Page 1

ornal Marinha J da

O JMG e a RCM desejam-lhe...

Boas Festas!

GRANDE

Quinta-feira 22 de Dezembro de 2011

Director: António José Ferreira

www.jornaldamarinha.pt

Telefone: 244 502 628

ANO XLVII - Nº 2489 Preço: 1,10€ (IVA inc.)

Porte Pago

Autorizado pelos CTT a circular em invólucro fechado de plástico. Autorização nº DE02692007MPC

Orçamento camarário aprovado Š com voto de qualidade do presidente O Orçamento para 2012 passou à tangente. O voto contra dos vereadores do PCP e a abstenção de António Santos (PSD) obrigou o líder da autarquia a usar o voto de qualidade para aprovar o documento, no valor de 35 milhões. A oposição começa a “mostrar os dentes” ao executivo | Pág. 3

Teatro Stephens em Outubro,Š Resinagem só em 2013

ŠŠ2011

Os desejos de Natal Š dos marinhenses Nesta edição apresentamos os desejos natalícios de algumas personalidades do concelho |Pág. 3|

ŠŠInsólito

Idosa de 76 anos Š agride polícia Uma senhora agrediu um agente da autoridade, depois de o ter injuriado. Não são conhecidas as razões que estiveram na origem deste comportamento, que terminou na esquadra. A idosa será presente a tribunal |Pág. 5|

ŠŠFutebol Dois jornalistas do JMG visitaram as obras do Teatro Stephens e da Resinagem. Os projectos prometem revitalizar o centro tradicional, a partir do próximo ano. Saiba porquê.

AC Marinhense pode perder atletas Em causa está o alegado não pagamento de prémios de jogo |Pág. 18| página 7


Local

Jornal da Marinha :: 22 de Dezembro de 2011

2

“Ainda o processo Artur Oliveira editorial

Na edição passada demos conta aos nossos leitores do diferendo que há mais de 30 anos opõe o munícipe Artur Pereira de Oliveira e a Câmara da Marinha Grande. O problema é muito simples de resumir: em 1976, Artur de Oliveira permutou três lotes de terreno com a autarquia mas esta nunca honrou a sua parte. Ou seja, recebeu mas não deu. Portanto, não parecem existir grandes dúvidas, a não ser que o douto departamento jurídico da autarquia esteja na posse de informação relevante que o leve a desaconselhar a entrega ao munícipe dos terrenos a que aparentemente terá direito. É que sendo a autarquia local “pessoa” de bem, o mínimo que se lhe exige é que honre os acordos que faz. Mas não é isso que tem sucedido, não só neste processo mas noutros. Olhe-se por exemplo para o caso de António Alves. Lembram-se? Sim, esse mesmo, que levou a uma greve de fome à porta da autarquia e que até hoje continua por resolver. A Câmara não só não

construiu a variante no terreno desde munícipe como o impediu de vender o seu bem a um privado. E quem é que hoje assume responsabilidades? António Alves tem legitimidade para intentar uma acção judicial contra a autarquia e muito provavelmente vencerá, pois estamos perante um munícipe que tem um terreno, não o pode vender porque por ali passará uma estrada, só que esta não há meio de aparecer e, pelos vistos, o projecto já foi abandonado. Curiosa tem sido a posição do actual presidente da Câmara. Diz Álvaro Pereira: “se os presidentes anteriores não resolveram não sou eu que vou resolver”. Pronto, está assim explicada a razão do adiamento de obras tão diversas como a nova piscina, o alargamento da zona industrial, o saneamento básico… e por aí adiante. Como os anteriores presidentes não o fizeram, Álvaro Pereira também não faz. Sim senhor! Que rico presidente este…

Estamos em época de Natal, uma quadra muito especial para os católicos, mas não só. Poucos são os que ficam indiferentes a este período festivo em que as famílias se juntam para assinalar o nascimento do Menino Jesus. Para os crentes e não crentes ficam os votos de um feliz Natal, de preferência em família, em paz e harmonia. Uma palavra em especial para os nossos leitores. Muito obrigado pela preferência e pelo incentivo. São estas manifestações de apoio que nos tornam mais fortes. O jantar de Natal do JMG e RCM teve lugar, este ano, no Restaurante “Ratoeira”, nas Figueiras, na noite de sábado. Não podemos deixar de agradecer o acolhimento que nos foi proporcionado e enaltecer a qualidade do serviço. Muito obrigado! ß

(R)Humor Olha, está aí mais um Natal sem que a autarquia faça obras importantes para a população...

Se os antigos presidentes não as fizeram, porque razão deve ser este a fazê-las?!

Rufino Fininha Esta terra mais parece a república dos bananas!

Rufia

(Cão rafeiro... que morde velhinhos, e não só!)


w w w. j o r n a l d a m a r i n h a . p t

Local

3

Câmara

Orçamento passa Š com voto de qualidade O orçamento da Câmara Municipal, no valor de cerca de 35 milhões de euros, passou à tangente, com apenas a aprovação dos três eleitos do Partido Socialista. Os vereadores comunistas votaram contra, o autarca social-democrata absteve-se

Depois de ter votado a favor do orçamento para 2011, mediante algumas contrapartidas que não foram satisfeitas pelo executivo camarário, foi com alguma expectativa que era aguardada a posição do vereador António Santos na reunião de Câmara do passado dia 15, que votou o orçamento para 2012. Sabendo-se de antemão que o documento seria reprovado pelos três eleitos do PCP e aprovado pelo mesmo número de membros do PS, a decisão estava nas mãos do autarca social-democrata. Caso se tivesse juntado aos comunistas, o orçamento não seria aprovado e a autarquia seria gerida através do orçamento do corrente ano, ou seja, através de duodécimos. Um cenário a evitar uma vez que

obstaculiza a gestão camarária. António Santos, apesar do descontentamento para com o executivo, que não cumpriu nada do que se comprometeu a fazer este ano (iniciar a obra da piscina ou do mercado municipal, criar um ecoponto na zona industrial e auxiliar os mais desfavorecidos na compra de medicamentos), acabou por se abster, levando a um empate na votação. O presidente da Câmara teve que usar o voto de qualidade para viabilizar o orçamento. António Santos, na declaração de voto que fez, lembrou que sempre esteve “ao lado da solução e nunca ao lado do problema”. Uma postura que contribui para que a Marinha Grande “seja o centro da inovação, do progresso e do empreendedorismo”. Isto porque em ple-

no Século XXI “ainda andamos a discutir a construção de infra-estruturas de base, quando já devíamos estar num patamar mais avançado”. O vereador do PSD considera o orçamento para 2012 “igual aos antecedentes, que não evidencia inovação, empreendedorismo ou estratégia. Não define um caminho para onde se quer ir. É um orçamento mais do mesmo…”. O autarca lembra que continua longe o objectivo de tornar os serviços camarários “mais eficientes”, a autarquia continua “equidistante dos cidadãos”, a revitalização do centro histórico “não tem passado de palavras”, a construção do canil continua adiada, o saneamento básico continua por concluir, sobre as variantes “já nem se fala ou escreve”, o alargamento da zona Industrial “devia ter primazia sobre quaisquer outras mas ainda não se vê a luz ao fundo do túnel”, a Moita “continua votada ao abandono”, as verbas atribuídas para a cultura “são macérrimas”… Ou seja, “tudo vai ficar mais do mesmo…”. ß

Opinião

Esmeralda Cor-de-Rosa: um romance ousado Esmeralda Cor-de-Rosa assinala a chegada de Carlos Reys ao mundo das letras. E o autor anuncia-se com um livro de fôlego, plasmado em referências culturais, acontecimentos históricos marcantes e enredos bem tecidos. Dir-se-ia que Carlos Reys está pronto para trocar a tela e o pincel pelo PC. Romance pós-moderno, feito de fragmentos de histórias que se cruzam em diferentes tempos, o das vidas vividas e o da memória, esta ficção atravessa cinco décadas e meia da história portuguesa, que se reconhece nas datas simbólicas, nas referências históricas, nos ambientes descritos, nas tertúlias ou nas aventuras narradas por Guilherme Esteves, figura masculina central da narrativa. É aliás esta figura de referência que atravessa o romance, estando presente no enredo e na memória do narrador como repositório de experiências riquíssimas que lhe conferem uma singularidade ímpar. Violeta, Sara, Esmeralda Cor-de-Rosa e Dona Maria do Rosário são as figuras femininas cujas histórias dão coerência e consistência ao romance. Mulheres de carácter, exemplos de dignidade, as suas vidas atravessam a narrativa, para a qual trazem a inestimável riqueza de viver como mulheres num mundo dominado por homens e, ainda assim, nele serem donas do seu destino.

Esmeralda Cor-de-Rosa é um romance ousado, em que o autor abandona a linearidade cronológica da vida vivida e, servindo-se de artifícios literários que traduzem, no fundo, a forma como a memória reconstrói a vida, entrelaça as histórias, tece enredos e dá-lhes solução, resolvendo assim muitas inquietações que acompanham o leitor ao longo da narrativa. Romance sobre vidas singulares, algumas das quais envoltas em mistérios que trazem à narrativa curiosidade quanto basta para manter o leitor preso ao texto, Esmeralda Cor-de-Rosa é também um livro sobre a morte, inevitável, às vezes em circunstâncias insólitas e inesperadas. Tempo longo para nascer, tempo breve para morrer, e uma curta vida, é à volta da personagem de Sara que pode reconhecer-se a excelência da construção de um enredo ficcional, que faz deste livro um romance a não perder. Acompanhemos Violeta à maternidade, neste simbólico dia 8 de Maio de 1945, onde uma vida começa e duas acabam, e deixemo-nos também perturbar pelos olhos verdes de Sara!

Prefácio de Alice Marques no livro “Esmeralda Cor-de-Rosa” de Carlos Reys

O Executivo da Junta de Freguesia da Marinha Grande deseja a todos os marinhenses

um Feliz Natal e um Bom Ano Novo!

Natal

Qual a melhor prenda de Natal que poderia ter este ano? A poucos dias de celebrarmos mais um Natal fomos saber qual o melhor presente que algumas personalidades do concelho gostariam de receber este ano

Henrique Neto, Empresário Que todos os portugueses tomassem consciência de como são mal governados e decidissem ter uma maior intervenção na vida pública, para acabar com o parasitismo partidário.

Alexandra Dengucho, Vereadora na CMMG O anúncio do fim da crise e do fim da subjugação dos Estados ao poderio financeiro dos grandes grupos económicos.

Telmo Ferraz, Presidente da Assembleia Municipal A minha melhor prenda de Natal seria poder haver Natal para todos, o que lamentavelmente sabemos ser cada vez para menos.


Jornal da Marinha :: 22 de Dezembro de 2011

Opinião

4

Deseja a todos os seus clientes, fornecedores e amigos um

Santo Natal e próspero

Ano Novo

Poema

Natal É Natal tocam sinos Surge a estrela no além, A anunciar o menino Que já nasceu em Belém. Venham todos a Belém Ver o milagre real, Filho duma virgem mãe É Jesus – o Pai Natal. Aleluia, aleluia, Cantam todos de alegria, Aleluia, aleluia, Ele é a paz, o amor e sabedoria.

Opinião

Uma santa Páscoa!

Fernando Brites Estamos a atravessar nesta altura do ano uma época em que habitualmente formulamos votos de harmonia, saúde, felicidade, alegria. Nestes dias sentimos mais fortemente os impulsos para que essas intenções se transformem em realidade concreta, e afirmamos que “o Natal é sempre que um homem quiser”, lamentando com amargura que “as pessoas só se lembrem dos outros nesta altura”. Esta contradição, temperada com a avalanche de prendas, gorros vermelhos, renas, “jantares comemorativos”, pais-natal, bonecos de neve, campanhas comerciais e similares, faz com que muito boa gente sinta crescer uma silenciosa aversão a esta época, acompanhada de uma angústia interior, da qual se sentem culpadas por não perceberem a causa, que nalguns casos toca os limites da revolta, clamando contra aquilo que classificam de hipocrisia. Identifico-me com estas pessoas. Compreendo os seus sentimentos. Coloco-me ao seu lado.

Faz sentido, então, existir o Natal? Depende! Se for para nos enchermos de “palha”, não. Então, para que é que existe o Natal? Ou melhor, porque é que existe o Natal? O que é que se celebra realmente? Qual a sua razão de ser? A maioria das pessoas não sabe. Ignora, pura e simplesmente. Não faz a mínima ideia! Há quem diga que é a Família. Mas isso é consequência. Há quem diga que é o nascimento de Jesus. Talvez! Mas nem sequer sabemos em que altura do ano é que nasceu. O Evangelho e a Tradição não no-lo fizeram chegar. Nem isso é importante. O que realmente se celebra, e dá sentido à nossa vida, aos nossos anseios, à nossa esperança, aos nossos votos, aos nossos gestos de proximidade e a tudo o mais, é apenas um facto silencioso, discreto, recolhido, que aconteceu em determinado momento da história desta humanidade que se pergunta “Quem somos? Onde estamos? Para onde caminhamos?” E a resposta foi dada por Deus Todo-Poderoso de forma silenciosa, discreta, recolhida. A resposta foi dada por Ele próprio, que Se fez carne. Sem alarde. Sem barulho. Apenas Se revelando aos simples. Para, através dos simples, confundir os poderosos. É apenas nesta atitude que se pode compreender o Natal. É apenas com esta perspectiva que tudo o que rodeia o Natal faz sentido: é neste

espanto de percebermos que somos tão importantes aos olhos de Deus que Ele quis partilhar connosco esta natureza frágil, sofredora, inquieta. E connosco, viver também a fragilidade, o sofrimento, a inquietação. Mas oferecendo-nos uma certeza que a humanidade tem como esperança desde os primórdios: somos criados para viver com Ele, em plenitude. Para isso, o Verbo Se fez carne. Mas esta certeza não passaria também de “palha” se tivesse ficado pelo Presépio. Esta certeza tem a sua plena expressão na “passagem deste mundo para o Pai”, na vitória sobre a morte alcançada pelo Filho, na vida nova que nos foi aberta no alto da Cruz, na Páscoa da Ressurreição, depois da Paixão e morte deste Menino Jesus. A mesma certeza que faz com que milhões de pessoas vivam com fidelidade o Natal todos os dias do ano, sem alarde e sem barulho. Que vivam partilhando no silêncio, na discrição, no recolhimento, em todos os dias do ano, aquilo que é a fragilidade, o sofrimento e a inquietação de tantos outros seus semelhantes. Unidos na mesma fé, movidos pelo mesmo Espírito Santo, adorando o mesmo Senhor. O Natal assim vivido, na contemplação deste Mistério que nos foi revelado, é o único Natal que faz sentido. E é este o único Natal que dá sentido à nossa vida. Uma Santa Páscoa! ß

És menino e és Deus Ao mundo vens dar amor, Vens dar a fé aos ateus E aos pobrezinhos calor. Há 2011 anos nasceste Ainda hoje és pequenino, Crucificado, tu morreste E voltaste a ser menino. P’ra todos, meu bom Jesus Estendes a tua mão, Carregaste com a cruz P’ra nos dares o teu perdão. Não te esqueças, Jesus menino Das criancinhas inocentes, Para lhes pores no sapatinho Muito amor e muitos presentes. Paz na Terra, paz na Terra Paz nos nossos corações, Não deixes continuar a guerra São as nossas orações.

