Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Terça-feira, 6 de setembro de 2016

Ano 43 - Nº 335

R$ 3,00

Segurança pública em colapso Fim de semana no Estado termina com 33 assassinatos

População carcerária se aproxima dos 35 mil presos

Para juiz, problema vai muito além da falta de vagas

PÁGINA | 14

Candidatos a prefeito superam R$ 4 mi em patrimônio Declaração de bens foi divulgada pelo TSE. | 8

Multas para focos do Aedes ficam mais pesadas Projeto que atualiza valores foi aprovado ontem. | 8

IJUÍ DRONES VENCE MAIS UMA Equipe (preto) derrotou o Restinga Redskulls pela Copa Sul de Futebol Americano. | 16

Cenário favorece negociação de aluguéis Imobiliárias orientam para melhor negociação. | 3

PASSEIO ESPECIAL Alunos da Escola Estadual Ijuí conheceram o Museu Militar de Panambi. | 7

Mês é dedicado à prevenção do suicídio

Defesa Civil finaliza Plano de Prevenção

Coordenadora defende a quebra de mitos e tabus sobre o tema. | 4

Documento foi encaminhado ontem para a regional. | 5

cmyk


RADAR

O QUE ESTÁ PEGANDO - Hoje, a partir das 9h, no Salão Azul da Unijuí, acontece uma nova edição do O que está pegando, debate promovido pelo curso de Ciências Econômicas. O tema em discussão é Manejo e Conservação de Solo. Participam do debate Dejair Antonio Burtet – Assist. Técnico da Emater - Manejo de Recursos Naturais, Jackson Fiorin - professor da Unicruz e pesquisador na Área de Ciência do Solo da CCGL, Volnei Viau - presidente da Apaju – Ass. dos Profissionais de Agronomia de Ijuí e professor da Unijuí. EXPOSIÇÃO - A 7ª Exposição Nacional de Híbridos de Orquídeas será realizada de 7 a 9 de outubro. A exemplo de anos anteriores, a mostra será no pavilhão de entrada do Parque de Exposições Wanderley Burmann, nos primeiros dias da ExpoIjuí Fendi 2016, que acontece de 6 a 16 de outubro. Além da exposição, haverá comercialização com orquidários de Curitiba e Osório. As plantas premiadas serão divulgadas no dia 8 de outubro. As plantas serão premiadas em 25 categorias diferentes, além das plantas destaque e do melhor híbrido do Círculo de Orquidófilos de Ijuí. O evento é promovido pelo Círculo de Orquidófilos de Ijuí (COI), com apoio da Federação Gaúcha e Orquidófilos e Polo Noroeste, prefeitura de Ijuí e ACI. SALÁRIOS - O governo do Estado depositou ontem uma parcela de R$ 200 para os servidores relativos aos salários de agosto. Com esse depósito, o pagamento do funcionalismo do mês passado chegou a R$ 1,4 mil. Com o valor atingido, o Estado integralizou o pagamento de 30,69% da folha relativa a agosto. Para fazer o pagamento de R$ 200 desta segunda-feira, o governo do Estado desembolsou R$ 50,5 milhões. Para quitação de toda a folha líquida de pagamento do Executivo são necessários R$ 990 milhões. A previsão da Secretaria da Fazenda é de que os salários estejam integralmente depositados até o dia 13 de setembro. DETERMINAÇÃO - O Órgão Especial do Tribunal de Justiça (TJ) julgou nesta segunda-feira (5) o mérito de um mandado de segurança movido pelo CPERS/ Sindicato sobre o pagamento dos salários dos professores. Os desembargadores mantiveram a liminar concedida em 2015 que já obrigava o governo do Estado a pagar a integralidade das remunerações até o último dia útil de cada mês. A decisão foi por maioria. Conforme o voto do relator, desembargador Nelson Antônio Monteiro Pacheco, a situação do parcelamento dos servidores públicos estaduais se agravou desde o ano passado.

cmyk

2

OLHO DA RUA INDICADORES

Poupança 5.9.2016 .........................0,6667 % Ouro 5.9.2016......................... R$ 138,00 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,2807 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,2813 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,2200 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,4200 Euro (compra) .............................. R$ 3,6570 Euro (venda) ................................. R$ 3,6577 IPC/FIPE Jul/ /2016 ..............................0,35% IGPM Jul/2016 .................................... 0,18% INPC/IBGE Jul/2016 .............................0,64% IPCA Jul/2016 ......................................0,52% IGP-DI-FGV Jul/2016 .......................... -0,39% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144 *valores acima de R$ 300,00

LOTERIAS

Aos 94 anos, Fridolino Eickhoff ainda participa da Banda Municipal Carlos Gomes. Na abertura da Semana da Pátria, na última quinta-feira, Fridolino e sua tuba deram encanto especial ao momento.

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º - 5.641 2º - 2.519

ENTRE ASPAS

3º - 8.603

"O objetivo é o mesmo, estamos próximos dos líderes. Tem muita coisa para acontecer ainda, temos que reencontrar os caminhos da vitória", disse o técnico do Grêmio Roger Machado.

4º - 7.812 5º - 2.251

"Estou consciente da dimensão do desafio", disse o Cezar Schirmer, novo secretário de Segurança do Estado.

QUINA

"O sentimento de que essa nomeação trata-se de um deboche à população do Rio Grande do Sul não é só nosso, mas é compartilhado por milhares de gaúchos que rapidamente se manifestaram indignados nas redes sociais lançando o nome de Schirmer aos trend topics seguido pelo nome da boate Kiss", diz nota da Associação de Familiares das Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM), sobre a nomeação de Schirmer. “Muitos diziam que não adiantava produzirmos provas porque votariam contra de qualquer jeito”, disse o ex-ministro José Eduardo Cardozo, advogado de Dilma. “A Expointer nos mostra que o momento é de retomada: no Estado e no País, na política e na economia”, disse o governador José Ivo Sartori. "Foi uma boa Expointer, com bom volume arrecadado e uma excelente qualidade dos produtos oferecidos", disse o subsecretário do Parque Assis Brasil, Sérgio Bandoca Foscarini.

CONCURSO nº

MEGA SENA CONCURSO nº

1853

01 02 34 39 41 45

PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

Getúlio

4176

20 53 60 70 74 Resultado de Sábado

DESFILE - Devido à instabilidade climática e previsões de chuva para este fim de semana, a União das Etnias de Ijuí (Ueti) informou no domingo, dia 4, em sua fanpage oficial no Facebook, que o 10º Desfile Étnico Cultural será transferido para uma nova data. O evento, que ocorreria hoje à tarde, a partir das 15h30, foi adiado por decisão da Comissão Organizadora e demais integrantes da União, que deverão definir e anunciar um novo dia para a realização do desfile ainda na próxima semana. O 10ª Desfile Étnico Cultural deste ano terá como temática os 30 anos de Fenadi e 20 anos da Ueti, com o objetivo de apresentar à comunidade de Ijuí e região a história do Movimento Étnico local.

Jornal da Manhã

Terça-feira, 6 de setembro de 2016


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 6 de setembro de 2016

MERCADO IMOBILIÁRIO

Divergência nos aluguéis incentiva as renegociações Há uma distorção acontecendo no mercado de locações brasileiro nos últimos meses. Enquanto os contratos de aluguéis antigos sofrem reajuste automático pelas taxas de inflação, na casa dos dois dígitos, os preços dos imóveis vazios, por outro lado, não param de cair. A situação tem encorajado os inquilinos a buscarem alternativas mais vantajosas para fugir do aumento quando chega o aniversário do contrato. "É um bom momento para negociar", analisa Bruno Oliva, economista da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Oliva ratifica a leitura, lembrando que o poder de barganha está todo do lado do inquilino neste momento. "Se o proprietário se recusar, vai demorar a alugar de novo e mesmo assim não vai conseguir o valor antigo, que hoje em dia, em muitos casos, tornou-se irreal", argumenta o economista. A falta de demanda, aliás, é justamente o que explica o descompasso. Segundo estudos do Sindicato da Habitação (SecoviRS), a taxa de Locação sobre Oferta (LSO) em Porto Alegre, em maio, último mês disponível, foi de 12,41%. Há quatro anos, a taxa de locações chegava a 23,5% dos imóveis disponíveis. "Está demorando mais para locar, pois temos

uma situação econômica difícil, e as pessoas tendem a economizar", diz o vice-presidente de locações do Secovi-RS, Leandro Hilbk. Com pequenas variações, a queda é sentida em todas as 11 cidades brasileiras pesquisadas pela instituição. Ao mesmo tempo, porém, o principal indicador de inflação para reajuste de contratos antigos, o IGP-M, medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), vai pela rota contrária - fechou agosto com uma correção de 11,49% no acumulado de 12 meses. "As renegociações são um movimento do mercado, que acontece sempre e talvez até com mais frequência agora, embora não esteja fora de uma normalidade, mas tem que se considerar muito o tipo de imóvel", argumenta Hilbk, lembrando que imóveis com características únicas em sua região dificilmente passam por esse processo. O vice-presidente ainda ressalta que, pelo lado dos investidores, a natureza de longo prazo do setor faz com que os imóveis continuem sendo um bom negócio, apesar da conjuntura atual. No acumulado dos últimos 100 meses, por exemplo, enquanto o IGP-M variou 70,73%, o preço das locações cresceu 87,97%. Segundo o proprietário de uma

Cícero Tremea dos Santos

imobiliária, Cícero Tremea dos Santos, por conta da crise financeira, a negociação no valor do aluguel entre proprietário e inquilino é fator preponderante para fechar ou renovar o contrato. "Quando o imóvel é bom vai continuar tendo seu reajuste e se tiver o contrato vencido terá o nivelamento de mercado. Já aqueles que necessitam de reforma, considerados mais fracos não sofrem as consequências do reajuste", explica Cícero, frisando que muitas pessoas, por exemplo, passaram a morar em conjunto ou mesmo voltaram a morar com os pais, o que diminuiu a procura.

Balcão do Consumidor reduz demandas Presente em vários municípios de todo Estado, como Passo Fundo, Carazinho e Santa Cruz do Sul, o Balcão do Consumidor constituise em um projeto de extensão universitária. Em outubro de 2012 passado, durante a programação da Expo-Ijuí/Fenadi, aconteceu a assinatura do convênio para o anúncio oficial da instalação do Balcão do Consumidor em Ijuí, que efetivamente começou a funcionar em março de 2013. O Balcão é resultado de uma parceria entre o curso de graduação em Direito da Unijuí, o Ministério Público Estadual, o Procon e Executivo de Ijuí. De acordo com a professora do curso de Direito da Unijuí, Fabiana Fachinetto Padoin, o trabalho realizado pelo Balcão potencializa as ações de conciliações. "O nosso trabalho está sendo desenvolvido há três anos, ele vem atender a uma necessidade da comunidade. Fizemos esse convênio com o Município e o Ministério Público na tentativa de evitar processos judiciais", comenta. Atualmente existem em torno de 100 milhões de processos tramitando no Brasil e desses

O Balcão do Consumidor realiza atualmente em torno de 300 atendimento por mês

estima-se que 40% envolvam o Código de Defesa do Consumidor (CDC). Hoje, ele passa por todas as áreas, desde as compras e serviços contratados, até seguros, planos de saúde e também contratos bancários. Fabiana reforça que o objetivo do Balcão é evitar o caminho do Judiciário. "Como o setor Judiciário se encontra exacerbado de processos, dessa forma

evitamos muitas demandas. Hoje, realizamos praticamente 200 a 300 atendimentos mensais, que não são encaminhados para o Judiciário", afirma. A sede do Balcão do Consumidor está localizada na Rua 20 de Setembro, nº 533, junto ao prédio do Procon, em frente ao Fórum. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira das 12h às 18h.

3

HCI receberá recursos de emendas parlamentares Noventa e sete Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Rio Grande do Sul vão receber aporte de R$ 53,5 milhões do Ministério da Saúde. O anúncio foi feito pelo ministro Ricardo Barros no início deste mês, durante o 26ª Congresso de Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, em Brasília (DF). Em todo o Brasil, serão R$ 513 milhões para 500 serviços em Santas Casas. A liberação da verba é resultado das medidas de gestão adotadas pelo ministro nos primeiros 100 dias à frente da pasta, como revisão de contratos e economia com aluguéis e outros serviços. Assim, o recurso economizado está sendo reaplicado na saúde, garantindo a expansão de serviços, como é o caso desses hospitais, e da oferta de medicamentos na região. A maior parte dos valores liberados, R$ 33,5 milhões, é referente a emendas parlamentares dos últimos dois anos que ainda não haviam sido pagas. As portarias que garantem a verba foram publicadas na última semana. Já os R$ 20 milhões restantes são para novas habilitações e credenciamentos de 27 hospitais filantrópicos no Estado. A meta é que os pagamentos sejam feitos em dezembro. O repasse vai reforçar

Cláudio Matte Martins

e qualificar os serviços oferecidos pelos hospitais filantrópicos, que desempenham um papel importante na assistência à população, por meio do (SUS). Destes recursos, o Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) deverá receber aporte de R$ 500 mil oriundos de emenda parlamentar do deputado federal Pompeo de Mattos (PDT-RS) e R$ 20 mil referente à emenda parlamentar da senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS). De acordo com a assessoria do HCI, os recursos serão utilizados para aquisição de equipamentos.

Endividamento das famílias segue estável A Fecomércio- RS divulgou ontemaPesquisadeEndividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), apontando que, embora o indicador tenha aumentado em relação ao mesmo mês do ano passado, saindo de 52,5% para 56,6%, apresentou redução quando confrontado com julho deste ano (60,4%). Segundo nota da Fecomércio, isso mostra a continuidade do processo de ajuste ao cenário mais restritivo por parte das famílias gaúchas. “O percentual de endividamento oscilou, mas não em magnitude suficiente para representar uma quebra na tendência de estabilidade observada recentemente e permanecendo próximo a sua média histórica”, afirma o presidente da instituição, Luiz Carlos Bohn. O percentual de famílias com contas em atraso em agosto/2016 (20,2%) diminuiu em relação ao mesmo mês do ano passado (23,0%), e continua indicando uma interrupção no ciclo recente de alta da inadimplência. Já o índice de famílias que não terão condições de regularizar nenhuma parte de suas dívidas no horizonte de 30 dias atingiu 11,7% em agosto/2016, uma pequena queda em comparação com agosto do ano passado (11,9%), mas alta

Luiz Carlos Bohn

importante sobre julho último (6,5%). “Após dois meses de arrefecimento, o indicador volta a marcar percentual acima de 10%”, destaca Bohn. De acordo com ele, a inadimplência também vem registrando sinais de contenção. Bohn ressalta, no entanto, que ainda não é possível caracterizar melhoras substanciais das condições das famílias gaúchas, tendo em vista a instabilidade do indicador que sinaliza a permanência em inadimplência. A PEIC mostra que a parcela da renda comprometida com dívidas teve leve alta em 12 meses.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 6 de setembro de 2016

