Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Terça-feira, 19 de julho de 2016

Ano 43 - Nº 300

R$ 3,00

Preço do leite dispara no RS

Queda na produção, motivada por entressafra, faz preço de produtos lácteos subir até 46% no Estado | 10

Federasul defende parcerias para a crise no Estado Presidente da entidade, Simone Leite defende formação de PPPs com o governo. | 3

Mudanças no Fies têm impacto em instituições privadas

ESPETÁCULO ÁRABE Grupo Hayat da Casa Árabe comemorou 20 anos na noite do último sábado | 11

Postal assume vaga no Tribunal de Contas

Segundo o reitor Martinho Kelm, a Unijuí terá impacto de R$300 mil ao ano | 7

ENCONTRO DE CRAQUES

Indicado pelo governo do Estado para o cargo de conselheiro, ex-deputado renunciou ao mandato na Assembleia. | 8

Proposta de criar planos populares gera polêmica De acordo com ministro da Saúde, objetivo é desafogar o SUS. Especialistas defendem que medida não será eficaz. | 4

Até domingo, mínimas podem ser abaixo de zero Segundo a MetSul, ar seco vai predominar nos próximos dias e chuva só retorna ao Estado a partir da próxima semana. | 12

A jogadora Tainã Santos distribuiu autógrafos no último sábado durante o 2º Festival de Futsal | 16

cmyk


RADAR

PROGRAMA - Profissionais já formados, fiquem atentos: a Unijuí disponibiliza pelo ingresso extravestibular, alternativas para o seu retorno aos estudos através do Programa Diplomados. A segunda graduação é um diferencial em sua carreira e está mais acessível com os descontos que a Universidade está ofertando. O programa é voltado para pessoas que concluíram o ensino superior e têm interesse em voltar para a Universidade. O interessado deve solicitar seu ingresso na Unijuí pelo Extravestibular e efetivar a matrícula. DESLIGAMENTO - O Departamento Municipal de Energia de Ijuí (Demei) comunica que para executar serviços de expansão e melhoria no seu sistema de distribuição, interromperá o fornecimento de energia elétrica em alguns locais. Hoje e amanhã das 13h30 às 18h os desligamentos acontecem em parte do bairro Morada do Sol, trecho situado entre as ruas do Comércio e Cláudio e Fragoso Dias e entre as ruas Guilherme Timm e Antonio de Neiva e adjacências. FIES- O Ministério da Educação modificou o início do prazo para a conclusão da inscrição no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os estudantes préselecionados no processo seletivo do Fies para o segundo semestre de 2016 devem fazer a inscrição no Sistema Eletrônico do Fies (SisFies) a partir da próxima sexta-feira. A mudança foi motivada pela alteração no teto da renda familiar mensal bruta per capita, que passou de 2,5 para 3 salários mínimos, o que gerou ajustes para adaptação do SisFies. O MEC garante que a mudança no prazo não compromete o processo de financiamento.

INDICADORES Poupança 18.7.2016 ........................0,6529% Ouro 18.7.2016....................... R$ 138,50 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,2495 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,2502 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,1900 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,3800 Euro (compra) .............................. R$ 3,5980 Euro (venda) ................................. R$ 3,5987 IPC/FIPE Jun/ /2016 .............................0,65% IGPM Jun/2016 ................................... 1,69% INPC/IBGE Jun/2016 ............................0,74% IPCA Jun/2016 .....................................0,35% IGP-DI-FGV Jun/2016 ...........................1,63% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144

LOTERIAS NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

cmyk

1º 2º 3º 4º 5º

Depois de dias com temperaturas amenas em pleno inverno, o famoso frio de renguear cusco do Sul deu as caras, já mostrando a que veio. Os campos amanheceram esbranquiçados pela geada na manhã de ontem. Feliz de quem é precavido e providenciou a proteção de suas árvores frutíferas.

ENTRE ASPAS

"Eu acho que o primeiro objetivo é recuperar a confiança. Time que vem tempo sem ganhar é evidente que confiança precisa recuperar", disse o novo técnico do Internacional, Paulo Roberto Falcão. "Assim como em 2015, os entrevistados associam mais frequentemente o consumo consciente com atitudes relacionadas apenas a aspectos financeiros, ficando em um segundo plano as esferas ambientais e sociais", disse a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti. "As testemunhas, uma parte delas já ouvimos. Acho que, nesse momento do plenário, temos de levar apenas aquelas que são mais importantes. Tenho total interesse de sentar e conversar (com a acusação)", disse ex-advogadogeral da União José Eduardo Cardozo.

-

9.981 1.975 2.373 6.141 7.261

QUINA

"A Petrobras não deve alterar o preço dos combustíveis no curto prazo", disse o presidente da estatal, Pedro Parente.

CONCURSO nº

4134

06 09 36 46 80 MEGA SENA CONCURSO nº

1838

05 08 24 30 57 59 LOTOFÁCIL CONCURSO nº

1389

"O tratado, atualmente em negociação, terá uma considerável capacidade de contra-atacar qualquer efeito negativo que possa resultar do que negociem o Reino Unido e a UE", disse secretário de Estado americano, John Kerry.

01 02 04 05 06

"Todos os meios do governo federal serão colocados à disposição das famílias na busca de informações e para atender suas eventuais demandas por auxílio neste momento", diz a nota do Planalto informando que o presidente interino Michel Temer determinou ao Ministério de Relações Exteriores que redobre os esforços para dar total assistência aos brasileiros atingidos pelo atentado em Nice.

16 17 18 20 21

BOLSA FAMÍLIA - O governo interino de Michel Temer planeja incentivar prefeituras a emanciparem beneficiários do programa Bolsa Família. A medida seria premiar prefeituras. O governo estuda pagar uma verba em dinheiro às administrações municipais. Com o dinheiro, a iniciativa prevê que as famílias possam empreender e, assim, ter renda superior aos R$ 170 do programa. Seria uma espécie de microcrédito. A expectativa é de que até o fim do mês o governo apresente uma proposta definida. NOVAS REGRAS - A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) distribuiu nota ontem recomendando que os passageiros cheguem com duas horas de antecedência para o embarque em voos nacionais e internacionais. Com muitas filas em alguns terminais, começaram a ser implantados, em todo o País ontem, os novos procedimentos de inspeção de bagagem e de passageiros. A meta é aumentar o nível de segurança. Proposta definida.

2

OLHO DA RUA

Resultado de Sábado

PROUNI- Candidatos em lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm até hoje para comparecer às respectivas instituições de ensino para a qual se candidataram e apresentar a documentação que comprova as informações prestadas na inscrição. A lista de espera do Prouni estará à disposição das instituições com a classificação dos estudantes por curso e turno, segundo as notas obtidas no Enem de 2015. A lista será usada na convocação de candidatos para preenchimento de bolsas eventualmente não ocupadas nas duas chamadas regulares.

Jornal da Manhã

Terça-feira, 19 de julho de 2016

Getúlio

08 10 12 14 15

PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 19 de julho de 2016

CRISE NO RS

Federasul defende criação de PPPs com o governo As Parcerias Público-Privadas (PPPs) com o governo do Estado é apontadas pela presidente da Federação das Associações Comerciais e de Serviços do Rio Grande do Sul (Federasul), Simone Leite (PP), como uma alternativa para garantir investimentos em meio à crise financeira pela qual passa o Rio Grande do Sul. "Somos favoráveis às PPPs. Com a Operação Lava Jato, tivemos grandes empresas envolvidas em esquemas de corrupção aqui no Brasil. Isso é um problema. Deve se abrir (as PPPs) também para empresas estrangeiras. Só que temos que ter bons contratos, uma fiscalização eficiente. Uma PPP que já foi encaminhada ao Legislativo foi a concessão das rodovias gaúchas. Segundo Simone, o empresariado tem interesse, sobretudo, em duas áreas: concessão de estradas e presídios. A primeira já teve projeto aprovado na Assembleia Legislativa. A segunda é uma área cuja possibilidade de PPPs já é estudada pela Secretaria Estadual do Planejamento e Desenvolvimento Regional. Apesar de criticar o aumento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), elogia a maior parte das medidas de ajuste fiscal tomadas pelo governo de José Ivo Sartori (PMDB), como a aprovação da Lei de Responsabilidade Fiscal estadual e a Lei de

Diretrizes Orçamentárias (LDO), que congelou o salário dos servidores pelos próximos anos. Ela ressalta que empreendedores no Estado têm dificuldades como, por exemplo, a elevada carga tributária e problemas logísticos. "O Rio Grande do Sul se tornou um lugar caro para empreender. Os altos impostos fazem com que o empresariado deixe de ter certa lucratividade, deixe de fazer novos investimentos na empresa, e principalmente repasse esses custos para o consumidor. Isso faz com que o poder de consumo da sociedade gaúcha também fique menor. Temos a questão das licenças ambientais, que apesar de estar melhorando, ainda demora muito para sair uma licença ambiental. O acesso a crédito é outro problema: o micro e pequeno empreendedor têm muita dificuldade de ter acesso ao crédito, enquanto grandes empresas tem acesso a dinheiro barato. No momento em que os empresários mais precisam de capital de giro, de um apoio dos bancos para manter as suas empresas, não tem mais crédito no mercado ou os juros para os pequenos são muito altos", ressalta. Já Simone elogia a aproximação do governo do presidente interino Michel Temer (PMDB) com os setores produtivos e empresariais. Segundo a presidente da Federasul, o piso regional é maior

Simone Leite

3

Centrais vão propor novo fundo de contribuição Governo e centrais sindicais começarão uma nova rodada de negociação da reforma da Previdência em meados de agosto. Contrárias a quase todas as ideias do Planalto, as centrais vão propor a criação de um regime previdenciário para quem ingressar no mercado de trabalho a partir de agora. A proposta é que as contribuições dos novos trabalhadores sejam repartidas: a parte das empresas iria para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e a parcela descontada dos trabalhadores seria depositada em um fundo criado para isso. "Essas pessoas vão viver até cem anos. Não podem ser enquadradas [pela reforma]", disse o deputado Paulo Pereira da Silva, presidente licenciado da Força Sindical. No fim de junho, na última reunião com a equipe do presidente interino, Michel Temer, UGT e Força se posicionaram contrariamente às ideias iniciais da reforma.

O governo quer definir uma idade mínima para a aposentadoria —65 anos para homens e 63 ou 64 anos para mulheres. A mudança valeria para todos os trabalhadores da ativa, e não somente para os que ingressarem depois da mudança. Também pretende frear o aumento dos gastos previdenciários, desvinculando os benefícios dos reajustes do salário mínimo. Em vez disso, as centrais querem aumentar a receita da Previdência para cobrir o rombo. Sugerem, por exemplo, o lançamento de um programa de parcelamento de dívidas previdenciárias, hoje em torno de R$ 240 bilhões. O fim das desonerações de contribuições previdenciárias renderia cerca de R$ 45 bilhões, segundo seus cálculos. Segundo as centrais, mesmo que suas propostas sejam aceitas, ainda haveria um rombo de cerca de R$ 50 bilhões. Para cobri-lo, seria preciso aumentar a contribuição dos agricultores.

que o salário mínimo, é maior que o próprio piso de São Paulo, que é uma das maiores cidades empreendedoras e empregadoras do Brasil. "Por que a gente precisa pagar um piso a mais? Não que seja injusto, que o trabalhador não mereça, ele merece, mas não temos condição de pagar. A questão do piso não pode ser tratada no âmbito político, com o governador decidindo sozinho qual será o reajuste. Precisamos, no mínimo, ter um cálculo fixo para sabermos quanto vai aumentar todos os anos. Mas um cálculo formulado pela área técnica, não pela política.

RS tem queda nas exportações, diz Fiergs Prejudicadas pelas commodities, as exportações do Rio Grande do Sul registraram queda de 4,4% no primeiro semestre deste ano, segundo pesquisa da Federação das Indústrias do RS (Fiergs). O resultado é reflexo das perdas das commodities, que ao todo caíram 7,1%. Em valores, isso representa 2,14 bilhões de dólares. O setor que teve queda foi a indústria de transformação. As vendas externas reduziram em 2,6%, representando 5,49 bilhões de dólares. Esse resultado é o pior desde 2009. Para o presidente da Fiergs, Heitor José Müller, as perspectivas são de melhora no segundo semestre. "Porém, dificilmente as perdas acumuladas neste primeiro semestre serão recuperadas", afirmou. Apesar da queda, o Estado registrou aumento de 471,7% nas exportações de celulose e papel. O desempenho positivo está ligado à ampliação da capacidade da Celulose Riograndense (CMPC).

As vendas ficaram em 343 milhões de dólares, representando o melhor resultado no primeiro semestre em toda a série histórica. o setor de madeira também se destacou ao ser ampliado em 33,3%, de um total de 76 milhões de dólares. Segundo o balanço da Fiergs, das 24 categorias que tiveram operação de exportação, 14 caíram, sete cresceram e três se mantiveram estáveis. Os resultados mais negativos ficaram com produtos alimentícios (-11%), máquinas e equipamentos (-12,6%) e tabaco (-7,9%),taxas de juros médias do crédito consignado estão entre 25% e 30% ao ano no setor público e para os aposentados. No setor privado, as taxas estão em torno de 41%. A Proteste alerta que crédito não pode ser considerado como renda, principalmente em um cenário de crise econômica com alto grau de incerteza, juros altos, desemprego em alta e renda em

Caixa vai facilitar financiamento de imóveis

Heitor Müller, presidente da Fiergs

queda. “Dívidas têm de ser pagas e comprometem o orçamento mensal, afetando o poder de compra individual ou familiar. E sobe o risco de inadimplência, que já atinge 59 milhões de brasileiros”, informa a entidade.

