Issuu on Google+

1

Sábado, 22 de setembro de 2012

Ano III

Caçapava do Sul - São Gabriel - Santana da Boa Vista - Lavras do Sul - Vila Nova do Sul - Santa Margarida do Sul Semanário da Região - Sábado, 22 de setembro de 2012 Nº 154

R$ 1,50

Festejos da Semana Farroupilha trazem governador, OSPA e muito mais para a região Performance de atores de fora com figurantes de Caçapava garantiu o espetáculo que teve a Igreja Matriz como cenário. Completaram a atração a OSPA, o coral Municipal Infanto Juvenil, Banda Municipal e o desfile dos tradicionais cavalarianos. O governador do Estado, Tarso Genro, prestigiou o evento.

págs.7,8,9 e 10

Venda de ciclomotores vai parar na justiça Duas mortes por atropelamento, uma na BR 290 e outra na BR 392

pág.5

Abertas vagas para estágio remunerado no MP MP lança cartilha para a realização de rodeios pág.12

pág.13

pág.13

Policiais de Caçapava prendem acusados de tráfico em Cachoeira do Sul pág.14


2

Sábado, 22 de setembro de 2012

Espaço Empreendedor (Caçapava do Sul)

Há 3 anos a Rodoviária de Caçapava conta com uma nova administração Marieli Zago Da Redação

A nova administração da Rodoviária, desde outubro de 2009, está atendendo seus clientes e trabalhando com viagens interestaduais de Norte a Sul do Brasil, e com linhas intermunicipais. Conta com empresas de ônibus que disponibilizam conforto, segurança e seriedade para que sua viagem se torne inesquecível. Antigamente o sistema de emissão de passagens era feita apenas manualmente. Agora conta com venda informatizada, em que os clientes podem comprar as passagens de ida e de volta com vendas integradas em suas conexões. Além disso, possui o serviço de entregas, Rodoencomendas. O serviço de transporte é feito somente de rodoviária para

rodoviária. Conta com a parceria do Grupo Ouro e Prata que está há mais de 70 anos no ramo de transportes. Assim facilita a seus passageiros a compra de passagens pela internet, com parcelamentos em até 10x. Tem internet a bordo, descontos para estudantes e muitas outras vantagens. Seus clientes podem comprar as passagens diretamente pelo site www.viacaoouroeprata.com.br.

Trabalham também com a Planalto Transportes que já tem mais de 60 anos de história transportando com qualidade seus clientes, levando-os com segurança até seus destinos. Possui parcelamento em até 5x e disponibiliza um site para mais informações: www.planaltopassageiros.com.br.

A empresa São João também é parceira e responsável pelas viagens para mu-

nicípios vizinhos. A Vicaltur e a Guterrestur são responsáveis pelas rotas no interior de Caçapava do Sul. E outra novidade: a

Rodoviária agora é corr e s p o n d e n t e BANRISUL, isto é, pode ser efetuado saques, depósitos, pagamento de

contas e muito mais. Está localizada na Rua General Osório, 765. Mais informações sobre seus serviços e destinos pelo telefone: (55) 3281-1404 ou pelo site www.rodoviariacacapava.com.br onde estão todos os horários dos ônibus à disposição da população.


Opinião 3

Sábado, 22 de setembro de 2012

Luiz Pereira Lima* Cleber Ismério * Ismério*

O PT comprou o PP!! Não há mais dúvida. O relatório e conclusão do Ministro do STF, Joaquim Barbosa, após o estudo de milhares de páginas conclui e motiva o título supra deste articulista. Sem nódoas, sem constrangimentos, com o dinheiro arrecadado do povo que trabalha e produz o mesmo foi direcionado para a compra de votos no sentido de permanecer no poder. O PP resignou-se mudando conceitos, traindo seus correligionários no sentido de ocupar cargos e assim também serem oportunizados a terem ingresso na grande fes-

ta do dinheiro público. Qual a diferença? Nenhuma, a não ser o número local dos postos para arrecadação do dinheiro do erário. É com profunda tristeza que constato que a população foi ludibriada e anestesiada pelas palavras de ordem do comunopetismo como “sociedade civil organizada, participação popular, luta contra o sistema neo-liberal”, esta última tão cara ao PP. Mas o PP esqueceu encantado e saudoso do tempo do regime militar quando estava e manipulava o poder como queria. Associou-se,

comprado pelo lulopetismo, colocando valores éticos no lixo, pois julgou ser assim mais fácil chegar novamente ao pódium. O c a r á t e r, o superego, a vergonha, foram escondidas e o partido passou a utilizar técnicas semelhantes ao PT para angariar votos. Repetir mentiras até a exaustão, tornando-as verdadeiras para uma população de conhecidos ignorantes. A esquerda, com o beneplácito do PP, tem vencido a batalha no Brasil perseguindo qualquer um que não reze sua cartilha. Estes agora só-

cios, que não tem limites para atingirem e permanecerem no poder, enganam ao dizerem que amam seus semelhantes, pois amar o igual é muito difícil; fácil é amar o desigual, e o mau-caráter acha uma saída para este impasse amando a humanidade abstrata, fingindo-se de bom. Mas eu, como dizia o grande pensador Nelson Rodrigues “sou um ex-covarde”. Não tenho medo deles. Que venham... *Professor Titular da Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre

Roger Spode Brutti*

Prisão diferenciada para advogados Vamos imaginar que um advogado cometa um crime e é apresentado preso em flagrante à autoridade policial. Ele deveria, nas hipóteses de crime inafiançável, ser recolhido ao presídio, como um cidadão comum? E se ele já enfrentou um processo, foi condenado e se encontra com prisão cautelar, mas ainda não houve trânsito em julgado a respeito, onde ele deveria ser recolhido? A respeito, no Habeas Corpus (HC) 109.213, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a condenação penal meramente recorrível exige recolhimento do advogado em “sala de estado-maior”, porquanto isso é uma prerrogativa profissional assegurada pela lei nº 8.906/94 (estatuto da advocacia, art. 7º, v).

Em sendo assim, a inexistência, no local do recolhimento prisional, de dependência que se qualifique como “sala de estado-maior”, exsurge hipótese em que se assegura, ao advogado, o recolhimento “em prisão domiciliar” (estatuto da advocacia, art. 7º, v, “in fine”). Ocorre que a prerrogativa em comento é de índole profissional, qualificável como direito público subjetivo do Advogado regularmente inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a qual não pode ser desrespeitada pelo Poder Público e por seus agentes, muito embora cesse com o trânsito em julgado da condenação penal. Assim, pois, deve-se restar plenamente esclarecido que essa prerrogativa profissional não poderá ser invocada

pelo advogado, caso cancelada a sua inscrição (Lei nº 8.906/94, art. 11 ) o u , e n t ã o , s e suspenso, preventivamente, o exercício de sua atividade profissional, por órgão disciplinar competente (Lei nº 8.906/94, art. 70, § 3º). A decisão do STF, in casu, é simples decorrência do que diz expressamente a Lei. Com efeito, o art. 7º do Estatuto da Advocacia reza ser direito do advogado “não ser recolhido preso, antes de sentença transitada em julgado, senão em sala de Estado-Maior, com instalações e comodidades condignas (...), e, na sua falta, em prisão domiciliar.” Por fim, o Ministro Celso de Mello, em seu voto na qualidade de Relator do HC em evidência, lembrou que o Supremo Tribunal Fede-

ral, compreendendo a alta missão institucional que qualifica a atuação dos Advogados e tendo consciência de que as prerrogativas desses profissionais existem para permitir-lhes a tutela efetiva dos interesses e direitos de seus constituintes e, também, para que possam defender a Constituição e a ordem jurídica do Estado Democrático de Direito, construiu importante jurisprudência que, ao destacar a vocação protetiva inerente à ação desses imprescindíveis operadores do Direito, tem a eles dispensado o amparo jurisdicional necessário ao desempenho integral das atribuições de que se acham investidos.

