Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ano 43 - Nº 372

Ijuí, Sexta-feira, 4 de novembro de 2016

R$ 3,00

Com bandeira amarela, conta de luz fica mais cara Aneel adota bandeira amarela e Demei estima impacto de pelo menos 3% aos consumidores ijuienses. | 3

Livros estão na Praça da República até domingo A Feira do Livro começou ontem com teatro, apresentações, lançamentos e muitos livros. Final de semana terá extensa programação | 13

RS anuncia restauração de rodovias da região Obras nas ERSs 342 e 155 começarão neste mês. | 5

Prefeito não explica critérios de nomeações Em entrevista, Ballin não justifica cargos. | 5

IBGE alerta que população está mais velha Chefe da agência de Ijuí, Elis Regina Alegranzi aponta envelhecimento demográfico e aumento na expectativa de vida.| 5

cmyk


RADAR PROCON- As teles continuam sendo a principal demanda do Procon de Ijuí. Principalmente por cobranças indevidas, falta de prestação de serviços ou serviço de má qualidade, inclusive na internet. Os consumidores têm procurado o Procon por não receber acesso real ao serviço contratado e servem de serviço de pós venda para as empresas de telefonia, onde o consumidor busca seus direitos. Segundo a coordenadora do Balcão do Consumidor, Fabiana Fachineto, é um equívoco porque os próprios funcionários das empresas orientam os clientes a buscar o Procon, quando a responsabilidade é da empresa. MULTAS - O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) lançou na última terça-feira, o aplicativo criado para comunicar diretamente infrações a motoristas, que permitirá um desconto de 40% no valor da multa. Também na terça, passou a vigorar o aumento de até 66% nas multas, além do agravamento da punição para algumas infrações. Mas o desconto no pagamento pelo aplicativo, que se chama Sistema de Notificação Eletrônica (SNE), só vale se o motorista não quiser recorrer. E o sistema, por ora, adotado por apenas 3 órgãos dos mais de 1,6 mil que fiscalizam o trânsito no Brasil. SISU - Instituições públicas de ensino superior interessadas em participar da primeira edição de 2017 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) devem aderir ao programa pela internet a partir do dia 7 de novembro. O cronograma e as informações sobre os procedimentos de adesão estão publicados no Diário Oficial da União. O prazo encerra-se no dia 23 de novembro. Todos os procedimentos operacionais referentes ao Sisu serão efetuados, exclusivamente, pela internet. DIREITOS HUMANOS - Uma pesquisa nacional divulgada aponta que 70% da população sente que as polícias cometem excessos de violência no exercício da função. O percentual sobe entre jovens com idade entre 16 e 24 anos, chegando a 75%. Os dados foram apurados pelo Datafolha a pedido do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). Mais da metade da população (53%) tem medo de ser vítima de violência por policiais civis e 59% temem ser agredidos por policiais militares. SEGURANÇA - Os gastos com segurança pública no Brasil totalizaram R$ 76,2 bilhões em 2015, o que representa um aumento de 11,6% em relação ao ano anterior, segundo dados da 10° edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). No entanto, esse valor ainda não é suficiente e o país carece de políticas que tragam resultados satisfatórios no combate à violência. O crescimento nos gastos se verifica em municípios de todos os portes populacionais, mas é mais acentuado naqueles em que a população varia entre 100.001 e 500 mil habitantes. PREVIDÊNCIA - O secretário da Fazenda, Giovani Feltes, participa hoje da reunião de trabalho convocada pelo Consefaz para discutir alternativas diante do rombo dos regimes previdenciários. O encontro pretende fechar uma proposta dos Estados para a reforma da previdência, incluindo a operação para financiar o déficit que representa o pagamento das aposentadorias. O Rio Grande do Sul é a unidade federativa com maior comprometimento nesta área. Conforme o relatório mais recente da STN (Secretaria do Tesouro Nacional), o Estado destina cerca de 40% da sua receita corrente líquida com os salários de inativos.

cmyk

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 4 de novembro de 2016

2

OLHO DA RUA INDICADORES

Poupança 4.11.2016 .......................0,6825 % Ouro 2.11.2016....................... R$ 128,00 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,2341 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,2347 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,1700 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,3700 Euro (compra) .............................. R$ 3,5914 Euro (venda) ................................. R$ 3,5921 IPC/FIPE Set/2016 ................................0,14% IGPM Set/2016 .....................................0,20% IPCA Set/2016 ......................................0,08% IGP-M set/16 ........................................0,20% IGP-DI Set/2016 ....................................0,03% ICV-Dieese set/16 .................................0,03%

Ao lado do campo de futebol do bairro Luis Fogliatto, o cenário é catastrófico, e piora quando os moradores dos arredores relatam que o volume de lixo era ainda maior. O local passou por limpeza, recentemente, mas já está tomado pelo lixo.

LOTERIAS NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º - 0.164 2º - 1.227

ENTRE ASPAS “Fomos prejudicados pela arbitragem. Se não fosse por isso, sairíamos com a classificação. Saio satisfeito com a atuação, mas não com o resultado, a eliminação", disse o presidente do Internacional Fernando Carvalho, sobre o jogo contra o Atlético-MG. "Hoje dei a ordem: estavam proibidos de decepcionar o nosso torcedor e seus familiares e chegar sem a vaga nos vestiários. Após 15 anos, estamos na final de um campeonato nacional", disse o técnico do Grêmio Renato Portaluppi, sobre a classificação para a final da Copa do Brasil.

3º - 8.810 4º - 8.875 5º - 5.100

QUINA

CONCURSO nº

4224

“A desgraça de quem não gosta de política é ser governado por quem gosta, a elite”, disse o ex- presidente Lula, sobre o desinteresse pela política.

08 11 46 68 79

"O número de abstenções, votos nulos e brancos nas últimas eleições é anormal. Este recado da população serve de alerta para que a classe política entenda que uma demanda urgente da sociedade é a realização de uma reforma política," disse o presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia.

MEGA SENA

"O Brasil precisa dar uma arrumada na casa para reencontrar o caminho do crescimento. Isso passa pela arrumação da área micro da economia, corrigindo distorções do sistema tributário. Também, pela macroeconomia, para aos poucos ter uma taxa de juros mais normal e, com isso, passar a não depender das taxas de juros subsidiadas do BNDES", disse o ex-presidente do Banco Central Arminio Fraga sobre a situação econômica do País.

Getúlio

CONCURSO nº

1872

11 13 25 39 46 56 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 4 de novembro de 2016

REFLEXO NO BOLSO

Bandeira amarela aumenta conta de luz

Depois de vários meses com a tarifa de energia baseada na bandeira verde segundo decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o mês de novembro a conta terá aumento devido à entrada da bandeira amarela. Segundo o presidente do Demei Distribuição Rogério Seibert, se analisarmos só a região Sul a normativa causa surpresa, já que o índice de chuvas está acima da média, mas é preciso levar em conta as influências climáticas em todo território nacional. “Como o sistema energético é interligado e está faltando água na região Norte em virtude disso o operador nacional em conjunto com a Aneel definiu que a bandeira a partir do mês de novembro é amarela". O aumento será no valor de R$ 1,50 a cada 100kw consumido. "Na conta do consumidor isso deve representar em torno de 3% na área de concessão do Demei". Seibert explica que no mês de novembro a bandeira amarela é proporcional aos dias de leitura. "Então todo consumidor que receber a conta a partir do dia 1º já vai estar nesse novo cálculo em virtude dos dias da leitura". Rogério esclarece ainda que esse sistema de bandeira foi criado pela Aneel para o consumidor entender o valor do consumo em cada momento. "Quando faltou produção no Nordeste do País se

Estado quer recorrer a BNDES para pagar 13º O governo do Estado planeja fazer um novo movimento junto ao governo federal para captar recursos a fim de pagar o 13º salário dos servidores. A intenção é propor uma linha de crédito junto ao BNDES especificamente para este fim. A ideia será apresentada pelo secretário da Fazenda, Giovani Feltes, em encontro com secretários de Fazenda de todo o país hoje. Feltes quer aproveitar a presença de representantes de

outros Estados com dificuldades financeiras para reunir adeptos a esse movimento. Caso haja concordância dos demais, o secretário gaúcho pretende fazer o apelo a Brasília. " A ideia é que essa linha de crédito não entrasse no limite de endividamento. Hoje, não tem mais de onde buscar. A gente vai apresentar a ideia (aos secretários de Fazenda). Aí, depois eventualmente fazer uma movimentação em Brasília"disse.

Ijuí perdeu mais de 230 vagas de trabalho no ano Para consumidores do Demei, aumento terá impacto de pelo menos 3%

necessitou repassar às termoelétricas um custo maior e esse custo repercutiu na adoção da bandeira amarela". O presidente esclarece ainda que a sistemática não permite que o Demei receba valores. "Apenas arrecadamos junto aos consumidores e repassamos para a Aneel". Apesar de aumentar a conta, Rogério explica ainda que não é um aumento de tarifa. "Ao invés de ser computado esse custo lá no reajuste das concessionárias, ele traz para o mês de consumo do nosso consumidor, então na verdade se não fosse esse sistema de bandeira, esse reajuste seria maior nos aniversários das con-

cessionárias, no caso do Demei em 22 de julho, esse reflexo seria capturado lá na frente", alerta. Entre os osbjetivos de antecipar o custo está a questão da economia. "Serve para que o consumidor tenha um consumo consciente, com redução. Se adotou esse sistema de bandeiras tarifárias para trazer esse custo maior no momento do consumo para incentivar a economia de energia", avalia ressaltando que toda a economia é de grande valia não só para o consumidor mas para as concessionárias que precisam manter-se aptas a atender a demanda do que se está consumindo.

Comércio amplia vagas temporárias Às vésperas do final de Ano, o comércio volta suas perspectivas para as compras de Natal. De forma organizada, este ano apresenta a campanha #Eucomproaqui com o objetivo de incentivar o consumo no comércio local. Com isso, aumenta a expectativa das já esperadas vagas temporárias. O presidente do Sindilojas Elio Quatrin destaca que Ijuí integrou uma pesquisa que aponta crescimento no número de ofertas de vagas temporárias. "Estamos entrando no período em que geralmente acontecem essas contratações temporárias e temos uma pesquisa feita em cinco cidades do Estado, Porto Alegre, Santa Maria, Caxias do Sul, Pelotas e Ijuí que aponta que as vagas pretendidas devem crescer em torno de 13% no quadro existente atualmente, consolidando que as contratações estão sendo retomadas após a crise, a qual já estamos superando, podendo chegar até 22% de aumento nas vagas", aponta. Quatrin destaca que os ramos que mais pretendem contratar

3

são relacionados ao comércio, sendo o vestuário em torno 30%, calçados 12%, e acessórios 10%. "É esse quadro que esperamos que aconteça também em Ijuí e siga essa tendência, nesse indicativo de contratação". Ao falar em comércio, Élio Quatrin enfatiza que as perspectivas são positivas. "Os indicativos mostram que a crise está passando por isso, o próprio Sindilojas tem trabalhado com essa campanha forte no sentido de que possamos deixar para trás esse período de crise e buscar resultados positivos para nossas empresas e já estamos percebendo muitas movimentações", avalia sobre o cenário econômico, complementando ainda que a expectativa é de que gradativamente se retomem os quadros positivos das empresas e uma melhora no faturamento. O coordenador do Sine de Ijuí Rubens Korb afirma que apesar de não se ter ainda um panorama com relação às vagas temporárias, há uma boa expectativa com esse reforço de final de ano. "Acredito

Divulgado na última quartafeira o Boletim de Emprego formal, baseado em dados do Cadastro Geral de Empregos e Desempregados, aponta que a maioria dos setores apresentou um saldo positivo, gerando assim, um saldo total de 26 novos postos de trabalho com carteira assinada no mês de setembro de 2016. O setor de serviços foi o setor que apresentou melhor desempenho no mês com 16 contratações. O setor da indústria ficou com um saldo positivo de 11 vagas abertas, e os setores de comércio e agropecuária geraram 6 e 2 novos empregos formais, respectivamente. O setor da construção civil foi o único setor que apresentou desempenho negativo no mês, com a redução de 9 postos de trabalho.

Os dados acumulados entre os meses de janeiro a setembro de 2016, registram que ao longo deste ano houve uma diminuição de 231 empregos formais, como saldo entre a admissão de 5.702 empregados e o desligamento de 5.933 trabalhadores. Dentre os principais setores de atividade econômica, o setor de Serviços foi o único que manteve um saldo positivo durante o ano, com a ampliação de 120 postos de trabalho. Pelo ângulo negativo destacam-se os setores de Comércio que reduziu 171 postos de trabalho, da Indústria que reduziu 125 vagas de trabalho e da Construção Civil que diminuiu 51 empregos, e do setor da Agropecuária que apresentou quatro postos de trabalho ao longo do ano de 2016.

