Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

Ano 43 - Nº 255

R$ 3,00

Tráfico é desafio no Município Ijuí não é apenas rota, mas cresce no consumo de drogas

Problema transcende o desafio da força policial

"Usei cocaína por 20 anos", diz um agora viciado em crack

PÁGINAS | 18, 19 E 20

Busca por recursos deve continuar

Meirelles não descarta alta de impostos Fiergs faz lista de pedidos ao governo

A afirmação é do prefeito Fioravante Ballin, após retorno da 19ª Marcha dos prefeitos. | 3

Sugestões se baseiam em benefícios ao setor industrial, considerado crucial ao País. | 3

Ijuí irá sediar Festival Nossa Arte

Papel do idoso é tema de seminário

O evento cultural deverá reunir todas as Apaes do Rio Grande do Sul. | 21

Envelhecimento da sociedade e a realocação dos idosos foram debatidos ontem, na Unijuí. | 9

Novo ministro da Fazenda priorizará reforma da Previdência e limite de gastos. | 10

Escolas estaduais recebem recursos Governo anuncia financeiros para reformas corte de 4 mil cargos

comissionados

Meta foi anunciada pelo ministro Romero Jucá. | 15

Cinco instituições de ensino profissional receberam R$ 150 mil cada uma. | 7

Cpers deflagra greve em todo o Estado

Maior produção e menor área para o trigo

Decisão foi tomada pelos professores ontem. | 5

Emater divulgou projeção para a safra no Estado. | 13

cmyk


Jornal da Manhã

RADAR IPTU- Os contribuintes que optaram pelo pagamento parcelado do IPTU devem estar atentos, pois o vencimento da 2ª parcela será neste domingo, 15, mas o contribuinte ainda pode fazer o pagamento na segundafeira. Após essa data, sobre os valores não quitados na data incidirá multa de 2% e juros de 1% ao mês. O pagamento pode ser efetuado no Banco do Brasil, Banrisul, Caixa Econômica Federal, agência central dos Correios e rede lotérica conveniada. Quem não está de posse de seu boleto, deve retirá-lo junto ao balcão de atendimento do IPTU, no horário das 8h30 às 11h30 e às 13h30 as 17h, ou diretamente no site do Município - www.ijui.rs.gov.br ELEIÇÃO - A Fundação de Integração, Desenvolvimento e Educação do Noroeste do Estado do RS (Fidene), vai realizar eleição dos representantes da Assembleia Geral da Fidene, no dia 9 de junho de 2016. Serão eleitos quatro membros representantes dos professores da Fidene, eleitos por seus pares, com mandato de três anos e quatro membros representantes do pessoal técnico-administrativo e de apoio, eleitos por seus pares, com mandato de três anos. O prazo para inscrição individual de candidato será até as 17h do dia 23 de maio, conforme modelo disponibilizado no portal da Unijuí. HORA DO ENEM - O Hora do Enem é um projeto pensado para os estudantes que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio. Os estudantes podem escolher: dá para acompanhar o programa de TV, fazer simulados on-line, criar um plano de estudos adequado às necessidades, baixar vídeos ou ter tudo isso praticamente ao mesmo tempo. A professora Rubia, que coordena o projeto em Ijuí, explica que pela televisão os alunos têm acesso a programas da TV Escola e outras 40 emissoras parceiras, os programas vão ao ar de segunda a sexta-feira, às 18h. CARTEIRA DE TRABALHO - O encaminhamento de Carteira de Trabalho está suspenso desta sexta-feira, 13, até o dia 31 de maio. A suspensão se dá por determinação do Ministério do Trabalho e Previdência Social devido à mudança de sistema e migração de banco de dados. Desta forma, durante o período citado, o Sine realiza somente a entrega das Carteiras de Trabalho já encaminhadas.

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

OLHO DA RUA INDICADORES Poupança 7.5.2016 ..........................0,6931% Ouro 13.5.2016....................... R$ 143,00 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,5225 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,5231 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,4500 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,6400 Euro (compra) .............................. R$ 3,9845 Euro (venda) ................................. R$ 3,9850 IPC/FIPE Mar /2016 ..............................0,97% IGPM/FGV Mar/2016 ............................ 0,51% INPC/IBGE Mar/2016 ............................0,44% IPCA/IBGE Mar /2016 ...........................0,43% IGP-DI-FGV Mar/2016 ...........................0,43% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144 *valores acima de R$ 300,00

LOTERIAS NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

Das coisas boas do inverno: café quentinho, bolinho frito, pinhão e polenta na chapa. Os dias de frio trazem de volta muitas boas lembranças, uma delas, a moradora do bairro Modelo, Beatriz Falcão, fez questão de relembrar.

cmyk

1º 2º 3º 4º 5º

-

5.529 4.040 5.635 9.481 8.492

LOTOFÁCIL

ENTRE ASPAS

CONCURSO nº

1361

“Minha primeira palavra ao povo brasileiro é confiança. Confiança nos potenciais do nosso País e na recuperação da economia (...) É urgente pacificar a nação e unificar o Brasil. Fazer um governo de salvação nacional”, disse Michel Temer.

01 04 05 11 12

“Temos de controlar o crescimento das despesas públicas", disse o novo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

18 19 20 23 25

"Estamos envolvidos em um novo projeto, onde o governo está centrado na reconstrução do Estado com amplitude e profundidade em áreas vitais", disse o vice-governador José Paulo Cairoli. "Não somos um bando de boçais que pode ser conduzido com essa semcerimônia", afirmou o ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa. "Minha última partida, amanhã no Parc des Princes. Eu vim como um rei, saio como uma lenda", escreveu o nada modesto Zlatan Ibrahimovic, atacante do Paris Saint-Germain, em sua conta no Twitter, sobre a saída do clube.

SEMINÁRIO - União dos Dirigentes Municipais de Educação participará de seminário em Porto Alegre no dia 25 de maio para discussão sobre a Base Nacional Curricular Comum. O professor Airton Amorin também explana que a base irá definir os componentes curriculares comuns mínimos das escolas, tanto públicas como particulares. IDOSO - Esteve em desenvolvimento no Salão de Atos da Unijuí – câmpus Ijuí, ontem, sexta-feira, 13 de maio, o 1º Encontro de Debates sobre Atenção ao Idoso: Desafios e Perspectivas do Envelhecer Saudável. A promoção é da Unijuí, por meio da Escola Superior de Saúde, Departamentos de Ciências da Vida e de Educação e Humanidades e Curso de PósGraduação em Geriatria e Gerontologia.

2

Getúlio

13 14 15 16 17

QUINA

CONCURSO nº

4083

02 53 59 70 80 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

MARCHA DOS PREFEITOS

Fim de mandato centralizou debates

Durante essa semana, o prefeito Fioravante Ballin, acompanhado de outros cinco representantes dos municípios integrantes da Associação dos Municípios do Planalto Médio (Amuplam), esteve participando da 19ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, promovida pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM). O chefe do Executivo municipal destacou os principais assuntos em pauta, entre eles, os desafios de final de mandato e, outro tema marcante, segundo Ballin, foi a judicialização das políticas públicas. Além das atividades da 19ª Marcha, Ballin ressalta que foram realizados encontros com a bancada do PDT em Brasília. Na oportunidade, ele enfatizou o debate pela busca de recursos dos líderes municipais. “Nós apresentamos a pauta de recursos que devem ser disponibilizados para os municípios, principalmente da Amuplam, recursos como a repatriação, que hoje saem do País, valor em média de R$2 bilhões, e os valores do ISS dos cartões de crédito, que hoje só vão para cerca de 30 cidades do Brasil, pedimos que seja disponibilizado para todos os mu-

nicípios, do leasing dos bancos e da construção civil, que são mais de R$16 bilhões, além do 1% do FPM que há uma previsão do acordo feito com o governo federal para a partir de julho desse ano”. Agora, mesmo com a mudança de presidente, Ballin acrescenta que as mobilizações em busca de recursos não devem parar. “Essas são as pautas dos municípios e que agora, com a instituição do novo governo, queremos continuar a mobilização. Independentemente do governo que vai estar no mandato”. Ballin destaca que a comitiva da Amuplam avaliou como fundamental e positiva a participação, a qual fortaleceu as gerações entre os municípios e estabeleceu a condutividade da luta junto ao Congresso, senado e o governo federal pelo atendimento da pauta municipalista e necessita-se continuar a mobilização em defesa dos interesses dos municípios e cidadãos. “Está tramitando, para além de projetos nos ministérios como valores complementares para o Parque Popular da Pedreira e do Pro Transporte, são mais de R$10 mi em projetos, além disso, para

Fiergs cobra atenção às entidades empresariais A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs) divulgou ontem um comunicado endereçado ao presidente Michel Temer. No documento, a entidade lista uma série de itens que seriam importantes para "destravar a economia" e auxiliar na geração de empregos. "A Fiergs entende que o presidente Michel Temer e a sua equipe devem ouvir as entidades empresariais. Durante todo esse tempo de paralisação da economia pela crise política, as entidades continuaram trabalhando nas suas propostas de medidas governamentais. Portanto, cabe ao Executivo ouvir e receber essas ideias", justifica o comunicado. A argumentação da Fiergs baseia-se na premissa de que o setor industrial, pelo valor agregado e demanda de seus produtos, é a atividade que pode dar a resposta mais rápida para a recuperação econômica buscada pelo novo governo. Outro ponto citado como crucial se baseia na demanda externa da indústria, que transformou as exportações em um fator de

crescimento para o País. "A indústria quer gerar empregos. Os governos é que não deixam. Portanto, chegou a hora de um Pacto Econômico para o crescimento, colocando o setor industrial no centro das novas políticas", diz o texto. Para tanto, foram listados itens que, segundo a Fiergs, podem ser adotados nos primeiros 100 dias de governo, e se configuram em "decisões simples". As propostas mais significativas são o não aumento nem criação de impostos, regularização da terceirização de trabalhadores, prestigiamento do negociado nas relações de trabalho e "atualização vigorosa" da tabela do Imposto de Renda "para fortalecer o mercado interno". Outros temas centrais expostos são a retomada de programas de apoio do BNDES, manutenção da desoneração da folha de pagamentos, e agilização das Parcerias Público-Privadas (PPPs). Já a médio prazo, a entidade pede que o governo promova a Reforma Política, com constituinte exclusiva para esse fim, e a Reforma da Previdência.

Fioravante Ballin

esse ano, temos R$2 mi de emendas parlamentares de senadores e deputados”, destaca ele. Uma dessas emendas é o valor de R$ 750 mil para obras de pavimentação urbana, dos deputados Pompeo de Mattos e Bohn Gass. Recursos que devem ser investidos no prolongamento da 13 de Maio até o Condomínio Colméia e ainda a pavimentação da Henrique Kopf/ Professora Alice Couto e acesso para a AABB.

3

"Novo governo possui capacidade de ação" Ao longo desta semana, o Grupo JM tem ouvido diversos economistas para traçar um panorama sobre o que esperar do novo governo Temer quanto ao principal desafio do País neste momento: a superação da crise econômica. Para o economista e professor da Unijuí, Dilson Trennepohl, o presidente interino Michel Temer terá mais ferramentas para governar, pelo fato de assumir com a missão irrestrita de combater a crise e possuindo, em tese, apoio político para tanto. "Nós tivemos uma definição que aponta para a existência de um governo com capacidade de ação, com identidade, com clareza daquilo que precisa propor para a sociedade. É algo que não vinha sendo apresentado pelo governo Dilma, em função da falta de capacidade de aprovar qualquer medida no Congresso. Mesmo as poucas medidas que estavam postas, elas não enfrentavam diretamente a crise econômica, tinham como função enfrentar a crise política", afirma. Na avaliação do economista, a equipe econômica do novo governo, chefiada pelo ministro da Fazenda Henrique Meirelles, assume com uma estratégia clara: legitimar as pautas reivindicadas pela classe empresarial. "Há claramente uma pauta de ações direcionadas às expectativas do grande empresariado. É uma pauta dentro dos itens de exigência do

Dilson Trennepohl

mercado financeiro, do grande capital", avalia o economista. Ao contrário do que afirmam os opositores do novo governo, Trennepohl acredita que a agenda mais alinhada ao liberalismo econômico se faz necessária neste momento de crise. "Itens que compõem a pauta, como redução de ministérios e garantia de obras e investimentos através da iniciativa privada, dão o tom da nova política econômica. É possível que haja discordâncias nas opções políticas, mas é preciso ter clareza que são medidas necessárias para recuperar a confiança no governo, o que é algo fundamental para sair da crise", argumenta.

Governo veta Estatuto das MPEs Foi publicado no Diário Oficial do Estado nesta semana o veto total ao projeto de lei complementar que criou o Estatuto Estadual da Microempresa, Empresa de Pequeno Porto e Microempreendedor Individual. O texto havia sido aprovado pela Assembleia Legislativa no início de abril. A justificativa para o veto é vício de iniciativa, sendo, portanto, inconstitucional. Vários pontos do projeto seriam de competência do Executivo, conforme o governo. "Cabe à Administração Estadual a edição de normas e a alteração de condutas relacionadas às políticas governamentais", diz o veto. O projeto é do deputado estadual Tiago Simon (PMDB). Quando aprovado, argumentou-se que já há

instrumentos semelhantes em outros estados e, por isso, o Estatuto poderia funcionar no Rio Grande do Sul. "A lei nacional também foi de iniciativa do Legislativo. A sanção pelo governo do Estado já seria suficiente", disse o autor do projeto, que disse ter sido pego de surpresa pelo veto total, já que estava negociando um veto parcial à matéria. O Sebrae-RS ainda não quer se manifestar sobre o veto. Segundo o deputado Simon, o projeto foi construído junto com a entidade. O deputado estadual acredita que o projeto será reformulado e reapresentado naAssembleia Legislativa. Com isso, a matéria iria a votação novamente no plenário e haveria novo prazo para negociações.

Tiago Simon

Banrisul tem lucro de R$ 188,1 milhões O Banrisul registrou lucro líquido de R$ 188,1 milhões no primeiro trimestre de 2016, 27,9% acima do registrado no mesmo trimestre de 2015. O desempenho foi favorecido pela elevação da margem financeira e pela performance de receitas de serviços e tarifas bancárias, ainda que o ambiente de incertezas na

esfera política e econômica tenha afetado os negócios na indústria bancária. O patrimônio líquido atingiu R$ 6,3 bilhões no final do primeiro trimestre de 2016, com expansão de R$ 580,7 milhões ou 10,1% em um ano. A rentabilidade anualizada sobre o patrimônio líquido médio

atingiu 12,6% no primeiro trimestre de 2016. AVero, rede multibandeiras que oferece uma ampla variedade de produtos e serviços ao setor do comércio, favorecendo o incremento de suas vendas, encerrou o primeiro trimestre de 2016 com 191,2 mil estabelecimentos credenciados.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

4

Futuro do sistema prisional é discutido

Situação Prisional e Possíveis Soluções. Esse foi o tema debatido pelo deputado estadual Jeferson Fernandes e pelo procurador de Justiça Gilmar Bortolotto, durante abertura de um evento do curso de direito da Unijuí. A dupla aproveitou a oportunidade para visitar o Jornal da Manhã, e falar um pouco sobre o assunto, que vem sendo debatido há algum tempo. De acordo com o deputado, desde 2011 vem sendo feito um trabalho na Assembleia Legislativa, para se ter um maior entendimento do sistema prisional no País. "A situação atual nos preocupa, devido ao fato de ter aumentado de forma significativa o número de presos no RS em questão de aproximadamente 10 anos. Essa situação é caótica também para quem trabalha com o sistema, que por falta de funcionários, quem toma a frente são os próprios apenados. E com isso, não se tem esperanças de um processo de ressocialização, que é o que recomenda a lei da execução penal", explica. Sobre uma possível solução para o "caos", o deputado comenta que é o método APAC, que prevê uma humanização no sistema penitenciário. "O método se dedica à recuperação e reintegração social dos condenados a penas privativas de liberdade, realiza trabalhos com o apenado durante a sua estadia no presídio, além de atividades com o envolvimento familiar, valorização humana, e a participação da comunidade. Percebemos que realizando esse método, aumenta o grau de ressocialização", ressalta. O procurador de Justiça, Gilmar Bortolotto, diz que a sociedade tem uma tarefa que não pode ser transferida. "Temos dados completos da atual situação, para que a comunidade compreenda. Hoje, 70% dos presidiários retornam ao presídio depois de soltos, sendo assim, o Estado tem um pouco mais de 33 mil presos no total, destes, 21 mil retornarão depois de soltos, pela prática de delitos ou tráfico de drogas, dentre esse número, 29% são pessoas que nunca pisaram no presídio", destaca. Bortolotto ainda destaca o fato dos presos não serem recepcionados pelo Estado, e sim, por organizações que são formadas dentro do presídio. "Essas organizações na maioria das vezes são perigosas, porém, acabam oferecendo o suporte que o Estado não tem condições

cmyk

Deputado Jeferson Fernandes

Procurador Gilmar Bortolotto

materiais, de Recursos Humanos e também metodológicas de oferecer. "O sistema prisional é um terreno fértil para o recrutamento de mão de obra, e um grande problema disso são os presos, que em sua maioria são jovens, com pouca instrução, Ensino Fundamental incompleto e dependentes químicos", comenta. O procurador ressalta que não se pode olhar os 70% que retornam à prisão, achando que esse numero é somente da maldade do ser humano que se encontra dentro das grades."A sociedade precisa participar dessa revolução, apostando na metodologia das Apacs, para tentar reverter esse número e fazer com que aconteça uma maior ressocialização desses presidiários. Quem acaba perdendo com esse aumento de presos que retornam ao presídio, além dos apenados, é também a sociedade", finaliza.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

ILUMINAÇÃO PÚBLICA

Moradores reclamam de falta de manutenção

Há cerca de 70 dias, os moradores da Quadra A, do bairro Modelo, são acompanhados pela insegurança que falta de iluminação tem proporcionado. Isso porque, durante todo esse período, os moradores ligam e vão até a Central de Iluminação Pública para solicitar que seja feito o reparo, mas o que ouvem é "amanhã vamos lá, e esse amanhã não chega", como relata o morador Marcos Souza Amaral. "Isso é perigoso, moramos a duas quadras da rodoviária, onde passam tantas pessoas, e tantos casos podem ocorrer por causa dessa escuridão", desabafa. Ele também relata que já foi até a prefeitura pedir providências, mas o anúncio é de que não há recursos para adquirir o material para fazer o reparo. Na sessão da Câmara de Vereadores, da última segunda-feira, o vereador Andrei Cossettin (PP) também levantou a pauta, questionando o investimento da taxa de iluminação pública. No início dessa semana, o secretário de Desenvolvimento Urbano, Obras e Trânsito (Smodutran), Bira Erthal, explicou, em entrevista à Rádio JM, que há uma disparidade entre a demanda e os recursos necessários par fazer a manutenção. "Mesmo que tivéssemos todas as taxas pagas não teríamos condições de atender todos os pedidos" Bira aponta que o valor é insuficiente para fazer a manutenção de toda a rede. "Para além do que é arrecadado, nós temos que fazer dois cálculos, um, o que

5

Emissão de CTPS está suspensa Até o próximo dia 31 de maio, o encaminhamento de carteiras de trabalho estará suspenso no Sine de Ijuí. A suspensão se dá por determinação do Ministério do Trabalho e Previdência Social devido à mudança de sistema e migração de banco de dados. Durante esse período, aqueles que já encaminharam o documento podem retirá-lo no Sine, para novos documentos é necessário esperar o prazo. A medida, com alcance nacional, serve para ajuste no banco de dados e foi comunicada à Fundação Gaúcha do Trabalho

e Ação Social (FGTAS) pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do RS (SRTE/RS). De acordo com o coordenador do Sine, Rubens Korb, durante esse período os encaminhamentos de seguro-desemprego e encaminhamento da mão de obra seguirão sem alteração. “Esses serviços seguem normalmente”, enfatiza. Do início do ano até hoje, foram mais de 1.200 carteiras emitidas, entre pessoas que fazem segunda via e novos documentos.

