 973 787 ÂÂCavalheiro: 64 anos, procura senhora livre. Assunto sério. Contacto 916 968 111

ÂÂCortador de Carnes Verdes: Com experiência. Tempo completo. IEFP oferta nº 587819074

ÂÂRECUPERACAO.EU Reestruturação e Recuperação Financeira de Famílias/Pessoas e Empresas. Contacto: 244 040 001 Tlm: 916 898 229

As ofertas de emprego divulgadas fazem parte da base de dados do IEFP Para mais informações: http:// www.netemprego.gov.pt/ ou diriga-se ao centro de emprego. O Jornal da Marinha Grande não garante a disponibilidade das mesmas e isenta-se de qualquer responsabilidade em caso de lapso.

Imobiliário Arrenda-se

ÂÂAnanail’s: Unhas de Gel -14€; Gelinho 10€; Verniz Gel 7,50€. http://facebook.com/ananails.nails de segunda a sábado em Casal Galego. Marcações 929 264 738

ÂÂAjudante de Cozinha: Ajudante de cozinha com experiência. Tempo completo. IEFP oferta nº 587817784

E-mail: cte.marinhagrande@iefp.pt

ÂÂEmpregado de mesa: Empregado de mesa com experiência. Tempo completo. IEFP oferta nº 587817851

ÂÂDesenhador: Desenhador 3D/ Modelador – Industria Metalomecânica. Tempo completo. IEFP oferta nº 587809795

ÂÂFresador: Fresador CNC. Tempo completo. IEFP oferta nº 587818155

ÂÂOperador de Máquinas Ferramentas de Comandos Numéricos: Aprendizes CNC ou com Curso de formação do Cenfim conhecimentos Heidenhain. Tempo completo. IEFP oferta nº 587812751

ÂÂCantoneiro de Limpeza: Tempo Completo – IEFP oferta nº 587818206 ÂÂPolidor de metais e afiador de ferramentas: Experiência como polidor de moldes em aço. Tempo completo. IEFP oferta nº 587818705

ÂÂEncarregado Matérias Plásticas: Técnico de Injeção Plásticos. Tempo completo. IEFP oferta nº 587814701

ÂÂOperador de Pórtico Rolante: Trabalhador com experiência em operar um conjunto mecânico montado sobre carris destinado a transportar materiais e mercadorias. Tempo completo. IEFP oferta nº 587818791

ÂÂTécnico de Vendas: Comercial para setor de moldes, domínio de alemão e inglês. Tempo completo. IEFP oferta nº 587814747 ÂÂDesenhador: Desenhador/Modelador 3D C/Experiência Programa Soldwords. Tempo completo. IEFP oferta nº 587814753

ÂÂRetocador manual: Trabalhar na texturização de moldes, curso profissional na área do design gráfico ou modelação (nível IV) ou licenciatura em artes gráficas ou design gráfico, inglês falado e escrito. Tempo completo. IEFP Oferta nº 587818827

ÂÂDesenhador: Desenhador com conhecimentos de Autocad construções mecânicas e máquinas industriais. Tempo completo. IEFP oferta nº 587815266

ÂÂTécnico em Higiene Industrial Segurança no Meio Ambiente: Técnico de Higiene, Segurança e Saúde no Trabalho (tarefas administrativas) domínio do inglês (falado e escrito). Tempo completo. IEFP oferta nº 587818987

ÂÂMontagem de máquinas: Montagem de máquinas industriais. Metalomecânica com conhecimentos de serralharia. Tempo completo. IEFP oferta nº 587815496

Para desempenhar funções em jornal e rádio do distrito de Leiria.

Pretende-se experiência profissional mínima de dois anos em redação, carteira profissional de jornalista e alguma experiência em informação radiofónica.

