Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Ano 43 - Nº 326

Acesso ao crédito trava recuperação econômica Receio de empresários diante da crise foi um dos apontamentos de debate, ontem, na Unijuí. | 3

R$ 3,00

Meio rural estimulará a geração de emprego Avaliação é do candidato do PDT, Valdir Heck. | 9

CONCURSO DE REDAÇÃO

Cláudio de Souza (CRE), Antônia Busmann (HCI), Paola Denes e Paloma Daltrozo (premiadas), Luciano Furti (Rotary) e Fioravante Ballin | 7

Previdência é assunto de debate

Assis Brasil é Comissão destaque na aprova plano comunidade de trabalho

Centrais se reúnem para falar sobre futuro do setor. | 3

Bairro tem ampla oferta de espaços de esporte. | 15

O deputado Darcísio Perondi integra a comissão. | 8

Comitiva da Expo-Ijuí participa da Expointer Na próxima semana, grupo irá apresentar potencialidades de Ijuí para todo o Estado. | 5

cmyk


RADAR

REPASSES NA SAÚDE - A Secretaria Estadual da Fazenda anunciou ontem, o repasse de R$ 88 milhões para convênios com hospitais e programas implementados em parceria com municípios. Será o segundo repasse para a Secretaria da Saúde após a quitação da folha de julho dos servidores do Executivo. Um novo pagamento deverá ser feito até o fim do mês, totalizando R$ 190,7 milhões para a pasta no mês de agosto. Na semana passada, a Fazenda havia repassado R$ 72,7 milhões para o pagamento a hospitais e Santas Casas, da parcela referente ao mês de julho e uma parte das pendências deste ano com essas instituições. CAMPANHA - Trabalhando bastante em cima da campanha Apae 1000, cartela ao valor de R$ 10, entre os prêmios inclui duas viagens, com acompanhante, para a Serra gaúcha, smatphones, televisores, climatizadores. “Todos os prêmios têm valor acima de mil reais, mas o mais importante é a doação das pessoas no sentido de participarem desse momento fazendo uma ação solidária”, destaca a presidente da Apae, Marina Kuss. O sorteio será realizado no dia 12 de novembro, às 15h, no Anfiteatro da Praça da República. O valor arrecadado será utilizado para quitar as despesas de manutenção da instituição e manutenção dos projetos realizados com os alunos.

INDICADORES Poupança 24.8.2016 .......................0,7977 % Ouro 23.8.2016....................... R$ 137,80 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,2321 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,2327 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,1500 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,3700 Euro (compra) .............................. R$ 3,6537 Euro (venda) ................................. R$ 3,6541 IPC/FIPE Jul/ /2016 ..............................0,35% IGPM Jul/2016 .................................... 0,18% INPC/IBGE Jul/2016 .............................0,64% IPCA Jul/2016 ......................................0,52% IGP-DI-FGV Jul/2016 .......................... -0,39% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144

cmyk

LOTERIAS

Quando a disposição e a conscientização ambiental são maiores do que a pressa, a comunidade encontra um jeito de praticar boas ações. No bairro Elizabeth, próximo a uma área de preservação permanente, alguém teve a ideia de utilizar uma máquina de lavar roupas, velha, como lixeira para quem passa pelo local, que se mantém limpo ao redor. A natureza agradece e a saúde também.

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º 2º 3º 4º 5º

ENTRE ASPAS "Quero ver onde vão embasar razões para eu ser alvo da Lava Jato. Meu governo não esteve associado à corrupção, até porque eu não estou associada à corrupção", disse a presidente afastada, Dilma Rousseff.

"Nosso goleiro praticamente não atuou, tivemos a infelicidade de não fazer o gol aos 45 do segundo tempo. O resultado não foi justo pelo que fizemos, mas futebol é assim. Acho que nós estamos melhorando, certamente os resultados virão", disse o presidente do Inter, Vitório Piffero. "Muita alegria para mim receber a notícia da convocação. Realmente encheu meu coração de gratidão, alegria e orgulho. Poder volta à Seleção depois de quatro anos", disse o meia do Grêmio, Giuliano. "Diversos estudos apontam a relação do uso de agrotóxicos com o câncer", diz o oncologista Fábio Franke, coordenador do Centro de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon) do Hospital de Caridade de Ijuí. "Fornecemos matéria-prima, mão de obra qualificada e expertise institucional", disse o governador José Ivo Sartori no evento que apresentou o programa de investimentos para fornecedores mundiais da GM.

Getúlio

-

5.128 9.405 0.216 5.857 1.437

QUINA

"A meta (de ser Top 10 na Olimpíada do Rio) foi difícil e ousada, mas era factível. Tanto se mostrou que era factível que ficamos três medalhas abaixo do necessário. Os (países) que ficaram na frente estão há vários quadriênios com o investimento que tivemos agora", disse diretor executivo de Esportes do Comitê Olímpico Brasileiro, Marcus Vinicius Freire.

APROVADOS - Uma cerimônia formalizou o chamamento de policiais civis aprovados em concurso público, como parte da segunda fase do plano de segurança pública do governo estadual. A solenidade abriu o curso de formação profissional de escrivães e inspetores de polícia. Serão chamados, ao todo, 224 alunos, sendo 113 escrivães e 111 inspetores. O curso de formação dura em média 800hrs/aula. A expectativa, com isso, é que os servidores estejam atuando somente no início do próximo ano. APROVADOS 2 - Os 530 brigadianos convocados estarão prontos para trabalhar no policiamento ostensivo e no Corpo de Bombeiros somente em junho do ano que vem. Isso porque os cursos de formação dos futuros policiais e bombeiros têm duração de sete meses, com previsão de início no último dia de outubro. Até lá, há período para entrega e análise de exames, vida pregressa e recursos.

2

OLHO DA RUA

CONCURSO nº

4165

03 40 41 65 66

Resultado de Segunda

IRREGULARIDADES - A Corregedoria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu, ontem, o relatório de técnicos que analisaram as contas da campanha da presidente Dilma Rousseff. O processo faz parte das ações que pedem a cassação da chapa Dilma/Temer, eleita em 2014. O documento traz suspeitas em torno de três empresas contratadas para prestação de serviço durante a campanha. O laudo, de 220 páginas, indica que as empresas Red Seg, VTPB e Focal não apresentaram documentos suficientes para comprovar a execução dos contratos. Não houve indícios de que a gráfica Atitude, investigada por lavagem de dinheiro na Lava Jato, tenha prestado serviços à campanha.

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 24 de agosto de 2016

LOTOFÁCIL CONCURSO nº

1404

01 02 03 04 08 10 11 13 15 16 18 19 21 22 25

PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 24 de agosto de 2016

CRÉDITO EM BAIXA

"Existe um pessimismo globalizado na economia"

Evento de ontem na Unijuí debateu a oferta de crédito na economia do País

A Unijuí promoveu ontem a sexta edição do projeto "O que está pegando?", que tem chamado especialistas para discutir temas em diversas áreas como economia, empreendedorismo e saúde. Ontem, o tema abordado foi endividamento e crédito, e contou com a participação de Lauro Hass, gerente do Banrisul de Ijuí, Rubem Härter, empresário e presidente do SCPC, José Dalmo, professor de Economia da Unijuí, além do criador da iniciativa, professor Dilson Trennepohl. O debate inicial girou em torno da relevância das condições de concessão de crédito na economia brasileira, algo que, segundo os debatedores, tem influência tanto para o consumidor quanto para o setor produtivo. "O crédito está diretamente ligado à inadimplência, que chegou a um patamar muito elevado e tem provocado retração da oferta desse crédito. Isso é extremamente preocupante em um País em recessão, que precisa urgentemente voltar a crescer", avaliou Lauro Hass.

Para o professor de Economia José Dalmo, a taxa básica de juros e a produção final de insumos também assumem relevância no cenário onde crédito, produção e consumo estão em baixa. "É preciso dizer que é o governo quem, afinal de contas, controla o crédito, apesar de esse crédito vir, muitas vezes, da iniciativa privada. Os limites de concessão de crédito, no âmbito maior, é a administração pública quem define, e isso fica claro com a política de juros do governo, que é utilizada para retrair ou expandir esses limites. Por exemplo, nos últimos dez anos houve até queda da taxa de juros, o que deu fôlego às pessoas e às empresas, permitindo investimento, consumo e até pagamento de dívidas. Mas isso também aconteceu por outro fator importante, que é o trabalho. Houve muita produção nesse período, foi o que acabou sustentando, e é com mais trabalho que vamos superar essa crise", disse. Presidente do SCPC de Ijuí, que concentra o cadastro de inadimplentes e as consultas

de crédito na economia local, Rubem Härter acredita que a consolidação da economia passa por um fortalecimento do nível interno de poupança no País. "Acho importante o estímulo ao investimento na poupança de longo prazo, porque isso dá garantias aos credores. Na medida em que você tem garantias, o crédito fica mais fácil e, ao longo do tempo, mais barato. O que se analisa na hora de conceder crédito em uma loja? Se analisa se o cliente tem uma casa própria, um carro, enfim, garantias de uma maneira geral. Isso facilita o acesso aos recursos", afirmou. Sobre o tema, Lauro Hass acredita que há uma crise de confiança. "O nível interno de poupança não é tão baixo e o crédito já está disponível. O que vejo é que falta coragem para investir, há um pessimismo globalizado, o empresário tem receio de não reaver aquilo que investiu. Acho que não pode ser assim, porque há setores que vão muito bem, não podemos travar a economia por causa dessa insegurança", pontuou.

3

Ato discute a garantia dos direitos dos trabalhadores No último dia 16, aconteceu em Porto Alegre um ato em alusão ao Dia Nacional de Mobilização e Luta pelo Emprego e pela Garantia de Direitos. O presidente do Sindicato dos Comerciários de Ijuí, Ari Bauer, esteve presente, juntamente com centrais sindicais para tratar sobre definições em relação à Previdência Social e aos direitos dos trabalhadores. Segundo o presidente, as centrais estão se unindo para enfrentar essa luta. "Fomos a Porto Alegre para discutir sobre temas relacionados aos direitos dos trabalhadores e também sobre aposentadoria. Debatemos sobre os projetos do presidente interino Michel Temer, que pretende realizar uma reforma trabalhista, que inclui também uma reforma previdenciária. Um dos pontos da reforma, que discutimos, é o salário mínimo ser desvinculado

da previdência, isto quer dizer que o aposentado pode vir a ganhar menos do que um salário mínimo", relata. Atualmente. existem no País aproximadamente 24 milhões de aposentados e pensionistas, desse número, dois terços recebem apenas um salário mínimo mensal, conforme dados do Sindicato Nacional dos Aposentados. "Hoje se tem o tempo onde um homem que trabalhou 35 anos pode se aposentar e a mulher com 30 anos. E o presidente quer passar para 65 anos a idade tanto para homem como para mulher. Isso afeta a classe trabalhadora, pois as pessoas que têm mais condições começam a trabalhar mais tarde e os demais mais cedo. Com isso, o trabalhador acabará contribuindo para aposentar as pessoas que possuem maior poder aquisitivo", finaliza.

Pesquisa feita pela Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi) e pelo instituto Ipsos mostra que 62% dos entrevistados acreditam que possíveismudançasnaPrevidência Social devem dificultar o pedido de aposentadoria no Brasil. A maioria dos entrevistados também teme a perda de direitos com as futuras alterações. Para 57% deles, a reforma da previdência pública deve diminuir seus direitos.

"A pesquisa mostra que há uma contradição no que as pessoas querem, no que acham que é certo e sua expectativa pessoal", avaliou o presidente da FenaPrevi, Edson Franco, em coletiva de imprensa, na manhã desta terça-feira, 23. A parcela de entrevistados que desconhece a reforma da Previdência Social também é elevada. Cerca de 40% dos entrevistados informaram não ter conhecimento da discussão das reformas em curso.