ACaixa Econômica Federal vai elevar o teto do valor de imóveis financiáveis pelo banco, o percentual de financiamento para imóveis de valores maiores e facilitar condições para construtoras. Trata-se de um esforço para acelerar os desembolsos no segundo semestre. Uma das principais medidas do pacote, previsto para ser anunciado na semana que vem, é dobrar para R$ 3 milhões o valor máximo dos imóveis que podem ser financiados pelo banco. Além disso, a Caixa elevará a cota de financiamento

no Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), usado para imóveis de valor superior a R$ 750 mil, de 70% para 80%, nos imóveis novos, e de 60% para 70%, no caso de usados. A Caixa também está reabrindo e expandindo uma linha que permite a transferência de financiamento imobiliário que tenha sido contratado com outros bancos. Com isso, mutuários poderão transferir para a Caixa até 70% do empréstimo que tenham tomado com outras instituições financeiras. O limite hoje é de 50%.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 19 de julho de 2016

4

PLANOS DE SAÚDE

Proposta de ministro gera polêmica Com a justificativa de aliviar a rede pública de assistência médico-hospitalar e manter o equilíbrio do sistema de saúde privado, que vem perdendo usuários em função da crise no País, o Ministério da Saúde (MS) estuda permitir a criação de planos populares, com a oferta de serviços unificados, como consultas ou exames, por preços entre R$ 80 e R$ 120 por mês. Segundo a proposta inicial, se o usuário precisasse de uma cobertura mais ampla, ele poderia escolher entre algumas ofertas a serem incluídas no convênio contratado. O projeto está dando os primeiros passos. Quando for finalizado, será apresentado pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Caberá ao órgão autorizar e regulamentar a flexibilização. “As propostas serão feitas pelo mercado. Nós não teremos ingerência sobre esse termo. Nosso papel é financiar a saúde e possibilitar que a população tenha acesso ao que deseja. Se preferir a saúde complementar com planos básicos terá o serviço à disposição”, disse o ministro. “A assistência suplementar só terá o crescimento desejado quando voltarmos a gerar empregos. As pessoas perderam seus postos e seus planos corporativos”, disse Barros. Nas contas das associações de saúde complementar, aos menos 1,5 milhão de pessoas deixaram de ter coberturas priva-

das em todo o País, desde 2014. O impacto recaiu sobre os hospitais públicos. Com a criação dos planos de saúde populares, a expectativa das empresas é de aumento em cerca de dois milhões de usuários da assistência complementar em um ano. No entanto, na visão de vários especialistas em saúde pública e reforçada por dados do próprio MS, a proposta de Barros de criar planos de saúde populares com cobertura mais básica, divulgada há duas semanas, nem será capaz de aliviar a falta de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) nem vai acelerar o atendimento a pacientes com doenças mais complexas. E ainda pode ter efeito contrário, de desorganizar o sistema e atrasar o início de alguns tratamentos. Segundo a pasta, o gasto com ações de atenção básica, como consultas em postos de saúde, representou, no ano passado, 13,7% do orçamento do ministério, enquanto as despesas com procedimentos de média e alta complexidade, como internações e cirurgias, consumiram 42,1%. "Não consigo entender isso como uma solução, pelo contrário, porque muito da alta complexidade quem banca e vai continuar bancando é o SUS. Então a gente percebe que é uma medida que, do ponto de vista técnico, parece não ter justificativa e que vai à contramão do que vem sendo feito pela ANS, que é evitar planos com baixa

cobertura", diz o professor e coordenador do curso de especialização em administração hospitalar e de sistemas de saúde da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Walter Cintra Ferreira Junior. Para Claudia Travassos, pesquisadora do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o estímulo a planos de baixa cobertura não atenderá às necessidades de saúde da população nem trará economia para o MS. "O SUS vai continuar arcando com o que é mais caro, portanto, precisando de mais dinheiro. Ou isso é uma ficção ou é uma forma de enganar as pessoas", afirma. Demora. Os especialistas dizem que os clientes que optarem por um plano de saúde com cobertura restrita poderão ter dificuldades caso precisem de atendimento mais complexo, como uma cirurgia ou um tratamento contra câncer. "Pode atrasar o início do tratamento para alguns pacientes porque eles podem até conseguir a primeira consulta e o diagnóstico no plano, mas não conseguirão ter continuidade e terão de voltar no início do caminho no SUS, porque não conseguirão usar o encaminhamento do plano na rede pública", diz Mario Scheffer, professor da Faculdade de Medicina da USP e um dos vice-presidentes da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).

Presidente destaca a praça do Storch O presidente do bairro Storch, Rogério Gewer, destaca a parceria que mantém com a União das Associações de Bairros de Ijuí (Uabi) e o poder Executivo, e destaca que falta na sua comunidade uma sede social. Além disso, ele reivindica a finalização do asfalto da Rua José Carlos dos Santos, um posto de saúde e um posto para a Brigada Militar. “Não são coisas muito graves, mas que são necessárias. Sei que há bairros com problemas mais sérios, nós temos os nossos, mas não são grandes reivindicações”, pondera Gewer. Segundo ele, o diálogo com o poder público é constante, principalmente por meio da Uabi. “Mas, vejo essa interação de presidentes de bairros em toda a comunidade, porque o Executivo e a Câmara de Vereadores têm

cmyk

Entrevistado do quadro JM nos Bairros, Gewer destaca a área de lazer de sua comunidade

uma atuação muito forte hoje, antigamente não era tanta”, destaca o presidente. Na mesma medida, ele elogia a atuação da Uabi na representatividade dos bairros junto ao poder público. “Porque ela é a ponte, o presidente leva até a União que transforma em reivindicação e depois exerce a devida pressão para que os problemas sejam

resolvidos, então para nós ela é importantíssima”, frisa. Na opinião de Gewer, o Storch se destaca dos demais em função de sua localização próxima do Centro. “Nosso destaque é nossa praça, o pessoal gosta de tomar mate, caminhar, fazer exercícios, jogar futebol e tem o campo do Ceap que faz parte do nosso bairro”, acentua.

Ricardo Barros

A Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) e o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) lançaram uma campanha contra a proposta do ministro Ricardo Barros. Para as duas instituições, os planos populares não resolverão o problema da saúde no País. A Abrasco planeja questionar de duas formas a proposta do Ministério da Saúde, ambas por via judicial, recorrendo ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Campanha do Agasalho tem boa receptividade A Campanha do Agasalho 2016 tem como tema nesta edição Doe com Amor. A ação lançada oficialmente no fim de maio, ressalta a importância de doar agasalhos em boas condições. A Campanha do Agasalho iniciou em maio no município, desde então vem tendo uma boa receptividade e participação da comunidade. De acordo com o secretário adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Social, Paulo Monteiro, as doações aumentaram e seguem acontecendo todos os dias. "O nosso trabalho está indo muito bem, em busca de agasalhos, queremos aquecer as famílias que necessitam. É muito importante fazer o bem aos outros, e uma das formas é realizando doações", acentua.

Além de roupas de inverno, que existe bastante necessidade, os locais também recebem roupas de verão, também de locais como lojas do município. "No mês de junho foram arrecadadas aproximadamente 22 mil peças de roupas de diversos locais, grande maioria em condições perfeitas para o uso", ressalta. Conforme o secretário, os interessados em realizar doações podem fazer direto na secretaria ou ligar no 3331-8294, que a equipe marca o endereço e busca as doações se necessário. "Quem precisar de um agasalho também pode passar na Secretaria, escolher e pegar um agasalho que quiser e que esteja precisando", finaliza.


cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Terça-feira, 19 de julho de 2016

RETOMADA EM VISTA A grave crise sócio-política e econômica que acometeu o País tem gerado frustração, medo e insegurança. A notícia boa é que alguns setores já apresentam uma melhora significativa e a expectativa é que isso altere os rumos do desempenho do ano. A discussão sobre a legislação trabalhista brasileira que se arrasta há décadas volta a ganhar força no governo do presidente interino Michel Temer, que precisa Levará tempo, de buscar soluções com a todo modo, até que maior crise econômica empresas e famílias de que se tem notícia consigam se reerguer. na história. O primeiro Emprego e renda só semestre de 2016 foi mostrarão reação de muitas turbulências. visível, na melhor das Inflação, queda na hipóteses, em 2017. renda do trabalhador, aumento do desemprego, insegurança, cenário de incertezas políticas e econômicas, fizeram parte da vida dos brasileiros Com quedas históricas do PIB, ao nível de 3% ao ano, a economia desemprega e, com isso, diminui a circulação de renda, reduz a coleta de impostos e agrava a crise fiscal do Estado. É por isso que, independentemente de várias medidas sócio-política e econômica, tudo o que tornar menos onerosa a criação de empregos é

bem-vindo. Para ajudar a ampliar o mercado de trabalho, em velocidade mais alta na retomada do crescimento, e a fim de atenuar o impacto recessivo do desemprego no desaquecimento prolongado da economia. O ideal neste momento é manter o maior número possível de empregos, à espera da retomada do crescimento. Em segmentos mais afetados pela queda do emprego e da renda, como o varejo, a saída do fundo do poço tende a demorar mais. Não por acaso, as vendas do comércio ainda não pararam de cair, apesar de uma melhora em razão da chegada do frio antecipada. Expectativas favoráveis são esperadas e aos poucos deixam o ambiente com ares mais promissores, mas resultados mais concretos serão cobrados após o desfecho do processo de impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff (PT), e das eleições municipais. Levará tempo, de todo modo, até que empresas e famílias consigam se reerguer. Emprego e renda só mostrarão reação visível, na melhor das hipóteses, em 2017. O caminho é longo, mas passo a passo, degrau por degrau, o comércio dá sinais de recuperação. É hora de encarar as dificuldades, e encontrar nelas novas oportunidades.

PONTO DE VISTA

Ari Bauer

Na próxima folha o trabalhador já deve ter esse valor modificado. Presidente do Sindicato dos Comerciários fala sobre orientações relacionadas ao cumprimento do dissídio coletivo da categoria

Sobre o acordo do novo dissídio, o que pode destacar? Existe neste ano uma diferença quanto ao salário piso regional. No ano de 2015 ele ficou para base de cálculo do ano de 2016/2017 em R$ 1.054. Se colocarmos esse valor mais 11,08% de NPC, esse valor sobre para R$ 1.171 que é o salário para aquele trabalhador que estava atuando em março de 2015. Esse percentual e o acordo desse ano são de R$ 1.160 para aquele trabalhador que iniciou a partir de abril de 2015. Isso aconteceu por conta de que esse ano é o primeiro de alguns anos, que havia a reposição do piso, acima do que era negociado. O piso desse ano subiu 9,6%, e a inflação deu 11,08%, esse é o motivo da diferença. Essa modificação foi repassada para os setores responsáveis? Repassamos para os escritórios e para as empresas, para que a reposição seja realizada de forma correta.

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

O que foi discutido na posse da Federação dos Comerciários? Nós tivemos uma reunião, na última sexta-feira pela manhã, no auditório da federação. É a primeira reunião da atual diretoria que fizemos parte, durante a oportunidade foram tratados diversos assuntos, entre eles a conjuntura econômica atual do País, direito dos trabalhadores, dissídios da categoria, projeto de contribuição assistencial. Na parte da tarde também tivemos uma reunião com a advocacia que cuida da Fecomércio, que engloba diversos setores. Na parte da noite aconteceu a posse da nova diretoria 2016/2020, na casa do gaúcho em Porto Alegre. A reforma na previdência social é uma preocupação da nova diretoria? Com certeza. Essa é uma preocupação quanto à previdência que esse governo interino está querendo promover para o aposentado, ou que está para se aposentar, para que não seja prejudicado com tempo de contribuição ou idade. Existe um projeto para tirar vários direitos dos trabalhadores, tirando direitos da categoria, e não podemos ficar parados em relação a isso, temos que ir à luta em busca dos nossos direitos. Se discute um aumento na carga de trabalho? Na última semana saiu do presidente das indústrias dizendo em 80h semanais de trabalho, e isso é um absurdo. Nós que temos 44h semanais, estamos lutando para atingir somente 40h, que ajuda também no aumento de vagas de emprego.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.jmijui.com.br

6

ARTIGO

Orgulho de serem brasileiros Marcos Fridrich Realmente vivemos tempos difíceis. Não passa um dia sequer sem que sejamos bombardeados por todo tipo de notícias ruins, de trágicos acidentes de trânsito a covardes assassinatos executados por criminosos sem medo da lei, passando por todo tipo de escândalo de corrupção envolvendo desde as mais altas autoridades da República, até dirigentes de empresas públicas e privadas entre as maiores do País. Se ainda fosse pouco, como brasileiros tínhamos o orgulho de ser o “País do Futebol”, sim, tínhamos este orgulho tolo, destruído implacavelmente pela seleção alemã de futebol no trágico 7x1 do dia 8 de julho de 2014. Com tanta coisa negativa acontecendo e sendo noticiada, não é raro ouvirmos por aí: “Dá até vergonha de ser brasileiro...” Quero afirmar em alto e bom som que tem uma parte significativa desta nação que é motivo de orgulho e satisfação para toda a sociedade brasileira, beneficiada direta e indiretamente pelo seu constante avanço, batendo seguidos recordes de produção, faturamento e eficiência. Falo do agronegócio, também chamado de “agribusiness”, termo que abrange toda a cadeia de pesquisa, produção, industrialização, transporte e comercialização de alimentos, fibras e energia. É comum o entendimento que o agronegócio envolve apenas fazendas, revendas de equipamentos agrícolas e insumos, entretanto, bares, padarias e supermercados fazem parte da cadeia do agro tanto como os centros de pesquisa das grandes multinacionais do setor, além de órgãos públicos como a Embrapa e Universidades Federais. O agronegócio brasileiro é responsável pela geração de ¼ do PIB nacional, 1/3 dos empregos e mais de 40% das exportações, sendo o setor responsável por garantir o saldo positivo na balança comercial brasileira ao longo dos anos. O Brasil é hoje campeão mundial ou medalha de ouro em produção de suco de laranja, café e açúcar. Vice-campeão ou medalha de prata em produção de soja e carne bovina e terceiro lugar ou medalha de bronze em produção de milho e carne de frango. O Brasil é também 1°lugar em exportação de suco de laranja, café, açúcar, carne bovina e carne de frango e 2° lugar em exportação de soja e milho. Na próxima vez em que você for tentado a sentir vergonha de ser brasileiro, lembre-se de que além de termos fartura de alimentos, ainda ajudamos a alimentar o mundo, apesar de tudo. Portanto, seja você um produtor rural, estudante ou trabalhador em qualquer dos setores do agro, ou mais um cliente esperando a vez no caixa de um supermercado, parabéns, você tem do que se orgulhar e também está fazendo parte de uma história de sucesso e superação realmente extraordinária!

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 19 de julho de 2016

7

ENSINO SUPERIOR

Mudanças no Fies causam impacto em universidades Publicada no Diário Oficial da União (DOU) de sexta-feira, a alteração nas regras do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) terá impacto no setor privado de Ensino Superior, especialmente nas instituições "que mais dependem do Fies", segundo a Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES). A Medida Provisória 741 estabelece que as instituições privadas de Ensino Superior passarão a pagar a remuneração administrativa dos bancos na concessão do Fies. O custo será de 2% sobre o valor dos encargos educacionais liberados. Até agora, os bancos eram remunerados pelo Tesouro Nacional por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento Educacional (FNDE), autarquia do Ministério da Educação, no mesmo percentual de 2%. Para o reitor da Unijuí, Martinho Kelm, a medida dá continuidade a insegurança jurídica que se vem enfrentando no País. "Na medida que o governo altera regras no meio de um período letivo, onde as instituições

já têm organizado o seu orçamento, planejamento e tabela de preços e, agora, há uma mudança com o impacto concreto nas planilhas de custo de todas as universidades que se utilizam do Fies", explica ele. "Isso tem um impacto, sim, na planilha de custos das universidades", defende. Segundo ele, em relação ao Fies, esse já é o terceiro custo que já foi acrescentado às universidades. A ABMES, que representa mais de 1,2 mil instituições de Ensino Superior, com a implementação deste novo abatimento, as instituições terão uma dedução total de 13,25% de cada mensalidade contratada pelo Fies, que inclui os 5% de desconto obrigatório para o aluno, mais 6,25% de contribuição para o Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGEDUC). Para ele, 2% é um item importante que as universidades deverão passar a arcar. Na estimativa do reitoria, Kelm afirma que a Unijuí deverá ter um impacto de R$300 mil ao ano. "É um valor que poderíamos estar aumentan-

Martinho Kelm

do na conta de investimentos, que iria melhorar a qualidade do aluno. Então, mais uma vez o governo, além de reduzir vagas, onera ainda mais as universidades que estão empenhadas em aumentar a qualidade e a execução das metas do Plano Nacional de Educação", acrescenta.

