Page 1

Mai. 19 Ano 5 | Número 4 E-mail: jornal.ebsis@gmail.com

Notícias da Escola

Agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo

V SEMANA DO AGRUPAMENTO De 1 a 5 de abril decorreu mais uma Semana do Agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo, com exposições permanentes de trabalhos dos alunos e diversas atividades propostas pelos vários departamentos curriculares. Págs. 3 a 6

UCC de Viana do Alentejo

Tertúlia Musical Pág. 13

Concurso Nacional de Leitura Pág. 14

 Pausa letiva

da Páscoa  25 de Abril  Summer 2019 Pág. 18


2

EDITORIAL De 1 a 5 de abril, decorreu mais uma Semana do Agrupamento. Alunos, professores e comunidade escolar envolveram-se em diversas atividades que foram dinamizadas dentro e fora da sala de aula, dentro e fora do espaço escolar, envolvendo, assim, toda a comunidade educativa. Cada departamento (Educação Pré-Escolar, 1.º ciclo, Educação Especial, Línguas, Matemática e Ciências Experimentais, Ciências Humanas e Sociais e Expressões) desenvolveu as respetivas atividades com características variadas, apresentadas e descritas mais à frente, nesta edição do Notícias da Escola. Destacamos o Concurso Nacional de Leitura, na sua fase intermunicipal, cuja organização, não tendo sido da responsabilidade do nosso Agrupamento de Escolas, contou com a sua colaboração. Mas o mais importante foi a participação dos nossos alunos nos vários escalões ou níveis, tendose destacado pela brilhante atuação e pelo apuramento de duas das concorrentes para a fase nacional. Estamos, pois, muito satisfeitos com o dinamismo que conseguimos no final do segundo período, pleno de ideias, de atividade e de bons momentos para a comunidade escolar. Temos pela frente um terceiro período letivo curto e, por isso, muito cheio de trabalho. Agora, motivados pela energia conseguida e pelo descanso da pausa da Páscoa, vamos trabalhar o máximo e o melhor que pudermos para alcançar bons resultados escolares.

XII ANIVERSÁRIO A CPCJ de Viana do Alentejo foi criada a 23 de abril de 2007, com o intuito de proteger as crianças e os jovens do concelho. Esse é o ponto de partida para que um conjunto de técnicos de várias áreas profissionais trabalhe diariamente, para que os direitos das crianças e dos jovens sejam cumpridos. É um trabalho contínuo, permanente e em constante articulação com entidades públicas e privadas ligadas à infância e à juventude. É de fulcral importância que a comunidade não fique indiferente a situações que possam colocar em risco ou em perigo as nossas crianças e os nossos jovens. Todos temos a obrigação de estar atentos e sinalizar a quem de direito: CPCJ, autoridades policiais ou outras entidades competentes e de primeira linha (escolas, centros de saúde, segurança social, etc.) As crianças e os jovens não podem esperar… Qualquer pessoa pode fazer uma denúncia. Pode ser anónima, por escrito, por telefone ou presencialmente. Todos os assun-

Profª Gertrudes Pinto

Notícias da Escola com o apoio de:

tos são confidenciais. Se for o caso, DENUNCIE! É UM DEVER CÍVICO! Nesta data cumprem-se 12 anos a zelar pelo superior interior da criança e é nosso propósito dar-lhe continuidade estando sempre disponíveis e presentes para acorrer a situações que possam comprometer a segurança dos mais novos! Siga-nos em: www.facebook.com/cpcjviana


3

V Semana do Agrupamento Departamento das Ciências Humanas e Sociais

Espetáculo Imaginário

A formação do Reino de Portugal A professora Antónia Albardeiro, com os alunos de História e Geografia de Portugal de 6º ano, promoveu uma exposição alusiva a alguns reis de Portugal, em que os alunos fizeram cartazes referentes aos aspetos mais significativos de alguns monarcas portugueses.

No dia 4 de abril decorreu a primeira sessão do espetáculo Imaginário no cineteatro vianense. Este espetáculo com o tema Mediterrâneo, teve a participação das turmas 6ºA, 6ºB, 9ºA e 11ºB da EBSIS. Os alunos participantes com a colaboração de alguns professores do departamento realizaram provas de literatura, coreografias, vídeos

e dramatizações em que destacaram várias vertentes do tema: história e mitologia, música, direitos humanos e assuntos políticos de forma lúdica, mas consciente. Deste modo constatamos a articulação dos conhecimentos adquiridos na escola, com as vertentes artísticas, sociais, políticas e culturais, importantes na nossa vida e no nosso mundo.

Coordenadora do DCHS, Profª Maria Fernanda Carrageta

Notícias da Escola com o apoio de:

Câmara Municipal de Viana do Alentejo


4

V Semana do Agrupamento Departamento de Línguas Uma vez mais, o departamento de línguas marcou presença na Semana do Agrupamento, com algumas atividades já conhecidas e outras mais ou menos originais, realizadas na EBSIS e na EBA. Ao longo da semana de 1 a 5 de abril, estiveram em exposição, na Árvore da Poesia, dezenas de poemas dos nossos alunos dos 2.º e 3.º

ciclos, escritos em português, espanhol e inglês para comemorar simultaneamente o dia Mundial da Poesia e da Floresta. No primeiro dia, os alunos participaram no Concurso Ler, Escrever e Pontuar,

mostrando os seus conhecimentos de português, ao nível da escrita. Na quarta-feira, apresentámos mais uma Feira dos Sabores, em inglês, espanhol e francês, com as respetivas especialidades gastronómicas que, como sempre, foram um sucesso. A nossa Caça ao Tesouro teve lugar na quinta-feira, dia 4. Nesta atividade, os alunos, munidos de um mapa, tiveram de cumprir várias tarefas culturais e lúdicas no espaço exterior da escola, para se habilitarem ao tesouro ou prémio em livros. Os prémios/livros para os alunos vencedores do Concurso Ler, Escrever e Pontuar e da Caça ao Tesouro (Poetas e Poesia Popular do Concelho de Viana do Alentejo, Volumes II e III) foram oferecidos

Notícias da Escola com o apoio de: Junta de Freguesia de Aguiar

Viana do Alentejo

pelo Município de Viana do Alentejo. Damos os parabéns aos participantes e aos vencedores e agradecemos os apoios recebidos.