ÂÂDiretor de Produção Industrial: Diretor de Produção com Experiência mínima de 5 anos no planeamento e gestão da produção de Moldes de Injeção, conhecimento de CAD/CAM e programação de CNC. Tempo completo. IEFP nº de oferta 587816680

ÂÂAjudante de Cozinha: Cozinheiros para trabalho em hotel (Marinha Grande e/ou Vieira de Leiria) com formação/ experiência para trabalhar com autonomia. Tempo completo. IEFP oferta nº 587819055

Jardineiro

Manutenção de jardins. Técnico de bonsai. Árvores de fruto. Árvores ornamentais. Sebes, arbustos. Tem problemas e não sabe o que fazer? Ligue: 916 003 143

ÂÂMudanças 24h/ dia incluindo fins-de-semana. Disponibilidade imediata. Contacto: 960 032 771 ou 910 148 270

ÂÂApartamento T2: Mobilado, na Pedra do Ouro. 400 euros por mês. Contacto: 936 677 889

ÂÂMultiserviços construção civil, limpezas e jardinagem. Preços de crise. Contacto: 960 032 771 ou 910 148 270

ÂÂArrendam-se quartos: Figueiras, WC privativo. Serventia cozinha. Contacto: 916 321 911

ÂÂExiste uma solução para si. Tem prestações em atraso? Penhoras no vencimento? Está a pensar “entregar” a casa ou o carro ao banco? Tlm: 915 992 772

Imobiliário Compra-se ÂÂMoradias: Tem uma moradia semi-nova ou nova para vender? Troco por T3. Tel.: 936 677 889

Diversos Vende-se

ÂÂDão-se: gatinhos, na cidade da Marinha Grande. Telefone: 914 580 925 // 919 737 733

ÂÂVende-se: PP e PEAD moído, cores e natural. Contacto: 962 069 543 ÂÂVende-se quarto juvenil: Com duas camas, secretária e mesa de cabeceira: 969 918 972 ÂÂVende-se: Quarto de casal, com duas mesas de cabeceira, cómoda, camiseiro e roupeiro. Em estado novo. Contacto: 912 401 703

Diversos ÂÂMuros em pedra: e gabiões para suporte de terras, decoração e jar-

Classificados

é no JMG

Ligue agora para o 244 502 628 ou escreva-nos para Travessa Vieira de Leiria, nº 9, Marinha Grande

Arrenda-se Vivenda

Bem localizada. Contactos: 967 810 888 e 912 706 559

Remuneração aliciante. Enviar CV, com a maior urgência, para: jmg@jornaldamarinha.pt

ADMITE-SE

VENDEDOR/A Comissionista Carros sem carta. Telemóvel: 964 890 496

Cobrança de Assinaturas A Direção do Jornal da Marinha Grande comunica aos seus leitores que está a decorrer a cobrança das assinaturas, anuais e semestrais. Assim, solicitamos a todos os assinantes a melhor receção aos nossos colaboradores. Muito obrigado! A Direção do JMG

CLASSIFICADOS · JMG NOME: MORADA: CÓD. POSTAL:

LOCALIDADE:

Como Preencher

TELEFONE:

TEXTO A ANUNCIAR

1. Escrever o anúncio pretendido na quadricula. Cada letra deve ser escrita num dos quadrados, deixando um quadrado livre entre cada palavra. 2. O pagamento deverá ser enviado juntamente com o cupão, os preços indicados incluem IVA 23%. 3. O anunciante deverá levantar todas as respostas na sede do Jornal da Marinha Grande. 4. O anúncio a publicar deverá ser entregue até ao final de cada Segunda-feira anterior à saída do Jornal da Marinha Grande. Para outras dimensões contacte-nos ou consulte a nossa tabela.

A nossa morada Travessa Vieira de Leiria, 9, Apt. 102 2431 - 902 Marinha Grande www.jornaldamarinha.pt E-mail: jmg@jornaldamarinha.pt Tel. 244 50 26 28

Número de publicações:

75 quadrados (obrigatório) 100 quadrados 125 quadrados

Secção:

2 (duas) Publicações

4 (quatro) Publicações

10 Euros 15 Euros 13 Euros 19 Euros 16 Euros 23 Euros Classificados com fotos: acresce 5 euros ao preço de tabela

Imobiliário Arrendar Venda Trespasse Emprego Precisa-se Oferece-se Arrenda-se Automóvel Compra Venda Aluga-se Diversos Mensagem Explicações Geral

