Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Ano 43 - Nº 322

R$ 3,00

Despreparo de profissionais desafia rede em Saúde Mental Jornada que trata sobre o tema busca a participação de diversos setores para vencer os paradigmas sociais. | 5

Agentes da Polícia Civil da região aprimoram a mira Trabalho foi orientado por instrutores da Academia de Polícia do RS. | 11

Perícias do INSS serão revisadas Governo federal anunciou força-tarefa para colocar perícias em dia no País. | 3

Semana valorizará o empreendedor Micro e pequenas empresas devem ser o foco das atividades neste ano. | 4

VIOLÊNCIA EM DEBATE

TCE irá inspecionar as contas do RS

Seminário do Nucress debateu os avanços da Lei. | 4

Deputados questionam sobre o pagamento de salários do funcionalismo. | 8

cmyk


RADAR DIA DA FAMÍLIA NA ESCOLA- Hoje, a Escola Municipal Infantil Alvorada realiza o Dia da Família na Escola. Atividade que visa estreitar os laços entre a escola e a comunidade escolar. Na mesma linha, no sábado, a Escola Estadual Otávio Caruso Brochado da Rocha também promove o Dia da Família na Escola. O evento inicia-se às 8h e segue até as 16h, com diversas ações, brincadeiras e jogos de integração entre os alunos e seus familiares. SEMANA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA- A abertura da Semana da Pessoa com Deficiência será realizada em Ijuí, no domingo, 21 de agosto, às 14h, no anfiteatro da Praça da República. A programação é promovida pelo Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência. Segundo a presidente Camila Blocker, após a abertura pelas autoridades haverá mateada (água quente/ erva-mate à disposição), apresentações artísticas, mostras de trabalhos e verificação de glicose e de pressão arterial. FIM DO IMPASSE - Depois de instaurar uma comissão de sindicância interna para apurar o desaparecimento da faixa presidencial e, após encontrá-la incompleta, investigar o desaparecimento do broche de ouro 18 quilates com 21 brilhantes que a adornava, a Presidência da República divulgou ontem uma nota informando ter encontrado o objeto “embaixo de um armário do Cerimonial”. A faixa já havia sido encontrada após o anúncio de que sua localização não estava registrada no sistema. A princípio ela deveria estar em um cofre, mas acabou sendo encontrada no armário, mas sem o broche. A procura pelos objetos teve início em julho, após levantamento de acervo feito pelo Tribunal de Contas da União. RECOMPENSA - Ao ganhar um ouro surpreendente na noite de segunda-feira, Thiago Braz não apenas entrou para o seleto grupo de medalhistas olímpicos como garantiu algo a mais: uma recompensa em dinheiro. Não se trata de um pagamento obrigatório ou universal, pois não depende do Comitê Olímpico Internacional. Mas diversos países, inclusive o Brasil, estabelecem essa política para apoiar e estimular os atletas. O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) decidiu que, neste ano, pagaria R$ 35 mil (equivalente a cerca de US$ 11 mil) aos brasileiros que subissem ao pódio individualmente - independentemente da cor da medalha conquistada. Os valores serão pagos por patrocinadores, já que o COB, por receber dinheiro público, não pode pagar diretamente os atletas. FIES - Terminou ontem o prazo de pré-seleção dos estudantes que estão na lista de espera do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2016. O estudante deve monitorar a página do Fies para acompanhar as convocações. O aluno pré-selecionado na lista de espera deverá acessar o Sistema Informatizado do Fies (SisFies) e concluir sua inscrição para contratação do financiamento no prazo de cinco dias úteis, a contar da divulgação de sua pré-seleção. Nesta edição do Fies foram ofertadas 75 mil novas vagas em instituições particulares de educação superior

cmyk

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 18 de agosto de 2016

2

OLHO DA RUA INDICADORES Poupança 17.8.2016 .......................0,7140 % Ouro 17.8.2016....................... R$ 138,00 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,2094 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,2100 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,1500 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,3500 Euro (compra) .............................. R$ 3,6205 Euro (venda) ................................. R$ 3,6212 IPC/FIPE Jul/ /2016 ..............................0,35% IGPM Jul/2016 .................................... 0,18% INPC/IBGE Jul/2016 .............................0,64% IPCA Jul/2016 ......................................0,52% IGP-DI-FGV Jul/2016 .......................... -0,39% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144

LOTERIAS NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

Em épocas de Olímpiadas, a população brasileira, e mundial, convive com o esporte quase 24h por dia. Inspirados, um grupo de amigos decidiu jogar uma "pelada" na rua, nome dado no Brasil a uma partida recreativa de futebol com regras livres.

ENTRE ASPAS “Não é legítimo afastar o presidente pelo ‘conjunto da obra’. Quem afasta o presidente pelo ‘conjunto da obra’ é o povo, nas eleições. Consumado o impeachment sem crime de responsabilidade, teríamos um golpe de estado”, disse a presidente afastada Dilma Rousseff.

1º 2º 3º 4º 5º

-

85.889 65.207 82.797 54.445 88.221

QUINA

CONCURSO nº

4160

36 42 48 62 70

"O objetivo é colocar no devido lugar o gasto público. Há pessoas que deveriam ficar três meses com o auxílio, mas que recebem há dois ou três anos. Então, falta dinheiro para quem realmente precisa, sobrecarregando o sistema", explica o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, sobre o pente fino que o INSS deve fazer em benefícios de auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez.

09 40 41 50 55 58

"Os valores investidos em recursos estaduais são visivelmente superiores aos valores investidos em recursos federais", disse o secretário da Saúde, João Gabbardo dos Reis.

LOTOFÁCIL

“Foi um equívoco. Referia-me à diminuição do roubo de veículos”, postou o governador, José Ivo Sartori, após dizer que os números de latrocínio haviam diminuído “bastante” no Rio Grande do Sul durante uma solenidade realizada na manhã de segunda-feira. "A proposta que limita o crescimento do gasto federal à inflação por até 20 anos representa um ajuste fiscal aquém do que é defendido pelo mercado financeiro, porém mais viável do ponto de vista político", disse o secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Mansueto de Almeida.

MEGA SENA CONCURSO nº

CONCURSO nº

1402

02 03 04 05 08 09 11 12 14 15 16 19 20 21 23 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

Getúlio

1848


Notícias

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 18 de agosto de 2016

PENTE-FINO

Revisão dos benefícios visa poupar mais de R$6 bilhões Mais de um terço dos gaúchos que atualmente recebem auxíliodoença ou aposentadoria por invalidez terá de passar por nova avaliação médica. Em um pentefino deflagrado pelo governo federal, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai convocar para perícias de revisão 183,4 mil dos 448,6 mil segurados no Estado que dispõem de um dos benefícios. Coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), já que o INSS é vinculado à pasta, a força-tarefa tenta colocar em dia as perícias periódicas, que são obrigatórias, e evitar pagamentos indevidos. O governo nega que a medida represente corte de benefícios a fim de fazer o ajuste fiscal. Com previsão de durar dois anos, a mobilização vai reavaliar 1,7 milhão de casos no Brasil. A projeção é poupar R$ 6,3 bilhões por ano. "Em julho de 2016 foi editada uma Medida Provisória que houve algumas mudanças em relação aos benefícios que têm necessidade de perícia médica. É um programa de revisão dos benefícios por incapacidade que estarão mantidos com mais

de dois anos sem realização de perícia, além da revisão dos benefícios por invalidez", explicou um dos nove gerentes executivos da Previdência Social no Estado, Vilson Antônio Catharino Rodrigues. Do total de casos da forçatarefa, 994,2 mil estão de cinco a 15 anos sem passar por reavaliação médica. Para colocar em dia o estoque, médicos do INSS receberão um bônus por atendimento. "Primeiramente nessa revisão que vai ocorrer a partir do mês que vem, serão revistos os benefícios de auxílio-doença que estão em manuntenção há mais de dois anos sem perícia. Posteriormente serão feitas avaliações periciais daqueles aposentados por invalidez", explicou Vilson e ainda acrescentou: "as pessoas que têm 60 anos ou mais, estarão dispensadas desta revisão". O governo federal ainda alerta que ninguém terá o benefício cortado sem a revisão. O próprio INSS vai procurar quem precisa passar pela revisão. Os segurados serão chamados por telefone e, depois, por carta registrada. Ao ser comunicado pelo INSS, o segurado saberá agência, data e

Osmar Terra

hora da perícia. Não é necessário correr até as agências do INSS. Quem não for chamado é porque ficou de fora do pente-fino. "O objetivo é colocar no devido lugar o gasto público. Há pessoas que deveriam ficar três meses com o auxílio, mas que recebem há dois ou três anos. Então, falta dinheiro para quem realmente precisa, sobrecarregando o sistema", explica o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra.

RS possui 0,5 milhão de desempregados O número de desempregados atingiu 530 mil no Rio Grande do Sul. A estimativa é do IBGE a partir da pesquisa do segundo trimestre de 2016. São 75 mil pessoas a mais do que no primeiro trimestre do ano. Já se a comparação é feita com o segundo trimestre do ano passado, são 180 mil desempregados a mais, ou seja, um aumento de 51%. Caiu o emprego na iniciativa privada. Tanto quanto sem carteira assinada. Mas aumentou bastante o número de trabalhadores por conta própria. São 65 mil pessoas a mais do que no ano passado buscando trabalho desta forma. Cresceu também o número de empregados no setor público e trabalhador doméstico. A taxa de desemprego do Rio Grande do Sul atingiu 8,7%. No ano passado, estava em 5,9%. É a maior da Região Sul. Santa Catarina tem a menor taxa de desemprego do País: 6,7%. A Região Sul toda ficou com taxa de 8%. É a menor entre as regiões, mas todas tiveram aumento na pesquisa do IBGE. O rendimento médio do traba-

lhador passou para R$ 2.209. São 0,5% maior do que no trimestre anterior. Mas são 0,9% inferior ao mesmo período do ano passado. A renda de empregadores lidera disparada. A média é R$ 4.447. Em seguida, está o empregado

do setor público. É R$ 3.556. O rendimento mais baixo é do trabalhador doméstico. Recebe R$ 898. Destaque de crescimento no número de trabalhadores, a renda média de quem está se virando por conta própria fica em R$ 1.926.

Número de desempregados superou os 530 mil no Rio Grande do Sul

3

Professor afirma que 2016 seguirá complicado "A questão cambial não é simples de entender". Essa é uma afirmação do professor do curso de Economia da Unijuí, Valdemir Muenchen, em entrevista concedida ao Grupo JM, na manhã de ontem. Além dos fatores especulativos, existe ainda uma série de questões adjacentes como a política pública e econômica. Talvez esteja aí a explicação para a influência do dólar no dia a dia do brasileiro. Essa dependência total, inclusive, amplia o debate sobre as vantagens e desvantagens da moeda americada no cotidiano do brasileiro. "É preciso avaliar o impacto ou a cotação do dólar em relação a atividade econômica. Os setores que são mais exportadores, em princípio, precisam de um dólar mais alto, enquanto que os setores quanto mais valorizado o real junto a taxa de câmbio, melhora o processo de importação. Essa é a primeira questão em que é preciso considerar", explicou o docente. Segundo o mercado financeiro, ontem, o dólar era vendido ao preço de R$3,21. "Há vários elementos que determinam desde a atividade produtiva, desde a política pública e econômica, assim como movimento especulativo e a capacidade de importação e

Valdemir Muenchen, professor da Unijuí

exportação", acrescentou. O professor ainda falou sobre o futuro econômico do País, lembrou que não existe um fator determinante que indique o crescimento e prevê melhores dias apenas no decorrer de 2017. "Não temos nenhum fundamento que possamos afirmar de maneira incisiva que entramos num período de recuperação. A mim, me parece, que vamos continuar com um 2016 muito difícil, e que talvez em 2017 a gente possa ter um maior indício no que diz respeito à capacidade de recuperação", finalizou Valdemir.

