Page 1

1

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Ano 4

Caçapava do Sul - São Gabriel - Santana da Boa Vista - Lavras do Sul - Vila Nova do Sul - Santa Margarida do Sul Maior semanário da Região - Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Nº 171

R$ 1,50

Juíza de Caçapava manda dois para cadeia Um deles, Iron Cesar de Oliveira, 47 anos, é acusado de ameaçar testemunhas e comprometer as investigações de um homicídio. O outro foi detido por ter ameaçado a ex-companheira antes de uma audiência sobre agressões que ele teria feito.

Policial tem carro destruído em frente a própria casa pág.14

Suspeito foge mas descarta droga junto com documentos pág.14

Mineiro no momento que deixava a delegacia de polícia de Caçapava com destino ao presídio

Confira os preparativos para o carnaval na região da Campanha

pág.14

O prefeito de São Gabriel apresenta números e decreta emergência por dívidas pág.11

Rossano contesta afirmações e promete apresentar provas pág.11

Julgamento do pedido de cassação do prefeito Otomar acontece em Caçapava pág.10

pág.13


2

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Informe publicitário Lavras do Sul Hospedaria Santa Vitória A Hospedaria Santa Vitória, localizada na Avenida Coronel Galvão nº 635, em Lavras do Sul conta atualmente com 24 apartamentos. Desde agosto de 2011 oferece aos hóspedes passeios de charrete, internet wireless, ventiladores de teto, TVs e aparelhos de DVDs nos apartamentos. Pensando nos moradores do interior o estabelecimento possui um potreiro para que possam deixar seus animais em segurança. Existe dois tipos de estacionamentos fechado e aberto. São oito tipos de apartamentos à sua escolha. Ampla área de lazer

em torno do prédio, com vista privilegiada. A diária inclui um saboroso e completo café da manhã. Em anexo: Atelier Santa Vitória e Escritório de Arquitetura Arq & UrbB. O crescimento de Lavras fez com que os administradores investissem mais na ampliação da hospedaria. No terceiro andar, que foi reformado, são mais três apartamentos. Não deixe de prestigiar a Hospedaria Santa Vitória, um ambiente simples, porém acolhedor. Informações e reservas pelos telefones: (55) 9115-3165 ou (55) 9987-9680.


Opinião 3

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Cleber Ismério * Ismério*

O valor da vida Otávio Cesar Antoniazzi Saldanha*

O país mais governável do mundo Desde que os governantes brasileiros descobriram, ou criaram a chamada “governabilidade,” o Brasil se tornou o país mais governável do mundo. O sistema consiste em formar uma base aliada o mais ampla possível, para assim evitar surpresas, e em troca o governo apóia todas as demandas deste grupo de políticos das mais variadas cores partidárias. O resultado é um país mais fácil de governar, sem nenhum dos inconvenientes que tanto atrapalham a vida das duas partes: governo e parlamentares. Em governos menos afortunados a oposição se opõe, há a obrigação de prestar contas à opinião pública e outras chateações desta natureza. A base aliada recebe do governo apoio para tudo aquilo que realmente lhe interessa: ocupar cargos rentáveis, receber

benesses para ajudar na vida de amigos e financiadores de campanha, empregar parentes e eleitores, canalizar dinheiro público para seus interesses pessoais e eleitorais e por aí afora. Em compensação o governo recebe dessa “base” a mesma moeda, ou seja, apoio para todas as suas ações sem questionamento, bastando para isto a manutenção “das coisas como estão”. Esse sistema de administração da vida pública nos levou a um dos maiores escândalos da história política brasileira: O chamado “Mensalão”, onde o governo para conseguir apoio no congresso alimentou o maior esquema de corrupção e compra de parlamentares nunca antes visto na história deste país, embora a suposta ignorância total dos fatos pelo então presidente da república.

