Issuu on Google+

Portuguese Language Newspaper

TORONTO - Ano 1 - Edição num. 06 - 15 Fevereiro de 2009 - FREE ISSUE

Vinho do Porto Sua Rica Tradição - 4

Brasil e Portugal Festejam 100anos do nascimento de nossa Musa - 7

Carnaval Edição especial de Carnaval Você sabia que o Carnaval foi levado ao Brasil pelos Portugueses ? Pag 8 e 9

Toronto, São Paulo algo em comum - 2

Carro Chinês, Você ainda vair ter um - 11

Madonna com brasileiro à Tiracolo não assume - 18


t2

Jornal da Gente Publishing Inc. P.O. BOX 25014 Toronto, ON, Jane Street M6S 3Z0 Tel.: (416) 301 6703 DIRETOR GERAL DESIGNER GRÁFICO

Valter Barberini valterbarberini@gmail.com COLABORADORES

Ana Carolina Velloso Jaqueline Kraizer Melissa Pancini Correia Benedito da Silva Teresa Meneses Noel Silva Armando Sousa O Jornal da Gente é distribuido nas cidades: Toronto, Brampton, Cambridge, Hamilton, Mississauga, Oakville, kitchener, Montreal, Yorkdale, Berrie e Richmond Hill. A opinião dos colaboradores e colunistas não refletem necessariamente a opinião do jornal.

Editorial

Queijos suíço Quando bolava essa matéria, pensei em fazer uma espécie de analogia com minha terra natal. - Que tarefa inglória! Como paulistano, estava me sentindo mais em “casa” do que de costume. Dirigindo pela St. Clair Ave. West, a qual se encontra numa “never end” construção, desviando dos buracos, transito lento devido a desvios, cascalhos e desniveis me trouxeram lembranças das quais não tenho saudades. Amo São Paulo, mas há coisas das quais eu passaria muito bem sem. Os buracos, nem de longe, são exclusividade da St. Clair Ave. Por toda Toronto e Missisauga, onde tenho circulados estas últimas semanas, pude constatar o mal estado das ruas. Os buracos e desníveis de pista exigem atenção redobrada dos motoristas que, em um segundo de descuido, podem ter o pneu do carro estourado, a roda amassada, a suspensão quebrada e, em casos mais graves,

até mesmo sofrer um acidente. É preciso então ter paciência - Escutem um cara calejado no assunto. O excesso de umidade sobre o asfalto produzido pelo degelo da neve causam a infiltração da água, desagregação do material sob ação do tráfego de veículos, diminuição gradual da resistência, ajudando a disolver o asfalto. Resultado - temos que dirigir sobre um verdadeiro queijo suiço. Espero, não como em São Paulo, onde temos buracos famosos, outros cérebres, aniversariantes, habitados, buracos dentro de buracos, que o Ministério dos Transportes de Toronto possam solucionar o problema assim que o longo e tenebroso inverno acabar. Segundo seu porta vóz, Will MacKenzie, o inverno foi o grande vilão. Segundo ele, os responsaveis por limpar a neve da cidade, antes mesmo de terminar uma, eram logo açoitados por outra.

Valter Barberini

Eles vêm nos tamanhos e formatos mais variados. Podem ser encontrados em qualquer lugar e fazem parte do di-a-dia dos paulistanos. Os buracos estão presentes em quase todas as ruas da cidade de São Paulo. Estão aí para arrebentar as molas de carros e ônibus e pior, causar acidentes e até morte.

São Paulo

Toronto

Carnaval - tem quem não gosta Há quatro e cinco anos, no auge de minha adolescência, a palavra carnaval era interpretada por minha mente como “o momento mágico, o nirvana da vida”. Axé, abadá, acarajé, cantina da serra, peitos, bundas, bocas, vômitos, gritos, mais bocas, mais bundas e mais vômito. Ah, era tudo que eu podia querer. A perdição completa de um jovem torto. A rebeldia social e a explosão de hormônios sexuais e infantilóides. Mas o tempo passou. E com ele, uma certa maturidade foi aflorando. Olho hoje para aquele grupo de arruaceiros e pergunto-me como posso já ter gostado de estar ali presente. Ou pior, como podem pessoas que já passaram da idade da molecagem, esbaldarem-se como se fossem guiados por seus instintos de dezesseis anos. Pra começar, uma analogia aplicada a 95% dos casos: o tamanho dos bíceps de um indivíduo é inversamente proporcional a sua capacidade intelectual. Quanto mais inchado, mais demente. Não satisfeitos em passar uma imagem de ignorância e mongolice, esse tipo de cidadão ainda precisa gritar ao mundo que seus bíceps são grandes. Então,

mesmo chovendo e com frio, ele tira a camisa e enrola no punho, em uma clara manifestação boçal de que, além de forte, ele é perigoso. Não preciso dizer que existem mulheres, tão tapadas quanto, que baseadas em sua máxima insegurança e desejo de parecer mais do que realmente são para a sociedade, atracam-se com este tipo de laia. Merecem-se, logicamente. Dois tipos que necessitam de anos de terapia. Mas tudo bem, você ignora os zé bostolas e suas piriguetis e cai na “folia”. E é nesse momento que você descobre a necessidade de tomar 3 litros de cantina da serra em meia hora. A música é praticamente um conjunto de onomatopéias.

“MÃE BÊ MÃE BÊ MÃE BÁ, MÃE BÊ MÃE BÊ MÃE BÁ, MÃE BÊ MÃE BÊ MÃE BÁ” “ZUM ZUM ZUM… ZUM ZUM BABA, ZUM ZUM BABA, ZUM ZUM BABA” “CHIIIIIIIIIIIIIICLEEEEEETE! OBA, OBA!”

os zé bostolas invadiram o ambiente e estão pulando de um lado para o outro, te arrastando, aquele suor pegajoso que mais parece uma manteiga raspando no seu braço e costas. A multidão toma conta de tudo, você não tem como fugir, o jeito é pular e fingir que aquela música faz algum sentido. Pula, gira, grita, solta grunhidos (afinal não tem como CANTAR esse tipo de música), pega uma mulherzinha aqui, outra ali, mas continua pulando, g i ra n d o, gritando e soltando grunhidos.

“O, o, o, ooo, que terrô! O, o, o, ooo, na dança do vampirô!” Você olha para os lados e percebe que

Calor, suor, fedor, música ruim, multidão te empurrando, claustrofobia, b e b i d a s nojentas, mulheres perdidas e vazias, e eles, sempre eles, os zé bostolas, que dentro de vinte minutos cairão na porrada graças a um pisão no pé.

Afinal, vamos combinar, dentro de toda essa explosão de movimentos e pessoas se encostando, pisar no pé de um zé bostola é proibido! Ele morde, santa. Essa é a análise final que tenho do carnaval. Uma visão de quem já viveu e respirou estes ares, mas fugiu assim que o discernimento e a razão chegaram à tona. Neste carnaval, saia para tomar um chopp com os amigos. Converse, divirta-se, ria, fique com uma mulher por mais de duas horas. Garanto que, no final, você se sentirá muito melhor. A menos, é claro, que você seja um zé bostola. Neste caso… Desculpe por ter pisado no seu pé. por Felipe Neto


JORNAL DA GENTE

TORONTO - 15 FEVEREIRO 2009

UM MUNDO CONSCIENTE Quantas vezes cumprimentamos alguém tão apressados e partimos sem saber como estão, automaticamente, ou fazemos uma atividade sem perceber cada passo. Muitas de nossas atividades diárias são feitas de forma inconsciente. Não é atoa que encontramos tantas coisas erradas neste mundo. Por isso precisamos acordar, despertar a consciência para podermos evoluir como espécie inteligente. Vejamos a seguir se você pode ser considerada uma pessoa consciente. Pegue uma caneta ou simplesmente observe se você pratica os atos seguintes. Ter consciência ambiental é não produzir muito lixo, é reusar sacolas de plástico, é reduzir a produção de CO2 diminuindo o consumo de gasolina ou o uso de sprays. Ter consciência alimentar é boicotar produtos carcinogênicos,éevitarprodutos alimentícios industrializados ou processados, é combater o comércio de alimentos

modificados geneticamente. Ter consciência corporal é não fumar pois cigarro não é alimento, é não estressarse tanto, é não viver de forma sedentária, é consumir alimentos naturais, é exercitarse uma ou duas vezes por semana, é reduzir o consumo de açucares e bebida alcoólica. Ter consciência comunitária é desenvolver formas de auxiliar os mais necessitados, é voluntariar seu tempo livre em benefício de organizações sociais, é criar ou apoiar ONGs, é pressionar os políticos de sua cidade a trabalharem por mais recursos sociais e perderem o

poder de aumentar o próprio salário, é combater a violência urbana, é praticar atos de gentileza todos os dias. Ter consciência

planetária é promover a paz e a harmonia entre os povos,éreduzirasdesigualdades

Discriminação O uso de drogas ilícitas no mundo vem crescendo, apesar dos esforços de controle. No ranking da cocaína, por exemplo, o Brasil exerce triste liderança. O país é hoje o maior mercado consumidor da droga da América do Sul e provavelmente o segundo maior das Américas. O Brasil, infelizmente, tem não apenas uma crescente demanda doméstica, mas é um corredor de distribuição mundial de drogas. Ademais, o aumento no consumo das