Lei trabalhista deve ser modernizada, diz Fiergs A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs) defende a modernização da legislação trabalhista brasileira que inclua, entre outros itens, a valorização dos acordos entre empregadores e empregados. "Esse é o ponto fundamental. Se tivermos uma negociação bem feita entre as duas partes, ela tem que ser respeitada no âmbito Judiciário”, diz o presidente em exercício da Fiergs, Paulo Vanzetto Garcia. Na manhã da ultima terça-feira, uma manifestação de Centrais Sindicais ocorreu em frente à sede da entidade em Porto Alegre. Garcia afirma que a manifestação das Centrais Sindicais é livre. Mas a Fiergs também tem o direito de expor o seu posicionamento, como ocorreu com a colocação de um painel de 12 metros de altura em frente ao portão de acesso à sua sede. “Nossa ideia é divulgar a forma que pensamos, e o mais importante, até para os próprios manifestantes saberem qual a posição da indústria. A nossa posição é muito clara, é a favor do emprego, ou seja, queremos gerar mais empregos. Nossa legislação tem mais de 70 anos e precisa ser mexida, não há como

não atualizar”, enfatiza Garcia. Segundo o presidente em exercício da Fiergs o País tem uma legislação trabalhista que leva anualmente três milhões de processos à Justiça do Trabalho. “O Brasil não suporta mais pagar um custo tão alto por leis tão subjetivas, que dão margem a várias interpretações. Precisamos falar sobre legislação trabalhista, como melhorar e simplificar o emprego, este é um ponto fundamental”, conclui.

Paulo Vanzetto Garcia

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 18 de agosto de 2016

SEMANA DO EMPREENDEDOR

Entidades alinham programação a evento

Na manhã de ontem, os representantes das instituições do Município se reuniram para organizar programação

Na manhã de ontem, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, juntamente com representantes de entidades de Ijuí, tiveram mais um encontro para debater a programação que ocorre durante a Semana do Empreendedor, de 7 a 11 de novembro. De acordo com o secretário adjunto da pasta, Everaldo da Silva, foi definido o organograma inicial de como deve ocorrer a Semana do Empreendedor neste ano. Com o tema A gestão empreendedora no contexto da micro e pequena empresa, deverá, durante os cinco dias de atividades, promover rodadas de palestras, apresentações de trabalhos desenvolvidos durante o

ano, cursos e orientações. “Este ano, lançamos um desafio maior de termos o maior envolvimento dos empreendedores de Ijuí e região, para incluir a participação deles nos encontros, tanto em palestras, como cursos e apresentação de trabalhos”, destaca. Muitos dos temas desenvolvidos durante o ano serão socializados na Semana e, para isso, ele conta que deve ter a participação da Criatec e dos projetos da Olimpíada Empreendedora, “vamos levar ao público e aos empreendedores os temas trabalhados para pensar no que podem ajudar a sua empresa”. Segundo ele, o

maior desafio durante o evento será trazer os empreendedores para dentro da Semana. Outro assunto que deverá ser debatido é a situação do INSS, quanto as colaborações dos empresários, o que gera no futuro, no presente, bem como a sucessão familiar dentro do sistema. “Estamos tendo mudanças, possivelmente na Lei previdenciária, e isso atinge os empreendedores”. Para ter acesso aos benefícios da Semana do Empreendedor, os empresários podem procurar a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, a Sala do Empreendedor, a RedeSim ou, ainda, o Sebrae.

Palestrantes destacam avanços na legislação Integrando as ações dos 10 anos da Lei Maria da Penha, celebrado no dia 7 de agosto, ocorreu ontem, seminário alusivo à data, promovido pelo Núcleo do Conselho Regional de Serviço Social de Ijuí (Nucress). De acordo com a assistente social da Susepe, Andressa Kraemer Cicorra, durante os 10 anos de aplicação da Lei ocorreram diversas mudanças, entre elas, a principal, que é a criação da legislação, uma vez que a partir “da divulgação, as mulheres já têm conhecimento, estão fazendo denúncias, têm ocorrido audiências e a sociedade está discutindo e entendendo que a violência contra a mulher não é algo cultural, mas que precisa ser punida”, defende. Ela explica que um dos fatores que faz parte da violência contra a mulher perpassa nas questões de gênero. “Na situação cultural que defendia o homem como principal responsável pela casa e a mulher poderia ser agredida”, lamenta. Mesmo com o tempo de atuação da Lei no Brasil, conforme ela, ainda é pouco tempo para

sua efetividade, “necessitamos de muito tempo ainda para que se acabe com todos os tipos de violência, mas estamos caminhando para isso”, diz. Segundo a titular da Coordenadoria da Mulher, Ângela Marchionatti, de nada basta ter a funcionalidade da parte judicial, mas também é importante ter o suporte às mulheres depois do atendimento. “É importante fortalecer toda a rede de proteção”, destaca ela. No caso de Ijuí, a Coordenadoria da Mulher atua como sendo o Centro de Referência, mesmo não tendo o espaço físico adequado, atua dando suporte jurídico, psicológico e social. O encontro contou com palestras realizadas por representantes da Brigada Militar, Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, poder Judiciário, Defensoria Pública, Susepe, Coordenadoria da Mulher de Ijuí, coordenação do Centro de Referência de Atendimento à Mulher de Panambi e palestra da doutora em Serviço Social Cristina Fraga, estudiosa da temática violência de gênero.

Encontro ocorreu durante o dia de ontem no salão do Juri do Fórum

Situação precária do Canil Municipal desafia gestão pública Não é de hoje que a estrutura do Canil Municipal encontra-se precária. No local, os animais são tratados com descaso e sem nenhum tipo de segurança sanitária correta de sobrevivência. De acordo com o presidente do Grupo de Incentivo ao Cuidado com Animais de Ijuí (Gicai), entidade que atua em Ijuí por melhores condições aos animais, Alexandre Reichert, a atual situação do Canil é problemática. "Em primeiro lugar, não existe uma estrutura de qualidade para os animais que ficam no local. Outro problema grave que existe no espaço é na questão de animais perigosos aos cães e também aos humanos, que transferem doenças graves, como os ratos, por conta do lixão que fica ao lado", explica.

cmyk

Atualmente existem em Ijuí três locais que têm como objetivo tratar os animais, o Canil Municipal, a Coordenadoria de Proteção Animal e a Unijuí. "Nós estamos reivindicando junto ao poder público um local, mas de qualidade para o tratamento dos animais, pois hoje nós temos três locais que não prestam serviços completos aos animais", completa Alexandre. Em uma situação de completo abandono, o presidente comenta sobre a vontade do Pode Executivo em fechar o local. "Foi comentado essa vontade conosco, e nós concordamos com isso. O Ministério Público se posicionou sobre isso, e desde 2012 o local já deveria ter sido fechado, já é uma infração do município, não entendemos como ainda não

ocorreram multas ou sanções a respeito", comenta. Sobre a proliferação dos ratos no local, Alexandre afirma que existem muitos buracos, e os cães acabamdo indo atrás deles, e contraindo doenças. "Os buracos que têm no local são verdadeiras crateras. Nós estivemos lá e presenciamos uma cachorrinha mais velha, sem dentes, e matou dois ratos na nossa frente", relata. O presidente do Gicai ainda acrescenta que a reivindicação é antiga. "Todas as ONGs que atuam no município já falaram sobre essa situação, existe repercussão das pessoas quando postamos no Facebook, por exemplo, mas não percebemos uma posição do poder público, que deveria tomar uma decisão", finaliza.

4

Um cão é flagrado indo à "caça" de um rato em um dos buracos que existe no local


Notícias

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 18 de agosto de 2016

5

SAÚDE MENTAL

Jornada busca alternativas de inclusão A 4ª Jornada de Saúde Mental do Hospital Bom Pastor (HBP), que tem como tema As transformações contemporâneas e suas implicações para o cuidado em saúde mental, envolveu diferentes instituições nos dois dias do evento, que acontece no Salão de Atos da Unijuí, em Ijuí. A programação teve início ontem, e segue ao longo do dia de hoje, com a participação de diversos profissionais, em âmbito regional. “Trouxemos painelistas experientes e com conhecimento na área para dialogar com nosso público e profissionais de toda a rede de atenção regional, para pensarmos em outras formas do cuidado em saúde mental”, explica a administradora do HBP. “Claro que ela visa também a capacitação dos profissionais, buscando a inovação das práticas e do cuidado, porque é uma área muito dinâmica que exige atualização, aperfeiçoamento, inquietação. Então, precisamos porque a sociedade, hoje, tem algumas dificuldades em saúde mental e precisamos criar espaços de discussão e inovação do cuidado.” Na tarde de ontem, os debates estiveram centrados nas questões relacionadas ao autismo que perpassam os campos da saúde e da educação, com palestras da professora da Unisinos-RS, com especialização em toxologia, Vivian Missaglia, do médico psiquiatra infantil, Ricardo Lugon Arantes, e da professora da rede pública estadual, Queilani Copetti. “Quando a gente fala dos processos de inclusão, temos que pensar um pouco so-

bre o que é de fato a inclusão. Para tanto, penso da seguinte maneira, a inclusão é a nossa capacidade de poder compreender e reconhecer no outro o que ele tem de melhor, qual a sua potencialidade, e compreender que nós vivemos em uma sociedade de diferenças, e poder ter esse privilégio de estar, conviver e aprender nesse contexto social é muito gratificante, tanto para as profissionais que atuam na assistência social quanto da Educação e da Saúde”, salienta a psicopedagoga do Caps Infantil, Priscila Dias. A rede de atenção psicossocial de Ijuí é formada pelas unidades básicas de saúde, o Núcleos de Apoio à Saúde da Família (Nasf), os Estratégias em Saúde da Família (ESFs), os Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e as unidades hospitalares, mas se expandem para os setores da Educação, Assistência Social e Justiça, envolvendo escolas, o Centro de Referência em Assistência Social (Cras),o Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), o Conselho Tutelar, o Ministério Público e poder Judiciário, o que possibilita o enfrentamento das vulnerabilidades apresentadas pelas famílias. É justamente este o tema que estará em debate hoje à tarde, com a participação do painelista médico sanitarista, e atualmente secretário municipal de Saúde de Passo Fundo, Luis Filho. Além da participação do juiz de Direito da Vara da Infância e da Juventude de Ijuí, Eduardo Giovelli e da promotora de Justiça da Infância e Juventude Marlise Bortoluzzi, e demais profis-

A 4ª Jornada em Saúde Mental do Hospital Bom Pastor teve início na manhã de ontem, no Câmpus da Unijuí

sionais da área em saúde mental. “São pessoas que vão dialogar com a questão da saúde, da educação, do Judiciário, então vão empoderar essa nossa jornada, trazendo vários olhares de diferentes atores sociais”, explica a assistente social, Ana Paula. “É muito importante a realização do trabalho em conjunto com todos os setores para que se possam ter garantidos os direitos de todas essas pessoas que estão em sofrimento”. “Não queremos que vire um sintoma as doenças mentais e o uso de álcool e drogas, mas que se pense de forma conjun-

Clubes realizam ações em prol do HCI Em meio à crise financeira que a Saúde vive em âmbito nacional, estadual e municipal, as instituições buscam alternativas para continuar com as portas abertas, prestando atendimento à população, uma vez que a falta de repasse por parte da União e do Estado referente a programas conveniados via SUS têm gerado um rombo nas contas dos Hospitais Filantrópicos e Santas Casas. Em Ijuí, o Hospital de Caridade (HCI) referência macrorregional em Saúde, tem, além de buscado alternativas para reduzir o déficit financeiro, contado também com a colaboração de entidades como o Lions Club Ijuí que, recentemente, realizou uma campanha em benefício do Centro de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon) da instituição. “Estamos dando prioridade ao aumento do setor de oncologia, no qual será instalado mais um acelerador nuclear. É uma obra que está, praticamente, há um ano em construção de um bunker, tem todo um detalhamento de normativas para que seja feito e esperamos que até o final do ano esteja feito, porque assim poderemos aumentar o número de atendimentos, já que só um equipamento fica comprometido nosso atendimento, e o Cacon

No final de 2015, o Rotary Club de Ijuí fez doação de um aparelho de ultrassom

é uma referência atendendo a mais de 1,5 milhão de pessoas, de 120 municípios”, explica o presidente do HCI, Cláudio Matte Martins. A expectativa é de aumentar em 70% os atendimentos. Ele lembra que em função das dificuldades financeiras, a equipe do HCI está operando de forma enxuta, mas os atendimentos são realizados de forma resolutiva de acordo com a urgência. Cláudio fala da participação do Lions na viabilidade da obra de construção do bunker. “A partir da rifa realizada no ano passado conseguimos continuar fazendo a ampliação, que também necessita de uma ligação ao outro bunker

que já está em funcionamento”, enfatiza. Além disso, no final de 2015, o Rotary Club Ijuí fez a doação de um aparelho de ultrassom para o HCI e, agora, ainda neste mês, viabilizará a compra de outro equipamento, desta vez para a oncologia. “Também citar a fundação rotaryana, que há pouco recebemos da Fundação Rotary, em torno de R$ 130 mil, para compra de um digitalizador de imagens que vai apoiar mais o Cacon, na área de radioterapia, com uma contrapartida do HCI de R$ 30 mil. Os clubes e serviços têm participado e ajudado muito o hospital.”

ta em alternativas. Se nesse formato não conseguimos avançar, bom, vamos pensar em rede, porque são os muitos olhares que trazem o encaminhamento adequado”, acrescenta Rosane Schiavo. É unanimidade entre os profissionais que os paradigmas que envolvem as questões de saúde mental só serão vencidos a partir da busca de conhecimento, associado a um olhar sensível e cuidadoso, porque sem conhecimento a evolução social não ocorre. “Buscando compreender que todo mundo é gente e todos têm suas diferenças”, acentua Priscila.