O fato é que o sistema tem funcionado muito bem até hoje, salvo um ou outro contratempo, os parceiros tem demonstrado uma lealdade impressionante, mesmo quando são pegos com a boca na botija. Os estados e municípios parecem querer repetir este modelo fazendo verdadeiras “saladas de frutas” para formar suas bases de apoio, afinal o modelo é vencedor. A negociação faz parte da vida política, mas querer eliminar sistematicamente a oposição da administração pública em nome de uma “governabilidade” é prejudicial à saúde do estado democrático. Ter a consciência de que estamos todos juntos no mesmo barco não deveria anular nossas diferentes posições políticas. Saber que o progresso da nossa comunidade depende do empenho e colaboração de

todos nós em busca de um objetivo comum, uma sociedade mais justa, não significa que não possamos discordar ao contrário, o debate de ideias e o enfrentamento de alternativas políticas são fundamentais ao nosso desenvolvimento e para corrigir desvios, quando esses ou os tais acontecem. A falta de uma oposição, a ausência de uma opinião crítica e a passividade política servem apenas para tornar a administração pública menos transparente e um campo fértil para a corrupção. A multiplicidade de opiniões, a necessidade de representação de toda sociedade e a manutenção do “Estado de Direito” são obrigações de governos democráticos.

*Produtor Rural e Veterinário

Nos últimos 30 dias, pelo menos oito mortes aconteceram na nossa região. Quatro delas tiveram o envolvimento de arma de fogo. Conhecidos dos que dispararam enumeram justificativas para o ato: ele sofria isso ou aquilo, ele tinha que fazer isso, ele não queria fazer... Para os que perderam entes queridos não há justificativa! Se fosse algum parente seu, caríssimo leitor, haveria justificativa para que morresse? A vida tem preço? Há algo que posso justificar, de fato, para tirar a vida de alguém? Nos anos como profissionais da comunicação nos deparamos com histórias que parecem estar completamente fora da realidade. Em uma oportunidade tive contato com um menino de apenas 10 anos. A sua atividade era assassino profissional: “sô ‘di menor’ e apago uns manés.” Falava o menino que empunhava um revólver calibre 32 muito grande para aquelas diminutas mãos. Ele continuava naquele linguajar do morro: “vô vive só até os 16 memo”. Na hora de falar sobre as suas vítimas ele não demonstrava remorso ou qualquer tipo de sentimento. Não podemos imaginar isso em uma região como a nossa campanha, mas está acontecendo. Não há mais preocupação. Em cada momento corremos o risco de morte em função do despreparo de muitos e da falta de capacidade de outros. Um simples choque no trânsito pode resultar em uma morte. Da mesma maneira que uma discussão entre vizinhos deixou duas vítimas em Caçapava, em nada se justifica a legítima defesa quando há alguma possibilidade de evitar o confronto. Outros dizem: “mas tu está te expondo demais quando coloca isso no jornal.” Não adianta tentar esconder o que é fato. Quando algo acontece não tem como dizer que não houve. Existem alguns lugares que falar ou escrever a verdade pode causar a morte, o Brasil é um desse locais, mas o que adianta viver e esconder de todos o que está realmente acontecendo. Temos um compromisso com a sociedade e disso não podemos fugir. É um texto curto e simples: “Juro exercer a função de jornalista assumindo o compromisso com a verdade e a informação. Atuarei dentro dos princípios universais de justiça e democracia, garantindo principalmente o direito do cidadão à informação. Buscarei o aprimoramento das relações humanas e sociais, através da crítica e análise da sociedade, visando um futuro mais digno e mais justo para todos os cidadãos brasileiros. Assim eu juro”. Pois não podemos dar valor a cumprir com as nossas obrigações. A vida não tem preço e a informação correta também não. Vamos pensar mais antes de agir de forma desproporcional contra alguém. Um disparo não deve nem ser considerado uma solução civilizada. Vamos ter mais respeito para com a vida!

Elver Ubirajara Teixeira*

Família é envolvida por luz estranha Muitos são os relatos semelhantes que tenho recebido nos quase nove anos de elaborações de texto no espaço do turismo e ufoturismo. Esses relatos podem ser acessados no site www.turismocacapavadosul.com.br. Nesse espaço na internet, os leitores terão uma noção do que ocorre no céu caçapavano. Um casal e o filho de nove anos estavam numa região próxima ao famoso Cerro da Angélica, no dia 11 de agosto de 2012, quando às 1h45min sentiram-se envolvidos por uma luz de cor branca e de forte brilho. O fato teve uma duração aproximada de 30 segundos, que pode parecer pouco tempo, mas em circunstânci-

as especiais estes segundos alongam-se. Momentos antes, eles sentiram um forte vento no local e no momento que o cone de luz os envolveu não localizaram o foco da tal luz. Não sentiram medo, mas eles ficaram arrepiados, o que é normal quando ficamos em contato com energias discordantes com nossas vibrações. Noutra ocasião eles presenciaram luzes acima deste cerro. De forma breve este foi o fato. Sigamos observando nosso céu e nossos pensamentos, mentalizando um 2013 de conquistas felizes. *Professor público e ufólogo

