Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ano 43 - Nº 363

Ijuí, Sexta-feira, 21 de outubro de 2016

R$ 3,00

Ampliação da Lactalis irá fortalecer cadeia do leite

Investimento de R$ 20 milhões em um ano deve aumentar em 35% a capacidade produtiva de queijo em Ijuí. | 3

DEPOIS DO VENDAVAL

Produtores rurais calculam danos deixados pelo granizo Nas cidades da região, rios deixaram vias interditadas

Na propriedade da família Porazzi, na Linha 9, o galpão que estava em construção foi abaixo | 5

No Estado, sobe número de famílias desabrigadas

Heck terá reuniões em Porto Alegre Em preparação, novo prefeito também irá a Brasília na próxima semana. | 9

PC investiga duas tentativas de latrocínio Na última semana, dois casos foram atendidos em Ijuí. Ninguém foi preso. | 11

JORNAL NA ESCOLA Interdisciplinaridade é ponto forte nas escolas que usam o Jornal como material didático | 7

cmyk


RADAR

CAMINHADA - Amanhã, o Grupo Maturidade Ativa realiza caminhada alusiva ao Mês do Idoso, em Ijuí. A atividade está programada para as 9h, com saída em frente à Unidade do Sesc e é aberta ao público. A ação, que terá entidades parceiras da cidade, terá ainda a verificação de pressão arterial, glicose, nutrição e mateada. O evento também marcará o Outubro Rosa, campanha mundial contra o Câncer de Mama. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (55) 3332-7511, no site www.sesc-rs.com. br/ijui ou na página www.facebook.com/ sescijuirs. REINCIDÊNCIA - De acordo com levantamento do Tribunal de Justiça, em cada 100 condenações proferidas no ano passado em Porto Alegre, 42 foram com réus reincidentes. Significa que eles foram condenados pela segunda vez. Em 2011, a reincidência foi de 31%, ou seja, 31 em cada 100 condenações. No Estado, o número de condenações com reincidentes chegou a 34,52% em 2015 contra 28% em 2011. SEM LUZ - Com a melhora do tempo no Rio Grande do Sul, o número de clientes sem energia elétrica caiu, conforme última atualização realizada na manhã desta quinta-feira. Ainda assim, 13 mil clientes seguem sem luz no Estado. Na quarta-feira, o número era de 25 mil. Conforme a Rio Grande Energia (RGE), há 7 mil pontos sem fornecimento. A concessionária informou que há diversos locais isolados nos mais de 250 municípios que a RGE atende. ENEM- Os candidatos do Enem 2016 já podem consultar o local onde farão as provas, marcadas para os dias 5 e 6 de novembro. O acesso ao cartão de confirmação de inscrição foi liberado na quarta-feira, às 15h, e está disponível pela internet e também no aplicativo do Enem, nas plataformas Android, iOS e Windows Phone. Para evitar os já famosos atrasos, a recomendação é que os candidatos façam o caminho de casa até o local de prova antes da data do exame para conhecer o trajeto e evitar imprevistos. COLÉGIO TIRADENTES- São 2.156 candidatos que tiveram suas inscrições homologadas e concorrem as 466 vagas para novos alunos nos Colégios Tiradentes da Brigada Militar em todo o Estado. Em Ijuí são 223 que buscam uma das 46 vagas. A 1ª etapa, com o exame intelectual, acontece no domingo na sede do Colégio, em Ijuí. Os candidatos deverão comparecer portando a carteira de identidade, cartão de inscrição e caneta esferográfica tinta azul. Importante estar no local 30 minutos antes do fechamento dos portões que ocorre às 8 horas. Mais informações poderão ser obtidas no site da Brigada Militar ou nos locais onde os candidatos fizeram suas inscrições.

cmyk

2

OLHO DA RUA INDICADORES Poupança 21.10.2016 .....................0,6758 % Ouro 20.10.2016..................... R$ 128,00 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,1360 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,1365 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,1000 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,2800 Euro (compra) .............................. R$ 3,4265 Euro (venda) ................................. R$ 3,4270 IPC/FIPE Set/2016 ................................0,14% IGPM Set/2016 .....................................0,20% IPCA Set/2016 ......................................0,08% IGP-M set/16 ........................................0,20% IGP-DI Set/2016 ....................................0,03% ICV-Dieese set/16 .................................0,03%

LOTERIAS NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º 2º 3º 4º 5º

Um terreno desocupado, localizado na Rua Henrique Koff, no Centro, tem sido motivo de preocupação de vizinhos. Em decorrência das chuvas nos últimos dias, há relatos de que a água não encontra vazão e tem ocasionado a infiltração de casas próximas. Além disso, um cachorro vivendo no local alagado é preocupante.

-

5.931 9.147 2.310 4.734 1.299

QUINA

ENTRE ASPAS

CONCURSO nº

"É sempre com emoção, sofrimento. A nossa tarefa segue no Brasileirão, não podemos nos enganar", disse o vice de futebol do Internacional, Fernando Carvalho após a partida no Beira-Rio.

MEGA SENA

"Sinceramente, se bota tudo na balança, o que tu quer? Quero ser campeão. As consequências são acessórios. Eu quero ser campeão", disse o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan. "Promotores e juízes ameaçam parlamentares com a Lei da Ficha Limpa, essa é a realidade. Alguém com condenação por improbidade estará inelegível. Temos que temperar a interpretação da lei, para não lastrearmos um abuso de poder", disse o presidente do TSE, Gilmar Mendes. "Temos confiança no futuro. Sabemos que o potencial de crescimento é imenso no Brasil. Por isso, este acordo com o Estado do Rio Grande do Sul é muito importante pra nós. Nós somos novos na casa do Rio Grande do Sul, mas ficaremos por um bom tempo", afirmou o diretor mundial da Lactalis, Michel Nalet. "Tenho certeza que este investimento trará mais investimentos ainda. São muitas famílias que operam a produção de leite no Rio Grande do Sul. O que estamos celebrando hoje aqui é o resultado concreto da nossa missão", disse o governador José Ivo Sartori. "É uma decisão absurda", afirmou o ex-deputado federal Eduardo Cunha sobre sua prisão.

Getúlio

4213

09 10 24 48 53 CONCURSO nº

1868 - 20.10.2016

01 05 23 25 28 31 Resultados de quarta

ANIVERSÁRIO -Na manhã de quartafeira, a comissão organizadora das comemorações alusivas aos 126 anos de Ijuí se reuniu para decidir sobre a realização do evento, marcado para ocorrer à tarde, na Praça da República. Conforme divulgado, a comissão decidiu por cancelar as atividades devido à previsão do tempo e condições climáticas. De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (Semcet), a comemoração deverá integrar a programação do Natal Vida.

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 21 de outubro de 2016

LOTOFÁCIL

CONCURSO nº

1425 - 19.10.2016

01 03 04 05 08 09 11 12 13 14 16 19 20 21 25

PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 21 de outubro de 2016

3

CADEIA DO LEITE

Lactalis antecipa investimento em Ijuí Os investimentos no setor leiteiro gaúcho, que vinham sendo acertados desde 2015 com a empresa francesa Lactalis, se confirmaram ontem, em Paris, na França. O governador José Ivo Sartori, o secretário da Agricultura Ernani Polo e comitiva que integra missão gaúcha na Europa presenciaram o anúncio da empresa, realizado pelo presidente mundial, Daniel Jaouen, de investimentos da ordem de R$ 104 milhões em quatro unidades de leite no Rio Grande do Sul. Vão ser investidos R$ 44 milhões em Teutônia, também em uma fábrica de garrafas de plástico, R$ 20 milhões em Ijuí, R$ 20 em Três de Maio e R$ 20 em Santa Rosa. Os investimentos vão ser realizados no prazo de um ano. O secretário Ernani Polo comemorou os investimentos. "Estávamos em tratativas ao longo de quase um ano de reuniões, é uma empresa francesa que chegou no Brasil há alguns anos e está potencializando investimento nas unidades do RS e transformando o Estado na principal base produtora da empresa no Brasil. A empresa quer expandir negócios para os países da América e certamente o nosso Estado será uma base de produto", destaca. Polo avalia que o produto vai fortalecer a cadeia leiteira. "O foco dos investimentos é agregar valor ao produto, o que nós estamos sempre incentivando para que, além da produção do

leite, nós possamos transformar esse produto em queijo, requeijão, mateiga, leite condensado, agregando valor e gerando emprego, e é exatamente esse o foco". O secretário também enfatizou o investimento em uma fábrica de garrafas de plástico. "Aqui na Europa já existe essa cultura de utilizar essa técnica", disse sobre a inovação que chega ao setor. O diretor de relações institucionais da empresa, Guilherme Portela, confirmou que 60% dos investimentos serão alocados na região Noroeste. Em Ijuí já foram investidos R$ 20 milhões na planta e serão investidos mais R$ 20 milhões para ampliação da produção de queijo. "Com isso vamos aumentar cerca de 35% a produção de queijo na cidade e isso vai implicar necessariamente num aumento significativo na captação de leite na região. Vamos trabalhar qualidade com os parceiros que a gente já possui através de uma série de medidas para melhorar a produtividade para que a gente possa rentabilizar mais, para que a gente possa gerar leite que seja mais competitivo, com mais solidez, e isso sem dúvida em parceria com as iniciativas do governo do Estado", avalia, confirmando que a visita da comitiva à França foi fundamental para a garantia do investimento. "Esses investimentos não estavam na linha imediata e não eram prioridades para a companhia, mas a vinda do governador e dos

Visita de comitiva à França garantiu que mais de R$ 100 milhões fossem investidos pela empresa no Estado

secretários viabilizaram isso. Eles mostraram para a empresa o quão competitivo, o quão interessante possam ser essas ações de investimentos dentro do Estado do RS, especialmente Ijuí e região", concluiu. Para o secretário Ernani Polo, a decisão da empresa de trazer a sede jurídica para o RS aumentam as possibilidades para melhorar e fortalecer o setor produtivo leiteiro como um todo desde o produtor até o consumidor final. "A própria decisão da empresa em trazer esse investimento para o Rio Grande do Sul foi pela vocação e condição de solo e clima que o Estado

Selic ainda não atinge juro real Após dois dias de reuniões, o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu baixar os juros básicos da economia de 14,25% para 14% ao ano, um corte de 0,25 ponto percentual. A redução, a primeira da taxa Selic em quatro anos. O economista e analista de mercado Argemiro Luis Brum confirmou que a baixa está dentro do normal. "Claro que parte do mercado esperava um pouco mais 0,5 de redução, mas por ser a primeira redução depois de longos, anos esse é o primeiro passo, isso porque essa cautela se deve muito ao comportamento da inflação que está em baixa". Argemiro destaca que mesmo com a queda ainda não se tem o alcance da meta inflacionária que é de 6,5%. "Talvez se consiga isso no ano que vem, então como o governo usa o juro como arma para segurar a inflação, decidiu de forma mais cautelosa na redução", afirmou enfatizando ainda que a perspectiva é de que se tenha mais uma redução no juro na próxima

reunião do Copom ainda este ano por volta do final de novembro . Sobre a repercussão no mercado, o economista diz que é preciso ter cuidado. "É bem provável que isso inicie um ciclo de reduções no juro, claro que de forma lenta, já para o ano que vem há uma expectativa que a Selic feche 2017 ao redor de 11%, na melhor das hipóteses, tendo por objetivo reanimar a economia". Já quanto ao impacto direto ao consumidor, Brum alerta que a decisão leva em torno de seis meses para atingir a economia real, ou seja, para fazer algum efeito. "Então o que estamos reduzindo agora vai começar a ter um efeito lá para o final do primeiro semestre do ano que vem. Não é quem bater na porta do banco hoje que vai ter juro baixo, é preciso ter cuidado com isso, isso é apenas um balizador, mostra uma tendência que apenas começa a se iniciar, o que também vai depender do comportamento da economia interna e externa que

teremos daqui para frente", alerta. O economista destaca ainda um outro elemento de que há algum tempo os juros reais da economia descolaram da taxa Selic. O governo ficou praticamente um ano a 14,5% e mesmo assim os juros da economia subiram assustadoramente. É o caso do cartão de crédito, do cheque especial e do juro médio para pessoa física que ultrapassaram largamente 100%. "Ou seja, há outros elementos em jogo na economia, principalmente a forte inadimplência das pessoas físicas e jurídicas que estão levando os bancos a fortes provisões, e isso eleva a taxa de juros de uma maneira acentuada",--- conclui ressaltando que a redução não deixa de ser um indicativo de que a tendência é de que as condições sejam dadas para que o juro comece finalmente a baixar no Brasil e isso permita logo adiante um auxílio na redinamização da economia que está em forte recessão.

possui para a produção de leite, com isso vai ter uma demanda maior para o produtor. Estamos passando por um momento de bastante dificuldade em função dessa queda brusca do preço pago ao produtor. Nós precisamos construir um processo com mais estabilidade", comenta e cita que esses R$ 104 milhões que serão investidos num curto espaço de tempo projeta ainda mais o setor e dá um horizonte positivo com relação ao setor leiteiro gaúcho. "Sem dúvida, vamos precisar estimular mais o setor leiteiro a empresa vai precisar ainda mais de leite, porque o que a Lactalis

já produz no RS com essas marcas como a Batavo e a Parmalat e agora vão fazer a produção da marca Presidente, que é a principal marca do grupo no mundo todo para exportar para outros Estados e países da América", revela o secretário, confirmando que esse é um grande desafio. O diretor Guilherme Portela alerta que ainda há espaço para melhorar tanto em produtividade como qualidade. "É essa experiência que a Lactalis vai trazer da França e também da internacionalização que ela já tem em outros países para que a gente possa ajudar o produtor".

