Page 1

www.jmijui.com.br

Ijuí, Sexta-feira, 3 de junho de 2016

Ano 43 - Nº 268

Serviço de parquímetros não funciona em Ijuí Moradores relatam que algumas máquinas ficam desligadas em períodos do dia e logo depois voltam a funcionar, gerando confusão sobre o horário de funcionamento e aplicação de multas. | 5

R$ 3,00

Falta de recursos faz com que rua volte a ser mão dupla Instalação de sistema binário é adiada e Rua Mato Grosso deixa de ser mão única. | 5

Economista alerta para importância da gestão fiscal

Número de roubos em 2016 já supera o ano passado

Para Antônio da Luz, gastos em excesso levaram País à crise. | 3

Reincidência preocupa as forças de segurança de Ijuí. | 11

EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO

GRÊMIO FALHA NA BOLA AÉREA Tricolor perdeu para o Palmeiras em partida de sete gols no Pacaembu | 12

Comissão reduz prazos para votação do impeachment Presidente da comissão reduziu prazo em 20 dias, o que gerou protestos.Diante disso, questão será apreciada pelo STF. | 9

Crianças participaram de diversas atividades de orientação e conheceram a PRF | 4

cmyk


RADAR CURSO DE ATUALIZAÇÃO- A Unijuí, por meio da Assessoria e Serviços Comunitários (ASC), está com as inscrições abertas para a 1ª edição do curso de Atualização de Diretor de Ensino e 16ª edição do Curso de Examinador de Trânsito. O curso de Atualização tem 30 vagas disponíveis, com duração de 20 horas. Para o Curso de Examinador de Trânsito, as inscrições seguem até o dia 18 de julho, no site da Unijuí. São 20 vagas aos interessados, sendo que o curso tem duração de 28 horas.

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 3 de junho de 2016

OLHO DA RUA INDICADORES Poupança 3.6.2016 ..........................0,7035% Ouro 19.5.2016....................... R$ 138,10 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,5853 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,5859 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,5200 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,7400 Euro (compra) .............................. R$ 3,9991 Euro (venda) ................................. R$ 3,9996 IPC/FIPE Abril/ /2016.........................0,0,46% IGPM Abril//2016 ................................. 0,33% INPC/IBGE Abril/2016 ...........................0,64% IPCA Abril/ /2016..................................0,61% IGP-DI-FGV Abril//2016 .........................0,36% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144

NOITE DO PIJAMA- Amanhã, o Instituto de Idiomas Yázigi irá promover sua tradicional noite do pijama. A noite será de muitas atividades, gincana e diversão para os pequenos. Irão participar do evento alunos e amigos de alunos Yázigi e interessados em conhecer a escola. A faixa etária será de 9 a 10 anos. Não deixe seus filhos fora desta! Mais informações (55) 3332-9508.

ENDIVIDAMENTO - O endividamento das famílias gaúchas encerrou o mês de maio com o índice de 62,3%. Para se ter uma ideia do crescimento, esse percentual era de 50,6% no mesmo período do ano passado. O percentual de famílias com contas em atraso também cresceu neste mês de maio na comparação com o mesmo mês de 2015: saiu de 18,9% para 28,8%. A parcela da renda comprometida com dívidas aumentou e passou para 31,8% em maio. O tempo de comprometimento mantevese em 7,6 meses ao ano. O cartão de crédito segue como o principal meio de dívida dos gaúchos, apontado por 79,3% dos endividados, seguido por carnês (33,6%), financiamento de veículos (11,7%) e cheque especial (10,2%). DIREITO DE PERGUNTA - Recentes registros de roubos voltaram ao noticiário do município (ver mais na página 11). Na noite de quarta-feira, o último foi atendido próximo a Fidene. Na região há uma câmera instalada, mas como se sabe, não está em funcionamento. Há uma conversa preliminar de que o prazo para a conclusão na instalação do sistema seja prorrogado. A promessa de funcionamento já extrapolou os dois anos de espera. E aí, como faz? CONSULTA POPULAR - Ontem Ijuí recebeu a primeira audiência pública para a Consulta Popular. O encontro é realizado pelo Conselho de Desenvolvimento do Município de Ijuí (Codemi). Além de debater a Consulta Popular, a pauta contempla, ainda, eleição da coordenação municipal do Processo da Consulta Popular 2016/2017; definição de até cinco programas/ações prioritárias; eleição de delegados na proporção de um para cada 30 participantes da Assembleia Municipal e assuntos gerais. Conforme a coordenadora do Codemi, Ana Isa dos Reis,para este ano, o governo do Estado disponibilizou R$ 50 milhões para a Consulta Popular.

cmyk

LOTERIAS NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º 2º 3º 4º 5º

Cena não muito comum nos tempos atuais, onde as brincadeiras de rua deram espaço para computadores e celulares, crianças foram registradas brincando de bolita, no bairro Getúlio Vargas, preservando a infância em sua essência.

ENTRE ASPAS

"Os recursos aumentarão e, como acabei de revelar, os débitos, aliás este é um dos débitos existentes com o passado, serão saldados", disse o presidente interino, Michel Temer, sobre investir mais em cultura já que o Minc foi extinto. "Gravidade ímpar, sobretudo, ao se levar em consideração a recente história nacional e as possibilidades de ruptura que declarações desse tipo podem trazer à sociedade brasileira”, argumentam os deputados Júlio Lopes (PPRJ), Carlos Sampaio (PSDB-SP), Pauderney Avelino (DEM-AM), Rubens Bueno (PPS-PR), Antônio Imbassahy (PSDB-BA), Paulo Pereira da Silva (SD-SP), sobre o impeachment ser chamado de golpe.

8.152 5.337 2.396 5.614 6.062

CONCURSO nº

MEGA SENA CONCURSO nº

1821

04 09 21 34 54 59 LOTOFÁCIL CONCURSO nº

1369

03 04 05 09 10 11 12 13 14 16 17 18 21 22 24

PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

Getúlio

4099

07 15 24 27 52

"Está sendo autorizado o uso de uma substância que a comunidade brasileira e internacional não conhece em relação ao câncer", disse o presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), Florentino Cardoso. "Não acreditamos que seja um golpe suave ou de outro tipo. O que ocorreu no Brasil seguiu o processo legal constitucional e respeitando completamente a democracia", afirmou o embaixador americano, Michael Fitzpatrick.

-

QUINA

“Não estamos discutindo um texto a favor de governo A e contra governo B. Temos que encontrar uma solução para o setor energético, mas não podemos, diante da necessidade de se encontrar essa saída, jogar a conta para o nosso consumidor", disse o líder do PDT, Weverton Rocha (MA), sobre a MP que deve reajustar a conta de luz.

Resultados de quarta

MULHERES RURAIS - Foi realizado ontem, no auditório da ESF Meio Rural, o primeiro módulo da Capacitação Políticas Públicas para Mulheres Rurais no Município. A atividade foi aberta com a devolutiva dos dados referentes à pesquisa que indicava o nível de conhecimento desse segmento de mulheres sobre as políticas públicas destinadas a elas. Em seguida, teve início a capacitação com informações sobre Políticas Públicas de Inclusão Produtiva, com o Engenheiro Agrônomo Volnei Righi e pelo técnico agrícola da Emater/RS-Ascar, Edvin Bernich.

2


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 3 de junho de 2016

GOVERNANÇA PÚBLICA

"Temos que exigir mais responsabilidade fiscal"

A recessão brasileira se aprofundou neste início de ano. No primeiro trimestre de 2016, o Produto Interno Bruto (PIB) teve queda de 0,3% em comparação com os três meses anteriores, segundo o IBGE. Foi a quinta queda trimestral seguida do PIB brasileiro. Em 2015, a economia brasileira "encolheu" 3,8% – o pior resultado em 25 anos. A queda na atividade econômica é explicada, em grande parte, pelo rombo nas contas do governo federal. Para o economista Antônio da Luz, o desequilíbrio fiscal da União, patrocinado por gasto público sem escalas nos últimos anos, é a raiz do problema. "A crise não tem nenhum aspecto positivo, apesar de podermos tirar dela algumas lições. No caso da crise atual, ficará o aprendizado de que jamais devemos eleger governos que promovam a desordem fiscal, seja de qual partido for. A verdade é que o País vive uma recessão sem precedentes por causa de governos gastadores como Lula e Dilma. Temos que exigir mais responsabilidade fiscal por parte da União, porque quem paga a conta somos todos nós", avalia o

economista. Na visão de Antônio da Luz, o controle da inflação também é um dos piores vilões da economia brasileira, que possui um potencial nocivo à população assalariada, que perde cada vez mais poder de compra. "Cansamos de avisar que inflação alta, fechamento de vagas de emprego e recessão da economia iria acontecer. Todos que conhecem um mínimo de teoria econômica sabiam que esse sistema de gasto público irresponsável iria levar o País ao colapso, é uma questão matemática: gastar mais do que se arrecada leva a uma situação insustentável", explica Antônio da Luz. O economista cita exemplos de países como Chile e Coréia do Sul, que há três décadas apresentavam economias pouco desenvolvidas e atualmente se destacam pelo pleno desenvolvimento, para mostrar a importância da realização de reformas nos principais setores da gestão pública brasileira. "Chile e Coréia do Sul tinham economias muito pequenas até 1980. Com uma visão diferente, esses países fizeram reformas

cofres públicos até ontem. No Rio Grande do Sul, onde o rombo nas contas públicas para 2016 é projetado em R$ 5 bilhões, foram sonegados mais de R$ 3,05 bilhões até ontem,

conforme o painel eletrônico lançado pelo Sindicato dos Técnicos Tributários da Receita Estadual (Afocefe). Os valores se referem exclusivamente ao volume de ICMS sonegado.

Pedidos de falência aumentam 27% Os pedidos de falência cresceram 27,5% entre janeiro e maio na comparação com o mesmo período de 2015, informou ontem o Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). Já comparação com maio de 2015, a quantidade de falências subiu 34%. Em relação a abril deste ano, o aumento foi de 9%. No acumulado em 12 meses, a

alta foi de 28,3%. A quantidade de falências decretadas também subiu em maio, com alta de 26,2% em relação ao mês anterior. No acumulado dos primeiros cinco meses do ano, o aumento foi de 13,9% na comparação com o mesmo período de 2015. Em relação a maio do ano passado, o avanço foi ainda mais forte, de 39,2%. As recuperações

Sindilojas promove palestra sobre vendas O auditório do Sindilojas Noroeste recebeu, nesta semana, a apresentação do site Comércio Facilitado para as empresas integrantes do projeto Varejo Competitivo da Moda na regional Noroeste. Na oportunidade, os empresários foram recepcionados pelo presidente do Sindilojas Noroeste, Élio Quatrin, que destacou a importância do Comércio Facilitado para que as empresas possam se inserir no mundo das vendas online. Na sequência fez o uso da

palavra o gerente do projeto da empresa The Best Life Coaching, Christian Fontes Bezerra. Ele afirmou que Ijuí está um passo à frente com a implantação do projeto. “Temos a chance de ser um exemplo para todo o País com o Comércio Facilitado. O comércio online cresceu 37% no ano passado e a tendência é crescer cada vez mais”, explica. Os empresários presentes no evento tiveram a oportunidade de ver como a ferramenta funciona e verificar as facilidades para se inserir no projeto.

Antônio da Luz

previdenciárias, fiscais, políticas e educacionais e hoje estão entre os lugares mais prósperos do mundo. O Brasil abandonou sua pauta de reformas há muito tempo, além de abandonar a política econômica que nos deu estabilidade nos anos 90. Na prática, houve excesso de inventividade na economia brasileira, e agora o problema precisa ser resolvido por uma solução simples e segura: diminuir o gasto público".

Sonegação atinge R$ 3 bilhões no RS Em 2015, a sonegação de impostos no Brasil atingiu R$ 530 bilhões. A estimativa é do Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz). As perdas vêm crescendo substancialmente, já que no ano de 2013 foram sonegados R$ 415 bilhões, enquanto em 2014 o painel da sonegação fiscal, o Sonegômetro, registrou R$ 501 bilhões. O déficit das contas públicas em 2016 anunciado pelo governo federal é de R$ 170 bilhões. Em comparação, o Sonegômetro nacional mostra que diexaram de entrar R$ 218,3 bilhões nos

3

judiciais (medida para evitar a falência, pedida quando a empresa perde a capacidade de pagar suas dívidas) também aumentaram. A quantidade de pedidos de recuperação judicial de empresas privadas e as recuperações judiciais deferidas mais que dobrou no acumulado do ano, com aumento de 124,7% e 123,9%, respectivamente.

