Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

Ano 43 - Nº 289

R$ 3,00

Sem acordo com Estado, UPA segue fechada Prefeito descarta proposta do governo do Estado para abertura da Unidade 24h em Ijuí. | 8

União de instituições preocupa mercado

Tocha Separação do Corpo de Bombeiros Olímpica da Brigada Militar é oficializada chega a Ijuí Projeto foi encaminhado à Assembleia Legislativa, na véspera do término do prazo. | 20 na segunda

União de Kroton e Estácio ainda será confirmada, mas fusão deve absorver 30% do setor. | 7

Evento causa mudanças no trânsito e estacionamento da cidade durante a passagem. | 5

Pré-candidato, Perondi nega acordo com PDT Vereador Daniel Perondi desmentiu, ontem, a informação de que seu partido, o PMDB, estaria praticamente acertado com o PDT. | 14

cmyk


Jornal da Manhã

RADAR PROUNI- O resultado do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) está disponível no site do programa.O resultado é uma pré-seleção, assegura apenas a expectativa de direito às vagas para as quais se inscreveram no processo seletivo do Fies. A contratação do financiamento fica condicionada à conclusão da inscrição no Sistema Informatizado do Fies (SisFies) e ao cumprimento das demais regras e procedimentos do programa. Os estudantes selecionados têm até o dia 7 de julho para concluir a inscrição no SisFies.Aqueles que não forem selecionados serão automaticamente inscritos na lista de espera. NOITE DO PIJAMA – Na próxima sextafeira, 8 de julho, o Instituto de Idiomas Yázigi promove sua tradicional Noite do Pijama para o público Teen. Muitas atividades estão sendo planejadas para esta noite. Podem participar alunos, amigos de alunos e interessados em conhecer a escola. A faixa etária será de 11 e 12 anos. Informações pelo telefone (55) 3332-9508. As inscrições já estão abertas. FESTA JULINA- Hoje, a Escola Estadual de Ensino Fundamental Luiz Fogliatto realiza a tradicional festa Junina. A atividade inicia às 14h e terá atividades de integração entre famílias e alunos, como pescaria, danças, apresentações teatrais e, ainda, apresentação da banda Marcial da Escola. Haverá também venda de lanches. A festa tem a finalidade de arrecadar recursos para a Escola. Toda a comunidade está convidada a participar. DOAÇÕES- Na manhã de ontem, os representantes do Bloco de carnaval Q'Delícia, Pedro Donato, Renan Oliveira e Ulisses de Souza, compareceram na Secretaria de Desenvolvimento Social (SMDS), para realizar uma doação de 103 peças de roupas, sendo 64 de inverno e 39 de verão, além de 1 par de calçado. O Município agradece a iniciativa de todos os componentes do Bloco e doadores. As peças serão distribuídas aos usuários. CONCURSO DE REDAÇÃO- As inscrições para a 9ª edição do Concurso de Redação Rotary Club e Jornal Manhã seguem até o dia 13 de julho. Para participar basta entregar a redação na direção da escola. É importante colocar o nome completo, série, endereço residencial, telefone, nome do professor orientador e, ainda, nome e telefone da escola. Os dez melhores textos irão fazer parte de uma coletânea impressa que será distribuída às escolas. Além dos alunos, o professor orientador também é premiado e recebe um relógio da Ótica Albrecht, um vale-compras de R$ 150 da Literatus, medalha e certificado. PARQUE DA PEDREIRA- Na tarde de quinta-feira, o prefeito Fioravante Ballin, juntamente com o vice-prefeito Bira Teixeira, visitou a Praça do PAC que integra o projeto do Parque Popular da Pedreira, para discutir algumas questões de finalização das obras. Estavam presentes, os secretários Municipais de Governo Nelson Copetti, de Meio Ambiente Adalberto Freire, de Cultura, Esporte e Turismo, Sergio Corrêa, representando a Secretaria de Desenvolvimento Social, a coordenadora do Cras/ CSU, Jussara Garay e o representante da Construtora Leal e Pereira, Rafael Pereira Batista.

cmyk

Sábado e domingo, 2 e 3 de juLho de 2016

2

OLHO DA RUA INDICADORES Poupança 2.7.2016 ..........................0,6963% Ouro 1.7.2016......................... R$ 138,20 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,2303 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,2319 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,1700 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,3600 Euro (compra) .............................. R$ 3,5962 Euro (venda) ................................. R$ 3,5978 IPC/FIPE Maio/ /2016 ........................0,0,57% IGPM Maio//2016 ................................ 0,82% INPC Maio/2016 ...................................0,98% IPCA Maio/ /2016 .................................0,78% IGP-DI-FGV Maio//2016 ........................1,13% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144

Na Rua Guilherme Timm, via nova, asfaltada, com calçada nova, ciclovia e ideia de ser uma via alternativa para o ingresso ao câmpus da Unijuí, está assim. No local onde passa o bueiro, a terra cedeu, levando a vegetação e a calçada nova.

ENTRE ASPAS "O governo não tem uma definição prévia para a meta fiscal de 2017, mas ela será inferior a R$ 170 bilhões, o número certamente será negativo", ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

LOTERIAS NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º 2º 3º 4º 5º

-

9.392 5.170 3.005 6.194 7.709

"A criminalidade não terá sossego no meu governo", disse o governador, José Ivo Sartori (PMDB).

LOTOFÁCIL

"A pessoa que quiser empreender certamente terá o nosso apoio. Há oportunidades para as empresas com empreendedorismo no Rio Grande do Sul", disse a presidente da Assespro/RS, Letícia Batistela.

01 06 10 12 13

"Antes do início do recesso legislativo, em 13 de julho, vou colocar em votação o projeto que legaliza os jogos de azar, previsto para ser votado na próxima quarta-feira", disse o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). "Como cidadão comum, fico muito preocupado, como todos estão. Mas como policial há 40 anos, trabalho com frieza e profissionalismo para prender esses criminosos”, disse o secretário da Segurança, Wantuir Jacini. "Nada se resolve para um ou outro (na atual etapa do campeonato), mas nunca sabemos que cicatriz fica de um Gre-Nal, por isso a gente precisa ficar atento", disse o meia do Internacional Alex. "Estou pronto. Foi um desconforto, um cansaço muscular. Senti a perna um pouco pesada na hora de dar um pique, mas tá tranquilo para o Gre-Nal", afirmou o atacante do Grêmio Luan.

Getúlio

CONCURSO nº

1382

14 15 16 17 18 19 20 21 22 24 QUINA

CONCURSO nº

4120

12 17 22 52 63 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

3

ELEIÇÕES 2016

Novas regras mudam perfil de campanhas A Lei nº 13.165/2015, conhecida como minirreforma eleitoral, promoveu importantes alterações nas regras das eleições deste ano. Além de mudanças nos prazos para as convenções partidárias, filiação partidária e no tempo de campanha eleitoral, que foi reduzido, está proibido o financiamento eleitoral por pessoas jurídicas. Na prática, isso significa que as campanhas eleitorais deste ano serão financiadas exclusivamente por doações de pessoas físicas e pelos recursos do Fundo Partidário. Em entrevista ao Grupo JM nesta semana, o juiz eleitoral Eduardo Giovelli fez ponderações sobre as mudanças. O principal apontamento, inclusive, foi sobre a constante alteração de regras eleitorais. "Esta será a sétima eleição que trabalharei como membro do poder Judiciário, e a cada pleito existe uma regra nova, uma mudança em maior ou menor escala. É uma pena porque nosso código eleitoral é antigo, há

muitas intenções de atualizá-lo mas não tem saído do papel essa atualização", analisa o juiz. Outro ponto controverso da minirreforma eleitoral citado pelo magistrado é o período para os candidatos que já ocupam cargos públicos deixarem suas funções. "O prazo para a descompatibilização de servidores públicos que pretendem concorrer nas eleições termina no dia 2 de julho, e o período para as convenções termina em 20 de julho. Isto gera uma situação esdrúxula, porque o servidor público tem que se licenciar para concorrer, mas não sabe se poderá concorrer, pois pode ser que não tenha seu nome aprovado na convenção partidária", avalia Giovelli, que acredita também que a redução do período de campanha, de 90 para 45 dias, beneficia os candidatos à reeleição. "A redução deste período de campanha favorece aquele candidato que concorre para mais um mandato. Isso é uma consequência clara, porque com menor

período de debate é muito mais fácil manter o status quo do que mudar uma realidade". O período de propaganda dos candidatos no rádio e na TV também foi diminuído de 45 para 35 dias, com início em 26 de agosto, no primeiro turno. Assim, a campanha terá dois blocos no rádio e dois na televisão com 10 minutos cada, no qual só participam os candidatos a prefeito. Além dos blocos, os partidos terão direito a 70 minutos diários em inserções, que serão distribuídos entre os candidatos a prefeito (60%) e vereadores (40%). Em 2016, essas inserções somente poderão ser de 30 ou 60 segundos cada uma. A minirreforma também contemplou um antigo anseio público: estão mais rígidas as regras para a poluição visual, com limitação de materiais gráficos nas ruas. A medida, porém, extrapola alguns limites, na visão do juiz Eduardo Giovelli. "Essa questão do material visual foi muito restrita, e me pergunto se não foi

Magistrado acredita que regras novas passarão por "teste" nestas eleições

demasiado. A minirreforma, que de mini não tem nada por causa da relevância das mudanças, limitou até mesmo o tamanho para o cartaz ou a pintura no muro das residências com motivos de campanha, tem regras até para o tamanho da propaganda que pode ser feita nas casas. É como se o Estado quisesse ensinar como o

cidadão deve se comportar. Uma coisa é o bem público, os postes e demais estruturas públicas, aí é perfeito e muito necessário regular. Porém, dentro das residências essa limitação é complicado, mas vamos ter que lidar. Estamos testando as regras, e garanto que muitas delas vão mudar para as próximas eleições", pondera.

Prefeitura segue com previsão negativa Cooperativas comemoram A crise nas contas públicas resultados positivos municipais seguirá exigindo o contingenciamento de recursos públicos no segundo semestre do ano em Ijuí. A avaliação é do secretário municipal da Fazenda, Irani Basso, que fez ontem um balanço da situação fiscal do município. Segundo ele, o déficit entre o orçamento projetado e os recursos em caixa continua em 7%, com poucas perspectivas de melhora. "Estamos dentro da mesma lógica, realizando os pagamentos e honrando com demais compromissos financeiros, apesar do contingenciamento máximo de recursos. O desenho é de que o segundo semestre será igual ou pior em termos de arrecadação", afirma Basso. Apesar de indicadores mostrarem uma tímida possibilidade de recuperação da atividade econômica, a tendência é que qualquer melhora na situação fiscal, decorrente de bom desempenho em setores como indústria e demais atividades voltadas à

Em maio, audiência mostrou situação delicada das contas públicas em Ijuí

exportação, só seria sentida pelos cofres públicos municipais em cerca de 120 dias, ou seja, entre os meses de outubro e novembro. Há uma preocupação na administração municipal em Ijuí pelo fechamento das contas, já que o atual governo deixa a prefeitura em dezembro. É neste sentido que até mesmo a quitação da folha de pagamento do funcionalismo tem exigido maior planejamento

financeiro por parte do poder Executivo. "Nós temos uma premissa de que os salários dos servidores não podem sofrer alteração de calendário, nem mesmo com a pesada folha de pagamentos de dezembro. Se não podemos garantir 100%, reiteramos que a administração trabalha sempre para honrar esses compromissos".

Contagiado pelo otimismo, o cooperativismo gaúcho comemora o saldo positivo alcançado em 2015, que resultou em um crescimento de 15,75%. O faturamento se traduz em R$ 36,1 bilhões, apresentado pelo presidente do Sistema OcergsSescoop/RS, Vergilio Perius, durante o “Tá na Mesa”, evento realizado pela Federasul nesta semana. Entusiasmado, o convidado projetou mais R$ 1,7 milhão em investimento ao longo de 2016 e arriscou a dizer que “o cooperativismo é a grande saída para a crise econômica vivida no Brasil”. Ele atribuiu o desempenho à união dos associados. Na mesma linha, a presidente da Federasul, Simone Leite, completou dizendo que “os resultados são a garantia de

que todos estão envolvidos pelo sentimento de pertencimento. Palavra que também é sinônimo da nossa gestão”. Na ocasião, o Sistema OcergsSescoop/RS destacou números de cinco ramos de atuação, sendo eles o agropecuário com crescimento de 11,6%, o de crédito alcançou o incremento de 33,8%, da saúde que chegou aos 18%, de infraestrutura bateu 8,2% e o de transporte ficou na casa dos 35,5%. No horizonte do setor são poucas as dificuldades elencadas pelo presidente do Sistema Ocergs-Sescoop/RS, no entanto, a que ganha maior destaque são as poucas políticas públicas voltadas para atender as necessidades das cooperativas.

Conta de água fica 11,45% mais cara Clientes da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) começam a pagar mais caro pelo serviço a partir de ontem. O reajuste de 11,45% nas tarifas, anunciado no começo de junho, entrou em vigor nesta sexta. O índice foi calculado com base em indicadores para o setor

de saneamento e, segundo a companhia, é necessário manter os serviços. Com os novos valores, o preço de mil litros de água será R$ 4,90 na tarifa básica. A estatal alegou que o aumento do custo de insumos, como energia elétrica, e o cenário de recessão econômica contribu-

íram para o reajuste. A Corsan atende a 316 municípios gaúchos, abastecendo com água 6 milhões de pessoas, o que significa uma cobertura de 99,43%. A nova tabela tarifária e de serviços indiretos estará disponível no site e nos escritórios locais da companhia.

Na Federasul, Simone Leite recebeu o presidente Ocergs, Vergílio Perius

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

DIA C DE COOPERAR

Sicredi realiza ações em benefício da comunidade No primeiro sábado de julho, portanto hoje, é celebrado o Dia Internacional do Cooperativismo, os voluntários contam com o apoio do Sistema OCB para comemorar os resultados do programa. Reunidos em praças, escolas públicas e diferentes entidades sociais, as cooperativas oferecem diversos serviços à população. Neste ano, as ações do Dia de Cooperar esperam beneficiar mais de 2,5 milhões de pessoas, por meio de 1.427 projetos, de 738 municípios brasileiros. O Sicredi, instituição financeira cooperativa com mais de 3,2 milhões de associados e mais de 19 mil colaboradores, apoiará o Dia C nos 11 Estados onde atua. Ao todo, serão 176 iniciativas realizadas pelo Sicredi, um aumento de 141% em relação à participação em 2015. Em Ijuí, serão realizadas quatro ações na comunidade. A Unidade Ijuí Centro ficou com a tarefa de trabalhar o descarte correto de lixo eletrônico. Para isso,

haverá um caminhão na Praça da República, das 9h às 16h, para receber esse material. Paralelo a isso, uma ação de conscientização sobre o combate à Dengue acontece no bairro Penha, com a participação dos colaboradores da Sicredi, dos Bandeirantes do Verde e do 27º GAC. A Unidade Imigrante, situ-

Social, Paulo Monteiro, a cozinha está em recesso e só deve voltar no próximo dia 17. "A cozinha está fechada durante 20 dias, estamos no aguardo de definições e a resolução do problema com a nossa licitação", finaliza.

Por conta de um problema em uma licitação, a cozinha se encontra fechada até o dia 17

cmyk

Codemi debate organização de votação Com a finalidade de organizar o processo de votação da Consulta Popular, que ocorre na próxima semana, o Conselho Municipal de Desenvolvimento (Codemi), realizou, na quinta-feira, encontro preparatório com seus integrantes. Foi debatida a organização da reunião para discussão do Plano Estratégico da Região Noroeste Colonial: Diagnóstico e construção de propostas para Consultas Populares Futuras, promovido pelo Corede Norc, que acontece na próxima quinta-feira, na Câmara de Vereadores de Ijuí. Ontem, a entidade realizou um novo encontro para orientar o trabalho de quem deve atuar durante os três dias de votação.

Neste ano, os eleitores terão três dias para votar nas principais demandas das áreas de Saúde; Desenvolvimento Rural e Cooperativismo; Agricultura, Pecuária e Irrigação; Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia; Turismo, Esporte e Lazer; Cultura; Minas e Energia e Educação. Serão R$ 50 milhões em recursos para investimento nos projetos escolhidos pela população. A votação ocorre nos dias 5, 6 e 7 de julho e pode ser feita pelo site, por aplicativo disponibilizado a representantes dos Coredes e dos Comudes ou por SMS, para um número que será divulgado próximo aos dias da consulta.

As ações do Dia de Cooperar esperam beneficiar mais de 2,5 milhões de pessoas

Cozinha Comunitária reabre ainda neste mês

A Cozinha Comunitária está em recesso desde a última segunda-feira, por conta de problemas com uma licitação que fornece os alimentos ao local. De acordo com o secretárioadjunto de Desenvolvimento

4

ada na Avenida Coronel Dico, realiza um mutirão na Praça dos Imigrantes com a participação das entidades e dos skatistas que ocupam o espaço. A ação consiste na pintura e corte de gramas. E a Unidade São Francisco apoia a Casa Criança Feliz com ações para melhoramento do ambiente interno.