INSS faz pente fino para controlar fraudes Pouco mais de um mês após o início dos trabalhos da força-tarefa doInstituto Nacional do Seguro Social (INSS), o órgão analisou cerca de 10.894 auxílios-doença e cancelou 8.442 benefícios. Com a revisão dos benefícios, a Previdência Social vai economizar R$ 139 milhões por ano com as concessões. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), o número de cancelamentos representa 77,49% das perícias de revisão realizadas até 15 de outubro. Para esta etapa, foram convocados 79.494 beneficiários de até 45 anos e que estão há mais de dois anos sem passar por avaliações. Esses segurados correspondem a 52,88% do total que será convocado. Cerca de 30 mil segurados que receberam a correspondência já marcaram a perícia e mais de 41 mil estão dentro do

prazo de agendamento. Em seguida, os aposentados por invalidez com idade inferior a 60 anos também passarão pela avaliação. Esse processo de revisão, instituído pela Medida Provisória nº 739, foi iniciado há um mês. A revisão pericial será feita em 530 mil beneficiários de auxíliodoença que receberam o benefício por meio de decisão judicial e não realizaram nenhuma atualização nos últimos dois anos. Quem não marcou a revisão do benefício no prazo de cinco dias depois do recebimento da carta de convocação teve o benefício suspenso. É o caso de 3.237 cujo pagamento do auxílio-doença só será efetivado depois que beneficiário comparecer ao INSS e agendar uma nova perícia. Ao todo, R$ 3,9 milhões deixaram de ser gastos com o pagamento a esses beneficiários.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 21 de outubro de 2016

4

ONCOLOGIA

Fórum debate desafios da pesquisa clínica O coordenador do Centro de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon) de Ijuí, médico oncologista Fábio Frank, participou do Fórum de Pesquisa Clínica no Brasil, com o tema Competitividade Internacional e Desafios, promovido pelo Ministério da Saúde, na última terça-feira, em Brasília. Foram abordados os temas Capacidades e potencialidades da Pesquisa Clínica no Brasil: visão da academia, Desafios e oportunidades para a condução de estudos clínicos no Brasil: visão do setor farmacêutico e Avanços dos sistemas ético e regulatório no Brasil. Durante sua passagem pela capital federal, Frank também esteve no gabinete da senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS). “O Brasil é um País com grande mercado, visto como qualificado na parte de profissionais e pesquisadores, o grande problema se relaciona à burocracia, temos hoje prazos muito alarga-

dos, que tornam o Brasil pouco competitivo. Quando o mercado dos EUA e da Europa iniciam seus estudos com prazo de 60 dias, nós levávamos no Brasil um ano e agora estamos levando nove meses, o que ainda é muito tempo e faz com que o Brasil perca cerca de 70% dos projetos que ele poderia participar”, resume Frank. “O mais lógico a se dizer é que hoje nós podemos atrair investimentos basicamente organizando melhor esse fluxo regulatório no Brasil, e isso inclui a aprovação ética, que hoje é toda centralizada em Brasília e através do PL 200 da senadora Ana Amélia Lemos (PPRS) pretendemos descentralizar. Temos a promessa de que em curto prazo isso possa acelerar. Não vamos abrir mão do projeto de lei que é fundamental para a gente criar um marco regulatório, porque a gente corre o risco, trocando o governo, voltar a um retrocesso. Depois de dois anos de batalha estamos recebendo um

Rotary Club Ijuí realiza Pedágio da Pólio amanhã O Rotary Internacional promove diversas atividades relativas ao Dia Mundial de Combate à Pólio, celebrado na próxima segunda-feira. Em Ijuí, o Rotary Club de Ijuí Nova Geração realiza, pela terceira vez, o Pedágio da Pólio, na Praça da República, em frente ao posto da Brigada Militar, amanhã, a partir das 8h30. A iniciativa tem o objetivo de alertar a população de que é preciso continuar com a imunização e mostrar que a união faz a força. O Rotary trabalha em ações preventivas na busca por manter os resultados obtidos por meio de trabalho realizado há, pelo menos, três décadas e doação de mais

cmyk

de US$ 1,5 bilhão promovidos por rotarianos, em uma etapa que a meta está próxima de ser concluída. O vírus ainda se mantém na Nigéria e Paquistão, com ocorrência recente de dois casos na Nigéria. A poliomielite é uma doença popularmente conhecida como paralisia infantil. Na década de 60 e 70, matou ou deixou milhares de pessoas adultas ou crianças paralíticas no Brasil e no mundo. Esse quadro de terror motivou o Rotary Internacional a abraçar a maior causa humanitária de seu trabalho: erradicar a poliomielite. Para isso, criou o programa Pólio, que já completou 31 anos.

apoio oficial, coisa que no antigo governo não recebíamos.” No gabinete de Ana Amélia, Frank foi recebido pelo chefe de gabinete da parlamentar, Marco Aurélio Ferreira. No encontro, foram tratados assuntos relacionados ao Cacon, com foco na busca da otimização do atendimento de pacientes do SUS e recursos para a aquisição de um terceiro acelerador linear no Centro do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI). O oncologista conta que o Cacon possui alguns projetos que permitem a captação de recursos através de 1% do imposto devido das empresas, por meio do Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (Prono). “Ainda não temos a publicação da portaria desse ano, mas já temos o projeto pronto e estamos aguardando a liberação dos prazos para tentar dispor de recursos, já que verbas federais, pelo que vi em Brasília, não existem a disponibilidade para o ano

Coordenador do Cacon busca a liberação de recursos para otimização dos serviços

que vem, já por causa dessa PEC dos cortes de custos”, acrescenta Frank. Ele acentua que a reforma do Cacon depende da liberação de recursos, existe a possibilidade, mas a liberação ainda está travada. “Temos que trabalhar com

alternativas, mas sempre somos recebidos com muita gentileza no gabinete da senadora e esperamos ter apoio político para a instalação definitiva do acelerador, e ampliar e reformar o Cacon que é nosso sonho a médio e longo prazo”, completa.

Profissionais falam sobre ida a Trento

Eloá Bagetti, Lúcia e Jânio Otonelli, Sirlei Gomes e Valmir Eickhoff relataram a experiência em Trento, no programa Linha Direta

A comitiva formada por profissionais que trabalham na Rede de Saúde Mental de Ijuí, que estava em Trento, na Itália, retornou ao País no último fim de semana. Na manhã de ontem, eles estiveram no Grupo JM para contar como foi a troca de experiências. A presidente da Associação da Saúde Mental de Ijuí (Assami), e usuária dos serviços, Sirlei Gomes acompanhou os profissionais. Lá, ela falou sobre sua experiência enquanto usuária e também seu envolvimento na rede que busca agregar cada vez mais conhecimento na área. “Quando a pessoa está passando por um sofrimento mental, a depressão, não vê esse olhar, a autoestima é muito baixa. E uma palavra que eu ouvi, protagonismo, me despertou muito. Esse evento me mostrou que a

doença mental acontece em todo mundo, lá estavam todos falando a mesma linguagem que eu já tinha passado. Fui contar minha trajetória, isso torna exemplo para outras pessoas, de poder superar”, conta. Foi em 2005 que Eloá Bagetti conheceu o trabalho realizado em Trento, que tem como premissa o Fazer Junto, envolvendo os profissionais da saúde, usuários, familiares e toda a comunidade nesta proposta. A partir de conversas entre ambos os países, teve início o intercâmbio entre Brasil/ Itália. “Sempre tivemos proximidade com as escolas, mas existe um projeto de aproximação maior, de poder falar, aproximar e acolher as escolas nessa troca de experiências para que os jovens possam observar bem mais as suas situações, ou de suas famílias,

dentro da saúde mental”, revela. Além disso, ela comenta que está sendo debatida, neste momento, a lei 2233, na Itália, que na verdade é uma extensão da reforma psiquiátrica que ocorreu na década de 70 com a lei 180. “Mas, hoje há necessidade de ampliar o olhar da reforma”, acrescenta. Esse encontro é realizado há 17 anos, mas para a coordenadora da Casa AMA, Lúcia Otonelli Crescente, ainda falta muito para o entendimento da comunidade em relação aos transtornos mentais. "Contribuir para reduzir o estigma do sofrimento mental para permitir que as pessoas que tenham um problema relacionado possam falar sobre isso", avalia. Também estiveram nos estúdios da Rádio JM, Jânio Otonelli e Valmir Eickhoff, ontem.


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 21 de outubro de 2016

VENDAVAL

No interior, vento causa estragos em plantações Depois de um início de semana com chuva e vento forte, o que ficou foram os estragos em residências, galpões, matas e plantações. No interior de Ijuí, nas linhas 9, 10 e 11 Norte, os prejuízos foram significativos para os moradores que tiram do campo o seu sustento. Mauri Porazzi acredita que o prejuízo pode chegar a R$ 150 mil, “fora os gastos com galpões, lavouras de trigo e maquinário que ficou na chuva”, lamenta. "Ventava de todos os lados, parecia um rodamoinho", conta. Na propriedade da família de Zeno Lauro Heck, o susto foi grande. “Já tivemos situações parecidas, mas de causar tanto estrago, foi a primeira vez. Foi um vento muito forte que causou tanto estrago. As árvores que tinham mais de 40 anos foram todas para o chão”, diz. Para ele, a perda pode chegar até 100%. "Não dá para estimar", mas as lavouras de milho, aveia e trigo foram fortemente afetadas. Para Darlei Marcelo Heck, o vendaval de granizo assustou a família. “Os danos são de 90 a 100% na propriedade”, diz ele. Outros estragos na propriedade, foi no galpão que abriga os implementos agrícolas, “levantou totalmente”, afirma.

5

Número de desabrigados sobe no Estado tou situação de emergência, o rio está seis metros acima do normal e algumas ruas seguem alagadas. Mais cinco pessoas tiveram de ser removidas de quarta-feira para hoje e já são 77 alojadas em abrigo municipal. No Vale do Sinos, o rio está subindo um centímetro por hora e segue o alerta. Em Novo Hamburgo, a prefeitura está de prontidão porque o nível do rio do Sinos está em 6,40 metros. Em São Leopoldo, o rio está cerca de seis metros acima do normal e a prefeitura está monitorando as regiões mais afetadas. A BR-116, entre Caxias e Nova Petrópolis, que cedeu com a chuva, segue bloqueada. O problema é que o solo, ainda encharcado, mantém o risco de deslizamentos e de desmoronamento no km 177,9, onde há uma rachadura.