Maioria acredita que a reforma trará dificuldades

Governo decide não aumentar impostos O governo decidiu que não vai aumentar impostos este ano e em 2017 para alcançar a meta fiscal. A informação foi dada ontem, pelo ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, ao reconhecer que a sociedade brasileira não tem mais como arcar com aumentos da carga tributária. “Já há decisão da área fazendária neste sentido seguindo orientação do presidente Michel Temer. Não haverá aumento de impostos para 2017”. Em consequência, Padilha afirmou que o projeto que cria limites para o crescimento dos gastos públicos com base na variação da taxa

da inflação do ano anterior “é inegociável”. Esse cálculo está previsto no Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que está sob análise do Congresso Nacional. “Não há hipótese de o governo trabalhar com a flexibilização [dos gastos]. Claro que a decisão final cabe ao Congresso, mas, se não tivermos a aprovação da contenção das despesas, nós vamos ter uma expansão muito expressiva da dívida pública. É como na casa do João, da Maria e do José: o limite do cartão de crédito e do cheque especial estourou, não tem mais como sacar [dinheiro], então temos que

cortar despesas. Dói um pouco, não vai ter mais cinema, festa de final de semana”, comparou. Padilha disse que, como o governo não vai cobrar da sociedade, a diferença para o equilíbrio das contas públicas terá que vir do cortes de despesas. “Então vamos tirar das estradas, da segurança, uma vez que os gastos com saúde e educação são mantidos constitucionalmente – não pode ser mexido, vamos tirar de onde for possível”. O ministro voltou a defender a necessidade da reforma da Previdência. “Nós temos que fazer com que o Brasil seja viável no longo prazo".

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 24 de agosto de 2016

CRISE NA SAÚDE

Agricutores realizam ato em defesa do SUS em Ijuí

Agricultores familiares caminharam até a Coordenadoria Regional de Saúde onde os atos ficaram concentrados durante a manhã

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag), juntamente com os Sindicatos dos Trabalhadores Rurais promoveram na manhã de ontem atos em defesa da saúde pública em 12 municípios no Rio Grande do Sul, incluindo Ijuí, que enfrentam uma situação dramática em decorrência da redução nos repasses de recursos públicos do Estado. O presidente da Fetag, Carlos Joel da Silva, avaliou de forma positiva as manifestações, que reuniram cerca de sete mil pessoas, que se concentraram junto às Coordenadorias Regionais de Saúde de Pelotas, Osório, Lajeado, Santa Cruz do

Sul, Cachoeira do Sul, Santa Maria, Passo Fundo, Ijuí, Cruz Alta, Santo Ângelo, Santa Rosa e Bagé. Amanhã será a vez de Caxias do Sul. O dirigente creditou a liberação de R$ 170 milhões nos últimos dias e a promessa de mais R$ 30 milhões em seguida como resultado das ações que a Fetag e o conjunto do movimento sindical está implementando nas últimas semanas. Em cada uma das Coordenadorias Regionais de Saúde, conta Joel, foi entregue um documento que retrata a apreensão da Fetag com o descaso das autoridades à saúde. “Os atos não são contra ninguém, mas a favor

da saúde pública no Rio Grande do Sul. O SUS, por exemplo, está perdendo a qualidade e a referência. E desta forma, a saúde deixa de ser prioridade dos governos”, completa. Os motivos para a execução dos atos: falta e o não repasse de recursos pontuais às Secretarias Municipais de Saúde; inexistência de prestação de contas do dinheiro público por parte de alguns hospitais e clínicas; defasagem na tabela de atendimentos prestados pelo SUS; aplicação dos recursos destinados à saúde em outras áreas; e, falta de recursos voltados à Atenção Básica, que é o pilar sustentador da saúde pública.

Preço do leite cai no Rio Grande do Sul Depois de atingir sua marca história em julho, o preço de referência do leite deve cair no Rio Grande do Sul. Dados divulgados ontem pelo Conseleite indicam que o valor projetado para agosto é de R$ 1,24 por litro, 6,15% abaixo do consolidado de julho que ficou em R$ 1,32. O preço fechado em julho superou em 0,25% sua projeção, que era de R$ 1,32, elevando ainda mais a marca recorde do Conseleite. Apesar da queda, o valor de agosto ainda está acima dos picos anteriores registrados pelo Conselho nos anos de 2007 (R$ 1,13), 2009 (R$ 1,16) e 2013 (R$ 1,16), corrigidos pelo IPCA Ao analisar o mix de produtos que compõe o valor de referência, o professor da UPF Marco Antônio Montoya cita a queda expressiva do leite UHT (-11,84%), acompanhada de outros itens como o requeijão

cmyk

Conseleite indica queda de 6,15% no preço de referência do leite no RS

(-4,36%). Segundo ele, a tendência é de redução no país, uma vez que os Conseleites do Paraná e Santa Catarina também sinalizaram queda em agosto. Presidindo a reunião, o presidente do Sindilat, Alexandre Guerra, pontuou que a inversão de cenário sinaliza para a retomada da produção dos tambos gaúchos e um menor impacto da

entressafra que, neste ano, foi bem mais longa do que em anos anteriores. Além disso, pontuou que o valor pago ao produtor nos últimos meses acompanhou a curva de alta de custos. Guerra explicou que o valor de referência é formado pela evolução de diversos itens e, desta forma, a quantia paga a cada um tem sua própria variação.

4

Gaúchos ainda podem escolher suas prioridades Os gaúchos têm mais uma semana para escolher seus desejos para melhorar a saúde pública. Até o dia 30 de agosto, a população pode votar na campanha Desejos para Saúde, lançada pelo Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), por meio do site www.desejosparasaude.com.br e escolher as prioridades para os municípios do Estado. O site já contabiliza votos em todas as cidades gaúchas. Até agora, os principais desejos escolhidos são: valorização dos profissionais de saúde pública (11%), melhor infraestrutura na saúde pública (11%), aumento nos leitos em unidades de saúde pública (9%), agilidade no atendimento (9%), agilidade para a realização de procedimentos (8%), disponibilidade de especialistas do SUS (8%) e agilidade para a realização de exames (7%). Lançada no dia 21 de julho, a campanha é uma iniciativa que une tecnologia e a participação dos profissionais da saúde e sociedade, para motivar os gaúchos a pautar os problemas da saúde e cobrar soluções dos candidatos que vão disputar as prefeituras na eleição de 2016. Um dossiê será elaborado e será entregue aos candidatos a prefeito dos municípios gaúchos, cobrando um plano de ação para a solução dos problemas apontados, de forma efetiva. Foram realizadas ações de mobilização em Porto Alegre, Santa Maria, Pelotas e Canoas para gerar maior envolvimento do público, com projeção mapeada (mapping), com informações sobre a campanha e sobre como

Paulo de Argollo

participar. O Sindicato vai divulgar no final da campanha os temas mais votados em um mapa com o diagnóstico das principais necessidades ligadas à saúde no Estado. “Queremos mapear os desejos, captar o que as comunidades percebem como insuficiente e acabam não tendo como encaminhar, como cobrar de quem é candidato e que daqui a pouco pode virar prefeito”, destaca o presidente do Simers, Paulo de Argollo Mendes. “Os cidadãos são o termômetro da saúde no Estado, pois eles sofrem com a precariedade do atendimento e com a falta de recursos. Essa campanha é uma oportunidade para que a sociedade seja ouvida, expondo suas dificuldades e apresentando suas preocupações. O diagnóstico preciso vai permitir que o Simers atue de forma mais assertiva na defesa dos direitos à saúde dos gaúchos”, destaca Argollo.

Magistrados passam a ter suporte técnico na Saúde Magistrados de todo o País passam a contar com subsídios técnicos para qualificar as decisões judiciais com base em evidências científicas nas ações relacionadas à saúde no Brasil. O objetivo da ação é aprimorar o conhecimento técnico dos magistrados para a solução das demandas. O termo de cooperação foi assinado ontem, em Brasília, pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, e o presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Ricardo Lewandowski. “O termo de cooperação é um grande avanço no processo de judicialização no país. Trata-se de recursos na área pública de R$ 7 bilhões previstos para este ano em judicialização nos Estados, municípios e União. Estamos falando de recursos significativos que precisam ser bem

aplicados, pois não constam dos orçamentos e planejamentos estruturados dos municípios, Estados e União. O atendimento desses direitos tem sido feito, mas queremos que sejam feitos sem que representem a desestruturação do que estava planejado de atendimento para a população como um todo”, ressaltou. Para Lewandowski, o banco de dados vai servir para consulta em decisões importantes. “Estamos dando um passo muito importante para imprimir um pouco de racionalidade no que diz respeito às decisões judiciais na área da saúde. Podemos implementar um saudável equilíbrio entre o direito individual a saúde e o direito coletivo a saúde. Sabemos que é preciso ponderar esses valores”, observou o presidente da CNJ.


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 24 de agosto de 2015

LEI DOS BANCOS

Executivo atribui impasse ao Legislativo

O projeto de lei 6.402, que obriga a disponibilização de vigilância até às 22h em locais onde funcionam caixas eletrônicos e terminais de autoatendimento nas agências bancárias, ganhou mais um capítulo. Depois de ter o pedido de prorrogação vetado junto a Câmara de Vereadores na sessão da última segunda-feira, o Executivo solicitou um encontro para os próximos dias para que o tema seja debatido em prol de um consenso. A ideia é que os poderes Executivo e Legislativo, juntamente com os gerentes das agências bancárias e representação dos sindicatos dos bancários e dos vigilantes se reúnam até o final da semana. Embora o imbróglio, a tendência é que as agências permaneçam com o atendimento normal, uma vez que o município não deverá realizar a fiscalização inicialmente. O prefeito Fioravante Batista Ballin esteve em contato com a

reportagem do Grupo JM e explicou que a complexidade da lei faz com que o município adote cautela e busque um entendimento entre todos. Além disso, Ballin lembrou que o Executivo precisa da resolução da Câmara depois que o pedido de prorrogação foi vetado entre os pares da casa. "Como na última segunda houve a não aprovação dessa prorrogação, nós, assim que recebermos a resolução da Câmara, estaremos reunindo ainda nessa semana as agências bancárias e os demais interessados para reavaliarmos essa situação para que a partir de então possamos adotar os encaminhamentos", pontuou. Questionado de o porquê a lei estar sendo debatida a fundo só agora, o prefeito justificou como uma falha do Legislativo, uma vez que o Projeto de Lei é de ordem da Câmara. "O vereador autor do projeto não realizou esses encontros com os interessados, pelo que

Fioravante Batista Ballin

tenho conhecimento. Então coube a nós realizarmos esse período e foi o melhor encaminhamento a partir desse diálogo feito até então. Agora temos que retomar isso porque não ocorreu no passado. A gente está assumindo uma responsabilidade que seria dos outros", criticou o prefeito.

5

Expo-Ijuí está consolidada, diz Jalmar A 39ª edição da Expointer inicia-se no próximo sábado, mas desde já a movimentação das empresas e instituições que devem participar do evento já é grande. De acordo com o presidente da Expo-Ijuí, Jalmar Martel, uma comitiva deve participar da Feira, em Esteio, na próxima terça-feira, 30. Neste dia, a comitiva da Expo-Ijuí irá apresentar a Feira para o Estado, no Sindicato de Máquinas Agrícolas do Rio Grande do Sul. “Acredito que a programação feita pela Expo está muito bem consolidada e em harmonia com todos os setores que são representados na Feira”, explica Martel. Para ele, a participação na Expointer é um momento importante, para fazer a venda de produtos, bem como estabelecer contatos para futuros negócios, “para ver como a concorrência está se comportando em termos de equipamentos e quais os lançamentos". Como presidente da Imasa, Jalmar defende que o setor de máquinas, para o segundo se-

Jalmar Martel

mestre tende a ter uma retomada tênue de crescimento. “Já mostra sinais de que realmente vai retomar o setor do agronegócio, até pela questão do preço das comodites, que está se mantendo em um bom patamar, por isso acredito que para o segundo semestre mude”, ressalta ele.