Encontro ocorreu na última quinta-feira no auditório da Secretaria de Planejamento

Ueti organiza programação para Expo Faltam aproximadamente três meses para o início da Expo-Ijuí/ Fenadi 2016, porém, os preparativos têm início. Segundo o presidente da Ueti, Nelson Casarin, as equipes estão trabalhando na finalização da Praça das Nações. "Além de todos os trabalhos que estão sendo feitos acerca dos projetos culturais, também estamos com a concretização da obra da Praça das Nações, que está em pleno andamento. Em questão de 15 dias estará pronta, mas a inauguração será realizada somente próximo a feira, com o objetivo de motivar mais o público", explica. Sobre as novidades para esse ano, o presidente afirma que está sendo trabalhado acerca do lançamento do livro que conta a história dos 30 anos da Expo-Ijuí. "O livro

também será lançado durante a feira, com o intuito de levar à população a história dessa feira que existe há 30 anos", explica. Em comemoração aos 30 anos, temos o nosso tradicional desfile, que vai acontecer no dia 28 de agosto, em um domingo na Praça da República. "No desfile vamos resgatar os 30 anos da feira, além de um show que vamos promover no salão do Colégio Sagrado Coração de Jesus, ainda antes da feira", comenta. Para finalizar, o presidente Casarin afirmou que uma série de trabalhos está sendo desenvolvida. "Estamos fazendo o possível para que possamos chegar na feira com tudo organizado, oferecendo qualidade para todos os visitantes e também para os expositores, que são o nosso carro-chefe", finaliza

Nelson Casarin


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

5

REVEZAMENTO OLÍMPICO

Tocha chega em Ijuí na segunda-feira Na próxima segunda-feira, Ijuí será o centro das atenções dos Jogos Olímpicos de 2016, isso porque o maior símbolo do evento passará pelo Município. A partir das 15h inicia-se o revezamento da Tocha Olímpica, com saída na antiga Estação Férrea, na Rua do Comércio, seguindo até a Praça da República e encerrando as atividades na Praça do Imigrante. De acordo com o prefeito Fioravante Ballin, o momento será de visibilidade de Ijuí para todo o mundo. Ele defende que a passagem da Tocha representa uma contribuição importante para a educação, socialização e combate ao sedentarismo. "Essa decisão de incluirmos Ijuí, seguramente, é muito importante", diz ele. Conforme Ballin, o retorno que Ijuí terá será ainda maior para o futuro. Ao todo, serão 11 condutores, dois indicados pela prefeitura e os outros selecionados pelo Comitê Organizador dos jogos. Na Estação Férrea haverá um momento esportivo com apresentação da Cia Cadagy e na Praça da República será

desenvolvida a atividade principal com o beijo das tochas em um palco que será montado especialmente para o momento. Posteriormente, o revezamento segue pela Benjamin Constant (sentido Sul/Norte) até o Banrisul, subirá a Floriano Peixoto até o Bradesco, irá pela Rua 15 de Novembro até a Rua do Comércio, para então subir até a Praça dos Imigrantes, onde ocorrerá o ato despedida da Tocha em Ijuí, com a participação do movimento étnico de Ijuí. Ballin diz, ainda, que já estão confirmados cerca de 20 escolas de cidades vizinhas que devem estar em Ijuí para participar do evento, "então percebemos que isso representa a aproximação e solidariedade das pessoas", defende. Para este dia, a comunidade deve estar atenta, pois o revezamento irá interferir na circulação e estacionamento de veículos pelas principais ruas da cidade. O trânsito de veículos, bem como o estacionamento, estará interrompido a partir das 7h, na Rua do Comércio (trecho entre as ruas Mário Silva

e 13 de Maio), Rua Benjamin Constant (em frente à prefeitura até a Rua Floriano Peixoto), Rua Floriano Peixoto (da Benjamin Constant até a 15 de Novembro), Rua 15 de Novembro (da Floriano Peixoto até a Rua do Comércio) e na Avenida Coronel Dico (13 de Maio até a Getúlio Vargas). Assim, o deslocamento de veículos, tanto nos sentidos Leste/Oeste e Oeste/Leste deverá ocorrer pelas vias adjacentes, que estarão livres à circulação. Já nos sentidos Norte/Sul e Sul/Norte as vias estarão liberadas até o início do deslocamento do Comboio do Revezamento, que deverá ocorrer por volta das 14h30. Na medida em que o comboio for se deslocando, as vias serão liberadas novamente ao trânsito de veículos. Para receber a Tocha, Ijuí investiu o valor de R$10.355,90, valores que devem ser empenhados em dois palcos (um na Praça da República e outro na Praça dos Imigrantes), sonorização nos três locais de concentração, além de 350 metros lineares de gradil,

Escolas municipais realizaram atividades em alusão à passagem da Tocha

duas faixas de divulgação, panfleto informativo sobre o trânsito e a compra de uma unidade da Tocha Olímpica que posteriormente será exposta no Museu. No período que antecedeu a chegada da Tocha, as escolas municipais estiveram engajadas em realizar um revezamento simbólico. Cada escola produziu um dos anéis olímpicos e uma réplica da Tocha, que na segunda-feira devem participar do evento.

Ainda nesta semana, estiveram em Ijuí dois consultores do Ministério do Esporte. Fabrício Arruda, da Unesco, e Charles Bueno, autoridade pública Olímpica. Os consultores percorreram todas as cidades que devem receber o revezamento na próxima segundafeira, a fim de fazer uma vistoria do trajeto. Mesmo em caso de chuva, o revezamento da Tocha Olímpica será realizado na segunda-feira.

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

ENSINO A VENDA

E

ENTREVISTA

nquanto o governo federal pedala para manter os meios de incentivo à educação como o ProUni, Fies, Sisu e o praticamente esquecido Pronatec, as escolas públicas com dificuldades tentam manter a qualidade de ensino e estrutura adequada para os estudantes. As universidades comunitárias, modelo que iniciou no Rio Grande do Sul e é exemplo para outros estados, lutam para manter os alunos, os fundos de incentivo à educação e prezam pela qualidade com uma atuação maior na comunidade onde está inserida, sendo um parceiro nas ações de desenvolvimento local e regional, ontem o anúncio da união de duas grandes mantenedoras de universidades criou uma onda de incertezas. A Kroton, detentora de mais de 1 milhão de alunos, que compreendem a Universidade Norte do Paraná (Unopar), Faculdades Pitágoras, Unic (Universidade de Cuiabá), Unime (Universidade Metropolitana de Educação e Cultura) e a rede Anhanguera, deve Caso a união das adquirir a Estácio, duas entidades ocorsegunda maior do ra, a Kroton irá con- setor, com cerca de centrar um montante 588 mil estudantes, de mais de 30% do em uma operação mercado universique é avaliada em tário, diante de um R$ 5,5 bilhões. Anlimite de 20% estates da Kroton, já belecido pelo Cade havia a proposta de combinação de negócios da Ser Educacional com a Estácio, algo que não se concretizou. Ameaça direta ao curso de medicina da Unijuí, a Estácio chegou a vencer o edital para instalar o curso no Município, porém a Universidade de Ijuí entrou com recurso e agora cabe ao Tribunal de Contas da União (TCU) decidir sobre a universidade que deve assumir o curso. O fato é que, na época que a Estácio decidiu participar do certame, afirmou que possuía os maiores cursos de medicina do País, no Rio de Janeiro e no Ceará, portanto teria condições de assumir o de Ijuí. Agora a dúvida é se realmente a Universidade possuía tal poder uma vez que deve ser absorvida pela concorrente direta. Um dos itens fundamentais que o edital previa para as instituições que concorressem ao curso era de que estivessem estáveis financeiramente, além de uma boa avaliação de cursos com o MEC e ainda o volume adesão ao Fies e Prouni, medidas essenciais para fazer que o curso seja acessível aos estudantes de baixa renda. Caso a união das duas entidades ocorra, a Kroton irá concentrar um montante de mais de 30% do mercado universitário, diante de um limite de 20% estabelecido pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). Ainda que a união das duas seja concluída apenas no fim da próxima semana, a dúvida é essa: a Estácio estava preparada para atender as demandas e instalar o curso de medicina, atuando como uma instituição que estivesse inserida na comunidade ou seria mais uma universidade que venderia a educação? Em uma época que as universidades tentar manter a qualidade de ensino em meio as dificuldades financeiras, sem abrir mão dos incentivos dados aos estudantes, como projetos de extensão, programas de fomento ao ensino superior, o anúncio é um tanto quanto preocupante.

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

Quais os principais desafios que o senhor teve, desde que assumiu o posto de governador do Rio Grande do Sul? Grandes desafios nós tivemos. Nós achávamos que teríamos dificuldades, mas não que os desafios seriam tão grandes. Fizemos isso com tranquilidade e acho que tomamos uma atitude correta e muito positiva de procurarmos ser verdadeiros e transparentes. Construímos tudo junto com a sociedade, mostrando a realidade financeira do estado. Também desenvolvemos mecanismos internos para fazer poupança, controlar os gastos e criar as condições para buscar o equilíbrio financeiro. Sabemos que há um longo caminho pela frente, mas como o senhor almeja deixar o Estado após esses quatro anos? Espero chegar ao final do governo com melhores condições financeiras para que o próximo governante possa assumir com menos dificuldades e com menos constrangimento que a nossa equipe. Neste um ano e meio de governo, o que de mais importante foi executado? Em primeiro lugar foi a diminuição do número de secretarias. Foi também o controle e contingenciamento dos cargos de confiança, o limite de viagens e processos de diárias. Significa que se não tivéssemos feito isso, nossa despesa ou custo seria duas vezes mais. Com essas medidas cortamos R$ 1 bilhão em 2015. Além disso, a Assembleia teve maturidade política, nos deu condições de implementar uma Lei de Diretrizes Orçamentárias. Nos deu condições de termos uma Previdência Complementar que vai atingir todos os novos servidores. E, acredito eu, que ainda no mês de julho, nós vamos colocar em vigor, a Previdência Complementar que vai colher seus frutos daqui a 10, 15 ou 20 anos. Mas era preciso plantar isso. Temos ainda a Lei de Responsabilidade Fiscal que foi inédita no país por ser estadual. Temos a lei de Responsabilidade Fiscal Federal que somos obrigados a cumprir, mas fizemos também a estadual, para que ninguém gaste mais do que tem. Nem eu, como governador, vou deixar para o próximo governo aumentos, inclusive, na área funcional, que não estejam quitados pelo nosso governo. O que representa esse fôlego no pagamento das parcelas da dívida com a União? Conquistar a renegociação da dívida não significa que resolva os problemas financeiros do Rio Grande do Sul, mas que ela dá um alívio, dá um sossego, dá um fôlego, isso dá, até porque, nós temos que pagar no futuro, porém, o alongamento por 20 anos do contrato que garantirá uma redução quase pela metade do estoque da dívida e uma parcela cada vez será menor na relação com a Receita Corrente Líquida. O resíduo da dívida em 2028, pela troca dos indexadores (IGP-DI mais 6% por IPCA mais 4%) cairá de R$ 37 bilhões para R$ 17 bilhões e a parcela mensal ficará, em média, R$ 50 milhões a menos. O que permitirá ser feito em investimento, considerando esse alívio mensal? O orçamento deste ano prevê um déficit de R$ 4,3 bilhões e o novo acordo prevê um alívio até dezembro na ordem de R$ 2,1 bilhões. Mas temos que manter nossa austeridade, no combate à sonegação e na cobrança da dívida dos impostos. Com esse alívio é preciso priorizar duas áreas muito delicadas para o cidadão: segurança pública e saúde. Vamos lançar o plano de segurança para dar um pouco de sossego às nossas comunidades, mas também

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

6

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com

José Ivo Sartori Governador do Rio Grande do Sul oferecer aos organismos de segurança, condições melhores de atuar e ofertar essa segurança que a sociedade deseja, mas também porque é uma prioridade. É importante dizer que não se tem dinheiro novo para investir, mas nos dá oportunidade para atender o que é prioritário na vida das pessoas. Quero aproveitar e elogiar a Brigada Militar, a Polícia Civil, o IGP e a Susepe que fazem mais com menos. Este é um segredo de uma boa administração: fazer mais com menos? Olha, tem gente que não gosta desta expressão. Estamos acostumados a viver em um mundo onde todo mundo olha só pra si. Temos que olhar diferente para nosso Rio Grande do Sul, fazer um compartilhamento, repartir as questões. O Estado sozinho, não vai sair das dificuldades que tem, se não tiver a participação, o apoio e o envolvimento da sociedade. Nem vai construir mudanças se nós repetirmos as mesmices. E eu preciso dar um dado para vocês: o RS, em 45 anos, 38 a despesa foi maior que a receita. Ele teve apenas sete anos em que a receita foi maior que a despesa. Chega um dia que você tem que colocar as coisas no seu devido lugar. Por isso alguns não entenderam no começo quando nós estávamos arrumando a casa, tomando as atitudes. Desgaste vai ter, dificuldades também, mas tenho certeza de que a sociedade está compreendendo. Nunca se falou tanto das dificuldades financeiras do governo do Estado. Esta situação era evitada, não mostrada ou se agravou desde o ano passado? Sou daquelas pessoas que não quero olhar para trás. Todos os governadores procuraram fazer o melhor para o Rio Grande do Sul. Nos coube esse papel diferente nesse momento histórico nacional e internacional e, especialmente, estadual que estamos vivendo. Acredito que foi uma maneira simples, verdadeira para apresentar à sociedade. Não é para se queixar ou chorar, é para fazer o papel que temos que fazer. Eu disse na campanha que iria fazer o que precisasse ser feito e estou procurando fazer o que precisa ser feito, mas não estou fazendo sozinho. Estou fazendo isso com a minha equipe, inclusive com o servidores. A maioria dos servidores compreendeu esse papel e está nos ajudando com solidariedade e participação efetiva, a virar esse jogo e modificar esse processo.

Representantes Comerciais: Grupo de Diários

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

www.jmijui.com.br

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATuRAS E CIRCuLAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

TECENDO VÍNCULOS

Relação entre escola e família esteve em debate

Encontro realizado na última quinta-feira teve palestra sobre a importância de compreender o "não"

A Importância do não. Esse foi o destaque de um encontro realizado ontem na Escola Municipal Fundamental Deolinda Barufaldi. A atividade teve como ato principal a palestra com o psicólogo Daniel Ruwer, da Secretaria Municipal de Educação (Smed). De acordo com a coordenadora da Escola, Fabiane Smaniotto, a atividade faz parte do Programa Tecendo Vínculos Smed e teve como tema

Família e Escola: relações de essência e convivência. “Escolhemos esse tema já que ele permeia os limites de disciplina das crianças”, destaca. Segundo ela, impor limites as crianças é algo fundamental, já que funcionam como uma rede de segurança. O evento foi aberto à comunidade escolar e contou com uma grande participação dos pais. “Uma das ações que à escola vem desenvolvendo é

estreitar o vínculo família escola, porque a criança vai até a escola, mas também tem uma família que responde por ela”. Para ela, quando não existe esse debate e conhecimento de que é preciso ouvir um não, a criança acaba tendo dificuldades em outros contextos. “As crianças devem se habituar a isso, o que é algo que leva tempo e compreensão, principalmente dos pais, o que faz toda a diferença para as crianças”.

Escola faz atividades do Fetran Na última terça-feira, a Escola Municipal Dona Leopoldina realizou uma atividade relacionada ao Festival Estadual de Trânsito (Fetran), onde foi realizado um momento de estudo complementar com a Coordenadoria de Trânsito (CT). Conforme explica a coordenadora pedagógica da Escola, Vera Lucia Martins Gramville, a palestra foi realizada nas turmas dos Anos Iniciais nos turnos da manhã e da tarde e teve como objetivo conscientizar sobre a responsabilidade e segurança, reconhecendo o trânsito como espaço de convivência e exercício de cidadania. “Desde cuidados em como atravessar a faixa de pedestres, cuidado com as placas e atenção no atravessar a rua. Percebemos que as crianças prestam atenção, tendem a contribuir e ainda dão relatos de casos que já presenciaram”, destaca. O Fetran é um projeto de educação para o trânsito que utiliza atividades pedagógicas e inclui transversalmente a temática Trân-

Alunos receberam orientações de trânsito seguro pela Coordenadoria de Trânsito

sito no cotidiano escolar. Com o slogan Transformando atitudes para salvar vidas, o Festival objetiva conscientizar crianças e adolescentes sobre responsabilidade de todos na segurança no trânsito e irá abranger escolas dos municípios de Ijuí, Bozano e Coronel Barros. No Fetran, estudantes e pro-

fessores produzem trabalhos com a temática Trânsito, nas modalidades: teatro, maquetes, poesias, danças, músicas, textos, mural, entre outros, valorizando a diversidade escolar e cultural. O encerramento do projeto Fetran ocorre na próxima quartafeira com exposição de trabalhos e apresentações dos alunos.

7

Fusão de universidades gera questionamentos Avaliada em cerca de R$ 5,5 bilhões, a fusão entre a líder e vice-líder no setor de educação no País, a compra da Estácio de Sá pela Kroton deve criar uma gigante no setor universitário. A Kroton, maior empresa de educação superior privada do País, encerrou março com 1,01 milhão de alunos, enquanto a Estácio, segunda maior do setor, tinha base total de 588 mil estudantes. A Kroton tem operações de ensino presencial mais concentradas nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País, enquanto a Estácio possui campi em todos os Estados do Nordeste e em alguns da região Norte. A conclusão da fusão depende tanto da aprovação dos acionistas de ambas as empresas como também do aval das autoridades regulatórias. No ano passado, a Estácio de Sá participou do edital para a implementação do curso de Medicina em Ijuí. Venceu o certame, porém, a Unijuí entrou com recurso e,no momento, permanece em julgamento, após suspensão pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Um dos critérios pra participar

do certame era de que a universidade vencedora que assumisse a responsabilidade de abrir os cursos, deveria realizar investimentos na rede de saúde, os valores aplicados seriam, inclusive, critério para a seleção das IES, além de implantar programa de residência médica de modo a garantir a especialização dos profissionais após o término da graduação. Outro item fundamental para as instituições que concorressem era referente à saúde financeira da instituição, uma boa nota junto ao MEC nos cursos que já estejam em funcionamento e ainda o volume adesão ao Fies e Prouni, medidas essenciais para fazer que o curso seja acessível aos estudantes de baixa renda. Na época, a Estácio argumentou que possuía o maior curso de Medicina do País, oferecido em campi no Rio de Janeiro e no Ceará, por isso chegou a visitar a cidade para avaliar a estrutura e atender as exigências do edital. Entidades do setor de educação veem risco de que o negócio possa criar um grupo com amplo poder de mercado e que concentra parcela significativa de fundos de incentivo à educação.

