Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Terça-feira, 29 de novembro de 2016

Ano 43 - Nº 388

R$ 3,00

PC combate tráfico dentro de presídios Megaoperação foi deflagrada na Modulada, em Ijuí, onde agentes cumpriram quatro mandados. | 15

Economia SOLIDARIEDADE gaúcha tem queda no PIB Dados de 2014 apontam Estado como quarto pior no País. | 3

Leilões do trigo são ineficientes, diz Farsul Para entidade, compras públicas não garantem preço. | 10

Curso de Libras visa Lions Clube de Ijuí doa móveis e roupas para a Escola Infantil Alvorada e para a comunidade | 19 a redução Fiergs defende Estados querem mais de gargalos propostas do governo tempo para novo Médio Servidores públicos de Ijuí recebem orientações. | 4

Presidente diz que medidas são inadiáveis. | 3

Justificativa é avaliar melhor realidades locais. | 7

cmyk


RADAR LAR DA MENINA - O Studio de Dança by Mari irá promover na próxima quinta-feira, um aulão com diversas modalidades, entre elas dança, boxe e treinamento funcional, com o intuito de ajudar a instituição Lar da Menina. Terá inicio às 19h30, no Ginásio de Esportes da Escola Ruizinho e haverá sorteio de prêmios. A entrada é um produto de limpeza e higiene ou R$ 5,00 que será doado ao Lar da Menina.

Jornal da Manhã

Terça-feira, 29 de novembro de 2016

OLHO DA RUA

INDICADORES

Poupança 29.11.2016 .....................0,6435 % Ouro 28.11.2016..................... R$ 128,50 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,3830 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,3836 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,3200 Dolar turismo (venda) .................. R$ 3,5300 Euro (compra) .............................. R$ 3,5848 Euro (venda) ................................. R$ 3,5852 IPC/FIPE Out/2016 ................................0,27% IGPM Out/2016 .....................................0,16% IPCA Out/2016 ......................................0,26% IGP-M out/16 ........................................0,16% IGP-DI out/2016 ....................................0,13% ICV-Dieese out/16.................................0,37%

MOBILIZAÇÃO - O 31º Núcleo do Cpers Sindicato de Ijuí promove hoje mais um ato de mobilização contra a PEC 241/55 que tramita no Senado. O chamado Aulão acontece no Salão Azul na Unijuí às 19h30 e haverá entrega de certificado de horas aos participantes. O debate será realizado pelos professores Lala Nodari e Valdir Kinn, tendo como mediador Lucas Krizozun. DOMÉSTICOS - A Secretaria da Receita Federal alerta que amanhã é o último dia para o empregador realizar o pagamento da primeira parcela do 13ºsalário do trabalhador doméstico, conforme determina a lei 4.749. De acordo com o órgão, empregador deverá informar o valor pago no eSocial, e realizar o pagamento do DAE (documento de arrecadação) até dia 7 de dezembro. SAÚDE - O ministro da Saúde, Ricardo Barros, participou na sextafeira da inauguração da Fábrica de Biotecnologia da LIBBS Farmacêutica, em São Paulo. A nova unidade irá produzir medicamentos biológicos à base de anticorpos monoclonais, principalmente, o Trastuzumabe, Rituximabe, Etanercepte, Bevacizumabe, Adalimumabe, Sirolimo e Tacrolimo – utilizados no tratamento de câncer e Artrite Reumatóide. A nova fábrica tem capacidade de produzir até 400 kg de biomedicamentos por ano e receberá um investimento do governo Federal (BNDES e Finep) na ordem de R$ 560 milhões. CLIMA - De acordo com o boletim semanal do Instituto Climatempo devido ao avanço de uma frente fria pela Região Sul, o começo dessa semana será de tempo instável e com possibilidades de chuvas generalizadas sobre todas as regiões produtoras de arroz do Rio Grande do Sul. E essas chuvas podem atrasar ainda mais a finalização do plantio, que já atingiu 91,4% na semana passada. Contudo, a partir de amanhã, o tempo volta a abrir em todo o Estado e, com isso, as condições voltam a ficar favoráveis aos tratos culturais. Porém, devido às chuvas deste início de semana, a finalização do plantio só deve ocorrer em dezembro. VENDAS - As vendas na Black Friday este ano no Brasil subiram 11% em relação a 2015, segundo pesquisa da Serasa Experian. Foi considerado o dia da promoção em si e o fim de semana subsequente (de 25 a 27 de novembro). Em 2015, o crescimento anual havia sido de 9%. Para os economistas da Serasa, o crescimento nas vendas da Black Friday em 2016 revela que esta data está ganhando relevância dentre outras comemorações importantes do movimento varejista nacional. "Contudo, é importante ressaltar que um movimento mais forte na Black Friday tende a antecipar e, provavelmente, levar a um enfraquecimento das vendas de Natal", aponta o relatório.

cmyk

2

LOTERIAS Na Rua Marechal Deodoro, no bairro São José, atrás do Colégio 25 de Julho, a obstrução de parte da rua está atrapalhando a passagem dos carros pela via. O temor da comunidade é que a situação resulte em acidentes, já que a obstrução já dura mais de 30 dias.

ENTRE ASPAS "Temos uma equipe preparada de auditores para examinar, caso a caso, a prestação de contas das prefeituras gaúchas, neste ano bem atípico nas finanças federais, estaduais e municipais", presidente do TCE/RS, Marco Peixoto.

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º 2º 3º 4º 5º

-

8.926 3.844 2.826 3.109 2.996

LOTOFÁCIL CONCURSO nº

1441

"O Estado do Rio de Janeiro tomou medidas muito duras, mas que têm efeito importante para mostrar que é preciso agir com firmeza em todas as esferas, inclusive na federal", ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

01 03 04 05 06

"Foram colocados nas ruas 92 mil trabalhadores, de janeiro a outubro. Continuamos perdendo, mas de forma atenuada, e devemos chegar a, no máximo, 150 mil demissões em 2016, contra 235 mil em 2015. Mas não podemos chamar de recuperação", diretor do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos da Fiesp/Ciesp, Paulo Francini.

16 19 22 23 25

"Temos que cuidar que há movimento no Congresso para barrar a Lava Jato. Depois que ela cumpriu o seu papel no golpe contra a presidente Dilma Rousseff (PT), agora estão preocupados quando ela está chegando no núcleo do PMDB e do PSDB", deputado federal, Henrique Fontana (PT). “Hoje a disputa, em escala global, inclusive na periferia do sistema, se dá entre a direita e a extrema direita”, prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT).

07 09 10 11 13

QUINA

CONCURSO nº

14 18 26 36 57 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

Getúlio

4244


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 29 de novembro de 2016

ECONOMIA

PIB do RS tem o quarto pior resultado do País Após crescer 8,5% em 2013, acima da média nacional (3%), a economia do Rio Grande do Sul teve queda de 0,3% em 2014, ano no qual a economia brasileira teve um modesto crescimento de 0,5%. Os dados das Contas Regionais de 2014 e a série histórica 2002-2014 foram divulgados ontem, pela Fundação de Economia e Estatística, sob a coordenação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2014, o Rio Grande do Sul foi a quarta unidade federativa com o pior desempenho em termos de crescimento, ficando à frente apenas de Minas Gerais, São Paulo e Paraná, que registraram queda de 0,7%, 1,4% e 1,5% respectivamente. A economia gaúcha retomou a quarta posição entre as unidades federativas com maior peso no PIB nacional (6,2%), passando à frente do Estado do Paraná (6,0%). Apesar da variação negativa do PIB gaúcho em 2014 (-0,3%), essa retomada de posição decorreu, sobretudo, da queda ainda maior do Estado paranaense no ano. Por setor, contribuiu para esta ultrapassagem a evolução do

Valor Adicionado (VA) de eletricidade e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação, que, de 2013 para 2014, se manteve estável em 4% no RS, mas registrou queda de 12,3% para 11% no Paraná. Ao longo de toda a série 200214, o Rio Grande do Sul teve o segundo menor crescimento acumulado no período, atrás apenas

do Rio de Janeiro. A taxa de crescimento acumulada do volume do PIB do Estado em 2014 foi de 37,2%, enquanto, no Brasil, foi 50,7% e, no Rio de Janeiro, 34,8%. As unidades da Federação que detinham menor participação no PIB nacional em 2002 foram as que apresentaram maior taxa de crescimento acumulada do volume do PIB no período.

Fiergs defende o enxugamento do Estado A divulgação das medidas propostas pelo governador José Ivo Sartori ainda estão repercutindo entre as classes enquanto tramita na Assembleia Legislativa. Enquanto que classes sindicalistas posicionam-se contra as medidas, as empresariais acreditam que são propostas necessárias. Segundo o presidente da Fiergs, Heitor José Müller, as medidas do governo são inadiáveis. "Estamos recebendo até com certa alegria o pacote do governo porque nós sabemos da situação do Estado desde 1989, faz 27 anos que a Fiergs fez uma análise das finanças do RS e nesse relatório está registrado tudo exatamente como aconteceu com o RS, se não fossem tomadas medidas na hora certa", avalia. Para o presidente, o maior problema foi a herança de uma má gestão. "Como um governador passou para outro, hoje o governador Sartori está tendo coragem de realmente enfrentar a situação". Heitor destaca que é preciso a retomada do equilíbrio das contas públicas e isso exige sacrifícios. "A despesa do Estado cresceu significativamente mais do que a nossa riqueza, nossa produção, o nosso PIB, temos hoje um Estado com uma organização pública que

não cabe mais naquilo que nós produzimos. Então das duas uma, ou nós começamos a trabalhar mais, aceitamos que as pessoas tenham turnos de 12, 15 horas por dia para produzir mais riqueza e para os que plantam teriam que fazer três safras por ano e isso não existe, é uma utopia, então a outra situação é o Estado encolher", fala sobre os indicativos do pacote. Para o presidente, o importante é que a sociedade não consegue mais pagar essa conta. "Não queremos Estado máximo, nem mínimo, a sociedade quer um Estado que funcione e que seja possível de ser sustentado pela nossa população, porque não dá mais para aumentar os impostos, que nós já pagamos muito. Então esse pacote deveria ter sido implantado há 25 anos para não chegarmos ao ponto que chegamos". Sobre os impactos para a indústria, Heitor avalia como necessários. "O setor industrial está sendo atingido com a redução a partir de janeiro no prazo do recolhimento do ICMS. O dinheiro que tem no mercado é raro e caro: os bancos olham com lupa em cima das empresas para evitar a inadimplência, mas a tese que defendemos é que não adianta a gente imaginar que

3

Cinco Estados respondem por 64,9% da economia Cinco Estados brasileiros responderam juntos por quase dois terços do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2014. As economias de São Paulo, do Rio de Janeiro, de Minas Gerais, do Rio Grande do Sul e Paraná representaram 64,9% do PIB nacional naquele ano, segundo dados das Contas Regionais divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São Paulo continua sendo o principal motor da economia brasileira, respondendo por quase um terço do PIB do país (32,2%). O Rio de Janeiro, segunda maior força econômica do país, respondeu por 11,6%. Minas Gerais permanece na terceira colocação (com 8,9% do PIB nacional). Em relação a 2013, a única troca de posição entre os 10 maiores Estados ocorreu entre

o Rio Grande do Sul e o Paraná. Os gaúchos passaram os paranaenses e ocupam a quarta posição, respondendo por 6,2%. Já o Paraná, na quinta posição, responde por 6% da economia nacional. Em termos de crescimento, no entanto, os maiores avanços ficaram com as pequenas economias regionais. Tocantins teve a maior alta entre 2013 e 2014 (6,2%), seguido pelo Piauí (5,3%), por Alagoas (4,8%), pelo Acre (4,4%) e por Mato Grosso (4,4%). Desses cinco Estados, quatro estão entre as 10 menores economias do País. Em sentido oposto, grandes economias tiveram quedas devido ao comportamento da indústria da transformação: São Paulo (-1,4%), Minas Gerais (-0,7%), Rio Grande do Sul (-0,3%) e Paraná (-1,5%).

Bandeira Verde reduz conta de luz em dezembro O diretor do Demei Rogério Seibert confirmou ontem que está prevista a entrada da bandeira verde já para o mês de dezembro. De acordo com a cor da bandeira, é calculada a tarifa que tende a diminuir sem a sobretaxa. “Quanto menor o valor tarifário, melhor para nós. Porque dentro da tarifa, a maior parte é repasse para outros entes como governo estadual e federal , compra de energia, o que fica da tarifa para o Demei é em torno de 18%", explica. Segundo Seibert, quando se aplica uma bandeira, o Demei precisa faturar e depois cobrar do consumidor, e quando há sobretaxa ela é 100% repassada para o órgão federal. "Não fica nenhum recurso aqui , para nós fica a administração e a cobrança disso, então no momento em que o órgão nacional institui a bandeira verde, que é aquela bandeira livre, melhor para nós". O diretor do Demei destaca que o sistema de bandeira foi criado justamente para dizer para o

consumidor quanto está custando a energia naquele momento de consumo. "No momento que é verde, reflete que a energia está mais barata devido às chuvas e os reservatórios que estão cheios na região Sudeste e Nordeste que voltou a chover", fala salientando que no momento em que os reservatórios estão cheios, tem-se uma energia hídrica maior à disposição. "A hídrica tem custo bem menor que as térmicas, então não há necessidade de se colocar no sistema a energia térmica que encarece". Com a volta da bandeira verde, o impacto deve gerar uma economia de 3% na conta. “O consumidor vai sentir isso, proporcionalmente aos dias de leitura, então ela vai entrar em vigor no mês de dezembro e na medida em que vai se tirar a leitura, ele vai ter esses dias livres", fala sobre o cálculo sem a sobretaxa, considerando que é uma economia positiva, principalmente no final de ano em que os consumidores acumulam mais despesas.

Heitor José Müller

vamos sair ilesos dessa situação. Temos que atingir toda a administração do Estado, cargos, funções, algumas estruturas que o Estado tem podem ser repassadas para o sistema privado, temos que dar limites a privilégios e benefícios para servidores. Se todos os entes fizerem sua parte, o setor da indústria não tem como negar a participar dessa verdadeira cruzada que tem que ser feita para tirar o RS dessa calamidade financeira".

Distribuição de energia pelo Demei ficará mais barata com a bandeira verde

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 29 de novembro de 2016

ESGOTAMENTO EM IJUÍ

Próxima etapa prevê investimento de R$ 6 mi O superintendente regional das Missões da Corsan João Corim da Rosa, e o gerente da Unidade de Ijuí, Flávio Krampe, reuniram-se com o prefeito Fioravante Ballin e o diretor-presidente do Departamento Municipal de Águas e Saneamento (Demasi), Ubiratan Erthal, para discutir os projetos e ações da companhia que seguem em andamento no município. Entre as pautas, Corim anunciou a contratação de uma nova empresa para dar continuidade às obras de ampliação da rede coletora do sistema de esgotamento sanitário de Ijuí. As obras de esgotos que terão prosseguimento representam investimento de R$ 6 milhões que serão utilizados no assentamento de 2.199 ramais prediais e execução de uma Estação Elevatória de Esgotos no bairro Tancredo Neves. Seguem em execução as obras na Bacia 8, que compreende a região central da cidade, entre as Ruas 24 de Fevereiro e 15 de Novembro, bem como Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) e a

4

Unijuí lança campanha de combate ao Aedes aegypti O combate ao mosquito Aedes aegypti ganhou força na última sexta-feira na Universidade. A Unijuí lançou a Campanha Não há vagas, com o objetivo de sensibilizar a comunidade acadêmica e regional sobre os riscos da proliferação do mosquito transmissor da Dengue, Zika e Febre Chikungunya. Giancarlo Bottega, gerente de Marketing da Unijuí, expôs para os presentes o mote da campanha, objetivos e seu desenvolvimento, salientando que o sucesso da campanha só será efetivo com a participação de todos.

