Page 1

WWW.JMIJUI.COM.BR

Ijuí, Quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Ano 43 - Nº 348

R$ 3,00

MEC nega recurso da Unijuí e Estácio de Sá ofertará Medicina Decisão foi divulgada no Diário Oficial da União, ontem. Faculdade ainda não tem data para a instalação. | 3

NOVO ESPAÇO DE LAZER

TRIGO EM DEBATE Fórum da Farsul realizado ontem em Ijuí alertou agricultores sobre uso excessivo de agrotóxicos. | 5

Unidades de Saúde têm horário especial Moradores se unem e constroem a praça do bairro Lambari. | 15

A ação integra a programação do Outubro Rosa. | 4

Zardin projeta 28km de vias rurais com asfalto Candidato a vice-prefeito esteve no Palanque JM. | 9

cmyk


RADAR

SALÁRIOS - As primeiras estimativas da Fazenda estadual é o pagamento dos salários do funcionalismo de setembro em quatro datas diferentes até o dia 14 de outubro. As projeções podem ser modificadas se os recursos que entrarem nos cofres do Piratini nas próximas duas semanas forem superiores ao esperado. A primeira parcela a entrar nas contas dos trabalhadores será na sexta-feira, último dia do mês. A segunda está prevista apenas para o dia 10 de outubro, data em que o Estado começa a receber os valores referentes ao ICMS dos combustíveis, telecomunicações, comércio e energia elétrica. Lembrando que a folha salarial dos servidores do Estado pode conter até nove faixas e mais de uma pode ser paga no mesmo dia. DOAÇÃO - O Dia Nacional da Doação de Órgãos e Tecidos é comemorado no dia 27 de setembro e é realizado anualmente pela Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (Abto). Este ano, o tema da campanha foi Brasil Verde. A evolução anual dos doadores efetivos no Brasil subiu para 14,1 doadores por milhão de habitantes em 2015. No ranking por Estado, o Rio Grande do Sul divide o segundo lugar com o Paraná, com 142 doadores por milhão entre janeiro e junho deste ano. Ao todo, foram 290 transplantes de rim, 80 transplantes de fígado e 24 transplantes de pulmão. Em comparação a 2015, os transplantes hepáticos aumentaram em 20%, assim como os renais, com crescimento de 8%. Até setembro, foram transportados 130 órgãos em conjunto com equipes transplantadoras em voos comerciais ou da FAB, provenientes de outros Estados.

INDICADORES

Poupança 13.9.2016 .......................0,6291 % Ouro 27.9.2016....................... R$ 137,20 (gr) Dolar Comercial (compra) ............ R$ 3,2300 Dolar Comercial (venda) ............. R$ 3,2305 Dolar turismo (compra) ............... R$ 3,1700 Dolar turismo (venda) ................... R$ 3,3600 Euro (compra) .............................. R$ 3,6245 Euro (venda) ................................. R$ 3,6251 IPC/FIPE Ago/2016 ...............................0,11% IGPM Ago/2016 ................................... 0,15% INPC Ago/2016 .....................................0,31% IPCA Ago/2016 .....................................0,44% IGP-DI-FGV Ago/2016 ...........................0,43% UPF/RS 2016.................................. R$ 17,144

LOTERIAS NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

cmyk

1º 2º 3º 4º 5º

Se o objetivo era ter uma visão panorâmica ou apenas pegar um sol não se sabe, mas o cãozinho subiu no telhado e não demonstra pressa ou preocupação em descer.

-

3.156 5.471 9.076 2.483 7.698

ENTRE ASPAS "Pode ficar sossegado, apoio total à Lava-Jato. Tanto que quinta teve uma (operação), sexta outra e esta semana vai ter mais. Podem ficar tranquilos. Vocês vão ver. Quando vocês virem esta semana, vão se lembrar de mim", disse o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, a militantes.

QUINA

CONCURSO nº

“O Badesul poderia ficar muito especializado na pequena empresa, no financiamento público. O Badesul já financiou mais de 80 municípios e isso sim faz a diferença, além de consultorias e projetos especiais”, disse a presidente do Badesul, Susana Kakuta. “Não existe solidariedade melhor do que a doação de órgãos. A melhor solidariedade é a de quem dá uma parte de si para o próximo. É um gesto vital, compartilhando saúde e reforçando a existência”, disse o governador do Estado José Ivo Sartori. "Temos planos para um futuro juntos. Viemos aqui para falar sobre a confiança que temos no país e sobre alguns pontos que podem ser aperfeiçoados", afirmou o presidente da Shell, Ben Van Beurden.

Getúlio

4194

05 22 34 37 59

"Esta é uma grande notícia e um grande negócio. É revolucionário", disse Dusko Ilic do Kings College, em Londres, sobre o primeiro bebê no mundo a nascer com o DNA de três pais.

HOMENAGEM - O Município de Ijuí – Poder executivo, por meio do prefeito Fioravante Ballin, prestou homenagem a senhora Neli Ebling, integrante do Círculo de Orquidófilos de Ijuí (COI). O ato ocorreu no final da manhã de ontem, no gabinete, e teve a presença do presidente do COI, Nilo Leal da Silva, e demais integrantes. A homenagem se deu pela participação ativa no cultivo e preservação de orquídeas e dedicação pela causa iniciada pelo seu marido Waldomiro Ernesto Wilm (in memoriam), um dos fundadores do COI. MOSTRA - Aconteceu a etapa regional da 2ª Mostra Pedagógica do Cpers/ Sindicato, com apresentações de projetos desenvolvidos por escolas públicas estaduais de abrangência do 31º Núcleo, ontem. O objetivo é levar ao conhecimento da comunidade o trabalho de excelência realizado no cotidiano de nossas escolas estaduais, que apesar de toda a falta de recursos e precariedade por que passam os educadores, buscam manter a qualidade do fazer pedagógico.

2

OLHO DA RUA

Resultado de Segunda

SERVIDORES - Foi publicado no Diário Oficial do Estado de ontem a Ordem de Serviço nº 012/2016, determinando que o dia 3 de outubro será considerado como de efetivo exercício na hipótese do servidor precisar se deslocar para votar em outro município. O documento foi assinado pelo governador José Ivo Sartori. Os servidores deverão apresentar ao setor de pessoal do órgão onde exercem suas funções documento comprobatório do efetivo direito do voto até o dia 30 de novembro. A dispensa não se aplica àqueles cujo domicílio eleitoral se localize em cidades da Região Metropolitana de Porto Alegre.

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 28 de setembro de 2016

LOTOFÁCIL CONCURSO nº

1416

03 04 05 07 08 09 10 12 14 15 17 18 19 20 24

PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

05 22 34 37 58


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 28 de setembro de 2016

3

CURSO DE MEDICINA

Decisão do Ministério exclui a Unijuí A notícia de que Ijuí terá o Curso de Medicina é resultado de uma caminhada que teve início em meados de 2012, por iniciativa do reitor da Unijuí Martinho Kelm, que na linha de frente da jornada promoveu debates e audiências com a comunidade, lideranças locais, empresários e representações políticas. Persistente no objetivo de trazer para Ijuí um curso de Medicina, o reitor da Unijuí criou uma rede de integração entre a Universidade e os setores públicos e privados. Mais do que uma conquista, Martinho sempre definiu a oferta do curso de Medicina como uma justiça ao Município, que é referência regional em saúde. Atuando em diversas frentes, Martinho nunca teve dúvidas de que o curso impulsionará o desenvolvimento local. No entanto, a decisão do Ministério da Educação (MEC) divulgada no Diário Oficial da União (DOU), na manhã de ontem, deixou claro a fragilidade de lideranças da comunidade em assumir o protagonismo dos interesses locais e a incapacidade política de muitos parlamentares ardilosos que não conseguem passar do campo das promessas. Promoveram muitos debates, encontros, geraram uma ilusão que estavam engajados no processo, e agora dizem que ainda é muito cedo para falar sobre a decisão, ficando claro que mais uma vez os representantes políticos conversaram e não fizeram nada. Depois da incansável busca pela instalação do curso de Medicina em Ijuí, e dos esforços de Martinho Kelm, que viu no Município potencial para ofertar o curso, a decisão do MEC em favor da Faculdade Estácio de Sá representa uma perda incalculável para a comunidade ijuiense, que dispõe de toda a infraestrutura em Saúde. Ijuí é município pólo em saúde regional, tendo o Hospital de Caridade de Ijuí

(HCI), filantrópico, referência estadual em oncologia e cardiologia, o Hospital Bom Pastor e ser sede um hospital particular da Unimed, além dos Estratégias Saúde da Família e das Unidades de Saúde que compõem a rede de atenção básica e estão aptas e integrar as cadeiras do curso de Medicina. Ijuí é um dos municípios com a melhor saúde pública do Estado, muitas cidades não têm a estrutura nem clínica e nem hospitalar. O Ministério da Educação no dia 9 de abril de 2015 divulgou em uma das etapas do processo que a Unijuí ficou classificada em primeiro lugar, mesmo concorrendo com a Faculdade Estácio de Sá, mas no decorrer do processo alguns critérios foram alterados. A Unijuí está estabelecida no município há 58 anos, tem reconhecimento nacional por sua atuação no Ensino Superior e capacidade empreendedora para alavancar não só a economia local, mas regional. Dentro desse universo chega a ser inconcebível que não tenha sido escolhida para ofertar o curso de Medicina, uma perda para a comunidade, que para o seu desenvolvimento deve gerir os seus negócios e a decisão equivocada do Ministério da Educação terá consequências irreversíveis para todos. A decisão é uma consequência direta da falta de capacidade dos ardilosos políticos, que parecem não entender a capacidade empreendedora que se está abrindo mão ao deixar que um projeto de fora se estabeleça no Município e leve os investimentos daqui. É importante lembrar que toda a caminhada teve início encabeçada pela própria Unijuí, que ao longo do caminho demonstrou plenas condições de ofertar o curso, recebendo aprovação do MEC em todas as etapas. Também foi responsável por plantar na comunidade esse projeto, recebendo apoio de todos que se uniram na busca dessa

conquista. Até que no dia 10 de julho de 2015, a Faculdade Estácio de Sá foi anunciada como a escolhida para ofertar o curso de Medicina em Ijuí. No dia 13 de julho, após a definição do MEC, Martinho Luís Kelm e outras universidades, entre elas da Unisinos, entraram com recurso para tentar reverter a decisão do Ministério, e o resultado somente não beneficiou a Unijuí, que conquistou o primeiro lugar em várias etapas do processo e também é reconhecida pelo MEC pela qualidade dos cursos ofertados. De acordo com o reitor, tecnicamente, o recurso teria base no fato de que alguns dos indicadores utilizados para a avaliação das instituições foram incluídos depois que o edital já havia sido divulgado. Segundo informações repassadas ao reitor, as análises basearam-se em indicadores econômicos de 2011 a 2013, que apenas foram incluídos no processo após a divulgação do edital oficial, o que levou à conclusão de que a não-habilitação da Unijuí era irregular. Segundo informações do próprio Ministério, houve mais de 200 pedidos de recursos administrativos em todo o País, fato que já demonstrava uma fragilidade na condução do edital. Ocorre que algumas instituições de Ensino (nenhuma do Rio Grande do Sul) ingressaram com processos judiciais que acabaram por postergar a divulgação do resultado final pelo MEC. Além disto, uma instituição ingressou com um processo no Tribunal de Contas da União (TCU) solicitando sua intervenção junto ao MEC. É justamente esse processo no TCU que estava impedindo que o edital seguisse seu curso normal. Em 16 de março deste ano, o reitor comunicou que apesar de existirem fortes elementos que demonstram irregularidades junto ao trâmite do edital, bem como em face

RS terá 230 novas vagas em Medicina O Rio Grande do Sul deverá ter 230 vagas em cursos de Medicina, com base na portaria publicada ontem pelo Ministério da Educação (MEC) que autorizou o funcionamento de quatro graduações no Estado. São eles: Universidade Feevale, em Novo Hamburgo; Unisinos, em São Leopoldo; Universidade Integrada do Alto Uruguai das Missões (URI), em Erechim; e a Faculdade Estácio de Sá, em Ijuí. Pelo menos 180 novas vagas serão abertas a partir do primeiro semestre de 2017, em três municípios: Novo Hamburgo, São Leopoldo e Erechim.O curso da Estácio de Sá, com 50 vagas, deverá ter início apenas em dois anos, uma vez que será necessária a construção da estrutura do curso, assim como avaliação do edital. A expectativa era grande com o anúncio, uma vez que a chamada pública ocorreu em dezembro de 2014 e alterações no edital provocaram a demora na

publicação. Ao todo, o MEC aprovou a criação de cursos em 39 cidades, que foram selecionadas por meio de chamada pública do edital do programa Mais Médicos. Agora, com a publicação no Diário Oficial, as mantenedoras

das instituições terão que cumprir outras etapas. Em outubro, deverá ocorrer a convocação, a entrega da garantia de execução e assinatura de termo de compromisso. Também está previsto o monitoramento da implantação dos projetos apresentados.