Gerente de projeto Christian Bezerra apresentou dados sobre comércio on line

Sindicato vê negociações facilitadas neste ano No ano passado, os trabalhadores dos setores de comércio e serviços em todo o Estado tiveram longas negociações com as representações patronais, até chegarem a acordos de reajuste salarial. O principal ponto de polêmica foi o reajuste de 16% previsto para o salário mínimo regional. O valor foi contestado até mesmo judicialmente por entidades empresariais e, no fim das discussões, o reajuste teve de ser concedido aos trabalhadores. Para o presidente do SindiComerciários de Ijuí, Ari José Bauer, a dificuldade nas negociações do ano passado não devem se repetir em 2016. "O Piso Regional não foi questionado neste ano, o índice foi acordado junto às entidades patronais. No nosso caso em Ijuí, não há como Sindilojas dizer que não reconhece o Piso, e é algo que já foi tratado na primeira reunião de negociação que tivemos. Agora, vamos tentar ganhar algo acima da inflação, mas acredito que não haverá tanta dificuldade como no ano passado", afirma Bauer. Outro tema que preocupa o setor varejista neste ano é o elevado número de vagas de trabalho fechadas. O fenômeno, decorrente da retração econômica do País, é sentido em menor escala em Ijuí. "Nós temos homologado algumas

Ari José Bauer

rescisões, mas muitas delas são pedidos por parte dos próprios trabalhadores, devido à alta rotatividade que é característica do comércio. Acredito que, por estarmos em uma região agrícola, onde as safras têm sido bastante satisfatórias, as demais atividades acabam sendo beneficiadas, e o varejo não é diferente", avalia. No mês de abril, segundo dados do Ministério do Trabalho, o varejo gaúcho fechou mais de 1,2 mil vagas de emprego. Em Ijuí, apenas 13 vagas foram fechadas.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 3 de junho de 2016

4

ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS

CEO regional poderá ser ampliado Dois Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) tipo um atuam em Ijuí e juntos atendem a 23 municípios da região. Diante do aumento da demanda e da complexidade dos atendimentos, há uma busca para a transformação de um desses centros em tipo dois. Para isso, é preciso que a solicitação seja autorizada pela 17ª Coordenadoria Regional de Saúde, pela Secretaria Estadual de Saúde e, por fim, pelo Ministério da Saúde que é responsável por emitir uma portaria transformando um desses centros em tipo dois. O CEO regional de Ijuí é um dos únicos do Estado que atende a região. “É um serviço especializado e os municípios menores não têm demanda suficiente para terem seus próprios serviços e então se organizaram, por meio de um consórcio, e encaminham a Ijuí seus pacientes diariamente, na área de cirurgia oral menor e periodontia”, explica o cirurgião dentista e coordenador técnico do CEO regional, Erlon Becks. O Centro está localizado no

novo prédio do Hospital Bom Pastor, no bairro São Geraldo, e atua no município há seis anos. Erlon conta que o funcionamento está acelerado, com muitos atendimentos. “Em Ijuí há dois CEOs tipo 1, em função da demanda existente e da complexidade estamos solicitando ao Ministério para que um deles se torne tipo 2, e com isso ampliará o número de atendimentos e sua complexidade”, reforça. Ao passar de tipo um para tipo dois, o CEO não sofre grandes alterações em relação ao seu funcionamento. Além de mudar sua portaria no Ministério da Saúde, a portaria, que necessitará da emissão de uma nova autorizando o serviço em Ijuí, o CEO tipo 2 mantém o mesmo número de equipamentos e profissionais, mas aumentando os procedimentos/ mês e a complexidade. Dentro deste contexto, é importante destacar que o CEO regional é o único do Estado que atende pacientes com necessidades especiais em bloco cirúrgico.

“Ontem pela manhã atendemos no HCI um paciente de Ajuricaba que necessitava de uma anestesia geral por ter um problema de alergia à anestesia local, então tivemos que fazer em nível hospitalar. O CEO regional também faz esse trabalho que é diferenciado porque temos dois profissionais habilitados pelo Ministério da Saúde para atendimento de pacientes especiais em nível ambulatorial ou hospitalar”, frisa Erlon. De acordo com ele, um levantamento realizado nos últimos anos coloca o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) em destaque em relação aos demais centros do Estado, atualmente cerca de 40, em função do atendimento diferenciado a pacientes especiais e a parte de cirurgia oral menor, que permite a biópsia de detecção precoce de câncer de boca. “Temos um alto índice de câncer de boca em nossa região em função do fumo e da bebida destilada, então temos no serviço a possibilidade que os municípios encaminhem, via Secretarias

Pesquisa monitora envelhecimento As professoras Evelise Berlezi e Lígia Frantz da Unijuí coordenam uma pesquisa sobre o envelhecimento feminino e integra o Grupo de Envelhecimento Humano da Universidade e envolve diversos profissionais e alunos da graduação, pós e mestrado, além da participação de alunos do mestrado de gerontologia da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). “O objetivo da nossa pesquisa é trabalhar com mulheres no climatério, que vão dos 35 aos 65 anos de idade, em que começam a acontecer mudanças hormonais no organismo da mulher, ela passa a sair do período de reprodução e começam a reduzir os hormônios, principalmente o declínio de estrogênio. Em função disso, nosso objetivo é acompanhar como ocorre o processo de envelhecimento”, explica Lígia. A pesquisa é delineada por quatro linhas: manifestações clínicas transitórias e fenômenos antrópicos urinários decorrentes do declínio de estrogênio; modificações no estado emocional decorrentes do declínio de estrogênio; farmacologia do envelhecimento; estudo epidemiológico de doenças crônicas não-transmissíveis. A pesquisa teve início em 2014 e segue até 2018 e as informações estão sendo reunidas em um banco de dados e tem apoio da Secretaria Municipal de Saúde

cmyk

Pesquisa identifica mudanças hormonais nas mulheres em envelhecimento

além de acadêmicos dos cursos de Nutrição, Fisioterapia e Farmácia que integram o projeto. “Estamos captando mulheres no Município, nesta faixa etária, e depois fazemos reavaliações com elas, nossa pesquisa é de corte em que vamos acompanhando as mesmas mulheres, os mesmos grupos durante um determinado tempo”, conta Lígia. Ela acrescenta que as mulheres participantes da pesquisa precisam estar cadastradas nos Estratégias Saúde da Família (ESFs) do Município. Lígia esclarece que ainda não consegue dar dados conclusivos da pesquisa, mas que já foi constatado alto índice de sobrepeso e obesidade; doença de síndrome metabólica que envolve hipertensão e diabetes; e o uso elevado de

medicamentos. Já participaram da pesquisa mulheres do Centro Social Urbano, do Luis Fogliatto, do Assis Brasil e o próximo será o bairro Glória. “Nossa pesquisa é importante porque além de fazer várias coletas realizamos muitas oficinas de alimentação saudável, orientações de fisioterapia e até mesmo de uso de medicamentos, então são várias situações que acabamos trabalhando com essas mulheres e aí elas são beneficiadas também”, descreve Lígia. “Ter uma velhice saudável vai depender de cada um de nós, de pensarmos como é o nosso estilo de vida. Devemos cuidar da alimentação, realizar atividades físicas, procurar não se estressar muito, são fatores que vão levar a um envelhecimento saudável.”

Procedimento cirúrgico com paciente especial foi realizado na manhã de ontem, no HCI

Municipais de Saúde, pacientes para diagnóstico de lesão bucal e, muitas vezes, conseguimos

detectar uma lesão inicial e esse paciente consegue ter um prognóstico mais favorável”.

Crianças visitam a Polícia Rodoviária Federal Na manhã de ontem, a Polícia Rodoviária Federal recebeu a visita de mais uma turma de alunos que participam do Festival Estudantil Temático de Trânsito (Fetran). De acordo com o chefe de delegacia da PRF, Edemilso Schopf, foram trabalhadas questões de cidadania, educação e segurança e, principalmente, uma atividade recreativa com as crianças sobre o trabalho dos policiais. O Fetran é um projeto de educação para o trânsito que utiliza atividades pedagógicas e inclui transversalmente a temática Trânsito no cotidiano

escolar. Schopf acrescenta que as ações do festival devem ter continuidade durante todo o ano, “a proposta é inserir o tema trânsito nas escolas para que os temas sejam trabalhados na escola sem que interfira no conteúdo programático”. Em junho todas as escolas participam de um evento de integração e socialização. Na região, cinco escolas participam das ações do Fetran, três de Ijuí (a Escola Ruy Ramos; Dona Leopoldina e Escola Amazonas), uma em Bozano (a Escola Municipal Bozano) e uma em Coronel Barros (a Escola Miguel

Ação faz parte do Festival Temático de Trânsito da PRF com as escolas municipais


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 3 de junho de 2016

PARQUÍMETROS

População questiona problemas em máquinas Algumas pessoas entraram em contato com o Grupo JM reclamando que o parquímetro próximo a 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), na Rua 15 de Novembro, tem apresentado problemas de funcionamento. Segundo relatos, na quarta-feira o parquímetro estava desligado ao meio-dia e voltou a funcionar por volta das 14h, momento em que as agentes de trânsito estariam no local emitindo multas para esses veículos sem ticket. “Estacionei às 12h17 na Rua 15 de Novembro e o parquímetro estava desligado. Tudo bem. Coloquei a moeda e ele devolveu a moeda, e então deixei o carro sem ticket. E eram 14h, tinha quatro azulzinhas multando, na mesma rua, porque o parquímetro já estava ligado”, relata uma das moradoras que pediu para não ser identificada. “Isso para mim é uma forma de fazer uma fábrica de multas, porque desliga e o pessoal estaciona e não coloca ticket, e então ligam e multam. É o segundo dia que fazem isso”, desabafa. No entanto, a moradora conta que explicou a situação para a agente de trânsito que realizava a fiscalização naquele local e, portanto, não recebeu a multa. "Mas multou vários outros que estacionaram naquele local, neste horário. Eu vi pela janela do apartamento onde eu estava que

Parquímetros na Rua José Bonifácio, e na Ernesto Alves, não estão funcionando

estavam multando, então fui até lá, expliquei a situação e paguei", comenta. De acordo com o coordenador municipal de Trânsito, Glevando Maicá, os parquímetros são programados para funcionar 8h às 17h, sem intervalos. Atualmente, Ijuí conta com 15 parquímetros, mas dois não estão funcionando, um na Rua Ernesto Alves e outro na Rua José Bonifácio. “Quando uma das máquinas apresentar problema de funcionamento, a pessoa deve entrar em contato com a Coordenadoria de Trânsito pelo telefone 3332

9537 e informar qual máquina está apresentando problema e será repassado aos técnicos para resolver o problema e nesse período não é cobrado a utilização do estacionamento”, explica Maicá. Segundo ele, os agentes de fiscalização de trânsito têm a orientação de não emitir multas de regularização quando os parquímetros apresentam falhas. Em 2015, quatro novos parquímetros foram instalados no município, que atualmente possui 800 vagas de estacionamento rotativo, mas que necessitaria de pelo menos 2 mil vagas para atender a demanda da cidade.

5

Falta de recursos adia instalação de sistema A situação envolvendo o trânsito ijuiense levantou alguns questionamentos na comunidade. A partir de hoje, o trânsito na Rua Mato Grosso sofrerá uma nova alteração. A via, que era de mão única no trecho da Rua 13 de Maio até a Sepé Tiarajú, volta a ser de mão dupla. E, na próxima semana, a Rua Sergipe, que está com mão única no trecho entre a Rua 13 de Maio e a Doutor Pestana, passará também a ser de mão dupla. O sistema de mão única nessas vias foi instalado no dia 29 de outubro de 2015, nem um ano depois e após inúmeras reclamações da comunidade, que organizou até mesmo um abaixo-assinado solicitando providências, as ruas voltam ao sentido anterior. Questionado sobre o retorno das vias ao sistema inicial, após investimento em projeto para sua transformação em mão única, o coordenador municipal de Trânsito, Glevando Maicá, explica que

as alterações foram realizadas porque seria feito um sistema binário entre a Rua Mato Grosso e a Sergipe, o que não será mais possível para este ano, sendo um dos fatores a falta de recursos. "O sistema binário seria extenso e necessitaria de investimento em placas e sinalização", acrescenta. “No horário de pico, por não estar no sistema binário, a Rua 13 de Maio estava apresentando conflito de veículos e o trânsito em determinados horários estava intenso”, explica. Com a decisão de não instalar o sistema binário, para minimizar esses problemas, Maicá conta que o Executivo municipal realizou um estudo no local e constatou que a solução passa pelo retorno de mão dupla na Rua Mato Grosso. Questionado se a decisão foi incentivada pelo abaixo-assinado organizado pelos moradores, Maicá afirmou que não tem conhecimento deste documento.