sociais, é estimular o acesso escolar a todos os seres humanos, é canalizar os recursos financeiros para a produção de alimentos, é evitar desperdícios, é denunciar atos de corrupção. Ter consciência evoluída é trabalhar em atividades que promovam e respeitem a vida, é ler livros sagrados e praticar o bem comum, é desligarse do passado e do futuro para viver o momento presente com atenção e intensidade, é aprender a perdoar. Estas são apenas algumas formas de construirmos um mundo consciente a partir de hoje, e de nos juntarmos ao novo exército de consciência evolucionária que está crescendo mas você não vê nas notícias. No mundo materialista de hoje perdemos contato com o coração e o real valor da vida e nos identificamos com o ego que gosta de viver fazendo de conta. Precisamos experimentar mais autenticidade e transparência,

drogas sintéticas tem sido significativo. Ao contrário das drogas tradicionais, feitas à base de plantas, as drogas sintéticas são feitas com produtos químicos facilmente obtidos em laboratórios improvisados. A repressão é, por isso, muito mais difícil. As conseqüências da assustadora escalada das drogas podem ser comprovadas nos boletins de ocorrência de qualquer delegacia de polícia. De fato, o tráfico e o consumo de drogas estão na raiz da imensa maioria dos assassinatos. E o que é pior: a idade das vítimas e dos

criminosos é cada vez menor. A detenção de crianças, algumas com menos de dez anos, com papelotes de cocaína e cigarros de maconha, é uma triste rotina nas rondas policiais. Observa-se, lamentavelmente, um crescente movimento a favor da discriminação das drogas, sobretudo da maconha. Bandeira freqüentemente agitada em alguns setores da mídia e em redutos de profissionais da saúde, a discriminação não ajudará em nada. Ao contrário. Como afirmou o respeitado psiquiatra Ronaldo Laranjeira, professor

3

Benedito da Silva

mais integridade, mais calor humano. Os nossos dias são consequências de nossos atos e eles só serão melhores se observarmos cada instante vivido e criarmos algo de bom neles. Há muito trabalho interior a ser feito. Precisamos nos despertar para novos valores e novas perspectivas se quisermos despertar novos potenciais em nós. O que significa o universo em relação à experiência que estou tendo agora? E o que significo diante do universo em expansão? O que estou fazendo agora é importante ou me trato apenas como um ser qualquer???

do Departamento de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e coordenador da Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas (Uniad), “os artigos recentes mostram de uma forma inquestionável que o consumo de maconha aumenta em muito o risco dos jovens desenvolverem doenças mentais”. E sublinhou o especialista: “Do meu ponto de vista, essa geração que consome maiores quantidades de maconha do que a geração anterior pagará um alto preço em termo de aumento de quadros psiquiátricos.”


4 TORONTO - 15 FEVEREIRO 2009

Vinho do Porto

Vinho do Porto nas docas de Londres - National Maritime Museum, Londres

JORNAL DA GENTE

Etílico

O vinho do Porto é um vinho natural e fortificado, produzido exclusivamente a partir de uvas provenientes da região demarcada do Douro, no norte de Portugal a cerca de 100 km a leste do Porto. Régua e Pinhão são os principais centros de produção, mas algumas das melhores vinhas ficam na zona mais a leste. Apesar de produzida com uvas do

Douro e armazenada nas caves de Vila Nova de Gaia, esta bebida alcoólica ficou conhecida como "Vinho do Porto" a partir da segunda metade do século XVII por ser exportada para todo o mundo a partir desta cidade. A "descoberta" do Vinho do Porto é polemica. Uma das versões, defendida pelos produtores de nacionalidade inglesa, refere que a origem data

do século XVII, quando os mercadores britânicos adicionaram brandy ao vinho da região do Douro para evitar que ele azedasse. Mas o processo que caracteriza a obtenção do precioso néctar era já conhecido bem antes do início do comércio com os ingleses. Já na época dos Descobrimentos o vinho era armazenado desta forma para se conservar um máximo de tempo durante as viagens. A diferença fundamental reside na zona de produção e nas castas utilizadas, hoje

protegidas. A empresa Croft foi das primeiras a exportar vinho do Porto, seguida por outras empresas inglesas e escocesas. O que torna o vinho do Porto diferente dos restantes vinhos, além do clima único, é o fato de a fermentação do vinho não ser completa, sendo parada numa fase inicial (dois ou três dias depois do início), através da adição de uma aguardente vínica neutra (com cerca de 77º de álcool). Assim o vinho do Porto é um vinho naturalmente doce (visto o açúcar natural das uvas não se transformar completamente em álcool) e mais forte do que os restantes vinhos (entre 18 e 22º de álcool).

Fundamentalmente consideram-se três tipos de vinhos do Porto: Branco, Ruby e Tawny. Porto Branco O vinho do Porto branco é feito exclusivamente a partir de uvas brancas e envelhece em grandes balseiros de madeira de carvalho (20 mil e mais litros). Tipicamente vinhos do Porto brancos são vinhos jovens e frutados (não menosprezando as reservas) e são o único vinho de Porto que se categoriza quanto à sua doçura. Há assim brancos secos, meios-secos e doces. Ainda assim, e devido à forma como o Porto é produzido, o vinho praticamente nunca é

completamente seco, guardando sempre alguma da sua doçura inicial, sendo por isso comum encontrarem-se brancos "secos" com alguma doçura.

dos de cor escura (rubi), com sabores a frutas vermelhas (frutos silvestres ou ameixas por exemplo) e com caracterísiticas de vinhos jovens.

Porto Ruby

Porto Tawny

Os Ruby são vinhos tintos que também envelhecem em balseiros. Devido ao baixo contacto com a madeira (porque a relação superficíe/ volume é pequena) conservam durante mais tempo as suas características iniciais, devido à baixa oxidação. São assim vinhos muito fruta-

Os Tawny são também vinhos tintos, feitos aliás das mesmas uvas que os Ruby, mas que apenas envelhecem dois a três anos nos balseiros, passando depois para as pipas de 550 litros. Estas permitem um mais elevado contacto do vinho com a madeira e daí com o ar. Assim

O Vinho do Porto e os Ingleses Desde sempre se produziu vinho na zona do Douro, mas é no século XIII que se verificam as primeiras exportações, sendo a França o primeiro país a receber estes vinhos de mesa. Os ingleses só se interessaram pelos nossos vinhos na segunda metade do século XVII, quando as guerras entre as monarquias francesas e inglesas provocaram um aumento considerável das taxas de exportação dos vinhos de Bor-

os Tawny respiram mais, oxidando e envelhecendo rapidamente. Devido à elevada oxidação os Tawny perdem a cor inicial dos vinhos tintos, ganhando tons mais claros como o âmbar, e sabores a frutos secos como as nozes ou as amêndoas. Com a idade os Tawny ganham ainda mais complexidade aromática, enriquecendo os aromas de frutos secos e adquirindo aromas de madeira, tostado, café, chocolate, mel, etc. Nos vinhos tawny muito velhos a cor vermelha inicial(rubi)dos vinhos novos

déus e como retaliação, um boicote a esses vinhos por parte do rei inglês Carlos II. É nessa altura que os ingleses radicados na cidade do Porto e que se dedicavam essencialmente à produção têxtil, iniciam a exportação dos vinhos do Douro para a Inglaterra. A exportação era feita em pipas e era necessário adicionar-lhe cerca de 20 litros de aguardente por cada pipa, para que não azedasse na viagem para Londres. Além disso era também feita uma adição de açúcar, pois o gosto inglês queria vinhos fortes, carregados na cor, mas também doces. Estava a nascer o Vinho do Porto…

Esta garrafa de vinho do Porto Cintra "Regina", da empresa Warre & Co. Oporto. É de 1860

vai desaparecendo e passa a tonalidades vermelho acastanhadas, dourada a âmbar. Contrariamente aos vinhos tintos, no vinho do Porto branco, novo de cor normalmente amarelo palha, com o envelhecimento os vêm a adquirir cada vez mais cor, aparecendo os amarelo/ dourado a amarelo/acastanhado e já nos vinhos brancos muito velhos a sua côr chega ao âmbar, confundindo-se com a dos vinhos tintos também muito velhos.


JORNAL DA GENTE

TORONTO - 15 FEVEREIRO 2009

5

Controverso caso da brasileira agradida na Suíça A polícia de Zurique disse que a brasileira Paula Oliveira, 26, supostamente atacada por skinheads na Suíça, não estava grávida. Segundo as autoridades, Paula pode ter causado os ferimentos em si mesma ou ter sido vítima de ladrões. A advogada Paula Oliveira, 26, diz ter sofrido aborto após ser atacada por neonazistas nos arredores de Zurique. De acordo com a polícia suíça, entre os indícios que apontam automutilação estão a profundidade dos cortes, que foram superficiais, e o fato de que regiões mais sensíveis do corpo, como os seios, não apresentarem ferimentos. Apesar disso, os policiais dizem que o caso continuará sendo investigado. Procurado por telefone nesta sextafeira, o Hospital Universitário de Zurique confirmou que Paula permanece internada na unidade, mas se recusou a passar informações sobre ela. A versão da gravidez é sustentada

pela família da brasileira, que afirma que Paula estava no terceiro mês de gestação. O economista suíço, Marco Trepp, 39, noivo de Paula, lamentou o caso. "As nossas filhas, que eram parte disso, foram embora, mas é claro que continuo muito apaixonado", disse. Ontem, a informação era de que Paula havia sofrido aborto em um banheiro, após as agressões, e obtido a confirmação, pelo

hospital, de que havia perdido os bebês. O pai de Paula, Roberto Oliveira, afirmou que duas oficiais da polícia de Zurique visitaram a jovem ontem e pediram desculpas pelo atendimento prestado na noite da última segunda-feira. "A postura inicial da polícia suíça foi stalinista, de transformar a vítima em acusado. Os policiais que a conduziram ao hospital a pressionaram para que ela confessasse que inventou