Martinho Kelm

da ampla garantia constitucional balizadora do Estado Democrático e de Direito, de garantir a todos a busca de seus direitos, eventualmente subjugados, perante a esfera Judiciária, a Unijuí não ingressou com nenhum processo judicial para reivindicar o curso de Medicina ou qualquer outro item desse edital. Em julho passado, o Tribunal de Contas da União (TCU), que desde 2015 analisava o recurso de universidades e cidades que não foram enquadradas pelos critérios do MEC, colocando as regras do edital sob suspeita e feito intensa contestação jurídica do documento, decidiu pela manutenção do edital e, consequentemente, das escolhas contidas nele, em decorrência de a instalação dos novos cursos de Medicina ser um tema de interesse público.

Estácio vai analisar mudanças no edital O Ministério da Educação (MEC) confirmou na manhã de ontem, por meio de portaria divulgada no Diário Oficial da União (DOU), a Faculdade Estácio de Sá como responsável por ofertar o curso de Medicina em Ijuí. A portaria autoriza o funcionamento de quatro cursos de medicina no Rio Grande do Sul. A relação de mantenedoras de instituições de educação superior inclui, além de Ijuí, as cidades de Erechim, Novo Hamburgo e São Leopoldo. A chamada pública ocorreu há quase dois anos, ainda em dezembro de 2014. Para o diretor da Faculdade Estádio de Sá no Estado, Luciano Blumentritt, o resultado do edital é recebido com orgulho e satisfação. “Entendemos que esta é uma demanda antiga dos munícipes, das lideranças da cidade e da região”, comemora.

Ele ressalta que o edital sofreu algumas alterações ao longo do percurso, uma vez que quando foi realizado o credenciamento havia um conjunto de regras na primeira versão. “Inclusive, esse edital teve, em um primeiro momento, um resultado publicado, e houve contestação por parte de outros justos postulantes a implementação do curso e esse edital que é agora publicado sofreu alterações e isso vai nos demandar um pequeno prazo de análise de qual o impacto e o que implica em termos de prazos e necessidades de investimento”, salienta. “Já estamos nos organizando no Rio de Janeiro para que essa análise seja realizada para que entendamos o impacto dessas alterações no edital e possamos, efetivamente, falar em datas e investimentos e tudo que se faz necessário para implementação do curso”.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 28 de setembro de 2016

OUTUBRO ROSA

Postos de Saúde terão horário especial para elas Para sensibilizar as mulheres sobre a importância da prevenção contra o câncer de mama durante todo o mês de outubro, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) cumprirão um cronograma com horário especial de atendimento com um trabalho de prevenção extra às mulheres. Para melhor atender o público feminino, que trabalha em horário comercial, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) resolveu implantar horários alternativos de atendimento, das 17h às 21h. O horário especial será implantado nos dias 4, 13, 20 e 25 de outubro em todas as unidades. Segundo a coordenadora de Saúde, Paula Betina Prass, no próximo sábado, acontece um dia D na Unidade do Posto Central, onde serão feitos testes para

sífilis, HIV e orientações para a prevenção de doenças, além de exames preventivos que devem ser agendados no decorrer desta semana. A coordenadora aprova a ideia de estender o horário. "Sempre temos um respaldo muito grande das mulheres que frequentam nosso posto. Acredito que teremos uma grande demanda neste dia", salientando que a unidade central atende os bairros centro, São José e Storch. Betina frisa que a ação tem como objetivo facilitar o acesso do público feminino a exames de rotina. "Cada unidade observou as particularidades do público que atende e, conforme as demandas estão sendo organizadas as atividades de conscientização e prevenção", destaca. Ela salienta a importância das

EM MEMÓRIA AO 2º ANO DE FALECIMENTO

MATHEUS FRANZEN TAMIOZZO Nem as palavras mais bonitas deste mundo poderiam trazer algum tipo de alegria para o dia de hoje. A saudade conseguiu preencher todos os espaços das nossas vidas, inclusive aqueles que por algum motivo continuavam livres. O vazio deixado pela ausência é imensurável com a pura certeza de que jamais será novamente ocupado. Por mais que os segundos passem, a dor não minimiza e a aquela incerteza de como será possível seguir em frente nos próximos dias, só complica ainda mais os pensamentos confusos que invadiram as nossas vidas. Mas o pior de tudo isso é ter a certeza de que é preciso encontrar forças, mesmo que por dentro não consigamos acreditar que elas existem. Encontrar a esperança em um dia tão triste pode até ser improvável, mas nunca impossível. Apesar da dor e do sofrimento, não podemos ignorar que é realmente necessário seguir em frente. A saudade será eterna e a presença não poderá mais ser sentida, mas as lembranças dos bons momentos vividos são um ótimo conforto, que permanecerá para sempre conosco. O tempo necessário para toda esta dor ir embora é ainda indeterminado, mas todos os dias a coragem de seguir em frente vence a tristeza. Com carinho dos pais Cristiano e Patrícia. Ijuí, 28 de setembro de 2016.

cmyk

4

Unimed orienta sobre alimentação saudável comer, reforçando o sentido de realizar as refeições à mesa e, sempre que possível, junto com a família. “Hoje se utiliza muito alimento industrializado, que apresentam excesso de aditivos químicos, como corantes, aromatizantes e conservantes. Quando o alimento é preparado em casa, são utilizados ingredientes in natura”, evidencia Pâmela. Como estímulo ao preparo de alimentos de forma caseira foram distribuídos cadernos entre os representantes das comunidades, destinados para anotação de receitas. A iniciativa visa a troca e a divulgação de receitas saudáveis. Além de bons hábitos alimentares, as nutricionistas reforçaram a importância de manter-se ativo através da realização de atividades físicas.

Paula Betina Prass

Incentivar um estilo de vida mais saudável. O conceito esteve inserido na palestra realizada pelo Departamento de Medicina Preventiva ao grupo da Ordem Auxiliadora de Senhoras Evangélicas (Oase). O tema "10 passos para a alimentação saudável", baseado no Guia Alimentar editado pelo Ministério da Saúde, foi ministrado pela nutricionista Pâmela Capelari e pela estagiária da área Daniele Schott, ambas do Hospital Unimed Noroeste. As profissionais recomendaram a utilização de alimentos in natura ou minimamente processados, apontando para os benefícios de cozinhar os próprios alimentos e alertando para o consumo moderado de açúcar, sódio e gordura. As colaboradoras também orientaram quanto ao ato de

campanhas educativas e preventivas, que surgem como alternativas para minimizar a incidência de doenças. "Sabendo da relevância do assunto, estamos ampliando as ações, sempre visando a melhoria da qualidade de vida da população ijuiense. É fundamental a participação das mulheres, pois o exame preventivo, como o próprio nome já diz, é uma prevenção para o futuro"Segundo a coordenadora, a expectativa é de que um grande número de mulheres se dirija até o posto para realizar os exames durante os dias que o horário será prorrogado.

Colaboradoras da Unimed ministraram palestra para grupo de mulheres

Caminhada celebra o Mês do Idoso Em comemoração ao Dia Nacional do Idoso, celebrado dia

1º de outubro, o programa Sesc Maturidade Ativa realiza Cami-

Ministério da Fazenda

COMPARECIMENTO À CAIXA PARA NÃO PERDER A CASA PRÓPRIA Descumprimento de Cláusula Contratual – PMCMV – Faixa 1 – Recursos FAR Senhor (a)(s) Beneficiário (a)(s): Beneficiário/Cônjuge VIVIANE WEBER FOGACA

CPF/CPF

Imóvel R 141 DE MAIO ESQUINA COM, nº 00000, BL 9 998.497.390-53 AP 10, TANCREDO NEVES, IJUI/RS HELENITA TEIXEIRA RODRIGUES R 24 DE MAIO ESQUINA COM R, nº 00000, BL 1 331.430.720-91 AP 30, TANCREDO NEVES, IJUI/RS PATRICIA SARAIVA RODRIGUES R 127 DE MAIO ESQUINA COM, nº 00000, BL 8 933.757.350-49 AP 104, TANCREDO NEVES, IJUI/RS Comunicamos aos beneficiários acima informados, em lugar ignorado, incerto ou inacessível que verificamos indícios de irregularidade na utilização do imóvel acima identificado. O objetivo do Governo Federal no PMCMV é de realizar o sonho da moradia própria dos brasileiros inclusive com aplicação de recursos públicos, para possibilitar a aquisição de imóveis pelas famílias com renda até de R$ 1.600,00. Por essa razão consta claro no contrato de financiamento, conforme cláusula específica, que a utilização do imóvel destina somente para a moradia dessas famílias. Assim, cabe(m) ao(s) senhor(a)(s) beneficiário(a)(s) comparecer(em), em até 20 dias, na Agência Ijuí/RS, localizada no endereço Rua XV de Novembro, 312 - Centro, para comprovar a regularidade da ocupação do imóvel financiado com a apresentação do comprovante de residência em seu nome (conta de concessionária de luz / água) e Declaração de Moradia a ser preenchida e assinada em modelo disponível na Agência. Não ficando comprovada a regularidade da utilização do imóvel, no prazo acima estabelecido serão adotadas, pela CAIXA, as providências previstas no contrato, dentre elas a retomada do imóvel e destinação para outra família inscrita no Programa Minha Casa Minha Vida.

nhada alusiva em Ijuí. A atividade está programada para o dia 22 de outubro, às 9h, com saída em frente à Unidade do Sesc e é aberta ao público. A ação terá entidade parceiras da cidade e também marcará o Outubro Rosa, campanha mundial contra o Câncer de Mama. Ainda no Mês do Idoso estão previstas atividades como: Palestra sobre Cidadania na Terceira Idade, Visita cultural às Etnias no Parque Municipal da ExpoIjuí, Bingo Literário e II Tarde da Alegria Intergeracional e o Grupo da Maturidade. O Programa Sesc Maturidade Ativa tem como objetivo promover a qualidade de vida e o envelhecimento ativo de pessoas com idades a partir de 60 anos. No projeto, os participantes reúnem-se para desenvolver seus potenciais, além de realizar trabalhos comunitários e solidários. Mais informações através do 3332-7511.


