Page 1

Jun. 14 Ano 10| Número 5 E-mail: jornal.ebsis@gmail.com

Notícias da Escola

Agrupamento de Escolas do Concelho de Viana do Alentejo

Pág. 5

Concurso Saber Fazer 2014 CPCJVA

Pág. 2

Abril Tampas Mil Lançamento dos livros: Pág. 3 “Assim nasceu Viana” e “Viana, a contar e a cantar”

Pág. 4 Dia Eco-Escolas

Solidariedade Pág.6

Uma Aventura no Zoo Pág. 7

Carta aberta aos Pais e Encarregados de Educação Pág. 8

Vem ser DIFERENTE por um instante

Autarquia e Educação

Pág. 8

Pág. 9

--Desporto Pág.15 11 ---Escolar Pág.


2

EDITORIAL

Abril Tampas Mil

Jornal resistente é jornal para sempre!! O Notícias da Escola, nos seus dez anos de existência, já passou por muito. Quando digo “passou por muito” não me refiro a qualquer tipo de sofrimento, tortura ou censura, naturalmente, mas antes ao facto de ter passado por várias gestões, contestações e disputas. Sobre gestões, nada a assinalar, visto que sempre fomos bem tratados e respeitados, mais acarinhados por uns do que por outros, mas tudo bem. No que respeita a contestações e disputas, tivemos algumas: colegas que reclamaram para as suas atividades as primeiras páginas, outros que reivindicaram duas colunas, em vez de uma, alguns que exigiram a publicação de três fotografias e não apenas uma e a grande maioria que entregou as matérias na véspera ou no próprio dia de edição do jornal… enfim, “pressões” sem mossa visível. Os nossos colaboradores externos também já nos deram muito “trabalhinho”, pela frontalidade exacerbada com que, por vezes, usaram as palavras, pela exagerada extensãodos artigos ou mesmo pela dificuldade de descodificação da mensagem escrita. Passar por muito é, no caso do Notícias da Escola, viver momentos únicos, intensos, às vezes desconcertantes, como, certamente é próprio da redação de um grande jornal. Não nos lamentamos, antes pelo contrário. Profª Gertrudes Pinto

Aproveitando o mês dedicado à Prevenção dos Maus-Tratos na Infância, a CPCJ de Viana do Alentejo com a colaboração dos alunos do 2º ciclo da Escola Básica e Secundária Dr. Isidoro de Sousa, promoveu a construção do Laço Azul com recurso a tampas de plástico, no espaço envolvente aos Serviços Administrativos da referida escola. O movimento Laço Azul tem a sua origem em Virgínia, nos Estados Unidos, em 1989. Nesse ano, Bonnie W. Finney divulgou a história trágica dos maus-tratos aos seus netos. Para despertar consciências e sobretudo suscitar questões, a avó atou à antena do seu automóvel uma fita azul, a cor das nódoas negras dos seus netos. A fita servia de mote para contar os acontecimentos dramáticos e alertar para a problemática dos maus-tratos na infância. Esse primeiro laço deu origem a um

Notícias da Escola com o apoio de: Câmara Municipal de Viana do Alentejo

movimento, que rapidamente ganhou dimensão mundial. Simultaneamente esta ação visou reforçar a sensibilização da comunidade educativa para a campanha de recolha de tampas intitulada “Ajuda o Hélder”, a qual tem contado com a participação ativa quer das escolas do concelho, quer de pessoas individuais de Viana do Alentejo, de Alvito, de Évora e de Reguengos de Monsaraz, entre outras.

Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Viana do Alentejo


3

Apresentação dos livros: “Assim nasceu Viana” e “ Viana, a contar e a cantar” Alunos do 8º ano apresentam livros da sua autoria

No Dia Internacional da Criança, “as crianças” da Escola Básica e Secundária Dr. Isidoro de Sousa ofereceram aos seus pais, encarregados de educação, família e amigos uns livrinhos da sua autoria:

da Fundação de Viana” e “Viana a contar e a cantar”.

e C do 8º ano, conta a história da fundação da nossa terra, em jeito

Estes dois livros, resultado de dois projetos iniciados pelos alunos no ano letivo de 2012/2013 e concluídos este ano, foram apresentados no Cineteatro Vianense, no passado dia 1 de junho.

