Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

Ano 43 - Nº 360

R$ 3,00

Executivo quer turno único para sair da crise

Prefeito ainda deve reunir secretários para avaliar situação financeira do Município e adotar medida. | 3

Horário de Verão inicia amanhã

O SHOW DAS ETNIAS

A partir da meia-noite, os relógios devem ser adiantados 1 hora. | 22

Falta de viatura prejudica PRE Comando em CA sofre com a estrutura. | 19

O Palco das Etnias é a atração da Expo-Ijuí/Fenadi 2016, com apresentação dos grupos étnicos todos os dias | Caderno Dois

Cacon está na vanguarda em tratamentos Centro realiza diversos protocolos

Ijuí passa de pesquisa na cura do câncer. | 9 a contar Alunos com a Vara comemoram Dia Federal do Professor Inauguração acontece nesta segunda-feira. | 3

Durante essa semana, escolas fizeram diversas ações à data. | 10

ROUBO À MÃO ARMADA

Jovem é baleada dentro de casa no Assis Brasil, em ação em plena tarde. Moto roubada foi abandonada no bairro Colonial. | 20

cmyk


RADAR ENEM- O aplicativo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) chegou a um milhão de downloads, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep). O aplicativo é voltado exclusivamente para os mais de 8,6 milhões de inscritos no Enem 2016. Pelo App é possível acompanhar as etapas do Exame, acessar comunicados oficiais e receber notificações personalizadas. De acordo com a pasta, além de facilitar o contato com os participantes, o aplicativo vai auxiliar a organização pessoal e o cumprimento de prazos, disponibilizando dados como situação da inscrição, cronograma, locais de provas, cartão de confirmação, gabaritos e resultados das provas. ELEIÇÕES - O professor Paulo Barcellos concorreu a vereador nas eleições municipais. Na soma dos votos o candidato contabilizou 875 votos, porém em uma matéria publicada pelo Jornal da Manhã no último dia 6 deste mês, o número saiu como sendo 75 votos. Por meio dessa nota, o Grupo JM vem retificar o ocorrido e esclarecer o número correto de votos para o professor candidato Paulo Barcellos. Qualquer dúvida pode ser esclarecida pelo telefone 9188-6330. EXPO-IJUÍ - Hoje às 10h, no Centro Administrativo, no espaço do Open Tech acontece um evento de Cosplay e Gamers. A programação tem como intuito proporcionar um espaço de integração, com tecnologia e diversão para os participantes. O evento é aberto ao público interessado em aprender mais sobre jogos e também conhecer o universo dos cosplayers, pessoas que se vestem conforme seus personagens favoritos de filmes, séries, desenhos e muito mais. PESQUISA - Um em cada quatro Municípios brasileiros não terá vereadora a partir de 2017, mostra levantamento feito a partir de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Serão 1.290 Municípios sem representantes femininas no Legislativo municipal, equivalente a 23% do total de cidades do País. Em contrapartida, o resultado apresenta uma ligeira alta na participação das mulheres nas Câmaras, já que, nas eleições de 2012, eram 24% dos Municípios não tiveram mulheres vereadoras. Apenas 0,4% das câmaras municipais terão maioria feminina.

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

OLHO DA RUA INDICADORES Poupança 14.10.2016 .....................0,6929 % Ouro 14.10.2016..................... R$ 128,50 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,2032 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,2038 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,1400 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,3400 Euro (compra) .............................. R$ 3,5144 Euro (venda) ................................. R$ 3,5150 IPC/FIPE Ago/2016 ...............................0,11% IGPM Ago/2016 ................................... 0,15% INPC Ago/2016 .....................................0,31% IPCA Ago/2016 .....................................0,44% IGP-DI-FGV Ago/2016 ...........................0,43% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144 *valores acima de R$ 300,00

LOTERIAS Hoje é comemorado o Dia do Professor, e ao destacar a irreverência da professora da Escola Técnica 25 de Julho Luciana de Oliveira, que utiliza o bom humor em sala de aula, o Jornal da Manhã parabeniza a todos os profissionais.

ENTRE ASPAS "Eu não consigo acreditar que eu estou dizendo que um candidato à presidência dos Estados Unidos se vangloriou de atacar sexualmente mulheres", afirmou a primeira-dama dos Estados Unidos Michelle Obama. "O Ministério da Justiça prepara uma proposta para aumentar o tempo de cumprimento de pena em regime fechado para quem for condenado por corrupção ativa e passiva ou tenha cometido crimes graves, com o uso de violência", disse o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes (PSDB). "Esta PEC do Mal, a 241, vai empobrecer a assistência à saúde e vai piorar a educação no Brasil", disse a ex-presidente, Dilma Rousseff (PT).

cmyk

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º 2º 3º 4º 5º

-

8.638 8.586 1.317 8.335 8.550

LOTOFÁCIL CONCURSO nº

1423

01 02 04 05 07 08 11 12 13 14 15 16 19 22 23

"Apenas os cavaleiros do Apocalipse falam que a PEC 241 vai tirar recursos da saúde", disse o ministro da Saúde, Ricardo Barros. "O País tem 22,7 milhões de pessoas desempregadas, subocupadas ou inativas, mas com potencial para trabalhar. Significa que, no segundo trimestre de 2016, estava faltando trabalho para todo esse contingente de brasileiros, segundo os dados do IBGE", disse o coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo. "Uma reputação pode ser perdida muito rápido, mas reconquistála demora demais", disse o novo presidente da Petrobras Pedro Parente.

QUINA

CONCURSO nº

Getúlio

4208

20 21 65 68 76 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

SINTEEP - Na próxima terça-feira, das 8 às 17h, acontecem as eleições para o sistema diretivo do Sinteep Noroeste. A votação ocorre na sede do sindicato, com uma urna fixa, e nas principais escolas da sua base com mesas coletoras de votos itinerantes. Em Ijuí, as urnas passarão pelo câmpus da Unijuí, sede acadêmica, Museu Antropológico Diretor Pestana, Editora Unijuí, DCEEng, Ceap, CSCJ, Faculdade Batista, Adventista, Irder e SEG. O sistema diretivo é composto por Diretoria Colegiada e Suplentes, Conselho Fiscal e Suplentes e Delegados junto a Federação e Suplentes. COMEMORAÇÕES - Amanhã, serão realizadas atividades esportivas que abrirão as comemorações dos 126 anos de Ijuí. A programação começa às 7h, com o 2º Desafio Urbano de Ciclismo, que contará com percurso de 30 quilômetros em ruas asfaltadas da cidade. Já às 9h, ocorrerá largada da Corrida Rústica. Ambas as atividades iniciam-se na esquina da Rua do Comércio com a Emilio Glitz.

2


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

AMUPLAM

Ijuí poderá ser o único a adotar o turno único

3

Vara da Justiça Federal será inaugurada na segunda A Vara da Justiça Federal de Ijuí será inaugurada na próxima segunda-feira. O ato oficial acontece na sede da instituição, localizada na Avenida 21 de Abril e terá a presença do presidente da 23ª subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Flávio Friedrich, e do titular do Tribunal Federal da 4ª Região (TRF), juiz federal Eduardo Picarelli. Foram quase dez anos, com o trabalho de diversas frentes, desde o local até o legislativo federal, até que os esforços tivessem êxito. Friedrich reiterou que a Vara da Justiça Federal foi pleiteada em função de uma série de aspectos, dentre os quais, de que 30% dos processos ajuizados na esfera federal, com sede em Santo Ângelo, são encaminhados por advogados ligados a Ijuí. Ele lembrou a importância da atuação da senadora do PP, Ana Amélia Lemos, que agilizou a votação do processo de criação da Vara

da Justiça Federal em Ijuí. O Executivo municipal ficará responsável pelo pagamento do aluguel, no período de dois anos, e os recursos para isso sairão do Fundo Municipal de Reaparelhamento da Procuradoria-Geral do Município. O saldo remanescente do Fundo será aplicado em equipamentos, material permanente, reforma, melhorias e reutilização do espaço físico e ambiente de trabalho dos servidores lotados no órgão. Também será utilizado na qualificação dos procuradores por meio de cursos, seminários, congressos e palestras, e no pagamento de outras despesas judiciárias do Município, horas extras de procuradores e no pagamento de aluguéis de imóveis para a Procuradoria e/ou órgãos do Estado e/ou União ligados ao poder Judiciário, devidamente conveniados com o Município.

Prefeitos da Amuplam reuniram-se na tarde de ontem, no Parque de Exposições Wanderley Burmann

Na tarde de ontem, prefeitos que integram a Associação dos Municípios do Planalto Médio (Amuplam) realizaram um novo encontro, durante a programação da Expo-Ijuí/Fenadi 2016. Na discussão, o encerramento de mandato, prestação de contas da Associação e avaliação da adesão ao turno único. Em sua maioria, os prefeitos decidiram não aderir ao turno único. Apenas o prefeito de Ijuí, Fioravante Ballin diz que ainda

irá avaliar e deve definir durante a semana. Porém, devido à situação financeira, não se descarta a hipótese de adotar novamente o turno único. A informação deverá ser repassada a Famurs, que tem buscado soluções para o fechamento de ano dos gestores. "Será uma avaliação que vamos fazer agora com o fechamento das contas. Vamos reunir a equipe. Perspectiva é de que sim, tudo vai depender de fechar os números", cauteloso, defendeu o chefe do

Executivo. A expectativa é de que até quinta-feira, a prefeitura tenha uma posição sobre a adoção ou não do turno único. Com o encerramento do mandato do atual presidente, Geder Mori, a nova presidência da Amuplam será definida em dezembro, durante o último encontro dos atuais prefeitos. Participaram os representantes dos municípios de Pejuçara, Bozano, Catuípe, Coronel Barros, Augusto Pestana, Condor, Nova Ramada e Ijuí.

Preço da gasolina poderá ter redução A partir de segunda-feira, os motoristas poderão encontrar gasolina e diesel mais baratos nos postos de combustível. Mas é preciso conter a euforia: a redução anunciada pela Petrobras nesta sexta-feira vale para as refinarias. Nas bombas, a queda deve ser bem baixa. "Como essa redução na refinaria foi muito pequena, a redução na bomba também vai ser. Para o consumidor, quase nada muda", avalia o diretor do Centro Brasileiro de Infra Estrutura (CBIE), Adriano Pires. Segundo estimativa da Petrobras, se a redução aplicada na refinaria (de 2,7% no diesel e de 3,2% na gasolina) for integralmente repassada ao consumidor final, o diesel pode cair 1,8%, ou R$ 0,05 por litro, e a gasolina pode cair 1,4%, também R$ 0,05 por litro. Pires prevê um impacto ainda menor no bolso do consumidor do que a Petrobras projetou. Segundo ele, a redução no preço da gasolina deve ficar em torno

de 1% - o que representaria menos de R$ 0,04 por litro. "O importante do anúncio não foi o valor, mas a mensagem que a Petrobras deu, de que não vai mais vender combustível abaixo do mercado internacional. Se o preço não vai baixar muito agora, a boa noticia é que vai ter certa lógica e previsibilidade daqui pra frente", avalia Pires. No caminho da refinaria até o posto, o preço dos combustíveis é influenciado por diversos fatores, como valor do etanol, dos custos de distribuição e de revenda, e os tributos estadual (ICMS) e federais (Cide e PIS/Cofins). Por isso, chega com queda bem mais baixa nas bombas. Para o presidente do sindicato que representa os revendedores de combustíveis do RS (Sulpetro), Adão Oliveira, um fator que pode diminuir o impacto do anúncio da Petrobras é o recente aumento no valor do etanol anidro, que compõe 27% do litro da gasolina. "O povo não pode

Adão Oliveira ficar iludido de que vai ter grande redução. Como o preço do álcool subiu violentamente, pode até anular o reajuste da gasolina na refinaria", alerta Oliveira.

Sede da Vara da Justiça Federal de Ijuí está localizada na Avenida 21 de Abril

Governo libera R$ 1,9 bi para estimular exportações O Ministério da Fazenda informou que o governo editou uma medida provisória autorizando o repasse, até o fim deste ano, de R$ 1,95 bilhão aos estados por conta de perdas com as exportações. A MP foi publicada nesta quinta em uma edição extraordinária do "Diário Oficial da União". A compensação financeira do Executivo federal aos estados exportadores é prevista pela Lei Kandir, que isentou o pagamento de ICMS na exportação de produtos não industrializados. Os recursos que serão repassados aos governos estaduais já estavam previstos no Orçamento da União deste ano. A medida é um agrado aos governadores e prefeitos, que estão em grave crise financeira e com dificuldades de pagar até mesmo os salários dos servidores. Os Estados pressionavam Temer para liberar os recursos do Auxílio Financeiro para Fomento das

Exportações (FEX) referente ao ano de 2014 e parte de 2016. O Ministério da Fazenda tinha informado que esse dinheiro só teria condições de ser liberado quando houvesse a adesão ao programa de repatriação. Do total a ser repassado, a União entregará 75% ao Estado e 25% aos seus municípios. Conforme a Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul, o Estado irá receber, até o final do ano, R$ 174,3 milhões. O valor será utilizado para complementar o pagamento das folhas e reduzir o rombo financeiro do RS. O maior porcentual do recurso ficará com Mato Grosso, com 20%, seguido por Minas Gerais, com 16,4%. Os Estados de São Paulo e do Rio de Janeiro vão receber, respectivamente, 0,3% e 6,5%. Amapá e Distrito Federal não serão contemplados com os recursos.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

4

CÓDIGO DE TRÂNSITO

"Nosso código perdeu força", diz consultor

Depois de 20 anos, os valores das multas de trânsito sofrerão reajustes. A partir do próximo mês entram em vigor as alterações no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) que mudam a categoria de algumas infrações, tornando-as mais graves, além de elevá-las em mais de 50% os respectivos valores. Além disso, o processo de suspensão do direito de dirigir vai ganhar celeridade. Publicada em 5 de maio no Diário Oficial da União, a Lei 13.281 altera 28 artigos e inclui seis novos dispositivos no código, em vigência desde 1997. As multas leves terão reajuste de 66,1%. As médias e graves, de 52,9%, enquanto as gravíssimas serão majoradas em 53,2%. Os valores não eram alterados desde a extinção da Unidade Fiscal de Referência (Ufir), em 2000. Ainda na manhã de ontem, o sociólogo e consultor em Segurança no Trânsito, Eduardo Biavatti conversou com a reportagem do Grupo JM e pontuou essa defasagem nos valores, como principal responsável pelo "enfraqueci-

cmyk

mento da fiscalização". "Nosso código de trânsito perdeu força. É uma mudança bem aguardada há bastante tempo. Não sei se as pessoas têm ideia, mas os valores das multas de trânsito estavam congelados há 20 anos. Embora as pessoas reclamem desse custo, elas mal imaginam que esse valor era o mesmo do ano 2000. Isso, talvez, tenha contribuído para o enfraquecimento da fiscalização de trânsito no Brasil inteiro". De lá para cá, as infrações haviam sofrido alguns reajustes, porém, apenas em delitos considerados mais perigosos. Outra novidade nessa minirreforma diz respeito ao processo de suspensão do direito de dirigir, para as infrações que preveem essa penalidade (embriaguez, excesso de velocidade acima de 50% e rachas), poderá ser aberto imediatamente, reduzindo o tempo de tramitação para a penalização do condutor infrator. Até então, o processo só podia ser instaurado após a confirmação da infração, transcorridos todos os prazos de notificações, defesa e recurso. No

entanto, a medida ainda precisa de regulamentação. O Contran promete publicá-la neste ano. Outra mudança importante é que o tempo de suspensão para quem atinge os 20 pontos pode aumentar. Hoje, a penalidade varia de um a 12 meses. Com a nova legislação, será de seis meses a um ano (ou oito meses a dois anos, em caso de reincidência no período de 12 meses). Para determinar o prazo, a autoridade de trânsito leva em conta o histórico do condutor: a gravidade das infrações, as circunstâncias e os antecedentes do infrator. No momento, o Brasil tenta cumprir uma meta estipulada pela Organização das Nações Unidas (ONU), de reduzir os casos fatais em 50%, no período 2011-2020. "A grande verdade é que a gente vive pisando no Código de Trânsito Brasileiro. As pessoas desrespeitam e ninguém se vê como vilão da história", resumiu Biavatti na questão envolvendo o descaso com que o trânsito é tratado no País. "Os mais antigos poderão lembrar: lá em 1997, a partir das alterações