Prova de vestibular da Unijuí será amanhã Amanhã, os mais de 900 inscritos para o Vestibular de Inverno da Unijuí irão realizar a prova nos quatro câmpus da Instituição (Ijuí, Panambi, Santa Rosa e Três Passos). Para os candidatos aos cursos presenciais, a prova será de redação e objetiva, das 8h30 às 12h. Para os jovens que se candidataram às vagas em cursos a distância, a prova será de redação, das 8h30 às 11h30, também no domingo. A coordenadora da Comissão de Vestibular da Unijuí, Vera Fischer, orienta aos candidatos que cheguem até o local da prova com meia hora de antecedência, com comprovante de inscrição e documento com foto. Este ano, o vestibular de Inverno da Unijuí ofereceu 660 vagas, dessas, 580 foram destinadas aos cursos presenciais e 80 para a modalidade EaD. Além dessas, outras nove vagas foram ofertadas para o câmpus de Santa Rosa, dois no câmpus de Panambi e uma no câmpus de Três Passos e quatro EaD. Como Vera destaca, nesta edição do vestibular, quatro cursos tiveram vagas novas. O de Agronomia, Direito diurno, Engenharia Civil e Medicina Veterinária. O resultado do vestibular deve ser divulgado na segunda-feira, às 15h. O listão de aprovados será di-

Vera Fischer

vulgado na quarta-feira, também às 15h. As matrículas acontecem de 7 a 11 de julho. Os documentos necessários para fazer a matrícula são original ou cópia autenticada do Histórico Escolar; cópia de certidão de nascimento; cópia de identidade; cópia do CPF; cópia do título de leitor e certidão de quitação eleitoral; cópia de certificado de reservista; foto 3X4; cópia de comprovante de residência; atestado de aptidão física, para os aprovados em Educação Física e para os cursos da área de saúde é necessária a apresentação de carteira de vacinação.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

8

SAÚDE

UPA segue sem previsão de funcionamento O prefeito Fioravante Ballin e a secretária municipal de Saúde, Alexandra Lentz, participaram de reunião na manhã de ontem entre prefeitos das cidades com os problemas e o secretário estadual da Saúde, João Gabbardo, para tratar sobre a abertura das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Entraram no debate os repasses às prefeituras e a possibilidade de alterar o período de funcionamento. Sem definições, outra reunião, em Brasília, acontece no dia 14 de julho, para tratar do assunto com o ministro da Saúde, Ricardo Barros. Um levantamento feito pelo Ministério Público aponta que 12 Unidadesque estão prontas, seguem fechadas no Rio Grande do Sul, entre elas Ijuí. Falta de recursos para compra de equipamentos e de credenciamento de pessoal são alguns dos motivos listados para os locais não atenderem os pacientes. De acordo com Márcia Boniatti, a proposta apresentada pelo Estado não é viável ao Município para abrir a UPA, mas é preciso ouvir o que o Ministério da Saúde tem para propor antes de tomar qualquer

decisão. “Não teve definições, mas propostas. O secretário apresentou uma proposta para ajudar no custeio para abrir a UPA, mas cada cidade tem uma peculiaridade, uns têm Pronto Atendimento (PA), outros não, alguns não querem atender 24h, então fica difícil de tomar uma medida padrão para todos”, explica Márcia. “Escutamos a proposta do Estado, todos têm interesse de que as UPAs abram. Se houver uma flexibilidade da portaria, cada município vai se adequar ao que a União e Estado propõem.” Ballin lembra que Ijuí tem o Pronto Atendimento 24h, desde 2010, e, portanto, a UPA viria para agregar serviços, como um complemento do Estado. “Mas, essencialmente o serviço é o mesmo do PA 24h que já definimos muitos antes de ser instalada a UPA em nosso Município”, conta Ballin. Nos últimos meses, os Municípios, por meio da Famurs, protocolaram no Ministério da Saúde perspectivas de melhorias de flexibilização da portaria para poder cumprir com o compromisso “E isso não aconteceu devido a mudança no governo

federal”, lembra o prefeito. De acordo com a legislação anterior, a manutenção das UPAS é compartilhada pelas três esferas de poder, 50% do custeio seria da União, 25% do Estado e 25% dos Municípios. O custo de manutenção da UPA em Ijuí é de R$ 600 mil. “Estamos conscientes da realidade, em Ijuí é uma questão diferenciada porque já temos esse atendimento à população, estaríamos simplesmente deslocando o atendimento da Rua 19 de Outubro para a Avenida Getúlio Vargas. De nossa parte não adianta simplesmente transferir o serviço, se não vamos ter a garantia de recursos do Estado e da União”, afirma Ballin. A secretária Márcia compartilha do mesmo posicionamento do prefeito, e disse que o debate exige cautela para que nenhuma decisão precipitada seja tomada e que possa comprometer ainda mais o funcionamento da UPA em Ijuí. “A proposta atual do governo do Estado é inviável, ainda faltaria dinheiro. Temos que escutar o Ministério para não abrir e depois a União não participa porque não fez parte do debate”, afirma Márcia. “Se

Curso trabalha qualificação em dieta Atravésdeumprojetoinovador, elaborado pela Escola Superior de Saúde, a Unijuí promove, no mês de julho, o primeiro módulo do curso de qualificação em Dieta Mediterrânea. Considerada a mais saudável para o coração, a Dieta Mediterrânea privilegia alimentos frescos in natura. Dessa forma, elimina da rotina alimentar uma série de aditivos químicos, além do excesso de sal e açúcar, comuns nos cardápios modernos. Muito mais do que uma forma de preparo de alimentos, esta dieta se posiciona como uma cultura aos amantes da boa mesa, privilegiando o uso

cmyk

de alimentos nas suas melhores formas, como peixes, frutas e vegetais, castanhas, grãos, dentre outros. O curso de qualificação em Dieta Mediterrânea, uma parceria da Escola Superior de Saúde e Gastronômica, tem por objetivo apresentar uma nova forma de alimentação saudável, proporcionando uma experiência gastronômica diferenciada (restaurante dentro da sala de aula) e apresenta técnicas para preparação de pratos com foco na culinária espanhola, italiana, marroquina e grega. É destinado a estudantes e egressos do curso de Nutrição,

empresários e colaboradores do setor da alimentação e interessados em geral, amantes da boa mesa. O curso será ministrado por André Sartori do Nascimento, profissional com experiência em empresas nacionais e multinacionais nas áreas de hotelaria, alimentação e consultoria. Sua convivência com superiores e estrangeiros lhe proporcionou grande desenvoltura em lidar com diferentes culturas e métodos de trabalho. O curso possui vagas limitadas e as inscrições podem ser feitas no portal da Unijuí até o dia 17 de julho de 2016.

Márcia Boniatti

não abrimos até agora, não tem porque fazer isso. Vamos continuar comprar os equipamentos e trabalhando para a abertura da Unidade, mas não podemos dar um tiro no pé.”

Banco de Sangue altera horário de atendimento O Banco de Sangue do Hospital de Caridade de Ijuí passa a atender em novo horário a partir do dia 15 de julho. Com a mudança, a coleta de sangue acontece das 7h às 13h, sem fechar ao meio-dia, atendendo ao pedido da população que trabalha e tem apenas o horário do almoço para realizar a doação de sangue. O novo horário passará por um período de adaptação. “Outra novidade do nosso serviço é em relação ao agendamento do horário para fazer a doação, haverá essa opção de agendamento do dia e horário, tudo isso para otimizar e fazer com que as pessoas fiquem o mínimo

de tempo possível no banco de sangue para fazer a sua doação”, explica a assistente social Paula Kuenzel. Ela lembra que para doar sangue é indispensável a apresentação de documento de identificação com foto, ser e estar saudável, peso superior a 50 kg e ter idade entre 16 e 69 anos e 11 meses, e não estar em jejum. “Menores de 18 anos precisam ter um termo de autorização do pai, mãe ou responsável, que temos disponível no banco de sangue e também no site do Hospital, reforça Paula. Uma doação de sangue leva até 40 minutos.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

9

ENDOMETRIOSE

Cólica recorrente é fator de risco da doença A endometriose ainda é uma doença difícil de diagnosticar por meio do exame físico, ou seja, realizado durante a consulta ginecológica de rotina. Os exames de imagem são mais adequados para indicar a possível existência do problema, que será confirmada posteriormente por meio de exames laboratoriais específicos. Para jogar um pouco de luz sobre a doença, o Fórum Permanente da Mulher promoveu o 1º Seminário Regional de Endometriose, no auditório do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), ontem. A endometriose é uma doença ginecológica muito comum, afeta cerca de 5% a 15% de todas as mulheres, e se consideradas as mulheres que têm dor pélvica crônica pode chegar até 60%. Um dos medos maiores das mulheres é a infertilidade, cerca de 30% têm dificuldade de engravidar quando tem endometriose. A endometriose consiste no crescimento do endométrio, um tecido que tem dentro do útero, fora da cavidade do útero, podendo atingir órgãos como a bexiga, útero, ovários e intestino. É uma doença crônica, com um curso de bastante dor, além de outros sintomas. “Mas, a cólica recorrente, todos os meses, é muito sus-

peita de endometriose”, revela o obstetra Jorge Amaral. De acordo com a enfermeira da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Daniela Menezes, o grande impedimento de um diagnóstico precoce da endometriose é a cultura popular de que a mulher quando menstrua sente cólicas. “A maioria das mulheres passa anos sem procurar o serviço de saúde para investigar o porquê daquela dor violenta”, explica.A endometriose pode começar a existir desde as primeiras menstruações, mas pela dificuldade no diagnóstico a partir do exame físico, há um retardo na identificação da doença. “Geralmente entre os primeiros sintomas da doença e o diagnóstico passam cerca de 10 anos até que um médico mais atencioso, um exame mais elaborado, consiga fazer esse diagnóstico. Temos uma cultura em nosso Estado, e País, que menstruação dolorida é normal, isso muitas vezes não é assim, mas pode ser uma indicação de que a mulher possa estar sofrendo a endometriose”, elucida Amaral. Os fatores de risco da endometriose são a infertilidade, primeira menstruação precoce, ter várias menstruações no mesmo mês, o próprio histórico familiar de

HCI sediou o 1º Seminário Regional sobre a Endometriose, na tarde de ontem

endometriose. “Outros sintomas como a dor pélvica crônica, dor durante a relação sexual, sintomas urinários e cíclicos, sintomas intestinais cíclicos, são importantes da endometriose”, enumera o médico. Exames recentes podem auxiliar no diagnóstico da doença, principalmente a radiografia transvaginal com preparo intestinal feito por um médico especialista no assunto. “Existem vários tratamentos, a primeira opção de escolha seria a mulher não

menstruar, pra isso ela tomaria uma medicação em que ficam meses sem menstruar para que o organismo consiga eliminar os focos, e sem a menstruação não há formação de novos focos. Se for mais complicado, há tratamentos mais invasivos Desde 2011, o SMS conseguiu junto ao HCI a realização de cirurgias genitourinárias, que é uma opção de tratamento. “E tem a videolaparoscopia que permite fazer um diagnóstico exato e também vai cauterizar aquele foco.”

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

10

MUDANÇA NA CESÁREA

Resolução busca assegurar integridade do feto no útero O Conselho Federal de Medicina (CFM) anunciou no dia 20 de junho uma nova resolução que determina que o parto cesáreo só pode ser realizado a partir de 39 semanas de gestação. Antes, a entidade estabelecia em 37 semanas o período liberado para o procedimento. De acordo com a entidade, trata-se de uma resolução de "caráter ético" que busca assegurar a integridade do feto. Segundo o CFM, o bebê pode sofrer problemas no desenvolvimento antes de 39 semanas. A norma foi publicada no Diário Oficial da União e vale para todos os casos em que não houver uma razão médica clara para a antecipação. "Li a resolução e tenho discutido com alguns pacientes. Qualquer médico que praticasse uma boa Medicina até agora só faria cesariana, eu sempre fiz cesariana, a partir das 39 semanas. Fazer cesariana com 37, 38 semanas é jogar essa criança que vai nascer dentro da UTI, porque ainda não tem seu pulmão bem desenvolvido para o nascimento, para conseguir respirar na vida extrauterina, então para quem faz uma Medicina séria isso não é novidade. A única coisa que mudou é que hoje se permite à mulher chegar na frente do médico e dizer que quer um parto cesariana e se o médico concordar com isso, ele diz que não tem problema, mas só a partir de 39 semanas", explica o obstetra Jorge Amaral. A orientação seguida pelo CFM era de que fossem considerados fetos maduros

aqueles entre 37 e 42 semanas de gestação. Nesta nova resolução, muda-se para o mínimo de 39 semanas até que se torne seguro o parto cesariano, considerando aval médico. Além disso, o prontuário da grávida deverá conter obrigatoriamente a informação da opção pelo parto cesáreo em linguagem de fácil compreensão, algo que não era claramente exigido até o momento. "Tem muita gente que quer antecipar o parto, tanto médicos quanto pacientes, então essa é uma medida muito importante, protetiva, que impede que muitas crianças nasçam antes do tempo", reforça Amaral. A membro da Câmara Técnica de Ginecologia e Obstetrícia e conselheira do CFM, Adriana Scavuzzi, reforçou que a opção pelo parto cesáreo pode ser alterado a qualquer momento pela mulher, uma vez que a segurança médica do bebê esteja assegurada. "É muito comum as pacientes já chegarem trazendo o próprio desejo para o parto, mas os prós e os contras têm que ser construídos durante o pré-natal. A paciente tem total direito de mudar de opinião durante esse processo." "Quanto às indicações sobre parto normal ou cesariana cabe ao pré-natalista esclarecer as gestantes. O parto normal vai ser sempre melhor desde que a paciente tenha condições na pelve, condições emocionais, condições de dilatação e dinâmica adequada para isso. Na verdade, nosso País tem uma cultura bem grande favorável à cesariana e é isso que aumenta os nossos

Jorge Amaral

índices de cesárea. Quanto ao melhor dos dois, sempre o parto normal será melhor, mas existem situações que cabem ao obstetra colocar, por exemplo, se o bebê está em apresentação pélvica é obrigatória uma cesariana, ou o bebê apresenta um sofrimento fetal, enfim, qualquer situação que coloque em risco a vida do bebê dentro do útero pode necessitar uma cesariana", finaliza Amaral.

Gestantes opinam sobre tipos de partos Médicos só poderão realizar cesáreas eletivas, a pedido da gestante, a partir da 39ª semana de gestação, momento em que estudos apontam que há menos riscos ao bebê. Essa é a nova definição prevista pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), para as cesarianas do Brasil. Atualmente a cada 10 partos realizados, 8,5 deles são cesáreas, de acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). Algumas gestantes se sentem mais à vontade com cesáreas, outras optam pelo parto normal. Segundo a gestante Alexandra Possatto, que defende o parto normal desde o descobrimento da gravidez, de acordo com ela, é o que lhe passa mais segurança. "Eu nasci de parto normal, estou com quatro meses de gestação e desde o princípio, quando descobri que estava grávida pensei em ter parto normal. O médico disse que tenho todas as condições para isso. Acredito que a cesárea querendo ou não é uma cirurgia, que exige cuidados e um bom tempo de recuperação, que poderia me prejudicar em minhas atividades", ressalta. A gestante Mariele Ferreira, que está grávida de sete meses, tem uma visão diferente, pois desde o início tinha como opção a realização de uma cesárea. "Eu

cmyk

Atualmente, grande parte dos partos realizados no Brasil é feito através de cesáreas

queria muito ter meu filho com cesárea, por conta do medo da dor, porém, por conta de alguns problemas e por indi-

cações do médico, terei que fazer parto normal, para maior segurança do meu filho", finaliza.