Coordenadora do Departamento de Línguas Profª Gertrudes Pinto


5

V Semana do Agrupamento Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Como todos sabemos, do dia 1 ao dia 5 de abril realizou-se mais uma Semana do Agrupamento. Os docentes das várias áreas disciplinares que compõem do Departamento de Matemática e Ciências Experimentais (Matemática, Ciências Naturais e Física e Química) colaboraram organizando e dinamizando uma série de atividades; Feira dos Minerais, Palestras, Competir com a Matemática e Conviver com as Ciências foram algumas das atividades realizadas; estas atividades tiveram uma assistência bastante interessada e participativa o que permitiu que os seus objetivos tivessem sidos alcançados com bastante sucesso. Aqui fica o agradecimento a TODOS pelo empenho e adesão especialmente aos alunos de Ciências e Tecnologias (Ensino Secundário) que se voluntariaram para dinamizar algumas das atividades e sem os quais não teria sido possível a sua realização. Coordenadora do DMCE, Profª Maria Augusta Lizardo

Notícias da Escola com o apoio de: Junta de Freguesia de Viana do Alentejo


6

V Semana do Agrupamento Departamento Educação Especial “Destruindo muros! Edificando pontes!” Se outras razões não existissem, o salutar convívio entre todos os membros da comunidade educativa em consciência e respeito pelas diferenças que assistem a cada um na sua singularidade, justificaria, uma vez mais, a chamada de atenção para a problemática dos alunos com Necessidades Educativas Especiais numa escola que se quer cada vez mais Inclusiva. A publicação do Decreto - Lei n.º 54/2018, de 6 de julho espelha bem a aposta numa escola inclusiva onde todos e cada um dos alunos, independentemente da sua situação pessoal e social, encontrem respostas que lhes possibilitem a aquisição de um nível de educação

e formação facilitadoras da sua plena inclusão social. No entanto, todos nós sabemos que as mudanças não se fazem por decreto, não se impõem de “ cima para baixo”. É no terreno que elas se operam. E se esta deve ser uma preocupação transversal a todos nós, quiçá, ao Departamento de Educação Especial caiba uma responsabilidade um pouco acrescida no sentido de alertar com maior veemência para esta realidade. Assim, durante a Semana do Agrupamento, foram desenvolvidas, nas várias escolas que integram o agrupamento, atividades diversas de sensibilização para a referida problemática. “Caixa dos sentidos”, “Percurso dos sentidos”, “ Cheiro para que vos quero”, “Ponte dos valores”,

foram algumas das atividades desenvolvidas, nas quais os alunos participaram com bastante empenho, mostrando que a diversidade não é muro que nos separa. É uma ponte que nos aproxima.

V Semana do Agrupamento Departamento de Expressões

Decorreu no início de abril mais uma Semana do Agrupamento e os professores do departamento de expressões não deixaram de assinalar o acontecimento apresentando as atividades a que sempre nos habituaram como as exposições de pintura e os eventos desportivos. Assim, estiveram em exposição ao longo da semana, na sala polivalente da EBSIS e no corredor da EBA, vários trabalhos de pintura realizados pelos alunos do 9.º ano.

As exposições, denominadas “Um olhar sobre o século XX”, animaram de forma expressiva os espaços das escolas, contribuindo com uma nota colorida e artística para a sua decoração. Os professores de Educação Física organizaram o já tradicional Torneio de Andebol, levando os alunos de todos os anos de escolaridade das duas escolas a participar ativamente em representação das respetivas turmas.

O Departamento de Educação Especial


7

Concurso Turm@ Best De acordo com o regulamento, apresentamos os resultados do 2º período. Na EBSIS, a turma do 6ºA e do 8ºA vão na frente… Na EBA, o 5ºA e o 6ºA estão empatados e continuam na linha da frente… Então?! Do que estão à espera?!? Ainda vão a tempo de virar o jogo!!!

Resultados do 2º período EBSIS Turma

5ºA 5ºB 6ºA 6ºB 7ºA 7ºB 8ºA 8ºB 9ºA 9ºB

+/pontos - 100 +20 + 20 +20 - 20 - 60 + 20 - 60 - 40 - 80

Total* pontos 380 500 540 500 440 420 540 180 440 440

EBA Turma

5ºA 6ºA 7ºA 8ºA 9ºA

+/pontos + 20 + 20 - 60 - 20 - 100

Total* pontos 540 540 420 440 340

*Os resultados foram contabilizados tendo em conta as participações efetua-

das até dia 04 de abril, as participações ocorridas após esta data serão considerada nos resultados do 3º período

A equipa 5*

Eco-Escolas Comemoração do Dia Mundial da Floresta 21 de março Portugal é o quarto país do mundo com maior taxa de desflorestação, de acordo com dados da Global Forest Watch. Esta desflorestação deve-se ao aumento de zonas urbanas, turísticas e industriais, novas infraestruturas, como auto-estradas e barragens e, como é óbvio, aos incêndios florestais. A área florestal em Portugal não só diminuiu, como tem vindo a ser alterada. Árvores como as azinheiras e os pinheiros-bravo têm perdido espaço para os eucaliptos. Portugal é o quinto país do mundo com mais eucaliptos e, de longe, tendo em conta o tamanho do país, aquele que tem mais área ocupada com esta árvore, oriunda da Austrália. Cerca de 9% do território nacional está ocupado por eucaliptos, sendo estes, desde 2010, a espécie mais comum em Portugal, ocupando cerca de 1 milhão de hectares. De forma a assinalar o Dia Mundial da Floresta/Árvore, os alunos do 8ºano da EBSIS, pesquisaram sobre as principais espécies da nossa floresta autóctone e numa exposição, fizeram uma pequena descrição destas espécies, sua utilização e distribuição geográfica.

