Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

Centelha da Chama Crioula chega a Ijuí

Ano 43 - Nº 338

R$ 3,00

Justiça ordena Daer recuperar ERS-342 Estado foi condenado a restaurar e manter trecho entre Ijuí e Catuípe. | 18

Bira quer gerir melhor a iluminação pública

Emissão de notas tem novas regras

Confiança retorna às lavouras de trigo no RS

Candidato participou ontem do Palanque JM. | 15

Decreto objetiva melhora no setor de tributos. | 3

Rentabilidade deve acompanhar projeções. | 11

Chama ficará no CTG Velho Vargas até início da Semana Farroupilha | 4

cmyk


RADAR AVALIAÇÃO - A Editora Abril divulgou os resultados da última avaliação do Guia do Estudante nesta semana. E, novamente a UNIJUÍ obteve excelente desempenho na avaliação dos cursos superiores. Um total de 24 cursos foram avaliados, contemplando os Campi de Ijuí, Panambi, Santa Rosa e Três Passos, recebendo 3 e 4 estrelas, numa escala de 1 a 5. Com destaque para os cursos de Administração (Campus Ijuí), Pedagogia (Campus Ijuí e Santa Rosa), que obtiveram 4 estrelas na avaliação. SAÚDE - Quem precisa ou precisou de exames médicos com urgência, pela rede pública de saúde, sabe da angústia. A Federação das Associações de Municípios, Famurs, revelou em 2015 os resultados de um levantamento feito no Rio Grande do Sul. O Estado gaúcho acumula 250 mil pedidos de consultas, exames e cirurgias pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Conhecer essas demandas e traçar o seu perfil é fundamental para construir políticas públicas eficientes. PALESTRA - Em comemoração ao Dia do Administrador, foi realizado na quintafeira, o I Encontro Multicampi dos Estudos de Administração da Unijuí – Emead, promovido pelo Curso de Administração em pareceria com o Sindilojas. No encontro, realizado no Salão de Atos do Campus Ijuí, o sócio-diretor da empresa Rola Moça, Alexandre Dullius, contou a sua trajetória profissional, quando começou como representante comercial, até o momento de realizar o sonho de ter seu próprio negócio. APLICATIVO - Já estão disponíveis os aplicativos para os sistemas Android e IOs, que permitirão a qualquer cidadão denunciar casos suspeitos de prática de caixa 2 eleitoral. O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, destaca que neste ano de eleições municipais, mais do que nunca, os eleitores devem estar atentos às campanhas promovidas pelos candidatos. Além do aplicativo, a OAB lançou também um hotsite com informações sobre a campanha, que também servirá de canal para o recebimento de denúncias, que serão encaminhadas aos Tribunais Regionais Eleitorais. O endereço é www. contraocaixa2.oab.org.br. A campanha em redes sociais usará o selo #contraocaixa2.

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

OLHO DA RUA INDICADORES Poupança 9.9.2016 .........................0,7159 % Ouro 9.9.2016......................... R$ 138,60 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,2776 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,2782 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,2100 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,4200 Euro (compra) .............................. R$ 3,6796 Euro (venda) ................................. R$ 3,6802 IPC/FIPE Ago/2016 .............................0,311% IGPM Ago/2016 ................................... 0,15% INPC/IBGE Jul/2016 .............................0,64% IPCA Jul/2016 ......................................0,52% IGP-DI-FGV Agost/2016.........................0,43% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144 *valores acima de R$ 300,00

LOTERIAS Prática recorrente no Município, os moradores aproveitam o tempo favorável para limpar a sujeira que fica depositada sobre os bueiros. Com atitudes simples como estas, grandes transtornos como alagamentos de casas e ruas podem ser evitados em dias chuvosos.

ENTRE ASPAS "Os integrantes da Corte estão sendo usados como alavanca para resolver pretensões salariais de outras categorias. Nós devemos ter pelo menos essa consciência de que nós estamos sendo usados como interessados numa gratificação, numa vantagem que nós necessariamente não pedimos, mas que está sendo forçada para atender a outros pleitos", disse o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes. "No ano passado, o Executivo reduziu em 6,9% os gastos de custeio em relação ao ano anterior, mas essa redução precisa ser permanentemente intensificada”, disse o secretário adjunto da Fazenda, Luiz Antônio Bins. "Eles sentem e sentiram muito essa situação, mas se sobressaíram. Dedico essa vitória a eles, em primeiro lugar, mas aos torcedores em paralelo", disse o treinador do Internacional Celso Roth. "Racionaliza a estrutura dos ministérios e vai atender ao anseio de uma gestão pública capaz de corresponder às necessidades e apelos por uma administração mais enxuta e eficiente", disse a líder do governo no Congresso, a senadora Rose de Freitas (PMDB-ES), sobre a redução de ministérios. "Não acredito que tenha ocorrido seletividade nas investigações da Lava Jato. Há denúncias contra pessoas de todos os partidos. Claro, têm que ser comprovadas com o devido processo legal", disse o advogado da ex-presidente Dilma Rousseff, José Eduardo Cardozo (PT), que recorreu no STF contra a votação do impeachment no Senado.

MUTIRÃO - Servidores do ambulatório do bairro Assis Brasil convidam a comunidade para se juntar a eles neste sábado, em um mutirão de prevenção à Dengue que irão promover no Cemitério Municipal. A ação será das 8h às 13h, e o principal objetivo é eliminar possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti. FEIRA COLONIAL- A Emater de Bozano promove hoje a Feira de produtos Coloniais, Hortigranjeiros e Artesanato com Café Colonial, das 9h às 21h, na Casa Colonial de Bozano. Na oportunidade, haverá, na parte da tarde, a participação de artistas locais e também será realizado o desfile Cívico e Farroupilha. Toda a comunidade de Bozano e região está convidada participar das festividades.

cmyk

2

Getúlio

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º 2º 3º 4º 5º

-

6.413 8.961 4.781 8.357 3.678

LOTOFÁCIL CONCURSO nº

1409

01 02 04 06 07 08 11 12 14 16 17 19 22 24 25 QUINA

CONCURSO nº

4179

05 11 26 37 58 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

TOMÓGRAFO COMPUTADORIZADO

HCI tem equipamento de última geração O Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) tem o mais novo tomógrafo computadorizado da região Noroeste, trata-se do Alexion Advance Edition TSX-034A de 16 canais, incrementando o parque tecnológico da Instituição. O aparelho é capaz de realizar imagens em alta definição de todas as partes do corpo em poucos segundos, o que possibilita o diagnóstico rápido e preciso de muitas doenças nas áreas de oncologia, neurologia, vascular, medicina interna, traumatologia entre outras. Conforme explica o médico radiologista do HCI Imagem André Frizzon, com este novo tomógrafo é possível realizar exames de diferentes pacientes de forma simultânea, capacitando ainda mais essa instituição para receber pacientes politraumatizados por vezes com múltiplas vítimas. “Nestes casos o diagnóstico correto faz ainda mais diferença, pois a correta interpretação das imagens poderá indicar e orientar procedimentos cirúrgicos e ganhar minutos preciosos para salvar vidas” explica. Outro destaque importante é a utilização do equipamento orientar procedimentos percutâneos e pouco invasivos como as biópsias. Nesses casos, utiliza-se o tomógrafo em procedimentos de coleta de material de pequenos nódulos no pulmão, pâncreas e coluna, sem a necessidade de procedimentos cirúrgicos com-

Diretoria e profissionais do Hospital na inauguração do equipamento

plicados. Na maioria das vezes o paciente retorna para casa em poucas horas após a realização do procedimento, sem a necessidade de internação. “Um outro diferencial desses novos equipamentos é a capacidade de realizar ótimas imagens com baixas doses de radiação, um ponto muito positivo e em sintonia com a expectativa de vida e longevidade das nossas gerações”, disse o especialista. O presidente do HCI Cláudio Matte Martins acredita que a sobrevivência dos hospitais filantrópicos passa pela constante renovação do parque tecnoló-

PróAudi realiza curso inédito na região Noroeste A PróAudi de Ijuí promove, nos dias 15 e 16 de setembro, no auditório do Sindicomerciários, encontro internacional de atualização em Estimulação Auditiva e de Linguagem. Ministrado pela fonoaudióloga Marcela Barros, da Argentina, profissional conhecida internacionalmente e especialista em Reabilitação Auditiva, o curso é dividido em dois módulos. "É uma profissional muito importante na área da fonoaudiologia e da reabilitação auditiva, tem experiência internacional na adaptação de aparelhos, e faz muitos anos que ela se dedica exclusivamente à reabilitação. É uma oportunidade excelente para as pessoas se atualizarem do que existe de melhor no mundo da reabilitação auditiva", explica a fonoaudióloga da PróAudi, Simone Comerlato. O dia 15 é destinado aos profis-

sionais da fonoaudiologia, que se dedicam a reabilitação de estimulação de linguagem e fala, e demais profissionais das áreas da saúde e da educação especial. "O curso traz uma atualização no que se refere ao desenvolvimento de fala, de linguagem e das funções auditivas, importantes para o aprendizado das crianças usuárias de aparelhos e de implantes", destaca Simone. O dia 16 é dedicado aos pais de deficientes auditivo. No entanto, Simone conta que também estão recebendo inscrições de professores e fonoaudiólogos. "Nesse dia o enfoque é destinado aos pais, como que eles podem ajudar sua criança que está em desenvolvimento", acrescenta. O curso é ministrado pela primeira vez no interior do Estado. As inscrições podem ser realizadas na PróAudi ou pelo telefone 3332 5222.

gico, que permite exames mais precisos e consequentemente melhores receitas, já que atende todos os tipos de convênios. “ Nós pensamos o HCI para daqui 20 anos, com um parque tecnológico diferenciado que atenda as demandas da macrorregião missioneira. São investimentos que dão retorno e mantêm o hospital com uma estrutura de ponta”, avalia Matte Martins. Foram investidos neste novo equipamento, 830.000,00 (oitocentos e trinta mil reais) de recursos próprios do HCI, para instalação, treinamento, garantia e frete.

3

Bancários rejeitam proposta e greve segue Os bancários decidiram ontem manter a greve iniciada na terça, rejeitando a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de reajuste de 7%, informou a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). A proposta anterior era de reajuste de 6,5% e abono de R$ 3 mil. No quarto dia de paralisação, 10.027 agências e 54 centros administrativos tiveram as atividades paralisadas, ainda de acordo com a Contraf. Uma nova reunião da Fenaban com o Comando Nacional dos Bancários está marcada para a próxima terça-feira às 14h, e uma assembleia do SindBancários ocorre na segunda-feira, às 15h, para organizar as mobilizações. Em 2015, a greve durou 21 dias e a primeira melhoria de proposta dos bancos ocorreu só no 13º dia de paralisação. No Estado, o total de agências fechadas chegou a 600, e no País, em 7.359. Em nota, a Fenaban defendeu a proposta apresentada hoje: "O

valor fixado para o abono está 10% acima da proposta inicial apresentada no dia 29 de agosto e, somado ao reajuste no salário, superior à inflação prevista para os próximos doze meses, representa um ganho expressivo para a maioria dos bancários", disse a federação em nota. Mesmo com a melhoria, porém, a proposta é bem inferior aos 14,78% pleiteados pela categoria, que salienta que o número representa "5% de aumento real e 9,31% de correção da inflação". Os bancários pedem também participação nos lucros e resultados de três salários mais R$ 8.297,61; piso salarial de R$ 3.940,24; vales-alimentação, refeição, décima-terceira cesta e auxílio-creche/babá no valor do salário mínimo nacional (R$ 880); 14º salário; fim das metas abusivas e assédio moral; fim das demissões, ampliação das contratações, combate às terceirizações e à precarização das condições de trabalho; mais segurança nas agências bancárias e auxílio-educação.

Comando Nacional dos Bancários rejeitou a nova proposição em reunião ontem

Decreto institui regras para notas fiscais A Secretaria Municipal da Fazenda divulgou na última terçafeira, as novas normas e procedimentos relacionados à emissão de notas fiscais de serviço, conforme Decreto Executivo n° 5.987, publicado em 25 de agosto. De acordo com a pasta, as empresas do município deverão aderir ao novo modelo até o dia 30 de setembro, uma vez que as obrigações decorrentes já entram em vigor a partir de 1° de novembro. A fim de minimizar erros e retrabalhos para prestadores de serviços contábeis relacionados à emissão de notas fiscais de serviço eletrônica (NFS-e) por empresas tributadas pelo Regime do Simples Nacional, será ativada uma função no Sistema Emissor de NFS-e que automatizará a escolha do valor da alíquota de ISS a ser utilizada, ou seja, o usuário não precisará mais selecionar manualmente um valor dentre as opções, evitando

que as empresas emitam NFS-e com alíquota incorreta. Segundo o coordenador de tributos, Airton de Moura, as alterações chegam para acabar com incorreções na emissão das notas. "O que tem ocorrido, é que algumas empresas estão emitindo a nota que sai com um valor e depois a alíquota fica com um outro valor que não coincide em questões de informações prestadas para o Simples Nacional. Com isso muitas vezes as empresas precisam fazer a substituição da nota, com o valor correto", comenta. Em virtude do grande número de empresas que emitem notas com incorreções e depois exige a substituição, Airton afirma que em caso do setor precisar fazer as readequações, se aplica uma taxa. "Como as notas nos ocasionam um tempo tendo que fazer a substituição e o cancelamento das notas, então para que se evite que as empresas solicitem para nós, eles

Airton de Moura

podem fazer esse serviço, e se for solicitado para nosso setor, vamos cobrar uma taxa de três unidades fiscais", finaliza.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

SEMANA FARROUPILHA

Chama Crioula chega ao CTG Velho Vargas Ontem, depois de cerca de um mês na estrada, a Chama Crioula chegou a Ijuí, trazida por um grupo de cavalarianos. A recepção ocorreu às 12h no CTG Velho Vargas, do bairro Getúlio Vargas, onde o prefeito Fioravante Ballin, acompanhado pelo patrão da entidade, Marciano Oliveira dos Santos e pelo subcoordenador da 9ª Região Tradicionalista José Carlos Luz da Silva, recebeu os cavalarianos que conduziram a Chama desde o município de Triunfo, passando por Ibirubá, Santa Bárbara, Panambi, Pejuçara e Bozano. A Chama permanecerá no CTG até a próxima semana, no dia 13. O patrão do CTG Velho Vargas, Marciano Oliveira, aproveitou o momento e pediu para que todos deem cada vez mais forças ao movimento, a fim de continuar mantendo a tradição. "Que esse trabalho continue por muitos e muitos anos, e que nossas crianças

cmyk

Chama foi conduzida ontem até o CTG Velho Vargas sigam esse exemplo", concluiu. Ao fim da cerimônia, todos os presentes entoaram o Hino RioGrandense a cappella quando, em seguida, foi aberta oficialmente a Ronda da Chama Crioula no município de Ijuí. A programação da Semana

Farroupilha 2016 inicia-se na próxima terça-feira, a partir das 18h, momento no qual a Chama sairá do CTG Velho Vargas e será conduzida até a Praça da República. Cada entidade tradicionalista possui uma programação específica.

