Page 1

www.jmijui.com.br

Ijuí, Sexta-feira, 17 de junho de 2016

Ano 43 - Nº 278

R$ 3,00

Ações judiciais agravam a crise na saúde no RS

Demei testa alternativas em central que informa consumidor

Prefeituras pagam 60% de todo o custeio de programas municipais de saúde e a judicialização piora o quadro de crise. Famurs visa uma aproximação entre o Judiciário e os prefeitos. | 4

Serviço de SMS é opção para desafogar central telefônica da autarquia. | 3

Lombadas eletrônicas voltam a multar na ERS - 155

Executivo terá gastos extras com passagem da Tocha

Os equipamentos estavam Em época de aperto de funcionando, mas não cinto, passagem da Tocha autuando, revela Daer . | 4 na cidade é criticada. | 4

NOVAMENTE LÍDER

PRAZO PARA DESOCUPAÇÃO Prefeito afirma que moradores do Getúlio Vargas podem ser beneficiados com aluguel social, mas núcleo habitacional fica para a próxima administração. | 5

Corsan retoma conserto de buracos na próxima semana De acordo com o gerente da Unidade de Ijuí, serviço atrasou pela Eduardo Sasha abriu o caminho para a vitória falta de asfalto quente na região, mas será restabelecido na terça. | 5 do Internacional diante do Atlético-MG | 12

cmyk


RADAR CURSO DE ATUALIZAÇÃO- A Unijuí, por meio da Assessoria e Serviços Comunitários (ASC), está com as inscrições abertas para a 1ª edição do curso de Atualização de Diretor de Ensino e 16ª edição do Curso de Examinador de Trânsito. O curso de Atualização tem 30 vagas disponíveis, com duração de 20 horas. Para o Curso de Examinador de Trânsito, as inscrições seguem até o dia 18 de julho, no site da Unijuí. São 20 vagas aos interessados, sendo que o curso tem duração de 28 horas.

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 17 de junho de 2016

OLHO DA RUA INDICADORES Poupança 17.6.2016 ........................0,7188% Ouro 16.6.2016....................... R$ 142,90 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,4686 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,4692 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,4200 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,6300 Euro (compra) .............................. R$ 3,8973 Euro (venda) ................................. R$ 3,8980 IPC/FIPE Maio/ /2016 ........................0,0,57% IGPM Maio//2016 ................................ 0,82% INPC Maio/2016 ...................................0,98% IPCA Maio/ /2016 .................................0,78% IGP-DI-FGV Maio//2016 ........................1,13% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144

CRAS - No dia 27 de junho, acontecerá a 1ª Festa Junina do Cras. O evento será no Cras/Centro Social Urbano (rua Carolino Raimundo, 40, bairro Industrial), a partir das 14h. Cada participante deverá levar um prato de doce ou salgado, preferencialmente típico de festa junina. Os participantes poderão ir caracterizados e concorrer ao título de Rei e Rainha da Festa Junina.

CONFERÊNCIA DAS CIDADES- Uma reunião preparatória para a etapa municipal da Conferência Nacional das Cidades será realizada na prefeitura de Ijuí, na próxima segunda-feira, a partir das 10h. O encontro é aberto à comunidade interessada e instituições/ entidades que se preocupam com o presente e o futuro de Ijuí. A etapa municipal da Conferência Nacional das Cidades acontecerá em Ijuí, no dia 29 de junho, às 19h, na Câmara de Vereadores. OCUPAÇÃO DOS PROFESSORES- Após o dia inteiro de impasse, sem a liberação dos acessos ao Centro Administrativo Fernando Ferrari (Caff), mesmo após uma decisão judicial, a juíza de Direito Andréia Terre do Amaral, da 3ª Vara da Fazenda Pública do Foro Central, determinou a desocupação total das dependências do prédio. Em caso de descumprimento da decisão, será aplicada multa diária de R$ 50 mil. Durante a tarde desta quinta, os professores, em conversa com os deputados Pedro Ruas (Psol) e Adão Villaverde (PT), mantiveram a posição de só deixar o local depois de o governo do Estado apresentar proposta sobre as reinvindicações da categoria. PROTOCOLOS - A partir desta semana o setor de protocolo passa a funcionar também no 3º piso da nova sede da prefeitura, localizada no prédio do Banco do Brasil. A ideia é facilitar o atendimento aos contribuintes que necessitam de serviços prestados pela Secretaria de Planejamento e Regulação Urbana. Desta forma, estão sendo protocolados junto ao Planejamento os seguintes documentos: certidão de quarteirão; certidão de demolição; certidão de existência e habite-se; certidão de zoneamento; obras novas; regularizações e pedidos de vistoria para passeios públicos com piso intertravado.

cmyk

LOTERIAS NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º 2º 3º 4º 5º

O verão e o calor passaram, mas a preocupação com a proliferação do mosquito da dengue continua o ano todo. Pensando nisso, os militares do 27º GAC realizaram uma limpeza e coleta de material no bairro Independência.

ENTRE ASPAS

"O presidente em exercício Michel Temer (PMDB) é o 'patrocinador' da PEC que limita os gastos, mas preservando a Educação e a Saúde", Henrique Meirelles, ministro da Fazenda.

6.060 6.892 8.376 3.878 6.902

CONCURSO nº

4111

09 20 36 45 58

"Entreguei um patrimônio para o trust, que administra tudo, e não tenho conta no exterior", Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente afastado da Câmara Federal e ameaçado de cassação. "Mobilizaremos cerca de 85 mil agentes de segurança, inclusive das Forças Armadas. Quero lembrar ainda que estamos adotando as melhores práticas de prevenção ao terrorismo", Dilma Rousseff (PT), presidente afastada, sobre a Rio 2016.

-

QUINA

"Eu não estava fazendo charme antes da votação. Provavelmente, se meu voto não fosse a favor do relatório, haveria muitas críticas. Mas, se não houvesse provas, e eu li todo o relatório, votaria a favor de Eduardo Cunha", também Tia Eron.

MEGA SENA CONCURSO nº

Resultados de quarta

ESCOLAS MUNICIPAIS- O revezamento simbólico da Tocha Olímpica, realizado entre as escolas municipais, que ocorreria hoje, foi transferido para a próxima segunda-feira. Na atividade, a Escola Infantil Independência deverá repassar o anel olímpico a Escola Municipal Fundamental Dona Leopoldina. A Escola Deolinda Barufaldi entregará para a Escola Dalva Weimann; Branca de Neve entrega para a Escola 15 de Novembro; o Imeab entregará para a Escola Anita Garibaldi e a Escola Estado do Amazonas entregará para a Escola João Goulart.

2

1828

06 11 32 40 48 59 LOTOFÁCIL CONCURSO nº

1375

01 05 06 09 10

"O público não está com medo do zika vírus" Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional, sobre Olimpíada no Rio de Janeiro.

11 14 15 16 18

"Somente uma proposta resolve o nosso problema. O secretário tentou negociar a entrada aqui, mas a reação de quem faz parte da manifestação é evidente", disse a presidente do Cpers, Helenir Schurer.

20 22 23 24 25 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

Getúlio


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 17 de junho de 2016

3

MUDANÇAS NA PREVIDÊNCIA

Grito da Terra protesta contra reformas

O movimento de trabalhadores rurais saiu às ruas de Ijuí na manhã de ontem, para protestar contra a proposta do presidente interino Michel Temer de promover mudanças nas regras para aposentadorias no País. As manifestações de ontem se concentraram em frente ao prédio da Gerência Executiva Regional do INSS, responsável pela concessão de benefícios a cidadãos de 113 municípios da região. A Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag) organizou o ato, que teve massiva adesão de agricultores de diversos municípios. É o caso do agricultor Clovis Sequinatto, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santo Augusto. "Estamos aqui para defender nossos direitos que tanto lutamos para conseguir, e hoje querem nos tirar. Atualmente, os agricultores homens se aposen-

tam com 60 anos e as mulheres com 55 anos. A mudança prevista é que se aumentem cinco anos nessa regra, e achamos que isso é uma afronta aos agricultores", afirma. Os protestos são motivados pelas medidas especuladas pelo governo federal, que pretende implementar uma idade mínima para a aposentadoria. Outros pontos da reforma não são revelados pelo governo, mas devem seguir modelos previdenciários de outros países, que incluem restrição do acesso a benefícios. Com um projeto de lei a ser enviado no fim de julho, o governo interino tenta conter o déficit da Previdência, que para este ano é estimado em R$ 136 bilhões. Sônia Contri, agricultora de Santo Ângelo e participante do movimento de trabalhadores rurais, acredita que a mobilização

surtirá efeito. "O agricultor tem muitas dificuldades, e o movimento sindical está aqui para não deixar os direitos serem desrespeitados. Não é só a mudança da idade mínima, mas também questões de contribuição do trabalhador rural que vão dificultar nossa vida. Mas o movimento está nas ruas, há tempos o governo vem querendo fazer essa reforma e só não consegue por que nos mobilizamos", avalia. Presidente do Conselho Municipal de Agropecuária e Desenvolvimento Rural de Ijuí (Comrural), João Kuchak participou do protesto por acreditar que é injusto diminuir os direitos dos trabalhadores rurais. "É injusto um agricultor que tem direito a uma aposentadoria de um salário mínimo, que muitas vezes é utilizado para sobrevivência, ter que receber essa aposentadoria com ainda mais

Movimento de trabalhadores rurais protestou nas ruas de Ijuí, na manhã de ontem

idade, sem poder praticamente aproveitar esse direito. Nós achamos que é um absurdo, por isso estamos mobilizados", disse.

Além de Ijuí, cinco cidades tiveram manifestações contra as mudanças na previdência ontem: Pelotas, Passo Fundo, Santa Maria e Caxias do Sul.

Demei oferece opções de atendimento MP estabelece descontos De maneira recorrente, os previamente o consumidor sobre para dívidas rurais consumidores do Demei fazem a falta de energia e dá prazos para críticas à deficiência do serviço de atendimento do departamento, principalmente quando há interrupção no fornecimento de energia elétrica. A demanda, que vem sendo motivo de reclamações há vários anos, ainda não foi totalmente resolvida, mas o problema tem recebido atenção por parte do Demei. Segundo o diretor-presidente do Departamento, Rogério Seibert, outras opções de atendimento ao público estão sendo testadas. "Há algum tempo já viemos tentando sanar este problema. Sabemos que quando ocorre uma interrupção no fornecimento de energia, a demanda por ligações é grande, e jamais teremos condições de atender a todos. No entanto, estamos trabalhando com outras sistemáticas. Temos mais um plantonista para atendimento por telefone até as 22h, e também conseguimos colocar em funcionamento nosso serviço de mensagem SMS, que avisa

o restabelecimento dos serviços", conta Seibert. O serviço de mensagens funciona por cadastro, ou seja, os números de telefone formalizados no Demei recebem as informações, que são enviadas conforme a região onde serviços estão sendo feitos. A atualização ou cadastramento pode ser feito na sede do Demei, ou pelo site da autarquia. Em 2015, o Demei teve renovada sua concessão de distribuição de energia por mais 30 anos. A partir do novo contrato, a autarquia fica obrigada a cumprir, nos próximos cinco anos, uma série de exigências estabelecidas pela Aneel para qualificar o serviço de distribuição de energia. Segundo Rogério Seibert falta poucos elementos a serem adequados para que o Demei se enquadre nestas exigências. "O que falta, na verdade, são questões administrativas, como a formação de um conselho auditor de contas.

Rogério Seibert

Como somos uma empresa pública, o TCE-RS já faz este trabalho, só precisamos garantir isto legalmente. Além disso, precisamos formar conselhos de administração, que já existem, mas que precisam se adequar aos dispositivos legais para serem reconhecidos", afirma.

O governo federal editou ontem a Medida Provisória 733/2016, que autoriza a renegociação de dívidas de produtores rurais da região da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). Por outro lado, a proposta também prevê a concessão de descontos para a liquidação, até 29 de dezembro de 2017, de dívidas originárias de operações de crédito rural e das dívidas contraídas no âmbito do Fundo de Terras e da Reforma Agrária, inscritas em Dívida Ativa da União até 31 de dezembro de 2014. Os descontos variam de 60% a 90%, dependendo do valor consolidado do débito. "A medida foi projetada para que o agricultor seja reenquadrado na sua capacidade de crédito, e possa

ser retirado do cadastro de dívida ativa com a União, o que impossibilita o acesso a créditos rurais, o que, muitas vezes, impede que esse trabalhador dê a volta por cima", avalia o coordenador institucional da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado Jerônimo Goergen (PP-RS). A partir de hoje, uma comissão se forma na Câmara dos Deputados, e posteriormente no Senado, para analisar as mudanças até que a medida se torne lei, no prazo de 90 dias. “Entre vários problemas que o setor do agronegócio vive, é esta inviabilidade que o produtor tem em acessar o crédito em virtude das dívidas inscritas na União. O desconto, nesses casos, envolve Pesa e Securitização. Isto envolve inclusive os Estados do Sul”, comemorou o parlamentar.

