Page 1

Jun. 17 Ano 13| Número 5 E-mail: jornal.ebsis@gmail.com

Notícias da Escola

Agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo

Os nossos Campeões Distritais de Futsal

Pág. 15

Pág. 15

O Dia da Família O Dia da Criança

Pág. 3

Pág. 2

3 A Democracia por umPág. voto

A Associação de Pais de Viana do Alentejo e Aguiar

Autarquia e Educação Summer 2017

Pág. 12

Pág. 13

Tens noção da quantidade de SAL que ingeres? Pág. 4

Final Four Futsal Infantis B Pág. 15


2

EDITORIAL É chegado mais um final de ano letivo. Se para muitos é o sentimento do dever cumprido, para alguns é visto apenas como um alívio da pressão de horários e do levantar cedo, mas ainda com tarefas e trabalho duro para terminar, os exames. A escola, entretanto, ficou mais vazia. Já não há tanto ruído nem agitação, apenas algumas turmas e grupos de alunos; os professores a preparar avaliações, reuniões e relatórios; os funcionários a limpar e a arrumar os cantos à casa. É assim a escola nos meses de junho e de julho. Contudo, é neste momento do ano que se determinam as vidas de muitos dos nossos jovens: os que passam de ano, os que não passam; os que têm de optar por este ou aquele curso, por esta ou por aquela área de estudos; os que têm de escolher se ficam ou se saem; os que se preparam para sair e entrar numa outra fase ou ciclo da vida – a dos estudos universitários. Embora pareça o fim de um ano e apenas isso, o final de cada ano letivo é cheio de trabalho, de escolhas e de projetos para o futuro, tanto ao nível da organização da escola como ao nível da organização da vida de cada pessoa e de cada aluno. Durante longo tempo, considerava-se que chegado o mês de junho ia toda a gente de férias e era descanso durante três meses. Essa ideia desmistificou-se e hoje toda a comunidade educativa percebe a importância desta reta final e do trabalho intensivo e determinante para todos que se faz depois das atividades letivas findarem.

CPCJ ASSINALOU O DIA DA FAMÍLIA E O DIA DA CRIANÇA

No passado dia 13 de maio a CPCJ promoveu a realização de um conjunto de atividades no âmbito da comemoração do Dia Internacional da Família, no Parque de Mercados e Feiras de Viana do Alentejo. O programa comemorativo iniciou-se com a realização de uma “Cãominhada”, seguida de um almoço partilhado. A parte da tarde deu início às atividades de animação destinadas aos mais novos. O final da tarde acolheu uma animada aula aberta de Zumba. Em seguida realizou-se uma divertida e muito participada Caminhada Nocturna (“Viana Ligth Walk”) pelas ruas da vila. A celebração do Dia da Família encerrou com a realização de um arraial popular.

Quinta da Joana foi o local escolhido para acolher todos os alunos do ensino pré-escolar e do 1º Ciclo do concelho de Viana do Alentejo, com o firme propósito de comemorar o Dia da Criança. Insufláveis, jogos tradicionais, coreografias, teatro de fantoches, pinturas faciais, modelagem de balões e almoço partilhado, foram algumas das atividades disponibilizadas para que o momento se pudesse transformar numa verdadeira festa para toda a criançada presente.

CPCJ Viana do Alentejo

Dia 1 de junho foi dia de comemo-

Férias, férias, só lá para agosto ou perto disso. Boas férias para todos, já agora.

Profª Gertrudes Pinto

rar o que de melhor o mundo tem: as crianças. E foi precisamente a pensar nelas que preparámos um programa recheado de animação. A