“Assim nasceu Viana – História

“Assim nasceu Viana”, da responsabilidade de um grupo de dez alunos, repartidos pelas turmas B

de conto tradicional. “Viana a contar e a cantar”, realizado pelos alunos da turma A do 8º ano, reflete a pesquisa feita a propósito de alguns exemplos do património literário oral da nossa região. O resultado desta apresentação esteve patente na expressão de satisfação e de orgulho dos alunos e dos pais que estiveram presentes na sala e que receberam um exemplar destas pequenas obras para mais tarde recordarem.

Profª Gertrudes Pinto


4

Dia Eco-Escolas O dia 5 de junho, Dia Mundial do Ambiente, foi o escolhido para comemorar o Dia Eco-Escolas. Durante a manhã, realizaram-se sessões de esclarecimento sobre a reciclagem, dinamizadas pelos

engenheiros Carlos Monteiro e Sónia Cabeças, da AMCAL e do Município de Viana do Alentejo, respetivamente. Promoveu-se a agricultura biológica, através da venda de produtos locais, pela D. Manuela e pelos alunos de 6º e 7ºanos que dinamizam a horta escolar. À tarde os alunos do 5º ano e do 6ªC demonstraram os seus conhe-

lizáveis e foram projetados trabalhos sobre os recursos naturais. Foram, também, divulgados os resultados do concurso “Reciclar a Matemática”: 1º Lugar: AquaPark: Filipe Casquinha e Francisco Figueira/Castelo: Beatriz Pereira e Catarina Campaniço; 2º Lugar: Rossio de Viana do Alentejo: Beatriz Santos e Filipa Coelho/Parque:

cimentos sobre reciclagem e ambiente ao participarem no Jogo da Glória Ambiental, dinamizado pela Associação Terras Dentro. Ao longo de todo o dia estiveram presentes vários trabalhos realizados pelos alunos: preservação da água, maquetes que simulam sistemas energéticos sustentáveis e alternativos à eletricidade, decorações recorrendo a materiais reuti-

Notícias da Escola com o apoio de:

Junta de Freguesia de Aguiar Viana do Alentejo

Laura Santos e 3º Lugar: Robô: Maria Silva e Sofia Garcia/Foguetão: João Ferreira. Queremos agradecer a todas as pessoas que participaram nestas atividades, especialmente aos alunos dos 5º, 6º, 8º anos e do 10ºB. A equipa do projeto Eco-Escolas


5

Eco-Escolas UMA ESCOLA

CADA VEZ MAIS ECO CONCURSO SABER FAZER 2014 júri, imbuído da enorme responsabilidade de avaliar provas de tão elevada qualidade e versatilidade, procedeu às respetivas votações. O resultado foi uma noite longa mas muito divertida, em que há a destacar a colaboração e interação entre os vários intervenientes da comunidade educativa, que de uma forma ou outra estiveram muito empenhados no sucesso desta iniciativa, estando assim todas as equipas de parabéns. É pertinente referir que mais importante do que a vitória neste tipo de atividade, é o interesse e o empenho que as pessoas e entidades envolvidas conseguem transmitir, provando que a escola também é amizade, divertimento e partilha.

Os alunos, professores e encarregados de educação da Escola Básica e Secundária Dr. Isidoro de Sousa empenharam – se mais uma vez na realização do Concurso Saber Fazer no passado dia 23 de maio. Este concurso, apesar de ser promovido pelos professores do departamento das Ciências Humanas e Sociais, é uma iniciativa que se concretizou através da participação de alunos dos 2º e 3º ciclos do ensino básico e ensino secundário, de diretores de turma, professores de outros departamentos disciplinares e encarregados de educação. Este ano, tivemos a participação inesperada de 9 equipas ( 5ºA, 5ºB, 7ºB, 8ºA/B, 8ºC, 10ºA,10ºB,10ºC e 11ºB ) e de acordo com o Tema Livre registou – se um desfile de assuntos muito diversificados: a escola, a sociedade, os anos 50, os anos 80, os animais, o 25 de Abril, entre outros. Após um dia intensivo de ensaios, e com um

pequeno atraso como é próprio de todos os eventos importantes, o Cineteatro Vianense, simpaticamente cedido pela autarquia, assistiu a mais uma sessão do dito concurso que duas docentes, de forma divertida e descontraída, foram apresentando as equipas e dando sequência às provas literárias, de

teatro e coreografias. A qualidade das várias equipas proporcionou momentos de descontração, reflexão, humor e algum nervosismo. O

