Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

Ano 43 - Nº 294

Reforma muda cenário das eleições municipais Novas regras como diminuição de tempo de campanha impõem mudanças significativas. | 12 e 13

R$ 3,00

PP e PDT podem firmar acordo PP teria vice-prefeito em chapa pedetista. | 14

Corede debate plano estratégico regional Encontro ocorreu na última quinta-feira com integrantes do Conselho e teve o foco em saúde, educação e agronegócio. | 3

Serviço de aluguel de bicicletas é estudado

Emenda parlamentar beneficia Saúde

Ciclovia pode ter acesso ao Câmpus ampliado. | 5

Recursos virão por meio do deputado Perondi. | 8

POLÍCIA CIVIL

PITTOL ASSUME A PRESIDÊNCIA São Luiz elegeu ontem à noite diretoria para o biênio 2016/2018. | 17

Ijuiense é presa em operação do Centro do Estado Agentes apreenderam armas e drogas e prenderam três homens no bairro Luiz Fogliatto. | 20

Mulher de 24 anos é acusada de fornecer crack à região Central | 20

cmyk


RADAR ESPORTE E EDUCAÇÃO- Na segundafeira, a Escola Municipal Fundamental Davi Canabarro vai receber a visita da professora e servidora da Smed, Aurea Bigolin, uma das representantes de Ijuí que participou do revezamento da Tocha Olímpica no início dessa semana. A atividade tem como foco propagar o espírito olímpico nas escolas, bem como difundir uma cultura de incentivo às práticas esportivas, além de proporcionar às crianças conhecer o símbolo olímpico que passou por Ijuí. A conversa com Aurea será no turno da manhã e da tarde. VAGAS DE TRABALHO- O Sine de Ijuí está com vagas de emprego disponíveis. Os interessados devem ir ao Sine com a Carteira de Trabalho. O atendimento é das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h. Açougueiro (deixar currículo no Sine); chapeador; eletricista (Santo Ângelo); encarregado de obras; lavador de ônibus; marmorista; mecânico de automóvel; operador de trator de esteira; motorista de caminhão (cnh E); operador de escavadeira; vidraceiro; auxiliar de limpeza; confeiteiro; cozinheiro; farmacêutico (Nova Ramada); salgadeiro; vendedor pracista; vendedor interno para loja de material de construção e soldador com dois anos de experiência. Para as vagas de instalador hidráulico; pedreiro; soldador;atendente de padaria;costureira;operador de caixa e padeiro os candidatos devem deixar o currículo no Sine. EJA- A Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Imeab, desenvolve, neste semestre, oficinas de dança, artesanato, reciclagem e jogos esportivos, contando com a participação significativa dos educandos e uma maior integração entre a comunidade escolar. Para os estudantes que têm interesse em ingressas nessa modalidade de ensino, o Imeab começa a receber as matrículas para o 2º semestre letivo a partir do dia 11 de julho na Secretaria da escola. Mais informações pelo telefone 3332-7299 ou na Secretaria da Escola. GREVE- Os servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) decidiram, em assembleia na tarde de ontem, entrar em greve no Rio Grande do sul. Eles pedem reposição salarial de 26,75% - correspondente à variação do IPC-A entre maio de 2012 a maio de 2016 -, efetivação do pagamento das promoções e progressões da carreira e reestruturação do Departamento, para melhorar a prestação de serviços. De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores do Detran/RS (Sindet), Maximilian da Rocha Gomes, vários serviços devem ser afetados, entre eles exames teóricos, exames práticos, ações de fiscalização da Balada Segura, expedição da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), registro de veículo, entre outras questões. SALÁRIOS - A Secretaria Estadual da Fazenda confirmou no fim da tarde de ontem o depósito da quarta parcela dos salários dos servidores do Executivo. O depósito é de até R$ 600 e, com isso, 79% da folha do mês de junho ficará quitada. Até agora, cada servidor recebeu até R$ 4.050 por matrícula. Ao anunciar o quinto parcelamento consecutivo de salários neste ano, o governo prometeu concluir o pagamento até o dia 12. A previsão está mantida. Ainda são necessários R$ 194,5 milhões para quitar os valores.

cmyk

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

2

OLHO DA RUA INDICADORES Poupança 9.7.2016 ..........................0,7121% Ouro 8.7.2016......................... R$ 144,60 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,2934 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,2940 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,2300 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,4300 Euro (compra) .............................. R$ 3,6401 Euro (venda) ................................. R$ 3,6407 IPC/FIPE Maio/ /2016 ...........................0,57% IGPM Jun//2016 .................................. 1,69% INPC/IBGE Maio/2016 ..........................0,98% IPCA Maio/ /2016 .................................0,78% IGP-DI-FGV Maio//2016 ........................1,13% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144

Visita ilustre!A gata pretinha, como está sendo chamada, tem visitado a sede da Uabi, no Centro. Manhosa, ela tem recebido a atenção da direção, principalmente na hora da refeição. Depois de algum tempo, ela toma seu caminho e quando chega a hora do lanche, ela volta para receber o carinho.

ENTRE ASPAS "Minha atividade no dia a dia é muito maior que no jogo. Não sou animador de torcida", disse o técnico do Grêmio Roger Machado. "Nossa responsabilidade é ganhar do Santa Cruz. Onde será um jogo duro, é muito difícil jogar lá no Arruda", disse o técnico do Internacional Argel Fucks. "Estamos no mesmo barco, se não resolvermos a crise do estado, não resolveremos a crise dos municípios. Não é hora de buscarmos culpados e travarmos discursos partidários e ideológicos, não é o que a sociedade gaúcha espera de nós. A Famurs está capacitada a apoiar o Estado e esperamos do Palácio Piratini a abertura para aceitar nossa cooperação", disse o novo presidente da Famurs, Luciano Pinto. "Nosso compromisso é o de valorizar e apoiar os bons, desde produtores até indústrias, e, por outro lado, é óbvio que excluir e tirar de circulação essas pessoas que não têm compromisso com a seriedade", disse o secretário de Agricultura Ernani Polo. "Trata-se de uma jogada para salvar o mandato de um dos chefes do golpe e rearticular a base do governo ilegítimo de Temer", afirmou o ex-ministro das Relações Institucionais Ricardo Berzoini. "Perverso, calculado e desprezível contra autoridades", classificou o presidente americano, Barack Obama, sobre a execução de cinco policiais em Dallas, no estado do Texas.

Getúlio

LOTERIAS NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º 2º 3º 4º 5º

-

5.039 1.109 1.797 6.526 1.177

LOTOFÁCIL CONCURSO nº

1385

04 05 08 09 10 11 12 13 14 15 17 18 19 20 23 QUINA

CONCURSO nº

4126

21 53 57 69 71 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

PLANO ESTRATÉGICO

Corede debate estratégias para região Na última quinta-feira, o Conselho de Desenvolvimento Regional do Noroeste Colonial (Corede-Norc) esteve reunido com a comunidade e integrantes da entidade para delinear os objetivos que devem ser trabalhados nos próximos anos, bem como analisar o Diagnóstico Técnico Regional, elaborado pela Unijuí. De acordo com o presidente do Corede-Norc, Nelson Thesing, a atualização do planejamento estratégico passa a trabalhar a dimensão regional, seja da iniciativa privada ou pública, tendo como foco as áreas da saúde e educação, dos diferentes segmentos da sociedade. Com isso, o Corede busca formular diretrizes para o desenvolvimento, além de propostas que possibilitem a implementação dessas estratégias. "O encontro foi um espaço plural para a construção de agendas regionais para articular

os diferentes setores de políticas públicas e de desenvolvimento, procurando olhar a agropecuária, a indústria, comércio e serviços de forma pontual e a sua relação com a região e Estado", explica. Segundo Thesing, o Diagnóstico aponta que alguns pontos devem ser considerados quando se pensa em desenvolvimento regional. Como população, no que se refere ao crescimento e envelhecimento das cidades, distribuição de renda, saúde e ensino. Nesse sentido, a região do Noroeste Colonial fica atrás apenas da região Serrana. "Do ponto de vista do Estado, a nossa região tem conquistado oportunidades ricas para o nosso desenvolvimento". Porém, ele alerta que ainda existem muitos desafios. Um deles se refere aos repasses de recursos para a região, "tudo indica que essa dinâmica não vai se manter nos próximos anos",

Nelson Thesing

salienta. Na agropecuária, o setor da produção de leite deve ser um setor específico para ser observado e desenvolver iniciativas para que se evite essa situação. "Por outro lado existe uma potencialidade.

Entidades querem vetar reajuste de salários Os representantes da Fiergs, Fecomércio, Farsul, Federasul e FCDL se reuniram com o vice-presidente Adilson Troca, na Assembleia Legislativa, para entregar ofício de apoio ao veto do governador José Ivo Sartori aos reajustes dos servidores do Judiciário e Legislativo. As entidades afirmam que para o Estado reencontrar o equilíbrio fiscal precisa de políticas austeras e responsáveis. Segundo o documento, "a realidade das contas públicas do Rio Grande do Sul, como é de pleno conhecimento da sociedade gaúcha, está a exigir sacrifícios de todos. Nossa dívida pública cresce 18% ao ano e está em R$ 68 bilhões, representando duas vezes o que se gera de receita". Na visão do presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn e dos representantes do empresariado, "derrubar o veto irá destoar da gravidade do momento e colocará o Estado

Fecomércio-RS e entidades empresariais pedem apoio aos deputados

ainda mais nos trilhos da ingovernabilidade". Ainda de acordo com as entidades, "já descumprimos a Lei de Responsabilidade Fiscal, ao extrapolarmos o limite de 60% com despesas de pessoal e comprometer 75% da receita. Isto sem falar dos inativos, que já são em

número maior do que os ativos, nos remetendo a uma situação caótica. Para que o Estado possa reencontrar o caminho do equilíbrio fiscal, retomar a capacidade de investimento e prestar serviços dignos à sociedade, são necessárias políticas públicas austeras e responsáveis", relatam. .

Criatec recebe recursos do Sebrae A Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica (Criatec) obteve esta semana a liberação da primeira parcela dos recursos provenientes do edital Sebrae/ Anprotec (Associação de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores). O convênio foi assinado em janeiro com o Sebrae e tem o

objetivo de implantar e certificar o modelo de maturidade Cerne 1 para Criatec, com vista a estabelecer uma plataforma de soluções sistemáticas que reduza o nível de variabilidade e consolide empreendimentos inovadores bem-sucedidos. A analista de negócios da Criatec, Maria Odete Palharini,

diz que a Criatec elaborou e aprovou o projeto e tem agora a responsabilidade de executar todas as metas, implantar as 33 práticas exigidas no modelo de certificação e obter o selo de certificação para, então, ser considerada Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos.

3

Presidente da ACI se diz otimista em relação à crise Em meio a um furacão político e econômico enfrentado pelo País, uma luz no fim do túnel já surge. Ao menos é o que acredita Walter Joel de Moura, presidente da Associação Comercial e Industrial de Ijuí. E a luz, segundo Walter, não está tão no fim do túnel assim. O presidente da ACI se diz otimista e acredita que a melhora na situação econômica do País “deve começar a ser recuperada já no segundo semestre desse ano”. Em entrevista concedida ao Grupo JM ainda ontem, o também vice-presidente regional da Federasul lembrou que, embora o otimismo, há a consciência de que não existe um salvador da pátria. "Não acreditamos que a crise econômica se prolongue por muito tempo. Ela deve começar a ser recuperada no segundo semestre e nós estamos bastante otimistas. Mudança e esperança são as palavras de ordem que mais são usadas por especialistas. Qualquer mudança vai trazer uma esperança de que seja feito algo. Muitas empresas estão esperando a situação da mudança para poder

Walter Joel de Moura, presidente da ACI

injetar recursos a médio prazo. É isso que vai aquecer a economia novamente", ressaltou Walter Moura e ainda pontuou: "a gente não sabe nem quem vai ser o futuro presidente do País. A gente tem que ter a esperança que algo seja melhorado. Infelizmente a gente depende que o governo tome as ações para que isso aconteça e gerem um novo astral para que os investimentos sejam retomados", concluiu.

Aumenta número de consultas no SPC em Ijuí Apesar da crise e das previsões não tão otimistas, levantamento da CDL Ijuí mostra um dado positivo, com aumento no número de consultas ao SPC no mês de junho. Em junho, o Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) de Ijuí registrou um total de 30.350 consultas ao crédito, realizadas por parte das empresas. Comparado a junho de 2015, em que houve 29.015 consultas no mesmo período, registra-se um aumento de 4,60%no número de consultas. Já comparando-se com o mês de maio nota-se um aumento no número de consultas de Crédito em mais 4.05%, pois foram realizadas 29.170 consultas de crédito. As fichas de devedores registradas em junho foram 4.298, o que representa um aumento de 6,73% em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foram registradas 4.027 fichas. Já em comparação com o mês anterior, maio, houve um aumento de 5,3% quando foram registradas 4.082 fichas de devedores. As fichas canceladas em junho foram 4.277, o que representa um aumento de 11,18% em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foram canceladas 3.847 fichas de devedores. Para o presidente do SPC, Rubem Harter, apesar de não ser um crescimento extremamente alto, o número é considerado

Presidente do SPC, Rubem Harter

bom, mas também é necessário cautela neste momento. "Os dados divulgados mostram um cenário positivo para o varejo. Podemos destacar que esse crescimento, embora moderado, está ligado ao frio mais rigoroso registrado este ano, em comparação com o inverno do ano passado", explica. Ele informa que as empresas de calçados e confecções foram as principais geradoras de consultas. "Ainda é precipitado falar que o aumento no número de consultas será uma tendência. O fato positivo é a tendência de equilíbrio entre registros e cancelamentos, registrado já pelo segundo mês consecutivo", relata Harter.

cmyk


cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

5

CICLOVIAS

Secretaria estuda aluguel de bicicletas

O uso da bicicleta como meio de transporte é cada vez mais frequente, porém, nem todos possuem bike própria. Mesmo quem já costuma se locomover pedalando pode não estar com a sua a todo momento. Para atingir esse público e facilitar o deslocamento em pontos estratégicos, ou turísticos, muitas prefeituras têm disponibilizado o serviço de aluguéis de bicicletas. Em Ijuí, a ideia começa a ser pensada para um futuro próximo. Entre as quatro maiores cidades da região Noroeste, Ijuí é a única que está com o Plano de Mobilidade Urbana em execução, que prevê, entre outras ações, a instalação de ciclovias e ciclofaixas. De acordo com o secretário municipal de Obras, Desenvolvimento Urbano e Trânsito (Smodutran), Ubiratan Erthal, não há previsão de novas ações até o final do ano, além do que já está sendo feito. Uma de suas principais bandeiras durante sua gestão à frente da pasta que executa o Plano no Município, a instalação de ciclovias tem enfrentado os dois lados da moeda: de um lado a comunidade que utiliza e apoia e na outra ponta, críticas de quem não concorda com a via escolhida para instalação. “Apesar das muitas críticas que re-

cebemos por ter implantado a ciclovia na Carlos Erig até a Guilherme Timm, tivemos a visão de fazê-la no percurso que liga o Câmpus à sede acadêmica da Unijuí. Embora tenha outras faculdades em Ijuí, a Universidade é a que concentra o maior número de estudantes, e que residem naquele trecho em pensões, apartamentos, e têm o deslocamento facilitado tanto de bicicleta quanto de transporte público”, explica Erthal. Além disso, o secretário comentou que o prefeito Fioravante Ballin tem mantido conversas com o reitor da Unijuí, Martinho Kelm, para abrir acesso à Universidade na extensão da Rua Guilherme Timm. “Tendo isso pronto, teremos condições de explorar, seja pela Unijuí ou por outra empresa, os alugueis de bicicletas, que já ocorre em diversas cidades”, revela Erthal. “Acredito que seja viável pegar uma bicicleta em frente à Biblioteca Mário Osório Marques e deixá-la em frente à EFA, seja para ir à aula, para retirar livros, situações inerentes à vida estudantil, e também para a população que quer um deslocamento de lazer.” Várias capitais brasileiras. Em Vitória, a mais recente a inaugurar o serviço, quem quiser alugar uma bicicleta para rodar pela capital pode pagar pelo serviço usando

Projeto para instalação de uma ciclovia na Rua 19 de Outubro e na Bento Gonçalves é avaliado

um aplicativo no celular ou o Cartão de Transporte. A contratação da diária é de R$ 5,40, a mensalidade de R$ 10,80 ou o plano anual de R$ 67,50. Em Porto Alegre, o sistema de aluguel de bicicletas, o BikePoa, passou a ter o dobro de estações existentes no ano passado. De 40, passou para 80. O projeto que prevê a instalação de uma

ciclovia na Rua 19 de Outubro e na Rua Bento Gonçalves deverá ser executado até o final do ano. A engenheira da Smodutran vai a Passo Fundo verificar como esta a situação. “Toda cidade está pensada nessa rede de ligações de ciclovias e ciclofaixas e vias para pedestre. Acredito que é um projeto que iniciou agora e que não vá ter fim com o próximo gestor”, afirma.