Siga-nos em: www.facebook.com/cpcjviana


3

Parlamento dos Jovens A Democracia por um voto O projeto do Parlamento dos Jovens foi realizado pela última vez na Escola neste ano letivo. O trabalho de motivação continua a ser feito para que no próximo ano letivo possamos mais uma vez participar com responsabilidade e com brio, como temos feito nestes últimos dois anos, mas dia 13 de março despedimo-nos do projeto. A nossa participação de dia 13 foi na Sessão Distrital em Évora, em que concorremos com mais 11 escolas deste distrito, para poder chegar à Sessão Nacional em Lisboa, a final do nosso processo. Com muita tristeza ficámos pela Sessão Distrital. Tristeza pelo trabalho desenvolvido. Tristeza pelas expetativas criadas. Tristeza pelas boas ideias desenvolvidas e não prosseguidas. Enfim, tristeza… . Mais uma vez o nosso trabalho levounos aos primeiros lugares, o terceiro para ser mais exato. No entanto, só as duas primeiras escolas ficaram apuradas para irem à Sessão Nacional. Para acentuar a nossa tristeza ficámos a 1 voto de conseguir esse objetivo final. Com a tristeza muito presente, teremos que referir que aprendemos lições valiosas. Na democracia não há verdadeiros vencedores e vencidos. Todos participam neste desígnio maior, em que as

vontades individuais de glória ou as tristezas são desnecessárias. Na democracia, por um voto se ganha e por um voto se perde, mas a participação é muito mais importante. Na democracia sobese um degrau de cada vez e permite-se aos outros partilharem o nosso degrau. O bem comum, neste caso a boa participação dos representantes do distrito de Évora, era o alvo do nosso esforço. Para se ver como essa foi a nossa verdade, uma das nossas propostas foi a Lisboa como parte das propostas do distrito. O nosso trabalho foi racional e representativo do nosso tempo. Vejam qual a

Notícias da Escola com o apoio de:

nossa proposta que acompanhou os deputados: A Constituição da República Portuguesa devia ter inscrito nas suas normas a cativação de uma percentagem do PIB nacional anual (de 0,5% a 1%) como forma de poupança e reserva para as futuras gerações. Participamos, partilhámos e usufruímos de um dos grandes momentos de democracia nas escolas. Para o ano haverá um novo desafio com um mesmo significado, o convívio com a democracia. Prof. Rui Graça


4

ECO-SAÚDE A Equipa do Eco-Escolas

Tens noção da quantidade de SAL que ingeres? A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o consumo máximo de 5g de sal por dia para um adulto (1 colher de chá rasa) e 3g diárias para as crianças. Isto já inclui não só o sal acrescentado aos alimentos, como o que faz parte da sua composição, na totalidade de todas as refeições realizadas ao longo de um dia. Em média, os portugueses consomem 10,7g de sal por dia (estudo PHYSA), o que corresponde ao dobro do recomendado. O sal é um mineral constituído por dois elementos: o sódio e o cloro. O sódio é um nutriente essencial ao organismo mas, consumido em excesso, acarreta sérios riscos para a saúde, estando relacionado com o aumento da pressão arterial e o aumento do risco de doenças cardiovasculares, como AVC, Enfarte Agudo do Miocárdio e Insuficiência Cardíaca. No Painel Eco-Escolas da nossa escola encontram-se alguns dos alimentos que possuem maior quantidade de sal. Se tens por hábito consumir alguns destes produtos, então está na hora de mudares esta prática, seguires os conselhos seguintes e seres mais saudável! Algumas medidas que facilitam a redução no consumo diário de sal: Lê os rótulos dos alimentos no momento da compra, comparando diferentes versões do

mesmo alimento e preferindo sempre as opções com menor teor de sal. Evita o consumo regular de produtos de conserva. Quando os consumires, verte o líquido de conserva, rico em sal, e passa a porção do alimento a consumir por água corrente. Evita o consumo regular de produtos que passaram por

As brigadas de limpeza da EBSIS continuaram no 3º período, com as turmas do 3º Ciclo

Notícias da Escola com o apoio de: Junta de Freguesia de Viana do Alentejo

um processo de salga. Quando os consumires, demolha bem o alimento previamente à sua confeção, garantindo a libertação de grande parte do sal. Evita o consumo regular de produtos de charcutaria, bem como de snacks e produtos salgados e embalados (batatas fritas, frutos secos torrados e salgados). Evita o consumo regular de refeições já préconfecionadas e congeladas. Reduz gradualmente a quantidade de sal que adicionas às tuas refeições, quer no momento da confeção, quer no momento de consumo. Cada colher de café de sal corresponde a 3g de sal, e cada colher de chá corresponde a cerca de 5g. Substitui parte do sal por ervas aromáticas.