Comemoração do Dia Mundial da Água 22 de março

O Dia Mundial da Água é celebrado, anualmente, no dia 22 de março, depois de a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) ter aprovado a data, em 1993, com o objetivo de chamar a atenção para a importância e para a escassez deste importante bem natural. Apesar do nosso planeta ter muita água, estima-se que apenas 0,77% esteja disponível para o consumo humano em lagos, rios e reservatórios subterrâneos. Além da escassez de água em algumas regiões, enfrenta-se ainda o problema da baixa qualidade. A poluição causada pelas atividades humanas faz com que a água esteja disponível, porém não esteja própria para o consumo. Outro problema diz respeito aos elevados consumos de água que a maioria dos países desenvolvidos apresenta. Assim, é dever de cada ser humano conservar a água! O uso racional da água e a sua preservação são fundamentais para garantir qualidade de vida para a nossa geração e para as futuras. Faça um uso consciente da mesma! A equipa do Eco-Escolas


8

Um dia no Instituto Politécnico de Beja Dia 20 de março, os alunos do 12º ano do curso de Ciências e Tecnologias realizaram uma viagem de estudo ao Instituto Politécnico de Beja. Foram recebidos por duas simpáticas engenheiras e pelo diretor que apresentou as instalações da Escola Superior Agrária. Visitaram vários laboratórios e contactaram com vários trabalhos em curso, tal como a comida desidratada. Seguidamente, deslocaram-se à planta piloto onde tiveram a experiência de fabricar queijo e bombons de chocolate. Utilizaram um termómetro de infravermelhos e visionaram um vídeo sobre a origem do chocolate. À hora de almoço, almoçaram na cantina do instituto, onde se sentiram verdadeiros universitários. Após a refeição, dirigiram-se à sala de reuniões onde lhes explicaram como funcionavam as bolsas de estudo.

Voltaram ao trabalho e analisaram o pH, a cor, a dureza e a coesão e verificaram a quantidade de água tanto no queijo como nos bombons (recheio inclusive). Por fim, fizeram uma avaliação sensorial dos dois alimentos produ-

zidos que varia de acordo com o género e a faixa etária. Foi um dia muito interessante onde aprenderam imenso e tencionam lá voltar. Turma 12º A

Visita de estudo conjunta de EMRC e História Os alunos da turma do 8ºA de Viana e da turma do 8º A das Alcáçovas, viveram um dia verdadeiramente enriquecedor e inesquecível no passado dia 21 de fevereiro, quando realizaram uma visita de estudo conjunta de EMRC e História a Lisboa. Iniciaram a primeira etapa da visita, que foi conhecer o belíssimo museu da Fundação Oriente situado bem junto ao Tejo. Aqui observaram peças únicas da arte e cultura do Oriente, sendo de destacar porcelanas chinesas raras, armaduras de samurais japoneses, biombos namban, peças de arte indoportuguesa, estatuetas de Buda, deuses hindus e contadores em madrepérola. Depois do museu, foram para os jardins de Belém onde almoçaram em alegre convívio entre gaivotas oportunistas, turistas bizarros e o Tejo ao fundo. De seguida, iniciaram a segunda

etapa da visita de estudo: o Palácio Nacional de Queluz, com a ajuda de um competente guia. A certa altura da visita, foram surpreendidos por uma personagem nobre do século XVIII e dois músicos trajados à época, que os maravilharam com a música e o canto da época barroca. Mas as surpresas não pararam por aqui, pois conhece-

ram um mestre-escola real que falava francês, uma serviçal curiosa que mostrou as roupas de uma dama nobre do século XVIII. Puderam contemplar retratos de reis e rainhas. Já quase no fim da visita duas personagens históricas ensi-

naram a dançar o minueto, dança francesa do século XVIII. No fim da visita fomos aos jardins do palácio, enriquecidos por lagos com jogos de água. Ainda houve tempo para uma visita à loja de recordações. No regresso atravessaram o Tejo pela ponte Vasco da Gama e viram as antigas salinas povoadas por aves migratórias e, ao longe, a base área nº6, futuro aeroporto civil de Lisboa.

Prof. António Serrano


9

Clube de Xadrez Clubes e Projetos Clube de Xadrez

Clube de Cinema

No âmbito da Semana do Agrupamento do presente ano letivo, nos dias 3 e 4 de abril entre as 14 e as 18 horas, o Clube de Xadrez da nossa escola também esteve presente e realizou atividades diversas de sen-

sibilização para a sua prática e para a estratégia em geral. Para além do Xadrez e da realização de um torneio foram ainda divulgados vários outros jogos de estratégia, cálculo e precisão, cuja prática estimula e fortalece a socialização, a confiança e a tomada de decisões. Pelo polivalente da escola, nas oito horas em que as atividades decorreram, muitos alunos quiseram vir participar, realizar outras aprendizagens e vivenciar novas experiências.

A mostra do Festival de Animação Monstrinha decorreu no passado mês de março com a presença de 856 espectadores entre docentes, formadores, formandos, alunos e crianças dos concelhos de Viana do Alentejo e Alvito. Esta iniciativa só foi possível graças à disponibilidade e apoio da Direção do AEVA, da Câmara Municipal de Viana do Alentejo, Câmara Municipal de Alvito e Escola Profissional de Alvito e de todos(as) presentes nas sessões, aos quais agradecemos a participação e colaboração.

Parlamento dos Jovens

Nos dias 11 e 12 de março realizaram-se as Sessões Distritais do Parlamento dos Jovens do Ensino Básico e do Ensino Secundário, respetivamente. A EBSIS foi representada pelos alunos Ricardo Nico, Raquel Rosa e Madalena Fadista, do ensino básico e as alunas Mariana Janeiro, Laura Nunes, Filipa Coelho e Marta Pimentas, do secundário. Estes grupos apresentaram as medidas do Projeto de Recomendação resultante da sessão escolar e participaram nos grupos de trabalho para a elaboração do Projeto de Recomendação do distrito de Évora, que seguirá para a Assembleia da República.