Maria Alice Barros Oliveira

Arrendo Quartos - Lisboa Zona das Olaias, perto do Instituto Superior Técnico. Contactar: 934 409 400

Opinião

Humor Take Away o que me leva a pensar em várias coisas: 1) Olá! Estive a pensar, se eu odeio que os Será que em mandarim se torna mais fácil meus familiares mostrem fotos de quando eu analisar a factura? 2) Os trabalhadores pasera criança [acredito que muitos de vós tamsam a ser contratados assim que consigam bém], como é que podemos ter tanta certeza dizer a palavra “Pai” e os responsáveis de que Jesus gosta de aparecer no presépio todepartamentos passam a designar-se Babysitdos os anos? ters? 3) Vão fazer uma lista que identifique Falando de coisas sérias, esta semana fia que tarifário corresponde os números 31, cou marcada pela implosão da torre número 32, 33, …? 5 do Bairro do Aleixo, juro que pensava que Rúben Gomes Para concluir, antes de desejar um Feliz para se fazer implosões eram necessários, Natal [acabei de o fazer], o Comandante da pelo menos, dois aviões mas se calhar eu é que ando a consumir muita ficção americana. A implosão Polícia Municipal de Coimbra desejou aos funcionários deu em directo em vários canais de televisão e, por mo- da autarquia “relações sexuais incríveis”, ao que parece mentos, ao ver as imagens deu-me a sensação de ver a os recibos de confirmação de leitura para aqueles lados são em processos disciplinares. Lição: neste país já nem Sónia Brazão com um livro de apontamentos. Outro tema que tem dado muito que falar é a candi- se pode desejar aos outros o dobro daquilo que desejadatura de uma empresa chinesa à privatização da EDP, mos para nós! Adeus. ß

EMPRESA COM 3 TORNOS CNC

ACEITA FABRICAÇÃO DE PEÇAS INDIVIDUAIS E/OU EM SÉRIE. Contactos: Telem. 917 268 681/Fax. 244 092 524 E-mail. reparmolde@gmail.com

ADMITE-SE

VENDEDOR/A Comissionista Carros sem carta. Telefone: 964 890 496


w w w. j o r n a l d a m a r i n h a . p t

Local

5

Na OASIS há mentes que brilham

adultos ‘sinalizados’ terminam RVCC Cinco utentes da OASIS e um da UIDEPP (instituições de Leiria) terminaram na sexta-feira o seu processo de RVCC (Reconhecimento Validação e Certificação de Competências) de equivalência ao 12º ano, ao apresentarem perante o Júri, o resultado dum percurso que começou em Outubro de 2010, o portefólio de competências. E fizeram-no duma forma pouco comum: falando em língua estrangeira. A sessão, que decorreu nas instalações da OASIS, contou com a presença de três dezenas de pessoas, entre professoras, pais e representantes das instituições envolvidas. O Diretor da Calazans Duarte e do Centro Novas Oportunidades, Cesário Silva, na abertura do Júri, enfatizou a importância da parceria e elogiou a qualidade do trabalho da equipa pedagógica, fatores que permitiram a estes jovens adultos serem reconhecidos como iguais, ao verem certificadas as suas competências. A equipa pedagógica, nos comentários finais, avaliou também o trabalho feito por este grupo, destacando os avanços lentos, mas seguros, à medida que cada formadora se ia familiarizando com os problemas psicológicos, e outros, de que os adultos são portadores, e estes iam ganhando confiança nas suas capacidades.

Deseja a todos os seus clientes, fornecedores e amigos um

Santo Natal e próspero

Ano Novo Todas as formadoras destacaram a riqueza excecional desta experiência “pelo que puderam ensinar e sobretudo pelo que puderam aprender com estes jovens adultos”. Não se tratou de adequar um referencial de competências que é, para quem o conhece, extremamente exigente, às capacidades de um grupo socialmente sinalizado, para permitir que todos chegassem ao fim. Tratou-se apenas de não partir de preconceitos, pensar estratégias de abordagem que demonstrassem isso mesmo, e confiar que se pode de facto ter um distúrbio e ser uma mente brilhante. Foi porque a equipa acreditou nisto, que pode, ao longo de 15 meses,

pôr estes adultos a discutir economia, urbanismo e o trânsito de Leiria, os impactos da tecnologia na vida dos cidadãos, levá-los a compreender a importância da reciclagem e pô-los a debater os distúrbios mentais e as instituições psiquiátricas a partir dos filmes “Uma Mente Brilhante” e “Voando sobre um Ninho de Cucos”. Os seus portefólios e a apresentação em Júri mostram o que fizeram e uma pequena parte das suas vidas. O bastante para serem agora mais seis portugueses com o nível secundário de educação.

Alice Marques Texto escrito ao abrigo do Novo Acordo Ortográfico

Marinha Grande

PSP detém idosa por injúrias e agressão a polícia No dia 16 de Dezembro, pelas 20h12, a Polícia de Segurança Pública procedeu à detenção de uma mulher, com 76 anos de idade, em virtude desta ter injuriado e agredido um polícia. O polícia encontrava-se de serviço e olhava para a cidadã em causa quando esta, sem que nada o justificasse, começou a injuriá-lo, pelo que foi de imediato alertada da má conduta e sem que nada o fizesse prever, partiu de imediato para a agressão, pelo que lhe foi dada voz de detenção. A idosa será presente às autoridades judiciárias competentes. ß

Ensino

EPAMG entrega diplomas A Sala do Forno da Escola Profissional e Artística da Marinha Grande (EPAMG) encheu na tarde da última sexta-feira, 16 de Dezembro, para a cerimónia de entrega de diplomas aos finalistas do ano lectivo 2010/2011 ÂÂCarla Fragoso

A iniciativa visou ainda assinalar a quadra natalícia, pelo que compreendeu alguns momentos de animação, entre os quais a representação de um pequeno quadro humorístico e a declamação de poesia. João Gomes, director da escola, subiu ao palco para fazer um balanço do último ano, durante o qual foram implementadas algumas mudanças. Segundo o responsável, “a EPAMG dispõe de um projecto educativo forte com metas bem definidas”, acrescentando que, “sabemos bem o que queremos e como lá chegar”. Para João Gomes, a EPAMG “caminha para a sustentabilidade do seu projecto educativo”, referindo que é necessário realçar a importância dos cursos profissionais na

preparação dos jovens para o mercado de trabalho. “Estamos numa escola de referência em algumas áreas”, prosseguiu o director, frisando que o estabelecimento de ensino se tem destacado, nomeadamente junto da Direcção Regional de Educação de Coimbra pelas iniciativas que tem promovido. A realização de actividades práticas, onde os alunos possam testar os seus conhecimentos teóricos, bem como a ligação ao tecido empresarial da região foram outros dos aspectos invocados por João Gomes, que deu como exemplo a participação “muito elogiada” dos alunos da EPAMG nas Conferências Internacionais de Design. O director não esqueceu os constrangimentos económicos que têm afectado a escola, mas garantiu que todos os serviços se mantêm apesar das dificuldades, com destaque para o serviço de psicologia. Com os olhos postos no futuro, João Gomes dirigiu-se a toda a comunidade educativa para falar no próximo desafio que se afigura: as obras de requalificação do edifício, que arrancam já no início de 2012 e que vão criar melhores condições de trabalho.

A finalizar o seu discurso, o director congratulou-se pelas dezenas de alunos finalistas dos cursos profissionais de nível IV que de seguida receberiam os seus diplomas, considerando tratar-se de um momento “muito importante” na vida de todos e que marca o início de uma nova fase. Rui Matos Lopes, director do Instituto de Emprego e Formação Profissional da Marinha Grande, convidado a entregar alguns diplomas, referiu o vasto leque de competências que os alunos da EPAMG adquirem ao longo da sua formação, o que lhes facilita a vida na hora de procurar trabalho. Além de poderem prosseguir os estudos ao nível

do ensino superior, quando finalizam os seus cursos profissionais possuem a mais-valia de ter uma profissão, o que pesa favoravelmente na altura de responder a uma oferta de trabalho. Seguiu-se a entrega dos diplomas aos alunos que finalizaram no ano lectivo 2010/2011 os cursos de Técnico de Turismo, Técnico de Transformação de Polímeros, Técnico de Desenho de Construções Mecânicas, Técnico de Apoio Psicossocial, Técnico de Restauração variante Bar, Técnico de Gestão variante Gestão de Recursos Humanos e de Técnico de Electrónica, Automação e Comando. ß


Local

6

Poema

A análise ao Natal Porque nasceu com tanta diferença, Esta quadra de paz e amor em união Acredito que é precisa muita paciência Porque de união rejeito tal opinião. Entre luzes acendi meu pensamento, E pedi para abrir a porta E no exagero de tanto alimento Recordei tanta alma morta. É este o Natal de tristeza e dor, Que chega a casa de muita gente Porque o valor humano perdeu o amor O fruto sem ser semeado não nasce a semente. Não vale a pena ter ilusão, A porta nunca se chega a abrir Sei que abrem a porta a muito barracão É um pouco para fazer sorrir… Porque o voluntariado trabalha, Com esforço e muita união E nessa noite não se falha Transmitindo assim pedaços de consolação. Nem que seja um café quente, Uma sopa, um bolo e um carinho Num coração abandonado sente E reconhecido dá o calor de um beijinho. É Natal, tanta comida se deita fora, E há muita gente a passar mal Aliviem com amor a crise de agora Para que nesses corações haja Natal. É doce a palavra solidário, Quando há gestos de humildade A falta de alimento é diário E todos o merecem mas sem piedade. Dar sem receber de livre vontade, Isso é o valor puro da dignidade Terá a recompensa da sua honestidade E viverá uma quadra de Natal em felicidade.

José António Carreira Santos (Poeta Jardineiro)

Jornal da Marinha :: 22 de Dezembro de 2011

Economia

Gallovidro premeia mérito académico Luís Vieira da Silva foi o grande vencedor do prémio “Dr. Joaquim Rocha e Silva, atribuído anualmente pela empresa Gallovidro. O galardão foi entregue na última quinta-feira, dia 15 de Dezembro, no Museu da fábrica ÂÂCarla Fragoso

Instituído em 2002, o prémio “Dr. Joaquim Rocha e Silva” pretende homenagear um homem que dedicou meio século da sua vida à Gallovidro e outros tantos ao ensino. O galardão distingue, por isso, o melhor aluno finalista do Curso de Contabilidade e Administração, leccionado no Instituto Superior D. Dinis, da Marinha Grande, onde Rocha e Silva deu aulas. No ano lectivo 2010/2011, o leiriense Luís Vieira da Silva, de 48 anos, foi o licenciado com a melhor média: 15 valores, que lhe valeram agora a atribuição do prémio, no montante de 2.500 euros. Em declarações ao JMG, Luís Vieira da Silva mostrou-se “orgulhoso” e dedicou o galardão à sua esposa e aos três filhos: “este prémio não é só meu, é da equipa toda, porque tive de prejudicar a família em ausências, que a minha esposa ajudou a colmatar”. “Quando deixei de estudar, há cerca de 30 anos atrás, estávamos numa situação económica muito parecida com a que vivemos hoje e tive de ir trabalhar,

mas eu sabia que um dia mais tarde voltaria à escola. Por isso, esta vitória tem um sabor acrescido, mais sofrida e difícil, mas que vale mais”, adiantou ainda ao nosso jornal Luís Silva. Com a licenciatura no ISDOM, Luís Silva, que já trabalhava na área da contabilidade, assume que consolidou os conhecimentos práticos adquiridos no dia-a-dia, “tendo enriquecido do ponto de vista teórico, o que me vai permitir evoluir na minha vida profissional”. O “bichinho” dos estudos parece ter vindo para ficar e Luís Vieira já está a pensar em frequentar um mestrado, no próximo ano lectivo. Antes da entrega do prémio, que ficou a cargo de Carlos Delclaux, presidente do Conselho de Administração do Grupo Vidrala, Manuel Gallo, do conselho de administração da Gallovidro, referiu que a forma de concessão do prémio será alterada no próximo ano,

mas que se continuará a agraciar o melhor aluno do Curso de Contabilidade e Administração do ISDOM. O responsável frisou a importância de perpetuar a memória de Rocha e Silva, “um homem que foi muito importante para o país, para o distrito, para a Marinha Grande e para esta empresa”. “Muito íntegro, deixou-nos uma marca profunda e uma grande saudade. Dedicou-se a esta casa durante mais de 50 anos. Além de um colaborador era um amigo”, afirmou Manuel Gallo, deixando ainda uma palavra de pesar pelo falecimento da viúva, Alice Rocha e Silva. Ao premiado deste ano, Manuel Gallo desejou os maiores sucessos profissionais, congratulando-se também com a presença na iniciativa do director do ISDOM, Ercílio Mendes, e do presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande, Álvaro Pereira. ß

Ocorrências

Atropelamento causa ferido Quatro feridos ligeiros foi o resultado de um atropelamento, dois acidentes de viação e um de trabalho, ocorridos nos últimos dias na Marinha Grande

A localidade da Ordem foi palco, na última sextafeira, dia 16 de Dezembro, pelas 9 horas, de um atropelamento por um veículo ligeiro. O peão sofreu ferimentos ligeiros, ainda assim foi transportado ao Centro Hospitalar Leiria-Pombal onde foi observado. Prestaram socorro dois bombeiros com uma viatura. No mesmo dia, cerca da uma da manhã, os bombeiros registaram o despiste de um veículo de duas rodas, na Marinha Grande, de que resultou um ferido sem gravidade. Dois efectivos com uma viatura foram mobilizados para o local e levaram o ferido para o hospital distrital. Da colisão entre um automóvel e um veículo de duas rodas, ocorrida no passado dia 14 de Dezembro, pelas 8 horas, na Garcia, resultou um ferido ligeiro, que recebeu tratamento médico em Leiria.

Cinco horas mais tarde, na Zona Industrial de Casal da Lebre, ocorreu um acidente de trabalho que provocou ferimentos ligeiros numa pessoa. O trabalhador foi levado para o Centro Hospitalar Leiria-Pombal. No último domingo, dia 18, cerca das 15h50, os bombeiros foram chamados à Guarda-Nova para combater um incêndio urbano. Estiveram envolvidos quatro efectivos com o apoio de um veículo urbano de combate a incêndios. Não houve registo de feridos. ß


w w w. j o r n a l d a m a r i n h a . p t

Local

7

em Vieira de Leiria

Deseja a todos os seus clientes, fornecedores e amigos um

Obras

Teatro e Resinagem avançam ‘a bom ritmo’ O JMG visitou na última semana os trabalhos de requalificação em curso na futura Casa da Cultura Stephens, bem como no edifício da Resinagem. De acordo com o executivo camarário, apesar do percalço que surgiu com a abertura de uma fenda na fachada do teatro, as obras decorrem “a bom ritmo” ÂÂCarla Fragoso O que fazer à fenda?

