Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

Ano 43 - Nº 260

R$ 3,00

Defasagem no SUS desafia a gestão da saúde Procedimentos com valores insuficientes e aplicação indevida de recursos retratam o caos da rede pública de saúde no País | 10 E 11

População carcerária da PMI bate recorde

Museu completa 55 anos

Pílula do câncer está suspensa no País

Juiz da VEC confirma 40% acima da capacidade. | 5

Especialistas comemoram decisão do Supremo. | 7

Déficit fiscal será de R$ 170 bilhões, diz Meirelles

Usina de lixo preocupa entidades

Ministro da Fazenda anunciou a previsão ontem. | 3

Agenda 21 defende uma discussão mais ampla. | 22

CPMF pode resultar em sobrecarga de impostos

Delegados detalham operação na região

Para especialista, volta do tributo é nociva ao País. | 3

Para comemorar a data, o Museu Antropológico Diretor Pestana preparou uma programação especial com Sarau Literário, que acontece amanhã | Caderno Dois

Operação Achaque teve repercussão em todo o RS. | 20

cmyk


Jornal da Manhã

RADAR SEGURANÇA - Na manhã de ontem, foi sancionada a lei número 6.402 que dispõe sobre a obrigatoriedade das agências bancárias em disponibilizar vigilantes armados nos caixas eletrônicos e terminais de autoatendimento. Conforme a lei, a vigilância deverá ocorrer das 6h às 22h, ou enquanto os equipamentos estiverem funcionando para atendimento aos clientes/usuários, incluindo sábados, domingos e feriados, em cumprimento com o que dispõe a Lei Federal nº 7.102, de 20 de junho de 1983. De acordo com o autor do projeto de lei, César Busnello, a medida vai gerar pelo menos 30 empregos nas 13 agências bancárias do Município. BOLSA FAMÍLIA- Amanhã, a Estratégia de Saúde da Família 3 (ESF) do bairro Glória, fará a avaliação nutricional dos beneficiários do Bolsa Família. A avaliação será das 8h às 12h, e das 13h às 16h.Devem comparecer as mulheres de 14 a 45 anos, crianças menores de 7 anos e gestantes, portando o Cartão SUS, o Cartão do Bolsa Família (amarelo), a carteira de gestante e a carteira de vacinação das crianças e adolescentes. AEROPORTO - As obras de remodelação do Aeroporto Regional de Santo Ângelo serão entregues no próximo domingo pelo governador José Ivo Sartori com pista liberada para pousos e decolagens. A solenidade de entrega das obras da pista está prevista para as 14h30. Para as 15 horas está previsto o salto de um grupo de paraquedistas do Clube de Paraquedismo de Santo Ângelo. O grupo também vai decolar da nova pista. Em 2015, quando foi autorizada a exploração regular do transporte aéreo no aeroporto de Santo Ângelo, o início dos voos regulares estava previsto para fevereiro deste ano. SAÚDE - Acontece hoje o 12° Pedalando Patinando e Caminhando e 9° Vencendo o Diabetes, a partir das 14h30 em frente à Escola Estadual de Ensino Fundamental Rui Barbosa (Ruizinho). O tradicional evento consiste em um passeio pelas ruas da cidade, sendo que o trajeto deve ser percorrido a pé, de bicicleta, patins, skate, ou qualquer outro meio não motorizado. Durante a programação também haverá apresentações da Cia. Cadagy/Unijuí e Studio Smart Shape, além deverificação de índice glicêmico, orientações de saúde, oficina de pequenos reparos para bicicletas, disponibilização de erva-mate e água quente para chimarrão e venda de lanches. As inscrições para participar podem ser realizadas no local do evento. AQUECIMENTO - A Campanha do Agasalho 2016 de Ijuí será aberta oficialmente hoje, em programação especial na Praça da República, a partir das 10h (em caso de chuva será na prefeitura). A Campanha é promovida pela prefeitura de Ijuí, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Gabinete da Primeira-dama, com apoio de diversas entidades. No evento haverá mostra de carros antigos, além de apresentação ao público de uma nova modalidade de arrecadação de agasalhos. A sede do Grupo JM, que fica na rua Albino Brendler, 122, é um dos pontos de arrecadação de agasalhos.

cmyk

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

2

OLHO DA RUA INDICADORES Poupança 20.5.2016 ........................0,6916% Ouro 19.5.2016....................... R$ 141,70 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,5165 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,5171 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,4800 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,6800 Euro (compra) .............................. R$ 3,9445 Euro (venda) ................................. R$ 3,9452 IPC/FIPE Mar /2016 ..............................0,97% IGPM/FGV Mar/2016 ............................ 0,51% INPC/IBGE Mar/2016 ............................0,44% IPCA/IBGE Mar /2016 ...........................0,43% IGP-DI-FGV Mar/2016 ...........................0,43% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144 *valores acima de R$ 300,00

LOTERIAS Na quinta-feira, após o jogo do São Luiz (com empate em 0X0 com o Caxias), um torcedor fez questão de mostrar seu amor pelo clube. Ele hasteou a bandeira do time na carroça e desfilou pelas ruas da cidade.

ENTRE ASPAS "A relação do governo com a Petrobras é de acionista controlador. Portanto, o seu primeiro interesse é o sucesso da empresa", disse o novo presidente da Petrobras, Pedro Parente. "A manutenção dos princípios do regime permitiu que a inflação fosse mantida sob controle", disse o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini. "É preferível que identifiquemos os reais limites do programa e que os números anunciados sejam o limite de contratação", afirmou o presidente em exercício, Michel Temer,sobre a meta traçada ainda pela presidente Dilma Rousseff de contratar até 2 milhões de moradias até o fim do ano.

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º 2º 3º 4º 5º

-

3.033 4.014 2.155 4.659 2.287

LOTOFÁCIL CONCURSO nº

1364

01 06 09 10 11 12 13 15 16 17 18 20 22 24 25

"Eu vi aquilo ruir, desmoronar", disse o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Eles estão nos tirando a última esperança", disse a servidora pública Marcia Gutierrez, de Sorocaba, sobre a suspensão do STF da pílula do câncer. "Se Serra acha que reformar a política externa é desfazer o que o Lula fez, ele não está agindo em nome dos interesses do Brasil", disse à BBC Brasil David Rothkopf, editor de revista Foreign Policy.

QUINA

CONCURSO nº

4089

12 26 33 43 47 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

Getúlio


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

CONTAS DO GOVERNO

Teto do rombo fiscal é R$ 170 bi, diz ministro

O governo federal enviará ao Congresso Nacional na próxima semana uma proposta para que as contas públicas tenham um déficit (despesas maiores do que receitas) de até R$ 170,5 bilhões em 2016. Se for confirmado, será o pior resultado da série histórica. Esses R$ 170,5 bilhões não incluem os juros da dívida. Em agosto de 2015, a previsão de gastos com juros para este ano era de R$ 304 bilhões. A proposta foi divulgada no início da noite de ontem pelos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Romero Jucá, em entrevista coletiva. De acordo com Meirelles, a nova meta foi feita com “parâmetros realistas” e próximos aos utilizados pelo mercado financeiro. O objetivo do governo é que ela seja votada pelo Congresso na próxima terça-feira. “Há receitas que dependem de aprovação Legislativa. Existem margens grandes de incerteza, por exemplo, a questão da regularização dos capitais no exterior, principalmente, chamada repatriação de capitais. Por outro lado, existe a renegociação da dívida dos estados, pagamentos de passivos e despesas. Existe aí uma série de

Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, anunciou dados da meta fiscal

previsões consolidadas nessas metas”, disse. Os R$ 170,5 bilhões superam em muito o déficit proposto pela equipe econômica da presidente afastada Dilma Rousseff, que havia enviado projeto de lei ao Congresso pedindo autorização para que as contas tivessem em 2016 um déficit de até R$ 96,6 bilhões. Essa proposta sequer foi avaliada pelo Legislativo, devido ao processo de impeachment de Dilma. Jucá justificou a grande dife-

CPMF cria "sobrecarga", avalia especialista O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta semana que ainda não existe uma decisão sobre a volta da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) ou de qualquer outro tributo. Segundo ele, qualquer decisão sobre impostos é prematura antes de o governo conhecer os dados reais das contas públicas. Para o advogado tributarista Valmor Alievi, a estratégia de recriação do tributo é uma espécie de chamamento injusto para que a sociedade leve recursos para os cofres públicos, após vários anos de política fiscal irresponsável. "O aumento de tributos estimula a redução do consumo, o que consequentemente reduz a arrecadação de impostos. É um fenômeno que ocorreu aqui no Estado neste ano, com o aumento da alíquota do ICMS. Ao invés de tentar eliminar o problema fiscal pela raiz, o governo opta pelo aumento de impostos que acaba criando uma sobrecarga que a população não aguenta mais", analisa Alievi.

Apesar de ainda não fechar questão sobre o retorno da CPMF, o ministro da Fazenda reconheceu que o nível da tributação no Brasil é muito elevado para padrões de países emergentes, enfatizando que a prioridade da política econômica e fiscal é o equilíbrio das contas públicas e a sustentabilidade das contas públicas. A declaração foi feita um dia após o ministro do Planejamento, Romero Jucá, anunciar que o déficit das contas do governo central pode chegar a R$ 200 bilhões em 2016. "Isso é um absurdo do ponto de vista de finanças públicas. A meu ver, é uma consequência da desgovernança, pois o governo foi gastando em obras e outros setores mais do que sua capacidade. É uma manifesta falta de planejamento, organização e até responsabilidade por parte do administrador", afirma o especialista. Com a crise governamental que afeta o setor produtivo, estima-se que o índice de desemprego no País possa atingir 14%.

rença em relação à proposta de déficit que havia sido formulada pelo governo Dilma dizendo que o objetivo é evitar a necessidade de voltar a pedir a mudança da meta ao Congresso. “Meta fiscal não é novela para ser feita em capítulos. É para ser feita no lançamento só. Ações virão que apontarão à sociedade que a visão desse governo é diferente da do outro governo, porque não estamos escamoteando a verdade. Vamos mudar a verdade, com responsabilidade fiscal”, disse.

3

Crehnor fecha parceria para ampliar serviços A cooperativa de crédito Crehnor completa em 2016 seus 20 anos de atuação. Com um portfólio variado que atende principalmente pequenos e médios agricultores da região Sul, a cooperativa comemora neste mês uma parceria que mudará o patamar da instituição em termos de portfólio de serviços. Através de fusão com a Cresol Baser, instituição cooperativa do Paraná, a Crehnor crescerá em tamanho e oportunidades de negócios. "É uma junção para somar forças. Partimos das 54 agências para 279 agências. Os 200 funcionários viraram 2 mil colaboradores e o número de sócios, que antes era de 50 mil, se transformou em 196 mil, com presença em 10 Estados do País. Avançamos bastante, e o melhor é que viramos agente financeiro do BNDES, o que aumenta exponencialmente nossa oferta", explica o presidente da Crehnor, Ailton Croda A transformação da cooperativa em agente financeiro trará benefícios como a maior facilidade para a contratação de serviços como crédito do plano safra, e emissão de talões de cheque e cartões de débito e crédito exclusivos da Crehnor. "Quando entrar o plano safra, por exemplo, o produtor vai lá na agência para fazer o custeio, investimento e microcrédito dentro da Crehnor. Não vai rodar

Ailton Croda

a cédula, ir para outro banco e ter que esperar um tempo demasiado. Tudo vai acontecer com mais garantia, mais eficiência e agilidade", afirma Croda. Com a parceria, a Crehnor também oferece o internet banking, com a possibilidade de o produtor consultar as informações de sua conta via internet. No último dia 13, a então presidente Dilma Rousseff lançou oplanosafradaagriculturafamiliar, com recursos e juros subsidiados aos pequenos produtores. "São taxas de 2,5% para custeio na produção de elementos, e 5% para investimento na propriedade. Desde já a Crehnor se prepara para ofertar o crédito aos produtores da região", aponta o presidente.

Queda na indústria se intensifica O ritmo de queda na atividade e no emprego da indústria da construção se intensificou em abril, informou ontem a Confederação Nacional da Indústria (CNI). O índice de nível de atividade registrou 36,4 pontos no mês passado ante 37,5 pontos em março, de acordo informações da pesquisa Sondagem Indústria da Construção. O indicador de emprego assinalou 35,7 pontos frente aos 36,6 pontos em março. Os indicadores variam de zero a 100. Quanto mais abaixo de 50 pontos, maior e mais disseminada é a retração na atividade e no emprego. O nível de atividade em relação ao usual para o mês registrou 26,4 pontos em abril. A utilização da capacidade de operação na indústria da construção ficou em 54% em abril, atingindo o piso da série histórica, iniciada em janeiro de 2012. Além disso, o valor está 12 pontos percentuais abaixo da média histórica. Segundo a CNI, a fraca atividade da indústria da construção mantém os empresários pessimistas em maio. No entanto, parte das expectativas para os próximos seis meses é menos negativa do que

Emprego e atividade produtiva tiveram queda no mês de abril, aponta CNI

em abril. O índice de expectativa sobre o nível de atividade subiu de 39,7 pontos em abril para 40,6 pontos em maio e o indicador de expectativas sobre compra de insumos e matérias passou de 38,3 pontos para 39,7 pontos. O índice de número de empregados ficou praticamente estável ao passar de 38,2 pontos para 38,4 pontos no período e o índice de expectativa sobre novos empre-

endimentos e serviços se manteve inalterado em 37,7 pontos. O índice de intenção de investimento assinalou 23,2 pontos em maio, o menor valor da série histórica iniciada em novembro de 2013. O levantamento divulgado pela confederação foi feito entre 2 e 12 de maio com 607 empresas, das quais 191 são pequenas, 274 são médias e 142 de grande porte.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

4

CREAS

Unidade tem média de 20 novos casos atendidos por mês O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) tem como principal função atender famílias e pessoas que estão em situação de risco social ou tiveram seus direitos violados, sendo uma unidade pública da política de Assistência Social. Desde a sua implementação, o Creas, além de orientar e encaminhar os cidadãos para os serviços da assistência social ou demais serviços públicos existentes no município, são dadas informações, orientação jurídica, apoio à família, apoio no acesso à documentação pessoal e estimula a mobilização comunitária. As demandas, segundo a assistente social e coordenadora do Creas, Maria da Graça Nunes, chegam por meio do Conselho Tutelar, Ministério Público e processos do Judiciário. “A partir do encaminhamento desses casos é feito um trabalho com a equipe técnica, com a discussão dos casos”. O atendimento é feito para todos os tipos de violência, violência sexual, exploração, prostituição, abuso, exploração financeira, de idosos, pessoas deficientes, violência contra a mulher, maus tratos, negligência, abandono e medidas socioeducativas. Mensalmente, Maria da Graça afirma que são registrados 20 novos casos novos de violência. "Além desses casos novos, temos uma média de atendimento sistemático em torno de 90 casos". Esses, que são acompanhados pelo Creas até a sua resolução. Os casos que ingressam no Creas, como ela destaca, tem um longo prazo para ser resolvido. "Não tem

como se determinar meses, porque são questões subjetivas que são trabalhadas". Além do atendimento dos profissionais do órgão, em alguns casos existe a necessidade de intervenção clínica dentro da rede. "A partir do momento que o Creas entende, de forma técnica, que há uma estabilidade quanto à situação, ele fica contra referenciado, encaminhando o caso para a proteção básica, que são os Cras, para que a partir das ações desses locais seja mantida essa estabilidade". Apesar do número de casos, quase um por dia, poucos retornam ao atendimento pelo mesmo fator de violência. Ela explica que, mesmo em raras ocasiões, pode ocorrer de a família se desestabilizar e um caso voltar para o Creas por outro motivo de violência, "não a mesma situação, mas por alguma desordem durante o processo de recuperação desse núcleo familiar", avalia. Nesta semana, em alusão ao dia 18 de maio, que é o Dia de Combate ao abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, o Creas desenvolveu uma série de orientações na rede de proteção, diferentemente dos outros anos, Maria da Graça Nunes explica que neste ano o trabalho é diferente e a entidade tem feito a divulgação da data, “no intuito de fortalecer a rede e, ainda, comprometimento enquanto proteção e prevenção das ações”. Atualmente, atuam no Creas de Ijuí três psicólogos, dois assistentes sociais, administrativo e serviçais. Todos os casos de violência podem ser denunciados pelo Disque 100 ou Ministério Público.