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 28 de setembro de 2015

5

FÓRUM DO AGRONEGÓCIO

Excesso de agroquímicos em debate

A Federação de Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul) promoveu na manhã de ontem em Ijuí, mais uma edição do Fórum do Agronegócio. O tema central do evento, realizado no auditório da Casa do Produtor, no Parque de Exposições Wanderley Burmann, foi "Boas práticas na produção de trigo: Oportunidades e desafios para a cadeia tritícola". Com a presença de agricultores, membros de cooperativas e representantes de empresas do setor agrícola, o fórum abordou subtemas como controle de contaminantes, tecnologia de produção e manejo, além de orientações gerais e informações sobre a segregação do trigo. Presidente da Comissão do Trigo da Farsul, Hamilton Jardim sublinhou que um dos principais objetivos do evento foi a discussão sobre o uso excessivo de agroquímicos nas lavouras de trigo. "Nos últimos dois anos, o excesso de chuva e geada fizeram com que os produtores utilizassem a técnica de dessecação para obter melhor resultado na colheita. Só que além de não aconselhado, esse método só pode ser feito com produtos recomendados, do contrário o procedimento corre o risco de deixar contaminantes no processo de manipulação do trigo", aponta Jardim. Com o intuito de alertar os produtores sobre o manejo correto dos agroquímicos,

foram convidados membros do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Um dos palestrantes foi o auditor fiscal federal agropecuário do Mapa no Estado, José Fernando Werlang. Segundo ele, a preocupação dos órgãos de fiscalização se dá pela alta possibilidade de contaminação dos alimentos que são comercializados no País. "É uma preocupação generalizada da sociedade o emprego exagerado de agrotóxicos nas lavouras. Isso repercute diretamente na segurança do alimento que é ingerido pelo consumidor, então o fórum é uma iniciativa muito proativa do setor primário de alertar os agricultores e transmitir conhecimento, mostrando que é possível produzir qualquer coisa de origem vegetal dentro dos padrões de segurança", afirmou Werlang. Para o fiscal do Mapa, o apelo comercial dos agrotóxicos e a pressão por produtividade alta nas lavouras acabam levando os agricultores a, muitas vezes, extrapolarem os limites seguros para o uso de agrotóxicos. "Na minha visão, o agricultor fica sob pressão, porque já desempenha uma atividade de alto risco, e muitas vezes se deixa influenciar em cima de ofertas e pressões para o uso inadequado desses produtos. Ninguém está pregando que não se deva usar agrotóxico, pois não há como

Fórum foi promovido pela Farsul e passará também por Passo Fundo, Santa Rosa e Cruz Alta

produzir no nível atual sem o emprego desses produtos. No entanto, ele tem que ser feito de acordo com a tecnologia e dentro da legislação", aponta o fiscal. Atualmente, tanto o Ministério Público Federal (MPF) quanto o Ministério Público Estadual (MPE) tem atuado de maneira ostensiva para punir os agricultores que excedem o limite de uso de agrotóxicos nas lavouras. Ao Ministério da Agricultura, cabe a atuação em duas frentes: análise técnica residual e fiscalização dos

produtos após a industrialização. "O que estamos tentando é justamente fazer esse trabalho de conscientização e de fiscalização. No tocante ao Ministério, cabe o monitoramento de resíduos e fiscalização final dos produtos que são comercializados, enquanto o monitoramento do uso desses produtos químicos diretamente no campo fica a cargo das secretarias estaduais, que têm estruturas mais bem capilarizadas nos Estados, como é o caso aqui do Rio Grande do Sul", informou José Fernando Werlang.

Secretaria combate contrabando internacional de agrotóxicos No que diz respeito ao uso de agrotóxicos nas lavouras, a fiscalização fica a cargo da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi). Neste sentido, o engenheiro agrônomo da secretaria, Kleiton Saggin, apresentou ontem os resultados do monitoramento do uso de agroquímicos nas lavouras gaúchas de trigo da safra passada, a fim de alertar os agricultores sobre as penalidades e alternativas para o uso em excesso de alguns produtos químicos. "Esse monitoramento continuará sendo

feito para identificar o possível uso de glifosato e outros contaminantes e resíduos impróprios na cultura do trigo. É preciso alertar para o fato de que se um produtor apenas utilizar esses produtos ilegais, esse trigo contaminado vai para um silo e contamina toda uma cadeia produtiva. É algo que ninguém quer que aconteça", avalia Saggin. Um dos problemas mais recorrentes enfrentados pelos órgãos de fiscalização é a importação ilegal de agrotóxicos de

países vizinhos, como Argentina e Uruguai. Com uma área extensa de fronteira, existe uma grande dificuldade de fiscalizar ostensivamente a entrada destes produtos no Estado. Segundo Kleiton Saggin, porém, dois fatores têm inibido essa prática criminosa. "Nas fiscalizações que fizemos e nas conversas com as revendas legalizadas de agroquímicos, notamos uma diminuição na entrada e utilização desses produtos ilegais no Rio Grande do Sul. Isso se explica pelo

aumento da fiscalização integrada das Polícias Federal e Civil, Brigada Militar e Ministério Público. Além disso, a liberação recente dos agrotóxicos genéricos ajudou a coibir o contrabando, já que mais marcas adentraram ao mercado e baixaram custos, tornando esses químicos mais acessíveis e inibindo a compra ilegal. Mesmo assim, continuamos com uma fiscalização bem ostensiva, verificando nas propriedades e revendas se há a incidência de agroquímicos ilegais", afirma.

cmyk


Jornal da Manhã

OPINIÃO

Quarta-feira, 28 de setembro de 2016

ARTIGO

OPORTUNISMO

A

faculdade de Medicina de Ijuí tinha tudo para ser ofertada pela Unijuí, no entanto, depois do anúncio feito pelo MEC que o curso será da faculdade privada Estácio de Sá, ficou mais do que comprovado que faltou força política. Ficamos diante de uma situação que mostra o quanto a população está à mercê da influência de poucos e ardilosos atores políticos. Os projetos, autarquias, ministérios, fundações, organizaSe a comunidade não pôde contar com seus próprios líderes para defender seus interesses, poderá contar com quem?

ções e tantas outras repartições públicas, que deveriam levantar dados estatísticos e estratégicos do melhor lugar para se fazer as benfeitorias públicas, nada mais servem do

que para agradar a uma minoria que se apoia a cargos dentro do parlamento, não interessando se é o melhor ou pior local e/ou momento. O reitor da Unijuí, Martinho Kelm, que desde o início batalha pela vinda da faculdade de Medicina, ainda não se deu por vencido, e ressalta que a Unijuí vai avaliar outras medidas a serem tomadas, até mesmo a importância histórica da Universidade no contexto regional, tanto no ensino quanto para o desenvolvimento social e econômico. No entanto, analisando as situações, alguns questionamentos vêm à tona, como o fato do recurso ter beneficiado apenas a Unisinos, sendo que tanto ela como a Unijuí estavam apontando os mesmos fatores. Fica a pergunta: que critérios foram primordiais para o MEC beneficiar uma

universidade privada que nem sede tem em Ijuí, em detrimento de uma entidade comunitária com 58 anos de atuação em Ijuí, como a Unijuí? A sensação é de que nós não temos representatividade em nível federal. Os ijuienses e toda a região lutaram muito para que o curso de Medicina fosse ofertado pela Unijuí. Mas, se a decisão é política, foge de nossas mãos. Agora vamos arcar com as perdas que virão com esta decisão, pois o desenvolvimento cresce e mostra resultados quando os negócios são geridos dentro da comunidade onde estão inseridos, e a Unijuí está estabelecida no município há 58 anos, tem reconhecimento nacional por sua atuação no Ensino Superior e capacidade empreendedora para alavancar não só a economia local, mas regional. A Estácio afirma que participou da disputa porque possui os maiores cursos de Medicina do País, no Rio de Janeiro e no Ceará, portanto teria condições de assumir o de Ijuí. Agora a dúvida é se realmente a Universidade possui tal status, já que foi comprada pela Kroton. Até o momento a única imagem que passa é a que vai carregar, de surgir em Ijuí como chupim, o pássaro oportunista, que sempre pega o ninho pronto. E Ijuí está pronto, com referência na saúde tanto em clínica quanto hospitalar. A maioria não entende a capacidade empreendedora que se está abrindo mão ao deixar que um projeto de fora se estabeleça no município e leve os investimentos daqui. Se a comunidade não pôde contar com seus próprios líderes para defender seus interesses, poderá contar com quem?

PONTO DE VISTA

Alexandre Guerra Presidente do Sindilat fala sobre definições da reunião do Conseleite que foi realizada na última semana

O que foi abordado na reunião do Conseleite? Foram apresentados os números do mês de setembro, porque as indústrias enviam os dados do dia 1º até o dia 10 e com esses dias se avalia a tendência para o mês. Essa tendência demonstrou queda de preços para o produtor, em virtude do leite UHT ter caído 14% nestes 10 dias. O mer-

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

cado do leite desaqueceu, tendo caído muito em suas vendas e por conta disso essa baixa nos preços para o produtor. Não é uma coisa que a indústria gostaria que acontecesse, mas o mercado trabalha dessa forma, o leite em pó não tem queda como tem o leite UHT. Cada indústria possui a sua política de produtos e a sua estratégia e por isso enfrenta esse problema de forma diferente. O preço do leite ficará estável? Acreditamos que não, pois o preço do leite caiu ainda mais depois do dia 10, levando em conta o mercado consumidor, por isso terão empresas que vão sofrer mais com isso, outras menos, depende de suas estratégias, mas essa queda atinge todos os setores que tratam do leite UHT. Qual fator incide sobre a queda nos preços? A produção esteve mais baixa e os preços começaram a subir, mas após algum tempo, a produção no campo aumentou pelas pastagens e remuneração, com isso a produção cresceu. Porém, o consumo, mesmo com o aumento da produção, não aumentou e com isso o produtor acaba sofrendo com prejuízos.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

cmyk

6

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui. com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.jmijui.com.br

Ao alcance do cidadão Cezar Miola

Presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE) Neste 28 de setembro, dia escolhido pela Unesco em alusão ao Acesso Universal à Informação, algumas reflexões se fazem necessárias. A permissão de acesso aos dados públicos se tornou uma realidade em diversos lugares do mundo, mas ainda há lacunas que precisam ser preenchidas quando se trata de transparência. Em 1990, apenas 12 países possuíam dispositivos assegurando tal direito. Em 2016, esse número cresceu para 110, sendo que a lei brasileira é de 2011. No Brasil, segundo pesquisa divulgada pelo Programa de Transparência Pública da FGV-Rio, um dos principais problemas é a falta de transparência local. Enquanto o governo federal coloca os seus dados à disposição da população de forma didática e acessível, as administrações municipais ainda relutam em fazê-lo. De acordo com o estudo, a administração federal, por exemplo, apresenta maior cumprimento das normas de transparência do que o seu equivalente no Canadá. O mesmo não acontece quando a transparência municipal é analisada. Se pensarmos que as administrações locais são as mais próximas das pessoas e têm melhores condições de resolver os problemas que afetam diretamente a vida das comunidades, veremos que existe uma relação inversa entre a proximidade e a transparência nesses dois níveis de governo. “A quantidade e qualidade das informações que recebemos sobre os nossos governos é muitas vezes inversamente proporcional ao grau de influência que eles exercem sobre nossas vidas”, destaca o estudo. Uma sociedade bem informada tem condições de tomar decisões mais objetivas e de influenciar na adoção de políticas públicas necessárias para resolver as questões locais, além de ser capaz de reduzir os níveis de corrupção e aumentar a eficiência e a qualidade da gestão. São esses os principais benefícios do direito ao acesso à informação. Mas temos de pensar também na melhoria da qualidade de vida das pessoas, o que pode resultar da divulgação de dados simples. São exemplos de informações básicas a serem disponibilizadas independentemente de qualquer requerimento: custos de cada obra e serviço; horário de atendimento dos médicos nos postos de saúde; formação, experiência profissional e jornada de trabalho dos professores das escolas públicas; tabela de horário dos ônibus da localidade; serviços postos à disposição em todas as áreas, responsáveis por sua prestação e canais para eventuais reclamações a respeito; procedimentos que cada órgão ou unidade deve adotar em situações de crise/calamidade e orientações para a população nesses casos; e, retorno dado ao cidadão quanto às suas reclamações e denúncias. Essas, entre inúmeras outras, são informações públicas e, por isso, deveriam estar ao alcance de qualquer interessado. É preciso reconhecer que estamos num processo de aperfeiçoamento na relação entre o Estado e a sociedade, sobretudo no tocante ao acesso à informação, mas ainda temos um longo caminho a trilhar para que se alcance o ideal, ou seja, quanto mais próximo, mais transparente.

