Page 1

www.jmijui.com.br

Ijuí, Quinta-feira, 23 de junho de 2016

Ano 43 - Nº 282

SUS precisa ampliar tratamento do Câncer Somente 54% dos casos têm cobertura. Os outros 45% precisam de plano de saúde. | 4

Procon tem grande demanda em telefonia

R$ 3,00

StF aceita denúncia contra Cunha Deputado afastado será réu (também) por contas não declaradas na Suíça. | 8

Adesão à Usina de lixo será definida hoje

Problemas com telefonia lideram ranking de reclamações do Procon de Ijuí. | 5

Executivo, Legislativo e Comunidade devem debater benefícios e danos da Usina. | 5

CNI pede a volta do Refis ao governo

Empregar RS pode ter nova edição em Ijuí

Propostas para recuperar indústria do País foram apresentadas nesta semana. | 3

ColISão mata maIS um Acidente foi atendido pela PRF de Ijuí e registrado na BR-285. Causas são apuradas | 11

Mudanças no Supersimples são aprovadas

Afirmação é do coordenador do Sine, Rubens Korb, que avalia a ação como positiva. | 3

NESTA EDIÇÃO REGIONAL ANO 5 - Nº 398 - juNhO DE 2016

município em movimento

Proposta inclui no programa empresas que faturam até R$ 4,8 milhões por ano. | 3

PERIGo Na Rua

Moradores denunciam buraco na Rua Jorge Leopoldo Weber | 4

Dupla atua hoje pelo Brasileirão

O curso de Educação Física promoveu um arraial para os alunos da Unijuí, com atrações diversificadas Pág.3

O programa Três Passos em Movimento foi selecionado para participar da Mostra Brasil que acontece em Porto Alegre. Pág.5

hci recebe recursos do rotary club ijuí Uma porcentagem do valor arrecadado com o Baile do Chopp do Rotary é doado ao Cacon . Pág.8

Um curso com o objetivo de auxiliar os produtores rurais na criação de peixes em água doce é realizado em Tenente Portela Pág.8

Grêmio recebe o Vitória na Arena. Internacional enfrenta o Coritiba fora de casa. | 13

cmyk


RADAR BOLSA FAMÍLIA - No próximo sábado, 25 de junho, das 8 às 12h e das 13 às 16h, a Estratégia de Saúde da Família (ESF 2) fará a avaliação nutricional dos beneficiários do Bolsa Família residentes nos bairros Tancredo Neves, Colonial e 15 de Novembro. Devem comparecer as mulheres de 14 a 45 anos, crianças menores de 7 anos e gestantes, portando o Cartão SUS, o Cartão do Bolsa Família (amarelo), a carteira de gestante e a carteira de vacinação das crianças e adolescentes. EXPORTAÇÃO - Acontece hoje a primeira reunião da Comissão de Comércio Exterior, que a partir desta edição integra os trabalhos da Expo-Ijuí 2016. O objetivo, tanto da Comissão quanto do encontro, é promover o diálogo entre empresas interessadas pelo ramo da exportação e criar um ambiente de negócios entre elas. Para a atividade de hoje, às 16h30, nas dependências da Associação Comercial e Industrial de Ijuí, o presidente da Expo-Ijuí Jalmar Martel convidou a administradora de empresas Glaci Benvenuti Ferreira. O objetivo do evento é reunir empresários com potencial de exportação para discutir atividades a serem realizadas durante a Expo-Ijuí 2016. CARTEIRA DE TRABALHO- As agências FGTAS/Sine nos 171 municípios da 3ª fase de implantação do sistema online de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) retomarão o atendimento ao público nesta quarta-feira (22). Segundo o Ministério do Trabalho, neste período de mudança o sistema de encaminhamento de carteira de trabalho apresenta instabilidade e deve se estabilizar após o dia 10 de julho. A implantação do sistema online iniciou no dia 28 de abril no Rio Grande do Sul. A nova versão (Web 3.0) faz a verificação dos dados com a base da Receita Federal e dos Correios. Após a mudança, os trabalhadores terão os dados validados no ato do atendimento, e, em caso de divergência, serão orientados a retificá-los. TIARAJU - A principal reivindicação do bairro Tiaraju é melhorias na iluminação pública, nas ruas e a pracinha de recreação. De acordo com a presidente Siloá Tabile Dias, existem alguns projetos para execução em 2017, como a conclusão do ginásio de esportes e a construção de uma creche. Além disso, ela destaca que é preciso terminar o asfalto na Rua Mariano de Mattos junto com a Rua José Gabriel. Por outro lado, ela destaca que as demandas do bairro estão sendo atendidas pelo poder público de acordo com a disponibilidade de recursos diante da crise financeira. CÂMERAS DE MONITORAMENTO - Seguem as movimentações nas dependências do quartel do 29º Batalhão da Polícia Militar (29BPM) no que diz respeito a implantação das câmeras de monitoramento. Embora haja o serviço eventual de funcionários da empresa responsável pela instalação, não existe um prazo que o sistema finalmente entre em funcionamento. O prazo inicial era para que ao final de maio/início de junho os equipamentos estivessem em pleno funcionamento. Até o momento, não acontece, não há data certa para a entrega e a empresa responsável, quando contatada, justifica que só responderá mediante emails. O endereço foi tentado, no mínimo, dez vezes e constatase que não existe.

cmyk

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 23 de junho de 2016

OLHO DA RUA

2

INDICADORES

Poupança 23.06.2016 ......................0,6939% Ouro 14.6.2016....................... R$ 139,50 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,3770 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,3776 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,3300 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,5300 Euro (compra) .............................. R$ 3,8153 Euro (venda) ................................. R$ 3,8159 IPC/FIPE Abril/ /2016............................0,46% IGPM Abril//2016 ................................. 0,33% INPC/IBGE Abril/2016 ...........................0,64% IPCA Abril/ /2016..................................0,61% IGP-DI-FGV Abril//2016 .........................0,36% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144 *valores acima de R$ 300,00

LOTERIAS Amanhã acontece a Festa Junina da Escola Oswaldo Aranha. Empolgados com os festejos típicos, os alunos já ensaiam para suas apresentações à comunidade escolar.

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º - 29.784 2º - 65.921 3º - 17.376

ENTRE ASPAS

4º - 84.909

"O acordo da dívida dos Estados com a União terá impacto de R$ 50 bilhões nos próximos três anos. Em 2016, o custo da negociação será R$ 20 bilhões e para 2017 e 2018, R$ 15 bilhões em cada ano", disse o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. "A Confederação Nacional da Indústria (CNI) pediu carência para a quitação de débitos tributários das empresas com o governo federal por meio da reabertura de um Refis com novos prazos de pagamento. Apresentamos cinco propostas emergenciais para o setor e uma agenda de outras 119 medidas sem impacto fiscal que pretendemos negociar com o governo", disse o presidente da CNI, Robson de Andrade. "A quantidade de agências bancárias vai diminuir no Brasil, em linha com as tendências nos mercados europeu e americano, mas não irão acabar. Diariamente, entre três e quatro milhões de pessoas visitam as agências bancárias. Mas, os acessos on-line têm aumentado a cada ano", disse o presidente do Itaú Unibanco, Roberto Setubal. "Os bancos no Brasil estão bem provisionados e já vêm constituindo um colchão para possíveis perdas diante do cenário mais difícil do País", disse o presidente da Federação Brasileira de Bancos, Murilo Portugal.

5º - 28.189

MEGA SENA CONCURSO nº

1830

03 07 29 37 54 60 LOTOFÁCIL CONCURSO nº

1378

01 02 03 06 08 10 12 13 17 19 20 21 23 24 25 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

Getúlio


Notícias

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 23 de junho de 2016

MOMENTO POSITIVO

Fator externo provoca queda do dólar no País

A desvalorização do dólar frente ao real tem sido acentuada nos últimos meses. Somente no mês de junho, a cotação da moeda americana caiu 5,7%, atingindo uma queda absoluta de 13,7% em todo o ano de 2016. A queda do dólar tem aspectos positivos e negativos para a economia brasileira. Neste momento, porém, há mais motivos para a economia se manter otimista com o recuo da moeda, avalia o professor de Economia Argemiro Brum, para quem há, pelo menos, quatro grandes fatores que pressionam a baixa na cotação do dólar. "São dois fatores externos e dois internos. O primeiro deles, que ocorre internamente, é o advento da nova equipe econômica, que recuperou as bases da solidez macroeconômica, e isto tem mantido os investidores otimistas, o que faz pressão pela queda do dólar", explica o economista. O segundo fator de nível interno é a ausência de interferência do Banco Central sobre o câmbio. De maneira a favorecer as exportações, nos últimos anos o BC vinha agindo para manter o dólar em níveis favoráveis às negociações internacionais brasileiras. A equipe econômica do governo

interino, porém, tem outra visão: prefere a valorização do real, o que tem efeito sobre as importações e, em tese, pode combater um dos maiores vilões dos brasileiros ultimamente: a inflação. "Com as importações mais baratas, a tendência é que a inflação comece a ceder, algo que não tem acontecido nos últimos meses. O governo também acredita que, com menos inflação, poderá diminuir a taxa básica de juros e aquecer a economia do País já a curto prazo", argumenta Argemiro Brum. Entre os fatores externos está a indecisão do Federal Reserve, o Banco Central dos Estados Unidos, sobre a taxa de juros da economia americana. Há uma forte tendência de que a taxa na América do Norte permaneça baixa, o que faz com que investidores internacionais coloquem seus dólares em economias como a brasileira, onde os juros - e consequentemente os lucros - são maiores. Por fim, outra influência direta na queda do dólar frente ao real nas últimas semanas é a decisão do Reino Unido sobre a saída ou não do País da União Européia. Hoje, um referendo coloca nas mãos dos britânicos a decisão sobre a política econômica das ilhas, o

Argemiro Brum

que terá forte impacto sobre as bolsas européias e terá reflexo na economia mundial. "Se os britânicos decidirem por sair da União Européia, haverá um fortalecimento do dólar em todo o mundo. Se escolherem pela permanência, que é o mais provável, ocorre um fortalecimento do Euro e um pequeno enfraquecimento do dólar e uma consequente alta de outras moedas, como real", afirma Brum.

CNI pede refinanciamento de dívidas

Representantes de diversas federações industriais participaram da reunião

Na semana em que o governo chegou a um acordo com os estados sobre a dívida com a União, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) foi ao Ministério da Fazenda pedir carência para a quitação de débitos tributários das empresas com o governo federal por meio da reabertura de um Refis com novos prazos de pagamento. A entidade apresentou cinco propostas emergenciais para o setor e uma agenda de outras 119 medidas sem impacto fiscal que os industriais pretendem negociar com o governo. "Assim como houve com os estados, acreditamos que o governo pode dar um prazo para a indústria

conseguir organizar seus pagamentos. Muitas empresas estão com dificuldade em tomar crédito porque têm problemas na Receita Federal. Por isso, propomos remodelar o Refis que já existe para que essas firmas possam voltar a ficar adimplentes", disse o presidente da CNI, Robson Andrade, após encontro com o ministro Henrique Meirelles. A CNI também defendeu uma alíquota de 3% para o Reintegra (programa pelo qual o governo devolve às empresas percentual relativo às receitas obtidas com exportação de produtos industrializados), além de medidas que

garantam o seguro das exportações do setor. "O Brasil não tem programa de seguros para as exportações e, muitas vezes, nós exportamos para credores que não têm tanta segurança e o mundo está vivendo também situações de conflito, com situações de altos e baixos dependendo da região do planeta", enfatizou o presidente da CNI. Os industriais também querem um aumento no prazo para que as empresas recolham seus tributos mensalmente. Hoje, esse prazo vai do dia 1 ao dia 20 de cada mês, e o pleito é que seja estendido até o dia 30.

