Page 1

Porte Pago

Autorizado pelos CTT a circular em invólucro fechado de plástico. Autorização nº DE02692007MPC

Ò Ò Marinha Grande

Queda de falésia faz ferido grave

fogo destrói habitação » pág. 3

» pág. 8

Jornal da Marinha Director: António J. Ferreira

Ò Ò ocorrências

fogos assolam floresta » pág. 4

Ò Ò Autárquicas

www.jornaldamarinha.pt

Telefone: 244 502 628

QUI19JUL2012

ANO: XLIX - Nº 2519

Preço: 1,10 € (IVA inc.)

GRANDE

Veículo “made in” Marinha Grande

PCP pondera avançar com independente » pág. 4

Ò Ò atletismo

patrícia silva no pódio nacional » pág. 12

OFERTAS

DE TRABALHO NESTA EDIÇÃO do JMG

O grupo Vangest, sedeado na Marinha Grande, acaba de apresentar um veículo todo-o-terreno “100% português”, fruto de um projeto inovador de investigação e desenvolvimento de novos processos e tecnologias » pág. 9

COMPRAMOS

OURO MELHOR PAGO MUITO

COBRIMOS TODAS AS OFERTAS não venda sem nos consultar

* Mediante cotação do dia

22

AVALIAÇÕES DE HERANÇAS Ouro 19,2K 27,00€/gr* Ourivesaria Água Marinha

96 826 10 19

NEGÓCIO CLARO, COM RIGOR E PROFISSIONALISMO


Local

2

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

»Opinião

Assim vai a nossa Marinha Grande…

Carla Fragoso Jornalista

Editorial

A Lei e os Compromissos Desde fevereiro último que os autarcas portugueses se veem confrontados com a chamada “Lei dos Compromissos”, que pretende colocar um travão nas dívidas com mais de 90 dias contraídas pelas Câmaras Municipais. Um pouco à semelhança da “lei da rolha”, que impõe o silêncio, a medida do Governo visa, acima de tudo, impedir que o valor das dívidas das autarquias continue a crescer. Segundo declarações proferidas no mês passado pelo Secretário de Estado da Administração Local e Reforma Administrativa, Paulo Júlio, a dívida dos 308 municípios portugueses, Regiões Autónomas incluídas, deverá rondar os 9,4 mil milhões de euros, dos quais 4,6 mil milhões dizem respeito às dívidas de médio e longo prazo, 3,3 mil milhões às dívidas de curto prazo e os restantes 1,5 mil milhões referem-se ao endividamento do setor empresarial local, que também entra nestas contas. Já o presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses, Fernando Ruas, tem defendido que o montante total em dívida deverá ascender aos 12 mil milhões. A lei dos compromissos, ou melhor, a lei 8/2012 de 21 de fevereiro, através da alínea

c) do nº 1 do artigo 6º, obriga as autarquias a submeter às Assembleias Municipais pedidos de autorização prévia para a assunção de compromissos plurianuais. Como resultado, a Marinha Grande assistiu na passada sexta-feira, dia 13 de julho, a uma Assembleia Municipal Extraordinária cuja ordem de trabalhos continha (apenas) 24 pontos. Contudo, pouco passava das 22h e já os trabalhos estavam concluídos. A situação até poderia dar para rir não fosse o facto de cada Assembleia Municipal custar na Marinha Grande ao erário público cerca de 3.000 euros, divididos pelos deputados, cujas senhas de presença valem 68 euros, vereadores não em permanência, secretária, som, etc. Resumindo, ao criar uma lei para limitar o valor da dívida, onde se obriga a realizar assembleias que anteriormente não eram necessárias (o executivo por si só tinha autonomia para tomar estas decisões), gastam-se rios de dinheiro de todos os contribuintes, ou não tivesse este cenário de se repetir em todos os municípios! Ainda se o Estado pagasse as suas próprias dívidas às autarquias, honrava-se a lei e os compromissos. ß

Agora que o calor chegou, em força, permite-nos refletir, à fresca, e tentar colocar no papel aquilo que mais nos aflige e que poucos têm a coragem de denunciar. Esta é uma terra onde todos falam muito do que sabem infelizmente pouco. O centro histórico é, no essencial, o espelho de uma cidade que há muito perdeu o comboio do desenvolvimento. E só não é bem pior porque um punhado de homens, a que muitos chamam empreendedores, continuam a mostrar que é possível ser herói em tempo de crise. E nesta terra há vários exemplos, que nunca é demais exultar. Não fosse a persistência dos empresários da região e muito provavelmente estaríamos hoje numa situação dramática, com uma taxa de desemprego acima da média nacional. Infelizmente, da parte da autarquia não têm vindo bons ares. Mas não é de agora. Depois de um mandato em que o presidente eleito se limitou a ajustar contas com os seus inimigos de estimação, assistiu-se a dois anos de inércia, que continua a ser a tónica dominante no reino autárquico local. E o mais curioso é que esta apatia começou no topo e tem vindo a alastrar a toda a estrutura, à pala da famigerada Lei dos Compromissos que veio dar um jeitão, pois é indiscriminadamente usada para negar apoios, por um lado, e acabar com tudo o

que dá trabalho, por outro. O caso da Bienal é apenas um exemplo. Como é uma iniciativa que dá trabalho, é mais fácil não fazer. A Câmara da Marinha Grande caminha, assim, para uma entidade cujas receitas servem apenas para pagar salários (6 milhões de euros por ano), empréstimos bancários, as faturas dos esgotos, a manutenção dos jardins… e pouco mais. Valha-nos o facto de pagar a 30 dias. Os partidos que dão cobertura a esta inércia ainda não perceberam que Câmara deve, mais do que nunca, estar ao serviço das populações. É por isso que, mais do que teatrinhos e cubos de vidro

caríssimos, que só dão despesa, é importante garantir receitas que viabilizem um eficaz abastecimento de água às populações, completar a rede de saneamento, melhorar a rede viária e potenciar os recursos do concelho. Chegou a hora de fazer muito com pouco. Quem não o conseguir fazer não tem competência para exercer qualquer cargo público, está a mais. O pior é que os que os putativos candidatos não reúnem estas condições. Logo vamos ter… mais do mesmo. Enfim, provavelmente não merecemos melhor.

Leitor devidamente identificado

O GRVP está a recrutar para as suas equipas

Olha, o PCP está indeciso quanto às próximas eleições...

Cá para mim ainda vão voltar ao Barros Duarte!

CONSULTORES COMERCIAIS (M/F) Nunca se sabe...

Zona de Leiria

Oferecemos contrato de trabalho (456€ base) Forte componente comissional Incentivos muito aliciantes R. Engº Ferreira Dias, nº 924 Esc. 10 4100 – 246 Porto Telf: 22 6164232 Mail: rh.sds@fuerzasdeventas.com

Rufino

Fininha

*Cão rafeiro... que morde velhinhos, e não só!

(R)Humor

Rufia*


Local

Jornal da Marinha Grande 19 de julho de 2012

3

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò freguesia

Ò Ò foto: André Granja

Moita é da Marinha Grande há 11 anos Ò Ò Marinha Grande

Incêndio destrói habitação Uma casa foi completamente consumida pelas chamas na madrugada da última terça-feira, dia 17 de julho, na Rua Vasco da Gama, junto à Estação de caminhos-de-ferro, na Marinha Grande. Segundo o JMG conseguiu apurar, o incêndio, de origem ainda desconhecida, deflagrou por volta das 3 horas da madrugada, tendo sido mobilizados para o local os Bombeiros Voluntários da Marinha Grande com sete elementos, apoiados por duas viaturas. Esteve ainda no terreno a Proteção Civil Municipal. Ao que tudo indica, a casa estaria desabitada, pelo que não houve registo de feridos. ß

Ò Ò Sra. da Piedade

S. Pedro de Moel em festa É já este fim-de-semana, dias 21 e 22 de julho, que têm lugar os festejos em honra da padroeira de São Pedro de Moel, Nossa Sra. da Piedade. A festa arranca no sábado, pelas 11h, com a abertura do arraial e das tasquinhas, uma hora mais tarde. Às 17h atua a Orquestra Juvenil da Marinha Grande e às 20h será celebrada missa solene seguida de procissão de velas. À noite haverá arraial com animação musical. No domingo, será celebrada nova eucaristia, desta vez pelas 14h30, também com procissão. Ainda durante a tarde haverá tempo para a atuação da Banda Filarmónica da Ilha, de Pombal, e do músico José Fernando. ß

Assinalaram-se na última quinta-feira, dia 12 de julho, 11 anos sobre a integração da Freguesia da Moita no concelho da Marinha Grande ÂÂCarla Fragoso

Simbolicamente, como forma de lembrar a efeméride, foram içadas as bandeiras de Portugal, do Município da Marinha Grande e da Freguesia da Moita em frente à sede da Junta, logo pela manhã.

A presidir ao ato esteve o presidente da Junta de Freguesia, Álvaro Martins, acompanhado pelo secretário, António André, e pelo tesoureiro, Diogo Cardeira. No final, e em declarações ao JMG, Álvaro Martins referiu o que ainda falta fazer na Freguesia:

“essencialmente o saneamento e alguma rede viária”, acrescentando que durante este ano já foram requalificadas algumas ruas. Entretanto, “já foi lançado o concurso público para o melhoramento de três novos arruamentos”, referiu o autarca mostrando-se es-

perançado de que até ao final do ano seja possível executar o troço de saneamento na Rua da Charnequinha. Ainda assim, muitas obras estão por concretizar devido à escassez de recursos financeiros. Um bom exemplo é a Casa Mortuária, que a Junta pretende edificar nas imediações do Cemitério. De acordo com Álvaro Martins, “a Câmara Municipal era para comparticipar a obra este ano, mas não o vai fazer e para o ano também não, de modo que pretendemos fazê-la nós próprios e tentaremos iniciá-la ainda este ano, de forma faseada, devido aos custos”. Quanto à tão aguardada requalificação do Campo das Figueiras, o edil fez saber que já estiveram na Moita uma arquiteta e um técnico da autarquia com vista à recolha de dados para poderem começar a elaborar o projeto. “É uma obra que, com estas dificuldades, não sei se será feita este mandato, mas também o que é importante é fazer o projeto porque sem ele não há obra. Mesmo assim vamos confiar que se poderá fazer neste mandato”, disse ao nosso jornal Álvaro Martins. ß

Ò Ò Estacionamento (ainda não é) gratuito

Condutores multados junto ao Parque da Cerca Ao contrário do que seria de esperar, a retirada de lugares de estacionamento pago junto ao Parque da Cerca motivou, na passada terça-feira, 17 de julho, algumas queixas. Motivo: houve condutores multados pela PSP por terem estacionado sem pagar Segundo o JMG teve conhecimento, pelo menos três pessoas foram multadas pela PSP da Marinha Grande na última segunda-feira, dia 16, por terem estacionado junto ao Parque da Cerca, nas traseiras da Biblioteca Municipal, sem terem o respetivo título de estacionamento. Ora, a confusão terá surgido após terem sido colocados no local alguns sinais de trânsito

tapados com sacos de plástico, como mostra a fotografia. Segundo adiantou ao JMG Rui Pedrosa, responsável pela TUMG, empresa que gere os parques pagos, trata-se “de nova sinalização que dá conta precisamente das áreas onde estacionar vai passar a ser gratuito”. Ou seja, mantiveram-se no local os sinais de estacionamento pago “até que todo o processo de

alteração esteja concluído, isto é, até conseguirmos mudar de sítio os parquímetros que vão deixar de ser necessários em alguns pontos da cidade”. De acordo com Rui

Pedrosa, “os condutores deviam ter tido mais atenção, porque não é correto colocar a nova sinalização à vista sem que antes estejam reunidas todas as condições”. ß


Local

4

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Autárquicas

ÒÒRúben Gomes »Opinião

Humor Take Away Olá! Quero começar por dizer que tenho todos os créditos destes 56 artigos, sim já são 56 HTA, isso dá para quantas equivalências? Posso dizer que sou dr.? Em abril fiz um ano de Facebook (www.facebook. com/rubensimplesmente)! Pimba, mais uma licenciatura. Estive um ano a estudar televisões, isto é mesmo verdade, para escolher uma toda xpto, pumba, mais uma licenciatura. E ficamos pelas três que sou um rapaz modesto, tá? Então não é que o Sr. Ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, Miguel “Grama” segundo o acordo ortográfico, fez uma licenciatura no espaço de um ano! Estou um pouco triste com isto, ainda ontem fui à FNAC e a experiência “Licenciatura” ainda não estava disponível na “Vida é Bela”. Mas também, foi falta de ideia, se fez num ano para poupar, pelo menos dois anos de propinas, devia de ter ido procurar no www.forretas. com. No fim-de-semana que passou até esperava que a Sic Notícias fizesse um “Conversas Improváveis” com o Sr. Miguel Relvas e uma senhora da cantina da Lusófona, mas não, deve ser para a próxima. Segundo se diz por aí, o Sr. Miguel Relvas é um caso único e ainda bem. Se um já é um problema para manter o emprego, mais, seriam a primeira causa de desemprego em Portugal. Para concluir, por acaso nenhum de vocês sabe se algum familiar do Sr. Ministro foi pedir ajuda à Deco? É que aquilo são muitos créditos, para uma pessoa só. Até para a semana. ß

JMGTV www.jornaldamarinha.pt/tv

PCP hesita entre independente e militante O Partido Comunista da Marinha Grande está já com os olhos postos nas eleições locais de 2013. Reconquistar a presidência da Câmara é o objetivo central, quer seja com um militante, quer seja com um independente A Marinha Grande poderá ter um independente como cabeça-de-lista nas eleições autárquicas do próximo ano no concelho da Marinha Grande. Este é, de resto, o desejo de um grupo de militantes do PCP que olham para esta abertura como uma oportunidade para reconquistar a maioria na Câmara da Marinha Grande. Recorde-se que o PCP venceu as eleições de 2005 com João Barros Duarte e perdeu-as em 2009 ao candidatar Alberto Cascalho. Ainda mal refeito da derrota para Álvaro Pereira, há 3 anos atrás, o PCP marinhense pretende corrigir o desaire e, para isso, começou já a preparar o ato eleitoral do próximo ano, para assim evitar surpresas. Antes de tomar decisões, o partido vai ouvir as bases e só depois serão identificados os nomes dos

possíveis candidatos. E há desde logo dois nomes em cima da mesa: Alberto Cascalho e Francisco Duarte. O primeiro, que liderou a autarquia entre 2007 e 2009, é um nome que tem reunido algum consenso no interior do partido. Contudo, a derrota nas últimas eleições terá esfriado os apoios ao docente, sobretudo porque não se tem conseguido assumir como um verdadeiro líder da oposição. Aliás, esta parece ser uma solução praticamente descartada, embora Cascalho reúna ainda simpatias internas. Francisco Duarte, por outro lado, tem um histórico recheado de sucessos eleitorais na Freguesia da Marinha Grande e a sua candidatura, para os comunistas, seria uma espécie de vitória assegurada. O problema do PCP são as Freguesias de Vieira de Leiria e

Moita, onde tem colecionado derrotas esmagadoras.

nome que, neste momento, não reúne grande simpatia nas hostes comunistas, mas que deve ser tido em conta sobretudo porque há a questão das quotas, ou seja, terá que figurar uma mulher entre os primeiros candidatos. E não é de descurar a candidatura de uma mulher e a jovem advogada marinhense parece ter fibra para assumir tal desafio.