Segundo a professora Evelise Berlezi, vice-reitora de PósGraduação, Pesquisa e Extensão da Unijuí, a Campanha vem para somar forças com o trabalho em desenvolvimento na Universidade, em especial ao projeto de Extensão Ações Interdisciplinares de Educação e Saúde para o Combate ao Aedes aegypti. A campanha consistirá na veiculação de peças publicitárias em diferentes mídias, com o objetivo de sensibilizar a comunidade. Também serão produzidas matérias jornalísticas sobre o tema, entre outras ações.

Reunião serviu para discutir projetos e ações da Corsan em andamento no município

Sociedade Ginástica (Sogi). A serem executadas, constam no cronograma obras na Bacia 0, entre a 24 de Fevereiro e São Francisco e entre a 14 de Julho e a 25 de Julho, atingindo também o bairro Tancredo Neves; na Bacia 9, que atinge o bairro São José; na Bacia 10, compreendendo os bairros Herval, Elizabeth e parte do São José; na Bacia 5, que abrange a região central e imediações da Rua 14 de Julho; além da Bacia 7, que abrange o Parque Popular da Pedreira e o bairro Thomé de Souza.

Até o momento, considerando a substituição de redes de água em andamento desde 2013, foram aproximadamente 25 mil metros de redes e ramais substituídos pela Corsan em Ijuí. Somada à recuperação dos próprios ramais da companhia e substituição de dois motores no primeiro recalque de água, os investimentos em redes de água no município chegam a R$ 2,5 milhões. Em relação ao Sistema de Esgotamento Sanitário, por sua vez, foram investidos, somente em Ijuí, mais de R$28 milhões.

O objetivo é sensibilizar a comunidade acadêmica sobre os riscos da proliferação

Ações marcam a Campanha dos 16 Dias de Ativismo em Ijuí Na última semana, diversas ações marcaram o início das atividades do movimento 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres, encerrando com palestra na Câmara Municipal de Vereadores, marcada pela discussão referente ao Dia Internacional de Luta pelo Fim da Violência contra a Mulher, ministrada pela doutora em Direito Joice Nielsson. Ela abordou questões de gênero, sexualidade e violência. As atividades da campanha seguem até o dia 10 de dezembro com

cmyk

diversas atividades. Ontem, foi realizada palestra com o psicólogo Vladnei Weschenfelder e com a titular da Coordenadoria da Mulher Ângela Marchionatti, na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Ijuí, tendo como público alvo os pais dos alunos da instituição. A Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres é uma mobilização anual, praticada simultaneamente por diversos atores da sociedade civil e

poder público engajados nesse enfrentamento. Desde sua primeira edição, em 1991, já conquistou a adesão de cerca de 160 países. Mundialmente, a Campanha inicia-se em 25 de novembro, Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher. A próxima atividade acontece na quinta-feira, Dia Internacional de Luta contra a Aids, com a integração das ações desenvolvidas pelo SAE. As estatísticas indicam crescimento significativo de casos de mulheres contaminadas, inclusive no Brasil.

Palestra realizada na Câmara de Vereadores marca programação dos 16 Dias de Ativismo


Notícias

Jornal da Manhã Terça-feira, 29 de novembro de 2016

SAÚDE

Comus cobrará instalação da UPA do novo prefeito A informação passada pelo presidente do Conselho Municipal de Saúde (Comus) de Ijuí, Moacir Dever, em entrevista à Rádio Jornal da Manhã ontem, não é nenhuma novidade, mas acaba de vez com as expectativas da comunidade de que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) entrasse em funcionamento ainda neste ano. Segundo ele, a sugestão do Conselho de que o Município comprasse o prédio da UPA do Ministério da Saúde foi bem aceita pelo Executivo municipal, em um primeiro momento. No entanto, na hora de fechar as contas públicas do exercício de 2016, a realidade se mostrou adversa e o prefeito, Fioravante Ballin anunciou na última reunião do Conselho que a compra não poderá ser realizada durante sua gestão, que se encerra no dia 31 de dezembro próximo. “Na última reunião o prefeito nos passou que devido a problemas financeiros que a prefeitura passa para fechar as contas de fim de ano não tem condições de fazer a implantação deste ano da UPA, até porque os recursos da União e do Estado não estão garantidos”, esclarece Moacir. Para colocar a

UPA de Ijuí em funcionamento, a prefeitura teria que dispor de R$ 600 mil em caixa, por mês, para cobrir as despesas de responsabilidade do Estado e da União, caso atrasassem os repasses. “Então ficou para a próxima gestão”, afirma. Amanhã, o Comus reúne-se para se posicionar sobre esta situação. A expectativa é de que o novo gestor municipal dê uma finalidade para a estrutura da UPA. “Não aceitamos que um valor alto investido, dinheiro público, esteja parado sem utilização”, destaca. Para isso, o Comus pressionará por uma solução e uso do prédio para a finalidade que foi construído. “Uma Unidade de Pronto Atendimento nos moldes que o Ministério propõe. Se conseguir adequações deste projeto, tudo bem, e senão, queremos que o Município providencie esta instalação”, garante o presidente. Em análise geral, Moacir prevê que a situação da Saúde vai piorar, caso seja aprovada a PEC 55, em análise no Senado federal. "Porque os valores para a Saúde serão reajustados conforme a inflação e a gente sabe que o crescimento populacional não tem respeitado

Moacir Deves

isso, e também temos dados que muitas pessoas que tinham plano privado de saúde hoje não estão conseguindo pagar e vêm para o SUS, ou seja, a clientela do SUS tem aumentado e se os recursos vão aumentar conforme a inflação nos próximos 20 anos, nós teremos um problema insolúvel", finaliza.

5

Calendário de vacinas terá mudanças em 2017 Os adolescentes passam a ter o direito à aplicação de duas novas vacinas a partir de 2017. As doses contra o HPV estão sendo aplicadas em meninos de 12 e 13 anos; em 2018, será para meninas de 11 e 12 anos; em 2019 para 10 e 11 anos; e, em 2020, de 9 a 14 anos. Além desta, haverá vacinação que protege contra o meningococo C para meninas e meninos de 12 e 13 anos, no próximo ano. Outra mudança importante prevista para o calendário de vacinação de 2017 é a extinção das duas campanhas contra a pólio. Estão incluídas as campanhas contra a gripe e uma campanha denominada Multivacinação. “Mas, esse calendário não está finalizado, porque ainda estão realizando estudos sobre a poliomielite”, pondera a coordenadora de Imunização da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), Cledis Otonelli. Nos dias 5, 6 e 7 de dezembro, Porto Alegre sedia encontro estadual com todos os coordenadores regionais de imunização. No encontro será definida a operacionalização do trabalho de imunização deste público. "Trabalhar com adolescentes é uma novidade para nós que sempre trabalhamos com crianças e pessoas com mais idade, então também es-

Cledis Otonelli

tamos aprendendo a trabalhar com este novo público que tem exigências, até mesmo junto aos profissionais da saúde", explica a coordenadora. Ela frisa que essas duas novas vacinas vem de encontro a uma demanda antiga de serem introduzidas no calendário anual de imunização, principalmente, contra o meningococo C, que é uma doença mais abrupta e desperta atenção da população quando há ocorrência de novos casos em crianças.

Saúde da mãe e do bebê é foco de encontros A Saúde das gestantes e dos bebês é o foco dos debates relacionados à saúde ao longo desta semana. Em Brasília, um seminário tem como tema a humanização do parto e o nascimento. A presidente da Rede pela Humanização do Parto e Nascimento, doutora em Epidemiologia e professora da Universidade de Brasília (UnB), Daphne Rattner, conta que o seminário vai discutir a melhor forma de parir, a melhor forma de nascer e mostrar que o atual modelo brasileiro é equivocado e centrado na figura do médico. A professora se refere à definição de uma antropóloga da Universidade do Texas em que o modelo centrado na figura do médico, excesso de cesáreas e de outras intervenções acabam fazendo mais mal do que bem. "Porque nós somos mamíferos e o corpo da mulher tem condições de parir. Se você não atrapalha, se você cria condições favoráveis para que a mulher exerça seu potencial de gestar, parir e ter

seu bebê, os resultados são muito melhores", analisa. Daphne Rattner diz que hoje em dia há prematuridade no nascimento, ou seja, os bebês nascem antes do tempo, pelo excesso de cesáreas agendadas. Ela destaca que isso não é bom para o bebê. No Estado, a 14ª Semana Estadual do Bebê encerra-se hoje com a entrega do Prêmio Salvador Celia. O prêmio valoriza as boas práticas de visitadores do Primeira Infância Melhor (PIM), de equipes da Estratégia de Saúde da Família (ESF) e de Agentes Comunitários de Saúde (ACS). Salvador Celia foi um reconhecido psiquiatra infantil que dedicou parte da sua vida a estudar e promover ações de cuidado a bebês e crianças. Desde 2003, a Semana do Bebê faz parte do calendário oficial do Estado. Em Ijuí, amanhã acontece a Roda de Amamentação no EFS Glória, a partir das 15h, e abordará desde os mitos e verdades sobre a amamentação até as dúvidas gerais sobre o assunto.

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Terça-feira, 29 de novembro de 2016

ATIVIDADE EM RISCO

N

ão é novidade que a principal atividade econômica do País é a agricultura. No Rio Grande do Sul, 25% de todas as riquezas produzidas advêm do meio rural. Para, além disso, o campo transcende a importância econômica e assume papel relevante para toda a sociedade, seja na produção de alimentos que chega à mesa de todos, ou na fixação de uma alternativa de Os valores pagos atividade de trabalho para milhares de fadefinitivamente mílias. não cobrem os Apesar da relevâncustos para a procia, algumas atividadução da lavoura des agrícolas simplesde inverno, onde mente parecem ser há alta tecnologia menosprezadas pelo aplicada. poder público. É o caso do trigo, cultura de inverno extremamente sensível ao clima e que, por isso, se configura em uma atividade com alto risco de perdas. Diferente de outras culturas, o mercado do trigo no Brasil não é capaz de se autorregular, ou seja, quando a comercialização do produto é deixada exclusivamente a cargo dos mercados, diversas iniquidades são geradas, prejudicando milhares de produtores que ainda investem no cereal. As estratégias adotadas para corrigir as distorções do mercado têm chegado de maneira insuficiente e em períodos onde seus efeitos são poucos sentidos. Esta avaliação é feita pela Fede-

ração de Agricultura do Estado (Farsul), entidade que há anos alerta Ministério da Agricultura sobre a necessidade de medidas que reformem os regramentos para a valorização do trigo de alta qualidade produzido no País. O maior problema enfrentado pelos produtores nos últimos anos diz respeito a preço. Os valores pagos definitivamente não cobrem os custos para a produção da lavoura de inverno, onde há alta tecnologia aplicada. Esta discrepância tem diversas soluções, mas apenas uma explicação: interesses atendidos. Hoje, os preços baixos da cotação se debruçam no fortalecimento do mercado internacional do trigo, onde o cereal de outros países chega ao Brasil livre de alguns impostos e, desta forma, mais competitivo do que a produção nacional. Há dois anos, com a retirada da Tarifa Externa Comum para o trigo de terceiros países, o problema de preço para os agricultores brasileiros se asseverou. O autor desta medida temerária foi o governo, e é impossível não pensar que tenha atendido a interesses de determinados setores, em detrimento do benefício a milhares de produtores rurais pelo País. Em um momento em que se fala em reformar diversas áreas do setor público, seria imprescindível a revisão das normas que estabelecem os preços para o trigo. Com a reprodução de desigualdades e falta de incentivos, não é absurdo pensar que o cereal seja reduzido a uma cultura agrícola secundária.

PONTO DE VISTA

Paula Kunzel Assistente Social responsável pelo banco de sangue do Hospital de Caridade de Ijuí, sobre a 5ª edição do Gre-Nal Solidário

Quem foi o vencedor desta edição do Gre-Nal solidário? Na sexta-feira encerramos nosso 5º Gre-Nal Solidário. É uma competição do bem que vem somar para o nosso serviço. Os gremistas trouxeram o maior número de pessoas para fazer a doação, 45 a mais que os colorados. Já estamos fazendo a entrega das premiações também. No último domingo, a doadora que ganhou a viagem já foi assistir ao jogo do Inter lá no Beira-Rio, em Porto Alegre e a doadora que ganhou a viagem do Grêmio vai no próximo domingo assistir ao jogo

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

na Arena. Ontem também foram realizados os sorteios das camisetas oficiais. Os consulados dos clubes participaram da entrega. Até sexta-feira, os doadores que ganharam nossas camisetas personalizadas podem retirá-las aqui no nosso serviço. Os registros das doações de sangue foram positivos? Superou a nossa expectativa, a gente teve um bom número de pessoas que veio motivada pela campanha e isso é fundamental. Pessoas que há muito tempo não realizavam a doação viram nossa mobilização e vieram até o nosso serviço. Em quatro dias de campanha, tivemos 180 pessoas que procuraram nosso serviço. Com certeza supera nossas expectativas e já estamos pensando em uma campanha para o próximo ano. Quem ainda deseja realizar a doação deve comparecer ao Banco de Sangue do Hospital? Sim, o Banco de Sangue do HCI está atendendo em horário diferenciado para a coleta de sangue. Os atendimentos iniciam a partir das 7h30 até às 13h, sem fechar ao meio-dia. É importante fazer o agendamento do horário para doação de sangue, para chegar e ser atendido no horário marcado.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.jmijui.com.br

6

ARTIGO

Crédito: propulsor de vendas ou caminho para inadimplência Claudio Rodrigo Machado Fraga Diretor na Optimize Gestão de Processos Num mercado cada vez mais competitivo e, no momento, também retraído pela tal crise econômica, se faz extremamente necessário encontrar alternativas para alavancar as vendas. Em tal caso, entre as opções para vender mais há a venda a prazo. Porém, embora o crédito possa facilitar o negócio, se concedido de qualquer jeito, sem critérios claros e bem definidos, certamente poderá trazer um efeito amargo e indesejado, a inadimplência. Então, a concessão do crédito não pode ser feita de qualquer maneira. Deve-se evitar agir informalmente, sem critérios previamente definidos. O crédito não pode ser dado ao bel-prazer, pensando-se somente na venda a ser gerada, pois vender e não receber é pior do que não vender. Neste sentido, entende-se que um processo de análise e concessão de crédito bem definido, mapeado, claro e também com todas as suas etapas documentadas, pode refletir em benefícios tanto para o comprador bem-intencionado, que tem o crédito a sua disposição e pode comprar, quanto para o comerciante que, de forma mais segura, pode alavancar suas vendas e também vender a prazo. A falta de um mapa de processos, com um fluxo que documente e padronize os procedimentos de análise e concessão de crédito, faz com que tudo ocorra de maneira muito manual, onde cada um faz do seu jeito e a cada dia de uma maneira diferente, corroborando, assim, para com erros e falhas. Sendo assim, dentre os erros é possível destacar as operações de crédito com contratos não assinados, além de clientes com cadastros desatualizados, liberação de crédito acima dos limites estabelecidos, garantias não formalizadas e cobrança deficiente. Portanto, o desenvolvimento de um processo padronizado, claro e com critérios bem definidos, com automação e regras de negócio que indiquem os caminhos a serem seguidos, faz com que o risco de erro e também de inadimplência seja muito menor. Contudo, por mais cuidado que se tenha e por melhor elaborado que seja o processo de análise e concessão de crédito, ainda assim não se pode garantir que haja 100% de adimplência, pois o risco está presente em qualquer negócio. Risco significa incerteza, imprevisibilidade e imponderabilidade, pois remete para o futuro. E, como o futuro é incerto, a inadimplência pode ocorrer. Desta forma, se faz necessário também, um processo estruturado de recuperação de crédito, e este deve possuir etapas claras e bem definidas, nas quais a empresa possa atuar de forma proativa na recuperação do crédito. Sem dúvidas, o crédito é um facilitador de muitos negócios, permite que o cliente possa comprar mais e, assim, atender suas necessidades e desejos mais rapidamente. Também possibilita que o vendedor possa alavancar suas vendas e ampliar o mercado. Por outro lado, é importante que haja responsabilidade e clareza no processo de concessão do crédito, pois a informalidade e a falta de regras e padrões podem comprometer a qualidade da análise, causando grande risco de inadimplência e consequente ameaça à saúde financeira do negócio. O que poderá custar muito caro...