Compra


Jornal da Marinha Grande 21 de junho de 2012

diversos

21

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Arrenda-se Portimão

Atlético Clube Marinhense

Convocatória

De acordo com o Artigo 31º dos estatutos, convocam-se todos os sócios do Atlético Clube Marinhense para a Assembleia-Geral a realizar no dia 05 de Julho de 2012, pelas 21 horas, no Auditório Municipal na Marinha Grande, com a seguinte ordem de trabalhos: 1- Futuro do Futebol Sénior – época 2012/2013; 2- Informações; 3- Outros assuntos de interesse param o Clube. Se à hora marcada não estiverem presentes a maioria dos sócios, a Assembleia Geral reunirá 30 minutos depois, desde que estejam presentes um mínimo de 20 (vinte) sócios. Marinha Grande, 18 de Junho de 2012

Apartamento com 2 quartos, sala, 2 WC. Cozinha equipada, marquise com máquina de lavar roupa e ferro e tábua de engomar.

O presidente da Assembleia-Geral, Jorge de Oliveira Martins

Boa localização, bons acessos, a 5 minutos, a pé, do centro de Portimão. Perto do Mercado Municipal, do Centro de Saúde e de uma Farmácia. A 10 minutos da Praia. Com possibilidade de mais uma cama desdobrável para criança ou jovem. Ideal para 2 casais e uma criança.

60 euros por dia. Ou 650 euros por quinzena. 50% do pagamento no ato da reserva e o resto do valor na entrega da chave. Contacto: 965 892 011

Vendem-se

mobílias em segunda mão

Tribunal Judicial da Marinha Grande 2º Juízo Anúncio Processo: 740/12.1TBMGR Interdição/Inabilitação N/Referência: 3392978 Data: 12-06-2012 Requerente: Ministério Público Requerido: Marco Paulo Pereira Lopes Faz-se saber que foi distribuída neste tribunal, a Ação de Interdição, em que é requerido Marco Paulo Pereira Lopes, filho de Maria de Fátima Ribeiro Pereira Lopes e de Júlio Oliveira da Silva Lopes, nascido a 31.07.1979, residente na Rua Manuel Alves Cruz, 22, R/C, Cruzes, 2430-058 Marinha Grande, para efeito de ser decretada a sua interdição por anomalia psíquica. Passei o presente e outro de igual teor para serem afixados. A Juiz de Direito, Dra. Lígia Manuela Rosado A Oficial de Justiça, Manuela Pereira

Sala d e jan tar, q u arto de c as al, qu arto ju v e n il/ c rian ç a Contactos: 969 918 972 // 912 401 703

Agradecimento Mandrino Araújo de Abreu e Sousa 79 anos Residia na Marinha Grande Falecido a 17/06/2012

Sua esposa, filhos, nora e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que o acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma, lhes manifestaram o seu pesar e informam que será celebrada missa de 7º dia no próximo dia 23/06/2012, pelas 19 horas, na Igreja Paroquial da Marinha Grande. Tratou a Agência Funerária Nogueira & Pina, Lda.