Notícias da Escola com o apoio de:

O departamento das Ciências Humanas e Sociais


6

Alunos do 6ºB solidários

No dia 4 de junho, a turma do 6ºB deslocou-se à CPCJ de Viana do Alentejo, acompanhada da Diretora de Turma, a professora Esmeralda

Batanete, para aí fazer a entrega das tampinhas recolhidas por todos no âmbito da campanha “Ajuda o Helder”.

Os perigos do tabaco, álcool e drogas

Concurso Pangea

No dia 24 de abril a turma do 6ºB recebeu mais uma vez a Escola Segura, na pessoa do Cabo Meneses que nos veio alertar para os perigos do tabaco, álcool e drogas. Foi a terceira sessão que tivemos ao longo deste ano letivo, tendo sido todas elas muito educativas e esclarecedoras. Foram organizadas pela Diretora de Turma e tiveram lugar à 4ª feira na aula de Apoio ao estudo de Português. É de salientar a forma afável como o Sr. Cabo Meneses sempre nos tratou e nos apresentou situações mais problemáticas, bem como a sua disponibilidade para nos auxiliar sempre que necessário. Muito importante: estar sempre alerta e saber dizer NÃO na hora certa!

No dia 3 de Abril, fui à Universidade de Évora (Escola de Ciência e Tecnologia), com a minha professora de Matemática, à segunda fase do Concurso Pangea, para a qual fui a única aluna apurada da minha escola. Nesse dia de manhã fiz a prova (não era muito difícil). Depois da prova, o resto do dia foi passado a realizar atividades relacionadas com Ciência e Tecnologia. Realizei experiências químicas, observei um forno ecológico e um pêndulo caótico, avaliei a minha aptidão funcional, descobri a minha pegada ecológica, fiz observações ao microscópio e ainda joguei ao “Quem quer ser milionário”, entre outras mais atividades. Adorei ter ido à Universidade porque gosto muito de Matemática e de Ciências e como sou muito curiosa, quero ficar a saber um pouco de tudo, enriquecendo a minha cultura geral.

E assim fizeram. O percurso pedonal foi animado, com uma paragem no Altinho. Chegados à CPCJ foram recebidos pelo professor Manuel Rafael que agradeceu em nome do Helder. Helder, aqui fica a nossa contribuição! A turma do 6ºB e a DT

Marlene Latas, 8º A EBI/JI de Alcáçovas

A turma do 6ºB

Notícias da Escola com o apoio de: Junta de Freguesia

Junta de Freguesia de Viana

de Viana

do Alentejo


7 Uma aventura no Zoo...

Era uma vez uma turma que foi ao Jardim Zoológico. Lá v iram diver so s animais, de espécies fantásticas e fenomenais. A viagem começou bem cedo. Apreciámos uma linda paisagem e muito arvoredo. Adorámos tudo o que vimos, e, demos-lhe muitos mimos. O nosso animal preferido foi a Cebolinha, porque era muito pequenininha. A girafinha era muito engraçada, corria muito e pulava. Nós gostámos dos leões marinhos, que eram tão fofinhos. Eles vivem numa grande piscina, bem junto dos golfinhos. E, para terminar, falamos do pinguim que escorregava no gelo, sem fim. Eles adoram comer e brincar e aproveitam o resto do dia para descansar. E não se esqueçam… “Os animais são nossos amigos, que devemos sempre respeitar. A Natureza é linda demais, por isso temos que a preservar!”

Más de España! 1. ¿Dónde se sitúa España? a) Al norte de Alemania y al sur de Suécia. b) Entre Suíza e Itália. c) Al Sur de Francia y a Este de Portugal.