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

A RETOMADA

O

Brasil enfrenta uma grave crise econômica, que tem como contraparte a crise política. Diversos projetos aprovados no Congresso minaram o ajuste fiscal. Para além dos problemas fiscais de curto prazo, agravados pela gestão da política econômica nos últimos anos, o Brasil tem um problema estrutural de crescimento das despesas públicas e de estagnação da produtividade. Se essas questões não forem resolvidas, não haverá como retomar o crescimento em bases sustentáveis. A crise fiscal não é recente nem passageira. Essa trajetória é agravada pelo aumento, em períodos de crescimento econômico, de despesas vinculadas à receita, como saúde e educação, que não podem ser ajustadas em períodos de desaceleração. O ajuste das contas públicas em períodos de retração econômica acaba inevitavelmente sendo feito por aumento de tributos e corte dos investimentos. Os índices de empregabilidade no País, de uma maneira geral, estão extremamente negativos. Milhares de postos O momento é de trabalho simplesdesafiador. País em mente deixaram de recessão, inflação existir desde o ano alta, taxa de juros passado. Indústria elevada e instabilie o comércio, espedade econômica e cialmente, sofreram política. mais. De lá para cá, muitas mudanças e turbulências sacudiram a economia do País. Com uma hiperinflação, criou-se o plano real, passou-se pela crise que levou à desvalorização da moeda e outros tantos problemas que provocaram retração econômica. Pois nem mesmo as crises dos anos 90 e 2000 conseguiram atingir tão fortemente o mercado de trabalho quanto os problemas que assolaram nossa economia no ano passado. Ao contrário do que supõem alguns dados, Ijuí não escapou ileso desta crise. O momento é desafiador. País em recessão, inflação alta, taxa de juros elevada e instabilidade econômica e política. Tudo isso tem contribuído para o crescimento do desemprego e para o desequilíbrio no orçamento das famílias. Sob diferentes óticas, estamos vivendo anos históricos. No atual momento, a economia brasileira tem que retomar o caminho do crescimento. Independentemente de ser a favor ou contra a volta da presidente Dilma Rouseff, hoje afastada presidente, o Brasil deve buscar caminhos para crescer. Mas, o aparente otimismo vem acompanhado de uma análise do atual momento da indústria, o setor que mais sentiu a crise econômica, e todos os desafios ainda a serem superados. O que importa, agora, é que o Brasil está passando por ajustes. Então, que os números voltem a nos dar esperança de que o fundo do poço da economia nacional foi alcançado, mas com indícios de retomada. Tênue, mas sempre retomada. A esperança volta à economia e é isso o que interessa. A crise, que agora se reflete no mercado de trabalho, não é fenômeno local. Sua causa e sua solução, infelizmente, não passam por ações locais. As consequências, porém, são dramaticamente municipais, se refletindo em queda de arrecadação, cofres públicos vazios e serviços essenciais cada vez mais escassos. Não está fácil para ninguém.

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

ENTREVISTA Reitor, a Unijuí lançou nessa semana dois programas para incentivar as pessoas a retornar aos estudos. Como devem funcionar eles? Exatamente. São dois programas na ideia de criar condições facilitadas para a manutenção na Unijuí e, aquelas pessoas que já fizeram um curso superior e que desejam retornar possam ter um reconhecimento desse esforço e possam ter uma condição diferenciada. Nesse sentido, estamos retomando o que nós delineávamos de programa Diplomado e na forma de reingresso do vestibular, ou seja, esse aluno não precisa fazer vestibular. Apenas solicita o reingresso. Como funciona o projeto para Diplomados? Os candidatos que optarem pela modalidade de Diplomados, devem solicitar seu ingresso na Unijuí pelo Extravestibular e efetivar a matrícula. Se o candidato é formado pela Unijuí terá o benefício de desconto de 40%. Aqueles que se formaram em outras instituições de ensino têm desconto de 30%. O desconto vale durante toda a graduação. Essa é uma condição bastante favorecida e que possibilita o reingresso desses diplomados que querem entrar em uma nova carreira ou ampliar o seu conhecimento. Então estamos buscando criar essa possibilidade. O edital já está disponível no portal da Unijuí e já é valido para esse segundo semestre. As inscrições encerram no dia 26 de julho. As vagas são para os cursos de Administração (presencial); Ciências da Computação; Ciências econômicas; Comunicação Social (Publicidade e Propaganda); Jornalismo; Educação Física (licenciatura); Enfermagem e Fisioterapia, para o câmpus de Ijuí. Para Santa Rosa, as vagas são para o curso de Administração (presencial); Ciências da Computação e Educação Física (licenciatura). Para Três Passos e Panambi o curso de Administração (presencial) tem vagas. E para aqueles que optarem pelo Programa Indique e Ganhe, quais são os benefícios? O programa Indique e Ganhe funciona da seguinte forma: o estudante da universidade, de qualquer campi, pode indicar estudantes interessados em concluir a graduação, anteriormente iniciada na Unijuí e que não conseguiu concluir, ou estudantes de outras instituições e que queiram solicitar a transferência para a Unijuí. Se o estudante A indicar o estudante B, o estudante A irá receber durante todo o curso o desconto de 20%. Além disso, o estudante que está indicando, aquele que não conseguiu completar o curso e pela indicação retornou à universidade, pode indicar mais quatro estudantes. Para cada um desses outros quatro estudantes que indicar, ele irá receber um desconto de 10%. Isso significa que o estudante da Unijuí que está indicando pode receber um desconto de até 60% em todas as mensalidades dele, inclusive até o final do curso, ou seja, irá pagar 40% do curso. Nesta modalidade, as inscrições encerram-se no dia 5 de agosto. Além dessas novidades, a Fidene irá publicar um edital nesse segundo semestre para a eleição da nova reitoria. Como deve ser esse processo? No mês de outubro, no dia 27, teremos eleições na Fidene e, para esse pleito, votam professores, alunos, funcionários e comunidade externa (como prefeitos da região, Câmara de Vereadores, sindicatos e demais órgãos). Aprovamos na última quinta-feira o regimento eleitoral, defende

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

6

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

Martinho Kelm Reitor da Unijuí

um conjunto de regras, também atualizando as datas e estaremos, até o fim do mês, publicando o edital e, que a partir disso, as chapas poderão se habilitar para concorrer. Replicamos uma lógica bem democrática de que foi a tônica da instituição e, a princípio, está um ambiente calmo. A instituição vive um ambiente mais calmo, não se tange pelas dificuldades do contexto externo e nós conseguimos fazer sim um processo de recuperação da universidade e concluímos 12 anos (se considerados os dois períodos de vice-reitoria de administração mais esses dois períodos como reitor), ao final do ano estaremos concluindo um longo período à frente da instituição e esperamos ter deixado um legado e uma contribuição. Quando deve ser a posse da nova reitoria? A posse deve ocorrer no dia 13 de dezembro, quando a equipe que ocupa a atual reitoria se retira e assume a nova. Encerrando o mandato à frente da Unijuí, sabemos da luta que a Universidade tem em busca do curso de Medicina, que está no Tribunal de Contas da União (TCU) para ser julgado, mas temos novidades quanto a isso, reitor? É uma novidade que não muda muita coisa. Nesta semana tivemos do TCU, onde a ministra Ana Arrais recolocou o processo, que estava sob a sua relatoria, em discussão, apresentou todos os seus fundamentos e no parecer da ministra, ela solicitou que o Ministério da Educação (MEC) tivesse 15 dias para anular esse concurso e divulgação de um novo concurso, no sentido de distorcer todos os vícios e todos os equívocos que estavam no edital anterior. Logo na sequência, o ministro Vital do Rego, que já havia anteriormente feito um pedido de vistas, fez novamente esse pedido, que foi concedido e tem prazo de dez dias para que esse processo seja recolocado, a partir dessa análise do ministro. Tivemos uma movimentação, mas houve um movimento no Tribunal.

Representantes Comerciais: Grupo de Diários

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

www.jmijui.com.br

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

ANTÔNIO PADILHA

Escola irá revitalizar espaço da biblioteca

Com o objetivo de proporcionar aos estudantes um local de estudo, convívio e aprendizado, a direção da Escola Estadual de Ensino Médio Antônio Padilha iniciou um projeto de revitalização do espaço da biblioteca escolar. As melhorias fazem parte do plano de ação na gestão escolar e qualidade na aprendizagem dos alunos. "Para o trabalho tornar-se eficaz, faz-se necessário primeiramente ter um bom planejamento e buscar assegurar o seu funcionamento, e isso só é possível através de buscas desafiadoras do conhecimento levando em consideração o contexto escolar e cultural do aluno, respeitando a subjetividade destes", explica a coordenadora pedagógica e professora de literatura, Elisangela Mengarda. Pensando nisso a professora escreveu e organizou o projeto, Espaço de leitura, busca e construção do saber. "Por entender que a biblioteca é o coração da escola", defende ela. Segundo ela, o espaço, na escola, necessitava de uma reorganização para que os estudantes e a comunidade escolar pudessem utilizar. Assim se fez. O projeto foi aprovado pela direção, a partir daí se iniciou um processo de planejamento do espaço, para isso, a escola contou com a ajuda dos alunos, onde, nas aulas

CRE faz formação em Gestão de Conflitos Representantes das escolas de abrangência da 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), profissionais do Centro de Referência da Assistência Social (Creas) e da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) participaram do 4º módulo da formação em Gestão de Conflitos e Combate ao Bullying, no início desta semana. Neste módulo foi realizada uma roda de conversa com socialização do fluxo de atendi-

mento da Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente, painel com instituições da Rede de Proteção, preenchimento da Ficai, simulação on-line, e mediação escolar em situações de violência. Na oportunidade, as assessoras Ana Rotili e Solange Moraes ressaltaram que esta formação tem o objetivo de refletir sobre as situações de violência na escola, oferecendo algumas ferramentas para o seu enfrentamento.

Espaço atual deve receber novas prateleiras para acomodar os livros e sala para professores

de Artes, criaram uma planta baixa da biblioteca. O material produzido pelos alunos está exposto no hall da biblioteca e, em breve, materializado no espaço da biblioteca. Para que o projeto saia do papel, a escola deve utilizar de recursos do próprio orçamento e ainda contar com o auxílio da comunidade escolar. Mesmo com o espaço ainda sendo, aos poucos, construído, algumas atividades como a decoração do mobiliário, oficinas de fanzine, produção de um livro individual, reorganização da biblioteca, resenhas do filme

A menina que roubava livros, baseado na obra de Markus Zusak, e a construção de uma geladeira interativa com livros literários, doados pela comunidade escolar. A geladeira encontra-se exposta no corredor da escola, próxima à entrada para ter acesso aos alunos e comunidade escolar. "Este trabalho foi orientado pela professora Estela Canabarro. O produto final culminará em uma noite cultural com mateada, mostra de trabalhos e cinema na escola no mês de novembro", acrescenta a coordenadora.

EFA faz mostra literária em celebração Para dar início a celebração de 48 anos do Centro de Educação Básica Francisco de Assis (EFA), pais, alunos, professores e colaboradores da Fidene acompanharam a apresentação da peça Esconderijos do Tempo do grupo Máschara, de Cruz Alta. O evento ocorreu no Salão de Atos da Universidade. A peça homenageia o poeta gaúcho Mário Quintana. O espetáculo foi escrito com base em entrevistas, livros e documentos sobre a vida e obra do poeta. A semana que abre a programação especial de aniversário da EFA teve uma reflexão sobre os ideais Franciscanos, feito pela vice-diretora, Maria do Carmo Pilissão e pela diretora Rosane Nunes Becker. A Festa Literária da Educação Infantil e Anos Iniciais aconteceu na terça e quarta-feira e teve como tema História contada é

7

Semana de comemoração teve mostra de trabalhos e apresentações teatrais

palavra enfeitada. Cada turma escolheu um gênero textual para realizar sua pesquisa. Contos clássicos, parlendas, fábulas, mini contos, poemas e histórias em quadrinhos foram as abordagens que as turmas tiveram. A socialização dos estudos aconteceu para outras turmas da escola e para as famílias. Na última quarta-feira, a Escola recebeu

a autora Léia Cassol, que realizou uma conversa e uma contação de história para as crianças. Na próxima semana a EFA dá continuidade às ações de aniversário com a Festa Literária dos Anos Finais e Ensino Médio. Oficinas, autor na escola, sarau musical e, para finalizar, o Ciclo de estudo dos professores em São Miguel das Missões.

Encontro ocorreu no início desta semana e teve a participação de órgãos integrantes

MEC libera recursos para manutenção de bolsas O Ministério da Educação liberou, nesta semana, R$ 568,3 milhões para pagamento de bolsas de pós-graduação de mestrado, doutorado, pós-doutorado, professor visitante sênior, iniciação cientifica, professores, coordenadores pedagógicos e coordenadores gerais do programa Idiomas sem Fronteiras. Os recursos liberados beneficiam bolsistas da Capes no País e no exterior. A maior parte dos valores será destinada a ações relacionadas a bolsas de estudo no Brasil, que somarão R$ 195 milhões. Esse dinheiro beneficiará 89,1 mil bolsistas de diversas modalidades: mestrado, doutorado, pós-doutorado, professor visitante sênior, iniciação científica, supervisão; além de professores, coordenadores pedagógicos e coordenadores gerais do programa Idiomas sem Fronteiras. Esta parte dos recursos também será destinada ao custeio de 150 programas de pós-graduação apoiados por meio do Programa de Excelência Acadêmica (Proex), e dos programas de pós-graduação em 70 instituições de Ensino Superior apoiados pelo Programa de Apoio à PósGraduação (Proap).

Para o Ciências sem Fronteiras serão destinados R$ 136 milhões, beneficiando 7,9 mil bolsistas e 71 projetos. Já programas tradicionais de cooperação internacional da Capes receberão R$ 40,4 milhões para pagamento de 2,8 mil bolsas e 859 projetos. No que tange a bolsas de Educação a Distância, o MEC repassará R$ 33,6 milhões para o pagamento de 17 mil bolsistas da Universidade Aberta do Brasil (UAB), além de beneficiar outros 160 mil estudantes de 56 instituições federais e estaduais de Ensino Superior. Para a Educação Básica, o MEC repassará R$ 57 milhões para o pagamento de 73 mil bolsas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid), 6 mil do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor) e 1.100 bolsas do Observatório da Educação (Obeduc). Os demais R$ 100 milhões serão aplicados em diversos programas e ações voltados para acesso à informação científica e tecnológica; fomento às ações de graduação, pós-graduação, ensino, pesquisa e extensão; avaliação da pós-graduação, entre outros.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

IMUNIZAÇÃO

BCG deve ser aplicada ainda no berçário A vacina contra Tuberculose surgiu no ano de 1920, em Paris, sendo chamada de BCG, que significa Bacilo de Calmette e Guérin, em homenagem aos dois cientistas que a desenvolveram. Foi utilizada pela primeira vez em 1921 sob a forma oral, hoje em dia abandonada. “É Uma das primeiras vacinas que foram colocadas à disposição da população em todo o mundo e está em uso até hoje. Inicialmente era feita através de aerossois, e tinha pouca eficácia, hoje é feita por meio de aplicação intradérmica”, explica a coordenadora de Imunização da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), Cledis Otonelli. Atualmente é aplicada por via intradérmica no braço direito. No local aparece um pequeno inchaço (pápula) que desaparece em alguns dias. Cerca de 4 a 6 semanas após surge uma inflamação local que evolui para uma pequena ferida que poderá apresentar uma secreção amarelada, evoluindo depois para crosta e cicatrização, deixando uma marquinha no local. “Essa é a única vacina que nós temos certeza que

cmyk

a pessoa recebeu porque podemos observar, praticamente em 100% das pessoas ela é aplicada no braço direito e depois que fez toda a reação para deixar a pessoa imunizada, fica uma cicatriz característica da BCG, no músculo deltóide”, acrescenta Cledis. Essa vacina só pode ser ministrada em crianças menores de cinco anos de idade e deve ser aplicada o mais precoce possível de preferência ainda no berçário, pois a contaminação e a infecção pela bactéria ocorrem precocemente. " Se a criança não tiver no mínimo 2kg ao nascer é necessário esperar ganho de peso, porque com essa pesagem há falta de tecido adiposo abaixo da pele, o que dificulta a aplicação intradérmica", pondera a coordenadora. Em adultos, só é aplicada mais uma dose se a pessoa convive no domicílio de um portador de hanseníase. A aplicação da vacina BCG é realizada somente no Posto Central de Imunizações, próximo ao Hospital de Caridade de Ijuí. “Porque a pessoa que aplica tem que ter um treinamento especial”,

Cledis Otonelli

finaliza. A recomendação do Ministério da Saúde é de se utilizar a via intradérmica, que tem demonstrado ser a mais efetiva.

8

Refeições deverão seguir protocolo de Alimentação Entre os 20 alimentos mais consumidos pelos adolescentes brasileiros, os refrigerantes estão entre os seis primeiros, à frente das hortaliças, e as frutas sequer aparecem na lista. Os dados são do Estudo de Riscos Cardiovasculares em Adolescentes (Erica) realizado pelo Ministério da Saúde e pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que aponta ainda índice de 8,4% de obesidade entre meninos e meninas de 12 a 17 anos. O ministro da Saúde, Ricardo Barros, assinou na quinta-feira portaria que traz as diretrizes para promoção da alimentação saudável nas unidades da pasta em todo o País. A proposta é estender essas regras aos demais órgãos e entidades da administração direta federal. O ministro também apresentará proposta para mudança legislativa a ser aplicada às escolas públicas e privadas. “Precisamos reduzir as causas e os danos por comportamentos de riscos, como sedentarismo e uma alimentação rica em sódio e açúcar, que levam a doenças como obesidade e hipertensão”, destacou. Segundo o ministro, a mudança precisa acontecer de dentro

Ricardo Barros

para fora. “As refeições pagas com recursos da pasta e ofertadas em todas as unidades vinculadas devem seguir o protocolo de Alimentação Saudável”, afirma Barros. Segundo o ministro, atualmente, os pacientes com comportamento de risco, que abrange obesidade, sedentarismo, alcoolismo e tabagismo, são o grande desafio da saúde brasileira. “É preciso investir em saúde preventiva. É melhor para a população e onera menos o orçamento do Sistema Único de Saúde”, ressalta.