Diretores debatem estrutura de regimento Com o objetivo de orientar as escolas na reestruturação do Regimento Escolar, a 36ª Coordenadoria Regional de Educação promoveu uma reunião de trabalho com os diretores e coordenadores pedagógicos das escolas da rede estadual, durante a última quinta-feira, no auditório da Escola Rui Barbosa. Durante a manhã, a assessora pedagógica Odete Maria Zandona Schneider abordou os amparos legais para organização do regimento relacionando com os demais documentos da escola. Destacou que é um documento que define a organização e o funcionamento do estabelecimento de ensino, quanto aos aspectos pedagógicos, com base na legislação em vigor. No turno da tarde, a assessora pedagógica Solange Moraes abordou a avaliação como processo que encaminha para a expressão dos resultados, com enfoque na aprendizagem, através de uma

discussão consciente sobre o entendimento de avaliação. Na oportunidade, o coordenador regional de educação, Cláudio da Cruz de Souza, enalteceu o comprometimento, o empenho e a dedicação dos gestores pelo trabalho realizado nas escolas. Ressaltou a importância da discussão coletiva da escola para que o Regimento Escolar realmente possa atender as necessidades concretas da comunidade, regulando a sua organização e funcionamento. O encontro faz parte da proposta da Coordenadoria para o ano letivo de 2016: Ressignificar a escola. Onde as escolas têm passado por um processo de organização da parte documental dos educandários, reorganizando e trabalhando a questão da infraestrutura, obras e quadro de recursos humanos, não só de gerenciamento, mas de gestão de pessoas.

Férias escolares iniciam-se na quinta

Encontro faz parte da proposta da Coordenadoria para o ano letivo de 2016

Alunos podem participar de palestra preparatória Depois de vários dias de greve, estudo e debates para organização do calendário, as férias de julho serão mantidas

A greve do magistério ainda tem deixado algumas dúvidas nos estudantes. Como na região de abrangência da 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) as manifestações não ocorreram de forma uniforme como em outras regiões, algumas escolas necessitam recuperar apenas a carga horária e, em casos pontuais, necessitam recuperar um dia letivo, a dúvida é se essa recuperação deve afetar ou não o recesso de julho das instituições de ensino.

De acordo com o titular da CRE, Cláudio de Souza, a comissão interna da Coordenadoria esteve reunida com os diretores para que o cronograma de recuperação de aulas ocorresse de forma mais tranquila. "Aproximadamente 12 escolas (das 62 da abrangência) deverão ter a recuperação de dias letivos e carga horária", explica. Entre os critérios da Coordenadoria está o veto do uso do recesso escolar de julho para a recuperação de aulas. "Os alunos terão as férias

garantidas". A recuperação nessas escolas deve ser feita aos sábados, a contar do mês de agosto. A partir da próxima quintafeira, os alunos da rede estadual iniciam as férias de inverno e o retorno será no dia 1º de agosto e, " a partir de agosto as escolas poderão usar os sábados para recuperar as aulas", diz Cláudio. No que se refere a carga horária, os professores podem usar o turno inverso para recuperar um componente curricular.

Lógica com ênfase no Enem, este será o tema da palestra do professor Paulo Mottola, que estará em Ijuí no dia 20 de agosto. O evento será no Sesc e terá início às 8h e é focado para aqueles estudantes que estão no Ensino Médio, e devem fazer o Enem, ou ainda para aqueles que desejam passar em um concurso público. Para participar é necessário fazer a inscrição com a professora Maria Elisa Lucchese Moraes, pelos telefones 3332 1891 ou 8454 5470. O custo é dois quilos de alimentos não perecíveis. O objetivo da aula é organizar o pensamento, aprender a

analisar hipóteses e suas implicações, com ênfase na resolução de questões do Exame que dá oportunidade ao ingresso em universidades. Os alimentos arrecadados no evento serão doados ao Sesc, que deve utilizar para abastecer o projeto Mesa Brasil. As inscrições para a palestra são limitadas e devem ser feitas com antecedência. No ano passado a proposta da palestra foi levar até os estudantes que estavam saindo do Ensino Médio um encontro preparatório para as provas de vestibular. O tema foi Aprender a passar no Vestibular.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 19 de julho de 2016

NOVO CONSELHEIRO

Alexandre Postal assume no Tribunal de Contas O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) realizou ontem a sessão especial de posse do 53º conselheiro da Corte, Alexandre Postal. Ele foi nomeado por José Ivo Sartori para a vaga de livre indicação do governador do Estado, cargo vago com o falecimento de Adroaldo Loureiro, em fevereiro deste ano. Conhecido por sua atuação na área política, ele disse em seu discurso de posse que dará prioridade para a orientação aos gestores públicos. “Às vezes, em um município do rincão do Rio Grande, você não tem um especialista na gestão de um processo, eu acho que nós temos que orientar bastante. Eu sou um conciliador, procuro fazer com que o dia a dia seja aquilo que tem de melhor”, ressaltou. Natural de Guaporé, Alexandre Postal foi prefeito da cidade, deputado estadual por cinco mandatos. Também foi secretário de Estado dos Transportes do Rio Grande do Sul de junho/2004 a abril/2006 e presidente da Assembleia Legislativa em 2012. É formado em Administração Pública A Corte do Tribunal é composta por sete conselheiros, um

indicado pelo governador, quatro pela Assembleia e três escolhidos pelo governador a partir das listas tríplices, formadas por representantes dos auditores substitutos e do Ministério Público de Contas. Postal substituirá Adroaldo Loureiro, que faleceu em fevereiro deste ano. O auditório do TCE ficou lotado durante a posse de Postal, que foi prestigiada pelas principais autoridades políticas do Estado. O atual secretário estadual de

Turismo, Esporte e Lazer, Juvir Costella (PMDB), assumiu ontem a vaga de Alexandre Postal na Assembleia Legislativa, já que Postal teve de renunciar ao cargo para assumir a cadeira no TCE. Juvir Costella seguiu à frente da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer até o último domingo, cumprindo agenda no fim de semana. O substituto de Juvir Costella à frente da pasta ainda não foi anunciado.

jeitada pelos deputados na sessão plenária da última semana. Dentro do prazo legal de 48 horas, o governador disse que não confirmaria a decisão dos deputados por considerar o momento inoportuno, em razão da crise financeira do Estado. Na última terça, os deputados estaduais derrubaram os vetos de Sartori sobre os projetos que previam os reajustes. O impacto financeiro dos reajustes, somadas todas as folhas, chegará a cerca de R$ 194,5 milhões neste ano.

O aumento será de 8,13%, referente à inflação do período de 2014 a 2015, e retroativo a janeiro deste ano. A derrubada dos vetos foi a primeira derrota do governo Sartori em votações na Assembleia. Os projetos passaram em plenário com mais de 30 votos favoráveis – para que os vetos fossem derrubados, eram necessários 28 votos. Inclusive parte da bancada do PMDB, o partido do governador, votou contra a proposta do Executivo.

Projeto amplia serviços em farmácias Tramita desde o início deste mês na Assembleia Legislativa o projeto de lei que pretende ampliar os serviços prestados pelas farmácias gaúchas. O PL 112 2016 autoriza o fornecimento, em caráter suplementar, de produtos, serviços e procedimentos de apoio e de utilidade pública por unidades públicas ou privadas. “A proposta conceitua farmácia como estabelecimento de saúde e reconhece o farmacêutico como profissional da saúde",

cmyk

Aprovados recursos para Vara Federal em Ijuí Os vereadores aprovaram na noite de ontem, em sessão ordinária da Câmara, o projeto que estabelece mudanças na Lei 4.462, que versa sobre a utilização dos recursos contidos no Fundo mantido pela Procuradoria-Geral do Município (PGM). Com as alterações, a prefeitura poderá atender à solicitação da Justiça Federal e, dessa forma, aportar recursos para o pagamento do aluguel do prédio onde funcionará a futura Vara da Justiça Federal em Ijuí. A instalação do órgão ocorrerá ao longo deste ano, e até que um prédio próprio seja construído com recursos federais, a prefeitura ficará responsável por via-

bilizar a estrutura física para o funcionamento da Vara Federal no município. Segundo o vereador Darci Pretto (PDT), os recursos contidos no Fundo mantido pela PGM são oriundos do pagamento de custas judiciais em ações ganhas pelo órgão municipal. O projeto aprovado ontem não divulga os valores que poderão ser destinados à demanda da Vara Federal, mas estabelece que 25% do total contido no Fundo possam ser investidos na viabilização do funcionamento da estrutura judicial. Na sessão de ontem, outros três projetos foram aprovados pelos parlamentares.

Postal tomou posse em cerimônia realizada pelo TCE na manhã de ontem

Sartori comunica veto a reajustes O governador José Ivo Sartori comunicou na última sextafeira que não promulgará os cinco projetos de lei que tratam dos reajustes dos servidores do Judiciário, Assembleia Legislativa, Ministério Público, TCE e Defensoria Pública. Agora, caberá à presidente da Assembleia, Silvana Covatti (PP), ratificar os projetos. Ela deve confirmar a decisão no início da semana que vem, garantindo os reajustes. O governador já havia vetado os reajustes e sua decisão foi re-

8

explica o autor da iniciativa. De acordo com a proposta, as farmácias ficam autorizadas a realizar procedimentos de inalação e nebulização, curativos de pequeno porte quando não há hemorragias e nem necessidade de suturas, perfuração do lóbulo auricular, conciliação de medicamentos, revisão da farmacoterapia e administração de medicamentos. Além disso, poderão coletar amostras de sangue por punção capital para determi-

nação de parâmetros bioquímicos e fisiológicos para testes de rastreamento em saúde e realizar procedimentos relacionados a práticas interativas e complementares. Poderão, ainda, aplicar vacinas e soros mediante prescrição médica. O projeto determina, ainda, que a prestação de serviços só poderá ser realizada por farmacêutico, inscrito no Conselho Regional de Farmácia e habilitado para cada uma das práticas.

Sessão de ontem foi a última antes do recesso legislativo da Câmara

PMDB não apoiará o PDT, garante Perondi O quadro de alianças eleitorais para o pleito municipal em Ijuí segue indefinido. A tônica do momento são as divisões internas entre os principais partidos, que devem decidir até o dia 5 de agosto como enfrentarão as urnas. No PMDB, é grande a possibilidade de um acordo para apoio à candidatura do PDT à prefeitura. O próprio pré-candidato pedetista, Valdir Heck, afirmou na semana passada, em entrevista ao Grupo JM, que faltavam detalhes para o fechamento de um acordo entre os partidos. Este acordo, porém, não envolveria a indicação de um nome do PMDB a vice-prefeito na chapa, fato que tem desagradado alguns membros do partido. É o caso do vereador Daniel Perondi, que lançou seu nome como pré-candidato a prefeito. Ele é enfático ao dizer que seu partido não apoiará a sigla que representa o atual governo municipal. "Reitero minha posição como pré-candidato, estou à to-

tal disposição do meu partido. O PMDB não vai apoiar o PDT em hipótese alguma. Faz 30 anos que fazemos oposição ao governo e não será dessa vez que estaremos no lado da situação", afirma Perondi. Conforme ele, apesar de haver conversas entre membros dos dois partidos, não há qualquer definição sobre uma possível coligação. Perondi ainda revela sua insatisfação com a presidência municipal do PMDB, sentimento que é compartilhado por outros filiados procurados pelo parlamentar. "Tenho interagido com os filiados e muitos têm se queixado do posicionamento do presidente Ricardo Adamy. Consegui 482 assinaturas de filiados ao PMDB que não aceitam essa coligação com o PDT". Em um eventual acordo, os peemedebistas receberiam, em caso de vitória da chapa, três secretarias e 20% dos cargos comissionados na administração, revelou Perondi.


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 19 de julho de 2016

DESVIO DE RECURSOS

Lava Jato já fechou 61 delações premiadas Deflagrada em março de 2014, a Operação Lava Jato já firmou 61 acordos de colaboração premiada com pessoas físicas, 5 acordos de leniência com empresas e um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com uma instituição financeira. O balanço foi divulgado pela ProcuradoriaGeral da República. Já foram instaurados 1.291 procedimentos em 32 fases até o momento, sendo 643 buscas e apreensões, 175 mandados de condução coercitiva, 74 prisões preventivas e 91 prisões temporárias. Até o início do mês de julho os procuradores da República que atuam na primeira instância já ofereceram 44 acusações criminais contra 216 pessoas pelos crimes de corrupção (ativa e passiva), organização criminosa, lavagem de dinheiro, entre outros. Os crimes envolvem o pagamento de propina de aproximadamente R$ 6,4 bilhões. Com o

avanço dos trabalhos, o MPF já conseguiu bloquear R$ 2,4 bilhões em bens de réus e recuperar, por meio de acordos de colaboração premiada e de leniência,

R$ 2,9 bilhões. Deste total, R$ 2,3 bilhões se referem a multas, renúncia e indenização; e outros R$ 659 milhões foram objeto de repatriação.

"Vivemos um golpe de Estado", diz Dilma A presidente afastada Dilma Rousseff voltou a defender seu mandato durante evento na Universidade Federal de São Bernardo do Campo, cidade do Grande ABC Paulista, e a classificar de golpe o seu afastamento da Presidência da República. Dilma iniciou seu discurso reforçando que o motivo do evento era discutir a democracia que permitiu ao Brasil a construção de uma política educacional, de ciência, tecnologia e inovação. "Estamos aqui discutindo a democracia que permitiu no Brasil, com seus erros e acertos, a construção da política educacional, de ciência e tecnologia, e inovação", disse. Ela fez questão de dizer que o Brasil vive um golpe de Estado, mas diferente do que aconteceu na Turquia. "Eu acredito que estamos vivendo um golpe de Estado diferente do que aconteceu na Turquia, que vive na região um problema de guerra. A Turquia sofreu um golpe tipicamente militar. É preciso que a gente raciocine sobre as diferenças entre nós e o golpe lá porque um dos maiores argumentos dos golpistas é que nós não vivemos um golpe porque não há armas e não existem tanques nas ruas", disse Dilma. Na Turquia, de acordo com ela, há a tentativa de tirar o governo e, necessariamente, acabar com o regime democrático.