ÒÒEm bicos de pés

ÒÒAbertura a independentes

Para além dos nomes já aqui citados há outros que nunca esconderam a vontade de avançar. Vítor Pereira é um deles. A decisão de liderar o Sp. Marinhense pode estar relacionada com a criação de um argumento na hora da decisão. Não sendo muito provável encabeçar a lista, é um nome a ter em conta na candidatura comunista, tal como Fernando Esperança. O nº 4 da lista em 2009 tem legítimas aspirações e o artigo de opinião que escreveu no JMG na semana passada são um sinal de que volta a estar disponível. Alexandra Dengucho é um

O JMG sabe que há no interior do partido uma corrente que defende a abertura à comunidade, com integração de independentes nas listas da CDU. Esta é, contudo, uma questão sensível e que apresenta fortes reservas da direção nacional do partido e da maioria dos militantes locais, que não admitem tal cenário desde que existam soluções internas. Esta poderá ser, de resto, a grande discussão dos próximos meses, pois não é admissível que a escolha do PCP venha a ser conhecida antes do final do primeiro trimestre de 2013. Há, assim, um longo caminho a percorrer. ß

Ò Ò Ocorrências

Incêndios mobilizam bombeiros Com o calor chegam também os incêndios. Os Bombeiros da Marinha Grande foram chamados para combater cinco fogos, entre os dias 10 e 15 de julho ÂÂDiana Oliveira

O incêndio mais grave sucedeu nas Matas Nacionais, no dia 15, pelas 00h30. Não houve qualquer registo de vítimas, ardendo 1.200 m² de área florestal. As chamas foram combatidas por um total de 12 bombeiros e quatro viaturas, apoiados pela Corporação de Vieira de Leiria, com uma viatura e cinco tripulantes. No dia 10, pelas 10h30, foi dado o alerta de fogo florestal em Paredes, Pataias. Os Bombeiros da Marinha Grande prestaram apoio a outra corporação levando até ao local cinco tripulantes e uma viatura. No dia seguinte, às 14h10, deflagrou um outro fogo no mesmo local, envolvendo tam-

bém cinco efetivos e um veículo. Outro incêndio que contou com o apoio dos bombeiros marinhenses ocorreu no dia 15, pelas 18h, em Ansião, levando ao terreno dois bombeiros com uma viatura. No último sábado, dia 14, pelas 14h, um incêndio, desta vez em produtos, levou à Amieirinha cinco bombeiros e uma viatura. ÒÒAcidentes de viação provocam três feridos

Um ferido ligeiro foi o resultado de um atropelamento, ocorrido no dia 12, pelas 12h30, na Avenida Vítor Galo, mobilizando dois bombeiros e uma viatura, que transportaram o ferido para o Centro Hospitalar Leiria-Pombal. O despiste de um veículo de

duas rodas, ocorrido na última sexta-feira, 13 de julho, cerca das 14h25, na Moita, fez um ferido sem gravidade. No local estiveram dois bombeiros e uma viatura, que transportaram a vítima para o Centro Hospitalar Leiria-Pombal. No mesmo dia, pelas 20h45,

na Estrada dos Guilhermes, registou-se um outro despiste de um veículo de duas rodas, que provocou um ferido ligeiro. Prestaram socorro três bombeiros com o apoio de uma viatura, tendo o ferido sido transportado também para o hospital distrital. ß


Local

Jornal da Marinha Grande 19 de julho de 2012

5

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Aniversário

Ò Ò Campanha solidária

Tampinhas ajudam criança com doença rara

Vieira de Leiria de parabéns!

A Vieira de Leiria e todo o seu povo estão de parabéns: comemorou no passado sábado, dia 14 de julho, 27 anos de elevação a Vila ÂÂAdriano Paiva

O programa festivo que a Junta de Freguesia preparou para comemorar a efeméride, começou no passado dia 9, com o hastear das bandeiras, cerimónia que teve lugar pelas 9h, no edifício da Junta, à qual se seguiu a inauguração da exposição fotográfica “Cantos e Recantos da Freguesia”, da autoria do Movimento “Versos”, com 50 maravilhosas fotografias de Raúl Moreira, Paulo Marques e João Mourinho. Uma expo-

sição que merece uma visita demorada dos vieirenses, e não só, onde os cantos e recantos da Freguesia são retratados com a mestria que a fotografia requer.

comemorativa, que começou por volta das 10 horas. Foi uma cerimónia simples, mas cheia de significado. Na mesa tomaram lugar, para além do presidente da Junta de Freguesia, Joaquim Vidal, a presidente da Assembleia de Freguesia, Maria de Lurdes Sequeira, do vice-presidente da Câmara Municipal, Paulo Vicente, do presidente da Assembleia Municipal da Marinha Grande, Telmo Ferraz, e de Lurdes Véstia, autora da obra literária “Avieiros – Dores e Maleitas”. As intervenções do presidente da Junta, do vice-presidente da Câmara e do presidente da Assembleia Municipal, foram simples e centraram-se no aniversário da Vila, que também é Freguesia e se quer pujante.

ÒÒSessão solene comemorativa

ÒÒLançamento do livro

A manhã do dia 14 acordou radiosa e o astro-rei brindou a Vieira de Leiria com os seus raios dourados, como que a dar os parabéns à jovem Vila que continuou serena a sua rotina diária, enquanto no edifício da Junta de Freguesia se desenrolava a sessão solene

“Avieiros – Dores e Maleitas”

Maria de Jesus Vitorino fez a apresentação de Lurdes Véstia, autora da obra “Avieiros – Dores e Maleitas” que, no uso da palavra, dissertou sobre o trabalho de pesquisa que realizou nos arquivos do Hospital de

Jesus Cristo de Santarém, com o sentido de desvendar e identificar as dores e as maleitas dos pescadores avieiros e seus familiares no período de 1850 a 1969, dando assim mais um contributo para a sua história. ÒÒRally Paper

Depois das cerimónias da manhã, que para além da sessão solene e da apresentação do livro “Avieiros – Dores e Maleitas” incluíram uma visita à exposição fotográfica “Cantos e Recantos da Freguesia” e aos melhoramentos da Rua da Indústria, a parte da tarde foi preenchida com o Rally Paper “Descobrindo a Freguesia”. ÒÒDesfile de Marchas Populares

O acto final do programa comemorativo dos 27 anos de elevação da Vieira de Leiria a Vila foi o desfile, na Praça da República, das Marchas Populares do Concelho, com a participação das Marchas da Moita, da Ordem, do Centro Cultural e Paroquial Nossa Sra. da Ajuda – Passagem. ß

No âmbito da campanha solidária “Tampinhas & Companhia”, foram entregues na semana passada mais garrafões com tampas de plástico a favor de Ana Júlia Sobreiro, que sofre de uma doença rara degenerativa A entrega das tampas ocorreu nas instalações do Arquivo Municipal da Marinha Grande e no estabelecimento de ensino “Pátio da Inês”, na sequência do apoio destas instituições à campanha. Ana Júlia Sobreiro necessita de seis toneladas de tampas para a aquisição de equipamento especial de posicionamento, nomeadamente acessórios de banho e material ortopédico. A menina tem uma doença rara, designada “distrofia neuroaxonal infantil”, que a vai deixando gradualmente mais debilitada.

Para o efeito está em curso a campanha, promovida pela família, que visa a recolha de seis toneladas de tampas de plástico provenientes de frascos de iogurte, de detergente, de todas as cores, excetuando-se as tampas metálicas. A Câmara Municipal da Marinha Grande associou-se a esta causa e uma vez que faltam angariar cerca de duas toneladas de tampas, apela à colaboração de todos. As tampinhas podem ser entregues no Arquivo Municipal, junto ao Parque da Cerca. ß

»Opinião

Moto Cross em Casal Galego

ÒÒFrancisco Soares Ex-Diretor da ASCD de Casal Galego No passado domingo dia 15, dia de sol, a Associação de Casal Galego levou a efeito um Moto Cross Pit Bikes, que trouxe até nós alguns dos melhores praticantes desta modalidade. O local escolhido foram os terrenos que ficam atrás do Parque Mu-

nicipal de Exposições, onde pela primeira vez esta associação levou a efeito um evento destes. As coisas até não estiveram mal, ficando até a promessa de em setembro trazer de novo esta iniciativa à nossa Marinha Grande. Mas o que me levou a escrever estas palavras foi a confrontação de que a Câmara só apoiava a Associação de Casal Galego, e eu fui pensando se seria mesmo assim. Em primeiro lugar esta associação continua na vanguarda de iniciativas que muitos não querem ou não podem realizar. Em segundo lugar esta associação tem o seu apoio social e para

quem não sabe dá apoio a mais de quatro dezenas de pessoas em apoio domiciliário e algumas dezenas em centro de convívio, com apoio a outras várias iniciativas. Em terceiro lugar neste momento de crise financeira, que veio trazer muitas dificuldades a esta mesma associação, são estas e outras iniciativas que poderão ajudar a trazer algum aconchego às suas necessidades porque cada vez mais é necessário o apoio social. Afinal não será esta uma associação credível para que o nosso município acredite nela, por saber que a nossa sociedade vai ter retorno de todos estes eventos que ela

realiza, principalmente no apoio social? E será que alguma vez alguma associação solicitou este mesmo espaço e foi recusado? Penso que não, mas de toda a maneira chegou a altura de acabarmos com estas invejas mesquinhas e trabalharmos todos no mesmo sentido, das parcerias culturais, sociais e desportivas, porque a nossa Marinha já não é a mesma de há vinte anos atrás, todos estamos ligados por um clique. Depois deste desabafo, espero que compreendam, porque pertenci muitos anos a direções desta mesma associação apesar de agora não pertencer, mas quem não

se sente não é filho de boa gente, só me resta mais uma vez agradecer a estes jovens que com as suas disponibilidades lá vão lutando para que a Marinha Grande esteja cada vez mais no mapa nacional, e continuem a dar a sua contribuição para ajudar a associação que tanta necessidade tem de dinheiro para desenvolver as suas iniciativas sociais e culturais. Comigo sabem que podem sempre contar. Um abraço fraterno para todos, para os organizadores e para aqueles que têm a ideia que a corrente só corre para um lado. ß


Local

6

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

»Consultório Jurídico

Acidente com automóvel sem seguro

ÒÒMarina Domingues Na presente edição respondo à questão colocada pela Isadora Ferreira, que pretende saber o que fazer no caso de um acidente com um automóvel sem seguro. Nesta situação se algum dos condutores não apresentar os documentos comprovativos do contrato de seguro de responsabilidade civil, além de recolher os elementos de identificação do condutor e do veículo, é aconselhável solicitar a presença da polícia. Hoje em dia, através da matrícula do automóvel é possível saber qual é a sua seguradora. Se se concluir que o veículo não tem seguro, o lesado, para ver ressarcidos os seus danos, poderá sempre recorrer ao Fundo de Garantia Automóvel.

O Fundo de Garantia Automóvel garante, entre outros casos, a reparação dos danos corporais e materiais resultantes de acidentes de viação ocorridos em Portugal, quando o responsável pelo mesmo seja desconhecido ou sendo conhecido, não tenha cumprido a obrigação de celebrar o seguro de responsabilidade civil automóvel. Posteriormente, os responsáveis pelos acidentes de viação que não tenham cumprido a obrigação de celebrar o seguro de responsabilidade civil automóvel ficam obrigados a reembolsar, com juros, as indemnizações satisfeitas pelo Fundo de Garantia Automóvel. Continuem a enviar todas as questões para o email cjuridico.jornaldamarinha@gmail.com ou para a morada Travessa de Vieira de Leiria, nº 9, 2430-276 Marinha Grande, identificando o assunto “Consultório Jurídico”. ß

Clube Desportivo da Garcia ASSEMBLEIA-GERAL ORDINÁRIA

Ò Ò Ensino Superior

Finalistas apresentam trabalhos de investigação

Os alunos finalistas do 3º ano do Curso de Gestão de Recursos Humanos do Instituto Superior D. Dinis (ISDOM) da Marinha Grande vão realizar esta quinta e sexta-feira, 19 e 20 de julho, as suas provas públicas

S

egundo faz saber a instituição em nota de imprensa, os alunos, no âmbito da Unidade Curricular de Seminário de Projeto-Es-

tágio, realizaram trabalhos de investigação em indústrias do concelho, empresas e superfícies comerciais. Motivação e Satisfação em Contexto Organizacional, Recursos Humanos e

Marketing, Organizações Autentizóticas, Compensação e Benefícios, e Liderança nas Corporações de Bombeiros são, entre outros, alguns dos temas a apresentar.

