Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Quarta-feira, 27 de julho de 2016

Ano 43 - Nº 306

Saúde ainda não tem uma política sustentável

R$ 3,00

Presidente do PMDB confirma acordo Apoio ao PDT deverá ser confirmado no dia 2. | 8

Sindilojas aposta no incremento das vendas Presidente Élio Quatrin defende campanhas. | 3

Gestores entram na justiça contra RF Na segunda edição do ciclo de debates da Unijuí, o tema abordado foi o financiamento da saúde | 5

Mandado busca retorno de IR de funcionários.|10

Comissão divulga shows da Expo-Ijuí/Fenadi

Entre as atrações da feira, que acontece de 6 a 16 de outubro, está a dupla Zezé di Camargo e Luciano. | 13

Trânsito faz mais uma vítima na região Após fim de semana com seis mortes, saída de pista mata professora na BR-285, em Panambi.|11

NOVOS ESPAÇOS Na diversão da piscina de bolinhas, os alunos da Escola Infantil Branca de Neve têm diferentes atividades que estimulam o desenvolvimento cognitivo. | 7

cmyk


RADAR

DIA DO VINHO - Em Ijuí foi criada, pelo prefeito Fioravante Ballin, a lei municipal de nº 5994, que institui o Dia Municipal do Vinho, em 25 de julho. A legislação diz que a data servirá de estímulo à realização de ações atinentes ao desenvolvimento da cultura e ao fortalecimento das políticas públicas de fomento à atividade e agroindustrialização, sejam elas de iniciativa do setor privado, da sociedade civil e/ou do poder público municipal. NA ESCOLA - O presidente interino, Michel Temer, surpreendeu a imprensa ao convocar jornalistas para acompanharem a ida dele à escola do filho, ontem. Temer e a esposa, Marcela, foram buscar o menino de sete anos, conhecido como Michelzinho, na Escola das Nações, que fica no Lago Sul – região nobre da capital federal. Apesar de ter convidado a imprensa, Temer não concedeu entrevista. De longe, acenou para as câmeras. A presença da mídia incomodou alguns pais e crianças. “Vai ser todo dia essa palhaçada?”, disse uma mãe. “Vão atrás dos corruptos, ele é só uma criança”, gritou outra, antes de ser informada que o próprio Planalto havia convocado os jornalistas. CARGOS EM COMISSÃO - O Ministério da Cultura publicou na edição de ontem do Diário Oficial da União a exoneração de 70 ocupantes de cargos de coordenação e assessoria. As exonerações incluem integrantes da Cinemateca Brasileira, da Fundação Biblioteca Nacional e do Instituto Brasileiro de Museus. A coordenadorageral da Cinemateca Olga Futemma, nomeada em maio do ano passado, e outros quatro coordenadores do órgão foram exonerados. A Cinemateca é responsável pela preservação da produção audiovisual brasileira. Outra baixa foi a do diretor do Museu Villa-Lobos, do Rio de Janeiro, maestro Wagner Tiso Veiga. Ao assumir interinamente a presidência da República, Michel Temer extinguiu o Ministério da Cultura e as atribuições da pasta foram incorporadas pelo Ministério da Educação. PIS/PASEP- Os trabalhadores que perderam o prazo poderão sacar o abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2014 a partir de amanhã, segundo informou o Ministério do Trabalho (MTE). O novo período de saque será de um mês e terminará no dia 31 de agosto. No mesmo dia, também começa a ser pago o abono ano-base 2015. Quem nasceu de julho a dezembro recebe o benefício neste ano (2016), e os nascidos entre janeiro a junho, no primeiro trimestre de 2017. De acordo com o MTE, em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 30 de junho de 2017, prazo final para o recebimento. O governo federal anunciou no início deste mês a prorrogação do prazo para que trabalhadores fizessem o saque do abono salarial do PIS/Pasep, referente ao ano-base de 2014.

cmyk

2

OLHO DA RUA INDICADORES

Poupança 26.07.2016 ......................0,6591% Ouro 26.07.2016..................... R$ 137,33 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,2698 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,2704 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,2100 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,4000 Euro (compra) .............................. R$ 3,5926 Euro (venda) ................................. R$ 3,5933 IPC/FIPE Jun/ /2016 .............................0,65% IGPM Jun/2016 ................................... 1,69% INPC/IBGE Jun/2016 ............................0,74% IPCA Jun/2016 .....................................0,35% IGP-DI-FGV Jun/2016 ...........................1,63% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144

LOTERIAS Em dias de sol, a comunidade em geral e o setor de limpeza pública aproveitam para retirar o lixo das ruas, depositado por pessoas sem consciência ambiental, na tentativa de evitar alagamentos em dias de chuva.

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º 2º 3º 4º 5º

ENTRE ASPAS "Já que esta matéria foi exposta pela mídia de maneira equivocada, sem separar os preços dos medicamentos dos serviços pagos aos prestadores credenciados, solicitamos ao Tribunal o posicionamento quanto à legalidade dos pagamentos feitos até aqui", disse o presidente do Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (Ipergs), José Parode.

"Sei que pessoas têm trabalhado sem descanso nessas últimas semanas para resolver os problemas remanescentes na preparação dos Jogos", declarou Francesco Ricci Bitti, presidente da Associação das Federações Olímpicas.

Getúlio

4141

03 19 43 58 67

"Se comunicou com a pessoa errada",diz pai de suspeito de terrorismo no Rio Grande do Sul.

“No futebol todo mundo põe dúvida antes de colocar perspectivas de sucesso. Por não ter tradição, histórico, e às vezes não ter um bom currículo. Mas o Negueba já passou por São Paulo e Flamengo e teve uma boa passagem pelo Coritiba. E o Grêmio tem sido um grande recuperador de jogadores”,disse o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior.

8.465 7.189 8.570 1.477 9.157

QUINA

"É jogo de cachorro grande. Temos que buscar o gol, não deixar eles jogarem, ter a confiança com a torcida em nosso estádio", comentou o meia-atacante Valdívia, que voltou a ser titular na última rodada.

“A precarização é muito grande. Não se trata de não racionalizar. Até o final do ano, projetamos uma economia de R$ 19 milhões. No entanto, os cortes praticamente inviabilizam as atividades da Justiça do Trabalho”, disse a desembargadora Beatriz Renck, que preside o TRT4.

-

CONCURSO nº

LOTOFÁCIL Resultado de Segunda

ELEIÇÕES 2016 - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Gilmar Mendes, divulgou dados sobre as próximas eleições municipais, marcadas para o dia 2 de outubro. Segundo o ministro, R$ 150 milhões foram destinados para a compra de 90 mil urnas eletrônicas novas. O objetivo do investimento é garantir uma maior tranquilidade durante as eleições. O presidente do TSE informou que a estimativa é de que 530 mil a 580 mil candidatos disputem as eleições.

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 27 de julho de 2016

CONCURSO nº

1392

01 02 03 04 08 09 14 15 16 17 18 20 21 22 25

PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 27 de julho de 2016

COMÉRCIO

Retomada do varejo motiva empresários Os empresários do comércio varejista da região Noroeste se reúnem hoje em Panambi para participar de uma palestra ministrada pelo economista da assessoria econômica da Fecomércio-RS, Lucas Schifino. Ele irá debater com os presentes o atual cenário econômico do País, destacando que as empresas devem focar em gestão e eficiência. O evento irá reunir sindicatos da região filiados à FecomércioRS, empresários, lideranças de entidades e autoridades. A informação é do presidente do Sindilojas de Ijuí, Élio Quatrin. Quatrin destaca que enquanto o momento turbulento não passa, os empresários devem ficar em ações. "Conforme o cenário que vem se desenhando, a expectativa é de que as vendas aumentem", ressalta Quatrin, salientando que as vendas ainda estão um pouco em baixa e o consumidor anda desmotivado,

mas os comerciantes acreditam que as estimativas que estão sendo divulgadas é o que as lojas precisam para retomar as vendas. Ele destaca que a retomada da confiança do consumidor é essencial para a volta dos investimentos e da atividade no setor. " Já há uma retomada do desenvolvimento por força da retomada de confiança, que o empresário vive de expectativa para o futuro". O presidente do Sindilojas Noroeste destaca que a entidade que representa o varejo local aposta em campanhas com oferecimento de descontos e prêmios aos consumidores. "Este ano estamos encontrando dificuldades para promover estas ações, que geralmente são realizadas integradas em parceria com o poder público, mas posso garantir que as campanhas serão feitas, vamos reunir os

O pagamento da primeira parcela do 13º aos aposentados e pensionistas em agosto consumirá R$ 18,2 bilhões, informou a Secretaria da Previdência, vinculada ao Ministério da Fazenda. Segundo o órgão, mais de 29 milhões de pessoas receberão a parcela da gratificação natalina no mês de agosto. Os depósitos começam no dia 25 de agosto para os segurados que recebem até um salário mínimo. Para aqueles que recebem acima do salário mínimo, a primeira parcela do abono anual será creditada a partir do dia 1º de setembro. O calendário de

pagamento vai até o dia 8 de setembro. O decreto que autoriza a antecipação do pagamento da primeira parcela da gratificação natalina foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) da última segunda-feira. A segunda parte do abono será creditada na folha de novembro e o desconto do Imposto de Renda, se for o caso, incidirá somente sobre a segunda parcela da gratificação. A primeira parcela do 13º tradicionalmente é paga em agosto. No ano passado, porém, o Ministério da Fazenda, sob o comando de Joaquim Levy, não

Élio Quatrin

associados e buscar alternativas para fomentar as vendas e superar esta crise", disse.

3

Exportações gaúchas recuam 4,4% A receita das exportações gaúchas recuou 4,4% no primeiro semestre de 2016, atingindo US$ 7,7 bilhões. Foram US$ 349,9 milhões a menos que o saldo do primeiro semestre do ano passado. Os cinco principais produtos exportados foram soja em grão, fumo em folhas, polímeros plásticos, carne de frango e farelo de soja. Ao mesmo tempo, o volume embarcado cresceu 10,2%, mas os preços médios dos produtos exportados caíram 13,2%. Foi esta relação inversa que provocou receita menor, mesmo vendendo mais. Julho alcançou o maior volume embarcado pelo Estado na série histórica iniciada em 1989 pela Fundação de Economia e Estatística (FEE). Foram 11,56 milhões de toneladas. Soja em grão, maior item vendido, registrou recorde de volume embarcado no primeiro semestre (5,131 milhões de toneladas). Apesar disso, a receita em dólar foi a menor dos últimos quatro anos. Já a receita global foi a menor desde 2010. O Rio Grande do

Sul perdeu uma posição no ranking nacional, passando para a quinta colocação entre os estados exportadores, à frente do Rio de Janeiro, que foi prejudicado pela queda dos preços do petróleo. Por outro lado, Mato Grosso e Paraná foram beneficiados pela alta das commodities, principalmente da soja. A queda nas receitas com a venda de produtos básicos contribuiu mais para perder faturamento. Foram US$ 353,9 milhões a menos, 8% de recuo, e nos manufaturados, perda de US$ 198,4 milhões (-6,7%). As vendas de semimanufaturados aumentaram, fechando em US$ 245,8 milhões, alta de 44,9%. No recuo de embarques, trigo em grãos e farelo de soja lideraram em produtos básicos. Já carne bovina teve alta de 81,7% em valor. Em manufaturados, os maiores recuos em divisas foram em máquinas e aparelhos para uso agrícola, hidrocarbonetos e motores para automóveis. Cresceram as vendas de polímeros plásticos, calçados, máquinas de elevação de carga e automóveis.

Antecipação do 13º custará R$ 18 bi

incluiu o pagamento na folha de agosto sob o argumento de falta de fluxo de caixa para bancar a despesa. A ideia era deixar o pagamento para dezembro, já que a antecipação não é obrigatória. A lei prevê o pagamento no último mês do ano, mas há nove anos o governo federal vinha permitindo o repasse de metade do valor na folha de agosto. Com a pressão política decorrente da decisão, o governo decidiu manter o adiantamento, que foi pago em setembro no ano passado. O impacto da antecipação foi de R$ 15,8 bilhões em 2015.