Bom Pastor receberá R$ 200 mil Depois de anunciar, no final de junho, o pagamento de R$ 790,3 mil para o Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), o deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS) informou o pagamento de mais três emendas individuais ao Município, previstas nos orçamentos da União de 2013 e de 2015 e que somam R$ 427,2 mil. Deste total, R$ 200 mil são do Fundo Nacional de Saúde para Estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde e serão utilizados na aquisição de equipamentos para o Hospital Bom Pastor. Segundo

Perondi, saúde é o bem maior do ser humano e deve ser sempre a prioridade número um dos políticos. Outros R$ 176 mil são do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e serão usados na aquisição de uma patrulha agrícola mecanizada. Segundo explicou Perondi, os equipamentos vão atender a demanda dos pequenos produtores do município e significar um incremento ao setor. “Sou parceiro da agricultura familiar, importante para a economia de Ijuí”, disse. Outra emenda paga foi do

Ministério das Cidades para obras de pavimentação de vias urbanas, no valor total de R$ 255,7 mil. Neste caso, está sendo paga a terceira e última parcela, de R$ 51,1 mil. O dinheiro será usado no asfaltamento sobre calçamento existente na Rua Alagoas. Perondi comemorou o pagamento da emenda e garantiu que vai continuar trabalhando em Brasília em favor do Município, principalmente para a melhoria da qualidade de vida da população, através de vias urbanas que permitam maior acessibilidade de todos.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

9

NEGÓCIOS

Empreender é opção para superar a crise

Os acadêmicos Marcos (à esquerda) e Cláudio investiram no próprio negócio

Uma nova geração de empreendedores está surgindo no País. Ainda cursando a graduação, estudantes realizam pesquisa científica e alguns já montaram sua própria empresa. Este é o caso dos acadêmicos do curso de Administração Cláudio Rodrigo Machado Fraga e Marcos Fernando Paz de Almeida. Os acadêmicos viram na ação de empreender um refúgio para sobreviver na crise. Eles formam um novo perfil, a dos estudantes-empreendedores, envolvidos com pesquisa, inovação e, sobretudo, com disposição de criar o próprio emprego. Cláudio e Marcos, buscando superar a crise e ingressar no mercado de trabalho, fundaram a sua empresa, a Optimize, que tem como objetivo proporcionar assessoria em gerenciamento de processos para as empresas. A empresa dos acadêmicos funciona através da Incubadora da Unijuí. “É a participação da universidade não apenas na formação de quadros acadêmicos e políticos, mas na formação de empreendedores”, declara o professor Edemar Zanon, frisando que “os jovens têm um novo olhar de interpretar os fatos, e hoje precisamos acreditar nos espaços e nas oportunidades, pois na sociedade sempre vai ter onde melhorar, e a Incubadora é um viveiro de boas ideias, ou seja, um canteiro de oportunidades”. O professor destaca, ainda, outros acadêmicos do curso de

Administração que estão envolvidos e acompanham com interesse esse novo campo de ação envolvendo ações de empreendedorismo. Marcos Fernando destaca que parte do interesse em abrir um negócio assentava-se na possibilidade de criar inovações. “A pesquisa acadêmica dentro da graduação é importante para apreender o conhecimento científico, base para a construção de uma empresa com inteligência”, explica Marcos Fernando, frisando que a Optimize nasceu desta experiência. A empresa criada pelos acadêmicos tem a função de trabalhar os processos de negócios das empresas. “Hoje as empresas são um conjunto de processos, e muitas vezes não estão otimizados, então a nossa função é assessorar que esses processos sejam padronizados e possam gerar resultados, tornado a empresa mais eficiente”, explica Cláudio Rodrigo. Já Marcos Fernando frisa que a empresa surgiu da vontade de ter um negócio próprio associado ao conhecimento adquirido na Universidade. “Posso afirmar que eu e o Claudio temos essa veia empreendedora, e unindo esse desejo de ter um negócio próprio, com o conhecimento adquirido dentro da universidade, participação em projetos de pesquisa, e estar dentro do ambiente da Criatec, que oportuniza o contato com outras, e faz com que acreditemos cada vez mais no potencial do nosso negócio”.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

10

DÍVIDA COM A UNIÃO

Estado negocia repasse de áreas para abater dívida Um termo de compromisso inicia as negociações para a aquisição, pela União, de imóveis pertencentes ao Estado. São propriedades da Companhia Estadual de Silos e Armazéns (Cesa) para serem usadas no assentamento de famílias de trabalhadores rurais cadastrados no Programa Nacional de Reforma Agrária, do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). O valor das terras, que correspondem a 243 hectares e ficam nos municípios de Cruz Alta e Vitória das Missões, serão abatidos do valor da dívida do Estado com a União. O anúncio foi feito em solenidade no Palácio Piratini com a presença do governador José Ivo Sartori e dos ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha; do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra; e da Saúde, João Magalhães Barros. Segundo o ministro Padilha, as duas áreas ainda não têm valor definido e serão avaliadas por técnicos e analisadas levando em conta o valor de mercado. O ministro elogiou a atitude do governador Sartori. "Em um gesto de desprendimento e muita responsabilidade para com as contas públicas do governo do Estado decidiu entregar para o Incra duas áreas de terra que serão submetidas a valorização conforme os valores de mercado, mas o mais importante é que este valor será abatido na dívida do Estado", garantiu Padilha. Também foi assinado um termo de cooperação entre os dois entes federativos para viabilizar o pavilhão da agricultura familiar

Assinatura do documento ocorreu na tarde de ontem após encontro com ministros no Palácio do Piratini

na Expointer deste ano. O valor repassado pelo governo Federal será de R$ 800 mil. Segundo o secretário do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Tarcisio Minetto, serão 220 espaços de comercialização para a agroindústria, artesanato rural e flores, que envolvem mais de 120 municípios do estado e 1.200 famílias. "Agradecemos o apoio da União para viabilizar este espaço que é de fundamental importância para promover e divulgar as agroindústrias familiares, e mostrar a capa-

cidade que elas têm de gerar bons serviços e produtos", afirmou o secretário. O ministro Osmar Terra reafirmou mais uma vez "o compromisso com o Rio Grande do Sul" e garantiu que o valor que será destinado é com intuito de "fortalecer o setor". O ministro da Saúde está no estado para uma série de visitas e reuniões que incluem a Santa Casa, o Instituto Santa Luzia, o Grupo Hospitalar Conceição e o Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers).

Municípios recebem Prêmio da Famurs Encerrando as atividades do 36º Congresso de Municípios da Famurs, realizado na última quarta e quinta-feira, foram conhecidos os vencedores do 1º Prêmio Boas Práticas. Ao todo, 202 projetos, de 117 prefeituras, disputaram o primeiro lugar em 11 categorias. São elas: Agricultura, Assistência Social, Cultura, Comunicação Social, Educação, Finanças, Meio Ambiente, Políticas para Mulheres, Saúde, Trânsito e Turismo. A solenidade marcou o encerramento do 36º Congresso de Municípios do Rio Grande do Sul. Com o projeto Jovem Rural, o municí-

pio de Vista Gaúcha venceu na categoria Agricultura. Pelo trabalho desenvolvido com o Grupo de Canto da Terceira Idade, São Pedro do Butiá foi o grande campeão na área de Assistência Social. Na área de Comunicação Social, o primeiro lugar ficou com o município de Esteio pela criação da rede Gabi Net. Na categoria Políticas para Mulheres, o grande destaque foi o município de Antônio Prado. Campo Bom ficou em primeiro lugar na categoria Cultura com projeto Artpet. Como projeto Cidadão de Talentos, Gravataí levou o prêmio na área de Educação. A

prefeitura de Guaíba foi a grande vitoriosa na categoria Finanças com o projeto Alvará eletrônico na terra de oportunidades. No Meio Ambiente, Vera Cruz levou o prêmio pelo projeto Protetor das Águas. Na Saúde, Farroupilha foi a cidade vitoriosa com o projeto Farmácia Solidária. O município de Progresso conquistou o prêmio na categoria Turismo com a ação Caminho das cascatas. Na categoria Trânsito, Porto Alegre foi a grande vencedora com o projeto Conviver para viver melhor. A prefeitura da Capital ganhou ainda o destaque especial pelo Serviço de Abordagem Social.

Expedições investigativas são foco de Escola A Escola Municipal de Educação Infantil Primeiros Passos, de Coronel Barros, juntamente com a comunidade escolar, participa de expedições investigativas contemplando o interesse das crianças. Os projetos desenvolvidos nas turmas são: Berçário: Ouvindo e cantando estou só começando, Maternal 1 A: Os bichinhos do jardim, Maternal 1 B: Os mistérios do peixe e do peru e Maternal 2: Os animais do sítio. “Nesta linha de projetos a escola,

cmyk

juntamente com direção, coordenação e professores, após reuniões de equipe, percebeu a necessidade de reorganizar o espaço escolar com uma mini biblioteca, onde as crianças possam explorar o mundo da leitura em um espaço lúdico e prazeroso”, relata a diretora da EMEI, Nara Hanke. Segundo ela, será desenvolvido um projeto para readequar os espaços disponíveis na escola para posterior organização de uma biblioteca que contará com a ajuda

dos pais, professores e funcionários. “Este espaço vai auxiliar e beneficiar os alunos no seu processo de aprendizagem”. No início dessa semana, uma das atividades realizadas neste projeto foi desenvolvida com o berçário. “Na ocasião, socializou-se com muita música, barulho e descontração onde pais e filhos puderam participar do momento de aprendizagem e construção do projeto que terá como nome ouvindo e cantando, estou só começando”, explica.

Nilton Kasctin dos Santos Promotor de Justiça

O melhor lugar Conta-se que um homem vivia descontente com tudo e com todos. Para ele, vizinhos, parentes, governo, ninguém presta. Além disso, tudo o que possui é uma casa simples, que abriga apenas as coisas indispensáveis para uma vida de pobre, por isso sente inveja de todos os moradores da cidade que ostentam melhor situação financeira. - A razão da minha infelicidade é a falta de dinheiro à vontade - pensa convicto. - Se fosse rico, construiria uma casa bonita, compraria carros de luxo, trabalharia menos, seria uma pessoa famosa, poderia viajar pelo mundo e, enfim, seria feliz. Anos e anos dessa rotina morna se passam, até que um dia a sorte chega com tudo na vida do homem. Acerta sozinho na loteria, recebendo o prêmio que se havia acumulado por várias semanas. Sua rotina de pobre acaba. Não tem mais como queixar-se de nada. Deixa de lado a inveja dos vizinhos e aqueles pensamentos mesquinhos sobre a razão da sua infelicidade. Agora sua preocupação é com a segurança pessoal e a maneira de administrar tanto dinheiro. Ao contrário do que muitos sortudos fazem, decide não mudar de cidade, até para mostrar para aquela gentinha que agora ele é alguém importante. E até cria uma fundação para ajudar a pobreza, com a intenção de mostrar à sociedade que é um rico diferente, que se preocupa com o próximo. Nem um ano desde o inesquecível dia da sorte grande, e o homem percebe que a rotina de rico também o entedia. E mais do que a de pobre. Não suporta mais os vizinhos e parentes, que só pedem dinheiro – e não pagam. É verdade que a imprensa já o havia esquecido um pouco, mas o cordão de falsos amigos aumenta a cada dia. E os políticos, com a aproximação das eleições, o assediam vorazmente em busca de apoio. Demora a entender por que nas últimas semanas praticamente todos os vereadores apresentaram na câmara propostas de homenagens à sua pessoa, aprovadas sempre por unanimidade. São títulos de cidadão emérito, duque disso, comendador daquilo, marquês, conde, pai dos pobres etc. Até o padre, mexendo nos arquivos da igreja, descobre que o novo rico havia estudado dois anos no seminário. Isso faz trinta anos, e ninguém se lembra de ter visto o homem em alguma missa, mas o que importa mesmo é essa antiga ligação com a igreja. Propõe então o sacerdote que o homem seja condecorado por lei municipal com o título de ministro da caridade. Como a bancada evangélica repudia com veemência a proposta, o jeito é encontrar uma solução alternativa, até porque o pastor já havia manifestado interesse em realizar, em sessão solene na câmara, um culto de agradecimento pela bênção da prosperidade que Deus alcançara ao sortudo. Em votação unânime, os vereadores conferem-lhe então o título de missionário ecumênico para as causas sociais, contentando assim o padre e o pastor. Pior ainda é a iniciativa do reitor da universidade, que tenta fazer do homem professor honorário da instituição em troca da doação de um prédio para funcionamento do curso de Direito. Um detalhe impede a concessão do título: o homem é semianalfabeto. Mas para tudo há um jeito. Para não perder a polpuda doação à universidade, condecoramno então com o título de patrono local do curso de Direito. Falta de privacidade, agenda social agitada, assédios de todos os lados. E aqueles títulos sem merecimento, todos motivados por interesses escusos. Enfastiado com tudo, com todos e por tudo, o homem conclui: - Sou ainda mais infeliz do que era antes de me tornar rico. Deve ser esse lugar amaldiçoado. E decide partir para longe, em busca da felicidade (continua na próxima edição).


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

CULTURA PUJANTE

País será maior produtor mundial de soja até 2025

O Brasil será o maior produtor de soja do mundo nos próximos 10 anos e irá superar os EUA. Mas os exportadores nacionais não devem esperar por mais uma era de preços elevados de commodities. A constatação faz parte do informe sobre o futuro da agricultura no mundo até 2025 produzido pela FAO (Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação), que destaca que o Brasil responderá por uma parte significativa da expansão agrícola nos próximos 10 anos. A desvalorização do real deve permitir um aumento das vendas no curto prazo. Mas será compensada por uma estagnação de preços por uma década em diversos setores. O abastecimento do mercado global dependerá em 80% de um aumento de produtividade no campo. A projeção aponta, no entanto, para a ocupação de 42 milhões de hectares de terras extras no mundo para a produção agrícola até 2025, uma expansão de apenas 4% em relação ao montante utilizado em 2015. E isso ocorrerá em grande parte por conta da expansão da fronteira agrícola no Brasil e na Argentina. Juntos, os dois países serão responsáveis por perto de 20 milhões de hectares extras plantados. "A América Latina continua sendo a maior fonte de expansão

Abertura de novas áreas agricultáveis vai impulsionar produtividade da soja

de área agrícola no mundo, com um total de aumento de 25% e com a soja liderando a maioria dessa expansão", indicou a FAO. "O Brasil vai se transformar no produtor mais importante de soja até 2025, com a produção atingindo 135 milhões de toneladas", disse a entidade, apontando que o volume será suficiente para abastecer tanto o setor de óleos vegetais como proteína para animais. O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, afirmou durante o Global Agribusiness Forum 2016, realizado em São Paulo, que tentará resolver, à frente da pasta, os problemas que o

"incomodavam". "Um deles é a burocracia. O servidor público é mais importante quando ajuda a resolver os problemas", disse Maggi. "Estamos fazendo em todos os setores da agricultura reuniões para simplificar regras." Conforme o ministro, o presidente da República interino, Michel Temer, lhe deu autonomia para comandar a pasta e se disse muito honrado por ter sido convidado para liderar o ministério. "Estamos fazendo um trabalho à frente do Ministério da Agricultura que é olhar para o cidadão. Minha obrigação e compromisso é atender e defender a agricultura brasileira."

BB libera R$ 101 bilhões para safra O Banco do Brasil (BB) anunciou na manhã desta terça-feira (5) que disponibilizará R$ 101 bilhões para a safra 2016/17, iniciada em 1º de julho. Segundo a instituição, desse total, R$ 10 bilhões serão direcionados a empresas da cadeia do agronegócio e R$ 91 bilhões em crédito rural a produtores e cooperativas, segmento em que haverá incremento de 10% em relação ao valor desembolsado na safra anterior. Na avaliação do presidente do Banco do Brasil, Paulo Rogério Caffarelli, o BB, como o principal agente financeiro do agronegócio, detém 61% de participação no crédito rural. "Nossa carteira de crédito do agronegócio teve crescimento de 10% nos últimos 12 meses, mesmo com cenário de adversidade", afirmou, durante o lançamento dos números para a safra 2016/17. Do total de recursos para pro-

Banco vai aumentar limite de créditos para todas as modalidades

dutores e cooperativas, R$ 71,1 bilhões se referem a operações de custeio e comercialização e R$ 19,9 bilhões são específicos para créditos de investimento agropecuário. Destaca-se que 93% dos recursos apresentam taxas de juros controladas. Para os médios produtores, o

volume passará de R$ 14,3 bilhões para R$ 15,3 bilhões na safra 2016/17, um aumento de 7%. Na agricultura empresarial, o volume passará de R$ 54,5 bilhões na safra de 2015/2016 para R$ 61,1 bilhões na safra 2016/2017, registrando 12% de incremento.

11

MP dá descontos de até 95% para dívidas rurais O governo enviou ao Congresso Nacional a Medida Provisória 733/16, que estabelece normas para a repactuação e liquidação das dívidas de produtores rurais localizados na área de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e para os agricultores brasileiros com débitos já inscritos na Dívida Ativa da União (DAU). Nos dois casos, a renegociação abrange as operações de crédito rural firmadas até 2011, independente do tamanho da dívida ou do número de contratos em atraso. Os produtores têm até o dia 29 de dezembro de 2017 para repactuar ou quitar o débito. Até esta data, a prescrição e a cobrança judicial (execução fiscal) estarão suspensas. As condições de renegociação (cálculo do saldo devedor, descontos, prazo de carência e encargos) dependem do ano da contratação, do valor originalmente contratado e se envolve

repactuação ou liquidação da dívida. Contratos feitos até 2006 têm um rebate maior do que os firmados entre 2007 e 2011. Do mesmo modo, produtores do semiárido recebem um desconto maior tanto para liquidação como para repactuação dos atrasados. Em alguns casos, o desconto para quitar todo o débito pode chegar a 95% do saldo devedor. A medida provisória também autoriza a concessão de descontos para a liquidação, até 29 de dezembro de 2017, de dívidas originárias de todas as operações de crédito rural inscritas na DAU até 31 dezembro de 2014. São sete faixas de descontos, que variam de 60% a 95%, dependendo do saldo devedor consolidado. Para quem tem até R$ 15 mil em dívida ativa, o rebate é de 95%. O menor desconto, de 60%, é para a dívida inscrita superior a R$ 1 milhão.