Atendimento mensal na unidade cresceu, segundo Maria da Graça Nunes +

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

PENITENCIÁRIA MODULADA DE IJUÍ

População carcerária é a maior de sua história

A Penitenciária Modulada de Ijuí bateu o seu recorde ontem: no período da tarde, o juiz da Vara de Execuções Criminais de Ijuí, Eduardo Giovelli, confirmou que quase 630 apenados ocupavam as dependências da casa. É o maior número de detentos dentro dos seus cerca de 20 anos de idade. Para o responsável pela VEC, o crescimento da engrenagem da droga tem influência direta nessa alta que é uma condição natural de todo o sistema carcerário do Rio Grande do Sul. Ainda conforme pontuado por Giovelli, o tráfico de entorpecente é o delito que mais leva pessoas para o sistema prisional. "Não é uma situação específica da Penitenciária Modulada de Ijuí. É uma realidade de todo o sistema prisional gaúcho dessas nossas superlotações amplamente noticiada na imprensa e sem uma perspectiva de solução em breve. Isso que me preocupa. Há ainda o reflexo desse combate intenso contra o tráfico de drogas, que foi feito pelas autoridades policiais Brigada Militar e Polícia Civil. O reflexo dessa atividade intensa aparece nos processos judiciais que resultaram em um número grande de prisões preventivas, número grande de condenações criminais no tráfico de entorpecente, que é um delito de penas altas", explicou o magistrado que ainda ressaltou: "Sem sombra de dúvidas eu te afirmo que o delito que mais leva pessoas para o cárcere é o tráfico de drogas. Tivemos essa repressão das autoridades de segurança e especialmente a disseminação do produto. Se pegarmos de uma década para trás, de 2005 para cá, tivemos uma mudança mui-

to grande. Antes a grande gama de delitos que prendiam eram os patrimoniais. Hoje é o tráfico de entorpecentes. A Penitenciária Modulada de Ijuí abriga cerca de 470 vagas. Para os 628 apenados atuais, existe uma alta de 40% em relação a capacidade da casa. "Há uma relação inegável da superlotação com a repressão que foi dada em Ijuí e na região, contra o delito de tráfico de entorpecentes", acrescentou o magistrado. Recentemente a unidade prisional em Ijuí era lembrada como uma das principais casas do Estado no que diz respeito à relação capacidade/lotação. "Essa é uma realidade que vivíamos até um ano e meio atrás ou dois anos. Esse quadro veio mudando, se agravando e a partir da intensificação dos trabalhos foi crescendo. Há ainda a situação que a Modulada tem um cunho

5

Legislativo quer solução contra drogadição O Grupo Jornal da Manhã, de Ijuí trouxe uma matéria no último final de semana fazendo referência à situação das drogas no município e toda a região. Na manhã de ontem, a comissão de Segurança da Câmara de Vereadores reuniu autoridades para debater o tema e buscar soluções para o problema. Há um consenso de que a drogadição está enraizada na cultura do País, e que dificilmente irá acabar. Entendendo isso, vereadores, representantes das forças policiais, poder Judiciário, Mi-

nistério Público, entre outros reuniram-se nas dependências da Câmara de Vereadores para debater o tema. Para o presidente da comissão, vereador Darci Pretto (PDT), a drogadição, hoje em dia, é o mal da sociedade, e visando isso, há essa necessidade de tomar algumas medidas contra o avanço do entorpecente no município. "Temos que tratar o problema com a preocupação e a seriedade que merece", pontuou o edil ao conceder entrevista ao Grupo JM.

Eduardo Giovelli, juiz

regional e serve como desafogo de outros vários presídios já que seguidamente presos de outras comarcas são transferidos para cá", finalizou o Giovelli.

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

DIREITO À SAÚDE

O

ENTREVISTA

tamanho do Sistema Único de Saúde (SUS) assusta o governo de Michel Temer. Os recursos faraônicos necessários para manter, mesmo que a duras penas o sistema que oferece, ou deveria oferecer, atendimento gratuito em saúde aos brasileiros faz com que os novos administradores públicos busquem uma nova interpretação à regra constitucional que determina o acesso à saúde pública como um direito universal no Brasil. A polêmica envolvendo o tema começou quando o novo ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP-PR), disse que tinha pretensão de revisar o tamanho SUS. Ele também disse que seria melhor que mais brasileiros tivessem planos privados de saúde. Diante da imensa polêmica gerada, o ministro voltou atrás e afirmou que não tem intenção de redimensionar o SUS. Em administração pública, se algo é verbalizado por um membro proeminente do governo, é bem possível que essa ideia já tenha sido debatida internamente, como neste Mesmo com cresci- caso. O documento mento vertiginoso dos “Ponte para o futurecursos investidos ro” – que reúne as por parte da União, o propostas do PMDB que parece sufocar o para o país – sugere SUS é mesmo a falta o fim das vinculações de dinheiro. O fato constitucionais, que inegável é que se in- determina o míniveste muito menos em mo que deve ser saúde pública do que investido pela União, seria necessário. estados e municípios no sistema de saúde e educação, o que dá mais indícios de que o SUS pode, sim, ser pulverizado caso o atual governo não consiga tirar as contas públicas do atoleiro. A verdade é que, atualmente, é difícil traçar um perfil homogêneo do SUS. Como a Constituição prevê que Estados e Municípios devem contribuir com 12% e 15% de seus orçamentos para a realização dos serviços, respectivamente, não há como saber quais poderes investem ou não este valor mínimo. No recorte local, Ijuí tem investido nos últimos anos mais de 30%, em média, no setor de saúde pública. Isso garante uma qualidade razoável de atendimento gratuito, algo que não acontece em todas as cidades do País. Alguns Estados, como no caso do Rio Grande do Sul, criaram incentivos para cobrir a defasagem do valor pago pelos procedimentos do SUS, algo que funcionou até a entrada do atual governo, em 2015. Mesmo com crescimento vertiginoso dos recursos investidos por parte da União, o que parece sufocar o SUS é mesmo a falta de dinheiro. Apesar de a agenda do novo governo insistir na redução do gasto público, o fato inegável é que se investe muito menos em saúde pública do que seria necessário. Em meio às intenções, muitas delas veladas, sobre a diminuição do tamanho do SUS, é preciso ficar com a resolução constitucional escrita em 1988 e que inaugurou um novo período para a democracia brasileira: o direito à saúde pública de qualidade é universal. Portanto, ela deve ser provida pelo governo, independente das intempéries financeiras e paixões ideológicas de nossos governantes.

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

No seu entendimento, uma reforma da previdência deve começar a atacar em que ponto? A reforma da Previdência tem sido empurrada com a barriga por gerações de políticos, cidadãos e sindicatos, portanto ela necessita ser feita porque estamos atrasados demais, mas para começar é preciso negociar e é preciso entender que mediante o diagnóstico adequado, ela não pode ficar como está. O Brasil, com seus 200 milhões de habitantes, tem mais de 11 milhões de pessoas aposentadas, isso significa 5% da população com aposentada, 5 milhões de brasileiros em regime de pensão por morte e mais 1 milhão de auxílios do INSS, ou seja, a conta é gigantesca e tende a ser exponencial e não há verba. Então, é preciso começar com uma compreensão que esta carga está caindo sobre o trabalhador em regime, também, de grande taxa de desemprego num Brasil bastante parado, recessivo, digamos depressivo e, uma vez compreendida essa situação, é preciso que todos brasileiros assumam o sacrifício para compreenderem que medidas, mesmo que impopulares, necessitam ser tomadas para que se possa ter um futuro bem melhor.

Istvan Kasznar Economista e vice-presidente da International Association of Sport Economists (Iase)

Quais seriam essas medidas impopulares, no seu entendimento, mas absolutamente necessárias nessa reforma? Há várias impopulares, infelizmente, portanto, são várias medidas que podem ser tomadas imediatamente. São mediadas que são usadas imediatamente por sindicatos, pelos sindicalistas, pelegueadas para que eles defendam, aparentemente, o trabalhador. Até certo ponto isso pode acontecer, mas até certo ponto pode não ocorrer. Certamente é necessário tomar a medida que tenha impacto sensível sobre o todo da Previdência, entre elas, a fixação de idade mínima maior para aposentadoria. Há já propostas prontas, mas é preciso lembrar que de um fato, a expectativa de vida do brasileiro, dos anos 50 para cá, melhorou demais. Em 1950, o brasileiro tinha uma expectativa de vida de 53 anos, agora já tem de 74, e isso não foi introduzido com a devida competência em planos atuariais mais recentes. Então é preciso aumentar, sim, o período de contribuição, isso significa que a pessoa vai se aposentar mais tarde e vai usufruir lá na frente muito menos tempo. Outra medida que não é nada popular é aumentar a taxa de contribuição para a Previdência da classe dos trabalhadores e, em particular, dos servidores públicos.

esse sistema de previdência e mantê-lo, nós necessitamos pensar em uma idade mais avançada para os aposentados. O que está sendo estudado é a idade de 65 anos, essa ideia existe porque ela está ligada ao fato, de que em tese, a expectativa de vida de 74 anos você pode usufruir em média 9 anos de aposentadoria. O que é muito, é praticamente mais de 12% do tempo de vida do brasileiro. Mas atualmente, do jeito que estão as coisas, considerando que a nossa expectativa de vida pode aumentar e que a maioria dos trabalhadores é formada por pessoas que atuam no mercado formal, a idade correta de aposentadoria pode aumentar para 67 para homens e 68 para mulheres. Porque a mulher é que tem expectativa de vida maior, é ela que tem conquistado cada vez mais o mercado de trabalho, é ela que está trabalhando em excesso, elas são as heroínas no País, mas há esse fato de inversão.

O fator previdenciário que inibia a aposentadoria precoce foi derrubado, foi substituído pelo fator 85/95 que é progressivo até 90/100, mas os especialistas têm dito que isso é insuficiente. Qual é a idade mínima adequada que deva ser começado agora? O que se pode perceber é que IBGE mostra que existem 11,8 idosos para cada 100 pessoas em idade ativa, de 15 a 64 anos, mas em 2060, se isso continuar desse jeito, e não se fizer a mudança necessária, essa proporção sobe para 44 idosos para cada 100, isso significa que se inviabiliza a previdência e o próprio País. Então, a reforma exige a fixação de uma idade mínima, adequado seria que, uma vez que a equação é econômica também o total dos valores é o máximo que alguém pode retirar para usufruir para o período de aposentadoria, uma vez que tenha que contribuir com mais, mas nunca menos do valor que vai retirar no futuro, mais os gastos de manutenção do Estado, para criar

Gostaria que o Senhor explicasse se, nesse momento em que se traz à tona a reforma da Previdência em regime geral, também deveríamos voltar a discutir a Previdência pública ou essa já foi equacionada? É preciso olhar para a Previdência em bloco, tanto a dos servidores públicos quanto a de toda a população, necessitam ser debatidos. O fato de termos deixado uma ou outra tipologia de previdência também cria esse rombo financeiro existente. Para se ter uma ideia, do total de despesas que temos com a Previdência, é praticamente 17% das receitas totais federais vão para o pagamento da Previdência. Somente esse ano falamos de R$ 496 bi, se continuar assim, no ano de 2020 serão R$734 bi, isso tem um impacto gigantesco no volume de produção do País e significa que estamos, hoje, em proporção ao PIB estamos criando uma despesa de 8% do PIB, em 2020 será 8,43%. Então teremos cada vez menos investimento.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

6

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

www.jmijui.com.br

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

7

DECISÃO

STF proíbe a pílula do câncer no País

A chamada pílula do câncer está proibida no Brasil. O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu por 6 votos a 4 suspender a lei que garantia o uso da fosfoetalonamina sintética, desde abril a produção e distribuição do medicamento poderiam ser feitas sem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A legislação foi aprovada pelo Congresso nacional e aprovada pela presidente afastada Dilma Rousseff. O ministro relator do caso, Marco Aurélio Mello, recomendou a proibição da pílula do câncer. O ministro Luis Roberto Barroso concordou com o relator e disse que não há comprovação da eficácia da substância no combate ao câncer. “Sem a submissão da fosfoetalonamina sintética a todos os testes necessários não é possível aferir sua segurança, qualidade e eficácia, tampouco iniciar o processo de obtenção de registro como medicamento junto a Anvisa possibilitando-se sua comercialização. No estágio atual das pesquisas não há evidências científicas de que a substância tem efeitos positivos no combate ao câncer”, defendeu. A pílula do câncer foi descoberta pelo médico Gilberto Chierice na década de 1970, o pesquisador da Universidade de São Paulo

(USP) conseguiu curar camundongos com câncer de pele, entretanto, ainda não há comprovação de que ela trate o câncer em humanos. A ação julgada no STF foi movida pela Associação Médica Brasileira (AMB) que diz que além de não haver eficácia garantida, a pílula pode atrapalhar os pacientes em tratamento. “As pessoas têm que entender que tratar câncer é algo muito complexo, porque não falamos de uma doença só, são múltiplas doenças, e desde o início existia uma inquietação com uma leitura quase mística de que uma substância poderia tratar todos os tipos de câncer sem nenhum efeito colateral e com resultados excepcionais. É evidente que sempre que surge a possibilidade disso ser verdade cabe fazer investigação, não podemos partir do pressuposto de relatos de pessoas que tomaram e ficaram boas é o suficiente para garantir a segurança e efetividade do medicamento”, ressalta o oncologista e pesquisador do Hospital do Câncer Mãe de Deus, Stefano Stefani. Segundo ele, é sabido que cerca de 20% das pessoas em tratamento de câncer que tomarem placebo, as chamadas “pílulas de farinha”, dirão que estão se sentindo melhor, inclusive, em 3%

Fabio Franke

das pessoas que tomarem placebo o tumor diminuirá. “Ora, para sabermos se aquela substância que estamos recebendo é melhor, igual ou pior que placebo a única maneira de fazer isso é passar por teste clínico, não existe uma fórmula para fazermos isso”, acentua. “A ideia de poder atropelar todas essas rotinas e incluir substâncias sem avaliar explora muito o desespero das pessoas de querer acreditar, o que é justo, mas não podem imaginar que um placebo não tem nada a perder, porque pode, inclusive, acelerar o tumor, piorar a qualidade de vida e causar

Unimed adequa atendimento às regras Os beneficiários da Unimed Noroeste/RS passam a dispor da ampliação de canais de acesso nas solicitações de procedimentos e serviços de cobertura assistencial. A melhoria destinase especialmente àqueles que necessitam autorizações de urgência ou emergência fora do horário comercial de atendimento. Com esta inovação a Cooperativa Médica atende integralmente às normas estabelecidas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Além do atendimento presencial, em horário comercial, a Unimed também passa a disponibilizar atendimento telefônico 24 horas aos beneficiários que necessitam de encaminhamentos em caráter de urgência ou emergência, todos os dias da semana.Também será fornecido número de protocolo no início do atendimento ou logo que o atendente identifique tratar-se de demanda que envolva cobertura assistencial. “A Unimed Noroeste/RS prima pela excelência na prestação de serviços e empenha-se em satisfazer as necessidades de seus clientes, com menor burocracia e

Unimed atende resolução e qualifica atendimento a beneficiários

de acordo com as normas estabelecidas pela agência reguladora de planos de saúde”, aponta o superintendente Leandro Roberto Oss Zambon. Ele observa que a Cooperativa já havia ampliado os canais de relacionamento, tanto para atendimento presencial ou mesmo online, em Ijuí e nas principais cidades da sua área de ação. Em Ijuí, o atendimento presencial na Central de Autorizações e no setor de Relacionamen-

to com o Cliente permanece de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 18h. Casos de urgência, que necessitam de autorização, devem ser encaminhado sem qualquer horário pelo fone 3331-9700. As novas regras de atendimento prestado por operadoras de planos de saúde nas solicitações de procedimentos e serviços de cobertura assistencial estão em vigor desde o início desta semana.

uma série de transtornos clínicos.” Para o médico oncologista e coordenador do Centro de Alta Complexidade em Oncologia de Ijuí (Cacon), Fábio Franke, o mais importante é respeitar a segurança do paciente, porque toda medicação que não teve estudos comprovados e seus potenciais tanto positivos quanto negativos não forem conhecidos, não é recomendado o uso sem que haja testes clínicos em seres humanos. “É importante deixar claro de uma vez por todas

que não somos contra a substância, e, sim, a favor que os testes com as substâncias sigam os padrões de pesquisas internacionais a partir de dados sérios e então mediante essas conclusões utilizar a medicação”, afirma Franke. Segundo ele, até este momento os resultados de estudos realizados mostram baixa eficácia desta substância. “O mais prudente agora é fazer uma lei que obrigue que as substâncias sejam testadas antes de suas liberações”, finaliza.

Pesquisador defende atenção aos antibióticos A resistência aos antibióticos poderá matar em 2050 mais 10 milhões de pessoas por ano, ou seja, uma pessoa em cada três segundos, informa estudo divulgado em Londres, ontem. Nomeado pelo governo britânico para conduzir o documento sobre a resistência aos antibióticos, o economista Jim O’Neill destacou a necessidade de ações urgentes para evitar que a medicina preventiva regresse à Idade Média. “É preciso que isso se torne uma prioridade para todos os chefes de Estado”, afirmou O’Neill, citado pela agência de notícias France Presse, ao propor uma bateria de medidas para enfrentar o problema. O relatório apela à mudança drástica na maneira de utilizar os antibióticos, cujo consumo excessivo e a má utilização favorecem a resistência das chamadas “superbactérias.” O estudo preconiza o lançamento de uma vasta campanha para sensibilizar o público que ignora os riscos. Defende, ainda, a criação de um fundo de investigação; a forte redução da

utilização de antibióticos durante a fase de crescimento; ou, ainda, premiar com milhões de dólares o laboratório que desenvolver uma nova família de fármacos que substituam os antibióticos de forma eficaz. Desde o lançamento do estudo, em meados de 2014, mais de um milhão de pessoas morreram por infecções relacionadas com a resistência aos antibióticos, diz o documento. Ele estima que este balanço pode crescer muito, ao ritmo de mais 10 milhões de mortes por ano até 2050, ou seja, mais pessoas do que o câncer mata hoje. A eficácia decrescente dos antibióticos preocupa fortemente a comunidade científica. A Organização Mundial de Saúde (OMS) advertiu, em novembro, que o fenômeno representa um “imenso perigo” e que, se nada for feito, o planeta caminha para uma “era pós-antibiótica, na qual as infecções atuais podem recomeçar a matar.” A resistência aos antibióticos acontece quando uma bactéria evolui e se torna resistente aos antibióticos utilizados para tratar infecções.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

8

ANIVERSÁRIO

Rádio Jornal da Manhã comemora 20 anos Às 10h02 do dia 22 de maio de 1996 o radialista Adelar Amarante deu o primeiro bom dia da Rádio Jornal da Manhã. Ele recorda que anunciou a temperatura de 13 graus e falou “transmite-se em caráter experimental a Rádio Jornal da Manhã, o canal da informação”. A seguir anunciou a primeira música que tocou na Rádio JM, o consagrado bolero "Besame Mucho". Ele conta que a primeira equipe formada assumiu com a proposta de trabalhar por um radiojornalismo dinâmico e presente em todos os setores da vida da comunidade. “Entre as inúmeras transmissões, lembro das eleições municipais em 2006, que disputavam Valdir Heck e Ortiz Schröer, como também a primeira grande vitória do São

Luiz em 1997, na Copa Galego. Depois do São Luiz vencer o Glória em casa, transmitimos o jogo em Vacaria, e através da Rádio, convocamos a comunidade para preparar uma festa para o time”, conta Amarante. O coordenador técnico Gelson Palharini, que está na equipe da Rádio Jornal da Manhã desde o começo, acompanhou de perto a evolução tecnológica da Rádio JM. Ele lembra: "No início foi difícil, pois mesmo com uma equipe qualificada, não tínhamos a tecnologia que temos hoje, era tudo mais complicado. O sistema que não era informatizado, então comerciais e entrevistas eram todos feitos com fita em rolo. Na época da criação da Rádio, fazíamos mais transmissões externas, para mostrar nosso trabalho e a nossa proposta

de informar sobre tudo. Porém, na época, aconteceu a privatização da CRT, o que dificultou muito o nosso trabalho de externa, pois tínhamos que pedir linha na casa das pessoas. Eu percebo uma grande evolução daquele tempo para hoje, pois agora, a informação se tornou mais acessível, principalmente por conta da tecnologia, que nos auxilia em todos os procedimentos", comenta. Palharini conta que, no início, o sistema de transmissão era feito a quatro fios, e hoje, o equipamento Codec dá às transmissões externas uma resposta de áudio com a qualidade de uma gravação feita em estúdio. O repórter Carlos Aberto Padilha entrou na equipe no ano da fundação da Rádio, em 1996, e sempre atuou na editoria de esporte. Para ele, a preocupação sempre é primar pela informação correta e a instantaneidade. A cobertura esportiva é um dos trunfos da Rádio JM, que abrange todos os esportes, e no futebol, na condição de integrante da Rede Gaúcha Sat, conta com o reforço do time da Rádio Gaúcha. Em 20 anos, a Rádio JM conquistou um grande e fiel público de ouvintes que acompanha a programação em todas as horas do dia, e também de anunciantes, entre empresários e profissionais, que atestam a sua eficiência na promoção e difusão de seus negócios e serviços, como o empresário Felipe Gonçalves, ligado nos 1340 há 18 anos. “Quando a rádio entrou no ar, logo nos tornamos ouvintes e clientes, e desde então, acompanho diariamente os profissionais da rádio, e estou satisfeito com o retorno, porque tenho clientes

Empresário Felipe Gonçalves: ouvinte e anunciante da Rádio JM há 18 anos

Palharini (E) em transmissão externa, uma das marcas da Rádio JM

na região que chegam aqui na loja e falam que ouviram a propaganda na JM”, conta o empresário, que não perde, em especial, os programas Sul Encanto e o Linha Direta. Integrante do Grupo JM de Comunicação, junto com o Jor-

nal da Manhã, a revista Stampa e a Gráfica Cia de Arte, a Rádio Jornal da Manhã opera em amplitude modulada (AM), com 10 kilowatts, nos 1340 kilohertz, alcançando 100 municípios das regiões Noroeste e Missões, raio de 200 quilômetros.

