Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

Ano 43 - Nº 309

Justiça está atenta ao loteamento de cargos

Promessa de cargos em troca de apoio político pode motivar ações judiciais. | 14

R$ 3,00

Município quer comprar UPA para garantir funcionamento Proposta quer evitar perda de recursos do Ministério da Saúde. | 5

CNA pede que Temer priorize infraestrutura da agricultura Confederação se reuniu com o presidente Michel Temer. | 13

APRENDENDO E BRINCANDO

Ontem, os alunos da Escola Casa da Criança tiveram uma tarde de atividades diferenciadas. | 11

Participação da mulher na política ainda é desafio Ações buscam aumentar e garantir a participação das mulheres | 8 e 9

Mesmo com redução, Prefeitura mantém medidas de economia O prefeito Fioravante Ballin informou que a redução de salários dos secretários gerou economia de R$ 120 mil . | 3

Lula vira réu por tentar obstruir trabalho da Lava Jato OPERAÇÃO PADRÃO Delcídio do Amaral e outros cinco também são acusados de tentar dificultar investigações da Jusitça. | 15

Após receberem uma parcela de R$650, servidores de todas as categorias adotam providências. Na segurança, os trabalhos serão reduzidos até integralização do salário. | 4

cmyk


RADAR CONSULTORIA - Na última terça-feira os professores e equipe diretiva das escolas municipais Davi Canabarro e Eugênio Ernesto Storch, realizaram consultoria on-line do programa Jovens Empreendedores Primeiros passos (JEPP) do Sebrae. A atividade aconteceu na sala de videoconferência do Sebrae e foi prestada pelo consultor Marcus Oppliger Pinto, de Concórdia/SC. As escolas realizaram a consultoria a fim de avaliar o andamento do JEPP e planejar as atividades que ainda serão desenvolvidas. Durante as consultorias, os técnicos fazem apontamentos sobre o objetivo do programa, esclarecem dúvidas, dão dicas e orientações sobre as oficinas. SOLUÇÃO - A Lumiun Tecnologia, empresa graduada pela Criatec, desenvolveu uma solução simples e de baixo investimento para o gerenciamento do acesso à internet em pequenas e médias empresas. A solução busca atender a dois problemas comuns dos gestores atualmente: proteger os dados da empresa contra ameaças na internet e aumentar a produtividade dos colaboradores. A falta de gestão no acesso à internet pode causar sérios danos para as empresas, como perda de dados a partir de falhas de segurança, vírus e malwares, assim como a queda na produtividade causada pelo desperdícios de tempo dos colaboradores na internet, desperdícios últimos três dias, aponta que sete mil exames deixaram de ser realizados, entre práticos e teóricos. Já o sindicato calcula que o número chega a 16 mil. CASA DO ESTUDANTE- A Unijuí está com edital aberto para vagas remanescentes na Unicasa. As inscrições devem ser feitas na Central de Atendimento ao Aluno, no câmpus Ijuí. São sete vagas: três para o sexo masculino e quatro para o sexo feminino. As vagas destinam-se exclusivamente aos alunos matriculados em cursos da graduação da Unijuí, câmpus Ijuí, que não residam no perímetro urbano e nem no meio rural próximo ao câmpus. Neste edital de vagas remanescentes não é necessário o aluno ser bolsista do Prouni. O resultado final dos selecionados será divulgado no dia 8 de agosto, a partir das 17h. A assinatura do contrato de utilização será efetivado no dia 10 de agosto. MAIS PRAZO- O deputado Gilmar Sossella (PDT) encaminhou nesta semana, por meio de ofício, uma solicitação para que a Secretaria Estadual de Agricultura faça a ampliação do prazo de validade da Guia de Transporte de Animais (GTA). Além de facilitar o transporte de animais, o deputado ressaltou que a medida também desafogaria o intenso trabalho nas inspetorias veterinárias. A sugestão é que a GTA tenha o mesmo prazo de validade do Exame de Anemia Infecciosa Equina (mormo). PARCELAMENTO- Os contribuintes com débito inscrito em Dívida Ativa, na prefeitura de Ijuí podem evitar a execução judicial, efetuando o pagamento à vista ou parcelando os débitos. Conforme informações da Secretaria Municipal da Fazenda, os valores em aberto podem ser parcelados com entrada de 10% e o saldo em até 47 vezes, com parcela mínima de R$ 45. Já os débitos em execução judicial exigem entrada de 20%, sem contar que o contribuinte tem ainda despesas com honorários advocatícios e custas judiciais do processo, que chegam a cerca de 20% do valor do débito.

cmyk

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

2

OLHO DA RUA INDICADORES Poupança 28.07.2016 ......................0,7146% Ouro 29.07.2016..................... R$ 140,00 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,2418 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,2429 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,1800 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,3700 Euro (compra) .............................. R$ 3,6245 Euro (venda) ................................. R$ 3,6258 IPC/FIPE Jun/ /2016 .............................0,65% IGPM Jun/2016 ................................... 1,69% INPC/IBGE Jun/2016 ............................0,74% IPCA Jun/2016 .....................................0,35% IGP-DI-FGV Jun/2016 ...........................1,63% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144 *valores acima de R$ 300,00

LOTERIAS A faixa de segurança ao lado da Rua Floriano Peixoto tem um desnível o que ocasionou a queda de um pedestre na manhã de ontem. A manutenção das vias é também uma tarefa que não deve ser descuidada.

ENTRE ASPAS "Como os resultados não aconteceram da forma que para o dirigente é importante, o Internacional pensou pequeno e trouxe o Falcão, por ser ídolo", disse Neto, ex-jogador e ídolo do Corinthians. "Os vencimentos dos cargos do Poder Legislativo e do Poder Judiciário não poderão ser superiores aos pagos pelo Poder Executivo", defende a Procuradoria-Geral do Estado (PGE), sobre o veto de reajuste aos poderes dado pelo governador, José Ivo Sartori. “É uma peça que sintetiza todas as provas que foram reunidas ao longo desse período: testemunhas, perícias, prova documental. Tudo aquilo está sintetizado, e é feita uma análise das duas denúncias”, disse o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, um dos advogados da defesa de Dilma. "Não vamos construir um muro, mas sim construir uma economia em que cada pessoa que queira um emprego possa tê-lo", disse a candidata democrata à Presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton. "Nossa bandeira é aumentar a base de contribuintes, e conseguir desta forma o crescimento das receitas, sem precisar aumentar impostos", disse o prefeito de Gramado, Nestor Tissot. "Não haverá tolerância, quem falhar acabará diante da Justiça", disse o novo presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski.

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º 2º 3º 4º 5º

-

0.026 7.365 5.406 9.521 8.212

LOTOFÁCIL CONCURSO nº

03 04 05 06 09 10 11 14 15 16 18 19 21 22 23 QUINA

CONCURSO nº

4144

23 41 44 72 77 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

Getúlio

1394


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

SECRETÁRIOS

Redução de salários gera economia de R$ 120 mil Diante da atual situação financeira do município de contenção de despesas, a prefeitura de Ijuí tem realizado uma série de medidas de ajustes das contas públicas. Uma delas foi a da redução de 50% da carga horária dos secretários municipais. Essa alteração na estrutura administrativa da prefeitura representou uma economia de R$ 120 mil aos cofres públicos. Segundo o prefeito Fioravante Ballin, a redução de gastos representa um equilíbrio das contas do município. "Com a queda na arrecadação, as medidas de contenção de despesas são necessárias, e estão repercutindo positivamente nas contas do Município”. De acordo com Balllin, os dados apresentados através do levantamento feito pelas Secretarias de Administração e Planejamento mostram que em relação à folha de pagamento, a economia superou R$ 120 mil nos últimos dois meses (junho e julho), por conta da redução de 50% da carga horária dos secretários com repercussão nos vencimentos. Já em relação aos custos orçamentários – manutenção e

investimentos na comparação com o segundo bimestre do ano de 2016 (abril e maio) a economia do terceiro bimestre (junho e julho) foi de 12.26%. “A economia nestes setores citados superou R$ 1 milhão”, diz. O prefeito explica que as medidas tiveram de ser adotadas devido às dificuldades enfrentadas pelo poder Executivo, confirmadas com o fechamento econômico-financeiro dos primeiros cinco meses do ano, considerando a previsão de déficit nas receitas para o corrente exercício, referente aos repasses do Estado (ICMS), da União (FPM) e na arrecadação de recursos próprios. “Os números comprovam o compromisso da Administração Municipal diante da necessidade de manter e garantir as ações, projetos e programas essenciais para a comunidade, bem como a continuidade do pagamento em dia dos servidores municipais”, disse o prefeito Fioravante Ballin. O prefeito destacou ainda que os casos excepcionais somente poderão ser realizados mediante a exposição fundamentada das razões que motivam o pedido, bem

Fioravante Ballin

como a demonstração de viabilidade orçamentária e financeira, e expressamente autorizados pela Administração. O posicionamento da Administração se deu pela preocupação e necessidade de controle e acompanhamento fiscal, além da observância da Legislação Eleitoral vigente.

Retração industrial está reduzindo A Sondagem Industrial de junho, divulgada nesta quinta-feira pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), revela uma retração no ritmo de queda e aponta a uma perspectiva de demanda que começa a se tornar positiva para os próximos meses. A perda na produção (48 pontos) foi a menos intensa registrada no mês desde 2010 e o emprego (44,7) sugere que a redução de postos de trabalho no setor é semelhante à de maio, mas inferior aos mesmos períodos em dois anos no Estado. "Ainda é cedo para anteciparmos que os resultados denotam que a recuperação econômica do País começa de fato, refletindo diretamente nos resultados no Rio Grande do Sul", alerta o presidente da Fiergs, Heitor José Müller. Segundo o industrial, as retomadas da produção e do crescimento ocorrerão, realmente, se o governo federal adotar medidas efetivas, entre elas uma política fiscal mais austera e taxas de juros dentro de uma realidade que permita que se retomem os investimentos que os empresários estão evitando fazer. "Além disso, projetos e declarações que tratem de um novo aumento de impostos

3

Gestão dos municípios gaúchos piora Gastos crescentes para receitas em queda compõem a balança desequilibrada das contas municipais do Rio Grande do Sul, um quadro em deterioração e que no ano passado atingiu o pior nível em uma década, de acordo com estudo realizado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). A instituição elabora desde 2006 o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), consolidando uma série histórica que mostra o declínio das finanças públicas nesse período e que projeta um cenário ainda mais complexo para os próximos anos. O indicador é elaborado com base na apresentação das contas municipais à Secretária do Tesouro Nacional. Na avaliação dos dados relativos a 2015, mais de 77% das administrações encontravam-se em "dificuldade" ou com gestão "crítica". Na comparação entre 2014 e 2015 é possível notar que houve um agravamento significativo de um ano para o outro. Somente 108 prefeituras obtiveram os melhores conceitos em 2015: 104 municípios (21,8%) foram considerados com gestão fiscal boa e dois (0,4%) obtiveram excelência no IFGF. Houve, no entanto, redução no número de cidades bem avaliadas na comparação com o ano anterior, quando o percentual de municípios com boa gestão fiscal era 38,2%. O chefe da divisão de estudos econômicos da Firjan, Jonathas Goulart, que coordena o estudo, avalia que a tendência

de elevação de gastos foi um recurso adotado recentemente no País, que, após se esgotar, vem cobrar a conta. E o saldo a pagar é elevado, já que as prefeituras têm que sustentar as despesas correntes, que crescem puxadas sobretudo pela folha de pagamento dos servidores, com a baixa da arrecadação. "Fato é que os municípios, certamente, não vão conseguir ajustar mais o pessoal à queda ainda forte das receitas", observa Goulart. A sinalização é clara: a avaliação em relação às contas de 2016 deve apresentar resultado ainda pior do que o de 2015. "Não esperamos resultado melhor no IFGF até que se estabilize a receita com o gasto com pessoal. Essa é a equação que precisa ser equilibrada para os próximos anos."

Jonathas Goulart

Empreendedores puxam criação de empresas

em nada contribuem", diz Müller. Com um cenário menos negativo, a Sondagem mostrou uma melhora nas expectativas dos empresários em relação ao próximo semestre. Principalmente nas relativas à demanda, cujo índice em 53,6 pontos, o maior desde maio de 2014, passou a projetar expansão depois de 22 meses. Em relação ao emprego (47,6 pontos), as perspectivas preveem um menor

ritmo de demissões. A Sondagem Industrial mostra que a Utilização da Capacidade Instalada (UCI), de 65% no mês, repetiu o percentual de maio. Mas o indicador de UCI em reação à usual reagiu: foi para 36,7 pontos, ante 34,6 em maio. Outro fator que revela a retomada de fôlego na produção é o de estoques de produtos finais, que intensificaram a trajetória de queda em junho (46,9 pontos).

Com o aumento do desemprego e uma quantidade maior de brasileiros buscando abrir o próprio negócio, bateu recorde o número de empresas criadas no País em 2016, mostra pesquisa da Serasa Experian. Foram 851.083 novas companhias registradas de janeiro a maio, o maior resultado para o período desde que o levantamento começou a ser feito, em 2010. Na comparação com o mesmo período do ano passado, houve crescimento de 3,5%. A expansão foi impulsionada pelos chamados microempreendedores individuais (MEIs), única categoria que apresentou crescimento em relação a 2015, de 9,9%. Essa modalidade costuma representar a maior parte dos novos negócios. Neste ano,

chegou a 80,3% (683.779) do total de empresas criadas, acima dos 75,4% alcançados no ano passado. De acordo com os economistas da Serasa Experian, o aumento de novas empresas nos primeiros cinco meses do ano foi puxado exclusivamente pelo surgimento de novos microempreendedores individuais (MEIs). Este movimento tem sido determinado, principalmente, pela perda de postos formais no mercado de trabalho (aumento do desemprego no país) por causa da recessão econômica, impulsionando trabalhadores desempregados a buscarem, de forma autônoma e formalizados, alternativas econômicas para a geração de renda.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

4

PARCELAMENTO DOS SALÁRIOS

Segurança deverá operar no modo padrão Desde o começo do dia de ontem entidades que representam servidores da segurança pública se mobilizam contra o parcelamento dos salários no Rio Grande do Sul.Em todo o Estado essa foi a tônica, e em Ijuí, não foi diferente. Representantes da Brigada Militar se reuniram na Praça da República para manifestar a inconformidade. Em todo o Estado os servidores garantiram o modo OperaçãoPadrão. A reportagem do Grupo JM esteve no local e conversou com o representante sindical, em Ijuí, Alan Bolson, que ao ser questionado sobre a continuidade do trabalho, ele garantiu que não haverá mudanças, mas lembra a desmotivação dos servidores ao cumprirem suas obrigações. "Temos leis que nos impedem de entrar em greve. Ninguém vai faltar serviço, claro. Mas é óbvio que vai começar a atrapalhar o andamento dessas ocorrências. Cada dia vai ter uma assembleia. Provavelmente, a repercussão, a

sociedade vai sentir. Não adianta, hoje todos os policiais estão trabalhando desmotivados. Ninguém vai deixar de atender um atentado à vida, por exemplo", alertou o soldado Bolson. A Associação de Cabos e Soldados da Brigada Militar está orientando os policiais a não saírem para as ruas se tiverem viaturas com problemas, coletes balísticos vencidos, armamentos com defeitos, entre outras questões. O sindicato que representa os agentes penitenciários afirma que estão suspensos vários trabalhos na parte técnica e administrativa. Movimentações de presos em todo o Estado só ocorrem em casos mais urgentes, como para o Tribunal do Júri. O sindicato que representa os escrivães e investigadores da Polícia Civil informou que os policiais não irão participar de nenhuma operação fora do horário de trabalho. Os atendimentos de emergência seguem normais, mas

Ao longo da manhã de ontem, os servidores protestaram em todo o Estado. Em Ijuí, manifestantes se reuniram em frente a prefeitura

algumas ocorrências não serão registradas em delegacias como, por exemplo, as que podem ser feitas pela internet, como perda de documentos, informa a assessoria da Polícia Civil. A Associação dos Delegados de Polícia confirmou

que uma operação que iria ocorrer na semana que vem com 350 policiais em Porto Alegre já foi cancelada por causa do parcelamento dos salários. A previsão é que a operaçãopadrão siga até todos os servidores

terem seus salários pagos. A mobilização também envolve servidores dos bombeiros, do IGP e da Susepe. Em nota divulgada, os servidores da segurança pedem para a população evitar sair às ruas e o comércio de abrir as portas das 6h às 21h.

Cpers faz manifestação contra parcelamento de salários Depois do anúncio de parcelamento dos salários dos servidores do Estado, a sexta-feira amanheceu com mobilizações dos trabalhadores. Ontem, as 348 mil matrículas do Estado, receberam a primeira

cmyk

parcela do salário, de R$650, podendo chegar até a R$980 dependendo da entrada de recursos de impostos nos cofres do Estado. O restante das parcelas serão feitas até o dia 19 de agosto para o pa-

gamento integral dos salários dos servidores estaduais. Ainda ontem, professores e policiais se mobilizaram e foram até a frente da prefeitura e ao Banrisul para manifestar a indignação quanto a situação. De acordo com a diretora do 31º Núcleo do Cpers de Ijuí, Teresinha Mello, a ação busca mostrar à população a situação que os servidores enfrentam. "Mais uma vez o governo parcela o nosso salário, que fica difícil cumprirmos os nossos compromissos", lamenta. Ela defende que as situações que o governo tem submetido os profissionais se dá para fazer o enxugamento do Estado para entregar às organizações sociais. No primeiro semestre, os professores estaduais já realizaram uma greve, defendendo, além do não parcelamento do salários, o PL 44/2016, o piso salarial e a não retirada do benefício de difícil acesso. "Tivemos 52 dias de greve, encerramos quando o governo acordou em não retirar o direito dos servidores". Para o segundo semestre, ela não descarta a hipótese de retorno da greve. "Fizemos uma suspensão da greve, isso não significa que a gente não possa retomar o movimento", destaca. Conforme ela, o governo tem feito a opção de penalizar os trabalhadores. "Não é possível um governo que aumentou o ICMS, renegociou a dívida com a União, está dando benefícios a grandes empresas,

Manifestação ocorreu na frente do Banrisul, durante a manhã

não combate à sonegação, que só no primeiro semestre já passou de R$ 4 trilhões e é importante que a população tenha conhecimento disso", fala. De acordo com nota divulgada pelo Cpers-Sindicato, o governo Sartori (PMDB), mais uma vez mostra a “farsa” que é o seu mandato, "infelizmente os servidores públicos estaduais estão à mercê de um governador que se nega a governar o Rio Grande do Sul. Que tem como meta a diminuição do Estado e a privatização dos serviços

públicos. Um Estado que está em crise financeira não pode e não deve conceder 18 bilhões em incentivo fiscais para as empresas privadas como aconteceu no ano de 2015. Também não pode perder mais de 4 bilhões somente de janeiro para cá, como mostra o Sonegômetro", defende a entidade. Ainda, segundo o Sindicato, a classe repudia a gestão do governador, José Ivo Sartori, que não cumpre com as suas obrigações para com os servidores e com a população gaúcha.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

5

SAÚDE

Município quer adquirir estrutura da UPA Na última quinta-feira, o Conselho Municipal de Saúde (Comus) reuniu-se para debater diversos assuntos, dentre eles a situação que envolve a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ijuí, que passa por um momento de indecisão quanto à sua abertura, funcionamento e o futuro das instalações. Isso porque quando o contrato foi feito para sua construção, a situação era outra e, hoje, depois de finalizada e com os equipamentos comprados não existe a garantia de repasses de recursos que viabilizem seu funcionamento, por parte da União e, principalmente, por parte do Estado. No encontro do Comus foi debatida com exaustão a proposta do Executivo municipal de propor a transferência do Pronto Atendimento, atualmente localizado na Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para as novas instalações, porém, sem realizar as adequações exigidas por portaria do Ministério da Saúde (MS).

