Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

Ano 43 - Nº 343

R$ 3,00

Obras e melhorias de Mobilidade são inviáveis em Ijuí Depois de oito anos, entre obras planejadas e executadas do Plano de Mobilidade Urbana, menos de 20% saíram do papel | 8 e 9

Heck quer reformar iluminação até abril

Candidato participou ontem do Palanque JM. | 15

Lula tem patrimônio aumentado em 360%

Unimed está credenciada ACI lança para captação de órgãos aplicativo Etapas do processo serão realizadas através do SUS. | 7

O APP será uma das novidades da Expo-Ijuí. | 11

Petista ficou três vezes mais rico após seu mandato. | 14

cmyk


RADAR SEMINÁRIO - Produção Orgânica e Sustentabilidade é tema do seminário promovido pela Unijuí, no próximo dia 29 de setembro. O evento está dentro da programação do Salão do Conhecimento do Campus de Santa Rosa. Os palestrantes serão Raul Vicenzi, professor da Unijuí, e César Alexandre Bourscheid, da Arede, ambos engenheiros agrônomos. A palestra será destinada a agricultores e estudantes, comunidade regional, e tem o objetivo de discutir temas importantes ligados a produção de alimentos orgânicos. JORNADA - A 7º Jornada da Clínica de Psicologia será realizada na próxima semana na Unijuí Câmpus Santa Rosa, nos dias 21 e 22 de setembro, no auditório central. Essa edição do evento debaterá A escuta clínica do idoso: atemporalidade e sexualidade. Na noite da próxima quartafeira, o professor do Departamento de Humanidades e Educação da Unijuí, Jaime Luiz Callai, ministrará a palestra O idoso na contemporaneidade. A Psicóloga Carolina Baldissera Gross falará sobre A sexualidade no corpo e no discurso do idoso, na noite de quinta-feira. MULTA - Os motoristas profissionais poderão ter a opção de pagar multa para não perder temporariamente o direito de dirigir se atingirem 20 pontos na carteira em um ano. Essa mudança no Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/1997) está prevista em proposta que está sendo analisada no Senado. O Projeto de Lei do Senado (PLS) 334/2016 passará por votação na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). A proposição estabelece que os motoristas profissionais, em vez de terem a carteira suspensa, paguem multa de R$ 2 mil quando for atingido o limite máximo de pontos para infração. PROFESSORES- Mais de 2,7 mil servidores da Educação serão beneficiados, a partir deste mês, com pagamentos referentes a alterações de nível, que foram solicitadas entre julho e setembro de 2014, pela conclusão de cursos de licenciatura, especialização, mestrado ou doutorado. A assinatura do ato ocorreu ontem com o governador José Ivo Sartori. O depósito será em folha suplementar, até o final do mês de setembro. Calcula-se que o impacto mensal será de R$ 635.034,52. De acordo com a Secretaria da Fazenda, o retroaivo do benefício, que deixou de ser pago desde o início de 2015, chega a R$ 13,3 milhões. CARTEIRA DE TRABALHO-A emissão da Carteira de Trabalho e Previdência Social foi suspensa nas agências do Sine no Estado. A Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) foi comunicada nesta manhã pelo Ministério do Trabalho que o serviço ficaria fora de operação devido a problemas na rede de computadores. O sistema do Ministério do Trabalho vem apresentando constantes quedas e lentidão nos últimos meses. Há 15 dias, a FGTAS também já havia suspendido o serviço em razão do problema. Os trabalhadores que tiverem atendimento agendado para o período serão contatados por servidores para a remarcação dos horários.

cmyk

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

2

OLHO DA RUA INDICADORES Poupança 16.9.2016 .......................0,6854 % Ouro 16.9.2016....................... R$ 137,00 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,2690 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,2696 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,2100 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,4100 Euro (compra) .............................. R$ 3,6459 Euro (venda) ................................. R$ 3,6466 IPC/FIPE Ago/2016 ...............................0,11% IGPM Ago/2016 ................................... 0,15% INPC Ago/2016 .....................................0,31% IPCA Ago/2016 .....................................0,44% IGP-DI-FGV Ago/2016 ...........................0,43% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144 *valores acima de R$ 300,00

LOTERIAS NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

Prática comum em tempos antigos, ontem à tarde a mudança de uma casa, que estava sendo levada do bairro Glória até o Boa Vista, causou transtornos na Rua Sepé Tiarajú.

ENTRE ASPAS "Temos um plano estadual de rodovias, concessões. Mas temos alguns passos preliminares demorados. A decisão do governo federal é boa para o Rio Grande do Sul", disse o secretário estadual dos Transportes, Pedro Westphalen (PP). "O projeto de lei contempla, para os anos seguintes, percentuais muito superiores aos demais reajustes praticados para o conjunto dos servidores públicos federais", disse o presidente Michel Temer. "Estamos devastados", disse o ator Marcelo Serrado sobre a morte do colega Domingos Montagner. "Cumprindo legitimamente o dever e o direito de informar a população, a forçatarefa Lava Jato tão somente apresentou a acusação contra o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, dentre outros, como o fez em já numerosas outras ocasiões, sempre nos momentos nodais dos processos, nos quais impõese o esclarecimento à opinião pública", afirma nota da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR).

1º 2º 3º 4º 5º

-

0.621 0.352 7.024 1.464 5.875

LOTOFÁCIL CONCURSO nº

1412

05 06 07 09 11 13 15 16 18 19 21 22 23 24 25 QUINA

CONCURSO nº

4185

"Peço a compreensão da torcida. É a sina do Inter ter muitas dificuldades na sua história e conseguir superá-las", disse vice de futebol do Inter, Fernando Carvalho.

26 32 35 44 48

"Este é momento de celebrar a colaboração de todos. A união faz a força e a prova está aqui. Quando há uma reforma em uma estrutura da Segurança Pública, quem ganha é a comunidade", disse o secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer.

PREVISÃO DO TEMPO

Getúlio

Fonte: Climatempo


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

3

SPC Ijuí aponta queda no registro de novas inclusões Contas de água, luz, telefone e supermercado, mais as compras de roupas e de eletrodomésticos e as outras despesas, fazem com que nem sempre o orçamento mensal seja suficiente. Quem se empolga e perde o controle das finanças pode acabar com o nome na lista de devedores. Em agosto, o Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) de Ijuí registrou um total 29.664 consultas ao crédito, realizadas por parte das empresas. Comparado a agosto de 2016, em que houve 26.398 consultas no mesmo período, nota-se um aumento de 12,37% no número de consultas. Já comparando-se com o mês de julho houve um aumento no número de consultas de Crédito em 4.21%, foram realizadas 28.466 consultas de crédito. As fichas de devedores registradas em agosto foram 4.707 , o que representa um aumento de 35.76% em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foram registradas 3.049 fichas. Já em comparação com o mês anterior, julho, um aumento

no número em 14.31% foram registradas naquele período 4.118 fichas de devedores . Já as fichas canceladas em agosto, foram 4.425, o que representa um aumento de 28,63% em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foram canceladas 3. 440 fichas de devedores. Já se compararmos com o mês de julho/16 veremos que houve um aumento no número de fichas canceladas em 13.06% canceladas naquele período 3.914 fichas de devedores. O presidente do SPC no município, Rubem Härter, considera os dados positivos, e acredita que a economia deve melhorar gradativamente. " Os dados analisados asseguram resultados positivos e otimistas". Härter acredita que a consolidação da economia passa por um fortalecimento do nível interno de poupança no País. "Os percentuais mostram que muita gente continua comprando; muitas pessoas que estavam com nomes registrados no SPC estão quitando débitos antigos.

Sem negociações, greve dos bancários continua A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) manteve sua proposta de 7% de reajuste e abono salarial de R$ 3,3 mil na rodada de negociação e os bancários decidiram continuar com a greve. Os sindicatos alegam que a oferta não cobre a inflação do período e representa uma perda de 2,39% para o bolso de cada bancário. Os bancários querem reposição da inflação do período mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial - no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 3.940,24 em junho) -, PLR de três salários mais R$ 8.317,90. Os clientes e outros usuários conseguem acessar a sala de autoatendimento, mas nem tudo pode ser feito pelos caixas eletrônicos. Depósitos com envelope não estão sendo possíveis em muitos locais,

pois a confirmação da operação precisa ser feita por funcionários. A busca por casas lotéricas para resolver o que se fazia em bancos também cresce, gerando fila. De acordo com o diretor do Sindicato dos Bancários de Ijuí, Moacir Deves, a adesão à greve dos bancários aumenta a cada dia. "Em Ijuí estão fechadas na totalidade as agências do Banrisul, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal Colmeia. De acordo com o diretor do Sindicato dos Bancários de Ijuí, Moacir Deves, a adesão à greve dos bancários aumenta a cada dia. "Em Ijuí estão fechadas na totalidade as agências do Banco do Brasil, Santander, Banrisul e da Caixa Econômica Federal – Colmeia, e parcialmente as agências da CEF e do Banrisul localizadas no centro da cidade, HSBC, Itaú e Bradesco".

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

MELHORIAS

Obras de substituição de redes têm continuidade A Corsan está realizando obras de substituição de redes de água precárias e antigas no município. Segundo o gerente da entidade, Flávio Krampe, o objetivo principal é melhorar esse setor. "Existem alguns locais do município com redes de 70 e 80 anos atrás, com os trabalhos realizados queremos eliminar essas redes e colocar as redes novas, para diminuir os problemas de vazamento para a população ijuiense", comenta. Sobre os locais, Flávio acrescenta que no momento está sendo feita a substituição na Rua Emílio Frederico Buhrer. "Os funcionários estão trabalhando nesta rua que fica ao lado do novo Hospital Bom Pastor e que apresentava muitos vazamentos. Aproximadamente 400 metros foram substituídos no local, agora falta somente colocar o calçamento", ressalta. Os trabalhos da bacia 8 também têm continuidade no município, atualmente com a equipe trabalhando nas ruas 14 de Julho e Tiradentes. " Estamos trabalhando incansavelmente na substituição da rede de esgoto em torno da Rua 14 de Julho e Rua Tiradentes, onde existiam problema de esgoto em um prédio. Estamos tratando através da rede de tratamento de

cmyk

As obras da bacia 8 têm continuidade nas Ruas 14 de Julho e Tiradentes esgoto do bairro Colonial, que é um grande ganho ambiental para Ijuí. Atualmente, aproximadamente 10% da população estão tendo o

esgoto coletado e tratado", ressalta. A Corsan está enviando um ofício para a população ligar as suas moradias à rede de esgoto.

4

Campanha para atualizar vacinas começa segunda Começa segunda, 19, em todo o País, a campanha de multivacinação. Até dia 30, crianças e adolescentes que estejam com a carteira de vacinação atrasada devem comparecer a um dos 36 mil postos. Segundo a enfermeira sanitarista Cledis Sangiovo Ottonelli, no próximo dia 24, será realizado no Dia D, e todas as salas de vacinas estarão abertas para atender o público-alvo. “A ação tem como objetivo resgatar não vacinados ou completar esquemas de vacinação, atualizando a caderneta de acordo com o calendário de vacinação; como também oportunizar o acesso às vacinas oferecidas pelo Programa Nacional de Imunização; melhorar as coberturas vacinais e homogeneidade de cobertura e contribuir na redução da incidência e manter eliminadas ou erradicadas as doenças imunopreveníveis”. Ela informa que a população alvo desta campanha são todas as crianças menores de 5 anos e crianças de 9 anos e adolescentes de 10 a 14 anos. “O Calendário Nacional de Vacinação é complexo pelo número de doses de cada vacina e o número de vacinas que o compõe, são 14 vacinas para crianças menores de 5 anos e 5 vacinas para os adolescentes, as carteiras de vacinas do público-alvo serão avaliadas detalhadamente pelos profissionais de saúde em todas

as salas de vacinas”, explica. Cledis informa que os pais devem levar crianças e adolescentes aos postos de saúde para atualizar a carteira de imunização. "O objetivo principal nesse momento agora é que os pais levem os seus filhos com a caderneta de vacinação até o posto de saúde a partir do dia 19 para que essa caderneta seja avaliada e o profissional lá vai ver se essa criança precisa ou não receber uma dose de vacina”, explicou."É indispensável o número do cartão SUS para que possamos registrar estas ações no Sistema de Informação do Programa de imunização (SIPNI)", ressalta a enfermeira.

Cledis Ottonelli


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

EDUCAÇÃO AMEAÇADA

Falta de recursos do Fies preocupa Comung

Nesta semana, o presidente do Consórcio das Universidades Gaúchas (Comung), Martinho Kelm, esteve em Brasília, onde participou, juntamente com representantes de outras entidades educativas, de uma reunião com o ministro da Educação e deputados com a finalidade de mobilizar a bancada gaúcha da Câmara para que participem da sessão da próxima segunda e terça-feira, que deve votar o Projeto de Lei na busca de suplemento orçamentário de R$ 702 milhões para o Fies e R$ 400 milhões para o Enem. De acordo com ele, já houve quatro sessões e o projeto não consegue entrar em deliberação. A preocupação, conforme salienta Kelm, caso não tenha quórum para votação do Projeto de Lei, é que as universidades correm o risco de não receber os valores do Fies até o fim do ano. Em termos de País, existem cerca de 1,5 milhão de alunos beneficiados pelo Fies. Apenas

no Rio Grande do Sul, em universidades comunitárias, são em torno de 47 mil e na Unijuí são mais de 3 mil. No que se refere a valores, para as universidades gaúchas, o segundo semestre do Fies envolve aproximadamente R$150 milhões, o que, segundo Kelm, significa um terço do faturamento bruto das instituições. “O problema é que estamos finalizando o mês de setembro sem que se tenha havido qualquer repasse dos valores do segundo semestre. Portanto, estamos há três meses sem receber qualquer valor. Mesmo com a situação de indefinição quanto ao repasse de valores do Financiamento às universidades, Kelm adianta que os estudantes matriculados e beneficiados com o Fies não serão atingidos. “No primeiro momento, não há qualquer restrição a frequentar aulas, fazer provas, inclusive a se formar”, ressalta. Porém, à medida que a situa-

ção não se resolve, Kelm adianta que para o próximo ano, sim, “passa a se tornar preocupante”, afirma ele explicando que além das universidades não terem recebido qualquer valor, nem o aditamento dos valores ocorreu, que é quando o aluno assina a continuidade do financiamento. “Isso significa que a possibilidade de recebermos um valor fica mais distante”, acrescenta. A justificativa para o não repasse de valores se dá devido à falta de orçamento do MEC. “O Ministério não tem recursos para fazer o repasse e nem mesmo os aditamentos”, diz. Caso a aprovação do suplemento orçamentário não ocorra, ele alerta para uma crise nas universidades privadas. “Uma crise, nesses 50 mil alunos beneficiados pelo Fies, não irá afetar apenas esses alunos, porque na medida em que as universidades têm dificuldades, essas dificuldades envolverão todos os alunos”.

5

Projeto tem foco no representante comercial Nos dias 21, 22 e 23 deste mês acontece o Projeto Conexão Core na Associação Comercial de Ijuí (ACI). O Projeto foi planejado para aproximar o Core/ RS e o profissional da área da venda, consolidando a atuação do Conselho de Fiscalização nas principais regiões de nosso Estado. De acordo com o diretor vice-presidente do Core, Roberto Salvo, aqui no Estado existem aproximadamente 30 mil representantes comerciais registrados no Conselho. "Aqui em Ijuí temos 635 representantes e na região que pretendemos atender

com a nossa conexão temos um pouco mais de mil representes residentes", comenta. Com esta ação o Core/RS pretende esclarecer a real função do Conselho de Fiscalização, qual seja, registrar, orientar, e fiscalizar o exercício profissional dos Representantes Comerciais em nosso Estado. O Core/RS, estará em Ijui, à disposição para regularizar a situação dos profissionais. "Estaremos cadastrando aqueles que atuam de maneira ilegal na profissão, tanto no que se refere a registro ou quitação de anuidades em atraso", confirma.

Representantes do Core, Roberto Salvo, Rui Koetz de Moura e Roberti Franzen

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

CIDADE PARA QUEM?