9

Após rejeitar recurso de Cunha, CCJ envia processo A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) enviou ontem à Mesa Diretora da Câmara o processo de cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) após rejeitar o seu recurso para devolver o caso ao Conselho de Ética. O próximo passo do processo é a votação no plenário principal da Câmara, o que só acontecerá em agosto, uma vez que o Congresso Nacional está de recesso “branco” até o fim de julho. Antes, para o processo ser incluído na pauta, a decisão da comissão terá de ser lida no plenário e, em seguida, publicada no "Diário Oficial da Câmara". A partir da leitura, começa a contar o prazo de até duas sessões para que o processo seja votado no plenário da Casa. O novo presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já disse que irá votar o processo em um dia que houver quórum elevado de parlamentares para evitar ser acusado de tentar ajudar ou prejudicar o peemedebista. Cunha aposta na ausência dos deputados com quem tem relação para tentar barrar a perda do mandato. Nesse caso, a falta deles contaria a seu favor porque, para aprovar a perda do mandato, são necessários 257 votos. Se

Eduardo Cunha

esse mínimo não for atingido, o deputado não perde o mandato. Como a votação é aberta, aliados mais próximos não escondem o constrangimento de ter que votar contra a cassação por causa das evidências que pesam contra ele no processo, além do desgaste que seria diante da opinião pública. No processo, Eduardo Cunha é acusado de quebrar o decoro parlamentar por supostamente ter mentido à CPI da Petrobras, no ano passado, sobre a existência de contas bancárias no exterior. Ele nega e diz ter apenas o usufruto de fundos geridos por trustes (entidades jurídicas que administram recursos e bens).

Juiz recusa relatoria de inquérito sobre Lula

A presidente afastada Dilma Rousseff voltou a defender seu mandato

"Nós vivemos um outro momento. Aqui no Brasil nós temos uma outra circunstância. Nós temos o golpe parlamentar, que alguns chamam de golpe frio, e outros de golpe institucional. Mas se no golpe militar você tem o machado derrubando a árvore da democracia, no golpe parlamentar você tem os parasitas atacando a árvore. Isso é muito grave", comparou a presidente afastada. Para Dilma, no Brasil o "golpe" visa assegurar "uma pauta que não foi e não será aprovada sem que passe pelo crivo do voto popular", disse. Ela ainda acrescentou que, diante da crise, o governo tem um conflito distributivo, de definir para onde

vai o dinheiro. Segundo Dilma, é uma "temeridade" achar que o dinheiro garantido para a população ou que políticas feitas são intocáveis. Segundo Dilma, a disputa sobre o dinheiro público se dá em relação à ação do Estado como um processo de garantia de direitos individuais e coletivos como interferência na ordem econômica. Ainda de acordo com ela, por trás do "golpe" no Brasil há uma ambição muito forte pelo parlamentarismo. Dilma voltou a dizer que no Orçamento Público do governo interino de Michel Temer não há previsão de crescimento nos gastos com Saúde e Educação.

O juiz federal Ricardo Soares Leite atendeu ao pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e determinou a redistribuição do inquérito em que o ex-presidente e o exsenador Delcídio do Amaral são acusados de tentar impedir o exdiretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró de assinar acordo de delação premiada com a força-tarefa de investigadores da Operação Lava Jato. Em decisão assinada na última semana, o juiz entendeu que o inquérito não deveria ter sido distribuído para a 10ª Vara Federal no Distrito Federal, onde ele atua, especializada em lavagem de dinheiro, pelo fato de o processo tratar-se de suposto crime de embaraço a investigação penal. A decisão de Leite foi motivada por uma petição na qual a defesa de Lula contestava a distribuição do inquérito para a 10ª Vara Federal. De acordo com os advogados do ex-presidente, o inquérito deveria ser distribuído livremente porque houve um erro na classificação do processo, que foi enviado ao magistrado por ter sido identificado pelo

Luiz Inácio Lula da Silva

tribunal como crime de lavagem ou ocultação de bens de direitos e valores. No dia 24 de junho, o ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), remeteu o processo para a Justiça Federal em Brasília por entender que a suposta tentativa de embaraçar as investigações ocorreu na capital federal. Além disso, nenhum dos envolvidos tem foro privilegiado na Corte. O processo chegou à Justiça Federal em Brasília no dia 12 de julho.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 19 de julho de 2016

PRODUÇÃO EM BAIXA

RS SUSTENTÁVEL Preço do leite dispara com queda no campo A entressafra na produção de leite no Rio Grande do Sul é o principal motivo apontado por representantes do setor para explicar a disparada dos preços do produto nos supermercados gaúchos. Conforme o boletim da Cesta Básica de Ijuí, elaborado pelo curso de Ciências Econômicas da Unijuí, os produtos lácteos tiveram aumento de preço de 12% em junho. No ano, o aumento do preço médio do leite longa vida chega a 47%, sendo o produto com a maior alta de preços entre todos os itens pesquisados. "Temos um cenário muito diferente dos últimos anos, em virtude da queda na produção de leite pela qual estamos passando. Estamos saindo de uma entressafra e a produção de leite não cresceu nos percentuais desejados, por uma série de fatores. Isso fez com que os preços, principalmente do leite UHT, tivessem uma reação mais forte", explica o presidente do Sindicato das Indústrias de Laticínio (Sindilat), Alexandre Guerra. Segundo ele, o aumento de preços ao consumidor oportunizou um aumento do preço pago ao produtor de leite. "Remuneramos melhor o produtor para que eles possam reinvestir, porque

cmyk

Polo viabiliza recursos para o RS em Brasília Nesta semana, o secretário estadual da Agricultura, Ernani Polo, participou de audiência com o ministro da Integração Nacional, Helder Zahluth Barbalho, para tratar da liberação de recursos para barragens no Rio Grande do Sul, em especial para o andamento das obras das barragens Taquarembó, em Dom Pedrito e Jaguari, em São Gabriel. As barragens já possuem mais de 50% das obras concluídas. "Sentimos uma boa reciprocidade do ministro Helder Barbalho, que se comprometeu em analisar nossa proposta para dar um posicionamento, dentro das limitações financeiras enfrentadas devido à crise, sobre a liberação dos

recursos já para 2016. Também aproveitamos para solicitar para 2017 uma previsão de saldo a ser investido para Taquarembó, da ordem de R$ 38 milhões, e para Jaguari de R$ 25 milhões. Desta forma, esperamos ter os recursos necessários para seguir com as obras nas barragens, que representam muito pelo potencial hídrico que vão significar, especialmente para agricultura, para levar desenvolvimento aos muitos municípios que compreendem as regiões de cada uma”, afirmou o secretário Ernani Polo. O deputado federal Jerônimo Goergen (PP-RS) também participou do encontro.

Preço do leite longa vida integral subiu, em média, 47% em Ijuí neste ano

a melhor forma de retomar os níveis normais de produção é o produtor ter maior capacidade de investimentos", explica. O preço de referência do leite no Rio Grande do Sul em junho atingiu R$ 1,1255 o litro, conforme cálculo feito pela Câmara Técnica do Conseleite. Nos últimos três meses, a alta acumulada para os preços pagos ao produtor é de 13,84%. Nas gôndolas em Ijuí, conforme o Boletim da Cesta Básica, o preço médio pago pelo leite fechou o

mês de junho em R$ 3,34. Ainda conforme Alexandre Guerra, o ideal para a cadeia produtiva seria trabalhar com um cenário de estabilidade de oferta e preços, mas a previsão é de que o preço do leite deva seguir curva ascendente nos próximos dois meses. Consultorias agropecuárias estimam que a captação de leite nas propriedades gaúchas cresceu 3,9% em junho. No mesmo período de 2015, a produção já havia crescido quase 6%.

Saldo do Fundesa supera R$ 60 mi O saldo do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal (Fundesa) alcançou no primeiro semestre deste ano a marca dos R$ 60 milhões. Na manhã da última sexta-feira a prestação de contas do fundo referente ao segundo trimestre foi aprovada pelos conselheiros em Assembleia Geral Ordinária. As receitas, entre arrecadação e rendimentos financeiros, nos primeiros seis meses de 2016 superaram R$ 7,3 milhões. Em um ano, o saldo cresceu mais de R$ 10 milhões, mesmo com o Fundo tendo realizado investimentos em diversas áreas

10

da sanidade animal, como as indenizações de produtores. Só na cadeia leiteira, o primeiro semestre de 2016 indenizou produtores no valor de quase R$ 1,3 milhão. A atenção a algumas enfermidades que atingem o rebanho leiteiro é fundamental para o saneamento das propriedades. “O produtor sente-se mais confiante em realizar este trabalho porque sabe que o Fundesa realizará a indenização rapidamente”, garante o presidente do Fundesa, Rogério Kerber. O Fundo também aporta recursos através de convênios com a Secretaria da Agricultura,

Superintendência Federal da Agricultura no RS e Universidade Federal do Rio Grande do Sul para pesquisa e capacitação de técnicos do serviço veterinário oficial. “Através dos convênios conseguimos melhorar até a situação dos laboratórios oficiais no Estado, com a aquisição de equipamentos e insumos e também investindo no treinamento dos médicos veterinários”, afirma Kerber. Os recursos do Fundesa são obtidos através de arrecadações do setor privado, por abate de bovinos, suínos e aves e também pela produção de leite e ovos.

Secretário entregou carta de intenções ao ministro da Integração Nacional

CNA defende mudanças no Seguro Rural Na última semana, a Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) do Senado Federal realizou audiência pública sobre o Seguro Rural. A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) foi representada, na reunião, pelo vice-presidente de sua Comissão de PolíticaAgrícola, Pedro Loyola. Para ele, é importante que o governo se conscientize que o seguro rural necessita de previsibilidade e, com a falta de recursos, compromete sua finalidade. “Nos países onde o seguro agrícola funciona (Estados Unidos, Canadá, México e Espanha), o Estado tem um forte papel na condução de sua política”, observou. “Aqui no

Brasil, nós temos apenas R$ 400 milhões por ano de recurso para subvenção, valor que não cobre sequer 10% da área agrícola do País, enquanto nos Estados Unidos 90% dos produtores têm seguro agrícola. Aqui, infelizmente, estamos à mercê do clima”, disse. Segundo o economista, além do produtor, "toda a sociedade sofre com as deficiências do seguro: o Tesouro Nacional arca com ônus da equalização de juros do crédito rural; o fornecedor com os altos juros dos insumos; nem as cooperativas e nem os bancos recebem os recursos, e o dinheiro não vai girar o comércio no interior do País."


Acontece O

Jornal da Manhã

Terça-feira, 19 de julho de 2016

11

Alb!

auditório Tereza Verzeri do CSCJ lotou na noite do último sábado quando o Grupo de Danças Hayat apresentou o espetáculo "Alb: memórias de um coração árabe" em comemoração aos seus 20 anos. A noite abriu com depoimentos emocionantes de pessoas que contribuíram com o grupo ao longo dos anos, entre eles, Nawal Hatem, que fundou o grupo, em 1996, e hoje mora no Líbano, e de muitos dançarinos. Renné El Ammar, atual presidente da Casa Árabe, que não estava presente por estar em viagem ao Líbano, sua terra natal, deixou registrado seu recado: “Muito obrigado a todos que contribuíram para este belo espetáculo de resgate de nossa história”, disse ela. O espetáculo contou a história de Samia, uma libanesa que veio para o Brasil ainda bebê. Foram 11 atos com dança que envolveu 56 dançarinos e os três atores: Maria Alice Sides, como Samia, Emily de Oliveira Basso, como Isa, a neta curiosa, e Luan Christian, como Faruk, marido de Samia. A direção, produção e coreografias foram de Aline Minosso e Vantuir Patrick Vione, que também dançaram. Todos que compareceram receberam uma rosa para entregar a um dançarino ao final do espetáculo, que foi aplaudido entusiasticamente.

Grupo Hayat apresentando a dança do casamento

Os atores Emily de Oliveira Basso, Maria Alice Sides e Luan Christian deram vida aos personagens

As crianças do grupo Hanure na dança El Mama Rabatna; e grupo Ahlam na dança El Shohra (abaixo)

Vantuir Vione e Aline Minosso, diretores responsáveis pelo espetáculo Ibrahim El Ammar, em nome da Casa Árabe, agradeceu o empenho de cada um para o sucesso do espetáculo

Gervi

Massas

Posse

O Gervi promove sua domingueira no Gervi no próximo domingo, dia 24 de julho. Casais que chegarem até as 15h30 ganham uma cerveja e individual um refrigerante. A animação será da banda Balanço do Som.

Dia 12, a Sociedade Recreativa promove o Jantar das Massas com música com Os Caras. Os convites custam R$ 40,00.

Hoje, às 20h, na Casa da Amizade, acontece a posse da nova diretoria do Rotary Club Ijuí. Armando Pettinelli Neto passará a presidência para Luciano Amorim Furti.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 19 de julho de 2016

12

INVERNO

Próximos dias devem ser de frio Ainda no fim da tarde de sábado, o Estado registrou a primeira ocorrência de neve. A MetSul confirmou o fenômeno em Canela, Gramado, São Francisco de Paula, Bom Jesus, Cambará do Sul e São José dos Ausentes. Onde mais nevou foi em São Francisco de Paula, cidade que habitualmente registra mais neve sob influência da circulação de uma área de baixa pressão, por estar a mil metros de altitude, mais ao Sul nos Aparados e estar próxima da costa, de onde recebe uma maior injeção de umidade. Mesmo com a neve passando longe da região, o frio intenso retornou e foi sentido pela população e, para os próximos dias, o frio deverá manter. A previsão é de mínimas próximas de zero grau e geada no Rio Grande do Sul nos próximos dias, devido à massa de ar frio que ingressou no sábado. O ar polar, responsável pela neve, derrubou as temperaturas, e o Rio Grande do Sul teve o 31º dia do ano com mínimas negativas. A menor marca registrada foi de dois graus negativos, em Cambará do Sul, seguida por 1,9 grau abaixo de zero, na cidade

de Santa Rosa. Na Capital, os termômetros marcaram quatro graus, no Morro da Polícia. Segundo a MetSul, as condições favoráveis à neve cessam, mas o frio prossegue, e de forma intensa. Esse é só o começo de um prolongado período de baixas temperaturas. Apesar de a previsão indicar tardes mais amenas no decorrer da semana, com a tendência de tempo seco, durante a noite deve esfriar bastante, com formação de geada por vários dias seguidos. O Estado pode ter mínimas negativas até o próximo fim de semana. Hoje, a temperatura mais baixa em solo gaúcho deve ser de três graus negativos, e a máxima não deve ultrapassar os 18 graus. Ainda, de acordo com a MetSul, como o ar seco vai predominar durante a semana e com a atmosfera ainda muito resfriada, mesmo que a temperatura suba mais de dia, o resfriamento noturno será bastante acentuado com mínimas entre 0ºC e 5ºC na maioria das cidades gaúchas e negativas em algumas, especialmente nas baixadas. Até o próximo domingo todos os dias no Estado podem ter mínimas abaixo de zero, reiteram os dados

Rodrigo da Silva

Depois do calor e da chuva forte, o frio retornou ao Estado e já teve neve

analisados nesta segunda-feira. Devido à diminuição da nebulosidade e o ar mais seco, que vai garantir o predomínio do sol no Estado, algumas cidades devem ter nos próximos dias marcas até menores que as de ontem. As máximas é que tendem a fi-

car mais amenas. Até a metade da semana devem seguir baixas, mas no final da semana já serão agradáveis e ao redor dos 20ºC na maior parte do Rio Grande do Sul. Chuva mais generalizada somente retornará ao território gaúcho na próxima semana.