Agradecemos a participação de todos neste projeto. Profº Jorge Neves

Prof. Fernando Sintra

Profª Maria João Moreira


10

Jardim de Infância e 1º ciclo de Viana Articulação Jardim de Infância e 1.º ciclo de Viana Comemoração da Páscoa

Os meninos da sala do Jardim de Infância e da turma do 3.º ano estiveram juntos numa atividade de culinária. O pai da Joana Moisés, da sala do jardim de infância, aceitou o convite para nos mostrar como se fazem brigadeiros de chocolate e bolinhos de gemas. Todos estiveram atentos à demonstração e depois foi só meter as mãos na massa e fazer deliciosos bolinhos para partilhar com as famílias na Comemoração da Páscoa! Educadora Manuela Perdigão e Professora Joana Parrado

Fantoches O projeto da confeção de fantoches nasceu do livro “As MÃOS não são para bater”. O entusiasmo e a criatividade das crianças com a ajuda dos adultos transformaram meias velhas em fantoches lindos e com nomes muito especiais, escolhidos pelos seus criadores. Este é o fantoche JÓJÓ, do Henrique Anastácio (6 anos), foi ele que o fez com a ajuda de um adulto nas tarefas mais difíceis. Educadora Manuela Perdigão

Articulação com as Famílias: Desfile de Carnaval

Este ano, o tema do Desfile de Carnaval foi sobre as profissões ligadas à Alimentação. Os pais das crianças deste jardim de infância escolheram as profissões de pescador e de varina e encarregaram-se dos fatos e respetivos adereços assim como da decoração do trator que os transportou. As meninas e meninos ficaram responsáveis pela elaboração dos peixes, de muitos e

diferentes peixes. O resultado deste trabalho em equipa foi maravilhoso! Obrigada aos Pais, por terem conseguido uma vez mais colaborar com os seus filhos! Educadora Manuela Perdigão

Dia do Pai: O MEU PAI É FORTE PORQUE… … come bem mas tem medo de sustos (às vezes). Margarida Serafim … é grande mas tem medo de raposas e de nos perder. Joana Moisés … segura a mesa com uma pedra que está lá no meio mas tem medo de fantasmas. Leonor Murteira … nunca lhe doi a cabeça mas tem medo do gato. Margarida Temudo … se alimenta bem mas tem medo de fantasmas e de monstros. Bianca Mendes

… é igual a mim que também sou forte mas tem medo de uma cobra e de um bicharoco que estava no quintal, no chão. Simão Ribeiro … sabe fazer muitas coisas mas tem medo de vampiros. Duarte Santos … faz feridas com sangue e não chora mas tem medo de cobras. Gabriel Vaqueiro

… come muito e não tem medo de nada. Alice Fadista … porque arranja muita coisa mas tem medo do escuro. Gema Fialho … porque tem muita força e come muito mas tem medo quando eu lhe prego sustos. Matilde Esteves … mata os javalis todos e não tem medo de nada. Tiago Marcelino … faz flexões e pesos e não tem medo de nada. Tomás Rosário … mata os bichos com força e não tem medo de nada. Lara Lucas

… consegue levantar a minha cama mas tem medo de fantasmas. Ele só tem medo de fantasmas, de resto não tem medo de mais nada. Henrique Anastácio

… come tudo mas tem medo das alturas. Lara Farinho … já levantou um reboque de ferro, todo enferrujado e não tem medo de nada. Guilherme Falé … tem uma barriga gorda mas tem medo de morcegos! David Pereira … já me “pegou” até ao telhado, como um avião e não tem medo de nada. Leonor Candeias … trabalha muito e não tem medo de nada. Luís Teves … come bem e só tem medo que me aconteça alguma coisa. Bernardo Pereira

… “passam muitos anos” mas tem medo de sustos. Sofia Teigão … come muitos legumes e não tem medo de nada. Maria Branco … come muita coisa saudável, não sei se ele tem medo de algumas coisas, não lhe perguntei. Mariana Coroado

... Porque consegue pegar-me às cavalitas e diz que não tem medo de nada, só de me perder! Isabel Prazeres


11

Jardim de Infância de Alcáçovas Jardim de Infância de Alcáçovas visita Oceanário de Lisboa As crianças do Jardim de Infância de Alcáçovas realizaram uma visita de estudo no dia 7 de março ao Oceanário em Lisboa. Na sequência desta visita, o mar, foi explorado nas várias expressões, alguns dos trabalhos realizados deram origem à exposição que está integrada na semana do Agrupamento.

Contámos também com a participação dos pais na exposição, com alguns peixes, realizados em casa com material reciclável. Educadora Paula Neves

Notícias da Escola com o apoio de:

Zona Industrial

7090-222 Viana do Alentejo


12

Jardim de Infância e do 1º ciclo de Aguiar No Dia do Pai

Visita de estudo a Lisboa

No dia do Pai fizemos molduras para a foto com o pai! Uma surpresa bem gira feita por nós!

Caça ao ovo

Fomos a Lisboa assistir ao musical Rapunzel.

O almoço foi no Parque das Nações.

Era uma vez o 25 de Abril Fizemos estas galinhas coloridas e realizou-se a caça ao ovo.

Ciências Experimentais

Fomos ao 1º ciclo participar nas ciências experimentais e adoramos o vulcão!

Falámos com as crianças sobre o 25 de Abril.