(valor para 12 meses para as cidades com a nossa cobertura). (55) 3281 5091

Lendo nos livros, nos sites na internet, ouvindo as histórias dos mais antigos e até em algumas reportagens tivemos contato com pessoas que tiveram seus direitos retirados ou restringidos durante longos períodos. Pois agora, em pleno 2012, sofremos mais uma vez uma ação que tenta censurar o nosso veículo de comunicação. Uma empresária cancelou contrato já assinado, em função do Jornal da Campanha ter publicado uma matéria referente à sócia dela. O argumento foi: “não teve consideração com a minha sócia e por isso vamos cancelar o contrato!” Vamos entender o que seria consideração: deixar de dar uma notícia? Mascarar a informação? Estou falando de uma pessoa que sempre tive com a conduta mais idônea entre as tantas que conheci ao longo dos meus anos de vida. Sou jornalista e fiz um juramento na hora da formatura. Não carrego somente um canudo. Carrego a responsabilidade de informar da maneira mais imparcial possível. Não entendo o que fiz de errado se até na manchete não mencionei o nome da pessoa em questão. Mesmo porque o erro cometido, que gerou a notícia, foi cometido por uma equipe e não somente por ela. Os impeditivos foram uma demonstração clara de falta de competência ou descaso para com a justiça eleitoral. Pior ainda são as atitudes revanchistas de empresários ligados a referida pessoa. Estou consciente que fiz a coisa certa. Nossa equipe relatou fatos e não humilhamos ou fizemos exposição indevida de ninguém. Lamento ser vítima desse tipo de atitude que, ao que parece, tenta restringir a liberdade de imprensa. As pessoas esquecem que já enfrentamos muitos problemas bem piores e conseguimos superar. Que desde o retorno a Caçapava já recebemos quatro ameaças de morte (todas devidamente registradas), outras tantas agressões e pessoas dizendo que o nosso veículo seria fechado. Teve até um prefeito que deu duas semanas de vida ao nosso jornal. Pois mesmo sem um centavo da administração municipal, nós sobrevivemos. O prefeito bem que tentou, mas não conseguiu o que queria! Continuamos cada dia mais fortes graças a você leitor e clientes que acreditam em uma imprensa livre! Obrigado a vocês leitores e vamos torcer para que a referida empresária, um exemplo de cidadã, não manche a sua imagem com atitudes de censura a um veículo de comunicação. * Jornalista diplomado e sócio fundador do Jornal da Campanha

23 PERMANENTE

*Delegado de Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul.

Assine o Jornal da Campanha por apenas R$ 62,00 Entre em contato:

Ameaças e ações não vão nos calar

NÃO QUERO SER PARA TI, UM PASSAGEIRO COMO AS HORAS. QUERO TE AMAR, DESDE O ANOITECER E CONTINUAR CARLOS CASSEL=OUTONO


4 Região

Sábado, 22 de setembro de 2012

Marcelo Grisa Para o Jornal da Campanha

Após reunir-se com os advogados de Rio Grande e Canguçu na quarta-feira, 5, o presidente da OAB/RS, Claudio Lamachia, seguiu para Caçapava do Sul. Na ocasião, o dirigente participou da solenidade de entrega do diploma de jubilamento à advogada Oyara Saldanha. O evento foi realizado na sede da subseção. Na abertura, o presidente da subseção, Aldo Azevedo da Silva, destacou a importância da presença de Lamachia na sede da OAB. "Essa é segunda vez que o presidente da seccional está aqui. A primeira vez foi para a inauguração deste prédio, que é uma das

marcas da gestão da OAB/RS. Aqui nesta estrutura transmitimos cursos telepresenciais da ESA e reunimos a classe. É importante salientar que essa sede já está quitada, devido aos repasses de verbas feitos rigorosamente em dia para as subseções", afirmou. Em seguida, Lamachia e Aldo entregaram o diploma para Oyara, que foi a primeira advogada inscrita na subseção. Em nome da homenageada, falou o seu esposo e também advogado, José Alcides Saldanha, que é exprefeito de Caçapava do Sul, ex-ministro dos Transportes, ex-senador e detentor da Comenda Oswaldo Vergara. Oyara agradeceu a presença do presidente da OAB/RS para a entrega do

título de grande honraria para a classe – que é entregue a profissionais que tem mais de 30 anos de atividade. Segundo Lamachia, o jubilamento é um momento de grande simbolismo. "A honraria é conferida para os advogados que desempenharam um trabalho não só em prol da classe, mas também da cidadania. Como primeira advogada da valorosa subseção de Caçapava do Sul, ressalto a liderança e o comprometimento da Dra. Oyara. É uma justa homenagem para quem tanto trabalhou de forma voluntária para a Ordem, servindo de exemplo para a advocacia e a comunidade. O respeito ao passado é alicerce fundamental para a construção do futuro", declarou Lamachia.

Previdência complementar: Prazo para envio dos novos programas sobre educação previdenciária termina em outubro Inaiá Sant’Ana de Menezes Para o Jornal da Campanha

O prazo para as entidades fechadas de previdência complementar (EFPC) que tiverem interesse em enviar seus programas de educação financeira e previdenciária para análise da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) termina no dia 31 de outubro. O projeto deve conter a caracterização simplificada da entidade com o número de planos, de patrocinadores, histórico de atuação, além de ser recomendada inserção da descrição das modalidades de cada plano e número de participantes inscritos. Além disso,

o documento deve trazer um cronograma de execução das ações propostas, bem como a apresentação dos objetivos (resultados esperados), público-alvo, forma de comunicação e duração de cada atividade. O material impresso deverá ser enviado à Previc, aos cuidados da Diretoria de Assuntos Atuariais, Contábeis e Econômicos(DIACE), localizada no Setor Bancário Norte, Quadra 2, Bloco N, 5º andar, CEP: 70040-000, Brasília-DF. Melhores práticas- A Previc possui disponível em seu endereço eletrônico um artigo que traz as etapas a serem observadas na construção de pro-

gramas educativos e uma compilação das melhores práticas observadas nos programas avaliados pela Previc desde 2009. O material foi elaborado com o objetivo de impulsionar as EFPC na criação de programas de acordo com suas necessidades, respeitando as características de seus públicos, além de contribuir para o aumento da qualidade das ações, através de sugestões de diversos exemplos de atividades já colocadas em prática. A expectativa é que as EFPC que ainda não possuem programas de educação previdenciária e financeira sintam-se motivadas a criarem tais programas.

Fotos: Rodney Silva

Presidente da OAB/RS participa de solenidade de jubilamento em Caçapava do Sul

Municípios têm até o fim de outubro para garantir mais recursos para creches Ascom Para o Jornal da Campanha

Os municípios têm até 31 de outubro para informar ao governo federal o número de crianças beneficiárias do Bolsa Família, de 0 a 4 anos, matriculadas em creches públicas ou conveniadas. A medida garante recurso adicional de 50% do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para beneficiar essas instituições por meio da ação Brasil Carinhoso. O recurso extra é transferido pelo Ministério do Desenvolvimen-

Expediente Jornal da Campanha Editor Cleber Ismério MTb/SP 24.635 - (55) 9651 4114 Consultor Ortográfico Luiz Hugo Burin Repórter fotográfica Marieli Zago Edição de Arte Cléber de Oliveira e M.Zago Redação (55) 3281 50 91 Comercial Neli Damaceno

Recursos Humanos Perfil RH Coxilha São José Gislaine Madeira São Gabriel: Jojo Santana da Boa Vista: Ana Paula Lavras do Sul: Adilson Seixas (55) 9902 0605 - (55) 9103 0606 Impressão Gráfica Grupo CG (51) 3043 2310

Circulação: Caçapava do Sul, Lavras do Sul, Santana da Boa Vista, Santa Margarida do Sul, São Gabriel e Vila Nova do Sul Os textos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores. Tiragem 2.000 exemplares Jornal da Campanha Ltda. CNPJ: 11.305.361/0001-62

E-mail para envio de matérias e fotos:redacao@jornaldacampanha.com.br E-mail para envio de anúncios: comercial@jornaldacampanha.com.br Sede: Rua XV de Novembro, 519 - sala 3. Caçapava do Sul - RS