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h) ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATURAS E CIRCULAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0316 3331-0317 Semestral: R$ 200,00 Anual: R$ 400,00 Correio: R$ 400,00 (semestral); R$ 800,00 (anual)


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 28 de setembro de 2016

SALÃO DO CONHECIMENTO

Evento reúne recorde de participantes na Unijuí

7

Biblioteca comemora 78 anos com atividades Como um espaço de cultura e lazer, a Biblioteca Pública Municipal comemora neste mês 78 anos de história. Inaugurada em 1938, a biblioteca tem como objetivo principal levar cultura e literatura para a comunidade, de forma gratuita. Para marcar o aniversário, a bibliotecária do local Hilda Maria Pinton e as professoras Eliane Daltroso e Gabriela Dobler, da Escola de Música Eliart, promoveram um momento musical na tarde de ontem. De acordo com a professora da Escola de Música Eliart, Eliane Daltroso, as crianças se mostraram interessadas em participar das atividades, que tinham como foco a integração. "Levamos para as crianças um

pouco do folclore brasileiro e também regional. Com músicas variadas, os alunos se mostraram satisfeitos e com isso puderam conferir também um pouco da literatura juntamente com a música, que são duas coisas diferentes, mas que juntas se completam", comenta. Na ocasião, alunos da Eliart fizeram uma apresentação especial para os alunos da Escola Infantil Fazendo Arte, com direito a música, violão e, também, violino, a cargo do aluno Cássio Antônio. A bibliotecária Hilda Maria Pinton ressalta ainda a importância do espaço da biblioteca. "Precisamos levar às crianças a importância da biblioteca para o crescimento humano", finaliza,

O Salão do Conhecimento da Unijuí é um evento para divulgação da produção em pesquisa e extensão

Durante essa semana, a pesquisa e extensão serão o destaque na Unijuí. Isso porque ocorre, até a sexta-feira mais uma edição do Salão do Conhecimento, evento que visa divulgar a produção em pesquisa e extensão de estudantes universitários, além de permitir a socialização de experiências, a reflexão sobre as atividades desenvolvidas dentro da Universidade e Instituições parceiras, com a comunidade acadêmica e externa. De acordo com a vice-reitora de pós-graduação, Evelize Berlezi, durante a semana o espaço de sala de aula é diferente. "O Salão do Conhecimento foi criado na perspectiva de espaço que instigue o debate em diferentes áreas do conhecimento que estão abrigadas pela universidade, que desperte o interesse

dos nossos professores e alunos, e propôs novos assuntos, que fomente a curiosidade e, principalmente, ele é construído na perspectiva de que supere a disciplinaridade", defende. Segundo Evelize, este ano, o evento superou a marca dos anos anteriores, sendo assim, até o momento foram 1,3 mil trabalhos inscritos, produzidos pela graduação, pós-graduação, docência, egressos, pesquisadores e extensionistas da Instituição e de outras Instituições parceiras. Este ano, são quase 2,5 mil participantes. Na noite de segunda-feira, durante a abertura do evento, o destaque foi a Mesa Redonda que debateu o tema Ciência Alimentando o Brasil: contribuições da Unijuí, alinhado à Semana Nacional de Ciência e

Tecnologia, o Salão do Conhecimento 2016, que contou com a presença dos professores Roberto Carbonera, Maristela Borin Busnello, Antônio Carlos Valdiero e o professor reitor da Unijuí, Martinho Luís Kelm. Na tarde de ontem, destaque ficou por conta da Consultoria da CNPq, que avaliou as apresentações orais dos bolsistas. Nesta edição, além da exposição de painéis, que são cerca de 40, ocorrem oficinas, palestras e mais de 70 atividades diferentes. "O nosso aluno e comunidade que estará circulando no Salão do Conhecimento terá uma ampla programação científica para estar se inserindo", acrescenta Evelize. O Salão do Conhecimento ocorre nos quatro campi da Instituição.

Estudo para novo Fies será apresentado O Ministério da Educação (MEC) espera concluir um estudo preliminar sobre um novo modelo de financiamento estudantil nos próximos 60 dias, segundo afirmou o secretário da Secretaria de Ensino Superior (Sesu), Paulo Barone, ao Broadcast Político, serviço online do Grupo Estado. Durante o Fórum Nacional do Ensino Superior Particular Brasileiro (FNESP), ele disse que o governo estuda uma "transformação signi-

ficativa" no programa. Barone não deu detalhes sobre os modelos em estudo, mas destacou que se procura uma maior integração entre governo, instituições de ensino, bancos e estudantes. A principal possibilidade envolve modelos de utilização de funding privado para os financiamentos. O prazo para que esse novo Fies venha a ser implementado não é certo. De acordo com o secretário, isso depende da profundidade

das mudanças a serem adotadas. Propostas originadas no setor de ensino privado envolvem dois modelos possíveis: o primeiro é o de criação de Letras de Crédito da Educação, que teriam garantias aos moldes das letras de crédito já existentes para a agricultura e o setor imobiliário. Outra hipótese aventada é a da liberação do depósito compulsório dos bancos para a finalidade de empréstimos a estudantes.

Apresentações de professores e alunos fizeram parte da tarde festiva

Acadêmicos celebram o Dia do Contador Na última quinta-feira, alunos e professores do curso de Ciências Contábeis da Cnec/ Iesa comemoraram o Dia do Contador. A data é celebrada em homenagem à criação do primeiro curso de Ciências Contábeis no Brasil, pela Lei nº 7.988, de 22 de setembro de 1945, assinada pelo presidente Getúlio Vargas, que até então, só existiam cursos técnicos e profissionalizantes de contabilidade. As atividades foram realizadas na Videoteca e os acadêmicos foram recepcionados

pela coordenadora do curso, professora Zélia Mirek. Em seu pronunciamento, a professora destacou que “o desenvolvimento da contabilidade sempre esteve associado à evolução da humanidade, ao progresso das organizações, às novas formas de negócios e ao aprimoramento das relações comerciais. O trabalho do Contador está associado às demandas sociais e a evolução natural advindas do aperfeiçoamento dos negócios empresariais, provocado pela abertura de mercado e o avanço da globalização”.

As palestras ministradas abordaram a importância do contador na atualidade

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 28 de setembro de 2016

VAZAMENTO DA LAVA JATO

Após declaração, Temer repreende ministro O presidente Michel Temer reuniu-se na manhã de ontem no Palácio do Planalto, com o ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre Moraes, para reforçar a mensagem de que é preciso tomar cuidado com as declarações públicas, principalmente em agendas de campanha. A “bronca” dada pelo presidente aconteceu por conta das declarações de Moraes, divulgadas no domingo, de que a Operação Lava Jato teria uma nova fase nesta semana. Na segunda-feira, a força-tarefa culminou com a prisão do exministro Antonio Palocci. Segundo fontes do Planalto, a conversa foi rápida e a intenção do governo é tentar dar o episódio como encerrado para poder afastar a crise - causada por uma suposta antecipação da Lava Jato - do governo. O risco de demissão do ministro, pelo menos até o momento, está afastado. Temer reforçou a Moraes que declarações polêmicas atingem o governo e devem ser evitadas. A conversa não constou na agenda de nenhum dos dois e aconteceu antes da revelação, também feita pelo Estado, de que Moraes reuniu-se com o superintendente regional da Polícia Federal em São Paulo, Disney Rosseti, na sexta-feira, 23, dois dias antes da fala polêmica. O encontro com o superintendente da PF ocorreu na sede do Departamento de Polícia Federal da capital paulista e, conforme

cmyk

Gleisi e Bernardo viram réus na Lava Jato Em julgamento na tarde desta terça-feira, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e o marido dela, o ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo viraram réus no processo da Operação Lava Jato por corrupção e lavagem de dinheiro. A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) acolheu a denúncia feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR) por unanimidade. O primeiro a votar foi o relator do processo, ministro Teori Zavascki. Em seguida, Celso de Mello, Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski votaram a favor da denúncia. Gleisi e Bernardo são investigados por suposto recebimento de R$ 1 milhão de propina de contratos firmados entre empreiteiras e a estatal. O dinheiro

teria sido usado para abastecer a campanha eleitoral dela em 2010. O casal nega a acusação. O pagamento teria sido ordenado por Paulo Roberto Costa (exdiretor da Petrobras) e operacionalizado pelo doleiro Alberto Youssef. Em documento encaminhado ao Supremo, a defesa do casal diz que as acusações são “meras conjecturas feitas às pressas” em função de acordos de delação premiada. “A requerida (senadora) jamais praticou qualquer ato que pudesse ser caracterizado como ato ilícito, especialmente no bojo do pleito eleitoral ao Senado Federal no ano de 2010, na medida em que todas as suas contas de campanha foram declaradas e integralmente aprovadas pela Justiça Eleitoral.”

Temer repreendeu o ministro da Justiça Alexandre Moraes após declarações

divulgado pela agenda oficial do ministro, durou uma hora. Por meio de sua assessoria, Moraes afirmou que no encontro com Disney Rosseti foram tratados pelo menos três assuntos: "tráficos de drogas e armas, inclusive trabalho conjunto com a Polícia Civil e Militar; fiscalização de empresas de valores (em virtude do aumento de roubos com explosivos e armamento pesado); e aperfeiçoamento da legislação sobre guarda de armas em estabelecimentos bancários, em virtude do grande número de roubos de armamento das empresas de segurança privada". No domingo, Moraes falou durante evento de campanha de Duarte Nogueira à prefeitura de

Ribeirão Preto (SP), em uma conversa com integrantes do Movimento Brasil Limpo (MBL), que uma nova etapa da Operação Lava Jato seria deflagrada nesta semana. “Teve a semana passada e esta semana vai ter mais, podem ficar tranquilos. Quando vocês virem esta semana, vão se lembrar de mim”, disse. Na segunda-feira, após a operação que prendeu Palocci, Temer chamou o ministro para uma conversa no Palácio do Planalto para cobrar dele mais explicações. Moraes, porém, estava em São Paulo e os dois conversaram pelo telefone. Temer teria aceitado as explicações de que se tratou de uma "infeliz coincidência".

CNJ ficou 'burocrático' e 'pesado' Em sua primeira sessão como presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a ministra Cármen Lúcia criticou a "burocratização excessiva" do órgão que, na avaliação dela, ficou mais "pesado" nos últimos anos. "Quanto mais normas tiver, mais fácil é não cumpri-las", disse a ministra. Como presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen assume também o comando do órgão - que tem entre as funções a fiscalização do trabalho dos juízes e eventuais punições a magistrados. "O CNJ cresceu muito mais do que a gente queria em termos de estrutura. E eu temo por uma burocratização excessiva, que é o contrário da razão de criação desse conselho. Em qualquer caso, quanto mais normas tiver, mais fácil é não cumpri-las, basta ter um número grande para que se possa não conhecer todas e

8

não se dar cumprimento", disse a ministra, no início da sessão do CNJ. Nos últimos dois anos, o conselho foi presidido pelo ministro Ricardo Lewandowski. Segundo ela, o conselho ficou "mais pesado nestes dez anos", o que não era o objetivo. "Quando, ainda na OAB, nós lutávamos pela criação do CNJ, nós queríamos um órgão tão leve que pudesse atuar sob todo o espaço da jurisdição brasileira, tão denso que pudesse produzir efeitos práticos", afirmou a ministra. Cármen anunciou que está fazendo um levantamento sobre programas que estão em andamento no órgão. "Há uma gama enorme de convênios feitos, de ajustes formados, de grupos de trabalho. Eu preciso saber exatamente como estão, em que pé estão, o que está sendo feito, quais os resultados já produzidos", afirmou. Em tom de crítica, a mi-

Cármem Lúcia

nistra disse que firmar convênios sem que haja resultado prático é uma forma de "não dar efetividade ao que precisa ser efetivo".

Gleisi Hoffmann e o marido Paulo Bernardo viraram réus na Lava Jato

Inquérito contra Renan é adiado para novembro O ministro Teori Zavaski, do Supremo Tribunal Federal (STF), ampliou para até novembro o prazo para conclusão da investigação em um dos inquéritos contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDBAL). Nestes autos, Renan é investigado por supostamente ter recebido propina para evitar a instalação de uma CPI da Petrobras. O Supremo Tribunal Federal autorizou a abertura do inquérito em março deste ano, após pedido da ProcuradoriaGeral da República. O alargamento do prazo foi pedido pela Polícia Federal. "Defiro a prorrogação de prazo para conclusão das diligências restantes, solicitada pela autoridade policial (petição 49.823/2016) e ratificada pelo Procurador-Geral da República (petição 53.592/2016), até 26 de novembro de 2016, a teor do artigo 230-C, caput, e § 1º, do RISTF (Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal)",

determinou Teori. Em delação premiada, Carlos Alexandre de Souza Rocha, um dos entregadores de dinheiro de Alberto Youssef, cita conversas em que o doleiro mencionou pagamentos ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Rocha, conhecido como Ceará, disse que "várias vezes" ouviu Youssef falar no nome do peemedebista. Em uma delas, Youssef teria dito que repassaria R$ 2 milhões a Renan para evitar a instalação de uma CPI da Petrobras. O entregador de dinheiro não soube precisar aos investigadores o ano em que a conversa teria ocorrido, nem se o pagamento foi feito. De acordo com ele, a CPI não foi instalada naquela ocasião. "Mas Renan Calheiros não é da situação?", questionou Ceará a Youssef. O doleiro teria respondido, segundo o delator: "Ceará, tem que ter dinheiro pra resolver".