Fitoterápicos terão que ser livres de agrotóxicos Remédios fitoterápicos, que têm como princípio ativo derivados de drogas vegetais, somente poderão ser comercializados no Brasil, a partir de 2018, mediante a garantia de que estão livres de agrotóxicos. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou na terça-feira uma resolução que dá aos fabricantes até o dia 1º de janeiro de 2018 para apresentarem laudos comprovando que seus produtos não contêm as substâncias ocratoxinas, fumonisinas e tricotecenos. AAnvisa já havia estabelecido a exigência de que empresas avaliassem resíduos de agrotóxicos em produtos fitoterápicos. Pela regra

de 2014, as empresas produtoras dos medicamentos tinham até maio deste ano para se adequar, mas o prazo foi revisto após as fabricantes alegarem que eram necessários investimentos para atender às novas regras. Para saber se um fitoterápico é registrado no Ministério da Saúde, é necessário verificar na embalagem o número de inscrição do medicamento. Deve haver a sigla MS, seguida de um número contendo 9 ou 13 dígitos, iniciado sempre por 1. É possível também buscar o registro pelo site da Anvisa, em Consulta a produtos. Não havendo registro, é possível denunciar à Vigilância Sanitária.

SUS utilizará identificação biométrica em 2017 O Ministério da Saúde será o primeiro órgão da administração pública federal a utilizar os serviços de biometria proposto pelo governo federal para todos os programas sociais. Com isso, os pacientes do SUS poderão ser identificados pela digital. A política, construída a partir de uma parceria com o Tri-

bunal Superior Eleitoral (TSE), irá proporcionar maior segurança no registro e acesso de informações dos cidadãos, além de contribuir para evitar fraudes. O projeto piloto para o novo modelo de identificação deve começar em serviços ofertados pela atenção básica a partir do próximo ano.

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Quinta-feira, 18 de agosto de 2016

FALTA CONHECIMENTO

C

apacitar os diferentes profissionais implicará em avanços significativos em Saúde Mental. Esse é o principal objetivo da quarta edição da jornada promovida pelo Hospital Bom Pastor, que pela primeira vez envolve representantes de outras áreas além da saúde, mas da educação, assistência social e Judiciário. Garantir o acesso integral dos usuários da rede em saúde mental, em Quando a societodas suas esferas, a dade entender partir de um atendique o conceito mento cuidadoso e usual de normahumanizado ainda lidade que adota é o principal desafio é ultrapassado e em torno do tema. excludente, será E quando se fala em profissionais desprepossível viver em parados não é uma um sistema hureferência àqueles que manizado trabalham diretamente na rede de saúde mental ou com usuários de álcool e outras drogas, mas, sim, às demais áreas. Por exemplo, professores das escolas municipais admitem não estar preparados para receber crianças portadoras do espectro autista em níveis elevados. Na última semana, um seminário sobre o au-

tismo envolveu professores da rede pública estadual e municipal, e agentes de saúde, para levar um pouco mais de conhecimento sobre a doença. Mas, os participantes afirmam que isso dá uma base para identificar aspectos de autismo em algumas crianças e encaminhar as famílias para um diagnóstico, mas não o suficiente para saber lidar com a doença que exige conhecimento, uma vez que o acesso à educação integral é um direito garantido ao autista por inúmeras legislações. Mas, saindo do campo do autismo e tratando do tema da saúde mental em âmbito geral, nossa sociedade ainda não sabe lidar com o diferente, e essa quebra de paradigmas, de preconceitos, só será possível se as pessoas se envolverem mais, buscando conhecimento, e entendendo que cada ser humano é diferente do outro e é preciso aprender a aceitar e a conviver com as diferenças, porque só assim, quando a sociedade entender que o conceito usual de normalidade que adota é ultrapassado e excludente, será possível viver em um sistema humanizado, que leva em consideração gente de verdade, e não pré-conceitos que disseminam o caos, a tristeza, a depressão, deixando de lado aquilo que deveria ser a premissa dos grupos sociais: a inclusão.

PONTO DE VISTA

Joaquim Gatto Professor do Departamento de Ciências Jurídicas e Sociais (DCJS) da Unijuí fala sobre os desafios dos advogados atualmente

Quais os desafios de exercer a advocacia? Eu penso que o profissional da advocacia possui desafios que são diversos e que sobretudo são contínuos. Destaco apenas alguns, e um deles é a necessidade sempre presente de atualização, pois o profissional que se mantém atualizado, certamente promove uma defesa muito mais

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

competente dos direitos de seus patrocinados. Essa necessidade constante de estudo está também na questão de profissionalizações dentro do Direito, como pós-graduação, por exemplo. Outro desafio é a tentativa de manutenção de um nível de dignidade dos honorários, que não são outra coisa, senão, questão de caráter elementar. O advogado não possui um salário fixo, a não ser como empregado. Um terceiro desafio está na necessidade do profissional da advocacia tentar identificar outros mecanismos de resolução de conflitos, sem que seja exclusivamente o processo judicial. O grande leque de opções do curso Direito seria um motivo da escolha dos alunos? Esse é um dos grandes atrativos aos que fazem Direito, porque são sabedores que esse curso pode lhes proporcionar uma colocação em inúmeras funções. Como todos sabem o curso de Direito estuda a legislação, e muitos concursos demandam isso.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui. com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.jmijui.com.br

6

ARTIGO

Lei Maria da Penha, educação como apoio fundamental Fátima Pelaes Secretária Especial de Políticas para as Mulheres Resgatar a dignidade da mulher é o desafio que precisamos vencer. A cada quatro minutos ocorre uma denúncia de violência contra a mulher no Brasil, que não escolhe raça, credo, orientação sexual, classe social ou horário. Ocorre por meio de uma cultura machista ainda muito forte na sociedade. Casos de grande repercussão, como a recente denúncia da atriz Luiza Brunet, encorajam mulheres de todo o país a buscar ajuda. Na frente de apoio, as vítimas podem contar com iniciativas meritórias como a Rede de Enfrentamento à Violência, que vem se consolidando com delegacias especializadas (criadas pelo presidente interino Michel Temer, quando secretário de Segurança do Estado de São Paulo), juizados especiais, casasabrigo, promotorias, defensorias, o Ligue 180, Casa da Mulher Brasileira, entre outras ações. Há 10 anos, felizmente, a mobilização das mulheres conquistou uma de suas principais vitórias – a Lei 11.340, conhecida como Lei Maria da Penha. Verdadeiro marco no sistema jurídico brasileiro é o braço forte do Estado no combate à violência contra as mulheres. Abrangente, não se resume à violência física, pois incorpora o lado patrimonial, psicológico, sexual e moral. Na realidade, são aspectos que muitas vezes antecedem a agressão e morte da vítima. Com a lei, foi formada uma rede de proteção que alcançam Estados e municípios. São nada menos que 1.651 serviços especializados de atendimento à mulher, sendo 502 delegacias, 45 defensorias, 95 promotorias especializadas, 238 centros de referência de atendimento, 103 juizados especiais, 80 casas-abrigo e 596 serviços especializados de saúde. Foi sem dúvida um grande avanço, mas ainda tímido se considerada a necessidade. A contabilidade da violência contra a mulher no Brasil é extremamente cruel: 4,8 mortes violentas a cada 100 mil mulheres, o que coloca o Brasil no 5° lugar no ranking mundial. É preciso desconstruir a cultura da superioridade masculina, raiz de todo o problema. É um trabalho de toda a sociedade e a escola é instrumento indispensável. Daí a preocupação da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM) em fortalecer a parceria com o Ministério da Educação, a fim de levar a milhares de profissionais de educação treinamento para prevenir, identificar e denunciar a violência doméstica. Na Lei Maria da Penha existe a previsão desta notificação obrigatória. No entanto, sem orientação segura e a devida capacitação, os educadores pouco podem fazer. Vale enfatizar que a simples discussão da lei nas escolas leva informação ao interior dos lares – principal foco onde a violência se alastra. E informação é fonte de encorajamento para que a vítima procure ajuda. Informação e debate da lei nas escolas geram conhecimento, reflexão e consciência crítica aos estudantes. Educação é caminho seguro para imunizar futuras gerações da mácula da violência contra as mulheres. A escola é sempre caminho para a mudança de corações e mentes. Lei Maria da Penha e escola são sinônimos de resultados seguros. Nisso eu acredito. Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Quinta-feira,18 de agosto de 2016

IMPEACHMENT

STF marca fala de Dilma no Senado para o dia 29 Os senadores começam a se preparar para enfrentar uma maratona de, pelo menos, sete dias para julgar definitivamente a presidente afastada, Dilma Rousseff, em seu processo de impeachment. A fase final começará no dia 25 e ela será ouvida pelos parlamentares e responderá a questionamentos na segunda, dia 29 de agosto. A previsão dos senadores é de que a votação final aconteça apenas na quarta seguinte (31). Os parlamentares também deverão trabalhar em parte do final de semana. O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, esteve no Senado ontem em uma reunião para combinar com o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDBAL), e os demais senadores o roteiro desta última etapa. A principal preocupação do ministro era não realizar sessões durante o fim de semana sob o argumento de que, nem o STF e nem o Senado trabalham normalmente nestes dias. Lewandowski não queria que houvesse espaço para posteriores questionamentos da defesa e críticas de que o processo foi "atropelado". Senadores aliados ao presidente interino, Michel Temer, no entanto, queriam que as sessões prosseguissem pelo sábado e domingo para agilizar o fim do processo. O processo começará com

Mais de 10% dos eleitores têm voto facultativo Dos 144,1 milhões de eleitores brasileiros, 20,6 milhões têm o voto facultativo, de acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Isso corresponde a 14,3% dos eleitores. O voto é obrigatório para os cidadãos alfabetizados maiores de 18 e menores de 70 anos e facultativo para quem tem 16 e 17 anos, para os maiores de 70 anos e para as pessoas analfabetas. Dos 20,6 milhões de brasileiros com voto facultativo, 833,3 mil têm 16 anos, 1,5 milhão tem 17 anos, 7,3 milhões têm de 70 a 79 anos e 4 milhões estão acima dos 79 anos. Os analfabetos são quase 7 milhões. De acordo com o TSE, o

grau de instrução é baseado na informação prestada pelo eleitor à Justiça Eleitoral. Por isso, o número de analfabetos pode estar desatualizado devido a alterações não informadas ao longo dos anos. De acordo com o TSE, os eleitores que são obrigados a votar e não comparecerem às urnas por três eleições consecutivas podem ter o título cancelado – lembrando que cada turno é considerado uma eleição. Sem o documento, o eleitor fica impedido, por exemplo, de contrair empréstimos em instituições financeiras governamentais, tirar passaporte e tomar posse em cargo público, caso seja aprovado em concurso.

Petista diz que não teme ataque de senadores

a apresentação das chamadas "questões de ordem", que são pedidos feitos por senadores sobre o trâmite do processo. Em seguida, os senadores iniciarão a oitiva das duas testemunhas indicadas pela acusação. Assim que acabar esta parte, os senadores iniciam a oitiva das testemunhas de defesa. O advogado de Dilma, o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo indicou seis pessoas, número máximo permitido. De acordo com Lewandowski, ficou acordado entre os parlamentares que eles prosseguirão com a sessão durante o tempo necessário para que todos sejam ouvidos. O Senado, então, retomará a sessão no dia 29, às 9h, com a

presença de Dilma. Ela terá meia hora, prorrogável pelo tempo que for necessário, para discursar. Assim que ela acabar, cada senador poderá questioná-la em até cinco minutos e a presidente terá o mesmo tempo para responder. A expectativa é de que Dilma passe o dia no Senado. Na terça, os parlamentares retomam a sessão com a etapa em que cada um pode discursar por até dez minutos. Quando os discursos acabarem é que os advogados de acusação e defesa apresentarão suas alegações finais. Só então, os senadores iniciarão a votação que deve decidir pela saída definitiva de Dilma Rousseff da Presidência da República.

