Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Quarta-feira, 6 de julho de 2016

Ano 43 - Nº 291

R$ 3,00

Captação de órgãos no HCI supera a média nacional

Cherini culpa Pompeo por expulsão

No Estado, instituição empata com Caxias do Sul e está atrás somente de Porto Alegre. | 4

Deputado foi expulso do PDT em junho. | 8

Atividade industrial registra queda no RS

Município quer usar estrutura do Postão

Segundo a Fiergs é a terceira queda consecutiva. | 3

População vota prioridades para região

Objetivo é transferir o serviço para a UPA. | 5

FESTIVAL INTEGRA NÚCLEOS

Encerraamanhãavotação da Consulta Popular. | 5 Atividades no Ginasião envolveram as categorias mini, mirim e baby. | 12

Delegada esclarece assassinato de menor Adolescente de 12 anos foi morta com tiros. | 11

Pesquisa aponta perfil do empreendedor ijuiense O estudo foi realizado pelos alunos do curso de Administração da Unijuí. | 3

AMPLIAÇÃO NA SAÚDE Assinada ordem de serviço para execução das obras do Caps Colmeia 2 de Ijuí | 5

cmyk


RADAR

FEIRA DO ARTESANATO - No próximo fim de semana, dias 9 e 10 de julho, acontece em Ijuí a 25ª Feira Estadual do Artesanato. O evento será na Praça da República, das 9h às 19h. Em caso de chuva será transferido para o Ginásio Municipal Wilson Mânica. Ótima oportunidade de lazer, além de prestigiar o dedicado trabalho dos artesãos. REDESIM- A Secretaria Municipal de Planejamento e Regulação Urbana (Seplan) anunciou que foram realizadas alterações nos requerimentos padronizados para abertura de novas empresas, no âmbito da Redesim. Os novos modelos já estão disponíveis no site do município, seção Alvará de Funcionamento, Item 2: Pessoa jurídica- Constituição de Empresa (Redesim). As alterações têm por objetivo simplificar os processos que vêm sendo adotados desde a implantação da Redesim no Município. Mais informações através do fone (55) 3331-8231, com a Coordenadora da Redesim, Tássia Tabille Steglich. ENADE- As inscrições dos estudantes que devem realizar o Enade em 2016 são de responsabilidade das Instituições de Ensino e devem ser feitas exclusivamente por meio do Sistema Enade. Devem ser inscritos os estudantes ingressantes e concluintes dos cursos que se enquadram nas áreas de abrangência do Enade e os estudantes irregulares de anos anteriores. O Enade 2016 será aplicado aos estudantes concluintes dos cursos que conferem diploma de bacharel nas áreas de Agronomia; Biomedicina; Educação Física; Enfermagem; Farmácia; Fisioterapia; Fonoaudiologia; Medicina; Medicina Veterinária; Nutrição; Odontologia; Serviço Social e Zootecnia. Para os cursos técnicos em Agronegócio; Estética e Cosmética;Gestão Ambiental; Gestão Hospitalar e Radiologia. NOVA REGRA- Atendendo a uma reivindicação de caminhoneiros autônomos e transportadoras de cargas, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) vai flexibilizar os registros dos caminhões para que possam trafegar pelas estradas do País. A sugestão, encaminhada pelo deputado estadual Edson Brum (PMDB), indica que seja utilizada a certidão de registro do Detran dos municípios de origem dos veículos, fazendo com que os caminhões em curso não parem seu trabalho e que os registros sejam renovados na sua cidade de origem. A resolução em vigor, de março deste ano, exige que seja apresentada cópia autenticada do certificado do veículo para a renovação ou emissão de novos registros. Isso causava transtornos para os caminhoneiros, que tinham que parar o trabalho até conseguir o documento.

cmyk

2

OLHO DA RUA INDICADORES

Poupança 5.7.2016 ..........................0,6562% Ouro 5.7.2016......................... R$ 143,00 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,2989 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,2993 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,2400 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,4300 Euro (compra) .............................. R$ 3,6518 Euro (venda) ................................. R$ 3,6514 IPC/FIPE Maio/ /2016 ...........................0,57% IGPM Jun//2016 .................................. 1,69% INPC/IBGE Maio/2016 ..........................0,98% IPCA Maio/ /2016 .................................0,78% IGP-DI-FGV Maio//2016 ........................1,13% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144

LOTERIAS

Cena recorrente nos bairros de Ijuí, mais um terreno baldio utilizado para depósito irregular de lixo foi identificado. Localizado na Rua Dary Tissoti, no bairro Thomé de Souza, o local está servindo de depósito para todo tipo de resíduos.

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º 2º 3º 4º 5º

ENTRE ASPAS "Estamos em um sistema de contenções. A contenção não começou a aparecer ainda. Mas a partir de certo momento começaremos com medidas impopulares. Não temo fazer isso, porque não tenho intenções eleitorais", disse o presidente interino, Michel Temer (PMDB).

"A Expotchê é um importante espaço para promover e divulgar a cultura do nosso Estado para a população do Distrito Federal, especialmente os produtos das nossas agroindústrias que surpreendem pela qualidade, sabor e inovações", avalia o secretário do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Tarcisio Minetto. "A chegada da tocha ao Rio Grande do Sul representa o espírito olímpico e a união pela paz. Uma oportunidade do Estado se fortalecer no esporte e mostrar suas qualidades para todo o mundo", ressaltou o secretário do Turismo, Esporte e Lazer, Juvir Costella. “Na comissão (do impeachment) ela não vai. É possível que vá ao plenário (na votação final do caso). Isto me foi dito pelo José Eduardo Cardozo (advogado de Dilma Rousseff)”, disse o líder da bancada do PT no Senado, Humberto Costa (PT-PE).

Getúlio

-

2.910 4.617 3.401 3.903 8.886

QUINA

"Eu entendo e sempre que posso me manifestar digo que o maior problema da segurança pública no nosso Estado é a impunidade. Passamos o tempo todo fazendo um retrabalho, pois a pessoa que está cometendo um crime sabe que vale a pena porque a punição será pouca, ou não haverá", disse o comandante geral da Brigada Militar, coronel Alfeu Freitas Moreira.

CONCURSO nº

4123

01 26 34 40 49 Resultado de Segunda

THOMÉ DE SOUZA - A secretária municipal de Saúde, Márcia Boniatti, esteve no EFS do Thomé de Souza verificando os prejuízos gerados no setor de vacinas em função do ato de vandalismo no último fim de semana, quando vândalos desligaram a chave geral e deixaram o posto sem energia elétrica da sexta-feira até a segunda. A ação resultou na perda de doses de vacinas que estavam no refrigerador. Márcia disse que será colocada uma grade para proteção da central de energia elétrica para que isso não volte a acontecer. A notícia foi recebida com indignação pela população, já que o ato prejudica moradores que necessitam da imunização e que agora terão que esperar pelo ressarcimento.

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 6 de julho de 2016

LOTOFÁCIL CONCURSO nº

1383

02 06 07 08 09 13 14 15 16 17 20 21 22 24 25

PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 6 de julho de 2016

CRISE NA INDÚSTRIA

Desempenho industrial registra terceira queda Apenas as compras industriais subiram (1,6%) entre abril e maio nos seis indicadores avaliados pelo Índice de Desempenho Industrial (IDI-RS) elaborado pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS). Com isso, o IDIRS caiu 2,3%, com ajuste sazonal, a terceira queda consecutiva, levando o indicador a novo piso da série iniciada em janeiro de 2003. "Os números de maio não alteram o quadro de recessão que acompanha o setor industrial gaúcho. A melhora recente nas expectativas dos empresários, motivada pelo novo governo, não está sendo acompanhada por uma reação concreta da produção, apesar da estabilização do ritmo de queda da atividade", alerta o presidente da Fiergs, Heitor José Müller. As retrações registradas em faturamento real (-1%), horas trabalhadas na produção (-1,2%), utilização da capacidade instaladaUCI (-1,2%, com grau médio

de 78,2%), emprego (-1,1%) e massa salarial (-0,3%), os demais indicadores do IDI-RS, revelam que os problemas continuam a afetar a indústria gaúcha. “A demanda interna em baixa, o desemprego crescente, o crédito restrito e a falta de confiança dos empresários permanecem, mantendo um cenário incompatível para uma recuperação no curto prazo”, diz Müller. Em maio, o emprego caiu pelo 16º mês consecutivo, e apresentou dois recordes negativos: o de menor nível histórico e o de maior duração, o que levou a massa salarial à sexta contração seguida. Se na margem a atividade mostra um aprofundamento do ciclo recessivo, o desempenho entre períodos mais longos indica estabilização. Com relação ao mesmo mês do ano anterior, o IDI/RS registrou a menor queda em três meses: 5,2%. Mas trata-se de novo recorde de duração: 27 resultados negativos consecutivos.

Heitor Müller, presidente da Fiergs

No acumulado do ano até maio, na comparação com o mesmo período de 2015, o índice de atividade recuou 7%. O declínio havia sido de 7,5%, até abril, e de 7,4%, até março.

Fecomércio aponta índice de endividamento O endividamento no Rio Grande do Sul caiu em junho em relação a maio deste ano. Segundo dados divulgados pela Fecomércio-RS ontem, o nível passou de 62,3% para 61,2%. No entanto, em comparação com o mesmo período do ano passado, cujo índice era 60,5%, o indicador teve leve alta. O resultado apurado em junho deste ano mostra que, pela primeira vez desde o último trimestre de 2015, ocorreu um

certo alívio na tendência de elevação dos indicadores de endividamento e inadimplência das famílias gaúchas. A pesquisa indica que a parcela da renda comprometida com dívidas cresceu, saindo de 31,9% em maio deste ano para 32,2% em junho. O tempo de comprometimento, na média em 12 meses, manteve-se em 7,6 meses. A Fecomércio-RS ressalta ainda que o cartão de crédito segue

sendo o principal meio de dívida dos gaúchos, apontado por 79,3% dos endividados, seguido por carnês (41,3%), crédito pessoal (10,1%) e cheque especial (9,9%). Já o índice de famílias que não terão condições de regularizar nenhuma parte de suas dívidas em atraso no prazo de 30 dias atingiu 9,1% em junho de 2016, o que significa uma redução na comparação com junho de 2015, quando o indicador estava em 13,1%.

3

Pesquisa avalia perfil de empreendedores Uma pesquisa realizada por estudantes do curso de Administração da Unijuí avaliou características empreendedoras de 172 proprietários de empresas varejistas de bens e serviços de quatro municípios da região Fronteira Noroeste. Buscando compreender esse fenômeno, estudantes da disciplina de Administração Empreendedora, do Curso de Administração da Unijuí, realizaram uma pesquisa com 172 proprietários de empresas varejistas nos municípios de Santa Rosa, Três de Maio, Santo Cristo e Horizontina. O estudo, denominado “Perfil do Empreendedor do Varejo”, objetivou identificar características empreendedoras destes empresários, barreiras para a criação de novos negócios, motivação para empreender, carências para a gestão, confiança dos empresários e perfil sociodemográfico dos entrevistados. Cada conjunto de dados foi distribuído a um grupo de alunos que preparou uma análise das informações coletadas na pesquisa. As acadêmicas Letícia Luísa Ullerich, Duane Alessandra dos Santos e Leidi Lacieli da Luz avaliaram as principais características empreendedoras, classificandoas na ordem que os empresários julgavam mais importantes para a obtenção de sucesso em seus negócios. Além das características empreendedoras, as alunas geraram uma pontuação a partir das respostas de cada empresário, buscando avaliar o desempenho

de acordo com uma escala que avalia o potencial empreendedor dos pesquisados. Os resultados evidenciaram que 60,4% dos empresários tiveram entre 120 e 150 pontos, o que considera que o indivíduo possui características comuns aos empreendedores de sucesso e tem capacidade de se diferenciar no mundo dos negócios. Um grupo formado por 38,4% obteve de 90 a 119 pontos, o que demonstra a presença de características e comportamento empreendedor, mas que ainda necessita equilibrar pontos ainda fracos com os pontos já fortes. Apenas 1,2% ficaram com pontuação de 60 a 89 pontos, que demonstram que há mais pontos fracos do que fortes no que tange ao comportamento empreendedor. De acordo com o coordenador do Curso de Administração, professor Luciano Zamberlan e que também esteve à frente desta disciplina, a pesquisa proporcionou aos alunos uma interação direta com os empresários, permitindo conhecer com profundidade as características dos empreendedores, permitiu desenvolver nos alunos a capacidade analítica e a reforçar aspectos que são importantes para que eles próprios possam vir a empreender no futuro. Além disso, os dados possibilitam identificar pontos importantes que podem vir a ser trabalhados e potencializados com o propósito de aumentar a taxa de sobrevivências, de empresas que atuam neste segmento tão importante para a geração de emprego e renda que é o varejo.