Sindicomerciários inaugura sede campestre O Sindicomerciários realizou na última sexta-feira, assembleia ordinária da categoria. A pauta tratou sobre os dissídios realizados pela direção, informações sobre a nova sede campestre e sobre fechamento do horário de Natal. A assembleia foi também de comemoração pelo 30 de outubro, dia do comerciário e mais de 150 trabalhadores e trabalhadoras estavam presentes.

O presidente Ari José Bauer realizou os informes sobre dissídios e atualizou a categoria sobre a inauguração da sede campestre, prevista para o início de dezembro. A nova sede possui amplo espaço para recreação com piscina e estará disponível para os associados que estiverem em dia com a carteirinha de sócio. A regularização é feita na secretaria do Sindicato.

Élio Quatrin

que vai ser muito pontual, para contratações nos períodos de horário estendido e pela necessidade de se ter mais pessoas trabalhando, provavelmente o comércio é o setor que tem maiores condições de empregabilidade", destaca informando que o Sine está apto a receber e encaminhar essas demandas.

Assembleia festiva reuniu comerciários para debater dissídio e nova sede

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 4 de novembro de 2016

SALDO DAS CHUVAS

Mais de quatro mil residências ficam sem luz A chuva que chegou a Ijuí no final da tarde de terça-feira, e persistiu até a manhã de quartafeira, ocasionou alguns estragos no município. Além de provocar a queda de galhos nas rodovias e o destelhamento de 15 residências, mais de cinco mil consumidores ficaram sem energia elétrica. Em alguns pontos, a falta de luz durou poucas horas, em outras regiões da cidade a situação durou até 12 horas. A região Sul, que abrange os bairros Penha, Tiraju e Lulu Ilgenfritz, um alimentador arrebentou e deixou quatro mil consumidores sem luz. O mesmo problema ocorreu na região Nordeste da Cidade, que abrange o bairro Modelo, Lambari e arredores, onde a energia elétrica só foi restabelecida por volta das 8h de quarta-feira. No restante do Município, a falta de energia aconteceu de forma setorial, devido à queima de transformadores. No bairro Elizabeth, a luz se foi por volta das 21h30 e só retornou às 6h. “Tivemos as queimas de transformadores ocasionadas por queda de galhos na rede ou choque dos cabos de energia que causaram curto circuito em torno de 50 transformadores”, relata o diretor-presidente do Demei, Rogério Seibert. Ele explica que cada transformador queimado leva em torno de duas horas para ser substituído, e no caso de problemas de elo, o conserto leva meia-hora. As equipes do Demei traba-

Equipes do Demei trabalharam ao longo do dia para o restabelecimento da energia

lharam durante toda a noite e madrugada no restabelecimento da energia elétrica, sendo necessária uma equipe de apoio durante o dia. Na manhã de quarta-feira, 400 consumidores, dos bairros Luis Fogliatto, Herval e São José, ainda estavam sem energia elétrica, além de outros nove setores. Seibert é categórico ao atribuir a principal causa da falta de energia à queda de galhos de árvores sobre a rede. “Esse problema não é de hoje, é rotineiro para nós. Por várias vezes tentamos falar com o consumidor para ele plantar uma árvore de baixo porte embaixo da rede. No Município de Ijuí temos um Plano de Arborização pré-estabelecido já aprovado pela Câmara de Vereadores, mas o consumidor quando vai plantar não procura informações, e planta até um coqueiro embaixo da rede,

ocasionando problemas na rede elétrica. O consumidor cria, sem perceber, um problema para nós e para ele mesmo no futuro”, argumenta. Ele ressalta que o Demei possui um plano de podas das árvores, realizado rotineiramente, mas que por ser paliativo não é o suficiente. “O plano de podas é paliativo porque em três meses temos que ir podar de novo, e isso é desperdício de dinheiro”, acrescenta. Além disso, a autorização para podas emitida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) é limitada a 30% da copa e uma distância máxima de um metro da rede. “Não temos autorização ambiental para simplesmente suprimir essa árvore, mas quando precisamos fazer isso, temos um canal de comunicação com a Secretaria”, afirma.

4

Biólogo alerta para os cuidados com as árvores A queda de galhos na rede de energia elétrica foi a principal responsável por deixar diversos pontos da cidade sem luz, por até 12 horas, em alguns casos mais graves. De acordo com o biólogo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), João Pedro Gessing, o Município possui um Plano de Arborização Urbana que rege todas as árvores e delimita as possibilidades de intervenção em cada caso, distinguindo as árvores das áreas públicas em relação as de propriedade privada. “O principal erro que a gente costuma acompanhar é considerar a árvore como uma situação de risco, porque ela é, na verdade, um fator de segurança porque ela diminui a velocidade dos ventos, então elas auxiliam muito mais na proteção contra as intempéries do que trazem riscos”, afirma João Pedro. Ele distingue duas situações que acometem as quedas de árvores. O risco iminente é

aquele de uma situação em que a árvore está prestes a causar um dano, que é aquela árvore morta, quebrada, fragilizada com infestação de parasitas, com histórico de podas. “Com algum elemento que aumente o risco dela cair ou tombar em uma intempérie, o que é bastante diferente do evento furtuito, pode uma árvore sadia quebrar e cair? Pode, da mesma maneira que um poste de luz pode cair, ou um carro bater, são obras do acaso que não temos como prever, e esses eventos não justificam a remoção da vegetação”, esclarece João Pedro. Ou seja, não é possível tirar uma árvore sadia justificando que ela poderá cair ou causar algum dano. João Pedro acentua que a SMMA conta com a colaboração da comunidade para o controle de situações de risco, em função da dimensão da cidade, comunicando a pasta, que realiza a verificação em até dois dias após o recebimento da notificação.

Rede elétrica em meio à vegetação prejudica a distribuição de luz em dias de chuva forte

Pontos críticos recebem drenagem pluvial até dezembro

Ponto na Rua Irmãos Gressler com a Rua Barão do Rio Branco receberá canalização

cmyk

No início desta semana, o diretor-presidente do Departamento Municipal de Água e Saneamento de Ijuí (Demasi), Bira Erthal, reuniu-se com o Conselho de Saneamento Básico de Ijuí (Consabi), e aprovaram a liberação de R$ 350 mil para canalização pluvial de sete pontos críticos do Município. Os recursos são oriundos do Fundo Municipal de Gestão Compartilhada, estabelecido no contrato do programa de prestação de serviços de abastecimento de água potável e esgotamento sanitário firmado entre a Corsan e o Demasi. A drenagem pluvial vai ocorrer na Rua Irmãos Gressler com a Barão do Rio Branco, visando solucionar um problema crônico nos dias de chuva, que é alagamento do Condomínio Tarquino

Burtet, no Centro. A Rua Piauí com a Professor Wally Kruger, no bairro Glória, e a Rua das Chácaras com a Ângelo Strapazzon também receberão melhorias. Na Avenida David José Martins com a BR-285, a drenagem visa acabar com o acúmulo de água junto ao Hospital Bom Pastor nos dias de chuva. Além disso, na Rua Paulo Klemann, próximo ao campo do Jarrão, apresenta o mesmo problema, e deverá receber as obras. Na Salustiano Esteves com a Class Reuwsaat, no bairro 15 de novembro, o volume significativo de água escorre pela rua e faz parte do roteiro de obras. Já na Rua Jair João Busetto com a Guilherme Commandeur, no Colonial, a intervenção terá montante significativo de inves-

timentos, em torno de R$ 70 mil, para solucionar os alagamentos de residências nos dias de chuvas. E, por fim, na Rua Porto Alegre com a Crissiumal, ligando na Júlio Lange, no bairro Lulu Ilgenfritz, a drenagem também visa minimizar os alagamentos de residências. “Esses problemas haviam sido deixados para nós, pelo diretor anterior [Dante Trindade] que colocava essa necessidade, e fomos atrás da elaboração desses projetos para que pudéssemos encaminhar para a licitação e será feito agora”, explica Erthal. O projeto será encaminhado ainda esta semana para a Coordenadoria de Compras, e a expectativa é de que o processo licitatório dure em torno de 15 dias, o que permitirá o início das obras no mês de dezembro.


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 4 de novembro de 2016

5

CCs DA PREFEITURA

Ballin não explica critérios de nomeações Em sua edição de quarta e quinta-feira, o Jornal da Manhã publicou reportagem apontando inconsistências na política de austeridade da administração municipal, que, apesar de adotar o turno único de trabalho para economizar recursos, reocupou logo após as eleições os cargos em comissão que estavam vagos na prefeitura. Ontem, o prefeito Fioravante Ballin fez seu contraponto reafirmando a eficiência do turno único para a contenção de gastos, e justificando as admissões de funcionários comissionados em seu governo. Sobre o horário diferenciado de trabalho, o chefe do poder Executivo apresentou uma planilha composta pela Secretaria de Planejamento, que contém dados sobre gastos com energia, combustível, água e telefonia entre setembro de 2015 a fevereiro de 2016, período no qual o turno único foi instaurado. No comparativo entre o gasto realizado e a estimativa de custo com o turno normal, chegou-se a uma economia de R$ 1,8 milhão. No entanto, o documento não especifica qual a origem da economia apresentada, não sendo possível saber quais itens efetivamente geraram a redução dos custos. Ao abordar a realocação de CCs na prefeitura após as eleições, Ballin preferiu mostrar que sua equipe de contratados

é enxuta. "Pela lei aprovada na Câmara de Vereadores em 2013, nós temos 153 cargos criados na prefeitura. Não criei nenhum cargo nos últimos meses, nem no ano passado, são todos de 2013, no início da atual gestão. Deste total, foram diminuídos 44 servidores, ou seja, temos 108 funcionários comissionados contabilizando aí os secretários. Esse é o mínimo, básico, necessário e essencial para atendermos as necessidades da população", justificou o prefeito, revelando que o gasto com CCs em Ijuí se aproxima de R$ 525 mil mensais, e que a economia com os cargos vagos chega a R$ 144 mil. Na entrevista concedida por Ballin ao Grupo JM foram abordadas contratações específicas de CCs para cargos estratégicos do município, com o prefeito sendo indagado sobre os critérios utilizados para isso. É o caso do servidor Luis Antônio Rodrigues, conhecido como Bruxo, nomeado como secretário-adjunto de Saúde e que não possui nenhum tipo de formação técnica ou acadêmica na área. Para o mandatário no município, o funcionário desempenha um papel importante. "Ele é responsável por toda a manutenção e logística da secretaria, onde tínhamos muitos problemas de atendimento aos postos. É neste sentido que ele dá o suporte

direto à secretária nesta parte logística, administrativa e de gestão. Por isso que ele está como secretário-adjunto, bem como temos lá funcionários de quadro que assumem a coordenação de saúde e outros setores. Precisamos de pessoas com perfil adequado para esse tipo de atendimento, e essa parte de logística não pode ser atendida pela atual secretária, por isso que é preciso ter uma pessoa com esse perfil, e por isso que nós o nomeamos", justificou o prefeito Ballin. No cargo, Luis Antônio Rodrigues é o responsável imediato por toda a estrutura de saúde municipal na ausência da titular da pasta, Márcia Boniatti. Outra inconsistência mostrada pela lista de novos CCs da prefeitura é a nomeação de Carlos Alberto Negretti Silveira. Enquadrado na categoria CC1, ele é nominado como assessor especial do gabinete do prefeito. No entanto, o servidor também ocupa a função de coordenador no Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), ferramenta ligada ao Sistema Único de Saúde (SUS). A reportagem do Grupo JM confirmou, através de contato telefônico, que Negretti segue desempenhando suas funções no Cerest. Mesmo assim, o prefeito Fioravante Ballin possui uma justificativa para tê-lo como seu assessor especial.

Fioravante Ballin

"O cargo que ele ocupa tem uma abrangência regional de mais de 50 municípios. Pelo compromisso e responsabilidade, ele foi designado para continuar esse trabalho como coordenador do Cerest, justamente para continuar esse trabalho de integração regional que a equipe do Cerest realiza de forma qualificada e responsável. Então neste sentido é que foi para atender as necessidades regionais, e por essa atuação desse servidor, de caráter regional", justificou.