Equipe do Núcleo Viário municipal realizou alterações na Rua Mato Grosso, ontem

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Sexta-feira, 3 de junho de 2016

VOLTA POR CIMA

O

Plano de Mobilidade Urbana de Ijuí foi lançado com pompas há alguns anos, e desde então tem sido defendido pela atual administração pública como um conjunto de ações que melhorou o trânsito de Ijuí, principalmente nas áreas centrais. Com planejamento viário para atender a crescente frota de veículos na área urbana, o Plano foi responsável por modificações significativas no trânsito ijuiense, entre eles a instalação de rótulas em cruzaTodos sabemos da ne- mentos considerados cessidade de obras que perigosos. A medida melhorem o trânsito na mais impactante, pocidade, mas é preciso rém, é a adoção do também um melhor pla- sistema binário, que nejamento da aplicação consiste na transforde recursos para obras mação de vias em mão única, com senviárias em Ijuí. tido alternado entre ruas paralelas. A promessa era de que a medida, além de facilitar o número de vagas de estacionamento, iria dar mais fluidez ao trânsito. As alterações geraram polêmica. Muitos comerciantes, por exemplo, temiam que implantação da mão única nas ruas onde suas empresas estavam

localizadas diminuiria o movimento de veículos e, consequentemente, de consumidores. É possível dizer, porém, que em muitos casos a adoção do sistema binário foi positiva. Toda mudança gera uma rejeição inicial, e há exemplos que mostram a melhora no fluxo de veículos, principalmente em horários de pico. No entanto, nem todas as regiões da cidade comportaram o sistema. É o caso da rua Mato Grosso,que, poucos meses após a implantação de obras que alteraram o fluxo de veículos, será novamente transformada em via de mão dupla. A justificativa apresentada pelo poder público é que a falta de recursos impedirá a inclusão da via no sistema binário. Obras que seriam realizadas na rua Sergipe, paralela a Mato Grosso e que formaria o sistema de corredor, serão postergadas. Chegamos, então, à conclusão de que uma pequena parcela de recursos públicos foi jogada no lixo. Isso porque, além das adaptações na sinalização viária, todo um estudo de mobilidade foi contratado para definir as mudanças que ocorreram. Todos sabemos da necessidade de obras que melhorem o trânsito na cidade, mas é preciso também um melhor planejamento da aplicação de recursos para obras viárias em Ijuí.

PONTO DE VISTA

Rogério Kerber

ter impactado a procura? Não temos conhecimento de que isso tenha sido motivo de que eventualmente alguém não tenha procurado as vacinas gratuitas. Temos que compreender que o RS é o único Estado brasileiro que vinha fornecendo ou doando vacinas ao longo de um bom tempo. Evidentemente, é compreensível que a situação mudou, há uma necessidade importante e escassez de recursos, que se revisse esse posicionamento transmitido pelo poder público. Independente de qualquer situação, é obrigação de quem produz, cumprirmos com a nossa obrigação de vacinar os animais da melhor forma. Aquele que não realiza isso, compromete o esforço do seu vizinho que cumpriu com a sua obrigação.

Presidente do Fundo de Defesa Sanitária Animal (Fundesa) fala sobre agricultura e a vacinação contra a febre aftosa

Em relação a vacinação contra a febre aftosa, o que pode destacar? Foi realizada a conclusão da etapa de maio da vacinação contra a febre aftosa. A expectativa que se tem, é que dentro de uma normalidade do transcorrer do trabalho, que tenhamos alcançado um índice vacinal expressivo. É importante, uma vez que o setor de produção vem mantendo a vacinação, contribuindo em manter afastado qualquer risco de um evento sanitário no território gaúcho. A diminuição do número de doses gratuitas pode

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

O fato de o Brasil ser reconhecido como área livre peste suína, pode melhorar a situação de exportação? A questão de reconhecimento do Estado como área livre de peste suína clássica, ocorrido em 2015 para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, não alterou o quadro para a carne suína, nem facilitou ou ampliou o mercado. Até porque o reconhecimento de área foi internacional, mas os Estados já vinham sendo reconhecidos nacionalmente. O segundo ponto a ser considerado é que o RS tem a condição do Estado livre de febre aftosa com vacinação, e isso nos retira a condição de se apresentar nos principais mercados internacionais, principalmente aqueles países que exigem que as suas importações sejam de uma área ou Estado livre de febre aftosa sem vacinação.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

6

ARTIGO

Governar sem gastar aquilo que não se tem Dirceu Cardoso Gonçalves Dirigente da Associação de Assistência Social dos Policiais Militares de São Paulo (Aspomil) O primeiro pacote econômico do governo Michel Temer atende a um princípio que qualquer chefe de família responsável conhece: não gastar mais do que tem. A determinação de não permitir que o orçamento de um ano seja superior ao do exercício anterior acrescido da inflação do período pode ser uma grande e simples medida profilática num País onde, irresponsavelmente, os governos inchados tiveram seus gastos ampliados em 6% em média todos os anos e levaram à implosão do caixa. A meta fiscal, que prevê deficit de 170,5 bilhões, aprovada no Congresso Nacional, é o cheque especial que possibilitará o funcionamento da máquina pública até o final do ano. Mas é importante a adoção de medidas de economia para evitar ou pelo menos reduzir o tamanho do rombo em 2017. Mais do que engessar os orçamentos públicos a percentuais da arrecadação para diferentes setores, é importante que cada tostão saído do cofre seja bem aplicado. É preciso fiscalizar a efetiva prestação dos serviços que justificam a saída do dinheiro. O governo tem de se livrar da extensa horda de cabos eleitorais, favorecidos políticos e ativistas independentes ou ligados aos viciados movimentos sociais e aparelhos sindicais, que mamam nas tetas oficiais. Há também de se controlar os patrocínios a atividades que não atendam à finalidade dos órgãos financiadores e varrer da administração aqueles que são pagos para enganar o povo em blogs e publicações tendenciosas. Um governo bem intencionado não precisa dessas artimanhas. Também é importante buscar novos protocolos para garantir o direito de ir e vir do povo, a integridade de repartições e serviços que ultimamente têm suas vidas tumultuadas e sofrem prejuízos decorrentes da desobediência civil praticada por grupos de interesses nem sempre confessáveis. As ações das polícias de São Paulo e Rio de Janeiro, desocupando escolas e repartições, são um bom começo, mas devem ser ampliadas para vias públicas (ruas e estradas), onde o usuário não deveria ser prejudicado pela intransigência do ativismo irresponsável. Essas ações também trazem prejuízos, além do desconforto. Repartições, escolas, terminais de transporte e vias públicas têm funções vitais e jamais deverão ser obstruídas. Têm de ser desobstruídas imediatamente, independente de decisão judicial, e os responsáveis conduzidos ao distrito policial para providências. Espera-se de Michel Temer o compromisso com um Brasil mais sustentável e pacífico. Os radicais que insistem em recitar mantras e tentam ganhar no grito precisam ser contidos com a razão e o convite à conciliação. O Brasil precisa urgentemente voltar aos eixos e não pode esquecer das reformas, que podem ser duras, mas são necessárias para evitar futuras crises. Chegou a hora de devolver a paz e a tranquilidade àqueles que querem empreender, trabalhar e fazer o País avançar. Oxalá isso seja possível através da conciliação e da paz, e que os cultores da desordem e da violência, vendo o sucesso das iniciativas, desistam do ativismo a qualquer preço.

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Representantes Comerciais: Grupo de Diários

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

www.jmijui.com.br

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 3 de junho de 2016

ESCOLAS ESTADUAIS

Alunos ocupam escola Ruyzão em manifesto Desde o fim da tarde de quartafeira, um grupo de alunos ocupou a Escola Estadual Ruy Barbosa, o Ruyzão. Segundo a coordenadora interina da Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Ana Maria Spencer (Teka) a ocupação ocorreu no intervalo entre os turnos da tarde e da noite. "Havia um número considerável de alunos para retornar às aulas, mas os ocupantes impediram a entrada dos demais alunos", explica. Ainda na tarde de ontem a CRE convocou uma reunião com a direção da escola e a unidade de Ijuí da Procuradoria Geral do Estado (PGE) para que encontre uma solução. "Primeiramente vamos tentar um entendimento com os ocupantes, deixar claro quais são as suas reivindicações e entrar em um acordo", fala a representante da CRE. Segundo ela, todo o tempo a Coordenadoria esteve aberta ao diálogo para o retorno normal das aulas. Os movimentos de ocupação iniciaram após os professores do Estado aderirem à greve. No início dessa semana, a categoria esteve reunida com o ainda secretário de Educação Vieira da Cunha, mas o encontro terminou sem acordo entre as partes e a paralisação dos

No fim da tarde de ontem a direção foi até a escola para dialogar com os ocupantes

professores teve continuidade. Foi o terceiro encontro entre as partes. A paralisação entrou na terceira semana e conta com o apoio dos estudantes, que já ocupam mais de 140 escolas no Estado. Há cerca de três semanas em greve, os professores da rede estadual pedem o fim do parcelamento de salários, reajuste de 13% nos vencimentos, cumprimento da lei do piso, que hoje estaria 69,44%

defasado, de acordo com o sindicato, IPE com pleno atendimento e sem aumento de descontos, o fim do fechamento de turmas e escolas e a disponibilidade de merenda para todos os alunos. Das 62 escolas que fazem parte da abrangência da 36ª CRE, 51 funcionaram normalmente durante todo o movimento de greve. Apenas 10 ficaram parcialmente paralisadas.

Atividade une famílias e alunos

Com auxílio das famílias, crianças confeccionaram instrumentos com material reciclado e formaram uma bandinha

Desde 2015, os alunos dos Anos Iniciais da Escola Municipal Deolinda Barufaldi possuem em seu currículo as aulas de música. As atividades são ministradas pela professora Solange Sausen, que participou de uma formação da Secretaria de Educação para professores atuarem na área. Nesta semana, os alunos do 3º ano do Ensino Fundamental participaram de uma atividade especial. A união de ideias que

visam a preservação do Meio Ambiente, reciclagem e família resultou em uma bandinha. Os instrumentos foram produzidos com material descartado, como garrafas pet, baldes e barbantes. Tambores, pandeiros e chocalhos fizeram parte da bandinha. Além do uso de materiais reciclados, o principal objetivo da atividade foi incluir as famílias nas cofecção dos instrumentos. Cada criança construiu seu instrumento musical com auxí-

lio da família. “A música representa uma importante fonte de estímulos, equilíbrio e felicidade para as crianças”, destacou a professora de música Solange Sausen. A vice-diretora da escola, Rubia Diemer destaca que o resultado das aulas, desde a sua implementação é positivo. “Os alunos esperam ansiosos e as aulas contribuíram muito para melhorar a atenção e a coordenação das crianças”.

7

Novo secretário assume interinamente Desde ontem o comando da Secretaria Estadual da Educação está sendo exercido interinamente pelo secretário-adjunto, Luís Antônio Alcoba de Freitas. Formado em Ciências Jurídicas e Sociais pela PUCRS, Alcoba é membro da Advocacia-Geral da União (AGU) e já havia sido chefe de gabinete de Vieira na Câmara de Vereadores da capital, no fim da década de 1980. Ainda na quarta-feira, o então secretário, Carlos Eduardo Vieira da Cunha, em audiência com o governador José Ivo Sartori, pediu exoneração de seu cargo. Em ofício entregue ao chefe do Executivo, Vieira justifica a saída com sua condição de pré-candidato a prefeito de Porto Alegre. No documento, ele agradece pelo período de um ano e cinco meses em que ocupou a titularidade da secretaria. “Deixo a equipe com nossos laços de apreço e amizade ainda mais fortalecidos por um intenso convívio, em que fui testemunha de sua dedicação e espírito público”, disse, dirigindose ao governador Sartori.

Luís Antônio Alcoba de Freitas

Ao sair do encontro, o secretário, que exerceu a função até o fim da quarta, disse que já irá buscar parcerias para candidatura. Vieira da Cunha deixa a Educação durante uma greve de professores estaduais, que está na terceira semana, e de mobilização de estudantes que ocupam escolas em diversas regiões.

App do Enem já está disponível a estudantes Desde a última quarta-feira, os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já tem à disposição o aplicativo do exame, disponível nas plataformas Android, iOS e Windows Phone. O aplicativo é voltado exclusivamente para os mais de 8,6 milhões de inscritos no Enem 2016. Pelo app é possível acompanhar as etapas do exame, acessar comunicados oficiais e receber notificações personalizadas. O aplicativo foi desenvolvido pelo Ministério da Educação (MEC), em parceria com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). De acordo com a pasta, além de facilitar o contato com os participantes, o aplicativo vai auxiliar a organização pessoal e o cumprimento de prazos, disponibilizando dados como situação da inscrição, cronograma, locais de provas, cartão de confirmação, gabaritos e resultados das provas. Após a instalação, é necessário que o estudante insira o login e a senha cadastrados no sistema de inscrição do Enem. Para garantir a segurança na utilização da ferramenta, a recomendação é baixar direto da loja de aplicativos do seu celular – Google Play (no Android), App Store (no iOS) e Windows Store (para Windows Phone) – e confirmar se o nome do desenvolvedor da ferramenta é o Inep.