Entre os quesitos revisados, está o estacionamento na vaga de deficientes ou idosos

do Código de Trânsito, as pessoas estiveram mais contidas, mais prudentes. Esperamos que a partir dessa minirreforma, elas façam o mesmo", acrescentou. O sociólogo finalizou lembrando que é preciso levar em conta a necessidade de um maior controle

no que diz respeito à punição. "Vai trazer um impacto muito importante, sobretudo, por entrar em vigor às vésperas do período que historicamente mais mata no trânsito, que é o verão. Resta saber se essas ilicitudes serão devidamente monitoradas", finalizou.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

5

MERCADO DE TRABALHO

Crise política amplia desemprego Quase 18 milhões de pessoas estão fora do mercado, mas poderiam começar a trabalhar. Isso equivale a 10,7% do contingente total de 166,3 milhões de pessoas em idade de trabalho, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse é o maior percentual da série, que teve início em 2012. O número leva em conta pessoas que procuraram vagas (11,6 milhões) e a chamada força de trabalho potencial (6,2 milhões): gente que não procurou, mas podia começar a trabalhar. Segundo o economista Dilson Trenephol, um dos coordenadores das pesquisas do Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (Caged) que contabiliza as movimentações do mercado de trabalho na região, é importante que todos os índices sejam contextualizados dentro da série histórica. Com relação a Ijuí, o levantamento de 2002 a 2014 aponta o total de trabalhadores empregados com carteira assinada que passou de 12.831 para 22.718. "Em um

período de 13 anos tivemos 77% de aumento neste número de trabalhadores empregados. Já de 2014 a 2015 Ijuí perdeu 110 empregos e em 2016 continuou perdendo 257 vagas, então atingimos um pico de 22,7 mil empregos e de lá para ca perdemos em torno de 370 ", informa avaliando que são números que apontam um processo de crescimento do desemprego, mas comparativamente ao processo de expansão anterior, torna-se pouco relevante. A contrapartida comparada aos dados nacionais se dá pela característica do mercado de trabalho. "Com relação a força de trabalho, em potencial aqui na nossa região, vivemos em comparação a conjuntura atual uma situação bem mais tranquila do que nos grandes centros porque precisamos analisar onde está o furacão da crise, quais são os setores, os empregadores que tiveram maior impacto na conjuntura recente", explica afirmando que entre os mais prejudicados pela crise do emprego estão os setores

que estão ligados ao poder público como governo do Estado e governo federal. "Nos últimos dois anos, a crise política paralisou a máquina pública, então praticamente nós não temos obras públicas, isso tudo parou. As grandes empreiteiras passaram a trancar projetos e são setores que repercutem com empregos indiretos. Na medida em que a crise gerou dificuldades, pararam de se fazer novos projetos, essa pode ser a leitura de onde houve maior retrocesso", analisa Trenephol. Em função desse impacto, Dilson confirma que na nossa região os municípios mais afetados foram Panambi, Santo Ângelo, Santa Rosa e Horizontina. "Já outros municípios que têm uma economia mais diversificada como é o caso de Ijuí, não sentiram isso, porque temos grande parte dos trabalhadores empregados no setor de serviços como saúde, educação, segurança e outros órgãos que continuam com suas equipes de trabalho completas", conclui.

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

DESAFIO LANÇADO

A

ENTREVISTA

avaliação que tem sido feita sobre o mercado de trabalho com base nas últimas pesquisas reveladas pelo IBGE tem mostrado um cenário crítico. Os índices de desemprego têm aumentado consideravelmente principalmente pelo impacto da crise política nas relações de trabalho, ou seja, pela inércia adotada pela falta de terceirização de mão de obra direta ou indiretamente para atuar no setor de obras públicas. Claro que na mesma medida, a própria crise econômica que tem enxugado investimentos e freado o acesso ao crédito começa a repercutir também no setor do trabalho formal, ou seja, aquele com carteira assinada. Na contramão dos dados relativos ao cenário nacional, Ijuí aponta uma condição mais tranquila, ou seja, o índice de desemprego não está tão acelerado, questão que deve ser contextualizada e não comemorada. Isso porque o índice de desemprego tem tido maior O cenário que impacto no setor da se aponta em Ijuí indústria, setor o com relação aos qual o município de dados de emprego Ijuí está carente de aponta em suas entrelinhas um dos investimentos. principais desafios O setor de servipara a próxima ços também demite, administração: mas demite menos, provocar os invesassim como contratimentos no setor ta menos, resultado industrial. pode ser uma economia que está estagnada, longe de iniciar um processo de retomada de crescimento. Talvez o cenário que se aponta em Ijuí com relação aos dados de emprego aponte em suas entrelinhas um dos principais desafios para a próxima administração: provocar os investimentos no setor industrial do município. Claro que a realidade do País ou do município não pode estar restrita a números. É preciso valorizar o impacto do desemprego baseado no poder de compra e nas dificuldades enfrentadas pelas famílias atingidas. Ou seja, não importa qual é o índice, se existe desemprego, é preciso que a máquina pública trabalhe efetivamente para derrubar esses números. A própria avaliação do mercado pode não revelar o que na realidade a sociedade vive, já que muitos que poderiam ser contabilizados como desempregados não estão procurando emprego e somam uma força de trabalho em potencial fora desses índices, mas que formam uma estimativa de que o panorama pode ser ainda mais crítico. Se o problema é maior nos grandes centros, aqui em Ijuí, dadas as devidas proporções, as dificuldades tendem a ser também elencadas como prioridade na atual - e futura- gestão pública. É uma questão de estratégia que precisa ser reestruturada para que a economia local seja aquecida. Investir em emprego significa em primeiro lugar investir em profissionalização e capacitação. Resultados só serão contabilizados se o dinheiro voltar a circular nas mãos dos trabalhadores, o que terá impacto no setor produtivo espalhado por todas as classes empresariais. Aí o retorno volta aos cofres públicos com ganhos de impostos. Com uma boa gestão, todos ganham.

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

Por que celebrar o Dia do Engenheiro Agrônomo? O Dia do Engenheiro Agrônomo é comemorado há quase 100 anos. Sempre temos a data como um momento para refletir a respeito da profissão. O engenheiro agrônomo é, juntamente com o agricultor, responsável pela produção dos alimentos e nos dias de hoje a questão do agrotóxico é bastante presente e sofremos várias críticas em função disso. A população também tem o direito de saber aquilo que está consumindo e o que está sendo ofertado para ela. Quais os avanços observados no âmbito da profissão? Nós tivemos vários avanços na questão da profissão, que é regulamentada. Como representante do Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia (CreaRS) é importante salientar que o engenheiro agrônomo para exercer a profissão tem que ter o título atribuído pela universidade mais o registro no Crea, e a partir disso ele está apto. O Crea faz a fiscalização para verificar como o agrônomo está trabalhando no dia a dia. Para ter uma ideia, a maior presença que vem até o Crea em relação a fiscalização é justamente situações ligadas aos agrotóxicos, porque muitas vezes a venda do produto tem a necessidade de ser feita por um agrônomo, ou engenheiro agrícola, engenheiro florestal ou técnico agrícola e muitas vezes isso não acontece, então toda essa dinâmica passa a ser bastante debatida no Crea, a partir das câmaras de agrônomia. Quais os principais problemas que a categoria enfrenta? Nós temos regulamentado por lei o salário básico do engenheiro agrônomo que é seis salários mínimos, conforme a carga horária e esse é um dos problemas que a gente verifica, muitos agrônomos contratados, exercendo a atividade e não recebendo essa remuneração adequada. Isso é algo que chega até à Câmara de Agronomia. Outra questão que chega até nós é, exatamente, a questão da venda de produtos sem o receituário agronômico. Ou a presença do receituário sem a assinatura do técnico. Outras questões que chegam até nós é a realização de atividades que não são pertinentes a alguns agrônomos, que não têm a atribuição por pós-graduação para fazer aquela atividade. Mas, a principal demanda é envolvendo o receituário agronômico. A Comissão do Trigo da Farsul tem dito, em reuniões realizadas pelo Estado, que muitos lotes do cereal colhido na safra passada foram segregados pelos compradores em função do dessecamento do produto. Como fiscalizar essas situações? A fiscalização é feita pelo Ministério juntamente com o Crea. O controle é um pouco difícil, partindo do princípio que a dessecação em trigo não é indicada, do ponto de vista técnico, mesmo que seja para favorecer a colheita antecipada, tem estudos que mostram que não é viável, então é algo proibido, a princípio, e o agricultor fica nesta questão de fazer ou não fazer. Se faz, ele está fazendo algo que não é indicado, podendo trazer um produto com resíduos de agrotóxicos, e mesmo que seja um agrotóxico indicado para a dessecação ou um contrabandeado, o risco é muito grande para quem vai consumir. Qual sua análise sobre esta situação? O pessoal tem comentado nessas reuniões, que existe um

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

6

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

Cleusa Bianchi Agrometeorologista da Unijuí Conselheira do Crea de Ijuí valor limite para resíduos na farinha e nos grãos de trigo desses produtos. Eles consideram esses valores limites baixos a partir da própria atividade, então queriam aumentar esse resíduo. Na verdade, esse querer aumentar o resíduo não é algo que acontece de uma hora para outra, então está errada toda essa metodologia de aplicar dessecantes em trigo para promover essa antecipação da colheita. E o resíduo que pode ter no produto quem fiscaliza é o Ministério, e ele poderá trazer futuramente comprometimento à saúde de quem vai consumir essa farinha, mas a gente não tem esse controle ainda. Qual a probabilidade de aumentar esse limite de resíduos de agrotóxicos em alimentos? Foi feito estudo do ponto de vista prático, que é aquilo que o agricultor quer, antecipar a semeadura da soja, por exemplo, não é viável porque compromete, inclusive, a produção da soja que é feita em um momento antecipando a semeadura vai passar por um período de estresse e pode comprometer o rendimento da própria soja. Então, do ponto de vista prático, isso não traz ganho nenhum para o agricultor. E como fica a questão dos resíduos nos alimentos? Vários estudos têm demonstrado que esses resíduos podem trazer problemas para a saúde da população que consome. No entanto, verificar se isso realmente acontecerá, entra toda a dinâmica da questão do efeito do ambiente, de como a população se alimenta, e assim por diante. Temos várias categorias, porque temos o agricultor, o cerealista, a indústria que vai usar desse trigo para fazer ração para os animais de criação, e a questão dos moinhos que utilizam a farinha, e aí sim, entrando na produção de bolachas, pães e biscoitos e assim por diante.

Representantes Comerciais: Grupo de Diários

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

www.jmijui.com.br

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

BANDAS MARCIAIS

Estudantes encantaram as ruas do Parque da Expo

Escolas da rede pública municipal, estadual e privada participaram do desfile

Na tarde de ontem, durante a programação da Expo-Ijuí/ Fenadi 2016, estudantes participaram da tradicional apresentação de bandas marciais das escolas públicas municipais, estaduais e privadas do Município. Para o titular da 36ª Coordenadoria de Educação (CRE), Cláudio de Souza, a apresentação é um momento que além de mostrar as ações que ocorrem nos educandários, a atividade

serviu para prestar uma homenagem aos professores, "queríamos registrar de alguma forma o reconhecimento da 36ª Coordenadoria Regional de Educação a todos os professores, não apenas da estadual, mas da municipal, privada e universidade. A todos que desenvolvem um trabalho em prol da educação", comemora ele. Cláudio destacou ainda o pagamento da mudança de nível

dos professores, anunciado na tarde de ontem pelo governo do Estado. "Esse é também um presente ao Dia do Professor. É o início de uma valorização dos professores". A apresentação faz parte da programação de comemorações ao Dia do Professor, celebrado hoje, e é organizado pela 36ª CRE juntamente com a Secretaria Municipal de Educação (Smed).

Unijuí lança vestibular de Verão 2017 Hoje, a Unijuí lança a edição de verão do Vestibular da Universidade. As inscrições estão abertas desde o dia 3 de outubro, que podem ser feitas diretamente no portal da Unijuí até o dia 27 de novembro. Para os jovens que se inscreveram no Profissional do Futuro 2016, o pagamento das inscrições pode ser feito até o dia 14 de novembro, no valor de R$28, depois da data será R$42. Para o público em geral, os que op-

tarem por pagar até o dia 14 de novembro, também recebe desconto, e depois dessa data, até o dia 28, o valor será integral. A prova será realizada no dia 4 de dezembro, nos câmpus Ijuí, Panambi, Três Passos e Santa Rosa e Polo Ijuí. “Para os cursos da modalidade EaD, será aplicada a redação, para os cursos presenciais será feita uma prova objetiva, com 40 questões, e redação”, explica a coordenadora do Vestibular da Unijuí, Vera

Fischer. Os candidatos também podem optar por utilizar a nota do Enem de 2013 a 2015. A prova dos cursos EaD serão das 8h30 às 11h30, aos candidatos a cursos EaD a prova será aplicada das 8h30 às 12h30. Nesta edição, a Unijuí oferece 27 cursos presenciais em Ijuí, nove em Santa Rosa, dois em Panambi e dois em Três Passos, em 2.065 vagas. Para os cursos a Distância, são 250 vagas em cinco cursos.

Metas do PNE são ameaçadas por PEC O novo regime fiscal, decorrente da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, poderá inviabilizar o cumprimento das metas de melhoria da educação previstas no Plano Nacional de Educação (PNE), segundo entidades que atuam no setor. Enquanto a PEC prevê um teto global para os gastos do governo, o PNE estabelece uma expansão de investimentos, mais vagas e escolas melhores, que necessitarão de investimento em infraestrutura. O PNE, lei sancionado em 2014, estabelece metas e estratégias para melhorar a qualidade da educação até 2024. As metas

vão desde a Educação Infantil até a Pós-graduação e incluem valorização dos professores e melhorias em infraestrutura. Segundo o coordenador-geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara, o PNE demandaria um investimento adicional, por ano, de R$ 25 bilhões. "O PNE fica totalmente inviável. Não só o PNE, a expansão de universidades, de pré-escolas, do ensino médio. A estrutura orçamentária do Brasil é centralizada na União. Sem a União, as áreas sociais ficam inviabilizadas. Existe uma desigualdade no federalismo, na distribuição arrecadatória da

União, Estados e Municípios", diz. Em nota, o ministro da Educação, Mendonça Filho, diz que o teto proposto pela PEC 241 é global e reforça o compromisso do governo com o equilíbrio das contas públicas, além de garantir a governabilidade econômica. "O que retira dinheiro da Educação é o Brasil em recessão, quebrado, sem espaço para crescimento e aumento de receita”. A nota acrescenta que o equilíbrio fiscal possibilita a retomada do crescimento, a geração de empregos e aumenta a arrecadação, inclusive o investimento em educação.

7

Escola organiza Feira do Conhecimento De 24 a 27 a Escola Municipal de Ensino Fundamental Anita Garibaldi realiza a 2ª Feira do Conhecimento, onde cada turma apresenta um trabalho diferenciado à comunidade escolar. De acordo com a vice-diretora da Escola, Denise Raquel Rohr, a abertura será na segunda-feira, com a inauguração da Rádio Anita. A programação da Feira envolve também diferentes apresentações de trabalhos, desde os meios de comunicação em Ijuí até uma biografia de Anita Garibaldi. “A escolha dos temas foi feita em cada turma de acordo com o trabalho desenvolvido pelo professor e com o projeto geral da escola Pesquisar para conquistar”, explica a vice-diretora. Como destaca Denise, todos os trabalhos apresentados são importantes para o desenvolvimento acadêmico dos estudantes, “colaborando para o aprendizado dos alunos”. Um diferencial da programação é a rádio Anita, que depois de inaugurada, será utilizada para repassar informações aos alu-

Denise Raquel Rohr

nos, música e reportagens. “Os alunos estão bem entusiasmados porque é um projeto bem diferenciado”, comenta. Além da Feira, a Escola tem programado visita ao Museu, apresentações de encerramento de ano letivo, passeio de lazer e ainda visita ao GAC.

Talentos das escolas são destaques na Expo-Ijuí Nesta semana, o Palco das Etnias, no Parque de Exposições Wanderley Burmann, foi a sede das apresentações dos alunos das escolas estaduais e privadas da região de abrangência da 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), na Mostra de Talentos das Escolas. De acordo com os assessores responsáveis pela organização, Airton Jesus Amorim da Silva e Anelise Carpenedo Walter, o objetivo do evento foi oportunizar o diálogo, a expressão artística, troca de experiências e práticas pedagógicas das escolas da região de abrangência da 36ª CRE. O coordenador Regional de Educação, Cláudio da Cruz de

Souza, e a coordenadora adjunta, Ana Maria Zasso Spencer, parabenizam e agradecem às equipes diretivas, professores, alunos, funcionários e servidores da 36ª CRE pela realização deste evento. Participaram do evento as escolas: Estadual de Ensino Fundamental Rui Barbosa; Escola de Educação Básica Francisco de Assis (EFA); Colégio Estadual Comendador Soares de Barros, de Ajuricaba; Escola Estadual de Ensino Médio José de Anchieta; Colégio Sagrado Coração de Jesus; Colégio Estadual e Escola Estadual de Ensino Fundamental Barão do Rio Branco, de Catuípe; Escola Estadual de Ensino Médio Emil Glitz.