Teori nega pedido da defesa de Cunha O ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), negou o pedido feito pela defesa do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para que fosse anulada a decisão que marcou as audiências para ouvir as testemunhas de acusação na ação penal em que o parlamentar é acusado dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. No mês passado, o juiz Paulo Marcos de Farias, que é auxiliar do ministro Zavascki, determinou o agendamento das audiências das testemunhas indicadas pelo Ministério Público Federal (MPF). Os advogados de Cunha alegaram que a decisão não poderia ter sido tomada durante o recesso do tribunal pelo juiz auxiliar. “Indefiro (nego) o pleito formulado pela defesa, pertinente à anulação da decisão que designou audiências para oitivas das teste-

7

munhas indicadas pelo Ministério Público. Não há empecilho legal a que juiz instrutor - que está no pleno exercício de suas funções jurisdicionais - promova atos instrutórios de sua competência, mesmo no período de recesso do Supremo Tribunal Federal” diz a decisão de Teori. O despacho tem a data do dia dez e foi publicado nesta quarta-feira no sistema do STF. Na decisão, o ministro lembra que outra ação da defesa de Cunha contra o juiz, de relatoria do ministro Roberto Barroso, também foi negada. No texto, Zavascki lembra ainda, que com a aproximação do fim dos depoimentos das testemunhas de acusação, a defesa de Cunha e de Solange Pereira, que também responde à ação, deve tomar algumas providências com relação às testemunhas indicadas por eles. O ministro pede que seja informado o endereço de algumas delas e

Ministro Teori Zavascki

que os parlamentares que foram indicados para depor sejam notificados do prazo para confirmação de data e hora dos depoimentos. As audiências estão previstas para os dias 30 e 31 de agosto e 1º de setembro.

Temer tenta se aproximar da cúpula do PSDB Na tentativa de diminuir os desgastes com o PSDB, o presidente em exercício Michel Temer convidou o senador Aécio Neves (MG) e a cúpula do partido no Congresso para um jantar no Palácio do Jaburu. O Palácio do Planalto vem demonstrando desconforto com a escalada de críticas dos tucanos à equipe econômica, liderada pelo ministro da Fazenda Henrique Meirelles, e ao fato de o governo ceder em negociações que envolvem o ajuste fiscal. Temer quer aproveitar a conversa com os dirigentes do PSDB para pedir apoio dos deputados e senadores ao titular da Fazenda. O Planalto acha que as críticas têm atrapalhado a aprovação das "importantes medidas" em tramitação no Congresso e consideradas "fundamentais" para a retomada do crescimento e da economia. Por isso, o governo quer evitar que a antecipação do debate sobre

as eleições de 2018 contamine todo este processo. Para aplacar as desconfianças no principal partido aliado do governo interino, o presidente em exercício tem reiterado que não será candidato na próxima eleição presidencial. Meirelles já havia sido alvo de críticas dos tucanos durante a discussão das medidas de renegociação da dívida dos Estados e até a aprovação de aumento salarial para várias categorias. Alguns líderes do PSDB disseram que o ministro da Fazenda e o governo estavam cedendo demais aos partidos da base aliada em pontos que consideravam fundamentais para o ajuste. Aos tucanos, Temer pretende dizer que é importante para todos que queiram disputar a eleição de 2018 concentrar suas forças na busca pelo entendimento em torno do governo que se formou a partir do processo de impeachment.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 18 de agosto de 2016

8

ELEIÇÕES 2016

Está aberto o prazo para impugnações Teve fim na última segunda-feira, o prazo para registro de candidaturas dos candidatos que foram homologados para as eleições. De acordo com o juiz titular da 2ª vara, Eduardo Giovelli, a partir de agora acontece o prazo para eventuais impugnações. "Aqui em Ijuí muitos candidatos já vinham fazendo seus registros de candidatura desde a semana passada, na última quinta-feira nós publicamos o primeiro edital com parte dos candidatos que apresentaram os seus registros. Ontem, nós publicamos outro edital, com os candidatos que apresentaram agora os seus registros", ressalta o Giovelli. O juiz ainda acrescenta que agora tem um prazo de cinco dias, a partir de cada edital, para eventuais impugnações. "Essas impugnações podem vir por parte do Ministério Público Eleitoral ou dos outros candidatos. Passado o prazo, não

havendo essas objeções ou se elas tenham sido instruídas, a Justiça Eleitoral realiza a checagem quanto aos registros, para haver o quanto antes o deferimento das candidaturas", explica. Em caso de impugnações, o processo tem início em setembro. "A Lei Eleitoral estabelece alguns prazos, inclusive para que o próprio candidato impugnado se defenda, e é inviável de julgamento até o início de setembro", afirma. A ideia é que todas as zonas eleitorais julguem até meados de setembro esses registros de candidaturas. "Queremos que o TRE até o dia da eleição, tenha julgado todos os registros, e fiquem eventualmente pendentes os recursos ao TSE. Pois temos sim a insegurança de chegar à véspera da eleição e não ter a certeza se o candidato está ou não liberado para concorrer, e os eleitores saberem se

podem ou não votar em tal candidato", acrescenta. Sobre as campanhas, Giovelli alega que estão autorizadas nas ruas. "Nos outros anos as campanhas acabavam demorando a engrenar, mas acreditamos que neste ano será diferente, até mesmo pelos dias reduzidos para 45 dias de campanha, então acreditamos que ela será bastante aquecida nesta semana e a partir de semana que vem. Essa campanha será de redes sociais também e de um contato direto com o eleitorado, por serem eleições de vereador e prefeito", comenta. O primeiro turno das Eleições 2016 será no dia 2 de outubro, e o segundo turno no dia 30 de outubro. O segundo turno é realizado apenas nos municípios com mais de 200 mil eleitores em que nenhum dos candidatos consiga a maioria absoluta, ou seja, 50% dos votos mais um.

TCE irá analisar as contas do Estado

Deputados se reuniram com o presidente do Tribunal de Contas do Estado

A partir da provocação de deputados estaduais das bancadas do PT, PCdoB e PSOL, o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Marco Peixoto, solicitou a técnicos do órgão a avaliação do fluxo de caixa do Piratini. O objetivo é analisar a real necessidade dos parcelamentos dos salários dos servidores. De acordo com o Tribunal, os dados que serão consultados fazem parte de inspeções normais, já realizadas rotineiramente. Assim, a resposta aos parlamentares deve ser encaminhada em cerca de uma semana. Caso haja a necessidade de mais informações da Diretoria de Controle e Fiscalização do TCE, não está descartada a abertura de uma inspeção especial. Os deputados de oposição a Sartori torcem para que o levantamento traga alguma inconsistência, o que poderia embasar, por exemplo, um pedido de impeachment. A iniciativa partiu da bancada do PT, que levantou dados indicando que a receita prevista

cmyk

para os próximos meses é superior à admitida pelo governo. Os deputados se mobilizaram após manifestação do presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Luiz Felipe Difini, sobre possíveis atos de improbidade administrativa no Executivo. A deputada Manuela D’ávila (PC do B) e os deputados Pedro Ruas (Psol) e Luiz Fernando Mainardi (PT), apresentaram ao presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS), Marco Peixoto, um pedido de inspeção no fluxo de caixa do governo estadual no ano de 2016. A reclamação é sobre o pagamento dos salários do funcionalismo. Os deputados reclamam que não há priorização do Poder Executivo gaúcho e que as informações oficiais a respeito do fluxo de caixa não são transparentes. Nesse sentido eles entendem que o trabalho do TCE-RS seja fundamental para que o Parlamento possa avaliar a movimentação financeira do Estado e propor medidas de enfrentamento à crise financeira

que tem penalizado os servidores do Executivo e a população gaúcha. Peixoto, determinou que o pedido seja avaliado pela Direção de Controle e Fiscalização do TCE, a fim de verificar se a matéria já está sendo auditada nas contas de 2016 do governador. Neste caso, não haveria a necessidade de Inspeção Especial. Independentemente do procedimento, as informações solicitadas pelos deputados serão levantadas e respondidas em curto prazo. Em defesa da gestão de Sartori, o deputado Juvir Costella (PMDB) alegou que as dívidas anteriores à gestão atual não permitem o pagamento em dia ao funcionalismo. “Não conheço um governante que não gostaria de estar pagando seus servidores em dia. O Difini, respeitosamente quero dizer, aponta que há pedalada na questão dos salários dos servidores. A pedalada, na verdade, acontece quando se tem dinheiro e não se paga. Estamos dispostos a explicar a questão do fluxo. Mas proposital não é."

Eduardo Giovelli

Estado conta com a União para fechar o caixa O secretário da Fazenda, Giovani Feltes, embarcou ontem à noite para Brasília para se encontrar com o chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. O pedido de socorro financeiro estará disfarçado de cobrança de ressarcimentos que a União deve ao Piratini. Somados, os valores chegariam a cerca de R$ 5 bilhões. O Executivo gaúcho busca uma parte disso que poderia representar um fôlego no pagamento do funcionalismo, incluindo o 13º salário, e repasses diversos. "É um oásis no deserto, mas que existe em muitos desertos. No caso, são propriedades do Estado que foram utilizadas pelo governo federal e que precisam ser ressarcidas. São ainda os investimentos feitos em rodovias federais no governo de Pedro Simon", relata Feltes. As áreas pertencentes ao governo gaúcho foram utilizadas

ao longo dos anos para reforma agrária, quilombolas e indígenas. Cálculos preliminares da Fazenda estadual apontam para a possibilidade de ressarcimento de R$ 2,9 bilhões. Já em relação às estradas, seriam mais R$ 2 bilhões. No entanto, o assunto é discutido há vários governos, sem solução. Para piorar, durante o governo de Olívio Dutra (19992003), o Estado recebeu cerca de R$ 150 milhões com a finalidade de ressarcimento pelas obras nas estradas. Feltes contesta que a dívida tenha sido paga integralmente à época. Em relação à expectativa de pagamento dos salários aos servidores estaduais ao final do mês, voltou a falar nas dificuldades para fechar a conta, mas deu a entender que a primeira parcela paga no último dia de agosto será superior à de R$ 650 paga em 31 de julho.

Giovani Feltes irá debater a situação com o ministro Eliseu Padilha


Acontece A

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 18 de agosto de 2016

9

Novos modelos

História e cultura

tarde da última segunda e terça-feira foi de muitos conhecimentos compartilhados sobre a constituição do povo gaúcho no Colégio Sagrado Coração de Jesus. Os alunos do 5° ano coordenados pela professora Andrieli, durante as aulas de Estudos Sociais, realizaram trabalhos de pesquisas que culminou na apresentação de um show cultural resgatando a origem do povo gaúcho. Na terça, os alunos foram prestigiados com a fala de Albo Berro, um judeu que contou a história do seu povo e suas contribuições para a cultura gaúcha.

Luiz Carlos Leindecker orienta os participantes no primeiro dia de curso

As meninas capricharam na caracterização para participar das atividades

O

produtor e caça-talentos, Luiz Carlos Leindecker deu início na noite da última terça-feira, a mais um curso de Manequim e Modelo para mulheres e homens com idades acima dos 20 anos. O objetivo do curso é estimular a autoestima, trabalhar a postura e o andamento nas aulas de passarela, passar as orientações sobre como fotografar e ter pessoas com estas faixas

Aimoré

A Sociedade Esportiva e Recreativa Aimoré promove o baile da 2ª e 3ª idades, no próximo sábado, 20 de agosto, com início às 16h até as 23h. A animação será do Balanço do Som, de Jóia. Todos os grupos de Ijuí e região estão convidados.