Publicação na edição nº 2515 do JMG de 21 de Junho de 2012

CARTÓRIO NOTARIAL DA MARINHA GRANDE NOTÁRIA Ana Luísa Cabral de Melo Pereira Guerreiro EXTRATO PARA PUBLICAÇÃO Certifico, para fins de publicação, que no Livro de Notas para escrituras diversas número 96 – A, deste Cartório, a folhas 28 e seguintes, foi lavrada escritura de Justificação Notarial, no dia quinze de Junho de dois mil e doze, na qual JOAQUIM FERREIRA MARQUES, divorciado, natural da freguesia e concelho da Marinha Grande, onde reside na Praceta Vinte e Cinco de Abril, bloco 2, 3º dto, Casal do Malta, Marinha Grande, NIF 145325431, titular do cartão do cidadão 04189818 4 ZZ5 válido até 06/11/2013, emitido pelos Serviços da República Portuguesa, declarou que é dono e legítimo possuidor, com exclusão de outrem, prédio rústico composto por vinha e terra de semeadura, sito em Embra, freguesia e concelho da Marinha Grande, com setecentos e quarenta metros quadrados, a confrontar do norte com Aida do Rosário Marques, José Ferreira Marques, Joaquim Ferreira Marques, Maria Isabel do Carmo Pires, Elsa Isabel Pires Domingues Fonseca e Marina Domingues, do sul com Aida do Rosário Marques, José Augusto Marques Morgado Barosa e Aida Maria Marques Morgado Barosa, do nascente com Vítor Manuel Mendes Grácio e do poente com Maria Isabel do Carmo Pires, Elsa Isabel Pires Domingues Fonseca e Marina Domingues, inscrito na matriz uma terça parte em nome do justificante e duas terças partes a favor de Aida do Rosário Marques e de José Ferreira Marques sob o artigo 1.397, com o valor atribuído de cem euros, não descrito na Conservatória do Registo Predial da Marinha Grande. Que o imóvel veio à posse dele justificante por partilha meramente verbal feita, com os seus irmãos titulares inscritos na matriz e com sua mãe, Maria do Rosário Ferreira Grácio, em mil novecentos e setenta, por óbito de seu pai Francisco Marques, casado que foi com a sua referida mãe sob o regime da comunhão geral, residentes que foram na Embra, Marinha Grande e presentemente falecidos. Assim possui este imóvel há mais de vinte anos, cultivando-o, limpando-o, podando-o, colhendo os seus frutos, usufruindo do mesmo, posse que se iniciou no estado de solteiro, tendo continuado após o estado de casado com Abelcinda Gomes Jubileu Marques sob o regime da comunhão de adquiridos e depois desta divorciado, posse assim que sempre foi exercida por ele de forma a considerar tal imóvel como seu, sem interrupção, intromissão ou oposição de quem quer que fosse, à vista de toda a gente do lugar e de outros circunvizinhos, sempre na convicção de exercer um direito próprio sobre coisa própria. Esta posse assim exercida, deve - se reputar de pública, pacífica e contínua. Por tal motivo e muito embora não possa exibir o respetivo título de aquisição, o certo é que adquiriu o mencionado imóvel para seu património próprio por usucapião, que aqui invoca, por não lhe ser possível provar pelos meios extrajudiciais normais. Marinha Grande, quinze de Junho dois mil e doze. A Notária, Ana Luísa Cabral de Melo Pereira Guerreiro

Agradecimento João Hélio Pereira Gomes “João Borrolho” 68 anos Residia no Salgueiro Falecido a 15/06/2012

Sua tia, irmãos, cunhados, sobrinhos e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que o acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma, lhes manifestaram o seu pesar. Tratou a Funerária Vareda, Lda.

Contacto: 916 579 315 PRATOS TRADICIONAIS DA COZINHA PORTUGUESA MARISCOS · PEIXE FRESCO · GRELHADOS NA BRASA De terça-feira a domingo entre as 12h e as 15h e das 19h às 22h

5º Ano de Eterna Saudade Ludgero Manuel Lopes de Sousa 28 anos Residia em Casal Galego Falecido a 27/06/2007

Sua mãe, padrasto, irmãos, tios e avó recordam-no com eterna saudade, mandando celebrar missa por intenção de sua alma no próximo dia 27/06/2012, pelas 19 horas, na Igreja Paroquial da Marinha Grande. Agradecem, antecipadamente, a todas as pessoas que, com a sua presença, honrem este ato.

Agradecimento

Agradecimento

Maria dos Santos Ventura

Maria da Piedade André

74 anos Residia na Pedra de Baixo Falecida a 18/06/2012

92 anos Natural da Marinha Grande Residia em Leiria Falecida a 19/06/2012

Suas filhas, genros, netos e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que a acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma, lhes manifestaram o seu pesar e informam que será celebrada missa de 7º dia no próximo dia 24/06/2012, pelas 19 horas, na Igreja Paroquial da Marinha Grande. Tratou a Funerária Vareda, Lda.

Seus sobrinhos e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que a acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma lhes manifestaram o seu pesar. Tratou a Funerária Vareda, Lda.


diversos

22

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Totoloto

Como utilizar

9 - 12 - 41 - 43 - 44 + *9

os QR do JMG 1º Passo: através do seu telemóvel aceda a www.getqrreader.com e instale o leitor QR apropriado.