Fechamento publicitário para as edições até a terça-feira que antecede a publicação do anúncio www.jornaldacampanha.webnode.com.br

to Social e Combate à Fome (MDS), dentro da estratégia de superação da extrema pobreza do Plano Brasil Sem Miséria, e visa garantir acesso e permanência das crianças no ensino. De acordo com o secretário extraordinário para Superação da Extrema Pobreza do MDS, Tiago Falcão, a ação do Brasil Carinhoso voltada para as creches tem duas etapas. “Uma é o repasse antecipado dos recursos do Fundeb que a prefeitura recebe ao abrir novas turmas. A outra é o repasse adicional de 50% para todas as crianças do Bolsa Família que já estão sendo atendidas e as que forem incorporadas pelas creches nos próximos anos.” Esse recurso adicional serve para ampliar o atendimento às crianças mais pobres, diz Tiago Falcão. Segundo ele, o MDS já repassou R$ 100 milhões adicionais ao Fundo Nacional de De-

senvolvimento da Educação (FNDE), responsável pela transferência aos municípios e ao Distrito Federal. O registro do número de crianças deve ser feito no Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle (Simec), do Ministério da Educação. Articulação – O secretário informa que é importante a articulação entre as áreas de educação e assistência social no processo de identificação das crianças beneficiárias do Bolsa Família. O Brasil Carinhoso, ação lançada em maio pelo governo federal, complementa a renda de famílias beneficiárias do Bolsa Família, garantindo R$ 70 mensais por pessoa para quem tem filhos de até 6 anos. Além disso, as crianças recebem cuidados adicionais de saúde com a suplementação de vitamina A, ferro e medicação contra a asma.


Sábado, 22 de setembro de 2012

Venda de ciclomotores em Caçapava do Sul vai parar na justiça Cidadãos buscam uma resposta para o caso, afirmam que foram enganados pela loja, por terem vendido motos com motor que não necessitavam de documentação e nem carteira de habilitação. Marieli Zago ria Gonçalves Teixeira. Da Redação Segundo o 1º tenente Ronai da Silva Brilhante, os No dia 13 de Setembro aconteceu um movimento de ciclomotores ou bicicletas protesto dos compradores elétricas que estão em circudos veículos no Largo lação devem estar devidaregistrados, Farroupilha. Afirmavam que mente lojas de Caçapava do Sul te- emplacados e licenciados riam vendido ciclomotores, para circular na via publica, alegando que aquelas motos conforme Art. 120, 130, 131 não exigiam emplacamento e 133 do Código de Trânsito e carteira de habilitação que Brasileiro. O condutor deve seria obrigatório somente o estar habilitado na Categoria uso do capacete e que era A ouACC (Autorização para liberada para ser usada em Conduzir Ciclomotor). Tam- loja vai continuar vendendo parte da Brigada Militar de bém ressalta que o processo os ciclomotores à população. emplacamento do veículo perímetro urbano. Segundo a Advogada através do Detran/RS ou Mas quando saíram às para habilitação é o mesmo, ruas a Brigada Militar teria e cumprir todas as normas Cristiane Lorenzen, os veícu- qualquer forma de registro, apreendido a moto de algum gerais de circulação referen- los objeto das apreensões, se eis que a competência para deles exigindo carteira de tes a equipamentos obrigató- enquadram na definição de exigir é do Município e não ciclomotor, ou seja, "veículo há legislação municipal que Habilitação e documentação. rios e de segurança. Penalidade de duas rodas, provido de obrigue a isso”. Os consumidores pediam É passivo de multa e remotor de combustão interna, Ela ainda passou a inforesclarecimento sobre o caso. Apresentavam um docu- colhimento do veículo para não excedendo a 49 mação que estão sendo ajuimento que comprovaria a li- regularização. ABrigada Mi- cilindradas e velocidade não zados mandados de segurança, para determinar a imediberação de uma moto para o litar registra em média qua- superior a 50 Km/h". Em relação a estes veí- ata cessação da exigência de tráfego dentro da cidade. tro acidentes de trânsito por Eles procuraram as autorida- semana e um condutor de culos o Código de Trânsito registro e licenciamento como condição de trafegabilidade des com o objetivo de que ciclomotor que envolver-se Brasileiro dispõe que: Art. 129. O registro e o aos veículos ciclomotores dos cada motoqueiro tenha a sua em acidente de trânsito com liberação, ou se não for pos- danos ou lesões, além das licenciamento dos veículos de proprietários residentes em sível adquirirem a documen- medidas administrativas, in- propulsão humana, dos Caçapava do Sul, impondo tação, pediam o ressarci- correrá por crime de trânsito ciclomotores e dos veículos restrições ao livre exercício mento do dinheiro das mo- por estar dirigindo sem habi- de tração animal obedecerão do direito de propriedade, litação gerando perigo de à regulamentação estabele- inseridos noArtigo 5ª, XXII, tos. cida em legislação municipal da CF. Ela ainda imforma Augusto Soares Nunes, dano. As medidas administrati- do domicílio ou residência de que já foram proferidas depai de um dos proprietários cisões liminares em favor de das motos afirma que a loja vas geradas até o momento seus proprietários. Caçapava alguns proprietários dos teria dito que havia uma lei têm a finalidade de prevenir O Município de Caçapava ciclomotores para coibir a vina qual atestava que era li- um maior índice de acidendo Sul não possui legislação olação ao direito garantindo berado o tráfego das motos. tes e preservar vidas. Defesa vigente quanto à regulamen- a livre circulação destes veí“Uso apenas para vir ao traO gerente da loja que ven- tação ao Artigo 129 do Códi- culos dentro da circunscrição balho, mas agora venho de bicicleta ou a pé até tudo se deu a maioria dos go de Trânsito Brasileiro que do Município de Caçapava resolver” foi o que falou ciclomotores em Caçapava, defina o registro e o do Sul, sem a exigência de Mara Vargas da Silva. Moisés Dias, afirma que ve- licenciamento dos veículos de registro ou licenciamento pela “Obtivemos a moto para po- ículos abaixo de 50 cilindradas propulsão humana, dos ausência de Lei Municipal precisam de ciclomotores e dos veículos que regulamente, mas as sidermos trabalhar com mais não conforto mas agora estamos licenciamento e nem de tração animal. Entende tuações são analisadas indiimpedidos, não pagamos pou- emplacamento que só o mu- assim a advogada Cristiane: vidualmente. Desta forma, os co para tê-la e exigimos que nicípio pode cobrar, que é “entendemos ser ilegal a proprietários que sofrerem alguém nos apresente uma preciso uma lei municipal abordagem e advertência aos algum tipo de restrição posolução para que possamos para regulamentar casos proprietários e, por óbvio, a derão buscar a tutela do Jutrafegar”, declara José Ma- como este. E afirma que a apreensão, pela exigência por diciário ajuizando a ação adequada.

Caçapava

5

Eraldo V asconcelos de Souza*

O que você espera do futuro? Quando levamos alguém a falar do que espera do futuro, ouvimos “Vou viver o presente e o futuro a Deus pertence. Alias, o futuro é uma verdadeira incógnita ninguém sabe o que vai acontecer amanhã”; “Não me preocupo com o futuro só com o presente...”, claro que existem muitos que realmente se preocupam com o futuro. Na obra Alice no país da maravilhas tem um trecho que nos leva a refletir sobre o futuro: Gatinho de Cheshire, o senhor poderia me dizer, por favor, qual o caminho que devo tomar para sair daqui? - Isso depende muito de, para onde você quer ir – respondeu o Gato. - Não me importo muito para onde… retrucou Alice. – Então não importa o caminho que você escolha – disse o Gato. O clássico diálogo entre Alice e o Gato trata de uma questão comportamental importante para as nossas vidas: o futuro que almejamos e o que estamos fazendo para conquistálo, nossas preocupações quase sempre se limitam aos detalhes do caminho, independente de para onde ele esteja nos levando. Mas devo ou não me preocupar com o futuro, futuro esse que me refiro é pessoal é de como gostaria de estar quando chegar à velhice, ou mesmo antes disso, pois tem pessoas que pensam num futuro tranqüilo mesmo antes da velhice. Tem uma coisa que aprendi na vida, quem não planeja o futuro, terá sérios problemas com ele e tem grande probabilidade de tornar a melhor idade num tormento, basta darmos uma olhada para os lados e descobriremos pessoas com essa realidade, dura e cruel, mas resultado de escolhas erradas no passado. Para os que não querem chegar ao final dessa forma, deixo dicas importantes, primeiro comece fazendo a seguinte pergunta: Onde estou e onde quero chegar? Preciso descobrir o que sou, onde estou e o que busco para a minha vida no futuro, como quero estar quando chegar a melhor idade. Preciso responder mais uma pergunta: Quando e como chegarei lá? Nessa preciso responder quais os caminhos devo seguir e quais as melhores escolhas para atingir os meus objetivos, lembrando que escolha de um objetivo, significa renúncia de outras coisas, muitas dessas são fúteis e que nos dispersam nos nossos reais caminhos. Se você não pensa no futuro e não faz nada para conquistá-lo, cuidado, pois está assumindo um ônus que talvez não suporte. *Economista/professor universitário Consultor em Gestão Empresarial