Demissão do técnico Luiz Felipe Scolari O Chelsea já definiu a compensação a ser paga pela demissão do técnico Luiz Felipe Scolari e seus assistentes. Os detalhes não foram divulgados, mas a imprensa especula que Felipão pode levar pelo menos 7,5 milhões de libras (11,1 milhões de dólares). O Chelsea disse em seu site (www.chelseafc.com) que "a compensação foi definida hoje com Luiz Felipe Scolari, estando de

Chávez vence Referendo

e conquista reeleição ilimitada A emenda constitucional que coloca fim ao limite para a reeleição aos cargos públicos foi aprovada. Com esta vitória, o presidente Venezuelano Hugo Chávez abre caminho para disputar um terceiro mandato presidencial nas eleições de 2012. A emenda também beneficia a governadores, prefeitos, deputados e vereadores. Logo depois de votar no referendo, Chávez disse que o resultado das urnas definiria seu "futuro político". E foi com este clima que os venezuelanos compareceram às urnas. De um lado os chavistas que

Que fim deu

Salman Rushdie Alguém ainda se lembra da “fatwa” (decreto religioso) do aiatolá Khomeini, há exatos 20 anos, condenando à morte o escritor britânico Salman Rushdie, sob acusação de blasfêmia por causa do livro “Os Versos Satânicos”? Todo mundo sabe que não vai acontecer nada com o "bon vivant" do Rushdie, que vive trocando de mulher enquanto viaja pelo mundo afora, de festa em festa, aparecendo nas colunas sociais do "jet set". Para quem não se lembra, Salman Rushdie é um ensaísta e autor de ficção britânico de origem indiana. Cresceu em Mumbai e estudou na Inglaterra, onde se formou com predicado no King's College, Universidade de Cambridge. Dono de um estilo próprio e dominando excelentes técnicas de narração, Rushdie já era um autor consagrado quando venceu o Prémio Booker em 1981 com a obra Os Filhos da

acordo com os termos do seu contrato". "Um acordo também foi alcançado com sua equipe - Flávio Teixeira, Darlan Schneider e Carlos Pracidelli, e gostaríamos de agradecê-los por seu trabalho no Chelsea." Felipão, campeão mundial de 2002 com o Brasil, foi demitido depois de passar sete meses no clube. Ele provavelmente será substituído pelo holandês Guus Hiddink, que treina a Rússia.

defendiam a "continuação da revolução bolivariana" sob a liderança de Chávez e de outro, opositores que rejeitavam o que consideram como uma medida para a "perpetuação do presidente no poder". Antes do pleito, o presidente venezuelano que governa o país há uma década, anunciou que se saísse vitorioso aprofundaria as mudanças rumo à consolidação de uma revolução socialista na Venezuela. Ao longo da votação, houve denúncias de que as urnas eletrônicas não registraram a opção escolhida pelo eleitor e esses votos acabaram sendo anulados. Esses incidentes foram qualificados como "fatos isolados" pela organização nãogovernamental Olho Eleitoral, principal organismo de observação eleitoral do país.

Meia-Noite. Tornou-se incomparavelmente mais famoso após a publicação do livro Versículos satânicos (em Portugal) ou Versos satânicos (no Brasil), em 1989, que causou controvérsia no mundo Islâmico devido a este livro ter sido considerado ofensivo ao profeta Maomé. A 14 de Fevereiro de 1989, a fatwa ordenando a sua execução foi proferida pelo Aiatolá Ruhollah Khomeini, líder do Irã, chamando o seu livro de "blasfémia contra o Islão". Para além disso, Khomeini condenou Rushdie pelo crime de "apostasia" - fomentar o abandono da fé islâmica - o que de acordo com a Hadith é punível com a morte. Isto porque Rushdie comunicava através do romance que já não acreditava no Islão. Khomeini ordenou a todos os "muçulmanos zelosos" o dever de tentar assassinar o escritor, os editores do livro que soubessem dos conceitos do livro e quem tomasse conhecimento de seu conteúdo, conforme a fatwa. Devido a estes fatos Rusdhie foi forçado a vivier no anonimato por muitos anos.

tudo. Mas agora viram que ela está legalmente no país, não veio se prostituir, é uma pessoa de bem, e por isso nos pediram desculpas", disse o pai.


6 TORONTO - 15 FEVEREIRO 2009

Morre italiana que conquistou direito à eutanásia Eluana Englano, em estado vegetativo há 17 anos, parou de receber alimentação e hidratação. Caso gerou crise constitucional na Itália

A italiana Eluana Englaro Que estava em coma irreversível há 17 anos, depois de um acidente de carro, morreu de acordo com o ministro italiano da Saúde, Maurizio Sacconi. Ela estava sem receber comida e hidratação. A família recebeu autorização para interromper sua vida depois de dez anos de disputa judicial. Apesar das pressões da Igreja, do governo de centro-direita do primeiro-ministro, Silvio Berlusconi, e de políticos regionais, os médicos da clínica La Quiete retiraram a sonda de Eluana e passaram a administrar

Eutanásia

apenas analgésicos para evitar a dor da paciente. O caso de Eluana dividiu a Itália, país de maioria católica, e levou a uma crise constitucional entre o primeiro-ministro, Silvio Berlusconi, e o chefe de Estado, Giorgio Napolitano. Também suscitou um debate sobre a possível interferência indevida do Vaticano, pelo fato de ter tomado abertamente o partido de Berlusconi. A situação dela foi comparada à da americana Terri Schiavo, que viveu

em estado vegetativo e foi autorizada a morrer em 2005, após uma longa batalha na Justiça.

É a prática pela qual se abrevia a vida de um enfermo incurável de maneira controlada e assistida por um especialista. A eutanásia representa atualmenteumacomplicada questão de bioética e biodireito, pois enquanto o Estado tem como princípio a protecção da vida dos seus cidadãos, existem aqueles que, devido ao seu estado precário de saúde, desejam dar um fim ao seu sofrimento antecipando a morte. Independentemente da forma de Eutanásia praticada, seja

JORNAL DA GENTE

ela legalizada ou não (tanto em Portugal como no Brasil esta prática é considerada como ilegal), é considerada como um assunto controverso. A “eutanásia ativa” conta com o traçado de ações que têm por objectivo pôr término à vida, na medida em que é planeada e negociada entre o doente e o profissional que vai levar e a termo o ato. A “eutanásia passiva” por sua vez, não provoca deliberadamente a morte, no entanto, com o passar do tempo, conjuntamente com a interrupção de todos e quaisquer cuidados médicos, farmacológicos ou outros, o doente acaba por falecer.

A língua Portuguesa nos tempos do descobrimento A crise segundo “Einstein” “Não pretendemos que as coisas mudem, se sempre fazemos o mesmo. A crise é a melhor benção que pode ocorrer com as pessoas e países, porque a crise traz progressos. A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar “superado”. Quem atribue à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu

próprio talento e respeita mais aos problemas do que às soluções. A verdadeira crise, é a crise da incompetência. O inconveniente das pessoas e dos países é a esperança de encontrar as saídas e soluções fáceis. Sem crise não há desafios, sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há mérito. É na crise que se aflora o melhor de cada um. Falar de crise é promovê-la, e calar-se sobre ela é exaltar o conformismo. Em vez disso, trabalhemos duro. Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la” Albert Einstein

Anuncie com a Gente, ligue 416 301 6703

Alguns especialistas defendem que a primeira línguaportuguesaachegarao Brasil está mais conservada no interior do Nordeste. Há uma lógica histórica. Logo que descobriram o Brasil, em 1500, os portugueses bateram em retirada. Só retornaram por volta de 1534, para implantar as capitanias hereditárias. PessoascomoDuarteCoelho, donatário da capitania de Pernambuco, falavam uma língua medieval, simples, sem grandes floreios. Era o português arcaico. Implantaram um tipo de colonização que fixava o homem à terra. Por tabela, conservava seus hábitos e a língua, como mostra o escritor Mario Marroquim no livro Língua do Nordeste – uma espécie de bíblia sobre o assunto, escrita na década de 40. É bom saber, portanto, que um sujeito que diz "avoar" em vez de "voar" está repetindo na fala a história da colonizaçãodoBrasil. Palavras que soam como aberrações aparecem em documentos e obras literárias daqueles períodos antigos. Usadas ainda hoje em dia, não podem tecnicamente ser definidas como corruptelas. São, na verdade, resistências. O costume de colocar

a partícula "a" na frente dos verbos é um exemplo. A forma "abastar", no lugar de "bastar", está em textos de dom Duarte, rei de Portugal, que morreu em 1438. Trocar as letras "l" e "r" – como em "pranta", de "planta" – também é uma característica da época. Como se lê em Assim Falava Lampião, em Pernambuco chama-se "carpete" de "alcatifa". É uma palavra que vem do árabe "alqa Tifâ". Influência dos mercadores que andaram pela região? Não. É dos portugueses mesmo. "Os primeiros colonos trouxeram influências da dominação árabe na Península Ibérica, que foi de 700 até 1400", explica a lingüista Nelly Carvalho, da Universidade Federal de Pernambuco. Outra expressão citada no glossário nordestinês, a popularíssima "arre égua!" é uma interjeição de raiva ou forma de incitar cavalos a andar que aparecia em textos de Gil Vicente, maior trovador da literatura portuguesa do início do século XVI. Sangue azul – Traços do português medieval foram preservados no interior nordestino graças à dificuldade de acesso à região. Isolados em fazendas e engenhos, os colonos e seus descendentes ficaram imunes às novas levas de portugueses que apareciam no litoral, trazendo uma língua renovada. A partir da segunda metade do século XVI, a língua portuguesa ficou exposta às influências