“Nós temos três portas de entrada de urgência e emergência em Ijuí que é o Postão, o Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) e o Hospital da Unimed. No PA, temos normalmente um médico atendendo no plantão, o MS exige que na UPA sejam dois médicos, 24h por dia. No caso do PA, dependendo a demanda, a Secretaria aumenta o número de médicos, mas a gente sabe que há períodos que são ociosos, então há essa proposta de transferência”, explica o presidente do Comus, Moacir Deves. “Outra possibilidade que se cogitou é de que, como os recursos investidos na construção e compra de equipamentos foram federais, seja feita a possível compra do prédio por parte do Município, claro que com o MS dando prazo para o pagamento, e o Município teria direito de fazer o que lhe convém, que seria a instalação do PA em um espaço mais amplo.” De acordo com ele, o governo federal

investiu em torno de R$ 2 milhões na UPA e a proposta do município é de adquirir o prédio e os equipamentos por este valor, parcelado em 60 meses, o que daria uma parcela em torno de R$ 35 mil. A abertura da UPA custará aos cofres municipais R$ 600 mil por mês, e caso não haja a garantia de recursos por parte do Estado e União, o Executivo terá que arcar com todo este investimento sozinho. Por outro lado, o Pronto Atendimento tem um gasto em torno de R$ 400 mil por mês, recebendo R$ 120 mil em contrapartida do Ministério da Saúde, portanto, tem um custo final de R$ 280 mil/mês ao Município. Se o PA for transferido para as instalações da UPA e atendendo às exigências do Ministério da Saúde, este valor subirá para os R$ 600 mil citados anteriormente, e sem a possibilidade de contrapartida. “Não teríamos condições de arcar por muito tempo com esse custo”, reforça Deves.

Moacir Deves

OMS afirma que País erradicou o sarampo Após um ano sem o registro de casos de sarampo, a circulação endêmica do vírus da doença foi considerada interrompida no país, conforme informou, na última terça-feira, a Organização PanAmericana de Saúde/Organização Mundial da Saúde (Opas/OMS). De acordo com Ministério da Saúde, a expectativa é que, até o fim de 2016, o Brasil receba o certificado de eliminação do sarampo pela OMS. O documento reconhece a eliminação da transmissão da doença em todo o continente americano. A região será a primeira do mundo onde isso acontece. Em 2015, a rubéola também foi considerada eliminada. Os últimos casos de sarampo no País foram registrados em julho do ano passado, em um surto de no Ceará. Segundo a OMS, os profissionais participaram do mapeamento das regiões com maior transmissão de sarampo. A iniciativa permitiu que a vacinação fosse feita tanto em unidades básicas de Saúde quanto nas casas das pessoas que viviam em áreas de maior circulação do vírus causador da doença. O sarampo é normalmente transmitido por meio do ar e do contato direto. O agente infeccioso é um vírus que infecta as membranas mucosas e, em seguida, se espalha por todo o corpo, causando uma doença grave e altamente contagiosa.

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

IGUALDADE

N

as últimas décadas, o debate em torno dos direitos das mulheres tem crescido exponencialmente, e muitas conquistas têm sido verificadas no sentido de aumentar o protagonismo feminino na sociedade. Muitas das maiores democracias do mundo têm constantemente aprovado dispositivos para promover o pareamento de direitos e oportunidades entre homens e mulheres. Um ponto fundamental do debate se dá em torno do princípio da igualdade, utilizado já desde a Grécia que determina que uma sociedade deve assegurar às pessoas de situações iguais os mesmos direitos, prerrogativas e vantagens, com as obrigações correspondentes, o que significa tratar igualmente os iguais e desigualmente os desiguais, na medida em que eles se desigualam, visando sempre o equilíbrio entre todos. Em termos práticos, é necessário que se faça a devida diferenciaA presença feminina ção entre homens na Câmara dos Dee mulheres e, dessa putados é de 9% e, forma, tenhamos no Senado, de 10% dispositivos eficiendo total. Além disso, tes para equalizar o o número de goverprotagonismo dos nadoras de Estado gêneros em todos os também ainda é campos sociais. muito pequeno. A tese, porém, é muito mais embelezada do que a prática. Na sociedade brasileira, mesmo sendo a maioria absoluta da população, as mulheres ainda ganham menos que os homens para desempenhar as mesmas funções, estão em menor número em cargos de chefia em empresas e possuem, em média, escolaridade mais baixa, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). Em nossa política, o cenário não é diferente. Atualmente, o Brasil ocupa 120º lugar em um ranking da proporção de mulheres nos parlamentos, o que significa estar atrás de países islâmicos como Paquistão, Sudão e Emirados Árabes Unidos. Em termos quantitativos, basta analisarmos alguns dados apresentados pelo governo para observarmos uma tímida participação das mulheres na política: a presença feminina na Câmara dos Deputados é de 9% e, no Senado, de 10% do total. Além disso, o número de governadoras de Estado também ainda é muito pequeno. Por outro lado, nossa legislação eleitoral exige um mínimo de 30% de candidatas em todos os cargos, o que nos mostra que as mulheres são claramente preteridas nas estratégias eleitorais. O resultado disso é uma constante ausência do protagonismo feminino na política, o que impede a formação de novas lideranças e acaba por tolher o debate sobre políticas públicas que beneficiem a população feminina no Brasil. A eleição de Dilma Rousseff em 2010, excluindo os aspectos partidários e ideológicos, foi um passo importante para o debate sobre o tema. No entanto, mesmo fazendo questão de identificar seu gênero ao exigir ser chamada de presidenta, Dilma ficou aquém das expectativas que se tinha sobre ela no avanço de pautas progressistas para as mulheres. Questões de saúde pública, como a legalização do aborto, acabaram sufocadas. Mesmo assim, é imparável o crescimento da presença feminina na política, e cada vez mais veremos mulheres empoderadas.

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

ENTREVISTA Quais são as funções do Estado no que se refere à saúde pública? Quando olhamos do ponto de vista do Estado, ele tem uma função, basicamente são três: alocativa, sempre que o mecanismo de mercado não der conta das necessidades o Estado deve intervir para realocar recursos; distributiva, sempre que a atividade econômica não permitir uma vida digna, justiça social, renda mínima, condições de dignidade humana, o Estado tem que intervir redistribuindo recursos e isso se dá basicamente a partir da matriz tributária; e a função estabilizadora, que é manter a atividade econômica, no sentido de produzir efeitos. Nessa relação que se estabelece entre sociedade e Estado, a grande questão que se coloca, é de um lado a forma como o Estado vai financiar sua intervenção, daí temos a questão da base tributária, e a partir daí as política que adotará no sentido de viabilizar o acesso igualitário, justo e com qualidade de vida para a população. A grande questão que se coloca é de que em princípio podemos afirmar que não existe uma política pública neutra, ou seja, o Estado ao decidir que políticas adotará vai adotar uma que está de acordo com sua visão de sociedade, necessidade e assim por diante. Obviamente que neste caso, em princípio a gente pode chegar à conclusão que, talvez, em boa parte das ações que olhamos do ponto de vista do setor público, em todas as esferas, talvez a saúde não seja exatamente o prioritário. Como devem ser feitos os investimentos em saúde? Temos uma dotação, principalmente dada pela emenda constitucional 29, dos gastos mínimos com saúde, 12%, 15%, e depois vai aumentando em função da regulação do PIB, mas a legislação diz o mínimo, e não o máximo, e temos dificuldades enormes para atingir o mínimo e, portanto, temos essa questão importante. Como o senhor acredita que deveria ser a organização do setor público da saúde? A partir dessa relação de setor público com sociedade temos como que se organiza, em princípio, o sistema nacional de saúde, que deveria garantir um sistema de proteção social, e se olharmos os países desenvolvidos, onde temos referência na saúde, vamos verificar que houve reformas no sistema capitalista, na década de 30, que permitiram que a atuação do Estado fosse mais eficiente, inclusive com uma alocação de recursos comparativamente à alocação de recursos privados muito superior ao que nós observamos e isso, de certa forma, produziu um estado de bem-estar nessas sociedades, o que não observamos aqui. Quando falo de bem-estar, estou falando do acesso a um conjunto de serviços universais, mas também estou falando de uma diminuição de riscos e os benefícios assistenciais no sentido de dar condições específicas a uma parcela da população que é frágil. O hospital é obrigado a atendê-lo e mantê-lo, e ao não ter renda para custear suas despesas, alguém tem que pagar, em princípio esse alguém deveria ser o Estado, que em boa parte não faz. Esse estado de bem-estar social poderia produzir um conjunto de mecanismos que poderia atenuar o efeito das forças produtoras de desigualdade do Capital, um bom empresário é quem almeja o lucro. Ao produzir mais lucro, produz mais emprego, mais renda, mais investimento, mais PIB. No entanto, o bem-estar social não é o objetivo final, então nesse caso teríamos que ter uma ação efetiva de políticas públicas que poderiam assegurar certa base de demandas e pudesse trabalhar com a questão de um capital humano, social no âmbito da saúde. As questões políticas interferem na forma de financiamento da saúde e como esses dois aspectos poderiam trabalhar em sintonia? O sistema de saúde e seu financiamento pode ser pensan-

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

6

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

Valdemir Munchen Professor de Economia da Unijuí do em três dimensões diferentes: uma delas é o acesso ao sistema de saúde, então, quem pode de fato fazer uso do sistema e sob quais condições. Nesse caso temos duas opções: um sistema universal, que é em princípio a leitura da Constituição brasileira, ou um sistema restrito, como é o caso americano, que está repensando agora. O acesso lá não é universal, o Estado não paga. A segunda questão: quem vai prover esse serviço. A saúde é um bem público, e como tal, não deve ser tratado como uma mercadoria qualquer, é diferente de pensar a produção de produtos. No caso da saúde, temos um bem público e como tal deve estar sob a tutela do Estado, então quais são de fato as origens dos prestadores de serviço e nesse caso temos, ou o Estado chama a si a responsabilidade de prover os serviços públicos, ou concede à iniciativa privada, que em princípio precisam ter uma proteção social, no sentido de que por um lado garantir o acesso à saúde conforme a Constituição, tem que conceder uma rentabilidade mínima a essas instituições no sentido de manter um serviço de qualidade por um determinado período de tempo e essa me parece ser a grande questão, se olharmos a priorização e a não-neutralidade dos serviços públicos têm mostrado de certa forma que a política pública direcionada à saída não é o centro do debate. Como a questão de financiamento da saúde, visando um serviço de qualidade e que possa suprir a demanda, poderia ser solucionada? Dados comparativos com outras economias, verifica-se que em países desenvolvidos em que a prestação de serviço é qualificada, o aporte de recursos públicos para financiar a totalidade da saúde no mínimo em torno de 70%. Na Dinamarca, por exemplo, esse índice é de 84%, o mesmo se repete na Noruega. Já no EUA, por uma opção diferente onde o acesso não é universal, 56% de recursos privados e 44% público. No entanto, no Brasil, onde o acesso é universal e irrestrito, o quadro também é diferente, uma vez que 47% dos recursos são públicos, e 53% são privados. Então, apesar de termos um preceito constitucional, temos a disponibilização de recursos públicos para financiar a saúde em um percentual menor do que deveríamos ter, com um agravante, o Estado sistematicamente não cumpre sua obrigação de repassar nos prazos estabelecidos ou de manter o valor de mercado atualizado, então são vários anos sem atualização.

Representantes Comerciais: Grupo de Diários

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

www.jmijui.com.br

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

7

RODA DE AMAMENTAÇÃO

Profissionais reúnem mães no câmpus

A amamentação, de tão importante, tem até semana especial no calendário: o Ministério da Saúde e a Organização Mundial de Saúde (OMS) promovem do dia 1º ao dia 7 de agosto a Semana Mundial da Amamentação, lembrando o quanto o leite materno pode fazer diferença na vida da criança, estimulando as mães a praticarem esse gesto de amor e esclarecendo as principais dúvidas sobre o tema. O curso de Nutrição e o projeto de extensão universitária Cuidado Integral à Saúde da Unijuí promovem no dia 7 de agosto, às 15h, uma Roda de Amamentação, em frente à Biblioteca Universitária Mario Osório Marques. A atividade é destinada às mães que estão amamentando, que já amamentaram e desejam compartilhar suas experiências, às futuras mães e também aos pais e familiares que acompanham as mulheres neste processo. Uma das professoras do Projeto de Extensão, Arlete Roman, lembra que o espaço do campus é bastante visitado aos domingos e que a universidade está de portas abertas para esta iniciativa que apoia e incentiva a amamentação. “Com isso nós queremos oportunizar às mulheres que estão amamentando e aos seus familiares, que possam estar reunidos,

trocando ideias, comemorando e fazendo desse momento uma troca de experiência positiva. Também queremos que a sociedade em geral nos ajude a enxergar a amamentação como uma questão fundamental e importante nesse período da vida”, resume. O encontro acontece na Semana Mundial de Amamentação, promovida de 1º a 7 de agosto pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que tem como tema este ano, Presente Saudável, Futuro Sustentável. Lembrando que vale todos os tipos de amamentação. “Lembrar que esta roda, este espaço de amamentação é para todas as formas de amamentação, não só a natural. Venham mamadeiras, mamães e bebês”, convida a professora Arlete Roman. "Estamos nos inserindo nas comemorações que o mundo todo organiza na primeira semana de agosto que aborda e estimula o aleitamento materno. Neste ano optamos por desenvolver uma das atividades e a ideia é que possamos nos encontrar, nós os profissionais da saúde, as mães que estão grávidas, que estão amamentando, para trocar experiências. É um momento extremamente importante na vida da mulher, e obviamente na vida da criança, especialmente pelos benefícios que o aleitamento materno traz

para a saúde da criança, seja no período da amamentação, seja ao longo da vida.", explica a professora do curso de Nutrição, Maristela Borin Busnello. A ação tem o apoio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio dos profissionais do Núcleo de Nutrição e Cuidado Materno Infantil, e do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), por meio do Banco de Leite Humano. No encontro também será desmitificado o machismo que existe em torno do ato de amamentar em público, partindo do exemplo da deputada estadual Manuela D'Ávila (PCdoB), que teve uma foto em que aparece amamentando sua filha, Laura, de 11 meses, viralizada na internet. A imagem foi feita há cerca de um mês na Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do RS. "Foi um ato encorajador para as demais mulheres, provocou muitas reflexões e a gente também quer fazer isso: provocar a reflexão a respeito do aleitamento materno, que é um ato fundamental na vida das crianças e da sociedade de modo geral, porque os estudos mostram que ter sido amamentado de forma adequada pelo tempo correto é fundamental para promover a saúde no restante de vida, tendo a redução de um conjunto de doenças", afirma Maristela.

Mapear portadores de hepatites é desafio O Ministério da Saúde anunciou na quinta-feira a compra de 35 mil medicamentos contra hepatite C, mesmo dia em foi celebrado o Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais. A hepatite é uma inflamação do fígado e nem sempre apresenta sintomas. Muitas pessoas só percebem que estão doentes (principalmente dos tipos B e C) quando as manifestações já são graves, como cirrose ou câncer de fígado. Esses pacientes levam anos para descobrir que estão infectados, e até lá, podem contaminar outras pessoas, já que se trata de doença sexualmente transmissível (DST). Realizar o diagnóstico precoce é um dos principais determinantes para evitar a transmissão ou a progressão das hepatites e suas consequências. Os testes para a doença estão disponíveis em toda a rede do Sistema Único de Saúde. No Brasil, enquanto a hepatite B é mais frequente na faixa etária de 20 a 49 anos, a hepatite C acomete mais pessoas entre 30 e 59 anos. A maioria dessas pessoas desconhece sua condição sorológica. No caso da hepatite C, por exemplo, há pessoas que fizeram transfusão de sangue antes de 1993 (quando não havia teste para diagnosticar a doença) ou que utilizaram seringas não esterilizadas que podem estar infectadas pelo vírus sem saberem.

O Brasil estabeleceu como objetivo atingir cobertura vacinal superior a 90% e identificar os quase 2 milhões de brasileiros que o Ministério da Saúde estima que estejam infectados pelos vírus B e C. Porém, os últimos dados gerais sobre hepatites no Brasil disponíveis são de 2011: em dois anos haviam sido notificados 343.853 casos da doença (dos tipos A, B, C, D e E), com média

de 40 mil novos casos/ano. A pasta informou apenas que, na faixa etária até 15 anos, constatou-se uma redução de 46,2% nos casos de hepatite B: em 2005, eram 594 casos e em 2014 foi de 320. Segundo dados de 2013, o Brasil notificou 17.814 casos de hepatite B. Já no Rio Grande do Sul, em 2015, foram confirmados 1.797 casos de hepatite B e 2.881 casos do tipo C.