6

Sábado, 22 de setembro de 2012

Lions: Acuidade Visual beneficia alunos de Caçapava Osvaldo Carlos Dias Para o Jornal da Campanha

O Lions Clube de Caçapava promoveu sexta-feira, dia 14, os exames oftalmológicos sob a responsabilidade do médico Luiz Gustavo, de São Sepé, que favoreceram 79 alunos carentes de 17 escolas das redes municipal e estadual de ensino, como parte da campanha de Acuidade Visual realizada todos os anos pelo clube de serviço. Finalizadas as consultas, 66 estudantes apresentaram necessidade do uso de óculos.

A iniciativa conta com recursos do projeto Criança Ajuda Criança, também promovido pelo Lions Clube, e parceria da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Município da Educação. O trabalho de triagem dos estudantes, encaminhamento a consultas e aquisição e distribuição de óculos (lentes e armações) é realizado por uma equipe de associadas do Lions Clube, sob a coordenação de Valderez Dutra. De acordo com a presidente Ione Dalmazzo, a

compra de lentes e armações já foi providenciada

e a entrega dos óculos será feita nos próximos dias.

Plano define como será fiscalização de emissoras de rádio e TV em 2013 Ascom Para o Jornal da Campanha

As emissoras de televisão vão consumir a maior parte do tempo do trabalho de fiscalização do Ministério das Comunicações e da Anatel no ano que vem. É o que prevê o Plano Anual de Fiscalização (PAF) dos Serviços de Radiodifusão 2013, que pela primeira vez faz uma estimativa do número de horas de fiscalização que será destinado a cada um dos serviços, incluindo as cinco regiões do país. O plano foi elaborado pelo MiniCom e já encaminhado à Anatel. O objetivo é cumprir a meta prevista no Plano Plurianual 20122015 de fiscalizar todas as estações de radiodifusão brasileiras no período de quatro anos. Nos últimos meses, o ministério ampliou

a fiscalização de rotina nas capitais brasileiras e em cidades do interior de todas as regiões. Agora, o PAF traz as diretrizes para a atuação da Anatel no decorrer de 2013. Divisão de responsabilidades As atividades de fiscalização são executadas pelo ministério e pela agência, de acordo com as competências legais de cada um. A Anatel é responsável pela verificação das características técnicas e uso do espectro de radiofrequência. Já o MiniCom avalia os atos societários das entidades detentoras da outorga. A parte relativa a conteúdo e veiculação de recursos de acessibilidade é fiscalizada em conjunto pelos dois órgãos. O diretor de Acompanhamento e Avaliação do

ministério, Octavio Pieranti, explica que o objetivo do plano é dar ênfase nas fiscalizações de rotina, que são planejadas. Para isso, o PAF divide as atividades de fiscalização em três categorias: rotina, denúncias e demanda processual. A maior parte das atividades, 50%, será dedicada às fiscalizações de rotina. Já a apuração de denúncias de infrações cometidas pelas emissoras vai responder por 30% do trabalho. A menor parcela será destinada às demandas processuais, que deverão exigir 20% dos esforços. Base de cálculo Para cumprir esses percentuais, o plano utilizou como base de cálculo o tempo de atuação da Anatel em atividades de fiscalização de radiodifusão durante 2011, que foi de 134.832 horas. Pela estimativa, os serviços que mais exigirão tempo de dedicação são os de geração e de retransmissão de sinal de TV. Mesmo com essa previsão, é importante ressaltar que a Anatel tem autono-

Caçapavana premiada na 3ª etapa do circuito de rodeios artísticos

mia para definir municípios e entidades fiscalizadas e o tipo de fiscalização. A fiscalização feita pelo MiniCom também será dividida nesses três grupos. Dentro da fiscalização de rotina, o ministério vai intensificar o trabalho nas capitais dos Estados, já iniciado em 2011 e previsto para terminar até 2013, e também no interior. O primeiro sorteio das 15 cidades que serão alvo da atuação do ministério ocorreu no início de setembro e o trabalho já está em curso. Comitê Um comitê formado por representantes do ministério e da Anatel foi criado para acompanhar a implementação do plano de fiscalização. O comitê vai monitorar as ações realizadas para atingir a meta prevista e também poderá eventualmente revisar os números e percentuais estabelecidos. Além disso, será criada uma base de dados comum para verificar o trabalho de fiscalização de todas as emissoras brasileiras.

Caçapavana premiada na 3ª etapa do circuíto de rodeios artísticos da 13º R.T. São Sepé - RS, Ana Paula Fonseca trouxe mais um troféu para caçapava. Concorreu na declamação adulta junto com 13 concorrentes finalistas do Enart e representou muito bem nossa cidade. Conquistou o troféu de 3º lugar. O evento aconteceu no domingo, dia 9 de setembro no ginásio de São Sepé evento promovido pelo grupo Camim junto com a 13ª R.T.

Após o fim da greve, MEC acompanha calendário de reposição de aulas Ascom Para o Jornal da Campanha

O governo federal encerrou as negociações com os sindicatos dos docentes e com todas as demais categorias em 31 de agosto, quando a Lei Orçamentária Anual (LOA) foi encaminhada ao Congresso Nacional. Após o envio, o Legislativo rejeita a inclusão de novos valores para questões salariais. Na proposta de carreira dos professores das universidades federais e dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia, apresentada previamente às entidades representativas dos professores e enviada ao Congresso, o governo busca a valorização da dedicação exclusiva e da titulação dos docentes. A proposta prevê aumento mínimo de 25% e máximo de 40%, a ser aplicado nos meses de março de 2013 (50%), de 2014 (30%) e de 2015 (20%). Fica assegurado, portanto, reajuste de 16%, em média, a partir de março do próximo ano. Para a concessão do reajuste, o governo liberou, no orçamento, recursos de R$ 4,2 bilhões.


7

Sábado, 22 de setembro de 2012

Coral das crianças, uma grande presença nos eventos da Semana Farroupilha em Caçapava do Sul

A Adhonep, Associação de Homens de Negócio do Evangelho Pleno tem como objetivo reunir os diversos profissionais a fim de partilhar experiências de sucessos. Promoveu evento inesquecível para a família. Com bom gosto e qualidade no Clube União Caçapavana contou com os mais bem-sucedidos profissionais de todas as áreas. Em Caçapava o palestrante foi o comerciante Luciano Marengo, que mora em Florianópolis e é proprietário de uma corretora em Canasvieiras, SC. Mais informações de como participar da Associação entre no site www.adhonep.org.br

Fotos: SiteTNT.com

Jantar da Adhonep reúne formadores de opinião em Caçapava

Na programação alusiva ao 20 de Setembro, o Coral Municipal Infanto Juvenil, com trinta cantores, mostrou sua voz. Sob a regência do prof. Luiz Hugo Burin, brilhou como um ‘farol da divindade’ cantando na Missa na Igreja Matriz


8 Semana Farroupilha

Sábado, 22 de setembro de 2012

Festividades da Semana Farroupilha Marieli Zago Da Redação

No alvorecer da aurora, bem como manda a tradição Tudo começou no dia 13 de Setembro às 6 horas quando o espocar de foguetes acordou a população avisando que já era a hora da alvorada em Caçapava do Sul. Os cavalarianos saíram às ruas para que a Chama Crioula se espalhasse por todas as entidades tradicionalistas da cidade. Representantes dos CTGs do município tiveram a oportunidade de pegar uma centelha de fogo para que durante os 8 dias dos festejos ficasse acessa. Nas rondas os piquetes organizaram-se para fazer a guarnição da chama crioula. Tudo regado a muita música, jogo de truco, jogo de bocha snooker, chimarrão, causos e conversas, no intuito de cultuar as tradições de nossa terra.