3

Empregar RS atende expectativa em Ijuí O Empregar RS, evento da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (Fgtas) que reúne seleções de emprego, atendeu na última sexta-feira mais 350 trabalhadores. Ao todo, o programa contabilizou 25.522 trabalhadores atendidos em 77 municípios gaúchos. Segundo o coordenador do Sine de Ijuí, Rubens Korb, a ação foi positiva, uma vez que teve diversos parceiros. "Com esses 350 atendimentos, as vagas e as 35 empresas que acreditaram em nós e, ainda, as pessoas que participaram das palestras, temos um resultado positivo", destaca. De acordo com Korb, as mais de 46 vagas que foram disponibilizadas pelo Sine não foram totalmente preenchidas. "Seja por falta de candidatos qualificados ou alguma outra dificuldade". As vagas que ainda estão disponíveis, cerca de 40% delas, ainda estão em aberto no Sine. A ação aproxima empresas que necessitam contratar profissionais e trabalhadores em busca de oportunidade de emprego, além de desenvolver habilidades e conhecimentos favoráveis à formação do trabalhador e colocação no mercado de trabalho, como atividades de orientação profissional, empreendedorismo e palestras motivacionais. Em Ijuí, segundo o coordenador, existe a expectativa de ações como o Empregar RS se repetirem a cada 60 dias, que ainda

Rubens Korb

deve ser discutido pela Comissão Municipal do Emprego. "Com isso esperamos, em um único dia, captar todas essas vagas que o município oferece, além de ter uma integração maior de todas as empresas que disponibilizam vagas", salienta. Vinculada à Secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Social (STDS), a Fgtas é a instituição executora das políticas públicas do trabalho, emprego e desenvolvimento social no Estado. "Do que dependeu das nossas atividades a ação superou as nossas expectativas"

Senado aprova texto que altera o Supersimples O Senado aprovou o textobase do projeto de lei que altera os valores de enquadramento do Simples Nacional, o chamado Supersimples. O projeto atende a um pedido dos governadores dos estados e promete contribuir para sanar o rombo com a queda de arrecadação de receitas. Os senadores aprovaram um substitutivo da senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), ao projeto do ex-deputado Barbosa Neto. A votação prossegue com a apreciação de dois destaques da matéria. Pelo texto, o teto para o enquadramento no Supersimples das empresas de pequeno porte passará de R$ 3,6 milhões para R$ 4,8 milhões. Além disso, a proposta possibilita o pagamento do ICMS e do ISS por fora da guia do Simples Nacional na parte da receita bruta anual que exceder R$ 3,6 milhões. Esses impostos são, respectivamente, de competência de estados e municípios. O projeto também promove

mudanças no enquadramento como microempreendedor individual (MEI), elevando o limite de receita bruta anual dos atuais R$ 60 mil para R$ 72 mil. A mudança valerá ainda para os agricultores familiares que não estejam impedidos de optar pelo regime do MEI. Outro ponto da proposta aprovada pelo Senado aumenta o prazo para que o empresário pague dívidas tributárias no âmbito do Supersimples. Caso o projeto seja aprovado pela Câmara e sancionado pela Presidência da República, o pequeno e o microempresário endividados poderão optar, em um prazo de 90 dias, pelo parcelamento de seus débitos tributários por um parcelamento em 120 meses. Criado em 2006, o Supersimples simplificou a burocracia e reduziu impostos no pagamento de contribuições de micro, pequenas e médias empresas. As alterações no sistema de tributação buscam atrair mais empresas para o programa e, consequentemente, aumentar a arrecadação.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 23 de junho de 2016

4

TRATAMENTO DE CÂNCER

Acesso via SUS precisa ser rediscutido Alguns tipos de câncer, como os linfomas, não têm exame preventivo para detectar sua ocorrência e, portanto, é necessário sensibilizar a população para o acesso ao tratamento, que, se iniciado no momento certo, tem alto índice de cura dependendo do tipo. No entanto, esse acesso ao tratamento precisa ser rediscutido de forma ampla, considerando que 80% dos casos de câncer são atendidos via Sistema Único de Saúde (SUS), que passa por uma de suas maiores crises dos últimos tempos, com uma remuneração defasada e os repasses de recursos chegando atrasados aos hospitais filantrópicos e santas casas. “Há a necessidade de trabalharmos no Brasil unindo esforços em uma grande campanha entre Saúde e Educação, com o combate ao tabagismo, por exemplo, que seria uma medida fundamental, mas que pouco é trabalhada em sala de aula, impedindo que os pré-adolescentes comecem a fumar, apesar de o Brasil ter uma legislação bem expressiva para proibição de fumo em lugares públicos”, defende o coordenador do Centro de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon), oncologista Fabio Franke.

Segundo ele, é preciso investir em mais campanhas de divulgação da vacinação contra o vírus HPV nas meninas, por exemplo, que é o causador de câncer de colo de útero nas mulheres e de pênis nos homens. “Estimular que elas façam a vacina aos nove anos de idade, as doses são distribuídas gratuitamente pela rede pública, o que é um grande avanço em se falando de Brasil”, explica Franke. “Também é preciso incentivar exames preventivos de próstata nos homens, mamografia e colo de útero nas mulheres, colonoscopia a partir de 50 anos de idade também salva vidas em termos de redução da mortalidade por câncer de intestino.” Para o oncologista é preciso falar abertamente sobre o tema, identificando as dificuldades que o País têm em saúde pública no que diz respeito ao acesso a exames preventivos. “E mais, o Brasil precisa de uma grande rediscussão do SUS. O SUS hoje atende apenas 54% da população do Brasil, os outros 45% precisam de um plano de saúde complementar para ter acesso a maioria dos tratamentos. Existe no Brasil hoje uma grande preocupação com a judicialização da saúde, já que a Cons-

tituição garante o direito da população ao tratamento, mas quando ela chega no SUS nem sempre eles estão disponíveis. Então o SUS realmente tem condições de bancar todo e qualquer tratamento que o paciente necessite ou ele precisa ser repensado para talvez ter uma melhor gestão desses recursos e tratar aquilo que realmente é mais relevante”, questiona. “Então chegou a hora de se mobilizar e precisamos como sociedade fazer pressão no Ministério da Saúde para que isso seja discutido, na questão dos custos não dá mais. Estamos vendo os hospitais filantrópicos com grandes dificuldades, com crises financeiras e não recebendo o repasse, os hospitais são da comunidade e precisamos sobreviver.” Ele lembra que quem está na outra ponta da saúde pública, que é a do tratamento de pacientes, a situação é tão agravante quanto de quem está na gestão propriamente dita. “Nós que estamos na outra ponta recebendo paciente, cada dia mais, e pacientes com câncer, uma doença que deve aumentar sua incidência, nos próximos 20 anos, em 50%, como que vamos atender essa população e disponibilizar recursos se os hospitais estão passando por dificuldades? É preciso fazer

Fabio Franke

urgentemente uma discussão para que isso seja reprogramado”, cobra Franke.

Buraco expõe população Prefeito garante aluguel social em 2017 Na última semana, a reporta- atitude será tomada”, conta a comodamos a prefeitura, mas ao risco de acidentes gem do Grupo JM acompanhou moradora Alessandra Cabral estamos ficando por último e

Moradores que utilizam a Rua Jorge Leopoldo reclamam da falta de segurança na via, em um trecho na divisa entre os bairros Assis Brasil e Jardim. A via foi asfaltada, no entanto, na altura da ponte, uma parte desmoronou, formando uma cratera. O local não possui grade de proteção e se tornou um risco iminente de acidentes tanto para pedestres quanto para condutores de veículos. “Mal dá para passar com o buraco que tem ali, porque quando a gente vai desviar de um carro, ou é atropelado ou cai dentro do buraco, então tem que esperar o carro passar, porque é um perigo. Os carros já passam costeando o buraco”, conta um morador que não quis se identificar. Residente no bairro, Marta Raimundo utiliza a rua todos os dias há mais de dois anos e

alerta para a passagem de estudantes pelo local. “Vem carro dos dois lados, não tem espaço para caminhar, tem que andar se cuidando para não acontecer um atropelamento”, ela reforça que além da falta de proteção, o buraco é um risco iminente. “Corremos o risco de cair lá embaixo e se machucar. Esse é meu trajeto de ida e volta do trabalho.” No período da noite a falta de sinalização aumenta o risco de acidentes. Os moradores solicitam providências por parte do poder público, antes que algo grave aconteça no local. Um dos moradores lembra que, de acordo com o Plano de Mobilidade Urbana do Município, as residências da Perimetral Norte devem ter calçadas, sujeito à aplicação de multas, mas no que tange ao poder público a lei não está sendo executada.

Trecho onde há o buraco oferece perigo e dificuldades aos moradores

cmyk

a situação de 54 famílias beneficiárias de uma área no bairro Colonial, que foi invadida por outras famílias, e a indefinição quanto à construção de suas moradias nesse local por parte do poder público. Na manhã de terça-feira, essas famílias reuniram-se com o prefeito Fioravante Ballin, e conversaram com a reportagem no período da tarde sobre os próximos encaminhamentos. “Fomos bem atendidos pelo prefeito que nos deixou a situação mais clara. Na próxima semana teremos uma reunião na Câmara de Vereadores, em data a ser definida, para ver qual

dos Santos. Ela acentua que há uma preocupação relacionada ao aluguel social, já que Ballin encerra seu mandato neste ano e não concorrerá à reeleição. “Ficamos preocupados se o próximo prefeito continuará com o projeto do aluguel social e como nós ficaremos.” Ela revela, sem citar nomes, que muitas pessoas têm pressionado esses moradores dizendo que ficarão sem aluguel social e sem moradias. José Carlos Cabral destaca que o prefeito prometeu as moradias e está na expectativa de que ele cumpra o que disse. “Estamos na espera, não in-

os invasores estão tendo mais direitos do que nós que somos os proprietários”, afirma. “É um desrespeito conosco, porque essas pessoas que invadiram sabem que saímos da beira da sanga para esperar nossas casas e isso já dura quatro anos.” Segundo ele, Ballin disse que o projeto será submetido à votação na Câmara de Vereadores na próxima semana, garantindo aluguel social para o próximo ano enquanto as casas não sejam construídas. Sobre as moradias, José Carlos reforça que o projeto está na Caixa Econômica Federal e aguarda liberação de recursos.

Escolas fazem ações na Semana Cipave Alunos, pais, professores, funcionários e comunidade escolar da rede estadual de ensino realizam, nesta semana, as atividades que integram a semana de prevenção à droga e violência nas escolas. A iniciativa faz parte do programa Comissões Internas de Prevenção de Acidentes e Violência Escolar (Cipave), que identifica vulnerabilidades de cada comunidade e organiza iniciativas diante de cada demanda. Na manhã de ontem as atividades ocorreram na Escola estadual Antônio Padilha, no bairro Modelo. A Caminhada da Paz buscou promover ações e gestos

que inibem a violência, tanto nas escolas, como na comunidade em que está inserido. Para a atividade, os alunos fizeram cartazes e flores brancas, que foram distribuídas aos moradores. "os alunos foram muito elogiados e a comunidade apoiou as ações", destaca a professora e coordenadora pedagógica Elizangela Mengarda. À tarde, foi a vez dos alunos da Escola Centenário. Conforme a diretora, Rosane Jagmin, as atividades buscam o compromisso de cada um no trânsito. "É importante estimular a conduta dos alunos e familiares".

Na escola, as ações foram marcadas por palestras com o tema Dê carona ao respeito: a educação e o respeito no trânsito são essenciais para promover a paz e a redução de acidentes. As Cipaves foram instaladas no ano passado em todas as escolas da rede estadual, este ano as ações começam a ser implementadas, onde as comissões iniciam o trabalho de prevenção a violência nas escolas. O programa estipula a criação de Comissão formada por pais, alunos professores, funcionários e direção para discutir demandas e propor atividades em todas as escolas gaúchas.


Notícias

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 23 de junho de 2016

USINA DE LIXO

Audiência deve definir se Ijuí adere ao projeto Buscando esclarecer as dúvidas, tanto da comunidade como da administração municipal, será realizada hoje, às 14h, uma audiência para definir se Ijuí adere ou não a Usina de geração de energia a partir do lixo, que deverá ser implantada em Panambi. Segundo o diretor presidente do Departamento Municipal de Águas e Saneamento (Demasi), Dante Trindade, na audiência deve ser apresentado um projeto onde Ijuí poderá encaminhar o lixo que produz para Panambi. “O projeto ainda está em um estágio embrionário, portanto, ainda precisamos estudar todo o projeto”. Para a audiência, Trindade explica que deve ser debatido, em conjunto com as entidades ambientais, Executivo e proponente da Usina de lixo, como deve ser todo o processo de geração de energia, bem como os possíveis danos e benefícios. “Queremos ter certeza de que tipo de tecnologia será empregada, quais são os riscos, benefícios associados à tecnologia e termos a certeza

para tomar uma decisão”. O projeto de lei já foi encaminhado à Câmara de Vereadores e o Demasi tem feito, segundo ele, uma forma de assessoria à administração direta. “A ideia é que isso venha a nos informar”, defende. No projeto ele destaca que um dos artigos é claro ao determinar que a adesão efetiva do Município à Usina só ocorrerá se obtidas todas as determinações legais, tanto de caráter ambiental, legal e regulatório. “Não estando atendida qualquer uma dessas premissas nesses segmentos, Ijuí não fará parte desse processo”. Ele salienta que é necessário ter a certeza de que não haverá impacto ambiental e que exista ganho energético. Ele salienta que nesse momento é importante a participação da comunidade. “Já temos posicionamentos contrários e temos, ainda, a busca por mais informações. No momento em que sentirmos que não é 100% seguro o processo, com certeza, acredito que a comunidade vai

adotar a posição de não participar. Em havendo segurança, talvez a comunidade aceite”. Atualmente, todo o lixo de Ijuí é transportado até o aterro sanitário de Giruá, cerca de 80 mil quilos por dia, o que gera um custo aproximado de R$127 mil por mês.