Assine o maior semanário da região. Entre em contato pelo fone: (55) 3281 5091

* Jornalista diplomado e sócio fundador do Jornal da Campanha

Integrada PALAVRA MEU SEXTO SENTIDO

ÀS VEZES CÚMPLICE DE MEU SILÊNCIO

COM FREQUÊNCIA TRAIDORA EM INSTANTES DE EMOÇÃO

CARLOS CASSEL carloscassel@farrapo.com.br


4

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Reunião debate abigeato na Região da Campanha Claudio Moreira Para o Jornal da Campanha

O crescimento da incidência do abigeato na Fronteira Oeste e as estratégias de enfrentamento deste tipo de crime foram os temas de encontro realizado pela Regional II da Farsul na sede da Associação Rural de Bagé, no último dia 7 de janeiro. O encontro foi coordenado pelo coordenador da Regional II e vice-presidente da Farsul, Tarso Teixeira, que também é presidente do Sindicato Rural de São Gabriel. A Regional II da Farsul congrega os sindica-

tos e associações rurais de São Gabriel, Sant’Ana do Livramento, Dom Pedrito, Bagé, Caçapava do Sul, Candiota, Lavras do Sul e Sant’Ana da Boa Vista. O encontro teria a presença do Secretário de

Segurança do Estado, Airton Michels, e do comando da Polícia Civil e Brigada Militar, mas segundo a explicação oficial dada pelo Governo, o avião que os traria ao encontro não chegou a tempo. Estiveram

presentes os representantes do Comando Regional de Policiamento Ostensivo e da Delegacia Regional de Polícia Civil, além de delegados de polícia e comandantes de esquadrões da BM nos municípios participantes, e os presidentes de sindicatos rurais de toda a região. O encontro discorreu sobre as estratégias de enfrentamento que o estado vem adotando para combater este crime. “O abigeato não é apenas uma conduta penal criminosa, é um crime que causa prejuízos sociais e eco-

nômicos a todo o estado, permitindo a circulação de carne ilegal no mercado que pode inclusive comprometer a saúde pública”, ressalta Tarso Teixeira. “A incidência crescente do abigeato exige um investimento maior do estado na investigação e repressão. Mais de R$ 1 bilhão por ano é perdido pela economia gaúcha com o abigeato. Um estado com a economia em déficit não pode abrir mão irresponsavelmente dessa receita que escoa através do abigeato”, finaliza.

Pecuaristas devem intensificar controle de verminoses Na região de Fronteira, onde mais se concentra a produção comercial de ovinos, os rebanhos têm apresentado bom estado sanitário e corporal. No entanto, o tempo quente e as constantes chuvas estão oferecendo amplas condições para o desenvolvimento de verminoses, merecendo atenção especial dos pecuaristas no seu

controle. Para lidar com as questões de manejo sanitário os produtores rurais do setor da ovinocultura têm se preocupado cada vez mais em reduzir a baixa produção e rentabilidade dos rebanhos. Com isso, técnicos explicam que é necessário o controle sanitário dos animais e em especial nessa épo-

ca com o controle das verminoses. Outro aspecto que deve ser levado em consideração é quanto ao uso de medicamentos no controle dos parasitos, especialmente relacionados à resistência aos antihelmínticos. Detalhes da produção no RS Os preços da carne ovina estão estabilizados

com o quilograma da carcaça de cordeiro sendo comercializado a R$ 8,00 mais bonificação de 10 a 15%, para carcaças com mais de 12 kg e menos de 20 kg. Está havendo redução na comercialização de animais, havendo também a importação do Uruguai de animais vivos para abate. (Fonte: Emater/ ASCAR-RS)