7. El nombre de dos actores/actrices españoles. a) Javier Barden, Paz Vega b) Penélope Cruz, Jessica Alba c) Rosário Flores, Ashton Kutcher

2. ¿Cómo se llama el director de la película"Mujeres al borde de un ataque de nervios"? a) AlejandroAmenábar b) Pedro Almodóvar c) Vicente Aranda

8. Un monumento importante de Madrid. a) Acueducto de Segovia b) Fuente de Cibeles c) Teatro Monumental

3. ¿Cuál de estos es un canal español? a) TVE1 b) RNE c) BBC 4. Di el nombre de un tenista español. a) Álvaro Xavier b) Pablo Alborán c) Rafael Nadal 5. ¿Cómo se llaman los premios anuales de la “Real academia de las artes y ciencias cinematográficas a los mejores profesionales del cine español”? a) losOscares b) los Goya c) Los Césares 6. Un nombre típicamente español. a) Manuel b) Joaquina c) Pablo

10. Di el nombre de un cuadro Español. a) Mujeres e el jardín b) Guernica c) Las Servíciales 11. Di el nombre de una comida española. a) Bacalao con todos b) Guisantes con huevos c) Paella 12. Di el nombre de un jugador de fútbol español. a) Iker Casillas b) Cristiano Ronaldo c) Emerson

1- c 2-b 3-a Soluciones: 7-a

8-b

9-c

4-c

5-b

6-c

10-b

11-c

12-a

A propósito do Mundial de Futebol… O Campo de Futebol

Quadras escritas pela Turma do 2º C Professora Célia Oliveira

9. ¿En qué ciudad se encuentra la Sagrada Família? a) Salamanca b) Sevilla c) Barcelona

Espaço de emoções De trocas, abraços e deceções. Tantos aplausos … Viva os campeões!

O cheiro a relva… O verde e as marcações, A multidão e os gritos Colocam ao rubro as multidões. O hino nacional entoa, Sai das bocas a canção. Dos olhos a brilhar, Reina a comoção.

Rafael, 6º C


8

Caros alunos, Pais e Encarregados de Educação Vimos mais uma vez dar-vos conhecimento das ações desenvolvidas por esta Associação, que é de todos nós, nos últimos tempos. Asseguramos que estas tarefas não são fáceis, afinal todas nós trabalhamos, e é do tempo com os nossos filhos que por vezes abdicamos para desenvolver estas ações; no entanto vamos fazendo o que nos é possível. Estivemos representadas no Conselho Geral do Agrupamento, participando no processo de eleição da nova direção. Agradecemos aos candidatos a participação, a vontade de querer fazer parte da vida educativa dos nossos meninos e felicitamos a candidata vencedora, cujo objetivo, certamente, será comum, o bem estar a todos os níveis das nossas crianças. Estivemos reunidas com Delegada

Regional de Educação no sentido da requalificação do espaço físico da nossa escola e da retirada do amianto, foi-nos dito que a nossa escola é prioritária, é a primeira da lista! Mas data do início das obras não foi confirmada, esperamos que seja para muito breve, o ideal seria já nas férias do verão, sugestão deixada à Delegada. Promovemos em conjunto com a UCC de Viana do Alentejo o programa PARE, ESCUTE E OLHE, programa com o objetivo de despistar anomalias de acuidade visual e auditiva. Estes rastreios foram dirigidos a todos os alunos do Agrupamento, com 5 ou mais anos, à comunidade em geral e aos utentes da Santa Casa da Misericórdia de Viana do Alentejo. Este projeto só foi possível com o apoio da Câmara Municipal, Juntas de Freguesia de Viana, Alcáçovas e Aguiar, Agrupamento de

Escolas, Associação de Pais e Encarregados de Educação da EBI/JI de Alcáçovas e Santa Casa da Misericórdia de Viana do Alentejo. O projeto Aguiar Crescendos que visa a ocupação dos tempos livres no período letivo e não letivo, pela primeira vez em Aguiar, termina em junho, mas pensamos que foi realizado com sucesso sendo uma maisvalia para a freguesia. Durante este ano letivo, com o apoio da autarquia local, fomos responsáveis pela distribuição da fruta escolar no centro escolar e na escola do 1º Ciclo de Aguiar. Gostaríamos que mais encarregados de educação se juntassem a nós nesta tarefa nada fácil de melhorar as condições de toda a comunidade escolar no

pais

e

“Vem ser DIFERENTE por um instante” - 2ª edição “Toda a gente é diferente; ninguém é perfeito. Se olhares à tua volta, verás crianças que têm problemas nos olhos (…); Outras, que ouvem mal; Algumas há que não falam como toda a gente (…); Toda a gente é diferente; ninguém é perfeito. Mas falemos de ti. Em que és tu diferente? Em que não és perfeito?” In Todo o mundo é diferente, ninguém é perfeito (1999)