Preço do leite volta a disparar no RS O preço cobrado pelo leite industrializado nos supermercados gaúchos segue em alta. Em maio, a Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) divulgou uma pesquisa indicando que o litro do leite longa vida estava custando, em média, R$ 2,65. Nesta primeira quinzena de julho, o preço médio chegou a R$ 2,86. No mesmo período do ano passado, o preço médio do litro

de leite era de R$ 2,41, ou seja, aumento de 19% no período. Além dos custos como em qualquer outro setor – principalmente aumento da energia elétrica -, houve uma forte queda na captação de leite no campo. Em maio, aumentou preço pago ao produtor em todos os Estados, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). O preço bruto médio (com frete e

impostos) foi de R$ 1,27 por litro no campo. É um aumento de 15% frente ao de maio do ano passado, descontada a inflação. A região Sul registrou as maiores quedas na produção. O maior recuo, de 6,97%, ocorreu no Rio Grande do Sul. Para os próximos meses, o Cepea projeta que a captação deve começar a se recuperar no Sul, devido às forragens de inverno.

Medida provisória ainda passará pelo plenário do Congresso antes de virar lei

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 17 de junho de 2016

4

AÇÕES JUDICIAIS

Ação em saúde de Ijuí é exemplo no RS A área técnica da Famurs promoveu ontem, em Ijuí, um workshop com o objetivo de formar redes de cooperação em saúde, prevenir ações judiciais desnecessárias e o agravamento da crise financeira do Estado e dos municípios gaúchos. A ação foi realizada no campus da Unijuí, das 8h às 15h30 e é também uma iniciativa do desembargador Martin Schulze. A reportagem não teve contato com o desembargador porque a imprensa local não foram comunicados do evento com antecedência. A realização dos workshops no interior do Estado tem por objetivo aproximar os gestores municipais do Judiciário.Atualmente, muitas prefeituras acabam arcando com responsabilidades que são da esfera da União e do Estado, e os custos elevados da área da saúde, aliados ao atraso nos repasses para os municípios, fazem com que as prefeituras estejam deficitárias financeiramente. “O workshop tem como pauta principal a redução da judicialização, fazer com que o Judiciário entenda as demandas municipais e as responsabilidades. Hoje, os municípios estão demandando com uma média de 50% a 60% de todo o custeio de programas municipais de saúde”, explica o técnico em saúde

da Famurs, Paulo Azeredo. O Estado está em débito com R$ 175 milhões referentes a 2014, em 2015 ficaram R$ 117 milhões, resultando em R$ 292 milhões que não chegaram aos cofres municipais para todos os programas de saúde, como Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Samu, PIN, ESFs, Saúde Mental, Saúde Bucal, Saúde do Trabalhador. Diante deste atraso, no dia 20 de dezembro de 2015 a Famurs, em acordo com o governo do Estado, renegociou essa dívida em 24 parcelas de R$ 12 milhões. Até o momento, o Estado pagou R$ 48 milhões dos atrasos de 2014 e 2015. O déficit atual para as prefeituras é de R$ 244 milhões. Neste ano, os meses de janeiro e fevereiro foram pagos pelo governo do Estado, mas os meses de março e abril ainda estão em atraso e equivalem a R$ 52 milhões. “Então as prefeituras hoje estão fazendo um grande esforço para manter os programas ativos”, acrescenta Azeredo. Só para se ter uma ideia, hoje para manter uma Estratégia em Saúde da Família (ESF) as prefeituras desembolsam 66% do custo total. No entanto, quando o programa foi preconizado pelo governo federal, a União

responderia por 50%, 25 % estadual e 25% municipal. “E quando se fala em arrecadação, as prefeituras são as que menos recebem. A maior fatia fica com a União, depois o Estado e por último as prefeituras”, acentua. A crise financeira e o anúncio de cortes em todas as áreas fazem com que as ações judiciais cresçam, por este motivo a Famurs defende a aproximação do Judiciário das prefeituras para que visualizem a atual situação dos municípios. Para isso, a Famurs defende as redes de cooperação em saúde como uma das saídas para a redução das ações judiciais desnecessárias na área. “Tanto na questão medicamentosa quanto de consultas, exames e cirurgias, que muitas vezes são buscadas judicialmente e muitas vezes não há necessidade, porque poderiam ser resolvidas administrativamente e com diálogo”, salienta. O município de Ijuí foi o pioneiro na realização deste trabalho em rede, iniciado em 2013. “Existe essa aproximação, não sei dizer a eficácia e a regularidade. O que queremos é que os demais municípios também fomentem essas redes em suas cidades, porque só assim vamos conseguir reduzir as ações judiciais”, acrescenta.

Paulo Azeredo

Aparelho não estava multando, diz Daer Passagem da Tocha gera custos ao Executivo

Aparelho estava funcionando, mas não estava autuando, segundo revelado pelo Daer

As infrações por excesso de velocidade cometidas entre 1º e 14 de junho nas lombadas eletrônicas de Ijuí, na ERS-155 e na ERS-239, em Novo Hamburgo e Taquara não serão cobradas pelo Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (Daer). A autarquia, no entanto, defende que anistia não é uma prática de trabalho e revela que "nem estavam funcionando". Dois equipamentos distribuídos na ERS-155, em Ijuí, estavam apenas funcionando como enfeite. Os aparelhos localizados em frente a Escola 15 de Novembro, e o outro instalado na localidade do Distrito do Chorão, estiveram ao longo de duas semanas apenas marcando velocidades. Além dos aparelhos em Ijuí,

cmyk

outros oito equipamentos entre Novo Hamburgo e Taquara, na ERS-239, também estavam na mesma condição. O contrato que a empresa Kopp Tecnologia tem com a autarquia nestas duas rodovias findou no dia 1º. Ele foi prorrogado, por mais 12 meses, no dia 14. Com isso, eles voltaram a autuar somente na última quarta-feira. Outros quatro contratos estão em vigor com a empresa Splice. Eles vencem em julho e setembro. A renovação deles já está tramitando no Daer e a expectativa da autarquia é que ela seja concluída antes do prazo de vencimento. Em contato com a assessoria de imprensa do Daer, a reportagem do Grupo JM obteve so-

mente uma nota como resposta. Na nota, inclusive, obteve-se a justificativa de que as multas nem chegaram a ser emitidas, por isso, não podem ser consideradas “anistiadas”. "Durante o referido (entre os dias 1º e 14 de junho) não houve sequer o registro de infrações, pois o contrato estava paralisado. O Daer não tem a prerrogativa de anistiar multas. Podemos apenas cancelar a multa se a mesma for comprovadamente indevida", pontuou a nota. No entanto, os equipamentos seguiram informando no período em que o contrato não estava em vigor, conforme foi apurado pela reportagem. Todos os veículos que circularam pelas rodovias locais tiveram suas velocidades sendo registradas.

A poucos dias da chegada da Tocha Olímpica em Ijuí, o espírito das Olimpíadas toma conta da comunidade. Moradores devem parar suas atividades para apreciar a passagem de um dos mais importantes símbolos olímpicos. Por outro lado, sediar a passagem da tocha requer uma estrutura de segurança, sinalização viária, alteração no trânsito, além de atrações culturais. Devido aos altos custos, onde em algumas cidades do País o valor estimado foi de até R$180 mil, municípios acabaram desistindo de receber o evento. O secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Sergio Correa, não soube informar o valor exato que deve ser gasto com a passagem da Tocha Olímpica em Ijuí, porém, diz que deve ser baixo. "O custo vai ser o mínimo possível dentro das necessidades", afirmou. Algo que também gera dúvida, uma vez que faltam apenas duas semanas para que todo o processo de licitação ocorra, as empresas sejam contratadas e possam fazer as instalações. O que deve ser contratado, segundo o secretário, são três estruturas de som, duas estruturas de palco e grades para isolar a Rua do Comércio e a Coronel Dico, além de faixas de promoção do evento e uma réplica da tocha. Para a contratação desses serviços, o processo, segundo a Coordenadoria de Compras (Copam), deve ser feito por meio de dispensa. Esse processo é utilizado para aquisição

Sergio Correa

de materiais, produtos, serviços, obras de pequeno valor, que não ultrapassem o valor estimado por lei, R$ 8 mil. Porém, cada item, dos citados pelo secretário devem ser licitados separadamente, o que significa que o valor poderá ultrapassar os R$8 mil. Mesmo com a expectativa de que o valor não seja elevado, devem ser custos que serão arcados pelo Executivo municipal. Em um momento que obras estão paradas e os investimentos estão cada vez mais escassos ou ainda atrasados. "A comunidade não precisa se preocupar, pois nós não estamos fazendo nada que venha a atingir este momento econômico e financeiro do País", defende o secretário. A Tocha Olímpica passará em Ijuí no dia 4 de julho.


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 17 de junho de 2016

GETÚLIO VARGAS

Aluguel social pode ser concedido a ocupantes Há cerca de cinco meses em negociação com o Executivo e Ministério Público, na manhã de ontem os ocupantes de duas áreas localizadas no bairro Getúlio Vargas receberam a definição de que têm prazo de 30 dias para desocupar o local. Segundo o prefeito Fioravante Ballin, as famílias passarão por avaliação e podem ser beneficiadas com o aluguel social, porém, o núcleo habitacional que deve ser construído ficará para a próxima administração. De acordo com o prefeito, foi deferido o prazo para a retirada das famílias, bem como a verificação do setor de assistência social do poder Judiciário das famílias que efetivamente estão residindo no local. “A Defensoria Pública fez uma petição, junto ao processo, avaliando a possibilidade de ser encaminhado aluguel social à essas famílias, que ainda devem passar por uma nova avaliação, tanto da Secretaria de Habitação como da Secretaria de Desenvolvimento social”, afirma. Conforme o prefeito, o Município irá assumir e cumprir o que for definido judicialmente em relação ao caso, para dar continuidade às tramitações no bairro, referentes ao loteamento das

Audiência no Ministério Público deu prazo de 30 dias para famílias desocuparem terrenos

áreas. Na próxima administração é que serão destinados os lotes às famílias que serão avaliadas e beneficiadas com pelo núcleo populacional que será construído. Segundo Ballin, 25 famílias ainda permaneceram no local. “Estaremos acompanhando e avaliando as famílias que estão alojadas para fazemos os encaminhamentos devidos e o cumprimento da sentença judicial na próxima semana”. Ainda segundo Ballin, será feito um trabalho pontual, direcionado aos moradores que permanecem no local. “Depoisserão dados novos encaminhamentos para

atender às necessidades de acordo com a decisão do poder Judiciário”. Ballin é enfático ao dizer que o Município, “como sempre agiu e vai continuar agindo”, deverá atender aos ocupantes baseandose nos critérios habitacionais e da legislação em vigor e tendo cautela quanto à legislação eleitoral. “Seguramente, o Município tem assumido sua responsabilidade e continuará assumindo a partir dessas decisões”. Mesmo com a afirmação de que o Município deve atender às famílias, ainda não há prazo para que as famílias recebam o aluguel social.

Repavimentação inicia-se na terça Com o resfriamento da água no inverno alguns pontos ficam fragilizados ocasionando o rompimento da rede de canalização, aumentando a demanda de manutenção da Corsan. Para isso é preciso abrir ruas, asfaltadas ou de calçamento, onde reside a dificuldade da autarquia em prestar o serviço, realizado por meio de uma empresa terceirizada. “Temos dificuldade em con-

seguir o asfalto quente na região e com o frio, se vier de cidades distantes quando chega aqui é inutilizado. Esse problema está ocorrendo em todo o Estado”, explica o gerente da unidade de Ijuí, Flávio Kramp. Mas, segundo ele, na próxima terça-feira será normalizado o fornecimento de asfalto e com isso o trabalho de recomposição do asfalto em Ijuí deve ser recomeçado. "Vai permitir encerrar todos os

serviços pendentes que temos de asfaltamento das ruas com buracos." A empresa terceirizada pela Corsan tem a obrigação de refazer o asfalto que apresentar problemas depois da conclusão do serviço. De acordo com Flávio, a fiscalização do serviço prestado é feita por um fiscal da autarquia e um do Demasi. “Se houver problema na repavimentação a empresa é obrigada a refazer o serviço”, acrescenta.