Feira de Ciências apresenta ações empreendedoras em escolas A Escola Municipal de Educação em Tempo Integral Eugênio Ernesto Storch realizou, na semana passada, a 2ª Feira do Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP). O evento teve como objetivo socializar e divulgar experiências no empreendedorismo. No decorrer do desenvolvimento do programa, os professores perceberam que o comportamento empreendedor já faz parte do cotidiano escolar, destacando a cultura da cooperação e da inovação, ecossustentabilida-

de, ética e cidadania. O JEPP incentiva o protagonismo juvenil e a iniciativa na busca de possibilidades de inserção no mercado de trabalho, por meio de uma postura empreendedora ou também na criação de negócios próprios. De acordo com a coordenadora do programa na Smed, professora Gladis Berno, é a segunda edição do JEPP nas escolas de Ensino Fundamental. O trabalho está sendo realizado em outras sete escolas da Rede Municipal, a partir do convênio entre o po-

der público e Sebrae. “O JEPP é um convite para uma mudança cultural, ruptura de paradigmas para a inovação de novos saberes, onde temos oportunidade de sonhar, de ver e fazer a diferença na sociedade", afirma Gladis. JEPP visa levar a educação empreendedora para escolas do município. O projeto em Ijuí é feito por meio de um convênio com a prefeitura, que recebeu bem a ideia da entidade e irá levar conceitos de empreendedorismo às escolas.

Evento ocorreu na Escola Eugênio Ernesto Storch na última semana

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Quarta-feira, 24 de agosto de 2016

CAIXA FECHADO Para que os mais variados produtos e serviços cheguem ao consumidor final, os diferentes setores da economia precisam de recursos para operar. Até mesmo as grandes corporações multinacionais com boa saúde financeira necessitam de aportes externos para garantirem suas operações. É desta maneira que os salários podem ser pagos, os insumos produzidos e os impostos recolhidos, gerando a roda do sistema monetário consolidado em nosso O crédito barato País. e acessível ao setor Uma parte imporprodutivo, seja ele tante desta engrenao grande industrial gem é a maneira e a ou o pequeno emregularidade com a presário, é crucial qual o setor produtivo para a retomada acessa estes recursos. do crescimento econômico. O dinheiro pode vir de fontes públicas, que emprestam valores subsidiados para estimular a produtividade, ou de instituições privadas, que, visando o lucro, buscam tornar suas linhas de financiamento atrativas e também seguras. O problema principal é que a disponibilidade e o preço do crédito são questões dramaticamente nacionais, ou seja, quando a economia brasileira vai mal, há reflexo direto no crédito, que fica mais caro e mais restrito. Por consequência, os empresários investem menos, têm queda de

produtividade e acabam por enxugar gastos, o que significa demissões com consequências danosas para toda a economia, já que os recursos provenientes dos salários pagos e dos insumos produzidos não migram para lugar algum, eles simplesmente deixam de existir. É o que vem acontecendo em uma medida cada vez maior no Brasil, e nos jogando em uma crise que se apresenta, acima de tudo, de confiança. Desta forma, o crédito barato e acessível ao setor produtivo, seja ele o grande industrial ou o pequeno empresário, é crucial para a retomada do crescimento econômico que gera emprego e renda. É preciso dizer que a administração pública, em especial o governo federal, assume papel fundamental nesta missão, utilizando com inteligência os dispositivos legais que possui. A taxa de juros e o modelo de financiamento da dívida pública, por exemplo, são questões que poderiam influenciar positivamente para recuperarmos a oferta ostensiva e barata de crédito. É uma missão difícil, já que os juros básicos são importantes para o financiamento da máquina governamental no âmbito da dívida pública, mas não parece uma missão impossível. Se houver vontade política de dialogar com os diversos setores e convencer o extrato maior da população sobre as saídas para o crescimento, pode-se, basicamente, fazer qualquer coisa.

PONTO DE VISTA

Solange Piovesan

que mais pessoas que não só trabalhadores da saúde, pudessem estar participando.

Coordenadora de Saúde Mental em Ijuí fala sobre a 4ª Jornada de Saúde Mental que aconteceu na última semana Como foi a 4ª Jornada de Saúde Mental que aconteceu em Ijuí? Essa Jornada foi pensada com temas que nós consideramos amplos, trouxemos desde as transformações da sociedade, no primeiro momento, até outros demais assuntos. Contextualizamos um pouco sobre como a sociedade contemporânea está lidando com todas essas questões de saúde, educação, assistência social, e o sujeito inserido nesses espaços. Foram trazidos elementos muito importantes, e feita uma interação também com familiares que participaram desse evento. Para nós foi um imenso prazer possibilitar

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

Qual foi a adesão da comunidade? Percebemos uma participação grande no evento, tanto de familiares, quanto de usuários do Caps Colmeia, Caps AD e do Caps infantil. Eles fizeram uma interlocução importante com os palestrantes que vieram. Explicamos como a sociedade como um todo é responsável pelas transformações que acontecem no mundo. Quais foram os demais assuntos tratados? Nós também trabalhamos com processos de inclusão, com as definições sobre saúde e educação e também aspectos sobre o autismo, que se tornou muito importante. Um dos marcos foi uma mãe, que faz um relato de experiências, colocando todos os desafios e potencialidades, tanto do familiar que possui um membro da família com autismo, como também as potencialidades os desafios para essa criança ou adolescente. Pois esse assunto é muito pouco falado na atualidade, ainda se está engatinhando nos setores para conhecer melhor. Trabalhamos também com saberes e práticas nos usuários de drogas e também a configuração da rede de atenção psicossocial e as diversas formas de intervenção que essa interlocução do Judiciário com o Ministério Público é realizada.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui. com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.jmijui.com.br

6

ARTIGO

Por que alguns produtores conseguem colher 210 sacas de milho por hectare e outros continuam na média de 80? Carlos Sanches Engenheiro Agrônomo Formado pela Unesp Todo produtor quer e trabalha arduamente para garantir a produtividade da sua lavoura. Ele trabalha muito, levanta cedo, com chuva ou frio, não tem sábado ou domingo, Natal, Ano Novo ou qualquer outro feriado. Precisa entender de um pouco de tudo, desde a qualidade do solo até o número final da contabilidade da fazenda. É um profissional dedicado e que, no final, irá atender a necessidade mais importante das pessoas: alimento de qualidade. E como a população não para de crescer, segundo dados da FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura) até 2020 a oferta mundial de alimentos precisa crescer 20%. E para que isso aconteça, o Brasil precisará crescer 40%. Um desafio e tanto e, ao mesmo tempo, uma grande oportunidade. Se você produz mais, ganha mais. E essa é a conta que atrai todo mundo. No interior de São Paulo, no Sítio Santa Cecília, distrito de Santo Antônio do Aracanguá, estão os números do senhor Edmir Doná que chegam a dar inveja nos vizinhos da região. Do total de 1,2 mil hectares de terra, 66 hectares foram reservados para investir em milho e soja, com um diferencial: plantação irrigada. Doná saiu do sequeiro e investiu 744 quilômetros de tubos gotejadores enterrados a uma profundidade de 27 centímetros em relação à superfície. Mas não pense que essa tecnologia leva só água para a raiz da planta. Eis aí o grande segredo da safrinha do Sítio Santa Cecília que registrou 210 sacas de milho por hectare, 162% a mais que a média nacional (80 sacas por hectare): irrigação por gotejamento. E o produtor não irriga apenas “água”. A técnica é chamada de nutrirrigação pela israelense Netafim, criadora dos sistemas de irrigação por gotejamento. O ponto fora da curva sobre a levada dos nutrientes é que as plantas preferem se alimentar aos poucos e em pequenas quantidades. Assim como nós, elas se desenvolvem melhor se comerem na quantidade certa e na hora certa. Este resultado já foi melhor no Sul do Brasil em que outros produtores registraram até 270 sacas de milho por hectare, quando não 318. Parece até conversa de pescador, mas é de produtor mesmo. Na soja o senhor Edemir garantiu 80 sacas por hectare, contra 50 sacas da média nacional. Mais 60% de crescimento. Por isso amigo produtor, não se engane: a classe está cada vez mais tecnificada, atualizada e veloz. Ter uma agricultura de precisão, cuidar da área, manejo de solo, controle de doenças e pragas, controle da população das plantas e irrigação sustentável são fundamentais para garantir altos números e bom rendimento. Sim, irrigar é preciso, independente dos períodos de chuvas ou não!

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h) ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATURAS E CIRCULAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 24 de agosto de 2016

7

CONCURSO DE REDAÇÃO

Alunos vencedores receberam premiação

Ontem, foram divulgados os estudantes vencedores do 9º Concurso de Redação Rotary Club de Ijuí e Jornal da Manhã. O tema deste ano foi HCI na Comunidade, e desafiou os alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio das escolas públicas e privadas de Ijuí e de toda a área da abrangência da 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) a produzir uma redação homenageando o Hospital pelos seus 80 anos, completados em 2015. A aluna Paola Jacoboski Denes, do 8º ano da Escola Estadual de Ensino Fundamental Giovana Margarita, foi a vencedora da categoria Ensino Fundamental. A jovem foi orientada pela professora Ivana Pietrzak de Lucena e o título da redação foi Só uma fagulha? Na categoria Ensino Médio, a vencedora foi a aluna do Colégio Sagrado Coração de Jesus (CSCJ), Paloma Daltrozo, que, em sua dissertação, destacou as potencialidades do HCI como sendo referência em atendimento e prestação de serviço de qualidade na região. Com o título HCI e comunidade: saúde e humanização, Paloma foi orientada pela professora Rosita da Silva Santos. Entre as 450 produções, 200 do Ensino Médio e 250 do Ensino Fundamental, foram selecionadas 22 que devem ser publicadas e as cinco melhores serão premiadas. A solenidade teve a participação dos autores das cinco melhores redações das duas categorias em disputa, seus professores orientadores, familiares e direção das escolas. Além da coletânea impressa, os vencedores recebem, para o primeiro colocado do Ensino Fundamental um vale-compras

Noite foi de comemoração aos vencedores e apoiadores do Concurso

de R$ 350 da Loja Lavi, um kit O Boticário, medalha e certificado. O professor orientador do vencedor recebe um relógio da Ótica Albrecht, um valecompras de R$ 150 na Livraria Literatus, um kit O Boticário, medalha e certificado. Na categoria Ensino Médio, o primeiro colocado recebe um vale compras de R$ 350 da Loja Lavi, um kit O Boticário, medalha e certificado. O professor orientador também é premiado e recebe um relógio da Ótica Albrecht, um vale compra de R$ 150 da Literatus, medalha e certificado. As redações vencedoras serão publicadas na edição de sábado do Jornal da Manhã. A noite teve ainda o lançamento do livro do 9º Concurso de Redação que reúne os dez melhores textos de cada categoria, que será posteriormente distribuído gratuitamente para todas as escolas que participaram do concurso. Na ocasião, o coordenador do Concurso, Ricardo Santiago, pediu que cada um refletisse sobre como cada um poderia mudar a

sociedade em que vive, "o que cada um de nós faz para mudar o mundo?", questionou ele. O titular da 36ª Coordenadoria de Educação (CRE), Cláudio de Souza destacou a noite como sendo de homenagens e de comemorações de um evento já consolidado no setor de ensino. "Estudar, pesquisar e aprender são ferramentas fundamentais para que o concurso seja realizado com entusiasmo e motivação para as escolas e alunos", ressaltou ele. Antônia Busmann, representando o HCI destacou que as redações revelaram que a comunidade tem um laço afetivo com o Hospital, "existe uma intimidade da população com o HCI", comemorou ela. Para a 10ª edição do evento o tema que será tratado já foi definido e é Educação no trânsito. Esta edição do Concurso de Redação foi promovida pelo Rotary Club de Ijuí e Jornal da Manhã e conta com apoio da 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE); Secretaria Municipal de Educação (Smed); Unijuí; Hospital de

Categoria Ensino Médio: Paloma (esq.), Giovana, Eduardo, Bruna e Tallany

Caridade de Ijuí (HCI); Sociedade de Estudos, Pesquisa e Assistência Medica S/C Ltda;

Hemovita; Ótica Albrecht; O Boticário; Tevah; Literatus; Lavi e CCAA.