Nilton Kasctin dos Santos Promotor de Justiça

A palavra de um homem (II) Qualquer pessoa que não conhece a história que estamos contando diria que, entre obedecer à ordem de Deus e honrar o precipitado juramento de não destruir o povo gibeonita, Josué segue a primeira opção. Até porque fora enganado pelos gibeonitas. Todavia, Josué escolhe honrar a palavra de homem que empenhara perante a congregação. A lógica parece então apontar para a mais veemente reprovação de Deus, uma vez que Josué está desobedecendo à ordem divina. Mas no Reino de Deus a lógica nem sempre funciona; o que nunca falha, isto sim, são as promessas de Deus. E Ele havia prometido a Josué: “Ninguém se susterá diante de ti, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei” (Js 1.5). Josué fora imprudente ao fazer promessas àqueles homens sem investigar a verdade. E disso resultaram-lhe consequências desastrosas que não se resumiram apenas na dor de cabeça de ter de suportar os ataques da oposição, protestos do seu povo, exigências injustas dos gibeonitas estelionatários e algumas noites em claro. Sua conduta imprudente o leva a envolver-se em uma guerra completamente desnecessária. Pouco tempo depois do malfadado acordo de paz, cinco nações decidem unir-se para guerrear contra Gibeão, exatamente porque os gibeonitas tinham feito o acordo com os hebreus. O que fazem os gibeonitas? Cobram ajuda do exército de Josué. Afinal, agora hebreus e gibeonitas são parceiros. Pode? Que situação desagradável! Mas lá vai Josué com todo o exército para uma guerra sangrenta, sem nenhuma outra necessidade, só para honrar seu juramento de homem de palavra. E Deus vai com ele, também para honrar Sua palavra – a promessa de estar sempre com Josué. Mas o exército de cinco nações é imbatível. Então Josué, sem outra saída, clama pela ajuda de Deus. Que coisa curiosa! Enquanto os gibeonitas cobram o cumprimento da palavra de Josué, este cobra o que Deus prometera: “Não te deixarei nem te desampararei”. E a coisa fica tão feia que Deus precisa entrar de forma direta na guerra, mandando uma chuva de pedras sobre o exército inimigo. Mas a palavra de homem de Josué foi cumprida. E a de Deus também. Antes do episódio dos gibeonitas, Deus havia dito a Josué: “Esforça-te para teres o cuidado de fazer conforme toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares”. Deus recomenda prudência a Josué. Mas é exatamente isso que falta a ele quando cai no golpe dos gibeonitas. Dizia Cícero: “Não basta conquistar a sabedoria; é preciso usá-la”. Josué é sábio, mas faltou-lhe usar a sabedoria, que, nesse caso, é sinônimo de prudência, que tem a finalidade de evitar problemas, e não apenas de remediá-los. Prudente não é quem resolve problemas, mas quem toma atitudes para evitá-los. Quando assumi o cargo de Promotor, fui chamado ao gabinete do corregedor-geral para uma conversa informal. Tido como um líder austero e reto, aquele homem aconselhou-me: “Tenha sempre a tua palavra como um bem precioso. Ela vale mais do que a lei”. Lembrei esse conselho enquanto lia a história de Josué e dos gibeonitas. Deus não leva em conta nossas atitudes imprudentes, embora tenhamos que suportar as respectivas consequências, como aconteceu com Josué. Mas sempre levará em conta nosso caráter. Se nossa conduta for pautada na honestidade e na sinceridade, não desfrutaremos só dos benefícios naturais da respeitabilidade pessoal, mas também podemos contar sempre com a ajuda de Deus.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

11

PARTO NORMAL X CESÁREA

Cesárea tem mais riscos para mãe e bebê

O Brasil, representado pelo ranking da Organização Mundial da Saúde (OMS), está entre os dez países do mundo com as maiores taxas de crianças que nascem antes da hora, antes da 40ª semana. Segundo o órgão, os bebês brasileiros estão vindo ao mundo de maneira errada, os esforços públicos para mudar esse cenário, muitas vezes, esbarram na questão do direito reprodutivo das mulheres. Um dos argumentos mais utilizados é o de que são as mães que fazem essa opção. E elas têm direito de escolha sobre o próprio corpo. Um dado muito conhecido nacionalmente é o da pesquisa Nascer no Brasil que revelou que 70% das mulheres afirmaram desejar o parto normal logo que engravidaram. Para a médica ginecologista, Sheila Kruguer, no País existe uma cultura de fazer cesáreas e

muitas mulheres já têm essa ideia de optar por esse método, "mas isso deve ser uma ideia sempre discutida com o médico durante o pré-natal", defende. A ideia do Conselho Federal de Medicina, como ela aponta, é de incentivar a opção de parto normal, que é importante para o bebê. Sheila explica que, quando o parto ocorre antes das 39 semanas, o desenvolvimento pulmonar não está completo e durante o trabalho de parto são liberados hormônios no corpo do bebê que completam esse desenvolvimento pulmonar, "por isso o trabalho de parto é muito importante". Os bebês nascidos por cesariana têm mais frequentemente problemas de respiração pós-parto, quando comparados com bebês nascidos por parto normal, pois acumulam líquido nos pulmões. Durante o parto normal, este lí-

quido é forçado a sair dos pulmões. Mesmo com a ideia de que a cesárea seja um procedimento mais rápido e sem dor, a médica alerta que a cirurgia é mais arriscada que o parto normal. "Sempre que possível o parto normal é a melhor opção. Uma vez que a cesárea é uma cirurgia e está relacionada a um índice maior de infecções para a mãe". Entre as maiores dúvidas das pacientes da médica, as principais se concentram no parto normal. Entre elas, a de que o procedimento é mais arriscado, de que pode comprometer a saúde do bebê e a principal, de que é muito dolorido. Porém, ela adianta que o parto normal não é arriscado para a criança, além de existirem formas de amenizar a dor durante o trabalho de parto. "A cesárea traz mais riscos para a mãe e o

Discussão sobre parto humanizado A portaria do Ministério da Saúde que altera as regras para a realização de cesáreas entrou em vigor. A intenção com as novas medidas é reduzir os altos números desses procedimentos no país. Para especialistas, as mudanças são um passo na humanização do parto."As mulheres chegam ao consultório para a primeira avaliação da gestação sem informações, por isso acabam optando pela cesárea. É preciso que elas saibam que

o parto normal não é sinônimo de sofrimento, ao contrário, pode ser extremamente prazeroso, além de ser mais seguro", destaca a enfermeira obstétrica, deputada Ana Paula Lima (PT/ SC). A parlamentar, que é presidente da Comissão de Saúde, promoveu o I Congresso Nacional do Parto Humanizado,, reunindo profissionais de todo o país em torno de procedimentos mais adequados nos nascimentos.

“Muito foi discutido para elencar as principais necessidades na humanização do parto. Nesse sentido, a nova portaria do Ministério da Saúde é extremamente relevante, pois busca disciplinar a marcação de cesáreas. Esse é um passo importante. Precisamos ainda avançar e a informação é a chave dessa mudança. É preciso conscientizar as mulheres sobre os benefícios do parto normal”, conclui Ana Paula Lima.

bebê". Outra dúvida frequente entre as mulheres, que em uma primeira gestação optaram pela cesárea, é a de que a segunda pode ser parto normal. A médica explica que parto cesáreo prévio não é contraindicação ao próximo parto normal. Apesar das dúvidas e indicações ao parto normal, a cesárea não é abolida. Sheila alerta que é importante salientar que quando a cesárea é necessária, por indicação médica, "é uma cirurgia que salva a vida do bebê e da mãe". Conforme dados da OMS, os bebês de mães que tiveram anestesia geral, reagem por vezes com maior torpor e com atraso do início da respiração.Os bebês nascidos por cesariana nascem com um intestino estéril, enquanto os bebês nascidos por parto vaginal ingerem as bactérias be-

Sheila Cibele Kruguer

néficas presentes na flora vaginal da mãe. Assim, os bebês nascidos por cesariana demoram mais tempo a criar a sua flora intestinal para uma proteção imunitária efetiva.

A norma já é seguida por médicos, diz Cremers

Cesáreas já são recomendadas por médicos apenas em casos extremos

As mudanças na regra para a realização de cesáreas não devem causar grande impacto na rotina atual de médicos e gestantes, segundo a integrante do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul (Cremers), Maria Lúcia Oppermann. "A norma já é seguida por boa parte dos médicos há muitos anos nas cesarianas eletivas (por opção da mãe)", disse Maria Lúcia. A obstetra explica que o período entre a 37ª e a 39ª semana de gestação é necessário para que os bebês completem o desenvolvimento respiratório — e evitem passagens pela UTI neonatal, que podem oferecer riscos à saúde. "Aguardar pelas 39 semanas ajuda a evitar uma transição neonatal desnecessária. Bebês com dificuldades respiratórias passam pela UTI neonatal, mas podem sair com complicações do problema em função de bactérias", explica.

O CFM alerta, ainda, que cesáreas feitas antes de 39 semanas de gestação podem aumentar o risco de a criança ter problemas no fígado e no cérebro, além de poder provocar icterícia e, em casos mais graves, lesões cerebrais. Mulheres que tenham entrado em trabalho de parto antes do período determinado serão exceção à regra do CFM. Nesse caso, o médico poderá realizar a cesárea sem praticar infração ética. Nos demais casos, o profissional corre o risco de ser punido. A conselheira do Cremers considera que a medida do CFM é "um complemento" a uma série de iniciativas adotadas pelo Ministério da Saúde para tentar reduzir o que ficou conhecido como "epidemia de cesáreas" no Brasil. O país detém um dos maiores índices desse tipo de procedimento no mundo. Em hospitais particulares, 80% dos nascimentos são feitos por meio dessa cirurgia.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

AMUPLAM

Prefeitos debatem maior retorno para imposto

Encontro entre líderes municipais ocorreu na última quinta-feira, em Catuípe

Na tarde da última quintafeira, os prefeitos que integram a Associação dos Municípios do Planalto Médio (Amuplam) realizaram mais um encontro para debater as metas de encerramento de mandato e, ainda, conhecer a proposta de uma empresa que dará consultoria aos municípios para aumentar a taxa de retorno de ISS bancário aos municípios. A empresa deve prestar uma

consultoria aos prefeitos para avaliar a recuperação do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) Conforme o presidente e prefeito de Bozano, Gederson Mori, a pauta principal do encontro vai definir se os municípios aderem ou não à proposta da empresa. Porém, os líderes municipais ainda devem realizar um novo encontro para a definição de

adesão ou não. “Os prefeitos acharam melhor levar a proposta até seus municípios para debater entre a administração se a proposta é viável e depois, em um novo encontro, definir”. Como Mori explica, a empresa apresentou dados que defendem um déficit dos valores repassados aos municípios, “relativo há cinco anos e a proposta é recuperar esses valores”.

12

Projetos beneficiam área de esporte Convênios com 60 municípios foram assinados ontem para o repasse de verbas do programa de Desenvolvimento do Esporte e Lazer, da Secretaria do Turismo, Esporte e Lazer (Setel). O investimento de R$ 1.020.602,09 é com recursos da Lei Geral do Desporto, a Lei Pelé ,e tem como finalidade a instalação de academias ao ar livre e a compra de equipamentos e materiais desportivos. Os convênios foram assinados, em ato no Palácio Piratini, pelo governador José Ivo Sartori e pelo secretário do Turismo, Esporte e Lazer, Juvir Costella. Os projetos foram selecionados por meio de edital com chamamento público pelo site da Setel. Cada programa aprovado será executado com valores que variam de R$ 9 mil a no máximo R$ 20 mil. Os recursos para compra de equipamentos vão beneficiar 23 municípios, e para instalação de academias ao ar livre, 37. "O esporte tem as marcas da inclusão e da cidadania e o acesso às atividades deve ser para todos. Essa é uma demonstração

de valorização dos municípios e uma maneira de reafirmarmos nossa parceria com as prefeituras, pois é na cidade onde a vida real acontece", garantiu o governador Sartori. Segundo o secretário da Setel, Juvir Costella, todos os projetos recebidos e que cumpriam as exigências, foram atendidos. Assim, todas as regiões do estado foram contempladas. "Essas academias e equipamentos buscam o bemestar das comunidades, além de demonstrar para a sociedade a importância da prática esportiva, que pode contribuir para a qualidade de vida das comunidades", afirmou. O prefeito de Esteio, Gilmar Rinaldi, falou em nome de todos os prefeitos e afirmou que essa iniciativa vai contribuir para atender uma infinidade de pessoas. "Nós que convivemos na cidade sabemos do valor do esporte como fator de inclusão social, educação e redução dos índices de criminalidade. Assim como os benefícios que traz para a saúde e a melhora da qualidade de vida", salientou.

Conferência debate sociedade justa Na última quinta-feira ocorreu, em Ajuricaba, 2ª Conferência Municipal das Cidades, que teve como tema A Função Social da Cidade e da Propriedade e como lema Cidades inclusivas, participativas e socialmente justas. A programação contou com o debate do assunto em grupos de trabalho que apresentaram suas proposições. Na próxima semana deverá ser produzido um relatório com as deliberações que será encaminhado

cmyk

ao Ministério das Cidades, para publicação e divulgação junto à sociedade e às esferas de governo. A 2ª Conferência Municipal da Cidade de Ajuricaba contou com a participação de 85 participantes, que estiveram representando os diversos segmentos da sociedade civil e setor público. De acordo com a secretária de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Sandra Puhl dos Santos, responsável pela organização da etapa municipal

da Conferência, o tema foi desenvolvido de modo a articular e integrar as diferentes políticas urbanas: habitação, saneamento, gestão territorial e mobilidade urbana, entre outras. Na opinião da secretária, “a principal finalidade da Conferência da Cidade é mobilizar a população para o estabelecimento de metas e planos de ação para o enfrentamento de problemas existentes no município; propiciar a participação popular e da sociedade civil organizada para a formulação de proposições, além de indicar prioridades de atuação ao Ministério das Cidades”. O prefeito Airton Luís Cossetin finalizou as falas afirmando que “cada cidade, cada cidadão deve refletir sobre sua identidade, suas características, desafios e potencialidades, para, a partir daí, formular caminhos para o desenvolvimento urbano inclusivo e socialmente justo”. Foram escolhidos os Delegados para a etapa estadual, que acontecerá em março de 2017 em Porto Alegre. O poder público será representado pela servidora Geni Fátima Gehring e da Sociedade Civil a universitária Eliani Schultz.

Assinatura do documento pelo governador ocorreu na manhã de ontem

Congresso debaterá cenário político A importância de definir uma agenda de trabalho conjunta para o Brasil, de implementar a reforma eleitoral e de repensar o atual modelo de Estado são alguns temas que serão abordados no painel O desafio de unir o País em tempos de turbulência política, que será realizado na próxima quinta-feira, a partir das 14h, no 36º Congresso de Municípios do Rio Grande do Sul. Participarão do debate os ex-governadores do Estado Pedro Simon, Olívio Dutra e Jair Soares. As inscrições serão feitas no local. Com o tema Um olhar para o

amanhã, o congresso promoverá um amplo debate sobre como as prefeituras podem superar as dificuldades nos campos da economia, política e segurança pública. O encontro ainda marca a posse do prefeito de Arroio do Sal, Luciano Pinto, como presidente da Famurs. A nova diretoria é composta por oito prefeitos de oito partidos diferentes e comandará a entidade até julho de 2017. O encontro ainda marca o lançamento do livro Famurs 40 Anos e a entrega da 1ª edição do Prêmio Boas Práticas.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

TRIGO

Baixa umidade do solo causa transtornos De olho no final do período recomendado para o plantio do trigo no Rio Grande do Sul, mesmo com o solo não apresentando as condições ideais de umidade, já que nos últimos dias ocorreram poucas precipitações nas principais regiões produtoras da metade Norte do Estado, os triticultores têm preferido jogar as sementes ao solo e esperar pela chuva. De acordo com a Emater/RSAscar, a estratégia tem se mostrado pouco eficaz, pois provoca uma germinação desuniforme, causando falhas no stand de algumas lavouras, o que poderá resultar na diminuição da produtividade, caso as chuvas não ocorram no volume necessário. A baixa umidade do solo também tem impedido a aplicação de adubação em cobertura nas pri-

A baixa umidade do solo também tem impedido a aplicação de adubação no solo

meiras lavouras implantadas. “Se por um lado essa situação impede, momentaneamente, o bom desenvolvimento das plantas, por outro a pouca umidade e as baixas tem-

peraturas também não permitem a proliferação de doenças fúngicas e insetos, retardando a aplicação de defensivos”, ressalta o diretor técnico da Emater/RS, Lino Moura.

Suinocultores cobram medidas de apoio O presidente da Associação dos Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (Acsurs), Valdecir Folador, voltou a cobrar medidas de apoio e estímulo à suinocultura. O dirigente lembra que o setor entregou as demandas prioritárias no dia 25 de maio, em reunião com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi. O documento destaca a necessidade de reforçar os estoques de milho da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), como forma de contornar o problema do alto custo do grão. “Queremos que o volume de milho balcão seja ampliado, de seis toneladas mensais por produtor para até 27 toneladas mensais por produtor”, explica Folador. O coordenador institucional da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), destaca que o Mapa

já teve um mês para articular um plano de apoio à suinocultura. “O suinocultor precisa de um fôlego para seguir na atividade. Hoje, os custos são altíssimos. O produtor paga R$ 4,20 para produzir um quilo de suíno. O independente consegue vender o animal finalizado por R$ 3,50 o quilo e o integrado R$ 2,90. É uma conta

13

Conrural debate investimentos no interior Na quinta-feira, da próxima semana, o ConRural realiza mais um encontro para os agricultores. Na pauta, segundo o presidente João Kuchak, devem ser debatidos os investimentos na área rural, crédito fundiário, emendas parlamentares e um reforço no que se refere ao patrulhamento da Brigada Militar. Segundo ele, a patrulha rural da BM só veio a contribuir para a segurança dos moradores. "Temos avançado. Os policiais que vão até o interior têm um relacionamento mais próximo com a comunidade". Ele defende que, devido aos avanços tecnológicos, a BM tem conseguido atender e organizar o atendimento, "impedindo os casos de assalto no interior". Além deste tema, os produtores devem abordar o tema da situação das estradas do interior, "algo que não é o que queremos, mas está em construção", defende Kuchak. Para ele, o ideal seria que se criasse um novo modelo de recuperação das estradas, "mais eficiente e que atenda o agricul-

João Kuchak

tor". Segundo Kuchak, existe um estudo, que está sendo desenvolvido pelo Conselho, que busca atender de uma forma mais direta e adequada as demandas dos moradores das localidades do interior. "A produção avançou muito, e até mesmo na questão do leite, e para atender toda essa demanda, é preciso que os veículos que fazem o transporte eficiente".

que quebra qualquer comércio”, analisa o parlamentar. Os produtores de suínos também reivindicam a prorrogação de todas as dívidas referentes ao custeio agropecuário, recursos tomados em 2015 e cujas parcelas já começaram a vencer este ano. A ideia é jogar estes débitos para 2017.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Perondi é contra acordo com o PDT Na última quinta-feira, o vereador Darci Pretto da Silva, que é presidente licenciado do PDT em Ijuí, afirrmou em entrevista ao Grupo JM que seu partido estava próximo de firmar um acordo com o PMDB para as eleições municipais. Segundo ele, faltam apenas detalhes para que os peemedebistas aceitem apoiar o pré-candidato do PDT à prefeitura, Valdir Heck, mesmo sem poder indicar um candidato a vice-prefeito. Pré-candidato à prefeitura com apoio declarado do PMDB, o vereador Daniel Perondi fez hoje um contraponto à afirmação do presidente pedetista. Segundo Perondi, não há qualquer con-

versa concretizada sobre um acordo entre os dois partidos. "O vereador Darci Pretto quer o apoio do PMDB a uma candidatura própria do PDT. Isso é uma coisa inadmissível, inaceitável. Sou pré-candidato a prefeito desde agosto do ano passado, e há anos fazemos oposição aos governos do PDT", afirma Perondi. Como justificativa, ele cita o fato de os anteprojetos de lei e demais sugestões que têm apresentado na Câmara de Vereadores não são nem considerados pelo poder Executivo, chefiado pelos pedetistas. O fato é que, neste momento, há uma divisão interna no PMDB: alas do partido defen-

Pré-candidata quer focar em ações para a saúde Tendo ocupado o cargo de secretária municipal de Saúde por quase cinco anos, a précandidata a vereadora pelo PDT Alexandre Lentz vê sua primeira experiência na política como um dos maiores desafios que enfrentou. Participando da série de entrevistas do Grupo JM com précandidatos à Câmara, ela falou sobre sua principal plataforma. "Como enfermeira, trabalhei 20 anos em diversos postos de saúde em bairros de Ijuí, e pude conhecer muito as necessidades da população", afirma. Por sua experiência como gestora, Alexandra Lentz reconhece que, em decorrência das características da saúde pública em Ijuí, há ainda muito a fazer para qualificar o setor. "Faço autocrítica e acredito que fiz um bom trabalho a frente da secretaria. Sempre tive como proposta de trabalho ouvir muito a população, os presidentes de bairro, e assim se trabalha muito em conjunto com a popu-

Alexandra Lentz

lação. Pela minha experiência, sei que há muito por fazer porque a saúde pública tem que ser uma construção constante, uma incessante resolução de problemas. Sempre que resolvemos uma demanda, imediatamente aparece outra", avalia.

dem uma candidatura própria ou acordo com partidos de oposição, enquanto outro grupo defende a coligação com o PDT. "Sou totalmente contra este acordo com o partido da situação. Temos vários exemplos de que o PDT não cumpre seus acordos de campanha", avalia o parlamentar. Assim como o deputado federal Darcísio Perondi, Daniel acredita que permanecer na oposição fará o PMDB crescer. "Não me sinto à vontade nem em pensar em uma coligação com o PDT. Jamais vamos crescer como partido se apenas pensarmos em ajudar outras siglas a eleger seus próprios candidatos".