Apresentações ocorreram na terça-feira e reuniram escolas da região

cmyk


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

8

Cartão HCI Vida facilita acesso aos serviços de saúde O estande do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) recebeu na noite de ontem, convidados e a imprensa para o lançamento do mais novo produto do hospital macrorregional, o Cartão HCI Vida. Trata-se de uma modalidade de prestação de serviços médicos e de saúde voltado às empresas, associações e famílias, aonde o usuário realiza a compra de serviços diretamente dos prestadores, mediante cartão de acesso, com sistemática de pagamento pelos serviços, materiais e tratamentos consumidos. Conforme explica o supervisor de vendas do HCI, Mateus Sandri, quem aderir ao novo sistema tem muitas vantagens e descontos, em consultas clínicas com médicos credenciados, em exames de diagnósticos por imagem e laboratoriais. “Ainda terá descontos nas despesas com internações hospitalares, em procedimentos cirúrgicos e ambulatoriais e ainda na rede de serviços

credenciada”, explica. O cartão HCI Vida não é plano de saúde, não possui fator moderador por idade, não possui carência após a contratação e todo o usuário recebe um cartão personalizado para sua identificação. O presidente do HCI, Cláudio Matte Martins acredita que este modelo veio para ficar, já que é uma tendência de mercado, onde o HCI já tem experiência na cidade de Panambi, em parceria com a Associação Comercial e Industrial, onde comercializa o produto para empresas associadas daquela entidade. “Nós buscamos sempre inovar e o cartão poderá ser comercializado para empresas, associações e na modalidade familiar, que facilita o acesso ao atendimento e consequentemente traz uma nova receita para a nossa instituição hospitalar, tão penalizada nos últimos anos pelo Estado, devido aos constantes atrasos nos repasses do Sistema Único de Saúde- SUS”, explica.

Presidente Cláudio Matte Martins acredita no sucesso do cartão HCI Vida

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

9

TRATAMENTO DE CÂNCER

Escassez de recursos penaliza pacientes Dos cinco principais estudos apresentados no Congresso da Sociedade Europeia de Oncologia (Esmo), em Copenhague, na Dinamarca, três deles tiveram a participação do Centro de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon), do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI). O coordenador do Centro, oncologista Fábio Franke participou do encontro, realizado no início desta semana. Otimista com os resultados apresentados no Congresso, Franke comemora as novidades e confirmações de tratamentos já testados no Cacon, como a imunoterapia, que já é uma realidade em âmbito local, com os efeitos positivos se afirmando cada vez mais para vários tipos de câncer. “Voltei muito satisfeito e impressionado”, disse. “Estamos realmente na vanguarda do tratamento de câncer, podendo oferecer tratamento para os nossos pacientes do Cacon através da pesquisa clínica. O futuro é bastante promissor”. Franke destaca os avanços do tratamento para o tratamento de pulmão. “Já se mostrou superior à quimioterapia convencional para o tratamento de câncer de pulmão, de cabeça e pescoço, que são tumores bastante relacionados ao cigarro. Até então, para os pacientes fumantes, as respostas da quimioterapia tendiam a ser inferiores, e com a imunoterapia não, as respostas têm sido bastante promissoras.”

O câncer de pulmão é considerado o mais comum e letal entre todos os tumores malignos. A estimativa do Instituto Nacional de Câncer (Inca) para este ano é de 30 mil novos diagnósticos no Brasil, sendo o de não pequenas células o mais comum. A importância do estudo apresentado no Esmo está, principalmente, no aumento da expectativa de vida dos pacientes tratados com pembrolizumabe em comparação aos que usaram quimioterapia. No geral, os pacientes que receberam a imunoterapia reduziram em 50% o risco de progressão da doença e em 40% a chance de morte. “Talvez é isso que desponte para o futuro, a possibilidade de pacientes fazerem um tratamento com menos efeitos colaterais, com respostas em longo prazo, quebrando um paradigma muito importante que já durava duas décadas de que apenas a quimioterapia funcionava nestes casos”, acredita Franke. Em 2012, teve início os protocolos de pesquisa para o tratamento com imunoterapia no Cacon de Ijuí, com medicação aprovada pela Anvisa, neste ano, para melanoma e câncer de pulmão. A tendência é de que nos próximos dois anos ocorram mais aprovações para o tratamento de imunoterapia. “A imunoterapia já é uma realidade no Cacon, tanto no acesso aos protocolos de pesquisa, claro ela não está

disponível pelo SUS, temos a grave crise que atravessa o nosso País, infelizmente, com o corte de recursos bastante acentuado, que vai dificultar muito o tratamento dos pacientes do SUS de forma convencional. Temos tempos bem difíceis nos próximos dois, três anos, com essa contenção de despesas e é por isso que a gente busca esses convênios com instituições de fora para poder continuar oferecendo aos pacientes do Cacon tratamento diferenciado. São duas realidades bem diferentes, mas não podemos ficar distantes disso”, ressalta Franke. Questionado se há temor quanto ao futuro da Saúde no País, o oncologista expõe sua principal preocupação. “Não é o futuro, é o presente. Nós vemos a situação de penúria, os Estados estão quebrados, a dívida é impagável, e os Municípios vão começar a pagar o preço agora. Então, realmente, essa ideia de que o SUS vá pagar tudo será muito bonita no papel e na teoria, mas na prática o que a gente vê é a falta de recursos total, falta de incorporação de novos tratamentos, as dificuldades que todos os municípios que atendem SUS estão passando e devem passar nos próximos anos, porque o que nos acena é que em 2017 não vamos ter nenhum tipo de aumento de recurso, e talvez em 2018 somente a correção da inflação, com doenças, e se a gente pegar o câncer com

Fábio Franke aumento de sua incidência ano a ano, nós vamos precisar disponibilizar mais recursos e não menos. E, além disso, os tratamentos vão se tornando cada vez mais caros, o que nos leva a enfrentar sérias dificuldades. Bom, temos que buscar outras fontes, sob pena de ficarmos com tratamentos defasados”, argumenta Franke.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

10

AOS MESTRES

Dia para lembrar os professores Seja engenheiro, médico, jornalista. Todos passaram pelas mãos de um professor. É ele que ensina as letras e os números, que desperta o raciocínio, que forma as gerações que serão o País. Sem educação, que é em casa, e ensino, que é na escola, não há futuro. Para isso, hoje, 15 de outubro comemora-se o Dia do Professor. Data que foi instituída por meio de um Decreto Imperial baixado por Dom Pedro I em 15 de outubro de 1827 criando o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, todas as cidades, vilas e lugarejos deveriam ter suas escolas de primeiras letras; o ensino descentralizado; o salário dos professores fixado; as mesmas matérias básicas para todos os alunos e a forma de contratação dos professores determinada. Mas, foi somente em 1947, 120 anos depois do decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia dedicado ao professor. Esse dia foi oficializado por força do Decreto 52.682 de 14 de Outubro de 1963. Nessa semana, as escolas públicas e privadas de Ijuí realizaram diversas atividades em homenagem àqueles que fazem de cada dia um processo de aprendizagem. Na segunda-feira, a gratidão foi o destaque das homenagens do Ceap, durante

Promotor de Justiça

Os animais e a cultura da crueldade (II)

A Escola Ijuí fez apresentações durante todo o dia de ontem

a programação da Expo-Ijuí/Fenadi. No evento que se tornou tradição, a escola prestou uma homenagem a professores e funcionários pelo seu dia, que transcorre hoje. De uma maneira especial, colegas que completam “data cheia” no tempo de dedicação à escola receberam homenagem especial. "Lembrar que é preciso de remuneração condizente com a importância do encargo é o mínimo. Lembrar que ensinar é um dom também é o importante.

O destaque das aulas de Luciana é a irreverência com que atrai os alunos durante as aulas

A Escola Municipal João Goulart fez um dia diferente para homenagear os professores

cmyk

Nilton Kasctin dos Santos

Não custa lembrar: professor é quem faz despertar o prazer do conhecimento, do saber pensar, do saber fazer, do saber viver. E quem sabe, não precisa de adornos”, destacou o comentarista. Na oportunidade, emocionado, o diretor Gustavo Malschitzky falou da importância de agradecer e de fazê-lo sempre. Ele agradeceu o envolvimento dos colegas homenageados com a escola e reforçou a importância de que, a cada ano, marcar esse momento para “especificamente lembrar alguns e, dessa maneira, estender a todos os que fazem o dia a dia da escola esta homenagem”. Ontem, as escolas Estaduais Osvaldo Aranha e Ijuí realizaram um momento de homenagem. Na Osvaldo Aranha o destaque foram as paródias que celebraram o empenho dos professores. Na Escola Ijuí, os agradecimentos ocorreram em dois momentos, pela manhã, com os Anos Finais, e à tarde, com os Anos Iniciais. A diretora da Escola Estadual Fundamental Ijuí, Janete de Moura Pithan da Silva relembra que não basta lembrar os professores apenas no dia 15, mas em todos os dias no ano. "Acredito que é importante valorizar todo o trabalho que é realizado na escola e que depende de uma equipe muito grande, professores, funcionários e comunidade escolar. Precisamos valorizar esses profissionais que batalham tanto, planejam as aulas e tentam corresponder os anseios dos alunos e da comunidade". Para a professora de informática da Escola Técnica Estadual 25 de Julho, Luciana de Oliveira Ramos, ser professor é uma questão de vocação. "Acredito que a docência seja uma vocação. Eu nasci para estar em uma sala de aula, não saberia fazer outra coisa e talvez não estaria tão feliz se estivesse em outra profissão", fala ela. Nas suas aulas, a irreverência é um ponto fundamental para atrair a atenção dos alunos, adolescentes. "Não consigo deixar de pensar nos meus alunos. Em pensar como vou fazer para encantar e reencantar todos os dias", relata.

- Um bandido fica preso – e só por um tempinho - porque fez alguma coisa ruim. Mas que mal fez esse pobre bichinho pra passar a vida nessa gaiola? Essa indagação da minha esposa, enquanto saíamos de uma agropecuária, é o que me motiva a escrever sobre a inominável crueldade das pessoas que mantêm pássaros presos. Os pássaros necessitam voar. Presos em gaiolas, são impedidos de exercitar essa função essencial da vida. E tirar-lhes a possibilidade de voar é o mesmo que destruir-lhes a vida. Só essa razão já basta para tornar repugnante, hedionda, covarde, a conduta humana de prender pássaros. Estudando os hábitos dos pássaros comercializados em todas as cidades do Brasil, é fácil constatar que muitos deles necessitam voar por distâncias inacreditáveis. Alguns até centenas de quilômetros por dia. Outros são migratórios, chegam a mudar de continente uma vez por ano, voando sem parar por milhares de quilômetros. Precisam disso para viver. E assim contribuir para o equilíbrio da vida planetária. Da nossa, inclusive. Pássaros de hábitos gregários, que precisam viver em grandes bandos, são individualmente isolados em gaiolas. E comercializados a preço vil - de maneira que estão sujeitos à posse de qualquer pessoa. E levados da loja agropecuária para terminar a “vida” em sofrimento ainda mais atroz nas casas das pessoas. Pássaros que no primeiro acasalamento, no ambiente natural, escolhem um parceiro para convívio fiel por toda a vida, são brutalmente impedidos de cumprir esse desiderato divino. E sentenciados à solidão perpétua de uma gaiola. Pássaros que necessitam de sol e muita luz são trancafiados nas sombras dos estabelecimentos comerciais por meses até que apareça um comprador para levá-los a destino ainda pior. Outros, de hábitos noturnos, ficam expostos em vitrines iluminadas, miseravelmente privados da escuridão. E têm destino ainda mais cruel quando levados à casa do comprador. Chocam-me as justificativas para o injustificável comércio de pássaros. “São exóticos”. Como se lá no país de onde vieram não fossem nativos. “Nasceram em cativeiro, estão acostumados com a gaiola”. Como se essa incomparável maldade desaparecesse pelo decorrer do tempo. “Não sabem mais viver na natureza”. Essa última é a pior. Roubar de um ser vivo o dom de viver naturalmente é pior do que matá-lo. Um amigo comerciante me sai com essa: “A lei brasileira permite”. Uma crueldade legal! Há pouco tempo estive palestrando para mil adolescentes evangélicos. Plateia fantástica! Um congresso. A vida era o tema. Aproveitei o enlevo do ambiente para expressar o que penso de pessoas que adquirem um animal para mantê-lo em gaiola. Também são culpadas por atrocidades que se cometem contra animais em todo o País. Muito mais que crime, um grande pecado. E acrescentei: não acredito que Deus está com uma família que mantém um bichinho em gaiola. Na verdade tenho certeza que Ele não está. Deus seria injusto se abençoasse ou cuidasse de alguém que prende um animal para “bonito”. A Resolução 1069/2014, do Conselho Nacional de Medicina Veterinária, obriga as agropecuárias a proporcionarem aos animais um ambiente livre de barulho, com luminosidade adequada, livre de estresse, com conforto e espaço para se movimentarem de acordo com as suas necessidades. Colocada em prática, essa norma poderia pelo menos amenizar o sofrimento de animais destinados ao comércio. E esvaziar gaiolas. Mas isso será difícil. Porque a sociedade brasileira está doente. Prioriza o dinheiro sobre qualquer coisa. E o sonho de alguns veterinários não é suficiente para acabar com essa cultura infame.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

11

SAFRA DE INVERNO

Começa a colheita do trigo no Estado

A colheita do trigo se iniciou e estimase que 20% das lavouras se encontram maduras. Outras 60% estão em fase final de formação de grão. De acordo com o Informativo Conjuntural da Emater, os produtores estão ansiosos e preocupados com a falta de homogeneidade das lavouras em seu estágio final, pois muitas espigas se encaminham para a maturação, enquanto outras ainda estão em enchimento de grãos. A perspectiva de vários dias chuvosos para a segunda quinzena de outubro preocupa os produtores que contam com uma lavoura que deve apresentar produtividade variável, entre 40 e 70 sacas por hectare. As empresas compradoras de trigo estão sem preço para o produto e, portanto, sem comercialização para os grãos em depósito, o que deixa os produtores desmotivados quanto aos investimentos realizados na cultura na safra 2016. Também está em andamento a colheita da canola nas regiões produtoras do Estado, com as primeiras áreas colhidas variando quanto ao aspecto produtivo. Enquanto em algumas áreas a produtividade está alcançando até 45 sacas por

hectare, como nas regiões Celeiro, Noroeste Colonial e Alto Jacuí, em outras, que se ressentiram de uma umidade de solo mais adequada na floração e enchimento de grãos, varia entre 20 e 30 sacas por hectare. Das culturas de verão, o milho segue em plantio e alcança 65% do total estimado para este ano. Algumas áreas, sem irrigação, se ressentem da falta de umidade para favorecer a fase de desenvolvimento vegetativo da cultura. Já nas áreas irrigadas, segue de forma normal o manejo da adubação de cobertura. Com a proximidade do plantio da soja, os produtores tentam finalizar os trabalhos com o milho para se dedicar à oleaginosa com tranquilidade. No Estado, grande parte dos produtores de soja já encaminhou seus financiamentos e a compra de insumos, o que reduziu a procura pelo custeio da lavoura junto aos agentes financeiros e a elaboração de projetos. O plantio das primeiras lavouras de soja de ciclo precoce já se iniciou nos municípios de Porto Lucena e Senador Salgado Filho, mesmo que esteja fora da época recomendada oficialmente.