Produtos sofrem com frio intenso e estão faltando em feiras e mercados

vêm de Minas Gerais e outros Estados. Devido ao transporte incluso no preço desses produtos, acaba ficando mais caro ao consumidor", afirma Ceretta. Um exemplo do fenômeno que inflacionou os preços é a berinjela, cujo preço médio do quilo era de R$ 3,00 há cerca de dois meses. Atualmente, o preço chega a R$ 5,00, em média. Para tentar reverter este cenário, muitos produtores estão adiantando o período de plantio de produtos em falta ou com es-

Prefeitura e Emater definem prioridades O prefeito de Ijuí, Fioravante Ballin, e o gerente da Emater/ RS-Ascar da região administrativa de Ijuí, Carlos Turra, acertaram agenda de prioridades para estimular a economia e a vida social dos agricultores do município. O encontro ocorreu no gabinete do prefeito, na última semana. Com uma população estimada em mais de 79 mil habitantes, Ijuí mantém no meio rural aproximadamente 2,1 mil famílias. De acordo com a chefe da equipe municipal da Emater/ RS-Ascar, Roseli Corrêa, foram definidos três eixos prioritários para a Assistência Técnica e Ex-

tensão Rural Social: agroindústria familiar, bovinocultura de leite e licenciamento ambiental de açudes para a piscicultura. Contudo, Roseli destaca outras ações de grande interesse de ambas as partes: o Projeto Vida Rural, olericultura, projetos de crédito, mercado institucional, feiras do produtor, pequenas criações, produção de grãos e outras atividades de interesse do agricultor de Ijuí. Também participaram do encontro, no gabinete do prefeito, o gerente regional adjunto da Emater/RS-Ascar, Vito Cembranel, e representantes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural.

Dante Trindade

Frio prejudica hortigranjeiros em Ijuí Poucas culturas agrícolas têm sido tão fortemente afetadas pelas baixas temperaturas como os hortigranjeiros. Com a forte incidência de geadas e temperaturas negativas nas últimas semanas, os produtores gaúchos têm acumulado perdas na produção de hortaliças e verduras, que são especialmente sensíveis ao frio excessivo. Além dos prejuízos nas plantações, há também um impacto direto ao consumidor: a pouca oferta de produtos e o consequente aumento de preço. "As geadas foram muito intensas, e mesmo a produção em sistema protegido houve bastante perda na produção, especialmente em produtos sensíveis às baixas temperaturas, como berinjela, abobrinha e tomate", explica o presidente da Aprofeira de Ijuí, Cristiano Ceretta. O resultado disso é que, com a escassez dos produtos na tradicional Feira do Produtor, os hortigranjeiros acabam tendo o preço reajustado em supermercados e outros estabelecimentos. "As geadas têm atingido não só a nossa região, mas também regiões produtoras em Santa Catarina e no Paraná. Então os produtos que estão vindo agora para os mercados são de muito longe,

5

cassez. "Analisamos os produtos que têm maior demanda e solicitamos que os produtores deem preferência a esses produtos. No entanto, é difícil que o quadro de preços altos se reverta antes de dois meses", afirma Cristiano Ceretta. A previsão de inverno rigoroso e de incidência de geadas até o mês de setembro, porém, pode aumentar os prejuízos nas plantações e prolongar o período de alta nos preços dos hortigranjeiros.

Representantes da Emater foram recebidos no gabinete do prefeito Ballin

Problemas com telefonia são maioria no Procon No ano passado, o setor de telefonia liderou a lista de reclamações nos Procons de todo País. De acordo com levantamento da Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (Senacon), a telefonia celular (13,4%) e a telefonia fixa (9,5%) foram os assuntos que mais fizeram os brasileiros procurar os Procons no ano passado. No município de Ijuí esse problema não é diferente, sendo que 65 a 70% dos atendimentos do Procon são relacionados a telefonia. De acordo com o coordenador do Procon de Ijuí, Vilson Cabral, a demanda nesse setor é muito grande. "Temos uma demanda enorme, sendo que separamos as terças, quintas e sextasfeiras para atendimentos ligados a telefonia. Esses atendimentos chegam a 65 a 70%", explica. Sobre os atendimentos, o coordenador ressalta que o Procon é encarregado pelos problemas, no caso da empresa não responder ou se mostrar indisponível para atendimentos. "Quando chega até o Procon alguém com problemas, nós alertamos para procurar primeiramente a empresa que atendem, no caso de não conseguir ser atendido ou o problema não

Vilson Cabral

ser resolvido, a pessoa pode vir ao Procon novamente, que iremos procurar soluções para o devido problema", ressalta. Vilson ainda acrescenta que atualmente a unidade consegue resolver em torno de 90% dos problemas que chegam até o local, e conforme ele, existem reclamações de todas as telefonias que atendem em Ijuí.

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Quinta-feira, 23 de junho de 2016

ARTIGO

ALERTA LIGADO

C

erca de 80% dos casos de câncer são atendidos via SUS. No entanto, o Sistema só consegue atender efetivamente 54% da população que necessita de atendimento, os outros 45% precisam de algum tipo de plano de saúde complementar. Por outro lado, a crise econômica já ameaça uma das conquistas mais importantes dos Prevenir é melhor do que remediar, e no caso do câncer esta deveria ser a palavra de ordem. O alerta de emergência está ligado.

brasileiros: o plano de saúde que permite acesso à rede privada de assistência médica. Muito pelo aumento do desemprego e da queda na renda, mais de 1,3 milhão de beneficiários deixaram

a chamada saúde suplementar entre março de 2015 e março de 2016, uma queda de 2,6%, de acordo com dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). . O encolhimento do SUS tem afetado a saúde em todos os níveis, aliado à crescente demanda agravada pela crise financeira e o desemprego,

se faz necessária uma rediscussão urgente e uma reorganização do acesso ao Sistema Único de Saúde que é de todos, por todos. Quando se fala em câncer, é preciso ter em mente que se trata de uma doença com altas taxas de mortalidade e que sua cura depende muito do tipo e do nível em que é descoberta. Além disso, as projeções apontam para um crescimento de 50% dos casos de câncer nos próximos 20 anos. Como tratar esses pacientes se não há recursos para isso? O atendimento fica restrito ao acesso que muitas vezes não acontece. Prevenir é melhor do que remediar, e no caso do câncer, esta deveria ser a palavra de ordem. O investimento em campanhas de conscientização para os riscos que as pessoas correm por atitudes inconsequentes, principalmente um trabalho focada nas crianças e adolescentes aliando saúde e educação é uma das necessidades urgentes da sociedade, que também precisa entender que mesmo com a crise, o SUS precisa sobreviver. Para isso, está na hora de uma grande mobilização. O alerta de emergência está aceso.

O segundo do agora que nunca morre

Fábio Craidy Bührer Publicitário.

Viver no ontem ou no amanhã é decidir não viver. Excesso de passado mata o presente. E excesso de futuro mata o passado que é o próprio presente. Como diria Millôr Fernandes: “Passado: é o futuro, usado.” Por isso, tanto se fala no poder do agora. Uns chamam esse conceito de autoajuda, outros de realismo e alguns de ilusão. Mas a ilusão deixa de existir com a própria verdade desnudada em frente ao espelho. Estar aqui neste instante é estar em si mesmo, respirando profundamente, sentindo cada ponto da própria alma em cada inspiração e expiração. Porque é neste exato momento que a sua lembrança vai ser recordada logo mais. O que já passou serve de lição. Não volta atrás porque o relógio não se curva perante algumas vontades. Aprender com o erro é sabedoria. Com ele analisado, reestruturado e interpretado vamos adiante para novos desafios. Viver nele é um novo problema para continuar alimentando o que só existe no mental do retrocesso. Sobre o amanhã, o que aguarda? Será que estaremos aqui do mesmo jeito? Será que estaremos caminhando nas mesmas ruas, olhando as mesmas árvores, enxergando o sol através do mesmo prisma? Não sabemos e o não saber é permitir ser leve com a fé que faz confiar. Seguir sempre em diante é o que nos move, mas com os pés no chão e os olhos nesse segundo. Ser grato por tudo assim como está é o entendimento que a perfeição existe mesmo nas imperfeições. E mesmo planejando tudo, o que é muito válido pela bússola que indica onde queremos chegar, o barco se encontra em determinado ponto. Podemos controlar muito, mas não tudo. Porque o vento final sempre será o sopro da vontade de Deus.

Quem cuida de nossas crianças

PONTO DE VISTA

Fernando González Coordenador do programa de Mestrado em Educação Física fala sobre esse mestrado profissional que reuniu 113 candidatos inscritos

O que é esse mestrado? Inicialmente esse mestrado faz parte de uma iniciativa nacional, financiada pelo Capes e coordenada por uma associação com a Universidade Estadual de São Paulo. Esse mestrado tem em 14 lugares do País todo, que ofereceu vagas para esse mestrado profissional. No total foram 180 vagas distribuídas em todo o território. A Unijuí é a única instituição do Sul com 12 vagas. Qual é o intuito desse mestrado? Esse mestrado faz parte da iniciativa do Capes

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

para fortalecer a Educação Básica no País, então é orientado especificamente para professores da Educação Básica e Educação Física, que desenvolvem prioritariamente a sua atividade na escola. Haverá outras edições do mestrado com vagas previstas? Esse programa deverá ser oferecido anualmente, nesse momento em que estamos em uma conjuntura um tanto especial. No entanto, se for cumprido o previsto será ofertado todos os anos. Está previsto também que todos os alunos desse mestrado profissional terão uma bolsa durante o ano do curso, de tal forma que ele possa investir um tempo suficiente para dar conta do programa. É o que esperamos, porém, como está a situação não é certo que conseguiremos contar com isso. A maioria dos alunos está próxima do município? Eu diria que 50% dos alunos são próximo do município e os outros 50% são de cidades mais afastadas. Por outro lado, esse é um programa que teve pouco tempo de divulgação e sendo oferecido um novo grupo de vagas no próximo ano, teremos muito mais candidatos por vaga. O número de candidatos dessa edição já é grande, 113 candidatos para 12 vagas. Com isso percebemos a necessidade da execução deste projeto educacional. A Unijuí fez uma boa escolha ao desenvolver essa atividade dentro da universidade.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

6

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui. com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.jmijui.com.br

Jocelin Azambuja Advogado Os brasileiros ficaram chocados ao ver duas crianças, de 10 e 11 anos, invadirem um condomínio em São Paulo. Furtaram um carro, saíram dirigindo pela rua, com uma arma. Uma acabou morta, a outra, apreendida, logo depois partiu com a "mãe". Fiquei com essa cena. São cenas que se repetem todos os dias no País, e a sociedade não acorda. Não cobra dos Poderes, não vê que estamos destruindo o futuro delas e do Brasil. Que parte da sociedade é essa? Ficam chocados, mas não reagem. Estão preocupados em cuidar de si, de fazer fortuna, roubar ou desviar dinheiro público, arrumar altos salários e gordas aposentadorias, enfim, um quadro desolador. Onde está a responsabilidade com o futuro das crianças? Os Poderes, envoltos em corrupções de toda a ordem, destroem as esperanças. O Executivo, que não tem mecanismos eficientes de acompanhamento e apoio às crianças do nascimento à maioridade; o Judiciário, lento e desestruturado, não toma medidas efetivas de responsabilização dos que não as protegem; e o Legislativo, que não atende às necessidades da sociedade que deveria representar. Tudo com honrosas exceções, de pessoas, programas públicos ou privados, servidores que tentam cumprir com sua missão. Um País com uma educação deficiente, com um sistema de saúde desqualificado e uma assistência social e judicial que não atende às necessidades do povo não pode dar futuro a essas crianças. Até quando nossa sociedade, egoísta, as deixará sobreviver sem perspectivas de futuro? Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 23 de junho de 2016

ELEIÇÕES 2016

Cartório Eleitoral define lista de mesários

Com a proximidade das eleições, inicia-se a preocupação com o número de mesários que serão necessários para atender a todos os eleitores. Em Ijuí, segundo o chefe da 23ª zona do Cartório Eleitoral, Valdeci Vanderlei da Cunha, para as eleições deste ano no município serão convocados aproximadamente 1,2 mil mesários. "Para um município como Ijuí, que possui em torno de 82 mil habitantes, necessitamos de um bom número de mesários também, para sustentar os atendimentos", explica. Em relação à lista de convocados, Valdeci acentua que está sendo acertada e que as cartas de convocação devem começar a ser entregues até o dia 15 de julho. "A lista está sendo acertada e consolidada, a partir de 15 de julho vamos começar a enviar as cartas e contatar os mesários para a convocação", comenta.