Entre as funcionalidades oferecidas está a função Alerta, que permite ao usuário selecionar quais informações ele deseja ser notificado quando forem atualizadas dentro do cronograma. É possível também fazer uma lista das ações já concluídas durante as etapas do exame, facilitando o acompanhamento de pendências. No mural de avisos, o participante acessa os avisos e comunicados oficiais enviados pelo Inep. Em casos de dúvidas, a sessão perguntas frequentes estará sempre disponível, bem como as informações sobre o cadastro. As provas do Enem serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro. A nota do exame é usada na seleção para vagas em instituições públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), bolsas na educação superior privada, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e vagas gratuitas nos cursos técnicos oferecidos por meio do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). O resultado do exame também é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e participar do Programa Ciência sem Fronteiras. Para pessoas maiores de 18 anos, o Enem pode ser usado como certificação do Ensino Médio.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 3 de junho de 2016

ESTACIONAMENTO

Vereador quer reserva de vaga para gestantes As gestantes poderão ter direito a reserva de vaga em estacionamento em Ijuí. O atendimento tem possibilidade de ser viabilizado através de um anteprojeto do vereador Daniel Perondi (PMDB). A ideia é a divisão das vagas já existentes para idosos com as gestantes, de forma que as duas categorias poderiam utilizar a mesma reserva. “Recebi a sugestão da inclusão das gestantes e a considero muito interessante. Vamos colocar a proposta em discussão, por isso elaborei o anteprojeto de lei, o qual foi apresentado na última sessão da Câmara e será encaminhado ao poder Executivo nesse sentido”, explica o edil. De acordo com Perondi , a sua proposição busca que, nos estacionamentos, 2% do total de vagas (no mínimo uma vaga)

fosse reservado para gestantes ou mulheres com filhos de até dois anos de idade. Ele contou que, como pai pôde presenciar as dificuldades de locomoção pelas quais a sua mulher, que está grávida de cinco meses, passa neste período de gestação. Ele explica ainda que a identificação do veículo se dará mediante a utilização de adesivo fornecido juntamente com a apresentação de documento que comprove o período de gravidez. “Trata-se de uma medida simples, mas de extrema importância para as gestantes, que tem sua locomoção dificultada no período de gravidez, em especial nos primeiros meses, que é o período mais delicado da gestação. Mesmo em um momento que requer muito cuidado, nem sempre as mulheres podem deixar seus afazeres de lado e

Vereador Daniel Perondi

quanto menos esforço fizerem melhor para sua saúde e também para o bebê”, explica.

Presidente da AL debate dívida dos Estados Ontem a chefe do Legislativo gaúcho e presidentes de Legislativos estaduais formalizaram a Carta de Aracaju, em que apontam a necessidade de uma definição célere sobre a repactuação dos débitos. As alternativas à renegociação da dívida dos Estados brasileiros com a União Federal centralizaram os debates do Colegiado de Presidentes de Legislativos Estaduais ocorridos ontem em Aracaju (SE), durante a 20ª Conferência Nacional da Unale. No tema trazido à pauta pela presidente da Assembleia gaúcha, Silvana Covatti, houve consenso em torno da necessidade de uma solução urgente entre Estados e União, sobre a forma de recálculo das dívidas. Silvana reprisou o caso do Rio Grande do Sul, que contraiu uma dívida de R$ 9 bilhões, já pagou R$ 25 bilhões e ainda deve R$ 52 bilhões. Ao final dos trabalhos, o colegiado elaborou a Carta de Aracaju, documento contendo as principais conclusões do debate. Entre os pontos listados, destaca-

Silvana Covatti participa da abertura da 20ª Conferência Nacional da Unale

se o fato de já haver decorrido mais da metade do prazo de 60 dias estipulado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para que União e Estados cheguem a um acordo sobre os critérios de cálculo dos juros sobre os débitos. Mesmo assim, aponta o texto, “não se registra qualquer resposta concreta do governo federal, o que poderia abrir caminho para trata-

tivas mais amplas e conclusivas sobre o litígio”. O documento cita, ainda, a gravidade financeira dos Estados, alguns com dificuldades para pagar os salários dos servidores e sem capacidade de investimentos. A situação é agravada, ressalta o texto, pela oscilação das arrecadações tributárias e a redução dos repasses federais.

Adolfo Brito, e pelo vice-presidente da Comissão de Agricultura da Câmara Federal, deputado Afonso Hamm, apontam, entre diversos assuntos, a necessidade da flexibilização dos critérios das taxas de juros e condições de acesso ao Proagro a todos os produtores que sofreram algum tipo de prejuízo,

proteção e garantias também aos fumicultores quanto a financiamentos do Pronaf. Na oportunidade, Brito ressaltou a Blairo Maggi que os produtores da região Sul do Estado precisam de apoio urgente do governo federal e dos bancos, para continuarem produzindo.

Deputados entregam pauta a ministro

Fruto de audiências públicas e ações da Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo da Assembleia gaúcha, reivindicações de produtores rurais do Estado foram entregues ao ministro da Agricultura, Blairo Maggi. Os documentos apresentados pelo presidente da Comissão, deputado

cmyk

8

Perondi defende ação conjunta entre governos "O Brasil vive tempos novos, tempos difíceis, mas que vão melhorar, pois o presidente Michel Temer reafirmou que a definição de um teto de gastos orçamentários para 2017, através da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 515, não vai afetar os pisos dos setores de saúde e educação", afirmou o deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), vice-líder do Governo na Câmara, no seminário O Setor de Saúde Como Modelo Produtivo e de Desenvolvimento Econômico, realizado em Brasília pelo Instituto Coalizão Saúde, em parceria com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e Associação Médica Brasileira (AMB). Perondi declarou que os novos tempos já estão se refletindo no quadro fiscal e macroeconômico do País e a crise começa a desacelerar. A situação, explicou, é gravíssima e o País vive um momento de pré-depressão nunca visto na história. A solução, disse, depende de todos os brasileiros, da harmonia entre os três poderes da República e,

principalmente, do Parlamento, que terá de aprovar medidas emergenciais importantes encaminhadas pelo novo governo, inclusive a PEC 515 e a devolução para o Tesouro Nacional de R$ 100 bilhões que estavam emprestados ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O deputado Darcísio Perondi destacou as palavras do presidente da República em exercício, que defendeu a Operação Lava Jato e declarou não ter compromisso com o erro de ninguém. Perondi afirmou também que acredita numa recuperação gradual da economia. “Vamos sofrer este ano, mas em 2017 existe uma boa perspectiva. Já estamos vendo um clima de otimismo e de confiança”, completou. O Instituto Coalizão Saúde, organizador do Seminário, congrega e representa a cadeia produtiva da saúde e atua propondo soluções que contribuam para a qualidade, a equidade e a sustentabilidade do sistema de saúde brasileiro.

Quadro recessivo impõe reformas, afirma Zilá Diante do aprofundamento do quadro recessivo vivido pelo País, os deputados da Bancada do PSDB na Assembleia Legislativa gaúcha defenderam reformas estruturais no Estado brasileiro e um ajuste imediato nas contas públicas. Os parlamentares tucanos analisaram os dados relativos ao Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre de 2016, divulgados nesta semana, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em valores correntes, o PIB atingiu R$ 1,47 trilhão, entre janeiro e março deste ano. Houve queda de 0,3% na comparação com os três meses anteriores. Para a líder do PSDB na Assembleia, deputada Zilá Breitenbach, o governo do presidente em exercício Michel Temer deve atuar no resgate da credibilidade do Brasil perante a investidores internos e externos. A parlamentar tucana também disse que a União precisa promover um ajuste nas contas públicas, racionalizando gastos com o custeio da estrutura administrativa para dar prioridade aos investimentos. “Precisamos simplificar os custos com as atividades administrativas do governo e qualificar os gastos com ações que impactam diretamente na vida das pessoas”, avaliou.

Zilá Breitenbach

A deputada demonstrou otimismo com relação às primeiras medidas tomadas pelo governo Temer. “A equipe econômica está atuando no resgate da nossa credibilidade, agindo com transparência, realismo e responsabilidade perante a situação fiscal herdada do governo da presidente afastada Dilma Rousseff”, observou. Em 2015, a economia brasileira recuou 3,8%, o pior resultado em 25 anos. Nos últimos quatro trimestres, a queda acumulada é de 4,7% frente aos quatro trimestres anteriores, a maior desde o início da série histórica do IBGE, iniciada em 1996.


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 3 de junho de 2016

IMPEACHMENT

Senadores recorrem ao STF para antecipar processo O presidente da comissão es­ pecial do impeachment no Se­ nado, Raimundo Lira (PMDB­ PB), encaminhará os pedidos de antecipação dos prazos da fase de pronúncia ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que também preside o processo de cassação da presidente Dilma Rousseff. Senadores querem antecipar em 20 dias a votação da fase em andamento, última etapa antes da apreciação final - que decidi­ rá sobre o futuro do mandato da presidente da República. Os questionamentos, inicia­ dos com questão de ordem da senadora Simone Tebet (PMDB­ MS), incluem reduzir o número de testemunhas ­ a defesa suge­ riu ouvir 50 pessoas ­ além dos prazos para considerações finais junto à comissão. Com a consul­ ta ao STF, a votação do crono­ grama de trabalho marcada para ontem foi adiada para a próxima terça. O advogado­geral da União do governo Dilma, José Eduar­ do Cardozo, que defende a pre­ sidente no processo de impea­ chment, participa diretamente das discussões da comissão. Ele entregou a defesa prévia da pre­

Senadores querem antecipar em 20 dias a votação da atual fase

sidente pedindo a inclusão de có­ pia da delação do ex­presidente da Transpetro Sérgio Machado e das gravações de conversas com líderes do PMDB feitas por ele. Cardozo aposta nisso para derrubar uma das acusações que pesam contra a presidente: a de que ela tentou obstruir as inves­ tigações da Operação Lava Jato. O ex­ministro argumenta que os diálogos deixam claro que o afastamento de Dilma foi con­

sequência do fato de o governo dela não ter tentado impedir os trabalhos de investigação. A fase em andamento, chama­ da pronúncia, tem como objeti­ vo as provas. Senadores ouvem testemunhas e coletam provas da acusação e defesa da presidente. O parecer elaborado e votado nesta etapa encerra os trabalhos da comissão e será encaminhado ao plenário para que julgue de fato a presidente.

Câmara aprova reajuste para o Judiciário Em uma articulação do pre­ sidente em exercício, Michel Temer, a Câmara dos Deputa­ dos, aprovou na madrugada de ontem 14 projetos de reajustes de servidores de diversas carrei­ ras públicas federais. O reajuste médio concedido foi de 21,5%, divididos em quatro anos. O go­ verno não divulgou um número oficial, mas cálculo feito pelo Broadcast, serviço de informa­ ções em tempo real da Agência Estado, aponta que os projetos têm impacto nos cofres públicos de pelo menos R$ 56 bilhões até 2019, sem contar o chamado "efeito cascata". Quase todas as propostas precisam passar pelo Senado. Além do Judiciário, também serão beneficiados servidores do Ministério Público da União e o procurador Geral da República, além de funcionários do Poder Executivo, da Câmara, do Se­ nado, do Tribunal de Contas da União (TCU), defensores pú­ blicos da União, servidores da área de Educação, servidores da DPU, de agências reguladoras, das Forças Armadas e de ex­ territórios.

9

Cunha reafirma inocência: "Não temo nada" O presidente afastado da Câ­ mara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB­RJ), voltou a negar ontem que possua contas no exterior e disse que não men­ tiu em seu depoimento à CPI da Petrobras, realizado em março de 2015. Em entrevista, Cunha insistiu no argumento da existên­ cia de um trust (figura jurídica utilizada por ele para manter re­ cursos fora do Brasil) e disse que não detém a propriedade deste patrimônio. "Eu não menti à CPI. Eu fui o único parlamentar que fui espontaneamente à CPI, dos 40 que foram abertos inquéritos inicialmente (na Operação Lava Jato). Lá estive, respondi a todas as perguntas de forma espontâ­ nea. E respondi que não tenho nenhuma conta que não esteja declarada no meu Imposto de Renda. Foi essa frase que utili­ zei. E provei, porque no instru­ mento do trust, eu não detenho a propriedade do patrimônio. Não existe nenhum acesso tipo de movimentação ou acesso a conta por mim. O trust é que é o dono do patrimônio", disse. Cunha afirmou que está sendo vítima de um processo político dentro da Câmara dos Deputa­ dos, por parte de quem era con­ trário ao afastamento de Dilma Rousseff. Eduardo Cunha também criti­ cou a decisão do STF de afastá-lo da presidência da Casa e do man­ dato de deputado federal, que classificou como “cassação bran­ ca”. A decisão foi tomada pelo relator da Operação Lava Jato no STF, ministro Teori Zavascki, a pedido do procurador­geral da República, e posteriormente con­ firmada pelo plenário da Supre­ ma Corte, em decisão unânime dos ministros. “O Supremo tomou uma de­ cisão excepcionalíssima e essa

Eduardo Cunha

decisão não pode perdurar por­ que foi uma interferência dos poderes. O senador Delcídio (do Amaral) foi preso, mas não foi suspenso do mandato. A úni­ ca medida cautelar prevista na Constituição com relação a par­ lamentares é a prisão em flagran­ te, que tem que ser submetida ao plenário da Casa 24 horas depois. O que fizeram é uma espécie de cassação branca e isso obviamen­ te terá que ser revisto”, afirmou. Ao ser questionado sobre o movimento de seus advogados para manter a investigação sobre sua esposa e a filha no âmbito do STF (para que não fosse envia­ da para as mãos do juiz Sérgio Moro, em Curitiba), Cunha disse que não teme nada, nem a pri­ são de seus familiares. Ele disse que as contas da esposa, Claudia Cruz, foram declaradas ao Banco Central. "Eu não temo nada. Ela já esteve presente lá (em Curiti­ ba), ela está fazendo a sua parte. A gente não teme nada", disse. Eduardo Cunha também reafir­ mou inocência sobre acusações feitas contra ele:"Eu estou muito tranquilo porque sou inocente".