O

ENTREVISTA

crescimento da população urbana é um fenômeno que se intensificou nas décadas de 70 e 80 no Brasil. As populações rurais foram migrando de maneira cada vez mais rápida para as cidades, motivadas pela busca por empregos e melhores oportunidades de trabalho. A partir dos anos 1990, ficou ainda mais intensa a concentração populacional nos grandes centros urbanos do País, o que resultou no surgimento de mega-cidades. Este fenômeno também criou mega-problemas, já que muitos municípios não tinham- e ainda não têm - estrutura para receber um aumento populacional tão rápido. A concentração de pessoas, porém, não se limitou às grandes capitais. Cidades-polo em regiões agrícolas de vários Estados têm recebido cada vez mais pessoas, que chegam em busca de trabalho, educação e melhores oportunidaMuitas obras de des de uma maneira asfaltamento foram geral. Este é o caso feitas, é preciso reco- de Ijuí, cidade com nhecer, assim como mais de 83 mil habias ciclovias e outras tantes rodeada por melhorias de infraes- pequenos municítrutura importantes, pios. Não bastasse o mas ainda há muito viés de crescimento populacional, Ijuí a ser feito. possui ainda uma rede de comércio e serviços de diversas áreas que serve diariamente às populações vizinhas. Desta forma, o tema mobilidade urbana ganhou extrema relevância nos últimos anos, diante da crescente dificuldade de locomoção e do trânsito em diversas áreas da cidade. Em 2009, o lançamento do Plano de Mobilidade Urbana jogou luz sobre problemas enfrentados diariamente pela comunidade local. Com um planejamento de obras arrojado e que previa intensa modificação e melhoria em ruas e espaços públicos de grande circulação, o plano tinha como meta a conclusão de todas as intervenções em 15 anos. Passados sete anos, apenas 20% das obras foram concluídas, sem perspectivas animadoras para o futuro próximo. Com diversas obras necessitando de recursos externos, principalmente do governo federal, a intenção de revolucionar a mobilidade urbana em Ijuí vai ficando distante. Muitas obras de asfaltamento foram feitas, é preciso reconhecer, assim como as ciclovias e outras melhorias de infraestrutura importantes, mas ainda há muito a ser feito. Quando do lançamento do plano, o objetivo primordial era pensar a mobilidade para melhorar a circulação dos pedestres, com previsão de mudanças no trânsito e demais obras que facilitassem a vida de quem anda a pé. Sete anos depois, o que vemos são ruas movimentadas e com fluxo intenso sem qualquer faixa de pedestres que ofereça segurança aos transeuntes, algo que ocorre comumente nas ruas do centro, onde estão os semáforos e rótulas. Neste momento de ebulição política não é momento para apontarmos culpados pelo fato de as obras não terem saído do papel como o esperado. É momento, sim, de cobrarmos uma perspectiva mais otimista para a mobilidade urbana.

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

Qual a sua trajetória no Hospital de Caridade de Ijuí, antes de assumir como gerente executivo? Ingressei no Hospital de Caridade de Ijuí no ano 2000, desempenhando a função de auxiliar de escritório no Setor de Pronto Socorro. Desde então já atuei na Área de Recursos Humanos trabalhando com Desenvolvimento Humano, Área Financeira como coordenador de Negócios e nos últimos anos como gerente administrativo à frente da Área de Serviços. Como o senhor vê este novo desafio profissional? Encaro com muita seriedade e dedicação, pois tenho noção da grandeza da instituição na qual trabalho. Assim como sei da complexidade dos serviços prestados e principalmente da importância do hospital para a nossa comunidade. Qual será o foco de trabalho a partir de agora, principalmente em um período que os hospitais enfrentam uma grave crise financeira? O grande foco continuará sendo a busca pelo equilíbrio econômico-financeiro. Precisamos avançar no trabalho em equipe buscando a melhoria contínua dos serviços prestados, racionalizando cada vez mais o uso dos recursos. A saúde está se tornando muito cara com o ingresso acelerado de novas tecnologias e as formas de financiamento não acompanham o ritmo tecnológico. Precisamos também continuar inovando e neste caso a inovação não se restringe apenas a trazer novas tecnologias mas sim aprimorar a forma do fazer, o modo de prestar a assistência, buscando cada vez mais o serviço humanizado e a segurança do paciente. O Hospital nos últimos meses realizou várias ações para manter seus compromissos, entre eles, a Central de Convênios, qual a sua avaliação sobre os projetos e como pretende dar continuidade? Como instituição filantrópicas temos um compromisso com o Sistema Único de Saúde, o qual levamos muito a sério e buscamos o cumprimento deste compromisso na sua integralidade. Porém, somos um hospital comunitário e privado, no qual também são atendidos pacientes de outros convênios e clientes particulares, o que é fundamental para o equilíbrio da gestão. A Central de Convênios é uma ideia que vem justamente para atuar junto a este nicho de mercado. Nos últimos meses, muitas pessoas devido a crise financeira instalada, deixaram de pagar seus planos de saúde privados e também não querem fazer o uso do SUS. Com a Central de Convênios buscamos ofertar um acesso à saúde de forma prática e eficiente, justamente a esse público. Como o senhor vê a participação da comunidade e também entidades no auxílio ao hospital, e como pretende manter ou até mesmo mobilizar ainda mais esta participação?

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

6

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

Genésio Gomes Novo Gerente Executivo do Hospital de Caridade de Ijuí

A história do Hospital de Caridade está diretamente ligada aos movimentos comunitários de nossa cidade desde seus primórdios. E o Hospital de Caridade sempre pôde contar com a comunidade, com as entidades e clubes de serviços ao longo de seus 81 anos de existência. Sempre que nossa sociedade foi acionada, respondeu prontamente com auxílio a nosso hospital. Não tenho dúvida de que o sentimento da maioria das pessoas que compõe nossa comunidade é esse: o HCI é nosso hospital! Qual a avaliação da estrutura do Hospital de Caridade de Ijuí, que é referência em toda a região e no Estado? A estrutura desse hospital é realmente respeitável e deixa muito pouco a desejar comparado a outras instituições expoentes deste segmento. Os nossos diretores e seus antecessores foram de uma ousadia e perseverança que beira a teimosia. Para manter uma estrutura deste porte, com necessidades de insumos muito específicos para serviços de complexidades cada vez maiores em uma região que ainda possui uma logística difícil, longe dos grandes centros, realmente precisamos ser além de perseverantes, também teimosos. Mas foi graças a coragem e convicção de nossos diretores voluntários e ao entusiasmo e disposição de nossos gestores e de cada um de nossos colaboradores que foi possível colocar o HCI no patamar em que se encontra, como um dos grandes centros de referência em saúde do Estado do Rio Grande do Sul. E é exatamente neste lugar que ele vai permanecer.

Representantes Comerciais: Grupo de Diários

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

www.jmijui.com.br

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

7

DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

Unimed é credenciada para captar órgãos

O Hospital Unimed Noroeste/RS está credenciado oficialmente no Sistema Nacional de Transplantes para captação de órgãos e tecidos. Dessa forma, a notificação de Morte Encefálica (ME) passa a ser obrigatória à Organização de Procura de Órgãos (OPO-4), de Passo Fundo, e à Central Estadual de Transplantes, de Porto Alegre, visando a identificação de possíveis doadores. Desde o final de 2015 o Hospital Unimed vem se preparando para realizar este tipo de procedimento. A primeira etapa consistiu na criação da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (Cihdott). A formação desta equipe vem atender exigências legais, visto que a legislação determina aos hospitais com mais de 80 leitos a obrigatoriedade de constituir a Comissão. Cabe a Cihdott envolver-se na identificação de possíveis doadores, atendendo protocolos para o diagnóstico, realizar abordagem com os familiares para o consentimento da doação, bem como articular-se com as instituições responsáveis pela captação de órgãos. A notificação de pacientes com Morte Encefálica às entidades reguladoras deve ser feita obrigatoriamente, independentemente de ocorrer ou não a doação. Após a notifi-

cação, as demais etapas do processo são realizadas através do SUS. Conforme o coordenador da Comissão, médico Maurício Rieger, o trabalho da Cihdott também está atrelado à conscientização dos familiares quanto à Morte Encefálica e a importância da doação de órgãos. O gerente Günter Melchiors aponta que o credenciamento alcançado pelo Hospital Unimed representa mais um marco qualificado na prestação de serviços. "Esperamos colaborar com o País na redução do número de pacientes na fila de transplantes. Embora um momento difícil para os familiares de uma pessoa com Morte Encefálica, temos a clareza de quantos necessitam de um transplante para continuar vivendo". Com objetivo de despertar a consciência sobre a doação de órgãos e explicar sobre a nova rotina assumida, a Cihdott promoveu encontro de colaboradores do Hospital e da Sede Administrativa da Unimed Noroeste/RS. A abordagem foi realizada pela enfermeira Fabiana Dal’Conte Buzatto, da OPO-4, que atua no Hospital São Vicente de Paulo, de Passo Fundo. Entre os assuntos principais, as atribuições da Cihdott e também prestar esclarecimentos sobre todo o processo de diagnóstico de Morte Encefálica

Fabiana Dal’Conte Buzatto ministrou palestra aos colaboradores da Unimed

do paciente doador. A enfermeira da OPO destacou a necessidade da sensibilização e do entendimento sobre o assunto com objetivo de ampliar o número de doações. A profissional reforça que “se o cérebro parou, não tem mais vida”, por consequência o coração bate automaticamente

por algum tempo e os demais órgãos também param em breve. Quanto ao desejo de doar, Fabiana ressaltou a necessidade de manifestar em vida aos familiares, visto que serão estes responsáveis pela tomada de decisão. A retirada de órgãos só acontece após a autorização familiar.

Campanha incentiva a doação de sangue Apesar do estoque mantido, a equipe do Banco de Sangue do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) tem uma campanha permanente para incentivar a doação de sangue. Desde o mês de julho, o Banco de Sangue tem atendido em horário diferenciado, das 7h às 13h sem fechar ao meio-dia. Segundo assistente Social do Banco de Sangue, Paula Kuenzel, partir dessa alteração, tem se conseguido manter o estoque através do agendamento de doadores. “Cerca de 30 a 35 doações são realizadas diariamente, necessárias para manter a média do estoque para reposição”, informa. . De acordo com ela, as cam-

panhas desenvolvidas durante todo o ano também servem de motivação para que mais pessoas participem do processo de doação. No mês de setembro, durante a Semana Farroupilha, uma das campanhas em andamento, com o objetivo de colaborar com os números do estoque em todo o Estado, é a “Doação Farroupilha” promovida pelo Sicredi. Paula salienta também que a doação de todos os grupos sanguíneos é importante, porém, “o tipo O Negativo, por ser o doador universal, e compatível com todos os tipos sanguíneos, é o que mais temos carência, o estoque é mais baixo que dos grupos positivos, mas temos um ca-

dastro de doadores negativos e acionamos esses doadores assim que os estoques ficam baixos”. Ela ressalta que o estoque no Banco de Sangue tem se mantido regular, uma vez que a média de doações por dia está sendo alcançada com o rodízio de doadores, não deixando faltar plaquetas utilizadas para os pacientes. "As plaquetas têm validade de apenas cinco dias e precisamos manter essa média de 30 doações diárias para manter o estoque e atender a demanda", afirmou ela. Paula convoca os ijuienses para doar sangue. "A nossa preocupação é constante e realizamos ações diárias para recrutar doadores”.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

8

MOBILIDADE URBANA

Do planejamento à execução: o tempo Em 2009, Ijuí já possuía cerca de 78 mil habitantes e uma frota que alcançava a marca de 39 mil veículos. Situação que, se caso prosseguisse, acabaria parando o trânsito na cidade. O Município crescia, se desenvolvia e passava a ter representatividade no cenário estadual e, com todo o progresso que vinha, surgiu a necessidade de se criar uma estratégia de mobilidade viável e, principalmente, que desse prioridade aos pedestres. De acordo com o atual secretário de Desenvolvimento Urbano, Obras e Trânsito (Smodutran) e responsável pelo Demasi, Bira Erthal, o Plano de Mobilidade Urbana foi viabilizado com base em três metas: fiscalização, educação e engenharia de trânsito. “Com isso, nos vimos obrigados a buscar soluções para uma situação que já vinha sendo vista por todos a ponto de ficar caótica. O Trânsito de Ijuí, naquela época, já estava truncado e com um índice elevado de acidentes”. Pensando nisso, o Município começou a elaborar o Plano de Mobilidade Urbana, o qual, entre as diretrizes adotadas, estavam a prioridade de um sistema de transporte coletivo no sistema viário, ampliando a sua participação na distribuição das viagens; desenvolvimento de meios não motorizados de transporte passando a valorizar a bicicleta como meio de transportes, integrando-a com os

cmyk

A Perimetral Norte é uma das obras que integram o Plano modos de transporte coletivo; reconhecimento da importância dos deslocamentos de pedestres valorizando o caminhar como modo de transportes para a realização de viagens curtas e incorporando definitivamente a calçada como parte da via pública; estímulo à mobilidade das pessoas com deficiência e restrição de mobilidade permitindo o pleno acesso destas à cidade e aos serviços urbanos. Segundo o secretário, Ijuí já estava entre as 30 cidades mais

violentas no trânsito, considerando-se o número de mortes. Naquela época, já se dava início ao processo de educação no trânsito e a fiscalização era um processo que estava em sua fase inicial, o que era necessário, conforme Erthal, era a engenharia. Para isso, o professor da Unicamp, Diogenes Cortijo Costa, veio a Ijuí para auxiliar o Executivo e as demais entidades a elaborar um Plano que pudesse atender o Município.

Mais do que pensar em um Plano de Mobilidade, era preciso pensar na viabilidade, levar em consideração os entraves que seriam enfrentados e, fundamentalmente, que fosse executável. A partir disso, foi proposta uma série de intervenções de obras, no que se refere a infraestrutura viária, para que se pudesse chegar a uma rede que pudesse interligar o deslocamento a pé, de bicicleta, transporte público e de veículos. Uma das primeiras ações que foram implementadas foi aumentar o diâmetro das rótulas, o que, como explica o secretário diminuiu o conflito nos espaços. De 2009 a 2011, o Plano foi estruturado e as obras foram planejadas para os anos seguintes, de 2012 a 2016. Nos cinco anos que se seguiram, foram implementadas 80% das obras prioritárias para a efetivação inicial do Plano, "aquelas que foram projetadas para serem entregues em cinco anos estão prontas", diz Bira. Porém, se comparadas com toda a rede que havia sido planejada para Ijuí, o que foi concebido até o momento não ultrapassa 20%. Entre as obras: a primeira ciclovia, localizada nas ruas Carlos Guilherme Erig e Guilherme Tim; obras de passeio público nestas ruas e na Perimetral Norte (ruas Cassiano Ricardo e Benjamin Barriquelo); implementação do sistema binário em diversas ruas;

Bira Erthal, secretário de Desenvolvimento Urbano, Obras e Trânsito e responsável pelo Demasi

pavimentação na Rua 13 de Maio até a Benjamin Barriquelo; Rua Goiás, Albino Brendler, Jorge Leopoldo Weber, Rua 20 de Setembro entre outras que tivessem seu acesso interligado com pavimentação. Os valores investidos somam mais de R$ 7 milhões. Segundo Erthal, as obras, tanto da modalidade viária, transporte público e alternativo, teriam prazo para conclusão de 15 anos. Entre as obras que foram planejadas, a ciclovia, planejada inicialmente para a Rua do Comércio teve sua localização alterada. Passando a ser construída na Carlos Erig, justamente por uma questão de trafego e fluxo de veículos. "Acreditamos que por ser a primeira, teríamos uma maior resistência por ser na principal rua de Ijuí", explica. Apesar do Plano ainda estar em andamento, o secretário aponta vias que as pessoas podem utilizar para fazer seu deslocamento com um veículo alternativo, como uma bicicleta.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