Daniel Perondi

Câmara analisa projeto para a área da saúde Os vereadores de Ijuí estiveram reunidos na manhã de ontem para a reunião das Comissões da Câmara, que debate os projetos que irão à votação na sessão ordinária da próxima segunda-feira. No encontro de ontem, os parlamentares receberam a visita da Coordenadora de Saúde do município, Betina Prass. A servidora detalhou o impacto orçamentário/financeiro do Projeto de Lei que Cria o cargo efetivo de médico radiologista. A matéria irá à votação na próxima sessão. Conforme a explicação dada aos vereadores, o Município apresenta significativa demanda envolvendo o atendimento da população no Pronto Atendimento 24 horas, o que justifica a admissão do profissional, que passará a responder pelos exames de ultrassonografia realizados diretamente na sede da Secretaria. Tais procedimentos, explicou a coordenadora Betina

Prass, além de beneficiar diretamente a população, são passíveis de serem reembolsados pelo Estado, já que os serviços são passíveis de lançamento no sistema integrado de faturamento dos serviços de saúde. Na pauta também estarão outros dois projetos para abertura de créditos na Secretaria de Saúde. O primeiro deles destina R$ 300 mil para pagamento da folha e encargos dos servidores que atuam no PA 24 horas, que atendem à população de todos os bairros. A outra matéria prevê a aplicação de R$ 120 mil no pagamento da folha e encargos dos servidores que atuam nas Estratégias de Saúde da Família (ESFs). Os parlamentares votam também na próxima segunda o repasse de R$ 37 mil à Emater, em virtude de convênio firmado entre a entidade e a prefeitura para prestação de assistência técnica e extensão rural em Ijuí.

Deputados terão reunião com ministro Padilha Integrante da Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Elton Weber (PSB) terá audiência com o ministro chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, na próxima segunda-feira, em Brasília. Também participarão o deputado estadual Gabriel Souza (PMDB), e o presidente da Fetag-RS, Carlos Joel da Silva. Conforme Weber, o objetivo é saber como será composta a es-

cmyk

trutura da Secretaria Especial da Agricultura Familiar, anunciada em maio pelo governo interino em substituição ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), extinto. “A Secretaria foi criada, mas, na prática, está tudo parado, precisamos saber quem será o delegado federal no Estado, quando serão retomadas as atividades relacionadas a políticas públicas executadas antes pelo MDA, entre outros.”

Reunião das Comissões de ontem debateu projetos em pauta

14

ALEXANDRE GARCIA Jornalista

MEREÇA! O Cristianismo ensina que Jesus deu seu corpo para salvar a humanidade. E prega que sejamos dignos do sacrifício de Cristo. O ensinamento contém um princípio: o de que estejamos à altura dos que fizeram alguma coisa por nós. O sacrifício da própria vida por alguém é a mais elevada das doações que pode ser feita e também gera o maior compromisso que pode assumir o beneficiado. No premiado filme O Resgate do Soldado Ryan(Stephen Spielberg), o resgatado(Matt Damon), já idoso e acompanhado pela família, visita o túmulo de seu salvador, o Capitão John Miller(Tom Hanks), no cemitério da Normandia, para prestar contas de sua vida. Na história, baleado mortalmente depois de resgatar o soldado, o Capitão sussura as últimas palavras para o Soldado Ryan: “Faça por merecer. Mereça.” Mereça o que fizemos por você. Mais de 40 anos depois, só diante da cruz do túmulo do Capitão, o Ryan idoso, com a família a observar à distância, presta contas: “Todos os dias penso no que você me disse naquele dia na ponte. Tentei viver a vida o melhor que pude. Acho que consegui e que, pelo menos a seus olhos, eu tenha honrado o que fizeram por mim.” A mulher de Ryan o chama e ele pede o testemunho dela: “Diga para ele que eu sou um homem bom”. Em 1977, o menino Adilson brincava no zoológico de Brasília e caiu no fosso das ariranhas que imediatamente o atacaram. O sargento do Exército Silvio Hollembach saltou na água e salvou o menino. O sargento recebeu mais de cem ferimentos pelo corpo e morreu. Deu a vida pelo menino. Hoje Adilson tem 53 anos e foi diretorfinanceiro do fundo de pensão dos Correios, o Postalis. Foi preso na sexta-feira por corrupção. Faz dez anos que vem sendo acusado por diversos atos ilícitos na direção de um dos maiores fundos do País. Nunca visitou a viúva do sargento, que precisou criar quatro filhos. Fico a imaginar Adilson diante do túmulo do sargento Hollembach, tendo que lhe prestar contas. “Não fui um homem bom. Não honrei o que você fez por mim”. Especulo como seria se cada político tivesse que prestar contas ao eleitor e contribuinte, pelo voto dado e pelos impostos pagos. Seriam os mandatários dignos dos votos que os nomearam e dos impostos que os sustentam? Fazem por merecer a reeleição? E especulo se o mandante pudesse sussurrar ao ouvido de seu mandatário: “Mereça!”.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

BAIXA POPULARIDADE

Pesquisa aponta que 39% desaprovam gestão Temer Com pouco mais de um mês de gestão, o governo do presidente interino Michel Temer foi considerado ruim ou péssimo por 39% da população, em junho, de acordo com a pesquisa CNI/Ibope. O levantamento foi divulgado ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). A popularidade do presidente interino é maior que a da presidente afastada Dilma Rousseff, mas também é negativa. Entre os entrevistados, 31% concordam com a maneira Temer de governar e 53% discordam. No caso de Dilma, 82% concordavam com a maneira de ela governar em março de 2016 e 14% aprovavam. Segundo o gerente-executivo de Pesquisa da CNI, Renato da Fonseca, a proximidade política entre os dois governos e o pouco tempo em que Michel Temer está no poder reflete na manutenção do percentual de pessoas que consideram o governo atual ótimo ou bom (13%), considerando a margem de erro, em relação à última pesquisa da presidente Dilma (10%). A popularidade de Temer, segundo a CNI, é mais baixa na região Nordeste. Para 44% dos entrevistados nessa região, o governo está sendo ruim ou péssimo; 72% não confiam no presidente em exercício e 63% desaprovam sua maneira de governar.

Cunha é alvo de nova denúncia por corrupção

Deputado federal teve contra si a terceira denúncia protocolada pela PGR

A Procuradoria-Geral da República (PGR) ofereceu nova denúncia contra o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na Lava Jato, por suposto envolvimento em esquema de corrupção na Caixa. A acusação também tem como alvo o ex-ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDBRN), o corretor Lúcio Funaro, seu assessor, Alexandre Margotto, e o ex-vice-presidente da Caixa Econômica, Fábio Cleto. A informação consta de decisão do ministro Teori Zavascki, divulgada nesta sexta-feira, na qual fundamenta a prisão de Funaro, amigo de Cunha. "Destaca-se, ainda que o requerido (Funaro) foi recentemente denunciado nesta Corte, juntamente com o deputado federal Eduardo Cunha e outros, pela suposta prática de crimes, em razão do envolvimento 'na implantação e no funcionamento do esquema de corrupção e lavagem de dinheiro relacionado à Caixa

Presidente minimiza baixa popularidade O presidente em exercício, Michel Temer, minimizou o resultado da pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que revelou um baixo índice da aprovação do seu governo. Segundo interlocutores, o resultado era esperado devido "ao pouco tempo" de gestão do peemedebista. Além disso, fontes ligadas ao presidente ressaltaram que o resultado mostra um melhor posicionamento de Temer em relação à presidente afastada Dilma Rousseff. Em relação à Dilma, a pesquisa mostrou que 44% consideram a gestão Temer igual a da presidente afastada. Outros 25% avaliam que a atuação do presidente em exercício é pior do que a sua antecessora; 23% disseram que a gestão de Temer é melhor do que a de Dilma; e 8% não souberam ou não quiserem responder. Na última pesquisa

15

divulgada pelo CNI, em março, a porcentagem da população que desaprovava a maneira de Dilma governar era de 82%. Já os que consideravam o governo Dilma ruim ou péssimo eram 69%. Para o Planalto, a pesquisa ainda "espelha a rejeição da classe política e não do governo". Apesar de tentar relativizar, interlocutores reconhecem que o presidente em exercício teve o desgaste com a saída de ministros e dizem que "até o impeachment ele precisa ter cautela nas ações, pois não pode deixar a rejeição aumentar". Segundo a pesquisa, a porcentagem da população que considera a gestão provisória do presidente em exercício Michel Temer boa ou ótima é de apenas 13%. A parcela dos entrevistados que avalia a atual gestão como ruim ou péssima é de 39%.

Econômica Federal, ao menos entre os anos de 2011 e 2015", afirmou o magistrado. Esta é a terceira denúncia contra Cunha na Lava Jato. Antes, acreditava-se que a terceira denúncia envolvia um esquema de recebimento de propina nas obras do Porto Maravilha. No entanto, no dia em que foi oferecida ao STF, a acusação foi incluída de forma equivocada no sistema interno da Corte porque os dois casos são correlatos. Como os processos são sigilosos, a PGR não corrigiu o erro para não relevar informações sobre as investigações. Aquela que se acreditava ser uma terceira denúncia contra o deputado, envolvendo um esquema de recebimento de propina nas obras do Porto Maravilha, na verdade se tratava da acusação sobre o esquema da Caixa. Os casos estão relacionados, mas o último é mais abrangente e envolve os outros quatro denunciados.

PSDB e PMDB negociam sucessão Em disputa com o Centrão (PP, PSD, PR e PTB) pelo comando da Câmara dos Deputados, integrantes da cúpula do PSDB passaram a defender maior aproximação de seus deputados com a bancada do PMDB. A ideia é construir um acordo para a sucessão do presidente e deputado afastado Eduardo Cunha(PMDB-RJ) que valha tanto para um possível mandato tampão como também para o biênio 2017-2018. Os dois partidos contam com uma bancada de 107 integrantes, mas com potencial de chegar a mais de 140 com a participação do DEM e PPS. Nesta quinta-feira, integrantes dos três partidos vieram a público "rechaçar" a realização de um acordo para indicar um deputado ligado a Cunha para um eventual mandato tampão. Com um aliado no comando da Casa, o parlamentar afastado acredita que poderá se livrar da cassação. "É uma aberração. Não acho que esse tipo de acordo consiga

Partidos já discutem possíveis nomes para substituir Eduardo Cunha

juntar nem 50 deputados porque há uma maioria esmagadora pela cassação dele. É o tipo de negociação que não acredito que tenha respaldo dentro do próprio Centrão", afirmou o primeiro vice-líder do PSDB, deputado Daniel Coelho (PE). Um possível racha dentro do

Centrão na disputa pelo comando da Casa também tem sido acompanhado de perto pela cúpula do PSDB. Uma reunião para afinar a estratégia dos partidos da antiga oposição deve ocorrer na próxima semana, com o objetivo de manter o grupo unido na disputa pelo comando da Casa.

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

Pivô Felipe curte férias em Ijuí O pivô Felipe Paradynski dos Santos curte férias em Ijuí até o final de julho, aproveita para descansar e recarregar as baterias para as próximas competições que o Palma Futsal da cidade de Mallorca, na Espanha, vai disputar. O atleta ijuiense de 22 anos, que iniciou na Escolinha da ACF, jogou em Santa Catarina em clubes como Concórdia e Malwee e no Tyumen da Rússia está bem adaptado ao futsal europeu. Felipe falou com o Jornal da Manhã e confirmou que renovou contrato por mais três temporadas. Sonha em voltar à Seleção Brasileira. Ele a esposa Bruna esperam a chegada do primeiro filho para setembro. Será uma menina. Como foi o primeiro semestre para você no Palma? Esta temporada para mim e a equipe foi maravilhosa. Conseguimos grandes conquistas onde o clube jamais tinha chegado. Alcançamos a final da Copa da Espanha, terceiro lugar na Liga Espanhola, nos classificamos para a Copa da Espanha. Foi um ano proveitoso para o Palma Futsal e para os atletas. Você sempre foi artilheiro nos times onde jogou. Na Espanha tem marcado muitos gols? Na minha primeira temporada, me adaptando, foi um ano um pouco mais difícil, fiz ainda bastante gols. Só que jogava menos tempo. Nesta segunda temporada que passei lá acabei fazendo menos gols, mas joguei mais tempo. Às vezes a gente

perde uma coisa e ganha em outra. O Palma tem brasileiros no elenco. Como foi a adaptação no início? Até por ter estes outros jogadores brasileiros fica mais fácil. Às vezes quando você chega sozinho não entende o idioma, te perguntam alguma coisa e você não sabe responder, fica mais difícil. Com a minha chegada e já tendo três brasileiros foi mais fácil. Você renovou contrato. Pensa em voltar ao Brasil? Agora renovei o contrato por mais três anos. Sempre tem a possibilidade de mudar de clube. Depende de como vai a temporada, mas hoje a nossa equipe é uma das mais fortes da Espanha e então dificilmente trocarei de clube nestes próximos dois anos. Penso sim em voltar um dia ao Brasil. O meu contrato no Palma vai acabar com 24, 25 anos. Tenho muito tempo para jogar pela frente. Um dia sim quero voltar ao Brasil e quem sabe atuar em Ijuí novamente. Enquanto tiver fôlego e bem preparado fisicamente quero jogar.É o que mais amo fazer. Quero estar sempre jogando. Como o futsal brasileiro é visto na Espanha? O Brasil já demonstrou quase tudo. Foi campeão mundial, vence quase todas as competições que disputa, sempre é uma grande força no futsal. O que eles pensam é que a modalidade poderia ser mais profissional aqui. Às vezes as coisas são

Pivô ijuiense Felipe vive boa fase no Palma Futsal de Mallorca na Espanha

Equipe do Palma Futsal enfrentou o Barcelona com bons resultados na temporada

muito no amadorismo. Isso não acontece lá. O Brasil ganha nos títulos, mas está um passo atrás na organização e estrutura. Ainda pensa em Seleção Brasileira?

Ijuí Drones realizou seletiva para novos atletas. Equipe disputará a 4ª Copa Sul de Futebol Americano a partir deste mês

cmyk

o elenco para a participação na 4ª Copa Sul de Futebol Americano, que é o compromisso do enxame ijuiense para o segundo semestre. O Campeonato começa no final de julho e vai contar com a participação de times do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Esses atletas aprovados irão passar por um período de

Renato Marsiglia renato.marsiglia@tvglobo.com.br

Sim.Já atuei no selecionado e sonho em vestir novamente a camiseta do Brasil. Atuando fora do País fica complicado, mas vou buscar sempre jogar em alto nível para voltar à Seleção.

Ijuí Drones seleciona novos jogadores

A equipe de futebol americano Ijuí Drones realizou seletiva para novos atletas no último domingo no Complexo Poliesportivo e na academia do time, que fica em anexo ao Ginásio Municipal Wilson Mânica.Os candidatos foram testados fisicamente e tecnicamente, com o objetivo de aumentar e qualificar

16

adaptação, com treinamentos intensivos para estarem aptos o mais breve possível a treinarem junto com os antigos atletas. Essa qualificação do elenco busca uma melhor colocação do Drones nessa competição, superando a campanha do ano passado, onde a equipe terminou entre as seis melhores.