do Renascimento. Escritores foram pescar palavras no latim para enriquecer o idioma. Os imigrantes que já falavam esse português renovado influenciaram, então, o litoral do Nordeste e o restante do país. Era uma estrutura lingüística tão forte que conseguiu passar incólume até por invasões estrangeiras. A presença holandesa em Pernambuco, por exemplo, não deixou seqüelas na língua. "Por preconceito religioso, os portugueses se recusavam a aprender holandês. Não queriam falar a língua de hereges", diz o historiador Evaldo Cabral de Mello. Poucas línguas são tão difíceis de sistematizar como o português falado no Brasil. Na confusão que faz um gaúcho se sentir quase um estrangeiro diante de um paraibano, ao menos em questão de pronúncia e vocabulário, é difícil definir o que está certo ou errado. No caso dos arcaísmos, é pior ainda. Dicionários como o Aurélio admitem muitas expressões, sempre com a ressalva "antigo e popular". Mesmo assim, tradição não é salvo-conduto para qualquer barbarismo. O costume de trocar o "l" por "r" em verbos, obviamente, não vale para quem fala "cronar" no lugar de "clonar". Afinal, nem todo erro é fruto do uso do português arcaico. De qualquer forma, antes de censurar quem fala coisas do gênero, é melhor ir ao dicionário. Pode ser uma expressão de sangue azul.


JORNAL DA GENTE

TORONTO - 15 FEVEREIRO 2009

7

Variedades Serviço na internet permite controlar a vida sexual Bedpost cria um calendário online, garantindo a privacidade do internauta, para registrar as atividades realizadas na cama

Os interessados em medir a performance sexual têm um novo site na internet que ajuda a organizar suas atividades na cama. A proposta do Bedpost é montar um caledário virtual, que permite registrar o dia, o tempo e

o parceiro com quem se passou a noite. Além disso, é possível acrescentar informações sobre a transa e avaliar a aventura, por meio de estrelas. O Bedpost afirma, em sua página, que a privacidade do usuário é garantida.

Carmem Miranda O Repórter Esso, na voz de Heron Domingues, da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, foi o primeiro a noticiar a morte da Pequena Notável. Carmen nunca mais voltaria à terra natal, o que não impediu que a câmara municipal do Marco de Canaveses desse seu nome ao museu municipal. As comemorações de seu centenário iniciaram-se em 9 /02/2009.

A Câmara de Marco de Canaveses, terra-natal de Carmen Miranda, propôs à TAP-Air Portugal que batize um dos seus aviões com o nome da artista.

Os Beatles não tinham nascido. A psicodelia não fazia sentido. A Tropicália não estava nos dicionários. Até mesmo a palavra pop era, quando muito, uma onomatopéia para explosão, erupção. Mas já havia Carmen Miranda, a mensagem na garrafa que os náufragos de Pindorama jogaram ao mar e que foi parar na terra de Tio Sam no final dos anos 30. Carmen nos States foi uma declaração do nosso imperialismo.

Lan, o caricaturista que conhece cada curva que a Mulata tem outro grande caricaturista brasileiro - Nássara, alguns anos antes aqui no Rio.

Italiano nascido em Monte Varchi (fevereiro de 1925), perto de Firenze, Lanfranco Aldo Ricardo Vaselli Cortelli Rossi Rossini chegou ao Uruguai aos quatro anos de idade, juntamente com a família. Cresceu, estudou arquitetura e, percebendo que réguas e cálculos não eram sua praia, largou tudo, repetindo, curiosamente, a mesma atitude de

Em 1945 a revista Mundo Uruguayo publica sua primeira caricatura. Depois no El Pais de Montevideo parte para caricaturas de jogadores de futebol até mudar-se para a Argentina. Em Buenos Aires, num bate-papo pelas madrugadas com o carioca e caricaturista Otelo

Há cem anos, a portuguesa mais famosa do mundo estreava no planeta. Carmen Miranda é, fácil, o primeiro ícone pop com aval brasileiro, mesmo não tendo nascido em solo brasileiro. Antes dela, nosso país só era conhecido no resto do mundo graças a “Tico-Tico no Fubá” e “Aquarela do Brasil”. Carmen abriu, no facão, uma picada que em alguns anos se tornaria a bela trilha de onde a bossa nova se revelaria ao mundo e que, pouco a pouco, foi se tornando uma ampla

rodovia, com espaço para brasileiros de toda espécie, do Guinga ao Bonde do Rolê. Sem o primeiro passo de Carmen, talvez ainda estivéssemos presos lá dentro e o mundo ainda nos confundisse com qualquer paiseco de terceiro mundo. Pioneira, ela se apresentou pela primeira vez com seu traje de baiana, esse acessório esquizofrênico e exuberante, que inspiraria tanto os paragolés de Hélio Oiticica quanto os modelitos pós-new wave de Luísa Lovefoxxx.

Caçador, é intimado, caso visitasse o Brasil, a conhecer duas coisas essenciais: o Flamengo e as mulatas! Intimação essa cumprida fielmente, já que poucos, como o rubro-negro Lan traduziram essa miscigenação em traços e curvas tão sensuais. Em 1952 viaja ao Rio de Janeiro a trabalho e esquece da vida, não mais retornando ao seu antigo emprego na Argentina. Começa a trabalhar na Última Hora adotando definitivamente esta cidade como seu estúdio. Mestre da charge política, registrou as figurinhas fáceis de sempre nas páginas do Jornal do Brasil por

mais de cinqüenta anos até que um dia, como todo bom papo, resolveu mudar de assunto. Partiu para o comentário gráfico do dia-a-dia do Rio de Janeiro, nas páginas de O Globo, onde publica desde 2002, com as mulatas sempre em um lugar de destaque.


Carnaval

8 TORONTO - 15 FEVEREIRO 2009

JORNAL DA GENTE

O carnaval é considerado uma das festas populares mais animadas e representativas do mundo. Tem sua origem no entrudo português, onde, no passado, as pessoas jogavam uma nas outras, água, ovos e farinha. O entrudo acontecia num período anterior a quaresma e, portanto, tinha um significado ligado à liberdade. Este sentido permanece até os dias de hoje no Carnaval. O entrudo chegou ao Brasil por volta do século XVII e foi influenciado pelas festas carnavalescas que aconteciam na Europa. Em países como Itália e França, o carnaval ocorria em formas de desfiles urbanos, onde os carnavalescos usavam máscaras e fantasias. Personagens como a colombina, o pierrô e o Rei Momo

também foram incorporados ao carnaval brasileiro, embora sejam de origem européia. No Brasil, no final do século XIX, começam a aparecer os primeiros blocos carnavalescos, cordões e os famosos "corsos". Estes últimos, tornaram-se mais populares no começo dos séculos XX. As pessoas se fan-

tasiavam, decoravam seus carros e, em grupos, desfilavam pelas ruas das cidades. Está ai a origem dos carros alegóricos, típicos das escolas de samba atuais. No século XX, o carnaval foi crescendo e tornando-se cada vez mais uma festa popular. Esse crescimento ocorreu com a aju-

da das marchinhas carnavalescas. As músicas deixavam o carnaval cada vez mais animado. A primeira escola de samba surgiu no Rio de Janeiro e chamava-se Deixa Falar. Foi criada pelo sambista carioca chamado Ismael Silva. Anos mais tarde a Deixa Falar transformou-se na escola de samba Estácio de

Sá. A partir dai o carnaval de rua começa a ganhar um novo formato. Começam a surgir novas escolas de samba no Rio de Janeiro e em São Paulo. Organizadas em Ligas de Escolas de Samba, começam os primeiros campeonatos para verificar qual escola de samba era mais bonita e animada.

De Norte a Sul o Chão do Brasil Estremesse Rio de Janeiro

O carnaval do Rio de Janeiro o mais rico e conhecido, atraindo milhares de turistas nacionais e estrangeiros. A cidade do Rio de Janeiro respira durante cinco dias um invejável ar de alegria. Os cariocas esquecem problemas e obrigações e rendem-se ao gigantesco espetáculo de dança e magia. O auge da festa é o desfile do grupo especial na Marquês de Sapucaí, onde diversas escolas de Samba disputam entre si o título de Campeã do Carnaval. Samba, cores vivas, fantasias esplendidas e mulheres bonitas são os principais ingredientes desta disputa grandiosa.

Salvador

Na cidade de Salvador, existem os trios elétricos, embalados por músicas dançantes de cantores e grupos típicos da região. Na cidade destacam-se também os blocos negros como o Olodum e o Ileyaê, além dos blocos de rua e do Afoxé Filhos de Gandhi.

São Paulo

O desfile das escolas de samba paulistas ocorre no Sambódromo do Anhembi, projetado pelo renomado arquiteto Oscar Niemeyer, que também projetou o Sambódromo da Marquês de Sapucaí no Rio de Janeiro. O samba diferiam pouco do Rio de Janeiro para São Paulo, exceto por uma nítida diferença de andamento, ou seja, a grosso modo, de velocidade, de tempo da música. O sambista paulista, acostumado à árdua vida nas lavouras de café e migrando para a cidade para o trabalho operário, fazia o que Plínio Marcos denominou de “samba de trabalho, durão, puxado para o batuque”.