De acordo com informativo da Emater, 20% das lavouras gaúchas estão com espigas maduras

Sindilat quer limite à reconstituição O Sindicato da Indústria de Laticínios do RS (Sindilat) quer que o governo federal permita a reconstituição de leite em pó apenas para aqueles produzidos em território nacional. A reivindicação resultaria em alteração na redação da Instrução Normativa nº 14, de 22/04/2013, do Ministério da Agricultura. A ação busca sensibilizar integrantes dos ministérios da Agricultura e Relações Exteriores, parlamentares e lideranças de que a medida é uma das alternativas mais eficazes para conter a crise de renda que atinge o setor lácteo nacional. Ontem, o secretário-executivo do Sindilat, Darlan Palharini, entregou ofício ao chefe de gabinete da senadora Ana Amélia Lemos em que pede freio à reconstituição com base em produto importado. Nele, o Sindilat pontua: “A nossa suges-

tão é que este leite em pó que poderá ser reconstituído tenha a sua matéria-prima originada somente de produtor de leite do Brasil e de estabelecimento industrial localizado em território nacional, ficando expressamente proibida a utilização de leite em pó importado”. Segundo entende o Sindilat, a reconstituição de leite em pó deve ser uma exclusividade das indústrias localizadas em território nacional. Segundo o presidente do Sindilat e do Conseleite, Alexandre Guerra, é preciso urgência em uma ação do governo em apoio ao setor lácteo tendo em vista o crescente índice de importação, principalmente em se tratando de cargas vindas do Uruguai. Atualmente, o ingresso de leite do Prata tem reduzido a lucratividade da atividade e, consequentemente, afastado dezenas de produtores

da atividade. O Brasil importou 153,38 milhões de quilos de produtos lácteos nos primeiros oito meses de 2016, contra 85,55 milhões de quilos no mesmo período do ano anterior (aumento de 79,29%, representando 67,83 milhões de quilos). Já as exportações de lácteos do Brasil para o mercado externo foram bem menores e decrescentes. Nos primeiros oito meses de 2015 o país exportou 45,19 milhões de quilos e, no mesmo período desse ano, apenas 32,25 milhões de quilos (queda de 28,65%, equivalendo a 12,95 milhões de quilos). As importações de leite em pó integral e desnatado passaram de 56,64 milhões de quilos nos primeiros oito meses de 2015 para 104,83 milhões de quilos nos oito primeiros meses deste ano – aumento de 85,09%.

Embrapa debate controle do carrapato O parasitismo pelo carrapato dos bovinos, Rhipicephalus (Boophilus) microplus, se constitui em um dos maiores entraves à cadeia produtiva do leite no tocante à saúde animal. Os prejuízos provocados pelo problema são estimados em torno de 3,24 bilhões de dólares anuais no Brasil. Boa parte dessas perdas decorre de erros cometidos na tentativa de combate, repercu-

tindo na seleção e proliferação de populações resistentes. Neste sentido, existe uma crescente demanda para a comunidade científica por novas alternativas no controle de pragas, visando a utilização mínima de produtos químicos, com intuito de preservar o ambiente e garantir alimentos livres de resíduos. Para discutir os desafios no combate às consequências pro-

vocadas pelo carrapato bovino à pecuária de leite, a Embrapa Gado de Leite defende que uma das linhas de pesquisa seguidas atualmente é a de controle biológico do carrapato bovino por meio de nematoides entomopatogênicos. Trata-se da inoculação de uma bactéria utilizando um nematoide como veículo, que vem se mostrando como o método mais eficiente.

Ijuí celebra semana em prol de sementes crioulas As sementes crioulas atravessam séculos e guardam um repertório de informações selecionadas pela natureza há milhares de anos. Feijão, abóbora, tomate, mandioca, amendoim, a lista é imensa e reflete a diversidade alimentar. Devido a sua importância para o bem-estar da humanidade, as sementes crioulas foram o tema central do Encontro da Semana da Alimentação sementes crioulas: nutrição para um futuro sustentável, realizado em Ijuí, na última quinta-feira. A iniciativa foi do Projeto Vida Rural para marcar as celebrações da Semana da Alimentação do Rio Grande do Sul e o Dia Mundial da Alimentação, na segundafeira, dia 16 de ourubro, data instituída pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO). O engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Gilberto Bortolini, levantou uma questão fundamental para a multiplicação das sementes crioulas. "Como nós podemos manter estas sementes e mudas com qualidade e sanidade? Já perdemos várias plantas, como batata-doce e rama de mandioca porque estavam doentes", disse Bortolini. Fazer a "limpeza", para retirar das sementes vírus e fungos não é tão simples, pois existem poucos laboratórios que fazem

esse trabalho no Estado. "O objetivo é sensibilizar e motivar os agricultores para a preservação e utilização de sementes crioulas para a segurança e soberania alimentar", disse a extensionista da Emater/RS-Ascar, Roseli Correa. Segundo repassado em nota, os temas tratados durante o encontro, na última quinta-feira, foram os seguintes: Coleta e manutenção de sementes crioulas, com engenheiro agrônomo e presidente da Apaju, Luiz Volney Viau; Experiência de guardiões de sementes crioulas da Agabio (Associação dos Agricultores da Agrobiodiversidade de Tenente Portela); Sementes crioulas: história, saberes e sabores, com Eilamaria Libardoni Vieira; Desafios da preservação das sementes crioulas pela Agricultura Familiar, com engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Gilberto Bortolini. O Projeto Vida Rural é uma política publica, instituída por lei municipal em 2001. São instituições parceiras do Projeto, a Prefeitura de Ijuí, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Emater/ RS-Ascar. Com 15 anos de existência e contabilizando a participação de 380 mulheres, o Projeto Vida Rural está presente em 21 localidades do espaço rural de Ijuí.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

EXPO-IJUÍ/ FENADI

Secretaria de Saúde realiza atendimentos no Parque A programação do Expo-Ijuí/ Fenadi de hoje inclui diversas atividades direcionadas à área da Saúde. O curso de Enfermagem da Unijuí promove, durante a manhã e a tarde, atividades voltadas à segurança do paciente, e o curso de Fisioterapia dedica-se às questões da saúde do coração e da saúde da mulher. Além disso, dentro da programação normal da feira, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) tem um posto montado no Parque de Exposições Wanderley Burmann, com uma ambulância

Profissionais da Saúde realizam atendimento emergencial dentro do Parque

disponível para os atendimentos emergenciais, e uma equipe de profissionais realizando atendi-

mento inicial. No local também é realizada a distribuição de preservativos.

12

BPW Ijuí promoverá 5º Fórum do Agronegócio A BPW Ijuí – Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais promove a quinta edição do Fórum do Agronegócio do Noroeste na Expo-Ijuí/ Fenadi 2016, hoje. O evento tem integrado a programação dos eventos nos últimos anos com a proposta de debater questões pertinentes à produção, mercado e tecnologia do setor, com especialistas convidados. O tema deste ano é O agronegócio como âncora da economia, e terá sua programação desenvolvida na Casa do Produtor, no Parque de Exposições Wanderley Burmann, a partir das 13h30. Os painéis previstos são Solos, Clima e Planejamento da Produção, com o professor doutor Cristiano Nunes dos Santos,

que atua no Instituto Federal Farroupilha, em Santo Augusto; Manejo integrado de pragas, com o doutor Roberto Valle da Silva Pereira, pesquisador em entomologia da Embrapa; Política comercial da soja intacta RR2-PRO, com o engenheiro agrônomo Matheus Bruschi Ferreira; e A saída do Brasil da crise econômica: desafios e suas consequências para o agronegócio regional, com o professor doutor Argemiro Luis Brum. Os painéis terão mediação de Luiz Volney Mattos Viau, presidente da Associação de Engenheiros Agrônomos de Ijuí e professor da Unijuí. O Fórum é aberto à participação de todos os interessados.

Programação do fim de semana da Expo-Ijuí Sábado Manhã e tarde - Segurança do paciente: enfermagem cuidando de você Manhã e tarde - Saúde do Coração, Saúde da Mulher 9h: Julgamento Gado Jovem - Raça Holandesa 9h: Lançamento Vestibular de Verão 2017 10h: Abertura dos Pavilhões de Exposições 10h: Evento Cosplay e Gamers 13h30: 5º Fórum do Agronegócio 14h: Julgamento Gado Adulto - Raça Holandesa 14h: Oficina de Bucha Vegetal 18h: Lançamento das Agendas 2017 em Papel Reciclado 20h: Entrega de Premiação 7ª Fenilact Domingo 7h: 2º Desafio Urbano de Ciclismo de Ijuí 9h: Corrida Rústica dos Campeões do Circuito das Estações de Ijuí 9h: 16º Campeonato Estadual de Judô 10h: Abertura dos Pavilhões de Exposições 14h: Encerramento do Espaço Open Tech 14h: Orientação sobre o uso racional de medicamentos 14h: Dia Mundial da Alimentação 14h: Oficina de Bucha Vegetal 17h: Saída dos animais da 27ª Feira Agropecuária 18h: Saída dos animais da 7ª Fenilact 20h: Fechamento dos Pavilhões de Exposições.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

EXPO-IJUÍ/ FENADI

Conselho de Cultura cumpre agenda em Ijuí O Conselho Estadual de Cultura do Rio Grande do Sul está cumprindo agenda em Ijuí. A comissão chegou ontem à tarde no município, sendo as primeiras visitas no Museu Antropológico Diretor Pestana e na Estação Cultura, que está em construção. Os conselheiros vieram ao município para conhecer as principais atividades culturais do local. Após visita ao Museu, guiada pela diretora Stela Zambiazi e a educadora Belair Stefanello, a comissão pôde conferir o acervo bibliográfico do local, além de exposições com objetos antigos. Segundo o presidente do Conselho, Antônio Carlos Côrtes, a preservação da memória é um dos pontos mais interessantes do museu. "É preciso que o povo do presente conheça o seu passado, e o museu nos possibilita isso, conhecer as histórias de quem viveu antes de nós e o legado que nos foi deixado. Sabemos

13

Artesanato traz novidades e movimenta a feira O setor de artesanato é um dos destaques da Expo-Ijuí/Fenadi 2016, com grandes novidades, os expositores chegaram com boas perspectivas para a maior feira do interior do Estado. De acordo com a presidente da Comissão de Artesanato, Ivaniza Gessi Dolowitzch, o movimento está superando o esperado. "Estamos felizes, pois muitas pessoas estão vindo até o setor de artesanato para conferir o material que está sendo exposto. Porém, ainda não alcançamos a nossa expectativa de vendas, esperamos mais visitas ainda nesse fim de semana, quando acontece o encerramento da

feira", comenta. Um dos destaques da feira, segundo a presidente, são as oficinas de artesanato que estão sendo oferecidas. "A adesão está conforme o esperado, estamos promovendo curso de pinturas e trabalhos em madeira para os interessados em ingressar no universo do artesanato", explica. Durante a programação da feira, na última semana também aconteceu a renovação da carteira dos artesãos pelo Sine de Ijuí. No estande da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, no Pavilhão Administrativo, os artesãos puderam renovar a carteira gratuitamente.

Os integrantes do Conselho Estadual de Cultura visitaram o museu, na tarde de ontem

que existem muitas dificuldades em relação a manutenção, mas precisamos lembrar que a cultura é o alimento da alma, e um local como esse é muito importante", comenta. Hoje, a partir das 10h, nas dependências da Casa do Produtor no Parque de Exposições

Wanderley Burmann, durante a Expo-Ijuí, acontece uma reunião pública do Conselho, com a participação de autoridades e agentes culturais das Regiões Noroeste, Amuceleiro, Amaja e Missões. A programação segue à tarde, com visita aos 12 Centros Culturais do Parque.

Uabi organiza programação de aniversário Ontem aconteceu um encontro da União dos Bairros de Ijuí (Uabi), durante a Expo-Ijuí, em comemoração aos 49 anos da entidade. Segundo o presidente da Uabi, João Fontoura, a entidade proporcionou um coquetel em homenagem ao aniversário. "Na oportunidade realizamos uma homenagem a todas as pessoas que estiveram ao nosso lado durante os 49 anos de atuação da entidade, que são de grande importância para nós", comenta. O presidente ainda acrescenta que o objetivo da Uabi é atuar cada vez mais forte em benefício dos bairros. "Queremos fortalecer os laços que temos com os moradores", finaliza.

União dos Bairros de Ijuí homenageou o prefeito Fioravante Ballin

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

PEC 241

"Estamos condenando o País a uma realidade de estagnação" O vereador eleito pelo PCdoB Junior Piaia criticou a votação dos deputados pela aprovação da PEC 241 que limita os gastos do governo. Segundo ele, esta linha de atuação do governo Temer causa preocupação. "Tenho medo dos atos que ele tem praticado contra o povo do nosso Brasil", disse. Piaia alerta que a PEC 241 não bota limites nos gastos, ela congela. "Os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal para os gastos das mais diferentes naturezas já tinham sido estabelecidas no governo Fernando Henrique Cardoso. O que Temer faz agora é muito mais grave do que isso, ele congela os recursos que cada área vai receber ou pode gastar", avisa informando que de um ano para o outro a correção será apenas no limite da inflação porque ele cria uma perspectiva de congelamento ou de diminuição de ação do Es-

tado brasileiro nas mais diversas áreas. "Entre elas a saúde e educação que são as mais emblemáticas desse problema que são duas áreas que precisamos avançar muito em termos de investimento público para que nos atinja uma melhoria concreta porque são campos que precisam avançar e não existe avanço sem dinheiro público". A PEC que impede que de um ano para o outro se aumente o investimento, na opinião de Piaia cria uma perspectiva sombria para o futuro. "Não vamos ter uma perspectiva de aumentar o número de creches, gradativamente aumentar os recursos para a saúde para ampliar o número de exames e melhorar o atendimento à população. Estamos congelando exatamente num momento de crise em que o investimento ainda é baixo". Uma das principais críticas é com relação à educação. "Na

educação, por exemplo, tinha se criado uma fórmula em que parte dos recursos dos royalties do pré-sal seriam investidos em educação. Com a PEC, o governo anula isso e não é para um ou dois anos, é para 20 anos, ou seja, estamos condenando o país para uma realidade de estagnação em áreas essenciais por 20 anos", destaca afirmando ainda que o argumento do governo é contraditório. "O engraçado é que esta PEC não congela o que o governo vai gastar com juros da dívida, que é o grande mal que consome o esforço produtivo do nosso país, ou seja, dinheiro que alimenta o mercado de especulação", questiona criticando ainda que próprio argumento que o governo aponta é contraditório. "Eles afirmam que durante o governo Lula e Dilma se gastou muito com programas sociais e isso criou uma dívida que não dá mais para pagar, ali-

Junior Piaia

ás, esse é um dos argumentos contraditórios do relator Darcísio Perondi, o qual sempre foi defensor da saúde", concluiu.

Comitiva de Ijuí se reúne Reunião debate projetos com presidente da AL da sessão de segunda Os membros da Associação Rio-grandense de Olivicultores estiveram em reunião com a presidente da Assembleia Legislativa, deputada Silvana Covatti (PP), juntamente com os membros do Hospital de Caridade de Ijuí para apresentar a parceria firmada. A integração entre a Associação e o Hospital tem o objetivo de fomentar o desenvolvimento da produção de oliva no Estado, principalmente aliada à saúde pública. Segundo o presidente da Associação Rio-grandense de Olivicultores (Argos), Guajará Oliveira, as pesquisas com o azeite demonstram sua eficiência no combate a doenças cardio-

vasculares, obesidade, trombose, câncer, em especial, de mama, e demais enfermidades. A iniciativa também conta com o apoio técnico de pesquisadores e profissionais da área. Para a presidente Silvana Covatti, esta é uma iniciativa louvável, que promove o incentivo à nova cultura, gerando alternativas de cultivo aos agricultores gaúchos e trazendo mais saúde para a população. “Esta parceria tem nosso total apoio! A Casa está de portas abertas para receber as proposições deste grupo, assim como colocamos a estrutura do Parlamento, como o trabalho das comissões, à disposição de todos”, ressalta a parlamentar.

No encontro foi debatido o uso de azeite de oliva no combate a doenças

cmyk

Os vereadores estiveram participando ontem da reunião das Comissões

A reunião das Comissões que aconteceu na manhã de ontem na Câmara de Vereadores de Ijuí, contou com a presença do assessor jurídico do Município, Gilvon Ferreira e da proprietária da empresa Juliana de Souza Dill, bem como do servidor do Município, Ivo Dobler. Na ocasião, a proprietária da empresa Juliana de Souza Dill, acompanhada pelo assessor jurídico do Município, Gilvon Ferreira, falou sobre o projeto de lei que será votado na segunda-feira. O projeto que está tramitando

no Poder Legislativo autoriza o Município de Ijuí a ceder o espaço público da Praça da República para a realização do 1º Mega Feirão de Veículos Multimarcas à empresa Juliana de Souza Dill. O evento acontece nos dias 5 e 6 de novembro. Já o servidor Ivo Dobler esteve presente na reunião para esclarecer dúvidas aos vereadores, quanto aos outros dois projetos que estarão sendo votados na sessão de segunda-feira, que autoriza a alienação de áreas de propriedade do poder público para empresas situadas em Ijuí.

