Page 1

Nov/Dez - 2013

ACONTECEU...

Paróquia Nossa Senhora de Fátima (Tomás Coelho) Ano VI * Nº 32 * Novembro/Dezembro 2013 Distribuição gratuita

9º aniversário do Ministério do Acolhimento

5º aniversário do Jornal Fátima em Ação

Pastoral da 3ª Idade visita Catedral da Sé, SP

Visita do Bispo D. Édson de Castro Homem – encontro com as Pastorais e confraternização

Pe. Ary benze os animais, no dia de S. Francisco de Assis

Festa das Crianças

Festa da Primavera

Festa da Primavera

Estamos nos aproximando de um dos tempos mais aguardados da nossa Igreja: o Advento. Este é um dos tempos do Ano Litúrgico e pertence ao ciclo do Natal. A liturgia do Advento caracteriza-se como período de preparação, como pode-se deduzir da própria palavra advento, que origina-se do verbo latino advenire, que quer dizer chegar. Advento é tempo de espera d‟Aquele que há de vir. Pelo Advento nos preparamos para celebrar o Senhor que veio, que vem e que virá. Este é um tempo que nos leva a refletir: meu coração, minha vida, minha família, meu lar estão preparados para acolher Jesus e sua família? Ou será que estamos como as hospedarias, que diziam não ter vagas para acolher aquele casal, com a mulher entrando em trabalho de parto? Devemos ser como aquele estábulo, que muitas vezes podendo estar sujo, desarrumado, tem a esperança de receber Aquele que traz uma nova vida, que traz luz à escuridão, que sacia aqueles que têm fome e sede, que é o alimento verdadeiro, que é o caminho, a verdade e a vida! O Jornal Fátima em Ação deseja a todos um proveitoso tempo de espera, para que o Menino Jesus possa ser acolhido no seio de cada família. Um Feliz e Santo Natal!

Pág. 2 - “O Padre Fala” sobre o Advento.

Pág. 4 - Conheça a Pastoral da Criança e venha fazer parte dela!.

Pág. 5 - Você ama seu “Pet”? Então leia o que o Veterinário diz.

Pág. 7 - Faça você mesma(o) os deliciosos “cupcakes” para o Natal.


Nov/Dez - 2013

Nov/Dez - 2013

RELIGIÃO

O PADRE FALA

ASSISTÊNCIA RELIGIOSA OFERECIDA

DIVERSÃO E ARTE

“Marana tha”! Vem, Senhor Jesus!

PASSATEMPO

PAUSA PARA RIR

AOS PAROQUIANOS • Bênção anual nas casas e outros estabelecimentos (comercial, esportivo, cultural, de lazer...) • Visita aos enfermos com ou sem unção dos enfermos (Pastoral da Saúde) • Visita a paroquianos hospitalizados (ou parentes que morem na área paroquial) • Intronização do Sagrado Coração de Jesus nos lares (Apostolado da Oração) • Oração do Santo Terço ou outra devoção nas casas e em outros recintos (Legião de Maria e RCC) Obs¹: Agendar na Secretaria. Obs²: Encomendação, no cemitério, dos paroquianos batizados falecidos, desde que, não sendo ele membro ativo na igreja, tenha sido solicitada pelos parentes próximos (avô(ó), pai, mãe, filho(a), irmão(ã)).

MISSAS:

SECRETARIA: Tels.

Segunda a Sexta ,às 18h30. Sábado, às 8h. Domingo :7h30, 10H e 18h.

2289-8738 / 3272-6571 Segunda, quarta, quinta e sexta: 8h às 12h e 14h às 18h. Sábado - 8h às 12h. Ter e dom – folga.

CONFISSÕES: Ter., Qua., Sex. e Dom.às 17h

ORIENTAÇÃO RELIGIOSA: Marcar na secretaria. EXPEDIENTE: FÁTIMA EM AÇÃO – O jornal da Paróquia Nossa Senhora de Fátima Rua Pereira Pinto, 52 – Tomás Coelho – RJ Tels.: 3272-6571 e 2289-8738 E-mail: paroquiadefatima@ig.com.br PASCOM - Pastoral da comunicação Diretor Espiritual: Pe. Ary da Costa Araújo E-mail: padreary@oi.com.br Equipe: Andreia Regina, Augusto Costa, Bruna Basílio, Cássia Basilio, Diego Basilio, Eduardo Coelho, Heitor Brasil, Luciana Andrade e M. Rosário Pupp. Tiragem: 1000 exemplares - Periodicidade: Bimestral Colaborações, sugestões, críticas e/ou elogios pelo E-mail: jornalfatimaemacao@gmail.com Facebook: Paróquia Nossa Senhora de Fátima – Tomás Coelho