Os trabalhos de investigação, que serão dados a conhecer à comunidade, inserem-se nos objetivos do ISDOM “de interligar a teoria com a prática através de uma investigação aplicada ao meio”. A licenciatura de Gestão de Recursos Humanos visa dar resposta, de acordo com o instituto, “à rápida evolução da função Recursos Humanos, no atual contexto socioeconómico da sociedade do conhecimento e suas exigências relativamente à gestão do capital humano nas organizações”. Com vista a dar continuidade aos estudos da licenciatura em Gestão de Recursos Humanos e permitir uma formação específica estão abertas para o ano letivo 2012/2013 as candidaturas para o Curso de Pós Graduação em Gestão de Recursos Humanos. ß

DIA 03 DE AGOSTO 2012 PELAS 21h30

CONVOCATÓRIA Exmo. Sócio(a): Convoco V.Exª. a participar na Assembleia-Geral datada de 03 de Agosto de 2012, pelas 21h30, nas instalações do nosso Clube, a qual terá a seguinte Ordem de Trabalhos:

1º Eleição dos corpos sociais para a próxima Época Desportiva; 2º Assuntos de interesse para o Clube. Nota: Se à hora marcada não estiver presente a maioria dos associados, a AssembleiaGeral será iniciada meia hora depois com os associados presentes. Garcia, 17 de Julho de 2012. O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA-GERAL, Luís Miguel Soares Cruz

Ò Ò Engenho

Império já entregou pedido de licenciamento As obras de reconstrução do salão de festas do Sport Império Marinhense, que em 2010 viu o seu telhado abater por força de um vendaval que assolou parte de cidade, vão iniciar-se muito brevemente. A nova Direcção da popular colectividade do Engenho, depois de obter o aval por parte da Assembleia-Geral, para que se iniciassem as obras de reconstru-

ção do salão de festas, não tem parado e, juntamente com a empresa que vai executar a obra, fez entrar já nos serviços técnicos da Câmara, no final da última semana, todos os documentos inerentes para obter a licença de construção. Segundo informações recolhidas, o início dos trabalhos está previsto para muito em breve, de modo a que a obra seja dada como concluída em fi-

nais de Novembro próximo. ÒÒKaraoke continua

Depois do êxito obtido com a realização do espectáculo de karaoke realizado no último sábado e que tinha por finalidade conseguir fundos para as obras de reconstrução do seu salão de festas, o Império vai repetir a dose já no próximo sábado, dia 21. O bar do Clube vai ser

w w w. j o r n a l d a m a r i n h a . p t / t v

o palco e a hora do começo vai ser a mesma, isto é, pelas 21h30, só com a diferença que os DJ’s vão ser outros. Embora o tempo seja de férias, a Direcção espera a boa participação dos sócios e amigos. Entretanto, já estão abertas as inscrições para o 1º Grande Concurso de Karaoke do SIM, que vai ter lugar no próximo mês de Outubro. ß

JMGTV


Local

Jornal da Marinha Grande 19 de julho de 2012

7

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Marinha Grande

Detido por conduzir sem carta Na madrugada do último sábado, dia 14 de julho, cerca da 1h, a PSP da Marinha Grande deteve um cidadão, de 28 anos de idade, em virtude de ter procedido ao exercício da condução de um automóvel sem estar legalmente habilitado. Segundo as autoridades, o veículo em que o indivíduo se fazia transportar já se encontrava apreendido pela polícia. O condutor será agora presente às autoridades judiciárias competentes. ÒÒÁlcool dita detenção

Ò Ò Bar do Sp. Marinhense

Assalto rende ‘meia dúzia de trocos’

O

“Jardim de Talentos”, bar do Sporting Clube Marinhense (SCM), na Embra, recebeu a visita dos amigos do alheio na madrugada da última sexta-feira, 13 de julho. Segundo o JMG apurou no local, foi

um cliente que deu o alerta, cerca das 8h30 quando passava junto ao estabelecimento. A porta, em vidro temperado, foi completamente destruída com recurso a uma pedra de grandes dimensões. Lá dentro, e de acordo com Clara Silva, que está a

explorar o espaço há cerca de seis meses, não houve danos a registar. “Pelo que me apercebi a única coisa que levaram foi a máquina dos brindes, que estava em cima do balcão, e que tinha apenas meia dúzia de moedas”, adiantou ao JMG a responsável. O furto terá ocorrido

Um homem de 33 anos foi detido pela PSP da Marinha Grande cerca das 4h da madrugada do

passado sábado, 14, por se encontrar ao volante de um automóvel com uma taxa de álcool por litro de sangue de 1,33. O indivíduo será presente a Tribunal. ÒÒPSP recupera veículo furtado

A PSP da Marinha Grande recuperou, no passado dia 9 de julho, pelas 12h, um veículo ligeiro de passageiros, que havia sido furtado na noite do dia anterior. O automóvel foi transportado para a esquadra, para serem efetuadas as respetivas peritagens técnicas, sendo posteriormente entregue ao seu proprietário. ß

entre a 1h da madrugada, quando fechou o café, e as 8h30, altura em que foi chamada ao local a PSP da Marinha Grande. De acordo com Fernando Barros, da direção do Sp. Marinhense, uma porta nova custará cerca de 700 euros. ß

Ò Ò Pinus Park

Viatura abalroa fachada de edifício Um automóvel destruiu por completo as portas de vidro que dão acesso ao edifício Pinus Park, na Marinha Grande. Objetivo: assaltar o Pinus Bar Café Uma máquina de tabaco foi furtada no início da semana passada do Pinus Bar Café, na Marinha Grande. Segundo o JMG apurou, o furto teve lugar durante a madrugada, tendo os amigos do alheio recorrido a um automóvel para conseguir entrar no estabelecimento. O caricato é que para

poderem concretizar os seus intentos, os indivíduos tiveram primeiro de abalroar a entrada do edifício Pinus Park, e só depois se conseguiram introduzir no café. De acordo com o proprietário do espaço, o furto causou elevados prejuízos que não conseguiu, no entanto, contabilizar. ß

www.jornaldamarinha .p t · www.rcm .co m .p t

Arrenda-se Portimão

Apartamento com 2 quartos, sala, 2 WC. Cozinha equipada, marquise com máquina de lavar roupa e ferro e tábua de engomar. Boa localização, bons acessos, a 5 minutos, a pé, do centro de Portimão. Perto do Mercado Municipal, do Centro de Saúde e de uma Farmácia. A 10 minutos da Praia. Com possibilidade de mais uma cama desdobrável para criança ou jovem. Ideal para 2 casais e uma criança.

60 euros por dia. Ou 650 euros por quinzena. 50% do pagamento no ato da reserva e o resto do valor na entrega da chave. Contacto: 965 892 011


Local

8

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Cidade e Pinhal

Ò Ò Teatro

Amanhã há passeio pedestre noturno

Praia da Vieira acolhe festival

Está agendado para esta sexta-feira, 20 de julho, a partir das 21h, um passeio pedestre noturno cuja organização está a cargo da Câmara Municipal da Marinha Grande. Para participar basta aparecer em frente ao Arquivo Municipal, junto ao Parque da Cerca. A iniciativa, de participação gratuita, tem como finalidade fomentar na população hábitos de vida saudáveis, além de dar a conhecer os recantos da cidade vidreira e da mata. O passeio será realizado em percurso urbano e em pinhal, numa extensão de 10 quilómetros. A autarquia apela aos participantes para que levem colete refletor e lanterna, para sua maior segurança e visibilidade. ß

Ò Ò S. Pedro de Moel

Queda de falésia faz ferido grave Um ferido em estado grave foi o resultado de uma queda na falésia de São Pedro de Moel. O incidente ocorreu na madrugada do dia 10 de julho, pelas 3h40. Segundo os Bombeiros Voluntários da Marinha Grande, estiveram presentes no local dois efetivos com um veículo, que contaram ainda com o apoio de uma viatura médica de emergência e reanimação de Leiria. O sinistrado foi transportado para o Centro Hospitalar Leiria-Pombal. ß

Vendem-se

mobílias em segunda mão

Sala de jantar, quarto de casal, quarto juvenil/criança Contactos: 969 918 972 // 912 401 703

mentos do Teatresco. Às 21h, o Grupo AltaCena, de Lisboa, apresentará “O menino que queria ser Presidente”, para maiores de 6 anos. Com encenação de José Boavida, a peça retrata a vida de uma criança que sonhava ser presidente mas também futebolista, “para ajudar a família e para poder acabar com todas as injustiças do Mundo”.

ÒÒ4 de agosto - 22h | Grupo ASTA (Covilhã): “Mata-dor”

Maiores de12 anos Co-produção: Teatr’UBI e ASTA Encenação: Rui Pires ÒÒ5 de agosto - 21h | AA’s de Copas (Leiria): “O segredo do gato”

Maiores de6 anos Encenação: Ana Dionísio e Andreia Oliveira

ÒÒProgramação:

É já no próximo domingo, 22 de julho, que arranca na Praia da Vieira a 6ª edição do Festiv’Álvaro, que promete trazer ao concelho vários grupos de teatro amador, com espetáculos diversificados A organização do certame, a cargo do Teatresco – Grupo de Teatro, conta com o apoio da Câmara Municipal da Marinha Grande. Até dia 12 de agosto será possível, aos fins-de-semana, assistir a inúmeras peças de teatro, que vão ter como palco o Auditório António Campos, junto à praia.

Em cena vão estar companhias de teatro amadoras mas também semiprofissionais, oriundas de vários pontos do país. O festival de teatro arranca no próximo domingo, pelas 18h, com uma arruada na Praia da Vieira, pela Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Vieira de Leiria e ele-

ÒÒ28 de julho - 22h | Teatresco:

ÒÒ9 de agosto – 21h | Espetácu-

“A lição”

lo de dança “Marry the night”,

Maiores de12 anos Autor : E. Ionesco Adaptação e Encenação: Pedro Wilson

de Pedro Simões ÒÒ11 de agosto - 22h | Teatro Olimpo (Ansião): “O que há mais são homens” (comédia)

ÒÒ29 de julho - 21h | Triopulante: “Sabemos por que lemos”

Maiores de4 anos Encenação: João Pedrosa

Autor: Luís veríssimo Adaptação e encenação: Casimiro Simões ÒÒ12 de agosto - 21h | Teatres-

ÒÒ31 de julho – 22h | Espetácu-

co: “Pinóquio”

lo de dança “Bionic”, de Pedro

Autor: Carlo Collodi Adaptação e encenação: Pedro Wilson. ß

Simões

Direção Musical: João Labrincha

Ò Ò Política

Assembleia autoriza investimentos plurianuais No total foram 24 os pontos em análise na sessão extraordinária da Assembleia Municipal da Marinha Grande, que teve lugar na noite da passada sexta-feira, 13 de julho. O primeiro ponto em análise, que dizia respeito à 8ª modificação – 2ª revisão aos documentos previsionais de 2012, foi aprovado por maioria com os votos con-

tra da CDU e do BE e as abstenções do MCI e do PSD. Saul Fragata justificou o chumbo deste ponto com a redução de cerca de 2,5 milhões de euros nas despesas de capital, com realce para a retirada de 100 mil euros que estavam destinados à obra de construção do futuro mercado municipal. De seguida foram enumerados

todos os pontos, do 2º ao 23º, referentes aos pedidos de autorização prévia para a assunção de compromissos plurianuais, ao abrigo da Lei dos Compromissos, que foram aprovados por unanimidade. O transporte escolar, o fornecimento de refeições aos alunos e as atividades extra curriculares foram apenas alguns dos assuntos votados.

O 24º ponto, relativo à retificação do valor do endividamento líquido reportado a 31 de dezembro de 2011, foi aprovado por maioria, com quatro abstenções do PSD. Segundo informação da Direção Geral das Autarquias Locais o limite de endividamento líquido do Município da Marinha Grande para o ano em curso é de 3.924.477 euros. ß

Ò Ò Ocorrências

Rutura em forno de vidro causa ferido Os Bombeiros Voluntários da Marinha Grande foram chamados na última terça-feira, 17 de julho, por volta das 20h15, às instalações da Crisal, na Zona Industrial de Casal da Lebre, para combater um incêndio causado por uma rutura num forno de vidro. Segundo o JMG apurou junto de António Peralta, adjunto de comando da corporação marinhense, a rutura, causada pelo deslocamento

de uma pedra do forno, deu-se durante a realização de trabalhos de manutenção da estrutura. Houve a registar um ferido ligeiro que teve de ser transportado ao Hospital de Leiria devido à inalação de fumos. No local estiveram 15 elementos dos bombeiros locais com um total de cinco viaturas, tendo contado ainda com o apoio das corporações da Maceira e da Batalha. ß


Jornal da Marinha Grande 19 de julho de 2012

Economia

9

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Inovação

Grupo Vangest concebe carro todo-o-terreno

Chama-se Vangest JH12, é o primeiro automóvel concebido integralmente no grupo que lhe dá o nome e foi apresentado na última semana na Marinha Grande “Um automóvel de competição 100% português, num projeto inovador de investigação e desenvolvimento de novos processos, tecnologias e novos materiais para potenciar a procura de mais oportunidades no mercado global”. É assim que o grupo Vangest, da Marinha Grande, define o Vangest JH12, um veículo todo-o-terreno que “nasceu da vontade combinada de Carlos Oliveira, administrador do grupo Vangest e piloto de todo-o-terreno, e de João Ornelas, diretor executivo da Grandesign, de substituir o antigo Mitsubishi Pajero com que Carlos Oliveira conquistou o 25º lugar no rali Paris-Dakar de 2003, por um demonstrador das competências

Jornal da Marinha  

GRANDE

Depósito Legal Nº 80254/94 Registo no ICS Nº 100103 Preço avulso: 1,10 euros Série de 26 números (6 meses): 15,00 euros O pagamento é sempre adiantado Fundador José Martins Pereira da Silva Director António José Ferreira ajferreira@jornaldamarinha.pt Redacção António José Ferreira (CP 2614), Carla Fragoso (CP 7388), Alice Marques, Adriano Paiva e José Manuel André Colunistas Osvaldo Sarmento e Castro, António

alargadas do grupo para o design automóvel, a engenharia e o desenvolvimento de produto”. O automóvel, com que Carlos Oliveira participará no Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, resultou do aproveitamento de sinergias entre as 14 empresas do grupo, onde os variados recursos tecnológicos existentes “foram fundamentais para otimizar as características do veículo e acelerar todo o processo de desenvolvimento”. Segundo Carlos Oliveira, “uma das razões fundamentais deste projeto é demonstrar as nossas competências no design e engenharia automóvel”. Com carroçaria em materiais