A população da Marinha Grande ainda vai ter de esperar pelo menos mais um ano até poder ver concluído o projecto de beneficiação da Casa da Cultura Stephens. A obra, que arrancou em meados de Junho último, tem um prazo de duração previsto de 18 meses, pelo que em Dezembro do próximo ano se não estiver concluída, pouco deverá faltar. O vereador Paulo Vicente espera mesmo que em Outubro, mais tardar Novembro do próximo ano, o espaço esteja pronto para abrir ao público. Contudo, tendo em conta que a 19 de Setembro foi detectada uma fenda na frontaria do edifício, este “percalço” acabou por atrasar um pouco os trabalhos. Na visita que fizemos, acompanhados pelo executivo permanente bem como por uma engenheira da autarquia, foi-nos explicado que na origem da racha terá estado uma alteração feita há vários anos à estrutura original do edifício. Segundo a técnica, teve que ver com a colocação de um cano na vertical para o escoamento das águas pluviais e que terá, de certa forma, mexido na estrutura daquela parede. Com vista a “reparar a fenda”, os técnicos optaram pela colocação de “uma espécie de agrafos para garantir a sustentabilidade da parede”. Chegou a ser alvitrada a possibilidade de construir uma parede interior, que contribuiria igualmente para melhorar as condições de acústica da sala. Com esta solução não será necessária a dita parede.

Ainda assim os técnicos vão demolir a parede que se encontra à esquerda da fenda e no seu lugar será edificada uma nova parede, de raiz, com o mesmo traço arquitectónico do resto do edifício. Homenagem à Mata…

A Casa da Cultura ficará dotada de condições para a realização de sessões de cinema mas também para espectáculos de teatro, conferências e exposições. O espaço, que ficará internamente ligado ao Museu do Vidro, terá um auditório com condições para acolher cerca de 250 pessoas. Ao nível exterior terá um toque de modernidade já que toda a zona destinada a camarins e palco será revestida por um material que vai dar a ilusão de se tratar de madeira, como forma de “homenagear o Pinhal de Leiria”, referiu o presidente da Câmara, Álvaro Pereira. Recorde-se que a intervenção, orçada em cerca de dois milhões de euros, será comparticipada no âmbito do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) – Mais Centro, no montante de 1,3 milhões de euros. No início de 2012, a Câmara vai lançar o concurso público para a 2ª fase da requalificação do Património Stephens, que vai incluir a Galeria, a cafetaria e a recepção do Museu do Vidro, cujos trabalhos devem ficar concluídos até Agosto. … e ao vidro

Do outro lado da rua, deparamo-nos com o edifício da antiga Resinagem que agora mais parece saído de um cenário de guerra. Foi necessário “descascar” todas as paredes interiores e já foi retira-

da a cobertura. Uma vez que no centro do edifício será construído um cubo de vidro, foi necessário partir parede para que as máquinas de maiores dimensões, bem como a grua, possam entrar naquele espaço. Com início em Outubro, os trabalhos estão a decorrer “dentro dos prazos previstos”, pelo que em Fevereiro de 2013 poderemos, certamente, visitar a nova Resinagem. O projecto sofreu apenas ligeiras alterações ao nível da cobertura do espaço interior que será ocupado por esplanadas de apoio à restauração. Assim, está prevista a criação de espaços multifuncionais destinados a comércio, serviços e à área cultural. Na fachada principal do edifício serão instalados alguns serviços camarários, sendo os restantes concentrados na ala nascente e distribuídos em dois pisos. A Câmara vai ainda ocupar o novo edifício, o “cubo” em vidro, com o qual se pretende homenagear “a capital do vidro”. O espaço será amplo, o que permitirá a realização de eventos diversificados, como exposições. O comércio vai ocupar o restante edifício, estando previstos dois espaços destinados a restauração e bebidas, e outras pequenas lojas nas alas norte e sul. Durante a visita à obra, foi-nos dito que muitos dos materiais que estão a ser retirados do edifício serão usados em outros trabalhos que a autarquia tem em curso. A obra, que representa um investimento superior a quatro milhões de euros, será co-financiada pelo Programa Operacional Regional do Centro no âmbito do QREN. ß

Santo Natal e próspero

Ano Novo

Teatro

Resinagem

Início

Meados de Junho 2011

Início de Outubro de 2011

Duração

18 Meses

16 Meses

Percalços

Fenda na fachada a 19 de Setembro

Nada a registar

Fim

Dezembro de 2012

Fevereiro de 2013


Jornal da Marinha :: 22 de Dezembro de 2011

Local

8

A Leonóptica e a Centro Visual

Desejam a todos os seus clientes, fornecedores e amigos um

Santo Natal e próspero

Ano Novo

Natal

Executivo municipal visita idosos

Apresentar votos de boas festas foi o principal objectivo das visitas realizadas na última semana pelo vice-presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande e pela vereadora da Acção Social, a alguns lares de idosos do concelho

Paulo Vicente e Cidália Ferreira deslocaram-se aos lares do Centro Social e Paroquial de Vieira de Leiria e da Santa Casa da Misericórdia, nas Vergieiras, onde ficaram a conhecer as instalações, cumprimentaram e conviveram com utentes e colaboradores. Este ano, a visita contou com a participação dos alunos do 2º ano da Escola Básica do 1º Ciclo do Engenho. As crianças cantaram sobretudo temas de Natal, tendo sido acompanhadas pelos músicos Carlos Martins e Zé Carlos, da banda “Caruma”. A actuação decorreu no âmbito do projecto “Para além de nós”, que está a ser desenvolvido pela turma e ao qual se juntaram os dois músicos marinhenses. No final, os autarcas “agradeceram a forma calorosa como foram recebidos naqueles lares e reconheceram o trabalho, mérito e empenho que as instituições têm dedicado aos idosos”. O executivo “desejou um Feliz Natal e um Ano Novo com saúde para todos, fazendo votos de repetir este gesto de solidariedade no próximo ano”. Nos locais visitados, a autarquia ofereceu, como habitualmente, bolos-reis, vinho do Porto e espumante para a celebração da quadra Natalícia. Na passada terça-feira, dia 20 de Dezembro, o executivo visitou outras instituições do concelho que também dedicam a sua actividade à terceira idade. ß

Natal

Crianças carenciadas recebem presentes Todos os anos, o Parque de Exposições recebe a Festa de Natal das crianças carenciadas do concelho. A iniciativa, da responsabilidade da Conferência de São Vicente de Paulo, decorreu no passado sábado

Conhecida pela sua intervenção na área da solidariedade social, a Conferência de São Vicente de Paulo tem vindo a organizar diversas iniciativas para apoiar os mais desfavorecidos. A tradicional Festa de Natal das crianças, cujo objectivo é a distribuição de bens de primeira necessidade e alguns brinquedos, tem vindo a ser realizada ao longo dos últimos anos e é uma forma de trazer sorrisos aos mais pequenos nesta quadra festiva. Este ano, o Parque Municipal de Exposições recebeu cerca de 150 crianças, acompanhadas pelos pais. Foi uma festa muito divertida, onde não faltou animação, um lanche e, claro, o Pai Natal com presentes. Augusto Matos, presidente da Conferência de São Vicente de Paulo, deu as boas-vindas ao público presente e manifestou o seu contentamento por mais uma vez estarem todos juntos, não deixando de desejar a todos um feliz Natal. Seguidamente, António Ferrão, presidente do Conselho Central das Conferências de São Vicente de Paulo, dirigiu-se aos mais pequenos de forma carinhosa. “Estou muito contente por estar aqui com todos vós e quero que saibam que desejo que sejam todos muito felizes e que passem um feliz Natal”, afirmou.

O padre Armindo Ferreira desafiou os mais pequenos a serem como o Menino Jesus neste Natal e o padre Pedro Viva sublinhou a importância daquela festa e agradeceu ainda aos pais daquelas crianças por, também eles, partilharem da alegria dos filhos naquele dia. O presépio vivo, uma presença regular nesta festa, esteve este ano a cargo do 7º ano da catequese. Vestidos a rigor, os adolescentes dramatizaram de forma dialogada os acontecimentos ocorridos na noite de 24 para 25 de Dezembro, nomeadamente o nascimento do Menino Jesus. Seguiu-se um momento musical, interpretado por um grupo de meninos da Escola do Engenho. Uma outra presença assídua nesta iniciativa é a fanfarra dos Bombeiros Voluntários da Marinha Grande. O último momento de animação esteve a cargo de um trio de palhaços criado propositadamente para aquela festa:

Anhuca, Totó e Betinha. A iniciativa terminou com um lanche e com a aguardada visita do Pai Natal, que distribuiu presentes a todas as crianças. Balanço positivo

Augusto Matos afirmou ao JMG que o objectivo deste evento foi mais uma vez atingido. “Correu tudo muito bem, estamos todos muito satisfeitos! Até os representantes do Conselho Central nos disseram que tinha sido uma festa muito bonita e digna de dar a conhecer às pessoas de fora”, referiu. O presidente da Conferência de São Vicente de Paulo aproveitou ainda para deixar uma palavra de agradecimento a todos quantos trabalharam para a realização desta festa. “Tivemos o apoio da Câmara Municipal da Marinha Grande, de algumas empresas do concelho e também de muitos anónimos que contribuíram com as suas ofertas. A todos o nosso muito obrigado”. ß

Moita

Pai Natal vai à escola Os meninos e meninas da Escola Básica do 1º Ciclo da Moita receberam na manhã da última sextafeira, 16 de Dezembro, uma visita muito especial. Tratou-se do Pai Natal, que levou um saco cheio de chocolates e magia

À semelhança do que tem ocorrido nos últimos anos, a Junta de Freguesia da Moita voltou, em plena quadra natalícia, a solicitar a colaboração da escola local, para a elaboração de desenhos alusivos ao Natal. Os alunos responderam entusiasticamente ao pedido e as obras serviram de base ao Postal de Natal 2011, distribuído pela população, instituições e individualidades. Na passada sexta-feira, dia 16, o Pai Natal (António André, secretário da Junta de Freguesia) foi à escola agradecer a colaboração de alunos e professoras, desejar boas festas e distribuir lembranças por toda a comunidade educativa. Para Álvaro Martins, presidente da Junta de Freguesia da Moita, “é sempre um momento alto sentir a alegria das crianças estampada nos seus rostinhos encantadores dialogando com o Pai Natal, que levou a cada um deles

um chocolate natalício”, acrescentando que, “são estes momentos que nos alimentam a alma, nos fazem esquecer as agruras, incompreensões e ingratidões de que somos alvo e renascer em nós o sentimento de que vale a pena continuar a servir a população da nossa freguesia”. No último domingo, dia 18 de Dezembro, o Clube Desportivo Moitense acolheu a habitual Festa de Natal da Escola, onde a Junta de Freguesia expôs os desenhos de todos os alunos, bem como o Postal de Natal que neles teve origem. ß


w w w. j o r n a l d a m a r i n h a . p t

Cultura

9

Sociedade

Reformados unidos em almoço de Natal

Promovido pela Associação Sindical União dos Reformados, Pensionistas e Idosos da Marinha Grande (ASURPI), realizou-se no passado domingo, dia 18, no Parque Municipal de Exposições, o 35º almoço dos reformados, que sentou à mesa cerca de 400 participantes ÂÂAdriano Paiva

Dia lindo. Frio, mas lindo. Mesmo a calhar. Porque a chuva, embora sendo necessária, seria incomodativa. E cedo, pelas imediações do Parque, já se viam a passear e à procura de um café aberto, muitos seniores, vindos de outras paragens do país, para retemperarem forças com uma bebida quente. Pouco antes da hora aprazada para o início do almoço era já grande o número de participantes no átrio do Pavilhão 1, onde o repasto teve lugar. Beijos, cumprimentos, abraços e sorrisos de felicidade pelo reencontro foram o prato forte. E depois o amesendar e degustar o magnífico almoço que este ano deixou de lado o bacalhau tradicional e se fixou no arroz à valenciana, muito bem confeccionado e que foi um regalo para o palato de toda a gente. Homenagem a Maria da Cruz

Foi muito sentida a homenagem a Maria da Cruz, sócia da Associação, mais conhecida por “Quinhas Lourenço”, já falecida, e que foi escolhida para ser homenageada este ano durante o Almoço de Natal. Abílio Jordão, Presidente da ASURPI, chamou ao palco a sua irmã, Amália de Jesus, a quem entregou um ramo de flores depois de ter referido quanto lamentava o facto da homenagem não ter ocorrido enquanto a Quinhas foi viva e de ter salientado o trabalho que ela desenvolveu em prol da Associação. Muitos convidados presentes

Foram muitos os convidados que se quiseram associar à iniciativa, entre os quais o Presidente da Câmara Municipal, Álvaro Pereira, os Vereadores da mesma Câmara, Cidália Ferreira, Paulo Vicente e Alberto Cascalho, represen-

tante da Junta de Freguesia da Marinha Grande, Isabel Freitas, Presidente do MURPI, Casimiro Menezes, Representantes da CGTP – IN, da CPCCRD, do Centro Regional de Segurança Social de Leiria, parceiros económicos da ASURPI, representantes das Colectividades da Marinha Grande, Amália de Jesus, irmã da homenageada Maria da Cruz, pensionistas e idosos do Seixal, Alcáçovas, Horta das Figueiras, S. Pedro da Gafonheira, Arraiolos e Ilha e membros dos Órgãos Sociais da ASURPI. Discursos Oficiais