(Como é bom ver atualizado, todos os anos, o Mistério da Salvação) Querido povo de Deus! É maravilhoso ser católico e ser filho da Igreja de Cristo, que não fica parada no tempo, mas que é atualizada permanentemente na liturgia, pelo poder do Espírito Santo. Jesus Cristo é a Eterna Novidade. Ele renova todas as coisas, atualizando-as pelo poder do seu Espírito. Os grandes eventos que compõem a nossa Redenção, a começar pela primeira vinda de Cristo, no mistério da Encarnação do Verbo, não se renovam, porque não podem envelhecer, porém são atualizados no sentido de se tornarem Presentes, um autêntico “Kairós” aqui na terra. Por isso, o Advento não é somente um fato histórico ou um acontecimento do passado. Para nós, que estamos inseridos em Cristo pelo batismo, é algo que acontece agora, no hoje, no mistério da liturgia que celebramos a cada ano. Advento (do latim Adventus, quer dizer “chegada”, do verbo Advenire “chegar a”) é o primeiro tempo litúrgico, o qual antecede o Natal. O Advento começa às vésperas do domingo mais próximo do dia 30 de novembro e vai até as primeiras vésperas do Natal de Jesus, contando quatro domingos. O tempo do Advento é um tempo de alegre expectativa, é o Senhor que vem verdadeiramente e isso se expressa mais fortemente nas duas últimas semanas, que visam, em especial, à preparação para o Natal, a primeira vinda de Jesus entre nós. O aspecto escatológico (de final dos tempos) recorda a segunda vinda do Senhor, Ele que está sempre realizando a Salvação, mas cuja consumação se dará no “dia do Senhor”. Portanto, estejamos vigilantes, pois o advento é também propício à conversão. Não esqueçamos que estamos sempre num processo de conversão e podemos ser pessoas melhores a cada dia. É tempo de esperança, porque Cristo é a nossa esperança (I Tm 1,1); esperança na renovação de todas as coisas, na libertação das nossas misérias, pecados, fraquezas, na vida eterna, esperança diante das dificuldades e tribulações da vida, diante das perseguições, etc. Por tudo isso, “sem medo de ser feliz”, a Igreja fiel de Cristo lança um brado confiante, esperançoso e emocionado: “Marana tha”! Vem, Senhor Jesus! E, ansiosa, espera. Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo!

Dois amigos velhinhos estão sentados no banco de uma praça e começam a conversar. -Macedo, tenho 83 anos e estou cheio de dores e problemas. Você deve ser mais ou menos da minha idade. Como é que te sentes? - Como um recém-nascido. - Como um recém-nascido? - É isso mesmo. Sem cabelo, sem dentes e acho que acabei de mijar nas calças...

RECEITA Cupcakes de Natal Ingredientes: 1 1/2 xícara de farinha de trigo; 1 colher de café de fermento em pó; 1/4 colher de chá de sal; 3/4 xícara de manteiga sem sal em temperatura ambiente; 1 xícara de açúcar; 2 ovos; 1 colher de chá de essência de baunilha; 1/2 xícara de creme de leite; gotas de chocolate Modo de fazer: Pré-aqueça o forno. Numa tigela peneire a farinha, o fermento e o sal. Reserve. Na batedeira, bata a manteiga com o açúcar na velocidade média até ficar claro e fofo. Adicione os ovos, um de cada vez e a essência de baunilha. Com a batedeira na velocidade baixa, adicione 1/3 dos ingredientes secos peneirados até que fique homogêneo. Adicione metade do creme de leite, outra parte dos ingredientes secos até que fique novamente homogêneo. Junte as gotas de chocolate. Coloque as forminhas na assadeira de muffins e encha 2/3 de cada forminha e utilize as costas de uma colher para deixar a superfície lisa. Asse em forno baixo até que o palito saia limpo, em torno de 25 minutos. Rendimento: 12 unidades. Dica: Estes cupcakes ficam também deliciosos com cobertura. Que tal chantilly?