Uso da Rua 14 de Julho para lazer gera polêmica No último fim de semana, uma polêmica envolveu condutores e moradores da Rua 14 de Julho e um grupo de usuários de carrinhos de lomba. Há cerca de um mês, alguns ijuienses começaram a usar a via, aos domingos pela manhã e à tarde, para a prática da brincadeira, aumentando a adesão a cada dia. No entanto, no último domingo a atividade causou transtornos aos moradores. “A nossa rua é bastante barulhenta durante a semana, porque tem negócios aqui. No domingo que a gente quer ter tranquilidade, não era 8h e tinha uma barulheira incrível aqui nessa rua. Descendo, subindo e gritando. Inclusive tinha pessoas idosas junto, homens de 40 anos, eu achei o fim da picada. Então a gente não conseguiu dormir, atacou os nervos, levantamos”, relata a moradora da Rua 14 de Julho há 14 anos, Dalba Bottega. “Meu marido teve um derrame faz três meses, e achei que ia dar uma coisa nele, queria sair e eu não deixei porque não ia adiantar.” Além disso, ela conta que não conseguia sair com o veículo da residência porque a rua estava bloqueada com fitas amarelas. “Aguentamos esse barulho desde

cmyk

manhã cedo até as 13h, e se a gente falava com alguém eles debochavam e diziam que era uma ordem do prefeito”, conta Dalba. “Tudo bem, não sou contra isso, mas já que o prefeito cobra impostos e nós pagamos, temos o direito de reclamar nosso descanso.” A moradora sugere que o poder Executivo faça uma pista para o uso do carrinho de lomba, para que não atrapalhem o descanso das pessoas idosas que residem naquele local. Caso não haja solução, os moradores farão um abaixo-assinado. “Contra essa rua de lazer que fizeram aqui, queremos um pouco de paz e descanso”, reforça. O secretário municipal de Obras, Desenvolvimento Urbano e Trânsito (Smodutran), Ubiratan Erthal, contesta a afirmação da moradora de que a via estava interditada em sua totalidade e confirma que a autorização para o uso do espaço partiu do Executivo. “Nós tinhamos há alguns domingos verificado uma prática com os carrinhos de rolimã na Rua 14 de Julho, entre a Rua Irmãos Persson até a Rua 19 de Outubro e recebemos na última semana uma comitiva de

Grupo utiliza Rua 14 de Julho para descer com carrinho de lomba, aos domingos

moradores do entorno com um abaixo-assinado, de várias páginas, solicitando o fechamento deste trecho no sentido de realizar esse evento de lazer”, descreve Erthal. “No entanto, quando vamos dar uma autorização nesse sentido primeiro devemos pensar na segurança de quem vai utilizar a via e para as pessoas que estão circulando pelo local.” Ele pondera que tratava-se de um experimento com autorização para início da atividade às 9h, mas com a constatação de que o

horário perturbou os moradores, o grupo está autorizado a usar a via no próximo domingo a partir das 14h. “O que acontece hoje nas cidade é a precariedade de espaços públicos de lazer que estimulem a interação das pessoas com recreação, está cada vez nos tornando mais reféns de uma comunidade isolada em seus apartamentos e casas, então vimos com bons olhos essa iniciativa de retomarmos as brincadeiras dos tempos passados”, afirma Erthal.

SINDICATOS Muita gente não faz a menor ideia disso, mas há mais de 15 mil sindicatos no Brasil. Quinze mil. E o número não para. Em média, surge um novo sindicato a cada dia no País. Faça chuva ou faça sol. Para os dias de chuva, aliás, há um Sindicato da Indústria de Guarda-Chuvas e Bengalas de São Paulo. Para os dias de sol há um Sindicato das Indústrias de Camisas para Homens e Roupas Brancas de Confecção e Chapéus de Senhoras do Município do Rio de Janeiro. CABE MAIS UM? No Brasil, todo mundo quer ter o seu sindicato e, quando montado, ninguém quer deixar de representá-lo. Não por acaso, dos mais de 10 mil sindicatos de trabalhadores no País, pelo menos 8.500 possuem o mesmo presidente há mais de 10 anos. E a razão é fácil de explicar. IMPOSTO SINDICAL Desde 1943, todos os brasileiros com carteira assinada pagam, uma vez por ano, o chamado imposto sindical. De abril de 2008 a abril de 2015, o governo federal repassou R$ 1 bilhão para as centrais sindicais através desse imposto. Nenhum centavo desse volume foi fiscalizado pelo Tribunal de Contas da União. Ou seja, é uma farra. E sustentada com dinheiro dos trabalhadores. A desculpa é que sem esses sindicatos todos a nossa massa proletária estaria entregue ao mais abjeto abandono, nas mãos de patrões sádicos e mesquinhos. MENOS SINDICALISMO... No mundo real, no entanto, o buraco é mais embaixo. Enquanto nossos trabalhadores, mesmo com tantos representantes fingindo defender seus interesses, continuam com uma produtividade baixíssima e ganhando muito mal, os trabalhadores de países com leis trabalhistas menos rígidas e sem o mesmo sindicalismo epidêmico seguem na direção oposta. Muitos de nós, não por acaso, fugimos para esses cantos para poder trabalhar e alcançar um padrão de vida melhor. Não é por coincidência. Enquanto a gente não mudar essa mentalidade e entender que nenhum país enriquece com tamanhos entraves ao desenvolvimento e com tanta gente que não produz vivendo às custas de quem produz, nós continuaremos na rabeira do mundo.


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 19 de julho de 2016

AUGUSTO PESTANA

RS SUSTENTÁVELBásica de Saúde Unidade não realiza atendimento

Espaço foi inaugurado em junho, mas ainda aguarda por trâmites legais para poder entrar em funcionamento

Ainda em junho, no dia 28, Augusto Pestana recebeu uma nova Unidade Básica de Saúde. Moderna, espaçosa e que permite uma maior qualidade aos funcionários da área da saúde e, principalmente, aos usuários. Porém, mesmo com toda essa estrutura, a comunidade ainda está sendo atendida na antiga unidade. Segundo a secretária de Saúde, Icle Rhoden, existem algumas funções legais que devem ser cumpridas e que levam tempo.

"Não podemos definir uma data e não conseguir cumprir", disse. Mesmo sem data definida, a secretária de Saúde do Município acredita que a nova unidade possa receber a população a partir de agosto. Ainda de acordo com ela, está sendo organizada a estrutura interna do espaço, com móveis que devem ser adaptados ao novo local. "Os setores foram distribuídos em espaços bem acolhedores, visando proporcio-

nar mais qualidade nos serviços de saúde prestados à população. Além de ter uma estrutura física mais humanizada para a equipe que atua na unidade e para os usuários". O investimento no local foi de R$ 773 mil, com recursos da União, com contrapartida do Município de R$ 490 mil. A UBS conta com duas Estratégias de Saúde da Família (ESF), consultórios odontológicos e farmácia.

Município faz Olimpíada Escolar A Escola Municipal de Educação Infantil Primeiros Passos, de Coronel Barros, promoveu, ainda na semana passada, a primeira Olimpíada Escolar. A atividade envolveu as crianças, professores e auxiliares das turmas em exercícios lúdicos e esportivos. O objetivo é de incentivar e despertar o gosto pelas atividades físicas, que envolveram movimentos, expressão corporal,circuitos com obstáculos utilizando materiais alternativos como elástico, litrões, bambolês, colchonetes, entre outros. Na oportunidade, foi produzida, para esse evento, a Tocha Olím-

13

Catuípe tem projeto de auxílio à leitura e escrita Lendo, escrevendo e construindo caminhos. Este é o tema do projeto desenvolvido pelos alunos da Escola Barão de Rio Branco, no município de Catuípe. De acordo com a professora Elisete Dallsoquio, a ideia é de incentivar a leitura e a escrita entre os alunos. "Desde o ano passado iniciamos essa proposta na escola, incentivando não apenas nas aulas de Português e Literatura, mas em todas as disciplinas", explica. Desde a produção de textos, relatórios e leitura coletiva, os alunos do 1º ao 9º ano e os estudantes da EJA do Fundamental têm desenvolvido as atividades. "Queremos estimular habilidades importantíssimas nas crianças, que é sair do Ensino Fundamental sabendo ler com propriedade e saber escrever mais ainda", vibra a professora. Para a professora, a ideia está conseguindo um bom resultado, "percebo nos alunos uma grande disposição para ler", diz.

Na manhã de ontem, os alunos do 7º ano participaram de uma atividade de leitura, o texto Em carne viva, que aborda a questão das drogas e adolescente, envolveu os jovens e provocou um debate e interação. "Eles prestam muita atenção, pedem para que leia mais", comenta. Além dos trabalhos de leitura, os estudantes fazem análises e produções para ampliar o conhecimento teórico sobre diferentes assuntos. Outra atividade que é realizada dentro do projeto é a Leitura semanal, onde por pelo menos uma hora por dia o espaço é reservado para a leitura. "Toda a escola para fazer essa leitura, além da aula de Português". A proposta não é só de gênero literário, mas também de material informativo e instrutivo. Ela defende que os alunos devem ter a habilidade de se defender, "isso é um somatório de informações e conhecimento que se adquire, se leva para toda a vida", finaliza.

Emater faz campanha para arrecadar agasalhos A Emater/RS-Ascar e a agência da Sicredi de Augusto Pestana fazem campanha para arrecadar agasalhos para instituição que oferece assistência médica e cuidado terapêutico. As doações foram entregues, na última sexta-feira, ao Centro de Atenção Psicossocial Regional (Caps AD 3) pelos gerentes regionais da Emater/ RS-Ascar, Carlos Turra e Vito Cembranel. Segundo a assistente administrativa da Emater/RS-Ascar, Mariglai Messerschmidt, quem doa é recompensado pela sensação de fazer o bem a quem está passando por privações. A coordenadora do Caps AD

3, enfermeira Marli Libardi, disse que as doações são muito bem-vindas. A entidade, segundo Marli, atende atualmente 96 pessoas, de 20 municípios. Entre os pacientes, 34 são acolhidos também durante a noite. O Caps de Augusto Pestana, assim como os mais de mil existentes no Brasil, segundo o Ministério da Saúde, trabalha para recuperar e reinserir socialmente seus pacientes. Nesses locais, as pessoas recebem atendimento próximo da família, assistência médica e cuidado terapêutico conforme o quadro de saúde, podendo contar com acolhimento noturno.

Alunos participaram de exercícios físicos em alusão a Olimpíadas

pica, que fez parte das atividades desenvolvidas neste dia. Segundo as professoras das turmas, as ati-

vidades foram importantes para auxiliar no desenvolvimento das crianças

Revista em aeroportos fica mais rígida Desde ontem, os aeroportos de todo o País passaram por mudanças nas normas de inspeção de bagagens e revista de passageiros. As novas determinações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para aumentar a segurança dos passageiros incluem revistas aleatórias e retirada de equipamentos eletrônicos das bagagens de mãos e líquidos em voos domésticos.

Em nota, a Anac recomenda que, para agilizar o embarque e evitar transtornos, os passageiros cheguem ao embarque com duas horas de antecedência e sugere que notebooks, cintos, relógios e outros objetos metálicos sejam retirados antecipadamente da bagagem de mão, antes da passagem pelo pórtico de raio-X. "Nesse período de férias e com

a proximidade dos Jogos Olímpicos, a demanda pelo transporte aéreo naturalmente aumentará, o que exige organização maior dos operadores aeroportuários e companhias aéreas e a colaboração dos passageiros", diz a Anac. Em Porto Alegre, no Aeroporto Salgado Filho, houve filas nos primeiros voos da manhã, mas a situação foi normalizada em seguida.

Doações foram entregues na última sexta-feira ao Caps AD 3 do Município

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 19 de julho de 2016

RIO GRANDE DO SUL

Operação da Polícia Civil combate roubo de cargas

Uma operação para coibir roubo e furto de cargas foi deflagrada na manhã de ontem nas cidades de Canoas e em Esteio, na região Metropolitana de Porto Alegre. Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão e quatro de condução coercitiva. O objetivo também é combater a receptação de produtos roubados. Foram apreendidos diversos equipamentos eletrônicos, como celulares, televisores e notebooks, e um veículo EcoSport que era utilizado para transportar mercadorias. Segundo o delegado Arthur Raldi, responsável pela Delegacia de Furto e Roubo de Cargas do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), as vítimas dos roubos eram, em geral, motoristas de entregas.

Além de produtos eletrônicos, um veículo foi apreendido

Três mulheres e dois homens foram levados à delegacia para

diversos dias seguidos. Na entrada, a sujeira indica a situação degradante. As celas são muito pequenas: tem 1,5m por 2,5m, e um vaso sanitário rente ao chão. É um espaço para duas pessoas, mas no momento da visita haviam quatro. Nesta última semana, até seis homens chegaram a ocupar a mesma área. Os presos cometeram crimes como tráfico de drogas, porte ilegal de arma, furto e receptação. Na delegacia, eles deveriam apenas esperar a transferência para o presídio. "Assim não dá. Mais de uma semana é loucura", reclama outro detento. "A situação está precária, muito precária, porque nós não temos acomodações para tantos presos assim. A função da nossa delegacia é a lavratura do flagrante e, em seguida, a condução do preso para o presídio de destino, e isso infelizmente não 'tá' acontecendo", admite o delegado plantonista Carlos Ferreira.

Cela na 3ª Delegacia de Polícia Civil de Porto Alegre tem acúmulo de presos

cmyk

Polícia encontra veículo com arsenal no Estado

Arsenal foi apreendido em veículo. Até ontem, ninguém havia sido preso

Delegacias voltam a acumular presos no RS Problema recorrente no Rio Grande do Sul, a lotação de presídios causa situações como o acúmulo de presos durante dias em delegacias, o que por lei não é permitido. A 3ª Delegacia de Polícia Civil de PortoAlegre é um exemplo. No local, há homens detidos há quase uma semana em condições precárias, como admite o delegado plantonista Carlos Ferreira. "A gente cometeu o crime, e a gente 'tá' aqui para cumprir, entendeu? Só que nos direitos do ser humano, não que nem bicho. Nós não somos cachorros, nós estamos que nem cachorro, no escuro aqui, um por cima do outro", relatou um dos presos que não quis se identificar. Todos os presos que chegam à 3ª DP, aguardam a conclusão do flagrante em uma sala, algemados em uma barra de ferro. Em seguida são levados para as celas. O local deveria ser apenas de passagem, mas enfrenta superlotação, com presos que permanecem ali por

14

depor. Todas as pessoas são investigadas por receptação.