Fazenda prevê cenário favorável Convidado para palestrar na abertura do Fórum dos Secretários Municipais de Fazenda e Finanças do RS, evento organizado pela Famurs, o secretário da Fazenda, Giovani Feltes, disse acreditar num cenário mais favorável apenas a partir de 2017, caso se confirmem as projeções de retomada da economia. "Ainda teremos um segundo semestre de muitas dificuldades, mas o País superando este momento político haverá de reverter a crise econômica, o que fará com que as medidas de ajuste fiscal adotadas pelo governo gaúcho tenham maior efeito", acentuou ele. Feltes salientou que a recessão tirou mais de R$ 2 bilhões da receita tributária no ano passado, com reflexo nos repasses

para os municípios. O secretário fez um breve histórico dos problemas que afetaram o equilíbrio fiscal nos últimos 45 anos e a determinação do governador José Ivo Sartori "não apenas em expor esta realidade para a sociedade gaúcha, mas de ter a coragem de agir". Diante de uma plateia que tem a responsabilidade de fechar as contas do último ano dos atuais mandatos municipais, Feltes assegurou a destinação mínima de 12% da receita corrente para os programas de saúde e que irá honrar o parcelamento acordado com a própria Famurs de dívidas deixadas pelo governo anterior nesta área. O secretário reafirmou o compromisso de atual governo com os investimentos pre-

vistos na Consulta Popular para este ano, ao redor de R$ 60 milhões. "Vamos pagar o que acertamos. Paramos de nos enganar como nos últimos anos, criando passivos que todos sabiam que não seriam recuperados", acrescentou. Feltes conclamou também prefeitos e secretários presentes no evento, que ocorreu na sede da entidade, em Porto Alegre, para instituir ações municipais de combate à sonegação. Manifestou-se o secretário a alterar os critérios para definição do índice de participação de cada município no rateio de ICMS. Ele enfatizou que "estas ações de cidadania ajudam o Estado, mas são muito mais importantes aos municípios".

Receitas das exportações gaúchas recuaram no 1º semestre de 2016

Novo prazo para saque do PIS começa amanhã Os trabalhadores que perderam o prazo poderão sacar o abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2014 a partir de amanhã, segundo informou o Ministério do Trabalho (MTE). O novo período de saque será de um mês e terminará no dia 31 de agosto. No mesmo dia, também começa a ser pago o abono ano-base 2015. Quem nasceu de julho a dezembro recebe o benefício neste ano (2016), e os nascidos entre janeiro a junho, no primeiro trimestre de 2017. De acordo com o MTE, em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 30 de junho de 2017, prazo final para o recebimento.

O governo federal anunciou no início deste mês a prorrogação do prazo para que trabalhadores fizessem o saque do abono salarial do PIS/Pasep, referente ao ano-base de 2014. O prazo havia terminado em 30 de junho e, de acordo com o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, na ocasião, cerca de 1,2 milhão de pessoas que possuíam direito ao benefício não haviam feito o saque. Nogueira não soube informar quantos trabalhadores fizeram o saque do benefício no prazo previsto, mas disse que foram 95% do total. Há uma semana, 22,2 milhões haviam feito a retirada, num total de R$ 18,4 bilhões.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 27 de julho de 2016

BOLETIM DA CONAB

Cenário é postivo para culturas de inverno

As chuvas ocorridas ao longo do mês de julho foram suficientes para o plantio e o desenvolvimento dos cultivos de inverno no Paraná e no Rio Grande do Sul, aponta o 7º Boletim de Monitoramento Agrícola de 2016, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado ontem. O foco desta edição do estudo consiste no monitoramento das culturas de segunda safra de inverno nas regiões onde existe expressivo percentual de cultivo de cereais como trigo e aveia, informou a Conab. Apesar do cenário positivo nos Estados do Sul, nas regiões onde o milho segunda safra é monitorado pelos técnicos, os dados de satélite confirmam, por meio da evolução do Índice de Vegetação, o impacto negativo das intempéries climáticas no desenvolvimento das lavouras. O último levantamento da safra, divulgado no dia 7 deste mês pela Companhia, estimava uma produtividade para o milho segunda safra de 4.398 kg/ ha, com um rendimento 27,5% inferior ao registrado na safra passada, por conta da estiagem. Por outro lado, as culturas de inverno – trigo, aveia, centeio, cevada e triticale – apresentavam também variações positivas na maioria dos Estados do Sul.

Devido ao estado inicial das plantas, a Conab não divulgou expectativas de produtividade para as áreas de inverno nos três Estados. O Boletim de Monitoramento Agrícola, desenvolvido pela Gerência de Geotecnologia da Companhia, avalia as condições atuais das lavouras em decorrência de fatores agronômicos e climáticos recentes, com base em registros de estações meteorológicas e dados de satélite. Além de auxiliar nas estimativas de safra, o monitoramento tam-

bém é utilizado como apoio às análises de mercado e gestão de estoques públicos. Em Ijuí, o clima favorável deve benficiar especialmente a cultura da aveia, cultura agrícola com maior área plantada no meio rural do município, com 10 mil hectares cultivados, conforme a Emater-RS/Ascar. Em segundo plano, os seis mil hectares cultivados com trigo também devem ter significativa melhora de cenário, já que o cereal recebeu pouca atenção dos agricultores locais nesta safra

Na pré-estreia, a Invernada Mirim apresentou a coreografia que deve integrar o Festmirim, em Santa Maria

cmyk

4º Palco Sesc Nativista é lançado oficialmente Na noite da última quinta-feira, no jantar do comerciante promovido pelo Sindilojas Noroeste na Estação da Mata, aconteceu o lançamento do 4º Palco Sesc Nativista. O principal objetivo do projeto é celebrar a cultura e a música do Rio Grande do Sul. Na oportunidade, o gerente da unidade do Sesc Ijuí, Ronaldo de Moura Soares, apresentou os show que serão realizados pelo projeto no decorrer do ano. Durante o evento, a cantora nativista Mariana Marques marcou a noite com o show de lançamento.

No dia 26 de agosto, às 22h na Estação da Mata será o show Parelha com Cristiano Quevedo & Érlon Péricles. A classificação etária é 16 anos desde que acompanhados do responsável legal. No dia 18 de dezembro, às 21h ,a comunidade será presenteada com o show natalino com Wilson Paim na Praça da República. A realização do 4º Palco Sesc Nativista é do Sesc, juntamente com o apoio do Sindilojas Noroeste, Poder Executivo de Ijuí e Jardim Europa Hotel e Restaurante.

Com plantio concluído, expectativa é de boa produtividade para o trigo

Jovens participam de festivais

No último fim de semana, o Grupo de Folclore Chaleira Preta de Ijuí, “viveu um momento mágico feito por muitas mãos”, segundo classifica o diretor cultural, Noel Torquato. A expressão foi porque a Invernada Mirim do Grupo realizou a sua pré-estreia, com coreografias que devem ser apresentadas durante o Festmirim, Festival Tradicionalista Mirim, que será realizado

4

no próximo fim de semana, em Santa Maria. Durante o sábado, a Invernada Juvenil apresentou as coreografias que vão dançar no Juvenart, Concurso Estadual de Danças Tradicionais Categoria Juvenil, nos dias 6 e 7 de agosto, em Santa Maria. “Uma sensação de beleza pura, aglutinado ao esforço, dedicação, abdicação, comprometimento, em busca de um objetivo:

atingir a perfeição”, reforça Torquato, sobre as apresentações das Invernadas. Conforme o diretor, as atividades tiveram a finalidade de preparar os integrantes das invernadas para as apresentações que ocorrem neste fim de semana e em agosto. “Muitas horas de tablado, mas tudo com uma única finalidade, que façam bonito como sempre fizeram”, comemora.

Durante o evento a cantora nativista Mariana Marques realizou o show de lançamento

Libras auxilia na inclusão social de alunos O ensino de Libras vem sendo reconhecido como caminho necessário para uma efetiva mudança nas condições oferecidas pelas escolas no atendimento dos alunos surdos. De acordo com a professora de literatura e intérprete da rede estadual, Cheila Cristiane de Souza, a linguagem de Libras surgiu a partir da necessidade dos surdos se comunicarem. "Houve toda uma situação onde os surdos foram obrigados a ser oralizados, então foram testando formas de comunicação que mais se adaptassem, daí surgiu a Libras. A Língua brasileira de sinais tem origem da França, mas sofreu adaptações até ser o que é atualmente", explica Cheila. Sobre o dia a dia, Cheila ressalta que o papel do intérprete na escola é atuar junto ao professor, repassando o conteúdo para os alunos surdos. "Na sala de aula acontecem aulas normais, os surdos que eu acompanho estudam no Ensino Médio e quando troca o professor, o profissional permanece na sala de aula, toda vez que o professor explica o conteúdo, o interprete é aquele que traduz da língua portuguesa, para libras", acentua.

Cheila Cristiane de Souza

Em relação a importância da língua, a professora explica que grande parte da população não percebe o quão primordial é a Libras. "A Libras é a segunda língua oficial do País, porém as pessoas não dão o valor necessário, ou muitas vezes quando querem aprender ou fazer um curso, acabam desistindo pois percebem a dificuldade que é", finaliza.


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 27 de julho de 2015

5

SAÚDE PÚBLICA

Acesso deve ser pensado em três dimensões O Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) sediou a segunda edição de debates promovidos pelo curso de Ciências Econômicas da Unijuí, na manhã de ontem. Tendo como debatedores o presidente do HCI, Cláudio Matte Martins, a diretora financeira do HCI, Ivone Siqueira e o professor do curso de Ciências Econômicas José Valdemir Muenchen, o tema foi o Financiamento da Saúde. Para o economista, o sistema de saúde e seu financiamento devem ser pensados em três dimensões diferentes. A primeira delas, o acesso ao sistema de saúde, ou seja, quem pode de fato fazer uso do sistema e sob quais condições. “Nesse caso temos duas opções: um sistema universal, que é em princípio a leitura que eu faço da Constituição Brasileira, ou um sistema restrito, como é o caso americano, que está sendo repensado agora, porque lá o acesso não é universal, o Estado não paga”, explica Valdemir. A segunda dimensão é quem vai prover esse serviço. “A saúde é um bem público, e como tal, não deve ser tratado como uma mercadoria qualquer, é diferente de pensar a produção de produtos, deve estar sob a tutela do Estado, então quais são de fato as origens dos prestadores de serviço?”, questiona o professor. Nesse caso são duas possibilidades, ou o Estado chama para si a responsabilidade de prover os serviços públicos ou concede à iniciativa privada. No entanto, ao conceder à iniciativa privada, ou aos hospitais filantrópicos e santas casas, como ocorre hoje, precisa oferecer uma proteção social, porque precisa garantir,

por um lado, o acesso à saúde conforme a Constituição e, portanto, tem que conceder uma rentabilidade mínima a essas instituições no sentido de manter um serviço de qualidade por um determinado período de tempo. “Essa me parece ser a grande questão, porque se olharmos, a priorização e a não-neutralidade dos serviços públicos têm mostrado de certa forma que a política pública direcionada à saúde não é o centro do debate.” E, por fim, o terceiro aspecto a ser considerado é o financiamento, ou seja, de onde vêm os recursos, que podem ser públicos ou privados. Nesse ponto, Valdemir trouxe para o debate dados comparativos com outras economias, onde se verifica que em países desenvolvidos, em que a qualidade e prestação de serviço são satisfatórias, o aporte de recursos públicos para financiar a totalidade da saúde gira em torno de, no mínimo, 70%. Na Dinamarca, por exemplo, esse índice é de 84%, e o mesmo se repete na Noruega. Já no EUA, onde o acesso à saúde não é universal, 56% de recursos privados e 44% público são destinados para o financiamento da saúde. No entanto, no Brasil, onde o acesso é universal e irrestrito, 47% dos recursos são públicos, e 53% são privados. “Então, apesar de termos um preceito constitucional, temos a disponibilização de recursos públicos para financiar a saúde em um percentual menor do que deveríamos ter, com um agravante, o Estado sistematicamente não cumpre sua obrigação de repassar nos prazos estabelecidos ou