5

Biblioteca Escolar

A Profª Bibliotecária, Rosa Barros

Planeta Arca de Noé Decorreu um concurso de escrita e ilustração para o 1.º ciclo do AEVA. O tema foi a Arca de Noé e integrou-se no projeto "Planeta Arca de Noé", no âmbito do PNL, Leituras que Unem. O concurso revelou verdadeiros/as escritores/as e verdadeiros ilustradores/as! Eis alguns exemplos de ilustrações realizadas:

«Este foi um dos textos premiados. Foi escrito pela Inês Veloso, do 3.º ano, turma D, do Centro Escolar de Viana do Alentejo: "Durante aqueles dias, Noé e a família ficaram em roda e os animais dentro dela. A mãe de Noé e a avó levaram tricot e fizeram roupa para os animais e também para elas. Lá dentro, as vacas e os bois namoravam, enquanto as ovelhas dormiam. As ovelhas, depois de acordarem, jogaram ao mata e os burros dançaram, as vacas cantaram. Que algazarra! Não se percebia nada! Uns gritavam, outros berravam: uns hi-hi, outros mé-mé... Os animais tremiam com medo dos trovões e dos relâmpagos. Estava muito frio e fazia muito barulho a chuva a cair em cima da Arca. O vento era muito forte e a Arca balançava para um lado e para o outro. Os animais ficaram tontos de tanto balançar e as pessoas também. Foi uma grande aventura para eles. Foi muito engraçado. No fim, dançaram e cantaram. Fim"


6

Saúde Escolar: dia da pastelaria saudável na escola A obesidade é definida pela Organização Mundial de Saúde como uma doença crónica em que existe o acumular anormal ou excessivo de gordura corporal e que pode atingir graus capazes de afetar a saúde. É um problema de saúde pública, que se deve a fatores genéticos, metabólicos, ambientais e comportamentais e que contribui para o agravamento de outras doenças. Como forma de celebrar o Dia Internacional de Luta Contra a Obesidade, a UCC de Viana do Alentejo organizou um evento denominado “Pastelaria Saudável”, e teve como parceiros a Escola Profissional de Alvito e a Junta de Freguesia de Viana do Alentejo que patrocinou os ingredientes. No dia 6 de junho os alunos do curso de Hotelaria e o Chefe Pedro Rolim confecionaram semifrio de frutos vermelhos, batido de banana e moran-

go e gelatina servida em casca de laranja, no polivalente da escola onde professores e alunos degustaram estas iguarias deliciosas e saudáveis. Esta atividade permitiu sensibilizar a comunidade escolar para a temática da obesidade e da alimentação saudável, uma

vez que é cada vez maior o número de crianças e jovens que sofrem de excesso de peso. Enfermeira Celeste Patinhas e alunas de Enfermagem Helena Cachola e Marta Alcaide


7

Saúde Escolar|Passatempos Procure na sopa de letras as palavras abaixo indicadas: Dentes Cabelo Unhas Corpo Mãos Escova Pasta Shampo (Ver soluções mais baixo no gráfico invertido).

Labirintos

Soluções da sopa de letras, gráfico invertido.

Curiosidades Quem inventou a escova de dentes? Foi na China em meados de 1400 que surgiu a escova mais parecida com a que temos hoje. Prendiam numa vareta de bambu pelos de porco! Os pelos de porco foram utilizados até 1938 quando finalmente surgiram as cerdas de nylon que utilizamos hoje. Quem inventou o pente? A palavra pente vem do latim pécten, que é o nome de uma concha com formato semelhante aos dentes do objeto que hoje conhecemos. Sabe-se que mesmo antes dos egípcios, outras civilizações já havi-

am desenvolvido pentes feitos com ossos de animais e madeira. Os pentes egípcios eram objetos de luxo e de requinte e muitos deles eram cobertos por ouro e pedras preciosas. Quem inventou o sabonete? Tudo indica que foram os antigos fenícios, 600 anos antes de Cristo, fervendo gordura de cabra com água e cinzas de madeira até obter uma mistura pastosa. A moda logo se espalhou pelos países do Mediterrâneo e chegou até a GrãBretanha. Foram os celtas, antigos habitantes das ilhas britânicas, que o batizaram de saipo (sabão). Durante a ocupação árabe da Península Ibérica, os espanhóis aperfeiçoaram a invenção acrescentando azeite de oliva para perfumá-la.