Na propriedade de Darlei Heck, a plantação foi toda retorcida pelo vento

Apesar de a chuva ter dado uma trégua, o número de desabrigados e desalojados pelas cheias não para de subir. De acordo com o levantamento da Defesa Civil estadual, divulgado ontem, a enxurrada mantém, em 18 municípios, 778 famílias fora de casa (um aumento de 58%) Em São Sebastião do Caí, uma das cidades mais atingidas e que decretou situação de emergência, o nível do Rio Caí baixou, mas voltou a subir na madrugada de ontem. A tendência é que inicie a baixar, mesmo assim, bombeiros e Defesa Civil mantêm o alerta na cidade. Ainda há ruas alagadas e mais de 200 pessoas desabrigadas. Em Bom Princípio, o rio Caí está cerca de 12 metros acima do normal e não está subindo mais. Não há desabrigados na cidade. Em Montenegro, que também decre-

Na propriedade de Zeno Heck, o vento arrancou árvores de mais de 40 anos

Mesmo com a trégua da chuva, número de moradores fora de casa aumenta

Na região, rios transbordaram e deixaram vias inacessíveis Entre os municípios de Bozano e Ajuricaba, a chuva acabou enchendo o rio Ijuí e o leito acabou invadindo o acesso entre os dois Municípios. O secretário de Obras de Ajuricaba, Jorge Rocha, explica que ontem a via estava totalmente coberta de água. "É bom salien-

tarmos que se está alagada, não se faça a travessia", alerta ele. Além do alagamento, o Município sofreu com estragos em diversas vias. "Temos trechos que vamos ter que refazer quase que totalmente. Tivemos bueiros e tubos que foram arrastados", diz. Segundo o coordenador re-

gional da Defesa Civil, Paulo Kunkel, várias cidades foram atingidas com a queda de granizo, chuva forte e vento. Desde o

início da semana, foram mais de 100 milímetros de chuva, alguns chegando a 200. Kunkel explica que, mesmo com o fim da chuva,

a preocupação é que a água, em outras regiões, desça e possa causar o aumento do nível dos rios na região.

Via que liga Bozano a Ajuricaba foi interditada devido ao alagamento

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Sexta-feira, 21 de outubro de 2016

APERTANDO O CERCO Em despacho divulgado na última quartafeira, o juiz Sérgio Moro ordenou a prisão do deputado cassado Eduardo Cunha. Levado a Curitiba, o político é mais um a ser detido após a revelação do esquema de corrupção na Petrobras pela operação Lava Jato. A prisão causou alguma surpresa, visto que Cunha parecia onipotente perante a Justiça. Fez o A prisão causou alguma surpresa, visto que Cunha parecia onipotente perante a Justiça. Fez o que quis durante muito tempo, embora as denúncias contra ele fossem tão contundentes.

que quis durante muito tempo, embora as denúncias contra ele fossem tão contundentes. O importante, porém, é que o exdeputado parece estar finalmente no lugar que lhe é de direito: a

cadeia. A prisão de Eduardo Cunha serve, neste momento, a dois propósitos narrativos distintos. Dá vazão ao discurso de que prender Cunha justificaria de alguma forma a prisão do ex-presidente Lula em um futuro próximo, o que revela a fragilidade de teorias conspiratórias sobre uma suposta seletividade

da Justiça. De outro lado, há quem acredite que a prisão de Cunha possa se estender a demais membros do PMDB, além de atingir o próprio presidente Temer. Neste momento, porém, a ida de Cunha para a carceragem da PF em Curitiba representa única e exclusivamente a prisão de um político seriamente envolvido em corrupção. Embora seja verdade que o peemedebista parece ter sido poupado nos últimos meses para planejar e executar o impeachment na Câmara, e que tenha relações no mínimo suspeitas com seus colegas de partido, é temerário afirmar que sua detenção ocorre dentro de um plano maior para prejudicar outras pessoas. Caso o ex-deputado aceite fazer uma delação premiada é possível que o cenário mude, mas o foco não deve ser seletivo com o intuito de prejudicar determinados grupos políticos ou partidos. O rescaldo imediato que vem de Curitiba após a chegada de Cunha é de que Moro e os promotores da Lava Jato continuarão implacáveis. Enquanto o Supremo Tribunal Federal sustentou o deputado por seis meses sem prendê-lo, assim que teve a oportunidade, o juiz não hesitou em expedir a prisão. Ganha a Lava-Jato, que joga para escanteio as críticas de que peixes grandes não eram pegos.

PONTO DE VISTA

Joaquim Gatto Professor do curso de Direito da Unijuí e coordenador da comissão de eleições fala sobre definições e organização das eleições da nova Reitoria da instituição

Como está a organização para as eleições? Ainda não está tudo pronto, pois a nossa preocupação agora é o fechamento do Colégio Eleitoral. Estamos aguardando todas as listas que foram solicitadas para um conjunto de órgãos internos, mas acreditamos que até a próxima segunda-feira esteja tudo fechado. Qual é a data e horário da eleição? A eleição para a Reitoria da Unijuí acontece

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

no dia 27 de outubro, quinta-feira, o horário é das 8h30 até as 22h, para um mandato que vigora durante três anos. O mandato inicia ainda neste ano, no dia 13 de dezembro e segue até o dia 12 de dezembro de 2019. Quem são as pessoas que votam nessas eleições da Unijuí? Para essas eleições votam algumas categorias, dentre elas a dos docentes, professores de diversas espécies e áreas, integrantes do corpo técnico administrativo de apoio, que são mais conhecidos como funcionários, a terceira categoria são os acadêmicos e estende-se também à comunidade externa, pela Unijuí ser uma universidade comunitária.

ARTIGO

O Poder inconsequente Christopher Goulart Advogado, primeiro suplente de senador (PDT-RS) Já faz algum tempo firmei a convicção de que não bastam apenas argumentos para o exercício do debate democrático. Hoje acredito que além dessa necessidade lógica, torna-se decisivo, para a qualificação dos diálogos, a forma como esses argumentos são postos. Em outras palavras, para elevar o nível da essência da democracia, em qualquer instância, saber colocar as palavras da melhor maneira contribui muito para as convergências. Pertenço a uma corrente ideológica totalmente desconsiderada na prática, no cenário político contemporâneo. Absolutamente nenhum dos atuais 35 partidos políticos aplica o ideário de Alberto Pasqualini, o maior doutrinador do trabalhismo brasileiro que inclusive repudia o marxismo clássico. Na sua obra “Bases e sugestões para uma política social” aponta ele uma lição a ser lembrada permanentemente: “A evolução social não deve ter apenas um sentido material, mas também e, sobretudo, um sentido moral. O desajuste humano é tremendo quando estas duas forças não são paralelas”. Este texto tem a intenção de alertar sobre os desajustes humanos motivados pela conquista inconsequente do poder. A título de exemplo, testemunhamos um cenário trágico em Porto Alegre, onde o baixo nível das práticas políticas-eleitorais atinge ao absurdo de um provável suicídio, assimilado com perplexidade pela população. O ponto nevrálgico a ser debatido é a miséria extrema das práticas recorrentes de nossos mandatários e interessados. Atualmente o prestígio de valores mais nobres não faz nenhuma diferença num contexto em que a força do fisiologismo ainda corre triunfante. Pior do que esse quadro é a cidadania não perceber que caminhando nessa linha rasa, jamais encontraremos a profundidade intelectual necessária que interessa ao bem comum. Desgraçada a democracia se tiver que ser defendida por esses democratas! Dentro da velha compreensão de que “os fins justificam os meios”, não consigo enxergar um caminho iluminado no futuro, assim como tantos eleitores que se abstêm nas urnas. Certamente, vender a alma para o diabo não estará jamais nas melhores opções.

O corpo eleitoral é composto de quantas pessoas? Em torno de nove a 10 mil pessoas. Nós temos uma alteração a partir dessa eleição no regimento eleitoral, agora é indispensável que no caso de ter uma chapa única, ela necessita ter 50% dos pontos. Qual é a composição da chapa? A chapa única, nominada Unijuí, Consolidar e Avançar, é liderada pela professora Cátia Nehring, para a reitora, professora Cristina Possobon, para vice-reitora de graduação, professor Fernando Gonzales, para vice-reitor de pós-graduação pesquisa e extensão e o professor Dieter Siedenberg, para vice-reitor de administração.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

6

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Representantes Comerciais: Grupo de Diários

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

www.jmijui.com.br

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 21 de outubro de 2016

FINANCIAMENTO ESTUDANTIL

Alunos devem fazer aditamento de contratos Depois de quatro meses de incerteza sobre a continuidade do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), na semana passada, o Congresso autorizou o crédito suplementar de R$702 milhões ao benefício e desde a quarta-feira os alunos iniciaram o processo de aditamento de seus contratos. De acordo com o gerente financeiro da Unijuí, Roberto Biron, o que estava aberto desde o início do semestre era a abertura de orçamento para que os alunos pudessem fazer o aditamento dos contratos. “A Unijuí possui 2,5 mil alunos beneficiados e estava com esse montante pendente. O semestre já estava praticamente comprometido, sem nenhum tipo de repasse e, a partir disso, começa a reorganizar a questão de fazer esse aditamento, mas recurso para a Universidade somente pode ingressar em dezembro ou em janeiro do próximo ano”, explica ele. Com a abertura do processo de aditamento, Roberto destaca que os alunos estão sendo avisados e pede que façam todo o processo o quanto antes. “Assim, processamento dentro do MEC ocorre

ainda nos próximos dias e não se corre o risco de encerrar o ano e o ingresso de recursos não ingressarem”, alerta. O atraso de quatro meses causou, apenas na Unijuí, a falta de cerca de R$ 10 milhões. “Agora, o repasse serve para pagar os gastos da Universidade. Com a confirmação do crédito, o que virá para a Unijuí é essa proporção de quatro meses”. O Projeto de Lei 8/16, abre crédito suplementar de R$ 1,1 bilhão em favor do MEC e de operações oficiais de crédito. A medida libera R$ 702,5 milhões para o Fies e R$ 400,9 milhões para a edição de 2016 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No Congresso Nacional, após a votação, o ministro Mendonça Filho disse à imprensa que apressará o Palácio do Planalto para a sanção. "Falarei com o presidente em exercício, Rodrigo Maia, para que possa fazêlo tão logo chegue ao Palácio do Planalto para sua sanção ou do presidente da República. Ao mesmo tempo a parte burocrática já está sendo feita antecipadamente pelo FNDE (Fundo

Imeab terá prova para Curso Técnico A partir do dia 1º de novembro, o Instituto Municipal de Ensino Assis Brasil (Imeab) receberá as inscrições para alunos concluintes do 9º ano do Ensino Fundamental e que têm interesse em ingressar no Curso Técnico em Agropecuária Integrado ao Médio. O curso tem duração de três anos e meio e, durante os três primeiros anos, os educandos têm aula teórica na escola sede e a parte prática é desenvolvida na Escola Fazenda. Ainda nesse período, os alunos participam de miniestágios desenvolvidos

em propriedades rurais. No último semestre do curso, os alunos concluintes desenvolvem a prática de estágio em uma empresa da área agrícola, pecuária ou ainda em uma propriedade rural. As inscrições encerram-se no dia 1º de dezembro e a prova será realizada no dia 3 de dezembro, às 8h, no educandário. Para as inscrições é necessário apresentar cópia da carteira de identidade ou certidão de nascimento, comprovante de residência e o pagamento de uma taxa.

Alunos têm aula com técnicas alternativas

Roberto Biron

Nacional de Desenvolvimento da Educação)", reforçou. Com os recursos, o MEC deverá normalizar os repasses e as recompras que podem ser feitas pelas instituições de ensino privadas que participam do programa. Sem a verba, as renovações das matrículas, que normalmente ocorrem em julho, estavam paralisadas.

Professores dão aula interativa no CSCJ Ontem, os alunos do 3º ano do Ensino Médio do Colégio Sagrado Coração de Jesus (CSCJ) tiveram uma aula preparatória para o Enem. Como parte do projeto #PartiuENEM os alunos tiveram um ‘aulão’com os professores de cursos, Nederson Espindola e Adilvo Sordi, de Passo Fundo. Com Nederson, o foco foi em como desvendar as questões do Enem. Como ele explica, a avaliação das questões do Enem são feitas a partir da Teoria de Reposta ao Item (TRI) que são geralmente divididos em perguntas consideradas fáceis (25%), médias (50%) e difíceis (25%), “em sua grande maioria, os alunos já conseguem identificar qual nível de dificuldade de cada questão”, afirma ele. A classificação do grau de dificuldade é feito a partir de testes do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e serem incluídas no Banco Nacional de Itens (BNI). É de lá que saem as questões, não só do Enem, mas também de outras provas do go-

7

Inserido nas atividades do uso do Jornal da Manhã nas disciplinas de sala de aula, a Escola Municipal Tomé de Souza tem utilizado o meio de comunicação nas mais diferentes disciplinas. Desde o Português até Artes, Geografia e Ciências. Nas aulas de Ciências, a professora Márcia Seidenfuz Schulz, utilizou o Jornal em todas as turmas que ministra aulas. No 6º ano, ela trabalhou as matérias que tratavam sobre o tema Dengue. “Lemos as reportagens, fizemos uma discussão e aí abrimos espaço para falar sobre o que cada família faz para evitar a doença e ainda qual a diferença de casos autóctones, por que está infestado de larvas, por que não há casos no inverno”. Com a turma de 7º ano, ela trabalhou a história do panda mais velho, uso de agroquímicos, utilizandose de temas atuais para atrair a atenção e promover o debate entre os alunos. Com a professora de Língua Portuguesa, Rosilaine Falcão Schiavo, foi trabalhado o tema de acidentes de trânsito, inse-

ridos nesse contexto o discurso jornalístico. “Trabalhamos com pesquisas sobre acidentes, fizemos um resumo da notícia e fizemos cartazes que foram expostos nos corredores da escola”, diz ela. Na disciplina de Artes, o professor Lucas de Medeiros Warpechowski, o Jornal foi utilizado para analisar os elementos gráficos da publicidade e propaganda. “Acredito que em Artes se abre espaço, conseguimos trabalhar em qualquer espaço e assunto”. Na disciplina de Geografia, os alunos de 9º trabalharam com uma matéria que tratou sobre o envelhecimento da população do Estado. Independentemente da área, os professores destacam que o uso do Jornal da sala de aula é uma ferramenta interdisciplinar. “Dá para se fazer um trabalho com uma mesma reportagem em diferentes disciplinas. Se começa a perceber que vai se encaixando. Foi uma ótima ideia”, diz a professora Márcia Seidenfuz Schulz.