Inúmeros cavalarianos desfilaram em Caçapava no sábado dia 15 de setembro. Foi abaixo de muita chuva, dando início à abertura oficial da Semana Farroupilha de 2012. Os gaúchos pegaram seus cavalos, encilharam a capricho e vestiram-se a rigor, para lembrar os bravos guerreiros de nossa história. O objetivo era homenagear aqueles que, com bravura, mostraram seus interesses por um ideal republicano por tanto tempo. Foram 10 anos de muitas lutas, derrotas, vitórias, conquistas. Mas o importante é que hoje lembramos de nossos antepassados como heróis que lutaram até o fim. Dedicamos esta data para relembrarmos a história de nossa gente, e reunirmos os legados culturais que herdamos. Enfim de uma forma ou outra celebrarmos a existência de nossas riquezas culturais.

Rotina não serve como palavra-chave Às 23 horas de 13 de Setembro começou os tão esperados bailes dos CTGs. Prendas e peões devidamente pilchados puderam desfrutar de uma boa música para dançar a noite inteira, sem muita preocupação com o mundo lá fora. Na Semana Farroupilha parece que tudo muda por aqui, principalmente nas cidades extremamente tradicionalistas. Escolas mudam seus horários, modificam seus planos de aula incluindo atividades ligadas à história da Revolução Farroupilha. Algumas empresas mudam a rotina do trabalho, deixando seus funcionários aderirem o uso da pilcha e a troca do cafezinho pelo chimarrão.

Fotos: Marieli Zago e Cleber Ismério

Gaúchos não desistem nem abaixo do mau tempo

E se encerram os Festejos Farroupilhas em Caçapava do Sul Marieli Zago Da Redação

O teatro “De Seival a Porongos” abriu os festejos do dia 20 de setembro na presença do governador Tarso Genro. Após aconteceu a apresentação da Banda Municipal Ciro Carlos de Melo e o desfile de cavalarianos de entidades e piquetes de Caçapava do Sul.Na Igreja Matriz foi realizada uma missa e a apresentação do Coral Municipal Infanto Juvenil. Às 19 horas o grande Espetáculo da OSPA emocionou o público presente. E o encerramento ficou a cargo do Grupo Maleva que na oportunidade lançou seu novo CD. O teatro foi dirigido e produzido pelo Instituto Estadual de Artes Cênicas, trazendo atores e atrizes que possuem um currículo extenso de atuações em teatro e cinema. O Jornal da Campanha entrevistou o diretor Marcelo Restori e o ator Leonardo Machado. Leonardo Machado é ator, nascido em Porto Alegre. Em 2007 esteve em Caçapava do Sul gravando o filme Valsa para Bruno Stein dirigido por Paulo Nascimento. E agora em

2012 se fez presente em nossa região para gravar o teatro De Seival à Porongos atuando como o General Neto. Seu trabalho mais recente foi um seriado chamado Filé de Borboleta e outros Causos que foi ao ar para a RBS TV, a Globo Internacional e o Canal Brasil. Também atuou em novelas e seriados como: O clone, Viver a Vida, Na forma da Lei, O Brado Retumbante. Foi premiado com um Kikito em Gramado, de melhor ator em 2009, participando de um filme que trata da Ditadura Militar aqui no Brasil (19641985), chamado Em Teu Nome. Leonardo conta ao Jornal à experiência que adquiriu ao viver general Neto, que se sente muito honrado ao poder reviver um pouco da história de nossa gente, e complementa afirmando: “A nossa história é muito rica e ainda temos muito a falar sobre ela, aqui é uma cidade histórica e tem muitos segredos que precisam ser relembrados, pois estamos na 2ª Capital Farroupilha”. E seus projetos não

param por aqui, Leonardo está cooproduzindo um filme que tem o mesmo diretor de Valsa para Bruno Stein, chamado A Oeste do Fim do Mundo. Vai ser gravado em Bento Gonçalves e em Mendoza na Argentina. Outro visitante Marcelo Restori, diretor de teatro, diretor do Instituto Estadual de Artes Cênicas do Estado, é formado em cinema na PUC. É um projeto do governo do Estado. Tem como objetivo unir a tradição com a arte contemporânea mesclando diversas linguagens incluindo a dança, rapel cênico, tradição dos cavalarianos, tudo junto com a história dos farrapos. O ano passado aconteceu a primeira apresentação em Piratini (1º Capital Farroupilha), e este ano já estava programado para acontecer em Caçapava do Sul (2º Capital Farroupilha), cada ano uma história nova é contada de acordo com os acontecimentos polêmicos do passado. Este ano o projeto foi baseado a partir de um relato do Garibaldi em uma carta que dizia “Os heróis Riograndenses, temos como os mais valentes e

corajosos que já conheci”, culminando com a polêmica Batalha de Porongos, onde há contradições de que os negros foram traídos e entregues aos imperiais.Marcelo Ristóri complementa “Se passa desde o mito do herói até a traição do mito da Batalha de Porongos”. A sua equipe é formada pela Maura Sobrosa que é a produtora. O elenco é formado Sirmar Antunes, Rafael Guerra, Leonardo Machado, José Carlos Peixoto, Sibely Machado, as bailarinas e a dupla do rapel cênico Ludmila e Carol Dias.


Sábado, 22 de setembro de 2012

Semana Farroupilha

9

Orquestra Sinfônica de Porto Alegre

Fotos: Marieli Zago e Cleber Ismério

Marieli Zago Da Redação

Há seis anos a OSPA já tinha apresentado um concerto em Caçapava do Sul na Igreja Matriz. Este ano eles voltaram para encantar ainda mais o povo caçapavano com dez músicas, dentre elas algumas dedicadas ao tradicionalismo em homenagem ao 20 de Setembro. O jornal da Campanha teve acesso aos bastidores do evento. O coordenador dirigente da OSPA Éder Cleber Silva comentou sobre sua trajetória até tornar-se produtor geral, formou-se em música. Conta que seu objetivo era ser cantor mas confessou que não tinha talento, então começou a ajudar nos bastidores. Entrou na orquestra para estudar música e hoje coordena uma vasta equipe de músicos e assistentes da OSPA.

“Me tornei produtor geral não pela minha formação e sim pela experiência que adquiri em 25 anos de OSPA, convivendo com grandes nomes da musica erudita e também da música popular como: Luciano Pavarotti, Roberto Carlos, Montserrat Caballé”. Niclas Leman que trabalha como assistente de palco, veio da África para o Brasil através de um Intercâmbio de uma Igreja que frequenta. Apaixonouse pelo trabalho que a OSPA realizava e começou a ajudar como assistente. Possui 28 anos e nas horas vagas trabalha como cantor de Hip-Hop. “Estou aprendendo muito com meu trabalho, estou adquirindo um conhecimento incrível convivendo com os integrantes da OSPA”.

Niclas Leman

Foto: Iuberê Machado

Éder Cleber Silva

Manfredo Schmiedt, a 20 anos trabalha como maestro da OSPA. Desde criança se interessava

por instrumentos. Começou tocando trompete, depois violoncelo passando pelo piano. Concluiu seu curso de graduação na UFRGS, e paralelamente a isso uma série de cursos para se aperfeiçoar como regente em Curitiba, São Paulo, na Alemanha em Stuttgart, na Holanda. E após fez o mestrado em regência na Universidade de Georgia nos Estados Unidos. Reside em Porto Alegre e também é Regen-

Manfredo Schmiedt, te titular e diretor artístico da Orquestra Sinfônica de Caxias do Sul.