Além das vias internas do bairro, o acesso também prejudica a visibilidade

efetivamente é cobrado e outro o que efetivamente é pago pelo cidadão. Nós temos um índice de inadimplência e quando o valor não é pago, o cidadão que paga acaba arcando". Segundo ele, o déficit anual é de aproximadamente R$ 300 mil, apenas no setor de iluminação pública. "Isso nos dá uma carga muito grande na questão de alocar outros investimentos para fazermos a manutenção da forma mais adequada possível", ressalta Bira. Desde troca de lâmpada, colocação de novos postes, ligações

de novas redes e novos pontos de luz, os projetos realizados pela Ceriluz, no interior, também são arcados pela pasta. "Então, são diversas ações que temos, de um custo elevado e que a correção da taxa não é feita da forma adequada". Um dos principais problemas que fazem com que a comunidade busque a Central é o fato de as lâmpadas ficarem acesas durante o dia e apagadas à noite. Para atender esses e os mais de 250 pedidos já encaminhados, Bira explica que já há uma licitação em andamento.

Até o fim dessa semana, o Sine de Ijuí já havia emitido mais de 1.200 carteiras

Professores estaduais aprovam greve Às 15h40 desta sexta-feira, professores da rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul, reunidos em assembleia do Cpers no ginásio Gigantinho, aprovaram greve por tempo indeterminado. Os Núcleos dos Cpers de diferentes pontos do Estado definiram que paralisarão as atividades imediatamente e muitos deles defendem que ocorra por tempo indeterminado. Entre as reivindicações da categoria estão o fim do parcelamento de salários, reajuste de 13% nos vencimentos, cumprimento da lei do piso - que hoje estaria 69,44% defasado, de acordo com o sindicato -, IPE com pleno atendimento e sem aumento de descontos, o fim do fechamento de turmas e escolas e a disponibilidade de merenda para todos os alunos. No entanto, a 36ª Coordenado-

Reunido no Gigantinho, sindicato determinou interrupção de aulas ontem mesmo

ria Regional de Educação (CRE), comunicou que "em virtude da declaração do Cpers/Sindicato que aprovou na assembleia de [ontem], greve por tempo inde-

terminado (...) na segunda-feira, as escolas da rede estadual de sua abrangência terão aula normal e que os pais deverão enviar seus filhos aos educandários."

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

CONSUMO É DESAFIO

O

combate ao tráfico de drogas no País é um desafio histórico. Os recordes de apreensões e prisões pelo delito são constantemente quebrados, impulsionados pelo crescimento da população urbana, principalmente nas grandes metrópoles. Dessa forma, é possível concluir que nada alimenta de maneira mais feroz a comercialização de entorpecentes do que a demanda existente por eles. Cientes disso, as autoridades brasileiras começaram a promover nos anos 1970 campanhas de conscientização, principalmente entre jovens, contra o uso de qualquer tipo de entorpecente. Convencionou-se, diante do cenário de drogadição no País, separar o uso da comercialização de entorpecentes, para melhor combater ambos. Até o Código Penal separou os dois delitos, de maneira a proporcionar aos usuários uma pena que possibilitasse uma recuperação química e psíquica, e aos comerciantes de drogas punições que os impedissem Antes limitadas aos de continuar sendo grandes centros, as os operadores do organizações critráfico. Essa tese seria minosas de maior muito boa se funcioe menor porte se nasse de maneira instalaram também prática, mas é de coem cidades intenhecimento público rioranas, mas com que nosso é sistema potencial crescicarcerário ineficiente mento da população e os problemas sourbana. ciais enfrentados por muitas regiões brasileiras acabaram por formar um terreno fértil para o crescimento do mercado das drogas no Brasil. Antes limitadas aos grandes centros, as organizações criminosas de maior e menor porte se instalaram também em cidades interioranas, mas com potencial crescimento da população urbana. É o caso de Ijuí. As autoridades da segurança pública local alertam para a forte mudança de patamar que o município sofreu nos últimos cinco anos: de mero corredor do tráfico estadual de drogas, por estar situada às margens da BR-285, uma das mais movimentadas rodovias gaúchas, Ijuí tornou-se um grande centro consumidor de entorpecentes. Mesmo com a assustadora constatação, a avaliação é de que o ritmo de consumo na cidade acompanhou o crescimento do uso de entorpecentes a nível nacional. Como resume um delegado de polícia, a drogadição tornou-se um verdadeiro câncer que toma conta de nossa sociedade. Quando as autoridades prendem um traficante, em pouco tempo surgem outros interessados em tomar a "clientela" que foi deixada. Uma triste realidade. O que se apresenta como fator de maior preocupação são os chamados crimes adjacentes. Para sustentar o vício, principalmente de drogas mais baratas como crack e maconha, usuários acabam por cometer delitos como roubos e furtos, o que acaba por influenciar nos índices de criminalidade. Neste cenário difícil, a despeito do bom trabalho realizado pelas autoridades policiais, resolver e até mesmo atenuar o problema do tráfico e consumo de drogas ainda parece estar em um horizonte distante.

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

ENTREVISTA De que forma é possível iniciar uma conversa sobre as mudanças na educação nos últimos 20 anos? Nos últimos dias ao conversar com um amigo sobre a Educação de anos atrás e suas disciplinas como Educação Moral e Cívica, dentre outras, ficou uma pergunta: Será que estas disciplinas não podem retornar as escolas com outra perspectiva, contemplando os direitos e deveres do cidadão, a coletividade e outros fatores? Ou temos esta abordagem com um contexto diferenciado? Quais as disciplinas que foram suprimidas da grade curricular nas últimas duas décadas? Na trajetória deste amigo e na minha também, algumas disciplinas eram norteadoras de uma formação de respeito, valores, limites e de cidadania. Não sei, mas me parece que antigamente a escola tinha um amparo, um conhecimento ou um interesse mais enfático nestas perspectivas, talvez de sujeitos esclarecidos, com opinião própria. Qual seria o mérito deste debate em relação às mudanças no formato de ensino atual? Nossa reflexão estava centrada nesta preocupação diária em abordarmos conteúdos e mais conteúdos com as crianças do Ensino Fundamental e principalmente do Ensino Médio, por vezes, deixando-as com uma lacuna nas relações interpessoais. Desta forma, continuamos o questionamento: Será que já sabemos quem são estas crianças? A que vieram e como podemos direcioná-las enquanto educadores, pais/responsáveis? Qual o papel dos educadores dentro deste universo ainda incerto sobre quem são as crianças de hoje? A criança está no processo para se tornar adulto, é um ser em potencial. Logo, o processo na jornada de realizações é justamente indicado pela aquisição de habilidades e o cumprimento de tal estágio. A criança, tempos atrás era vista como uma tábula rasa, mas hoje elas chegam à sociedade com um grande número de informações e conhecimento, além de sempre abertas as coisas novas que lhe serão apresentadas. Nós como educadores precisamos motivar seu crescimento intelectual de maneira eficaz, com princípios e valores que transformem um pouco o mundo atual com suas ações. Como o papel do educador está dividido nas três etapas vivenciadas por crianças e adolescentes dentro das escolas? Na Educação Infantil, as atividades precisam ter um peso avaliativo, de produção, ou seja, que mostre aos pais o conteúdo contemplado. No Ensino Fundamental, as matérias se multiplicam e a criança já sente esta responsabilidade, em dar conta dos conteúdos, caso contrário os pais ou responsáveis não consideram seu desenvolvimento. No Ensino Médio a “enxurrada” de conteúdo é sem limites. A criança, muitas vezes assimila, armazena tudo isto para os primeiros minutos do vestibular ou para a realização de uma prova. E quanto esse estudantes deixa a escola, como é que fica? Bingo! Agora este aluno é um universitário e eu fico pensando: Esta criança não sai da escola como um

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

6

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

Ana Regina Caminha Braga Escritora, psicopedagoga e especialista em educação especial e em gestão escolar. depósito de informações, conteúdos automatizados que nesta nova fase não saberão mais como utilizálas? E se ao invés de traçarmos toda esta luta diária com os conteúdos, também abrirmos um espaço para trabalharmos com os alunos as questões de cidadania, civilização, respeito ao próximo, o estilo, tempo e momento de aprender de cada um? A competitividade existe no meio acadêmico e no mercado de trabalho, mas precisamos ter consciência e controle de nossas aprendizagens, sem passar na frente dos outros desrespeitando os valores dos demais, o espaço do outro, sua formação, seus pensamentos, suas propostas. De que forma todas estas questões poderiam ser trabalhadas? Acredito que resgatando estas disciplinas podemos evitar a propagação de tantas atitudes indevidas, ligadas diretamente a escola como acompanhamos na mídia e nos nossos espaços de trabalho. Assim, pode ser possível amenizar os rótulos e diagnósticos precoces de crianças e demais sujeitos, nos consultórios psicológicos ou psicopedagógicos. As escolas, além das mudanças curriculares, também precisam promover o enfrentamento de situações como o bullyng, que passaram a ser debatidas em âmbito escolar. Como a instituição deve trabalhar esta situação? Como mestre e pesquisadora da Educação é possível compreender que a escola precisa trabalhar e se desenvolver para que a tomada de consciência aconteça de modo geral, desde a equipe pedagógica, o administrativo até os discentes. Por isso, devemos estar atentos para detectar o processo e trabalhar em prol dos alunos vitimizados pelo bullying. Essa mobilização talvez seja uma alternativa para diminuir tal sofrimento. Cabe também ao núcleo escolar proporcionar aos alunos a participação em feiras culturais, exposições, diálogo com outros colegas e assim por diante, deixando-os mais à vontade no meio.

Representantes Comerciais: Grupo de Diários

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

www.jmijui.com.br

ciadaarte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

EDUCAÇÃO

Escolas profissionais recebem recursos

7

Ruizinho promove a 8ª Maratona de Matemática No início desta semana, a Escola Estadual de Ensino Fundamental Rui Barbosa- Ruizinho realizou a 8ª edição da Maratona de Matemática, envolvendo alunos dos Anos Finais, com atividades desafiadoras, priorizando aplicar conceitos matemáticos e desenvolver o raciocínio lógico de forma lúdica. A Maratona é uma prática pedagógica de caráter interdisciplinar que envolve principalmente os componentes de Matemática e Artes, e uma das tarefas antecipadas solicitadas foi a realização de releitura de uma das obras de arte da artista brasileira Beatriz Milhazes, que explora o estilo abstrato geométrico com formas

circulares, sugerindo deslocamentos ora concêntricos, ora expansivos. Esses trabalhos artísticos (releituras) realizados pelos alunos aliaram as figuras dos arcos olímpicos (pela sua forma e pelo seu simbolismo) às obras de Milhazes, que utiliza o círculo de todas as maneiras e porque o Brasil sediará os jogos olímpicos. As professoras de Matemática Adriana Roselia Kraisig, Fernanda Gonzaga K. Weiler, Natani Raquel F. Lacerda, Silvana Fátima Thomé da Cruz e as professoras de Artes Janaina R. R. Seller e Vera Lucia Pompéo se envolveram na organização, com o apoio da coordenadora Carla Schulz.

Representantes de cinco escolas de Educação Profissional reuniram-se na 36ª Coordenadoria Regional de Educação, ontem

Na manhã de ontem, as cinco escolas de Educação Profissional da 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Escola Técnica Estadual 25 de Julho, Escola Otávio Caruso Brochado da Rocha e Instituto Guilherme Clemente Köehler, de Ijuí, Colégio Comendador Soares de Barros, de Ajuricaba, e Colégio Estadual Catuípe, de Catuípe, reuniram-se na Coordenadoria. O objetivo da reunião foi receber orientação sobre a aplicação

do valor de R$ 150 mil recebido por cada escola, por meio da Superintendência da Educação Profissional do Estado (Suepro) em conjunto com a Secretaria Estadual de Educação (Seduc), recurso do Banco Interamericano de desenvolvimento (BID). “É uma notícia boa e o dinheiro virá na conta de cada escola pela autonomia financeira, para ser aplicado em reformas e obras nas escolas”, explica o coordenador regional de Educação, Cláudio de Souza.

Os diretores das escolas participantes preencheram uma planilha online para registrar as necessidades de reformas com previsão dos gastos para apreciação da Suepro. Segundo Souza, esse é um recurso importante para atender as demandas estruturais das escolas de educação profissional, obras e reformas. “Isto, sem dúvida, vai qualificar o trabalho que é realizado pelas nossas 5 escolas que oferecem Ensino Técnico”, destaca.

Escola desenvolve projeto de leitura A turma do 3º ano da Escola Municipal Dona Leopoldina está participando de atividades envolvendo a leitura, participando semanalmente como contadores de história. Neste sentido, os alunos foram desafiados a escolher uma obra literária do seu interesse, conhecer o enredo detalhadamente e compartilhar os fatos para os colegas. Previamente, organizou-se um cronograma do dia que cada criança irá contar sua história. Para este momento, os estudantes reúnem-se para ouvir e apreciar a história escolhida, participando com opiniões ou leitura de imagens. Esta atividade dos Contadores de histórias terá continuidade no decorrer do ano letivo em que cada criança será desafiada a acrescentar um registro ou criação sobre a história. Em um primeiro momento a escolha é livre e no término desta primeira etapa os alunos recebem um certificado de participação. Na segunda proposta, as crianças terão que criar um convite,

No ginásio da escola, os estudantes responderam a desafios matemáticos

Alunos aprendem sobre produção de energia Para visualizar na prática como se dá o processo de geração e distribuição de energia elétrica por meio de uma Pequena Central Hidrelétrica (PCH), o 3º ano do Ensino Médio do Centro de Educação Básica Francisco de Assis (EFA), foi até a Usina RS-155, da Ceriluz, no Distrito de Santana. Acompanhados pelos professores Gilmar Walker, Sandra Gelatti, Jader Kappaum e Janete Strieder, os alunos foram instigados a pensar vários aspectos que permeiam o processo de construção de uma usina, seus impactos e vantagens em relação a outras formas de geração de energia. Na primeira parte da visita, os

alunos conheceram a barragem e o desvio feito no Rio Ijuí para que a água chegue à casa de máquinas, onde estão alocados dois geradores da Usina. A professora de Física, Janete Strieder, e os responsáveis técnicos pela usina explicaram como se dá a geração e distribuição de energia na hidrelétrica. O projeto do 3º ano sobre energia elétrica tem como ponto alto a visita à Hidrelétrica de Itaipu, que acontece em agosto. Lá, segundo a professora Janete, os alunos já terão conhecimento de parte do processo de produção e distribuição de energia, possibilitando construir entendimentos mais complexos sobre o tema.

O 3º ano participa semanalmente do projeto Contadores de Histórias

que será entregue para a turma, informando o dia, local e qual história será contada. E assim, sucessivamente, os desafios serão propostos para a turma, procurando envolver todos os gêneros textuais e diferentes formas de registros. “Procuramos aliar leitura, entendimento, registros e oralidade como habilidades neces-

sárias para o desenvolvimento social, cognitivo e emocional da criança”, afirma a professora da turma, Graziela Fiorin. “Desta maneira, também reconhecemos a importância da literatura infantil e a formação do hábito de leitura como possibilidades de ampliar o repertório textual, vocabulário e comunicação entre leitor e escritor e entre os colegas ouvintes.”

EFA realiza estudos "in loco" sobre produção da energia elétrica

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

8

MEDICINA PREVENTIVA

Ingestão moderada de açúcar é incentivada Determinados nutrientes realçam o sabor, tornando o alimento mais apetitoso. Porém, alguns excessos trazem consequências desagradáveis e perigosas. No encontro desta semana do grupo Qualidade de Vida, desenvolvido pela Unimed Noroeste/RS, a nutricionista BetinaCassarotti iniciou uma discussão sobre “Açúcar e Sal: qual o maior vilão”. A profissional, que atua junto ao Departamento de Medicina Preventiva, evidenciou que as duas substâncias aparecem ocultas nos alimentos e, embora deixem mais saborosa a alimentação, se utilizados em excesso fazem mal à saúde, podendo provocar o aparecimento de doenças. Com ênfase no açúcar, reforçou que especialistas acreditam que este componente está “mais escondido” nos alimentos, principalmente nos processados, podendo causar dependência. Conforme a nutricionista, o consumo diário da sacarose, seja ela apresentada em

forma de açúcar refinado, cristal, mascavo ou light, não deve ultrapassar 50 gramas, o que equivale a aproximadamente cinco colheres de sopa. Esta quantidade pode estar “oculta” nos alimentos ou acrescentada conscientemente, seja em bolos, chás, sucos ou outras preparações.“É preciso estar atento na escolha do alimento que será consumido, observando no rótulo a quantidade de carboidratos presente, pois alguns alimentos possuem dose de açúcar elevada escondida no seu preparo, bem como o volume que adicionamos no preparo de nossos alimentos”, alerta. Betina Cassarotti explica que “o consumo exagerado de açúcar predispõe a várias doenças, entre elas a obesidade, a dislipidemia e até o diabetes”.Após instigar uma reflexão ao grupo sobre os alimentos consumidos e qual a quantidade de açúcar nas diferentes apresentações, realizou atividade prática de leitura de

Grupo pode identificar nos rótulos quantidade de açúcar presente em alimentos industrializados

rótulos para identificar as formas em que a substância se apresenta, como sacarose,

Ginástica laboral previne acidentes Por iniciativa do programa Sinergia para os colaboradores da Fidene/Unijuí, foram retomadas as aulas de Ginástica Laboral, uma ação do projeto Viver Bem. O projeto busca conscientizar os docentes e técnicos-administrativos para a prática de hábitos saudáveis. O responsável pelas atividades da Ginástica Laboral é o instrutor Júlio Suzuki, que tem os seus dias dedicados a percorrer todos os setores e departamentos estimulando os funcionários a praticar exercícios físicos. O intuito do projeto é promover uma melhor qualidade da saúde e prevenção de acidentes de trabalho. E a prática da Ginástica Laboral cai como uma luva para evitar acidentes de trabalho, lesões por esforço repetitivo, estresse, e claro, aquecer os colaboradores nos dias frios. “A Ginástica Laboral é uma forma de incentivar a prática de exercícios também fora do

A Ginástica Laboral é uma forma de incentivar a prática de exercícios

ambiente de trabalho. Além disso, só praticando os exercícios no trabalho, após alguns meses já é possível notar uma melhora na qualidade de vida”, salienta. Ginástica laboral é a prática

voluntária de atividade física, realizada pelos trabalhadores coletivamente, no próprio local de trabalho, durante a sua jornada diária, visando melhorar a condição física do trabalhador.

maltodextrina, xarope de glicose, ou xarope de milho.

