Page 1

Notícias

Abr. 13

da Escola

Ano 9 | Número 4 E-mail: jornal.ebsis@gmail.com

Jornal do Agrupamento de Viana do Alentejo

Clube de Artes marca presença na Romaria a Cavalo Pág. 20 Pág. 11

Abril- Mês da Prevenção dos Maus Tratos Infantis

Replantar na Isidoro de Sousa

Pág. 2

Olimpíadas Regionais de Física 2013

Medalha de Bronze para a EBSIS Pág. 3 Um Quarkiano na Isidoro de Sousa

Pág. 4

Atividades dos Departamentos

- Baile Medievo

Pág. 6, 7, 8, 10 e11

- Dia do Livro Infantil

Pág. 17

Pág. 14

Associação de Pais

Autarquia e Educação - Dia Mundial da Criança

Pág. 3

Biblioteca Escolar:

Pág. 9

Desporto Escolar

Pág. Pág. 1815 e 19


2

EDITORIAL Estamos na reta final deste ano letivo. Nesta fase, é preciso unir forças (alunos e professores) e dar o nosso melhor para chegarmos ao fim com sucesso. O sucesso não é só passar de ano, é também obter os melhores resultados, é preparar bem os temíveis exames nacionais, é conseguir superar com êxito as dificuldades, é passar as negativas para positivas, é transformar o médio em bom. O sucesso de cada aluno não é só o seu sucesso individual, é também o sucesso dos seus professores e é ainda o sucesso da sua escola, uma espécie de contributo para um sucesso coletivo mais alto e melhor. Nós, que somos tão participativos e bem sucedidos em projetos e ações várias, temos que querer ser melhores como alunos, como professores e como escola. Numa altura tão “baça”, em que vivemos além de uma profunda crise económica, uma crise de objetivos e de valores, tal como o poeta diz, “sem lei, nem rei, nem paz, nem guerra”, achamos que “é hora!” de trabalhar e de mostrar o que queremos: o sucesso e os bons resultados em todo o agrupamento. Vamos trabalhar para as boas notas!

Profª Gertrudes Pinto

Abril - Mês da Prevenção dos Maus Tratos Infantis A CPCJ de Viana do Alentejo concretizou uma série atividades que se inseriram no âmbito da prevenção dos maus tratos infantis, procurando sensibilizar toda a comunidade concelhia para esta prevenção. Até agora atuou em todos os estabelecimentos de ensino, desde o pré-escolar ao ensino secundário.

mente foram preenchidos inquéritos de opinião sobre os filmes visualizados: “Jaime” e “Um Sonho Possível”.

Para tal, dinamizou uma ação com um carácter mais lúdico no nível pré-escolar e 1º ciclo, onde

Pretendemos ainda assinalar o sexto aniversário desta Comissão,

obteve a colaboração de educadoras, respetivas auxiliares, assim como professores que orientaram a ilustração de um laço azul e registo de frases alusivas, com diversos materiais, que serão expostos em sedes de agrupamento.

organizando para o final do mês de maio “um Cordão Humano” para reforçar a urgência da diminuição ou extinção dos maus tratos infantis. Agradecemos às direções das escolas todo o apoio e tolerância horária, sem os quais não teríamos tanto êxito.

Para os 2º e 3º ciclos decorreu um ciclo de cinema, relacionado com o tema do mês, em ambas as escolas concelhias com estes níveis de ensino. Este teve uma grande adesão por parte dos alunos e posterior-

Para a comunidade escolar em geral foram distribuídos panfletos com a história do Laço Azul elaborada pela turma do 5º C com a colaboração da Representante da Educação nesta CPCJ. A Comissão pretende distribuir também, pelo Concelho, laços azuis cujo objetivo é sensibilizar/protestar contra este tipo de maus tratos.


3

Olimpíadas Regionais de Física 2013 Medalha de Bronze para a EBSIS No dia 20 de abril, a Escola Básica e Secundária Dr. Isidoro de Sousa participou nas provas do escalão B da Fase Regional das Olimpíadas da Física, fazendo-se representar pelos alunos Beatriz Vilela, António João Coelho e Miguel Charrua, do 11º A, acompanhados pela professora Maria Manuel Aleixo. Competindo com cerca de uma centena de alunos, de mais de 30 escolas secundárias públicas e privadas, os nossos alunos tiveram oportunidade de testar os seus conhecimentos sobre Física, em provas de elevada complexidade. A etapa regional das Olimpíadas da Física, decorreu nas instalações do Instituto Superior

Técnico (IST) no Taguspark, em Lisboa, sob organização da Sociedade Portuguesa de Física. As provas (teórica e experimental) do Escalão A (para alunos do 9º ano) e do Escalão B (para alunos

Um Quarkiano na Isidoro de Sousa “Um quarkiano na nossa escola?”_ perguntas tu, imaginando um homenzinho verde, tipo marciano, esquisitóide. Não, nada disso! Não poderias estar mais errado/a.

do 11º ano) realizaram-se durante a manhã, a que se seguiu uma tarde de visita às instalações do IST e a tão esperada divulgação de resultados e entrega de prémios. Nesta etapa, o António João Coelho obteve um excelente resultado no Escalão B, ao conquistar o 3º lugar do pódio e trazendo para a nossa escola uma honrosa medalha de bronze. Está, assim, selecionado para a fase nacional das Olimpíadas da Física, que se realizará nos dias 7 e 8 de junho, no Museu da Eletricidade, em Lisboa. À Beatriz, ao Miguel e ao António João os nossos agradecimentos pelo empenho, pelo interesse e pela constante boa disposição. Em especial para o António João, muitos parabéns pelo prémio e boa sorte, ou melhor, bom trabalho para a Fase Nacional.