“ SÃO OS ANUNCIANTES E A COMUNIDADE QUE AJUDAM A MANTER ESTE JORNAL. PRESTIGIE NOSSOS ANUNCIANTES! ”

ATENDIMENTO PSICOLÓGICO Vera Lúcia Alves dos Santos Psicóloga CRP: 05/45102

Atendimento a adolescentes e adultos Atendimento com hora marcada Tel.: (21) 8140-5642 E-mail: verasantospsi@gmail.com End.: Av. Dom Helder Câmara, nº: 6653, Pilares.

Agradecimentos

A equipe do Jornal Fátima em Ação agradece aos seus Benfeitores, pois eles nos ajudarão a permanecer evangelizando através deste meio de comunicação. Alcidileia Rosa Santana / Antônio Bilouro / Carmem Falcão / Inês Souza da Cunha Gilda dos Santos Filha / José de Oliveira Pereira / José Sampaio / Joventina Maria da Conceição Souza da Cunha / Jurandir Austin Filho / Maria da Paz Figueiredo Sales / Mariana Cabral de Paula / Marli dos Santos de Oliveira / Nadir da Graça Pinto Cardoso / Nivaldo de Oliveira / Suely Borges / Tania Maria Mendes Austin / Tereza Cristina G. M. Settinieri.


Nov/Dez - 2013

Nov/Dez - 2013

CANTINHO DO CONTO

O QUE SÃO AS PASTORAIS?

Um presente inesperado

Pastoral da Criança Tudo começou em 1982, em uma reunião da ONU sobre a paz mundial, na Suíça. James Grant, na época diretor executivo da UNICEF, sugeriu ao Cardeal Dom Paulo Evaristo Arns a criação de um projeto de Igreja para combater as altas taxas de mortalidade infantil no Brasil, provocadas principalmente pela diarreia. Dom Paulo procurou sua irmã, a Dra Zilda Arns Nilmann, e propôs-lhe que desenvolvesse o projeto. A CNBB indicou Dom Geraldo Majella para acompanhar a Dra no desenvolvimento do trabalho. Em 1983, foi iniciada a Pastoral da Criança, como um projeto-piloto. As atividades da Pastoral: apoio integral às gestantes; incentivo ao aleitamento materno; vigilância nutricional; alimentação enriquecida; controle de doenças diarreicas; controle de doenças respiratórias; remédios caseiros; estímulo à vacinação de rotina das crianças e das gestantes; brinquedos e brincadeiras, no dia da Celebração da Vida (dia do peso); prevenção de acidentes domésticos; educação para a paz; prevenção de doenças sexualmente transmissíveis; saúde bucal; Catequese do ventre materno até os seis anos de idade. Em nossa Paróquia estamos com número reduzido de agentes, precisamos de mais trabalhadores para a “Messe”, especialmente de pessoas que morem na Comunidade Parque Silva Vale, que é a nossa principal área de ação, mas também contamos com você, homem ou mulher, moça ou rapaz que ama a Cristo e ao irmão.

Oração à Sagrada Família

SAÚDE E BEM ESTAR

Venham Participar!! TV LCD 32”, Tablet, Micro System, Forno Elétrico e muitos outros prêmios! Dia 30 de novembro, às 15h. Cartelas na Secretaria: R$ 10,00 Venha participar deste momento de Fé! TERÇO DE AGRADECIMENTO Sempre no dia 13 de cada mês, às 17h30, com exposição do Santíssimo Sacramento.

Sagrada Família de Nazaré: ensina-nos o recolhimento, a interioridade, dá-nos a disposição de escutar as boas inspirações e as palavras dos verdadeiros mestres; ensina-nos a necessidade do trabalho, da preparação, do estudo, da vida pessoal interior, da oração, que Deus vê em segredo. Ensina-nos o que é a Família, sua comunhão de amor, sua beleza simples e austera, seu caráter sagrado e inviolável. Amém (Paulo VI).