O Departamento dos Apoios Educativos – Grupo de Educação Especial organizou e dinamizou pelo segundo ano consecutivo jogos de sensibilização para a deficiência. Nos dias 2, 3 e 4 de junho os alunos do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas do Concelho de Viana do Alentejo puderam vivenciar e experienciar o que é viver com deficiência visual, através da realização de jogos lúdicos. A participação dos alunos e professores foi entusiástica e contagiante! No final das atividades foi feita uma breve reflexão em que os alunos manifestaram as dificuldades que sentiram na realização de alguns dos jogos sem o

sentido da visão. Os alunos mostraram-se, através dos inquéritos aplicados, sensibilizados para a problemática da deficiência e que consideram importante ter atitudes positivas face à diferença. Departamento dos Apoios Educativos


9

Férias!

Dr. Augusto Santana Brito

Há quem pense que esta coisa de haver férias escolares esteve ligada aos ritmos de vida quando o trabalho na terra era essencial e aplicava muita mão de obra. Era conveniente que as crianças e jovens recebessem uma educação formal na escola mas também era importante que fosse possível contar com o seu trabalho nos campos. Simples: fecha-se a escola durante a semeadura (primavera) e a colheita (outono) e assim se pode contar com mais trabalhadores – trabalho de menino é pouco mas quem o não aproveita é louco… Com a formação das grandes cidades e a emergência de uma classe média com alguma capacidade económica, que lhe permitia sair da cidade para escapar ao incómodo do calor, o calendário das férias escolares terá sido progressivamente transferido para os meses de verão. O advento das férias pagas consagrou esta tendência como norma. A duração das férias varia muito.

Nos países asiáticos duram pouco mais de um mês; na europa e américas podem estender-se até aos três meses. Um tempo para descansar longe dos horários rígidos do tempo de aulas, da pressão dos testes e dos trabalhos de casa. Um tempo para passear, fazer novos amigos, namorar, conhecer outras terras ou simplesmente não fazer nada. Ainda me lembro… Infelizmente as “obrigações” da vida adulta trocam-nos as voltas; o tempo de férias reduz-se a um mês, nem sempre quando a gente mais precisa ou gosta, a liberdade de ir sozinho para qualquer lado reduz-se, é complicado ter dinheiro disponível para viajar. Por isso, aproveitem bem. Passeiem, leiam, namorem, comam boas comidas de verão, bebam muita água e descansem. E vão pensando na maneira de poderem ter férias a sério quando forem mais velhos. Contrariamente ao que nos querem fazer acreditar é perfeitamente possível.

Notícias da Escola com o apoio de:

Zona Industrial

7090-222 Viana do Alentejo

Defender a sustentabilidade do planeta Os cursos do nosso agrupamento, o Profissional Técnico de Gestão ambiental e o Vocacional de Agricultura, Transformação e Comércio desenvolveram diversas atividades comuns, nomeadamente visitas de estudo à Central Hidroelétrica de Alqueva, à Barragem de Alqueva e à Ovibeja. Também desenvolveram hortas que já produziram leguminosas (favas e ervilhas) esperando-se que venham a produzir tomate, melão, abóbora e pimento. Foi também feita a plantação de diversos sobreiros e desenvolvida uma pesquisa com vista a regar os sobreirinhos para resistirem ao calor do período de férias do verão. O sistema que mais pareceu adequado para regar com pouca água e sem desperdícios foi aplicado à maioria das árvores existentes. É um sistema ecológico que recorre ao aproveitamento de garrafões e garrafas já utilizados, a garrafa (de 1,5 litros) é aberta por cima e cheia de água. Um garrafão sem fundo é colocado sobre a garrafa, ligeiramente enterrado, junto da árvore. Durante o dia ocorre a evaporação da água contida na garrafa, que fica impedida de ir para a atmosfera pelo garrafão, quando a temperatura diminui, condensa, é atraída pela gravidade terrestre e escorre pelas paredes do recipiente exterior até às raízes da planta permitindo o suprimento líquido suficiente para resistir durante a época estival. Prof. José Sabino