Um homem com sorte

2º Passo: inicie a aplicação e faça a leitura do código QR apontando a câmara do seu equipamento ao mesmo.

Ano: 2012 País: EUA

Farmácias de Serviço

Marinha Grande

quarta-feira 1 - 3 - 16 - 21 - 47 + *3

Género: Drama Duração: 101 minutos Realização: Scott Hicks Intérpretes: Blythe Danner, Zac Efron, Taylor Schilling

Sinopse: O Sargento da Marinha dos Estados Unidos, Logan Thibault (Efron), regressa da sua terceira viagem de serviço ao Iraque, com a certeza que traz consigo a única coisa que o mantém vivo, uma fotografia que encontrou de uma mulher que não conhece. Ao descobrir que o seu nome é Beth (Schilling) e onde vive, ele aparece à sua porta e acaba por ficar a trabalhar com a família dela no canil local. Apesar da desconfiança inicial de Beth e das complicações da sua vida, surge um romance entre os dois, dando a Logan a esperança de que Beth poderá

Joker 5.289.586

Euromilhões 10 - 22 - 27 - 38 - 48 + *3 *7 terça-feira 7 - 17 - 20 - 35 - 50 + *5 *11

Lotaria Clássica 1º Prémio................................... 57651 2º Prémio................................... 19890 3º Prémio................................... 25651

Lotaria Popular ser muito mais do que apenas o seu amuleto da sorte. ß

1º Prémio................................... 66206 2º Prémio................................... 86636

Duarte

244 503 024

3º Prémio................................... 15896

Santa Isabel 244 575 349

4º Prémio................................... 98359

Sáb. Guardiano

244 502 678

Dom. Central

244 502 208

Roldão

244 502 641

Moderna

244 502 834

Duarte

244 503 024

www.jornaldamarinha.pt/tv

C U P Ã O DE A S S I N ATU R A

vantagens

Oliveira

244 822 757

Baptista

244 832 320

Sáb. Sanches

244 892 500

Dom. Godinho

244 832 432

Central

244 817 980

Lino

244 832 465

Higiene

244 833 140

Totobola 1. Fluminense - Portuguesa............... 1

Aproveite as de ser

Leiria

JMGTV

assinante

DO JMG

> Desconto na Publicidade

até 25%

Serviço de Atendimento ao Assinante:

244 502 628

Nome:

2. São Paulo - Atlético MG................. 1 3. Internacional - Botafogo................ 2 4. Cruzeiro - Figueirense................... 1

Morada: Localidade:

C. Postal: País:

Telefone:

Actividade Profissional:

Assinatura Anual 30 euros Assinatura Anual online 25 euros

5. Bahia - Sport PE............................. 1 6. Flamengo - Santos........................ 1 7. Joinville SC - Ceará.......................X

Assinatura Semestral

15 euros

8. Atlético PR - Goiás.........................X 9. ABC - CRB/AL................................. 1

Junto envio cheque/vale postal nº_________sobre o banco___________no valor de __________ emitido à ordem de Jornal da Marinha Grande, Lda. para pagamento da minha assinatura. Enviar num envelope para Jornal da Marinha Grande Travessa Vieira de Leiria, nº 9 - Apartado 102, 2430-902 Marinha Grande E-mail: jmg@jornaldamarinha.pt • Internet: www.jornaldamarinha.pt

10. Bragantino - Guaratingueta......... 1 11. Asa - Criciúma............................. 2 12. Hammarby - Ljungskile................ 2 13. IFK Varnamo - Halmstads............ 2

carneiro 21.03 > 20.04

TOURO 21.04 > 20.05

GÉMEOS 21.05 > 21.06

CARANGUEJO 22.06 > 22.07

LEÃO 23.07 > 22.08

VIRGEM 23.08 > 22.09

Orgulhar-se-á do trabalho realizado As suas energias estão voltadas para a área laboral, por isso o melhor é arregaçar as mangas e deitar mãos à obra! Problemas de saúde poderão surgir. Procure relaxar-se e aliviar as suas tensões praticando ioga, nadando ou simplesmente passeando ao ar livre.