4

CEEE passa a utilizar sistema da Unijuí A Universidade Regional do Noroeste do RS (Unijuí) e o Grupo CEEE apresentaram ontem, na sede da Companhia, em Porto Alegre, o resultado da aplicação de um Programa de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) que visa auxiliar a automação e o monitoramento do sistema que integra toda a malha subterrânea da Companhia. Essa infraestrutura está localizada numa área de 2,8km² no Centro de Porto Alegre e é responsável pelo atendimento a 50 mil clientes. O sistema desenvolvido pela Unijuí consiste na implantação de um lote pioneiro de 160 unidades que permite monitorar as condições de operação do sistema CEEE, melhorando a qualidade de energia entregue aos consumidores. Também detecta falhas, em alguns casos, mesmo antes de ocorrerem, o que reduz significativamente o tempo de parada do sistema, aumentando sua confiabilidade. Além de permitir que a equipe técnica da CEEE tenha subsídios para determinar futuros investimentos para otimizar significativamente

os recursos. Baseado no conceito de Redes de Sensores Inteligentes, todos os módulos do sistema, hardware e software, foram desenvolvidos pela equipe do Grupo de Automação Industrial e Controle (GAIC). Esse sistema, recebeu investimento de R$ 3,42 milhões. De acordo com o reitor da Unijuí, Martinho Kelm, a efetivação do projeto reconhece a capacidade dos pesquisadores da Universidade em identificar as necessidades e problemas que poderiam ocorrer e, a partir daí, produzir de forma articulada uma solução. "A partir da efetivação dessa pesquisa, nós temos uma qualificação das estruturas que os nossos alunos acabam utilizando, temos a percepção do nosso aluno com aplicação prática e a produção de uma conhecimento que, como todo conhecimento, em algum momento será disponibilizado e será a concretização em outras pesquisas que podem gerar novos avanços na ciência", comemora o reitor, que destaca ainda o potencial das universidades comunitárias no cenário estadual.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

5

MEIO AMBIENTE

Fórum entrega demandas a candidatos Mais do mesmo. Assim pode ser definido o encontro realizado por ambientalistas com os dois candidatos a prefeito de Ijuí. Bira Teixeira, da coligação Construindo o Novo, e Valdir Heck, da coligação Juntos por Ijuí, receberam uma carta com alguns eixos elencados pelo Fórum da Agenda 21, relacionadas às questões socioambientais em âmbito local, e que a entidade gostaria de ver contemplados pelos planos de governo. O documento foi entregue por representantes do Fórum na noite de quinta-feira. Ao analisar o encontro e as propostas apresentadas por cada um dos candidatos, a presidente da Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural (Aipan), Francesca Ferreira, destaca que o momento foi importante para visualizar o que cada candidato pensa em relação ao meio ambiente, mas que as falas foram genéricas. Os eixos elencados foram baseados na carta apresentada aos candidatos em 2012, com destaque para ampliação e realização de oficinas sobre a coleta seletiva, educação ambiental, construção de um aterro sanitário, construção da Política Nacional dos Resíduos Sólidos no município, ampliação do esgotamento sanitário e da drenagem pluvial, agregação da agricultura familiar na merenda escolar e implantação de galpões de reciclagem. Além disso, o documento

apresentado nesta semana traz a importância da segurança alimentar, especificamente a produção e consumo sustentáveis, com a criação de programas integrados entre secretarias de governo com a participação da sociedade organizada e das cooperativas e associações, levando em consideração a contaminação dos alimentos por agrotóxicos. Mas, o ponto alto das reivindicações é a revisão do plano municipal de saneamento básico. “Os candidatos falaram bastante sobre o tema, mas não explicitaram como será feita essa revisão. Nesse eixo específico do saneamento entra a questão dos resíduos sólidos, e sua destinação adequada com um programa de gestão integrada, que nós ainda não temos”, afirma. Francesca salienta que a próxima gestão também precisa resolver a questão orçamentária da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), uma vez que nos últimos anos, o Município tem recorrido ao Departamento Municipal de Águas e Saneamento de Ijuí (Demasi) para solicitar verbas para a gestão dos resíduos sólidos, já que o orçamento não contempla esta necessidade. “E isso tem uma série de reflexos, que eles colocaram de forma genérica, em nossa opinião”, acrescenta. “A Secretaria é muito fragilizada em termos de

orçamento, basicamente os últimos projetos, ou quase todos os projetos da SMMA são financiados a partir do Fundo Municipal do Meio Ambiente, que é para investimentos e, às vezes, essas verbas são utilizadas para "apagar incêndios".” Na opinião da Aipan, são três os setores que necessitam de valorização dentro da Secretaria: no licenciamento e fiscalização, que tem um corpo técnico adequado, concursado, mas em número de pessoas ainda é insuficiente; na proteção animal, onde há um corpo técnico, mas também insuficiente; e na questão socioambiental, onde residem os maiores gargalos, na opinião de Francesca. “A parte que trabalha com a educação ambiental, as oficinas de resíduos sólidos, não tem nenhum técnico concursado, ou seja, sempre foi ocupado por cargos de confiança, e, desse modo, gera certa insegurança, uma vez que não tem condições de realizar plenamente um programa”. Segundo ela, nos últimos tempos ocorreram três mudanças que deixaram essa parte bastante desassistida e prejudicada. “Essa é uma reivindicação de fortalecimento da SMMA.” Por último, a reivindicação de alguns componentes do Fórum é de que os conselhos municipais, de todas as áreas, consigam ter uma estrutura de funcionamento e apoio

Francesca Ferreira

por parte do Executivo, tendo um secretário executivo, cada um, que seja referência para cada conselheiro e a população, para que o trabalho seja realizado de forma convergente, executando programas de governo independente de quem seja o secretário. “Os dois candidatos contemplaram de uma forma bem genérica esses eixos”, conclui. “Temos algumas coisas que precisamos levar em consideração e que são preocupantes.”

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

DEBATE POLÊMICO

A

ENTREVISTA

pós afastar o termo "interino", o agora efetivo governo Michel Temer começa a sinalizar suas primeiras medidas mais impactantes. Após conseguir aprovar a Desvinculação de Receitas da União (DRU), que dá maior autonomia ao governo federal na composição do orçamento, a cúpula de Temer deve voltar suas forças para a aprovação de propostas ainda mais significativas. Nesta semana, depois de um visível descuido argumentativo durante uma entrevista, o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, admitiu a possibilidade de aumento da jornada do trabalhador brasileiro, para além de 8 horas diárias previstas em lei. A declaração motivou uma extensa retratação por parte do ministro, que recebeu ligação pessoal de Temer cobrando explicações sobre o ocorrido. Na visão do governo, o tema é extremamente delicado, e deve ser tratado de maneira meticulosa, sem Um aumento na declarações precijornada de trabalho, pitadas que possam aliada a salários cada motivar novos provez mais corroídos testos. Em entrevista a pelo aumento de preuma rádio de Porços pode ser o comto Alegre, ontem, bustível para fortes Ronaldo Nogueimanifestações. ra negou que haja qualquer intenção do governo de promover mudanças no sentido de aumentar a jornada de trabalho, alegando que suas declarações foram mal interpretadas. De fato, este é um assunto bastante espinhoso, e que dificilmente será colocado em pauta pelo governo antes das eleições municipais. A leitura é de que a poeira levantada durante o processo de impeachment ainda não baixou, e o momento não é propício para discordâncias com setores como sindicatos e demais movimentos sociais, que promovem nas últimas semanas sistemáticos protestos contra o governo Temer. A própria existência de estudos sobre o alargamento da jornada de trabalho, ou regras que cheguem próximas a isso, são bastante controversas. Muitos setores da sociedade entendem que o aumento de produtividade dos trabalhadores não está diretamente ligado ao aumento no número de horas trabalhadas. A medida pode ter efeito contrário, visto que, diante da crise econômica, os reajustes salariais de diversas categorias têm sido prejudicados pela alta inflação. Deste modo, um aumento na jornada de trabalho, aliada a salários cada vez mais corroídos pelo aumento de preços pode ser o combustível para fortes manifestações que podem prejudicar o governo e o projeto político de possíveis apoiadores da proposta. No entanto, é louvável a atitude do governo de encontrar alternativas para tentar contentar empregados e empregadores. Fica claro que muitas regras que regem as relações trabalhistas precisam ser revistas, não no sentido de retirar direitos de quem quer que seja, mas de estimular o empreendedorismo e a geração de novos empregos, prática que há muito tempo se torna quase que proibitiva em um País como o Brasil, onde é grande o reino da burocracia inútil que parece não ter fim.

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

De maneira prática, o que deverá mudar no serviço de liberação de alvarás com o Projeto de Lei que sugere adequações na Lei Kiss, aprovado ainda em agosto na Assembleia Legislativa? Por exemplo, o que temos hoje, no Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI) dos Bombeiros é para as edificações e áreas de riscos. Qualquer edificação que trabalhe com público precisa ter o alvará. Uma área de risco, onde será feita uma festa e que possua rede elétrica e tem estruturas, o indivíduo deverá apresentar um plano no Corpo de Bombeiros especificando as estruturas se estão em dia. A nova lei, que está para ser sancionada, ela prevê isso. Como a lei que está em vigência agora, ela prevê alguns casos que não necessita de alvará. Por exemplo uma residência unifamiliar. Ocupações mistas, onde embaixo há um comércio e em cima a residência, se na parte de cima existirem saídas separada, ele não precisa de alvará na residência, apenas no comércio. Mas hoje, a lei só diz se estiver no segundo pavimento. Com a nova lei, o que deve mudar é que não importa se estiver no mesmo terreno ou segundo pavimento, o Corpo de Bombeiros não será necessária o documento na residência. Outra figura que vai começar a viger depois da promulgação da lei é a chamada licença do Corpo de Bombeiros, com prazo de duração indeterminado. Em casos de renovação de alvará, como deverá ser o procedimento? Nesses casos, é necessário ter a avaliação de um responsável técnico. A renovação ocorre conforme o nível de classificação. Em casos de riscos altos e locais de reunião de público, hoje é anual e vai passar para dois anos. Em casos de riscos baixos, que hoje é de três anos, passará para cinco anos. Acredito que esse prazo prolongado de dá pelo fato de que a população assimilou e está mais responsável, liberando o alvará de uma forma mais ágil e fazer uma vistoria de forma extraordinária. Como fica o papel dos engenheiros na elaboração técnica dos planos? Para se conseguir um alvará será preciso ter um planejamento de segurança, quando esse planejamento for de risco médio e alto, que apresenta condições de risco de incêndio maior, ele precisa ser orientado por um engenheiro ou arquiteto que estudou as dimensões do sistema de segurança. No caso de risco baixo, não precisa. Apenas o proprietário pode encaminhar o seu plano. Então, se tem uma norma do Corpo de Bombeiros que ensina onde ele deve colocar o extintor, sinalização, se for um local que comporte mais de 50 pessoas, a porta terá que abrir para fora e orientações de como usar os equipamentos de segurança. Nesses casos não há necessidade da figura do responsável técnico, não há necessidade. O que determina o risco baixo, médio e alto? O Plano Simplificado de Prevenção Contra Incêndios (PSPCI) hoje determina que uma área de até 750 metros quadrados, até dois pavimentos, não ter central de GLP e não lidar com material combustível pode abranger um PSPCI. Os planos simplificados abrangem projetos de carga média e de carga baixa. Existem tabelas na lei que

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

6

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

Capitão Silvano Oliveira Rodrigues Sessão de Prevenção de Incêndio do Corpo de Bombeiros determinam e regulamentam a carga de incêndio de um espaço. Após a provação desse Projeto de Lei, as famílias das vítimas manifestaram, contestando que a Lei já passou por diversas adequações. Como o senhor avalia está questão? Toda legislação funciona da seguinte maneira: se tem um evento crítico, se tem um número X de mortes, se em um clamor público da sociedade exigindo leis mais fortes, então, o legislador que é sensível a isso tem a tendência de fazer projetos e promulgação de leis bastante duras e, com o decorrer do tempo, a sociedade percebe que não é isso que deseja. Então, esse pêndulo, que toma uma proporção mais elevada, tende a voltar para uma estabilização. Não que volte ao que estava antes, mas o que era bastante rígido se torna mais brando. Mas isso é de forma geral. Qual é o grande problema que se percebe quanto a prevenção de incêndios? Talvez esteja na cultura. Por exemplo: residências unifamiliares os bombeiros não fiscalizam. Se não se tem uma noção de que em um “T” não se pode colocar um carga pesada de tomada, pode provocar um acidente com a sua família, na sua casa sem ter noção ou não dar bola. Essa cultura de “não dá nada” até que se dê alguma coisa. O que estamos vendo na segurança pública? um momento de convulsão. A gente passou por um momento bastante tenso no episódio da boate Kiss, mas incêndios ocorrem diariamente. Um pouco antes do caso de Santa Maria, um incêndio em uma creche de Uruguaiana matou em torno de dez crianças, que eram vidas. Então, essa cultura prevencionista, precisamos prestar atenção nos riscos.

Representantes Comerciais: Grupo de Diários

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

www.jmijui.com.br

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

ESCOLA MELHOR

Educandários recebem apoio da comunidade

Desde o início do ano, diversas escolas têm aderido ao programa Escola melhor, sociedade melhor. No Estado, segundo a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) já foram mais de 100 educandários que receberam o apoio de instituições privadas. Segundo a vice-diretora da Escola Osvaldo Aranha (um dos educandários que aderiu ao programa), Lirde Kuhn, a escola recebeu muitas doações. "Recebemos a pintura da Escola; ampliamos a merenda escolar, com a doação de frutas e ainda tivemos auxílio com serviços de manutenção", explica ela. Porém, ela defende que é preciso buscar as empresas e oferecer a oportunidade que o programa oferece, tanto para as escolas, como para os empresários. "Precisamos correr atrás, buscar apoio, bater de porta em porta", afirma Lirde. Como resultado da busca por auxílio do poder privado, a escola recebeu, no início do ano, uma nova pintura.

A escola Geovana Margarita foi uma das beneficiadas e reformou a quadra

Em Ijuí, no entanto, a Escola Osvaldo Aranha não foi a única que aderiu ao programa e passou a contar com a ajuda das empresas. Segundo o titular da 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Cláudio de Souza, estão cadastradas na região de abrangência da 36ª, 17 escolas.

As áreas mais contempladas, nas escolas de Ijuí foram reformas de infraestrutura, como foi o caso da Escola Geovana Margarita e Osvaldo Aranha. "Essa é uma forma da comunidade contribuir com a escola, contribuir com a educação. Estamos felizes com o resultado", diz o coordenador.

Escola faz Feira de Empreendedorismo A Escola Dona Leopoldina encerrou na tarde de ontem as atividades do projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), promovido em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Sebrae. De acordo com a coordenadora pedagógica, Vera Gramville, a atividade envolveu a mostra e comercialização dos produtos desenvolvidos pelos estudantes durante o projeto. “A ideia do projeto é justamente estimular e desenvolver atitudes empreendedoras que servirão para a vida, comunidade e sociedade de modo geral. Não só com os alunos, mas com as famílias, vizinhos e escola”, disse. As turmas que participaram do JEPP foram as do 1º ano, que trabalhou aromas cheiros e sabores, o 3º ano com brinquedos ecológicos, o 4º ano criou uma locadora de produtos e o 5º ano com a produção de alimentos. “As atividades serão organizadas em salas com exposições de todo o material que foi confeccionado, alguns alunos trabalharam no pátio da escola com a venda dos produtos”, explica Vera.

7

Ministro defende reforma no Ensino Médio Enquanto a educação nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental foi destaque, principalmente em Ijuí, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), o Ensino Médio, de maneira geral teve um desempenho considerado preocupante. Na última quinta-feira, o ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciou que vai pedir urgência na tramitação do Projeto de Lei 6840/2013, que institui a jornada integral e altera o currículo do Ensino Médio. “Os resultados são uma catástrofe para nossa juventude”, afirmou o ministro. Segundo o estudo do Ideb, o índice alcançado por alunos do Ensino Médio está estagnado há quatro anos, sem qualquer evolução. O indicador está em 3,7 desde 2011. Além disso, desde 2013, está abaixo da média estipulada pelo Ministério da Educação. Naquele ano, apenas dois estados

cumpriram a meta: Amazonas e Pernambuco. Em 2014, a meta era 3,9 e, no ano passado, 4,3. “São índices absolutamente vergonhosos para o Brasil. É uma tragédia para a educação do país”, resumiu o ministro. “Os dados mostram que o problema não é a escola pública, porque as escolas privadas também vão mal. É preciso mudar o modelo de Ensino Médio que temos hoje”, comentou o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Eduardo Deschamps. Ainda de acordo com o Ideb, do sexto ao nono ano do Ensino Fundamental, as redes não atingem a meta desde 2013. Em 2013, o objetivo era alcançar o índice de 4,4 mas chegou apenas a 4,2. Em 2015, ficou em 4,5, quando a meta era 4,7. Nesta faixa, a maioria das unidades da Federação ficou abaixo do esperado.

Formações buscam orientar diretores Nas tarde de ontem, diretores das escolas de abrangência da 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) participaram de um encontro de formação que teve a finalidade de debater e dar orientações aos representantes sobre a reelaboração do regimento escolar, focando nas normas de convivência. Para auxiliar os diretores, a conversa ficou a cargo da conselheira estadual de Educação, Sônia Veríssimo. Durante a abertura do evento, o titular da 36ª CRE saudou os representantes das escolas e falou sobre a importância de se debater a questão das normas de convivência no regimento escolar. Cláudio aproveitou a ocasião e parabenizou o empenho dos diretores em reelaborar o projeto político pedagógico dos educandários. "Iniciamos

esse processo no ano passado, onde muitas escolas já estavam organizando o processo de reconstrução e fizeram a conclusão no primeiro semestre desse ano", destaca. O encontro faz parte da proposta da Coordenadoria em revisar e renovar toda a documentação regimentar das escolas. A partir de agora, com o projeto político pedagógico pronto, segundo o titular da pasta, caberá as escolas refazer o regimento escolar. "Sabemos que não é uma tarefa fácil e que vocês (diretores) já estão trabalhando e precisam concluir no período determinado", diz ele acrescentando que todas as mudanças que estarão no documento devem ser homologadas ainda neste ano para que possam ser executadas a partir do próximo ano.