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATURAS E CIRCULAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0321 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã Terça-feira, 29 de novembro de 2016

NOVO ENSINO MÉDIO

Secretários pedem mais tempo para debater

O coordenador da 36ª Coordenadoria Regional da Educação (CRE) Cláudio Souza confirmou ontem que, através do Consed, que reúne todos os secretários estaduais de Educação de todos os Estados houve uma solicitação de um tempo maior para que cada Estado possa discutir melhor as questões do novo Ensino Médio. "Desde que saiu a MP 746, em setembro, os Estados iniciaram um trabalho de estudo da sua realidade local. Aqui no RS, assim que saiu a MP, foi organizado um grupo de trabalho, o qual eu faço parte, para começar a pensar este novo modelo de Ensino Médio". Cláudio, que participou de dois encontros mensais, destaca que é preciso ampliar a discussão. "Ela não pode ficar apenas com esse grupo, precisa ser levada para as realidades regionais, por isso cada coordenadoria regional vai organizar um grupo chamando rede municipal, rede estadual, rede privada, universidade e os próprios sindicatos vão participar dessa discussão de tudo aquilo que envolve o Ensino Médio", explica. Outro ponto destacado pelo coordenador é quanto à participação dos próprios alunos. "Está prevista uma pesquisa para 2017 com os alunos do nono ano e todos aqueles que já estão no Ensino Médio irão opinar sobre o novo modelo". Cláudio confirma que existem algumas preocupações com

o novo modelo proposto, uma delas é com relação à carga horária. "Está prevista uma carga horária de 1,4 mil horas que preocupa muito os Estados em virtude de que isso vai ampliar a necessidade de recursos financeiros, sejam eles para questão estrutural ou para contratação de recursos humanos". Já com relação à região Sul, Cláudio destaca que nesses Estados há um perfil diferente de alunos. "São alunos que já trabalham à tarde, que frequentam cursos, fazem estágios e que não fariam esse tempo integral, então tudo isso precisa ser muito bem planejado". Para o secretário, um dos focos do novo Ensino Médio é a flexibilização do ensino, onde o aluno poderá optar e opinar sobre o seu currículo. "Há cinco áreas em que o aluno poderá optar e ter um redirecionamento, já para o curso superior que ele vai cursar, então é um modelo bastante diferente, então estamos acertando em fazer uma discussão mais ampliada para que tenhamos no RS um modelo mais próximos da realidade das nossas escolas". Cláudio resume o novo modelo de Ensino Médio em duas palavras: relevância e urgência. "Porque tudo que envolve a educação é um tema de relevância e urgência porque há muito tempo a gente vem constatando o problema sério que temos com relação ao Ensino Médio quando ve-

mento de longo prazo, tem que diluir não só melhorias de estrutura física das escolas, mas estrutura de custeio", diz o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Fred Amâncio. Atualmente, o Ensino Médio tem 8,1 milhões de matrículas, a maioria em escolas públicas (87%) da rede estadual (80%), ou seja, a implementação da MP recairá principalmente sobre os Estados. As realidades são diferentes em cada unidade da Federação. Algumas estão mais adiantadas e pretendem começar a colocar o modelo em prática em 2018, como São Paulo. Para o Rio de Janeiro, a crise financeira implica que o Estado tome "uma fase de cada vez". Entre as principais alterações

Ex-aluno Amadeu Weinmann visita CSCJ O advogado Amadeu Weinmann, ex-aluno do Colégio Sagrado Coração de Jesus, retornou à Escola este mês para realizar uma conversa com os alunos dos Terceiros anos do Ensino Médio abordando aspectos de escolha profissional e o futuro dos estudantes. Com grande vivência na área jurídica, Dr. Amadeu falou de sua vida antigamente aqui na cidade de Ijuí e sua vivência escolar no CSCJ, no qual concluiu o ginásio. Logo após mudou-se

para Porto Alegre, onde continuou seus estudos e formou-se em Direito. Abordou também as grandes diferenças que encontramos na educação atualmente, a fim de estimular os alunos à procura de sua vocação profissional. Deixou sua mensagem aos educandos que o presente e o futuro são alicerçados no passado e esta visita ao CSCJ demanda a importância que este educandário teve para a sua formação humana e profissional.

Cláudio Souza

mos boa parte dos nossos alunos não concluindo e aqueles que concluem muitas vezes não têm esperança de ir para o Supeior. Então, sem dúvida, precisamos pensar num Ensino Médio mais atrativo para o aluno". Outro ponto fundamental que é preciso desmistificar é com relação aos componentes curriculares. "Temos hoje no RS com 13 componentes curriculares e todos estão mantidos nesse novo modelo, porém a partir do quarto semestre, teremos 25 períodos do currículo normal e cinco períodos de ênfase na trajetória que o aluno vai escolher", disse esclarecendo que há muitos boatos que não condizem com o que realmente está sendo proposto.

Estados questionam operacionalização Nesta semana, o senador Pedro Chaves (PSC-MS), relator da Medida Provisória (MP) 746/2016, que estabelece a reforma do Ensino Médio, deverá apresentar seu parecer à comissão mista que analisa a medida no Congresso Nacional. Uma das principais demandas dos gestores estaduais é a ampliação da duração da política de fomento, na qual o governo federal transfere recursos adicionais para os Estados ampliarem a jornada escolar para 7 horas diárias. Atualmente, o Ensino Médio deve ter pelo menos 4 horas por dia. Pelo texto original, o apoio deve durar no máximo quatro anos. "É inadmissível a gente pensar que [o fomento] possa encerrar com um ou dois anos, porque isso é um investi-

7

que constam na MP estão a ampliação da jornada escolar das atuais quatro horas obrigatórias por dia para sete horas, progressivamente. Quanto à estrutura curricular, a MP estabelece que parte do Ensino Médio seja voltada para os conteúdos que serão definidos na Base Nacional Comum Curricular, atualmente em discussão no Ministério da Educação (MEC), e parte para itinerários formativos, que serão escolhidos pelos estudantes. A MP define cinco itinerários: linguagens; matemática; ciências da natureza; ciências humanas; e formação técnica e profissional. Com a flexibilização, apenas português e matemática serão obrigatórios nos três anos do Ensino Médio.

Amadeu Weinmann motivou alunos a buscarem sua vocação profissional

CRE promove formação em Ensino Religioso Na última quinta-feira, os professores que atuam no Ensino Religioso nas escolas de abrangência da 36ª Coordenadoria Regional de Educação, participaram do encerramento da formação continuada realizada durante este ano. A formação contou com a presença de 78 professores que participaram da formação, através de oficinas, debate e reflexão, com o objetivo de aperfeiçoar

suas aulas e com isso torná-las mais criativas e interessantes aos alunos. De acordo com a assessora responsável pela formação, Clenice Drews Amorim, o Ensino Religioso no contexto escolar tem como objetivo se constituir em um espaço de vivências e experiências, intercâmbios e diálogos permanentes, que visam ao enriquecimento das identidades culturais, religiosas e não religiosas.

Professores de Ensino Religioso participaram de atualização

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 29 de novembro de 2016

LAVA JATO

Moro veta parte de perguntas para Temer

O juiz federal Sérgio Moro decidiu ontem vetar 21 das 41 perguntas feitas pela defesa do exdeputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ao presidente Michel Temer que vai depor por escrito como testemunha no processo contra Cunha na Operação Lava Jato. Na decisão, Moro considerou os questionamentos inapropriados por não terem relação com a ação penal a que Cunha responde na Justiça Federal em Curitiba. A maioria das perguntas formuladas pela defesa trata de questões que envolvem os exdiretores da Petrobras Nestor Cerveró e Jorge Zelada. O restante das perguntas foi mantido por terem pertinência, "mesmo que um pouco remota" com as acusações. "Considerando o teor inapropriado de parte dos quesitos, que, nos depoimentos extrajudiciais do colaborador Nestor Cuñat Cerveró, apesar de sua afirmação de que teria procurado o então deputado federal Michel Temer para lograr apoio político para permanecer no cargo de diretor da Petrobras, não há qualquer referência de que a busca por tal apoio envolveu algo de ilícito ou mesmo que a conversa então havida tenha tido conteúdo ilícito", decidiu Moro. Mesmo não tendo relação com as acusações contra Cunha, Temer foi arrolado como testemunha de defesa. De acordo com o Código de Processo Penal (CPP), qualquer pessoa poderá ser testemunha e a

Michel Temer é uma das testemunhas de defesa arroladas por Cunha

dispensa somente pode ocorrer nas hipóteses previstas na norma, como parentesco com o acusado ou em casos em que a testemunha deva manter o sigilo profissional, como situações envolvendo médicos e advogados, por exemplo. Temer tem direito a responder a perguntas por escrito em função de outra regra do CPP. De acordo com o Artigo 221 do código, o presidente da República, ministros e outras autoridades podem marcar previamente local da audiência ou responder aos questionamentos por escrito. Cunha está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 19 de outubro. Segundo a força-tarefa do Ministério Público Federal, há evidências de que existem contas pertencentes ao ex-parlamentar

no exterior que ainda não foram identificadas, fato que, segundo os procuradores, coloca em risco as investigações. Além disso, os procuradores ressaltaram que Cunha tem dupla nacionalidade (brasileira e italiana) e poderia fugir do país. A prisão foi decretada na ação penal em que o deputado cassado é acusado de receber R$ 5 milhões, que foram depositados em contas não declaradas na Suíça. O valor seria oriundo de vantagens indevidas, obtidas com a compra de um campo de petróleo pela Petrobras em Benin, na África. O processo foi aberto pelo Supremo Tribunal Federal, mas, após a cassação do mandato de Cunha, a ação foi enviada para o juiz Sérgio Moro porque o ex-parlamentar perdeu o foro privilegiado.

PEC dos gastos deve ser votada hoje O Senado deverá ter votações de propostas polêmicas na última semana de novembro. Teto dos gastos públicos, renegociação de dívidas dos Estados e mudanças nas regras de medidas provisórias são alguns dos temas a serem deliberados pelos senadores, que também farão um grande debate sobre o PLS 280/2016, que trata do abuso de autoridade. O primeiro item da pauta da sessão de hoje é a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 55/2016) que estabelece limite para os gastos públicos para os próximos 20 anos. O texto deverá ser votado em primeiro turno. Considerada essencial pelo governo para a reequilíbrio das contas públicas, a proposta é alvo de críticas de oposicionistas, que alegam prejuízos principalmente para os setores da saúde e da educação. A PEC 55/2016 já passou pela

cmyk

Plenário analisa teto de gastos e renegociação das dívidas dos Estados

Câmara dos Deputados e, para ser aprovada no Senado, precisa ser votada em dois turnos, obtendo em cada um deles o apoio de pelo menos 49 dos 81 senadores. A votação em segundo turno está marcada para 13 de dezembro. Pra hoje também estão em pauta proposições de interesse direto dos Estados. O

PLC 54/2016, que estabelece medidas de estímulo ao reequilíbrio fiscal, e o PLS 204/2016, sobre a securitização de dívidas públicas. O presidente do Senado, Renan Calheiros, afirmou que as duas propostas terão prioridade por serem "muito importantes para a pauta federativa”.

8

Proposta para punir juízes é 'projeto de intimidação' O procurador do Ministério Público Federal Deltan Dallagnol, coordenador da Operação Lava-Jato, afirmou ontem que a proposta de anistiar o caixa dois, discutida na Câmara dos Deputados, representaria também a anistia à corrupção e à lavagem de dinheiro. A declaração foi feita em debate na Fundação Getúlio Vargas (FGV), na Zona Sul do Rio. A anistia ao caixa dois foi levantada por deputados em emenda a um pacote proposto pelo MPF, conhecido como "10 medidas contra a corrupção". O perdão seria votado na semana passada, mas foi adiado após forte reação popular, e deve começar a ser apreciado no Congresso hoje. No domingo, o presidente Michel Temer anunciou "ajustamento" contra a proposta. De acordo com o procurador, a manobra seria radical. "A proposta que se fez de anistia não é uma proposta de anistia a caixa dois. É uma proposta de anistia a crimes relacionados ao caixa dois, redigida de modo tal a permitir - na verdade, o que se quer - garantir anistia da corrupção e lavagem dinheiro, inclusive praticados na Lava-Jato", opinou o procurador. Dallagnol comparou a reação parlamentar à resposta das autoridades italianas à Operação Mãos Limpas, na qual a Lava-

Deltan Dallagnol

Jato se inspirou. Na Itália, ao fim da operação que também prendeu políticos, o Parlamento acabou aprovando leis a favor da impunidade. O representante do MPF disse que respeitaria a decisão soberana do Parlamento. Na semana passada, ele visitou Brasília e disse que a proposta seria uma tentativa desesperada de alguns parlamentares de se livrarem do processo. "É a troca da certeza de punição pela possibilidade de uma forte reação popular". Dallagnol reconheceu, no entanto, que, com o "esfriamento" da Lava-Jato, propostas semelhantes podem ser retomadas no Congresso no médio prazo.

PGR pede à Polícia Federal gravações de Marcelo A Procuradoria Geral da República (PGR) pediu ontem à Polícia Federal as gravações feitas pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero em conversas telefônicas sobre a pressão que ele diz ter sofrido para liberar a construção de um prédio de luxo em Salvador, que havia sido barrado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Entre as conversas, segundo o ex-ministro, há um diálogo mantido com o presidente Michel Temer no qual Calero pediu demissão do cargo, no último dia 18 de novembro. A PGR pediu os áudios para avaliar se pede autorização ao Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar Temer e o ministro Eliseu Padilha (Casa Civil), também envolvido no episódio. Para procuradores, um pedido de inquérito só pode ser feito se a PGR tiver todos os elementos probatórios que indiquem possível cometimento de crimes pelas autoridades. Calero deixou o governo há pouco mais de uma semana, acusando o então ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, de tê-lo pressionado para

reverter decisão do Iphan que havia barrado a construção do edifício La Vue, onde Geddel adquiriu um apartamento. O caso levou Geddel a também pedir demissão do cargo e deixar o governo, na semana passada. Tanto Temer quanto Padilha possuem o chamado "foro privilegiado", e só podem ser investigados e processados por crimes comuns pelo STF, a mais alta Corte do país. Para isso, a investigação precisa ser autorizada por um dos 11 ministros do tribunal.