Olinda

O carnaval de rua manteve suas tradições originais na região Nordeste do Brasil. Em cidades como Recife e Olinda, as pessoas saem as ruas durante o carnaval no ritmo do frevo e do maracatu. Os desfiles de bonecos gigantes, em Recife, são uma das principais atrações desta cidade durante o carnaval.


JORNAL DA GENTE

TORONTO - 15 FEVEREIRO 2009

9

As Raíses do que chamamos CARNAVAL Quem trouxe o carnaval ao Brasil foram os portugueses, por volta de 1750. Nessa época, a festa era chamada de entrudo, palavra que vem do latim introitu e significa entrada, pois a comemoração começava na entrada (início) da Quaresma. O CARNAVAL BRASILEIRO O primeiro carnaval brasileiro, segundo os historiadores, aconteceu em 1641. O governador do Rio de Janeiro, Salvador Correa de Sá Benevides, determinou que se dedicasse uma semana de festa para homenagear a coroação de D. João IV. O povo adorou a idéia. No início, o carnaval era animado com canções portuguesas, como as quadrilhas. Depois, vieram a polca e os ritmos do carnaval italiano. Só em 1870 é que surgiu uma música tipicamente brasileira, o maxixe.

O SAMBA

O samba tem origem em antigos ritmos trazidos pelos escravos africanos para o Brasil. Afirma-se que a palavra samba vem de semba, que significa umbigada ou união do baixo ventre em dialeto africano. No século XIX, esses ritmos africanos sofreram a influência da polca, da habanera, do maxixe e do choro. Entre as décadas de 20 e 30, o gênero ganharia muitas variações tais como o samba-enredo, o sambachoro e o samba-canção. É desse período, também, o surgimento dos sambas criados para os grandes blocos de Carnaval. A primeira escola de samba surgiria em 1929 no Estácio - tradicional bairro de boêmios e da malandragem da cidade do Rio de Janeiro.

Cartola Se a história do samba pudesse ser resumida em uma única palavra, esta palavra poderia ser Cartola. Tido como o mais brilhante compositor do gênero, o sambista volta a ser lembrado nos 100 anos de seu nascimento. Apesar de ter o seu lugar assegurado na história da MPB e de suas composições mais famosas serem regravadas com freqüência, o grosso de sua obra, talvez a sua parcela mais genial, permanece esquecida e ignorada.

Uma das figuras mais marcantes da festa é a do Rei Momo, inspirada nos bufos, atores portugueses que costumavam representar comédias teatrais para divertir os nobres. Há também o Zé Pereira, tocador de bumbo que apareceu em 1846 e revolucionou o carnaval carioca. Tem origem portuguesa e, tendo sido esquecido no começo do século XX, deixou como sucessores os ritimistas que acompanhavam os blocos dos sujos tocando cuíca, pandeiro, recoreco e outros instrumentos. As máscaras

e fantasias começaram a ser difundidas aqui ainda na primeira metade do século XIX. O primeiro baile de máscaras do Brasil foi realizado pelo Hotel Itália, no Largo do Rocio, RJ. A idéia logo virou um hábito e contagiou a cidade. Mas, apesar de ser uma maneira sadia e alegre de se brincar o carnaval, contribuiu para marcar as já gritantes diferenças sociais que aqui sempre existiram. O carnaval dos salões veio para agradar a elite e a classe emergente do país, o povo ficava do lado de fora, nas festas de rua ao ar livre.


10 TORONTO - 15 FEVEREIRO 2009

A Importancia da VITAMINA C Vitamina C é essencial para a manutenção e desenvolvimento dos tecidos (gordura, musculos e ossos). A vitamina C aumenta a produção de novas células e ajuda na cicatrização. É um antioxidante que faz com que os radicais livres não sejam atraídos pelas moléculas causando destruição que pode atacar os tecidos.

JORNAL DA GENTE

Nutrição

ou de armazenar essa vitamina. A vitamina C é uma das vitaminas mais sensíveis, é facilmente destruída pelo calor, luz ou ar. SUBSTÂNCIAS QUE IMPEDEM ABSORÇÃO DE VITAMINA C

A vitamina C também protege o sistems imunológico, ajuda a combater infecções, alivia reações alérgicas... Devemos garantir o consumo de vitamina C diariamente através da dieta ou uso de suplementos naturais porque o nosso corpo é incapaz de produzir

Antibióticos Aspirina Anticoncepcionais Cocaína Cortisona Febre alta Maconha Estresse Cigarro Melissa Pancini Correia CNP, RNCP Nutricionista Holistica

Conheça todos os Subgeneros do Samba. Samba comum O samba é caracterizado por uma seção de ritmo contendo a marcação, geralmente surdo ou tantan, o 'coração do samba'; e seu núcleo mais importante é geralmente reconhecido como cavaco e pandeiro. O cavaquinho é a conexão entre a seção de harmonia e a seção de ritmo, e costuma ser reconhecido como um dos instrumentos harmônicos mais percussivos existentes; sua presença, via de regra, diferencia o verdadeiro samba de variações mais suaves como a Bossa Nova (embora haja algumas gravações de samba que não usem o cavaco, e.g. de Chico Buarque). O pandeiro é o instrumento percussivo mais presente, aquele cuja batida é a mais completa. Um violão está sempre presente, e a maneira de tocar violão no samba popularizou o violão de 7 cordas, por causa das sofisticadas linhas de contraponto.

nos versos, com disputas comuns, e improvisadores talentosos fizeram sua fama e carreira no samba, como Zeca Pagodinho, que é não só um grande sambista de propósito geral como um dos melhores improvisadores.

Pagode Hoje é a forma de samba que se difunde entre as periferias dos centros urbanos do Brasil, surgida nos anos 80 com a introdução de três novos instrumentos, o banjo, o tantan e o repique de mão. Usualmente é cantado por uma pessoa acompanhada por cavaquinho, violão e pelo menos por um pandeiro. As letras são descontraídas, falam normalmente de amor ou qualquer situação engraçada. Quase sempre as letras não tem grande expressão, sendo maior preocupação a aliteração do que o conteúdo.

Partido alto

Neo-pagode

Esse termo é utilizado para denominar um tipo de samba que é caracterizado por uma batida de pandeiro altamente percussiva, com uso da palma da mão no centro do instrumento para estalos. A harmonia do partido alto é sempre em tom Maior. Geralmente tocado por um conjunto de instrumentos de percussão (normalmente surdo, pandeiro e tamborim) e acompanhado por um cavaquinho e/ou por um violão, o partido alto costuma ser dividido em duas partes, o refrão e os versos. Partideiros costumam improvisar

é uma nova modalidade de Pagode surgida nos anos 1990 que se mistura com Axé Music. Este derivado do Samba, portanto, apresenta elementos do Axé como tamborins baianos, agogô e às vezes berimbal metalizado, apesar de manter os instrumentos do Pagode. Alguns grupos, como Gera Samba, continuaram a tocar Pagode tradicional, já outros apresentam o Neo-pagode tipificado como Olodum & Samba.

Samba de Breque Hoje um gênero morto, as músicas do samba de breque eram intercaladas com partes faladas, ou diálogos. Os cantores, necessariamente, tinham um excelente dom vocal e habilidade de fazer vozes diferentes. As letras contavam histórias e eram jocosas.

O samba-exaltação, é caracterizado por composições "meta-regionais", o ufanismo observado nas composições exalta por assim dizer a cultura do país e não um folclore específico, constituindo o primeiro momento de exportação da música popular sem precedentes na história, apresentando as cores, a aquarela do país ao resto do mundo. Aquarela do brasil, de Ary Barroso, é a composição que inaugura esse estilo de samba. Carmen Miranda destaca-se como uma das grandes expoentes.

S a m b a Enredo

S a m b a Canção O samba-canção foi muito executado nas rádios, com grande influências do estilo e da melodia do Bolero e ballad americano. As canções deste gênero são românticas e de ritmo mais lento. Os temas variam do puramente lírico ao trágico.

Samba-Exaltação

O samba enredo é o estilo cantado pelas escolas de samba durante os desfiles de carnaval. A letra do sambaenredo, normalmente, conta uma história que servirá de enredo para o desenvolvimento da apresentação da escola de samba. Em geral, a música é cantada por um homem, acompanhado sempre por um cavaquinho e pela bateria da escola de samba, produzindo uma textura sonora complexa e densa, conhecida como batucada.

Bossa Nova A bossa nova é um estilo originalíssimo de samba brasileiro que surgiu na década de 1960. Este estilo é uma fusão dos estilos do jazz com o samba. Durante muitos anos foi o samba das praias e bares do Rio de Janeiro. A Bossa Nova foi bem original no

seu estilo criativo, pois introduziu o repique de mão e a viola eletrônica, imitando a guitarra nos tons mais agudos, fazendo uma melodia com forte influência das melodias americanas mescladas com batidas abrasileiradas. As interpretações são marcadas por um tom suave, intimista ou sussurrado. Gravado em 1958 o LP Canção do Amor Demais, é considerado axial para a inauguração deste movimento, surgido em 1957. O antológico LP trazia ainda, também da autoria de Vinícius de Moraes e Tom Jobim, Chega de saudade, Luciana, Estrada branca, Outra vez.

Samba Reggae É um estilo de Samba que teve origem na Bahia no ano 1990. Na década de 1980 havia manifestações culturais de batidas latinas misturadas com axé music e melodias parecidas com reggae, porém isso não foi suficiente para definir o estilo. Por volta de 1990 as famosas cantoras Daniela Mercury e Margareth Menezes, junto com os grupos Olodum e Timbalada, resgataram estas manifestações. Neste momento surgiu o Sambareggae que, por sua vez, evoluiu introduzindo instrumentos comuns em músicas de origem latina e instrumentos de Samba como pandeiro e tambor, além de guitarra ou viola eletrônica no lugar do cavaquinho. O Samba-reggae é um samba essencialmente praiano, que narra as situações da vida dos seus autores (geralmente negros) como personagens de praia.