Endividamento é principal preocupação no HCI O Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) atende a cerca de 1,5 milhão de pessoas, abrange a 20 coordenadorias, e o maior contrato que detém é para atendimento via SUS, realizando 60% na média complexidade, e 90% na alta complexidade, área que requer mais recursos. “Para promovermos um atendimento em Cacon e Cardiologia, por exemplo, temos que disponibilizar de insumos, de materiais de altos custos e hoje o Hospital sofre exatamente neste quesito, que é o endividamento com fornecedores”, revela a diretora financeira do HCI, Ivone Siqueira. Segundo ela, a instituição não deixou de pagar a folha de pagamento dos colaboradores, nem dos médicos, ainda que isto tenha ocorrido com atrasos. "O grande dilema é os fornecedores e a gente acaba recorrendo, sim, ao endividamento bancário para poder dar essa sustentação e poder manter o hospital de portas abertas. Hoje, o item relevante e preocupante para as instituições é o grau de endividamento, porque não tem como fazer diferente. O

Ivone Siqueira

cliente bate à nossa porta, ele é encaminhado para o hospital, os recursos que aqui chegam são insuficientes, nem vou entrar no mérito do calendário de pagamento, as leis são rigorosas para todas as instituições, com prazos para acertos, prazo para recolhimento de encargos e dos tributos federais, mas não existe a garantia de um calendário que possa dar as mínimas condições de cumprir com essas datas. Digo todo dia que é uma luta inglória", finaliza.

de manter o valor de mercado atualizado, são vários anos sem atualização”, acentua o professor. Ele aponta a necessidade de pensar melhor as relações que estabelecem de um lado a sociedade e do outro o Estado. “Se olharmos como ponto de partida, a Constituição Brasileira diz que a saúde é um direito de todos e um dever do Estado, isso implica dizer que do ponto de vista da prestação de saúde temos o direito de acesso universal, e em princípio quem tem que garantir esse acesso, principalmente para aquelas faixas de renda da população que não tem como financiar sua saúde, é o Estado”, lembra. Nesse caso, o Estado tem, dentro de sua missão de garantir o acesso à saúde e demais serviços públicos garantidos ao indivíduo, três funções, basicamente: alocativa, sempre que o mecanismo de mercado não der conta das necessidades, o Estado deve intervir para realocar recursos; distributiva, sempre que a atividade econômica não permitir uma vida digna, justiça social, renda mínima, condições de dignidade humana, o Estado tem que intervir redistribuindo recursos e isso se dá, basicamente, a partir da matriz tributária; e a função estabilizadora, que é de manter a atividade econômica, no sentido de produzir efeitos. Nessa relação que se estabelece entre sociedade e Estado a grande questão que se coloca é, de um lado a forma como o Estado vai financiar sua intervenção, daí temos a questão da base tributária, e a partir daí a política que adotará no sentido

Valdemir Muenchen

de viabilizar o acesso igualitário, justo e com qualidade de vida para a população. “Podemos afirmar que não existe uma política pública neutra, ou seja, o Estado ao decidir que política adotará, optará por uma que está de acordo com sua visão de sociedade, necessidade, e assim por diante. Obviamente que neste caso, em princípio, a gente pode chegar à conclusão que, talvez, em boa parte das ações que olhamos do ponto de vista do setor público, em todas as esferas, talvez a saúde não seja exatamente o prioritário”, afirma.

"Não é aceitável tirar mais da saúde" Durante o ciclo de debates promovido pela Unijuí na manhã de ontem, o professor do curso de Ciências Econômicas José Valdemir Muenchen lembrou que a legislação estabelece os gastos mínimos com saúde, mas não prevê um teto máximo. “Temos dificuldades enormes para atingir o mínimo”, cita. “A partir dessa relação de setor público com sociedade temos que organizar, em princípio, o sistema nacional de saúde, que deveria garantir um sistema de proteção social.” O professor aponta que em países desenvolvidos, que hoje são usados como referência em saúde, é possível verificar uma reforma no sistema capitalista, na década de 30, que permitiram que a atuação do Estado fosse mais eficiente. “Inclusive com uma alocação de recursos, comparativamente, à alocação de recursos privados muito superior ao que nós observamos e isso, de certa forma, produziu um Estado de bem-estar nessas sociedades, o que não observamos aqui. Quando falo de bem-estar, estou falando do acesso a um conjunto

de serviços universais, mas também estou falando de uma diminuição de riscos e de acesso aos benefícios assistenciais no sentido de dar condições específicas a uma parcela da população que é frágil.” Quando o paciente chega ao hospital, este é obrigado a atendê-lo, e a renda para o custeio das despesas deveria vir do Estado, o que não acontece atualmente. “O bem-estar social não é o objetivo final, então nesse caso teríamos que ter uma ação efetiva de políticas públicas que pudessem assegurar certa base de demandas e pudesse trabalhar com a questão de um capital humano e social no âmbito da saúde”, disse. Já o presidente do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), Cláudio Matte Martins, presente no debate, foi enfático ao afirmar que os hospitais precisam lutar pelo recebimento do que Estado e União lhes devem, para que seja possível manter as portas abertas e prestando um serviço de qualidade, uma vez que o HCI é referência macrorregional. "Não podemos aceitar que tirem mais

Cláudio Matte Martins

recursos da saúde, além do que já foi tirado. O dinheiro da saúde tem que continuar vindo de forma integral", afirmou. "O hospital tem o convênio com o SUS para atender, vamos fazê-lo e manter as portas abertas, porque isso está nos estatutos e precisamos fazer isso, se não cumpre o Estado, nós vamos cumprir." O presidente acentua que todos os caminhos para mudar esse quadro de crise já foram tomados, inclusive com enxugamento de pessoal na instituição.

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Quarta-feira, 27 de julho de 2016

SAÚDE EM DEBATE

M

ais uma edição do ciclo de debates proporcionado pela Unijuí trouxe à tona um tema que permeia, e preocupa, a sociedade atual: o financiamento da saúde – ou a falta dele. De um lado, o HCI apresentou, mais uma vez, o panorama de crise no qual está imerso há pelo menos dois anos e sem vislumbrar uma saída de emergência em curto prazo. Do outro lado, uma análise econômica da conjuntura da saúde no cenário nacional, Independente da estadual e municipal escassez de recursos diante de uma defae da necessidade sagem de recursos e de readequação, uma demanda cada área prioritárias vez mais crescente precisam continuar no Sistema Único de sendo prioritárias, Saúde. É importante analisar os investimentos na saúde sob a ótica da falta de uma política pública sustentável, isso porque, em primeiro lugar, não existe uma política neutra quando se trata de Estado. Se o Estado faz a lei, ele a escolhe e aplica da forma como lhe convém, não levando em conta as reais necessidades da população. E, em segundo lugar, a falta de prio-

ridade, o que não acontece com a saúde. A legislação estabelece um mínimo de investimento na área, que o Estado mal consegue cumprir em dia, mas em saúde, a verdade é que quanto mais se investe, menos aparece, o que acaba criando as chamadas políticas públicas tortas. É garantido o mínimo necessário em lei, e o restante vai para aplicação em áreas que os resultados apareçam. Mas essa lógica não leva em consideração as prioridades da população. Saúde é um bemestar, não um produto, e como tal, acaba sendo marginalizada na hora de repartir a fatia dos recursos públicos. Isso porque no momento que o paciente cai no hospital, se o Estado não repassou a verba necessária para custear seus gastos, o atendimento é realizado igual, e a conta é paga de alguma maneira, seja pelo privado, seja pelo endividamento dos hospitais. A redução do orçamento da saúde para 2017 exige atenção dos gestores que trabalham na área. Independente da escassez de recursos e da necessidade de readequação, área prioritárias precisam continuar sendo prioritárias, se não é para investir mais, que não se reduza além do que já foi feito.

PONTO DE VISTA

Marina Kuss Presidente da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) fala sobre o retorno das atividades

Após recesso, quando a Apae retoma os atendimentos? Nós retornamos as atividades e os atendimentos na próxima segunda, dia 1º de agosto. Como está a Ação Entre Amigos? Estamos fazendo a distribuição dos blocos, para que as pessoas possam nos ajudar a vender. Temos propagandas sendo feitas e também a imprensa está divulgando, para legitimar essa promoção. Qual é o maior objetivo com a Ação Entre Amigos?

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

O nosso maior intuito é pela instituição, pois precisamos de um plano de arrecadação para a manutenção da entidade, despesas com tributação e apoio aos projetos na qualificação dos atendimentos que prestamos em saúde, educação e assistência social. Nesses focos que vamos destinar os recursos que vamos arrecadar através da promoção Apae Mil, que é a nossa Ação Entre Amigos. Como as pessoas fazem para adquirir a cartela da promoção? Para adquirir a cartela as pessoas podem ligar para a Apae, falar com funcionários, o nosso telemarketing também está disponível para fazer essa entrega. Qual é o valor dos números e quais são os prêmios? Pode ser adquirida por R$ 10. Estamos sorteando oito prêmios de mil reais, sendo o primeiro e segundo duas viagens para a Serra Gaúcha, com direito a duas pessoas. Temos dois smartphones acima de mil reais, dois climatizadores, uma TV de Led de 32 polegadas e um prêmio surpresa. Esses prêmios serão sorteados durante a Feira do Livro, no dia 12 de novembro, na Praça da República, às 15h.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

6

ARTIGO

Visão geopolítica do Mercosul Lasier Martins Senador (PDT) Os presidentes Lula, Kirchner, Fernando Lugo e Tabaré Vázquez botaram um ovo quando trouxeram a Venezuela para o Mercosul. Certamente estavam com o olho gordo para as gigantescas receitas do petróleo a US$ 120 o barril naqueles tempos e na mão aberta do falecido presidente Hugo Chávez. Ledo engano. Passados pouco mais de 10 anos e já se pode ver que em política externa tudo precisa ser formulado e analisado a longo prazo e que não se pode confundir, nem misturar, objetivos nacionais permanentes com interesses momentâneos de partidos no poder e alianças ideológicas de curto prazo. O que a Venezuela apresentou a seus novos sócios foram constrangimentos e insegurança. Se levar por diante que um Chávez rico era tão pesado quanto carregar um piano nas costas, trazer Nicolás Maduro falido é um peso insuportável. Ainda bem que o novo governo, com o pragmático José Serra (PSDB) no Itamaraty, está se livrando dessa mala sem alças. Como membro da Comissão de Relações Exteriores do Senado Federal, já chamei atenção para as diferenças entre a cultura política dos países do Cone Sul e as nações do Caribe, como é a Venezuela. É dever do Brasil e de seus diplomatas alertar nossos sócios platinos dessas idiossincrasias, para evitar essas cenas lamentáveis que estamos assistindo neste momento com a completa inadequação do presidente Maduro para ser o chairman do Mercosul. Não são poucos os teóricos que chamam atenção para a diversidade da América do Sul. Disto sabemos os brasileiros, pois é parte de nossa vida diferençar um Amazonas de um Rio Grande do Sul, mas sempre compatibilizando dentro de nossa unidade nacional. Por isto temos o know-how para alertar nossos vizinhos do Sul para esta discrepância, sem precisarmos entrar em outros detalhes menos prosaicos. Com todo o respeito, mesmo o olho grande no caixa bolivariano revelou-se um fiasco, pois aí estão as empresas que venderam mercadorias ou serviços para a Venezuela amargando calotes, e os tomadores dos títulos de nosso vizinho do norte engolindo um mico gigantesco. Precisamos, isto sim, é botar o Mercosul nos trilhos, tema do alto interesse nacional e de grande relevância para o Rio Grande do Sul.