Aprovados: *Anderson Rafael Schmitz *André Luis *Arno Henrique Xavier Rodrigues *Carlos Emanuel Mendes *Carlos Gohl *Diego Cabreira *Eduardo Karkov *Eduardo Pianezzola (Sub) *Erick Steinbrenner *Felipe da Cruz *Felipe Miotto Kronbauer *Gustavo Basso dos Santos *Gustavo Ribeiro Belém *Henrique Hageman Bonaldo *Jackson Bueno *Jonas F.M Verdum *Leonardo R.U *Lorenzo Brutes *Luis Antônio Becker *Marcelo de Almeida *Mauro Freitas *Moacir Freitas *Renato Darui *Valmir Pedroso *Vinicius Flach (Sub)

GRÊMIO: VITÓRIA EMPOLGANTE Grêmio x Santos foi um bom jogo de futebol, com duas equipes taticamente bem montadas, várias situações para os dois lados e muitos gols. Não sair com a vitória seria um castigo para a intensidade e vontade de vencer do time de Roger Machado. O gol na bacia das almas de Marcelo Hermes restabeleceu a justiça e colou o time nos líderes. Não resta dúvida, que pelos resultados de quarta-feira, o Grêmio chega mais motivado para o Gre-Nal. Se irá confirmar dentro do campo, é outra história. INTER: DERROTA PREOCUPANTE Nos últimos quatro jogos, foram três derrotas e um mísero empate com o agravante de jogar pouco futebol. Não fosse o goleiro Muriel e o Inter teria saído de campo amargando uma merecida goleada do Flamengo. Acabou a gordura na tabela e a tolerância com Argel: achar que a atuação foi de razoável para boa e continuar escalando Anderson, depõe contra a imagem do treinador. Resumo: Mesmo no G-4, o Inter já vê pelo retrovisor um grupo pesado de adversários nos calcanhares. PALMEIRAS O time paulista teve seu auge no tempo da Parmalat, entrando depois em declínio técnico e financeiro, acabando na Segunda Divisão. Virou coadjuvante sem expressão. Faz dois anos, com a chegada do bilionário presidente Paulo Nobre, que voltou a ser protagonista, vencendo uma Copa do Brasil. É meu favorito para o título pela qualidade e quantidade do grupo de jogadores. Sofrerá pouco com lesões e suspensões, por ter como substituir os ausentes sem prejuízo do coletivo. Anotem. MESSI x ARGENTINA Estamos assistindo a história de um divórcio anunciado. Segundo o jornal "Clarin", Messi se sentia como um estrangeiro em sua própria terra, tantas foram as críticas recebidas em seu País nos últimos anos. Críticas injustas, como se Messi tivesse que resolver sozinho num esporte coletivo. Agora com o divórcio, o jogo virou: "Messi, no te vayas", diz o jornal "Olé". Para o "La Nación", "Sem ele, a Argentina é uma seleção de segunda linha". A bola voltou para os pés do "melhor do mundo". Ele fica !!!


Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

17

DOIS TOQUES

Equipe da AIF busca reabilitação Carlos Alberto Padilha

esporte@jornaldamanhaijui.com RUBRO- Terminou ontem às 18h o prazo para inscrições de chapas visando a eleição da nova diretoria do São Luiz no próximo dia 8 de julho na Associação Comercial e Industrial de Ijuí. Apenas uma chapa foi protocolada com estes integrantes: presidente: Pedro Pitol; 1º vice-presidente, Carlos Oppermann; 2º vice-presidente, Ricardo Blum Miron; vice de futebol, João Bevilaqua; diretor de futebol, Delmar Blatt; vicepresidente administrativo, Luciano Miron Conceição; vice-presidente de patrimônio, Sadi Pereira; vice-presidente de marketing, Erlo Adolfo Endruweit; vice financeiro, Delmar Leviski e vice jurídico, Sérgio Machado. Pitol, (foto), que deve ser confirmado novo presidente está muito motivado para desenvolver um grande trabalho no São Luiz.

VOLEIBOL-Acontece hoje mais uma edição do tradicional Festival de integração dos dezoito núcleos sociais de iniciação esportiva do Projeto Ijuí Pró-Vôlei, no Ginásio Municipal. As atividades iniciam às 9h30 da manhã com as categorias mini (10 e 11 anos) e mirim (12 a 14 anos) e seguem à tarde com a categoria baby (7 a 9 anos) a partir das 14h. FINAIS-A rodada final do Campeonato Municipal de Futebol Veteranos e Sênior de Ijuí será disputada amanhã às 13h30 e 15h30 no Estádio 19 de Outubro. Na primeira partida se enfrentam Gaúcho Rede Tok Lar e Afumisa Climaq, decidindo o Sênior. Depois decidem o título dos Veteranos, as equipes do Hawaí e do Gaúcho. 2ª DIVISÃO- O Campeonato de Futebol Amador de Ijuí tem estes jogos pela terceira rodada. Hoje às 13h30 e 15h30 no Estádio 19 de Outubro, pela chave C,Tamo Junto x Afumisa/Espaço Presentes; e Esporte Clube São José x Independência B. Amanhã serão realizadas estas partidas:Campo do Flamengo da Linha 4 Leste,Chave A,Arsenal Baterias Goi x Academia Ruyzão; e Amigos do Hammarstron x Toca Fogo; Campo da Imasa,Chave B,Guarani Junior x Ijuí da Linha 8 Leste; e Flamengo da Linha 11 Norte x Santos do Boa Vista; Campo do Glória,Chave D,Botafogo x Afumisa/Climaq Bahia Ijuí x Santa Cruz.

A Associação Ijuí Futsal (AIF) busca reabilitação no Estadual, Série Bronze, hoje às 19h no Ginásio de Esportes Wilson Mânica diante da Associação Marauense de Futsal (AMF). O time de Ijuí é o terceiro colocado da chave 2 com 17 pontos e vem de uma derrota em Casca para o SERCCA por 6 a 2. Quinto colocado com 14 pontos, o time de Marau venceu no último sábado o Guarani por 1 a 0. O jogo terá como árbitro principal Tiago Perine Lopes; árbitro auxiliar, Leandro Soares; anotadora Tatiana Vargas Felin; cronometrista Rodinei Teixeira e delegado do jogo, Sérgio Lermenn. O goleiro Danilo Kruger, 41 anos, gaúcho de Santa Rosa, ex-Seleção Brasileira de Futsal, Internacional, Atlântico de Erechim, ACBF de Carlos Barbosa e outros clubes brasileiros foi apresentado ontem pela AIF para imprensa e empresários no salão de eventos do Hotel Vera

SÉRIE BRONZE

Goleiro Danilo Kruger ( centro) recebe a camiseta da Associação Ijuí Futsal

Cruz. Ficou decidido em consenso com o atleta que ele não participará do jogo deste sábado. O técnico Jaques Schultz disse que a contratação de Danilo ajudará muito o elenco da AIF pela sua qualidade e experiência. Quem retorna de suspensão é o ala Marcinho. A equipe entra

em quadra com: Maicon Romero; Pablo, Marcinho, Diógenes e Maurício. Os ingressos para este jogo estão sendo vendidos antecipadamente com dirigentes da AIF ao custo de R$ 7,00. No local do jogo, o valor é de R$ 10,00. A diretoria do clube espera a presença de um excelente público.

3ª rodada-segundo turno1ª fase- Chave 2 Hoje,2.7 Em Ijuí-Associação Ijuí Futsal x Associação Marauense de Futsal (AMF)-19h Em Palmeira das Missões-Palmeira Futsal x SERCCA (Casca)-20h Em Chapada-Jáqtáqvá x Cometa (Jaboticaba)-20h Em Camargo-Guarani x Cerro Largo Futsal-20h Classificação 1º) Horizontina Futsal-20 pontos 2º) SERCCA-18 pontos 3º) AIF-17 pontos 4º) Guarani Futsal-16 pontos 5º) AMF-14 pontos 6º) Cometa-13 pontos 7º)Cerro Largo-11 pontos 8º) Palmeiras Futsal-9 pontos 9º) Jáqtáqvá-7 pontos

O goleiro Danilo estará no Ginasião para prestigiar os seus colegas na busca de um resultado positivo no Estadual Bronze.

Copa Dunga tem rodada Brasil-Fa enfrenta o União A 19ª Copa Dunga de Futebol Sete tem estes jogos hoje a partir das 13h30, no campo do Sesc: infantil, Falabretti FC x Grêmio Dimicron; mirim, Falabretti FC x Grêmio Dimicron; mirim, Grêmio Coimpel x E.C.Ijuí; infantil, Nova Ramada x Cometa Vermelho; mirim,Nova Ramada x Cometa Branco; e mirim,Grêmio Man-

jabosco x CFE Ijuí. Na quadra sintética serão realizadas estas partidas: pré-mirim, ACF Casa do Lanche x Cometa Branco; fraldinha, ACF Futsal x Cometa 2007 Vermelho; pré-mirim, São Luiz Vermelho x ACF Farmed; pré-mirim, CFE Garra x São Luiz Branco; e fraldinha,Grêmio Mareli x ACF Floresta Colchões e São Luiz x CFE Ijuí.

A quarta rodada do quadrangular final da Divisão de Acesso Gaúcha fecha amanhã às 15h no Estádio das Castanheiras em Farroupilha. Jogam Brasil e União de Frederico Westphalen. A arbitragem será de Luís Teixeira com os assistentes Julio Cesar Espinoza de Freitas e Tiago Augusto Ka-

ppes Diel. O jogo é decisivo para as pretensões de Brasil e União na competição. O Caxias lidera a fase final com oito pontos. Uma vitória do time grená na próxima quarta-feira contra o União em Frederico Westphalen pode colocar a equipe serrana na Série A do Gauchão de 2017.

Clássico Gre-Nal pela 13ª rodada do Brasileiro Com ele, foram cinco gols sofridos em nove jogos. Sem ele, seis gols sofridos em quatro jogos. O capitão Paulão voltou a treinar e deve assumir novamente o lugar de titular no Inter no Gre-Nal de amanhã às 11h no Estádio BeiraRio, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.Outro que volta ao Colorado é Gustavo Ferrareis, que se recuperou de um desconforto muscular na coxa direita. O jogador deve ser escalado novamente na faixa lateral do meio-campo, posição onde atuou bem e conquistou a titularidade. O técnico do Inter, porém, não

o confirmou de volta à equipe.“Eu não tenho dúvida nenhuma. A escalação já está na minha cabeça, os jogadores já sabem quem vai jogar. Não temos preocupação nenhuma, a nossa responsabilidade é fazer um bom futebol e voltar a vencer”, declarou o técnico Argel Fucks. O provável time do Inter tem Muriel; William, Leandro Almeida, Ernando e Artur; Fabinho (Fernando Bob), Rodrigo Dourado, Gustavo Ferrareis (Fabinho ou Anderson) e Seijas; Eduardo Sasha e Vitinho. O zagueiro Rafael Thyere está recuperado das dores que sentiu

na partida contra o Santos e jogará contra o Inter. A confirmação foi dada pelo técnico gremista Roger Machado após o treino de ontem. "Contra o Santos ele foi um dos melhores em campo enquanto atuou. Cada jogo que passa eles têm mais confiança. Nos últimos jogos eu também coloquei o Marcelo, tenho um entrosamento a três às vezes. Como disse depois

do jogo contra o Santos, o Thyere só repete o treino, gostaria de ter mais jogadores com o nível de concentração e dedicação. Tenho certeza que vai fazer um grande clássico”, declarou Roger. O Grêmio deve jogar com: Marcelo Grohe; Edilson, Rafael Thyere, Fred e Marcelo Oliveira; Walace, Jailson, Giuliano, Douglas e Everton (Bolaños); Luan.

CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRÃO 2016 Palmeiras Corinthians Grêmio Internacional Flamengo Santos Atlético-MG São Paulo Chapecoense Atlético-PR Ponte Preta Fluminense Vitória Cruzeiro Figueirense Coritiba Sport Botafogo Santa Cruz América-MG

25 22 21 20 20 19 19 18 18 17 17 16 16 14 14 13 12 12 11 8

12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12

8 7 6 6 6 6 5 5 4 5 5 4 4 4 3 3 3 3 3 2

1 1 3 2 2 1 4 3 6 2 2 4 4 2 5 4 3 3 2 2

3 4 3 4 4 5 3 4 2 5 5 4 4 6 4 5 6 6 7 8

26 18 20 15 13 20 21 12 20 12 14 13 15 16 10 15 17 14 14 9

12 10 14 11 11 12 19 12 20 14 19 15 18 18 14 18 19 20 18 20

14 8 6 4 2 8 2 0 0 -2 -5 -2 -3 -2 -4 -3 -2 -6 -4 -11

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

18

URGÊNCIA E EMERGÊNCIA

Curso aborda primeiros-socorros O Comitê Municipal de Prevenção a Acidentes (Comupa) promoveu curso sobre urgência e emergência no 12º Comando Regional dos Bombeiros (CRB), na manhã de ontem, com foco na prevenção. A atividade foi organizada pela 17ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) com motoristas de ambulâncias e técnicos de enfermagem dos municípios de sua área de atuação. De acordo com o tenente Pedro Jair Silva, a qualificação é importante porque, na maioria das vezes, o brasileiro não tem uma cultura prevencionista, deixando, por via de regra, para tomar medidas protetivas depois que as tragédias ocorreram. “Temos que ter a cultura de prevenção. Em uma situação de acidente, se não souber o que fazer, então é melhor não fazer nada. As pessoas leigas, na maioria das vezes querem ajudar em uma situação de ocorrência, se elas não tiverem noção da importância do atendimento pré-hospitalar, então não faça nada, porque daqui a pouco pode acontecer que essa vítima envolvida no acidente esteja com uma fissura na coluna cervical e

Farol baixo aceso durante o dia entra em vigor dia 8 Alguns motoristas já estão transitando nas rodovias municipais, estaduais e federais usando o farol baixo aceso, o que é importante para se acostumar à nova regra que passa a vigorar no dia 8 de julho. O motorista que descumprir a nova regra cometerá uma infração média, com quatro pontos na carteira e terá que pagar uma multa de R$ 85,13. Para o diretor-geral do Departamento de Estradas e Rodagem do DF (DER/DF), Henrique Ludovice, convidado do Revista Brasília, essa legislação veio ao encontro de uma preocupação cada vez maior do Brasil em reduzir o número de

acidentes com mortes e mutilações. Segundo Ludovice, o objetivo desta legislação não é a multa nem a punição. "O objetivo maior é fazer com que os setores mais vulneráveis do trânsito (que são) pedestres, ciclistas, motociclistas, possam ter uma maior visibilidade dos veículos, principalmente aqueles mais escuros que muitas vezes se confundem com a cor do asfalto", alerta Ludovice. O diretor do DER-DF lembra que atualmente as motos já são obrigadas a andar com o farol aceso. A indústria já estabeleceu que ao acionar a ignição da moto, o farol baixo se acende, o que pode vir a ocorrer também com os veículos.

Lei obriga uso do farol baixo aceso na estrada durante o dia

cmyk

que seja bem feito”, acentua Jair. Outro fato destacado pelo tenente, que deve ser levado em consideração pela população é a obstrução do trânsito quando as viaturas dos bombeiros saem com a sirene para algum atendimento. “A comunidade, às vezes, na ânsia de ajudar acaba atrapalhando”, reforça. O tenente salienta que a realização do curso é importante também para que a população em geral tenha noção do trabalho

que os bombeiros realizam para além de atendimentos a sinistros. “Temos que acabar com aquela ideia de que bombeiro fica dentro do quartel esperando incêndio. E isso passa pela informação, as legislações trazem para nós um leque de atividades que, às vezes, nossa sociedade não tem essa percepção”, afirma. O curso é realizado a cada 15 dias, durante todo o dia, ao longo de três meses, com instrução das instituições integrantes do Comupa.

Daer expõe plano de reestruturação

Simone Leite com diretor do Daer Ricardo Nuñez (centro) e diretor Saul Sastre

A presidente da Federasul, Simone Leite, recebeu, em reunião de diretoria o diretor geral do Daer, Ricardo Nuñez, que juntamente com o diretor de Administração e Finanças, Saul Sastre, expuseram as atribuições do Departamento. "Aos 79 anos estamos nos reinventando visando à eficiência e à recuperação da boa imagem", disse Nuñez. Segundo o diretor geral, o conjunto de ações terá como meta reorganizar internamente a autarquia, de forma que sejam otimizados recursos e pessoas, tendo em vista uma melhor entrega de resultados

CULTIVO DE HORTA DOMÉSTICA O cultivo de uma horta doméstica é uma excelente opção de aproveitamento de vários espaços para a produção de hortaliças de modo saudável. Para isso alguns critérios devem ser considerados para escolha do local da horta: - O solo deve estar livre de encharcamento; - Receber luz do sol durante todo o dia; - Terreno plano ou levemente inclinado; - Disponibilidade de água boa para as regas e adubo orgânico ou químico; - Ficar afastado, por pelo menos 5 metros de instalações sanitárias.

Tenente Pedro Jair explica a importância do atendimento pré-hospitalar para a vítima

o atendimento inadequado pode causar uma fratura, e uma sequela irreversível”, orienta o tenente. Segundo ele, todos podem colaborar isolando o local, entrando em contato com os telefones de emergência, mas de preferência não se envolva no atendimento direto à vítima. “O pior dos atendimentos é o pré-hospitalar porque é onde vai se defrontar com situações adversas como a noite, frio, chuvas, então é preciso ter a pessoa treinada para

Emater / Ascar

à sociedade. "É um marco na história do Departamento, pois serão avaliados desde os processos de trabalho até a estrutura organizacional.O resultado será uma mudança profunda na cultura do Daer, com mais eficiência e qualidade aos serviços prestados à população." Já diretor Sastre mostrou que as atribuições do Daer vão muito além da operação viária e manutenção das rodovias, passando por sinalização das estradas, transporte rodoviário com mais de 1700 linhas de longo percurso, estações rodoviárias (em torno de 300 no RS) e fretamento de turismo.