Categoria Ensino Fundamental

Categoria Ensino Médio

1° -Paola Jacoboski Denes 8°ano Professora: Ivana Pietrzak de Lucena Escola Estadual de Ensino Fundamental Giovana Margarita

1º- Paloma Daltrozo Professora: Rosita da Silva Santos Colégio Sagrado Coração de Jesus

2°-Júlia Marchionatti 7° ano Professora: Roseli Silva Casal Escola Estadual de Ensino Fundamental Rui Barbosa 3°- Lucca Enzo Bilibio 7° ano Professora: Valdete Mulhbeier Colégio Comendador Soares de Barros 4°- José Alexandre de Souza 6° ano Professora: Rejane Verri Boratti Escola Estadual de Ensino Fundamental Rui Barbosa 5°- Diandra Raissa Martins Copetti 9°- ano Professora: Maria Fabiane Lima Hasse Steinke Escola Estadual de Ensino Fundamental Rui Barbosa

2°-Giovanna de oliveira de Brito 2º ano Professora: Elita Maria Bianchi Tessari Centro de Educação Básica Francisco de Assis (EFA) 3°- Eduardo Rabelo 2º ano Professora: Rosita da Silva Santos Colégio Sagrado Coração de Jesus 4°- Bruna Thainá Barzotto 2º ano Professora: Elita Maria Bianchi Tessari Colégio Tiradentes da Brigada Militar 5°- Tallany Suélen Santos 3º ano Professora: Maristela Righi Lang Colégio Tiradentes da Brigada Militar

Cpers realiza plenária para debater projetos educacionais Durante ontem, o CpersSindicato realizou uma plenária para debater dois projetos que estão na Assembleia Legislativa, um é o Escola sem Mordaça, outro é o Escola sem Partido, IPE- Previdência e Saúde e ainda debater a situação econômica do Estado. De acordo com a presidente do Sindicato, Helenir Schurer, o projeto Escola sem Partido (PL 190/2015) de autoria do deputado Marcelo Van Hattem, pretende proibir professores de falarem sobre política, ideologia e religião nas escolas. “Esse

projeto foi feito por alguém que não é professor, que não conhece uma sala de aula, porque existe uma artigo no projeto que diz: o professor, em sala de aula, deve trabalhar em sala de aula conforme a moral da sua família. Um absurdo”. Segundo ela, em uma sala, onde há cerca de 30 alunos, em média, não se tem condições de atender cada aluno conforme a moral dele, “pode-se ter suspensão do trabalho”, lamenta. “As condições, formação das famílias, questão econômica são diferentes e tudo isso influencia”, disse.

No que se refere ao IPE, a líder sindical explica que a categoria está lutando para que o governo recue na taxa de aumento de 5% para cada um dos dependentes, “porque não é possível, em um Estado que paga parcelado, nos querer majorar mais ainda”. Outro tema levantado foi a situação do atendimento hospitalar prestado pelo convênio do IPE, “que é muito ruim”. Para ela, o grande problema do convênio é que o Tribunal de Contas, a AL, MP, Tribunal de Justiça não repassam a parte que lhes cabe ao IPE.

Plenária debateu projetos que impactam no orçamento dos professores

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 24 de agosto de 2016

GOVERNO TEMER

Comissão do ajuste fiscal aprova plano de trabalho

Na ocasião foi agendada uma audiência para a próxima quarta-feira com a presença do ministro Henrique Meirelles

Os integrantes da Comissão Especial que analisa a Proposta que estabelece um novo Regime Fiscal e limita os gastos globais da União, no âmbito dos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), que deverão ser reajustados de acordo com a inflação do ano anterior. Na reunião, foi aprovado por unanimidade o plano de trabalho apresentado pelo deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), relator da Proposta na Comissão Especial, e eleitos os três vicepresidentes, os deputados Silvio Torres (PSDB-SP), Altineu Côrtez (PMDB-RJ) e Victor Mendes (PSD-MA). O presidente é Danilo Forte (PSB-CE). Na reunião, também foram aprovados diversos Requerimen-

tos de convite para participar de audiências públicas. A primeira já está agendada para a próxima quarta-feira com a presença do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Segundo o deputado Perondi, assim como acontece com uma família ou com uma empresa, é preciso controle do dinheiro. Não é possível gastar mais do que a renda. A família pode ficar endividada e com nome sujo e a empresa pode quebrar e fechar as portas. A mesma coisa acontece no poder público. "O governo, nos últimos sete anos, na administração de Dilma Rousseff, gastou muito mais do que arrecadou e teve que entrar num cheque especial de R$ 170 bilhões". Segundo o relator, a situação

é gravíssima e medidas duras terão que ser tomadas ao longo dos próximos anos para reduzir a despesa pública. Se esta reforma não for feita, alerta Perondi, a União pode entrar em situação de insolvência, como acontece hoje com o Rio Grande do Sul e o Rio de Janeiro, por exemplo, com atraso no pagamento de servidores e, principalmente, redução da qualidade de serviços de educação, segurança e saúde. “Esta PEC vai reduzir a gastança pública, recuperar a confiança do investidor, para girar a economia e criar emprego e renda. O Brasil tem pressa e esta Casa, com carinho, vai analisar e, quem sabe, melhorar a proposta”, afirmou Darcísio Perondi.

Reajuste de salários fica para depois A apreciação da proposta que reajusta salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado ficou para depois da conclusão do processo de impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff. O texto eleva os subsídios mensais dos ministros em 16,38%, dos atuais R$ 33,7 mil para R$ 36,7 mil a partir de 1º de junho de 2016, passando a R$ 39,2 mil a partir de janeiro de 2017. A discussão foi interrompida por um pedido de vistas coletivo - mais tempo para analisar a proposta - encabeçado pelo senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO). A matéria volta ser

cmyk

discutida na próxima reunião da CAE, em data ainda não definida. Ao apresentar um relatório contrário à aprovação da matéria, o senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) mostrou preocupação especial com o reajuste proposto para o Supremo, com reflexos em efeito cascata nos subsídios pagos a todos os membros da magistratura federal a e estadual e ministros e conselheiros dos tribunais de contas. Estimativa da Consultoria de Orçamento do Senado aponta que a aprovação do PLC nº 27, de 2016 poderá gerar um impacto financeiro anual superior a R$ 4,5 bilhões. Apenas na União, a despesa estimada supera o R$

1,21 bilhão devido à repercussão sobre os salários dos demais juízes federais, ministros do TCU e elevação do teto do funcionalismo. Já nos Estados, apenas com a elevação dos subsídios da magistratura estadual, estima-se outro impacto anual superior a R$ 1,23 bilhão nas despesas de todos os Estados. A elevação do teto para os Estados irá implicar em um custo adicional superior a R$ 1 bilhão. Já o reajuste para defensores públicos foi aprovado sem dificuldade na CAE. A proposta segue em regime de urgência para votação no plenário da Casa e caso aprovada passa a valer a partir de 1º de janeiro de 2018.

8

STF aceita substituição de testemunha O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, autorizou a substituição de uma das testemunhas indicadas pela defesa da presidenta afastada Dilma Rousseff no processo de impeachment. A decisão tomada atendeu à solicitação do advogado de defesa, José Eduardo Cardozo. No lugar do ex-secretário executivo adjunto da Casa Civil Gilson Bittencourt, falará o professor adjunto da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (RJ), Ricardo Lodi. Lewandowski atua como presidente do Senado para os assuntos relacionados ao impeachment. Na decisão, o ministro aceitou também o pedido feito para alterar a ordem na qual as seis testemunhas indicadas pela defesa serão ouvidas. O economista Luiz Gonzaga Belluzzo será o primeiro. Logo depois, será a vez do professor de Direito Processual Penal da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Uerj) Geraldo Prado, seguido do ex-ministro Nelson Barbosa, da ex-secretária de Orçamento Federal Esther Dweck e Luiz Cláudio Costa, ex-secretário executivo do Ministério da Educação. Lodi será o último a ser ouvido. O julgamento definitivo de

Ricardo Lewandowski

Dilma Rousseff está marcado para começar no próximo dia 25, no plenário do Senado. Para que a presidenta seja definitivamente afastada, serão necessários, no mínimo, 54 dos 81 senadores. Caso Dilma seja afastada definitivamente, o presidente interino assume o cargo e a petista fica inelegível por oito anos. Se o mínimo necessário para o impeachment não for alcançado, ela retoma o mandato e o processo no Senado é arquivado.

Líderes tentam antecipar votação contra Cunha Líderes partidários da Rede Sustentabilidade, do PSOL, PT, PCdoB, PDT, PPS e PSB apresentaram na segunda-feira requerimento ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEMRJ), para antecipou para ontem a votação em plenário do processo de cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A votação está marcada para o dia 12 de setembro. Autor do requerimento, o líder da Rede, deputado Alessando Molon (RJ), disse que a data definida por Maia para a votação é “perigosa” por ser uma segunda-feira – quando o quórum na Câmara é baixo – e pela proximidade com as eleições municipais. “Quanto mais o tempo passa, mais a população esquece o caso”, argumentou Molon na tribuna do plenário. Segundo o parlamentar, nessas condições a votação pode favorecer Cunha. “Nossa luta é para antecipar a votação, evi-

Eduardo Cunha

tando quórum esvaziado e que ele se livre da cassação”, disse Molon. Para a cassação, são necessários votos favoráveis de pelo menos 257 deputados, metade mais um dos 513 da Casa.


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Meio rural estimulará geração de empregos

CRONOGRAMA DE ENTREVISTAS: TEMA 1: Agricultura e Infraestrutura Rural 16 AGOSTO: Ubirajara Teixeira 19 AGOSTO: Valdir Heck TEMA 2: Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e Renda 23 AGOSTO: Valdir Heck 25 AGOSTO: Bira Teixeira TEMA 3: Educação e Meio Ambiente 30 AGOSTO: Bira Teixeira 2 SETEMBRO: Valdir Heck TEMA 4: Infraestrutura Urbana e Trânsito 6 SETEMBRO: Valdir Heck 9 SETEMBRO: Bira Teixeira TEMA 5: Tecnologia, segurança e desporto e lazer 13 SETEMBRO: Bira Teixeira 16 SETEMBRO: Valdir Heck TEMA 6: Saúde e Desenvolvimento Social 21 SETEMBRO: Valdir Heck 23 SETEMBRO: Bira Teixeira ENTREVISTA VICE PREFEITO: 26 SETEMBRO: Jean Arais 27 SETEMBRO: Valdir Zardin

Valdir Heck

O candidato a prefeito Valdir Heck participou, ontem, da segunda rodada de entrevistas do Palanque JM, um espaço aberto pelo Grupo JM para que os candidatos à prefeitura apresentem seus programas de governo em áreas específicas da administração pública. Nesta semana, o tema proposto aos postulantes ao poder Executivo é desenvolvimento econômico e geração de emprego e renda. Em sua fala inicial sobre a temática, o candidato Valdir Heck relembrou uma pesquisa, feita pela revista Exame em 2015, que colocou Ijuí entre as 50 melhores cidades com até 100 mil habitantes para se investir no País. No

ranking gaúcho, Ijuí está em 2º lugar, e na lista nacional é 30ª melhor cidade para investimentos. "Por que isso? Porque Ijuí, desde o Coronel Dico, vem avançando, com pensamento visionário. Não podemos esquecer esse passado que nos trouxe até o presente. Outro indicador é o Índice de Desenvolvimento Humano, o IDH, no qual Ijuí ocupa a 15ª posição no Estado, segundo os dados de 2015. Estes números, por si só, mostram um trabalho que vem acontecendo há muitos anos, e que tem nossa contribuição nos últimos 30 anos", disse o candidato, fazendo referência ao tempo que seu partido, o PDT, está no poder. Para exemplificar seu projeto para geração de emprego e renda, Valdir Heck citou a pujança da construção civil em Ijuí, impulsionado por projetos federais que tiveram impacto na cidade. "O nosso setor de construção civil tem sido um dos pilares da economia, e é com esse intuito que trabalhamos, de manter e estimular ainda mais essa área. A fotografia da cidade mudou muito, principalmente a partir de 2001, pois há muitos edifícios e demais instalações prediais sendo erguidas ou reformadas em Ijuí desde então. Outros programas federais foram de fundamental importância, como o Minha Casa Minhas Vida que estimularam, sobretudo, as lojas de material de construção na nossa cidade. Esses projetos habitacionais vêm do tempo do Leonel Brizola, que queria construir 10 milhões de casas caso fosse presidente. E nós seguimos essa ideia, é extremamente importante para a geração de emprego e de renda investirmos, den-