Marcelo Calero


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 29 de novembro de 2016

BASE INSUFICIENTE

Resistência para aprovar pacote preocupa governo A Assembleia Legislativa (AL) intensifica nesta semana as pressões a respeito da votação do pacote de medidas lançado pelo governo do Estado. As assessorias técnicas das bancadas estão debruçadas sobre o conteúdo das sete Propostas de Emenda Constitucional (PECs), 11 Projetos de Lei (PLs) e quatro Projetos de Lei Complementar (PLCs) que promovem fusões de secretarias, extinções de fundações, privatizações de companhias e desligamento de servidores. Sob a justificativa da gravidade da crise financeira, o governo pediu urgência na tramitação dos projetos, o que significa que eles devem ser votados em até 30 dias. O período coincide com o fim do ano Legislativo, em 22 de dezembro. O governo informou que fará uma convocação extraordinária da Assembleia entre a semana do Natal e do Ano Novo para cumprir as votações, caso elas não se encerrassem dentro do prazo. Nas primeiras contagens, o Executivo tem o apoio evidente do PMDB, que possui oito deputados. Parlamentares do PP e PSDB, que também integram a base governista, não só vêm externando seu apoio à quase totalidade das medidas como já chegaram a pedir mais propostas de enxugamento. Nas articulações que vem

Análise de projetos em plenário se apresenta desfavorável ao governo

mantendo com as bancadas, o governo acredita que poderá obter votos favoráveis também do PTB. A legenda conta cinco deputados e postura de independência em relação ao Piratini. Internamente, contudo, o sentimento no PTB é um tanto diferente. Há meses o governo peemedebista tenta atrair o partido para sua base, sem sucesso. Na semana passada, pela quarta vez, um dos deputados petebistas negou o convite do governador para integrar o secretariado. “Vamos nos reunir para formar consenso. Tenho levado algumas sugestões pragmáticas. Por exemplo, as privatizações e extinções: aquilo que dá lucro ou

Pacote traria equilíbrio ao RS somente em 2020

O governo do Estado defendeu, no último fim de semana, os incentivos fiscais concedidos a empresas do Rio Grande do Sul. Nessa semana passada, o deputado Marlon Santos (PDT), relator do Orçamento de 2017 na Assembleia Legislativa, afirmou que, na prática, não há déficit nas contas públicas gaúchas. Ele defendeu que, ainda que haja déficit estimado em R$ 3 bilhões para 2017, os incentivos ficais devem chegar a R$ 9 bilhões. O deputado ainda afirmou que, sobre os números, “não há transparência”. Conforme o governo gaúcho, a retirada das isenções não resolve o problema do Estado, e põe em risco diversos setores da economia. O secretário da Fazenda, Giovani Feltes, afirmou que os incentivos fiscais tiveram como objetivo estimular o empreendedorismo, preservando empregos e garantindo condições de com-

petitividade às empresas gaúchas. Entre os setores beneficiados com os R$ 8,989 bilhões em desonerações fiscais, estão os produtos da cesta básica, os medicamentos genéricos, as cooperativas de reciclagem e os incentivos à cultura. Feltes lembrou que o Simples Gaúcho, que beneficia pequenos negócios representa um impacto de cerca de R$ 1,2 bilhão nos R$ 8 bilhões de isenções fiscais. O secretário adverte também que o corte genérico pode aumentar a tributação dos setores leiteiro, vitivinicultura, coureiro-calçadista e moveleiro. O Estado sustenta que o valor total gasto em incentivos em 2015 é “praticamente o mesmo” em relação a 2014 (R$ 8,980 bilhões). Ele salienta, porém, que o valor da arrecadação de impostos diminuiu de 24,01% em 2014, para 22,94% em 2015.

é serviço essencial tem que ser mantido", defende o deputado Luiz Augusto Lara, líder do partido na Assembleia. Ao mesmo tempo em que tenta atrair um PTB pouco disposto a fazer papel de aliado, o governo lida ainda com a ameaça concreta de saída do PDT de sua base. Com sete deputados, o partido já fechou posição contra uma parte significativa dos projetos, a começar pela PEC que prevê o fim da exigência de plebiscito para a venda da CEEE, Sulgás e CRM. Entre os partidos que já declararam oposição total ao pacote estão o PT, com 11 parlamentares, o PCdoB com outros dois e o PSol com um deputado.

9

Proposta proíbe animais de corte na zona urbana Há oito meses, o vereador Daniel Perondi (PMDB) protocolou na Câmara de Vereadores um projeto para analisar mudanças no Código de Postura do município. A ideia do parlamentar é incluir entre os regramentos a proibição da criação de galinhas na zona urbana de Ijuí. Segundo Perondi, a iniciativa surgiu após relatos colhidos junto à comunidade sobre criações insalubres de animais. Sem uma legislação específica sobre o tema, o vereador resolveu abordar a questão. "Recebi uma denúncia de que há um criador de galinhas em um terreno que fica a 100 metros do hospital da Unimed. Imagine que temos um hospital, que precisa estar longe de qualquer tipo de contaminação, perto de um local onde esses animais se criam soltos, sem nenhum controle. Estudei nosso Código de Postura, que proíbe a criação de diversos animais na zona urbana como porcos, cavalos e ovelhas, mas não há nada sobre criação de galinhas", explica. A partir da discussão do tema, outros relatos de falta de higiene a partir de criadouros de galinhas surgiram, alega o vereador. A intenção é utilizar a estrutura já existente para coibir a prática. "O Código prevê que o poder público tem essa prerrogativa de fiscalizar a incidência de animais de corte na zona urbana. Claro que os agentes dessa área não vão circular a cidade diariamente para fiscalizar, não há estrutura para isso, então vai caber aos moradores essa fiscalização. Quem se sentir constrangido por causa

Daniel Perondi

da criação de galinhas próximo à sua casa pode registrar isso na prefeitura, que ficará responsável por impor as sanções, que podem ser aplicadas em forma de notificação ou multa". O vereador admite que o tema divide opiniões, já que, segundo ele, há grande incidência de criação de galinhas na zona urbana, principalmente em bairros menos povoados. "Claro que podemos ter problemas, porque pode ser que o morador lá do fundo do bairro Getúlio Vargas, por exemplo, queira criar suas galinhas soltas e seja contra a proibição. A questão é que as regras têm que ser seguidas, e precisamos priorizar a higiene e o bom senso onde o espaço público é dividido por todos. Nessa hora não podemos pensar no que é mais simpático, e sim no que é mais correto", disse o vereador.

PPA 2017 é aprovado na Câmara A Câmara de Vereadores de Ijuí realizou sessão ordinária ontem, para analisar em plenário apenas dois projetos. Ambos foram aprovados entre eles a consolidação do Plano Plurianual vigente. O PPA fixa metas, diretrizes e objetivos orçamentários para a administração pública no próximo ano, e é construído de acordo com o orçamento próprio e de recursos vinculados. O destaque são as obras previstas dentro do programa Pró-Transporte, que preveem R$ 1,2 milhão para pavimentação de ruas e construção de passeios com acessibilidade. Outra proposta em pauta foi o repasse de R$ 50 mil da prefeitura à ACI. O recurso se refere à contrapartida para o Projeto Fenadi – Mosaico Cultural na Expo-Ijuí, realizado durante a feira deste ano. O vereador Andrei Cossetin (PP) pediu vistas para analisar mais detalhadamente a proposta. Ontem também foram conhecidos os nomes dos vereadores

Vereadores aprovaram dois projetos na pauta de votações ontem

que vão integrar a comissão especial que analisará o aumento da zona urbana de Ijuí: Rosana Tenroller (PT), Rosane Simon (PCdoB), César Busnello (PSB), Marcos Barriquello (PDT) e Marildo Kronbauer (PDT) participarão da comissão. O aumento do

perímetro urbano ocorrerá a partir do eixo da BR-285, lado Sul, em uma distância de 300 metros entre as linhas 4 e 5 Oeste. A secretaria de Planejamento recebeu diversas solicitações de empresas e cidadãos com interesse na medida.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 29 de novembro de 2016

COMPRA PÚBLICA DE TRIGO

Leilões são insuficientes e tardios, avalia Farsul O Ministério da Agricultura publicou no Diário Oficial da União (DOU) da última sextafeira, decreto autorizando a realização de leilões públicos para a compra de trigo dos produtores do Rio Grande do Sul. A compra, que será feita através da Conab, era uma demanda recorrente das entidades ligadas ao meio rural, e vista como essencial para a garantia do preço mínimo do produto. Apesar do anúncio, o economista-chefe da Federação de Agricultura do Estado (Farsul), Antônio da Luz, avalia que a compra pública de trigo é insuficiente para equalizar o preço de mercado, além de chegar a um momento onde sua eficácia é quase nula. "Ainda na época do plantio nós cansamos de avisar a Secretaria de Política Agrícola sobre a necessidade de medidas para garantir o preço do trigo. Assim como em outros anos, nada foi feito. Agora, além destas compras saírem em um momento onde a comercialização com preços baixos está praticamente consolidada, a quantidade é insuficiente para surtir o efeito necessário", analisa o economista.

Com colheita concluída, maior parte da produção foi vendida a preços baixos

Dados da Farsul indicam que o preço médio para o trigo está abaixo da cotação mínima, estabelecida neste ano em R$ 38 a saca de 60kg, desde setembro. Segundo o próprio governo, a ideia é retirar entre 1,2 e 1,7 milhão de toneladas dos três Estados da região Sul para melhorar o mercado. "Isso não vai acontecer de maneira significativa (apenas levemente) porque ainda restarão estoques suficientes para abastecer tranquilamente os moinhos o resto da temporada, não gerando grandes disputas pela matériaprima. Sem disputa, não haverá

elevação de preço", explica Antônio da Luz. Até o momento, conforme a Federação, alguns produtores chegaram a comercializar lotes de boa qualidade a R$ 28, valor que nem de longe cobre os custos necessários para a produção do trigo. A previsão do economista da Farsul é de que o preço do produto só deve se estabilizar entre março e abril. "Essa recuperação de preço vai ocorrer justamente quando haverá o ingresso de trigo importado no Brasil, aumentando a concorrência para o nosso produtor".

Conselhos da Ceriluz avaliam ações

SIM esbarra em falta de estrutura pública no RS A regularização de centenas de pequenas agroindústrias no Rio Grande do Sul esbarra na falta de apoio por parte dos municípios gaúchos. Sem recursos, as administrações públicas locais têm dificuldade em oferecer estrutura básica de pessoal para implementação do Sistema Municipal de Inspeção (SIM), pré-requisito para que as empresas possam aderir ao Sisbi/ Suasa. “As agroindústrias precisam de resposta rápida e os municípios querem desenvolver esse setor. O problema é que não há condições para contratação dos veterinários que o sistema exige”, pontuou o coordenador para a Agricultura da Famurs, Mário Nascimento. O assunto foi debatido na última semana durante encontro de lideranças municipais promovido pelo Sindilat no Avisulat, em Porto Alegre. Uma das alternativas para amplificar atendimento às agroindústrias pelo SIM é a adoção de sistemas de consórcios públicos que permitam contratação de

veterinários privados pela CLT para realizar as inspeções em diferentes municípios. Nesse modelo, o veterinário público ficaria encarregado de fiscalização, com poder de polícia. Já a inspeção ficaria a cargo desses veterinários contratados por um conjunto de municípios. O modelo de consórcios é bem visto pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag). Segundo o assessor de Política Agrícola da Fetag, Márcio Langer, que também participou do debate, as ações não avançam porque os municípios e o Estado têm pouca estrutura. “Temos muitos desafios pela frente”, concluiu. O presidente do Sindilat, Alexandre Guerra, ressaltou a importância de debates como este para lançar novas ideias e projetos de desburocratização da cadeia produtiva em linha com o projeto Agro+. A autorização de equivalência entre as inspeções municipal, estadual e federal também deve ajudar a estimular a expansão das agroindústrias.

RS tem 60% da área de soja implantada A Emater divulgou, na última semana, um boletim sobre o andamento das culturas agrícolas no Estado. Segundo a entidade, continuam aceleradas as operações de dessecação e semeadura da nova safra de soja, alcançando 60% da área já implantada no Estado. As lavouras estão com boa germinação; porém em algumas áreas foi observado o tombamento de plântulas por calor, especialmente na região das Missões e Fronteira Noroeste. A previsão para este ano é de que sejam cultivados mais de

5,5 milhões de hectares com a oleaginosa em todo o Estado. Nos 45 municípios que compõem a macrorregião de Ijuí, está localizada a maior área em todo o Rio Grande do Sul: mais de 905 mil hectares devem ser plantados, com expectativa de produção de 15,8 milhões de toneladas de soja. No que diz respeito à comercialização, os preços estão estabilizados, sendo cotados no máximo em R$ 69,63 a saca de 60 quilos, com tendência de manutenção dos preços para os próximos dias.

Conselheiros e colaboradores se reuniram para analisar atividades

Mensalmente os conselhos administrativos e fiscais, tanto da Ceriluz Geração quanto da Ceriluz Distribuição, reúnem-se para tratar de questões administrativas diversas. Um novo encontro aconteceu na última semana, quando todos os conselheiros compareceram à cooperativa para uma atividade diferente. Além dos temas administrativos de rotina, aproveitou-se para fazer uma análise mais ampla do ano em vigência, que se aproxima do seu final. Representantes dos diferentes

cmyk

setores da Ceriluz apresentaram uma síntese das ações e investimentos realizados e resultados alcançados previamente ao longo do ano. O presidente da Ceriluz, Iloir de Pauli, destaca que, assim como se faz um planejamento quando o ano começa, com cada setor definindo as ações prioritárias, é fundamental se fazer uma análise ao final do ano. O presidente confirma que está sendo um ano positivo, marcante, não só pelos resultados financeiros, mas também pelas iniciativas de

cunho social. "2016 foi o ano do cinquentenário e procuramos estar junto aos associados neste período. Tivemos vários eventos onde levamos informações sobre a Ceriluz e seu momento atual. Inauguramos obras, como a PCH RS-155 e as Subestações Reinholdo Luiz Kommers e Aparício Piccinin, que ressaltam a grandiosidade da Cooperativa e demonstram os investimentos que estamos fazendo em prol de uma energia de qualidade", avalia.

10

Em Ijuí, lavouras de soja começaram a ser plantadas ainda em outubro


Acontece

Jornal da Manhã

Terça-feira,29 de novembro de 2016

11

Domingueira O Grupo Conquistando Amigos promove sua domingueira no próximo dia 4 de dezembro. Casais que chegarem até as 15h30 ganham uma cerveja e individual um refrigerante. A animação será da banda Fênix.

Recreativa abre a temporada

Café do Advento

A Oase – Centro da Comunidade Evangélica Ijuí, promove amanhã, às 15h no Centro Evangélico, o gostoso Café do Advento. Haverá muita torta, salgados, cucas, sorteio de prêmios e outras atrações. O valor da ficha é de R$ 13,00.

A Sociedade Recreativa promoveu na noite de sábado um jantar festivo com desfile de modas para a Abertura da Temporada de Verão. A noite teve música ao vivo, com muitas brincadeiras para as crianças.

Festa alemã

No próximo sábado, o Centro Cultural 25 de Julho de Ijuí promove, por meio do grupo de danças alemãs Frohe Jugend, a 1ª Dezember Fest, na Casa Alemã, no Parque de Exposições Wanderley Burmann. A programação inicia-se às 17h, com a recepção de todos os grupos visitantes. Haverá um tour pelas 12 casas Étnicas da Fenadi. Às 20h, começam as apresentações artísticas dos grupos. A Casa Alemã fará venda de lanches diversos e o baile terá animação da Banda Requinte.

Izaura e Douglas Mélo de Freitas

Gabriela e Fábio Nass

Interact O Rotary Club Nova Geração está implementando o Interact com um jantar festivo hoje, às 20h, no Restaurante Cozinha Brasil, com a presença, por adesão, de pais, rotarianos e convidados. O Interact Club de Ijuí, um grupo de 20 jovens, tomará posse e irá atuar na comunidade; promover cidadania, através do exercício dos ditames de Rotary. O primeiro presidente que assume é Eduardo Thomaz Soares, aluno do CSCJ.

Desfile de modas foi uma das atrações da noite

Liga participa de congresso De 16 a 18 de novembro, as integrantes da Liga Feminina de Combate ao Câncer de Ijuí participaram do Congresso Nacional das Ligas Femininas de Combate ao Câncer do Brasil, em Recife, Pernambuco. A presidente Ivone Franzen, Nerli Biesdorf, Traudi Tolotti, Emília Nascimento, Idolécia Coimbra, Gelci Klemann e Glací Ana Schorn participaram de palestras de médicos, sobre a doença. No último dia, aconteceu a festa de encerramento, onde todas as participantes compareceram com vestimentas típicas de seus Estados. Elas capricharam com a indumentária gaudéria. "Foi uma troca de experiências muito válida, para refletir e aprimorar o atendimento aos nossos assistidos", disse a presidente Ivone.