As suas atividades quotidianas serão mais intensas e variadas. Aproveite para se reorganizar e ocupar-se das suas necessidades imediatas. É também um bom momento para fazer pequenas viagens, fazer novos relacionamentos ou ainda reestruturar as ligações com aqueles com quem lida mais frequentemente.

Está com tendência para se sentir impaciente e irritado, o que pode originar conflitos com os seus familiares. Nesta altura terá maior tendência para querer impor a sua vontade em assuntos relativos à casa e à família. Deve pensar bem antes de agir, controlar-se e não ter atitudes arrogantes. A sua segurança interior vai ser posta à prova nestes dias.

Este é decididamente um bom período para mostrar aos outros, com objetividade, os seus pontos de vista. Estes entendem-no e têm consideração pelas suas opiniões. Tem grande capacidade de argumentação, o seu discurso é autêntico e lógico. É, como tal, uma boa altura para influenciar as outras pessoas a seu favor.

Talvez queira algum isolamento. Ao voltar-se mais para o seu interior, encontrará dentro de si algumas soluções, tomará algumas decisões exclusivamente suas depois de alguma luta interna com os seus próprios argumentos. Não tema pôr em prática as suas próprias iniciativas, apenas porque são só suas, mas não precisa fechar-se numa concha.

Este é um período em que vai ter muito trabalho e grande atividade física. Sente-se com maior energia física, mais confiança em si mesmo e capacidade de lutar pela defesa dos seus interesses. Aproveite a capacidade de ação e criatividade que sente para realizar, dar andamento ou mesmo para concluir tarefas.

BALANÇA 23.09 > 22.10

ESCORPIÃO 22.10 > 21.11

SAGITÁRIO 22.11 > 20.12

CAPRICÓRNIO 21.12 > 19.01

AQUÁRIO 20.01 > 18.02

PEIXES 19.02 > 20.03

Tende a sentir-se insatisfeito, devido a alguns atrasos que vão surgir e com os quais não estava a contar. Tenha mais paciência com o seu parceiro e não diga tudo o que lhe apetece. Pode obter evoluções muito positivas entrando num momento de crescimento. Aproveite todos os momentos para relaxar.

Tente nesta altura delinear e concretizar os seus planos para o futuro. Procure para tal o envolvimento dos que o rodeiam. Descubra os prazeres de trabalhar em equipa, evitando a todo o custo o isolamento e os esforços individuais. Partilhe o seu êxito e verá o seu sucesso redobrado e reconhecido por todos.

Nesta altura sentirá a crescer dentro de si, como que uma necessidade de mudança, de quebrar com a rotina, e toda essa energia e capacidade de estratégia que sente, poderá dar origem a novos projetos, novas ideias e decisões. É altura de dar aquele empurrão à sua vida que há tanto tempo tem vindo a adiar.

O desejo de intimidade e empatia, conjuntamente com a sua sensibilidade que neste momento se encontra bastante recetiva e abrangente, poderão contribuir para um envolvimento amoroso. Aproveite e deixe fluir o seu poder de sedução. O diálogo, o debate e a troca de impressões a dois, está muito estimulado nesta semana.

Durante este período a sua capacidade de estratégia e espírito crítico estarão muito desenvolvidas podendo ocorrer mudanças de fundo no seu ambiente profissional. Pode ser uma boa altura para corrigir ou mudar uma determinada situação ou voltar à carga em relação a um processo pendente. Se necessário use de subtileza.

Este momento é particularmente propício ao enriquecimento mental. Notará, mesmo ao praticar ações com o mero intuito de distração, uma maior agilidade intelectual, uma criatividade acrescida e sentirá um desejo de transmitir aos outros a sua energia. Não terá tanta recetividade à influência dos outros, podendo até correr o risco de parecer egoísta.


publicidade

Jornal da Marinha Grande 21 de junho de 2012

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

23

Está com problemas nos seus eletrodomésticos? Instalamos, reparamos e vendemos no domicílio. Ar condicionado, arcas, frigoríficos, fogões, fornos e placas Esquentadores, bailarinas e cilindros Fogões a lenha, recuperadores e salamandras Antenas TDT – TNT Francesas e Satélite Máquinas de costura domésticas, semi-industriais e corta e cose. Ligue 910 957 650 E-mail: diamferreira@gmail.com ** www.macorlux.pt

Curso de

informática Gostava de saber escrever um texto no computador

ou navegar na Internet?