Atividades ocorreram na tarde de ontem na Escola Dona Leopoldina

Segundo ainda destaca a coordenadora, um exemplo de alunos que devem seguir com as ações empreendedoras, é a do 5º ano, que deve dar continuidade à venda de alimentos para, futuramente, fazer uma viagem de estudos. Junto da Feira do JEPP, a Escola também organizou a exposição de trabalhos pedagógicos e a mostra de trabalhos realizados no projeto Festival Estudantil Temático de Trânsito (Fetran), com a Polícia Rodoviária Federal. Atividade de edu-

cação no trânsito que utilizam atividades pedagógicas e inclui transversalmente a temática trânsito no cotidiano escolar. Para Vera, a participação dos estudantes no projeto e nas ações pedagógicas da escola, tem resultado positivo. “Com isso, os alunos se envolvem na produção, levam as atividades para casa, socializam com as famílias e fazem a divulgação para a comunidade. O projeto tem muitos pontos positivos que farão parte do desenvolvimento das crianças”, comemora.

Encontro teve a finalidade de orientar os diretores sobre o regimento escolar

cmyk


cmyk


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

9

SAÚDE

PEC que limita gastos gera polêmica O Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (CosemsRS), entidade legitimada por lei federal no âmbito do SUS, considera injustificada do ponto de vista social, técnico e financeiro, a iniciativa do governo federal, através da proposta de emenda à constituição (PEC) nº 241/2016. Para a entidade, a proposta ataca direitos sociais elementares previstos na Constituição, entre eles o da Saúde, impactando de maneira decisiva no bem-estar da população, com redução da qualidade e da quantidade do atual acesso às ações e serviços de saúde, o que ampliará os índices de adoecimento e mortalidade devido à precarização da assistência. Assim sendo, o Cosems-RS manifestou por meio de nota, que “ao propor o corte linear de gastos da União, através do congelamento do investimento pelo período de 20 anos (2017-2036), o governo federal ignora que áreas essenciais para o bem-estar da população, como a Saúde, a Educação e a Assistência Social serão atingidas gravemente, o que irá gerar danos irreversíveis à cidadania com o retrocesso a direitos sociais consolidados. No caso da Saúde, o congelamento previsto no gasto não observa diversos aspectos fundamentais que deveriam ser analisados para a decisão, como

o envelhecimento da população, causado pelo aumento da expectativa de vida. [...] Ou seja, a demanda por ações e serviços públicos de saúde crescerá em quantidade, ao mesmo tempo em que recurso para o seu financiamento, segundo propõe o governo federal, ficará congelado.” O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cláudio Lamachia, também manifestou contrariedade aos objetivos da PEC 241. Ainda em junho passado, Lamachia recebeu em audiência a presidente do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais de Contas (CNGPC), Cláudia Fernanda. A procuradora entende que o texto da proposta limita de maneira drástica o orçamento de setores que compõem direitos fundamentais do cidadão previstos na Constituição, como saúde e educação, além de extinguirem a chamada vinculação de gastos mínimos. Para Lamachia, o pleito é justo e deverá ter o apoio da Ordem. “Vamos articular um movimento contra a redução no investimento em saúde e educação previstos na PEC 241, que impõe limites de gastos em áreas tão caras à cidadania”, afirma. No dia 25 de agosto, Lamachia publicou artigo no qual critica o limite de gastos previstos na PEC 241/16. “Saúde e

educação são fundamentais para o bom desenvolvimento da sociedade e do País. Dar mais eficiência aos recursos já destinados a essas áreas não significa a necessidade de economizar em despesas fundamentais. Do jeito que estamos, a qualidade da saúde e da educação já está muito além daquilo que os brasileiros precisariam receber em contrapartida aos impostos que pagam. Vamos piorar esse cenário?”, questionou. No outro lado, o secretário executivo do Ministério da Fazenda, Eduardo Guardia, garantiu que não haverá redução de recursos para as áreas de educação e saúde após a aprovação da PEC 241, em discussão na Câmara dos Deputados. Segundo ele, não haverá limite por Ministérios, mas sim por poder da República. O secretário participou de encontro na Câmara com líderes e vicelíderes do governo. "Há uma proteção para saúde e educação nos termos das regras constitucionais vigentes. Então, não poderá ir abaixo do que existe como regra para o piso da saúde e educação a partir da aprovação dessa PEC", disse. Relator da matéria, o deputado Federal Darcísio Perondi (PMDB-RS) também foi enfático ao dizer que não haverá cortes nas áreas de educação e saúde. Ele participou do encontro com Guardia. “Não haverá corte,

Cláudio Lamachia

redução e congelamento, que é parar, derreter ou diminuir. Vai incidir o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo – usado pelo governo para estabelecer a meta de inflação) sobre o que foi gasto neste ano ou empenhado”, explicou. Sobre a tramitação da matéria, ele disse que já houve um avanço muito grande e a expectativa é votar o tema em plenário no mês de outubro.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

10

MINISTÉRIO PÚBLICO

Ação investiga venda ilegal

Ontem, o Ministério Público deflagrou a segunda etapa da operação Jussara, que combate a extração e a venda ilegal de palmito no Rio Grande do Sul. Ao todo, foram cumpridos um mandado de prisão preventiva, cinco mandados de medidas alternativas à prisão, além de sete mandados de busca e apreensão nas cidades de Vale do Sol, Santa Cruz do Sul, São Leopoldo e Canoas. Havia ainda a determinação de apreensão de dois caminhões e um automóvel.Na ação de ontem, um homem foi preso, proprietário de uma das empresas investigadas e suspeito de ser o líder da organização criminosa, em Canoas. Além dele, outras cinco pessoas são investigadas. Os envolvidos são suspeitos de extraírem e venderem conservas de palmito da espécie Juçara (daí o nome da operação) protegida por lei. Além do crime ambiental, existem riscos à saúde humana, já que o palmito, se preparado sem condições básicas de higiene, pode causar a doença conhecida como botulismo, que provoca o comprometimento progressivo do sistema nervoso e paralisia dos músculos respiratórios, o que pode ser fatal. De acordo com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Orga-

cmyk

Promotor de Justiça

Câncer e agrotóxicos (II)

Segunda etapa cumpriu um mandado de prisão preventiva de busca e apreensão

nizado (Gaeco), a empresa do homem preso possuía autorização apenas para a produção das conservas de palmito da espécie Real e Pupunha. No entanto, comprava de extratores clandestinos o palmito Juçara in natura e os vendia como das outras espécies, puros ou misturados aos produtos permitidos.

Piratini deposita mais uma parcela do salário A quarta parcela dos salários dos servidores estaduais foi depositada pelo Piratini no final da tarde de ontem. A previsão era de que mais R$ 800 fossem pagos aos trabalhadores. Com isso, o governo conseguirá quitar os valores de cerca de 50% do funcionalismo, alcançando R$ 2.200 por matrícula. A expectativa é que o pagamento total, em parcelas, ocorra até o dia 13 de setembro. Até essa data, já estarão nos caixas da Fazenda os valores referentes ao ICMS dos combustíveis, energia elétrica, telecomunicações e comércio. Neste ano, houve parcelamento dos salários dos servidores do Poder Executivo nos meses de fevereiro, março, abril, maio, junho e julho. Mas desde 2015 o governo gaúcho encontra dificuldades para pagar o funcionalismo. Em julho e agosto do ano passado, também houve parcelamentos. Depois de um primeiro semestre marcado por arrocho, contenção de gastos e atrasos nos salários do poder Executivo, o governo do Estado prevê mais dificuldades até o fim de 2016. Com novos reajustes salariais no horizonte, aprovados à revelia do governador José Ivo Sartori, as despesas com pessoal devem aumentar 7% neste ano. O índice equivale a R$ 1,67 bilhão, mais do que uma folha do Executivo, no valor de R$ 1,42 bilhão, sem qualquer garantia de dinheiro extra em caixa. A previsão é de que os salários sejam parcelados até dezembro.

Nilton Kasctin dos Santos

José Ivo Sartori

No início dessa semana, o Tribunal de Justiça determinou que o Estado pagasse em dia o salário dos professores da rede pública estadual, bem como dos demais servidores. O mandado de segurança foi ajuizado pelo Cpers/Sindicato. Por meio de nota, o governo estadual informou que vai recorrer quando for notificado da decisão, "assim como foi feito em outras ações coletivas impetradas por sindicatos ou associações sobre o mesmo tema", dizia a nota.

As investigações apontam para o cometimento de crimes contra as relações de consumo, organização criminosa e crime ambiental. Uma das principais medidas alternativas à prisão é a proibição de desempenhar atividades envolvendo extração, industrialização e comércio de palmitos sob qualquer forma.

Estado investe em ações de ciência e tecnologia A Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sdect) dispõe de recursos da ordem de R$ 254.952,00 para que instituição de Ensino Superior que atue nas áreas do Corede Sul, possa implementar, na respectiva base territorial, o Programa Redes de Cooperação, que promove a formação, educação e a capacitação técnica para cooperação e autogestão das microempresas e empresas de pequeno porte, atendendo metodologia específica. Conforme o diretor do Departamento de Apoio a Micro e Pequena Empresa da secretaria, Carlos Alberto Hundertmarker, para concorrer aos recursos disponíveis, as instituições proponentes devem observar as políticas, diretrizes e prioridades estabelecidas no Programa Estadual de Fomento ao Desenvolvimento Produtivo, Empreendedorismo e a Inovação Tecnológica no que se refere a promover a educação e a capacitação técnica para cooperação e autogestão e as demandas priorizadas pelo Conselho Regional de Desenvolvimento, no Programa Redes de Cooperação, via Consulta Popular 2015/2016. A universidade que buscar o credenciamento deve apresentar a proposta (Plano de Trabalho), de acordo com os objetivos do programa; comprovar experiência acumulada na elaboração e execução de projetos voltados à cooperação; oferecer a estrutura física adequada e equipamentos necessários à implementação das ações; apresentar medidas de acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e idosos.

Continuamos abordando a preocupante realidade sobre os agrotóxicos na região de Ijuí e Noroeste gaúcho, reproduzindo trechos de matéria veiculada no site BBC BRASIL: “No Brasil, 1.186 mortes foram causadas por intoxicação por agrotóxico de 2007 a 2014, segundo a coordenadora do Laboratório de Geografia Agrária da USP, Larissa Bombardi. Mas a estimativa é que para cada registro de intoxicação existam outros 50 casos não notificados, afirma ela. Segundo a ABRASCO, o brasileiro consome até 12 litros de agrotóxico por ano. A bióloga Francesca Werner Ferreira, da Aipan (Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural) e professora da Unijuí, alerta que a situação é ainda pior no noroeste gaúcho, onde o volume consumido pode ser três vezes maior. Ela conta que produtores da região têm abusado das substâncias para dessecar culturas fora de época da colheita e, assim, aumentar a produção. É o caso do trigo, que recebe doses extras de glifosato, 2,4-D, um dos componentes do "agente laranja", usado como arma química durante a Guerra do Vietnã, e paraquat. Segundo o promotor Nilton Kasctin do Santos, o paraquat (gramoxone e outros) causa necrose nos rins e morte das células do pulmão, que terminam em asfixia sem que haja a possibilidade de aplicação de oxigênio, pois isso potencializaria os efeitos da substância. Nada disso é invenção de palpiteiro, de ambientalista de esquerda ou de algum cientista maluco que nunca tomou sol. Também não é invenção de algum inimigo do agronegócio. Sabe quem diz tudo isso sobre o paraquat? O próprio fabricante. Está na bula, no rótulo, alerta o promotor”. O paraquat é um agrotóxico extremamente perigoso. Proibido em toda a Europa e até mesmo na China, onde é fabricado. Mas um dos mais usados hoje no Brasil. Sua finalidade é dessecar a vegetação das lavouras antes do plantio da soja, milho, trigo, arroz, aveia etc. Mas está sendo empregado, de forma criminosa, para dessecar as plantações quase prontas para colher, e assim apressar a colheita. Com isso todas as pessoas que comem pão, arroz, polenta, massa, biscoitos, bolachas, salgadinhos, bolos, sanduíches e centenas de outros alimentos podem estar ingerindo esse veneno mortal chamado paraquat. Quem mora na cidade pode estar também respirando esse perigoso veneno, pois é comum constatarmos terrenos urbanos com a vegetação completamente seca em razão da aplicação de paraquat. Ou de glifosato, que também é cancerígeno, e por isso já está sendo banido em centenas de países do mundo – menos no Brasil, é claro. “Em nota, a ANDEF (Associação Nacional de Defesa Vegetal) afirma que "toda substância química, sintetizada em laboratório ou mesmo aquelas encontradas na natureza, pode ser considerada um agente tóxico" e que os riscos à saúde dependem "das condições de exposição, que incluem: a dose (quantidade de ingestão ou contato), o tempo, a frequência etc. O texto afirma ainda que "o setor de defensivos agrícolas apresenta o grau de regulamentação mais rígido do mundo". Essa é a única “defesa” dos fabricantes de venenos agrícolas. Sintetizando, eles apresentam basicamente três argumentos para tentar tranquilizar a sociedade sobre os riscos dos agrotóxicos: a) que toxinas existem até mesmo na natureza; b) que os agrotóxicos são testados antes de serem lançados no mercado; c) que a legislação brasileira é a mais rigorosa do mundo em termos de agrotóxicos. Na próxima edição mostrarei que esses três argumentos não passam de uma grande farsa. Passou da hora de questionarmos esse modelo de produção agrícola que coloca a sociedade em tamanho risco.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

TRIGO

Produtor mantém boa perspectiva de safra Até o momento, produtores da região Noroeste que investiram na cultura do trigo mantêm a projeção de alcançar boa produtividade nesta safra. Agora a expectativa é se o preço acompanhará essa tendência, revertendo em rentabilidade para o agricultor. “Sabemos que nos últimos dois anos tivemos problemas com o clima e, é claro, neste ano o clima colaborou, podendo reverter em boa produtividade”, comenta o engenheiro agrônomo da Emater Regional de Ijuí, Gilberto Bortolini. Dificuldades com o clima e questões fitossanitárias comprometeram a produção e a qualidade do produto final nos últimos anos, ocasionando uma queda nos preços. Ainda assim, o trigo se mantém como uma das alternativas para o cultivo de inverno, sendo a região Sul responsável por cerca de 90% da produção tritícola. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima uma produção de seis mil toneladas para a safra de trigo 2016, com boas expectativas em relação às condições climáticas. A agência do IBGE de Ijuí realizou, na manhã de ontem, reunião periódica mensal para avaliar os índices agropecuários do Município. De acordo com a chefe da agência, Elis Regina Allegranzi, não foram verificadas alterações em relação aos dados do último mês. No entanto, ela alerta que nos próximos dias possam ocor-

A Conab estima uma produção de seis mil toneladas para a safra de trigo 2016

rer alterações, uma vez que as condições climáticas entram em um período crítico. Marcada para começar oficialmente no próximo dia 21, a primavera deve ser característica de um período transitório, com temperaturas oscilando e tempo seco intercalado com chuva. Os próximos dias devem ser marcados pela variação da temperatura, com mínimas dentro daquilo que é esperado para a época. Com o passar dos meses, a variação da temperatura deve ser maior, com mínima mais baixa pela manhã e máxima mais alta à tarde. Além disso, o último boletim do Inmet aponta que os meses de setembro e outubro terão chuva dentro e

abaixo da média esperada para cada região. A partir de novembro, é que o fenômeno La Niña começa a dar as caras, deixando o tempo mais firme em todas as regiões, antecipando um verão seco. “O que nos preocupa um pouco é se a umidade persistir por muitos dias, o sol apareceu ontem, tivemos uma semana úmida e isso, sim, pode comprometer a cultura com aumento da pressão das doenças. Não esfriando muito, próximo da formação de geadas e eu creio que isso não aconteça mais, as temperaturas de agora em diante serão mais quentes e não deverão prejudicar a cultura do trigo”, finaliza Bortolini.