Painel de expressão plástica. Educadora Isabel Camacho


13

Saúde Escolar “O meu nome é Greta Thunberg…” “O meu nome é Greta Thunberg, tenho 16 anos, venho da Suécia, e quero que entrem em pânico.” Foi nestes termos que Greta Thunberg iniciou o seu discurso no Parlamento Europeu, no dia 17 abril de 2019, numa sessão especial dedicada às alterações climáticas. Greta Thunberg é uma das mais recentes nomeadas para o Prémio

Nobel da Paz e as suas ideias originaram um verdadeiro movimento estudantil pelo clima, numa tentativa de fazer acordar os líderes políticos para a dimensão deste problema e para a necessidade de agir – já!! É co-fundadora da organização #SchoolStrike4Climate ("greve escolar pelo clima"), movimento pacífico e apartidário, cujo principal objetivo é o de alertar e sensibilizar para a iminência das alterações climáticas, assim como mostrar o descontentamento para com a classe política e a falta de medidas ambientais. No dia 15 março de 2019 este movimento organizou uma greve em que participaram centenas de milhares de estudantes em todo o mundo, incluindo Portugal. Disse então Matilde Alvim, de 17 anos, uma das organizadoras da greve em Portugal: "O objetivo é mostrar aos governos que não esta-

mos a brincar com isto, que precisam de tomar medidas sérias e urgentes na resolução da crise climática, já que têm estado a ignorar os acordos climáticos. Pretendemos exigir ao Governo que faça da crise climática, em conjunto com a comunidade internacional, a sua prioridade". Sim, a luta contra as alterações climáticas tem que ser encarada como uma prioridade. Porque ou limitamos o aquecimento a 1,5ºC em relação aos níveis préindustriais ou não, e então chegaremos a um ponto sem retorno com início de uma reação em cadeia com eventos muito além do nosso controlo. Ou continuamos como uma civilização, ou não. Preto no branco, não há áreas cinzentas. Estamos a viver uma crise de âmbito mundial que não dá lugar a meias tintas. Nas palavras de Greta Thunberg: "Porque os nossos líderes se têm comportado como crianças mimadas, vamos ter que viver com o resultado dos seus erros e tentar limpar a porcaria que fizeram. Temos que ser nós a aceitar a responsabilidade que eles deviam ter assumido já há muito tempo Temos que fazer com que as nossas vozes sejam ouvidas": Está em preparação uma nova greve estudantil pelo clima para o dia 24 de Maio de 2019. Informem-se, falem com os vossos colegas mais novos, falem com os professores, falem com os vossos pais. Organizem-se na escola e saiam à rua para serem ouvidos. Nesse dia e em quantos mais forem necessários. Mais informações em: https://twitter.com/StrikeClimate https://www.fridaysforfuture.org/ https://www.actionnetwork.org/e vent_campaigns/climate-strikemap https://www.facebook.com/grevec limaticaestudantil Dr. Augusto Santana Brito

Tertúlia Musical No passado dia 1 de Abril, no âmbito da Saúde Escolar e a convite da UCC de Viana do Alentejo, realizou-se na Escola Básica e Secundaria Dr. Isidoro de Sousa, uma Tertúlia Musical com o músico e psicólogo Duarte Coxo, e Paulo de Jesus, também psicólogo, ambos do CRI (Centro de Respostas Integradas), com o objetivo de informar os jovens acerca de dependências e riscos. Segundo o Portal da Juventude (2017), os comportamentos

aditivos mais frequentes entre os jovens são o consumo de substâncias psicoativas, nomeadamente o álcool, o tabaco e a cannabis, mas também comportamentos aditivos sem substância, como é o caso do jogo e do uso da internet. A pertinência desta atividade prende-se com o facto de que os psicólogos, através da música, desafiam os alunos a “discutir” temas como: o que é a droga e quais os seus efeitos, assim como as dependências atuais, com o intuito de desmistificar alguns mitos existentes entre a comunidade jovem. Participaram proativamente nesta sessão cerca de 60 alunos, dos 10º e 11º anos, que demonstraram interesse em repetir atividades deste género. Referências Bibliográficas: https://juventude.gov.pt/SaudeSexual idadeJuvenil/Comportamentosaditivos/Paginas/Comportamentosaditivos.aspx Ana Mendes, aluna de Enfermagem Celeste Gomes, enfermeira UCC Viana do Alentejo


14

Biblioteca Escolar

A Profª Bibliotecária, Rosa Barros

Concurso Nacional de Leitura Uma das atividades que decorreu durante a Semana do Agrupamento foi a fase Intermunicipal do Concurso Nacional de Leitura (CNL). O que é isto? Para que serve? Quem participou? Ora, tudo começou no 1.º período, quando turmas e alunos/as foram desafiados/as para participarem na fase de escola do CNL. Este concurso é promovido pela Plano Nacional de Leitura (PNL), em articulação com outras entidades, nomeadamente, a DGLAB (Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas). O concurso desenvolve-se em várias fases: fase de escola, em que alunos e alunas, distribuídos pelos diversos ciclos de ensino, são selecionados, através de provas de leitura de uma obra escolhida e/ou através de prova escrita, dependendo do número de alunos a concurso. Selecionados os finalistas, por agrupamentos de escolas, passa-se para a fase municipal, quando existem vários agrupamentos num município. Apurados os representantes dos municípios, chega-se à fase intermunicipal, em que, num munícípio previamente escolhido, se realizam as provas escritas e orais, que apurarão os vencedores, que participam na final nacional. Todo este processo é organizado pelas bibliotecas municipal e escolar, pelas suas equipas, que precisam da ajuda inestimável de professores e professoras das turmas, pois são eles que trabalham,

quotidianamente com as crianças e jovens. Este concurso pretende ser uma festa da leitura, reconhecendo-se a sua importância para o desenvolvimento intelectual, pessoal, social e consequente sucesso escolar e educativo. Além disso, permite lembrar que a leitura abre asas à imaginação e ao prazer.