CCGL quer ter 15% do mercado de leite em pó A Cooperativa Central Gaúcha Ltda (CCGL) inaugurou no mês de julho a ampliação da fábrica localizada em Cruz Alta, no Norte do Rio Grande do Sul, com a introdução de uma segunda planta produtiva. Com o investimento de R$ 130 milhões, o grupo mira alto. Pretende apostar no potencial de venda do principal produto fabricado na planta de Cruz Alta, o leite em pó - a unidade também faz creme de leite e achocolatado, mas em menor quantidade. De acordo com o presidente da cooperativa, Caio Cézar Vianna, hoje a CCGL detém 8% do mercado nacional de leite em pó. O objetivo é, nos próximos anos, chegar a 15% de market share. Segundo ele, o único fator que impedia a cooperativa de ganhar mais espaço no mercado era justamente a estrutura produtiva, que se mostrava insuficiente. "Há três anos estamos operando com a capacidade totalmente lo-

tada no pico da safra de leite", explicou em entrevista ao Broadcast Agro, serviço em tempo real da Agência Estado. Com a ampliação, a capacidade produtiva passará dos atuais 1 milhão de litros de leite/dia para 2,2 milhões de litros/dia. A unidade nova já opera em fase de testes. Vianna espera que a estrutura esteja perfeitamente ajustada até o fim de agosto. A partir daí, a CCGL quer aumentar a captação de leite de forma gradual. "Imaginamos ter a segunda planta trabalhando com 100% da capacidade num horizonte de cinco anos. Pensando com otimismo três anos. E, com pessimismo, seis", disse. Hoje, as regiões Norte e Nordeste - que são as maiores consumidoras de leite em pó do País - recebem 90% da produção da CCGL. Com o aumento da produção, a cooperativa quer atingir também o Sudeste. Outro foco de atenção é o mercado externo.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2016

Mais de 60 mil eleitores de Ijuí devem ir às urnas GRÁFICO: GRxxxxx ASSUNTO: TAMANHO: DATA: ORIGINAL: GRAFFO

Dentro da área de abrangência da 23ª Zona Eleitoral, a votação 100% biométrica, nas Eleições 2016, acontece nos municípios de Ajuricaba, Bozano, Coronel Barros e Nova Ramada, onde todos os eleitores já estão habilitados para o processo. No caso de Ijuí e Catuípe, aproximadamente 15% dos eleitores fizeram a biometria, portanto a eleição ainda será mista. Fazem parte desta área 84 mil eleitores, sendo que Ijuí corresponde a 64 mil eleitores. Com a proximidade das eleições, inicia-se a preocupação com o número de mesários que serão necessários para atender a todos os eleitores. Em Ijuí, segundo o chefe da 23ª zona do Cartório Eleitoral, Valdeci Vanderlei da Cunha, para as eleições deste ano no município serão convocados aproximadamente 1,2 mil mesários. "Para um município como Ijuí, que possui em torno de 82 mil habitantes, necessitamos de um bom número de mesários também, para sustentar os atendimentos", explica. Em relação à lista de convocados, Valdeci acentua que está sendo acertada e que as cartas de convocação devem começar a ser entregues até o dia 15 de ju-

Prazo de filiação aos partidos Até 2/4/16

Período das convenções partidárias De 20/7 a 5/8/16

Registro das candidaturas Até 15/8/16, para prefeito, vice-prefeito e vereador

Será a campanha mais breve desde 1985

Início 16/8/16 Redução de

90 dias para

45 dias FONTE TSE

lho. "A convocação, praticamente, encerramos. No caso de Ijuí, uma quantidade será entregue pelos Correios e alguns mesários irão até o Cartório Eleitoral. Nos demais municípios as prefeituras vão auxiliar na convocação” acentua Cunha. Sobre a seleção e vantagens de ser mesário, o chefe da 23ª zona afirma que a escolha acontece

primeiramente pelos voluntários. "Tem vantagens nos concursos públicos, onde quem foi mesário pode ter uma melhor posição, no caso de empate, por exemplo, outro ponto é na questão de folga do emprego, que no caso são duas e também a utilização das horas trabalhadas nas eleições podem ser utilizadas como atividade extracurricular ", pontua.

12

Segundos valem 'ouro' no Guia de Rádios e TV Com mudanças nas regras eleitorais, segundos valem "ouro" no guia de Rádio e TV A redução do período de campanha eleitoral e a criação de um limite para os gastos dos candidatos a partir de 2016 devem favorecer os políticos que já são conhecidos pela população, de acordo com a opinião de especialistas. Entre as mudanças nas regras que começam a valer neste ano, estão a redução de 90 para 45 dias na duração da campanha, além da diminuição de 45 para 35 dias do período de propaganda no rádio e na TV. A campanha começará oficialmente em 16 de agosto, ao contrário das eleições de 2014, quando os candidatos podiam pedir votos somente a partir de 6 de julho. A propaganda no rádio e na TV, por sua vez, começa a ser transmitida em 26 de agosto. Em 2014, os programas começaram a ser exibidos em 19 de agosto. Já propaganda eleitoral pela internet está liberada somente a partir de 16 de agosto. É proibida a propaganda eleitoral paga na internet. O advogado e diretor do Instituto Gaúcho de Direito Eleitoral (Igade), Lucas Lazari, avalia as mudanças e critica as restrições à campanha nas ruas:

"andar pela cidade e sentir o clima da campanha, sentir que estamos em período eleitoral, vai ser difícil", avalia. O especialista explica que, sem a possibilidade de banners, cartazes e bonecos, a campanha de rua ficará restrita às pessoas, bandeiraços e distribuição de materiais. Em contrapartida, a campanha no rádio e na televisão poderá se tornar mais interessante, já que o horário eleitoral diminuiu, e o tempo de exposição das ideias pelos candidatos se pulverizará em inserções ao longo da programação. Segundo ele, a primeira grande mudança é que apenas os candidatos à prefeitura terão programas em rede, que são aqueles que passam em sequência, tinham tempo de 30 minutos e agora serão de apenas 10 minutos. Em compensação, mais do que dobraram as inserções durante a programação do rádio e da televisão. Serão 60 minutos diários, que se dividem em 40% para os candidatos a vereador e 60% para candidatos à prefeitura. Outra grande mudança que já estamos vivendo é a chamada pré-campanha. Se diminuiu o período de campanha, e o período de pré-campanha tem uma liberalidade muito grande.

População demonstra desconfiança na política e nos políticos Enquanto as eleições se aproximam, a comunidade, em alguns casos prefere se manter alheia a toda essa questão. A causa disso?! A descrença na política e nos políticos brasileiros. Em meio a um cenário de pedido de impedimento da presidente da República, onde agora, quem assume a liderança do País é o vice Michel Temer. O presidente da Câmara dos Deputados afastado, com pedido de impedimento, na quinta-feira renunciou ao cargo, Lava Jato e tantas outras investigações que revelam os anos de corrupção que o País está imerso. Para saber se ainda existem pessoas que acreditam, e esperam que este cenário possa mudar, o JM foi até as ruas para ouvir os eleitores, já que esse ano os municípios elegem seus novos representantes. Bolivar Cardinal defende que os eleitores têm uma grande expectativa quanto aos candidatos. “Hoje só temos pré-candidatos”. Ele alerta, ainda, que podem ocorrer “profundas mudanças”

cmyk

na administração municipal. “Vamos descobrir isso somente quando conhecermos os candidatos, depois disso podemos ter uma opinião mais concreta”. Na opinião dele, deve ocorrer uma mudança na administração. Para

para as eleições, “estamos muito desconfiados”. Esperançosa, ela acredita que ainda pode-se melhorar, mas “do jeito que vai é difícil, mas sempre temos essa expectativa”. Cláudia lamenta que ultimamente é difícil encontrar um político honesto, proativo e decente, “a nível nacional a gente vê que a política é uma sujeira”. A nível local, em Ijuí, ela destaca que, apesar de ser uma cidade grande em relação às vizinhas, parece estar estag-

nada. “Tudo que vem de novo, de bom, é mandado para fora. Então tu percebes que tem algum problema”.

razão da falta de comprometimento dos políticos. “Eles falam uma coisa, mas chega na hora e não cumprem, aí não temos muita confiança”. Indecisa, ela ainda pensa se deve dar o voto a algum candidato. Assim, enquanto os pré-candidatos a prefeito e vereador se alinham, a população segue indecisa, avaliando e fazendo uma leitura de desconfiança quanto a política nacional, estadual e a local.

Vilnei dos Santos

Bolivar Cardinal

ele, a confiança das pessoas está baixa, principalmente no que se refere a política nacional. “É preciso separar o joio do trigo”. Cláudia Jakowski, diz que o nível de confiança é muito baixo

Cláudia Jakowski

Vilnei dos Santos, morador da localidade de Chorão, diz que, apesar de ainda não estarem definidos, os pré-candidatos são pessoas conhecidas e que já têm boa administração. “Pessoas que podemos dizer que temos confiança”, diz. Nara Almeida, revela que a confiança é baixa, muito em

Nara Almeida


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

CAMPANHA ELEITORAL

Novas regras têm caráter experimental em 2016 Membro do poder Judiciário desde o início dos anos 2000, o juiz Eduardo Giovelli ocupará o cargo de juiz eleitoral no pleito deste ano em Ijuí. Em entrevista ao Grupo JM, na última semana, o magistrado revelou que participará da sétima eleição como juiz, e será a sétima campanha com regras diferentes. Em 2016, a minirreforma eleitoral aprovada no ano passado terá seu primeiro teste, com regras como o fim do financiamento privado e a redução do tempo de campanha valendo pela primeira vez. "Algumas regras novas, como a proibição de materiais impressos em ruas e viadutos, são muito bem-vindas. Outras acho que extrapolam um pouco o limite do bom senso, como a limitação do tamanho das propagandas até mesmo em propriedades particulares, como casas e terrenos. É por isso que estamos, literalmente, experimentando estas novas leis. Garanto que boa parte destas

regras não serão mantidas para a próxima eleição", avalia Giovelli. Com a diminuição do tempo de campanha oficial, que caiu de 90 para 45 dias, criou-se o advento da pré-campanha, período no qual os postulantes a cargos públicos podem apresentar suas ideias e propostas. Desde o último dia cinco de julho, porém, está vedado que os pré-candidatos se apresentem como tais, sem que possam também falar publicamente sobre suas propostas ou pedir votos. A sanção ocorre muito em virtude do trabalho da imprensa. No entanto, segundo o juiz eleitoral, é o próprio candidato quem deve sofrer sanções em caso de campanha antecipada. "Os limites da lei são meio tênues, então é preciso ter cuidado. Eu diria que o risco é do próprio candidato se passar e acabar pedindo voto, indo além daquilo que deveria e correr o risco de sofrer uma impugnação, a partir de pedidos de outros par-

Eduardo Giovelli

tidos. Esse é o momento, então, de os próprios pré-candidatos terem muito cuidado, inclusive em grupos de filiados e demais aglomerações, para que não venham a ter problemas futuros", alerta Giovelli.

13

Mês de agosto deverá ser decisivo para o pleito Dentro de pouco mais de duas semanas os partidos estarão aptos para a escolha dos respectivos candidatos além da deliberação sobre coligações. No caso das convenções não indicarem o número máximo de políticos, as vagas que sobram devem ser preenchidas em até 30 dias antes do pleito, não mais 60 dias, como era na legislação anterior. Com a nova redação mudou também para o dia 15 de agosto a data final para solicitação do registro dos candidatos do ano eleitoral. A Lei determina que o prazo de entrada do requerimento de registro de candidato a cargo eletivo em cartório ou na secretaria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) terminará, sem possibilidade de prorrogação, às 19h do dia 15 de agosto do ano em que se realizarem as eleições. A redação anterior do dispositivo previa como prazo final o nonagésimo dia anterior à data das eleições. Ainda conforme consta no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), além do prazo para os partidos definirem os rumos até o pleito, em duas semanas, já no mês

de agosto, será a vez da abertura do período para o eleitor solicitar a segunda via do título fora do seu domicílio eleitoral. O mês de agosto, inclusive, se apresenta fundamental no que diz respeito ao pleito de outubro. Além do dia 15 de agosto representar a data limite para os partidos e coligações, no dia 16 estará autorizada a propaganda eleitoral. Na sequência, dia 26, iniciam-se as propagandas gratuitas no rádio e na televisão. O calendário todo apresenta novidades em relação aos anos anteriores. As mudanças fazem parte da Reforma Eleitoral 2015 (Lei n° 13.165/2015), que promoveu algumas alterações na Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997) com novas datas e regras para o pleito 2016. A Reforma 2015 modificou ainda o prazo para até 20 dias antes das eleições para que os Tribunais Regionais Eleitorais enviem ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a relação dos candidatos às eleições majoritárias e proporcionais, da qual constará obrigatoriamente a referência ao sexo e ao cargo a que concorrem.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Coligação poderá unir PDT e PP Na última semana, o presidente do Partido Progressista em Ijuí, Andrei Cossetin, lançou seu nome como pré-candidato do partido à prefeitura. Depois de inúmeras discussões sobre a composição que a sigla iria fazer, tendo em vista as eleições municipais, Cossetin decidiu, com a anuência de seu diretório, lançar seu nome. O fato, porém, não garante que o PP será, de fato, oposição nas eleições municipais deste ano. Isso porque Valdir Zardin, expresidente do Sindicato Rural de Ijuí e filiado ao PP, foi convidado pelo PDT para compor a chapa majoritária como candidato a vice-prefeito. "Esse convite foi feito a mim e fico muito lisonjeado pelo ex-prefeito Valdir Heck

ter lembrado do meu nome. Há décadas tenho feito meu trabalho na questão agrícola, e por isso fui lembrado", confirmou Zardin à reportagem. Ele reitera que a efetivação de sua candidatura na chapa do PDT depende de uma decisão interna de seu partido. "Temos que respeitar o nome do Andrei, que está colocado como précandidato a prefeito. Tudo isso será discutido internamente, dependerá de amplos acordos partidários e de um projeto que seja bom para todos. Por enquanto ficou apenas no convite para compormos a chapa com o exprefeito Valdir", disse. A proposta, no entanto, não agrada a direção do PP. Procurado ontem, o presidente do PP

Deputado quer que TCE preste contas à AL

PEC que exige que o TCE comece a prestar foi protocolada por Pereira

Com o objetivo de obrigar o Tribunal de Contas do Estado (TCE) a apresentar anualmente sua execução orçamentária e patrimonial à Assembleia Legislativa, o líder da Bancada do PSDB, deputado Pedro Pereira, protocolou nesta semana uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC 254 2016). Segundo Pereira, o TCE não submete suas contas a controle externo, o que caracteriza caso único da administração pública. “É preciso dar mais transparência no uso do dinheiro, bens ou valores públicos, e ter a certeza que estão sendo aplicados corretamente” declarou. O parlamentar tucano justificou que até o próprio Tribunal Superior Federal (STF) já julgou ações diretas de inconstitucionalidade, quando há suspeita de que algo está ferindo a Constituição

cmyk

Federal, neste sentido. Pereira contou com o apoio de outros 33 deputados, que assinaram a PEC. Antes de ir para votação no Plenário da Assembleia Legislativa, a juridicidade e a constitucionalidade da emenda serão analisadas pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Se o parecer for favorável, a PEC será enviada para outra comissão ou passará diretamente ao Plenário, para ser apreciada por todos deputados, em dois turnos. Para que a proposta seja aprovada, serão necessários 33 votos favoráveis em cada uma das sessões. “Alguém tem que fiscalizar e é dever da Assembleia Legislativa cumprir esse papel. Todos os deputados devem ter conhecimento, apreciando e julgando as contas do Tribunal de Contas” finalizou Pereira.

reiterou que seu partido segue firme no propósito de encabeçar uma chapa de oposição, inclusive com respaldo do diretório estadual progressista. "Nós, enquanto partido, não tivemos nenhuma conversa com o PDT sobre essa possibilidade, pois não temos Valdir Zardin como nosso pré-candidato. Eu já lancei minha pré-candidatura a prefeito e estou respaldado por uma norma do partido no Estado que diz que as candidaturas a prefeito se sobressaem às candidaturas a vice-prefeito. Nosso grupo de partidos de oposição é coeso e está se fortalecendo cada vez mais. Temos conversado até mesmo com o PT, que está na base do governo, mas pode compor conosco", afirmou.

Valdir Zardin

Câmara terá apenas um projeto em pauta Os vereadores de Ijuí estiveram reunidos na manhã de ontem para a reunião das comissões da Câmara. O encontro definiu a pauta de votações da sessão ordinária da próxima segundafeira no poder Legislativo. Apenas uma matéria foi deliberada para análise em plenário. É o PL que autoriza o poder Executivo Municipal a ceder, por prazo determinado, um prédio público à Associação dos Produtores Feirantes de Ijuí (Aprofeira). A cessão do imóvel ocorrerá pelo período de um ano, trata-se da renovação da concessão para uso da Aprofeira. Conforme estabelecido pelo projeto, a concessionária do imóvel deverá repassar cerca de R$ 650 mensais à Fazenda Municipal como pagamento pelo uso do espaço público.

A nova lei também estabelece critérios para a renovação do contrato de cessão do prédio onde funciona a feira do produtor. De acordo com o texto, o acordo poderá ser renovado por um período de 12 meses, no máximo pelos próximos cinco anos, mediante termo aditivo firmado entre as partes. Na reunião ocorrida ontem, o vereador César Busnello (PSB) propôs que seja convidado para participar da sessão de segundafeira o coordenador de Esportes do Município, Rogério Bardini Dürks. O objetivo é que ele fale aos vereadores sobre as atividades desenvolvidas e planejadas pela pasta que coordena, além de discriminar valores e demais itens que envolveram a organização da passagem da Tocha Olímpica em Ijuí.