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Zardin quer asfalto em 28km do interior

CRONOGRAMA DE ENTREVISTAS: TEMA 1: Agricultura e Infraestrutura Rural 16 AGOSTO: Bira Teixeira 19 AGOSTO: Valdir Heck TEMA 2: Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e Renda 23 AGOSTO: Valdir Heck 25 AGOSTO: Bira Teixeira TEMA 3: Educação e Meio Ambiente 30 AGOSTO: Bira Teixeira 2 SETEMBRO: Valdir Heck TEMA 4: Infraestrutura Urbana e Trânsito 6 SETEMBRO: Valdir Heck 9 SETEMBRO: Bira Teixeira TEMA 5: Tecnologia, segurança e desporto e lazer 13 SETEMBRO: Bira Teixeira 16 SETEMBRO: Valdir Heck TEMA 6: Saúde e Desenvolvimento Social 21 SETEMBRO: Valdir Heck 23 SETEMBRO: Bira Teixeira ENTREVISTA VICE PREFEITO: 26 SETEMBRO: Jean Arais 27 SETEMBRO: Valdir Zardin ***Envie suas perguntas para os candidatos para o whatsapp do Jornal da Manhã 8115 2129

Valdir Zardin

A menos de uma semana para as eleições municipais, o Grupo JM encerra nesta edição o Palanque JM, espaço aberto às coligações para que os postulantes à prefeitura expusessem suas ideias e visões sobre a administração pública. O último entrevistado da série é Valdir Zardin (PP), candidato a vice-prefeito pela coligação Juntos por Ijuí. Como tem feito durante sua campanha, Zardin enalteceu o trabalho comunitário que realiza em diversas frentes, como a organização de eventos ligados a movimentos religiosos, participação na feira agropecupária da Expo-Ijuí, ações ligadas à representação dos agricultores lo-

Bira segue roteiro de caminhadas em bairros O candidato a prefeito Bira Teixeira (PT), acompanhado de seu candidato a vice, Jean Arais, fez um extenso roteiro de caminhadas por diversos bairros de Ijuí, ontem. Desde as 7h da manhã, Bira participou de encontros em empresas do município. Ao meio-dia, participou de um encontro na Linha 2 Leste. Posteriormente, esteve reunido com mulheres dos

9

Clubes de Mães. Bira recebeu o reforço do deputado federal Dionilso Marcon (PT), que veio ao município para participar de uma caminhada no bairro Getúlio Vargas. À noite, Bira teve encontros com a comunidade nos bairros Colonial e Lulu Ingelfritz. Hoje, Bira inicia as atividades às 8h25, quando concede entrevista para uma rádio de Ijuí.

Deputado Marcon reforçou campanha do candidato Bira nesta terça-feira

cais, além da ocupação de cargo público. "Como secretário da Agricultura fizemos um trabalho muito importante. Durante nossos quatro anos de gestão fizemos 36 quadras de calçamento, 26 paradas de ônibus das mais bonitas do interior do Estado em pontos estratégicos de Ijuí, encascalhamos mais de 500 quilômetros [de estradas rurais], fizemos 276 bueiros e pontes, 25 pequenos parreirais para incentivar a vitivinicultura, fechamos a Feira do Produtor para nossos hortigranjeiros, instituímos o programa Mais Verde, Mais Vida, onde o pessoal tinha incentivo para fazer até 300 hectares de reflorestamento, implantamos a ajuda da inseminação artificial na bacia leiteira, que hoje estamos colhendo os frutos com investimentos de empresas, tivemos na época 34 terraplanagens para empresas se instalarem aqui. Então diria que tenho orgulho de participar dessa eleição", disse Zardin. O candidato afirmou que durante os 35 anos em que realiza trabalhos voluntários tem sido indagado sobre o porquê não se candidatava a algum cargo público. Segundo ele, não é necessário ocupar um cargo para trabalhar pela comunidade e que sua candidatura neste momento é vista como uma "oportunidade para poder fazer ainda mais". O progressista também se coloca como um representante direto dos agricultores na prefeitura, e afirmou ontem que pretende tornar mais eficiente a ligação entre o meio rural e a cidade. Agricultor e presidente do Sindicato Rural de Ijuí por 15 anos, Valdir Zardin tem uma ligação muito forte com o interior de Ijuí. Por isso, um dos pontos

do Plano de Governo que sua coligação compôs envolvendo o meio rural local foi abordado ontem pelo candidato, que aposta na experiência para atuar no setor. "Eu vejo o pessoal falando que tem que fazer isso ou aquilo, que tem que mudar. Não, nós temos muita experiência e sabemos o que é preciso fazer no interior, não tem essa história que vai mudar. A natureza não se muda, ninguém vai fazer correr água a subir. Nós temos que ter habilidade e saber o que nós precisamos fazer, porque estamos interagindo diariamente com nossos produtores rurais, que são muito inteligentes e estão sempre nos dando ideias. Tudo baseado naqueles que dizem 'bah, nós temos saudades do tempo que vocês lá estavam', e nós vamos matar essas saudade a partir de 1º de janeiro, fazendo um trabalho excelente", pontua o candidato a vice-prefeito. Na conversa, Zardin ainda apresentou um plano ousado de pavimentação de estradas rurais nos principais distritos de Ijuí. A ideia é melhorar os acessos das comunidades às rodovias estaduais e federais que atravessam o meio rural do município. "Nós temos um projeto para pavimentar 28 quilômetros entre as ERSs e BRs até as localidades das vilas e distritos. Ou seja, 26 quilômetros é o somatório do trajeto entre as rodovias até os distritos, e dois quilômetros nós vamos privilegiar a Usina Velha de Ijuí até a ERS-155. Esses 28 quilômetros nós vamos fazer com asfalto ou calçamento, mas nas áreas de calçamento haverá muita qualidade do trabalho. Tudo para integrar e facilitar a vida do produtor rural", apontou.

Valdir Heck se reúne com Oposição na AL critica candidatos a vereador O candidato a prefeito pela coligação Juntos por Ijuí, Valdir Heck (PDT), teve agenda extensa nesta terça-feira. O pedetista iniciou seu dia com um café da manhã com líderes partidários e aliados. Na ocasião, falou sobre a necessidade de dar apoio aos empreendedores que chegam a Ijuí e aqui decidem investir com a geração de emprego e renda. Ainda pela manhã o candida-

to participou de uma entrevista a uma rádio local, onde falou sobre os temas segurança, desenvolvimento, saúde, educação e proteção animal. Em seguida, Valdir fez uma caminhada pelas ruas centrais da cidade, onde encontrou amigos e ouviu eleitores. No final da tarde, Valdir se reuniu com candidatos a vereador da coligação no diretório do PDT.

Candidatos Valdir Heck e Valdir Zardin apresentaram ideias aos eleitores

orçamento

A proposta de Orçamento estadual 2017 apresentada pelo governo Sartori chega para ser apreciada na Assembleia Legislativa com uma receita insuficiente para a execução dos serviços públicos. A avaliação é do líder do PT no Parlamento, deputado Luiz Fernando Mainardi, que afirma que “a proposta mantém sob ameaça o funcionalismo público com o parcelamento de salários e sem a perspectiva de reajuste salariais, além de prejudicar a população que sofre com a precarização dos serviços públicos essenciais”. Mainardi considera que, após quase dois anos de governo, o governador Sartori quando buscou recursos financeiros, o fez de forma a onerar a população e os servidores. “Foram medidas que trouxeram mais recursos com mais impostos, congelamento dos gastos e mais arrocho salarial”.

cmyk


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 28 de setembro de 2016

10

SAÚDE

Amrigs debate o uso de agrotóxicos em Ijuí A Caravana Amrigs chegou a Ijuí na terça-feira (27/09) com a palestra Os agrotóxicos e os riscos à saúde. O evento foi realizado na Associação Comercial e Industrial de Ijuí (ACI), na noite de ontem, direcionado aos médicos e profissionais da área para discutir os impactos dos agrotóxicos da Saúde. De acordo com o estudo Agrotóxicos no Brasil: um guia para ação em defesa da vida, o crescimento da venda de agrotóxicos no País deu um salto de 2001 a 2008, passando de US$ 2 bilhões para mais de US$7 bilhões. Com esse acréscimo, o Brasil se tornou o País que mais consome esse tipo de produto, ultrapassando a marca de um milhão de toneladas por ano, o equivalente a 5,2 kg por habitante. Vanda Garibotti, graduada em Saúde Pública pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) e mestranda em Saúde Coletiva pela Unisinos, foi a palestrante da noite. Com experiência, também, no Centro Estadual de Vigilância em Saúde do Estado do Rio Grande do Sul, Vanda destaca que a região Noroeste é muito rica, tendo a base de sua atividade econômica na produção de grãos, o que incide no uso ostensivo de insumos agrícolas. "Então a gente precisa discutir isso no setor saúde, para reunirmos esforços para prevenir os riscos dos agrotóxicos na saúde", alerta. Ela elenca os perigos das substâncias tóxicas aos organismos vivos. "Podemos

ter efeitos na saúde humana com a exposição direta dos trabalhadores quando estão preparando a calda, quando estão fazendo a aplicação, ou mesmo a população em geral quando há pulverização e à deriva da névoa do produto quando está sendo aplicado", explica. "Essa exposição direta pode levar a uma intoxicação aguda, que a pessoa sofre os efeitos imediatamente após o contato com o produto, e pode ser de leve, moderada a grave, dependendo da quantidade do contato, da substância e da dose." Além disso, há o risco da exposição continuada ao longo do tempo a baixas doses de produtos tóxicos. "Também temos uma preocupação com a exposição crônica", acrescenta. Vanda reforça que a solução destes problemas é justamente a motivação para a realização de debates envolvendo os vários setores e profissionais da saúde, desde a rede pública até a privada. "Porque a gente entende que em regiões onde temos um elevado uso de agrotóxicos, os profissionais de saúde precisam estar atentos a esse problema para saber diagnosticar quando ocorrem essas intoxicações, porque muitas vezes os sinais e sintomas podem ser parecidos com outras doenças ou com outros agravos", esclarece. "Precisamos sensibilizar todo o setor saúde para estar preparado tanto para dar assistência às pessoas que estão intoxicadas como também atuar no sentido de prevenir."

A Caravana Amrigs esteve em Ijuí na noite de ontem para debater os impactos dos agrotóxicos na saúde

A prevenção da intoxicação passa pelo uso adequado dos equipamentos de proteção por parte dos trabalhadores, e informações sobre os riscos a que estão expostos. "E que a população em geral saiba que, hoje, para termos um alimento seguro o ideal seria uma produção sem agrotóxicos. Então essa é uma discussão que toda a sociedade precisa participar",

Brasil cai seis posições em ranking O Brasil caiu seis posições de 2015 para 2016 e registrou sua marca mais baixa no ranking de competitividade do Fórum Econômico Mundial - que no Brasil é elaborado em parceria com a Fundação Dom Cabral (FDC). O País ficou em 81º lugar na atual edição, dentre os 138 pesquisados, o pior desempenho desde a mudança de metodologia, que começou a valer em 1998. Segundo a FDC, a queda do Brasil no ranking reflete sinais claros da forte crise econômica e declínio da produtividade vividos pelo País, resultando em menor sofisticação dos negócios e baixo grau de inovação. "O Brasil se distancia de forma significativa dos demais países do grupo dos Brics e do G-20 e perde espaço internacional", diz a entidade em

nota. De acordo com o relatório, os principais fatores por trás dessa tendência de perda de competitividade brasileira são aqueles ligados à atual conjuntura política, mas também dados relacionados a questões estruturais e sistêmicas. "Fatores da conjuntura presente, como a crise econômica e política que vem se deteriorando desde 2014, estão associados a fatores estruturais e sistêmicos, como sistema regulatório e tributário inadequado, infraestrutura deficiente e baixa produtividade, que resultam em uma economia fragilizada e incapaz de promover avanços na competitividade interna e internacional sem maior inserção no mercado mundial", afirma o texto. Dos 12 pilares estudados, o

Brasil caiu em seis deles. A maior queda foi em Desenvolvimento do mercado financeiro, saindo do 58º lugar em 2015 para a 93ª posição em 2016. Também houve piora em Sofisticação dos negócios (de 56º para 63º), Inovação (de 84º para 100º), Ambiente econômico (de 117º para 126º), Prontidão tecnológica (de 54º para 59º) e Tamanho do mercado (de 7º para 8º). Já a maior alta foi em Educação superior e treinamento (da 93ª colocação em 2015 para a 84ª posição em 2016); seguido de Eficiência do mercado de trabalho (de 122º para 117º), Saúde e educação primária (de 103º para 99º), Infraestrutura (de 74º para 72º) e Instituições (de 121º para 120º). No quesito Eficiência do mercado de bens, o País ficou estável no 128º lugar, o último do ranking global.

convoca. A Associação Médica do Rio Grande do Sul (Amrigs), através de Caravana, percorre diversos municípios do Estado, propondo debates sobre pautas escolhidas através das demandas da classe médica e da comunidade. Agendamento da Caravana Amrigs pode ser feito pelo telefone 51 3014 2007.