9

MOBILIDADE URBANA

Cidade para o pedestre é o maior desafio “Não podíamos mais pensar a cidade para os carros, era necessário pensar para as pessoas. Por isso o Plano de Mobilidade: para mudar uma cultura, para trazer uma outra alternativa de transporte”, ressalta o secretário Bira Erthal. Com essa ideia, apesar do Plano de Mobilidade focar nos pedestres, o que foi feito até o momento priorizou os motoristas, com obras viárias. Dos 15.380 metros planejados, foram executados 12.160 metros. Obras que melhoram o fluxo de veículos. Porém, contradiz a proposta de dar prioridade às pessoas. Enquanto as ruas do Centro recebem asfalto, obras de canalização, melhorias e semáforos, o pedestre se vê perdido no meio da frota de veículos. Cruzamentos de mão dupla, como é o caso da Rua 13 de Maio com a Rua do Comércio, onde o pedestre não consegue atravessar e fica sem saber como agir. Outro exemplo, a Avenida 21 de Abril, via que possui um fluxo grande de veículos e em toda a sua extensão não possui uma faixa de pedestres e ao menos um semáforo com o tempo para a passagem das pessoas. No Centro mesmo, o cruzamento entre as ruas 15 de Novembro e Ernesto Alves, via que tem grande fluxo de ônibus, o semáforo não possui o terceiro tempo para o

pedestre. Na outra extremidade, a esquina das ruas Floriano Peixoto e 15 de Novembro, existe o terceiro tempo, mas ao passo que não é usado, também não é respeitado pelo motorista. Entre as obras previstas no Plano e que poderiam melhorar o trafego e, até mesmo, incentivar o uso de meios alternativos, são as ciclovias. Obra que só saiu do papel em apenas uma rua. Na 19 de Outubro e na Bento Gonçalves também estão previstas as ciclovias, mas ainda sem prazo de início da obra. Uma das mais ousadas que foi planejada é uma espécie de anel viário, que sairia dos fundos do Parque de Exposições, passaria pela Rua Benjamin Barriquelo, ligaria os fundos do bairro Alvorada, acessando a Guilherme Timm, passando pela Carlos Zimpel e ingressando nas paralelas da BR-285. Obra ousada, mas que de todo o planejado, apenas a Perimetral Norte está entregue, pavimentação que estava nas metas prioritárias. Mesmo com todo o esboço estruturado, o principal desafio que as obras enfrentam é busca por recurso. Para Erthal, o que falta para que todas as obras que estão no Plano possam, de fato sair do papel, é incentivo. “O investimento para as obras é alto, precisa-se

Ruas com grande fluxo de veículos e sem espaço para o pedestre são comuns no Centro

buscar para poder implementar um sistema em um bairro. Por isso para além do Plano, é preciso que o gestor pense a cidade para as pessoas. É preciso ter incentivo”. Ainda no primeiro semestre, Ijuí recebeu a Conferência das Cidades, que debateu as prioridades de mobilidade, entre elas, incentivar a alocação de verbas em ações

de mobilidade e convivência. “Acredito que tivemos muitos avanços com essas conferências, porque faz com que o governo perceba as necessidades das cidades e que faça programas que contemplem essas necessidades e os municípios devem estar atentos para elaborar projetos para captar esses recursos”, completa.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

10

SEMANA FARROUPILHA

Escola faz oficinas culturais Desde a abertura da Semana Farroupilha, os alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental Ijuí, tem organizado atividades sobre o tema Revolução Farroupilha, hino-riograndense, símbolos, vestimentas e culinária típica. Com o objetivo de vivenciar a cultura e as tradições de maneira mais lúdica e prática. As professoras Eliane Teixeira e Luciane Alegranzi com as suas turmas de 5º ano prepararam oficinas para os alunos do 1º ao 4º ano e ontem desenvolveram dança, vestuário do gaúcho, tiro de laço no cavalinho (de madeira), brincadeiras antigas, entre elas carrinho de rolimã. "Acreditamos ser de grande importância passar a incentivar o conhecimento e o cultivo de nossas tradições desde cedo para que não se perca e não se fique apenas na memória dos mais antigos, pois hoje, com tantos atrativos modernos muitos de nossas jovens não gostam e dizem ser 'careta' ou 'coisa do passado' muitas vezes por falta de conhecimento de nossa história tão bonita", destaca a coordenadora pedagógica Vera Klein Rodrigues.

Os alunos realizaram diversas oficinas durante a tarde de ontem

Encerrando as atividades, a escola realiza hoje a confraternização e mateada com a comunidade escolar. Na oportuni-

dade, ocorrem apresentações do Grupo Folclórico Fogo de Chão e do Grupo de Folclore Chaleira Preta.

Alunos participaram de diversas atividades na última quinta-feira

"Este momento serviu para mobilizar toda a comunidade escolar do CSCJ, comprovando que educação nos colégios da Rede Verzeri é fundamentada na qualidade pedagógica, na inovação e nos valores.

Educa-se para a vida despertando o olhar para a coletividade. Formam-se pessoas antenadas para as mudanças do mundo e humanizadas para mudá-lo", afirma a diretora do Educandário.

Escola 6 de Agosto faz semana de tradicionalismo Durante a semana os alunos da Escola Estadual Fundamental 6 de Agosto realizaram várias atividades em alusão a Semana Farroupilha. Como hasteamento da bandeira e canto do Hino. Também foram desenvolvidas atividades pedagógicas especiais, alusivas à data. A programação contou com chimarrão, pilchas, concurso da maior e menor cuia, melhor chimarrão, apresentação de danças gauchescas e teatro. "Os estudantes entraram no clima ao som da música regional, cantaram, dançaram. Teve ainda um lanche especial", explica a coordenadora pedagógica, Marcia Winter. A coordenadora salienta que a escola é um espaço para despertar o interesse e o gosto pela tradição gaúcha, "conscientizando os alunos sobre a importância de manter viva a nossa cultura".

cmyk

Promotor de Justiça

Lei de agrotóxicos: fraca e descumprida

Dia V marca início do período de matrículas Na última quinta-feira foi realizado o lançamento da campanha de matrículas 2017 no Colégio Sagrado Coração de Jesus (CSCJ), escola integrante da Rede Verzeri. O dia V, teve diversas atrações, em que envolveram alunos, professores e familiares na divulgação do trabalho que é desenvolvido nas Escolas Verzeri. Com a temática Compartilhando valores, os alunos do turno da manhã foram reunidos no auditório Teresa Verzeri e lá assistiram ao vídeo da campanha institucional, ouviram atentamente a diretora Lorena Beal divulgar os detalhes da Campanha e em um divertido momento brincaram com a bola show da Campanha. A mesma atividade também integrou os alunos das turmas da Educação Infantil e Anos iniciais no pátio da Escola. Todos os alunos e professores do CSCJ receberam balões personalizados com os seguintes valores: respeito, amor, responsabilidade, conexão e solidariedade.

Nilton Kasctin dos Santos

Sempre que a imprensa veicula algo sobre os riscos dos agrotóxicos para a saúde e o meio ambiente, surgem vozes alardeando que a legislação brasileira que regula a fabricação, comercialização e aplicação de agrotóxicos é das mais rigorosas do mundo. Se isso fosse verdade, o Brasil não seria o grande campeão mundial de utilização de venenos agrícolas. Há mais de cinco anos ininterruptos! Mais argumentos. O perigoso dessecante 2,4D (que fez parte do chamado “agente laranja”, empregado como arma química na guerra do Vietnan) já é restrito ou proibido Em muitos países. No Brasil, seu uso está em expansão. O paraquat (usado para fabricação dos dessecantes gramoxone e helmoxone) é proibido em todos os países da Europa e até mesmo nos países em que é fabricado. No Brasil, não. O glifosato, classificado pela Organização Mundial da Saúde como provavelmente cancerígeno, está sendo severamente contestado em praticamente todo o mundo. Menos no Brasil. Aliás, esses três agrotóxicos despontam entre os mais utilizados no Brasil. Ao lado de algumas centenas de outros venenos, são tidos como algo sagrado, como símbolo do “progresso” do Brasil. E ai de quem quiser contestá-los! É tachado de inimigo do agronegócio e do progresso. Nem falei no inseticida carbofurano. Só uma dica sobre o poderio mortífero desse veneno: se uma pomba colocar no bico um minúsculo grão de trigo tratado com carbofurano, cai morta mesmo sem engolir o cereal. E o animal que comer a carcaça do bichinho envenenado, também morre. Esse veneno, também proibido em quase todo o mundo, é largamente usado entre nós. Portanto, só pode ser deboche dizer que nossa legislação de agrotóxicos é a mais rigorosa do mundo. Por outro lado, mesmo essa nossa legislação que reputo como uma das mais frágeis do mundo – é descumprida no Brasil. Mas não me refiro a um descumprimento ocasional, como ocorre com qualquer lei. Em relação aos agrotóxicos, a regra é o descumprimento da lei. Principalmente por quem aplica veneno na lavoura. É importante saber. Resoluções, portarias, decretos, receita agronômica, bula, rótulo e outros documentos e normas constituem, ao lado das respectivas leis propriamente ditas, o que se chama LEGISLAÇÃO, quando o assunto é agrotóxico. O art. 15 da Lei Federal 7.802 de 1989 prevê uma pena de prisão de 2 a 4 anos para quem descumprir qualquer dispositivo da legislação. Por exemplo: a bula, o rótulo e a receita (que em termos de agrotóxicos também são leis) sempre recomendam a aplicação de veneno com o vento em velocidade acima ou abaixo de um patamar (entre 2 a 10 km por hora, menos de 20, menos de 10 etc.). Recomendam também aplicar veneno com temperatura menos ou mais que tantos graus. Obrigam ao manejo integrado de pragas e à rotação de culturas. Proíbem certas misturas de agrotóxicos. Proíbem a reutilização de embalagens e o armazenamento em local inadequado. Obrigam à colocação de placas e bandeiras de reentrada na lavoura envenena. Proíbem a dessecação de plantas pré-colheita com certos tipos de venenos. Obrigam à implantação de refúgio quando a lavoura é de cultivar transgênica. Refúgio consiste em semear faixas intercaladas com sementes convencionais na lavoura de transgênicos. Alguém já viu uma placa “PROIBIDA A ENTRADA: LAVOURA TRATADA COM AGROTÓXICO”? Eu não. E faz anos que as procuro. Nunca vi um agricultor medindo a velocidade do vento, a temperatura ou a umidade do ar. Pior: acho que eles nem possuem esses equipamentos. Pior ainda: acho que a Farsul, os sindicatos rurais e o Senar nem deram esses equipamentos para cada agricultor. Muito pior ainda: Acredito que sequer a Polícia Ambiental os possui. Como cumprir a lei?


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

FEIRA CONECTADA

Expo-Ijuí 2016 inova e lança aplicativo A comissão organizadora da Expo-Ijuí/Fenadi 2016 realizou, na manhã de ontem, um evento de lançamento de um aplicativo para aparelhos celulares smartphones que será usado em prol dos usuários visando uma maior comodidade aos usuários. Tratase de um serviço que já está disponível, de maneira gratuita, nas plataformas Android e IOS. Cumprindo a meta de tornar-se a maior edição da feira de todos os tempos, a Expo-Ijuí 2016 já conta com uma ferramenta criativa e inovadora. O aplicativo ExpoIjui 2016, já disponível em todo o sistema, com a apreciação da programação, cronograma e detalhamento das etnias, agenda de shows, entre outros detalhes. "Através do aplicativo ExpoIjui 2016 (grafado dessa forma), possibilita o acesso a um conjunto de informações relevantes. Um deles é o sorteio onde os usuários poderão se cadastrar e concorrer a dois ingressos permanentes. Essa promoção vai

Maiquel Kelm e Felipe Rohde explanaram a respeito da nova ferramenta

de hoje (ontem) até a próxima sexta-feira, às 10h. Juntamente com a diversidade de benefícios o app vai oferecer mais serviços ao longo da feira", revelou Maiquel Kelm, um dos desenvolvedores da ferramenta. Além de Maiquel, da Dialeticom Comunicação e Estratégia, o projeto foi feito juntamente com Felipe Rohde.

Outra novidade da ferramenta diz respeito a sessão Onde Estacionei Meu Carro?. Através do aplicativo será possível estacionar o veículo, cadastrar a vaga e não ter o problema na hora de ir embora do parque. "Chego na feira, estaciono o meu carro e posso ficar mais tranquilo porque vou saber onde ele vai estar depois", acrescentou.

11

Parque terá com 32 câmeras de segurança Ainda que faltem mais de duas semanas para o início da ExpoIjuí/Fenadi 2016, a segurança de visitantes, expositores, funcionários e do público em geral no interior do Parque Vanderley Burmann está garantida. Ao menos é o que revela o presidente da Comissão de Segurança da feira, Flávio Matte Martins. Como principal novidade nesta edição de 2016, está o aumento no número de câmeras de videomonitoramento nas ruas do parque que deve chegar 32 esse ano. Em entrevista concedida ao Grupo JM na última semana, o presidente da Comissão adiantou que a situação está toda projetada para que o evento transcorra da melhor e mais tranquila maneira possível. "Já está tudo bastante avançado a partir de uma parceria toda montada entre Brigada Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil; além da Polícia Rodoviária Federal, Coordenadoria de Trânsito, Associação de Vigias de Ijuí. Temos ainda a parceria firmada com o Conselho Tutelar, Ministério Público, Vigilância Sanitária. Enfim, tudo firmado para o evento. Serão 32 câmeras em pontos ex-

Flávio Matte Martins

clusivos do parque, incluindo o estacionamento monitorado por vídeo", ressaltou Flávio. Questionado sobre os delitos mais corriqueiros ocorridos durante os dez dias nos quais transcorre o evento, o presidente afirmou que nos dois anos que esteve a frente não registrou grandes problemas. "Tivemos apenas pequenos furtos, casos de desentendimento, mas nada de grandioso", conclui.

Polícia Rodoviária Federal de Ijuí promete combate a embriaguez A 10ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal de Ijuí já se prepara para a Expo-Ijuí/Fenadi 2016. Agentes da delegacia deverão receber aporte humano e estrutural para que o evento transcorra normalmente, também, no que diz respeito ao trânsito. Com um mês de antecedência a PRF, tal qual o Grupo JM, já se prepara para o evento que promete ser o maior de todos os tempos. Diante de tamanha expectativa, o policiamento rodoviário que monitora a BR-285 deverá fazer um trabalho específico para o controle do trânsito e bom fluxo. "Para a Polícia Ro-

doviária Federal, na verdade, é a repetição de um ano para o outro ano. O que muda são as possibilidades de trabalho com relação do maior emprego ou menor emprego de aporte humano. O nosso trabalho é bastante tranquilo, uma vez que todo o nosso pessoal é bastante experiente nesse tipo de evento, o que para nós, facilita a ação", ressaltou o inspetor-chefe da 10ª DPRF. Em entrevista concedida ontem, o inspetor ainda lembrou dos acessos alternativos à BR285. "Nós orientamos o nosso munícipe para que usem as vias alternativas para transitar de

modo mais tranquilo. Poderemos ter algum incidente na rodovia e possa, em uma eventualidade, deixar o trânsito lento", acrescentou. Outro apontamento feito pelo responsável pelo policiamento rodoviário federal diz respeito aos cuidados com a ingestão de bebida alcoólica somado a direção. "Teremos uma fiscalização mais intensiva, principalmente no que diz respeito a ingestão de álcool, que é uma situação que a gente orienta, e é uma situação que faremos de maneira intensiva ao longo dos dias do evento", finalizou.

Aplicação do teste de alcoolemia deve ser corriqueiro também nos dias de feira

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

BOZANO

Segurança preocupa pequenos municípios Nesta semana, no município de Pejuçara, o posto da Brigada Militar foi desativado, deixando a comunidade preocupada. De acordo com o presidente da Associação de Municípios do Planalto Médio (Amuplam) e prefeito de Bozano, Gederson Mori, o fechamento do posto da Brigada preocupa os moradores. “Esse é um assunto que está tirando o sono de toda a comunidade”, lamenta. Ele defende que ainda será feita a tentativa de não fechar definitivamente. “Vamos mobilizar toda a Amuplam, pediremos apoio a Famurs, para que o governo se sensibilize com isso”, explica. O líder municipal defende, ainda, que apenas com as mobilizações, com a população indo às ruas é que se pode mudar o cenário de insegurança. “Acho que teremos que adotar essa me-

dida para que o governo tome um pouco de consciência do que está acontecendo no interior e não aceitar que isso (o fechamento de mais postos da BM) ocorra com outros em breve”, destaca Mori. Em Bozano, por exemplo, o policiamento que já era baixo reduziu e o prefeito lamenta que o efetivo acaba não sendo reposto. “Então fica difícil de a própria Brigada desempenhar a sua função perante a sociedade”. O prefeito explica que para manter o posto da Brigada em Bozano, tem investido e arcado com recursos e infraestrutura. “Estamos arcando com mais de 80% das despesas que a BM tem para funcionar, para que possa ficar à disposição da comunidade e dar segurança a todos. Agora, os municípios que não possuem essas condições, o governo diz que vai fechar. Acredito que isso é uma falta de respeito”, lamenta.