Parlamentares se reuniram ontem para deliberar apenas um projeto

14

ALEXANDRE GARCIA Jornalista

FINANCIAR BANDIDO A Petrobras cortou o fornecimento de gás para as termelétricas da Amazônia Energia, subsidiária de Eletrobrás, por causa de uma dívida não paga de 3,5 bilhões de reais. É a estatal rota punindo a esfarrapada. Rotas e esfarrapadas essas e outras porque foram privatizadas por políticos e partidos, que se valeram de empresas pertencentes ao povo brasileiro para encher bolsos próprios e cofres de campanhas eleitorais de seus partidos. Não seria hora de o povo tirar dos políticos esse brinquedinho estatal, essa tentação permanente? Fizeram agora a Lei de Responsabilidade das Estatais, que o presidente acaba de sancionar, mas os deputados já mostraram que a intenção é enfraquecer a lei, que foi mantida pela reação dos senadores. Se sempre vão achar um jeitinho - o melhor seria tirar o açúcar para não tentar a mosca. Até a Casa da Moeda, onde é feito o dinheiro, é alvo dos ladrões de gravata, que as injunções políticas botaram lá. Agora os brasileiros estão sem passaporte de numeração perfurada, por causa da bagunça lá reinante, onde a Polícia Federal já realizou duas operações anticorrupção. Na Caixa Econômica, o vice-presidente recebia propina - junto com Eduardo Cunha - para distribuir, entre 10 empreiteiras, 6,5 bilhões do Fundo de Garantia, que é do trabalhador. O BNDES se especializou em financiar ditadores corruptos de regimes de esquerda. O Banco do Brasil, como o Mensalão mostrou, foi usado pelo Diretor Henrique Pizzolato. Privatizaram o próprio estado brasileiro. São 400 diretorias de estatais, distribuídas entre partidos. Não conta o mérito nas nomeações, mas a ausência de caráter, a disposição para delinquir, desde que ajude o partido. Conta, sobretudo, a falta de vergonha de desrespeitar a Constituição e o povo brasileiro. Isso vem de longe, na cultura de que o Estado é o pai-de-todos e tem dono. O ditador Getúlio Vargas, que impôs, criou sindicatos ligados ao seu governo - origem dos pelegos - também criou a primeira estatal. Aliás, de forma bem simbólica. Se os americanos não nos dessem uma siderúrgica, ele não deixaria de simpatizar com os nazistas. O Brasil ganhou Volta Redonda e em troca mandou 25 mil homens para combater na Itália. Enquanto era estatal, dava prejuízo. Privatizada, agora dá lucro, como as demais siderúrgicas que eram estatais. Teria o estado que produzir aço, ou eletricidade, ou petróleo e derivados? Ou tem que produzir ensino, previdência, saúde, segurança, justiça e infraestrutura? Pois o estado brasileiro não faz direito nem uma coisa nem outra. Que tal aliviar o estado de se meter a empresário e mandá-lo concentrar-se em prestação de serviço? Você dirá, caro leitor, que está cheio de empresário na cadeia, que tampouco dá para confiar neles. Ora, estão na cadeia por dependerem do estado em negócios com estatais, subjugados a pagar pedágio para políticos e seus partidos, assim como programas de incentivo à cultura submeteram artistas e autores à dependência. Tem que acabar a tutela do estado para romper a relação criminosa. Dinheiro público é dinheiro do contribuinte. Precisa ser usado em serviços e não como financiador de bandidos.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

DISPUTA PELA CÂMARA

Renúncia de Cunha alivia Planalto, que ficará isento A decisão de Eduardo Cunha trouxe alívio ao Planalto por tirar do comando da Câmara Waldir Maranhão (PP-MA), que é mais alinhado ao governo anterior e patrocinou uma gestão interina marcada pela imprevisibilidade. Por outro lado, porém, a renúncia traz duas preocupações a Michel Temer (PMDB): a ameaça de racha na sua base aliada na disputa pela sucessão na Câmara e a possibilidade de retaliação do peemedebista fluminense, acuado com a perda de poder. Nas palavras de um assessor presidencial, o ideal é que Cunha seja mantido a "uma distância segura", mas não longe o suficiente para se sentir abandonado. Em reunião com sua equipe, logo após o anúncio da renúncia, Temer deu duas orientações sobre o processo de sucessão do aliado, segundo auxiliares: pedir à sua base para encontrar um nome de consenso e evitar que o Planalto se engaje numa candidatura caso haja disputa. Segundo assessores, mesmo com o tempo curto para a eleição do substituto de Cunha, Temer acredita que possa ser construído um acordo. Caso isso não seja possível, a equipe do presidente diz que a ordem é não repetir os erros cometidos pela presidente afastada,

Governo quer manter Cunha a "distância segura" após investigações

Dilma Rousseff, que se envolveu no processo de disputa na Câmara e acabou deixando feridos. Foi assim que transformou Cunha em seu inimigo, levando depois o então presidente da Casa a aceitar o pedido de impeachment contra ela. Para o Planalto, o governo não pode fazer nem mesmo campanha nos bastidores para qualquer candidato, porque a operação acabaria sendo descoberta e criaria potenciais inimigos. O que Temer quer fazer é "estimular a conversa" entre os postulantes. O presidente interino vinha sendo procurado há

pelo menos dez dias por deputados que pleiteiam a vaga que antes era de Cunha. Na reunião com sua equipe, o peemedebista demonstrou preocupação com a possibilidade de que um racha na base aliada breque a votação de medidas de interesse do governo federal, como a lei dos fundos de pensão e o teto dos gastos públicos. "A orientação do presidente interino é deixar a própria base aliada se entender", disse o líder do governo, André Moura (PSC-SE), que se reuniu com Temer.

15

Deputados do RS vetam urgência de renegociação O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou na última quartafeira, por insuficiência de votos, o requerimento de urgência para o Projeto de Lei Complementar 257/16, do Poder Executivo, que propõe o alongamento das dívidas de Estados e do Distrito Federal com a União por 20 anos. Para ser aprovado, o requerimento precisava do voto favorável de 257 deputados, mas obteve 253 votos. Para alongar a dívida, o projeto exige que os Estados adotem medidas de restrição fiscal vinculadas, principalmente, a despesas com pessoal. Segundo o texto original, a assinatura dos aditivos, no âmbito das regras estipuladas pela Lei Complementar 148/14, dependerá da aprovação de leis que proíbam o aumento de despesas com pessoal por dois anos seguintes à assinatura do aditivo e de outras com duração definitiva para diminuir essas despesas.

Os Estados terão também de desistir de ações judiciais e, enquanto elas tramitarem, a União não poderá conceder garantia a operações de crédito pedidas pelos Estados que contestam na Justiça os contratos originais. Não há acordo com a oposição para votar o mérito do projeto. Quando da análise do mérito, o texto deverá sofrer mudanças para incorporar acordo entre o governo interino e os governadores para diminuir os valores das parcelas pagas a partir de janeiro de 2017 e seu aumento gradual novamente até junho de 2018. Segundo o acordo, haverá ainda uma moratória até dezembro deste ano. O que chamou atenção foi o posicionamento de alguns parlamentares gaúchos na votação. Nove parlamentares de três partidos distintos votaram contra a urgência do projeto, que poderá representar um fôlego financeiro ao governo do Rio Grande do Sul.

DEPUTADOS QUE VOTARAM CONTRA A URGÊNCIA Afonso Motta Elvino Bohn Gass Henrique Fontana João Derly Marco Maia Dionilso Marcon Maria do Rosário Pepe Vargas Pompeo de Mattos

PDT PT PT REDE PT PT PT PT PDT

Machado paga parcela Maranhão confirma eleição no dia 14 O presidente interino da de R$ 75 mi a Petrobras Câmara, Waldir Maranhão (PP-

A defesa do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, um dos delatores que colaboraram com a Operação Lava Jato, informou na tarde de ontem o Supremo Tribunal Federal (STF) que pagou parte da primeira parcela da quantia de R$ 75 milhões que deverá devolver a Petrobras. Segundo a defesa, R$ 8 milhões foram pagos no dia 5 de julho e o restante, R$ 2 milhões, será repassado após a indicação da conta da Petrobras para depósito. Conforme o acordo, 80% da multa são destinados à União e 20% para estatal. De acordo com os termos da delação premiada assinado com a força-tarefa de investigadores da Lava Jato, Machado deve devolver R$ 75 milhões à Petrobras. Desse total, R$ 10 milhões deverão ser pagos 30 dias após a homologação da delação, que ocorreu no mês passado, e R$ 65 milhões parcelados em 18 meses. No acordo, a Procuradoria-Geral

da República (PGR) acertou que Machado não poderá ser condenado a mais de 20 de anos de prisão em qualquer tipo de regime - aberto, semiaberto ou fechado - nas ações criminais às quais deverá responder pelos desvios que promoveu na estatal. Além disso, o delator cumprirá pena em regime domiciliar, com monitoramento por tornozeleira eletrônica, caso consiga comprovar os fatos contidos no depoimento. Machado é investigado na Operação Lava Jato pelos desvios na estatal durante o período em que ocupou o cargo. Nas investigações, ele gravou conversas que manteve com o senador Romero Jucá (PMDB-RR), o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o ex-presidente da República e do Senado, José Sarney. Além disso, ele disse nos depoimentos que os parlamentares recebem propina oriunda da estatal.

MA), demitiu nesta sexta-feira o secretário-geral da Mesa, Silvio Avelino, que ontem acatou requerimento apresentado por partidos do Centrão convocando a eleição para a Presidência da Casa na próxima terça-feira. Maranhão tinha assinado horas antes a convocação de sessão para quinta-feira para essa finalidade. Avelino informou ontem que a convocação poderia ser feita por partidos do colégio de líderes com base no artigo 67 parágrafo primeiro do regimento interno da Casa. Logo após a decisão, Maranhão confirmou que a eleição para o presidente da Casa será na próxima quintafeira, dia 14. De acordo com ato de Maranhão publicado hoje no Diário da Câmara, os registros de candidaturas ao cargo poderão ser feitos junto à Secretaria-Geral da Mesa até as 12 horas do próprio dia 14. Segundo deputados, os partidos podem sim se unir e fazer a convocação, mas o artigo é claro e

Presidente interino demitiu servidor e fez valer sua decisão sobre eleição

diz que quem marca a data e a hora é o presidente da Casa. Para os deputados, Avelino aceitou o requerimento, concordando com a tentativa dos líderes de passar por cima da autoridade de Maranhão. E ainda aceitou o documento sem a assinatura do líder do PMDB, que só teria assinado posteriormente. A assessoria de Maranhão informou que ele demitiu o assessor porque tem a prerrogativa de

fazer isso. Avelino foi indicado para a Secretaria Geral da Mesa na gestão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Quando assumiu na interinidade, Maranhão tentou demitir Avelino, mas segundo interlocutores, Cunha pressionou e Maranhão acabou voltando atrás. Avelino nega que tenha se insubordinado a Maranhão e afirma que apenas cumpriu com seu dever.

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

AIF quer encaminhar vaga A Associação Ijuí Futsal joga hoje às 20h em Salvador das Missões, contra o Cerro Largo Futsal pela quarta rodada do segundo turno da primeira fase do Estadual Série Bronze. Com 18 pontos e em terceiro lugar no grupo 2, o time de Ijuí quer a vitória para encaminhar a classificação para a segunda fase. O time se garante na próxima etapa com mais seis pontos.O adversário treinado por Redencio Welter é o sexto colocado com 14 pontos. No primeiro turno em Ijuí deu empate de 2 a 2. Com exceção do ala Fernandnho que se recupera de uma pancada no joelho, o técnico Jaques Schultz tem todo o elenco à disposição. O pivô Ivan, que cumpriu suspensão no empate diante da AMF de Marau fica à disposição. A novidade na delegação da AIF será o goleiro Danilo, ex-ACBF de Carlos Barbosa, Inter-POA, Atlântico de Erechim e Seleção Brasileira de Futsal relacionado para o jogo. Ele pode fazer a estreia. A Associação Ijuí Futsal inicia a partida com: Maicon; Pablo, Marcinho, Maurício e Diógenes. No treino da última quinta-feira, a equipe trabalhou bastante o sistema de jogo que será adotado neste sábado. Cerro Largo e AIF terá como

SÉRIE BRONZE

Ala Pablo da Associação Ijuí Futsal (E) teve bom desempenho no jogo contra a AMF

Classificação- Grupo 2 HORIZONTINA SERCCA AIF GUARANI FUTSAL AMF CERRO LARGO COMETA PALMEIRA FUTSAL JÁQTÁQVÁ

20 18 18 16 15 14 13 12 10

10 11 11 11 11 10 11 11 10

árbitro principal: Lourival Miguel Sestari; árbitro auxiliar: Antônio Marcos Stepanienco; anotadora: Daiane Germano Dias; cronometrista: Volmir Antonio Klein e delegado do jogo:

6 6 5 5 3 4 4 4 3

2 0 3 1 6 2 1 0 1

2 5 3 5 2 4 6 7 6

37 36 33 37 24 31 34 32 26

22 35 28 32 21 33 43 38 38

15 5 5 5 3 -2 -9 -6 -12

Sérgio Lermen. O presidente Luiz Henrique Bussmann confirmou para a próxima segunda-feira uma reunião com dirigentes do Conselho Municipal de Desportos de

4ª rodada-segundo turno1ª faseHoje,9.7 Chave 1 Em Santa Maria-UFSM x ADCH (Salto do Jacuí)-20h Em São Gabriel-Palmeiras x Uruguaianense-20h Em São Sepé-La Máquina x ACF(Capavava do Sul)-20h30 Em Jaguari-ASF (Santiago) x União Independente (Santa Maria)-20h Chave 2 Em Salvador das Missões-Cerro Largo x Associação Ijuí Futsal-20h Em Marau-Associação Marauense x Palmeira Futsal (Palmeira das Missões)-20h Em Casca-SERCCA x Jáqtáqvá (Chapada)-19h Em Horizontina-Horizontina Futsal x Guarani (Camargo)-20h Chave 3 Em São Marcos- AMSM x APF (Passo do Sobrado)-20h Em Candelária-Maxxy Candeias x ACBF (Cerro Branco)-20h Em Parobé-Parobé Futsal x Nadas Branco (Rio Pardo)-20h Em Capão da Canoa-Expresso x Atlético Candelariense-20h30

Catuípe para discutir a possibilidade de o time ijuiense disputar naquela cidade a partida contra o Palmeira Futsal marcada pela tabela da Série Bronze para 6 de agosto.

Funicalha é campeã no Master dos Jogos do Sesi A equipe da Funicalha/Prosis Informática/Madecor/Agrimetal/ Di Moville venceu por 2 a 1 o time da 3 Tentos na quinta-feira, 30 de junho no Centro Esportivo Arthur Fuchs do Serviço Social da Indústria de Ijuí e conquistou o primeiro lugar no futsal master dos Jogos do Sesi. O terceiro lugar foi conquistado pelo time da Cisbra que venceu a Mineradora Ijuí na preliminar por 11 a 6.Após o término dos jogos, o Analista de Lazer, Armindo Freudenberg conduziu o cerimonial de premiação. O time campeão teve estes atletas: André César Schefer, Fernando Bogado, Flávio Augusto Dias da Silva, João Miguel Marques, Jocemar Fracaro, Leonel Fernando Hickembick, Luis Daniel Pereira da Luz, Marcelo Dal Molin, Márcio Rogério Schefer, Marcos Rogério Felippe, Mauro Luis Schulz, Sérgio Luis de Godoy e Vilson Cardoso. Técnico: Lucas Marcelo Tiecker e massagista, Odilar Luiz Wichinheski. A modalidade futsal livre do Sesi teve andamento na última terça-feira. As semifinais aconteceram ontem à noite. A equipe Saur venceu por 3 a 1 o time da 3 Tentos de Ijuí no último sábado, na cidade de Pa-

cmyk

nambi, pela fase micro-regional da modalidade futebol dos Jogos do Sesi. A equipe panambiense se classificou para o regional e aguarda o vencedor de Passo Fundo e Erechim. Estão abertas as inscrições nas modalidades futebol sete livre e futebol sete master. Poderão ser realizadas até segunda-feira às 12h. Neste mesmo dia, às 19h15, acontece a reunião de preparação das modalidades no Ginásio do Sesi, Avenida Porto Alegre, 319, bairro Lulu Ilgenfritz.Na oportunidade será estabelecido o sistema de disputa e tem o sorteio das chaves das competições das duas modalidades. Classificação Final do Futsal Master Campeão: Funicalha/Prosis Informática/Madecor/Agrimetal/ Di Moville Vice: 3 Tentos 3º: Cisbra 4º: Mineradora Ijuí Goleiro menos vazado: Leonel Fernando Hickembick, com três gols, da equipe Funicalha/ Prosis Informática/Madecor / Agrimetal /Di Moville Goleador: Marcelo Dal Molin,

16

Renato Marsiglia renato.marsiglia@tvglobo.com.br

ARGEL NA CORDA BAMBA A corneta começa a pegar pesado nos intra-muros do Beira-Rio, tentando derrubar o treinador colorado. Esta é a pior pressão. É o fogo amigo. Só uma vitória contra o Santa Cruz em Recife e jogando um futebol consistente, mantém o treinador no cargo. Não duvido que a direção colorada já esteja no mercado à procura de um substituto, para não ficar na obrigação de demitir Argel sem ter quem anunciar como novo treinador. O problema é o seguinte: quem convidar? Falcão, Mano Menezes, Luxemburgo, Celso Roth (?) e Dunga estão livres, mas não agradam a dirigentes e nem aos torcedores. GRÊMIO NA COLA DOS LÍDERES O jogo contra o Figueirense é daqueles em que os três pontos não podem ser desperdiçados sob hipótese alguma. Vencer os pequenos dentro de casa e trocar pontos com os grandes é a chave do sucesso num campeonato de pontos corridos. Tropeçar contra quem luta para não cair corresponde a pontos irrecuperáveis, pois os adversários ao título normalmente não cometerão este vacilo e compensar contra os grandes não é uma tarefa simples. Resta saber se a vitória no Gre-Nal não colocará o time gremista de salto alto para a partida contra os catarinenses.