Um quarkiano é um aluno do 11º ou do 12º ano, selecionado para participar no Projecto Quark!. Este projecto é uma iniciativa do Departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra destinado a promover a Física junto dos jovens portugueses. Consiste numa escola de excelência para estudantes dos 11º e 12º anos de escolaridade, provenientes de todo o país. Nesta escola, só são admitidos os melhores dos melhores, os verdadeiramente excelentes.

Há duas formas de entrar no projeto: alcançar bons resultados nas olimpíadas nacionais de física ou apresentar uma candidatura e passar por um processo de seleção onde são comparados currículos e cartas de recomendação. Este ano, o António João Coelho candidatouse e foi selecionado para esta escola de elite, que só recebe os alunos que têm aptidões e capacidades acima da média. Agora, já sabes o que é um quarkiano. É um craque da Física, um dos melhores alunos do país, alguém como o António João Coelho. Parabéns, António João.

Profª Mª Manuel Aleixo

Profª Mª Manuel Aleixo


4

Replantar na Isidoro de Sousa Se houve corpo docente a aderir ao projeto Re-planta, foi o da EBS Dr. Isidoro de Sousa, escola sede do Agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo. De facto, na formação de docentes, estiveram presentes 19 professores. O projeto Re-planta assenta em 2 iniciativas: programa educativo, direcionado às escolas e oficinas das hortas biológicas e compostagem, destinado à comunidade em geral. O programa educativo assentou na realização de dois momentos de formação, em janeiro e outro em abril, destinada a professores. Entre os dois momentos de formação, decorreu uma iniciativa lúdico-pedagógica, desenvolvida por professores, que dinamizaram grupos de alunos. Assim, a escola candidatava-se a ganhar um compostor. Foram premiadas as cinco escolas com melhor classificação. É de salientar que o grupo “Os Hortelãos”, dinamizado pela prof. Maria de Jesus Pomares, ganhou o desafio proposto, resolução de problemas concretos, para a gestão de uma horta biológica virtual. Assim, a Escola foi contemplada com um

magnífico compostor, a juntar ao compostor feito de paletes recicladas, realizado por alunos orientados pelo Prof. Manuel Rafael. Mais importante do que os desafios virtuais e do que o compostor ganho, foi o envolvimento das crianças do 2,º Ciclo do ensino Básico na construção e manutenção de uma horta biológica, que contou com o apoio inicial da Câmara Municipal de Viana do Alentejo. As oficinas são dirigidas à população, em geral. Qualquer pessoa poderá inscrever-se, individualmente ou como instituição, mesmo que não tenha jardim ou horta. Basta interessar-se pela temática da agricultura biológica. A formação das

Notícias da Escola com o apoio de:

Viana do Alentejo

oficinas será entre maio e julho em horário pós-laboral. Para além das explicações que decorrerão na oficina, os participantes têm direito a um Guia de Plantação Biológica e à entrega gratuita de 1147 compostores (conforme cumprimento de determinados requisitos). Esta iniciativa é muito pertinente e tem suscitado interesse por parte da comunidade, uma vez que está em causa a alimentação com qualidade, favorecendo-se a proximidade, contribuindo-se para a independência alimentar, com os conhecimentos que potenciam o desenvolvimento das técnicas tradicionais de agricultura. Profª Rosa Barros


5

ECO-ESCOLA Dia Eco-Escola 2013 No passado dia 14 de março, comemorámos mais um Dia EcoEscola. Decorreram uma série de sessões de esclarecimento, destinadas aos alunos dos 2º e 3º ciclos, s o b r e “Monitorização e controlo da qualidade da água da torneira no concelho de Viana do Alentejo” no âmbito da campanha “Eu bebo água da torneira!” e foram realizadas por técnicas represen-

Semana do Ambiente - Resíduos No passado dia 11 de abril, os Resíduos estiveram em destaque na nossa escola. Todos os alunos, do 2º ciclo, tiveram a oportunidade de participar num “Atelier de construção de brinquedos” e no jogo “Separar para ganhar”. No dia 18 e 23 de abril, ainda

tantes da Câmara Municipal de Viana do Alentejo, da empresa Águas Públicas do Alentejo e do Centro de Saúde de Viana do Alentejo. Pretendeu-se alertar os alunos em causa, para a necessidade de consumirem água controlada e vigiada, água da torneira, assim como evitar consumir água, por exemplo dos bebedouros, que possa colocar a sua saúde em risco. Por fim, foram convidados a sensibilizar os seus familiares neste sentido, tendo recebido para o efeito um folheto da campanha. Ainda neste âmbito, estiveram patentes ao público as mascotesconcorrentes ao concurso de masneste âmbito, estes mesmos alunos visitaram o Aterro Sanitário e respetivo Centro de Triagem, em Vila Ruiva, e participaram no Jogo Ambiental. Esta iniciativa, promovida pela Câmara Municipal de Viana do Alentejo e dinamizada pela Associação Terras Dentro, culminou com a entrega de ecopontos domésticos a todos os alunos da nossa comunidade escolar. Os alunos do Curso Profissional de Técnico de Gestão do Ambiente, que também participaram na organização deste evento, tiveram

Profª Cláudia Cruz

cotes para esta campanha e foram entregues os prémios às turmas dos vencedores. Com o início da primavera, alguns alunos do 10º C e do 5º C plantaram os jovens sobreiros, do viveiro criado para esse efeito, em novembro, nos canteiros da escola. Os mais pequenos aproveitaram ainda para cuidar da horta aberta, enquanto os maiores participaram na libertação de corujas recuperadas no CARAS (Centro de Acolhimento e de Recuperação de Animais Silvestres).

a oportunidade de assistir/experimentar o papel de monitor, em ações de educação ambiental e alertaram a comunidade escolar para a necessidade de colocar corretamente os resíduos nos respetivos ecopontos.