11

Farsul abre em Ijuí série de debates pelo Estado A Federação de Agricultura do Estado (Farsul) promove a partir deste mês uma série de quatro encontros pelo Estado, para discutir o impacto do uso de produtos químicos nas lavouras. Os eventos estão sendo organizados em parceria com os sindicatos rurais locais, e Ijuí foi escolhida para abrir a série de debates. Em entrevista ao Grupo JM, ontem, o presidente do Sindicato Rural de Ijuí, Ércio Eickhoff, falou sobre o tema. "É uma discussão que vem se aprofundando há muito, e é importante porque ninguém sabe bem o que está ocorrendo. Ouvimos muita reclamação da área da saúde, e pessoas dizendo que problemas estão ocorrendo em função da aplicação de agroquímicos nas lavouras. Por isso, para poder informar bem a população sobre a condução da produção de grãos neste sentido, a Farsul resolveu agir e participar deste debate", explica Eickhoff. O evento em Ijuí ocorre no dia 27 de setembro, às 9h, na Casa do Produtor do Parque de Exposição Wanderley Burmann. Estão sendo convidadas, além de empresas e instituições do setor agrícola, representantes da sociedade em geral e profissionais ligados à área da saúde. O evento ficará a cargo da comissão de trigo da Farsul, com a organização das discussões sob o comando do presidente da Comissão, Hamiltom Jardim. Ele virá ao município neste mês para realizar a divulgação do fórum. Apesar de os palestrantes ainda não terem sido confirmados,

Ércio Eickhoff

a tendência é de que ocorram explanações de técnicos em agronomia e também profissionais de saúde. O objetivo principal, segundo Ércio Eickhoff, é esclarecer aos produtores e à comunidade o real impacto do uso de agroquímicos nas lavouras locais, esclarecendo a relação entre uso de produtos e a necessidade de produção de alimentos. "Nós estamos em uma região de clima difícil, então o que ocorre é que temos perdas em comparação com outros grandes produtores de grãos a nível mundial, como os Estados Unidos. Lá não se aplica nem mesmo 20% dos produtos aplicados aqui porque o clima é mais favorável, então nós temos que equalizar isso. Mas a ideia é fazer um debate plural, ouvir e se informar sobre esse tema dos agroquímicos", completa.

cmyk


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

12

TRABALHO

Governo nega que vá elevar jornada para 12 horas por dia O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, negou na manhã de ontem que a proposta do governo do presidente Michel Temer para a reforma trabalhista pretenda elevar o limite da jornada diária de oito para 12 horas. Segundo ele, a reforma trabalhista, que deverá ser encaminhada ao Congresso Nacional no início de dezembro, quer reduzir a insegurança jurídica para combater o desemprego e a informalidade. "Venho do meio sindical, imagina se apresentaria proposta de aumento de jornada. Serão mantidas as 44 horas de trabalho por semana", destacou. "Não se falou em aumentar a jornada para 48 horas semanais, citei apenas um exemplo hipotético." A referência foi ao debate que o ministro teve na última quinta-feira com representantes sindicais de 19 Estados. Na ocasião, o ministro informou que a reforma trabalhista em análise pelo governo Temer vai propor o aumento de 8 horas para 12 horas, o máximo permitido para a jornada de trabalho diária, já considerando as horas extras. Nogueira enfatizou que a legislação trabalhista abre muitas margens para interpretações subjetivas. Ele argumentou que há cerca de 1.700 regras, entre normas, regulamentações e leis além da CLT. "A lei é esparsa e confusa e abre margem para interpretações", afirmou. O ministro garantiu que não há nenhuma discussão que coloque em risco os direitos do trabalhador. "Jornada de trabalho, 13º salário, férias e fundo

cmyk

de garantia (FGTS) são direitos consolidados", disse. Nogueira defendeu a pacificação da legislação a fim de evitar os processos trabalhistas que "atormentam" empresários, sobretudo - segundo o ministro - os proprietários de micro e pequenas empresas. "Se o sindicato da categoria, mediante acordo coletivo e obedecendo à vontade dos trabalhadores, preferir fazer uma jornada diferente do padrão, o juiz tem de reconhecer isso", afirmou. O ministro deu um exemplo para ilustrar: "Tem muito trabalhador da construção civil que prefere trabalhar de segunda a sexta e folgar no sábado", afirmou. "O Estado não pode impor um jugo sobre a vontade do trabalhador", disse. "Precisamos de segurança jurídica na relação capital e trabalho", repetiu. Ronaldo Nogueira afirmou que a confusão sobre a jornada de trabalho surgiu da má interpretação que ele deu no evento com sindicalistas na quinta-feira. "Citei o exemplo dos hospitais, que têm a jornada 12x36 que é feita mediante convenção coletiva", disse, argumentando que essas organizações sofrem "ações trabalhistas milionárias por falta de reconhecimento desse acordo coletivo". O ministro afirmou ainda que tem conversado e que continuará debatendo as questões trabalhistas com "todos os atores", incluindo não apenas trabalhadores e patrões, mas também os tribunais do trabalho. "(O presidente Michel) Temer quer diálogo permanente", disse.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

EXPO-IJUÍ

Feira Agropecuária já vendeu todos os espaços

13

Segurança será prioridade ao longo da Expo-Ijuí 2016 Dentro de um mês a ExpoIjuí/Fenadi deve começar e já promete ser a maior entre todas as realizadas até aqui. Se de fato isso vai acontecer, não há como afirmar agora. Os preparativos, no entanto, já estão ganhando forma. No final de agosto, o prefeito Fioravante Batista Ballin esteve na região Metropolitana do Estado para o lançamento da feira de Ijuí em meio a Expointer. Além disso, cumpriu demais agendas na capital Porto Alegre, já antevendo a Expo-Ijuí que começa no segundo final de semana de outubro. Na ocasião,

o chefe do Executivo foi assegurar um reforço na segurança do evento. "Estivemos em audiência com o chefe de gabinete do comando geral da Brigada Militar, coronel Álvaro de Medeiros, deixando um expediente reiterando para que a BM dê uma cobertura de efetivo especial para a nossa feira. Tivemos uma informação, inclusive, que haverá esse apoio da BM", garantiu o prefeito Ballin. A segurança, que passa por uma das maiores crises de sua história, deverá ser prioridade para a realização da Expo-Ijuí/ Fenadi 2016

Exposição de Gado Leiteiro está garantida para esta edição da Feira Agropecuária

Todos os espaços destinados à Feira Agropecuária e ao setor de máquinas e implementos agrícolas durante a Expo-Ijuí já foram comercializados. “Isso mostra que teremos uma feira grande no Município, estamos trabalhando para isso”, destaca o presidente da Feira Agropecuária, Ércio Eickhoff. Ele revela que para este ano, até o momento, está prevista exposição de gado leiteiro e ovinos. Quanto ao gado de corte, o presidente não descarta a possibilidade de participação, mas ressalta que ainda não está projetado. “Porque também é interessante para nossa região, mas o gado leiteiro está certo, inclusive, com aumento de produtores que vão expor. Já tivemos no ano passado uma Feira muito interessante em tecnologia, genética e estamos trabalhando para este ano ser ainda melhor”, acentua. Eickhoff frisa que a Feira Agropecuária ainda trabalhará

com espaço limitado, mas que o presidente desta edição da ExpoIjuí, Jalmar Martel, já tem um projeto para modificações e ampliações de alguns setores para 2017. “Mas, nesse ano ainda vamos trabalhar com um pouco de dificuldade porque o espaço da Agropecuária é pequeno e precisa ser aumentado, mas certamente alguns espaços que não haverá ano passado tentaremos resolver e aumentar para os expositores,

principalmente para o gado leiteiro que é muito forte em nossa região”, explica. Além disso, a programação da Feira Agropecuária inclui exposição morfológica para marcação de raça em cavalos crioulos, o tradicional leilão Parceiros pela Paixão, com transmissão ao vivo pelo Canal Rural. A Expo-Ijuí acontece de 6 a 16 de outubro no Parque de Exposições Wanderley Burmann.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

JULGAMENTO DE CUNHA

Maia espera definição sobre cassação O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ontem esperar que o processo de cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) seja resolvido na segunda-feira, quando deve ser votado o parecer do Conselho de Ética da Casa favorável à cassação do mandato de Cunha. “É importante que os deputados estejam presentes e que cada um vote [de acordo] com sua consciência. O importante é que todos estejam aqui – este é um tema que tem que acabar na segunda-feira, para que a Casa possa voltar a sua ordem de votação”, afirmou Maia. Ele tem sido questionado por líderes partidários sobre a escolha da data com o argumento de que a sessão pode ser esvaziada, mas descarta a possibilidade de haver quórum reduzido na Casa. “Eu disse que não ia, nem proteger, nem condenar [Eduardo

Cunha]. Esse papel cabe aos 511 deputados. A mim cabe presidir, marcar a data e garantir que a data seja mantida. Na segunda, vamos votar, e é isso que eu garanto a todos os brasileiros.” Maia voltou a falar sobre a possibilidade de aliados de Cunha apresentarem questões de ordem na tentativa de aprovar pena mais branda que a perda do mandato. Ele reafirmou que a decisão do Senado, que aprovou o impeachment, mas manteve os direitos políticos da presidenta Dilma Rousseff, pode abrir um precedente para beneficiar Cunha e outros parlamentares que venham a responder a processos de cassação de mandato. Aliados de Cunha sinalizam que poderão usar o mesmo argumento que permitiu a aceitação e votação do destaque que garantiu a Dilma os direitos políticos após a aprovação do impeachment. A intenção é apro-

Manifestações pedirão saída de Cunha e Temer Em ato programado para ocorrer em Brasília durante a votação do processo de cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na próxima segunda-feira os manifestantes pedirão também a saída de Michel Temer da Presidência da República. Chamado de "Fora Cunha - Fora Temer", o protesto está sendo convocado pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo para começar às 18h em frente ao Museu Nacional, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Uma hora depois, está previsto o início da votação do processo, conduzida pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). No evento agendado pela internet, os movimentos destacam que a saída de Cunha é necessária porque o deputado arquitetou

o processo de impeachment de Dilma Rousseff. A convocação não cita a acusação formal que está no processo contra Cunha na Câmara, que é a quebra do decoro parlamentar ao não informar a existência de contas no exterior durante depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras em março de 2015. "O golpe tem a digital de Cunha, que iniciou um processo de impeachment sem nenhuma base jurídica para sair do foco em meio às revelações de casos de corrupção", diz o texto do evento. Os movimentos ainda afirmam que Temer e Cunha são "irmãos siameses, que conspiraram contra a democracia brasileira e articularam o golpe, que coloca sob ataques os direitos dos trabalhadores/as."

Desde a cassação de Dilma, movimentos sociais têm organizado protestos

cmyk

Rodrigo Maia concedeu entrevista coletiva na Câmara na manhã de ontem

var um destaque propondo, em vez da cassação, a suspensão do mandato por seis meses. Maia ressaltou que não defende a tese da questão de ordem e que, em um julgamento destes, é preciso trabalhar com a maior imparcialidade possível. "Quando vi o presidente Lewandowski falando as coisas

que Eduardo defendeu, alguns meses antes, eu falei: será que ele tem alguma razão?!”, acrescentou Maia. O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski, conduziu os trabalhos na parte final do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

Temer nomeia nova ministra para a AGU O presidente Michel Temer nomeou nesta sexta-feira (9) a advogada Grace Mendonça para a substituição no comando da chefia da Advocacia-Geral da União (AGU). Mais cedo, o Palácio do Planalto confirmou, por meio de nota, o convite do presidente para que a Grace assumisse "o honroso cargo" de AGU. Grace substituirá o advogado Fábio Medina Osório. Na nota, o presidente agradeceu "os relevantes serviços prestados pelo competente advogado". Com a substituição, Temer pretende resolver dois problemas: inclui a primeira mulher no primeiro escalão do governo e tira um ministro que, além de ter um trabalho que vinha sendo contestado pelo governo, teve uma conversa classificada por alguns interlocutores como "dura" com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. Grace Mendonça é funcionária de carreira da AGU e responsável pelo acompanhamento das ações no Supremo Tribunal Federal. O governo não conta mais com a AGU como ministério, mas vai enviar uma PEC ao Congresso para garantir que o Advogado-Geral da União tenha as mesmas prerrogativas de ministro. Além dos problemas com Padilha, Osório deixa a pasta "pelo conjunto da obra". Uma das primeiras críticas a ele foi o fato de

Grace Mendonça

ele ter sugerido estratégias que se revelaram ineficientes e equivocadas no caso da substituição do presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Ricardo Melo, no início da interinidade do presidente Temer, o que gerou uma série de problemas ao governo na estatal. Tais questões estão, aparentemente, resolvidas com a suspensão da liminar concedida pelo ministro Dias Toffoli, do STF, permitindo que Melo se mantivesse à frente da presidência da empresa. Pouco depois, desagradou também ao Planalto a iniciativa de Osório de investigar a atuação de seu antecessor, José Eduardo Cardozo, criando mais uma frente de atrito.

14

ALEXANDRE GARCIA Jornalista

O IMPOSSÍVEL IMPREVISÍVEL Precisei escrever o artigo do julgamento de Dilma um dia angtes do julgamento. No dia em que o Brasil teve três presidentes, eu não teria tempo para escrever. Como o resultado era previsível, inclusive o número de votos, tive segurança em concluir o texto assim: “Agora, depois de nove meses de processo, finalmente veio o parto. E ela partiu.” Só não consegui prever o impossível imprevisível. Seria impossível imaginar que os julgadores não soubessem ler. Na Constituição está escrito, no parágrafo que trata do assunto “limitando-se a condenação à perda do cargo, com inabilitação, por oito anos, para o exercício de função pública.” (art. 52, §único) A Constituição fala em “a condenação” e não “as condenações”. Portanto é uma só condenação, única, indivisível, sem comportar divisões e mais de uma votação. A parte que inconstitucionalmente racharam considerando acessória é a mais importante, porque se basta. Quem for inabilitado para cargo público, perde o cargo. A parte que prevê “perda do cargo” seria dispensável. Nada mais claro. Basta saber ler. Seria também impossível imaginar que o presidente da suprema corte constitucional, guardião máximo da Constituição, fosse permitir que a Lei Maior fosse alterada - e por ele próprio! Imaginei que, quando, dias antes, soubesse da intenção de rasgar pela metade o parágrafo do art.52, deveria responder: “Não me peçam uma coisa dessas. Sou o guardião maior da Constituição e não permitirei.” Como eu poderia prever que ele permitiria e faria? “perda do cargo, com inabilitação”. Se Lewandowski fosse jantar com um amigo, ficariam em mesas separadas, ou restaurantes separados? É o país do imprevisível e isso gerou insegurança jurídica no mais alto nível legal. O então ministro da fazenda Pedro Malan, certa vez proferiu uma frase: “No Brasil, até o passado é imprevisível”. É o país do absurdo. País de absurdos. Agora que comemoramos a Independência, é bom lembrar que Pedro deu um golpe nos que queriam a soberania do país. Na verdade, o príncipe herdeiro de Portugal, em 1822, apenas assegurou a coroa para sua dinastia. Quando voltou para Portugal como Pedro IV, deixou a coroa para seu filho também Pedro. Em 1889, foi um general monarquista e amigo do Imperador que derrubou Pedro II movido por ciúmes(Maria Adelaide) daquele que o imperador havia escolhido para ser chefe de governo. Nem dois anos depois, Deodoro fecha a Câmara e o Senado, porque estava sendo aprovada uma emenda que punha o impeachment na Constituição. Mas não aguentou 20 dias de revoltas e renunciou: “Chamem o Floriano”. O marechal-de-ferro era o vice e governou com mão de ferro. E a capital catarinense deixou de ser Desterro para ser Florianópolis. Agora o vice que assumiu acaba de voltar da China - onde estava o vice quando Jânio Quadros renunciou - e preside o desfile do Sete de Setembro. Preside como Comandante Supremo das Forças Armadas, cargo que lhe é atribuído pela Constituição(a menos que peçam a Lewandowski para fazer uma releitura da alinea XIII do art. 84...).