Secretarias do RS debatem ações Os objetivos estratégicos das secretarias e vinculadas do Eixo Social do Acordo de Resultados 2016 foram avaliados nesta ontem e mostraram que 57% dos indicadores atingiram as metas definidas pelas secretarias. O governador José Ivo Sartori acompanhou o andamento dos 15 projetos e 99 indicadores de desempenho do eixo. Durante a reunião, o governador determinou a mobilização de todos os órgãos do governo para a necessidade de avançar na promoção do atendimento às pessoas que mais precisam. "As dificuldades existem, mas seguimos firmes na busca de alternativas viáveis e na defesa dos interesses da sociedade gaúcha", afirmou Sartori. O secretário-geral de Gover-

Na reunião, governador determinou a mobilização de todos os órgãos

no, Carlos Búrigo, reforçou aos secretários e dirigentes de vinculadas para a necessidade da constante atualização, por parte dos gerentes e colaboradores, do

andamento dos projetos no Sistema Informatizado de Monitoramento Estratégico (SME), que dá suporte à gestão e é usado por toda a Rede de Governança.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 6 de julho de 2016

CAPTAÇÃO DE ÓRGÃOS

HCI está acima da média nacional O Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) destaca-se na captação de órgãos no Estado. Desde o início do ano, já foram realizadas quatro captações no âmbito da instituição, o que coloca o Hospital acima da média nacional. Os números ainda colocam o HCI em segundo lugar no Estado, junto com Caxias do Sul e atrás apenas de Porto Alegre. No último dia 28 de junho deu entrada no Hospital um paciente com quadro confirmado de acidente vascular cerebral (AVC), com quadro sugestivo de morte encefálica. Para confirmação desse quadro, a legislação brasileira é rígida e exige a realização de dois testes clínicos, sendo um obrigatoriamente realizado por um médico neurologista e o segundo por qualquer outra especialidade. “As 23h30 foi realizado o primeiro teste por um médico neurologista. Posterior a esse, foi realizado o exame de imagem, que também é obrigatório pela legislação, e no dia 29 de junho, às 8h, foi realizado o segundo teste clínico de morte encefálica, onde se confirmou o óbito do paciente”, explica o enfermeiro do HCI, Diogo Cigana. Depois da confirmação, foi comunicada à Central de Transplantes de Porto Alegre e encaminhado os trâmites legais para início do processo da captação de órgãos. “Era um paciente de 52 anos, natural de uma cidade próxima a

Ijuí, e foram captados o fígado e rins”, detalha o enfermeiro. Ele destaca que hoje a instituição está bem à frente do que preconiza a legislação e acima da média nacional. “Já tivemos desde o início do ano até agora seis protocolos de morte encefálica, e destes, quatro resultaram em captações. Ou seja, quatro famílias aceitaram doar os órgãos e isso representa uma média de 70% e a média nacional é de 58%”, afirma. Depois de captados, os órgãos são encaminhados para Porto Alegre onde há uma fila de espera para transplante. “É uma fila controlada pela legislação e nós não temos conhecimento para onde vão esses órgãos”, esclarece Diogo. O enfermeiro explica que para doação de órgãos, primeiramente o paciente não pode estar sedado, não pode estar fazendo hipotermia. “Temos que saber que na morte encefálica o paciente está morto, não é coma, porque no coma há fluxo sanguíneo no cérebro e na morte encefálica não tem a menor possibilidade de reverter, ele está morto e o que mantém o coração batendo são máquinas dentro de uma UTI”, acentua. Depois são realizados os dois testes para confirmação e então a família é abordada sobre a possibilidade de doação dos órgãos. “Sempre abordo a importância de conversar com os familiares, porque notamos nitidamente quando

Diogo Cigana

vamos abordar a família quando o paciente está em óbito ou em morte encefálica quando ele comentou em vida que era o desejo dele, a aceitação é maior do que quando não teve essa conversa. Então, em vida é importante conversar com os familiares se há o desejo de doar os órgãos”, salienta. Ele lembra que a família não pode ser forçada ou convencida a doar os órgãos, apenas deve receber a informação de que existe essa possibilidade, ficando a seu critério a decisão. Diogo sugere que o trabalho de conscientização sobre a importância da doação de órgãos também deve ser realizado nas escolas e empresas.

4

Moradores jogam lixo nos canos de esgoto Moradores do Condomínio Residencial Julio Taube, no bairro Tancredo Neves, reclamam de problemas relacionados ao esgotamento sanitário ocasionado pelos próprios condôminos, e que já se estende há dois meses. De acordo com ofício da diretoria do Condomínio, alguns residentes têm colocado lixo nos vasos sanitários que acabam entupindo os canos e ocasionando transtornos aos demais, como o transbordamento das caixas de inspeção. Ainda de acordo com o ofício, no serviço realizado com o caminhão hidrojato foram encontrados absorventes femininos, fraldas, panos, papel higiênico, calcinhas, esponjas, plásticos e camisinhas entupindo os canos. “Nossa situação é péssima, com esse fedor, tem dias que não dá para aguentar. Está entupido e ninguém se mexe para fazer”, conta o morador Fernandes França. “Tem gente que coloca tudo que é lixo, até roupa íntima no esgoto.”, que desentope os canos, é cobrado, mas foi realizado gratui-

tamente via Demasi. No entanto, o síndico conta que o caminhão já realizou três vezes o desentupimento dos canos, mas os moradores voltam a colocar dejetos nos vasos sanitários. Em um dos emails trocados com a Corsan, Ribeiro recebeu a informação de que “o cesto estava cheio de absorventes”, e um pedido da autarquia: “Solicitamos encarecidamente que os moradores sejam instruídos a não descartar lixo na rede de esgoto. Há uns dias retiraram uma calça que estava trancando a bomba”, pediu via email. Sem saber o que mais deve fazer, o síndico disse que solicitou à construtora se existe uma maneira de identificar o apartamento de onde os lixos estão sendo jogados na rede de esgoto. Caso não haja, ele disse que já estuda uma maneira de colocar uma tela nos canos para barrar a passagem do resíduo e identificar o morador, ou moradores, que está gerando tanto transtorno para aquela comunidade.

Morador Fernandes França relata transtornos gerados pelo entupimento dos canos

Moradora dá um novo lar a cães abandonados no Município

Dois dos 17 cães abrigados por Célia são portadores de necessidades especiais

cmyk

A falta de consciência das pessoas leva ao abandono de animais. A Coordenadoria de Proteção Animal (CPA) realiza o acolhimento de cães e gatos no Município, realiza trabalho de consultório médico-veterinário, com atendimento clínico específico para população de baixa renda, vacinação anti-rábica e óctupla e encaminhamento dos animais para castrações. “Temos recebido muitos relatos de que os vizinhos se mudam de casa para apartamento e muitas vezes não levam, porque o animal é de médio ou grande porte e não consegue levá-lo e acaba abandonando na rua. Ou, muitas vezes as fêmeas acabam emprenhando e as pessoas não querem os filhotes. Temos visto, por vários dias, animais que são abandonados dentro de sacolas de supermercado nas ruas, nos bairros, chega muito essa demanda para nós”, relata a médica veterinária da CPA, Etiane Sonego.

Ela conta que tem recebido muitos pedidos de ajuda por parte da população que encontra esses filhotes, mas nem sempre a CPA consegue assumi-los em função do espaço limitado em contrapartida ao número de abandonos. Por outro lado, a comunidade está cheia de bons exemplos como a moradora do bairro Modelo, Gabriela Schirmer, que é cuidadora de animais abandonados. Ela já chegou a abrigar em sua residência até sete gatos de uma só vez enquanto procurava um lar para eles, além dos quatro de sua posse. “Todos os gatos que tive sempre foram abandonados na minha casa, castrei, criei e deram veneno. Agora estou com um gato só, que foi abandonado não tinha nem dois meses.”, conta. Também no bairro Modelo reside Célia Zenker, que abriga cães retirados das ruas. Dóceis, bem cuidados e alimentados, os cães recebem Célia com alegria e re-

conhecem em seu tom de voz o comando da dona. Há 10 anos ela começou a recolher animais abandonados. "Tuco começou com o Mano, que apareceu no Colégio Modelo e o diretor, na época ia levá-lo para o Canil e eu levei para minha casa", conta, emocionada. Mano faleceu no dia 3 de março de 2015, mas outros 17 cães ocupam a casa e o coração de Célia, dois deles com necessidades especiais, um deles teve tumor e perdeu uma das patas dianteira e outro foi atropelado e perdeu a locomoção das duas patas traseiras. A alimentação é viabilizada por Célia, que também recebe ajuda da Associação dos Protetores da Vida (APV). Ela afirma que ainda há espaço para mais cães. "Se for preciso, não me importo com espaço". Quando arruma um lar para um cão, ela verifica se está sendo bem tratado, do contrário, traz de volta para sua casa.


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 6 de julho de 2015

5

CONSULTA POPULAR

Comunidade tem até amanhã para votar Desde ontem, a comunidade de Ijuí e da região e de todo o Estado tem a oportunidade de participar da escolha das prioridades, onde devem ser investidos os R$50 milhões do orçamento de 2017. Entre as dez opções, a população pode escolher apenas uma para o recurso ser aplicado. Este ano, as prioridades são a cadeia produtiva do leite; a segunda diz respeito ao apoio dado às agroindústrias familiares; a terceira opção é voltada ao fomento de micro e pequenas empresas e a quarta opção é a qualificação da rede de atenção do SUS. Cada uma das 28 regiões do Estado tem uma cédula de votação específica, com 10 programas. As opções que constam na cédula foram definidas em assembleias públicas realizadas entre maio e junho, em 277 cidades, e que contaram com a participação de mais de 22 mil pessoas. Segundo presidente do Corede Noroeste, Nelson Thesing, a ideia deste ano da Consulta é pensar no desenvolvimento regional, não apenas a partir de uma demanda pontual. “Cada demanda deve alcançar uma prioridade e ela é apresentada pelo número de votos, então, não adianta um município votar de forma isolada em

uma proposta se os demais dez optarem por outro caminho”, explica. Para a região estão disponíveis R$ 1.264.227,12, que serão distribuídos nas áreas Saúde, Agricultura, Desenvolvimento Rural e Desenvolvimento Econômico. A votação da Consulta popular encerra amanhã e pode ser feita apenas pelo site (https://vota.rs.gov.br/register) e é obrigatória a apresentação do título de eleitor. Em Ijuí há pontos fixos de votação, localizados na prefeitura, no Tele Centro da Praça, os agentes de saúde, Hospital de Caridade e Bom Pastor, Caps do Bom Pastor, além de empresas que aderiram ao processo. Os valores que estavam em atraso, da Consulta de 2015/2016, Thesing comenta que muitos municípios já receberam. “Principalmente os que foram contemplados com o desenvolvimento da agropecuária”. Porém, como ele fala, os municípios ainda têm recursos a receber, “que é um passivo significativo”. Conforme ele, a participação da população demonstra que a região está buscando o desenvolvimento independentemente do passivo que há por parte do Estado. Além da ampliação do prazo de vota-

Votação iniciou ontem, encerra amanhã e deve ser feita apenas pelo site da Consulta Popular

ção, de um para três dias, outra alteração no processo é que o cidadão passa a votar em um único projeto em vez de quatro, como era anteriormente. Dos dez programas da cédula de votação, os quatro mais votados de cada Corede serão incluídos no Orçamento do Estado 2017.

Inicia-se obras do Caps Colmeia 2 Depois de longa espera, foi lançada na manhã de ontem a pedra fundamental para início das obras do Centro de Atenção Psicossocial 2 (Caps). A obra será viabilizada por meio de recurso estadual na ordem de R$ 1,5 milhão e está localizada ao lado do ESF do Assis Brasil. Com área total de 878,12 metros quadrados o prazo para conclusão é de 10 meses. Com a aprovação do Conselho Municipal de Saúde (Comus) o terreno escolhido para a construção do novo espaço é adequado à acessibilidade dos pacientes. O prefeito Fioravante Ballin, que assinou a ordem de serviço para exucação das obras, destacou as três construções que a empresa responsável pelos serviços já realizou no município:

O prefeito Ballin, acompanhado de seu secretariado, assinou a ordem de serviço

o EFS Meio Rural, o Palco das Etnias no Parque de Exposições Wanderley Burmann; e a Upa. “Acompanharemos a obra durante esse período”, ressaltou. Estavam presentes o secre-

tário de Governo, Nelson Copetti, a secretária municipal de Saúde (SMS), Márcia Boniatti, a engenheira da SMS, Pamela Sossmeier e o representante da Construtora, Fabiano da Rosa.