14

ALEXANDRE GARCIA Jornalista

ECOS DO PT O governo teve vitória maiúscula na Câmara Federal: 366 a 111, na primeira votação da emenda que põe na Constituição, por 20 anos, que os gastos federais só aumentarão corrigidos pela inflação. É um sinal de seriedade, depois de anos de gastança, que converteram o estado brasileiro numa instituição inchada, endividada, consumidora de impostos e incapaz de prestar serviços públicos e de investir neles. Foi consequência de incompetência administrativa, irresponsabilidade e corrupção. E, incrível, os que foram cúmplices dessas malfeitorias, ainda votaram contra a correção de seus males. Não escutaram sequer a voz das urnas, que condenou enfaticamente o que fizeram. Agora é o mentor e chefe de tudo isso que está à beira de condenações. Lula já é réu duas vezes e acaba de ser denunciado por mais uma. Desta vez é a Conexão Angola, que a Polícia Federal batizou de Operação Janus(pronuncia-se iânus). O ex-presidente foi denunciado por corrupção, lavagem de dinheiro e tráfico de influência. De uso do BNDES, para beneficiar a Odebrecht em obra em Angola. Lula e seu sobrinho Taiguara levaram propinas milionárias, de acordo com a polícia e o Ministério Público. Ainda está sendo preparado outro indiciamento, o da Conexão Cuba, com os mesmos personagens: Taiguara, Lula, BNDES e a Odebrecht modernizando o porto de Mariel. Incrível como o PT e seu líder têm paixões por ditadores longevos. Em Angola, tudo passa por Eduardo Santos, que está no poder há 37 anos. A filha dele, Isabel, é a mais rica mulher do continente africano e grande investidora em Portugal. Já a dinastia Castro, em Cuba, está há 56 anos no poder. A malfadada refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, com desvios milionários, foi gerada pela dupla Lula-Hugo Chavez, contrariando pareceres técnicos. A filha de Chavez, Maria Gabriela, é considerada a mulher mais rica da Venezuela. A Conexão Venezuela vai render bem para a Polícia Federal e o Ministério Público. Será que os filhos de Lula teriam inveja das herdeiras dos diamantes de Angola e do petróleo da Venezuela? Esses herdeiros também vão dar trabalho para a Polícia Federal e o Ministério Público, da forma como as investigações vão fechando o cerco. A Odebrecht também tem obras no Equador, governado pelo bolivariano Rafael Correa. Lá entra também o financiamento do BNDES. Na Bolívia, Lula deu de presente a Evo Morales a Petrobras Bolívia S.A., responsável por 18% do PIB boliviano. Evo disse que iria nacionalizar, ocupou-a com tropas e Lula deu por fato consumado.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

LAVA JATO

Teori Zavascki mantém prisão de José Dirceu O ministro Teori Zavascki, relator dos processos relacionados à Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), indeferiu um pedido da defesa do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu para a revogação de sua prisão preventiva. Na avaliação de Teori, a defesa não apresentou argumentos que justifiquem a concessão da liminar. “O exame da pretensão será feito no momento próprio, em caráter definitivo, mormente porque já houve sentença condenatória, na qual foi mantida a prisão preventiva”, declarou. O ministro considerou que não ficou comprovada “a necessidade de urgência” da medida liminar, nem a “demonstração inequívoca da plausibilidade do direito invocado”, requisitos necessários para a concessão do habeas corpus. Citando diversos trechos do decreto de prisão, o ministro assinalou que as questões suscitadas pela defesa, “embora relevantes”, não evidenciam hipótese que autorizem, liminarmente, a revogação da prisão preventiva, sobretudo

porque houve uma condenação que manteve a decisão. A defesa teve um primeiro pedido de habeas corpus negado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) e, antes do julgamento do mérito do recurso pelo STF, Dirceu foi condenado em primeira instância por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Os advogados alegavam que a decretação e a manutenção da prisão não têm respaldo fático e jurídico em vista dos riscos à ordem pública, uma vez que os pagamentos feitos a José Dirceu “são decorrentes de relações profissionais celebradas anteriormente” à sua condenação. José Dirceu foi preso preventivamente em agosto do ano passado, durante investigações da operação Lava Jato. O decreto de prisão, expedido pelo juiz Sérgio Moro, justificou a decisão no fato de que Dirceu, mesmo durante as investigações e o julgamento, teria continuado a receber vantagem indevida. “A prova do recebimento de propina mesmo

15

No STF, Meirelles debate PEC do teto de gastos O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, foi ao Supremo Tribunal Federal (STF), ontem falar sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece um teto de gastos pelos próximos 20 anos. Em reunião com a presidente da Corte, ministra Cármem Lúcia, ele relatou a necessidade de controle das contas e garantiu que a medida não fere a independência dos poderes. "O consenso que se chegou é de que a PEC estabelece um parâmetro igual para todos os poderes, e não dá nenhuma possibilidade de interferência de um poder e outro", afirmou o ministro. Ele reiterou que a PEC "trata a todos igualmente, e garante que cada poder exerça a sua autonomia nas suas decisões, nas suas ações".

A agenda de Meirelles no STF ocorre uma semana depois de uma manifestação da Procuradoria Geral da República (PGR). O órgão emitiu parecer afirmando que a PEC do teto é inconstitucional, pois "ofende" a independência e a autonomia dos demais poderes. Após o encontro, a ministra Cármem Lúcia relatou a promessa de Meirelles de que haverá respeito à autonomia, mas evitou opinar sobre o conteúdo da PEC. Segundo ela, o ministro também assegurou que "todo jurisdicionado brasileiro continuará, apesar do sacrifício e do aperto do momento, a ter sempre o juiz, o órgão do poder Judiciário competente, a ter a prestação jurisdicional no tempo certo e nas condições que têm sido prestadas".

Ministro Teori Zavascki

durante o processamento da Ação Penal 470 reforça os indícios de profissionalismo e habitualidade na prática do crime, recomendando, mais uma vez, a prisão para prevenir risco à ordem pública”, diz o decreto.

Centrão quer retomar espaço Enfraquecido após a eleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) para a presidência da Câmara e a cassação do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o Centrão, aliança de 13 partidos liderada por PP, PSD e PTB, reage para retomar espaço na base aliada do governo Michel Temer. O bloco trouxe de volta os partidos que tinham se afastado, escolheu uma liderança e se aproximou mais do PMDB, legenda do presidente. Reestruturado, pretende eleger o próximo presidente da Câmara.

O líder do PTB na Câmara, Jovair Arantes (GO), por exemplo, assumiu a liderança informal do Centrão, ocupando o espaço deixado por Cunha. O petebista é hoje o principal nome do bloco para disputar a eleição à presidência da Câmara, em fevereiro de 2017. O líder do PSD, Rogério Rosso (DF), também tenta viabilizar seu nome. Na reorganização, o Centrão trouxe o PR de volta. O partido havia se afastado do bloco na última eleição para o comando da Câmara, em julho, quando

apoiou Maia no segundo turno. Também tem tentado ficar mais próximo do PMDB. O líder da sigla, deputado Baleia Rossi (SP), é convidado para todas as reuniões do grupo. O parlamentar rejeita, no entanto, a tese de aliança formal para evitar problemas com partidos da antiga oposição (PSDB, DEM, PPS e PSB), que disputam espaço com o Centrão. O bloco também procura se afastar da imagem de Cunha. Para isso, busca atrair o apoio de partidos da atual oposição – PT, PCdoB e PDT.

Comitiva gaúcha inicia missão à Europa A comitiva gaúcha liderada pelo governador José Ivo Sartori deixa o Estado hoje em direção à Alemanha. A agenda oficial inicia no domingo com o 34º Encontro Econômico Brasil-Alemanha, que terá representantes do Estado e empresários gaúchos. O evento será realizado no Rio Grande do Sul em 2017. Até o próximo sábado, quando a comitiva volta à Capital gaúcha, o vice-governador José Paulo Cairoli estará à frente do Piratini. Paralelamente, reuniões serão realizadas nos estados alemães

de Renania Palatinado, Baden Wurttemburg e Turíngia. Há ainda agendas programadas em Paris (França) e em Veneza (Itália). A comitiva é integrada pelos secretários do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fabio Branco; da Agricultura e Pecuária, Ernani Polo; e Geral de Governo, Carlos Búrigo. Irão também os presidentes do Badesul, Susana Kakuta; e da Fundação de Ciência e Tecnologia (Cientec), Marc François Richter; além do deputado estadual João Fischer (PP).

José Ivo Sartori

Henrique Meirelles em reunião com a presidente da Corte, Cármem Lúcia

Lula vira réu pela terceira vez O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, aceitou denúncia e abriu ação penal contra o expresidente Luiz Inácio Lula da Silva, o sobrinho da primeira mulher dele Taiguara dos Santos, o empresário Marcelo Odebrecht e outras oito pessoas. Todos são acusados pelo Ministério Público Federal do Distrito Federal de terem envolvimento em fraudes envolvendo contratos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Eles responderão por crimes como organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção e tráfico de influência. Com a decisão, Lula passa a ser réu em três ações penais. Além dessa, envolvendo contratos do BNDES, há outra sobre uma suposta tentativa de obstruir a Operação Lava Jato. Na terceira, ele é acusado de receber vantagens indevidas da OAS, como reforma no triplex do Guarujá e armazenamento do

acervo pessoal. Lula nega todas as acusações. Além de aceitar a denúncia do Ministério Público Federal na íntegra e abrir a ação penal, o juiz Vallisney Oliveira também determinou nesta quinta que a defesa dos acusados apresente documentos, indique provas a serem coletadas e apresente nomes de testemunhas no prazo de 10 dias para que a ação penal prossiga. "Citem-se os réus para a apresentação de resposta à acusação, por escrito, no prazo de 10 (dez) dias, oportunidade em que poderão arguir preliminares e alegar tudo o que interesse à defesa, oferecer documentos e justificações, especificar as provas pretendidas e arrolar testemunhas. Quanto ao rol de testemunhas a defesa deve qualificá-las por completo, declinar pormenorizadamente os respectivos endereços e demais dados para que as testemunhas possam ser facilmente localizadas", diz o juiz na decisão.

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

Eliminação na Série Bronze O diretor de futebol da Associação Ijuí Futsal (AIF), Juca Goi disse que a eliminação da equipe no Estadual Série Bronze ainda está sendo assimilada. Lembrou que o projeto era disputar as finais da competição, mas a derrota diante da Associação Passo Sobradense de Futsal (APF) de Passo do Sobrado foi determinante para a eliminação. O dirigente conversou com o Jornal da Manhã sobre a campanha do time na temporada. Hoje começa a fase quartas de final do Campeonato sem a participação da equipe de Ijuí. Qual avaliação da participação do time na Série Bronze? Tínhamos um projeto de chegar às finais e isso nos frustrou um pouco. Estamos conscientes do dever cumprido. Ijuí merecia o retorno ao futsal após ficar um bom tempo longe das competições oficiais no Estado. Ficamos contentes por conseguir mobilizar uma parte da comunidade. Criamos uma estrutura miníma necessária para que se continue esse trabalho. De qualquer forma acho que foi positiva a participação da Associação Ijuí Futsal (AIF) no cenário gaúcho. Esse grupo que está no comando diretivo pensa em seguir? Qual o futuro da agremiação? Para ser sincero, ainda não discutimos isso. A nossa primeira preocupação é saldar os compromissos que temos com atletas e comissão técnica, depois teremos que discutir questões referentes a fornecedores que não são muitos, fazer essa quitação e após com a consciência tranquila de que o trabalho foi realizado, vamos reunir em novembro todas as pessoas que participaram da diretoria este ano e buscar novos dirigentes. Temos tempo para isso. Existe um consenso de que não é possível fazer futsal somente com

cmyk

ESTADUAL Quartas de final-Jogos de Ida- Bronze Hoje,15.10 às 20h Em Casca-SERCCA x Parobé Futsal Em Horizontina-Horizontina Futsal x ACBF-Cerro Branco Em Passo do Sobrado-APF x Uruguaianense Em Santiago-ASF x ADCH-Salto do Jacuí Serão jogos eliminatórios de ida e volta. Os ganhadores disputarão as semifinais. Dois times sobem para a Série Prata de 2017.

uma diretoria diminuta. Tem muito trabalho para realizar. A nossa área de marketing neste ano praticamente não trabalhou, daí fica difícil em termos financeiros suportar as despesas. São gastos com viagens, alimentação e deslocamento dos atletas. Temos que discutir desta forma. Claro que vai ser convocado o pessoal que trabalhou este ano para fazer avaliação e depois buscar mais componentes para que se forme uma grande diretoria e continue. A minha intenção e acho que da maioria dos que participaram é de que este projeto não deva parar. Foi sacrificado com certeza, mas também foi válido para o retorno do futsal em Ijuí. Se esperava mais torcedor nos jogos da AIF no Ginasião? Quanto ao público, sou direto em dizer que a gente esperava muito mais. Não podemos ter um ginásio para sete mil pessoas e fazer futsal para 300 pessoas em um local daquela dimensão onde os torcedores sentam esparramados e não tinha o fator local perante o adversário. Atuamos sob pressão em ginásios pequenos dos adversários nas outras cidades e o nosso era neutro. Isso com certeza ficou a desejar. Com relação ao time também. Acho que a gente não pode se enganar. Fizemos um projeto

para chegar às finais e ficamos frustrados com a derrota, não a de Horizontina no último sábado, mas aquela em casa frente a APF de Passo do Sobrado. Estávamos vencendo um adversário direto pela classificação e permitimos a reação. Era um jogo para seis pontos e não fizemos a lição de casa. Em Horizontina sabíamos das dificuldades que teríamos. O elenco da AIF estava mesmo unido para buscar a vaga nas quartas de final? A dificuldade que tínhamos era de que ficamos 15 anos sem futsal estadual em Ijuí, sem categorias de base, sem formação de atletas. A nossa intenção em um primeiro momento era prestigiar a prata da casa, só que tínhamos a dificuldade, esses atletas ijuienses participam de competições de futsal e futebol, torneios locais e regionais. Isso se transformou em um momento quase insuportável, porque é muito difícil você manter a condição física no futsal de sábado, sendo que o atleta jogou na quarta, na quinta-feira, competição de futsal e torneio.Isso foi um dificultador para o nosso resultado. Com relação aos atletas de fora, o resultado foi aquele que esperávamos, muita qualidade, pessoas comprometidas. Isso vai servir de fator para a diretoria avaliar qual o critério a ser adotado. Como foi a transição com a saída do técnico Jaques Schultz e a contratação de Jorge Lückemeyer? Aquilo foi uma questão de momento. Foi feita uma avaliação não por mim, mas sim por toda a diretoria e achamos que deveríamos tomar uma providência no sentido de trazermos um fato novo ao grupo e também a dificuldade que tínhamos para conquistar resultados fora de casa. Foi decidido em conjunto, abraçamos a ideia e fize-

16

Renato Marsiglia renato.marsiglia@tvglobo.com.br

INTER: DERROTA COM ESPERANÇA Pode parecer um paradoxo o título da coluna, mas acho que o Inter está perto de escapar da degola. Os resultados paralelos estão ajudando e os times da "linha de baixo" embalaram uma série de resultados negativos, fazendo com que a projeção de 46 pontos pode estar caindo para 43 como "linha de corte" do Z-4. Foi a mesma do ano passado. Neste cálculo, se somar dez pontos em 24 a disputar (41%), o Inter não cai. É um número mais do que razoável para um clube da grandeza do Internacional. Diretor de Futebol da AIF, Juca Goi

mos a substituição. Acho que o resultado foi 50%. Ganhamos uma partida em casa e uma fora e perdemos longe dos nossos domínios e uma em casa. Com certeza queríamos mais. A dispensa dos jogadores Vanderson, Fernandinho e Pablo como foi recebida no grupo? Foi na reta final, a gente sentiu surpresa porque a diretoria estava buscando sempre a união. Ficou acertado desde o primeiro dia na apresentação que permitiríamos a participação em outras competições desde que não fosse solicitada transferência de treinamentos e não faltassem aos treinos por causa de outros campeonatos, tanto é que participaram o ano todo normalmente de competições de futebol ou aos domingos, o qual não nos prejudicava. A partir do momento que se fez uma escolha no mesmo dia de treinamento, numa semana decisiva depois de uma derrota em casa e se optou por futebol, não vejo outra atitude a tomar e por isso ocorreu o afastamento.