Indicadores econômicos – Agronegócio Acompanhamento de preços recebidos pelos produtores - RS Produtos unidade - preços em R$: mínimo Arroz em Casca (50 Kg) 34,50 Feijão (60 Kg) 90,00 Milho (60 Kg) 26,00 Soja (60 Kg) 60,00 Trigo (60 Kg) 30,00 *Boi para Abate (Kg vivo) 3,15 *Cordeiro para Abate (Kg vivo) 3,20 *Vaca para Abate (Kg vivo) 2,80

médio 35,46 110,58 28,04 63,32 33,04 3,21 3,71 2,89

máximo 36,50 132,00 31,00 68,00 43,00 3,30 4,30 3,00

[*valores com prazo de pagamento de 20 a 30 dias] Fonte: EMATER ASCAR

Preços pagos aos agricultores e pecuaristas na região Sul Ovelha - preços variando entre R$ 3,50 e R$ 4,00 por kg/vivo. Capão - preços variando entre R$ 3,50 e R$ 4,00 por kg/vivo. Cordeiro - preços variando entre R$ 3,40 e R$ 4,50 por kg/vivo. Lã Merina - R$ 10,12 por kg. Idea (prima A) l - R$ 8,00 por kg. Lã Corriedale (Cruza 1) - R$ 5,45 por kg. Lã Corriedale (Cruza 2) - R$ 5,11 por kg.

Coxilha São José Gislaine Madeira São Gabriel: Jojo Andréa Rodrigues (55) 8414 6579 Santana da Boa Vista: Ana Paula Lavras do Sul: Adilson Seixas (55) 9902 0605 - (55) 9103 0606 Impressão Gráfica Grupo CG (51) 3043 2310

Congresso Nacional um ninho de contraventores Brasil, um país que precisa crescer para gerar emprego e renda, que busca atrair investimentos externos, que anseia por melhores resultados econômicos têm um entrave do tamanho desse país, o Congresso Nacional. Local com seus políticos vorazes por vantagens, que vendem a alma para subtrair ganhos financeiros, como matilhas de lobos se juntam para corromper tudo o que encontram pela frente. Muitos entram pobres e saem ricos ao final do mandato. Nesse rol alguns poucos, muitos poucos escapam, porém com restrições, pois mesmo sabendo de tanta corrupção no poder silenciam por medo ou covardia. O povo não aguenta mais tanta roubalheira nas esferas públicas. São prefeitos, governadores, deputados e senadores e até mesmo a presidência da república entra nessa lista. E não me venham com essa de defender pessoas que chegam lá pobres como o presidente Lula e saem ricas, tendo filhos que antes ganhavam pouco mais de um salário mínimo e agora são donos de fazendas que valem milhões. Pior de tudo é que são esses cidadãos que criam as leis. Imaginem que leis eles criam, claro que legislam sempre em causa própria. Uma possibilidade de moralização seria o Supremo Tribunal Federal partir para punição severa dos contraventores políticos através de prisão com o confisco dos bens pessoais. Ainda com a cassação e impossibilidade de jamais poderem voltar à vida pública. No fato recente de cassação dos deputados votados pelo STF sobrou corporativismo em favor dos congressistas larápios como fez o presidente do Congresso Nacional Marco Maia (PT). O presidente da Câmara refutou a interferência do STF no Congresso Nacional. Maia em conluio com os condenados rejeitou a sentença de condenação alegando que isso é atributo do congresso, ou seja, que ninguém de fora deve julgar seus atos. Demonstrando, assim, que pensam estar acima da lei para exigir tal coisa. Não quero ser cruel, mas roubar dinheiro público ou usar o poder para ganhar dinheiro deveria ser considerado crime hediondo, com pena de no mínimo prisão perpétua para não falar em pena de morte, pois esses bandidos no poder roubam recursos que poderiam salvar milhares de pessoas que sofrem e morrem nas filas do SUS. Eles são indiretamente responsáveis pelas mortes desses cidadãos. O Congresso Nacional é um ‘sumidor’ de dinheiro público, pois os recursos retirados do povo passam pelas vielas do poder e lá somem sem deixar rastros. *Economista/professor universitário Consultor em Gestão Empresarial