Provas de tiro de laço prosseguem hoje, com R$ 15 mil em premiações

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

9

ENXAQUECA

Analgésicos podem piorar quadro da crise

A enxaqueca é uma doença de causa genética, ou seja, ela ocorre por alterações nos genes de cada pessoa que predispõe a predispõe a ter as crises típicas. Isso não quer dizer que todo o paciente com alterações em genes terá crises de enxaqueca sempre. Alguns terão mais e outros menos, mas é comum que haja histórico familiar entre essas pessoas. O médico neurologista Jeber Sartori El Ammar esclarece que cada crise é desencadeada por algum estímulo, de acordo com as especificidades de cada pessoa. “Consumo de bebidas alcoólicas, principalmente vinho tinto, em alguns pacientes, ingestão de determinados alimentos, por exemplo, alguns queijos contêm determinados aminoácidos, aquele tempero que é muito utilizado na cultura asiática, o glutamato monossódico, chocolates, são alguns exemplos que podem desencadear uma crise, mas não são a causa da enxaqueca”, explica Jeber El Ammar. O neurologista destaca a associação de problemas no fígado com as crises da enxaqueca como um dos mitos mais populares relacionados à doença. “Temos esse mito de um ataque de fígado porque mui-

tas vezes o paciente com enxaqueca tem náuseas e vômitos como sintomas, então quando ele está em uma crise o fato de vomitar faz com que alivie a dor, e isso é um mito”, esclarece. “Na verdade, a crise de enxaqueca decorre de estimulação de determinados centros neurológicos no sistema nervoso central, dentre eles o centro do vômito, então é muito comum ter náuseas e vômitos sendo isso, inclusive, um critério diagnóstico de enxaqueca. As pessoas associam isso a um suposto ataque de fígado que não tem relação nenhuma, é um mito popular.” As crises de enxaqueca podem ocorrer de forma episódica, que são até quatro crises esporádicas por mês, e as crises contínuas que podem ocorrer até três vezes por semana. “Nesse caso o tratamento é mais complicado e deve ser mais focado, porque esse paciente tende a abusar de analgésicos e na verdade isso só vai piorar o quadro dele”, salienta. Jeber El Ammar afirma que não há uma cura para doença, mas tratamento, assim como grande parte das doenças na medicina em geral e na neurologista. “Não tem cura porque é um defeito genético, são genes alterados. Ela tem tratamento,

que visa ou diminuir ou cessar o número de crises. Pacientes com enxaqueca poderão tê-la a vida inteira, mas a nossa

função como médico é tentar diminuir a frequência e a intensidade dessas crises. Cura não tem e, sim, controle”, finaliza.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

10

FINANCIAMENTO DA SAÚDE

Defasagem desafia gestão do SUS O Sistema Único de Saúde (SUS) faz parte de um dos maiores sistemas público de saúde do mundo e é o único a garantir acesso integral, universal, igualitário e gratuito para toda a população. O Sistema foi criado na Constituição de 1988, quando a saúde se tornou direito do cidadão. Os gestores do SUS, Ministério da Saúde (MS), em nível nacional, Secretaria Estadual da Saúde (SES), em nível regional, e Secretaria Municipal de Saúde (SMS), podem dividir funções, mas todos devem ser parceiros para garantir a saúde da população. Dentro deste universo de compartilhamento das responsabilidades do financiamento da saúde, um dos grandes gargalos é a defasagem da tabela SUS que tem desafiado as gestões, principalmente municipais. No Hospital Bom Pastor, referência no atendimento à saúde mental em Ijuí e na região, é realizada uma média mensal de 50 Autorizações de Internação Hospitalar (AiHs) clínicas, cirúrgicas e saúde mental, com um custo mensal de R$ 29.354,21; 55 Atendimentos Ambulatoriais de Média Complexidade, com custo mensal de R$ 1.212,78. Na outra ponta, os incentivos federais recebidos são de R$ 40.338,72/ mês e R$ 32 mil/mês de incentivos estaduais, para a Saúde Mental e Casa da Gestante, que, segundo Rosane Schiavo, ainda não foram pagos neste ano. O Centro de Atendimento Psicossocial de Adultos (Caps AD) recebe R$ 39.780,00 para realizar 1.740 atendimentos/mês e o Caps 1 R$ 32.130,00 para 1.410 atendimentos/mês. Questionada sobre o atraso de repasses e o valor que o HBP precisa injetar nos cofres para garantir a prestação de serviços, Rosane afirma que é realizada a realocação de receitas, além das campanhas comunitárias que ajudam a suprir o déficit. “Estamos mantendo igual o serviço, por isso que gera a crise dentro dos hospitais, porque há a necessidade de suprir essa falta com campanhas comunitárias e realocação de recursos. Essa situação dificulta muito a

A coordenadora de Saúde, Paula Betina, e a secretária, Márcia, apresentaram dados referentes ao Município

assistência, porque precisamos dispor o serviço, pagar a equipe de profissionais, para isso é preciso, inclusive, buscar recursos bancários”, afirma. Considerado referência em saúde tanto na região Noroeste, onde está inserido, quanto no Estado, o Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), enfrenta a pior crise financeira dos últimos 20 anos, segundo informação da assessoria. Além do atraso no repasse de recursos referentes a contratualização firmada entre o Estado e Hospital, a forma como os valores estão dimensionados é deficitária e, portanto, prejudicial aos filantrópicos e lucrativo para o governo. O HCI, por meio da assessoria de imprensa, informou que não revelaria valores porque o contrato com o Estado vence em breve, mas até o fim do mês os dados serão divulgados e frisou que o problema das instituições é o financiamento da saúde e a falta de pagamento dos convênios, em atraso desde 2015. No âmbito do Município, a situação se repete, que “em função dos atrasos no recebimento dos repasses do Estado (...) devem ser aplicados para garantir o acesso igualitário a demanda que necessita atendi-

mento no SUS. A obrigação do Município é aplicar 15% da receita em Saúde e Ijuí está aplicando 27%, em detrimento de outras prioridades”, conforme documento disponibilizado à reportagem pela secretária Municipal de Saúde (SUS), Márcia Boniatti.O orçamento anual da saúde no Município é de R$ 66.224,600 para garantir atendimento via SUS. Neste volume, R$ 20.662,300 (31,20%) vêm da União, outros R$ 7.923,000 (11,96%) do Estado e, a maior fatia, R$ 37.639,300 (56,83%) sai dos cofres do Município. “Esses valores já estão contratuados, firmados, já estamos oferecendo o serviço e recebemos os incentivos. Desde um curativo, verificação de pressão, cada procedimento tem um valor”, acentua Márcia. “Muitas pessoas estão deixando os planos de saúde e migrando para o SUS, muitas pessoas iniciam os tratamentos, principalmente os de alta complexidade, pelos planos de saúde e acabam caindo no SUS porque tem medicamentos e procedimentos que os convênios não pagam, e isso está enchendo o Sistema”, avalia a coordenadora municipal de Saúde, Paula Betina Prass.

Usuários do SUS relatam experiências Em seus 28 anos de existência, o Sistema Único de Saúde (SUS), conquistou uma série de avanços para a saúde dos brasileiros. Porém, há algum tempo o futuro desse sistema vem sendo debatido, com o objetivo de haver uma solução, ou então melhorias nesse setor, que pela atual conjuntura do País, está com déficit e sofrendo pela falta de repasses. No entanto, mesmo com essa crise da saúde, alguns usuários afirmam não ter problemas com o sistema, ressaltando que sempre foram bem atendidos pelo SUS, não precisando procurar atendimento privado. A usuária do SUS, Marelise Schmidt, destaca que acompanha o sistema desde a sua criação, e que desde então, sempre pôde contar com os serviços prestados. "Eu acompanho o SUS desde sempre, foi o único sistema que eu consegui ter acesso. Para mim é o melhor convênio que existe, pois é universal, um sistema que lhe atende

cmyk

em qualquer lugar do País", ressalta. Marelise ainda acrescenta que nunca teve problema com o SUS. "Eu nunca tive nenhum problema com o sistema, ao contrário, sempre consegui todos os meus exames e remédios, é preciso esperar um pouco sim, não adianta ir com pressa para marcar um exame, porém para mim, o atendimento sempre foi feito com excelência. Não vejo nenhum motivo para reclamar dos serviços prestados, tanto em consultas no SUS, como no próprio posto do bairro Jardim, que também me recebe muito bem", comenta. Outros usuários não demonstram tanta satisfação em relação ao Sistema Único de Saúde, alegando que diversas vezes não foram atendidos como deveriam. A dona de casa, Tânia Korb, também usuária do SUS, relata que um dos maiores problemas enfrentados é a espera pelo atendimento. "É complicado, pois a atual

situação da saúde não é das melhores, por conta disso, quando se vai ao SUS é necessário ter muita paciência, pois geralmente é preciso esperar por um atendimento que está com déficit. Eu tive uma experiência como essa quando a minha filha esteve com dengue, onde esperamos seis horas por atendimento e quando o médico lhe atendeu, alegou que o remédio que ela necessitava, o sistema não tinha, então eu teria que comprar", explica. Sobre atendimento, Tânia explica que a equipe tenta manter tudo sob controle, mas por conta da pressão, nem sempre consegue fazer isso. "Quem não tem condições de pagar por medicamentos ou consultas, acaba ficando sem, porque diversas vezes enfermeiras ou a equipe da recepção passam alguém na sua frente e se não reclamar, acaba ficando para trás. É um desrespeito total com a doença e com o ser humano", finaliza.

Nilton Kasctin dos Santos Promotor de Justiça

O que é ser líder Liderança nada tem a ver com chefia, gerência, diretoria, comando ou qualquer cargo que indica poder. Chefe, gerente, diretor, comandante, juiz, governador e assemelhados têm muito mais a ver com instituições, coisas e dinheiro do que com pessoas. Se as pessoas os seguem, fazem isso por dever de obediência, e jamais em razão de uma influência natural do chefe em relação ao seguidor. E por trás desse dever de obediência há todo um arcabouço legislativo que intimida e pune o desobediente, única forma de garantir o exercício efetivo do poder sobre pessoas ou grupos de pessoas. A um líder não se deve obediência. Quem o segue o faz de forma livre e espontânea. Outra diferença marcante: ninguém se transforma em chefe, diretor ou comandante de uma hora para outra; é preciso empenho para aprender muito até chegar a uma posição assim. Ser líder, ao contrário, é compatível com cada ser humano, rico ou pobre, estudado ou analfabeto. Bancos escolares, livros e diplomas são importantes para aperfeiçoar habilidades inerentes à liderança, mas por si sós não formam um líder. Então, qualquer pessoa pode ser líder? Sim. Sócrates ensinava que o saber está dentro de todas as pessoas. Ou seja, todos são potencialmente iguais no que diz respeito ao conhecimento. Entretanto, a maioria das pessoas passará pela vida sem manifestar o saber, que jaz adormecido no seu interior. E explicava o filósofo grego: é através do diálogo do discípulo com o mestre que o conhecimento se estabelece, servindo o mestre, portanto, não para ensinar, mas apenas para fazer despertar o conhecimento que está dentro de qualquer pessoa. Sócrates não se referia diretamente a liderança, mas seus ensinamentos tinham tudo a ver com o tema. Ninguém ensina ninguém a ser líder. Mestres, escola, cursos ou mesmo experiências de vida servem para fazer aflorar, desenvolver e aperfeiçoar a liderança que existe dentro de nós desde que nascemos, pois ela é um autêntico dom de Deus. Mas o que é preciso para que uma pessoa possa exercer a liderança na prática? É preciso ser um administrador eficiente. Não de uma empresa ou de outras pessoas, mas de si próprio, de sua vida, principalmente de sua liberdade. Como começa? Com uma atitude pessoal, apenas. Despertar a capacidade de ser líder equivale a sonhar, a desejar ardentemente fazer alguma coisa para transformar o mundo para melhor. Mas logo a seguir é preciso agir pessoalmente, assumindo a posição de líder de fato. Uma coisa importante deve ser observada: assumir posição de líder não é dizer aos outros que você agora é um líder, pois, se isso for necessário, então é porque você está muito longe de ser um líder. Na prática, assumir a posição de líder nada mais é do que passar a servir aos outros. Quando perguntaram a Jesus quem é o maior no Reino de Deus, o Mestre respondeu: “o mais humilde, aquele que se tornar como uma criança” (Mt 18.4); “o maior dentre vós será vosso servo” (Mt 23.11); “Eu sou como aquele que serve” (Lc 22.27); “o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir” (Mc 10.45; Mt 20.28). Sobre isso, observemos a lição de uma grande líder chamada Madre Tereza de Calcutá: “Quem não vive para servir não serve para viver”. O trocadilho resume a vontade de Deus em relação a nós. Deus quer que sejamos líderes no lugar e no tempo que ele nos deu para viver aqui na terra. Se não assumirmos nossa posição, se não exercitarmos o divino dom de liderança, que é servir, não valeu a pena ter nascido.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

11

QUEM PAGA A CONTA?

Usuários do SUS investem mais que governo

Nas três esferas dos governos federal, estadual e municipal, o gasto em saúde é menor que o das famílias brasileiras, é o que aponta a pesquisa Conta-Satélite de Saúde 2010-2013, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Dos R$ 424 bilhões gastos em bens e serviços relacionados à saúde em 2013, 55% foram despendidos pelas famílias. Em média, as famílias gastam, R$ 1.162,14 enquanto o governo gasta R$946,21. Este ano, os R$ 118,5 bilhões anunciados, valor de abaixo do ano passado, que foi de R$ 121 bi, já sofreram um corte de R$5,3 bilhões devido ao contingenciamento de verbas da União. De cortes em cortes, a população é quem acaba sofrendo com essas mudanças e insegurança de um auxílio básico, garantido pela Constituição à comunidade. O médico cardiologista, Bru-

no Wayhs, que estuda o Sistema Única de Saúde (SUS) desde a sua implementação e é membro da Associação Médica do Rio Grande do Sul (Amrigs), aponta que o principal problema do Sistema, desde a sua criação, é a insuficiência de verba. “Foi uma instituição criada, prevista na Constituição, que atende um direito fundamental e, segundo uma tendência mundial da época, era adotado como um sistema gratuito de saúde”. Porém, já se passaram 26 anos e muitas coisas mudaram, principalmente a economia do País, e a forma de gestão do SUS não acompanhou as mudanças. Ele explica que o SUS foi criado usando como referência outros sistemas de países como a Inglaterra, “porém, nunca se levou em consideração o dinheiro que se precisa investir para viabilizar”, defende.

Um dos pontos que ele destaca e que fazem com que a ideia de um sistema público de saúde deva ser gratuito é justamente a cultura. “Ninguém imagina que se deva falar em quanto custa isso (SUS), mas isso tem um custo e é alto". Outro problema que o SUS enfrenta diz respeito ao descontrole de demanda. Em 2014 se iniciou um processo de informatização das Estratégias de Saúde da Família (ESF) que, de acordo com a secretária de Saúde, Márcia Boniatti, foi instalado em quase todas as unidades, exceto na Penha e no Jardim, o e-SUS. Mas esse sistema não tem interligação com a unidade de atendimento 24h. Entre as soluções que a Amrigs aponta é incluir a coparticipação do usuário para que o Sistema continue atendendo, ou seja, o usuário poderia contribuir com

Bruno Wayhs, cardiologista, defende uma coparticipação do usuário

um valor que seria calculado conforme a sua renda. Wayhs defende que assim, o usuário acaba valorizando o auxílio à saúde que recebe. "Acredito que deva ter um tipo de par-

ticipação". Além dessa ideia, há ainda a questão do custeio, o governo deveria destinar 10% das receitas líquidas e atingir 8% do Produto Interno Bruto (PIB).