4

SETEMBRO AMARELO

"Precisamos continuar falando de suicídio" Dos 20 municípios que integram a 17ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), os maiores índices de suicídios ocorrem em Ijuí, Crissiumal e Panambi. É importante destacar que Ijuí é o município com maior índice populacional. Mesmo sendo tão próxima das pessoas, a palavra suicídio costuma ser perturbadora, algo aparentemente proibido de se comentar. As razões podem ser bem diferentes, porém muito mais gente do que se imagina já teve uma intenção em comum. Segundo estudo realizado pela Unicamp, 17% dos brasileiros, em algum momento, pensaram seriamente em dar um fim à própria vida e, desses, 4,8% chegaram a elaborar um plano para isso. Na maioria das vezes, no entanto, é possível evitar que esses pensamentos suicidas virem realidade. A primeira medida preventiva é a educação: é preciso deixar de ter medo de falar sobre o assunto, derrubar tabus e compartilhar informações ligadas ao tema. A coordenadora de prevenção à violência da 17ª CRS, Neide Durks defende que o suicídio precisa ser visto como uma questão de saúde pública. “O suicídio não é visto como um problema de saúde pública, mas

como um problema individual. Tem um silêncio em relação ao suicídio e a intenção da Coordenadoria é criar uma rede de prevenção que envolva diversos profissionais como os assistentes do Serviço de Atendimento Especializado (SAE), educadores, jornalistas, policiais, agentes comunitários de saúde, entre outros da área da saúde, para trabalhar os mitos e verdades que envolvem o suicídio, e a partir daí, que ele possa ser evitado”, esclarece. A cada 40 segundos, uma pessoa se suicida no mundo, segundo estimativa da Organização Mundial da Saúde. A média brasileira é de 6 a 7 mortes por 100 mil habitantes, bem abaixo da média mundial– entre 13 e 14 mortes por 100 mil pessoas. Mas o que preocupa é que, enquanto a média mundial permanece estável, esse número tem crescido no Brasil. E a maior porcentagem de suicídios é registrada entre jovens. “Também precisamos entender que o suicídio é um fenômeno complexo, que envolve múltiplas causas e que, além das vítimas, há os sobreviventes que precisam ser cuidados e essas pessoas perpassam as unidades básicas de saúde. Então precisamos fazer essa rede, compreender o fenômeno e sa-

ber identificar as situações que estão em vulnerabilidade, e ir construindo e articulando uma rede de vigilância e controle”, afirma Neide. A Associação Internacional de Prevenção do Suicídio criou a campanha do Setembro Amarelo e estabeleceu o dia 10 de setembro como o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio. A ideia é discutir o assunto e divulgar ações preventivas. Dentro da área de abrangência da 17ª CRS, Neide conta que cada município realizará atividades de acordo com a realidade local, seja por meio de abordagens da comunidade, rodas de conversa, seminários, reuniões de equipes, estímulos para a criação de grupos onde o tema central do mês de setembro é falar sobre o suicídio. A função da Coordenadoria é de dar apoio aos municípios, principalmente, incentivando que as Estratégias Saúde da Família e as unidades básicas de saúde deem atenção para esse problema de saúde pública. “A gente precisa continuar falando, precisa sensibilizar as pessoas e todos têm um papel importante no trabalho de prevenção do suicídio. Precisamos vencer os medos, os tabus, os mitos e falar, porque, às vezes, o falar dará opor-

Alta de ICMS encarece medicamentos A necessidade de os governos estaduais reforçarem o caixa em tempo de crise está custando caro a pacientes de quatro regiões do País. Desde o fim do ano passado, 12 Estados aumentaram o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre medicamentos, com impacto médio de 1,2% sobre os preços. De acordo com levantamento da Interfarma, associação que reúne 55 laboratórios em todo o País, a alíquota passou de 17% para 18% no Rio Grande

cmyk

do Sul. Segundo a entidade, a carga tributária média sobre os medicamentos no Brasil corresponde a 34% do preço total, uma das mais altas do mundo. A alta do ICMS, de acordo com a Interfarma, resulta em redução de descontos nas farmácias porque a indústria farmacêutica está sendo impactada por outros custos que não foram totalmente repassados em 2015, como a alta do dólar e da energia elétrica. Para o diretor de Acesso da

Interfarma, o consumidor é punido duplamente, tanto ao comprar o medicamento como ao pagar imposto mais alto que não necessariamente é aplicado em saúde. “No caso do Farmácia Popular, que é um programa muito bem-sucedido, o governo federal gasta quase R$ 3 bilhões por ano com programa, mas paga, em média, 18% de ICMS para os Estados, que não abriram mão do imposto. Quase R$ 600 milhões por ano vão para o tesouro dos Estados, mas não voltam à saúde”, disse.

Neide Durks

tunidade para alguém que está pensando em suicidar ter abertura para falar de suas angústias. Então, falando podemos salvar vidas também, além de todas as ações, da rede e de um olhar atento”.

Rótulos devem informar presença de alergênicos A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estima que de 6% a 8% das crianças com menos de 6 anos de idade sofram de algum tipo de alergia. Já dados da Federação Nacional das Associações de Celíacos no Brasil (Fenacelbra) revelam que a doença celíaca afeta 1% da população mundial. Pacientes com sensibilidade ao glúten, portadores de doença celíaca e seguidores de dietas restritivas passaram a ter mais

apoio da legislação. Desde 2003, a Lei 10.674 define que a indústria de alimentos e bebidas precisa informar obrigatoriamente em seus rótulos se determinado produto contém ou não glúten. Além disso, desde o dia 3 de julho, os rótulos deverão informar, por decisão da Anvisa, por meio da RDC 26 de 2015, a existência de vários outros alimentos alergênicos como crustáceos, ovos, peixes, amendoim, soja, leite de todos os mamíferos e castanhas.


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 6 de setembro de 2016

DEFESA CIVIL

Plano de contingência pode entrar em vigor A Defesa Civil de Ijuí vem organizando e debatendo o Plano de contingência do Município, documento que tem como finalidade estabelecer procedimentos a serem adotados pelos órgãos envolvidos a fim de facilitar e agilizar respostas às situações de socorro e minimizar os efeitos de possíveis desastres. A proposta segue o perfil básico do Plano de Contingencia Nacional, disponível no site do Ministério da Integração Nacional. De acordo com a coordenadora da Defesa Civil de Ijuí, Sandra Martins, o Plano foi encaminhado ao governo estadual e federal, porém, com a alteração de governo estadual, foi solicitado um novo modelo de contingência. Ela explica que o documento apresenta as deficiências do Município, desde chuvas fortes, ventanias, granizo e intempéries, "também acrescentando a prevenção de incêndios", esclarece. A proposta, segundo ela, é

de juntamente com o Conselho Municipal de Prevenção de Acidentes (Comupa), concluir o documento e já repassar à Defesa Civil regional para que possa ser entregue ao Estado. "Estando todos os dados completos, poderemos repassar uma cópia do Plano às entidades envolvidas". Sandra alerta que o Plano não deve ficar engavetado e que todos os setores envolvidos na segurança da comunidade devem estar atentos e, "ter conhecimento de como funciona o Plano", destaca ela. A responsável pela pasta adianta, ainda, que o retorno quanto a implementação do Plano possa ocorrer no prazo de dez dias. Segundo a coordenadora, após a efetivação do Plano de Contingência de Ijuí, a ideia é visitar as escolas para que os estudantes sejam um meio de comunicação com as famílias. "Queremos fazer um trabalho intenso para que eles (alunos) possam nos ajudar na orientação e esclarecimento

5

Ruizinho realiza hora do civismo com estudantes Com a ideia de proporcionar um momento de reflexão sobre o contexto social, político, cívico e moral, além de ser uma ferramenta de interação dos estudantes, a Escola Estadual de Ensino Fundamental Rui Barbosa, Ruizinho, está realizando, nesta semana da Pátria, um momento cívico. Segundo a diretora do Educandário, a escola já tem como prática, durante a Semana da Pátria, os anos finais prepararem uma apresentação com a finalidade de fazer uma reflexão sobre a Pátria. “Que lugar é esse que vivemos? O que estamos fazendo?”, explica. Entre as apresentações, como ela conta, houve turmas que deci-

diram fazer o resgate sobre o dia 7 de setembro, “mas em sua maioria, as turmas fazem uma análise sobre a situação do nosso País, o que é preciso fazer e quem pode fazer a diferença para que o País seja melhor e a gente possa viver, efetivamente, a independência”, acrescenta. Para a diretora, a participação dos jovens neste momento contribui para o desenvolvimento integral. “No instante que eles prepararam a apresentação, eles precisam buscar informações e, no momento da apresentação, eles trabalham a questão do se colocar em destaque, de com falar em público e da própria desinibição”, conclui.

Sandra Martins

sobre a atuação da Defesa Civil. Em como as pessoas podem buscar ajuda e fazer o chamado", conclui. A Defesa Civil de Ijuí está localizada no prédio principal da prefeitura e pode ser acionada pelo telefone (55) 84511023.

Ideia, segundo a diretora é proporcionar um momento de reflexão

Escola do Distrito de Mauá faz desfile cívico da Semana da Pátria

Desfile no distrito teve a participação de diversas escolas do Município

No último domingo, os alunos da Escola Municipal Fundamental Joaquim Nabuco, do distrito de Mauá, realizaram o tradicional desfile cívico tradicionalista. O evento, realizado pelas ruas da localidade, também reuniu representantes de CTG's, autoridades e comunidade em geral. Na oportunidade, desfilaram alunos da Escola Joaquim Nabuco; do Colégio Estadual Modelo; Instituto Municipal de Ensino Assis Brasil (Imeab) e Piquete Pousada dos Tropeiros. Um dos destaques do desfile foi a Banda Marcial Marcos André Rigoli, homenagem feita pelos alunos do Imeab ao

ex-baterista da banda ijuiense Pimenta e seus Comparsas, uma das vítimas do incêndio ocorrido há aproximadamente três anos, na boate Kiss, em Santa Maria. De acordo com a diretora do Educandário, Gloria Massafra, o desfile conseguiu mostrar à comunidade os trabalhos desenvolvidos em cima do tema da escola: Educando mentes e corações para cuidar de nossa casa. "As festividades foram muito positivas porque conseguimos ter uma grande participação de escolas e ainda apresentar o trabalho desenvolvido na educação dos alunos", comemora. Em meio às atividades, tam-

bém foram feitos os pronunciamentos das autoridades presentes. Entre elas, prestigiavam o evento o prefeito Fioravante Batista Ballin e o secretário Municipal de Educação Eleandro Lizot. Simultaneamente, o Fogo Simbólico da Semana da Pátria segue aceso sob a guarda das escolas ijuienses na Praça da República. As atividades da Semana encerram-se amanhã, com o Desfile Cívico Militar na Rua Benjamin Constant, a partir das 8h30. Em caso de chuva, o desfile será adiado para as 14h do mesmo dia e, caso o mau tempo persista, será transferido para o próximo domingo, a partir das 8h30.

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Terça-feira, 6 de setembro de 2016

O CAOS PREVALECERÁ?

E

stá em evidência recentemente, no Rio Grande do Sul, o problema da segurança pública. As dificuldades já enfrentadas costumeiramente pela população estão agravadas, neste momento. Que a situação da segurança pública é ruim em todo o País é coisa que todos sabem há muito tempo, por experiência, tanto pela população, que sente isso na carne, em Precisamos toseu dia a dia, como pedos ter a garantia las autoridades. Mas, de que as forças quando expressa em policiais reagirão números por meio de por nós, cidadãos levantamento rigoroindefesos. E é bom so, constata-se que na que essa seja uma realidade ela é muito mensagem não só pior. No último final difundida aos qua- de semana no Estado tro ventos, mas, foram registrados 31 e principalmente, homicídios, gerando praticada na rotium alerta para todos. na diária. Os dados retratam que o problema da segurança pública tem sido falsamente enfrentado pelo Estado. A última ação do governador José Ivo Sartori, deixa claro o descaso com a situação. O governador, após pedir “socorro” às Forças Armadas, que estão atuando no Estado, resolveu nomear o prefeito de Santa Maria, César Schirmer, como secretário da Segurança Pública. Esta decisão, mais uma vez, foi política ao invés de técnica. Enquanto as autoridades municipal, estadual e federal,

optarem por ocupar os cargos públicos com decisões políticas, e não com pessoas preparadas e técnicas, o caos prevalecerá. Evidentemente, casos de homicídios, latrocínios, furtos e roubos não começaram nos últimos anos. É fácil de constatar, no entanto, que, nos últimos tempos, a situação entrou em estado de descontrole. Os índices e a violência têm batido recorde ano após ano. Ainda que a Brigada Militar e a Polícia Civil façam o máximo possível, o medo e a insegurança pairam sobre os gaúchos. O triste é quando se ouve que "ainda bem que foi perdido apenas o patrimônio, o melhor é continuar vivo". Claro que é, e disso ninguém duvida. No entanto, o conselho repetitivo do "não reaja", enviado a todos gaúchos, acaba fornecendo aos criminosos a certeza de que poderão agir sem nenhuma resistência. Claro que, em caso de roubo à mão armada, o correto é não reagir. Mas precisamos todos ter a garantia de que as forças policiais reagirão por nós, cidadãos indefesos. E é bom que essa seja uma mensagem não só difundida aos quatro ventos, mas, e principalmente, praticada na rotina diária. O fato é que os gaúchos não aceitam mais sofrer violências e constatar a quase impossibilidade de reação das autoridades policiais. Está na hora de o Estado e de toda a população rever os conceitos de políticas públicas, antes que não seja mais encontrada a luz no fim do túnel.

PONTO DE VISTA

Cledir França Enfermeira do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) fala sobre as inscrições abertas para o Grupo de Gestantes

Como funciona o Grupo de Gestantes do HCI? Nosso grupo de gestantes está previsto para iniciar no dia 6 de outubro, em uma quinta-feira à noite. Esse grupo acontece há bastante tempo e conta com sete encontros, nas quintas-feiras. Cada encontro é trabalhado sobre um determinado tema específico da gestação, então cada encontro conta com um profissional da área da saúde. É um espaço de ensino e aprendizado, entre as gestantes

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

e familiares e também os profissionais de saúde. Quais são os profissionais que participam dos encontros? São geralmente um nutricionista, enfermeiro, fisioterapeuta, psicólogo e médico obstetra e pediatra. Maridos ou familiares podem acompanhar a gestante nos encontros? Sim. Inclusive é importante que a gestante venha acompanhada com o seu esposo, com a mãe ou familiar, para ajudar depois na hora do nascimento, sobre as questões que são trabalhas dentro do grupo de gestantes. As mulheres visitam lugares dentro do HCI, como o Banco de Leite? Tem um dos encontros, normalmente o último que acontece, que passamos na maternidade, para elas conhecerem, e também o banco de leite humano do HCI.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.jmijui.com.br

6

ARTIGO

A hora da verdade Darcísio Perondi Deputado federal pelo PMDB/RS e vice-líder do Governo na Câmara O mês de setembro entrou com o povo comemorando o fim do ciclo de governo mais corrupto, incompetente e irresponsável de toda a nossa história. Michel Temer, enfim, se efetivou na Presidência da República e Dilma Rousseff foi condenada por crime de responsabilidade e não ocupa mais o cargo mais importante do País. Infelizmente, ainda existe uma minoria barulhenta que se desespera com a perda do poder e acusa um "golpe de Estado" inexistente. Golpe é saquear a Petrobras; financiar com propinas um projeto de perpetuação no poder; desviar dinheiro dos empréstimos consignados de idosos aposentados; violentar a Lei de Responsabilidade Fiscal e ocultar crimes com maquiagens contábeis; fabricar uma recessão que criou 12 milhões de desempregados; provocar o fechamento de mais de 160 mil lojas; mentir e praticar um estelionato eleitoral; entregar um déficit público de R$ 170 bilhões este ano; e provocar seguidos encolhimentos da economia nacional. Ainda timidamente, como indicam os dados do IBGE, da FGV e do Sistema Indústria, a economia começa a reagir, as indústrias reiniciam o desencalhe dos seus estoques, a chamada capacidade ociosa das fábricas diminui; muito em breve, o comércio voltará a vender, e, mais adiante, as empresas tornarão a empregar. Isso traduz o início da recuperação da confiança que o mercado havia perdido no desgoverno de Dilma. Mas o que será preciso fazer para acelerar, ampliar e, principalmente, dar sustentação a essa retomada? Uma lição que o País, finalmente, está aprendendo à custa de tanto sofrimento é aquela que todo chefe de família conhece desde sempre: o governo tem que parar de gastar mais do que arrecada. As consequências estão aí: juros nas alturas, inflação, recessão, desemprego, endividamento das famílias e das empresas, impostos cada vez mais pesados. A prioridade, então, é estancar o atual aumento explosivo da dívida pública e fazê-la voltar a níveis civilizados, o que dará mais espaço a que empresários e consumidores possam tomar empréstimos a juros menores e pagáveis. Na Câmara dos Deputados, fui designado relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 241/2016, do Novo Regime Fiscal, que estabelece um teto para o aumento das despesas da União. Com ela, o governo Temer quer, já a partir de 2017 e a cada exercício fiscal, que essas despesas se limitem ao que foi gasto no ano anterior, corrigido pela inflação. Um limite individualizado da despesa primária para todos os poderes, ficando instituído um novo regime fiscal por 20 anos, podendo ser revisto em dez anos. Segundo dados do Ministério da Fazenda, no período 2008/2015, o gasto cresceu 50% acima da inflação e a receita, apenas 17%. Se o governo for capaz de adequar suas despesas à receita, conseguirá uma queda dos juros, o déficit público diminuirá, a dívida crescerá menos, e a economia se fortalecerá: mais investimento, mais crescimento, mais emprego, mais renda. O Novo Regime Fiscal possibilitará ao Brasil crescer com segurança e atingir altitude compatível com os anseios do nosso povo por desenvolvimento econômico e justiça social. Chega de crescimento raquítico e de estagnação, ao sabor da demagogia de governantes desonestos. Tenho confiança que o Parlamento responderá positivamente para barrar a penúria fiscal. É uma oportunidade única e de ouro para os parlamentares serem protagonistas de um novo Brasil. A hora da verdade chegou. Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 6 de setembro de 2016

SEMANA DA PÁTRIA

Escola Ijuí visita Museu Militar em Panambi

7

Escola Alvorada faz projeto de meio ambiente Uma das escolas que aderiu ao projeto Tribos na trilha da cidadania, organizado pela Parceiros Voluntários, a Escola Municipal de Educação Infantil Alvorada está desenvolvendo a melhoria dos espaços de lazer do educandário. De acordo com a professora, Cíntia Souza da Silva, o projeto é direcionado ao Meio Ambiente e, na última semana, os alunos da turma do Maternal 2 participaram de um plantio de flores na frente da escola. "Os alunos gostaram muito. Até nos admiramos, no dia em que plantamos cada um pegou uma muda de flor, fizemos um bura-

co e cada aluno plantou a sua flor", comemora. Também, integrando as ações da proposta do projeto Tribos, ainda em agosto, os alunos das turmas maternal 1 e 2, produziram uma horta vertical. Usando garrafas pet, doadas pelas famílias, as crianças se envolveram e sob a orientação da professora Ivanilde dos Santos de Lima, produziram, cada uma, o seu canteiro. Outra ideia que ainda está sendo planejada é reforma da pracinha utilizandose de material reciclado, como pneus, que serão doados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA).