Time campeão da modalidade futsal master dos Jogos do Serviço Social da Indústria

YPIRANGA SEGURA O FLUMINENSE O time de Leocir Dall´Astra envolveu o Fluminense no primeiro tempo com uma marcação compacta em "duas linhas de quatro" e a saída em velocidade nos contra-ataques. No segundo período, o time carioca mudou sua postura e empurrou o Ypiranga para o campo defensivo que recuou, levou o gol de empate e quase perde a partida num pênalti muito mal marcado pela arbitragem, mas defendido pelo goleiro Marcão. Em Volta Redonda os jogadores fizeram a sua parte. Cabe agora ao torcedor fazer o seu papel no jogo da volta no Colosso da Lagoa.

com 19 gols, da equipe Funicalha /Prosis Informática/Madecor/ Agrimetal/Di Moville Equipe Disciplina: Cisbra, onde durante todos os jogos do Campeonato não recebeu nenhum cartão (amarelo/vermelho) Resultados do futsal livre Dia 1º.7 (sexta-feira) Chave E-Fonte da Ilha/Atual Pneus/Okeizitos B 5 x 9 Manutec/Pré Moldados Dreffs/ EO da Silva/Ombu Chave E- Funicalha/Prosis In-

FRANÇA X PORTUGAL O time da casa fazer a final não é surpresa, pois a seleção nacional é de boa qualidade. Já o campeonato francês é de qualidade média, pois a maioria dos principais jogadores atua na Alemanha, Inglaterra ou Espanha. No clássico contra a Alemanha, qualquer resultado era normal. Surpresa foi Portugal chegar na decisão, aos trancos e barrancos. Mesmo contando com Cristiano Ronaldo, a França é franca favorita para vencer a Eurocopa neste domingo.

formática/Madecor/Agrimetal/ Di Moville B 3 x 6 3 Tentos A Chave F-Dubai Alimentos 5 x 7 Cisbra Dia 5.7.Terça-Feira Chave E-Fonte da Ilha/Atual Pneus/Okeizitos B 2 x 10 3 Tentos A Chave E-Funicalha/Prosis Informática/Madecor/Agrimetal/Di Moville B 1 x 6 Manutec/Pré Moldados Dreffs/EO da Silva/Ombu Chave F-Hoff Pneus/Star Gesso A 9 x 3 Fonte da Ilha/Atual Pneus/ Okeizitos A


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

17

DOIS TOQUES

São Luiz elege Pedro Pittol Carlos Alberto Padilha

esporte@jornaldamanhaijui.com SITUAÇÃO- O técnico Argel Fucks só tem um jeito de se manter no cargo no Inter. Seu time vencer o Santa Cruz amanhã em Recife. O Colorado estaria propenso a trocar Argel por Vanderley Luxemburgo que voltou recentemente da China. Desse jeito é melhor manter Argel. ETAPA- A Associação Augusto Pestana de Futsal (AAPF) busca reabilitação no Estadual Série Prata hoje às 20h em Tupanciretã diante do Figueira após derrota em casa por 5 a 1 para a SER Alvorada no último fim de semana. Décimo colocado com 11 pontos na chave 1, o time pestanense não faz uma boa campanha no Estadual 2016. MUDANÇA- O jogo do Esporte Clube Ijuí com o Adergs em Tapejara que seria disputado amanhã pelo Gauchão de Futebol Feminino foi transferido para a última rodada da primeira fase. O motivo é a previsão de chuva. No domingo, dia 17, o time ijuiense enfrenta o Santo Ângelo fora de casa e depois no dia 24 joga em Erechim frente ao Atlântico. TRICOLOR- O Consulado do Grêmio em Ijuí e a Torcida Borrachos Noroeste realizam excursão a Porto Alegre para o jogo de amanhã às 11h na Arena contra o Figueirense pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Saídas de Santo Ângelo, Ijuí e Cruz Alta. Custo, R$ 160,00 com viagem e ingresso de geral. Pagamento garante a vaga. Informações no 55.9639.9562. EURO-A dois dias da decisão da Eurocopa 2016, entre França e Portugal, Cristiano Ronaldo deu ontem uma declaração que deve ter irritado muito torcedor português. Em entrevista ao site da Uefa, o atacante admitiu o favoritismo dos donos da casa na luta pelo título. Apesar de reconhecer o favoritismo da França, CR7 disse acreditar que a conquista do primeiro título de Portugal é possível. A decisão amanhã no Stade de France começa às 16h. FASE-O Juventude de Caxias do Sul joga hoje às 19h no Rio de Janeiro contra o Macaé pelo grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro. O Ypiranga de Erechim atua amanhã às 16h no Estádio Colosso da Lagoa contra o Boa. O BrasilPel enfrenta o líder Vasco hoje às 18h30 em São Januário, pela Série B do Campeonato Brasileiro. SEGUNDONA-Brasil e Pelotas se enfrentam amanhã às 15h nas Castanheiras em Farroupilha pelo quadrangular final da Divisão de Acesso. É a última chance de os dois times seguirem vivos na competição.

Pedro Pittol é o novo presidente do Esporte Clube São Luiz para o biênio 2016/2018. Ele foi eleito por aclamação ontem à noite durante a assembleia do Rubro no auditório da Associação Comercial e Industrial de Ijuí (ACI) e vai substituir o ex-presidente Sadi Pereira que assumiu como vice-presidente de patrimônio da nova diretoria. Apenas uma chapa foi apresentada no pleito. Em seu discurso de posse Pittol disse que o objetivo de colocar o São Luiz na Série A em 2017 será buscado com muita responsabilidade."O clube vai trabalhar dentro da realidade financeira, mas queremos primeiramente disputar o quadrangular decisivo da Divisão de Acesso para lutar por uma das duas vagas no Gauchão do ano que vem. Aceitei o desafio de presidir o

DE PRIMEIRA

AMADOR O Campeonato Municipal de Futebol Amador de Ijuí, 1ª Divisão tem amanhã às 13h30 e 15h30 a disputa da quarta rodada. Serão realizados estes jogos: campo do Arroio das Antas, chave A, Botafogo x Juventude do Rincão dos Goi e Associação Atlética Villa Nova x SER Atenas; cam-

Nova diretoria do São Luiz foi eleita e empossada ontem à noite em assembleia na Associação Comercial e Industrial de Ijuí

São Luiz porque senti a união do grupo de desportistas que integra esta diretoria". Antes da eleição aconteceu a prestação de contas de atividades financeiras e patrimoniais da gestão 2014/2016, pelo gerente executivo Willian Velasques e a aprovação. po do Gaúcho de Floresta, chave B, Gaúcho x Holimpia e Ouro Verde x Guarani. A quarta rodada da 2ª Divisão abre hoje às 13h30 e 15h30 no Estádio 19 de Outubro com estas partidas pela chave E: Barcelona x Atlético Boca Juniors; e Atlântico x SER Atenas. Amanhã serão realizados estes jogos: estádio 19 de Outubro, chave F, SER Ijuiense x E.C. Bahia; e 14 de Julho x Flamengo da Linha 4 Leste; campo do Flamengo da Linha 11 Norte, chave G, Corinthians x Associação In-

Presidente: Pedro Pittol 1º Vice-Presidente: Carlos Oppermann 2º Vice-Presidente: Ricardo Blum Miron Vice de Futebol: João Carlos Bevilaqua Diretor de Futebol: Delmar Blatt Vice-Presidente Administrativo:

dependência; e São Paulo F.C. x Lyons; campo do Lambari,chave H, Avenida x Guarani; e Audax x Huracan

COPA DUNGA A 19ª Copa Dunga de Futebol Sete para Menores tem andamento hoje a partir das 13h30 no campo do Serviço Social do Comércio (Sesc) em Ijuí. Serão realizadas estas partidas no campo de futebol sete: infantil, Gol de Placa x Cometa Branco; infantil, GBM/Clinison Rad x

Luciano Miron Conceição Vice-Presidente de Patrimônio: Sadi Pereira Vice-Presidente de Marketing: Erlo Adolfo Endruweit Vice-Presidente Financeiro: Delmar Leviski Vice-Presidente Jurídico: Sérgio Machado

Cometa Vermelho; mirim, Grêmio Coimpel x Tio Mazzaropi; mirim, Greminho Condor x Grêmio Manjabosco; e infantil, CFE Ijuí x Grêmio Mareli. Na quadra sintética serão disputados estes jogos: pré-mirim, Grêmio Dimicron x Ajuricaba B; pré-mirim, Cometa 2005 x Ajuricaba A; pré-mirim, ACF Casa do Lanche x Gol de Placa Laranja; fraldinha,Greminho Condor x Cometa 2008 Branco; pré-mirim, Olinto de Oliveira x Gol de Placa Dourado; e fraldinha, Tio Mazzaropi x Gol de Placa.

Grêmio recebe o Figueirense e Inter joga com o Santa Cruz O técnico Roger Machado confirmou que o volante Jaílson continuará na equipe do Grêmio, embora o titular Maicon já tenha voltado a treinar com o time. Éverton, que teve boa atuação no Gre-Nal, também segue entre os 11, com Miller Bolaños no banco de reservas. Ao justificar a permanência de Jaílson na equipe, Roger reafirmou que o seu titular é Maicon, mas que a opção para amanhã é cautelosa. “Jaílson segue no time porque o Maicon está no término da sua recuperação, buscando o condicionamento. Ele está tentando adquirir o seu jogo. O Maicon

é extremamente importante no nosso time”, garantiu o técnico gremista.A escalação do Grêmio para a partida contra o Figueirense amanhã às 11h na Arena deve ter Marcelo Grohe; Edílson, Fred, Rafael Thyere e Marcelo Oliveira; Walace e Jaílson; Giuliano, Douglas e Éverton; Luan. O Internacional enfrentará o Santa Cruz amanhã às 16h em Recife com mudanças no time: Ariel será o centroavante, Vitinho recuará para o meio e o recémchegado Seijas vai para o banco de reservas. As mudanças foram confirmadas pelo técnico colorado Argel Fucks, em entrevista coleti-

va no final da manhã de ontem A mudança na equipe é para garantir mais presença na área, segundo o técnico. “O Ariel vai cumprir uma função dentro da área, onde a bola passa muito. Desde que eu cheguei aqui, a bola passa muito. Temos jogadores que têm vitória pessoal, como Vitinho, Sasha, Valdívia. Nos últimos jogos a bola pipocou muito,

e faltou uma presença, um jogador com capacidade para finalizar”, declarou Argel. O time deve atuar com: Muriel; William, Paulão, Ernando e Artur; Rodrigo Dourado, Fabinho, Ferrareis, Sasha e Vitinho; Ariel.A partida no Arruda será decisiva para a permanência de Argel no cargo, já que o time vem de uma sequência de quatro derrotas e um empate.

CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRÃO 2016 Palmeiras Corinthians Grêmio Santos Internacional Atlético-PR Flamengo Ponte Preta Atlético-MG São Paulo Chapecoense Fluminense Vitória Cruzeiro Botafogo Figueirense Coritiba Sport Santa Cruz América-MG

28 25 24 22 20 20 20 20 20 18 18 17 17 15 15 15 14 12 11 8

13 13 13 13 13 13 13 13 13 13 13 13 13 13 13 13 13 13 13 13

9 8 7 7 6 6 6 6 5 5 4 4 4 4 4 3 3 3 3 2

1 1 3 1 2 2 2 2 5 3 6 5 5 3 3 6 5 3 2 2

3 4 3 5 5 5 5 5 3 5 3 4 4 6 6 4 5 7 8 9

29 22 21 23 15 13 13 15 22 12 20 13 17 18 16 11 15 18 15 9

13 10 14 12 12 14 15 19 20 13 23 15 20 20 21 15 18 22 20 21

16 12 7 11 3 -1 -2 -4 2 -1 -3 -2 -3 -2 -5 -4 -3 -4 -5 -12

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

18

ACIDENTABILIDADE NAS BRs DA REGIÃO

Número é o menor em seis anos A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Ijuí divulgou os números de acidentalidade referentes ao primeiro semestre de 2016. Embora represente alta nas mortes em relação ao primeiro semestre de 2015, os números não batem nem a metade quando comparado a seis anos atrás. Em números absolutos, 2016 representou o menor índice de acidentes desde 2010. Para o inspetor-chefe da 10ª DPRF, Edmilso Schopf, já há o sentimento de consciência e mais atenção por parte dos motoristas. No entanto, ainda existem condutores a serem "combatidos". Antes de discriminar os números, a PRF, em nota, ressaltou a redução dos números em todos os quesitos referentes aos acidentes de trânsito. O aumento, por outro lado, foi no que diz respeito aos exercícios de educação para o trânsito, fiscalização e combate ao crime. Na área relacionada a educação para o trânsito foram sensibilizadas mais de 6 mil pessoas em 2016, com destaque para o Projeto Fetran realizado nas escolas de Ijuí, Coronel Barros e Bozano. "O nosso trabalho é bastante incisivo em relação alguns pilares da fiscalização, que são aquelas infrações que

Trabalho de fiscalização e conscientização de alguns motoristas são alguns dos aspectos que influenciam nessa queda

resultam em acidentes mais graves. Viemos combatendo de maneira severa a alcoolemia, o excesso de velocidade, a ultrapassagem, o não-uso do cinto de segurança. Essas são infrações que mais causam acidentes", explicou o inspetor-chefe da PRF. Os números divulgados pela PRF corroboram o posicionamento do inspetor-chefe. Foram mais de 6 mil testes de alcoolemia realizados no semestre, com um total de 93 condutores autuados por este tipo de infração e 8 condutores presos por dirigir sob influência de álcool. O resultado está evidenciado em dados. Nos seis primeiros

Dnit garante fiscalização eletrônica em BRs Segundo dados do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), a redução de acidentes e nas rodovias foi o principal benefício que Plano Nacional de Controle Eletrônico de Velocidade trouxe aos cidadãos brasileiros. Comparando os registros da Polícia Rodoviária Federal, de 2010 até 2015, constata-se a redução no total de acidentes nas vias federais sob jurisdição do Dnit de 30,6%. Neste mesmo período, verificou-se que o Plano do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes contribuiu também para a redução do total de acidentes com mortes. De 2010 até 2015, os acidentes fatais diminuíram em 20,8%. Com o Plano Nacional de Controle Eletrônico deVelocidade, o Dnit garantiu o monitoramento do excesso de velocidade por meio de 3.467 equipamentos de 3 tipos: radares fixos (nas áreas rurais); controladores de avanço de sinal vermelho; e lombada eletrônica para aumentar a segurança em travessias urbanas das vias federais. A iniciativa tem como base o processo de

cmyk

licitação, realizado em 2009, que possibilitou contratação de serviços de fiscalização eletrônica para toda a malha rodoviária. Os equipamentos garantem a supervisão e a segurança em 6.469 faixas de trânsito. O serviço licitado pelo Dnit é o da fiscalização de faixas ao mês. As empresas contratadas são proprietárias dos dispositivos que fotografam as infrações e enviam os registros, automaticamente, ao departamento nacional de trânsito. As imagens são validadas ou não por agentes do Departamento Nacional de Trânsito, após consulta aos cadastros de infratores. Quando a imagem é validada, uma notificação de infração é enviada ao motorista, com as informações obtidas no sistema. O Dnit investe em média R$ 4 mil reais por faixa fiscalizada, ao mês, para o monitoramento em questão. O valor médio varia de acordo com o tipo de equipamento e a oferta definida na licitação, pelas empresas vencedoras dos 12 lotes em que foram divididos o Plano Nacional de Controle Eletrônico de Velocidade.

meses de 2010 a PRF atendeu a 454 acidentes com um total de 25 mortes. Em 2015 foram 333 acidentes e um total de 20 mortes. No mesmo período, em 2016, foram 258 acidentes com 21 mortes. Segundo repassado pela PRF, os resultados contribuem para cumprimento da meta do Brasil e ONU em reduzir 50% do número de acidentes graves até 2020. Para o inspetor Schopf há de se considerar a melhora no comportamento dos condutores, de uma maneira geral. "A gente tem observado, de um determinado período para cá, um comportamento um pouco

melhor dos motoristas em relação à sua atenção. Isso se deve alguns fatores de fiscalização e de conscientização. Fora isso existem as campanhas educativas que acabam contagiando os motoristas e faz o motorista repensar suas atitudes", entende, mas pontua: "Ainda precisamos melhorar alguns aspectos e melhorar alguns condutores. Há, por parte de uma minoria, uma forma de conduzir um tanto quanto agressiva e não condizente com as regras de segurança", finalizou. A Delegacia da PRF em Ijuí atende trechos das BR's 158, 285, 377, 392, 472.

Adesão do farol aceso ainda não é total

É possível ver veículos com farois desligados trafegando pela BR-285

Ainda na manhã de ontem, a reportagem do Grupo JM esteve às margens da BR-285, imediações do entroncamento com a Avenida Coronel Dico. No local, um breve trabalho de monitoramento sobre o uso do farol baixo na rodovia que representa um dos maiores corredores que ligam o Brasil a toda América do Sul. O resultado ainda não convence. Ao longo de 10 minutos a reportagem constatou uma proporção de quatro veículos com farois desligados para cada

dez que passavam. Desde a meia-noite de ontem está em vigor a lei que obriga os condutores a utilizarem os farois em rodovias federais e estaduais. Motoristas que desrespeitarem a medida estarão passíveis de uma infração média com penalidade de multa de R$ 85,13 e quatro pontos na CNH. Em 1º de novembro, a multa será alterada e passará a R$ 130,16. Os valores das multas foram modificados pela Lei 13.281/2016, que fez uma série de alterações no CTB.