As integrantes no Congresso e vestidas de gaúchas para a festa de encerramento

Tadeu e Solange Dorneles

Exposição de máscaras Uma exposição de arte está chamando a atenção de quem chega ao Ceap. Em um dos corredores ao lado do saguão principal, uma parede ganhou vida e cores com as máscaras produzidas pelos alunos do 8º ano do Ensino Fundamental nas aulas de Artes. São máscaras africanas, nome que dá título à mostra. Segundo a professora Luciara Roratto, para os povos africanos a máscara possuía um poder misterioso. “Utilizavam para o bem da comunidade, em rituais, casamentos, nascimentos ou cerimônias. E elas eram confeccionadas em madeira verde, bronze, marfim e terracota”. O artesão criava livremente, sem desenhos ou esboços, geralmente em um lugar distante do povoado. Na produção dos alunos, o material para a produção das máscaras, que foram previamente estudadas e pesquisadas, foi papelão – reaproveitado de caixas - e tinta guache.

Papelão e tinta guache foram usadas para produzir as máscaras

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 29 de novembro de 2016

12

TRÂNSITO

Multas terão desconto de 40% O Detran vai disponibilizar, a partir de janeiro, um sistema pelo qual o motorista que for autuado por uma infração de trânsito possa fazer o pagamento da multa com 40% de desconto.Após receber a comunicação da autuação pelos Correios, o condutor poderá aderir à notificação eletrônica. Após fazer o cadastramento no site do Detran e optar pela via eletrônica, o motorista estará reconhecendo a infração e abrindo mão de defesa e recurso. O desconto de 40% se deve justamente ao corte do custo com a análise de processos recursais. O desconto já está disponível para autuações feitas por órgãos municipais e estaduais desde 1º de novembro. No primeiro momento, a opção estará habilitada para proprietários de veículos pessoa física, que respondem por 74% das infrações no Estado. A partir de 15 de fevereiro, os proprietários pessoa jurídica também poderão optar pela notificação eletrônica.

Disponibilização acontece a partir de janeiro de 2017

Detran terá controle biométrico nas provas A partir desta semana, candidatos que forem fazer a prova teórica para a carteira de motorista terão que confirmar sua identidade a partir da leitura da digital. A medida começou a valer para a sala de provas de Porto Alegre ontem e para as sete regionais do DetranRS no interior do Estado nas seguintes datas: Caxias e Pelotas (hoje), Santa Maria e Passo Fundo (amanhã), Santo Ângelo, Alegrete e Ijuí (quinta). O cronograma de implantação do controle biométrico no Estado começou em setembro, com o cadastramento das digitais na abertura do serviço de habilitação. A prova teórica é a primeira etapa de verificação biométrica no processo de habilitação, após a abertura do serviço. Ao longo de 2017, a biometria será implementada em todas as etapas da habilitação: exames médico e psicológico, aulas teóricas e práticas e todos os exames. Prevista em normativa do

Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a biometria em todas as etapas da formação do condutor com a identificação das digitais do candidato possibilita um controle maior sobre o processo de habilitação. Além da biometria prevista em lei, o DetranRS também está implantando o registro eletrônico e a filmagem nas aulas e provas práticas de direção. O novo sistema já está sendo utilizado nas aulas desde setembro. A utilização das câmeras nas provas começou no início de novembro em dois centros de formação de condutores e será gradual no Estado. Além de padronizar os procedimentos dos instrutores e examinadores, o sistema possibilitará ao candidato, no futuro, solicitar imagens da sua prova. O registro eletrônico também permitirá a geração de relatórios (com as faltas mais cometidas, por exemplo), que ajudarão a qualificar o processo de habilitação no Estado.

PC aguarda laudo para apurar acidente fatal

Acidente foi registrado na ERS-155 entre Ijuí e Santo Augusto

A Polícia Civil aguarda laudo da Polícia Rodoviária Estadual para montar o inquérito que vai apurar as causas de mais um acidente fatal na região. No final da última sexta-feira, início do sábado, Claudio Ribeiro Milani, 34 anos, conduzia um automóvel que colidiu frontalmente com um caminhão.

Claudio conduzia um Volkswagem Gol pela ERS-155 entre Ijuí e Santo Augusto, quando por motivos ainda desconhecidos, invadiu a pista contrária e se envolveu no acidente. A colisão foi registrada sobre uma ponte e o condutor morreu na hora. O motorista do caminhão não se feriu.

Fiscais do Daer apoiam Exército em Operação

Medida padroniza procedimentos e possibilita aos candidatos solicitar imagens da prova

cmyk

A Operação Fronteira Sul 2016, realizada pelo Exército Brasileiro nas principais rotas de acesso a países vizinhos, contou com o reforço do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). Ao longo da última semana, fiscais da autarquia se uniram aos militares que, durante a semana,

patrulharam rodovias gaúchas para coibir a ação de criminosos. Segundo o diretor de Transportes Rodoviários do Daer, Lauro Hagemann, a integração com o Exército tem sido uma estratégia eficaz de garantir o bem-estar dos usuários da malha rodoviária federal, estadual e municipal.

Marcelo Faria Tradutor

OS MUROS Um fenômeno curioso tem acontecido. Aqueles que falam contra a ideia de um muro entre Estados Unidos e México “esquecem” de dizer que um terço da fronteira dos Estados Unidos com o México já possui muros, cercas ou monitoramento contínuo feitos pelo governo americano. Algo iniciado, vejam só, por Bill Clinton, marido de Hillary Clinton. A ILHA-PRISÃO E coincidentemente, aqueles que criticam Trump por ser contra a imigração ilegal são os mesmos que há sessenta anos se calam sobre a ilha-prisão chamada Cuba, que proíbe 11 milhões de pessoas de emigrarem, fazendo com que aqueles que desejem uma vida melhor para si ou para sua família tenham que colocar a vida em jogo para fazer uma travessia pelo mar de 145 quilômetros em cima de uma jangada ou balsa improvisada, em busca de uma vida melhor no capitalismo americano. A PENA PERPÉTUA Os mesmos que também se calam há setenta anos sobre a Coreia do Norte, que condenou 24 milhões de habitantes a viverem num regime ditatorial prisional totalmente isolado do resto do mundo, com uma das fronteiras mais fortemente vigiadas e armadas pelo governo, e onde cada fugitivo capturado é “recompensado” com uma bala na cabeça ou trabalhos forçados em gulags que deixariam Stalin com inveja. A FRONTEIRA FECHADA Os mesmos que também se calaram quando a Venezuela fechou sua fronteira com a Colômbia no ano passado, obrigando 30 milhões de pessoas a viverem na miséria e na fome, e que agora divulgam com aquela timidez quando essa fronteira é eventualmente aberta ou quando os venezuelanos fogem para Roraima em busca de uma vida melhor no sistema socialista brasileiro. O DE BERLIM Os mesmos que passaram vinte e oito anos calados sobre o Muro de Berlim, símbolo da divisão do mundo entre o avanço capitalista e o atraso socialista, e que ruiu em um nove de novembro. CONTRA OS MUROS Os mesmos que passaram décadas chamando de fascistas, reacionários, “extrema-direita”, “neoliberais” os únicos que são contra todos esses muros, seja nos Estados Unidos, em Cuba, na Coreia do Norte ou na Venezuela, e que hoje ganham cada vez mais espaço e apontam a hipocrisia que aqueles mesmos possuem. Sim, os liberais.


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 29 de novembro de 2016

CRISE NAS FINANÇAS

Dinheiro da Ford deverá auxiliar servidores do RS

Empresa depositou R$217 milhões na última semana

Com o depósito de R$ 217,9 milhões feito pela Ford na quintafeira à noite, o Estado deverá quitar na próxima quarta-feira os salários dos servidores que ganham até R$ 2 mil líquidos. O valor exato a ser depositado em 30 de novembro será definido hoje. Em reunião no final da tarde da última sexta-feira, o subsecretário do Tesouro, Leonardo Busatto, apresentou ao secretário Giovani Feltes e aos colegas Luiz Antônio Bins e Flávio Pompermayer

as projeções que indicam o pagamento de uma parcela maior do que a dos últimos meses. Além do dinheiro da Ford, Feltes conta com o pagamento de pelo menos R$ 140 milhões da General Motors, que está antecipando a devolução de recursos do Fundopem, e com uma parcela do Fundo de Exportação (Fex).Graças à entrada desses recursos extraordinários, foi possível liberar R$ 90 milhões para a saúde, que não tinha

recebido nada em novembro. Persistem as dificuldades para pagamento do 13º salário. Pela proposta que está na Assembleia, o governo quer autorização legal para pagar 50% até o final do ano e pedalar os outros 50% para até novembro do ano seguinte. Em outro projeto, o Piratini propôs novo calendário pelo qual os salários serão pagos no mês seguinte, sendo os mais baixos no quinto dia útil e os mais altos no 20º.

Feltes afirma que não há dinheiro O secretário da Fazenda do Estado ainda não falou sobre os valores referentes ao 13º salário dos servidores. Embora já tenha confirmado que os vencimentos referentes a novembro serão parcelados, Giovani Feltes afirmou que não sabe como irá pagar e, mais que isso, se irá pagar. Mesmo que valores referentes a notas promissórias a serem adquiridas pela montadora GM entrem no caixa do Executivo, os

valores corresponderão a apenas cerca de três dos 30 dias do mês. A Assembleia Legislativa aprovou, ainda nessa terça-feira, a antecipação das promissórias assinadas pela montadora. Desse modo, cerca de R$ 300 milhões podem chegar às contas do governo, mas ainda não há confirmação do valor a ser quitado neste momento, já que não é uma obrigação da GM pagar os valores neste momento.

Sobre o 13º, o secretário foi enfático: “seria irresponsável e intempestivo dizer que pagaríamos em dia”. Feltes completou apontando: “por 40 anos gastamos mais do que arrecadado, vendendo ativos e letras do Tesouro, financiando, usando caixa único, depósitos judiciais tributários e não tributários. Agora não tem mais o que fazer, precisamos enfrentar a situação e parar de empurrar com a barriga”.

Entidades seguem com protestos no RS Seguem as manifestações no Rio Grande do Sul em razão do pacote anunciado pelo governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori (PMDB), no último dia 21. O conjunto de 38 projetos do Executivo propõe a privatização de estatais, a extinção de fundações e de uma autarquia, além da redução de benefícios do funcionalismo público, o aumento da contribuição previdenciária, redução de três secretarias. Hoje, o Instituto Curicaca promove um abraço simbólico ao Jardim Botânico de Porto Alegre. A Fundação Zoobotânica (FZB) é uma das fundações que

deve ser extinta, caso o projeto - PL nº 246 - seja aprovado na Assembleia Legislativa. A ação marca a mobilização contra o Projeto de Lei (PL) nº 246, que prevê a extinção da Fundação Zoobotânica (FZB), entre outras instituições. A concentração está marcada para as 8h30 e o abraço acontece às 9h. O evento será marcado pela participação de moradores da região, apoiadores, colaboradores, além de estudantes e autoridades da área ambiental. Também hoje, o presidente do Conselho Nacional dos Sistemas Estaduais de Pesquisa Agropecuária (Consepa),

Florindo Dalberto, e dirigentes da Embrapa, de Brasília e de outros Estados, virão ao Estado para defender a Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro). Eles já solicitaram agenda com o governador José Ivo Sartori e vão conversar com deputados estaduais. A Fepagro também está ameaçada de extinção pelo pacote do governo de José Ivo Sartori. Segundo os servidores, quase 90% dos recursos de pesquisa agropecuária no Estado provêm de editais de agências de fomento destinados, exclusivamente, a instituições científicas como a Fepagro.

13

Justiça obriga Estado a liberar dados fiscais A juíza da 7ª Vara da Fazenda Pública, Marilei Lacerda Menna, determinou a liberação de todos os dados fiscais pelo Estado do Rio Grande do Sul que venham a ser solicitados pelo Ministério Público Estadual. A Promotoria de Defesa do Patrimônio Público acusa a Secretaria da Fazenda (Sefaz) de manter "atos secretos", principalmente relativos a incentivos e isenções fiscais. Na decisão, a magistrada dá prazo de 20 dias para envio dos dados, sob pena de multa diária. "(...) Restou demonstrado nos autos que diante da dificuldade do Tribunal de Contas do Estado na obtenção dos documentos e informações acerca dos benefícios fiscais concedidos, com identificação e valores referentes a cada um dos beneficiados, o Ministério Público diligenciou administrativamente na obtenção dos dados, expedindo inclusive Recomendação a Sefaz a fim de que fosse disponibilizado, todavia não obteve êxito. Desta feita, não restam dúvidas da plausibilidade das alegações suscitadas pelo Ministério Público, sendo imperioso o reconhecimento

da liminar, nos termos em que foi postulado, haja vista a magnitude da situação, sendo relevantes os fundamentos". A Promotoria sustenta que as informações não podem ser mantidas em sigilo e que precisam ser "escrutinadas" pelo Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado. O MP quer esclarecer quais os critérios para a concessão dos incentivos fiscais. Para saber, por exemplo, se uma empresa que não poderia receber, recebe. Ou se uma empresa que poderia receber, não recebe e por qual razão. Conforme o promotor, a própria Procuradoria Geral do Estado já emitiu pareceres técnicos indicando que não cabe sigilo para o MP e TCE. A procuradora substituta do Ministério Público de Contas, Daniela Wendt Toniazzo, lembra que o órgão vem tentando há anos buscar essas informações, mas nunca consegue. "Desde 2009 o Ministério Público de Contas tenta abrir essa 'caixa-preta' das receitas estaduais através de representações, recomendações, pareceres, mas sem sucesso", disse.

Prefeitos agem por ingresso na Justiça Federal Prefeitos de todas as regiões do Rio Grande do Sul participam na amanhã, a partir das 10h, na sede da Famurs, de mobilização que marcará o ingresso dos municípios na Justiça Federal. As ações têm como objetivo garantir que as prefeituras recebam os valores correspondentes à multa paga pelos contribuintes na repatriação de recursos. A Federação estima que os municípios do RS possam receber R$ 356 milhões. Na última terça-feira, a União aceitou liberar a parcela dos Estados sobre a multa de 15% dos valores repatriados do exterior. A decisão aconteceu após ação coletiva dos governadores no Supremo Tribunal Federal (STF). "Esperamos que os municípios também recebam o percentual que têm direito sobre o total arrecadado com as multas da repatriação", reivindicou o presidente da Famurs, Luciano Pinto. A decisão de ingressar na Justiça foi tomada, na última quarta-feira, durante a Assembleia Geral de prefeitos. Os gestores municipais foram orientados pelo setor jurídico da Federação sobre os procedimentos legais. Pelas regras em vigor, os brasileiros que aderiram ao programa de repatriação, processo de regularização de recursos lícitos mantidos por brasileiros no exterior, tiveram de pagar 15% de imposto de renda e mais 15% de multa para regularizar os ativos

que não haviam sido declarados ao Fisco. Com isso, o governo federal arrecadou R$ 46,8 bilhões entre imposto e multa. Porém, a legislação aprovada no Congresso Nacional prevê que estados e municípios só recebam uma parcela sobre a receita do imposto. As prefeituras receberam 24,5% do que foi recolhido. Os municípios gaúchos ficaram com R$ 356 milhões. Pela lei, no entanto, toda a arrecadação da multa ficaria com a União. Insatisfeitos com essa decisão, os governadores ingressaram no Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir o repasse do percentual sobre as multas. Após decisão liminar da ministra do STF, Rosa Weber, favorável aos Estados, o governo federal acenou com a liberação dos valores aos Estados. A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), deferiu liminar a 23 Estados e mais o Distrito Federal para que a União deposite em juízo os valores correspondentes do Fundo de Participação dos Estados (FPE) questionados por essas unidades da Federação. Os valores são correspondentes à multa prevista na Lei da Repatriação. O dinheiro que será depositado pela União na conta judicial ficará à disposição do STF até a definição do caso. Ainda não há previsão de quando as ações serão julgadas pelo tribunal.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 29 de novembro de 2016

BR-158

Apreendidos mais de 150kg de maconha

14

Operação apreende contrabando de cigarros Um veículo carregado de cigarros foi apreendido por policiais da Operação Avante Fronteira da Brigada Militar, no município de Porto Vera Cruz. A apreensão ocorreu por volta das 21h30 deste fim de semana, na localidade de Linha Rapoza, no momento que os policiais abordaram um veículo Chevrolet Kadett com placas de Santa Rosa.