Abílio Jordão, Presidente da ASURPI, no seu discurso, depois de saudar e agradecer a presença de todos neste 35º Almoço de Natal e porque o mesmo se aproxima, sob o ponto de vista dos reformados começando por afirmar: “há quem diga que Natal é quando um homem quiser mas a verdade é que Natal para nós é quando nos roubam parte do subsídio deste Natal; Natal é a festa da família, mas que festa pode fazer uma família onde os avós têm uma pensão de reforma inferior ao valor do limiar da pobreza, o pai é trabalhador precário, a mãe é desempregada e o filho não recebe abono de família? Natal é a festa da concórdia mas com quem vamos nós fazer a concórdia? Será com os que aumentam escandalosamente os preços das taxas moderadoras, dos meios auxiliares de diagnóstico, consultas de urgência, medicamentos, etc. a par com o fim de 50% de desconto nos transportes públicos para quem tem mais de 65 anos de idade, recusa de transporte de doentes quando prescrito pelo médico de família e ainda os aumentos dos bens essenciais seja através do IVA ou do aumento puro e simples. Haverá concórdia sim mas não com estes parasitas que, a mando do capital, não olham a meios para atingir os fins que no essencial visam tornar os pobres ainda mais pobres e os ricos ainda mais ricos. Haverá concórdia entre todos os que se oponham a esta política criminosa e que estejam dispostos a dar a volta por cima, nem que seja dos elementos que compõem as troikas nacional e internacional e substituí-los por gente honesta que colo-

que acima dos interesses particulares de alguns os interesses do Portugal democrático virado para a produção e para a satisfação das justas revindicações dos reformados, pensionistas e idosos e de outras classes e camadas da população portuguesa tão cansadas de sofrer ao longo de décadas sem vislumbrar a curto/médio prazo a tal luz ao fundo do túnel de que tanto se fala.” Mais adiante referiu: “que enquanto existir alguém sem trabalho, sem pão, sem saúde, sem habitação, jamais a Humanidade viverá em paz consigo própria, jamais o advento do Natal terá razão para ser uma festa, jamais os povos serão felizes.” Depois de afirmar que a ASURPI sempre se tem batido pelas justas reivindicações e que sempre têm sido ignoradas pelos detentores do poder, da base ao topo, terminou dizendo que, “continuamos disponíveis para as lutas que se avizinham”. Álvaro Pereira, por seu turno, agradeceu em nome da Câmara Municipal o convite que lhe foi feito para estar presente no almoço de Natal dos Reformados, felicitou a ASURPI pela sua organização meritória, bem como todas as iniciativas encetadas para ocupar os idosos do concelho. Esta tradicional confraternização reúne centenas de munícipes que aproveitam este momento para rever velhas amizades e celebrar o facto de estarem juntos. É uma honra estar na vossa companhia e poder presenciar a vossa vivacidade, recebendo de vós toda a sabedoria e experiência, alcançadas durante as várias décadas da vossa laboriosa vida.” Depois de dizer que na época natalícia se multiplicam as mensagens de solidariedade, referiu que “como representante máximo da Câmara Municipal, estou consciente do quanto nos esforçamos para contribuir para o bem-estar da população, tentando responder às dificuldades que nos aparecem, todos os dias. Reconhecendo as carências do concelho e dentro dos constrangimentos com que o Município se depara, desenvolvemos acções que tenham em vista a melhoria da qualidade de vida dos munícipes. É nestas práticas que procuramos melhorar a vida de cada um de vós. Porque esse gesto também é Natal.” Terminou dizendo que “o próximo ano será ainda mais rigoroso no que toca aos sacrifícios que nos são pedidos”, deixando uma palavra de esperança. Álvaro Pereira aproveitou ainda a oportunidade “para endereçar a todos os marinhenses, moitenses e vieirenses um bom Natal e um ano de 2012 pleno de saúde, paz e alegria”. O grupo “Taramela” animou, e muito bem, este almoço onde, apesar das dificuldades, se viveu esperança. ß

Deseja a todos os seus clientes, fornecedores e amigos um

Santo Natal e próspero

Ano Novo Ordem

SBR promove Š Festa de Natal… A Sociedade de Instrução e Recreio (SBR) 1º de Janeiro, da Ordem, vai realizar no domingo, dia de Natal, uma festa para os filhos dos seus associados. A partir das 15 horas haverá matiné dançante com Paulo Eduardo, entrega de bombons às crianças e insufláveis. Uma hora depois José Freixo subirá ao palco da sede da Ordem com o boneco Donaltim. ... e completa 73 anos

A 1 de Janeiro, dia em que o clube assinala 73 anos de existência, terá lugar pelas 11 horas a tradicional romagem aos cemitérios para homenagear os sócios já falecidos, sendo que à noite, pelas 20h30, haverá baile de aniversário com a Dual Band. Está ainda prevista a entrega dos prémios dos jogos inter-sócios. Para dia 7, pelas 20 horas, está marcado o jantar de aniversário da SBR 1º de Janeiro, com oferta de emblemas de prata aos associados com 25 anos de filiação. Finalmente, no dia 10, pelas 20h30, terá lugar uma assembleia-geral para apresentação do relatório e contas, e eleição de novos corpos gerentes. ß

Livros

Atrium acolhe feira A Livraria Letras e Livros está a promover mais uma Feira do Livro do Cristal Atrium, na Marinha Grande, onde até dia 24 de Dezembro será possível adquirir obras com descontos até 20 por cento. O certame está patente no piso térreo do centro comercial, e poderá ser visitado entre as 10 e as 23 horas, todos os dias. A feira reúne um vasto leque de obras literárias, de autores portugueses e estrangeiros, dos mais variados géneros. Biografias, culinária, acção, aventura, infantis, história e ficção científica são apenas alguns exemplos do que poderá encontrar nesta feira do livro. ß


Economia

Jornal da Marinha :: 22 de Dezembro de 2011

10

Comércio

Pc Farma tem novas instalações

Melhor localização e mais visibilidade. Foram estes os principais factores que levaram à mudança de instalações da loja de informática Pc Farma/ Db Consumíveis, para a Avenida José Gregório

Restauração

ÂÂSónia Santos

De acordo com Tiago Carreira, proprietário da loja, as anteriores instalações, situadas na Avenida 1º de Maio, não eram tão visíveis e muitos clientes nem sabiam onde era a loja. “Qualquer pessoa quer o melhor para o seu negócio e, apesar de as coisas não estarem a correr mal, achámos por bem deslocar a loja para uma das poucas ruas da Marinha Grande onde o comércio local ainda existe. Estamos muito melhor localizados, numa das avenidas mais centrais da cidade e isso é uma grande vantagem”, afirma. Decorrido cerca de um mês após a mudança, Tiago Carreira está “satisfeito”, pois “já conseguimos angariar novos clientes em tão pouco tempo e sem clientes não se faz nada”. A Pc Farma/Db Consumíveis presta uma grande variedade de serviços, nomeadamente reparação de computadores, recuperação de dados, remoção de vírus, manutenção preventiva, assistência empresarial, venda de software e hardware, entre outros. Comercializa ainda todo o tipo de acessórios para computador, bem como tinteiros e toners originais, reciclados e compatíveis. A Pc Farma/Db Consumíveis, situada na Avenida José Gregório, junto ao Tribunal, pode ser visitada de segunda a sexta-feira das 10h às 13h e das 15h às 19h30, e aos sábados das 10h às 13h e das 15h às 18h30. ß

Depósito Legal Nº 80254/94 Registo no ICS Nº 100103 Preço avulso: 1,10 euros Série de 26 números (6 meses): 15,00 euros O pagamento é sempre adiantado Fundador José Martins Pereira da Silva Director António José Ferreira ajferreira@jornaldamarinha.pt Redacção António José Ferreira (CP 2614), Carla Fragoso (CP 7388), Alice Marques, Adriano Paiva e José Manuel André Colunistas Osvaldo Sarmento e Castro, António Santos,

“La Bocca” abre Š na Marinha Grande Se é apreciador de pizza, tem agora à disposição na Marinha Grande um restaurante que serve rodízio de pizza, doce e salgada, com mais de 40 sabores à escolha. Falamos do “La Bocca”, situado na Comeira, junto à Zona Industrial de Casal da Lebre

O sonho de gerir um negócio próprio na área da restauração uniu Dayane Santos e Márcio Vieira ao casal amigo Paulo Araújo e Liliana Rodrigues. Residentes nos concelhos de Leiria e Batalha, foi na Marinha Grande que os dois casais encontraram o espaço ideal para concretizarem o seu objectivo. O restaurante “La Bocca”, que abriu há cerca de dois meses no espaço do

Luís Guerra Marques, Joaquim João Pereira, João Cruz, Mário Nuno Francisco, Álvaro André, Nélson Araújo, Pedro Silva, Telmo Neto, João Saraiva, Gabriel Roldão, Sérgio Bento, Armando Constâncio, Ana Medina Reis, Ana Patrícia Nobre, Nuno Cruz, Ernesto Silva Composição e paginação Bruno Fonseca Serviços Comerciais e Publicidade Mónica Matias (244 502 628) Serviços Administrativos e Assinaturas Mónica Matias monica@jornaldamarinha.pt Apartado 102, 2431-902 Marinha Grande Telefone: 244 502 628 E-mail: jmg@jornaldamarinha.pt Proprietário Jornal da Marinha Grande, Lda. Contribuinte 502 963 905

antigo “A-Nora”, preservou a decoração e “o aspecto rústico”. “Além de estar numa zona de grande visibilidade e facilidade de estacionamento, este restaurante era mesmo o que procurávamos: espaçoso e com salas distintas”, explicou ao JMG Dayane Santos. Segundo os quatro sócios, o rodízio de pizza é “o prato forte” do restaurante, que também dispõe de serviço à lista, diárias e take away. “Nós servimos pizza até os clientes não conseguirem comer mais. Vamos diversificando nos sabores, desde kebab, frango com catupiry (queijo) ou bróculos, e só depois levamos as pizzas doces, de brigadeiro, banana ou doce de leite”, adiantou ao nosso jor-

Capital Social 24.939,90 euros Detentores de mais de 10% do capital social António José Lopes Ferreira e João Carlos Cunha da Cruz Gerência António José Lopes Ferreira Sede Travessa de Vieira de Leiria, nº 9 2430 Marinha Grande Impressão FIG - Indústrias Gráficas, SA - Coimbra • Os artigos e as cartas ao director, ao abrigo do artigo 31, nº 4 e 5, não vinculam o director, o editor ou a entidade proprietária do jornal, sendo da única e exclusiva responsabilidade do seu autor • O dia de saída do jornal é à quinta-feira, excepto quando coincida com um feriado, passando para o dia imediatamente seguinte.

nal Dayane Santos. Mas as opções não se ficam por aqui: existem 40 sabores à disposição. A responsável sugere também o bife ou o bacalhau à La Bocca, bem como as massas à bolonhesa ou carbonara. “Temos uma ementa muito diversificada, para todos os gostos, com ingredientes de qualidade a preços acessíveis”, acrescentou a sócia-gerente. O restaurante, com capacidade para 90 pessoas, funciona das 9h às 2h, de quarta a segunda-feira. Na primeira quinta-feira de cada mês há karaoke e no primeiro sábado música ao vivo. De acordo com os sócios do “La Bocca”, “é uma forma de criar mais um motivo para os nossos clientes nos visitarem”. ß

Este jornal está à venda nos seguintes locais:

Este jornal é membro da API

Marinha Grande: Jornaleiro, Jornalinho, Tabacaria “Pierrot”, “VCM”, Papelaria Grani, Repsol, Café Cantinho do Engenho, Tabacaria do Cristal Atrium, Eunice Pereira, Gasogagest, Intermarché, Petrosalsa, Pedroso & Gonçalves, M. Cristina Serra, Papelaria Rumo, Continente da Marinha Grande, Academia RG Arte, Cantinho da Cátia

Tiragem média mês: 14.000 exemplares

Garcia: Loja da Cláudia Vieira de Leiria: Quiosque Júlia Leal e Papelaria Horizonte Albergaria: Posto da Repsol Moita: Mini-Mercado Novo, Petroibérica Martingança: Maria Cidália da Silva S. Pedro de Moel: Pastelaria Arco-Íris (Costa e Caetano) Maceira: Papelaria Balinha, Loja 3 - Intermarché Pataias: Papelaria Central

ESTE JORNAL É IMPRESSO NA FIG Tel.: 239 499 922 Fax: 239 499 981 e-mail: fig@fig.pt


w w w. j o r n a l d a m a r i n h a . p t

Opinião

Natal

Qual a melhor prenda de Natal que poderia ter este ano? nacional para assim poderem avaliar os sacrifícios a que a todos nos submeteram.

11

Deseja a todos os seus clientes, fornecedores e amigos um

Santo Natal e próspero

Ano Novo ÒÒCarlos Carvalho, ÒÒPresidente do SOM

ÒÒArtur Oliveira, ÒÒEx-Vereador na CMMG

Era ver a riqueza da terra a ser partilhada a bem da humanidade. Era ver os valores humanos não avaliados pelos seus bens materiais, mas sim pelo seu contribuo moral e humano à sociedade, por muito simples que fosse. Era ver os portugueses a estarem a viver com tranquilidade o presente e o futuro. Que não estivessem a pagar os erros que não cometeram. Ver os responsáveis condenados a viver com o valor do salário mínimo

ÒÒRui Miranda, ÒÒPresidente da Concelhia do PSD

A melhor prenda de Natal que me poderiam dar para este ano, seria ter a certeza de que, para além de saúde, ninguém ficasse privado de pelo menos uma refeição condigna, junto dos seus, de acordo com o dia que se comemora. Os presentes, além de serem sempre muito agradáveis, não deixam de ser um acessório. Feliz Natal para todos.

Não sou de grandes prendas, bem, na verdade todos os anos peço um descapotável, mas o Pai Natal não me tem dado grande atenção. Apesar de todos considerarmos que é um lugar-comum pedir saúde, na realidade, depois de este ano ter passado por algumas cirurgias percebi que a falta de saúde pode pôr em causa a estrutura familiar e financeira, sem saúde tudo pode estar em causa. Qual a melhor prenda de Natal? Saúde para todos em geral e para os meus em particular.

ÒÒAntónio Santos ÒÒVereador do PSD na Câmara Municipal

Que todos os cidadãos tivessem amor, saúde, paz e sucesso. ß


Publicidade

12

Jornal da Marinha :: 22 de Dezembro de 2011

“No meio da dificuldade encontra-se a oportunidade�. Albert Einstein


w w w. j o r n a l d a m a r i n h a . p t

Marcações:

916 579 315

Publicidade

13


Social

14

ratoeira

jantar de natal Š do jmg e rcm

Jornal da Marinha :: 22 de Dezembro de 2011


a rádio de todos os dias

Cooppovo

AC marinhense

vitória preciosa

Cooperativa de Consumo do Povo da Marinha Grande

Convocatória Nos termos do disposto nos Artigos 27º e 29º dos Estatutos convoco a Assembleia-Geral da COOPPOVO – Cooperativa de Consumo do Povo da Marinha Grande, C.R.L., a reunir em sessão ordinária, nas suas instalações sociais, sitas na Rua 25 de Abril nº 28 – 30, no dia 27 de Dezembro de 2011, pelas 21h30, com a seguinte ordem de trabalhos: Ordem de Trabalhos 1 - Apreciar e votar o Plano de Actividades e Orçamento Previsional da Direcção relativo ao exercício de 2012; 2 - Outros assuntos de interesse para a Cooperativa. Nota: Se à hora marcada não se encontrarem presentes a maioria dos sócios da Cooperativa, a Assembleia terá início 30 (trinta) minutos depois. Marinha Grande, 5 de Dezembro de 2011 O Presidente da Mesa da Assembleia-Geral, (José Leonel de Jesus Silva) Peniche . .......................1-0.................At. Riachense Camp. Nacional da III Divisão - Série D Pos. Equipa Pontos J V E D Benf.C.Branco . .............1-1....................... Sourense 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

Sp. Pombal Benf.C.Branco Pampilhosa Tocha Sourense Beneditense Peniche Marinhense Ginásio de Alcobaça Bombarralense At. Riachense

21 19 19 18 17 16 14 14 11 6 3

11 11 11 11 11 11 11 11 10 11 11

6 5 6 5 4 3 3 4 2 0 0

3 4 1 3 5 7 5 2 5 6 3

2 2 4 3 2 1 3 5 3 5 8

Tocha ............................2-1....................Sp. Pombal Marinhense . .................1-0....................Pampilhosa Bombarralense . ............0-4...................Beneditense JORNADA 13 Sp. Pombal ...................4-0....................Marinhense Beneditense ...........08/01 15:00...................Peniche At. Riachense .........08/01 15:00.........Benf.C.Branco Sourense . ..............08/01 15:00......................Tocha Pampilhosa . ..........08/01 15:00................ Alcobaça

Leiria e Marrazes . .........3-2................ GD Alvaiázere Divisão de Honra - Seniores Pos. Equipa Pontos J V E D Ansião . .........................0-3................Portomosense

No arranque da segunda volta do Campeonato Nacional da III Divisão – Série D, o AC Marinhense recebeu o Pampilhosa, um dos favoritos à subida de divisão, e venceu. Um triunfo por 1-0, arrancado a ferros

Após um período inicial em que o equilíbrio foi a nota dominante, o AC Marinhense, a pouco e pouco, foi-se assenhorando do comando do jogo, ganhando algum ascendente sobre o seu adversário, mercê da irreverência e velocidade dos seus jovens jogadores. Ely esteve perto de marcar a meio da primeira parte mas a bola saiu ao lado da baliza adversária. Este foi um aviso para o que acabaria por suceder pouco depois, em cima da meia hora.