Pagani revela dados do Zonda R

Apenas 16 unidades do superesportivo de R$ 4 milhões serão fabricadas A mais nova criação de Horacio Pagani acaba de ter sua face revelada. O "Zonda da vez" recebe um “R” adicional em seu nome. A sigla é justificada na construção, motorização e principalmente no desempenho do superesportivo criado especialmente para as pistas. Como todos os carros da marca, o Zonda R terá tiragem limitada, desta vez a 16 unidades, sendo 15 para o público e uma para o acervo do fabricante. Parecido com o Zonda F, lançamento mais recente da marca, o irmão Zonda R tem 90% de seus componentes diferentes em relação ao modelo lançado no ano passado. A grande

novidade é a transmissão seqüencial desenvolvida pela Pagani, que por sua vez é associada ao motor 6.0 litros V12 Mercedes-Benz de 739 cv de potência.

China Economia do país, que já é a terceira maior do planeta, tem o setor automotivo como um de seus pilares A China apresentou um plano que inclui corte de impostos e uma série de subsídios para a indústria automobilística. O plano ainda prevê incentivos para a indústria do aço, cuja capacidade de produção mundial vem caíndo nos últimos meses. O governo local espera que o conjunto de ações possa conter o impacto da desaceleração da economia mundial, que vem reduzindo as exportações e, consequentemente, a produção. Haverá uma redução de 10% para 5% nos impostos para a venda de veículos com motores de capacidade cúbica inferior a 1,6 litro. O governo ainda irá oferecer um subsídio, que totalizará 732 milhões de dólares, para proprietários de modelos de alta emissão de poluentes que os trocarem por modelos mais limpos. O governo ainda criou um fundo de 10 bil-

hões de yuans (aproximadamente 1 bilhão e 400 milhões de dólares) para incentivar a pesquisa e o desenvolvimento de novas tecnologias, principalmente acerca de energia renovável. Segundo o comunicado oficial do governo chinês, além de ajudar a indústria a curto prazo, as medidas buscam melhorar a competitividade chinesa na próxima década. O objetivo seria encorajar as empresas a desenvolver suas próprias marcas e estabelecer uma produção orientada para a exportação, tanto de automóveis como de autopeças. O setor automobilístico é considerado um dos pilares da economia do país, que acaba de ultrapassar a Alemanha e tornou-se a terceira maior do planeta. A meta do governo é manter o crescimento do país na casa de 8% em 2009.

Tamanha cavalaria é suficiente para acelerar os 1 070 kg do automóvel de 0 a 100 km/h em 3s0 e levá-lo a atingir 375 km/h.

Carro Chinês Você ainda vai ter um Enquanto o segmento automotivo cresce a cada ano para oferecer mais veículos para parte dos mais de 1,3 bilhão de chineses, o setor de bicicletas já tem a clientela garantida entre os trabalhadores e demais cidadãos. O número de bikes chega a 540 milhões de unidades, duas vezes o tamanho da população dos Estados Unidos. De acordo com a Associação de Fabricantes Automobilísticos (AFA) da China, a frota de automóveis no final de 2006 era de 38 milhões de carros, o que é considerado pequena ao ser comparada com o número de habitantes no País. Hoje, a China (7, 19 milhões de veículos/ano) já e o terceiro produtor de veículos do planeta, atrás do Japão (11,48 milhões) e Estados Unidos (11,26 milhões).


12 TORONTO - 15 FEVEREIRO 2009

Turismo

JORNAL DA GENTE

Carnaval no Rio: folia e passeios nos arredores O Carnaval do Rio de Janeiro é um dos mais famosos do mundo. Se você escolheu passar seus dias de folia na Cidade Maravilhosa, aproveite e conheça alguns lugares imperdíveis e pertinho de onde você vai estar.

Angra dos Reis 365 ilhas e mais de duas mil praias. Parece exagero, mas isso tudo é Angra dos Reis, a cerca de 157 quilômetros do Rio de Janeiro. Tem praia para todos os gostos, claro. Desde a Praia do Bonfim, perto do centro, muito frequentada por jogadores de vôlei de praia e próxima a vários hotéis e pousadas, até a Praia da Baleia, praticamente intocada e sem nenhuma estrutura. É preciso levar até água para beber, mas a paisagem belíssima compensa o “esforço”. Os amantes de turismo de aventura podem se esbaldar em Angra, assim como os que quiserem fazer turismo cultural. Entre as opções de passeio estão as Ruínas do Engenho Central de Bacuhy , que já foi o mais bem equipado e moderno engenho do Brasil.

Búzios Que tal esticar os dias de folia no Rio de Janeiro e passear em Búzios, cidade que encantou a bela Brigitte Bardot no verão de 1964? A antiga vila de pescadores, no passado povoada por piratas, tem mais de 20 praias e tornou-se um sofisticado balneário que enche os olhos de turistas de todos os cantos do mundo. Búzios agrada quem quer curtir o dia e a natureza, assim como aqueles que querem também badalar à noite. Restaurantes, bares e lojas de grifes nacionais e internacionais são algumas opções para “incrementar” o passeio.

Infra estrutura completa para os amantes do mergulho

Durante o dia praia e sól, à noite os melhores restaurantes e muitas “baladas”


JORNAL DA GENTE

TORONTO - 15 FEVEREIRO 2009

Que fim levou o Bush Mesmo diante das denúncias de torturas e crimes contra a humanidade nas invasões no Iraque e no Afeganistão, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, encerra o mandato de oito anos sem que tenham ocorridos novos ataques terroristas nos Estados Unidos. Mesmo com as denúncias de torturas envolvendo presos no centro de Guantánamo, em Cuba, criado há sete anos, as baixas entre as tropas no Iraque e a cultura do medo implantada entre os americanos, a análise final poderá ser positiva na história. Bush foi pressionado para fazer algo após o 11 de Setembro e a história se lembrará disso. No entanto, ele se perdeu ao longo do caminho quando tomou decisões muito rápidas, repletas de controvérsias, como a invasão do Iraque logo depois em 2003. A criação de Guantánamo e a invasão ao Afeganistão que assumiu a autoria dos atentados as torres gêmeas do World Trade Center logo após os ataques

foram bem recebidas pela população americana que desejava uma resposta imediata. O episódio acabou, mais tarde, como "uma oportunidade não de combate ao terrorismo, mas como um fator político para a invasão do Iraque e a reeleição de Bush". Foi "um tiro no pé" os gastos milionários com a Guerra do Iraque estimados em mais de US$ 504 bilhões dos cofres públicos americanos, comparado as outros programas militares do país. Ficou tudo concentrado em uma guerra que a população não queria. Ele deixou legados, como o Iraque e uma crise econômica Jumbo, que serão muito difíceis de serem reparados.

O republicano George W. Bush assumiu a Presidência dos Estados Unidos em 20 de janeiro de 2001, com slogan de "conservador com compaixão". Em alguns meses, nas mãos dele, a maior nação do mundo sofreu um ataque terrorista que destruiu as torres gêmeas do World Trade Center, um dos cartões-postais de Nova York, e parte do Pentágono, centro do setor de inteligência americana, e matou quase 3.000 pessoas.

13


14 TORONTO - 15 FEVEREIRO 2009

Valber & Vanille

JORNAL DA GENTE


JORNAL DA GENTE

TORONTO - 15 FEVEREIRO 2009

15

Cafajestes, como identificá-los, livrar-se ou, até mesmo, “aproveitar-se” deles! Levante a mão a mulher que nunca se deparou com um cafajeste.Todas, em algum momento da vida, já viveram essa experiência. Isso porque eles estão por toda parte e com as mais diversas caras. E podem fazer-lhe muito mal, ou muito bem, depende mais de você. Sabe por quê? Por que eles são eles mesmos, sempre. É você quem abre a porta – ou não. Adorável cafajeste. É verdade, sim, os cafajestes são quase que irresistivelmente atraentes. Tem uma lábia que nenhum bom moço tem e isso pode pegá-la desprevenida. Você sabe como identificar um cafajeste? É preciso saber, pois eles não trazem escrito na testa e você precisa estar preparada quando encontrar um! Parece que eles sentem o cheiro de mulher carente e vão aparecer no momento em que você estiver mais frágil, acredite nisso. Parecerão o homem perfeito, pois essa é a principal arma de conquista deles – e você vai acreditar. Estão sempre de bom humor e raramente têm trabalho fixo, embora o trabalho não seja uma unanimidade entre eles. A barba cerrada e o jeito de quem não se preocupa com nada viraram um estereótipo. Charmosos por natureza e com conversa boa, desde que você não vá fundo demais em algo, pois isso vai espantá-lo, já que fogem do envolvimento. A sua família vai odiá-lo, mas, ainda assim, você vai defendê-lo com unhas e dentes (o que não quer dizer que todo homem que a sua família não gostar seja um, ok?). São carismáticos e espontâneos e, na hora de mentir, podem até fazê-la chorar de remorso por ter duvidado dele, pois são excelentes atores. Um cafajeste traz flores sempre que apronta alguma, só para tentar driblar você com mimos, afinal, ele sabe o seu ponto fraco. Romance é com ele mesmo

e isso a prende i n c r i ve l m e n t e . É difícil se desvencilhar dele exatamente por isso, é um Don Juan e vai deixar vocêperdidamente apaixonada.

por favor! Claro que existem belas histórias de amor de casais que se conheceram em lugares da night, mas você há de concordarcomigo que balada e paquera andam juntas, balada e compromisso, não! Se você encontrou seu grande amor na praia, em pleno carnaval, pode parar de ler esta matéria, pois ela não lhe serve.