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Representantes Comerciais: Grupo de Diários

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

www.jmijui.com.br

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 27 de julho de 2016

ESCOLAS MUNICIPAIS

Investimento em educação é destaque

À frente da pasta da Educação desde 2009, o secretário Elandro Lizot destaca que a área teve um grande avanço durante os últimos anos. Desde a implementação do Ensino Fundamental de nove anos e a Educação Infantil se concretizando como uma etapa importante no desenvolvimento das crianças. De maneira geral, ele defende que ocorreram várias ações de valorização dos professores, com qualificações de espaços físicos das escolas. “Nesse período somamos mais de R$ 17 milhões em investimentos na recuperação de prédios das escolas e, dentro de todo o processo, aprofundamos a qualificação do ensino na rede municipal”. Atualmente, a Escola Estadual Soares de Barros é destaque nos índices do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), “ela possui uma dimensão bem expressiva, tendo reconhecimento estadual”. A Escola Thomé de Souza, que teve bons resultados nos Anos Finais do Ensino Fundamental,

“ela teve os percentuais mais elevados de progressão”, diz. Além dos investimentos na qualificação educacional, Lizot destaca que a pasta, no último ano chegou a investir 27% da arrecadação na educação. “Este ano não deve ser diferente, nosso orçamento está organizado e acredito que os recursos direcionados à área devem chegar a 27% novamente”. Em relação a valorização dos professores, Lizot salienta que o Município, desse a início da Lei, esteve dentro do que preconizava a lei do piso salarial, “a partir de 2013, conseguimos fazer a implementação completa da Lei, que se refere ao vencimento, 1/3 da carga horária para preparação de aulas e mexendo no plano de carreira, destacando a valorização pela formação profissional”. Para este ano, o secretário destaca que há escolas que estão recebendo reformas, como é o caso da Escola Amazonas e Thomé de Souza, ambas com recursos próprios do Município. “E aguardando a conclusão da escola Infantil do Tan-

Segundo semestre deve receber ações culturais O primeiro semestre letivo já acabou e agora, as escolas, além de entrar no período de recesso, também realizam a avaliação das atividades desenvolvidas nesse período e também o planejamento para o segundo semestre. A diretora da Escola Municipal Fundamental Anita Garibaldi, Cátia Nunes, explica que o primeiro semestre foi significativo para a escola, onde foi trabalhado o projeto Pesquisar para conquistar, em que a pesquisa foi o eixo dos projetos que foram desenvolvidos. Entre as ações realizadas, ela explica que está a visita a Usina de Energia José Barasuol e passeio nas Ruínas de São Miguel. "Dentro disso também tivemos outras atividades que foram realizadas, principalmente na questão ambiental", destaca. Entre as ações, o que se destaca, são as atividades extraclasse. "Tivemos um trabalho sobre a Dengue, onde os alunos saíram a campo para pesquisar isso. Visitamos os moradores do bairro, os alunos fizeram análise de onde vivem e observamos também como é o cuidado com a

prevenção da doença. Tentamos transferir a questão externa para ajudar na aprendizagem do diaa-dia". Para o segundo semestre, já está prevista a Feira do Conhecimento, que é uma feira interdisciplinar onde devem ser trabalhadas todas as disciplinas e os alunos, a partir das pesquisas que já ocorrem, participam de uma mostra de todo o conhecimento que foi adquirido. Além da Feira, também ocorre o seminário de projetos dos Anos Iniciais em que os professores e alunos apresentam o que foi adquirido no primeiro semestre. "Temos, ainda, a continuação das atividades de conto de história, o dia da família na escola e de 12 a 19 de setembro ocorre a Semana da Escola, em alusão ao aniversário do Educandário". Conforme destaca Cátia, durante essas atividades é importante a participação das famílias, "sempre buscamos fazer encontros com os professores e as famílias, justamente para manter esse vínculo, que é bem significativo para os alunos".

Eleandro Lizot

credo Neves. Ainda estamos na expectativa e esperamos concluir a obra ainda neste ano”. Já na Escola de Educação Infantil do bairro Jardim, também um projeto do MEC, está sendo trabalhado para que esteja organizada para a execução da obra o mais breve possível.

7

Escola Tiradentes comemora sete anos de atuação Na próxima segunda-feira, iniciam-se as ações de comemoração aos sete anos de atuação do Colégio Tiradentes, em Ijuí. Ontem, em entrevista ao Grupo JM, o comandante, major João Volmei Spagnol, falou de todo o trabalho de instalação do Educandário em Ijuí. "Mesmo que tenha parecido complicado, me parece que deu forças para começarmos com o pé direito", disse. A data, 6 de agosto, marca a assinatura do decreto de criação. Segundo ele, no retorno dos alunos do recesso de julho, no dia 1º de agosto, os alunos já participam de atividades alusivas ao aniversário do Colégio. "Na noite, começamos a programação com a Tribuna Livre na Câmara de Vereadores, onde fomos convidados a participar para falar dessa história". Mesmo sendo uma escola pública estadual, Spagnol salienta que é importante manter um contato com a administração municipal, "uma vez que está inserida e atua na comunidade local", diz. Na próxima semana, os estudantes, professores e a comunidade podem participar de debates sobre a história do Colégio, bem como expectativas para o que se pode projetar para o ano. Na quarta-feira, dia 3, ocorre uma exposição de robótica. "Para esse dia, convidamos todos os diretores de escolas do Município e do Estado, justamente para

conhecerem o funcionamento do Colégio". Na sexta-feira, 5, ocorre uma solenidade militar com a participação do diretor de ensino da Brigada Militar. No momento também ocorre uma reunião com todos os comandantes para organizar a participação de um seminário pedagógico que ocorre em setembro. Neste dia, ocorre, ainda, a assinatura do edital para abertura do processo seletivo de novos alunos para 2017. O ponto principal das comemorações será no dia 7 de agosto, quando ocorre a 2ª Rústica Colégio Tiradentes. Ao todo serão sete categorias, que fazem um percurso de 800 metros, para o mirim, 2 quilômetros para a categoria estudantil e 5,1 quilômetros para a categoria adulto. A inscrição é gratuita e deve ser feita pelo site do Clube de Corredores de Ijuí (www.ucrsm.com) até às 18h de sexta-feira, dia 5. "Este é um momento de confraternizarmos com a comunidade de Ijuí e região. É um momento de alegria, de podermos ter chegado até aqui com resultados fantásticos em decorrência de um trabalho sério que vem sendo desenvolvido". Atualmente, atuam 33 professores, dez policiais militares e quatro servidores civis, atendendo 190 alunos do Ensino Médio, atendendo jovens de cerca de 27 municípios.

Escola investe em espaços interdisciplinares

Entre os espaços, está a área em que as crianças são incentivadas a conhecer os diferentes sons e sensações

Enquanto as escolas de Ensino Fundamental e Médio estão no recesso de julho, as escolas de Educação Infantil seguem as atividades. Na Escola Infantil Branca de Neve, desde o início do ano, a equipe diretiva vem trabalhando com a otimização dos espaços para atender as crianças com atividades lúdicas, de lazer e que proporcionem o desenvolvimento cognitivo e social. De acordo com a diretora do

Educandário, Linéia Kromberg Denes, foi pensado no desenvolvimento da criança, na apropriação de mundo, "que é uma riqueza de experiências", destaca ela. Dentre as ações que foram realizadas, estão a revitalização da área externa, com espaço de músicas, área onde as crianças podem pintar a parede, pista de carrinhos e de 'motoca' e ainda, futuramente, o espaço sensações, onde as crianças conhecem as

diferentes formas da natureza. Ela destaca, ainda, que para concretizar os espaços, a escola recebeu a ajuda dos pais. "Acredito que a família deve estar presente na escola. A partir desse momento, o trabalho evolui mais, é muito mais significativo quando temos a família presente", defende. Atualmente a Escola Branca de Neve atende 192 crianças de 0 a 4 anos de idade.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 27 de julho de 2016

ELEIÇÕES MUNICIPAIS

"Namoro" entre PMDB e PDT deve se confirmar O PMDB se reúne no próximo dia 2 de agosto para convenção municipal que deve selar o apoio do partido à chapa do PDT nas eleições municipais deste ano. Em entrevista ao Grupo JM ontem, o presidente interino do PMDB, Ênio Gonçalves, confirmou que os dois partidos voltaram a se reunir na noite da última segunda-feira para reafirmar o compromisso político. O presidente interino explicou ainda todo o histórico de aproximação entre as duas siglas, algo que tinha a anuência de todas as alas do partido. "Existe um processo que vem sendo construído há um ano e meio, que é esse namoro, esse apoio do PMDB para com o PDT. Isso foi sendo costurado pelos nossos vereadores Ricardo Adamy e Daniel Perondi, e é importante que se diga que tudo foi tocado pelos dois representantes do partido na Câmara. Lá pelo meio do caminho, o vereador Daniel Perondi se arrependeu, não sei ao certo o que houve com ele, acabou dando declarações a partir das quais se tornou muito difícil mantêlo como candidato a vice nessa coligação com o PDT", relata Gonçalves. Daniel Perondi, que lançou

seu nome como pré-candidato a prefeito pelo PMDB e tem seguidamente reiterado sua intenção de liderar o partido nas eleições, é o peemedebista que tem mostrado maior contrariedade a uma aliança de seu partido com o PDT, tendo, inclusive, colhido assinaturas de filiados que também são contrários à coligação. A maior propensão do vereador é pela participação de sua sigla em uma chapa de oposição ao atual governo. "Quando assumi como vicepresidente, o Daniel me comunicou que esta negociação com o PDT já estava em andamento. Falei a ele que seria algo difícil, que sempre estivemos na oposição, mas ele me garantiu que poderia administrar tudo e pediu minha ajuda, inclusive. O que estamos fazendo é somente dar seguimento ao que vem sendo debatido há quase dois anos, e que deverá se concretizar", disse Ênio Gonçalves Ainda conforme o presidente interino, a convenção da próxima terça-feira será feita de maneira democrática, e todos os membros do partido terão suas opiniões respeitadas, mas a decisão final será tomada pelo maioria dos correligionários.

Ênio Gonçalves

O acerto feito entre PMDB e PDT envolve a cessão de três secretarias e mais 20% dos cargos comissionados na administração municipal, em caso de vitória da chapa composta pelos dois partidos. A coligação não envolve a indicação do candidato a viceprefeito, que, desta forma, deve ser feita pelo próprio PDT para compor a chapa com o pré-candidato a prefeito Valdir Heck.

Ex-senador Suplicy deixa a cadeia O ex-senador Eduardo Suplicy (PT), candidato a vereador em São Paulo, foi detido na manhã de segunda-feira durante reintegração de posse na zona oeste da capital, por desobediência e obstrução à Justiça. O petista, que completou 75 anos de vida em junho passado, foi erguido do chão pela PM, onde chegou a se deitar apoiando a resistência do grupo. Os policiais pegaram o ex-senador pelas pernas e braços, suspenderam acima do chão e o retiraram do local. O político foi levado à 75º Delegacia de Polícia de São Paulo onde foi ouvido e, posteriormente, liberado. Ontem, através de suas redes sociais, Suplicy deu sua versão dos fatos. "Quase estava para acontecer um conflito. Resolvi tomar a atitude de deitar-me", afirma. "Minha atitude era para prevenir qualquer ato de violência. Nada de querer tumultuar a reintegração de posse", afirmou. "A oficial de Justiça fez um apelo a mim para que me levantasse espontaneamente. Eu falei: 'Não vou me levantar. Não criarei

cmyk

Petista foi carregado por policiais do local onde ocorria reintegração de posse

qualquer resistência, se quiserem me levar'", escreveu. Suplicy afirma que foi bem tratado tanto no 75º DP, onde os delegados teriam sido "muito civilizados e respeitosos", quanto pelos agentes que realizaram a detenção. "Aliás, os próprios PMs que me levaram e que haviam me carregado tiveram uma atitude de diálogo respeitoso comigo." Em nota divulgada no dia da

reintegração, o governo do Estado de São Paulo lamentou a atitude de Suplicy e disse que o político se aproveitou "da fragilidade de famílias para tumultuar uma reintegração de posse em cumprimento a uma ordem judicial solicitada pela Prefeitura de São Paulo, dona do terreno". A nota, da Secretaria da Casa Civil, disse ainda que Suplicy "insistiu na obstrução da via mesmo após negociação".