Escola Chico Mendes realiza aula com jornais Ao todo foram 56 produções nas categorias Ensino Fundamental e Médio

verno federal, como o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) e a Prova Brasil. Com Adilvo, a proposta foi falar sobre disciplinas de química e biologia, além de dar ênfase no mercado de trabalho e preparo para a profissão de medicina. Para ele, “a constância (nessa profissão) é a continuidade dos estudos”. A atividade proposta pelo CSCJ foi organizada pelas co-

ordenadoras Marcia Santos e Suzana Michel, fazendo parte de toda a programação que o Colégio possui com a preparação do educandos para o Enem e vestibulares. “Os alunos ainda terão, na semana pré-Enem, aulas especiais nas diferentes áreas do conhecimento, simulados com 180 questões de cursinho e palestra com uma psicóloga sobre a preparação emocional para a prova”, explica Marcia.

Os alunos do 8º ano e do 6º ano da Escola Estadual de Ensino Fundamental Chico Mendes realizaram atividades dentro do Projeto Jornal na Escola. De acordo com a professora da turma do 8º ano, Roseli Wuttig, levar o jornal para a sala de aula é abrir possibilidades de contato com o mundo, uma vez que este é um mediador real entre a escola e o mundo. “É um excelente material para o desenvolvimento de atividades de leitura e escrita, tais como se apresentam na sociedade possibilitando o trabalho com diferentes

modalidades de texto”, destaca a professora. Ela acrescenta, ainda, que os alunos aprendem a conhecer e a utilizar diferentes formas de organização textual, bem como recursos linguísticos próprios de cada modalidade. “Dessa forma, ajuda o aluno a ser um pesquisador, aquele que observa, classifica, analisa e conclui, trabalhando diferentes gêneros: notícias, reportagens, fotografia, enquetes, entrevistas, editorial, apoiado em três tipos de redação: a narração, a descrição e a dissertação”.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 21 de outubro de 2016

NADA A TEMER

"Nenhuma delação vai atingir o presidente" O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ontem que nenhuma delação do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) vai atingir o presidente da República, Michel Temer. “Acredito que nenhuma delação do deputado Eduardo Cunha possa atingir o presidente da República”, afirmou Maia, em entrevista à imprensa no Salão Verde da Câmara. Sobre uma possível delação premiada de Cunha, o presidente da Câmara disse não ter nenhum “problema”. “Minha relação com o deputado Eduardo Cunha foi sempre política. Entendo a situação que ele vive. Mas, do meu ponto de vista, ele pode falar tudo aquilo que ele entender que seja importante ele falar”, afirmou Maia. O presidente da Câmara negou que a prisão de Cunha possa atrapalhar as votações na Casa. “Não acredito que atrapalhe e que exista algum tipo de influência nas votações da Câmara”. Maia considerou “triste” a notícia da prisão de Cunha na quartafeira em Brasília, no âmbito da

Deputado Rodrigo Maia acredita que denúncias não atingirão Temer

Operação Lava Jato. O pedido de prisão preventiva (por tempo indeterminado) do ex-presidente da Câmara dos Deputados foi emitido pelo juiz Sérgio Moro, que conduz as investigações da força-tarefa na primeira instância. “A prisão de um ex-deputado e ex-presidente da Casa nunca é um momento feliz para ninguém.

Proposta não admite exceções, diz Meirelles O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse ontem que “não há margem”, dentro da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241 para abrir exceções. Segundo ele, a única possibilidade de atender ao pedido da Justiça do Trabalho por mais recursos seria por meio de dispositivo da PEC que permite ao Executivo realocar 0,25% do seu limite de gastos. Segundo o ministro, que se reuniu com o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Ives Gandra Martins Filho, e com presidentes e corregedores dos tribunais regionais do Trabalho, não foi dada garantia da destinação desse percentual à área, porque é preciso primeiro aprovar a PEC. “Nós não discutimos aqui, hoje, essa situação porque em primeiro lugar temos que saber se a PEC será aprovada. A partir daí, sim, nos termos da PEC, vamos ver a possibilidade ou não de o Executivo ceder”, disse Meirelles. Ives Gandra disse compreender a necessidade do ajuste fiscal e de não haver exceções para nenhum dos Poderes. No entanto, pediu o apoio do ministro para a reclassificação dos convênios com Banco

cmyk

Tenho certeza de que não é um momento feliz nem para os deputados, nem para o Brasil. Esse é um momento de dificuldade que o Brasil vive, mas, pelo menos, temos a clareza de que as instituições continuam funcionando com independência e com a liberdade necessária para tomar suas decisões”, disse Maia.

8

Lasier vai relatar MP que altera estrutura da EBC O senador Lasier (PDT-RS) Martins foi designado para ser o relator da Medida Provisória 744, que visa a alteração da estrutura da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). A decisão foi tomada nesta quarta-feira (19) em reunião de instalação da Comissão Mista que analisará a matéria. O parlamentar gaúcho foi indicado pela líder do governo no Senado, senadora Rose Freitas (PMDBRS). Lasier afirmou que existem requerimentos para a realização de audiências públicas para ouvir todos os segmentos envolvidos. A MP tem três artigos, que alteram o modelo de gestão da empresa. A medida estabelece, por exemplo, nova composição para o Conselho de Administração, a extinção do Conselho Curador, além do fim do mandato fixo para o cargo de presidente. Questionado sobre o conselho curador, o senador afirmou que ainda é cedo para dizer o que será definido, pois quer examinar o tema com atenção, de forma objetiva. Segundo ele, já foram apresentadas 47 emendas à MP. Lasier adiantou que trabalhará para que a verba investida na empresa de comunicação, que não é pequena, corresponda às expectativas. Por meio de nota, o senador disse que “hoje a EBC é deficitária e cara”. “Acho que a

emissora de televisão, a TV Brasil, por exemplo, deveria discutir as grandes questões nacionais. Se depender de minha relatoria teremos objetivos de interesse público e controle de gastos, que é a palavra de ordem neste momento”, destacou o relator. A Comissão Mista será presidida pelo deputado Ságuas Moraes (PT/MT). A EBC é uma empresa pública de comunicação subsidiada com recursos do governo federal, criada em 2007.

Lasier Martins

Investigação de chapa será agilizada O Corregedor-Geral da Justiça Eleitoral, ministro Herman Benjamin, determinou que uma força tarefa seja criada para colaborar na avaliação do material relacionado à quebra de sigilo bancário de três gráficas que prestaram serviços à chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer, nas eleições presidenciais de 2014. De acordo com a decisão, a força tarefa será temporária e vai contar com órgãos e agentes técnicos da Polícia Federal, Receita Federal e do Conselho de Controle de Atividades Fi-

nanceiras (Coaf), para "avaliar as movimentações financeiras das empresas periciadas, disponibilizadas pelo Banco Central". O despacho informa ainda que a Força Tarefa deve trabalhar em regime de colaboração e também em conjunto com os peritos judiciais que foram designados para fazer a perícia contábil nas empresas. Na semana passada, o ministro Herman Benjamin determinou a quebra do sigilo bancário das três gráficas, atendendo a um pedido feito pelo Ministério Público

Eleitoral (MPE) dentro da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) 194358. Segundo o laudo entregue pelos peritos, as empresas não apresentaram documentos para que comprovassem, em sua totalidade, que foram entregues os produtos e serviços contratados pela chapa. Além do sigilo das empresas, a decisão atinge também o sigilo bancário de representantes das gráficas e determinou a emissão de um ofício ao Banco Central para que as informações fossem apresentadas.

PMDB exclui Cunha no Whatsapp Henrique Meirelles

do Brasil e Caixa que remuneram depósitos judiciais. “Há um total de R$ 40 bilhões em depósito judicial e esse dinheiro está em uma classificação em que nós não temos acesso imediato. Dependemos de um projeto de lei para que o governo nos repasse. Esse dinheiro foi a nossa salvação em 2016. Nós não queríamos que [o acesso a ele] fosse exceção, [e sim] que passasse a ser uma regra”, disse.

Logo após a notícia de sua prisão, na tarde da última quartafeira, o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi excluído do grupo de Whatsapp formado pela bancada do PMDB na Câmara. Apesar de ter tido o mandato cassado há mais de um mês, o peemedebista ainda era membro do grupo no aplicativo. Segundo relatos de parlamentares do PMDB, o deputado Hildo Rocha (PMDB-MA), administrador do grupo, excluiu Cunha às 13h35, cerca de meia hora depois da

prisão e após saber que a PF havia apreendido o celular do ex-deputado. Com a exclusão, os investigadores não terão mais acesso às novas conversas da bancada, embora possam ver debates anteriores, de quando Cunha ainda era membro do grupo. Fotos e arquivos também estão disponíveis. Correligionários do ex-deputado também evitaram comentar a prisão no grupo da bancada no Whatsapp. De acordo com relatos de parlamentares peemedebistas, o assunto foi pouco falado nas

conversas do grupo. Os deputados do partido optaram por comentar o tema em conversas reservadas no aplicativo ou em ligações telefônicas. Eduardo Cunha foi preso preventivamente por volta das 13h dessa quarta-feira, no apartamento funcional da Câmara em que morava em Brasília. A ordem de prisão foi dada pelo juiz federal Sérgio Moro, que conduz as investigações da Operação Lava Jato na primeira instância. De Brasília, foi levado para Curitiba, onde Moro atua.


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 21 de outubro de 2016

PREPARAÇÃO

Novo prefeito vai iniciar roteiro de encontros O prefeito eleito de Ijuí, Valdir Heck (PDT) e o atual mandatário do Município, Fioravante Ballin (PDT), realizaram ontem a primeira reunião para tratar oficialmente sobre a transição de governo. Foram debatidos os nomes das duas gestões que vão compor a equipe de transição que trabalhará até o fim de dezembro, projetando a posse do novo prefeito em janeiro. "Nos reunimos com o prefeito Ballin para conhecer os nomes indicados para compor a comissão. Nós já tínhamos escolhidos os nossos membros, após uma reunião com a participação dos partidos coligados. São os passos iniciais desse processo de transição que é muito importante. Conhecemos a prefeitura mas temos que conhecer por dentro a atual situação da administração, especialmente no que se refere aos encaminhamentos que terão continuidade a partir de janeiro", explicou Valdir Heck. Os nomes que vão compor a comissão não foram divulgados. O novo chefe do Executivo também cumprirá agenda em Porto Alegre na próxima semana. Mesmo que de maneira oficial, Heck fará um roteiro de encontros com diversas lideranças políticas, uma iniciativa tomada pelo próprio político. "Na próxima semana estaremos em Porto Alegre, para

encaminhar alguns pleitos que nos parecem relevantes. Temos agendados alguns contatos em secretarias e outros órgãos. Creio que serão de seis a oito visitas que a gente vai realizar em dois ou três dias na Capital. Mas são iniciativas nossas, tudo visando o futuro governo", conta o novo prefeito. Heck participará, ainda, de um encontro em Brasília, promovido pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM). O evento Seminário Novos Gestores receberá os novos gestores de 26 a 28 de outubro, e contará com a participação de deputados federais das regiões Sul e Sudeste. "É uma convocação por parte do presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, que foi prefeito e conhece a administração pública. Então a Confederação se preocupa em orientar os prefeitos, porque não basta mais boa vontade, não basta querer, é preciso conhecimento. É esse o mote do evento, que inclusive bancará a viagem dos prefeitos eleitos porque ainda não temos acesso a recursos públicos para isso", revela Valdir Heck, que deverá participar de um almoço com parlamentares federais, onde também será debatido o avanço das pautas municipalistas no Congresso. Mesmo com a experiência de três gestões como prefeito