Recentemente, Manuela teve uma foto em que aparece amamentando a filha Laura durante sessão na AL

Casa Ama realiza trabalho de apoio em saúde mental A rede de saúde mental pode ser constituída por vários dispositivos assistenciais que possibilitem a atenção psicossocial aos pacientes com transtornos mentais, segundo critérios populacionais e demandas dos municípios. Esta rede pode contar com ações de saúde mental na atenção básica, Centros de Atenção Psicossocial (Caps), serviços residenciais terapêuticos (SRT), leitos em hospitais gerais, ambulatórios, bem como com o Programa de Volta para Casa. Ela deve funcionar de forma articulada, tendo os Caps como serviços estratégicos na organização de sua porta de entrada e de sua regulação. No entanto, outros serviços nos municípios servem de apoio para o trabalho realizado pela rede de saúde mental. AAssociação da Saúde Mental de Ijuí (Assami), em atuação desde 2008, é formada por usuários, familiares e profissionais, e tem a tarefa, além de apoiar os lares e famílias em relação à saúde mental, de contribuir para que a sociedade tenha mais conhecimento e menos preconceito com o tema. “O objetivo é apoiar os usuários e também que a comunidade se envolva e possa fazer sua parte em relação à saúde mental. Além disso, a Assami trabalha

em conjunto com os serviços, e não substituir a rede pública de saúde mental. O SUS vem em um processo de crescimento em relação a forma de atendimento mais humanizado quando se propõe que em cada Município haja acolhimento para famílias, cuidadores e pessoas que tenham problema de drogadição, de depressão, autista, Alzheimer”, explica a coordenadora da Casa Ama, Lucia Otonelli Crescente. A Casa Ama foi criada em 2009, com o objetivo de ser uma incubadora dessa tecnologia de fazer junto. Ela destaca que a entidade vive um importante momento, já que viabilizará a ida da presidente da Assami, Sirlei Fátima Gomes, à Província de Trento, na Itália, no dia 13 de agosto, com o objetivo de trocar experiências uma vez que o trabalho em saúde mental desenvolvimento naquela comunidade está avançado. O recurso para este intercâmbio é oriundo do Lions Club Ijuí. “Consideramos nossa entidade mãe, que foi quem nos acolheu no primeiro momento, quando iniciamos as discussões, antes de poder estruturar a Casa Ama, fez o jantar de massas e deu o recurso, na época R$ 2,5 mil, para começarmos nosso trabalho”, registra Lúcia.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

MULHERES NA POLÍTICA

Faltam dispositivos para percentual mínimo Pela atual legislação eleitoral, os partidos são obrigados a apresentar 30% de candidaturas femininas, mas é comum a siglas lançarem mulheres apenas para garantir o cumprimento da lei, sem o real compromisso em elegê-las. Para discutir como ampliar essa participação, a Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo promoveu na última semana um encontro nacional de movimentos sociais, realizado na capital paulista, reunindo candidatas, especialistas jurídicas, entidades feministas e movimentos sociais. Carmem Cecília Amaral, do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, afirma que faltam dispositivos legais para punir os partidos que não cumpram o percentual mínimo, e além do aumento na reserva das candidaturas, ela sugere também a adoção de cotas para as mulheres em todas as esferas do

Poder Legislativo, que inclui o Congresso Nacional, as assembleias legislativas estaduais e as câmaras municipais. “Cada partido tem que apresentar, não apenas uma cota de 30%, mas 50% de candidatas e propomos também cota de vagas nas casas legislativas”, diz ela. “Machismo é uma coisa antiga, ultrapassada, ruim e pouco democrática. Portanto, se esse machismo é um entrave para a igualdade da cidadania na política, então, é algo que deve ser combatido”, afirma o procurador regional eleitoral Luiz Carlos dos Santos Gonçalves. A Rede Feminista de Juristas anunciou que vai criar campanha para denunciar partidos que não são amigos das mulheres, que fraudam ou deixam de cumprir os critérios de representação definidos. Para contemplar a diversida-

Mulheres ainda são minoria na política Em escala global, regional e local, a liderança das mulheres e sua participação política estão aumentando, porém, em números menores em relação à inserção dos homens no universo político. As mulheres, na maioria das vezes, são representadas como eleitoras e não como pessoas que podem ter - e têm - a mesma capacidade de liderar e opinar ativamente, que os homens. Segundo a vereadora Helena Stumm Marder (PDT), que em sua primeira legislatura, como suplente, assumiu a cadeira sendo a única mulher entre os 20 parlamentares da época, a mulher precisa ter essa visão de líder, para que consiga de alguma forma entrar na política. "Quando eu entrei era a primeira mulher, porém, mesmo assim eu nunca sofri nenhum tipo de preconceito ou problema com os meus colegas, ao contrário, sempre me trataram bem. A única mudança que eu percebi foi em relação ao linguajar dos colegas, que mudaram sua forma de falar após a entrada de uma mulher na Câmara", explica. As mulheres enfrentam dois tipos de obstáculos à participação na vida política. Os obstáculos estruturais, por meio de leis e instituições discriminatórias, ainda limitam as opções das mulheres de votar ou concorrer a um cargo. Em linhas gerais, o imaginário determina lacunas de capacidade que significam que as

cmyk

Helena Stumm Marder

mulheres são menos prováveis do que homens de ter a educação, os contatos e os recursos necessários para se tornarem líderes eficazes. Após quatro mandatos, a vereadora afirma que percebe a importância de haver esse maior interesse e participação das mulheres no ambiente político. "Acho importante que mais mulheres se interessem em entrar para política, pois hoje somos somente três mulheres no Legislativo aqui em Ijuí, e precisamos, em conjunto, pensar em trazer esse olhar mais de empoderamento para dentro do nosso parlamento", finaliza.

de racial e social, a procuradora municipal Patrícia Mannaro propõe cotas específicas dentro da cota feminina. “Mulheres brancas, mulheres negras, mulheres orientais e mulheres LGBTs. Acreditamos que é necessário cotas sobre cotas para que todas as mulheres possam ter representatividade e visibilidade dentro da política”, defende. Única transexual presente no evento, a professora e précandidata à vereadora Luiza Coppiters também ressalta a importância da diversidade na luta por representação das mulheres. “No caso das mulheres que estão no poder, elas têm também que dar voz para outras mulheres que não são apenas advogadas, juristas, mas de movimentos sociais, que conhecem o dia a dia das mulheres, que são excluídas da sociedade, que sofrem violência.”

8

Rosane atribui espaço a uma cultura patriarcal Apesar de o Brasil ter sido um país governado pela primeira vez por uma mulher, o espaço político nacional ainda é um território a ser conquistado pelo sexo feminino. Ao longo de décadas, as mulheres estão vencendo batalhas na busca pela igualdade na representação política. A caminhada feminina nesse percurso vem se acelerando. "Ao longo da história temos um espaço curto que a mulher conseguiu dar a sua opinião política, então para chegar até ela ser visibilizada como uma alternativa política, de poder, acho que de fato ainda é um espaço curto, por conta disso ainda temos tão poucas mulheres nos espaços de poder, seja no Executivo ou Legislativo", opina a vereadora Rosane Simon (PCdoB). Além disso, ela destaca que as mulheres ocupam menor espaço também em outras organizações sociais de poder, como em igrejas, associações de bairros, sindicatos, em relação aos homens. "Penso que isso se deve a toda essa caminhada de uma cultura patriarcal, onde o homem era, e sempre foi, o centro das decisões e quem comandou todas as estruturas nos períodos mais recentes da civilização",

Rosane Simon

explica Rosane. Por outro lado, ela disse ter observado uma ampliação do espaço utilizado pelas mulheres no parlamento. "Mas, ainda temos uma caminhada muito grande e em todos os momentos que pudermos derrubar essa cultura de que a mulher só tem capacidade para estar em determinados espaços, nós homens e mulheres, temos que nos valer deles", sugere a vereadora.

Partidos ainda pressionam mulheres A escassa participação das mulheres nos parlamentos e nos executivos tem uma forte ligação com o pensamento conservador, patriarcal e machista que se perpetua na sociedade brasileira. Esta é a opinião da vereadora Rosana Tenroller (PT). Para ela, a sociedade avançou no sentido tecnológico, e hoje as mulheres ocupam postos de trabalho e estudam, mas continuam sendo as responsáveis pela limpeza da casa, cuidado dos filhos, lavando, passando e cozinhando, enquanto ao homem é reservado o dever de trabalhar fora e raramente compartilhar das tarefas domésticas, e quando o fazem limitam-se a uma função exclusiva. “Daí eu pergunto, para quem sobra mais tempo e vontade para fazer política? Para a mulher, que horas? Então é muito desigual este espaço de participação. Temos que trabalhar isto nas famílias, nas escolas, na sociedade, e lógico, nos partidos políticos, que são espaços de debate ideológico, mas nem sempre consideram importantes ou proporcionam os espaços e instrumentos adequados para a participação e empoderamento das mulheres. Caso não fosse assim, se esta não fosse uma realidade, os partidos em cada véspera de eleição estariam mais tranquilos para preencher a Lei de cotas de 30% e não teríamos tantas mulheres sofrendo assédio para colocarem seus nomes à disposição para desesperadamente

fechar as vagas”, critica Rosana. Para exemplificar as contradições de sociedade democrática, cita o fato de ter sido eleita para seu segundo mandato, pelo voto popular e democrático a primeira mulher presidenta do Brasil, o avanço em políticas públicas importantes, como a Lei Maria da Penha que está completando 10 anos, a Lei do Feminicídio que promoveu uma mudança no código penal, entre outros programas sociais que colocaram as mulheres como protagonistas na sociedade. “Infelizmente "assistimos" perplexos um golpe parlamentar/ midiático derrubar a presidente Dilma Rousseff, e com isto a extinção da Secretaria Nacional de Política para Mulheres e todas as políticas públicas de gênero que estavam sendo gestadas e aplicadas há anos para o combate a desigualdade de gênero e empoderamento das mulheres”, lamenta a vereadora. Por outro lado, ela lembra que são no Congresso Nacional que são elaboradas as leis que regem a sociedade brasileira. “Um Congresso conservador, com perfil majoritário de homens brancos divididos entre as chamadas/apelidadas bancadas da Bíblia, da Bala e do Boi. Como esperar que de lá saiam leis que ajudem na emancipação e empoderamento das mulheres?”, questiona Rosana. A parlamentar destaca que estas mesmas dificuldades são encontradas em nível municipal. “Falta

Rosana Tenroller

estímulo, debate, espaço, temos muito para avançar. Mas aos poucos caminhamos, temos muitas coisas importantes, muitos espaços e políticas públicas pensadas e operacionalizadas pelas mulheres. Mas nós mulheres somos teimosas, somos de luta, e honramos a memória de muitas mulheres que antes de nós deram a vida para que pudéssemos livremente expressar nossa opinião, continuaremos lutando por uma sociedade justa e igualitária, sem preconceitos de qualquer natureza. Seguiremos em marcha até que sejamos totalmente livres", afirma a vereadora, que também é defensora dos direitos das mulheres.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

MULHERES NA POLÍTICA

Participação feminina é muito importante Para a presidente do PMDB Mulher no RS e 1ª Vice Presidenta Nacional, Regina Perondi, a falta de representantes do sexo feminino é um reflexo da conjuntura interna dos partidos. “Considero muito difícil a tarefa de encontrar candidatas porque o partido não se lembra de considerar mulheres como possíveis candidatas. É uma luta cultural muito forte entre os líderes partidários e entre as próprias mulheres para indicarem outras mulheres com potencial político”, afirma Regina Perondi, frisando que “o reconhecimento da necessidade de mais mulheres na política cresce cada vez mais na sociedade, mas isso não se reflete internamente nos partidos”. Regina destaca que as mulheres têm dificuldades dentro da política, mas que não as impedem de avançar. Ela defende na

importância das mulheres participarem da política porque elas possuem uma visão diferenciada, e que a elas compete um papel de articulação, essencial dentro da sociedade e no ambiente público. “Nossa pauta se ocupa, de forma sistemática, do incentivo à participação feminina na política, visando equalizar a representação de gênero no partido, nos governos, nas Câmaras de Vereadores, na Assembleia Legislativa e no Congresso Nacional”. "Precisamos de mais mulheres defendendo as nossas bandeiras e lutando pelos nossos direitos. Defendemos o programa Mulher em Ação, com o objetivo de fortalecer a nossa luta pelo Empoderamento e pela maior representação da mulher na política. As nossas bandeiras que são saúde integral das mulheres, combate à violência, equipari-

Regina Perondi

dade no mercado de trabalho e maior participação da mulher na política, deve ser debatida por todas as mulheres.

9

Números são para preencher a cota Cada vez mais as mulheres estão tendo espaço em diferentes áreas da sociedade, seja na educação, direito ou política, seja por meio do voto ou como ocupantes de cargos. Mesmo que ainda tímida, a presença cada vez maior de candidatas é algo fundamental para o fortalecimento da democracia no País. Para a representante do Fórum Permanente da Mulher e advogada, Adriane Hanke, mesmo com um percentual destinado para que as mulheres ocupem cargos políticos, os números ainda são para preencher a cota, "não de mulheres que estão efetivamente ativas nessa função", defende. Para ela, fator histórico é determinante para a ocupação das mulheres na política. "O espaço sempre foi ocupado pelos homens, então as mulheres não tinham esse espaço de participação, eram os homens que tinham a função de se apresentar e para as mulheres acabava não restando a posição de comando". A ideia de todo esse movimento não é assumir o lugar dos homens e, sim, mostrar que as mulheres tem voz e capacidade

Adriane Hanke

de contribuir no desenvolvimento social, humano e, porque não, político do País. "Ter essa participação é importante até para se ter um outro olhar da política, nós somos mais de 50% da população e ainda não ocupamos parte desse percentual. Por isso, é fundamental que as mulheres também se apresentem, que as mulheres e os partidos encorajem, incentivem e apoiem a participação da mulher", acrescenta.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

10

AJURICABA

Comunidade do interior recebe obras de melhorias

Em Ajuricaba, uma das demandas que a comunidade busca, é a melhoria nas estradas do interior. Com mais de 1,3 quilômetros de estradas no interior, para isso, segundo o secretário de Obras e Serviços Urbanos e Rurais de Ajuricaba, Jorge Rocha, são desenvolvidas constantes ações de manutenção das vias. Ele defende que, por serem vias que utilizadas por máquinas pesadas, colheitadeiras e caminhões, as estradas estão conservadas e conseguem atender a demanda da comunidade. "Temos a ligação de Ajuricaba para Nova Ramada, na Linha 10, que possui um fluxo de veículos muito grande, essa via queremos concluir ainda", destaca. Outros locais que devem receber manutenção são a Linha 15, "onde falta alguma coisa", e na Linha 17. Segundo o secretário, as vias que ligam as comunidades do interior recebem manutenção constante com cascalho e rolo compactador.

Estradas recebem manutenção constante para atender a demanda da comunidade

Para desenvolver as ações, ele defende que a prefeitura possui um parque de máquinas completo e em condições.

"Estamos com o parque completo, se o tempo colabora e nos deixa trabalhar, o serviço anda muito bem".

Partido define candidatos a eleições municipais No início dessa semana, o Partido Democrático Trabalhista (PDT) de Coronel Barros realizou a convenção para definir quem devem ser os candidatos que concorrem às eleições municipais em outubro, para os cargos de prefeito, vice e vereadores. De acordo com o líder do partido, Valdir Benemann, o PDT concorre em chapa única e em busca da reeleição o candidato a prefeito, Senio Reinoldo Kirst e a vice, Alceu Reinoldo Uecker. Segundo o presidente, a expectativa para a eleição é positiva. "Desde que o

município foi emancipado, já tivemos cinco eleições, dessas perdemos três e vencemos duas", comemora. Já para vereador, o partido definiu os nomes de Adir Hanke; Carla Franciele Tasso de Mello; Douglas Vinicios Lima dos Anjos; Ernani Steinke;Evoli Carnelute da Veiga; Ivanir de Fátima Strohhecker dos Santos; Lorinda de Conto; Lucas Jair Wottrich; Marcelo Juliano Treter; Marcos Rogério da Silva; Marli Zwick; Roque Antonio Mathioni; Sidonia Maria Rauber Figueiró e Silvia Inês Berno Steinke. Dos candidatos, cinco concorrem à

reeleição e outros nove buscam o primeiro mandato. "Esperamos poder eleger o mínimo de seis vereadores, onde nós também conseguimos colocar em 2012, com a coligação daquela eleição. Com isso tivemos um bom apoio em projetos encaminhados, facilitando o trabalho do poder Executivo". Para Benemann, as perspectivas para as eleições são boas. "Esperamos que a comunidade reeleja o nosso candidato e também possamos colocar a maioria na Câmara de Vereadores", completa o representante do partido.

Transportadores recebem orientações na região Na última quinta-feira, o Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística de Santa Rosa realizou uma ação educativa aos motoristas. A ideia, segundo o Sindicato, foi orientar os profissionais sobre a importância de se realizar o recadastramento do Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas, da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). De acordo com a entidade, em todo o Estado, existem mais de 270 mil caminhões em circulação e, destes, apenas 25% realizou o recadastramento obrigatório. Na região de Santa Rosa, 35% da frota está recadastrada. Se o veículo for abordado por fiscais da ANTT, podem receber multas de até R$5 mil. Transportadores com veículos com placas de final 6, tem até o dia 3 de agosto para encaminhar o documento. Para veículos com placas de final entre 1 e 5, o prazo já venceu. O presidente do sindicato, Clóvis Schneider, destaca que transportadores têm pagado caro para que terceiros façam o encaminhamento. “Além de pagar mais do que se o recadastramento fosse feito em um

cmyk

Ação educativa ocorreu na última quinta-feira e abordou transportadores da região

posto credenciado, o transportador não tem certeza de que o procedimento ocorreu de forma segura”. Conforme informações da ANTT, o registro será realizado em três etapas: cadastro e renovação de informações em ponto de

atendimento credenciado; identificação visual dos veículos (adesivo); identificação eletrônica dos veículos (TAG).Na primeira etapa, o transportador deverá comparecer a um ponto de atendimento indicado pela entidade conveniada com a ANTT.