Ministro diz que não aumentará recursos As queixas de subfinanciamento da Saúde deverão continuar, apesar da mudança de governo. O novo ministro da do setor, Ricardo Barros, disse ontem que não há expectativa de aumentar o volume de recursos da área. Segundo ele, os problemas fiscais são grandes, e várias receitas previstas no ano passado não vão se realizar este ano. "Eu não tenho expectativa de aumentar recursos para a Saúde. A crise fiscal é muito grande", disse o ministro. Ele também defendeu medidas que onerem donos de imóveis em que haja dificuldade para a entrada de agentes públicos com o objetivo de combater focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chicungunha e zika. Segundo ele, a cultura do brasileiro é fazer o que precisa para evitar multas.

Barros pregou ainda maior participação de profissionais brasileiros no programa Mais Médicos, em que a maioria é formada de estrangeiros, especialmente cubanos. Mas o ministro destacou também que as duas últimas chamadas do programa já foram marcadas pelo predomínio de candidatos brasileiros. O ministro apresentou uma lista de 11 prioridades, encabeçada pela melhoria da gestão e do financiamento da Saúde. Os outros pontos da lista são: aperfeiçoar os sistemas de informação do SUS; ter mais diálogo com entidades que representem os médicos e gestores de Saúde; ampliar o combate ao Aedes aegypti; qualificar quatro milhões de profissionais de saúde; e fortalecer as ações de promoção à saúde e prevenção de doenças.

Provas de tiro de laço prosseguem hoje, com R$ 15 mil em premiações

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

9

PAPEL DOS IDOSOS

"Envelhecer faz parte dos seres vivos"

O 1º Encontro de Debates sobre Atenção ao Idoso: Desafios e Perspectivas do Envelhecer Saudável foi realizado ontem, no Salão de Atos da Unijuí. Promovido pela Unijuí, por meio da Escola Superior de Saúde, Departamentos de Ciências da Vida e de Educação e Humanidades e Curso de Pós-Graduação em Geriatria e Gerontologia, a abertura do evento teve a palestra do mestre em História, professor Dinarte Belato. Ele abordou o tema a Contextualização acerca da transição demográfica, com o acelerado aumento da população idosa. O que fazer diante disso? Papel social do idoso. Segundo o docente, existe hoje um fenômeno de envelhecimento da sociedade, ou seja, do crescimento em número e em percentual de idosos na sociedade em nível mundial. Este cenário exige uma mudança no preparo da sociedade para reintegrar este público. "Nós temos hoje um duplo, triplo fenômeno em relação ao envelhecimento da sociedade. O primeiro deles é o espanto em relação ao fenômeno em si, numérico e percentual de idosos na sociedade.

O segundo é que a sociedade enfrenta este problema de forma muito recente. O sistema anterior de cuidar dos idosos era familiar, tinha claro o sistema asilar, mas ele era praticamente muito restrito, então as famílias é que cuidavam. Hoje, a estrutura familiar não tem mais possibilidade de exercer essa função, com um ou dois filhos não tem mais essa possibilidade. E a terceira dimensão é o lugar que o idoso vai exercer na sociedade, qual será o papel dele", explica Belato. O professor destaca que a sociedade avançou significativamente no sentido de olhar os idosos com olhos diferentes. O desafio, no entanto, será de repensar os recursos em relação à manutenção da saúde e também da Previdência. “Se o número de idosos avançar muito, o sistema que está aí entra em colapso. É preciso repensar estes modelos para dar suporte a estas novas concepções que temos em relação à velhice”. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU) há uma disparidade significativa no crescimento populacional, entre o número de crianças de 0 a 15 anos que está diminuindo drasticamente em re-

Os professores Dinarte Belato e Jaime Callai debateram sobre o novo papel do idoso na sociedade moderna

lação às pessoas de 60 ou mais. "Sendo assim o problema, temos que pensar os idosos para reintegrá-los no mundo ativo, seja pela experiência, seja pelo que sabem, ou pelas suas habilidades. Mas, nós não temos muito claro como fazer isso, porque não temos um Estatuto que deter-

mine as relações de trabalho dos idosos na sociedade", reforça. Belato acentua que envelhecer faz parte de todo ser vivo e que a sociedade evoluiu em sua forma de olhar e tratar os idosos, mas ainda há gargalos e barreiras que precisam ser vencidos ao longo dos anos.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

10

NOVO GOVERNO

Meirelles cogita volta da CPMF O novo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse ontem que o Brasil aguarda “uma ação e uma mudança no itinerário da economia”, num momento de recessão, deterioração das contas públicas e aumento do desemprego. Ele não descartou aumento de impostos, mas disse que, se essa medida for tomada, será "temporária." Entretanto, indicou que o governo pode rever subsídios (incentivos). “O país de fato está aguardando uma ação e uma mudança no itinerário da economia. Um fato concreto é que o momento que estamos vivendo é de recessão. Isso leva a um aumento do desemprego e queda da renda e afeta o bem-estar das pessoas”, disse ele durante a primeira entrevista coletiva no ministério da Fazenda. “O mais importante é a queda do investimento, que levou à queda do emprego e ao mesmo tempo a uma diminuição da capacidade de oferta da economia que, mesmo com a demanda caindo, permitiu em algumas situações uma resistência da inflação.” Nela, disse que a primeira grande ação do governo de Michel Temer na área econômica será "controlar" o aumento de despesas públicas, que hoje superam em bilhões a arrecadação gerando déficit. Ele também afirmou que o nome do novo presidente do Banco Central será definido neste fim de semana. E que o governo pretende enviar um projeto ao Congresso para tirar o status de ministro do cargo, mas mantendo o foro privilegiado para toda a diretoria do BC. Meirelles também defendeu que se estabeleça uma idade mínima para aposentadoria pela INSS. De acordo com

Caravana da Educação Fiscal chega na região Mais de 50 municípios que integram as regiões do Planalto Médio, Missões e Centro do Estado estarão mobilizados, ao longo da próxima semana, para encontros que buscam ampliar as ações de cidadania fiscal. O próximo roteiro dos seminários de Educação Fiscal começa por Cruz Alta já nesta terça-feira. Direcionado a professores da rede pública e particular, gestores municipais e representantes de entidades cadastradas no programa da NFG.(Nota Fiscal Gaúcha), o encontro acontece no auditório do Instituto Estadual de Educação Professor Annes Dias e começa às 13 horas. Será o 7ª de uma série de seminários organizados pelo Gefe/RS (Grupo de Educação Fiscal Estadual do RS). A região do Planalto Médio compreende 16 municípios das 9ª (Cruz Alta) e 36ª (Ijuí) Coordenadorias Regionais de Educação (CRE´s). O Gefe/RS organizou um calendário com 16 seminários regionais até o final do mês de junho para contemplar as mais diferentes regiões gaúchas debatendo a importância do controle social na destinação do que é recolhido em impostos, mas também sobre o papel do consumidor em combater a sonegação.

cmyk

Nilton Kasctin dos Santos Promotor de Justiça

Os rios e os sonhos

Novo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles prometeu novos tributos apenas temporariamente

ele, a medida é fundamental para garantir o financiamento da Previdência. E que o governo manterá o atual formato de correção do salário mínimo, que prevê a atualização dos valores pela inflação do ano anterior e pelo crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes. Ao ser questionado sobre a proposta de retorno da Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira (CPMF), enviada ao Congresso pelo governo Dilma Rousseff mas ainda não votado, Meirelles não respondeu se apoia. Ele afirmou, porém, que, caso seja

necessário um determinado tributo para elevar a arrecadação e contornar o déficit das contas públicas, ele será aplicado mas será “temporário”. “Sabemos que o nível de tributação já é elevado”, afirmou. Para o ministro, o governo deve ter como meta uma queda da carga tributária brasileira. “No entanto, vamos evidentemente dar prioridade à questão da dívida pública e do seu crescimento a níveis sustentáveis. Qualquer aumento de tributo tem que ser proposto como temporário, se for necessário”, afirmou.

Ministro defende modernização da lei trabalhista O ministro do Trabalho, deputado Ronaldo Nogueira (PTB-RS), afirmou que o governo Michel Temer pretende modernizar as relações trabalhistas, mas preservando os direitos dos trabalhadores. "Em nenhum momento ele [Michel] disse que iria cortar direitos. Disse que os direitos seriam preservados. Não podemos confundir a preservação de direitos com a modernização. A modernização é fundamental para que haja uma estabilidade no mercado e para o trabalhador", afirmou o novo ministro. Em seu primeiro discurso no posto de presidente interino, Michel Temer citou as reformas trabalhista e previdenciária e disse que modificações nessas áreas terão como objetivo o pagamento das aposentadorias e a geração de emprego. Disse ainda que nenhuma dessas reformas alterará direitos adquiridos. "É importante que sindicatos e trabalhadores entendam e se tranquilizem que esse será um governo de diálogo", afirmou o novo ministro do Trabalho após tomar posse. Questionado sobre o projeto da terceirização que tramita no Senado, afirmou que ainda irá conversar com Temer em busca de uma orientação sobre o tema.

Ronaldo Nogueira

Nogueira disse ainda que o aumento do desemprego será revertido e que o papel do ministério será criar uma harmonização na relação entre capital e trabalho. "Não podemos dividir classes. Precisamos unir as classes."

É impressionante a força de um rio. Seja grande ou pequeno, o homem jamais poderá detê-lo. Toda tecnologia do mundo pode apenas represar um rio, desviar seu curso ou tirar água de seu leito. Mas nunca poderá impedi-lo de correr para o mar. Se o homem construir uma gigantesca barragem num determinado ponto do curso de um rio, mais cedo ou mais tarde essa barreira terá de permitir a passagem de suas águas. Pode demorar, mas diante do obstáculo o rio se agiganta. Cresce sem parar, até que retoma sua estrada sem perder um só traço de suas características. E um dia chega ao mar. Sempre chega ao mar. A vida de uma pessoa que tem sonhos a realizar é semelhante a um rio. Pode sofrer críticas ou perseguições, mas sempre prossegue no seu objetivo. Às vezes tem sua estrada interrompida por obstáculos aparentemente intransponíveis, mas, como um pequeno rio diante das paredes sólidas da barragem, aproveita os empecilhos para crescer ainda mais. E depois continua. Ao abordar o tema para um grupo de jovens outro dia, um deles indagou: - Se é assim, por que então existem tantas pessoas frustradas e tristes por aí? Sugeri que observasse bem a vida dessas pessoas. Na verdade elas não sonham. Um sonhador autêntico jamais será frustrado, triste ou desanimado. Outra coisa. Um sonhador acredita em Deus. Não tenho encontrado sonhadores dentre os que não creem em Deus. Porque se aceitam limitados pelo destino e pela morte. O sonho é por natureza divino. Por isso infinito. Eterno. Onipotente. Portanto, quem sonha se torna semelhante a Deus. Deus é o pai do sonho. Ele o inventou para dar sentido à nossa vida. Mesmo antes de nascer, fomos programados pelo Criador para sonhar eternamente. E quando um sonho não acontecer, tornar a sonhar. E buscar novamente a realização desse novo sonho. Até ao infinito. O sonho está sempre misturado à vida, de maneira que não existe vida sem sonho. Quem não sonha e não luta pela realização desse sonho está morto. Vejam como todas as crianças sonham, porque elas nascem repletas de Deus, de vida, de luz. Não dá para entender por que uma pessoa ao crescer pode perder o contato com Deus e assim parar de sonhar. E de viver. Quem abandona seu sonho é porque perdeu o contato com Deus. Já o restabelecimento desse contato proporciona a retomada da capacidade de sonhar. E devolve força ao sonhador. A força que o faz superior a qualquer barreira. O grande ativista social, doutor em filosofia, teólogo, pastor, sociólogo e Prêmio Nobel da Paz em 1964, Martin Luther King, quando lhe aconselharam a recuar da sua luta contra o racismo na América para poupar sua vida, respondeu sem titubear: - Se um homem não descobriu algo por que morrer, ele não está preparado para viver. Vale a pena morrer pelo nosso sonho. E não valeu a pena ter nascido se não lutarmos por algum sonho. Todos os seres humanos são dotados de potencial para sonhar coisas grandes e para lutar pela realização desse sonho. Mas o potencial dentro de nós irá intacto para o cemitério se não buscarmos a presença de Deus em nossa vida, porque Ele é a única fonte de onde tiramos energia para fazer despertar nosso potencial de sonhos. Sem Deus, nosso sonho será como uma semente guardada longe do solo; não pode produzir uma árvore, muito menos algum fruto. São de Jesus Cristo essas palavras: “Quem crê em mim, rios de água viva correrão do seu ventre” (João 7.38). O Mestre está dizendo: “Quem crê em mim, sonhos, muitos sonhos correrão do seu ventre. E ninguém poderá fazê-lo parar de sonhar, assim como um rio, que nenhuma força humana pode deter”.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

FAMURS

Posse do novo presidente da entidade será em julho

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) definiu, no início deste mês, a escolha do prefeito de Arroio do Sal, Luciano Pinto, para a presidência da Famurs. A decisão foi tomada após eleição interna no PDT. Luciano garantiu a indicação ao obter 62 votos de prefeitos e vices do PDT gaúcho. Também disputou a indicação do partido o prefeito de São João da Urtiga, Paparico Bacchi, que recebeu 60 votos. A eleição que irá ratificar o comando da Federação para o biênio 2016/2017 acontece no dia 24 de maio, na sede da Famurs (Rua Marcílio Dias, 574). A data marca o aniversário de 40 anos da Famurs. A posse da nova di-

retoria será realizada no dia 7 de julho, durante o 36º Congresso de Municípios do Rio Grande do Sul. O mandato será de um ano. A indicação de Luciano Pinto obedece a um acordo firmado entre os partidos com mais prefeitos no Estado. Estabelecido em 2005, o acerto determinou o rodízio de legendas na direção da entidade. Partido com o quarto maior número de prefeitos eleitos em 2012, o PDT obteve o direito de indicar o sucessor de Luiz Carlos Folador (PT), que assumiu a entidade em 2015. Em 2014, o PMDB definiu o nome de Seger Menegaz para o comando da Federação. Valdir Andres (PP) foi o escolhido do PP em 2013.

Luciano Pinto

Estado deve leiloar imóveis Uma das propostas do governo estadual, por meio do Programa de Gestão de Ativos conduzido pela Secretaria da Modernização Administrativa e dos Recursos Humanos (Smarh), é o leilão de uma série de imóveis inservíveis. Na semana passada, oito imóveis foram colocados à disposição e a expectativa é de uma arrecadação de cerca de R$800 mil pela secretaria da Administração Central de Licitações (Celic). Mesmo atingindo um resultado abaixo do esperado, o secretário de Estado Eduardo Rafael Vieira Oliveira, que responde pela Smarh, avalia que a ex-

periência foi positiva. "O que comemoramos aqui é que inauguramos um ciclo de venda dos imóveis do Estado", declara. A série de alienações recentemente inaugurada reflete um trabalho de cerca de um ano, quando a pasta começou a coordenar o Programa de Gestão de Ativos. O trabalho já levou a equipe a catalogar 2.482 imóveis, que já foram incluídos ao inventário do governo. Destes, 214 imóveis estão passíveis de alienação. "São tecnicamente inservíveis, não atendem às necessidades do Estado", descreve Oliveira. Antes de chegarem à fase dos leilões, os bens precisam ser apro-

vados para alienação por parte da Assembleia Legislativa. Na medida em que as autorizações forem obtidas, os certames poderão ser organizados. Atualmente, o arremate dos imóveis só pode ser pago à vista. Mudar essa regra, permitindo o financiamento, pode contornar a dificuldade. Como resultado, o Estado pode aumentar as receitas e diminuir as despesas - análise que ainda não tem um número projetado pela equipe. "A partir do melhor gerenciamento dos ativos, vamos registrar números importantes em economia", certifica Oliveira.

Aeroporto está em fase de conclusão Na última sexta-feira, o secretário-adjunto dos Transportes do Rio Grande do Sul esteve em Santo Ângelo para verificar o andamento das obras do aeroporto regional. A conclusão das obras do aeroporto é aguardada pela comunidade, uma vez que pousos e decolagens no município estão paralisados desde 2013. O governador José Ivo Sartori já confirmou presença no evento, denominado Domingo no Aeroporto. O público poderá acessar o Aeroporto Regional para prestigiar as atividades a partir das 13h30. Está confirmado também um salto com um grupo de paraquedistas do Clube de Paraquedismo de Santo Ângelo. Na próxima semana deverão ser divulgados os shows que integrarão a programação.

11

Emater reforça produções agrícolas em Bozano De um total de 487 estabelecimentos rurais em Bozano, a Emater/RS-Ascar atendeu 311 famílias em 2015. Entre ações de estímulo à produção de leite, agroindústria familiar, associativismo, vitivinicultura e piscicultura, em Bozano, foram reforçadas esta semana, com a chegada da médica veterinária da Emater/RS-Ascar, Gisiani Bogorni. O reforço ao trabalho desenvolvido pela Instituição no município do Corede Noroeste Colonial tem o aval do prefeito, Gederson Mori, segundo o gerente adjunto da Emater/RS-Ascar da região administrativa de Ijuí, Vito Cembranel. “Há programas municipais de estímulo ao desenvolvimento, só temos a agradecer a acolhida do prefeito”, disse Cembranel. Também fazem parte da equipe de extensionistas da Emater/RSAscar no município, Arnete Mazzaro, Lucas Sandri e a funcionária pública, cedida pela prefeitura

de Bozano, a assistente administrativa Letícia dos Santos. Os extensionistas executam no município a Chamada Pública do Leite, contratada pelo governo federal. Entre os principais programas municipais, destacam-se o da Agroindústria e o da Bacia Leiteira. Políticas públicas municipais também envolvem a Associação de Produtores da Casa Colonial e a Rede Leite – Programa de Pesquisadesenvolvimento em Sistemas de Produção com Atividade Leiteira no Noroeste do Rio Grande do Sul. Em Bozano, a Rede Leite mantém quatro Unidades de Observação (UO), em pequenas propriedades rurais. Projetos socioassistenciais, voltados às famílias com renda mensal per capita inferior a R$ 77,00, também são assessorados pela Emater/RS-Ascar, em parceria com entidades socioassistenciais que atuam em Bozano.