Durante uma operação em Butiá, na região Carbonífera do Rio Grande do Sul, ontem, foram apreendidas diversas armas. A ação da Polícia Civil e Brigada Militar investigava uma quadrilha de tráfico de drogas. Os suspeitos, no entanto, conseguiram fugir, mas abandonaram o armamento no meio do caminho. Foram apreendidos um fuzil 556 com munição, duas pistolas calibre

Brasil e Uruguai atuam para recapturar foragidos Autoridades do Brasil e do Uruguai seguem em busca de detentos foragidos da Penitenciária Estadual de Santana do Livramento, na Fronteira Oeste. A fuga foi registrada no último sábado, e até o fechamento da edição ninguém havia sido recapturado. Segundo a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), os apenados do pavilhão C cerraram as grades, pularam o muro e correram em direção a um terreno descam-

pado, em direção à fronteira do Uruguai. A polícia segue com as buscas e ainda não capturou os foragidos. A assessoria de imprensa da Susepe não divulgou as condenações dos presos para não atrapalhar as buscas. A Polícia Civil, a Polícia Federal e a Polícia uruguaia trabalham em conjunto para tentar recapturar os foragidos. Não está descartado, ainda, o envolimento e a facilitação por parte de agentes da Susepe.

Flanelinha é suspeito de matar jovem por R$2 Está preso um guardador de carros, suspeito de matar um motorista que teria lhe negado gorjeta. O caso aconteceu na madrugada deste domingo, em Uruguaiana, na Fronteira Oeste. Conforme o delegado Ênio Tassi, a vítima havia deixado uma festa no centro da cidade quando foi abordada pelo flanelinha, que exigiu dinheiro. Com a negativa, o suspeito teria desferido três facadas no homem, que foi identificado como Rodrigo Schiafino, de 28 anos. Versões preliminares indicam que o valor em questão é de R$2. O suspeito se apresentou à polícia na noite do domingo e

confessou o crime. O suspeito disse que a motivação para o crime teria sido a negação de dinheiro seguido da ofensa que o motorista teria feito a ele, o chamando de 'vagabundo'. Quando a vítima entrou e tentou fechar a porta, o guardador de carros a esfaqueou no lado esquerdo do peito, com pelo menos três golpes. O suspeito também relatou à polícia que havia "ingerido bebidas alcoólicas e usado crack antes do crime”, relatou o delegado Tassi. O suspeito do crime tem a mesma idade da vítima, está na Penitenciária Modulada de Uruguaiana e à disposição do poder Judiciário.

9mm, também municiadas, dois revólveres calibre 38, munições, rádio comunicador, cinco toucas ninja e dois coletes balísticos. A quadrilha é de Canela, na Serra, mas teria ido até Butiá para um suposto acerto de contas com um traficante da cidade, segundo a polícia. Houve perseguição e os suspeitos fugiram, abandonando o veículo com o armamento. Ninguém foi preso.

PLANTÃO CARBONIZADO - A Polícia Civil de São Sepé investiga a morte de um jovem de 25 anos, vítima de um incêndio na manhã do último domingo. Conforme a Brigada Militar, o fogo começou por volta das 6h e destruiu quase toda a casa. A vítima foi identificada como Leonardo Tatsch Schimidt. A namorada dele, que também estava na residência, inalou fumaça e foi encaminhada ao hospital de Pronto Socorro de Santa Maria. Ela também está em estado de choque por causa da morte do namorado. A casa ficava em um balneário, às margens do Rio Vacacaí, no limite de São Sepé com Santa Maria. A região não possui rede de energia elétrica. Por isso, a suspeita é de que uma vela teria dado início ao fogo. A Polícia Civil não descarta uma ação criminosa na tragédia. BALEADO - Um homem foi baleado na manhã de ontem durante tentativa de roubo no bairro São João, zona Norte de Porto Alegre. Segundo as primeiras informações da Brigada Militar, Alan Calegaro levou um tiro no antebraço direito e foi encaminhado para o hospital Cristo Redentor. O Peugeot de cor branca foi alvejado com vários disparos. O motorista foi abordado por dois homens ainda na Rua São Salvador. Como notou que poderia ser um assalto, acelerou na tentativa de fugir. No entanto, os suspeitos atiraram várias vezes contra o veículo. Os bandidos fugiram a pé em direção a um hipermercado localizado na região. As informações são do 11º Batalhão da Brigada Militar.


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 19 de julho de 2016

AUGUSTO PESTANA

PC já diligencia em caso de roubo à padaria

A Polícia Civil de Augusto Pestana, através da delegada Carla Mussi está diligenciando em função de um delito de roubo registrado no município. O caso aconteceu no último final de semana e, segundo a delegada, já há uma preocupação com a reincidência no delito na cidade. Em entrevista concedida ao Grupo JM, a delegada Carla, responsável pela DP em Augusto Pestana lembrou dois roubos registrados no município nesse ano de 2016. O segundo caso, conforme ocorrência aconteceu em uma padaria, onde um elemento em posse de duas facas, e com o rosto coberto com um guardanapo, arrombou uma janela que fica localizada aos fundos do estabelecimento, rendeu uma idosa de 64 anos, imobilizou-a e levou cerca de R$400. Ainda de acordo com o boletim, o meliante

PLANTÃO MUNIÇÕES - A Brigada Militar de Ijuí, em abordagem de rotina, apreendeu um veículo com sete munições de calibre .38. O trabalho de vistoria foi realizado em um Chevrolet Omega, placa LZW, na Avenida 21 de Abril. Todas as munições foram encontradas no bolso da calça de Dejari Rodrigues, 21 anos. Ele estava na carona do veículo que era conduzido por um segundo homem que foi levado como testemunha. Já na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), o delegado Fábio Idalgo Peres lavrou o flagrante do elemento e estipulou uma fiança de R$800. O valor foi pago e o elemento foi liberado, onde deverá responder inquérito em liberdade. O caso será investigado. SANTO ÂNGELO - Um feto foi encontrado na manhã de ontem, em Santo Ângelo, no bairro Rogowski, Zona Oeste da cidade. O caso já está nas mãos da Polícia Civil que trabalha para encontrar o responsável. O delegado ainda aguarda o laudo do Instituto Médico Legal (IML) já que não havia a confirmação a respeito do sexo do bebê. Até o fechamento da edição, não havia informações sobre prisão. Um inquérito foi aberto para apurar o caso.

Carla Mussi, delegada em Augusto Pestana

fugiu pelo mesmo local que entrou. "Nós conversamos com a vítima para uma maior riqueza de detalhes e já estamos diligenciando para chegar ao responsável. A ocorrên-

cia, em princípio, parecia ser um furto. No entanto, a vítima estava em casa, sozinha, quando a pessoa entrou, mostrou as duas facas e teve subtraído apenas dinheiro", revelou a delegada. Ainda em entrevista concedida, a delegada conclamou a comunidade para que qualquer novidade, entrem em contato com a Polícia Civil de maneira anônima, através do 197. A investigação não descarta nenhuma hipótese e a semana deverá ser decisiva para que o caso seja elucidado. Em relação a primeira ocorrência, a delegada lembrou um delito de roubo em um restaurante onde, segundo as investigações, dois nomes foram apurados. A Polícia Civil já representou por prisões preventivas junto ao Poder Judiciário e agora aguarda as respectivas expedições.

Discussão política termina em homem esfaqueado A Polícia Civil de Palmeira das Missões já cuida de um caso envolvendo uma tentativa de homicídio durante uma discussão política. O caso foi registrado no último domingo, em Lajeado do Bugre, por volta das 17h30. A vítima não corre risco de morte. Conforme revelado pela Brigada Militar, a discussão quase terminou em tragédia. A Polícia Civil já diligencia junto às testemunhas para dar corpo

ao inquérito. O pai da vítima já depôs, e segundo ele, o acusado é da localidade de Lajeado do Bugre e trabalha como construtor. Ainda conforme o pai da vítima, o suspeito saiu correndo logo após dois golpes de faca. A vítima foi levada ao Hospital de Caridade de Palmeira das Missões onde, até o fechamento da edição, permanecia internada em observação. O caso segue sendo investigado.

Taxista desaparecido é encontrado no Norte Foi localizado na tarde de ontem o corpo do taxista que estava desaparecido desde a manhã de domingo em Passo Fundo. Vanderson de Almeida, de 43 anos, foi encontrado morto com a marca de um tiro na nuca às margens do Riacho Santo Antônio, no interior do município, a cerca de 3 quilômetros do local onde o carro dele foi encontrado, ainda na tarde domingo. O corpo de Vanderson foi encontrado por um grupo de taxistas na localidade de São Pedrinho. Conforme o inspetor Volmar Miguel Menegon, da Polícia Civil, testemunhas disseram que um taxista teria pedido informações na tarde de domingo. Este taxista seria, na verdade, o suspeito da

morte de Vanderson. A polícia já identificou o suspeito do crime, que tem 24 anos, e faz buscas. O nome dele não foi divulgado. O autor do crime teria solicitado uma corrida no táxi de Vanderson, após ser informado que sua irmã havia sido baleada. Um outro taxista viu o suspeito dirigindo o táxi de Vanderson e acionou a polícia. O suspeito é foragido do Presídio Regional de Passo Fundo. Ele tem passagens pela polícia por homicídio, roubo e tráfico de drogas. Conforme o inspetor Menegon, a irmã do suspeito foi baleada por engano. O alvo seria outra mulher, que foi procurada pelo ex-companheiro inconformado com o término do relacionamento.

15

Colisão entre bitrens causa susto na BR-158

Embora grandes danos materiais, o acidente deixou um condutor com lesões leves

Agentes da Polícia Rodoviária Federal de Ijuí, através da delegacia de Cruz Alta, atenderam um acidente grave, no início da tarde de ontem, envolvendo dois caminhões na BR-158, próximo ao município de Pejuçara. Embora a gravidade da colisão, um condutor restou com lesões leves. Por volta das 14h30, dois caminhões bitrens colidiram na altura do km 172, na BR-158. Conforme levantado pela reportagem, uma carreta com placa de Condor teria atravessado a rodovia para acessar a localidade de Belizário quando acabou co-

lidindo lateralmente com outro caminhão, placa de Rio Grande que rumava a Panambi. Com o impacto, a carreta bitrem de Rio Grande tombou e sua cabine incendiou, sendo necessária a presença dos Bombeiros para apagar o fogo. Ela estava carregada com adubo. A outra carreta estava vazia. O motorista de Panambi, 54 anos, sofreu lesões leves, sendo socorrido e encaminhado ao Hospital em Cruz Alta. O outro condutor não se feriu. Os nomes, como de praxe, não foram divulgados pela PRF.

Condutor perde o controle e morre na BR-285 Um caminhão carregado com combustível tombou na BR-285 ontem no final da manhã. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de São Borja, o motorista ficou preso às ferragens e morreu. Ele foi identificado como Darci Marques de Oliveira, de 67 anos. A suspeita é que ao realizar uma manobra de ultrapassagem tenha perdido o controle da direção e saído da pista. O veículo tombou em um barranco. No caminhão, com placas

de Santo Ângelo, cidade onde morava a vítima, estavam outras duas pessoas. Elas ficaram feridas e foram levadas ao Hospital de São Luiz Gonzaga. O acidente aconteceu em Santo Antônio das Missões, próximo à localidade de São José, na altura do km 610. Além da PRF, o Corpo de Bombeiros e Polícia Civil atenderam a ocorrência. O Instituto Geral de Perícias e Fepam também foram acionados, para avaliar os danos ambientais causados pelo vazamento da substância.

Autoridades tiveram dificuldades para retirada do veículo, às margens da BR-285

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Terça-Feira, 19 de julho de 2016

16

Craques do futsal fazem a festa em Ijuí Um grande legado. Foi dessa forma que o sábado foi encerrado, em Ijuí, após o 2º Festival de Futsal Tainã Santos e Lucileia Minuzzo. Ambas, que são madrinhas da Escolinha de Futsal feminino do São Luiz, estiveram presentes no evento do último sábado, distribuíram autógrafos, uniformes e fizeram a alegria de dezenas de sonhadores. O evento foi realizado pela Escolinha do Esporte Clube São Luiz com diversos jogos ao longo do dia. Além das jogadoras, nomes masculinos com representatividade no futsal mundial também compareceram. Carlos Dalcin, do Città di Montesilvano, na Itália; Pablo Vieira do Carlisport Cogianco-ITA; além de Felipe Paradynski do Palma FutsalESP; e Iuri Scheleski, também da Itália. Destaque também para Caroline Matos, atleta da Seleção Brasileira de Futsal para Surdos.

"Com certeza foram atletas que vieram para abrilhantar o evento, que contou com bom público no ginásio", exaltou o coordenador da Escolinha do São Luiz, Adilson dos Reis. Ainda segundo Adilson, os participantes garantiram a presença na próxima edição. Adilson lembrou a atenção dada pelos convidados a todos os alunos, além do público presente. Pela parte da manhã a Escolinha Feminina do São Luiz enfrentou a Escolinha de Bozano. Já na parte da tarde ocorreram jogos entre a Escolinha do Rubro, modalidade masculino, que enfrentou a Escolinha de Bozano. Já logo após a cerimônia do evento, às 18h, aconteceu o jogo festivo feminino: São Luiz x Ella's FC, onde o principal destaque foi a atleta Tainã Santos, que ainda participou do jogo festivo na modalidade masculino. Os atletas envolvidos ainda

Sesi define seus campeões no futsal Saiu na última sexta-feira o campeão dos jogos do Sesi, modalidade Futsal Livre. Além do vencedor da taça, foi conhecida também a equipe que ficou com o 3º lugar. Hoff Pneus/ Star Gesso, dos Jogos do Sesi deverá disputar a fase Microrregional, que será realizada no próximo dia 30 de julho, no município de Salto do Jacuí. Ainda na última sexta, dois jogos movimentaram o turno da noite. Às 19h, na partida preliminar, o Manutec/PréMoldados Dreffs/EO da Silva/ Ombu venceu a 3 Tentos A: 6 x 3. O jogo marcou a decisão do terceiro lugar da competição. Na sequência a grande final foi vencida pelo Hoff Pneus/ Star Gesso A sobre o Cisbra, pelo placar de 5 x 4. Após o jogo foram conhecidos também os vencedores individuais: o goleiro menos vazado foi Giovani da

Silva, com 22 gols do 3º colocado Manutec/Pré-Moldados Dreffs/ EO da Silva/ Ombu. O título de "matador" do campeonato ficou com Kaue Luciano de Souza, com 16 gols, da Fonte da Ilha/Atual Pneus/ Okeizitos A. A equipes Cisbra levou o troféu de plantel mais disciplinado com 11 cartões registrados. Os campeões conquistaram o direito de disputar a etapa Microrregional contra a equipe da CEEE, de Salto do Jacuí. O jogo está marcado para as 16h. Eis os atletas do técnico Lindomar Lucas Berwig: Tales Maier Vieira; Noli de Oliveira Junior; Cristiano de Moura; Magnus André Bruxel; Rodrigo Jaeger; Cristiano Kreibich da Silva; Glademir Cardoso; Marlano de Lima Maier; Lorival dos Santos Silva; Felipe Mateus Antunes; Alex Junior Ribeiro; Jonatan Alex da Silva.

presentearam a Escolinha com tênis, chuteiras, camisetas e agasalhos. As atletas anfitriãs ainda doaram cerca de R$500 à escolinha feminina, que ainda recebeu do atleta Arlan Pablo Vieira uma camiseta da Seleção Italiana

autografada por ele mesmo. "Os atletas que vieram sabem a importância que têm tanto dentro quanto fora de campo. Foi muito interessante essa vinda deles aqui e ano que vem a 3ª edição já está engatilhada", acrescentou Adilson.