A visita ao Museu proporcionou aos alunos conhecer o acervo constituído por viaturas das Forças Armadas Brasileiras

Na última sexta-feira, a Escola Estadual de Ensino Fundamental Ijuí realizou uma viagem de estudos ao Museu Militar, localizado em Panambi. Segundo a direção da escola, a atividade teve como objetivo proporcionar aos estudantes momentos de conhecimento e vivências em ambiente extraclasse. Participaram da viagem os alunos do 1º, 2º e 3º ano dos Anos Iniciais, acompanhados por suas respectivas professoras: Célia Ilsi Kinalski, Denise Glitzenhirn, Silvana Dornelles

Hintz e a coordenadora pedagógica Vera Lucia Klein Rodrigues. A visita ao Museu proporcionou aos alunos conhecer o acervo constituído por viaturas das Forças Armadas Brasileiras, sendo que algumas atuaram em diversos combates importantes no Mundo: 2ª Guerra Mundial, Vietnã, entre outros. Também assistiram ao filme As Aventuras do Avião Vermelho no Boeing 737-30 onde funciona a sala de cinema e a biblioteca. Os alunos puderam interagir en-

trando em alguns tanques, colocando capacetes e simulando dirigir. De acordo com a coordenadora pedagógica da Escola, Vera Lucia Klein Rodrigues, foi uma ótima viagem de estudos. "Os alunos adoraram, observaram tudo com atenção, interagiram, lancharam, questionaram, integrando-se harmonicamente. Foi bem significativa tendo como, entre outros objetivos, conhecer e valorizar a história das Forças Armadas Brasileiras que atuam na defesa do País”, comemora.

"Merenda tem qualidade", defende CAE Embora pouca gente tenha ouvido falar dele, o Conselho de Alimentação Escolar (CAE) existe desde 2000 para fiscalizar os recursos federais destinados à merenda escolar e garantir as boas práticas sanitárias e de higiene dos alimentos nas instituições de ensino. O Conselho é composto de representantes da sociedade civil, de trabalhadores da Educação, de pais e de alunos, cabe ao órgão analisar uma série de ações, que incluem desde a produção dos alimentos até a prestação de contas dos gastos relacionados ao assunto. Também é tarefa do CAE emitir um parecer anual sobre o uso desses recursos pela rede de ensino, trabalho que exige precisão, já que é com base nesse relatório que será determinada a continuidade ou a interrupção dos repasses do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para a alimentação escolar. De acordo com a presidente do Conselho Municipal de Alimentação Escolar (CAE), Karina

Rios, o Conselho atua de uma forma organizada nas escolas. Como ela explica, o órgão é formado por sete membros titulares e suplentes que realizam encontros mensais, ordinários, além de visitas extraordinárias, onde o Conselho faz visitas às escolas. “Existe um formulário norteador que o FNDE recomenda, no documento são sugeridas situações para que os conselheiros analisem, como o manuseio correto dos alimentos, higiene, armazenamento, data de validade, organizados nos armários e refrigerados e aspectos de higiene em geral. Quando se tem oportunidade, conseguimos acompanhar o momento em que está sendo servida a refeição, nesse momento analisamos a qualidade visual do prato”, explica ela. Neste semestre, Karina destaca que os alunos do curso de Nutrição da Unijuí estão participando da aplicação dos testes de aceitabilidade e, ainda, auxiliando o trabalho da equipe de merenda escolar. “Então, a equipe está sendo qualifica de uma forma

Karina Rios

muito profissional e responsável, e tem respondido profissionalmente. Falo com muita convicção que a alimentação escolar em Ijuí é de uma qualidade nutricional muito boa, as crianças estão muito bem servidas”, comemora a coordenadora.

Alunos do Maternal 2 participaram do plantio das árvores

MEC suspende novo sistema de avaliação A portaria que ampliava o sistema e instituía a participação da sociedade civil nas avaliações na educação básica em todas as escolas do País, públicas ou privadas foi suspensa pelo Ministério da Educação (MEC). A justificativa da decisão é de restabelecer o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), o que foi feito por meio da Portaria nº 981, de 25 de agosto último. Em maio, o Saeb fora substituído pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Sinaeb). A portaria previa que o Sistema de Avaliação de Educação Básica (Saeb) fosse rebatizado de Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Sinaeb), mas as mudanças não estavam restritas ao nome. Segundo o texto, na hora de radiografar a escola, o Sinaeb levaria em conta não só o desempenho dos alunos em Português e Matemática. Também seria analisada a formação do professor na área em que leciona (no Ensino Médio, 74% dos docentes vivem esse descompasso), os indicadores socioeconômicos do entorno do colégio e a evolução dos estudantes durante a vida escolar.

Ainda, de acordo com o MEC, o Saeb já estava plenamente consolidado e reconhecido internacionalmente. Portanto, qualquer alteração que se fizesse necessária em suas referências não seria conveniente ou oportuna até que seja concretizada a revisão da Base Nacional Comum Curricular. Na nota, o MEC considera importante destacar, ainda, que o Saeb, criado em 1990, sustenta-se em estatísticas consolidadas. Suas informações subsidiam a formulação, reformulação e o monitoramento das políticas na área educacional nas esferas municipal, estadual e federal e contribuem para a melhoria da qualidade, equidade e eficiência do ensino. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), por sua vez, afirma que revogou o Sinaeb “por entender que já existe um sistema nacional para esse fim e que qualquer alteração que se faça necessária em suas referências não é conveniente ou oportuna enquanto não for concretizada a revisão da Base Nacional Comum Curricular, ainda em curso”.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 6 de setembro de 2016

PREFEITOS E VICES

Patrimônio de candidatos em Ijuí supera R$ 4 mi Já estão disponíveis na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) as informações sobre as contas de campanha e a declaração de bens dos candidatos a prefeito e vice em todo o País. A divulgação dos dados é uma obrigação imposta pelo TSE, que analisará as contas apresentadas e emitirá pareceres favoráveis ou desfavoráveis até a segunda quinzena deste mês. A declaração de bens, renda e demais ativos dos candidatos tem como base a declaração de Imposto de Renda, feita até o mês de abril deste ano. Neste cenário, as candidaturas a prefeito e vice que disputam a prefeitura de Ijuí destoam no quesito econômico. Candidato a prefeito pela coligação Juntos Por Ijuí, Valdir Heck (PDT) declarou um patrimônio total de R$ 680,3 mil. Entre os bens e ativos citados, estão quotas de capital de uma rádio, no valor de R$ 169 mil, além de aplicações de renda fixa de R$ 112 mil no Banco do Brasil. O candidato da coligação Construindo o Novo, Bira Teixeira, por sua vez, declarou um patrimônio total de R$ 239 mil. Na listagem de bens, ele apresentou um imóvel, um automóvel e R$0,74 contidos na caderneta de poupança aberta na Caixa Econômica Federal. Com um limite de gastos de R$ 514,2 mil durante a campanha, as duas coligações também se diferenciam pelo valor arrecadado atualmente. Até ontem,

Valdir Heck Tipo Terreno – Ijuí Terreno - Ijuí Quotas de capitais Aplicação de renda fixa Aplicação de renda fixa Prédio comercial - Ijuí Apartamento – Porto Alegre Apartamento – Itapema-SC Veículo automotor Veículo automotor Ações

Valor do Bem* R$11.103,57 R$36.086,58 R$169.689,64 R$84.739,52 R$112.000,00 R$54.273,18 R$40.000,00 R$60.000,00 R$54.000,00 R$56.000,00 R$2.498,29

cmyk

Aprovadas novas multas para focos do Aedes

A Câmara de Vereadores de Ijuí aprovou ontem, em sessão ordinária, o projeto que implementa novas regras e medidas para estabelecer e agilizar os cuidados em relação aos depósitos com água e larvas positivas do mosquito Aedes aegypti em Ijuí. De acordo com dados da Vigilância Ambiental de Ijuí, 80% dos criadouros são pequenos depósitos móveis encontrados nos quintais das residências vistoriadas. Diante da falta de sensibilidade de alguns proprietários em fazer a limpeza de seus terrenos, haverá a atualização dos valores de multas para imóveis onde sejam encontrados focos do mosquito. Os novos valores variam desde

multa de R$ 14,60 para infrações leves, que ocorrem na segunda visita e constatado foco positivo, até a multa de R$ 116,80 para infrações gravíssimas, que ocorrem na constatação de foco positivo do mosquito após a quarta visita dos agentes públicos de saúde. Outros três projetos de lei foram aprovados em plenário na noite de ontem, entre eles a proposta que obriga a disponibilização de cadeira de rodas dobráveis em condomínios residenciais e comerciais de natureza de hospedaria, que possuam mais de dois andares. O projeto foi aprovado com uma emenda, onde consta que o texto vale apenas para prédios que possuem a partir de 4 andares e elevador.

Bira Teixeira Tipo Valor do Bem* Casa – Ijuí R$200.000,00 Veículo automotor R$39.000,00 Caderneta de poupança R$0,74 *Os valores dos bens são os mesmos declarados no Imposto de Renda dos candidatos, e não representam necessariamente o valor de mercado dos itens mencionados.

o valor declarado da arrecadação da coligação Construindo o Novo, de Bira Teixeira, era de R$ 12,9 mil, com uma lista de sete doadores. Enquanto isso, a coligação Juntos Por Ijuí, do candidato Valdir Heck, havia coletado R$ 53 mil em doações até esta segunda-feira, conforme dados do TSE, tendo apenas dois doadores. Entre os candidatos a viceprefeito também há significativa diferença entre a lista de bens e ativos declarados. Valdir Zardin, candidato a vice na coligação Juntos Por Ijuí, declarou um patrimônio total de R$ 3,2 milhões,

sendo uma colheitadeira de grãos avaliada em R$ 492,5 mil seu maior valor declarado. Jean Arais, da coligação Construindo o Novo, possui patrimônio total de R$ 78,3 mil, tendo como bem de maior valor uma aplicação de renda fixa de R$ 42,1 mil. O dia 13 de setembro é a datalimite para que os partidos políticos, as coligações e os candidatos enviem à Justiça Eleitoral os gastos de campanha dos candidatos. No dia 15 de setembro, o TSE divulga relatório das receitas em dinheiro coletadas pelos partidos e candidatos para patrocinar as campanhas.

51% dos candidatos estão sem dinheiro Na primeira disputa eleitoral após a proibição de doações de empresas a partidos e candidatos, o dinheiro anda escasso. A um mês da votação, 51% dos 16.349 políticos que disputam as 5.568 prefeituras do País não arrecadaram nem um centavo sequer. Entrou nas contas dos demais, somados, R$ 248 milhões, o que representa uma queda de 46% em relação ao que ocorreu em 2012, quando se comparam períodos equivalentes das campanhas. A redução das verbas, além do fim do financiamento empresarial, está relacionada ao fato de as campanhas terem ficado mais curtas. Há menos tempo para arrecadar – e, em tese, os custos também diminuirão. A escassez de recursos se traduz em menor impacto visual. Com raras exceções, nas ruas

8

há menos bandeiras, cartazes e santinhos. O PT, maior beneficiário de doações de empresas até recentemente, agora orienta seus candidatos a driblar a falta de recursos com a produção de propaganda para internet. Na falta das empresas, os próprios políticos passaram a ser a principal fonte de financiamento das campanhas. Segundo levantamento do Estadão Dados, um em cada três candidatos a prefeito ou vice teve de abrir o bolso para pagar suas despesas. Os recursos próprios somam R$ 106 milhões, o equivalente a 43% do total arrecadado. A preponderância das autodoações é uma novidade: há quatro anos, essa modalidade respondeu por apenas 19% das verbas que circularam pelas campanhas. Na categoria dos autofinancia-

dores há uma enorme disparidade de riquezas: 51% do total de recursos próprios foi desembolsado por apenas 8% dos candidatos. No topo do ranking está o empresário Vittorio Medioli (PHS), o segundo candidato mais rico do Brasil, que já gastou do próprio bolso R$ 1,5 milhão com o objetivo de administrar Betim, a segunda cidade mais rica de Minas, depois de Belo Horizonte. Medioli declarou à Justiça Eleitoral ter patrimônio de R$ 352,5 milhões. Na campanha de 2012, os partidos também faziam contribuições significativas, mas a origem do dinheiro era majoritariamente privada. Empresas doavam para as legendas e estas repassavam os recursos aos candidatos – assim, com o uso de intermediários, as prestações de contas não mostravam.

Mesmo durante a campanha, vereadores têm votado projetos importantes

Agenda de campanha O fim de semana chuvoso atrapalhou a agenda externa dos candidatos a prefeito de Ijuí. O candidato Bira Teixeira, da coligação Construindo o Novo, aproveitou o sábado para prestigiar a Taça Paulo Baier de Futebol 7. No domingo, Bira e seu candidato a vice-prefeito, Jean Arais, acompanharam o desfile cívico do Distrito de Mauá e do almoço promovido pela Escola do Distrito de Santana, interior de Ijuí. À tarde participaram de encontro com apoiadores no bairro Mundstock. No domingo à noite, Bira e Jean construíram com seus apoiadores

estratégias para esta semana de campanha. Ontem, Bira teve a primeira reunião às 7h30 com empresários. Posteriormente, gravou o programa de rádio e segue visitando empresas A agenda do candidato a prefeito Valdir Heck, da coligação Juntos Por Ijuí, inclui hoje uma série de visitas e conversas com empresários locais. No período da manhã, o candidato concede entrevista ao Palanque JM, a partir das 9h. À tarde estão marcadas visitas nos bairros, e à noite haverá compromissos com candidatos a vereador da coligação.

PMDB acusa PT e Psol por depredação de prédio O presidente municipal do PMDB de Porto Alegre, Antenor Ferrari, e o ex-senador Pedro Simon apresentaram na última sexta-feira denúncia ao Ministério Público Eleitoral para que sejam apurados os fatos em relação à participação de integrantes do PT e do PSOL no ato de vandalismo contra a sede do PMDB da Capital na última semana. Na ocasião, manifestantes que protestavam contra o impeach-

ment da ex-presidente Dilma Rousseff picharam a parede da entrada do diretório, arrancaram a porta de ferro do prédio, quebraram vidros e atearam fogo em um contêiner empurrado para dentro do saguão de entrada da sede do partido. Na mesma noite, logo após o ocorrido, a perícia esteve no local, e uma ocorrência policial – que gerou uma investigação em curso - foi encaminhada pela legenda.