8

PCdoB quer se reforçar através da Câmara O PCdoB de Ijuí escolheu o dia 3 de agosto para realizar sua convenção que definirá os rumos do partido para a eleição a prefeito e vice, além da definição da nominata de vereadores que concorrerá à Câmara neste ano. A definição, até agora, é a de que o partido não terá candidato a prefeito. Em outubro, o diretório deliberou pela pré-candidatura de Júnior Piaia à prefeitura, mas mudanças na conjuntura política acabaram promovendo uma correção de rumos na sigla. "Nosso desejo, como partido de oposição, é o de articular uma possibilidade de enfretamento a essa política que temos vivenciado há 30 anos na administração municipal. Com o Júnior e a ajuda de diversas outras forças políticas, chegamos muito perto da vitória nas três últimas eleições, então tínhamos convicção de que esse era o caminho a continuar seguindo. Só que em função de algumas restrições que membros de direções de alguns partidos apresentaram ao nome do Piaia, o próprio Piaia abriu da candidatura em nome de união em torno desse grupo de oposição", contou ontem a presidente municipal do PCdoB, Rosane Simon. Segundo ela, apesar de os

oposicionistas estarem incertos sobre um nome para disputar a eleição, Rosane Simon acredita ainda haver possibilidade de compor uma chapa que represente uma alternativa política em Ijuí. "Quando as coisas precisam ser construídas no conjunto é mais complicado, não temos gerência sobre os outros partidos. O candidato que defende a situação já está bem definido, mas para mim fica cada vez mais claro que muitas pessoas querem uma renovação. Então seguimos fazendo o debate para ajudar a apresentar essa alternativa, o que é algo viável", avalia. Quanto ao próprio PCdoB, a intenção é utilizar candidaturas com bom potencial de voto à Câmara de Vereadores para reforçar os quadros do partido. "Como o tempo já passou, nosso partido foi se organizando em cima de construir alternativas nossas para daqui a algum tempo, e fazer isso se reforçando na Câmara de Vereadores. Estamos fazendo um debate importante e tanto eu quanto o Piaia somos pré-candidatos à Câmara. Queremos utilizar essa experiência que temos no Legislativo, que também é um poder importante, para construir políticas públicas para o município".

Lasier volta atrás e admite gasto excessivo Após rebater as críticas que recebeu por conta da reforma do gabinete em Brasília, o senador Lasier Martins (PDT) admitiu que o valor investido nas modificações da sala, R$ 138 mil, é alto e descartou novos investimentos na sala que foi considerada ultrapassada e com espaço ocioso. "Concordo que o valor é alto e fiquei sabendo na véspera do meu embarque para Porto Alegre e quando tudo já tinha sido acertado. O sistema de ar é antigo e só ele custou 49 mil, segundo a licitação feita pelo próprio Senado. Era preciso mudá-lo totalmente porque Brasília é muito quente e esses gabinetes são muito fechados. Tudo isso é caro, mas quero me comprometer e daqui para frente não serão feitos mais gastos na sala, não quero saber de mobília nova", declarou ontem em entrevista a uma rádio de Porto Alegre. Lasier explicou que o gabinete pertencia ao senador Miguel Couto, do Paraná, que não se elegeu, e argumentou novamente que o espaço da sala não era dos melhores. "As pessoas se

Lasier Martins

amontoavam no local e você ficava constrangido. Além disso, o gabinete vai ficar para o Senado, não é meu. Ele pertence à União", acrescentou. O político gaúcho voltou a citar a influência da chefe de gabinete na reforma. Lasier disse que a funcionária se sentia muito desconfortável em trabalhar num lugar apertado.


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 27 de julho de 2016

REJEIÇÃO A TEMER

Maioria quer novas eleições, aponta pesquisa Mais da metade da população brasileira acredita que o melhor para o país é a realização de uma nova eleição presidencial ainda este ano, com a saída de cena da presidenta afastada Dilma Rousseff e do presidente interino, Michel Temer, de acordo com pesquisa do instituto Ipsos divulgada ontem. O instituto perguntou a 1,2 mil entrevistados “O que é melhor para o Brasil?”, com quatro opções de resposta: permanência de Temer até 2018; retorno de Dilma até 2018; permanência de Temer com convocação de nova eleição este ano; e retorno de Dilma com convocação de nova eleição este ano. A maior parte dos entrevistados, 38%, respondeu que o melhor cenário seria que Temer permanecesse no cargo somente até a realização de uma nova eleição este ano. Outros 14% optaram pelo retorno de Dilma até o novo pleito. Somadas as duas respostas, o levantamento mostra que a maioria, 52%, é a favor da convocação de novas eleições, independentemente do desfecho do processo de impeachment. A opção menos escolhida, com 14%, foi a permanência de Temer até 2018. Em relação a Dilma, 20% dos entrevistados responderam que o melhor para

Pesquisa também mostrou que 48% desaprovam governo interino de Temer

o país seria que a petista cumprisse seu mandato até o final, em 2018. Conforme as regras determinadas pela Constituição, uma nova eleição presidencial está prevista somente para 2018. A antecipação do pleito é permitida somente no caso de renúncia simultânea de Dilma e Temer. Também há a possibilidade de que uma proposta de emenda à Constituição (PEC) seja aprovada pelo Congresso para autorizar uma nova eleição. No entanto, ambos cenários são considerados improváveis do ponto de vista político.

O levantamento também mostra aumento da avaliação negativa do governo Temer. Em julho, 48% dos entrevistados avaliaram a gestão do peemedebista como ruim ou péssima, ante 43% que deram as mesmas respostas em junho. Os que consideram o governo interino regular se mantiveram em 29%. E 7% consideram o governo Temer “ótimo ou bom”, segundo a pesquisa de julho. Na avaliação pessoal, os porcentuais de Temer ficaram estáveis entre junho e julho, com 70% de desaprovação e 19% de desaprovação.

9

Prioridade será concluir obras de até R$ 10 mi O núcleo de infraestrutura criado pelo governo federal para definir as políticas a serem implementadas no setor apresentará, em 20 dias, uma lista de obras consideradas prioritárias, e que possam ser concluídas com investimentos de até R$ 10 milhões. Segundo o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Dyogo Oliveira, as obras estão incluídas na carteira do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e englobam todos os setores de infraestrutura, desde rodovias até assentamentos urbanos e melhorias de infraestrutura urbana. “Faremos com cada ministério uma discussão para definir as obras prioritárias, com o objetivo de concentrar os recursos que hoje são cada vez mais comedidos e contidos. A ideia é concentrá-los de modo a garantir a execução das obras prioritárias e a garantir também a retomada das obras inacabadas de peque-

no valor”, disse ontem o ministro após reunião do grupo com o presidente interino, Michel Temer. “São obras de pequeno valor e rápidas, que levam até dois anos para serem concluídas. Em geral, obras de saneamento, pequenas intervenções urbanas, praças, monumentos históricos”, acrescentou. Ao todo, segundo Oliveira, duas mil obras paralisadas se enquadram nos requisitos definidos pelo governo. “Esse conjunto de obras soma hoje um volume de aproximadamente R$2 bilhões de saldo a executar”, calculou. Ao definir as obras prioritárias, o ministro disse que o governo se esforçará para garantir os recursos para a conclusão dos projetos. As obras que precisam de mais de R$ 10 milhões para conclusão serão identificadas e priorizadas dentro do espaço orçamentário disponível para este e os próximos anos na execução do PAC, segundo o ministro.

Novos impostos não resolvem, diz Maia

Rodrigo Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu nesta terça-feira (26) uma “reforma do Estado” como forma de evitar o aumento de impostos para solucionar a crise econômica do País. Ao defender a reforma do Estado, Rodrigo Maia pediu a aprovação da proposta de emen-

da à Constituição (PEC) que estabelece um teto para os gastos públicos do país. A expectativa do parlamentar é que a proposta, que está na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, seja aprovada pelo colegiado até o início das eleições municipais, em outubro, para ser votada no plenário principal da Casa no mesmo mês. Na última segunda-feira, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que se a PEC que limita as despesas públicas não for aprovada pelo Congresso, o país terá que fazer "aumentos pontuais" de tributos para reequilibrar as contas públicas. “Todos têm responsabilidade sobre a superação da crise no Brasil. Nós temos um déficit de R$ 150 bilhões, que pode ser crescente. Então algo tem que ser feito. Ou vamos aumentar imposto, o que acho que não resolve, a sociedade já está muito endividada, as famílias e as empresas, ou vamos reformar o Estado. Não tem milagre”, afirmou

Rodrigo Maia. “Ou você vai cobrir a despesa que é crescente ou vai reformar o Estado para que essas despesas em vez de crescer passem a diminuir, passem a ser decrescentes, para que o déficit diminua. A conta é simples. Por isso que eu tenho defendido sempre que a gente precisa reformar o Estado brasileiro, garantir no médio prazo, um déficit primário zero”, frisou o presidente da Câmara. Questionado se a base de apoio ao governo do presidente em exercício, Michel Temer, está unida o bastante para aprovar a PEC, Rodrigo Maia disse que os partidos da base “têm demonstrado boa vontade”. Pela proposta enviada pelo governo ao Congresso, fica instituído um teto para os gastos públicos por um período de 20 anos. Segundo o governo, durante os primeiros nove anos o limite não poderá ser modificado, mas a partir do décimo ano poderão ser feitas alterações nesses limites estabelecidos.

Ministro Dyogo Oliveira divulgou meta de obras após reunião com Temer

Dilma usará decisão do MPF sobre pedaladas A defesa da presidente afastada, Dilma Rousseff, entregará hoje as alegações finais do processo de impeachment. Além dos argumentos que foram expostos na defesa prévia, o ex-advogado-geral da União José Eduardo Cardozo irá incluir uma decisão recente do Ministério Público Federal (MPF) que conclui que as pedaladas não são crime. "Vamos pegar todos os aspectos das provas, como o procurador do Ministério Público e a afirmação de todas as testemunhas e da perícia, de que não há ato nas pedaladas", afirmou Cardozo. Em parecer enviado à Justiça na última semana, o procurador da República no Distrito Federal Ivan Marx pediu o arquivamento de investigação aberta

para apurar possível infração penal de autoridades do governo da presidente afastada. Marx analisou seis tipos de manobra do governo Dilma após ouvir integrantes da equipe econômica, analisar auditorias do Tribunal de Contas de União e os documentos das operações. Segundo ele, as manobras não se enquadram no conceito legal de operação de crédito ou empréstimo. Por isso, não seria necessário pedir autorização ao Congresso para executá-las. O objetivo da defesa nas alegações finais é cobrir todos os pontos que foram trazidos pela acusação. Apesar de a peça ainda não estar pronta, Cardozo acredita que o documento deve conter aproximadamente 400 páginas.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 27 de julho de 2016

PREFEITURAS

Gestores entram na justiça contra a Receita Ontem, um grupo de 27 gestores municipais protocolou, na sede da Justiça Federal, um mandado de segurança contra a Receita Federal (RF) para suspender o repasse de recursos do Imposto de Renda (IR) de funcionários terceirizados. De acordo como presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), Luciano Pinto, a ideia é mobilizar os gestores contra a instrução normativa da Receita Federal que faz com que seja retido o imposto de renda de funcionários terceirizados. “Isso faz com que as prefeituras já registrem um prejuízo de R$ 40 milhões. Isso, evidentemente, além de criar esse prejuízo, é inconstitucional”, defende. A prefeitura de Porto Alegre já obteve decisão favorável e evitou um prejuízo de R$ 6 milhões. Outras capitais brasileiras como Belo Horizonte, Cuiabá e Salvador também conquistaram liminar judicial. “Queremos que os municípios do Rio Grande do Sul também tenham esse mesmo sucesso para garantir esses valores”. Através da Instrução Norma-

Ao todo, 27 gestores ingressaram com ação contra a Receita Federal ontem

tiva 1599, de dezembro do ano passado, a RF obrigou as prefeituras a destinar para a União, a partir de janeiro de 2016, o IR retido sobre pagamentos decorrentes de bens ou prestação de serviços, que até então ficava com os próprios municípios. Até o momento, Aceguá; Almirante Tamandaré do Sul; Boa Vista do Cadeado; Boa Vista do Incra; Carazinho; Carlos Barbo-

sa; Colorado; Coqueiros do Sul; Cruz Alta; Espumoso; Fortaleza dos Valos; Gramado; Ibirubá; Júlio de Castilhos; Lagoa dos Três Cantos; Lajeado; Não-MeToque; Quinze de Novembro; Rio Pardo; Saldanha Marinho; Santa Bárbara do Sul; Santo Antônio do Planalto; Selbach; Tapera; Venâncio Aires; Viamão e Victor Graeff se mobilizaram contra a Receita Federal.