SUS teve 4,1 bilhões de procedimentos "SUS é direito do cidadão, garantia absoluta" Atualmente, a União é obriga-

da a investir na saúde, no mínimo, o equivalente ao investido no ano anterior mais o percentual de variação do Produto Interno Bruto (PIB). Já estados e municípios devem aplicar 12% e 15% respectivamente. O orçamento destinado para a saúde pública neste ano é de cerca de 118,5 bilhões de reais. Apesar do valor repassado pelo governo federal hoje ser 51% superior ao que era disponibilizado há cinco anos, quando o valor disponível era de R$ 75 bilhões, a conta parece não ser suficiente. Isso porque, em 2015, as diferentes estruturas públicas de saúde realizaram 4,1 bilhões de procedimentos ambulatoriais, que incluem curativos, pequenas cirurgias e primeiros socorros, ao custo total de R$ 17,7 bilhões. Apesar de muitos pequenos hospitais estarem com estrutura defasada, foi investido no ano passado R$ 1,3 bilhão na compra de equipamentos, como ultrassom, tomógrafo, incubadoras e máquinas para diagnóstico por imagem. Mesmo com o alto valor do investimento, 37 mil equipamentos do SUS que estão fora de uso no Brasil por defeitos ou falta de operação. Um levantamento do Conselho Federal de Medicina (CFM) revela que, nos últimos cinco anos, o Brasil perdeu cerca de 24 mil leitos de internação do SUS. Em 2010, o país dispunha

Mesmo com alto investimento, 37 mil equipamentos do SUS estão fora de uso

de 335 mil leitos. Já em 2015, o número caiu para 311 mil – o que representa uma queda de 13 leitos por dia. De acordo com mapeamento do órgão, uma das consequências da insuficiência nos leitos de internação é o aumento da taxa de mortalidade do Brasil. “Governos e municípios não estão conseguindo manter suas estruturas hospitalares, que estão cada dia mais sucateadas”, diz o relatório do CFM. Uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que já tramita em segundo turno de votação no plenário do Senado, pretende flexibilizar a aplicação de recursos estaduais e municipais hoje obrigatórios para as áreas de saúde e educação em outras despesas.

Na prática, a gestão das cidades e dos governos estaduais poderia usar livremente o valor arrecadado de impostos sem a obrigatoriedade de aplicar uma fatia fixa em saúde. Entidades ligadas ao setor calculam que se a PEC for aprovada, o SUS perderá cerca de R$ 80 bilhões por ano. “O risco é de desmonte expressivo dada a precária situação da saúde pública brasileira”, afirma a carta assinada pela Associação Nacional do Ministério Público de Contas, o Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais de Contas, a Associação Brasileira de Economia da Saúde, Associação Nacional do Ministério Público em Defesa da Saúde e a Associação Brasileira de Saúde Coletiva.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, voltou a afirmar que não mexerá na estrutura do Sistema Único de Saúde (SUS) e manterá o acesso universal a tratamentos. No início da semana, ele havia dito, que não há recursos para "sustentar o nível de direitos que a Constituição determina". Ele negou que vá reduzir o tamanho do sistema público. " Eu não falei sobre o tamanho do SUS, eu falei sobre Previdência. Essa é uma polêmica desnecessária. O SUS é um direito do cidadão, garantia absoluta", disse ele. Barros afirmou que pretende buscar a eficiência em sua gestão a frente do ministério para poder "fazer mais com menos recursos". Ele disse que a meta é investir na melhoria da saúde pública e explicou que a preocupação é com os gastos previdenciários. O que está se buscando, conforme o ministro, é uma gestão de qualidade visando dotar a rede pública dos melhores equipamentos e torná-la mais próxima do índice de bom desempenho das redes privada e de filantropia. “Estamos nos esforçando para isso”, assinalou. O novo ministro da saúde afirmou que não haverá mais dinheiro para a saúde e disse que se recuperar os R$ 5 bilhões cortados do orçamento da pasta já será uma vitória. Ricardo Barros diz que mais importante que a destinação de uma parte fixa do orçamento para a saúde é a gestão transparente

Ministro Ricardo Barros

dos recursos existentes. "Falarei diretamente com os prefeitos e vou motivá-los a esta missão de melhorar a gestão da saúde e copiar as boas práticas que o Brasil tem", declara o ministro da Saúde. Dados do Ministério da Saúde indicam que, em todo o país, o atendimento médico por meio do SUS gera uma demanda superior a 50% do mercado de equipamentos hospitalares e 90% do mercado de vacinas. Além disso, são feitas mais de 500 milhões de consultas médicas por ano; 3,2 bilhões de procedimentos ambulatoriais por ano e 1 milhão de internações.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

PARALISAÇÃO NAS ESCOLAS

Coodenadoria aciona MP para averiguar paralisação A semana foi agitada no âmbito do ensino estadual protagonizada pela adesão dos estudantes à greve dos professores definida pelo Cpers/ Sindicato. Em Ijuí, a Escola Técnica 25 de Julho e Ruyzão tiveram destaque no chamamento dos alunos para a causa. Na tarde de quinta-feira, a 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) entrou em contato com as 62 escolas de sua área de abrangência e traçar um panorama da greve na região. “Destas escolas, 50 estão trabalhando normalmente, e 12 escolas envolvidas no processo de paralisação, destas 10 parcialmente e duas, do município de Panambi, totalmente paralisadas”, revela o titular da pasta, Cláudio de Souza. Segundo ele, os educandários que estão parcialmente paralisados já sinalizam de retornar às atividades normais na próxima segunda-feira. Cláudio conta que foi

cmyk

procurado por pais de estudantes das escolas estaduais paralisadas que estão preocupados com a participação de menores de idade nas manifestações. “Estes pais tomaram a decisão de, a partir de segunda-feira, chamar os outros pais para conversarem e fazer esta ação com as escolas paralisadas”, afirma. Além disso, desde quintafeira acontece adesão de outros órgãos ao movimento de coibir a participação dos estudantes no movimento grevista, principalmente do Ministério Público. “Tivemos muitos alunos menores envolvidos em atos e protestos. Acredito que discutir toda a situação que estamos vivendo no País é um momento importante e isso se faz dentro da escola, realmente, mas temos que ter um cuidado muito grande com esses alunos. Deve ser feito, mas de forma organizada, e o secretário deixou claro que onde for comprovado, por meio de

EFA realiza primeira edição do Recreio Poético Incentivar a música, a poesia, a literatura e as demais formas de expressão artística na escola e na vida das pessoas. Foi pensando assim que o Centro de Educação Básica Francisco de Assis (EFA) realizou o primeiro Recreio Poético de 2016. Nesta edição que teve poemas de Pablo Neruda declamados por alunos do oitavo ano, a novidade foi ter sido ampliada também para a Língua Estrangeira Espanhola. Já o nono ano apresentou uma leitura dramática do texto "Traduzir-se " de Ferreira Gullar. O momento cultural findou com a apresentação da Orquestra

Escolar Paulo Rudi Schneider, que conta com treze alunos da Escola. Segundo a coordenadora da EFA, professora Rosana Barros, esta iniciativa deverá ocorrer várias vezes durante o ano, e tem a participação também de pais e professores. Recreios poéticos já estão inseridos na rotina da EFA há pelo menos quatro anos. "Sensibilizar as pessoas é imprescindível para a construção de uma sociedade que se quer mais justa. O texto literário tem este poder, seja ele em prosa, verso, dança ou canção", destaca a professora Rosana.

Cláudio de Souza

denúncias, e estamos recebendo muitas, participação de servidor público haverá responsabilização”, destaca.

12

Atividade cultural foi realizada por alunos da instituição de ensino


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

CONSELEITE

Aprovada remuneração por qualidade do leite Depois de uma manhã de debates entre produtores e indústria, o Conseleite aprovou ontem, durante reunião na Fenasul, em Esteio, a Tabela de Remuneração por Qualidade para o leite gaúcho. O documento está baseado no regramento da IN 62 e nas tabelas individuais das indústrias já aplicadas atualmente. Apresentada pelo presidente do Conseleite, Jorge Rodrigues, ela enquadra a produção em sete níveis distintos que levam em consideração quatro índices: CBT, CCS, gordura e proteína. Desta forma, a produção seria remunerada com base nos escores somados dessas quatro categorias com bonificações máximas de: 7% para CBT, 7% para CCS, 4% para gordura e 3,75% para proteína. Contudo, ficou definido que a tabela não será utilizada para composição dos preços do Conseleite nem será cruzada com

Reunião de ontem definiu novos valores de referência por qualidade

os dados mensais divulgados, funcionando apenas como uma referência para as empresas que não têm a sua e que desejem usála. Rodrigues alertou que a ideia é dar ao produtor parâmetros para que ele visualize desafios a serem superados para viabilizar remuneração adicional. “A tabela

não vai precificar o Conseleite”, garantiu Jorge Rodrigues. O preço de referência do Leite projetado para o mês de maio ultrapassou a casa de R$ 1,00. Segundo dados divulgados pelo O valor médio deve ficar em R$ 1,0091 o litro, 2,07% a mais do que o valor consolidado no mês de abril.

13

Vacinação contra aftosa está em ritmo lento A campanha de vacinação contra a febre aftosa começou oficialmente no Rio Grande do Sul no dia 2 de maio. A primeira fase da campanha, que prevê a distribuição de doses a produtores que possuem até dez animais, acaba no final do mês. No entanto, a falta de agilidade até mesmo na retirada das doses gratuitas preocupa as autoridades. "Existe um consenso de que a vacinação está muito lenta. Não sabemos o que aconteceu neste ano, se o produtor não entendeu ou não os critérios para o recebimento das doses gratuitas", afirma o coordenador regional de Agricultura, Emílio Stumm. "No caso de Ijuí, foram destinadas 5,6 mil doses só para os produtores registrados no município. Até ontem, nem mil doses haviam sido retiradas", conta Stumm. A lentidão na retirada de vacinas também é registrada nos demais 28 municípios que compõem a regional de agricultura sediada em Ijuí. Outro dado preocupante é que até mesmo a venda de vacinas nas casas agropecuárias credenciadas é considerada tímida. "As compras de doses estão muito tímidas

Emílio Stumm

em comparação com o ano passado. Realmente não sabemos o que está acontecendo, e a verdade é que já estamos preocupados com a baixa procura pela imunização", afirma o coordenador. A Coordenadoria Regional de Agricultura recebeu 35 mil doses da vacina, que se somaram as 27 mil doses remanescentes do ano passado. Com um rebanho estimado em 358 mil bovinos e bubalinos, os 29 municípios de abrangência da regional devem ter pouco mais de 17% dos animais imunizados gratuitamente.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo,21 e 22 de maio de 2016

DÍVIDA COM UNIÃO

Deputado debate renegociação O deputado Gabriel Souza (PMDB) esteve em Brasília para uma reunião com o novo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, para tratar da renegociação da dívida do Rio Grande do Sul com a União. O parlamentar justificou a urgência do encontro tendo em vista que o prazo dado pelo STF para o julgamento dos mandados de segurança que discutem os termos da repactuação da dívida encerra no próximo mês. Durante a reunião, o ministro Eliseu Padilha informou ao deputado que, juntamente com os ministros da Fazenda e do Planejamento, faz parte do comitê de alto escalão que está tratando do tema no Governo Federal. Além disso, há um grupo técnico já em contato com os estados para fechar algumas propostas que

serão encaminhadas ao comitê para avaliação no final do mês. Segundo o deputado, que solicitou prioridade para o assunto, esta renegociação está sendo tratada com a devida atenção pelo ministro que também é sabedor da importância que o tema tem para a busca do equilíbrio financeiro do Rio Grande do Sul. Ontem o ministro do Planejamento, Romero Jucá, sinalizou que o Tesouro Nacional poderá conceder um prazo de carência para o pagamento do valor principal e dos juros da dívida. Segundo apurou a reportagem, o governo deverá exigir como contrapartidas medidas mais duras e pretende deixar claro que é uma ação emergencial para resolver o problema de curto prazo de fluxo de cai-

Ações da Criatec serão debatidas em sessão A coordenadora da Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica (Criatec), Maria Odete dos Santos irá participar da sessão desta segunda-feira. A presença da equipe da Criatec tem como objetivo apresentar aos vereadores o trabalho desenvolvido pela Incubadora e a contribuição da Criatec para o desenvolvimento do município. O assunto foi debatido na reunião das Comissões na tarde de ontem, a qual foi presidida pelo

vereador Marcos César Barriquello (PDT), e na ocasião foi definido um projeto e um veto para serem votados na sessão de segunda-feira. O projeto que irá a votação regulamenta a concessão de títulos de utilidade pública às entidades de assistência social, culturais e filantrópicas. Já o veto a ser votado na sessão é referente ao projeto que cria o programa Adote um Bem Público no âmbito do município de Ijuí,

Os vereadores estiveram reunidos na tarde de ontem

Ministro Eliseu Padilha recebeu o deputado Gabriel Souza (PMDB) ontem

xa dos governos estaduais. A proposta de socorro, enviada ao Congresso Nacional pela equipe econômica da presidente afasta-

da Dilma Rousseff, terá que ser modificada. O governo federal quer, no entanto, evitar o termo "moratória" para as negociações

Governo quer garantir veto de reposição aos servidores Em meio ao mal-estar institucional gerado pelas manifestações do governador José Ivo Sartori, que na quarta-feira confirmou o veto aos projetos de reposição salarial de 8,13% aos servidores de poderes e instituições, deputados de oposição e de situação projetam como será o placar de análise dos vetos no plenário da Assembleia. Com a aprovação das propostas por 34 parlamentares, há indicativo de que a derrubada dos vetos está garantida. Mas como em política não imperam a obviedade ou a lógica e o Executivo promete entrar em campo efetivamente, alguns deputados acreditam que não se pode descartar a manutenção dos vetos, apesar daforte pressão de representantes dos poderes. Para garantir a derrubada, são necessários, no mínimo, 28 votos. Neste caso, contam a favor do governo não apenas os votos de deputados presentes em plenário, que sustentem a posição de Sartori, mas também ausências e abstenções. A expectativa é a de que o governador utilize o

Goverandor José Ivo Sartori

prazo total de 15 dias a que tem direito para manifestação, isto é, a publicação dos vetos no Diário Oficial do Estado. Considerando o tempo de trâmite dos vetos na Assembleia, que envolve a análise em instâncias como a Comissão de Constituição e Justiça antes do envio ao plenário, o desfecho deve ser conhecido apenas em agosto.

AL abre debate sobre governança no setor público Com o tema Governança aplicada no setor público - mecanismos para a construção de uma gestão pública mais eficaz, a Assembleia Legislativa retomou a realização do Fórum dos Grandes Debates, que se propõe à discussão de temas de relevância para o Estado. A presidente do Parlamento,

cmyk

deputada Silvana Covatti (PP), abriu o evento lembrando suas próprias palavras ao assumir a presidência, em fevereiro, quando se comprometeu a tornar o Legislativo ainda mais eficiente e cada vez mais afinado com as práticas da moderna gestão. “Quero que sejamos irradiadores, como referência para outros

colegiados legislativos”, disse a deputada na ocasião. Silvana destacou o pioneirismo da iniciativa entre os parlamentos do país e a preocupação em oferecer à população serviços públicos mais eficientes, especialmente diante de um cenário de enormes dificuldades financeiras.gerar prejuízos.

O superintendente-geral da Assembleia Legislativa, Luiz Fernando Rodriguez Junior. registrou o ineditismo da iniciativa nos parlamentos do país. Conforme o superintendente, em dez anos, a Assembleia deixou de contar com mais de R$ 1,4 bilhão do Orçamento do Estado.

14

ALEXANDRE GARCIA Jornalista

A VOLTA Está de volta o verde-e-amarelo, que sempre esteve em nossa bandeira desde a Independência. Só tivemos vermelho quando éramos submetidos a uma potência colonizadora. E está de volta o Ordem e Progresso, inscritos no centro do verde-e-amarelo na Proclamação da República. Está de volta a soberania, no Itamaraty, e os ossos do Barão do Rio Branco voltam a descansar em paz - já não nos submetemos ao atraso bolivariano. Está de volta o MEC, Ministério da Educação e Cultura, sem o marxismo que nunca deu certo em lugar nenhum. Está de volta o ensino civilizatório e não o retrocesso do primarismo. Estão de volta ao Ministério dos Transportes os portos e a aviação; de volta ao Ministério da Justiça os direitos de todos, em lugar da ditadura do politicamente correto, e de volta mais meios para a Polícia Federal combater corruptos. De volta o Gabinete de Segurança Institucional, com o General Etchegoyen para se contrapor ao General Stédile. De volta a preocupação com contas públicas equilibradas, de volta a transparência para os bancos públicos. De volta o pragmatismo moderno em lugar da ideologia ultrapassada. Está de volta a Língua Portuguesa - o que assumiu não é um presidento. De volta o respeito às instituições e ao livrinho. De volta a esperança. A presidente afastada saiu denegrindo a imagem do país. Convocou correspondentes para contar que somos uma república-de-bananas; deu entrevista em Nova Iorque dizendo isso; tratou de difundir nos governos estrangeiros a versão estapafúrdia de que estava havendo um golpe, uma fraude, praticada pelo Supremo e pelos representantes do povo. Um golpe em que ela viaja para os Estados Unidos e deixa em seu lugar o vice “golpista”. Seria risível se não estivesse cometendo uma lesão à imagem do país. Virou página triste da História, um modelo explícito de governo que combinou o binômio incompetência-corrupção - que é substituído pelo óbvio Ordem-eProgresso. Ter dado um basta no binômio incompetência-corrupção foi decisivo. O país se livrou, mais uma vez, por suas próprias forças, da ameaça do abismo. Mas também é importante o que virá. Os votos que elegeram Dilma foram os mesmos votos que elegeram Temer. E os votos dos representantes do povo e dos estados, seguindo votos do Supremo Tribunal Constitucional, corrigiram o rumo torto, depois que milhões de brasileiros, no exercício direto de democracia direta, foram às ruas exigir, como em outras vezes, um basta no desgoverno e na corrupção. Somente numa democracia tira-se assim um governo inepto. Fora disso, seria golpe. Não foram apenas os mesmos votos. Os partidos no poder no governo Temer, à exceção do DEM e do PSDB, são os mesmos PMDB, PR, PP e PSD que apoiaram Lula e Dilma. O Ministro da Fazenda é o mesmo com que Lula sonhava para Dilma. Sarney Filho, Helder Barbalho, Geddel Vieira Lima, Eliseu Padilha, Gilberto Kassab, Henrique Eduardo Alves, Romero Jucá, integravam o governo Lula ou o governo Dilma. Por isso, alguns ainda terão que responder à Lava-Jato. Só saiu o PT. E entraram dois representantes do PSDB e do DEM.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

OPERAÇÃO JANUS

PF mira pessoas próximas a Lula e Odebrecht A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã de ontem uma operação para investigar pessoas ligadas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por prática de tráfico de influência. Informações revelam que o "sobrinho" de Lula, Taiguara Rodrigues dos Santos, está entre as pessoas que foram levadas a depor. Ele é filho de Jacinto Ribeiro dos Santos, irmão da primeira esposa do ex-presidente. O foco da operação batizada de Janus é apurar se contratos da construtora Odebrecht com a empresa de engenharia em nome de Taiguara dos Santos foram utilizados para o pagamento de vantagens indevidas. Segundo a investigação, a empresa de construção civil foi contratada pela empreiteira para reformar o complexo hidrelétrico de Cambambe, na Angola. A obra recebeu um financiamento do BNDES no valor de US$ 464 milhões.