Goergen quer acelerar concessões O deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) encaminhou pedido de audiência com o chefe da Secretaria-Executiva do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Moreira Franco. Criado pelo presidente em exercício Michel Temer, o órgão tem como finalidade cuidar do pacote de concessões de obras em infraestrutura. No Rio Grande do Sul há a previsão de concessão do Aeroporto Salgado Filho e de um conjunto de rodovias (BRs 101, 290, 116 e 386). “O governo já está em fase final de definição dos projetos e precisamos de articulação política para incluir todos os trechos possíveis”, explicou o parlamentar. Jerônimo defende a duplicação da BR-290, entre os municípios de Eldorado do Sul e Pantano Grande. “É um trecho sensível para a melhoria da segurança, da trafegabilidade e do escoamento da produção. E ainda não há garantia de que ele possa estar contemplado. Por-

9

tanto, vamos buscar convencer o Palácio do Planalto dessa e de outras prioridades”, destacou. O governo interino estima que o aeroporto e as estradas somem R$ 5,8 bilhões em investimentos. Para Jerônimo, o PPI surge como alternativa para a grave crise econômica enfrentada pelos governos estaduais e federal, que estão com seus níveis de investimento comprometidos. Com relação às rodovias, a previsão é de que o bloco gaúcho seria leiloado no primeiro semestre de 2017. No mesmo contrato, são quatro estradas federais, que teriam pedágios: BR-386, de Canoas a Carazinho, BR-101, entre Osório e Torres, BR-116, entre Porto Alegre e Camaquã, e BR-290 no trecho concedido da freeway, cujo vínculo se encerra em julho. O futuro administrador terá de duplicar a BR-386 até Carazinho e a BR-116 até Camaquã e manter a qualidade da freeway ao longo dos 30 anos do contrato.

Jerônimo Goergen

No anúncio do ano passado, o investimento no bloco seria de R$ 3,2 bilhões, valor que subiu para R$ 4,2 bilhões depois da conclusão do estudo de viabilidade.

tro das possibilidades, no setor de construção civil", afirmou Heck. Na entrevista de ontem, o candidato pedetista também disse que, em seu ponto de vista, há uma clara relação entre a geração de empregos e o meio rural local. "Quando se fala em desenvolvimento econômico, parece que isso se restringe só à cidade, mas na verdade a geração de empregos na área urbana depende, invariavelmente, do meio rural, são coisas que dialogam. Olhando para algumas indústrias, por exemplo, vemos que muitas delas têm relação com o campo, pois vendem ou adquirem produtos do meio rural local para poder produzir", analisou. Outro aspecto abordado por Valdir Heck foi a situação atual do mercado de trabalho em Ijuí, que teve o fechamento de 209 postos de trabalho nos últimos 12 meses. Ao comparar o cenário local com o de outros municípios, o candidato afirma que o desenvolvimento econômico em Ijuí tem estado em bom nível, e que pretende prosseguir com um trabalho integrado com diversas entidades dos setores público e privado. "Se nós nos debruçarmos sobre esses números de demissões, vamos ver que quem mais demitiu foram instituições que dependem de recursos estaduais e federais que não têm chegado, por causa da crise. Se olharmos para outras cidades, vemos um desemprego de três ou quatro mil vagas fechadas. É diante disso que lanço a pergunta: que cidade queremos? Na minha visão, queremos manter nossas coisas boas e avançar cada vez mais", finalizou.

GT entregará sugestões para defesa agropecuária Presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, o deputado Adolfo Brito (PP) participa, nesta quarta-feira, às 11h, da apresentação de medidas propostas pelo Grupo de Trabalho (GT) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que teve por objetivo discutir a desburocratização da Secretaria de Defesa Agropecuária do governo federal. O encontro será realizado no salão nobre do Palácio do Planalto, em Brasília, e contará com a presença do ministro da Agricultura, Blairo Maggi - que anunciará as modificações que serão aplicada no trabalho da secretaria. O evento também terá a presença do secretário estadual da Agricultura, Ernani Polo, de diversas autoridades do setor, além de associações, sindicatos e institutos ligados à

defesa agropecuária. Os representantes ajudaram a compor o relatório ao participarem dos debates do Grupo de Trabalho, coordenado pelo secretárioexecutivo do Mapa, Eumar Novacki. Conforme Adolfo Brito, as ações que visam também a melhoria da qualidade dos serviços e agilização são de extrema importância, pois tendem a diminuir o custo Brasil, na produção e comercialização agropecuária nacional. A Secretaria de Defesa Agropecuária é quem cuida da sanidade e inspeção animal e vegetal, vigilância agropecuária e fiscalização de insumos. Para tanto, as mudanças se dariam em processos de concessão de documentos para liberação dos produtos agrícolas nos portos, bem como criação de certificados fitossanitários padrões para vendas externas brasileiras.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 24 de agosto de 2016

BOZANO

Repatriação pode aliviar contas para os prefeitos O encerramento do mandato dos gestores municipais ainda é algo que preocupa os prefeitos, isso porque as dificuldades financeiras enfrentadas pelo Estado e União, acabam afetando, consequentemente os municípios. Para o prefeito de Bozano, Gederson Mori, o Executivo tem feito um sacrifício grande para manter as contas em dia, “para cumprirmos com todas as nossas obrigações”, defende. Segundo ele, ainda existe uma deficiência de recursos significativa e que tem atingido de maneira direta os municípios, como é o caso de Bozano. “Mas, de uma forma ou de outra, estamos tentando cumprir e esperamos que a gente consiga, pelo levantamento que temos do nosso Município, vamos conseguir fechar o ano, não com recursos em caixa, mas com as contas em dia”, explica. Porém, no próximo mês, por meio da repatriação de recurso do exterior, os municípios podem ter um auxílio para encerrar o ano. Segundo explica o prefeito, a pauta foi levantada através das

Associações, como Amuplam, que ele preside, pela Famurs e Confederação Nacional dos Municípios (CNM), que foi levada a plenária e foi aprovado, por aclamação, que o retorno desses valores ocorra. Na semana passada, o coordenador geral da Famurs, José Scorsatto, já havia falado sobre a possibilidade da repatriação e recursos trazer alívio aos cofres das prefeituras, auxiliando o fechamento de contas das prefeituras. A expectativa é de que os valores retornem até o início de setembro e, durante a assembleia da Federação, os prefeitos consigam ter um valor aproximado do que os municípios devem receber. A Famurs espera que o governo federal credite os valores da repatriação nas contas das prefeituras, até o fim do ano. A repatriação de recursos, conforme foi solicitado durante a Marcha dos Prefeitos em Brasília, é de que seja dividido e retorne aos municípios para, assim, ser investido em todas as áreas. "O recurso virá em uma hora muito impor-

Gederson Mori, prefeito de Bozano

tante, acredito que é um momento difícil que estamos passando, em todos os municípios, e esse valor irá ajudar muito para que a gente consiga honrar os compromissos que estão dentro do orçamento de 2016. Com isso, os prefeitos podem estar com as contas em dia e tranquilos", completa.

Famurs questiona projeto de lei

Em plenária, senadores manifestaram apoio ao pedido da Famurs

Dois senadores gaúchos manifestaram apoio a um pleito da Famurs que questiona a criação de novas despesas aos municípios. A Federação está atenta em relação à apreciação do Projeto de Lei (PLC) 210/2015, que tramita no Senado Federal e prevê pagamento de adicional de insalubridade a agentes comunitários. Conforme o presidente da Famurs e prefeito de Arroio do Sal, Luciano Pinto, não está claro qual ente federado vai pagar essa conta. "Em um cenário como este, é inadmissível qualquer medida que possa representar despesas

cmyk

adicionais às prefeituras. Por mais que considere legítimo o pleito dos agentes, a Famurs não pode ignorar a alarmante falta de recursos das gestões municipais", justifica. O Rio Grande do Sul possui, atualmente, pelo menos 12.878 agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias, que recebem um salário médio de R$ 1,3 mil mensais. Se aprovada, a matéria pode representar uma despesa anual de R$ 40 milhões às prefeituras gaúchas. "As prefeituras não têm como pagar mais esta conta", alerta Luciano.

Na última semana, a Famurs encaminou ofício aos três senadores gaúchos. Em resposta, a senadora Ana Amélia Lemos afirmou que já foi solicitado um estudo orçamentário para explicar a fonte do custeio. "Estou atenta a essa matéria e, certamente, votarei de modo a preservar as contas de estados e municípios", garantiu. O senador Lasier Martins também manifestou apoio à reivindicação da Famurs ao se colocar à disposição para tratar do assunto com o líder do seu partido no Senado. O senador Paulo Paim ainda não se pronunciou em relação ao tema.

10

Preço do leite dá oportunidade a produtores Após atingir a autossuficiência e mais que dobrar a captação nos últimos 15 anos, o Rio Grande do Sul registrou uma queda significativa na produção de leite. Um dos motivos apontam técnicos do setor, é o abandono da atividade devido ao preço estagnado que não cobre o aumento dos custos. A crise vivenciada em 2015, ano em que indústrias menores fecharam as portas e produtores ficaram sem receber, agravou a situação e fez com que criadores de gado de leite buscassem alternativas de renda. Um dos caminhos encontrados pelos pequenos produtores foi a migração para a pecuária de corte. Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Augusto Pestana, Reni Beck, no cenário atual, os produtores que persistiram no setor, estão “tendo uma oportunidade ao produtor”. Ele aponta que, segundo um levantamento da Fetag, no último ano, 8 mil produtores abandonaram a atividade leiteira. “Tivemos uma dificuldade muito grandes nos últimos anos por parte dos produtores de leite, porque tivemos preços muito baixos, o que fez com que muitos companheiros não resistissem”, explica ele.

Desde o preço do leite, até as empresas que declararam recuperação judicial, onde produtores, até hoje, não receberam os valores. “Alguns agricultores que trabalharam até três meses sem receber o valor da venda”, lamenta. Reni defende que os produtores devem ter o incentivo, “ele precisa ter a oportunidade”, afirma. Para o representante sindical, os produtores trabalham sete dias por semana, em horários, “na verdade, o leite deveria permanecer estável por uns quatro a cinco meses para os produtores terem um fôlego e seguir na atividade”, salienta. De acordo com ele, agora, existe a expectativa de que o produtor possa seguir produzindo, e para Augusto Pestana, ele defende que é um grande produtor de leite, a persistência dos produtores é algo fundamental. “Com isso, esperamos que os produtores tenham uma oportunidade de sobrevivência, que consiga pagar o investimento que fez e produzir um alimento de alta qualidade”, comemora. Por mais que Reni defenda que o preço pago ao produtor é justo, no valor que o consumidor acaba pagando possui uma diferença grande.