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 6 de setembro de 2016

LAVA JATO

Léo Pinheiro, da OAS, tem prisão decretada por Moro O juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato, decretou ontem a prisão preventiva de Aldemário Pinheiro Neto, o Léo Pinheiro, um dos sócios da OAS. Na manhã desta segundafeira, Pinheiro também foi alvo de condução coercitiva na Operação Greenfield, que investiga desvios de R$ 8 bilhões dos quatro maiores fundos de pensão do Brasil. A decisão de Moro, porém, não tem ligação com essa investigação. No despacho, o juiz acata a solicitação feita em março pelo Ministério Publico Federal pedindo que Léo Pinheiro retorne da prisão domiciliar ao regime fechado. Moro defende que o quadro de provas se alterou e afirma que hoje vê risco do empreiteiro obstruir a investigação da Lava Jato. Entre os principais argumentos acatados está a tentativa de obstrução de justiça por meio do pagamento de R$ 5 milhões em propina ao ex-senador Gim Argello para que ele não convocasse empresários para a CPI mista da Petrobras. "O pagamento de propina a um parlamentar federal para impedir regular funcionamento da CPI é um claro ato de obstrução investigação", diz o despacho. O documento cita ainda que a Polícia Federal constatou a destruição de alguns emails de Léo

Léo Pinheiro chegou à sede da PF por condução coercitiva

Pinheiro. Também são descritos outros delitos supostamente cometidos pelo empreiteiro que estão sob investigação, como um tríplex em Guarujá (SP) construído pela OAS e que teria a família do ex-presidente Lula como donos. "Não só os pressupostos da prisão preventiva, boa prova de materialidade e de autoria, mas igualmente o fundamento, risco à investigação, à instrução e aos processos, bem como risco à ordem pública, defiro o requerimento do MPF para decretar a prisão preventiva de José Adelmário Pinheiro Filho, vulgo Léo Pinheiro", determinou Moro. O apontamento de pagamentos

ilícito da OAS em obras do Metrô, em São Paulo, e do Estádio Fonte Nova, em Salvador (BA), foi um dos elementos que embasaram o novo decreto de prisão expedido. "Os crimes praticados pela OAS, sob a coordenação de Léo Pinheiro, não se limitaram a contratos da Petrobras, havendo fortes indicativos de que esse grupo empresarial também praticou delitos em contratações públicas de outros órgãos no território nacional e também no exterior", sustenta o pedido de prisão preventiva feito pela força-tarefa do Ministério Público Federal, em Curitiba.

9

Polícia liga senadores do PMDB à propina em usina A Polícia Federal aponta indícios de que o PMDB e quatro senadores do partido receberam propina das empresas que construíram a usina de Belo Monte, no Pará, por meio de doações legais, segundo relatório que integra inquérito que corre no Supremo Tribunal Federal (STF). Um dos indícios é o volume de contribuições que o PMDB recebeu das empresas que integram o consórcio que construiu a hidrelétrica: foram R$ 159,2 milhões nas eleições de 2010, 2012 e 2014, segundo o documento sigiloso, ao qual a Folha teve acesso. O montante é a soma de doações oficiais de nove empresas que integram o consórcio para o diretório nacional, diretórios estaduais e comitês financeiros do partido. Como comparação, o valor é mais do que o dobro dos R$ 65 milhões que as principais empresas investigadas na Lava Jato (Odebrecht, OAS, Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, Engevix, Queiroz Galvão e Galvão Engenharia) doaram oficialmente para a campanha presidencial de Dilma Rousseff em 2014. O PMDB é acusado de ter recebido propina em Belo Monte porque o partido indicou o mi-

nistro de Minas e Energia (Edison Lobão) e controlava as empresas da área. Delatores da Lava Jato, como o ex-presidente da Andrade Gutierrez Otávio Marques de Azevedo, contaram em acordos com procuradores que o consórcio que fez a obra da usina teve de pagar suborno de 1% sobre o valor do contrato, de R$ 13,4 bilhões. Segundo essa versão, o suborno seria de R$ 134 milhões. De acordo com outro delator, Flávio Barra, da AG Energia, boa parte da propina foi paga por meio de doações oficiais a partidos. O relatório da PF junta essa versão com informações de outro delator, o ex-senador Delcídio do Amaral, de que senadores peemedebistas comandavam esquemas de desvios de empresas do setor elétrico: Renan Calheiros (AL), presidente do Senado, Jader Barbalho (PA), Romero Jucá (RR) e Valdir Raupp (RO). No caso de Renan Calheiros, a conclusão da análise da PF é que as contribuições vindas do partido equivalem a 97,3% do total arrecadado quando ele se candidatou ao posto de senador, no ano de 2010.

Base será decisiva, afirma Temer O presidente Michel Temer disse no último domingo que, com uma base sólida, o governo vai conseguir aprovar questões “aparentemente difíceis”. A declaração foi feita após o senador Aécio Neves, presidente do PSDB, cobrar uma ação de Temer sobre o PMDB para que o partido abandone o que chamou de vícios adquiridos durante a convivência com o PT. “Precisamos conversar permanentemente. Com o PSDB, tenho conversado com frequência”, disse o presidente da República durante entrevista coletiva na cidade de Hangzhou, na China, onde ocorre a Cúpula do G20, grupo que reúne as 20 maiores economias do mundo. “Com essa base sólida, vamos conseguir aprovar questões aparentemente difíceis”, completou. Michel Temer também comentou a declaração feita pelo papa Francisco sobre o cenário político brasileiro. No

Renan Calheiros (AL), Jader Barbalho (PA), Romero Jucá (RR) e Valdir Raupp (RO)

Protestos não mudam plano de ajuste fiscal

Presidente concedeu entrevista durante sua missão oficial à China

sábado, o pontífice disse que o País vive “um momento triste” e pediu à santa que continue protegendo o povo brasileiro. “O papa revelou uma preocupação com o Brasil que, convenhamos, todos nós temos. Acho que a alegria se formará pouco a pouco”, avaliou o presidente

brasileiro. “Foram três, quatro meses de uma problemática político-constitucional que gerou conflitos”, completou. Ao final, Temer voltou a dizer que a confiança no país está crescendo e que um dos primeiros resultados será o aumento de vagas de emprego no País.

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse ontem que o número de pessoas que protestou contra o governo Michel Temer no domingo é "substancial", mas representa uma parcela minoritária da população. "Já tivemos manifestações muito maiores, já tivemos manifestação de um milhão de pessoas", declarou o ministro Meirelles sustentou que os protestos não vão atrapalhar a votação da proposta de emenda constitucional que estabelece um teto para o crescimento de gastos nem das propostas de reformas previdenciária e trabalhista, me-

didas consideradas impopulares. Segundo ele, o ajuste fiscal será "fundamental" para o processo de recuperação econômica, o que sensibilizará os parlamentares. Integrantes do Congresso, no entanto, que também são sensíveis às urnas, pressionam o governo a adiar o envio do projeto de reforma da Previdência para depois das eleições municipais de outubro. A intenção inicial do governo era mandar o texto ao Legislativo até o fim do mês. O ministro da Fazenda evitou falar em prazos e afirmou que o projeto será encaminhado quando estiver pronto.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 6 de setembro de 2016

10

CONTAS DA COTRIJUI

RS SUSTENTÁVEL Dívida tributária chega a R$ 500 milhões A direção da Cotrijui iniciou na semana passada um roteiro de reuniões de base com associados da cooperativa em sua área de atuação. Comandadas pelo presidente da Cotrijui, Vanderlei Fragoso, as reuniões já foram realizadas em Dois Irmãos das Missões, Derrubadas, Tenente Portela, Santo Augusto, Nova Ramada e Chiapetta. "Estas reuniões servem para duas questões: primeiro, para divulgar as ações que estamos promovendo à frente da cooperativa, e também para preparar os associados com essas informações, tendo em vista a assembleia geral que irá definir alguns pontos importantes da nossa cooperativa", explicou o presidente Fragoso na manhã de ontem, em entrevista ao Grupo JM. Com a adoção do armazém geral, onde o associado armazena sua produção na cooperativa e pode negociar pessoalmente seus produtos, Fragoso destaca o trabalho de divulgação sobre a preparação da cooperativa, tendo em vista o recebimento da safra de inverno. "Hoje, por exemplo, temos uma grande área de aveia branca em toda nossa região de atuação. E está localizada em Ijuí nossa agroindústria para beneficiamento da aveia branca, que oferece inclusive incentivos para o cultivo. Então estamos preparados para receber a produção do nosso associado no regime

de armazém geral. Além disso, temos a cultura do trigo, que tem sido defendida e incentivada pela cooperativa. Desde 2013 fazemos a segregação do trigo, que permite ao nosso associado obter ganhos mais satisfatórios", aponta Fragoso. O otimismo demonstrado se baseia nos números que têm sido apresentados aos associados nas reuniões de base promovidas pela Cotrijui. A projeção é que a cooperativa obtenha um crescimento de 25% neste ano em comparação com 2015. "Até este momento, já tivemos aumento de 20% no número de associados, e 25% no volume total de negócios. Com isso, a expectativa para 2017 é positiva, tendo em vista incremento na área de milho para a próxima safra de verão". Presidente desde 2013, quando foi aprovado processo de moratória no qual a Cotrijui se encontra atualmente, Vanderlei Fragoso também atualizou os dados sobre a situação financeira da instituição. Segundo ele, além de contabilizar passivo, ou seja, as dívidas, a direção da Cotrijui tem buscado os ativos, a partir de valores que a cooperativa tem a receber no mercado. "Vamos precisar de um trabalho muito forte junto a nossos credores. Dias atrás negociamos um passivo elevado, de mais de R$ 90 milhões, o qual nos concedeu um

deságio (diferença negativa entre o preço negociado de um título em relação ao seu valor nominal) de quase 90%. Temos, sim, um passivo bastante elevado. Neste processo de moratória, por exemplo, constatamos que só a dívida tributária da cooperativa que a direção anterior deixou chega a quase R$ 500 milhões. É um valor elevado, mas é possível de ser superado se tivermos a participação do nosso quadro social. A maior prova é de que desde 2013 até este ano, nós já amortizamos mais de R$ 250 milhões dessa dívida, que eram necessários sanar para manter a cooperativa em dia. Hoje, só o custo mensal com pessoal supera os R$ 2 milhões, então temos que honrar os compromissos de maneira a viabilizar, em primeiro lugar, as operações da Cotrijui", defende o presidente da cooperativa. Por fim, ao citar os casos onde a cooperativa obteve negociações satisfatórias para diminuir o resíduo de dívidas, Fragoso projetou que em pouco tempo a Cotrijui conseguirá recuperar uma condição financeira mais segura. "Se nós temos dívidas, e todo mundo tem, nós precisamos resolver isso com uma gestão firme e com a participação do cooperado. Então se nosso quadro social recuperar seus negócios dentro da cooperativa, e também conseguirmos

Farsul destaca solidez de resultados O presidente do Sistema Farsul, Carlos Sperotto, destacou que os resultados alcançados durante a 39ª edição da Expointer ficaram marcados pela palavra “superação”. Apesar do cenário de instabilidade política e econômica vivido pelo país, a feira desse ano alcançou resultados positivos e esteve totalmente voltada para o desempenho do agronegócio gaúcho e brasileiro. Em entrevista coletiva em Esteio, Sperotto ressaltou, entre diversos temas, o papel de relevância da Expointer no que diz respeito à aproximação com mercados vizinhos e aumento do diálogo para possíveis parcerias. “Recebemos aqui os ministros da Agricultura e do Trabalho do governo federal, além dos ministros da Agricultura do Uruguai e Argentina, que demonstraram grande interesse em estreitar ainda mais

cmyk

os laços já existentes entre nós”, disse. Outro destaque apontado pelo presidente é o fato de que a Expointer se consolida como uma distribuidora de conhecimento e tecnologia do agronegócio. “Queremos dividir com o restante do Brasil as novas tecnologias, o conhecimento técnico voltado para o desenvolvimento do campo e do agronegócio”, comentou Sperotto. O presidente da Comissão de Exposições e Feiras da Farsul, Francisco Schardong, ressaltou que, apesar da queda na comercialização de animais em comparação a 2015 – R$ 11,7 milhões neste ano contra R$ 15,5 milhões no ano passado – há uma expectativa positiva para os remates de primavera que estão por vir. “Tivemos uma queda nos cavalos crioulos, que de certa forma foi compensada pelo aumento da procura por rústicos.

Carlos Sperotto

Para os remates de primavera, a compra de reprodutores por outros Estados gera uma expectativa bastante positiva, principalmente para cruzamentos no Centro-Oeste”.

Vanderlei Fragoso

alguns deságios dentro do nosso passivo, acreditamos que em um período de quatro a cinco anos a cooperativa estará em condições de fazer frente às nossas operações, com capacidade de honrar os compromissos que possuímos com este passivo enorme que a cooperativa possui", finalizou Vanderlei Fragoso.

Expointer fecha com R$ 1,92 bilhão em negócios A 39ª edição da Expointer fechou no domingo com volume de negócios atingindo R$ 1,92 bilhão. Na coletiva realizada na Central de Imprensa, o secretário da Agricultura, Ernani Polo, ressaltou a parceria com as entidades para que a mostra agropecuária - uma das maiores da América Latina - ocorra de forma harmônica. "Finalizamos mais uma edição da Expointer e com sucesso em vendas e na interação com o público. Tivemos uma série de novidades na feira, desde novas instalações até novos aplicativos. Queremos cada vez mais melhorar nossa maior feira e já começaremos a trabalhar pensando na 40ª edição que ocorrerá em 2017", afirma o secretário Ernani Polo. Ele enfatizou ainda que a reunião de ministros da Agricultura

do Uruguai e da Argentina com o titular da Pasta no Brasil, Blairo Maggi, terá desdobramentos futuros e vai contribuir para a reativação do Mercosul. A venda de máquinas teve incremento de 12,95% em relação ao ano passado. As propostas encaminhadas durante a feira somaram R$ 1, 90 bilhão ante o R$ 1,70 bilhão de 2015. Conforme o presidente do Simers, Claudio Bier, o número superou a meta traçada pela entidade. Atualmente, 66% dos equipamentos agrícolas fabricados no Brasil saem Rio Grande do Sul. A venda de animais foi de R$ 11,77 milhões nos nove dias de feira, ficando 24,97% abaixo da receita obtida em 2015, informou a Federação da Agricultura do RS (Farsul).


Acontece

Jornal da Manhã

Terça-feira, 6 de setembro de 2016

11

Nativismo na Sogi

A

Sociedade Ginástica de Ijuí vem marcando datas especiais em seu calendário de eventos. Depois do Sogi in Rock, em agosto, agora foi a vez do Nativismo na Sogi, na noite de sextafeira, no Salão Vip. A promoção teve típico cardápio campeiro preparado pelo Confraria Restaurante, com carreteiro, pão e saladas. O cantor nativista Nenito Sarturi foi a grande atração da noite, apresentando seus maiores sucessos.

Inscrições abertas

E

Nenito Sarturi cantou seus maiores sucessos

stão abertas as inscrições para mais uma edição do concurso Modelo da Capa, promovido pelo Jornal da Manhã e revista Stampa. Para participar, rapazes e moças a partir de 16 anos, devem entregar a ficha de inscrição na recepção do Jornal da Manhã, na Rua Albino Brendler, 122, Centro, até o próximo dia 23, às 18h. A inscrição é gratuita e as fichas estão disponíveis no mesmo endereço. O candidato deve preencher a ficha de inscrição, com dados pessoais e anuência às regras, e anexar uma fotografia em close, colorida, em tamanho postal (10x13 cm). O concurso, coordenado pelo produtor Luiz Carlos Leindeckcer, acontece no próximo dia 28, no Clube Ijuí. Os concorrentes, com produção visual dos patrocinadores, farão desfile de passarela e teste fotográfico. Nesta edição são parceiros do concurso Gamboa Moda Feminina, Pratic Line, Nadine Dubal Scarpe & Accessori e Óptica Wolff. O concurso sorteará ótimos prêmios entre os inscritos e dará a cada um dos vencedores R$ 500.

Café das Flores Casal presidente da Sogi Maria Joice e Clóvis de Jesus

Maristela, Celso e Pedro Portella

Amanhã, às 15h, a Comunidade Luterana Emanuel promove o Café das Flores, no Lar da Comunidade Luterana Emanuel. Haverá cantos, prêmios e flores. O convite é feito pelas organizadoras Nelci Ohse e Arli Dalovitch.

Café da Primavera A Oase Centro da Comunidade Evangélica Ijuí promove no próximo dia 14, às 15h, no Centro Evangélico, o gostoso e tradicional Café da Primavera. Haverá torta, salgados, cucas e sorteio de prêmios. O valor da ficha é de R$ 13,00. Será uma tarde de confraternização e muita alegria.

João Guilherme Cargnelutti e Jordana Menegon

Flávio e Fernanda Friedrich

Gervi O Grupo Conquistando Amigos promove sua domingueira no próximo domingo, 11 de setembro, no Gervi. Casais que chegarem até as 15h30 ganham uma cerveja e individual um refrigerante. A animação é da banda News.