Heck vê investigações no PDT "a distância" Na última terça-feira, o Ministério Público Eleitoral desencadeou a Operação Caixa de Pandora, que realizou buscas em diferentes locais da cidade para a coleta de provas sobre compra de votos na eleição municipal. Os alvos foram os vereadores do PDT Claudiomiro Pezzeta e Darci Pretto da Silva. Em coletiva de imprensa, a promotora eleitoral Rosélia Brusamarelo revelou ainda que o MP investiga o uso de estruturas da prefeitura para o beneficiamento eleitoral dos candidatos. Ao analisar o tema, o prefeito eleito do PDT Valdir Heck pregou cautela. Apesar de defender as investigações, ele afirmou que a Justiça decidirá com isenção o destino dos acusados. "Estou acompanhando essa situação a distância, eu particularmente não vivi esses casos e fica difícil opinar. Mas me preocupo sim, me

preocupo com eles (os vereadores investigados), com o trabalho que eles desenvolveram, me preocupo com as consequências. Mas para isso a Justiça dará as possibilidades, eles farão sua defesa, têm a possibilidade da segunda instância e aí poderemos tirar uma conclusão mais contundente", avalia. Heck também admitiu que a situação desfavorece o PDT enquanto partido. "O que posso dizer que toda essa situação preocupa a todos nós no âmbito do nosso partido ou de qualquer outro. Porque as pessoas que concorrem lutam, trabalham muito e se expõem. As pessoas buscam muitas vezes o candidato, e a gente tem que estar lá para dizer não. Dentro do partido sempre orientamos candidatos e filiados, então havia todo um cuidado neste sentido. Então espero que eles possam provar sua inocência".

9

PEC está pronta para votação, afirma Perondi A Comissão Especial da Câmara aprovou, na noite de terçafeira, por 21 a 7, o texto final do substitutivo do deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS) à Proposta de Emenda Constitucional 241, que institui um novo Regime Fiscal. Com mais essa vitória do governo Michel Temer, a matéria está pronta para a votação em segundo turno no plenário, o que deve acontecer na próxima segunda-feira, dia 24. Perondi comemorou a aprovação do texto, mas lamentou a postura do PT durante a análise do texto. “O PT, aliado agora ao PCdoB, Rede e PSol, mente, mente, até que a mentira vire verdade. Isso é lamentável, mas o brasileiro está consciente da necessidade de ajustes. Quem foi contra o novo Regime Fiscal perdeu as eleições municipais”, lembrou.

Segundo o relator, a PEC não vai congelar recursos da saúde e educação por 20 anos. Além disso, enquanto a PEC fixa tetos globais de gastos da União, na saúde e na educação ficam garantidos pisos mínimos, que não podem ser reduzidos. E o Congresso Nacional ganha poder para destinar recursos acima do piso. “Para petista, 1 + 1 é igual a 3. Eles parece que não leram o substitutivo. A saúde terá R$ 10 bilhões a mais no orçamento em 2017 e a partir de 2018, os recursos serão ampliados de acordo com a inflação”, explicou. Já a educação terá mais R$ 9 bilhões em 2017. Ficaram fora da PEC as transferências federais para o Salário Educação e para o Fundeb, as principais fontes de recursos federais do setor para Estados e Municípios.

Valdir Heck

e mais uma como vice, Valdir Heck reconhece a importância de se atualizar com os novos mecanismos da administração pública. "É muito importante esse tipo de contato em Brasília. Mesmo com a experiência que eu acumulei nessas gestões que tive à frente do Executivo, preciso me inteirar sobre as mudanças que ocorreram ao longo do tempo. Para além disso, também levarei a Brasília algumas reivindicações que temos, como emendas parlamentares que são tão importantes neste momento, além de outras questões da vida financeira do Município".

Perondi (com o braço levantado) comemorou aprovação da PEC em comissão

Medida vai beneficiar leite gaúcho O Ministério da Agricultura editará, até hoje, portaria proibindo a reidratação de leite em pó importado do Uruguai. O produto vinha sendo importado há meses, basicamente para abastecer o Nordeste, que a partir da publicação terá de utilizar somente matériaprima nacional. A medida foi anunciada na última quarta-feira à tarde, pelo secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller, durante reunião coordenada por Contag e Fetag-RS, em Brasília. O governo também estuda a compra de leite em pó através da Conab. Segundo o deputado estadual Elton Weber (PSB), as medidas trazem alento aos agricultores que sofrem com quedas sucessivas do preço do leite no Estado. Ontem, Weber entregou um oficio do Sindilat ao ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, demonstrando os danos das importações de lácteos do Uruguai. “Com estas medidas,

Políticos e representantes de entidades rurais se reuniram em Brasília

a situação tende a melhorar, mas vamos continuar acompanhando, e ver o que será necessário à frente”, ponderou o deputado. A Fetag e o Sindilat ficarão incumbidos de informar ao Ministério o volume necessário de compra do leite gaúcho por parte da Conab. A ação também dará si-

nais ao mercado de estabilização, especialmente de oferta. Além do presidente da Contag, Alberto Broch, e do secretáriogeral da Fetag-RS, Pedrinho Signori, participaram da audiência o deputado federal Heitor Schuch (PSB) e o deputado estadual Edson Brum (PMDB).

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 21 de outubro de 2016

TRÂNSITO

Uso do farol volta a ser obrigatório em todo País A Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Rio Grande do Sul está autorizada a voltar a multar, desde ontem, quem não ligar faróis de dia em rodovias já sinalizadas. A orientação do comando da corporação em Brasília é que nas estradas que tenham placas indicativas da quilometragem, as multas possam ser retomadas. Por outro lado, nas rodovias estaduais, o Departamento Estadual de Trânsito (Daer) informa que prepara um plano para atualizar as placas.Enquanto isso não for concluído, as multas não serão aplicadas. Decisão do último dia 7 do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) negou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU), que pretendia restaurar a cobrança de multa por farol desligado em rodovia durante o dia. Ao avaliar o caso, porém, o desembargador Carlos Moreira Alves abriu espaço para a volta da cobrança. Em 2 de setembro, a Justiça havia suspendido a cobrança sob o argumento de que, muitas vezes, os motoristas confundiam as rodovias com ruas e avenidas e que os condutores não poderiam ser penalizados pela falta de sinalização sobre a localização exata das estradas — único local onde o farol passou a ser obrigatório. A decisão não anulou as multas que

Uso do dispositivo ainda não é consenso entre autoridades de trânsito

já tinham sido aplicadas. Para o inspetor-chefe da Polícia Rodoviária Federal de Ijuí, Edmilso Schopf, além de não haver consenso devido a determinação ser muito ampla, a situação vai muito além do mérito da autuação, ou não. "Nós estamos aguardando uma nota da nossa divisão de multas e penalidades de Brasília que deve uniformizar a fiscalização e autuação nas rodovias federais por parte da PRF. (...) O motorista não tem que ter medo de uma multa, e sim, prever a segurança. Para isso, independe se estivermos em uma rodovia estadual, federal ou municipal. O que temos a certeza é que o uso do farol é um item de segurança. Ponto", ressaltou Schopf. Na nova decisão, o desembar-

gador Carlos Moreira Alves justificou que a sinalização adequada permite a aplicação das multas. "A decisão agravada não impede a aplicação de sanções pelo descumprimento da disposição inscrita no inciso I do artigo 40 do CTB, na redação dada pela norma legal em referência, nas rodovias que possuam sinalização que as identifique como tais, como as sinalizadas com as placas características de identificação de se tratar de rodovia em exemplos constantes na peça recursal, mas tão só naquelas em que, por se entremearem com os perímetros urbanos das cidades que atravessam, a sinalização deve ser tal que lhes permita saber, sem possibilidade de dúvida razoável, que se encontram em uma rodovia".

Banrisul fará proposta até o final do mês O presidente do Banrisul, Luiz Gonzaga Veras, garantiu à Famurs que apresentará, até o final de outubro, uma proposta para a compra da folha de pagamento de prefeituras do Rio Grande do Sul. A promessa foi feita a representantes da diretoria da entidade durante reunião na sede do banco. O objetivo da Famurs é buscar um auxílio para o fechamento das contas dos municípios. De acordo com o vice-presidente da entidade, Marcelo Schreinert, os prefeitos aguardam um desfecho na negociação para ter que encerrar o ano em dia. "Precisamos receber esses recursos ainda no final deste ano". Conforme levantamento da Famurs, 44% dos municípios gaúchos terão dificuldade para fechar as contas. A ideia da Federação é repetir acordo semelhante ao realizado em 2007, quando intermediou a venda da folha de pagamento de 315 municípios por R$ 165 milhões. Segundo Gonzaga, o Banrisul en-

cmyk

Diretoria da Famurs foi convidada para reunião na sede do Banrisul

caminhará à Famurs uma proposta até o final da próxima semana. "Temos total interesse em fazer esse negócio", afirmou. Conforme o presidente da instituição financeira, há um entendimento por parte do Tribunal de Contas (TCE) de

que é permitida a venda da folha de pagamento sem licitação desde que seja para bancos públicos. A Famurs também negocia a venda da folha de pagamento com Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Bradesco.

10

Estado busca regularizar imóveis da extinta Cohab A Secretaria Estadual de Obras, Saneamento e Habitação (SOP) promoveu no auditório do Centro Administrativo do Estado, um painel de apresentação dos novos mecanismos de regularização de imóveis da extinta Cohab- RS, reunindo representantes de diversos municípios gaúchos onde constam núcleos habitacionais. O secretário Gerson Burmann, relatou que o governo do Estado propôs em 2015 alterações na legislação da extinta Cohab, oportunizando facilidades de reconhecimento da titularidade dos imóveis já quitados, concedendo a escritura pública definitiva ao atual ocupante que comprove, por documentos e testemunhas, a ocupação do imóvel pelo período mínimo de cinco anos, como moradia própria ou de sua família, e não ser proprietário de outro imóvel. "Este esforço visa à regularização fundiária dos inúmeros imóveis já quitados ainda em

nome do Estado, proporcionando a milhares de famílias gaúchas, o direito de exercer sua cidadania, por escritura pública definitiva de suas moradias", destacou Burmann. Ressaltou ainda a importância dos municípios na participação deste processo, que tem como objetivo regularizar os imóveis e garantir a titularidade das propriedades aos atuais ocupantes. O diretor de Habitação Eduardo Eugenio Fiorin, apresentou aos participantes as novas facilidades para a regularização dos imóveis e a documentação exigida dos ocupantes para a montagem do processo administrativo, bem como enfatizou a importância da isenção do tributo ITBI por parte dos Municípios, como forma de viabilizar a regularização diante da condição financeira dos atuais ocupantes. Ao todo, a extinta Cohab detém hoje mais de 46 mil unidades habitacionais que aguardam identificar os atuais proprietários.

Secretário Gerson Burmann esteve reunido com os representantes

Repasse não alivia situação dos hospitais Anunciado pelo ministro Ricardo Barros como uma forma de melhoria na saúde pública gaúcha, o repasse de R$ 30,4 milhões a Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e a entidades filantrópicas não se trata de um presente dado ao Estado. O assessor técnico da área da saúde da Famurs, Paulo Azeredo, vê o repasse com ceticismo. "Não é mais do que a obrigação do ministério. Temos cobrado uma readequação da portaria, no sentido de que flexibilize o número obrigatório de plantonistas e a carga horária de funcionamento", esclarece. Para ele, a medida geraria uma melhor administração das unidades, uma vez que, em cidades pequenas, há pouca demanda. "A UPA de Santo Ângelo, que está pronta, mas fechada, é de porte 2, para

uma população de mais de 100 mil habitantes, com média de 250 atendimentos diários, e a cidade tem 70 mil habitantes." Quanto ao repasse de R$ 18,1 milhões a 25 entidades filantrópicas, o superintendente da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Estado, Jairo Tessali, acredita que a verba é importante, embora não resolva a situação. "Não é uma verba adicional, é um dinheiro que vai custear serviços que já estavam sendo prestados pelos hospitais, custeados por eles próprios ou pelo Estado. Para aliviar a situação, teria que haver um aumento no valor dos procedimentos, e a tabela do SUS continua defasada." Atualmente, a dívida dos hospitais é de mais de R$ 1 bilhão.