Ijuí tem melhor expectativa de vida Obras nas ERSs da região O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) fez uma projeção com relação à população idosa no Brasil e divulgou dados que apontam que até 2060 o País terá cerca de 19 milhões de idosos. A chefe da agência local do IBGE Elis Regina Alegranzi, destaca que desde 1961, que foi o início do senso demográfico, o IBGE começou a divulgar índices de crescimento da população idosa. "Na realidade o termo idoso é um termo um pouco controverso porque não temos hoje uma idade exata para a população idosa.Temos alguns institutos que definem 60 anos, a Previdência trata diferente, a nível de pesquisa já se fala em 80 anos". Elis ressalta que o levantamento demográfico em todo o território nacional aponta para um aumento bastante significativo na população em faixas etárias superiores e na contrapartida desse fator, uma redução da nossa população em faixas etárias inferiores. "Significa que não só em Ijuí, mas no Estado e no Brasil todo temos um fenômeno de envelhecimento demográfico, temos número menor de nascimento ano a ano e consequentemente em função de uma esperança maior de vida ao nascer do brasileiro, a nossa população está vivendo mais e por isso temos uma população mais envelhecida", comenta. Ela explica que aquela população que estava na casa dos 20 anos há 20 anos atrás foi aumentando sua idade. "Essa faixa etária tem

devem iniciar neste mês

uma qualidade de vida que lhe permite viver mais e em consequência o número de óbitos tem uma certa estabilidade, mas como o número de nascimentos é menor então nós temos uma população envelhecida", avalia apontando que esse é um fator de certa forma preocupante e demonstra um fenômeno que já acontece em outros países do mundo todo, principalmente na Europa. O processo de envelhecimento da população tem sido sentido nos últimos anos. "De 2000 para cá percebemos claramente essa inversão, tínhamos lá em 2000 oito mil idosos para 12 mil crianças e em 2010 temos 12 mil idosos para nove mil crianças.". Já com relação à expectativa de vida, Elis avalia como uma notícia

muito boa para os brasileiros. "Na realidade nos últimos 10 anos a gente percebeu que a expectativa de vida ao nascer ,que é um cálculo que o IBGE faz para se chegar a uma média de vida, melhorou.Anível de Brasil, em 1991 a esperança de vida era 66 anos por brasileiro e em 2010 passou para 73 anos", informa destacando que no Estado, os gaúchos têm índice ainda mais positivos. "No RS temos um fator interessante, o Estado tem uma das melhores expectativa do Brasil que é de 75 anos". Em Ijuí, segundo dados de um trabalho da FEE a expectativa de vida é ainda melhor que o Estado: 76 anos. "Então temos aí um aumento muito significativo e um indicativo positivo de qualidade de vida da população gaúcha".

Reivindicação antiga de toda a região, a restauração das rodovias ERS-155 e ERS-342 já tem data para sair. A confirmação foi dada pelo governo do Estado, através do secretário de Agricultura Ernani Pollo, em entrevista concedida ao Grupo JM, na manhã de ontem. O prazo para o início das obras, no entanto, ainda é incerto. A comunidade local parece que finalmente vai se livrar de uma antiga dor de cabeça. As rodovias estaduais que correspondem aos trechos Ijuí - Catuípe e Ijuí - Santo Augusto deverão receber muito mais que o procedimento Tapa-Buracos. Conforme garantia do secretário, os trabalhos fazem parte de um programa de restauração do Estado, a partir

de um financiamento do Banco Mundial. "São rodovias que estão em estado muito avançado de degradação e precisam mais que um tapa-buracos, e sim, restauração profunda na rodovia", justificou o secretário que foi porta-voz do secretário Pedro Westphalen, responsável pela pasta dos Transportes. Ainda segundo o secretário, pequenos ajustes separam a execução da obra. "Acreditamos que nos próximos dias a restauração da ERS-155 deve começar. Estão fazendo os ajustes finais, já que são recursos do Banco Mundial que serão utilizados através de empréstimo", acrescentou. Estima-se que as obras comecem em duas semanas.

Más condições da ERS-342 são problema antigo dos moradores da região

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Sexta-feira, 4 de novembro de 2016

PEDIDO DE SOCORRO

M

ais de cinco pessoas são estupradas por hora no Brasil, mostra o 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), divulgado na última semana. O País registrou, em 2015, 45.460 casos de estupro, sendo 24% deles nas capitais e no Distrito Federal. Apesar de o núNunca é demais mero representar lembrar que a de- uma retração de núncia é uma das 4.978 casos em melhores armas relação ao ano anpara combater essa terior, com queda chaga na socieda- de 9,9%, o FBSP de. Ninguém pode mostrou que não se omitir diante de é possível afirsituações como as mar que realmente relatadas acima. houve redução do número de estupros no Brasil, já que a subnotificação desse tipo de crime é extremamente alta. O levantamento estima que devem ter ocorrido entre 129,9 mil e 454,6 mil estupros no Brasil em 2015. Considerando somente os boletins de ocorrência registrados, em 2015 ocorreu um estupro a cada 11 minutos e 33 segundos no Brasil, ou seja 5 pessoas por hora. Diante destes dados que não refletem a realidade, pois é de conhecimento de todos que muitas mulheres, ou melhor, um número expressivo de vítimas, não leva o crime ao

conhecimento das instituições policiais, por medo de sofrer represálias, ou também por acreditar que a polícia não poderia fazer nada ou não se empenharia no caso. Outro dado que não muda é que na absoluta maioria dos casos, as vítimas são abusadas pelos próprios familiares ou pessoas muito próximas. Lembrando que na maioria absoluta dos casos, é alguém próximo, porque a vítima fica com medo de contar, ou a mãe não acreditar na história. Como é um crime que não deixa vestígios, dependemos muito do depoimento da vítima. As mulheres precisam denunciar a violência, precisam perder o medo. Se elas não tomarem a atitude de procurar a polícia, não haverá mudança. O poder público precisa garantir que essa mulher receberá apoio porque muitas dependem do marido para sobreviver e sustentar seus filhos. É preciso que a Polícia consiga estrutura para atuar. O homem agressor tem que saber que se agredir a mulher sofrerá consequências. A sociedade tem que eliminar essa cultura machista. Os homens têm que ser ensinados a dialogar. É necessário mais rigor aos agressores. Esse tipo de violência só cresce. Uma observação muito importante e que serve de alerta para todos é sobre a omissão da denúncia por parte das mulheres, que é um dos fatores que dificulta a atuação dos órgãos competentes na punição do crime. Nunca é demais lembrar que a denúncia é uma das melhores armas para combater essa chaga na sociedade. Ninguém pode se omitir diante de situações como as relatadas acima.

PONTO DE VISTA

Cláudia Guimarães Scherer Professora do Senac Ijuí fala sobre a importância de qualificar o atendimento no comércio

Qual a importância do atendimento ao cliente? As pessoas podem perceber que no momento em que vivemos podem pesar outros fatores, mas o atendimento ainda é o diferencial. O cliente quando busca ser fiel a uma empresa, ele está tendo esse comportamento na maioria das vezes pelo atendimento.

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

O que o consumidor espera hoje da empresa? O atendimento é o que vincula, o que estabelece o vínculo entre a empresa e o cliente. Um atendimento de alta performance exige conceitos que vão desde a percepção das necessidades específicas que o nosso cliente possui, porque quando se busca uma empresa pode parecer que busca um produto específico, mas na verdade ela busca uma solução. Como qualificar esse atendimento? Quando falamos em atendimento de alta performance, é superimportante que a pessoa que está em contato com esse cliente perceba as necessidades que ele possui e utilize o conceito da empatia, valorizar a sua negociação com uma comunicação clara e uma atitude pró-ativa. Estar atualizado, saber do que se vende, entender da sua empresa para que o consumidor tenha uma experiência positiva no seu ponto de vendas. Qual a principal dica para o comércio? Criar uma experiência positiva com o cliente. Esse atendimento qualificado é realmente o que vai ser motivador para que esse cliente compre no comércio local, encontre suas soluções no comércio local, e nosso objetivo é incrementar as vendas, e que isso seja sentido nos estabelecimentos locais.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

6

ARTIGO

Agrotóxicos: o termo já é sugestivo! Pâmela Vione Morin Psicóloga e Mestranda em Atenção Integral à Saúde A agricultura contemporânea, com o objetivo de aprimorar resultados, minimizar perdas, aumentar a qualidade da produtividade, com ênfase na rentabilidade, aposta em diferentes tecnologias fornecidas por técnicas e insumos. Na tendência agrícola atual, destaca-se o impacto que esta prática revela em danos ambientais, sociais e, em especial, na saúde mental. Estima-se, em torno de 1,8 bilhão de pessoas que trabalham na agricultura e que utilizam agrotóxicos. Na última década, o Brasil exibiu destaque em nível mundial no consumo de agrotóxicos, de acordo com estudo desenvolvido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O referido estudo aponta para um crescimento no mercado brasileiro de 176%, percentual este que demonstra a superação da média mundial (Anvisa, 2010). O que pra alguns significa alta produtividade, lucro, desenvolvimento da economia nacional, estadual e regional, pra mim, profissional da saúde mental expressa apreensão e prejuízos irreversíveis aos atores principais, os agricultores. São eles que produzem o alimento nosso de cada dia, mas ao mesmo tempo ocupam um espaço secundário no que tange ao reconhecimento social no qual não é reconhecido com a devida importância, não recebe pelo que trabalha e é submetido a viver refém do uso de agrotóxicos. Frente a esta problemática, expresso minha admiração e extrema preocupação com esta classe trabalhista. Neste cenário da modernização da agricultura, para além de vantagens, o uso de agrotóxicos traz consigo o comprometimento da saúde do trabalhador rural num todo, mas aqui enfatizo a saúde mental. Dados nacionais e internacionais apontam esta realidade, na qual a exposição pelo labor silenciosamente e a longo tempo compromete a saúde psíquica. Nesta mesma linha de discussão destaco alguns estudos que corroboram com esta afirmação e revelam em danos esses efeitos. Estudos internacionais apontam o comprometimento da saúde mental e neurológica dos trabalhadores rurais expostos a agrotóxicos, desvendados em: Parkinson, Alzheimer e efeitos neurocomportamentais, capazes de levar ao suicídio. Em nível nacional, a literatura sugere correlação entre exposição e capacidade neurotóxica que podem evoluir para o adoecimento psíquico, com quadros depressivos, doenças mentais sem origem psicológica, que trazem queixas de ansiedade, nervosismo e transtorno mental comum, expresso em sintomas e queixas somáticas os quais incluem insônia, irritabilidade, nervosismo, fadiga, dores de cabeça, esquecimento, dificuldade de concentração, manifestações sintomáticas depressivas, ansiosas ou somatoformes. Em destaque, o Estado do Rio Grande do Sul é alvo de muitas investigações . Diante deste contexto complexo, concentrei na busca por mais evidências da ocorrência de transtornos mentais em trabalhadores rurais, em um município da região Noroeste. Nesta perspectiva, buscou-se avaliar a ocorrência de transtornos mentais e sintomas psíquicos em trabalhadores rurais que utilizam agrotóxicos e relacionar com dados sociodemográficos e hábitos de vida. Este estudo transversal, descritivo e analítico, foi realizado com 361 trabalhadores rurais, as informações foram coletadas a partir de um formulário com dados de identificação, sociodemográficos e clínicos. Além deste, foi utilizado o instrumento Self-Reporting Questionnarie SQR-20, que avalia a suspeição diagnóstica de transtornos mentais comuns. Os resultados do estudo mostraram a ocorrência de transtornos mentais em 47,9% dos pesquisados associado à idade, escolaridade, estado civil, uso de agrotóxico e consumo de álcool. Neste ínterim, busca-se alertar a população num todo para a dimensão dos problemas à saúde mental, em especial os trabalhadores rurais que utilizam e estão expostos diretamente aos efeitos dos agrotóxicos.