10

Autarquia e Educação Aprender a Empreender nas Escolas do Concelho de Viana do Alentejo

Com o objetivo de promover um espírito empreendedor, abrindo perspetivas de futuro junto das crianças e jovens do Concelho de Viana do Alentejo, encontra-se concluído o conjunto de sessões desenvolvidas junto desete turmas das Escolas do Concelho no ano letivo 2013/2014 e que abrangem o 1º, 2º, 7º, 9º ano de escolaridade e ensino secundário. Estas sessões enquadram-se no projeto de Empreendedorismo “Aprender a Empreender nas Escolas do Concelho de Viana do Alentejo”, fruto de uma parceria entre o Município de Viana do Alentejo, a JuniorAchievement Portugal e a Terras Dentro – Associação para o Desenvolvimento Integrado. O projeto contou com a colaboração

de voluntários, tendo cada um a seu cargo a dinamização das sessões em regime de voluntariado na respetiva turma e a promoção das atividades de acordo com cada um dos temas. Os voluntários e professores receberam, antes do início das sessões em sala, formação ministrada pela JuniorAchievement Portugal com o intuito de conhecerem os programas aplicados a cada ano de escolaridade, os materiais didáticos a serem utilizados e as metodologias a serem aplicadas. Este foi já o terceiro ano de implementação do projeto, no qual participaram 123 alunos e foram abordados nas sessões os temas definidos no programa de acordo com o ano de escolaridade.

Ação de sensibilização / informação “Ensinar Aprendendo” capacita assistentes operacionais do Agrupamento de Escolas No passado dia 21 de maio, procedeu-se à entrega dos certificados aos participantes da ação de sensibilização/informação “Ensinar Aprendendo”,que decorreu nos dias 16 e 17 de Abril, promovida pelo Município de Viana do Alentejo com o apoio do Agrupamento de Escolas do Concelho de Viana do Alentejo. O objetivo da ação de sensibilização/informação foi proporcionar a dez assistentes operacionais, com funções de auxiliar de ação educativa, conhecimentos sobre o desenvolvimento infantil, as Necessidades Educativas Especiais, técnicas e estratégias facilitadoras da relação, proporcionando uma oportunidade de atualização de conhecimentos no exercício das suas funções.

A Câmara Municipal apoia o Agrupamento de Escolas do Concelho, através da cedência de transportes, a realização de visitas de estudo, atividades do Desporto Escolar, viagens do grupo de finalistas, grupo de Inglês, alunos de EMRC e apresentação de projetos científico-pedagógicos de alunos, fora do Concelho. Este ano, mais de 150 alunos e professores realizaram visitas ao Jardim Zoológico, Museu da Comunicação, Badoca Safari Park, Fábrica da Cortiça, Teatro Politeama, entre outros, perfazendo um total de 22 cedências de transportes municipais.


11

E B S I S e m M o v i m e n t o | O Coordenador do Desporto Escolar: Prof. João Horta E B S I S e m M o v i m e n t o | O Coordenador do Desporto Escolar: Prof. João Horta

Futsal na EBSIS

Futsal Feminino Realizou-se na tarde do dia 28 de maio uma concentração de Futsal feminino em Viana do Alentejo, onde compareceram as escolas de Viana do Alentejo, Mourão e Conde Vilalva. Desta forma completou-se o calendário desportivo que tinha uns jogos em atraso. Os jogos decorreram de forma salutar e com enorme Fair Play,

onde o convívio e a boa disposição foram notas dominantes, como demonstra esta foto final, onde aparecem as atletas e os professores responsáveis pelos três grupos equipa.

Futsal- Infantis B Masculinos Decorreu na tarde do dia 23 de abril em Viana do Alentejo, o último jogo de Futsal no escalão de

Infantis B Masculinos. A “nossa” equipa obteve um excelente desempenho ficando em primeiro lugar no grupo. Na foto aparecem a maioria dos alunos que participaram nesta campanha 2013-2014. A todos eles, um muito obrigado pelo seu empenho e dedicação. Parabéns e até para o ano….