Personalidades do futsal mundial estiveram no evento de Ijuí. Sonho realizado

AIF perde e agora recebe o líder da Chave 2 A Associação Ijuí Futsal já foca no próximo compromisso pela Série Bronze. O desafio será o líder da Chave 2 da competição, ECC, de Horizontina. No último sábado, a equipe treinada por Jaques Schultz foi derrotada pelo Guarani Futsal, de Camargo. Com três desfalques, a equipe de Ijuí sentiu e acabou sendo

derrotada pelo adversário, que venceu por 4 x 3 e tomou o lugar da AIF na classificação, ficando em 4º, com 19 pontos em 13 jogos. O time de Ijuí está em 5º, com os mesmos 19 pontos mas inferior nos critérios. A próxima partida acontece nesse sábado, no Ginásio Wilson Mânica, a partir das 20h.

Jogos de Inverno da AABB têm sequência hoje

Segunda rodada dos jogos segue hoje. 3ª rodada tem sequência nesta quinta-feira

Vencedores adquiriram o direito de disputar a fase microrregional do Sesi

cmyk

Acontece hoje a segunda rodada dos Jogos de Inverno da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) de Ijuí. A 42ª edição dos jogos teve início na última quinta-feira com três jogos. Mais três partidas dão sequência à competição a partir das 19h. No horário marcado para

o início, Bili Lanches x Art Cimento abrem a rodada. Na sequência, Banco do Brasil x Novos Horizontes duelam e, fechando a noite, Di Moville x Bazar Paraty. Os jogos da AABB ainda contemplam a modalidade canastra, que é realizada toda sexta-feira.

Renato Marsiglia renato.marsiglia@tvglobo.com.br

INTER EM QUEDA LIVRE Perder para o Palmeiras não tem nada de extraordinário. O problema é quando a derrota vem acompanhada de outras cinco, fazendo com que o time some um mísero ponto nos últimos vinte e um disputados. Falcão conseguiu introduzir uma marcação mais compacta com duas linhas de quatro, mas a inoperância do ataque foi fatal. Além de não chutar a gol, os atacantes colorados sequer seguram a bola lá na frente, fazendo com que o resto do time leve sufoco o jogo inteiro. O Inter escapou do pior. A PROPÓSITO... O problema principal do Inter é falta de qualidade e quantidade do plantel. Na hora decisiva, a qualidade fará sempre a diferença e o Palmeiras é imensamente superior. Como não há nada que esteja ruim que não possa piorar, a seqüência colorada é terrível: Ponte Preta (F), Corinthians (C), Cruzeiro (F) e Fluminense (C) para fechar o turno. Abre o returno contra a Chapecoense (F). Se não somar dez pontos destes quinze, dará adeus à possibilidade de G-4 e deverá focar o ano na Copa do Brasil. GRÊMIO DECEPCIONA EM RECIFE Todos esperavam uma atuação que levasse a uma vitória contra o penúltimo colocado do Brasileirão. A bola na trave de Luan logo no início deu esta impressão, mas ficou nisso. O Grêmio subestimou o Sport e quando viu, perdia por 2 x 0. Bastou apertar o ritmo para logo empatar no segundo tempo, mas a falta de concentração ou nome que queiram dar, liquidou a partida a favor do time pernambucano. Foram três pontos perdidos e o distanciamento da ponta da tabela. Em pontos corridos, qualquer descuido traz prejuízos irrecuperáveis. A TRAGÉDIA DA BOLA AÉREA O Sport-PE foi quatro vezes ao gol do Grêmio e fez quatro gols, ou seja, 100% de aproveitamento. A bola alçada na área virou um terror para zaga gremista. Duvido que outra equipe seja tão deficiente neste fundamento. Roger Machado diz que treinam à exaustão. O leitor Airton Poll, de Santa Cruz do Sul, não sei se falando sério ou ironizando, sugere a contratação de um técnico de basquete para ensinar os zagueiros gremistas a marcarem, pois marcam somente a bola e deixam o adversário livre. Nunca pensei nesta possibilidade, mas tem alguma lógica.


Jornal da Manhã

Terça-feira, 19 de julho de 2016

17

DOIS TOQUES

Inter tem pior sequência em 13 anos Ricardo Bolson

esporte@jornaldamanhaijui.com

SUBSTITUIÇÃO - O titularíssimo do esporte do Grupo JM Carlos Alberto Padilha aproveita merecidas férias. Enquanto isso, eu e o colega Diogo de Souza entramos em campo, trabalhando forte para conquistar os três pontos. LADEIRA - O Inter segue perigosamente ladeira abaixo. Em apenas sete rodadas, o time passou da liderança para o décimo lugar, colando-se perigosamente na zona da degola. Tudo apoiado na campanha de um ponto conquistado nos últimos 21 disputados. Os números, que muitas vezes enganam, desta vez mostram as óbvias limitações do elenco colorado. Até mesmo bons valores como Vitinho e Sasha sucumbiram ao péssimo trabalho de Argel Fücks. Domingo, com Beira-Rio lotado e estreia do ídolo Falcão na casamata, a expectativa era, senão de uma vitória acachapante sobre o forte Palmeiras, ao menos de um jogo disputado. Não foi o que se viu. O Inter foi dominado em muitos momentos pelo time paulista, e no primeiro tempo quase não chutou a gol. Valdívia deu novo fôlego criativo ao time, mas a inoperância do meio-campo colorado falou mais alto. A derrota, ainda que para o líder do campeonato, acendeu todos os sinais de alerta no Beira-Rio, de maneira que a direção estabeleceu uma verdadeira operação de guerra para trazer a tempo o atacante Nico López. Até o fechamento desta edição, porém, o trâmite ainda não havia sido conluído. Paulo Roberto Falcão terá mais trabalho do que se imaginava para fazer valer a aposta em seu retorno. MEDO DE AVIÃO - Imagino como devem ser tensas as viagens aéreas do grupo gremista pelo País, tendo em vista o pavor dos atletas tricolores quando o assunto é sair do chão. Assim como ocorreu contra Palmeiras, Chapecoense, Fluminense e Vitória, a incompetência na bola aérea defensiva do Grêmio foi decisiva para a derrota contra o Sport. Está se esgotando o estoque de justificativas para tantos gols em bolas alçadas na área. Ontem, Roger Machado falou em falta de atenção. O Grêmio treina exaustivamente esse tipo de jogada, coloca toda sua força defensiva com média de 1,85m na área e, mesmo assim, acabando levando gols. Já são 24 nesta temporada, dos 50 sofridos. Individualmente não parece haver registros negativos, com a exceção de Marcelo Oliveira na esquerda, que ataca mal e defende ainda pior. Kannemann é a esperança, mas em qual condição chega o argentino para desembarcar, fardar e jogar?

A derrota do Inter para o Palmeiras no último domingo, no estádio Beira-Rio, por 1 a 0, estabeleceu a pior sequência do time na era dos pontos corridos, estabelecida em 2003. São sete jogos sem vencer, sendo um empate e seis derrotas. O clube já havia tido sequência de seis jogos sem vencer em 2004 (duas vezes), 2005 e 2010. Em entrevista coletiva após a derrota de domingo, o técnico Paulo Roberto Falcão disse que sua prioridade nas próximas semanas será recuperar a confiança dos jogadores, principalmente para implantar o estilo de jogo que deseja para a equipe. "Acho que será necessário recuperar a confiança dos jogadores. Um time confiante é outro dentro de campo. Para mim, esse aspecto é um facilitador. Acho que o time melhorou no segun-

do tempo, mas ainda não temos o necessário. Você sente o grupo abatido, mas fica mais notável na hora do jogo. Ainda assim, mesmo com a derrota, parabenizei os jogadores pelo empenho em campo", explicou Falcão. O treinador colorado reclamou da arbitragem de André Freitas Castro, que não teria assinalado um pênalti de Zé Roberto em Ariel. "Não gosto muito de falar na arbitragem. É sempre complicado. Até procuro ver todos os lances antes de chegar aqui na coletiva para não dizer bobagem. Mas o lance no Ariel foi escandaloso e acho até que poderíamos ter ficado com um empate", declarou. Outra prioridade de Falcão será arrumar o sistema ofensivo. "É muito tempo sem fazer gols e a minha preocupação é consertar a chegada ao ataque. Para mim,

Para aumentar a crise, ataque colorado está há quatro jogos sem marcar

um time de futebol precisa chutar ao menos 15 bolas a gol em cada tempo de jogo. Vamos trabalhar o possível no espaço de tempo que temos. O que me mo-

tiva é que peguei um grupo que está querendo e que está treinando com dedicação. No momento, é isso que conta para mim", acrescentou.

Roger admite falta de atenção na bola aérea O Grêmio perdeu a quarta partida no Campeonato Brasileiro e novamente a bola aérea defensiva foi um problema. A equipe de Roger sofreu dois gols de bola parada e, com a derrota de 4 a 2 para o Sport, viu o Palmeiras disparar na liderança do Brasileirão. No Recife, o Grêmio atingiu um número preocupante: quase metade dos gols sofridos pelo time de Roger Machado na temporada veio do alto. Só em Pernambuco, foram dois tentos de bola aérea. Segundo o treinador, o problema é desconcentração do setor. "Tomamos outro gol de bola parada pela falta de concentração. O adversário tem uma bola parada forte, a gente trabalhou muito, mas entrou", explicou Roger. Desde o início da temporada, contando inclusive o amistoso diante do Danubio, do Uruguai, o Grêmio já sofreu 24 gols, frutos da bola pelo alto. Neste domingo, foram assim os gols marcados por Diego Souza

e Edmilson. É quase a metade dos levados pelo time no ano (50). Neste Brasileirão, foram nove gols sofridos na bola aérea em 15 rodadas disputadas até agora. Além do Sport, a zaga gremista também sofreu com o Palmeiras (duas vezes), Fluminense, Chapecoense (duas vezes), Vitória e Santos. O zagueiro gremista Geromel, que marcou os dois gols do Tricolor na partida, reconheceu que o time teve uma falta de atenção nas falhas defensivas. "A gente treina bastante a bola aérea defensiva, mas ali no jogo pode ser um pouco de falta de atenção e concentração. Temos que evitar isso, vamos conversar e dar um jeito de mudar essa situação", afirmou. Com a vitória do Palmeiras contra o Inter, na casa do rival, o Grêmio viu os paulistas abrirem uma vantagem de cinco pontos. "O campeonato é longo e temos o objetivo de ser campeões, vamos em busca

Neymar usará a 10 da seleção olímpica A camisa 10 da seleção olímpica terá o mesmo dono da seleção brasileira principal: Neymar aparece inscrito na lista da Fifa com o mesmo número que usa desde 2013 quando representa o País. Nada assegura quem serão os titulares, já que os treinos no campo sob o comando do técnico Rogério Micale só terão início hoje, em Teresópolis, mas o ataque formado, provavelmen-

te, pelos jovens Gabriel Jesus e Gabriel, ao lado do craque do Barcelona. A lista: 1-Fernando Prass; 2-Zeca; 3-Rodrigo Caio; 4-Marquinhos; 5-Renato Augusto; 6-Douglas Santos; 7-Luan; 8Rafinha; 9-Gabriel; 10-Neymar; 11-Gabriel Jesus; 12- Walace; 13-William; 14-Luan Garcia; 15-Rodrigo Dourado; 16-Thiago Maia; 17-Felipe Anderson e 18-Uilson

Ex-Grêmio, Diego Souza marcou de cabeça o primeiro gol do Sport

das vitórias. A gente vai fazer o possível para encurtar essa pontuação já no próximo final de semana", declarou. A defesa gremista deve ter reforço já para a próxima partida. Com documentação em dia, até o fechamento desta edição ainda havia a expectativa de que Walter Kannemann pudesse ter seu nome inscrito no Bo-

letim Informativo Diário (BID) e ficar à disposição de Roger Machado para a partida contra o São Paulo, domingo, na Arena. E é provável que ele seja improvisado na lateral esquerda para a estreia. O zagueiro argentino, que atuava no Atlas do México, chegou na noite de sábado a Porto Alegre e hoje assinará contrato até dezembro de 2019.

BRASILEIRÃO - RESULTADOS 15ª rodada Sábado,16.7 Botafogo 3 x 3 Flamengo Santos 3 x 1 Ponte Preta

BRASILEIRÃO - JOGOS 16ª rodada Sábado, 23.7 Corinthians x Figueirense - 16h Santa Cruz x Coritiba - 18h30

Domingo, 17.7. América-MG 0 x 3 Santa Cruz Fluminense 2 x 0 Cruzeiro Corinthians 1 x 1 São Paulo Atlético-PR 1 x 1 Vitória Inter 0 x 1 Palmeiras Sport 4 x 2 Grêmio

Domingo, 24.7 Ponte Preta x Internacional - 11h Plameiras x Atlético-MG - 11h Cruzeiro x Sport - 16h Grêmio x São Paulo - 16h Atlético-PR x Fluminense - 16h Chapecoense x Botafogo - 16h Vitória x Santos - 18h30

Segunda-Feira,18.7 Atlético-MG x Coritiba - 20h (A partida não havia sido concluída até o fechamento desta edição)

Segunda-Feira, 25.7 Flamengo x América-MG - 20h

cmyk


Jornal da Manhã

Terça-feira, 19 de julho de 2016

CIÊNCIA

Macaco entrou na Idade da Pedra há 700 anos

Se O Planeta dos Macacos te deu frio na barriga, se prepare: os primatas da vida real ainda não têm planos de dominar o mundo, mas entraram na sua própria Idade de Pedra há algum tempo. E a semente da revolução primata foi plantada bem aqui, no Brasil. Um estudo publicado no periódico Current Biology no início de julho afirma que os macacos-prego-de-cara-branca, espécie natural da América do Sul, usavam utensílios de pedra há mais de 700 anos. Os estudos foram realizados no Parque Nacional Serra da Capivara, no Piauí, e as ferramentas foram encontradas a uma profundidade de 0,7 metros, datadas através da medição de carbono-14. Já faz algum tempo que biólogos e arqueólogos descobriram que os humanos não eram os únicos animais da terra a empregar ferramentas, mas o conhecimento geológico dos macacos é notável. Eles são capazes de posicionar a semente que desejam abrir sobre uma espécie de “bigorna”, feita de uma rocha mais lisa e maleável, e golpeá-la com um “martelo”, representado por uma pedra menor e mais rígida.

NOVELAS

Êta Mundo Bom -

Globo

Anastácia e Pancrácio têm a sua noite de núpcias Maria afirma a Sandra que irá colocá-la na cadeia. Anastácia destrói as fantasias femininas de Pancrácio. Mafalda sente ciúmes de Zé dos Porcos. Maria pede que Diana (Priscila Fantin) cuide de Severo. Sandra pede que Araújo não revele que falsificou a assinatura de Anastácia. Eponina (Rosi Campos) manda Filomena (Débora Nascimento) avisar a Candinho que seu filho está prestes a nascer. Gerusa (Giovanna Grigio) se sente mal e Osório (Arthur Aguiar) cuida da noiva. Anastácia e Pancrácio se casam. Diana pede ajuda a Maria. Anastácia e Pancrácio têm sua noite de núpcias.