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Representantes Comerciais: Grupo de Diários

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

www.jmijui.com.br

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Fique atento aos horários

ENEM

Exame não será adiado, afirma Inep A pouco menos de um dia para as provas do Enem, os mais de 6,4 milhões de candidatos inscritos estão se preparando para fazer o Exame, exceto os aproximadamente 191 mil que terão a data adiada devido as ocupações em Escolas. No Rio Grande do Sul, são cinco locais ocupados: Instituto Federal Sul-rio-grandense (Ifsul) de Bagé, de Camaquã e de Sapucaia do Sul; Instituto Federal Farroupilha (Iffar), câmpus de São Vicente do Sul e Colégio Pelotense, em Pelotas. A presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini, afirma que não há possibilidade de adiar a avaliação. "Descarto essa possibilidade. Se nós adiarmos a prova, não teremos condições de fazer o cálcu-

lo dos resultados para poderem ingressar no Sisu. Então não há possibilidade do adiamento completo do Exame", afirma ela. A presidente afirma ainda que não havia tempo hábil para transferir os locais de provas. Para fazer as provas, a redação e preencher o cartão de respostas, o candidato terá de usar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente. Outra cor de tinta impossibilita a leitura óptica do cartão de respostas. Não é autorizado o uso de celular ou qualquer aparelho eletrônico durante as provas. Os aparelhos terão de ser colocados em um porta-objetos com lacre, que deverá ficar embaixo da cadeira até o final das provas. Nas últimas edições do Enem,

Na reta final, candidatos mantêm o foco Os últimos dois anos foram de estudo intenso para a jovem Anaísa Soliman Lemos, 20, isso porque ela irá fazer o Enem nesse fim de semana e o curso que ela busca exige um bom resultado: Medicina. "No ano passado comecei a fazer cursinho, e ele era o dia todo, esse ano o curso é à noite e aí estudo de manhã, de tarde, , de noite e, às vezes de madrugada", fala ela. Para os candidatos que farão a prova, ela diz que é importante se concentrar e não ficar nervoso. "No dia da prova é preciso ter muita atenção para fazer as questões. Porque ele não é tão conteudista, é preciso ler bem o enunciado da questão", diz. As provas iniciam às 13h30 (horário de Brasília), mas os portões fecham às 13h. É importante

estar atento a esses horários. Ao receber a prova, é importante que o estudante verifique se o caderno de questões e o cartão de respostas têm a mesma quantidade de itens e se não há defeito gráfico. É recomendado ler e conferir as informações no caderno de questões, no cartãoresposta, na folha de redação e na lista de presença. O aluno poderá deixar o local após duas horas do início da prova. Só é possível sair com o caderno de questões nos últimos 30 minutos antes do fim das provas. O documento de identidade com foto é obrigatório para fazer o exame. Se tiver perdido o documento, o estudante deve apresentar boletim de ocorrência com data de, no máximo, 90 dias antes da prova.

Maria Inês Fini, presidente do Inep

candidatos foram eliminados por postar imagens da prova em redes sociais.

Qual será o tema da redação?

O conceito da família- Com o objetivo de debater sobre a adoção de crianças por casais homossexuais e sobre a nova norma na guarda compartilhada de crianças, quando os pais se divorciam.

Dengue, Zica e Chikungunya- O tema pode pedir para falar dos novos casos das doenças, das campanhas de combate e sobre a conscientização da população. Os crescentes casos de microcefalia.

Na reta final para a prova, Anaisa não deixa de revisar o conteúdo

7

Tragédia de Mariana- Tema relacionado ao Meio Ambiente e sustentabilidade. Em novembro de 2015 duas barragens romperam e destruiu o distrito de Bento Rodrigues. A tragédia foi considerada o maior desastre ambiental da história do Brasil.

Inclusão social- Tema relacionado a Lei Brasileira de Inclusão (LBI) e ainda as Olimpíadas e Paralimpíadas realizadas no Brasil.

Crise de refugiados- Percebe-se que o número de imigrantes vem se expandindo em direção à Europa, devido à guerra na Síria que tem dizimado milhares de vítimas. No entanto, o acolhimento a refugiados é restrito.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 4 de novembro de 2016

RENAN NA MIRA DO SUPREMO

STF vota contra réus na sucessão presidencial

Votos foram feitos, mas sessão acabou suspensa por pedido de ministro

Seis, dos oito ministros presentes no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira, votaram para que réus não possam fazer parte da linha sucessória da Presidência da República. A sessão, no entanto, foi paralisada devido a pedido de vista do ministro Dias Toffoli e o resultado final do julgamento não foi conhecido ontem. A decisão final dos ministros pode colocar em risco o cargo do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), investigado em pelo menos 11 ações no STF. A ação, apresentada pelo partido Rede Sustentabilidade em maio, argumenta que o presidente da República não pode, no exercício das suas funções, responder a ações penais por crimes comuns. A representação foi ajuizada pelo partido quando o então presidente

da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), estava na linha sucessória da Presidência da República e já era réu em ação penal perante o STF. Naquele mês, o STF decidiu por unanimidade suspender o mandato e afastar Cunha da presidência da Câmara. À época, o ministro Teori Zavascki afirmou que Cunha "não se qualifica" para assumir eventualmente a Presidência da República, por ser réu de ação penal. Renan é alvo de ao menos 11 inquéritos que tramitam no STF. No dia 4 de outubro, o ministro do STF Edson Fachin liberou para julgamento uma denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente do Senado. Caso o plenário do STF aceite a denúncia da PGR, Renan Calheiros se tornará réu e

responderá a uma ação penal por peculato, falsidade ideológica e uso de documento falso. Em uma sessão esvaziada, apenas oito dos 11 ministros estavam presentes. Por pouco o julgamento não foi adiado, já que este é o quórum mínimo para as deliberações. Como adiantou o Estado, três ministros não participam da sessão desta tarde. Gilmar Mendes tirou alguns dias de folga esta semana e está no exterior. Já Ricardo Lewandowski viajou a Porto Seguro, na Bahia, para fazer a palestra de abertura do 6º Encontro Nacional de Juízes Estaduais (Enaje). O ministro Luís Roberto Barroso estava presente, mas se declarou impedido de participar da sessão alegando "motivos pessoais". O ministro já foi sócio de um escritório de advocacia que subscreve a ação apresentada pela Rede.

Cunha cita Temer e Lula para defesa Preso na Operação Lava Jato, o ex-deputado federal Eduardo Cunha incluiu em seu rol de testemunhas de defesa o presidente Michel Temer e o ex-presidente Lula. A indicação de testemunhas foi feita em um documento de defesa prévia do ex-parlamentar, que presidiu a Câmara dos Deputados. No documento, a defesa pede a absolvição de Cunha e a rejeição das denúncias contra ele apresentadas. O documento foi protocolado na segunda-feira à noite na Justiça Federal, no Paraná. A assessoria de Temer informou que não comentará o fato. Também foram arroladas como testemunhas o ex-ministro Henrique Alves, o pecuarista José Carlos Bumlai, o ex-diretor da Petrobrás, Nestor Cerveró, e o ex-senador Delcídio do Amaral, dentre outros nomes. Foram incluídas 22 testemunhas no processo. Segundo a defesa argumentou, “o número

cmyk

de testemunhas se justifica pelo número de fatos imputados ao defendente”. Cunha está preso na superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, desde o dia 19 de outubro. Segundo a força-tarefa do Ministério Público Federal, "há evidências" de que existem contas pertencentes a Cunha no exterior que ainda não foram identificadas, fato que, segundo os procuradores, coloca em risco as investigações. Além disso, os procuradores ressaltaram que Cunha tem dupla nacionalidade (brasileira e italiana) e poderia fugir do país. A prisão foi decretada na ação penal em que o deputado cassado é acusado de receber R$ 5 milhões, que foram depositados em contas não declaradas na Suíça. O valor seria oriundo de vantagens indevidas, obtidas com a compra de um campo de petróleo pela Petrobras em Benin, na África.

Eduardo Cunha

O processo foi aberto pelo Supremo Tribunal Federal, mas, após a cassação do mandato de Cunha, a ação foi enviada para o juiz Sérgio Moro porque o ex-parlamentar perdeu o foro privilegiado.

8

Dinheiro devolvido vai todo para a Petrobras O dinheiro que o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró deve devolver aos cofres públicos será inteiramente repassado para a Petrobras, de acordo com decisão tomada na última quarta-feira pelo ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). A decisão contraria o que havia sido previsto pela ProcuradoriaGeral da República (PGR) no acordo de delação premiada firmado por Cerveró. De início, somente 80% dos cerca de R$ 16 milhões que o Executivo concordou em devolver iriam para a Petrobras, e os outros 20% seriam destinados à União. De acordo com Teori, não há "justificativa legal" para que o dinheiro seja também destinado à União, uma vez que o prejuízo seria apenas indireto, na condição de acionista majoritária da Petrobras, o que por si só não seria razão o bastante para que recebesse parte da quantia repatriada. "Essa circunstância não é suficiente para justificar que 20% dos valores repatriados lhe sejam direcionados, uma vez que o montante recuperado é evidentemente

Nestor Cerveró

insuficiente para reparar os danos supostamente sofridos pela Petrobras em decorrência dos crimes", escreveu Teori na decisão. O ministro atendeu a um pedido que havia sido feito pelos próprios advogados da Petrobras. Em junho, Teori tomou decisão similar em relação aos cerca de R$ 79 milhões que devem ser repatriados pelo ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa.

443 deputados são apontados por desvio Uma “farra” que foi de R$ 500 a até mais de R$ 100 mil em passagens aéreas bancadas pela cota parlamentar incluindo familiares de deputados e pessoas sem relação direta com as atividades legislativas. Estes são alguns dos números da recente leva de 52 denúncias contra 443 ex-parlamentares, incluindo nomes como o secretário do Programa de Parcerias de Investimentos do governo Temer (PMDB), Moreira Franco e o exministro Ciro Gomes (PDT), acusados de desviar dinheiro da cota de passagens aéreas a que tinham direito quando eram deputados. Nas acusações, o Ministério Público Federal pede ainda que todos os denunciados devolvam o valor das passagens corrigidos pela inflação até hoje. Responsável por apresentar as denúncias, que atingem um número de políticos que, se ainda estivessem exercendo os mandatos equivaleriam a 86% da Câmara, o procurador Regional da República Elton Ghersel explicou que a investigação identificou um total de 112 mil passagens emitidas por meio das cotas parlamentares entre 2007 e 2009, quando o presidente da Câmara era o petista Arlindo Chinaglia (SP). “Durante vários anos tenta-

mos (o MPF) que a Câmara informasse quais teriam sido emitidas para uso oficial ou não, e estes oficios nunca foram respondidos. A ideia era direcionar os questionamentos aos parlamentares, mas isso não foi possível”, afirmou o procurador, lembrando que foram identificados casos de gastos de pouco mais de R$ 500 até o caso de um ex-deputado que teria gasto cerca de R$ 100 mil de sua cota. Como as denúncias ainda estão sob análise do TRF, o procurador não divulgou quem seriam os exparlamentares que teriam gasto estas quantias. De 2009 a 2010, o hoje presidente da República Michel Temer (PMDB) ocupou a presidência da Casa. Para o procurador, o número de passagens destinadas a terceiros e a parentes dos então parlamentares não deixam muitas dúvidas de que teria havido irregularidades. “A cota parlamentar é para atender necessidades do parlamentar, agora para atender qualquer evento oficial e pessoas que foram com o deputado, se fosse cumprir algum dever da Câmara , esse custeio deveria ser feito com o orçamento da Câmara, não com a cota do deputado. Por isso, há forte indicativo que se foi pela cota, foi para fins particulares”, aponta Ghersel.


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 4 de novembro de 2016

REDUÇÃO DE SECRETARIAS

Governo prevê profunda reforma administrativa Os resultados das eleições foram pauta, nesta semana, de integrantes do núcleo do Palácio Piratini, em almoço com o governador José Ivo Sartori. E as constatações podem levar a uma reforma ainda mais ampla e profunda na máquina administrativa do Estado, já em discussão internamente no Executivo. Uma das análises é a de que saíram vitoriosos das urnas candidatos que não sustentaram temor em abordar temas que são quase um tabu no campo político. Como críticas a benefícios e à atuação de corporações, incluindo sindicatos e privatizações. O caso de Nelson Marchezan Júnior, que venceu a disputa em Porto Alegre, acabou sendo um dos exemplos citados na conversa. Outra análise sustentada foi a de que a maioria da população está farta de sustentar máquinas administrativas inchadas, para atender e acomodar interesses políticos, que não são eficientes, tampouco prestam serviços de qualidade aos contribuintes. Como resultado da conversa, começou a ser elaborado estudo sobre a possibilidade de reduzir ainda mais o número de secretarias. Quando assumiu o governo, Sartori reduziu o número de pastas de 29 para 20. A diminuição pode constar do pacote de reestruturação do Estado, que

Sartori e o secretário Carlos Búrigo debateram pontos da reforma nesta semana

será concluído neste mês, para ser anunciado provavelmente em dezembro. A medida, no entanto, ampliará a dificuldade de êxito de iniciativa simultânea, essencial para viabilizar alguns planos do Executivo, de reforçar a base aliada na Assembleia. Na última terça-feira, com 31 votos favoráveis e 18 contrários e três emendas parlamentares, a Assembleia Legislativa aprovou o PL 181, do Executivo, criando o Programa de Aproveitamento e Gestão dos Imóveis do Estado. A lei autoriza o governo a alienar bens imóveis do Executivo, das autarquias e das fundações por meio de leilão ou permuta por outros imóveis ou

áreas construídas, até o final de 2018. O deputado Luís Augusto Lara (PTB) criticou a proposta, defendendo que vendas devem ser transparentes, passando pela AL, além de terem justeza nos preços e somente através de leilões. Também se manifestaram contrariamente à aprovação do projeto, pela maneira como foi proposto, os deputados Jeferson Fernandes (PT), Tarcísio Zimmermann (PT), Enio Bacci (PDT), Stela Farias (PT), Luiz Fernando Mainardi (PT) e Pedro Ruas (PSol). O líder do governo, deputado Gabriel Souza (PMDB), minimizou as críticas em uma sessão anterior.