Santos, Luís Guerra Marques, Joaquim João Pereira, João Cruz, Álvaro André, Nélson Araújo, Pedro Silva, João Saraiva, Gabriel Roldão, Sérgio Bento, Armando Constâncio, Ana Medina Reis, Ana Patrícia Nobre, Nuno Cruz, Ernesto Silva Composição e paginação Bruno Fonseca Serviços Comerciais e Publicidade Mónica Matias (244 502 628) Serviços Administrativos e Assinaturas Mónica Matias monica@jornaldamarinha.pt Apartado 102 - 2431-902 Marinha Grande Telefone: 244 502 628 E-mail: jmg@jornaldamarinha.pt Proprietário Jornal da Marinha Grande, Lda. Contribuinte 502 963 905

compósitos desenhada pela Grandesign, trata-se de um veículo de competição 4x4 com motor BMW 3.0 biturbo diesel de 280cv e chassis tubular em aço, que foi desenvolvido em 9 meses e que custou mais de 150 mil euros. Após várias sessões de testes e ensaios em ambiente real, foram já percorridos mais de 350km em ritmo de competição, “que permitiram a validação definitiva da refinada aerodinâmica, a grande robustez de construção e a elevada performance” do automóvel. ÒÒCrescer em tempo de crise

O grupo Vangest é um líder tecnológico para o desenvolvimento avançado e inovação de produto,

Capital Social 24.939,90 euros Detentores de mais de 10% do capital social António José Lopes Ferreira e João Carlos Cunha da Cruz Gerência António José Lopes Ferreira Sede Travessa de Vieira de Leiria, nº 9 2430 Marinha Grande Impressão FIG - Indústrias Gráficas, SA - Coimbra • Os artigos e as cartas ao director, ao abrigo do artigo 31, nº 4 e 5, não vinculam o diretor, o editor ou a entidade proprietária do jornal, sendo da única e exclusiva responsabilidade do seu autor • O dia de saída do jornal é à quinta-feira, excepto quando coincida com um feriado, passando para o dia imediatamente seguinte.

uma combinação dinâmica de 14 empresas especializadas que fornecem o mercado global com soluções inovadoras de engenharia, moldes e tecnologias de informação. As empresas combinam-se num “cluster” de atividades multidisciplinares, do design à engenharia, passando pela prototipagem e “rapid manufacturing”, até à fabricação de moldes e injeção de plásticos. O investimento constante na investigação e inovação de processos e tecnologias “tem permitido manter, mesmo em tempo de crise, uma dinâmica de crescimento anual superior a 12%, com mais de 90% do volume de negócios destinados à exportação, dos quais 85% para a indústria automóvel”. ß

Características do Vangest JH12 Dimensões: 4600 x 1995 x 1840 mm Distância entre eixos: 2900 mm Peso: 1900 kg (FIA) Motor BMW 3.0L biturbo diesel Sistema de injeção “common-rail” Potência: 280 cv Binário: 640 nm Velocidade máxima: 195 km/h Caixa de 6 velocidades sequencial Embraiagem cerâmica de duplodisco Chassis “Space-frame” tubular em aço/molibdénio/crómio Travões ventilados frente/traseira com pinças de 4 pistões Amortecedores “dual shock” OHLINS 3-vias com freio hidráulico, frente/ traseira Direção progressiva com assistência electro/hidráulica Carroçaria em materiais compósitos (fibra de vidro/fibra de carbono), com reforços em kevlar

Ò Ò Design

Alunos do ISDOM finalistas em concurso nacional Chamam-se Telma Joaquim, Jorge Filipe e Rogério Gaspar os alunos do 1º e 2º ano do Curso de Design do ISDOM da Marinha Grande que acabam de ver um trabalho seu entre os cinco melhores a nível nacional. Os estudantes participaram no passatempo “Via Láctea, Estrelas feitas com Leite e Talento” lançado pela Federação Nacional das Cooperativas de Produtores de Leite (FENELAC), tendo o trabalho sido selecionado para integrar os trinta melhores a nível nacional, os dez melhores na categoria seniores e os cinco melhores trabalhos na categoria arte. Os alunos do Instituto Superior D. Dinis viram o seu trabalho exposto no final do mês passado no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, num evento que contou com a presença dos autores, do júri e do público em geral. O passatempo visou a promoção do consumo diário de leite junto do público jovem, além de estimular a criatividade dos adolescentes. ß

Este jornal está à venda nos seguintes locais:

Este jornal é membro da API

Marinha Grande: Jornaleiro, Jornalinho, Tabacaria “Pierrot”, “VCM”, Papelaria Grani, Repsol, Café Cantinho do Engenho, Tabacaria do Cristal Atrium, Eunice Pereira, Gasogagest, Intermarché, Petrosalsa, Pedroso & Gonçalves, M. Cristina Serra, Papelaria Rumo, Continente da Marinha Grande, Cantinho da Cátia, Repsol - Amieirinha

Tiragem média mês: 14.000 exemplares

Garcia: Loja da Cláudia Vieira de Leiria: O Quiosque e Papelaria Horizonte Albergaria: Posto da Repsol Moita: Mini-Mercado Novo, Petroibérica Martingança: Maria Cidália da Silva S. Pedro de Moel: Pastelaria Arco-Íris (Costa e Caetano) Maceira: Papelaria Balinha, Loja 3 - Intermarché Pataias: Papelaria Central

ESTE JORNAL É IMPRESSO NA FIG Tel.: 239 499 922 Fax: 239 499 981 e-mail: fig@fig.pt


10

Publicidade

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Gostava de receber o JMG por Internet? Sim? Então é muito simples: Faça-nos chegar um cheque no valor de 25 euros, o seu endereço de e-mail... e pronto! Já está. Durante um ano lê o Jornal da Marinha comodamente no seu computador.

Fácil, não é?

Em caso de dúvidas, contacte-nos: 244 502 628

Está com problemas nos seus eletrodomésticos? Instalamos, reparamos e vendemos no domicílio.

www.jornaldamarinha.pt/tv A televisão do nosso concelho

JMGTV

Ar condicionado, arcas, frigoríficos, fogões, fornos e placas Esquentadores, bailarinas e cilindros Fogões a lenha, recuperadores e salamandras Antenas TDT – TNT Francesas e Satélite Máquinas de costura domésticas, semi-industriais e corta e cose. Ligue 910 957 650 E-mail: diamferreira@gmail.com ** www.macorlux.pt


Jornal da Marinha Grande 19 de julho de 2012

Local

11

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Restauração

Ò Ò Publi-reportagem

Marinha Grande ganha espaço com conceito inovador

Dentro em breve a cidade da Marinha Grande vai poder contar com um novo espaço que junta restauração e lazer. Trata-se do Pintainho Piu – restaurante piano bar, com serviço de take away e circuito de mini-golf Os sócios Paulo Sousa e Manuel Cabecinhas, proprietários do espaço O’Sullivan Tavern, na Ponte das Mestras, em Leiria, preparam-se para criar na Marinha Grande

um espaço completamente diferente de tudo o que existe e com um conceito inovador. Direcionado a toda a família, está a nascer nas antigas instala-

ções da Fábrica da Palha, na Rua Vasco da Gama, junto à Estação de caminhos-de-ferro, um complexo que reúne restaurante, com capacidade para 200 pessoas, sala

de grupos ou de eventos, e Quizz Bar, com esplanada. De acordo com Manuel Cabecinhas, o restaurante vai funcionar com ementa fixa: franguinho tipo da Guia, um dos mais apreciados em toda a região, como especialidade da casa, secretos laminados, picanha grelhada e bacalhau à lagareiro, sendo possível em grupos com 8 ou mais pessoas funcionar como rodízio. Aberto de terça-feira a domingo, com espaço próprio para fumadores, vai servir refeições entre as 12h e as 15h e das 19h30 às 23h. No “Pintainho Piu” toda a comida será tradicional, desde as sopas às sobremesas, que prometem fazer água na boca. Com uma decoração entre o rústico e o moderno e boa música ambiente, será possível fazer uma refeição com qualidade a preços acessíveis, já que o espaço vai disponibilizar aos seus clientes a possibilidade de optar por meias

doses. Além disso, diariamente haverá serviço de take away. ÒÒMini-golf e Quizz Bar

Na sala ao lado será possível realizar almoços ou jantares de grupo para um máximo de 60 pessoas, existindo ainda condições para acolher reuniões ou conferências. Finalmente, o terceiro espaço – o Quizz Bar, será dotado de matraquilhos, jogo de setas, snooker e mesa de discos, isto no interior porque lá fora haverá uma esplanada e um circuito de mini-golf, novidade na região, com 18 pistas, para adultos e crianças a partir dos 6 anos. Segundo Paulo Sousa, as noites de sábado no Quizz Bar servirão para testar a cultura geral dos clientes uma vez que será possível jogar uma espécie de “Trivial Pursuit”. Para tal basta adquirir um cartão de jogo e, no final, quem mais acertar ganha um jantar no “Pintainho Piu”. ß


12

Desporto

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò Atletismo

Ò Ò Xadrez

André Pinto vence homenagem a Carlos Quaresma Nos passados dias 7 e dia 15 de julho, alguns amigos do mestre Carlos Quaresma levaram a efeito uma homenagem ao xadrezista que partiu há dois anos, (1957/2010). O Sport Operário Marinhense (SOM) colaborou e apoiou o evento Carlos Quaresma defendeu as cores do Núcleo de Xadrez da Marinha Grande e do Sport Operário Marinhense de 1983 até ao seu falecimento, em 2010. Foi diversas vezes campeão distrital, campeão nacional do Inatel em equipas e individual. Venceu quatro campeonatos de Portugal em Xadrez Postal equipas. Conquistou o título de MI (mestre internacional) da FIDE em xadrez por correspondência. Era, sem dúvida, um mestre de xadrez que ajudou alguns campeões do xadrez da Marinha Grande. José Ribeiro, Jorge Carvalheiro e Daniel Bray são exemplos disso. O torneio foi disputado em cinco sessões por 16 jogadores convidados: José Ribeiro, Daniel Bray, André Pinto, Paulo Fernandes, José Bray, Carlos Dias, Paulo Marçal, Mário Canaverde, Gonçalo Silva, José Lopes, Mário Carvalho, Francisco Cavadas, José Cavadas, Ricardo Oliveira, Rui Feio e Carlos Sirgado. Foi árbitro o jovem Miguel Silva, vindo do Barreiro. Venceu André Pinto de S. Marinho do Porto, já em segundo lugar com igual pontuação ficaram Daniel Bray, José Ribeiro, José Bray e Paulo Fernandes. Foi, sem dúvida, uma homenagem cheia de significado, em que não faltou a emoção. A prova foi exemplar de civismo! Ficou combinado para 2013 uma homenagem mais alargada. Até sempre, Carlos Quaresma!

Associação de Xadrez de Leiria

Patrícia Silva no pódio nacional Realizou-se no fim-de-semana passado, dias 14 e 15 de julho, o Campeonato Nacional de Esperanças (Sub-23) de ar livre, na pista Municipal de Pombal O Clube de Atletismo da Marinha Grande – Imosonho (CAMG-I) fez-se representar na prova pelos atletas Patrícia Silva, Filipa Silva e Pedro Soares. Patrícia Silva foi a atleta que mais se destacou nesta competição, ao subir ao pódio na 3ª posição no salto com vara (com um novo recorde pessoal por 10cm, ficando agora com 3.12m) e dois 4º lugares no triplo salto com 11.70m. No salto em comprimento alcançou a marca dos 5.46m, que é também recorde pessoal para a atleta por 16cm. Filipa Silva classificou-se na 5ª posição no salto com vara com

3m e em 7º lugar no triplo salto com 10.81m. Pedro Soares, regressado de uma lesão, saltou 3.88m no salto com vara ficando em 10º lugar. Coletivamente, e em femininos, o CAMG-I classificou-se em 9º lugar em 37 equipas presentes. Com a realização desta prova termina mais uma época de competições, com bons resultados por parte destes três atletas. A nova época desportiva inicia-se em setembro, com as provas de pista coberta a iniciarem no final do ano.

Patrícia S.

Ò Ò Andebol de praia

Raccons D’Areia vencem torneio com muito BRR11 Os leirienses Raccons D’Areia foram os vencedores da 8ª edição do Torneio de Andebol de Praia de São Pedro de Moel, este ano disputado na Praia Velha, em mais uma organização da SIR 1º Maio. Nos escalões femininos, os triunfos sorriram a equipas da Marinha Grande (BRR11) O Torneio de Andebol de Praia de São Pedro de Moel foi a jornada de abertura do Circuito Regional de Leiria, prova inscrita no Circuito Europeu EBT da modalidade, tendo sido disputado na Praia Velha, em dois dias que reuniram no areal centenas de atletas que disputaram um total de 84 partidas. Na final do principal escalão, Masters Masculinos, a equipa de Leiria, Raccons D’Areia, dominou de forma clara os seus opositores, os Vakedo Gaw/Café Rossio de Aveiro, tendo ganho por 2-0. Este escalão teve como grande surpresa a notável prestação dos jovens leirienses ILC/Cinco mais um, que alcançaram um brilhante 3º posto, dando provas que também na areia, o andebol leiriense tem futuro garantido. No escalão de Masters Femi-

ninos, o triunfo sorriu à equipa da Marinha Grande, BRR11/N. Belchior, impondo-se na final às Fresh da Batalha, por claros 2-0. Nos escalões mais jovens, em masculinos, o domínio foi para os Tátási Team da Nazaré, que dominaram por completo, isto apesar de ter que recorrer ao desempate por lances de contra-ataque para decidir a final. Já em Rookies Femininos, a equipa da Marinha Grande BRR11/Kempa Online mostrou uma enorme superioridade ao longo de todo o torneio, confirmando o favoritismo, pois trata-se de uma equipa com sucessos em anos anteriores, este ano reforçada por algumas atletas de Alcanena. É uma equipa talhada para trazer o título nacional para a Marinha Grande Esta oitava edição do Torneio de Andebol de Praia de São Pe-

dro de Moel tratou-se de mais um sucesso organizativo da SIR 1º Maio, com excelentes momentos de andebol, muita alegria e diversão, este ano no areal da Praia Velha. ÒÒRookies Femininos:

1º BRR11/Kempa Online 2º D. Fuas/Azeitonas 3º És Tu Pi 10 Melhor Marcadora: Ana Carolina Silva (D. Fuas/Azeitonas) Melhor Guarda-Redes: Ana Isabel Silva (BRR11/Kempa Online) Jogadora Mais Espetacular: Carolina Gomes (BRR11/Kempa Online) ÒÒRookies Masculinos:

1º Tátási Team 2º Wait for Us 3º Uepro Melhor Marcador: Ivo Amador

www.jornaldamarinha.pt

·

(Wait for us) Melhor Guarda-Redes: Milton Estrelinha (Tátási Team) Jogador Mais Espetacular: David Millasseau (Tátási Team) ÒÒMasters Femininos:

1º BRR11/N. Belchior 2º Fresh 3º Puro Handball Melhor Marcador: Adriana Bastos (Fresh) Melhor Guarda-Redes: Ana carolina Cardoso (BRR11/N. Belchior) Jogadora Mais Espetacular: Beatriz Santos (BRR11/N. Belchior) ÒÒMasters Masculinos:

1º Raccons D’Areia 2º Vakedo Gaw/Café Rossio 3º ILC/Cinco mais um Melhor Marcador: Diogo Pedro (This is Team) Melhor Guarda-Redes: Rui Pereira (Vakedo Gaw/Café Rossio) Jogador Mais Espetacular: Daniel Gomes (Vakedo Gaw/Café Rossio). ß

www.rcm.com.pt


Jornal da Marinha Grande 19 de julho de 2012

desporto

13

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Ò Ò foto: Arquivo

Ò Ò Natação

DNMG conquista 27 medalhas O Complexo Olímpico de Coimbra acolheu de 6 a 8 de julho, os Campeonatos Interdistritais de Juvenis e Absolutos, em que participaram 377 atletas em representação de 41 clubes Na prova esteve representado o Desportivo Náutico da Marinha Grande (DNMG) cujos atletas conquistaram 8 primeiros, 11 segundos e 8 terceiros lugares. De realçar as prestações de

Ana Eloi, que trouxe para casa as medalhas correspondentes a 4 primeiros, 2 segundos e um terceiro lugares; Daniel Sousa: 2 primeiros e 5 segundos lugares; Margarida Duarte: 1 primeiro, 2 segundos e

2 terceiros lugares; Cátia Clara: 1 primeiro, 1 segundo e 1 terceiro lugares, tendo alcançado ainda o recorde distrital na categoria de sénior nos 1.500m livres com o tempo de 18.12.65; Joana

Domingues: 2 terceiros lugares; Pedro Oliveira: 1 segundo lugar; e Catarina Ribeiro: 2 terceiros lugares. Destaque também para o desempenho de Adriana Alves, Antero Martins, João Silva e Nuno Valério. A orientação técnica dos jovens nadadores foi da responsabilidade de Pedro Lopes e Solange Sousa. ß

Ò Ò Motocross

1ª Prova Bit Bikes: sucesso para continuar transpondo as lombas disseminadas pelo percurso, emocionam de tal maneira, que os aplausos e incentivos chovem a todo o momento, tornando vivo o espectáculo, a despeito do muito pó levantado à sua passagem. Vinte e dois foram os concorrentes à prova, vindos de perto e de longe. Dos contactos que a organização teve, alguns não puderam vir, por razões várias. Mesmo assim, os que deram o seu sim, mostraram-se satisfeitos e estão prontos para voltar, se forem convidados.

A 1ª Prova Bit Bikes organizada pela Associação Social, Cultural e Desportiva de Casal Galego, que teve lugar na tarde do último domingo, dia 14, nos terrenos anexos ao Parque Municipal de Exposições da Marinha Grande, foi um sucesso! E para continuar! A modalidade tem grande número de fãs em todo o país e arrasta multidões atrás de si. E isto porque os pilotos, que são as estrelas

da companhia, pelo seu empenho na condução das máquinas, com a velocidade que imprimem e com os saltos que dão em cima delas,

ÒÒFábio Guerreiro vence prova

A final pro teve como grande vencedor Fábio Guerreiro, seguido de Gregori Reaux e Filipe Costa. A semi pro teve como vencedor Hugo Cunha, colocando-se em segundo lugar Paulo Faria. Manuel Mendes arrecadou o terceiro lugar. Os prémios foram entregues por dirigentes da associação, pela

representante da Junta de Freguesia e pela vereadora da Cultura da Câmara Municipal, Cidália Ferreira. A iniciativa teve o apoio da Câmara Municipal, da Junta de Freguesia e de um número avultado de empresas e instituições da cidade, sem esquecer os sócios e sócias da associação, que se esforçaram durante semanas a preparar o evento. ß

Ò Ò Natação

Filipa Ruivo compete na Bélgica A jovem atleta do Desportivo Náutico da Marinha Grande (DNMG), Filipa Vilas Ruivo, já está de volta ao concelho após a participação no Campeonato da Europa de Juniores de Natação, que teve lugar em Antuérpia, na Bélgica, de 4 a 8 de julho. Em representação do país, e na opinião dos responsáveis do DNMG, a jovem nadadora teve um “comportamento deveras meritório numa competição bastante diferente dos campeonatos nacionais”. Apesar de não ter conseguido subir ao pódio, a atleta obteve as seguintes classificações: 15º lugar nos 800m livres com o tempo de 9.13.24; 12º lugar nos 1.500m livres com o tempo de 17.33.10; e 12º lugar na estafeta 4x200m livres com a marca de 8.41.69. ß

Álvaro Pereira Jr. em 5º lugar O piloto marinhense Álvaro Pereira Jr. integrou o lote dos 22 participantes na prova. Nas qualificações por grupos para decidir os lugares na final PRO, Álvaro Pereira Jr., piloto do Ginásio Físico Loucura, conseguiu um 2º lugar. Ao final da tarde, a final PRO contou com os 14 finalistas, tendo Álvaro Pereira Jr. sido vítima de um mau arranque devido aos problemas técnicos na sua moto causados na manga de qualificação, acabando por terminar na 5ª posição. ß

Ò Ò Pólo aquático

Lousada XXI vence torneio O Complexo de Piscinas Promoel acolheu no último fim-de-semana, dias 14 e 15 de julho, o V Torneio de Pólo Aquático de São Pedro de Moel / Hotel Mar e Sol, promovido pelo Núcleo de Pólo Aquático de Leiria. A prova, que reuniu dezenas de amantes da modalidade, decorreu “de forma descontraída e festiva”, servindo ainda para assinalar o encerramento da época desportiva, como fez saber a organização. Praia, piscina, sol, calor, convívio e pólo aquático foram os ingredientes necessários para que o torneio se traduzisse num “enorme sucesso”.

ÒÒClassificações:

1º Lousada XXI - 2ª divisão nacional 2º Aminata - Évora - 2ª divisão nacional 3º GSMD Talaíde - 2ª divisão nacional 4º Masters do Algés - Velhas glórias, não federada 5º CNTN - Torres Novas - torneios de acesso da FPN 6º AAC - Académica de Coimbra - torneios de acesso da FPN 7º Leiria A e Leiria B (empatadas) - não federadas. ß


Opinião

14

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

»Carta ao Diretor

Aonde pára a água benta? Nestas últimas semanas tenho passado pelo centro da nossa cidade, como tal tenho entrado na Igreja para visitar o meu amigo Jesus Cristo. Já tinha reparado noutras ocasiões, como por exemplo em baptismos ou funerais, que a água benta não existe na nossa igreja! Temos a bacia, pia, penso que é assim que se chama ao local da água benta, mas sempre que vou à Igreja está completamente seca. Alguém me sabe dizer porquê? Será da crise, será por ter havido pouca chuva? Será que se esteja a evaporar, ou talvez a pia esteja com

um furo? Ou será alguma modernice nova que foi introduzida por alguém que pensa que não vale a pena seguir os costumes que tivemos de aprender na doutrina e com os nossos avós? Qual o mistério ou o fenómeno que está a acontecer na nossa Igreja? Pelo que tenho visto a nível nacional, assim como noutras igrejas católicas pelo mundo, sempre que entrei numa havia a água santa. Talvez seja eu que não esteja por dentro da actualidade, mas peço que alguém me informe sobre esta situação.

Jorge Morgado

»Carta ao Diretor

Cuidado com as promoções… É a primeira vez que escrevo para o vosso jornal. Mas quase sempre há uma primeira vez e o assunto que me leva até vós é bastante pertinente. Como quase sempre faço as minhas compras no Pingo Doce e aconteceu-me, e não é a primeira vez, o seguinte. Comprei pêssegos que tinham o preço de 1,99 euros, mas se pagaria apenas 0,99 euros o quilo. No meio de várias compras e com produtos com desconto na loja não dei pelo engano, e quan-

do cheguei a casa vi que me tinham cobrado pelo artigo 1,99 euros o quilo. Claro que voltei ao estabelecimento e me devolveram o que me tinham levado a mais. Mas o que eu pretendo do vosso jornal é que façam um alerta aos marinhenses para estas situações: pensamos que trazemos a um preço e na verdade somos enganados desta maneira.

José C. Marinha Grande

Jardineiro

Manutenção de jardins. Técnico de bonsai. Árvores de fruto. Árvores ornamentais. Sebes, arbustos. Tem problemas e não sabe o que fazer? Ligue: 916 003 143

Opinião Glória à Glória

Dos Santos Victor

Querida Glória: ainda há não muito tempo, neste mesmo jornal, disse o que pensava de si, da amizade com a sua família e também escrevi sobre os momentos difíceis que estava a atravessar, com a terrível doença que estava a suportar. Depois fui para França e praticamente todos os dias estava em contato com o Alfredo, seu marido, que a acompanhou com a maior dedicação e carinho e com toda a cumplicidade sincera que existe entre dois seres humanos que se amam e que veem o amor da maneira mais verdadeira. Como também estava em contato com o Natalino e a Fátima, sempre acompanhei à minha maneira o seu sofrimento, esperando como todos que um dia você me convidasse a almoçar na companhia dos seus.

Em França eu pensava e dizia aos meus familiares que a Glória estava à minha espera para me dizer adeus antes da sua partida para um mundo novo e sem sofrimento. Cheguei a Portugal e no domingo antes da sua partida fui vê-la. Para meu espanto a Glória conheceu-me! Falámos um bocadinho e quando me fui embora a Glória levantou o braço e acenou, a dizer-me adeus, até eu fechar a porta. Esse gesto queria dizer o que eu pensava. Diante de si não chorei, pois não lhe queria dar ar de tristeza. E assim, a sua imagem foi um sorriso de contente por me ter visto. Quando fiquei sozinho no corredor, as minhas lágrimas sinceras correram durante um momento. Mas dentro de mim qualquer coisa dizia que eu tinha feito a minha obrigação diante da pessoa que eu adorava e

em relação à qual sentia uma amizade forte. Hoje, sexta-feira (13 de julho), vou-lhe dizer adeus pela última vez. E quero dizer-lhe, Glória, que esteja a minha amiga onde estiver, pensarei sempre em si! Pode partir em paz, que a minha amizade com a sua família será sempre a melhor e tudo farei, como até hoje, como se a Glória estivesse sempre ao nosso lado. Este ano as Festas de S. Pedro de Moel serão também as festas da Glória, porque a elas dedicou o melhor do seu esforço. Adeus Glória! Um beijinho amigo de saudade. Descanse em paz. Estará sempre connosco. Não vamos esquecer o seu sorriso… ß

»Opinião

A Câmara, as ETAR’s e os terrenos… Exmo. Senhor Director do JMG, a nota de prevenção vinda da Câmara Municipal da Marinha Grande sobre a limpeza dos terrenos, e as consequentes coimas aplicadas pela falta da mesma limpeza, publicada em 28-06-2012 no jornal que dirige, faz lembrar uma situação local, já com vários anos, que é a falta de acesso que alguns proprietários têm aos seus terrenos para executar a dita limpeza e, assim, estarem em conformidade com a lei. Quando há umas décadas atrás a autarquia da altura teve necessidade de construir uma ETAR na estrada da Garcia para o saneamento doméstico vindo da Marinha Grande, houve necessidade de alargar e afundar a ribeira que lhe dava escoamento. Com esses trabalhos os proprietários dos terrenos a poente da mesma ri-

beira deixaram de ter acesso às suas propriedades pelo fundo das mesmas como sempre o tinham feito, deixando de cultivar os seus terrenos. Era-lhes impossível atravessar a ribeira devido à fundura com que a mesma ficou e que levou alguns a protestarem junto da Câmara Municipal na altura. Ainda hoje a situação se mantém, os actuais proprietários de alguns terrenos têm tentado junto das autoridades a resolução do acesso às suas propriedades. A Protecção Civil Municipal diz que não é com eles mas sim com o Ministério do Ambiente através da ARH de Leiria que veio ao local ver e diz que para atravessar a ribeira só com um PONTÃO!? Basta apresentar projecto e requerimentos para a respectiva licença... Será que os terrenos justificam uma tamanha despesa só

para os limpar? Agora que já não há ETAR’s a poluir a ribeira está na altura de a autarquia tomar conhecimento destes casos e em conjunto com os proprietários dos terrenos arranjar uma solução para que deixem de estar isolados e possam ser limpos como a lei manda, pois foi a Câmara na altura que arranjou o problema ao longo do curso da mesma ribeira… Espera-se que não aconteça nada de grave nos terrenos, mas se houver os bombeiros terão que ir pelo AR…, pois pelo fundo da ribeira como antigamente de certeza que não. (Ribeira no seguimento da Ribeira das Bernardas que segue até ao limite a norte do concelho passando pela Garcia e Pilado).

José Rosa da Silva Neto

Arrendo T2

Relva Sintética

Praia da Pedra do Ouro.

Vendemos e aplicamos.

Totalmente mobilado e equipado. Piscina e barbecue. Pertinho da praia. Contacto: 936677889

Desporto: Ténis, futebol, golfe, lazer. Contacto 965 884 038 · www.guiaperfeito.com


Saúde

Jornal da Marinha Grande 19 de julho de 2012

15

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Graça Barbeiro

Ò Ò Saúde

A infertilidade e a Medicina Chinesa (Parte II) Especialista de Medicina Chinesa Clínica NF – M.ª Grande Tel. 916 599 154 www.clinicanf.com

Consultas na Marinha Grande (Clinigrande) Tel: 244 574 060

são realizados durante um período que oscila entre três meses a dois anos, ou seja são efetuados até se alcançar uma gravidez de sucesso.

conjunto de tratamentos? Existem casos em que sejam comparticipadas?