5

Famílias aguardam há quatro anos por casas Um grupo de moradores reuniuse na manhã de ontem para deliberar sobre o andamento do projeto que prevê a construção de 54 casas que beneficiarão famílias do bairro 15 de Novembro e Colonial. Essas pessoas estão preocupadas porque aguardam por uma solução, em aluguel social, há quatro anos. “Estou no aluguel social, mas pago com um valor para complementar, agora a dona da casa onde eu moro colocou ela a venda e eu tenho até setembro para sair. O aluguel social é de R$ 400 no máximo. Faz quatro anos que estamos esperando uma solução”, conta Raquel Trindade. Segundo ela, na quarta-feira um grupo de seis moradores foi até a prefeitura para conversar com o prefeito Fioravante Ballin. “Ele se recusou a falar conosco. Mandou a gente esperar em uma sala que ele chamaria alguém da Habitação para nos atender, e ele também. Quando chegou um rapaz da Habitação o prefeito já tinha sumido. Então apareceu o vice-prefeito [Bira Teixeira] e conversou com a gente”, conta. Outra preocupação dessas famílias é a ocupação da área em que seriam construídas essas residências. “Faz mais de 60 dias que foi invadida e estão construindo casas lá, e ninguém está fazendo nada. Nós somos os beneficiados daquele terreno, o projeto já está pronto, água e luz já estão em nossos nomes”, cobra a moradora. Alessandra Cabral dos Santos

residia em uma área de risco no bairro Colonial e foi orientada pela Defesa Civil a sair. “Faz três anos que estou no aluguel social, porque para eu ficar onde eu morava tinha que assinar um termo de responsabilidade, fiquei com medo de algo acontecer e não receber um auxílio”, conta. Cristian Gomes também vive em aluguel social. Ele reclama que o terreno onde residia, e era considerada área de risco, foi doado para outra pessoa. “Já estão morando, tem água e luz no terreno, foi doado pela Habitação”, revela. “Se os terrenos já estão em nossos nomes, deveriam passar para nós. Se não tem verba para construir as casas, pelo menos nos passem o terreno”. Segundo ele, os moradores se propõem a construir suas residências com recursos próprios. José Carlos Cabral conta que é a primeira vez, em quatro anos, que se reúnem e que procuram o prefeito. “Em dezembro vence o contrato das casas e como ficaremos? Na rua? Faz quatro anos que estou aguardando pela casa”, reforça. A principal solicitação desses moradores é de que o prefeito dê uma posição. “Queremos saber se vamos continuar no aluguel social, e se o terreno é garantido para nossas casas”, argumenta Alessandra. “Não somos esculhambadores, mas se for necessário iremos lá manifestar nossa opinião, porque temos o direito de ter uma resposta para isso”, afirma Raquel.

Famílias reuniram-se pela primeira vez para debater demora na construção de moradias

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Sexta-feira, 17 de junho de 2016

ALMOÇO DE GRAÇA

A

solução do problema previdenciário é uma exigência cada vez mais urgente no País. Para 2015, o rombo previsto nas contas da previdência é de R$ 136 bilhões. Claro que a composição deste rombo é formada pelas mais diversas irresponsabilidades fiscais, cometidas por inúmeros governos ao longo das últimas décadas. No entanto, não está em questão, neste momento, a forma como o problema foi criado, e sim qual sua solução definitiva. O sistema previExistem inúmeros casos de pessoas que ainda denciário brasileiro reflete com muita clapossuem força laboral, reza as contradições mas por circunstâncias existentes em diversas legais optam pela aposentadoria, simplesmen- esferas do País. Apesar de termos uma te porque podem fazer condição econômica esta opção. sólida, que permita uma rede de seguridade social saudável do ponto de vista financeiro, as regras para aposentadoria e concessão de demais benefícios aos trabalhadores são dignas de um País rico e socialista. Portanto, é imprescindível que a recuperação do sistema previdenciário passe por uma revisão de regras. A

maior prova disso é que existem inúmeros casos de pessoas que ainda possuem força laboral, mas por circunstâncias legais optam pela aposentadoria, simplesmente porque podem fazer esta opção. É neste cenário que se criam discrepâncias como a possibilidade de uma trabalhadora que iniciou sua contribuição ao INSS aos 16 anos, poder se aposentar aos 46 anos. Se esta pessoa viver até os 80 anos, idade próxima à expecatitva de vida do País, que é de 74 anos, terá passado mais tempo recebendo uma aposentadoria do que contribuindo para a previdência. Em vias de protocolar um projeto de reforma previdenciária, o governo deve ficar atento a essas discrepâncias que, além de consumirem recursos públicos, prejudicam a produtividade dos trabalhadores brasileiros, pois estimulam uma aposentadoria precoce. A manifestação de muitos trabalhadores que falam em perdas de direitos é justa, pois a classe laboral é sempre a primeira a pagar pelos ajustes que não ajudou a criar. Apesar disso, não há outra saída ao País se não reformar a previdência, formando entre os brasileiros um sistema que dê segurança aos trabalhadores, mas que seja viável financeiramente.

PONTO DE VISTA

Arno Feigel Presidente do Conselho dos Consumidores de Energia do Demei fala sobre reuniões que serão realizadas e melhorias que o Demei poderá realizar

Quais são os conselhos de consumidores que estarão reunidos? Teremos a RGE, a AES Sul, CEEE, Demei, e demais empresas de energia da região. Junto com essas entidades, vamos criar um conselho na próxima semana com o intuito de discutir sobre a unificação. Uma delas é na questão da área rural, onde no meu ponto de vista, não adianta nós termos energia elétrica de 220v no interior, se vamos ligar um motor com um pouco mais de potência, não temos energia.

Sobre o encontro que será realizado em Carazinho, qual é o objetivo? Na próxima quarta-feira a partir das 13h30 teremos essa reunião, juntamente com o representante da Secretaria de Minas Energia do RS, entre outros presentes. Um dos principais pontos a ser tratado é sobre a compra de energia direta e sobre projetos para os próximos 10 anos no setor de energia do RS, além de mais uns cinco assuntos gerais que englobam a energia. A reunião inicia quarta-feira à tarde e segue durante toda a quinta-feira em Carazinho.

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

Sobre as reclamações da linha telefônica do Demei, o que pode destacar? Nós cobramos melhorias na linha do Demei em todas as reuniões que são realizadas, inclusive teremos uma reunião hoje para tratar sobre temas locais daqui da região, e esse assunto vai ser debatido também. Isso é um problema, pois muitas vezes o consumidor se mostra irritado diante de algum problema de energia, e a sua primeira atitude é ficar ligando pra nós, e as vezes isso acaba sobrecarregando os nossos telefones. Nós estamos lutando por melhorias nesse setor, levando em conta que queremos futuramente uma tecnologia que informe sobre desligamentos ou coisas do tipo, para que esse problema de linhas ocupadas ou interrompidas deixe de existir ou pelo menos diminua em grande número.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

6

ARTIGO

Novas Lâmpadas Francisco Gasparin Fabrin Engenheiro Aproximadamente há 15 anos ou mais, quando se queria substituir ou inserir novas lâmpadas, tínhamos poucas opções de escolha, ou seja, tínhamos apenas duas escolhas, optava-se por lâmpada incandescente ou fluorescente tubular. Ambas com um consumo elevado. Normalmente, utilizavam-se lâmpadas incandescentes para residências e lâmpadas fluorescentes para o comércio e indústria. Tempos em que se tinha energia elétrica à “vontade” e barata, utilizando quantidades e potências em excesso para a iluminação de ambientes. Tínhamos poucos modelos de lâmpadas fluorescente, essas com potências distintas. Para lâmpadas incandescentes tínhamos maior variedade com potências diferentes para um único “tamanho”. Com o tempo, novas tecnologias foram desenvolvidas, para satisfazer a necessidade de ambientes e gostos individual diversos. Atualmente se tem inúmeros modelos de lâmpadas, sendo difícil definir o total de modelos existentes e tamanhos diversos à venda no comércio. Facilmente são encontrados ambientes com iluminação inadequada, consequência da utilização de lâmpadas indevidas. Para cada ambiente especifico possui um tipo especifico de lâmpada para a realização da iluminação. O que isso influencia em nossas vidas? O excesso ou pouca iluminação no ambiente em que estamos expostos muitas horas diárias, pode provocar desconforto, cansaço, irritação, etc... Para evitar “esses problemas” é necessário realizar um estudo luminotécnico adequado. Neste estudo luminotécnico, além da potência e modelo das lâmpadas, e definido também a “cor” da iluminação que será irradiada pela lâmpada. Essa “cor” e definida pelos fabricantes através de suas embalagens pela definição de temperatura, ex: luz fria, luz quente, neutra. A luz fria que geralmente está descrita nas embalagens, irradia luz azulada, mostra uma temperatura de 6000K(Kelvin) ou superior. Quando se deseja obter uma luz neutra, deve procurar na embalagem uma temperatura de 5200K a 5800K. Para a luz amarelada deve-se ter uma temperatura com valores menores que 5200K. Hoje em dia, facilmente percebe-se pessoas comprando lâmpadas, levando em consideração apenas a potência (consumo de energia). Atualmente é impossível fazer este tipo de análise para obtenção de uma correta iluminação. A cultura, que vem de anos, determina que, com a compra pela potência tem a noção de quanto de ‘luminosidade’ será fornecido pela lâmpada. Hoje não é mais possível ter referência à potência. Cada modelo de lâmpada tem um fluxo luminoso e intensidade luminosa (entre outros itens) diferentes. Essas grandezas são de fundamental importância para definição de uma adequada luminosidade. Ao realizar adequação de um ambiente deve-se consultar alguém que tenha conhecimento sobre o assunto, para que o ambiente não se tornar um espaço desagradável.

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Representantes Comerciais: Grupo de Diários

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

www.jmijui.com.br

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 17 de junho de 2016

ANTÔNIO PADILHA

Escola promove gincana de aniversário

7

Unijuí realiza projeto Cidadania para Todos Um grupo de estudantes da Escola Estadual de Ensino Médio Emil Glitz esteve, na última terça-feira, visitando alguns espaços do câmpus da Unijuí. A atividade faz parte do Projeto Cidadania para Todos, desenvolvido pelo Curso de Direito da Universidade. Além da Biblioteca Universitária, os estudantes assistiram a um filme e visitaram alguns laboratórios e o estúdio da Rádio Unijuí FM. O objetivo do projeto é trabalhar, por meio de oficinas com professores e alunos, temáticas voltadas aos direitos e deveres e também questões sociais. Segundo o professor Marcelo Loeblein, do curso de Direito, o projeto Cidadania para Todos é desenvolvido há 10 anos junto a escolas dos municípios de

Ijuí, Santa Rosa e Três Passos, onde a Unijuí oferece o Curso de Direito. De acordo com a professora Joice Gracieli Nielson, o projeto é desenvolvido com a finalidade de levar a universidade para contribuir na sociedade, mostrando o que é produzido no curso de Direito da Unijuí e que pode contribuir na melhoria das condições de vida da sociedade. "Durante a realização do projeto, normalmente o ano todo, realizamos oficinas, atividades e trabalhamos com alunos, professores e pais envolvidos na comunidade escolar sobre temas como cidadania, violência, questões de gênero, sexualidade e gestão de conflitos", explica a professora.

Atividades devem ser realizadas até amanhã. Encerramento terá entrega de boletins e eleição do Conselho Escolar

Em alusão aos 11 anos de fundação da Escola Estadual de Ensino Médio Antônio Padilha, os professores, funcionários e alunos estão participando de uma gincana cultural de integração. As atividades integram jogos, como o Torneio de Futsal. Ontem os alunos participaram de uma gincana Cultural com montagem de QGs e caracterização dos alunos, hoje ocorre o show de talentos e as atividades encerramse amanhã com a festa junina,

entrega de boletins e eleição do Conselho Escolar. "Cada turma escolheu um mascote e tema para se caracterizar e montar um QG", explica a professora de Português e Literatura e coordenadora pedagógica da Escola, Elisângela Mengarda. Ainda, de acordo com ela, os alunos se empenharam em participar das atividades. "Essa semana é muito esperada pelos alunos". Apesar de ser uma atividade

extraclasse, que além de diversão, abordar conhecimentos de cultura, educação e atividades físicas e promove uma integração entre os alunos. "Esse é um momento de eles se avaliarem e de respeitar e, ainda, ser um espaço de ganhar e perder", acrescenta a supervisora e orientadora da Escola, Ivante Rosa de Souza. Hoje são cerca de 240 alunos atendidos na escola, nos turnos da manhã e tarde.