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 21 de outubro de 2016

IJUÍ

PC busca responsáveis por tentativas de latrocínio

A Polícia Civil de Ijuí trabalha em dois casos que são tratados como latrocínio tentado. O primeiro deles aconteceu envolvendo a adolescente que foi baleada dentro da própria casa, no bairro Assis Brasil. Menos de 24h depois outro caso foi aberto, quando um homem de 29 anos foi encontrado esfaqueado e com fratura exposta na localidade da Linha 4, interior de Ijuí. Em contato com a reportagem do Grupo JM, o delegado Bruno Oliveira, que responde pelo 2º Distrito Policial em Ijuí, revelou os trabalhos desenvolvidos pela Polícia Civil, que os tratam de maneira prioritária. "Liguem para o número 197 e repassem as informações de maneira anônima. Essas informações chegarão até o setor de investigação que vai checar. É o setor responsável pela conclusão desses inquéritos policiais que apuram esses crimes patrimoniais que ocorreram nos últimos dias, são gravíssimos e merecem uma reposta", garantiu o delegado Bruno. Ainda na sexta-feira, uma jovem de 15 anos foi surpreendida por dois homens que a agrediram,

PLANTÃO R$10 MIL - A Polícia Civil de Cruz Alta investiga um assalto a mão armada registrado ainda na quarta-feira. Segundo repassado pela BM, um homem estava em um caixa avançado da Caixa Econômica Federal, quando foi abordado por um elemento todo de preto, com capacete portando uma arma. Sob ameaças subtraiu R$10 mil em espécie. O elemento fugiu para local ignorado onde foi resgatado por um cúmplice, a bordo de uma motocicleta. Ninguém foi preso até o momento. OPERAÇÃO CONDOMÍNIO - Cinco pessoas foram presas pela Polícia Civil na manhã de ontem durante a Operação Condomínio, deflagrada em Palmeira das Missões com o objetivo de coibir crimes contra o patrimônio, principalmente roubos a residências. Segundo a polícia, durante a operação foram cumpridos 43 mandados de busca e apreensão, sendo que foram apreendidas armas de fogo, munições, celulares, notebooks, toucas, algemas, agrotóxicos e outros objetos que podem ter sido roubados ou furtados.

ameaçaram e a balearam, antes de levar uma motocicleta (já recuperada pela Brigada Militar), um notebook, um celular entre outros objetos. Bruno Oliveira afirmou que o processo de investigação está acontecendo e que maiores novidades devem aparecer nos próximos dias. Na noite posterior, no sábado, foi a vez de Fabiano Vargas de Jesus, 29 anos, que foi encontrado esfaqueado e com um membro quebrado, na localidade da Linha 4, interior do município. Segundo o delegado, tal qual a situação envolvendo a menina, o registro foi feito como latrocínio tentado, uma vez que a vítima teve objetos subtraídos como um aparelho celular, R$ 250 em espécie, juntamente com a carteira e documentos. "O fim das investigações vai apontar se foi uma tentativa de homicídio seguido de um furto, ou se realmente era um delito patrimonial, o latrocínio tentado", acrescentou. Na tarde de ontem, na condição de delegado titular na Delegacia de Polícia de Catuípe, Bruno revelou um trabalho feito no município contra o Jogo do Bicho, onde

PC de Santo Ângelo investiga 13º homicídio A delegada Maria Rosane Fontella Nunes investiga o 13º homicídio do ano no município de Santo Ângelo. O último caso foi atendido na Zona Norte do município, no residencial Jardim. Mauro Claudemir Pascotini da Silva de 23 anos, mais conhecido como Mauro Júnior, é a vítima depois de ter sofrido uma facada na altura do peito. Conforme repassado pela Brigada Militar, Mauro Junior teria se envolvido em uma discussão por espaço com vizinhos,

quando após um bate-boca, sofreu o golpe de um elemento já identificado. O crime foi atendido por volta das 14h de quarta-feira. Até o fechamento da edição, a PC aguardava pelo suspeito na expectativa que pudesse se entregar. O caso segue sendo investigado. O número de homicídios em 2016 já supera o total do ano passado no município. Ao longo de 2015, os órgãos policiais contabilizaram 12 casos contra os 13 do corrente ano.

Saída de pista mata condutor na BR-468 Bruno Oliveira

foram apreendidos quase R$3 mil em espécie, máquinas eletrônicas, blocos de papel entre outros objetos relacionados à infração penal. Os responsáveis foram identificados e deverão responder inquérito policial. Adolescentes também foram apreendidos e terão as responsabilizações cabíveis. O trabalho foi feito por 15 agentes entre Catuípe e Ijuí.

Falta de vagas leva BM a manter presos em viaturas

Déficit de vagas no sistema carcerário chegou a níveis calamitosos

A falta de vagas no sistema prisional gaúcho faz com que brigadianos e guardas municipais de Porto Alegre deixem o patrulhamento das ruas para fazer custódia de presos. Ontem, quatro policiais tiveram de monitorar criminosos em viaturas. Na noite de quarta-feira, dois traficantes foram presos armados e com maconha na Vila Maria da Conceição. Eles foram levados pela guarnição do 19º Batalhão de Polícia Militar até a 3ª Delegacia de Pronto Atendimento, que não possui vagas. Por causa disso, dois

11

PMs ficaram das 20h de quartafeira até as 8h de ontem com os presos. "A gente fez nosso trabalho. Só não tem cadeia. A cadeia, por enquanto, é a viatura que está aqui e a gente de guarda deles", desabafou o soldado Rodrigo Nunes, do 19º BPM. O diretor das delegacias de plantão, delegado Marco Antônio Souza, admitiu que não há vagas nem na carceragem do Palácio da Polícia, que já recebe 20 presos. Segundo ele, os detentos ameaçam matar outras pessoas que sejam levadas para lá.

Mais um acidente com vítima fatal será investigado na região. Uma saída de pista na BR-468 resultou na morte de Adelar Tamiozzo, 46 anos, no final da noite de quarta-feira. Conforme repassado pelos agentes da Polícia Rodoviária Federal, por volta das 23h, uma caminhonete Toyota Hillux, na cor branca, de Coronel Bicaco,

fazia o sentido Bicaco - Santo Augusto, quando por motivos ainda desconhecidos, na altura do km 52 perdeu o controle do veículo, saiu da pista e morreu na hora. A Brigada Militar de Coronel Bicaco controlou o trânsito até a chegada da Polícia Rodoviária Federal de Sarandi. O corpo foi sepultado no final da manhã de ontem.

BM reforça policiamento contra crimes de abigeato A Brigada Militar começa hoje mais uma etapa da Operação Avante. Cerca de 300 policiais vão reforçar a segurança em áreas rurais para combater roubos e furtos de animais. O foco será em áreas de fronteira e divisa do Estado. A Operação vai até 31 de dezembro. Policiais de três comandos regionais que atendem as regiões Sul, Fronteira e Missões vão participar da operação em 87 municípios. "Os indicadores operacionais de gestão já vêm apontando há alguns meses o aumento desse delito nessa região. Nós realizamos há três meses um curso de formação, preparando policiais militares para atuar na área rural. Uma turma em Livramento e outra em Pelotas", destaca o subcomandante da BM, coronel Andreis Silvio Dal'Lago. Além desses novos 30 policiais, também vão trabalhar na

operação de combate ao abigeato policiais deslocados dos batalhões da região, policiais rodoviários federais e também da Polícia Nacional do Uruguai, já que muitos dos crimes ocorrem na fronteira. Dal'Lago garante que as transferências para a operação não vão prejudicar os demais municípios. "Em contrapartida, para não ocorrer nenhum tipo de prejuízo para as cidades, nós vamos alocar para esses batalhões maior número de horas extras. Os policiais que lá permanecem vão trabalhar horas a mais para manter um nível de segurança para a cidade". Cerca de R$ 800 mil em diárias serão usadas para os policiais envolvidos na operação de combate ao abigeato. Dezembro é o mês com maior incidência desse tipo de crime, segundo a Brigada Militar. Noite e madrugada são os turnos preferidos pelos bandidos.

Trabalho, incluso nas deliberações da Operação Avante, terá início hoje

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Grêmio e Atlético-MG decidem em casa A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sorteou, na manhã de ontem, os mandos de campo das partidas semifinais da Copa do Brasil. Com o sorteio, Atlético-MG e Grêmio terão a oportunidade de definir a vaga em seus estádios. O confronto entre Internacional e Atlético-MG terá seu primeiro jogo, na próxima quarta-feira, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Com isso, o alvinegro mineiro terá a oportunidade de definir a classificação em seu mando de campo, no dia 2 de novembro.A semifinal entre Grêmio e Cruzeiro, marcada para a mesma data, irá começar em Belo Horizonte, com mando do clube Celeste. A segunda partida acontece em Porto Alegre, na Arena Grêmio. Por questões de segurança, como as quatro equipes finalistas são de apenas duas cidades, as partidas não poderiam ocorrer ao mesmo tempo em Belo Horizonte ou Porto Alegre. O Inter, com os reservas, conquistou a classificação após vencer o Santos por 2 a 0, quartafeira no Beira-Rio. Aylon aos 10 minutos do primeiro tempo abriu o

cmyk

JOGOS COMERCIÁRIOS

BOCHA DISTRITAL

Times voltam atenções para o Gre-Nal de domingo na Arena pelo Brasileirão

placar para o Colorado e Eduardo Sasha fez o segundo gol aos 42 minutos do segundo tempo. Na Vila Belmiro, deu vitória do Peixe por 2 a 1. O Grêmio avançou após empatar em 1 a 1 com o Palmeiras,no Allianz Parque. Thiago Martins aos seis minutos do segundo tempo fez o gol do Verdão. Everton empatou para o Tricolor aos 30 minutos da etapa final. Em Porto Alegre o Grêmio venceu por 2 a 1. O Atlético-MG conquistou a vaga

ao ganhar por 4 a 2 do Juventude nos pênaltis, após derrota de 1 a 0, no Alfredo Jaconi. Em Belo Horizonte o Galo venceu por 1 a 0.

QUARTAS DE FINAL Jogos de volta Quarta-feira, 19.10 Inter 2 x 0 Santos Juventude 1 x 0 Atlético(MG)nos pênaltis vitória do Atlético por 4 a 2 Palmeiras 1 x 1 Grêmio

Cruzeiro 4 x 2 Corinthians Jogos de ida Quarta-feira, 28.9 Santos 2 x 1 Inter Atlético-MG 1 x 0 Juventude Grêmio 2 x 1 Palmeiras Corinthians 2 x 1 Cruzeiro

Venezuela x Argentina; Brasil x Equador; Uruguai x Paraguai; e Colômbia x Bolívia. A rodada de ida desta nova etapa foi disputada ontem à noite. A primeira fase fechou na última terça-feira com a realização destes

jogos: Uruguai 8 x 5 Paraguai; e Brasil 2 x 3 Colômbia. A classificação da chave A ficou assim: 1º) Colômbia, 16 pontos; 2º) Argentina, 9 pontos; 3º) Paraguai, 6 pontos, 6 cartões amarelos e 4º), Bolívia, 6 pontos, 7 cartões

amarelos.Achave B terminou desta forma: 1º) Uruguai, 13 pontos, 5 cartões amarelos, venceu confronto direto; 2º) Brasil, 13 pontos, cinco cartões amarelos; 3º) Venezuela, 12 pontos, cinco cartões amarelos e 4º) Equador, 7 pontos.

Sesi conhece os representantes do futebol sete Afase microrregional dos Jogos do Sesi conheceu no último sábado no Centro Esportivo Arthur Fuchs do Serviço Social da Indústria de Ijuí os times classificados no futebol sete livre e master para a Olimpíada Regional que será disputada dia 30 de outubro, em Santo Ângelo. No futebol sete master, o campeão foi a equipe da 3 Tentos, de Ijuí e no futebol sete livre, o primeiro colocado foi a Construtora Cattaneo, de Cruz Alta. Estas duas equipes representarão a jurisdição do Sesi de Ijuí na próxima etapa. O futebol sete livre teve um triangular com esses resultados: CEEE, de Salto do Jacuí 0 x 6 Manutec/Pré Moldados Dreffs/ Ombu/EO da Silva/Metal Ijuí; CEEE, de Salto do Jacuí 0 x 7 Construtora Cattaneo, de Cruz Alta; e Manutec/Pré Moldados Dreffs Ombu/EO da Silva/Metal Ijuí 2 x 5 Construtora Cattaneo, de Cruz Alta. No master, a equipe 3 Tentos venceu por 2 a 0 a CEEE, de Salto do Jacuí.