Participaram na fase Intermunicipal, do Agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo, do 1.º ciclo do ensino básico, Inês Silva e Margarida Anastácio, do 2.º ciclo Lucília Nunes e Laura Fitas, do 3.º ciclo, Carolina Silva e Joana Luz, do ensino secundário, Iara Caracinha e Laura Nunes. Este evento decorreu no Cine Teatro Vianense e contou

Notícias da Escola com o apoio de: TABACARIA - PAPELARIA

“RISCOS E RABISCOS” De: Pelotão de Letras, Lda

Papelaria-Material de Escritório

com a presença do Coro Juvenil do Grupo Coral dos Trabalhadores de Alcáçovas, para animar esta festa da leitura. A participação das nossas concorrentes na fase intermunicipal foi brilhante: Margarida Anastácio foi a primeira classificada , no 1.º ciclo e Carolina Silva foi a segunda classificada, no 3.º ciclo, ficando apuradas para a final nacional, que se realizará em Braga no dia 25 de Maio. Estão de parabéns todas as concorrentes, assim como professores/as e colegas que deram todo o apoio para que estas meninas dessem o seu melhor. Só foi possível a realização deste evento com o trabalho de equipa, que se desenvolveu entre as bibliotecas Municipal e Escolar, com a cooperação plena da direção do agrupamento e da Câmara Municipal de Viana do Alentejo, que proporcionou a logística necessária para o evento. Profª Rosa Barros


15

Biblioteca Escolar

A Profª Bibliotecária, Rosa Barros

Todos os dias são dias de Leitura

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor

Dizem, que em África, há um ditado que diz “Para se educar uma criança, é necessária a aldeia toda”. Ora, aqui no nosso concelho, assumimos que para se promover a leitura, o gosto pela escrita, para contribuirmos para melhores resultados escolares e, sobretudo, para termos crianças, jovens e adultos mais felizes, temos de nos juntar e trabalhar em conjunto: assim, juntamos escola e autarquia, juntamos biblioteca escolar e biblioteca municipal. Tem sido um casamento muito feliz, do qual tem resultado muitos filhotes, como, por exemplo, as atividades de comemoração do dia da Poesia: Sacos de Pão e Estendal de Poesia

O dia começou em grande com a ida ao Cine Teatro Vianense dos alunos e alunas do ensino secundário para assistirem ao filme Cinco Dias, Cinco Noites, de José Fonseca e Costa, baseado no livro homónimo de Manuel Tiago. Em vésperas do 25 de Abril, o livro e o filme relatam a necessidade de um jovem de abandonar, clandestinamente, o país, devido aos seus ideais políticos, em 1949. O filme mostra-nos a realidade cultural e social do norte de Portugal, através da visão do realizador, que interpreta o livro.

Todos os postos de venda de pão distribuíram, em vez dos sacos de plástico habituais, sacos de papel decorados com poemas escritos pelas nossas crianças e jovens e por idosos do lar da 3.ª idade, da santa Casa da Misericórdia de Viana do Alentejo. Foi uma maneira diferente de começar o dia, em que a comunidade teve oportunidade de ler

o que as nossas crianças e jovens, em oficinas de escrita, em sala de aula, ou em situações de escrita individual produzem, mostrando que são, de facto escritores e escritoras, poetas e poetisas, que pensam e dizem o mundo, os seus sentimentos, os seus desejos, o seu estar. Foi mais uma atividade, em que Bibliotecas Municipal e Escolar se cruzaram para dar voz a crianças, jovens e idosos.

Os 2.º e 4.º anos tiveram a oportunidade de se encontrar com a escritora Antonieta Félix, na Biblioteca Municipal, autora da obra Ó Vitorino, que conta como se inventaram os chocalhos, que hoje são Património Imaterial da Humanidade. À noite, juntaram-se alunos e alu-

Mas as comemorações do dia da Poesia não ficaram por aí: as crianças do 6.º B escreveram poesias sobre o nosso planeta, motivadas pela leitura de um dos poemas do livro Planeta Azul, de Luísa Ducla Soares. Após a leitura e apresentação dos seus poemas, em Assembleia de Turma, os poemas foram transcritos para Tshirts, oferta da Câmara Municipal. Estas foram expostas, em estendal, no espaço exterior da Biblioteca Municipal. Toda a população pode vê-las e ler os poemas!

nas, com famílias e público em geral, num sarau literário, na Biblioteca Municipal: leram-se textos e poemas escritos pelas crianças e jovens, textos e poemas de autor, partilharam-se leituras, conversouse sobre livros. Foi um dia, em grande!


16

Visita a Granada e à Serra Nevada

Nos dias 5, 6 e 7 de abril de 2019 realizou-se uma visita de estudo a Granada e à Serra Nevada com alunos do 9º, 10º e 11º anos no âmbito das disciplinas de Educação Moral e Religiosa Católica e Espanhol. No primeiro dia, de tarde, realizamos uma gincana por Albaicín, orientada por dois monitores espanhóis, onde pudemos apreciar as suas ruelas. Este é o antigo bairro árabe da cidade que, no seu máximo esplendor, nos últimos anos do

xo palaciano e fortaleza que alojava o monarca da dinastia nacérida e a corte do Reino de Granada, destacando-se a sua extraordiná-

ria decoração islâmica. De tarde, fomos à Serra Nevada, que é o maciço montanhoso de maior altitude de toda Europa

domínio nazari, tinha mais de quarenta mil habitantes e trinta mesquitas. De seguida, fomos patinar num ringue, onde pudemos experimentar este desporto. No segundo dia, de manhã, visitámos Alhambra, património mundial da Unesco, rico comple-

ocidental, depois dos Alpes. Subimos de telecabina de Pradollano ao parque de Borreguiles. Que vistas magníficas! Apesar de estar a nevar com alguma intensidade e estar nevoeiro, ainda pudemos aproveitar algumas atividades na neve. Depois do jantar, assistimos a um espectáculo de flamenco que é a dança típica da Andalucia. Foi maravilhoso! No terceiro dia, visitámos o Parque das Ciências, tendo visto e experimentado de forma interativa muitas atividades da “Biosfera”, da “Viaje al Cuerpo Humano” e do “Explora”. Aqui, ainda subimos à Torre de Observação de onde podemos apreciar toda a cidade de Granada e fomos ao Planetário. Foi uma viagem inesquecível! Prof. Ana Mendes


17

Intercâmbio com a escola espanhola IES Sierra La Calera

O projeto de intercâmbio com a escola espanhola IES Sierra la Calera, em Santa Marta, Badajoz, nasceu da consciência que, para aprender de forma eficaz uma língua estrangeira, são necessárias interações reais com falantes nativos dessa língua. E foi por essa razão que nos propusemos desenvolver este intercâmbio. Primeiramente, foi dinamizada a troca de correios eletrónicos, ao longo dos 1º e 2º períodos, entre os alunos de espanhol das turmas A e AAL do 8º ano do agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo e os alunos de português do 7º ano do Instituto Sierra la Calera, tendo os alunos ficado a conhecer-se um pouco melhor através das mensagens que trocaram entre si.