Sobre a seleção e vantagens de ser mesário, o chefe da 23ª zona afirma que a escolha dos mesários acontece primeiramente pelos voluntários. "Temos os voluntários que entram em contato conosco, depois aqueles por indicações e por último pelo nosso sistema, que filtra as informações dos eleitores, escolhe e após é acertada a parte manual. As vantagens nós temos em relação a Concursos Públicos, onde quem foi mesário pode ter uma melhor posição, no caso de empate, por exemplo, outro ponto é na questão de folga do emprego, que no caso são duas e também a utilização das horas trabalhadas nas eleições poderem ser utilizadas como atividade extracurricular ", pontua. O chefe ainda acrescenta sobre as urnas agregadas está sendo apurado. "Recebemos do Tribunal algumas sugestões de

Valdeci Vanderlei da Cunha

agregações e o juiz ainda está avaliando para ver o que será realizado e como vamos seguir adiante", finalizou.

Executivo atuará para evitar reajuste

Texto do projeto deverá ser votado na próxima terça-feira

O governo do Estado não deve alterar os seus planos de manter congelados os gastos de custeio em todas as esferas do Estado e deve atuar junto à sua base para barrar o andamento da PEC enviada ontem pelo Judiciário gaúcho para a Assembleia Legislativa. O texto entregue pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJ/RS) propõe que, pelos próximos 20 anos, o limite de gastos de todos os poderes tenha como base os recursos do ano anterior, mais o reajuste da inflação. O governo, através de seu líder na Assembleia, Gabriel Souza (PMDB), já adianta ser contrário à proposta, apontando que os parlamentares da base aliada não devem ser liberados para apoiar a medida. O argumento é o mesmo utilizado em outros debates sobre orçamento: a crise nas contas públicas gaúchas. "Mais do que isso (não liberar

a base aliada), o governo é contra uma proposta desse nível, porque não soluciona o problema, agrava a crise, fazendo com que haja a correção da inflação nos orçamentos, tendo em vista que a situação no Rio Grande do Sul é a pior do País", projetou. Para que a proposta tramite na Casa, são necessárias 19 assinaturas. Já a aprovação depende de votação em dois turnos com ao menos 33 votos. A reação do Judiciário ocorre diante do fato de o governador ter enviado pelo segundo ano consecutivo um projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) prevendo congelamento de salários e custeios. O relatório sobre a LDO, produzido pelo líder do governo, deve ser votado hoje na Comissão de Finanças da Casa. A intenção do governo é votar o texto na próxima terça-feira. A proposição do Judiciário

é inspirada na proposta encaminhada pelo presidente interino Michel Temer sobre a limitação do gasto orçamentário da União à verba do ano anterior com correção inflacionária. “Se até o governo federal, com um rombo de R$170 bilhões, pode fazer uma medida como essa, o governo do Estado também pode”, frisou o presidente do TJ. A partir do próximo dia 9, voltam à pauta da Assembleia os projetos a reposição salarial de servidores do Judiciário, Legislativo, Defensoria Pública, Tribunal de Contas do Estado e Ministério Público. Os reajustes inflacionários de 8,13%, relativos ao período de 2014 a 2015, foram aprovados pelos deputados, mas vetados pelo governador, sob alegação de que os servidores do Executivo também não tiveram reajuste. O Piratini ainda não orientou a base sobre a votação do tema.

7

Vereadora fala do panorama político Em entrevista ao Grupo JM, a vereadora Helena Stumm Marder (PDT) falou sobre as eleições municipais. O pleito está marcado para outubro e envolve os cargos de vereador, prefeito e vice-prefeito. Ela disse que espera uma eleição limpa, tranquila, pautada no debate sobre os temas que interessam à cidade. “O Brasil está em um momento conturbado. No governo Dilma, além da credibilidade política, se esgotou também a instabilidade econômica, estamos passando por uma crise ética. Percebo que infelizmente o presidente em exercício, Michel Temer, está com uma dificuldade maior ainda, pois está comprometido com a situação”, declara a vereadora, salientando que, em razão da atual crise política, uma das alternativas seria a realização de novas eleições. “O Congresso Nacional vive dias difíceis em todos os sentidos. Nosso País vive dificuldades financeiras e econômicas”, relata a edil, frisando ainda que “a situação nacional com certeza irá influenciar nas eleições munici-

Vereadora Helena Stumm Marder

pais. Acredito que nós políticos que estamos direto com os eleitores ainda temos um pouco de credibilidade, mas infelizmente a classe política a nível nacional está desgastada, sem credibilidade. O povo está de costas para a classe política”.

Acordo da dívida do RS é fruto de diálogo

O acordo estabelecido pelo governo federal, para o pagamento da dívida dos Estados com a União, indicou maturidade política, capacidade de diálogo e visão realista sobre a situação das finanças públicas do País. Essa foi a avaliação feita pelos deputados que integram a Bancada do PSDB na Assembleia Legislativa gaúcha. Para os parlamentares tucanos, as medidas anunciadas, após reunião entre o presidente interino Michel Temer e os governadores, no Palácio do Planalto, criaram condições favoráveis ao equilíbrio financeiro do Rio Grande do Sul. A líder do PSDB na Assembleia, deputada Zilá Breitenbach, reforçou que, com o acordo, o Estado terá mais espaço orçamentário para reorganizar suas finanças, por meio do processo de ajuste fiscal em andamento."Renegociar a dívida era condição mínima para recolocar o Estado nos trilhos. Sabemos que isso não resolve os problemas, mas vai ao encontro de medidas estruturais implementadas pelo governo com apoio da Assembleia, como a apresentação de um orçamento realista, a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Previdência Pública Complementar", enfatiza. Pelo acordo firmado, os Estados deixarão de pagar as parcelas da dívida com o governo federal até dezembro. Depois, as prestações crescerão a partir de janeiro de 2017, quando o pagamento será

Deputada Zilá Breitenbach

retomado, de forma escalonada, subindo 5,5 pontos percentuais todos os meses, até atingir, em julho de 2018, o valor completo da prestação. As condições de renegociação terão que passar pelo Congresso Nacional. As projeções indicam que o Rio Grande do Sul terá alívio no caixa de cerca de R$ 1,6 bilhão até o final do ano. Em média, o débito consome R$ 275 milhões mensais, recurso que ajudará o Palácio Piratini no pagamento da folha dos servidores, de R$ 1,4 bilhão ao mês. Até 2018, quando terminará o prazo de descontos, o Estado terá deixado de gastar R$ 4 bilhões com a dívida.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 23 de junho de 2016

STF

Denúncia para tornar Cunha réu é aceita O Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou ontem, por 11 votos a 0, denúncia apresentada contra o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) por suposto recebimento e movimentação de propina em contas secretas na Suíça. Com a decisão, Cunha se torna réu pela segunda vez na Operação Lava Jato. Ele foi denunciado pela suposta prática de corrupção, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e declaração falsa em documento eleitoral. Em março, quando se tornou réu pela primeira vez, Cunha era acusado de exigir e receber ao menos US$ 5 milhões em propina de um contrato do estaleiro Samsung Heavy Industries com a Petrobras. A denúncia aceita ontem aponta que o deputado recebeu propina no exterior na compra, pela Petrobras, de um campo de petróleo em Benin, na África. O negócio, fechado em 2011, teria custado R$ 138 milhões à estatal e rendido propina de R$ 5,2 milhões para Eduardo Cunha. A defesa contesta a acusação e sustenta que "não há indícios minimanente sólidos" das imputações ao deputado afastado. "Não se pode julgar alguém por corrupção sem realização de atos de ofício ligado às suas atribuições constitucionais", disse a advogada Fernanda Tórtima.

Todos os ministros do Supremo votaram para receber a denúncia. Além do relator do caso, ministro Teori Zavascki, votaram favoravelmente os ministros Marco Aurélio Mello, Dias Toffoli, Edson Fachin, Rosa Weber, Cármen Lúcia, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski. O recebimento da denúncia não significa que Cunha é culpado ou inocente. A condenação ou absolvição no caso só será decidida no fim do processo. Até lá deverão ser coletadas novas provas contra o deputado ou a favor dele. Testemunhas ainda precisarão ser ouvidas, perícias serão realizadas e a defesa terá novas chances para contestar as acusações. Ao anunciar seu voto nesta quarta-feira, o ministro Teori Zavascki considerou que a acusação contra o parlamentar contém indícios suficientes de ocorrência e autoria dos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e declaração falsa em documento eleitoral. "A análise dos autos revela a existência de indícios robustos para recebimento da denúncia, cuja narrativa dá conta de que Eduardo Cunha, na condição de integrante do PMDB, aderiu ao recebimento para si de vantagens

Eduardo Cunha

indevidas oriundas da propina destinada a diretor da estatal Jorge Luiz Zelada em função do cargo por negócio ilícito com ela celebrado, liame que ademais encontra-se fartamente demonstrado nos autos", disse o ministro. O Supremo já aceitou, em março deste ano, outra denúncia sobre Cunha na Lava Jato, relativa à suspeita de que ele exigiu e recebeu ao menos US$ 5 milhões em propina de um contrato do estaleiro Samsung Heavy Industries com a Petrobras.

Temer reconhece "instabilidade" O presidente Michel Temer reconheceu que a interinidade cria "instabilidade", mas ressalvou que não age como se fosse deixar o governo em breve. "Governar interinamente é mais complicado por gerar certa instabilidade. Não me comporto como interino, mas como definitivo. Não se governa em interesse de A ou B", declarou em entrevista. Temer voltou a dizer que não traiu a presidente afastada Dilma Rousseff. "Eu não traí ninguém. O que houve foi um processo de impedimento", defendeu-se. Ao comentar o governo Dilma, Temer disse que "houve certa falta de diálogo com o Congresso". O presidente avaliou que os problemas na economia foram decisivos para o desgaste da petista. "A questão econômica prejudicou o governo e a governabilidade", avaliou. Temer disse que manterá a secretária de Políticas para as Mulheres, Fátima Pelaes. A secretária é investigada na Justiça Federal por suspeita de ter

cmyk

participado de desvio de R$ 4 milhões do Ministério do Turismo para capacitação de profissionais do Amapá, quando era deputada pelo PMDB do Estado. "Vou mantê-la até que eventualmente haja condenação", disse. Temer fez um prognóstico de quanto tempo a economia brasileira vai sair da crise. "Em dois anos e meio dá para colocar o Brasil nos trilhos", disse. "A primeira coisa que devemos fazer é restabelecer a confiança". O presidente disse ter percebido "esperança nos investidores americanos", mas não confirmou se os Estados Unidos serão o primeiro destino de uma viagem internacional, caso seja mantido definitivamente no cargo. "O que estamos fazendo na política externa é universalizando o Brasil", definiu. Temer afirmou que não há mais interesse na diferenciação entre pessoas de direita e de esquerda. O interino voltou a prometer que manterá programas sociais de combate à miséria. "Enquanto houver pobreza extrema no País,

Michel Temer

temos de manter o Bolsa Família", afirmou. O presidente destacou que seu governo vai "verificar se a manutenção de crianças na escola está sendo cumprida pelas famílias (beneficiárias dos programas assistenciais".

8

Procurador diz que fim da Lava Jato é “imprevisível” O procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato no Ministério Público Federal (MPF), desmentiu ontem que a operação esteja chegando ao fim: “Nós podemos fazer alguma estimativa com base no trabalho realizado até o momento. Sempre que fazemos uma busca e apreensão, uma nova linha de investigação te leva a outros fatos, outras pessoas... o que estende o prazo da investigação". A afirmação do procurador foi uma resposta às declarações do ministro da Casa Civil Eliseu Padilha, que afirmou na semana passada ser preciso definir um fim para a operação. Dallagnol disse ainda que já se apurou aproximadamente 80% dos desvios na Petrobras, mas que as punições não chegaram nem à metade: “"Do que já foi revelado na Petrobras, talvez saibamos de 80% do que aconteceu lá dentro. Mas providências do que temos que fazer, não passou da metade". O procurador participa hoje da assinatura das 10 medidas contra a corrupção, no Congresso Nacional. Ele pediu para que pessoas liguem aos gabinetes e peçam que os parlamentares apoiem essas medidas. Afirmou que "ninguém aguenta mais corrupção" e falou sobre julgamento diferenciado para políticos. "No Supremo, ainda vamos avançar bastante. Para isso, pre-

Deltan Dallagnol

cisamos diminuir a prerrogativa de foro. Isso pode acontecer como exceção, não como uma regra. É uma desigualdade”. Instaurada em 2015, a Lava Jato já teve mais de 200 acusações por corrupção em 50 acordos de colaboração, segundo o procurador: “Acordos de cooperação internacional com pedidos em 30 países diferentes. R$ 3 bilhões de reais já estão sendo ressarcidos aos cofres públicos. O caso que mais recuperou até hoje (anterior à Lava Jato) foi de menos de R$ 100 milhões. É mais de 30 vezes superior. Isso decorre dos acordos de delação premiada”.