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

Bira quer nova gestão na iluminação pública

CRONOGRAMA DE ENTREVISTAS: TEMA 1: Agricultura e Infraestrutura Rural 16 AGOSTO: Bira Teixeira 19 AGOSTO: Valdir Heck TEMA 2: Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e Renda 23 AGOSTO: Valdir Heck 25 AGOSTO: Bira Teixeira TEMA 3: Educação e Meio Ambiente 30 AGOSTO: Bira Teixeira 2 SETEMBRO: Valdir Heck TEMA 4: Infraestrutura Urbana e Trânsito 6 SETEMBRO: Valdir Heck 9 SETEMBRO: Bira Teixeira TEMA 5: Tecnologia, segurança e desporto e lazer 13 SETEMBRO: Bira Teixeira 16 SETEMBRO: Valdir Heck TEMA 6: Saúde e Desenvolvimento Social 21 SETEMBRO: Valdir Heck 23 SETEMBRO: Bira Teixeira ENTREVISTA VICE PREFEITO: 26 SETEMBRO: Jean Arais 27 SETEMBRO: Valdir Zardin

Bira Teixeira

Nesta sexta-feira, seguindo a rodada de entrevistas do Palanque JM, espaço concedido pelo Grupo Jornal da Manhã aos postulantes à prefeitura de Ijuí, o tema abordado com os candidatos é infraestrutura urbana e trânsito. Ontem, foi a vez do candidato Bira Teixeira, da coligação Construindo o Novo, falar sobre suas propostas para o setor. Inicialmente, Bira explicou como pretende lidar com as demandas por melhorias na infraestrutura das vias urbanas. Ao alfinetar seu oponente, ele afirma que a prioridade será a recuperação da pavimentação por onde circula o transporte coletivo. "Durante muitos anos se fez pavimen-

tações e calçamentos sem qualidades, os prefeitos do passado não se preocuparam com isso. É algo que tem gerado muitos transtornos para a comunidade, pois há ruas com muitos buracos, principalmente nos bairros. Isso acontece porque em outras gestões, ao invés de fazer uma quadra bem feita, se fazia duas ou três mal feitas, só para fazer mais. Então as obras aconteciam sem base, sem cuidados técnicos e isso fez com que chegássemos hoje com muitas ruas esburacadas. Nosso trabalho será de ir recuperando essa malha viária, dando prioridade às ruas onde passa o transporte coletivo, pois isso impacta no valor da passagem de ônibus. Também queremos trabalhar para diminuir o passivo de 110 quadras sem calçamento na cidade", aponta o candidato. "O centro da cidade é importantíssimo para o comércio e para os serviços, todos se utilizam da estrutura do centro, só que precisamos, em um primeiro momento, priorizar essa questão do calçamento e do asfaltamento nos bairros, tentar zerar esse passivo, porque é algo que gera muito transtorno às pessoas", completa Outro ponto estrutural abordado por Bira é a situação dos passeios públicos. "Uma das ações que vamos trabalhar é para a melhoria das calçadas, dos passeios públicos de maneira geral. Isso se faz através de articulações com a iniciativa privada, com o poder público e com os proprietários. Seguidamente ouço relatos de pessoas que sofreram pequenos acidentes e até acidentes graves por conta da irregularidade de muitas das nossas calçadas, então isso tem que ser uma prioridade",

Câmara analisará apenas três projetos

Parlamentares estiveram reunidos para discutir projetos que serão votados

A Câmara de Vereadores de Ijuí realizou ontem a reunião das comissões técnicas, a fim de definir a pauta de votações da sessão ordinária do Legislativo na próxima segunda-feira. Na ocasião, os vereadores deliberaram apenas três matérias para apreciação em plenário. A primeira matéria na ordem de votação é o parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que aprovou previamente as contas do poder Executivo municipal referentes ao ano de 2010. O documento permaneceu por 60 dias sob análise da Comissão de

15

Finanças e Orçamento da Câmara e à disposição para eventuais contestações formais, conforme determina o Regimento Interno da Casa, e agora deverá ser votado pelo plenário. Outra proposta que estará sob análise do plenário é de origem Executiva, e prevê a concessão de uso de prédio público para a Associação dos Produtores Feirantes de Ijuí (Aprofeira). O novo contrato proposto pela prefeitura estabelece o uso do prédio por parte dos agricultores pelos próximos cinco anos, com vencimento em 2021. A proposta ainda prevê que a

Aprofeira deverá recolher junto à Fazenda Municipal o valor mensal de R$ 662,07, que corresponde a 7,25 Unidades Fiscais municipais, que devem ser recolhidas até o dia 10 de cada mês. Os vereadores também devem aprovar o projeto que autoriza a prefeitura a receber doação da Gerência Executiva do INSS de Ijuí. A instituição federal vai efetuar doações de vários computadores e acessórios de informática ao Município, que serão destinados para atender os serviços das secretarias da prefeitura, conforme o projeto.

explica, defendendo também políticas de incentivo ao aumento de espaços públicos para caminhadas e livre circulação de pessoas. Quanto à iluminação pública, que tem recebido inúmeras críticas nos últimos anos, o candidato do PT define o serviço em Ijuí como "uma tragédia". "Temos uma gestão ultrapassada nesse aspecto, faz 30 anos que se trabalha do mesmo jeito e acho que está na hora de fazer diferente. Todo o lugar que eu vou ouço reclamações sobre iluminação pública, é um problema importante porque tem a ver com segurança pública, com acidentes que ocorrem com pessoas de idade por falta de iluminação, pais preocupados com filhos que andam à noite pelas ruas". A solução, segundo Bira, é simples. "Nós vamos fazer uma parceria, e contratar uma empresa para substituir todas as lâmpadas atuais por lâmpadas de LED. Muitos municípios já fizeram isso através das parcerias público-privadas e deu certo. São equipamentos mais corretos ambientalmente, que consomem menos energia e duram muito mais. Além disso, a empresa instala um dispositivo no poste que avisa quando a lâmpada parou de funcionar, e aí dentro de 24 horas a lâmpada é substituída. Já pesquisamos e vimos que algumas empresas fazem esse serviço pelo mesmo valor que é investido atualmente em iluminação pública em Ijuí. A diferença é que o serviço tem mais qualidade é mais ágil, é algo possível de ser feito e estou muito motivado para isso. Só temos que mudar a gestão, porque fazer como se fazia há 30 anos não dá mais".

Candidatos têm extensa agenda no fim de semana Os candidatos a prefeito de Ijuí seguiram ontem seu roteiro de visitas a empresas e bairros da cidade. O candidato Valdir Heck, da coligação Juntos Por Ijuí, teve agenda ontem apenas no período da tarde, iniciando com a visitação a empresários locais. Depois, o candidato pedetista gravou entrevista para um programa de TV, e à noite participou de reunião com candidatos a vereador de sua coligação. O candidato Bira Teixeira, da coligação Construindo o Novo, esteve na sede do Grupo JM pela manhã, para participar do Palanque JM. Logo depois, foi até o CTG Velho Vargas, onde participou da recepção da chama crioula. À tarde Bira concedeu entrevista a uma emissora de TV, e cumpriu compromissos de campanha. À noite, Bira participou da Missa Crioula, no bairro São José, e depois esteve em um jantar, promovido na Casa Holandesa do Parque de Exposições Wanderlei Burmann.

Hoje, Bira Teixeira, junto com seu candidato a vice-prefeito Jean Arais, participa de atividade de sua coordenação de campanha na Praça da República, onde serão recebidos correligionários e simpatizantes da candidatura, com a realização de bandeiraço. No domingo, o candidato participa do Desfile das Etnias, também na Praça da República. O candidato Valdir Heck começa este sábado com visita a empresas locais, e à tarde visita a feira de economia solidária, e participa de culto e café na comunidade evangélica. À noite, está programada participação do candidato na missa crioula do bairro Osvaldo Aranha, reunião com vereadores, Festidoce no Rincão dos Goi, Festival do Chope, formatura no Gervi e jantar na comunidade evangélica. No domingo, a agenda do candidato inclui participação em festas de seis comunidades religiosas, além da presença na domingueira do Gervi.

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

AIF tem jogo decisivo em casa O novo técnico da Associação Ijuí Futsal (AIF), Jorge Lückemeyer, assume o comando da equipe hoje no jogo contra o Expresso de Capão da Canoa às 20h no Ginásio de Esportes Wilson Mânica pela terceira rodada da segunda fase do Estadual de Futsal Série Bronze. Ele substitui Jaques Schultz que foi demitido na última terça-feira. A vitória é essencial para o time de Ijuí seguir na briga pela classificação. A AIF com três pontos ocupa a terceira posição da chave 6 e busca reabilitação. Lückemeyer, que é natural de Giruá, foi atleta do Tamoyo e do Olímpia de Santo Ângelo, times que marcaram época no Estado e da Seleção Gaúcha de Futsal nos anos 80 e do extinto Cruzeiro/ Winik, de Ijuí. No futebol, entre outras equipes, defendeu o Elite, também da Capital das Missões e o Santa Rosa.Em 2000 treinou a Associação Colmeia de Futsal (ACF) quando a equipe ijuiense conquistou vaga para a Série

SÉRIE BRONZE 3ª rodada-2ª faseHoje,10.9 Chave 4 Em Uruguaiana-Uruguaianense x Nadas Branco-Rio Pardo-20h Em Marau-AMF x ASF-Santiago-20h Chave 5 Em Parobé-Parobé Futsal x ACBFCerro Branco-20h Em Salvador das Missões- Cerro Largo Futsal x ACF de Caçapava do Sul-20h Chave 6 Em Ijuí-AIF x Expresso-Capão da Canoa-20h Em Horizontina-Horizontina Futsal x APF-Passo do Sobrado-20h Chave 7 União Independente-Santa Maria x ADCH-Salto do Jacuí-20h Em Camargo-Guarani Futsal x SERCCA-Casca-20h

Ouro. Ele não permaneceu na agremiação na temporada seguinte. Já orientou entre outras equipes a Asaf de Santo Ângelo, a AGSL de São Luiz Gonzaga e o Cerro Largo Futsal. Também

Reencontro da Associação Silencar A equipe da Associação Silencar promoveu um almoço de confraternização no último sábado reunindo ex-dirigentes e ex-atletas da agremiação, uma das mais vitoriosas do futsal ijuiense e que obteve várias conquistas nos anos 80. Celoir Valentini (Nego), um dos fundadores da agremiação disse que em em dezembro deve acontecer um novo encontro. "Pretendemos trazer neste

evento o ex-técnico Pedrini, que fez uma revolução tática no futsal de Ijuí naquela época. Grandes jogadores surgiram na Associação Silencar. Recordo da excelente campanha dos Juniores que ficaram entre os seis melhores times do Estado, eliminando o Inter em um quadrangular em Santo Ângelo. Fomos disputar as finais em Caxias do Sul", lembrou Valentini.

treinou no futebol o Luverdense Esporte Clube de Lucas do Rio Verde, Mato Grosso. "Assisti aos dois jogos da AIF contra o Horizontina Futsal em Ijuí, nas vitórias de 3 a 1 e 3 a 2. "Trabalhei com os pivôs Diógenes e Maurício. Conheço o experiente goleiro Danilo. A equipe tem qualidade e pode sim alcançar bons resultados na Série Bronze, que está muito nivelada e é difícil", disse Jorge Lückemeyer. O treinador estava em Curitiba realizando um estágio sobre futsal e futebol com o técnico do Coritiba, Paulo César Carpegiani, quando recebeu o convite para treinar a AIF. O treino da AIF na última quinta-feira foi orientado pelo auxiliar técnico Jean Mônaco. O time que inicia o jogo deste sábado não deve ter muitas mudanças. AIF e Expresso terá o árbitro principal, Lourival Miguel Sestari; árbitro auxiliar, Paulo Ricardo Dill dos Santos; anotador, Thiago Zavarise da Paixão; cronometris-

PLACAR GERAL FUTEBOL AMADOR Os jogos semifinais da 1ª Divisão do Campeonato Municipal de Futebol Amador de Ijuí serão disputados amanhã no Estádio 19 de Outubro. Na primeira partida às 13h30 jogam as equipes do Botafogo e da Portuguesa e no segundo jogo às 15h30, se enfrentam Vila Nova e Juventude do Rincão dos Goi. Quem vencer vai para a final. As quartas de final da 2ª Divisão serão disputadas amanhã. No Estádio 19 de Outubro às 9h30 jogam Flamengo da Linha 11 Norte e Botafogo. No campo da Imasa às 14h30 atuam Arsenal/Baterias Goi/Fruteira do Mano x Afumisa/ Espaço Presentes; e no campo do Lambari, atuam às 13h30 equipes do Bahia e do Huracan e às 15h30, 14 de Julho e Guarani.

COPA DUNGA Ex-dirigentes e ex-jogadores da Associação Silencar realizaram confraternização

cmyk

A 19ª Copa Dunga de Futebol Sete para Menores teve a disputa destes jogos na última quartafeira: pré-mirim,Grêmio Mareli 0 x 3 Escolinha do Sesc; Olinto de Oliveira 4 x 3 São Luiz Vermelho; mirim,Tio Mazzaropi 0 x 1 Cometa Branco;CFE Ijuí 2 x 1 Grêmio Manjabosco; infantil, Grêmio Mareli 1 x 4 Greminho Condor; e no infantil feminino, o Greminho Condor venceu por W.O. a Escolinha Progresso.

16

Renato Marsiglia renato.marsiglia@tvglobo.com.br

Novo treinador Jorge Lückemeyer assume hoje na Associação Ijuí Futsal

ta, Renato Bueno de Oliveira e delegado do jogo, Nairon Oberto da Silva. Os ingressos antecipados custam R$ 7,00 e estão sendo vendidos com dirigentes da Associação Ijuí Futsal. No local do jogo, o preço será R$ 10,00.

JOGOS COMERCIÁRIOS As equipes interessadas em participar da etapa municipal dos Jogos Comerciários , modalidades de Futebol 7 Livre e Veteranos e Bocha Trio masculino podem retirar as fichas de inscrição junto ao Serviço Social do Comércio (Sesc) até o dia 19 de setembro. Os campeões de cada modalidade participarão da final estadual dos jogos , dias 12 e 13 de novembro, em Porto Alegre.

JOGOS DO SESI A quinta rodada dos Jogos do Serviço Social da Indústria (Sesi) no futebol sete livre e master será disputada hoje no Centro Esportivo Arthur Fuchs em Ijuí. No campo 1, às 13h45 jogam na categoria master,Funicalha/ Prosis Informática/Madecor/ Agrimetal /Di Moville x Cisbra; às 15h,chave D, livre, Soberana x 3 Tentos B; às 16h,chave B, livre, Manutec/Pré Moldados Dreffs/EO da Silva/Ombu/Metal Ijuí A x Construtora Realize; e às 17h,chave C, categoria livre, Cisbra A x Mineradora Ijuí. No campo 2, às 13h45, chave B, livre, Gimenez x 3 Tentos A; às 15h, chave D, livre, Cisbra B x Manutec/Pré Moldados Dreffs/ EO da Silva/Ombu/Metal Ijuí B; às 16h, chave C, categoria livre, Dubai Alimentos x Hoff Pneus/ Star Gesso B; e às 17h,master, 3 Tentos x Soberana.

GRÊMIO: DESANDOU O MERENGUE Faz algumas rodadas que venho alertando sobre a falta de qualidade do time do Grêmio. Não estou dizendo que os jogadores não possuem qualidade. E o time como um todo que vem rendendo bem menos do que pode. A goleada para o Coritiba não é um "ponto fora da curva". A vitória de 3 x 0 sobre o Corinthians, sim, é que saiu da normalidade e escrevi aqui que foi enganosa, haja vista Marcelo Grohe ter sido o melhor em campo. A PROPÓSITO... Vale recordar que o Grêmio já havia empatado em casa com América-MG e Santa Cruz que são os últimos na tabela. Todavia, o que mais chamou a atenção nas derrotas para Flamengo, Botafogo e Coritiba foi a apatia do time, demonstrando uma completa incapacidade de lidar contra a adversidade. Isto significa que existem problemas sérios não resolvidos dentro de vestiário. Se a direção não souber contornar, não há técnico que faça o time funcionar. SELEÇÃO BRASILEIRA 100% Não há como não reconhecer os méritos de Adenor Bacci, o Tite, nesta retomada de rumo da Seleção Brasileira. Foram seis pontos (quatro já era considerado ótimo) em dois jogos contra times bem melhor colocados na tabela, fazendo com que o Brasil pulasse do sexto para o segundo lugar nas Eliminatórias. O time está mais equilibrado (tática e emocionalmente), e a classificação para a Copa da Rússia, que antes parecia em perigo, agora caminha com naturalidade. Os próximos adversários serão Bolívia e Venezuela, o que nos leva a projetar que no final da próxima rodada poderemos estar liderando estas Eliminatórias. JOGOS PARALÍMPICOS Fiquei bem mais emocionado com a festa de abertura dos Jogos Paralímpicos do que com a dos Jogos Olímpicos. Ambas foram maravilhosos, mas a festa dos Jogos Paralímpicos me tocou demais. Estes atletas são verdadeiros heróis do esporte. Exemplos de superação, de romper barreiras e lutar contra a adversidade. Admiráveis. O sorriso e a alegria estampada em cada rosto é de arrepiar. O Maracanã lotado e eufórico soube reconhecer o esforço de cada um deles. Depois da lição de vida que assisti, confesso que meus problemas são ridículos, para não dizer, inexistentes. Que espetáculo sublime e grandioso !


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

17

DOIS TOQUES

Ijuienses vencem em Oberá Carlos Alberto Padilha

esporte@jornaldamanhaijui.com

TRICOLOR-A situação não segue nada boa para o Grêmio no Campeonato Brasileiro. Mesmo ocupando a sexta colocação o time, que já brigou pela liderança, segue caindo na tabela. Ontem o técnico Roger Machado promoveu uma reunião com os jogadores antes de realizar treino fechado à imprensa.A equipe ainda terá tempo de realizar mais um treino antes do duelo contra o líder Palmeiras, que acontece amanhã, na Arena Grêmio, às 18h30. Antes da atividade de ontem, comissão técnica e jogadores se reuniram com o presidente do clube, Romildo Bolzan Júnior. Roger deixará para definir o time titular no treino deste sábado. Um dos jogadores que pode deixar os 11 iniciais é o lateral Marcelo Oliveira, muito criticado pela torcida gremista. COLORADO- O Inter venceu o Santos, mas ainda não tem pontuação para comemorar. Precisa voltar de Curitiba amanhã com um bom resultado diante do Atlético-PR. BRASILEIRÃO- A 24ª rodada abre hoje às 18h30 com Vitória x Flamengo. Amanhã às 11h jogam São Paulo x Figueirense; Chapecoense x Coritiba; às 16h, Cruzeiro x Botafogo; Atlético-PR x Internacional; Sport x Santa Cruz; Santos x Corinthians; e às 18h30, Grêmio x Palmeiras; e Ponte Preta x América-MG. PERDA-Foi sepultado na manhã de ontem no Cemitério Municipal, Alberi Amorim Oliveira. O seu Alberi como era conhecido pelos desportistas entrou para a história do futebol de Ijuí trabalhando no Esporte Clube São Luiz. A direção pensa em uma forma de homenageálo. A Torcida Fanáticos da Geral vai criar uma bandeira com a imagem do seu Alberi. Presenciei no ano passado às vésperas de um jogo decisivo com o Glória em Vacaria a generosidade do seu Alberi. Os torcedores arrecadavam dinheiro para financiar a viagem até Vacaria. Os jogadores colaboraram, teve um que deu R$ 20,00; outro deu 10,00 e seu Alberi tirou R$ 200,00 da carteira e colaborou. Gestos assim explicam porque a sua despedida ontem teve a presença não só de torcedores do São Luiz, gente ligada ao esporte, mas de pessoas de vários setores da comunidade ijuiense. BOCHA- Bochófilos de várias cidades do Estado e do Uruguai participam hoje e amanhã em Ijuí do Torneio Regional de Bocha. Os jogos acontecem na cancha da sede do bairro Assis Brasil.