Número de estrangeiros no Estado sobe Desde o início de agosto, até o dia 21, o número de estrangeiros que ingressou no País, por terra no Rio Grande do Sul foi 50% maior do que no mesmo período do ano passado. O levantamento foi feito pela Polícia Federal e, segundo a corporação, 15 mil pessoas passaram por sete pontos de fronteira terrestre, com a Argentina e o Uruguai. O controle migratório que mais registrou a entrada de turistas foi o de Uruguaiana, com 4,3 mil registros, o equivalente a 28,5% do total. Pelo controle de Santo Ângelo, que recebe turistas de Porto Xavier e Porto Mauá, passaram 3,3 mil pessoas (22,3%). Em seguida figura

Santana do Livramento, com 2,4 mil condutores (15,9%), seguida por Chuí, com 1,7 mil (11,6%), São Borja, com 1,2 mil (8,1%), Jaguarão, com 1,1 mil (7,7%) e Bagé, com 888 turistas (5,9%). Entre os fatores que podem ter impulsionado o número estão a realização dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e a inflação na Argentina, que leva moradores do país vizinho a fazer compras em lojas brasileiras. Mais da metade dos turistas- 54,5%- eram argentinos (8,2 mil). Outros 5,2 mil visitantes eram uruguaios, 34,6% do total. A PF informou que reforçou o controle migratório na fronteira durante o período.

Mais de 4,3 mil estrangeiro ingressam no Estado por Uruguaiana


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 24 de agosto de 2016

THOMÉ DE SOUZA

Carro depenado mobiliza a Brigada Militar em Ijuí A Brigada Militar de Ijuí realizou uma espécie de rescaldo junto às empresas de desmanche e ferro-velho no município. A ação é fruto de uma ocorrência atípica na última segunda-feira, quando um veículo foi encontrado "depenado" no bairro Thomé de Souza. O veículo, segundo repassado, estava com registro de furto no município no último sábado, e nas primeiras horas da tarde, foi encontrado pelos policiais militares. Segundo o subcomandante do 29º Batalhão da Polícia Militar (29BPM), Gilmar Bischof, o caso chama a atenção pela raridade do delito. "Trata-se de uma ocorrência que não é comum em Ijuí e também na região. Eu não lembro caso semelhante", exclamou o capitão Gilmar. Fruto de tamanha surpresa é que o efetivo do Pelotão de Operações Especiais (POE) realizou um trabalho de fiscalização em

PLANTÃO TENTÁCULOS 3 - A Polícia Civil de Crissiumal deflagrou a Operação Tentáculos 3. A operação visou elucidar crimes contra o patrimônio, especialmente furtos ocorridos em Crissiumal e Humaitá. Também os crimes de posse de arma e tráfico de drogas. Ao todo foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão em Crissiumal e mais seis em Humaitá. Foram apreendidos munições e uma pequena quantidade de drogas, além de caça-níqueis. Um homem segue foragido. COFRE - De acordo com informações da Brigada Militar, por volta das 3h da madrugada de ontem ladrões arrombaram a Agência dos Correios do município de São José do Inhacorá. Foram vistos elementos encapuzados saindo do local e a Brigada Militar foi acionada. Policiais de toda da região se deslocaram para tentar prender os ladrões, e se depararam com miguelitos em todos os acessos ao município. A porta do prédio foi arrombada, e no interior da agência os bandidos estouraram um cofre. Ainda não se sabe a quantia levada pelos ladrões que conseguiram fugir. As câmeras de segurança do local mostram dois elementos arrombando a porta e o cofre no interior da agência. No final de semana, a Agência dos Correios de Três de Maio foi o alvo dos ladrões, que arrombaram a empresa durante a madrugada de domingo.

11

Oito estão foragidos da Justiça na região A chamada operação Dominó, deflagrada na semana passada em sete cidades gaúchas, mostrou mais uma vez que a tecnologia tem sido usada a serviço do crime. Traficantes utilizam drones para abastecer pontos de venda de drogas no Rio Grande do Sul. Depois que 300 servidores do Ministério Público, da Bri-

gada Militar e da Polícia Civil prenderam 33 criminosos, as investigações prosseguem, já que oito suspeitos com mandado de prisão preventiva decretada seguem foragidos. São sete de Santo Ângelo e um de Charqueadas. Os envolvidos devem ser denunciados pela Promotoria nos próximos dias.

Fiscalização foi feita em diversos estabelecimentos de peças usadas

meio às empresas, para monitorar e buscar supostas pistas do paradeiro do veículo, além de outras irregularidades. "Por se tratar de um delito em Ijuí, onde o veículo foi encontrado em um dos nossos bairros, nos leva a crer que

as peças do automóvel estejam em nossa cidade", acrescentou o capitão. O Grupo JM acompanhou o trabalho de monitoramento do POE, no entanto, até a tarde de ontem, nada havia sido encontrado.

Justiça arquiva inquérito de Odilaine Uglione A Justiça decidiu arquivar o inquérito policial que apurava as circunstâncias da morte de Odilaine Uglione, mãe do menino Bernardo. De acordo com a conclusão das investigações, ela cometeu suicídio, em fevereiro de 2010, no consultório do marido, o médico Leandro Boldrini, em Três Passos. A juíza Vivian Feliciano entendeu que, apesar do pedido da mãe de Odilaine, não há elementos novos ou suficientes para mudar a conclusão sobre o caso. A decisão é dessa segunda-feira.

A juíza afirmou que "as inconformidades da parte interessada não trouxeram elementos novos, desconhecidos da autoridade policial, a serem investigados, tampouco, mostram-se suficientes para afastar o conjunto de provas que apontam para o suicídio da vítima". Peritos contratados por Jussara Uglione concluíram que a carta supostamente deixada pela filha, antes de morrer, tinha sido escrita por outra pessoa. A mãe de Bernardo morreu em 10 de fevereiro de 2010, em decorrência de disparo de arma de fogo.

Sete são assassinados em intervalo de 9 horas Sete assassinatos foram registrados na Região Metropolitana de Porto Alegre num intervalo de nove horas, da noite de ontem ao começo da manhã de ontem. Em Alvorada, três mulheres foram mortas a tiros no bairro Jardim Porto Alegre, no início da manhã. Atiradores a pé foram até a Rua General Osório e mandaram moradores entrar nas casas. Depois atiraram nas vítimas, que não foram identificadas até o final da tarde. Em Porto Alegre, também na manhã de hoje, um casal foi encontrado morto no bairro Mario

Quintana. As vítimas estavam amarradas no porta-malas de um carro e apresentavam diversas marcas de tiros. Há a hipótese de relação com o tráfico de drogas. Também na Capital, dois assassinatos foram registrados na noite de segunda-feira. Um jovem de 19 anos foi morto com doze tiros na cabeça na Rua Liberal, no Bairro Ipanema. Na zona norte, um homem de 34 anos foi morto com golpes de facão na cabeça. Até o fechamento da edição, ninguém havia sido preso em nenhum das respectivas ocorrências.

Drone apreendido continha resquícios de drogas; aparelho era usado para distribuição

Operação contra o tráfico de drogas prende quinze Uma ação da Polícia Civil contra o tráfico de drogas terminou com 15 pessoas presas em Canguçu, cidade da Região Sul do Rio Grande do Sul. A operação, denominada Vista Bela, foi deflagrada na manhã de ontem. Foram cumpridos mandados de prisão preventiva e 30 mandados de busca e apreensão. Além das 15 prisões desta terça, outras quatro haviam sido presas ao longo dos seis meses de investigações. Cerca de 130 policiais participaram da operação, que apreendeu uma arma, munição, drogas, uma balança de precisão, celulares e dinheiro. “Foram duas investigações

distintas referentes a duas organizações criminosas. Num determinado período da investigação, foi constatado que as organizações se relacionavam, cooperando uma com a outra no sentido de fornecer drogas e facilitar o comércio”, relata a delegada Paula Vieira. De acordo com a polícia, uma das quadrilhas atuava em um condomínio de Canguçu. Os criminosos, em alguns casos, expulsavam os moradores dos imóveis para utilizarem os apartamentos como ponto de tráfico e também para morarem. Os presos serão encaminhados Presídio Estadual de Canguçu.

Além das prisões, armas, drogas e dinheiro foram apreendidos

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Grêmio encara o Atlético-PR ATLETICO-PR

GRÊMIO

Weverton; Rafael Galhardo (Léo) Paulo André Thiago Heleno Sidcley; Otávio Hernani Luciano Cabral Marcos Guilherme; Yago (Juninho) André Lima Técnico: Paulo Autuori

Marcelo Grohe; Edílson Geromel Kannemann Marcelo Oliveira; Walace Jaílson Pedro Rocha (Bolaños) Douglas Everton; Luan Técnico: Roger Machado

,

A ficha ainda está caindo para os campeões olímpicos Luan e Walace. Os atletas, que treinaram no time titular do Grêmio ontem, permanecem encantados com a inédita medalha de ouro, conquistada nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Com a visibilidade do torneio, muitas são as especulações sobre a possível saída dos jovens para a Europa, mas os atletas preferem despistar. “Eu não procuro saber sobre negociações, deixo isso com o Grêmio e o meu empresário. Procuro focar no clube”, disse Luan em entrevista. “Eu sou um pouco mais curioso, prefiro saber, mas sem perder meu foco no Grêmio. Não tenho ansiedade nenhuma de sair do país, tenho vontade, mas não tenho pressa”, completou Walace. A amizade entre Neymar e Luan também foi lembrada na entrevista coletiva. Quando questionado sobre uma possível negociação com o Barcelona, o atacante gremista preferiu não prolongar o assunto. Os dois jogadores estão

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro com os assistentes Emerson de Carvalho e Marcelo Van Gasse. Local: Arena da Baixada em Curitiba (PR). Data: 24.8.2016. Início: 19h30.

confirmados pelo técnico Roger Machado para o jogo de hoje às 19h30 diante do Atlético-PR

Inter trabalha finalizações O Internacional voltou a trabalhar ontem à tarde, no CT do Parque Gigante, encerrando o dia de treinos em dois períodos. Visando terminar a má fase, já que a equipe não vence há 13 jogos no Campeonato Brasileiro, o técnico Celso Roth comandou uma atividade de finalizações para todo o elenco. As grandes novidades do trabalho foram os retornos dos campeões olímpicos William e Rodrigo Dourado. Domingo às 18h30 o Inter enfrenta o Sport, em Recife. Acontece no próximo sábado nas dependências do CTG Tropeiro Velho de Panambi o 2º Jantar colorado. As atrações serão o ônibus Colorado; dirigentes do departamento de comunicação social; taças das grandes conquistas

do clube; ex-jogadores (Índio, Fabiano e Pinga); esposa do Eterno Capitão (Fernandão); show com a banda Ataque Colorado; mascote Saci; equipe do CAS para novas associações ao clube; e sorteio de brindes. Os ingressos poderão ser adquiridos com Paulo Costa (9964.4450 ou 9196.8427), facebook do Consulado Colorado de Panambi ou nos fones (whatsapp) informados.O Cônsul Paulo Costa doou à organização do torneio beneficente que acontece domingo no Ginasião em Ijuí uma camiseta do Inter autografada pelos jogadores Vitinho, Fernando Bob, Eduardo Sasha, Marcelo Lomba, Valdívia e Alex. A camiseta será sorteada através de uma Ação entre Amigos.

Volante Walace e atacante Luan mostram a medalha de ouro. Dupla retorna ao time

pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O zagueiro Kannemann fará sua estreia no lugar de Wallace Reis que já disputou a competição pelo Flamengo. O lateral Edílson e o volante Jaílson que cumpriram suspensão diante do time carioca pelo Brasileirão retornam. O desfalque é o volante Maicon, com lesão no tornozelo esquerdo e no joelho direito.

O Atlético-PR terá a volta do goleiro Weverton, campeão olímpico pelo Brasil. O atacante Luan,emprestado pelo Palmeiras está regularizado junto ao Boletim Informativo Diário da CBF e fica à disposição do técnico Paulo Autuori. As saídas conturbadas do atacante Walter e do meiaVinicius mexeram com o ambiente no clube.