O condutor não obedeceu a ordem de parada, e logo em seguida abandou o veículo e fugiu em direção a um mato, não sendo localizado. No veículo, os policiais localizaram 10 caixas de cigarros Classic de origem paraguaia. O veículo e o produto foram encaminhados para a Receita Federal em Santo Ângelo. A Polícia Federal já investiga.

Situação beira o insustentável no RS

A Polícia Rodoviária Federal em ação conjunta com a Brigada Militar, Polícia Rodoviária Estadual e Receita Federal resultou na apreensão de 164 kg de maconha na BR-158 em Palmeira das Missões. O veículo portava placas argentinas, mas foi roubado no Brasil. Um Citroen Air Cross foi abor-

dado e durante a revista no veículo em vários compartimentos ocultos no interior do veículo e da lataria, foram encontrados dezenas de tabletes de maconha, totalizando 164 Kg. O veículo apreendido portava placas argentinas falsas, era registrado no Brasil e foi roubado na cidade de Suzano em São Paulo

em março deste ano. No carro havia dois ocupantes, um paraguaio e outro argentino. Foi dada voz de prisão por tráfico de drogas e receptação de veículo e encaminhados à Polícia Federal em Santo Ângelo. O provável destino da droga seria a cidade de Uruguaiana.

A carga e o veículo foram apreendidos e encaminhados a Polícia Federal

Polícia prende quadrilha Polícia já tem suspeitos de especializada em roubos ataques pelo Caso Drone A Delegacia de Roubos do Deic prendeu em Guaíba, na Região Metropolitana, uma quadrilha especializada em arrombar cofres de estabelecimentos comerciais e caixas eletrônicos com explosivos, maçarico e serras. A prisão ocorreu na madrugada de ontem, em um posto de combustíveis na Avenida Nestor de Moura Jardim. A quadrilha já era investigada pela Polícia Civil. De acordo com o delegado João Paulo de Abreu, os policiais tinham informação de que os criminosos iriam realizar um

assalto na região e realizaram o monitoramento. Quando a polícia chegou ao posto, o grupo já estava rendendo o frentista. Na abordagem, os criminosos reagiram e houve troca de tiros. Não houve feridos. Os dois veículos utilizados pelos bandidos, um Clio vermelho roubado e um Ka branco, foram apreendidos. Seis criminosos foram presos e um conseguiu fugir. Eles já haviam começado a cortar o cofre do posto, mas interromperam a ação com a chegada da polícia e não pegaram o dinheiro.

Seis criminosos foram presos e um conseguiu fugir, na madrugada de ontem, em Guaíba

cmyk

PLANTÃO

Casa e veículo da vítima, por engano, foram totalmente destruídos

MANDADO DE PRISÃO - A Brigada Militar de Ijuí, a partir de levantamento da Seção de Inteligência da Brigada Militar, cumpriu mandado de prisão, na tarde de ontem. Luis Ody França, 28 anos, foi preso no bairro São José. Luis foi preso pela guarnição do Policiamento Comunitário. Ele foi encaminhado ao IPI.

A Polícia Civil afirma já ter uma identificação preliminar de dois suspeitos pelo ataque à residência confundida como base do drone que sobrevoou o Beira-Rio na tarde de domingo, durante a partida entre Internacional e Cruzeiro. O delegado Tiago Baldin acredita que outras 15 pessoas estão envolvidas na depredação. O caso será investigado pela 20ª Delegacia de Polícia, que ainda não sabe se a apuração será apenas pelo dano ao patrimônio ou por algum crime contra vida. Em relato à Rádio Gaúcha, a

MANDADO DE PRISÃO 2 - A Brigada Militar de Ijuí, ainda na tarde de ontem, voltou a cumprir mais um mandado de prisão. Jair Gelson Gzergorczik, 30 anos, foi preso no bairro Tancredo Neves pela guarnição do policiamento comunitário. Jair foi levado ao IPI.

mulher proprietária da residência confundida afirmou que um tijolo foi arremessado por um dos envolvidos contra ela e sua filha, um bebê de 10 meses, que estava no colo. Para a investigação, o delegado vai acionar o banco de torcidas do Internacional, para checar se os depredadores fazem parte de alguma organizada. Câmeras da região também serão analisadas. Além disso, o delegado quer saber de onde partiu o drone. Conforme ele, é para que os autores da brincadeira sejam protegidos.


Notícias

Jornal da Manhã

Terça-feira, 29 de novembro de 2016

OPERAÇÃO MASMORRA

Quatro são investigados dentro da Modulada

Uma megaoperação foi realizada em diversas casas prisionais da região Noroeste, no combate ao tráfico de drogas comandado de dentro das instituições. Nove pessoas foram presas por tráfico e extorsão. Foram cumpridos 42 mandados de busca, sendo quatro deles, no interior da Penitenciária Modulada de Ijuí. O trabalho foi deflagrado a partir do 1º Distrito Policial de Santa Rosa. Agentes da Polícia Civil, com apoio da Brigada Militar e de agentes da Susepe prenderam preventivamente nove pessoas. Quatro estavam já recolhidos no Presídio de Santa Rosa, um foi preso em Cruz Alta e outro em Passo Fundo. Entre os mandados de busca estiveram Ijuí, Horizontina, Três Passos e Caxias do Sul, na Serra. Segundo repassado pelo delegado Vilmar Schaefer, a investigação se deu a partir de um movimento de tráfico e extorsão entre presos e familiares de presos. Dentro do núcleo da ação, estão sendo investigados traficantes de crack, cocaína e maconha. O delegado também pontuou uma droga definida com "alto poder viciante". "A droga chamada pitico, é a mistura de crack e maconha e tem alto poder viciante. Esses traficantes vendiam essas drogas para outros apenados e obrigavam a compra por parte de apenados que sequer eram usuários. Os usuários que adquiriam tinham que, obrigatoriamente, praticar um valor muito mais alto em relação ao que é praticado pelos traficantes

PLANTÃO

SANTO AUGUSTO - O elemento, suspeito de roubos em sequência no município de Santo Augusto, está recolhido ao Presídio Estadual de Três Passos. Trata-se de Leonardo Antônio dos Santos Bidinha, 20 anos, preso após uma denúncia anônima, em ação conjunta da Polícia Civil e Brigada Militar de Santo Augusto. Leonardo Bidinha, 20 anos, estava foragido da Justiça desde a última sexta-feira. A prisão preventiva foi cumprida no bairro Leonízio Gonzatto. Leonardo, segundo repassado em nota, possui diversas passagens pela polícia, e na maioria dos casos, passagem por crimes na adolescência.

Operação teve mais de 40 mandados de busca, e 4 foram cumpridos na PMI

extramuros. Obviamente que os apenados não têm recursos para custear essas compras, e dessa forma, quando o pagamento não era feito, passaram a existir ameaças de morte juntamente com extorsões que chegaram aos familiares dos apenados", detalhou o delegado Schaefer. Segundo repassado pelo delegado, as extorsões variavam de R$ 3 mil a R$ 5 mil. Uma família chegou a pagar R$ 20 mil ao somar todos os depósitos. "No dia de hoje (ontem), no cumprimento dos mandados de busca e apreensão tivemos um resultado muito amplo, muito esperado, onde foram coletadas robustas provas que vão nos trazer elementos, além dos já presos, [para] imputarmos outros investigados e novas prisões estão no horizonte", acrescentou. Questionado sobre a relevân-

cia da unidade de Ijuí nessa rede do tráfico, o delegado Vilmar Schaefer, que concedeu entrevista ao Grupo JM na tarde de ontem, explicou que a expansão da investigação em demais municípios do Estado, acontece justamente por essa migração dos presos no sistema carcerário do Estado. "Existem, pelo menos, quatro suspeitos que estamos investigando, que foram transferidos daqui para o presídio de Ijuí", explicou e exemplificou que os demais mandados cumpriram essa regra. A operação, chamada de Masmorra, contou com a participação de mais de 200 profissionais, entre delegados e agentes, e contou com o apoio da Superintendência de Serviços Penitenciários e da Brigada Militar. Também foi utilizado um helicóptero e mais de 30 carros da polícia.

15

PC cumpre mandado na casa de traficante A Polícia Civil de Ijuí está recheando o inquérito policial que apura Jefferson Alexandre dos Santos, 45 anos, preso pela Brigada Militar na última quinta-feira, por tráfico de drogas. Jefferson, mais conhecido como "Daí Sim Né", foi preso em ação da seção de inteligência da BM, em conjunto com o Pelotão de Operações Especiais (POE), e permanece recolhido à Penitenciária Modulada de Ijuí. Ainda na quinta-feira, o delegado plantonista pediu a prisão preventiva do suspeito, além disso, representou por um mandado de busca e apreensão na casa do elemento. O pedido foi deferido e já na sexta-feira, o trabalho foi feito na casa de Jeferson onde os agentes da Polícia Civil apreenderam diversos cheques e alguns objetos que deverão ter a procedência devidamente apurada. Ainda ontem a reportagem do Grupo JM esteve em contato com o delegado Bruno Olivei-

ra, que revelou que o material produzido pela reportagem do Grupo JM deverá ser utilizado para indiciar Jefferson. "Foi instaurado o inquérito policial por tráfico e resistência. Percebe-se a resistência dele contra a ação dos policiais naquele vídeo que circula nas redes sociais", revelou o delegado responsável pelo 2º Distrito Policial em Ijuí O delegado ainda reiterou que no auto de prisão em flagrante, diversos documentos foram juntados para reforçar ainda mais a prova. O alvo, inclusive, estava sendo investigado pela Polícia Civil há vários dias. Jefferson foi preso na Praça dos Imigrantes ainda na quintafeira, quando a Brigada Militar surpreendeu e o flagrou portando diversas petecas de cocaína, além de R$6 mil em cheques e mais R$1 mil em espécie. Além do dinheiro, diversas anotações com números de telefones e nomes, além de portar uma carta de trabalho, assinada pela Susepe, intitulada "serviços gerais".

Violência doméstica rende duas prisões em Ijuí Autoridades policiais de Ijuí atenderam, pelo menos, dois casos de violência doméstica que renderam a prisão de ambos e recolhimento junto à Penitenciária Modulada de Ijuí. Ainda no sábado, a Brigada Militar precisou prender Rafael dos Santos de Oliveira, 19 anos, duas vezes em intervalo inferior a 24h. Segundo repassado, na manhã de sábado Rafael foi apresentado após ter agredido a avó na localidade de Itaí. Poucas horas depois, após ter sido ouvido e liberado, voltou a agredir a idosa e mais uma vez foi detido pelos policiais militares. Ao ser apresentado, o delegado pediu a prisão preventiva de Rafael onde o poder Judiciário deferiu.

Conforme repassado, Rafael tem extensa ficha criminal, a maior parte, como adolescente infrator. Ele está na Penitenciária Modulada de Ijuí à espera do Judiciário. Já no domingo, agentes da Polícia Civil prenderam um elemento, que não teve o nome divulgado, por ter ameaçado, agredido e lesionado com uma faca a sua cônjuge. Ela procurou o plantão da Polícia Civil onde relatou o que aconteceu, além de pedir ajuda. Agentes foram até a casa do acusado e apreenderam diversos materiais. A prisão preventiva foi pedida e deferida e o indivíduo recolhido à Penitenciária Modulada. As investigações ficarão com a Delegacia da Mulher.

Após apreensão de drogas, dinheiro e documentos, Jefferson segue investigado

Motociclista, vítima de acidente, segue na UTI Um jovem natural de Humaitá segue internado em estado grave na UTI do Hospital de Caridade de Ijuí após sofrer um acidente de trânsito na madrugada do último sábado, em Ijuí. Michael Buch da Luz, 23 anos, natural de Humaitá, foi internado em estado grave na UTI do HCI após acidente, quando bateu em um veículo

em um cruzamento, no centro da cidade. Michael carregava outro jovem na carona, que teve ferimentos leves e foi liberado ainda na madrugada. O segundo motorista envolvido no acidente não parou para prestar socorro e, segundo repassado, não foi encontrado no momento da ação.

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Terça-feira, 29 de novembro de 2016

Fabiano marca o gol do título

O lateral Fabiano Leismann, marcou o gol do Palmeiras na vitória de 1 a 0, diante da Chapecoense domingo no Palestra Itália, que garantiu o título de campeão brasileiro. O lance aconteceu aos 25 minutos do primeiro tempo depois de uma falta ensaiada de Zé Roberto e Dudu. Moisés deu o passe de letra para a finalização do jogador. Fabiano jogou na base do São Luiz. Chegou no clube em 2008 para fazer testes juntamente com o irmão Cristiano. Com dificuldades para conseguir alojamento, somente Fabiano permaneceu em Ijuí. Ele jogou no juvenil naquele ano sob o comando do técnico Adilson dos Reis,integrando o time que realizou uma grande campanha no Estadual da categoria chegando na etapa decisiva. Era zagueiro. Fabiano subiu para os profissionais do São Luiz em 2009, mas foi pouco aproveitado pelo técnico Itamar Schulle. Logo depois foi para os Juniores do Rubro onde disputou um Estadual sob o comando de Tarcísio Macuglia. Na época o pai do atleta queria que Fabiano fosse vinculado ao São Luiz e inclusive ajudaria financeiramente, mas não houve acerto. O jogador chegou a ser levado ao Internacional para testes, mas não permaneceu no Beira-Rio. Com idade de júnior, se transferiu para a Chapecoense onde chegou a atuar na base. No clube catarinense atuou nos profissionais até 2014, quando foi negociado com o Cruzeiro. Fabiano chegou ao Palmeiras por empréstimo em maio deste ano através de uma negociação

cmyk

Renato Marsiglia renato.marsiglia@tvglobo.com.br

Lateral-direito Fabiano Leismann com a taça de campeão brasileiro

Fabiano comemora o gol que garantiu a vitória e a conquista do título palmeirense

com o Cruzeiro, envolvendo os ex-alviverdes Robinho e Luca. Fabrício também trocou Belo Horizonte por São Paulo. Até sua estreia, no fim de junho, o jogador de 25 anos amargou nove jogos no banco de reservas. Aos poucos, o lateral foi ganhando chances e a confiança do técnico Cuca. Na reta final do Brasileirão, Fabiano foi escalado em cinco partidas consecutivas (Figueirense, Grêmio, Sport, Santos e Internacional). "É um gol que vou levar para o resto da minha vida, vai ficar na história do clube, mas todos são merecedores pelo que fizeram na temporada, fizemos por merecer esse título. Sabíamos da ansiedade da torcida, já que fazia 22 anos que o clube não conquistava o Brasileirão, que é tão difícil. Não esperava ser o herói da vitória".

Fabiano disse que é um marco histórico para a sua vida. A ficha ainda não caiu. Nascido em São João do Oeste, em Santa Catarina marcou seu primeiro gol pelo Palmeiras justamente no time em que atuou, a Chapecoense. “É um clube de quem eu tenho um carinho especial por tudo o que já conquistei lá, mas esse gol vai ficar para minha história e vou lembrar sempre dele”, concluiu. No ano passado, defendendo o Cruzeiro, ele havia marcado um gol diante da Chapecoense. Com a camisa do Verdão do Oeste, o atleta fez 20 gols. Atendendo pedido do técnico Mano Menezes deverá voltar ao Cruzeiro na próxima temporada. O lateral estará em Ijuí no dia 9 de dezembro para participar do segundo reencontro promovido pelas categorias de base do São Luiz. A partida será no Estádio 19

de Outubro e já estão confirmados entre outros, Mossoró, atualmente na base do Inter, Cadu, que joga no Juventude e Elias, do Brasil-Pel, todos com passagem pelos juvenis do Rubro. Com a vitória sobre a Chapecoense, o Palmeiras atingiu a marca de 77 pontos, sete a mais que o segundo colocado Flamengo. O Verdão se despede da temporada 2016 contra o Vitória, no próximo domingo, em Salvador. O Palmeiras tem no seu elenco um jogador da região. O atacante Roger Guedes, que iniciou na base do Grêmio e depois se transferiu para o Criciúma é de Ibirubá. O jogador disputou a Copa Santiago Juvenil quando defendia o Tricolor, mas foi pouco aproveitado em Porto Alegre. Ao lado de Gabriel Jesus é um dos principais atacantes do Verdão.