Rosângela Gaspar, Rosenara Didoné e Terezinha dos Santos no Chá Beneficente da primeira dama Gessy Ballin

João Vitor, Rosemara, Marcos e Julia Michalski na Feijoada do Ceap

Joice e Leandra curtindo o Absoluto

Airton Carvalho e Débora Cristina Silva no Festival das Massas da Recreativa

etárias preparadas e qualificadas para os trabalhos de modelo em Ijuí e região, quando forem necessários. No final do curso, os participantes colocarão em prática o aprendizado num desfile de modas. As aulas acontecem no Clube Ijuí às 19h. Os interessados em participar ainda podem se inscrever na secretaria do Clube Ijuí na parte da manhã e da tarde ou pelo telefone (55) 3332-1348.

Noite Brasileira

Amanhã, na Casa de Dança, a partir das 23h, a banda Estrela Negra anima a festa. Boa música e muita dança onde os ritmos tocados passam por todos os gêneros da dança de salão. Venha divertir-se, dançar e fazer amigos. Informações e reserva de mesa pelo fone 3332- 4378.

Edemar e Elenir Schulz em Jantar no Salão Evangélico

Diego, Cleiton Götz e Cristina Schavinski na Noite Brasileira do Lions Clube de Ijuí

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 18 de agosto de 2016

MERCOSUL

Estado busca fortalecer mercado de alimentos

Anúncio dos resultados do encontro ocorreu na manhã de ontem

O primeiro resultado da missão gaúcha à Argentina, que teve a finalidade de definir um novo ciclo de fortalecimento do Mercosul, é a criação de um grupo de trabalho para fortalecer a participação gaúcha no mercado mundial de alimentos, além de otimizar ações em prol da sanidade animal em áreas de fronteira. O anuncio ocorreu da manhã de ontem, durante coletiva de imprensa na Embaixada do Brasil, em Buenos Aires. "O assunto será tratado na Expointer no dia 28 agosto em reunião entre os ministros da Agricultura, Blairo Maggi, e o argentino Ricardo Buryaile, da Agroindústria", anunciou Sartori. O encontro, em solo gaúcho, pre-

tende acelerar os encaminhamentos bilaterais. Durante a Expointer, agendas técnicas do agronegócio entre RS e Argentina já foram marcadas. Outro resultado prático é a realização de um seminário econômico-empresarial e de inovação produtiva entre Argentina e Rio Grande do Sul, que deve ocorrer em Porto Alegre ainda este ano. O intercâmbio entre universidades também saiu fortalecido, assim como das áreas cultural e turística. Nos próximos meses, a ministra argentina de Relações Exteriores e Culto, Susana Malcorra, irá ao Brasil para tratar de questões relacionadas à área de infraestrutura e transportes com o ministro das

Relações Exteriores, José Serra, e governadores. Os temas centrais do encontro serão a reativação do sistema de hidrovias e a questão histórica da ponte sobre o Rio Uruguai, ligando Brasil e Argentina. Sartori agradeceu a recepção da embaixada brasileira e do governo argentino. Ele reconheceu o dinamismo do governo de Maurício Macri e a determinação de enfrentar os obstáculos internos para recolocar a Argentina no cenário internacional. "Acreditamos que sem recuperação econômica tudo será mais difícil. Mas se trabalharmos juntos, poderemos superar mais rápido as crises que os países e estados enfrentam", enfatizou.

Recursos são insuficientes, diz diretora Um dos destaques das Escolas da Apae é oferecer atividades extraclasse, como oficinas de integração, ferramentas que são utilizadas para incentivar o desenvolvimento dos alunos. De acordo com a diretora da Apae de Augusto Pestana, Elíria Huth dos Reis, os alunos que frequentam as oficinas têm grande potencial em atividades como teatro, dança, artesanato e atletismo. Para os alunos que ingressam na escola, ela conta que as atividades pedagógicas são divididas em três ciclos, no Ensino Fundamental, os jovens permanecem três anos em

cada ciclo e depois da conclusão dessa parte, para a EJA, onde tem cinco etapas, onde fica por cinco anos. “Depois da EJA, vai para as oficinas”, comenta a diretora. Para viabilizar todas essas atividades pedagógicas e oficinas, a Apae do Município recebe apoio da comunidade, por meio da colaboração espontânea. “Temos uma participação muito boa. A colaboração na nossa comunidade é muito boa, temos vínculos bons com o comércio, com as sociedades, igrejas, de onde sempre temos apoio. Nessa parte temos um grande apoio da população”,

comemora. Porém, a situação financeira, mesmo com os convênios que possui, não é satisfatória. “Não chega para nos mantermos”. Para captar mais recursos, a instituição realiza diversas ações, “acredito que todas as Apaes passam por essa situação”, lamenta. “O apoio da comunidade é muito importante para nós”. Um dos eventos que a Apae realiza está a palestra sobre autismo, que ocorre no dia 26, às 8h no auditório da unidade da Sicredi do Município, e o churrasco da Semana do Excepcional, no dia 28.

Municípios registram queda de granizo Os temporais que atingem o Estado desde a madrugada de ontem trouxeram granizo e vendaval para diversos municípios. Até o momento, não há o registro oficial de estragos provocados pelos eventos. No entanto, no Vale do Taquari, a Escola Municipal Anita Garibaldi, na zona rural de Putinga, teve parte do telhado arrancado. A prefeitura providenciou o conserto e as aulas já ocorrem normalmente. Diversos municípios gaúchos registraram chuva e queda de granizo desde a noite dessa terçafeira. Coordenadores regionais da Defesa Civil do Rio Grande do Sul percorreram, ontem, as áreas mais afetadas para avaliar os danos. Segundo coordenadorias regionais da Defesa Civil consultadas pela Rádio Gaúcha, houve queda de granizo em São Martinho, Campo Novo e Sede Nova (região Noroeste), em Mata (Centro) e até em pontos de Caxias do Sul e Erechim. Para a tarde, a Defesa Civil mantém o alerta de novos temporais,

especialmente no Norte gaúcho. A queda dos grânulos de gelo foi observada em quase todas as regiões. Na noite dessa terçafeira, as mais atingidas foram as regiões dos Vales do Rio Pardo e Taquari, onde a força do vento destelhou uma escola e uma granja de suínos em Putinga. A Defesa Civil, por meio de seus coordenadores regionais, atua de maneira preventiva e reativa. Após desastres climáticos, os técnicos vão até a localidade para levantamento de prejuízos, bem como para entregar material de ajuda humanitária. A Coordenadoria da Região da Fronteira Oeste, coordenada pelo major Castro e pelo sargento Roberto, entregou 3,6 mil metros quadrados de lonas às famílias atingidas de Caçapava e Lavras do Sul. Além disso, auxilia as prefeituras na distribuição de telhas e na formulação de laudos e documentos necessários para possível decreto de Situação de Emergência. Ambos os municípios ainda avaliam os prejuízos e outras medidas de resposta.

Familiares contestam entrega de prédio da Kiss Desde a terça-feira, a Brigada Militar não é mais a responsável pela segurança do prédio onde funcionava a boate Kiss, em Santa Maria. Na última sexta-feira, a Justiça determinou a devolução do imóvel à empresa proprietária, que pretende construir um hotel no local. Com a decisão judicial, a segurança do prédio passa a ser responsabilidade da empresa dona do local. No entanto, a Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes (AVTSM) não gostou da decisão do juiz Ulysses Fonseca Louzada, responsável pelo processo criminal relativo à tragédia. A entidade gostaria que o local fosse desapropriado para dar lugar a uma espécie de memorial, proposta também sugerida pela prefeitura de Santa Maria e Mi-

nistério Público. O juiz também determinou que os pertences das vítimas que ainda estão dentro da boate sejam entregues aos familiares. Em dezembro de 2014, o prédio passou por um processo de limpeza e descontaminação. Foram encontrados sapatos, roupas e outros objetos, que foram colocados em tonéis e deixados dentro do prédio porque continham elementos tóxicos, que são prejudiciais à saúde. “Que dê esse espaço para os familiares e à sociedade de Santa Maria, para que se reflita qual é o valor da vida, só isso que a gente quer. A questão do memorial é mais longa, tem que ser discutida com Santa Maria”, diz o presidente da associação, Sérgio Silva.

Programa incentiva gestão sustentável O programa de Gestão Sustentável de Agricultura Familiar, coordenado pela Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) e executado pela Emater, oferece assistência técnica, de forma continuada e gratuita, para 20 mil famílias no Estado. Nos 45 municípios da região de Santa Rosa, são 1.820 famílias

cmyk

beneficiadas. O programa vai capacitar 90 técnicos das áreas social e econômica, e sensibilizar 3.644 famílias, elaborando 1.820 planos de gestão entre 2016 e 2019 na região de Santa Rosa. Também serão implantadas 90 unidades de referência de trabalho. A proposta central é promover a gestão, de modo a atender as es-

feras socioeconômica e ambiental das propriedades rurais familiares, abrangendo todas as atividades. Entre os resultados esperados estão o aumento da renda na propriedade, a ampliação de área com práticas conservacionistas, a promoção do acesso a bens, serviços e políticas públicas, e a produção de pelo menos dez produtos para autoconsumo na propriedade.

10

Prédio estava sob a segurança da BM até o início da semana


Notícias

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 18 de agosto de 2016

MANDADOS DE BUSCA E APREENSÃO

Agentes da Polícia Civil passam por treinamento Agentes da Polícia Civil de Ijuí e da região tiveram dois dias de treinamentos em Ijuí. Capitaneados por instrutores da Academia de Polícia do Rio Grande do Sul (Acadepol-RS), homens e mulheres de toda a região participaram do Curso de Cumprimento de Mandados. Os trabalhos, segundo os instrutores, visam a padronização dos movimentos em mandados de busca e apreensão. "Nós temos observado que, apesar da Polícia Civil estar fazendo um excelente trabalho em todo o RS, a gente está bastante preocupado com o nível da violência. Dessa forma a gente quer salvaguardar o nosso policial, além da sociedade. A gente quer um policial que possa se proteger para proteger a sociedade", explicou o delegado Bolívar Llantada, responsável pelo treinamento. Ainda conforme o instrutor da Acadepol, a medida visa padronizar o trabalho de entradas táticas em cumprimentos de mandados de busca e apreensão. O curso vem sendo realizado em todas as regiões do Estado. Em Ijuí, 30 agentes locais, de Santa

PLANTÃO CUMPRIMENTOS DE MANDADOS - A Brigada Militar (BM) de Cruz Alta deflagrou a Operação Captura na tarde de terça-feira. Policiais militares do Pelotão de Operações Especiais (POE) e do setor de inteligência da BM efetuaram buscas no Núcleo Habitacional Santa Bárbara. No local, três pessoas foram presas. Dois homens por posse e tráfico de drogas e uma mulher por desacato. As prisões aconteceram no final da tarde de terça-feira. IGP - O Instituto-Geral de Perícias (IGP) do Rio Grande do Sul trabalha com 35% do efetivo necessário. A informação foi divulgada pelo diretor-geral do IGP, Cléber Muller, ontem. O número absoluto de servidores, contudo, não foi divulgado. Mesmo com o concurso anunciado pelo governo do Estado, que vai criar 106 novas vagas, o número ainda continua abaixo do ideal. O órgão não tem concurso público desde 2008. Serão 35 vagas para perito criminal, 35 para médico legista e 36 para técnico em perícia.

11

PRF de Ijuí flagra veículo roubado no Mato Grosso Agentes da Polícia Rodoviária Federal de Ijuí realizaram a abordagem de um veículo com registro de roubo na tarde de ontem. O trabalho aconteceu na BR-285, próximo ao trevo de entroncamento com a ERS-342 e ERS-522. Segundo repassado em nota pela PRF, o veículo tem registro de roubo no Estado do Mato Grosso, em 2015. No final da tarde de ontem, o delegado Nelson Burili lavrou

o flagrante de dois indivíduos por crime de receptação. Valmir Kernbeis Rodrigues, 39 anos, natural de Cruz Alta, e Joelcio Landfeldt Gravi, 29 anos, natural de Panambi foram presos. Conforme repassado pela PRF, em nota, trata-se de um Fiat Uno que foi recolhido ao serviço de autoguincho e deverá ser entregue ao proprietário. O caso deverá ser entregue aos cuidados da Polícia Civil para investigação.