12

Escola é selecionada para evento na Índia A Escola Estadual de Ensino Fundamental São João Batista, situada no interior do município de Panambi, no mês de abril, recebeu medalha de ouro para a equipe do 4° ano e medalha de prata para a equipe do 7º ano, coordenados pelos professores Renan Gabbi e Rosana Villane Dal Forno, na Olimpíada Internacional Matemática Sem Fronteiras 2016. Devido ao excelente desempenho nesta Olimpíada, o Programa de Olimpíadas da Rede POC, organizador oficial da Olímpiada no Brasil, convidou a Escola para

integrar a delegação do Brasil para o 7º International Young Mathematicians Convention (IYMC) 2016. O evento ocorrerá de 2 a 5 de dezembro na cidade de Lucknow, Índia. A IYMC é uma competição em equipe aberta para estudantes da Educação Básica de todo o mundo. O coordenador regional de educação, Cláudio da Cruz de Souza, em nome da 36ª Coordenadoria Regional de Educação, parabeniza alunos, professores, direção e toda a comunidade escolar pelo empenho, dedicação e trabalho realizado.

Gederson Mori

Para que o caso de Pejuçara não se repita, ele afirma que a Amuplam vai se mobilizar e buscar soluções.

Alunos da turma do 7º ano da Escola São João Batista foram selecionados

Ajuricaba tem protesto contra queda no preço do leite Na tarde de ontem, o município de Ajuricaba foi sede de uma

cmyk

manifestação contra o preço do leite pago ao produtor. O repre-

sentante do Conselho do Leite da Fetag, Remi Beck, explica que o encontro teve a intenção de lutar para que os produtores tenham mais incentivos na produção. “Diria que esse foi o início para que o produtor possa colocar seu descontentamento com a possibilidade de se baixar o preço do leite, que, na verdade, já tem baixado em algumas cooperativas”. Participaram mais de 100 representantes da região. “Acre-

ditamos que o produtor não pode seguir trabalhando do jeito que está, passando por prejuízos. Não se pode sustentar a entressafra com preço muito alto ao consumidor, como tivemos no último ano”, diz. Remi destaca que é preciso uma organização maior da cadeia do leite, “inclusive, assim é importante contar com apoio dos governantes”. Segundo Remi, com o encontro de ontem, foi programado um novo manifesto em Ijuí com

a participação de lideranças sindicais, prefeitos e empresários. "Queremos achar uma solução com as empresas de leite". A argumentação para a queda no preço do leite pago ao produtor, segundo Remi, é a de que houve uma grande importação, aumento da produção e retração do consumidor, "esses seriam os motivos que eles argumentam para aqueda. Por isso, queremos ter uma conversa franca para podermos realmente organizar a cadeia do leite".


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

VENDAS PARA O EXTERIOR

Agronegócio mantém exportações em alta

Exportação de soja foi responsável por 26% do volume total de vendas do agronegócio para o exterior em agosto

O agronegócio exportou US$ 1,275 bilhão em agosto. O resultado representa um aumento de 15,8% em relação ao mesmo período de 2015 e 72,9% do total comercializado pelo Rio Grande do Sul no período. Este é o quarto mês consecutivo com resultado positivo na comparação entre 2016 e o ano anterior, conforme Relatório de Comércio Exterior do Agronegócio, divulgado pela Assessoria Econômica do Sistema Farsul nesta semana. Soja (26,4%) e fumo e seus produtos (48,4%) são os principais responsáveis pelo aumento no valor exportado. O saldo da

balança comercial do setor foi de US$ 1,183 bilhão, com um volume de 2,150 milhões de toneladas. De janeiro a agosto, o Estado exportou US$ 7,908 bilhões, aumento de 0,87% na comparação com 2015. Esta é a primeira vez que 2016 supera o ano passado no acumulado. Os últimos quatro meses foram fundamentais na recuperação das exportações do agronegócio. No período de janeiro e abril, a diferença de 2016 para 2015 era de -14,8%. Produtos florestais e soja em grãos puxaram o resultado com crescimento de 83% e 4,7% respectivamente. O

volume comercializado também apresenta crescimento (2,7%) no acumulado em relação ao ano anterior. Na relação com julho de 2016, houve uma queda de 3,48% no valor e de 11,7% no volume comercializado. Reflexo de junho, pico das exportações no ano. Apesar da queda, carnes bovinas (31,5%), frango (3,7%) e suínos (15,7%) registraram resultado positivo. A China se mantém como principal destino do agronegócio gaúcho em um aumento contínuo de sua participação (39,93%), chegando a US$ 3,157 bilhões.

13

Perspectiva segue positiva para lavouras de inverno Ao contrário dos últimos anos, nesta safra a expectativa de produção de trigo no Rio Grande do Sul é muito boa. De acordo com o Informativo Conjuntural divulgado pela assessoria técnica da Emater/RSAscar nesta semana, as condições das lavouras em diversas regiões continuam com bom aspecto geral, 43% delas estão em fase de floração e as em enchimento (formação) do grão já somam 15%. “Muitas lavouras semeadas no cedo e com uso de alta tecnologia em insumos e genética estão expressando potencial produtivo de aproximadamente 3.000 kg/ha”, destaca o diretor técnico da Emater/RS, Lino Moura. Os triticultores gaúchos continuam com a aplicação preventiva de fungicidas para controle de doenças da espiga, especialmente a giberela, além da aplicação de inseticida para pulgão e lagarta do trigo. “Em algumas lavouras (aveia e azevém) se observa incidência de invasoras, em função de não ter sido feito o controle no estágio inicial, pelo alto custo do herbicida”, comenta Moura. O preço da saca de 60 kg de trigo ficou praticamente estável em R$ 39,50.

O clima da semana favoreceu o plantio de novas áreas de milho, e o crescimento e o desenvolvimento das plantas nos locais já semeados são considerados muito bons pelos extensionistas da Emater/RSAscar. O percentual de área já plantada chega a 36% do total projetado (804 mil ha) para o Estado. A região mais adiantada segue sendo Santa Rosa (Missões e Fronteira Noroeste), com 65% de sua área já semeada, em torno de 110 mil ha. “Nas lavouras recém-semeadas é constatada, em algumas situações, que a germinação é lenta em função das temperaturas amenas e falta de aquecimento do solo”, ressalta Lino. As lavouras plantadas no cedo já estão recebendo a primeira aplicação de adubação nitrogenada em cobertura, assim como está em andamento o controle de formiga e pragas com aplicação de inseticidas. Apesar das recentes quedas nas cotações do produto, o preço pago ao produtor pela saca de 60 kg segue bem acima do praticado anteriormente. Durante a semana, o preço médio ficou em R$ 43,69, contra os R$ 28,36 registrados no ano passado nesta mesma época.

RS terá estudo sobre sanidade suína Técnicos da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação do RS começam no dia 4 de outubro um levantamento sobre sanidade suína em criatórios que não têm finalidade comercial. Serão coletadas 1,3 mil amostras em 320 propriedades localizadas em 211 municípios gaúchos. O objetivo do inquérito soroepidemiológico é confirmar a ausência de circulação do vírus da Peste Suína Clássica, medida necessária a cada dois anos para áreas livres da doença. O presidente do Fundesa, Rogério Kerber, explica que "o Rio Grande do Sul obteve o certificado de área livre em 2014, por isso já está na hora de refazer o levantamento". A coordenadora do Programa Nacional de Sanidade Suína no Rio Grande do Sul, Juliane Webster, explica que mesmo que as propriedades não comercializem o suíno, é fundamental que também sejam analisadas e

Principal cultura de inverno no RS, trigo deve apresentar boa produtividade

Mais de 320 propriedades vão compor levantamento sobre a sanidade suína

contem com procedimentos de sanidade para impedir a entrada de doenças. "Se ocorrer um foco de doença em qualquer propriedade, por menor que seja, já acontece uma restrição de mercados", explica. O procedimento de coleta vai

durar 10 dias. Depois disso, o material será enviado para o Lanagro de Minas Gerais. O Fundesa aportou R$ 75 mil na capacitação dos técnicos para a realização do inquérito e também na aquisição de materiais para a execução da atividade.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

PERÍODO PÓS-MANDATO

Patrimônio de Lula cresceu 360% O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aumentou seu patrimônio pessoal em 360%, em valores nominais, com a renda obtida com sua empresa de palestras, após o fim de seu segundo mandato na Presidência, em 2010. A soma de seus bens chegou a R$ 8,8 milhões no fim do ano passado, apontam declarações de Imposto de Renda do petista que integram a denúncia criminal apresentada contra ele na quarta (14). Segundo o documento entregue por Lula ao fisco, em 31 de dezembro de 2010 o ex-presidente tinha patrimônio de R$ 1,9 milhão. Já em 2015, a declaração registra que, ao final daquele exercício, o valor total de seus bens era de aproximadamente R$ 8,8 milhões –um aumento de R$ 6,9 milhões. De acordo com documentos entregues à Receita, a evolução patrimonial teve lastro em renda obtida com a L.I.L.S, empresa

de palestras de Lula, criada após ele encerrar seus dois mandatos à frente da Presidência. Entre 2011 e 2015, a L.I.LS. distribuiu lucros e dividendos no valor de R$ 8,5 milhões para o petista. Nesse período, Lula deu cerca de 70 palestras no Brasil e exterior, segundo ele próprio afirmou à PF. A maior transferência de valor da empresa para Lula ocorreu em 2014, no montante de R$ 5,6 milhões. Foi em novembro daquele ano que estourou a fase mais ostensiva da Operação Lava Jato, que prendeu executivos e acusou o governo federal de arrecadar propina via Petrobras. Os repasses para a L.I.L.S feitos por empreiteiras acusadas na Lava Jato são alvo de investigações pela força-tarefa do caso. Segundo a PF, a L.I.L.S recebeu R$ 21 milhões entre 2011 e 2015. Desse total, R$ 9,9 milhões foram pagos por empreiteiras investigadas. À Polícia Federal, Lula afirmou que cobrava "exa-

Planalto veta reajuste de defensores públicos O Palácio do Planalto comunicou que o presidente Michel Temer decidiu vetar integralmente o projeto de lei que previa o reajuste dos defensores públicos federais. A proposta, que determinava os valores e garantia escalonamento de 5% no salário das diferentes categorias, foi aprovada pelo Congresso Nacional no final do mês passado. No início da noite desta quinta-feira (15), a Secretaria de Imprensa da Presidência informou que o governo havia vetado parcialmente o projeto e garantido 7% de aumento. Às 23h30 de ontem, porém, o Planalto informou que o veto foi integral e que "não há anuência" do governo ao "aumento dos vencimentos da categoria". Nesta manhã, o veto foi publicado no Diário Oficial da União junto a justificativas, dentre elas a de que o projeto prevê percentuais para os próximos anos "muito superiores aos demais reajustes

cmyk

praticados para o conjunto dos servidores públicos federais". De acordo com mensagem encaminhada ao Congresso Nacional, Temer decidiu vetar o texto do projeto de lei após ouvir os ministérios da Fazenda e do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. Segundo ele, os reajustes estavam em um "patamar acima da inflação projetada para o período". Além disso, informou o Planalto, a proposta propunha que a carreira tivesse uma vinculação remuneratória "em dissonância à política de ajuste fiscal que se busca implementar". Da forma como foi aprovado no Congresso Nacional, o subsídio mensal do chefe da Defensoria Pública da União iria de R$ 31.090 para R$ 33.763 em quatro parcelas. Já os funcionários em início de carreira receberiam um reajuste que, em 2018, significaria uma mudança de mais de 60%, dos atuais R$ 17.330 para R$ 28.947.

Na última quinta, Lula chorou ao falar sobre a denúncia contra ele

tamente US$ 200 mil, nem mais e nem menos", por todas as suas palestras – o mesmo valor que o ex-presidente americano Bill Clinton cobraria. "Quando eu deixei a Presidência da República, eu era considerado o melhor presidente do início do século 21", disse aos policiais, ao jus-

tificar o preço. "Nós pegamos o valor do Bill Clinton e falamos o seguinte: 'Nós fizemos mais do que ele, então nós merecemos pelo menos igual'." O objetivo, segundo o expresidente, era "vender o Brasil" e falar de suas perspectivas de futuro.

Denúncia na Lava Jato 'dá segurança a Lula' O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, comentou ontem a denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva feita pelos procuradores da Operação Lava Jato. Mendes, no entanto, preferiu não entrar no debate sobre se a força-tarefa errou a mão ao se referir ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como "comandante máximo" do esquema de corrupção na Petrobras sem denunciá-lo como tal. "O que é positivo e dá segurança ao presidente Lula e aos seus advogados é que agora tem uma denúncia. O mais é mimimi e trololó. Havendo denúncia, se defende daquela denúncia que foi proferida", disse o ministro. "Todas as outras considerações que não constam da denúncia, ele não precisa responder". Para Mendes, o fato de a denúncia ter sido feita tira a questão do debate político e a coloca no âmbito do Judiciário. "Ele tem agora a possibilidade de fazer defesa, que será apreciada por juiz independente; terá chance de recurso. A partir de agora o processo está judicializado". O ministro também não quis avaliar a existência ou não de provas na denúncia apresentada pelos procuradores da Lava Jato. "Não conheço (o processo). Isso terá que ser analisado", afirmou. Mendes disse que não espera

Gilmar Mendes

julgar este ano o pedido de impugnação da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer, se a fase de instrução não se encerrar até novembro. "Eu sei que o que preocupa é se houver um juízo positivo de uma eventual cassação ainda este ano, haveria eleições diretas. Do contrário, eleições indiretas, como determina a Constituição. Mas o futuro a Deus pertence. Vamos aguardar". O ministro classificou o processo como "peculiar". "A figura central desse processo (a ex-presidente Dilma Rousseff) saiu com o impeachment. Tudo isso dá uma nova configuração ao processo", complementou o ministro.