Emater / Ascar

ASSOCIATIVISMO NO MEIO RURAL O Associativismo é uma forma de organização que tem como finalidade conseguir benefícios comuns para seus associados por meio de ações coletivas. Geralmente, o que motiva as pessoas a trabalhar de forma associativa é o fato de perceberem que sozinhas teriam mais dificuldades em alcançar alguns objetivos. Uma forma de organização associativa é a associação, ela pode ser formada por um grupo de duas ou mais pessoas que se organizam para defender seus interesses comuns, sem fins lucrativos e com personalidade jurídica. Os produtores rurais, que normalmente apresentam as mesmas dificuldades para obter um bom desempenho econômico, têm na formação de associações um mecanismo que lhes garante melhor desempenho para competir no mercado. A união dos agricultores em associações torna possível a aquisição de insumos e equipamentos com menores preços e melhores prazos de pagamento, como também o uso coletivo de tratores, colheitadeiras, caminhões para transporte, etc. Tais recursos, quando divididos entre vários associados, tornam-se acessíveis e o produtor certamente sai lucrando, pois reúne esforços em benefício comum, bem como o compartilhamento do custo da assistência técnica do agrônomo, do veterinário, de tecnologias e de capacitação profissional. Transformar a participação individual e familiar em participação grupal e comunitária se apresenta como uma alavanca, um mecanismo que acrescenta capacidade produtiva e comercial a todos os associados, colocando-os em melhor situação para viabilizar suas atividades. A troca de experiências e a utilização de uma estrutura comum possibilitam-lhes explorar o potencial de cada um e, consequentemente, conseguir maior retorno financeiro por seu trabalho. Vantagens do Associativismo para o Setor Rural: - Incentiva a produção rural e a fixação do homem no campo, contribuindo para a redução do êxodo rural; - Contribui para a geração de emprego e a melhoria da renda familiar; - Aproveita melhor a mão-deobra qualificada no setor rural; - Permite a aquisição de insumos e/ou suprimento a preços mais vantajosos; - Aumenta o poder de barganha e de reivindicação do grupo; - Aquisição de bens que não poderiam ser adquiridos individualmente (máquinas e implementos); - Diversifica a produção familiar de forma planejada, tornando sustentável economicamente e facilita a assistência técnica grupal e o processo de capacitação, provocando a redução de custos da produção e a melhoria da produtividade.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

FAMURS

Há menos de 2 PMs por turno em 60% das cidades Um levantamento sobre segurança pública feito pela Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) aponta que 60% dos municípios do Estado têm menos de dois policiais militares por turno de trabalho. Uma reunião entre prefeitos de cidades gaúchas foi realizada nesta semana em Porto Alegre para tratar da falta de policiamento. O subcomandante-geral da Brigada Militar, Andreis Silvio Dal’Lago, diz que os policiais fazem patrulhas em outras cidades para atenuar o problema. “Temos um grande número de municípios com dois ou três [policiais]. Há municípios com apenas um policial que atende aquela comunidade. Por isso usamos a patrulha intermunicipal. Somamos forças com os municípios vizinhos para melhor atender àquelas comunidades”. A Secretaria de Segurança informou que está implantando um sistema integrado entre as centrais de monitoramento dos municípios e a Brigada Militar. Em Canoas, na região Metropolitana, PMs aposentados operam

Brigada Militar sofre com o déficit de material humano

as câmeras e repassam para a polícia informações de crimes em andamento. O secretário municipal de Segurança, Alberto Kopittke, afirma que a iniciativa resultou na redução no número de homicídios. “Isso dá uma redução de 35 mortes só nesses primeiros seis meses, comparados com os primeiros seis meses de 2009”,

Delegado nas Olimpíadas garante operação histórica Faltando pouco menos de 30 dias para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a segurança é a principal preocupação com relação ao evento. Em entrevista concedida à Rádio Gaucha, nessa semana, o coordenador nacional de Segurança dos Jogos Olímpicos, delegado federal Andrei Rodrigues, disse que o Brasil “está preparando a maior operação de segurança da história”. “Fizemos investimentos em infraestrutura, com 30 mil vagas de capacitação, além de 450 policiais com cursos nas embaixadas dos EUA, Reino Unido e França”, afirmou. Rodrigues disse, ainda, que durante a capacitação, policiais brasileiros foram enviados para os principais eventos do mundo para acompanhar o esquema de segurança e participar ativamente do processo. Questionado sobre a possibilidade de um ataque terrorista, o coordenador afirmou que foi feito um mapeamento de todos os riscos e que um Centro de

Andrei Rodrigues, delegado federal

Enfrentamento ao Terrorismo, composto por sete países, atuará no Rio de Janeiro, trocando informações de forma permanente. “Trabalhamos com a preparação para o pior cenário, além da prevenção, obviamente”, explicou. Ele lembrou que a Copa do Mundo mostrou o Brasil como referência em segurança de grandes eventos.

diz. O secretario de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, defende mais investimentos públicos nas comunidades carentes. “Será que não há uma possibilidade de fazer um cidadão melhor? Agora jogar tudo para a polícia, não acho correto. Acho que está na hora de inverter esse paradigma”, disse.

19

Abamf diz que nomeações não suprem aposentadorias Anunciado ainda na última semana, o chamamento de 1,4 mil aprovados em concurso para a Brigada Militar (BM) até julho do ano que vem não chega nem perto de suprir as aposentadorias dos últimos tempos na corporação. Segundo dados coletados através da Lei de Acesso à Informação (LAI), nos últimos 17 meses, o dobro desse número se aposentou - 2,8 mil, sendo 1.888 em 2015, e 911 nos cinco primeiros meses de 2016. Caso a média de aposentadorias mensais se mantenha, o Rio Grande do Sul encerrará este ano com 2.186 policiais militares (PMs) aposentados, um recorde histórico. O governo do Estado espera que a promoção de 1.056 policiais no mês passado desacelere o ritmo de aposentadorias. Ainda há cerca de 1,2 mil aguardando serem promovidos. Conforme informações obtidas pela LAI, desde 2005, 12.251 PMs se aposentaram no Estado. Apesar de a BM não informar oficialmente quantos policiais integram hoje a corporação, a Associação dos Servidores de Nível Médio da Brigada Militar (Abamf) diz que são 15 mil, dos 36 mil previstos. Trabalhando com esses números, pode-se dizer que, hoje, o Rio Grande do Sul tem 41,6% do efetivo completo. Com a nomeação dos 1,4 mil novos PMs até julho de 2017, se ninguém mais se aposentar, o percentual aumentará para 45,5% das vagas preenchidas. Entretanto, de acordo

com levantamento da entidade, hoje há 3 mil brigadianos na ativa que podem solicitar encaminhamento para a reserva a qualquer momento. Em 2005 e 2006, na era Germano Rigotto (PMDB), a média de aposentadorias anual foi de 948,5. Entre 2007 e 2010, no governo Yeda Crusius (PSDB), a média foi de 1.070,2 aposentados na BM por ano. A média caiu para 818,5 durante o governo Tarso Genro (PT), de 2011 a 2014. Até agora, no governo José Ivo Sartori (PMDB), levando em conta os 1.888 aposentados em 2015 e a estimativa de 2.186 até o final de 2016, a média chegaria ao seu ápice, de 2.037 por ano. O sargento Leonel Lucas, presidente da Abamf, considera que o número de aposentadorias foi baixo no governo Tarso Genro devido à implantação de um incentivo para a permanência opcional por mais cinco anos na ativa daqueles profissionais que já haviam concluído seus 25 anos de trabalho e podiam solicitar encaminhamento para a reserva. A Gratificação Especial de Retorno à Atividade, concedida de outubro de 2013 até o final de 2014, representava acréscimo de 80% do vencimento do 1º Tenente da BM, cerca de R$ 940,00, no salário do policial. “Quando trocou o governo, a bonificação foi retirada e se começou a fazer terrorismo com os PMs, retirando direitos já adquiridos”, critica.

PC realiza operação contra o tráfico A Polícia Civil deflagrou, na manhã de ontem, uma operação contra os crimes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. Três pessoas foram presas na ação. Agentes cumprem 19 mandados judiciais em Porto Alegre, Cachoeirinha e Sapucaia do Sul, municípios da região Metropolitana da capital. Um dos presos é um empresário que atua na revenda de automóveis. Ele é apontado como responsável pela lavagem de dinheiro oriundo do tráfico de drogas nestas cidades. Com ele, foi apreendida uma arma em situação ilegal. Além dele, outras duas pessoas também foram presas, sendo que um deles também é empresário que atua no ramo de revenda de veículos. Ele foi preso em flagrante em Sapucaia do Sul com uma arma. Um terceiro suspeito que cumpria prisão domiciliar em Cachoeirinha também foi preso por porte ilegal de arma. De acordo com o delegado Endrigo Marques, responsável pela investigação, o lucro obtido pelos traficantes era investido em automóveis para ocultar a

Operação foi deflagrada na manhã de ontem, em diversos municípios do Estado

origem ilícita do dinheiro. Eles adquiriam veículos em nome de terceiros, com participação de empresários de revenda de carros, para dificultar o rastreamento policial. “A lavagem de dinheiro sempre tem um crime antecedente. Depois, os criminosos buscam fazer algo para esconder o dinheiro ilegal. Neste caso, eles colocavam os veículos em nome de pessoas que não tinham antecedentes criminais, mas pertenciam à qua-

drilha”, explica Marques. Na ação, foram realizadas buscas em pontos de tráfico, nas empresas de revendas de automóveis e em casas de suspeitos. Foram apreendidos veículos, documentos e computadores. A quadrilha é chefiada pelos irmãos Vinicius Otto, João Paulo Otto e Eduardo Otto, todos de Gravataí, e já presos por crimes ligados ao tráfico de drogas, sequestro, uso de armamento restrito e homicídio.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

20

MANDADOS DE BUSCA E APREENSÃO

PC age no Luiz Fogliatto e prende três

A Polícia Civil de Ijuí realizou um trabalho na tarde de ontem que rendeu a prisão de três homens, além da apreensão de armas e drogas a partir de três mandados, no bairro Luiz Fogliatto. A investigação foi originada ainda no último final de semana contra Ênio Santos da Silva, vulgo Cigano. Agentes da Polícia Civil do 1º distrito policial, com auxílio dos agentes do 2º distrito, cumpriram três mandados de busca no bairro Luiz Fogliatto. Em três ações diferentes foram apreendidos um revólver calibre .32, uma espingarda calibre .32; em uma segunda residência foram apreendidas munições do calibre .38; e uma casa onde foram aprendidos três tijolos de maconha. "Como desdobramento das investigações do delito de tentativa de homicídio

onde foi vítima o indivíduo conhecido como Cigano. Ao longo desse inquérito foram apuradas denúncias de posses de armas e munições, envolvendo os elementos envolvidos no crime do último sábado. São pessoas que estariam se ameaçando e a Polícia Civil, visando averiguar essas denúncias e prevenir a ocorrência de um delito consumado contra a vida, representei pelos mandados de busca cumpridos hoje (ontem)", explicou o delegado Maurício Posselt, que presidiu as investigações. Ainda segundo o delegado Posselt, um dos locais averiguados já possui histórico de reserva de arma em outras oportunidades. Por envolver delitos diferentes, os inquéritos ganham suas respectivas autonomias e, por consequência, suas delegacias

Maurício Posselt, delegado da PC

responsáveis. Até o fechamento da edição, a informação levantada junto ao delegado plantonista é de que os

Além dos presos em flagrante, armas, munições e drogas foram apreendidas

três elementos, que não tiveram os nomes divulgados, seriam au-

tuados em flagrante, e recolhidos à Penitenciária Modulada de Ijuí.

Preso homem com droga Ijuiense é presa por fornecer crack no RS avaliada em R$ 30 mil Agentes da 3ª Região Penitenciária, localizada em Santo Ângelo, realizaram um trabalho de revista geral no presídio de Santa Rosa, ao longo do dia de ontem. A ação teve por objetivo apreender drogas e materiais no interior da casa, a partir de diversas denúncias. Ao longo da sexta-feira fizeram o chamado congelamento das celas. Cerca de 50 agentes ligados à Susepe da região apreenderam 14 celulares, 26 buchas de maconha,

2 pedras de crack, 29 estoques, 3 baterias avulsas e 2 chips. Eles contaram com o Grupo Regional de Apoio à Movimentação (Gram/ Susepe), além do Pelotão de Operações Especiais da Brigada Militar, e agentes da Polícia Civil. Os materiais apreendidos foram entregues junto à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Santa Rosa. A Susepe já abriu um procedimento administrativo para apurar as responsabilidades. Foram 15 pessoas presas, além de um menor apreendido

Materiais foram apreendidos a partir do trabalho da Susepe e da Brigada Militar

cmyk

Uma operação deflagrada ontem no Centro do Estado respingou em Ijuí e região. A Operação Ana Terra foi deflagrada no município de Tupanciretã para combater delitos como crimes patrimoniais e tráfico de drogas. Um homicídio também foi registrado nessa semana, e segundo o delegado Adriano de Rossi, que presidiu os trabalhos, está diretamente ligado à quadrilha que foi desmantelada. Uma ijuiense, presa em Panambi, é acusada de distribuir crack para toda a região Central. Nas primeiras horas da manhã de ontem, 92 agentes da Polícia Civil de Santa Maria, Cruz Alta, Ijuí e Tupanciretã cumpriram 15 mandados de busca e apreensão, 15 mandados de prisão preventiva, além de um mandado de busca e apreensão de menor. Ainda foi contabilizada uma prisão preventiva em Panambi. Trata-se da

ijuiense Tiele Lourenço Garcia, de 24 anos. Ela, que estava morando em Ijuí há cerca de duas semanas, esteve nos últimos dias morando com a sogra, na Terra das Máquinas. "A traficante de Tupanciretã recebia drogas de uma traficante que residia em Ijuí e foi presa em Panambi. Ela fornecia crack nos últimos dois meses, pelo menos", revelou o delegado Adriano em entrevista concedida ao Grupo JM. Uma das pistas que ajudou a finalizar o inquérito foi a morte de Alan Vaz Fernando, de 22 anos, no último domingo. A vítima, segundo a Polícia Civil, tinha uma dívida com o grupo preso e acabou se encontrando com cinco integrantes da quadrilha em uma festa. Alan foi morto com cinco tiros após uma emboscada na saída de um clube. Tiele foi removida até a Penitenciária Modulada de Ijuí, e

Tiele Lourenço Garcia, 24 anos, ijuiense

ainda ontem, encaminhada até o Presídio feminino de Santa Maria. Além de Tiele, outras quatro mulheres foram presas, todas encaminhadas a Santa Maria. Os homens foram levados ao sistema prisional de Julio de Castilhos. Os homens serão encaminhados para o Presídio Estadual de Júlio de Castilhos e as mulheres para o Presídio Regional de Santa Maria e Modulada de Ijui. O adolescente, para o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case).


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

CARTEIRAS DE TRABALHO

Emissão está suspensa temporariamente

Desde maio, o Ministério do Trabalho iniciou um processo de emissão de Carteiras de Trabalho por meio online. Porém, de lá para cá, o sistema do Ministério do Trabalho tem gerado uma demanda reprimida, filas e transtornos ao servidor que auxilia da confecção do documento e da comunidade que busca o direito. O coordenador do Sine de Ijuí, Rubens Korb, explica que desde então o Sine procurou confeccionar algumas Carteiras, mas sem sucesso. "O processo era muito demorado, muitas vezes levava até duas horas ou se chegava ao final do processo e o resultado era de não captura de informações, ou seja, não se conseguia concluir a produção do documento". Segundo ele, desde a implementação desse novo sistema, o número de CTPSs que foram finalizadas foi de cinco. Além da demora e dificuldade de gerar dados, Korb explica que há uma instabilidade em todo o processo de migração de informações da

Documento levava em média 1h30 para fazer ou o processo não era concluído pelo sistema

Previdência Social, Receita Federal, Correios e Caixa Econômica Federal. "Sem essa compilação de dados não conseguíamos emitir Carteiras". Outro problema que ele relata é que as poucas Carteiras que foram emitidas, o Sine não consegue entregar porque é preciso da impressão digital e, como o processo não está totalmente online para reconhecimento de dados. Para que esses documentos pudessem ser entregues o Sine buscou uma maneira com o

Ministério a fim de solucionar a questão. O atendimento será retomado quando encerrar a migração do sistema offline para online em todo o Brasil. Os trabalhadores que fizeram pré agendamento de encaminhamento da Carteira de Trabalho serão atendidos, mas com restrições, uma vez que a instabilidade do sistema não garante o atendimento na hora marcada. "Enquanto o Ministério do Trabalho não tiver conseguido compilar todas essas infor-

mações nesse banco de dados (no DataPrev), estaremos totalmente impossibilitados de emitir a CTPS". Korb pede, ainda, que a comunidade esteja atenta, ou em dúvida, entre em contato com a agência do Sine para que a comunidade não venha até Ijuí e não consiga emitir o documento. Com esses transtornos, o Ministério definiu que a emissão do documento fosse suspensa temporariamente. "Estamos sem previsão de confecção de novas Carteiras de Trabalho".

21

Erradicação da pobreza é pauta de audiência A Comissão Especial do Rio Grande Resiliente, presidida pelo deputado João Reinelli (PV), realizou a nona audiência pública na noite de quinta-feira, abordando o tema Segurança Alimentar e Erradicação da Pobreza. O professor da Ufrgs analisou o contexto da fome e a produção de alimentos. “O que é fome? Quem se envolve ou deveria se envolver para tratar das várias nuances da fome?”, questionou. No mundo, observou, ainda são quase 800 milhões de pessoas subalimentadas. “No Brasil, hoje, houve uma melhora significativa no número de pessoas com acesso à alimentação, se comparado com o quadro de duas ou três décadas atrás. A pobreza alimentar é resultado da pobreza geral, e isso está, sim, relacionado à renda. Come melhor quem ganha mais”, sublinhou. E assim mesmo isso não resolve, enfatizou, uma vez que falta regulação

em aspectos essenciais, como no uso indiscriminado de agrotóxicos. “Aí, quem tem renda, e pode consumir, adoece, como consequência daquele fato”, ponderou. De outra parte, alertou para a necessidade de alteração do atual modelo produtor de alimentos no Brasil. “Na realidade, não temos uma política de produção de alimentos, talvez porque a maioria da sociedade não dê a devida importância a isso. Na Europa, o subsídio à produção agrícola chega a 40%, um custo gigantesco, mas bem aceito. Estamos longe disso. Além do mais, a política agrícola brasileira carrega no limite daquilo que vai servir para garantir uma balança comercial favorável ou equilibrada. Por razões econômicas, a produção foca no ambiente externo, a economia mundial, e isso atinge a estrutura de ofertas de alimentos no prato do brasileiro”, apontou.

Escola Branca de Neve Alambique Bel Vedere recebe medalha de ouro realiza Festa Julina A Escola Infantil Branca de Neve realizou na noite de quinta-feira uma Festa Julina, envolvendo pais, alunos e professores. O momento teve por objetivo integrar toda a comunidade escolar. O momento teve apresentações das crianças, pescaria, sorteio de rifa e escolha do casal caipira. Atualmente, 195 crianças de 0 a 4 anos estão matricu-

ladas na Branca de Neve, no bairro Modelo. De acordo com a diretora do educandário, Lineia Denes, ao longo do ano são desenvolvidos projetos de acordo com os interesses de cada turma, além dos institucionais como a contação de histórias. “Também estamos organizando os espaços internos e externos para melhor oferecer oportunidades às crianças”, afirma.