Um amante de primeira, um tremendo cafajeste. E o pior é que ainda pode ser lindo. Ai, meu Deus. Por que eu? É muito comum vermos mulheres dizerem: “Por que só atraio homem que não presta? “ Na verdade, elas já estão com a resposta: elas atraem. E, na maioria das vezes, são mulheres incríveis, de ótima índole, porém frágeis emocionalmente. E essa é a primeira característica que uma cafajeste “profissional” identifica: a fragilidade – e isso pode acontecer ao inverso também, entre homens incríveis e mulheres extremamente cafajestes, viu? Mulheres bem-sucedidas e lindas se vêem numa trama ardilosa da qual não conseguem se desvencilhar.

envolverem emocionalmente, já que são bem resolvidas para fazer isso.

Ao menos, por enquanto e espero que nunca precise. Mas, em locais de festas, as pessoas só têm o compromisso de se divertirem, assim como você, que também está lá.

Falei que um cafajeste não traz escrito na testa a sua índole, mas, quando abre a boca, só não vê quem não quer. São todos iguais na essência, ou na falta dela, é impressionante. E

E não há nada de mal nisso! Pode coincidir de o seu príncipe estar dando sopa naquele exato lugar, naquele exato momento, mas há mais chances disso não acontecer. Vai pra balada? Divirtase e tire proveito dela. Quer alguém para namorar? Abra o olho diante do que vai encontrar, pois eles a-d-o-r-a-m balada, como você. E sabem disso. O perfume de um cafajeste é o melhor do mundo e tem um sorriso de matar.

Mas, por quê? Meninas, é simples. Atraímos o que emanamos. E, quando ficamos frágeis, a nossa sintonia está baixa demais para atrairmos algo bom. E aí vêm as doenças, as neuras, a depressão e.... os cafajestes. Eles vibram nessa onda baixa. Tanto que você jamais vai ver um cafajeste com uma mulher segura e dona de si – a menos que ela é quem esteja se “aproveitando” da parte boa dele, espertinha. E sabe por quê? Por que mulheres estáveis emocionalmente sabem identificá-lo na primeira cantada ou no primeiro deslize e logo caem fora, antes de se

se você não estiver bem consigo mesma, vai cair nessa. Afinal, o que é que você anda atraindo para a sua vida? Para onde irei? Sinto muito, mas o nosso pai estava certo: boate não é lugar de procurar compromisso. Na praia, muito menos. Está no carnaval, no meio do bloco da Ivete? Convenhamos, o que você espera encontrar? Diversão? Ótimo, terá. Casamento? Ora,

Dicas para você encontrar seu amor neste Carnaval

Portanto, jamais use a balada como fuga para alguma frustração, pois ele tem um radar que vai localizar você. Use a balada como diversão e encare a paquera que surgir dela como uma deliciosa conseqüência. Assim, você terá mais chances de saber se aquela incrível pessoa que você conheceu veio para ficar ou se deve permanecer apenas naquela noite de sábado. Às vezes, a gente estraga uma gostosa aventura esperando algo

O Amor é o sentimento mais apreciado pelo ser humano. Muito emocional e comovente, esse sentimento que ao mesmo tempo trás coisas maravilhosas para alguns, nem sempre é bom para outras. Quando esse sentimento é correspondido, tudo bem, as duas pessoas vivem felizes compartilhando o grande sentimento em comum. Mas quando isso não acontece, é doloroso

mais dela. Isso é errado. Cada um dá o que tem e a gente fica querendo tirar das pessoas o que elas não têm para dar. Se liga. Nem tudo que reluz é ouro. Aproveitar? Sim, aproveitar. Cafajeste é para divertir você, pois eles são bons nisso. Não é para ser seu. E, se for, você vai se arrepender, pois ninguém muda um cafajeste de verdade. Os homens aprenderam isso há mais tempo que nós e nós os condenamos. Eles já têm na cabeça “mulheres para casar e mulheres para se divertir” e a gente acha isso machista. Mas, não é. É que eles já selecionam o tipo de mulher que eles querem para cada objetivo. E você ainda não aprendeu e fica se babando para qualquer um que aparece? É como atirar pérolas aos porcos. Viva a vida com as ferramentas que ela lhe oferece e crie as suas próprias. Chega de transferir a responsabilidade pelo que deu errado na sua vida aos outros, pois você já cresceu – ou, pelo menos, deveria ter crescido. Se você achou que o sapo era um príncipe, problema seu. Nem o sapo tem culpa disso. Aproveite das pessoas o que elas têm de bom e não o que elas não têm, senão vai sofrer mesmo. Ninguém é só ruim, assim como ninguém é só bom. Os “sapos”, por exemplo, podem ser muito divertidos e ótimos amantes e os “príncipes” serão bons companheiros. Sem falar que todos nós temos um lado “sapo” de vez em quando. O erro é querer se casar com um sapo ou querer que um príncipe faça coisas fora da sua natureza. Cada um é o que é. E você tem total autonomia para escolher a pessoa com quem vai conviver. Autonomia e responsabilidade pela sua escolha. Ah, ele mentiu pra você? Salvo se você tomar uma titude na primeira vez, não tem desculpa. Uma segunda mentira só vem depois que a primeira foi aceita. E se você aceitou, ninguém foi enganado aí, né?!

para a pessoa que ama e não tem um sentimento recíproco. Há muitos livros para ajudar nessa questão. E muitas pessoas procuram especialistas em busca de uma resposta de como conseguir esse grande amor. A dica que fica aqui, é que não se deve sair desesperada atrás de alguém, deve-se esperar, por que na hora certa acontece.


16 TORONTO - 15 FEVEREIRO 2009

JORNAL DA GENTE

Alimentação nua e crua Conheça o crudicismo

O

s hippies, no auge dos anos 60 e 70, desprezavam o relógio, tinham pouco apreço pelo chuveiro e preferiam uma barraca no mato a uma cama na cidade. Mas sempre levavam uma panela em suas mochilas. Afinal, era com ela que preparavam seu prato típico: macarrão com sardinha. Nem eles, portanto, com toda a sua rebeldia e gosto pela derrubada de padrões, conceberam insurreição tão original contra os hábitos domésticos quanto o que prega o crudicismo: a deposição do fogão. crudicismo é uma dieta que proclama que as refeições de pessoas saudáveis devem se compor unicamente de plantas tal como estão na natureza – cruas. Cozinhálas, assá-las, fritá-las, nem pensar. Carne – mesmo crua –, ovos e laticínios, também são proibidos: o

O

crudicismo os considera venenos disfarçados. (Leia os preceitos básicos do crudicismo no quadro à direita.) Quem quer que tenha começado a cozinhar, há 40 000 anos, não percebeu que nós não fomos feitos para comer comida preparada", diz Ed Douglas, diretor do American Living Foods Institute, baseado em Glendale, Califórnia, um crudicista com mais de 20 anos de estrada. "Nosso desenho, como o dos outros animais, prevê a ingestão de alimentos em sua forma natural." Eis a idéia que está na base do crudicismo: o corpo precisaria de enzimas presentes nos alimentos crus para auxiliar a digestão desses próprios alimentos. Submetidas ao calor, essas enzimas deixariam de operar e o organismo teria que produzir mais das suas

"

próprias enzimas, usando para tanto uma energia que poderia ser utilizada para outros fins. uitos especialistas duvidam da teoria crudicista. Basicamente porque está provado que a digestão depende muito mais das enzimas produzidas pelo organismo do que daquelas presentes nos alimentos. Outra importante crítica ao crudicismo parte do fato de que levar a comida ao fogo não deixa de ser um gesto profilático. Afinal, há dezenas de microorganismos presentes nos vegetais crus, como a salmonela e a ciclospora, que são geralmente eliminados no cozimento. dieta crudicista também pode implicar problemas por ser exclusivamente vegetal. "Os vegetais estão longe de ser alimentos ideais. "Só na carne o organismo

M

A

humano encontra diversas matériasprimas de que precisa para fabricar compostos muito importantes ao seu funcionamento." Para ficar num único exemplo, sem uma substância chamada tirosina, ausente nos vegetais, não há comunicação química adequada entre as células do cérebro. "O raciocínio fica mais lento e a agressividade aumenta". as também há a r g u m e n t o s científicos que corroboram a tese crudicista. "É certo que o fogo destrói nutrientes e fibras importantes dos alimentos". "Até 40% das proteínas pode subir com a fumaça." Ao lado disso, segundo um estudo, publicado em 1998 pela revista americana Epidemiology, uma dieta rica em alimentos crus e em frutas pode reduzir o risco do aparecimento

M

Sem exageros, alcool pode “alavancar” performance

Este espaço é seu: Comprar? Vender ? Alugar ?

O

S

O maior índice de problemas para ter ereções ao fazer sexo foi verificado nos participantes que haviam parado de beber e de fumar e eram portadores de doenças cardíacas. “Embora o álcool possa aumentar o desejo sexual por causa do estímulo à desinibição, é importante frisar, no entanto, que beber demais é, sim, um fator de risco para o desempenho sexual”, atestou o documento de publicação do estudo. “Estes resultados sugerem apenas uma associação entre a melhora da disposição sexual e da ereção com o consumo moderado de álcool”, complementou o texto de divulgação da pesquisa.