No total são quatro mandados de busca e apreensão, duas conduções coercitivas

Os agentes federais cumprem quatro ordens judiciais de busca e apreensão, duas de condução coercitiva (quando a pessoa é obrigada a depor) e 5 intimações na cidade de Santos, em São Paulo. De acordo com a PF, o nome da operação é uma referência ao

Deus romano Janus (ou Jano). "A menção à divindade latina de duas faces, que olha ao mesmo tempo para o passado e para o futuro, quer mostrar como deve ser realizado o trabalho policial, sempre atento a todos os lados e aspectos da investigação", diz a nota oficial.

Janot quer investigar cúpula do PMDB O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de inquérito contra integrantes da cúpula do PMDB para apurar suposto pagamento de propina na construção da usina de Belo Monte. Os alvos são o ministro do Planejamento, Romero Jucá, o presidente do Senado, Renan Calheiros, e os senadores Valdir Raupp e Jader Barbalho. Janot solicitou que eles passem a figurar como investigados

em inquérito no STF, que já apura a suposta participação do senador Edison Lobão. A linha de investigação tem como base as delações premiadas do exsenador Delcídio do Amaral e de Luiz Carlos Martins, ligado à construtora Camargo Corrêa. Delcídio ainda afirmou que os ex-ministros Erenice Guerra, Silas Rondeau e Antônio Palocci desviaram pelo menos R$ 45 milhões dos cofres públicos diretamente para as campanhas do PT e do PMDB em 2010 e 2014.

Rodrigo Janot

Cunha recua e consultará advogados Um dia após anunciar que voltaria a ocupar seu gabinete na Câmara na próxima segundafeira o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) recuou da declaração e disse que antes vai consultar os advogados e avaliar a conveniência de voltar a frequentar a Casa. O peemedebista alegou que a declaração, feita logo após o depoimento de quase sete horas no Conselho de Ética, foi uma resposta a quem dizia que ele estava proibido de pôr os pés na Câmara por estar suspenso pelo Supremo Tribunal Federal (STF). "Segunda foi forma de expressão. E não irei antes dos advogados me posicionarem claramente sobre o que posso ou não fazer.

Se houver dúvidas, vou pedir que peticionem ao STF", afirmou. Apesar de afastado, o peemedebista mantém o gabinete parlamentar funcionando, assim como algumas prerrogativas, como carro reserva da Presidência, salário integral, segurança da Polícia Legislativa e uso da residência oficial da Câmara. Cunha disse que não está proibido de voltar a Casa, que ao declarar que voltaria ao gabinete na próxima semana, não seria para trabalhar porque isso poderia ser interpretado como uma afronta à decisão do STF. Ele ressaltou que só voltará a frequentar a Câmara "dentro do estrito respeito à decisão" da Corte. "Pode até não ser semana que vem", completou.

Nesta quinta-feira, o peemedebista informou que estaria de volta à Câmara na segunda-feira. Questionado se poderia frequentar seu gabinete, o peemedebista afirmou que estava suspenso do exercício do mandato e não do mandato. Aliados de Cunha revelaram que o peemedebista, mesmo articulando e negociando cargos no governo da residência oficial, estava começando a se sentir isolado e longe da movimentação do Congresso. Hoje, líderes partidários concluíram que Cunha desafiaria a Justiça ao voltar a Casa. "Não tenho dúvida de que é provocação, desobediência total à ordem judicial", avaliou o líder do PPS, Rubens Bueno (PR).

15

Renan chama delação de Delcídio de delírio Após o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedir a abertura de mais um inquérito sobre o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o peemedebista reagiu com uma nota pública, alegando que as imputações são "interpretações subjetivas" e "delírio". "Todas as imputações envolvendo o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) são por ouvir dizer ou fruto de interpretações subjetivas. O delírio do ex-senador Delcídio Amaral, por exemplo, é por 'fazer parte do time do Sarney'", diz a nota. O presidente do Senado se colocou à disposição para esclarecimentos. Janot pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a inclusão do ministro do Planejamento, senador licenciado Romero Jucá (RR), e de Renan, ambos do PMDB, no inquérito que apura um esquema de pagamento de propina na obra da hidrelétrica de Belo Monte, no Pará. A investigação é a mesma da qual é alvo o ex-ministro de Minas e Energia Edison Lobão (PMDB-MA).

Renan Calheiros

Todos os congressistas foram citados nas delações do exsenador Delcídio Amaral e do ex-executivo da Camargo Correa, Luiz Carlos Martins. Ambos revelaram que os peemedebistas recebiam propina de um esquema específico em Belo Monte. Caso a inclusão aconteça, esta será a 12ª investigação sobre Renan Calheiros no STF.

Ministro promete manter Minha Casa Minha Vida O ministro das Cidades, Bruno Araújo, afirmou, em nota ontem que tem compromisso com a continuidade do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), mas que está sendo "cauteloso" para avaliar a meta que o governo do presidente interino, Michel Temer, estipulará na terceira do programa. O ministro afirmou que iria rever a meta de contratar 2 milhões de moradias até 2018, seguindo plano do governo da presidente afastada Dilma Rousseff. "Estamos em um momento de transição, em hipótese alguma neste momento falaríamos em uma suspensão do programa Minha Casa, Minha Vida. O que estamos fazendo é sendo cautelosos, avaliando o que nos permite prometer para que não possam

ocorrer falsas esperanças, iremos trabalhar arduamente para que possamos fazer o melhor para a população brasileira", disse o ministro. Araújo afirmou que a terceira etapa do programa está submetida a um processo de "aprimoramento". Estimou em 40 dias o tempo necessário para fazer um raio-X da principal vitrine do ministério e de outros programas nas áreas de mobilidade e saneamento. Durante esse período, novas contratações não serão feitas. Na nota, o ministro disse que garante a continuidade do Minha Casa e que os programas sociais são prioridade do governo Temer. Ele voltou a dizer que o programa passará por um "aprimoramento" e que, se a economia permitir, haverá ampliação.

Ministro foi um dos deputados que votou na Câmara pelo afastamento

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

16

São Luiz precisa somar pontos O São Luiz enfrenta o Caxias hoje no Estádio Centenário pela primeira rodada do segundo turno dos pentagonais da Divisão de Acesso. Se quiser continuar vivo na competição o Rubro terá que voltar da Serra Gaúcha com três pontos ou pelo menos um. O técnico Jair Galvão tem consciência do caráter decisivo da partida. " Temos ainda quatro partidas. Todos falam que se empatarmos estaremos fora, Não vejo desta forma. Se isso acontecer daremos um salto grande para buscarmos duas vitórias dentro de casa e jogar o confronto decisivo contra o Esportivo. No futebol atual não existe resultado impossível para qualquer equipe desde que você tenha foco e esteja determinado a conquistar as tuas vitórias", destacou Jair Galvão. O treinador vai mudar o time. O atacante Hyantony deve ganhar a vaga de Gilmar Couto e Vinicius Chimbica pode ser o substituto de John Lennon também no setor ofensivo. No meio-campo existe a possibilidade da volta do meia Anderson Ijuí com a saída de Marcus e na zaga, Douglão pode entrar no lugar de Uillian Nicoletti. Paulo Baier não treinou ontem pela manhã no Ginásio de grama sintética Golden Ball, mas não deve ser problema. O meia permaneceu no Estádio 19 de Outubro realizando tratamento para dores na perna em razão de

uma pancada sofrida no empate de quarta-feira com o Caxias. O time grená não terá o meia Cleiton, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Diego Miranda será o substituto. No ataque, Marlon e Anderson Feijão disputam uma vaga no lado esquerdo. O atacante Jajá, lesionado, segue fora da equipe. Se vencer, o Caxias pode abrir seis pontos para o São Luiz, o terceiro colocado, a três rodadas do

CAXIAS

final da segunda fase e encaminhar a classificação para o quadrangular final. A comissão técnica grená acredita que com 14 pontos o time se garante entre os quatro melhores

do Campeonato. O jogo diante do São Luiz, é encarado como uma decisão. Nicolas, ex-Rubro, segue como titular na equipe treinada por Beto Campos.

SÃO LUIZ

Marcelo Pitol; Josemar Sherek; Gian Zé Leandro Geninho Bronzatti Lacerda Uillian Nicoletti Juliano Tatto; (Douglão) Ramon Flavinho; Fidélis Marcus (Anderson Clebinho Ijuí) Diego Miranda Julio Cesar Anderson Feijão LIBERTADORES Rodrigo Sirena (Marlon); Paulo Baier; Ontem,9.3. Nicolas 8 Chimbica Grupo Técnico: Beto 1 x 2Hyantony Cobresal-Chile Santa Fé-COL Campos Jair Cerro Porteño-PAR Técnico: 3 x 2 Corinthians Galvão

Grupo 2

Rosario Vinicius Central-ARG Árbitro: Amaral com4 osx 1 River Plate-URU assistentes Jorge Eduardo Bernardi e Michael Stanislau. Palmeiras 1 x 2 Nacional-URU Local: Centenário, em Caxias GrupoEstádio 6 do Sul. 1 x 1 San Lorenzo-ARG Grêmio Início:15h. Data: 21.5.2016.

Time do São Luiz muda mais uma vez. Treinamento de ontem foi em gramado sintético

Divisão de Acesso

Estádio Centenário-Caxias x São Luiz15h-apito de Vinicius Amaral Amanhã, 22.5 Estádio Vermelhão da Colina-União x Esportivo-15h-apito de Jonathan Pinheiro Jogos que restam para o São Luiz 22.5- Caxias x São Luiz-15h 26.5-São Luiz x Tupi-15h30 29.5-Esportivo x São Luiz-15h30 5.6-São Luiz x União Frederiquense15h30

Sexta rodada dos pentagonaissegunda fase Amanhã,22.5. Chave C Estádio dos Eucaliptos-Avenida x São Gabriel-15h30-apito de Anderson Farias Estádio Edmundo Feix-Guarani-VA x Brasil-Far-15h30-apito de Daniel Bins Chave D Hoje, 21.5

CLASSIFICAÇÃO DA DIVISÃO DE ACESSO Grupo C

Grupo D

TIMES

P

J

V

E D GP GC SG

TIMES

P

J

V

E D GP GC SG

Brasil-Fa Pelotas Guarani-VA São Gabriel Avenida

9 8 4 3 2

4 4 4 4 4

3 2 1 0 0

0 2 1 3 2

União Frederiquense Caxias São Luiz Esportivo Tupi

9 8 5 4 1

4 4 4 4 4

3 2 1 1 0

0 2 2 1 1

cmyk

1 0 2 1 2

8 3 1 3 2

3 1 4 4 5

5 2 -3 -1 -3

1 0 1 2 3

6 4 3 3 0

1 0 5 5 5

5 4 -2 -2 -5

Renato Marsiglia renato.marsiglia@tvglobo.com.br

GRÊMIO x FLAMENGO Escalado pela TV GLOBO, comentei na quarta-feira Flamengo 1 x 2 Fortaleza pela Copa do Brasil no Rio de Janeiro. Saiu barato para o rubronegro. Está sem técnico (Muricy Ramalho teve uma arritmia cardíaca), sem time e sem direção, pois o presidente do clube vai comandar a delegação brasileira na Copa América. A ruindade impera, já descontado do fato de ter jogado sem Paolo Guerreiro. Esta chance de somar três pontos contra um grande do futebol brasileiro não aparece a todo o momento. Não dá para desperdiçar. SÃO PAULO X INTERNACIONAL Menos sorte tem o Inter nesta rodada ao ter que enfrentar o time do Morumbi lá em São Paulo. Depois de um início claudicante e uma desclassificação trágica no Campeonato Paulista para o Audax por 4 x 0, o time do treinador Edgard Bauza "pegou no breu", e já está nas semifinais da Libertadores, eliminando o Atletico-MG dentro do Estádio Independência. Pelo contexto deste jogo e depois de empatar com a Chapecoense no Beira-Rio, voltar com um pontinho do Morumbi, será um ótimo negócio. Vitória então, será uma bênção divina ! DESFALQUES DE SELECIONÁVEIS Os clubes estão incomodados com as convocações de seus jogadores estrangeiros para a Copa América. Ora, quando saem para contratar atletas de nome para reforçar seus times e dar uma satisfação para a torcida, os cartolas sabem que muitos deverão ser convocados para as competições oficiais sem que nada possam fazer para impedir. Impossível não conhecerem as leis que regem o futebol internacional. Consequentemente, parem com este "chororô" e tratem de trabalhar com um mínimo de competência. FUTEBOL ESPANHOL Muitos criticam o futebol da Espanha, considerando que apenas Real Madrid e Barcelona possuem qualidade. Ilusão de ótica, ignorância futebolística ou as duas coisas ao mesmo tempo. O Atlético de Madrid está na final da Champions League e foi campeão espanhol há dois anos.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

17

DOIS TOQUES

AIF joga contra o líder da chave Carlos Alberto Padilha

esporte@jornaldamanhaijui.com COMANDANTE- Muito se fala sobre a importância dos técnicos no futebol. O São Paulo, após um começo complicado de Libertadores da América, eliminação no Paulistão e jogadores irregulares, acertou seu time, foi subindo de produção e agora é semifinalista da competição sul-americana. Esta reação passa pelo trabalho do comandante técnico, Edgardo Bauza, o treinador argentino que conhece como poucos a Libertadores da América. O São Paulo sempre foi um clube com uma cultura de toque de bola, de futebol vistoso, mas na Libertadores 2016 incorporou uma outra forma de jogar, forte na marcação, mais competitivo, encarnou o espírito do seu treinador. Os são-paulinos enfrentarão nas semifinais o Atlético-Nacional-COL, o melhor time da competição e que superou a boa equipe do Rosario Central em grande jogo, com vitória de 3 a 1, em Medellin, na última quintafeira. O Boca Juniors que eliminou o Nacional-URU nos pênaltis, com vitória de 4 a 3, após empate de 1 a 1 em La Bombonera no jogo de volta espera o ganhador de Pumas (MEX) e Independiente del Valle (EQU). DISPUTA-O Ijuí Drones joga hoje, às 14h no Estádio Presidente Vargas, contra o Santa Maria Soldiers, pela segunda fase do Campeonato Gaúcho de Futebol Americano. Se a equipe do head coach, Eduardo Mundstock conquistar a classificação para as semifinais deve pegar o Juventude FA de Caxias do Sul, primeiro colocado da classificação geral. O Campeonato tem amanhã às 14h em São Leopoldo, Porto Alegre Pumpkins e Restinga Red Kulls. SEGUNDA FASE- O São Luiz tem mais uma decisão hoje diante do Caxias. Vai precisar de muita superação para voltar com os três pontos do Estádio Centenário. Jair Galvão promete um time ofensivo. Será queGRÁFICO: não é GRxxxxx jogo para o garoto Ferreira?ASSUNTO: O time vai precisar ser TAMANHO: DATA: muito equilibrado. ORIGINAL: GRAFFO BRASILEIRÃO SÉRIE A

BRASILEIRÃO 2016 2ª RODADA

x

Palmeiras

Fluminense

x

Santa Cruz

18h30

Cruzeiro

x

Figueirense

21h

Atlético-PR

x

Atlético-MG

11h

Santos

x

Coritiba

11h

Chapecoense

x

América

16h

22/5

21/5

Ponte Preta

FONTE

cbf

16h

Vitória

x

Corinthians

16h

Grêmio

x

Flamengo

16h

São Paulo

x

Internacional

16h

Sport

x

Botafogo

18h30

A Associação Ijuí Futsal (AIF) tem pela frente hoje às 20h no Ginásio de Esportes Édio Stoll, o ECC Horizontina Futsal, líder da chave 2 do Estadual, Série Bronze com 10 pontos. A equipe ijuiense, que tem oito pontos e ocupa a segunda posição, quer chegar à primeira colocação. Por isso trabalhou com muita seriedade durante a semana. O técnico Jacques Schultz priorizou na terça e quinta-feira os treinamentos para melhorar o sistema de marcação com o goleiro-linha do adversário. O ataque e a defesa foram a tônica dos treinos. A equipe joga desfalcada do pivô Maurício, vice-artilheiro do Campeonato e que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Quem retorna de suspensão é o ala Fernandinho, que não enfrentou o Guarani de Camargo,

na vitória de 5 a 2, no último sábado, em Ijuí. O treinador definiu o time com: Maicon; Marcinho, Pablo, Fernandinho e Ivan. O ECC Horizontina Futsal, do técnico Marcelinho, tem jogadores experientes, entre eles Zalamena e Maikinho. A equipe está invicta na Série Bronze após quatro rodadas com um empate e três vitórias. No último sábado venceu o Palmeira Futsal em Palmeira das Missões por 5 a 2, gols de Hiti e Cristhian (duas vezes cada) e Maikinho. A classificação do grupo 2 tem Horizontina Futsal com 10 pontos, Ijuí Futsal com 8, Cometa de Jaboticaba, Marauense de Marau e Jaqtáqvá de Chapada com 7. Em 6º lugar o SERCCA de Casca com 6. Em 7º o Guarani de Camargo com 4, em 8º o Palmeira Futsal com 3 e na lanterna o Cerro Largo com 2.