9

Andrei pede lista nominal de cargos e salários A lei que prevê a divulgação de cargos e salários nas esferas do poder Executivo em todo o País exclui a publicidade nominal de servidores. Isso significa que os cargos e seus salários correspondentes estão disponíveis, mas os nomes dos servidores não podem aparecer, nem ser ligados a suas funções e vencimentos. Com a prerrogativa de obter estas informações, o vereador Andrei Cossetin protocolou, há duas semanas, um pedido de informação no qual solicita à prefeitura de Ijuí a lista nominal de cargos e salários no poder Executivo municipal. Em entrevista à JM, o parlamentar explicou sua motivação. "Esse pedido foi feito no dia 24 de outubro, pouco depois das eleições, porque corria um boato de que estava ocorrendo a recontratação de muitos CCs que haviam sido demitidos. Estamos falando em economia, que não há dinheiro para pôr diesel nas máquinas que trabalham no interior, nem para repor lâmpadas queimadas nas ruas, há filas em postos de saúde e falta de vagas em creches. Enquanto isso, corre este boato do retorno dos CCs, o que seria muito negativo para o município", relata o vereador. Andrei Cossetin afirma que o pedido ainda não foi atendido, e a lista não foi disponibilizada. A obrigação legal da prefeitura é retornar o pedido ao vereador integralmente e sem informações de caráter dúbio. "A comunidade está nos cobrando essas informações, porque se está realmente acontecendo é algo muito grave. As pessoas querem uma explicação de porquê não existem recur-

Andrei Cossetin

sos para saúde e educação, mas existem recursos para contratar CCs. Se o caso se confirmar nós teremos que tomar providência, brigar para que essa situação seja revertida imediatamente", aponta o vereador. A reocupação de cargos comissionados na prefeitura de Ijuí foi divulgada pelo Jornal da Manhã na última quarta-feira. Conforme lista obtida pela reportagem, mais de 20 funcionários públicos foram nomeados na administração municipal, alguns deles com salários R$ 9.187,93. As nomeações não passaram pela Câmara de Vereadores porque os cargos já existiam, e estavam vagos desde que os servidores ligados ao PT deixaram a prefeitura. Na ocasião, o prefeito Fioravante Ballin prometeu não nomear novos servidores, como forma de economizar recursos diante da crise.

Poderes devem ajustar gastos aos limites do orçamento A Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa realizou, na manhã de ontem, a audiência pública para apresentação e discussão do Projeto de Lei do Orçamento 2017 (PL 194/2016), com a presença dos representantes de todos os poderes do Estado. A apresentação do Projeto esteve sob responsabilidade da Secretaria Estadual de Planejamento, que contextualizou o atual cenário econômico mundial e brasileiro para apresentar as dificuldades financeiras do Estado e a necessidade do corte de recursos em diversos setores. Deputados e representantes de todos os poderes do Estado puderam usar o espaço para colaborar com a discussão. Com 7,87% assegurados para os gastos com pessoal, o Poder Judiciário, Procuradoria-Geral de Justiça, Assembleia Legislativa, Defensoria Pública e Tribunal de Contas revelaram os esforços para manter suas despesas enquadradas nos limites impostos pela crise das finanças projetada pelo governo para o próximo ano. A receita estimada é de R$ 59,7 bilhões e a despesa, de R$ 62,7 bilhões, detalhou o secretário

José Reovaldo Oltramari. Presidida pelo deputado Ronaldo Santini (PTB), a audiência ouviu inicialmente a exposição do secretário Oltramari. Depois, durante mais de duas horas, foram apresentados os procedimentos adotados pelos Poderes para assegurarem o pleno funcionamento de suas atividades, prestando o serviço público, dentro das restrições impostas pelo orçamento que, desde 2015, tem congelado investimentos e limitou em 3% as despesas com pessoal. Explanando sobre finanças estaduais, ele referiu o histórico desequilíbrio entre a receita e despesa, resumidos pela inflação, endividamento, venda de ativos, utilização de recursos do Caixa Único e, mais recente, a utilização de depósitos judiciais e operações de crédito. O tormento das finanças é a dívida pública e o déficit previdenciário, sendo a despesa de pessoal, que alcança 80% da Receita Corrente Líquida, o maior desafio dos gestores públicos na atualidade. “A permanência do déficit orçamentário é insustentável para as finanças estaduais e só pode ser atacado pela contenção das despesas e um crescimento das receitas

Deputados receberam o secretário do Planejamento para debater a crise das contas públicas

acima deste patamar”, afirmou Oltramari Através de suspensão dos artigos na Lei de Diretrizes Orçamentária de 2017, Judiciário, MP, Assembleia, Defensoria Pública e Tribunal de Contas alcançaram reajuste acima desse limite (7,87%), o que será preservado no PL 194/2016, saudou o presidente do Tribunal de Justiça, Luiz Fernando Difini, que falou na audiência de ontem.

O chefe do Judiciário mostrou as restrições assumidas para respeitar as limitações financeiras do Estado, feito que não tem comprometido o desempenho do órgão, que lidera no Brasil os processos de 1º e 2º Grau, conforme atesta o Conselho Nacional de Justiça. “Mas a eficiência não significa que não precisa melhorar”, resumiu Difini, que está buscando alternativas para melhorar a receita do Judiciário.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 4 de novembro de 2016

PANAMBI

Trabalho será regional, diz prefeito eleito

Eleito para assumir a administração municipal de Panambi no período de 2017 a 2020, o novo chefe do Executivo, Daniel Hinnah já esteve reunido com colegas de partido para definir o grupo que assume no próximo ano. “Depois das eleições, tivemos, nesse primeiro mês depois das eleições, um período para colocar as coisas em dia, mas estamos finalizando a organização da equipe de secretários. Já está praticamente definida a equipe”, diz o prefeito eleito. A equipe, segundo ele, deve ser definitivamente divulgada até o fim do mês. A menos de dois meses de assumir o Executivo, Hinnah defende que a situação dos municípios com que se refere à conquista de investimentos e manutenção da administração com recursos escassos é preocupante. “Panambi não é diferente dos demais. Temos uma máquina pública bastante inchada, com um número de servidores bastante alto e com muitas atribuições. É um desafio

que decidimos aceitar quando nos candidatamos”. Para superar a situação, ele acredita que investir em uma qualificada equipe de projetos, “mas ainda assim, temos que convir que a fonte secou ou perceber, que é um momento de crise em que não existem muitos recursos disponíveis”. Porém, ele afirma que existem recursos para muitas áreas disponíveis, mas não são buscados por falta de bons projetos. “Nós vamos reorganizar as secretarias; não vamos aumentar o número de CCs, a nossa meta (durante a campanha) era reduzir; vamos qualificar os servidores e utilizar técnicas de gestão para a população de Panambi, buscando o equilíbrio entre gestão e política”, ressalta, como ele acrescenta, “com técnicas para que o cidadão perceba os resultados”, completa. No setor industrial, o prefeito eleito afirma que será buscada uma aproximação do setor privado com o público. "Vamos

Daniel Hinnah, prefeito eleito de Panambi

nos dedicar nessa aproximação. Panambi não pode ser isolado dos demais, devemos trabalhar regionalmente, e essa a visão que tenho", acrescenta.

10

Prefeitura de Ajuricaba adota turno único Neste mês, em virtude das férias do prefeito Airton Cossetin, quem assumiu o Executivo de Ajuricaba foi a vice-prefeita Velanir Bagolin. Uma das primeiras medidas que a gestora adotou foi avaliar as atividades que estavam em desenvolvimento em cada secretaria, bem como as condições financeiras para o fechamento do exercício do mandato de 2016. Após análise, realizada pelo secretário da Fazenda, Guerino Bandeira, que fez um levantamento atualizado das despesas e previsão das receitas até o final do ano, percebeu-se a necessidade de reduzir o ritmo das despesas. Com isso, a administração decidiu fazer cortes nas diárias e horas extras, reduzir CCs e FGs, redução nos transportes e implantação do turno único, além de propor para a Câmara de Vereadores a antecipação da devolução das sobras. De acordo com a viceprefeita, a situação enfrentada pelos municípios "não está fácil", diz ela, acrescentando que "a situação financeira do País e do Estado refletem nos municípios".

Velanir Bagolin, vice-prefeita de Ajuricaba

Em Ajuicaba, o valor em atraso, apenas na saúde já é superior a R$ 500 mil. "Então podemos perceber que não está fácil para os municípios com esse atraso de repasses. Acredito que, para nós (atual gestão) está sendo díficil, imagino que ano que vem a nova gestão terá dificuldades".

Catuípe encerra atividades do Outubro Rosa Concessão de rodovias reabre em 2017 A partir do próximo ano, o Estado inicia o processo de licitações para concessões de rodovias estaduais para a iniciativa privada. O governo do Estado enfatiza que o projeto de agora é diferente do adotado em 1998, pelo então governador Antônio Britto. "Naquela ocasião, o modelo era por polos, por 15 anos, e as concessionárias não tinham obrigação de fazer obras, somente manutenção", afirma o secretário dos Transportes, Pedro Westphalen. O dirigente acrescenta que, com a atual proposta, o governo tem mais autonomia, pois, anteriormente, cada projeto de concessão tinha que passar pela Assembleia Legislativa para análises técnicas, e isso foi modificado. A iniciativa, segundo o governo, prevê concessões de até 30 anos, com potencialização das estradas, com duplicação e terceiras vias, não se limitando apenas à manutenção. Os valores cobrados pelos pedágios dependerão das obras e serviços apresentados, mas a ideia, segundo Westphalen, é tentar implementar tarifas semelhantes. O secretário ressalta que o programa estadual de concessões precisa estar alinhado com as regras estipuladas sobre esse assunto pelo governo federal. O secretário destaca que é um processo de longo prazo. "Eu

cmyk

Entre as rodovias estão a ERS-324, ERS-122, RSC-287 e ERS-040

vejo uma angústia das pessoas sobre quais serão os trechos concedidos, e o importante é que os que forem cedidos sejam de uma maneira duradoura, beneficiem ao usuário, e que as empresas tenham seus ganhos a um preço justo", afirma. O dirigente reitera que a preocupação, no momento, não é indicar quais serão os trechos pedagiados, mas sim que a ação não seja precipitada. Para melhor estruturar o processo, o governo firmou convênios com instituições como a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

Se o governo do Estado prefere não adiantar quais serão as rodovias que terão pedágios, o Setcergs indica algumas que poderão ser otimizadas com a medida. Entre elas estão a ERS-324 (na região entre Passo Fundo e Casca), ERS-122 (na região de Caxias do Sul), RSC-287 (em Santa Maria) e ERS-040 (em Viamão). Uma das características do novo programa de concessões é que só abrangerá empreendimentos já construídos, e não novas estruturas. O vice-presidente Institucional do Setcergs, Sérgio Gonçalves Neto, argumenta que o Estado não tem muitas opções para fazer investimentos na área de logística, então a alternativa é conceder.

A campanha Outubro Rosa em Catuípe foi encerrada na última segunda-feira, com um evento no Salão Paroquial da Igreja Matriz, contando com a participação expressiva de mulheres da cidade e do interior, profissionais da saúde e colaboradores. Diversas ações foram desenvolvidas durante o mês de outubro conscientizando as mulheres sobre os cuidados e a prevenção em relação ao câncer de mama e colo de útero nos grupos assistidos pela Saúde, além de divulgação nos meios de comunicação. O evento reuniu oficinas de manicure, cortes de cabelo, design de sobrancelhas, avaliação estética a cargo do curso de Estética e

Cosmética da Unijuí, maquiagem e medição de pressão arterial, atividades físicas orientadas, palestra sobre autoestima e felicidade, distribuição de lanches e brindes, encerrando com uma caminhada pelas ruas do município. Na oportunidade, a prefeita, Ivete Burmann, fez um agradecimento especial a todas as participantes, bem como a todos que dispensaram um pouco do seu tempo para contribuir com a realização das diversas oficinas e o sucesso do evento. A partir de agora, as ações se voltam aos mês de combate ao câncer de próstata, com o Novembro Azul, focado na prevenção em relação à saúde dos homens.