Ricardo Fernandes, em posição central, encheu o pé e rematou forte e colocado, sem possibilidades de defesa para o guarda-redes forasteiro. Um grande golo! Uma vantagem justa para a equipa de Marco Aurélio que, mesmo sem fazer uma exibição extraordinária, justificou a vantagem ao intervalo. No segundo tempo, o Pampilhosa, mais experiente, entrou determinado em inverter a tendência do jogo. Mostrou-se mais rápido e muito empenhado em chegar rapidamente ao empate, que lhe permitisse, depois, pensar na conquista dos 3 pontos. O Marinhense, por seu turno, explorou o contraataque, mas nem sempre bem. O tempo foi passando e a incerteza no marcador acentuava-se. É verdade que o Pampilhosa estava mais perto

do empate que o ACM de sentenciar o jogo. Mas também é uma realidade que a equipa da casa tirou o pé do acelerador, passando a jogar com o relógio. Em duas ou três situações, o Pampilhosa gelou as bancadas despidas do Estádio Municipal da Marinha Grande. Nesta altura imperou a experiência do guarda-redes Pedro Duarte, sempre muito seguro entre os postes. A situação complicou-se já em cima do final do jogo, após a expulsão de Moita, que agrediu um adversário. Uma atitude que poderia prejudicar a equipa e que levou a cuidados redobrados nos minutos finais. O ACM acabou por merecer a vitória, sobretudo pelo que fez na primeira parte, mas também pela calma que teve no período complementar. ß

Distritais

Vieirense travado em casa O Industrial Desportivo Vieirense não conseguiu pontuar na recepção ao Grupo Desportivo “Os Nazarenos”, histórico do futebol distrital, em jogo da 11ª jornada da Divisão de Honra

Apesar da derrota, o Vieirense continua a meio da tabela, com 6 pontos de vantagem relativamente à linha de água. SL Marinha folga

A formação de Vieira de Leiria, que tem vindo a fazer um campeonato tranquilo, sofreu um percalço no último jogo do ano. E que jogo, diante de um adversário que tem um rico historial no futebol distrital. Apesar dos emblemas já não ganharem jogos, certo é que em muitas circunstâncias acabam por inibir os adversários. Não foi o caso neste duelo que opôs vieirenses a nazarenos, no Estádio Albano Tomé Fèteira. Tal como o resultado final de 1-2 indica, o jogo foi disputado e acabou com uma vantagem mínima, que tanto poderia ter pendido para um lado como para o outro.

O líder do Campeonato Distrital da I Divisão – Zona Sul não entrou em campo na jornada do passado domingo, em que os seus mais directos adversários se encontraram. Gaeirense e Outeirense empataram a uma bola e recuperaram apenas 1 ponto na perseguição ao líder. A jornada foi vantajosa para o Pilado, que depois de vencer na Maceirinha, por 1-2, aproximou-se da vice liderança, que também dá acesso à subida de divisão. “Os Vidreiros” somaram a terceira vitória na prova (1-0 ao Santo Amaro) ao passo que o GD Praia da Vieira saiu goleado na deslocação ao Juncal (5-0). ß

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16

Alqueidão Serra Guiense Portomosense Pataiense Nazarenos GRAP Atouguiense GD Alvaiázere Vieirense Leiria e Marrazes Figueiró Vinhos Meirinhas Avelarense Biblioteca Ansião Pedroguense

28 23 23 21 19 19 18 14 14 13 12 11 9 8 5 4

11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11

9 7 7 6 5 6 5 4 3 3 3 2 2 1 1 1

1 2 2 3 4 1 3 2 5 4 3 5 3 5 2 1

1 2 2 2 2 4 3 5 3 4 5 4 6 5 8 9

Alqueidão Serra ............3-0..................... Avelarense Figueiró Vinhos ............3-3...................... Meirinhas Pataiense ......................1-2......................... Guiense Pedroguense . ...............5-6...................Atouguiense Biblioteca . ....................0-3.............................GRAP Vieirense . .....................1-2......................Nazarenos JORNADA 12 Avelarense ..................08/01......................Vieirense Meirinhas . ..................08/01......... Leiria e Marrazes Atouguiense . ..............08/01........... Figueiró Vinhos GRAP ..........................08/01......................... Ansião Portomosense . ...........08/01...........Alqueidão Serra Nazarenos ...................08/01................Pedroguense Guiense . .....................08/01.....................Biblioteca GD Alvaiázere . ............08/01.....................Pataiense

GDR Cultural Unidos ....7-0.....................Nadadouro Campeonato Distrital da I Divisão Pos. Equipa Pontos J V E D Os Vidreiros . ................1-0............GD Santo Amaro 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

SL Marinha Outeirense Gaeirense URD Juncalense Pilado Escoura GD Praia Vieira Os Vidreiros ACR Maceirinha GD Santo Amaro GDR Cultural Unidos Nadadouro

24 17 16 15 15 12 10 8 5 4 4

8 8 8 8 9 8 8 8 8 9 8

8 5 5 5 5 4 3 2 1 1 1

0 2 1 0 0 0 1 2 2 1 1

0 1 2 3 4 4 4 4 5 7 6

URD Juncalense . ..........5-0..............GD Praia Vieira Gaeirense . ....................2-2..................... Outeirense ACR Maceirinha . ..........1-2...............Pilado Escoura JORNADA 10 SL Marinha ............08/01 15:00....................Unidos Nadadouro .............08/01 15:00............Os Vidreiros GD Santo Amaro ....08/01 15:00..... URD Juncalense GD Praia Vieira ......08/01 15:00................Gaeirense Outeirense . ............08/01 15:00......ACR Maceirinha

Guiense . .......................1-1....................Marinhense Campeonato Distrital Juniores - Honra Pos. Equipa Pontos J V E D GRAP ............................4-1..........................Peniche 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Atouguiense Caldas Sp. Pombal Marinhense Beneditense Nazarenos Vieirense Guiense Ginásio de Alcobaça GRAP SL Marinha Peniche

21 20 17 16 15 13 12 10 9 8 8 2

9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9

7 6 5 4 5 4 3 3 2 2 2 0

0 2 2 4 0 1 3 1 3 2 2 2

2 1 2 1 4 4 3 5 4 5 5 7

Sp. Pombal ...................4-0....................SL Marinha Vieirense . .....................4-1......................Nazarenos Atouguiense . ................4-1......Ginásio de Alcobaça Beneditense ..................0-3........................... Caldas JORNADA 10 Sp. Pombal .................07/01....................Nazarenos Marinhense . ...............07/01.................Beneditense SL Marinha .................07/01...........................GRAP Caldas . .......................07/01.................Atouguiense Ginásio de Alcobaça ...07/01......................Vieirense Peniche . .....................07/01....................... Guiense

SL Marinha ...................3-2......................U. Leiria B Campeonato Distrital Juvenis - Honra Pos. Equipa Pontos J V E D Peniche . .......................4-3.............................GRAP 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Leiria e Marrazes Marinhense Caldas SL Marinha Vieirense Nazarenos U. Leiria B GRAP Guiense Beneditense Peniche Caranguejeira

27 21 21 16 16 14 12 10 6 5 4 3

9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9

9 7 7 5 4 4 4 3 1 1 1 1

0 0 0 1 4 2 0 1 3 2 1 0

0 2 2 3 1 3 5 5 5 6 7 8

Marinhense . .................7-0......................... Guiense Caldas . .........................5-0...................Beneditense Leiria e Marrazes . .........5-0................ Caranguejeira Nazarenos .....................1-1........................Vieirense JORNADA 10 Nazarenos ..............07/01 15:30...............U. Leiria B GRAP .....................07/01 15:30.............SL Marinha Guiense . ................07/01 15:30...................Peniche Beneditense ...........07/01 15:30.............Marinhense Caranguejeira . .......07/01 15:30.................... Caldas Vieirense . ..............07/01 15:30.... Leiria e Marrazes

Portomosense . .............7-1.............................GRAP Campeonato Distrital Iniciados - Honra Pos. Equipa Pontos J V E D União da Serra ..............3-0......................... Guiense 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

SL Marinha Ginásio de Alcobaça U. Leiria B Guiense União da Serra Portomosense GRAP Vieirense Peniche UDB-UD Batalha Beneditense GD Monte Real

22 19 19 18 17 13 13 11 10 8 4 0

9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9

7 6 6 6 5 4 4 2 3 2 1 0

1 1 1 0 2 1 1 5 1 2 1 0

1 2 2 3 2 4 4 2 5 5 7 9

Ginásio de Alcobaça .....2-0..........................Peniche Beneditense ..................7-1.............. GD Monte Real U. Leiria B . ...................5-0........................Vieirense SL Marinha ...................2-1............UDB-UD Batalha JORNADA 10 SL Marinha .................08/01...........................GRAP Guiense . .....................08/01..............Portomosense Peniche . .....................08/01.............União da Serra GD Monte Real . ..........08/01....Ginásio de Alcobaça Vieirense . ...................08/01.................Beneditense UDB-UD Batalha .........08/01....................U. Leiria B


Despor to

16

Judo

Nuno Saraiva ganha medalha de ouro

Nuno Saraiva, atleta do Judo Clube da Marinha Grande, foi seleccionado pela Federação Portuguesa de Judo para participar no Torneio Internacional que se realizou em Santiago Ojeda, Las Palmas - Espanha. O torneio foi individual, mas os pontos obtidos pelos atletas contabilizavam para a equipa, tendo Portugal conquistado o 1º lugar e a respectiva medalha de ouro. Nuno Saraiva venceu todos os combates por ippon (vitória máxima). JCMG 5º classificado no Nacional

No dia 18 de Dezembro, em Pinhal Novo, disputouse o Campeonato Nacional de Juniores, por equipas. O Judo Clube da Marinha Grande participou na prova sem três atletas (Nuno Saraiva, José Batista e Marco Reis). Com eles teria sido possível chegar às medalhas. A equipa foi constituída pelos atletas Pedro Fonseca, Cláudio Silva (cadetes), Leandro Pinheiro, João Afonso e Paulo Miguel (Juniores). A equipa feminina também não conseguiu obter medalhas. Foi constituída pelas jovens atletas Adriana Nunes (cadete), Diana Gomes, Joana Nunes e Cátia Monteiro (Juniores). ß

Xadrez

Daniel Bray vence com classe Bombarral recebeu o 2º Torneio de Xadrez João Santos, grande dinamizador do xadrez no Distrito de Leiria. A prova foi disputada em partidas lentas e o nível de competição foi elevado

O grande vencedor foi Daniel Bray, do Sport Operário Marinhense, que realizou uma prova onde demonstrou a sua força de jogo ao fazer 4,5 em 5 pontos possíveis, só cedendo um empate. Participaram, por convite, 18 jogadores em representação de nove clubes. A classificação ficou assim ordenada: 1º Daniel Bray, 2º Victor Morais, 3º Paulo Fanha. O forte xadrezista Ricardo Evangelista, vencedor da primeira edição, ficou em 4º. Francisco Cavadas (sub-14), em 5º lugar, foi a grande revelação do torneio. Este evento foi uma demonstração de amizade por um grande desportista, amigo do xadrez. Para o ano há mais! ß

Jornal da Marinha :: 22 de Dezembro de 2011

Natação

Cadetes conquistam medalhas

Os jovens do Desportivo Náutico da Marinha Grande (DNMG) subiram várias vezes ao pódio, no passado dia 8 de Dezembro, na Piscina da Nazaré, onde teve lugar o Torneio dos 50, para cadetes federados, e o Festival de Escolas, para não federados

Os cadetes estiveram em excelente forma ao conseguirem arrecadar sete primeiros, seis segundos e sete terceiros lugares, bem como 44 novos recordes pessoais. Participaram nas provas os nada-

dores Catarina Afonso, Sofia André, Bernardo Carvalho, Ana Costa, Daniel Dias, Pedro Duarte, Mariana Lavos, Gonçalo Marques, André Matos, Bruna Matos, Tiago Moital, Alexandre Morgado, André Pereira, Francisco Pereira, Inês Pereira, Rafael Pereira, Rui Pires, André Ruivo, Pedro Ruivo, Carolina Santos, Diana Silva e Miguel Silva. Segundo o DNMG, os alunos das escolas revelaram “excelente espírito competitivo” e “técnica apreciável”, conseguindo tempos positivos. No final foram distribuídas medalhas de participação a todos.