In English classes The teacher and students

In English classes, the secondary vocational course worked on consumerism and advertising. These two ads were created by Maria Pataquinho, Pedro Pereira and Diogo Branco, Fábio Nunes and Vítor Rebocho. They are amazing. We hope you enjoy our drink and perfume!


8

Jardim de Infância e 1º Ciclo de Viana do Alentejo DIA DO MÃE 2017 No dia oito de maio os meninos do Jardim de Infância e a turma do 1.º Ano A do 1.º Ciclo do Centro Escolar de Viana do Alentejo receberam as suas mães na escola para celebrarem o “Dia da Mãe”. Em conjunto construíram um pequeno brinquedo de papel: um

“flextangles”. Houve ainda tempo para um pequeno lanche convívio seguido de um momento de oferta de uma pequena lembrança. Foi uma tarde bem animada e que contou com a presença de muitas mães. Muito obrigada a todas por tornarem possível esta atividade! Profª Joana Parrado e Edª Manuela Perdigão

Notícias da Escola com o apoio de:

LOJA CHINESA ZONA INDUSTRIAL Rua Pintor Júlio Resende

VIANA DO ALENTEJO


9

Jardim de Infância de Viana do Alentejo Atividades no 3.º Período:

- A mãe da Mafalda Bagão veio à nossa sala falar sobre dinossauros, vulcões e paleontólogos. Aprendemos que os paleontólogos são cientistas que fazem descobertas sobre fósseis e esqueletos dos dinossauros que viveram no nosso Planeta Terra e já morreram há muitos, muitos, muitos anos…

Depois brincamos aos paleontólogos e descobrimos ossos de animais que estavam enterrados em areia e até fizemos com gesso um dente enooooorme de dinossauro! - A mãe da Matilde Viana ajudou-nos a fazer bolsas para os lápis com garrafas de plástico. - Com os pais da Joana Rebocho fizemos a experiência da germinação com feijões em algodão molhado. - A mãe da Mariana Coroado levou-nos à Escola de Olaria onde ela anda a aprender a trabalhar no barro e a pintar loiça. Nós tam-

Notícias da Escola com o apoio de: Junta de Freguesia de Aguiar

Viana do Alentejo

bém fizemos trabalhos em barro e pintámos pratos e tigelas. Foi muito divertido! - A mãe da Joana Pereira também já escolheu o dia em que virá à nossa sala contar-nos uma história e fazer um jogo sobre as emoções, estamos desejosos!... Obrigada aos Pais!


10

Jardim de Infância de Aguiar Atividades Comemoramos o Dia da Mãe – oferecemos às mães uma aula de Zumba! Uma amanhã divertida e desportiva!

Fomos visitar a Ovibeja Foi uma visita muito interessante, gostámos muito de ver os animais!!!

Fomos de comboio ao Jardim

Zoológico – foi um dia super divertido!! Fomos ao campo na Quinta-feira de Ascensão apanhar a Espiga.

Assinalámos o Dia da Família com uma tarde de atividades no jardim da Cooperativa!!

Notícias da Escola com o apoio de:

Câmara Municipal de Viana do Alentejo

Agrupamento de Escolas de

Viana do Alentejo

Comemoração do Dia da Criança, na Quinta da Joana Foi um dia maravilhoso!!!

Com o Filipe Pinto, após o teatro “O Planeta Limpo do Filipe Pinto”. Projeto “As Abelhas”- surgiu do interesse demonstrado pelas crianças em quererem saber mais sobre a vida das abelhas. Visita de um apicultor. Trabalhos sobre as abelhas.