Comissão Especial do Rio Grande Resiliente abordou o tema da pobreza

PARTICIPAÇÃO DE FALECIMENTO, AGRADECIMENTO E CONVITE PARA MISSA JOSE DOBRASIL GODOY *15/10/1938 +03/07/2016 Luis Antônio Scarton recebeu premiação em Belo Horizonte

Toda comunidade escolar participou do momento de integração

Alambique Bel Vedere, com sede em Augusto Pestana, de propriedade de Luis Antônio Scarton, recebeu a medalha de ouro para cachaça Pergaminho na categoria Premium, a mais alta categoria dentro do concurso realizado na 26ª Expocachaça, em Belo Horizonte-MG, no dia 11 de junho. Com a premiação, Alambique Bel Vedere superou alambiques participantes de todo o País.

A Expocachaça, evento pioneiro, a maior, e a mais importante e conceituada feira do setor, completou 19 anos de atividades, em sua 26ª edição, realizada de 9 a 12 de junho, no Expominas. Neste ano, a Expo manteve o formato de feira e festival que a consagrou junto aos expositores, público e mídia num cenário onde negócios, entretenimento, diversão, gastronomia, lazer e cultura acontecem simultaneamente.

A esposa Loreta, filhos Marcelo e Michele, netos Maurem e Israfel, ainda consternados pela partida, agradecem ao médico Mauricio Rieger, enfermeiras da UTI da Unimed, parentes, amigos e especialmente aos queridos vizinhos que nos confortaram nestas horas difíceis, com palavras e gestos de carinho, nossa gratidão. Convidamos a todos para missa de 7º dia, que será celebrada hoje, dia 9, às 19, horas na Matriz da Natividade. Ijuí, 9 de julho de 2016.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

22

JM NOS BAIRROS

Presidente pede liberação de ruas na Penha

Dando sequência à série de entrevistas do quadro JM nos Bairros, com cada um dos 36 líderes comunitários, que vai ao ar todas as manhãs dentro da programação do programa Linha Direta, o Grupo JM conversou com o presidente do bairro Nossa Senhora da Penha, Alberto Oliveira. Segundo ele, a principal reivindicação de sua comunidade está relacionada às obras da Bacia 8, da Estação de Tratamento e Esgoto (ETE), realizadas pela Corsan na Rua Francisco Berenhauser e Henrique Koff “Estamos pressionando, porque são duas vias principais que sobem paralelas à Marechal Mallet e estão interditadas há mais de um ano, junto com algumas laterais, por exemplo, na lateral do CTG Farroupilha há mais de ano o esgoto está a céu aberto”, conta. Ele afirma que já buscou solução junto ao Departamento Municipal de Águas e Saneamento de Ijuí (Demasi), mas não teve sucesso. “Se arrasta por longos dias a negociação, essa tentativa de diálogo com o poder público, inclusive, o Ministério Público já está ciente porque foi acionado por moradores”, acrescenta.

O Instituto Penal de Ijuí (IPI) também tem acarretado problemas para a comunidade do bairro. “Porque temos o deslocamento de crianças, além de creches nas proximidades, e violência e mortes, entre outras coisas que têm ocorrido ali”, dispara. Ele destaca o papel da União das Associações de Bairros de Ijuí (Uabi) no sentido de buscar a ligação dos líderes comunitários ao poder público. “Há alguns dias o prefeito Fioravante Ballin nos chamou para dizer que agora é inviável obra para o final do ano por causa de Lei 9504, eleitoral. Mas, a gente acredita que aquilo que foi tratado no orçamento no ano passado seja cumprido até o final do ano”, considera o presidente. “O prefeito falou da possibilidade de não pagar mais horas extras, e o erário dos funcionários em dia, e isso nos preocupa porque estamos vendo a falência da instituição do poder público, e as formas de governo que só nos causam prejuízos.” Para Oliveira, o bairro Penha hoje é um dos principais acessos ao Centro da cidade, além de abrigar o CTG Farrou-

Comunidade reivindica a liberação da Rua Francisco Berenhauser, fechada há mais de um ano para obras

pilha e o CNN Piazito Carreteiro, o 27º Grupo de Artilharia de Campanha Monte Caseiros (GAC), o Colégio Tiradentes

Abriq realiza ações de solidariedade A Associação dos Artesãos do Brique da Praça (Abriq) realizou duas ações com foco na solidariedade no mês de junho. No dia 20, a ação teve como mote o meio ambiente, quando foram plantadas duas mudas de guajuviras na Praça da República, a pedido da Associação à Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), com o objetivo de repor as árvores que foram derrubadas devido aos fortes ventos. Participaram do ato representantes da Abriq e da SMMA, além de servidores públicos que trabalham na praça. "Procuramos o Meio Ambiente porque como caíram algumas árvores nossos expositores estão no relento, então pensamos que quanto mais cedo nos mobilizarmos, mais cedo as árvores crescem", conta a presidente da Abriq, Sandra Debesaitys. Além disso, com o intuito de propiciar um inverno mais quente para quem precisa, a Abriq realizou coleta de agasalhos na praça em dois fins de semana, durante

Associação solicitou plantio de árvores para proteção dos expositores na praça

exposição de seus trabalhos de artesanato, que foram entregues ao Lar da Menina, no dia 29 de junho. "Uma associação não pode olhar somente para o próprio umbigo, mas tem que pensar e se envolver no social. Assim como precisamos de colaboração da comunidade, na compra dos nossos artesana-

tos, também podemos trabalhar em prol de uma entidade", frisa Sandra. Segundo ela, daqui uns dias a Abriq realizará uma nova campanha em prol do Lar das Meninas, com a arrecadação de produtos de higiene e limpeza. Abriq atua, legalizada, desde 2005 e tem 34 sócios,

Edital prevê ingresso de alunos especiais O Programa de Pós-Graduação em Modelagem Matemática – Curso de Mestrado e Doutorado da Unijuí abriu edital para admissão de alunos especiais para o segundo semestre de 2016. As inscrições poderão ser feitas até a próxima quarta-feira na Secretaria do Programa de Pós-Graduação Stricto-Sensu

cmyk

em Modelagem Matemática, no prédio do DCEEng, câmpus Ijuí, em horário de expediente, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, ou poderão ser enviadas até a mesma data, por Sedex, para Unijuí - DCEEng/Programa de Pós-Graduação Stricto-Sensu em Modelagem Matemática, Rua Lulu Ilgenfritz, 480, Bairro São

Geraldo, 98700-000 – Ijuí/RS. A divulgação dos nomes dos candidatos selecionados para ingressarem no Programa, como aluno especial, será feita no dia 15 de julho, na secretaria do programa. O edital com todas as informações está disponível no site do programa: http://www. unijui.edu.br/ppgmm

e um amplo setor de comércio. “Somos uma fonte muito importante de arrecadação dentro do Município”, finaliza.

Secretaria realizará recuperação de vias A Secretaria Municipal de Obras, Desenvolvimento Urbano e Trânsito (Smodutran) encaminhou licitação, na última semana, para compra de 300 toneladas de concreto betuminoso usinado a quente e o asfalto ensacado. A pasta aguarda os trâmites legais para início do trabalho de recuperação das ruas com a operação tapa-buracos. “O que temos nos asfaltos novos são intervenções da Corsan, que faz o recorte, e depois a recuperação que, às vezes, fica de boa qualidade e, muitas vezes, não. Nos asfaltos antigos está acontecendo que a vida útil terminou, é óbvio que poderíamos fazer um recorte no buraco, mas não adianta mais fazer isso porque venceu o tempo, então temos que realmente fazer algo paliativo que possa dar fluidez

Ubiratan Erthal

enquanto não tivermos recursos suficientes para fazermos o reperfilamento asfáltico”, explica o titular da Smodutran, Ubiratan Erthal.

SERVIÇOS ESTÁGIO - A terceira parcela do IPTU 2016 vence na próxima semana, dia 15 de julho. Conforme a Coordenadoria de Cadastro e Tributos, o pagamento pode ser efetuado no Banco do Brasil, Banrisul, Caixa Econômica Federal, agência central dos Correios e rede lotérica conveniada. Quem não está de posse de seu boleto, deve retirá-lo junto ao balcão de atendimento do IPTU, no horário das 8h30 às

11h30 e às 13h30 as 17h, ou diretamente no site do Município www.ijui.rs.gov.br LAUREANO - O CTG Laureano de Medeiros está retomando as invernadas. Ensaios do pré-mirim todos os sábados, a partir das 14h. TELEFONE - A prefeitura de Ijuí atende pelo telefone 3331 8200.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 9 e 10 de julho de 2016

23

Memória JM CARA OU COROA

Armindo Pydd

CAPA DE REVISTA **Em 2000 colocou 3 stents no coração. Em 2013 repetiu a dose. Em 2015 diagnosticado com câncer no estômago fez cirurgia e tratamento com quimioterápicos e radioterapia. Tudo isto no melhor hospital e serviço e recursos disponíveis no Brasil. Hoje aos 74 anos é um homem rico, dono de propriedades rurais e inclusive um garimpo. Tem 9 filhos oriundos de diversas uniões, o ultimo com 1 ano e 2 meses. Este é o retrato de João Teixeira de Faria, muito pouco conhecido. **João de Deus estabelecido em Abadiânia, próximo a Brasília, já ofereceu ajuda a mais de 5 milhões de pessoas. De quarta a sábado milhares de pessoas procuram um de seus métodos de médium que vão desde passes, cura espiritual, cirurgia sem cortes, mas também às vezes com cortes. Receita passiflora derivado do maracujá ( 50 reais o frasco). Entre seus pacientes se contam o meio político e empresarial de primeiro escalão (Lula e Hugo Chaves procuraram o médium). O ministro do STF João Roberto Barroso relata grande benefício pós consulta (ele tinha câncer de esôfago). **Este personagem foi capa da maior revista brasileira. Perguntado por que ele mesmo não se tratava a si mesmo, mas procurava recursos de ponta respondeu com uma pergunta: "O barbeiro corta seu próprio cabelo?”. Em seu favor, muitos elogios e o fato de que ele nunca manda suspender o tratamento médico que o paciente está fazendo. **4-30,2% dos aposentados rurais conseguiram o seu benefício via judicial. Foi no governo Itamar Franco que se introduziu a aposentadoria rural . É hoje o maior programa de inclusão do Brasil e custa aos cofres públicos 100 bilhões de reais por ano. A contribuição e de 2,1% da receita bruta que nem sempre existe. Perto deste valor o Bolsa Família com seus 27 bilhões por ano fica pequeno. **De tempos em tempos se estabelece uma polêmica sobre alimentos que fazem bem e fazem mal. Aqui vai a relação dos melhores alimentos segundo Lair Ribeiro, autor de diversos best-sellers. Melhor alimento do mundo é o leite materno, depois o ovo (se frito somente em óleo de coco),dos cereais temos a quinoa, depois vem azeite de oliva, segue o açafrão e a corcumela. Quanto ao leite de vaca somente in natura. Leite de caixinha está repleto de aditivos e conservantes e já cai fora desta lista. Quanto à manteiga tão desprezada ultimamente agora sabe-se que é muito mais saudável que a margarina. **Ainda sobre esportes olímpicos praticados no Brasil há mais tempo. Poderíamos colocar o arco e flecha dos índios. O tiro. Aí até os portugueses com as armas entrariam, mas em especial os imigrantes europeus. Eram comuns os Schutzenverein (clube de tiro) dos alemães ou austríacos (Sociedade de atiradores Tell dos Austríacos até hoje está aí em nosso município). Os Turnerbund (sociedade de ginástica também se multiplicaram). A Sogi é produto deste tipo de clube. Quanto ao futebol, esporte olímpico mais praticado no Brasil, ele somente veio lá por 1895 da Inglaterra. Bem que bocha e bolão poderiam ser olímpicos para termos mais chances. **Estão faltando tornozeleiras eletrônicas no Brasil. Em prejuízo (?) de investigados de corrupção que se multiplicam. Motivo, falta de pagamento para o fornecedor. ** Agora são as Olimpíadas que têm uma atenção especial. O RJ vai ficar mais seguro, pois recursos humanos e financeiros (inclusive o exército) estão lá na proteção de público e atletas. Como será depois? **Uma pergunta que se repete, porque o assunto eleições municipais está tão morto ?

Notícias de julho de 1981

Ijuí começa a ser Polo Cultural em setembro Durante a realização do 1º Seminário de Turismo de Ijuí, o secretário Luiz Carlos Barbosa Lessa, da Cultura, Desporto e Turismo do Estado, anunciou a implantação em Ijuí, no dia 24 de setembro, de um Polo Cultural, que terá como principal objetivo evidenciar a comunidade e o seu potencial cultural. A atual política da secretaria é a de inverter um processo que caracterizava a atividade cultural no Estado. Conforme essa linha, o Estado foi dividido em regiões culturais e os polos estão sendo implantados de acordo com critério cronológico de povoamento europeu no RS. Antes de ser instalado o Polo de Ijuí, virá uma equipe de cultura para fazer uma avaliação, mas sem seguir qualquer modelo predeterminado. Até a ocasião, a prefeitura deverá indicar um coordenador ou coordenadora, que passe a representar o Polo

A coleção completa do JM está disponível para pesquisa no Museu Antropológico Diretor Pestana

Barbosa Lessa traçando os novos rumos para a cultura no Estado

de Ijuí, com o objetivo principal de centralizar as preocupações culturais de todas as regiões próximas.

1ª Coxilha Nativista reunirá grandes expressões estaduais A prefeitura de Cruz Alta, através de sua Secretaria de Turismo e demais entidades, promove de 23 a 25 de julho a 1ª Coxilha Nativista. O objetivo é criar oportunidades de integração entre poetas, compositores, músicos, intérpretes e outras formas de cultura e arte nativa, visando despertar o interesse da comunidade regional e o valor dos temas nativos e populares. Além do troféu Carreteiro, prêmio máximo do evento, serão ofertados mais outros quatro troféus. Além das apresentações oficiais da coxilha, serão realizadas tertúlias livres, no Parque de Exposições, sempre iniciadas após a programação oficial. As atrações que serão apresentadas ao público serão para todos os tipos de públicos e gostos musicais.

CONCURSOS IBGE O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) liberou pela Cesgranrio o primeiro edital (nº 2/2016) para a realização de processo seletivo, com o objetivo de preencher 7.500 vagas para a função de Agente de Pesquisas e Mapeamento. Esses profissionais temporários irão atuar em 550 municípios distribuí-

Coxilha Nativista tem sua 1º edição em 1981

dos nos 26 Estados e no Distrito Federal. A remuneração oferecida mensal será de R$ 1.250,00. A inscrição fica aberta até o dia 19 de julho. Os interessados deverão acessar o site da Fundação Cesgranrio, organizadora contratada (www.cesgranrio.org.br) e pagar taxa de inscrição no valor de R$ 30,00. Prefeitura de Sapucaia do Sul Aberto mais um concurso público no Rio Grande do Sul, desta vez promovido pela prefeitura de Sapucaia do Sul. A finalidade é selecionar candidatos de níveis fundamental, médio e superior, com o intuito de compor 106 vagas imediatas no quadro de servidores, sob o regime estatutário, além de formar cadastro de reserva. As inscrições devem ser feitas

Passeio Ciclístico - O passeio ciclístico promovido pelo Sesi e demais entidades foi coroado de pleno sucesso, registrando a participação de aproximadamente 1,4 mil ciclistas, de ambos os sexos e de diversas faixas etárias. No final do passeio, pelas ruas Benjamin Constant, Avenida 21 de abril, 19 de outubro, e demais ruas do município, houve uma concentração na Praça da República, quando foram entregues mais de uma centena de prêmios aos participantes. Obras da DP e Ciretran prosseguem - Depois que foram liberados recursos da ordem de R$ 500 mil, por parte do governo do Estado, prosseguem em ritmo normal as obras de construção da nova sede de Delegacias de Polícia e Ciretran, que está sendo erguida na Avenida Coronel Dico, proximidades do futuro Parque dos Imigrantes. Conforme se recorda, através de convênio firmado, entre o município e Estado, essa obra iniciada pelo Consep passou para o Estado, que está agora repassando recursos ao município, para a conclusão do prédio.

até o dia 18 de julho de 2016, pela internet, através do site www.fundatec.org. br. O valor da taxa vai de R$ 40,00 a R$ 100,00. Prefeitura de Nova Prata Com a finalidade de preencher 34 vagas imediatas, além da formação de cadastro reserva, a prefeitura de Nova Prata, no Estado do Rio Grande do Sul, divulgou o edital de concurso público n.º 01/2016. As vagas anunciadas se destinam a profissionais de níveis fundamental, médio e superior. A participação deve ser efetivada somente via internet, no site www. legalleconcursos.com.br, até o dia 17 de julho de 2016. As taxas variam de R$ 30,00 a R$ 75,00 de acordo com a função escolhida.

cmyk


WWW.JMIJUI.COM.BR

MÊS DE ANIVERSÁRIO

ARTESANATO NA PRAÇA

EFA celebra aniversário de 48 anos com atividades de leitura, mostra de trabalhos, apresentações teatrais e encontro com a comunidade escolar. | 7

Feira Estadual do Artesanato acontece hoje e amanhã na Praça da República | Caderno Dois

AIF enfrenta o Cerro Largo Futsal Associação Ijuí Futsal atua hoje à noite fora de casa pelo segundo turno do Estadual Série Bronze. | 16

Branca de Neve reúne comunidade escolar em Festa Julina Confraternização aconteceu na noite de quinta-feira, e teve apresentações e brincadeiras. | 21

EDITORIAL | 6 O momento é desafiador. País em recessão, inflação alta, taxa de juros elevada e instabilidade econômica e política.

cmyk

Sitepaginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you