São Paulo recebe o Ju O São Paulo recebe o Juventude hoje às 21h45 no Estádio Morumbi pela rodada de ida das oitavas da Copa do Brasil. O time são-paulino entrou na competição apenas nesta fase pois estava disputando a Libertadores. O Juve, por sua vez, vem desde a primeira fase, com três vitórias e três empates em confrontos com Tocantinópolis, Coritiba e Paysandu. No currículo, o time gaúcho tem um título da Copa do Brasil, conquistado em 1999. Neste ano, ainda foi vice-campeão Gaúcho, desbancando o Grêmio e perdendo para o Internacional na grande final. No Tricolor paulista, o técnico Ricardo Gomes terá o retorno do meio-campista Thiago Mendes, que não pôde atuar na disputa

contra o Internacional, no último domingo, pelo Brasileirão, por suspensão automática. Em compensação, Rodrigo Caio não está à disposição. O zagueiro, que retornou ao clube após ganhar a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Rio-2016, foi liberado do jogo para tirar o passaporte europeu. O Juventude terá a volta do zagueiro Klaus, recuperado de lesão. A equipe está concentrada em São Paulo desde sábado depois da vitória de 2 a 1 diante da Portuguesa pela Série C do Brasileiro. A Copa do Brasil, além de Atlético-PR x Grêmio e São Paulo e Juventude tem mais estes jogos hoje: às 19h30, Santos x Vasco; e às 21h45, Atlético-MG x Ponte Preta.

Pivô Diógenes é dúvida para o jogo de sábado O pivô Diógenes se recupera de uma lesão muscular e é a principal dúvida da Associação Ijuí Futsal (AIF) para o jogo de sábado às 20h no Ginásio de Esportes Wilson Mânica diante do Horizontina pela primeira rodada da segunda fase do Estadual de Futsal Série Bronze. O único jogador que não fica à disposição para essa partida é o goleiro Maicon Romero, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A equipe ijuiense treinou ontem à noite no Ginasião e na atividade de amanhã no mesmo local, o técnico Jaques Schultz define a formação que começa a partida. Os ingressos antecipados para este jogo começam a ser vendidos hoje ao preço de R$ 7,00 com

cmyk

integrantes da diretoria da AIF e na Cadile´s. No sábado, a partir das 9h, haverá um posto de venda junto à Praça da República. No local da partida, o ingresso custará R$ 10,00. A direção da Associação Ijuí Futsal aguarda a presença de um ótimo público no primeiro jogo em casa na segunda fase. Depois o time atuará em Ijuí contra o Expresso de Capão da Canoa no dia 10 de setembro e diante da APF de Passo do Sobrado, dia 24 de setembro. São três partidas em casa e três longe dos seus domínios na segunda fase. Aoutra partida da chave 6 sábado será em Capão da Canoa entre as equipes do Expresso e da APF de Passo do Sobrado.

12

DE PRIMEIRA TORNEIO DE FUTSAL Torneio beneficente na modalidade futsal masculino e feminino acontece no próximo domingo no Ginásio Municipal Wilson Mânica de Ijuí a partir das 9h. A promoção é das Óticas Vizzu em conjunto com a Sabeve, e apoio do gabinete da primeira dama Gessy Ballin, acadêmicos de Educação Física e Rotaract. As inscrições estão abertas no valor de R$ 10,00 por atleta. 20% do total da renda e alimentos não perecíveis serão destinados à Sabeve. Inscrições poderão ser realizadas até amanhã na Vizzu, rua 15 de Novembro, 136 ou pelo telefone 3332.9885. Quem for ao Ginásio poderá levar um alimento não perecível ou fralda geriátrica para a Sabeve.

CIRCUITO DE CORRIDAS Termina amanhã às 18h o prazo para as inscrições visando a 10ª etapa do Circuito Sesc de Corridas. Os atletas interessados podem realizar a inscrição pelo site www.sesc-rs.com. br/circuitodecorridas.A prova acontece no próximo domingo, com largada às 9h, e saída em frente ao Sesc Ijuí. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (55) 3332-7511, no site www.sesc-rs.com.br/ijui e na página www.facebook.com/ sescijuirs.A prova é dividida nas categorias infantil e adulto (a partir dos 16 anos), sendo as distâncias de 1km, 2km, 3km, 5km e 10km. O percurso infantil será disputado nas distâncias de 1km para a categoria A (10 a 12 anos) e 2km na categoria B (13 a 15 anos). Já o adulto será nas categorias A (16 a 19 anos), B (16 a 19 anos), C (30 a 39 anos), D (40 a 44 anos), E (45 a 49 anos), F (50 a 54 anos), G (55 a 59 anos), H (60 a 69 anos) e I (70 ou mais).

MOTOCROSS Acontece dias 10 e 11 de setembro em Ijuí a 6ª etapa do Campeonato Gaúcho de Motocross. Na oportunidade ocorre a inauguração da nova pista do Moto Clube localizada próximo à BR-285, ao lado do Parque de Exposições Wanderley Burmann.

JOGOS DO SESI

Pivô Diógenes se recupera de lesão e ainda não tem presença confirmada na AIF

O Serviço Social da Indústria de Ijuí está recebendo inscrições para as disputas do Atletismo nos Jogos do Sesi. As provas serão no dia 25 de setembro em Panambi. Estão previstas estas modalidades: 100 metros rasos, 200 metros rasos,400 metros rasos, 800 metros rasos, 1.500 metros rasos, Salto em Altura, Salto em Distância, Arremesso de Peso e Lançamento de Disco no masculino e feminino. Inscrições nestes endereços armindo.freudenberger@sesirs. org.br, eduardo.llano@sesirs.org. br ou telefone (55)3853.4100.


Acontece

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 24 de agosto de 2016

13

Reis e rainhas

N

a última quarta-feira, o Grêmio Estudantil do Colégio Sagrado Coração de Jesus promoveu a coroação dos Reis e Rainhas, Príncipes e Princesas do Ensino Fundamental e Ensino Médio. O momento festivo foi em comemoração ao Dia do Estudante. No Ensino Fundamental o Rei é Leonardo Tamiozzo, 1º Príncipe, Bernardo Hedlund e 2º Príncipe, Lucas Guidolin; a Rainha é Fernanda Pizutti, 1ª Princesa, Luiza Souto e 2ª Princesa, Vitória Franco. No Ensino Médio, o Rei é Tiago Hahn, 1º Príncipe, Henrique Schneider, 2º Príncipe, Pedro Przybitowicz; a Rainha é Bruna Pereira, 1ª Princesa, Nicoli Cazarolli e 2ª Princesa, Laura Miron.

Tarde de descontração A

Reis e Rainhas foram coroados em atividade alusiva ao Dia do Estudante

Nadine deu dicas para as debutantes em uma tarde diferente em sua loja

patronesse das debutantes da Sogi Nadine Dubal abriu as portas de sua loja no último sábado para o lançamento de sua coleção Teen, totalmente dedicada aos jovens. A tarde foi destinado às debutantes e suas mães, com desfile de ex-debutantes. A programação contou com coquetel e um bate-papo sobre o baile e o projeto Debutantes. As meninas que terão sua noite especial no dia 4 de novembro tiraram dúvidas com as veteranas da Sogi e receberam dicas de sua patronesse Nadine.

Outlet Durante todo o dia de hoje ainda é possível conferir o Outlet do Bem na loja Le Mond. As peças terão descontos especiais e irão beneficiar a Liga Feminina de Combate ao Câncer. O objetivo é arrecadar peças de roupas para realização do Brechó da Liga e dinheiro para ajudar nas despesas.

Palco Nativista Larissa da Costa, Taise Melo e Estela Maris no Chá Beneficente da Primeira Dama

O 4º Palco Sesc Nativista recebe mais uma apresentação, na próxima sexta-feira, em Ijuí. A dupla Cristiano Quevedo & Érlon Péricles apresentará o espetáculo musical Parelha, a partir das 22h, na Estação da Mata. Ainda há ingressos para o show que podem ser adquiridos no Sesc.

Leocadia Froner, Camila Kachuk e Cleusa Froner no Jantar Português

Show Nativista

Eliana, Catiana, Robson, Natiele e Vanderleia curtindo o Absoluto

No próximo dia 9 de setembro, o cantor nativista Cristiano Fantinel se apresenta na Cantina Sapore D'Itália, às 20h30. Natural de Alegrete, Fantinel é o vencedor da última edição do Canto de Luz e de várias festivais pelo Estado. Ele vem acompanhado do professor de cordas Halber Lopes e do acordeonista Jarbas Nadal. As reservas podem ser feitas na Cantina pelo telefone 3332-7667 ou com João Walter pelo 9908-0074.

Izaura, Maria Eduarda e Salvador Freitas no Jantar das Massas da Sociedade Recreativa

cmyk


Jornal da Manhã

Quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Horóscopo

TECNOLOGIA

Internet completa 25 anos de existência britânico do laboratório do CERN, que no dia 23 de agosto de 1991 mudou o mundo ao abrir a internet pela primeira vez ao público. A World Wide Web (WWW) foi inventada por BernersLee, em 1989, como forma de comunicação rápida entre cientistas e investigadores espalhados por universidades e centros de investigação em todo o mundo. Porém, logo ficou claro que a ideia seria útil para qualquer indivíduo ou empresa.

Globo Caio da substituição de Jorjão

Ricardo percebe o descontrole de Fábio e observa a atitude de Tânia. Gabriel e Giovane reclamam com Caio da substituição de Jorjão. Joana faz amizade com Raimundo. Manuela discute com Ricardo. Tânia tenta acalmar Fábio. Juliana começa a dançar na festa e Ricardo fica chateado. Gabriel exige que Jorjão participe do treino deles. Belloto se insinua para Jéssica. Martinha, Jabá, Arthur, Dodô e Júnior brincam nos aparelhos da academia. Joana percebe uma fumaça saindo do fundo do ônibus. Caio reclama de Gabriel para Ricardo. Manuela exige a presença do tio para tirar uma foto e deixa Ricardo irritado.

O sniper (mil.)

© Revistas COQUETEL

(?) do leite, Alterações na temperatura da base da Marca do Terra que podem afetar de modo desasproteína linguajar troso a vida humana "sujo" em pó Religião haitiana Adorno real

Segundo presidente do Regime Militar, seu mandato durou dois anos (1967-69)

Iguaria mexicana recheada e envolta na tortilla (pl.) A pessoa que adora ser inconveniente Arquipélago soberano do Mediterrâneo

Popular (abrev.) Óleo, em inglês

Letra da roupa do Robin (HQ)

Amola Aparelho do entrevistador

(?) de parentesco: partem do ancestral

Negra (?), cantora de "Olha o Menino"

Ler por partes, vagarosamente

Nitrogênio (símbolo)

Antiga moeda da Itália

Haja Coração - Globo Tancinha diz a Carmela para nunca mais interferir em sua vida. Francesca avisa a Tancinha que não poderá acompanhá-la na viagem ao Rio e incentiva a filha a ir sozinha com Beto. Um casal de idosos cuida de Apolo e se preocupa com a febre e os delírios do caminhoneiro. Agilson conta a Rebeca que demitiu Aparício, e ela se sente culpada. Fedora toma metade da sala da presidência e Aparício se preocupa com a possibilidade de o Conselho aprovar a intenção da filha de transformar o Grand Bazzar em um lugar de caridade. Rebeca consegue o suposto endereço de Aparício. Giovanni comenta com Francesca que acredita em Aparício quando ele diz que não tem nada a ver com o desaparecimento de Guido.

Velho Chico - Globo Martim tenta acalmar Iolanda Martim tenta acalmar Iolanda. Carlos se surpreende ao saber do sumiço da esposa. Tereza segue um índio pela floresta. Afrânio estranha o comportamento de Carlos. Tereza chega à aldeia. Encarnação implica com Carlos. Bento diz a Miguel que eles podem conseguir um financiamento para a cooperativa. Martim conta a Ceci que Tereza foi atrás de Santo. Encarnação tenta convencer Martim de que Afrânio não é uma pessoa ruim. Tereza participa do ritual de cura com os índios. Santo acorda.

cmyk

Estado da fera, antes de ser domada

502, em romanos Braço, em inglês

Formato do tradicional bumerangue

Tratamento infantil para "avô"

"Intensiva", em UTI Conflito comum no BrasilColônia

Grande instrutor Mistura com critério

Parte do olho onde se encontra a pupila

Palha de (?), material para arear panelas

"Quem bem (?), bem castiga" (dito) Reunido por interesse Irmãos da mãe Situação dos itens marcados a caneta

BANCO

Conversa com Deus Orlando Teruz, pintor

Acre (sigla) Anúncio, em inglês Arma medieval de metal e madeira

M

A

Ç

A

2/ad. 3/arm — ill — oil. 4/vodu. 5/malta. 11/costa e silva.