STJ nega indenização para famílias das vítimas da Kiss O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu ontem que o município de Santa Maria e o governo do Rio Grande do Sul não são obrigados a indenizar as famílias das vítimas da tragédia na boate Kiss com base no Código de Defesa do Consumidor. O pedido havia sido feito pela Defensoria Pública do Estado. Os defensores protocolaram a ação em março de 2013 e calculavam mais de R$ 1 milhão em indenização a cada um dos 242 mortos, com montante total de mais de R$ 300 milhões.

Os magistrados do STJ reconheceram a “gravidade” do caso, mas afirmaram que falhas processuais impediriam a aplicação dessa pena. Com a decisão, apenas os proprietários da casa noturna e as empresas que prestavam serviço naquele dia estão sujeitos à cobrança da indenização, já que as vítimas estavam dentro da Boate na condição de consumidores. À decisão cabe novo recurso. O processo é um entre vários que tramitam na Justiça do RS, na Justiça Militar e também nas instâncias superiores em Brasília.

Empresa vence licitação para avaliação O governo gaúcho realizou na manhã de ontem licitação para escolha da empresa responsável por aplicar as provas do Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar (Saers), que será retomado após seis anos. A Seac Ltda, de Cachoeira do Sul, apresentou o valor mais baixo, de R$ 3,2 milhões, mas o processo ainda não

cmyk

foi encerrado. O Saers foi criado por decreto em 2007, no governo de Yeda Crusius (2007-2010), mas as provas deixaram de ser aplicadas na gestão de Tarso Genro (20112014). Na última edição, de 2010, a vencedora da licitação havia sido a Universidade Federal de Juiz de Fora, ao custo de R$ 2,4 milhões.

O secretário estadual da Educação, Luís de Freitas, confirmou que o dinheiro para custear avaliação virá de um financiamento junto ao Banco Mundial. A empresa vencedora assinará contrato de 10 meses para aplicação das provas em todas as escolas estaduais, e nas escolas municipais e privadas que aderirem ao Saers.

Ação foi protocolada em 2013 pela Defensoria Pública do Estado


Notícias

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 28 de setembro de 2016

FUNREBOM

Corpo de Bombeiros receberá novos soldados

11

Susepe efetua 241 revistas em penitenciárias A Galeria A da Penitenciária Modulada de Montenegro passou por revista ontem. A operação contou com a atuação de agentes do Grupo de Ações Especiais (GAES), da Divisão de Inteligência Penitenciária (Dipen) e de agentes da Modulada de Montenegro. A ação se iniciou por volta das 8h45 e recolheu drogas, dinheiro e celulares. Foram apreendidos R$ 1.314,00, 188 trouxinhas de maconha, 25 petecas de cocaína, 13 chips, 47 celulares, seis estoques, baterias e carregadores. A revista teve o comando geral do Departamento de Segurança e Execução Penal da

Susepe (DSEP), que intensificou as operações nos estabelecimentos prisionais do Estado. Já foram registradas 241 inspeções num período de 19 meses. O foco dessas ações é retirar materiais ilícitos em posse de apenados e estabelecer a ordem no ambiente prisional. Além disso, as transferências de possíveis lideranças negativas entre os presos são executadas para desarticular redes de crime dentro das cadeias. De acordo com o diretor do DSEP, Ângelo Carneiro, as revistas seguirão intensificadas em todas as dez regiões penitenciárias.

Executivo reuniu-se com o major Claiton Fernando Marmitt, do 12° CRB

O prefeito Fioravante Ballin, acompanhado pelos secretários municipais de Governo, Nelson Copetti, e da Fazenda e Planejamento, Irani Basso, visitou as instalações do 12° Comando Regional de Bombeiros (CRB) em Ijuí ontem. O motivo foi a apresentação dos investimentos previstos pelo Fundo de Reaparelhamento do Corpo de Bombeiros (Funrebom), no período entre setembro e dezembro de 2016. Na ocasião, o major Claiton Fernando Marmitt, comandante do 12° CRB, apontou as principais necessidades da guarnição.

Em resposta, o prefeito Ballin aprovou os investimentos considerando o caráter necessário e urgente do reaparelhamento, bem como o valor coerente com o saldo atual do Fundo. A previsão, conforme o major Marmitt, é de que o Funrebom arrecade uma média de R$20 mil ao mês, com a expectativa de fechar o ano com, aproximadamente, R$100 mil em caixa. Durante o encontro, o comandante do 12° CRB informou o Executivo sobre o treinamento e formação de 25 novos alunos soldados, a ser realizado pelo

Comando no município de Cruz Alta. Após a formatura, eles deverão ser distribuídos entre as oito frações do CRB, retornando na manutenção do atual efetivo da guarnição de Ijuí. Na busca por mais informações à comunidade e instituições quanto aos Planos de Prevenção e Combate a Incêndios (PPCIs),o prefeito Fioravante Ballin também aproveitou o momento para solicitar uma cartilha informativa aos municípios de abrangência do 12° Comando, além de encontros interinstitucionais para mais orientações sobre o assunto.

Eleitor só poderá ser preso em flagrante Até a próxima terça-feira, 4 de outubro, nenhum eleitor pode ser preso ou detido, a não ser em flagrante ou para cumprimento de sentença criminal. A regra está prevista no artigo 236 do Código Eleitoral e tem como objetivo garantir o exercício do direito do voto pelo maior número possível

de pessoas sem ameaças ou pressões indevidas. O artigo diz que "nenhuma autoridade poderá, desde 5 dias antes e até 48 horas depois do encerramento da eleição, prender ou deter qualquer eleitor, salvo em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória

por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto". Caso alguma prisão ocorra, o preso deverá ser "imediatamente conduzido à presença do juiz competente que, se verificar a ilegalidade da detenção, a relaxará e promoverá a responsabilidade do coator".

A operação contou com a atuação de agentes

BM registra furto em estabelecimento comercial A Brigada Militar atendeu mais um furto em estabelecimento comercial em Ijuí. De acordo com o registro, na madrugada de ontem, ocorreu um furto qualificado em um estabelecimento comercial, localizado na Rua Emílio Glitz no bairro São Geraldo. A porta da frente do local foi arrombada, e do interior foram subtraídos cerca de R$ 3 mil em mercadorias, entre calçados e roupas femininas e infantis.

Após realizar diligência, os policiais do Pelotão de Operações Especiais abordaram uma pessoa em atitude suspeita no Beco da Pedreira. Com o individuo foi localizado uma mochila com várias roupas. Os policiais entraram em contato com a proprietária da loja, a qual reconheceu como sendo os produtos furtados durante a noite. Duas pessoas foram conduzidas até a Delegacia de Polícia para os procedimentos legais.

TJ anula júris do massacre do Carandiru A 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo anulou ontem os julgamentos dos 74 policiais militares condenados em primeira instância pelo massacre do Carandiru, em que 111 presos foram assassinados. Os júris foram reanalisados a pedido dos advogados dos PMs. A Promotoria e a defesa dos parentes dos presos mortos podem

recorrer. Não houve unanimidade entre os votos. Dos três magistrados que votaram, o relator quis a absolvição de todos os PMs, enquanto os outros dois desembargadores pediram anulação dos júris já realizados, para que novos julgamentos sejam realizados. O relator do caso, desembargador Ivan Sartori, votou para que os 74 policiais que foram

condenados fossem inocentados. Ele baseou sua decisão no fato de que três agentes foram absolvidos pelos jurados na primeira instância. "Não pode o poder Judiciário dar duas soluções distintas para o mesmo caso. Estas absolvições já transitaram em julgado. Queria ver se um de nós tivesse ali e fosse obrigado a aceitar um julgamento destes”, disse.

As mercadorias apreendidas foram reconhecidas pela vítima

cmyk


Esporte

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Renato Portaluppi adota o mistério ,

O Grêmio encara o Palmeiras hoje às 21h45 na Arena pelas quartas de final da Copa do Brasil.A competição mata-mata tornou-se a única chance de título do clube na temporada, após queda de rendimento no Brasileiro. O técnico Renato Portaluppi realizou ontem uma atividade fechada para a imprensa. Os portões só foram abertos quando os atletas treinavam cobranças de faltas. Com os desfalques confirmados de Maicon, Bolaños e Éverton, o treinador gremista indicou que deve colocar o jovem Jaílson no meio-campo, com Henrique Almeida no comando de ataque,

apesar das críticas que o centroavante recebeu nos últimos jogos. Edílson e Kannemann, que foram poupados em alguns treinos, não têm maiores problemas, e serão opções para Renato diante do Verdão. O Grêmio deve atuar com: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Jaílson, Douglas, Pedro Rocha e Luan; Henrique Almeida. Líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras também está focado na Copa do Brasil. O lateral direito Jean, escalado em 42 partidas nesta temporada, será poupado. O meia Cleiton Xavier,

Internacional poupa titulares diante do Santos

O Inter vai poupar titulares no jogo de hoje às 19h30 na Vila Belmiro, diante do Santos, pelas quartas de final da Copa do Brasil.A equipe de Celso Roth irá enfrentar o Peixe, com a ausência de William, Paulão, Alex, Gustavo Ferrareis, Eduardo Sasha e Aylon, que estiveram em campo na última derrota por 3 a 1 para o Atlético-MG. As baixas na lista de relacionados estão ligadas à precaução do técnico em querer poupar seus atletas. O atacante Eduardo Sasha deixou o último jogo com dores, enquanto o lateral William e o meia Alex nem chegaram a participar da atividade de ontem. Além destes, Anselmo e Marcelo Lomba também não poderão entrar, pois já atuaram em outras equipes da Copa do Brasil deste ano. O time

provável terá: Danilo Fernandes; Rak, Eduardo, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho, Eduardo Henrique e Seijas; Valdívia e Nico López. No Santos, o técnico Dorival Júnior deve promover a entrada do meia Emiliano Vecchio entre os titulares. O técnico comandou ontem um treino tático no CT Rei Pelé e utilizou o argentino na equipe.A mudança será necessária, pois Dorival perdeu Vitor Bueno, que vai ficar fora dos campos de três a quatro semanas por causa de uma lesão de grau dois no músculo adutor da coxa direita. O Santos deve jogar com: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, David Braz e Zeca; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vecchio, Copete e Rodrigão. O jogo terá apito de Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE).

em transição física, também ficou fora da lista. Assim como o volante Thiago Santos, que perdeu o pai ontem e foi liberado pela diretoria. O zagueiro Edu Dracena, recuperado de desconforto físico, está entre os relacionados. O volante Gabriel, que cumpriu suspensão automática na última rodada do Campeonato Brasileiro, também fica à disposição. O técnico Cuca deve escalar este time: Jaílson; Gabriel, Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Arouca (Matheus Sales), Tchê e Moisés; Róger Guedes (Erik), Dudu e Gabriel Jesus. O jogo terá apito de Cláudio Francisco Lima e Silva (SE).

Técnico do Grêmio, Renato Portaluppi

Juventude encara o Atlético-MG hoje à noite O técnico Marcelo Oliveira, mais uma vez, adotará mistério sobre o time do Atlético-MG que enfrentará o Juventude, hoje, às 19h30, no Mineirão.Assim como foi contra o Internacional, na última rodada do Campeonato Brasileiro, o treinamento da véspera do jogo foi fechado para a imprensa. Antes da atividade, os jogadores foram para o campo e realizaram o tradicional bobinho, sob os olhares do treinador. Depois de desfalcar o Atlético na vitória sobre o Internacional, por 3 a 1, Erazo deverá ser titular diante do Juventude.Recuperado de dor no joelho direito, o zagueiro equatoriano está na lista de jogadores convocados para a primeira partida do confronto pelas quartas de final da Copa do Brasil. Por

ter jogado a competição pelo Fluminense, Fred não pode entrar em campo pelo Galo. A equipe provável será: Victor; Carlos César, Leonardo Silva, Erazo e Fábio Santos; Rafael Carioca, Júnior Urso e Clayton; Cazares Robinho e Lucas Pratto. O Juventude está em em Belo Horizonte desde a noite de segunda-feira. O técnico Antônio Carlos tem dois desfalques confirmados. O meia Felipe Lima e o volante Lucas, ambos com lesão muscular. O zagueiro Ruan Renato, por outro lado, retorna após cumprir suspensão. A equipe deve iniciar a partida com: Elias; Neguete, Klaus, Micael e Pará; Vacaria, Vanderson, Wallacer e Bruninho; Roberson e Hugo. Atlético-MG e Juventude terá arbitragem de Vinicius Furlan (SP).