6

Departamento de Línguas

Inglês (en) cena Dia 27 de fevereiro, a manhã terminou de forma diferente na nossa escola. Toda a comunidade escolar assistiu a uma peça de teatro interpretada por atores ingleses, que teve lugar no cine teatro de Viana do Alentejo. À hora marcada, todas as turmas acompanhadas pelos respetivos professores dirigiram- se ao local do espetáculo. A expetativa era grande: será que iriam perceber tudo o que se iria passar? Havia quem sugerisse, em ar de graça, que a peça deveria ter legendas!!!! Depois dos cumprimentos iniciais aos atores e aos representantes da Câmara Municipal de Viana, que tão gentilmente patrocinaram esta atividade e depois de ultrapassada a confusão inicial da distribuição de lugares, a peça finalmente começou!

Facas, intrigas, trocas, enganos e ameaças de morte estiveram presentes durante estes momentos, bem como inúmeras personagens, magnificamente interpretadas pelos atores. Foi um momento cultural muito intenso, dada a risota proporcionada pelas várias cenas, principalmente com a subida ao palco de alguns dos nossos alunos. É justo dizer que estiveram à altura da qualidade da companhia e da história! Foram ótimos! Resta-nos agradecer mais uma vez à Câmara Municipal de Viana do Alentejo e ao Agrupamento, que tornaram possível esta iniciativa, sem custos para os alunos. Esperemos que qualquer dia haja mais!

Três atores bastante talentosos e muito expressivos fizeram, durante uma hora e meia, as delícias de todos os que foram assistir. Numa mistura de suspense e comédia, era ver os olhinhos entretidos e embrenhados dos nossos meninos sobre o desenrolar da história, deixando os gestos e as expressões descobrir o que a língua lhes escondia.

Notícias da Escola com o apoio de: Junta de Freguesia de Aguiar

Os grupos 220 e 330 - INGLÊS

Participação na IV Semana Cultural da EBSIS

No dia 13 de março último, as professoras de português, inglês, francês e espanhol do Departamento de Línguas levaram a cabo o tradicional Teste Multicultural, inserido nas atividades da IV Semana Cultural da EBSIS. Neste concurso, os alunos participaram ativamente em representação das suas turmas, respondendo a questões de cultura e língua, relativas às várias línguas lecionadas na escola. Sendo uma brincadeira,

todos se empenharam e deram o seu melhor, mostrando que dominam os conhecimentos testados. Os vencedores foram, no 3º ciclo, a turma 8ºB e no secundário, a turma 11ºA. Departamento de Línguas


7

Departamento Matemática e Ciências Experimentais IV EDIÇÃO DA SEMANA CULTURAL DA EBSIS Na quarta edição da semana cultural da EBSIS, realizada entre os dias 11 e 15 de março, os professores do Departamento de Matemática e Ciências Experimentais dinamizaram uma série de iniciativas que envolveram alunos de vários ciclos em atividades relacionadas com os saberes das disciplinas do departamento. No “Competir com a Matemática”, o Contrarrelógio foi uma atividade que contou com a participação de cerca de 50 alunos que tive-

ram oportunidade de testar as suas capacidades de resolução de problemas. As professoras Cristina Ilhéu e Ana Claudino organizaram o “Jogo da Glória”, envolvendo

todos os alunos do 2º ciclo, que, de forma lúdica, puseram à prova os seus conhecimentos de Matemática e de Ciências da Natureza. A Exposição/Feira dos Minerais, decorreu de 12 a 14 de março no polivalente da escola e proporcionou a toda a comunidade a possibilidade de apreciar e adquirir exemplares de fósseis, rochas e minerais

variados, bem como objetos decorativos, colares, anéis e pulseiras. Sob coordenação permanente da Professora Custódia Serra, contou ainda com a colaboração de alunos e da nossa recém-aposentada Professora Filomena Coelho. No laboratório de Química, entre os dias 12 e 14 de março, realizouse a 5.ª edição do “Conviver com as Ciências”; mais uma vez, os nossos alunos mais velhos, vestiram a bata de professor, e nestes dias, cativaram, desafiaram e questionaram os visitantes mais novos para

a beleza e espetacularidade da ciência, através de experiências de física, química e biologia. Digna de referência especial, pela curiosidade sem fim e interesse genuíno, foi a visita dos alunos da turma do 3º ano, da professora Joana Parrado. A todos os envolvidos, dinamizadores e participantes, e ao Profº Francisco Fadista pela cobertura fotográfica, agradecemos o empenho e interesse. Profª Mª Manuel Aleixo Coordenadora do Departamento