Expediente Jornal da Campanha Editor Cleber Ismério MTb/SP 24.635 (55) 9651 4114/ (55) 9147 3865 Repórter fotográfica Marieli Zago Edição de Arte Cléber de Oliveira e Marieta M. Zago Reportagens Viviane Ilha - MTb/RS 15.409 (55) 3281 50 91 Recursos Humanos Perfil RH

Eraldo V asconcelos de Souza*

Circulação: Caçapava do Sul, Lavras do Sul, Santana da Boa Vista, Santa Margarida do Sul, São Gabriel e Vila Nova do Sul Os textos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores. Tiragem 2.000 exemplares Jornal da Campanha Ltda. CNPJ: 11.305.361/0001-62

E-mail para envio de matérias e fotos: redacao@jornaldacampanha.com.br E-mail para envio de anúncios: comercial@jornaldacampanha.com.br Sede: Rua XV de Novembro, 519 - sala 3. Caçapava do Sul - RS (55) 3281 5091

Fechamento publicitário para as edições até a terça-feira que antecede a publicação do anúncio www.jornaldacampanha.webnode.com.br


5

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Daniel Miranda Para o Jornal da Campanha

Os vereadores Boca (PT) e Marquinhos Vivian (PMDB) receberam uma denúncia dos moradores da localidade do Patronato sobre um depósito clandestino de lixo, localizado atrás da escola Patrício Dias Ferreira. Na quarta-feira, dia 8,

os vereadores foram até o local para conferir o assunto e verificaram que realmente havia muito lixo no local. São restos de construção, eletrodomésticos e lixo orgânico que podem contaminar o meio ambiente. Segundo o vereador Boca, isso é um grande problema ambiental. “Precisamos averiguar se

a prefeitura tinha licença para depositar estes dejetos no local,” disse. Para o vereador Marquinhos, isso mostra o descaso do governo passado em relação ao meio ambiente e a saúde dos moradores da região. Marquinhos considera isso um crime ambiental. Nesta segunda-feira, dia 14, os vereadores en-

traram com um pedido de providências ao Poder Executivo para os técnicos do meio ambiente verificarem o local e retirarem os dejetos colocados indevidamente e que sejam levados para o aterro sanitário do município, evitando assim a proliferação de doenças e a contaminação do solo e das águas da região.

Foto: Daniel Miranda

Vereadores recebem denúncia sobre depósito de lixo clandestino em Caçapava do Sul

Vereadores Boca e Marquinhos Vivian verificaram o lixo jogado no terreno atrás do Patronato

Apicultores de São Gabriel contam Intempéries causam queda na safra com nova emenda do deputado Afonso de trigo no Rio Grande do Sul 2.741.716 toneladas. nico da Emater/RS, Hamm para Casa do Mel Para o presidente da Gervásio Paulus, em que Júlio Fiori Para o Jornal da Campanha

Assessoria Afonso Hamm Para o Jornal da Campanha

A Casa do Mel de São Gabriel está prestes a receber equipamentos. A concretização é da Associação dos Apicultores do município que reivindicaram ao deputado federal Afonso Hamm (PP-RS) mais uma emenda parlamentar. O deputado foi autor da proposta para construção da Casa do Mel, quando indicou no Orçamento Geral da União de 2009, o valor de R$ 100 mil para obra. Após a construção do espaço, agora é a vez de equipar o local para dar continuidade a este importante segmento produtivo no município, que é a apicultura. Hamm informa que após gestões junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário, foi autorizado o Empenho da emenda que indicou no Orçamento Geral da União de 2012, no valor de R$ 100.000,00. Os recursos serão destinados para a aquisição de equipamentos para beneficiar a Casa do Mel. A rei-

vindicação dessas emendas partiu do apicultor João Gualtério da Rosa Morrudo, que atualmente é secretário da Associação,

hoje presidida por João Gualtério da Rosa Morrudo e tem como diretora também Jussara de Assis Brasil.