Chovera toda a noite. As ruas eram autênticas ribeiras, arrastando na enxurrada toda a espécie de detritos. Os carros passando a alta velocidade espalhavam, indiferentes, água suja sobre os transeuntes, molhando-os, sujando-os. O Tonito seguia também naquela onda humana, sem destino. Tinha-se escapulido do barraco, onde vivia. Os pais tinham saído cedo para o trabalho, ainda ele dormia, os irmãos ficaram por lá brincando, chapinhando na lama que rodeava a barraca. Ele desceu à cidade, onde tudo o deslumbrava. Todo aquele movimento irregular, caótico, frenético. Os automóveis em correrias loucas, as gentes apressadas nos seus afazeres. E lá seguia pequenino, entre a multidão, numa cidade impávida, indiferente, cruel mesmo. Passava em frente às pastelarias, olhava para as montras recheadas de doçuras, ele comera de manhã um bocado de pão duro e bebera um copo de água. Vinha-lhe o aroma agradável dos bolos, o seu pequeno estômago doía-lhe com fome! Chovia agora mansamente, uma chuva gelada, levando uma cidade onde se cruzavam o fausto, a vaidade, o ter tudo, os embrulhos enfeitados das prendas, com a dor a melancolia, o sofrimento, o ter nada e no meio uma criança triste e com fome! Mas o Tonito gostava era de ver as lojas dos brinquedos. Lá estavam os carros de corrida, o comboio, os bonecos, enfim todo um mundo maravilhoso que ele vivia, esborrachando o nariz sujo contra a montra. Lá dentro ia grande azáfama nas compras de Natal. E os carros de corrida, o comboio, os bonecos eram embrulhados em papeis bonitos para irem fazer a alegria de outros meninos. Uma lágrima descia, marcandolhe um sulco na sujidade da carita. Eis que os seus olhos reparam num menino, que de lá dentro o olhava. Desviou-se envergonhado. Não gostava que o vissem chorar. E afastou-se devagar, pensando nos meninos que tinham Natal, guloseimas e carros de corrida para brincar. Ele nada tinha, além da fome e a ânsia de ser feliz e viver como os outros. Pensou no Natal, no Menino Jesus, que diziam que era amigo das crianças a quem dá tudo. Por que é que a ele o Jesus Pequenino do presépio nada dava? De repente, uma mãozinha tocou-lhe no ombro. Voltou-se assustado. Era o menino da loja que lhe metia na mão um embrulho bonito. À frente a mãe, carregada de embrulhos, fazia de conta que nada via. Abriu-o e deslumbrado viu um carro de corridas, encarnado, brilhante, como os olhos do menino que lá ao longe lhe acenava. Ficou um momento sem saber o que fazer, mas depois largou a correr, mostrando bem alto a sua prenda de Natal. Parara de chover. O sol tentava romper as nuvens escuras, lançando um raio de luz brilhante e quente sobre o Tonito, que ria feliz, numa carita sulcada pelas lágrimas. Fernando Sequeira

GEL DE ARNICA Com erva de Santa Maria de Caldas Novas Use, você nunca viu nada igual!! Dores reumáticas, varizes, má circulação, dor na coluna, nervo ciático, hérnia de disco, bursite, tendinite, artrite, artrose, torção, contusões, luxações.

Vendas JEANE

Tels: 3087-5923 / 9329-3455

EU AMO MEU PET Hoje em dia, em virtude dos avanços médicos e veterinários, temos como aumentar a prevenção de doenças, tanto a restrita a animais, como as zoonoses (transmitidas a seres humanos). Muitas doenças restritas a animais são de fácil prevenção. Muitas têm vacinas, porém, por falta de informação, muitas pessoas deixam de vacinar o seu animal. Com isso, ele pode ser exposto a vários vírus e bactérias que, na maioria das vezes, podem ser fatais ou deixar marcas e sequelas irreversíveis, e, em casos mais abrangentes, podem ser transmitidas a seres humanos. Bem, a prevenção ainda é a forma mais fácil de evitar as doenças. Antigamente achava-se que os animais tinham que tomar somente a vacina antirrábica, porém, hoje em dia, sabemos que, além da antirrábica, o animal deve ser vacinado contra a leptospirose, a cinomose, a parvovirose, dentre outras. A raiva e a leptospirose podem ser transmitidas a seres humanos, podendo ser fatal para ambos. As outras viroses são restritas a animais, e podem ser fatais ou deixar o seu animal com sequelas irreversíveis, como a paralisia. Por isso, o melhor a se fazer é prevenir essas terríveis doenças através da vacinação anual, feita com vacinas éticas e realizadas por médicos veterinários. A prevenção através da vacinação é a forma mais segura de proteger seu animal e sua família. Consulte seu veterinário. Dr. Rogério da Costa Alvares - Médico Veterinário - CRMV 5093