8

Departamento dos Apoios Educativos COMEMORAÇÃO DA SEMANA DA ESCOLA Entre os dias 11 e 15 de março comemorou-se IV Semana da Escola, na qual foram realizadas diversas atividades. O Departamento dos Apoios Educativos participou com duas atividades, cujo principal objetivo foi sensibilizar a comunidade escolar para a diferença. Ao longo da semana, o referido departamento promoveu em diálogo com os alunos/comunidade educativa a sensibilização para as diferenças, seguindo-se a visualização de um PowerPoint e vídeos sobre o mesmo tema. O PowerPoint “Todos somos Diferentes” e os vídeos foram visualizados nas turmas do 5º, 6º, 7º e 11ºB. Seguindo-se um debate muito participado por todos os alunos que demonstraram o interesse e a importância do tema. No último dia da Semana da

Escola, o Departamento dos Apoios Educativos promoveu e dinamizou outra atividade, o jogo “ Vem Ser Diferente Por Um Instante”. Este jogo consistiu em fazer um trajeto em cadeira de rodas, leitura de um pequeno texto em espelho, fazer uma pintura sem a utilização dos membros superiores, ir à biblioteca requisitar um livro sem recorrer à fala e fazer um percurso de olhos vendados com o auxílio de uma bengala. Este desafio teve um elevado grau de aceitação por parte dos alunos que experimentaram por alguns instantes as diversas dificuldades sentidas

Notícias da Escola com o apoio de:

Junta de Freguesia de Viana do Alentejo

pelas pessoas portadoras de deficiência no seu dia a dia. Acreditamos que as atividades desenvolvidas contribuíram para sensibilizar toda a comunidade educativa. Prof. Juscelino Sena Departamento dos Apoios Educativos


9

Associação de Pais Estão a decorrer, com o apoio do Município, obras de reparação e melhoramento do espaço do antigo Centro de Saúde, cedido pela Sta Casa da Misericórdia de Viana à Associação de Pais. Pretendemos que este espaço seja aberto a todas as crianças e jovens que sintam necessidade de ser apoiados nas suas tarefas escolares. Pensamos entrar em funcionamento no próximo ano letivo, sendo necessário, para alem das obras, equipar o espaço e recrutar voluntários com vocação para acompanhar os nossos filhos e educandos. Numa das reuniões da Associação de Pais, no final de 2012, foi apresentado um estudo sobre o consumo de bebidas alcoólicas, nos jovens que frequentavam o 3º ciclo (7º,8º e 9º ano) em todo o Concelho. A Enfermeira Ana Faleiro, da Unidade de Cuidados Continuados na Comunidade (UCCC) foi a responsável e quem nos apresentou o estudo. Na sequência desse encontro vamos organizar uma tertúlia com os pais, em colaboração com o projecto Escola de Pais e a UCCC, ainda no mês de maio, aberta a todos, e que terá lugar na Junta de Freguesia de Viana. Por último, congratulamo-nos com a retirada das primeiras placas de amianto da Escola Dr. Isidoro de Sousa, na expetativa de que os trabalhos prossigam. Fazemos ainda novo apelo à participação dos pais, na construção de uma Associação cada vez mais representativa!

A Campanha do Laço Azul

A Campanha do Laço Azul (Blue Ribbon) nasceu em 1989, quando Bonnie W. Finney, uma avó atenta e preocupada, amarrou uma fita azul à antena do seu carro. A trágica história de maus tratos aos seus netos levou Bonnie a alertar a comunidade para este problema da sociedade atual, muitas vezes “escondido” no seio familiar. O conceito baseou-se então em “fazer com que as pessoas se questionassem”. E porquê azul? A cor azul foi especialmente escolhida como constante lembrança aos corpos espancados e nódoas negras resultantes das agressões. A CPCJ (Comissão de Proteção de Crianças e Jovens) de Viana do Alentejo com a colaboração da turma C do 5º ano respondeu ao apelo nacional e internacional de erradicação dos abusos infantis. Milhares de pessoas por todo o mundo têm usado e partilhado este laço azul, criando um laço infinitamente maior de promoção e ajuda contra esta violenta realidade.

A CPCJ irá distribuir fitas azuis por todo o concelho Vianense, com o objetivo de divulgar e sensibilizar a comunidade para os maus tratos em crianças e jovens. A ideia é, em sintonia com a avó Bonnie, levar as pessoas a questionarem-se quando virem uma fita azul na antena do seu carro. Turma C do 5º ano


10

Departamento de Ensino Pré Escolar “Peter Pan”, com os nossos pais e os nossos manos mais velhos.

No dia 22 de março de 2013 fomos a Lisboa, ao Teatro Politeama, ver o musical O teatro é muito lindo, muito antigo e tem uns candeeiros muito grandes e brilhantes.

O espetáculo? Bem, foi fantástico! Vimos o Peter Pan a voar com a Wendy, o João e o Miguel, foi lindo! Gostámos muito de ver o Capitão Gancho, os piratas e o crocodilo.


11

Departamento de Ensino Pré Escolar Foi um dia muito divertido, mas muito cansativo, foi por isso que na volta adormecemos no autocarro.

Ah! É verdade, a mãe da Ana Leonor ofereceu um bolo para o lanche muito bom e bonito, com o Peter Pan! Obrigado, Lina!