Integração

Diego e Pauline Fiorin prestigiando a Noite Brasileira do Lions

No próximo sábado, a Sociedade Cultural Holandesa promove seu Jantar de Integração em sua casa típica no Parque de Exposições Wanderley Burmann. Os convites custam R$ 35,00 e podem ser adquiridos com integrantes da etnia, ou pelos telefones (55) 9600 6510 ou (55) 9952 8023.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 6 de setembro de 2016

12

ALÍVIO AOS MUNICÍPIOS

Novos recursos ajudam gestores “No cenário mais otimista, os municípios gaúchos receberão R$ 500 milhões”. A afirmação é do presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), Luciano Pinto, durante a assembleia de prefeitos, realizada na semana passada. Os valores fazem parte dos recursos que estão retidos no exterior e devem retornar ao País. O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, já havia afirmado que o governo federal irá repassar às prefeituras uma parcela dos valores não declarados, recursos esses, que podem dar um alívio nas contas de muitas prefeituras do Estado. Outra medida que será adotada e deve ajudar os gestores é a antecipação dos recursos dos ICMS e do IPVA. Se a demanda for atendida, o dinheiro vai entrar nos cofres dos municípios em dezembro de 2016. Luciano Pinto destacou que as dificuldades se agravaram nos últimos meses. Lembrou que as prefeituras perderam R$ 209 milhões do Fundo

de Participação dos Municípios e que existe o risco de que 73 prefeituras parcelem o salário dos servidores. “Nós [os prefeitos] estamos fazendo o dever de casa. Os problemas são oriundos de outras esferas”, observa. Além de recursos, o presidente do Tribunal de Contas, Marco Peixoto, afirmou que já foi planejada uma ação para auxiliar os gestores municipais que vão tomar posse no início do próximo ano. “Vamos realizar (em janeiro de 2017) um grande seminário no Tribunal de Contas para orientar os prefeitos”, explica. O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, lembrou que as prefeituras vivem uma situação delicada. “Vocês estão enfrentando a pior crise do municipalismo brasileiro”, avalia. Durante o encontro, o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, defendeu que os prefeitos busquem o diálogo com o presidente Michel Temer. “Precisamos fazer a interlocução

Rodrigo da Silva Escritor

Alternativas foram anunciadas na semana passada, durante assembleia

com o governo que assumiu agora”, avalia. O dirigente afirmou ainda que os gestores municipais devem pensar bem antes de concordarem com a implementação de um programa do governo federal. Isso porque muitas vezes o valor do repasse fica defasado e a prefeitura precisa investir recursos próprios para que uma determinada iniciativa não seja

interrompida. A CNM vai cobrar que os programas sejam regulados por lei. “Estes programas não podem ser assim. Tem que terminar ou mudar”, reclama. O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, criticou os projetos de lei de deputados federais e senadores que oneram os municípios. “Temos mais atribuições com menos recursos”, lamenta.

TJ obriga governo do Estado a pagar salário O Órgão Especial do Tribunal de Justiça (TJ) julgou ontem o mérito de um mandado de segurança movido pelo Cpers/ Sindicato sobre o pagamento dos salários dos professores. Os desembargadores mantiveram a liminar concedida em 2015 que já obrigava o governo do Estado a pagar a integralidade das remunerações até o último dia útil de cada mês. A decisão foi por maioria. Conforme o voto do relator, desembargador Nelson Antônio Monteiro Pacheco, a situação do parcelamento dos servidores públicos estaduais se agravou desde o ano passado. Também destacou que inúmeros sindicatos ingressaram com o mesmo pedido na Corte, tendo sido concedidas as seguranças. O Órgão Especial do TJ, no entanto, não fixou punição em caso de descumprimento da

Decisão foi aprovada na tarde de ontem no Tribunal de Justiça

decisão. Em julho deste ano, o Cpers ingressou com petição, no mandado de segurança, com pedidos de bloqueio de valores das contas públicas estaduais, aplicação de multa e de pena por desobediência contra o governador. O relator afirmou que não há como acolher os pedidos diante da notória crise das finanças do Estado.

"É compreensível a insurgência do impetrante em nome dos professores estaduais, contudo o cenário financeiro atual do Poder Executivo é crítico e eventual sobrecarga ainda com multa poderá ensejar a inadimplência maior em relação ao funcionalismo público", destacou o relator. O presidente do Conselho de Comunicação do Tribunal de

Justiça, desembargador Túlio Martins, lembra que eventuais punições não estão previstas neste momento, mas podem acontecer em caso de descumprimento da decisão. "Se houver o descumprimento e os interessados procurarem o Judiciário, aí caberá ao senhor desembargador-relator tomar as providências cabíveis".

Bancários entram em greve hoje em todo o País Bancários de todo o País entram em greve hoje, depois de rejeitar a proposta oferecida pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). As reivindicações incluem reajuste salarial, reposição inflacionária de 5%, antecipação e reajuste na participação dos lucros, aumento do piso salarial, aumento do valealimentação, melhores condições de trabalho e plano de carreira. A

cmyk

greve, que será realizada em todo o território nacional. Segundo o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito, Lourenço Prado, o movimento tem prazo indeterminado e não prejudicará a população. "A greve é nacional e com prazo indeterminado, porém os caixas vão continuar funcionando e os

correspondentes bancários também funcionam normalmente. A população não será afetada, os clientes especiais poderão ser atendidos conforme acordo com o sindicato. Não queremos trazer prejuízo à população, só vamos reivindicar nossos direitos. " Prado disse ainda que a proposta apresentada está abaixo da inflação do período, que é de

9,57%. O pedido da categoria é de pelo menos 5% de aumento real. "Nossa reivindicação é de pelo menos 15% de reajuste salarial", disse. A proposta da Fenaban, rejeitada pela categoria, é de reajuste de 6,5% (para uma inflação de 9,57%) e abono de R$ 3 mil, que não incide sobre os salários, nem sobre o FGTS, as férias ou o décimo terceiro.

GOLPE À DEMOCRACIA Fidel Castro está protestando contra o "golpe" internacionalmente. Sim, o Fidel. Aquele que tomou o poder à força, fuzilou seus opositores, tomou o controle da imprensa e mantém a sua família à frente de uma dinastia que já se perpetua há quase seis décadas no poder. Maduro está fazendo o mesmo, depois de prender seus opositores, fraudar as eleições, tomar poderes especiais para governar por decreto, perseguir a imprensa e mandar coletivos armados tocar o terror em eleitores não-alinhados, num país que, segundo o Lula, "há excesso de democracia". Engraçado? Por aqui, inúmeros defensores desses regimes autoritários, incluindo a própria ex-presidente – que concedeu uma bolada de dinheiro para ambos os países através de obras financiadas pelo BNDES, sem apresentar qualquer justificativa técnica – agora fazem o maior escarcéu do mundo pelas mesmas razões. Qual o critério, afinal? Quão elástica é essa paixão avassaladora dessa gente pela democracia, que é ora defendida com unhas e dentes, ora inquestionavelmente dispensável? FORMALIDADE BURGUESA De fato, para muitos dos líderes políticos, formadores de opinião, coletivos e partidos-satélites do PT – e muitos de seus defensores internacionais – a democracia ocidental sempre foi encarada como uma festa política da burguesia, que privilegia uma elite econômica parasitária capaz de bancar seus convidados. No fundo, tudo não passa de um mero formalismo burocrático. O que importa para todos esses caras, no final da história, é estar no poder – não importa como isso se sustente. Para isso, vale tudo: mentir, dizer que o opositor cheira cocaína e bate em mulher, acusar o partido adversário de querer o genocídio da juventude negra, fingir que o país se transformou no reino encantado da terra do nunca, utilizar estatais para bancar a campanha, fazer acordos com grandes empresários para saquear empresas públicas, acusar qualquer manchete que escancare as mazelas do país como obra de uma imprensa partidária e golpista. POUCO APREÇO É justamente pelo pouco apreço dessa turma pela democracia que a Dilma caiu. Por fraudar as contas públicas em ano eleitoral, transformando a economia do país num mero artifício para o marketing partidário, cometendo um estelionato político que subsidiaria parte considerável de 54 milhões de eleitores que, caso estivessem expostos à realidade dos fatos, jamais votariam em Dilma. Em outras palavras: Dilma é uma artífice de uma grande fraude da democracia. Sua eleição foi uma farsa completa, construída por bases ilusórias. E aqui, não estou falando de promessas vazias, como - cá entre nós - todos os candidatos fazem; estou falando de alterar a própria realidade dos números oficiais para ludibriar o eleitor, algo que nenhum outro candidato teve acesso. E é aqui que nasce o golpe. O de verdade, não esse gritado por uma turma que finge morrer de amores pela democracia enquanto presta homenagens a alguns dos maiores tiranos de nosso tempo.


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 6 de setembro de 2016

CRIANÇA SEGURA

RS SUSTENTÁVEL Cai número de mortes por acidentes no País

Segundo os dados, no País, os acidentes ainda são a principal causa de morte de crianças e adolescentes

Em agosto de 2016, a Criança Segura completou 15 anos de trabalho para a prevenção de acidentes com crianças e adolescentes de até 14 anos no Brasil. Para celebrar esse marco, a organização lançou, no dia 30 de agosto (Dia Nacional de Prevenção de Acidentes), a publicação 15 anos de atuação da Criança Segura no Brasil: análise de indicadores de mortes e internações por acidentes na infância e adolescência desde 2001. O material apresenta o perfil das mortes e internações por acidentes que acontecem com crianças e adolescentes no Brasil por meio de vários recortes – por gênero, faixa etária, raça,

tipo de acidente e renda per capita estadual. As análises sobre os óbitos são referentes ao período de 2001 a 2014 e, para hospitalizações, de 2008 a 2015. No Brasil, os acidentes são a principal causa de morte de crianças e adolescentes de até 14 anos. Em números absolutos, de 2001 a 2014, o número de óbitos acidentais de meninos e meninas dessa faixa etária diminuiu 31% no país, passando de 6.190 em 2001 para 4.316 em 2014. Já em relação à taxa por 100 mil habitantes de zero a 14 anos teve uma redução de 12,32 mortes em 2001 para 9,40 mortes em 2014, o que representa uma queda de 23,67% na taxa de óbitos infantis por 100 mil habitantes por

acidentes no período analisado. Por outro lado, de 2008 a 2015, o número de internações de crianças e adolescentes por motivos acidentais aumentou 8%, passando de 110.587 para 119.923. “Analisar a evolução do perfil dos acidentes com crianças e adolescentes desde o ano da fundação da Criança Segura até os dias atuais é um exercício muito importante. A partir dessas análises podemos verificar quais ações de políticas públicas e de informação têm sido bem sucedidas e quais áreas precisam de mais atenção do governo e da sociedade daqui para frente”, explica Gabriela Guida de Freitas, coordenadora nacional da Criança Segura.

Motociclista morre sem socorro na região Um motociclista morreu no início da tarde de domingo, na ERS-325, em Lajeado do Bugre. O acidente com vítima fatal ocorreu por volta do meio dia no km 3, na localidade de Linha Amorim, interior do município. Conforme informações da Brigada Militar, o condutor da motocicleta Honda Titan, de cor vermelha e placa de Lajeado do Bugre, de 53 anos, teria colidido com um Fiat Uno, de Chapecó-SC. Ainda conforme repassado, o condutor da moto, morreu no local. Já o motorista do Uno não prestou socorro e fugiu do local. Autoridades policiais aguardam o elemento se entregar. O passageiro da moto, de 34 anos, sofreu ferimentos graves e permanece internado no Hospital de Caridade de Palmeira das Missões. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil, que deve apontar as causas do inquérito.

13

Detran atribui queda nos acidentes à maior punição A redução da sensação de impunidade, com uma percepção maior do risco de ser pego em uma blitz de trânsito contribuiu significativamente para a redução histórica da acidentalidade no Rio Grande do Sul. O diagnóstico foi consenso entre os especialistas que participaram do 2º Seminário Estadual de Segurança no Trânsito, no Plenarinho da Assembleia Legislativa. Promovido pela Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro, o evento reuniu especialistas para debater o panorama do trânsito gaúcho, o papel dos Conselhos Estaduais de Trânsito (Cetrans) e as novas tecnologias para aferição do uso de drogas na condução do veículo (drogômetro). A redução da acidentalidade no Rio Grande do Sul, de 20 para 16 óbitos a cada 100 mil habitantes/ RS, foi tratada em todos os painéis. Horácio Mello, presidente do Fórum dos Conselhos de Trânsito do Brasil (Focotran) citou a experiência da municipalização, que no Rio Grande do Sul está muito à frente do resto do Brasil, com 94% dos municípios exercendo a gestão do trânsito. “No Brasil, hoje temos 4 mil municípios sem gestão de trânsito, onde não há nenhuma punição para as infrações de competência municipal”. Mello enfatizou os resultados

do Rio Grande do Sul em comparação com índices internacionais. “Geralmente comemora-se quando o crescimento da acidentalidade é proporcionalmente menor que o crescimento da frota. Mas aqui estamos vendo redução de números absolutos. Temos que entender o que vocês fizeram aqui e levar esse estudo de caso para o Brasil”. Dados trazidos pelo diretorgeral do Detran/RS, Ildo Mário Szinvelski, mostram que em 2015 houve um aumento de quase 50% nos veículos abordados nas blitze da Balada Segura em todo o Estado e 67% nas autuações. O número de suspensões e cassações de condutores também tem aumentado gradualmente ao longo dos anos. Somente em 2015, houve um acréscimo de 57% na instauração de processos. Szinvelski trouxe também ações que vêm sendo realizadas nas áreas de educação para o trânsito, comunicação, qualificação da formação de condutores e qualificação dos filtros para novos habilitados (exames médicos, psicológicos, teóricos e práticos). “Quando falamos em trânsito, estamos tratando de condutas, habilidades, valores e ética. Estamos buscando mudar comportamentos pela mensagem do Estado. Quando todos os filtros falham, resta a punição”.

Especialista orienta para queimadas nas rodovias Aocorrência de fumaça na pista não é uma situação climática, mas provoca falta de visibilidade semelhante à causada pela neblina, com algumas diferenças importantes. “A fumaça geralmente ocorre de maneira bem localizada", explica Celso Mariano, especialista em trânsito. Ao se deparar com essa condição adversa é preciso tomar alguns cuidados. O primeiro deles é evitar, sempre que possível, trafegar sob fumaça densa. Além de acidentes, a fumaça pode provocar irritação nos olhos do condutor e problemas de respiração, como tosse ou

sufocação, principalmente nos motociclistas, que estão sempre mais expostos. Quando for inevitável trafegar nessas condições, deve-se diminuir a velocidade antes de entrar na nuvem de fumaça e no caso de automóveis, fechar todos os vidros. “É importante também que a luz baixa esteja ligada”, alerta Mariano. Outra dica é não parar, se estiver dentro da cortina de fumaça, é melhor sair do outro lado. “Nunca devemos frear bruscamente, pois os veículos de trás também estão com pouca visibilidade”, finaliza o especialista.

Um homem morreu após colisão em uma árvore na noite de domingo, na ERS-342, altura do município de Cândido Godói. A vítima era ocupante de um Volkswagem Gol com placa do município que, por motivos desconhecidos, saiu da pista e colidiu em uma árvore às margens da rodovia. A Polícia Rodoviária Estadual de Santa Rosa se limitou a divulgar o primeiro nome da vítima.

Cleiton, 16 anos, teria morrido na hora. O acidente aconteceu por volta das 20h, quando o automóvel, conduzido por um jovem de 18 anos, fazia o sentido Cândido Godói - Santa Rosa, quando saiu da pista. Um terceiro jovem, de 18 anos, também estava na carona do veículo e juntamente com o motorista permanece internado em estado grave no hospital de Santa Rosa. O caso será apurado pela Polícia Civil de Santa Rosa.

Saída de pista mata jovem de 16 anos

Segundo repassado pela PRE Palmeira, o envolvido não prestou socorro

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 6 de setembro de 2016

HOMICÍDIOS

RS tem seu fim de semana com mais assassinatos

O primeiro fim de semana de setembro é o mais violento do ano no Rio Grande do Sul no número de homicídios. Foram 33 pessoas assassinadas no período. O levantamento contabiliza dados de meio-dia de sexta-feira ao mesmo horário de ontem. Apenas em Porto Alegre, no primeiro fim de semana em que a Força Nacional de Segurança atuou, foram oito assassinatos. O último caso foi o de um ataque a tiros que matou um homem e baleou outro na Vila Pantanal, na Avenida Plinio Kroeff, na zona norte. A vítima foi identificada como Vagner Rodrigues Severo. Também na Capital, um taxista foi encontrado morto com marca de tiros na cabeça, na sexta-feira, na Rua Luis Lederman, no Jardim Ypu. Outras cinco mortes foram registradas na Região Metropolitana, sendo duas em Gravataí. Os demais 17 homicídios foram

Mais um taxista foi encontrado morto na Capital. Suspeita de mais uma execução

cometidos no interior do Rio Grande do Sul. No último final de semana de agosto, o número foi bem inferior: 19 casos. O segundo mais violento

do ano foi o final de semana dos dias 22 a 25 de janeiro, com 30 homicídios. Apenas o feriadão de Carnaval teve mais mortes por assassinatos.