Moro suspende um dos processos da Odebrecht Câmara aprova projeto de reajuste salarial de servidores do Judiciário

Conforme o projeto aprovado, os ministros do STF terão seus salários aumentados dos atuais R$ 33.763 para R$ 39.293. O montante é considerado o teto do funcionalismo público. Junto com os demais servidores do Ju­ diciário, o impacto é de mais de R$ 6 bilhões até 2019. Por for­ ça da lei, o procurador Geral da República, Rodrigo Janot, tam­ bém teve o salário aumentado, para igualar seu vencimento ao que será pago aos ministros do

Supremo. Um dos maiores impactos será o do projeto de reajuste dos ser­ vidores do Poder Executivo. Até 2019, a estimativa de impacto era de cerca de R$ 14,9 bilhões. Os reajustes dos servidores das Forças Armadas (R$ 14 bilhões) e da área da Educação (R$ 14,9) também terão impacto expressi­ vo em quatro anos. Já o reajus­ tes de servidores do TCU deverá provocar um impacto de quase R$ 320 milhões até 2019.

O juiz Sergio Moro suspendeu por 30 dias a tramitação da se­ gunda ação penal que envolve a empreiteira Odebrecht, sob o argumento de que "estaria em andamento a negociação de al­ guma espécie de acordo de co­ laboração entre as partes". A de­ cisão confirma que as tratativas de um acordo de delação entre a empreiteira e a Procuradoria­ Geral da República estão avan­ çadas. No último dia 25, a Odebrecht e o Ministério Público Fede­ ral assinaram o documento que formaliza a negociação de dela­ ção premiada e de leniência da empreiteira no âmbito da Ope­ ração Lava Jato. As conversas

já vinham ocorrendo há alguns meses. A expectativa é que a em­ presa detalhe o financiamento de campanhas recentes com as quais colaborou –como as de Dilma Rousseff a presidente da República e Michel Temer vice e a de Aécio Neves a presidente, em 2014. Há três ações penais em envolvendo a empreiteira na Lava Jato. Em uma delas Marce­ lo Odebrecht, que está preso, foi condenado a 19 anos de prisão. A segunda foi suspensa por 30 dias na última quarta­feira e a terceira, ligada à fase Xepa da Lava Jato, investiga um depar­ tamento da empresa dedicado a pagamentos de propina.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 3 de junho de 2016

OPERAÇÃO QUEIJO COMPEN$ADO

Nova fase da operação atinge sete municípios O Ministério Público do Rio Grande do Sul deflagrou, na manhã de ontem, a terceira fase da operação Queijo Compensado. Ao todo, cinco pessoas foram presas e foram cumpridos 17 mandados de busca e apreensão em sete cidades gaúchas. A exemplo da fase anterior, a região Noroeste, mais uma vez, está na rota: dessa vez a fraude foi constatada no município de Tenente Portela. Além do município portelense, a operação ocorre em fábricas, depósitos e sedes de empresas localizadas nas cidades de Porto Alegre e Canoas, na Região Metropolitana; Antônio Prado e Carlos Barbosa, na Serra; Constantina e Sarandi, no Norte; São investigadas as marcas de queijo Luza, de Constantina, Valparadiso, de Carlos Barbosa, Taurino Laticínios, de Tenente Portela e Latteria, de Antônio Prado. As investigações apontam irregularidades em laticínios, como adição de amido de milho no queijo, que é utilizado para mascarar uma colocação menor de leite do que é exigido pelas normas. Empresas que possuem permissão para comercializar apenas dentro do município em que são fabricados os produtos foram flagradas vendendo clandestinamente em outros municípios. Na ação foram encontrados

Terceira fase da operação foi deflagrada em sete cidades do Estado

queijos vencidos, impróprios para consumo e rótulos falsos. De acordo com o promotor de Justiça Mauro Rockenbach, mais de 20 toneladas do produto foram recolhidas. "Parece que fraude não tem fim", afirmou, para então completar foram identificados "queijos vencidos reutilizados, reprocessados, levados para outros tipos de embalagem, ralados, com datas de validade trocadas e com presença de coliformes fecais. Identificamos também a confecção de vários rótulos falsificados em gráfica", disse o promotor em entrevista coletiva, ontem. A Receita Estadual, que também integra a operação, constatou

sonegação de R$ 2 milhões em impostos sobre circulação de mercadorias e serviços (ICMS). A irregularidade tributária foi verificada a partir da venda de queijo e produtos derivados sem a emissão de documentos fiscais. “Com a coleta de provas, será realizada uma fiscalização por auditores-fiscais para responsabilizar a empresa e seus sócios”, afirma o chefe da Divisão de Fiscalização e Cobrança da Receita Estadual, Edison Moro Franchi. Além do Ministério Público e da Receita Estadual, participam da operação a Vigilância Sanitária, a Brigada Militar e Secretarias Municipais de Saúde.

Apae de Ajuricaba é premiada em festival

O Festival ocorreu no fim de semana no Parque de Exposições Wanderley Burmann, em Ijuí

A equipe da Apae de Ajuricaba participou no último fim de semana das atividades do 8º Festival Nossa Arte das Apaes. O Evento ocorreu no Parque de Exposições Wanderley Burmann. Alunos, pais e diretoria estiveram presente no Festival e o que o trabalho da aluna Tânia Zanetti tirou o 1º lugar no Concurso de cartazes que foi a logomarca estampada em todos os materiais gráficos deste festival. Esta é a segunda vez que a Apae de Ajuricaba ganha o primeiro

cmyk

lugar no concurso de cartaz do Festival Estadual. Outra premiação importante também ficou para a Apae de Panambi, que tirou o 1º lugar na categoria dança e a Apae de Ijuí tirou 3º lugar na categoria teatro. “O Festival foi simplesmente maravilhoso, momentos de superação, alegria, trocas de experiências, integração entre os alunos e professores onde tivemos oportunidade de assistir belíssimas apresentações de dança, teatro, folclore, música e exposição de

arte”, vibra a diretora da Apae de Ajuricaba Marlei Otonelli. Todos os grupos que tiraram o 1º lugar deverão participar do Festival em Recife, Pernambuco, de 23 a 25 de novembro de 2016. A diretora ainda aproveitou a ocasião, para agradecer a prefeitura de Nova Ramada, pela cedência de ônibus durante os dois dias de Festival, a Secretaria de Educação de Ajuricaba pela presença de alunos da escola Emilio de Menezes e Nelci Tobias, acompanhados de seus professores.

10

Transporte escolar possui recursos até setembro Desde o ano passado os municípios da região têm enfrentado dificuldades em cumprir com o atendimento ao transporte escolar dos alunos da rede estadual. Isso porque o governo do Estado atrasou os recursos destinados a esse fim. Na região, o município de Ajuricaba já havia rescindido o contrato com o Estado no ano passado e esse ano, a preocupação é de que os valores só consigam atender a demanda até setembro. A secretária de Educação, Roseila Pretto fala que Ajuricaba rescindiu o contrato para oferta de transporte escolar para os alunos da rede estadual no ano passado em função dos atrasos dos repasses e do valor ser insuficiente. "Na época, os pais solicitaram que a gente continuasse, então foi feita uma reunião com as lideranças e acabamos voltando atrás da decisão". Atualmente, o custo total do transporte escolar no Município é em torno de R$ 1 milhão, desse valor, R$600mil são destinados exclusivamente para alunos da rede estadual. "Temos recebido do Estado o valor de R$ 190 mil por ano e com atraso. Agora estamos com três meses de atraso e estamos com grande dificuldade".

Ela alerta que o município só tenha recursos para manter o transporte escolar até setembro, "depois não sabemos". O motivo, além de ser a respeito dos atrasos, é de que o Município não tenha mais recursos para manter o transporte por ser ano de encerramento de mandato e é preciso fechar as contas. Ainda no ano passado, a Famurs negociou com o governo para que os valores tivessem reajustes, mas segundo Roseila, o valor oferecido foi a variação do IPCA, que foi de 10%, "que nesse montante dá para pagar R$ 2 mil em um mês e o nosso custo é de R$ 6 mil. Por isso a situação tem ficado crítica e tem causado grandes preocupações". Em torno de 500 alunos são transportados diariamente e 60% desses alunos são alunos de escolas estaduais. De acordo com ela, ainda se estuda uma solução para o transporte e não se descarta a hipótese de que os pais possam contribuir com o transporte, "porque o custo é alto e nós estamos oferecendo um serviço de qualidade". Outra solução apontada pela secretária é a redução de itinerário, “já que a legislação permite que o aluno se desloque até dois quilômetros”.

Faltam recursos para manter ala de hospital Inaugurada recentemente, a nova ala do Hospital Santo Ângelo, que deveria atender pacientes com câncer e transformar-se em uma unidade de saúde de referência para 25 cidades da região, ainda espera para entrar em funcionamento. O Ministério da Saúde alega que não pode fazer o cadastramento no local, para que sejam iniciados os atendimentos, devido à falta de recursos. A nova ala tem consultório, posto de enfermagem, sala de exames, sala de manipulação e quimioterapia, com capacidade para atender até nove pessoas. A maior parte da obra de ampliação foi paga com recursos do Minis-

tério Público do Trabalho e pela Justiça do Trabalho, que repassaram R$ 400 mil. Outros R$ 60 mil foram levantados pelo hospital. Mas a falta de recursos do governo federal deve fazer com que a ala fique parada pelo menos por seis meses. O hospital é uma das 245 unidades filantrópicas que passam por dificuldades financeiras, com o atraso de R$ 3,5 milhões.Um levantamento feito pela sSantas Casas aponta que quase metade dos hospitais filantrópicos reduziu o atendimento à população por falta de recursos. Uma visita técnica do Ministério da Saúde deve ocorrer nos dias 21 e 22 de junho.

Ala está concluída mais ainda não está aberta para atendimento


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 3 de junho de 2016

SEGURANÇA PÚBLICA

Polícias mobilizam-se contra onda de roubos

As forças policiais de Ijuí já trabalham nos casos referentes aos roubos no município. Alguns registros foram feitos recentemente e, dentro das suas respectivas funções, trazem uma ponta de preocupação. Por outro lado há o entendimento unânime de que o município é diferenciado no quesito segurança pública se comparado a outros de porte semelhante. Ainda na noite de quintafeira, uma farmácia foi alvo de um homem armado e com uso de capacete. O estabelecimento, que fica localizado na Rua São Francisco, próximo à Fidene, foi o 11º caso de 2016, segundo dados repassados pela Brigada Militar. O número já supera o ano passado, que até o dia 30 de maio havia contabilizado 8 casos. Os números ganham evidência se comparados ao ano de 2014, quando, nos cinco primeiros meses do ano, as forças policiais atenderam 27 ocorrências semelhantes. "São bastante favoráveis

PLANTÃO CATUÍPE - Foi sepultado ontem Dirlei Evandro Haisky, 33 anos. O homem, que é natural de Catuípe, foi vítima de dois assaltantes quando chegava em casa, no município de Rolante, no Vale do Paranhana, na última terça-feira. Conforme repassado pela Brigada Militar, ele foi rendido pelos homens e levou dois tiros na região da cabeça. Ele chegou a ser internado no Hospital de Pronto Socorro de Canoas, mas no decorrer da noite de quarta não resistiu. Ainda segundo a BM, ele era funcionário do cartório do município de Rolante. A PC investiga. TRÊS DE MAIO - A Polícia Civil de Três de Maio investiga um caso de roubo a residência, no município. Na ocasião, três ladrões armados invadiram uma residência por volta do meio-dia de quartafeira. No momento da ação só a funcionária doméstica estava na casa. Ela foi amarrada enquanto os elementos vasculhavam a casa. Como saldo foram subtraídos joias, três notebooks, dinheiro, além de um cofre arrombado. Algumas informações já são diligenciadas pelos policiais e a principal delas é que, na ação, os homens agiram com a "cara limpa". Até o fechamento da edição, ninguém havia sido preso. Esse é o segundo caso semelhante nas últimas semanas.

a nós. Os números e o nosso planejamento é manter esses dados estatísticos de acordo com o ano de 2015. Não fechar com número de acordo com 2014", ressaltou e ainda lembrou o capitão Gilmar Bischoff, que responde pelo policiamento ostensivo no 29º Batalhão da Polícia Militar. "Sempre temos a preocupação de manter os níveis estáveis. Sempre buscamos comparar com municípios com a mesma proporção de população e mesmas características que o nosso". Há menos de uma semana, no último sábado, uma tentativa de roubo e um roubo também foram registrados em Ijuí e levaram a preocupação aos órgãos policiais. Os casos recentes, inclusive, seguem uma linha de investigação de correlação. Existe uma informação preliminar, inclusive, que uma mesma moto tem sido descrita pelas vítimas. A reportagem do Grupo JM conversou também com o delegado Bruno Oliveira, que responde

pelo 2º Distrito Policial de Ijuí, que cuida dos crimes contra o patrimônio, voltou a convocar a comunidade. "Alguns roubos vêm sendo noticiados e para cada crime a Polícia Civil está instaurando um procedimento de inquérito policial. O setor de investigação, inclusive, está mobilizado para a resolução dos casos. Mais uma vez, onde roubos vêm sendo noticiados, pedimos o apoio da comunidade através do número 197", pontuou o delegado que também ressaltou a (não) condição dos índices criminais de Ijuí. "À medida que as cidades aumentam, aumentam também os problemas e nós sempre iremos conviver com esses problemas. Inclusive, se nós observarmos cidades do mesmo porte, veremos que o momento que Ijuí vive é absolutamente mais tranquilo do que momentos de outras cidades". Até o fechamento da edição de ontem, ninguém havia sido preso.