O Conselho Tutelar, juntamente com a Secretaria de Assistência Social, no Centro de Convivência, e o poder Executivo de Ajuricaba promovem, no dia 18 de maio, o 2º Encontro Regional Alusivo ao Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes. O evento faz parte do calendário comemorativo ao Jubileu de Ouro de Ajuricaba. As atividades terão início às 8h30 e se estendem até as 17h30. Interessados em participar do Encontro devem encaminhar, até a segunda-feira, nome, CPF, RG, telefone para contato, cidade e função, para o e-mail ct.ajuricaba@hotmail.com para efetivar a inscrição. Quanto ao pagamento da inscrição no valor de R$ 10,00, deve ser efetuado no dia.

O prefeito Airton Luís Cossetin enfatiza que no momento se precisa debater o assunto, “pois o silêncio significa conivência com os fatos que acontecem. Em Ajuricaba não temos muitos registros de abuso de criança ou adolescente, porém o acompanhamento constante e a assistência em caso de necessidade são indispensáveis, com isso entendemos a importância da realização destes eventos pelo Conselho Tutelar”. Na programação, devem ocorrer as palestras sobre prevenção de casos; como os órgão responsáveis devem atuar; a origem do Dia Nacional de Combate (18 de maio); como a família deve tratar uma criança e Conselho Tutelar e Escolas, como diagnosticar e trabalhar em casos de abuso e exploração sexual.

O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, apresentou na 19ª edição da Marcha de Prefeitos a Brasília uma lista de assuntos que preocupam os gestores neste momento de fechamento de contas. De acordo com Ziulkoski, a crise dos municípios agravou-se nos últimos anos. Segundo ele, o Produto Interno Bruto (PIB) teve uma queda de 3,8% no último ano, mas as despesas aumentaram, em média, mais de 4%. "A conta não fecha", afirmou Ziulkoski.

Além de ter que lidar com desemprego e contingenciamento de R$ 21 bilhões no orçamento, para detalhar os efeitos da inflação, Ziulkoski alertou que os gestores precisam lidar com o aumento de tarifas. A água, por exemplo, teve crescimento de 16,64%, a luz aumentou 50,48%, e o combustível sofreu reajuste de 18,61%. "Quem assume o compromisso com a população é o prefeito, não é o Estado, não é a União. O prefeito é quem ‘leva ferro’ da imprensa caso não tenha medico, professor, hospital, remédio ou escola", explicou.

Ajuricaba debate o combate ao abuso sexual

Encerrar mandato é principal desafio

Na semana passada, o secretário adjunto esteve visitando as obras

O secretário-adjunto dos Transportes destacou o empenho para a conclusão das obras do aeroporto. “Este é o resultado de um trabalho conjunto, fruto

da dedicação da equipe da Secretaria dos Transportes, por determinação do governador José Ivo Sartori e da mobilização das lideranças políticas".

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

CINCO ANOS DEPOIS

Motoristas ainda resistem à Lei Seca

A embriaguez ao volante foi responsável pela morte de 479 pessoas nas rodovias federais no ano passado. O número é praticamente o mesmo de 2012 – ano em que as penas para quem dirige depois de ingerir bebidas alcoólicas se tornaram mais rígidas – quando 485 pessoas morreram em acidentes nas estradas fiscalizadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) por influência do álcool. No mesmo período, o número de acidentes ocorridos por causa da ingestão de bebidas caiu de 7.594 para 6.738, uma redução de 11%. Na avaliação de especialistas, apesar de a Lei Seca prever multas, perda da habilitação e detenção para quem é flagrado dirigindo sob efeito de álcool, o comportamento dos motoristas mudou pouco nos últimos anos. Segundo o inspetor-chefe do Posto da Polícia Rodoviária Federal de Erechim, Regivaldo Tonon, houve uma grande redução nos acidentes e nas infrações envolvendo condutores alcoolizados, mas o comportamento mudou pouco. Os registros de acidentes envolvendo condutores alcoolizados, continuam no perímetro urbano da cidade.

12

Estacionar irregularmente agora é infração gravíssima A Lei 13.281/16 alterou alguns artigos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), inclusive o Art.181 que regulamenta o estacionamento de veículos. A partir de novembro desrespeitar as vagas exclusivas de estacionamento para pessoas com deficiência ou idosos será uma infração gravíssima e não mais grave como é atualmente. Com os valores já reajustados, a multa será de R$ 293,47. “É uma pena que muitos condutores não respeitem essa

regra apenas por consciência cidadã e educação. Talvez com essa mudança, onde terão que pagar mais e também levar mais pontos na habilitação, os infratores pensem duas vezes antes de cometer tal irregularidade”, avalia Celso Alves Mariano, especialista em trânsito. Além dessa mudança, outros artigos do CTB também foram alterados. Segundo o governo, o objetivo da mudança na lei é assegurar os direitos das pessoas com deficiência e garantir acessibilidade no País.

Ainda que a lei tenha amenizado a situação, motoristas ainda desafiam a sorte

As maiores infrações são sempre cometidas por alcoólatras, os quais não reconhecem a doença e o erro de estarem dirigindo alcoolizados. Os motoristas que ainda dirigem sobre o efeito da bebida, acreditam que "não vai dar nada”, mas é o maior causador de acidentes nas estradas. Segundo Tonon, a mudança de hábitos no trânsito é um processo gradativo. Ele lembra que, há alguns anos, quase ninguém usava o cinto de segurança e as crianças andavam soltas no ban-

co de trás dos carros, coisas que hoje são praticamente inimagináveis. Segundo ele, a mesma lógica pode ser usada em relação à conscientização dos motoristas sobre a combinação de álcool e direção. “Essa mudança é gradativa, acredito que está havendo uma mudança sim. E, apesar do aumento do número da frota, o número de acidentes vem se mantendo constante ou até caindo”, justifica. As consequências para quem é pego dirigindo, embriagado ou sob influência de entorpecentes se divide em duas esferas: criminal e administrativa.

Veículos que estacionarem irregularmente estão passíveis de multa e pontos

Restrição à carga pesada eleva custos Aproximadamente 200 municípios brasileiros adotam medidas de restrição à circulação de veículos de transporte de cargas. Isso decorre de problemas como os congestionamentos e a ausência de vagas para estacionamento. Porém, as restrições elevam os custos do transporte nessas áreas urbanas. Por essa razão, aos transportadores e recomendada a cobrança da Taxa de Restrição ao Trânsito (TRT), que busca minimizar essas perdas. A taxa, cobrada sobre o valor final do frete, é de aproximadamente 20%. O assessor técnico da NTC&Logística, Lauro Valdivia, explica que há dois fatores principais que fazem aumentar os valores do serviço. Um estudo desenvolvido pela entidade aponta que a ampliação do turno de trabalho de motoristas impacta em 18% no custeio da atividade; a operação

cmyk

noturna representa um incremento de 16,5%; e a necessidade de se empregar veículos utilitários para as entregas gera um gasto adicional de 19,7%.

Atualmente, empresas que trabalham com carga fracionada, por atuarem principalmente dentro das cidades, em regra, adotam a TRT.

Transporte de carga pesada onera no transporte em meio aos principais centros


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

REDUÇÃO DE ÁREA

Emater projeta maior produtividade do trigo

Zoneamento agrícola da Emater estipula o dia 15 de maio, próxima segunda-feira, para o início do plantio do trigo

A Emater/RS-Ascar divulgou nesta quinta-feira (12/05) seu primeiro levantamento a respeito da intenção de plantio e estimativas iniciais de produção e produtividade da safra de inverno 2016. Os números apontam que haverá redução de 13,11% da área destinada ao trigo no Estado e deverá ser colhida 1,697 milhão de toneladas do grão. Na cevada, a expectativa é de aumento de 14,45% da área total e uma produção de 73,1 mil toneladas. Para a canola também é esperado um aumento de cerca 4% da área de plantio e a colheita de 51,33 mil toneladas. Apesar de terem colhido uma excelente safra de verão e estarem capitalizados, os agricultores não parecem animados, dando mostras de que deverão

reduzir os investimentos no trigo. Há semanas, o mercado dá sinais de pouca movimentação na procura por insumos (principalmente sementes e adubos), indicativos de que para este ano a área a ser plantada deverá ser menor. “Vários fatores contribuem para este cenário, como preços pouco atrativos para o cereal e elevação dos custos de produção, entre outros”, comenta o diretor técnico da Emater-RS, Lino Moura. Realizada durante a última semana de abril e a primeira de maio, a pesquisa sobre a intenção de plantio para 2016 abrangeu os 240 principais municípios produtores de trigo, que representam 83% da área a ser plantada. Os dados indicam que a área deverá encolher 13,11% em relação

ao ano passado, quando foram cultivados 882,57 mil hectares, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Se confirmados os números projetados pela pesquisa da Emater/ RS-Ascar, a área cultivada será de 766,9 mil ha. Considerando a produtividade média dos últimos anos, que foi de 2.214 kg/ha, a Emater/ RS-Ascar projeta uma produção total de 1,697 milhão de toneladas de trigo para o RS, caso as condições meteorológicas sejam favoráveis. “Esta produção seria 21,9% maior do que a do ano passado, quando foi colhido apenas 1,392 milhão de toneladas, de péssima qualidade, justamente pelo clima desfavorável durante a fase reprodutiva e de formação de grão”, explica Moura.

13

Coordenador defende medidas contra mormo O Tribunal de Justiça (TJ) determinou que um cavalo diagnosticado com a doença do mormo em Cachoeira do Sul, na região Central, na última semana, não seja sacrificado. No entendimento do juiz Daniel Kohler Berthold, não há prova conclusiva de que o cavalo tenha contraído a doença. O atestado veterinário aponta para a ausência de sintomas clínicos de mormo. Por essa razão, ele deferiu, de forma cautelar, a tutela de urgência, nome técnico do procedimento que impede que o animal seja sacrificado. Além disso, estipulou multa de R$ 30 mil contra o Estado. Na opinião do coordenador regional de Agropecuária em Ijuí, Emílio Stumm, situações como essa dificultam o combate ao mormo, uma doença que pode, inclusive, ser transmitida a seres humanos. "É claro que o animal infectado muitas vezes tem um valor econômico e afetivo muito grande, mas sempre tenho dito que situações como essa (que impedem a sacrificação de animais infectados) representa um desserviço para a sanidade animal. O mormo é uma doença grave, e outros locais deram exemplo de como se deve ter máxima preocupação com a infecção de seres humanos", afirma Stumm, citando o caso ocorrido em Cruz Alta, onde cinco animais foram diagnosticados com mormo. Como a propriedade onde os

Emílio Stumm

animais estavam ficava próxima a uma escola, as aulas foram suspensas e transferidas para outro local da cidade. Outro aspecto da doença abordado por Stumm foi quanto ao exame de negativa do mormo. Atualmente, o exame é válido por 60 dias, o que acaba onerando os proprietários de animais que participam de leilões, exposições e rodeios, por exemplo. "A intenção é aumentar a validade para seis meses, como ocorre com outras doenças. No entanto, com tantos casos judicializados por negativa de sacrificação de animais infectados, dificilmente haverá essa flexibilização da medida no inquérito que deverá ser feito", explica Stumm.

Ministro promete prorrogar o CAR Confirmado na última quintafeira como ministro daAgricultura, Blairo Maggi defendeu, antes mesmo de assumir oficialmente a pasta, que o Cadastro Ambiental Rural seja prorrogado para todos os produtores do País. Antes de ser afastada para dar lugar ao presidente Michel Temer, Dilma Rousseff havia assinado a Medida Provisória 724/2016, estendendo o prazo de regularização apenas para as propriedades com até quatro módulos fiscais. Para Blairo, não faz sentido deixar uma parcela dos produtores rurais à margem da lei. “Eu tinha certeza absoluta que o tempo que fora disponível para fazer isso não seria suficiente. E não adianta nós deixarmos à marginalidade do processo. Sem perder nenhum benefício, todos queremos que o setor produtivo seja eficiente e esteja dentro das regras. Não vamos fechar as portas para aqueles que ainda não vieram”, destacou.

Senador e agricultor, Maggi prometeu trabalhar por prorrogação do CAR

A falta de regularização no prazo previsto pode levar à perda de uma série de benefícios, como a impossibilidade de acessar crédito. O prazo original de inscrição havia expirado no dia 5 de maio. Com a promessa geral de prorrogação, todos os produtores poderão se

regularizar até maio de 2017. O CAR é um registro eletrônico que tem como objetivo reunir as informações sobre a situação das Áreas de Preservação Permanente (APPs), reserva legal, florestas, vegetação nativa e áreas de uso restrito.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

CENÁRIO POLÍTICO

"Serei soldado de Temer", diz Perondi Um dos principais articuladores o deputado Darcísio Perondi comemora o resultado da votação no Senado. Por 55 votos a 22, ou mais de dois terços, o Senado Federal decidiu dar prosseguimento à denúncia contra a presidente Dilma Rousseff no processo de impeachment. Perondi, que foi um dos coordenadores do Comitê Pró-impeachment e juntou as forças do Parlamento e dos movimentos sociais, acompanhou a sessão durante toda a madrugada dentro do plenário do Senado. Darcísio Perondi, que promete ser um soldado de Michel Temer no Congresso Nacional, afirma que a votação do impeachment tem dupla responsabilidade. Em primeiro lugar, porque a crise política, econômica, fiscal, ética e moral é verdadeira e sem precedentes na história.

Em segundo, porque os deputados e senadores estão comprometidos com o novo governo, que vai encaminhar, já nas próximas 72 horas, diversas Medidas Provisórias e Projetos de Lei, que vão exigir resposta rápida dos parlamentares. “Vamos reconstruir o País e isso vai demorar. Será sangue suor e lágrimas. Os parlamentares vão ter que pensar no Brasil como um todo, no sofrimento de todos os brasileiros, e não pensar nas urnas. Se pensar nas urnas, vão afundar o País”, defendeu Perondi. O deputado informa que o PMDB começou a definir nomes para lideranças no Congresso. Luiz Felipe Baleia Rossi (PMDB-SP) é o nome mais cotado na Câmara para assumir a liderança do partido do presidente da República interino Mi-

Audiência debaterá adesão de Ijuí a consórcio A adesão de Ijuí ao Consórcio Intermunicipal de Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos – Centro de Tratamento, com sede em Panambi será debatida em audiência pública. A decisão foi tomada ontem pelos vereadores durante a reunião das Comissões que contou com a presença do secretário de Meio Ambiente, do diretor do Demasi, dos integrantes do Conselho do Meio Ambiente e dos integrantes da Agenda 21. Na ocasião, os convidados assistiram a um vídeo sobre como irá funcionar a futura usina de reciclagem de lixo e geração de energia, que será instalada em Panambi, e após, os representantes de cada entidade que estavam presentes tiveram a oportunidade de expor a sua opinião sobre o referido assunto. Os vereadores definiram tam-

bém que será votado na sessão o projeto de lei que transfere o cargo efetivo de procurador da Secretaria Municipal de Meio Ambiente para a Secretaria Municipal de Saúde. Como também o que autoriza o Departamento Municipal de Energia de Ijuí (Demei) a contratar, em caráter emergencial e por prazo determinado de dois leituristas de medidores. O vereador Marcos César Barriquello (PDT) convidou o delegado regional de Contabilidade de Ijuí, André Hoffmman e a presidente do Sindicato dos Contabilistas, Edi Ida Nast de Lima, bem como os demais integrantes do Conselho Regional dos Contabilistas, para receberem homenagem do Poder Legislativo Ijuiense, pelo transcurso do dia do Contabilista, que ocorreu no dia 24 de abril.

Os vereadores estiveram reunidos na tarde de ontem

cmyk

O deputado Darcísio Perondi na posse do presidente interino Michel Temer

chel Temer. "A definição para estes postos, estarão entre as prioridades da próxima semana, tendo em vista, a articulação ur-

gente que deverá ser feita para que o Congresso aprove novas medidas de resgate da economia brasileira".

PSDB diz que momento é de reconstrução nacional Para os deputado da Bancada do PSDB na Assembleia Legislativa gaúcha, a aprovação do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado, reafirma o que está previsto na Constituição Federal e contribui com o início da construção de uma nova história para o Brasil. Os parlamentares tucanos destacaram que esse processo reforça, ainda, uma regra basilar que deve nortear as ações dos governantes: a lei vale para todos, principalmente para o presidente da República. O líder da bancada tucana, deputado Pedro Pereira, afirmou que o impeachment é resultado dos erros cometidos pelo PT no poder. “A presidente está sofrendo as consequências da irresponsabilidade fiscal, da roubalheira e da incapacidade política”, avaliou. Pereira disse que o PSDB não é responsável ou beneficiário do impeachment, apenas apoiou por ter responsabilidade com o povo brasileiro. “Respeitamos a vontade majoritária da população neste momento. Os brasileiros estão cansados de tanta corrupção e desrespeito às leis”, salientou. Segundo a líder do PSDB na Assembleia, Zilá Breitenbach, o país está virando uma página triste em sua trajetória política. “O momento é de reflexão e não de comemoração. É preciso que todos nós estejamos unidos a favor de um novo Brasil”, declarou. Zilá defendeu que a votação no Senado demonstrou que a sociedade se fez ouvir pelo Congresso

Lider do PSDB, Zilá Breitenbach

Nacional. De acordo com o deputado Adilson Troca, nunca houve tanta falta de confiança no Brasil. “O momento exige força para enfrentarmos as dificuldades na economia e no campo social. É hora de restaurar a fé no futuro do país. Acima das diferenças, todos anseiam por algo melhor para o país”, observou. O deputado Jorge Pozzobom reafirmou a legalidade do impeachment, apontando sua base constitucional e fundamentação jurídica. “O impeachment não representa ruptura democrática, como defendem os petistas de maneira irresponsável. Os indícios de crime de responsabilidade são claros, tanto nas manobras fiscais, quanto nos desvios éticos e morais presentes nos esquemas de corrupção envolvendo o governo”, concluiu.