11

GRUPO DE AJUDA

DE

MÃES DE CRIANÇAS E JOVENS

COM

DISLEXIA

Que operacionalização de adequações de avaliação?

Na continuidade da orientação e apoio ao Grupo de Ajuda de Mães de Crianças e Jovens com Dislexia, o grupo de mães tem reunido com alguma regularidade, no sentido de criar maior autonomia na ajuda que poderá dar aos seus filhos, sobretudo no estudo autónomo. Nota-se uma maior abertura das mães que se empenharam neste trabalho e uma maior compreensão das medidas que podem ser adotadas dentro dos articulados legislativos para este tipo de problemática. Assim, será importante realçar as condições especiais que os alunos com Dislexia podem usufruir na realização de provas finais e exames, face à sua proximidade no tempo e ser uma preocupação quer dos alunos, das mães e de docentes. Os alunos com dislexia realizam obrigatoriamente as provas e exames nacionais, não sendo permitido a sua realização a nível de escola. Para efeitos de não penalização na classificação das referidas provas e exames, estes alunos podem usufruir de:

para que na sua classificação não sejam contabilizados os erros-tipo apresentados pelo aluno, para todos os tipos de dislexia; - autorização pelo JNE da leitura orientada dos enunciados das provas finais de ciclo por um dos professores vigilantes nos casos de dislexia grave; nesta situação, a realização a prova ou exame é efetuada em sala à parte;

- aplicação da Ficha A, emitida pelo Júri Nacional de Exames (JNE); esta ficha é preenchida pelos professores identificando o tipo de erro que o aluno comete e acompanha a prova ou exame

Notícias da Escola com o apoio de:

Zona Industrial

7090-222 Viana do Alentejo

- utilização de computador para responder às questões das provas e exames, sendo bloqueado o dicionário do processador de texto e vedado o acesso à internet, desde que esta tecnologia de apoio tenha sido usada ao longo da escolaridade. O Departamento de Educação Especial


12

Dr. Augusto Brito


13

Autarquia e Educação Projeto “Oficina do Ambiente” em exposição no Castelo de Viana do Alentejo

Foi inaugurada no dia 5 de junho, Dia Mundial do Ambiente, pelas 18h00, no Castelo de Viana do Alentejo, a exposição “Oficina do Ambiente”, promovida pelo Município de Viana do Alentejo com o apoio da Junta de Fregue-

sia local e Direção Regional de Cultura do Alentejo. A exposição surgiu no âmbito do projeto com o mesmo nome que teve início em 2014 com o objetivo de trabalhar com a comunidade escolar, nomeadamente o préescolar e o 1º ciclo, no sentido de desenvolver ações que centram o homem e a natureza como um ser inteiro e global no ambiente e, ao mesmo tempo, de divulgar o património natural do concelho. O resultado deste projeto pode ser apreciado nesta exposição onde estão expostas as atividades que foram desenvolvidas nos últimos três anos letivos. A exposição está patente ao público até dia 27 de agosto e pode ser visitada entre as 10h00 e as 12h30, e das 15h00 às 18h00.

Summer 2017 até setembro no concelho de Viana do Alentejo

A partir de 13 de junho estão abertas as inscrições para o Summer 2017, um espaço de ocupação dos tempos livres no concelho de Viana do Alentejo, destinado a crianças dos 6 aos 13 anos e que terá início a 26 de

junho e termina a 2 de setembro. É a 7ª edição de um programa que já envolveu perto de um milhar de inscrições a longo das 6 edições anteriores. Uma das novidades desta edição é o alargamento do número de vagas, que passam de 45 para 60 em cada uma das cinco quinzenas. O Summer procura disponibilizar um espaço de ocupação de tempos livres com um programa bastante diversificado, com destaque para a prática desportiva e para as atividades lúdicas e culturais. Com diversos ateliers e visitas de estudo, as

atividades planeadas procuram proporcionar novas experiências e estímulos, visando o desenvolvimento de novas aprendizagens, o sentido de cooperação e ainda o relacionamento interpessoal. Em Aguiar as inscrições devem ser efetuadas na Biblioteca. Em Viana do Alentejo, as inscrições são efetuadas no salão da Junta de Freguesia e, a partir de dia 14, no Balcão Municipal. O programa de Alcáçovas será divulgado brevemente. O Summer 2017, promovido pela Câmara Municipal de Viana do Alentejo e Junta de Freguesia de Alcáçovas, conta com o apoio de diversas instituições e entidades do concelho.