14

ALEXANDRE GARCIA Jornalista

AINDA HÁ JUÍZES Num julgamento de impeachment a decisão quanto ao mérito do Senado é soberana e imune de reavaliação pelo Supremo. A Constituição torna o Senado um tribunal equivalente à Suprema Corte. Mas quando há desrespeito à Constituição, nada e ninguém está imune de reavaliação do Supremo, para consertar o que, por desventura, tiver sido desviado do estabelecido na Lei Maior. Ainda que o desvio tenha sido presidido pelo próprio Presidente do Supremo. Vamos ouvir falar disso. Por enquanto, o que soou como música muito harmônica foram os discursos do histórico dia em que assumiu a presidência de um dos três poderes da República a Ministra Cármen Lúcia. Saudou-a o mais antigo dos juízes da Corte, o ministro Celso de Mello. Diante de Renan Calheiros, Lula, Sarney, Fernando Pimentel(governador de Minas), Édson Lobão e políticos de todos os partidos e de todos os tipos de passado e presente, Celso de Mello mostrou que é profundo conhecer da realidade. Como nem todos ouviram ou leram o discurso, faço aqui um resumo, porque vale a pena saber como ele descreve o que temos testemunhado no Brasil. Celso de Mello afirmou que devem ser punidos os indignos do poder, porque temos o direito a governos honestos, com decência, não governo de facção, de corruptos. Disse que se formou no poder uma confraria ousada e ilícita entre empresários e autoridades, que corromperam a ética e a democracia, dirigida por delinquentes no poder, predadores da República, marginais, delinquentes institucionais, que conquistaram o poder para isso. Chamou isso de depravação; de poder que corrompe e se deixa corromper. E corrupção é perversão, disse o Ministro. Na mesma sessão histórica, na posse que se transformou em evento anti-corrupção, o Procurador-Geral da República repetiu que se juntaram o submundo da política e o capitalismo tropicalizado, num sistema adoecido, patológico, que quer fingir mudança para não mudar. A nova presidente do Supremo atraiu para sua posse três vezes mais público que na posse de Joaquim Barbosa e em seu discurso final, sereno e duro, dirigiu-se primeiro ao patrão de todos, “sua excelência o cidadão insatisfeito”, para depois prometer que “os criminosos não passarão”. À saída, um grupo de manifestantes, ao ver Lula, pedia sua prisão. E à noite, por 450 a 15, a Câmara condenava Eduardo Cunha, que o Supremo deve entregar a juízes de primeira instância, como Sérgio Moro. Um dia que infla a esperança na Justiça, porque ainda há juízes no Brasil


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

Heck quer reformar iluminação até abril

CRONOGRAMA DE ENTREVISTAS: TEMA 1: Agricultura e Infraestrutura Rural 16 AGOSTO: Bira Teixeira 19 AGOSTO: Valdir Heck TEMA 2: Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e Renda 23 AGOSTO: Valdir Heck 25 AGOSTO: Bira Teixeira TEMA 3: Educação e Meio Ambiente 30 AGOSTO: Bira Teixeira 2 SETEMBRO: Valdir Heck TEMA 4: Infraestrutura Urbana e Trânsito 6 SETEMBRO: Valdir Heck 9 SETEMBRO: Bira Teixeira TEMA 5: Tecnologia, segurança e desporto e lazer 13 SETEMBRO: Bira Teixeira 16 SETEMBRO: Valdir Heck TEMA 6: Saúde e Desenvolvimento Social 21 SETEMBRO: Valdir Heck 23 SETEMBRO: Bira Teixeira ENTREVISTA VICE PREFEITO: 26 SETEMBRO: Jean Arais 27 SETEMBRO: Valdir Zardin

Valdir Heck

Entrando na reta final de campanha, o candidato Valdir Heck (PDT) participou ontem do Palanque JM. Conforme o cronograma de assuntos estabelecido junto às coligações, o tema abordado pelos candidatos nesta semana é tecnologia, segurança e desporto e lazer. Na entrevista concedida ontem, o candidato separou em tópicos os temas que envolvem a tecnologia aplicada à gestão pública. Heck explicou que tem estudado essa temática devido à complexidade do assunto. "O mundo tecnológico hoje está muito presente na vida das pessoas, principalmente nas empresas, nas organizações contábeis, enfim, em todos os seto-

res. Essa tecnologia que se renova a cada dia exige muito estudo, é algo que não cabe improviso algum", afirmou o candidato. Dentro desta ótica, Heck explanou longamente sobre as vantagens do sistema GED, ou gerenciamento eletrônico de documentos. Segundo ele, a ferramenta traz inúmeras vantagens para a organização dos processos de empresas e instituições, e a proposição é investir no sistema. O candidato do PDT discorreu também sobre a relevância da tecnologia da informação (TI), e sua aplicabilidade para os diferentes setores da economia. "A TI não é apenas sinônimo de modernidade, mas acima de tudo uma necessidade dos dias atuais. A informação sempre existiu, mas não da maneira tão volumosa e aproveitável como é hoje. Nós mesmos na campanha utilizamos muito o Facebook e o Youtube, que são ferramentas que facilitam muito na divulgação das propostas, e que dá uma ideia da relevância dessas tecnologias", pontuou o candidato. A instalação das câmeras de videomonitoramento também foi citada por Heck como um ponto importante do uso da tecnologia na gestão pública. "É uma ferramenta que serve para monitorar o trânsito e a segurança de uma maneira geral, então é muito positivo". No quesito segurança pública, Valdir Heck deu ênfase às suas propostas para a reforma do sistema de iluminação pública municipal. "Até março ou abril (de 2017), queremos inaugurar toda a iluminação de LED desde o Parque de Exposições até a ERS-342. Isso está agendado, nós vamos fazer. Não vamos terceirizar, por-

Câmara aprova três projetos de lei

Vereadores discutiram projetos a serem deliberados, para depois aprovar as matérias na sessão ordinária

Por conta do feriado de 20 de Setembro, a Câmara de Vereadores realizou de maneira conjunta, ontem, a reunião das comissões e a sessão ordinária do poder Legislativo. Desta forma, a Câmara terá ponto facultativo na segundafeira, e não terá expediente na terça-feira. A sessão presidida pelo vereador Valmir Seifert (PDT) teve a aprovação de três projetos. O primeiro dele foi o substitutivo que prorroga a vigência do prazo e da

15

autorização de repasse de valores referentes ao convênio com o programa Pró-Volley, Semeando o Futuro. O contrato celebrado pelo poder Executivo venceu no dia 2 de setembro. Por isso, a proposta efetuou a prorrogação da parceria até o dia 30 de dezembro deste ano, pelo fato de ser "um projeto com grande inserção e inclusão social desenvolvido em nosso município, cujas atividades estão intrinsecamente relacionadas com o calendário letivo das escolas

municipais, e que envolve um grande e importante contingente de alunos e famílias ijuienses no ambiente saudável das vivências e práticas desportivas", conforme o texto da matéria. Na sessão, também foi aprovado o repasse de um total de R$ 93,7 mil do Demei à Ueti para o custeio e ressarcimento de despesas relativas à realização do Desfile Étnico. Por fim, foi aprovado um projeto de lei Legislativo para denominação de vias urbanas em Ijuí.

que queremos que o dinheiro fique aqui. [...] Precisamos, portanto, renovar toda a iluminação pública como fator de segurança. Paulatinamente já vamos trocando as luminárias que estão queimando e se estragando por lâmpadas de LED. Isso é algo que irá acontecer e acreditamos que em um ano e meio ou dois tenhamos atendido a demanda dos mais 11 mil pontos de iluminação que temos em Ijuí", projetou. Passando às propostas que tem para o fomento ao esporte, o candidato do PDT citou a reunião que teve na noite de quintafeira com o Clube de Corredores de Ijuí, onde explanou sobre a relação entre a prática esportiva e a saúde. Em seu plano de metas, esporte e lazer possuem objetivos bastante específicos. "[O objetivo é] desenvolver projetos esportivos de inclusão social e de formação esportiva. Quando falo em inclusão social eu lembro de um dado que é substancial e que a sociedade precisa pensar a respeito: em outras épocas já tivemos 12 homicídios por ano em Ijuí, e em 2008 chegamos a três. No governo Ballin isso continuou, com números bastante apreciáveis se compararmos com as cidades vizinhas. Isso acontece por causa das políticas de inclusão social fomentadas no passado, e hoje temos uma cidade muito mais segura se comparada com as outras. Cada homicídio evitado, fruto do trabalho de inclusão social é algo muito significativo", avalia o candidato. Por fim, Heck voltou a citar ações realizadas em seus governos anteriores que ele pretende retomar, caso seja eleito, como o evento de encerramento do ano esportivo.

Jovens votantes podem ser decisivos nas eleições Os jovens constituem um dos maiores segmentos da população brasileira. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são cerca de 51 milhões de jovens de 15 a 29 anos, correspondendo a um quarto da população do país. Desse número, mais de 75% (38.876.290) estão aptos a votar nas Eleições Municipais de 2016, segundo dados estatísticos divulgados nesta semana no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Eles representam quase 27% do eleitorado nacional, o que mostra como o voto dessa camada será forte e determinante nas eleições deste ano. De acordo com pesquisas realizadas pela Justiça Federal, uma das principais preocupações da atualidade é o combate à corrupção e, por isso, os jovens tentam, antes de votar, cada vez mais se informar acerca dos candidatos apresentados. Pensando nisso, a Justiça Eleitoral vem fomentando a conscientização sobre a

importância da participação do eleitorado jovem no processo eleitoral. De acordo com a Justiça Eleitoral, 1.638.751 jovens de 16 e 17 anos votaram nas Eleições de 2014. Para estas eleições municipais, 2.311.120 adolescentes estão aptos a votar. Desse número, pouco mais de 50% (1.162.586) são homens enquanto que as mulheres representam 49% (1.148.534 eleitoras). O voto aos 16 anos foi uma conquista do movimento estudantil brasileiro incorporada à Constituição Federal de 1988. O jovem nessa faixa etária não é obrigado a votar, mas já tem o direito garantido pela Constituição. Neste ano, o TSE estreitou ainda mais o relacionamento com o público jovem, investindo na comunicação com esse público por meio das novas mídias. A Campanha do Jovem Eleitor passou a utilizar os chamados “memes”, para serem compartilhados em redes sociais.

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

AIF quer manter a liderança A Associação Ijuí Futsal (AIF) enfrenta o Expresso de Capão da Canoa hoje, às 20h, no Ginásio de Esportes de Xangrilá pela primeira rodada do segundo turno da segunda fase do Estadual Série Bronze. A intenção da equipe ijuiense é manter a liderança da chave 6 e seguir na briga pela classificação à terceira fase. Atualmente o time de Ijuí lidera o grupo com seis pontos e saldo superior ao Horizontina e APF de Passo do Sobrado, segundo e terceiro colocados respectivamente. Os dois jogam hoje em Passo do Sobrado. O técnico Jorge Lückemeyer não poderá escalar o capitão, o goleiro Danilo suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Maicon começa como titular. O fixo Marcelinho com lesão na panturrilha não joga. O pivô Ivan, recuperado de uma lesão no joelho esquerdo é mais uma opção e viaja com a delegação hoje a partir das 7h da manhã. A AIF

SÉRIE BRONZE 4ª rodada-2ª faseHoje,17.9 Chave 4 Em Rio Pardo-Nadas Branco x Uruguaianense-20h Em Santiago-ASF x AMF-Marau-20h Chave 5 Em Cerro Branco-ACBF x Parobé Futsal-20h Em Caçapava do Sul-ACF x Cerro Largo Futsal-Cerro Largo-20h Chave 6 Em Xangrilá- Expresso-Capão da Canoa x AIF-Ijuí-20h Em Passo do Sobrado-APF x Horizontina Futsal-20h Chave 7 Em Salto do Jacuí- ADCH x União Independente-Santa Maria-20h Em Casca-SERCCA x Guarani Futsal-Camargo-20h

começa o jogo com: Maicon; Maiquinho, Marcinho, Lucas Silva e Maurício. "Precisamos vencer para seguir brigando por uma das vagas

Associação Ijuí Futsal precisa da vitória hoje contra o Expresso de Capão da Canoa

à próxima fase. A cautela é necessária para não darmos contraataques ao adversário que mesmo não tendo chances de classificação pode criar dificuldades", comentou Lückemeyer. O treinador disse que o time perde uma referência com a suspensão do experiente Danilo, muito eficiente na

reposição da bola, mas o goleiro Maicon, tem qualidade. AIF e Expresso terá a arbitragem principal de Dalvo dos Santos; árbitro auxiliar: Jean Pierre Mendes; anotador: Muriel Plautz; cronometrista: Luiz Fernando Junior e delegado do jogo: Pedro Emílio Pomar.

1ª Divisão conhecerá o campeão da temporada As equipes do Juventude do Rincão dos Goi e do Botafogo do bairro Alvorada decidem amanhã às 15h30 no Estádio 19 de Outubro o título da 1ª Divisão do Campeonato Municipal de Futebol Amador de Ijuí. Empate no tempo normal leva a decisão para os pênaltis. O campeão ganhará o troféu Leonir Luiz Samersla (Nenda), um desportista ijuiense que fez história nos tempos áureos do futebol amador local. Foi jogador e treinador muito respeitado. Faleceu em março de 2013. Nas semifinais, o Juventude eliminou no último domingo o Vila Nova ao vencer por 1 a 0 no tempo regulamentar. O Botafogo do bairro Alvorada se garantiu na final ao derrotar a Portuguesa do bairro Getúlio Vargas por 4 a 3 nos pênaltis após empate de 0 a 0 no tempo normal. O ingresso hoje à tarde no Estádio 19 de Outubro custará R$ 4,00. Na preliminar às 13h30 se enfrentam as equipes do Arsenal ELENCOS DOS FINALISTAS: Botafogo do Alvorada: Everton dos Santos de Oliveira Leonardo da Silva Lima João Gabriel Vargas dos Santos Andrei Santos do Nascimento Pablo da Silva Stochero Luiz Henrique Carvalho Bussmann Dionatan Ricardo da Cruz Pedroso João Carlos dos Santos Rafael Portela da Rosa

cmyk

16

PLACAR GERAL

SEMIFINAIS DA 2ª DIVISÃO Os jogos semifinais do Campeonato Municipal de Futebol Amador de Ijuí, 2ª Divisão serão disputados amanhã no Estádio 19 de Outubro. Pela manhã às 9h30 se enfrentam as equipes do Botafogo B do Alvorada e do Guarani do Elizabeth. O ingresso custará R$ 4,00. No período da tarde às 13h30 jogam Arsenal Baterias Goi/Fruteira do Mano do bairro Progresso e Bahia do Luiz Fogliatto. Será na preliminar de Botafogo e Juventude dos Goi, na final da 1ª Divisão. O ingresso novamente custará R$ 4,00.A decisão da 2ª Divisão será no próximo dia 25.

COPA DUNGA A 19ª Copa Dunga de Futebol Sete para Menores tem a disputa destes jogos hoje a partir das 13h30 no campo do Sesc em Ijuí: infantil, Gol de Placa x Grêmio Dimicron; feminino,E.C.Ijuí x Greminho Condor; mirim, Cometa Branco x ACF Lukão Lanches; mirim, CFE Grêmio x Grêmio Dimicron; feminino, São Luiz x Fênix Futebol Clube; e infantil,São Luiz x Escolinha de Futebol. Na quadra sintética serão realizadas estas partidas: pré-mirim, ACF Casa do Lanche x Greminho Condor; fraldinha, ACF Floresta Colchões x Genoma Colorado; pré-mirim, Genoma Colorado x Gol de Placa Laranja; fraldinha,Gol de Placa x Escolinha do Sesc; pré-mirim,Gol de Placa Dourado x Grêmio Coimpel; e fraldinha,Grêmio Dimicron x São Luiz.

CAMPEONATO DO CSCJ Polivalente Vanderson integra o elenco do Juventude do Rincão dos Goi

Atacante Jailsson é uma das opções do Botafogo do Alvorada para a decisão

Campeonato da 1ª Divisão homenageia o ex-zagueiro Leonir Samersla (Nenda)

Baterias Goi/Fruteira do Mano, do bairro Progresso e do Bahia do Luiz Fogliatto. O Campeonato começou no mês de junho com 10 times. A competição chegou a ser suspen-

sa temporariamente em julho por causa de relato de incidentes que estavam pondo em risco a integridade física dos desportistas e da comunidade. Em agosto os jogos foram retomados.

O coordenador de esportes Rogério Durcks espera uma final sem problemas. "Torço para que os protagonistas sejam os atletas em campo sem nenhum incidente", finalizou.

Márcio Vergilio Galvão Correa Moacir Piosetski de Lima Cleo T.T.Pontes Khalil N. Calegaro dos Santos Jailsson T.S. da Silva Jardel de Oliveira Taborda Claudemir A. Ferreira Neves Jr. Vitor Lima Rodrigues Julio Schiavo Jaderson Eduardo S. Marques Dieferson de Chagas da Veiga Ivan Leidens João Carlos de Jesus Lúcio A. da Rocha Jacson A.C. dos Santos

Técnico: Marcelo Galvão

Guilherme Dal Molin Tiecker Pablo Aleixan de Oliveira Roberto Dinis Machado Leandro Soares da Rocha Cristian Moraes dos Santos Taisson Lemos Rosa Gobbo Everton Stoquero Grohs Fernando Henrique C. da Rosa Anderson Justen Cristiano Kreibch da Silva Rodrigo Alan Dal Molin Luiz Paulo Ribas da Rosa André de Ávila Técnico: Gilmar Meotti

Juventude do Rincão dos Goi: Cristian Gustavo Pomina Henrique Liscoski Vanderson Goi Bombardieri Dorival de Moraes André Luiz Ciotti Rafael Rodrigues Farias Diego Roberto de Andrade Paz João Paulo Bruski Fernando Biniek dos Santos Rodrigo de Macedo Gian Carlos Tiecker

A 2ª edição do Campeonato das Mães do Colégio Sagrado Coração Jesus (CSCJ), modalidade voleibol começou na última quinta-feira no Ginásio da Escola em Ijuí. A equipe Morango venceu a equipe Uva por 2 sets a zero.A segunda partida da competição será disputada na próxima quinta-feira, a partir das 18h30, com a disputa entre as equipes Laranja e Maçã. A primeira rodada do returno do 22º Campeonato de Pais do Colégio Sagrado Coração de Jesus, Futsal Masculino foi disputada quintafeira com estes jogos: Paraguai 2 x 5 Brasil; e Colômbia 2 x 1 Venezuela. A competição terá estas partidas na próxima quintafeira: às 20h, Argentina x Equador e 20h45, Bolívia x Uruguai. Um bom nível técnico tem marcado a competição, que nesta edição tem as equipes participantes levando os nomes dos países sul-americanos.