São aplicadas entre 15 a 20 agulhas que permanecem cerca de 20 minutos. Consoante cada caso podem ser utilizadas técnicas semi-permanentes, moxibustão, e electro-acupunctura, entre outras.

Em Portugal o preço de cada sessão ronda os 35 euros. Não são comparticipadas mas existem associações profissionais/seguradoras que dão acesso a um desconto sobre os valores praticados.

A técnica será aplicada a ambos

Existem casos de infertilidade em

os membros do casal ou apenas a

que o uso da acupunctura esteja con-

um? Quais os fatores que podem de-

traindicado ou seja desaconselhado?

terminar esta escolha?

Quais?

Existem vantagens de ambos recorrerem à terapêutica. Mesmo que o problema incida apenas num dos membros, a taxa de sucesso aumenta se ambos aumentarem a sua fertilidade. Há certas condições específicas, como por exemplo o aborto espontâneo recorrente, em que apenas um necessitará que recorrer à ajuda da Medicina Chinesa.

À priori, desde que não tenha havido uma ablação total do aparelho reprodutor, a Medicina Chinesa poderá ser aplicada em qualquer situação.

Quantas sessões poderão ser ne-

Tudo depende do caso clínico em concreto, mas usualmente não ultrapassam as 35 sessões. Qual a duração e regularidade das sessões? Durante quanto tempo deverão ser realizadas?

Novamente são questões que têm de ser personalizadas, mas cada sessão dura cerca de 20 a 30 minutos, as primeiras 12 à razão de uma vez por semana, outras 12 de 15 em 15 dias, passando depois para sessões de mês a mês. Estes tratamentos usualmente

O recurso à acupunctura no trata-

A aplicação de acupunctura para

solução de recurso, quando nenhuma

combater a infertilidade poderá sur-

das técnicas de reprodução da medi-

tir efeitos secundários? Quais?

cina tradicional surte efeito? Porquê?

Poderá levar ao aumento da vitalidade e da libido, fatores mais do que desejáveis neste tipo de situações.

Dada a sua eficácia a Medicina Chinesa poderá ser indicada como primeira opção, como alternativa caso as técnicas de medicina Ocidental não tenham produzido os resultados pretendidos, ou com recurso simultâneo a ambas as abordagens, sendo esta última a opção mais escolhida.

Do ponto de vista da Medicina Chinesa, que fatores podem estar na origem da infertilidade de um casal? Quais as causas mais comuns e quais

cessárias, em média?

na fertilidade entre o casal são causas a serem consideradas, mas acima de tudo o especialista em MC deverá dominar conceitos como: insuficiência do Rim Yang, insuficiência do Baço e Rim Yang, insuficiência do Fígado e Rim Yin, insuficiência/estagnação do Sangue, Humidade-Viscosidades, Compressão do Qì do Fígado, Humidade Frio/Calor e Viscosidades. Noções próprias à MC com ações terapêuticas completamente distintas. É claro que a visão de medicina Ocidental dos problemas que incidem sobre os ovários, os tubos falopianos, o útero, os fatores hormonais que influenciem a ovulação e os fatores relacionados com o esperma (quantidade, forma e mobilidade) não devem ser descurados, mas têm de ser traduzidos para conceitos de MC.

mento da infertilidade deve ser uma

cadas as agulhas?

Literalmente da cabeça aos pés, a escolha dos pontos deverá ser personalizada na consulta.

LOZANO LOPES Doenças do sistema nervoso e coluna

numa sessão de tratamento?

Em que locais do corpo serão apli-

tel. 244 811 324 | telm. 963 972 107 | LEIRIA

(Chefe de Serviço do CHC - Hospital Covões)

Qual o custo médio por sessão/ O que acontece, passo a passo,

Consultas / Urgências / Exames / Cirurgias

NEUROCIRURGIÃO

ÒÒPedro Albuquerque

A Medicina Chinesa, através da acupunctura, pode ajudar os casais inférteis a atingir o seu objetivo de ter filhos. O especialista Pedro Albuquerque adiantou ao JMG como se processa o tratamento

CLÍNICA OTORRINO

Ouvidos ∙ Nariz ∙ Garganta

aquelas em que a MC atua?

Na Medicina Chinesa a infertilidade não é usualmente apresentada como uma patologia, é mais uma incapacidade para alcançar uma desejada mudança corporal, ao invés de uma mudança indesejável que deve ser mantida sob controlo. Além disso, tal como a maioria das síndromes chinesas, resulta não de uma anormalidade estrutural permanente do corpo, mas sim de uma deficiência (muitas vezes subtil) de funções fisiológicas normais. Debilidade constitucional, excesso de trabalho (físico ou intelectual), dieta, fatores emocionais, incompatibilidade

Aconselharia um casal infértil cujo médico (medicina tradicional) não indicou o recurso à acupunctura, a recorrer a esta técnica? Porquê?

Infelizmente ainda existem especialistas de medicina Ocidental que não têm presente toda a ajuda que a Medicina Chinesa poderá dar neste tipo de situações. Os pacientes deverão tomar decisões conscientes e informadas sobre a sua saúde. Decisões que devem ser baseadas em informação de qualidade proveniente de fontes diversas. Esperemos que seja algo que venha a melhorar no futuro próximo. ß

Vamos dar VIDA dando SANGUE! 1ª Terça-Feira do mês 10h30 às 12h30 e 15h às 17h30 Associação de Dadores de Sangue da Marinha Grande

Telefone: 244 504 818


16

classificados JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Compro bibliotecas Fotografias, Quadros, Moedas e Recheios.

Para projecto inovador no âmbito da engenharia, produção de software,

ÂÂPolidor de metais: Operador de máquina de polir metais, bons conhecimentos no polimento de moldes. Tempo completo. IEFP oferta nº 587821587

IEFP

Livros antigos e recentes. Contacto: 962 839 033

na área. Tempo completo. IEFP oferta nº 587820667

EMPREGO PRECISA-se

Centro de Emprego da Marinha Grande

Rua Tenente Cabeleira Filipe, 28 – 2430-306 Telefone 244 567 019 Fax 244 567 027

ÂÂOperador de Engenho de Furar: Experiência de operador de engenho de furar (Mandrilador) e conhecimentos de retificadora plana. Tempo completo. IEFP oferta nº 587822902

E-mail: cte.marinhagrande@iefp.pt

automação industrial e maquinação de peças de precisão, procuramos:

ENGENHEIROS

(m/f)

- Recém licenciados; - Conhecimentos informáticos; - Conhecimentos desenho técnico;

FRESADOR CNC

(m/f)

- Fresagem alta velocidade; - Conhecimentos desenho técnico; - Autonomia e iniciativa. Envie o CV detalhado, com indicação da disponibilidade e nível salarial para pessoalrh@gmx.com Tel: 917 534 933

NORMOLDE, LDA.

Admite

Polidor de moldes com experiência

ÂÂDesenhador: Desenhador/Modelador 3D C/Experiência Programa Soldwords. Tempo completo. IEFP oferta nº 587814753 ÂÂDesenhador: Desenhador com conhecimentos de Autocad construções mecânicas e máquinas industriais. Tempo completo. IEFP oferta nº 587815266

ÂÂSerralheiro de ferramentas moldes cunhos e cortantes: Experiência de serralheiro de bancada para retificação, montagem e desmontagem de moldes. Tempo completo. IEFP oferta nº 587823372

ÂÂDesenhador: Trabalhar na texturização de moldes, curso profissional na área do design gráfico ou modelação (nível IV) ou licenciatura em artes gráficas ou design gráfico, inglês falado e escrito. Tempo completo. IEFP Oferta nº 587818827

As ofertas de emprego divulgadas fazem parte da base de dados do IEFP Para mais informações: http:// www.netemprego.gov.pt/ ou diriga-se ao centro de emprego. O Jornal da Marinha Grande não garante a disponibilidade das mesmas e isenta-se de qualquer responsabilidade em caso de lapso.

ÂÂProgramador – Informática: Programador CAM, com experiência na área dos moldes, conhecimento no fabrico de estruturas, software Tebis, disponibilidade imediata. Tempo completo. IEFP oferta nº 587820054

Imobiliário Arrenda-se ÂÂQuarto: na Marinha Grande. Contacto 911 763 207 ÂÂApartamentos T1, T2, T3: com e sem mobília e, Lojas. Junto à Escola Calazans. Contacto 244 573 440

ÂÂTorneiro Mecânico: Torneiro de moldes CNC. Tempo completo. IEFP oferta nº 587820297

ÂÂT2 no centro da cidade e loja: na Av.ª 1º de Maio nº 83. Trata o proprietário: 919 087 519

ÂÂFresador Mecânico: Fresador CNC com experiência ou formação

ÂÂGaragem – Ordem (35m2): Para automóvel, autocaravana, etc. Sitas na Travessa Arnaldo Barbeiro – Ordem. Telemóvel 919 356 504 (Marque Visita)

Diversos ÂÂEducadora de Infância: aceita crianças até aos 5 anos para trabalhar em ambiente familiar. Contacto: 917 991 704 ÂÂMudanças 24h/dia: Incluindo fins-de-semana. Disponibilidade imediata. Contacto: 960 032 771 ou 910 148 270 ÂÂAnanail’s: Unhas de gel – 14€; Gelinho – 10€; Verniz de gel 7,50€. http://facebook.com/ananails.nails de segunda a sábado em Casal Galego. Marcações: 929 264 738

ÂÂApartamento T2: Mobilado, na Pedra do Ouro. 400 euros por mês. Contacto: 936 677 889 ÂÂArrendam-se quartos: Figueiras, WC privativo. Serventia cozinha. Contacto: 916 321 911

Imobiliário Compra-se ÂÂMoradias: Tem uma moradia semi-nova ou nova para vender? Troco por T3. Tel.: 936 677 889

Diversos Vende-se ÂÂVende-se: Prateleiras de supermercado, vitrina de 2 metros e uma arca frigorífica com divisórias. Contacto: 935 964 781 ÂÂVende-se: PP e PEAD moído, cores e natural. Contacto: 962 069 543 ÂÂVende-se quarto juvenil: Com duas camas, secretária e mesa de cabeceira: 969 918 972 ÂÂVende-se: Quarto de casal, com duas mesas de cabeceira, cómoda, camiseiro e roupeiro. Em estado novo. Contacto: 912 401 703

ÂÂPladur: Executam-se trabalhos em pladur, tetos falsos e eletricidade. Contacto: 919 973 787 ÂÂCavalheiro: 64 anos, procura senhora livre. Assunto sério. Contacto 916 968 111 ÂÂExiste uma solução para si. Tem prestações em atraso? Penhoras no vencimento? Está a pensar “entregar” a casa ou o carro ao banco? Tlm: 915 992 772 ÂÂDão-se: gatinhos, na cidade da Marinha Grande. Telefone: 914 580 925 // 919 737 733

Classificados

é no JMG Ligue agora para o 244 502 628 ou escreva-nos para Travessa Vieira de Leiria, nº 9, Marinha Grande

Algarve

Arrenda-se casa para férias. Para mais informações contactar:

Empresa de Injeção de Plásticos na Alemanha

para os seus quadros

ÂÂOperador de máquinas ferramentas de comando numérico: Experiência de operador e programador CNC para programar máquinas e maquinar peças. Tempo completo. IEFP oferta nº 587823367

ÂÂEmpregado de mesa: Com experiência. Tempo completo. IEFP oferta nº 587817851

ZONA INDUSTRIAL CASAL DA LEBRE - MARINHA GRANDE CONTACTO: 244 542 652

precisa

ÂÂEmpregado de mesa: Com curso de formação Mesa/Bar e/ou experiência. Tempo completo. IEFP oferta nº 587823111

ÂÂT3 com garagem: bem localizado, 300,00 euros/mês. Contacto 244 503 784 ou 910 362 426

919 523 510 / 968 634 080 938 120 616 / 917 327 899 / 914 864 764

Arrenda-se Vivenda

Bem localizada. Contactos: 967 810 888 e 912 706 559

Operador/es/as de Máquina de Injeção para montagem e afinação de moldes para a produção. Com conhecimentos de Inglês (nível básico). Já existem operadores portugueses na empresa. Resposta a este jornal ao nº 6582 via CTT ou para o e-mail emprego@jornaldamarinha.pt

48 anos de vida em comum João Frias /// Maria Lopes Frias João Carvalho Frias e esposa, contra ventos e marés, comunicam a passagem de mais um aniversário de casados e agradecem a todos quantos contribuíram para esta união que, no dia 4 de Julho de 2012, atingiu a bonita meta dos 48 anos. A todos, um sincero bem-haja!

CLASSIFICADOS · JMG NOME: MORADA: CÓD. POSTAL:

LOCALIDADE:

TELEFONE:

Como Preencher

TEXTO A ANUNCIAR

1. Escrever o anúncio pretendido na quadricula. Cada letra deve ser escrita num dos quadrados, deixando um quadrado livre entre cada palavra. 2. O pagamento deverá ser enviado juntamente com o cupão, os preços indicados incluem IVA 23%. 3. O anunciante deverá levantar todas as respostas na sede do Jornal da Marinha Grande. 4. O anúncio a publicar deverá ser entregue até ao final de cada Segunda-feira anterior à saída do Jornal da Marinha Grande. Para outras dimensões contacte-nos ou consulte a nossa tabela.

A nossa morada Travessa Vieira de Leiria, 9, Apt. 102 2431 - 902 Marinha Grande www.jornaldamarinha.pt E-mail: jmg@jornaldamarinha.pt Tel. 244 50 26 28

Número de publicações:

2 (duas) Publicações

75 quadrados (obrigatório) 100 quadrados 125 quadrados

Secção: Imobiliário Emprego Automóvel Diversos

4 (quatro) Publicações

10 Euros 15 Euros 13 Euros 19 Euros 16 Euros 23 Euros Classificados com fotos: acresce 5 euros ao preço de tabela

Arrendar Precisa-se Compra Mensagem

Venda Oferece-se Venda Explicações

Trespasse Arrenda-se Aluga-se Geral

Compra


Jornal da Marinha Grande 19 de julho de 2012

diversos

17

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Desapareceu de casa, perto do Centro de Saúde. Tem 10 anos 919 133 115 - Dá-se Recompensa.