Os meninos da sala da São Rocha


12

Visita de Estudo Visita de Estudo ao Mosteiro da Batalha e ao Museu “Vida de Cristo” No dia 8 de março as turmas do 5º ano realizaram uma Visita de Estudo no âmbito das disciplinas de História e Geografia de Portugal e Educação Moral e Religiosa Católica. Fomos ao Mosteiro da Batalha e ao Museu “Vida de Cristo”. Partimos cerca das 8 horas e 30 minutos no autocarro da Câmara. Connosco foram as professoras Antónia Albardeiro, Elsa Ambrósio e Amália Caixinha. A primeira paragem aconteceu na área de serviço do Montijo para podermos comer, ir aos lavabos e dar três saltos. Chegámos ao Mosteiro pelas 12 horas. Entrámos pela igreja e fomos logo visitar a capela do fundador onde se encontravam os túmulos de D. João I e de sua espo-

Visita de estudo ao Museu Fundação Oriente e Mosteiro dos Jerónimos No dia 8 de Fevereiro, os alunos das turmas 8ºA e 8ºB participaram numa visita de estudo ao Museu Fundação Oriente e ao Mosteiro dos Jerónimos acompanhados pelas professoras Maria Fernanda Carrageta, Maria Gabriela Inglês e

sa D. Filipa de Lencastre, assim como os túmulos de alguns dos seus filhos. Entrámos no panteão onde se encontrava o túmulo de D. Duarte. Admirámo-nos bastante com a grandeza arquitetónica do Claustro real e também com o claustro de D. Afonso V, embora este seja menos imponente. Percorremos as outras divisórias do mosteiro: refeitório,

Elsa Maria Ambrósio. No Museu do Oriente são vísiveis os vínculos entre as civilizações do Ocidente e do Oriente. As suas coleções de arte portuguesa e asiática ( China, Japão e Índia )são a demonstração mais elevada dos encontros históricos entre o Ocidente e o Oriente, caracterizadas por riqueza, pluralidade e génio, para cujo conhecimento e divulgação foi importante o contributo dos navegadores portugueses antigos. Destacámos como de extremo interesse a exposição “ O chá do oriente para o ocidente “, que divulga o significado desta bebida vulgarizada na atualidade, mas com uma história tão rica de experiências e conhecimentos. Ainda no contexto da abertura de outros povos ao mundo que a expansão marítima proporcionou, visitámos também o Mosteiro de

sala do capítulo…impressionante mesmo foi o render da guarda do túmulo do Soldado Desconhecido. Os passos compassados e a seriedade do momento originaram silêncio e respeito por todos aqueles que perderam a vida pela pátria e que permaneceram anónimos. Profª Antónia Albardeiro

Santa Maria de Belém, conhecido por Mosteiro dos Jerónimos, testemunho de beleza e culto dedicado pelo poder régio à ação aventureira e corajosa dos navegadores portugueses. Este imponente edifício é a presença real da vontade de um monarca que impulsionou a expansão marítima e que construiu este testemunho da arte manuelina que continua a deslumbrar gerações, umas após outras, não só portuguesas como de outras nacionalidades. Profª Fernanda Carrageta


13

Visita de Estudo - Museu Nacional de Arqueologia, Mesquita de Odivelas e Pavilhão do Conhecimento.

Concurso SaberFazer Tema Livre - 10 de maio

No passado dia 22 de fevereiro, as turmas do 7º ano, acompanhadas pelos docentes das disciplinas de História e Educação Moral e Religiosa, deslocaram-se a Lisboa

a religião muçulmana. Aprendemos muitas coisas, entre as quais: as mulheres têm que usar “lenços” na cabeça e todos devem andar descalços na mesquita. Almoçámos perto do Museu da Arqueologia, onde iríamos estar a seguir. Apesar de ter chovido foi bastante divertido. No museu de Arqueologia ensinaram variadas coisas sobre os romanos e os egípcios. Ouvimos várias histórias sobre os povos que habitaram a Península Ibérica e o Egipto que o nosso guia nos contou.

com o objectivo de visitarem o Museu Nacional de Arqueologia, a Mesquita de Odivelas e o Pavilhão do Conhecimento. O concurso compreende as seguintes provas, todas de realização obrigatória:

Parámos na estação de Vendas Novas para o lanche da manhã. Depois prosseguimos a viagem até Odivelas.

1. Questionário sob a atualidade política, económica, social e cultural – são na totalidade 5 questionários um antes de cada uma das provas práticas.

Chegados a Odivelas vimos a Mesquita, onde nos falaram sobre

2. Playback

Finalmente, fomos ao Pavilhão do Conhecimento onde nos foi proporcionado realizar experiências, entre as quais, andar numa “bicicleta voadora”. Lanchámos lá perto e viemos para casa contentes por aquele dia! Catarina Janeiro, Mariana Roberto,

7ºB

3. Sketch 4. Leitura de um Poema ou de um Texto 5. Coreografia Lê o Regulamento do concurso SaberFazer e participa!

O Concurso envolve alunos, professores e encarregados de educação e realizar-se-á no Cine-Teatro Vianense, dia 10 de maio, pelas 20:30h.

http://www.aevianadoalentejo.edu.pt/ Neste sítio da Internet podes encontrar informações relativas à Escola, aos Alunos, Professores, Projetos, Clubes, Desporto Escolar, Jornal Notícias da Escola, Associação de Pais e de Estudantes, Parcerias, Linkes interessantes…

Vem visitar-nos O Agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo também navega nas redes sociais: Procura a nossa página em http://www.facebook.com/agrupamentoescolas.alentejo


14

Dia do Livro Infantil

As nossos Poetas A profissão que quero ter… Já tenho algumas ideias, Mas ainda não sei o que quero ser. Fiz este poema para vos contar O que no futuro eu gostaria de fazer. Gostava de ser cantora, atriz ou modelo Atriz porque gosto de representar Cantora porque adoro cantar Modelo para na passerelle desfilar.