14

A Associação de Pais de Viana do Alentejo e Aguiar Mais um ano passou e não poderíamos deixar de fazer um balanço sobre o nosso trabalho e os esforços que fizemos em prol do bem-estar dos alunos das nossas escolas. A Associação de Pais de Viana do Alentejo e Aguiar adquiriu neste ano letivo cacifos para a escola, por forma a suprir a inexistência destes em número suficiente para que todos os alunos pudessem guardar os seus pertences e desta forma andarem menos carregados com o material escolar que diariamente necessitam. Foi também mais um ano em que nós, através da Associação Tempos Brilhantes, assegurámos as atividades extracurriculares, que sob a nossa ótica decorreram de forma bastante positiva, pois traduziram-se em momentos de qualidade onde o ensino/aprendizagem aliado à descoberta, à brincadeira e à partilha caminharam lado a lado e fizeram com que todas as crianças ocupassem estes períodos escolares de uma forma frutífera. No âmbito da nossa associação também surgiu a preocupação com a saúde e bem estar das nossas crianças, uma preocupação já manifestada por estes e pelos pais da nossa comunidade no que diz respeito à alimentação que é facultada na cantina das nossas escolas. É do conhecimento geral que uma alimentação rica e variada é fundamental para o bem-estar físico do ser humano e no caso das crianças, que estão em crescimento e desenvolvimento, essa necessidade ainda é mais perentória, uma vez que uma alimentação desregrada e desadequada, pode causar vários problemas de saúde como a obesidade, a diabetes, entre outras. Para evitar que surjam este tipo de problemáticas, a alimentação deve ser rica e variada e ingerida em quantidade e variedade adequadas. Como nos foi

dado a conhecer as refeições servidas nas nossas escolas não estão a cumprir todos os requisitos de uma alimentação saudável, sendo que a sua composição e valor nutricional não são as mais adequadas às necessidades das crianças. Como constatámos que existem estas lacunas, decidimos dar o nosso contributo para a resolução desta situação, contratando os serviços de um especialista em nutrição, que em conjunto com a escola elaboraram um conjunto de ementas que se adequam às necessidades nutricionais das nossas crianças. É nosso objetivo que desta forma as refeições passem a ser, sob o ponto de vista nutricional, mais saudáveis e mais equilibradas. As refeições constantes nestas ementas passarão a ser confecionadas no próximo ano letivo. Para nós foi de suma importância esta ação, pois ela irá certamente beneficiar a saúde das nossas crianças e o seu bem estar físico, pois um corpo são terá uma mente sã e é assim

que queremos que as nossas crianças cresçam, saudáveis a nível físico, psíquico e emocional e que sejam felizes. Terminamos esta nossa missiva fazendo votos que este tenha sido um ano letivo produtivo, fecundo , repleto de muita descoberta , partilha , brincadeira e aprendizagem e que as férias que se avizinham sejam um período de descanso, de diversão, de muita brincadeira e relaxamento. Sejam felizes!


15

Final Four | Futsal Infantis B

Futsal Feminino O grupo equipa de Futsal Feminino no escalão de Iniciadas, participou no dia 3 de maio na Final Four, que se realizou em Montemor durante todo o dia. As nossas alunas obtiveram um brilhante 3º lugar.