Ijuí Pró-Vôlei participa do Dia Estadual do Voleibol Aconteceu no domingo dia 25 de setembro, o 2º Festival de Mini-Vôlei do Dia Estadual do Vôlei Gaúcho, no Centro de Eventos do Parque de Exposições da cidade de Nova Petrópolis. O torneio festivo reuniu 138 equipes de clubes e projetos de 14 cidades gaúchas, 518 miniatletas nascidos entre 2004 e 2009, em um total de 561 jogos. O Ijuí Pró-Vôlei, considerado pela Federação Gaúcha o melhor projeto social de 2015, esteve representado por 27 mini- atletas e nove equipes (trios), sendo 3 femininas e 6 masculinas. Também integraram a delegação ijuiense, monitores e coordenadores do projeto. O evento de confraternização esportiva foi prestigiado pelos embaixadores do voleibol gaúcho e ex-atletas da Seleção Brasileira, Gustavo Endres, Manius Abbadi, Alex Lenz Stragliotto, além da atleta Martina Roese, campeã gaúcha

cmyk

pela UPF de Passo Fundo, que aproveitaram o momento para distribuição de autógrafos e fotos com os mini-atletas. Todos os 518 participantes concorreram ao sorteio de bolas autografadas e receberam medalhas de participação. A próxima edição do Festival

comemorativo do Dia Estadual do Vôlei promovido pela Federação Gaúcha, já tem data definida, será no domingo, dia 24 de setembro em 2017, novamente na cidade da serra gaúcha. O Ijuí Pró-Vôlei, projeto idealizado e coordenado pelo ex-atleta da Seleção Brasileira Alex Lenz,

é mantido pelo Poder Executivo de Ijuí com apoio da Unijuí, e visa incentivar o esporte no meio social através do voleibol, tendo beneficiado neste ano, mais de duas mil crianças e adolescentes dos seis aos quatorze anos, matriculados na rede pública de ensino.

Ijuí Pró-Vôlei esteve representado no 2º Festival de Mini-Vôlei do Dia Estadual do Voleibol Gaúcho em Nova Petrópolis

12

DE PRIMEIRA MUNICIPAL DE FUTSAL O Campeonato Municipal de Futsal de Ijuí tem a disputa de quatro jogos hoje a partir das 19h no Ginásio de Esportes Wilson Mânica: chave A, Titãs x Progresso/Marmoraria São Lucas; Os Parentes x Posto do Ganso; chave B, IBIS x E.C.União; e Progresso /Portuguesa x Itaí Futsal. Na última sexta-feira a competição teve estes jogos no Ginasião:chave J, Paladino F.C. 4 x 0 Holimpia; Sport Club PC 3 x 3 Penapolense; chave I, Independência Futsal 3 x 1 Golden Ball e Amigos dos Ames 2 x 5 E.C. Bahia. No domingo foram disputadas estas partidas no Ginásio Wilson Mânica:feminino, E.C.São José de Alto da União 1 x 14 AFK; ASPF 3 x 2 Progresso; chave E, União do Getúlio Vargas 9 x 1 E.C. São José de Alto da União; e São José 3 x 3 Revecar/Perfect Car. Na segunda-feira abrindo a categoria sênior foram disputados dois jogos: Mercado Copetti 3 x 4 Amigos do Sete; e Fluminense do Alvorada 1 x 5 Mercado Darci. Nos veteranos a rodada teve estas partidas: Racing 5 x 0 Alvorada Climaq e Boleiros Futsal 1 x 0 Avante Quarta-Feira.

Campeonato de Futsal teve a disputa de jogos pelo sênior na segunda-feira

LIBERTADORES A Copa Libertadores terá uma edição quase anual já a partir de 2017. Ontem, em reunião em Assunção, no Paraguai, a Conmebol anunciou mudanças no calendário sul-americano e o torneio será estendido, indo de fevereiro a novembro. Além disso, o formato da competição também sofrerá alterações. Com a mudança no calendário, a Libertadores passa a ser disputada em 42 semanas, contra as 27 deste ano, enquanto a Copa Sul-Americana começará em junho e irá até dezembro. Além do período de disputa, o número de participantes também será ampliado dos atuais 38 para 42 clubes. Outra mudança acontecerá no sistema da competição. Os 10 clubes que não se classificarem na fase de grupos da Libertadores, automaticamente terão a oportunidade de disputar a Copa Sul-Americana. A final da Libertadores pode ser em campo neutro.


Acontece C

Jornal da Manhã

Quarta-feira, 28 de setembro de 2016

13

Ira em Ijuí

entenas de pessoas compareceram ao Centro de Eventos São Geraldo na noite de sábado para prestigiar o show do Ira!

O

Ira embalou o público com seus maiores sucessos Saimon Fonseca e Talia Makoski foram os escolhidos em 2015

s dois novos Modelos da Capa serão conhecidos hoje, no Clube Ijuí. As 26 garotas e os nove rapazes serão avaliados pelo júri em desfile na passarela e pela fotogenia em uma sessão de fotos. O concurso inicia às 19h30, com coordenação geral de Luiz Carlos Leindecker, e premiará os dois vencedores com R$ 500 e kit de produtos Pratic Line. No próximo ano eles participam de um editorial de moda e serão capa da Stampa em edições separadas. Os candidatos desfilam com looks da Gamboa Moda Feminina, For Men, Óptica Wolff e Nadine Dubal. Entre todos os concorrentes serão sorteados ótimos prêmios. Não há comercialização de ingressos. Na plateia estarão apenas convidados dos concorrentes, portadores de convites.

26 garotas e 9 rapazes estão na disputa Carla Lizot e Marconi Dal Agnol

Luiz Carlos Leindecker fez o ensaio geral dos concorrentes na tarde de domingo

Guilherme e Rhaíssa

Silvana Dalla Rosa e Robson Mittelstaldt

Miguel Marques na Cantina

Artesanato na Expo-Ijuí

Amanhã, às 20h30, acontece na Cantina Sapore D’Itália o lançamento do mais novo CD da brilhante carreira de Miguel Marques (foto), o mais premiado dos cantores nativistas do Rio Grande do Sul. O CD Meu Compromisso tem letras do poeta Romulo Chaves, de Palmeira das Missões. Miguel Marques estará acompanhado dos músicos Haeber Lopes, Desidério Souza, Régis Reis e Arison e Émerson Martins. As reservas podem ser feitas pelo 3332-7667, ou pelo 9908-0074.

O pavilhão do artesanato é um dos destaques na Expo-Ijuí. Cerca de 100 artesãos participam da mostra, que traz a criatividade de cada artista em peças que atraem visitantes todo ano. A Expo-Ijuí abre espaço para troca de conhecimento entre artesãos e interessados e promove oficinas de artesanato gratuitas. De 10 a 14 de outubro, junto ao Pavilhão de Artesanato, será realizada oficina de Técnicas de Stencil, pela artista decorativa Lúcia Tessmer, das 15h às 19h.

cmyk


Jornal da Manhã

Quarta-feira, 28 de setembro de 2016

ASTRONOMIA

Nasa anuncia evidências de um oceano na lua Europa já existia - a Nasa chegou a observar o fenômeno em 2013, mas daí, em 2014, os jatos tinham desaparecido. Nessa nova observação, o telescópio aproveitou o momento em que Europa passa em frente a Júpiter (o que acontece a cada 3 dias, mais ou menos). A luz reflete no planeta e ajuda a iluminar os gases que cercam a lua Europa. O Hubble lê a "assinatura ultravioleta" que é produzida dessas moléculas. O telescópio encontrou as moléculas de H2O em 3 das 10 vezes que o Hubble observou a passagem de Europa.

Risco do motorista embriagado Mulheres como as freiras

Solo de ópera Seguem gurus

Fécula da tapioca usada em sobremesas Informação útil Roubar, em inglês Primeiro anestésico cirúrgico (1842)

"Rival" da mãe possessiva Sufixo de "arvoredo" Bairro carioca

(?) de Águia, grupo baiano de axé Foco da revisão As joias como a turmalina paraíba

Rogério (?), goleiro Família de iatistas Multidão (pop.) Carne bovina Museu da capital paulista (sigla)

Anuro saltador Oeste (abrev.)

Sufixo de "inglesa" Chamariz do anzol

23

Solução

B P

A C I D E N T E

L C

A

A T O R I O B U

G

U

D E E N L X A

BANCO

Formato da ferradura Deixa o local

Informação do cadastro eletrônico

A

Intenção do consumista Efeito da ação de chuvas sobre o solo

(?) Tyler, atriz de "Armageddon"

A

Controle (?), dispositivo de comodidade na sala de estar

Derrubar; prostrar Erva de xampus

R

Apresentador do telejornal

S

cmyk

Assim, em espanhol

I

Miguel lidera os cooperados e divide as terras da sua família Miguel lidera os cooperados, divide as terras da sua família com os índios e faz Grotas virar referência na produção de alimentos orgânicos. Afrânio se reconcilia com Iolanda e procura o Ministério Público em Salvador, acompanhado de um advogado. Ele faz um acordo de delação e conta tudo o que sabe sobre o esquema de fraudes em licitações e desvios de recursos públicos. Afrânio entrega os documentos que Carlos Eduardo usou para chantageá-lo, com nomes de políticos, empreiteiros e partidos envolvidos no esquema.

É estimulado no show de humor

Satélite (abrev.)

I D A E D A L A S D I A E A T C E A R R I L I U V

Velho Chico - Globo

Estrutura montada para a realização de desfiles de moda

L I S S R E I A S O R O A B S A G R M A S E P L

Beto impede beijo entre Tancinha e Apolo Nair comemora ao acreditar que Adônis irá se formar no fim do ano. Apolo e Tancinha tentam disfarçar o clima de constrangimento, deixando Tamara e Beto com ciúmes. Jéssica promete dinheiro e fama internacional a Carmela na carreira de modelo, se ela ajudá-la a acabar com o relacionamento de Shirlei e Felipe. Vitória jura que não deixará Guido se reencontrar com a família. Shirlei e Felipe têm sua primeira noite juntos. Agilson pede Rebeca em casamento, como parte do plano de Aparício, na tentativa de fazer com que a arquiteta desista de se casar por dinheiro. Safira vê Agilson fugindo pela janela e decide ir atrás dele. Beto impede um beijo entre Tancinha e Apolo.

Paraíso bíblico Mar, em inglês

A

Haja Coração - Globo

(?) e Molhados, antiga banda de Ney Matogrosso

Modelo de Complemento da esperfeição covação na prevenção de problemas nos Tecla de dentes e gengiva micros

R F E R T I S E C O T I P A S S A D A R E A T A E D N N C O R A E R R O R A R A A D L M O T O E N R E T E R O S Ã O

Globo Alice tenta disfarçar ao ver beijo de Mario e Carolina Alice tenta disfarçar seu incômodo ao ver o beijo entre Mario e Carolina. Felipe promete a Lenita que se mudará para Arraial do Sol Nascente. Alice apresenta Cesar a Chica, que desmaia ao apertar a mão dele. Hirô se irrita ao ver Ralf beijar uma mulher. Carolina conversa com Mario sobre sua relação com Alice. Vittorio pensa em Lenita. Ralf constata que está apaixonado por Hirô. Lenita se incomoda com a presença de Felipe em sua casa. Patrick confronta Carolina. Gaetano repreende Tanaka por contratar Cesar para trabalhar em sua empresa.

© Revistas COQUETEL

Localização da usina hidrelétrica de Itaipu Luan Santana, cantor de "Te Esperando"

Última confraterni- Dia de (?): Caractezação de congressos, momento rística festivais e de desmontar a associada árvore de Natal ao coelho eventos

R

Sol Nascente -

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

E

NOVELAS

O mar escondido debaixo da superfície dessa lua pode ter mais água do que no nosso planeta inteiro

3/así — del — rob — sea. 4/aloé — éden. 5/e-mail. 13/erosão pluvial.