História de uma Flor A 3 de abril, celebrou-se o Dia da Biblioteca Escolar, em parceria com a Oficina Aberta e com a Biblioteca Municipal, assinalámos este dia junto às crianças do 1.º ciclo do Ensino básico e com as crianças do Ensino Pré-escolar das freguesias de Viana do Alentejo e Aguiar.

uma história de Matilde Rosa Araújo. O eleito foi História de uma flor. A flor da história era um cravo e assinalava-se, assim, o 25 de Abril de 1974, com as palavras da autora, Matilde Rosa Araújo. Foi oferecido às crianças um marcador de páginas, assim como um cravo,

Quero ser uma cantora alegre Que a todos posso encantar Recitar grandes poemas E num grande palco brilhar. No futuro ninguém sabe O que pode acontecer Espero concretizar um destes sonhos Para feliz poder ser!

Margarida Parrado, 6º B

Chefe de cozinha Quero ser chefe de cozinha e trabalhar sozinha. Fazer frango assado com ovo estrelado.

Como o tempo estava chuvoso, as crianças do 1.º Ciclo deslocaram-se a vários espaços, como Cine Teatro e Biblioteca Municipal, para, aí, contactarem com um livro e com

numa clara alusão ao conteúdo da história. Para as crianças do ensino préEscolar, foi escolhido O Voo do Golfinho, com texto de Ondjaki e ilustrações de Danuta Wojciecovska. A história de um golfinho diferente dos outros, que queria voar, como um pássaro, que se transmuta e descobre que um bando de pássaros são animais transmutados, levou as crianças ao mundo da imaginação. Profª Bibliotecária Rosa Barros

Vou também cozinhar carne à alentejana para oferecer a todas as pessoas de Viana. Faço molho Bechamel para comprar uma Famel. Quero ir para Paris para cozinhar perdiz. Gosto de dançar e de cantar quando estou a cozinhar.

Inês Calado, 6ºB


15

ABC dos Animais

Turma do 6ÂŞB


16

Sexualidade/violência no namoro Segundo a OMS a Sexualidade é ”uma energia que nos motiva a procurar amor, contacto, ternura e intimidade; que se integra no modo como nos sentimos, movemos, tocamos e somos tocados; é ser-se sensual e ao mesmo tempo sexual; ela influência pensamentos, sentimentos, acções e interacções e por isso influência a nossa saúde física e mental.” A sexualidade não diz respeito só ao acto sexual, vai muito mais além…Inclui actos como falar, namorar, beijar, olhar, tocar, acariciar; e envolve sentimentos, emoções, desejo e paixão. A sexualidade faz parte da personalidade. Tem a ver com a maneira como a pessoa se sente como ser sexual e como os outros a vêem. As emoções, os sentimentos, o comportamento e a cultura ajudam a definir a sexualidade de cada um. Ter namorado ainda é sentido, sobretudo pelas jovens, como uma forma de afirmação e de integração em grupo de amigos. Quando, no contexto das relações de namoro, um dos parceiros (ou mesmo ambos) é violento com o objetivo de se colocar numa posição de poder e controlo sobre o outro, existe violência, que pode assumir diferentes formas (emocional, verbal, psicológica, física ou sexual), algumas muito subtis, sem que a vítima se aperceba da s i t u a ç ã o . O ciúme muitas vezes funciona como um fator fundamental para manter uma relação violenta, confundindo-se como uma prova de amor, sendo frequentes nestas idades a chantagem e a pressão para manter relações sexuais. À medida que a relação se vai consolidando, o/a jovem envolve-se numa relação marcada por ameaças, insultos, agressões, perseguições, controlo de horários, telefonemas, vestuário, amizades, entre

outros. É frequente a culpabilização da vítima, até porque essa é uma das estratégias utilizadas pelo agressor, que costuma mostrar-se arrependido e carinhoso após a agressão. A confusão gerada por estes comportamentos contraditórios e a expectativa de mudança fazem com que a relação se mantenha num círculo vicioso que alterna entre momentos de agressão e tréguas. No entanto as vitimas são cada vez menos silenciosas e acabam por fazer queixa na GNR, como se pode ler na seguinte noticia:

22-02-2013

GNR

Violência no namoro sobe “A violência entre namorados subiu 42,7 por cento, segundo dados revelados ontem pela GNR, a propósito do Dia Europeu da Vítima de Crime, que se assinala hoje. Em 2012, a GNR registou 227 crimes, mais 97 do que em 2011, sendo que a maioria das situações envolve jovens até aos 25 anos.” De salientar que a violência nas relações de intimidade não escolhe idade, sexo ou estatuto sócio-

económico e cultural. Desde pequenos aprendemos modelos de relação através da observação do que se passa na nossa família. Assim, crianças e jovens oriundos de famílias violentas têm maior tendência para adoptar comportamentos violentos em relações futuras. Uma educação baseada no respeito, na igualdade e na partilha de tarefas e atividades entre homens e mulheres é um fator de prevenção de relações violentas, competindo a todos os pais e educadores a tarefa de transmitir a mensagem de que a violência é inaceitável e actualmente considerada crime que qualquer pessoa pode denunciar através destes contactos. WWW.AMORVERDADEIRO.COM .PTe 800 202 148 Numa relação, tens o direito a ter a tua própria opinião, ao afecto,ao apoio, ao diálogo, ao respeito, a ser ouvido, a divertires-te, à fidelidade,à tolerância, e a mostrar os teus sentimentos.