A POLÊMICA DO PÊNALTI Reitero o depoimento que dei na transmissão da TV GLOBO. Sei que existem opiniões em contrário, afinal, arbitragem não é ciência exata e no caso, de interpretação muito pessoal. Existiu o pênalti marcado para o Botafogo. O jogador do Inter (Eduardo) empurrou o Sassá claramente. Isso, para mim, é indiscutível. O árbitro sinalizou a mão, que foi completamente acidental, visto que Eduardo cai sobre a bola e não tem como evitar o toque. Se ele marcou pela mão, marcou o lance certo pelo motivo errado. GRÊMIO E AS ELEIÇÕES Escrevo a coluna antes do jogo contra o Atlético-PR, fundamental nas pretensões do clube em salvar o ano com a classificação à Libertadores de 2017. Na esteira deste resultado, pode também salvar a reeleição de Romildo Bolzan à presidência do clube. Sua gestão é austera e tem colocado as outrora combalidas finanças do clube em dia, o que não é pouco. Mas faltam títulos, e no fundo, é isto que importa ao torcedor. SELEÇÃO BRASILEIRA Concordo com a afirmação de que o Brasil enfileirou quatro seleções de nível inferior, mas são inegáveis os avanços técnicos e principalmente táticos do time nas mãos de Tite.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

17

DOIS TOQUES

Atletas na mira do São Luiz Carlos Alberto Padilha

esporte@jornaldamanhaijui.com

CRISE- A briga entre Anderson e William no treino do Internacional ontem à tarde é mais uma demonstração de como estão os ânimos no Beira-Rio. A pressão em cima do elenco é muito grande, motivada pela atual situação no Campeonato Brasileiro. Celso Roth tentou minimizar o episódio, mas não é nada bom para um grupo que precisa estar unido. Anderson não tem nenhuma utilidade no elenco do Inter. É bancado pelo presidente Vitorio Piffero que gastou milhões para trazê-lo do futebol europeu. TRICOLOR- O Grêmio se reapresentou ontem no CT Luiz Carvalho, após vencer o Atlético-PR na última quintafeira, e teve como principal atração a participação do atacante Miller Bolaños, que retorna de lesão e apareceu sendo testado em duas posições diferentes no treino dos reservas. Hoje pela manhã Renato Portaluppi define o time que enfrenta o Santos amanhã às 19h30 na Vila Belmiro. PARTIDAS- Juventude e Boa Esporte abrem hoje às 18h30 no Estádio Alfredo Jaconi em Caxias do Sul as semifinais da Série C do Campeonato Brasileiro. O jogo de volta será no dia 22 de outubro, às 21h, no Estádio Dilzon Melo, em Varginha, Minas Gerais. Amanhã às 21h jogam no Estádio Frasqueirão em Natal, ABC e Guarani de Campinas. COPA CARLOS EDUARDO-A segunda rodada da competição de futebol será disputada amanhã no campo do Ipiranga em Coronel Barros com estes jogos: 9h30, sub13, Campo Novo x Cometa de Panambi; 10h30, sub-15, Cometa de Panambi x Campo Novo; 13h, sub-16, Campo Novo x Estrela de Jóia; 14h30, sub-13, SER Santa Rosa x CMD de Coronel Barros; 15h45, sub-11, GBB de São Luiz Gonzaga x SER Santa Rosa; e 17h, sub-9, SER Santa Rosa x GBB de São Luiz Gonzaga. JUDOCAS- A 5ª etapa do Circuito Gaúcho de Judô, o 16º Campeonato Estadual de Judô, Equipes e Katas reúne amanhã a partir das 9h no Ginásio Wilson Mânica em Ijuí, mais de 350 atletas. A organização é da Sociedade Ginástica Ijuí (Sogi), com promoção da Liga Riograndense de Judô. O ingresso é um quilo de alimento não perecível.

A viagem do diretor de futebol do São Luiz, Delmar Blatt e do técnico Paulo Henrique Marques para Santa Catarina onde irão observar jogadores foi transferida. No dia 4 de novembro assistirão Concórdia e Operário de Mafra pela 2ª Divisão do Campeonato Estadual e no dia 5 de novembro irão a Chapecó assistir Chapecoense e Figueirense pelo Campeonato Brasileiro. A dupla iria a Santa Catarina neste fim de semana, mas como a Chapecoense viaja para Barranquilla, na Colômbia, onde enfrentará o Junior na quarta-feira às 19h45 pelas quartas de final Copa Sul-Americana houve a modificação. O diretor

de futebol Delmar Blatt disse que o goleiro Vanderlei, ex-São Luiz, Avenida de Santa Cruz do Sul e Passo Fundo é um dos nomes da lista de reforços para a posição, mas não o único. Um dos jogadores a ser observado no Concórdia é o atacante Kayron, que já atuou no futebol gaúcho. O vice-presidente de futebol do São Luiz, João Bevilaqua disse que o clube deve até o início de dezembro estar com o elenco montado para a Divisão de Acesso 2017. O dirigente lembrou que o futebol precisa de receita e por isso é importante que a comunidade participe do Plano de Sócio lançado no último sábado no Parque de Exposições

Vice-presidente de futebol do São Luiz João Bevilaqua no stand do clube na Expo

Wanderley Burmann durante a Expo-Ijuí/Fenadí. A partir da

próxima segunda-feira, o plano será apresentado na região.

Anderson e William brigam em treinamento do Inter O Internacional vai mal na tabela de classificação do Brasileirão onde é o 17º colocado com 33 pontos. No treino de ontem à tarde no Beira-Rio, o meio-campo Anderson e o lateral-direito William brigaram, aumentando os problemas para o técnico Celso Roth. Anderson desferiu um soco em William,

que tentou revidar com um chute. O lateral, sangrando na boca, foi seguro pelos goleiros Danilo Fernandes, Marcelo Lomba, e o meia Seijas. Anderson então foi para o vestiário após ser contido pelo auxiliar técnico Odair Helmann. O técnico Celso Roth na entrevista coletiva à imprensa disse

que não viu o desentendimento. Afirmou que não atrapalha em nada o trabalho de preparação para o jogo de amanhã às 17h em Porto Alegre contra o Flamengo, pela 31ª rodada do Brasileirão. William cumpre suspensão pelo

terceiro cartão amarelo.O meiaatacante Valdívia foi liberado para acompanhar o nascimento do filho. O atacante Vitinho voltou a sentir dores no pé direito e virou preocupação para o jogo diante dos cariocas.

Meia Anderson desferiu um soco no lateral William no treino do Internacional

DE PRIMEIRA

COPA DUNGA A 19ª Copa Dunga de Futebol Sete para Menores tem hoje a partir das 13h30 no campo do Serviço Social do Comércio (Sesc) em Ijuí o encerramento dos jogos. São mais de 1.200 atletas disputando a competição. Até agora foram disputados aproximadamente 200 jogos. Os cerca de 500 atletas envolvidos nas disputas finais foram convidados a levar um quilo de alimento não perecível. O total arrecadado será doado ao programa Mesa Brasil do Sesc. Hoje, decisão do terceiro lugar, mirim,CFE Ijuí x ACF Lukão Lanches; feminino, E.C.Ijuí x Greminho Condor; infantil, Gol de Placa x Escolinha de Futebol; finais, infantil, Greminho Condor x São Luiz; feminino, Fênix Futebol Clube x

São Luiz; e mirim, Cometa Branco x Grêmio Dimicron; quadra sintética, fraldinha, Ajuricaba A x Grêmio Mareli; Ajuricaba B x Grêmio Dimicron; ACF Futsal x Gol de Placa; ACF Floresta Colchões x Ajuricaba A; GBM x Cometa 2008 Vermelho; São Luiz x CFE Ijuí; Escolinha do Sesc x Ajuricaba B e mirim,Cometa Integração x Escolinha do Sesc; quadra de futsal 1, pré-mirim,São Luiz Vermelho x Escolinha do Sesc ; CFE Tricolor x Gol de Placa Dourado; Gol de Placa Laranja x CFE Garra; Cometa 2005 x Ajuricaba A; Grêmio Dimicron x E.C.Ijuí;Grêmio Coimpel x Ajuricaba A; e ACF Farmed x Olinto de Oliveira; quadra de futsal 2, pré-mirim, ACF Casa do Lanche x São Luiz Branco; Cometa 2005 x Olinto de Oliveira; Ajuricaba B x Grêmio Manjabosco; Grêmio Mareli x Escolinha do Sesc; Ajuricaba x Gol de Placa ; ACF x Ajuricaba B e São Luiz x CFE Ijuí.

DISTRITAL A segunda rodada do Terceiro Campeonato Distrital de Futebol de Ijuí será disputada amanhã às 14h45 e 16h30 com estes jogos: campo do Ijuí da Linha 8 Leste, chave A, Santana x Juventude do Rincão dos Goi; e Avante de Arroio das Antas x São José de Alto da União; campo da Linha 11 Norte, chave B, Chorão x Barreiro; e Flamengo da Linha 11 Norte x Flamengo da Vila Santo Antônio.

JOGOS DO SESI As modalidades futebol sete livre e futebol sete master dos jogos do Sesi têm a etapa microrregional hoje no Centro Esportivo Arthur Fuchs do Serviço Social da Indústria em Ijuí. Participarão no futebol sete livre as equipes 3 Tentos de Ijuí, CEEE de Salto do Jacuí e Construtora Cattaneo, de Cruz Alta.Essas três equipes disputarão um triangular. A pri-

meira colocada estará classificada para a Olimpíada Regional do Sesi, na cidade de Santo Ângelo, no dia 30 de outubro. No futebol sete master serão duas equipes, 3 Tentos de Ijuí e CEEE de Salto do Jacuí.Serão disputados estes jogos neste sábado: 14h,livre, CEEE de Salto do Jacuí x Manutec/Pré Moldados Dreffs/ Ombu/ EO da Silva/Metal Ijuí; 15h,livre, perdedor do jogo 1 x Construtora Cattaneo de Cruz Alta; 16h, master, CEEE de Salto do Jacuí x 3 Tentos; 17h, livre, vencedor do 1 x Construtora Cattaneo de Cruz Alta. Hoje das 14h às 18h acontece no Centro Esportivo o Dia Saudável no Sesi. Serão oferecidas atrações como jogos microrregionais do Campeonato de Futebol Sete; e festival de skate nas categorias amador, mirim e iniciante feminino. Também serão disputados jogos de futebol sete (crianças); jogos de voleibol (adultos); jogos de mesa (pinguepongue, dama, xadrez, dominó) e haverá mateada.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

ENERGIA

PCHs recebem licença da Fepam Nesta semana, a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) concedeu licenças prévias à Coprel - Cooperativa de Geração de Energia e Desenvolvimento para atividades de geração de hidroeletricidade, na região Noroeste. As licenças preveem que a localização das estruturas dos empreendimentos não impacte nas paisagens e monumentos naturais do local. Os R$ 90 milhões que serão empregados na implantação dos projetos das Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) Tio Hugo (entre os municípios de Tio Hugo e Ibirapuitã) e Santo Antônio do Jacuí (entre Victor Graeff e Mormaço) chamam a atenção. Ambos os empreendimentos, conduzidos pela Coprel Cooperativa de Geração de Energia e Desenvolvimento, ficarão situados no rio Jacuí,

separados por cerca de 15 quilômetros. A usina Tio Hugo terá uma potência de 8,1 MW, e a Santo Antônio do Jacuí, 5,2 MW. As produções das duas estruturas somadas correspondem a cerca de 0,5% da demanda média de energia elétrica do Rio Grande do Sul. O presidente da Coprel, Jânio Vital Stefanello, enfatiza que a PCH é uma fonte renovável e de menor impacto ambiental em relação a uma hidrelétrica de maior porte ou a uma termelétrica alimentada com combustível fóssil. Um dos diferenciais das unidades é a possibilidade de aproveitar o reservatório já existente de Ernestina, que atende às usinas do Grupo CEEE e à PCH Cotovelo do Jacuí, da Coprel. Essa vantagem melhorará o desempenho dos complexos e

Famurs participa de missão na Europa A Famurs integrará a comitiva gaúcha que realiza uma missão empresarial de uma semana em três países da Europa a partir de hoje. O grupo, que irá participar de reuniões de trabalho na Alemanha, na França e na Itália, é composto por empresários e políticos, entre eles o governador José Ivo Sartori. Também integra a comitiva o coordenador técnico da Federação, Mário Nascimento. De acordo com o presidente da Famurs, o principal objetivo da missão é identificar e prospectar novos negócios em exportação e importação. “Os municípios devem ficar atentos a essas oportunidades de investimento, pois podem trazer grandes retornos e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico das nossas cidades”, destacou Luciano. A expedição começa na Alemanha. Promovido pelos governos federais do Brasil e da Alemanha, o evento também conta com o apoio do governo do Estado e da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs) e

Luciano Pinto

serve de missão preparatória, já que o RS sediará o 35º Encontro, em 2017. Na França, os representantes da Famurs participarão durante dois dias da Feira Sial, em Paris, a maior do mundo no ramo de alimentação e bebida.

diminuirá o impacto ambiental, por aproveitar o alagamento feito anteriormente. Após a emissão das licenças prévias, a cooperativa possui prazo de dois anos para atendimento das exigências dos órgãos ambientais até a emissão da licença de instalação. Stefanello ressalta que, apesar do esforço da atual presidente da Fepam e secretária do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável, Ana Pellini, é preciso melhorar e acelerar o processo de licenciamento das PCHs. O dirigente comenta que o tempo que um empreendimento dessa natureza leva para conquistar a licença prévia não é inferior a quatro anos. O presidente da Coprel adianta que, a partir do início das obras, a conclusão das usinas é rápida, levando menos de 12 meses. A construção das

Jânio Vital Stefanello

estruturas deverá propiciar mais de 350 postos de trabalho.

Região receberá Parque Tecnológico de pesquisa

Um espaço destinado à pesquisa, ao desenvolvimento e à inovação para empresas será o foco do Parque Científico e Tecnológico das Missões, com sede no câmpus da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), em Santo Ângelo. O TecnoURI foi implantado a partir do convênio entre a Universidade e a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, contando com o apoio operacional e o acompanhamento da fiscalização da obra através do corpo técnico de profissionais da 14ª Coordenadoria Regional de Obras Públicas, com sede no município de Santo Ângelo. A Secretaria Estadual de Obras, Saneamento e Habitação cumpre um importante papel para o desenvolvimento do Estado, atuando nas áreas de educação, segurança, saúde, saneamento e habitação popular. Com gestão a cargo da unidade

URI Santo Ângelo, o TecnoURI oferecerá instalações físicas, laboratórios e pesquisadores para o desenvolvimento de tecnologia aplicada para as empresas. Na área física, oferecerá como infraestrutura salas para os empreendimentos, laboratórios, auditório, além de sediar o NITT – Núcleo de Inovação e Transferência Tecnológica, a Incubadora de Empresas URInova e o Polo de Modernização Tecnológica das Missões. A primeira etapa do projeto contou com a liberação de R$ 1,574 milhão em recursos do BNDES, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, destinados à construção da sede e aquisição de equipamentos e mobiliários. A URI, em contrapartida, disponibilizará R$ 515 mil para a infraestrutura externa, como estacionamento e obras no entorno, além de corpo técnico, numa área construída de 1 273, 45 m².

MetSul alerta para onda de temporais no Estado A MetSul Meteorologia emitiu um alerta ontem sobre a perspectiva de chuva e temporais em excesso no Rio Grande do Sul nos próximos dias. Em nota publicada os meteorologistas afirmam que pode haver precipitações em volumes muito altos e até extremos. Ontem a instabilidade de uma trégua na maior parte do Estado. Porém, no fim de semana, a

cmyk

atmosfera volta a se instabilizar e pode trazer chuva até a metade da semana que vem. É possível que ocorram períodos com chuva forte a torrencial em diversas cidades gaúchas já no sábado, 15, e no domingo, 16. Ainda conforme a MetSul, apesar das divergências sobre quais regiões devem ter mais chuva, todos os modelos

numéricos analisados pela empresa mostram um cenário de chuva muito volumosa com acumulados próximos ou acima de 100 milímetros na maior parte dos municípios do Estado. Também não são descartados volumes de 200 a 350 milímetros em pontos do Centro e da Metade Oeste do Rio Grande do Sul. Há risco de alagamentos em zonas

urbanas e rurais, além de cheias em rios com chance até de enchentes. Há a possibilidade de haver intervalos de melhoria entre a sequência de temporais dos próximos dias. Todas as regiões do Estado têm riscos de serem atingidas pela instabilidade, mas a maior ameaça é para o Centro, o Oeste e o Norte do território gaúcho, de acordo com a MetSul.