10 Social

Sรกbado, 22 de setembro de 2012


Sábado, 22 de setembro de 2012

Geral 11

O Gabrielense recebe o “Erli tem as portas de Brasília abertas para ele,” "mar vermelho" de afirma o vice-presidente da República Michel Temer Rigotto, o presidente na- (PMDB) da Coligação lar sobre José Erli e Rossano e Coirolo cional do PMDB, Valdir Juntos por Caçapava. Rosilda Freitas foi possí-

Cléber de Oliveira Ass. Col. Juntos por Caçapava

Durante o jantar de apoio à candidatura de Cezar Schirmer (PMDB) que contou com a participação de políticos de todo Estado esteve presente o vicepresidente da República, Michel Temer (PMDB). A comitiva de peemedebistas contou com outros grandes nomes da política brasileira como o ex-governador do Estado, Germano

Raupp, o presidente estadual do PMDB, Ibsen Pinheiro, o ex-senador e ex-prefeito de Porto Alegre, José Fogaça, o secretário-geral estadual do PMDB e prefeito de Torres, João Alberto Machado e os deputados federais Darcísio Perondi e Eliseu Padilha. Todos fizeram questão de gravar mensagens de apoio à candidatura de José Erli e Rosilda Freitas

Ministro das Cidades declara apoio a Otomar Vivian Lorenzo Stefani Ass. Col. Olhar para Frente

O Ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, que pertence ao Partido Progressista, gravou esta semana um vídeo de apoio à candidatura de Otomar Vivian (PP), à Prefeitura de Caçapava do Sul. Em seu pronunciamento, Ribeiro pede o voto dos Caçapavanos a Otomar Vivian e diz que o candidato do PP é o melhor nome para administrar Caçapava. Otomar se manifestou contente com a declaração do Ministro e disse que se for eleito precisará muito de Aguinaldo Ribeiro, para encaminhar recursos ao Município. “ Esta manifestação do Ministro demonstra mais uma vez que com o nosso trânsito político podemos ajudar muito Caçapava”, disse Otomar Vivian A declaração na íntegra do Ministro você pode acompanhar no site da coligação, www.otomarprefeito.com.br e nos programas eleitorais de rádio da próxima semana.

Schirmer fez questão de destacar a amizade que ele possui com José Erli: “ele é um amigo e o que precisar pode contar comigo!”. Ibsen Pinheiro destacou a trajetória política de Rosilda Freitas: “uma mulher de fibra que já foi presidente da Câmara e terá muito para contribuir com o futuro de Caçapava”. Na hora do vice-presidente, Michel Temer, fa-

vel entender como a relação com os candidatos a prefeito e vice é estreita: “o Erli não terá somente as portas abertas de Brasília. Para ele e a Rosilda não existem portas, o acesso é livre!” Cerca de duas mil pessoas participaram do evento de apoio aos candidatos do PMDB que aconteceu no CTG Sentinela da Querência em Santa Maria.

Roque Montagner desfila recebendo apoio e carinho dos cidadãos gabrielenses No domingo,16, um fato surpreendente aconteceu em meio à cada vez mais gigantesca Carreata da Renovação, promovida todos os domingos pela Campanha Renova São Gabriel, Roque e Evandro 13. Nossos militantes e companheiros simpatizantes da frente que vem de encontro com os ideais de mudança ansiados pela população no cenário político gabrielense, foram impedidos pela militância adversária formada por integrantes da Campanha "São Gabriel Não Pode Parar". Um fato jamais visto foi a violência expressada contra a Carreata da Renovação, haja visto, todo fim de semana, aos domingos acontecer, e por diversas vezes ter em seu itinerário o Bairro Bom Fim. Testemunhas do fato e vídeos do facebook, demonstram a atitude raivosa em que a militância do então candidato a reeleição à prefeitura de São Gabriel incitou um grupo de cavalarianos contra os carros batendo com relhos nas latarias e contra os militantes participantes da carreata. Isto, sem falar das atitudes dolosas contra os motociclistas envolvidos com agressões físicas e verbais. Roque e Evandro estiveram prestigiando os eventos da Semana Farroupilha no Parque tradicionalista e receberam de perto o carinho emanado da população gabrielense, que hoje quer a mudança. Visitaram galpões de várias entidades reafirmando suas propostas de valorização à cultura riograndense. No dia 20 de setembro, quinta-feira, marco na história do Rio Grande do Sul, sua formação social e política, Roque Montagner, levantou o povo que assistia o desfile. Gritos de incentivo, apoio à candidatura, aplausos, enfim, o desejo da população pareceu exposto a todos que quisessem ver e estivessem presentes em meio à Praça Fernando Abbott e ruas que faziam parte do roteiro do desfile. Na quarta-feira, Roque e Evandro estiveram reunidos em almoço com Carlos Guedes de Guedes, Presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) em sua visita ao município. Carlos Guedes juntamente com o superintendente do Incra/RS, Roberto Ramos, anunciaram a liberação de R$ 3,2 milhões em crédito para 500 famílias assentadas nos municípios de São Gabriel, Alegrete e Santa Margarida do Sul. Também foi autorizada a contratação emergencial de quatro veículos para transporte escolar. Os carros levarão para a escola 261 crianças de sete assentamentos que estudam em São Gabriel. O investimento é de R$ 180 mil. Desde 2008, segundo dados oficiais, os assentamentos do Incra na região de São Gabriel receberam investimentos de R$ 36 milhões. Mais de 500 famílias serão beneficiadas pelo Incra na região, sendo organizadas em torno das políticas do Plano Brasil Sem Miséria do Governo Federal. Roque e Evandro tem em seu Plano de Governo o compromisso com a geração de emprego e uma melhor qualidade de vida aos cidadãos gabrielenses, em parceria com Dilma e Tarso, trazer investimentos que crie um novo paradigma na política, respeitando seus semelhantes, independente de cores partidárias, classes sociais, credos religiosos ou grupos, sem promoção do ódio ou incentivos à violência. Renova São Gabriel! Por uma política de paz, renova São Gabriel!

Em uma noite agradável, o Bairro Gabrielense recebeu mais uma visita da "caravana do 12", o "mar vermelho" da coligação "São Gabriel Não Pode Parar" (PDT-PTB-PSDB-PSC-PSD-PRBPSDC), na noite de sexta (14). Os candidatos Rossano Gonçalves e Ricardo Coirolo reforçaram os compromissos assumidos perante um público de mais de 2800 pessoas na Rua Aristóteles Vaz de Carvalho. Rossano ressaltou as realizações pela Zona Sul, com a canalização, iluminação e calçamento de várias ruas nos Bairros Gabrielense, Élbio Vargas, Bela Vista, Santa Isabel e arredores, assim como a construção da Escola Municipal Telmo Borba, da Unidade do Nosso Sonho e atualmente, os 300 apartamentos do programa "Minha Casa, Minha Vida", conquistado com determinação junto ao Governo Federal. "Conquistamos tudo isso, e ainda temos obras para realizar pela comunidade, podendo provar o que foi feito. Não podemos trocar o certo pelo duvidoso, somente o Coirolo e eu é que podemos fazer mais por São Gabriel", frisou.


12

Sábado, 22 de setembro de 2012

Vagas para estágio remunerado no Ministério Público A partir de segunda-feira, dia 24 do corrente, estarão abertas as inscrições para o processo seletivo de estagiários(as), na modalidade bolsista e encerram em 15 de outubro. É condição indispensável que os interessados estejam matriculados no curso de Ciências Jurídicas e Sociais ou Direito de instituições de ensino devidamente conveniadas com o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul. A relação completa das instituições de ensino conveniadas encontra-se disponível no local de inscrições e no sítio do Ministério Público na internet ( w w w. m p . r s . g o v. b r / concursos). O candidato deverá estar devidamente inscrito no Cadastro de Pessoas Físicas – CPF, bem como possuir, no mínimo, 16 anos de idade e estar cursando, no mínimo, o

1º semestre do curso, e no máximo, o 9º semestre do curso. Conforme o ofício nº 452/2012 da Promotoria e Justiça de Caçapava do Sul, recebido em 21 de setembro, as inscrições poderão ser feitas na Rua Barão de Caçapava, nº 823, centro, em Caçapava do Sul, na sede da Promotoria de Justiça no horário das 9 às 18 horas. A Promotora de Justiça, Drª Cíntia Foster de Almeida informa ainda que a publicação da homologação das inscrições e divulgação do local de realização das provas será dia 16 de outubro. No dia 17, serão aplicadas as provas e realização das entrevistas. A publicação dos resultados e a classificação final ficaram para o dia 19 de outubro. Este Processo Seletivo destina-se ao preenchimento de 01 (uma) vaga para o turno da manhã e da tarde

junto às Promotorias de Justiça de Caçapava do Sul, bem como à formação de cadastro de reserva para vagas que venham a surgir na vigência deste Processo Seletivo. A carga horária do estágio é de 30 (trinta) horas semanais a ser cumprida nos turnos da manhã e tarde. O valor a ser pago a título de bolsa-auxílio, por hora efetivamente comprovada é de R$ 4,35 (quatro reais e trinta e cinco centavos), acrescido de auxílioalimentação, à razão de R$ 4,57 (quatro reais e cinqüenta e sete centavos) e auxíliotransporte, à razão de R$ 4,90 (quatro reais e noventa centavos), ambos por dia de efetivo exercício do estágio, a serem pagos juntamente com a bolsa-auxílio do período. Mais informações poderão ser obtidas no locar de inscrição indicado acima.