Depoimentos na Comissão vão até o final do mês O presidente da Comissão Especial do Impeachment, Raimundo Lira (PMDB-PB), confirmou que a fase de depoimentos de testemunhas no processo se estenderá até a próxima quarta. São quase duas semanas de atraso em relação ao calendário previsto inicialmente. O atraso foi necessário para acomodar a quantidade de testemunhas da defesa da presidente afastada, Dilma Rousseff, que teve o direito de trazer até 40 depoentes. Com isso, a fase prevista para terminar em 17 de junho se estenderá por 12 dias a mais. Além dos depoimentos, a fase probatória vai contar ainda com uma perícia, que também deve se encerrar na próxima semana. Quando o laudo feito por técnicos do Senado for entregue, entretanto, uma reunião da comissão deve ser realizada para que a equipe da perícia esclareça dúvidas. O procedimento pode resultar em mais atrasos. Apesar da comissão já ter extrapolado a previsão de cronogra-

ma do relator Antonio Anastasia (PSDB-MG), os senadores da base do presidente em exercício, Michel Temer, estão confiantes de que será possível compensar o atraso mais adiante. Uma das estratégias é abrir mão do prazo de alegações finais da acusação, de 15 dias.

Raimundo Lira


Acontece

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 23 de junho de 2016

9

Advogados na Cozinha No último sábado, os advogados integrantes da 23ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil em Ijuí promoveram mais uma edição do Advogados na Cozinha, na Casa da Amizade. Alguns advogados foram os responsáveis por preparar os pratos, que incluiam paella, lasanha à california, saladas, o tradicional costelão e as sobremesas. Roberto Bones sonorizou a noite.

Caroline França, Jordana Menegon e Fernanda Friedrich

Edmilso e Estelita Michelon

Luana Borchardt e Sissa de Aguiar

Advogados responsáveis pelo cardápio da noite, incluindo o costelão

Marilusi Brust, Janete Belinaso, Mariane Hagemann e Emanuelle Malgarin

Chá de Inverno

Café Colonial

Festa Junina

O Grupo de Senhoras da Paróquia São Geraldo Magela promove o Chá de Inverno no dia 6 de julho, na Cripta São Geraldo, a partir das 15h30. A tarde terá desfile de modas organizado pelas lojas Gamboa, Dady Plus, Kika Moda Íntima e Ótica Vizzu. As fichas custam R$ 12,00 e podem ser adquiridas na secretaria da paróquia e nas lojas organizadoras do desfile.

Para comemorar os 94 anos da Igreja Emanuel e os 73 anos do Departamento de Servas Emanuel, acontece no dia 10 de julho o Café Colonial, no Lar da Congregação, das 15h às 19h. As fichas custam R$ 15,00 e podem ser adquiridas na secretaria pelo telefone 33322257 ou com as integrantes do Departamento de Servas Emanuel.

A diretoria do Clube Aquático Tiarajú quer reunir grande número de associados e amigos hoje, quando promove sua festa junina, no ginásio de esportes. A função começa às 18h, e terá muitas atrações, como pescaria e fogueira, sem faltar comida típica, como pipoca, cachorro-quente e quentão. A entrada é gratuita.

Jantar Rosa Claudia e Márcio Treter prestigiando o evento promovido anualmente pela Liga Feminina de Combate ao Câncer

Lions Clube de Ijuí Marco e Magali Pizzutti na noite de prestação de contas do Festival das Massas promovido esse ano

Ouro Verde Dione e Nelson Diniz prestigiando o jantar que promoveu o lançamento da cerveja Ouro Verde

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 23 de junho de 2016

CATUÍPE

Município sofre com falta de medicamentos

Prefeita garante que os usuários que necessitam de medicamentos imediatos no posto 24h, recebem

Uma das áreas que têm sofrido com diversos cortes de recursos, tanto do Estado, como da União, é a saúde. Em Catuípe, muitos munícipes têm utilizado as redes sociais para manifestar sua indignação com a falta de medicamentos nas unidades básicas de saúde. Seja de medicamentos mais simples, até aqueles que servem para o tratamento de doenças mais específicas. A prefeita e secretária interina de Saúde do Município, Ivete Burmann, defende que Catuípe é um dos poucos pequenos municípios que possui um Pronto Atendimento 24h e, mesmo com os recursos em atraso por parte do governo do Estado, recebendo valores de 2014 e 2015, Ivete destaca que o atendimento é mantido “em dia”, no que se refere a atendimentos clínicos, exames e medicamentos.

O que, segundo ela, pode ser a causa da falta de alguns medicamentos é o atraso na entrega por parte do Consórcio Intermunicipal de Saúde (Cisa), que atende mais de 70 municípios da região. “Acredito que não seja um caso exclusivo de Catuípe, mas da região. Além do atraso do Estado, que não tem feito o seu papel de entregar os medicamentos de ação contínua”. Ela defende que a falta de alguns medicamentos não se dá por falta de investimentos, “mas por falta de não estar sendo entregue essa medicação nas farmácias municipais”. Na semana passada, a prefeitura chegou a fazer uma compra emergencial de medicamentos para suprir a falta nas farmácias e, como a compra é feita por meio de licitação, a empresa vencedora, de Cacho-

eirinha, também ainda não fez a entrega do material. “A entrega ficou de ser feita ainda no final dessa semana”, explica. Os medicamentos que estão em falta, de acordo com a prefeita, são os básicos de uso regular, como xaropes e analgésicos. Dentre os medicamentos que devem ser fornecidos aos usuários, ela explica que são cerca de 20 que estão em falta, entre os 300 que são oferecidos. “Todo o usuário que for atendido no posto 24h, que necessita de medicação imediata, recebe. Assim como exames, o laboratório vai até a unidade de saúde para fazer o exame, mesmo a noite. Infelizmente essa falta não é por culpa nossa, mas nós já tomamos a providência de fazer essa compra emergencial para estar atendendo as necessidades da comunidade”.

Consulta Popular deve beneficiar região A consulta Popular 20162017 ocorre apenas no início do mês de julho, mas o prefeito de Panambi, Miguel Schmidt Prymm, já aguarda com expectativa os recursos que devem ser beneficiados. O prefeito destaca que o valor de R$ 100 mil, que ainda deve ser votado no próximo mês, é baixo, uma vez que o Município empenhou R$ 950 mil, neste mês, para o hospital. "Estamos com duas obras municipais dentro do complexo hospitalar". Uma delas, que é a ampliação do Pronto Socorro, onde futuramente deve fazer parte do hospital quando a UPA estiver concluída. A outra obra é a construção de um bloco com 38 novos leitos para o SUS. Segundo

cmyk

o prefeito, deve ter pelo menos três apartamentos com banheiro privativo, uma enfermaria para cada seis leitos, com espaços para acompanhantes. "São acomodações de boa qualidade e bom acolhimento, muito superior à média do que se percebe pelo SUS". Todo o mês são repassados R$450 mil, para arcar com os serviços prestados no Hospital, além de R$ 500 mil para a obra. "Para o ano que vem, já estamos incluindo no orçamento R$ 350 mil para concluir a obra". Esse valor deve ser empregado para a construção de um prédio com três pavimentos. "Estamos permanentemente investindo no hospital, mas o valor da Consulta não é muito, mas bem vindo", avalia.

Miguel Schmidt Prym

10

Augusto Pestana tem pré-candidatos a prefeito A comissão provisória do Partido Social Democrático (PSD) de Augusto Pestana esteve reunida, ainda na semana passada, para definir os pré-candidatos que devem concorrer ao mandato de prefeito no Município. Com o propósito de debater e avaliar a atual situação política do Município, os membros discutiram sobre possíveis candidatos ao pleito de outubro. O partido optou pelos filiados, Elvio João Spies, vereador por três mandatos, secretário da agricultura, e Luís Carlos Mallmann, vereador por um mandato e atual viceprefeito. Os pré-candidatos podem concorrer em chapa própria ou ainda na forma de coligação. Os pré-candidatos a vereador também foram definidos. Celso

Vicente Macedo; Ignácio Borgmann; Milton Da Silva Brittes; Márcio João Callai; Juliana Carla Bernardi; Mário Guiotto Neto e Cristian Rafael Silva. Conforme o presidente do PSD, Elvio Spies, o partido é novo e cresceu muito na região Sul do País. “Acreditamos que podemos contribuir e dar uma nova opção àqueles que esperam um novo modelo de gestão do poder público, respeitando os princípios básicos da eficiência da eficácia e da efetividade para todas as áreas, como saúde, agricultura, educação e obras. Temos como meta a valorização do ser humano, que é o nosso maior patrimônio, incluindo crianças, jovens, adultos e idosos”, ressalta.

Estado abre editais para projetos tecnológicos

Anúncio feito pelo governador José Ivo Sartori aconteceu no Palácio Piratini

O governo do Estado lançou, nesta terça-feira (21), no Palácio Piratini, os editais da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sdect) vinculados aos programas de Polos Tecnológicos, RS Incubadoras e do Programa Gaúcho de Parques Tecnológicos. Os editais totalizam R$ 26 milhões em recursos do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). "A ação representa a oportunidade para o desenvolvimento e a busca de soluções. Trabalhamos para melhorar a produtividade das nossas empresas e a qualidade dos nossos produtos", disse o governador José Ivo Sartori. Ele destacou que a iniciativa deve estar conectada às demandas locais de cada região do Estado."Ao permitir o apoio financeiro, oportunizamos que cada região identifique e desenvolva suas potencialidades. O projeto alocará um total de R$ 16 milhões e apoiará projetos de até R$ 1 milhão.

Cada unidade executora poderá apresentar até dois projetos. O Rio Grande do Sul conta com 27 Polos Tecnológicos implementados, divididos em Polos de Modernização Tecnológica e Polos de Inovação Tecnológica. Poderão se credenciar nesse programa universidades, Coredes, municípios e empresas. O programa destinará R$ 2 milhões e cada incubadora poderá apresentar um projeto de R$ 500 mil. As incubadoras de base tecnológica são responsáveis por fazer a conexão entre pesquisa científica, transferência de tecnologia e desenvolvimento de novos produtos. Atualmente, existem 19 incubadoras de base tecnológica espalhadas em diferentes regiões gaúchas. O projeto vai disponibilizar R$ 8 milhões e serão apoiados projetos individualizados de até R$ 2 milhões cada. Atualmente, são 10 parques credenciados no Programa Gaúcho de Parques Científicos e Tecnológicos (Pgtec).


Notícias

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 23 de junho de 2016

11

ERS-344

Táxi de Ijuí é flagrado com 2,5kg de maconha Está recolhido junto ao Presídio Regional de SantoÂngelo Jeferson Ribeiro Gonçalves, 29 anos, suspeito de tráfico de drogas. Ele foi preso, juntamente com outros dois homens, a bordo de um táxi com placa de Ijuí, portando 2,5kg de maconha, na ERS-344, próximo à Polícia Rodoviária Estadual de Santo Ângelo. O condutor e dono do táxi, além de outro homem, foram ouvidos e liberados. A Polícia Civil de Entre-Ijuís deverá investigar. Por volta das 21h de terçafeira, uma denúncia anônima chegou até o conhecimento da PRE de Santo Ângelo, de que uma "carga" de drogas estaria passando na região. Com auxílio do Pelotão de Operações Especiais do município, uma espécie de barreira foi montada na área da PRE em busca de um suposto

táxi. Ao chegar no local que fica às margens da ERS-344, um táxi Fiat Siena, IXE-5239, acelerou e empreendeu fuga em direção ao município de Entre-Ijuís. Após alguns minutos de perseguição, o veículo foi parado. Em identificação aos ocupantes, constataram Rafael Pablo Sangiogo na direção, juntamente com Jeferson no carona e Cristian Rafael Lima. Todos foram levados até o plantão da Polícia Civil, onde a delegada plantonista lavrou o flagrante de Jeferson por tráfico de drogas. Conforme repassado, Jeferson assumiu a propriedade da droga. O condutor, questionado, revelou que estaria na condição de motorista e em uma corrida até o município de Porto Xavier, ao Norte. Cristian foi flagrado com maconha dentro da cueca e teve seu nome registrado por posse de entorpecente.

Acidente na ERS-135 deixa um morto

Uma pessoa teve morte confirmada até o fechamento da edição

Um acidente envolvendo seis veículos causou uma morte por volta do meio-dia de ontem. Foi na ERS-135, próximo ao trevo de acesso à Universidade Federal da Fronteira Sul, na cidade de Erechim. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, a carreta teria batido

na traseira de um carro e depois em outros quatro veículos que seguiam no sentido contrário. Além da vítima fatal, uma pessoa ferida foi encaminhada ao Hospital Santa Terezinha, em estado grave. O nome das vítimas, até o fechamento da edição, não havia sido divulgado.