18

Prof. Dr.

Argemiro Luis Brum Ceema/Dacec Unijuí

A DESGRAÇA POPULISTA (I) Em grande parte da América Latina, incluindo o Brasil, nos últimos anos os governos populistas proliferaram. E os mesmos levaram suas respectivas nações a uma crise econômica sem precedentes. No populismo “...se enfatiza a relação direta entre a cúpula do Estado e as massas populares, mediada pelo desempenho político de um líder carismático, apresentando em geral uma ideologia difusa, onde sua valorização popular pode ser espontânea ou um recurso manipulado por ideologias de direita ou esquerda. (...) O papel do Estado é acentuado como elemento capaz de assegurar a independência nacional, principalmente como instrumento promotor do desenvolvimento econômico, sendo que o Estado deve ser o principal investidor e entidade política capaz de assegurar o desenvolvimento de um capitalismo nacional e autônomo, livre da ingerência externa” (Cf. Sandroni, P. Novíssimo Dicionário de Economia, p. 483). Na prática, o mesmo se constitui em uma desgraça para as economias do mundo, solapando as possibilidades de crescimento e desenvolvimento das nações. Isso porque, geralmente, as pessoas carismáticas que por ele ascendem, não são preparadas em gestão pública. Na maioria dos casos usam o poder para avançar em decisões onde os imperativos ideológicos suplantam facilmente a razão, a ponto de gastarem os recursos públicos muito além das possibilidades existentes no país. O aparelhamento e uso dos órgãos estatais para tal fim tornamse aí uma obviedade que leva à inviabilização dos mesmos e até do próprio Estado. O exemplo mais gritante, na América Latina de hoje, encontramos na Venezuela onde o governo Chavez, seguido agora de Maduro, em 16 anos liquidou a economia de um dos países mais ricos do Continente (a ponto de as seleções estrangeiras de futebol levarem consigo, dentre outras coisas, papel higiênico e água para beber por falta destes produtos). Um regime ultranacionalista, protecionista economicamente e que sacralizou a soberania nacional, prometendo aos cidadãos, através de receitas mágicas, o que não podia cumprir. O resultado é um caos econômico e uma quase ditadura política. Tais receitas simplistas, embora em uma intensidade menor, viu-se em outros países da região e do mundo, inclusive no Brasil. Acreditar em “messias” despreparados, que acabam usando o Estado em benefício próprio e de seu grupo de seguidores, termina sempre em crise. No Brasil, o uso da Petrobrás, do BNDES e do Badesul, no RS, são exemplos concretos de governos que, mesmo tendo boas intenções em alguns momentos, caíram na tentação populista. No caso do Badesul, agora se sabe que mais de R$ 355 milhões foram emprestados com alto risco.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

19

COMANDO ROVOVIÁRIO ESTADUAL

Crise estrutural escancara deficiência da PRE Na última semana, um acidente envolvendo uma Van da Secretaria de Saúde de Ijuí na ERS-233, em Ibirubá, escancarou um grave problema na região, realidade de todo Estado: falta de estrutura da Polícia Rodoviária Estadual. Além de ter que atender em um ponto pertencente a outro Comando Rodoviário, o responsável em Cruz Alta revelou que a unidade, hoje, dispõe de apenas uma viatura por turno para patrulhar mais de 400 km de malha viária. Ainda na madrugada de quinta-feira, por volta das 2h, o policiamento rodoviário de Cruz Alta recebeu um chamado da unidade Tapera. O pedido foi feito, já que o comando vizinho, no momento, não dispunha de efetivo para atender a ocorrência. Cruz Alta teve que prestar o socorro em um choque que deixou, pelo menos, sete pessoas feridas. “Por problemas de

PLANTÃO

ARROMBAMENTO - A Polícia Civil de São José do Inhacorá investiga um arrombamento na noite de quinta-feira. Criminosos arrombaram uma lotérica no município na região de Santa Rosa. A Brigada Militar foi avisada por volta das 3h. Segundo repassado pelo policiamento, o cofre da lotérica foi levado. Os bandidos fugiram em uma caminhonete F-1000. Não há informações sobre quantos assaltantes participaram da ação e nem o valor roubado. Não está descartada a relação do veículo com o que foi roubado de uma propriedade no interior de Ajuricaba. BR-285 - Uma motorista morreu na manhã de ontem em um acidente que ocorreu por volta das 9h30 no km 241 da BR-285, em Ciríaco, no Norte do Estado. A colisão foi frontal e envolveu um caminhão Volvo, com placa de Coronel Freitas (SC), e um Chevrolet Vectra GT-X, com placa de Ciríaco. A condutora do carro, de 31 anos, ainda não teve o nome divulgado. O caminhoneiro, de 28 anos, sofreu lesões e foi encaminhado para atendimento médico pelo Samu. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) ainda apura as causas do acidente e aguarda o laudo do Instituto Geral de Perícia (IGP) para realizar a perícia. O trânsito foi interrompido em parte da tarde.

efetivo, uma realidade do nosso Estado, tivemos que levar nossa guarnição de Cruz Alta para atender o acidente, haja vista que Tapera está com pouca gente para se deslocar”, revelou o sargento Alcione Malheiros, comandante da PRE Cruz Alta, que usando o espaço da Rádio JM, pediu paciência para os usuários das rodovias estaduais da região, em caso de necessidade. “A gente pede uma compreensão para àqueles veículos que, porventura, necessitem de atendimento, que muitas vezes a gente acaba demorando em chegar ao local pelo fato de termos apenas uma guarnição para atender”. Segundo alertado pelo sargento Malheiros, só na área de Cruz Alta, são doze municípios distribuídos em uma circunscrição de mais de 400 km. “Estamos atendendo toda essa área e prestamos esse apoio a Tapera e Soledade. Imagina: estamos

lá em Soledade, atendendo um acidente, aí temos que atender uma ocorrência em Ijuí. O trajeto é longo”, alarma o sargento. Questionado sobre a situação envolvendo esse déficit, o sargento Malheiros voltou a lamentar ao expor a realidade do comando local e vizinho. “A situação em Tapera é muito pior. Lá eles têm, normalmente, um policial de serviço. Ou seja, dá uma ocorrência, eles precisam solicitar apoio para nós. É bem complicado. Anteriormente tínhamos bastante efetivo e dávamos uma resposta rápida. Hoje a realidade é muito diferente. Muitas vezes, em acidentes só com danos, a gente nem consegue atender por estar em outro atendimento”. A Polícia Rodoviária Estadual toma conta de uma área que (de baixo para cima) sobe do Salto do Jacuí e faz a região de Ijuí, Joia, Augusto Pestana, Ajuricaba e Catuípe.

SSP e PF firmam parceria no Rio Grande do Sul Uma parceria firmada ontem entre os órgãos da Segurança Pública do Rio Grande do Sul e a Polícia Federal possibilitará troca de informações entre as instituições. O acordo bilateral foi assinado no Palácio Piratini, em Porto Alegre, e tem uma vigência de cinco anos. Assinaram o documento o governador José Ivo Sartori e o diretor-geral da PF, Leandro Daiello Coimbra. A intenção é ampliar a coleta e uso de dados nas atividades de inteligência e de investigação, fortalecendo o combate ao crime. O documento prevê que a PF tenha acesso ao sistema Consultas Integradas, o banco de dados que reúne informações das instituições da Segurança Pública do Estado. Em contrapartida, a PF também dará a servidores estaduais, previamente escolhidos, o acesso às informações nacionais

sobre foragidos, estrangeiros e armamento. No ato, Sartori disse que o objetivo é trabalhar em conjunto para aumentar a sensação de segurança e reduzir os índices de criminalidade. “Todos nós estamos aprendendo a trabalhar coletivamente. A necessidade nos obriga a fazer assim, trabalhar juntos. Juntos, vamos diminuir a sensação de insegurança”, afirmou. O secretário estadual da Segurança Pública, Cezar Schirmer, também estava presente na solenidade, e comemorou o acordo. “Com a escassez de recursos financeiros e de recursos humanos, cada vez é mais necessário trabalhar de forma integrada e cooperada. O poder público, unido, passa a oferecer melhores condições de segurança à população”.

Pelo acordo, a SSP possibilita que a PF acesse o banco de dados de informações

Polícia Rodoviária Estadual de Cruz Alta sente os reflexos da crise no Estado

Operação contra o tráfico prende nove na região

Operação Scanner apreendeu drogas, celulares e dinheiro

Nove pessoas foram presas em uma operação da Polícia Civil contra o tráfico de drogas deflagrada na manhã de ontem em Sobradinho, no Vale do Rio Pardo, e em Salto do Jacuí. Na ação, batizada de Scanner, foi apreendida cocaína, maconha, crack, celulares e dinheiro. Entre os presos, estão seis homens e três mulheres. Dois mandados de prisão preventiva foram cumpridos em Salto do Jacuí, e os outros sete em Sobradinho. A investigação iniciou no último mês de maio. A delegada Graciela Forest, que comandou a operação, observa que a maioria dos detidos já havia passado pelo sistema criminal

anteriormente. “Quase todos têm antecedentes, inclusive por tráfico. O grupo era organizado e atuava no tráfico de drogas na região”, conta a delegada. Os presos foram encaminhados ao Presídio Estadual de Sobradinho. Eles devem responder pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e por formação de organização criminosa. Cerca de 40 policiais participaram da operação, que contou com o apoio de agentes de Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires, Candelária, Arroio do Tigre, além de Salto do Jacuí e Sobradinho.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

3ª DELEGACIA PENITENCIÁRIA

Todas as casas da região estão lotadas, diz diretor

O déficit de vagas no sistema prisional chegou de vez na região da 3ª Delegacia Penitenciária Regional. Segundo confirmado pelo delegado penitenciário Jair Felix, todas as 10 casas abrangidas pela 3ª DPR estão com o problema que é a tônica no âmbito carcerário no País. O delegado Jair, no entanto, lembra que mesmo diante dessa realidade, a região é uma das "mais tranquilas" no quesito, quando comparada às demais. Recentemente o Superior Tribunal Federal manteve o entendimento sobre a possibilidade da decretação de prisão de condenados após julgamento em segundo grau. O tema segue reverberando e o principal argumento da parcela da sociedade que questiona tal medida, é justamente a falta de vagas. Em Ijuí, por exemplo, a ocupação das casas está acima da capacidade, e ainda dessa forma, é considerado "cômoda". "Nossa região ainda, pode-se dizer, cômoda. Estamos com todas as casas acima da lotação, mas não superlotadas. Usamos o exemplo clássico, aí, que é a Modulada. No Estado, temos algumas casas nos mesmos moldes dessa, com capacidade para 500 presos e

20

Susepe confirma "herança" das Olimpíadas Na próxima segunda-feira, uma reunião, encabeçada pela Susepe, envolvendo todos os delegados penitenciários deverá consolidar uma parceria. Unidades prisionais do Estado deverão receber materiais de segurança herdados dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pelo delegado penitenciário da 3ª região, Jair Félix. Na última semana, os diretores das Casas Prisionais da região estiveram em Santo Ângelo, na sede da 3ªDPR para levar as demandas, no que diz respeito às respectivas necessidades. Segundo confirmado pelo delegado Jair,

raquetes, portais, viaturas entre outros pontos deverão agregar o quesito estrutural das casas. Entre as principais demandas, o diretor, em entrevista concedida ao Grupo JM, listou além dos equipamentos básicos de segurança dentro dos presídios, lembrou a situação envolvendo as viaturas. "Temos diversos veículos, mas boa parte deles já apresenta os defeitos decorrentes do uso intenso. Seriam muito bem-vindos veículos novos ou uma possibilidade de manutenção dos atuais", revelou. No decorrer da próxima semana, cada uma das casas deverá ter conhecimento do que poderão arrecadar.

Mesmo com a capacidade excedida, Modulada é "cômoda", diz o diretor

hoje estão com 1,2 mil pessoas", ressaltou Jair Félix. Segundo levantado pela reportagem do Grupo JM, ontem, a Penitenciária Modulada de Ijuí operava com 601 apenados contra uma capacidade de 470. Já no Instituto Penal são cerca de 80 vagas para uma ocupação total de 141 presos. Dentre as casas da região, a que inspira mais cuidado é o Presídio Estadual de Santa Rosa. "Mesmo assim, a gente está conseguindo manter um padrão. É preocupante e estamos aguardando definições em nível de Susepe. Enquanto isso, estamos trabalhando da maneira

que dá", acrescentou o delegado que destacou uma postura adotada pela 3ª DPR: "Estamos evitando a vinda de presos da região Metropolitana que têm um perfil bastante diferente do nosso da região. O interior tem outro perfil de presos, não adianta. Temos presos perigosos, temos, mas ainda não temos facções e nem grupos formados. Nossa maior preocupação é quando vem e começam a formar raízes. Esse é o receio". A região penitenciária é formada, além de Ijuí (2), por Santo Ângelo (2), Cerro Largo, Santa Rosa, Santo Cristo, São Luiz Gonzaga, Três Passos.

Jovem é baleada dentro de casa em Ijuí Uma casa foi alvo de roubo na tarde de ontem, no bairro Assis Brasil, em Ijuí. A ocorrência teria acontecido onde uma jovem ficou gravemente ferida após ser baleada. Até o fechamento da edição, ninguém

cmyk

havia sido preso. Segundo revelado por vizinhos, dois homens, a pé, chegaram até uma casa na Rua Sepé Tiarajú, aos fundos do Campo do Gaúcho. No local, renderam uma jovem e subtraíram uma

motocicleta, um notebook, um celular e outros objetos de valores. Uma suposta discussão teria resultado em um disparo de arma de fogo contra a jovem de 15 anos que teve ferimentos na cabeça. Segundo revelado pelos vizinhos, ele teve "forças" para ir até uma casa da esquina e pedir socorro. Pouco tempo depois, a motocicleta Honda Biz, vermelha, placa de Itaqui, foi localizada no bairro Colonial. O caso será investigado pela Polícia Civil.

A Modulada já conta com equipamentos, oriundos de outro evento, a Copa do Mundo


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

OUTUBRO ROSA

Acadêmicas de psicologia auxiliam trabalho da Liga

O movimento conhecido como Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. Adata é celebrada anualmente com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama e promover a conscientização sobre a importância da detecção precoce da doença. A Liga Feminina de Combate ao Câncer de Ijuí é uma associação civil, sem fins lucrativos, de caráter beneficente, de assistência social e promoção de saúde, promove somente trabalho voluntário. A Liga de Ijuí esta localizada na Rua 20 de Setembro, nº 31, Centro. Prestando atendimentos de segunda a sexta-feira, das

14h às 17h. Seus principais objetivos são dar assistência e apoio ao paciente portador do câncer e também aos seus familiares; conscientizar e educar a população visando à prevenção do câncer e por fim auxiliar os hospitais de Ijuí, prestadores de serviço na área oncológica. A Liga de Combate ao Câncer de Ijuí realiza visitas de apoio a pacientes e familiares nas residências e hospitais, presta assistência e auxilio na compra de medicamentos, materiais e alimentos especiais, fraldas e roupas, cestas básicas e apoio psicológico através do trabalho das estagiárias do curso de Psicologia da Unijuí. Em razão do Outubro Rosa neste mês a Liga trabalha em prol da conscien-

LUIZ KINALSKI

Como o tempo passou depressa! Já faz três anos desde que você se foi... No entanto, pequenas coisas, todos os dias, nos mostram que em nossos corações você não morreu! Você Luiz era tão simples, alegre e bondoso, que ninguém consegue esquecer aquele brilho dos seus olhos e o sorriso sempre presente, mesmo nas horas de dor e sofrimento. Estará conosco para sempre Luiz, através das boas lembranças e dos ensinamentos que deixaste em nossas vidas!

SENAC - A fim de fortalecer o vínculo entre os estabelecimentos e seus clientes, o Senac Ijuí oferece aos empresários da região a palestra Atendendo Melhor - #eucomproaqui. Ministrada pela coordenadora do curso Técnico em Administração Cláudia

Guimarães Scherer, a atividade acontece nos dias 25 de outubro, 1º de novembro e 8 de novembro, às 7h45, no Sindilojas Noroeste (rua 15 de Novembro, 275, 7º e 8º andares). Mais informações podem ser obtidas através do telefone (55) 3332-7022.