Oficinas de beleza fizeram parte da programação durante o mês


Notícias

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 4 de novembro de 2016

INSEGURANÇA

Furto em estabelecimento preocupa órgãos policiais

Serão completadas 24h de um furto a estabelecimento comercial na região Central de Ijuí, sem que o delito chegue de maneira oficial aos conhecimentos da Polícia Civil. A afirmação foi feita pelo delegado responsável pelos casos referentes aos delitos patrimoniais no município. Bruno Oliveira vai além, lembra que o trabalho de perícia foi inviabilizado pelo tempo transcorrido desde a ocorrência. "Nós recebemos no dia seguinte a ocorrência que, após o protocolo, deverá ser encaminhada à 2ª Delegacia para que tome oficialmente conhecimento e possa adotar as medidas cabíveis", explicou o delegado. Além de explicar o caso envolvendo uma Relojoaria e Ótica, alvo de elementos entre as madrugadas do feriado e de ontem, o delegado fez um apelo no que diz respeito aos delitos patrimoniais. "Em crimes como esse, é interessante

PLANTÃO FURTOS DE VEÍCULOS - Mais dois casos de furtos de motocicletas foram entregues à Polícia Civil de Ijuí, ambos, levados do Condomínio Colmeia. O primeiro deles, trata-se de uma Honda, cor azul, placa ILM-6103. Já o segundo caso trata-se de uma Honda Fan, IPE-3370. Até a tarde de ontem, nenhum dos veículos havia sido recuperado. Nos últimos 15 dias, foram, pelo menos, cinco motos furtadas no município. ROUBO A PEDESTRE - A Polícia Civil de Ijuí investiga mais um caso de roubo a pedestre no município. Dessa vez, uma mulher foi vítima de dois homens, a bordo de uma motocicleta de cor branca. Segundo registro de ocorrência feito pela vítima, os elementos subiram a calçada e sob fortes ameaças, renderam a mulher na Rua São Francisco, bairro São Geraldo. Em ação levaram a bolsa contendo documentos pessoais, cartões de crédito, celular e R$200 em espécie. TRÁFICO DE DROGAS A Polícia Civil de Santo Ângelo investiga mais um caso de tráfico de drogas no município. Casal foi preso em posse de 48 pedras de crack, 20 buchas de cocaína e R$ 290 em espécie. Ambos, recolhidos ao sistema prisional, são investigados por tráfico em toda a região.

que as partes envolvidas procurem diretamente a lavratura do registro junto à Polícia Civil. Até mesmo porquê é um crime onde se deixam vestígios como impressões digitais e é a Polícia Civil que requer os procedimentos seguintes", reiterou o delegado. Segundo repassado pela Brigada Militar, elementos entraram no estabelecimento localizado na Rua Ernesto Alves por meio do teto e levaram diversos objetos de valor como joias, bombas para chimarrão dentre outros. Em contato com o comandante do Pelotão de Operações Especiais (POE), tenente Celso Clineu, a Brigada Militar não tem a certeza de quando o fato foi registrado. O maior dificultador diz respeito às intempéries climáticas que antecederam o feriado, e isso, de alguma forma, interferiu no atendimento à ocorrência. "Já estamos fazendo buscas nas imagens das câmeras

para ver se identificamos alguma coisa. O dia, marcado pelo mau tempo, deixou o trabalho meio prejudicado. O caso está sendo investigado, e até o fechamento da edição, ninguém havia sido preso.

Djeison Mateus Ferrari

sistema prisional. Ele está à disposição da Susepe para fazer a transferência até a Penitenciária Modulada de Ijuí.

Acusado de homicídio na região está preso em Ijuí Está recolhido Penitenicária Modulada de Ijuí (PMI) um elemento suspeito de assassinar um homem em Santo Ângelo. Edenir Antunes Cabral foi preso no município de Catuípe pela Brigada Militar. Conforme repassado pelos policiais militares, Edenir é apontado como responsável pela morte de um homem, a golpes de faca, ainda em outubro. Edenir está à disposição da Justiça e da Susepe.

Polícias realizam apreensão histórica Uma ação de três forças policiais renderam apreensão histórica em Palmeira das Missões. Após fuga de barreira e perseguição, cerca de meia tonelada de maconha foi apreendida. Três homens foram presos por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Conforme repassado, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Rodoviária Estadual e Brigada Militar capturaram uma Chevrolet Captiva, depois que o veículo fugiu de

uma barreira policial em Seberi. Uma segunda barreira foi montada no trevo entre BR-468 e BR-158. O veículo acabou capotando depois de entrar em estrada vicinal. Foram 589 kg apreendidos em diversos locais do veículo. Ainda conforme repassado em nota, dois veículos davam apoio no deslocamento e foram identificados e abordados pelos agentes da PRF em Cruz Alta. O caso será investigado.

Celso Clineu, tenente do POE

Ijuiense foragido é preso pela BM em Horizontina A Brigada Militar de Horizontina prendeu na manhã de ontem o ijuiense Djeison Mateus Ferrari. Contra ele havia mandado de prisão expedido pela Comarca de Ijuí. Djeison já havia sido preso pelo policiamento militar, em Ijuí, mas em virtude da legislação eleitoral, acabou sendo solto. Segundo informações repassadas em nota pela Brigada Militar de Ijuí, o trabalho foi realizado na madrugada de ontem. Djeison, investigado pelo delito de violência doméstica, foi preso portando uma motocicleta que estava na condição de furto, em Ijuí. O veículo foi recolhido ao serviço de guincho e o elemento encaminhado ao

11

Apreensão feita após união dos órgãos de segurança: quase 600 kg de maconha

Estudo revela cinco estupros por hora no País Mais de cinco pessoas são estupradas por hora no Brasil, mostra o 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), divulgado ontem. O País registrou, em 2015, 45.460 casos de estupro, sendo 24% deles nas capitais e no Distrito Federal. Apesar de o número representar uma retração de 4.978 casos em relação ao ano anterior, com queda de 9,9%, o FBSP mostrou que não é possível afirmar que realmente houve redução do número de estupros no Brasil, já que a subnotificação desse tipo de crime é extremamente alta. “O crime de estupro é aquele que apresenta a maior taxa de subnotificação no mundo, então é difícil avaliar se houve de fato uma redução da incidência desse crime no país”, disse a diretora executiva do Fórum, Samira Bueno. O levantamento estima que devem ter ocorrido entre 129,9 mil e 454,6 mil estupros no Brasil em 2015. O número mínimo se baseia em estudos internacionais, como

o National Crime Victimization Survey (NCVS), que apontam que apenas 35% das vítimas de estupro costumam prestar queixas. O número máximo, de mais de 454 mil estupros, se apoia no estudo Estupro no Brasil: uma radiografia segundo os dados da Saúde, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que aponta que, no país, apenas 10% dos casos de estupro chegam ao conhecimento da polícia. Considerando somente os boletins de ocorrência registrados, em 2015 ocorreu um estupro a cada 11 minutos e 33 segundos no Brasil, ou seja 5 pessoas por hora. O Estado com o maior número de casos foi São Paulo, que responde por 20,4% dos estupros no país, com 9.265 casos. O número, no entanto, representa uma redução de 761 casos (7,6%) em relação ao ano anterior, quando foram registrados 10.026 casos. Roraima foi o Estado com o menor número de estupros registrados, 180, o que representa 98 casos a menos do que no ano anterior – queda de 35,3%.

Trio é preso após arrombamento em banco

Edenir Antunes Cabral

Três criminosos foram presos após arrombarem uma agência do Banco do Brasil no Centro de Sapucaia do Sul no início da madrugada de ontem. O banco fica na Rua Professor Francisco Brochado da Rocha. Os bandidos abriram dois caixas eletrônicos com maçarico.

No entanto, eles acabaram sendo surpreendidos pela Brigada Militar, que chegou ao local antes de os assaltantes conseguirem fugir. O trio foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia de Canoas, onde após os procedimentos protocolares, foram encaminhados ao sistema prisional.

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Grêmio decide com Atlético-MG

Volante Walace foi importante no empate do Grêmio que levou o time à decisão

O Grêmio empatou com o Cruzeiro por 0 a 0, quarta-feira na Arena com mais de 52 mil torcedores e avançou para a decisão da Copa do Brasil. No jogo de ida no Mineirão, o time comandado por Renato Portaluppi venceu por 2 a 0.Com a classificação, o Grêmio interrompe um jejum de 15 anos sem disputar finais desta competição. O time também tentará se isolar como maior vencedor do torneio. O Tricolor gaúcho já conquistou o troféu quatro vezes, mesmo número de títulos do próprio Cruzeiro. O rival do Grêmio na final será o Atlético-MG. O time dirigido por Marcelo Oliveira empatou por 2 a 2 com o Internacional, no Estádio Independência, e se classificou graças a vantagem

que obteve com a vitória por 2 a 1 no jogo de ida, no Beira-Rio. Os jogos decisivos serão dias 23 e 30 de novembro. Hoje às 9h a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sorteia a ordem dos jogos. O Cruzeiro, com uma postura diferente, encarou o Grêmio controlando as ações no primeiro tempo. A melhor chance gremista foi aos 16 minutos com Marcelo Oliveira, que recebeu passe de Luan e finalizou por cima da trave.Aos 22 minutos, Ariel Cabral acertou a trave de Marcelo Grohe. No segundo tempo, o Grêmio teve melhor rendimento e neutralizou o time mineiro. Aos 44 minutos, Luan marcou um gol, mas a arbitragem anulou de forma equivocada.

Inter pensa somente no Campeonato Brasileiro O Internacional empatou em 2 a 2 com o Atlético-MG quarta-feira no Estádio Independência, em Belo Horizonte e foi eliminado da Copa do Brasil. O Galo vai enfrentar o Grêmio nas finais da competição.Quem esperava que o Atlético teria algum tipo de facilidade, por causa da situação do Inter no Campeonato Brasileiro, se enganou. O time de Celso Roth chegou a Belo Horizonte e jogou de igual para igual, impondo dificuldade e dando sufoco. O Atlético-MG foi surpreendido pelo primeiro gol do Inter, que apostava nos contraataques. Aos 26, o Internacional conseguiu balançar a rede. Com boa jogada na direita entre

Valdívia e Anderson, Aylon apareceu sozinho na área e abriu o marcador. Aos 45, o Galo conseguiu o empate. Luan roubou a bola e o Atlético partiu para o contra-ataque. Robinho recebeu a bola e bateu de perna esquerda para empatar a partida. Aos 47 minutos, o Inter fez 2 1. Após bola recuada de Erazo para o goleiro Victor, ele deixou escapar, Anderson aproveitou o vacilo e marcou. O resultado levava para os pênaltis. O Galo chegou ao empate aos 15 minutos do segundo tempo. Robinho encontrou Lucas Pratto livre para marcar. O Colorado buscou o gol que lhe daria a vaga mas não conseguiu a

Internacional empatou com o Atlético-MG e foi eliminado da Copa do Brasil 2016

reação. O time de Celso Roth ainda reclamou de um toque de mão de Robinho dentro da área.

Queria pênalti. Domingo, às 17h o desafio é o líder Palmeiras, pelo Brasileirão.

AFK e E.C.Ijuí decidem o título hoje à noite O Campeonato Municipal de Futsal Feminino de Ijuí vai conhecer o campeão hoje à noite no Ginásio Wilson Mânica no jogo entre as equipes AFK e E.C.Ijuí. Na primeira fase houve empate de 3 a 3 entre os dois times que voltaram a se enfrentar no último domingo no Ginasião pela 1ª Copa Acadêmica de Futsal Feminino. A competição terá ainda nesta sexta-feira a disputa de dois jogos pela última rodada da primeira fase, categoria sênior. Se enfrentam a partir das 19h30 Fluminense do Alvorada e Afumisa/BB Som

Comunicação e depois jogam Mercado Darci e Scherer xAmigos do Sete. Os veteranos conheceram os semifinalistas que jogarão na próxima quarta-feira: Racing x Boleiros Futsal e Flamengo da Linha 11 Norte x Arsenal Baterias Goi. Na última terça-feira a competição teve a disputa de três jogos pela segunda fase da Divisão Única com jogos eliminatórios. O AtléticoVila Glória venceu por 5 a 4 oAtlético/Relojoaria Kauffmann e o time Boleiros Futsal ganhou por 4 a 3 do São José.