Prof. João Horta

Futsal na EBI/JI de Alcáçovas A Escola Básica de Alcáçovas tem o projeto Clube de Desporto Escolar, com o objetivo de proporcionar aos alunos o treino e competição nas modalidades de Basquetebol, Badminton e Futsal de 2013 a 2017. A equipa de Futsal é constituída por 18 alunos do escalão infantis masculinos e tem como objetivos para este ano letivo aperfeiçoar as técnicas do futsal; consolidar as ações táticas; participar na competição local do desporto escolar e obter o melhor resultado possível. A equipa é ainda um pouco inexperiente no Futsal e revelou-se muito nervosa no primeiro jogo com a EB S. João de Deus de

Montemor. Contudo, com empenho, dedicação e assiduidade aos treinos, os alunos têm evoluído bastante, estando neste momento em 2.º lugar do grupo. Gostaria de agradecer ao Agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo e à Câmara Municipal de Viana do Alentejo pelo apoio ao nível dos transportes. A equipa também está à procura de patrocínio para a aquisição de um novo equipamento. A equipa de Futsal de Alcáçovas tem alunos muito talentosos e se continuarem a treinar, no próxi-

mo ano letivo podem lutar pelo 1.º lugar do grupo que lhes dá acesso à final distrital do campeonato do desporto escolar. Prof. Sandra Gonçalves


12

Correio sentimental e espiritual Dr.ª Lizette Conselheira sentimental

Vítima de ofensas ou alvo de atenções? Uma das minhas colegas de turma está constantemente a desconsiderar-me, chamandome nomes feios como “chato”, “louco”, “estúpido” e até “psicopata”. Para além de me ofender a toda a hora com nomes que nada têm a ver comigo, que sou um rapaz como há poucos, trata-me mal em atitudes, pois responde-me “torto”

quando lhe pergunto algo, virame as costas quando estou a falar com ela, foge de mim quando me dirijo a ela… Não sei que mal lhe fiz e como poderei inverter esta situação, pois eu até a acho gira e interessante. O que poderei fazer para conquistar a sua amizade? Anónimo confuso e ansioso

Parece-me que o teu caso se resume à expressão popular “Quanto mais me bates, mais gosto de ti” e, assim, fazes-me pena, porque me pareces um tolinho a babar-se por uma espertinha que te trata mal. Se

for este o caso, passa à frente e muda o alvo da tua “amizade”. Contudo, esta situação também poderá ser explicada por outra expressão do povo que diz “Quem desdenha, quer comprar”, e, desta maneira, quem sabe se, na verdade, a espertalhona não estará mesmo interessada em ti e quer é fazer passar-se por difícil? Se for esta a realidade, aguentate sem chorar, finge que tudo são elogios e piropos. Em qualquer dos casos, sê um homenzinho e não permitas abusos.

Lizette de Vasconcellos e Sá

On-line http://www.aevianadoalentejo.edu.pt/

Escola Básica e Secundária Dr. Isidoro de Sousa Viana do Alentejo Estrada da Quinta de Santa Maria 7090 Viana do Alentejo Tel.: +351 266 930 070 E-mail: jornal.ebsis@gmail.com Publicação da responsabilidade da Professora Gertrudes Pinto, produção gráfica do Professor Francisco Fadista e impressão na EBSIS. Tiragem: 220 exemplares

O Clube de Artes desenvolveu ao longo do ano várias atividades. Durante o último período restaurámos a pintura mural alusiva ao 25 de Abril que se encontra nas paredes de uma casa particular no Largo do Rotunda. De acordo com o seu proprietário e com a doação de um balde de tinta branca por parte do Sr. Luís Miguel Duarte, os alunos do clube responderam com muito empenho e responsabilidade ao desafio. O primeiro painel, menos danificado, foi recuperado respeitando integralmente o desenho e a cor. No segundo respeitou-se a forma alterando a cor visto que esta estava muito danificada. O terceiro, aquele que estava em piores condições, foi inteiramente repintado dando origem a um desenho novo.

Profile for Notícias da Escola

Noticias da escola junho 2014  

Jornal do Agrupamento de Escolas do Concelho de Viana do Alentejo

Noticias da escola junho 2014  

Jornal do Agrupamento de Escolas do Concelho de Viana do Alentejo

Advertisement