Vasco e Bahia conquistam as duas últimas vagas O Campeonato Brasileiro da Série B teve a última rodada no fim de semana. Com sete jogos realizados no mesmo horário, a competição chegou ao fim sábado definindo os acessos de Atlético-GO, Avaí, Vasco e Bahia e os rebaixamentos de Joinville, Tupi-MG, Bragantino e Sampaio Corrêa-MA. Atlético-GO e Avaí chegaram à última rodada já confirmados na Série A de 2017. O time goiano, inclusive, foi o campeão deste ano e recebeu a taça no Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia, onde venceu o Bahia por 2 a 1. Na Ressacada, o Avaí empatou em 1 a 1 com o Brasil-Pel, com gol de Rômulo. Ramon marcou para o time gaúcho. Com 66 pontos, a equipe catarinense encerrou sua participação na Série B em segundo lugar. O Brasil, com 54, ficou na 11ª posição. Precisando vencer para conquistar o acesso, o Vasco levou um susto no primeiro

16

tempo do jogo com o Ceará, no Maracanã. Saiu perdendo, mas virou a partida vencendo por 2 a 1. 38ª e última rodada Terça-Feira,22.11 Goiás 2 x 1 Sampaio Corrêa Sexta-Feira,25.11 Paraná 0 x 2 Tupi-MG Paysandu 1 x 2 Criciúma Sábado,26.11 Náutico 0 x 2 Oeste CRB 3 x 0 Luverdense Bragantino 0 x 1 Londrina Vasco 2 x 1 Ceará Atlético-GO 2 x 1 Bahia Joinville 4 x 2 Vila Nova Avaí 1 x 1 Brasil-Pel Classificados Atlético-GO Avaí Vasco Bahia Rebaixados Joinville - Tupi-MG Bragantino - Sampaio Corrêa

GRÊMIO x ATLÉTICO-MG É o jogo do ano em Porto Alegre e seguramente o jogo da década para o Grêmio. A vantagem de dois gols é substancial, mas não definitiva. A diferença de futebol entre os dois foi gritante no Mineirão, mas não é jogo jogado. Basta o Atlético-MG, que tem um time muito bom, fazer um gol ainda no primeiro tempo, para a partida se transformar num filme de terror para o torcedor gremista. Mais um gol mineiro e a decisão iria para os imprevisíveis pênaltis. Por outro lado, se for o Grêmio a largar na frente, o título tricolor será irreversível. INTER EM SITUAÇÃO DRAMÁTICA Escrevo a coluna antes do jogo entre Coritiba x Vitória. Em caso de vitória do time baiano, este praticamente escapa do rebaixamento em função do saldo de gols muito superior ao do Inter. Se houver empate ou vitória do Coritiba, os baianos decidirão em casa contra um Palmeiras já desmobilizado enquanto o Sport joga em casa contra o Figueirense já rebaixado. O Inter, além de ser o único a jogar fora de casa (Fluminense), também é o único que não depende apenas do seu resultado. Este é o grande problema para o milagre colorado. MALA BRANCA ESTÁ VOANDO Não podemos ser hipócritas e acreditar que não existe incentivo financeiro de terceiros neste momento. E vale para todos os lados. Alguém acha que Internacional, Vitória e Sport-PE não estão "trabalhando" fora do campo neste sentido? Só ingênuo para acreditar que não. Qualquer valor, por maior que seja, será pequeno perto do prejuízo financeiro de cair para a Segunda Divisão. Despencam as cotas de TV, bilheteria, receita de sócio e patrocínios em geral. MARGINAIS SEGUEM MANDANDO Delinquentes de uma torcida organizada do Inter depredaram uma casa e um carro na saída do Beira-Rio. Motivo: acharam que o dono da casa era o responsável por um "drone" que flauteou o torcedor no estádio, mostrando uma camisa escrita "Fantasma B". E daí? Justifica tal selvageria? Já foram identificados três animais responsáveis. Pagarão o prejuízo? Assinarão um papel qualquer na delegacia e ficará tudo por isso mesmo. Em tempo: o verdadeiro dono do "drone" foi localizado mais tarde pela imprensa, mas teve seu nome preservado.


Jornal da Manhã

Terça-feira, 29 de novembro de 2016

17

DOIS TOQUES

Inter ainda respira no Brasileirão

Carlos Alberto Padilha

esporte@jornaldamanhaijui.com

CAMPEÂO- Quis o destino que o gol do título do Palmeiras na conquista do Brasileirão 2016, o nono computando o Campeonato Nacional, Copa do Brasil e Taça Brasil, fosse marcado por um dos jogadores menos badalados do elenco, mas não menos eficiente. Falo de Fabiano Leismann, catarinense de São João do Oeste,25 anos. O Palmeiras tem jogadores famosos como o artilheiro Gabriel Jesus, que está indo para o Manchester City a pedido de Pep Guardiola, o capitão Dudu, entre outros. Fabiano chegou em maio ao Verdão, lesionado, teve dificuldades no início, mas sempre foi homem de confiança do técnico Cuca, que em determinado momento chegou a deslocar o titular Jean para o meio-campo a fim de escalar Fabiano na lateral. Bom na marcação, Fabiano Leismann chega com força à frente,cruza com eficiência e finaliza muito bem. Revelado pelo Juvenil do São Luiz através do técnico Adilson dos Reis, era zagueiro e na Chapecoense foi transformado em lateral-direito. No Rubro não chegou a ser vinculado. MUDANÇA-Os jogos previstos para o último domingo no campo do Juventude de Rincão dos Goi abrindo a segunda fase do Campeonato Distrital de Futebol de Ijuí foram cancelados em razão da instabilidade climática. A rodada Juventude dos Goi x Flamengo de Vila Santo Antônio; e Flamengo da Linha 11 Norte x São José de Alto da União será no próximo domingo. RETOMADA- A Divisão Única do Campeonato Municipal de Futsal de Ijuí recomeça hoje às 19h no Ginásio Wilson Mânica. Serão realizados estes jogos pela segunda fase: Independência Futsal x Colombianos; Paladino F.C. x Lion Snookker Bar; E.C. Bahia x IBIS F.C.; e City Hotel/ Clip Santo Antônio x Progresso/ Marmoraria São Lucas. FASE- A situação do Internacional continua dramática. Não depende mais de sí para se manter na Série A do Campeonato Brasileiro. Ontem em Curitiba, o atacante Marinho anotou o seu décimo primeiro gol no Brasileirão e colocou o Vitória em situação mais confortável para evitar a queda do time baiano. O Sport passa a ser o inimigo direto. O Colorado a cada rodada se aproxima da Série B. Domingo é a última.

O Internacional ainda respira no Campeonato Brasileiro. Em um jogo muito equilibrado, o Colorado buscou a vitória heroica sobre o Cruzeiro, por 1 a 0, domingo no Estádio Beira-Rio e ainda tem esperanças de permanecer na primeira divisão do torneio nacional. Apesar do jogo tenso, o Inter criou algumas oportunidades de balançar as redes ao longo da partida. O Cruzeiro até teve momentos de superioridade e tentou aproveitar o nervosismo do Colorado, em risco de rebaixamento. O torcedor apoiou do início ao fim e o gol saiu aos 30 minutos do segundo tempo, em uma jogada individual de Valdívia, que entrou no lugar de Rodrigo Dourado. O jogador arrancou do seu campo de defesa, passou por vários marcadores e fez um golaço. Nos minutos finais o Cruzeiro pressionou e

desperdiçou boas chances para empatar. O Inter foi a 42 pontos, ocupa o 17º lugar e segue na zona do rebaixamento. Já o Cruzeiro apenas cumpriu tabela e, sem maiores aspirações na competição, permanece com 48 pontos, na 13ª colocação do torneio. Na última rodada, a equipe celeste recebe o Corinthians, que ainda tenta uma vaga na próxima Copa Libertadores. Ontem à noite em Curitiba o Vitória bateu o Coritiba por 1 a 0 e aumentou o drama do Inter. O time baiano foi a 45 pontos e ocupa o 15º lugar. Para se livrar da Série B, o Inter tem agora dois caminhos. No entanto, em ambos precisa derrotar o Fluminense domingo no Rio de Janeiro. Vencendo os cariocas, o Colorado escapa da queda se o Sport não vencer o Figueirense, em Recife, ou se o Vitória perder para o Palmeiras,

Valdívia marcou o gol do Internacional em jogada individual no segundo tempo

em Salvador. Porém, nesse último caso, também será preciso

tirar uma diferença que, no momento, é de cinco gols de saldo.

Grêmio inicia concentração para a final A mobilização é total no Grêmio para a final da Copa do Brasil. O Tricolor iniciou ontem à noite em um hotel da zona Norte de Porto Alegre a concentração de todo o elenco para o jogo de amanhã às 21h45 na Arena contra o Atlético-MG.Negueba e Wallace Reis, e o zagueiro Gabriel, que não atua há três anos devido a uma lesão no joelho não podem atuar na competição, mas também estão concentrados. São 34 jogadores.Além do trio que não jogará a Copa do Brasil, atletas que participaram da goleada por 5 a 1 sofrida para o Santa Cruz, no domingo, também foram relacionados. Hoje às 16h acontece treino com portões fechados. Com a vantagem, o Tricolor pode empatar ou perder por um gol de diferença que será o campeão da Copa do Brasil. Se o Atlético-MG vencer por dois gols de diferença, leva a decisão para os pênaltis. O paulista Luiz Flávio de Oliveira apitará final entre Grê-

mio e Atlético-MG. O árbitro de 39 anos será o responsável por comandar o jogo decisivo. A definição foi em sorteio na manhã de ontem. O time reserva do Grêmio foi goleado por 5 a 1 pelo Santa Cruz, domingo no Estádio do

Arruda, em Recife, pelo Brasileirão. Grafite duas vezes, Léo Moura, Roberto e Arthur marcaram para o time pernambucano. Bolaños fez o gol do Grêmio que é o oitavo colocado com 53 pontos. Domingo às 17h recebe o Botafogo, na última rodada.

CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRÃO 2016 1 Palmeiras 2 Flamengo 3 Santos 4 Atlético-MG 5 Atlético-PR 6 Botafogo 7 Corinthians 8 Grêmio 9 Chapecoense 10 Ponte Preta 11 São Paulo 12 Fluminense 13 Cruzeiro 14 Coritiba 15 Vitória 16 Sport 17 Internacional 18 Figueirense 19 Santa Cruz 20 América-MG

77 70 68 62 56 56 55 53 52 50 49 49 48 46 45 44 42 37 31 28

37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37 37

23 20 21 17 17 16 15 14 13 14 13 13 13 11 12 12 11 8 8 7

8 10 5 11 5 8 10 11 13 8 10 10 9 13 9 8 9 13 7 7

6 7 11 9 15 13 12 12 11 15 14 14 15 13 16 17 17 16 22 23

60 52 58 61 38 42 46 41 49 46 39 44 45 41 50 47 34 30 45 23

31 35 35 50 32 39 39 43 53 52 36 44 47 40 51 55 40 48 64 57

29 17 23 11 6 3 7 -2 -4 -6 3 0 -2 1 -1 -8 -6 -18 -19 -34

BRASILEIRÃO 37ª rodada Sábado,26.11 Botafogo 1 x 1 Ponte Preta América-MG 2 x 2 Sport Corinthians 0 x 0 Atlético-PR Domingo, 27.11 Flamengo 2 x 0 Santos Palmeiras 1 x 0 Chapecoense Atlético-MG 1 x 2 São Paulo Inter 1 x 0 Cruzeiro Figueirense 1 x 0 Fluminense Santa Cruz 5 x 1 Grêmio Ontem,28.11 Coritiba 0 x 1 Vitória 38ª e última rodada Domingo,4.12 Vitória x Palmeiras-17h Fluminense x Inter-17h São Paulo x Santa Cruz-17h Santos x América-MG-17h Cruzeiro x Corinthians-17h Grêmio x Botafogo-17h Atlético-PR x Flamengo-17h Chapecoense x Atlético-MG-17h Ponte Preta x Coritiba-17h Sport x Figueirense-17h

Vitória bate o Coritiba e complica o Colorado O Vitória surpreendeu o Coritiba, em pleno Estádio Couto Pereira, e venceu por 1 a 0, ontem à noite dando um grande passo para escapar do rebaixamento do Campeonato Brasileiro, complicando a vida de Internacional e Sport, adversários diretos na luta contra a degola. Com 45 pontos, o time baiano treinado pelo gaúcho Argel Fuchs está três pontos à frente do Colorado. Na 14ª colocação vem o Coritiba, com 46 pontos, com chances reduzidas de chegar à Sul-Americana. O Rubro-Negro abriu o pla-

car aos 10 minutos do primeiro tempo, com Marinho, que deixou a defesa coxa-banca para trás e marcou um belo gol no Couto Pereira, garantindo os três pontos mais importantes da equipe na competição. Na última rodada, o Coritiba enfrenta a Ponte Preta, no domingo, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Já o Vitória encara o Palmeiras, no mesmo dia, no Barradão, em Salvador. Os rebaixados até o momento são: Figueirense, Santa Cruz e América-MG.

Vitória-BA (vermelho) deu grande passo para escapar do rebaixamento

cmyk


Jornal da Manhã

Terça-feira, 29 de novembro de 2016

MEIO AMBIENTE

Incêndios criminosos devastam a Amazônia em 2016

Relatório do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontou que a região Norte lidera o número de Estados que vêm tendo suas matas devastadas pelas queimadas. A maioria dos incêndios tem origem criminosa e não são ocasionados por quedas de raios já que estamos em período de estiagem. Da lista dos dez Estados com maior número de queimadas durante o ano, cinco estão no Norte, dois no Nordeste, dois no CentroOeste e um no Sudeste. Os dados são do Programa de Queimadas, que monitora a ocorrência desses eventos por satélite.

Os Estados do Norte são maioria, além da fronteira agrícola ao redor da Amazônia, com Estados como o Mato Grosso, Maranhão e Piauí. No mês de outubro, o Estado do Maranhão lidera a lista com 5.351 focos de incêndio. Em seguida vem o Pará, o Mato Grosso, o Piauí e o Amazonas.O fogo é usado para desmatar e ou remover da vegetação natural do lugar para dar espaço para atividades agropecuárias. Além disso, o uso do fogo na vegetação de origem antrópica segue o padrão climático e ocorre principalmente entre nos períodos de estiagem..

NOVELAS

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

(?)-natal: período em que é feita a ultra

Perseguido de maneira impetuosa

Na Mesozoica surgiram os dinossauros

Estilo de rock caracterizado pela melancolia de suas letras

(?) Globe, variedade de uva (ingl.)

“Long”, em LP A mais lacônica das respostas

Secreção do nariz entupido À (?): ao pé da letra Poder, em inglês

Fora, em inglês Poema cantado na Grécia Antiga O indivíduo dado a ações desprezíveis

Instância psíquica ligada à realidade

Atitude da criança pirracenta

Variante coloquial de “você” Material usado na fabricação do vidro

Provocar medo intenso

Marca deixada pelo arado

Único trecho da viagem sem volta

Sensação comum ante ratos

“Quem bem (?) bem castiga” (dito) Nando Reis, cantor Arco, em francês

A

(?) pois: sendo assim Sacrificou

“Programa”, em PNBL (Inform.)