Haja Coração - Globo Beto se sente vitorioso quando Tancicha decide confrontar Apolo Agilson recebe Rebeca fingindo ser Aparício. Leozinho avisa a Dinamite que deseja tirar a vida de Aparício para herdar o patrimônio dos Abdala. Carmela instiga Tancinha a ir à boate em que Apolo está com os patrocinadores. Aparício fica arrasado ao saber que Rebeca se casará com Pedro Bertolucci. Aparício comenta com Agilson que Pedro Bertolucci está envolvido em uma investigação. Nair confessa a Larissa que não gosta de Edu. Enéas avisa a Bruna que irá desmascarar Giovanni. Fedora expulsa Aparício de casa, em respeito à última vontade de Teodora. Beto se sente vitorioso quando Tancinha decide confrontar Apolo.

Velho Chico - Globo Santo vai ao encontro de Tereza e Miguel Martim e Bento contam a Chico Criatura sobre o projeto de Zé Pirangueiro. Padre Benício avisa a Martim que Encarnação deseja falar com o neto. Encarnação e Iolanda se reúnem com um advogado. Encarnação pede que Martim assuma o controle de metade da fazenda. Miguel se recusa a falar com Tereza e Santo a conforta. Lucas se incomoda com a cumplicidade entre Olívia e Miguel. Miguel aceita conversar com Tereza. Luzia vê quando Santo vai ao encontro de Tereza e Miguel.

cmyk

O macaco-prego-de-cara-branca já usava utensílios de pedra para abrir castanhas

18

Horóscopo Áries Seu foco estará na vida profissional. Bom momento para buscar o reconhecimento no trabalho e conquistar suas metas. Mas não comente seus planos com qualquer um: agindo em segredo, vai chegar mais longe! A chance de despertar o interesse de alguém popular vai crescer. Touro Você tem boas chances de se destacar se tiver que agir em conjunto com os colegas. Aproveite para fazer um curso ou ampliar seus conhecimentos trocando ideias com os amigos. Viagem a trabalho conta com a bênção das estrelas. Ao lado do seu amor, aposte na descontração e ficarão mais próximos. Gêmeos Bom dia para rever algumas coisas e descartar o que não usa. É hora de se desapegar e abrir espaço para novidades. Há sinal de mudança na vida profissional, mas tudo indica que o resultado será positivo. Mudança no visual pode render elogios. Os momentos de intimidade prometem pegar fogo! Câncer Você vai se sentir mais à vontade se estiver cercada de pessoas, seja na vida pessoal ou profissional. Se anda pensando em fechar um acordo de sociedade, vá em frente. Aproveite para entrar em contato e matar a saudade de quem anda longe. Seja mais criativa para animar a vida amorosa. Leão O trabalho vai consumir grande parte do seu tempo. Talvez seja preciso fazer alguns sacrifícios para dar conta do recado e deixar tudo em dia, mas não desanime. Se está buscando um emprego ou pensa em trocar de serviço, pode se sair bem. Se está só, pode sentir atração por um colega. Virgem Hoje, você conta com uma dose extra de sorte para cuidar de qualquer assunto! Também vai se entender melhor com crianças e jovens. Use seu encanto pessoal para se entender melhor com as pessoas mais próximas. Se está namorando ou saindo com alguém, a relação pode se firmar de vez. Libra Assuntos domésticos podem exigir mais atenção hoje. Um familiar pode precisar da sua ajuda: dê uma mãozinha e receberá o mesmo em troca quando estiver em apuros. Organizar a casa e terminar tarefas pendentes fica mais fácil. chance de encontrar um ex-amor enquanto cuida de assuntos de rotina. Escorpião Terá facilidade para organizar e mostrar suas ideias. Assuntos que exigem deslocamento ou precisam ser resolvidos fora do local de trabalho vão correr bem. Aproveite o dia para trocar e arquivar informações. De um contato por acaso pode surgir uma paixão. Pode pintar declaração de amor. Sagitário Hoje, você vai mostrar mais habilidade para lidar com dinheiro. Há chance de ter boas novas se já vinha se programando para realizar o sonho da casa própria. Talvez precise emprestar dinheiro a um familiar, ou vice-versa. Ao lado de quem ama, vai encontrar o apoio que está buscando. Capricórnio Você estará motivada para correr atrás dos seus interesses. Agindo com jogo de cintura e apostando no diálogo, será mais fácil se destacar. O dia é favorável para conhecer gente nova. O sucesso na conquista vai depender da sua iniciativa. Deixe a timidez de lado e aproximese de quem deseja! Aquário Defender seus interesses e agir discretamente será a melhor maneira de alcançar os seus objetivos. Não é hora de confiar em qualquer um, especialmente se surgir oportunidade de ganhar um dinheiro extra. Melhor manter sua boa sorte em segredo. Alguém comprometido pode atrair sua atenção. Peixes É hora de sair da sua zona de conforto e se arriscar um pouco mais. O astral é favorável para correr atrás dos seus sonhos, por mais distantes que eles estejam. Reserve um tempo para curtir os amigos -- deixe a tensão de lado. Pode até passar a ver alguém da turma com novos olhos.


Jornal da Manhã

Terça-feira, 19 de julho de 2016

David Antônio dos Santos Contador | Perito Contábil

NOTICIAS CONTÁBEIS Participei na última sexta-feira de mais uma reunião da Comissão de Estudos de Perícia do CRC/RS, onde entre outros assuntos, definimos a programação para o IV Encontro Estadual de Peritos Contábeis, a ser realizado no dia 5 de agosto de 2016, nas dependências do Sescon/RS em Porto Alegre. Neste evento teremos a presença de membros da comissão instituída pelo Conselho Federal de Contabilidade, que discorrerão sobre o novo Cadastro Nacional dos Peritos Contábeis. Educação Profissional Continuada será estendida aos peritos contábeis Brasília – A Norma Brasileira de Contabilidade que trata do Programa de Educação Profissional Continuada (PEPC), a NBC PG 12 (R1), está em processo de revisão, no âmbito do CFC, para incluir os peritos contábeis inscritos no Cadastro Nacional de Peritos Contábeis (CNPC) entre os profissionais que devem cumprir o Programa. A minuta de revisão da norma deve entrar em audiência pública em setembro. Revisão da Norma de Contabilidade aplicada às PMEs está em audiência. Prazo: 17 de agosto O CFC colocou em audiência pública a revisão da Norma Brasileira de Contabilidade Técnica Geral (NBC TG) 1000 – Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas (PMEs). Ao todo, 55 itens da Norma deverão ser alterados. Entre as mudanças consta o esclarecimento de que todas as subsidiárias adquiridas com a intenção de venda ou alienação dentro de um ano serão excluídas da consolidação. O texto também orienta sobre como contabilizar e divulgar essas subsidiárias. Minuta de norma que cria exame para peritos contábeis entra em audiência. Prazo: 27 de julho Brasília – O CFC abriu prazo para a audiência pública da minuta da Norma Brasileira de Contabilidade Profissional do Perito (NBC PP) 02, que institui o Exame de Qualificação Técnica para Perito Contábil (EQT). O objetivo da norma é aferir o conhecimento e a competência técnica do profissional interessado em atuar na área. A partir de janeiro de 2017, os contadores que quiserem, voluntariamente, fazer parte do Cadastro Nacional de Peritos Contábeis (CNPC), terão de ser aprovados no exame. 20º Congresso Brasileiro de Contabilidade O Comitê Científico do 20º Congresso Brasileiro de Contabilidade (CBC) definiu que 140 trabalhos serão apresentados durante o evento. Haviam sido aprovados 150 pelo Comitê, mas o regulamento do evento previa que, para ser apresentado no CBC, ao menos um dos autores deveria estar inscrito no evento, que ocorre entre os dias 11 e 14 de setembro, em Fortaleza (CE). Realizado pelo Conselho Federal de Contabilidade, o CBC é o maior evento da classe contábil e contempla as diversas áreas de interesse e atuação do profissional da contabilidade, além de fomentar o conhecimento na área. Nesse contexto, estão programados painéis, com temas ligados ao dia a dia do profissional; workshops, nos quais a prática sobre assunto é apresentada de maneira mais objetiva; fóruns e apresentações de trabalhos científicos e técnicos.

19

FAMÍLIA E COMUNIDADE

Smed e MP promovem formação para equipes diretivas das escolas Na última sexta-feira, a Secretaria Municipal de Educação (Smed) em parceria com o Ministério Público, realizou formação para as equipes diretivas das escolas da rede municipal de ensino de Ijuí, com a temática Família e escola: Uma parceria necessária. O encontro foi ministrado pelo secretário de Educação Eleandro Lizot, que falou sobre a importância de integrar a família e a comunidade na escola e as diferentes formas de acolhimento. Na oportunidade, o secretário Eleandro realizou o lançamento do caderno número 19 da Secretaria Municipal de Educação com o título Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente (Recria), com a entrega de um exemplar para cada escola e para a promotora de

Justiça da Promotoria de Justiça Especializada de Ijuí, Marlise Cordenonsi Bortoluzzi. Lizot destacou para o grupo que esse material tem o propósito de registrar as ações e programas desenvolvidos pela Smed, comprometidas com a Criança e o Adolescente. “No conjunto de políticas desenvolvidas pela Smed de atenção à criança e ao adolescente, destacam-se os programas de atenção à família, ao combate à evasão e infrequência, a resolução/mediação de conflitos e rendimento escolar”, finalizou Lizot. A publicação deste Caderno é o resultado da sistematização das experiências vividas na Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente e das ações integradas

Escoteiros acampam em Cachoeira do Sul Aventura, desafio, jogos, integração, superação e acima de tudo, muita diversão no melhor clima de fraternidade escoteira. Assim aconteceu entre os dias 8 a 10 de julho de 2016, o Acampamento Serra das Encantadas (ASE), em Cachoeira do Sul, organizado pelo Grupo Escoteiro Ibiraiaras –-118°RS. O evento teve a participação de jovens, entre 7 e 21 anos, além de dezenas de escotistas, dirigen-

tes e pais comprometidos com o movimento escoteiro. Foram realizadas atividades como trekking, rapel, escalada, pista de cordas, paintball, sobrevivência, ecológica e jogos escoteiros, também participaram do evento os Grupos Terra Vermelha de Santa Rosa, Erico Veríssimo de Cruz Alta, Itacolomi de Rio Pardo, Vera Cruz de Vera Cruz e Botucaraí de Candelária.

Encontro abordou a importância de integrar a família e a comunidade na escola

pelos programas Águia e Tecendo Vínculos. Também consolida o relato da atuação do serviço de

psicologia escolar oferecido pela Smed aos alunos da rede municipal de ensino.

Direitos humanos é pauta de encontros O atendimento dado às gestantes na rede pública de saúde, as políticas públicas de defesa e proteção das pessoas idosas e o enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes foram alguns dos temas que estiveram em debate em audiências públicas da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos, neste primeiro semestre de 2016. Ao longo do período, foram 21 reuniões ordinárias e 14 audiências públicas – nove em Porto Alegre e cinco no interior do Estado. Estiveram na presidência da comissão o deputado Catarina Paladini (PSB), até o início de junho, e o deputado Miki Breier (PSB), a partir daquele mês. Miki, que ocupava a função de secretário de

Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social reassumiu sua vaga no Parlamento, passando a titularidade da Secretaria a Paladini. Para o presidente da comissão, deputado Miki Breier, um dos grandes desafios do órgão é desmistificar o senso comum a respeito dos direitos humanos. “Temos trabalhado muito com os deputados e todos os que chegam à comissão no sentido de dizer que os direitos humanos são para todos os que têm em algum momento a sua dignidade ferida, aquele que muitas vezes é ofendido, desprezado, discriminado”, afirmou. “Dar essa visão universal dos direitos humanos é o nosso desafio e temos trabalhado muito para isso”.

MANDADO DE INTIMAÇÃO

Grupo Escoteiro Ijuí - 300° - RS no Acampamento Serra das Encantadas

Grupo tem 30 dias para encaminhar novas normas O prefeito Fioravante Ballin esteve em Brasília na última quinta-feira, onde se reuniu com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, o presidente da Famurs, Luciano Pinto, assessores de deputados e a senadora Ana Amélia Lemos. A pauta do encontro foi as UPAs. Segundo o prefeito, o ministro

acenou com a possibilidade de revisar cada convênio e também de construir uma nova proposta com o Tribunal de Contas da União. Na reunião foi criado um grupo de trabalho com integrantes da Famurs, da CNM e do Ministério da Saúde, que em 30 dias para encaminhar novas normas sobre a questão.

O Presidente da Comissão Processante de que trata o Processo Administrativo Disciplinar, instaurado pela Portaria nº 459/2016, de 24 de maio de 2016, nos termos do artigo 157 da Lei Municipal 777/03, de 9 de Dezembro de 2003, (Regime Jurídico), INTIMA na condição de Testemunha, o Sr. ORMAR EDILSON DOS SANTOS FERREIRA, residente em local incerto e não sabido, para comparecer na sede da Comissão, na Rua da República, 96, na Sala de reuniões, no dia 20/07/2016, às 17 horas, a fim de prestar esclarecimentos sobre os fatos relacionados ao referido procedimento. Assinalo, por oportuno, que seu comparecimento se constituirá em relevante colaboração com o poder público municipal. Augusto Pestana, 18 de Julho de 2016. Clóvis Roberto Conrad Presidente da Comissão

MUNICÍPIO DE IJUÍ – PODER EXECUTIVO AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 41/2016 – OBJETO: Aquisição de materiais para sinalização viária. ABERTURA: 02/08/16 às 9 horas. Informações pelo telefone/fax (55) 3331-8219 ou no site www.ijui.rs.gov.br. Ijuí/RS, 18 de julho de 2016. Fioravante Batista Ballin Prefeito Municipal

cmyk


www.jmijui.com.br

POLÊMICA NA RUA

sOLIdARIedAde

Moradores da Rua 14 de Julho reclamam do uso da via para descida de carrinho de rolimã. Grupo realizou a atividade no domingo, com autorização do poder Executivo | 12

A Campanha do Agasalho iniciou-se em maio e já arrecadou mais de 20 mil peças no município | 4

PC investiga roubo em Augusto Pestana Caso foi registrado no último fim de semana. Delegada Carla Mussi solicita à comunidade informações sobre o delito. | 15

Férias escolares iniciam-se nesta semana A partir da próxima quinta-feira, alunos das escolas estaduais iniciam o recesso de julho. Escolas municipais, porém, começam na sexta-feira. | 7

EDITORIAL | 6 Levará tempo, de todo modo, até que empresas e famílias consigam se reerguer: emprego e renda só mostrarão reação visível em 2017.

cmyk

Sitepaginas 19  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you