Marcinho, Maurício e Pablo comemoram um dos gols da AIF diante do Guarani

A rodada tem estes jogos hoje às 20h: SERCCA x Cometa; Lá Máquina x União Independente; ADCH (Salto do Jacuí )x Palmeira Futsal, Uruguaianense x ACF; UFSM x ASF; Horizontin

Futsal x AIF; AMF x Jáqtáqvá; Cerro Largo Futsal x Palmeira Futsal; APF x Atlético Candelariense; Maxxy Candeias x Expresso; Nadas Branco x AMSM; e Cerro Branco x Parobé Futsal.

Ex-zagueiro Sandro Becker visita a Escolinha CFE Ijuí O ex-zagueiro do Inter , Flamengo e futebol alemão, Sandro Becker, esteve na cidade na última quinta-feira para uma visita à Escolinha CFE Ijuí onde mantém uma parceria. Ele, que atua como representante de jogadores, tem um moderno Centro de Treinamento em Três Passos, em uma iniciativa com o Três Passos Atlético Clube (TAC). Antes de lançar o projeto, Sandro chamou os professores de educação física ijuienses Rodrigo Aozani, Osmar Laureano e Paulo Roberto Wissmann para falar sobre a ideia que dá oportunidade aos meninos da região. Natural de Três Passos, Sandro Becker foi cedo, aos 15 anos em 1986 para as categorias de base do Inter em Porto Alegre. " Prá mim foi muito difícil ter essa chance de jogar futebol.

DE PRIMEIRA

Estamos falando de épocas diferentes. Sei que não existe um trabalho de formação assim de um nível mais alto. Temos Inter e Grêmio e Juventude. Conheço o Ivoti também e mais algumacoisa relacionada ao Progresso de Pelotas. Acredito muito na cultura que temos aqui, com alemães e italianos". O ex-atleta disse que o sonho do CT demorou 22 anos para sair do papel. Sediada em Três Passos, a Escolinha disputa competições estaduais Sub15 e Sub-17. O ex-zagueiro do São Luiz, Serginho, atua como gerente e Amauri Knevitz, exjogador do Inter treina uma das categorias. No Centro de Treinamento trabalham 14 funcionários. Os vestiários estão praticamente prontos, mesma situação da acade Placa x CFE Ijuí.

DISTRITAL VETERANOS COPA DUNGA A sexta rodada da 19ª Copa Dunga de Futebol Sete para Menores será disputada hoje a partir das 13h30 com estes jogos: no campo do Serviço Social do Comércio em Ijuí, infantil, Nova Ramada x Grêmio Moisés Lucarelli Mareli; mirim, Grêmio Mareli x Nova Ramada; infantil, Tio Raulino de Oliveira Mazzaropi x Grêmio Central Tur; Mineirão fraldinha,Grêmio Dimicron x São Arena da Baixada Luiz; pré-mirim,Olinto de Oliveira Vila Belmiro x Grêmio Dimicron; mirim, Tio Arena Condá Mazzaropi x E.C.Ijuí;campo da Barradão AABB,infantil,EscolinhadeFutebol Arena do Grêmio x Falabretti FC; mirim, União FC x Morumbi Falabretti FC; infantil,Gol de Placa Ilhaxdo Retiro FC;fraldinha, Gol de Placa União x CFE Ijuí; pré-mirim,Gol de Placa Laranja x CFE Garra; e mirim,Gol

Os jogos semifinais do Campeonato Distrital de Futebol Veteranos de Ijuí serão disputados amanhã no campo do Flamengo da Linha 11 Norte, equipe de melhor campanha na primeira fase. Na primeira partida às 13h45 se enfrentam Santana e Flamengo de Colônia Santo Antônio; e às 15h30, Flamengo da Linha 11 Norte x Farroupilha de Floresta. Os vencedores decidem a competição.

MUNICIPAL SÊNIOR O Campeonato Municipal de Futebol Sênior de Ijuí tem uma partida amanhã às 10h no Estádio Bertholdo Christmann. Se enfrentam as equipes da Afumisa/Climaq e Corinthians.

Professor de Educação Física Paulo Wissmann e o ex-zagueiro Sandro Becker

demia, departamento médico, restaurante e escritório. O campo suplementar precisa mais alguns meses para terminar, mas está em

fase de acabamento de terraplanagem. Depois de pronto deverá receber equipes da Europa para observar jogadores da região.

JOGOS DO SESI

Baier de Futebol será disputada neste fim de semana no campo do Ipiranga em Coronel Barros. Hoje serão realizados estes jogos: sub-16, 13h30-Associação Macleres x São Luiz de Ijuí; sub-15,14h30- Coronel Barros x Associação Macleres; sub15, 15h45, Associação Macleres B x SER Santa Rosa. Amanhã acontecem estas partidas: sub-13, 13h15,CFE Ijuí x Grêmio Cruz Alta; Sub-16, 14h30, Grêmio Cruz Alta x Campo Novo; e Sub-13, 16h, Campo Novo x Bola na Rede.

As disputas do Vôlei de Praia Dupla Masculino da competição do Serviço Social da Indústria de Ijuí (Sesi) serão realizadas hoje a partir das 14h, na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB). Participarão estas equipes: Hoff Pneus B, Hoff Pneus A, Hidroenergia,Funicalha/Prosis Informatica / Madecor / Agrimetal /Di Moville, Gimenez/Garcel Móveis, Soberana Alimentos e Manutec/ EO da Silva/Dreffs/Ombu.Todas as equipes devem estar presentes às 13h30 para o congresso técnico, quando será decidido o sistema de disputa dos jogos. Ontem foi disputada mais uma rodada do futsal dos Jogos do Sesi.

COPA PAULO BAIER A sétima rodada da 2ª Copa Paulo

TORNEIO DE VOLEIBOL O Ginásio de Esportes Wilson Mânica em Ijuí sedia amanhã a partir das 9h jogos do Torneio Municipal de Voleibol Masculino. A chave A tem: Atitude Vôlei, Ajuricaba, e Vôlei Ijuí B. Na chave B estão: Vôlei Ijuí A, Cruz Alta e Ijuí Vôlei.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

18

NOVA RAMADA

Comunidade espera por asfalto Há cerca de 20 anos a comunidade de Nova Ramada tem esperado pela pavimentação da rodovia RS-539, que dá acesso a RS-155. "Este já é o quinto mandato que se encerra e até agora nenhum governador destinou recursos para o obra", aponta o líder comunitário João Winter, Um dos pedidos para que o acesso se efetive é a municipalização do trecho, que pertence ao Estado. O acesso ao município, como ele explica, é de 15 quilômetros por uma estrada de chão, que é mantida pelo município. "Não teríamos nem estrada se não fosse o município fazer a manutenção",

lamenta ele. A proposta é de que, independentemente do partido que vencer as próximas eleições, se assuma o compromisso de fazer a obra. "Temos feito um estudo que apresente uma solução de baixo custo, para que se possa viabilizar o asfalto". O valor da proposta que ele aponta, tem um investimento de R$ 8 milhões para se fazer os 15 quilômetros de asfalto. Para se viabilizar a ideia, as soluções que ele aponta são a busca por financiamento, a longo prazo, ou economizar. Segundo ele, o contato com os vereadores tem sido intenso para que o projeto se viabilize.

Executivo aguarda aprovação de emendas Participando da 19ª Marcha em Defesa dos Municípios, o prefeito de Coronel Barros, Sênio Kirst, fala que entre os diversos temas debatidos durante os eventos e atividades, o líder do Executivo aproveitou a oportunidade para buscar recursos para o Município. Entre as emendas aprovadas estão uma do Lasier Martins, no valor de R$334 mil para a construção de uma nova sala de aula no complexo educacional; do senador Paulo Paim, de R$250 mil, para a construção de um auditório no Centro Cultural; do deputado federal Pompeo de Mattos, R$ 250 mil para a construção de pontilhões no interior. Para a agricultura, do deputado Darcício Perondi o valor de R$ 140 mil para equipamentos agrícolas e do deputado Giovani Cherini o valor de R$ 100 mil, também para equipamentos agrícolas. Para a saúde, do deputado Onyx

Lorenzoni o valor de R$250 mil para a aquisição de equipamentos da nova unidade de saúde, "que deve ser entregue em breve", afirma o prefeito; do deputado Jerônimo Goergen o valor de R$ 100 mil, também para a aquisição de equipamento da unidade de saúde. Além desses, há ainda o projeto para a construção de quatro poços artesianos no interior do município, "com estrutura completa", diz o chefe do Executivo. Esse no valor de R$ 250 mil. "Os recursos de emenda acredito que sejam mais seguros, já que são impositivas e já estão inseridas no orçamento da União para 2016, então elas já têm recursos contemplados no orçamento, a não ser que o governo federal faça cortes, que aí sim poderá comprometer o empenho das emendas", explica ele. O valor total de emendas é de R$1,4 milhão, "aprovados, porém ainda não empenhados", alerta Kirst.

Uma das metas da administração municipal, segundo o prefeito em exercício de Nova Ramada, Nelson Dallabrida, diz respeito a obras de pavimentação nas vias urbanas do Município. Segundo ele, o Executivo possui um projeto de asfaltamento que aguarda a aprovação da Câmara de Vereadores. "Estamos com esse projeto de relevância, com valor que gira em torno de R$ 1 milhão, de recursos próprios para asfaltamento de ruas no perímetro urbano". Ele destaca que pelo tamanho do município, pequeno, "o investimento é de grande relevância, uma vez que a comunidade aguarda há tanto tempo".

João Winter

Eleições da diretoria da Famurs será na terça A Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) completa 40 anos na próxima terça-feira. A data será marcada por uma série de ações na sede da entidade, em Porto Alegre. No mesmo dia, será realizada a votação para a escolha da nova diretoria da Federação para o biênio 2016/2017, cujo resultado será divulgado às 16h30. A inauguração do auditório, que passou por uma revitalização e será batizado de Alceu Collares, acontecerá a partir das 9h30. Quando governou o Rio Grande do Sul (1991-1994), o pedetista doou o terreno onde foi construído o prédio da Famurs. A solenidade de comemoração dos 40 anos começa às 10h com a presença de uma série de autoridades, ex-presidentes da Famurs e pelo menos 15 prefeitos que comandam federações estaduais de municípios. Logo depois, será feito o descerramento de uma placa de bronze alusiva

ao aniversário da Federação e a inauguração da nova galeria dos ex-presidentes no hall da entrada do prédio. "A Famurs completa quatro décadas de história com a demonstração de sinais inequívocos de solidez. Em todos esses anos, muito já foi feito pelos municípios. Temos consciência, no entanto, que ainda existem muitos desafios pela frente”, avalia o presidente da Federação, Luiz Carlos Folador. A partir das 14h, o presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Paulo Ziulkoski, e o presidente da Famurs, Luiz Carlos Folador, realizam palestra sobre o municipalismo. Também estão previstas palestras com o economista Sérgio Gobetti, sobre federalismo e a crise fiscal brasileira, e do consultor técnico da Área de Receitas Municipais, Milton Mattana. O resultado da eleição para a escolha do novo presidente da Federação será revelado às 16h30.

Região Celeiro debate metas da Consulta Popular O Corede Celeiro deu início ao processo da Consulta Popular 2016/2017 com uma Assembleia Regional que aconteceu na última quarta-feira, no auditório da 21ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE). Este ano o Corede Celeiro tem disponível o valor de R$1.291.708,00 para serem aplicados em projetos que estimulem o desenvolvimento regional, com o intuito de promover a geração de emprego, renda e produtividade com inclusão social. Também foram apresentados

cmyk

os programas e ações das secretarias estaduais que poderão receber votos da comunidade regional. A assembleia também escolheu a Comissão Regional da Consulta Popular, que é composta por representantes do governo do Estado, do Corede Celeiro e sociedade civil, e foi definido o cronograma de datas das assembleias municipais que terão início no dia 30 de maio até o dia 14 de junho de 2016, e serão coordenadas pelos presidentes de Comudes.

As audiências contam com a participação do coordenador estadual

Emater / Ascar

BENEFÍCIOS DAS FRUTAS CÍTRICAS As frutas cítricas possuem muitos benefícios. Ricas em vitamina C – essencial para a formação de colágeno – ajudam a manter a pele mais bonita, além de dar elasticidade e firmeza a ela. Ainda devido à presença dessa vitamina, ajudam a fortalecer o sistema imunológico, prevenindo doenças. A vitamina C é essencial para combater o escorbuto, e suas propriedades ajudam a aumentar a absorção de ferro, ajudando também no combate à anemia. Com poucas calorias, muita fibra e água, as frutas cítricas ajudam a melhorar a hidratação do organismo, eliminar a prisão de ventre e no emagrecimento, pois melhoram o funcionamento intestinal e dão sensação de saciedade, evitando o consumo de alimentos por ansiedade. Quais são elas? Chamamos de frutas cítricas todas as frutas que possuem quantidades elevadas de ácido ascórbico, também conhecido como vitamina C, que é responsável pelo seu sabor ácido. Como exemplo de frutas cítricas, podemos citar a laranja, tangerina, limão, kiwi, lima e morango. Para exemplificar sua riqueza em vitamina C, considere 100 g de morangos, ou ainda 1 copo de suco de laranja natural ao dia. Essa quantidade das frutas, para adultos saudáveis, é o suficiente para fornecer a quantidade necessária de vitamina C pelo organismo – 60mg. Como consumir as frutas? As frutas cítricas devem ser consumidas, preferencialmente, ao natural, sem processamentos, pois a vitamina C se deteriora lentamente com a luz, o ar e o calor. Quando fizer sucos de frutas cítricas, procure colocar na geladeira em jarra escura e tampada, evitando que entre em contato excessivo com a luz e o ar. Ao consumirmos bolos de laranja, por exemplo, apenas achamos que estamos consumindo a vitamina, pois ao ir ao forno, o calor já a destruiu. Quem não deve consumir? Apesar de serem ricas em benefícios para o corpo, as frutas cítricas devem ser evitadas pelas pessoas que têm inflamações no esôfago, pois o consumo pode aumentar a dor. Alguns alimentos, no entanto, possuem vitamina C em menores quantidades e podem ser consumidos para conseguir os mesmos benefícios, como o abacate, damasco, abóbora ou abobrinha, isso em quantidades que não prejudicarão a inflamação do esôfago. Algumas dicas: Consumir o limão com a casca, em sucos e preparos de alimentos, devido à concentração do limonemo, que tem ação antiinflamatória e antioxidante. Também a ação alcalina dessa fruta é importante para controlar a acidez do estômago. Sobre a laranja, destaca –se a importância do consumo do bagaço da fruta e, até mesmo, da parte branca, ricas em fibras. Importantes para o “bom funcionamento intestinal”. Entre esse grupo de frutas cítricas, a bergamota á a mais rica em fibras. Mas a pessoa deve retirar apenas a casca e a semente para consumir. Faz-se um alerta para o cuidado com a exposição ao sol, ao consumir e manusear essas frutas. Isso pode causar queimaduras e manchas na pele.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

10ª DPRF

Condutor morre ao colidir contra árvore na BR-468 Mais um acidente de trânsito com vítima fatal foi registrado na região da 10ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal de Ijuí. Dessa vez, Clóvis Fonseca da Silva, de 40 anos, morreu após perder o controle do veículo que conduzia e colidir violentamente com uma árvore, às margens da BR-468, na manhã de ontem. As causas ainda são desconhecidas. Conforme informações repassadas pelo policiamento rodoviário, Clóvis conduzia um Chevrolet Astra, placa de Coronel Bicaco, no sentido Coronel Bicaco - Campo Novo, quando, na altura do km 70, próximo ao trevo de entroncamento com a ERS-210, perdeu o controle do veículo e colidiu violentamente contra uma árvore às margens da rodovia. Com a força do impacto, a árvore foi arrancada do local. A vítima, morador de Esquina Boa Vista, foi socorrida ainda com vida pelo Corpo de Bombeiros de Três Passos, mas não resistiu aos ferimentos ao dar entrada no hospital de Campo Novo. O atendimento foi feito pela Brigada Militar, até a chegada da PRF de Ijuí.