Polícia divulga envolvidos em latrocínio

Treinamento foi realizado no Parque de Exposições Wanderey Burmann

Rosa, São Luiz Gonzaga, Santo Ângelo e Palmeira das Missões participaram do treinamento que foi realizado entre terça-feira e ontem. "Os policiais corresponderam muito bem às instruções", acrescentou o delegado Bolívar, que resume o objetivo do curso: "proteger a sociedade". O delegado Bolívar também pôde falar a reportagem do Grupo JM a respeito da situação da segurança e a crise na qual o Estado,

como um todo, está inserido. "Existe um esforço para que se mantenham patamares aceitáveis de criminalidade. O problema é que não se trata só do Executivo. Estamos com problemas de finanças que engloba o poder Judiciário, o Ministério Público, a Procuradoria Geral do Estado, estão padecendo em virtude dessa questão financeira. Isso não tem como não dizer que não atinge só os policiais", acrescentou.

Susepe contabiliza mais uma apreensão no RS Uma revista feita na Penitenciária Estadual do Jacuí, em Charqueadas, apreendeu celulares, crack e cocaína. A ação aconteceu durante a terça-feira, mas foi divulgada ontem pela Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). Segundo a Susepe, o material foi encontrado no pavilhão A, dentro das celas com os presos. Foram apreendidos 14 celulares,

dois cartões de memória, fones de ouvido, carregadores e bateria de telefones celulares. Além disso foram localizados crack, cocaína e uma balança artesanal. Todo o material ilícito foi apresentado na Delegacia de Polícia de Charqueadas. A Superintendência abriu procedimento para apurar como os materiais ilícitos entraram no local.

Celulares, drogas e demais objetos foram apreendidos em revista, em Charqueadas

Apontado pela polícia como um dos responsáveis pelo assalto que culminou na morte da médica Graziela Lerias, no último domingo, em Porto Alegre, Richard Petry, 19 anos, se apresentou à polícia na tarde de ontem. Ele chegou à 4ª DP da Capital acompanhado pelo advogado e está prestando depoimento. Petry tinha prisão preventiva decretada e era considerado foragido. Ele deve ser encaminhado ainda hoje ao sistema prisional. Graziela Lerias, 32 anos, foi morta em um assalto na zona norte da Capital. De acordo com as investigações, os responsáveis são Petry e Davi de Oliveira, 20 anos. Ambos têm antecedentes criminais por roubo e receptação e posse de entorpecentes. A identificação dos responsáveis ocorreu após análise de imagens e porque um dos criminosos esqueceu o próprio documento no carro da vítima, encontrado carbonizado na última segundafeira, na zona sul. Com base nisso, os policiais cumpriram o mandado na zona sul, onde a dupla teria ido após o crime. No local, um dos mo-

radores revelou a identidade dos dois e confirmou que eles cometeram o assalto. A irmã da médica, que também estava no carro no momento do crime, também identificou os assassinos. Ainda conforme a polícia, os dois trabalham transportando frutas do interior do Estado para a Ceasa. Na noite de domingo, eles retornavam em um caminhão vindo de Santa Cruz do Sul. Na Avenida Sertório, com o sinal fechado, os dois desceram do caminhão e foram em direção ao carro da médica, um C4. Um dos criminosos atirou contra o carro porque o veículo estava com as portas trancadas. A médica teria liberado as trancas e aberto as portas para sair. Foi aí que os criminosos efetuaram mais dois tiros, sendo que um deles atingiu o abdômen de Graziela - que morreu no hospital Cristo Redentor. A polícia ainda procura o motorista do caminhão em que estava a dupla para verificar a participação dele no crime. Davi de Oliveira também está com prisão preventiva decretada e é considerado foragido.

Em dez minutos, carro é flagrado duas vezes no RS Um mesmo veículo foi flagrado duas vezes, no intervalo de 10 minutos, pela Polícia Rodoviária Federal trafegando acima da velocidade. O primeiro registro aponta que o motorista conduzia o carro a 202 km/h na BR-290, entre Gravataí e Porto Alegre. Pouco tempo depois o mesmo automóvel foi fotografado trafegando em sentido contrário a 153 km/h. Os flagrantes foram feitos por meio do radar móvel da PRF gaúcha ainda na tarde de terça-feira. Em duas horas e meia de operação, 240 carros foram flagrados trafegando acima do limite de 110 km/h para o trecho.

Flagrantes realizados pela PRF

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Taça homenageia Paulo Baier A consultoria de Eventos Esportivos G7, promoverá a Taça Paulo Baier de Futebol Sete. Será nas proximidades do Campus da Unijuí, junto à RS-342, sentido Catuípe (Chácara Kiko Bussmann). As partidas serão em dois campos no mesmo local e dia. A cerimônia de abertura será às 8h30 com término previsto para as 20h. No dia 3 de setembro ocorrem os jogos das categorias 2005,2006, 2007 e 2008. As inscrições poderão ser feitas até a próxima segunda-feira. O segundo prazo é o dia 31 de agosto. Serão 12 horas de muito futebol. No dia primeiro de outubro a Taça envolverá as categorias 2001, 2002,2003 e 2004, com inscrições sendo aceitas até o dia 19 de setembro e segundo prazo dia 26

de setembro. O valor do primeiro prazo de inscrição por equipe é de R$ 150,00, posterior segundo prazo de inscrição será de R$ 200,00. Cada instituição ou associação esportiva poderá inscrever quantas equipes optar. Cada equipe deve ter no máximo 14 atletas dentro de suas respectivas categorias. Será distribuída esta premiação: primeiro lugar, troféu, medalha, mais um jogo de 10 coletes autografados por Paulo Baier; segundo lugar, troféu e medalha e terceiro colocado, troféu, medalha e brindes esportivos. A competição regional e estadual homenageia o meia Paulo Baier. Outras informações através do telefone (55) 9184.1584(Rodrigo Machado) e 55-9163-6543 (Jean Mônaco).

a Nutrela/Pepsico derrotou por 3 a 1 a Afhocai. Acontece no próximo domingo a etapa Fronteira do Circuito Sesc de Corridas. A prova será em Santana do Livramento com largada marcada para as 9h e saída da Rua Rivadávia Correa, em frente à prefeitura. A prova é dividida nas categorias infantil e adulto (a partir dos 16 anos), sendo as distâncias de 1km, 2km, 3km, 5km e 10km. O percurso infantil será disputado nas distâncias de 1km para a categoria A (10 a 12 anos) e 2km na categoria B (13 a 15 anos). Já o adulto será nas categorias A (16 a 19 anos), B (16 a 19 anos), C (30 a 39 anos), D (40 a 44 anos), E (45 a 49 anos), F (50 a 54 anos), G (55 a 59 anos), H (60 a 69 anos) e I (70 ou mais).

Wallace Oliveira e Ramiro devem jogar O técnico Roger Machado encaminhou o time do Grêmio que enfrenta o Flamengo domingo às 11h, no Estádio Mané Garrincha em Brasília, pelo Brasileirão. No trabalho tático realizado ontem à tarde no CT Luiz Carvalho, Ramiro treinou no lugar do volante Jaílson e Wallace Oliveira substituiu o lateral Edílson. Os dois titulares não enfrentam o Rubro-Negro em razão da suspensão pelo terceiro cartão amarelo. O goleiro Marcelo Grohe e o lateral-esquerdo Marcelo Oliveira foram preservados mas não preocupam. A tendência é de que treinem normalmente nesta quintafeira. O Grêmio treina novamente hoje à tarde.O Tricolor é terceiro colocado do Brasileirão, com 35 pontos. O Grêmio solicitou junto ao Luverdense-MT o retorno do

cmyk

Volante Ramiro começa na equipe titular do Grêmio no jogo contra o Flamengo

atacante Erick. O jogador estava emprestado até o final do ano. O jovem irá compor o elenco no Brasileirão e Copa do Brasil.

PLACAR GERAL

CAMPEONATO AMADOR

Competição estadual acontece em duas datas e leva o nome do meia Paulo Baier

Futsal conhece campeão nos Jogos Comerciários A equipe Supergasbras/City Hotel venceu por 5 a 2 o time Nutrela/Pepsico na última sextafeira no Ginásio de Esportes Wilson Mânica em Ijuí e conquistou o título do futsal masculino dos Jogos Comerciários. O time campeão garantiu a classificação para a final estadual dos Jogos, dias 12 e 13 de novembro, no Sesc Campestre, em Porto Alegre. A classificação final ficou assim: Supergasbras/City Hotel (bicampeão); vice-campeão, Nutrela/Pepsico; terceiro lugar, Guaracar/Sponchiado; goleador, Rafael Gentil, do Mercado São Francisco com 14 gols; e goleiro menos vazado, Iuri Pinheiro da Rosa, do Nutrela/Pepsico. Nas semifinais a Supergasbras/ City Hotel venceu o Guaracar/ Sponchiado por 5 a 4, enquanto

12

O Campeonato Municipal de Futebol Amador de Ijuí, 1ª e 2ª Divisões, recomeça no próximo domingo depois de uma paralisação dos jogos devido a problemas antidesportivos nos campos. Na semana passada aconteceu uma reunião pública com dirigentes, atletas e interessados para debater a competição e buscar uma conscientização dos participantes para que os jogos transcorram normalmente e dentro de um ambiente positivo e de espírito esportivo. Os dirigentes se comprometeram a orientar seus atletas e torcedores para que atos de indisciplina não aconteçam.A 1ª Divisão, quartas de final terá estes jogos domingo no Estádio 19 de Outubro: às 9h45, Botafogo x E.C. Guarani; às 13h30, Juventude do Rincão dos Goi x Ouro Verde; e 15h30, Portuguesa x Palestino. A 2ª Divisão, 6ª rodada terá estas partidas domingo às 13h30 e 15h30: no campo do Modelo chave E,Atlântico x Atlético Boca Juniors;e SER Atenas x Barcelona; campo da Imasa, chave F, 14 de Julho x E.C. Bahia; e Flamengo da Linha 4 Leste x SER Ijuiense; campo do Lambari, chave G, São Paulo x Associação Independência; e Lyons x Corinthians; e campo do Flamengo da Linha 4 Leste, chave H, Audax x Guarani e Huracan x Avenida.

JOGOS DO SESI

Equipe Supergasbras/City Hotel conquistou o futsal dos Jogos Comerciários

A etapa de Ijuí será no dia 28 de agosto a partir das 9h com largada da Rua Crisanto Leite,

202. Serão três percursos: 3 quilômetros, cinco quilômetros e 10 quilômetros.

Valdívia preocupado com má fase do Inter O meia-atacante Valdívia revelou, em entrevista coletiva ontem, que a vida de jogador no Internacional não está fácil. São 12 jogos sem vitória, e a última vez em que a equipe anotou três pontos na tabela foi há dois meses. Atualmente, o Inter está a apenas um ponto da zona do rebaixamento. "Para falar a verdade, não consigo nem dormir. Não está fácil para nós, mas conto com o apoio da torcida, para a gente sair dessa”, afirmou o meiaatacante. “A torcida tem que nos abraçar. Eles vêm que a gente está correndo. Nesse momento tem que fazer o simples, dominar e tocar, sem dar chapéu, sem ficar dando pedalada”, disse o jogador, um dos mais carismáticos do atual grupo colorado. Décimo quinto colocado com 22

Aterceira rodada da competição de futebol sete foi disputada no último sábado no Centro Esportivo Arthur Fuchs, do Serviço Social da Indústria de Ijuí. Os resultados foram estes: campo 1, chave D, livre, Manutec/Pré-Moldados Dreffs/EO da Silva/Ombu/Metal Ijuí B 2 x 4 Soberana; chave A, livre, Hoff Pneus/Star Gesso A 4 x 0 Grão Forte/Crem Milk/ Taimak/Tornearia Wiercinski; master, Mineradora Ijuí 0 x 5 3 Tentos; e master, Soberana 2 x 2 Funicalha /Prosis Informática/ Madecor/ Agrimetal/Di Moville; campo 2, chave B, livre, 3 Tentos A 1 x 4 Construtora Realize; chave B, livre, Manutec/Pré Moldados Dreffs/EO da Silva/Ombu/Metal Ijuí A 0 x 0 Gimenez; e chave D, livre, 3 Tentos B 4 x 0 Cisbra B.

Valdívia diz que a torcida precisa abraçar o time neste momento

pontos e buscando encerrar o maior jejum sem vitórias de sua história, o Inter volta a campo no próximo domingo às 16h, recebendo o São Paulo, no Beira-Rio.