14

ALEXANDRE GARCIA Jornalista

OS TRAPALHÕES Quando a gente pensa que Waldir Maranhão é um trapalhão, é porque a gente não deu uma olhadinha em torno. A Presidente Dilma, por exemplo, no momento que soube que ele anulara a votação do impeachment na Câmara, exultou, perante o comício-circo armado no salão nobre do Palácio do Planalto: “É uma conjuntura de manhas e artimanhas”. Rotulava, sem-querer, a tentativa de golpe que seu ministro José Eduardo Cardoso havia combinado, na véspera, com Waldir Maranhão. A artimanha foi anunciada por volta do meio-dia e a manha por volta da meia-noite do mesmo dia. Maranhão limitou-se a assinar a resolução preparada pelo Advogado-Geral da União, que tem defendido quem infringiu leis da União. À tarde, Maranhão explicou que era para “salvar a democracia”. À noite, desistiu de salvar a democracia. Foi um fiasco. Nem o presidente do Senado, Renan Calheiros, acreditou, e continuou o processo que, aliás, já não estava na Câmara e ficara fora das mãos deploráveis de Maranhão, que responde a processo em seu estado por dinheiro ilícito na campanha e a investigação pela Procuradoria Geral da República por receber propina com dinheiro da Petrobras. Nessa comédia, se consagraram três trapalhões: Dilma, Cardoso e Maranhão - que tinha o filho pendurado em emprego fictício no Tribunal de Contas... do Maranhão. A presidente, que recém havia se comparado com sujeira que se queira esconder debaixo do tapete, repete que nunca cometeu crime. Com isso, ela confirma a Lei de Anistia, que manda esquecer assaltos a bancos e bombas com assassinatos. No entanto, certa vez, quando era ministra, interpelou rudemente o então Advogado-Geral da União, Dias Toffoli, sobre um parecer dele confirmando a Lei de Anistia. Toffoli reafirmou que a Lei é intocável, porque está perfeita. Ela, então, o empurrou, xingandoo de protetor de torturadores. Dias Toffoli entrou no gabinete do presidente Lula, disposto a renunciar ao cargo por causa do incidente. Lula, em troca, pediu que ele trouxesse o parecer e imediatamente o assinou, endossando a opinião de Toffoli. Por isso, quando ela diz que não cometeu nenhum crime, está convalidando a Anistia, embora só a queira em benefício próprio. A presidente também alega que quem quer sentar na cadeira dela não teve nenhum voto. Estranho. Na primeira eleição, o PT com Lula teve 16% dos votos; na segunda, 22%; na terceira, 18%. Perdeu as três. Aí, o PT aliou-se à direita, com o maior empresário de Minas Gerais, José Alencar, e Lula virou presidente. Da mesma forma, Dilma precisou do PMDB de Temer para se eleger. Por outro lado, sendo uma desconhecida, que nunca fora votada sequer para síndica de prédio, Dilma ganhou porque teve um único grande voto, o de Lula. Mais os votos do PMDB de Temer. E fez tanta trapalhada, que seu governo está sendo considerado o pior da História do Brasil, desde Tomé de Souza, o primeiro governador-geral(1549). A presidente que sai, depois de escolher para ser fotografada pedalando diante de um lava-jato em Brasília, no Dia das Mães foi ser fotografada em Porto Alegre pedalando diante de um painel cheio de abacaxis.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

15

1ª REUNIÃO MINISTERIAL

Governo cortará 4 mil cargos comissionados Após sua primeira reunião ministerial, ontem a equipe do presidente interino Michel Temer sinalizou que o déficit previsto na meta fiscal deve ser ampliado, anunciou uma série de cortes em cargos e funções e a intenção de fazer um pente fino em empresas estatais.O novo ministro do Planejamento, Romero Jucá, disse que a intenção é rever a estrutura organizacional e a meta é um corte de 4 mil postos de trabalho e a simplificações de 51 denominações de cargos públicos até o final deste ano. O "Painel" havia adiantado a informação sobre o corte. No encontro, o presidente interino pediu aos novos ministros que supram no máximo até 75% das funções gratificadas e cargos comissionados. Em seu primeiro discurso, Temer já havia antecipado que tinha encomendado estudos para eliminar posições avaliadas por ele como "desnecessárias". "Em tese, fizemos uma reserva de espaço de 25%, que depois será ajustado à necessidade de funcionamento. A meta fixada é de 4 mil postos",

disse Jucá. "Todas as empresas e todos os bancos estão sujeitos a esse novo ordenamento de comando que é simples e direto: gastar menos com ele e mais com a atividade de fim, para servir a sociedade", acrescentou. Segundo o ministro, a meta fiscal enviada ao Congresso pelo governo Dilma Rousseff não prevê a queda de arrecadação, renegociação de dívidas estaduais e restos a pagar, o que deverá ser corrigido pelo governo interino. Eles não pretendem mudar o valor enviado pela gestão petista, mas vão inserir emendas que possibilitem a atualização do número nos próximos meses. "Nós teremos certamente um déficit fiscal superior aos R$ 96 bilhões que estão no projeto do Congresso Nacional. O déficit é maior que esse número reconhecido pelo governo federal e isso deve ser fruto de discussão no Congresso", disse o novo ministro da Saúde, Ricardo Barros. Segundo o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, a máquina pública está em uma "situação

Corrupção no Brasil é como uma inundação Sem reformas política e do sistema Judiciário brasileiro, nenhuma alteração política no governo resultará em melhoras para o País e suas instituições. A opinião é do coordenador da força-tarefa da Lava Jato, em Curitiba, procurador da República Deltan Dallagnol, que comparou a corrupção no Brasil a uma inundação."Tiramos água com balde nas mãos quando nós acusamos criminalmente conduta a conduta. O que precisamos, se queremos evitar que novos escândalos de corrupção aconteçam, é mudar as condições, mudar o sistema", afirmou. Deflagrada em março de 2014, a Lava Jato é a maior investigação do País de combate à corrupção. Deltan comparou as reformas às barragens que precisam ser construídas em caso de inundações, como a vivida no Brasil. Em pelo menos duas ocasiões nos últimos dez dias, a força-tarefa da Lava Jato expressou publicamente sua preocupação em relação à expectativa popular de que a troca de presidentes resolva os crimes do colarinho branco. Para o procurador, na prática, o Ministério Público Federal tem visto e comprovado que "as condições hoje no Brasil favorecem a corrupção". "Por isso temos cla-

Deltan Dallagnol

mado por alterações legislativas que mudem o sistema de Justiça criminal, tornando-o efetivo e não gerando a impunidade, que é a regra na maioria dos casos, e reformas políticas que tornem o ambiente menos propício à prática continuada de crimes de corrupção." Uma delas é a aprovação da proposta de 10 Medidas de Combate à Corrupção, apresentada pelo Ministério Público Federal, a partir de uma iniciativa de dois procuradores da Lava Jato, em Curitiba, que endurece as punições a criminosos do colarinho branco.

Presidente interino Michel Temer realizou ontem sua primeira reunião com sua equipe ministerial emergencial" e há um déficit em torno de R$ 100 bilhões não contabilizados na proposta de meta fiscal. "Em tempo de bonança, é feita uma previsão. Agora, precisamos ter medidas que correspondam [à realidade]. O partido que estivesse hoje no governo, independente da ideologia, teria que adotar essas medidas para ter, até o fim do ano, condição de pagar salários [a servidores

públicos]", completou. Na reunião, Temer ordenou ainda que o retrato oficial da presidente afastada,Dilma Rousseff, não seja retirado de nenhum gabinete em que ainda esteja pendurado. "Temer entende que esse governo é transitório", disse Padilha, emendando, em seguida, que não conta com a possibilidade de o Senado absolver Dilma para que ela volte à presidência

e eles tenham que deixar o Planalto. "Se, por ventura, nós não tivéssemos a possibilidade de prosseguir [com o governo Temer] ao final da votação do Senado, e acredito que não será assim, temos que ter paciência que este é o único caminho que vai fazer com que o Estado brasileiro possa voltar a ser o de sempre", concluiu o ministro da Casa Civil.

Lewandowski assume o impeachment O presidente do Supremo Tribunal Federal assumiu o comando do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. O encontro marcou o início da nova fase do processo de impeachment. O presidente do Senado, Renan Calheiros, repassou para o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski, o comando do processo, como determina a Constituição. Lewandowski vai ser chamado a opinar sempre que a comissão do impeachment tiver dúvidas sobre o processo: “O presidente do Supremo Tribunal Federal tem uma função básica em ser o órgão recursal, então muitas das questões já serão dirimidas nesta segunda fase. Mas há algo de muito importante a dizer, que nós estamos nos baseando nos procedimentos de 1992. Muita

O ministro Ricardo Lewandowski quer concluir o julgamento até setembro.

coisa já foi resolvida naquela época, há muitos precedentes, nós acreditamos que os trabalhos no Senado fluirão com bastante tranquilidade”, disse.

Com a notificação da presidente afastada Dilma Rousseff, agora a defesa tem até 20 dias para apresentar por escrito as razões contra o afastamento.

"Não tem renúncia", diz Maranhão O presidente em exercício da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), negou ontem que vá renunciar ao cargo. "Não tem renúncia. Sem renúncia", disse . Maranhão já havia dito a parlamentares, nesta quinta, que se recusava a deixar a vice-presidência da Casa, o que significaria abrir mão da presidência interina. Líderes partidários começaram a

pressionar pela renúncia logo depois que Maranhão tentou anular a votação do impeachment na Câmara. O deputado do PP assumiu a presidência da Câmara na semana passada, quando Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi afastado por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF). O primeiro-secretário da Câmara, Beto Mansur, afirmou

que Maranhão foi eleito, logo é o presidente. Diante desse cenário, a proposta do primeiro-secretário é que, pelo menos nas próximas duas semanas, Maranhão saia da linha de frente dos trabalhos e as sessões da Câmara sejam conduzidas pelos demais integrantes da Mesa Diretora, com a anuência dos líderes partidários.

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

16

São Luiz tem ainda uma dúvida O São Luiz ainda não está definido pelo técnico Jair Galvão para o jogo de amanhã no Estádio Rubro-Negro em Crissiumal contra o Tupi, pela quarta rodada da segunda fase da Divisão de Acesso. O treinador tem uma dúvida entre Hyantony e Ferreira no ataque na vaga de Vinicius Chimbica para atuar ao lado de Gilmar Couto. Nas demais posições o time será o mesmo que iniciou a partida contra o Esportivo na última quarta-feira, na vitória de 3 a 2. " O Hyantony foi muito bem na última partida, ajudando a equipe no momento decisivo. Tem experiência, conhece a competição. Gostei dele com o Gilmar Couto dentro da área, fica uma imposição mais forte. Estes dois jogadores são muito eficientes na bola aérea", avaliou. Jair Galvão orientou um coletivo em campo reduzido ontem à tarde. A equipe volta a trabalhar hoje às 10h. Tupi e São Luiz se enfrentaram duas vezes na primeira fase e em ambos os jogos deu empate de 0 a 0. O time de Crissiumal encara a partida como a última possibilidade de se manter vivo na busca de uma vaga no quadrangular final. A equipe do técnico Paulo Henrique Marques sofreu três derrotas na

segunda fase, para Caxias, em Crissiumal, Esportivo em Bento Gonçalves e União em Frederico Westphalen. O atacante Maicon Santana se recupera de lesão muscular e segue fora. O zagueiro João Carlos, o meia Bruno Flores e o atacante Léo Jaques, desfalques contra o União, ainda são dúvidas, com mais chances para o defensor.

TUPI

quarta-feira, na derrota de 1 a 0. Ontem o elenco trabalhou em dois turnos. O treino final será hoje pela manhã.

A equipe deverá ser conhecida momentos antes do jogo, mas não deve ser muito diferente daquela que enfrentou o União na última

SÃO LUIZ

Jonatas; Josemar Sherek; Rossi Zé Leandro Thiago Bob Bronzatti Talheimer Uillian Nicoletti Richard (Fábio Flavinho; Rodighero); Rodrigo Sirena Jeferson Prill Julio Cesar Luiz Felipe Anderson Ijuí Da Silva Paulo Baier; Diogo LIBERTADORES Gilmar Couto Bruno Flores; Hyantony (Ferreira) Ontem,9.3. Vinicius 8 Técnico: Jair Grupo Técnico: Paulo 1 x 2Galvão Cobresal-Chile Santa Fé-COL H. Marques

Cerro Porteño-PAR 3 x 2 Corinthians Grupo Árbitro:2Eleno Todeschini com os Rosario 4 xde1Freitas River assistentesCentral-ARG Júlio Cesar Espinoza e Fabiano Wittzorcki Escobar. Plate-URU Local: Estádio em Palmeiras 1 x Rubro-Negro, 2 Nacional-URU Crissiumal. Grupo 6 Início:15h30 Grêmio 1 x 1 San Lorenzo-ARG Data: 15.5.2016.

Paulo Baier (D) está confirmado no time do São Luiz que enfrenta o Tupi em Crissiumal

Divisão de Acesso

Estádio Centenário-Caxias x Esportivo-15hapito de Douglas Silva Estádio Rubro-Negro- Crissiumal-Tupi x São Luiz-15h30-apito de Eleno Todeschini Jogos que restam para o São Luiz 15.5-Tupi x São Luiz-15h30 18.5- São Luiz x Caxias-20h30 22.5- Caxias x São Luiz-15h 26.5-São Luiz x Tupi-15h30 29.5-Esportivo x São Luiz-15h30 5.6-São Luiz x União Frederiquense-15h30

Quarta rodada dos pentagonaissegunda fase - Hoje,14.5. Chave C Estádio Edmundo Feix-Venâncio AiresGuarani x São Gabriel-15h30- apito de Marcelo Cavalheiro Amanhã, 15.5. Estádio da Boca do Lobo- Pelotas x BrasilFa-15h30-apito de Anderson Farias Chave D Amanhã, 15.5

CLASSIFICAÇÃO DA DIVISÃO DE ACESSO Grupo C

Grupo D

TIMES

P

J

V

E D GP GC SG

TIMES

P

J

V

E D GP GC SG

Brasil-Fa Pelotas Guarani-VA São Gabriel Avenida

6 5 3 1 1

2 3 2 2 3

2 1 1 0 0

0 2 0 1 1

Caxias União Frederiquense Esportivo São Luiz Tupi

6 6 3 3 0

2 3 2 2 3

2 2 1 1 0

0 0 0 0 0

0 0 1 1 2

4 1 1 1 0

1 0 1 2 3

3 1 0 -1 -3

0 1 1 1 3

4 4 3 3 0

0 1 3 5 5

4 3 0 -2 -5

Sete de Setembro é o campeão de Catuípe O Sete de Setembro de Passo Burmann conquistou o pentacampeonato no Municipal de Futebol de Catuípe na tarde de domingo, dia 1ª de maio, ao vencer o Canto do Rio pelo placar de 3 a 1 no Verdão da Baixada Oeste.O gols foram marcados por Girino, Gabriel contra e Cristian para o time de Passo Burmann. Icaro assinalou para o Canto do Rio. Um grande público marcou presença na final. O Sete de Setembro do técnico Marcelo Galvão (Guiné) atuou com:Vitor; Pingo, Fresta,Tê e Jones;Rafa,Diego,Celestino e Cristian; Carlos e Girino. Jogaram também os atletas Célio, Carrapicho, Bortolotti e

cmyk

Sete de Setembro de Passo Burmann conquistou o pentacampeonato após vencer a equipe do Canto do Rio

Neco. O Canto do Rio do técnico Rafael Nunes atuou com: Titio;Gabriel, Cleber,Rudi e Caturrita; Machado,Vanderson,Edi e Ale Cassol; Pato e Andrei. Entraram Icaro, Dudu,

Juares,Kinde,Jackson e Lucas. A partida teve arbitragem de Francisco Neto(Chico Neto), integrante da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) e Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Na rodada semifinal dia 24 de abril no Estádio da Taba Índia, o Canto do Rio venceu o Caramuru por 2 a 1, de virada, garantindo vaga na decisão. O Sete de Setembro derrotou o União por 3 a 2.

Renato Marsiglia renato.marsiglia@tvglobo.com.br

BRASILEIRÃO SEM FAVORITOS O título acima faz parte do pensamento de imprensa, torcedores, jogadores e treinadores antes do início do Campeonato Nacional. Todos os anos é a mesma coisa, até uma ou outra equipe disparar na ponta. Só que este ano, realmente parece não ter ninguém sobrando. Os times cariocas parecem estar um pouco abaixo dos demais chamados "grandes", mas nada que os exclua da luta pelo título. Os times de São Paulo, que possuem maior poderio financeiro, também não mostraram nada que os coloque como favoritos. Realmente acredito num campeonato extremamente parelho. TECNOLOGIA NO FUTEBOL A CBF resolveu regular a utilização de GPS durante as partidas de futebol. As informações coletadas dos jogadores durante os jogos só poderão ser acessados pelas Comissões Técnicas no final da partida. A decisão já vale para o Brasileirão e Copa do Brasil. Nenhum equipamento eletrônico será permitido no banco de reservas. Muitos clubes já usam a tecnologia que tem o objetivo de verificar o desempenho dos jogadores durante os jogos. Com base nas informações coletadas, é possível saber quem correu mais e por onde o atleta passou durante a partida. O dispositivo costuma ser colocado nas costas, com o uso de um colete. BRASIL: VIDA QUE SEGUE Alguma coisa tinha que mudar pois como diria o filósofo Tiririca, "pior do que está não fica". Até porque, a Câmara dos Deputados é tudo aquilo que vimos na votação do impeachment: um "circo de horrores". Verdadeiro prostíbulo. Passamos vergonha internacional. Penso que chegamos no fundo do poço e o governo anterior não tinha mais nenhuma credibilidade e muito menos moral para recolocar o país nos trilhos. POR FALAR NISSO... Confesso que não estou pulando de alegria com um governo comandado por Michel Temer. Muito de seus auxiliares mais diretos são os mesmos que fizeram parte do ministério de Dilma. Tudo farinha do mesmo saco. Pertence ao PMDB, partido mais agarrado ao poder que bosta em tamanco, mesmo sem nunca vencer uma eleição. Estou naquela de torcer para que dê certo, como torço para o piloto do avião que estou dentro. Puro instinto de sobrevivência !!!