DE PRIMEIRA

Os finalistas da etapa municipal do futebol sete dos Jogos Comercíários de Ijuí serão conhecidos hoje.Arodada semifinal às 19h30 terá estas partidas no campo da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB):Franco Persianas/Dipesul x Guaracar/Rede Nossa Casa; e Super Kuchak x Stop Car Lavagem. Estes jogos estavam marcados para quarta-feira, mas não foram disputados devido ao estado do gramado.

Campeonato de Pais do CSCJ tem nova etapa Os jogos de volta da segunda fase do 22º Campeonato de Pais do Colégio Sagrado Coração de Jesus, futsal masculino serão disputados na próxima terçafeira no Ginásio do CSCJ em Ijuí. A rodada terá estas partidas:

12

A Equipe da 3 Tentos sagrou-se campeã com estes jogadores: Adair José da Silva da Rosa, Davi Lopes Pereira, Gilberto Lopes Pereira, Jocelo Soares Santos, Marcelo André de Carvalho dos Santos, Marcelo Itamar de Jesus, Oneide de Lima, Valdenor Bottcher Bairros e Mauro R. Jacobi. Técnico: Lucas J. da Silva e massagista, Dionatan Pereira. A equipe Cattaneo, de Cruz Alta utilizou estes jogadores na conquista da vaga: Gelson Juliano de Campos, Adilson Brandt, Adriano da Silva Martins, Albery Júnior dos Santos Pires, Alex Machado Rodrigues, Bruno Cauê Rebello Porto, Cleber Jair Batista Hochmüller, Dimitri Roger Moura Tomaz, Douglas Ricardo de Oliveira Mnello, Igor Gardin Sattes, Jean Carlos Lima de Almeida,João Carlos Santos de Almeida, José Barros dos Santos, Luan dos Santos Amorim, Mateus Cattaneo e Mauro Celso Gonçalves Santos. Técnico: Luiz Roberto de Oliveira Lima.

Os jogos de volta das quartas de final do Campeonato Municipal de Bocha do Interior de Ijuí serão disputados hoje a partir das 20h: na Linha 8 Leste, Ijuí da Linha 8 x 25 de Julho; no Santana, Amigos do Santana x Rincão dos Goi; em Floresta, E.C. Gaúcho x Amigos da Bocha do Parador; e no Arroio das Antas, Avante x Amigos do Timbó. Resultados dos jogos de ida da última sexta-feira: 25 de Julho 2 x 1 Ijuí da Linha 8; Rincão dos Goi 3 x 0 Amigos do Santana; Amigos do Parador 3 x 0 E.C.Gaúcho; e Amigos do Timbó 2 x 1 Avante de Arroio das Antas.

REGRA MUNDIAL

Os jogos de volta das semifinais do Campeonato Municipal de Bocha, Regra Mundial serão disputados hoje às 19h30 em Ijuí: na SER Burtet, Burtet Diretoria x CTG Laureano Medeiros/Gimenez; e na Associação Atlética Banco do Brasil: AABB/Zanetti/Engenharia e Construção x Dallepiane Moto Peças. As partidas de ida tiveram estas partidas na última sexta-feira: CTG Laureano Medeiros/Gimenez 3 x 0 Burtet Diretoria; e Dallepiane Moto Peças 2 x 1 AABB/Zanetti Engenharia e Construção.

MUNICIPAL DE FUTSAL O Campeonato Municipal de Futsal de Ijuí tem a disputa de quatro jogos hoje a partir das 19h no Ginásio Wilson Mânica. Pela categoria sênior serão realizadas estas partidas: Amigos do Sete x Fluminense do Alvorada e Afumisa/ BB Som Comunicação x Mercado Copetti. Pela Divisão Única, chave I acontecem estes jogos: Golden Ball x Amigos dos Ames; e Avante x Independência Futsal. Equipe da 3 Tentos sagrou-se campeã do futebol sete na fase microrregional do Sesi

Construtora Cattaneo de Cruz Alta representará a jurisdição do Sesi ijuiense

RANKING DA FIFA

A Seleção Brasileira voltou ao top do futebol mundial no ranking da Fifa divulgado ontem. A equipe comandada pelo técnico Tite, embalada por quatro vitórias seguidas e agora líder das Eliminatórias SulAmericanas ao Mundial de 2018 na Rússia aproveitou a queda da Bélgica para o quarto lugar e assumiu a terceira colocação com 1.410 pontos. A liderança segue com a Argentina, apesar dos maus resultados recentes, enquanto a atual campeã mundial, Alemanha, subiu para a segunda colocação.


Acontece

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Cana-de-açúcar em exposição

Alunos usaram muita criatividade nas apresentações

A

13

Noite dançante

conteceram na noite de segunda-feira, no auditório do Ceap, as apresentações das turmas do turno da manhã, com performances da atividade dançante chamada Bandas Cover. Cada turma teve liberdade para escolher uma banda, música ou mesmo uma seleção musical que representasse os anos 60, 70, 80 ou 90. No palco, os alunos fizeram a performance escolhida, caracterizados em acordo com a banda ou a época. O corpo de jurados foi composto pelas professoras Eliete Boger, Fátima Burtet, Daniele Jacobi e a professora Bárbara Basso representando a APPA. Analisaram os critérios de sincronia, criatividade, figurino e interpretação. Algumas turmas optaram por juntar forças e fazer uma apresentação só. Saíram vencedores no Ensino Médio, a 3ª série A/B e no Ensino Fundamental, o 8º ano B.

A Fotos da fabricação e os utensílios ultilizados para a fazer produtos oriundos da cana de açucar estão no MADP

exposição Saberes e Sabores: cana-de-açúcar, que está no Museu Antropológico Diretor Pestana, integra a 10ª Primavera dos Museus promovida pelo Ibram – Instituto Brasileiro de Museus. O tema escolhido para este ano, Museus, Memórias e Economia da Cultura, destaca o importante papel social desempenhado pelos museus na promoção de trocas simbólicas, culturais, de saberes e de experiências, assim como sua contribuição para a dinamização da cadeia produtiva da cultura de modo sustentável. O objetivo da exposição é apresentar e refletir sobre a cultura e processos da cana-de-açúcar, sua importância na economia local, produtos e todo universo de simbolismos. No MADP, estará aberta para visitação até o dia 29 de dezembro, no Espaço Ijuí Hoje.

Samantha, Alexandre, Daniela e Jorge curtindo a noite no Biras

Veleda Grinke e Fernanda Luiza Prass em tarde de chá na Emanuel Carol, Jordana e João curtindo o Absoluto

Debutantes Acontece hoje, o coquetel de encerramento do projeto das Debutantes Sogi 2016, no Salão Vip da Sociedade Ginástica. Os ensaios gerais acontecem nos dias 2 e 3 de novembro. O baile será no dia 4 de novembro, no Salão Nobre da Sogi.

Casa de Dança

Cintia Poffo e Alfredo da Silva no Baile de Abertura da Expo-Ijuí, na Sogi, no começo deste mês

Hoje, às 23h, na Casa de Dança, a animação será por conta da Banda Homens de Baile, com repertório direcionado aos apreciadores da dança a dois, passando pelo bolero, samba, forró, sertanejo, aos ritmos gauchescos, incluindo sucessos internacionais ao som do saxofone! O traje exigido é o alto esporte, não sendo permitido tênis, camiseta e minissaia, segundo as normas da dança de salão. Informações pelo 3332-4378.

Letícia e Eduardo Giovelli, Guilherme Silva, Guilherme e Bernardo Giovelli no Almoço Farroupilha da OAB

cmyk


Jornal da Manhã

Sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Sônia Arriens Cassel Psicóloga Esp. em Gestão de Pessoas Especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental

COISAS DA VIDA Na trama dos relacionamentos sempre há a possibilidade de magoar e/ou ser magoado. Ficamos vulneráveis quando amamos, não tem jeito. Mas como defende Larry Crabb, a maturidade consiste justamente em continuar caminhando na direção das pessoas, mesmo sabendo que elas podem nos ferir.Ken O' Donnell argumenta que o grau de maturidade de

alguém está relacionado ao tempo que consegue carregar um mal-estar em relação a uma pessoa. Concordo com os dois, isso é vida, corremos riscos! Alguns conseguem lidar melhor com as machucaduras, outros nem tanto. Ainda tem aqueles que preferem "deixar prá lá". Dependendo do contexto pode ser uma atitude positiva, mas se isso significar "jogar a sujeira para debaixo do tapete", o resultado poderá ser desastroso. Para Rizzo "é nesse momento que percebemos que aquele sentimento de mágoa nos consumiu, ocupando o espaço de sentimentos harmônicos e equilibrados (...) manter-se amarrado a mágoas, ressentimentos e pendências gera inquietude e perda de tempo". Pharol completa o pensamento referindo que "a mágoa é ferrugem nas engrenagens de nosso corpo. Vai corroendo, destruindo cada célula, e minando a vida". Infelizmente há pessoas que já não conseguem sequer se movimentar, de tão enferrujadas que se encontram. Resolver nossas pendências é o caminho adequado à saúde emocional e física. "Quem tem a sabedoria de manter os relacionamentos livres de incômodos também conserva a cabeça livre de pendências" ( Shinyashiki). Existem

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

Haja Coração - Globo Tancinha sente-se mal e Beto a leva para casa Tancinha sente-se mal e Beto a leva para casa. Adônis pressiona Nair para contar a verdade para ele e os irmãos. Tamara pede para Penélope deixar que ela fique com Apolo. Aparício não consegue se entender com Rebeca. Nair decide contar a verdade para Apolo, Adônis e Larissa. Camila se diverte na sessão de fotos que faz com crianças. Giovanni conta para Bruna que reatou com Camila. Safira leva Epaminondas ao shopping. Tancinha constata que Guido é seu pai. Adônis procura Leonora. Um segurança reconhece Fedora e avisa à polícia. Tancinha vai ao encontro de Guido.

Falecido há 30 anos, é considerado o maior compositor da MPB Ancestral europeu do atual Homo sapiens 504, em romanos Álcool obtido da madeira

Raça de gato de pelos longos

“Oscar”, no alfabeto fonético

Agência de segurança dos EUA (sigla)

Cura Via indicada no mapa do GPS

Utensílio pênsil da área de serviço Arco, em francês De cabelo amarelado

Plantação de nozes

Do fundo do (?): do passado remoto Carteiro de Zeus e pai do deus Pã (Mit.)

Comida de má qualidade (gíria) Designação de indivíduo não judeu Bairro da cidade do Porto onde nasceu Duarte Escritor Coelho de “A Besta Devoto; religioso Humana” Desocupada Óculos de realidade aumentada, conectável à internet

BANCO

Urra Um dos Grandes Lagos Leão, em latim Trapo, em inglês

Ou, em inglês Discurso Ritmo de Snoop Dogg

Término Tamanho de camarão grande

F

M

9

Solução H E R M E S A R N I C A

cmyk

I Três pontos, em código Morse

A Lei do Amor- Globo

Helô se afasta de Pedro Helô se afasta de Pedro, Flávio não tem um bom pressentimento a respeito da consulta de Isabela e Zelito a Mileide. Tiago é ameaçado por Tião para que se case com Letícia. Luciene é fotografada por Pascoal quando se encontra com Augusto. Ciro discute com Mileide. Elio é chamado para ser acessor de Augusto. Hércules se apavora com a chegada da polícia na casa da família Leitão.Isabela liga para Tiago.

(?) d'água: é usado pela polícia em protestos de rua Erva aplicada em contusões

E=m(?)2: equação de Albert Einstein

G C E L D I A N G U I NH O N Ã M A G N O A N A S G A R N O L U O R O B A G A I A A R U G L E O O R F I I V A E G LA S

Mario deixa o hospital. Chica visita Alice. Cesar comemora com Sinhá por ter conseguido a procuração. Júlia estranha o comportamento de Wagner. Lenita pede para Felipe levar um presente para Sirlene em São Paulo. Delegado Mesquita considera a hipótese de que a explosão na traineira pode ter sido criminosa. Alice pede ajuda a Chica para honrar seus compromissos com os clientes da empresa. Cesar orienta Carolina a engravidar de Mario. Milena descobre que Loretta não quer recebê-la e fica revoltada. Felipe entrega o presente de Lenita para Sirlene.