Terceira rodada dos Jogos do Sesi 2016 movimentou 14 equipes


Jornal da Manhã

Quinta-feira,18 de agosto de 2016

13

DOIS TOQUES

Brasil goleia e é finalista Carlos Alberto Padilha

esporte@jornaldamanhaijui.com

DECISÃO- A Seleção Brasileira de Futebol está na final olímpica dos Jogos do Rio em busca do tão sonhado ouro. Após um começo difícil com um futebol ruim e muita cobrança da torcida, o jogo coletivo apareceu, o time brasileiro reagiu, goleou a Dinamarca, na fase classificatória, venceu a Colômbia nas quartas de final e ontem despachou Honduras com uma goleada de 6 a 0. Muita gente vai dizer, mas foi contra os hondurenhos.O Brasil tropeçou contra África do Sul e Iraque quando o técnico Rogério Micale escalou um time confuso sem volantes. Depois que a equipe passou a jogar com um volante centralizado, Walace, do Grêmio e Neymar na meia cancha abastecendo os atacantes, o time cresceu muito. Luan que ganhou a condição de titular tem feito bons jogos e se entendendo muito bem com Neymar. Gabriel Jesus foi outro que cresceu muito. Não é momento para se deslumbrar até porque a Alemanha é de outra turma e será um terrível adversário para o Brasil. VÔLEI FEMININO- A derrota para a China nas quartas de final do vôlei, nos Jogos Olímpicos do Rio 2016, realmente afetou as bicampeãs olímpicas. Depois de a oposto da Seleção Brasileira, Sheilla Castro anunciar a aposentadoria na madrugada de ontem, foi a vez da capitã do time, Fabiana Claudino, se despedir. Por meio das redes sociais, a central agradeceu o apoio da torcida ao longo da carreira e exaltou o desempenho da equipe, dando a notícia de que esta foi sua última participação junto à Seleção. COBRANÇA- Após conquistar a primeira medalha de ouro do Brasil no boxe olímpico, o pugilista Robson Conceição cobrou ontem mais investimentos do governo em programas sociais e criticou os setores da sociedade que defendem políticas voltadas para a redução da maioridade penal. O atleta recordou a infância humilde na periferia de Salvador e disse que a prática esportiva foi determinante para mantê-lo afastado da criminalidade. LESÃO- O atletismo do Brasil tentará hoje uma vaga na final do revezamento 4x100m feminino. Contudo, a equipe nacional terá que fazer isso sem uma importante peça do time: Ana Cláudia Lemos.De acordo com Warlindo Carneiro da Silva Filho, chefe da delegação de atletismo nos Jogos Olímpicos, “a atleta continua a sentir um desconforto no joelho direito”.

A mesma Seleção Brasileira contestada em suas duas primeiras partidas nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, frustrantes empates por 0 a 0 com África do Sul e Iraque, foi ovacionada pelo público do Maracanã no início da tarde de ontem. Não era para menos. A equipe comandada por Rogério Micale não tomou conhecimento de Honduras, construiu uma vitória por 6 a 0, com gols de Neymar (2), Gabriel Jesus (2), Marquinhos e Luan, e chegou à sonhada decisão. Será a quarta final de um torneio olímpico de futebol masculino que o Brasil, ainda em busca da inédita medalha de ouro, disputará. Antes, o País foi derrotado em decisões pelo México em Londres 2012, pela União Soviética em Seul 1988 e para a França em Los Angeles 1984. Além dessas pratas, houve dois bronzes na história nacional, em Pequim 2008 e em Atlanta 1996. O adversário da Seleção Brasileira será a Alemanha, que venceu a Nigéria por 2 a 0 em duelo

em Itaquera. No último jogo entre brasileiros e alemães, a Seleção sofreu a histórica goleada por 7 a 1, na Copa do Mundo de 2014. A grande final do futebol masculino dos Jogos Olímpicos ocorrerá sábado, no Maracanã, às 17h30. No mesmo dia, mas às 13h, Honduras jogará pelo bronze contra a Nigéria, no Mineirão. O Brasil não deu tempo para surgirem sinais de desconfiança no Maracanã. Enquanto muitos torcedores ainda se acomodavam nas arquibancadas, Neymar já pressionava a saída de Honduras, forçando o erro de Palacios. O atacante do Barcelona ficou livre na área adversária, dividiu com o goleiro López e viu a bola entrar aos 14 segundos de partida.Foi o gol mais rápido da história dos Jogos Olímpicos. Aos 25 minutos, Luan recebeu a bola de Gabriel e achou Gabriel Jesus nas costas da defesa hondurenha, do lado esquerdo. O atacante que o Palmeiras vendeu ao Manchester City correu e completou com categoria na saída de López para ampliar o placar. A jogada de Gabriel Jesus trouxe tranquilidade não apenas para a Seleção, contestada no iní-

Luan (dir.) comemora seu gol com Neymar, Felipe Anderson e Gabriel

cio da sua campanha nos Jogos Olímpicos, mas para o próprio atleta, um dos mais criticados no período de turbulência. Foi dele também o terceiro gol. Aos 34, com assistência de Neymar, voltou a avançar pela esquerda e concluir diante de López. Desta vez, mandou para o alto da meta. A Seleção Brasileira foi e voltou serena do vestiário do Maracanã para jogar o segundo tempo. E rapidamente transformou o marcador parcial de vitória em goleada. Aos cinco minutos, Neymar cobrou escanteio da esquerda, e a bola parou nos pés

de Marquinhos. O zagueiro teve dificuldades no domínio, mas estufou a rede na finalização. Envolvente, com rápida troca de passes e triangulações, o time de Rogério Micale voltou à carga aos 33 minutos e, depois de um cruzamento rasteiro da direita, Luan empurrou para o gol aberto e comemorou o quinto gol. Já nos acréscimos, Luan foi derrubado por Palacios dentro da área, e o árbitro não hesitou em assinalar o pênalti. Neymar se apresentou para a cobrança, deslocou López e fechou a contagem em 6 a 0.

Alemanha vence a Nigéria na Arena Itaquera A Alemanha vai decidir o título do futebol masculino dos Jogos Olímpicos frente ao Brasil. Apesar de contar com o apoio irrestrito da torcida na Arena de Itaquera em São Paulo, a Nigéria acabou derrotada pelo adversário europeu por 2 a 0, ontem à tarde. Ganhadora de três pratas e dois bronzes, a Seleção Brasileira buscará o inédito ouro olímpico diante de um adversário traumático. Na semifinal da Copa do Mundo 2014, em pleno Mineirão, os germânicos venceram por 7 a 1. Na história dos Jogos, apenas a Alemanha Oriental, em Montreal 1976, foi campeã. Ainda incomodada com a humilhação sofrida pela Seleção principal em 2014, a torcida vaiou a Alemanha desde a entrada dos atletas para o aquecimento ontem. O zagueiro Matthias Ginter integrou o elenco da Copa do Mundo. De forma inusitada, a Nigéria, com uniforme verde e branco, cores do Palmeiras, foi apoiada na arena corintiana. Assim que a partida começou, os gritos de “Nigéria” se misturaram aos de “Timão eô”. A torcida passou a saudar com “olé” os passes dos africanos e a insultar o goleiro Horn a cada tiro de meta. No momento em que Gnabry tomou cartão amarelo, a vibração foi intensa.Logo aos oito minutos, apesar do cenário hostil, a Alema-

Alemanha venceu a Nigéria e decide com o Brasil no próximo sábado

nha abriu o placar. Em uma boa trama pelo lado direito do ataque, Meyer cruzou para Klostermann completar. Pouco depois, o goleiro Horn se atrapalhou em uma saída de bola com os pés, mas Umar não conseguiu aproveitar para empatar. Em busca do empate, a Nigéria ensaiou uma pressão na parte final do jogo, sem sucesso. Aos 43 minutos do segundo tempo, em um contra-ataque, Selke escapou pela direita e cruzou para Petersen, em posição duvidosa, marcar o segundo. Das arquibancadas, a torcida gritou: “Ô Alemanha, pode esperar, a sua hora vai chegar!”.

cmyk


Jornal da Manhã

Quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Horóscopo

TECNOLOGIA

Tatuagem temporária é usada como tela touch como dispositivos de near field communication (NFC) – tecnologia nova de transmissão de dados por curta distância que em Tóquio, no Japão, já é aplicada para usar o celular como uma espécie de bilhete de ônibus recarregável. No futuro, tags NFC devem substituir, por exemplo, códigos de barra, permitindo que um cliente descubra o preço de um produto ao encostar um aparelho móvel nele. Ou que alguém acesse seu perfil no Facebook ao tocar sua pele, o que é um pouquinho creepy. Spotify literalmente na palma da mão

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

Basta; chega (interj.)

Maria aborda Cara de Cão

Isabel tenta convencer Sophie a desistir de ir embora

Martim enfrenta Afrânio. Carlos critica Afrânio por não fazer nada contra o filho. Martim dá um ultimato a Encarnação. Afrânio afirma a Carlos que ele será o seu herdeiro. Piedade e Tereza acreditam que Santo esteja vivo. Tereza e Zé Pirangueiro saem em busca de Santo. Martim decide derrubar a parede que Encarnação mandou construir no quarto de Inácio. Iolanda conforta a sogra. Isabel tenta convencer Sophie a desistir de ir embora.

cmyk

Ônibus, em inglês Capital da Áustria

Memória volátil do computador

Inflamação causada por refluxo (Med.) Galileu (?): inventou a balança hidrostática Chefe; capitão (?) Kramer, jornalista

Figura da letra "Q", no baralho

Parte da camisa Embarcação fluvial

Segundo, em inglês Objeto que o Brasil ostenta estrelado (Hino Nacional)

G

O

"(?) Cara Sou Eu", sucesso da MPB Meio-dia, em inglês Rodrigo (?), ator

L

Laio, em relação a Édipo (Mit.)

A "Diário do Grande (?)", jornal paulista

A laranjada-terra, pelo seu sabor Planta pequena Joana (?), heroína francesa Letra inicial de produtos da Apple

Plural de "campus" Pobre, em inglês

(?) Mendes, município mineiro

Acessório obrigatório ao motociclista Perna, em inglês

Pedido da multidão

Rumar Plataforma dos campeões, na Fórmula 1

Tecla de áudio do televisor moderno

BANCO

Monograma de "Rita"

Humorista e cantor de "Florentina"

Solução C T O A N U S C E I S E O N F C A I G A I N T E E G R C A

Velho Chico - Globo

"(?) Save the Queen", hino nacional do Reino Unido desde 1740 Macilenta; magra

R E R M B V O I L E S N O A P A R B C E L I O R I

Dinalda ajuda Leonora Tancinha vê as cenas do vídeo no telão e cai em prantos. Apolo acorda sem saber o que aconteceu. Beto se arrepende pelo que fez. Nair avisa aos convidados que não haverá mais casamento. Francesca repreende Carmela por ter exposto Tancinha na frente dos convidados. Apolo percebe que roubaram sua carteira e se desespera sem saber como explicará o ocorrido para Tancinha. Fedora diz à família que não está mais viciada em internet e desdenha a capa de celular com diamantes que compraram para ela. Agilson se confunde com as orientações de Aparício durante o almoço com Rebeca. Dinalda ajuda Leonora a invadir a sala de Pedro Bial.

O dia "D" (pop.)

Herói de HQ criado em 1938 (EUA)

R M A B A R S U P E G O D I S I G A L A N D G O L A R O A M B A R D I

Haja Coração - Globo

Escritor carioca de "Clara dos Anjos"

P O O R

Cara de Cão se afasta do palacete ao perceber os olhares de Maria e vai ao encontro de Sandra e Ernesto. Celso decide registrar Aninha. Araújo não deixa Olga contar a verdade sobre o seu passado. Braz (Rômulo Neto) faz retiradas no banco sem o conhecimento de Ilde. Paulina se despede do dancing e apresenta Clarice como a nova dona do estabelecimento. Cunegundes se surpreende ao ver a noiva de Josias. Eugênio se emociona com o batizado de Aninha. Ernesto e Sandra vibram com o plano do sequestro. Maria aborda Cara de Cão.

C A M P I

Globo

© Revistas COQUETEL

Seu dia é celebrado em 20 de Animalnovembro (BR) mascote Rene Rusdo Cruzei- so, atriz Quantia A cruz ro (fut.) de "Thor" recebida franciscana

Práticas Diz-se da mercadoria vendida que auxiliam na em alfabetização infantil feirinhas Arsênio (símbolo)

E C M A M C O I A B D A A R C L A P T

Êta Mundo Bom -

www.coquetel.com.br

TA L I V I D R A D S E S L M U D I C S A S

NOVELAS

3/abc — bus — god — leg. 4/elói — noon — poor. 5/campi. 6/lábaro — second. 8/superman.