Decorreu no passado dia 26 de abril, na bonita vila de Portel a fase final do Desporto Escolar na modalidade de Futsal em Infantis B Masculinos. Por mérito próprio, o nosso Agrupamento de Escolas, fez-se representar com uma equipa de Viana e outra de Alcáçovas, onde mediram forças com as Escolas de Borba e Severim de Faria, respetivamente. O calendário competitivo, previa para o período da manhã, 2 jogos e no período da tarde, a disputa do 3º /4º lugar e por fim o jogo da final. Os atletas do concelho, tiveram uma prestação brilhante a todos os níveis, tendo conseguido 2 dos

3 lugares do pódio. Assim sendo, a Escola de Alcáçovas, obteve um merecido 3º lugar e a escola de Viana derrotou na final a Escola Severim de Faria, obtendo deste forma o primeiro lugar. Gostaria de agradecer a todos os alunos que participaram nos treinos, nos jogos e na arbitragem a importância que tiveram para que estes resultados obtidos fossem possíveis. Somos todos campeões ! Viva o Futsal !

Notícias da Escola com o apoio de:

Agrupamento de Escolas de

Viana do Alentejo

Prof. João Horta

No dia 10 de maio, realizou-se em Évora o dia do Futebol Feminino, onde as alunas da EBSIS no escalão de Sub 13, acompanhadas pelo Prof. João Horta, foram mostrar as suas habilidades.


16

Correio sentimental e espiritual Dr.ª Lizette Conselheira sentimental Abandonada nas férias Querida Drª Lizette, tenho 16 anos e sou uma aluna brilhante. Ando completamente desconcertada neste final de ano letivo. Desde há alguns meses que ando a ser assediada por um rapaz cá da escola que se diz apaixonado por mim e desejoso de começar uma relação amorosa séria comigo. Durante todo este tempo resisti-lhe e mantive-o à distância, pois o estudo e o trabalho eram e são mais importantes para mim do que um namoro que iria absorver muito do meu tempo e da minha energia. Sou uma aluna brilhante e

faço parte do quadro de excelência e assim quero continuar. Logo, namoros e outras distrações podem deitar todo o meu futuro brilhante por água abaixo, o que não me convém nada. Agora que as atividades escolares estão no fim e consegui atingir resultados brilhantes, sentia-me completamente disponível para a tal relação. Então não é que o ingrato me virou as costas e anda de namoro com uma pindérica sem brilho algum? O que devo fazer para vingar esta atitude? Sim, porque o que ele me fez, não se faz. Depois de um ano tão duro e intenso de trabalho, sou recompensada desta maneira? Apunhalada pelas costas? Abandonada nas férias? Anónima brilhante Minha cara e brilhante jovem, não deves pensar em vinganças e noutras atitudes pouco brilhantes. Deves, sim, manter o teu brilho e

tentar perceber o que aconteceu (já que és tão brilhante!). O rapaz, talvez ofuscado pelo teu brilho, fartouse de esperar e, agora, com o calor da primavera teve mesmo que arranjar uma companheira onde encostar a cabecinha, visto que tu não disponibilizaste o teu ombro e o teu carinho a tempo, em prol de outros valores, como os brilhantes resultados escolares. Tu lá sabes… Penso que se gostasses mesmo do rapaz, terias aceitado a relação, porque estou convencida que há tempo para tudo, para o estudo e para a diversão, tudo bem medido. Mas se não havia amor, não havia vontade e o resultado foi o que se viu. Agora é tempo de aceitar. Não brilhes tanto, agarra-te a um livrinho ou dois e conforta-te com eles ou não. Abre o coração, olha em volta e vê o brilho que há nos outros. Lizette de Vasconcellos e Sá

Espaço Arte On-line http://www.aevianadoalentejo.edu.pt/

Escola Básica e Secundária Dr. Isidoro de Sousa Viana do Alentejo Estrada da Quinta de Santa Maria 7090 Viana do Alentejo Tel.: +351 266 930 070 E-mail: jornal.ebsis@gmail.com Coordenação das professoras Gertrudes Pinto e Florentina Catalão, produção gráfica do professor Francisco Fadista e impressão na EBSIS. Tiragem: 220 exemplares

Trabalhos em cimento executados pelos alunos do Curso Vocacional Básico de Jardinagem, Informática e Artes e Ofícios.

Notícias da Escola | Edição junho 2017  

Jornal do Agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you