TERESINHA ORTMANN *08/10/1951 +26/09/2016

Lori cultiva a árvore há 47 anos, desses, em 35 deu frutos

tização e prevenção sobre o câncer de mama, prestando apoio aos pacientes e seus familiares. "Convidamos a comunidade a conhecer a Liga de Combate ao Câncer de Ijuí e o trabalho desenvolvido pelas voluntárias", convida a

voluntária Iria Cunegatti Aos pacientes e familiares que tiverem interesse em conhecer o trabalho desenvolvido pelas estagiárias de psicologia da Unijuí é possível agendar horário por meio do telefone 3333-3944.

com a programação e os tradicionais laços cor de rosa, símbolo da ação. “É importante que tenhamos iniciativa no nosso bairro, notamos que muitas mulheres ainda não estão cientes desta campanha, nos surpreendeu que muitos homens tenham parado para escutar. Aqui no ginásio temos visibilidade, pessoas passam por aqui o tempo todo", destacou Salete, coordenadora do Clube. As mulheres do Clube fizeram uma atividade em prol do Outubro Rosa

EM MEMORIA AO 3º ANO DE FALECIMENTO

SERVIÇOS

PARTICIPACAO DE FALECIMENTO E CONVITE PARA CULTO

Mães do bairro São José promovem ação Na última terça-feira aconteceu no Clube de Mães do São José, na sede no ginásio do bairro, uma mobilização alusiva ao Outubro Rosa. O Clube é composto por 16 mulheres, que se solidarizaram com a causa e tomaram a iniciativa de mobilizar pedestres e condutores que passavam na Rua Bento Gonçalves. Na ocasião, foi feita distribuição de folhetos

21

PARTICIPAÇÃO DE FALECIMENTO E CONVITE PARA CULTO PELA FAMÍLIA ENLUTADA Filho Jeferson e nora Keli. Esposa Vera e seus filhos Iris Cristina, Roberto Viliam e Juliana com pesar participam o falecimento de JUAREZ FRANCISCO PELISSON *14/10/1959 +08/10/2016 “A saudade eterniza a presença de quem se foi. Com o tempo essa dor se aquieta. Se transforma em silêncio que espera, pelos braços da vida, um dia reencontrar.” P. Fábio de Melo

Homenagem da esposa Geneci, filhos, noras e netas.

Outrossim convidam para culto a ser realizado hoje, às 20 horas na Igreja O Caminho Santo, no endereço Rua Miguel Marques, 275 - Thomé de Souza.

Ijuí, 15 de outubro de 2016.

Ijuí, 15 de outubro de 2016.

Mãe que me carregou no ventre e me aqueceu com seu calor. Mãe que me deu a vida e me sustentou com seu amor. Quando você partiu, eu senti a solidão. Nem todas as lágrimas do mundo puderam encher o vazio que senti em meu coração, tudo ficou triste, tudo ficou frio. O passado se revelou num instante e em todos os momentos de minha vida percebi que você nunca esteve distante, seu amor sempre esteve comigo no passado, seu amor preenche o vazio no presente e sua presença sempre estará comigo no futuro. Hoje eu carrego em meu coração uma parte de ti e mesmo sendo uma parte, eu me sinto completo, pois nela está impressa a lembrança do amor verdadeiro. A doce lembrança do amor de minha Mãe! O filho Tarcio, nora Catia e esposo Adir convidam para culto a ser realizado amanhã, dia 16 de outubro, às 9h na I E C L B do Itaí. Ijuí, 15 de outubro de 2016.

PARTICIPAÇÃO E CONVITE PARA MISSA DE 5º ANO DE FALECIMENTO OLMIRO THOMÉ DA CRUZ *03/07/1932 +16/10/2011

Pai, a sua ausência deixa saudade, mas não apaga a admiração e o amor que compartilhamos contigo. Teu exemplo nos seguirá para sempre. É difícil viver sem você ao nosso lado, o que nos conforta é saber que estás ao lado de Deus Pai. Convidamos para a missa de 5º ano de falecimento que será celebrada hoje, às 19 horas, na Matriz da Natividade. Esposa Olinda, filhas Loreni e Roseli, genros César e Emiro, netos Jean, Bárbara, Bruno e Leonardo. A família agradece. Ijuí, 15 de outubro de 2016.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

HÁBITOS

Horário de Verão tem impactos na saúde

Amanhã começa o horário de verão. Isso significa que à 0h de domingo, todos os relógios nas regiões Sul, Sudeste e CentroOeste devem ser adiantados em uma hora. A mudança pode ter impacto sobre a saúde dos brasileiros. E uns sentem mais o impacto do que outros. Mas há o que fazer para diminuir o desconforto. De acordo com Andrea Bacelar, neurologista e membro da

Diretoria da Associação Brasileira do Sono (ABS), o corpo se acostuma com cerca de 15 minutos de alteração em seus horários a cada dois ou três dias. Dessa forma, o ideal é que os mais sensíveis já comecem a mudar seus horários para encaixar esses 60 minutos de alteração nos dias que antecedem a mudança. Assim, na segunda-feira, primeiro dia útil do novo horário, o sofrimento é menor. “Mas nesta pri-

meira semana, é inevitável que as pessoas durmam um pouco menos”, diz Andrea. A boa notícia é que, mesmo para aqueles que não conseguirem antecipar a adaptação, em oito ou 12 dias, todos os 60 minutos de alteração terão sido absorvidos pelo corpo. Uma das dicas é manter a rotina e a regularidade de seus hábitos tanto durante a semana quanto no fim de semana.

Obra do Caps será concluída em maio

Caso suspeito de Dengue alerta gestores O verão se aproxima e com ele o retorno do mosquito Aedes aegypti, um dos grandes problemas de saúde pública, uma vez que o vetor é responsável por transmitir, além da Dengue, a Zika e a Chikungnya. E é exatamente nesta terceira doença que as atenções da Vigilância Ambiental estão concentradas. De acordo com Ortiz Junior, integrante da pasta, trata-se de uma doença nova no Estado, causadora de dor nas articulações, podendo deixar a pessoa imóvel por um período, que pode ser de até 12 meses, e ainda não se sabe quais as consequências para o corpo humano. Porto Alegre já tem 70 casos confirmados de Chikungnya. O alerta para o combate ao mosquito no âmbito do Município foi aceso ontem, com a chegada de uma notificação de um caso suspeito de Dengue. “É início de temporada, o que nos deixa mais atentos. Claro que a suspeita não significa que seja efetivado alguma coisa nesse sentido, mas é importante que é em nossa rede e o início do processo é através dos médicos que nos colocam como está a realidade”, explica Ortiz. Além disso, ele reforça a importância do combate ao mosquito também para evitar a Zika, doença também considerada problema de saúde pública pelo

Ortiz Junior

Ministério da Saúde. “Nós ainda não temos uma noção em nível de Brasil o que isso significará para as gestantes e para essas famílias futuras, essas crianças que forem atingidas pela microcefalia”, argumenta. Todos esses aspectos estão sendo abordados com os agentes de saúde e os agentes epidemiológicos. Para elucidar tanto os profissionais quanto à comunidade, a Vigilância confeccionará algumas cartilhas. “Isso tudo em função daquela velha questão que viemos falando, que é o combate ao Aedes aegypti”, finaliza.

Unimed oferece Clube de Vantagens Os beneficiários da Unimed Noroeste/RS encontram uma novidade ao visitar a Expo-Ijuí/Fenadi 2016. A cooperativa médica está divulgando o programa Clube de Vantagens, através do qual oferece aos seus clientes descontos diferenciados em compras realizadas nos estabelecimentos credenciados. O cadastramento para o programa está sendo realizado no Espaço Unimed pelo setor de Relacionamento com o Cliente e pelo Departamento Comercial.

O Clube de Vantagens contempla os clientes Unimed do RS, sendo iniciativa da Federação Unimed/RS. O superintendente da Unimed Noroeste/RS, médico Leandro Zambon, destaca que a proposta fortalece o vínculo entre a cooperativa e seus clientes. “A Unimed é uma marca reconhecida na assistência à saúde, proporcionando acesso a serviços diferenciados e promovendo a qualidade de vida. Agora, o cliente Unimed conquista uma vantagem a mais”.

A obra totalizará R$ 1,5 milhão e o prazo de conclusão é maio de 2017

O prefeito Fioravante Ballin visitou a obra do Centro de Atenção Psicossocial (Caps 2) Colméia, localizado ao lado do ESF da Assis Brasil. Também participaram da visita, a secretária Municipal de Saúde (SMS) Márcia Boniatti, a re-

cmyk

presentante da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde Marlene Keifert, o coordenador do Caps 2 Cristino Rasia, e demais integrantes dos órgãos citados, bem como representante da Construtora LF, responsável pela obra.

A obra totalizará R$ 1,5 milhão e tem como prazo de término o mês de maio de 2017, sendo que está com 20% executada. Serão 840 metros quadrados para atendimento dos pacientes que hoje chegam a 850 pessoas.

22

O programa abrange fornecedores em diferentes categorias de consumo


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 15 e 16 de outubro de 2016

23

Memória JM CARA OU COROA

Notícias de outubro de 1981

Armindo Pydd

É PARECE MAS NÃO **Em 1981, 44% da população mundial vivia em pobreza extrema. Agora a parcela seria inferior a 10%.Durante toda a história da espécie humana até a década de 60 a maioria dos adultos era analfabeta. Agora 85% dos adultos do mundo inteiro sabem ler e escrever. A ONU pretende erradicar a pobreza extrema até 2030 e especialistas acreditam ser isto possível. **O número de pessoas vivendo na extrema pobreza caiu pela metade em 20 anos e o número de crianças pequenas que morrem foi reduzido em seis milhões de vidas por ano graças a vacinas, aleitamento materno, remédios para pneumonia, diarreia etc.

Um grande público já passou pela Expo-Ijuí A 1ª Exposição Feira Industrial e Comercial de Ijuí (Expo-Ijuí) superou as expectativas, podendo se afirmar que a promoção é um sucesso, tanto pela presença de público, como pelos negócios. Até ontem, dia 16 de outubro, 75 mil pessoas já tinham comparecido ao Parque Regional de Feira e Exposições Assis

Brasil, enquanto o volume de negócios concretizados estava ultrapassando a expressiva cifra de R$ 150 milhões. O prefeito Wilson Mânica destacou o apoio de sua administração à iniciativa e anunciou que o Executivo havia decretado a oficialização da Expo-Ijuí, de dois em dois anos.

Lions - O governador do Distrito L-9 do Lions , Flammarion da Silva e Souza, realizou visita oficial ao Lions Clube de Ijuí, participando de reunião com os dirigentes e membros desse clube de serviço. Ao meio-dia foi homenageado com um almoço. Flammarion da Silva e Souza está ocupando a governadoria pela segunda vez, tendo sido o primeiro presidente do Distrito L-9.

**Nicholas Kristof, no The New York Times cita pesquisa realizada pela Motivaction e salienta que apenas 1% dos norte-americanos e o mundo inteiro acredita nestes dados que são reais. Assim apesar de parecer o contrário, o sofrimento humano está em declínio e até a desigualdade está diminuindo. Assim se confirma o parecer SQN. Só Que Não. **1,5 mil obras públicas inacabadas no Brasil no valor máximo de até 10 milhões estão na prioridade do Ministério do Planejamento. Só tem um probleminha, de onde virá o dinheiro? **No RS 37% dos prefeitos em primeiro mandato não buscaram a reeleição. Motivos principais: judicialização das administrações e demandas impossíveis de atender. **Túnel do tempo; as medidas propostas pelo ministro da Fazenda Meirelles e apoiadas por Temer são semelhantes àquelas que Joaquim Levy da Fazenda de Dilma propunha e não foram adiante. **São 22,7 milhões e não 12 milhões os brasileiros que ou perderam o emprego, ou estão subocupados ou estão na força de trabalho disponível. É o retrato verdadeiro do drama. **Após o PDV (plano de demissão voluntária) da Petrobras, agora vem o PDV do Banco do Brasil que deseja atingir a meta de 18 mil desligamentos de funcionários.

O vice-governador foi recebido nos estandes das empresas

Pedra fundamental é lançada na Expo-Ijuí "É fundamental que as empresas de Ijuí se revitalizem e retomem o caminho do progresso". Essa é uma afirmação do presidente da Associação Comercial e Industrial de Ijuí feita por ocasião da solenidade de lançamento da pedra fundamental da nova sede da entidade. Bruno Alberto Hass destacou ainda que o dia foi de "festa dupla", porque além daquela solenidade a ACI é uma das patrocinadoras da 1ª ExpoIjuí, que há aquela altura já tinha seu êxito assegurado.

A solenidade de lançamento da pedra fundamental

**Mostrar o Museu Antropológico da Unijuí é sempre um programa bom para visitantes. Visitar a Usina Velha infelizmente não. Está descuidada e às margens da estrada, para chegar lá são uma sucessão de depósitos de lixos clandestinos. **Está terminando a Expo-Ijuí/Fenadi da crise. Nas circunstâncias atuais é novamente um sucesso. Muitos ainda não a visitaram. Trata-se de uma das cinco melhores feiras do Brasil . **Uma pergunta: você está entre os que acreditam que o mundo está melhorando, inclusive aqui entre nós em Ijuí?

A coleção completa do JM está disponível para pesquisa no Museu Antropológico Diretor Pestana

CONCURSOS PREFEITURA DE GARIBALDI A prefeitura de Garibaldi, no Estado do Rio Grande do Sul, com a assessoria técnica da Fundação La Salle, iniciou as inscrições ao concurso público edital nº 01/2016, destinado ao

preenchimento de 110 vagas para candidatos com formação escolar fundamental, médio, técnico e superior. As inscrições poderão ser feitas até o dia 19 de outubro de 2016, pelo endereço eletrônico da organizadora: www. fundacaolasalle.org.br/concursos. A taxa de inscrição varia de R$ 50,00 a R$ 100,00. O concurso terá aplicação de provas objetivas para todos os candidatos, mais prova de títulos para os cargos de nível superior. PREFEITURA DE LAGOÃO Estão abertas as inscrições ao concurso público da prefeitura de Lagoão,

Entrega - Dentro da programação da Expo-Ijuí, o Executivo Municipal entregou novas quadras esportivas à comunidade ijuiense. Foi inaugurada a quadra do bairro Jardim, a quadra esportiva de Santa Lúcia e a quadra do Parador. Título - Dentro da programação da 1ª Expo-Ijuí realizou-se no Parque de Exposições Assis Brasil, a solenidade de entrega de títulos de Cidadão ijuiense a 47 pessoas da comunidade, outorgados pelo Executivo municipal. Na ocasião, o prefeito Wilson Mânica expressou a satisfação e o reconhecimento do poder público aos homenageados, destacando a contribuição deles ao desenvolvimento de Ijuí. Após a solenidade, teve lugar o show das origens, com apresentações do Coral Municipal e de grupos folclóricos alemão, italiano e polonês do interior do município.

interior do Rio Grande do Sul, sob a execução técnico-administrativa da empresa Objetiva Concursos. O edital n° 001/2016, que foi retificado, informa que o Município pretende preencher 80 vagas mais cadastro reserva de nível fundamental, médio e superior. O vencimento é de até R$ 8.454,24, com carga horária que varia entre 20 e 40 horas semanal. De acordo com a retificação do edital, as inscrições via internet poderão ser realizadas até o dia 23 de outubro de 2016, pelo site www.objetivas.com.br. As taxas variam de R$ 60,00 a R$ 300,00 de acordo com o cargo escolhido.

cmyk


WWW.JMIJUI.COM.BR

BANDAS NO PARQUE

PREVENÇÃO

Bandas Marciais das escolas da rede pública municipal, estadual e privada desfilaram nas ruas do Parque de Exposições Wanderley Burmann, na tarde de ontem | 7

O Clube de Mães do bairro São José mobilizou motoristas e pedestres na campanha do Outubro Rosa, nesta semana | 21

Jornal da Manhã e Rede Clip entregam prêmios Cinco alunos que participaram da Mostra de Desenhos do Dia das Crianças foram sorteados e receberam vale compras. | Caderno Dois

Campeonato Distrital tem a disputa da segunda rodada Jogos serão realizados amanhã nos campos do Ijuí da Linha 8 Leste e do Flamengo da Linha 11 Norte.Competição de futebol envolve equipes do interior de Ijuí | 17

EDITORIAL | 6 O cenário que aponta em Ijuí com relação aos dados de emprego antecipa um dos principais desafios da próxima administração.

cmyk

Sitepaginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you