Em representação das escolas estiveram Juliana Azevedo, Bárbara Filipe, Maria Inês, Raquel Duarte, Matilde Simões, Inês Raimundo, Ronaldo Monteiro, Afonso Silva, João Barquinha, Pedro Fernandes, Pedro Piteira, David José, Francisco Santos, David Relvas, Alexandre Gaiolas, Mónica Catarino, Carolina Machado, Patrícia Fernandes, Camila Cunha, Tiago Santos, Alexandre Jesus, Daniel Resnicenko e Guilherme Martins. A orientação técnica foi da responsabilidade de José Nuno, Orlando e Ricardo. ß

Garcia

Clube Desportivo angaria fundos para sintético “Vamos ter um sintético” é como se intitula a campanha que o Clube Desportivo da Garcia tem em marcha, ao abrigo de um protocolo de cooperação estabelecido com uma instituição bancária

Para participar na campanha basta abrir uma conta no Banco Internacional do Funchal (Banif), usufruindo de “um conjunto de produtos e serviços financeiros, em condições vantajosas”. Por cada nova conta, o clube beneficia de 10 euros “e ganha mais força para levar o seu

projecto avante”, como pode ler-se em nota de imprensa. Para colocar esta campanha em marcha, o Clube Desportivo da Garcia celebrou recentemente um protocolo de cooperação com a referida instituição bancária. Recorde-se que no âmbito da vinda da União Desportiva de Leiria para a Marinha Grande, a SAD do clube acordou com a autarquia a construção de três relvados sintéticos. No primeiro ano para o Atlético Clube Marinhense, que já está concluído, em 2012 para o Grupo Desportivo “Os Vidreiros” e em 2013 para o Clube Desportivo da Garcia. ß

Atletismo

CR Amieirinhense obtém bons resultados

A

formação da Amieirinha deslocou-se a A-do-Barbas, no passado dia 8 de Dezembro, para mais um Grande Prémio de Atletismo. Destaque para a vitória de João Gomes no escalão de Veterano M45, assim como Joaquim Morais que conseguiu o 2º lugar em Veterano M50. Também a representar a equipa do Clube

Recreativo Amieirinhense esteve Ricardo Henriques, 15º sénior, Vítor Teixeira 8º Veterano M45 e Vítor Lopes 13º Veterano M40. Na classificação geral a equipa da Amieirinha classificou-se em 5º lugar. No último sábado, dia 17, a equipa da Amieirinha fez mais uma deslocação, desta vez a São Silvestre do Crato,

com mais uma boa prestação. Joaquim Morais saiu vitorioso no escalão Veterano IV, Vítor Lopes obteve o 3º lugar em Veterano II, António Salcedas foi 4º Veterano II, Paulo Simão 5º Veterano II e Ricardo Henriques 8º Sénior. Entre as equipas que participaram na prova absoluta o CR Amieirinhense classificou-se em 2º lugar. ß


Despor to

w w w. j o r n a l d a m a r i n h a . p t Basquetebol

Festa do basquetebol na Embra

17 Atletismo

Provas extras em Pombal No dia 17 de Dezembro realizaram-se algumas provas extra para jovens, integradas no Campeonato Distrital de Provas Combinadas, na pista coberta de Pombal

Dos atletas do Clube de Atletismo de Marinha Grande – Imosonho presentes, destaca-se o resultado de Tatiana Rodrigues que bateu o recorde distrital de iniciados em pista coberta, com 2:24,76, que pertencia a Ana Rita Fernandes do Arneirense, desde de 2007, com a marca de 2:27,14. Eis os restantes resultados alcançados pelos jovens do Clube de Atletismo de Marinha Grande - Imosonho. 60 metros barreiras, Infantis masculinos: Vasco Santos 11,47s (7º) e Leonardo Jorge 12,86s (9º). 150 metros infantis, masculinos: Daniel Constantin 23,17 (10º). 150 metros infantis, femininos: Carolina Esteves 23,91 (7ª). 800 metros iniciados e juvenis masculinos: Oleh Palamarchuk 2:09,22 (4º) e Leonardo Sá 2:15,52 (5º). 800 metros iniciados e juvenis femininos: Tatiana Rodrigues 2:24,76 (1ª); Mariana Cordeiro 2:26,98 (2ª) e Sandrina Sousa 2:43,98 (5ª). Salto em Comprimento, Iniciados masculinos: Axel Teixeira 5,93m (2º); João Pinto 5,49m (6º); Fábio Santos 5,49m (8º) e Francisco Carvalho 4,43m (15º). Torneio Jovem de Natal

O Sporting Clube Marinhense organizou, no passado sábado, um torneio 3X3 em basquetebol no Pavilhão da Embra, na Marinha Grande

O convite foi feito a todos os jovens com idade compreendida entre os 8 e os 18 anos que quisessem participar junta-

mente com os atletas federados do clube. O objectivo principal era proporcionar um dia diferente a jovens que procuram uma nova actividade desportiva. Logo bem cedinho, o pavilhão da Embra enchia-se de jovens com vontade de experimentar esta modalidade. Para aumentar um pouco a competitividade e vontade de vencer, a Decathlon,

parceiro oficial do Sporting Clube Marinhense, tinha para oferecer uma bola de basquetebol a cada um dos vencedores de cada escalão. A competição e boa disposição foram, sem dúvida, o “prato do dia” e uma manhã cheia de desporto e alegria, que deixaram vencedores e vencidos de sorriso nos rostos e intenção de voltar. ß

Atletismo

Torneio de abertura de lançamentos no Lançamento de Disco e 3ª no Lançamento de Dardo), as infantis Mariana Bento (3ª no Lançamento de Dardo), Susana Cruz (4ª na mesma prova) e Pedro Fernandes (3º Benjamin no Arremesso da Bola) foram os atletas do CAMG/Imosonho com melhores classificações no torneio. Em competição na prova de arremesso da bola estiveram ainda os atletas do escalão benjamins Maria João Esteves, Inês Campos, Rodrigo Borges, Diogo Mendes, Tomás Rocha e Tiago Saraiva. Tatiana Rodrigues bate recorde regional

Organizado pela ADA Leiria, disputou-se no sábado, na capital de distrito, o Torneio de Abertura de Lançamentos. O CAMG/Imosonho esteve presente com 13 atletas de diversos escalões etários

As iniciadas Maria Carlos (1ª na prova de Lançamento de Disco e 2ª no Lançamento de Dardo) e Iolanda Silva (2ª no Lançamento de Disco), os iniciados André Constâncio (2º nos lançamentos de dardo e peso) e Ivo Sousa (2º

Tatiana Rodrigues do Clube de Atletismo da Marinha Grande/Imosonho bateu, no sábado, dia 17 de Dezembro, o recorde regional de Leiria, na categoria de iniciadas, nos 800 metros em pista coberta, vencendo a prova da sua categoria, incluída como extra no Campeonato Distrital de Provas Combinadas de Pista Coberta, em Pombal. Correu a distância em 2’24”,76, batendo o seu recorde pessoal por cerca de onze segundos e um recorde que vigorava desde 2007 por cerca de dois segundos e meio. Parabéns ao CAMG/Imosonho e ao seu treinador. ß

Realizaram-se no dia 18 de Dezembro, na pista coberta de Pombal, o Torneio de Natal Jovem, com a participação de cerca de 30 atletas jovens do Clube Atletismo de Marinha Grande. Desses resultados destaca-se Mariana Bento, que alcançou o 3º lugar no lançamento do peso, no escalão de infantis femininos lançando o engenho a 8,88 metros. Os resultados dos restantes atletas que participaram na competição são os seguintes: Salto em comprimento, infantis femininos: 6ª Mariana Bento (4.09m); 7ª Suzana Cruz (4.07m); 14ª Carolina Esteves (3.11m) e 17ª Ana Carolina Pereira (1.90m). 250 m, iniciados masculinos: 4º João Pinto (31.94s); 14º Fábio Santos (33.42s); 16º Leonardo Sá (33.46s) e 28º Francisco Carvalho (37,49s). 250m, iniciados femininos: 10ª Mariana Cordeiro (38.72s) e 14ª Tatiana Rodrigues (39.08s). Lançamento do peso, benjamins femininos: 9ª Maria Inês Teixeira (4.44m); 10ª Maria João Esteves (4.39m) e 13ª Inês Campos (4.19m). Lançamento do peso, benjamins masculinos: 4º Francisco Saraiva (6.19m); 9º Tiago Saraiva (4.56m); 11º Rodrigo Borges (4.43m) e 15º Diogo Mendes (3.45m). 600 metros, benjamins masculinos: 8º Francisco Saraiva (2:04,97); 9º Rodrigo Borges (2:06,5); 11º Diogo Mendes (2:09,74); 19º André Braz (2:30,59) e 24º Gustavo Gomes (2:36,44). 600 metros, benjamins femininos: 7ª Maria João Esteves (2:06,33); 11ª Carolina Nunes (2:09,51); 14ª Maria Inês Teixeira (2:16,55); 19ª Joana Matos (2:19,23) e 20ª Inês Campos (2:19,26). 1.000 metros infantis masculinos: 6º Daniel Constantin (3:40,59); 7º Vasco Santos (3:40,59); 8º Leonardo Jorge (3:41,65). 1.000 metros infantis femininos: 5ª Daniela Rodrigues (3:40,13); 8ª Carolina Esteves (3:48,65); 400 metros, iniciados e juvenis femininos: 6ª Sandrina Sousa (70.78s). Salto em comprimento, infantis masculinos: 15º Leonardo Jorge (3.85m); 16º Vasco Santos (3.85m) 21º Daniel Constantin (3.48m). Lançamento do peso, infantis femininos: 3ª Mariana Bento (8.88m) e 5ª Susana Cruz (7.94m). Triplo Salto, iniciados masculinos: 4º Axel Teixeira (12.49m). ß


Diversos

Jornal da Marinha :: 22 de Dezembro de 2011

18

Carta ao Director

Futebol

Marco Aurélio quer manter jogadores O ano terminou com uma vitória importante para o grupo de trabalho do Atlético Clube Marinhense, que vive um período de alguma instabilidade

Com os cofres vazios e em fase de investimento no sintético da Portela, que está praticamente pronto a ser usado, não tem sobrado dinheiro para a equipa sénior, nem mesmo para os prémios de jogo. A juntar a este problema há ainda algumas dívidas antigas a jogadores do plantel, que continuam por saldar. Estas questões estão a suscitar alguma insatisfação no seio do plantel, tornando-se difícil para o próprio treinador gerir um grupo de trabalho totalmente amador. Contactado pelo JMG, Marco Aurélio escusou-se a falar sobre o assunto uma vez que “pertence ao foro interno”. O treinador garantiu ao nosso jornal que o ambiente “é bom” e melhor ficou desde o passado domingo, uma vez que “vencemos um candidato à subida”. E se os jogadores mantiverem a mesma atitude, “estou convicto que conseguiremos não só manter o clube na III Divisão como terminar numa posição confortável”. Mas para que tal suceda há que “apoiar mais a equipa, comunicação social incluída”. Sobre o futuro, Marco Aurélio deseja “manter todo o grupo”, não prevendo qualquer aquisição. Agora se sair alguém, “teremos naturalmente que reflectir e encontrar soluções”. ß

Este espaço pode ser seu. Pergunte-nos como! telefone: 244 50 26 28

Poema

Não há lágrimas a chorar Homenagem póstuma ao Dr. Cardoso de Oliveira, fisiatra no Polidiagnóstico da Marinha Grande Não há lágrimas a chorar Mas há valores na mente, Que me fazem recordar Era um amigo do seu doente Hoje sinto o dever de o homenagear. O tempo depressa passou, Tarde demais para responder Para sentir o momento aqui estou E esse é de não o poder esquecer. É esta a minha gratidão, A um homem muito dedicado Fisiatra na sua distinta profissão Era por todo o doente considerado.

Residia em São Pedro de Moel, Soure sua terra Natal Como médico sempre fiel Um amigo verdadeiro e leal.

Café no centro Š da Marinha grandeŠ custou-me 32 euros Exmo. Sr. Director do Jornal da Marinha Grande, No passado sábado, 17 de Dezembro, desloquei-me à zona histórica da nossa cidade para tomar café com alguns amigos. Face à habitual falta de estacionamento, decidi, às 22h50m, estacionar o carro em frente ao Museu Joaquim Correia (Largo 5 de Outubro), consciente de que estava a cometer uma contra-ordenação. Já por outras vezes, pelo mesmo motivo, o havia feito e, uma vez que não existe circulação de automóveis no local, achei que não faria diferença. Bebi o meu café, pus a conversa em dia, paguei e eis que, quando regresso, às 00h30, me deparo com um papelinho entre o vidro e o limpa pára-brisas. Multa por estacionamento em cima do passeio, passada às 23h00. “Mau timing”, pensei. Se soubesse tinha saído de casa meia hora mais tarde. O pior

foi ver automóveis na mesma situação que o meu, sem a devida notificação de autuação. Das duas, uma: ou os carros não estavam lá quando a PSP autuou (e, mesmo vendo que os carros ao lado tinham uma multa, os condutores decidiram estacionar naquele local) ou, simplesmente, já lá estavam e não foram autuados por qualquer razão. Eu quero acreditar na falta de inteligência dos condutores que estacionaram depois de mim e abstrair-me da ideia de que a PSP não faz o seu trabalho correctamente. Face ao meu descontentamento, dirigi-me à esquadra da polícia para expor a situação. Mais uma vez, quero acreditar que os quatro agentes que se encontravam na recepção são falantes de língua portuguesa e que perceberam tudo o que lhes disse, pois a única coisa que conseguiram fazer foi encolher os ombros e enunciar umas quantas pala-

J.A.C.

Ricardo Conde

Carta ao Director

Combatentes da Garcia esclarecem Exmo. Senhor Director do Jornal da Marinha Grande, em resposta ao artigo de opinião publicado no vosso jornal de 7-12-2011 com o título “As inverdades do monumento aos ex-combatentes da Garcia”, assinado por Joaquim Lopes, pede a comissão instaladora do referido monumento, que seja publicado o seguinte comentário: “Este conhecido benfeitor infeliz de mentalidade retrógrada, se é honesto não precisa de lembrar aos moradores do lugar da Garcia o que fez pela terra porque todos sabemos o que fez e também foi por algum interesse próprio. Os habitantes não esquecem o que fez, assim como não esquecem o que anda a fazer, estas acções só saem de pessoas de má fé e de baixo nível. Vir para um órgão de comunicação social gabar-se daquilo que deu para a terra para se limpar das más acções que anda a fazer, é descer muito baixo, só lhe su-

gerimos que deixe os responsáveis da Igreja em conjunto com a Câmara Municipal definirem o local onde o monumento deve ficar, sem pressões maldosas de ninguém, e que deixe os combatentes em paz. Pedimos também a mesma atitude ao verdadeiro autor do artigo de opinião em causa e assinado pelo ilustre benemérito Garciense, que a comissão não entra nesse género de política baixa com pessoas sem escrúpulos e de baixo nível. Pela comissão instaladora para memória futura ao monumento dos combatentes naturais e residentes na Garcia”.

A Comissão instaladora, Carlos Manuel C. Jorge, José Rosa da Silva Neto, José Francisco Duarte Calado, Manuel Rosa Frutuoso e Manuel Rosa da Silva

Cosmética automóvel

Hoje e sempre no coração, São estas as minhas palavras sentidas Há notícias que nos deixam emoção E reservam lágrimas no interior contidas. São os humildes que deixam saudade, Porque semearam em vida boa semente Colhida com respeito e amizade Por isso e muito mais estou presente.

vras descoordenadas. Sem sucesso nem resposta, decidi voltar para casa. No caminho para casa, tive ainda direito a uma operação STOP na estrada Garcia-Pilado. Tudo em ordem. Outra sorte deve ter tido a senhora que soprou no balão depois de mim. Em jeito de conclusão, não venho publicar esta carta para aliviar o stress, tão pouco quero parecer um “Velho do Restelo”. Nada disso! Venho antes, alertar os marinhenses para a falta de credibilidade da PSP da Marinha Grande que, como tem vindo a provar, só se preocupa com assuntos irrisórios e também para a infeliz e já conhecida falta de estacionamento na zona histórica da cidade, nomeadamente, perto dos serviços e da restauração. Afinal de contas, é Natal… De mim, já levaram uma bela prenda!