10

Prefeitos têm cautela ao aderir a projetos Durante a assembleia da Associação dos Municípios das Missões (AMM) e Fundação dos Municípios das Missões (Funmissões), o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, alertou os gestores municipais quando a aderir de programas e projetos estaduais devido as dificuldades financeiras enfrentadas pelos municípios. "Antes de aderir, é preciso avaliar individualmente esses programas, e se for necessário até suspendê-los, dependendo da gravidade da situação financeira em que se encontra a prefeitura”, disse. Durante a reunião, o líder municipalista alertou sobre os impactos negativos para os Municípios, em virtude da adesão de programas federais e estaduais como o Transporte Escolar, Merenda Escolar, Programa Saúde da Família, e outros. Ele explicou que os recursos oriundos destes programas, além de defasados, são insuficientes, e o poder público municipal sempre acaba sendo penalizado por ter que custear a diferença dos valores.

Por fim, o dirigente da CNM orientou para que os prefeitos e vereadores missioneiros fiscalizem com mais rigor os deputados e senadores gaúchos, quanto a votação e aprovação de projetos e ações que beneficiem as lutas municipalistas. Também presente na assembleia, o vicepresidente da Famurs e prefeito de São Jerônimo, Marcelo Luiz Schreinert, declarou ter o mesmo posicionamento de Ziulkoski, fez um pedido direcionado aos parlamentares: “deputados, não votem em nada que crie despesas para os Municípios, sem dizer de onde vem a receita”. Além do debate, diversos outros temas foram abordados durante os dias 20 e 21 de julho, com representantes do poder Executivo e Legislativo da região, sobre as reivindicações, que são fundamentais para bem atender a comunidade. O dirigente da AMM/Funmissões, Valdir Andres, coordenou os trabalhos, com o apoio de outros membros da diretoria. Ele relatou que neste ano, assim como outros inúmeros Municípios brasileiros, teve que suspender o transporte escolar dos alunos da rede estadual.

Inicia obra em ponte sobre o Rio Jaguari Após 14 meses, começou nesta segunda-feira a construção da nova ponte de Jaguari, na Região Central do Rio Grande do Sul. A antiga travessia desabou em maio de 2015, enquanto um caminhão e um carro passavam pela pista. Nenhum dos motoristas morreu. A obra deve levar seis meses para ser concluída. Os moradores de Jaguari comemoram porque, no último ano, a economia da cidade foi afetada pela falta de travessia de carros e caminhões no local. A empresa vencedora da licitação é de Presidente Prudente, em São Paulo. Nove funcionários trabalham na obra, orçada em R$ 3 milhões. Por conta dos trabalhos da obra, alguns bairros de Jaguari ficaram isolados. Após a queda, uma passarela para pedestres, motos e bicicletas foi instalada. Para a construção da nova ponte, a travessia provisória teve que ser deslocada e, com isso, o trânsito de pessoas está interrompido. O fluxo deve ser liberado hoje. A ponte fica no centro do

cmyk

Prefeitos municipais participaram de assembleia da AMM

Rally Universitário beneficia Apae de Panambi

Ponte estava interditada desde 2015 quando dois veículos acabaram caindo

município e liga as duas partes da cidade, que é separada pelo Rio Jaguari. Foi construída em 1898, inicialmente para a passagem de trens. Na década de 1950, a ponte passou por sua primeira grande reforma, com alteração da estrutura de madeira para concreto e adaptação para passagem de veículos. Em 2011 a prefeitura fez um pedido ao Ministério Público

para que a ponte passasse por uma avaliação de engenheiros, já que o município não tem profissionais específicos para isso. Em outubro de 2014, também como informa o prefeito, técnicos contratados pelo MP emitiram um laudo afirmando que a ponte não corria riscos de queda. A reportagem tentou confirmar essa informação, mas ainda não obteve retorno.

No dia 20 de agosto será realizado o 2º Rally Universitário de Panambi, competição que tem o apoio da Unijuí. A competição de regularidade, que tem o slogan A velocidade é inimiga do pódio, vai conhecer seus novos campeões e de quebra contribuir com a Apae de Panambi. No 2º Rally Universitário de Panambi, o objetivo da equipe será obedecer às médias impostas pela planilha, que são sempre abaixo das estipuladas para cada via, e seguir o trajeto determinado mantendo as médias pré-estabelecidas. As inscrições, no valor de 20

reais, podem ser feitas a partir do dia 1º de agosto no site www.aclupa.com.br. O valor arrecadado será destinado à Apae de Panambi. O 2º Rally Universitário é uma realização da Aclupa, em parceria com a Unijuí e Rotaract Club de Panambi. O principal objetivo da competição é desenvolver a responsabilidade social e estimular conceitos como solidariedade, cidadania e respeito às regras de trânsito. O evento acontece na Praça Central de Panambi a partir das 13h30. Mais informações podem ser obtidas no site da Aclupa.


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 27 de julho de 2016

POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL DE IJUÍ

Saída de pista mata pró-reitora na BR-285 Mais um acidente com vítima fatal foi atendido na região Noroeste do Estado. Uma saída de pista na manhã de ontem matou uma mulher de 57 anos, na BR285, em Panambi. A Polícia Rodoviária Federal deverá aguardar o laudo da perícia, mas um caso de aquaplanagem é cogitado, já que chovia no momento da ocorrência. Depois de um final de semana trágico no trânsito da região, onde seis pessoas morreram distribuídas em quatro acidentes, a manhã de ontem foi, mais uma vez, para "juntar cacos". Uma viatura da URI, campus Erechim, percorria a BR-285 em direção à Santiago, onde ocorreria um encontro de docentes. Três professores e um motorista ocupavam um Ford Focus que, na altura do km 313, desgovernou, atravessou a pista e colidiu em árvores às margens da rodovia. Gerson Fernando Ferreira, 49 anos, conduzia o veículo que era tripulado ainda por Rosane Vontobel Rodrigues, 57 anos, pró-reitora da unidade e duas assessoras: Anelise Brod, 42 anos e Cleusa Salete Soares Boeira,

PLANTÃO BRIGADA MILITAR - Um foragido da comarca de Lajeado foi capturado pela Brigada Militar de Ijuí, na tarde de ontem. Em abordagem realizada no bairro Colonial, Josimar Ribeiro, 33 anos, foi identificado e em trabalho de consulta ao sistema foi constatada a existência de um mandado de prisão contra si. Josimar passou por exames e foi levado até a Modulada, onde fica à disposição da Susepe. Segundo repassado pela BM, trata-se de uma pena de 10 anos e três meses a serem cumpridos.

11

Adolescente de 14 anos é arremessado em acidente Um acidente envolvendo um caminhão terminou com a morte de um adolescente de 14 anos na BR-290, a Freeway, em Gravataí, na região Metropolitana de Porto Alegre. O pai do jovem dirigia o veículo, perdeu o controle da direção e colidiu contra o pilar de um viaduto da rodovia, no início da madrugada de ontem. O adolescente voou para fora

da cabine do caminhão e morreu às margens da rodovia, na altura do km 62. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), pai e filho não usavam cinto de segurança. O motorista foi levado para um hospital da região. O caminhão, carregado de bobinas de aço, ia do Litoral Norte em direção à Capital. Os nomes das vítimas não foram divulgados pela PRF.

Acidente vitimou adolescente e feriu pai dele, que dirigia o caminhão

Saída de pista pode ter sido ocasionada por uma aquaplanagem, segundo a PRF

49 anos. Segundo repassado em nota pela Polícia Rodoviária Federal de Ijuí, unidade Cruz Alta, Rosane Vontobel morreu na hora. O condutor Gerson sofreu fratura na perna e foi encaminhado até o Hospital de Panambi. As outras

duas ocupantes tiveram lesões leves. O acidente aconteceu por volta das 8h e a informação é que chovia forte no local. A Polícia Civil de Panambi deve abrir inquérito para apurar as causas.

Homem morre em acidente na BR-116, na Serra Um homem, de 36 anos, morreu depois de se envolver em um acidente no início da tarde de ontem na BR-116, em Caxias do Sul. Ele dirigia um Gol que colidiu frontalmente em um caminhão no km 133 da rodovia, entre a Grutinha e a localidade

da Parada Cristal. A vítima, que até o fechamento da edição, não havia sido identificada, chegou a ser socorrida ao Hospital de São Marcos, mas não resistiu aos ferimentos. No caminhão, estavam o motorista e um caroneiro, que não se feriram.

Uma revista feita pela Brigada Militar na Penitenciária Estadual de Jacuí, em Charquedas, Região Metropolitana, encontrou materiais ilícitos ontem, ao longo do dia. Na 3ª Delegacia do Pavilhão "A", foram retirados 14 gramas

de substância semelhante a maconha, um celular e seis chips. O material foi apresentado na Delegacia de Charqueadas. A Susepe informa que o objetivo da revista é manter a disciplina no ambiente prisional.

Cachaça, droga e celular são retirados da cadeia Agentes retiram maconha pronta para comércio

Material foi encontrado na galeria C da Casa Prisional

Josimar Ribeiro, 33 anos

Uma revista feita ontem na Penitenciária de Santana do Livramento, na Fronteira Oeste, apreendeu sete celulares, 11 facas artesanais, três carregadores e uma serra. Além disso também foram localizados cinco litros de cachaça. Segundo a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Su-

sepe), o material foi encontrado na galeria C, dentro das celas com os presos. A operação contou com a participação de agentes ligados ao estabelecimento prisional, agentes da 6ª Região Penitenciária, da Divisão de Inteligência Penitenciária (DIPEN) e policiais da Brigada Militar.

Além do aparelho celular e dos chips, drogas prontas para comercialização

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 27 de julho de 2016

Copa Dunga movimenta o sábado

,

No último sábado foi realizada mais uma rodada da Copa Dunga, em sua 19ª edição. Três categorias foram "contempladas" com dois jogos cada. A próxima rodada, no sábado que vem, já está definida. Na categoria fraldinha: Gol de Placa 1 x 1 Cometa Branco 2008; GBM Clinison Rad 2 x 1 Cometa Vermelho 2007. Já na categoria Pré-Mirim: ACF 2 x 5 Gol de Placa Dourado; ACF Casa do Lanche 5 x 2 Gol de Placa Laranja. Por último, a categoria infantil: GBM Clinison Rad 0 x 2

Cometa Vermelho; Gol de Placa 0 x 1 Cometa Branco. No próximo sábado, mais seis jogos. Na fraldinha: Greminho Condor x Genoma Colorado. Na categoria Pré-mirim: Genoma Colorado x Grêmio Dimicrom; e Olinto de Oliveira x Escolinha do Sesc. Já na Mirim, Grêmio Manjabosco x Greminho Condor; Tio Mazzaropi x Grêmio Coimpel. Na categoria infantil, CFE Ijuí x Grêmio Mareli. Os jogos acontecem a partir das 13h30, no campo de futebol sete do Sesc.