As mudas podem ser adquiridas ou produzidas em sementeira própria, para isso é necessário buscar orientação quanto a construção de sementeira ou aquisição de mudas. É importante planejar a formação da horta com certa antecedência para evitar falhas no uso dos canteiros. A área da horta deve estar limpa (capinada), o material gerado pela limpeza deve ser reservado numa parte do terreno, onde futuramente poderá ser usado como adubo orgânico. O solo necessita ser cavado ou arado na profundidade de 20 centímetros, procurando desmanchar torrões, deixando a terra livre de entulhos e afofada para o cultivo. Determinadas culturas de olerícolas, podem ser implantadas através prática de plantio direto, não há necessidade de revolver o solo, somente fazer uma pequena cova e fazer o plantio. No caso de áreas inclinadas, a posição do comprimento dos canteiros deve ficar atravessado em relação à caída do terreno, para evitar danos pela ação das águas. As dimensões recomendadas dos canteiros são: 15 a 20 centímetros de altura, e comprimento variável conforme a condição do terreno, no caso da largura é recomendável 1 metro e a distância entre um canteiro e outro de 30 a 40 centímetros. A dosagem de adubo varia conforme as condições de fertilidade do solo e características da hortaliça, para isso procure orientação técnica. Para que as plantas cresçam sadias, é fundamental que recebam regas diárias, geralmente, um metro quadrado de área cultivada necessita de 2 a 5 litros de água por dia. Considerando as características da planta, do solo e época do ano. O mato que crescer entre as plantas deve ser retirado para não causar danos ao crescimento das hortaliças, a frequência de capina é variável, dependendo do ciclo de cultivo de cada hortaliça. No caso de doenças sempre usar técnicas preventivas contra o ataque de pragas e doenças, no caso de controle, poderão ser utilizadas caldas e produtos alternativos, elaboradas com produtos naturais, para isso é importante buscar a opinião de um técnico. Após cada colheita, é recomendado alternar o cultivo da área com o plantio de hortaliças de famílias botânicas diferentes, para evitar a propagação de doenças e pragas.


Notícias

Jornal da Manhã Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

19

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Cresce o número de medidas protetivas Um levantamento realizado pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Ijuí revela aumento no atendimento às vítimas de violência doméstica. Nos primeiros seis meses de 2016 foram registrados em Ijuí 648 boletins de ocorrências de violência contra a mulher, totalizando uma média de 108 registros mensais. Neste período, foram atendidas 350 medidas protetivas – que são decisões judiciais que determinam o afastamento do agressor da mulher, por violência física ou psicológica, conforme previsto na Lei Maria da Penha. Para a delegada Jocelaine Aguiar, os números refletem uma maior conscientização a respeito sobre o problema. Segundo ela, quando há denúncia por parte da mulher agredida, a polícia abre inquérito e, com isso, o caso pode avançar para o pedido de medida protetiva junto ao Judiciário. Com a determinação judicial, o agressor fica impedido, por exemplo, de

se aproximar da vítima ou de permanecer na mesma casa que ela. “Significa que as vítimas estão mais conscientes dos seus direitos, até mesmo por causa do advento da Lei Maria da penha. Antes, elas se calavam mais por medo, já que não havia todo esse aparato no sentido de defendê-las”, disse a delegada. Em entrevista ao Grupo JM, a delegada explica que não há um perfil específico de mulheres que sofrem as agressões. Segundo ela, diferente do que muitos pensam, os casos acontecem em famílias das mais diversas classes sociais. No entanto, ressalta Jocelaine, as situações envolvendo pessoas menos favorecidas financeiramente costumam vir à tona. “Mulheres com melhores condições financeiras muitas vezes preferem não procurar os serviços de defesa da mulher, mas isso não significa que não sejam vítimas de agressões”, finaliza. Para a Polícia Civil, a única forma de

as mulheres buscarem proteção contra a violência dos companheiros é denunciar a agressão à polícia. “As vítimas não podem ter medo de procurar ajuda e levar os processos até o fim. Os familiares e até mesmo os vizinhos também podem informar a polícia sobre casos de violência doméstica. Nenhuma mulher deve se submeter a isso”, afirma a delegada. Para a delegada, um dos avanços é o projeto de lei que está em tramitação no Congresso, que permite ao delegado de polícia, preferencialmente da delegacia de proteção à mulher, para aplicar provisoriamente, até decisão judicial, medidas protetivas da vítima e de familiares. “O delegado poderá decretar essas medidas se verificar a existência de risco atual ou iminente à vida ou integridade física e psicológica da vítima ou de seus dependentes, e isso é um avanço que deve ser comemorado”.

BM pretende dobrar patrulhamento A Brigada Militar pretende dobrar o patrulhamento ostensivo nos municípios com os maiores índices de criminalidade e, hoje, palcos da Operação Avante. A medida está sendo preparada pelo comando da corporação, após o anúncio do governo do Estado da liberação de recursos para a área da segurança. Na quinta-feira o Piratini anunciou a destinação de R$ 52 milhões para o pagamento de diárias e horas extras. O comandante-geral da Brigada Militar, coronel Alfeu Freitas, disse que isso é o que permitirá ampliar a presença de PMs nas ruas o mais breve possível. “Temos listados 19 municípios que comportam mais de 80% dos crimes no Rio Grande do Sul. Nessas cidades, principalmente da Grande Porto Alegre e Vale do Sinos, as ações de polícia ostensiva serão mais ampliadas”, diz o coronel.

PLANTÃO OPERAÇÃO- A Polícia Civil informou a prisão de 119 pessoas em 35 cidades, cumpriu mandados de prisão que estavam pendentes contra suspeitos de roubos, homicídios, tráfico, entre outros crimes. A ação durou 48 horas e terminou na madrugada de ontem. Essa foi a primeira vez que uma operação reuniu todas as delegacias metropolitanas, e a ideia é que seja repetida ao menos uma vez por mês. Além dos mandados pendentes, também houve prisões em flagrante. Uma quantidade de drogas e armas foi apreendida, além de carros roubados que foram recuperados.

Governo anunciou liberação de recursos para a área da segurança pública

O plano de segurança prevê concurso para Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). A autorização para o preenchimento de 700 vagas deve

ocorrer ainda este ano. O número, no entanto, não será suficiente para retirar PMs que hoje trabalham em casas prisionais.

Delegada Jocelaine Aguiar

Pai é preso suspeito de esfaquear filha de 3 anos Um homem de 33 anos foi preso preventivamente ontem suspeito de esfaquear a filha de 3 anos em São Martinho. O crime ocorreu na última segunda-feira na casa dele. A criança sobreviveu. Conforme o delegado Gustavo Germano Fleury, que investiga o caso, o suspeito se separou da mãe da criança há cerca de um mês. Os pais haviam decidido, provisoriamente, que a menina ficaria alguns dias na casa de cada um. A tentativa de homicídio ocorreu logo após a mãe deixar a filha na casa do pai. A mulher, então, desligou o telefone e foi correndo até a casa do homem, ainda segundo Fleury, suspeitando que a ameaça se tratava de uma agressão à filha do casal. No local, viu o pai com a criança no colo, no momento em

que ele pegava uma faca e desferia um golpe no peito da menina. A mãe, conforme a polícia, correu para socorrer a filha. O homem, por fim, desferiu um golpe no próprio peito. Pai e filha foram internados no hospital de São Martinho e transferidos para uma instituição de saúde em Ijuí. A criança recebeu alta e está sob os cuidados da mãe. A Justiça deferiu a prisão preventiva do pai, que regressou a São Martinho e está internado no hospital da cidade, onde se encontra sob custódia policial e quando receber alta será encaminhado ao Presídio Estadual de Três Passos. Ele deve responder por tentativa de homicídio duplamente qualificado por motivo torpe e por recurso que dificultou a defesa da vítima.

PRF prende carro clonado transportando cigarro A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, em Cruz Alta, um homem que estava conduzindo um carro clonado transportando grande quantidade de cigarro contrabandeado. Inicialmente, o veículo Citroen/C4 realizou ultrapassagem em local proibido na BR 158 e após fugiu da abordagem, ingressando na cidade de Cruz Alta. Durante a fuga, o veículo atropelou um motociclista e, no quarteirão seguinte, perdeu o controle, colidindo com um poste de eletricidade. O homem, de 48

anos, fugiu a pé, sendo capturado, posteriormente, pela Brigada Militar, na Rodoviária de Cruz Alta. O motociclista atropelado, de 47 anos, sofreu lesões leves e foi socorrido pelo SAMU. O homem foi encaminhado a Delegacia de Polícia Civil de Cruz Alta para lavratura da prisão em flagrante. No interior do veículo havia 19. 840 maços de cigarros contrabandeados do Paraguai. O veículo clonado portava placas de Santa Catarina, ele passará por perícia para se apurar a sua identificação original.

Veículo clonado transportava cigarros de origem paraguaia

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

20

CORPO DE BOMBEIROS/BRIGADA MILITAR

Piratini cria CNPJ e oficializa separação O governo do Estado encaminhou à Assembleia Legislativa ontem, em regime de urgência, o projeto de lei que oficializa a separação do Corpo de Bombeiros da Brigada Militar. A proposta prevê a organização básica e a criação de um CNPJ para a corporação, o que dará autonomia para firmar convênios e administrar recursos próprios. A separação dos Bombeiros foi articulada, segundo o governo, sob as diretrizes da Lei de Responsabilidade Fiscal Estadual, que restringe criação de cargos, emprego ou função. Por isso, houve uma mudança em relação à emenda aprovada por deputados em 2014. A data limite para que todas as regras da nova corporação entrassem em vigor expirava hoje. As demais legislações necessárias ao desmembramento definitivo, que tratam do processo de transição e do efetivo, devem ser apresentadas em até 90 dias por um grupo de trabalho que será composto pelos secretários da Segurança, Wantuir Jacini, do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco, pelo chefe da Casa Militar, coronel Everton Oltramari, e

pelo comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Adriano Krukoski Ferreira. “Estamos cumprindo uma etapa importante, buscando refletir sobre as mudanças que precisam ser feitas e buscando outros atores para contribuir nesse processo”, comenta o secretário da Casa Civil, Márcio Biolchi. Em entrevista ao Grupo JM, o major Claiton Marmitt, comandante do 12º Comando Regional dos Bombeiros comentou sobre o fracionamento das forças. "A partir desta separação existe um quadro de concursados para ser nomeado. Esperamos receber alguns desses 600 que já estão habilitados a trabalhar no Corpo de Bombeiros. O governo deve anunciar a inclusão de alguns servidores. Hoje há um déficit de mais de 50% em quase todas as corporações, antes era uma necessidade de material, e hoje temos quartéis adequados, viaturas, e equipamentos de proteção, mas permanece uma grande dificuldade de efetivo", detalhou. “É um passo importante em direção à independência, porque agora teremos a nossa independência administrativa e finan-

Acidente grave na BR285 deixa feridos Um grave acidente de trânsito foi registrado no início da noite de ontem, na BR-285 em Ijuí. A colisão teria envolvido quatro veículos: um Ford Fiesta, placas de Blumenau-SC, um Honda Fit, placas de Embú-SP, uma carreta com placas de Içara-SC, além de um Ford Fiesta de Ijuí. De acordo com a Delegacia da Polícia Rodoviária Federal de Ijuí, o acidente ocorreu quando um

dos automóveis fez uma tentativa de ultrapassagem à carreta, próximo a ponte do Rio Conceição. Até o fechamento desta edição, a informação era de que duas pessoas haviam sido encaminhadas ao Hospital de Caridade de Ijuí com ferimentos graves, entre eles um homem de 33 anos, morador de Santo Ângelo e outra mulher cujo nome não foi divulgado.

ceira, ampliando a prestação de serviços”, acrescenta o major, ressaltando que comemora o avanço no processo de separação, mas ressaltou que a categoria aguarda o cumprimento das demais medidas necessárias. “Com abertura de um CNPJ para a corporação. Com isso, já será possível que os bombeiros terão autonomia para administrar recursos e firmar convênios”. Ele explica que enquanto o parlamento analisa o projeto da organização básica e os demais textos são elaborados, o Corpo de Bombeiros segue suas atividades normais vinculado à Secretaria da Segurança Pública (SSP) e à Brigada Militar. Depois, quando as três leis estiverem sancionadas, o órgão ficará vinculado apenas à SSP.”O CNPJ é apenas uma fase. Toda a manutenção das atividades dos bombeiros, que hoje é administrada pela Brigada Militar, segue inalteradas. As atividades seguem normais, na rotina, e vamos aguardar a estruturação do CNPJ e a questão da aprovação das leis estruturantes”, declara. Também ficou acertado que um grupo de trabalho coordenado pelo secretário do Desenvolvimento, Fábio Branco, vai definir as regras para a nova

Major Claiton Marmitt

configuração do Corpo de Bombeiros. O objetivo é finalizar um projeto em até 120 dias. A preocupação do governo é não descumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal, criando novos gastos.

Galão era usado como tanque de combustível A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou o proprietário de um carro utilizando um galão de plástico como tanque de combustível. O homem conduzia um Fiat Uno pela BR 468 em Palmeira das Missões, na Zona da Produção. O dono do veículo fez uma adaptação do tanque de combustível, colocando um galão plástico no mesmo compartimento do motor. A gasolina junto ao motor pode incendiar o veículo a qualquer momento, alertaram os policiais rodoviários. De acordo com a PRF, o carro estava em péssimas condições, com o licenciamento atrasado, pneus desgastados e com defeito no sistema de iluminação e sinalização, além da falta de equipamentos obrigatórios. O veículo foi recolhido na tarde

Motorista foi flagrado utilizando galão como tanque de combustível em carro

dessa quinta-feira ao depósito por não ter condições de circulação e

Preso homem com droga avaliada em R$ 30 mil Colisão envolvendo quatro veículos foi registrada no início da noite de ontem

cmyk

A Polícia Civil prendeu em flagrante na rodoviária de Vacaria, na tarde de ontem um jovem de 21 anos portando 10kg de maconha. Conforme o delegado Anderson Silveira de Lima, o homem desembarcou de um ônibus vindo de Foz do Iguaçu, no Paraná, pouco depois das 16h. Segundo o delegado, o preço de custo da droga, comprada no Paraguai, é avaliado em R$ 10 mil, mas o valor de venda poderia passar de R$ 40 mil. Além da maconha, o homem trazia brinquedos

comprados no país vizinho. O preso é natural do município de Encantado e foi detido no momento em que iria embarcar em um táxi com destino ao bairro São Francisco de Vacaria, onde repassaria a droga a um traficante residente na cidade. Conforme o delegado, a investigação aponta que o preso trazia uma encomenda, uma função que é apelidada de "mula" no tráfico. Após o procedimento de prisão em flagrante na delegacia, ele será encaminhado ao Presídio Estadual de Vacaria.

o condutor multado pelas cinco infrações.

PLANTÃO ESTUPRO: Um homem suspeito de estuprar duas crianças, de 10 e 11 anos, foi preso no municipio de Mata. De acordo com o titular da Delegacia de Santiago, delegado João Carlos Brum Vaz, o homem de 48 anos era vizinho das meninas e praticava o crime após oferecer presentes. A denúncia chegou até a polícia por meio de familiares das vítimas que desconfiaram das atitudes do vizinho. Ainda, segundo o escrivão da delegacia de Mata, Fernando Santana, o suspeito tinha fotos no celular com imagens das crianças nuas.


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

CASA LAR

Idosos são acolhidos em espaço no Glória

A Casa Lar do Idoso está localizada no bairro Glória, próxima ao campo de futebol, pertencente ao Município, vinculada à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS) e ao Centro Especializado de Referência em Assistência Social (Creas), em atuação desde 1992. Atualmente acolhe 16 idosos que tiveram seus vínculos familiares rompidos ou fragilizados. O Município concede a moradia, energia elétrica e abastecimento de água, e os idosos são autogestores de suas necessidades, ou seja, são responsáveis pela alimentação e cuidados do dia a dia. “No decorrer do tempo o trabalho com os idosos vem se qualificando, a começar pela questão técnica dos acompanhamentos, da rede em si envolvendo a saúde que está próxima deles. Hoje, contamos com a Cozinha Comunitária que dá um suporte de acessibilidade”, explica a coordenadora da Casa Lar do Idoso, Maria da Graça Nunes. Segundo ela, o espaço dispõe de 16 unidades habitacionais, todas ocupadas. “No momento que eles con-

seguem se reestruturar com suas famílias ou de outra forma, abre vaga e busca-se através da SMDS e do Creas, a partir de uma avaliação da vulnerabilidade e da necessidade de o idoso vir para a Casa Lar do Idoso”, destaca. Albino Pereira, morador da Casa Lar, diz que não tem do que reclamar. Da mesma forma, José Adão conta que se sente bem, apesar de ter ido contra a sua vontade em um primeiro momento, o ambiente é agradável e já fez muitas amizades. “Gostei muito de vir para cá, me dou com as pessoas e tenho bastante amigos”, acrescenta. A negligência ainda é a principal forma de violência cometida contra as pessoas idosas no Brasil. No Dia Mundial de Combate à Violência contra o Idoso, lembrado no dia 15 de junho, pesquisas destacaram que essa é a primeira violência identificada e faz com que se abram portas para outras formas de violações. Todos os tipos de violência ao idoso podem ser encaminhados pelo Disque 100 ou diretamente no Creas. Interessados em ajudar a Casa Lar do Idoso devem procurar a SMDS

EM MEMÓRIA AO 7º ANO DE FALECIMENTO E CONVITE PARA MISSA WALDOMIRO DEBONI *26/01/1924 +04/07/2009 Quando morreremos, não seremos apenas sepultados na terra, mas seremos entregues nas mãos amorosas do Criador, cujo tempo se chama eternidade. A saudade e a lembrança permanecem nestes sete anos de separação. Te amamos! A família convida para a missa que será celebrada, hoje, dia 2 de julho, às 19h, na Igreja Matriz São José, de Augusto Pestana. Aos que comparecerem a família agradece. Homenagem da esposa, filhos, noras, genro e netos. Augusto Pestana, 2 de Julho de 2016.

21

EM MEMÓRIA AO 1º ANO DE FALECIMENTO E CONVITE PARA CULTO NILVA NUNES DA SILVA *28/11/1952 +01/07/2015 Um ano se passou, o tempo só aumenta nossa saudade. A alegria, o amor e a felicidade que tínhamos ao teu lado nos faz muita falta e não a esqueceremos jamais. Esposo, filhos, noras e netos convidam para culto a ser celebrado dia 3, domingo, às 20h, no Ministério Tempo de Resgate. Ijuí, 2 de Julho de 2016.