Nov/Dez - 2013

INFORMAÇÃO SANTOS DE NOVEMBRO E DEZEMBRO • 01/11 – Todos os Santos • 02/11 – Todos os fiéis falecidos • 05/11 – Santos Zacarias e Isabel • 22/11 – Santa Cecília • 30/11 – Santo André • 08/12 – Imaculada Conceição de N. Sra. • 12/12 – Nossa Senhora de Guadalupe • 13/12 – Santa Luzia • 17/12 – São Lázaro de Betânia • 25/12 – Natal do Senhor • 26/12 – Santo Estevão • 27/12 – São João Evangelista

VOCÊ SABIA? Mosquinhas de banheiro Com certeza você já deve ter visto no banheiro da sua casa umas mosquinhas e certamente já se perguntou o porquê de “elas só existem no banheiro”??? É difícil não encontrá-las em banheiros, uma vez que elas se reproduzem em lugares onde haja alimento para suas larvas, que são depositadas em ralos e canos de esgoto. Elas são inofensivas, não precisamos nos preocupar com elas, mas indica que teu banheiro „anda‟ precisando de uma limpeza pesada. Água sanitária sem diluir em água é uma boa pedida para eliminar ou até mesmo diminuir, nos ralos, os ovos ali depositados, como já ditos anteriormente. Se preferir, água quente também pode auxiliar na limpeza neste caso.

ASSESSORIA CONTÁBIL PARA EMPRESAS: Contabilidade – Fiscal (imposto e declarações) – Departamento pessoal – Legalização de empresas – Abertura e Encerramento – M.E.I CONTATOS: MARIA DO SOCORRO TEL: (21)9501-2818 E-MAIL: MARIADOSOCORROCONTADORA@GMAIL.COM CARINE RODRIGUES TEL: (21) 7899-6102 E-MAIL: R.CARINE2@GMAIL.COM

Nov/Dez - 2013

PROGRAMAÇÃO NOVEMBRO E DEZEMBRO Dia 02/11 (sáb) – 9h - Missa pelos fiéis defuntos Dia 16/11(sáb) – 8h - Passeio a Petrópolis Dia 17/11(dom) – Início das inscrições p/ catequese Dias 18 a 24/11 (seg a dom) – 19h - V Cerco de Jericó Dia 25/11(seg) – 19h - Missa de Aniversário da Ordenação Sacerdotal do Pe. Ary Dia 30/11(sáb) – das 15 às 20h - Festival de Prêmios Dia 07/12(sáb) – das 8 às 16h - Assembleia Paroquial 14h - Gincana catequética Dia 11/12 (qua) – das 14 às 17h - Festa da Past. da Criança Dia 13/12 (sex) – 8h - Entrega das bolsas e Confraternização de Natal com as famílias assistidas da Pastoral Social Dia 14/12 (sáb) – 18h – Confr. Paroquial de Natal Dia 14/12(sáb) – 19h30 - Eletro Fátima Dia 15/12 (dom) –7h30 - Celebração e Confraternização de Natal em família da Catequese (no Salão) Dia 15/12 (dom) – Almoço da Pastoral da 3ª Idade Dia 20/12 (sex) – 19h - Missa e Confr. da Pastoral Familiar Dia 21/12 (sáb) – 9h - Missa com a Unção dos enfermos 17h - Visita ao Museu, além da Árvore de Natal da Lagoa e do Presépio Dia 22/12 (dom) – 18h - Missa com os jovens Dia 24/12 (ter) – 20h - Missa Solene das Vésperas de Natal Dia 25/12 (qua) – 10 e 18h - Missas do Dia Santo do Natal do Senhor (Preceito) Dia 31/12 (ter) – 19h - Missa das I Vésperas de Santa Maria Mãe de Deus

CUIDADO COM O PORTUGUÊS! TRAZER e CHEGAR Os verbos “trazer” e “chegar” só possuem uma forma: TRAZIDO e CHEGADO. Na linguagem culta, não se aceitam as formas “trago” nem “chego”. Ex.: Isso foi TRAZIDO por mim. (E não “Isso foi trago por mim”.) Ele tinha CHEGADO atrasado. (E não “Ele tinha chego atrasado”.)

