Page 16

16

Correio sentimental e espiritual Dr.ª Lizette Conselheira sentimental

Anormalmente ignorado e chumbado Querida Dra. Lizette, estou muito triste. Neste final de ano letivo, e depois de fazer uma espécie de balanço destes últimos meses, cheguei à conclusão de que não tenho sorte na vida. Em primeiro lugar, estou sozinho. Andei o ano inteiro atrás de uma miúda, e nada. Ignorou-me sempre, não me liga nenhuma e até parece que não me suporta. Escrevi-lhe cartas, poemas, frases românticas, e nada. Mandei-lhe mensagens, fotos e corações, e nada. Fiz de palhaço, armei-me em gracioso, perfumei-me e depilei-me, e nada. A acrescentar a este meu sofri-

mento, chumbei e não percebo porquê. As únicas coisas em que falhei foram os TPCs, a pontualidade e a assiduidade; no comportamento só falhei nas aulas em que me armei em palhaço para agradar à tal miúda; levei sempre o material para as aulas, menos em Português, em Inglês, em Filosofia e em Educação Física; as notas foram médias – um dez, um nove e o resto tudo oito. Não consigo entender como umas notas destas não dão para passar. Sei que a Dra. Lizette não pode fazer nada em relação ao que já passou, mas preciso de um apoio psicológico para enfrentar as férias de cabeça erguida. Os próximos tempos vão ser complicados sem nada para fazer e sem a cabeça ocupada e ainda com o coração partido. Ajude-me! Anónimo sem sorte Ai, rapaz, que desconsolo! Não por estares sozinho nem por teres chumbado, mas por seres tão pouco

iluminado. Não sei se me percebes, mas falta-te uma luzinha qualquer ou, quem sabe, um raio intenso de luz que te faça ver as coisas mais simplórias da vida, como o facto de agires como um idiota (que se autodenomina palhaço) e por não saberes que as notas abaixo de dez são negativas, más, fracas e que, quando temos muitas destas significa “chumbo” certo. Não consigo perceber se és parvo ou se andas a dormir, mas uma criatura normal não és, disso tenho a certeza. Dito isto, só me ocorre sugerir-te que enfrentes as férias com coragem, mostrando enorme valentia perante a inércia e grande esforço no combate ao ócio; são certamente dias difíceis os que te esperam, de profundo descanso e exigente preguiça. Não te deixes abater por alguns laivos de inteligência que, por acidente, te venham incomodar. Aproveita para treinares as palhaçadas, os poemas e os corações, caso venhas a precisar no próximo ano, na conquista de alguma tola. Lizette de Vasconcellos e Sá

On-line http://www.aevianadoalentejo.edu.pt/

Escola Básica e Secundária Dr. Isidoro de Sousa Viana do Alentejo Estrada da Quinta de Santa Maria 7090 Viana do Alentejo Tel.: +351 266 930 070 E-mail: jornal.ebsis@gmail.com Coordenação das professoras Gertrudes Pinto e Florentina Catalão, produção gráfica do professor Francisco Fadista e impressão na EBSIS.

Espaço Arte Trabalhos realizados pelas crianças do JI de Viana.

Notícias da Escola | Edição junho 2018  

Jornal do Agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo

Notícias da Escola | Edição junho 2018  

Jornal do Agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo

Advertisement