Maria da Graça Nunes conversa com os idosos residentes na Casa Lar do bairro Glória

para organização da data. “É sempre bem-vinda e muito importante a participação da comunidade”, agradece. Segundo dados do Disque 100, serviço de recebimento de denúncias contra violações de direitos humanos, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da

República, em 2014, houve 27.178 denúncias de abusos contra a pessoa idosa. O levantamento mostra ainda que 76,48% das violações denunciadas são cometidas nas casas das vítimas; e em 51,55% dos casos denunciados, os próprios filhos são os suspeitos das agressões.

HOMENAGEM DE CARINHO LENIR LIBARDES *25/06/1962 +06/07/2013

Já são três anos sem você aqui, recebeste nosso amor e carinho, somente o que nos resta agora é nosso respeito e saudade. Do esposo João Carlos Toledo, seus familiares e amigos. Ijuí, 2 de Julho de 2016.

HOMENAGEM EM MEMÓRIA DE 1º ANO DE FALECIMENTO DAVID DE PAULA *17/01/1932 + 03/07/2015 A saudade eterniza a presença de quem se foi. Com o tempo essa dor aquieta, se transforma em silêncio, um ano se passou sem a tua presença, mas estarás sempre em nossos pensamentos e em nossos corações repletos de amor por ti. O Senhor é meu Pastor e nada me faltará (Salmo23) Dos seus filhos, nora, genros, netos e bisnetos. Ijuí, 2 de Julho de 2016.

PARTICIPAÇÃO DE 7º DIA DE FALECIMENTO, AGRADECIMENTO E CONVITE PARA CULTO E MISSA Esposa Florentina, filhos José, Odilar, Adelar e Cláudio, filhas Marlene, Odila, Nelci e Inês, genros, noras, netos e bisnetos, ainda consternados com o trágico falecimento de JOÃO AVILA DOS SANTOS *12/08/1932 ocorrido no dia 26/06/2016, agradecem o empenho e dedicação prestados pela Brigada Militar, Equipe Básica e Avançada do Samu Salvar, Polícia Civil, Funerária Ijuiense e Santa Rosa de Ijuí, aos párocos Gelson e Elizeu, ministra Neldi e Funerária Perussatto de Ajuricaba. A todos os parentes, amigos e vizinhos que de uma forma especial estiveram ao nosso lado, nos ajudando com sua solidariedade e nos confortando em todos os momentos e aquelas pessoas, que também sem palavras, nos ofereceram seu abraço amigo. A família conforta-se com a mensagem de Santo Agostinho que diz: “A morte não é nada. Eu somente passei para o outro lado do caminho. O que eu era para vocês, eu continuarei sendo. Falem comigo como vocês sempre fizeram. Parti tão de repente, nem tive tempo de me despedir de vocês, mas eu não estou longe, apenas estou vivendo no mundo do criador. Vocês que aí ficaram, sigam em frente, a vida continua linda e bela como sempre foi”. Outrossim, convidam para culto de 7º dia de falecimento a ser celebrado hoje, 2, às 14 horas, e a missa no dia 06/07/2016, às 19 horas, na Igreja da Capela Nossa Senhora do Rosário da Linha 11 Norte. Desde já agradecemos o comparecimento de todos. Ijuí, 2 de Julho de 2016.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

22

JM NOS BAIRROS

Ruas ruins e lixo são demandas no Getúlio

A principal reivindicação da comunidade do Getúlio Vargas é o calçamento de algumas ruas que ainda são de chão batido e a realização de operação tapaburacos em outras vias que têm a trafegabilidade comprometida devido às péssimas qualidades. De acordo com o presidente do bairro, Nicanor Cortez Bueno, há um projeto que prevê o calçamento destas ruas, com recursos oriundos de emenda parlamentar, e que já está em poder da Caixa Econômica Federal para liberação do dinheiro. “Estamos sempre correndo atrás, participando de reuniões e em contato com o poder público na defesa dos direitos da comunidade”, conta. Além disso, outra carência da comunidade do Getúlio Vargas é no setor habitacional. “Estamos lutando, porque tem aqueles terrenos próximos ao cemitério, e já fizemos com a Secretaria Municipal de Habitação um cadastro dos moradores que realmente necessitavam de um lugar para morar”, revela Nicanor. O próprio Cemitério da Linha 3 é alvo de reclamações. “Túmulos violados, coisas quebradas, ficamos chateados de ver essas coi-

sas. É um cemitério de uma associação particular, gostaríamos que fosse iluminado novamente.” Ele destaca estar preocupado com a quantidade de lixo jogada pela comunidade nas ruas do bairro. Na Rua Guilherme Timm, por exemplo, a sujeira é constante. “Às vezes não passa carro de tanto entulho que é colocado lá. Então, faço um pedido para os moradores porque fica feio para nós mesmos fazer isso. Vamos dar as mãos para que tenhamos nosso bairro mais organizado, e que participem das reuniões. Todo aquele que mora no Getúlio Vargas é um colaborador e ele tem que ser prestativo”, convoca. A iluminação pública também ganha espaço na pauta de reivindicações do bairro Getúlio Vargas, na necessidade de manutenção da rede de energia elétrica. Mas, nem só de problemas vive o bairro, nos próximos dias deverá ser inaugurada a Academia de Saúde, que a exemplo do Glória, terá orientação de profissionais e promoverá atividades físicas e a qualidade de vida dos moradores. Nicanor acentua que seu relaciona-

População tem dificuldade de passar pela Rua Guilherme Timm

mento com a administração pública é tranquilo. “Chego em qualquer secretaria e sou bem recebido”, afirma. Da mesma forma, não há reclamações quanto à atua-

Escola Adventista faz varal solidário Desde a última quarta-feira, quem passa pela Rua Ernesto Alves tem percebido que em frente à Escola Adventista existe um varal repleto de roupas. O objetivo é de que as peças possam servir à população. A ideia surgiu por meio de uma iniciativa da comunidade da Escola Adventista, juntamente com a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais-Brasil (Adra), que se uniram para arrecadar roupas usadas, em bom estado, para que as pessoas que passam no local possam usar. A coordenadora da Escola, Zélia Ramos, e a diretora da ADRA na cidade, Vera Camargo, afirmam que tanto a escola quanto a igreja

Iniciativa ocorreu durante a quarta e quinta-feira desta semana

estão para servir a comunidade, espalhando através dessas doa-

ções de roupa um pouquinho de calor e solidariedade.

Sindilojas realiza campanha solidária O Sindilojas Noroeste entregou na tarde de quinta-feira, blocos de concreto para a família do bairro Glória que em fevereiro deste ano perdeu uma integrante que faleceu após sofrer uma descarga elétrica ao abrir a geladeira. Elidiane da Silva, que morava com a mãe Nair da Silva, deixou três filhas pequenas, de 2,6 e 8 anos. Após o falecimento de Elidiane, o Sindilojas Noroeste tem se mobilizado na busca de ajuda para a família. Os blocos que foram entregues para Nair da Silva, pelo presidente do Sindicato Noroeste, Élio Quatrin, serão usados para construir um quarto para as meninas.

cmyk

ção da União das Associações de Bairros de Ijuí (Uabi) na defesa das demandas de sua comunidade. “Faço parte da diretoria, então não tenho o que reclamar.”

Uabi rebate críticas do presidente do Modelo O presidente da União das Associações de Bairros de Ijuí (Uabi), João Fontoura, e o assessor de comunicação da entidade, César Amaral, estiveram nos estúdios da Rádio Jornal da Manhã, ontem, para responder às críticas do presidente do bairro Modelo. Recentemente, no quadro JM nos Bairros, Sandro Dias afirmou que a Uabi não atua na defesa da comunidade e que o Modelo não se sente representado pela entidade e, ao invés de ajudar, realiza denúncias coibindo algumas ações dos presidentes. “Ele foi infeliz em suas colocações, dizer que a Uabi não representa o bairro Modelo é opinião dele porque trabalhamos pelos 36 bairros. Inclusive, hoje, água e luz que é isento de pagamento no bairro é um trabalho da Uabi com o poder público, acho que ele não sabe

disso. Outra coisa, os Planos de Prevenção e Combate à Incêndio (PPCI) é tudo fruto de trabalho da Uabi com o poder público, então ele está bem desatualizado. Como presidente da Uabi não tem visto ele nas assembleias, então ele não pode falar, vi somente em duas assembleias em dois mandatos”, rebate Fontoura. Na mesma linha, Amaral acusa Sandro Dias de não participar das assembleias da Uabi e vai além, para ele este comportamento de criticar a atuação da diretoria é uma característica de líderes comunitários pouco atuantes nas reuniões. “Compareçam nas assembleias para saber o que está acontecendo e acompanhar a atuação”, afirma. "Dizer que a Uabi não faz nada pelos bairros, este presidente do Modelo está equivocado, e posso chamar ele de mentiroso."

Presidente Élio Quatrin realizou a entrega dos blocos de concreto à família

Para a realização total da obra, ainda são necessárias as telhas e as cumeeiras. Quem quiser ajudar

pode entrar em contato com o Sindilojas Noroeste pelo telefone 3332 7455.

João Fontoura e César Amaral discordam das afirmações do presidente do Modelo


NÃO APAGAR

Jornal da Manhã

Sábado e domingo, 2 e 3 de julho de 2016

23

Memória JM CARA OU COROA

Armindo Pydd

CROWDFUNDING CIVIL **A famosa “vaquinha” agora é feita pela internet e tem um charmoso e complicado nome em inglês de Crowdfunding. Quando saiu da cadeia pela primeira vez, pois está preso novamente, José Dirceu pediu doações (vaquinha) dos amigos, pois estava falido. Viu-se depois que não era assim e números milionários surgiram como sendo desviados pelo mesmo. **A presidente afastada acostumada por anos às mordomias do poder agora também está sendo ajudada pelo crowdfunding. A história dela ainda está em andamento e surgem informações ainda não confirmadas de contas secretas no exterior.

Notícias de julho de 1981

Encontro de Corais reúne grande público em Ijuí Um bom público prestigiou o 5º Encontro de Corais, que aconteceu na Sociedade Ginástica Ijuí. A professora Joselina Macagnan Viau, do Departamento de Assuntos Culturais da Secretaria Municipal de Educação, organizou a noitada, que contou com a participação de 12 grupos de corais.

O Coral Municipal de Ijuí, sob a regência do maestro Gil de Roca Sales, apresentou como primeiro número Gaudeamus Igitur, canção universitária internacional. Todos os grupos que participaram receberam um pequeno troféu, acompanhado de certificado de participação. A coleção completa do JM está disponível para pesquisa no Museu Antropológico Diretor Pestana

**Quem participa de entidades sociais está acostumado às “vaquinhas”. “A história do São Luiz de Ijuí está repleta de crowdfunding”, a antiga vaquinha. Agora mesmo o mecanismo diante das restrições de financiamento eleitoral por pessoas jurídicas Financiamento Coletivo (crowdfunding) será muito usado. **A Tocha Olímpica passa por Ijuí dia 4, segunda-feira. Quais são os critérios para que alguém tenha a honra de conduzí-la em nossa cidade. Temos 29 esportes olímpicos atualmente. Quem em Ijuí como entidade pratica algum destes esportes. Futebol, ginástica, lutas, natação, taekwondo, tênis, tiro esportivo, vôlei. Seriam mal apenas 8 modalidades presentes precariamente entre nos alguns. Escolas que já foram tradicionais incentivadoras agora se retraíram. Alguém que foi ou é praticante de um dos esportes olímpicos seria um critério racional para conduzir a Tocha Olímpica. Ou o critério vai se resumir ao famoso Q.I.(quem indica ) político ? **“A Manipulação da História no Ensino e Nos Meios de Comunicação” , de Marc Ferro, tem como subtítulo; A história dos Dominadores em Todo o Mundo, traz revelações em sequência. Séculos de historia são apagados por motivos ideológicos, políticos, religiosos. Um exemplo. 700 anos antes da instituição da escravidão africana o islamismo já a praticava. E com os brancos eslavos. Todo não crente no islã podia ser escravizado. **A Eurocopa e a Copa América Centenário disputados na mesma época nos mostraram coisas incríveis, 7 a 0 do Chile no Peru, teve a contrapartida da eliminação da Rússia e da Grã-Bretanha pela Islândia , que tem somente 100 praticantes deste esporte em seu País.

O Coral Municipal de Ijuí conquistou os aplausos do público

Museu agora se encontra em sede própria Até um tempo atrás o Museu Antropológico Diretor Pestana ocupava parte do prédio que a Fidene aluga dos Freis Capuchinhos. Na oportunidade em que se comemora o Mês do Museu, pelo transcurso de seus 20 anos de existência, a Fidene transferiu o acervo da instituição para os três módulos já concluídos, que fazem parte do conjunto da sede própria do Museu. Atualmente o acervo está em fase de organização, sendo que o Museu estará aberto à visitação pública a partir de agosto. Os professores Leonilda Preissler, Jaeme Callai, Mario Osório Marques, Tania Aimi, Argemiro Brum e Danilo Lazzarotto examinaram parte do acervo

**Vampiros da Saúde, Sanguessugas, Anões do Orçamento são nomes de roubalheira organizada num passado próximo e já esquecido. Agora a LavaJato sobrepuja a todos. Novas informações vêm a todo o instante. A Lei de Incentivo à Cultura (a boa Lei Rouanet . Collor 1991) agora está em foco pelos desvios. A expressão de que o Brasil tem uma “roubalheira generalizada” é a triste imagem recorrente no mundo sobre nosso Pais.] **Já seriam mais de 33 mil os beneficiários indevidos do Bolsa Família somente no RS. Como é a situação em Ijuí? **Felipão cotado para dirigir a Seleção da Inglaterra. Depois do 7x1 este treinador continua em atividade altamente bem remunerada, agora na China. **Esporte Clube S. Luiz vem aí com um forte grupo de dirigentes para a nova temporada. Ainda bem.

CONCURSOS Prefeitura de Piratini - RS A prefeitura de Piratini, no Estado do Rio Grande do Sul, através da empresa Legalle Concursos e Soluções Integradas Ltda, lançou edital de concurso público nº 01/2016, destinado ao preenchimento de 34 vagas mais cadastro reserva em cargos de todos os níveis de escolaridade, regi-

Momento em que os professores examinaram o acervo

provisoriamente colocado em uma das salas do prédio

das pelo regime estatuário. Os vencimentos oscilam deR$ 646,89 a R$ 3.881,32, por jornada de 14 a 44 horas semanais. De acordo com a publicação, as inscrições podem ser realizadas até 7 de julho de 2016, através do endereço eletrônico (www.legalleconcursos.com.br). A taxa de inscrição custa entre R$ 57,59 e R$ 115,18, conforme o cargo pretendido. Prefeitura de Nova Prata - RS Com a finalidade de preencher 34 vagas imediatas, além da formação de cadastro reserva, a prefeitura de Nova Prata, no Estado do Rio Grande do Sul, divulgou o edital de concurso público n.º 01/2016. As vagas anunciadas se destinam a profissionais de níveis fundamental, médio

Guia Alfabético - A cidade de Ijuí possui 471 ruas, sendo 22 avenidas e 30 travessas. Essas informações e mais a relação nominal de cada rua e o bairro onde está localizada estão contidas no Guia Alfabético das Ruas de Ijuí. O guia foi desenvolvido através de um trabalho de pesquisa do jovem pesquisador ijuiense Luís Carlos Ávila. O guia foi impresso com o apoio da administração municipal e demais entidades do município. A sua distribuição acontece de forma gratuita. Segundo o pesquisador, os dados nele contidos são recentes, sendo resultado de uma pesquisa que durou dois meses. Obras da DP e Ciretran prosseguem - Depois que foram liberados recursos da ordem de R$ 500 mil, por parte do governo do Estado, prosseguem em ritmo normal as obras de construção da nova sede de Delegacias de Polícia e Ciretran, que está sendo erguida na Avenida Coronel Dico, proximidades do futuro Parque dos Imigrantes. Conforme se recorda, através de convênio firmado, entre o município e Estado, essa obra iniciada pelo Consep passou para o Estado, que está agora repassando recursos ao município, para a conclusão do prédio.

e superior. A participação deve ser efetivada somente via internet, no site www. legalleconcursos.com.br, até o dia 17 de julho de 2016. Prefeitura de Tio Hugo - RS No Rio Grande do Sul, a prefeitura de Tio Hugo divulgou edital de concurso público nº 001/2016, cuja finalidade é preencher oito vagas no seu quadro de funcionários. O concurso será executado por meio da empresa Premier Concursos e os salários variam de R$ 1.019,54 a R$ 6.252,84. A inscrição será efetuada exclusivamente via Internet, até o dia 22 de julho de 2016, no site www.premierconcursos.com.br. As taxas variam de R$ 60,00 a R$ 120,00, de acordo com a ocupação escolhida.

cmyk


WWW.JMIJUI.COM.BR

PEDRAS NO CAMINHO

TRÂNSITO SEGURO

Trecho da Rua Guilherme Timm, no bairro Getúlio Vargas, não oferece condições de trafegabilidade, tanto para meios de transporte quanto para pedestre | 22

Comitê Municipal de Prevenção a Acidentes realizou capacitação com os bombeiros, na manhã de ontem | 18

Gre-Nal vale primeiras posições

Zagueiro Paulão se recupera de lesão e deve reforçar o Inter. Atacante Bolaños pode ser a novidade do Grêmio | 17

Vestibular de Inverno da Unijuí será amanhã Os quatro câmpus da Universidade (Ijuí, Panambi, Santa Rosa e Três Passos) realizam a avaliação no domingo, a partir das 8h30, com prova objetiva e de redação. | 7

REAPROVEITANDO A NATUREZA João Moura usa o próprio contorno da madeira e faz peças únicas. Entre elas, bancos em formato de violão, vasos de flores e diversos móveis. | Caderno Dois

EDITORIAL | 6 Mercantilização da educação: fusão de universidades pode gerar processo que desencadeia na compra e venda de um bem

cmyk

Sitepaginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you