Operação resulta em 35 presos em Soledade Uma megaoperação contra o tráfico de drogas mobilizou 200 policiais civis em Soledade, cidade na região Norte do Estado, na manhã de ontem. Ao todo, 35 pessoas foram presas e 40 mandados de prisão, busca e apreensão foram cumpridos. Segundo a Polícia Civil, a Operação batizada de "Garras da Lei" visava desarticular um grupo responsável pelo tráfico

de maconha, crack e cocaína na cidade. O chefe da Polícia Civil do estado, delegado Emerson Wendt, acompanhou a ação. Segundo o delegado Marcos Vinicius Veloso, a investigação durou oito meses e identificou os líderes do bando. O grupo era responsável pelo comércio de toda a droga na cidade e seus líderes possuem empresas que faziam a lavagem do dinheiro do tráfico.

Além de três tabletes de maconha, o policiamento militar apreendeu dinheiro, celulares, entre outros objetos. O veículo foi recolhido ao pátio do Detran e Jeferson Ribeiro Gonçalves, 29 anos, permanece recolhido no Presídio de Santo Ângelo

Conforme repassado ainda pelo comando da Brigada Militar,

a droga supostamente teria sido adquirida na Argentina e tinha

como destino o município de Ijuí. O caso já está sendo investigado.

Colisão mata mais um na BR-285 A Polícia Rodoviária Federal de Ijuí atendeu mais um acidente com morte na manhã de ontem. Desta vez uma colisão frontal na BR-285 entre uma Volkwagem Parati e um caminhão vitimou Antônio Volnei Muller Souza, 44 anos, na hora. O caso foi entregue à Polícia Civil de Entre-Ijuís. Conforme repassado em nota pelos agentes da 10ª DPRF, Volnei conduzia a Parati no sentido São Luiz Gonzaga x Entre-Ijuís por volta das 8h30, quando teria invadido a pista contrária na altura do km 514, em Vitória das Missões, e, por motivos desconhecidos, colidido frontalmente com uma carreta Volvo que fazia o sentido contrário. O veículo ficou completamente destruído

Com a força do impacto o caminhão desceu um barranco, às margens da BR-285

e foi partido em dois pedaços. A carreta acabou descendo um barranco. Antônio Volnei estava sozinho no carro. O condutor da

carreta, de 26 anos, não se feriu. As causa estão sendo apuradas pela Polícia Civil, e um laudo deverá apontá-las.

PC investiga furto qualificado em Catuípe Agentes da Polícia Civil de Catuípe, com auxílio da Brigada Militar do município, cumpriram mandados de busca e apreensão na localidade do Passo do Araça, no município. Embora não tenham efetuado prisões, os policiais apreenderam diversos objetos nos trabalhos. Os trabalhos foram presididos pelo delegado titular na cidade, Bruno Oliveira. Conforme repassado em nota pela Polícia Civil, trata-se de um inquérito que apura um caso de furto qualificado em uma residência localizada na Colônia das Almas, no último dia 31 de maio. Ainda de acordo com a nota, os delitos deixaram um prejuízo de cerca de R$1 mil em objetos. No

Parte dos objetos furtados foram recuperados. PC segue investigando

entanto, apenas parte deles foram recuperados. Os suspeitos serão indiciados por furto qualificado, que prevê

pena de reclusão de até oito anos. As investigações seguirão e o inquérito policial será remetido ao Judiciário no prazo legal.

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 23 de junho de 2016

Presidente não vê divisão no clube O presidente Sadi Pereira em entrevista ao Jornal da Manhã reconheceu que o São Luiz ficou devendo ao seu torcedor na Divisão de Acesso 2016 ao não conseguir chegar na fase decisiva da competição. O dirigente disse que o clube não está dividido às vésperas do processo sucessório, cuja eleição acontece dia 8 de julho às 19h30 na Associação Comercial e Industrial de Ijuí (ACI). O São Luiz pelo segundo ano consecutivo não se classificou para o quadrangular final da Divisão de Acesso. O que faltou para o time conquistar a vaga? A campanha foi razoável, não foi boa. Esperávamos pelo menos disputar a fase final da competição e não conseguimos. Tentamos mudar em relação ao ano passado, trouxemos mais jogadores da região, treinador conhecido da cidade, comissão técnica. O desejo era jogar o quadrangular, que era um objetivo nosso e subir para a Série A do Gauchão. Caímos em 2014. Fizemos o melhor possível para atingir este objetivo. Trabalhamos com dedicação, nos esforçamos. Administramos o clube com os pés no chão e transparência. O que o meia Paulo Baier acrescentou ao elenco? Foi positiva a contratação dele. O Paulo contribuiu dentro do grupo, no vestiário, com sua experiência. Financeiramente também foi importante. Buscamos parcerias com o Conselho Deliberativo e comunidade. Todos ajudaram. O Paulo Baier

se pagou. Também foi um fator importante para ele voltar às origens, encerrar a carreira no clube onde começou a jogar futebol. O marketing do clube soube explorar a contratação do Paulo Baier, um jogador conhecido em todo o Brasil? Talvez sim, mas aconteceu um fato que não foi divulgado e a imagem dele serviu para divulgação. Houve um trabalho com uma empresa que possui nome parecido ao sobrenome dele. Foi importante para o clube e jogador. Pela primeira vez tivemos patrocínio da região. Na época do Gauchão tínhamos patrocinadores do Estado, mas agora foi diferente. Então, na verdade, aconteceu o trabalho de imagem do Paulo Baier sendo valorizado. Como está o processo sucessório no São Luiz? A eleição da nova diretoria acontece dia 8 de julho na Associação Comercial e Industrial de Ijuí (ACI). As chapas poderão ser inscritas até as 18h do dia 1º de julho. São nove componentes na chapa. O vice-prefeito Ubirajara Teixeira manifestou interesse em participar do pleito concorrendo à presidência. Ele quer vir para somar. Não tem nada oficializado, é apenas interesse. Não vou concorrer, estou batendo um recorde na presidência, assim como o Armindo Pydd e o Emídio Perondi. Foram sete anos intercalados na presidência. No clube, são 11 anos. Tive problemas de saúde, é bom que

outras pessoas com novas ideias e pensamentos tenham seu espaço. O clube é comunitário, são mais de mil sócios que podem votar e ser votados. Está aberto para composições. Pretendo continuar ajudando. O vice-prefeito Bira Teixeira tem seu apoio? Se olharmos a história dele em termos de administração municipal nos últimos oito anos, ele contribuiu muito para desenvolver Ijuí. Só um exemplo, as obras de asfaltamento se devem muito à participação do Bira, claro com a parceria do prefeito Fioravante Ballin. É uma pessoa que batalha, gosta do trabalho. Ele colocou o nome à disposição e claro, precisa do apoio de outros dirigentes, não tem como trabalhar sozinho. Se houver um consenso, ele ajudaria. Não tem nada definido. O importante é que o São Luiz permaneça forte. Muitas vezes o torcedor quer um time forte, mas é preciso a contrapartida. Na hora do acerto final é tudo com o presidente. É bom outro grupo participar para buscar as alternativas. Se fala que o grupo liderado pelos desportistas Chico Treter e Sídio Felten Filho, ex-dirigentes do clube, podem formar uma chapa. O São Luiz está dividido? Divisão não existe no clube. Até agora quem se apresentou para a presidência, foi o Bira, que colocou o nome à disposição. Tem outras pessoas que falam em reuniões. Acredito que até o

Hoje,23.6 19h3 Tentos x Cisbra-19h 20h-Funicalha/Prosis Informática/Madecor/Agrimetal/ Di Moville x Mineradora Ijuí-20h

Rodada do futsal livre do Sesi definiu os times classificados da segunda fase

A modalidade futsal master dos Jogos do Sesi tem as semifinais hoje no Centro Esportivo Arthur Fuchs do Serviço Social da Indústria em Ijuí. Em caso de empate no tempo regulamentar nos dois jogos, a decisão irá para os pênaltis. A modalidade futsal categoria livre teve a disputa da última

cmyk

rodada da primeira fase na última terça-feira. Foram conhecidos os times classificados para a segunda fase que começa amanhã. Esta nova etapa será disputada entre duas chaves de quatro equipes cada, assim classificando-se as duas melhores equipes para a próxima fase. A rodada será liberada hoje pelo Sesi.

Resultados Futsal Livre Terça-Feira,21.6 Chave A-Crem Milk/Grão Forte 3 x 7 Taimak/Tornearia Wiercinski Chave A- Hoff Pneus/Star Gesso B 4 x 5 Funicalha/ Prosis Informática Madecor/ Agrimetal/Di Moville B Chave D- Fonte da Ilha/Atual Pneus/Okeizitos B 3 x 4 Gimenez

PLACAR GERAL

JOGOS SEMIFINAIS O Campeonato de Futsal de Bozano tem amanhã, a partir das 19h30, os jogos semifinais. Na primeira partida atuam Riograndense A e Salto A e depois Progresso x A.Costa Beber. Na última terça-feira foram disputadas estas partidas: Progresso 2 x 2 Riograndense B; e A. Costa Beber 2 x 1 Estrela do Sul B. Nos pênaltis, vitória do A. Costa Beber por 3 a 2.O Campeonato de Bocha de Bozano tem hoje às 19h na cancha do Salto o jogo de ida das semifinais entre Salto e Riograndense A. Sábado às 13h15 na cancha de Santa Lúcia, atuam A. Costa Beber e Progresso.

Presidente Sadi Pereira não vai concorrer à reeleição no Esporte Clube São Luiz

dia 1º de julho possa existir uma definição por parte daqueles que gostam do São Luiz na região. A chapa que se apresentar terá o meu apoio. Vou colaborar, mas não na parte decisória. Como está financeiramente o clube? Comparado com os co-irmãos, estamos equilibrados no aspecto financeiro. Devemos um pouco. Neste ano tivemos que investir menos em função do momento atual. O São Luiz sempre honrou os seus compromissos. Lançamos uma Ação entre Amigos, com o sorteio de um carro no dia 19 de agosto. São 120 números. Poderemos buscar o equilíbrio financeiro.

Jogos do Sesi têm semifinais no master Rodada semifinal-Master

12

Times classificados Chave A Dubai Alimentos-10 pontos Funicalha/Prosis Informática/Madecor Agrimetal/Di Moville B- 9 pontos Chave B Manutec/Pré-Moldados Dreffs-EO da Silva/Ombu-9 pontos Hoff Pneus/Star Gesso A-6 pontos Chave C Cisbra-9 pontos 3 Tentos A-6 pontos Chave D Fonte da Ilha/Atual Pneus/ Okeizitos A- 9 pontos Fonte da Ilha/Atual Pneus/ Okeizitos B-3 pontos

GENOMA COLORADO Teve início no último sábado o Campeonato Gaúcho de Genoma Colorado, evento promovido pelo Sport Club Internacional, que tem como objetivo a busca de talentos através dos núcleos do país. O Núcleo de Cruz Alta/Ijuí, apesar de atuar com um jogador a menos fez uma grande exibição na cidade de Pantano Grande pela chave B e só não chegou à vitória contra o time local em razão de sofrer três penalidades que no entender dos próprios bandeirinhas em conversa informal após a partida não entenderam a atitude do árbitro na marcação dos pênaltis. O jogo terminou empatado em 3 a 3. O técnico Marcelino Vieira disse que a sua equipe está de parabéns pela demonstração de garra durante o jogo. A partida de volta acontece em Ijuí no dia 30 de agosto.

COPA DUNGA A 19ª Copa Dunga de Futebol Sete para Menores teve a disputa de mais uma rodada no sábado e domingo no Serviço Social do Comércio em Ijuí. Os resultados foram estes: fraldinha, GBM Clinison Rad 2 x 6 Ajuricaba B; Ajuricaba A 1 x 5 Cometa 2007 Vermelho; São Luiz 2 x 3 ACF Futsal;ACF Floresta Colchões 5 x 1 CFE Ijuí; pré-mirim,Olinto de Oliveira 4 x 5 Cometa Branco; E.C.Ijuí 1 x 8 São Luiz Branco; ACF Farmed 1 x 3 CFE Tricolor; Mirim,Cometa 2004 3 x 3 São Luiz Branco; Escolinha do Sesc 1 x 6 ACF Lukão Lanches; Cometa Vermelho 0 x 2 São Luiz Vermelho; Falabretti FC 1 x 0 GBM Clinison Rad;Greminho Condor 3 x 1 São Luiz Branco ;Tio Mazzaropi 2 x 2 E.C.Ijuí;Infantil -Falabretti FC 1 x 2 Greminho Condor ; e Escolinha do Futebol 1 x 2 São Luiz.