Smed faz encontro de qualificação Na última terça-feira, a Secretaria Municipal de Educação (Smed) promoveu um encontro de qualificação com os vice-diretores das escolas municipais. O encontro teve como finalidade abordar o compromisso da equipe diretiva no processo de avaliação externa e da avaliação como um todo dentro das escolas. Segundo o secretário de Educação, Eleandro Lizot, que direcionou os trabalhos, foi desenvolvido um processo de discussão onde se conseguiu trabalhar os programas da avaliação na perspectiva da avaliação institucional, da aprendizagem e da avaliação externa, no que se refere aos institutos que acompanham o processo de desenvolvimento de cada uma das escolas onde o resultado se apresenta nos índices do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). "Ao propormos essa atividade com os gestores queremos que eles se instrumentalizem como

Qualificação ocorreu na terça-feira, mas deve ser realizada durante todo o ano

agentes de gestão do processo da avaliação, no sentido de ter elementos que possam estar contribuindo com o diretor e os coordenadores pedagógicos na mobilização dos professores, dos alunos e da comunidade externa, se assumindo como corresponsáveis de tudo que acontece na escola e de quais resultados a

escola deve atingir". Além do encontro, o secretário destaca que durante o ano devem ocorrer outros encontros, que fazem parte do Programa Refletir. “Esse programa traz toda a formação de todo o quadro de professores da rede, que traz temáticas que se enquadram em cada setor da escola”, explica Lizot.

Alunos visitaram espaços internos da Universidade

SEG tem cursos com inscrições abertas A Escola Técnica Ijuí (SEG) está com inscrições abertas para o curso técnico em Transações Imobiliárias. Esta opção de ensino é destinada a alunos que estejam cursando ou já tenham concluído o Ensino Médio, com idade mínima de 18 anos, e que tenham interesse em ingressar no segmento imobiliário. O Técnico em Transações Imobiliárias atua diretamente em todas as etapas de operações comerciais de imóveis, reunindo informações detalhadas sobre aquisições, vendas, locações, avaliações, preços e financiamentos, firmando contratos e apresentando opções aos clientes. No mercado de trabalho, pode atuar em empresas imobiliárias e de consultoria, construtoras, bancos ou ainda desenvolver as suas atividades de forma autônoma. Ao realizar o curso, o estudante poderá requerer ao Creci-RS o registro de estágio e, concluído o curso

e obtido o diploma, o interessado deve fazer o registro da inscrição definitiva. O curso possui carga horária total de 800 horas, desenvolvidas em atividades presenciais e a distância. Ao longo das aulas, são abordados temas como Relações Humanas e Profissionais, Desenho Arquitetônico, Economia e Mercado, Legislação, Marketing Imobiliário, Matemática Financeira, Operações Imobiliárias, entre outros. O aluno do curso também realiza um estágio supervisionado de 200 horas, para consolidar os conhecimentos adquiridos em aula. Além de Transações Imobiliárias, também estão abertas as inscrições para outras opções de cursos técnicos, em diferentes áreas e turnos. Mais informações podem ser obtidas na Escola de Técnica Ijuí, na Rua 24 de Fevereiro, 434, ou pelo telefone 55 3332.8839.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 17 de junho de 2016

NOVO GOVERNO

Cherini acusa PDT de ficar com cargos na gestão Temer Em pronunciamento no plenário da Câmara dos Deputados ontem, o deputado federal gaúcho Giovani Cherini (PDT) criticou sua sigla e disse que ainda não foi notificado sobre a sua expulsão, determinada em 30 de maio em julgamento da Comissão de Ética da legenda. Cherini foi expulso porque votou favoravelmente ao impeachment de Dilma Rousseff (PT), contrariamente à determinação do diretório nacional. O partido havia fechado questão sobre o assunto e orientado os deputados a votarem contra o afastamento da presidente. De acordo com o parlamentar, "aqueles que me expulsaram continuam ocupando cargos no governo que eles tanto criticaram que era golpe". Cherini disse que mais de 300 filiados ocupam postos no governo do presidente interino Michel Temer (PMDB), citando especificamente Manoel Dias, ex-ministro do Trabalho do governo Dilma e que atualmente preside a CorreiosPar. "Percebo que minha expulsão do PDT foi encomendada. Foi perseguição política, ciúme", concluiu. Cherini afirmou que, apesar

Deputado Giovani Cherini foi expulso do PDT no dia 30 de maio

de ter recebido convites de todos os partidos com representação na Casa, com exceção do PDT, PCdoB, Psol, vai esperar o fim das eleições municipais para anunciar a nova sigla, "para ajudar meus amigos que se candidatarão pelo PDT para cargos de prefeito e vereador". O deputado também descarta recorrer da decisão. "Se a decisão foi política, a via judicial não adianta". Após ser expulso do PDT no

dia 30 de maio, Cherini criticou o presidente nacional da legenda, Carlos Lupi, usando o termo "covarde", e disse que ele tem "interesses inconfessáveis". "Fui, enfim, vítima de um covarde, que com interesses inconfessáveis comanda o PDT com mão de ferro sem jamais se colocar sob o crivo do voto popular, inarredavelmente divorciado da vontade das bases populares que diz representar", escreveu o parlamentar gaúcho.

Governo quer devolver confiança

8

Golpe foi feito com os trabalhadores, diz senadora A senadora Ana Amélia (PPRS) criticou durante reunião da Comissão do Impeachment, o discurso de “golpe” feito por defensores da presidente afastada. Na opinião da parlamentar, golpe foi a situação na qual o governo de Dilma Rousseff colocou o Brasil. "Repetem, como disco quebrado, a balela do golpe. Golpe é o que foi feito contra os trabalhadores brasileiros, é a recessão, a inflação, o desemprego, a falta de credibilidade. Esse foi o maior golpe dado no Brasil, com a pior crise econômica da história", disse. A senadora lembrou que Dilma prometeu “fazer o diabo” para ganhar a reeleição e, por conta disso, destruiu o país. "A sociedade, agora, paga o preço da irresponsabilidade. São mais de 11 milhões de desempregados. Isso não é pouca coisa", acrescenta a parlamentar. Ana Amélia salienta que os defensores da presidente afastada se são ao direito de agredir, verbalmente, os senadores que consideram Dilma culpada pelo crime de responsabilidade fiscal, mas não admitem críticas no mesmo tom. "A defesa continua com a ladainha do golpe, ignorando o clamor da sociedade e a crise que mergulhou o país pelo desgoverno do PT", disse a senadora gaúcha. Ana Amélia lembrou que a digital para a admissibilidade do processo de impeachment na Câmara e no Senado é do presidente do Supremo Tribunal Federal

Senadora Ana Amélia Lemos

(STF), Ricardo Lewandowski. Disse ainda que as outras digitais são dos deputados e senadores que, livremente, dentro do que determina o rito constitucional, também aprovaram esse processo. "O que estamos fazendo aqui é dentro da lei", reiterou. A senadora ainda apoiou as declarações feitas pouco antes por Simone Tebet (PMDB-MS), que rebateu as tentativas dos defensores de Dilma de acusar somente os outros partidos de autores de planos para atrapalhar a Lava Jato. A parlamentar leu a “autocrítica” do próprio PT: “A Operação Lava Jato desempenha papel crucial na escalada golpista”, diz o texto.

Deputada defende políticas públicas para os idosos

Governo Temer quer controlar gastos públicos e devolver confiança ao mercado, através da fixação de tetos

O presidente em exercício Michel Temer, acompanhado do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, reuniu, os líderes dos partidos que integram a base do Governo e apresentou uma Proposta de Emenda Constitucional estabelecendo tetos de gastos públicos. Para o deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), vice-líder do Governo na Câmara, trata-se de uma medida necessária, transfor-

cmyk

madora e inovadora em termos orçamentários e deve contribuir para o ajuste das contas públicas. "Sem este ajuste, não tem como o governo estancar a crise fiscal e monetária que o PT mergulhou o País", explicou o parlamentar. Segundo Perondi, o Brasil tem um buraco fiscal gigantesco, criado nos últimos dez anos, e a medida, sendo aprovada, vai controlar os gastos, devolver a confiança ao mercado e salvar

o País. Além disso, com o controle de gastos, o governo poderá reduzir, em médio prazo, a assustadora dívida interna bruta, que mantém os juros elevados. "É mais uma medida forte e corajosa que o Presidente Michel Temer encaminha para o Congresso Nacional, que precisa dar uma resposta rápida e aprovar a PEC, para o bem de todos os brasileiros", defendeu.

O Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa pautou a manifestação da líder do PSDB na Assembleia Legislativa, deputada Zilá Breitenbach. Com o aumento de 400% da violência contra o idoso num período de dez anos, segundo pesquisas, a parlamentar defendeu a promoção de políticas públicas para esta faixa da população que, em 2050, terá dobrado em relação às crianças. Zilá disse que estudos mostram que 84% da violência contra os idosos acontecem dentro de casa, com frequência diária, de caráter financeiro e pessoal. “Mais da metade das vítimas de violência tem 85 anos ou mais, 64% são aposentados, 68% são do sexo feminino e 27% analfabetos”, apontou. A deputada explicou que os agressores são, em geral, os filhos ou parentes próximos. Zilá rela-

tou dados estatísticos relativos à violência constatando que a cada 10 minutos um idoso é agredido no país. “Esses dados determinam a elaboração de políticas públicas para os idosos, na área da previdência, da saúde e da alimentação”, defendeu. Outra observação feita por Zilá diz respeito ao mercado de trabalho. “Ao buscar emprego para complementar sua renda, o idoso raramente alcança esse objetivo”, observou. A parlamentar preside a Frente Parlamentar em Apoio às Vítimas de Violência, na Assembleia. Recentemente, Zilá propôs a alteração do nome da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos, para Comissão dos Direitos Humanos, da Cidadania e das Vítimas de Violência, dando ênfase ao amparo às vítimas dos casos de agressão de ordem física, moral e psicológica.


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 17 de junho de 2016

IMPEACHMENT DA DILMA

STF nega pedidos de habeas corpus para barrar processo

Prosseguem depoimentos de testemunhas de defesa na Comissão

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) negou ontem recursos de cidadãos que levaram à Corte dois habeas corpus em favor da presidente afastada Dilma Rousseff. Uma das ações pedia que fosse anulada a decisão da Câmara dos Deputados de dar seguimento ao processo de impeachment. Já a outra, pedia o trancamento do processo no Senado Federal. No mês passado, o relator dos dois processos, ministro Teori Zavascki, negou seguimento aos pedidos. O ministro entendeu que não cabia o uso de habeas corpus para tratar do tema do impeachment. "Certamente é impróprio, para esse escopo, o presente habeas corpus, cuja finalidade constitucional é a da proteção do indivíduo contra qualquer ato limitativo ao direito de lo-

comoção (CF, art. 5º, LXVIII)", disse Teori nas decisões tomadas em maio. Na sessão desta quinta, o ministro relator voltou a negar seguimento às ações. "Eu neguei seguimento seguindo orientação do Tribunal em caso semelhante, Tribunal pleno, que diz que para trancar processo de impeachment não cabe habeas corpus. Estou negando provimento", disse o relator no julgamento de uma das ações. Nas duas ações, o ministro Marco Aurélio abriu divergência por entender que o habeas corpus não pode ser negado por decisão monocrática do relator, mas foi voto vencido. Os demais ministros acompanharam o voto de Teori. Na tarde de ontem a Comissão Processante do Impeachment no Senado ouviu Wagner Vilas

Boas, ex-secretário executivo adjunto do Ministério da Educação (MEC), como testemunha de defesa da presidente afastada Dilma Rousseff. Antes dele, foi ouvido Luiz Cláudio Costa, exsecretário executivo do MEC. Villas Boas e Costa foram convidados para falar sobre decreto de suplementação orçamentária emitido por Dilma para liberar recursos para a educação. O documento em questão compõe o grupo de quatro decretos pelos quais a presidente afastada é acusada de cometer crime de responsabilidade. Antes de Luiz Cláudio, o diretor do Departamento de Programas Sociais da Secretaria do Orçamento Federal, Felipe Daurich Neto, chegou a iniciar depoimento, mas foi dispensado pela comissão por estar com a voz prejudicada.

Cunha rebate que faria delação premiada Recorrendo novamente às redes sociais para se manifestar sobre os últimos fatos divulgados pela imprensa, o presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), voltou ontem a rechaçar o que chamou de "ilação mentirosa": a possibilidade de se tornar delator da Operação Lava Jato. Cunha disse que não tem qualquer conflito com outros clientes defendidos por sua advogada, Fernanda Tortima. A advogada foi citada pelo jornal O Estado de S. Paulo, que destacou sua atuação na defesa de outros nomes que negociaram delação premiada, como o expresidente da Transpetro Sérgio Machado, autor das gravações divulgadas nos últimos dias em que revela o repasse de propina para políticos de seis partidos, entre os quais, membros da cúpula do PMDB.