O JMG e a RCM recomendam! Telefones: 961 422 873 / 915 522 095

Lavagem e limpeza personalizada de interior e exterior de automóveis. Lavagem de estofos, carpetes e tectos. Av. José Gregório, 96 - Marinha Grande Marcações pelo telemóvel 919 441 781


Saúde

w w w. j o r n a l d a m a r i n h a . p t

19

Terapia do Xia Medicina Chinesa

Dores Musculares / Dores Reumáticas / Neuralgia / Dores Abdominais / Doenças Ginecológicas / Depressão / Ansiedade / Insónia / Hemorróidas / Dor de Dentes / Prisão de Ventre / Paralisia Facial / Emagrecimento Cuidados, tratamento e prevenção de doenças crónicas (Sequelas de AVC, hipertensão, asma, diabetes, alergias, etc.)

Dr. Xia - Chinês

Rua das Portas Verdes – Edifício Nobre (Frente ao C. C. Cristal Atrium) Das 9h às 12h e das 13h30 às 20h · Consultas: 968 916 598

Saúde

Alimentação infantil em tempos de festa

LOZANO LOPES NEUROCIRURGIÃO

(Chefe de Serviço do CHC - Hospital Covões)

Doenças do sistema nervoso e coluna Consultas na Marinha Grande (Clinigrande) Tel: 244 574 060

Cátia Pontes Nutricionista 969 504 475 Estamos em Dezembro e aproxima-se o tão esperado e desejado Natal! Esta é tipicamente uma época mágica mas também própria de excessos, particularmente no que diz respeito à alimentação… bolorei, filhoses, fatias douradas, chocolates, bombons, são apenas alguns exemplos da enorme lista de doces típicos da quadra natalícia que fazem as delícias de pequenos e graúdos!

É verdade que o Natal não tem o mesmo sabor sem a doçaria típica desta época, no entanto, não devemos esquecer a importância da moderação na alimentação. Eis algumas formas de moderar o consumo de doces pelas crianças: - Controlar a disponibilidade e o acesso aos alimentos doces; É importante explicar às crianças que os doces fazem mal (“faz dor de barriga” ou “faz mal aos dentes”) mas o melhor é tê-los apenas disponíveis e acessíveis em casa só nos momentos e dias festivos. Manter estes alimentos

fora da visão das crianças pode fazer com que elas nem se lembrem deles. - Estabelecer regras quanto à ingestão de doces. A criança deve perceber que existe um horário e momentos concretos em que é permitido o consumo de alimentos doces e que será inútil fazer birras para conseguir os doces fora dessas circunstâncias. - Introduzir sobremesas com fruta Por vezes uma pequena alteração na forma como a fruta é apresentada é suficiente para que a criança a aceite melhor. Fazer espetadas de fruta, batidos ou tartes pode ser uma boa opção! - Oferecer doces caseiros é a opção mais saudável Os alimentos preparados e confeccionados em casa são mais saudáveis, ausentes de aditivos, corantes e conservantes. Seja moderado no uso de açúcar e gorduras e torne a confecção dos doces uma experiência lúdica e divertida com os seus filhos. - Crianças activas nas férias de Natal

Aproveite as férias para dar passeios a pé com os seus filhos e aproveite ainda para os presentear com jogos didácticos que os ponham em movimento nos dias mais frios! Para além disso, é bom lembrar que oferecer doces não é sinónimo de dar amor! Sabe-se que a ingestão de alimentos doces provoca a libertação no cérebro de serotonina e dopamina, substâncias que são responsáveis pela sensação de prazer e bem-estar. Isto pode reforçar a ideia da criança de que a ingestão de doces é uma boa forma de sentir-se melhor quando está triste ou carente. Assim, o melhor é evitar dar doces como forma de expressão de amor ou ternura e substituí-los por verdadeiros gestos de carinho como um abraço, um beijo ou simplesmente um…”gosto muito de ti!”. Depois dos abusos, tenha sempre disponível um bom chá de hortelãpimenta ou funcho que são digestivos eficazes e seguros em qualquer idade. Goze de um feliz e saudável Natal! ß

Pela sua saúde… leia o JMG! Vamos dar vida dando sangue! Posto Fixo

Terças-Feiras - das 15h00 às 19h00 Associação de Dadores de Sangue da Marinha Grande

Telefone: 244 504 818


Arrendam-se

Garagens na Ordem (35 m2) Destinadas a armazém, automóvel, auto caravana ou outra a acordar. Telem. 919 356 504 (marque visita)

ARRENDO

Classificados emprego

a combinar: Contacto 935 964 781

T2 mobilado, na Pedra do Ouro.

oferece-se

Com garagem individual. 400 euros/mês.

Senhora polivalente: oferece-

Telefone: 936 677 889

se para limpezas domésticas, passar a ferro ou ajudante de cozinha: Contacto 964 083 964

Snack-bar: em

Combinar com o dono: 919 087 519

Vende-se: Quarto de casal, com

limpezas e jardinagem. Preços de

duas mesas de cabeceira, cómoda,

crise: Contacto 960 032 771 e

camiseiro e roupeiro. Em estado

Arrendam-se quartos: WC privativo. Serventia cozinha: Contacto: 916 321 911

910 148 270

novo. Contacto: 912 401 703

T1: Equipado e mobilado. Situado

T2: remodelado, com garagem,

excelente

funcionamento:

Contacto 910 773 355

sótão, lareira e cozinha equipada: Contacto 912 479 520

Imobiliário Compra-se Moradias: Tem uma moradia semi-nova ou nova para vender? Troco por T3: Tel. 936 677 889

Apartamentos: T1, T2 e T3 sem fiador: Contacto: 926 128 536

Embra, sem garagem. 270 Euros/mês. Disponível a partir de 1 de Janeiro de 2012:

Tem prestações em atraso? Dificuldades em pagar dívidas?

T2 no 1º Andar: com ou sem

Contacto 244 560 197 e 910

Podemos Ajudar!

mobília, zona privilegiada, preço

817 932

Ligue 915 992 772

e sinta-se bem consigo própria/o:

horta, no lugar das Trutas. Comprar

Contacto 964 633 458

ou alugar: Contacto: 244 504 311

Classificados é no JMG.

Tem

problemas?

Daniela

Contacte-nos hoje

Machado, taróloga, resolve. 91 946 0966 ou 96 461 12 27 Vende-se quarto juvenil: Com duas camas, secretária e mesa de cabeceira: 969 918 972

(244 502 628) ou envie-nos um e-mail.

Empresa de Moldes e Plásticos, zona de Marinha Grande Selecciona para entrada imediata:

www.jardineiroricardo.webnode.pt

Oficial bancada Operador engenho furar Operador erosão

Contacto: 244 542 105 // 912 243 391

Contactar telefone 244 57 50 50

Realiza diversos trabalhos de Interior /Exterior em sua casa. Pinturas/Jardinagem/Reparações

Totalmente equipado / pronto a funcionar na Embra – junto à Escola Nery Capucho excelente oportunidade de negócio – renda acessível.

Contacto: 912 894 072 ou 964 787 334

ab

riu

“Vítor Manuel da Conceição Santos, apresenta público pedido de desculpas a Jorge Manuel Pedroso de Oliveira Martins, pelas afirmações por si publicadas no facebook em 03-10-2010, reconhecendo que as mesmas podem ser consideradas excessivas e inapropriadas, não tendo, no entanto, a intenção de ofender o visado.”

Barracão Arrenda-se

Tatuagens: Faça uma tatuagem

Procuro: Pequeno terreno para

580 925 // 919 737 733

Geral

Ricardo

Arrenda-se Restaurante

Contacto: 913 397 350

Marinha Grande: Telefone: 914

Diversos

Contacto 917 321 476 T2 mobilado: no lugar da

fotografia, a preços competitivos.

Disponibilidade

Dão-se: gatinhos, na cidade da

no centro da cidade junto à Igreja:

Arrenda-se

Fotógrafo: Executa serviços de

fins-de-semana.

771 e 910 148 270

Sala para escritório/serviços:

Imobiliário

Mudanças 24h/dia: Incluindo imediata: Contacto 960 032

228 804

TRESPASSA-se preço,

renda mensal é de 150 euros.

Multiserviços: Construção Civil,

na zona da Embra: Contacto: 917

Imobiliário Café

Loja: na Avª 1º de Maio nº 83,

Apartamento T2: Mobilado, na Pedra do Ouro. 350 euros por mês. Contacto: 936 677 889

VENDO MESA DE JOGO

Com ponte rolante 6,3 toneladas, área total + ou -500 m2. Licenciado para a indústria. Embra

PRATOS TRADICIONAIS DA COZINHA PORTUGUESA

Contacto 917 818 849

MARISCOS · PEIXE FRESCO · GRELHADOS NA BRASA

Com quatro cadeiras.

Contacto: 916 579 315

De terça-feira a domingo entre as 12h e as 15h e das 19h às 22h

Como nova. 350 euros. Ofereço tapete arraiolos.

Telefone: 969 918 972

Jardineiro

Manutenção de jardins. Técnico de bonsai. Árvores de fruto. Árvores ornamentais. Sebes, arbustos. Tem problemas e não sabe o que fazer? Ligue: 916 003 143

Tribunal Judicial da Marinha Grande 1º Juízo Processo: 683/09.6PAMGR Processo Comum (Tribunal Singular) N/ Referência: 3177011

Anúncio A Mmª Juiz de Direito Dra. Carla Rafael, do 1º Juízo – Tribunal Judicial da Marinha Grande: Faz saber que no Processo Comum (Tribunal Singular), nº 683/09.6PAMGR, pendente neste Tribunal contra o arguido André Filipe Monteiro Lima filho de Abílio José Mira Gaia de Rocha Lima e de Cristina Maria Gil Monteiro Lima natural de: Portugal – Leiria – Leiria [Leiria]; nacional de Portugal nascido em 19/06/1988 estado civil: solteiro, profissão: Desconhecida ou sem profissão, BI – 13358347 domicilio: Rua Miguel Torga, 93, 3º Esq. 2400-000 Leiria, por se encontrar acusado da prática do(s) crime(s): 1 crime(s) de furto simples, p. p. pelo art.º 203º do C. Penal, praticado em 24/08/2009; foi o mesmo declarado contumaz, em 07/12/2011, nos termos do art.º 335º do C. P. Penal. A declaração de contumácia, que caducará com a apresentação do(a) arguido(a) em juízo ou com a sua detenção, tem os seguintes efeitos: a) Suspensão dos termos ulteriores do processo até à apresentação ou detenção do(a) arguido(a), sem prejuízo da realização de actos urgentes nos termos do art.º 320º do C. P. Penal; b) Anulabilidade dos negócios jurídicos de natureza patrimonial celebrados pelo(a) arguido(a), após esta declaração; c) Proibição de obter quaisquer documentos, certidões ou registos junto de autoridades públicas; d) O arresto da totalidade ou em parte dos seus bens, nos termos do disposto no art.º 337º, n.º 3 do referido diploma legal. Marinha Grande, 13/12/2011 O/A Juiz de Direito, Dr(a). Carla Rafael O/A Escrivão Adjunto, Ana Bela Vasques Solicita-se que na resposta seja indicada a referência deste documento e n.º de processo. 1ª Publicação na edição nº 2489 do JMG de 22 de Dezembro de 2011


Diversos

w w w. j o r n a l d a m a r i n h a . p t

21 Totoloto 8 - 11 - 37 - 43 - 48 + *10 quarta-feira

13 - 23 - 37 - 40 - 42 + *9

Joker 0.076.659

Euromilhões 2 - 5 - 10 - 23 - 31 + *2 *5 terça-feira

1 - 9 - 12 - 14 - 48 + *1 *7

Lotaria Clássica 1º Prémio.............................. 41153 2º Prémio.............................. 54960 3º Prémio.............................. 26150

Lotaria Popular

Farmácias de Serviço

Marinha Grande

Leiria

Roldão

244 502 641

Avenida

244 833 168

Moderna

244 502 834

Oliveira

244 822 757

244 503 024

Sáb. Baptista

244 832 320

Dom. Santa Isabel 244 575 349

Dom. Sanches

244 892 500

Guardiano 244 502 678

Godinho

244 832 432

Central

244 502 208

Central

244 817 980

244 502 641

Lino

244 832 465

Sáb. Duarte

3ª 4ª

Roldão

Castello Lopes - Leiria Shopping Leiria

Realizador: Brad Bird Intérpretes: Tom Cruise, Jeremy Renner, Simon Pegg, Paula Patton, Josh Holloway, Ving Rhames Género: Acção/ Aventura/ Thriller

1. Porto - Marítimo....................... 1 2. Nacional - Vitória de Setúbal.... X 3. P. Ferreira - Beira-Mar.............. 2 4. V.Guimarães - Gil Vicente.......... X 5. Feirense - U. Leiria.................... 1 6. Oliveirense - Leixões................ 2 7. U. Madeira - Naval.................... 2 8. Belenenses - Santa Clara......... 1 9. Penafiel - Sp. Covilhã................ 2 10. Aves - Atlético......................... 1 11. Sevilha - Real Madrid............. 2 12. Lázio - Udinese....................... X 13. Manchester C. - Arsenal......... 1

carneiro 21.03 > 20.04

O conflito entre o Sol e Plutão pode fazer surgir alguns problemas entre você e um membro da sua família, provavelmente um progenitor. Lembre-se de se manter calmo - perder a cabeça pode revelar-se apenas um desastre total. Época em que se sentirá balançando no arame pois muitas das suas convicções serão postas em causa. TOURO 21.04 > 20.05

Evite decisões demasiado importantes ou que se prendam com o lado prático da vida. Nestes momentos, a sua intuição, a percepção do lado invisível das coisas serão mais postas em evidência. O seu lado poético, sensível e idealista estarão também mais sublinhados. No entanto, não se esqueça de ver onde põe os pés. GÉMEOS 21.05 > 21.06

Classificação: Maiores de 12 anos Origem: EUA Duração: 133 minutos

Missão Impossível: Operação Fantasma

1º Prémio.............................. 44508 2º Prémio.............................. 72616 3º Prémio.............................. 64829 4º Prémio.............................. 16574

Totobola

Sinopse: Quando o agente especial Ethan Hunt (Tom Cruise) é implicado num bombardeamento que assola o Kremlin de Moscovo, toda a agência FMI (Força de Missão Impossível) é desacreditada. Por esse motivo, o Presidente lança a “Operação Fantasma”, com vista a extinguir a mais especializada equipa de espiões. Agora, Hunt tem apenas uma alternativa: juntar alguns ex-agentes e, por sua conta e risco, limpar o nome da agência e impedir um novo ataque previsto para breve. Porém, para isso, ele terá de aprender a confiar em estranhos de motivações duvidosas...ß Interactivo: Utilize o código-de-barras para aceder directamente, através do seu telemóvel, a conteúdos no nosso site

Os seus dons telepáticos, a sua capacidade de sentir aquilo que os outros estão a pensar estarão ampliadas. A tal ponto, que poderá ter dificuldade em distinguir os seus pensamentos dos daqueles que o rodeiam. Esteja, pois, preparado para sensações estranhas, pressentimentos e coincidências. Esta sensibilidade vai também permitir-lhe uma maior habilidade para conduzir a sua vida. CARANGUEJO 22.06 > 22.07