Desenvolvimento do trigo varia no RS A área plantada com trigo no Estado teve uma diminuição significativa neste ano: em comparação com 2015, as lavouras encolheram 15%. O principal fator foi a quebra da safra registrada no ano passado, o que motivou os produtores de semente a diminuírem a oferta do produto, deixando desassistidos muitos produtores que tinham interesse em investir no cereal. Entre aqueles que conseguiram realizar o plantio do trigo, a avaliação sobre a situação das

lavouras varia em cada região. "Tem áreas em que a chuva está normal, e em outras áreas faz praticamente 30 dias que não chove. Portanto, a distribuição das chuvas é pouco uniforme e isso vai acarretar em prejuízos na produtividade geral do trigo gaúcho neste ano", analisa o presidente da Federação das Cooperativas Agropecuárias, Paulo Pires. A possível quebra na produtividade e na qualidade acarretará em maiores dificuldades para o

mercado do trigo no Estado, avalia Pires. Segundo ele, a falta de uma política de segregação do produto assevera ainda mais esta realidade. "O produtor tem capacidade de plantar o trigo tipo pão e o trigo para exportação. Acho que existe espaço para os dois tipos, o que beneficia produtores, indústrias e consumidores. Claro que no trigo pão, por exemplo, há desvantagens de preço. Justamente por isso é que o cultivo deve ser incentivado", disse Paulo Pires.

Os resultados serão conhecidos no dia 14 de julho. Dos R$ 50 milhões, R$ 28 milhões serão distribuídos igualmente entre os Coredes e os R$ 22 milhões restantes seguirão o critério de população e de Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese).

Proposta do Município é de usar estrutura do PA A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ijuí está com a obra concluída. Os equipamentos comprados, alguns já instalados, tal qual os gases. O Raio X também foi comprado e aguarda pela instalação. No entanto, a indefinição no repasse de recursos por parte da União e do Estado, mantém a Unidade de Ijuí, e pelo menos mais 10 em todo o Estado, com as portas fechadas. “Como já temos o Pronto Atendimento (PA) 24h no Susão, a proposta seria de transferir esse atendimento para o prédio novo da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas a gente precisa do incentivo da União e do Estado para que isso se concretize”, afirma a secretária municipal de Saúde (SMS), Márcia Boniatti. Segundo ela, o custeio mensal da UPA em Ijuí gira em torno de R$ 600 mil, incluindo despesas fixas como água, luz, telefone e folha de pagamento dos profissionais. A portaria que normatiza o funcionamento das UPAs estabelece um número de funcionários maior do que o Pronto Atendimento 24h dispõe atualmente. “Tem que ter dois médicos 24h e nós não temos, e isso iria onerar, por isso que chega aos R$ 600 mil de custeio. Raio X 24h e então teríamos que contratar mais profissionais, e essa flexibilização que estamos

buscando, para que não precisemos ter todos esse profissionais”, explica Márcia. A origem da reunião ocorrida em Porto Alegre, na última sexta-feira, com a presença do prefeito Fioravante Ballin, Márcia e demais gestores de saúde dos municípios que aguardam uma definição para suas UPAs foi a declaração do ministro da Saúde, Ricardo Barros, de que não há condições de habilitar Unidades nesse momento. “A prioridade do ministro é habilitar e mandar recursos para as UPAs que já abriram, e nós que ainda não abrimos, quando que virá esse incentivo?”, questiona a secretária. Ela reforça que o Executivo aguardará o resultado da reunião realizada no próximo dia 14 entre prefeitos e o ministro, na expectativa de mobilizar Barros para a liberação de recursos para que as UPAs entrem em funcionamento. No início desta semana, o secretário estadual de Saúde, João Gabbardo, reuniu-se com o ministro Ricardo Barros, para buscar uma solução para a situação das UPAs no Estado. Márcia salienta que impacta sobre o funcionamento da UPA é o custeio. “Como o governo federal não vai mandar esse dinheiro, nós não temos R$ 600 mil por mês para colocar em funcionamento”, finaliza.

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Quarta-feira, 6 de julho de 2016

PARTICIPAR É PRECISO

E

stá em andamento mais uma Consulta Popular, processo que coloca prioridades das regiões do Estado em votação e a população decide para que áreas serão destinados os recursos. Nesse contexto, a participação popular é imprescindível, já que somente a comunidade é capaz de dizer onde estão as deficiências de sua cidade. Em Ijuí, mais uma vez a área da saúde entra no rol das prioridades, assim como infraestrutura e Participar é preciso, porque somente desta forma é possível cobrar as demandas e fazer uma pequena diferença dentro de um universo de necessidades.

agricultura. O objetivo principal da Consulta Popular é promover o desenvolvimento regional – até aí, tudo bem. A meta do processo é clara, objetiva e nobre. No entanto,

enfrenta dificuldades em sua efetividade, uma vez que os recursos chegam com atraso aos cofres municipais, comprometendo a execução das ações votadas pela população. A votação ocorre exclusivamente pela internet e leva menos de um minuto, e cada pessoa deve escolher uma prioridade, e para a região de Ijuí são as quatro primeiras que constam na cédula de votação. Mas, o atendimento da demanda pode levar anos.

Muitas pessoas olham para o processo de votação da Consulta Popular com ceticismo, e não é para menos, já que é de suma importância que o Estado quite esses valores atrasados para estimular a população a participar da eleição. O caminho para isso é simples, porém penoso para um Estado falido financeiramente: o pagamento às prefeituras e instituições deve ser feito integralmente - o que não acontece. Afinal, não é só eleger as demandas, é preciso executá-las. Assim como não basta aumentar os recursos se os repasses não forem feitos corretamente. Até junho de 2014, dos mais de R$ 1 bilhão que deveriam ter sidos destinados às demandas escolhidas pela população entre 2007 e 2014, o Estado tinha executado apenas 55% desse valor. Hoje, segundo levantamento, R$ 60 milhões referentes aos exercícios 2015/2016 estão sendo pagos parcialmente. Para o exercício de 2017, R$ 50 milhões estão sendo disponibilizados para atender as prioridades da comunidade. O problema é que o Estado não atua na velocidade que a sociedade espera - e precisa. Ainda assim, mesmo com a morosidade e a demora no repasse dos recursos, participar é preciso, porque somente desta forma é possível cobrar as demandas e fazer uma pequena diferença dentro de um universo de necessidades.

PONTO DE VISTA

Vinícius Hoch Presidente da Associação Cultural Canto de Luz, fala sobre as novidades da 5ª edição do evento

O festival este ano vai ocorrer em qual período? A 5ª edição do Festival Nativista Canto de Luz será realizada de 16 a 19 de novembro, no CTG Clube Farroupilha. Este ano, serão quatro noites de música nativista, com um diferencial: a 1ª Lamparina da Canção Gaúcha. Quais as novidades para a próxima edição do Canto de Luz? Para a 5ª edição do Canto de Luz será a realização da primeira Lamparina Gaúcha, destinada para as crianças, que será dividida nas categorias mirim, e juvenil. Como também as composições inéditas, sendo que as inscrições devem começar provavelmente no dia 15 de julho encerrando no dia 22 de setembro. A 1ª Lamparina da Canção Gaúcha contará com duas categorias: até 13 anos e de 14 a 17 anos,

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

sendo que as músicas não terão a obrigatoriedade de ser inéditas, ao contrário do Canto de Luz. A Lamparina deverá ocorrer na tarde do sábado, 19 de novembro. O número de inscrições supera as expectativas? Acredito que iremos receber em torno de 800 inscrições, mantendo assim a média do ano passado, um número que supera as expectativas da Comissão Organizadora. A cada ano estamos sempre buscando inovar com o objetivo de atrair cada vez mais compositores, e posso adiantar que para 2017 já estamos estudando algumas ideias. Para esta edição, o processo de busca de recursos teve alterações? Estamos trabalhando para manter o mínimo básico necessário de infraestrutura do festival, mas houve uma redução nos valores de premiação, como também nos valores daquelas que chamamos de ajuda de custo, mas o nome técnico é direito de arena, que é destinado para cada músico que é selecionado para participar do festival. Por isso, posso adiantar que os valores serão diferenciados para cada noite da fase geral do festival, já na fase local nós mantemos os valores. Todas as mudanças estarão no regulamento. O orçamento foi readequado para que, o se o festival fosse viável, tendo como base a Lei de Incentivo à Cultura, e vamos precisar da parceria das empresas, que já estão sendo contatadas.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

6

ARTIGO

Uns e outros Christopher Goulart Advogado Faz algum tempo que pretendo escrever um texto com este título, permitindo-me o improviso de redação, mas nem tanto. Somos produtos da interação de nosso meio, logo, não há como deixar de firmar ideias. Por isso escrevo, para traduzir o que percebo. Estando alheios ao processo triturador de relações sólidas, jogados num mundo onde nada é construído para durar muito tempo, fechamos os olhos. Reforço diariamente a convicção de que justamente no ponto da “construção”, reside um equívoco de difícil reparação. Imediatismo, consumismo exacerbado, preconceitos (e depois transformados em conceitos distorcidos), podem agradar a tantos, como também desagradar a lógica do aproveitamento do tempo. Quando a destruição é regra, algo anda muito mal por aqui. Nossa breve passagem, pensando no transcurso dos séculos pretéritos, torna-se singela considerando tudo o que podemos realizar para deixarmos uma marca. Viver para não ser lembrado é o destino natural de quem não se preocupa em contribuir efetivamente com o mundo. A intensidade dos momentos vividos com plena sinceridade, em acordo de consciência, soam mais efetivos do que a enganação permanentemente a nós submetida. “Uns e outros” remetem a uma reflexão necessária. Nossa qualificação permanente como seres humanos será o fato diferencial para uma sociedade mais harmônica. Nada me tira essa certeza. Amanhã devemos (e podemos) ser melhores do que hoje. Pense nisso! Em qualquer área de atuação, em qualquer esfera de dimensão humana. A superficialidade jamais será a solução, portanto, a procura incessante da essência das coisas será sempre mais responsável. Precisamente voltado ao trato com a coisa pública, percebo que a crise moral não é meramente política, mas de formação de princípios que moldam o caráter dos homens e das mulheres. A expressão da cidadania é um exercício diário de aperfeiçoamento. Atrás da corrupção tipificada em Código Penal, repudiada pela sociedade, existe antes uma deformação básica de conduta. Julgamentos sumários, normalmente, seguem a saída indicada no pronto receituário da banalização dos sérios problemas brasileiros. A solução aponta noutra direção, oposta ao simplismo. Começa na nossa própria vontade de deixar uma marca, de refletirmos mais, de perpetuarmo-nos no tempo, de dignificarmos o nome para nossos filhos. Nós mesmos podemos ser “uns” ou “outros”. Só depende de quem queremos ser, depende de nossa infinita potencialidade de apenas fazer as coisas certas.

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Representantes Comerciais: Grupo de Diários

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

www.jmijui.com.br

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 6 de julho de 2016

EDUCAÇÃO INFANTIL

Idade limite é atualizada no ECA

Ontem, no diário Oficial da União, foi divulgada a atualização do limite de idade da Educação Infantil no Estatuto da criança e Adolescente (ECA). O atendimento em creches e préescolas no Brasil deve ser direcionado a crianças de até 5 anos. O documento estava desatualizado e ainda estabelecia a idade de 6 anos para esta etapa do ensino. Agora, está de acordo com a Constituição Federal, que prevê a idade máxima de 5 anos desde a emenda constitucional 53, de dezembro de 2006. Segundo o secretário de Educação, Eleandro Lizot, o que ocorreu foi apenas a definição das idades, "porque essa separação já ocorria nas escolas", defende. As escolas brasileiras tiveram até 2010 para se adaptar às novas divisões da Educação Básica. Desde então, os alunos com 6 anos passaram a ser matriculados no chamado 1º ano do

Ensino Fundamental, o antigo pré, que fazia parte da Educação Infantil. O Ensino Fundamental compreende a faixa etária de 6 a 14 anos e o Ensino Médio, de 15 a 17 anos. O Ministério da Educação estabeleceu que, desde o início de 2016, a matrícula de crianças seria obrigatória a partir dos 4 anos. Anteriormente, os pais só necessitavam colocar os filhos na escola quando eles tivessem 6 anos. Dados do Censo Escolar de 2015 mostram que 600 mil crianças de 4 e 5 anos não estavam na escola no ano passado. O número representa 17,3% da população nesta faixa etária. O resultado apresentado pelo Ministério da Educação, em março, comparou os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com as matrículas colhidas pelo Censo Escolar no ano passado.