CARTÓRIO NOTARIAL DE LEIRIA Notária Natália Dias Lopes Certifico, para efeitos de publicação, que por escritura de Justificação, lavrada a doze de Julho de dois mil e doze, de folhas cento e oito a folhas cento e dez do livro de notas para escrituras diversas número 2-B deste Cartório: TEÓFILO PEDROSA FERNANDO e esposa MARIA GUIOMAR TOMÉ LETRA, casados sob regime de comunhão geral de bens, ambos naturais da freguesia de Vieira de Leiria, concelho da Marinha Grande, residentes na Rua Raul Brites Quiaios, 8, lugar de Talhões, Vieira de Leiria, Marinha Grande, NIF 160 882 389 e 160 882 397. PELOS PRIMEIROS OUTORGANTES FOI DITO: Que são donos e legítimos possuidores com exclusão de outrem, dos seguintes prédios: UM PRÉDIO RÚSTICO, composto de terreno de cultura, com área de mil e cinco metros quadrados, sito no lugar de TALHÕES DA VIEIRA, freguesia de VIEIRA DE LEIRIA, concelho de MARINHA GRANDE, a confrontar do norte com Herdeiros de Joaquim da Silva Abreu e outro, do sul com caminho, nascente com José Abreu Lameiro e do poente com Amadeu Dias Henriques, inscrito na respectiva matriz do artigo 5.738, com valor patrimonial para efeitos do IMT, selo e atribuído de duzentos e nove euros e quarenta e nove cêntimos, a desanexar do prédio descrito na Conservatória do Registo Predial da Marinha Grande sob o numero SEIS MIL TREZENTOS E VINTE E SETE/VEIRA DE LEIRIA anteriormente descrição numero 27 a folhas 15 verso do libro B-1, com a seguinte inscrição: Apresentação 8 de 1963.10.24 a favor do Instituto de Gestão e Estruturação Fundiária, anteriormente Instituto de Reorganização Agrária;

Leiria, 12 de Julho de 2012 A colaboradora, Sandra Marina Rodrigues Gouveia

CARTÓRIO NOTARIAL DE LEIRIA Notária Natália Dias Lopes Certifico, para efeitos de publicação, que por escritura de Justificação, lavrada a doze de Julho de dois mil e doze, de folhas cento e seis a folhas cento e sete verso do livro de notas para escrituras diversas número 2-B deste Cartório: JOSE CARLOS ALBUQUERQUE PACHECO e esposa LEONOR DE JESUS FERNANDES PEDROSA FAUSTINO PACHECO, casados sob regime de comunhão geral de bens, naturais ele da freguesia de Castelo de Penalva, concelho de Penalva do Castelo e ela da freguesia de Vieira de Leiria, concelho de Marinha Grande, residentes na Rua Dr. Artur Neto de Barros, nº 27, Talhões, Vieira de Leiria, Marinha Grande, NIF 159 861 470 e 146 719 514. PELOS PRIMEIROS OUTORGANTES FOI DITO: Que são donos e legítimos possuidores, com exclusão de outrem, do seguinte prédio: PRÉDIO RÚSTICO, composto de terreno de cultura, com a área de trezentos e dezoito metros quadrados, sito no lugar de TALHÕES DA VIEIRA, freguesia de VIEIRA DE LEIRIA, concelho de MARINHA GRANDE, a confrontar do norte com caminho, do sul com António José Ribeirete, do nascente com João Ricardo Pereira e do poente com Maximiano do Nascimento, inscrito na respectiva matriz sob o artigo 5.378, com o valor patrimonial para efeitos do IMT, selo e atribuído de cinquenta e três euros e cinquenta e nove cêntimos, a desanexar do prédio descrito na Conservatória do Registo Predial de Marinha Grande sob o numero SEIS MIL TREZENTOS E VINTE E SETE/VIEIRA DE LEIRIA anteriormente descrição número 27 a folhas 15 do livro B-1, com a seguinte inscrição: Apresentação 8 de 1963.10.24 a favor do Instituto de Gestão e Estruturação Fundiária, anteriormente Instituto de Reorganização Agrária; Que o imóvel veio à posse deles primeiros outorgantes, já no estado de casados, em mil novecentos e oitenta, por compra meramente verbal feita a António da Silva Sapateiro e esposa Maria Dinis Boiça, casados sob o regime de comunhão geral de bens, residentes que foram em Vieira de Leiria, Marinha Grande. Que o referido António da Silva Sapateiro no estado de casado com Maria Dinis Boiça, adquiriu o imóvel, ao Instituto de Reorganização Agrária por alvará de propriedade definitiva de sete de Outubro de mil novecentos e setenta e sete; Que, por falta de título, não têm, eles justificantes, possibilidade de comprovar, pelos meios normais, o seu direito de propriedade penal. Mas a verdade é que são eles os titulares desse direito, pois vêm possuindo o mesmo bem desde aquela data, há, portanto, mais de trinta anos, sempre em nome próprio e na firme convicção de não lesar direitos de outrem, sem a menor oposição de quem quer que seja, e com o conhecimento de toda gente, ostensiva e ininterruptamente desde o seu início, posse essa que se tem materializado pelo aproveitamento agrícola de que os mesmo é susceptível, quer zelando pela sua conservação e pagando os respectivos impostos. Que esta posse pública, pacífica, contínua e de boa-fé fundamentou a aquisição do respectivo direito de propriedade por usucapião, o que pela sua natureza impede a demonstração documental do seu direito pelos meios extrajudiciais normais. ESTÁ CONFORME O ORIGINAL Leiria, 12 de Julho de 2012 A colaboradora, Sandra Marina Rodrigues Gouveia

Certifico, para efeitos de publicação, que por escritura de Justificação, lavrada a doze de Julho de dois mil e doze, de folhas cento e onze a folhas cento e doze verso do livro de notas para escrituras diversas número 2-B deste Cartório: ANTONIO PEDROSA GUERRA e mulher MARIA DE LOURDES MENDES VIEIRA GUERRA, casados sob regime de comunhão de adquiridos, naturais ele da freguesia de Vieira de Leiria, concelho de Marinha Grande, ela da freguesia de Carvide, concelho de Leiria, residentes na Rua Meia Calçada, 7, Vieira de Leiria, Marinha Grande, NIF 132 190 478 e 187 530 190. PELOS PRIMEIROS OUTORGANTES FOI DITO: Que são donos e legítimos possuidores, com exclusão de outrem, dos seguintes imóveis: UM PRÉDIO RÚSTICO, composto de terra de semeadura, com a área de trezentos e oitenta metros quadrados, sito em PALHAGUEIRA, freguesia de VIEIRA DE LEIRIA, concelho de MARINHA GRANDE, confronta do norte David Duarte Pereira, do sul com Vala da Pedra, do nascente com Manuela Galo Pereira e do poente com Manuel Domingues Farto, inscrito na respectiva matriz sob o artigo 4265, com o valor patrimonial para efeitos do IMT, selo e atribuído de cento e trinta e seis euros sessenta e um cêntimos, omisso no registo predial: DOIS PRÉDIO RÚSTICO, composto de terra de semeadura, com área de mil cento e noventa metros quadrados, sito em PALHAGUEIRA, freguesia de VIEIRA DE LEIRIA, concelho de MARINHA GRANDE, confronta do norte José Tomé – herdeiros e outros, do sul com Vala da Pedra, do nascente com José Gomes - herdeiros e do poente com Dionísio Farto Henriques, inscrito na respectiva matriz sob o artigo 4266, com o valor patrimonial para efeitos para efeitos do IMT, selo e atribuído de quatrocentos e vinte e três euros e cinquenta e três cêntimos, omisso no registo predial: TRÊS PRÉDIO RÚSTICO, composto de terra de semeadura, com a área de quatrocentos metros quadrados, sito em PALHAGUEIRA, freguesia de VIEIRA DE LEIRIA, concelho de MARINHA GRANDE, confronta do norte José Tomé – herdeiros, do sul com Vala de Pedra, do nascente com Manuel Domingues Farto e do poente com Joaquim Natário e outros, inscrito na respectiva matriz sob o artigo 4267, com o valor patrimonial para efeitos do IMT, selo e atribuído de cento quarenta e um euros e três cêntimos, omisso no registo predial: Que os identificados prédios vieram à sua posse em mil novecentos e noventa, por compra meramente verbal feita pelos justificantes, já no estado de casados, a Maria Isabel Rodrigues Chavinha, divorciada, residente que foi na Rua Joaquim Tomé Feteira, 52, Vieira de Leiria, Marinha Grande. Que, por falta de título, não têm, eles justificantes, possibilidade de comprovar, pelos meios normais, o seu direito de propriedade plena. Mas a verdade é que são eles os titulares desse direito, pois vêm possuindo os mesmos bens desde aquela data, há, portanto, mais de vinte anos, sempre em nome próprio e na firme convicção de não lesar direitos de outrem, sem a menor oposição de quem quer que seja e com o conhecimento de toda a gente, ostensiva e ininterruptamente desde o seu início, posse essa que se tem materializado pelo aproveitamento agrícola de que os mesmos são susceptíveis, quer zelando pela sua conservação e pagando os respectivos impostos. Que esta posse, pública, pacífica, contínua e de boa-fé, fundamentou a aquisição do respectivo direito de propriedade por usucapião, o que pela sua natureza impede a demonstração documental do seu direito pelos meios extrajudiciais normais. ESTÁ CONFORME O ORIGINAL Leiria, 12 de Julho de 2012

3º Ano de Eterna Saudade Maria Anália Gaspar Ribeiro Fernandes Residia na Ordem Falecida a 24/07/2009

Um dia Deus tirou-me do céu a estrela mais brilhante. Do mar a pérola mais bonita. Dos anjos o sorriso mais lindo. E tudo isto Deus tirou-me a pessoa maravilhosa (Tu), desde que partiste para ti… Teu sempre marido que nunca te esquece. Teu marido, filho, nora e restante família recordam-te com eterna saudade, mandando celebrar missa por intenção de tua alma no próximo dia 24/07/2012, pelas 19 horas, na Igreja Paroquial da Marinha Grande. Agradecem, antecipadamente, a todos os que, com a sua presença, honrem este ato.

1º Ano de Eterna Saudade Jacinto António “Ramos” Residia em Vieira de Leiria Falecido a 24/07/2001

Sua esposa, filhos, nora, netos e restante família, recordam-no com eterna saudade, mandando celebrar missa por intenção de sua alma no próximo dia 24/07/2012, pelas 19h30, na Igreja Paroquial da Marinha Grande. Agradecem, antecipadamente, a todos os que, com a sua presença, honrem este ato.

3º Ano de Eterna Saudade Manuel da Silva Santos Falecido a 20/07/2009 Residia nas Trutas

Comunica-se que se realiza missa por intenção de sua alma no próximo dia 20/07/2012, pelas 19 horas, na Igreja Paroquial da Marinha Grande. Partiste e não voltaste mas estarás sempre junto de mim meu Amor. Eterna saudade de tua esposa, filho, nota e netos.

A colaboradora, Sandra Marina Rodrigues Gouveia

José Duarte Fernandes “José Leiria” N. 19.03.1926 - F. 15.07.2012 Natural de Marrazes - Leiria Residente em Picassinos - Marinha Grande

AGRADECIMENTO Seus filhos, netos e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer de forma especial a todas as pessoas de suas relações e amizade que neste momento de dor e tristeza manifestaram o seu pesar. A família comunica a todas as pessoas de suas relações e amizade que a missa por sua alma será realizada dia 20 de Julho (sexta-feira), pelas 19h, na Igreja da Marinha Grande. A todos, o nosso muito obrigado.

Descansa em paz.

PRESTAMOS SERVIÇO NO CONCELHO DE MARINHA GRANDE

DOIS PRÉDIO RÚSTICO, composto de terreno de cultura, com a área de mil e quarenta e três metros quadrados, sito no lugar de TALHÕES DA VIEIRA, freguesia de VIEIRA DE LEIRIA, concelho de MARINHA GRANDE, a confrontar do norte com caminho, do sul com vala, nascente com Antonio da Cunha Feteira e do poente com Maria Ferreira, inscrito na respectiva matriz do artigo 5.739, com valor patrimonial para efeitos do IMT, selo e atribuído de duzentos e dezassete euros setenta e seis cêntimos, a desanexar do prédio descrito na Conservatória do Registo Predial da Marinha Grande sob o numero SEIS MIL TREZENTOS E VINTE E SETE/VIEIRA DE LEIRIA anteriormente descrição numero 27 a folhas 15 verso do libro B-1, com a inscrição atrás identificada; Que estes imóveis vieram à posse deles primeiros outorgantes, já no estado de casados, em mil novecentos e oitenta, por compra meramente verbal feita a Maria Pereira, viúva, residente que foi na Rua da Boavista, Páteo da Galega, nº18, 2º Lisboa; Que a referida Maria Pereira, adquiriu os imóveis, já no estado de viúva ao Instituto de Reorganização Agrária por alvarás de propriedade definitiva, ambos de vinte e oito de Fevereiro de mil novecentos e setenta e sete; Que, por falta de título, não têm, eles justificantes, possibilidade de comprovar, pelos meios normais, o seu direito de propriedade plena. Mas a verdade é que são eles os titulares desse direito, pois vêm possuindo os mesmos bens desde aquela data, há, portanto, mais de trinta anos, sempre em nome próprio e na firme convicção de não lesar direitos de outrem, sem a menor oposição de quem quer que seja e com o conhecimento de toda a gente, ostensiva e ininterruptamente desde o seu início, posse essa que se tem materializado pelo aproveitamento agrícola de que os mesmos são susceptíveis, quer zelando pela sua conservação e pagando os respectivos impostos. Que esta posse, pública, pacífica, contínua e de boa-fé, fundamentou a aquisição do respectivo direito de propriedade por usucapião, o que pela sua natureza impede a demonstração documental do seu direito pelos meios extrajudiciais normais. ESTÁ CONFORME O ORIGINAL

CARTÓRIO NOTARIAL DE LEIRIA Notária Natália Dias Lopes

Agradecimento Álvaro Marques Pereira 80 anos Residia na Marinha Grande Falecido a 11/07/2012

Sua esposa, filho, nora, netos, bisneto e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que o acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma, lhes manifestaram o seu pesar.