Atletas do Clube de Corredores de Ijuí (CCI) disputaram na última segunda-feira a 33ª Maratón del Inmigrante em Oberá, Missiones, na Argentina. Conquistaram as primeiras colocações, trazendo inúmeros troféus e medalhas. Rosana Nunes Ferreira foi a primeira colocada na classificação geral feminino e na sua faixa etária, com o percurso de 10 quilômetros. André Herter obteve o terceiro lugar no geral masculino e a primeira posição na sua faixa etária também com o percurso de

10 quilômetros. Geliel Pelisson sagrou-se campeão geral masculino na prova de quatro quilômetros e Altamir Estivalet garantiu o segundo lugar na sua faixa etária. O percurso foi 10 quilômetros. A tradicional Maratón del Inmigrante, que integra a programação da Fiesta Nacional del Inmigrante, teve a participação de 450 atletas da Argentina, Brasil e Paraguai, que percorreram as principais ruas e avenidas da cidade de Oberá, da Faculdade de Engenharia até o Parque das Nações.

Começa o Futsal Tem início na próxima segunda-feira o Campeonato Municipal de Futsal de Ijuí. A competição nesta temporada terá partidas nos dias de semana a partir das 19h e às 17h nos sábados e domingos nos Ginásios Wilson Mânica e Walter Müller do bairro Modelo. O coordenador de esportes Rogério Durks acredita em uma competição de bom nível técnico. "Os times estão bem organizados e esperamos um excelente campeonato", comentou. A Divisão Única movimentará 42 equipes. Serão seis na categoria Veteranos, cinco equipes na categoria Sênior e seis times na categoria feminina.

JOGOS 1ª rodada Segunda-feira,12.9 a partir das 19h Ginásio Walter Müller Chave A Titãs x Os Parentes Chave A Posto do Ganso x Progresso Chave B IBIS F.C. x Progresso/Portuguesa Chave B Itaí Futsal x E.C.União Ginásio Wilson Mânica Feminino E.C. Ijuí x Sport Club São José Feminino Ellas x ASPF Chave I no masculino E.C. Bahia x Independência Futsal

Atletas ijuienses se destacaram na corrida realizada em Oberá na Argentina

Paralímpiadas O Brasil conquistou uma medalha de prata histórica para fechar sua participação ontem nas finais da natação dos Jogos Paralímpicos do Rio. O pódio foi conquistado na prova do revezamento 4x50m misto, primeira prova da história paraolímpica a envolver homens e mulheres. Clodoaldo Silva, Joana Maria Silva, Susana Ribeiro e Daniel Dias fecharam a prova em 2min25s45. A China ficou com a medalha de ouro, com Qiuping Peng, Shengan Jiang, Wenpan Huang e Quin Xu fazendo tempo de 2min18s03. O bronze foi para a Ucrânia. Com mais um pódio, o multicampeão Daniel Dias chegou à sua 17ª medalha paraolím-

pica. Já a lenda Clodoaldo Silva, que acendeu a pira paraolímpica na cerimônia de abertura da competição, subiu ao pódio paralímpico pela 14ª vez na longa carreira. Foi a segunda medalha de prata conquistada pela natação brasileira ontem. Mais cedo, Phelipe Rodrigues havia levado a segunda colocação nos 50m livre da classe S10. Ontem pela manhã o Engenhão ficou de pé para reverenciar Daniel Martins, que venceu com sobras a prova dos 400 metros na classe T20, categoria para atletas com deficiência intelectual,. O paratleta ainda quebrou o recorde mundial e olímpico na prova, agora estabelecido com o tempo de 47.22.

Atletas de Ijuí disputam competição em Farroupilha Atletas do Instituto Sanshou de Kung Fu Nan Chuan ISKF participaram no último domingo em Farroupilha do Whei Chi Combat Tournam, evento que teve competidores da Serra Gaúcha, da Região Metropolitana e do Uruguai. Ijuí foi representado por uma equipe de 11 competidores que participaram nos estilos formas de kung fu e combat. Foi a quarta vez que a delegação ijuiense participou da competição conquistando bons resultados. Estiveram presentes atletas de Ijuí e Santo Augusto (filial) e ainda Gabriele de Sá, campeã gaúcha de Kickboxing,

que representou o Instituto. Ela conquistou o primeiro lugar no combate ao enfrentar uma faixa preta em sua luta final. A equipe ijuiense obteve 23 medalhas, terminando como destaque do evento. O professor Alexandre Savian e os atletas Leandro Cabral, Emanoel Almeida, João Owergor, Luis Owergor, Guilherme Bertoldo, Douglas Luan, Thiarles Matheus, e Gilnei Junior, se destacaram em várias modalidaes. O professor Alexandre disse que está em negociações para a realização de um grande evento de artes marciais em Ijuí.

Atletas conquistaram boas colocações na competição disputada em Farroupilha

Campeonato de Motocross Ijuí sedia neste fim de semana a 6ª etapa do Campeonato Gaúcho de Motocross na pista do Moto Clube próximo à BR285, ao lado do Parque de Exposições Wanderley Burmann. Será inaugurada a nova pista. Os treinos livres começam hoje a partir das 12h15 e no início da

tarde tem os treinos cronometrados. As primeiras baterias começam às 17h deste sábado. Amanhã a partir das 11h10 começam as disputas pelo Campeonato. Até a tarde serão 10 baterias. Pilotos do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e do Uruguai estão confirmados.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

18

IJUÍ - CATUÍPE

Justiça ordena restauro da ERS-342 A Justiça determinou que o governo do Rio Grande do Sul e o Departamento Autônomo de Estradas e Rodagens (Daer) deverão restaurar o trecho da ERS-342 que liga Ijuí - Catuípe. A decisão advém de uma ação ajuizada pelo Ministério Público de Catuípe, ainda no início do ano de 2015, alegando problemas de trafegabilidade e "risco iminente" aos usuários da região. Em 2015, o Minsitério Público de Catuípe, por meio do promotor Nilton Kasctin moveu a ação civil pública contra o governo devido às caóticas condições de uma rodovia que liga Norte - Centro - Sul do Estado, além dos imensuráveis prejuízos materiais e humanos deixados ao longo dos anos. "Não é nem mais passível de comentários o que estava acontecendo com todos os motoristas e usuários da rodovia. Todo mundo sabe como estavam as condições dessa rodovia de maneira intransitável. Passamos um ano, praticamente, experimentando as piores

consequências em termos de uso precário dessa rodovia", justificou o promotor Kasctin em entrevista concedida ao Grupo JM, na tarde de ontem. O promotor ainda acrescentou: "O MP, com essa ação, pediu que poder Judiciário condenasse o Estado e o Daer, em conjunto, a manterem a estrada e não só arrumarem buracos". Segundo a sentença, ainda foi determinado que fossem incluídos, no orçamento de 2017, verbas suficientes para executar as obras de recuperação e manutenção do trecho. Estado e Daer foram condenados a manter a rodovia em condições de trafegabilidade executando manutenção rotineira e pena de fixação de multa. A decisão também está passível de recurso, mas o promotor entende que dificilmente o Tribunal de Justiça vai voltar atrás na decisão. "Eu não posso garantir para a sociedade os atos do Estado e do Daer porque realmente ambos têm sido historicamente omissos. O que eu posso garantir é que o MP

Reajuste das multas é publicado no DOU Resolução publicada no Diário Oficial da União de ontem pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) prevê a aplicação de novos valores nas infrações de trânsito a serem cobrados a partir do dia 1º de novembro. De acordo com o Contran,

o valor a ser pago por infrações classificadas como gravíssimas será de R$ 293,47. Infrações consideradas graves passarão a custar R$ 195,23, enquanto as infrações classificadas como médias custarão R$ 130,16. Já as infrações leves serão reajustadas para R$ 88,38.

Detran-RS alerta para informe por email falso A partir de novembro deverá entrar em funcionamento o Sistema de Notificação Eletrônica, por meio do qual os condutores poderão ser notificados de multas através de ferramentas eletrônicas, como e-mail e mensagem de celular. A resolução que trata do tema foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito). Os motoristas poderão optar entre esse modelo, mais moderno, ou o tradicional, em que as notificações são enviadas pelo correio. Mas há um atrativo para quem decidir pelo sistema eletrônico: as multas poderão ser pagas com um desconto de 40% em relação ao valor original. Conforme o Contran, a medida é para reduzir os custos com envio de impressos e a utilização de papel, além de garantir que o condutor seja notificado. O Denatran (Departamento

cmyk

Nacional de Trânsito) será responsável pela organização, gestão e manutenção desse sistema. Até novembro, o órgão terá que definir qual será o meio por qual os condutores serão informados das multas. Quem aderir ao modelo deixará de receber a notificação impressa. Por isso, deverá manter os dados atualizados junto ao órgão de trânsito do Estado, com endereço eletrônico e telefone celular. A comunicação por meio eletrônico deverá conter um link para recurso da notificação ou solicitação da transferência dos pontos para outro condutor, nos moldes do que já é feito no modelo impresso. A plataforma do Sistema de Notificação Eletrônica será acessada através de um site autônomo, administrado pelo Denatran, com links de acesso pelos sites do próprio órgão e dos Detrans (Departamentos Estaduais de Trânsito).

Emater / Ascar

Importância das leguminosas da produção ao consumo como estratégia para a segurança e soberania alimentar

Trecho Ijuí - Catuípe é motivo de dor de cabeça aos usuários há anos

vai ficar atento ao cumprimento dessa decisão. Sabemos que o Estado e o Daer vão recorrer, mas espero que o Tribunal de Justiça não volte atrás", ressaltou. A sentença ainda condena os

réus por danos morais coletivos no valor de R$50 mil revertido ao fundo estadual de reconstituição de bens. "É um fundo previsto para gastos relacionados e de interesse da comunidade local", finalizou.

Número de acidentes cai 25% nas rodovias do RS O programa de fiscalização eletrônica gerenciado pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) tem obtido sucesso no cumprimento do seu objetivo: aumentar a segurança nas rodovias estaduais do Rio Grande do Sul. Um levantamento realizado pelo Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) aponta redução de cerca de 25% no número de acidentes no intervalo dos últimos dois anos. Em 2015, foram registrados 10.026 acidentes nas estradas da malha estadual fiscalizadas pelo CRBM, em parceria com o Daer. São 3.320 ocorrências a menos em comparação a 2013 e 2.261 a menos do que em 2014. Este ano, o índice de acidentalidade também apresentou queda: entre 1º de janeiro e 31 de julho, houve 4.660 acidentes nas rodovias estaduais,

o que representa uma redução de 25,86% em relação ao mesmo período de 2015. Houve diminuição, ainda, no número de mortes. Em 2015, foram 414 óbitos ocasionados por acidentes na malha viária do Estado. O levantamento aponta redução de 23,47 % em comparação a 2013. A tendência é comprovada em 2016: entre janeiro e julho, houve 13,5% menos mortes nas rodovias estaduais do que no total dos primeiros sete meses do ano passado. De acordo com o diretor de Operação Rodoviária do Daer, Rogério Uberti, os equipamentos eletrônicos de controle de velocidade operados pela autarquia têm auxiliado nas estatísticas. “Temos um total de 227 faixas monitoradas por pardais e lombadas eletrônicas e pretendemos ampliar essa fiscalização”, afirma.

Dados sobre o índice de acidentes foram divulgados pelo Daer, ontem

A FAO determinou para o ano de 2016 o Ano Internacional das Leguminosas, com o tema “Sementes Nutritivas para um Futuro Sustentável”, cujo objetivo é promover o poder da proteína e os benefícios à saúde dos legumes secos. A meta é chamar atenção para os muitos benefícios desses alimentos, como também para aumentar a produção e o comércio. Apesar do nome, as leguminosas são na verdade grãos produzidos em vagens. Dentre as mais conhecidas, temos feijões, soja, grão-debico, lentilha, amendoim e ervilha. As matérias-primas vegetais classificadas como leguminosas podem confundir-se com os cereais mas diferenciam-se destes em função da sua constituição química. Suas principais características são: alto teor de proteínas, baixa perecibilidade e baixo teor de umidade. É uma das maiores famílias botânicas de ampla distribuição geográfica em todo o mundo. Uma das características das leguminosas é a ocorrência da vagem, exclusiva deste grupo. As leguminosas têm importância na alimentação humana, animal, na adubação verde, além de espécies arbóreas presentes nas florestas, no reflorestamento e no paisagismo. Elas representam uma vasta família de plantas, incluindo mais de 600 gêneros e mais de 13 mil espécies. A produção das principais leguminosas comestíveis, exceto a soja, somam mais de 60 milhões de toneladas. Uma das características das leguminosas é a ocorrência da vagem, exclusiva deste grupo. As leguminosas tem importância na alimentação humana, animal, na adubação verde, além de espécies arbóreas presentes nas florestas, no reflorestamento e no paisagismo.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

19

CRISE NA SEGURANÇA

Ações policiais caem em todo o Estado

Os números divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Rio Grande do Sul apontam que o número de inquéritos abertos pela Polícia Civil caiu 3% nos primeiros seis meses de 2016 em relação ao mesmo período do ano passado. A quantidade de flagrantes, por exemplo, é a menor em seis anos. A redução foi de 16% em relação a 2015. Os mandados de prisão também apresentam queda: 12% a menos. Os dados referentes ao trabalho desempenhado pelas forças de segurança é obrigatoriamente publicado no Diário Oficial do Estado. Já as estatísticas da criminalidade divulgadas pela SSP apontam que desde janeiro de 2015 3.945 morreram violentamente no Estado. O número foi propagado em um protesto realizado por servidores e sindicatos

PLANTÃO FURTO DE AMBULÂNCIA Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi recuperada, no início da tarde de ontem, após ser furtada, em Passo Fundo. Conforme a Brigada Militar, os socorristas estavam em atendimento em uma casa da rua Alferes Rodrigues e, quando saíram com o paciente, perceberam que o veículo não estava mais no local. Testemunhas relataram que os suspeitos trafegaram com a ambulância em alta velocidade e com as sirenes ligadas. A ambulância foi abandonada na rua Osório da Silva Chaves, no bairro São Bento. Os suspeitos foram identificados e, segundo a polícia, são dois adolescentes e um adulto. A polícia fez buscas, mas até o fechamento da edição, ninguém havia sido preso. CRIANÇA BALEADA - Um homem que caminhava junto com o menino de 9 anos baleado na noite de quinta-feira em Porto Alegre era o alvo dos atiradores, segundo a Polícia Civil. Esta pessoa, inclusive, foi atingida por dois disparos, um na perna e outro na cabeça, mas se recusou a ficar no Hospital de Pronto Socorro por medo de novo atentado. O garoto foi atingido na coluna e segue em estado grave na UTI pediátrica da instituição. Um adolescente apontado como autor do disparo e um segundo criminoso já foram identificados pela Delegacia de Homicídios. A presença de um terceiro atirador ainda é investigada.

da segurança pública durante ato para lembrar as vítimas da violência, ontem. A política de corte de horas extras, o parcelamento de salários e a redução no número de diárias pagas são as principais causas para essa situação, conforme o presidente da entidade que representa os policiais civis. “Impacto à investigação qualificada. As investigações todas prejudicadas. Quando você não investiga, é sinônimo de impunidade. O criminoso não é punido, não é preso e ele fica matando um, dois, três, quantas pessoas for necessário”, afirma Issac Ortiz, presidente do Sindicato dos policiais civis do Rio Grande do Sul. O levantamento com os números da atuação policial mostra, ainda, que as prisões em flagrante da Brigada Militar caíram 18%. Os patrulhamentos também

diminuíram e as operações de policiamento tiveram redução de 82% na comparação com 2007, ano em que a Secretaria de Segurança Pública começou a divulgar estes dados. A superlotação dos presídios gaúchos é outro problema. Aumentou quase 46% este ano enquanto o número de vagas caiu 11%. Atualmente, o Estado tem capacidade para abrigar 26.556 detentos no sistema penitenciário. No entanto, 34.413 pessoas estão presas no Rio Grande do Sul. Por nota, o governo informou que as horas extras e as diárias foram liberadas e que isso vai permitir a expansão das operações da Polícia Civil. Afirmou, também, que a Brigada Militar duplicou a Operação Avante e que a chegada da Força Nacional aumentou a capacidade de patrulhamento na capital.