Bolsas no exterior têm mudanças pela Capes Na semana passada, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou uma portaria que regulamenta as bolsas de estudo no exterior para 2016 pelo Ciência Sem Fronteiras. O documento prevê que as bolsas devem ser concedidas conforme recursos orçamentários do órgão. "A Capes poderá cancelar a carta de concessão emitida em função de restrição orçamentária", diz a portaria. Porém, isso só pode ocorrrer em casos de o estudante ainda estar no País de origem, antes de assinar a documentação com o governo. Aos que já possuem a bolsa e estão no exterior, o benefício deve ser mantido, assegura a Capes. Na Unijuí, em 2015 não houve chamadas para estudos de graduação no exterior. "Por isso no presente ano não há alunos de graduação estudando no exterior", explicou o assessor de Assuntos Internacionais, Ulrich Dressel.Para 2016 não existem chamadas para concorrer a vagas de graduação no exterior, "o que significa que em 2017 não haverá estudante estudando com bolsas do CsF no exterior". A Capes divulgou uma nota

informando que a Portaria não faz nenhuma referência a interrupção de bolsa de estudos em andamento por corte orçamentário. O Artigo 10, que trata da concessão do benefício, prevê, em eventuais situações de cortes orçamentários, a possibilidade de cancelamento da Carta de Concessão (documento disponibilizado ao então candidato anteriormente à implementação da bolsa), quando o aluno ainda encontra-se no Brasil. Apesar de prevista no regulamento, trata de situação sem histórico nesta instituição. "Todas as universidades estão na expectativa de informações governamentais com esse respeito", acrescenta Dressel. Atualmente, a Capes mantém mais de 14 milhões de brasileiros em diversos países beneficiados com as bolsas de estudo oferecidas, em sua maioria do Ciência sem Fronteiras. De acordo com o diretor de Programas e Bolsas da Capes, Geraldo Nunes, não existe a possibilidade de o órgão pedir o retorno desses estudantes por falta de recursos. Para este ano a Capes possui um orçamento de R$ 1,6 bilhão para bolsas no exterior.

Eleandro Lizot

Ainda de acordo com os dados do censo, há 105 mil escolas que oferecem pré-escola no Brasil e elas atendem a 4,9 milhões de alunos e um em cada quatro alunos da pré-escola frequenta a rede privada.

7

Cpers faz nova assembleia para definir cronograma Com mais de 50 dias de greve, o Cpers Sindicato convocou para amanhã mais uma assembleia geral para definir pelo fim ou continuidade da greve da categoria. A primeira chamada ocorre às 12h30 e a segunda às 14h. De acordo com o Sindicato, a tendência é de que a greve seja encerrada após a assembleia. Porém, a categoria espera que a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) agende audiências entre o Cpers e o secretário Luís Alcoba. A solicitação do órgão que representa os professores foi feita à Seduc na segunda-feira. A previsão é de que a audiência aconteça ainda antes da assembleia. Conforme a diretora do 31º Núcleo do Cpers de Ijuí, Teresinha Melo, além da deliberação pela greve, deve ser debatido com a categoria as demandas que devem ser solicitadas com o governo do Estado. “O governo não cumpriu o acordo feito anteriormente com o Cpers e isso também deve estar em pauta na assembleia”. Na última votação, no dia 25, o Sindicato optou por manter a paralisação da categoria, por menos de 40 votos de diferença. Foram 730 votos a 691. O Cpers

Teresinha Mello

e a Secretaria da Educação não divulgaram, desde então, as estimativas de adesão ao movimento. Entre os pedidos do Cpers está o calendário para o pagamento do piso nacional do magistério, ainda não sinalizado pelo governo; reajuste retroativo de 13% referentes a 2015 e 11% referentes a 2016. Teresinha defende que o governo do Estado assuma o compromisso de,ao menos, de dar o repasse das perdas do governo Sartori.

Férias escolares iniciam no fim do mês

O Ruyzão foi uma das escolas que sofreu com as paralisações e deve adaptar o calendário letivo para atender os alunos

Em função das greves e paralisações ocorridas nas escolas da rede estadual, o cronograma de férias dos estudantes deve sofrer alterações. De acordo com o titular da 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Claudio de Souza, o órgão iniciou as reuniões com os Conselhos Escolares para reorganizar o calendário letivo. "Já estamos conversando com as 12 escolas que aderiram à paralisação para reorganizar essas datas". As demais 50 escolas, que não aderiram à greve seguem o calendário normalmente. Para essas escolas as férias iniciam no dia 22 de julho

e encerram no dia 31. Para aquelas que aderiram à paralisação, algumas escolas estão optando para utilizar o período das férias para fazer a recuperação dos dias letivos. "Estamos acertando esse calendário com as escolas, com a ideia de concluirmos o ano letivo ainda no ano de 2016, sem que seja necessário entender até janeiro do próximo ano". Conforme o titular da pasta, o movimento da greve na região não foi uniforme, "muitas escolas tiveram apenas um professor paralisado", diz. Nesses casos, ocorre apenas a recuperação da carga horária. "Com isso temos

conseguido fazer a reorganização do calendário com as escolas". A expectativa, segundo ele, é de que a greve se encerre até o fim da semana. "Esperamos que esse movimento chegue ao término". Assim, diz ele, a recuperação das aulas deve ocorrer de uma forma mais ágil. Nas escolas da rede municipal, as férias iniciam no dia 18 de julho e encerram-se no dia 29, nas escolas de Ensino Fundamental e no Imeab. As escolas de Educação Infantil não devem ter férias, uma vez que atendem crianças de préescola. O retorno das aulas será no dia 1º de agosto.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 6 de julho de 2016

COMISSÃO NO SENADO

Ana Amélia reafirma que é a favor do impeachment

Na reunião da Comissão Especial do Senado, ontem, na qual foram ouvidos técnicos responsáveis pela perícia em relação ao processo, a senadora Ana Amélia (PP-RS) reafirmou sua posição a favor do impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff. A parlamentar disse que os crimes praticados pelo governo anterior colocaram o país na atual situação, na mais profunda e aguda crise social, econômica, política e ética. "A perícia, com muita precisão, identificou os crimes cometidos e nós iremos julgar a causa desses delitos. Nesse julgamento é que nós iremos encontrar as razões pelas quais o país chegou à situação que está hoje", disse. Ao falar sobre a crise, Ana Amélia ressaltou que a corrupção e os crimes praticados pelo governo da presidente afastada resultaram na destruição do setor energético, em mais de 11 milhões de desempregados,

Ana Amélia reafirma posição favorável ao impeachment de Dilma Rousseff

em inflação alta, juros estratosféricos e nenhuma previsão de crescimento. "O governo propôs fazer do Brasil uma Pátria Educadora, mas a educação hoje está pagando um preço amargo, com

a queda de todos os programas importantes para a juventude brasileira — acrescentou. O relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) deverá ser votado na comissão no dia 4 de agosto.

AL suspende cassação de Jardel

8

"Pompeo negociou minha cabeça", diz Cherini Expulso do PDT após votar a favor do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), o deputado federal Giovani Cherini declarou, nesta semana, que ainda não decidiu em qual sigla deve ingressar. Ele garantiu, no entanto, que condiciona esse ingresso à garantia de que possa ocupar a presidência estadual da futura legenda. “Não há dúvida nenhuma (sobre o condicionamento). Estou nessa direção, tratando com vários partidos. Claro que não há nenhuma definição ainda, mas há algumas sinalizações. A minha ideia é ter um partido que me dê autonomia e liberdade para poder trabalhar e exercer toda a minha liderança. Mas em função, também, da minha expulsão. Porque a minha expulsão foi uma injustiça. E está todo mundo vendo. Outros deputados fizeram o mesmo que eu e não foram expulsos, eu fui o Cristo nessa história”, apontou. Cherini também disse que o presidente do PDT no Rio Grande do Sul, deputado federal Pompeo de Mattos, foi um dos articuladores da expulsão. "O Pompeo negociou minha cabeça. Ele está tentando se promover em cima de mim, quando deveria honrar as bombachas que veste e explicar sua postura", disse. O líder trabalhista rebate. Segundo Pompeo, Cherini já havia apresentado o desejo de deixar a legenda anos atrás – inclusive quando Leonel Brizola ainda era vivo.

Giovani Cherini

“Ele já há anos vem tentando sair do PDT. Quando (Anthony) Garotinho (ex-governador do Rio de Janeiro) saiu do PDT, ele (Cherini) andou junto, fazendo roteiro. Doutor Brizola o enquadrou, dizendo que ele estava costeando o alambrado. Depois, ele flertou com o PSD, do (Gilberto) Kassab. Ele queria ser o presidente do PSD no RS mas o Kassab preferiu Danrlei, e não ele. Depois, ele flertou com o Solidariedade, que não o quis, e depois com a Rede. Quando aconteceu esse episódio em Brasília para fechar questão contra o impeachment, ele era contra e ficou do lado da (presidente) Dilma. No final, quando viu que ela (Dilma) ia perder, mudou de lado. E, mais do que isso: depois sofreu processo (no partido) e não se defendeu”, apontou Pompeo.

Vereador quer cadeiras de rodas em prédios

Em reunião de líderes, deputados haviam aprovado inclusão do processo

A presidente da Assembleia Legislativa do RS, deputada Silvana Covatti (PP), anunciou na tarde de ontem a suspensão da votação de cassação do mandato do deputado Jardel (PSD), que estava apta a votação no plenário da Assembleia. Antes de a sessão começar, uma decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul determinou, por meio de liminar obtida pela defesa do parlamentar, a suspensão da sessão que analisaria o processo. Após reunião dos líderes partidários, os parlamentares decidiram acatar a ordem judicial, mas já avisaram

cmyk

que irão recorrer. "Reafirmando a crença de que foram atendidas as regras constitucionais nesta Assembleia Legislativa, informamos que o Parlamento recorrerá da decisão liminar", afirmou em nota a deputada Silvana Covatti. A Procuradoria da Casa esteve reunida com a Mesa Diretora para avaliar os próximos passos. A desembargadora Catarina Rita Krieger Martins entendeu que o ex-jogador do Grêmio não teve direito de ser ouvido para se defender. Jardel está de atestado médico até o dia 18 de julho. "O que não pode é a autorida-

de administrativa ou judiciária negar ao imputado a possibilidade de produção de provas e, ainda assim, emitir decreto condenatório", ponderou a desembargadora na decisão enviada ao Legislativo. Jardel é acusado pelo Ministério Público (MP), com outras dez pessoas, de integrar uma organização criminosa criada para se apropriar de diárias, manter funcionários “fantasmas” e exigir o repasse de parte dos salários de assessores. A estimativa do MP é que pelo menos R$ 212 mil podem ter sido desviados com o auxílio de documentos falsos.

O vereador Claudiomiro Pezzeta (PDT) apresentou nesta semana um Projeto de Lei que prevê a obrigatoriedade de disponibilização de cadeiras de rodas em condomínios residenciais e comerciais de hospedaria que possuam mais de dois andares. A matéria foi protocolada na Câmara de Vereadores, e aguarda deliberação na sessão ordinária da próxima semana. Se aprovada, a proposta será encaminhada ao poder Executivo, que decidirá se o texto virará lei ou não. "Alguns hotéis sabemos que já disponibilizam cadeiras, mas a maioria não possui. Pela experiência que tive como secretário da Saúde, já ocorreram muitos casos em que a ambulância chega a um local para atender um paciente e os enfermeiros têm que carregar esse paciente no

colo por essa dificuldade", explica o vereador Pezzeta. Ainda segundo ele, o texto já vem sendo elaborado há vários meses. Para o parlamentar, a viabilidade do projeto se dá tanto pelo custo baixo da aplicação da lei, quanto da necessidade de estruturar os estabelecimentos de hospedaria. "É um projeto interessante, porque as exigências não terão alto custo para os donos dos estabelecimentos. Uma cadeira de rodas tem, hoje, um valor relativamente baixo, ainda mais levando em conta os benefícios para os próprios usuários de hotéis e prédios residenciais", avalia. Outra justificativa apontada pelo parlamentar é o grande número de pacientes que vem a Ijuí em busca de tratamento médico, e que poderá utilizar com mais conforto a rede hoteleira.