Nilton Kasctin dos Santos Promotor de Justiça

Cadê o dinheiro da soja? Nunca na história do Brasil houve safras agrícolas tão grandes como nos últimos dois anos. E jamais uma saca de soja valeu tanto. Mas também nunca o Brasil esteve tão mal de dinheiro. No Rio Grande do Sul, berço mundial da soja, não há dinheiro para nada. Não estou falando de dinheiro para arrumar estradas e dar aumento aos professores. Não. Estou falando que não há dinheiro nem para comprar papel higiênico para as escolas. Ouço líderes ruralistas, prefeitos, jornalistas da grande imprensa, políticos abastados e até mesmo um renomado economista (com doutorado e tudo) repetindo os enfadonhos elogios ao agronegócio. Bradam em coro que o tal setor tem “alavancado” a economia gaúcha. Só se for para baixo. Porque até agora não vimos a cor do dinheiro das fartas safras de 2015 e 2016. Apenas uma crise sem precedente. A monocultura agrícola baseada na utilização intensiva de agrotóxicos e nutrientes químicos está causando um grande mal à Nação. Ao povo. Esse sistema de produção está enriquecendo cada vez mais as empresas multinacionais e alguns poucos fazendeiros e empresários nacionais. E empobrecendo como nunca os pequenos agricultores, expulsando o restante deles para as periferias urbanas. Não entendo como as pessoas não percebem o que está ocorrendo em nossa economia. Qual o maior motivo da crise econômica que vivemos. A principal fonte de riqueza do Brasil não é a agricultura? Logo, as safras oceânicas, acompanhadas dos preços de ouro ofertados pela “nossa” soja nos últimos dois anos deveriam resolver de uma vez por todas nossos problemas financeiros. E até os do Mercosul inteiro. É a lógica incontestável. Entretanto, toda a tecnologia empregada na agricultura monocultural é importada. Todos os adubos e micronutrientes químicos são importados. Toda a tecnologia de sementes é importada. Todos os agrotóxicos são importados (e gozam de isenção de IPI, COFINS e ICMS, o que é uma inominável injustiça). Toda a energia (óleo diesel) para mover o maquinário agrícola (também importado) é importada. Por causa disso, o custo de produção de soja por hectare no Brasil varia de 35 a 50 sacas. Quem paga arrendamento de terra, pode adicionar mais 12 sacas de custo. Por hectare! Só que é difícil atingir uma produção média de 50 sacas/ha, mesmo quando as condições climáticas são favoráveis. Então, quem está lucrando com a produção? Com certeza não é o povo brasileiro. Os recordes e mais recordes de safras destinam-se a encher ainda mais o bolso de empresas estrangeiras, incluindo as que compram “nossa” soja em grão. A propósito, nunca exportações de commodities enriqueceram qualquer país do mundo. Ficamos lambendo nossas feridas, como diz Baumann, enquanto levam os frutos da nossa terra. Os brasileiros ficam com as doenças causadas pelos agrotóxicos, a pobreza e a degradação ambiental. Já são 12 milhões de famílias incluídas no Bolsa-família. Significa que mais de 50 milhões de pessoas (um quarto da população) vivem na pobreza extrema. Mesmo por alguns dias do mês, passam fome. Isso é injusto para o povo que mora no “celeiro do mundo”. Ah, mas vai faltar comida, se mudarmos a filosofia de produção agrícola, passando a não mais usar agrotóxicos e outros insumos importados. Esse é um dos muitos mitos perversos que sustentam a situação econômica injusta em que vivemos. Primeiro, porque 40% dos alimentos do mundo vai para o lixo. Segundo, porque a produção que consome a maior parte do volume de agrotóxicos e congêneres é de soja, milho e trigo, que são destinados a alimentar gado, porco e frango confinados em outros países. Esses produtos agrícolas não se destinam a alimentar a população brasileira. Mesmo nosso trigo não serve para pão.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

11

CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

Graduação não terá bolsas de intercâmbio No início dessa semana, os estudantes de graduação foram pegos de surpresa pelo anuncio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) que afirmava que o Programa Ciência sem Fronteiras deixará de fornecer bolsas para estudantes de cursos de graduação. A reformulação pretendida pela Capes é de que o foco do programa seja no ensino de idiomas, no Brasil e exterior, para jovens de baixa renda que cursem o Ensino Médio em escolas públicas. Segundo a Capes, o governo determinou uma minuciosa análise técnica do Ciência sem Fronteiras e identificou a necessidade de aperfeiçoamento do programa, especialmente na graduação. Para o jovem estudante de Ciências Biológicas e Medicina Veterinária, Guilherme Dobler, que participou do Ciência Sem Fronteiras em 2013, quando teve a oportunidade de fazer intercâmbio nos Estados Unidos, o intercâmbio estando freado, deixará de modificar a sociedade com novas ideias que poderiam ser adotadas no Brasil e que já estão implementadas em outros países. "O intercâmbio acadêmico impul-

siona tanto a ciência, como a tecnologia, mas penso que ele, além disso, modifica o pensamento sociológico: quando se vê uma realidade social e histórica formada num diferente âmbito e poder invocar isso para a nossa realidade". Um dos motivos que fez a Capes repensar a oferta de bolsas foi o custo elevado para a graduação sanduíche, cerca de R$ 3,248 bilhões para atender 35 mil bolsistas em 2015. No que se refere a questão acadêmica, a justificativa é de que as instituições de ensino participantes (na graduação) não foram chamadas para desempenhar um papel ativo no processo de mobilidade acadêmica. Guilherme defende, ainda, que com o Ciência sem Fronteiras sofrendo esses cortes, outros programas e benefícios concedidos aos estudantes podem ter alterações. "Como programas de financiamento e bolsas de graduação. Com isso, acredito que se tem um período que se pode colocar a cara na rua, bater panela é agora, porque esses programas estão terminando", ressalta. A Capes diz ainda que, conforme

Escola faz atividades de lazer e aprendizado com crianças Com a proposta de que a Educação Infantil é uma das fases mais importantes no desenvolvimento das crianças, a Escola Casa da Criança promoveu, ontem, uma atividade lúdica ao ar livre. De acordo com a diretora da Escola, Silvia Hering, é a partir do brincar que as crianças desenvolvem as outras áreas do conhecimento."A maioria das crianças que são atendidas pela escola são em turno integral, então precisamos oferecer um ambiente desafiador, agradável e que desafie a aprendizagem das crianças", destaca. Sendo essa proposta, o eixo que norteia as outras atividades. Além das atividades de rotina, a diretora conta que a s professoras plane-

jam as atividades de modo que possam proporcionar a interação, conhecimento e descoberta de sensações."Procuramos aproveitar bem o espaço que temos". Ao todo, são 81 crianças, de 0 a 3 anos, atendidas na escola, em turno integral e parcial. As turmas são divididas em quatro turmas, bercário 1, 2, maternal 1 e 2. Para atender a demanda da Escola, são 26 profissionais, divididos em 11 professores, 13 auxiliares e quatro serviçais. "Acreditamos que a interação entre as turmas, de crianças de diferentes idades, é muito importante. Temos ações que ocorrem no pátio, nas salas, quando um visita a sala do outro", comenta.

previsão inicial, o Ciência sem Fronteiras teve a concessão de bolsas finalizada em 2014, e que a atual gestão do Ministério da Educação incrementou o orçamento do programa para garantir a continuidade dos pagamentos das bolsas já concedidas. Os últimos estudantes selecionados pelo programa devem concluir suas atividades até o começo de 2017. Em relação às bolsas para pós-graduação, a coordenação informa que “estas permanecem e, dentro do limite financeiro disponível, poderão até ser ampliadas”. O Ciência sem Fronteiras foi lançado em 2011 com a meta de conceder inicialmente 101 mil bolsas. As bolsas são voltadas para as áreas de ciências exatas, matemática, química e biologia, engenharias, áreas tecnológicas e de saúde. Para Guilherme o principal conceito que ele trouxe do intercâmbio foi a diversificação científica e tecnológica, no desenvolvimento inovador na sociedade. "Ver outras formas de desenvolvimento desses métodos impulsiona a criatividade e aguça a mudança dentro da sociedade em se está inserido".

Guilherme Dobler

Ijuí atende metas do Plano Nacional de Educação Dois anos depois da implementação do Plano Nacional de Educação (PNE) duas metas fundamentais, uma que se refere a universalização da população de 15 a 17 na escola e outra que defende o acesso de 100% das crianças de 4-5 na pré-escola não devem ser cumpridas até o fim de 2016. Os dados são de uma pesquisa elaborada por representantes da Associação dos Tribunais de Contas (Atricon) e do Instituto Rui Barbosa (IRB). No que se refere a meta 1, que prevê a universalização da Educação Infantil até este ano de 2016, colocando 100% das crianças de 4 e 5 anos de idade em escolas, além do aumento de vagas em creches, o Estado possui mais de 52 mil crianças fora da escola, o que equivale a 19,9% dessa população etária. Em Ijuí, a realidade é diferente, segundo o secretário Municipal de Educação (Smed), Eleandro Lizot. “Pelo levantamento que a Secretaria tem feito, todas as crianças que foram procurar a

escola, foram atendidas. Seja em escola municipal, estadual ou privada”. Ele explica que o levantamento aponta ainda, que hoje, na rede de ensino a capacidade instalada, por meio dessa união das redes, há condições de atender a demanda das crianças de 4- 5 anos na pré-escola. “Tanto é que temos turmas que possuem dez crianças, o que significa que ainda teriam vagas disponíveis. “A princípio, todas as crianças nessa idade, que procuraram matrículas, foram atendidas e temos vagas disponíveis para atender todas as crianças de 4-5 anos graças à parceria com Estado e rede privada”, defende. Para as crianças em idade pré-escolar, a falta de vagas nas redes ainda parece um problema de difícil solução. Embora a maior parte do país tenha avançado, desde 2009, rumo à universalização, o estudo da Atricon e do IRB mostra que, no período anterior, entre 2004 e 2009, o ritmo do avanço foi maior em 19 estados e no Distrito Federal.

Escolas públicas retomam aulas na próxima segunda-feira

Entre contação de histórias e brincadeiras, as crianças são estimuladas ao aprendizado

Depois de pouco mais de uma semana de recesso, os alunos das escolas públicas municipais e estaduais, tanto Fundamental como Médio, retomam as atividades letivas. Nas escolas estaduais, algumas escolas que sofreram com a greve e paralisações no primeiro semestre irão recuperar os dias letivos ou a carga horária de professores. Para isso foram adotados critérios como a recuperação de dias letivos em sábado. No caso de carga horária, no

turno inverso. Segundo a Coordenadoria de Educação (CRE), ainda foi estabelecida a primeira semana de janeiro, até o dia 6, se for preciso recuperar aulas. As alterações no calendário letivo só foram aplicadas após a aprovação do Conselho Escolar, formado por pais, professores e funcionários. Neste segundo semestre retornam às aulas mais de oito mil alunos, em 44 escolas públicas do Município e do Estado.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

COMUID

Comissão atua na prevenção às drogas O Conselho Municipal de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas (Comuid) foi criado pela Lei Municipal nº 4.149 de 21 de agosto de 2003, conjuntamente com a criação do Funpruid (Fundo de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas). À entidade cabe atuar como coordenador das atividades de todas as instituições e entidades municipais, responsáveis pelo desenvolvimento das ações objetos desta Lei, assim como dos movimentos comunitários organizados e das representações das instituições governamentais existentes no município. Visando melhorias em relação ao Comuid, aconteceu na OAB, na última terça-feira, uma reunião onde foram empossados os novos conselheiros, e eleita a nova diretoria. A advogada Luana Borchardt, que representa a 23ª Subseção da OAB junto ao Comuid, foi conduzida à posição de coordenadora do conselho. Sobre mudanças, a advogada ressalta que existem grandes desafios pela frente. "Temos vários desafios, o primeiro é reogarnizar e reestruturar a questão da legislação do Comuid, que foi

cmyk

instituido por uma lei municipal, de 2003. Em razão desse tempo, se percebe a necessidade de fazer um estudo dessa legislação e do regimento interno, para fazermos adequações", explica. A comissão empossada tem como presidente: Luana Borchardt (OAB/Ijuí); vice-Presidente: Andressa Krammer Sicorra (Susepe); 1ª Secretária: Amália Pasche (Unijuí); 2ª Secretária: Elaine Gabriel (Sec. Mun. Educação). Sobre a comissão, Luana acrescenta que tem como maior objetivo inicial a realização de encontros, para levantar os temas à serem levados nas reuniões ordinárias do Comuid. Atualmente o Comuid conta com 18 entidades, onde 9 são governamentais e 9 são nãogovernamentais. "Temos essas entidades, porém, precisamos fazer essa reestruturação também para discutir sobre a participação de cada uma delas no âmbito do conselho. Nós verificamos que nem sempre as entidades conseguem se fazer presentes e existem entidades que querem trabalhar, e nós precisamos oferecer esse espaço", comenta. Sobre os trabalhos desenvol-

Luana Borchardt

vidos pelo Comuis, a advogada ressalta o trabalho principal de prevenção e fiscalização. "O conselho tem a função de orientação às entidades que trabalham na questão de prevenção ao uso de drogas e de fiscalização. As comunidades terapêuticas que demandam de certidões de regularidade, devem se reportar ao Comuid, que faz a verificação em loco do estabelecimento, verificando a legalidade", finaliza.

12

Corede debate ações do Plano Estratégico Na primeira etapa da assembleia foram aprovados os projetos votados e que venceram o processo da Consulta Popular 2016. Os investimentos devem ser destinados ao Hospital Bom Pastor e HCI de Ijuí e para o Hospital de Panambi, projetos de agroindústrias e pecuárias de leite e a aprovação do programa redes de cooperação. “A partir de agora, o Corede encaminha essas propostas à Secretaria de Planejamento e os municípios e hospitais iniciam a elaboração dos projetos para encaminharmos ao governo do Estado". Para que as ações aprovadas na Consulta Popular possam ser destinadas às entidades, o Corede deve encaminhar os projetos até o dia 15 de agosto e, até outubro, os municípios devem encaminhadas suas propostas. Ainda, durante o encontro, o grupo debateu os sete eixos temáticos que contemplam a atualização do Plano Estratégico de Desenvolvimento Participativo. Na área de educação, "focando na formação continuada de professores, com ações voltadas às necessidades especiais de alunos, rever a problemática de inclusão social e trabalhar o ponto de vista científico", destaca o coordenador do Corede-Norc, Nelson Thesing.

Outro tema abordado foi a questão de Ijuí ser referência em saúde. Nesse sentido, ele defende que existe uma dificuldade na rede de gestão de informação das unidades de saúde, "busca desta gestão é um desafio, bem como a efetivação do SUS". No eixo da inclusão social foi debatida a instalação de um centro de atendimento de idosos e para pessoas que têm necessidades especiais, além de ações de inclusão de jovens e adultos em diferentes setores. No campo da agricultura, a região como produtora de leite foi destaque. Formação da bacia leiteira com custos baixos e a produção em grande escala com alta qualidade. No setor de segurança, segundo defende o coordenador, há uma necessidade para que o quadro de servidores de segurança esteja completo, além da necessidade de uma frota melhor e infraestrutura de apoio. Para as questões da indústria, comércio e serviços, devem ser desenvolvidas ações que deem visibilidade à região. O último item se refere a infraestrutura e gestão pública, "onde entendemos que a rede trifásica é um desafio no interior, temos um município que não possui asfalto e trabalha, fundamentalmente, a questão da gestão pública", acrescenta.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

13

SETOR PRODUTIVO

CNA pede que Temer priorize infraestrutura O vice-presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), José Mário Schreiner, afirmou nesta semana que a entidade pediu ao presidente da República em exercício, Michel Temer, durante encontro no Palácio do Planalto, que o País invista mais na infraestrutura para baratear os custos que os produtores têm com o escoamento da produção. Schreiner afirmou que, atualmente, o produtor brasileiro gasta, em média US$ 80 para escoar a produção, enquanto um produtor dos Estados Unidos gasta US$ 16. Segundo o dirigente da CNA, este fato resulta na perda de competitividade dos produtos brasileiros. "Dentro da porteira, o produtor rural do Brasil tem batido vários recordes, tem sido eficiente, mas, ao sair da porteira, tem dificuldades com o custo do escoamento da produção, porque

faltam investimentos maiores em rodovias, ferrovias e portos. Enfim, são detalhes que atrasam o desenvolvimento maior da agricultura", disse Schreiner a jornalistas ao deixar o Palácio do Planalto. Segundo o vice-presidente da confederação, a CNA sabe que a infraestrutura do país não se resolverá "do dia para a noite". "É claro que investimentos têm sido feitos, mas são tímidos perante a necessidade que o País tem", acrescentou. Schreiner disse ainda que, no encontro com Temer, a CNA entregou ao presidente em exercício um documento com dez pontos considerados "fundamentais" pela entidade para o setor agropecuário crescer nos próximos meses e anos. Entre esses pontos, além de defender mais investimentos

em infraestrutura, a CNA pediu "maior segurança jurídica" para os produtores rurais e a elaboração de novas políticas de assistência técnica. A entidade ressaltou ainda, afirmou José Mário Schreiner, a necessidade de criação de uma "política agrícola plurianual", que possa valer por três ou quatro anos - atualmente, o governo lança, uma vez por ano, o Plano Agrícola, com a previsão de recursos para o setor investir na produção. Para a safra 2016/2017, por exemplo, o Executivo anunciou R$ 202,8 bilhões. A reunião do vice-presidente da CNA com o presidente em exercício Michel Temer ocorreu no mesmo dia em que a confederação distribuiu 18,8 toneladas de alimentos na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. O objetivo da ação era bater o recorde do Guinness de

Folador vê recuperação da suinocultura Os preços médios reais do suíno vivo e das carcaças comum e especial em julho são os menores para o período desde 2013 em praticamente todos os Estados pesquisados pelo Cepea. Já as cotações reais do milho e do farelo de soja, principais insumos da atividade, são as maiores desde 2009 e 2011, respectivamente. Assim, suinocultores vêm amargando prejuízos, sem expectativa de melhora no curto prazo. "Passamos por um momento muito difícil. Os períodos de crise têm se tornado mais frequentes nos últimos anos, e neste momento os preços em queda e os custos em alta têm dificultado muito a atividade. Neste ano de 2016 deveremos, inclusive, ter uma baixa de plantéis em função dos prejuízos na atividade", avalia o presidente da Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (Acsurs), Valdecir

Folador. Segundo pesquisadores do Cepea, parte das indústrias tem tentado driblar os altos custos, pressionando as cotações do suíno vivo ou focando em vendas para o mercado externo. Em São Paulo, o preço médio do suíno posto no frigorífico negociado em julho (até o dia 27) foi de R$ 3,48/kg, baixa de 13,6% frente à média de junho. No atacado da Grande São Paulo, as carcaças especial e comum suínas foram negociadas a preços médios de R$ 5,50/kg e de R$ 5,21/kg, nessa ordem, em julho (até o dia 27), recuos de 11,9% e 12,5%, respectivamente. Apesar do cenário, Folador prevê recuperação da suinocultura. "As exportações têm tido excelentes volumes, e há um forte indicativo de que os preços pagos pelo suíno vão reagir, e os insumos vão recuar. Acredito que

Valdecir Folador

no primeiro semestre de 2017 vamos ver essa recuperação", projeta Folador.