Neste momento a sua natureza emocional e as suas relações estão a ser transformadas. Está a preparar-se para enfrentar uma nova altura de crescimento. Durante este processo virão à superfície emoções profundas, poderosas e, provavelmente, reprimidas durante muito tempo. Questionar-se-á sobre a sua origem e poderá surpreender-se com a intensidade das mesmas. LEÃO 23.07 > 22.08

Este é um período em que não conseguirá manter secretos os seus problemas, estes virão a público e você ficará exposto. Analise o seu passado de modo a poder com responsabilidade e inteligência, orientar sem remorsos o seu futuro . Época de expansão e sucesso profissional, obtendo o apoio e a aprovação dos que o rodeiam. VIRGEM 23.08 > 22.09

O conflito entre o Sol e Júpiter irá fornecer-lhe bastante energia. O seu “depósito de gasolina” poderá estar cheio, mas deve utilizá-lo com prudência. Tente empenhar-se em projectos que necessitem de ser terminados, antes de dar início a um outro, para que possa obter êxito. BALANÇA 23.09 > 22.10

As suas relações com mulheres serão intensas; poderá até encontrar-se em conflito com uma mulher. A repressão dos seus sentimentos causar-lhe-á possivelmente problemas digestivos. A sua mãe poderá tornar-se particularmente importante nesta altura. O seu lar talvez esteja a ser renovado, ou poderá haver até uma mudança de residência. ESCORPIÃO 22.10 > 21.11

Castello Lopes - Leiria Shopping Leiria

Classificação: Maiores de 4 anos Origem: EUA Duração: 87 minutos

Alvin e os Esquilos 3: Naufragados Realizador: Mike Mitchell Intérpretes: Matthew Gubler, Jesse McCartney, Justin Long Género: Animação

Sinopse: Apesar de consciente do risco que é sair de casa com Alvin, Simon e Theodore (vozes de Justin Long, Matthew Gray Gubler e Jesse McCartney), Dave Seville (Jason Lee) decide arriscar uns dias a bordo de um luxuoso cruzeiro para se livrar do stress do dia-a-dia. Mas, com as normais dificuldades em se manter afastado da confusão, Alvin acaba por quase levar Dave (e toda a tripulação) à loucura e fazer com que o navio acabe atracado numa ilha deserta. Porém, todos acabam por perceber que não estão sós. ß Interactivo: Utilize o código-de-barras para aceder directamente, através do seu telemóvel, a conteúdos no nosso site

Situações inesperadas são para si, neste momento, algo que resolve com toda a facilidade. Terá uma certa apetência para se dedicar a estudos de matérias novas, e isso dá-lhe uma perspectiva bastante entusiástica e excitante desta nova fase da sua vida. Ficou para trás alguma monotonia e novos horizontes estão a abrir-se, o que lhe está a causar bastante satisfação. SAGITÁRIO 22.11 > 20.12

Neste momento, a segurança que normalmente a rotina lhe dá está, de um modo muito subtil, a ser alterada. Aquilo que, há alguns anos atrás, era fonte de estabilidade ou de despreocupação pode agora causar-lhe uma estranha sensação de desencanto. Esta passagem de Úrano irá trazer-lhe também uma maior atenção para a qualidade, nas diversas áreas da sua vida. CAPRICÓRNIO 21.12 > 19.01

Se por acaso se tem sentido um pouco em baixo, então a sua saúde melhorará. Sentir-se-á bem, quer física quer psicologicamente. Terá sucesso ao lidar com pessoas em cargos de autoridade. Poderá receber boas notícias ou uma oferta de origem inesperada. Este é um bom momento para si, portanto mantenha o pensamento positivo. AQUÁRIO 20.01 > 18.02

Esta é uma fase de afirmação pessoal, tendo para si grande importância o papel que ocupa na sociedade. Existe uma forte possibilidade de profissionalmente lhe serem dadas responsabilidades acrescidas que lhe poderão trazer uma promoção. Esteja ciente das suas capacidades e fraquezas e confie nos seus próprios recursos. PEIXES 19.02 > 20.03

Pode estar face a um excitante momento da sua vida. Poderá estar a fazer algo de novo ou a alterar a sua vida em algum aspecto. Não receie as mudanças criativas. Mudanças súbitas ou uma visita que não esperava, podem surgir. De facto, tem vindo a sentir algum aborrecimento com a rotina do quotidiano e deseja mudanças!


Diversos

Jornal da Marinha :: 22 de Dezembro de 2011

22

2º Ano de Eterna Saudade

Assembleia de Freguesia da Marinha Grande

Convocatória Ao abrigo do preceituado no artigo 13º da Lei 169/99, de 18 de Setembro, republicada pela Lei 5-A/2002, de 11 de Janeiro, convoca todos os elementos da Assembleia de Freguesia da Marinha Grande para uma sessão ordinária a realizar no próximo dia 28 de Dezembro (quarta feira), pelas 21 horas, nas instalações da Junta de Freguesia, sitas na Rua 25 de Abril, com a seguinte ordem do dia: 1 - Discussão e votação das Opções do Plano e da Proposta de Orçamento para o ano de 2012 e PPI; 2 - Discussão e votação do mapa de pessoal; 3 - Apreciação do Relatório da Actividade da Junta da Freguesia no quarto trimestre de 2011 e informação financeira.

Raul Filipe Falecido a 27/12/2009 Residia no Engenho (Marinha Grande)

“Não existe nada mais difícil do que perdemos alguém que amamos”. As filhas mandam celebrar missa por intenção da sua alma no dia 27 de Dezembro, pelas 19h, na Igreja Paroquial de Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos, na Ramada (Odivelas - Lisboa), e agradecem a todos os que, com a sua presença, honrem este acto religioso.

Marinha Grande, 15 de Dezembro de 2011 O Presidente da Mesa da Assembleia, em exercício, Ana Lúcia de Sousa Fortunato Rua 25 de Abril, 2430-314 Marinha Grande Tel. 244 502 568 – Fax 244 567 779 jfmg@sapo.pt www.freg-mgrande.pt

Agradecimento Susana Cristina Ferreira Febra Ferreira 44 anos Nasceu a 01.12.1967 Faleceu a 17.12.2011 Natural de Telheiro - Maceira Residente em Meia Légua - Parceiros

Seus pais, marido, filhos e restante família, na impossibilidade de o fazer pessoalmente, como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que os acarinharam neste momento de dor e tristeza ou que, de outra forma, lhes manifestaram o seu pesar. A família reconhecida, agradece todas as demonstrações de solidariedade pela perda do seu ente querido. Informa-se que será celebrada missa por sua intenção na Igreja de Parceiros, sexta-feira, dia 23 de Dezembro, pelas 20h30. “Terminei a minha viagem… tão cedo! A separação foi brutal e deixou-vos no pranto. Mas damos graças a Deus pelos tempos que passámos juntos e por todo o amor que partilhámos. Não vos digo adeus: simplesmente até sempre! A todos, muito obrigado.”

2º Ano de Eterna Saudade José António Franco de Sousa Residia na Boavista Falecido a 26/12/2009

Seus pais, irmã e restante família recordam-no com eterna saudade, mandando celebrar missa por intenção de sua alma no próximo dia 26/12/2011, pelas 19 horas, na Igreja Paroquial da Marinha Grande. Agradecem, antecipadamente, a todos os que, com a sua presença, honrem este acto.

8 Anos de Muitas Saudades Maria Amélia Freitas Soares Residia nos Outeirinhos Falecida a 27/12/2003 “Olhava sempre para trás Antes de virar a esquina, Porque a minha mãe ficava sempre à porta Para me acenar e sorrir. Fosse qual fosse a sua disposição O último olhar daquela face materna, era, sem dúvida, Como a luz do sol. Que saudades tenho daquele gesto.” A tua memória será sempre uma bênção para a tua filha e netos. Tens missa pelo teu eterno descanso no dia 27/12/2011, pelas 19 horas, na Igreja Paroquial da Marinha Grande.

Agradecimento

Agradecimento

Joaquim Rosa

Maria da Encarnação Tocha Franco “Canina”

92 anos Residia na Amieirinha Falecido a 15/12/2011

81 anos Residia no Bairro de Santa Isabel Falecida a 20/12/2011

Suas filhas, genros, netos, bisnetos e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que o acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma, lhes manifestaram o seu pesar.

Seu filho, nora, netos, bisnetos e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que a acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma, lhes manifestaram o seu pesar e informam que será realizada missa de 7º dia no próximo dia 26/12/2011, pelas 19 horas, na Igreja Paroquial da Marinha Grande. Tratou a Funerária Vareda, Lda.

Tratou a Funerária Vareda, Lda.

Tratou Funerária Nacional – Cerfuni Lda.

Agradecimento

Agradecimento

Agradecimento

Idalina de Sousa Moiteiro “Viúva de Laurentino Moiteiro”

Maria Emília Moreira Ferreira

João Cunha

50 anos Residia nos Matos Falecida a 14/12/2011

75 anos Residia nas Trutas Falecido a 14/12/2011

Seu marido, filhos, irmãos, cunhados e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que a acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma, lhes manifestaram o seu pesar.

Sua esposa, filhos, genros, nora, netos e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que o acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma, lhes manifestaram o seu pesar.

Tratou a Funerária Vareda, Lda.

Tratou a Funerária Vareda, Lda.

2º Ano de Eterna Saudade

Eterna Saudade

Agradecimento

Silvino Rosa Frutuoso

Maria da Nazaré Freitas Carajoinas

Paulo Feteira Ribeiro Machado

Residia na Garcia

80 anos Residia na Vergieiras Falecida a 14/12/2011

82 anos Residia na Tojeira de Picassinos Falecida a 17/12/2011

Suas filhas, genro, netos e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que a acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma, lhes manifestaram o seu pesar e informam que será realizada missa de 7º dia amanhã, sexta-feira, pelas 19 horas, na Igreja Paroquial da Marinha Grande. Tratou a Funerária Vareda, Lda.

Nascido a 26/07/1964 Falecido a 27/12/2009

Seu filho, nora e neta recordam-no com eterna saudade pela passagem da data do seu aniversário, sexta-feira, 23 de Dezembro.

Sua esposa, filhos, Carina, sogro e Laura recordam-te com muita saudade.

Seu marido, filhos, nora, netos, enteados e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que a acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma, lhes manifestaram o seu pesar. Tratou a Funerária Vareda, Lda.

3º Ano de Eterna Saudade Maria da Conceição Trindade Residia na Ordem Falecida a 23/12/2008

Seu filho, nora, netas e bisnetas recordam-na com eterna saudade, mandando celebrar missa por intenção de sua alma, dia 23, 6ª feira, pelas 19 horas, na Igreja Paroquial da Marinha Grande. Agradecem, antecipadamente, a todos os que, com a sua presença, honrem este acto.

Agradecimento

Agradecimento

António Rodrigues Gomes

Elvira Madalena de Sousa Cruz

75 anos Residia na Embra Falecido a 15/12/2011

52 anos Residia na Embra Falecida a 15/12/2011

Sua esposa, filhas e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que o acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma, lhes manifestaram o seu pesar.

Seu marido, filho, nora, netos e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que a acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma, lhes manifestaram o seu pesar.

Tratou a Agência Funerária Nogueira e Pina, Lda.

Tratou a Funerária Vareda, Lda.


w w w. j o r n a l d a m a r i n h a . p t

2ª publicação na edição nº 2489 do JMG de 22 de Dezembro de 2011

Publicidade

23

2ª publicação na edição nº 2489 do JMG de 22 de Dezembro de 2011


Meteorologia

Artur Oliveira

Orçamento

Esperar pela resolução de um conflito com a Câmara Municipal da Marinha Grande, mais de trinta anos é obra. O ex-vereador mostra que é um homem, no mínimo, paciente.

Depois de se ter comprometido que os Orçamentos seriam verdadeiros, eis que o executivo continua a inflaccionar o documento e a não dar resposta aos reais problemas do concelho.

quinta

SEXTA

Céu pouco nublado ou limpo. Vento fraco. Neblina ou nevoeiro matinal. Formação de geada em alguns locais do interior Norte e Centro. Céu pouco nublado ou limpo. Vento em geral fraco. Neblina ou nevoeiro matinal. Formação de geada. Pequena descida da temperatura máxima.

A sua opinião conta Concorda que não seja servido arroz de marisco na FAG 2011? Não. . . . 80% Sim. . . . 20% Inquérito disponível para votação no nosso site: A Associação Comercial da Marinha Grande está a ser bem gerida?

Questão realizada no site do JMG entre os dias 7/12 e 14/12 de 2011

Mais e Menos… da Semana

EB Casal de Malta

Gerações encontram-se na Festa de Natal

Foto da semana

Estrada da Gracia? Onde é que isso fica? Em Marte?

Valorizar o papel dos avós na família e sensibilizar as crianças para a partilha e o respeito pelos mais idosos são objetivos essenciais do projeto que a EB (Escola Básica) de Casal de Malta – integrada no Agrupamento de Escolas Guilherme Stephens – está a desenvolver ao longo do corrente ano letivo, sob o tema “Encontro de Gerações”. Em parceria com o Lar de Idosos da Santa Casa da Misericórdia da Marinha Grande e no âmbito do projeto têm vindo a ser desenvolvidas diversas atividades que incluem visitas de crianças ao Lar e visitas de idosos à EB, com a participação ativa e gratificante de muitos avós das crianças da EB. O ponto alto deste “Encontro de Gerações” foi a Festa de Natal realizada na passada 5ª. feira e que teve na Associação de Pais o parceiro dinamizador que tornou possível o evento. As instalações da EB foram pequenas para as centenas de participantes nesta envolvente festa

de Natal, que se prolongou por toda a tarde e até ao início da noite. Depois do almoço das crianças e do pessoal docente e não-docente da escola, seguiu-se um vasto conjunto de atividades com as crianças e os avós a serem os verdadeiros reis da festa – música, sketchs e, ponto alto, um criativo e animado desfile de gerações, que juntou avós e netos. Foram momentos únicos para toda a comunidade escolar, de confraterniza-

ção e partilha, a que não faltou o sempre apetecível lanche oferecido pelos pais e pela sua Associação. Simultaneamente com a festa e em espaço apropriado estiveram expostos cerca de sete dezenas de presépios feitos pelos pais e avós das crianças que frequentam a EB de Casal de Malta. Também aqui a criatividade surpreendeu os visitantes, tanto nos materiais usados, como na forma e na dimensão de muitos presépios. De referir, ainda, a confeção de bonecas de pano simbolicamente designadas por “Princesas de Malta”, feitas ao longo de mais de duas semanas nas instalações da EB, pelos avós. Essas bonecas também foram expostas e puderam ser apreciadas pelos visitantes. Com o cair da noite caiu também o pano sobre esta animada e muito participada festa natalícia na EB de Casal de Malta. Para o ano há mais! ß

JMG 2489  

OsdesejosdeNatal dosmarinhenses 2011 Dois jornalistas do JMG visitaram as obras do Teatro Stephens e da Resinagem. Os projectos prometem re...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you