Rodovias da região deixam mais uma vítima no trânsito

Exploração infantil prende 10 no RS Uma operação contra a exploração sexual de crianças e adolescentes deflagrada em 14 cidades gaúchas terminou com dez presos no Rio Grande do Sul. A ação ocorreu entre a noite de quinta e ontem. As prisões ocorreram em cidades como Santa Maria, na Região Central, Carazinho e Passo Fundo, no Norte, e Vacaria, nos Campos de Cima da Serra. Conforme a diretora da Delegacia de Polícia para Crianças e Adolescentes (Deca), delegada Adriana Regina da Costa, 130 locais, como casas noturnas, foram vistoriados. Sete adolescentes foram encontrados em locais de exploração sexual ou frequentando os estabelecimentos. “A situação da exploração sexual [de crianças e adolescentes] ocorre de forma mais velada, não tem mais tanta exposição. Mas ainda existe agenciamento, o que dificulta o nosso trabalho”, afirma a delegada. Entre os presos está um homem de 40 anos que abusava das enteadas, duas gêmeas de 9 anos de idade. Foi em Santa Maria. Exames confirmaram os abusos. Outras cidades como Porto Alegre, Canoas, Caxias do Sul,

19

Acidentes na ERS-324 deixam dois mortos Dois acidentes em intervalo de poucas horas deixou um saldo de dois mortos e um ferido na ERS-324, na região Norte do Estado. Uma saída de pista e uma colisão frontal incharam ainda mais os números referentes a mortes no trânsito no Rio Grande do Sul. Na primeira ocorrência, por volta das 7h, uma saída de pista de um Fiat Fiorino deixou um homem morto em Nova Bassano. Segundo repassado pelo Comando Rodoviário da Brigada Militar, o condutor fazia o sentido Nova Araçá - Nova Bassano, quando por motivos desconhecidos, saiu da pista e colidiu em uma árvore às margens da ERS-

324. O condutor, que não teve o nome revelado, morreu na hora. A Polícia Civil deverá investigar. No segundo momento, uma colisão envolvendo uma pick-up Montana e uma carreta vitimou Rafael Augusto Barbosa, 32 anos. O carona, Lucas João Pedoti restou ferido e está internado no Hospital São Vicente de Paulo. Conforme repassado pela Polícia Rodoviária Estadual, o acidente aconteceu por volta das 10h, em Passo Fundo, na localidade de Passo do Chinelo. A Montana teria sido atingida pelo rodado traseiro da carreta, do qual o motorista não se feriu. A colisão ocorreu no quilômetro 197 da rodovia.

Segundo acidente, em Passo Fundo, aconteceu na mesma rodovia, logo depois do 1º

Desmanche fecha mais dois estabelecimentos Dois estabelecimentos que vendiam peças de carros sem procedência foram fechados pela Operação Desmanche na manhã de ontem no Rio Grande do Sul. Um dos locais fiscalizados já havia sido fechado em outra edição da Operação. De acordo com o major Juliano Amaral, em um terreno

foram localizadas peças de, pelo menos, sete veículos em situação de roubo ou furto. Duas pessoas foram conduzidas à Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente. As peças recolhidas serão encaminhadas para a reciclagem. Em 12 fases da operação, foram apreendidas quase mil toneladas de sucatas.

Trabalho teve início na quinta e se estendeu ao longo do dia, ontem

São Luiz Gonzaga, Santo Ângelo, Vacaria, Santa Cruz do Sul, Rio Grande, Pelotas, Uruguaiana e Cachoeira do Sul também foram alvos da operação. Segundo a delegada, alguns casos de desaparecimento de adolescentes, principalmente com idades entre 15 e 17 anos, podem estar ligados ao agenciamento de adolescentes para exploração sexual. “Encontramos em Passo Fundo uma adolescente que havia desaparecido em Porto

Alegre”, diz a delegada. A operação foi realizada em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, dia 18 de Maio. A data foi instituída em memória da menina Araceli Cabrera Crespo, que foi raptada, estuprada e morta aos 8 anos de idade no Espírito Santo, em 1973. O caso, que completou 43 anos, é um dos mais emblemáticos de violência contra a criança no país.

Operação foi deflagrada pela sua 12ª vez no Estado

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

20

OPERAÇÃO ACHAQUE

PC destaca "respeito mútuo" entre instituições

Na última quinta-feira foi desencadeada a Operação Achaque na região Noroeste do Estado. Como reportado no Jornal da Manhã de ontem, uma investigação da Polícia Civil chegou a dois Policiais Militares do Pelotão Ambiental, com sede em Santo Ângelo, e um funcionário público, envolvidos em um esquema de concussão, falsidade ideológica e associação criminosa. Estimamse grandes prejuízos a dezenas de produtores rurais. O caso que teve repercussão estadual foi explicado pelos delegados Bruno Oliveira (BO) e Fábio Idalgo (FI), ambos envolvidos na investigação que resultou em duas prisões, uma série de questionamentos e a relação necessária e indireta entre as instituições de segurança. JM - Foram encontradas drogas no cumprimento dos mandados. O que será feito com o material apreendido? BO -Será anexada no inquérito, até mesmo porque essa apreensão ocorreu em razão do cumprimento do mandado dentro deste inquérito onde foram apreendidos a droga, celulares e diversos outros documentos que interessam à investigação criminal JM - Como surgiu a investigação e como chegaram até a Polícia Civil essas denúncias? Dá para estimar quantas vítimas foram lesadas? FI - O inquérito policial identificou algumas vítimas de início, onde foram procurar a Polícia Civil de Catuípe e a partir

daí foi desenvolvida a investigação. Agora entraremos em uma segunda fase da operação onde a Polícia Civil já tem conhecimento de novas vítimas. Aliás, é importante ressaltar que os agricultores estão sendo tratados como vítimas e serão chamados para prestar depoimentos e esclarecimentos e colaborar com o inquérito. É importante ressaltar que eles agiam em toda a região das Missões, no patrulhamento ambiental, então é possível que novas vítimas apareçam. Procurem a Delegacia de Polícia mais próxima para que possamos tomar as providências cabíveis. JM - Ao longo desse inquérito, quantas vítimas foram contabilizadas e se dá para estimar um prejuízo em valores? FI - Nós temos casos pontuais onde foram entregues cheques no valor de R$3 mil e até R$7 mil. Tiveram outros benefícios que não são valores usados, como animais, por exemplo. Isso ia muito de acordo com a capacidade econômica do agricultor envolvido. Acreditamos, nessa segunda fase, após a prisão de dois policiais, que a investigação já tem identificado mais de sete vítimas. Iremos atrás dessas vítimas, tendo em vista o prazo do inquérito policial. JM - Os presos ficam em Santo Ângelo? BO - Como a corregedoria da Polícia Militar estava junto acompanhando as diligências, enfim, todos os protocolos que a Polícia Civil, de praxe, faz, nós entregamos o preso à corregedoria

da PM. Como se trata de um militar, ele não pode ficar recolhido a uma penitenciária comum. Ele fica recolhido em quartel, já que goza dessa condição especial. Pelo que a corregedoria me passou, eles seriam encaminhados a Porto Alegre, onde ficariam recolhidos junto ao quartel à disposição do juiz de direito da Comarca de Catuípe e do inquérito policial. JM- O senhor fala nesse acompanhamento entre as instituições. Nesse caso, por se tratar de policiais militares, essa atribuição não deveria ser competente à Justiça Militar? BO - Não. São crimes comuns: associação criminosa armada e falsidade ideológica são crimes comuns. Em razão disso, instauramos o inquérito policial que foi, desde o início, avalizado pelo poder Judiciário, inclusive, expedindo diversas ordens e nessa manhã de hoje (quinta), as ordens de prisão preventiva. Eles não estão temporariamente presos e são prisões preventivas. Ainda no decorrer e antes do final da entrevista, o delegado Bruno Oliveira solicitou a palavra pra que pudesse fazer algumas considerações a respeito do desenrolar das investigações: BO - Eu acho importante fazer algumas considerações: primeiro o nome do promotor de Justiça era citado pelos Policiais Militares, justamente, para aterrorizar as vítimas. Todos sabem que o promotor de Catuípe é um ambientalista. Quando tomamos conhecimento dos fatos, há sete

Ambos delegados participaram de entrevista coletiva, na última quinta-feira

meses, instauramos o inquérito policial quando eu fui pessoalmente conversar com o promotor para dar ciência dos fatos. Eu queria elogiar a postura do promotor de Justiça que, durante as investigações, em nenhum momento, ele procurou saber como estavam no andamento do inquérito policial e muito menos interferir no andamento das investigações; a segunda consideração: é uma operação que, para nós, sem vaidade institucional, que não simboliza um título, ou um prêmio, ou uma glória. Pelo contrário. Também somos agentes da Segurança Pública e, para nós, é como se tivéssemos cortado da própria carne. Desvio de conduta sempre vai existir, seja na pública ou na privada e na segurança pública não é diferente. Para nós é uma operação que envolveu um respeito entre as instituições,

tanto é, que no dia de ontem (quarta-feira), a Polícia Militar de Porto Alegre foi avisada dessa operação que estava em sua fase final e convidada a acompanhar a execução das ordens judiciais. Em nenhum momento eles interferiram na execução dos trabalhos. Então, houve um respeito mútuo; uma terceira consideração: fomos questionados de uma eventual participação dos Policiais Militares de Catuípe. Não tem nenhum PM de Catuípe envolvido. Inclusive, na notícia inicial, não eram citados PMs de Catuípe. Pelo contrário. Nós temos um excelente relacionamento com a Polícia Militar de Catuípe. É um relacionamento diferenciado, onde eles respeitam nossas atribuições e nós respeitamos as deles. Sempre que possível estamos em parceria cumprindo mandados e realizando diligências em Catuípe.

Arma encontrada em escola pode ter sido usada em outro crime Duas ocorrências distintas, entregues ao 1º Distrito Policial, em Ijuí, podem estar muito mais relacionadas do que unicamente o mesmo delegado responsável. Na última quinta-feira foi preso, em Porto Alegre, um homem suspeito de uma tentativa de homicídio em Ijuí, uma semana antes. Na terça-feira, estarreceu a comunidade um revólver encontrado por crianças de 6 anos na Escola Centenário. O delegado Maurício Posselt, que responde pelo 1º distrito, em

cmyk

Ijuí, revelou que há grande chance da arma encontrada ser a mesma que fora utilizada no crime do dia 12 de maio, na região Norte de Ijuí, onde Willian Esteves Brites, 23 anos, levou três tiros na cabeça. Willian, inclusive, permanece hospitalizado em estado grave, no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI). "A gente segue nas investigações pertinentes, o que posso pontuar, é que essa arma pode ter ligação com esse delito de tentativa de

homicídio, haja vista ser rota pela proximidade com o fato, e pelas circunstâncias da forma que ela foi encontrada. Foi encontrada com estojos deflagrados. Enfim, pode haver a ligação com o crime. No local da tentativa de homicídio foi recolhido um projétil. As pistas serão encaminhadas para a balística para o confronto e a perícia vai indicar se trata-se da mesma arma em questão", explicou o delegado Posselt. Ainda segundo revelado pela Brigada Militar, no dia em que recolheu a arma encontrada no pátio da escola, o revólver calibre .32 estava na condição de perdida no mês de abril de 2015, em Porto Alegre. "Esse é outro dado estatístico do objetivo que aponta para mais um indicativo que pode ser a arma usada no cometimento do crime", acrescentou o delegado Posselt. O suspeito de ser o autor dos disparos e supostamente o

Diretora mostra local onde a arma foi encontrada por alunos da Escola Centenário

proprietário da arma trata-se de Janquiel Correa de Souza. Ele encontra-se preso junto ao Presídio Central, em Porto Ale-

gre e aguarda a remoção para a Penitenciária Modulada de Ijuí onde ficará à disposição da investigação do Poder Judiciário local.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

GLÓRIA

Bairro aguarda academia de saúde No bairro Glória, um grande projeto, que deve beneficiar toda a comunidade está em fase de conclusão. A academia de saúde, localizada em anexo à estratégia de Saúde. Para o vice-presidente do bairro, Mário Sérgio dos Santos, a obra está saindo a contento da comunidade. O local, será o primeiro no Município, com esta finalidade, que é coberta. "Mesmo chovendo as pessoas vão poder usar a academia. A nossa comunidade do bairro não vai precisar se preocupar com o tempo, vai poder vir aqui a qualquer momento". A data de inauguração ainda não foi definida, por-

que, como explica ele, faltam ainda alguns detalhes para serem feitos. Uma proposta que o presidente do bairro, Acácio Amaral espera que com o tempo possa ser implementada, é que o local tenha um profissional de Educação Física para fazer a orientação aos usuários. "Por enquanto ainda é uma ideia, mas pensamos em colocar essa ideia em prática, não digo logo depois de inaugurada, mas com o tempo, sim". A ordem de serviço ocorreu no dia 22 de janeiro, na praça do bairro Modelo. Além do Glória, recebem um espaço similar, os bairros Academia está localizada ao lado da Estratégia da Saúde Modelo e Getúlio Vargas.

21

Associados realizam ciclo de formação A Agência de Inovação e Tecnologia - Incubadora de Economia Solidária, realizou no dia 18 de maio, o segundo encontro do ciclo de formação para os associados da Feconsol - Feira de Economia Solidária O ciclo de formação contou com palestra sobre o tema Atendimento ao cliente: a chave para o sucesso ministrado pelo gerente da Agit, técnico Luis Juliani. A metodologia foi desenvolvida com explanação do conteúdo, iniciando com um breve histórico da evolução do atendimento, ressaltando

os pontos: o que é atender o cliente, quem são os clientes internos e externos, a importância de cada um, tipos de clientes, comportamentos, dicas e atitudes para um bom atendimento, por que as empresas perdem clientes, quanto vale um cliente encantado e qualidade e fidelização do cliente. A explanação foi intermediada com dinâmicas para fixar os conteúdos. O momento foi de reflexão, aprendizado e debates sobre o tema trabalhado. O próximo encontro de formação está programado para o dia 1º de junho.

Maioria das mulheres sofre assédio Uma pesquisa divulgada pela organização internacional de combate à pobreza ActionAid nesta sexta-feira, 20 de maio, mostra que 86% das mulheres brasileiras ouvidas sofreram assédio em público em suas cidades. O levantamento mostra que o assédio em espaços públicos é um problema global, já que, na Tailândia, também 86% das mulheres entrevistadas, 79% na Índia, e 75% na Inglaterra já vivenciaram o mesmo problema. Todas afirmaram que já foram assediadas em suas cidades. Para a pesquisa, foram considerados assédio atos indesejados, ameaça-

dores e agressivos contra as mulheres, podendo configurar abuso verbal, físico, sexual ou emocional. Os dados são publicados no lançamento do Dia Internacional de Cidades Seguras para as Mulheres, uma iniciativa da organização para chamar a atenção para os problemas de assédio e violência enfrentados pelas mulheres nas cidades de todo o mundo. Esses motivos levaram a Confederação Nacional de Municípios (CNM) a realizar um projeto com apoio financeiro da União Europeia chamado de Mulheres Seguras. O objetivo

Ministério faz ações contra desperdício O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário propôs à Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado a inclusão de Banco de Alimentos nos projetos de lei que tratam do combate ao desperdício de alimentos. A iniciativa foi apresentada durante audiência pública realizada na quinta-feira, no Senado. Os debates visam orientar os Projetos de Lei do Senado (PLS) nº 672/2015, nº 738/2015 e nº 738/2015 que dispõem sobre estratégias de combate ao desperdício de alimentos no Brasil. As propostas têm em comum a intenção de incentivar as doações de alimentos, isentando o doador de responsabilidade civil e penal em caso de dano pelo consu-

mo do alimento doado, desde que não seja caracterizado dolo e negligência. Tratam ainda, entre outras medidas, de prazos de validade para consumo e doação, de campanhas para conscientização da população e da concessão de incentivos para a redução do desperdício de alimentos. Convidados pela presidente da Comissão, a senadora Ana Amélia Lemos (PP/RS), representantes do ministério propuseram que os três projetos de lei determinem que as doações sejam destinadas aos Bancos de Alimentos ao invés de irem diretamente aos beneficiários. Os locais são fiscalizados pela vigilância sanitária e recebem gêneros alimentícios dos setores privados e públicos.

do projeto foi contribuir para a redução da violência contra elas. Para isso, conta com o engajamento de líderes mulheres de governos locais e sociedade civil na construção de políticas preventivas e de combate a essas violências. A pesquisa foi feita pelo Instituto YouGov no Brasil, na Índia, na Tailândia e no Reino Unido e ouviu 2.500 mulheres com idade acima de 16 anos nas principais cidades destes quatro países. No Brasil, foram pesquisadas 503 mulheres de todas as regiões do país, em uma amostragem que acompanhou o perfil da

população brasileira feminina apontado pelo censo populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação às formas de assédio sofridas em público pelas brasileiras, o assobio Formação dos associados focou no atendimento ao cliente é o mais comum (77%), seguido por olhares insistentes (74%), comentários de cunho sexual (57%) e AGRADECIMENTO xingamentos (39%). Metade O esposo Gilnei, os filhos Daniela e Diogedas mulheres entrevistadas no Brasil disse que já foi nes, pais Idoli e Nelsi, e a irmã Claudia, cunhado seguida nas ruas, 44% tie sobrinho, ainda consternados com o falecimenveram seus corpos tocados, to da esposa, mãe, filha, irmã e cunhada 37% disseram que homens se exibiram para elas e 8% foram estupradas em espaMARIA ANADIR ços públicos. THORSTENBERG *04/08/1966 +10/05/2016

EM MEMÓRIA AO 13º MÊS DE FALECIMENTO Filhos Loiva, Liane, Lenice, Jair, Loreni, Adriana e Eder lembram carinhosamente do amado pai, avô e bisavô CONSTANTE MIRESKI *10/07/1936 +2204/2015 PAI, AMOR ETERNO, AMOR VERDADEIRO, SAUDADES INFINITAS! Hoje sabemos que você está em outro plano, está do lado de Deus e que vai brilhar no céu! Mesmo que você não esteja junto a nós fisicamente, com certeza espiritualmente está lá, dentro de nossos corações e em nossas lindas lembranças!!! Nunca te esqueceremos, como dizíamos na nossa infância: “Não se esqueça que te amamos para sempre pai!” Saudades, dos seus familiares. Ijuí, 21 de maio de 2016.