17

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

DOIS TOQUES

Ijuí Drones perto da vaga Carlos Alberto Padilha

esporte@jornaldamanhaijui.com PERIGOS-O Inter está jogando mesmo um futebol de 2ª Divisão, quem sabe querendo se ambientar com a competição que pode ser disputada pelo Colorado em 2017. Não é de hoje que venho dizendo que o Inter possui um grupo de jogadores de baixa qualidade e não podia esperar coisa melhor. Com todo respeito ao time baiano, não dá para perder em casa para o Vitória agora treinado pelo Argel Fucks. O primeiro tempo do Inter na derrota de 1 a 0, quinta-feira, foi deprimente. Na etapa final Celso Roth colaborou para o fracasso, ao sacar o único homem criativo, o meia Seijas. Valdívia também deveria ter permanecido em campo. É bom a diretoria do Inter admitir, porque a Série B pode ser uma realidade. TRICOLOR- O Grêmio teria feito uma proposta à Renato Portaluppi, para assumir no lugar de Roger Machado, que deixou o Grêmio nesta semana. O técnico prometeu responder no fim de semana. A direção não confirma. CAMPEONATO-A 26ª rodada do Brasileirão abre a hoje às 16h com o clássico Corinthians x Palmeiras. Amanhã serão disputados estes jogos: às 11h, Santos x Santa Cruz; às 16h, Cruzeiro x Atlético-MG; Grêmio x Fluminense; Atlético-PR x São Paulo; Vitória x Botafogo; e Chapecoense x Ponte Preta. Às 18h30, Sport x Coritiba; e Flamengo x Figueirense. Segunda-Feira às 20h jogam América-MG x Internacional. Os quatro primeiros colocados são: Palmeiras, 48 pontos; Flamengo, 47 pontos; Atlético-MG, 45 pontos; e Santos, 42 pontos. O Grêmio é o oitavo colocado com 37 pontos. Os quatro últimos são: Figueirense, 28 pontos; Internacional, 27 pontos; Santa Cruz, 23 pontos; e América-MG, 15 pontos. JOGOS DO SESI- A segunda fase do futebol sete livre da competição do Serviço Social da Indústria de Ijuí tem estas partidas hoje no campo 2 do Centro Esportivo: 13h45, , Hoff Pneus/Star Gesso B x Manutec/Pré Moldados Dreffs/ EO da Silva/Ombu/Metal Ijuí A; 15h, Hoff Pneus/Star Gesso A x Funicalha/Prósis Informática/ Madecor/Agrimetal/Di Moville; 16h, Soberana x 3 Tentos B e 17h, Construtora Realize x Cisbra A. SÉRIE B-O Brasil-Pel foi derrotado pelo Criciúma por 2 a 1, ontem à noite, no Estádio Bento Freitas. Cirilo colocou o xavante na frente do placar. Thiago Humberto e Roberto marcaram os gols da virada catarinense. Com 40 pontos, o Brasil pode ser ultrapassado na rodada.

O Ijuí Drones tem jogo decisivo hoje, às 14h, no Estádio 19 de Outubro diante do Itajaí Dockers, de Itajaí, Santa Catarina, pela 4ª Copa Sul de Futebol Americano. Após duas vitórias nas duas primeiras rodadas, a equipe ijuiense se vencer o adversário deste sábado se garante nos playoffs. Os jogos contra o Restinga Redskulls e o Porto Alegre Bulls, foram intensos e o Ijuí Drones nos últimos dias, diminuiu a carga de treinos dando um descanso aos jogadores. O Head Coach Eduardo Mundstock e os atletas aproveitaram para definir a es-

tratégia que será utilizada nesta partida. O Itajaí Dockers disputa seu primeiro Campeonato. Na estreia levou 16 a 0 do Criciúma Miners. A equipe surgiu após o fechamento de um time de Balneário Camboriú. Os ingressos antecipados custam R$ 5,00 e estão sendo vendidos nestes locais: Barbearia Mr. Huth, San Germanno, Vida Farmácias (diagonal com a Fidene), Posto Nossa Casa e Shawarma Baruk. Crianças até 12 anos não pagam. Na hora o preço será R$ 10,00.

Ijuí Drones (preto) recebe o Itajaí Dockers hoje à tarde no Estádio 19 de Outubro

Municipal de Futsal tem rodada no fim de semana O Campeonato Municipal de Futsal de Ijuí, Divisão Única tem rodada hoje e amanhã no Ginásio Wilson Mânica. Segunda-Feira a competição terá jogos

neste local e também no Ginásio Walter Müller do Modelo. Na última quinta-feira foram disputados estes jogos no Ginásio do bairro Modelo: chave

G, Arsenal Baterias Goi 3 x 6 Atlético/Relojoria Kaufmann; e Audax/Ramos Construções 5 x 1 Meninos da Vila; chave H,

Havaí Amigos 3 x 0 Alvorada/ Progresso; e Boca Juniors Apolo Alarmes Golden Ball 1 x 4 E.C. Santa Cruz.

JOGOS Ginásio Wilson Mânica Hoje,17.9 a partir das 17h Chave B-E.C. União x Progresso/Portuguesa Chave B-Itaí Futsal x IBIS Chave A- Progresso/Marmoraria São Lucas x Os Parentes Chave A-Posto do Ganso x Titãs Amanhã, 18.9 a partir das 17h Chave D-Atlético Vila Glória x E.C. Alvorada/Progresso II Chave D- Lion F.C. Snooker Bar x S.E. Ouro Verde Chave C-Afumisa Climaq x Associação União Futsal Chave C-Colombianos x Pré Moldados Dreffs Segunda-Feira,19.9 a partir das 19h Ginásio Wilson Mânica

Chave F-Atlético Modelo x Boleiros Futsal Chave F- União Gade Posto GS2 x Palmeiras Chave E-E.C. São José Alto da União x São José Chave E- Revecar/Perfect Car x União do Getúlio Vargas Ginásio Walter Müller do Modelo Chave I-Amigos do Ames x Avante Chave I-E.C. Bahia x Golden Ball Supergasbras Quarta Certa Chave J-Sport Club PC x City Hotel Clip Santo Antônio Chave J-Penapolense x Holimpia

Municipal de Futsal teve rodada quarta-feira no Ginasião. Campeonato prossegue

Tite convoca Seleção com voltas de Oscar e Thiago Silva O técnico Tite anunciou ontem a convocação da Seleção Brasileira para mais duas rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo. As partidas contra Bolívia e Venezuela acontecem em outubro. Com 24 jogadores, a lista contou com algumas novidades em relação à primeira lista do treinador. No gol, Alex Muralha, que defende o Flamengo, recebe a primeira chance de sua carreira. Ele vem sendo titular na boa campanha dos cariocas no Campeonato Brasileiro. Além do arqueiro, alguns retornos também marcam a convocação. Fora da primeira lista de Tite, o zagueiro Thiago Silva, o volante Fernandinho, os meias Douglas Costa e Oscar, além do atacante Roberto Firmino estão entre os atletas que atuarão pela

Seleção. Os quatro já têm passagens com a Amarelinha, sob o comando de outros treinadores. O goleiro Marcelo Grohe e o zagueiro Geromel, ambos do Grêmio desta vez não foram chamados. O coordenador da Seleção, Edu Gaspar, falou sobre o fato de 24 atletas, ao invés dos tradicionais 23, terem sido chamados. O volante Paulinho está suspenso contra a Bolívia e, desta forma, a equipe ficaria com um nome a menos. O Brasil vai enfrentar a Bolívia no dia 6 de outubro, na Arena das Dunas, em Natal, e em seguida viaja para Mérida, onde encara a Venezuela, no dia 11. Após vencer Equador e Colômbia, a Seleção ocupa a segunda colocação das eliminatórias, com 15 pontos em oito rodadas. O Uruguai é o líder, com 16 pontos.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

18

VIAGEM SEGURA

Operação visa reduzir mortalidade O feriado da Revolução Farroupilha, na próxima terçafeira, terá atenção especial das autoridades de trânsito, em mais uma edição da Operação Viagem Segura, este ano com cinco dias. A 63ª ação de fiscalização intensiva coincide com a Semana Nacional de Trânsito 2016 e ocorre desde a zero hora de ontem, até a meianoite de terça-feira. No ano passado, foram três os dias de feriadão, com registro de 23 vítimas fatais, considerandose as que morreram até 30 dias depois do acidente (média de 7,7 vítimas fatais/dia). Em 2014, também em três dias, morreram 27 pessoas (média de 9 vítimas fatais/dia). Analisando os feriados Farroupilha de 2007 a 2015, o Detran constatou que a média geral é de 6,5 vítimas fatais/dia e que o maior volume de mortes acontece nos dias intermediários do feriado. Quase 65% desses óbitos ocorreram em rodovias. Dentre as vias federais, as

Trabalho deve ser intensificado em todas as rodovias do Estado

BRs 116 e 285 foram as que registraram maior número de vítimas fatais. Entre as estaduais, as mais violentas foram as ERSs 453 e 239. Com foco na redução de acidentes, além das ações de fiscalização realizadas pelos principais parceiros da Operação Viagem Segura - Detran, Brigada

Militar e Comando Rodoviário da BM (CRBM), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e órgãos de trânsito municipais –, como já é tradicional na capital, haverá megablitz na noite de sexta-feira, na saída para o feriado. A ação soma os esforços da Polícia Civil e dos agentes da Balada Segura à Operação.

As 62 edições realizadas até agora contabilizam mais de 4,5 milhões de veículos fiscalizados e 131,3 mil testes de etilômetro realizados. Foram registradas 702,8 mil infrações, sendo 13,8 mil autuações por embriaguez. A fiscalização também recolheu 70,7 mil veículos e 18,7 mil CNHs.

Comissão aprova PL que 51% dos condutores usa proíbe aplicativo antiblitze celular ao volante A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática aprovou a proposta que proíbe o uso de aplicativos na internet para alertar motoristas sobre a ocorrência de blitz de trânsito. Pelo texto, o provedor de aplicações de internet deverá tornar indisponível o conteúdo em desacordo com a regra. Os infratores estarão sujeitos a multa de até R$ 50 mil. A mesma multa valerá para os usuários que fornecerem informações sobre a ocorrência e localização de blitz para aplicativos ou outros programas na internet. A proposta também altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97) para transformar em infração o ato de conduzir veículo com aplicativo ou funcionalidade que identifique a localização de radar ou de agente de trânsito. A lei atual classifica como infração gravíssima apenas o uso de dispositivo localizador de radar. A pena para essa infração, que é mantida pelo projeto no caso de uso de aplicativo, é multa e apreensão do veículo. O texto aprovado é um substitutivo apresentado pelo deputado Fábio Sousa (PSDBGO) ao Projeto de Lei 5596/13, do ex-deputado Major Fábio, que originalmente proíbe o uso de aplicativos e também de redes sociais para alertas sobre blitz e

cmyk

prevê multa de R$ 50 mil para os infratores. Fábio Sousa retirou da proposta a referência às redes sociais a fim de não prejudicar o direito à liberdade de expressão. “Por se tratar de um ambiente informal, utilizado amplamente para a socialização da população, entendemos excessiva a sua regulamentação. Poderia ser entendida como restrição à livre manifestação do pensamento”, justificou. Por outro lado, a proibição do uso de aplicativos foi justificada por Fábio Sousa com o argumento de que os meios de comunicações não devem ser utilizados para a facilitação do crime. “Aplicativos de internet estão sendo utilizados por muitos infratores para burlar a ação protetora da vida.” O substitutivo também incluiu o conteúdo do PL 5806/13, do deputado Lincoln Portela (PRB-MG), que tramita apensado e trata da alteração no Código de Transito. “Ele complementa a ideia da proposta principal de coibir o uso de aplicativos corretamente, pois atua diretamente no Código de Trânsito”, afirmou o relator. O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado ainda pelas comissões de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Pesquisa realizada pela concessionária Arteris, que ouviu 1,3 mil pessoas pelo país, mostrou que 51,8% dos entrevistados usa o celular nas estradas e cidades brasileiras e 69,8% dos entrevistados consideram o trânsito no Brasil perigoso. Mesmo assim, 88% dos motoristas não se acham imprudentes. No trânsito, basta olhar para os dois lados para verificar, de perto, o que diz a pesquisa. Boa parcela dos motoristas, falando no celular enquanto dirigem. O risco, parece que todos ignoram. Especialistas afirmam que usar celular por apenas cinco segundos, em uma velocidade baixa, de 60km/h, é o mesmo que percorrer 83 metros às cegas.

A pesquisa mostra também que 60,5% dos entrevistados afirmaram que respeitam as leis de trânsito. Mesmo assim, 30% desse grupo admitem ter levado uma multa nos últimos 12 meses. A conclusão da pesquisa revela, portanto, que é preciso um trabalho de conscientização do motorista para mudar o comportamento. “Esse resultado mostra que o brasileiro não vê o perigo do uso do celular no trânsito, parece que ainda não se deu conta das consequências que esse ato pode ter”, diz Eliane Pietsak, pedagoga e especialista em trânsito. Em novembro, a multa para dirigir segurando ou manuseando o celular será gravíssima, no valor de R$ 293,47.

Distração causada pelo uso do celular pode ser a causa de graves acidentes

Emater / Ascar

CULTIVO DE HORTA DOMÉSTICA O cultivo de horta é uma excelente opção de aproveitamento de vários espaços para a produção de hortaliças de modo saudável. Para isso alguns critérios devem ser considerados para escolha do local da horta: - Estar livre de encharcamento; - Receber luz do sol durante todo o dia; - Terreno plano ou levemente inclinado; - Disponibilidade de água boa para as regas e adubo orgânico ou químico; - Ficar afastado, por pelo menos 5 metros de instalações sanitárias. As mudas podem ser adquiridas ou produzidas em sementeira própria, para isso é necessário buscar orientação quanto a construção de sementeira ou aquisição de mudas. É importante planejar a formação da horta com certa antecedência para evitar falhas no uso dos canteiros. A área da horta deve estar limpa (capinada), o material gerado pela limpeza deve ser reservado numa parte do terreno, onde futuramente poderá ser usado como adubo orgânico. O solo necessita ser cavado ou arado na profundidade de 20 centímetros, procurando desmanchar torrões, deixando a terra livre de entulhos e afofada para o cultivo. No caso de áreas inclinadas, a posição do comprimento dos canteiros deve ficar atravessado em relação à caída do terreno, para evitar danos pela ação das águas. As dimensões recomendadas dos canteiros são: 15 a 20 centímetros de altura, e comprimento variável conforme a condição do terreno, no caso da largura é recomendável 1 metro e a distância entre um canteiro e outro de 30 a 40 centímetros. A dosagem de adubo varia conforme as condições de fertilidade do solo e características da hortaliça, para isso procure orientação técnica. Para que as plantas cresçam sadias, é fundamental que recebam regas diárias, geralmente, um metro quadrado de área cultivada necessita de 2 a 5 litros de água por dia. Considerando as características da planta, do solo e época do ano. O mato que crescer entre as plantas deve ser retirado para não causar danos ao crescimento das hortaliças, a frequência de capina é variável, dependendo do ciclo de cultivo de cada hortaliça. No caso de doenças sempre usar técnicas preventivas contra o ataque de pragas e doenças, no caso de controle, poderão ser utilizadas caldas e produtos alternativos, elaboradas com produtos naturais, para isso é importante buscar a opinião de um técnico. Após cada colheita, é recomendado alternar o cultivo da área com o plantio de hortaliças de famílias botânicas diferentes, para evitar a propagação de doenças e pragas.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

19

RIO GRANDE DO SUL

Roubos de caminhões-tanque assustam O roubo de combustível de caminhões de carga tem se tornado cada vez mais comum no Rio Grande do Sul. Na Região Metropolitana de Porto Alegre, milhares de litros foram levados por assaltantes nos últimos dias. Em Esteio, os motoristas passaram a andar em comboio para evitar os assaltos. Os alvos são caminhões de carga com mais de 20 metros de comprimento e que podem levar mais de 40 mil litros de combustível. Pelo menos três distribuidoras entre Esteio e Canoas tiveram caminhões atacados por criminosos nas duas últimas semanas, segundo o Sindicato do Transporte de Carga Líquida (Sindiliquida). Somente em uma delas já foram roubados 300 mil litros de combustível em 2016.