M

“(?) Man”, canção de Black Sabbath

A

Estrada, em inglês “(?) dos Vinte Anos”, antologia de Álvares de Azevedo

4, em romanos Oeste (abrev.)

Veste invernal Diz-se da (?)-mudo, pesquisa móvel de realizada quartos por órgãos de opinião em época de eleições

42

Solução

O

ÃO CA

D U P R A Ç

L E M A

IA

I D E N C VE

P R

BANCO

Orlando Drummond, humorista brasileiro

A

cmyk

Profissão de Sherlock Holmes (Lit.) Perversa Dante Alighieri, poeta

I C

Tião manda Valdir eliminar Zelito Zelito agride Tião. Vanessa é demitida. Camila aconselha Jéssica a se afastar de Tião. Salete conta a Helô que Flávia não sabe sobre o sumiço de Isabela. Tião manda Valdir eliminar Zelito. Helô indica Olavo como advogado para Zelito. Hércules reconhece Luciane na foto de Venturini. Ciro humilha Vitória. Augusto vai buscar Vitória e é destratado por Magnólia. Fininho coloca uma pílula na bebida de Zelito. Mileide liga para Salete pedindo que Zelito volte para casa. Zelito morre.

Desinência verbal do infinitivo

P R I V A D A

A Lei do Amor- Globo

“O (?) Bourne”, filme com Matt Damon

R O T I O R E R C A O R E I Z A A I I R O R N

Gui apoia plano de Júlia contra Alex Zac não acredita que a ideia de Gui pode dar certo. Gordo critica Diana por falar mal do disco do ex-marido. Chiara sugere que o pai lance uma banda de garotos. Diana não aceita jantar na casa de Léo. Gui comenta com Zac e Tom sobre a ideia de lançar uma banda de garotos. Júlia conversa com Beatriz. Gui fica incomodado com os comentários que Júlia faz sobre Alex. Yasmin ajuda Léo a conseguir que Diana vá jantar em sua casa. Nicolau decide ir ao luau de Joana. Alex prepara o urso de pelúcia com o contrabando para entregar a Beatriz. Yasmin teme que Néia faça algo contra Diana no jantar. Júlia denuncia Alex para a polícia ao vê-lo chegar ao aeroporto.

Plano de aposentadoria oferecido por bancos

S A T T E E M L I R T E C A O R I A M O L D O E U

Rock Story - Globo

© Revistas COQUETEL

Peça giratória de motores Possui

Engenho espacial essencial ao GPS

V T I M D E E D O A C S O U B N I F E R E G R R O A E N R A C O R I A C A D

Loretta fica viúva Lenita viaja com Ralf para São Paulo. Júlia aconselha Wagner que desiste de ir embora. Alice pensa em levar Mieko para dar aulas de agricultura às mulheres da comunidade do Trevo. Sirlene gosta da ideia de participar de uma reunião do Motoclube. Mario permite que Loretta vá para Arraial. Damasceno anuncia seu namoro com Mieko. Dora questiona Alice sobre a implicância de Tiago com Yumi. Lenita encontra o registro de nascimento de sua filha. Mieko se anima ao ajudar as mulheres da comunidade. Carolina se mostra mais interessada no bebê. Tanaka é homenageado ao chegar na empresa. Loretta fica viúva. Tanaka afirma a Alice que a explosão nas traineiras pode ter sido criminosa.

Reunião via computador comum entre profissionais do “home office” Mote

D E A PA T R T E I D A A S C B O

Globo

A de futebol contabiliza 90 minutos

3/arc — can — out — red. 4/iron — rego — road. 6/patife.

Sol Nascente -

Queimadas não são ocasionadas por raios

18

Horóscopo Áries A vida está cheia de surpresas e de possibilidades de interações. É tempo de compartilhar experiências e ter um melhor aproveitamento do contato com as diferenças que atravessam o seu caminho. Touro Quando você consegue dar vazão aos sentimentos, o prazer pode ser vivido em sua plena intensidade. É tempo de dar espaço para a satisfação e assim usufruir melhor a potência de suas relações. Gêmeos Um problema pode ter diversas formas de se resolver. Ao continuar procurando fontes de informação, você corre o risco de não agir. É tempo de evitar desdobramentos inconvenientes. Câncer Você pode estar se sentindo mais instável. Isso pode trazer uma maior disposição para questionar seus objetivos. É tempo de ouvir a inquietação e revisar suas aspirações fundamentais. Leão A autocrítica em excesso pode se tornar uma adversária. Você pode sentir isso de maneira forte quando há algum tipo de repressão. É tempo de aceitar as próprias falhas para poder se desenvolver. Virgem Ao se deparar com situações de conflito, talvez o melhor seja agir de forma responsável e atuar de forma mais incisiva para resolver suas dificuldades prontamente. É tempo de equilibrar as emoções. Libra Este pode ser um bom momento para estar com pessoas que ama. Inclusive, é um ótimo período para os relacionamentos íntimos. É tempo de poder manifestar seus sentimentos com firmeza. Escorpião Embora lidar com o outro possa ser difícil, agir de forma controladora pode piorar a situação. É tempo de poder planejar como pretende atuar para acelerar sua evolução pessoal. Sagitário Você tende a ser generoso e querer ajudar os outros agora. Principalmente se for com bom humor, podendo arrancar alguns risos das pessoas mais difíceis. É tempo de se sentir significativo. Capricórnio Quando as barreiras aparecem, você pode ter a sensação de que precisa agir “para ontem” e pode ser difícil esperar a poeira baixar. É tempo de ter paciência e aguardar o melhor momento para agir. Aquário Ao compartilhar histórias, é possível descobrir com as experiências dos outros, diversas formas de se fazer uma mesma coisa. É tempo de reunir ideias e usar a criatividade para dar um gás na sua vida. Peixes Estar conectado com o que pode trazer inspiração tende a melhorar seu humor com aborrecimentos da vida mundana. É tempo de fazer da sensibilidade um instrumento poderoso de interação.


Jornal da Manhã

Terça-feira, 29 de novembro de 2016

David Antônio dos Santos Contador | Perito Contábil

SERÁ O FIM DO CAIXA 2? Os tempos estão mudando, há uma clara conscientização nacional contra a corrupção, os jovens estão se posicionando quanto a essas e outras questões, que afetam o nosso bem-estar. Mas antes de pensarmos em políticos corruptos, devemos fazer um exame de consciência, se nós, no dia a dia, não estamos praticando atos impróprios. Não há como silenciar diante deste momento, em que nosso país vem enfrentando uma severa crise econômica e política, agravada por uma série de escândalos que a cada dia que passa nos surpreendem por sua ousadia e nos deixam perplexos, sem entender como tudo pôde acontecer apesar de tantos mecanismos de controle existentes na estrutura governamental. Parece-nos evidente a necessidade de uma retomada de princípios e valores éticos que restabeleçam a confiança do mercado e garantam um ambiente propício para a estabilidade política e a retomada do crescimento econômico. Nesse cenário, o Conselho Regional de Contabilidade do RS (CRCRS), entidade responsável pela regulação da profissão contábil, exercida por mais de 40 mil profissionais no Estado, manifesta seu total apoio à investigação dos casos de corrupção praticados por agentes públicos e privados que têm causado danos incalculáveis ao patrimônio público. O CRCRS quer também reafirmar o compromisso da profissão contábil com a veracidade das informações produzidas e divulgadas à sociedade, fruto de um trabalho sério, comprometido com a ética, com as Normas Brasileiras de Contabilidade, com a legislação vigente no país e com as melhores práticas de gestão pública e privada. Dessa forma, não podem os profissionais da contabilidade ficar omissos nem compactuar com atos que venham a ferir a integridade e a credibilidade das informações constantes dos relatórios e Demonstrações Contábeis. Pelas mãos dos contadores e técnicos em contabilidade transitam os documentos que servem de base para o cálculo dos valores recolhidos em impostos para a Fazenda municipal, estadual e federal, contabilizados dentro dos mais rígidos padrões científicos e tecnológicos disponíveis. Dessa forma, queremos manifestar nossa indignação pela forma irresponsável como estão sendo tratados os recursos provenientes do esforço dos cidadãos deste país que sonham com melhores condições de saúde, segurança, educação e justiça social. O presidente teve de escolher entre o povo brasileiro, que se cansou de tudo isso, e o corporativismo de políticos que só querem se safar. Se o Congresso perdeu os escrúpulos e a vergonha de agir para proteger seus corruptos, o jeito foi pressionar quem dá a última palavra: o presidente Michel Temer, que agiu a tempo de desestimular o golpe do caixa 2. Das manifestações de 2013 ao impeachment de Dilma, o povo mostrou que não tolera mais corrupção. Por que, apesar de tudo, os políticos ainda insistem em contraria-lo?

19

ALVORADA

Lions beneficia Escola Infantil Há 20 anos, o Lions Clube Ijuí viabilizou, juntamente com o Executivo municipal, a inauguração da Escola Municipal Infantil Alvorada. Desde então, a entidade contribui com melhorias na escola. Em 2015, o Lions repassou um cheque ao educandário, com recursos oriundos de eventos que realiza ao longo do ano, que propiciou a reforma da pracinha. Atuando na Alvorada há 15 anos, e como diretora nos três últimos, Fátima Simone de Campos comemora essa parceria com o Lions. "É importante termos essa troca, nossa escola é mais humilde e nem todos podem ajudar com o CPM e o Lions nos ajuda. É como sempre digo, de tijolo em tijolo vamos construindo o que podemos, e eles ficam encantados com a felicidade das crianças”, avalia. Atualmente a Escola Alvorada tem 110 crianças, de quatro meses a 4 anos. Na última semana, mais uma vez as crianças foram surpreendidas por ação de seus benfeitores. Os representantes do Lions Clube Ijuí realizaram a doação de cadeirinhas, que serão

Lions realizou a entrega de doações a Escola Municipal Infantil Alvorada, na última semana

utilizadas pelos maternais; um fogão a gás, um forno elétrico e um botijão de gás, que ficarão na sala de reuniões, evitando assim o uso da cozinha da escola por pessoas não autorizadas e primando pela higiene do local. E roupas, que beneficiaram a todas as turmas.

CULTO DE DESPEDIDA Elisabeth Hammarstrom e filhas convidam para culto de despedida

MÁRCIA HAMMARSTROM Que será realizado no dia 30 de novembro, às 09h30, na 1ª Igreja Batista de Ijuí, e, logo após o culto, o sepultamento no cemitério Jardim. Ijuí, 29 de novembro de 2016.

EM MEMÓRIA E CONVITE PARA MISSA DE 10º ANO DE FALECIMENTO MARCOS FERNANDO SCHIRMER MORAIS “A saudade eterniza a presença de quem se foi, mas nunca o esquecimento; Com o tempo essa dor se aquieta e se transforma em silencio que espera, pelos braços da vida um dia reencontrar...” P. Fábio de Melo Familiares convidam para missa de 10º ano de falecimento, a ser celebrada dia 29 de novembro, às 19h, na Paróquia São Geraldo Magela. Ijuí, 29 de novembro de 2016.

além de roupas para serem doadas às famílias mais carentes de nosso bairro. Agradecemos de coração a essa entidade que vem auxiliando nossa escola desde a sua criação. As boas ações não param por aí, no próximo dia 8 acontece a

festa de Natal das crianças do Alvorada, e mais uma vez o Lions estará presente, com a doação de presentes, lanches e picolés. “Agradecemos de coração a essa entidade que vem auxiliando nossa escola desde a sua criação”, finaliza Fátima.

MUNICÍPIO DE IJUÍ – PODER EXECUTIVO AVISOS DE ANULAÇÃO CONCORRÊNCIA Nº 03/2016 - PROCESSO Nº 696/2016 – Objeto: Contratação de execução global para realização de obra remanescente das Obras de Rede Coletoras, Ramais Prediais, Estação de Bombeamento de Esgoto e Emissário por Recalque no Parque Popular da Pedreira. O Município de Ijuí – Poder Executivo, através da Coordenadoria de Compras, Patrimônio e Administração de Materiais (COPAM) da Secretaria Municipal da Fazenda, comunica aos interessados que, tendo como prerrogativas os regramentos estatuídos pela Lei Federal nº 8.666/93, especialmente quanto ao disposto no art. 49, caput, concomitantemente à Súmula 473 do Supremo Tribunal Federal, e considerando ainda que consta nos autos do processo justificativa fundamentada, o respectivo processo administrativo fica no presente ato ANULADO em todos os seus termos. Assim sendo, em conformidade com a Lei nº 8.666/93, art. 109, I, “c”, § 1º, abre-se o prazo de 05 (cinco) dias úteis, contados desta publicação, para a interposição de eventual recurso. TOMADA DE PREÇOS Nº 22/2016 - PROCESSO Nº 1493/2016 - Objeto: Contratação de execução global para construção e fornecimento de equipamentos da Academia de Saúde do Bairro Assis Brasil Ijuí/RS. O Município de Ijuí – Poder Executivo, através da Coordenadoria de Compras, Patrimônio e Administração de Materiais (COPAM) da Secretaria Municipal da Fazenda, comunica aos interessados que, tendo como prerrogativas os regramentos estatuídos pela Lei Federal nº 8.666/93, especialmente quanto ao disposto no art. 49, caput, concomitantemente à Súmula 473 do Supremo Tribunal Federal, e considerando ainda que consta nos autos do processo justificativa fundamentada, o respectivo processo administrativo fica no presente ato ANULADO em todos os seus termos. Assim sendo, em conformidade com a Lei nº 8.666/93, art. 109, I, “c”, § 1º, abre-se o prazo de 05 (cinco) dias úteis, contados desta publicação, para a interposição de eventual recurso. Informações complementares pelo telefone/fax (55) 3331-8219 ou no site www.ijui.rs.gov.br. AVISO DE REVOGAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 54/2016 - PROCESSO Nº 1317/2016 - OBJETO: Aquisição de materiais e equipamentos hospitalares diversos. O Município de Ijuí – Poder Executivo, através da Coordenadoria de Compras, Patrimônio e Administração de Materiais (COPAM) da Secretaria Municipal da Fazenda, comunica aos interessados que, tendo como prerrogativas os regramentos estatuídos pela Lei Federal nº 8.666/93, especialmente quanto ao disposto no art. 49, caput, concomitantemente à Súmula 473 do Supremo Tribunal Federal, e considerando ainda que a reabertura deste procedimento licitatório implicaria em significativo prejuízo aos procedimentos de encerramentos contábeis e patrimoniais desta municipalidade, o respectivo processo administrativo fica no presente ato REVOGADO em todos os seus termos. Assim sendo, em conformidade com a Lei nº 8.666/93, art. 109, I, “c”, § 1º, abre-se o prazo de 5 (cinco) dias úteis, contados desta publicação, para a interposição de eventual recurso. Informações complementares pelo telefone/fax (55) 3331-8219 ou no site www.ijui.rs.gov.br. Ijuí/RS, 28 de novembro de 2016. Walter José Schavinski Arbo Secretario da Fazenda Adjunto

cmyk


www.jmijui.com.br

NÃO HÁ VAGAS

MELHORIAS

Campanha de combate ao Aedes aegypti, lançada pela Unijuí, incentiva a conscientização da comunidade universitária e local quanto aos cuidados | 4

Desde 2013, foram aproximadamente 25 mil metros de redes e ramais substituídos pela Corsan em Ijuí | 4

Inter segue em situação difícil Vitória surpreende o Coritiba no Couto Pereira e aumenta o drama do Colorado que permanece na zona do rebaixamento. | 17

Comus cobrará do novo prefeito solução para UPA De acordo com o presidente do Conselho Municipal de Saúde, a Unidade fechada representa dinheiro público que está sendo desperdiçado. | 5 EDITORIAL | 6 Os valores pagos definitivamente não cobrem os custos para a produção da lavoura de inverno, onde há alta tecnologia aplicada.

cmyk

Sitepagina 29  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you