MERCADO

MERCADO II Jogos acontecem nas tardes de sábado, no campo de futebol sete do Sesc

JOGO 1: Guaracar/Sponchiado x Auto-Elétrica Faiskedo JOGO 2: Franco Persianas x Mercado São Francisco JOGO 3: União Distribuidora de Bebidas x Prósis/Lojas Jost

Esporte Clube Ijuí vai a Tapera, domingo, e uma vitória simples garante a classificação

Última rodada, na sexta-feira, teve uma média superior a nove gols por partida

O Esporte Clube Ijuí se reabilitou no Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino no último fim de semana. As meninas ijuienses visitaram a Assaf, em Santo Ângelo e venceram pelo placar de 0 x 3. O resultado significou a reação da equipe de Ijuí, que havia sido goleada na última semana por impiedosos 0 x 6 em Erechim. Na próxima rodada, no domingo, o time de Ijuí vai a Tapejara encarar

as donas da casa. Uma vitória simples garante a classificação para a próxima fase. Os gols da vitória contra o time de Santo Ângelo foram marcados por Emilene e Graciele Nunes (2). O Esporte Clube Ijuí atuou com: Andreia; Angélica, Fabiane, Emilene, Isabelle, Camila, Juliane, Katherine, Jucimara, Gabriela e Graciele. Entraram ainda Bruna, Lisiane e Larissa.

Suíço Roger Federer anuncia que está fora do Jogos

O suíço Roger Federer anunciou nesta terça-feira que está fora da Olimpíada do Rio. Ainda sem estar recuperado plenamente de uma cirurgia no joelho, realizada em fevereiro deste ano, o tenista

cmyk

fez um comunicado através de suas redes sociais informando que precisará de mais tempo para uma recuperação completa e, por isso, não atuará mais na atual temporada. Assim, ele deixa a Suíça desfalcada para as competições de tênis olímpico, já que competiria na chave de simples, nas duplas masculinas - ao lado de Stan Wawrinka - e nas duplas mistas - com Martina Hingis. Depois de sua cirurgia no joelho esquerdo, em fevereiro, Federer perdeu alguns torneios por conta de sua recuperação. Quando anunciou o retorno às quadras, em Miami, o suíço voltou a sentir problemas e desistiu de participar do torneio. O fato voltou a se

DE PRIMEIRA

O Corinthians confirmou a venda de Alexandre Pato para o Villarreal, da Espanha. Em seu site, o clube não divulgou os valores da transferência, mas o acordo foi fechado por 3 milhões de euros (R$ 10,8 milhões) por 60% dos direitos econômicos do atacante (os outros 40% pertencem ao próprio jogador). O contrato dele com o Villarreal será válido por quatro anos.

Futebol feminino de Ijuí Jogos dos Comerciários têm mais uma rodada hoje se recupera no Gauchão Acontece hoje mais uma rodada de futsal do 36º Jogos dos Comerciários, do Sesc. Na última sexta-feira três jogos totalizaram 28 gols, com uma média superior a 9 gols por partida. Hoje mais três jogos movimentam a quarta-feira na competição que é disputada no Ginásio Municipal Wilson Mânica, a partir das 19h30.

12

repetir em grandes competições, como Roland Garros, e o suíço só conseguiu participar de cinco torneios desde então. Em Wimbledon, no início deste mês, ele chegou à semifinal, sendo derrotado por Milos Raonic. Em Jogos Olímpicos, o suíço ainda buscava conquistar sua primeira medalha de ouro em simples. Federer foi campeão de duplas ao lado de Wawrinka em Pequim 2008 e, em 2012, ficou com o vice após ser derrotado por Andy Murray na decisão de Londres. No Rio de Janeiro, ele ainda debutaria nas competições de duplas mistas, atuando ao lado da veterana e lendária Martina Hingis.

O Santos aceitou proposta de 20 milhões de euros (cerca de R$ 72, 5 milhões) do Juventus, da Itália, por Gabriel. Mas a família e empresário do atacante não se animaram com a oferta italiana e querem se reunir com o Peixe nas próximas horas para negociar as condições. Uma cláusula no contrato diz que o Peixe precisa liberar o jogador em caso de proposta de 18 milhões de euros ou mais e avisar Gabriel, que pode abrir mão dos 40% dos direitos econômicos para aceitar e ser liberado imediatamente. Nas atuais condições, o atleta e sua família ficariam apenas com 2 milhões de euros (R$ 7,2 milhões), que é a diferença entre os 18 milhões de euros da cláusula e os 20 milhões oferecidos. O salário de Gabriel seria de R$ 900 mil, mas a proposta não agradou. A ideia dos representantes de Gabigol é fazer com que o Peixe abra mão de parte dos 18 milhões de euros ou que o clube italiano suba a oferta, aumentando a "fatia" para o Menino da Vila.

MERCADO III O Cruzeiro anunciou a contratação do técnico Mano Menezes. A divulgação foi feita no site oficial do clube na manhã desta terça-feira. O treinador também confirmou, em post na conta que tem no Twitter. "Alô, torcida cruzeirense! Estou chegando! Que honra poder vestir o manto celeste do Cruzeiro outra vez!", escreveu Mano, no Twitter. De acordo com a assessoria de imprensa do Cruzeiro, Mano Menezes chegará a Belo Horizonte na manhã de hoje e comandará o treino do período da tarde.

LIBERTADORES 2016

Roger Federer: mais uma estrela fora

Acontece hoje à noite o segundo jogo da grande final da Copa Libertadores da América entre Atlético Nacional (COL) x Independiente Del Valle (EQU). No primeiro jogo, no Equador, as equipes empataram em 1 x 1. O jogo de volta, no Estádio Atanasio Girardot, na Colômbia, acontece a partir das 21h45. O vencedor da taça se credencia ao Campeonato Mundial de Clubes, no final do ano.


Acontece

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 27 de julho de 2016

13

Noite espanhola

Os shows da Expo

O

N

a manhã de ontem, os organizadores da Expo-Ijuí/ Fenadi 2016 divulgaram os principais shows desta edição. A feira que neste ano acontece de 6 a 16 de outubro no Parque de Esposições Wanderley Burmann, terá três shows nacionais. A grande atração será a Cleuson, da BS Produções, Nelson Casarin, da Ueti e Auri Braga, vice apresentação da dupla sertaneja Zezé presidente da Expo-Ijuí anunciaram as principais atrações di Camargo e Luciano, no dia 11 de outubro; no dia 12, acontece o show com a cantora gospel Aline Barros e no dia 15 a dupla sertaneja Pedro Paulo e Alex sobe ao palco do Anfiteatro. Na noite de 7 de outubro haverá o Festival Pop Rock com o show nacional da banda Valente e no dia 8, Festival Universitário com os Djs de renome nacional Fábio e Rafael. Essas duas últimas atrações com entrada gratuita, apenas com a cobrança de entrada no parque. Além desses shows, a comissão de cultura da ExpoIjuí irá apresentar as outras atrações, durante o lançamento da feira, em setembro. "Essa é uma das melhores grades de shows dos últimos anos, com espetáculo todos os dias", disse o presidente da Ueti, Nelson Casarin, ressaltando que a única apresentação de Zezé di Camargo e Luciano em Ijuí foi há 24 anos. Cleuson dos Santos, da BS Produções Artísticas, empresa que traz os shows a Ijuí, disse que haverá muitas Zezé di Camargo e Luciano se mudanças no Anfiteatro, principalmente no palco prinapresentam no dia 11 de outubro cipal, para haver mais espaço e assim, comportar um maior público. "Os shows foram cuidadosamente escolhidos para agradar a todos", disse Cleuson.

2º Jantar de San Lorenzo lotou a Casa Espanhola na noite do último sábado no Parque de Exposições Wanderley Burmann. Com cardápio típico, que incluía dois tipos de paella, a noite teve a apresentação dos grupos de dança da casa, as crianças do Los Ângeles, as juvenis Las Hermosas e o grupo adulto Hijos del Sol. A noite foi animada por Márcio Boranga.

Casal presidente Zaíra e Bernardo Benitez em agradecimento aos presentes

A novidade deste ano, o grupo espanhol Los Ângeles formado por crianças

Dupla revelação do sertanejo Pedro Paulo e Alex se apresenta no dia 15 de outubro

Show Gospel com Aline Barros é a novidade deste ano, no dia 12 de outubro

Frutos do Mar A Cantina Sapore D'Itália oferece aos seus clientes hoje, a Paella Marenera Frutos do Mar. As reservas podem ser feitas pelo telefone 3332-7667. A Cantina se localiza na Rua 7 de Setembro, 618.

Laura de Carvalho Benitez em dança solo espanhola e ao lado, os pais Zaíra e Bernardo

Jantar das Massas No dia 12 de agosto, a Sociedade Recreativa promove o Jantar das Massas com sobremesa, às 20h. Haverá música ao vivo com Os Caras. Os convites custam R$ 40,00, na secretaria do clube.

Sogi in rock Vítor Bagetti e Gabriele Espíndola durante o jantar na casa alemã, no Parque

O Sogi in Rock, alusivo ao Mês Internacional do Rock, acontece na próxima sexta, às 21h30, no Salão Vip, com as bandas Excellence, La preza e Maquinário Sonoro. Os ingressos estão disponíveis na recepção do clube, com valor especial para associados.

Marcio Neves, Ana Iara e Esther Oliveira

cmyk


Jornal da Manhã

Quarta-feira, 27 de julho de 2016

CIÊNCIA

Vulcões podem avisar antes de supererupções Pesquisadores norte-americanos fizeram uma descoberta que pode salvar milhões de vidas. Eles constataram, a partir de uma análise de cristais vulcânicos, que a humanidade terá um ano para se preparar antes de ocorrer a próxima supererupção de um vulcão. Ao contrário de erupções convencionais, as supererupções podem destruir continentes, desencadear eras glaciais e, potencialmente, pôr fim à civilização humana. Elas são formadas quando o magma do manto sobe para a superfície, mas não consegue rompê-la. A partir disso, uma "piscina" de magma é construída até que a superfície não consegue mais conter a pressão e explode.

Atualmente, as erupções comuns ocorrem com pouco ou nenhum aviso. Alguns sinais geológicos, como a deformação do solo, a liberação de gases sulforosos e terremotos, ajudam os cientistas a determinar quando um vulcão irá explodir. No entanto, isso é notado poucos dias antes de acontecer a erupção. Para chegar à conclusão sobre o tempo de explosão, os pesquisadores analisaram os cristais de quartzo formados durante uma supererupção que aconteceu 760 mil anos atrás em Long Valley Caldera, na Califórnia. Eles decidiram estudar esses cristais, pois neles está gravado todo o processo de erupção do vulcão.

NOVELAS

Êta Mundo Bom -

Globo

Sandra procura Anastácia Candinho agradece o apoio de Araújo. Olga e Araújo se aproximam ainda mais. Cunegundes obriga Mafalda a noivar com Romeu e Filomena se incomoda. Narcisa descobre que Tobias cozinhava em nome de Emma, e Lauro dispensa a empresária. Celso convence Araújo a transferir suas cotas da fábrica para Anastácia. Braz não revela seus planos com Ilde para Maria. Sandra descobre que Anastácia deu entrada em um processo para retomar a fábrica. Sandra procura Anastácia.

Haja Coração - Globo Aparício implora para que Rebeca não entre na igreja Adriana alerta Beto, dizendo que ele pode prejudicar Tancinha. Francesca decide acompanhar Giovanni até a delegacia. Giovanni não entende quando Enéas o chama de assassino. Camila é acusada por Francesca de querer prejudicar a vida de seu filho. Tamara se emociona ao receber o perdão de Fabinho. Fedora se irrita com a campanha de Estelinha para tirá-la das redes sociais. Aparício diz a Camila que não acredita que Giovanni seja um bandido. Tancinha pede ajuda a Nair para que Apolo aceite conversar com ela. Camila tenta convencer Aparício de que ele deve confessar para Rebeca que é milionário. Penélope decide levar Henrique ao casamento de Rebeca. Camila pergunta a Bruna por que ela mentiu quando lhe disse que não conhecia Giovanni. Aparício implora para que Rebeca não entre na igreja e declara seu amor pela arquiteta.