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

17

DOIS TOQUES

Brasileirão 2016 começa hoje Carlos Alberto Padilha

esporte@jornaldamanhaijui.com POSTURA- No chamado futebol total, todos têm a função de marcar e atacar. Muitas vezes escalar um time no papel ofensivo não significa que a equipe vai chegar à frente com mais volúpia. O time do Rosario Central, que eliminou o Grêmio e largou com vitória de 1 a 0, diante do Atlético-Nacional-COL nas quartas de final da Libertadores tem conseguido sufocar os adversários com marcação alta. Até agora obteve sucesso. Não sei até quando a equipe conseguirá jogar desta forma. Fisicamente é muito desgaste. NACIONAL- A bola vai rolar neste fim de semana na abertura do Brasileirão 2016. Não vejo assim um time em especial como favorito. A dupla Gre-Nal precisa de reforços, mas não está tão longe dos demais postulantes ao título. Uma novidade é o Cruzeiro, que aposta no técnico português Paulo Bento. Os campeões estaduais, Vitória, Atlético-PR, Chapecoense, Santa Cruz e América-MG querem manter o embalo, mesmo sem entrar como candidatos ao título. TRICOLOR- O lateral direito Edílson, de 29 anos, voltará ao Grêmio depois de seis temporadas. O jogador deverá assinar com o clube tricolor por três anos. O atleta estava na lista dos reforços pretendidos pelo novo vice de futebol gremista, Alberto Guerra, com quem ele trabalhou em 2010. Depois da passagem pelo futebol gaúcho, Edílson jogou no Atlético-PR, no Botafogo, quando conquistou uma edição do estadual, e no Corinthians. COLORADO-Alysson; William, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho, Andrigo e Sasha; Vitinho e Aylon. Este é o time do Inter que estreia no Brasileirão amanhã às 18h30 no Beira-Rio diante da Chapecoense. O volante Anselmo, ex-Joinville, foi apresentado quinta-feira. SEQUÊNCIA- O técnico Jair Galvão deve manter praticamente o mesmo time do São Luiz que venceu o Esportivo. A única alteração será no ataque onde sai Vinicius Chimbica e entram Hyantony ou Ferreira. O jogo amanhã em Crissiumal deve ser complicado. O zagueiro Douglão treinou ontem após ter retornado de Vacaria. Não começa como titular. VOLEIBOL-Times de Ijuí, Augusto Pestana e Ajuricaba participam amanhã a partir das 9h no Ginasião do Torneio Municipal de Vôlei Feminino. A chave A tem estas equipes: Roda Bem Auto Center, Union, Augusto Pestana e Pró-Vôlei e chave B, MAV Ijuí, UPV, Ajuricaba e AABB Ijuí. As finais serão dia 26 de maio.

Começa hoje edição de 2016 do Campeonato Brasileiro. Com 20 equipes, a competição vai até dezembro, quando será conhecido mais um campeão nacional. Esse ano, a disputa terá a concorrência de dois torneios de seleções: a Copa América e os Jogos Olímpicos, além da janela do meio do ano em que os clubes chineses podem promover uma nova debandada no futebol pentacampeão mundial. Atual campeão, o Corinthians foi alvo principalmente dos chineses e perdeu a base do time vencedor em 2015, e agora tenta se remontar sob o comando de Tite. O próprio treinador disse que, neste momento, o objetivo é chegar à Libertadores do próximo ano, até porque não está descartado a venda de mais atletas para o exterior. A equipe terá o zagueiro Balbuena e o volante Elias disputando a Copa América e desfalcando o clube.

Quem também verá vários atletas representando a Seleção Brasileira é o Santos, que perderá o trio Lucas Lima, Gabriel e Ricardo Oliveira durante a Copa América. O segundo ainda pode ir também às Olimpíadas. Além dele, Zeca e Thiago Maia têm chances de disputar uma medalha no Rio de Janeiro. O assédio europeu nas estrelas santistas também deve se tornar problema na Vila Belmiro. São Paulo e Atlético-MG ainda dividem as atenções com a Libertadores. No caso do Tricolor, o técnico Edgardo Bauza já deu sinais de que, enquanto o time estiver vivo no continental, o Brasileiro ficará de lado. Para a estreia, o argentino escala reservas. Para as competições de seleções, Rodrigo Caio já está confirmado na Copa América. Além disso, as permanências de Maicon e Calleri não estão definidas, com fim de contrato no meio do ano. Alguns

times tiveram tempo para se preparar e vão com foco total para o Nacional. Palmeiras e Flamengo, eliminados nos estaduais, tentam mostrar a força dos elencos que possuem, com técnicos de peso, como Cuca e Muricy Ramalho. Grêmio, Fluminense e Cruzeiro, eliminados antes das finais do estadual, querem voltar a reali-

zar grandes campanhas. O Inter, que ganhou o Gauchão, também pretende disputar a competição com chances de conquista. O Botafogo conta com o bom trabalho de Ricardo Gomes para fazer boa campanha, no ano em que volta à Série A. Mesmo sem um elenco badalado, os alvinegros chegaram à final do Carioca.

Associação Ijuí enfrenta o Guarany de Camargo A Associação Ijuí Futsal (AIF) recebe o Guarany de Camargo hoje às 20h no Ginásio de Esportes Wilson Mânica pela quarta rodada do Estadual Série Bronze. Sexto colocado, com cinco pontos o time ijuiense encara o adversário que está uma posição abaixo na tabela de classificação com quatro pontos. "Vamos em busca de um resultado positivo, respeitando o Guarany. Mais uma vez esperamos o apoio da torcida", conclamou o diretor de futsal, Valmir João Goi. O ingresso terá preço único de R$ 5,00. O técnico Jacques Schultz não poderá escalar na AIF o ala Fernandinho, suspenso. Os alas Marlon e Maicon recém contratados ficam à disposição. Nesta

DE PRIMEIRA COPA DUNGA A 19ª Copa Dunga de Futebol Sete para Menores tem a disputa destas partidas hoje a partir das 13h30 no campo do Serviço Social do Comércio em Ijuí: mirim, Cometa Branco x ACF Lukão Lanches; fraldinha, ACF Floresta Colchões x Cometa 2008 Branco; pré-mirim, CFE Tricolor x ACF Casa do Lanche; mirim, E.C.Ijuí x Cometa Vermelho; infantil, Cometa Vermelho x CFE Ijuí e pré-mirim, CFE Garra x E.C.Ijuí; campo da AABB, mirim, Ajuricaba x União FC; infantil, Greminho Condor x São Luiz; mirim, Grêmio Dimicron x Ajuricaba; pré-mirim, Grêmio Central Tur x Greminho Condor; infantil, Grêmio Mareli x GBM

Equipe da Associação Ijuí Futsal após empate com o Cerro Largo, enfrenta o Guarany de Camargo hoje no Ginasião

semana aconteceu a dispensa dos jogadores Jô e Leandrinho. Cristian, em virtude de compromisso profissional em Panambi,

não faz mais parte do elenco. O jogo terá como árbitro principal, Tiago Perine Lopes; árbitro auxiliar, Fernando Marques

Cunha; anotadora, Daiane Dias; cronometrista, Claudia Raiara de Oliveira e delegado do jogo, Ary Francisco Pias.

Clinison Rad; e infantil, Escolinha de Futebol x Grêmio Dimicron.

às 13h45, atuam as equipes Cisbra e Funicalha/Prosis Informática/ Madecor/Agrimetal/Di Moville e às 15h45, 3 Tentos e Hoff Pneus/ Star Gesso. Nos jogos semifinais, decisão de terceiro lugar e final caso o jogo termine empatado, a decisão será nos pênaltis (cinco penalidades para cada equipe. Se persistir o empate serão realizadas cobranças alternadas para as equipes. Os jogos finais serão dia 4 de junho.

COPA CARLOS EDUARDO

MUNICIPAL VETERANOS As partidas semifinais do Campeonato Distrital de Futebol Veteranos de Ijuí serão disputados amanhã. Os jogos acontecerão no campo do Flamengo da Linha 11 Norte, equipe de melhor campanha na primeira fase. No primeiro jogo às 13h45 se enfrentam Santana e Flamengo de Colônia Santo Antônio; e às 14h, Flamengo da Linha 11 Norte x Farroupilha de Floresta.

JOGOS DO SESI Os jogos semifinais da competição de futebol do Serviço Social da Indústria de Ijuí (Sesi) serão disputados hoje no Centro Esportivo Arthur Fuchs, em Ijuí. No primeiro jogo,

COMPETIÇÃO SÊNIOR O Campeonato Municipal de Futebol Sênior tem amanhã a última rodada da fase classificatória da categoria, que definirá os classificados para as semifinais. No Estádio Bertholdo Christmann (Montanha) às 9h45, jogam Botafogo x Gaúcho Prosis Informática; e às 14h, Afumisa/Climaq x Corinthians.

Três jogos serão disputados hoje no Ginásio Capitão Dunga pela 10ª rodada da 5ª Copa Carlos Eduardo de Futsal para categorias de base de Coronel Barros: Sub-9, CMD Augusto Pestana x GBM Ijuí-9h; Sub-13-ASAF Santo Ângelo x Coronel Barros-9h40; e Sub-11, Coronel Barros x ASAF Santo Ângelo-10h20.

MUNICIPAL DE BOZANO A competição de bocha terá estas partidas hoje a partir das 13h15 pela primeira rodada: cancha do Balneário Roratto, Linha 10 x Boa Esperança; e Amigos do Barraco x Progresso dos Letos; cancha do Salto, Salto x Saltinho; e Riograndense C x Agropecuária Costa Beber; e cancha do Riograndense, Riograndense A x Rincão das Figueiras.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

18

TRÁFICO DE DROGAS

"Região não é só consumidora" As drogas ilícitas são um problema que assola o mundo todo, dentro deste universo de consumo desenfreado, o Brasil há muito tempo deixou de ser apenas um País de passagem, com destino à Europa, e se tornou um grande consumidor, principalmente de cocaína e maconha, e, aos poucos, o consumo das drogas sintéticas também está aumentando. Isso faz com que aumente a complexidade no combate ao tráfico. A Polícia Federal de Santo Ângelo realiza um trabalho constante no combate ao tráfico de drogas, principalmente internacional, atuando em cerca de 300 km na região da Fronteira, entre os municípios de Iraí, ao Norte, e São Nicolau, ao Sul, às margens do Rio Uruguai. “Temos nos articulado com os países vizinhos para fazer o combate ao tráfico internacional, contando sempre com o apoio das demais forças policiais como a Polícia Rodo-

viária Federal (PRF), a Brigada Militar (BM) e a Polícia Civil (PC)”, explica o delegado da PF, José Dinarte. Segundo ele, neste ano apreenderam 200 kg de cocaína que estava entrando no Estado vinda de Mato Grosso. “A preocupação é com o tráfico internacional, mas a nossa região é passagem dos veículos que vêm do Oeste do País e da Argentina e Paraguai pelas passagens do rio Uruguai, e parte dessa droga fica aqui na região”, revela Dinarte. “Dentro de suas proporções a nossa região é de grande consumo e de demanda de drogas nas principais cidades.” Segundo o delegado, um diagnóstico aponta que as regiões das Missões e Noroeste, principalmente as cidades polo sofrem com o assédio do tráfico de drogas, ou seja, uma oferta grande justamente porque a droga é trazida de outros estados fornecedores. “Essa região além de ser

Tráfico é desafio da Segurança em Ijuí Na manhã de quinta-feira, a Agenda 2020 apresentou à comunidade de Ijuí indicadores do município apresentados e estudados pela Sinaleira 2020. Com participação maciça de empresários, sindicatos, poderes Executivo e Legislativo e, principalmente, setores da educação. O encontro aconteceu na sede da Associação Comercial e Industrial de Ijuí (ACI). Este foi o sexto encontro de uma série que a Agenda 2020 iniciou em março e que, até julho, deve percorrer pelo menos 15 municípios gaúchos a fim de debater nas comunidades locais suas potencialidades e deficiências a partir de indicadores oficiais. Ijuí é uma das melhores cidades gaúchas analisadas pela Sinaleira. Há uma predominância de sinais verdes e em áreas de extrema importância ao desenvolvimento do município, como geração de leitos hospitalares, número de homicídios e renda per capita. No entanto, os três sinais vermelhos mostram números que não fogem à regra da maioria das demais cidades: Ideb das séries finais do Ensino Fundamental, ocorrências de tráfico de drogas e taxa de coleta e tratamento de esgoto. De acordo com o diretorexecutivo da Agenda 2020, Ronald Krummenauer, os dados

cmyk

positivos colocam Ijuí acima da média de desenvolvimento na maioria dos municípios gaúchos. Com destaque para a segurança pública, em que muitas cidades aparecem com o sinal vermelho na Sinaleira, o Município pode comemorar os baixos índices de homicídios, com média de dois por ano, sendo que até 10 homicídios para cidades com 100 mil habitantes é uma taxa aceita em todo o mundo. Por outro lado, o tráfico de drogas tem sido uma crescente em todo o Estado recebendo sinal vermelho também em Ijuí. O assunto foi trazido para o debate durante a reunião, para que a comunidade, junto com Executivo, Legislativo e as forças de segurança encontre soluções para a violência vivida no Município. “O tráfico de drogas é um pouco mais preocupante, porque no RS, de um modo geral, subiram extraordinariamente os percentuais de ocorrências. Na maioria dos presídios, no Central em Porto Alegre e na maioria dos regionais, em torno de 60% da população carcerária é oriunda do tráfico de drogas. Claro que teve um aumento da efetividade da polícia em relação ao tráfico de drogas, mas também teve um aumento descontrolado da geração de ocorrências e incidências de tráfico de drogas”, explica Krummenauer.

consumidora, também é de repasse de quantidade de drogas para outras regiões, principalmente a Metropolitana. Chama a atenção esse ponto, é uma preocupação, porque o tráfico estimula outros crimes alimentados por ele, como roubos e homicídios na disputa por território”, acentua. Ele reforça que a PF registrou um aumento do trânsito e da oferta de drogas. “Não diminuiu, pelo contrário, aumentou, e as apreensões demonstram que há uma sistemática do crime organizado que sobrevive com o tráfico de drogas. A nossa região, pela capacidade econômica, atrai a atenção dos traficantes. Todos os órgãos de segurança pública têm uma atenção especial, o que tem aumentado as apreensões e tem sido constatado que o tráfico está aumentado na região.” Para o delegado, a solução passa por equipar melhor as polícias e preparar melhor o pessoal para

José Dinarte, delegado da PF

trabalhar no combate ao tráfico de drogas. “Já existe um progresso significativo nesta área, mas ainda tem muito que fazer no enfrentamento ao aumento do tráfico de drogas, porque a repressão precisa ser mais efetiva”, finaliza.

Major afirma que Ijuí está na rota do tráfico O comandante do 7º BPM de Três Passos, major Diego Munari, que também já atuou no Município, não tem dúvidas de que Ijuí está inserido na rota do tráfico de drogas, mas, pondera que os traficantes estão sempre migrando conforme a intensidade das operações de combate a distribuição e consumo. “Tenho absoluta certeza de que Ijuí é rota do tráfico de drogas e de outros crimes, assim como Três Passos e região. O crime de tráfico de drogas migra de região para região, por exemplo, se nós realizarmos muitas operações na Fronteira para impedir a entrada de drogas, com absoluta certeza eles vão cruzar pelo lado de Ijuí e

assim por diante”, dispara o major. Segundo ele, a solução depende de um esforço concentrado e coletivo. “Porque vai desde o profissionalismo do policial militar, que é de suma importância, a participação e interatividade da comunidade até a imprensa que ecoa nossas demandas para toda a região. Então só logramos êxito com esse somatório”, afirma. O major lembra, ainda, que os traficantes tentam burlar a ação das forças de segurança, mas nem sempre têm sucesso em suas ações. “Nós, em contrapartida, estamos diariamente trocando informações para tentar minimizar o que o tráfico causa de malefícios à nossa população”, destaca.

Policiais apreendem quantidade significativa de drogas na ERS-342

Emater / Ascar

Planejamento da cultura do trigo Alguns agricultores já devem ter planejado o que implantar em suas áreas no período do inverno outros talvez não. Existem diversas opções de culturas de inverno que podem ser implantadas. A cultura do trigo é uma opção de cultivo, e este deve ser marcado pelos custos elevados já na fase de implantação, que devem chegar a valores em torno 40 sacos somente em insumos. Assim sendo, quem resolver realizar o cultivo deste cereal deve fazer um bom planejamento, visando principalmente economizar o máximo possível, sem se descuidar das questões técnicas como podemos ver abaixo: Escolha da área - A repetição de cultivo de trigo sobre trigo tem favorecido em muito a propagação de doenças no sistema radicular em especial a podridão de raízes, precisamos evitar este tipo de procedimento. Pode-se adotar culturas como aveia, canola e nabo forrageiro para fazer a rotação de culturas. Analise de solo - O custo da adubação é o mais alto dentro do custo geral da lavoura, por isto é fundamental acertar este item, com relação ao manejo deve se ter atenção com a adubação fosfatada, cloretada na linha de plantio e a nitrogenada que precisa de um aporte mínimo em torno de 15 a 20 kg no plantio e o restante em cobertura no início do perfilhamento e no início do alongamento. Outras despesas - O agricultor deve ter atenção especial a alguns itens que são comumente realizados e que não tem comprovação técnica de sua eficiência, como é o caso de uso de micronutrientes e também aplicação de fertilizantes foliares que além de não serem economicamente viáveis não tem cobertura de seus custos em caso de algum sinistro na lavoura onde o produtor tenha que recorrer ao PROAGRO. Escolha de variedades – Também é um item de custo elevado, e por isto deve ser bem avaliado pelo agricultor. É importante que a semente que irá ser implantada passe por testes de germinação e vigor. Algumas cultivares de trigo tem recomendação de uso de 120 kg/ha outras chegam a 200 kg/ha. Algumas têm resistência às doenças iniciais de cultivo como oídio, que pode acarretar um custo extra de controle já na fase inicial de cultivo. Ainda, é importante observar a recomendação de adubação nitrogenada de cada cultivar, para garantir que seu potencial seja demonstrado. Controle de plantas invasoras – A principal competição que o trigo enfrenta é o azevém, porém, este apresenta problemas de resistência a alguns produtos como o glifosato, desta forma é preciso conhecer bem a área onde for implantado, em caso de infestação de azevém resistente, é necessário fazer uso de outros princípios ativos para o controle efetivo desta planta, ou evitar o plantio, pois um mau controle desta planta pode inviabilizar a cultivo de trigo. Redutores de crescimento - aplicação de redutor de crescimento está restrita às cultivares com tendência ao acamamento, em solos de elevada fertilidade. Estes são os principais fatores que devem ser observados para se ter um plantio mais viável neste momento, sem comprometer a produtividade. Como podemos perceber, é fundamental que o produtor faça um bom planejamento de seu plantio.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

19

DROGAS

“Problema de toda a sociedade”, diz delegado “A droga é um câncer inserido na sociedade”, definiu o delegado Bruno Oliveira, responsável pelo 2º Distrito Policial de Ijuí, que cuida dos crimes de furtos, roubos e tráfico de drogas. Ele concedeu uma entrevista ao Grupo JM na manhã de ontem e lembrou que o controle da situação vai muito além das atribuições policiais. Há exatamente uma semana, a Polícia Civil realizou um trabalho que rendeu a apreensão de 4,5kg de maconha, além de quase 100g de cocaína em um velho ponto de comércio de drogas. O local, inclusive, já foi fechado pela própria Polícia Civil em outras oportunidades, onde segundo o delegado Bruno, funcionava um crackódromo. Anos depois, o mesmo endereço voltou a ser destino das forças policiais. “O local foi destruído quando deflagramos a Operação Game Over com 31 prisões e a Operação Castelo de Areia, com 36 em 2012. Quatro anos depois,

mesmo assim, apreendemos maconha e cocaína. Ou seja, o local persiste, só que dessa vez, como esconderijo e não como consumo. Ações contra o tráfico no bairro Osvaldo Aranha serão mantidos para tranquilizar aquela comunidade”, garantiu o delegado Bruno Oliveira. Segundo um estudo desenvolvido e divulgado pela iniciativa Agenda 2020 (ver matéria na página 18), Ijuí é modelo no quesito índice de homicídio por população média, com cerca de 2 homicídios para cada 100 mil habitantes, quando o preconizado pela ONU como seguro é de um índice de até 10 homicídios para cada 100 mil habitantes. Por outro lado, contudo, a mesma organização entende que o tráfico e o consumo de drogas requerem a atenção dos órgãos competentes. “(Ijuí) é um corredor do tráfico também pela posição geográfica. Por se tratar de uma cidade-polo na região Noroeste-