Melancias, abacaxis, melões, bananas e laranjas foram distribuídos pela CNA

“maior mostruário de frutas do mundo”. Melancias, abacaxis, bananas e melões foram depositadas em uma mesa de 240 metros de

comprimento no gramado central da Esplanada dos Ministérios. O evento celebrou o Dia do Agricultor. Houve empurra-empurra e correria.

Expointer mostrará novidades em tecnologia A pouco menos de 30 dias do início da Expointer 2016, os preparativos para a realização de uma das maiores feiras agropecuárias da América Latina se intensificam. Será a 39ª edição da mostra, que ocorre entre 27 de agosto e 4 de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, reunindo o melhor da genética, além de trazer novidades no maquinário e nas tecnologias para o produtor rural. O lançamento está marcado para 4 de agosto, às 9h30, no Parque Assis Brasil. Tradicionalmente são mais de 500 atrações simultâneas no parque, em atividades que incluem exposições de animais, palestras, julgamentos, leilões e a final do Freio de Ouro. Um dos destaques da Expointer, a Feira da Agricultura Familiar alcançou no

ano passado a comercialização de R$ 2,2 milhões, um incremento de 12% em relação à edição anterior. Em 2015, as vendas de animais foram da ordem de R$ 15,3 milhões, com aumento de 23%. O volume de negócios atingiu em R$ 1,7 bilhão. Uma das inovações para a Expointer do ano passado estará mais uma vez disponível aos visitantes. O aplicativo para smartphones uma experiência diferenciada aos visitantes - virá com novidades e vai permitir aos frequentadores saber o que estará ocorrendo nos nove dias da feira. Quem for visitar o Parque de Exposições neste ano também verá uma série de obras novas, entre elas um lavadouro de equinos e a remodelação do pavilhão do gado leiteiro.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Justiça observa negociações políticas Há pelo menos seis meses, o Grupo JM, assim como os demais veículos de imprensa, vem noticiando as negociações políticas para a composição de chapas nas eleições municipais deste ano. Os acordos entre os partidos vêm sendo discutidos há mais tempo. Pelo modelo de administração pública em todas as esferas de poder no País, a divisão de cargos é, invariavelmente, um dos pontos mais visados destas negociações. Em entrevista ontem, o juiz eleitoral em Ijuí, Eduardo Giovelli, abordou o tema. Segundo ele, ainda não há qualquer questão jurídica sobre as negociações de cargos nas conversações entre os partidos, mas que a Justiça está atenta à questão. "Eu diria que lotear cargos em troca de apoio é algo controvertido. Sabemos que faz parte do jogo político, é uma situação que não é isolada, pelo que temos visto através da imprensa. Mas claro que sempre é possível de o Ministério Público Eleitoral ou alguma agremiação partidária se insurgir contra essa situação. A partir daí temos que ver qual encaminhamento será dado, se houver alguma impugnação nes-

te sentido. Em tese, não é algo que acontece só aqui em Ijuí, e o que se pode dizer é que nas convenções partidárias nunca há documentação de eventual distribuição de cargos, pois isso sim seria vedado. É algo que acaba ficando somente em conversas internas, então é uma situação posterior que terá que ser analisada, dependendo de alguma denúncia", pontuou o juiz. Eduardo Giovelli voltou a falar sobre o perigo do excesso de judicialização nas eleições deste ano, em função das novas regras e prazos estabelecidos. "Especialmente a modificação dos prazos para convenções partidárias e registros de candidaturas trará impactos relevantes. Como o período é mais curto, se levarmos em conta todo o tempo de tramitação de processos eleitorais é grande a possibilidade de termos candidatos concorrendo no dia 2 de outubro ainda sob judice, com sua situação legal indefinida, pois o período de campanha é bastante curto". A opinião do juiz vai ao encontro das declarações dadas, nesta semana, pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior

AL terá audiências na volta do recesso Com o término do recesso parlamentar, as Comissões e o plenário da Assembleia Legislativa retomam suas atividades ordinárias. Duas audiências públicas estão programadas na semana, uma da Comissão de Educação, para tratar dos cursos técnicos, na terça-feira (2), e outra, da Comissão Especial sobre a Família, sobre o cenário da adoção em Santa Maria, na sexta (5). Já no início da semana de retomada dos trabalhos, a Assembleia Legislativa instala a Fren-

te Parlamentar do Movimento Escoteiro, às 18h, no Espaço da Convergência Adão Pretto, no térreo do Palácio Farroupilha. Presidirá os trabalhos o deputado Vinícius Ribeiro (PDT), que, na ocasião, apresentará projeto para incluir o movimento escoteiro no Plano Estadual de Educação como método educativo. Já na terça, a Comissão de Educação, realiza reunião ordinária para um diagnóstico dos cursos técnicos do setor terciário no Rio Grande do Sul.

Parlamento retomará os trabalhos na próxima semana, após recesso

cmyk

Juiz Eduardo Giovelli falou ontem sobre o trabalho da Justiça Eleitoral

Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, que afirmou que os prazos curtos farão com que muitas das candidaturas sejam provisórias. "Então, vamos ter eleição definida, mas certamente haverá mudança de resultado por conta da mudança do coeficiente eleitoral, da anulação de votações e das impugnações dos candidatos majoritários a prefeitos", disse o ministro. Em decorrência destas possíveis anomalias jurídicas, o juiz Giovelli acredita que as eleições deste ano servirão como labo-

ratório, e que muitas regras irão mudar para o pleito de 2018. "Algumas regras novas, como a proibição de materiais impressos em ruas e viadutos, são muito bem-vindas. Outras acho que extrapolam um pouco o limite do bom senso, como a limitação do tamanho das propagandas até mesmo em propriedades particulares, como casas e terrenos. É por isso que estamos, literalmente, experimentando estas novas leis. Garanto que boa parte destas regras não serão mantidas para a próxima eleição", avalia

Atos contra e a favor de Dilma ocorrem no RS Duas manifestações estão marcadas para este domingo em Porto Alegre: uma a favor do retorno da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) ao Palácio do Planalto e outra favorável ao impeachment da petista, e consequente continuidade do governo Michel Temer. No Parque da Redenção, a mobilização, organizada pelo bloco suprapartidário Frente Brasil Popular, vai reunir petistas, apoiadores da permanência do mandato de Dilma, centrais sindicais e movimentos sociais. Segundo o presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), Ary Vanazzi, o ato marca a luta pela tentativa de manutenção da democracia. A expectativa é de um bom público para o ato, que inicia às 14h. Além disso, Vanazzi também adiantou que diversas agendas de atos políticos já estão marcadas para o mês de agosto. Além da Capital, cerca de 20 cidades podem vir a realizar o mesmo ato no domingo em outros Estados brasileiros. Por outro lado, o movimento Vem Pra Rua, que defende o impeachment de Dilma Rousseff, também prometeu um ato

com diversas manifestações de protesto no domingo, mas no Parque Moinhos de Vento (Parcão). Além do apoio ao afastamento definitivo de Dilma, o ato também vai pedir renovação no cenário político e o fim do foro privilegiado para integrantes do alto escalão dos poderes Executivo Legislativo e Judiciário. O ato também deve ocorrer em diversas cidades brasileiras, principalmente nas capitais. O Movimento Brasil Livre, por sua vez, publicou uma nota oficial nas redes sociais afirmando que não está organizando este ano no domingo. A explicação é que o movimento recebeu muitas reclamações de apoiadores sobre a data, tanto pelo fato de ser na época do retorno das férias escolares, quanto pelo dia coincidir com manifestações de apoiadores de Dilma. Mesmo assim, alguns integrantes do grupo confirmaram o ato em Porto Alegre. Além disso, também pelo fato da finalização do processo do impeachment estar marcada para o final de agosto, o movimento avaliou que um ato agora estaria muito distante da data definido pelo Senado.

14

ALEXANDRE GARCIA Jornalista

O TUBARÃO E A BACTÉRIA Em meu artigo anterior, afirmei que a arma de fogo não é necessária quando o cérebro está armado de ódio, ressentimento e tendência suicida. Pois a matança continuou com faca. No Japão, idosos e deficientes físicos foram eliminados a facadas por um jovem que era funcionário da clínica onde estavam internados. Na França, outro jovem matou a facadas um padre dentro da igreja. Os atacantes, em geral, fingem motivação religiosa e o Estado Islâmico rapidamente assume o atentado, para fazer a propaganda de que está em todo lugar. Se é preciso vedar as armas de fogo para evitar mortes, então será preciso proibir as facas. Quando usarem paus para matar, vai ser preciso isolar as árvores; por fim, quando usarem pedras, será necessário varrer o planeta de todos os minerais. Minha colega, quando comentei isso, foi direto ao ponto: para resolver, será preciso proibir as pessoas de existirem. Ela percebeu o que eu demonstrava: a raiz da violência está nas pessoas, não nos objetos. E no mundo dos selfies, em que as pessoas não se importam em agir de modo ridículo para serem personagens dos lugares e dos fatos para exibirem aos outros, alguns em tal grau de desequilíbrio até trocam a vida por instantes de celebridade. Insisto: à medida em que publicamos nome, foto, biografia e depoimentos sobre o autor do último atentado, estamos excitando um anônimo e estimulando o próximo ataque. Ele busca o paraíso, não lotado de virgens, mas cheio de manchetes e destaque na TV e no rádio. É o seu grande momento pós-morte. Enquanto isso, aqui na América do Sul, nosso país começa a olimpíada sem sequer ter preparado alojamento para os atletas. Literalmente, só metade da vila olímpica estava pronta quando delegações desistiram do alojamento e foram para hotéis. Os holandeses, prevenidos, entraram de rodo e material de limpeza em geral. Só a delegação brasileira gostou porque, afinal, já estamos acostumados com fios desencapados, vaso sanitário entupido, água escorrendo pelas paredes, vazamento de gás, sujeira no chão...O queniano aceitou, mas mandou um bilhete amistoso para consertarem o banheiro dele. Tomara que nos ensaios sobre a segurança, não se repita o que acontece na parte de hospedagem. Porque na hora do pra valer, tem que funcionar. Se eu andar pelo Rio com olhos de japonês, alemão, australiano, sueco ou holandês, fico neurótico. Sujeira, barulho, bagunça, desordem urbana - essas mazelas sempre camufladas pelas belezas naturais. Algumas dessas belezas bem destruídas: os morros de mata atlântica já cobertos de favelas, a baía da Guanabara poluída e com lixo e as famosas praias, como a princezinha do mar, aqui bem abaixo de meu quarto de hotel, contaminadas com a superbactéria KPC, encontrada em cinco praias pelos pesquisadores da Universidade Federal do RJ. Como o prefeito de Amity Island, no filme de Spielberg Tubarão(Jaws), os pesquisadores, às vésperas dos jogos olímpicos, dizem que não há razão para alarme. As autoridades também dizem que não há razão para alarme sobre terrorismo nos jogos. Mas quando perderam os 12 aspirantes a Estado Islâmico, fizeram um alarme danado, querendo aparecer, como os das selfies postadas nas redes sociais.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

DENÚNCIA ACEITA

Lula vira réu por tentar obstruir a Lava Jato A Justiça Federal aceitou ontem denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF-DF) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-senador Delcídio do Amaral, e mais cinco acusados pelo crime de obstrução das investigações da Operação Lava Jato. Com a decisão, Lula e Delcídio passam à condição de réus na ação penal, além do ex-controlador do Banco BTG André Esteves, Diogo Ferreira, ex-chefe de gabinete de Delcídio; o empresário José Carlos Bumlai e o filho dele, Maurício Bumlai, e o advogado Edson Ribeiro. Todos os envolvidos são acusados de tentar impedir o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró de assinar acordo de delação premiada com a força-tarefa de investigadores da Operação Lava Jato. Na semana passada, o MPF reiterou a denúncia contra os acusados, que já haviam sido denunciados ao Supremo Tribunal Federal (STF), pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. No entanto, no dia 24 de junho, o ministro Teori Zavascki remeteu o processo para a Justiça Federal em Brasília, por entender que a suposta tentativa de embaraçar as investigações ocorreu na capital federal. Além disso,

Ex-presidente teria utilizado cargo para ter foro privilegiado

com a cassação do mandato de Delcídio do Amaral, nenhum dos envolvidos permaneceu com foro privilegiado na Corte. Em nota, a defesa do ex-presidente afirmou que ainda não foi notificada do recebimento da denúncia, mas disse que, ao final do processo, a inocência de Lula será “certamente reconhecida”. Os advogados também informaram que o ex-presidente já esclareceu à Procuradoria-Geral da República (PGR) que” jamais interferiu ou tentou interferir em depoimentos relativos à Lava Jato”. “A acusação se baseia exclusivamente em delação premiada de réu confesso e sem credi-

bilidade - que fez acordo com o Ministério Público Federal para ser transferido para prisão domiciliar. Lula não se opõe a qualquer investigação, desde que realizada com a observância do devido processo legal e das garantias fundamentais”, concluiu a defesa. As defesas de José Carlos Bumlai e Maurício Bumlai afirmaram que os réus nunca tentaram impedir o acordo de delação de Nestor Cerveró. O advogado da André Esteves, Antônio Carlos de Almeida Castro, afirmou que o ex-senador Delcídio do Amaral negou em depoimento o envolvimento do ex-controlador do BTG Pactual no caso.

15

Temer diz estar preparado para vaia nas Olimpíadas O presidente interino Michel Temer está preparado para ser vaiado na cerimônia de abertura da Olimpíada, na próxima sextafeira, no Rio de Janeiro. Bemhumorado, durante entrevista exclusiva a um grupo de mídia do Estado no fim da manhã de ontem, o peemedebista relembrou o escritor Nelson Rodrigues para descrever o clima que espera encontrar no Maracanã: "Estou preparadíssimo para as vaias. No Maracanã, como dizia o Nelson Rodrigues, se vaia até minuto de silêncio. Estou preparadíssimo, não tenho a menor dúvida disso. E tenho de cumprir esse dever institucional. Aliás, eu soube que os ex-presidentes nem vão. A brincadeira é que eles estão reservando as vaias só para o presidente", disse. No exercício da presidência da República, Temer fará um pronunciamento protocolar e rápido na abertura da Olimpíada. Ele acredita que a imagem do país não será prejudicada pelo fato de, em meio aos Jogos, tramitar no Senado o processo de impe-

achment da presidente afastada Dilma Rousseff. Temer reforçou a confiança na preparação das forças de segurança para conter ameaças de ataque terrorista durante o evento. Ele, ainda, disse que esse é um assunto que não lhe tira o sono: "Antes dos jogos mundiais (Copa do Mundo), também havia a mesma preocupação, e foi um sucesso. Espero que na Olimpíada aconteça o mesmo", afirmou. O presidente interino defendeu as ações recentes da Polícia Federal, que prenderam suspeitos de apoio ao terrorismo. Temer classificou como "preventiva" a operação que deteve 12 pessoas, entre elas, um criador de galinhas de Morro Redondo, no sul do Estado: "Pode ser até que esse criador de galinhas só cuide de galinhas, mas pelo WhatsApp, se comunicava com companheiros. A prisão é temporária, apenas para prevenir, não significa que ele vai ficar preso eternamente. Como a segurança é rigorosa com essas coisas, é melhor prevenir do que remediar", finaliza.

Marina quer cassar Dilma e Temer A ex-ministra Marina Silva (Rede) voltou a pedir na última quinta-feira que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vote a ação que pode cassar a chapa na qual se elegeram a presidente afastada Dilma Rousseff e seu então vice Michel Temer, hoje presidente interino. Para Marina, a decisão ficou mais urgente depois que o marqueteiro João Santana e sua mulher Mônica Moura afirmaram ter recebido dinheiro de caixa dois para fazer a campanha de Dilma e Temer. "As informações demonstrando claramente que houve dinheiro de caixa dois nas campanhas continuam colocando a necessidade de que o TSE faça o julgamento da denúncia que está feita. À medida em que isso fique comprovado, como se poderá manter uma chapa eleita com dinheiro de uma base criminosa?", questionou. Se a chapa Dilma-Temer for

Presidente interino fará discurso rápido na abertura dos Jogos Olímpicos

Defesa de Dilma entrega alegações finais

Marina Silva recebeu parcela expressiva dos votos na última eleição

cassada até o fim deste ano pelo tribunal, serão convocadas novas eleições em até 90 dias. Na última pesquisa do Datafolha, Marina Silva aparece como vencedora em todos os cenários do segundo turno se a votação fosse hoje. A declaração desta quinta foi

dada por Marina durante a convenção de seu partido na Câmara dos Vereadores de São Paulo para oficializar a candidatura do empresário Ricardo Young à Prefeitura da cidade. Sua candidata a vice será a ativista Carlota Mingolla.

A defesa da presidente Dilma Rousseff entregou, no final da tarde da última quinta-feira, na Comissão Processante do Impeachment do Senado, os documentos com as alegações finais do processo. A peça, com cerca de 500 páginas, foi entregue pelo exministro da Justiça José Eduardo Cardozo, um dos advogados da defesa de Dilma, no último dia de prazo. “É uma peça que sintetiza todas as provas que foram reunidas ao longo desse período: testemunhas, perícias, prova documental. Tudo aquilo está sintetizado, e é feita uma análise das duas denúncias”, explicou Cardozo.

Segundo o advogado, que já foi ministro da Advocacia-Geral da União na gestão de Dilma, na peça da defesa também foram abordados vários fatos que surgiram ao longo desse processo. “Um deles, muito importante, foi o pedido de arquivamento que o Ministério Público Federal fez relativamente ao inquérito que tratava das pedaladas.” As alegações finais da defesa de Dilma serão agora analisadas pelo relator do processo, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), que deverá apresentar seu parecer sobre o processo. No dia 2 de agosto, o relatório será lido na comissão processante.

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

AIF folga no fim de semana A Associação Ijuí Futsal (AIF) folga na rodada de hoje pelo segundo turno da primeira fase do Estadual Série Bronze. Com 22 pontos e vice-líder do grupo 2, o time do técnico Jaques Schultz torce por tropeços do líder Horizontina que tem 24 pontos e enfrenta o Jáqtáqvá neste fim de semana em Chapada e do AMF de Marau, terceiro colocado também com 22 pontos, adversário do SERCCA em Casca. A AIF quer a liderança para evitar jogos menos complicados na segunda fase. A equipe ijuiense treinou na terça e na quinta-feira no Ginásio de Esportes Wilson Mânica. O ala Carlos Henrique com uma lesão no joelho e o pivô Diógenes, que tem uma lesão na coxa seguem fazendo tratamento. O pivô Ivan, suspenso por três partidas em razão da expulsão em Palmeira das Missões, vai cumprir mais uma partida contra o Palmeira Futsal no próximo dia 6 de agosto, em Catuípe. Volta na última rodada diante do Jáqtáqvá em Chapada. A AIF promove hoje às 20h no Chaleira Preta um jantar. As fichas custam R$ 25,00 e podem ser adquiridas com integrantes da diretoria. Haverá o sorteio da Ação Entre Amigos realizada pela Associação Ijuí Futsal para buscar recursos que ajudarão na manutenção da estrutura padrão colocada à disposição dos atletas.