Os participantes do estudo que eram bebedores “de

Envie, é grátis: gentetoronto@gmail.com

S

pelo aparecimento de lojas crudicistas. Nas prateleiras, azeitonas gregas coexistem com livros e vídeos sobre saúde, ioga e filosofia naturalista; e sementes aparecem ao lado de pacotes turísticos para qualquer lugar razoavelmente "selvagem", nos quais se possa tomar muito sol, caminhar pelo mato e relaxar algumas horas em termas naturais. e o crudicismo é só mais uma moda Americana ou o resgate histórico de uma dieta alimentar com grande poder de prevenir doenças e de aumentar o bem-estar, só o tempo e o avanço das pesquisas dirá. O certo, por ora, é que aquilo que comemos influi – e muito – na preservação (ou não) da nossa saúde. Portanto, vale a pena ficar ligado.

baixo risco” - isto é, consumiam até quatro doses diárias de bebida alcoólica durante cinco dias da semana , alegaram ter tido uma “combinação favorável do álcool com a ereção”. Os voluntários que bebiam apenas aos finais de semana também tiveram melhores índices de ereção durante o ato sexual do que aqueles que bebiam apenas uma vez por semana.

O efeito da bebida alcoólica melhora a performance sexual dos homens. De acordo com uma pesquisa desenvolvida na Austrália, beber moderadamente não causaria disfunção erétil nem comprometeria o desempenho masculino na hora do sexo. As informações são do site britânico Telegraph.Os cientistas australianos avaliaram 1.580 homens no Instituto de Pesquisas Médicas de Keogh, cujo resultado da pesquisa foi publicado no Journal of Sexual Medicine. Ao ministrar doses moderadas de bebida para os voluntários, os pesquisadores verificaram que cerca de 30% dos homens alegavam ter menos problemas de ereção do que aqueles que não haviam bebido.

Classificados

de cânceres como o de mama e o de cólon. Outro estudo, publicado no British Medical Journal em 1996, sugere que a ingestão de frutas frescas reduz em 24% as chances de ataque cardíaco. eja como for, o crudicismo tem encantado cada vez mais americanos em busca de bem-estar, purificação do corpo, longevidade e de uma vida mais cheia de energia. Em San Francisco, já existe até restaurante crudicista cinco estrelas. No cardápio do Organica, um dos campeões de pedidos é o Salmão, uma mistura de cenouras, castanhas, cebola e a erva aromática dill. "Estamos recebendo visitantes de outros estados e mesmo de outros países." m o v i m e n t o , engrossado por celebridades como Demi Moore e Robin Williams, pode ser medido também

Empregos:

West York Consecionária Chevrolet 1785 St. Clair West Toronto PRECISA URGENTE SALES PERSON Para vender automóveis com bom Português e Inglês Precisa ter “Drive Licence” Comparecer ou ligar, 416 656 1200 com Phill

Kia West Consecionária

2445 St. Clair West Toronto PRECISA URGENTE SALES PERSON Para vender automóveis com bom Português e Inglês Precisa ter “Drive Licence” Comparecer ou ligar para 416 762 2277 com Gabriel or Victor


17

Inaugado no começo do mês o Happy Hour, mais um ponto Luso Brasileiro à nossa comunidade. A vóz suave de Normélia encantou a todos, com seu violão, mandou muito bem vários sucessos conhecidos.

Como

Christiano Junior O pintor radical que não tem medo de altura

muitas outras histórias de luta, crescimento e reconhecimento, especialmente falando de quem nasce com um viruzinho chamado ARTE, Christiano Junior é certamente um destes tantos artistas sofredores mas felizes, que investem suas vidas naquilo que acreditam e que correm nas suas veias. Nascido em Anápolis, Goiás se apaixonou pelos lápis de cores ainda muito cedo, quando ainda era crianca. Sua adolecencia difícil e até aventureira no Brasil não o limitou e provavelmente veio a acrescentar uma certa rebeldia em seu processo

de aprendizado e criativo como artista. Chegou em Toronto aos 22 anos de idade no gelado Janeiro de 1994. Passou por muitas dificuldades, trabalhou na construção por 10 anos, talves isso o tenha ajudado a perder o medo de altura. Os grandes murais em downtown são um exemplo de seu talento. Já há algum tempo algumas de suas óbras podem ser vistas nas ruas, e muitas vezes passamos por ela sem imaginar que foi um “brazuca” que as fez. Christiano devota também parte de seu tempo a outras técnicas que incluem cartoons, desenho, pintura em acrílico e esculturas. Se quiser saber mais sobre esse talento Pop, acesse: www.createarts.com www.globalcolors.com


18 TORONTO - 15 FEVEREIRO 2009

JORNAL DA GENTE

Madonna beija Jesus e eles aparecem seminus em ensaio feito no Rio

Agora estão no site oficial da revista as fotos do ensaio que Madonna fez no Brasil com Jesus Luz e mais dois modelos. Em uma das imagens, realizadas no Hotel Glória, Rio de Janeiro, a cantora

aparece beijando a boca de Jesus. Em outra foto, o modelo brasileiro aparece praticamente nu ao lado de Madonna. Depois do ensaio, Madonna teria se encantado com Jesus e os dois

saíram juntos durante a turnê dela por São Paulo. Há alguns dias, eles foram fotografados saindo junto de um restaurante em Nova York. Nenhum deles, porém, admite o romance.

Tom Cruize no Brasil

Tom, Suri e Katie Holmes foram até a residência de Ivo Pitanguy em uma ilha particular de Angra. Aproveitaram o sabádo ensolarado para dar uma voltinha na praia, o casal levou Suri para conhecer a praia e então foram para o Forte de

São Joao, na Urca” Os soldados do exército,expulsaram os parazzis que estavam por ali registrando os acontecimentos do dia da familia Cruise, tudo isso para que a familia pudesse aproveitar o passeio em paz.

Tom Cruise está no Brasil para a divulgação de seu filme mais recente, Operação Valquíria. A coletiva de imprensa sobre o filme foi marcada no próprio hotel onde está hospedado, o Copacabana Palace.


JORNAL DA GENTE

TORONTO - 15 FEVEREIRO 2009

Música

Roberto Carlos

19

‘envelhecendo, eu, bicho?’

Em cruzeiro, rei comentou trajetória e prometeu megashow no Maracanã. Cantor falou ainda sobre plástica e seus relacionamentos.

P

ara marcar as cinco décadas de sucesso, o artista está cheio de planos. O maior deles é um megashow no estádio do Maracanã, com datas que ainda estão em negociação. Outro projeto é um álbum de inéditas que Roberto diz já estar bem adiantado. “Tenho algumas composições prontas, mas não direi o nome para não estragar a surpresa. Era para ter saído no ano passado, mas a parceria com o

Caetano [os shows comemorativos dos 50 anos da bossa nova] acabou atrasando tudo”. uando pergutado por um repórter se tem medo da velhice, o cantor se surpreendeu. “Envelhecendo, eu, bicho? Não é que eu tenha medo da velhice, tenho pânico!”, revelou. Faço de tudo para evitar ou pelo menos retardar a velhice. Tenho feito musculação, cuidado da minha

Q “

alimentação... É sempre muito bom poder tirar a camisa com a luz acesa”, debochou o rei, arrancando gritinhos de um grupo de fãs que acompanhava a entrevista. Sou a favor da plástica. Mas é delicado falar sobre isso. Ano passado aproveitei uma cirurgia de correção para dar uma ‘esticadinha’ no pescoço. E saíram por aí dizendo que operei o rosto todo”.

R

oberto usou o mesmo tom de humor ao responder perguntas sobre sua vida pessoal. “Amando estou sempre, porque o amor faz parte da minha vida. Mas não estou namorando”, disse. “Hoje em dia as formas de relacionamento mudaram, há essa coisa de ‘ficar’, namoros relâmpagos, mas o romantismo continua. As canções aindam falam de amor. Eu vivo de acordo com o meu tempo”, despistou.


20 TORONTO - 15 FEVEREIRO 2009

Fantasias de Carnaval

Máscaras, confetes, serpentinas, fantasias, acessórios, buzinas. Artigos carnavalescos estão aí nas ruas de todas as cidades brasileiras, cada um mais atrativo que o outro. Mas se você vai passar o carnaval em Toronto, por exemplo, ou em outra cidade do Canada e não sabe ainda como deve se fantasiar, veja nossas idéias. Por aqui a criatividade tem que ser dobrada. Veja nossas dicas! As mais famosas para as mulheres são as de heroína, como She-Ra, Mulher Gato, Mulher Maravilha, ou as tradicionais melindrosas, ciganas e Cleópatras. As odaliscas também são outros tipo de fantasias mais escolhidas pela mulherada. Algumas ainda se vestem de noivinhas, de Pedrita, havaiana, bruxinhas, diabinhas ou anjinhas, vale até pegar aquela do Halloween jogada no basement. Para eles, também são bastante procurado os super-heróis (SuperHomem é o campeão), malandros, mexicanos, personagens de desenhos animados, mendigos, jogador de futebol, índios, etc. Ainda existe a opção para muitos que não desejam uma caracterização total, que são os adereços e acessórios, como capas, luvas, perucas, máscaras e chapéus. Os preços dos acessórios em muitas lojas compensam mais que uma fantasia completa. Você ainda pode incrementar com plumas, boás e paêtes. Ficou animada? Agora veja fotos de algumas fantasias que escolhemos para adultos e crianças.

O que vale é a criatividade

JORNAL DA GENTE


Jornal da Gente