“Prisioneiro das nossas casas”, diz Schirmer

O novo secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Cezar Schirmer classificou como “calamidade” a situação da violência no Estado e completou ainda que “somos prisioneiros nas nossas casas”.As declarações foram dadas em entrevista na manhã de ontem. Schirmer afirmou que não quer vender falsas ilusões para os gaúchos e elencou as três prioridades determinadas pelo governador José Ivo Sartori para sua gestão: viabilizar rapidamente as ações anunciadas, aumentar policiamento nas ruas e enfrentar a situação do sistema prisional. O secretário disse que “colocou pastas em baixo do braço” e está em contato com deputados para acelerar a votação de projetos de lei que estão na Assembleia Legislativa, como a convocação de 700 policiais militares, 220 policiais civis, o pagamento do abono de permanência para agentes da Brigada Militar e o retorno de policias aposentados. “O governador assinou decreto para a Brigada Militar e hoje [sexta-feira] deve assinar o decreto para chamar 220 policiais civis”, afirmou Schimer. Para aumentar o policiamento nas ruas, o secretário informou que pretende diminuir a quantidade de policiais que realizam trabalhos administrativos. “Imediatamente vamos reduzir o número de servidores que estão na Secretaria de Segurança e eles vão para as ruas”, disse. Outra meta já declarada pelo

Na quinta-feira os servidores protestaram fazendo referência às vítimas da violência

Desmontada quadrilha de sequestradores no RS A 1ª Delegacia de Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) prendeu de forma preventiva duas mulheres, mãe e filha, por extorsão mediante sequestro. A prisão ocorreu na praia

de Magistério, em Balneário Pinhal. Já o crime, foi cometido no início de agosto, na cidade de Triunfo, na região Carbonífera, e tinha como mentor um detento do Presídio Central.

Promotor que ofendeu vítima pode perder cargo Cezar Schirmer, secretário de Segurança do Estado em entrevista, ontem

secretário de segurança é ampliar o número de vagas no sistema prisional gaúcho. Atualmente, o Estado tem capacidade para abrigar 26.556 detentos. Porém, 34.413 pessoas estão presas no Rio Grande do Sul. “Eu visitei os promotores e juízes das varas de execução criminal para que eles me propiciassem uma visita aos presídios Central e de Charqueadas, para ver de que formas podemos intervir nesse quadro que é doloroso. São depósitos de seres humanos e fábricas de criminosos”, conta Cezar Schirmer. Perguntado sobre como ingressam os celulares nos presídios e por que não existem bloqueadores de sinal de telefonia no entorno das casas prisionais, o secretário foi sincero: “É uma boa pergunta. Confesso que não sei te responder”, disse.

O processo aberto pela Corregedoria do Ministério Público (MP) contra o promotor Theodoro Alexandre da Silva Silveira poderá resultar em perda de cargo. O promotor ofendeu uma vítima de abuso sexual, durante audiência de um processo contra o pai da menina, acusado de praticar abuso sexual e de engravidá-la. Segundo a denúncia do MP, o homem, de 39 anos, cometeu os atos entre janeiro de 2011 e outubro de 2012. A vítima, à época, tinha 13 anos. A sessão ocorreu em 2014, mas só veio à tona nesta semana. Quando a gravidez foi descoberta e o caso passou a ser apurado, a vítima contou às autoridades detalhes da violência sexual que sofria do pai e afirmou que a gestação era decorrente dessas relações forçadas. Ela então obteve autorização judicial para fazer um aborto. Depois disso, quando ouvida novamente na Justiça, negou o abuso por parte do pai (supostamente pressionada pela família). Foi isso que causou a irritação do promotor

na audiência. De acordo com o subprocurador do Ministério Público, Fabiano Dallazen, o processo aberto contra o promotor pode resultar em suspensão e até perda do cargo. “É uma conduta ilícita. O procedimento já foi instaurado pela corregedoria. Vão ser coletadas as provas e depois ele terá o direito de defesa. Posteriormente, será feito o julgamento no Conselho Superior do Ministério Público e serão aplicadas as punições previstas em lei”, explicou. A audiência foi gravada em imagem e áudio. No acórdão da 7ª Câmara Criminal, constam outros trechos da fala do promotor. Entre eles, o promotor dispara: “Pra abrir as pernas e dá o rabo pra um cara tu tem maturidade, tu é autossuficiente, e pra assumir uma criança tu não tem? Tu é uma pessoa de sorte, porque tu é menor de 18, se tu fosse maior de 18 eu ia pedir a tua preventiva agora, pra tu ir lá na Fase, pra te estuprarem lá e fazer tudo o que fazem com um menor de idade lá”.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

29º BATALHÃO DA POLÍCIA MILITAR

Falta de efetivo encerra policiamento montado

Foram leiloados nesta semana 15 cavalos que eram mantidos pela Brigada Militar. Os animais estavam sob custódia do policiamento em Santa Maria, e eram fruto dos comandos de Ijuí e Cruz Alta. As vendas foram efetuadas devido aos problemas enfrentados pela falta de efetivo dos respectivos comandos. "Na verdade é uma perda cultural da Brigada Militar", resumiu o subcomandante do 29º Batalhão da Polícia Militar, Gilmar Bischof. Em entrevista concedida ao Grupo JM, o capitão lamentou a perda de um "braço" do policiamento histórico e de extrema utilidade. "Constitucionalmente, nossa missão da Brigada Militar é o policiamento ostensivo e preventivo. Ouso dizer que não há nenhum processo de policiamento mais preventivo e mais ostensivo que o policiamento montado", destacou. Em Ijuí, sobretudo, há um fato curioso relacionado a origem do policiamento militar de Ijuí. Há cerca de 30 anos foi instituído o policiamento montado no batalhão local. "Só para fazer um registro, o policiamento montado em Ijuí fui arquitetado pelo sar-

cmyk

Agentes da PRF de Ijuí atendem atropelamento Agentes da Polícia Rodoviária Federal de Ijuí foram chamados na madrugada de ontem para atender um atropelamento na BR-285, altura do município de São Luiz Gonzaga. A vítima trata-se de Rosaldo Ribeiro Ortiz, 31 anos. Conforme repassado pelos agentes, o acidente ocorreu por volta das 5h, na altura do km

533, quando um caminhão com placa de Mafra-SC, atropelou o homem que caminhava sobre a pista de rolamento. O motorista não se feriu, submetido ao teste de alcoolemia, teve resultado negativo. A PRF realizou o levantamento do local do acidente e, posteriormente, deve encaminhar para corroborar o inquérito policial.

Local, agora sem animais, é ocupado pelos demais policiais do comando

gento Ourique, hoje falecido. Os dois filhos dele exerceram suas funções nesse pelotão montado e que, com muita tristeza, tivemos que deixar esse processo de lado por falta de efetivo", lamentou o subcomandante. O local, popularmente conhecido como baia, situado no bairro Getúlio Vargas 2, não é mais ocupado como antes. O espaço, no entanto, é utilizado pelos policiais militares para

Novos policiais estarão nas ruas só em 2017 A Brigada Militar estima que os 1,3 mil policiais anunciados pelo governo estarão nas ruas a partir de fevereiro de 2017 para o estágio operacional. Em um primeiro momento, eles serão supervisionados por outros PMs. Até lá, serão chamados, passarão por exames obrigatórios e, em seguida, farão o curso de formação. A previsão para formatura é metade de 2017. O edital para chamar os 530 previstos na segunda fase do Plano Estadual de Segurança já foi publicado. No entanto, esse grupo só começará o curso de formação quando os outros 770 também forem chamados. A nomeação desse segundo grupo, prevista para março do ano que vem, foi antecipada pelo gover-

20

nador José Ivo Sartori há uma semana, quando foi anunciado o nome de Cezar Schirmer como novo secretário da Segurança. Neste fim de semana, começa o estágio operacional de um outro efetivo de 160 soldados que estão em formação, como explica o sub-comandante-geral da BM, coronel Andreis Dal'Lago. "Eles vão atuar no Parque Harmonia neste fim de semana. Em setembro e outubro, vão estar supervisionados por PMs mais antigos em eventos, como Oktoberfest, jogos de futebol e em áreas de comércio, como Assis Brasil e Azenha, em Porto Alegre", destaca. A formatura dos policiais está prevista para metade de dezembro.

outras funções, segundo garantiu o capitão. "Gostaria de dizer para a comunidade do entorno do policiamento montado, que nós vamos continuar ocupando aquele espaço, não com os cavalos, mas com o Pelotão de Operações Especiais (POE). Muitas pessoas nos procuraram preocupadas com o fechamento do espaço. Mas não está nem estará abandonado", garantiu e finalizou Bischof.

Homem foi atropelado na rodovia, próximo ao município de São Luiz Gonzaga

Prisões quase dobram com a Força Nacional Os números registrados em uma semana de atuação da Força Nacional de Segurança em Porto Alegre mostram redução no crime de roubo de veículos e aumento na média de prisões diárias, que dobrou. Os homicídios, no entanto, se mantiveram dentro da média. Os dados compilados pela Editoria de Segurança do Grupo RBS apontam ainda que, no período, não foram registrados latrocínios, crime que teve aumento de 34,8% no Estado nos seis primeiros meses do ano. O número de homicídios se manteve o mesmo uma semana após a chegada da tropa a Porto Alegre, com a média de dois registros por dia. Em relação aos latrocínios, foi registrado uma média de um caso a cada 10 dias, sendo que no período em que a tropa atua na

capital gaúcha, não foi registrada nenhuma ocorrência deste crime. Já os roubos de veículos tiveram queda no período. A média do ano, de 22 casos por dia, caiu para 16,5 após a chegada da Força Nacional. O índice de prisões foi o que mais subiu desde a chegada das tropas. A média, que era de 2,47 prisões por dia na Operação Avante, passou para 4,57 nos últimos sete dias de atuação dos agentes federais. Os cerca de 120 homens e mulheres da Força Nacional de Segurança se juntaram ao efetivo de 160 policiais militares responsáveis pela Avante, que se caracteriza pela realização de blitze e barreiras, além de patrulhas, em pontos considerados estratégicos para coibir ações criminosas e apreender drogas e armas.

PLANTÃO BECO - Foi preso na tarde de ontem, no Beco do bairro Osvaldo Aranha Edson Roberto de Azevedo de Almeida, 33 anos. A ação foi da Brigada Militar de Ijuí em cumprimento de mandado de prisão expedido pela Comarca de Ijuí. Após exames, ele foi conduzido para o Instituto Penal de Ijuí.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

COMUNIDADE

Casas de passarinhos são destaque no bairro Modelo

Preservar a natureza, embelezar os ambientes e reciclar, esse é o objetivo da Associação Ecológica Bandeirantes do Verde, com a produção e distribuição de casinhas de passarinhos no município. De acordo com o representante que faz parte da diretoria de assistência técnica do grupo, Obirajá Gehm, o trabalho inicia com o objetivo principal de conscientizar a população. "Sou eu que produzo as casinhas e sempre procuro utilizar materiais recicláveis, como pallets, folhas de jornais e pregos de madeiras. Após a confecção das casinhas eu entrego para a Associação Bandeirantes do Verde, que realiza a doação para os moradores", explica. Segundo Obirajá, neste ano aproximadamente 700 casas foram produzidas por ele. "Das 700 casinhas que eu produzi, nenhuma delas foi vendida, somente feita a doação. Para retribuir a ajuda que eu recebo e os

21

O que a vida começou... A morte não interrompe. Entre aqueles que se amam, a morte aparece em vão... Pode nascer a saudade, mas nunca a separação. Amada por todos nós, jamais será esquecida! DOIS ANOS se passaram, e continuas presente para todos nós! Homenagem do esposo José Vilson e filhos Marcelo e Mauricio.

SOLANGE RODRIGUES 02/06/64 - 05/09/14

PARTICIPAÇÃO DE FALECIMENTO E CONVITE PARA MISSA DE 7º DIA Familiares com profundo pesar participam o falecimento da sempre amada

ELVIRA WIERCINSKI *27/12/1927 +02/09/2016

As casinhas são produzidas com material reciclável e com ajuda de entidades e empresas do município

materiais, também entrego algumas casinhas para as entidades e empresas que me ajudam", comenta. Sobre as pessoas interessadas nas casinhas, o representante técnico afirma

que todas as pessoas acham bonito e gostam do trabalho, mas as crianças são as que mais ficam encantadas e querem levar uma casinha para a sua residência. Para finalizar, Obirajá

afirma que somente dois tipos de pássaros conseguem entrar na casinha, que possui uma abertura pequena. "Os passarinhos Curruíra e Canarinho são os únicos que entram nas casinhas", relata.

Grupo adquire cadeira de rodas

Aos 88 anos. Buscamos conforto nos ensinamentos e nas lembranças que nos deixou. Seguiremos conscientes que a morte na verdade é apenas um novo começo com Jesus. Familiares convidam para missa de 7º dia nesse sábado, dia 10 às 19h na Matriz São Geraldo. Disse-lhe Jesus: “Eu sou a ressureição e a vida, quem acredita em mim, mesmo que morra, viverá. E todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá.” (João 11:25-26) Ijuí, 10 de setembro de 2016.

EM MEMORIA DE 11º ANOS DE FALECIMENTO

GILMAR GOMES DA SILVA *19/07/1965 +12/09/2005

VILMAR GOMES DA SILVA *1/10/1967 +12/09/2005 Lacres arrecadados foram entregues a uma empresa de reciclagem, que reverte o valor do material para a compra da cadeira de rodas

Reciclagem e solidariedade andam juntas em Ijuí. Desde o início deste ano, os participantes do Grupo Maturidade Ativa Sesc vêm arrecadando e guardando lacres de latas de alumínio. Depois de oito meses de empenho, o resultado: uma cadeira de rodas. Em parceria com o Lions Clube, os lacres foram destinados a uma empresa parceira da entidade, que, em troca, doou uma cadei-

ra de rodas que poderá ser emprestada para qualquer cliente que necessite, basta retirá-la no Sesc Ijuí, com a facilitadora do Grupo Maturidade Ativa, na Rua Crisanto Leite, 202. Há mais de 11 anos atuando na cidade, o Maturidade Ativa Sesc protagoniza a figura do idoso e promove campanhas sociais voltadas para as necessidades da comunidade local. Mais informações sobre as

ações da Maturidade Ativa Ijuí podem ser obtidas pelo telefone 3332 7511 ou pela página do Facebook www. facebook.com/sescijuirs. O programa Sesc Maturidade Ativa, capitaneado pelo Sistema FecomércioRS, tem como objetivo promover a qualidade de vida e o envelhecimento ativo de pessoas com idades a partir de 60 anos. No projeto, os participantes reúnem-se para conviver, divertir, con-

fraternizar, aprender, desenvolver seus potenciais, além de realizar trabalhos comunitários e solidários. Tratase de um movimento social organizado que tem por missão construir um novo significado social para o envelhecimento, valorizando o papel do idoso na sociedade contemporânea e estimulando a realização de trabalhos comunitários e a prática da responsabilidade social individual.

Deus olhou para a terra à procura de pessoas que fossem especiais, que soubessem amar e perdoar a todos, que estivessem sempre prontas para ajudar quem fosse necessário. Então, Ele não teve dúvida de que vocês eram exatamente o que Ele procurava e chamou vocês para fazerem parte de sua legião de anjos. E para nós que ficamos, resta-nos apenas dor e saudade, mas também a certeza de que estão do lado de Deus. Homenagem de sua mãe Terezinha, Michele e Michel, Evaline, Elivelton e Taine. Ijuí, 10 de setembro de 2016.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

PREVENÇÃO AO SUICÍDIO

Prof. Dr.

Ijuí poderá ter um posto de CVV Hoje é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio e para marcar a data, Centro de Valorização da Vida (CVV) promove o Setembro Amarelo, campanha da Associação Internacional de Prevenção do Suicídio que alerta sobre a importância de ações preventivas. Com o lema Falar é a melhor solução, o CVV realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email, chat e Skype 24 horas todos os dias. O Centro atende pelo número 188 no RS. A reportagem acessou o chat, disponibilizado na página http:// www.cvv.org.br, sendo redirecionado para o atendimento, que solicita nome e idade, sem necessidade de comprovação, sendo o 50º na fila de espera.