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 6 de julho de 2016

NEGOCIAÇÕES

Moro defende prisão no combate à corrupção O juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, defendeu vigorosamente a necessidade da prisão preventiva como instrumento para coibir a corrupção. Para o magistrado, os malfeitos em série se tornaram rotina no País porque poucas vezes foram decretadas prisões em caráter preventivo dos investigados. “Embora o Judiciário seja o guardião das liberdades fundamentais, também tem o dever de proteger vítimas de crimes, indivíduos e toda a sociedade, da reiteração delitiva, máxime em um quadro, em cognição sumária, grave de corrupção sistêmica”, escreveu Moro no despacho em que autorizou a Operação Abismo, o 31º desdobramento da Lava Jato, que pegou o extesoureiro do PT, Paulo Ferreira. “É possível, aliás, afirmar que uma das causas prováveis do agravamento e da proliferação de práticas corruptas entre nós tenha sido a falta de tomada, como regra geral, de medidas mais sérias para preveni-las, entre elas a prisão preventiva, quando apresentares boas provas de autoria e materialidade de condutas criminais graves, para impedir reiteração criminosa”, alertou o juiz. As palavras de Moro batem

Magistrado falou sobre a importância de prisões preventivas em processos

de frente com o discurso reiterado de alguns dos maiores e mais respeitados criminalistas do País, advogados que veem ‘excessos’ do Judiciário desde que a Lava Jato explodiu, em março de 2014. Moro é taxativo. “Excepcional no presente caso não é a prisão cautelar, mas o grau de deterioração da coisa pública revelada pelos processos na operação Lava Jato, com prejuízos já assumidos de cerca de seis bilhões de reais

somente pela Petrobras e a possibilidade, segundo investigações em curso no Supremo Tribunal Federal, de que os desvios tenham sido utilizados para pagamento de propina a dezenas de parlamentares, comprometendo a própria qualidade de nossa democracia". Para o juiz da Lava Jato, a manutenção de Paulo Ferreira em liberdade "ainda oferece um risco também especial considerando a sua atividade política".

Governo propôs adiamento de recesso O líder do governo na Câmara, deputado André Moura (PSC-SE), informou ontem que, apesar de o Palácio do Planalto ter pedido aos líderes da base aliada na Câmara que o "recesso branco" fosse adiado da segunda quinzena de julho para setembro, os deputados rejeitaram a proposta.

Pela legislação, o Congresso Nacional tem que aprovar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que traz as previsões de receitas e despesas para o ano seguinte, até julho para ter direito ao recesso do meio do ano. No entanto, quando isso não acontece, os parlamentares tiram um recesso "branco", em

que nenhuma votação é marcada no período e a presença no Congresso não é obrigatória. Nos últimos dias, líderes partidários na Câmara têm afirmado que a tendência é que a Casa siga o recesso "branco" que será marcado no Senado, entre os dias 13 de julho e 2 de agosto.

Líderes aprovam urgência para dívidas Em reunião realizada no Palácio do Planalto ontem, líderes da base aliada do governo na Câmara dos Deputados assinaram requerimento que prevê tramitação em regime de urgência da proposta da renegociação da dívida dos Estados. De autoria do poder Executivo, o projeto alonga por 20 anos dívidas dos Estados com a União. A matéria atualmente aguarda para ser votada no plenário. "Todos os líderes da base já assinaram o requerimento e a ideia é que possamos aprová-lo como o primeiro item da pauta de hoje", afirmou o líder do go-

verno na Câmara, André Moura (PSC-SE), após a reunião, que contou com a participação do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima. "Ficou acertada a votação da urgência, vamos ver se conseguimos aprovar a proposta antes do recesso. Acho difícil, mas estamos avaliando", ressaltou o líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy (BA). Para que a proposta seja colocada em votação, é preciso que os deputados concluam, contudo, a discussão dos projetos que constam do "pacote anticorrupção" e que atualmente trancam

a pauta do plenário. Entre eles, estão o que tipifica como crime o enriquecimento ilícito e o que estabelece sanções a atividades ilícitas relacionadas a prestação de contas de partido político e de campanha eleitoral. A pauta do plenário também está trancada por outras duas MPs. Em razão da proximidade do recesso no Legislativo, previsto para começar no próximo dia 17, André Moura defendeu que a Câmara realize um "esforço concentrado" nas próximas duas semanas para tentar avançar na votação das propostas de interesse do Planalto.

9

CCJ recebe parecer sobre recurso de Cunha O parecer sobre o recurso de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) que pede a anulação da tramitação do processo de cassação dele no Conselho de Ética da Câmara foi entregue na manhã de ontem à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O relator do caso, deputado Ronaldo Fonseca (PROSDF), entregou seu parecer ao presidente da CCJ, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), mas seu voto final só será conhecido amanhã. "Meu voto está lacrado pela complexidade do voto, pelo tamanho do recurso que tive que analisar e pela importância da matéria. Não gostaria que meu voto fosse analisado pela letra fria. Quero, ao ler amanhã, acrescentar meus comentários para que não haja dúvida sobre a imparcialidade do parecer", disse Fonseca ao deixar a sala da presidência da CCJ. O texto será lido e discutido em uma sessão que está marcada para as 10h de hoje. Para ser aprovado, o parecer de Fonseca precisará dos votos da maioria dos 66 integrantes da comissão. Se a CCJ decidir que Cunha tem razões para apontar problemas durante a tramitação do processo, a decisão pode provocar a reabertura do caso no conselho que, no último dia 14, aprovou a

Eduardo Cunha

cassação do mandato de Cunha por 11 votos a nove. Apesar do cronograma acertado, dois fatores devem arrastar a decisão para frente. A expectativa é de que, durante a sessão da CCJ amanhã, os parlamentares peçam vista para analisar melhor o texto de Fonseca e, assim, a votação que pode definir o futuro de Cunha só deve ocorrer na próxima semana. O prazo para vista, segundo o Regimento Interno, é de dois dias úteis. O próprio presidente da CCJ, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), admitiu que a conclusão do processo só deve ocorrer no próximo dia 12.

Dilma confirma que não irá a interrogatório A presidente afastada, Dilma Rousseff, confirmou, por meio de sua conta no Twitter, que não irá participar de interrogatório na Comissão Especial do Impeachment. "A minha defesa amanhã (hoje) será feita por escrito e lida pelo meu advogado. Estamos avaliando a minha ida ao plenário do Senado, em outro momento", escreveu a presidente. No momento da votação em plenário, é prevista outra chance de a presidente ir ao Senado para fazer sua defesa. Já era esperado que a presi-

dente não participasse da sessão de hoje, embora a defesa não houvesse confirmado oficialmente sua ausência. Na manhã de ontem, ao chegar para os trabalhos da comissão, o presidente do colegiado, Raimundo Lira (PMDB-PB), explicou que, caso a presidente não participe da sessão de maneira presencial, sua defesa não poderá responder a perguntas feitas pelos senadores. Caberá ao ex-advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, apenas a leitura de uma mensagem da presidente.

Defesa da presidente afastada na comissão será feita por advogado

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 6 de julho de 2016

AJURICABA

Agricultura familiar recebe recursos do Estado Um dos municípios da região que recebeu recursos da Consulta Popular de 2015/2016, Ajuricaba foi beneficiada ainda na semana passada com a liberação de R$30 mil para a aquisição de equipamentos para a agroindústria Casa do Mel, que está em processo de regularização da produção de mel pelos apicultores. O prefeito do Município, Airton Cossetin, explica que os valores irão incentivar as pequenas agroindústrias, uma vez que o repasse desses valores se torna uma forma de criar mecanismos que possam fomentar a produção em pequenas propriedades e que acabam se tornando uma grande forma de agregar renda. Hoje, cerca de 15 famílias fazem parte da associação de produtores de mel do Município, que

possuem mais de 300 colmeias. “Porém, segundo um levantamento da inspetoria veterinária, temos mais de 170 famílias que trabalham com a produção de mel, seja para venda ou consumo próprio”, defende ele. Com o investimento na associação, ele acredita que se inicie um processo de incentivo para que as demais famílias possam regularizar a produção e contribuir para o desenvolvimento e gerando renda para as famílias. Apesar da assinatura do documento que concede os valores ao Município, o governo do Estado ainda não liberou os recursos. “Acreditamos que nos próximos dias isso ocorra”, diz. Ao todo, Ajuricaba possui cinco agroindústrias. Além do incentivo à associação do mel,

Airton Cossetin

Ajuricaba também tem um convênio com a Unijuí para a produção de peixes que devem ser usados na merenda escolar.

10

Augusto Pestana recebe ações de cooperativismo Com diversas ações realizadas na região, o Dia Internacional do Cooperativismo, comemorado no primeiro sábado do mês de julho, buscou estimular boas práticas entre a população. Desde limpeza de espaços públicos, coleta de lixo eletrônico e ações que buscam auxiliar hospitais, como foi o caso de Augusto Pestana. No Município, a ação beneficiou o Hospital São Francisco, na qual a venda de mais de 3.600 galetos no último sábado, arrecadou valores que serão repassados para a instituição. No município de Bozano aconteceu a venda de galinhada com o intuito de arrecadar recursos para a Escola Estadual de Ensino Médio Doutor Bozano, o que possibilitará a pintura de uma de suas paredes e conserto da tela que cerca o pátio. Foram diversas atividades, como campanhas de arrecadação de donativos, reformas de

praças, almoços beneficentes, atividades em Apaes e lares de idosos, recolhimento de lixo eletrônico, dentre outras, sempre com o objetivo de promover a responsabilidade social. Em Ajuricaba as comemorações envolveram diversas atividades durante a semana que antecedeu a data. Na segunda-feira, 27, ocorreu oficina de culinária, na terça foram plantadas árvores na propriedade da Apae, no interior de Ajuricaba. No dia 29 foi confeccionado um painel com as mãos dos alunos e funcionários da Apae e colaboradores do Sicredi. Na quinta-feira, dia 30, foi oportunizado aos pais dos alunos assistir ao filme Um novo olhar para a vida: Como uma estrela na terra. Já na sexta-feira ocorreram jogos cooperativos e no sábado, foi organizada uma festa julina. As iniciativas envolveram cerca de 800 voluntários, beneficiando mais de 140 mil pessoas.

MP volta a combater fraudes no leite O Ministério Público do Rio Grande do Sul deflagrou ontem a 11ª fase da operação Leite Compensado e a 4ª fase da operação Queijo Compensado. São cumpridos cinco mandados de prisão preventiva e oito de busca e apreensão em São Pedro da Serra, no Vale do Caí; Estrela, no Vale do Taquari; Caxias do Sul, na Serra; e Novo Hamburgo, no Vale do Sinos. As marcas investigadas por irregularidades e adulterações são das empresas Laticínios Roesler Ltda e Laticínios Campestre Ltda, de São Pedro da Serra, Calábria Casa de Queijos, de Caxias do Sul e Nei Casa do Queijo – Produtos Coloniais, de Novo Hamburgo. Elas produziam queijos do tipo lanche, cobocó, colonial, de cabra, coalho e para assar, além de nata, leite pasteurizado e leite de cabra. Produtos fabricados pelas empresas Laticínios Roesler Ltda. e Laticínios Campestre Ltda., que administram as marcas Granja Roesler e Campestre, foram submetidos à análise e atestaram as presenças de coliformes fecais e da bactéria staphyloccocus,

Em Augusto Pestana ocorreu a venda de galeta em prol do Hospital

Prefeitos participam de Congresso da Famurs Veículos utilizados em fraude foram apreendidos durante a operação

segundo o MP. Também foi detectada a presença de adição de água e amido de milho no leite para aumentar o volume. Ainda foi confirmada a fraude a partir do acréscimo de água oxigenada e ácido sórbico, utilizados para elevar o prazo de validade dos produtos. Conforme a investigação, as empresas de São Pedro da Serra têm autorização para vender seus

produtos apenas na cidade, mas revendiam para casas de queijos de Caxias do Sul e Novo Hamburgo. Produtos das marcas Granja Roesler e Campestre haviam perdido, em junho de 2015, a autorização para vender laticínios para fora da cidade por irregularidades. A Justiça também determinou a apreensão de seis veículos, entre caminhonetes e caminhões, utilizados na fraude dos laticínios.

Água contaminada rende oito denúncias O Ministério Público do Estado denunciou ontem oito pessoas por venda de água mineral contaminada, da marca Do Campo. Três deles já tinham sido presos em 23 de junho durante a operação do MP. A denúncia foi apresentada à 2ª Vara Criminal de Lajeado, no Vale do Taquari.

cmyk

Os oito vão responder por organização criminosa, já quatro sócios da empresa também vão responder por colocar à venda produto alimentício corrompido, com pena de quatro a oito anos de prisão. Conforme o Ministério Público, eles agiram intencionalmente, já que permi-

tiram que a água fosse envasada e comercializada mesmo sabendo da contaminação de uma bactéria por laudos solicitados pela própria empresa. Um outro investigado, Vitor Hugo Gerhardt, acabou tendo a culpa extinta por sua morte em 26 de junho.