Erramos:

Na edição de número 152 creditamos equivocadamente as fotos. Elas são na realidade de Juliano Porto e não Luciano Porto como foi publicado.

VASCONCELOS IMÓVEIS Venda - Locações - Contratos - Regularizações Parecer quanto ao valor de mercado - Xerox

Creci 15.407 / 32.820 - Rua Benjamin Constant, 735 Fone (55) 3281-2438 - www.imobiliariavasconcelos rs.com.br

IMÓVEIS PARA VENDA

Terreno - R. Arlindo Duarte esquina José F. Pedro Campos, terreno de esquina medindo 13,00m x 30,00m, c/água e luz e asfalto. R$ 59mil Terreno em São Sepé - R. Perceval Brenner, B. Bela Vista, c/375m², região nobre. R$ 40mil Terreno - R. Benjamin Constant, terreno no final da R. Benjamim Constant, R. Paralela terreno medindo 10x30m. R$ 12mil

Casa - R. Rui Barbosa, B. Persa, A: 99m², terreno c/ 280,00m², c/3 dormitórios, sala, varanda, lareira, cozinha, banheiro, churrasqueira e garagem p/3 carros. R$ 90mil Casa de Dois Pisos - R. Ulhoa Cintra, B. Centro, c/3 dormitórios (1 suíte), cozinha, varanda, área de serviço, sala, garagem, tem espaço p/mais dois carros na frente, 3 banheiros, na parte superior estão os quartos, escritório, banheiro e sacada pra frente. R$ 320mil Casa - R. Vereador Eleodoro Garcia Luiz, B. Residencial, A: 115m², c/3 dormitórios, 2 banheiros, sala de estar c/lareira, cozinha c/ revestimento em azulejo, garagem, churrasqueira, sacadas c/vista privilegiadas e pátio murado. R$ 180mil Casa - R. Baltazar de Bem, B. Centro, A: 69,00m², terreno c/275m, c/3 dormitórios, sala, varanda, cozinha e banheiro. Nos fundos possui uma garagem e 1 peça c/24,00m². R$ 110mil Apartamento - R. Riachuelo, B. Centro, A: 76,81, c/2dormitórios, sala c/lareira, cozinha, área de serviço, banheiro, sacada e Box. R$ 128mil Apartamento - R. Arlindo Duarte, B. Centro, A: 40,38m², c/1 dormitório, sala c/ lareira, cozinha/lavanderia, banheiro e Box. 75mil Prédio Comercial- R. do Aterro, Vila Sul, A: 125m², terreno c/220m², Térreo: salão comercial, banheiro, despensa e garagem p/2 carros. Superior: 2 dormitórios, sala, sacada,

Abertas as inscrições para o 2º curso de fotografia. Poucas vagas disponíveis. Garanta a sua! Entre em contato com a Perfil RH (55) 3281 5200 (c/Dionara) Aulas com o jornalista diplomado pela PUC/RS Cleber Ismério

-

Reserve a sua vaga pelo (55) 3281 5091

cozinha, lareira e banheiro. R$ 100mil

Rural - 6,1ha na Aviação, casa de alvenaria, energia elétrica e água encanada, campo semiplano, pouco mato, terra agricultável, partes c/afloração de pedra. R$ 85mil Toada a Propriedade Rural - 300 ha campo localizado em Três Divisas, Rosário do Sul, BR 158, Km 41, bem na placa. Entra a direita a 3,5 Km até a sede. Campo de coxilha leve (campo macio) quase toda arável, barragem com 15ha, casa de alvenaria boa completa, casa para caseiro, estrutura completa para manejo, cercas boas, pouco mato, 2 sangas, luz elétrica; água encanada, esta dividida em 2 áreas, sendo uma com 140ha e outra com 160ha (Arredondada), ver sobre arredondamento (esta sendo negociado o arredondamento para ser entregue a área. Numa eventual negociação, faz um contrato de venda para pagamento na entrega do campo). Distante a 3,5Km da Br 158, e 35 Km de asfalto até a BR 290. R$ 5.500mil/ha IMÓVEIS PARA LOCAÇÃO RESIDENCIAL Kit-net - R. Júlio de Castilhos, B. Centro, sala/cozinha, banheiro, dormitório e terraço. R$ 400,00 IMÓVEIS PARA LOCAÇÃO COMERCIAL Sala Comercial - R. Bento Gonçalves, B. Centro, sala comercial c/60m² e banheiro. Possui Vitrine. R$ 780,00 CONFIRA OUTRAS VASCONCELOS IMÓVEIS

O F E RTA S

NA


Sábado, 22 de setembro de 2012

Ministério Público lança cartilha sobre realização de rodeios Marcelo Marques Para o Jornal da Campanha

A Cartilha de Orientação a Realização de Rodeios Crioulos foi lançada oficialmente nesta terçafeira, 18, durante almoço no piquete da Associação do Ministério Público, no Acampamento Farroupilha em Porto Alegre. Durante o lançamento, o idealizador do trabalho, Promotor de Justiça de Vacaria Luís Augusto Gonçalves Costa e o Presidente da Associação do Ministério Público, Victor Hugo Palmeiro de Azevedo Neto, entregaram a Cartilha para o Presidente do

Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), Erival Bertonlini, e para o VicePresidente da entidade, Paulo Souza. “Vamos chegar em todos os rincões do Estado informando o que diz a lei sobre o trato de animais em rodeios, que é uma manifestação do povo gaúcho. O MP preserva a cultura gaúcha e os animais e nós realizamos esta equação na cartilha”, afirmou Luís Augusto Gonçalves Costa.ACartilha teve origem em acordos assinados pelo MP com o Movimento Tradicionalista Gaúcho, para parceria na fiscalização de

Homem é atropelado na ponte do Cambará

A Polícia Rodoviária Federal de Caçapava do Sul registrou um acidente de trânsito na BR 290 por volta das 19h desta terça-feira, dia 18. Segundo o registro, o fato ocorreu no quilômetro 300 da rodovia, sobre a ponte do Arroio Cambará. O acidente envolveu uma carreta Scania, que trafegava no sentido Porto Alegre-Uruguaiana e um homem que estava montado em um cavalo. Conforme a PRF, momento do acidente a pista estava molhada, com pouca visibilidade. O cavaleiro, que estava sem documento de identificação, sofreu lesões graves e o cavalo morreu na hora. A vítima foi socorrida pela Samu de Caçapava do Sul e levada ao Pronto Socorro Municipal. Em seguida foi encaminhada ao hospital de Cachoeira do Sul. De acordo com o Samu, o homem aparentando 70 anos fraturou a perna, o punho esquerdo e a bacia e teve hemorragia interna. O acidente foi registrado pela PRF de Caçapava.