CONHECENDO A NOSSA IGREJA VOCÊ PERGUNTA E NÓS RESPONDEMOS

SANTO EM DESTAQUE

SANTA CECÍLIA padroeira dos músicos

Qual é a diferença entre Capela e Igreja Filial? Capela – Templo que comporta, normalmente, só um altar, caracterizada pela sua modesta estrutura física, onde o padre exerce suas funções, normalmente de forma itinerante, estando subordinada e pertencendo a determinada paróquia. Pode estar localizada em algum território particular ou em alguma instituição: hospital, quartel de polícia, Corpo de Bombeiros, etc. Porém, esteja onde estiver, deve ser reconhecidamente vinculada a uma Paróquia. Igreja filial (igreja anexa) – Parecido com a capela, porém, pode ter uma estrutura grande e pertence necessariamente a uma igreja matriz, onde não há também uma casa paroquial. Está localizada sempre em território público e nunca em território particular ou Instituição.

ORAR CANTANDO... Simplesmente amar - Vida Reluz "O Amor nasceu em meio ao frio de uma noite Sem um lugar para ficar... desaconchego sim Palhas pra deitar e ao seu redor os animais que ali moravam Mesmo sendo Rei, pobre se fez, só por amor Simplesmente amar, é o que importa para quem quiser servir Simplesmente amar, é a condição maior, suprema do servir Eis a verdadeira vocação: simplesmente amar O Amor cresceu em meio a nós e ao homem se igualou Não procurou seus interesses, não... Do próximo quis lavar os pés como sinal de igualdade Na cruz se entregou e perdoou só por amor Como dizer "Senhor, te amo" sem mesmo vê-lo E ser incapaz de amar o outro que está ao lado e se pode ver?! O que não ama não conhece a Deus Porque Deus é amor."

Era de família romana pagã, nobre, rica e influente. Adorava estudar filosofia, o Evangelho e a música, principalmente a sacra. Desde a infância era muito religiosa e, por decisão própria, afastou-se dos prazeres da vida da corte para ser esposa de Cristo pelo voto secreto de virgindade. Os pais, acreditando que ela mudaria de ideia, acertaram seu casamento com Valeriano, também da nobreza romana. Ao receber a triste notícia, Cecília rezou pedindo proteção do seu anjo da guarda, de Maria e de Deus para não romper com o voto. Após as núpcias, Cecília contou ao marido que era cristã e do seu compromisso de castidade. Disse, ainda, que para isso estava sob a guarda de um anjo. Valeriano ficou comovido com a sinceridade da esposa e prometeu também proteger sua pureza, mas para isso queria ver tal anjo. Ela o aconselhou a visitar o papa Urbano, que, devido à perseguição, estava refugiado nas catacumbas. O jovem esposo foi acompanhado de seu irmão Tibúrcio e ficou sabendo que antes era preciso acreditar na Palavra. Os dois ouviram a longa pregação e, no final, converteram-se e foram batizados. Valeriano cumpriu a promessa. Depois, um dia, ao chegar em casa, viu Cecília rezando e, ao seu lado, o anjo da guarda. Entretanto, a denúncia de que Cecília era cristã e da conversão do marido e do cunhado chegou às autoridades romanas. Os três foram presos. Julgados, recusaram-se a renegar a fé e foram decapitados. Primeiro, Valeriano e Turíbio; por último, Cecília. O prefeito de Roma falou com eles em consideração às famílias ilustres a que pertenciam e exigiu que abandonassem a religião sob pena de morte. Como Cecília se negou, foi colocada no próprio balneário do seu palacete para morrer asfixiada pelos vapores. Mas saiu ilesa. Então, foi tentada a decapitação. O carrasco a golpeou três vezes e, mesmo assim, sua cabeça permaneceu ligada ao corpo. Mortalmente ferida, ficou no chão três dias, durante os quais animou os cristãos que foram vê-la a não renegarem a fé. Os soldados pagãos que presenciaram tudo se converteram. É celebrada como padroeira da música e do canto sacro e a sua festa é em 22 de novembro. Fonte: Canção Nova.

Jornal nov dez 2013  

Jornal Fátima em Ação

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you