11

PC e BM de Catuípe prendem foragido

Indivíduo de 43 anos está na Modulada e à disposição do Judiciário

Bruno Oliveira, delegado titular em Catuípe

Agentes da Polícia Civil de Catuípe, com auxílio dos Policiais Militares do município, realizaram a prisão de um homem foragido da Justiça. Segundo repassado pelo responsável pelos trabalhos, delegado titular no município, Bruno Oliveira, o trabalho foi cumprido a partir de um mandado expedido pela Comarca de São Francisco de Assis. O elemento, que não teve o nome divulgado pela Polícia Civil, foi recolhido à Penitenciária Modulada de Ijuí. No início da tarde de ontem mas forças policiais de Catuípe prenderam o homem de 43 anos

de idade, natural de Chiapetta. Ele é acusado de um homicídio qualificado no ano de 2003 e estava com um mandado de prisão em aberto. Ele é acusado de ter matado um elemento a facadas "O caso foi praticado em 2003, onde ele é acusado por um homicídio qualificado no município de São Francisco de Assis. Nós não temos mais detalhes das investigações. Após ser preso, foi encaminhado à Penitenciária Modulada e está à disposição do Poder Judiciário de São Francisco de Assis. Ainda segundo repassado, ele não ofereceu resistência e está a disposição da Justiça e da Susepe.

PC investiga explosão de Quatro da mesma família agência bancária no RS são executados na Capital Polícia Civil e Brigada Militar já trabalham na captura de criminosos que fizeram reféns e explodiram uma agência bancária, no final da noite de quarta-feira/ início da madrugada de ontem, em Piratini, na região Sul. De acordo com a Brigada Militar (BM), oito criminosos encapuzados participaram da ação. Quatro deles ficaram nas esquinas fazendo a segurança e quatro se dirigiram a um bar e pegaram nove pessoas como reféns. As vítimas foram obrigadas a sentar no meio-fio da calçada em frente à agência durante a ação dos assaltantes. Eles explodiram

a agência do Sicredi e, com tiros de fuzis, arrombaram a porta da cooperativa de crédito Crehnor, que fica ao lado. Segundo informações preliminares da polícia, o dinheiro foi levado. Em entrevista ao programa Esporte & Cia, da Rádio Gaúcha, o sargento Espinosa, da Brigada Militar de Piratini, disse que os bandidos fugiram em um Santana azul e em um Corolla escuro, sem levar nenhum refém. Nenhuma das vítimas sofreu ferimentos. O policiamento foi reforçado na região e a Brigada Militar fez buscas, mas, até o final da tarde de ontem, ninguém havia sido preso.

Embora o policiamento reforçado e buscas tenham sido feitas, ninguém foi preso

Até o fechamento da edição o trabalho da perícia não havia terminado

Quatro pessoas da mesma família foram encontradas mortas no começo da tarde de ontem na Rua José Marcelino Martins, no bairro Jardim Itu Sabará, zona leste de Porto Alegre. As vítimas foram identificadas como Lurdes Felipe, 64 anos, os filhos dela, Valmir Felipe Figueiró, 30 anos, e Luciana Felipe, 34 anos, além do filho de Luciana, João Felipe, 5 anos. Um bebê de um mês de vida, que também é filho de Luciana, está desaparecido e equipes da polícia fizeram buscas na casa e nos arredores, mas o recém-nascido não foi encontrado.

Os corpos estavam em estado de decomposição, mas, segundo os policiais, é possível perceber marcas de tiros. Por isso, já se trabalha com a hipótese de execução. Vizinhos disseram que a família era bastante querida na rua e conhecida por todos. Policiais que entraram na casa informaram que havia muito lixo acumulado dentro do local. Uma outra filha de Lurdes foi quem descobriu e encontrou os corpos na sala. Ela, que não mora na casa, foi ao local após vizinhos avisarem que a residência estava fechada há dias.

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 3 de junho de 2016

Derrota em jogo eletrizante

Em um jogo intenso e com polêmicas da arbitragem, o Grêmio perdeu para o Palmeiras por 4 a 3 ontem à noite no Estádio Pacaembu em São Paulo, pela quinta rodada do Brasileirão. O Tricolor caiu para o terceiro lugar com 10 pontos. Domingo recebe a Ponte Preta às 16h .O Palmeiras tem 9. O Inter é o líder isolado com 13 pontos. Antes da partida o Grêmio não tinha sofrido um gol sequer. Em São Paulo, vazou com menos de dois minutos. Gabriel Jesus recebeu passe de Dudu e finalizou sem chances para Bruno Grassi, fazendo 1 a 0. O empate gremista ocorreu aos 49 minutos. Após bola lançada na área, Geromel testou na trave. No rebote, Bressan, em posição duvidosa, bateu e a

bola desviou em Giuliano. Os palmeirenses reclamaram bastante do lance.O Grêmio virou a partida aos nove minutos do segundo tempo quando Giuliano recebeu passe de Edílson na pequena área e só teve o trabalho de empurrar para o gol. No minuto seguinte, Róger Guedes meio sem querer e de costas encobriu o goleiro do Grêmio após bola na área empatando a partida. O Palmeiras passou a pressionar e virou o jogo aos 27 minutos com o zagueiro Vitor Hugo de cabeça após cobrança de escanteio, fazendo 3 a 2. Aos 38 minutos, Dudu cobrou falta e Thiago Santos de cabeça fez 4 a 2. O Grêmio descontou aos 45 minutos com Edílson, em um chute forte que venceu o goleiro Fernando Prass.

Definido o Campeonato da 2ª Divisão Representantes das equipes que disputaram o Campeonato Municipal de Futebol Amador de Ijuí, 2ª Divisão, estiveram reunidos na noite da última quarta-feira no Salão Farroupilha da prefeitura. No encontro

foram colocadas informações importantes sobre a realização do Campeonato. Também foi definida a fórmula de disputa e realizado o sorteio das chaves. Os jogos começam no dia 19 de junho.

Coordenador de Esportes Rogério Durks fala aos representantes da 2ª Divisão Fórmula de disputa: oito chaves com quatro equipes, jogando todos contra todos dentro das chaves e classificando-se os dois primeiros de cada chave para as fases restantes, que serão em em formato eliminatório em jogo único

BRASILEIRÃO

Volante Maicon mostrou disposição, mas não conseguiu neutralizar o Palmeiras

Jair vai tentar redução da pena do TJD O técnico Jair Galvão vai recorrer da decisão do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RS) que o aplicou punição de 11 jogos e multa de R$ 1.200 reais em razão da expulsão na partida contra o Caxias no dia 20 de maio no Estádio Centenário, ainda pela primeira fase da Divisão de Acesso. O comandante Rubro disse que recebeu a decisão com indignação. Lembrou que está em um clube profissional e não amador e foi expulso defendendo a equipe. Afirmou que foi à secretaria do São Luiz e pediu que fosse informado o dia do julgamento para que pudesse se defender. Nesta partida o árbitro Márcio Castelli e a assistente Andreza Vanni Mocelin tiveram uma atuação bastante criticada pelo rubro. O treinador disse que já conversou com o

advogado que entrará com um recurso para diminuir a pena. Jair Galvão ainda será julgado pela expulsão na partida diante do Esportivo. O treinador orientou um coletivo ontemà tardepreparandootimepara enfrentar o União Frederiquense no próximo domingo, às 15h30, na última rodada da segunda fase da Divisão de Acesso. Os titulares venceram os reservas por 3 a 0, com dois gols de Ferreira e um de Gilmar Couto. A equipe titular jogou com: Guilherme; Diogo Fernandes, Catatau, Nicoletti e Flavinho; Rodrigo Sirena, Júlio César, Anderson Ijuí e Paulo Baier; Ferreira e Gilmar Couto. Hoje, às 15h, tem novo treino. Os ingressos para domingo tiveram preços reduzidos: feminino: R$ 10,00;masculino: R$ 15,00; e cadeiras: R$ 40,00.

PLACAR GERAL

Atlético-PR (fora). Mesmo com derrota na semi, o Brasil disputaria, de qualquer forma, o terceiro lugar. Assim, Walace teria de três a quatro dias de prazo para se reapresentar e ficar à disposição para o jogo contra o Santos, em 29 de junho, na Arena, pela 12ª rodada.

WALACE NA SELEÇÃO

ORDEM DE JOGOS CHAVE COM 4 EQUIPES 1ª rodada 2ª rodada 3ª rodada 4x1 4x2 1x2 3x2 1x3 3x4 2ª FASE – OITAVAS DE FINAL Jogo 49 - 1ª A X 2º B Jogo 50 - 1º B X 2º A Jogo 51 - 1º C X 2º D Jogo 52 - 1º D X 2º C Jogo 53 - 1º E X 2º F Jogo 54 - 1º F X 2º E Jogo 55 - 1º G X 2º H Jogo 56 - 1º H X 2º G

cmyk

3ª FASE – QUARTAS DE FINAL Jogo 57 – venc. Jg. 49 x venc. Jg. 51 Jogo 58 – venc. Jg. 50 x venc. Jg. 52 Jogo 59 – venc. Jg. 53 x venc. Jg. 55 Jogo 60 – venc. Jg. 54 x venc. Jg. 56 SEMIFINAL Jogo 61 – VENC JG 57 X VENC JG 59 Jogo 62 – VENC JG 58 X VENC JG 60 FINAL Jogo 63 - Venc. Jg. 61 x venc. Jg. 32

5ªrodada Quarta-Feira,1º.6 Botafogo 0 x 1 Cruzeiro Internacional 1 x 0 Atlético-PR Santa Cruz 0 x 1 Sport Figueirense 1 x 0 São Paulo Coritiba 3 x 4 Chapecoense Atlético-MG 1 x 1 Fluminense Corinthians 1 x 0 Santos Ontem,2.6 América-MG 1 x 2 Ponte Preta Palmeiras 4 x 3 Grêmio Flamengo 1 x 0 Vitória 6ª rodada Amanhã,4.6 Atlético-PR x Santa Cruz-16h Chapecoense x Fluminense-20h30 Corinthians x Coritiba-20h30 Domingo,5.6 Santos x Botafogo-11h América-MG x Figueirense-11h Sport x Atlético-MG-16h Flamengo x Palmeiras-16h Vitória x Internacional-16h Grêmio x Ponte Preta-16h Cruzeiro x São Paulo-18h30

O volante Walace do Grêmio foi convocado pelo técnico Dunga para defender a Seleção Brasileira na Copa América Centenário. Ele foi chamado para a vaga de Luiz Gustavo, que deixou o selecionado alegando problemas pessoais. Walace pode desfalcar o Tricolor por até seis jogos.Assim, os gremistas podem ficar sem seu camisa 5 por até seis partidas pelo Campeonato Brasileiro. Caso a equipe de Dunga avance às quartas, o jovem perderá o duelo com a Chapecoense, na Arena Condá, pela 8ª rodada. Se a Seleção chegar à semifinal, o atleta segue como ausência entre a 9ª e a 11ª rodadas, nos confrontos com Cruzeiro (casa), Vitória (casa) e

ATLETA À DISPOSIÇÃO O volante Fabinho não teve lesão constatada no exame realizado ontem e deverá ficar à disposição do técnico Argel Fucks para o jogo do Inter domingo às 16h com o Vitória, em Salvador. Ele deixou o jogo diante do Atlético-PR sentindo um entorse no tornozelo esquerdo. O jogador será reavaliado hoje antes do embarque para a capital baiana. A Confederação Brasileira de Futebol anunciou ontem mudança no horário do jogo do Inter com oAmérica-MG, no Beira-Rio dia 11 de junho. Foi antecipado das 18h30 para as 16h.