Um grupo de cientistas da Microsoft e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) usou folhas de ouro para desenvolver uma espécie de tatuagem de rena que pode servir de interface para comandar funções simples de um aparelho eletrônico, como, por exemplo, aumentar o volume ou mudar de música no Spotify. Da primeira aplicação derivaram variações, como tatuagens que mudam de cor conforme a temperatura corporal ou que podem ser lidas

14

20

Áries Ao enfrentar uma situação de conflito, é importante que você conheça seus limites, pois eles indicarão a hora de parar. É tempo de entender que saber o momento de parar é sinal de maturidade. Touro A estabilidade excessiva pode aprisionar. Ao se encontrar numa situação confortável, você não quer sair dela. É tempo ter cuidado com os conflitos gerados pela teimosia em manter tudo igual. Gêmeos Talvez venha a aparecer com muita força uma daquelas discussões que você sempre evita porque não leva a lugar algum. É tempo de plantar uma semente ao expor a sua opinião. Câncer Talvez não seja possível conseguir lidar com os seus problemas e com os dos outros. Cuide para oferecer ajuda somente se você puder cumprir com isso. É tempo de administrar melhor as tensões. Leão A coragem é o princípio que rege sua vida. Com espontaneidade, você impõe sua vontade e luta pelo que quer. Mas uma situação corriqueira pode se tornar uma batalha. É tempo de ser paciente. Virgem Por mais que você pense racionalmente sobre seus sentimentos, agora você sente como se as suas emoções fossem dominar o seu racional. É tempo de se ajustar aos desafios de comunicação. Libra É possível que a ponderação excessiva e a exagerada preocupação com os outros venha a dificultar seus relacionamentos. É tempo de olhar mais para si, para atender suas necessidades. Escorpião Se lhe for pedido que dê uma opinião sobre algo importante, evite o improviso. As ideias podem estar oscilando, o que pode vir a te comprometer. É tempo de encadear o pensamento. Sagitário Ao expor as suas ideias para as pessoas à sua volta, é possível que sua positividade passe a influenciá-las. É tempo de passar adiante o sentimento de otimismo e responsabilidade com o futuro. Capricórnio As coisas parecem ter saído do lugar, e você não tem ideia de como isso aconteceu. É tempo de aprender a não se preocupar com a desorganização externa, porque é a interna que te sustenta. Aquário Você vive em sociedade, mas, ainda assim, é único. Assim você não se permite sumir num mar onde todos são iguais e sem identidade. É tempo de ter paciência para viver a singularidade. Peixes Qualquer conflito pode vir a ser construtivo se servir para aliviar tensões. Nem sempre desarmonia é sinônimo de infelicidade. É tempo de superar dificuldades para alcançar o conforto.


Jornal da Manhã

Quinta-feita, 18 de agosto de 2016

Prof. Dr.

Argemiro Luis Brum Ceema/Dacec Unijuí

NÃO HÁ COMO FUGIR DO AJUSTE (Final) Sim, a forma do ajuste importa. 19) quando baseado em tributos que agravam ainda mais as distorções da estrutura tributária, prejudica a eficiência econômica e a retomada do crescimento. Pior do que um ajuste que comprometa ainda mais o crescimento potencial da economia, porém, é não fazer o ajuste, aumentando o risco de uma crise mais aguda do que a atual. A agenda para a retomada do crescimento passa pela simplificação da estrutura tributária, a uniformização das regras para os diversos setores e a adoção de critérios que reduzem a ambiguidade normativa. No entanto, regras simplificadas e que garantam tratamento homogêneo para os diversos setores e empresas implicam a perda de benefícios e privilégios, encontrando a resistência dos grupos de interesse. A mesma dificuldade ocorre com a reforma de diversas intervenções protecionistas adotadas nos últimos seis anos. A maior proteção para alguns implicou perda de produtividade para os demais, que foram obrigados a comprar bens de capital ou insumos mais caros ou menos eficientes, e maiores preços para o consumidor final. Apesar do prejuízo para o restante da sociedade, decorrente de diversas dessas medidas, a sua revisão encontra a resistência dos grupos beneficiados. 20) o elevado custo de produção do país, decorrente das ineficiências institucionais, compromete a capacidade de investimento e produção do setor privado. Menor aumento de produtividade significa menor capacidade de crescimento sustentável e de geração de renda. Políticas de proteção setorial podem ser eficazes em casos específicos, desde que acompanhadas de metas de desempenho e avaliação cuidadosa dos seus resultados, e a sua revisão em caso de fracasso. A expansão disseminada de benefícios públicos, sem a adequada gestão e controle de resultados, resulta, apenas, em subsídios e privilégios privados, sem a contrapartida do maior crescimento econômico e da geração de empregos. 21) a política fiscal expansionista adotada nos últimos seis anos e a maior complacência com taxas elevadas de inflação resultaram em um crescente desequilíbrio macroeconômico, agravado pela queda da produtividade total dos fatores e a intervenção pública equivocada em diversos setores, prejudicando os ganhos sociais da década de 2000. 22) deixamos a crise chegar. Agora, além de superá-la, será preciso estabelecer uma extensa e difícil agenda de retomada do crescimento econômico, que passa pelo reconhecimento de que nos tornamos um país que prometeu mais a diversos grupos sociais do que é capaz de entregar, com uma tendência de crescimento da despesa pública maior do que o crescimento da renda, e que adotou uma estratégia desenvolvimentista que fracassou nos últimos seis anos, cuja consequência foi a queda da produtividade e a forte desaceleração da economia, além de um grave desequilíbrio macroeconômico. O resultado, na ausência de reformas estruturais, será, na melhor das hipóteses, uma longa estagnação, ameaçada pelo risco de insolvência fiscal. 23) o ajuste é inevitável. Pode ser realizado de forma transparente, respeitados os procedimentos legislativos, com escolhas difíceis sobre os benefícios a serem mantidos e os que devem ser revistos, ou imposto pela escassez de crescimento e de renda. A escolha é nossa!

15

ESPAÇOS DE LAZER

Vândalos atacam praça no Jardim

A presidente do Jardim, Ivoni Mulhbeier, durante participação no quadro JM nos Bairros, que nesta segunda edição questiona os líderes comunitários a respeito dos espaços de lazer de cada comunidade, denunciou ação de vândalos na pracinha do bairro, um dos poucos locais destinado à convivência dos moradores, além da quadra de esportes. “Há dois meses nos organizamos e limpamos a pracinha, mas temos problemas com vândalos que agem durante a noite e estragam o local, jogam lixo”, lamentou Ivoni. Ela relatou, ainda, que na última semana outro espaço do bairro foi alvo da ação de baderneiros. “Em frente à capela mortuária encontramos garrafas quebradas, latas de cerveja e sujeira nos bancos, é perigoso também para as crianças que vão à pracinha se cortar com esses cacos de vidros.”

A presidente destaca que diversas lixeiras foram distribuídas pela pracinha, mas que os vândalos destroem ou jogam pedras dentro destes recipientes impedindo o depósito de lixo dentro. “Isso está acontecendo cada vez com mais frequência”, disse. “Essas pessoas não são aqui do nosso bairro Jardim. Viram os bancos da pracinha, colocamos parafusos no concreto e mesmo assim quebraram.” Ivoni disse que as ações acontecem por volta das 3h da madruga, e que não tem conhecimento de quem são, mas que vizinhas da pracinha afirmaram não ser moradores do bairro. “Todos os domingos temos que passar um rastel, limpando sujeira e juntando latas para que as crianças tenham acesso à pracinha, aos brinquedos”, queixa-se a presidente. Ela solicitou, ainda, um pouco mais atenção por parte da

Coordenadoria encerra formação sobre bullying

Ocorreu no auditório da Escola Ruizinho, na manhã de terça-feira, o seminário de encerramento da formação em Gestão de Conflitos e Combate ao Bullying, promovido pela 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), composto por cinco módulos, totalizando 65h, com atividades presenciais e a distancia. Representando a Secretaria Estadual de Educação (Seduc), participaram a coordenadora da Comissão Interna de Prevenção a Acidentes e Violência Escolar (Cipave) Luciane Manfro e Marta Bulling, diretora pedagógica da Superintendência da Educação Profissional do Estado (Suepro). O seminário teve o relato da

diretora da Escola Luiz Fogliatto, Patrícia Bazzan dos Santos, que socializou as estratégias e ações realizadas para o enfrentamento à violência e conflitos na escola. Na abertura do evento, o coordenador Cláudio de Souza enfatizou o objetivo do Seminário para socialização e reflexão das ações para diminuir os casos de violência e acidentes nas escolas. “Compartilhamos nossa alegria em atingir 100% da constituição e instalação das Cipaves nas escolas de nossa região, envolvendo pais, alunos, funcionários, professores e equipe diretiva, que juntos buscam alternativas para amenizar os diferentes conflitos no espaço da escola”, destacou.

MUNICÍPIO DE IJUÍ – PODER EXECUTIVO AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 47/2016 – OBJETO: Aquisição de equipamentos e materiais hospitalares diversos. ABERTURA: 05/09/16 às 9h. Informações pelo telefone/fax (55) 3331-8219 ou no site www.ijui.rs.gov.br. Ijuí/RS, 17 de agosto de 2016. Fioravante Batista Ballin Prefeito Municipal

LICENCIAMENTO AMBIENTAL SÚMULA DE RECEBIMENTO DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO RAÍZEN COMBUSTÍVEIS S/A, CNPJ 33.453.598/0107-81, torna público que recebeu da FEPAN, a renovação da Licença de Instalação no 00497/2016DL, válida até 01/08/2018, para a atividade de Comércio Atacadista de Combustíveis Líquidos, instalada à Rua das Chácaras, 1.091 - Ijuí - RS.

Espaço de lazer da comunidade é alvo de ação de baderneiros durante a madrugada

Secretaria Municipal de Obras, Desenvolvimento Urbano e Trânsito (Smodutran). “Que nos dessem mais brinquedos e refor-

massem os que estão quebrados. Já solicitamos várias vezes aos secretários, mas não conseguimos nada ainda”, finaliza.

EM MEMÓRIA AO 6º MES DE FALECIMENTO DE JORGE GERMANO BENDER Jorge, faz seis meses que você partiu, deixando saudades. A nossa certeza é que você está com o Senhor, e isso nos conforta. Faleceu no dia 19 de fevereiro de 2016. Saudades tua. Depois dos 14 anos de união. Tua esposa e companheira Helga e demais familiares Ijui, 18 de agosto de 2016.

EM MEMÓRIA AO 1º ANO DE FALECIMENTO E CONVITE PARA MISSA BENNO BRUINSMA *28/11/1929 + 17/08/2015 Um ano se passou, o tempo só aumenta nossa saudade. A alegria, o amor e a felicidade que tínhamos ao teu lado nos faz muita falta e não esquecemos jamais. Esposa e filhos convidam para missa a ser celebrada sábado, dia 20 de agosto, às 19 horas na Igreja Matriz São José em Augusto Pestana. “Bem-aventurados os mortos que morrem no Senhor, porque as suas obras os seguem” Apoc. XIV,13 Ijuí, 18 de agosto de 2016.

cmyk


www.jmijui.com.br

ABANDONO

VANDALISMO

A situação do Canil Municipal encontra-se precária. O local, que fica ao lado do lixão, apresenta problemas sanitários e de funcionamento | 4

Praça do bairro Jardim, um dos poucos espaços de lazer daquela comunidade, é alvo de vândalos durante a madrugada | 15

Clubes realizam ações para ajudar ampliação do Cacon

Dilma fará sua defesa pessoalmente no Senado

Mesmo com envio de recursos pelo governo federal, os constantes atrasos de repasses resultaram em déficit financeiro ao HCI. | 5

A presidente afastada vai se manifestar pessoalmente no Senado no dia 29 na sessão de impeachment, que começa dia 25. | 8

Brasil decide o Ouro com a Alemanha Neymar marcou diante de Honduras o gol mais rápido da história dos Jogos Olímpicos. | 13

Futebol Amador recomeça domingo Campeonato Municipal de Ijuí terá rodadas em cinco campos na retomada da 1ª e 2ª Divisões. Serão 11 partidas. | 12

EDITORIAL | 6 Capacitar os profissionais de diferentes áreas, desde o comércio até à Educação, implicará em avanços significativos em saúde mental

cmyk

Sitepaginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you