Tabela de horários de saída da Estação Rodoviária de Caçapava do Sul - RS Bagé-(via Lavras) seg a sáb 09:00 12:45 17:15, domingo 09:00 17:15. Bagé-(via BR) seg. a sáb 9:00 15:00, domingo 16:30 P.Alegre- seg à sex 7:00 10:00 16:30 sábado 10:00 16:30 domingo 16:30 17:00 Sta. Maria- seg a sáb 07:00 09:10 11:25 13:00 16:55 18:00 22:20. Sexta sofre alteração no horário 22:20 para 22:55, domingo 07:00 11:25 17:15 20:00 22:05 22:20 Cachoeira do Sul – seg a sáb 07:00 09:30 14:30 16:30. Domingo 09:30 17:10 São Borja – sexta 22:55 Sta. Rosa – diário 10:30 13:50 Sto. Ângelo – diário 10:30 11:25 13:50. Horizontina – sexta 21:50. Rio grande – seg à sex 02:45 08:40 13:45 14:50 20:40 sábado 13:45 14:50 20:40-(vai até Pelotas) Domingo 08:40 13:45 14:50 20:40. Irai - seg a sáb 03:35 Alegrete - diário 16:30 Uruguaiana – seg a sáb 00:10 Dom Pedrito – domingo 15:45 Santana da Boa Vista – seg a sáb 17:35 www.rodoviariacacapava.com.br

rodeios no Estado. Participaram do lançamento e do almoço o Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Institucionais, Marcelo Dornelles; integrantes do Conselho Superior do Ministério Público, os Procuradores de Justiça Roberto Bandeira Pereira, Gilmar Maroneze, Gilberto Thums, e José Pedro Machado Keunecke; o Promotor de Justiça Júlio Almeida; o Vice-Presidente da AMP/RS, Sérgio Harris, e o integrante do Conselho de Representantes da AMP/ RS Nilson Ubirajara da Rosa Pacheco.

Homem morre após ser atropelado por carro na BR 392

Um homem morreu atropelado na noite deste domingo, dia 16, na região das Caieiras, em Caçapava do Sul. O acidente ocorreu por volta das 20h próximo ao viaduto das BRs 392 e 153. O corpo do homem branco, sem documento de identificação, estava caído no sentido Caçapava do Sul-Santana da Boa Vista. Chovia forte no momento em que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) chegou ao local, acionada pela Brigada Militar, que recebeu a informação pelo telefonema de um motorista que passava pela rodovia. O homem aparentando 50 anos vestia calça jeans azul, cinto marrom, camisa vermelha e uma jaqueta preta de nylon. Ele carregava ainda uma bolsa verde, com roupas, escova e pasta de dentes. Além disso, levava um cobertor amarelo e outro verde. Segundo a PRF, o motorista que atropelou a vítima fugiu do local e não foi identificado. Os policiais rodoviários suspeitam que o veículo possa ser um Passat ou Voyage, por alguns pedaços de uma lanterna de pisca e do para-choque do carro que ficaram no local. O corpo da vítima foi removido pela Funerária Nossa Senhora das Graças ao Instituto Médico Legal de Cachoeira do Sul para necropsia.

13


14 Policia

Sábado, 22 de setembro de 2012

A equipe é formada pela delegada Fabiane Bittencourt, os inspetores Gustavo, Bruno e Igor e a escrivã Geila. Eles participaram da operação Minha Cela, Minha Vida, desencadeada para desarticular um novo esquema de tráfico de drogas, que resultou na prisão de oito pessoas em Cachoeira do Sul. Na ação, a Polícia Civil apreendeu 1,75 quilo de maconha e 621,7 gramas de crack. Dois suspeitos de integrar o esquema estão foragidos e outros dois foram capturados em agosto. Assim, com os oito detidos, são 12 os suspeitos. O responsável pela operação foi o delegado José Antônio Taschetto Mota. O esquema estourado pela Polícia possuiria dois núcleos. Um deles seria chefiado pelo técnico em ótica Fidelis Júnior Machado Filho, o Magnata, 47 anos, que fugiu da Polícia e

Fotos: Jornal do Povo

Policiais de Caçapava prendem acusados de tráfico em Cachoeira

está foragido. O segundo núcleo seria coordenado pelo apenado Evaldo Medina Cardoso, 36. Ele estava no regime semiaberto e sua prisão temporária foi decretada, Medina foi transferido por agentes da Susepe ao regime fechado. O delegado Mota afirma que o Magnata era o fornecedor de cocaína e maconha para usuários das classes média e alta da cidade. “Quando vendia pouco, ele

faturava R$ 500,00 por dia”, afirma Mota. Ele observa que Magnata oferecia para os clientes dois tipos de cocaína, a comum e a escama de peixe, considerada mais pura. Em sua casa, os policiais encontraram resquícios de cocaína e prenderam a sua esposa, Marthiely Meneses Cheiram, 30. Após escapar da Polícia, Magnata teria orientado Marthiely a se desfazer da droga. Na residência

do casal, Mota relata que foram apreendidos apenas 2,85 gramas de cocaína. O delegado Mota afirma que o apenado Evaldo Medina era o chefe do outro núcleo e abastecia pontos de tráfi co nos bairros da zona leste, como Bom Retiro e Tupinambá. Medina cumpre pena por tráfico e até a prisão podia sair para trabalhar e retornar apenas à noite para a cadeia. Um de seus parceiros para a venda de drogas, conforme Mota, era o

mecânico Márcio da Silveira Nunes, 29. A Polícia apreendeu em sua casa 449 gramas de crack. Nunes afirma que não possui envolvimento com o tráfico e assegura que a droga foi enxertada em sua residência pela Polícia. Além dele, a sua esposa, Priscila Moraes Brum, 26, foi detida no Bairro Tupinambá. Operação A investida contra o tráfico reuniu agentes de todas as delegacias de Cachoeira e teve o apoio de policiais de Caçapava do Sul, Novo Cabrais,

Santa Cruz do Sul e Paraíso do Sul para que fossem cumpridos simultaneamente 10

mandados de busca e de prisão contra os suspeitos. A ação Antes de desencadear a Minha Cela, Minha Vida, o delegado José Antônio Taschetto Mota reuniu os 34 agentes e cinco delegados, às 5h, na 2ª Delegacia de Polícia, na Rua Alarico Ribeiro. As equipes foram formadas e receberam os seus alvos. Em seguida, os agentes seguiram para as buscas em 12 viaturas. Pouco depois das 6h, os oito suspeitos haviam sido detidos pela Polícia nos bairros Rio Branco, Tupinambá, Bom Retiro e Centro. Todos foram conduzidos nas viaturas para a 2ª DP, onde foi montada a base da operação, encerrada uma hora depois. O comboio com os detidos partiu para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento para o registro das capturas. Caçapava Todos os mandados que tiveram participação da equipe de Caçapava do Sul tiveram como resultado a apreensão de drogas e prisão de suspeitos.

Policiais civis de Caçapava recebem homenagem da Câmara de Santana A delegada Fabiane Bittencourt, os agentes Bruno Etge, Gustavo Gonçalves, Igor Bachmann receberam na noite do dia 14 de setembro uma moção de louvor pelos serviços prestados ao município. Também foi homenageado o agente Anderson Cardoso da Silva que trabalha em Santana da Boa Vista.


Sรกbado, 22 de setembro de 2012

15


16

Sábado, 22 de setembro de 2012

Sábado, 22 de setembro de 2012 CNPJ 15.896.698/0001-42 Valor R$ 330,00

loin t:sd FoA

Caçapavanos temos nas mãos a importante missão de escolher nossos representantes. Quando formos às urnas temos que ter a consciência de que levamos nas mãos o futuro do município por quatro anos. Eleger corruptos ou despreparados é ser cúmplice do caos político que se encontra o país. Precisamos de representantes capazes de discutir e desenvolver políticas públicas que possam melhorar a vida do cidadão. Se um político é capaz de comprar o teu voto é por que não é digno dele. Sejamos diferentes, sejamos dignos de um governo correto, ético e competente. A mudança começa pelas pessoas que elegem seus representantes. Valoriza teu voto e ajude a construir um futuro melhor para todos!

Fogaça, Alcides Saldanha, Olivio Dutra e Tarso Genro luta pela redemocratização do país. Uma luta de todos vitória do Povo...

Otávio Cesar Antoniazzi Saldanha, sou candidato a vereador sob a legenda do PMDB com o número 15999, da Coligação Juntos Por Caçapava PMDB - PSDB

Caçapava do Sul e Lavras do Sul


Jornal da Campanha