12

DE PRIMEIRA 1ª DIVISÃO O Campeonato Municipal de Futebol Amador de Ijuí, 1ª Divisão, começa no próximo domingo. A competição iniciaria no último domingo, mas devido à instabilidade climática os jogos foram adiados. A primeira rodada tem estas partidas às 13h30 e 15h30 no campo do Juventude do Rincão dos Goi, pela chave A: Juventude dos Goi x Vila Nova; e Palestino x Botafogo. No Estádio Bertholdo Christmann (Montanha) pela chave B jogam Holimpia x Ouro Verde; e Portuguesa x Gaúcho.

OURO VERDE A Sociedade Esportiva Ouro Verde do bairro Assis Brasil promove amanhã, em sua sede, o jantar comemorativo aos 52 anos de sua fundação, que transcorreram ontem. O presidente Vanderlei Bombardieri confirmou que haverá o lançamento de um produto da marca do clube. Todos os convites para o jantar já foram colocados.

AAPF

O presidente da Associação Augusto Pestana de Futsal, Marcio Nogara, confirmou a intenção de realizar a 1ª Taça Futsal AAPF/ Carlos Eduardo. O dirigente entrou em contato com o meia-atacante Carlos Eduardo, que joga no Atlético-MG. Ele mostrou interesse pelo projeto. A competição será para menores e feminino. As datas ainda não foram definidas. O novo reforço da AAPF, o fixo Iago Mateus Oliveira, 22 anos, está treinando com o elenco. O jogador já defendeu clubes como o Caixeral, Pinheiro e Sercesa, todos de Carazinho, o Arsenal Futsal, de Não Me Toque, o Tupan e o Guarani de Camargo. O time pestanense joga amanhã, às 20h, no Ginásio Alfredo Pellenz contra o Guarany de Espumoso pela chave 1 do Estadual de Futsal Série Prata. A equipe busca reabilitação após a derrota de 5 a 2 no último sábado para o Passo Fundo Futsal, fora de casa. O time de Augusto Pestana é o décimo colocado com quatro pontos.

SÉRIE B O Brasil recebe o Luverdense hoje, às 20h30, no Estádio Bento Freitas, em Pelotas, pela sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O time pelotense é o terceiro colocado com 10 pontos. O Vasco lidera com 13 pontos. O meia Elias, ex-São Luiz, já está integrado ao elenco do Brasil e disputou jogo-treino com o Rio Grande, marcando gol.A sexta rodada da Série B tem mais estes jogos: às 19h15, Bahia x Paysandu; 20h30, Vila Nova x Paraná; e 21h30, Náutico x Joinville. Amanhã serão realizadas estas partidas: às 16h, Sampaio Corrêa x Ceará; Oeste x Criciúma; Londrina x Tupi; 16h30, Vasco x Goiás; e 21h, Atlético-GO x Bragantino e Avaí x CRB.


Acontece Café de São João O Departamento de Servas da Congregação Evangélica Luterana Emanuel promoveu o Café de São João na tarde da última quarta-feira.

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 3 de junho de 2016

13

Queijo & vinho Os integrantes do Rotary Club Colmeia promoveram o lançamento do 22º Festival do Queijo e Vinho, na noite da última quarta-feira, em um jantar no Confraria Restaurante. Eles receberam os convidados para anunciar a data do festival, dia 18 próximo, na Sogi. Nesta edição, as entidades beneficiadas serão a Sabeve e a Creche Trilha do Saber.

Presidente do Rotary Club Colmeia Marcelo com a esposa Cristina Herrmann, Jordana e Felipe Cossetin, presidente do Festival Queijos e Vinhos

As responsáveis pelo café: Norma, Nelci, Nair, Cheila, Clarice, Ilse

Paulo Girardi e Mairana Campanaro

Celso, Maristela, Gabriel e Pedro Portella

Elaine Baroni e Ingrid Staats

Namorados No próximo dia 11 de junho, o Centro de Eventos Valle Verde promove a Noite dos Namorados. Haverá música ao vivo com Roberto Bones, DJ e cardápio exclusivo. Os convites devem ser adquiridos antecipadamente pelo 8428-0678.

Jantar Italiano

Rejane e Nilton Coser em noite festiva no Clube Ijuí

A Sociedade Recreativa Ijuí promove hoje, o Jantar Italiano, às 20h. Os convites custam R$ 30,00 e podem ser adquiridos na secretaria do clube. Informações pelo 3332-2731.

Ouro Verde

Lara e Sandro curtindo o Absoluto

Amanhã, a Sociedade Esportiva Ouro Verde do bairro Assis Brasil, promove jantar comemorativo aos 52 anos de sua fundação. Os convites são limitados e custam R$ 25,00, à venda com os integrantes. Informações pelo 9966-0450.

Bom Gosto

Chá de Junho O Clube de Mães Raio de Sol da Apae promove o Chá de Junho Beneficente no próximo dia 9 ao preço de R$ 12,00. A entrega será realizada a partir das 13 horas na Apae. As encomendas podem ser realizadas até a próxima segundafeira pelo telefone 3332-8718.

André e Cristiane Ribeiro e Henrique de Oliveira na Glasnost

O restaurante Bom Gosto oferece nesta sexta-feira mocotó no valor de R$ 20,00 o quilo. Lembrando aos amigos e clientes que aos sábados ao meio-dia serve A la minuta no valor de R$ 18,00 por pessoa. Contato pelo telefone (55) 3332-2217.

cmyk


Jornal da Manhã

Sexta-feira, 3 de junho de 2016

Totalmente Demais -

Globo Giovanni visita Sophia no hospital Carmela afirma a Shirley que Adônis jamais se interessará por ela. Giovanni visita Sophia no hospital. Rebeca, Leonora e Penélope comentam sobre sua falta de sorte com os homens. Teodora estranha quando Fedora fala de Leozinho. Francesca conta para Tancinha que Guido estava sendo ameaçado antes de desaparecer. Francesca fica nervosa ao notar que está sendo seguida. Apolo não gosta de ver Tancinha próxima a Beto.

Velho Chico - Globo

Cícero conversa com Martim Afrânio ameaça Martim e Iolanda enfrenta o marido. Carlos Eduardo briga com Tereza por causa de Martim. Cícero conversa com Martim. Encarnação implora que Afrânio não cumpra a promessa que fez contra o filho. Miguel e Tereza procuram Martim pela fazenda. Cícero avisa que Martim foi embora. Isabel implica com Olívia por causa de Miguel. Caruê foge da escola e Beatriz vai atrás do aluno. Tereza descobre que seu pai confrontou Santo. Martim quase atropela Caruê na estrada. Beatriz impede o acidente. Encarnação e Tereza rezam pelo retorno de Martim. Beatriz e Martim discutem e vão para a delegacia. Tereza sonda Afrânio sobre sua briga com Santo. Afrânio diz que ajudará os ex-cooperados e Tereza se surpreende. Queiroz descobre que Martim está na delegacia. Carlos fala para Tereza que mandou Miguel procurar por Martim na cidade.

cmyk

Antecedeu o CPF (?) de septo: alteração na anatomia naArgumen- sal (Patol.) tação baseada no diálogo (Filos.)

© Revistas COQUETEL

Sistema Embutido Grau de contração consumi- contínua Irandhir de governo do como do múscu- Santos, que rege petisco lo (Fisiol.) ator a Áustria

Prendedor de fraldas de pano

Peso-(?), categoria do jiujítsu Instrumentos tocados por Chick Corea País comandado por Nicolás Maduro

"(?) dos Tempos", filme de 2008 (EUA)

Zona, em inglês

Plural (abrev.)

Forma engenheiros do Exército (sigla)

Odilo Scherer, arcebispo brasileiro Inimigo "(?) Brasil", atração da do Capitão TV Cultura Gancho (Lit.) Organismo Idiota; político-militar das tolo (gír.) Américas Barco de (sigla) regatas

Reagir (o corpo) ao frio intenso

Leandro de (?), escola de samba paulistana

Avaliação prospectiva (de algo) Região da Riviera Francesa Segunda chance para equipes não classificadas (esp.)

Canal (?): é dedicado ao agronegócio

BANCO

Suprimento do traje do astronauta Plutônio (símbolo)

Roedores que vivem em esgotos

Arthur Dapieve, jornalista carioca

Estado da MonoSerra da de Capivara grama "Taís" (sigla)

Registro de fatos em ordem cronológica

Radiação ultravioleta (sigla) Gelatina "Índio", vegetal em Funai

Sinclair Lewis, romancista dos EUA

Eugène Ionesco, autor teatral romeno

Senhora (abrev.)

14

Solução

D T E S V I O

Êta Mundo Bom -

Globo Candinho procura Clarice Candinho procura Clarice. Maria e Sandra se enfrentam e trocam ofensas. Paulina e Diana enganam Candinho e Clarice sobre o paradeiro de Filomena. Anastácia se declara novamente para Pancrácio. Sandra finge sofrer por Candinho na frente de Anastácia. Candinho garante que encontrará Filomena e seu filho. Romeu e Filomena chegam à fazenda. Quinzinho confronta Cunegundes para defender Filomena. Romeu anuncia que comprará a fazenda. Josias revela que Sarita é sua neta. Sandra afirma a Ernesto que tem novos planos para roubar a fortuna de Anastácia.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

C

NOVELAS

P T I C A O S R N P L U E L A S U M I M E R P A N A T T I V A A Z U R Z I A N A I S A G E M S RA O

O que somos, o que desejamos ser e o que de fato podemos ser: são posições que apontam o lugar que ocupamos definido por nossas escolhas, desde as mais banais, nos diferentes contextos de nossa vida. Mas como defende Lya Luft, “dentro de certos limites, podemos intervir”. Acredito na possibilidade de intervenção ainda que limitada...sim podemos e essa responsabilidade é nossa, apesar das desculpas e justificativas dadas. Sabe aquele papo: “deixar a vida me levar”... Concordo com Lya que no trajeto entre nascer e morrer, carregamos muito peso inútil. Luft destaca: “Largamos no caminho objetos que poderiam ser preciosos e recolhemos inutilidades. Corremos sem parar até aquele fim temido, raramente nos sentamos para olhar em torno, avaliar o caminho, e modificar ou manter nosso projeto pessoal. Stormie Omartiam defende que ninguém gosta de andar em círculos e passar repetidamente pelos mesmos lugares. Infelizmente, é exatamente o que muitas vezes fazemos...”Ninguém quer ex-

Pesquisadores concluíram que uma adaga encontrada no sarcófago do faraó Tutancâmon (1327-1336 a.C.) veio, literalmente, do espaço. Em uma análise para determinar a origem do ferro que compõe a arma, os cientistas descobriram que o material é proveniente de um meteorito. O estudo, feito em parceria pelo Museu Egípcio do Cairo e pelas universidades de Pisa e Politécnica de Milão, foi publicado na revista científica Meteoritics & Planetary Science. Os cientistas escreveram no artigo que a descoberta desta adaga feita com ferro de meteorito é um grande passo na elucidação do misterioso “ferro caído do céu”, relatado em diversos textos egípcios, hititas e mesopotâmicos. A principal hipótese dos cientistas é a de que os egípcios consideravam o “ferro caído do céu” divino e o utilizavam para aplicações extremamente raras, como o enterro de um faraó. “Se já existia na época, o derretimento de ferro provavelmente produzia ferro de baixa qualidade para objetos reais e preciosos. Assim, esta descoberta também comprova que os egípcios já tinham sucesso trabalhando com ferro ainda no século 14”, escrevem os pesquisadores.

S C A I A L E C L A D F I M E N E Z N E O T N P E T E R A E T I M A O T E D A R Q A U P E S C U RA L

COISAS DA VIDA

Adaga é encontrada em tumba de faraó

O E E S C A L R E R

Psicóloga Esp. em Gestão de Pessoas Especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental

CIÊNCIA

3/ime. 4/ágar — cine — zone. 5/tônus. 7/escaler. 9/côte d’azur — dialética.

Sônia Arriens Cassel

perimentar os mesmos problemas e frustrações, cometer os mesmos erros e lidar com as mesmas limitações. Todos nós lutamos para romper os círculos viciosos de derrotismo. Queremos superar-nos, esperamos ir além de nossas limitações e circunstâncias. Não desejamos ser apenas sobreviventes” (2015). Acredito profundamente na observação de Lya Luft de que podemos nos libertar. Ela reforça: “Posso me reprogramar para discernir o que é para mim, neste momento, o melhor – ou possível. Meu conceito de mundo inibe minhas decisões e me consome e faz encolher, ou me força a enfrentar alternativas. Nessa hora entrarão em jogo a minha bagagem inata, o que eu tiver construído em mim, os recursos aos quais posso apelar – e minha confiança de que posso realizar isso (...) Somos livres para muitas decisões. A partir de quando pude ter algum discernimento, o que fiz para continuar sendo – ou melhorando – isto que agora sou? (...) O que de melhor posso fazer, como ser inteiro e feliz, dentro de minhas possibilidades – que geralmente extrapolam aquilo em que acreditamos ou nos fazem crer”. Precisamos sempre buscar, em meio às mais árduas batalhas enfrentadas, os recursos e possibilidades que estão à nossa disposição e lembrar que “não é só culpa dos outros se ficamos truncados. Em cada estágio podemos colocar algum traço, algum ponto, alguma cor no projeto de quem pretendemos ser. Podemos ser obrigados a usar disfarces, mas no centro de nós mesmos ressoa o nome que nos dermos: a nossa chancela” ( Luft).