Um casal de idosos cuida de Apolo e se preocupa com seus delírios

Doente, em inglês

10

Solução M V O DU T U N A I L N A G U ÇA R A U S A R C I L L D I I A R M I D A TA E I A A C M A Ç A A D O S

Êta Mundo Bom -

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

P A C O S N O P OR S O L T A A G L E T R I S C A I V VO L T A V D I A D O R O R I O S S T A C

NOVELAS

Pesquisas afirmam que a sociedade atual é dependente da internet

A T I R M A D S O A R D R E E A L I T D E

A internet conecta hoje mais de 3 bilhões de pessoas ao redor do mundo. Isso corresponde à 46.1% da população mundial, trazendo impressionantes vantagens em relação à propagação de informações, realização de transações eletrônicas, diminuição de distâncias e, claro, criação de memes. A sociedade atual é completamente dependente da internet. Mas nem sempre foi assim. E devemos uma das maiores invenções do mundo moderno a Tim Berners-Lee, cientista

14

Áries Hoje, pode receber boa notícia na área financeira. Aproveite as energias positivas para avançar na carreira e batalhar por um cargo com um salário maior. Há chance de recuperar dinheiro que julgava perdido. Touro Você estará mais confiante para correr atrás dos seus sonhos. Explore os seus pontos fortes para ser bem-sucedida. Vale a pena investir em um curso. No romance, seja você mesma e valorize os interesses em comum com o par. Gêmeos Trabalhar nos bastidores será a melhor pedida. Mantenha seus interesses em segredo e vai chegar mais longe. Sem chamar muita atenção, mexa os pauzinhos para melhorar suas chances de subir na carreira. Câncer É hora de expandir interesses, viver novas experiências e ampliar conhecimentos. Fortaleça laços com amigos e conte com apoio deles para o que precisar. Entre em contato com alguém que mora longe e mate a saudade. Leão Vai se concentrar na vida profissional e não poupará esforços para receber o reconhecimento que merece. Se está em busca de um novo emprego, pode se sair bem. Aproveite o astral favorável para mudar algo no visual – irá receber elogios! Virgem Os estudos ou um curso voltado para a área profissional contam com ótimas energias. Procure interagir com os colegas ou trabalhar em equipe. A troca de informações no trabalho pode trazer mais oportunidades do que imagina. Libra Você estará mais aberta a mudanças. Ouça bem seus instintos, que se tornam mais fortes. Se pensa em iniciar alguma reforma, vá em frente! Também há chance de trocar de emprego, ainda mais se já vinha pensando no assunto. Escorpião Os relacionamentos ganham destaque e você fará o possível para se aproximar de pessoas que tem papel importante em sua vida. Aproveite para esclarecer um mal-entendido. Amplie sua rede de contatos, inclusive profissionais. Sagitário Bom dia para se concentrar nos afazeres diários. Você vai se empenhar bastante para colocar o serviço em dia. Mostre que não tem medo de assumir novas responsabilidades, inclusive em casa. Capricórnio Sua habilidade para encantar as pessoas vai crescer e pode se sair bem se trabalha com algo ligado a diversão. É um bom momento para mostrar suas ideias e convencer as pessoas sobre o seu ponto de vista -- use todo o seu charme. Aquário Assuntos domésticos vão exigir toda a sua atenção. Pode contar com o apoio da família se precisa de dinheiro. Há chance de realizar o sonho da casa própria! Pode ser um bom momento para reapresentar um projeto no trabalho. Peixes Com boas ideias, você vai dar conta de tarefas que exigem agilidade e rapidez. É um bom momento para cuidar de assuntos fora do local de trabalho. Entre em contato com os amigos e coloque a conversa em dia. A comunicação com o par está em destaque.


Jornal da Manhã

Quarta-feira, 24 de agosto de 2016

DIRETO DA FONTE Usina de Ideias - DACEC usina@unijui.edu.br

Startups: a procura de um modelo de negócio Tudo começou durante a época chamada bolha da Internet, entre 1996 e 2001. Apesar de usado nos EUA há várias décadas, foi só na bolha das empresas “ponto com”, que o termo startup começou a ser usado no Brasil. Significava um grupo de pessoas trabalhando com uma ideia diferente que, aparentemente, poderia fazer dinheiro. Além disso, startup sempre foi sinônimo de iniciar uma empresa e colocá-la em funcionamento. Muitas pessoas dizem que qualquer pequena empresa em seu período inicial pode ser considerada uma startup. Outros defendem que a startup é uma empresa com custos de manutenção muito baixos, mas que consegue crescer rapidamente e gerar lucros cada vez maiores. Segundo o professor do Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - DACEC, Remi Antonio Dama, há uma definição mais atual, que satisfaz diversos especialistas e investidores: “startup é um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócio repetível e escalável, trabalhando em condições de extrema incerteza”. É justamente por esse ambiente de incerteza (até que o modelo seja encontrado) que tanto se fala em investimento para startups. Sem capital de risco é muito difícil persistir na busca pelo modelo de negócios enquanto não existe receita. “Após a comprovação de que ele existe e a receita começar a crescer, provavelmente será necessária uma nova leva de investimento para essa startup se tornar uma empresa sustentável. Quando se torna escalável, a startup deixa de existir e dá lugar a uma empresa altamente lucrativa. Caso contrário, ela precisa se reinventar ou enfrentar a ameaça de morrer prematuramente”, explica Remi. Para o professor, startups não necessariamente são empresas só de internet. “Elas só são mais frequentes na Internet porque é bem mais barato criar uma empresa de software do que uma de agronegócio ou biotecnologia, por exemplo, e a web torna a expansão de negócio bem mais fácil, rápida e barata, além da venda ser repetível”, afirma. Para montar uma startup não é preciso de muito dinheiro, e, por isso, o professor Remi indica dois caminhos para abrir uma empresa, o primeiro é encontrar parceiros/sócios que possam suprir a necessidade de capacidade técnica para desenvolver o seu produto/serviço. A segunda é buscar as incubadoras de empresas que oferecem local, infraestrutura e orientação técnica com baixo custo.

15

ESPAÇOS DE LAZER

Bairro é exemplo no Município

Quando o assunto é espaços de esporte e lazer no Município, o bairro Assis Brasil está entre uns dos mais qualificados, já que é lá que estão instalados o Ginásio Municipal Wilson Mânica, o Complexo Poliesportivo e a Praça dos Imigrantes, que também abriga a Pista de Skate. Além disso, recentemente foi reinaugurada a cancha de bocha junto a sede social do bairro, que também é motivo de boas notícias para a comunidade. Após três anos de espera, a sede do bairro Assis Brasil está próxima de ser revitalizada, ou reconstruída. De acordo com o líder comunitário, José de Quadros, durante participação no quadro JM nos Bairros, recentemente o engenheiro da prefeitura, Celso Lucchese da Cunha, acompanhado de outros profissionais, mediu o terreno para desenvolver um projeto para construção de uma nova sede social para o bairro. O local foi interditado há três

Poliesportivo é um dos espaços de esporte e lazer mais utilizado na comunidade

anos pela falta de adequação do Plano de Prevenção e Combate à Incêndio (PPCI). Com o tempo, a promessa de um projeto para instalação de uma nova rede de energia elétrica animou a comunidade, mas quando o trabalho teve início, a empresa vencedora da

Comunidade investe em churrasqueira na sede A comunidade do bairro Industrial tem motivos para comemorar, porque a sede social do bairro está de cozinha nova. De acordo com o líder comunitário, Manoel Machado da Luz, com esforço conjunto foi possível forrar o espaço e fazer uma estrutura nova que agora conta com uma churrasqueira. “Revestimos com uma chapa de inox e ficou muito bonito”, conta. “É uma conquista da co-

munidade, sem a qual não faríamos nada, porque nos ajudam, cuidam, e a sede é do bairro.” Machado lançou a Campanha da Areia e do Tijolo, que consiste na doação dos materiais para que a diretoria do bairro possa construir um banheiro na pracinha, localizada ao lado da sede, proporcionando melhores condições para as crianças, não apenas do Industrial, que frequentam o local.

licitação encontrou dificuldades em função de a madeira estar toda corroída por cupins, uma vez que a estrutura da sede é muito antiga. “O engenheiro da prefeitura veio e interditou o local, e acredito que foi bom porque podemos correr perigo em uma sede antiga,

coberta de telhas. Porém a gente fica esperando, mas acredito que vai sair algo para o ano que vem”, conta José. A única reivindicação do presidente é uma operação tapaburacos em algumas vias que já se tornaram intransitáveis.

Smed realiza encontro de formação continuada A Secretaria Municipal de Educação de Ijuí (Smed) promoveu no início desta semana, no auditório da ACI, Encontro de Formação Continuada para professores da Rede Municipal de Ensino que trabalham no horário do planejamento, dos 4º e 5º anos. Nesse encontro, a proposta de trabalho da Coordenação Pedagógica da Smed foi o estudo do livro Educação, Escola e Docência novos tempos, novas atitudes, de Mario Sergio Cortella. A partir da metodologia de trabalho em grupos, houve estudo, conversa, discussão e análise das práticas pedagógicas desenvolvidas no dia a dia com o aluno. A seguir ocorreu a

socialização dos trabalhos com várias contribuições dos professores no que se refere à função da escola. Conforme Cortella, o "conhecimento e vida. Conhecimento e informação para quê? Para fazer crescer a vida. E o conhecimento é um poder. Mas um poder que serve a quê? Que sirva a capacidade de fazer com que a vida se eleve”. Conforme a coordenação pedagógica da Smed, a formação continuada consiste na reflexão, à luz de teorias, sobre práticas em sala de aula. Percebeuse que a formação continuada pode provocar mudanças na postura e no fazer pedagógico dos professores.

Machado mostra a churrasqueira recém instalada na cozinha da sede do bairro Industrial

SERVIÇOS PACOTE - O governo prepara um pacote de crédito voltado para as famílias de baixa renda, beneficiárias dos programas Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida. O pacote de crédito para o Bolsa Família deverá ser anunciado no final de setembro, assim como o

do Minha Casa Minha Vida. Um fundo de aval será criado com recursos do governo federal para garantir os empréstimos, que serão concedidos pelos bancos. BOLSA DE ESTUDO - Foi divulgado na última segunda-

feira, o edital do Processo Seletivo de Bolsas de Gratuidade 2017 do Ceap. O período para recebimento de inscrições, acompanhadas dos devidos documentos necessários a quem postula a bolsa, está aberto e será concluído no dia 30 de Setembro.

Professores da rede municipal de ensino participaram de formação continuada

cmyk


www.jmijui.com.br

Grêmio enfrenta o Atlético-PR

em defesa da saÚde

Tricolor joga hoje à noite em Curitiba pela Copa do Brasil. Volante Maicon é desfalque. | 12

Prefeitos demonstram preocupação O prefeito de Bozano, Geder Mori fala que, apesar das dificuldades, irá fechar com as contas em dia. | 10

Bancos não vão fechar em Ijuí Agricultores familiares, organizados pela Fetag e pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais, realizaram um ato pacífico, na manhã de ontem, para defender a manutenção do SUS | 4

Após a prorrogação ser vetada no Legislativo, município quer reunião para um consenso. | 5

feIRa de CIÊNCIas

fORÇa-TaRefa

Escola Eugênio Storch mostrou projetos de empreendedorismo | 5

Brigada Militar fiscalizou empresas de peças usadas em Ijuí | 11

EDITORIAL | 6 O crédito barato e acessível ao setor produtivo, seja ele o grande industrial ou o pequeno empresário, é crucial para retomar o crescimento.

cmyk

Sitepaginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you