Agradecem a todos os familiares, amigos, vizinhos, colegas de trabalho, profissionais da saúde e a todos aqueles que de alguma forma nos confortaram nesta hora tão difícil de dor e separação, com palavras e gestos de carinho. A família se conforta com as seguintes palavras: Anadir, a separação é difícil e dolorida, mas temos a certeza de que DEUS colhe as flores que já estão prontas para serem colhidas do jardim, e assim ele a levou para junto Dele eternamente. Sua lembrança para sempre nos acompanhará em momentos de alegria e silêncio. Deixamos a seguinte mensagem: “A vida nos ensina dizer adeus às pessoas que amamos e a continuar as amando em nosso coração” Saudade eterna. Ijuí, 21 de maio de 2016

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

DESIGN

Curso faz palestra sobre Movimento Maker

O Curso de Design da Unijuí promoveu na última quinta-feira, uma palestra sobre Movimento Maker, Fab Labs e o Processo de Impressão 3D, com integrantes da Usina Fab Lab, empresa de Porto Alegre. Eduardo Presser de Souza, designer, e Waldo Costa, arquiteto, falaram sobre o Fab Lab, laboratório de fabricação digital vinculado à rede mundial Fab Lab, iniciada no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). A palestra integrou a programação da Semana Acadêmica do Departamento de Ciências Exatas e Engenharias (DCEeng/Unijuí). Segundo Eduardo, o Movimento maker é o movimento atual das pessoas fazerem suas próprias coisas – móveis, automatizar sua casa, produzir uma peça para arrumar o carro. “Ao invés de você ir até a indústria ou no comércio buscar uma peça, você mesmo produz”. Já Waldo Costa acrescentou que é o início de uma nova revolução industrial, ou seja,

22

Ijuiense recebe honraria de municípios da região A Pousada do Imigrante de Ijuí, localizada na rua Helmuth Gressler, no Centro de Ijuí, recebe pacientes e familiares de outros municípios, que se encontram em tratamento de saúde, principalmente usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). O fundador e proprietário da pousada, Neri Turra afirma que a ideia do empreendimento é buscar parcerias com as prefeituras da região Noroeste, que possibilitem a manutenção e consequentemente a utilização dos usuários do SUS, durante o período de tratamento médico em Ijuí. “ Assim, as prefeituras economizam com o transporte diário de pacientes e o não se debilita ainda mais com os deslocamentos”, explica Turra.

O resultado de anos de trabalho é o número de honrarias, que Neri Turra guarda em seu escritório. São 12 no total, sendo a última, o título de cidadão honorário da cidade de Vista Gaúcha, localizada na região Celeiro. Na semana passada, ao lado da presidente do Hospital Santo Antônio de Tenente Portela Mirna Kinsel Braucks, ele recebeu a honraria em cerimônia realizada, na Câmara de Vereadores de Vista Gaúcha. Neri Turra também é cidadão honorário de São Nicolau, Itacurubi e Miraguaí. “Não tem prazer maior do que servir o próximo e faço minha parte da melhor maneira possível e as honrarias nos dão ainda mais motivação para continuar a caminhada”, resume Neri Turra.

Na palestra, estudantes puderam ver peças produzidas com impressora

uma distribuição dos meios de produção. “Antigamente se tinha uma ideia e para implementá-las era necessário o processo de patentear, fabricar e distribuir. Hoje você tem uma ideia, projeta, "prototipa" e com essas máquinas mais baratas faz”. Dentro dos modelos de Fab Lab pertencentes à rede mundial,

a empresa Usina Fab Lab é um laboratório profissional aberto ao público, onde estudantes, profissionais, inventores, makers, hackers, empresas, curiosos, artistas e especialistas podem adquirir conhecimento, trocar experiências e utilizar equipamentos para tornar realidade seus projetos, sempre respeitando o Fab Charter.

Entidades estão receosas com projeto Um projeto que tramita na Câmara de Vereadores tem deixado a comunidade ligada a entidades que atuam com questões ambientais preocupada. O projeto diz respeito a Ijuí aderir ou não à proposta de instalação de uma Usina de reciclagem de lixo, que deve ser instalada em Panambi. A representante da Agenda 21, Regina Ribeiro, que participou de uma sessão da reunião das comissões da Câmara, explica que o projeto pode ter danos colaterais e não ter o resultado esperado. "Fomos pegos de surpresa quando fomos convidados para participar da reunião das comissões da Câmara, onde o ponto de partida foi a questão da

adesão do Município ao projeto de incineração de lixo". Segundo ela, é importante ter esse debate amplo com a comunidade. Na oportunidade, ela sugeriu que sejam feitas audiências públicas com a população para explicar o que deve acontecer caso Ijuí assine o contrato. "Temos a preocupação com a Lei de 2010, que estabelece o processamento adequado para os resíduos sólidos, e existem outras alternativas que podem ser usadas antes disso", alerta ela. Ela destaca que o que pode ocorrer é que seja gerada pouca energia e causar um dano sério no ambiente. "Temos essa preocupação porque não sabemos o que pode acontecer com a

queima desses resíduos". Segundo ela, existem outras formas que podem ser colocadas em prática, como a redução do lixo e a reciclagem. "Todas essas questões temos que debater para fazer a política correta em cima dos resíduos sólidos de Ijuí". A posição da Agenda 21 é acompanhar e não permitir que o projeto seja votado. Ela explica, ainda, que foi entregue um documento aos vereadores e solicitado que não seja aprovado sem a ampla discussão. A usina, que será instalada em Panambi, deve gerar cerca de seis megawatts de energia elétrica por hora, funcionando vinte e quatro horas por dia e todos os dias do ano.

SEG tem curso com inscrições abertas A Escola Técnica Ijuí (SEG) está com inscrições abertas para os cursos Técnicos em Administração e em Contabilidade. Os profissionais destas duas áreas podem trabalhar em empresas de qualquer porte e em todos os setores da economia, inclusive na administração pública, mediante a realização de concurso público. No SEG, o aluno pode cursar os dois cursos de forma concomitante, oportunizando a con-

cmyk

quista de duas certificações ao final das aulas. Para participar do curso, o candidato deve apenas ter o Ensino Médio completo ou em andamento. Durante as aulas, são desenvolvidas temas que abordam habilidades éticas, humanísticas, conceituais e técnicas, preparando para a atuação em atividades de apoio às funções administrativas das organizações. No Curso Técnico em Administração são desenvolvidos

temas como Direito e Legislação, Matemática Financeira, Economia Aplicada aos Negócios, Gestão de Pessoas, Noções de Marketing, entre outras. Já o curso Técnico em Contabilidade compreende temáticas como Introdução a Contabilidade, Direito e Legislação, Contabilidade Pública e Contabilidade Tributária. As aulas têm início previsto para o dia 6 de junho, com encontros duas noites por semana.

Homenagem foi dada a Neri Turra (esquerda)

SERVIÇOS AGENDA 21- Dando continuidade às discussões sobre as questões socioambientais, convidamos para participar da próxima reunião do Fórum da Agenda 21, hoje, no auditório da EFA, na Rua São Francisco, 501, bairro São Geraldo. A reunião debaterá sobre a produção e o consumo de alimentos em Ijuí com o professor do Deag da Unijuí, Roberto Carbonera, o presidente da Apaju, Volnei Viau, o presidente do Conrural, João Kuchak e o secretário municipal da Agricultura Júlio Gabbi. CHÁ PARA AS MÃES- A Escola Estadual de Ensino Fundamental Rui Barbosa, Ruizinho, convida a comunidade em geral para o Chá em homenagem às Mães que será realizado na próxima quarta-feira, a partir das 16 horas, no Ginásio da Escola. As fichas, com número limitado, custam R$ 10,00, tanto para consumir na Escola quanto para ser entregue no endereço indicado no momento da compra. Contamos e agradecemos sua presença. COMPED- O Conselho Mu-

nicipal da Pessoa com Deficiência (Comped), convoca os membros titulares para Assembléia Ordinária, que será realizada na próxima terça-feira, a partir das 9h. O encontro acontece na Sala de reuniões, junto a Secretaria de Desenvolvimento Social (SMDS), com a seguinte pauta: Eleição da Diretoria e demais assuntos pendentes. FERIADO- A Prefeitura de Ijuí estará fechada nos dias 26 e 27 de maio, quinta e sexta-feira. A informação está no Decreto Executivo número 5.909, de 6 de maio. O documento estabelece ponto facultativo nas repartições públicas municipais integrantes da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Municipal, devido ao feriado nacional de Corpus Christi. Funcionarão normalmente os serviços considerados essenciais como o Prontoatendimento 24 Horas e o Samu; sendo que o Conselho Tutelar, a Coordenadoria de Trânsito e o Demei estarão em regime de plantão.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 21 e 22 de maio de 2016

23

Memória JM CARA OU COROA

Armindo Pydd

TENEBROSAS CAIXAS PRETAS **A cada dia surgem mais dados sobre a “herança maldita” que seria gigantesca deixada pelo governo afastado. Já sabemos em parte a situação da Petrobras, da Eletrobras, dos Fundos de pensão. Agora se fala em abrir a “tenebrosa” caixa preta da Itaipu Binacional e do BNDES. **Há 13 anos a Itaipu Binacional é presidida por um “QUADRO” do PT (Samek). Gleise Hoffman, senadora, foi diretora da empresa e ao sair para se candidatar recebeu todas as verbas indenizatórias como se tivesse sido demitida. O ex. gov. Collares e o irmão do senador Requião, entre muitos outros, são diretores atuais. Tem uma reunião por mês e a remuneração é de 30 mil reais mais despesas pagas. As contas desta empresa por ser binacional não passam pelo crivo do TCU. **Estima-se em 200 bilhões o déficit da receita federal neste ano. As contas ainda estão sendo feitas. Como nós iremos pagar somente de juros das dívidas públicas do governo federal nesta ano num valor de 1,3 trilhão, nada mais nos assusta. **Menos da metade do mundo desenvolvido, tem Ministério da Cultura. Alemanha, o país mais rico da Europa e os EUA, a maior potência mundial, estão entre eles. Dos 34 países que fazem parte da OCDE há um Ministério da Cultura especifico em 15. Ao juntar Cultura com Educação foi despertada uma ruidosa orquestração de protestos .O xingamento das redes sociais e na mídia se exacerbou contra e a favor. **Vozes mais sensatas argumentam, no entanto de que existem áreas onde é fundamental em qualquer país o suporte público, como orquestras sinfônicas, bibliotecas, museus. O lugar certo para a iniciação cultural é nas escolas. Como qualquer empreendedor num país capitalista[ mais ou menos o caso do Brasil] também os artistas devem procurar seu público e viver de bilheteria e da venda de seus produtos. E não depender de uma enorme máquina custeada pelo dinheiro de nossos impostos. Também é preciso desenvolver no Brasil uma cultura de mecenato que ainda é muito frágil. **Em 2015, o orçamento federal para a saúde foi de 121 bilhões. Em 2016 baixou para 118 bilhões e em fevereiro e março já foram contingenciados 5,3 bilhões. Pela legislação atual o orçamento de 2017 vai ser menor ainda, pois o acréscimo ou diminuição se baseia na evolução do PIB que neste ano vai ser negativo em 4%. Esta é a realidade.

Notícias de maio de 1981

Luiz Inácio Lula da Silva visita Ijuí O presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Luiz Inácio Lula da Silva, esteve em Ijuí, participando de uma concentração pública no anfiteatro da Praça da República, quando analisou a proposta que o PT oferece aos trabalhadores e ao povo em geral. O líder do PT veio acompanhado pelo arquiteto ijuiense Clóvis Ilgenfritz da Silva, que é membro dos diretórios nacional e regional do partido. Além do arquiteto, esteve presente também o vereador Antônio Cândido, de Porto Alegre. A comissão chegou por volta das 17h30, fazendo uma visita à Cotrijui e logo depois participando de uma reunião com líderes sindicais, na Fidene. Na entrevista coletiva concedida aos órgãos de comunicação locais, Lula disse que trazia ao povo ijuiense a mensagem para a classe trabalhadora e o povo em geral, tendo como objetivo a luta por melhores condições de vida, por melhores condições salariais. "É necessário que tenhamos consciência de que ninguém vai dar nada para a gente, nós é que temos que conquistar.

**”Nas 4 casas de minha vizinhança agora são 6 os desempregados. Só um tem renda e é por estar em beneficio por depressão” ( Ijuiense ao buscar seu atestado médico demissional). **A partir de agora também funcionários públicos somente poderão ser admitidos no RS se tiverem “ficha limpa”.

Lula: "A única saída é a discussão de um novo modelo econômico"

A classe trabalhadora precisa se unir se ela deseja conquistar alguma coisa", comenta. Lula informou que o PT superou qualquer expectativa, pois hoje está organizado em 12 estados e até setembro espera que esteja em todos os estados brasileiros. No final da coletiva, Lula afirmou que não está muito preocupado com a realização ou não de eleições. "De nada adianta eleger 22 governadores de Estado de oposição, se o regime não mudar", finaliza.

Nova quadra de esportes da Imasa é inaugurada Com uma programação festiva, a Associação Atlética Imasa inaugurou no dia 1º de maio sua nova quadra de esportes, denominada como Praça Esportiva Bruno Fuchs, em homenagem ao diretor-presidente da Imasa. Os atos inaugurais, organizados em conjunto com o setor de Esportes do Sesi, foram realizados às 8h30. Após, o Sesi realizou a entrega dos prêmios referentes à 3ª Olimpíada ijuiense da Confraternização Operária de 1980. Logo depois dessas solenidades, aconteceu um torneio de futebol de salão, reunindo diversas equipes sesianas.

**Bebê que nasce hoje num país rico vai viver 80 anos. Num país em desenvolvimento (Brasil e olhe lá) 71 anos e num país pobre 60 anos. **Renan (presidente do Senado) é um cangaceiro com 12 processos no lombo. A Petrobras é a joia da coroa e os presidentes da República (FHC, Lula, Dilma) sempre sabiam tudo que lá acontecia. Na Petrobras a corrupção se tornou sistêmica a partir do governo Lula” ( Ex.Senador e líder do governo Dilma no Programa Roda Viva da TV cultura).

A coleção completa do JM está disponível para pesquisa no Museu Antropológico Diretor Pestana

CONCURSOS Prefeitura de Santo Expedito do Sul RS No Rio Grande do Sul, a prefeitura de Santo Expedito do Sul abre concurso público com a intenção de formar cadastro reserva em cargos de Ensino Médio e Superior. De acordo com o edital nº 001/2016, as oportunidades são para os cargos de auxiliar de saúde bucal, médico-veterinário e professores nas áreas de Ciências, Educação Física, Educação In-

Ao meio-dia foi servido churrasco aos participantes, que tinham realizado a respectiva reserva com o Sesi.

A nova quadra da Associação Atlética Imasa

fantil, Língua Inglesa e de Matemática. O salário chega a R$ 2.129,91 em jornada de trabalho de 20 ou 40 horas por semana. As inscrições devem ser realizadas até 1° de junho de 2016, por meio do endereço eletrônico da organizadora Vencer RH (www. vencerconsultoria.com). A taxa de inscrição custa R$ 71,00 para nível médio e R$ 100,00 para nível superior. Prefeitura de Canguçu - RS De posse de 85 vagas efetivas, mais cadastro de reserva para profissionais de todos os níveis de ensino, a prefeitura de Canguçu, no Estado do Rio Grande do Sul, lançou o edital nº 001/2016 de concurso público. O evento é organizado pela empresa Objetiva Concursos LTDA e prevê remuneração de R$ 794,77 a R$

Calçamento da Rua 19 de Outubro será liberado - Um trecho da Rua 19 de Outubro, entre a Rua 12 de Outubro e as proximidades da sede do Botafogo, que recebeu novo calçamento, deverá ser liberado nos próximos dias, depois de concluído o serviço de compactação. Esse trecho faz parte da reforma completa do calçamento, que vem sendo executado em etapas. Colheita da soja está em fase final - A colheita de soja na região Pioneira da Cooperativa Regional Tritícola Serrana Ltda (Cotrijui) está quase em fase final. O engenheiro agrônomo Alberto Parenti Filho revelou que apenas 3% da área plantada com soja no município de Ijuí não foi colhida. A cooperativa da região recebeu um total de aproximadamente 5 milhões de sacos. Na unidade de Ijuí o recebimento ficou em torno de 1,4 milhões de sacos. Representantes da Lufthansa visitaram a Turijuí - Estiveram em Ijuí dois representantes da Lufthansa - Linhas Áereas Alemã, Martin Müller e Antônio Luiz Nedel. A principal finalidade da vinda à Colmeia do Trabalho foi o contato com os diretores da Turijuí - Turismo Ltda, visando dar orientação ao trabalho desenvolvido na região. Além de tomarem conhecimento do mercado, eles ainda mantiveram um encontro com diretores da Cotrijuí durante uma visita de cortesia.

13.197,75, em cargas trabalhistas de 10 a 44 horas por semana. Prefeitura de Progresso - RS No Rio Grande do Sul, a prefeitura de Progresso abriu as inscrições para concurso público com o objetivo de preencher três vagas nos cargos de fiscal de meio ambiente, operário e fiscal de obras e posturas. O certame será executado pela Schnorr – Contabilidade, Informática e Assessoria Ltda. As inscrições podem ser realizadas até 31 de maio de 2016, através da internet, de maneira informada no edital de abertura, que será disponibilizado a qualquer momento no site da prefeitura (www.progresso.rs.gov.br) e da organizadora (www.schnorr.com.br). A taxa de inscrição varia de R$ 39,25 a R$ 75,24.

cmyk


WWW.JMIJUI.COM.BR

Academia de saúde

Recreio Poético leva cultura no intervalo

EFA realiza ação há quatro anos, e conta com a participação de pais, alunos e professores em atividades de música e literatura | 8

MP vai averiguar participação de menores Com obra em conclusão, comunidade do bairro Glória aguarda com expectativa o momento em que poderá usufruir da Academia, que fica em anexo à ESF | 21

Coordenador de Educação, Cláudio de Souza, revela que órgão quer identificar coação de alunos à participação em greve. | 12

São Luiz promete ser ofensivo

Rubro enfrenta o Caxias hoje no Estádio Centenário, abrindo o segundo turno dos pentagonais da Divisão de Acesso. | 16

Saída de pista faz mais uma vítima fatal na região Além do acidente na BR-468, atendido pela PRF local, outros dois deixam mais mortos na ERS-324 | 20 EDITORIAL | 6 Mesmo com crescimento vertiginoso dos recursos investidos por parte da União, o que parece sufocar o SUS é mesmo a falta de dinheiro.

cmyk

Sitepaginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you