"Cada advogado sabe se existe conflito entre seus clientes e, a partir dai, opta para solucionar o conflito. Não tenho qualquer conflito com clientes dela [Fátima]", afirmou. Cunha disse que Fernanda é sua advogada há anos e assegurou que nunca perguntou, ou vai perguntar, quem são os outros clientes e que tipo de trabalho Fernanda desenvolve para eles. Eduardo Cunha acrescentou que sua mulher, Cláudia Cruz, ré na Lava Jato pelos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas envolvendo valores provenientes do esquema criminoso instalado na Diretoria Internacional da Petrobras, também é defendida por advogados que têm outros clientes que colaboram com a Justiça, mas que não tem qualquer conflito com ele. "Se tivermos de restringir que advogado que participa de dela-

Eduardo Cunha

ção não advoga para quem não participa, faltará advogado no mercado", disse o parlamentar, negando novamente qualquer intenção de se tornar delator. "Não cometi qualquer crime e não tenho o que delatar", afirmou.

9

Renan diz que Janot "extrapolou os limites" O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), voltou a atacar o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, nesta quinta-feira. Para Renan, Janot "extrapolou" os limites ao pedir a prisão e emitir mandados de busca e apreensão de senadores no exercício do mandato. Renan adiantou que irá analisar um dos nove pedidos de impeachment de Janot na Casa até a próxima quarta-feira, mas negou que haja uma tentativa de intimidação ao procurador. Renan também comentou novamente uma fala de Janot, dizendo que "o sigilo sobre delação poderia abrir crise entre os Poderes". "Essa é uma declaração criminosa. Ao dizer que foi retirado o sigilo, ele assume a paternidade do vazamento", disse. Durante coletiva de imprensa, Renan insinuou diversas vezes que Janot poderia estar por trás do vazamento da delação premiada de Machado. Ele disse que vai procurar o diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra, para colocar o Senado à disposição para investigar os "crimes". Renan enfatizou que sua proposta não busca interferir na Operação Lava Jato. Ele também voltou a acusar procuradores que dizem terem sido "rejeitados pelo Senado no passado e que estariam agindo

Renan Calheiros

por vingança". Segundo ele, eles deveriam ser impedidos de participar das investigações. O presidente comentou as 11 investigações das quais é acusado. "Eu fui citado já 11 vezes porque diante da inexistência de prova para acusar ou para condenar, alguém escolheu me investigar diversas vezes. Investigando dessa forma, toda hora na mídia submetido a um julgamento, acham que isso é uma maneira inteligente de investigar, mas eu considero burra. Isso é muito ruim porque deturpa a democracia e embaça a verdade, e dificulta a vida das pessoas. São poucos que chegam aqui, olhando nos olhos de cada um, e dando essas respostas", defendeu.

Ministro Henrique Alves pede demissão do cargo Citado na delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, pediu demissão na tarde de ontem. Ele é o terceiro ministro a deixar o cargo em pouco mais de um mês de governo do presidente interino, Michel Temer. Na delação, tornada pública ontem, Machado afirmou que repassou R$ 1,55 milhão em propina a Alves, entre 2008 e 2014. Segundo o delator, os valores foram repassados pela construtora Queiroz Galvão. Em maio, Temer precisou substituir dois ministros citados pela Operação Lava Jato. O primeiro foi Romero Jucá, então ministro do Planejamento, que caiu após a divulgação de um áudio em que mencionava um “pacto” para estancar a Lava Jato. Uma semana depois, Fabiano Silveira deixou a pasta da Transparência. A situação dele no cargo ficou fragilizada após serem divulgadas conversas em que ele criticava a operação e orientava

Henrique Alves

a defesa de investigados no esquema de desvios de recursos na Petrobras. A delação premiada do expresidente da Transpetro Sérgio Machado envolveu mais de 20 políticos que teriam recebido propinas no esquema de corrupção na subsidiária da Petrobras. Pela primeira vez na Operação Lava Jato, o presidente interino Michel Temer foi mencionado nas investigações.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 17 de junho de 2016

ASSEMBLEIA GERAL

Famurs debate fechamento de contas

Debate teve foco na busca de novas receitas para os municípios gaúcho

Na última quarta-feira, os prefeitos da região participaram da Assembleia de julho da Famurs. O evento, que teve como objetivo debater o fechamento das contas dos municípios, contou com a participação do presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski e do Tribunal de Contas do Estado (TCE). De acordo com o presidente da Federação, Luiz Carlos Folador, uma das grandes preocupações, que foi debatida no encontro diz respeito aos recursos do governo federal, cerca de R$43 bilhões, de 85 mil empenhos, que ainda não foram repassados aos municípios.

"O debate foi no intuito de nós termos esses recursos para concluirmos estas obras". Segundo Folador, com o atraso do repasse, as obras que já estão em andamento, como é o caso de diversas creches no Estado, acabam encarecendo ou ficam paralisadas e a comunidade cobrando da prefeitura. "Nós temos uma ideia de continuar mobilizados, principalmente no Ministério do Planejamento para liberar recursos e aí, então, essas obras serem concluídas". Além deste tema, existe a preocupação de um projeto de lei que está em tramitação, que se refere a isenção de IPI (Imposto

sobre Produto Industrializado) das micro e pequenas empresas. "Esta isenção sairia do FPM, o que teria um impacto nas receitas municipais". Outra preocupação é um projeto que está em tramitação no Senado, onde R$ 10 bilhões seriam ingressados no ISS dos municípios. "Foram vários assuntos debatidos, principalmente busca de novas receitas aos municípios". Para ele, o fato de que os recursos estão sendo repassados com atraso ou nem mesmo prazo para ser entregue aos municípios é causa para que muitos prefeitos, cerca de um terço, não queiram concorrer a um novo pleito neste ano.

Habitação é tema de seminário Na manhã de ontem, mais de 300 pessoas participaram do 1º Seminário de Cooperativismo de Habitação Popular, realizado no teatro Dante Barone, na Assembleia Legislativa. Na abertura do evento, o governador José Ivo Sartori afirmou que as políticas de apoio a essa prática têm a missão de estimular a forma cooperativa de planejamento social, econômico e cultural. "Na habitação popular esse sentido se fortalece porque está em pauta o lugar onde vidas humanas têm guarida", afirmou Sartori. O governador destacou que o encontro tem o objetivo de amadurecer esta modalidade de cooperação. "O cooperativismo puxa a economia gaúcha para frente. Temos exemplos bem sucedidos na saúde, na agricultura e no setor de crédito. Na área habitacional, tenho a convicção de que podemos avançar", disse. O Rio Grande do Sul possui mais de 2,2 mil cooperativas com 2,6 milhões de associados e mais de 58 mil empregos gerados. O secretário de Obras, Saneamento e Habitação, Gerson Burmann,

cmyk

10

Região recebe ações do Dia C de Cooperar Lançado na última segundafeira, o Dia C – Dia de Cooperar da cooperativa de Crédito Sicredi das Culturas-RS, que tem como objetivo promover ações voltadas ao assunto do cooperativismo que acontecerão nos municípios de Ajuricaba, Augusto Pestana, Bozano, Coronel Barros, Jóia e Ijuí. Para marcar esta data que é comemorada anualmente no primeiro sábado do mês de julho, a Sicredi das Culturas RS está mobilizada nas ações do DIA C – Dia de Cooperar, promovido pelo Sescoop RS, incentivando 15 ações de voluntariado na região. O presidente da Sicredi das Culturas RS destaca que, há muitos anos tem se comemorado o dia internacional do cooperativismo. , “em nossa cooperativa com ações de voluntariado e em benefício de causas sociais". Em Jóia, o Dia C ficará registrado através do plantio de

árvores nativas e frutíferas no pátio da escola João Antônio da Conceição, também serão feitas e instaladas novas lixeiras no pátio. Em Coronel Barros, a equipe do Sicredi estará engajada na arrecadação de materiais escolares, de higiene e roupas para crianças e adolescentes, que serão entregues no Centro de Acolhimento Martinho Lutéro no dia 2 de julho. Em Augusto Pestana, a ação beneficiará o Hospital São Francisco, na qual a venda de galetos no dia 2 de julho arrecadará valores que serão repassados para a instituição. No município de Bozano acontecerá a venda de galinhada com o intuito de arrecadar recursos para a Escola Estadual de Ensino Médio Doutor Bozano, o que possibilitará a pintura de uma de suas paredes e conserto da tela que cerca o pátio. Em Ajuricaba o trabalho será direcionado para a Apae.

Lançamento do Dia C ocorreu na última segunda-feira em Ijuí

Coronel Barros faz coleta de lixo eletrônico

"O cooperativismo puxa a economia gaúcha", disse o governador

destacou que habitação popular é importante para a autoestima das pessoas e frisou que o governo está priorizando a regularização fundiária, principalmente dos imóveis da extinta Cohab. O secretário de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Tarcísio Minetto, enfatizou que o objetivo do seminário é incentivar a organização de cooperativas habitacionais para reduzir o déficit do setor. "O cooperativismo é o caminho para o desenvolvimento econômico e

social com qualidade de vida", afirmou. Também participaram da abertura do evento a presidente da Assembleia Legislativa, Silvana Covatti; o presidente da Federação Rio Grandense das Associações Comunitárias de Moradores e Bairros (Fracab), Antônio Carlos Damasceno Lima; e o presidente do Sindicato e Organização das Cooperativas do RS (Ocergs), Vergílio Périus; entre outros representantes do setor.

Na última terça-feira, a comunidade de Coronel Barros realizou uma atividade de coleta de lixo eletrônico. A ação marca o Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado no dia 5 deste mês. Na ação foram recolhidos cerca de 20 metros cúbicos, entre aparelhos de som, peças de computador, eletrodomésticos, cabos, fios e televisores. De acordo com a coordenadora e supervisora de Meio Ambiente, Rubia Zwike, a campanha superou as expectativas. "Nós não esperávamos recolher esta quantidade de resíduos, isso foi fruto de um trabalho de divulgação feito pela Secretaria do Meio Ambiente junto às escolas do município e também em meios de comunicação do município e da região", destacou. Ainda, conforme ela ressalta, a comunidade participou da campanha conforme o cronogra-

ma, entregando os resíduos na Secretaria de Obras. "Agradecemos a colaboração de toda a comunidade de Coronel Barros que participou da campanha contribuindo assim para uma cidade mais limpa e mais bonita".

Rubia Zwike


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 17 de junho de 2016

POLICIAMENTO OSTENSIVO

BM evita suposto caso de duplo estupro na região

Foi aberto o inquérito para apurar um caso de grande repercussão na macrorregião Noroeste - Missões. Na ocasião, chamou a atenção o fato da Brigada Militar ter agido a tempo de evitar um suposto caso de estupro contra duas menores de idade. O caso está na mão da Polícia Civil e deverá ter seus encaminhamentos nos próximos dias. Segundo repassado pela Brigada Militar, uma guarnição abordou um veículo Ford Fiesta que era ocupado pelo condutor e mais duas meninas. O automóvel estava estacionado em uma estrada vicinal, na zona rural de Santo Ângelo. Em abordagem ao veículo, os PMs constataram o condutor, que apresentava nervosismo e outras duas meninas de 13 e 16 anos, respectivamente. Questionado sobre o que fazia, o elemento revelou que tinha pegado ambas e que tinha como destino um supermercado. As

PLANTÃO ATROPELAMENTO - Permanece internada em observação Luciana Hendgs Schallenberger, 46 anos, vítima de atropelamento na região central de Panambi. Segundo repassado pela Brigada Militar, Luciana estava atravessando a via sobre a faixa de segurança quando foi atropelada por uma Honda Bis, de Panambi, conduzida por um homem de 46 anos. Luciana foi socorrida até o Pronto-socorro com escoriações e deverá permanecer internada, pelo menos, até as primeiras horas da manhã de hoje. ATROPELAMENTO 2 - A Polícia Rodoviária Estadual de Santa Rosa foi acionada depois que o corpo de um homem foi encontrado às margens da RSC-472, em Santo Cristo. Em identificação, trata-se de Gilberto Luis Hekler. Conforme repassado pelos policiais rodoviários, o homem foi encontrado por volta das 11h e já sem vida na localidade de Linha Alma. O caso foi entregue à Polícia Civil de Santo Cristo e os agentes já trabalham com a hipótese de atropelamento, já que o corpo do homem apresentava diversas fraturas no tronco e nos membros. A investigação da PC deverá confirmar, ou não. Gilberto era natural de Alecrim e residia em Santo Cristo.

Brigada Militar agiu depois de desconfiar do veículo estacionado no meio do mato

meninas, no entanto, acusaram o motorista de ter agredidoas com socos, tapas, além de ameaçá-las com uma faca caso fizessem menção de avisar a polícia. Revelaram ainda que o indivíduo queria "fazer coisas" com elas. Há ainda a informação

preliminar que o homem teria ficado com o dinheiro delas, cerca de R$20. As partes foram deslocadas até o plantão da Polícia Civil. O Conselho Tutelar esteve presente. O acusado deverá responder o inquérito, inicialmente, preso.