Missões, é um mercado próspero para o consumidor. Uma cidade que beira a BR-285 que é corredor do Mercosul e é cercada por cidades bem próximas”, entende o delegado e ainda acrescenta: “O tráfico é constante não somente em Ijuí, mas em todo o Estado e o País. Infelizmente é uma realidade com a qual nos deparamos. É um câncer que está enraizado nos centros urbanos que apresentam desenvolvimento potencial, urbano, econômico e social. É um problema de responsabilidade de toda a sociedade e que extrapola e muito a atuação da Polícia Civil”. Ainda em entrevista concedida ao Grupo JM, o delegado fez questão de reiterar a principal consequência da existência da droga na sociedade, que age como um vetor junto às demais ilicitudes. “Furtos e roubos são praticados por usuários a fim de sustentar seus vícios. Eles subtraem e trocam por drogas. Há ainda os homicídios, os casos de violência

“Questão de saúde pública”, diz capitão O tráfico e o consumo de drogas estão relacionados ao trabalho diário da Brigada Militar, a partir da atribuição de polícia ostensiva e preventiva. Em contato com o capitão e subcomandante do 29º Batalhão da Polícia Militar, em Ijuí, Gilmar Bischoff, os crimes, na sua massiva maioria, estão relacionados ao entorpecente. “Não vou dizer que 100%, mas que há um relacionamento bastante estreito com as demais infrações penais, não tenho a menor dúvida. Maior prova que no final de 2014 e início de 2015, organizamos o trabalho voltado para reprimir o tráfico, a posse e o uso de entorpecente, nós conseguimos diminuir bastante os índices criminais de outros delitos, principalmente os patrimoniais”, explicou o capitão que ainda prometeu: “Vamos continuar nesse ano de 2016, até porque deu certo em 2015, incidindo e planejando nosso policiamento em cima do tráfico de drogas no município com vistas a reduzir e manter os outros índices criminais”. Em entrevista concedida na tarde de ontem ao Grupo JM, o capitão foi unânime às demais autoridades policiais ao pontuar que as drogas consistem em um problema que transcende as atribuições policiais e vai muito além disso. “Não podemos ver o tráfico de drogas ou o uso de substâncias químicas como um problema exclusivo de polícia. Temos que começar a tratar

Gilmar Bischof, capitão e subcomandante do 29º Batalhão da Polícia Militar

principalmente a posse e o uso de entorpecente como um problema de saúde pública”. Questionado sobre os números envolvendo o trânsito do entorpecente, em Ijuí, o capitão explicou que os dados (destacados pela Agenda 2020, na matéria da página 18) são oriundos de um aumento no trabalho e ajuste no foco dos serviços da polícia. A dificuldade, nesse caso, está diretamente relacionada à lei da oferta e da procura. “Assim que se prende um pequeno traficante, surge outro. É uma forma fácil de ganhar dinheiro e faz com que as pessoas se aventurem nessa vida criminosa. Os viciados acabam partindo para esse ‘trabalho’ para

sustentarem o seu vício, acabam entrando no tráfico, se juntando a médios-traficantes como forma de sustento. Isso, cada vez mais, se dissemina na sociedade e vem terminando com muitas famílias, o que resulta em mais trabalho para os órgãos policiais”, acrescentou o capitão. Ainda no final do ano passado, o Ministério Público de Ijuí, em parceria com a Brigada Militar, desencadeou a Operação Combate, onde 60 dias de investigação renderam a apreensão de 17 kg de drogas, entre outros objetos, resultando em 26 pessoas presas, dando um duro golpe no crime organizado a partir do tráfico de entorpecente.

Na semana passada, a PC voltou a apreender drogas em conhecido local de Ijuí

doméstica e demais casos com o agressor sob o efeito do entorpecente. É um câncer que alimenta essa série de delitos”, pontuou. Por fim, o delegado ainda lembrou da ferramenta à disposição da comunidade e das pessoas que

podem ajudar os órgãos policiais, de maneira anônima, via 197. Denúncias sobre consumo, posse ou até mesmo comercialização individual e de pontos de vendas de drogas são recebidos pela Polícia Civil de Ijuí.

PRF apreendeu 100 mil toneladas em 2015 De uns anos para cá, a Polícia Rodoviária Federal teve aberto seu leque de atribuições policiais. Entre eles, está o combate e o auxílio contra o tráfico de drogas, que para o inspetor-chefe da PRF Edmilso Schopf é um desafio a partir do momento que a entrada da droga acontece através da malha viária do País. Ainda que a jurisdição da 10ª DPRF seja extensa e vá até os municípios do Norte, em região fronteiriça, para o inspetor a circulação da droga acontece em virtude do consumo. “Eu acredito que nossa região seja rota para o consumo. Todavia, ela não alimenta os grandes centros porque não é uma rota específica para esse tipo de ilícito. Hoje a PRF tem feito grandes apreensões desses produtos ao longo das rodovias”, destacou Schopf. Só a Polícia Rodoviária Federal, ao longo do ano de 2015, apreendeu cerca de 100 mil toneladas de entorpecentes. “O maior problema é a maneira como esses produtos chegam até os consumidores e isso acontece das mais variadas formas. Dificultam a própria ação policial na sua localização”, pontuou. Schopf usou uma reivindicação bastante antiga da PRF para expor sua preocupação. Conforme o responsável pelo policiamento rodoviário federal

da região há uma inconveniência nas rodovias com o Sinal Amigo. “Hoje, quando você está andando em uma rodovia, muitas pessoas acabam fazendo o sinal de luz como forma de informar a presença policial. Temos ainda os aplicativos para celular que informam a presença policial. Ambos são desserviços nesse aspecto porque o elemento que estiver com alguma coisa errada, e mais ainda, se tratando de tráfico de entorpecentes, jamais esse veículo vai passar por fiscalização policial”, lamentou e finalizou. o inspetor-chefe da PRF.

Inspetor-chefe da PRF Edmilso Schopf

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

20

DEPENDÊNCIA

"Perdi a confiança das pessoas", diz viciado

"Durante 20 anos da minha vida usei cocaína. Tentei de tudo na minha vida. A única maneira que achei para sair dela foi entrando para o crack". Esse é o relato de um homem de 37 anos, viciado, que colocou todo seu patrimônio e sua vida a perder em nome da fissura. Na tarde de ontem ele conversou com a reportagem do Grupo JM, pediu para não se identificar e revelou detalhes de uma vida balizada no vício. Como é que começou essa questão pelo vício? Eu tenho 37 e aos 16 anos eu uso cocaína. Sempre trabalhei, sempre tive família bem estruturada.A cocaína me atrapalhava um pouco, mas eu conseguia trabalhar. Me tirava o sono, me dava depressão e eu ficava dois dias chorando na cama. Foram 20 anos usando a cocaína. Tentei de tudo na minha vida. Fui internado. A única maneira que achei para sair foi com o início do crack. Faz meio ano que uso crack. Me dá fome, me dá sono e não me dá depressão. O que te fez entrar na cocaína? Uns amigos. Lutei 20 anos contra a cocaína e nunca consegui ficar mais de dois meses sem ela. Agora estou há mais de meio-ano. Te arrependes de ter ido atrás dos amigos? Pelo mal que ela me fez, me

Homem diz que está há meio-ano no crack, depois de 20 anos de cocaína

arrependo. Agora estou há um mês com conflito em casa. Eu estava na rua pedindo dinheiro, pedindo comida. Agora me acertei com meus pais e comecei a diminuir. A minha fissura é quando acordo e quando eu vou dormir. Entrei em um acordo em ficar tantos dias fazendo isso para diminuir e me livrar. Você entende que isso está te fazendo mal? Eu estou feliz por ter largado a cocaína. Eu estou feliz porque com o crack eu consigo comer, eu consigo dormir e não tenho depressão. Já a cocaína me deixava

Jovem sofre tentativa de homicídio no Glória Um jovem de 23 anos foi baleado durante uma tentativa de homicídio na noite de quintafeira no bairro Colonial. A vítima William Ramos Esteves Brites está internado no Hospital de Caridade de Ijuí (HCI). De acordo com o boletim de ocorrência, o crime ocorreu por volta das 19h30, nas proximidades da Rua 13 de Maio no bairro Colonial. A Polícia Civil de Ijuí está investigando a tentativa de ho-

cmyk

micídio. De acordo com o delegado, Mauricio Posselt, a Polícia Civil já ouviu algumas pessoas, e está buscando elucidar o motivo do crime. Segundo testemunhas, Wiliam Ramos Esteves Brites tem relacionamento com a ex-mulher do autor do delito, que teria logo após o crime, fugido para Porto Alegre, onde reside. Até o momento da publicação desta matéria, os suspeitos não foram localizados pela polícia.

na fissura por três, quatro horas. A do crack é de 15 minutos. O que vem ser a fissura para você? A fissura é sair e pedir qualquer coisa. É fazer qualquer coisa para conseguir a droga. O que já perdeste na vida? Fui casado dez anos e sempre trabalhei. Comecei a perder de dois anos para cá, onde passei a vender minhas coisas. Reparti o que eu tinha e o que eu perdi foi a confiança das pessoas. A confiança das pessoas não tem preço. O que você chegou a vender? Eu cheguei a vender um ma-

Segundo ele, chegou a fumar 30 pedras por dia. Hoje diz fumar de 5 a 6

terial de R$2 mil por R$50. Eu cheguei a vender outro material de R$1,5 mil, por R$100. Fora outras várias coisas. Hoje você não está trabalhando? Hoje eu estou fazendo bico. Adquiro o crack com esse dinheiro e pedindo na rua. O crack hoje é caro? Me custa de R$5 a R$10 e o efeito é muito curto. É uma pedra, um pega. Não dura mais que 5 minutos e para mim me relaxa. Quantos tu fumas por dia e quantos já chegou a dar? Eu comecei umas 20 ou 30

pedras. Agora eu estou fumando na base de 4 ou 5. Estou tomando remédio e fazendo tratamento. Se tu pudesses dar um conselho ao jovem ou aquela pessoa que está indo por esse caminho. Qual conselho você daria? A pessoa precisa de três coisas na vida: saúde, amizade e dinheiro. Ou seja, cuidar da saúde, fazer amigos e trabalhar. Não entrar na bebida, que é uma porcaria. Você tem vontade de sair dessa vida hoje? Eu tenho a vontade de ser a mesma pessoa que sempre fui, mas sem a droga.

Suspensão dos peritos preocupa PC A suspensão dos serviços de perícia criminal no Rio Grande do Sul já acarreta em sérios prejuízos no interior do núcleo de uma já cambaleante segurança. O Sindicato dos Peritos Oficiais da Área Criminal (Acrigs) deu início à retenção dos laudos periciais, pelo menos, até o fim do mês. A medida é um protesto contra o parcelamento dos salários dos servidores. O atraso nos procedimentos periciais reflete diretamente nos trabalhos da Polícia Civil. Para o delegado Ricardo Miron, responsável pela 26ª Regional de Polícia, concorda que a tendência é que haja um incômodo no que diz respeito aos inquéritos. “Vai prejudicar sensivelmente o nosso trabalho, que é de investigação e de instrução dos inquéritos policiais. Dependemos dos laudos periciais para a conclusão dos inquéritos”, explicou o delegado, que ainda lembrou a situação envolvendo a defasagem do efetivo. “Ijuí, nos últimos cinco anos, perdeu cerca de 20 policiais. Houve uma reposição mas não foi nem suficiente para cobrir esses policiais que se aposentaram, que se exoneraram,

que faleceram. Seriam necessários concursos anuais para que fossem completados todos esses cargos e essas funções que estão vagas na região de Ijuí”. Ricardo Miron ainda pontuou o serviço que, atualmente, detém maior demanda que se trata dos crimes envolvendo o tráfico e o consumo de drogas. “Os laudos de constatação de natureza da substância, no caso das drogas. Não tendo esse laudo, naturalmente os inquéritos acabam prejudicados. A configuração do crime de tráfico de drogas e de uso de entorpecentes se dá através da constatação da natureza da droga. Não havendo esse laudo, obviamente, fica complicado o andamento de inquéritos. Enfim, algumas diligências que nós dependemos desse serviço ficarão prejudicadas”, ressaltou. Segundo justificado pela Acrigs em nota, entre todos prejuízos gerados pela deficiência no efetivo, a categoria convive com um déficit de profissionais, o que causa atraso na entrega dos laudos por conta do volume de trabalho. Atualmente, o quadro funcional conta com 231 peritos. O ideal, segundo o

Ricardo Miron,

sindicato, seriam 509. Ainda de acordo com o presidente do sindicato, a restrição financeira tem feito com que servidores paguem para trabalhar. A suspensão da emissão dos laudos periciais, devem ser afetadas investigações policiais e do Ministério Público. A direção do IGP disse que peritos que não entregarem os laudos no prazo podem responder criminalmente.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

PREVENÇÃO DE ACIDENTES

Profissionais recebem orientações Na quinta-feira, a Secretaria Municipal de Educação de Ijuí (Smed) realizou a conclusão do curso de multiplicadores de proteção e prevenção de acidentes e sinistros do Programa de Integração dos Bombeiros com a Escola Unidos por uma geração mais segura. Aatividade de capacitação é uma ação do 12º Comando Regional de Bombeiros (CRB) e teve início no dia 3 de maio com a participação de 30 profissionais da rede

municipal de ensino. Os dois momentos envolveram teoria e demonstração prática de primeiros socorros e combate a principio de sinistros. Conforme a coordenadora pedagógica da Smed, Gladis Marize Berno, a formação teve como objetivo a informação, prevenção e conscientização quanto a procedimentos a serem adotados no cotidiano escolar, visando a segurança das pessoas na escola e a preservação da vida do ser humano. Profissionais receberam orientação do Corpo de Bombeiros

Estudantes viajam às reduções jesuíticas A Escola Municipal Fundamental Anita Garibaldi realizou viagem de estudos ao Sítio Arqueológico São Miguel Arcanjo de São Miguel das Missões, com o objetivo de incorporar os saberes construídos na escola, a partir da realidade local dos alunos, além de enfatizar a importância do trabalho dos povos indígenas para a ocupação do espaço sulino, em especial, a região das Missões, e vivenciar na prática, os conteúdos trabalhados em sala de aula. A atividade teve início com a visitação à Catedral Angelopolitana em Santo Ângelo, considerada a principal atração turística da cidade. A Catedral foi construída no mesmo local da antiga igreja missioneira e, seu estilo foi inspirado no templo de São Miguel Arcanjo. Os alunos também tiveram a oportunidade de conhecer o Museu Municipal Dr. José Olavo Machado. O prédio faz parte do patrimônio histórico do município,

Conselho certifica escolas infantis O Conselho Municipal de Educação de Ijuí entregou, na última quinta-feira, o Certificado de Regularidade Cadastral para escolas infantis privadas. O certificado é expedido anualmente, após o Recadastramento Anual das instituições privadas que pertencem ao Sistema Municipal de Ensino, e conferido às escolas que apresentam toda a documentação solicitada no processo e que estão com todos os espaços da escola credenciados. Foram certificadas as escolas Brincar e Aprender,

Educare, Geração Futuro e Sesquinho. Na oportunidade, o presidente do Conselho Municipal de Educação, Valdir Jose Sandri, parabenizou as escolas, enfatizando a importância do Certificado, que mostra para a comunidade o comprometimento da escola com a oferta de educação infantil de qualidade. Os gestores aproveitaram o momento para dialogar sobre a legislação educacional, e a importância do estudo destes temas para melhor implementação no cotidiano da escola.

PARTICIPAÇÃO DE FALECIMENTO, AGRADECIMENTO E CONVITE PARA MISSA DE 7º DIA Esposo: José Carlos de Aguiar; Filha: Marinei Teresinha de Aguiar Aimi; Genro: Adão Roque Aimi (Geada) e Neto: Giovani de Aguiar Aimi Participam com pesar o falecimento de ANGELINA MARIA CERATTI DE AGUIAR * 20/07/1934 Ocorrido no dia 9 de maio de 2016, em sua residência.

A atividade teve início com a visitação à Catedral Angelopolitana em Santo Ângelo

e nele está abrigado um acervo de objetos do período jesuítico-guarani, da colonização europeia e uma maquete da redução de Santo Ângelo Custódio. A viagem teve como destino final o Sítio Arqueológico São Miguel Arcanjo, de São Miguel das Missões, considerado Patrimônio Cultural da Humanidade e um dos mais importantes monumentos históricos do

Apae de Ijuí sedia festival estadual Entre os dia 29 e 31 de maio, Ijuí será sede do 8º Festival Estadual Nossa Arte das Apaes do Rio Grande do Sul. O evento é realizado pela Federação das Apaes do Estado e pelo 4º Conselho Regional de Apaes e Apae de Ijuí. A representante da Apae de Ijuí, Soraia explica que os participantes são muito especiais e, portanto, "vamos nos esforçar para recebê-los bem". A programação deverá contemplar apresentações de danças, em diversos ritmos, artes musicais e visuais e

21

artes cênicas. Os trabalhos serão avaliados e os primeiros colocados irão participar do evento Nacional, que será em Pernambuco. A 8ª edição deverá receber cerca de 52 Apaes do todo o Estado. As atividades serão desenvolvidas no Palco das Etnias do Parque de Exposições Wanderley Burmann. A entrada é franca. Os participantes do evento poderão se acomodar em casas etnicas do Parque e em hoteis da cidade. "Toda a comunidade está convidada a participar, para ver como é bonito esse espetáculo".

Brasil. Os alunos visitaram as ruínas da igreja e as demais estruturas construídas em pedra, como colégio, casa dos padres e cemitério, que resistiram às ações do homem e do tempo, e que formavam

o povoado jesuítico-guarani. Os alunos prestigiaram, ainda, o espetáculo Som e Luz revitalizado, que narra a história do local desde o surgimento do povoado até a guerra guaranítica.