Velho Chico - Globo Tereza descobre que Cícero é apaixonado por ela Luzia tenta se desculpar com Olívia. Sophie questiona Isabel sobre os sentimentos de sua irmã por Miguel. Ceci e Beatriz cuidam de Bento. O delegado Germano interroga o vereador, que afirma não lembrar o que aconteceu. Bento confidencia a Martim que desconfia de quem foi o mandante de sua agressão. Queiroz conta para Afrânio que Bento não se intimidou com o atentado. Lucas leva Miguel, Sophie e Olívia para um passeio de barco. Luzia e Carlos ficam juntos. Miguel admira Olívia e Sophie percebe. Tereza descobre que Cícero é apaixonado por ela.

cmyk

Ao contrário das erupções convencionais, as superrerupções podem destruir continentes

14

Horóscopo Áries Se você correr atrás dos seus interesses, pode resolver vários assuntos. Vale a pena ser prudente na hora de gastar e deixar as compras por impulso bem longe. Pode contar com maior habilidade ao lidar com dinheiro. A Lua Minguante envia boas energias para resolver impasses no romance. Touro Bom dia para cuidar de um assunto delicado ou lidar com um segredo. Aproveite para cuidar de uma tarefa que depende apenas da sua iniciativa. Em casa, vale a pena se controlar para não se desentender com a família. Se for confiante, vai aumentar as chances de se dar bem na conquista. Gêmeos Logo cedo, vale a pena correr atrás dos seus sonhos, ok? Se precisar de conselho ou ajuda, conte mesmo com um amigo. Depois, é melhor ser discreta e não confiar demais nos outros. Pode ter problemas por causa de fofoca ou boato. Se já tem compromisso, deixe assuntos polêmicos para outro momento. Câncer Começa o dia com ambição e pode conquistar algo importante. É hora de sair da sua zona de conforto. Mas não é bom misturar dinheiro e amizade, pois há risco de se envolver em confusão. Não deixe o ciúme atrapalhar o romance. A Lua Minguante reforça o seu jeito carinhoso com o par. Leão Planos para viagem, inclusive a trabalho, conta com ótimas vibrações. Depois, você vai se concentrar na carreira e fará o possível para se destacar. Se deixar cobranças de lado, terá mais chance de progredir. Estará mais sensível às críticas e pode se chatear com quem ama por pouca coisa. Virgem Será mais fácil romper as amarras logo cedo e se livrar de tudo o que anda atrapalhando a sua vida. Vale a pena investir em um curso. Pode ser que precise redobrar o cuidado se tiver que fazer um teste, hein? Há sinal de decepção ou problemas em uma relação amorosa por causa da distância. Libra Aposte no trabalho em equipe para dar conta do serviço logo cedo. Depois, você vai cortar laços com maior facilidade e pode se livrar de algumas coisas que já vinham incomodando. Pode se afastar de um amigo, se não concordar com algumas atitudes. Com quem ama, a paixão aumenta. Escorpião Aproveite a manhã para colocar trabalho em dia, já que seu rendimento será maior. Trabalho em equipe vai aumentar a produtividade. Mas, se anda sonhando em subir na carreira, prepare-se para encarar a concorrência, que será enorme. No romance, tente lidar bem com as críticas. Sagitário Logo cedo a sorte vai sorrir para seus planos. Pode ter sorte em jogo ou aposta. Depois, será preciso redobrar o empenho para dar conta do trabalho. Mantenha os pés no chão e não se deixe levar pelo otimismo. O astral pode pesar no amor. Abra mão de algumas coisas pela relação. Capricórnio Vai ser mais fácil cuidar de problemas domésticos ou se entender com a família na parte da manhã. A Lua entra em seu paraíso astral e você terá a sensação de que tudo se resolve com mais tranquilidade. Confie em seu encanto! Nos assuntos do coração, uma briga pode azedar os momentos a dois. Aquário Se precisa se deslocar para cuidar de um assunto, faça isso logo cedo. Talvez precise resolver alguns problemas entre os familiares, mas não permita que eles se intrometam nos seus assuntos particulares, especialmente na vida amorosa. Lidar com o ciúme também não será fácil. Peixes Será mais fácil cuidar do seu dinheiro pela manhã. Você vai se expressar com facilidade e pode conhecer pessoas novas. No trabalho, porém, há risco de perder informação importante. Apesar de estar mais simpática e comunicativa, a paquera com um colega pode ficar travada.


Jornal da Manhã

Quarta-feira, 27 de julho de 2016

DIRETO DA FONTE Usina de Ideias - DACEC usina@unijui.edu.br

Administração Empreendedora: a teoria aliada à prática A disciplina de Administração Empreendedora é uma das matérias que integram a cadeia de pesquisa do Curso de Administração do Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - DACEC. Ou seja, há um conjunto de componentes curriculares que adotam uma metodologia de trabalho que faz uso de técnicas de pesquisa, com o objetivo de instaurar em todo o curso o espírito de investigação científica. Com isto, os alunos praticaram a técnica de entrevista em profundidade e a técnica de survey (enquete). A metodologia de trabalho da disciplina de Administração Empreendedora privilegiou diversos momentos onde os alunos participavam ativamente de debates, aplicavam os conhecimentos e técnicas discutidas nas aulas em atividades práticas e também foram estimulados a desenvolver um comportamento empreendedor. Segundo o professor Luciano Zamberlan, coordenador do Curso do campus Santa Rosa, os debates aconteciam principalmente durante as interações que ocorriam entre os alunos e participantes da comunidade: “Foram momentos de grande aprendizado e troca de experiências com os alunos, que puderam questionar e esclarecer diversas dúvidas com os palestrantes”. Aliado a isso, todos os alunos da disciplina participaram também da Olimpíada Empreendedora da Unijuí, permitindo que pudessem expor suas ideias tanto na categoria de negócios quanto na de soluções sociais. O envolvimento resultou na classificação de duas equipes para e etapa regional. “A Olimpíada permitiu aos alunos participar ativamente do processo, enriquecendo sua formação através de uma simulação prática da atividade empreendedora”, conclui Luciano.

SERVIÇOS INFÂNCIA EM PERIGO - O pastor Vanderlei Schach, doutor em Teologia e professor da Faculdade Batista Pioneira, localizada em Ijuí, escreveu e lançou há poucos dias o livro Infância em Perigo. Um livro que aborda as questões da infância no País de uma forma profunda e tem como pano de fundo o Lar da Criança. O assunto é atual, relevante e pode contribuir em muitos setores da comunidade, principalmente para pesquisas, já que é rico em detalhes.

15

JM NOS BAIRROS: PINDORAMA

Ginásio não está finalizado A finalização do ginásio de esportes é a principal reivindicação do bairro Pindorama. A quadra está coberta, e alguns jogos são realizados, no entanto, o piso ainda não foi feito, da mesma forma que os vestuários. O presidente Manoel Catarino Braz conta que a manutenção é feita com recursos próprios da comunidade. “Falta muita coisa ainda para aprontá-lo”, afirma. Ele destaca o asfaltamento da Rua Carlos Erig e a instalação da ciclovia como motivos de satisfação para a comunidade. “Em nosso bairro, praticamente, faltam duas vias, a Rua 14 de Julho e a Avenida Pindorama, para serem asfaltadas”, comemora Manoel. Mas, nem tudo é motivo de comemoração. A parte crítica fica por conta do esgoto, que até o momento segue sendo motivo de cobrança por parte dos moradores. “Estamos aguardando para ver no que vai dar, porque esse ano é eleitoral, praticamente as coisas param”, lamenta

Presidente destaca a falta de piso e vestiários no ginásio de esportes do bairro Pindorama

Manoel. “Tenho comigo que o dia que entrar um prefeito em Ijuí e assuma os bairros, que estão abandonados nessa parte, e assuma todas as ruas onde passam as lotações, nunca mais perde eleição em Ijuí, tenho certeza disso.” Segundo ele, há um esgoto a

Sabeve tem atividade especial no Dia do Idoso

Alexandra Palharini realizou a limpeza das lentes e troca de plaquetas dos óculos

A proprietária da Ótica Vizzu, Alexandra Palharini, e a filha, acadêmica do primeiro semestre de Estética da Unijuí, Francini Palharini, realizaram ações comemorativas ao Dia do Idoso, na tarde de ontem, na Sabeve. A atividade envolveu a limpeza das lentes e troca das plaquetas dos óculos dos idosos, além de manicure e maquiagem nas senhoras. Essa é a primeira ação, de uma série programada para o mês de agosto, realizada pela Ótica Vizzu em benefício da Sabeve. Ao longo do próximo mês, 10% de todas as compras realizadas no

estabelecimento serão revertidas à instituição, além de uma rifa, com valor e prêmios ainda a serem divulgados. No entanto, o sorteio deverá ocorrer no dia 28 de agosto, quando acontece um torneio de futebol sete no Ginásio Municipal Wilson Mânica, que tem apoio do Executivo municipal, Exército, Unijuí, entre outras instituições e entidades. O valor da inscrição também será destinado à Sabeve, e os alimentos não-perecíveis e fraldas geriátricas que serão arrecadados na entrada do ginásio no dia do evento.

céu aberto próximo do Condomínio Popular da Pedreira, e os dejetos estão caindo dentro do lago. Já foi solicitado providências ao Departamento Municipal de Água e Saneamento de Ijuí (Demasi), mas que nada foi feito ainda. “A fossa é muito baixa, eles vêm de seis em seis meses

esgotar, e de maneira nenhuma podemos aceitar a situação como está porque o cheiro é muito forte, o mínimo que deveriam esgotar seria de três em três meses, porque são mais de 80 famílias morando naqueles prédios e sai uma água e uma sujeira que não é fácil”, finaliza o presidente.

LEO Clube envolve 100 crianças em festa julina No último sábado foi entregue o certificado de apadrinhamento do LEO Clube Ijuí para a Escola Estadual de Ensino Médio Emil Glitz, pelo empenho do educandário na melhoria e na luta constante em favor da educação. Além disso, pelo auxílio da escola nas campanhas da sociedade em prol da sociedade em geral. No mesmo dia, durante a tarde, foi realizada a 1° Julina LEO em conjunto com o Interact Club Ijuí, também realizada no Emil, com o objetivo de proporcionar momentos de alegria e diversão para quatro lares de Ijuí: Instituto Lar Bom Abrigo (Lar das Meninas); Lar

da Criança Henrique Liebich; Affim; e Meame. Foram entregues pipocas, cachorros-quentes e bolos, além de muita alegria e diversão para mais de 100 crianças e cuidadores. Já no turno da noite, a nova diretoria do LEO Clube Ijuí tomou posse, composta pelo presidente Luan Christian da Silva, e pela vice-presidente Mariana Rowe. A posse teve a presença de representantes Distritais do Distrito L D-4 e presidentes e vice-presidentes do LEO Clube de Catuípe, de SA Centro e Universitário, de Cerro Largo, além de membros do Lions Club Ijuí.

Integrantes do LEO Clube Ijuí com os cuidadores de quatro lares do município

cmyk


www.jmijui.com.br

espanhóis em festa

Libras e o seu papel na educação A intérprete Cheila fala sobre a importância da lin guagem. | 4

Ginásio no Pindorama é prioridade Presidente Manoel Braz reclama que espaço já recebeu cobertura e sedia jogos, mas ainda não foi finalizado. | 15

Ensino teve avanços, diz secretário Na noite do último sábado a Etnia Espanhola promoveu o 2º Jantar de San Lorenzo e apresentou o novo grupo de danças formado por crianças, o Los Angeles | 13

À frente da pasta, Eleandro Lizot defende melhorias no setor. | 7

fUteBOL femininO

tRaDiÇÃO à mOstRa

Após vitória, gurias de Ijuí se aproximam da 2ª fase no estadual | 12

Grupo de Folclore Chaleira Preta participa de festivais em Santa Maria | 4

EDITORIAL | 6 Independente da escassez de recursos e da necessidade de readequação, áreas, como a saúde, precisam continuar sendo prioritárias.

cmyk

Sitepaginas 27  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you