Nós temos a solução…

a baixo custo! Inscreva-se no curso de iniciação à informática que iniciaremos, em breve, na Marinha Grande. Inscrições: 914 705 242

Gosta

ceb e r o

e d re a v

JM

G p o r Internet? 10% de desconto

nas assinaturas anuais realizadas online Em caso de dúvidas, contacte-nos: 244 502 628


MAis e Menos da Semana ACAMG Pelo 9º ano consecutivo houve desfile de marchas populares na Marinha Grande. Parabéns à ACAMG e a todas as coletividades presentes pela persistência e criatividade demonstradas!

Autarquia Há 3 meses publicámos uma notícia acerca da falta de manutenção e segurança do espaço infantil do Parque Mártires do Colonialismo. Infelizmente continua tudo na mesma!

Não . . . . . . . . . 80% Sim. . . . . . . . . . 20% Questão disponível no nosso site: Este ano vai fazer praia em S. Pedro de Moel, onde já decorrem as obras de estabilização das arribas? NOTA: Os resultados apurados não têm qualquer valor científico, não correspondendo a qualquer sondagem ou estudo de opinião, ilustrando apenas a preferência de quem respondeu à nossa questão no site do JMG, www.jornaldamarinha.pt, entre os dias 07/06/2012 e 13/06/2012.

Fotografia da semana

O seu jornal

na internet

Céu pouco nublado. Vento moderado. Pequena descida da temperatura mínima.

SOM vai ser requalificado O Sport Operário Marinhense (SOM) está em contagem decrescente para dar início às tão ambicionadas obras de requalificação. Em entrevista ao JMG o presidente da Direção, Carlos Carvalho, disse esperar que os trabalhos avancem já no início de julho ÂÂCarla Fragoso

Ervas “florescem” na Rua das Laranjeiras - Ordem

Sexta-feira

Céu pouco nublado ou limpo. Possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos.

Ò Ò Obras

A sua opinião conta Deve a CMMG avançar com a construção de um novo mercado numa altura em que se queixa de falta de dinheiro?

Meteorologia Quinta-feira

O

auditório José Vareda, a zona situada atrás do palco e o salão de festas são apenas alguns dos espaços que vão ser beneficiados no âmbito da empreitada que o Sport Operário está prestes a consignar. Após o lançamento do concurso público foi escolhida, segundo Carlos Carvalho, a empresa que apresentou a melhor proposta, sendo que a adjudicação dos trabalhos deverá ocorrer

até ao final do mês. Com um prazo de execução de 12 meses, a obra vai custar 733.403,25 euros (com Iva já incluído), dos quais o Operário vai pagar 20 por cento, ou seja, cerca de 146 mil euros. Os restantes 80 por cento serão comparticipados por fundos comunitários através do Quadro de Referência Estratégico Nacional, designadamente do Programa

Mais Centro, na sua vertente de regeneração urbana. Carlos Carvalho adiantou ao JMG que é com satisfação que se prepara para assistir ao arranque das obras “há muito ambicionadas” e “urgentes”, mas também “com receio”. Por um lado que haja “derrapagem orçamental”, por outro no que respeita ao financiamento necessário para o pagamento da parte que cabe ao SOM. “Ainda não temos o financiamento 100 por cento garantido mas julgo que até ao final da semana teremos o sim por parte do Banco Popular, e desde já agradeço o envolvimento de pessoas da Marinha Grande ligadas ao banco quer a nível local como nacional”, referiu o responsável. De acordo com o presidente do Operário, a obra será maioritariamente a nível interno não estando prevista a alteração das fachadas do edifício. Além do auditório, que ganhará novos camarins, sistema de climatização e acessibilidade a pessoas com mobilidade reduzida através da instalação de um elevador, será ainda intervencionada a atual sala de exposições que passará a ser usada para as aulas de dança. ß