11

Delegado é preso por suspeita de propina no RS Um delegado e dois policiais civis foram presos por suspeita de exigir propina em fiança ontem. A ação foi deflagrada pelo Ministério Público, em conjunto com a Corregedoria da Polícia Civil e a 1ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana nas cidades de Alvorada e Porto Alegre. Uma advogada e um ex-policial militar, também suspeitos de participarem do esquema, estão foragidos. Foram cumpridos seis mandados de prisão preventiva e nove de busca e apreensão. De acordo com o Ministério Público, todos são suspeitos de exigir valores de presos em flagrante e de familiares de presos, para liberá-los. As investigações, que começaram em maio deste ano, dão conta de que o grupo cobrava valores acima do estipulado pela fiança e se apropriava da quantia excedente. No esquema, o ex-PM e a

advogada ficavam do lado de fora da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Alvorada, fazendo o intermédio da cobrança junto aos familiares dos presos. Ainda conforme o Ministério Público, o lucro de cada plantão é estimado de R$ 2 mil a R$ 5 mil. São realizados em média dois plantões por semana. Os crimes imputados são concussão, que é a exigência de indevido valor em razão da função pública, organização criminosa, violação de sigilo profissional e usurpação da função pública. As penas poderão ser fixadas entre sete anos e seis meses a 23 anos de reclusão, além de multa e perda do cargo público. O Ministério Público afirma ainda que vai entrar com ação por improbidade administrativa, com intuito de provocar a perda do cargo e a restituição dos valores obtidos ilegalmente.

Quadrilha de roubo de veículos ostentava armas

Veículo é flagrado a quase 200 km/h na Freeway Uma caminhonete Land Rover foi flagrada a 195 km/h no começo da tarde de ontem na Freeway, no trecho da Região Metropolitana. O flagrante foi feito pelo radar fotográfico da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Em uma hora, apenas um radar flagrou quase 200 motoristas trafegando acima da velocidade da rodovia. No trecho, o máximo permitido é 110 km/h. Dois equipamentos foram utilizados hoje na rodovia. O motorista da caminhonete será autuado e pagará multa de R$ 547. A PRF abriu processo para suspensão dos direitos de dirigir do condutor por um ano.

Imagens postadas nas redes sociais chamaram atenção da investigação

Velocidade flagrada pela PRF é quase 100% maior que a permitida

Operação resulta em cinco presos A Polícia Civil descobriu um esquema de traficantes que invadiam casas e expulsavam os moradores na zona Norte de Porto Alegre. A operação Conquista da Vila Amazônia foi deflagrada ontem, no bairro Rubem Berta. Foram cumpridos dez mandados de busca e apreensão e sete de prisão. Cinco pessoas foram presas, entre elas uma mulher. Um homem foi preso em flagrante por tráfico de drogas e associação ao

tráfico. Os demais foram detidos pelo mesmo crime, mas durante o cumprimento dos mandados. Foram apreendidos ainda um revólver calibre 38 e crack e maconha, que estavam prontos para a venda. Segundo o delegado Ajaribe Rocha Pinto, o grupo invadia casas e expulsava moradores, além de vender os bens das residências. As moradias eram transformadas em ponto de tráfico de drogas.

A Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Canoas deflagrou na manhã de ontem a operação Ostentatio, que recebeu este nome pela forma como uma quadrilha especializada no roubo de veículos ostentava armas por meio das redes sociais. Sete pessoas foram presas e outras quatro estão foragidas. “Pelo fato de eles ostentarem nas redes sociais os veículos de luxo que roubavam, mostravam dinheiro, muitas armas de fogo, e isso chamou muito a atenção”, disse o delegado Thiago Bennemann, responsável pelas investigações iniciadas ainda em 2015, quando veículos clonados foram apreendidos pela Polícia Federal do Paraná com cerca de duas toneladas de maconha. Por meio das redes sociais e aplicativos de comunicação instan-

tânea, os integrantes da quadrilha se comunicavam, mesmo com alguns deles já presos e recolhidos no Presídio Central de Porto Alegre. Um dos líderes do grupo que estava atrás das grades é acusado do latrocínio de um jornalista que atuava na prefeitura de Porto Alegre, em maio de 2014. Além das sete prisões, a polícia apreendeu armas, drogas, dinheiro e celulares, além de um veículo clonado. O grupo é apontado como responsável por roubar um veículo por dia na cidade de Canoas, na região Metropolitana de Porto Alegre, e também na zona Norte da capital. Conforme a polícia, eles contavam com a ajuda de um funcionário de um escritório de despachante que atuava em um centro de registro de veículos automotores para clonar os carros roubados.

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 17 de junho de 2016

Inter retoma a liderança

O Inter continua invicto como mandante no Campeonato Brasileiro e retomou a liderança na noite chuvosa de ontem: venceu o Atlético-MG por 2 a 0, com uma boa atuação no Beira-Rio. O Colorado soma 19 pontos, enquanto o Atlético-MG tem apenas 7 e fica na 18ª posição, na zona do rebaixamento. Domingo às 16h, o Colorado enfrenta o Figueirense em Santa Catarina. O Inter entrou em campo disposto a atacar desde o primeiro lance: logo no primeiro minuto, Sasha conseguiu uma boa chance de gol, ao tocar na saída de Victor e encobrir o goleiro. A bola foi para fora. Aos 8 minutos, Alex obrigou Victor a fazer uma boa defesa após chute da intermediária. Aos 34, surgiu o gol do Inter: após uma saída de jogo errada do Atlético Mineiro, Vitinho avançou pelo lado direito e cruzou em diagonal, encontrando Sasha do outro lado da área, em uma das suas posições preferidas para finalizar: 1 a 0. Sasha chegou a 10 gols pelo Inter na temporada. Aos 29 minutos do segundo tempo, o Inter ampliou o placar na sua jogada preferida: o contraataque com cruzamento para a

área. Quem puxou o contra-ataque foi Anderson, que entrou em alta velocidade pelo lado esquerdo e cruzou para Vitinho, que finalizou de primeira para dentro do gol: 2 a 0.O Inter ainda teria uma chance

BRASILEIRÃO

9ªrodada Quarta-Feira,15.6 Ponte Preta 3 x 2 Atlético-PR Coritiba 2 x 2 Palmeiras Santa Cruz 1 x 0 Figueirense Santos 2 x 0 Sport Botafogo 3 x 1 América-MG Cruzeiro 0 x 1 Flamengo

Tite deve assinar contrato hoje Tite deve chegar hoje à sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro, para assinar contrato e ser anunciado oficialmente como o novo técnico da Seleção Brasileira.De acordo com o secretário geral da entidade, Walter Feldman, o ex-técnico do Corinthians deve acertar todos os trâmites nesta sexta-feira. O horário, no entanto, não está definido. O dirigente ainda explicou

PLACAR GERAL

FUTSAL REGIONAL O Campeonato Municipal de Futsal de Bozano tem dois jogos hoje no Ginásio de Esportes pela segunda fase eliminatória. Na primeira partida, às 20h, se enfrentam Riograndense A e Saltinho. Depois atuam Salto A e Independente. A última rodada da primeira fase teve estas partidas na última terçafeira: Independente FC 2 x 1 Canarinho; Salto B 1 x 5 Saltinho e Riograndense A 8 x 0 Estrela B.

cmyk

DE PRIMEIRA JOGOS DO SESI

2x0

Internacional venceu o Atlético-MG e voltou a liderar o Campeonato Brasileiro

que a escolha por Rogério Micale como técnico da seleção olímpica foi uma opção de Tite. " Ele teve uma postura positiva e achava correto profissionalmente que o próprio Micale ficasse à frente da seleção olímpica, e que não seria certo assumir com a competição tão próxima". Feldman minimizou o fato de o ex-técnico do Corinthians ter assinado um manifesto exigindo a saída do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero.

AIF JOGA EM CASA O técnico Jaques Schultz terá as voltas de Ivan e Maiquinho, que cumpriram suspensão automática, no jogo de amanhã, às 19h, no Ginásio Wilson Mânica, diante do Cometa de Jaboticaba, pela primeira rodada do segundo turno do Estadual de Futsal Série Bronze. Os alas Fernandinho e Ale, recuperados de lesão, também devem ficar à disposição do treinador. Jaques elogiou a contratação do goleiro Danilo, lembrando que o jogador vai agregar qualidade ao elenco, mas precisará buscar seu espaço entre os titulares da AIF. O ingresso para o jogo no Ginasião terá preço único de R$ 5,00.

incrível perdida por Sasha aos 44 do segundo tempo: após um erro na saída de bola, Sasha saiu na frente de Victor, deslocou o goleiro e chutou no canto, mas a bola bateu na trave.

INTER

ATLETICO-MG

Danilo Fernandes; William Paulão Ernando Geferson (Paulo Cezar); Rodrigo Dourado Fabinho Gustavo Ferrareis Alex (Anderson); Vitinho (Aylon) Sasha Técnico: Argel Fucks

Victor; Carlos César (Clayton) Leonardo Silva Gabriel Douglas Santos; Rafael Carioca Júnior Urso Patric; Robinho (Hyuri) Carlos (Carlos Eduardo) Fred Técnico: Marcelo Oliveira

Gols: Sasha aos 34 minutos do primeiro tempo e Vitinho aos 29 minutos do segundo tempo (Inter). Árbitro: Péricles Bassols Cortez (PE-Fifa). Cartões amarelos: Douglas Santos (Atlético-MG); Paulão, Aylon (Inter). Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Público: 24.023. América-MG x Coritiba-21h Domingo, 19.6 Atlético-MG x Ponte Preta-11h Vitória x Chapecoense-11h Corinthians x Botafogo-16h Sport x Fluminense-16h Figueirense x Internacional-16h Flamengo x São Paulo-16h Grêmio x Cruzeiro-19h

São Paulo 2 x 0 Vitória Chapecoense 3 x 3 Grêmio Ontem,16.6 Inter 2 x 0 Atlético-MG Fluminense 1 x 0 Corinthians 10ª rodada Amanhã,18,6 Palmeiras x Santa Cruz-16h Atlético-PR x Santos-18h

Roger recebe proposta do Corinthians O técnico do Grêmio Roger Machado recebeu na madrugada, de ontem, uma proposta para assumir o comando do Corinthians. Ele seria o escolhido da direção corintiana para substituir Tite, que assumirá o comando da Seleção Brasileira nos próximos dias, mas sua prioridade é seguir no Rio Grande do Sul, por isso a proposta não foi aceita. O presidente Romildo Bolzan Jr. elogiou a atitude do treinador gremista, que após ser procurado se reuniu com a direção e anunciou sua permanência. O mandatário disse que não foi procurado pelo

Corinthians, mas afirmou que as conversas foram dentro da normalidade absoluta. "Roger definiu que vai seguir no clube cumprindo o projeto que ele tem conosco", disse o presidente. O Corinthians em uma nota afirmou que segue em busca de um nome de consenso na diretoria e não autorizou ninguém a fazer contato ou proposta para qualquer técnico, empregado ou não. Disse ainda que a direção não sabe de onde partem as especulações sobre nomes e mantém o objetivo de acertar na escolha de um novo treinador.

CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRÃO 2016 Internacional Palmeiras Grêmio Santos Corinthians São Paulo Flamengo Ponte Preta Fluminense Santa Cruz Chapecoense Atlético-PR Figueirense Vitória Coritiba Botafogo Cruzeiro Atlético-MG Sport América-MG

19 16 15 13 13 13 13 13 13 11 11 10 9 9 8 8 8 7 5 5

8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8

6 5 4 4 4 4 4 4 3 3 2 3 2 2 2 2 2 1 1 1

1 1 3 1 1 1 1 1 4 2 5 1 3 3 2 2 2 4 2 2

1 2 1 3 3 3 3 3 1 3 1 4 3 3 4 4 4 3 5 5

10 16 14 11 10 8 8 10 7 12 14 9 7 8 12 7 8 10 8 7

3 9 8 6 6 6 7 11 6 9 12 13 8 12 15 10 12 15 14 14

12

7 7 6 5 4 2 1 -1 1 3 2 -4 -1 -4 -3 -3 -4 -5 -6 -7

A nona rodada do futsal livre da competição do Serviço Social da Indústria será disputada hoje no Centro Esportivo Arthur Fuchs em Ijuí. Serão realizadas estas partidas: 19h,chave C, Hidroenergia x Funicalha/Prosis Informática/ Madecor/Agrimetal/Di Moville A; 20h,chave C,3 Tentos A x Cisbra; e 21h,chave D, Mineradora Ijuí x Fonte da Ilha/Atual Pneus/ Okeizitos A.A oitava rodada teve estes resultados na última terça-feira: chave B, Manutec/Pré Moldados Dreffs/EO da Silva/ Ombu 3 x 2 3 Tentos B; chave B, Hoff Pneus/Star Gesso A 6 x 2 Soberana Alimentos; e chave A, Taimak/Tornearia Wiercinski 3 x 5 Dubai Alimentos. Os classificados na chave B são estes: Manutec/ Pré Moldados Dreffs/EO da Silva/ Ombu, 8 pontos e Hoff Pneus/Star Gesso A,6 pontos.