Jornal da Manhã

Quinta-feira, 23 de junho de 2016

13

DOIS TOQUES

Time modificado recebe o Vitória Carlos Alberto Padilha

esporte@jornaldamanhaijui.com MOVIMENTAÇÃO- O presidente Sadi Pereira em entrevista ontem à Rádio Jornal da Manhã afirmou que não vê o São Luiz dividido neste momento às vésperas da eleição no clube. Disse que até o momento quem manifestou interesse em colocar o seu nome à disposição para concorrer foi o vice-prefeito Ubirajara Teixeira. Ele elogiou Bira. ARTICULAÇÃO- Um grupo de desportistas que integra a atual diretoria e que tem ex-dirigentes do São Luiz se articula e vai formar uma chapa com Chico Treter, como candidato a presidente; Sídio Felten Filho, primeiro vice-presidente e segundo vice-presidente Ricardo Blum Miron. O vice de futebol será João Bevilaqua e o diretor de futebol, Delmar Blatt. INTERESSE- Vai ser difícil o Palmeiras manter o atacante Gabriel Jesus. Na vitória de 2 a 0 terça-feira no Palestra Itália, diante do América-MG, que colocou a equipe de Cuca na liderança do Brasileirão, o diretor de futebol do Barcelona Raul Sanllehi foi assistir a joia palmeirense. Gabriel Jesus não decepcionou e marcou dois gols com assistências do gaúcho Roger Guedes, 19 anos, natural de Ibirubá, que iniciou na base do Grêmio e despontou mesmo no Criciúma. Roger foi elogiado pela imprensa espanhola e chamado de "menino de ouro. SUSTO- O meia Paulo Baier teve um problema de pressão alta na madrugada de ontem e foi levado até o Hospital onde foi medicado e liberado. O ex-jogador do São Luiz retornou para sua residência e fez questão de dizer que está tudo bem com ele. Paulo Baier nos próximos dias começa um curso de treinador de futebol. SALONISTA-A Associação Ijuí Futsal (AIF) voltou aos treinos terça-feira no Ginásio de Esportes se preparando para enfrentar o SERCCA em Casca no próximo sábado pela segunda rodada do Estadual de Futsal Série Bronze, chave 2, segundo turno. Segundo colocado com 17 pontos, o time ijuiense busca a segunda vitória fora de casa na atual competição. O goleiro Danilo, recém contratado, começa os treinos no dia primeiro de julho no Ginasião. A AAPF de Augusto Pestana, que disputa a Série Prata, joga sábado em Boa Vista do Buricá contra a ABELC. No último sábado, o time pestanense venceu em casa a AFF de Fortaleza dos Valos por 6 a 4. DIVISÃO DE ACESSO- O Caxias venceu o Pelotas por 2 a 1 ontem à noite no Estádio Centenário pelo quadrangular final. Jajá duas vezes marcou os dois gols do time grená. Jô descontou para o Pelotas. O Caxias lidera a fase final com 5 pontos; segundo, Pelotas, 4 pontos; terceiro, BrasilFa, 2 pontos e lanterna, o União, um ponto.

O Grêmio recebe o Vitória na Arena hoje com vários desfalques e problemas na defesa. A dupla de zaga será reserva: Fred e Bressan vão jogar, uma vez que Pedro Geromel e Wallace Reis ficarão de fora por três semanas com lesão muscular. Também não jogará o volante Maicon, que desfalca a equipe de Roger Machado por 10 dias. No seu lugar, deverá jogar o volante Ramiro, que atuou em várias partidas no início do ano, improvisado na lateral direita. Jaílson, de boa atuação contra a Chapecoense, espera a sua vez de jogar. “É o momento de deixar para trás os erros defensivos, os jogadores já sofreram as consequências disso e agora o torcedor precisa parar de ter desconfiança e nos apoiar na trajetória rumo ao topo da tabela”, declarou Roger Machado. O Vitória ocupa uma situação bem menos confortável na tabela: é 15º colocado, com apenas 9 pontos e bem próximo da zona de rebaixamento. O rubro-negro

GRÊMIO Marcelo Grohe; Edílson Fred Bressan Marcelo Oliveira; Walace Ramiro Giuliano Douglas Éverton; Luan Técnico: Roger Machado

VITÓRIA Fernando Miguel; Diego Renan Kanu Victor Ramos Euller; Amaral Willian Farias Tiago Real Dagoberto Marinho; Kieza Técnico: Vágner Mancini

Árbitro: Sandro Meira Ricci – SC (Fifa) com os assistentes Carlos Berkenbrock e Neuza Ines Back (ambos de SC). Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Início: 19h15.

baiano também terá mudanças na defesa: o experiente zagueiro Kanu, 33 anos, fará a dupla de zaga com Victor Ramos. “A entrada de Kanu é porque eu acho que o Ramón (titular na derrota por 2 a 1 para a Chapecoense) teve uma queda de ren-

Inter quer recuperar pontos perdidos Com campanhas opostas no Campeonato Brasileiro 2016, Coritiba e Internacional fecham a rodada do Brasileirão hoje no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. Enquanto o Colorado precisa recuperar pontos perdidos em alguns tropeços para seguir colado na liderança, para os donos da casa mais uma derrota diante do torcedor deve reacender a crise e levar o time para a zona de rebaixamento. O técnico Pachequinho não poderá contar com o volante João Paulo, que recebeu o terceiro cartão amarelo na derrota para o America Mineiro. Quem saiu na frente na briga pela vaga foi Amaral, que treinou como titular e deve ser confirmado. Na zaga, o desfalque será Juninho, também suspenso. Neste caso, Luccas Claro retorna naturalmente à posição. No Inter, o técnico Argel fará quatro modificações na equipe. Com a lesão de Paulão, entra o zagueiro Alan Costa; Rodrigo Dourado será poupado para a volta de Fernando Bob; Geferson assume o lugar de Artur e Anderson o de Alex. Com a vitória do Palmeiras, o Inter só assume novamente a liderança do campeonato se vencer o Coritiba por seis gols de diferença. A equipe, porém, não parece preocupada com isso. “O importante é estar ‘no bolo’, e a gente sempre esteve ali. Não devemos nos preocupar com isso agora, e sim com jogar bem e vencer”, declarou o atacante Vitinho.

CORITIBA

INTER

Wilson; Dodô Rafael Marques Luccas Claro Carlinhos; Amaral (Alan Santos) Edinho Ruy Juan Felipe Amorim; Kleber Técnico: Pachequinho

Danilo Fernandes; William Alan Costa Ernando Geferson; Fernando Bob Fabinho Gustavo Ferrareis Anderson; Vitinho Sasha Técnico: Argel Fucks

Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão – GO (Asp. Fifa-GO)com os assistentes Cristhian Passos Sorence (GO) e Daniel Henrique da Silva Andrade (DF). Local: Estádio Couto Pereira em Curitiba. Início:21h30.

Problemas de lesão obrigam o técnico Roger Machado a mexer no time do Grêmio

dimento”, declarou o técnico do Vitória Vagner Mancini em entrevista coletiva. O Vitória também deverá ter mudanças nas laterais, uma vez que Maicon Silva está novamente lesionado.

Essa sequência de ausências irritou o técnico rubro-negro. “Ele teve quatro ou cinco lesões. Terça-Feira acabou o treinamento e ele estava inteiro”, disse Mancini, contrariado.

Eurocopa conhece os duelos das oitavas Depois de 12 dias, a primeira fase da Eurocopa, realizada na França, chegou ao fim. Ao término dos 36 jogos, os classificados para as oitavas de final foram conhecidos. De um lado do chaveamento, nenhuma seleção jamais foi campeã da competição, enquanto do outro lado se encontram as maiores vencedoras do torneio. A primeira partida das oitavas de final acontece no próximo sábado, dia 25, e entre Suíça e Polônia e termina na segundafeira, dia 27, na partida entre Inglaterra e Islândia. Na última rodada, da primeira fase ontem, a Islândia fez

história, logo em sua primeira participação na Euro. Venceu a Áustria por 2 a 1 e terminou em segundo no Grupo F. Resultados Ontem, 22.6. Islândia 2 x 1 Áustria Hungria 3 x 3 Portugal Suécia 0 x 1 Bélgica Itália 0 x 1 Irlanda Terça-Feira, 21.6 Ucrânia 0 x 1 Polônia Irlanda do Norte 0 x 1 Alemanha Croácia 2 x 1 Espanha República Tcheca 0 x 2 Turquia Segunda-Feira,20.6 Eslováquia 0 x 0 Inglaterra Rússia 0 x 3 País de Gales

Volante Fernando Bob retorna ao time do Inter no jogo diante do Coritiba

cmyk


Jornal da Manhã

Quinta-feira, 23 de junho de 2016

CIÊNCIA

uma técnica chamada regressão linear, descobriram que, enquanto um lado media 230,295 x 230,373 metros o outro lado tinha 230,378 x 230,436 metros — uma diferença de 14,1 centímetros.

Marcha de carros "Tensão", em TPM Morrer (gíria)

Tornar completo

"(?) Velha", quadro do "Caldeirão do Huck"

Roquete Pinto, radialista brasileiro

Ruy Guerra, cineasta português O mundo (?): Sião, em "Matrix" (Cin.)

Companhia aérea brasileira (sigla) "O (?) É Ser Fevereiro", sucesso de Wando Não aprova (um projeto) Caráter da morte, em desastres naturais

Cheio de (?): vaidoso

MatériaConjunto prima das de fios de rochas um novelo ígneas

Parte da igreja destinada ao canto e ao clero (pl.) Ampère (símbolo)

A conter- Goleiro rânea de titular do Mahatma Vitória, em Gandhi 2013

Suporte da estrutura, em uma obra Maiores alvos do apartheid (Hist.) (?) Valdés, o Seu Madruga de "Chaves" Cadeia montanhosa cujo ponto culminante é o Pico Maior de Friburgo

Seu lema é "Evite o primeiro gole"

A atual é a Cenozoica (Geol.) Crença Credor de países emergentes

7

Solução

A

P R O P R I E D

BANCO

Deve ser cortado pela raiz (dito)

AD

As pessoas que agem com naturalidade

Cada face do LP Opus (abrev.)

E

Elemento adicionado ao sal de cozinha

A maior e mais pesada ave do Brasil

O último rei dos hunos (Ant.)

D O O R Z A S N T R

Globo Encarnação chama Tereza para uma conversa Cícero revela a Encarnação que Miguel esteve com Olívia. Olívia comenta com Miguel que Santo e Tereza tiveram um romance no passado. Com o apoio de Martim, Cauré volta a frequentar as aulas de Beatriz. Bento incentiva Lucas a lutar pelo amor de Olívia. Bento reclama com Beatriz sobre a presença de Martim. Tereza se surpreende quando Santo diz que conheceu Miguel. Carlos se aproxima de Luzia e Santo se incomoda. Luzia discute com Santo por causa de Tereza. Encarnação confronta Miguel. Encarnação chama Tereza para uma conversa.

Áreas destinadas à agropecuária

Coleira (?), peça para animais de estimação

Documento apresentado em entrevistas de emprego

M A L E I T A

Francesca pede desculpas para Genésio, mas o bandido não liberta Tancinha. Apolo e Beto vão atrás de Genésio. Em uma discussão, Agilson fere Leozinho, e inventa uma desculpa ao falar sobre isso a Aparício. Beto leva um tiro de Genésio. Tancinha se livra dos bandidos. Apolo sente ciúmes de Tancinha ao vê-la preocupada com Beto. Penélope tem receio de que ela e as amigas não consigam pagar as prestações da reforma. Apolo diz a Nair que resolveu reatar seu noivado com Tancinha.

Compaixão

D E O S R A R U E RA M I A S

Globo Apolo diz a Nair que resolveu reatar o seu noivado com Tancinha

Malária (bras.)

Lê (poesia) em voz alta

M D A E G O M L A A F N E

Haja Coração -

© Revistas COQUETEL

Benefícios instituídos pelas leis Rouanet e do Audiovisual Tipo de filme como Noel Rosa, "Shrek de Natal" compositor

R E R C U I T A L A R T E A A L I N A D T I A N T A

Sandra humilha Anastácia, Candinho, Pirulito e Maria. Araújo sente vergonha de Anastácia, mas confirma o plano de Sandra. Candinho garante a Anastácia que sabe onde todos poderão ser acolhidos. Filomena aconselha Mafalda a decidir se ama Romeu ou Zé dos Porcos. O carro de Romeu é confiscado por falta de pagamento. Ilde pede que Clarice a ajude a trabalhar no dancing. Maria afirma a Celso que ele terá de provar que não faz parte do golpe de Sandra. Anastácia, Candinho e Maria deixam a mansão. Araújo questiona Sandra sobre seus sentimentos por ele. Candinho pede abrigo a Pancrácio.

Forno de usinas de tratamento de lixo

I I N C I N C U R R E R I N T E GR T A M I M P O V ET A O R OC S A T A G A E R R M A L A M O D O P O N

Globo Candinho pede abrigo a Pancrácio

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

F V I S C A I E S

construída, os pesquisadores fizeram um intenso trabalho de medição. Primeiro, procuraram por marcas na base que revelassem onde teriam sido colocadas as pedras de revestimento. Assim, usando

Êta Mundo Bom -

cmyk

Fazer com que as pessoas deixem de ver o câncer como uma sentença de morte é um dos principais objetivos da biomédica pernambucana Deborah Zanforlin, de 25 anos. Ela é a criadora do chip ConquerX, dispositivo que informa, em 15 minutos, se o paciente apresenta algum tipo de câncer em estágio inicial — um biossensor mapeia marcadores sanguíneos que podem indicar até 18 tipos da doença. Por ser portátil, o dispositivo será utilizado em lugares onde o acesso a exames como tomografia e mamografia são restritos. Premiada pelo Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) em 2015, Zanforin decidiu globalizar seu projeto. Para fazer os testes finais do ConquerX, a cientista formou uma sociedade com profissionais eslovacos, vietnamitas, espanhóis e argentinos. Atualmente, a equipe espera o término do processo de patenteamento do dispositivo e autorizações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do Brasil, e da Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) para começar a produzir e utilizar o chip.