Entre hoje e amanhã, a Famurs realiza, em Porto Alegre, o 36º Congresso de Municípios do Rio Grande do Sul. Com o tema Um olhar para o amanhã, a edição deste ano promoverá um amplo debate sobre como as prefeituras podem superar as dificuldades nos campos da economia, política e segurança pública. Também serão discutidas medidas para fechamento de contas. O evento ainda marca a posse da nova diretoria da Famurs e a entrega do 1º Prêmio Boas Práticas. As inscrições serão feitas no local. Da região da Associação dos Municípios do Palnalto Médio (Amuplam), os representantes dos municípios de Catuípe, Ajuricaba, Bozano e Coronel Barros devem estar no evento. O prefeito de Augusto Pestana não irá participar do evento. Ainda, durante este evento, o novo presidente da Famurs assume a liderança da Federação. A nova diretoria é composta por oito prefeitos de oito partidos diferentes e comandará a entidade até julho

de 2017. A abertura do evento aconteceu nesta manhã, logo após ocorreu uma palestra, à tarde ocorre o debate com os municípios. Logo após, Folador e o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, apresentará aos prefeitos os principais itens da pauta municipalista. Amanhã, acontece o painel Gestão fiscal responsável: orientações para o fechamento de contas" com o presidente do Conselho dos Secretários Municipais de Fazenda (Consef), Ricardo Gottardo; e o consultor técnico da Área de Receitas Municipais da Famurs, Milton Mattana. Na oportunidade, três exgovernadores do Estado (Pedro Simon, Olívio Dutra e Jair Soares) falarão sobre perspectivas políticas no painel O desafio de unir o País em tempos de turbulência política. Na última atividade do dia, serão revelados os projetos municipais vencedores do Prêmio Boas Práticas.


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 6 de julho de 2016

FEMINICÍDIO EM SANTO ÂNGELO

"A noite não traz coisas boas", alerta a delegada

A reportagem do Grupo JM esteve em contato, na tarde de ontem, com a delegada Luciana Cunha da Silva, que responde pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, em Santo Ângelo, e preside a investigação que apura o assassinato de uma menina de 12 anos. Antes de detalhar o crime, a delegada ressalta: "Cada vez as meninas se envolvem mais cedo em relacionamentos amorosos". Ainda no último fim de semana, uma jovem de 12 anos foi morta com seis disparos de arma de fogo em via pública. O responsável e autor-confesso do crime é o seu ex-namorado: homem de 35 anos. "Infelizmente o cotidiano que nós temos de ocorrências na delegacia mostram que cada vez as meninas se envolvem mais cedo em relacionamentos com homens ou meninos. Eu acho que não é natural que isso aconteça e o ideal é que as meninas tivessem um desenvolvimento sexual mais tardio, até porquê, a própria lei nos coloca isso. Praticar qualquer ato libidinoso com menor de 14 anos é crime", acentuou a delegada.

PLANTÃO CUMPRIMENTO DE MANDADO - A PRF cumpriu na manhã de ontem, durante fiscalização na BR-386, um mandado de prisão de um jovem de 21 anos. Ele conduzia uma motocicleta e foi abordado em frente à unidade da PRF em Sarandi. O rapaz foi preso em flagrante em 2014 por roubo e a partir de agora iniciará o cumprimento da pena de reclusão de 5 anos e 6 meses em regime semiaberto. SANTA MARIA - A Brigada Militar (BM) flagrou, nos últimos dois finais de semana, o acesso de adolescentes a um baile funk na região Nordeste de Santa Maria. O público do espaço, que é irregular apesar de funcionar como uma casa noturna, paga entre R$ 5 e R$ 10 para entrar e não é exigido documento de identificação ou feita revista, ou seja, não há controle sobre quem entra e o que entra. Além disso, há comércio de bebida alcoólica. A BM constatou consumo de droga e de bebida pelos adolescentes. Além disso, uma “calçaria”, que, como uma chapelaria, é um local onde as meninas despiam as calças e vestiam roupas mais curtas para então ter acesso à festa.

Segundo repassado pela responsável pelas investigações, o suspeito foi ouvido na última segunda-feira, confessou a brutalidade e alegou "estar apaixonado" pela jovem. Ainda conforme a investigação, ambos tiveram um envolvimento há algumas semanas, e depois de que a menor resolveu se afastar do suspeito, foi alvejada na frente de diversas outras menores, amigas da vítima. O elemento, que não teve o nome divulgado, foi preso preventivamente pelos agentes da Polícia Civil de Santo Ângelo e está recolhido no Presídio Regional do município. Ainda em entrevista concedida à Radio JM, Luciana pontuou outras precocidades envolvendo os jovens, hoje em dia. "Temos o uso de drogas, o uso de álcool também cada vez mais cedo. A gente sempre tenta conversar. Os pais desses adolescentes têm papel fundamental nesse ponto. Não é o Estado que deve monitorar. São os pais que impõem limites desde sempre e o que se vê é que os pais perdem o controle nesse quesito. Nesse caso, a maioria das testemunhas eram adolescentes

BM de Ijuí adere a "sirenaço" da corporação Os Policiais Militares de Ijuí realizaram um manifesto na tarde de ontem, na Praça da República, às 17h. O ato aconteceu de maneira a homenagear o soldado Luiz Carlos Gomes, de 29 anos, morto após abordar criminosos na tarde de segunda-feira, no bairro Cavalhada, em Porto Alegre. A mobilização foi convocada pelo comandante-geral da Brigada Militar. "Nós passamos esse risco todos os dias. Saímos das nossas casas, abraçamos nossos familiares mas não sabemos se iremos voltar. Graças à Deus vivemos em uma cidade com índices de criminalidade mais tranquilos que as demais, mas isso não impede de enfrentarmos o que enfrentamos todos os dias", manifestou-se o major Edilson Góes, que respon-

de pelo 29º Batalhão da Polícia Militar, em Ijuí. A 6ª Delegacia de Homicídios tem novos suspeitos da morte do PM. De acordo com a polícia, são pelo menos dois homens que prestaram informações durante a manhã de ontem. Apesar dessa nova apuração, os suspeitos apresentados pela BM seguem sendo investigados. São três homens e um adolescente. Dois foram liberados porque não foram reconhecidos. Um adulto foi mantido preso pelo fato de que estava foragido e o adolescente por estar envolvido em infrações anteriores. No entanto, ele teve internação provisória decretada por 30 dias na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase) para averiguações posteriores.

Luciana Cunha da Silva, delegada em Santo Ângelo

entre 12 e 14 anos de idade, e que estavam na noite, fora de casa. A gente sabe, a noite não traz coisas boas. A gente aproveita e deixa o alerta aos pais", observou e finalizou a delegada. O inquérito referente a mais esse feminicídio, em Santo Ângelo, deverá ser concluído e remetido ao Judiciário até o final da semana.

Operação da PF apura roubos nos Correios A Polícia Federal cumpriu dois mandados de prisão e três de busca e apreensão na zona Norte de Porto Alegre na manhã de ontem. Até agora, uma pessoa foi presa e uma permanece foragida. A investigação faz parte da segunda fase da Operação Correio Seguro, que combate a repressão a crimes praticados contra os Correios. Eles são suspeitos de parti-

11

cipar de uma tentativa de roubo a um veículo dos Correios, ocorrida no dia 4 de fevereiro, no bairro Sarandi. Na ocasião, um dos assaltantes foi preso em flagrante pela Polícia Federal e dois conseguiram fugir. As investigações prosseguem para apurar a participação do grupo em outras ocorrências de roubo a veículos e correspondências transportadas pelos Correios.

Comando local reuniu seus homens na praça para a prestação de homenagens

Homem é alvejado próximo à SSP na capital

Crime ocorreu na Rua Voluntários da Pátria

Operação foi realizada na manhã de ontem

Um homem foi morto a tiros na tarde de ontem, na Avenida Voluntários da Pátria, região central de Porto Alegre. O crime aconteceu a poucos metros da sede da Secretaria Estadual de Segurança Pública. A vítima, que ainda não teve a identidade divulgada, foi atingida por três disparos de arma

de fogo. Durante buscas aos suspeitos, a polícia encontrou um foragido e um homem com mandado de prisão. Eles não têm envolvimento com o crime, mas foram detidos. A suspeita é de que a vítima era morador da Vila Santa Terezinha. A área está isolada, e a polícia vai investigar os autores da execução.

cmyk


on

Esporte

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 6 de julho de 2016

Pittol quer um grupo competitivo

,

O técnico agrícola e administrador Pedro Pittol, 65 anos, nascido em Anta Gorda, mas residindo em Ijuí há 50 anos, deve ser eleito na próxima sexta-feira como novo presidente do Esporte Clube São Luiz na assembleia da agremiação na Associação Comercial e Industrial de Ijuí (ACI). Pittol falou com o Jornal da Manhã sobre os 12 anos em que atua no Rubro. Prefere se apresentar como candidato mesmo que apenas uma chapa tenha sido inscrita na eleição. Pittol já atuou como professor em escolas ijuienses, teve envolvimento com CTGs e etnias. Ele residiu por vários anos em Rodeio Bonito. Trabalhou por mais de 20 anos na Cotrijui. Qual o tamanho do desafio em comandar o São Luiz? A gente sabe que qualquer sociedade tem seus percalços, as suas dificuldades, seus méritos, suas vitórias. Sou, no momento, candidato. Estava pensando em me afastar da agremiação momentaneamente e no momento do fechamento da chapa recebi o convite. O grupo fechou em torno do meu nome e não tive como dizer não. Fico feliz que exista esta união. Já fui convidado antes pelo

próprio presidente Sadi Pereira e tinha dito não. Vi agora que não era apenas o meu nome e sim o grupo.A parceria leva a isso. Como foi a sua trajetória no clube até agora? Comecei como sócio. Ia no começo ao Estádio 19 de Outubro assistir as partidas com meus filhos. Sempre fui desportista, gosto muito de futebol. Posteriormente fui chamado para integrar a chapa do Conselho Fiscal, onde atuei em duas diretorias. Na sequência passei a atuar no patrimônio como vice-presidente. Ao lado do presidente Sadi Pereira ajudei na renovação do gramado do Estádio 19 de Outubro junto com outros desportistas. O gramado está melhor do que muitos estádios que sediam jogos da Libertadores da América. A sua ideia é trazer ao clube ex-dirigentes? Sim. Estamos de passagem no São Luiz e o clube permanece. Os que nos antecederam fizeram sua história,uns melhores, outros mais ou menos, outros um pouco pior, mas marcaram a sua história. Não podemos chegar e começar a jogar pedra no passado. Todos foram importantes. Temos que melhorar. O presidente Sadi

Festival de Vôlei envolve 450 alunos

Aconteceu sábado, no Ginásio de Esportes Wilson Mânica, mais uma edição do tradicional Festival de integração dos dezoito núcleos sociais de iniciação esportiva do Projeto Ijuí Pró-Vôlei. As atividades começaram pela manhã com as categorias mini (10 e 11 anos) e mirim (12 a 14 anos) e seguiram a tarde com a categoria baby (7 a 9 anos) a partir das 14h. O coordenador do projeto, exjogador da Seleção Brasileira Alex Lenz Stragliotto, disse que par-

ticiparam 450 alunos. Foram distribuídas medalhas de participação e também houve o envolvimento dos pais na iniciativa. Em 2016, o projeto Ijuí Pró-Vôlei comemora seu sétimo aniversário. Na próxima sexta-feira, o projeto disputa amistosos em Horizontina nas categorias pré-mirim e mirim. No domingo, no Ginasião, a partir das 9h, acontece a Copa Regional de Voleibol Infantil Masculino e Feminino. Participarão Ijuí, Santa Rosa e Panambi em duas quadras.

DUPLA GRE-NAL

LIBERTADORES

O Inter tem agora dois centroavantes à disposição. Além de Ariel Nahuelpan, inscrito no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF na segunda-feira, o centroavante Brenner, destaque do Juventude no início do Gauchão, foi apresentado no clube ontem. O jogador vestirá a camisa 38, um número depois de Ariel, que será o 37. A semana de preparação do Grêmio para enfrentar o Figueirense, no próximo domingo, na Arena, começou com boas notícias para o técnico Roger Machado. Recuperado de lesão no tornozelo, o atacante Henrique Almeida está de volta para reforçar o ataque Tricolor, muito motivado para recuperar todo o tempo que perdeu.