SÉRIE BRONZE

Pivô Maurício (preto) é o artilheiro da AIF no Estadual de Futsal Série Bronze

Classificação- Grupo 2

TIMES 1º) HORIZONTINA 2º) AIF 3º) AMF 4º) SERCCA 5º) GUARANI FUTSAL 6º) CERRO LARGO 7º) COMETA 8º) JÁQTÁQVÀ 9º) PALMEIRA FUTSAL

P

J

V

E

D

24 22 22 21 19 18 16 14 13

13 14 14 13 13 13 13 13 14

7 6 5 7 6 5 5 4 4

3 4 7 0 1 3 1 2 1

3 4 2 6 6 5 7 7 9

"A comunidade respondeu de forma positiva a essa iniciativa. A AIF precisa manter seus compromissos e é muito importante a participação dos torcedores. Mudamos a partida do dia 6 de agosto para Catuípe aguardando uma melhor resposta financeira, mas na segunda fase os jogos da

Ijuienses garantem vaga na final estadual Atletas do Clube de Corredores de Ijuí (CCI) participaram no último dia 20 em Santa Rosa da fase regional dos Jogos Escolares do Rio Grande do Sul (Jergs). Eles conquistaram classificação para a final estadual que será realizada em Osório no dia 6 de agosto.

Geliel Pelisson Scherer foi o primeiro colocado nos 3.000 m e 800m rasos. Gabriel de Borba ficou na primeira posição nos 200m rasos; Laura Marques conquistou a primeira posição nos 200m rasos e Juliano Rubert dos Santos foi o primeiro nos 100m rasos.

GP GC SG 45 41 33 44 42 41 42 33 42

30 35 26 43 38 43 52 45 51

15 6 7 1 4 -2 -10 -12 -9

AIF serão no Ginasião em Ijuí," salientou o primeiro secretário e assessor de imprensa Allan Dênis. Ele lembrou que Ijuí ficou fora do cenário estadual no futsal por aproximadamente 14 anos e isso dificultou um pouco a presença do torcedor no Ginasião em jogos deste nível.

PLACAR GERAL COPA DUNGA A 19ª Copa Dunga de Futebol Sete para Menores tem andamento hoje a partir das 13h30 no Serviço Social do Comércio (Sesc) em Ijuí. Serão realizadas estas partidas: infantil, CFE Ijuí x Grêmio Mareli; mirim, Grêmio Manjabosco x Greminho Condor; fraldinha, Greminho Condor x Genoma Colorado; pré-mirim, Genoma Colorado x Grêmio Dimicron; mirim, Tio Mazzaropi x Grêmio Coimpel; e pré-mirim, Olinto de Oliveira x Escolinha do Sesc.

JOGOS DO SESI

Atletas do Clube de Corredores participaram da fase regional dos Jergs

cmyk

A modalidade futebol sete master 2016 dos Jogos do Sesi começa hoje no Centro Esportivo Arthur Fuchs do Serviço Social da Indústria de Ijuí. No primeiro jogo às 13h45 se enfrentam as equipes Cisbra e 3 Tentos e depois às 15h

7ª rodada-segundo turno1ª faseHoje,30.7 Chave 1 Em Santa Maria-União Independente x Lá Máquina-São Sepé-20h Em São Gabriel-Palmeiras x ADCHSalto do Jacuí-20h Em Santiago-ASF x UFSM-Santa Maria-20h Chave 2 Em Chapada-Jáqtáqvá x Horizontina-20h Em Palmeira das Missões-Palmeira Futsal x Guarani Futsal-20h Em Casca-SERCCA x AMF-Marau20h Chave 3 Em Candelária-Atlético Candelariense x APF-Passo do Sobrado-20h Em Jaboticaba-Cometa x Cerro Largo Futsal-Cerro Largo-20h Em São Marcos-AMSM x Nadas Branco- Rio Pardo-20h Em Parobé-Parobé Futsal x ACBFCerro Branco-20h Em Capão da Canoa-Expresso x Maxxy Candeias-Candelária-20h

"Contra a equipe de Horizontina tivemos no Ginásio cerca de 600 torcedores, mas na segunda fase deve aumentar a presença do público", previu. A Ação Entre Amigos vai sortear uma moto 125cc, zero quilômetro, uma TV 32 polegadas tela plana e camisetas oficiais da Associação Ijuí Futsal. atuam Soberana e Mineradora Ijuí. As equipes participantes da competição são estas: Soberana, Funicalha/Prosis Informática/ Madecor /Agrimetal / Di Moville, 3 Tentos, Mineradora Ijuí e Cisbra. Sistema de disputa: 1ª fase(única etapa). As equipes jogarão entre si, todas contra todas, com a classificação final por pontos corridos. No dia 6 de agosto começa o futebol sete livre. Hoje na cidade de Salto do Jacuí no Ginásio Municipal, acontece a fase microrregional dos Jogos do Sesi, futsal master e futsal livre. As equipes campeãs nessas modalidades na fase municipal farão jogo único. Às 15h, pelo master se enfrentam CEEE de Salto do Jacuí e a Funicalha/Prosis Informática/ Madecor/Agrimetal/Di Moville e às 16h no livre, CEEE do Salto do Jacuí x Hoff Pneus/Star Gesso. Em caso de empate no tempo regulamentar, a decisão irá para os pênaltis. Nesses dois confrontos as equipes vencedoras estarão automaticamente classificadas para a Olimpíada Regional do Sesi 2016, que será dia 30 de outubro, na cidade de Santo Ângelo.

16

Renato Marsiglia renato.marsiglia@tvglobo.com.br

VERGONHA INTERNACIONAL O leitor é testemunha de que gastei toneladas de tinta e papel gritando contra a vinda das Olimpíadas para o Brasil. No momento em que a vinda se tornou irreversível, parei de gritar. Afinal, não vou mandar contra o meu país, por maior que tenha sido a irresponsabilidade. Todavia, os problemas na Vila Olímpica, colocaram o Brasil nas manchetes internacionais da forma mais negativa possível. Ainda é possível dar a volta por cima, baseada na criatividade e bom humor do brasileiro. Mas o estrago é grande. YELENA ISINBAYEVA A estrela do salto com vara está mesmo fora dos Jogos Olímpicos. A Federação Internacional de Atletismo negou o pedido de exceção feito pela atleta, que por sua vez, não aceita participar da competição sem bandeira. O atletismo russo está inteiramente suspenso após a descoberta de um mega-esquema de doping institucionalizado pelo país. Atletas russos de natação e canoagem que testaram positivo também foram afastados. Lamento por Isinbayeva, atleta limpa e que seria uma atração à parte, mas já estava na hora de uma ação pesada das autoridades contra o doping no esporte mundial. INTER SEM DIREÇÃO Dois pontos somados em vinte e quatro disputados e a conta continua sendo enviada para o extreinador Argel Fucks. Claro que os créditos pelo título gaúcho foram para os cartolas. Os mesmos que contrataram e demitiram Argel. É a lógica do futebol brasileiro onde cartola não é demitido nem se demite, pois são simplesmente gênios. Amanhã o adversário é o temido vice-líder Corinthians. Se o resultado for negativo, o torcedor colorado começará a ter pesadelos com a Série B. De quem será a culpa? YPIRANGA FOI GRANDE Os aplausos do torcedor ao final jogo demonstram o sentimento de orgulho e satisfação pela campanha da equipe na Copa do Brasil. Foi meritória e histórica, onde o Ypiranga não deixou nada a desejar contra um dos grandes do futebol brasileiro. O clube de Erechim demonstrou que com planejamento e convicção pode-se fazer futebol de qualidade sem gastar fortunas. Todos estão de parabéns, a começar pelo competente técnico Leocir Dall´Astra que há quatro anos comanda este projeto vencedor.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

17

DOIS TOQUES

Grêmio de olho na liderança Carlos Alberto Padilha

esporte@jornaldamanhaijui.com VOLTA - Retomo este espaço muito bem conduzido nos últimos 10 dias pelos jornalistas Ricardo Bolson e Diogo de Souza. Não assisti os jogos da dupla Gre-Nal no último domingo. Apenas acompanhei os gols posteriormente. O Inter que empatou em 2 a 2 com a Ponte Preta é o time das últimas oito partidas. Desorganizado e parece que não treina. Falcão terá muito trabalho para colocar este time nos trilhos. O Colorado não tem elenco para brigar pelo título do Campeonato Brasileiro, mas convenhamos, pode render mais e reagir na tabela de classificação. O Grêmio da vitória de 1 a 0 diante do São Paulo foi o time das últimas partidas, intenso, bem treinado e que mesmo oscilando no setor defensivo tem demonstrado que pode lutar pelas primeiras posições. Amanhã contra o América-MG não tem jeito. Precisa vencer para encostar de vez no líder Palmeiras e mostrar que parou de tropeçar diante dos pequenos. No caso do Inter, a missão é bem complicada, superar o Corinthians. JOGOS- Acontece hoje a segunda rodada do Campeonato Estadual de Genomas Colorados, promovido pelo Sport Club Internacional. O objetivo da campetição é identificar talentos através dos Núcleos espalhados pelo Brasil. As partidas acontecem na sede II do Genoma no campo do bairro Glória em Ijuí, e envolverão três categorias, os nascidos em 2001 que jogam às 9h30; quem nasceu em 2002, atuando a partir das 11h e por último jogam os nascidos em 2003. O adversário é o time de Minas do Leão. A partir das 15h o Genoma de Ijuí atua no Serviço Social do Comércio na Copa Dunga de Futebol Sete para Menores na categoria Sub-9 e posteriormente a categoria Sub-11. ESTADUAL-O Esporte Clube Ijuí após a vitória diante do Assaf de Santo Ângelo tem jogo decisivo amanhã às 15h em Tapejara contra o Adergs pelo Gauchão de Futebol Feminino. O time treinado por Marli Nast Lourenzon com uma vitória se garante na segunda fase. AMISTOSO - A Seleção Brasileira de Futebol faz seu último teste antes da estreia nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro hoje, quando disputa amistoso contra o Japão às 16h30, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia. Os brasileiros sonham com a inédita medalha de ouro. SÉRIE B-O Brasil-Pel venceu de virada o CRB por 2 a 1, ontem à noite em Maceió, pela Segundona Brasileira. O zagueiro Diego Jussany em uma cobrança de falta colocou o time de Alagoas na frente do placar, mas Ramon e Nathan fizeram os gols da vitória xavante. O Brasil conquistou o primeiro resultado positivo fora de casa. Foi a 27 pontos e volta à campo terça-feira às 19h15 no Bento Freitas contra o Avaí.

O Grêmio encara com respeito o América-MG, adversário de amanhã às 18h30 no Estádio Independência, pelo Brasileirão. Mesmo que a equipe mineira esteja na lanterna da competição, o técnico Roger Machado espera que sua equipe tenha uma postura parecida à partida contra o São Paulo. Marcelo Oliveira cumpriu suspensão e retorna à lateral-esquerda. Pedro Rocha substitui o atacante Everton, que está lesionado. O lateral-direito Edílson, poupado nos treinos da semana, está confirmado. “Manter o nível de atuação, não quero nada diferente. Concentração alta, sempre que possível eliminar as variáveis do adversário e praticar o nosso jogo, para continuar crescendo. Nenhuma equipe grande do futebol brasileiro entra no campeonato mais importante do país imaginando que não terá condição de ganhar o título. É um momento muito otimista, de muita confiança, se continuarmos nesse nível,

AMÉRICA-MG

GRÊMIO

João Ricardo; Pablo Roger Alison Bruno Teles; Leandro Guerreiro Claudinei Alan Mineiro Danilo; Osman Victor Rangel Técnico: Enderson Moreira

Marcelo Grohe; Edílson Geromel Wallace Reis Marcelo Oliveira; Maicon Jaílson Negueba Douglas Pedro Rocha; Bolaños Técnico: Roger Machado

Árbitro: Raphael Claus (SP/Fifa), auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis (SP/ASP-Fifa) e Alex Ang Ribeiro (SP/ASP-Fifa). Local: Arena Independência, em Belo Horizonte. Data: 31.7.2016. Início:18h30.

nos credenciamos para disputa do título. Não podemos afirmar que seremos campeões, mas que nos credenciamos sim”, declarou

Edílson foi confirmado pelo técnico Roger Machado e enfrenta o América-MG

Roger Machado. Dependendo do que acontecer na 17ª rodada, o Tricolor pode chegar à liderança do Brasileirão amanhã. O Grêmio é o terceiro colocado com 30 pontos. A diretoria do América-MG confirmou ontem a rescisão de contrato do atacante Borges. O

anúncio foi feito pelo presidente Anderson Racilan, que destacou a participação do jogador na conquista do Campeonato Mineiro. A equipe do técnico Enderson Moreira foi goleada pelo Fortaleza na quinta-feira e acabou sendo eliminada da Copa do Brasil. Precisa se recuperar no Brasileirão.

Falcão não confirma time que enfrenta o Corinthians O técnico do Internacional, Paulo Roberto Falcão não confirmou o time que vai enfrentar o Corinthians no Beira-Rio, amanhã às 16h. Além disso, acrescentou mais um elemento ao mistério da equipe: o reforço Nico López não treinou por um problema de saúde. Teve indisposição estomacal. Na lateral-direita Paulo Cezar deve atuar e na esquerda a dúvida é entre Artur e Geferson. O venezuelano Seijas deve retornar ao meio-campo. A indefinição do time deve ir até momentos antes da partida. O treinamento de ontem mais uma vez foi fechado. O Colorado não vence há oito jogos. O técnico Cristóvão Borges confirmou ontem o retorno do volante Elias à equipe titular do Corinthians, que enfrenta o Internacional. O jogador havia sido reserva nos dois últimos jogos e buscava um melhor ritmo para retomar sua posição, algo que o treinador enxerga nele após os treinos desta semana. Fagner, que estava suspenso contra o Figueirense, também volta ao time. O

Corinthians é o vice-líder do Brasileirão com 30 pontos, superando o Grêmio, terceiro colocado, nos critérios.

INTER CORINTHIANS Cássio; Marcelo Lomba; Fagner Paulo Cezar Yago Paulão Balbuena Ernando Uendel; Artur; Bruno Henrique Anselmo Elias Fabinho Sasha (Nico López) Giovanni Augusto Marquinhos Gabriel; Seijas; Ángel Romero Valdívia André Vitinho Técnico: Paulo Técnico: Cristóvão Borges Roberto Falcão Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha, auxiliado por Bruno Raphael Pires (Fifa) e Leone Carvalho Rocha (trio goiano). Local:Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Início: 16h.

Goleiro Marcelo Lomba segue na equipe titular do Inter e enfrenta o Corinthians

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 E 31de julho de 2016

18

TRÂNSITO

Governo alerta sobre uso do celular Para tentar reduzir o número de acidentes de trânsito envolvendo motoristas e pedestres enquanto usavam celulares, o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), órgão vinculado ao Ministério da Justiça e Cidadania (MJC), lançou a campanha #DesConecta Trânsito ON, Celular OFF. P e ç a s c o m o a d e s ivo s , outdoors e banners circulam pelo País alertando os usuários que a combinação celular e trânsito pode aumentar em até 400% as chances de acidentes. Segundo pesquisas realizadas pela Universidade de Utah, nos Estados Unidos, o motorista

perde cerca de cinco segundos de atenção ao desviar seu olhar para ler a mensagem no aparelho. Se estiver a 80 km/h, terá percorrido um campo de futebol sem ver o que está acontecendo do lado de fora. A campanha está sendo divulgada nos 71 mil quilômetros de rodovias federais e em vários meios de comunicação. A crescente popularização do celular no País tem feito com que os riscos de sua utilização ao volante aumentem, embora a prática seja considerada infração de natureza média e passível de multa no valor de R$ 85,13 e quatro pontos no prontuário do motorista.

Excesso de acidentes exige sinalização na BR-468 Um ofício foi assinado nessa semana por vereadores do Legislativo de Três Passos, além do prefeito José Carlos Amaral e encaminhado até o supervisor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes Dnit, Luiz Augusto Bassani, de Cruz Alta. De acordo com o documento, o poder Legislativo solicitou ao Dnit a instalação de redutor de velocidade e de sinalização na BR-468, nas proximidades do trevo de acesso à cidade de Três Passos, no km 99, trecho entre Bom Progresso e Três Passos. Ainda de acordo com o documento, o presente pedido se faz em função dos constantes acidentes de trânsito ocorridos no local, resultando em vítimas fatais como exemplo o do dia 20 de julho último, que envolveu um ônibus e um carro, quando três pessoas morreram. Conforme a Polícia Rodoviária Federal de Sarandi, não existem

placas de sinalização indicando a velocidade máxima no trevo de acesso à cidade de Três Passos, km 89,5, na saída para Ijuí, que seria de 60 km/h. Na tarde da quarta-feira da semana passada, um ônibus que fazia o trajeto Santa Rosa/ Frederico Wesphalen, placas de Caçador-SC, colidiu em um veículo Gol, placas de Redentora, resultando em três vítimas fatais. O motorista fez o teste do etilômetro, que deu negativo. O tacógrafo do ônibus foi recolhido e a perícia deverá indicar em que velocidade o veículo transitava no momento do acidente, segundo a Polícia Rodoviária Federal. A tragédia, que vitimou três moradores de Redentora, chama a atenção para a necessidade de mudanças no trevo. Inúmeros acidentes graves foram registrados nos últimos anos e pelo menos cinco pessoas já perderam a vida no local.