Agradecimento

Agradecimento

Piedade da Conceição Pedrosa

Glória Maria Oliveira da Silva Monteiro

62 anos Residia na Ordem Falecida a 11/07/2012

67 anos Residia em S. Pedro de Moel Falecida a 12/07/2012

Seu filho, neto, irmãos, cunhados, sobrinhos e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que a acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma, lhes manifestaram o seu pesar.

Seu marido, filhos, noras, netas e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que a acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma, lhes manifestaram o seu pesar.

Agradecimento

Agradecimento

Maria Celeste Martins da Conceição

Maria da Piedade Agostinho Frutuoso Ferreira “Quinhas”

41 anos Residia em Casal dos Ossos Falecida a 10/07/2012

Sua mãe, irmã, cunhado e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que a acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma, lhes manifestaram o seu pesar.

62 anos Residia na Boavista Falecida a 15/07/2012

Seu marido, filhos, genro, nora, neto e restante família, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que a acompanharam à sua última morada ou que, de qualquer outra forma, lhes manifestaram o seu pesar e informam que será celebrada missa de 7º dia no próximo dia 21/07/2012, pelas 19 horas, na Igreja Paroquial da Marinha Grande.


diversos

18

Jornal da Marinha Grande

www.jornaldamarinha.pt

JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

Totoloto

Como utilizar

3 - 6 - 13 - 38 - 45 + *4

os QR do JMG 1º Passo: através do seu telemóvel aceda a www.getqrreader.com e instale o leitor QR apropriado. 2º Passo: inicie a aplicação e faça a leitura do código QR apontando a câmara do seu equipamento ao mesmo.

Farmácias de Serviço

Marinha Grande 5ª

Roldão

244 502 641

Moderna

244 502 834

Sáb. Duarte

244 503 024

Magic Mike

quarta-feira 5 - 30 - 31 - 40 - 45 + *3

Channing Tatum, Olivia Munn, Adam Rodriguez Ano: 2012 País: EUA Género: Comédia Duração: 110 Realização: Steven minutos Soderbergh Classificação: Intérpretes: Matthew Maiores de 12 anos McConaughey, Sinopse: Mike (Channing Tatum) é um empreendedor. Um homem cheio de talentos e com muito charme, que passa os dias a perseguir o sonho americano, e por todos os ângulos possíveis e imaginários: desde construir telhados de casas, passando pela reparação de carros, até ao design de mobília para o seu condomínio na praia de Tampa. Mas à noite ele é simplesmente… mágico. O chamariz mais hot num mundo de machos, Magic Mike tem sido o rei do Club Xquisite há vários anos, com o seu estilo original e os seus passos de dança sempre à frente. Quanto mais as mulheres o adoram, mais elas gastam, o que deixa Dallas (Matthew McConaughey), o

Joker 6.064.833

Euromilhões 8 - 18 - 25 - 35 - 46 + *4 *9 terça-feira 2 - 7 - 24 - 43 - 46 + *8 *10

Lotaria Clássica 1º Prémio................................... 31088 2º Prémio................................... 38504 3º Prémio................................... 55191

Lotaria Popular 1º Prémio................................... 64855

dono do clube, muito feliz. Quando Mike conhece Kid (Alex Pettyfer), rapidamente se apercebe do seu potencial e decide torná-lo seu protegido, ensinando-lhe toda a arte da dança, das festas, de como atrair mulheres e ganhar dinheiro fácil. Não demora muito até a nova aquisição do club conquistar as suas próprias fãs, à medida que o verão abre todo um novo mundo de diversão, amizade e bons momentos... ß

2º Prémio................................... 39501 3º Prémio................................... 24401 4º Prémio................................... 24298

Gostava de receber o JMG por Internet?

Dom. Santa Isabel 244 575 349 2ª

Guardiano

244 502 678

Central

244 502 208

Roldão

244 502 641

Aproveite as de ser

vantagens

Leiria 5ª

Central

244 817 980

Lino

244 832 465

Sáb. Higiene

244 833 140

Dom. Avenida

244 833 168

Oliveira

244 822 757

Baptista

244 832 320

Sanches

244 892 500

Sim?

C U P Ã O D E A S S I N AT U R A

assinante

DO JMG

> Desconto na Publicidade

até 25%

Serviço de Atendimento ao Assinante:

244 502 628

Nome:

Então é muito simples:

Morada: Localidade:

C. Postal:

Telefone:

Actividade Profissional:

Assinatura Anual 30 euros Assinatura Anual online 25 euros

País:

Assinatura Semestral

15 euros

Faça-nos chegar um cheque no valor de 25 euros, o seu endereço de e-mail... e pronto! Já está. Durante um ano lê o Jornal da Marinha comodamente no seu computador.

Junto envio cheque/vale postal nº_________sobre o banco___________no valor de __________ emitido à ordem de Jornal da Marinha Grande, Lda. para pagamento da minha assinatura. Enviar num envelope para Jornal da Marinha Grande Travessa Vieira de Leiria, nº 9 - Apartado 102, 2430-902 Marinha Grande E-mail: jmg@jornaldamarinha.pt • Internet: www.jornaldamarinha.pt

Fácil, não é?

Em caso de dúvidas, contacte-nos: 244 502 628

carneiro 21.03 > 20.04

TOURO 21.04 > 20.05

GÉMEOS 21.05 > 21.06

CARANGUEJO 22.06 > 22.07

LEÃO 23.07 > 22.08

VIRGEM 23.08 > 22.09

Tenha cuidado com aqueles de quem gosta, pois tem propensão para discutir coisas que anteriormente acharia benéficas. Se tem um grande interesse na conquista do poder, tente ser mais tolerante. Se for a vítima, defenda os seus direitos. A sua confiança e energia parecer-lhe-ão esgotadas, pelo que sentirá uma certa desilusão.

Em breve verá a sua vida sob uma nova e emocionante perspetiva, o que lhe trará algo que sempre desejou mas achava ser impossível. Se planeia viajar, fará novas amizades. Alterará certamente a sua atitude em relação ao mundo. Nada receberá de mão beijada. Tem de trabalhar arduamente para obter o que deseja.

Pode resolver com facilidade novas situações, pois consegue lidar com as mudanças lógica e ordenadamente. Pode achar desejável trabalhar com outras pessoas em projetos para os quais não vê limitações; essas pessoas fornecer-lhe-ão uma perspetiva diferente e emocionante sob a qual possa ver esses mesmos projetos.

Aquilo que julga serem traumas, e que portanto esconde de si e dos outros, vai neste momento ocupar-lhe o pensamento. Será uma recordação que, tempo volvido, estará agora mais habilitado a julgar. Verá que é exagerada a proporção que lhe deu, e ficará preparado para avaliar com naturalidade possíveis situações idênticas.

Pode entrar em contacto com alguém mais velho que lhe dará possivelmente um conselho. O cumprimento das suas obrigações e deveres, com uma atenção calma e persistente, resultará em sucesso no seu futuro. Poderá ver-se envolvido em ações de organização e planeamento. Se se sente em baixo, concentre-se naquilo que é importante.

O Sol em bom aspeto com Plutão é um tempo de desenvolvimento pessoal ou, caso esteja seriamente envolvido com alguém, de desenvolvimento como casal. Poderá haver uma súbita libertação de força, um flash da introspeção e consequente reflexo na solução de problemas já antigos ou, ainda, ocorrer uma inesperada liberdade.

BALANÇA 23.09 > 22.10

ESCORPIÃO 22.10 > 21.11

SAGITÁRIO 22.11 > 20.12

CAPRICÓRNIO 21.12 > 19.01

AQUÁRIO 20.01 > 18.02

PEIXES 19.02 > 20.03

Poderá sentir uma sensação de insatisfação, a impressão de que lhe falta alguma coisa. Por outro lado verá sublinhada uma maior capacidade de estratégia, um maior sentido crítico, uma maior concentração de energia. Há uma ideia fixa que não o larga, e para cuja realização parece realmente estar predestinado.

O atual trânsito de Neptuno transporta-o para preocupações que excedem o campo meramente material e físico. Terá tendência para se debruçar com maior interesse no campo espiritual. É possível que as ciências ocultas prendam a sua atenção e que procure encontrar uma explicação para o considerado sobrenatural.

Intelectualmente, é um momento recheado de situações inesperadas que lhe poderão pedir rápidas resoluções. Por isso, esteja atento para conseguir dar uma resposta plena a situações imprevistas. Nesta altura pode sentir, inesperadamente, maior inquietação, maior instabilidade ou mesmo uma frequente vontade de não parar em lugar nenhum.

Não desperdice a sua energia com alguém que tem a tendência para o tratar mal, pois amar implica uma clara reciprocidade. Não será difícil de reconhecer, apesar de, a princípio, ter alguma dificuldade em acreditar no que está a acontecer. Evite forçar relações emocionais e mantenha à distância aqueles que se impõem em excesso.

O sentido do dever pode, de alguma forma, conduzir os seus prazeres. A lealdade e o autocontrolo, principalmente em relação aos membros mais velhos da sua família, poderão dar-lhe um sentimento de satisfação interior. Os seus relacionamentos são sóbrios e confiantes, tendo uma atitude realista em relação aos problemas.

Os seus sonhos, imaginação e vida espiritual estão em expansão. Um projeto em que tenha vindo a investir muito há bastante tempo poderá concretizar-se neste momento. Tem em si uma forte necessidade de alcançar algo que melhore a sua posição na vida. É capaz de conduzir os negócios, assuntos profissionais e legais com sucesso.


Jornal da Marinha Grande 19 de julho de 2012

publicidade JORN AL DA M ARI N H A GR AN DE

antes

depois

Tratamento à base de Queratina Bioactiva Orgânica, que reestrutura e suaviza o cabelo, eliminando o encrespado e favorecendo o alisamento. Resultados imediatamente visíveis que se mantêm

Mais informações Telf: 244 569 721 · Telm: 914 800 249

ao longo do tempo.

Pode ser aplicado em todo o tipo de cabelo.

19


MAis e Menos da Semana Carlos Oliveira O dinamismo de Carlos Oliveira e a sua paixão pelo todo-o-terreno levaram à conceção de um veículo com recurso ao know-how das empresas do grupo Vangest, do qual é administrador.

Meteorologia Quinta-feira

Câmara Municipal Onze anos após a integração da Freguesia da Moita no concelho da Marinha Grande muito há ainda por fazer. O executivo camarário não pode nem deve olhar só para a Vieira.

Não . . . . . . . . . . . 78,6% Sim. . . . . . . . . . . .21,4% Questão disponível no nosso site: A Freguesia da Moita fez bem em integrar-se no concelho da Marinha Grande? NOTA: Os resultados apurados não têm qualquer valor científico, não correspondendo a qualquer sondagem ou estudo de opinião, ilustrando apenas a preferência de quem respondeu à nossa questão no site do JMG, www.jornaldamarinha.pt, entre os dias 05/07/2012 e 11/07/2012.

Fotografia da semana

Veículos abandonados desde outubro de 2010 Rua Joaquim Marques Nobre - Portela

O seu jornal

na internet

Céu limpo. Vento em geral fraco. Pequena descida da temperatura mínima.

Ò Ò Acessos à Zona Industrial

A sua opinião conta Concorda com as obras que a Câmara está a fazer junto à Zona Industrial de Casal da Lebre?

Sexta-feira

Céu pouco nublado ou limpo. Vento em geral fraco. Neblina ou nevoeiro matinal.

‘Era impossível fazer uma rotunda na entrada’ A nova configuração da Estrada dos Guilhermes, que ganhou recentemente duas rotundas, continua a gerar insatisfação quer em empresários como em trabalhadores na Zona Industrial de Casal da Lebre. A autarquia garante que todas as decisões foram tomadas com base em estudos técnicos sobre a mobilidade no local Nas últimas semanas muito se tem falado sobre os incómodos que a obrigatoriedade de recorrer às rotundas tem criado junto à Zona Industrial (ZI). Um empresário, que preferiu manter o anonimato, considera que a obra foi projetada sem ir ao terreno, na medida em que não percebe por que motivo o arruamento paralelo não desemboca diretamente na rotunda a norte da ZI. “Aquilo como está vai gerar mais acidentes e as filas que antes se verificavam à saída da Zona Industrial às horas de ponta mantêm-se, simplesmente as pessoas deixam de poder virar à esquerda, mas o perigo de acidentes continua”. “Por que razão não se cortou parte do terreno nas traseiras da Crisal para

aí se fazer uma nova entrada/saída na Zona Industrial e só depois é que se cortava o acesso?”, questiona o empresário. ÒÒCâmara responde

Numa visita recente ao local, o presidente da Câmara garantia que todos

os trabalhos estão a ser executados consoante o que foi projetado tendo em conta que se trata de uma Zona Industrial e, por isso, com uma série de imposições legais específicas. A rotunda norte, além de permitir, no futuro, a abertura de um arruamento para a Comeira, dará acesso a uma saída de emergência nas traseiras da Crisal, “que não pode ser alargada devido à existência de uma vala no local”. O autarca explicou ainda que no caso da rotunda sul foi acautelada a futura abertura de uma entrada e saída na ZI assim que a Autoridade Florestal Nacional liberte o terreno contíguo à última empresa aí localizada. Paulo Vicente, vice-presidente da autarquia, reforça que o projeto de requalificação da Estrada dos Guilhermes teve por base um estudo da Universidade de Coimbra e que o arruamento paralelo, além de contribuir para dignificar aquela zona da cidade permite melhorar as condições de acesso a todas as empresas ali situadas. ß

Serviço gratuito de 15 de julho a 31 de agosto Horários Dias Úteis POSTO TURISMO (São Pedro)

SÁBADOS

PRAIA VELHA

POSTO TURISMO (São Pedro)

DOMINGOS E FERIADOS

PRAIA VELHA

POSTO TURISMO (São Pedro)

PRAIA VELHA

Partida Regresso

Partida Regresso

Partida Regresso

9h40

9h45

9h40

9h45

9h20

9h25

14h30

14h35

16h10

16h15

14h45

14h50

16h00

16h05

Regresso

Partida

Regresso

Partida

Regresso

Partida

11h45

11h40

19h00

18h50

11h45

11h30

19h15

19h00

18h45

18h30

Edição 2519