SÉRIE B O Brasil-Pel joga hoje, às 21h, no Estádio Castelão em São Luiz no Maranhão, contra o Sampaio Correa, pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O xavante busca reabilitação após ter levado 3 a 0 do Ceará na última terça-feira. Fora de casa são três derrotas e um empate. A equipe pelotense que ocupa o oitavo lugar com 14 pontos não terá o artilheiro Felipe Garcia, expulso contra o Ceará.Quem também desfalca o time é Wender. O lateral recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora da partida. A 10ª rodada abre hoje com estes jogos: 19h15, Joinville x Ceará; 21h, Sampaio Correa x Brasil-Pel; Paraná x Luverdense; e 21h30, Goiás x Avaí. Amanhã serão disputados estes jogos: 16h, Náutico x Bragantino; Criciúma x Tupi; Atlético-GO x CRB; Bahia x Londrina; 16h30, Vasco x Paysandu; 21h, Oeste x Vila Nova.

EUROCOPA Alemanha e Polônia empataram em 0 a 0 ontem no Stade de France. Com o resultado, os dois times foram a quatro pontos, liderando o Grupo C. Os alemães aparecem na primeira colocação com vantagem mínima no saldo de gols. Mais dois jogos foram disputados ontem na Euro: chave B, Inglaterra 2 x 1 País de Gales; e chave C, Ucrânia 0 x 2 Irlanda do Norte. Hoje serão realizadas estas partidas: 10h,grupo E, Itália x Suécia; 13h, grupo D, República Tcheca x Croácia; 16h, grupo D, Espanha x Turquia.

COPA AMÉRICA Peru e Colômbia jogam hoje, às 21h pelas quartas de final. Os peruanos eliminaram o Brasil na primeira fase provocando a demissão do técnico Dunga.


Acontece

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 17 de junho de 2016

Sheila, Hulk, Bianca e Nacaue no Absoluto

13

Noite de teatro

A A psicológa Solange Schorn e a empresária Adriane Kozenieski em noite festiva na Le Mond

contece na noite de hoje a apresentação da adaptação da poesia “Quem matou Aparecida”, de Ferreira Gullar, pelo grupo Vir a ser teatro, às 19h30, no Sesc. O enredo conta a história de uma favelada que ateou fogo nas vestes. O texto denuncia, através de uma linguagem simples, a exploração, dissabores e desventuras das camadas menos favorecidas da sociedade, com foco principal no cotidiano e opressões vividas por mulheres. Texto em que vidas e destinos se cruzam aleatoriamente. Os ingressos custam R$ 10,00 e podem ser adquiridos no Sesc. No elenco, a atriz Pâmela Wiersbitzki (foto) e na direção, Ana Paula Heizmann.

Nova diretoria O Lions Club de Ijuí promove na noite de hoje um jantar para seus integrantes para a posse da nova diretoria. Décio Dupont, na foto com a esposa Nelsi, entregará a presidência para Élio Schuh.

José Carlos e Isabel Menegon no Festival das Massas do Lions Club de Ijuí

Luciana Garzella Walter, Iglê Michel, Erna Klett no Chá das Mães do Ceap

Casa de Dança Hoje, sexta-feira, a banda Requinte estará no comando do som da Casa de Dança. Boa música, passando por todos os gêneros, um repertório eclético, com acompanhamento de sax. Venha dançar, fazer amigos e confraternizar em um ambiente agradável direcionado aos apreciadores da dança de salão. A casa comunica que loca seu espaço, para formaturas e aniversários. Informações: 3332-4378.

Jeniffer Beskow e Vinicius Pedrott na Glasnost

cmyk


Jornal da Manhã

Sexta-feira, 17 de junho de 2016

Haja Coração - Globo Camila questiona Giovanni sobre seu envolvimento com a explosão Camila questiona Giovanni sobre seu envolvimento com a explosão. Adônis mente para Shirlei sobre sua faculdade. Camila e Giovanni se declaram apaixonados um pelo outro. Leozinho avisa a Dinamite que pretende tirar a vida de Fedora depois de seu casamento. Bruna aconselha Francesca a gravar uma conversa com Genésio e depois denunciá-lo à polícia. Camila pede à família que não conte mais nada sobre seu passado, para que ela não volte a ser a pessoa que era. Apolo repreende Afonso e afirma que precisa reagir para cuidar dos filhos.

Velho Chico - Globo Tereza discute com Carlos Tereza discute com Carlos. Dalva sofre por Cícero e Doninha se preocupa. Carlos sonda Cícero sobre seus sentimentos por Tereza. Luzia não consegue se aproximar de Santo. Carlos questiona Tereza sobre seu amor. Lucas desconfia do afastamento de Olívia e conversa com Chico Criatura. Olívia afirma a Bento que Miguel não é igual a seu avô. Miguel se aconselha com Ceci. Encarnação cobra que Afrânio passe o comando da fazenda para Miguel. Beatriz e Martim visitam a aldeia de Caruê e Moacyr. Tereza teme que Miguel desista de ficar na fazenda.

cmyk

© Revistas COQUETEL

O dente usado para a Alho, Desenho Ato realitrituração (Odont.) cebola ou usual do zado pela Codinome da chefia alho-poró cursor União em (Inform.) terras imde James Bond (Cin.) (Bot.) produtivas, para fins de reforma agrária

(?) do Brasil: é comemorada no dia 7 de setembro (Hist.) Acordo; trato Aves comuns em pracinhas Desonerar

"Ri-se o (?) do esfarrapado" (dito)

Peça que ajuda a fixar a porca ao parafuso

Menisco (?): situa-se na porção mais interna do joelho (Anat.) Tom de vermelho vivo Empresa brasileira pioneira em extração no pré-sal Veículo para se andar no gelo Volta, em francês Falta de hábito Antônimo (abrev.) Peças da bicicleta

Antigo nome de Tóquio Andarilho

Letra na máscara do Capitão América (HQ)

Lalá, Lelé e Lili, para Margarida (HQ)

Passa para uma nova data

Sistema (?): localiza-se na Via Láctea Desnorteado Homem, em inglês Última nota musical Inválidas

Situação representada pelo "ufa!" Descer de montaria Reunião festiva

Santificar Cabideiro de lojas de roupas

Ivan Pavlov, fisiologista russo

"(?) Ching", livro oracular chinês Embarcação como o Bateau Mouche

Inscrição nos carros da ONU (ing.) Distraída O Cartunista das Mulatas Verbo associado ao cônjuge infiel Falência (fig.) Pigmento da cenoura

Gênero musical de "Danúbio Azul"

Saudação ao se atender o telefone Personificação do Mal, para os cristãos Fluido que não se mistura à água

BANCO

16

Solução

S E T A

Eponina se casa com Pandolfo Anastácia se recusa a questionar a honestidade de Araújo e repreende Maria. Filomena confessa a Mafalda que seu filho é de Candinho. Fábio ofende Olga e termina seu noivado. Araújo conforta Olga. Sandra se surpreende quando Araújo exige uma parte da fábrica para si. Fábio denuncia Olga e Camélia expulsa a moça de sua pensão. Araújo contrata Olga como babá de Cláudio. Eponina se casa com Pandolfo e se prepara para sua primeira noite de amor. Anastácia vê quando Araújo deixa Sandra em sua casa.

Equivale a 100 m2 Ácido ribonucleico

A D I A

Êta Mundo Bom - Globo

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

D E S A P R O P R I A Ç Ã O

NOVELAS

I A T E

Numa roda de chimarrão entre amigas, o assunto era sobre “vaidade”. Uma delas, muito espirituosa, perguntou qual era o cúmulo da vaidade? Palpite daqui, palpite de lá... Ninguém sabia a resposta. A amiga, com um sorriso largo, respondeu saciando a curiosidade geral: “Engolir batom para passar na boca do estômago!” Mas, brincadeiras à parte, cá entre nós, em maior ou menor grau, todos somos vaidosos. Os realities shows e as redes sociais que o digam: um verdadeiro desfile de vaidosos e narcisistas. Twain bem o disse que não há graus de vaidade, apenas graus de habilidade em disfarçá-la. A vaidade é o desejo de atrair a admiração das outras pessoas. Também chamada de orgulho, ostentação, presunção, futilidade, algo sem valor, soberba ou amor próprio. Vaidade é um substantivo feminino que caracteriza aquilo que não possui conteúdo, e se baseia em aparência falsa. Interessante que é muito comum ouvir, principalmente entre as mulheres, expressões como: "você tem que ser vaidosa, se gostar..." Talvez nesses casos,por não conhecimento do verdadeiro sentido da palavra. GiKovate destaca “que temos interesse muito

Pesquisadores estão estudando uma série de quase 100 manuscritos de mais de mil anos, que foram encontrados em uma caverna no Afeganistão. Os pesquisadores estão com algumas dificuldades para interpretar o conteúdo manuscrito porque os textos foram grafados numa profusão de idiomas, como aramaico, hebraico, persa e línguas judaico-árabes e judaico-persas. De acordo o jornal Russia Today, as páginas foram escritas por uma família judia que viveu em algum momento do século XI num trecho afegão da Rota da Seda, conhecido por abrigar grandes estátuas douradas de Buda, construídas no século VI e destruídas pelo Taleban em 2001. Os manuscritos não contêm imagens e ilustrações e os textos trazem informações do cotidiano do povo da época, o que animou os historiadores afegãos ou que estudam a geografia da Rota da Seda, que passava por China, Mongólia, Índia, Paquistão, Turquia, Rússia, Cazaquistão e muitos outros países asiáticos e europeus.

M O M B O L U A R L A R O B R T O UR D O E E S S O L U R B A S R O N I Z U N L H E A L S A A S A L N O O

COISAS DA VIDA

Cientistas encontram manuscrito

A I A R N P M E D I A E S C P E T T R E N O A N T P E D A I P E R T M A N I C A N B A I L E T R A I R A V A R U I N C A R O TE

Psicóloga Esp. em Gestão de Pessoas Especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental

CIÊNCIA

3/arn — edo — lan — man. 4/satã — tour. 6/medial. 8/caroteno.

Sônia Arriens Cassel

maior em chamar a atenção de determinadas pessoas. Ficamos mais envaidecidos quando nossa inteligência é admirada por alguém cujo saber respeitamos. O mesmo acontece quando nos percebemos atraentes para pessoas socialmente valorizadas e tidas como importantes”. Para o psiquiatra levamos em conta “quais são os olhos que estão nos olhando”, pois “nossa relevância será maior se formos capazes de chamar a atenção das pessoas importantes”. O médico observa que o "fracasso nos leva a vivenciar a dolorosa condição de estarmos atraindo atenções com sentido negativo, de estarmos sendo avaliados como inferiores (...). Vencer passa a ser vivenciado como fundamental, pois é o que alimenta a vaidade”. O que se percebe como baixa tolerância à frustração, fazendo das perdas algo insuportável e difícil de lidar, levando muitas pessoas até mesmo à depressão. Gikovate completa sabiamente: “A grande meta da vida passa a ser atingir o sucesso nas tarefas que nos propomos executar. Perdemos cada vez mais a capacidade de extrair prazer das coisas por si mesmas. Tudo precisa estar a serviço de algum objetivo, deve ter alguma finalidade relacionada com a conquista de uma meta que nos fará portadores de uma cota maior de honrarias. Se não tomarmos cuidado, tudo que viermos a fazer passará a ter como objetivo principal chamar a atenção das pessoas, atrair seus olhares de admiração e desejo." Vale o alerta do psiquiatra que a vaidade está presente em tudo e nos vicia, além de nos afastar “dos projetos que construímos individualmente, subproduto precioso do que somos e pensamos”. Melhor mesmo não “abandonarmos a legítima preocupação com a tentativa de nos mostrarmos por fora como somos por dentro – que seria talvez a forma mais consistente e útil de exibicionismo – para nos adequar ao comportamento que nos tornará mais admirados pelos outros” ( Gikovate).