Uma das características da adolescência

Projeto (?): Técnico da mapeou o Seleção DNA em 2014 humano

T L

Mario deixa o hospital

© Revistas COQUETEL

Força que Cartago enfrentou nas Guerras Bismuto Púnicas (símbolo)

R E B P I X I S E C R O A C D I V M E T A G O R M I R A Z O L M P A R I N A G O O G

Globo

Padronagem clássica de tecidos para ternos

2/et. 3/can — off — sim. 4/main. 5/anais — plain. 6/térreo. 8/triviais.

Sol Nascente -

coisas que precisamos esquecer e outras que devemos perdoar. Isso não significa esquecer mas libertar-se das coisas ruins que não nos pertencem e que causam desconforto, além de não acrescentar nada em nossa vida. A boa notícia é que todos temos capacidade para superar tristezas e tempos difíceis. Tudo o que nos acontece, sejam coisas boas ou ruins, contribuem para nos tornar uma pessoa melhor. Como diz Morin, "algumas das melhores lições da vida podem ser aprendidas quando avaliamos os tempos difíceis por que passamos (...) Fazer isso libera sua energia mental e lhe permite planejar o futuro com base em que você se tornou, e não na pessoa que costumava ser. Se você não tomar cuidado, a raiva, a vergonha e a culpa podem dominar sua vida. Ao abrir mão dessas emoções, você pode voltar a ter controle sobre sua vida". Alguém afirmou que a vontade de ser feliz deve ser maior que o medo de se machucar novamente. Essa escolha requer continuar caminhando na direção das pessoas e não carregar mágoas. Há bagagens que precisamos largar ao longo do caminho se realmente desejamos ter uma existência com maior leveza.

14

Horóscopo Áries O grande entusiasmo pode fazer com que as circunstâncias desfavoráveis sejam conduzidas de forma criativa e produzam soluções positivas. É tempo de ser criativo na solução das crises. Touro Você pode sentir a necessidade de ser reconhecido de forma positiva. É tempo de cultivar o bem-estar e exercer o poder de sedução que possui para se sentir mais acolhido pelas pessoas. Gêmeos Talvez você tenha dificuldade em transmitir suas ideias que poderiam fazer diferença. É tempo de confiar que, cedo ou tarde, o que não era aceito passa a ser essencial na vida das pessoas. Câncer Valorizar o que se teve no passado é o primeiro passo para manter vivas na memória as sensações que caracterizaram os grandes momentos. É tempo de se espelhar em valores do que passou. Leão Atitudes narcísicas não contribuem para o fortalecimento emocional. É tempo de procurar seu verdadeiro objetivo de vida para evoluir e ter condições de oferecer apoio àqueles que precisam. Virgem Se não está certo do que está acontecendo, o melhor é avaliar a situação antes de agir. É preciso saber o que fazer para chegar aonde quer. É tempo de analisar a situação e agir. Libra Se você decidir fazer algo e acabar não sendo bem-sucedido, a tendência é se culpar porque não foi capaz de fazer o que tinha de ser feito. É tempo de dar o melhor de si para solucionar problemas. Escorpião As explicações superficiais dadas a algumas questões podem não te satisfazer. É tempo de elucidar de forma mais profunda os assuntos mais difíceis que estão guardados há muito tempo. Sagitário Ao ser honesto com os seus princípios, você consolida sua força e se sente capaz de alçar voos. É tempo de ter perseverança para ser bem-sucedido em seus empreendimentos. Capricórnio Quando, ao se expressar, você percebe que está sendo bem entendido, maiores são as chances de realizar o que quer. É tempo de fazer com que suas ideias sejam bem assimiladas. Aquário Impaciência pode pôr tudo a perder, portanto é preciso saber a hora certa de agir ou de esperar, para evitar as ações precipitadas. É tempo de desenvolver a paciência para agir com assertividade. Peixes A fantasia ajuda na produção de bons resultados, pois serve como grande incentivo para realizar desejos. É tempo de dar asas à imaginação e dar o seu melhor para realizar o que for possível.


Jornal da Manhã

Sexta-feira, 21 de outubro de 2016

GESTÃO, NEGÓCIOS & CIA

Marcelo Blume marcelo.blume@referenda.com.br

A economia e a indústria do futuro Sempre se falou e escreveu sobre o futuro, mas considerando a velocidade com que tudo pode mudar, as mudanças de ruptura que vimos acompanhando e o que já se sabe que está pronto para nosso futuro imediato, acredito que nunca foi tão importante quanto agora, entender melhor a economia e a indústria do futuro. Houve uma revolução industrial que todos estudamos em história, quando as máquinas a vapor e as primeiras produções em série começaram em larga escala. A segunda revolução industrial, acelerada pelas grandes guerras trouxe a rápida mecanização da produção, desde a produção agrícola até as fábricas com motores elétricos e a combustão. A terceira revolução industrial vem ficou marcada pela automação industrial e veio mais rápido do que se imaginava. Vemos cada vez mais máquinas, fábricas e todo o tipo de empresas automatizando processos, aumentando a presença de sensores, robôs e outros, mudando a característica da mão-de-obra qeu era mais braçal, para um número cada vez maior de empregos com maiores níveis de conhecimento agregado. Todavia, o conjunto de inovações, mudanças que vem chegando mais rápido do que se espera, em muitos casos é tão grande que é quase unâmime dizer que estamos diante da 4ª revolução industrial. A nova revolução industrial vem acompanhando uma grande mudança de hábitos das pessoas, portanto alinhada com as mudanças comportamentais, o que está diretamente ligado com as mudanças na economia local e mundial. O movimento iniciado na Europa teve forte crescimento e destaque na Alemanha, que chama de Indústria 4.0, enquanto a América do Norte e a Ásia chamam de Manufatura Avançada. Não importando o nome, o fato é que precisamos nos preparar para aproveitar o melhor deste tempo para nossos negócios e nossas regiões. É certo que empresas pequenas, médias ou grandes e poderosas como a Kodak, se não tiverem a capacidade de se adaptar, mais cedo ou mais tarde serão ser meras lembranças. Produtos mais orientados aos interesses dos consumidores, com mínimo desperdício, serviços cada vez mais cooperados, serviços como sinais de TV, internet e telefone compartilhados, assim como carros elétricos e autônomos, escritórios e unidades de produção serão em breve de entendimento comum e compartilhado, do que propriedades de uma pessoa, dando acesso mais barato e permitindo que cada vez mais pessoas tenham mais conforto e segurança. Grandes volumes de informações disponíveis para serem utilizadas das mais diferentes maneiras, reduzindo custos, melhorando em muito a saúde das pessoas, a qualidade dos produtos, a adaptação ao uso e com o mínimo desperdício é o que devemos ver nos próximos 5 anos, quando especialistas afirmam que 85% do que vamos comprar e consumir ainda não foi criado. 5 anos é logo ali, 2021, quando estiverem se formando, aqueles que vão ingressar agora na faculdade.d Um abraço e até a semana que vem!

15

TRILHA DO SABER

Escola realiza campanha solidária A Escola Infantil Trilha do Saber completou 15 anos de atuação em Ijuí, ontem. E a instituição está cheia de motivos para comemorar, já que se tornou referência na educação infantil no município, uma vez que tem uma fila de espera de 100 crianças, quase o dobro que o educandário comporta. Aualmente, com 120 alunos matriculados, o jantar baile realizado pela Escola em parceria com o Rotary Club foi um sucesso. Além das promotoras do jantar, toda a comunidade escolar, empresários e lideranças políticas se envolveram no evento que teve a participação de 600 pessoas entre adultos e crianças, e busca arrecadar recursos para completar o orçamento estimado em R$ 20 mil, que viabilizará a construção de uma biblioteca infantil. “Como diretora da escola, em minha avaliação, aquilo que estávamos buscando, conseguimos

alcançar, mas não tinha como ser diferente, porque quando há o envolvimento de muitas pessoas, com cada um contribuindo da maneira que pode, há uma soma e quem ganha são as crianças”, avalia a diretora da Escola, Elizete Pires. Ela conta que atualmente as crianças utilizam um canto do refeitório que foi improvisado para a contação de histórias e retirada de livro. A estimativa da diretora é de que o novo espaço esteja concluído até o segundo semestre de 2017. Além disso, ela destaca que a Trilha do Saber levou cerca de oito anos para ser concluída e desde então, com a soma de esforços da comunidade e por meio da parceria com o Rotary, tem tido muitos avanços, o que permite a projeção de uma ampliação no espaço físico do educandário. Amanhã, Elizete reúne-se com representantes do Rotary Club Ijuí e o patrão do CTG

Agentes recebem treinamento de combate

Treinamento envolveu agentes epidemiológicos e de saúde, na tarde de ontem

A 17ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) realizou treinamento de agentes de saúde e agentes epidemiológicos para o combate ao mosquito Aedes aegypti, na tarde de ontem. A ação aconteceu no auditório do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), e foi ministrada pelo agente comunitário de saúde, do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), Jair Pereira Martins. Em dezembro passado, o Ministério da Saúde emitiu um alerta colocando o País em emergência na saúde pública em função da dengue, agregando os agentes de saúde ao trabalho de combate do vetor e eliminação de focos.

Em função disso, o treinamento, que teve a participação de 160 pessoas, abordou aspectos técnicos, o comportamento dos agentes, o plano de tratamento apresentado pelo governo do Estado e como se dá o serviço público. Na próxima semana, os agentes realizam o Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (Liraa) no Município, na segunda, terça e quarta-feira, da próxima semana, e consiste na coleta de amostragens. Ou seja, a cada cinco casas, uma é visitada. "Neste período vamos fazer o levantamento do índice de infestação da presença do mosquito", resume Jair.

Referência em qualidade na Educação Infnatil, escola estimula a leitura

Laureano Medeiros, onde foi realizado o jantar baile, para realizar o balanço. Mas, a expectativa da diretora é de que o valor total necessário foi alcançado, uma vez que há alguns valores

depositados na poupança para este fim, oriundos de eventos, como o Festival Queijo e Vinho do Rotary, realizado em junho passado. O montante arrecadado será divulgado na segunda-feira.

Agroecologia é tema de palestra da Agenda 21 A Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural (Aipan) e o Fórum da Agenda 21 de Ijuí promoveram palestra sobre Agroecologia e Associativismo. Participaram o presidente da Unicooper de Santa Rosa, Paulo Kreutz, o técnico da rede Ecovida Ademir Ribeiro do Amaral, além de representantes de sindicatos, escolas, secretarias de governo, conselhos municipais, Emater e Casa Familiar Rural. Kreutz explicou o programa de apoio à agricultura familiar de Santa Rosa, ou seja, a produção, a compra e a comercialização dos produtos orgânicos, além da criação das cooperativas municipais e da central da Unicooper. Ademir do Amaral, por sua vez, destacou as funções principais da cooperativa: produção/ comercialização e certificação. Além disso, disse que a

rede Ecovida se constitui em um espaço de articulação entre agricultores e consumidores, os quais querem alimentos capazes de gerar saúde. Segundo Ademir, a agroecologia leva em consideração o tempo da natureza, aumentando a fertilidade do solo e a qualidade da produção. Assim, os princípios agroecológicos abrangem a ideia da manipulação dos ecossistemas de forma a melhorar a produção, tornando-a sustentável e com menos impactos ambientais. De maneira geral, o foco da discussão deu-se em torno da agricultura familiar como um espaço onde homens, mulheres e jovens são os responsáveis por grande parte da produção de alimento no Brasil, constituindo-se como os principais sujeitos na produção de alimentos orgânicos e na preservação ambiental.

Palestra promovida pela Aipan e Fórum da Agenda abordou a agroecologia

cmyk


www.jmijui.com.br

CANTINHO DA LEITURA

FARóIS ACESOS

Medida volta a valer em todo o País. Polícias Rodoviárias Federal e Estadual, no entanto, esperam notificação oficial. | 10

Alunos podem fazer aditamento de contratos Escola Trilha do Saber realiza campanha para construção de uma Biblioteca Infantil, que ampliará o espaço atual da instituição | 15

Depois de meses de incerteza no Fies, aprovação de crédito ao MEC possibilita aditamento de contratos | 7

Grêmio decide em casa e o Inter fora Tricolor enfrenta o Cruzeiro nas semifinais da Copa do Brasil. Colorado joga com o Atlético-MG | 12

Campeonato de Pais do CSCJ conclui a primeira fase Competição de futsal abre nova etapa com a disputa de quatro jogos no Ginásio do Colégio Sagrado Coração de Jesus. | 12

EDITORIAL | 6 Ganha a Lava-Jato, que joga para escanteio as críticas deEstado que peixes grandes não eram pegos. /

cmyk

Sitepaginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you