E.C.Ijuí (verde) enfrenta a AFK na decisão do Campeonato de Futsal Feminino

RESULTADOS Segunda-Feira,31.10 Divisão Única-2ª fase Titãs 2 x 5 Sport Club PC Progresso/Portuguesa 1 x 2 Golden Ball/Supergasbras/Quarta-Feira Certa Afumisa/Climaq 3 x 2 Boca Juniors/Apollo Alarmes Terça-Feira,1º.11 Divisão Única-2ª fase

cmyk

Atlético Vila Glória 5 x 4 Atlético/ Relojoaria Kauffmann São José 3 x 4 Boleiros Futsal Atlético Modelo x União do Getúlio Vargas- Este jogo foi interrompido no primeiro tempo aos seis minutos e dois segundos. O Atlético Modelo vencia por 1 a 0, mas houve houve a paralisação devido ao temporal. O restante

da partida será segunda-feira na sequência da terceira partida. Hoje,4.11 a partir das 19h30 Sênior-Fluminense do Alvorada x Afumisa/BB Som Comunicação Sênior-Mercado Darci e Scherer x Amigos do Sete Feminino-Final-AFK x E.C.Ijuí Segunda-Feira,7.11 a partir das 19h

DE PRIMEIRA SUSPENSÃO

O lateral-direito gremista Edílson pegou cinco jogos de suspensão pelos socos desferidos no colorado Rodrigo Dourado no Gre-Nal do segundo turno do Brasileirão, no último dia 23, pela 32ª rodada. A punição não vale na Copa do Brasil. O julgamento dos jogadores denunciados pela Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) devido a confusões no clássico foi realizado na tarde de ontem, no Rio de Janeiro, pela Quinta Comissão Disciplinar do órgão. Edílson poderá atuar apenas na última rodada. O volante do Inter recebeu pena de um jogo, também já cumprido. Bolaños e Vitinho foram absolvidos, assim como o técnico do Grêmio Renato Gaúcho pela expulsão contra o Palmeiras, na partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil.

CAMPEONATO DE BOCHA O CTG Laureano Medeiros/ Gimenez largou com vantagem no primeiro jogo da final do Campeonato Municipal de Bocha de Ijuí, Regra Mundial. A equipe venceu na última sexta-feira a AABB/Zanetti Engenharia e Construção por 3 a 0. O jogo final será no próximo dia 11 na cancha da Associação Atlética Banco do Brasil.Os jogos de volta das semifinais do Campeonato Municipal de Bocha do Interior serão disputados hoje a partir das 20h:Avante deArroio das Antas x Amigos da Bocha do Parador; e Ijuí da Linha 8 x Rincão dos Goi. As partidas de ida tiveram estes resultados na última sexta-feira: Amigos da Bocha do Parador 2 x 1 Avante de Arroio das Antas; e Rincão dos Goi 2 x 1 Ijuí da Linha 8.

COPA SUL-AMERICANA

A Chapecoense conquistou quarta-feira um resultado importante no jogo de ida das semifinais. Jogando no Estádio Nuevo Gasômetro, na Argentina, o time brasileiro arrancou um empate por 1 a 1, depois de sair atrás no marcador. Cauteruccio abriu o placar para o San Lorenzo, mas Ananias deixou tudo igual.Chapecoense e San Lorenzo voltam a se enfrentar em 23 de novembro, às 21h45 na Arena Condá. A Chape se classifica com um empate sem gols ou em caso de vitória, enquanto os argentinos precisam vencer ou empatar por dois ou mais gols. Nova igualdade em 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis. O vencedor joga com o ganhador de Atlético-Nacional-COL e Cerro Porteño-PAR. O primeiro duelo teve empate de 1 a 1 na última terça-feira.

AMISTOSO

Ginásio Municipal Wilson Mânica a partir das 19h 2ª fase-Divisão Única Audax/Ramos Construções x Ouro Verde Santa Cruz do Colonial x Pré-Moldados Dreffs Independência Futsal x Colombianos Restante da partida Atlético Modelo x União Getúlio Vargas

12

Festa Esportiva acontece domingo a partir das 10h30 em Pinhal, no Estádio do Pinhalense, próximo a Palmeira das Missões com a presença dos atletas Paulo Baier, ex-São Luiz, Criciúma,Atlético-PR e outras equipes do futebol brasileiro e o atacante Josiel, ex-Inter-SM, Paraná e Flamengo. Jogarão Amigos do Paulo Baier, do Flamengo da Linha 11 Norte e Amigos do Josiel.


Acontece

Jornal da Manhã

Sexta-feira, 4 de novembro de 2016

13

Os livros estão na Praça

Grande noite das Debutantes Apresentamos hoje as quatro garotas que completam o grupo das dez Debutantes 2016 da Sociedade Ginástica, que hoje vivem a sua grande noite. A festa acontece no Salão Nobre da Sogi, a partir das 20h. Líbera Marin é a responsável pela decoração. A noite terá sonorização e iluminação de Usina Som e Luz, o Dj Gabriel R, de Porto Alegre, e a cobertura fotográfica será de Schmalz Foto e Vídeo. A patronesse dessa edição é a empresária e ex-modelo Nadine Dubal.

A patronesse Mirian Metzdorf na abertura oficial ontem à tarde

Maria Eduarda Bianchini Pes Filha de Cristiano Hemann Pes e Leandra Moraes Bianchini

Manoela Schöfer Brião Filha de Manoel Eides Brião (in memoriam) e Jeneci Maria Schöfer

Começou ontem e segue até domingo a 27ª Feira do Livro Infantil do Sesc e 24ª edição da Feira do Livro de Ijuí. O primeiro dia teve a animação cultural de Roger Castro e o espetáculo teatral Escravos de Jó, da Cia Tem gente teatrando. O destaque do dia foi para apresentações literárias. O ijuiense Amadeu Weinmann, advogado e escritor expôs suas obras, Os Maragatos - Alguns personagens de nossa história e Os Criminalistas - Biografia de Voltaire de Bittencourt Pires. À tarde, ele palestrou para alunos do CSCJ e à noite, foi homenageado com um jantar festivo no Clube Ijuí. À tarde também aconteceu a mostra dos livros dos escritores integrantes do Circulo de Escritores Letra Fora da Gaveta: Ademar Bindé, com o livro Ceriluz 50 anos; Luiz Fiorin Menegon, com o livro A vida como é; Iolanda Maria Gubet Aures D'Lima, com o livro Doenças de casamento; Marfia Rosa Schmitt, com o livro O mundo de Baltazar. Marli Meiger e DolaIr Callai promoveram um momento de autógrafos do livro Fenadi Baú de Memórias, no Espaço Círculo de Escritores. O dia também teve a sessão de autógrafos com o ijuiense Mauricio Souto, com o livro Ouse ser grande, inauguração da Geladeira Cultural, projeto idealizado pelo Rotary Clube Ijuí Nova Geração. A abertura oficial reuniu as autoridades na tarde de ontem, no Anfiteatro. Toda a cobertura da Feira do Livro poderá ser conferida no Caderno Dois do Jornal da Manhã de sábado.

Valentina Steffens Bracht Filha de Fábio Adriano Bracht e Sabrina Steffens

Roger Castro animou as crianças durante o todo o dia

Maria Fernanda Taborda Petersen Filha de Carlos Afonso Petersen (in memoriam) e Magda Alexandra Guimarães Taborda

Casa de Dança Hoje, às 23h, na Casa de Dança, a animação será por conta da banda Requinte, com repertório direcionado aos apreciadores da dança a dois, passando pelo bolero, samba, forró, sertanejo, gauchescos, também músicas internacionais ao som de saxofone. O traje exigido é o alto esporte, não sendo indicado tênis, camiseta e minissaia, seguindo as normas da dança de salão. Informações pelo 3332 - 4378.

cmyk


Jornal da Manhã

Sexta-feira, 4 de novembro de 2016

NOVELAS Globo Patrick fala com César que o viu sair do quarto de Paula

Patrick fala com César que o viu sair do quarto de Paula. Mario procura Chica e encontra Alice. Gaetano compra um presente para Geppina. Geppina conta para Milena como Loretta era quando estava com Vittorio. Moreira oferece a César negócios escusos para fechar contrato com fornecedores. Ralf vê Hirô com Akira. Damasceno tenta se aproximar de Mieko. César informa que conseguiu os contratos com os fornecedores e Alice comemora. Mario descobre que não pode impedir Carol de ir embora

Indicativo de direção Posição de Selminha Sorriso na Beija-Flor (RJ) Petrolífera fundada em 1953 por Vargas Lema

Sem número (abrev.)

Usuário da calçada Cenário do "BBB"

Letícia discute com Tião Letícia discute com Tião e nega suas exigências de ligar para Helô. Pedro e Helô conversam e ele diz que recebeu uma carta com ameaças quando esteve na cadeia. Amaro é demitido por Augusto após ele ficar sabendo tudo que Amaro havia feito contra Salete. Jéssica fica surpresa pela forma como sua mãe lhe trata. Nacib é expulso da casa de Magnólia por ela mesma. Camila deseja ver o túmulo de Carmem. Vitória tenta beber bebidas alcóolicas e é impedida por Marcão.

cmyk

Consoante de ligação de "cafeteira"

Que é digno de confiança Ilha do golfo de Nápoles, na Itália

Abrigo instalado no camping

Dar um (?): cumprimentar

Espaço em garagens Protela

Senhor (abrev.) (?) de Monet: passeio cultural em Giverny, na França

Antônio Houaiss, dicionarista carioca

Otto Dix, pintor alemão

Porta, em inglês

Lutador brasileiro de MMA

Chuva, em inglês Profissional que traça as previsões do horóscopo

BANCO

O Verdura usada no tempero de caldos

Particípio de sentido oposto ao de "vindo" Gênero de "Pânico 4" Arma do Exército

A L

Desafinar Irmã da mãe

Conversafiada (gíria) Feitio do barbeador descartável

Pablo Neruda, poeta chileno

3/ant. 4/door — rain. 7/atenuar — jardins. 9/astrólogo. 17/espetinho de frango.

A Lei do Amor- Globo

(?) Valley, região vinícola dos EUA

Pouco disponível (o recurso)

Certas pessoas Narrativa nórdica

Haja Coração - Globo Carmela fica emocionada ao ouvir a irmã dizer que quer o melhor para ela Felipe diz a Shirlei que o julgamento foi marcado para a semana seguinte. A garota fica desesperada e ele diz que ela não vai ser condenada se acusar Jéssica e Carmela. O casal conversa na sala da casa de Francesca quando Carmela chega para buscar um documento. Sem ser vista, a vilã fica parada perto da porta e escuta a irmã dizer que prefere ser presa a acusá-la. Carmela ficar emocionada ao ouvir a irmã dizer que quer o melhor para ela. Muito tocada, Carmela vai embora aos prantos.

© Revistas COQUETEL

Intenção de quem Golpe do Petisco apreciado no "põe panos quentes" (?): casa- churrasco de rua O grupo sanguíneo mento por Formiga, em inglês do doador universal dinheiro

1

Solução

A T E N U A R

Sol Nascente -

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

E R A S N P N T E A T P R I A N A H A L DO O E D F O O A R R I A P N L O GO

Tememos mudanças, mesmo que elas sejam para melhor. Mudar nossa rotina, por exemplo, nos deixa ansiosos. São muitos os argumentos: acreditamos que mudar pode tornar as coisas piores; sair da zona de conforto é apavorante; mudanças podem não dar certo ou não durar muito tempo; requer muito esforço e compromis-

R O B A S E U N S C A R A C S R O S E O D O I R E S T L H A D T R O

COISAS DA VIDA

J A R D I N S

Psicóloga Esp. em Gestão de Pessoas Especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental

* Você não vai aprender coisas novas. O mundo vai mudar com ou sem você. * Sua vida pode não melhorar. Se não mudar, não será possível tornar sua vida melhor. * Você não vai se desafiar a desenvolver hábitos mais saudáveis. * Outras pessoas vão superá-lo. Se você não estiver disposto a se desafiar e mudar, os outros podem se cansar disso. * Quanto mais você esperar, mais difícil vai ficar. Quanto mais tempo você mantiver os mesmos hábitos, mais difícil será rompê-los. Acredite, toda mudança é uma oportunidade para fortalecimento de sua força mental. Gil Camargos completa a reflexão com algo muito significativo: "Abra as janelas da alma com sonhos e esperanças, aviste o horizonte das oportunidades, deixe a brisa da paz invadir seu interior, esqueça os tropeços, invista no novo: novo caminho, novos projetos, novo jeito de viver".