EM MEMÓRIA DE 1º ANO DE FALECIMENTO E CONVITE PARA MISSA JOÃO PESS * 22/10/1925 + 14/05/2015 PAI! Um ano já se passou e o que ficou foi saudade, de seu sorriso, abraço, conselho e até mesmo das broncas, do rosto com expressão suave mesmo quando a situação não era muito alegre... E que seu sorriso consiga transmitir paz para os que estavam ao seu redor. Um exemplo de humildade e serenidade, honesto, íntegro e amoroso. A família convida familiares e amigos para missa na Capela Nossa Senhora da Natividade, hoje às 19 horas. Aos que comparecerem, desde já nosso muito obrigada. Ijuí, 14 de maio de 2016

Como família acreditamos ter feito tudo que estava ao nosso alcance pela nossa, esposa, mãe, sogra e avó. Dessa querida “mãe” usufruímos de uma vida de aprendizagem, afeto, respeito, responsabilidade, gratidão e doação; viveu com dignidade e nos passou os valores morais e éticos para uma vida plena com retidão. Sua herança não é de bens materiais, mas é muito maior do que isso, porque pode ser levada aonde formos, pois está em nosso coração na forma de amor. Seguiremos pela vida buscando seguir teus ensinamentos de amor e respeito, sentiremos tua ausência, mas seguiremos teu exemplo e colocaremos em prática as lições de vida aprendidas e nos sentimos confortados pela palavra de Deus ... “O senhor é bom, é uma fortaleza em tempos de angústia, e conhece os que Nele confiam”. Naum 1:7. Acreditamos que somos todos seres espirituais em uma experiência humana na terra, depois de cumprida nossa missão voltamos à casa do Pai. A família ainda em luto agradece aos médicos, especialmente ao Dr. Marcos Boff: as Enfermeiras; Técnicas de Enfermagem, Equipe da Medicina Preventiva da Unimed, Fisioterapeutas, Nutricionistas, Cuidadoras, ao Frei e as Ministras da Paróquia São Geraldo, familiares e amigos, enfim a todas as pessoas que se envolveram durante a longa enfermidade de nossa esposa, mãe, sogra e avó. Agradecemos a todos que nesse momento de dor e de despedida nos prestaram sua solidariedade. Outrossim convidam para missa a celebrar-se domingo, 15 de maio,às 19 horas na Igreja Matriz São Geraldo Ijuí, 13 de maio de 2016

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

TRÂNSITO

Coordenadoria testa rótula em cruzamento

Na tarde de ontem, a Coordenadoria de Trânsito fez o teste de uma rótula na esquina das ruas 19 de Outubro com 12 de Outubro, próximo ao Posto 24 horas. De acordo com o titular da Coordenadoria de Trânsito, Glevandro Maicá, o teste foi realizado entre as 9h e 15h. "Depois do estudo técnico, devemos implementar a rótula ainda na próxima semana". Maicá explica que as placas de orientação da via já foram encaminhadas ao Núcleo Viário, que deve confeccionar, para depois ser implementada. A rótula a ser instalada no local levou em consideração o intenso fluxo de veículos e a confluência de duas vias de grande movimento. "Os condutores já têm a cultura de

A implementação definitiva deve ocorrer ainda na próxima semana

diminuir a velocidade, percebemos que esles estavam orientados e a

rótula deve reduzir e fazer com que o fluxo seja coordenado".

Agricultor doa alimentos ao Mesa Brasil Criado em 2003 pelo Serviço Social do Comércio (Sesc), o Programa Mesa Brasil beneficia milhões de pessoas em todo o Brasil, atuando como uma verdadeira rede de solidariedade, que integra doadores, instituições sociais e voluntários. O principal objetivo é minimizar as carências alimentares, combater o desperdício de alimentos e melhorar a qualidade nutricional da população atendida. Desde 2014, esta rede de solidariedade está em atuação em Ijuí e, na região, já são atendidas um total de 54 instituições sociais (19 em Ijuí e 35 nas cidades da área de abrangência). O Programa Mesa Brasil Sesc Ijuí conta com a parceria de doadores de alimentos e com este apoio consegue beneficiar mais de 3,2 mil pessoas atendidas nas instituições cadastradas. Entre estes doadores está Obirajá Gehn, um pequeno agricultor do município, que durante sua tradicional colheita, e conhecendo o Programa, quis fazer parte dessa rede de solidariedade, doando 280 quilos de abóboras.

cmyk

Exames podem ser consultados na web O Laboratório de Análises Clínicas da Unimed Noroeste/RS soma-se também a agilidade no acesso aos resultados através da web. O sistema está sendo disponibilizado para beneficiários e médicos através do Portal Unimed, refletindo-se diretamente em praticidade ao cliente no acompanhamento do resultado dos seus exames laboratoriais. Através do acesso a laudos pela internet, o Laboratório da Unimed permite que médico e paciente tenham conhecimento dos resultados de exames com maior facilidade e de qualquer lugar. “É uma forma de proporcionarmos mais agilidade, praticidade e comodidade”, define o coordenador da área Márcio Bottega. O bioquímico reforça ainda que a ferramenta é mais um auxílio ao diagnóstico, como garantia de acesso ao resultado de forma ágil e segura, seja por computador, smartphone ou outro equipamento. Estarão disponíveis para visualização via web

exames realizados a partir de 1º de maio de 2016. O acesso é restrito e seguro. O login e a senha são fornecidos no momento do atendimento no Laboratório, após o preenchimento de termo de adesão. Para os pacientes, o acesso pode ser feito em link específico no Canal do Beneficiário ou pela Área do Cliente, no Portal da Unimed Noroeste/RS, ou diretamente no endereço www.unimednoroesters.com.br/exames. No primeiro acesso é importante a substituição da senha, o que garante maior privacidade dos dados. Já os médicos da Cooperativa devem contatar com o setor Espaço Cooperado. Além da facilidade ao paciente, o acesso on-line contribui para o trabalho médico. “O acesso ao laudo do paciente também poderá ser feito diretamente pelo médico em seu consultório", reforça o gerente do Hospital Unimed Noroeste/RS, Günter Melchiors.

Resultado de exames pode ser consultado na internet Agricultor doa 280 quilos de abóbora ao Mesa Brasil

“Somos todos gratos por essa parceria, mesmo sendo eventual ou sistemática, sabemos que esse alimento complementará a refeição de crianças, adolescentes, adultos e/ou pessoas com deficiência, contribuindo também para o não desperdício e reduzindo o custo com operação de logística e eliminação de produtos sem valor comercial”, comenta a assistente social do Programa Mesa Brasil Sesc em Ijuí, Tatiane Cidade

Guimarães Gonçalves. “Todos os pequenos agricultores locais, além de empresários do ramo alimentício em geral, estão convidados para também fazer parte dessa rede de solidariedade e se tornar parceiro do Programa Mesa Brasil doando o seu excedente”, complementa a assistente social. Contatos com a equipe do Mesa Brasil Sesc Ijuí podem ser feitos pelos telefones (55) 33330801 ou 3332-7511.

Lei de inclusão no Estado é sancionada Na última quinta-feira, foi sancionada a lei que institui o Programa Estadual de Orientação sobre a Síndrome de Down. O projeto aprovado pela Assembleia Legislativa por unanimidade é de autoria do deputado estadual Eduardo Loureiro e ainda prevê uma semana de conscientização anualmente, entre 21 e 28 de março. O ato de sanção ocorreu

22

em cerimônia no Palácio Piratini, onde também foi aberta exposição fotográfica sobre o tema. O programa de orientação e de consciência para garantia ao ensino, trabalho e saúde deve partir do poder público e da sociedade, tendo como âncora o combate ao preconceito. Para a presidente da Associação de Familiares e Amigos do Down

(Afad) de Porto Alegre, Vera Ione Rodrigues, a concretização legitima o apoio do Estado. “Este gesto fortalece a nossa luta pela inclusão”, resumiu. A visão foi reafirmada pela secretária de Políticas Sociais, Maria Helena Sartori, que vê no pertencimento um direito humano. “Conhecer para não discriminar. Conviver para incluir”, disse.

SERVIÇOS VAGAS - O Sine de Ijuí está com vagas de trabalho para técnico em contabilidade (duas vagas) e para costureira, indústrial e comercial. Os interessados devem comparecer a unidade do Sine de Ijuí com Carteira de Trabalho em mãos. NOVO ENDEREÇO- Apartir da próxima segunda-feira, o Sesi de Ijuí estará funcionando em novo endereço, junto ao Centro Esportivo do Sesi, na Avenida Porto Alegre, 319, no bairro Lulu Ilgenfritz. O telefone para contato continua o (55) 3853-4100. PARADADE ÔNIBUS- Duas paradas de ônibus da Rua 13 de Maio serão extintas a aprtir da próxima quarta-feira. A da rua 13 de Maio esquina com a rua Paraná, e na rua 13 de Maio esquina com a Irmãos Gressler (esquina do Nacional). Os usuários de transporte urbano deverão passar a usar a nova parada, que será instalada na rua 13 de Maio com a rua São Paulo (do outro lado da rua da Loja Total).

BRECHÓ - No dia 14 de maio será realizado um Brechó Pet, com a renda revertida para ajudar os animais abandonados. As peças que serão comercializadas terão preço único de R$10. Quem tiver interesse em contribuir com doações pode procurar a Loja Incógnita, com Sandra. O brechó será realizado no porão da Loja, localizada na Rua 15 de Novembro, Centro. AGENDA 21- Dando continuidade às discussões sobre as questões socioambientais, convidamos para participar da próxima reunião do Fórum da Agenda 21, no dia 21 de maio, no auditório da EFA, na Rua São Francisco, 501, Bairro São Geraldo. A reunião debaterá sobre a produção e o consumo de alimentos em Ijuí com o professor do Deag da Unijuí, Roberto Carbonera, o presidente da Apaju, Volnei Viau, o presidente do Conrural, João Kuchak e o secretário municipal da Agricultura Júlio Gabbi.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 14 e 15 de maio de 2016

23

Memória JM CARA OU COROA

Armindo Pydd

BULGÁRIA E LÍBANO **A família de Dilma Vana Rousseff é originária da Bulgária e a de Michel Miguel Elias Temer Lulia do Líbano. A presidente afastada e o presidente em exercício demonstram assim claramente que o Brasil é o País dos imigrantes e das oportunidades. Ao contrário de outros países que evitaram a emigração de pobres, doentes, viúvas, aqui estas restrições nunca existiram. E um País que também manteve uma convivência pacífica entre os integrantes de seu mosaico cultural. Ao menos é o que a história oficial nos ensina. **Nossa história no entanto também nos traz fatos brutais. Somos os campeões da escravatura. 5 milhões de negros africanos cativos foram trazidos para cá e fomos os últimos a abolir a escravidão. Quanto aos milhões de índios que aqui habitavam ( entre 3 e 5 milhões) o choque com os conquistadores-descobridores brancos trouxe uma redução drástica de maneira cruel.

Notícias de maio de 1981

Biblioteca circulante beneficia centenas de alunos Entrou em funcionamento a Biblioteca Infantil Circulante Monteiro Lobato, que é parte integrante do patrimônio educacional e material da Secretaria Municipal de Educação e Cultura. A criação e execução do projeto da biblioteca foram uma iniciativa da professora Maria Regina Serrer Ferreira, supervisora pedagógica da Smec. São os objetivos da Biblioteca Circulante, complementar a ação do professor

no processo ensino e aprendizagem, incentivar e difundir o uso da biblioteca e o valor do livro e, através das atividades de leitura, oportunizar um ambiente escolar de cordialidade, bem como proporcionar aos alunos a oportunidade de apreciação dos valores literários. Em cada escola haverá uma coordenadora, que fica responsável pela guarda e distribuição do material, nas diversas turmas.

**Traz um desserviço ao País quem impede a integração e promoção pacifica das minorias ainda hoje marginalizadas. E traz maior malefício quem promove a política do confronto que não leva a nada. **” Estamos no ápice de todas as crises”. Assim Collor iniciou sua fala no Senado na seção do Impeachment. Diante do silêncio e atenção de todos fez um discurso muito bem articulado lembrando sua cassação num ritmo fulminante e o processo atual. Listou de maneira incisiva as “irresponsabilidades na condução política, econômica, os acachapantes déficits fiscais e orçamentários, o aparelhamento do estado arrogante, inchado, ineficaz, as obstruções da justiça, a incompetência, a negligência ou má-fé e votou pelo afastamento da presidente por crime de responsabilidade. Collor, que foi induzido a renunciar, mais tarde foi absolvido pelo STF. **O “núcleo duro” Meirelles, Serra. Jucá do ministério Temer já elencou os problemas mais urgentes da economia brasileira que devem ser atacados. Chegam a 80 (oitenta). **Diogo Mainardi no Manhaten Conection (canal 40, todos os domingos, 23 horas) é famoso por suas posições firmes e previsões fatais. Já teria previsto a morte de Saddam Hussein e Muammar Kadaffi e Hugo Chaves. A derrocada de Cristina Kirschner e Dilma. Perguntado sobre o que mais aconteceria em 2016, respondeu; a prisão de Lula.

Alunos da Escola Davi Canabarro foram os primeiros a fazerem uso da biblioteca

Ijuí terá posto de telefonia rural da CRT O interior de 71 municípios do Estado receberá brevemente os benefícios da telecomunicação, através de 330 postos de telefonia rural, a serem instalados pela Companhia riograndense de Telecomunicações, em função de financiamento, no total de 38,4 milhões concedidos pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico. Esses recursos foram confirmados em ato assinado no Palácio Piratini, sob a presidência do governador Amaral de Souza e com a participação do presidente do BNDE, Luís Sande. Os recursos concedidos à CRT permitirão a execução do Plano de Emergência de Telefonia Rural, que visa adotar de postos de serviços os distritos e povo-

**Após o ato “Tabajara” de Valdir Maranhão na Câmara dos deputados e que foi desfeito pelo mesmo e ridicularizado na mídia, até Tiririca, o humorista deputado, mandou tirar o bigode que lhe assemelhava ao personagem . **O legado econômico da presidente afastada pode ser medido pelos 11 milhões de desempregados. Mas tem mais. As últimas edições do diário Oficial da União estavam recheadas de decretos. Agora vem o pente fino. **E já vêm as primeiras críticas ao ministério Temer; faltam mulheres, afro-brasileiros, índios, LGBTs … e tem muito gaúcho. **Dilma, duas vezes divorciada, e Temer no terceiro casamento. Mas agora teremos uma primeira-dama Marcela . E que primeiradama . **Darcísio Perondi, deputado ijuiense, agora realmente protagonista no governo.

O ato celebrado no Palácio Piratini

ados mais significativos com relação à produção agropecuária. Esse plano atende diretrizes do governador Amaral de Souza, no sentido de aumentar a produtividade das áreas cultivadas.

ções serão realizadas exclusivamente via internet, até 30 de maio de 2016, através do site: www.concursul.com.br.

CONCURSOS Prefeitura de Morrinhos do Sul - RS Com 39 vagas para profissionais de todos os níveis escolares, a prefeitura de Morrinhos do Sul, no Rio Grande do Sul, publicou editais n° 01 e 02/2016 de concurso público, e suas retificações, sob a responsabilidade da empresa Concursul Assessoria e Consultoria. Os contratados terão ganhos que variam de R$ 863,02 a R$ 4.443,11 em jornadas semanais de 20 a 44 horas. De acordo com os editais retificados, as inscri-

Prefeitura de Santo Expedito do Sul RS No Rio Grande do Sul, a prefeitura de Santo Expedito do Sul abre concurso público com a intenção de formar cadastro reserva em cargos de Ensino Médio e Superior. De acordo com o edital nº 001/2016, as oportunidades são para os cargos de auxiliar de saúde bucal, médico-veterinário e professores nas áreas de Ciências, Educação Física, Educação Infantil, Língua Inglesa e de Matemática. O salário chega a R$ 2.129,91 em jornada de trabalho de 20 ou 40 horas por semana. As inscrições devem ser realizadas até 1° de junho de 2016, por meio do ende-

A coleção completa do JM está disponível para pesquisa no Museu Antropológico Diretor Pestana

Perondi reitera pedido para instalação de postos do Banco do Brasil - O deputado federal Emídio Perondi está reiterando pedido ao Banco Central para a instalação de postos avançados do Banco do Brasil nas cidades de Augusto Pestana e Pejuçara. O Banco Central concedeu carta para a instalação de postos avançados do Banco Econômico em Augusto Pestana e do Banco Nacional em Pejuçara. No entanto, essas comunidades vêm demonstrando desinteresse com essa decisão, preferindo a instalação de postos, que ofereçam melhores condições no setor agrícola. Empresas de Ijuí poderão exportar para o Uruguai - Uma comissão de empresários ijuienses esteve no Uruguai, mantendo contatos com empresas de turismo e de importação e exportação de Montevidéu. Segundo o presidente da ACI, Bruno Hass, os contatos foram muito proveitosos, tendo ficado acertada a vinda de uma delegação de empresários uruguaios a Ijuí, para conhecer a potencialidade turística do município e tomar conhecimento dos produtos que são produzidos e que podem ser exportados para o Uruguai. A ACI está providenciando também, para que seja confeccionada, uma relação dos produtos que o Uruguai está interessando em importar, o que facilita para os ijuienses.

reço eletrônico da organizadora Vencer RH (www.vencerconsultoria.com). A taxa de inscrição custa R$ 71,00 para nível médio e R$ 100,00 para nível superior. Prefeitura de Turuçu - RS Por meio do edital nº 01/2016, a prefeitura de Turuçu, no Rio Grande do Sul, informa que estão abertas as inscrições de seu novo concurso público, que é organizado pela empresa Legalle Concursos e Soluções Integradas LTDA. Interessados têm até 25 de maio de 2016 para efetuar inscrição via endereço eletrônico: www.legalleconcursos.com.br, mediante pagamento de taxa de inscrição no valor de R$ 50,00 para cargos de nível fundamental, de R$ 70,00 para cargos de nível médio e de R$ 90,00 para cargos de nível superior.

cmyk


WWW.JMIJUI.COM.BR

Dias de leitura

Ruizinho realiza Gincana de Matemática

Professores criaram desafios e atividades no início desta semana. Ação envolveu todos os estudantes do educandário. | 7

Moradores pedem por solução na iluminação Escola Municipal Dona Leopoldina incentiva leitura entre estudantes por meio do projeto Contadores de História, desenvolvido com alunos do 3º ano. | 7

Há casos de lâmpadas que estão apagadas há mais de 70 dias, como relata um morador do bairro Modelo. | 5

São Luiz muda em uma posição Técnico Jair Galvão tem apenas uma dúvida no ataque para o jogo de amanhã contra o Tupi, em Crissiumal. | 16

Corpo de Bombeiros capacita profissionais Ação visa formar multiplicadores de proteção e prevenção de acidentes e sinistros no município. | 21

EDITORIAL | 6 Antes limitadas aos grandes centros, as organizações criminosas se instalaram em cidades interioranas, mas com potencial crescimento da população.

cmyk

Sitepaginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you