Último acidente no local causou a morte de três pessoas

cmyk

Campanha alerta para os riscos do uso do aparelho ao volante

Dnit libera dados do tráfego em rodovias

Os números foram obtidos por meio dos equipamentos instalados em rododvias

O Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) disponibilizou, para consulta, os dados mais recentes do PNCT (Plano Nacional de Contagem de Tráfego). Os números foram obtidos por meio de 228 equipamentos instalados em rodovias federais, administradas pela autarquia, entre abril de 2014 e março de 2016. Os números são considerados fundamentais para o planejamento de ações de manutenção e ampliação de rodovias, além de auxiliar na identificação dos principais eixos rodoviários e das intervenções prioritárias. Estão divulgados dados de volume médio diário mensal e volume total diário. A consulta

pode ser feita por Estado e rodovia. As informações também contemplam 11 categorias veiculares, por sentido da via. Ao todo, o PNCT prevê a implantação de 320 postos de contadores, que funcionarão ininterruptamente por um período de três anos. Também integra o Plano Nacional de Contagem de Tráfego a Pesquisa Origem e Destino. O levantamento está fazendo um diagnóstico socioeconômico das viagens em rodovias federais. Executada com apoio do Exército Brasileiro, ela vai traçar o perfil dos usuários das estradas e os fluxos de veículos em diversas categorias. O levantamento dos dados ocorrerá em quatro fases. Ele teve início no começo de julho e seguirá até 2017.

Emater / Ascar

SILAGEM DE COLOSTRO O colostro é o leite produzido pela vaca leiteira no período de quatro a cinco dias após o parto. É um alimento essencial à terneira recém-nascida e apresenta característica nutritiva superiores ao leite. Embora não possa ser vendido, o colostro tem mais proteínas, minerais, gorduras e vitaminas do que o leite. Enquanto o leite tem em média 3% de proteína, o colostro do dia do parto tem 14% de proteína, quase cinco vezes mais do que o leite. No segundo dia após o parto, a proteína baixa para cerca de 8%, e no terceiro dia fica em torno de 5%, valores ainda significativos se comparados ao leite. Em vacas de alta produção, é impossível a terneira consumir toda produção de colostro produzido pela vaca. Normalmente o agricultor joga fora este leite (colostro) por considerar um leite estragado. A silagem de colostro consiste em armazenar o colostro que sobra para fornecer posteriormente à terneira recém-nascida. No processo, o colostro pode ser engarrafado em garrafas pet, bem fechada, sem ar, e guardado no galpão para fermentação, e fermentado por 30 dias em temperatura ambiente, sem a incidência de sol. A silagem pode ser armazenada por tempo indeterminado até a sua utilização. Antes de oferecer a silagem à terneira, ela deve ser diluída na proporção de, um litro de silagem para dois litros de água morna. A utilização dessa tecnologia proporciona a economia de 200 litros de leite por terneira. Isto significa ao agricultor um acréscimo de renda de R$ 120,00. Sendo que este valor corresponde ao lucro obtido na venda de 1.000 litros de leite. Sem valor comercial, o colostro era descartado pelo agricultor. Porém agora com esta tecnologia passa a ser um valioso produto, que trará boa economia para o agricultor. Tendo boa disponibilidade de colostro e com o fácil armazenamento, o agricultor terá mais proteínas, minerais, gorduras e vitaminas na alimentação de suas terneiras por um período bem mais prolongado, liberam o leite que seria gasto para criação da terneira, para ser vendido, barateando o custo da criação da terneira. Para maiores informações sobre esta tecnologia simples e barata procure a Emater de seu município.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

PENITENCIÁRIAS

RS quer contratar serviço de bloqueio de sinal

Penitenciária de Canoas deverá ser a pioneira no Estado

A Secretaria de Segurança Pública abriu disputa para empresas que tiverem interesse em instalar e locar bloqueadores de sinal no Complexo Prisional de Canoas. O pregão está previsto para acontecer no dia 11 de agosto. Como é um contrato de locação, o prazo de duração da contratação será inicialmente de 12 meses, podendo prorrogar por até quatro anos. O valor não está previsto no documento. O módulo 1 da Penitenciária de Canoas foi inaugurado sem o

PLANTÃO OFICIAIS DE JUSTIÇA- A polícia indiciou, ontem, seis pessoas por homicídio qualificado, com dolo eventual, pela morte de sete pessoas na clínica de reabilitação Novos Horizontes, em Arroio dos Ratos. O local pegou fogo no último dia 21. Foram indiciados o proprietário da clínica, Anderson Wagner dos Santos Zottis; o gerente, Roberto Carlos Lindner Dolejal; um dos coordenadores, Carlos Augusto Batista; e os colaboradores Paulo Ricardo Santos de Souza, André Funtefria Quadrado e Vander Luís Gomes Hernandez. Todos já estão presos. Eles também responderão por cinco tentativas de homicídio, das pessoas que ficaram feridas no incêndio. O delegado Pedro Urdangarin entrega hoje o inquérito no Foro de São Jerônimo. “Aquela porta [da clínica] não poderia estar trancada. E não era a primeira vez que estava ‘cadeada’”, destacou o delegado em entrevista coletiva. O diretor-geral do Instituto Geral de Perícias (IGP) participou da entrevista junto com Urdangarin. Cléber Muller disse que o fogo começou em um dos beliches do quarto onde estavam as vítimas. O laudo ainda não foi concluído.

aparelho para bloquear sinal de celular, após um acordo entre prefeitura da cidade e o governo do Estado para agilizar o processo. No entanto, o executivo de Canoas só aceitaria a inauguração dos três módulos restantes a partir da instalação dos bloqueadores. Entre as exigências do edital, estão que os bloqueadores devem funcionar 24 horas durante todos os dias do ano. Também devem bloquear sinal de Wi-Fi e não podem interferir na rede externa do presídio.

O módulo I foi inaugurado em março deste ano e conta com 393 vagas, mas nem todas estão ocupadas. Em coletiva na manhã de ontem, a superintendente Marli Ane Stock afirmou que o 2º módulo do Presídio de Canoas deverá começar a receber presos até fevereiro de 2017. Serão mais 805 vagas para regime fechado. As outras 1,6 mil vagas do Presídio de Canoas serão abertas em até um ano, após realização de concurso público para 700 servidores.

Criança de dois anos morre em acidente no RS

19

Susepe quer alternativas para remanejar presos Após as interdições de presídios gaúchos e uma nova proibição de manter presos em delegacias, a Superintendência dos Serviços Penitenciários do Rio Grande do Sul (Susepe) anunciou ontem medidas para a criação de mais vagas e também a realização de concurso público para a contratação de mais servidores. Entretanto, ainda não há prazo para a concretização das metas. Superintendente da Susepe, Marli Stock ainda ressaltou que a situação atual no Estado é preocupante por conta das medidas judiciais. “Todas as casas [prisionais] da Vara de Execuções de Porto Alegre estão interditadas para o regime fechado (...) Nós não temos alternativas. E eu não vou enganálos de dizer que vamos mandá-los para lá ou para cá, porque nós não temos alternativas (...) Eu já ocupei todas as vagas que existiam, eu não tenho mais como colocar nenhum preso”, declarou. Entre as medidas anunciadas, ainda sem prazo, estão compra de mil tornozeleiras, realização de concurso público para agentes e um projeto de abertura de mil novas vagas em presídios. A única medida com prazo mais concreto foi a abertura de mais de 800 vagas no Presídio de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, inaugurado em

março deste ano. Conforme Marli, dentro de 210 dias devem ser concluídas essas obras. Para que as outras 1,6 mil vagas sejam abertas no presídio de Canoas, conforme a superintendente, é necessária a realização do concurso público para a contratação de 700 servidores. “Estamos concluindo os editais (...) precisamos definir uma banca para fazer o concurso“, afirmou, prevendo que isso deve levar entre oito meses a um ano. O presídio foi construído com objetivo de abrigar presos sem ligação com facções criminosas. Situação que chegou a gerar polêmica. Também reúne projetos de inclusão social e propõe oferecer um ambiente mais humanizado. Em relação à falta de vagas para presos do regime semiaberto, a superintendente afirmou que está sendo finalizado um projeto, que será enviado para o governo do Estado, sobre a criação de mil novas vagas em seis locais na Região Metropolitana de Porto Alegre. No fim de junho, o governo do Rio Grande do Sul anunciou uma nova fase do plano de Segurança Pública para o Estado, com investimento de R$ 166,9 milhões até o começo de 2018, englobando pagamento de horas extras e diárias, ampliação de efetivos, a realização de novos concursos e chamamento de concursados, e ampliação de vagas prisionais.

Criança de sete anos é atropelada na região Corpo de Bombeiros, Samu e Brigada Militar atenderam um acidente de trânsito envolvendo uma caminhonete e uma bicicleta na tarde de ontem em Três Passos. O acidente aconteceu, por volta das 16h30, no bairro Pindorama. A caminhonete Ford Courier, placas de Três Passos, seguia no sentido Cidade/Interior quando colidiu na bicicleta, que

lhe cortou a frente e era conduzida por um menino de 7 anos. A criança foi encaminhada pelo Corpo de Bombeiros com lesões leves ao Hospital de Caridade para atendimento. O motorista conseguiu frear o veículo, evitando consequências mais graves. O motorista, segundo registro, esperou e realizou o socorro necessário à criança.

Homem é executado com 16 tiros na Capital Acidente foi registrado no trecho de Bento Gonçalves da rodovia

Uma criança de dois anos morreu em acidente de trânsito, na madrugada de ontem, na BR470, em Bento Gonçalves. Foi no tombamento de um caminhão. O acidente ocorreu por volta das 3h. A criança morreu no local. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, um casal que estava no

caminhão sofreu ferimentos leves. O veículo está fora da pista e não atrapalha o trânsito. Durante o dia, haverá bloqueio para a retirada da carreta, ainda sem um horário definido. A carga de queijos e derivados ficou espalhada, mas também não interfere no tráfego da rodovia. A vítima não foi identificada.

A polícia investiga a execução de um homem, diante da esposa e dos dois filhos, na madrugada de ontem, dentro da casa da família, na Rua Evangelista, bairro Restinga. Eram por volta das 3h45 quando a casa de José Luiz dos Santos, 25 anos, foi invadida. “Polícia! Polícia!”, gritavam os pelo menos três homens armados que entraram na residência da vítima. De acordo com a investigação da 4ª DHPP, eles teriam seguido até o quarto onde

José Luiz dormia com a esposa e os dois filhos e ali iniciaram os disparos. Conforme os peritos, pelo menos 16 tiros acertaram José Luiz. A esposa e os filhos não tiveram ferimentos. Foram recolhidos diversos estojos de pistola 9mm pela casa. José Luiz tinha antecedentes criminais por dano, furto, roubo a pedestre, ameaça, lesão corporal, porte ilegal de arma e posse de drogas. A polícia ainda não tem suspeitos.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

20

CASO PREDATORE

"Satisfatória", diz MP sobre condenação

O empresário Gunter Figur dos Santos, 47 anos, foi condenado a mais de 32 anos de cadeia em regime fechado pelo crime de estupro de vulnerável. Uma mulher que tem a identidade mantida em sigilo e também é ré no processo, teve sua pena decretada em mais de 43 anos. A decisão é do juiz da Vara de Execuções Criminais (VEC) de Ijuí, Eduardo Giovelli. O Ministério Público, através do 1º promotor de Justiça Criminal, Valério Cogo, entendeu a pena como "bastante satisfatória". Tamanha condenação é fruto de um trabalho desenvovido pelo Ministério Público e a Brigada Militar de Ijuí em dezembro do ano passado. Na ocasião, duas operações em intervalo inferior a uma semana desmontaram uma grande rede do tráfico de drogas na região e, de quebra, escancararam um caso de "compra e venda" de menores articulados exclusivamente pelos réus. Segundo apurado junto ao site do Tribunal de Justiça, o empresário, que está preso no Presídio Regional de Santo Ângelo deverá cumprir 32 anos, três meses e 15 dias de prisão. Já a mulher, recolhida na Penitenciária Modulada, foi condenada a 43 anos, sete meses e três dias de prisão. Por ser uma decisão em primeira instância, cabe recurso. Ambos, inclsive, tiveram o pedido para recorrer em liberdade negado.

"Em termos práticos, nessas quase duas dezenas de anos que estou em Ijuí, individualmente, em um único processo, foi a pena mais severa aplicada a uma pessoa, no caso, a acusada", sinalizou o promotor Valério Cogo, em entrevista concedida ao Grupo JM, na tarde de ontem. "Uma pena bem adequada para o tipo de delito que eles cometiam, haja vista que é um delito bastante grave", pontuou o capitão Gilmar Bischof, subcomandante do 29º Batalhão da Polícia Militar, que juntamente com todo batalhão, operacionalizou as investigações do MP à época batizados de Operação Predatore. Conforme denúncia do MP, Gunter "comprava" a filha e a sobrinha da acusada, de 9 e 13 anos, respectivamente. De modo a sustentar o vício em drogas, a mulher cedia "pedaços" das crianças em troca de dinheiro, presentes, joias e demais benefícios. Ambos foram presos no dia 9 de dezembro, quando o MP e a BM, através da Seção de Inteligência, deflagraram a operação. Desde então os réus permanecem recolhidos. O INÍCIO A Operação Predatore teve início a partir e de maneira paralela a Operação Combate. Em uma primeira ação do Ministério Público e da Brigada Militar, 25 mandados

Mulher é atropelada e morta na ERS-344 Uma mulher morreu atropelada na noite desta quinta-feira por volta das 18h30 na Rua da Integração (ERS-344) em EntreIjuís. Julia da Silva Schmidt de 66 anos atravessava a via próximo ao Banco do Brasil quando foi atropelada por um veículo Chevrolet Cruze placas ITL-8237 de

Pouso Novo-RS. Ela chegou a ser socorrida para o Hospital Santo Ângelo, mas ão resistiu. Seu corpo foi sepultado na tarde de ontem, em Esquina Gaúcha. O condutor do veículo, um jovem de 20 anos, foi identificado, ouvido e liberado. A Polícia Civil de Entre-Ijuís deverá cuidar do caso.

O efetivo da Brigada Militar de Ijuí, através da Rocan, realizou a prisão de um casal suspeitos de tráfico de drogas. Os dois foram descobertos pela Seção de Inteligência da BM, a partir de venda de entorpecentes pelo aplicativo Whatsapp. Nas primeiras horas da noi-

te os PMs, a bordo de motos, abordaram a dupla na região da Estação Rodoviária de Ijuí. O jovem de 24 anos portava 1,5kg de maconha. Até o fechamento da edição não havia informações sobre a lavratura, ou não, do flagrante no plantão da Polícia Civil.

BM prende jovem com 1,5kg de droga em Ijuí

cmyk

MP e BM concederam uma entrevista coletiva sobre o caso à época

de prisão preventiva foram cumpridos. Entre as investigações que tiveram início em abril de 2015, um veículo de luxo, em meio a rota do tráfico, chamou a atenção das autoridades, sobretudo, por não ter envolvimento direto com o delito de tráfico de drogas. A relação era secundária, uma vez que a ré adquiria entorpecentes de dois dos presos uma semana antes. Um procedimento investigatório foi aberto e em escutas telefônicas autorizadas pela Justiça foi constatada e documentada a negociação entre os réus. "É bastante doloroso e desprazeroso essa atividade porque, veja bem, uma coisa é você ler as transcrições, outra é quando você ouve as escu-

tas telefônicas. É muito doloroso você ver como as pessoas estão tratando essa ou aquela pessoa, naquele caso, crianças", contou o promotor Valério. O capitão Gilmar foi mais além e fala em "nojo das pessoas" e de toda situação. "O que chama a atenção e o que me deixou desse trabalho, é um relato de um dos policiais que disse que não fazia esse trabalho apenas para a sociedade, e sim, pelas suas filhas. Em que pese, um crime que dá nojo em todas as pessoas e também não foi diferente conosco", acrescentou o capitão. Além dos presos na Predatores, os presos na Operação Combate permanecem reclusos.

Gunter Figur dos Santos

Acidente na BR-285 faz mais uma vítima Foi sepultada no final da tarde de ontem mais uma vítima fatal do trânsito na região. Por motivos ainda investigados, um caminhão com placa de São Luiz Gonzaga saiu da pista, desceu um barranco e parou em vegetações às margens da BR-285. Morreu no local Eloir Fonseca Goulart, 40 anos. O marido e condutor esteve internado no Hospital de Cruz Alta e foi liberado ontem. A filha do casal, de 13 anos, está internada UTI na Casa de Saúde em estado grave. Conforme repassado em nota pela Polícia Rodoviária Federal de Ijuí, o caminhão percorria o sentido Panambi - Ijuí por volta das 21h quando na altura do km 422, imediações do Museu Militar atravessou a pista e tombou em um barranco com cerca de seis metros de altura. O condutor, Albino Almeida de Oliveira, ficou preso às ferragens. A vítima fatal, Eloir foi arremessada da cabine do veículo e morreu na hora. Ainda segundo os agentes, eles tiveram muitas dificuldades para encontrar o corpo da vítima em virtude do terreno arborizado e a falta de iluminação. A filha do

casal foi encontrada ao lado da cabine do caminhão. O Samu/Salvar e o Corpo de Bombeiros de Panambi, com auxílio de autoridades de Cruz Alta, realizaram o atendimento. A família é natural de Roque Gonzáles, ocupava um cavalinho de São Luiz Gonzaga e uma carreta de São Paulo. Eles tinham como

destino a Argentina. A Polícia Civil de Panambi deve cuidar do caso. Acidentes de todos os modelos foram a tônica ao longo dessa semana, em toda a região. Desde sábado, colisões, atropelamentos, perdas de controle, entre outros casos similares vitimaram, nada menos, que 11 pessoas.

Polícia Civil de Panambi, mais uma vez, deverá investigar outra morte no trânsito


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

UNIDADE MÓVEL NOS BAIRROS

Morador cobra instalação de bueiros na lateral de ponte

O morador do bairro 15 de Novembro, José Beck, reclama do não cumprimento de uma promessa feita àquela comunidade, há três meses. “Veio uma equipe da prefeitura, engenheiros e outras pessoas, mediram para fazer duas bocas de lobo em frente à ponte na Rua Salustiano Esteves e nos prometeram que dentro de 40 dias iriam resolver o problema, há três meses, e até agora nada”, relata. Segundo ele, os dois bueiros solucionariam os transtornos gerados em dias de chuva. “Porque a água vem do prolongamento de duas ruas, por cima do calçamento, que já está deteriorando também, passa pela ponte e entra em nossas residências, até

PARTICIPAÇÃO DE FALECIMENTO TAMIRES REGINA DINAREL DOS SANTOS *09/11/1987 +27/07/2016 Sinônimo de competência, dedicação, responsabilidade, comprometimento, carisma, respeito, amizade, alegria. TAMI, guardaremos para sempre em nossas memórias os lindos momentos que compartilhamos na labuta e em nossas confraternizações, para que através das saudades que sentiremos, você possa continuar presente em nosso meio neste plano da existência. E que dessa forma a tua família OCAIMOVEIS possa te homenagear diariamente pela pessoa maravilhosa que você foi em vida.