14

Horóscopo Áries É possível que a sua bravura esteja realçada e você se sinta mais forte do que nunca para ultrapassar as barreiras. É tempo de tomar as iniciativas que são capazes de abrir novos caminhos. Touro Este pode ser um momento em que você se sente mais autoindulgente e indisciplinado, podendo exagerar um pouco na comida, na bebida ou nas compras. É tempo de ter consciência das atitudes. Gêmeos As oportunidades precisam ser aproveitadas. No entanto, as limitações também te acompanham, tornando um desafio decidir qual caminho seguir. É tempo de definir onde quer chegar. Câncer Quando as coisas não estão do jeito que esperava, fazer alguma mudança pode ser sinônimo de bem-estar. É tempo de experimentar transformações que proporcionem fôlego aos relacionamentos. Leão Ao ficar focado em si mesmo, não consegue prestar atenção no outro. Com isso, perde a noção do todo e tende a tomar atitudes parciais. É tempo de abrir a possibilidade de compartilhar a vida. Virgem Aquilo que era feito sem hesitação, agora pode causar algum desconforto. É tempo de compreender que nem tudo pode ser perfeitamente planejado e que o imprevisto deve ter lugar. Libra O seu senso de doação se evidencia na forma com que partilha os sentimentos e se coloca à disposição do outro para ajudá-lo. É tempo de ser compreensivo consigo mesmo. Escorpião Você pode sentir a necessidade de se recolher um pouco. Os sonhos podem ser muito refrescantes para o seu espírito neste momento. É tempo de entrar em contato com suas fantasias. Sagitário Quando a fantasia deixa a realidade inoperante, a frustração e a insatisfação podem ficar rondando. É tempo de valorizar o que está próximo e que habitualmente não é considerado relevante. Capricórnio O maior cuidado que você deve ter é o de viver bem e com qualidade e, para isso, é preciso incluir os prazeres da vida. É tempo de conhecer a medida certa entre as obrigações e o lazer. Aquário Os assuntos que estão pendentes devem ser solucionados e, para isso, algumas decisões precisam ser tomadas. É tempo de fazer as escolhas necessárias para se sentir seguro emocionalmente. Peixes Quando você se permite trocar experiências emocionais, fortalece a afetividade e lida mais facilmente com as tensões que aparecem na vida. É tempo de superar os pequenos entraves sem drama.


Jornal da Manhã

Sexta-feira, 17 de junho de 2016

GESTÃO, NEGÓCIOS & CIA

Marcelo Blume marcelo.blume@referenda.com.br

Vender mais e melhor Mais do que nunca, estamos todos querendo e precisando vender mais e melhor. Todavia, muitos não estão sabendo como ou não estão sendo capazes de colocar em prática o que sabem. Vender é o que sustenta todo o negócio e por isso precisa da maior atenção de todos os que pensam e vivem a partir dele. O que mais tem chamado atenção tanto de consumidores como de investidores atualmente são exatamente os pequenos negócios, que são a maioria dos empreendimentos. Ninguém mais precisa esperar o negócio ser maior do que é para fazer um esforço em criar uma referência positiva. Também é melhor não esperar pelas notícias positivas pelo rádio, jornal, televisão, internet. Para gerar os resultados que precisamos e desejamos, as decisões mais importantes e as ações mais efetivas, são para agora e só nós mesmos podemos tomá-las. Embora os governos, os políticos e o judiciário são os protagonistas do noticiário, não estão tomando as decisões da sua vida, nem dos seus negócios. Há muitos consumidores atrás de descontos, e é verdade que há muitas empresas entrando “na onda”, mas melhor do que descontos e liquidações, é promover a agregação de valor oferecendo serviços e novidades. Lembre-se que é sempre importante fazer algumas pesquisas antes de ofertar os novos serviços agregados, novos produtos e as novidades. Uma questão da maior importância é que a hora de fazer mais propaganda é agora, quando você quer e precisa vender mais e melhor e quando os seus concorrentes menos preparados se encolheram e entraram em dificuldades. Quando você estiver ocupando a maior parte da capacidade produtiva, vendendo muito bem, muito provavelmente não seja tão importante anunciar, quanto nos momentos de maior dificuldade. Muitas pessoas perderam parte do poder de compra, mas ainda possuem muitas necessidades, desejos e interesses. O que ocorre em períodos como estes é que as pessoas estão mais seletivas, avaliando bem mais se agora é o melhor momento e se realmente vale a pena aquele desembolso. Para vender mais e melhor é preciso mostrar porque agora é o melhor momento para a decisão e o quanto será vantajoso realizar o negócio que você propõe. A diversidade de mídias disponíveis para cada um dos diferentes públicos é cada vez maior e é preciso aproveitar da melhor maneira o momento e as condições para promover os negócios. Junte sua equipe e pensem nos clientes que desejam conquistar, identificando o que eles mais gostam, suas preferências, estilos, perfis, e avaliem que as pessoas são atraídas e estão dispostas a pagar por algo que gostam muito e lhes dá satisfação. É muito comum ouvir vendedores e até empresários culparem o mercado, a concorrência, o governo, a crise, os impostos, o clima, o noticiário, e tantos outros, como resposta a simples pergunta “Porque não está vendendo mais?”. Proponho algo diferente, como rever alguns pontos que já discutimos neste espaço, como a vitrine, o estado da fachada, a atratividade do seu ponto de vendas, a iluminação, o aconchego do ambiente, os aromas, a sonorização, a temperatura, a limpeza, a apresentação, dentre outros. Esperando ter ajudado a refletir como vender mais e melhor, deixo um abraço a todos e até a próxima!

15

DEMANDAS

Presidente cobra creche no Jardim Esgoto a céu aberto em pelo menos três ruas, necessidade de calçamento com urgência em outras e também o asfaltamento da Rua Leopoldo Repp, da Rua Francisco Sperotto e da Rua Servino Lucchese, aguardado há dois anos. Essas são algumas das demandas do bairro Jardim, citadas pela presidente Ivoni Muhlbeier, em entrevista ao Grupo JM. No entanto, ela destaca como a principal urgência da comunidade a instalação de uma creche. “Estamos esperando desde 2014 quando o prefeito Fioravante Ballin fez a campanha e nos prometeu que no próximo ano sairia a Escola Infantil e

até agora ficou só na promessa. Não temos respaldo nenhum, conversamos com o secretário [de Educação], Eleandro Lizot, e nada de resposta”, conta Ivoni. A presidente salienta que os brinquedos da pracinha também necessitam de uma reforma. “Sabemos que há uma crise, mas estamos abandonados aqui no bairro”, lamenta. “Infelizmente nós aqui do bairro não recebemos nada, conversamos com um e com outro e a resposta é sempre não tem ou não pode. Nos outros bairros ainda estão sendo feitas algumas coisas, mas para o Jardim não sei o porquê não recebemos ajuda do

Reforma dos brinquedos da praça é uma das demandas do bairro Jardim

poder público.” Para ela, o Jardim se destaca

dos demais em relação à organização e à limpeza.

Documento que pede mais inclusão será entregue Na próxima segunda-feira, o setor de políticas públicas para as mulheres, em parceria com a Coordenadoria da Mulher e entidades de Ijuí, estará realizando a entrega de um documento intitulado "Pelo direito à condições de igualdade e de inclusão social.". O ato de entrega acontece no Auditório do Ministério Público, no próximo dia 20, às 9h. Segundo a assistente social e coordenadora

do setor de políticas para as mulheres, órgão pioneiro no município, Ângela Marchionatti, o documento consiste em solicitações para as autoridades, sobre a necessidade de uma maior atenção às mulheres com deficiência. "Estamos com esse grupo de trabalho com as mulheres com deficiência desde o ano passado, com isso percebemos a necessidade da construção de um documento solicitando as

Empregar-RS acontece durante o dia no Sine O EmpregarRS acontece hoje, das 9h às 16h, no Sine. As inscrições para os workshops, que serão realizados durante o evento já estão abertas e podem ser feitas gratuitamente na Agência FGTAS/ Sine Ijuí. Empregadores interessados em participar do evento tiveram a oportunidade de cadastrar gratuita-

mente oportunidades de trabalho. O prazo para o cadastro encerrou-se ontem. Para se candidatar a uma oportunidade de emprego, os trabalhadores devem comparecer ao local de realização do evento com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). Mais informações pelo fone 3332-7555 ou pelo e-mail ijui@fgtas.rs.gov.br

SERVIÇOS FESTA JUNINA - A comunidade de Ijuí já pode se preparar para a celebração que marca o mês de junho em diversos locais do Brasil. No próximo domingo acontece a 19ª edição da popular Festa Junina do Sesc Ijuí aberta a toda a comunidade. A partir das 14h, a Unidade recebe uma série de atrações como apresentações das invernadas dos CTGs, comidas e bebidas típicas, pescaria, mateada e arraial infantil com brinquedos infláveis. As ações são voltadas para toda a família. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3332-7511. LAR MEAME - No dia 3

de julho o Lar Meame realiza o tradicional almoço em benefício do lar. O valor adquirido será utilizado para melhorias do trabalho desenvolvido com os acolhidos. Cardápio: galeto, massa com molho, arroz, cucas e saladas. O valor das fichas é de R$20 para adulto e R$10 para crianças. O almoço será na Comunidade Evangélica da Paz do bairro São José. As fichas podem ser reservadas pelo telefone 3332 9467. SECRETARIADE SAÚDE A Secretaria Municipal de Saúde, localizada na Rua 19 de Outubro, atende pelo telefone 3331 8100.

autoridades municipais um olhar para as mulheres com deficiência.A coordenadoria trabalha fortemente com as políticas públicas para as mulheres e esse segmento da população de alguma forma está precisando de suporte e apoio", alega. A coordenadora ainda acrescenta que as reuniões iniciaram em 2015, onde o início a ouvidoria às mulheres. "Ouvimos as demandas

das mulheres com deficiência e com isso foi escrito um documento com indicações, buscando que essas mulheres possam ser ouvidas, entendidas e valorizadas. Com esse documento pedimos melhoras na acessibilidade, uma melhor fiscalização dentro da nossa legislação, pois mesmo a gente tendo uma legislação, muitas vezes não é suficiente, porque as pessoas não respeitam", finaliza.

MUNICÍPIO DE IJUÍ – PODER EXECUTIVO AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 34/2016 - OBJETO: Aquisição de gêneros alimentícios diversos. ABERTURA: 05/07/16 às 9h. Informações pelo telefone/ fax (55) 3331-8219 ou no site www.ijui.rs.gov.br. Ijuí/RS, 16 de junho de 2016. Fioravante Batista Ballin Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE AUGUSTO PESTANA EDITAL 10/2016 do CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016 “DISPÕE SOBRE A HOMOLOGAÇÃO DA CLASSIFICAÇÃO FINAL DO CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.” PREFEITO MUNICIPAL DE AUGUSTO PESTANA, LUÍS ANTÔNIO KRUEL BOHRER, no uso de suas atribuições legais, FAZ SABER que de acordo com o Regulamento dos Concursos Públicos e demais disposições legais, RESOLVE Art. 1º FICA PUBLICADA A HOMOLOGAÇÃO DO CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016, DOS CARGOS DE PROFESSOR DE GEOGRAFIA, PROFESSOR DE HISTÓRIA E PSICÓLOGO. § 1º O provimento dos cargos obedecerá rigorosamente à ordem de classificação, conforme critérios estabelecidos nos capítulos X. DA CLASSIFICAÇÃO FINAL, XI. DO PROVIMENTO DOS CARGOS e XII. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS do EDITAL Nº 001/2016. § 2º A Classificação Nominal está disponível no mural da Prefeitura Municipal e nos sítes informativos www.unijui.edu.br/asc/concursos-publicos ewww. pmaugustopestana.com.br. Art. 2º O presente Edital entra em vigor na data da sua publicação, revogadas as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE AUGUSTO PESTANA/RS, 17 de JUNHO DE 2016. LUÍS ANTÔNIO KRUEL BOHRER PREFEITO MUNICIPAL DE AUGUSTO PESTANA Registre-se e publique-se: SÔNIA TERESINHA MÜLLER Secretária Municipal de Administração

cmyk


www.jmijui.com.br

gincana de aniversário DEMANDAS ANTIGAS

Presidente do bairro Jardim reclama da precariedade da praça | 15

PDT mantém cargos no governo, acusa Cherini Alunos da Escola Antônio Padilha escolheram mascote e se caracterizaram para celebrar a data | 7

O deputado federal do PDT gaúcho criticou a sigla e disse que ainda não foi notificado sobre sua expulsão. | 8

Busca de receitas é pauta de assembleia Representantes de municípios debateram na Famurs o fechamento de contas deste ano e a busca de recursos. | 10

Reforma da Previdência motiva protesto Agricultores ligados à Fetag protestaram ontem em Ijuí contra proposta de idade mínima para aposentadoria. | 3

EDITORIAL | 6 Pessoas com força laboral, por circunstâncias legais, optam pela aposentadoria, simplesmente porque podem fazer esta opção.

cmyk

Sitepaginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you