Para juiz, há déficit em toda a segurança Em situação de convulsão desde o latrocínio em frente a uma escola, há quase duas semanas, a segurança pública é a maior angústia entre os gaúchos no momento. Para o juiz Vinicius Borba Paz Leão, que atualmente é titular na 1ª Vara da Família, em Santa Maria, e esteve anos à frente da Vara de Execuções Criminais, em Ijuí, a situação é ainda mais complexa do que realmente parece. Ainda ontem, em entrevista coletiva, o novo secretário da Segurança Pública, Cézar Schirmer revelou que entre as medidas prioritárias, está a criação de novas vagas no defasado sistema prisional do Rio Grande do Sul. Em entrevista concedida na tarde de ontem, ao Grupo JM, Vinicius Borba Paz Leão explicou que a situação não é tão simples assim. "Essa ideia de aumentar a população carcerária do Estado já vem desde, no mínimo, a administração Yeda Crusius. Lá (2005 - 2008) naquela época, inclusive, a gestão já havia decretado situação de emergência diante da precariedade do cenário prisional. De lá para cá foram quase dez anos e pouco ou nada se avançou nesse campo. Se fosse só aumentar o número de vagas acho que seria bem mais simples", pontuou o magistrado que ainda exemplificou: "A nossa população carcerária aumentou cerca de 5 mil pessoas, então

cmyk

óbvio que não vai solucionar essa história de aumento de vagas. Isso, na verdade, deveria ter sido levado a efeito no mínimo há 20 anos atrás. O Presídio Central está interditado desde 1995. Nenhuma vaga foi aumentada de lá para cá. Aliás, nosso déficit é muito superior a essas cinco mil vagas que querem criar". Para o juiz, há uma exigência em todas as áreas referentes à Segurança Pública, que vai desde a Brigada Militar, passa pela Polícia Civil e chega na Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). "Com as polícias da maneira que estão também é muito complicado. A Brigada Militar tem um déficit histórico e é ela a encarregada de prevenir o crime. É a BM que está na rua para evitar que o crime aconteça. Quando sequer há uma prevenção, me parece que o investimento deveria ser nesse campo: Aumentar o efetivo da Brigada Militar. "Precisamos chegar ao diagnóstico de como paramos nessa situação. Nossas leis penais são as mesmas há 50 anos. As últimas reformas foram todas pendentes a deixá-las mais flexíveis. Veja como é contraditório: muito se joga a responsabilidade por as pessoas não permanecerem presas e etc. Aumentou o número de presos em mais de quatro mil nos últimos anos, e mesmo assim, a violência aumentou.

Vinicius Borba Paz Leão, juiz de Direito

A verdade é que nós chegamos nesse ponto porque todos os órgãos envolvidos na segurança foram sofrendo defasagem no seu efetivo, nas suas condições. Se fosse o problema de apenas uma instituição, seria muito fácil de resolver", acrescentou. Vinicius também falou a respeito do famigerado prende e solta. Para o magistrado, é preciso que as pessoas ajam como se os juízes e demais responsáveis não estivessem preocupados com a segurança. "Se coloca como os servidores envolvidos não fossem cidadãos e não quisessem segurança. Não ocorre nada disso. Não depende da vontade, o Judiciário cumpre leis e a lei entende dessa maneira", finalizou o juiz.

14

Schirmer quer priorizar mais vagas nos presídios Após a primeira reunião com a cúpula da Segurança Pública do Rio Grande do Sul, o novo secretário da área, Cezar Schirmer, afirmou em entrevista a jornalistas na manhã de ontem que a prioridade será a criação de vagas nos presídios para tirar os criminosos das ruas. O prefeito de Santa Maria vai renunciar ao cargo e tomar posse na nova função amanhã. Schirmer afirmou que outra medida importante será reforçar o policiamento nas ruas. Para isso, o governo antecipou a nomeação de concursados aprovados para a Polícia Civil e Brigada Militar. Entre as três ações prioritárias está ainda a desburocratização do trabalho das polícias, facilitando a execução de políticas. O secretário, no entanto, não explicou como o governo estadual vai garantir investimentos para a área, diante da crise financeira. Na manhã de ontem, familiares e amigos das vítimas da tragédia da Boate Kiss realizaram uma manifestação contra a indicação de Cezar Schirmer para a Secretaria de Segurança Pública do Estado. Cerca de 15 pessoas estiveram concentradas na tenda de vigília montada na Praça Saldanha Ma-

Cezar Schirmer, secretário de Segurança Pública

rinho, no Centro de Santa Maria, dias após a tragédia, em janeiro de 2013. Eles também elaboram um abaixo-assinado pedindo a saída de Schirmer do cargo. O documento será enviado ao governador José Ivo Sartori. Na última sexta-feira, a Associação de Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM) emitiu uma nota em que repudiava a nomeação de Schirmer ao cargo.

População carcerária do RS bate recorde O Rio Grande do Sul conta com uma população carcerária de 34.630. Os números constam no mapa prisional do site da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) e são da última semana de agosto. São 32.684 homens juntamente com 1946 mulheres. Os dados representam um recorde de presos no Estado. Os números revelam a superlotação dos presídios gaúchos. Em maio deste ano, havia 25.887 vagas disponíveis para abrigar os 34.190 apenados, segundo a Susepe, que observa que desde 2012 houve aumento no número de vagas disponíveis, de 21.486 em dezembro de 2012 para 27.786 em dezembro de 2015. Ou seja, aumento de 29,3%. De modo a revelar o aumento recente, só na gestão Sartori, desde 2015, são cerca de 5 mil novos presos. Nesse mesmo período foram menos de 400 vagas criadas. O reflexo é sentido, também, nas instituições carcerárias no interior do Estado. Em Ijuí, por exemplo, não vai muito tempo que bateu ser recorde de apenados em 20 anos: Em junho, 630 apenados ocupavam as dependências da Penitenciária

Modulada que tem capacidade máxima estimada em 470 vagas. Em razão da grande população carcerária e da falta de vagas, o Rio Grande do Sul também convive com o problema de presos serem mantidos em delegacias. Em abril, por exemplo, mais de 70 apenados chegaram a permanecer nos postos policiais até que se conseguisse o envio deles para alguma casa prisional. O problema ocorre justamente pela superlotação dos presídios. Ainda em maio, a Justiça determinou que as delegacias do Rio Grande do Sul não poderão mais abrigar presos além do prazo para a realização dos procedimentos de polícia judiciária. A decisão é uma liminar concedida pela desembargadora Laura Jaccottet, da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, que acolheu um recurso do Ministério Público. De acordo com o promotor Marcos Centeno, da Promotoria de Justiça de Controle Externo da Atividade Policial, o MP recorreu devido ao "grave risco à integridade física e moral a que estão submetidos tanto os presos como os policiais e, bem assim o prejuízo à atividade policial acarretado com o desvio de função".


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 6 de setembro de 2016

MANDADO DE PRISÃO

Suspeito de roubo em Ijuí é preso pela PC

Mais dois casos diferentes de roubos foram registrados pelas autoridades policiais de Ijuí. Em um intervalo de 23 dias, foi o sexto caso, deixando uma média aproximada de um roubo a cada quatro dias. Embora se trate de um número expressivo, para o comando da Brigada Militar são números que indicam "a normalidade" desse tipo de delito em Ijuí. Ainda na sexta-feira, dois homens a bordo de uma motocicleta, encapuzados e armados, renderam funcionários de um posto de combustíveis, localizado às margens da BR-285. Segundo repassado em registro, os meliantes levaram cerca de R$6 mil. Ninguém foi preso. Já na manhã de domingo, uma mulher foi vítima de um roubo no bairro Industrial. Ainda conforme repassado em registro policial, três homens agrediram uma mulher e levaram diversos objetos como celular, roupas, par de tênis e dinheiro. Em contato com a Polícia Civil, sobre ambos os casos, a informação repassada se limitou a instauração de dois inquéritos policiais. O delegado responsável

PLANTÃO

Santo Ângelo contabiliza o 9º homicídio do ano A Polícia Civil de Santo Ângelo já trabalha no caso que resultou no 9º homicídio do ano no município. A vítima da vez foi atendida na região central da cidade, quando foi esfaqueado na madrugada de domingo. Talison Fonseca de Souza, 18 anos, foi encontrado morto, esfaqueado, na Rua Sete de Setembro, esquina Venâncio Aires, no Centro de Santo Ângelo. Diligências efetuadas pela Brigada Militar chegaram a dois jovens que entregaram

as respectivas armas do crime e confessaram a autoria. Após terem sido levados à delegacia de polícia, no plantão, tiveram o flagrante lavrado e foram recolhidos. O de 18 anos foi levado até o Presídio Regional de Santo Ângelo, e o de 17, levado até a Fundação de Atendimento Socioeducativa. A Polícia Civil investiga a participação de um terceiro e mais prisões não estão descartadas nos próximos dias. Esse é o 9º homicídio de 2016 em Santo Ângelo.

Dois incêndios em poucas horas deixam 2 mortes Polícia Civil, a partir dos salários parcelados, está na condição de Operação Padrão

pelo 2º Distrito Policial, Bruno Oliveira, não atendeu a reportagem. Ele segue a instrução da Associação dos Delegados de Polícia do Estado (Asdep-RS), onde não concede entrevista enquanto os salários estiverem parcelados. Na tarde de ontem, os agentes da Polícia Civil cumpriram um mandado de prisão e recolheram um elemento suspeito de participação em um roubo registrado

na noite do dia 19 de agosto. Na ocasião, quatro homens teriam rendido uma família no bairro Assis Brasil, Rua Rio Grande do Sul e levado um veículo, além de dinheiro em espécie e demais objetos. Procurado para dar mais detalhes sobre o caso, o delegado Bruno, tal qual na posição tomada em relação às investigações, afirmou que não deverá dar detalhes.

PRF realiza trabalho de monitoramento na região

DELEGACIA DEPREDADA - A Polícia Civil de Panambi investiga um caso de vandalismo contra o prédio da Delegacia de Polícia da cidade. Uma equipe da Brigada Militar foi informada e deslocou-se até as proximidades da delegacia e deteve o homem de 23 anos, por apedrejamento à instituição. Ele foi levado até o Pronto Socorro de Panambi, medicado e depois conduzido à delegacia onde foi registrado o flagrante de prisão pela delegada plantonista. Ele deverá responder inquérito em liberdade. GREENFIELD - A Polícia Federal deflagra na manhã de ontem uma operação contra fraudes em fundos de pensão. São cumpridos 127 mandados judiciais em oito Estados e no Distrito Federal. Em Porto Alegre são cumpridos dois mandados de busca e apreensão de um de condução coercitiva como parte da operação denominada Greenfield. Os mandados são cumpridos também nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina e Amazonas, além do Distrito Federal.

15

Trabalho foi realizado na BR-386 e BR-285, em Carazinho

A Polícia Rodoviária Federal intensificou a fiscalização ontem, nas BR-386 e BR-285, altura de Carazinho. O objetivo é combater os ilícitos penais, infrações de trânsito e ainda, desenvolver educação para o trânsito. Segundo repassado em nota, foram fiscalizados 180 veículos entre carros, motocicletas e caminhões, sendo emitidas 78 autuações de trânsito. As infra-

ções mais recorrentes foram a do condutor sem cinto de segurança, condutor não habilitado e veículo com licenciamento em atraso. Sete foram recolhidos ao depósito. Dois condutores foram flagrados com o direito de dirigr suspenso e foram autuados pelos policiais no valor de R$957,70. Eles responderão por crime de trânsito.

Duas pessoas morreram carbonizadas, em diferentes casos, na região, ontem. Em intervalo pequeno, duas mulheres morreram nos municípios de Alegria e Caibaté, respectivamente. Os casos estão sendo investigados pela Polícia Civil. Por volta das 2h, uma casa localizada em Lajeado Matilde foi consumida pelo fogo. O Corpo de Bombeiros de Três de Maio foi acionado e depois do deslocamento de 28km, os bombeiros controlaram o sinis-

tro e fizeram o rescaldo onde constataram a morte de Orlanda Nunes Padilha, de 55 anos. Poucas horas depois, o Corpo de Bombeiros de São Luiz Gonzaga foi chamado para controlar um incêndio em Caibaté, por volta das 4h. Enedina Correa dos Santos, 66 anos, estava em uma casa de aproximadamente 50 metros quadrados que foi rapidamente consumida. Um inquérito também foi aberto para apurar o caso.

Assaltos a ônibus na região intrigam policiais A violência interrompeu a viagem de um ônibus que saiu de Santo Ângelo, no Rio Grande do Sul, em direção a Foz do Iguaçu, no Paraná. Assaltantes em um carro abordaram o veículo na BR-386 e roubaram pertences dos passageiros. De março a agosto deste ano, cinco coletivos, de turismo ou rotas regulares, já foram alvos de criminosos. Com este último caso, são seis. "Nesse trecho de Carazinho pra lá eu não viajaria não", diz o aposentado Bruno Lângaro. "Eu sempre procuro vir de dia para cá", afirma a professora Gládis Rech. Os assaltos são registrados entre as noites e madrugadas, e ocorrem geralmente em um trecho de cerca de 130 quilômetros, entre Carazinho e Seberi, na Região Norte do estado. Os cinco ataques entre março e agosto deste ano ocorreram em Seberi, Boa Vista das Missões, Carazinho, São José das Missões e Sagrada Família. As ações criminosas são sempre semelhantes. Abordam o ônibus na rodovia e obrigam o

motorista a desviar por estradas de chão. É uma forma de dificultar a localização e também o trabalho da polícia. Depois do assalto, a forma como agem os criminosos também costuma ser a mesma. Eles prendem as vítimas no bagageiro do ônibus. Para a Polícia Rodoviária Federal, a estrada tem uma peculiaridade. "A 386 é uma das rodovias que leva a fronteira do país. Que dá acesso a Santa Catarina e posteriormente ao estado do Paraná. É a principal linha que esses ônibus utilizam pra chegar à Fronteira e também ao Paraguai", diz Cleverson Batista, da PRF. A Polícia Civil não quis dar detalhes da investigação sobre a suposta quadrilha que age na BR-386. A proprietária da maior parte dos ônibus atacados informou que vai mudar o horário das viagens, antecipando a saída de Porto Alegre, para que os veículos não passem tão tarde pelo trecho onde ocorrem os assaltos. Durante o percurso, a empresa conta com a abordagem dos coletivos pela PRF.

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Terça-Feira, 6 de setembro de 2016

16

AIF perde em Passo do Sobrado A Associação Ijuí Futsal (AIF) perdeu por 3 a 2 para a Associação Passo-Sobradense de Futsal (APF) sábado à noite no Ginásio Municipal Ernani Weber em Passo do Sobrado, pela segunda rodada da segunda fase do Estadual de Futsal, Série Bronze.Ericson, Jeazinho e o goleiro Testa marcaram os gols da APF. Maurício e Carlos Henrique anotaram os gols da equipe ijuiense que estava perdendo por 3 a 1 e descontou no último lance

da partida. Com três pontos, o time da AIF é o terceiro colocado do grupo 6. No próximo sábado recebe o Expresso de Capão da Canoa que perdeu mais uma partida em seus domínios, levou 4 a 3, do Horizontina Futsal.A APF foi a 6 pontos e assumiu a liderança isolada da chave. A Associação Ijuí Futsal encara como decisiva a partida contra o Expresso no fim de semana. Pelas projeções,

AIF venceu Horizontina e perdeu para o time de Passo do Sobrado, na segunda fase

precisará vencer o time de Capão da Canoa no Ginásio Wilson Mânica e depois no Litoral Norte dia 17 de setembro. As equipes do Horizontina Futsal e da Associação Passo- Sobradense

venceram o time de Capão da Canoa fora de casa e portanto, quem tropeçar contra essa equipe ficará em situação difícil para ficar com uma das duas vagas para a segunda fase.