José Beck afirma que promessa de solucionar vazão da água foi feita há três meses e ainda não foi cumprida

pela ponte ser muito baixa”, detalha o morador. “Se essas bocas de lobo fossem feitas resolveriam, porque a água desviaria antes de chegar a

Unicasa tem edital aberto para vagas A Unijuí está com edital aberto para vagas remanescentes na Unicasa. As inscrições devem ser feitas na Central de Atendimento ao Aluno, no Campus Ijuí. São sete vagas: três para o sexo masculino e quatro para o sexo feminino. As vagas destinam-se exclusivamente aos alunos matriculados em cursos da graduação da Unijuí, Campus Ijuí, que não residam no perímetro urbano de Ijuí e nem no meio rural próximo ao campus Ijuí, e que não possuam curso universitário em nível de graduação. Neste edital de vagas remanescentes não é necessário o aluno ser bolsista do Prouni. O resultado final dos selecionados será divulgado no dia 8 de agosto, a

21

nossas residências.” Sobre o depósito irregular de lixo dentro do riacho, José lamenta a falta de consciência ambiental por parte

dos moradores. “O rio já foi sadio, porém está poluído em função dessa falta de respeito das pessoas que atiram tudo dentro dele”, acentua.

SERVIÇOS

CINZAS - O Demasi orienta a comunidade a tomar cuidado ao descartar cinzas, para que não haja brasas. Isso porque na manhã de quinta-feira, o lixo com cinzas ao ser colopartir das 17h. A assinatura cado no caminhão compactador resultou em fogo na carga, do contrato de utilização pois havia brasas. O motorista teve que ir imediatamente será efetivado no dia 10 de descarregar o material, para evitar maiores danos, devido a agosto. quantidade de gás e materiais que podem pegar fogo. O valor da mensalidade da Unicasa, para o ano de 2016, é de R$ 90,00 (noventa HOMENAGEM 3 º ANO DE reais). Os alunos bolsistas FALECIMENTO integrais do Prouni estão isentos do pagamento desta taxa. O principal objetivo FELIPE GIESELER da Unicasa é proporcionar *21/06/1985 +30/07/2013 melhores condições de estudos a universitários, através de moradia, espaço As vidas são tiradas deste de convivência acadêmica e mundo aparentemente sem desenvolvimento do espírito razão. cooperativo e de interação Tudo faz parte da grande entre seus moradores caixa de mistério que gosMais informações potaríamos de espiar, mas não dem ser acessadas no site da universidade, http://www. podemos. unijui.edu.br/bolsas/editaisCoisas ruins acontecem às vezes a pessoas e-informes, ou ainda ligando boas. para o fone 055 3332 0444. Não existe um motivo, elas só acontecem. A dor vai embora e no tempo certo será substituída pelas lembranças do passado, você esquecerá a dor e começará a lembrar das alegrias que este anjinho trouxe para sua vida.

“Entrega teu caminho ao Senhor, confia Nele e o mais Ele fará”. Salmo 37:5 Saudades da mãe Jomar, pai Nestor, irmão Fernando, cunhada, sobrinhos e demais familiares. Ijuí, 30 de julho de 2016.

“Que sua alma encontre a paz no reino de Deus” Homenagem equipe Ocaimoveis. Ijui, 30 de julho de 2016.

PARTICIPAÇÃO DE FALECIMENTO E AGRADECIMENTO JOLAR CARDOSO DE OLIVEIRA *29/0/1947 +20/07/2016 Nesse momento nossos corações quase não são capazes de suportar tanta dor, pois ter uma pessoa querida levada de nós paralisa e nos faz sentir impotentes diante daquilo que o destino nos reserva. O céu está em festa com a presença deste ilustre assador, tocador de gaita e trovador. Que animava a todos por onde passava. Sempre preocupado com o bem-estar de todos, em manter a harmonia, a paz, união, alegria e segurança, formou uma família maravilhosa e um leque grande de amizade. Cumpriu sua missão com louvor, e o que nos conforta é saber que está ao lado do Senhor e com certeza sua luz continuará guiando nossos passos e aquecendo nossos corações! Que esteja em paz! A família enlutada agradece aos Dr.(s) Fábio Franke e Mauricio Rieger, ao HCI (equipe médica, pronto socorro, CACON e 5º piso) pelo ótimo atendimento prestado, ao parentes, vizinhos e amigos que sempre auxiliaram de alguma forma nos momentos mais difíceis, em especial ao vereador Darci Pretto, Claudiomir dos Santos (Seco) e respectivas esposas, E.C. Guarani do bairro Elizabeth. Homenagem com carinho de seus familiares. Ijuí, 30 de julho de 2016.

Inscrições podem ser realizadas, no Campus, até o dia 3 de agosto.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

JM NOS BAIRROS

Líder comunitário reclama falta de um campeonato

Entrevistado do quadro JM nos Bairros, que vai ao ar durante o programa Linha Direta da Rádio Jornal da Manhã, o vicepresidente do Thomé de Souza, Gilberto Fontoura, cobrou, principalmente, que seu bairro sedie jogos do campeonato municipal de futebol. “Temos um campo de primeira linha, brigamos muito com o Rogerinho [Dürks] para fazer o campeonato aqui, mas ele disse que nosso bairro não tem segurança. Acho que ele está muito enganado, porque todos os bairros têm segurança e só ele que acha que o Thomé de Souza, com seis mil habitantes, não, mas eu garanto que sim”, criticou. Por outro lado, ele exaltou a administração do prefeito Fioravante Ballin e a atuação da Secretaria Municipal de Obras, Desenvolvimento Urbano e Trânsito (Smodutran). Questionado sobre a relação que mantém com o poder público, Gilberto disse estarem se en-

Vice-presidente do Thomé de Souza destaca qualidade do campo de futebol do bairro

tendendo nos últimos meses. “No momento que tivemos uma conversa com o prefeito, vice-prefeito [Bira Teixeira] e a Beti Lírio [secretária municipal de Habitação] tiveram início as obras das casinhas”, destaca, acentuando a retomada das obras das unidades habitacio-

nais do bairro Thomé de Souza. Da mesma forma, o relacionamento com a União das Associações de Bairro de Ijuí (Uabi) é imprescindível na resolutividade das demandas do Thomé de Souza. “É nossa porta-voz, muitos ofícios encaminhamos direto com eles”, acrescenta.

Anestesista esclarece dúvidas

Colônia Z18 promove curso de carteira de Arrais De jet-ski a iates, quem quer dirigir qualquer embarcação em águas interiores (como lagos, lagoas, rios, canais e praias) é obrigado a ter uma carteira de habilitação, a Carteira de Arrais amador. Atualmente quem possibilita adquirir essa carteira é a Colônia Z18, que está com inscrições abertas para este curso. De acordo com o presidente da Z18, Itamir Lizot, as inscrições estão abertas e as aulas iniciam no dia 19 de setembro. "Nós teremos mais uma aula teórica na sede da Z18, estamos montando uma turma para esse curso de carteira de Arrais. O curso acontece na Linha 6 Leste, com início às 19h. As aulas práticas e a prova teórica serão aplicadas no dia 30 de setembro, durante todo o dia, na cidade de 15 de Novembro", explica. Sobre as inscrições, Itamir explica que podem ser feitas na sede da entidade. "Quem quiser se inscrever e se interessa em estar habilitado para dirigir barcos e jet-skis pode se inscrever na Avenida 21 de Abril, 1316, sala A ou pelo telefone 3333-0859", explica. Em relação aos requisitos para fazer o curso, o presidente

Anestesista esclareceu dúvidas das gestantes em mais um módulo do Clube realizado na instituição

cmyk

médico Antônio Luiz Guimarães Junior, também esclareceu dúvidas sobre o papel do anestesista nas rotinas do parto. A semana foi dedicada ainda às visitas ao Centro Obstétrico e ao Berçário do Hospital Unimed. O pediatra é responsável por promover atendimento ao recémnascido e está preparado para possíveis intercorrências, que ocorrem em menor escala visto que 99% dos bebês nascem bem, conforme explicou Alan Penno.

O médico abordou as rotinas na recepção e reforçou que “o trabalho de parto prepara e amadurece o bebê para nascer”. A segunda parte do módulo foi ministrada pelo anestesista Antônio Luiz Guimarães Junior como forma de amenizar o medo e a ansiedade das futuras mamães para os casos que envolvem anestesia. O médico ainda esclareceu dúvidas sobre analgesia de parto e orientou sobre a recuperação pós-parto.

Itamir Lizot

comenta que precisa ter mais de 18 anos. O máximo de alunos em cada turma é de 20 pessoas. As provas práticas acontecem em Catuípe, por conta de uma exigência da Marinha de Porto Alegre. " Queríamos trazer as aulas e provas pra cá, mas a Marinha não nos autorizou, por conta das estradas ruins. Porém, ainda estamos lutando para que as provas venham a acontecer novamente no município", finaliza.

Escolas da região terão novas mesas e cadeiras A Secretaria da Educação adquiriu 71,8 mil novos conjuntos de mesas e cadeiras para alunos e professores. O investimento de R$ 13,6 milhões beneficiará 525 escolas estaduais de todas as regiões. Na área de abrangência da 36ª Coordenadoria Regional de Educação, 13 escolas serão beneficiadas com novos conjuntos de mesas e cadeiras para alunos e professores. De acordo com o coordenador regional de Educação, Cláudio de Souza, o objetivo é garantir a troca dos mobiliários para outros educandários da região. Além disso, com o objetivo de

Desde o início da gestação, o parto talvez seja o período mais aguardado pelos futuros pais. É hora de ter o primeiro contato com aquele pequeno ser que já faz toda a diferença na vida do casal. E para que este momento ocorra da melhor forma possível, é importante a presença de um pediatra em sala de parto, fato ressaltado pelo médico Alan Elvin Krüger Penno, em mais um módulo do Clube da Gestante, promovido pela Unimed Noroeste/RS. O

22

Espírito esportivo é incentivado na 36ª CRE

reforçar o espírito esportivo para os Jogos Olímpicos, sediado no Brasil durante o mês de agosto, a 36ª CRE foi decorada no clima das Olimpíadas, pela assessora Marcia Loraine Ewerling Rohenkohl, com o auxílio da também assessora, da área da Educação Física, Márcia Sloczinski. A ornamentação contempla uma exposição dos trabalhos dos alunos da Escola de Ensino Fundamental Rui Barbosa, produzidos durante a 13ª Maratona de Matemática, com a coordenação da professora Carla Adriana Schulz. Os trabalhos expostos apresentam releituras da artista brasileira Beatriz Milhazes.


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 30 e 31 de julho de 2016

23

Memória JM CARA OU COROA

Armindo Pydd

LIBERTÉ, FRATERNITÉ, **Liberdade, Fraternidade, Igualdade. Estas três palavras identificam para o mundo a França. Paris com seus 12 milhões de visitantes é campeã mundial de turismo. Beleza, cultura, gastronomia, artes. França é exemplo em todos os setores. **Agora em menos de 1 ano a França já chora mais de 500 mortos por atos de terrorismo. Tornou-se o símbolo desta nova tragédia que assola o mundo inteiro. E tudo isto espanta. **Mas a França tem uma historia de violência e guerras. Começando pelos genocídios das tribos pela invasão dos romanos de Júlio Cesar. Depois tivemos as invasões dos vikings. A “guerra dos cem anos.”Com a Inglaterra é outro exemplo, bem como as guerras com a península ibéricas sob o domínio então dos muçulmanos bem como o período de terror revolucionário exemplificado pela guilhotina. Seguiu-se Napoleão e suas conquistas. O estabelecimento pela conquista armada de colônias na África e Ásia também está presente. A França foi campo de batalha das duas últimas guerras mundiais. **Agora a guerra é diferente. O inimigo não tem rosto, nem endereço e muitas vezes é filho da própria terra. E usa a arma mais poderosa que existe. Sua própria vida para conseguir seu objetivo. E os mais sofisticados e modernos e caros equipamentos de defesa se mostram vulneráveis. **Hoje temos 14 milhões de famílias beneficiadas. Outras 500 mil estão na fila de espera. Trata-se do Bolsa Família . A adesão é “auto declaratória”. A pessoa diz que não tem renda e o assistente social faz o registro. Informa-se que um “pente fino” vai ser passado com cruzamento de dados da Fazenda, Transparência, Planejamento, Justiça, Tribunal de Contas, Ministério Público, Doações eleitorais, etc. Para conferir a veracidade das informações. É tarefa que o ministro Osmar Terra do Desenvolvimento Social está coordenando. Logo veremos os resultados. **Os 5.570 municípios brasileiros têm somados 50,5 mil vereadores, 4.455 municípios têm menos de 20 mil eleitores. Todos os bilhões gastos são necessários? Como era quando o cargo de vereador não tinha remuneração? Perguntem para quem viveu nesta época. Aqui em Ijuí mesmo. Não faz tanto tempo assim. **A Deula está encaminhando mais um grupo para estágios no setor de agricultura e pecuária na Alemanha. Repete-se o que é feito há muitos anos. Poucas iniciativas são tão meritórias e com tantos resultados práticos como estas. E merecem todos os elogios. **Já aconteceu em Condor e Cruz Alta e agora em Ijuí. O campeonato amador de futebol suspenso por causa das brigas e do clima de insegurança. Falta acontecer ainda o quê? **Fervem as panelas dos cozinheiros de candidaturas. Prazo final dia 5 de agosto. Depois é servir o prato para a população.

Notícias de julho de 1981

Instalada a 3ª Vara da Comarca de Ijuí Em ato que foi prestigiado com a presença do corregedor-geral da Justiça do Estado, desembargador Alaor Terra; de juízes e promotores de diversas comarcas da região; do prefeito municipal Wilson Mânica e demais autoridades civis e militares, foi solenemente instalada na nova sede do Fórum, a 3ª Vara da Comarca de Ijuí. Por uma deferência do desembargador Alaor terra, a sessão de instalação foi presidida pelo juiz de direito, Ivo Mansan, titular da 1ª Vara.

O prefeito Wilson Mânica recordou a preocupação de sua administração em ajudar a resolver os problemas que há anos o Poder Judiciário vinha enfrentando. Lembrou que na sua gestão foi resolvido o problema de residências para juízes, com a construção de duas casas, em um trabalho em conjunto com a Ajuris. A instalação da 3ª Vara foi possível após a transferência do Fórum para as suas novas instalações, localizadas no antigo prédio do Banco do Brasil.

O magistrado Ivo Mansan presidiu a solenidade

Fórum muda-se para prédio próprio A administração municipal tem confirmada mais uma grande conquista quando o Poder Judiciário ocupa novas instalações. Finalmente, depois de muitas gestões, o Fórum está em prédio próprio, com amplas instalações. A administração municipal, em uma primeira etapa, construiu duas residências para os juízes, resolvendo desta forma um problema antigo. Agora o Fórum está em prédio próprio, com as novas instalações coincidindo com o plano atual.

Novo prédio do Fórum

CONCURSOS Câmara de Piratini A Câmara de Piratini, no Rio Grande do Sul, através do edital nº 01/2016 de Concurso Público, pretende ocupar cinco vagas imediatas para cargos de escolaridade intermediária, técnica e fundamental. Também há vagas separadas para formação de cadastro de reserva. O salário varia de R$ 1.015,59 a R$ 2.173,08 por jorna-

da de trabalho de 30 horas semanais para todos os cargos. As inscrições podem ser feitas até 15 de agosto de 2016, pelo site www.legalleconcursos.com.br/, endereço eletrônico da organizadora do certame. A taxa de inscrição é de R$ 57,59 (fundamental) e R$ 86,39 (médio ou médio/ técnico). Ministério Público do Rio Grande do Sul O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul (MPE – RS) lançou ótima oportunidade para quem possui nível médio completo. Trata-se do edital de concurso público n° 104/2016, destinado à composição de cadastro de reserva de candidatos para o cargo de Secretário de Diligências, que ingressarão no quadro

A coleção completa do JM está disponível para pesquisa no Museu Antropológico Diretor Pestana

Trevo de acesso - A EMPA continua atuando na RS-155, não apenas concluindo os trabalhos de sinalização, mas também executando trevos de acesso. Atualmente, as máquinas da empreeiteira estão fazendo serviços de terraplanagem no trevo de acesso ao Bairro Modelo. A previsão do engenheiro Nelisson Azambuja, da EMPA, é de que esse trevo fique pronto dentro de mais ou menos um mês. Também o trevo de acesso para Ajuricaba está em serviço e sua conclusão também deve acontecer no mesmo período. Exposição de Gado - Mesmo não atingindo índices de feiras anteriores, a 9ª Exposição de Gado Leiteiro de Ijuí, que aconteceu no Parque Regional de Feiras e Exposições Assis Brasil alcançou resultados satisfatórios. O professor Adair Casarin, presidente da Comissão Central, informou que dos 421 animais inscritos, compareceram na exposição 298 animais. Essa abstenção de cerca de 30% se deve ao surgimento de focos de febre aftosa em algumas áreas do Estado, o que impediu a vinda dos animais. Cerca de 230 animais foram colocados à venda e até as primeiras horas da tarde, calculava-se que aproximadamente 170 animais haviam sido comercializados.

efetivo da Procuradoria-Geral de Justiça – Serviços Auxiliares. Os interessados em participar da seleção podem se inscrever até 11 de agosto de 2016, através do endereço eletrônico www.mprs.mp.br/ concursos. Para que seja efetivada a inscrição, é preciso que se pague uma taxa no valor de R$ 116,41. Os inscritos serão selecionados por meio de prova constituída de questões sobre Língua Portuguesa, Noções de Direito e Legislação, Informática e Raciocínio Lógico Matemático. A prova está prevista para ser aplicada no dia 29 de janeiro de 2017, na cidade de Porto Alegre. O concurso público terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, uma única vez, a critério da Administração do MPE

cmyk


www.jmijui.com.br

INCENTIVO AO ALEITAMENTO Thomé de Souza quer sediar campeonato

Unijuí promove a Roda de Amamentação na próxima semana, no Campus | 7

Líder comunitário critica coordenador de esportes por não incluir seu bairro no calendário de jogos do campeonato amador. | 22

Dupla joga amanhã no Brasileirão Grêmio enfrenta o América-MG fora de casa. Internacional recebe o Corinthians no Beira-Rio. | 17

Acidentes na região resultam em mais duas vítimas fatais Em um intervalo de seis dias, trânsito da região Noroeste contabilizou, pelo menos, 11 vítimas fatais. | 20

EDITORIAL | 6 A presença feminina na Câmara dos Deputados é de 9% e, no Senado, de 10% do total.

cmyk

Sitepaginas 30  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you