Posteriormente, foi realizada uma visita de estudo a Monsaraz e à praia fluvial de Cheles (Badajoz) que permitiu aos estudantes interagir uns com os outros e conhecer um pouco mais os lugares visitados. De manhã, fizemos um peddypaper por Monsaraz e ficamos a conhecer os seus lugares mais emblemáticos. Depois do almoço-convívio na praia fluvial de Cheles, os alunos portugueses e espanhóis participaram em alguns jogos de forma s conviver um pouco mais. Os alunos e os professores envolvidos nas diferentes atividades deste projeto foram de opinião que este tipo de iniciativas são muito boas para desenvolver e consolidar a língua que estão a aprender, sendo

uma experiência a repetir. “Gostei muito da visita pois consegui aperfeiçoar o meu espanhol e aprender mais com os espanhóis. Conheci pessoas novas muito divertidas e gostaria muito de repetir.” – Carlota Lobo, 8ºA. “Gostei muito, porque gostei de falar com eles, convivemos com pessoas de Espanha e vimos os seus costumes. Espero que haja mais para o ano! “– Ricardo Bonito, 8º A. “Eu gostei muito da visita, porque fiquei a conhecer os espanhóis, falamos com eles e divertimo-nos muito com eles. Eu voltava a repetir.” - Cristina Pernas, 8º A-AL. Profª Ana Mendes

Comemoração do Dia Mundial do Teatro Teatro de Títeres de los Reyes O Dia dos Reis é uma data muito importante na cultura espanhola, pois são eles que distribuem os presentes aos meninos e realizam-se grandes festas em todas as cidades neste dia. Neste sentido, foi desenvolvido um projeto entre as disciplinas de Espanhol, Português, a Biblioteca Escolar e a turma 7º A, que consistia na apresentação de um teatro de marionetas sobre os três reis magos. Primeiramente, a professora Rosa Barros, com a colaboração das professoras das disciplinas já men-

cionadas, dinamizou várias sessões de oficina de escrita com a turma que culminaram na redação de um texto dramático sobre os reis ma-

gos. A turma 7º A também recortou e montou as marionetas, tendo ensaiado várias vezes o texto a apresentar. Nas aulas de Educação Visual e, envolvendo outras turmas do 3º ciclo, foi pintado o cenário para o teatro de marionetas. No dia 27 de março, no dia mundial do teatro, a turma 7ºA apresentou o teatro de marionetas a um grupo de alunos do 1º ciclo, na biblioteca. Foi um evento muito agradável e divertido que recriou a história dos três magos em marionetas. Profª Ana Mendes


18

Autarquia e Educação 42 crianças marcaram presença na Pausa letiva da Páscoa

25 de Abril explicado aos mais novos em Viana do Alentejo

42 crianças do concelho participaram no programa de férias educativas durante a pausa letiva da Páscoa, que decorreu de 8 a 18 de abril. Durante duas semanas, os mais novos puderam aventurar-se na prova de orientação, dar largas à imaginação no teatro de fantoches e nas atividades de expressão plástica e ainda mostrar os seus dotes culinários na oficina dos doces, na Casa Maria Vitória, em Alcáçovas. Paralelamente, puderam desfrutar

do contacto com a natureza através das caminhadas, dos passeios de bicicleta e ainda da recolha de várias texturas da natureza, entre outras. O programa foi da responsabilidade do Município de Viana do Alentejo, para as crianças de Aguiar e Viana do Alentejo, e da Junta de Freguesia de Alcáçovas, para as crianças da freguesia, contando com o apoio do Agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo e de empresas locais e regionais.

No passado dia 24 de abril, cerca de 210 crianças do 1º ciclo do concelho de Viana do Alentejo assistiram, no Cineteatro Vianense, ao espetáculo “Histórias de 25 de Abril”, no âmbito das comemorações dos 45 anos do 25 de abril, promovidas pelo Município de Viana do Alentejo em parceria com as Juntas de Freguesia do Concelho. A iniciativa, que pretendeu sensibilizar os alunos para a temática do 25 de abril, dando a conhecer a sua origem, foi apresentada pela Maurioneta – Teatro de Marionetas.

Summer 2019 para ocupar as crianças no Verão Em tempo de férias que chegam com aviso prévio, o Summer 2019 vai estar de volta no Verão para proporcionar diversas atividades lúdicopedagógicas, recreativas, culturais e de lazer aos mais pequenos. A partir de 24 de junho e até 31 de agosto, durante 5 quinzenas, crianças dos 6 aos 13 anos, podem participar no programa de tempos livres que pretende estimular a criatividade, desenvolver novas capacidades, assumir uma maior responsabilidade e autonomia, sem descurar o espírito de equipa e entreajuda.

Tal como no ano transato, o Município de Viana vai aceitar inscrições de jovens entre os 14 e os 18 anos e voluntários do Banco Local de Voluntariado para monitores. Em tempo de férias, as atividades abarcam cultura, desporto, educação ambiental e património, onde não vão faltar os passeios e as idas às piscinas, entre muitas outras iniciativas. As cinco quinzenas terminam a 31 de agosto com o Acampamento Summer End. O Programa Summer 2019 tem como entidades promotoras o Municí-

pio de Viana do Alentejo (programa de Aguiar e Viana) e a Junta de Freguesia de Alcáçovas (programa de Alcáçovas), contando com os apoios das Juntas de Freguesia de Aguiar e de Viana do Alentejo e de diversas associações e empresas locais.

Notícias da Escola com o apoio de:

LOJA CHINESA ZONA INDUSTRIAL Rua Pintor Júlio Resende

VIANA DO ALENTEJO


19

15º Mega Sprinter

Aula prática de remo

Realizou-se no passado dia 11 de março, no estádio municipal de Vendas Novas, o 15º Mega Sprinter, fase distrital para os escalões de Infantis A e B, Iniciados e Juvenis. Os nossos atletas masculinos e femininos estão todos de parabéns, salientando-se a honrosa participação da aluna Inês Ludovino que conquistou o 3º lugar e subiu ao pódio na modalidade do Mega Km (1000m) no escalão de Juvenis femininas com um tempo de 3 minutos e 40 segundos.