14

Horóscopo Áries Quando a impulsividade é a força que comanda suas ações, você pode ter, de um lado, a criatividade e, do outro, a precipitação. É tempo de poder transformar seus impulsos em força construtiva. Touro A sutileza dos gestos faz diferença na conquista do objeto desejado. Ao agir com excessiva firmeza, é provável que você crie desconfortos. É tempo de manter a seriedade, mas com doçura. Gêmeos Agora é possível pensar em novas formas de ver as mesmas coisas. Com isso, você sacia um pouco mais sua curiosidade. É tempo de dar um toque de alegria nas coisas que parecem duras na vida. Câncer A suavidade e a delicadeza que você imprime na forma de se relacionar geram o encontro com pessoas agradáveis. É tempo de criar condições para manter o bem-estar com quem convive. Leão A disposição em perceber o que acontece à volta lhe permitirá incorporar experiências dos outros para usar em sua vida. É tempo de se beneficiar com as trocas decorrentes de tais encontros. Virgem Se precisar que alguém faça algo para você, a melhor maneira de se pedir isso é com respeito e delicadeza. É tempo de compreender que o outro só pode fazer aquilo que está dentro do seu alcance. Libra O amor pode ser vivido de forma realista, sem exageros e idealizações. Assim, torna-se possível. É tempo de lidar com os afetos de forma transparente e desfrutar do que está à mão. Escorpião As relações cristalizadas precisam ser transformadas para durar, assim como o trabalho sem criatividade, que exige mudança para continuar a produzir. É tempo de criar algo totalmente novo. Sagitário Grande parte das brigas vividas agora pode ser decorrente das suas inseguranças e da necessidade de autoafirmação. É tempo de investir em práticas que o ajudem a reconhecer o seu valor. Capricórnio O conhecimento é essencial para produzir resultados objetivos. Ao exercitar a mente, você executa um trabalho com mais eficiência. É tempo de estar preparado para mostrar a sua real competência. Aquário Há que se ter fôlego para percorrer distâncias e conseguir atingir os objetivos traçados. É tempo de seguir adiante, mesmo que você venha a encontrar grandes dificuldades pelo percurso. Peixes Neste momento, a imaginação transita com facilidade, formando uma ponte com a razão. O resultado pode ser transformador. É tempo de aproveitar a sensibilidade para reorganizar a vida.


Jornal da Manhã

Sexta-feira, 3 de junho de 2016

GESTÃO, NEGÓCIOS & CIA

Marcelo Blume marcelo.blume@referenda.com.br

Transformando o sonho em resultados Já refletimos neste espaço que nos períodos em que o ritmo dos negócios fica reduzido, é tempo de planejar, projetar e prospectar novos negócios, novos produtos, novos mercados, enfim, dedicar-se mais a inovação. Tenho falado (e escrito) também que é preciso um bom planejamento e bons projetos para transformar sonhos em realização pessoal e profissional, e não em pesadelos. Com frequência vemos pessoas com ideias para novos produtos e novos negócios que estão sendo pensado há tempos, mas que precisam de uma melhor reflexão o que somente é possível, com o planejamento e projeções geradas por um bom plano de negócios. Para evitar que o sonho do negócio vire pesadelo, tenho proposto a definição do problema, do público, da visão, da estratégia, dos objetivos e do monitoramento. Acredito que a primeira reflexão sobre uma ideia destas é definir se o melhor é um novo produto, ou um novo negócio. Qual o potencial de desdobramento deste produto ou deste negócio, em amplitude e profundidade e ainda, qual o potencial de agregação para o negócio maior no qual ele será inserido? Com um pouco mais de clareza sobre o potencial do produto ou do negócio, é preciso definir bem qual o problema que o produto ou o negócio resolve. Qual a necessidade de empresas ou o desejo das pessoas que o novo produto ou novo negócio se proporá atender? Definido qual o problema que o produto/negócio irá resolver, é preciso pensar no público alvo. Público alvo é um grupo restrito dentro da população toda, para quem o produto ou negócio será mais atrativo e que terá potencial para adquiri-lo. Quem pagaria pelo que o produto ou negócio oferece? Para quem vamos trabalhar? Quem são, quantos são, onde estão, quais são os principais hábitos em comum do público alvo? Resolvido o público alvo que o novo produto ou negócio pretende atingir, é preciso definir a visão de futuro, ou seja, onde queremos chegar. Porque estamos desenvolvendo este produto? Porque estamos desenvolvendo este negócio? Como queremos ver este produto daqui a 10 anos? Onde queremos que este negócio esteja daqui a 10 anos? Tendo claro aonde se quer chegar com o produto/negócio, é preciso escolher a melhor estratégia, ou seja, qual o melhor caminho para chegar lá. Qual das opções existentes é a mais adequada para transformar esta ideia naquele resultado que se quer? Com a estratégia definida, é imprescindível definir os objetivos do que se quer realizar. Os objetivos poderiam ser comparáveis aos quesitos, às etapas para que a visão de futuro seja alcançada. O que se quer realizar ao longo da caminhada para o alcance da visão de futuro neste produto ou neste negócio pretendido. Um objetivo terá mais condições de ser alcançado com a definição dos indicadores e das metas de cada um deles. É preciso ter claro de que o que não é medido, não é gerido. Desta forma, para saber em cada etapa quais resultados já foram atingidos, quanto falta para alcançar o que se pretende, saber se é preciso mais ou menos investimento, mais ou menos esforço, é fundamental ter definido como serão monitorados os resultados que darão suporte para a tomada de decisões. Deixo um abraço e até a próxima!

15

AGÊNCIAS BANCÁRIAS

Nova legislação é discutida Ontem pela manhã foi realizada uma reunião na prefeitura, para tratar sobre a Lei n.º 6.402, de 6 de maio de 2016, que dispõe sobre a obrigatoriedade das agências bancárias disponibilizarem vigilantes armados nos caixas eletrônicos e terminais de autoatendimento nos bancos. A reunião foi agendada pelo prefeito de Ijuí, Fioravante Ballin, juntamente com o vereador do PSB e autor da lei que foi sancionada no mês de maio, César Busnello, e demais representantes das instituições financeiras do município. Conforme informações do vereador, os próprios representantes é que solicitaram a realização da audiência, para manifestar contrariedade sobre o assunto. "Os representantes

demonstraram contrariedade no que diz respeito à legislação, não especificamente ao que diz respeito a legalidade da lei. A lei, segundo eles próprios acordam, é totalmente legal, sem incondicionalidades. O que eles alegam e sustentam é de que isso vai prejudicar questões de legislação trabalhista e o próprio vigilante, que ficará sozinho e exposto à inseguranças", ressalta. Sobre resoluções para esse problema, Busnello alega que a lei será mantida, por ser obrigatória. "A reunião foi realizada para debatermos isso de primeira instância, e para ouvir o que os representantes gostaríam de falar. Porém, vamos fazer outra reunião no dia 4 ou 5 de julho, com o Sindicato dos Vigilantes e dos

Prefeito participa de reunião do Comrural Na manhã de ontem, o prefeito Fioravante Ballin, juntamente com o secretário municipal de Governo Nelson Copetti, participou da reunião do Conselho Municipal de Agropecuária e Desenvolvimento Rural (Comrural), realizada no Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Na ocasião, Ballin falou sobre o balanço financeiro dos últimos quatro meses, a diminuição da arrecadação do município e a falta de repasses dos governos Estadual e Federal. “A situação econômica financeira que estamos vivendo, em nível de Brasil, afeta também os municípios. Isso reflete na nossa atuação em nível

municipal e nas demandas que temos com o meio rural”, disse o prefeito. Por conta dessa realidade econômica, algumas demandas e projetos que já estavam previstos em orçamentos anteriores não poderão ser executados. Serão priorizados, nos próximos dias, os trajetos emergenciais, estradas precárias, a recuperação de pontes e bueiros, além do conserto emergencial de algumas máquinas. No encontro o prefeito também convidou o Conselho para participar da Assembleia Pública Municipal da Consulta Popular, que aconteceu na noite de ontem, no auditório da ACI.

No encontro, o prefeito convidou o Conselho para participar da Consulta Popular

SERVIÇOS COLETA SELETIVA- A coleta seletiva de resíduos recicláveis em Ijuí teve início em novembro de 2007, para a coleta e transporte de resíduos sólidos domésticos (RSD) e de resíduos sólidos recicláveis (RSR). O material coletado pela empresa é encaminhado para associações de catadores de materiais recicláveis do município (Acata; ARL6 e Galera da reciclagem), sendo esse material parte significativa de fonte de renda dessas pessoas. Tanto a coleta de resíduos sólidos quanto orgânicos ocorre no Centro diariamente e nos bairros conforme um calendário que está disponível no site da prefeitura.

bancários, para discutir de forma mais profunda esse assunto", comenta. A lei de autoria do vereador, faz com que se torne obrigatória a presença de vigilantes armados junto aos caixas eletrônicos e terminais de autoatendimento de agências bancárias do município. Também deve ocorrer a permanência dos vigilantes devidamente protegidos por cabine blindada ou escudo de proteção, nas instituições financeiras, no horário das 6h às 22h, ou enquanto os equipamentos estiverem funcionando. O descumprimento da presente lei implicará em multa no valor de cem unidades fiscais, sendo que trinta dias após a primeira notificação o alvará de funcionamento da agência bancária

César Busnello

infratora poderá ser suspenso. A lei entra em vigor em 90 dias.

Morador quer providência para transtorno em rua

Vicente lamenta a quantidade de terra depositada em frente a sua residência

Uma obra em andamento na Rua Vicente Rasia, no bairro Mundstock, está gerando desconforto aos moradores da localidade. “Foi terminada uma valeta e o restante da terra foi jogada em frente a minha casa. Isso não pode acontecer”, reclama o morador Emílio Skalski, que entrou em contato com o Grupo JM. Segundo ele, buscou a solução junto ao órgão responsável e recebeu a orientação de jogar a terra para frente do passeio. “Falaram que não vão tirar e agora a terra está acumulada, já tomei providências na Justiça”, conta. O problema já passa de 20 dias, segundo Emílio.

Cansado de buscar solução para o problema, o morador pede que a terra seja retirada da frente de sua residência. “Foram colocados tubos de esgoto, terminaram o serviço, mas eu não admito a terra em frente a minha casa, esse barro entra na minha residência, e eu não posso nem sair de casa”, lamenta. Emílio destaca que o mesmo problema ocorre nas demais residências. “Eles têm que vir tomar uma providência, mas não adianta pedir”, afirma. No local há uma placa de sinalização da Secretaria Municipal de Obras, Desenvolvimento Urbano e Trânsito e do Demasi.

Consórcio Intermunicipal de Saúde do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul

EXTRATO DE EDITAL O PRESIDENTE DO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SAÚDE DO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL - CISA, inscrito no CNPJ sob nº 02.231.696/0001-92, com sede à Rua Barão do Rio Branco, 121, na cidade de Ijuí/RS, no uso de suas atribuições torna pública a dispensa de licitação para a contratação de empresa no ramo de Assessoria e Consultoria ambiental, para a prestação de serviços de assessoria na revisão, retificação e/ou ratificação dos Planos Municipais de Saneamento Básico e Planos de Resíduos Sólidos, de municípios consorciados. Ijuí/RS, 8 de abril de 2016. JAIRO FERNANDES DO ESPIRITO SANTO Presidente do CISA

cmyk


www.jmijui.com.br

ocupação em escola

CEO É REFERÊNCIA

Centro é um dos poucos do Estado que faz atendimentos especiais | 4

Região volta a ser alvo da Queijo Compen$ado Depois de reunião com a CRE, a direção foi dialogar com os ocupantes para o retorno das aulas | 7

Ação do Ministério Público desencadeou mais uma edição da operação em sete municípios do Estado. | 10

Jair Galvão promete recorrer da punição Técnico do São Luiz acredita em diminuição da suspensão de 11 jogos aplicada pelo Tribunal de Justiça Desportiva. | 12

Morador quer providências para transtorno Obra realizada na Rua Vicente Rasia, no bairro Mundstock, tem deixado moradores insatisfeitos com a situação. | 15

EDITORIAL | 6 Todos sabemos da necessidade de obras que melhorem o trânsito, mas é preciso também um melhor planejamento da aplicação.

cmyk

Sitepaginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you