A Nasa passou os últimos dias alimentando expectativas sobre Europa, uma das maiores luas que orbita Júpiter, prometendo notícias surpreendentes. Como Europa é um dos lugares mais bem cotados no Sistema Solar para abrigar vida, as redes sociais já estavam bombando com alertas de aliens. Mas ainda não foi dessa vez. O que o telescópio Hubble conseguiu confirmar foi a existência de uma espécie de gêiser, um esguicho de água que atravessa a superfície congelada da lua. A suspeita de que colunas de água eram esguichadas de dentro de

14

Horóscopo Áries Trilhar um caminho sozinho é a tendência natural de quem tem traços fortes de liderança. Mas nem sempre descartar a participação das pessoas é a melhor estratégia. É tempo de repensar planos. Touro Se o entusiasmo por um desejo te domina, nada mais emocionante do que começar a caminhar nessa direção. É tempo de pavimentar a estrada que leva à realização de suas potências. Gêmeos Ao tratar diversos interesses com seriedade, é possível alcançar um lugar diferenciado e conquistar o respeito dos outros. É tempo de aprofundar o conhecimento e apresentar soluções para desafios. Câncer É possível que a docilidade e a alegria te ajudem a encarar e a passar por cima de qualquer desafio que venha a aparecer. É tempo de usufruir dessa combinação para ultrapassar os conflitos Leão Se você conseguir encontrar a medida justa entre os excessos e a falta, sua vida tende a fluir nos melhores caminhos. É tempo de dar atenção a áreas que precisam de ajuste para equilibrá-las. Virgem Ao agir com generosidade, você passa mais confiança para as pessoas a sua volta. É tempo de agir de forma positiva, oferecendo para o próximo aquilo que você tem de melhor. Libra É importante afirmar o que pensa, deixando espaço para aprender com aquilo que as pessoas têm a lhe ensinar. É tempo de se centrar em si mesmo sem comprometer a capacidade de bem se relacionar. Escorpião Ao estar agitado interiormente, você se comove com o que acontece ao seu redor e tudo fica envolvido na sensibilidade. É tempo de se entregar aos sentimentos, usufruindo deles. Sagitário Atitudes narcísicas podem não contribuir para o seu fortalecimento emocional. É tempo de procurar seu verdadeiro objetivo para evoluir e ter condições de oferecer apoio àqueles que precisam. Capricórnio Dificilmente você fica indiferente ao ritmo frenético do mundo em que vive, apesar de todo o impacto que isso possa gerar. É tempo de entrar na onda sabendo que há lugar em que se sinta acolhido. Aquário Ao imaginar que o outro está disponível para ouvir tudo o que se quer falar, você corre o risco de provocar dor em nome da sinceridade. É tempo de compreender que nem tudo precisa ser dito. Peixes A sensibilidade em perceber como as pessoas se sentem facilita um bom clima. Ao se sentirem bem, elas também contribuem para que o clima permaneça assim. É tempo de cultivar o equilíbrio.


Jornal da Manhã

Quarta-feira, 28 de setembro de 2016

DIRETO DA FONTE Usina de Ideias - DACEC usina@unijui.edu.br

É correto noticiar suicídio? Muitas vezes, na profissão do jornalista, surgem momentos em que não se sabe como noticiar algo, ou se esse fato que temos em mãos deve ser noticiado. Um dos exemplos disso é a morte, ou melhor, o suicídio. Nelson Traquina, teórico português afirma que a morte é um critério de noticiabilidade por excelência no jornalismo. O fim da vida é um acontecimento, diariamente apresentado nos jornais, TVs e outros meios de comunicação. O suicídio, um modo de morrer provocado pela própria vítima, seguindo essa lógica, poderia também ser notícia. Mas, segundo a professora de Jornalismo da Unijuí, Lara Nasi não é. E por inúmeras razões. “Uma delas porque, ao falar sobre a morte, o jornalista deverá responder às questões do lide (O quê? Quem? Quando? Onde? Como? Por quê?), que guia a apuração e redação do texto jornalístico. Ao buscar respostas para essas questões, especialmente à pergunta por que, poderia expor a vida privada da pessoa que cometeu suicídio, de seus familiares, e supor motivos que não dariam conta da complexidade que é a morte a si”, relata. Em 2000, a Organização Mundial da Saúde (OMS) publicou um manual sobre prevenção do suicídio para profissionais da mídia. Neste manual, a OMS explica que a maior parte das pessoas que comete suicídio é ambivalente e não estão realmente certas de que querem morrer. “Ocorre que o jornalismo, ao noticiar casos de suicídio e explicar como ele aconteceu, pode incentivar outras pessoas a fazê-lo”, diz a professora. Alguns estudos sugerem que até dez dias depois da publicação de notícias de suicídio, mais suicídios ocorrem, influenciados pelo comportamento noticiado. Isso não significa que não se possa falar sobre suicídio na imprensa. Na verdade, se deve, já que se configura como um problema de saúde e uma grande causa de mortalidade. “Por isso, as matérias sobre o suicídio devem sempre associá-lo como um problema de saúde, que pode ser evitado. É possível mencionar os serviços de saúde e onde é possível obter ajuda, listar sinais de alerta de comportamento suicida, esclarecer que o comportamento suicida geralmente associa-se com depressão, e que é tratável”, explica. Segundo Lara há uma espécie de “acordo de cavalheiros” na imprensa para não publicar e, consequentemente, não incentivar novas mortes por suicídio. Com o avanço das tecnologias de informação, e o fim da obrigatoriedade de diploma para o exercício do jornalismo, muitos portais e sites são feitos por pessoas que não são jornalistas. Esses sites adotam as lógicas da linguagem jornalística, mas sem seguir os processos de apuração e as práticas profissionais da área.

15

BAIRRO LAMBARI

Comunidade constrói praça O bairro Lambari é reconhecido por contar com moradores que lutam por melhorias para o local, desde pequenas reformas ou até mesmo grandes demandas do bairro. Levando em conta isso, a comunidade do local percebendo a falta de atenção do poder público, se uniu para construir um local de lazer onde todos tivessem acesso livre, e esse local foi uma praça. Segundo o presidente do bairro Derli Almeida, a reivindicação da praça vinha sendo feita há bastante tempo, porém, percebendo que nada iria ser feito os moradores resolveram tomar providência. "Nós

temos essa pracinha que foi feita pela comunidade, com ajuda de empresas ao redor, porém estamos aguardando a academia que nos foi prometida há um ano, mas até agora a construção nem teve início, temos o terreno, mas ninguém compareceu para nos explicar nada sobre essa demanda", confirma. Sobre as demais reivindicações do bairro, Derli ressalta o pedido da capela mortuária para o local. "É uma outra reivindicação importante, pois estamos cobrando a capela mortuária há bastante tempo. Como não podemos velar mais na sede, pois está proibido,

Exposição trata da cultura passada entre gerações Ontem, aproximadamente 300 alunos de diversas escolas do município visitaram a exposição Pandorgando, que fica aberta no local até a próxima sexta-feira. De acordo com a educadora do Museu, Belair Aparecida Stefanello, crianças da pré-escola até o 5º ano visitaram o Museu. "A ex-

posição tem como objetivo principal mostrar a prática e uso de brinquedos, jogos e brincadeiras como elementos culturais, que são passados de geração a geração", comenta. Os interessados podem entrar em contato com o museu e agendar visita até a próxima sexta-feira.

A exposição Pandorgando demonstra a prática e uso de brinquedos culturais

SERVIÇOS CANCELAMENTO - Cancelado curso prático de Substituição Tributária para contadores, encarregados e supervisores fiscais, auxiliares de escrita fiscal e contábil e demais profissionais interessados. O objetivo do curso é ensinar o passo a passo da prática do cálculo da substituição tributária. Mais informações pelo telefone 3332-7449 com Laís ou pelo e-mail sindi.ijui@terra. com.br. VAGAS - Foram divulgadas na segunda-feira as vagas disponíveis na agência do Sine de Ijuí. São mais de 15 vagas em diversos setores. Interessados devem comparecer ao posto de atendimento, na Rua Ernesto Alves, 229, Centro, com currículo e Carteira de

Trabalho e Previdência Social (CTPS). SECRETARIADE SAÚDE A Secretaria Municipal de Saúde, localizada na Rua 19 de Outubro, atende pelo telefone 3331 8100. FEIRA AGROPECUÁRIA - A base produtiva da região e grande parte da economia gerada, vêm do trabalho da agricultura. A 27ª Feira Agropecuária e a 7ª Feira Nacional de Produtos Lácteos (Fenilact), acontecem mais uma vez durante a Expo-Ijuí/Fenadi e destacam o setor produtivo. A programação envolve exposição de animais, concursos, palestras técnicas, comercialização de implementos agrícolas, e mostra das novas tecnologias utilizadas no setor.

a nossa única saída é pedir a capela do bairro Modelo ou Jardim emprestada quando alguém do local acaba falecendo". Em relação à adesão dos moradores e visitantes na praça do bairro, o presidente explica que está sendo muito utilizada para atividades recreativas. "Crianças da escola do bairro e também de outros bairros acabam vindo até a nossa praça para conhecer e realizar atividades, pois o espaço é bem amplo. Além disso, nos fins de semana as famílias vêm até o local para tomar um chimarrão, trazer os animais, virou um ótimo espaço", finaliza.

Derli Almeida

Secretária fala sobre cortes no Bolsa Família Sobre os dados do Bolsa Família em relação ao mês de setembro, que está chegando ao fim, a titular da Secretaria de Desenvolvimento Social, Neiva Agnoletto, comenta que 162 famílias foram bloqueadas e 33 foram suspensas do sistema do Bolsa Família. "Ao todo de famílias nós temos um total de 2.644, porém aptos a receber o benefício são somente 2.449. Sobre os recursos, o total foi de R$ 379 mil, sendo a média por família de aproximadamente R$ 143", comenta. Em relação às famílias que tiveram o benefício bloqueado, a secretária acrescenta que sempre alerta sobre a importância de procurar fontes seguras de renda, além do Bolsa Família, que na maioria das vezes é pouco para sustentar toda a família. "Temos vários programas no Cras onde trabalhamos com essas famílias, sempre falando para elas que não é do Bolsa Família que elas precisam estar vivendo, porque pela média de valor, nenhuma família consegue viver um mês inteiro", comenta. Outro ponto em destaque é a questão do rigor dos documentos exigidos. "Estarmos sempre exigindo a documentação para o Cadastro Único, agora ainda mais e um dos documentos mais importantes é a carteira de trabalho, que deve ser apresentada na hora da realização do cadastro". Sobre os critérios para o recebimento do Bolsa Família, Neiva Agnoletto explica que

Neiva Agnoletto

algumas famílias ainda omitem sobre os dados na hora da inserção dos dados do Cadastro Único. "Nós fazemos o nosso dever e orientamos as famílias sobre a sua responsabilidade pelas informações, até mesmo porque os responsáveis assinam até cinco vezes os formulários do cadastro. Os nossos entrevistadores não estão a par do cotidiano da família, por isso contamos com a documentação e as informações prestadas. Salientamos que os dados precisam ser concretos, porque muitas vezes as famílias informam um dado aqui na secretaria e outro em uma loja ou outro órgão público, e o CPF acaba demonstrando se existe algum dado que não coincide", finaliza.

cmyk


www.jmijui.com.br

VISITA CULTURAL

FESTIVAL DE MINIVÔLEI

Embaixador do vôlei, Gustavo Endres foi uma das atrações do Festival que teve a presença do Ijuí Pró-Vôlei | 12

Consumo de agrotóxicos é debatido com médicos Mais de 300 alunos de diversas escolas de Ensino Fundamental do município visitaram a exposição Pandorgando, no Museu Antropológico Diretor Pestana | 15

Caravana da Amrigs esteve em Ijuí na noite de ontem. O objetivo é acentuar a importância da prevenção de intoxicações humanas. | 10

Gaúchos jogam pela Copa do Brasil Grêmio recebe o Palmeiras hoje na Arena. Inter enfrenta o Santos na Vila Belmiro e o Juventude joga com o Atlético, em Belo Horizonte | 12

Biblioteca realiza programação de aniversário Alunos participaram de uma tarde de integração com música e literatura. | 7 EDITORIAL | 6 Se a comunidade não pôde contar com seus próprios líderes para defender seus interesses, poderá contar com quem?

cmyk

Site paginas  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you