Equipa Feminina de Badminton em alta

Foi no passado dia 5 de abril que a equipa feminina de badminton pares/equipas no escalão de juvenis se deslocou à escola Gabriel Pereira em Évora para disputar a final distrital. Com as vitórias de 3:1 sobre Vila Viçosa e de 3:0 sobre Montemor, a EBSIS conseguiu o apuramento para o regional do dia 10 e 11 de Maio a realizar em Borba. As alunas que disputaram a fase de grupos e as alunas que foram à final, estiveram muito motivadas e a sua participação revelou grande disponibilidade e paixão pela modalidade. De referir que a exemplar atleta Matilde Trindade também conquistou um lugar na fase regional de badminton, no escalão de juvenis femininas singulares. Aguardamos agora os resultados de equipas e de singulares em Borba. Prof. José Almeida

No passado dia 14 de abril os alunos do curso profissional técnico de desporto, deslocaram-se à Albufeira do Maranhão (Avis) para realizar uma aula prática de Remo, incluída na disciplina de Modalidades Individuais. O centro de formação desportiva de remo de Aviz, nas pessoas da professora Rosa Pechincha e do Professor Ítalo do Agrupamento de Escolas de Aviz, receberam os alunos de desporto da EBSIS e ensinaram-lhes todos os aspetos desta difícil modalidade. Esta atividade decorreu durante todo o dia de quinta-feira

e os alunos, no final do dia estavam cansados mas ao mesmo tempo felizes porque realizaram uma atividade muito exigente e tudo isto num local deslumbrante. Prof. José Almeida

Curso Profissional de Técnico de Desporto pinta campos de jogos Os alunos do curso profissional de Técnico de Desporto durante os segundo e terceiro períodos estarão a pintar as linhas do campo e pista de atletismo exterior da EBSIS. As verbas disponibilizadas pela escola para materiais, incluídas no orçamento participativo e o excelente trabalho dos alunos do curso culminará no final de junho em renovadas condições para a prática desportiva.


20

Correio sentimental e espiritual Dr.ª Lizette Conselheira sentimental e espiritual

Protesto masculino Exma. Senhora Doutora Lizette, somos um grupo de rapazes desta escola que deseja manifestar-se contra a preferência que a doutora tem dado às raparigas, pois só tem apresentado e analisado os problemas delas. Isto é discriminação pura; parece-nos até que é uma onda de feminismo inaceitável. Quantos desgraçados têm solicitado a ajuda da doutora? Quantos têm sofrido com os seus problemas existenciais, sem qualquer resposta? Quantos têm precisado dos seus conselhos e orientações sentimentais? Quantos andam perdidos por não serem correspondidos no amor, sem qualquer tipo de ajuda da doutora? Sim, são muitos os que foram completamente abandonados pela maior especialista da área, sentindo-se ignorados e esquecidos, lançados cruamente às agruras da vida. Vie-

mos a saber que têm enviado a sua correspondência para o Notícias da Escola, com os respetivos pedidos de ajuda e não obtiveram resposta em nenhuma das edições deste ano letivo. Parece-lhe justo? A nós, não! Por isso, aqui apresentamos este protesto em nome de todos os jovens desgraçados que têm sofrido na pele a falta de consideração da doutora, na esperança de que retome o seu bom senso e nos dê a atenção que merecemos. Rapazes discriminados Estimados jovens rapazes, é preciso controlar o ciúme e não deixar que o azedume controle as vossas vidas. Quero que saibam que uma verdadeira profissional, como eu, não tem preferências por pacientes, dá igual atenção a todos e a todos oferece as suas orientações, sem exceções, quer sejam rapazes ou raparigas, bonitos ou feios, gordos ou magros, louros ou morenos, grandes ou pequenos. Se os últimos trabalhos tiveram como alvo algumas questões no feminino, foi mero acaso. Meus caros jovens, fiquem saben-

do que o meu trabalho se orienta por princípios sérios, honestos e equilibrados, como a ordem de chegada dos pedidos de auxílio à redação do Notícias da Escola, entre outros. Por isso, se respondi e orientei as vossas colegas, foi porque elas o solicitaram antes dos pobres desgraçados que mencionaram na vossa carta. Aliás, aproveito para responder a todos eles: sentem-se abandonados, perdidos, desorientados, ignorados e esquecidos? Peçam ajuda às mãezinhas, tias, primas e avózinhas! Elas existem para apoiar, ajudar, educar e dar beijinhos no dói-dói. Como tal, valorizem-nas e aliviem um pouco o meu trabalho, levando para longe as vossas pieguices e lamúrias. Se as vossas namoradas não vos ligam, arranjem outras. Se se acham feios, não se vejam ao espelho. Se se sentem gordos, comam menos. Se não gostam da escola, passem a gostar. Se são incompreendidos, expliquemse melhor. Aqui estão os meus preciosos conselhos! Tirem deles o devido proveito. Lizette de Vasconcellos e Sá

Notícias da Escola Online

http://www.aevianadoalentejo.edu.pt/

Escola Básica e Secundária Dr. Isidoro de Sousa Viana do Alentejo Estrada da Quinta de Santa Maria 7090 Viana do Alentejo Tel.: +351 266 930 070 E-mail: jornal.ebsis@gmail.com Coordenação da professora Gertrudes Pinto e produção gráfica do professor Francisco Fadista. Impressão na EBSIS. Tiragem: 220 exemplares

ESPAÇO ARTE: “Um olhar sobre a pintura do século XX” - exposição de pintura. Trabalhos realizados pelos alunos do 9ºano

Profile for Notícias da Escola

Notícias da Escola | Edição Maio 2019  

Jornal do Agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo

Notícias da Escola | Edição Maio 2019  

Jornal do Agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo

Advertisement