S P E M O T T R A T C A S B A V A GA N A D I T E R I A R T R A I A

Sônia Arriens Cassel

so, dá muito trabalho; fazer algo diferente pode gerar dificuldade na manutenção de hábitos novos; você não tem motivação suficiente para mudanças pois considera algo muito difícil de se fazer; mudar pode ser muito arriscado... (Morin) Quantas vezes pensamos dessa forma mesmo quando as circunstâncias nos pedem mudanças? Como disse James Gordon, "Não é que algumas pessoas tenham força de vontade e outras não...É que algumas pessoas estão dispostas e outras não". Toda mudança requer planejamento de como será implementada e como você vai se comprometer com ela. Morin defende que se permanecermos estagnados isso poderá interferir em nosso crescimento pessoal, bem como em outras áreas da vida. Ela argumenta com propriedade as desvantagens: * Permanecer no mesmo lugar com frequência significa ficar estagnado em uma rotina. A vida pode ficar bastante chata se você não fizer nada diferente.

14

Horóscopo Áries A sensação de exaustão que você pode sentir pode ocorrer por não parar nenhum minuto para descansar. É tempo de aceitar que é humanamente impossível carregar fardo maior do que seus limites. Touro É preciso ter responsabilidade com as suas atitudes, para que depois não venha a se arrepender de suas consequências. É tempo de ser comedido ao expressar opiniões se houver inseguranças. Gêmeos Ao adotar um procedimento confiável para realizar suas atividades, você transmite mais confiança e segurança naquilo que faz. É tempo de cumprir as promessas e assumir as responsabilidades. Câncer Sua responsabilidade em relação às outras pessoas parece estar em desarmonia com suas necessidades individuais. É tempo de usufruir deste momento e organizar melhor as duas áreas da vida. Leão Muito daquilo que você construiu e que revela sua identidade se deve a decisões tomadas no passado. É tempo de atentar para transformações que devem ser feitas para construir seu futuro. Virgem É possível que a organização da sua rotina se abra a um mundo novo de possibilidades, nunca antes imaginado. É tempo de exercitar ideias, intensificar trocas, e expandir horizontes. Libra Ao mesmo tempo em que você tende a discutir para fazer valer seu ponto de vista, há hesitação por medo de cometer injustiças. É tempo de ponderar para que todos possam ter ideias acatadas. Escorpião Se estiver com suscetibilidade à rejeição, isso pode gerar a negação ou fuga de seus sentimentos. É tempo de avaliar erros que têm sido responsáveis pelas complicações nos relacionamentos. Sagitário A vida faz mais sentido quando se apresenta como uma jornada de buscas por respostas para as questões intrigantes. É tempo de aproveitar as oportunidades que surgem para sua evolução. Capricórnio Experiências adquiridas ao longo da vida vão se somando até que chega o momento em que você é convocado a compartilhá-las. É tempo de se conscientizar do papel que tem na sociedade. Aquário Se boas ideias surgem, as pessoas se entusiasmam com elas e as coisas simplesmente acontecem. É tempo de ir para a rua, ver gente e se conectar com as pessoas certas pelas razões certas. Peixes Para encarar os desafios de forma tranquila, não deve haver pressa. Principalmente, quando eles envolvem outras pessoas. É tempo de ter paciência para ouvir o que as pessoas têm a dizer.


Jornal da Manhã

Sexta-feira, 4 de novembro de 2016

GESTÃO, NEGÓCIOS & CIA

Marcelo Blume marcelo.blume@referenda.com.br

Colhe-se o que se planta O que se vive é resultado direto ou indireto de nossas ações ao longo da vida, portanto, colhe-se o que se planta. Ações conduzem a resultados, sendo que os sentimentos conduzem as ações, considerando ainda que os pensamentos são originados nos sentimentos. A vida que temos, é em boa parte o que direta e indiretamente escolhemos, mesmo que sem a consciência sobre o que cada uma das ações geraria ou gerará de resultados em nossa vida. Quando olhamos para trás, há coisas de que nos arrependemos, de decisões equivocadas considerando os resultados ou efeitos que queríamos. Todavia, o conjunto de variáveis é tão grande, que são vários os caminhos que podem nos levar onde queremos, pois o mais importante é saber ter objetivos bem claros. Nosso dia a dia é cheio de negociações, concessões, decisões, que pequenas ou grandes, vão moldando a vida. Estudar, trabalhar, curtir melhor as alegrias da vida, assim como a forma como vamos nos relacionando com aqueles com quem nos encontramos durante a caminhada representam um conjunto comparável a uma plantação feita ao longo da vida, que vai permitindo, e em alguns casos obrigando, colheitas dos seus resultados que moldam a vida como um todo. Responsabilizar entidades, concorrentes, colegas, adversários, governos, pelos resultados indesejáveis da vida pessoal, ou profissional, da instituição ou da empresa que dirigem alivia a responsabilidade de muita gente, reduzindo sensivelmente a culpa, o arrependimento, mas não gera aprendizado para si, nem para os sucessores. Colhem melhores frutos aqueles que não perdem tempo reclamando do azar, que não ficam com pena de si mesmos e que não culpam os outros pelos efeitos indesejáveis de sua vida. Quem corre atrás das metas e objetivos bem definidos e preferencialmente coletivos, acordando todos os dias sabendo o quer e o que precisa fazer, vai colher frutos como aquele que planta corretamente e cuida bem de todas as etapas do cultivo. Quem conquista e ganha antes de gastar, quem procura fazer uma diferença positiva onde estiver e para as pessoas ao seu redor, assim como quem sabe amar a quem lhe dá amor, vai colher melhores frutos como aquele que sabe plantar e cultivar uma boa cultura. Aquele que sabe cultivar boas relações, que procura descobrir novas formas de resolver antigos problemas, que consegue compartilhar o que tem de bom a sua volta, cuida bem do corpo e da mente, investe no seu desenvolvimento pessoal e profissional, consegue viver mais feliz e proporcionar melhores condições de gerar felicidade ao seu redor. Cada situação vivida requer um nível de superação, onde superar o ímpeto da transferência da responsabilidade do que não se deseja, para outros é uma das necessidades mais importantes para uma vida melhor e com melhores efeitos no que fazemos ou deixamos de fazer. Um abraço, com o desejo de felicidades e até a próxima!

15

NOVO MEIO DE TRANSPORTE

Tuc-Tuc é novidade em Ijuí

Chegou em Ijuí um modo inovador de fazer transporte. O Tuc-Tuc, é uma forma de triciclo adaptado com uma moto de 150 cilindradas e uma carroceria atrás onde ficam os passageiros. Segundo a microempreendedora, Cristina Telier, o automóvel é considerado uma categoria de moto e é originário da Ásia, de países como a China e Índia. A invenção é intermediária entre a moto e o táxi, até mesmo com relação ao preço. A novidade vai poder transportar as pessoas do bairro Modelo até o Centro e vice-versa. “Por enquanto nós estamos com um só, mas tentaremos negociar mais dois.” O “carro” tem capacidade para transportar duas pessoas, acomodadas em uma poltrona com cinto de segurança e possui todos os equipamentos de segurança de um carro, como extintor e macaco. Não é necessário o uso de capacete. “Eu conversei com o dono do Supermercado Modelo e ele nos autorizou a fazer um ponto em frente ao supermercado. O Tuc-Tuc vai servir muito para pegar pessoas com bastante sacolas de

CSCJ faz feira de idiomas para alunos Na manhã de ontem, os alunos do Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio participaram de uma Feira de Idiomas no Colégio Sagrado Coração de Jesus (CSCJ). A ideia, segundo a professora de Língua Inglesa, Paola Padilha, é proporcionar aos alunos um momento cultural. "Tivemos oficinas de váriOs modos, como de imersão cultural, viagens, jogos, gramática, interpretação de textos e karaokê. São formas diferentes que os alunos estão tendo para perceber o aprendizado de formas variadas", comemora. Para a professora, a proposta foi recebida de uma forma positiva pelos alunos. "Essa é uma experiência diferente, onde podem buscar orientações", destaca. De acordo com Paola, para os estudantes, uma segunda língua já está defasada. "Para quem vai se inserir no mercado de trabalho, um terceiro idioma é fundamental", completa.

compras”. O veículo contém um bagageiro que pode acomodar todas as mercadorias. Cristina destacou que as pessoas serão levadas até suas residências com extrema segurança e tranquilidade, já que o triciclo quando tem pessoas não passa de 40 km/h. “A comunidade pode fazer também um passeio turístico”, destaca. O automóvel é fabricado em Manaus e é homologado pelos órgãos que regularizam o transporte no país. Ele está autorizado a circular pelas vias do Brasil. O Tuc-Tuc já existe no Rio Grande do Sul em Canoas, Uruguaiana e também está sendo implantado em Sarandi. “No Rio de Janeiro, Brasília e Nordeste existem muitos desses e eu estou trazendo para Ijuí, a fim de facilitar a vida das pessoas aqui no bairro. A gente está apreensivo para saber se o pessoal vai adotar essa ideia, e estamos torcendo que sim”. “Quero frisar que não está sendo aberto este serviço para roubar o lugar de ninguém, que nem às vezes a gente escuta alguns comentários assim. Nós

Veículo estará na Praça da República neste final de semana

realizamos uma pesquisa de mercado, conversamos com taxistas e moto taxistas e muitos deles não têm essa ideia de que vamos tirar clientes”, finaliza. Segundo Cristina, o automó-

vel também pode ser alugado para festas de aniversários e casamentos. O Tuc-Tuc estará na Praça da República neste final de semana para quem quiser experimentar e realizar um passeio.

Campo abandonado é revitalizado Um grupo de moradores do Luis Fogliatto decidiu dar uma utilidade para o campo de futebol que, além de abandoando e tomado pela vegetação, estava sendo usado como depósito irregular de lixo. Conforme Celoir Bueno, um dos idealizadores, no último fim de semana, foi realizado um momento de descontração para a comunidade com brincadeiras com uma vaca mecânica no campo. Ele conta que antes da atividade foi necessária a recuperação da área. Para isso, ele entrou em contato com o prefeito Fioravante Ballin, que prontamente mandou maquinários para fazer a limpeza do local, que está sendo mantido limpo pelos moradores. O campo foi entregue àquela comunidade em 2007, realizando um sonho antigo. “Hoje temos o que sobrou porque roubaram cerca, palanque, e temos o sonho de aproveitar essa área e fazer um CTG, que não temos no nosso bairro, não temos um clube de mães, uma capela mortuária”, relata Celoir. O abandono é decorrente, segundo ele, do vandalismo e da falta de alguém responsável pela área. “O que faltou foi alguém tomar a iniciativa e defender o patrimônio do bairro. O campo de fute-

Celoir relata o trabalho de recuperação do campo do Luis Fogliatto

bol foi tirado de nós através de vandalismo”. Segundo ele, pelo menos 500 pessoas participaram das atividades do último fim de semana. A partir de janeiro, a intenção é reunir-se com o prefeito eleito Valdir Heck para debater sobre os planos do Executivo para esta área. “Queremos dividir essa área em três pedaços: no fundo, uma quadra de futebol sete; e no outro lado a continuidade da cultura gaúcha; e na outra parte

queremos fazer uma pracinha para nossas crianças, que não temos hoje no bairro”, revela. Inconformado com as críticas que recebeu em função da atividade, Celoir solicita a colaboração de todos. “Peço a essas pessoas que em vez de irem pra mídia criticar, passem a mão no rastel, no facão, e venham nos ajudar a terminar de limpar, juntar um lixo, venham somar e não saiam falando bobagens por aí”, convida o morador.

cmyk


www.jmijui.com.br

transporte inovador

Novidade transportará passageiros do bairro Modelo até o Centro. Velocidade máxima permitida é de 40 km/h. | 15

FEIRA DE IDIOMAS

Ontem, o CSCJ realizou uma feira diferente com oficinas de língua estrangeira: Inglês, Espanhol e Frânces | 7

CBF sorteia hoje ordem dos jogos Grêmio e Atlético-MG decidirão a Copa do Brasil. Partidas serão dias 23 e 30 deste mês. | 12

Órgãos policiais se unem e apreendem 600kg de maconha Apreensão recorde aconteceu na tarde de ontem, em Palmeira das Missões. Três homens foram presos em flagrante. | 11

EDITORIAL | 6 Nunca é demais lembrar que a denúncia é uma das melhores armas Estado / para combater a violência contra a mulher na sociedade.

cmyk

Sitepaginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you