Enfermeira Celeste Gomes UCC de Viana do Alentejo


17

Autarquia e Educação O Concelho de Viana do Alentejo comemora o Dia Mundial da Criança

A comemoração de mais um Dia Mundial da Criança continua a ter um significado muito especial, e ao contrário do que muitas pessoas pensam, não é só uma festa onde as crianças ganham presentes. É um dia em que se pensa nas centenas de crianças que continuam a sofrer de maus tratos, doenças, fome e discriminações. Deste modo, a Câmara Municipal de Viana do Alentejo com as Juntas de Freguesia do Concelho, empenhadas na sua missão de promover a educação global das crianças e simultaneamente a sua felicidade através de vivências bastante relevantes para o seu desenvolvimento, pretende comemorar este dia de forma entusiasta, com todas as crianças do pré-escolar e alunos do 1.º Ciclo do concelho. O Cine-Teatro Vianense, no dia 3 de junho de 2013 em duas sessões distintas, irá tornar-se palco para o espetáculo “ O RAIO DA MATEMÁTICA”, do Era Uma Vez, Teatro de Marionetas, onde o Matias tantas vezes se irá irritar com a Matemática, que resolve criar um clube especial só para quem detestasse a dita Senhora. O seu amigo Jerónimo quis entrar para o clube. Estava o Jerónimo a cumprir com uma das provas de acesso quando, no meio de grande dor, descobriram um mapa do Tesouro. Resolveram ir em busca da Fortuna e seguiram as pistas do mapa que os levou ao Mundo do Ar, ao Mundo da Água, ao Mundo da Terra, ao Mundo do Fogo e ao Mundo dos Nadas. Depois de muitas peripécias e alguns perigos os nossos heróis irão descobrir o Tesouro e partilhá-lo com o público.

Projeto Conhecer a História do Concelho de Viana do Alentejo

Baile Medievo Castelo de Viana do Alentejo, No âmbito do projeto Conhecer a História do Concelho de Viana do Alentejo, desenvolvido pela Câmara Municipal, realizar-se-á um Baile de cariz medieval, no Castelo de Viana do Alentejo. O baile destina-se a jovens dos 6 aos 600 anos! Para a preparação do evento, estão programadas as seguintes atividades: - Oficina de traje de época, através da transformação de vestuário usado; - Oficina de danças antigas. As oficinas estão abertas a toda a população, mediante inscrição prévia. Datas das oficinas: Oficina de transformação de vestuário: Dias 13, 14, 16 e 17 de maio de 2013, em dois turnos: - 1.º turno - das 14:30 às 18:30h; na Oficina Aberta (antiga Oficina da Criança) - 2.º turno - das 18:30h às 20:30h; na Oficina Aberta (antiga Oficina

da Criança) Oficina de danças antigas: - dia 24 de maio, pelas 18:30h, no castelo de Viana do Alentejo. Apela-se às famílias para participarem nestes eventos, que serão um ótimo momento de convívio intergeracional. As inscrições estão

abertas até ao dia 6 de maio. Apoios: - Agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo - Grupo Coral Feminino de Viana do Alentejo - Oficina Aberta - Pédexumbo, associação para a promoção da dança e da música - Direção Regional da Cultura do Alentejo. Profª Bibliotecária Rosa Barros


18

E B SI S

em

M ov ime nto

ENCONTRO DE GINÁSTICA VIANA E MONTEMOR-O-NOVO

No passado dia 6 de março de 2013, realizou-se na nossa escola, durante a tarde, um Encontro de Ginástica, referente ao Desporto Escolar. O mesmo, além da nossa escola (que tem um núcleo de Ginástica Artística), também contou com a presença da Escola E. B. 2,3 São João de Deus, de Montemor-oNovo (que tem um núcleo de Ginástica de Trampolins). A nossa comitiva foi representada por duas juízas, Beatriz Vilela e Ana Marques, ambas do 11ºA, e 5 alunas para competirem neste evento. As mesmas foram a Íris Afonso, a Raquel Fernandes (ambas realizaram as provas de nível 2), a Catarina Mochila e a Joana Silva (ambas realizaram as provas de nível 1), do 5ºB e do

escalão de Infantis A femininos. Enquanto que a aluna Sofia Santos (realizou as provas de nível 2), do 6ºA, participou no escalão de Infantis B, femininos. Foi uma tarde agradável, onde predominou o espírito de camaradagem entre todos os intervenientes. Todos os nossos alunos tiveram uma participação positiva, que em nada “denegriu” a imagem da escola. No que diz respeito às classificações, as alunas Raquel Fernandes e Íris Afonso (nível 2), do 5ºB, ficaram em 1º e 2º lugar, respetivamente, no escalão de Infantis A femininos, enquanto que, a aluna Sofia Santos, do 6ºA, ficou na 1ª

posição, no escalão de Infantis B femininos. Relativamente ao nível 1, as alunas Joana Silva e Catarina Mochila, também do 5ºB, ficaram em 1º e 2º lugar, respetivamente, no escalão de Infantis A femininos. Gostaria apenas de deixar um especial agradecimento às alunas