Grupo 6 1º) APF 2º) HORIZONTINA 3º) AIF 4º) EXPRESSO

6 3 3 0

2 2 2 2

2ª rodada-2ª fase Sábado: 3.9 Chave 4 Em Rio Pardo-Nadas Branco 2 x 3 AMF-Marau Em Santiago-ASF 4 x 2 Uruguaianense Chave 5 Em Cerro Branco-ACBF 7 x 5 Cerro Largo Futsal Em Caçapava do Sul-ACF 4 x7 Parobé Futsal-Parobé Chave 6 Em Passo do Sobrado-APF 3 x 2 AIF-Ijuí Em Capão da Canoa-Expresso 3 x 4 Horizontina Chave 7 Em Salto do Jacuí-ADCH 3 x 3 Guarani Futsal-Camargo Em Casca-SERCCA 4 x 0 União

2 1 1 0

0 0 0 0

0 1 1 2

7 6 5 6

5 6 5 8

2 0 0 -2

Independente-Santa Maria 3ª rodada - Sábado,10.9 Chave 4 Em Uruguaiana-Uruguaianense x Nadas Branco-Rio Pardo Em Marau-AMF x ASF- Santiago Chave 5 Em Parobé-Parobé Futsal x ACBFCerro Branco Em Cerro Largo-Cerro Largo Futsal x ACF-Caçapava do Sul Chave 6 Em Ijuí-AIF x Expresso-Capão da Canoa Em Horizontina-Horizontina Futsal x APF-Passo do Sobrado Chave 7 Em Santa Maria-União Independente x ADCH-Salto do Jacuí Em Camargo-Guarani Futsal x SERCCA-Casca

Ijuí Drones ganha pela segunda rodada O Ijuí Drones venceu o Restinga Redskulls por 13 a 6, no Estádio 19 de Outubro, na tarde chuvosa de sábado em jogo da 4ª Copa Sul de Futebol Americano.Esta é a segunda vitória em sequência do enxame sobre os caveiras vermelhas na competição da Federação Catarinense de Futebol Americano (FCFA). Com a vitória, o time ijuiense abre 2-0 na Divisão Sul. Divide a liderança com o Criciúma Miners, mas perde no saldo de pontos. O próximo compromisso será no dia 17 de setembro, quando recebe o Itajaí Dockers, no 19 de Outubro.Já o Restinga Redskulls segue sem vencer na competição da FCFA. O time amarga a quarta colocação com 0-2. Os porto-alegrenses tentarão a reabilitação no dia 11 de setembro, quando enfrentam o Porto Alegre Bulls, no relvado do Grêmio Nacional, em São Leopoldo. "Esse resultado foi conquistado com todos os elementos que a gente podia querer ou não. Teve chuva, o campo embarrou, mas a gente conseguiu uma importante vitória. Demos um passo bem à frente agora ",

cmyk

lembrou o Head Coach do Ijuí Drones, Eduardo Mundstock. O treinador disse que a equipe priorizou bastante a corrida. Destacou que o Ijuí Drones tem mais dois jogos para tentar conseguir quatro vitórias na primeira fase, buscando uma classificação direta para as semifinais. "O Itajaí Dockers, próximo adversário é um time grande, forte, mas estamos preparados", salientou o comandante. Eduardo Mundstock disse que a transição do time do

Complexo Poliesportivo para o Estádio 19 de Outubro foi boa. "O resultado está aí. Ganhamos dois jogos na Baixada. A gente já está se sentindo mais em casa do que nunca. Vamos tentar ganhar todas as partidas em Ijuí para brindar este povo com vitórias", falou Eduardo Mundstock, minutos antes de levar um banho de água gelada dos atletas do Ijuí Drones na comemoração pela segunda vitória. O Quarterback (QB) Uillian

Patrique Guterres (Uil) disse que o jogo complicou bastante por causa da chuva, mas o time adaptou uma jogada diferente, conseguindo se infiltrar mais fácil no meio da linha deles, ganhando mais jardas e controlando o relógio. "Temos mais dois jogos em casa. Com mais uma vitória conquistamos a nossa classificação", previu Uillian.O jogador disse que o Ijuí Drones se adaptou muito bem ao gramado do Estádio 19 de Outubro.

Renato Marsiglia renato.marsiglia@tvglobo.com.br

GRÊMIO DESISTE DO TÍTULO Poucas vezes vi uma equipe que precisava de uma vitória, jogar de forma tão desleixada e com tamanha soberba quanto o Grêmio contra o Botafogo. Se primeiro tempo tivesse terminado 4 x 0, não teria sido nenhuma injustiça, tal a superioridade do time carioca, que diga-se de passagem, não tem (pelo menos no papel) um time melhor que o Tricolor. Pelo contrário, é bem inferior. O Grêmio simplesmente abdicou de lutar pelo título, que agora ficará restrito a uma disputa entre Palmeiras (favoritaço), Flamengo e Atlético-MG. GRE-NAL: OBJETIVOS DISTINTOS A dupla Gre-Nal ainda tem a Copa do Brasil para se dedicar. Por ser de tiro curto, tudo pode acontecer, inclusive o título vir parar em Porto Alegre. O problema é que paralelamente a esta competição o Grêmio terá que "se virar" para terminar no G-4 e garantir participação na Libertadores do ano que vem. A situação do Inter ainda é pior: tem que brigar para não ser rebaixado e assim evitar a tenebrosa Série B em 2017. Dois objetivos bem distintos, mas que se não forem encarados com seriedade, podem se transformar em tragédia. BRASIL X COLÔMBIA Espero que Tite consiga blindar os jogadores do sentimento da euforia demasiada que tomou conta dos torcedores e até mesmo da mídia para o jogo de hoje contra a Colômbia. A vitória de 3 x 0 contra o Equador foi maravilhosa em todos os sentidos, mas tem que ser considerada um "ponto fora da curva". O time melhorou taticamente, a autoestima foi recuperada, mas a Colômbia não é pouca coisa. O objetivo para este dois jogos era de quatro pontos. Com humildade temos condições de somar seis e encaminhar a classificação para a Rússia/2018. POR FALAR EM ELIMINATÓRIAS... Na hora da verdade, a Alemanha mostra sua força: largou enfiando 3 x 0 na Noruega. A Inglaterra venceu a Eslováquia e a Itália venceu Israel (3 x 1),com os grandes jogando fora de casa. Hoje jogam Holanda x Suécia, num grupo pesado que ainda têm França e Bulgária. Suíça x Portugal também se enfrentam, mas são francos favoritos para se classificarem. Não deve "pintar" nenhuma zebra nas eliminatórias europeias.

Ijuí Drones venceu o Restinga Redskulls e tem mais dois jogos em casa para encaminhar a classificação para a próxima etapa


Jornal da Manhã

Terça-feira, 6 de setembro de 2016

17

DOIS TOQUES

Seleção busca mais uma vitória

Carlos Alberto Padilha

esporte@jornaldamanhaijui.com MOMENTO- O veloz Elias atravessa boa fase no Brasil-Pel. Sexta-feira marcou um golaço na vitória xavante, 2 a 1, diante do Goiás, pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.Depois perdeu uma ótima chance de marcar mais um gol .O time do técnico Rogério Zimmermann é o vice-líder da competição com 39 pontos e na próxima sexta-feira joga fora de casa contra o Paysandu. Lembro de que em Ijuí tinha muita gente que não acreditava no Elias e até reclamava quando a imprensa falava bem do garoto que começou a aparecer no time juvenil do São Luiz sob orientação do técnico Adilson dos Reis. Depois atuou nos Juniores com o técnico Tarcísio Macuglia e teve uma passagem pelo futebol amador. O Tarcísio sempre acreditou em Elias.

A Seleção Brasileira tentará hoje, algo que ainda não conseguiu pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018: ganhar duas partidas consecutivas. Depois de vencer o Equador por 3 a 0 na estreia do técnico Tite, o Brasil voltará a campo para enfrentar a Colômbia, pela oitava rodada, hoje às 21h45, na Arena da Amazônia, em Manaus. O Brasil aparece na quinta colocação, com 12 pontos, posto que o levaria para a repescagem contra a melhor seleção da Oceania. Mas, em caso de triunfo, entrará na zona de classificação direta para o Mundial, em que está, com 13 pontos, a Colômbia, vinda de triunfo de 2 a 0 sobre a Venezuela. E é justamente por conta da possibilidade de trocar de posição com os colombianos, ingressando na área nobre da tabela, que os brasileiros olham a partida como estratégica. Com a recuperação de Renato Augusto, Tite não modificará

a formação vitoriosa na rodada passada. O meia Willian será mantido mesmo após ter visto o concorrente Philippe Coutinho brilhar em sua posição no segundo tempo do duelo em Quito. O Brasil jogará com: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho, Willian, Renato Augusto e Neymar; Gabriel Jesus. A Colômbia não terá o volante Daniel Torres, que cumprirá suspensão automática. Sebastián Pérez assumirá a sua vaga. Em compensação, Santiago Arias retornou de suspensão e ocupará a lateral direita, deixando Stefan Medina como opção no banco de reservas. O atacante Teófilo Gutiérrez, que carregava a esperança de voltar ao time, segue vetado por conta de lesão na perna direita. O técnico argentino José Pekermann escala: David Ospina; Santiago Arias, Jeison Murillo, Oscar Murillo e Farid Díaz; Sebastián Pérez, Carlos Sánchez, Mac-

Seleção Brasileira deve ter a mesma formação do jogo diante do Equador

nelly Torres e James Rodríguez; Luis Muriel e Carlos Bacca. O

argentino Patrício Loustau apita o jogo.

Grêmio quer Geromel e Grohe diante do Coritiba

Elias marcou um golaço na vitória do Brasil-Pel diante do Goiás HISTÓRIA- A Associação Silencar realizou uma confraternização sábado ao meio-dia reunindo exdirigentes e ex-atletas. A agremiação ijuiense fez história no futsal regional e estadual, disputando várias competições e ganhando títulos. Nas próximas edições traremos mais detalhes do evento realizado pela Silencar. PARALIMPIADAS- Medalhista de ouro no lançamento do dardo em Londres 2012, Shirlene Coelho entrará para a história como a primeira atleta mulher a levar a bandeira brasileira na cerimônia de Abertura dos Jogos Paralímpicos.A atleta, recordista mundial em sua prova, foi escolhida através de uma votação interna entre os 287 atletas da delegação brasileira e o resultado foi divulgado ontem.Shirlene venceu outros 18 medalhistas de ouro, requisito básico para o posto. ANDAMENTO- O 22º Campeonato de Pais do Colégio Sagrado Coração de Jesus, Futsal Masculino tem hoje a segunda rodada no Ginásio do CSCJ em Ijuí. Serão disputados estes jogos: às 19h15, Paraguai x Argentina; 20h, Colômbia x Bolívia e 20h45, Equador x Uruguai. CANCELAMENTOS-Em razão da chuva não tivemos no fim de semana os jogos da Copa Dunga, do Campeonato de Futebol Sete do Sesi e do Campeonato de Futebol Amador de Ijuí. As competições serão retomadas no próximo fim de semana.

Após a derrota do Grêmio por 2 a 1 diante do Botafogo, na tarde de domingo, na Ilha do Governador, o atacante Luan lamentou o fato de o Tricolor gaúcho não ter aproveitado a oportunidade para voltar ao G4 do Campeonato Brasileiro.O empate garantiria à agremiação de Porto Alegre o quarto lugar da competição, ultrapassando Santos e Corinthians, respectivamente. Já uma vitória faria com que a equipe gaúcha superasse o Atlético-MG e assumisse a terceira colocação. Na avaliação de Luan, o Grêmio foi castigado justamente por adotar uma postura incomum em campo. “A gente tinha grande chance de voltar ao G4, mas fizemos uma partida que fugiu das nossas características, de colocar

BRASILEIRÃO Jogos adiados Fluminense 3 x 2 Figueirense Botafogo 2 x 1 Grêmio 23ª rodada Amanhã,7.9 Botafogo x Fluminense-16h Santa Cruz x Chapecoense-16h Figueirense x Atlético-PR-16h Atlético-MG x Vitória-19h30 Flamengo x Ponte Preta-21h45 Palmeiras x São Paulo-21h45 Coritiba x Grêmio-21h45 Quinta-Feira, 8.9 Corinthians x Sport-19h30 Inter x Santos-21h América-MG x Cruzeiro-21h Luan reconheceu que o Grêmio teve uma postura incomum contra o Botafogo

a bola no chão, de tentar jogar”, explicou Sexto colocado, com 36 pontos, o Grêmio não vence no Brasileirão há três rodadas. A chance

para a reabilitação será amanhã partir das 21h45, contra o Coritiba, no Couto Pereira. São esperados nesta partida os reforços da Seleção Brasileira.

O Grêmio monta uma operação para escalar Marcelo Grohe e Geromel, que estarão à disposição do técnico Tite na partida diante da Colômbia.

Eduardo Henrique deve substituir Dourado Após encerrar o jejum de 14 jogos sem vitórias na temporada ao bater o Fortaleza por 3 a 0, na última quarta-feira, pela Copa do Brasil, o Inter trabalha para também se reabilitar no Campeonato Brasileiro, já que enfrenta o Santos, na próxima quintafeira às 21h, no Beira-Rio. Ontem, o Colorado treinou em dois períodos e o técnico Celso Roth esboçou um provável time que entra em campo pelo torneio nacional. Ao contrário do ocorrido no período da manhã, quando os atletas realizaram um trabalho físico na academia do clube, os jogadores do Inter foram a campo à tarde para um treinamento coletivo. Em campo, a principal dúvi-

da no time titular ficou no setor de marcação do meio-campo. Sem poder contar com Rodrigo Dourado, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o técnico Celso Roth fez testes na equipe. Em um primeiro momento, o treinador escalou Eduardo Henrique na posição. No entanto, no decorrer do trabalho, experimentou a entrada de Anselmo no time. No restante, a equipe deve manter a mesma base do time que venceu o Fortaleza na última semana. O time que treinou e que tem grande probabilidade de entrar em campo diante do Santos conta com Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Geferson; Fabinho, Eduardo Henrique (Anselmo), Seijas e Valdívia; Nico López e Aylon.

CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRÃO 2016 Palmeiras Flamengo Atlético-MG Corinthians Santos Grêmio Ponte Preta Fluminense Atlético-PR Chapecoense Botafogo São Paulo Sport Cruzeiro Vitória Coritiba Internacional Figueirense Santa Cruz América-MG

43 40 39 37 36 36 34 34 33 30 29 28 27 26 26 26 24 24 19 13

22 22 22 22 22 22 22 22 22 22 22 22 22 22 22 22 22 22 22 22

13 12 11 11 11 10 10 9 10 7 8 7 7 7 6 6 6 5 5 3

4 4 6 4 3 6 4 7 3 9 5 7 6 5 8 8 6 9 4 4

5 6 5 7 8 6 8 6 9 6 9 8 9 10 8 8 10 8 13 15

40 28 35 30 36 32 29 25 21 31 29 22 31 30 29 25 23 20 22 14

22 22 29 21 20 24 33 22 20 37 31 22 33 35 33 29 26 27 31 35

18 6 6 9 16 8 -4 3 1 -6 -2 0 -2 -5 -4 -4 -3 -7 -9 -21

cmyk


Jornal da Manhã

Terça-feira, 6 de setembro de 2016

SOCIEDADE

Horóscopo

Menino de 12 anos já está na universidade

Ricardo Linhares, autor de novelas

Técnica de “envelhecimento” de móveis

Capital e maior cidade de Honduras O partido de Obama Menos, em inglês

Pedro (?): criou o Poder Moderador

Comissão investigativa do Legislativo

Ingmar Bergman, cineasta sueco de “O Sétimo Selo” Sensível

Imperador romano que foi acusado do incêndio de Roma, ocorrido em 64 d.C.

Ser estudado pelo ufólogo Provisório

Agatha Christie: a Dama do Crime

Combina filosofia e Alimento exercícios milagroso indianos (Bíblia)

A classe dos excluídos (Econ.)

“Para”, na linguagem internauta Grito de incentivo, no striptease Chefe religioso entre os indígenas

Osvaldo Orico, escritor paraense Bebida servida nas reuniões da ABL

Tradição nobre proibida pelo Parlamento Funesto; Britânico lúgubre Dele faz parte a Europa

Parque, em francês Corta com os dentes

Arnaldo Jabor, cineasta carioca

Local de filmagem no estúdio de Cinema

Euclides da Cunha, escritor fluminense

3

Solução

T N

BANCO

(?) de Fé, oração da missa católica

C O P A C A B A

cmyk

Forma das rampas de skate

NA

Martim tenta tranquilizar Beatriz. Luzia gosta de ouvir que Santo não está bem com Tereza. Martim convence Beatriz a contar o que houve com ela para Bento. Lucas e Sophie estranham o comportamento de Chico Criatura. Santo e Tereza discutem. Martim pergunta a Tereza por que ela está afastada de Santo. Afrânio e Martim voltam a jogar xadrez. Luzia tenta se aproximar de Santo. Beatriz conta para Bento o que aconteceu na escola.