O CVV tem postos espalhados em todo o País e realiza o trabalho voluntariado na prevenção e apoio a tentativas de suicídio há 50 anos. O Brasil ocupa o 8º lugar em número de suicídios no mundo e o RS é o líder dentro do território nacional. "São muitos casos em nossa região e é preocupante esta situação", destaca a coordenadora de Saúde Mental da 17ª CRS, Lourelis Scherer. Diante desse cenário, no dia 22 de setembro, um representante do CVV estará em Ijuí, das 13h30 às 17h, no auditório do HCI, relatando a experiência na prevenção ao suicídio. O Centro de Valorização da Vida foi fundado em São Paulo, em 1962, é uma associação civil, sem fins lucrativos, filantrópica e que presta apoio emocional gratuito à prevenção do suicídio. "Realiza em torno de

Multas por reincidência de focos têm aumento

Médico veterinário Ortiz Schröer Júnior explica aumento de valores

As multas para o imóveis que repetirem o erro de permitir criadouro do Aedes aegypti tem aumento no município, segundo o médico veterinário, Ortiz Schroer Júnior. "A legislação foi aprovada na Câmara de Vereadores de Ijuí e tem como intuito principal o combate aos focos do mosquito. Porém, atuamos da seguinte forma, primeiramente após analisar as larvas e constatar resultados positivos para o Aedes, informamos ao proprietário do imóvel a existência desses focos. Após, em caso de reincidência de focos, é que iniciamos a aplicabilidade de multas, que é de quatro unidades fiscais, porém, são valores que podem ser cobrados ao município, e que estão dentro de uma realidade dos

cmyk

habitantes", comenta. Sobre o objetivo principal dessa nova legislação, Ortiz ressalta que não é somente multar, e sim fazer com que a população entenda a importância da prevenção ao Aedes. "Estamos aplicando a multa em última instância, após conversar e alertar a comunidade sobre os perigos da proliferação desse mosquito que além da Dengue, pode trazer o Zika Vírus, e a Chikungunya. Queremos manter o nosso índice de infestação predial baixo, e atualmente os nossos agentes estão a campo, fazendo uma busca diária das larva e estamos enviando para laboratório para identificar, com isso procuramos ter um sucesso no combate ao Aedes aegypti", finaliza.

22

um milhão de atendimentos por ano, por aproximadamente dois mil voluntários em 18 Estados mais o Distrito Federal", enumera Lourelis. "Esse trabalho é muito importante porque presta esse apoio emocional e qualquer pessoa pode ligar". A coordenadora revela que existe a proposta de trazer um posto do CVV para o Município. Para isso, um encontro com diversas entidades deve ser realizado na manhã do dia 22, na busca de alternativas que viabilizem a instalação. "Esse posto não é só a questão da linha telefônica, mas ele terá condições de atender as pessoas, ir até as casas delas, de maneira sigilosa, porque existe uma ética que os voluntários se propõem", acentua. Caso seja instalado um CVV em Ijuí, toda parte da capacitação dos voluntários será rea-

capacitação dos voluntários será realizada pelo próprio Centro

lizada pelo próprio Centro. "É uma ideia. Precisa de um local para ter uma sala do posto, que precisa ser 24h. Já chamamos algumas entidades para estudarmos em que local poderíamos instalar o posto", reforça a coordenadora.

APV realiza Brechó beneficente hoje Acontece amanhã, a 4ª edição do Brechó Beneficente da Associação de Protetores da Vida (APV), na Sandra, no porão da loja Incógnita, das 9h às 17h, sem fechar ao meio-dia. Serão comercializadas roupas infantis, adultas, femininas, masculinas e alguns artigos de pet, calçado e bijuterias, a partir de R$ 5. “A arrecadação é utilizada para os animais que resgatamos ou que encaminhamos para a castração, por isso é importante a participação da comunidade, porque sempre que falamos de uma castração de fêmea os valores variam entre R$ 100 e R$ 400, que são bem expressivos”, explica a presidente da APV, Marlova Klohn. Ela destaca que a Associação trabalha com animais que estão na rua ou auxiliam famílias que não conseguem arcar com algum tratamento ou cirurgia de alguns animais. “A única coisa que não podemos fazer é o recolhimento

de animais porque não temos sede. Então no momento que auxiliamos algum animal, precisamos também do auxílio das pessoas que consigam abrigar, eventualmente, esses cães”, acentua. Alguns cães estão sob tutela da APV hospedados em hotéis em Pet Shops, mas a diária acaba se tornando cara, já que é em torno de R$ 20 e R$ 30. “Mas, as pessoas que nos procuram, principalmente para castração, ou para algum animal que foi atropelado ou está na rua, sempre pedimos o abrigos provisórios destes animais até que consigamos tratar e encaminhar para a adoção. Muitas vezes esse trabalho é demorado, por exemplo, retiramos da rua, vai fazer um mês, uma cachorra que estava no cio, conseguimos deixála hospedada em um hotel, fazer a castração e hoje está em um lar temporário até que consigamos um adotante”, relata.

Associação não pode realizar o recolhimento dos cães de rua por não ter uma sede

Argemiro Luis Brum Ceema/Dacec Unijuí

CHOQUE DE REALIDADE O PIB do segundo trimestre deste ano ficou em -0,6%, após -0,4% no trimestre anterior. No primeiro semestre de 2016 o PIB acumula queda de 4,6%. A taxa de investimento, em relação ao PIB, apesar de um primeiro sinal positivo (0,4%), após dois anos e meio no negativo, terminou o segundo trimestre do corrente ano em apenas 16,8%, se constituindo na mais baixa taxa desde 2003, quando o necessário para um país avançar economicamente seria 25% do PIB. Enfim, o governo projeta um déficit público de 2,64% em relação ao PIB, já apontando novo déficit, agora de 2,09%, para 2017 (aí já teremos quatro anos consecutivos de déficit). É evidente que o gasto social (em todos os níveis), da forma como está sendo praticado, não cabe no orçamento nacional. Afinal, são 25 anos em que as despesas do governo crescem mais do que o PIB. Ou seja, no período o gasto público primário real cresceu a 6% ao ano enquanto o crescimento médio anual do PIB ficou ao redor de 3,5%. Agora, o quadro chegou a um nível insustentável. A crise que vivemos é oriunda, em boa parte, desta realidade. É preciso, portanto, desarmar a bomba. Se nada for feito a respeito nos próximos três anos, daqui a seis anos a inflação estará em 40% ao ano. Todavia, apesar de tais números o comportamento político de nosso Congresso Nacional, e de parte de nossa sociedade, nos indica que o país corre sério risco de não desarmar esta bomba e sim potencializá-la. Ora, somente um choque de realidade, com ajustes profundos em nossa economia poderá nos tirar desta crise. Assim, reiterase que o ajuste fiscal e as reformas estruturais são fundamentais. É neste contexto que entra a ideia da PEC dos Gastos Públicos. Se é verdade que a mesma deve ser aplicada com cuidado, para que não se transforme em problema ao invés de início de uma solução, mais verdade ainda é que a mesma tem potencial para criar as condições de voltarmos ao superávit primário. Estudo da FGV mostra que as despesas públicas, que hoje alcançam 20,7% do PIB, sem a PEC subirão para 26,2% do PIB até 2030. Já com a aplicação adequada da PEC as mesmas recuarão para 16,4% do PIB no mesmo período. E mais: com a PEC finalmente poderemos zerar o déficit primário em 2024. Sem a PEC a realidade se torna insustentável e jamais zeraremos o déficit primário, a continuar o status quo atual entre receitas líquidas e despesas públicas (cf. Conjuntura Econômica/FGV, agosto/16, pp. 26-35). Agora, para que ajustes de tal envergadura aconteçam, o novo governo, e principalmente o governo que será eleito em 2018, não poderá continuar se dobrando as demandas de grupos de interesse que vêm ganhando historicamente com tal descalabro. E não se iludam: os que mais ganham com o mesmo estão nas esferas mais ricas, dominantes e muitas vezes públicas de nossa economia, manipulando sabiamente os movimentos sociais que, desinformados e cegos ideologicamente, assumem como sendo eles os prejudicados pelos ajustes que poderiam tornar o Estado brasileiro mais eficiente, melhorando a distribuição de renda e a qualidade de vida dos cidadãos. Não é por acaso que tais ajustes há décadas não saem do papel.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 10 e 11 de setembro de 2016

23

Memória JM CARA OU COROA

Armindo Pydd

PARAOLIMPICOS **Para um Maracanã lotado, 4500 atletas paraolímpicos de 160 países desfilaram com alegria e emoção incontidos na abertura deste evento. Vinte e sete modalidades compõem o programa dos jogos dos quais duas estrearam agora no Rio2016. Existem modalidades adaptadas (atletismo, natação, basquetebol, tênis de mesa, esqui alpino e Curling). Bocha, goalball e futebol cinco são disputados exclusivamente por deficientes.

Notícias de setembro de 1981

Atos marcam encerramento da Semana da Pátria Com a presença de autoridades municipais, representações estudantis e público em geral foram desdobradas as solenidades de encerramento da Semana da Pátria de 81, em Ijuí. A programação iniciou com uma retreta da Banda Municipal Carlos Gomes. Pouco antes das 18h aconteceu a cerimônia de entrega de prêmios aos

vencedores do torneio salonista, em disputa do Troféu Tiradentes, organizado pelo Corpo de Bombeiros. Após, ouviu-se o pronunciamento cívico pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Egone Franke. Para finalizar, a aluna do Colégio Sagrado Coração de Jesus, Nádia da Costa, fez a extinção do fogo da pátria.

**Em 1939 o neurologista alemão de origem judia Ludwig Guttmann foi forçado pelo governo nazista da Alemanha a deixar o país. Estabeleceu-se na Universidade Oxford. Recebeu como missão dos ingleses a reabilitação de soldados feridos na 2ª guerra mundial em Stoke Mandeville e foi ali que organizou o primeiro evento esportivo para deficientes coincidindo com os Jogos Olímpicos de Londres de 1948. **Jogos Paraolímpicos foram realizados pela primeira vez em Roma em 1960 e incluíam atletas com deficiências físicas (mobilidade, amputações, cegueira, paralisia cerebral) além de deficientes mentais. A evolução do evento foi contínua e chegamos ao evento gigante de hoje do RJ que o mundo acompanha com emoção. **Em 1883 Francis Galton criou o termo Eugenia, que significa bem nascido e definiu “estudo dos agentes sob o controle social que podem melhorar ou empobrecer as qualidades raciais das futuras gerações seja física ou mentalmente.” O tema controverso levou ao surgimento da ideologia da “pureza da raça”. A centros de esterilização e a eliminação dos considerados não puros e aos horrores do holocausto. **No Brasil, a Sociedade Eugênica de São Paulo criada em 1918 teve trabalhos heterogêneos associadas à saúde publica e à saúde psiquiátrica. Mas também o Comitê Central de eugenismo criado em 1931 propôs o fim da imigração de não brancos e medidas que impedissem a miscigenação. **Brelisário Penna, Roquete Pinto, Monteiro Lobato, Otávio Domingues, Oliveira Viana, Renato Kehl foram alguns dos letrados brasileiros adeptos dos conceitos de Galton de que não há “solução para os males sociais do Brasil fora das leis da biologia”. **Além da pouca visibilidade, outro fenômeno marca as campanhas eleitorais. Mudança de cores tradicionais e até esconder à sigla estão aì evidentes. Procura-se ao máximo municipalizar as eleições e ignorar o que acontece no Estado e na área federal. Tem cabo eleitoral há pouco poderoso sendo “desconvidado” de eventos de propaganda. **45 mil pescadores (?) do Lago Paranoá têm “seguro defeso”. Isto é, recebem auxilio nos meses de pesca proibida. **Centenas de itens de presentes, chamados de “trastes” por Lula, que os levou para S. Paulo, deverão retornar a Brasília.

A coleção completa do JM está disponível para pesquisa no Museu Antropológico Diretor Pestana

Visita - Esteve na Fidene o professor Walter Neumann, representante de uma instituição alemã chamada Sociedade para um Novo Mundo, que promove a integração entre países industrializados e os países de Terceiro Mundo, na busca de viabilização de um desenvolvimento conjunto, atuando na área da educação juntos às cooperativas. O professor manteve contatos em universidades, abrindo possibilidades de convênios, projetos e atividades conjuntas que serão desenvolvidas entre a Fidene e a instituição Alemã. A salva da artilharia foi uma das atrações de encerramento

Programação da 1ª Expo-Ijuí é lançada O ex-presidente do Banco do Brasil, Nestor Jost, confirmou sua vinda a Ijuí para proferir uma conferência sobre Modelo Econômico Brasileiro, durante a programação da 1ª ExpoIjuí. A Comissão Central definiu a programação a ser cumprida de 10 a 19 de outubro, por ocasião da realização da 1ª Exposição Industrial e Comercial de Ijuí. A programação inicia no dia 10 de outubro, com o baile de coroação da Rainha da Expo-Ijuí, Mara Sausen, na Sociedade Ginástica, com a animação do conjunto Exportassom. A abertura oficial da feira acontece

CONCURSOS PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DO NORTE A Prefeitura de São José do Norte, no Estado do Rio Grande do Sul, torna público o edital nº 01/2016 de concurso público, executado em conjunto com a empresa Legalle Concursos e Soluções Integradas.

no dia 11, às 9h, com a presença de autoridades e convidados especiais. No dia 12 haverá uma programação intensa alusiva ao Dia da Criança, com muitas atrações. Nos demais dias estão previstas inúmeras atrações, desde shows artísticos, palestras, peças teatrais, concurso de pipas, apresentação de ballet e jazz. Além da conferência de Nestor Jost, já está definida outra sobre a Problemática das Pequenas e Médias Empresas e ainda sobre a Política de atualização das entidades de classe dos empresários. O objetivo é selecionar 18 candidatos e formar cadastro de reserva para profissionais de ensino fundamental, médio e superior. Os salários variam de acordo com o cargo pretendido, entre R$ 649,47 e R$ 2.597,94, mais auxílio-alimentação e auxílio-transporte. A inscrição vai até o dia 15 de setembro de 2016, pelo site da Legalle Concursos -www.legalleconcursos.com. br. A taxa de inscrição tem valores variados de R$ 45,00, R$ 65,00 e R$ 75,00. PREFEITURA DE PONTÃO A Prefeitura de Pontão, no Rio Grande do Sul, abriu o edital n° 01/2016 de concurso público para preenchimento de diversas vagas no quadro geral de pessoal. São mais

Livro Didático - A noção de que o ensino está cada vez mais automatizado, de que o professor não acredita mais em si mesmo e de que ele nem pensa a respeito do processo foi estímulo para que o Grupo de Assessoria aos Professores Rurais da Fidene, planejasse a publicação de uma série de livros didáticos, com três volumes de textos destinados a alunos de 1ª até 4ª série e de um volume com orientação metodológica para a ação docente do professor do meio rural. Diretoria - A Sociedade Recreativa União, da Linha 3 Oeste, em assembleia geral realizada elegeu sua nova diretoria, a qual ficou constituída desta forma: Presidente Edvino Herter; 1º vice-presidente Cláudio Boniatti; 2º vice-presidente Oldemar Rosinke; secretário Carlito Fernandes Buchmann; 2º secretário Vilson Polla; tesoureiro Valdemar Schultz; 2º tesoureiro Ulrich Hilde Brandt; diretoria social Ardino Dobler. de 90 postos abertos, além de cadastro de reserva, para candidatos de todos os níveis de formação, os quais, se aprovados e contratados, terão direito a salários entre R$ 918,37 e R$ 7.230,43. As inscrições poderão ser realizadas até o dia 23 de setembro de 2016, período em que o candidato deve preencher o formulário pela internet, no endereço eletrônico www.vencerconsultoria.com. A taxa de inscrição varia entre R$ 35,00 e R$ 105,00. O candidato que não tiver acesso a rede mundial de computadores, poderá buscar auxílio na “Central de Apoio ao Candidato”, disponível no Centro Administrativo Municipal, sito à Av. Julio de Mailhos, nº 1613 - centro, no Município de Pontão/RS.

cmyk


www.jmijui.com.br

FEIRA DO ARTESANATO

EMPREENDEDORES

Acontece até amanhã a 5ª Feira Regional do Artesanato na Praça da República, com mais de 100 expositores | Caderno Dois

Alunos da Escola Dona Leopoldina realizaram mostra dos trabalhos do projeto JEPP do Sebrae | 7

Desfile das Etnias acontece amanhã Com o tema Baú de Memórias, desfile irá retratar a história dos 30 anos da Fenadi, no Centro da cidade. | Caderno Dois

AIF ESTREIA NOVO TÉCNICO

NATUREZA SUSTENTáVEl

Equipe precisa da vitória hoje diante do Expresso de Capão da Canoa | 16

Casinhas para pássaros são produzidas com material reciclável | 21

EDITORIAL | 6 Um aumento na jornada, aliado a salários corroídos pelo aumento de preços, pode ser o combustível para fortes manifestações.

cmyk

Sitepaginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you