Beatriz Vilela e Ana Marques, do 11ºA (juízas de prova), pela excelente colaboração que tiveram nesta atividade, uma vez que tiveram a sempre árdua tarefa de avaliarem os desempenhos das nossas alunas. Prof. Bruno Santos


19

E B SI S

em

Campeonato Nacional de Corta Mato em Coimbra No passado dia 1 e 2 de março, realizou-se em Coimbra o Campeonato Nacional de Corta Mato do Desporto Escolar. A nossa escola foi representada

pelos alunos Cristina Reis e José Moço que integraram a comitiva de Évora. Ambos os atletas concluíram as respetivas provas e vieram bastante agradados com toda a organização que os acolheu. Parabéns a ambos e continuação de bons resultados !!!! Prof. João Horta

FUTSAL Ao longo do 2º Período, os dois núcleos de Futsal têm realizado os jogos previamente calendarizados.

M ov ime nto

Mega Sprint Distrital 2012-2013 Realizou-se no dia 14 de março no complexo desportivo de Vendas Novas, mais um Mega Sprint Distrital. Fomos brindados com um dia bastante soalheiro, o que proporcionou uma bela manhã desportiva. A EBSIS fez-se representar com 17 alunos que, com todo o empenho, alegria e dedicação, obtiveram um excelente desempenho.

Os alunos que subiram ao pódio, foram os seguintes: Íris Afonso- 1º lugar no Mega Km Isaac Prates- 1º lugar no Mega Salto Artur Nascimento- 2º lugar no Mega Salto Cristina Reis- 1º lugar no Mega Km

Ambas as equipas têm tido boas prestações desportivas, onde o convívio e a boa disposição têm sido notas dominantes. A assiduidade aos treinos, por parte

José Moço- 1º lugar no Mega Km. Uma palavra de agradecimento a todos os participantes pelo excelente comportamento demonstrado ao longo da atividade.

Prof. João Horta

dos alunos, tem sido bastante satisfatória. Aqui fica o registo das nossas equipas. Prof. João Horta


20

Correio sentimental e espiritual Dr.ª Lizette Conselheira sentimental

Corpo invejado Chegou o calor e chegaram os meus problemas. Adoro andar com pouca roupa, porque não suporto o calor, mas quando uso tops, saias ou calções curtos, os ordinários dos rapazes levam o tempo de olho em mim e chegam mesmo a mandar-me bocas foleiras. Sei que causo alguma sensação entre os rapazes e também entre as raparigas (que têm é inveja!) e por vezes, sinto-me mal,

chegando a pensar que o melhor é tapar-me, mas sempre ouvi dizer que o que é bom é para se ver, por isso, não sei muito bem o que fazer. Então, Dra. Lizette, se calhar o melhor era a doutora dar alguns conselhos e orientações a esta gente intrometida, para ver se me deixam em paz. Anónima incomodada

Minha santa, é a ti que me vou dirigir! Se não queres que te olhem ou te cobicem, não reveles demasiado o que pode provocar tais sentimentos. Realmente, a inveja é muito feia, mas a palermice e o exagero também o são.

Queres andar à fresquinha, mais despida do que vestida e não queres que olhem para ti? Como pode isso ser possível? Sabes, minha querida, as bocas foleiras e os olhares maliciosos são coisas sem importância para quem mostra peito, pernas e traseiro a mais. Tem cuidado e tenta guardar mais para ti e mostrar menos aos outros aquilo que só a ti diz respeito - o teu corpo. Já agora, os teus pais sabem que te apresentas na escola nesses preparos? A moderação e o juízo ficam bem e recomendam-se. Lizette de Vasconcellos e Sá

A Escola e a Romaria On-line http://www.aevianadoalentejo.edu.pt/

Escola Básica e Secundária Dr. Isidoro de Sousa Viana do Alentejo Estrada da Quinta de Santa Maria 7090 Viana do Alentejo Tel.: +351 266 930 070 E-mail: jornal.ebsis@gmail.com Publicação da responsabilidade da Professora Gertrudes Pinto, produção gráfica do Professor Francisco Fadista e impressão na EBSIS. Tiragem: 220 exemplares

Com o propósito de contribuir para a divulgação da Romaria a Cavalo, um dos eventos que mais projeta o nome do nosso concelho a nível nacional, o Clube de Artes em parceria com a Câmara Municipal, desenvolveu ao longo dos últimos meses, um conjunto de trabalhos inseridos no projeto “A Escola e a Romaria”. Na execução dos trabalhos foram exploradas técnicas como

a pintura, a fotografia e a aplicação de diferentes tipos de papel. A temática escolhida girou em redor dos monumentos locais, da paisagem, do povo e da cultura alentejana. Os trabalhos serão distribuídos por diferentes pontos da vila, contribuindo assim para animar e fortalecer o espírito festivo associado à Romaria a Cavalo.

Profile for Notícias da Escola

NOTÍCIAS DA ESCOLA - EDIÇÃO ABRIL 2013  

JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VIANA DO ALENTEJO - NOTÍCIAS DA ESCOLA - EDIÇÃO ABRIL 2013

NOTÍCIAS DA ESCOLA - EDIÇÃO ABRIL 2013  

JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VIANA DO ALENTEJO - NOTÍCIAS DA ESCOLA - EDIÇÃO ABRIL 2013

Advertisement