O São Paulo enfrenta o Atlético Nacional, de Medellín, hoje, às 21h45, no Estádio do Morumbi, em São Paulo, valendo pelo jogo de ida das semifinais da Copa Libertadores. O jogo da volta acontece no mesmo horário da próxima quarta-feira, 13 de julho, no Estádio Atanasio Girardot, em Medellín, na Colômbia. O meia Ganso, lesionado, desfalca o time são-paulino. No retrospecto, foram dez jogos oficiais entre os dois times, com histórico favorável ao São Paulo que venceu cinco, empatou três e sofreu duas derrotas para o Atlético. Como mandante, o Tricolor jamais perdeu o confronto para o time colombiano. Foram cinco jogos em casa, com quatro vitórias e um empate.

cmyk

Pereira sempre teve o espírito de melhorar e nunca de estragar. Pelo contrário. Temos que pegar os melhores exemplos e buscar avançar. Precisamos melhorar o Estádio, o gramado, a Copa que já passou por melhorias. O torcedor tem que se sentir melhor. Tudo isso tem que dar uma contribuição. Estou consciente de que sou apenas candidato. O grupo sabe que é o momento de contar com o apoio de ex-dirigentes. Não é brigando que vamos melhorar e sim trabalhando junto. Temos grandes exemplos. O apoio do torcedor e da imprensa é importante neste processo. As dificuldades virão, mas precisamos pensar positivamente. Qual o seu pensamento sobre formação de um grupo forte para voltar à elite do Gauchão? Queremos montar um elenco competitivo. O grupo pensa em crescer, em voltar à Série. Em cima disso vamos trabalhar. Não é fácil chegar lá. A disputa é acirrada e os outros clubes da Divisão de Acesso têm o mesmo objetivo que é subir. Nós como dirigentes muitas vezes pensamos uma situação e o atleta tem outra ideia, assim como o treinador. Claro que todos pensam o melhor. Se acertarmos

DE PRIMEIRA JOGOS OLÍMPICOS

Pedro Pittol atua no patrimônio do São Luiz e deve assumir a presidência

mais teremos as vitórias.Às vezes as decisões são rápidas e nem sempre há o acerto.A futura diretoria está muito entusiasmada. Pretendemos fazer um trabalho muito organizado. Queremos ver a dupla Gre-Nal e os grandes times atuar em Ijuí. No passado o esporte servia mais como rivalidade e hoje temos que pensar que estamos em outra época. O momento de competição é dentro do campo. Lá fora os dirigentes precisam se respeitar, se unir. O esporte deve ser marcado pela união.

Esporte Clube Ijuí perde no Gauchão Feminino O Esporte Clube Ijuí perdeu sua invencibilidade no Gauchão de Futebol Feminino. Jogando domingo à tarde em casa, na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), contra a equipe do Adergs de Tapejara, o time ijuiense criou inúmeras chances de gol mas ele só aconteceu no segundo tempo com a meia campista Gabriela num bonito chute de fora da área. Em um contra- ataque o time sofreu o gol de empate e logo levou o segundo gol. Perdeu por 2 a 1. A equipe sentiu a ausência de quatro atletas titulares que não atuaram mas estarão à disposição para o jogo da volta em Tapejara, no próximo domingo. O time

12

ijuiense atuou com Andreia; Elisiane, Fabi, Emilene e Camila; Juliane, Jucimara, Gabriela, Catherine; Kellen e Silvana. Ainda entraram Bruna, Angélica e Larissa. "Vamos buscar a classificação em Tapejara. Empate ou vitória nos garantem na segunda fase", lembrou a técnica Marli Nast Lourenzon. Os times participantes do Campeonato 2016 estão divididos em quatro chaves regionais.São duas com quatro e duas com três equipes se enfrentando em jogos de ida e volta. As duas melhores se classificam para as quartas de final, que terá jogo único. Na semifinal e final voltam os jogos de ida e volta.

Esporte Clube Ijuí (verde) perdeu para a equipe de Tapejara no campo da AABB

A um mês do início dos Jogos Olímpicos Rio 2016, a estimativa é que a segurança do evento conte com 5 mil homens da Força Nacional de Segurança Pública e cerca de 21 mil das Forças Armadas. A previsão foi divulgada ontem após reunião sobre a Olimpíada, no Palácio do Planalto.A previsão de contingente de militares da Força Nacional de Segurança é inferior ao total de 9,6 mil homens que foi divulgado anteriormente no planejamento da segurança. De acordo com o titular da Secretaria Nacional de Segurança Pública, Celso Perioli, foi feita uma adequação na escala de trabalho dos militares para que a segurança não fique comprometida.

DIVISÃO DE ACESSO União Frederiquense e Caxias jogam hoje, às 15h, no Estádio Vermelhão da Colina em Frederico Westphalen pela quinta rodada do quadrangular final da Divisão de Acesso. A arbitragem será de Roger Goulart. O time caxiense se vencer conquista vaga na Série A do Gauchão 2017. O União precisa vencer seus dois jogos e torcer por empates dos adversários nos jogos restantes. Também precisa tirar vantagem no saldo de gols. No último domingo em Farroupilha, Brasil e União empataram em 0 a 0.

EUROCOPA O primeiro finalista da Euro 2016 será conhecido hoje. Em Lyon, às 16h, jogam País de Gales e Portugal e quem vencer enfrenta o ganhador de França e Alemanha que jogam amanhã, às 16h, em Marselha.

JOGOS DE INVERNO A Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) promoverá neste mês os já tradicionais Jogos de Inverno, que estão na sua 42ª edição. Neste ano os jogos são alusivos aos 61 anos do Banco do Brasil Agência Ijuí e ao sexto ano de inauguração da Agência Rua do Comércio.Os Jogos de Inverno serão realizados no futsal, categorias adulto e master, que serão nas terças e quintas-feiras, com início na próxima terça-feira, às 19h; canastra, às sextas-feiras, com início na próxima sexta-feira, às 19h.As inscrições poderão ser realizadas até sexta-feira através do fone 3332. 8789 ou pelo e-mail ijui@aabb.com.br ou pelo watts 8449. 0938 ou 9933. 4418.


Acontece

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 6 de julho de 2016

Cinema no Museu

Yellowbird será exibido na próxima sexta, no Museu O Museu Antropológico Diretor Pestana - MADP, a Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural - Aipan, o Sinpro-Noroeste e o Sindicato dos Empregados no Comércio de Ijuí promovem o Cine Aipan, com a exibição mensal de filmes com temática socioambiental. Hoje, às 19h30, será exibido o longa A conspiração da vaca, filme que denuncia a agropecuária como uma causa do desmatamento, consumo de água e poluição, sendo responsável por mais gases de efeito estufa do que o setor de transporte. A duração é de 85 minutos. Na próxima sexta-feira é a vez de Yellowbird - o pequeno herói. Yellowbird é um pássaro órfão que nunca saiu do ninho. Tímido, desajeitado e sem nenhuma confiança, ele se torna líder de um bando que migra para a África, em uma aventura cheia de descobertas e surpresas. A duração é de 90 minutos. A entrada é gratuita.

13

Três dias de literatura

D

urante três dias a comunidade escolar do Ceap vai respirar literatura. Começa hoje o Ceap Literário, que visa o incentivo à leitura. O evento visa provocar a exploração de obras literárias e o contato do aluno com o autor destas obras. Segundo a vicediretora Deizy Soares, coordenadora do Ceap Literário, a programação pretende proporcionar “momentos de reflexão sobre leitura, com vistas ao estímulo necessário para aprimorar essa prática, valorizar produções plásticas, gráficas, dramáticas e literárias no âmbito da coletividade, além de permitir o envolvimento da comunidade escolar em atividades literárias”, destaca. Um dos destaques da programação será a presença da escritora de obras infantis e infantojuvenis Léia Cassol amanhã. Ela vai interagir com alunos de toda a Educação Infantil e do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Várias atividades a partir de livros da autora vêm sendo realizadas nos últimos meses com os alunos, cada nível/ano com uma literatura diferente. A escola estará repleta de exposições de produções dos alunos a partir das obras lidas e trabalhadas com os alunos. A programação, que acontece até sexta-feira, contempla momentos culturais, exposição de livros e palestras. Para encerrar, na sexta, às 19h, acontece o espetáculo A caligrafia de dona Sofia, da Cia Retalhos de Teatro, aberto a toda a comunidade. Os convites devem ser retirados na secretaria da escola.

Peça que encerra as programações ganhou o troféu de Melhor Espetáculo no Festivale – Festival de Teatro de Rolante, no último final de semana

Jantar das Sopas No dia 16 de julho o Centro Cultural Austríaco promove o 5º Jantar das Sopas. O tradicional jantar terá no cardápio creme de batatas, creme de queijo, creme de abóbora, sopas de cerveja, capeletti e ossobuco. Serão servidos pães, temperos, ovos e queijo como acompanhamento. A sobremesa será pudim e mousse de chocolate. As sopas serão servidas a partir das 19h30 e estarão à disposição durante todo o evento. A noite terá atrações culturais. Os convites individuais custam R$ 35,00 e estão sendo vendidos com membros da diretoria pelos telefones 9112-9000 (Sinho), 9975-8722 (Elemar) ou na União das Etnias 3332-4074. Humberto Meister e Julia Meister, Tássia e Guilherme Sechi no Advogados na Cozinha

Lauro e Lilian Agertte no Festival Queijo e Vinho

Comerciante

O Jantar do Comerciante, anualmente promovido pelo Sindilojas Noroeste acontece no próximo dia 21 de julho, na Estação da Mata, às 20h. Os convites podem ser adquiridos junto ao Sindilojas Noroeste, no valor de R$ 50. Na oportunidade também acontecerá o Lançamento do Palco Sesc Nativista com o show de Mariana Marques.

Alemães O Centro Cultural 25 de Julho promove o jantar e baile em comemoração à imigração alemã no dia 22 de julho, na Casa Alemã, no Parque. A animação do baile será com a banda Os Versáteis.

Cuca e linguiça No próximo sábado, a comunidade Evangélica Assis Brasil – IECLB do bairro Assis Brasil promove jantar da Cuca e Linguiça. A ficha custa R$ 28,00 adultos; e infantil, de 8 até 12 anos, R$ 15,00.

Coração Árabe Jaqueline e Cristiano no Absoluto

Débora e Antônia Corrêa na Festa Junina do CSCJ

O espetáculo Alb: Memórias de um Coração Árabe acontece no próximo dia 16 de julho, com a finalidade de comemorar os 20 anos do Grupo Hayat. Será às 20h, no Auditório Teresa Verzeri, do CSCJ. O espetáculo tem o apoio do Grupo Jornal da Manhã.

cmyk


Jornal da Manhã

Quarta-feira, 6 de julho de 2016

Horóscopo

SISTEMA SOLAR

Sonda entra na órbita do planeta mais antigo O veículo da Nasa, a Agência Espacial Americana, completou com sucesso uma arriscada manobra de 35 minutos que deixou os cientistas com os nervos à flor da pele: acionar motores para frear a sonda e permitir que fosse atraída pela gravidade do maior planeta do Sistema Solar. "Juno, bem-vindo a Júpiter", gritavam os cientistas no centro de controle de missão no Laboratório de Propulsão a Jato (JPL, na sigla em inglês), em Pasadena, na Califórnia, mal a sonda emitiu "batimentos" - sinais sonoros - confirmando o sucesso da operação. "Estou muito emocionado. Toda a equipe está emocionada. Foi uma jornada incrível", disse o líder da equipe, Scott Bolton. "Finalmente, estamos lá. Júpiter é o rei do nosso sistema solar, o maior (planeta). Queremos ver o que contém, como se formou, conhecer seus verdadeiros segredos. Mas esses segredos são bem guardados por Júpiter." A missão custou U$ 1,1 bilhão e tem como

Juno deve orbitar ao redor de Júpiter mais de 30 vezes

objetivo desvendar os mistérios sobre a origem e evolução de Júpiter, na expectativa de se aprender mais sobre a formação de outros planetas. A sonda é batizada em referência à mitolo-

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

Nêutron (símbolo)

(?) France, empresa de aviação Significar

Produto substituível de canetas

A Santa das Sarjetas (Rel.)

Justo, em inglês Arrastar, em inglês

(?) José, locutor esportivo

A cidade dos exageros (SP) Variedade de banana Acessório essencial na compra de celular

Cada especialidade do poliglota Juntar Cássia Eller, cantora

Anno Domini (abrev.) Grande mamífero brasileiro

15

Solução

A D A O

R

A L V

A

G

BANCO

Caio Braz, apresentador de moda (TV)

Sucesso de Djavan (MPB)

Pretexto; motivo

Lutar por (uma causa)

D A S T O A N D A E T N A A S A C B I R M A E Ç T A O R

Dalva interrompe a conversa entre Cícero e Tereza, deixando o jagunço furioso. Carlos leva Afrânio para a boate e Madá se oferece para ajudar o deputado. Chico Criatura fica apreensivo com a troca de ironias entre Bento e Martim. Madá tenta convencer Afrânio a pensar em Carlos como seu herdeiro. Piedade conta histórias sobre Belmiro para Miguel. Afrânio reclama de sua família e sua falta de herdeiros.

Pedra antiaftas (?) Lombardi, atriz Insípido (bras.)