A base de Quéops tem um lado 14 centímetros maior do que o outro

NOVELAS

Velho Chico-

Brasileira cria chip que detecta câncer

3/fmi. 5/átila — deola — magma — ramón. 7/maleita. 12/integralizar.

Pesquisadores concluíram que a Grande Pirâmide de Gizé, Quéops, é torta — graças a um erro de construção, há 4.500 anos. O mau planejamento fez com que o lado oeste da pirâmide ficasse ligeiramente maior do que o leste. Ou seja, sua base não é um quadrado perfeito. Os cientistas do Glen Dash Research Foundation e do Ancient Egypt Research Associates (AERA) explicam que, quando foram construídas, as pirâmides foram revestidas de calcário branco. Com o passar dos anos, esse material foi se dissipando até revelar a estrutura que conhecemos hoje, já sem grande parte de seu revestimento original. Para descobrir como era uma das sete maravilhas do mundo na época em que foi

Horóscopo

TECNOLOGIA

Pesquisadores afirmam que grande pirâmide do Egito é torta

14

Áries Você não costuma pedir ajuda, mas é sempre bom poder contar com o apoio das pessoas queridas. Mesmo que não precise. É tempo de baixar a guarda e valorizar a disponibilidade. Touro Algumas tarefas estão se acumulando, e você precisa encontrar uma forma de executá-las sem perder o bom humor. É tempo de encontrar prazer nas coisas simples para ajudar nas obrigações. Gêmeos O que pode ser considerado ruim na dualidade é quando você fica entre uma coisa e outra, sem optar por nenhuma. É tempo de inovar, criando algo diferente que não seja nem uma, nem outra. Câncer Ao se deixar levar pelas idealizações, é provável que não mantenha o distanciamento necessário para discutir o que está em conflito. É tempo de estar atento para se comunicar com clareza. Leão Neste momento, tudo pode surpreendê-lo, principalmente o comportamento imprevisível dos outros. É tempo de conhecer pessoas e se relacionar de outra maneira com as que já conhece. Virgem Pode ser que a possibilidade de mudança seja sinônimo de bem-estar. É tempo de entrar em contato com o novo para transformar seus interesses e o seu modo de se relacionar com os outros. Libra Você pode passar parte do tempo buscando um modo de atender as pessoas para que elas tenham base de apoio. É tempo de entender que a realidade da vida chama para criar a sua própria base. Escorpião Você pode compreender o quanto é livre para escolher o caminho que quer trilhar. Num tempo em que o costume é seguir o que dita a moda, você deve se sentir privilegiado. É tempo de agradecer. Sagitário Difícil é medir o quanto de loucura ou sensatez é bom. Para certas coisas, é preciso bom senso. Para outras, nada melhor do que deixar tudo de pernas para o ar. É tempo de arriscar. Capricórnio Extravasar energia pode ser tão bom que nem pensa em poupá-la. Este é um bom momento para impulsionar o que está estagnado. É tempo de fazer valerem os desafios e saborear conquistas. Aquário Quando o raciocínio está afiado, é habitual que se tenha a impressão de que as palavras não acompanham os pensamentos. É tempo de aproveitar as boas ideias para renovar as que não servem mais. Peixes A desorganização pode ser o motivo das dificuldades enfrentadas neste momento. É tempo de desfazer-se do peso excessivo de responsabilidades para realizar suas coisas com mais serenidade.


Jornal da Manhã

Quinta-feita, 23 de junho de 2016

Prof. Dr.

Argemiro Luis Brum Ceema/Dacec Unijuí

O REAL SE REVALORIZA: ATÉ QUANDO? Na esteira de um governo que se mostrava incapaz de avançar nas reformas estruturais e, muito menos, no necessário ajuste fiscal, a moeda brasileira iniciou 2016 com forte desvalorização, chegando novamente à casa dos R$ 4,00 por dólar. No transcorrer do semestre, na medida em que o impedimento da presidente Dilma se cristalizava, o Real passou a se valorizar deixando claro em qual campo o mercado se situava. Assim, a partir de fins de março o indicativo era de que o dólar poderia se estabelecer entre R$ 3,00 e R$ 3,50. Caso não ocorresse o impedimento presidencial, um retorno ao patamar dos R$ 4,00, e mesmo mais, não se descartava. A questão passou a ser a ação do Banco Central diante desses cenários. Inicialmente o mesmo partiu para a contenção, indicando que R$ 3,50 seria aceitável. A partir da posse do presidente interino, a questão passou a ser a capacidade da nova equipe econômica em convencer o mercado de que teria condições de realizar ajustes na economia. As recentes decisões tomadas estão contemplando o mercado e o Real assistiu a novas valorizações, rompendo o piso dos R$ 3,40. Assim, até o dia 20/06 o dólar, perante a moeda brasileira, acumulava desvalorização de 5,7% no mês de junho e 13,7% no ano de 2016. Nesse contexto, entra em cena um segundo aspecto de economia interna. Diante do recrudescimento da inflação oficial em maio, o Banco Central diminui suas aparições no mercado cambial, indicando que um Real mais valorizado reduziria os custos de importação, auxiliando a diminuir os preços internos. Isso permitirá uma redução do juro básico (Selic) no futuro próximo, fato que ajudaria a alavancar a recuperação da economia, mesmo que lenta. Em isso ocorrendo, o desemprego poderá iniciar um processo de recuo já em 2017. Soma-se a isso dois fatores externos! O primeiro diz respeito a um novo aumento na taxa de juro básica dos EUA. Como ele não ocorreu até o momento, os dólares especulativos continuaram a fluir de forma mais consistente para o Brasil, em busca de nossos juros elevados. Todavia, existe grande expectativa quanto à decisão do FED em sua reunião de julho. Em não havendo mudança no juro estadunidense, o Real se manterá reforçado, caso contrário teremos pressão para uma reversão de expectativas por parte do mercado. O segundo ponto externo se decide exatamente nesta quintafeira (23/06). Trata-se do plebiscito britânico em torno da permanência ou não do Reino Unido na União Europeia (haverá ou não o Brexit?). O mercado aposta na continuidade dos britânicos no bloco europeu. Essa tendência, nos últimos dias, acabou reforçando igualmente o Real. Assim, a permanência do Reino Unido fortaleceria o euro, enfraqueceria parcialmente o dólar e deixaria o Real mais forte, ao menos por algum tempo. Nesse momento, se estes fatores externos valorizarem mais o Real, o limite, dentro da nova política do Banco Central, tende a ser algo ao redor de R$ 3,20. Caso contrário, tudo indica que se voltará a trabalhar com o patamar de R$ 3,50. Isso se a equipe econômica não derrapar em busca do ajuste fiscal.

15

ALIMENTOS

Agenda 21 visita produção orgânica em propriedade rural No último sábado, o Fórum da Agenda 21 de Ijuí visitou uma propriedade rural em Cruz Alta, que produz hortaliças e frutas essencialmente orgânicas. A atividade faz parte das discussões do Fórum relacionadas à produção e ao consumo de alimentos, respeitando os princípios da agroecologia. Participaram da visita os representantes de várias entidades do município, dentre as quais: escolas estaduais, municipais e particulares, Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural (Aipan), 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Unijuí, Senar/RS, Secretaria Municipal de Educação (Smed), gabinete da vereadora Rosane Simon, Incubadora de Economia Solidária, Desenvolvimento e Tecnologia Social (Itecsol), além

Encontro aconteceu em uma propriedade de Cruz Alta

de alunos dos Anos Finais do Ensino Fundamental da Escola Soares de Barros. O encontro abordou a necessidade de buscar novas formas

Morador denuncia vazamento de esgoto

O vazamento de uma fossa há cerca de três meses é alvo de reclamação de moradores da Rua Cassiano Ricardo, em frente ao Condomínio Minha Casa, no bairro Boa Vista. O síndico do condomínio, Moacir do Rosário, entrou em contato com a redação do Grupo JM e a reportagem esteve no local verificando a situação relatada. De acordo com ele, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, Obras e Trânsito (Smodutran) já foi procurada, mas ainda não tomou providências. Além disso, ele e o presidente do bairro, Arcelino Albrecht, reuniram-se com o vice-prefeito Bira Teixeira. “Ficaram de vir solucionar o problema aqui na Perimetral Norte, como é conhecida, porque

o mau cheiro está prejudicando os moradores, o comércio, porque o odor forte é levado para as residências”, afirma. Ele solicita que a administração pública notifique o proprietário da residência onde está ocorrendo esse vazamento de esgoto para a via pública. “Acho que é um desleixo com a parte Norte da cidade”, conta. Segundo ele, a fossa foi feita na calçada. “Estamos aguardando, porque se não for colocada uma fossa séptica ou uma canalização para esse esgoto, futuramente o piso intertravado [que está sendo colocado em toda a via] vai acabar caindo”, acrescenta. “Mês passado fomos pedir para solucionar esse problema, mas até agora não vieram.”

de produção de alimentos, que preservem os recursos naturais, as plantas, os animais e a própria vida humana. Além disso, a proposta da produção agroecológica

não está vinculada à ideia de alimento como mercadoria, mas como uma fonte de bem-estar individual e coletivo, gerando saúde e qualidade de vida.

Escola Infantil incentiva a leitura das crianças

Neste mês, a turma do berçário 2 da Escola de Educação Infantil do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), regida pelas professoras Andréia Muller e Eliane Campos, iniciaram um projeto sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo. Várias atividades estão sendo realizadas como dramatizações, culinárias e pesquisas sobre o tema, envolvendo as famílias. O incentivo à leitura faz parte do projeto anual que tem o tema Entre Encantos e Magia Aprendemos Todo Dia, que busca despertar o interesse e o gosto pela leitura, possibilitando assim o aprendizado da leitura visual através das imagens desenvolvendo o saber ler sem ler. “Nosso objetivo é desenvolver nas crianças o gosto pela leitura,

despertar a curiosidade, através das inesquecíveis historias do Maravilhoso mundo do Sítio do Pica Pau Amarelo que encanta gerações. Também envolvendo as famílias em nosso projeto, pois a educação com qualidade depende do envolvimento das mesmas”, disse Andréia. As atividades em cima do tema Sítio do Pica Pau Amarelo teve grande repercussão junto aos pais das crianças, que aprovaram a iniciativa. “Relembrar os clássicos da literatura é sempre muito bom, ainda mais se tratando do nosso sítio do Pica Pau Amarelo de Monteiro Lobato, que é apresentado de geração em geração desde a forma clássica até a mais atual', finaliza Vânia Werner, mãe da aluna Amanda de 1 ano.

SERVIÇOS LAR MEAME - No dia 3 de julho o Lar Meame realiza o almoço em benefício do lar. O valor adquirido será utilizado para melhorias do trabalho desenvolvido. Cardápio: galeto, massa com molho, arroz, cucas e saladas. O valor das fichas é de R$20 para adulto e R$10 para crianças. O almoço será na Comunidade Evangélica da Paz do bairro São José. As fichas podem ser reservadas pelo telefone 3332 9467.

MUNICÍPIO DE IJUÍ – PODER EXECUTIVO AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 36/2016 – OBJETO: Aquisição de materiais de proteção e segurança e uniformes diversos. ABERTURA: 08/07/16, às 9h. Informações pelo telefone/fax (55) 3331-8219 ou no site www.ijui.rs.gov.br. Ijuí/RS, 22 de junho de 2016.

Vazamento de esgoto persiste há quase três meses e incomoda a população local

Fioravante Batista Ballin Prefeito Municipal

cmyk


www.jmijui.com.br

PEQUENOS LEITORES

EM FALTA

Professoras da Escola do HCI incentivam a leitura na Educação Infantil | 15

Sequência de geadas afetou produção de hortigranjeiros, provocando alta nos preços e falta de alguns produtos. | 5

Escolas fazem ações contra violência

Ontem, a Escola Antônio Padilha fez uma caminhada pelas ruas do bairro com intuito de prevenir a violência.| 4

BM apreende carga de maconha Droga foi apreendida em táxi de Ijuí, na ERS-344. Cerca de 2,5kg tinham Ijuí como destino. | 11

EDITORIAL | 6 Prevenir é melhor do que remediar, e no caso do câncer esta deveria ser a palavra de ordem. O alerta de emergência está ligado.

cmyk

Sitepaginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you