PLANTÃO BANCO - Criminosos atacaram uma agência do Sicredi no município de Vila Lângaro, próximo a Passo Fundo. O crime ocorreu na madrugada de ontem. Segundo a Brigada Militar, três homens participaram da ação. Dois arrombaram a agência com marretas, enquanto o terceiro usou uma arma longa para proteger os comparsas na frente do banco. O acesso ao banco foi arrombado. No entanto, de acordo com os policiais, o cofre ou terminais eletrônicos não foram abertos. O bando usou um VW Gol para fuga. Ninguém foi preso até o fechamento da edição. BRAÇO DECEPADO - Uma criança de 3 anos teve o braço decepado por uma centrífuga de roupas na cidade de Uruguaiana, na Fronteira Oeste. O acidente ocorreu na tarde de quinta-feira. O menino passou por cirurgia para reparar a lesão e está na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). O estado de saúde é estável, de acordo com informações da Secretária Estadual de Saúde. No início da noite, a criança teve de ser transferida pelo helicóptero oficial do governo do Estado da Santa Casa de Uruguaiana para o Hospital de Pronto Socorro (HPS) de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre.Ainda na noite de quinta, foi transferido novamente, dessa vez para o HPS de Porto Alegre, onde uma equipe médica multidisciplinar avaliou que não seria possível realizar o reimplante do braço, devido à gravidade das lesões.

O vice-presidente do Sindiliquida, Marcelo Mendes Flores, diz que a categoria “está toda alarmada, receosa e com medo de trabalhar”. “O combustível hoje se tornou um ouro, é muito caro o valor do combustível. Os ladrões têm conhecimento disso e estão se beneficiando, vendendo este produto, que é caro, mais barato no mercado, provavelmente.” A área onde os caminhões abastecem é monitorada por câmeras e, por isso, os ladrões agem longe dali. Eles aguardam os caminhões perto das rodovias para, então, fazer o assalto. Do carro, os ladrões apontam a arma para o motorista do caminhão, que é obrigado a parar. Um dos assaltantes assume o volante do caminhão com a carga, enquanto o condutor é feito refém. A polícia investiga um dos

ataques mais recentes, em Esteio, ocorrido há três semanas. O delegado Cristiano Alvarez explica que o motorista foi abordado por criminosos na rodovia. “A carga acabou sendo subtraída e os veículos - seja a parte do cavalinho, seja a parte dos tanques - foram encontrados logo na sequência vazios. (...) A informação do motorista é que ficou rendido pelos criminosos durante algum tempo e depois foi posto em liberdade.” O delegado reforça que é importante que todos os casos sejam denunciados à policia. “É fundamental para que possa haver apuração e o ato seja noticiado à Polícia Civil. É preciso que seja feito registro de ocorrência não somente nos casos consumados, como também nas tentativas”, observa o delegado.

Região aguarda há 11 anos por penitenciária A população de Passo Fundo, espera há quase 11 anos pela entrega da obra de um presídio. A obra chegou a ter início, mas está parada há seis anos e o mato tomou conta da área onde deveria ser construída a penitenciária. Segundo o Ministério Público, foram gastos mais de R$ 2 milhões. O terreno foi doado pela prefeitura de Passo Fundo e a obra era realizada em parceria com os governos estadual e federal. Entretanto, foi embargada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) em 2010 por irregularidades. O governo gaúcho teria começado a construção antes da autorização da Caixa Econômi-

ca Federal (CEF), gestora dos recursos. O custo atual da obra está estimado em R$ 18 milhões. Enquanto a obra está abandonada, o Presídio Regional de Passo Fundo segue superlotado. Construído há mais de 40 anos com 307 vagas, ele abriga hoje mais do que o dobro de presos. “Tentativas de fugas aumentam significativamente com todas essas questões que se agravam. E para a sociedade acaba se tornando toda essa questão da periculosidade da segurança pública municipal e estadual que vivemos em toda essa crise hoje”, observa o integrante do Conselho da Comunidade do Sistema Penitenciário, Vinícius Francisco Toazza.

Lotação do presídio regional escancara ainda mais a necessidade de nova casa

Quadrilhas estão visando os modelos que transportam cargas líquidas

Prioridade será abertura de vagas em presídios Prosseguindo no esforço coletivo na busca de alternativas para a liberação de vagas no sistema prisional, o secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, se reuniu com a superintendente dos Serviços Penitenciários, Marli Ane Stock, e com os diretores de departamento da Susepe. A superlotação do sistema penitenciário é tratada como prioridade pela Secretaria da Segurança Pública, nestes primeiros dias da nova gestão. “É necessário estabelecer um processo dinâmico e emergencial, que propicie a transferência dos presos que hoje ocupam espaços nas delegacias de

polícia”, salienta Schirmer. Para apresentar propostas que vão ao encontro do que desejam as autoridades do sistema de Justiça, foi determinado um levantamento completo da situação das vagas existentes no Estado e das interdições das casas prisionais que atendem a Porto Alegre e Região Metropolitana. De posse do mapeamento completo, será iníciado um planejamento de liberação das carceragens da Polícia Civil. A intenção é conseguir, dentro da estrutura existente, sanar os problemas em presídios que estão interditados pela questão estrutural.

RS cria 1ª alternativa de vagas no sistema prisional Em dois anos, a Região Metropolitana de Porto Alegre terá um novo presídio com mil vagas. Foi aprovado na tarde de ontem um projeto que prevê o repasse de um imóvel do estado para uma rede de supermercados. Em contrapartida, a empresa se compromete a construir a penitenciária. O texto prevê a autorização para o governo entregar o terreno avaliado em R$ 13,1 milhões em 2012 para a empresa Zaffari. Inicialmente, o projeto não estipulava um prazo para a conclusão do presídio, mas os deputados da oposição apresentaram emendas e convenceram a base governista

a mudar o texto original do projeto, acrescentando que a obra deverá ser entregue em dois anos. O terreno fica na Avenida Praia de Belas, e vai passar agora por uma nova avaliação. Lá funciona a Fundação para Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH), responsável por preparar concursos e encaminhar estudantes para estágios em órgãos públicos. Em troca do local, a rede de supermercados garante a construção do complexo prisional em um município a ser divulgado. Atualmente o estado tem 34 mil presos, e precisaria de pelo menos mais 10 mil vagas. Ainda na semana passada, a

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

29º BATALHÃO DA POLÍCIA MILITAR

Déficit do efetivo já passa dos 35% na região O comando da Brigada Militar da região de Ijuí, através do 29º Batalhão da Polícia Militar (29BPM) recebeu "com muita satisfação" a decisão do governo do Estado que visa um repasse de verbas mais incorpado no quesito segurança pública, a partir de 2017. Por outro lado, paira uma preocupação uma vez que a corporação não foi notificada da mesma forma em que a crise material e humana se consolidam cada vez mais. Ainda ontem o major Edilson Góes conversou com a reportagem do Grupo JM e revelou o misto de sentimento em relação às decisões do Palácio Piratini. "Ficamos muito satisfeitos a partir desse momento que a segurança passa a ser visto com um olhar diferenciado. Não só o comando local, mas a Brigada Militar como um todo. Por outro lado estamos com grande parte dos servidores com idade avançada e não há uma reposição à altura. Precisaríamos ter, anualmente, um grande número de PMs em curso para que nós pudéssemos substituir gradativamente os PMs que estão saindo. A BM, hoje, possui, em torno de 18 mil homens. Para se ter uma ideia, na década de 90,

nós possuíamos 34 mil homens. Precisamos, urgentemente, de cursos de formação para novos PMs para que efetivamente seja reposto esse efetivo", alertou o major Góes. Embora Ijuí esteja entre os comandos com o menor problema no que diz respeito ao material humano, existe a preocupação com as baixas. Na maior delas, no final de fevereiro, 12 policiais militares temporários tiveram seus contratos com a Brigada Militar encerrados. No Estado a redução chegou a 170. O efetivo atuava na guarda de presídios e de quartéis, onde também trabalhavam como telefonistas e recepcionistas. "Tivemos esse baque e não conseguimos nos recuperar. Tivemos que fechar o policiamento montado, além de extinguir a Patrulha Maria da Penha. Felizmente, a partir de um remanejamento, conseguimos reativá-la", pontuou o major. Segundo repassado, a perda de material humano desde o início do ano, somado ao que se projeta até o final de 2016 o déficit de PMs ultrapassa os 35%. "Estamos frequentemente perdendo efetivo do nosso batalhão. Isso preocupa, inevitavelmente", disse.

Confrontos policiais registram recorde no RS Nunca morreram tantas pessoas em confrontos com a Brigada Militar (BM) como neste ano no Rio Grande do Sul. O recorde leva em conta o primeiro semestre dos últimos 16 anos, desde que a Secretaria da Segurança Pública (SSP-RS) passou a divulgar seus indicadores. Até o final de junho de 2016, 58 civis foram mortos — mais do que o dobro no mesmo período do ano passado (28 casos) e 81% mais do que o antigo recorde

cmyk

(32), em 2012. No mesmo período deste ano, nenhum policial militar foi morto, assim como aconteceu em 2015 e 2014. Já o índice de feridos é invertido. Caiu, ainda que pouco, o número de civis feridos (de 227 para 224) do ano passado para cá, e aumentou, em 10,5%, o de PMs machucados (de 85 para 94). O levantamento da SSP não traz a quantidade de confrontos que culminaram em homicídios e ferimentos, no entanto.

20

BM garante "sensação de segurança" no feriadão A Brigada Militar de Ijuí deverá realizar mais operações ao longo do fim de semana estendido. Além das temperaturas médias e o feriado de 20 de Setembro, alguns trabalhos foram projetados na intenção de aumentar a sensação de segurança e prevenir contravenções. Ainda na tarde de ontem com período estendido até hoje. "No início da tarde nós saturamos a metade Norte da cidade, dando a atenção para a perimetral Norte onde existem diversas infrações de trânsito. Após o anoitecer estendemos as abordagens a bares e pessoas suspeitas em bairros. Nossa operação visa

estender essa presença policial e a sensação de segurança em nossa comunidade", explicou o subcomandante do 29º Batalhão da Polícia Militar de Ijuí, capitão Gilmar Bischof, que concedeu entrevista ao Grupo JM ainda ontem. Ainda segundo o capitão o objetivo é exatamente fazer essas barreiras em diversos pontos, para que as pessoas notem a presença policial. "Nossa ideia é fazermos essas barreiras bem dinâmicas para que notem a presença policial mais próxima da comunidade possível. Nós notamos que há essa satisfação por parte da população", acrescentou o capitão.

Edilson Góes, comandante do 29º Batalhão da Polícia Militar

A Proposta Orçamentária gaúcha para o próximo ano foi concluída com previsão de déficit de R$ 2,97 bilhões. A única área que terá aumento nos recursos é a segurança pública, com reajuste de 18,6% nas verbas para custeio, considerando diárias de servidores, combustíveis e manutenção de viaturas. Em 2016, o orçamento aprovado previa a destinação de R$ 497 milhões para a segurança pública. Para o ano que vem estão previstos R$ 589 milhões.

Entre a tarde e a noite de quinta-feira a BM realizou outra edição da Operação Avante

PLs da segurança terão prioridade pós-eleições A presidente da Assembleia Legislativa confirmou, ontem que, após o período eleitoral, os deputados vão priorizar a votação de uma espécie de pacote voltado para a Segurança Pública elaborado pelo Executivo. Silvana Covatti, do PP, alertou que o governo já pediu apoio para que as matérias sejam encaminhadas ao Plenário rapidamente. “É um pacote para a Segurança Pública que vai ser votado depois das eleições e este prazo não tem a ver com a campanha. Nós até poderíamos votá-lo antes, mas devido aos procedimentos da Casa não daria tempo. Acredito na compreensão da própria oposição sobre estas matérias. A violência é um grande problema em todo o Estado e estamos empenhados em lutar contra ela”, declarou. Nesta semana, os parlamentares já aprovaram uma proposta do Palácio Piratini para viabilizar mil novas vagas para detentos. O Plenário autorizou uma permuta

entre o Estado e o Grupo Zaffari de Supermercados envolvendo a troca do prédio da Fundação de Desenvolvimento e Recursos Humanos (FDRH) pela construção de um presídio na Região Metropolitana. O prédio público localizado na Avenida Praia de Belas, zona Sul de Porto Alegre, está avaliado em R$ 13 milhões. O governo também faz um levantamento dos bens ativos do Estado para adotar iniciativas semelhantes, através da troca de prédios ou espaços públicos junto à iniciativa privada com o objetivo de construir mais cadeias. Para que esta medida seja adotada de forma contínua e livremente pelo governador, é necessária aprovação de uma proposta do Executivo pelo Parlamento. Na Secretaria da Segurança, a informação é de que a Casa Civil ainda elabora outras propostas para o setor que devem ser encaminhadas à Assembleia Legislativa.

PLANTÃO FURTO QUALIFICADO - A Brigada Militar confirmou a prisão de Lenon Ronan Fabrim, 22 anos, suspeito de um furto em um supermercado ainda na quintafeira. Além de objetos oriundos do estabelecimento, ele também foi flagrado em posse de maconha. Ele teve o flagrante lavrado por furto qualificado. A PC deverá abrir inquérito. ELEIÇÃO SEGURA - A Polícia Civil de Três Passos desencadeou na manhã de ontem a Operação “Eleição Segura” no município de Bom Progresso. Conforme o Delegado Marion Volino, a operação teve como objetivo esclarecer as tentativas de homicídio ocorridas na última segunda-feira, durante a operação foram presos temporariamente quatro homens, e aprendida uma arma de fogo e munição. Além de agentes da Polícia Civil de Três Passos, também trabalharam na operação desta manhã policiais das Delegacias de Polícia da 22ªDPRI e Brigada Militar.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

SOLIDARIEDADE

LEO Clube realiza campanha em prol do Setembro Amarelo

Em prol do setembro amarelo, o LEO Clube Ijuí realizou, na tarde do dia 10, uma campanha de conscientização sobre o tema suicídio. Foram entregues balões amarelos que ao serem estourados continham mensagens de motivação. A diretora de campanhas Giovanna Pereira, juntamente com o presidente Luan Christian da Silva, comentam que o ato de estourar o balão com uma agulha, remete como uma pequena ação em nossas vidas pode mudá-la completamente. "O ato de espalhar o amor e o companheirismo pode fazer com que tenhamos uma sociedade melhor, uma Ijuí melhor", comenta.

Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, com o objetivo direto de alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção. Ocorre no mês de setembro, desde 2014, por meio de identificação de locais públicos e particulares com a cor amarela e ampla divulgação de informações. O movimento acontece durante todo o mês de setembro em todo Os integrantes do Leo Clube conscientizaram sobre a campanha o mundo. Há uma atenção especial no dia 10 de setembro, pois é EM MEMÓRIA AO 3° ANO DE o Dia Mundial de Prevenção FALECIMENTO do Suicídio, que neste ano foi em um sábado. WERNO HUTH *07/10/1953 +21/09/2013

Ijuí tem espaço para estudo e leitura Um espaço gratuito voltado ao estudo e à leitura está disponível para a comunidade de Ijuí na Unidade do Sesc (Rua Crisanto Leite, 202). Além de contemplar um acervo de mais de 800 livros para consulta ou empréstimo, o Espaço Saber e Lazer oferece um ambiente climatizado, com acesso à internet, com mesa de jogos e disponibiliza jornais e revistas para consulta. O local pode ser visitado de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, sem fechar ao meio-dia. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (55) 3332-

7511, no site www.sescrs.com.br/ijui e na página www.facebook.com/sescijuirs. Uma variedade de títulos de diversos gêneros estão à disposição. Há obras infantis e juvenis, até os clássicos nacionais e estrangeiros, passando por conto, crônica, poesia, dramaturgia, romance, biografias, autoajuda, quadrinhos e mangás. Para ter acesso ao Espaço Saber e Lazer, basta fazer o Cartão Sesc/Senac, totalmente gratuito, como Comerciário, Empresário ou Usuário (público em geral).

EM MEMORIA DO 1º ANO DE FALECIMENTO E CONVITE PARA MISSA NOLLY FRANCO *26/04/1943 +21/09/2015 Um ano se passou, o tempo só aumenta nossa saudade. A alegria, o amor e a felicidade que tínhamos ao teu lado nos faz muita falta e não esqueceremos jamais Familiares convidam para missa que será celebrada domingo às 8h30 na capela São Geraldo “O Senhor é meu pastor e nada me faltará” Salmos 23-1 Ijuí, 17 de setembro de 2016

O adeus na tua partida nos deixou a dor da separação e esperança e a certeza de que nos reencontraremos em outra vida.

Fagep faz cerimônia de formatura No início do mês de setembro, a Unopar/Fagep formou 154 alunos dos cursos de Administração de Empresas, Ciências Contábeis, Serviço Social,Gestão Ambiental, Gestão Publica, Logística, Marketing, Superior de Tecnologia em Segurança do Trabalho, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, História e Pedagogia. A cerimônia aconteceu na Sociedade Ginástica de

Ijuí, e contou com a presença do prefeito, autoridades do município, sindicatos e órgãos responsáveis de cada curso. Essa foi a 20ª colação de grau que a instituição promoveu. Na oportunidade, os jovens foram parabenizados pela Unopar/Fagep. "Temos certeza de que estão preparados com excelência para a vida profissional", destacou o coordenador de marketing, Person Fantinelli.

Colação de grau dos 154 alunos ocorreu no último sábado

Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressureição e a vida. Aquele que crê em mim ainda que morto viverá.

EM MEMÓRIA E CONVITE PARA MISSA DE 7° DIA DE FALECIMENTO

Eterna saudades da esposa Solange, filhos Tiago, Diego, Talita e Diogo, netos Thiaguinho, Davi, Ana Valentina e Diogo Joaquim.

Os filhos Arlindo Leone Pessoa, Elizabeth Pessoa Mori e família de

Ijuí, 17 de setembro de 2016.

CONVITE PARA ORAÇÃO MEMORIAL E CULTO POR FALECIMENTO DE RAINALDO VEICH *25/09/1936 +15/09/2016 Os familiares agradecem aos parentes, amigos, Samu, vizinhos aos pastores da Igreja IECLB do Assis Brasil, funerária Lupatini aos funcionários do Cemitério Municipal e aos demais que auxiliaram nos momentos difíceis. Convidam para culto em sua memória a ser realizado nesse domingo às 9h na Igreja IECLB do bairro Assis Brasil. “O Senhor é meu pastor e nada me faltará” Salmo 23-1 Ijuí, 17 de setembro de 2016.

21

ROSA LEONE PESSOA *30/03/1924 +12/09/2016 Profundamente consternados agradecem ao diretor do HCI, Joao Luis Leone, as médicas Olvânia e Ana, equipe de enfermagem do HCI pelo carinho, dedicação e profissionalismo nos 47 dias de internação. A direção e professores das escolas 6 de Agosto e Chico Mendes e 36º CRE. Aos parentes e amigos que os confortaram naquelas horas difíceis. Convidam para missa a ser celebrada hoje ás 18 horas na Igreja Cristo Rei do bairro Assis Brasil. Aos que comparecerem, antecipamos o nosso agradecimento. “Aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós.” Ijuí, 17 de setembro de 2016.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

COOPERATIVISMO

Feconsol realiza feira no Câmpus A edição mensal da Feira de Economia Solidária em Ijuí (Feconsol) foi realizada ontem, nas dependências da Biblioteca Mário Osório Marques no Câmpus da Unijuí. A atividade reúne 20 empreendimentos de produção em economia solidária de Ijuí e região, que irão comercializar alimentos, como pães, cucas, bolachas, trufas, compotas e uma ampla diversidade em artesanato. De acordo com a responsável pela incubadora, Elizandra Pinheiro da Silva, a feira que acontece desde o ano de 2003 é atração todos os meses no Câmpus da Unijuí. "Sempre existe espaço para todos os empreendimentos e a população sempre participa adquirindo produtos em todos os setores", comenta. Com um foco maior no cooperativismo e na economia solidária, a feira possui as for-

A Feconsol reúne aproximadamente 20 empreendimentos que realizam as suas exposições todos os meses

mações semestrais para todos os associados, com encontros e atividades ligadas ao assunto.

Sobre inscrições para participar da feira, a responsável pela incubadora ressalta que existe

Modelo terá desfile cívico no domingo

um regimento que faz a seleção dos interessados em participar da feira.

22

Educação Especial é tema de debate Durante a última quinta-feira, foi realizado o 6º Encontro de Formação Continuada para educadoras da modalidade de Educação Especial, que atuam nas escolas da rede estadual de ensino, nas Salas de Recursos, com o AEE: Atendimento Educacional Especializado. No turno da manhã, o trabalho foi mediado pela assessora da Educação Especial, professora Nadir Lucia Schuster Colling, num diálogo compartilhado com o grupo de educadoras referentes às ações pedagógicas específicas na escola com os alunos com deficiência. À tarde, o encontro contou com a contribuição da assessora do núcleo Pedagógico da 36ª CRE, professora Solange Moraes, que abordou o tema: Por que avaliar, na perspectiva do desafio do processo educativo. A assessora Nadir Lucia Schuster Colling, destaca que estes momentos de estudos são considerados essenciais e necessários pelo grupo de educadoras

Parceiros Voluntários promove palestra Aconteceu no dia 28 de agosto de 2016 no Dia Nacional do Voluntariado nas dependências da Cripta São Geraldo uma Palestra pela coordenadora Liziane Oliveira da Silva abordando o trabalho que está sendo desenvolvido no Município de Ijuí pela Parceiros Voluntários e também uma Palestra Motivacional a todos os voluntários que estão engajados nos Projetos Sociais da Paróquia São Geraldo que seria a Pastoral

Carcerária, Pastoral da Saúde, Pastoral da Criança, Pastoral do Pão, Pastoral da Visita aos Enfermos, Pastoral da Ação Fraterna, Fraldas Solidárias (geriátricas), despensa solidária, costura, sabão e Cáritas. "A Parceiros Voluntários agradece aos Freis Eduardo, Gilmar, as voluntárias Inês, Jurema, Geni, Eva e demais voluntários pelo acolhimento, por ter participado da Palestra", comenta Liziane.

O tradicional desfile cívico do bairro Modelo contará com diversas atrações

Uma das atrações do bairro Modelo que atrai a população de todo o município é o desfile cívico que acontece tradicionalmente no local. Com a participação de representantes de locais do Modelo, como a escola, creche, Clube de

Mães e demais entidades, o desfile é reconhecido em todo o município De acordo com o presidente do bairro, Sandro Dias, a organização do desfile está acontecendo com a temática livre. "Vai ser um desfile variado, onde teremos a presença

de entidades do bairro e também de outros bairros e do centro que fizeram questão de estar presentes na oportunidade", comenta. O desfile inicia a partir das 9h, percorrendo as principais ruas do bairro.

A palestra abordou o trabalho desenvolvido pela organização

públicas municipais integrantes da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Municipal, no dia 19. Já no dia 20 é o feriado estadual do Dia do Gaúcho. As escolas da rede municipal de ensino terão aula normal na segunda, 19,

com exceção da Escola Branca de Neve que participará do desfile do bairro Modelo, no domingo, dia 18. Também não serão suspensos os serviços considerados essenciais: Pronto Atendimento; Samu; Conselho Tutelar e Coordenadoria

de Trânsito. COLETA SELETIVA - A coleta seletiva de resíduos recicláveis em Ijuí teve início em novembro de 2007, para a coleta e transporte de resíduos sólidos domésticos (RSD) e de resíduos sólidos recicláveis

SERVIÇOS PREFEITURA - A prefeitura de Ijuí estará fechada nesta segunda e terça-feira, dias 19 e 20 de setembro, conforme Decreto número 5.909, de 6 de maio. O documento estabelece ponto facultativo nas repartições

cmyk

(RSR). O material coletado pela empresa é encaminhado para associações de catadores de materiais recicláveis do município (Acata; ARL6 e Galera da reciclagem), sendo esse material parte significativa de fonte de renda.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 17 e 18 de setembro de 2016

23

Memória JM Notícias de setembro de 1981

Ijuí ganha hoje núcleo do Cpers O magistério de Ijuí e da região deve estar presente na Câmara de Vereadores, para as solenidades de instalação oficial do 31º Núcleo do Centro dos Professores do Estado do Rio Grande do Sul, que abrange além de Ijuí os municípios de Augusto Pestana, Ajuricaba, Condor e Panambi. Para Antônio Alberi Maffi, presidente da Associação dos professores de Ijuí, "o momento é de indiscutível importância para a organização da categoria, visando o mais eficiente encaminhamento das reivindicações profissionais e também das urgentes tarefas no esforço para uma ampla e necessária alteração no modelo educacional vigente", comenta. Com o núcleo, a APRI terá suas atividades paralisadas e o seu presidente ocupará provisoriamente a presidência do Núcleo, até a eleição da primeira diretoria, prevista para o dia 4 de novembro. Representantes dos cinco municípios formarão uma Comissão Central, desencadeando a formação de duas comissões, inicialmente a de educação, para a organização de estudos e seminários em trabalho conjunto com o Cpers e a de Ipergs, para fiscalização e esclarecimentos de assistência prestada por aquele órgão.

A coleção completa do JM está disponível para pesquisa no Museu Antropológico Diretor Pestana

Com o núcleo, o professor terá mais assistência

A médio prazo deverão ser criadas comissões de mobilização e de professores municipais. Alberi acredita ainda que a instalação do Núcleo possibilitará uma melhor assistência aos professores, bem

como a realização de promoções sociais, esportivas e culturais, além de seminários e estudos sobre educação. Para tanto, deverão ser logo estruturados departamentos específicos.

Aberta exposição de árvores na Praça da República Com a presença de autoridades municipais, representações estudantis e povo em geral, realizou-se junto ao Centro Cívico da Praça da República, a solenidade de abertura da 1ª Exposição de Árvores, Flores e Artesanato de Ijuí, promoção da Sociedade Ecológica Bandeirantes do Verdem em colaboração com a Prefeitura Municipal, Secretaria Municipal de Educação e Cultura e Escritório da Emater de Ijuí. Após, as autoridades e populares visitaram a exposição de árvores, instalada no pátio da Prefeitura e a mostra de artesanato, que foi instalada no Clube Ijuí. Um dos pontos altos da programação é o show ecológico a ser apresentado pelo grupo teatral Leon Tamar, de Curitiba.

CONCURSOS PREFEITURA DE PONTÃO A Prefeitura de Pontão, no Rio Grande do Sul, abriu o edital n° 01/2016 de concurso público para preenchimento de diversas vagas no quadro geral de pessoal. São mais de 90 postos abertos, além de cadastro de reserva, para candidatos de todos os níveis

Mudas de árvores e flores em exposição no pátio da Prefeitura

de formação, os quais, se aprovados e contratados, terão direito a salários entre R$ 918,37 e R$ 7.230,43. As inscrições poderão ser realizadas até o dia 23 de setembro de 2016, período em que o candidato deve preencher o formulário pela internet, no endereço eletrônico www.vencerconsultoria.com. A taxa de inscrição varia entre R$ 35,00 e R$ 105,00. O candidato que não tiver acesso a rede mundial de computadores, poderá buscar auxílio na “Central de Apoio ao Candidato”, disponível no Centro Administrativo Municipal, sito à Av. Julio de Mailhos, nº 1613 - centro, no Município de Pontão/RS. PREFEITURA ENTRE RIOS DO

SUL A Prefeitura de Entre Rios do Sul, no Rio Grande do Sul, torna público um novo edital de concurso público (nº 01/2016). Com a iniciativa, serão contratados seis profissionais de ensino médio, técnico e superior, sob o regime estatuário. O concurso será executado pela empresa Legalle Concursos e Soluções Integradas. O salário inicial parte de R$ 1.285,83 a R$ 10.724,77, em carga horária de 17 a 40 horas por semana, nos cargos de Assistente Social, Médico Clínico Geral, Professor para a Docência nos Anos Finais do Ensino Fundamental: Língua Inglesa, Engenheiro Civil, Tesoureiro e Técnico em Enfermagem. Os interessados têm até o dia

Catuípe - O município de Catuípe está prestes a completar 20 anos de emancipação político-administrativa. Nesse período tem experimentado notável crescimento, alicerçado basicamente no desenvolvimento da agricultura. A expansão da atividade representa a mola propulsora do progresso nos demais setores da economia municipal. Catuípe possui uma área de 805 quilômetros quadrados, com uma população de 15 mil habitantes, concentrando-se 9,5 mil na área rural e 5,5 mil na área urbana. Concurso - O 3º Concurso de Pandorgas entre Escolas de 1º grau de Ijuí fo um dos momentos mais significativos da 8ª Semana da Escola Estadual Guilherme Clemente Koehler e 2ª Semana da Escolas Reunidas do bairro Burtet. Participaram do concurso 230 alunos, representando 10 escolas, que lançaram ao ar cerca de 100 pandorgas. Não houve participação individual, apenas em equipe, havendo uma que participou com 37 pandorgas. FESTIVAL - A segunda edição do Festival Regional da Canção Brasileira, promovido pela União dos Estudantes Médio de Ijuí contou com um público estimado em 800 pessoas no Salão da Sociedade Ginástica de Ijuí (Sogi). Oito intérpretes na categoria composição e oito na da interpretação participaram da primeira noite do evento. No evento participam também candidatos de Santo Ângelo, Santa Maria, Panambi, Ajuricaba, Santo Cristo e Cruz Alta. 22 de setembro de 2016, para realizarem suas inscrições, pela internet, no endereço eletrônico: www.legalleconcursos.com.br. A taxa de inscrição vai de R$ 20,00 e R$ 30,00. Será disponibilizado equipamento, com acesso à internet, para os interessados em efetuar a inscrição, no horário das 08h às 12h e das 13h30 às 17h, na Prefeitura Municipal, situada na Av. Danilo Lorenzi, 585, Centro de Entre Rios do Sul/RS. A realização da prova escrita objetiva está prevista para o dia 9 de outubro de 2016, em local e horário a serem oportunamente divulgados. Haverá análise de títulos, para os candidatos ao cargo de Professor para a Docência nos Anos Finais do Ensino Fundamental: Língua Inglesa.

cmyk


WWW.JMIJUI.COM.BR

FEIRA NO CÂMPUS

AÇÃO SOLIDÁRIA

A Feira de Economia Solidária movimentou o Câmpus da Unijuí na manhã de ontem, com a comercialização de alimentos e venda de artesanato | 22

Jovens do LEO Clube Ijuí promoveram atividades de conscientização em prol do Setembro Amarelo | 21

VIAGEM SEGURA

VOLEIBOL NO CSCJ

Reforço na fiscalização nas rodovias será realizado até terça-feira | 18

Campeonato das Mães tem a participação de quatro equipes | 16

Falta de repasses do Fies a instituições de Ensino preocupa universidades Segundo o presidente do Comung, Martinho Kelm, Unijuí está há três meses sem receber valores, e contratos de aditamento de alunos ainda não foram assinados. | 5

EDITORIAL | 6 Muitas obras de mobilidade urbana foram feitas, é preciso reconhecer, mas ainda há muito a ser feito.

cmyk

Sitepaginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you