N

Globo Afrânio reclama da falta de herdeiros

Para os

U L A A T A A R U M R E E F A I O L A A D

Velho Chico -

Os itens disputados pelo colecionador

Divisão da peça teatral

A U S A R E A S P I N S O R B A I R R ET E O S S A I D R I C A R E G

Beto pede a Adriana que contrate Apolo como piloto, apostando que o mecânico se corromperá com a fama. Jéssica segue o carro de Felipe, que está com Carmela. Rebeca demonstra receio de perder a obra do Grand Bazzar. Giovanni observa Camila com Enéas e sente ciúmes. Felipe decide deixar Carmela em casa, e Jéssica fica furiosa. Seguindo o plano de eliminar Fedora, Leozinho avisa a Dinamite que irá para Angra dos Reis com a mulher de helicóptero. Adriana procura Apolo.

(?) sangue, ato de solidariedade

Composição musical clássica

U

Globo Jéssica segue o carro de Felipe

Amarrar Arnaldo Niskier, pedagogo

Informação Hélio, neônio e essencial argônio para o mapa astral Acolá

N

Haja Coração-

(?) de Águia, grupo baiano de axé

Al Gore, político dos EUA Montes (?), cordilheira russa fronteiriça à Ásia

D E N O T A R

Diana e Braz planejam o golpe contra Severo. Gerusa diz a Pancrácio que não está melhorando com as sessões de quimioterapia. Anastácia conta para Maria que verá o pai de Candinho. Candinho fica intrigado com a saída misteriosa de Anastácia. Severo leva Diana ao tabelião e Braz comemora. Sandra se surpreende ao encontrar Araújo na mansão. Anastácia reencontra Ernani.

© Revistas COQUETEL

Toque de acordar no quartel "Bate o Sino" ou "Jingle Bells" Disposições do contrato Estância turística paulista Nem, em inglês Felino que estampa a nota de 50 reais

C A N O N Ç Ã D O N M A T A L I N C A

Globo

Anastácia reencontra Ernani

cmyk

gia greco-romana, segundo a qual Júpiter se rodeou de um véu de nuvens para esconder sua maldade. Foi a mulher dele, a deusa Juno, quem conseguiu adentrar esse véu e revelar a natureza real de Júpiter.

3/air — ite — nor. 4/ansa — drag — fair. 5/avaré — urais. 6/nanica.

Êta Mundo Bom -

14

Áries Ao avaliar o que conseguiu realizar até agora, você percebe que talvez esteja seguindo caminhos solitários. É tempo de traçar objetivos mais instigantes que possam atrair gente para compartilhá-los. Touro Você é afetivo ao se relacionar e a sua sensibilidade é capaz de criar uma atmosfera segura para os que estão ao seu redor. É tempo de aproveitar o momento para investir naquilo que te faz feliz. Gêmeos A confiança de que você pode concretizar muitos planos ao mesmo tempo pode ser uma cilada a se desvencilhar. É tempo de ser organizado para ajustar o alcance da sua pretensão. Câncer Algumas lembranças são tão presentes e tão claras que, ao recordar, parece que você está vivendo aquela situação novamente. É tempo de dar um novo significado a estes sentimentos. Leão Nem sempre é fácil seguir um plano quando deseja atingir os objetivos o mais rápido possível. É tempo de assumir responsabilidades para não perder a oportunidade de ser bemsucedido. Virgem Nada melhor do que encontrar soluções inovadoras para dar conta do excesso de atividades com as quais se envolve. É tempo de não desperdiçar tempo com soluções não apropriadas. Libra Você não nasceu para ser ímpar, mas sim para ser par. Dessa forma, é importante ter sensibilidade para compreender a alma do outro. É tempo de poder desfrutar do prazer da vida a dois. Escorpião As manifestações espontâneas das emoções facilitam o esclarecimento dos problemas mais complexos nas relações. É tempo de seguir a intuição para não perder a chance de enxergar soluções. Sagitário Se o seu maior sonho é sair pelo mundo afora, nada melhor do que uma boa companhia para compartilhar os momentos. É tempo de dar atenção à necessidade de caminhar lado a lado com alguém. Capricórnio A vida não é só trabalho. Por isso é preciso viver com qualidade e ter um bom estado de espírito. Os prazeres devem ser incluídos na sua rotina. É tempo de equilibrar as obrigações e o lazer. Aquário É difícil fazer boas escolhas no impulso, principalmente quando o leque de possibilidades é amplo. O risco de acabar envolvido em coisas maçantes é grande. É tempo de refletir antes de agir. Peixes A sensibilidade ao sofrimento, além de te fazer conseguir se colocar no lugar do outro, ajuda a lidar com seus problemas. É tempo de usar a intuição para poder compreender os demais.


Jornal da Manhã

Quarta-feira, 6 de julho de 2016

DIRETO DA FONTE Usina de Ideias - DACEC usina@unijui.edu.br

Utilizando a criatividade para driblar a crise O atual cenário econômico tem levado muitas empresas a realizar cortes de orçamento. A publicidade costuma estar entre os primeiros deles. No entanto, seria essa a melhor alternativa em momentos de crise? A professora do Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação – DACEC, Márcia Almeida, acha que não. Segundo ela, esse é o momento em que as empresas precisam criar estratégias para se diferenciar e ganhar destaque perante suas concorrentes. “A comunicação tem grande importância em momentos de crise, administrando fluxos, canais, níveis de comunicação e as mensagens que precisam ser divulgadas em contextos específicos. Já a publicidade atua em estratégias de reposicionamento, fortalecimento, difusão de conceitos de marca, dentre outras”, explica. A comunicação publicitária tem o dever de legitimar a realidade de uma empresa, mesmo em momentos de crise, deve ter o compromisso com a informação idônea. A palavra publicidade é definida, segunda a professora, como o ato de tornar público, por isso, é muito importante para a estratégia das empresas. “Especificamente em momentos de crise, é necessário tornar pública a mensagem empresarial embasada na verdade, em fatos reais com foco no diálogo constante com o público alvo. Muito mais do que só campanhas criativas, um compromisso assumido com a verdade diante aos públicos. Penso que esta é uma das principais funções da publicidade aliada às estratégias definidas pelas instituições”, afirma Márcia. O corte de gastos é algo inevitável, mesmo assim é possível criar ações de guerrilha da marca para manter-se ativa e em evidência para os consumidores. Muitas vezes, essas ações envolvem custos mais baixos, que devido à criatividade e pertinência conquistam espaços importantes na mídia de uma forma não convencional, como, por exemplo, o relacionamento com os veículos de comunicação, uma estratégia que deve ser adotada sempre pelas empresas. “A proximidade com os veículos é bem interessante para que a empresa conheça e participe de outras ações e formatos de mídia e parcerias. As ações devem ser desenvolvidas levando em consideração as estratégias de branding ou de marca para cada empresa e seu posicionamento”, conclui.

SERVIÇOS IJUÍ SAUDÁVEL - O programa de governo, instituído pela administração municipal, visa conscientizar a população do Município para a importância da mudança de hábitos de vida, como alimentação, prática de exercícios, atividades físicas regulares e cuidados com a saúde em geral. Com diferentes ações e iniciativas, o programa integra as diversas áreas que compõem o governo municipal contemplando os bairros e o meio rural para que todos participem.

15

ASSOCIADOS E COLABORADORES

Mês da Cooperação estimula ações de voluntariado na Ceriluz

No último sábado foi comemorado o Dia Internacional do Cooperativismo. Mais do que um dia especial, a Ceriluz promoveu um mês especial para comemorar essa data. Realizou o Mês da Cooperação, que teve como objetivo promover ações de voluntariado. Sob o lema Coopere com a Vida, doe sangue e agasalhos! estimulou a prática de doação entre seus públicos: colaboradores e associados. Por meio de seus veículos de comunicação institucionais e redes sociais promoveu doação para o Banco de Sangue do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) e arrecadou roupas e calçados usados para serem repassados a entidades assistenciais. “O objetivo foi estimular o espírito solidário de modo que ele se enraíze e as pessoas passem a fazer sempre essas doações, não apenas quando estimuladas, assim como deve ser com o cooperativismo, sentido e vivido todos os dias”, comenta o diretor secretário da Ceriluz, Romeu Ângelo de Jesus, um

O médico cardiologista Marcos Boff realizou uma explanação com dicas de saúde

dos coordenadores da ação. Este foi o segundo ano consecutivo que a atividade foi proposta, sendo que em 2015 a Cooperativa promoveu a Semana da Cooperação. “Queremos agradecer a todas as pessoas que doaram sangue ou agasalhos. Temos a certeza que essas ações simples vão ajudar muitas pessoas que também ficarão muito gratas por terem sido ajudadas por outras pessoas que sequer conhecem. Esse é o espírito do Cooperativismo”,

Pais incentivam filhos a doar desde pequeno

Presentes de aniversário de André foram doados para a Casa da Criança Feliz

No dia 7 de junho, o casal Celso e Andréia realizou uma doação de brinquedos para a Casa Criança Feliz, localizada no bairro Luiz Fogliato, organização social conveniada a Parceiros Voluntários de Ijuí. O casal, primando pelo voluntariado, organizou a festa de um aninho do filho André para familiares e amigos. Cada convidado recebeu a sugestão no convite, de que o aniversariante gostaria de ganhar um presente que seria doado a uma criança da entidade. Os convidados levaram diferentes presentes para meninos e meninas, alguns deram dois presentes, outros doaram um presen-

te para a entidade e deram outro ao aniversariante. De acordo com os pais, o objetivo da ação é mostrar ao André que o espírito de voluntariado deve começar desde cedo e que a criança não precisa ter em sua casa um estoque de brinquedos. De acordo com a coordenadora da Parceiros de Ijuí, Liziane da Silva, os pais de André desejam que, futuramente, o filho olhe suas fotos e veja que quando completou um aninho ajudou uma entidade. Estiveram presentes no dia da doação Celso e Andréia, o diretor da Casa Criança Feliz, Edmilson, professores e Liziane.

finaliza. A campanha foi encerrada no dia 1º de julho, com um café da manhã coletivo entre os colaboradores, onde todos participaram. A atividade aconteceu no espaço da nova sede da Ceriluz, localizada ao lado da BR-285 e teve a participação de profissionais da área médica e de enfermagem. O médico cardiologista Marcos Boff realizou uma explanação com dicas diversas sobre cuidados com a saúde, incluin-

do a necessidade de uma alimentação correta, a realização de exercícios físicos e a abstenção ao tabagismo. Paralelo a isso, enfermeiras do HCI realizaram a medição da pressão arterial dos colaboradores. Estas ações vão ao encontro do lema do Cinquentenário da Ceriluz Energia para a Vida e se somam a outras já realizadas em 2016, que expandem a proposta inicial da Cooperativa de levar energia de qualidade e adentram ao meio social.

Solicitações de podas aumentam no inverno Quando o assunto é poda de árvores, a primeira coisa que deve ser levada em consideração é sua localização. Caso esteja dentro da propriedade, a manutenção das árvores não requer autorização, mas se estiver no passeio público, qualquer tipo de manejo deve ser autorizado. “Quem emite a autorização é a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA). Temos um formulário próprio no atendimento, a pessoa preenche dados básicos. Tendo feito a solicitação, a secretaria se desloca até o local para fazer a avaliação das

árvores, de dois a três dias já temos uma resposta, e o munícipe tem que voltar na secretaria quando é cabida”, explica o biólogo da SMMA, João Pedro Gesing. Entre pedidos de poda, supressão e substituição, chegam à SMMA em torno de dois mil pedidos por ano. “É um volume grande que se acentua nesse período do ano, entre os meses de junho e agosto. A partir de setembro, com a entrada da primavera e o retorno das árvores de suas dormências e rebrotes o número de pedidos reduz bastante”, acentua.

Se as árvores estiverem no passeio público é preciso solicitar autorização na SMMA

cmyk


www.jmijui.com.br

BONDADE SEM LIMITES

Sicredi faz ações na região Atividades fazem parte do Dia do Cooperativismo. | 10

ECA tem idade atualizada Atendimento em creches deve ser para crianças de até 5 anos. | 7

Ceap Literário começa hoje Célia Zenker abriga 17 cães retirados da rua, em sua residência, no bairro Modelo. O acolhimento de animais abandonados teve início há 10 anos e Célia afirma que, se for preciso, abrigará mais | 4

Serão três dias de atividades relacionadas à literatura. | 13

LuTO POLICIAL

FÉRIAS ESCOLARES

PMs de Ijuí mobilizam-se em homenagem a soldado morto na capital | 11

Escolas estaduais têm cronograma de férias alterado após greve | 7

EDITORIAL | 6 Participar é preciso, porque somente desta forma é possível cobrar as demandas e fazer diferença dentro de um universo de necessidades.

cmyk

Sitepaginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you