Nativo como o piauiense e o potiguar

L A

Martim tenta tranquilizar Beatriz

Hotel carioca com mármore de Carrara e cristais da Boêmia Doente, em inglês

I C

Velho Chico - Globo

(?) parceiro: função do feromônio

CA

Tamara fica encantada com Apolo Tamara fica encantada com a simpatia de Apolo. Agilson avisa a Lucrécia que eles voltaram a apoiar Aparício. André comenta com Adriana que o desempenho de Tamara na corrida está ruim. Carmela ameaça falar com Rodrigo, caso Henrique não a coloque em outra campanha. Apolo vence a corrida. Leonora e Carmela disputam a vaga de modelo, e Rodrigo resolve fazer um teste com as duas. O advogado da Peripécia comunica a Rebeca e suas amigas que o proprietário lhes emprestará um apartamento. Camila e Giovanni desconfiam de Bruna e Enéas. Apolo se emociona com a presença de Francesca em sua comemoração pela vitória na corrida. Apolo vê Tancinha e Beto se beijando.

Estúpido; ignorante A terceira consoante

P A L A C E

Haja Coração - Globo

© Revistas COQUETEL

Defensor de ideias políticas reformistas Iguaria antioxidante rica em ômega 3

A T I N R L A L P I A R A T I G E N M A N O TI R V P O S E E N T

César convida Alice para jantar. Tiago (Marcello Melo Jr.) afirma a Dora que não quer ter filho. Hirô (Carol Nakamura), Tanaka (Luis Melo) e Hideo (Paulo Chun) postam fotos dos trabalhos de Yumi (Jacqueline Sato) nas redes sociais. Vittorio pensa em Loretta (Claudia Ohana). Gaetano sugere que Mario vá para o Japão. Yumi comenta com Hirô sobre os olhares de Ralf para ela. Tanaka repreende Mario por ter sido preso. Vittorio se irrita com a ausência de Mario na padaria. O capitão Patrick (Jean Pierre Noher) avisa a Tanaka sobre a baixa na pesca da sardinha. Alice liga para o pai, que decide não contar sobre os problemas na empresa. César planeja se aproximar de Alice pelo interesse na Arraial Pescados.

www.coquetel.com.br

AJ

Globo César convida Alice para jantar

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

P N R D E S O S G U C IG R I E M O C SS P I E N I S E T E R I A O O P G A A R A T R O O C I D

Sol Nascente -

Com cinco anos, Jeremy lia o Senhor dos Anéis e agora, cursa matemática

O L E O D E L I N H A Ç A

NOVELAS

Agora, eles estão de mudança do Texas, onde fica a sede da empresa, para Nova York. O pequeno Shuler foi aprovado para as graduações de Engenharia Física e Matemática na Universidade Cornell, e já frequentou as primeiras aulas do curso. Sua opinião? “As aulas estão fáceis até agora, mas eu sei que logo ficarão mais difíceis”, afirmou ao jornal The Guardian. A faculdade foi um alívio para o estudante. “Estávamos preocupados com sua socialização”, contou sua mãe ao veículo britânico. “Ele ficava muito assustado com as crianças correndo de um lado para o outro. Ele precisava de pessoas com interesses similares”. Jeremy é o aluno mais novo da história da Ivy League, grupo de universidades de elite da costa leste dos Estados Unidos que inclui, entre outras instituições de ensino, Harvard, Columbia, Yale e Princeton.

3/ill — set. 4/less — parc. 6/néscio. 10/alienígena. 11/tegucigalpa.

Com cinco anos, Jeremy Shuler lia a série O Senhor dos Anéis e um livro chamado Jornada através da genialidade: os grandes teoremas matemáticos da história. Se você está argumentando, indignado, que para chegar a esse ponto tão cedo ele precisaria ter começado a ler aos dois anos, acertou em cheio: nessa idade já estava folheando obras em inglês e coreano, língua nativa de sua mãe. Jeremy Shuler é um gênio que nasceu no lugar certo: filho de dois engenheiros aeroespaciais da Lockheed Martin – empresa responsável por máquinas como os caças F-16 e F-22 da Força Aérea Americana, ele passou a ser educado em casa quando os pais perceberam que o conteúdo do Ensino Fundamental não era empolgante o suficiente para o garoto, que começou os estudos de cálculo, o terror do ciclo básico nas faculdades de exatas, aos cinco anos.

18

Áries Ao compreender que talvez não seja possível obter o que quer neste exato momento, você pode evitar frustrações. É tempo de enfrentar os medos sem deixar de reconhecer as próprias fragilidades. Touro Este pode ser um momento em que você se sente mais indisciplinado, podendo exagerar na comida ou na bebida. Atente para a autocomplacência. É tempo de ter consciência das atitudes que está tomando. Gêmeos Por mais que você goste de conversar, trocar e compartilhar, talvez este não seja o melhor momento para expor suas emoções aos que estão à sua volta. É tempo de dar conta sozinho das suas emoções. Câncer Você tende a se sentir mais afetuoso neste momento, querendo apoiar e proteger as pessoas que ama. No entanto, cuidado para não agir de modo possessivo. É tempo de respeitar a liberdade do outro. Leão É importante afirmar o que você pensa, mas sem se fechar para o que as pessoas têm a lhe ensinar. É tempo de centrar-se em si mesmo sem comprometer a arte de bem se relacionar. Virgem É possível que você se sinta com o humor alterado, podendo se irritar facilmente com coisas que não são importantes. Isso despende muita energia. É tempo de distinguir o trivial do essencial. Libra Para ter um bom desempenho intelectual, você precisa que estar com a mente equilibrada, num ambiente emocionalmente favorável. É tempo de ser o mais objetivo possível para obter equilíbrio. Escorpião A impaciência pode dominar, e você tende a resistir em entender as limitações das outras pessoas. É tempo de cultivar a tolerância e procurar uma forma delicada de lidar com as diferenças. Sagitário Ideias divergentes podem ser discutidas se os seus comportamentos não forem muito radicais. É tempo de ter alguém que sirva como intermediário entre você e aqueles com quem quer negociar. Capricórnio É preciso reavaliar ideias antigas que já não se encaixam muito bem no momento presente. É tempo de dar início às transformações que abrirão espaço para um novo modo de viver. Aquário A inconstância das suas ideias pode servir para ampliar o seu conhecimento e para criar possibilidades de renovação. É tempo de canalizar a sua energia para fazer circular as opiniões. Peixes Hoje, você parece estar em contato com o seu verdadeiro eu, preocupado com as suas vontades e com o seu próprio caminho. É tempo de evitar que a empolgação o faça agir precipitadamente.


Jornal da Manhã

Terça-feira, 6 de setembro de 2016

David Antônio dos Santos Contador | Perito Contábil

A CONTABILIDADE E O AGRONEGÓCIO Como estamos inseridos numa região em que o agronegócio é o setor preponderante de nossa economia, achei interessante pautar os benefícios da adoção da escrituração contábil neste setor. Interessante texto do contador Marcelo C. de Mello onde aborda a amplitude da atividade agropecuária, que não se limita a criação de animais e a produção agrícola, mas contemplam também os fornecedores de insumos e sementes, adubos, ração, entre outros, e os agentes que cuidam do transporte, o distribuidor para o varejo e diversas outras atividades inerentes. Enfim um setor da economia muito importante que envolve a união de diversas atividades produtivas diretamente ligadas à elaboração de produtos derivados da agricultura e pecuária. O empresário rural, como não deveria ser de outra forma, busca meios para minimizar o custo da produção, evitar o desperdício e melhorar tanto o planejamento quanto o controle das atividades. Nas atividades rurais, o custo da produção compreende o conjunto de todas as despesas que devem ser suportadas pelo empresário a fim de obter os produtos, ou seja, tudo o que se faz necessário para obtenção do produto cultivado. Nesse contexto, a utilização da contabilidade de custos tem se mostrado uma valiosa ferramenta para o gestor rural, uma vez que auxilia no controle da produção e oportuniza ao administrador um melhor planejamento das suas atividades. Esse ramo da Contabilidade registra os custos de operação de um negócio de maneira que com os dados de produção e de vendas, o gestor rural possa obter uma operação eficiente, econômica e lucrativa. Há ainda objeções no uso da contabilidade nas atividades rurais, face à complexidade das operações, que às vezes não permite uma perfeita escrituração contábil dos fatos na empresa. Outro detalhe que dificulta, são os espaços de tempo entre produção e venda, que fogem à simplicidade de outros tipos de negócios. A favor da contabilidade pode-se afirmar que as informações gerenciais por ela geradas, possibilitam definir o preço de venda dos produtos, identificar margens de contribuição das atividades econômicas, controlar o comportamento dos elementos que compõem os custos e fazer uma melhor análise sobre a substituição de ativos. Fundamental também, que o produtor rural esteja bem informado sobre a composição e comportamento de seus custos, para elaborar estratégias de ações fundamentadas em dados confiáveis a fim de buscar as melhores alternativas possíveis. E esse papel de fornecer as informações referidas, cabe à contabilidade de custos. Outra situação que a Contabilidade se faz necessária, envolve as questões societárias e sucessórias, uma vez que sócios e herdeiros têm a obrigação e o direito de analisar o desenvolvimento da empresa rural e participar de sua gestão. Ressalte-se também, que todas as empresas necessitam registrar as suas operações, pois sem registros, se torna difícil obter informações sobre os fatos ocorridos.

19

COMBATE A INCÊNDIO

Unimed promove treinamento Grandes sinistros podem ser evitados se controlados já no início. Saber agir diante de um incêndio, por exemplo, é imprescindível, seja no ambiente de trabalho, em casa ou em qualquer lugar que se esteja. Na Unimed Noroeste/RS, além de práticas de prevenção, treinamentos periódicos visam renovar conhecimento e também expor aos novos colaboradores, técnicas ágeis e corretas para serem aplicadas em uma eventual ocorrência. Nesta semana, novo treinamento foi realizado no Hospital através do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (Sesmt). “O treinamento é uma medida preventiva frente a situações de

incêndio que podem vir a ocorrer nas edificações, que prepara os colaboradores para saber como agir nestas situações”, explica a engenheira de Segurança do Trabalho da Cooperativa, Angélica Melissa Rocha. A atividade envolveu conteúdos teóricos e práticos, abrangendo o manuseio de extintores de incêndio. “Desta forma os colaboradores aprendem como utilizar o extintor em um cenário que não envolve riscos, mas que, com certeza, vai ajudá-los muito em uma situação real, caso necessitem”, aponta a engenheira. A atividade prática contou com auxílio da técnica em Segurança do Trabalho, Bianca Martins Porciúncula, da empresa Recodalpo.

Clube de Mães organiza atividades Uma mãe não é apenas uma simples dona de casa, isto todo mundo bem sabe. A mãe trabalha, vai à luta, tem as responsabilidades que lhe cabem na vida, mas a mãe, essa pessoa que nos guia em todos os momentos de alegria ou tristeza também cria, inventa, usa a imaginação e produz belas artes, sobretudo em pano e linha. A fim de compartilhar ideias e, as vezes, até materiais, muitas mães reúnem-se em pequenos clubes que, pelo caráter social e de amizade que trazem nas raízes, são pequenas e valentes instituições que vão muito além do simples bordar, costurar ou criar. Um Clube de Mães proporciona amizade, cooperação, atividade, lazer, um momento especial para ela que tanto nos dá carinho, cuidado e amor e que, como todo ser humano, também tem por direito o momento de compartilhar com as amigas e de criar arte com as mãos. De acordo com a presidente do Clube de Mães do bairro Elizabeth, o clube Vovó Carolina, Ildar Otonelli, "atualmente o grupo está

trabalhando com bordados, onde cada integrante do grupo traz um material de casa para trabalhar em cima e realizar os bordados", comenta. Sobre os materiais, a presidente do grupo afirma que recebem alguns materiais do gabinete da primeira-dama. "Para trabalhar, recebemos ajuda do gabinete da primeira-dama, mas também realizamos dentro do próprio clube o recolhimento de valores para a compra de materiais", comenta. Em relação ao nome do clube, a presidente afirma que é em homenagem à sua mãe. "A minha mãe iniciou o clube com mais outras vizinhas, iniciou ensinando a bordar. É engraçado pois as filhas das mulheres que iniciaram o clube com a minha mãe, agora estão fazendo parte deste clube, e com isso a gente acaba compartilhando ideias e aprendizados", finaliza. As mulheres do clube se encontram todas as quartas-feiras das 13h30 até as 17h. Aproximadamente 17 mulheres participam do grupo atualmente.

Fórum promove debate com candidatos de Ijuí O Fórum da Agenda 21 realiza debate público com os candidatos ao Executivo Municipal, na próxima quinta-feira, a partir das 20h, no auditório da EFA/Unijuí. O Fórum da Agenda 21 de Ijuí é um instrumento de articulação para o caminho de mudanças no modelo de desenvolvimento que a sociedade, desde que estejamos

dispostos a usá-lo em toda sua riqueza conceitual, metodológica e operacional. Para que o Fórum da Agenda 21 de Ijuí seja efetivamente um instrumento de planejamento de políticas públicas entre sociedade civil e governo, a participação da comunidade é mais do que necessária, é essencial.

Novos colaboradores receberam treinamento de novas técnicas de combate a incêndio

SERVIÇO SAÚDE - A Ouvidoria do SUS é um espaço de cidadania e de comunicação entre o cidadão e os gestores do SUS. O atendimento ao público é prestado pelo telefone 0800 6450 644. NATALVIDA - Entidades interes-

sadas em participar da programação do Natal Vida 2016 devem entrar em contato com a Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo para fazer o agendamento dos espetáculos. O Natal Vida acontece de 11 a 23 de dezembro. O contato pode ser feito por meio do telefone 3331 8200.

MUNICÍPIO DE IJUÍ – PODER EXECUTIVO AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 51/2016 – OBJETO: Aquisição de 30.000,00 litros (trinta mil litros) de óleo diesel. ABERTURA: 22/09/16 às 9h. Informações pelo telefone/fax (55) 3331-8219 ou no site www.ijui.rs.gov.br. Ijuí/RS, 5 de setembro de 2016. Fioravante Batista Ballin Prefeito Municipal

EM MEMORIA AO 1º MÊS DE FALECIMENTO E CONVITE PARA MISSA GLADIS SILVA DA SILVA *24/12/1952 + 06/08/2016 Deus olhou para a terra à procura de alguém que fosse especial, que soubesse amar e perdoar a todos, que estivesse sempre pronta para ajudar quem fosse necessário. Então, Ele não teve dúvida de que você era exatamente o que Ele procurava e te chamou para fazer parte de sua legião de anjos. E para nós que ficamos, resta-nos apenas dor e saudade, mas também a certeza de que estás do lado de Deus. Saudades eternas do esposo, Valdir, filhos Jean, Rubia e Silvia, genro Rodrigo, netos Bruna, Nicole e Maria Eduarda, irmãs Jussara e Loreni, sogra Olga, parentes e amigos convidam para missa a ser celebrada sábado, dia 10, às 19h na Paróquia São Geraldo. Ijuí, 06 de setembro de 2016.

cmyk


www.jmijui.com.br

mães em ação

semana da páTria

No domingo, o distrito de Mauá realizou o Desfile Cívico, que teve a participação de diversas escolas. | 7

Repatriação de recursos traz alívio a gestores O Clube de Mães do bairro Elizabeth reúne mulheres em tarde de integração e produção | 15

Alternativa foi apresentada na semana passada durante o encontro dos prefeitos, na Assembleia da Famurs. | 12

Seleção Brasileira recebe a Colômbia Técnico Tite deve repetir em Manaus o time que goleou o Equador na semana passada em Quito. | 17

Treinamento renova conhecimento de prevenção Unimed Noroeste-RS expôs aos novos colaboradores, técnicas ágeis e corretas para serem aplicadas em uma eventual ocorrência de incêndio. | 19

EDITORIAL | 6 Precisamos todos ter a garantia de que as forças policiais reagirão por nós. E é bom que seja uma mensagem dita diariamente.

cmyk

Sitepaginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you