Confira quais são os equipamentos para a Casa do Mel: Microcomputadores, impressoras laser multifuncionais, estabilizadores, carro de plataforma com pneumático 600kg chapa aço, cadeiras giratórias, mesas tipo escrivaninha, arquivo de aço, carros para tambores com pneumático, guincho de coluna elétrico para carregamento de tambores monofásico capacidade 500kg, balança pesadora mecânica de plataforma até 500kg, lavajato elétrico portátil, refratômetro para mel, colorimetro (analizador portátil) para mel, tanques para higienização de materiais em aço inox com torneira inox 50x40, mesa para manipulação de mel em aço inox, desoperculador elétrico em inox, baldes coletores de mel em inox 304 com peneira malha 8, capacidade 25kg, tanque homogenizador de mel em aço inox, revestimento térmico, aquecimento elétrico monofásico, isolamento e controle de temperatura, com visor de nível e misturador lento capacidade 600kg, conjunto de bomba com filtro para 700kg por hora em aço inox 304 padrão para alimentos com motor monofásico e com 12 mt de mangueira de alta pressão.

Geadas tardias, vendavais e chuvas constantes, ocorridos principalmente nas fases de floração e formação da cultura do trigo, foram os principais responsáveis pela significativa queda na produção da safra 2012 do cereal no Rio Grande do Sul, conforme informações repassadas pelo diretor técnico da Emater/RS, Gervásio Paulus, e pelo chefe-geral da Embrapa Trigo, Sérgio Dotto, na última quinta-feira (10). Conforme os números divulgados pela Emater/ RS-Ascar, apesar do aumento de 5,54% da área cultivada na safra 2012, que passou de 932.390 hectares para 984.084 hectares, a produtividade das lavouras sofreu reduções significativas em importantes regiões produtoras. Em relação à produção, o Rio Grande do Sul deve colher 1.883.898 toneladas, o que representa 31,29% a menos do que a safra passada, quando foram colhidos

Emater/RS, Lino De David, um dos principais gargalos enfrentados pelos triticultores gaúchos já foi superado. “A comercialização deixou de representar um problema para os produtores, graças à abertura de novos mercados”, frisou. Outro aspecto destacado durante a avaliação da safra foi a significativa perda na qualidade dos grãos da safra 2012, com o produto colhido não atingindo, em muitos casos, os índices mínimos requeridos para efeito de industrialização. “As geadas prejudicaram a fisiologia das plantas”, explicou o chefe-geral da Embrapa Trigo, Sérgio Dotto. Segundo o diretor téc-

pese a queda na produção gaúcha, o trigo continua sendo a principal alternativa econômica de inverno para os triticultores do Estado. “Além de o cereal ser uma excelente opção de cobertura do solo e para a rotação de cultura, os produtores podem aproveitar o mesmo maquinário utilizado nas culturas de verão”, explica. Outra vantagem, conforme Paulus são os preços praticados atualmente. “Considerando-se a média histórica das cotações corrigidas, o preço da saca de 50 kg está em R$ 33,04, contra R$ 26,08 registrado no mesmo período do ano passado, e R$ 28,35 na média histórica”, destaca.


7

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Minas Fest Verão agita o final de semana em Caçapava do Sul Viviane Ilha Da Redação

Nos dias 18, 19 e 20 de janeiro em Minas do Camaquã, acontece o maior evento da estação mais quente do ano. Com uma programação que oferece diversas atrações turísticas, de lazer, esportes e diversão. Na sexta-feira (18), o Beer Fest e no sábado (19) o Baile do Chopp com dois ambientes prometem agitar as noite do Minas Fest. O evento terá provas de velocidade e agilidade com Cross Country, futebol e vôlei de areia, além da aventura do rapel e das escaladas e o Mountain Bike. Durante essa edição do Minas Fest será realizado o 28º Rodeio Regional organizado pelo CTG Ronda Crioula, de Minas do Camaquã.

,

A 3ª edição do Minas Fest Verão é organizado pelo Site TNT em parce-

ria com empresas locais e tem apoio do Jornal da Campanha e da Secultur

– Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Caçapava do Sul. Segun-

Confira a Programação SEXTA-FEIRA (18/01) 16h30 - RODEIO: Esquenta braço - Credenciamento de entidades até 24h 19h30 - Partida de Ônibus LINHA1 do SiteTNT (Valor R$ 15,00 ida e volta) 22h - Beer Fest com DJs e VJs do SiteTNT [Ceva em dose dupla até a 1h] SÁBADO (19/01) 08h - RODEIO: Abertura Oficial - Logo após 2 armadas Laço Equipe - Logo após 2ª Classif. laço Dupla 13h - Partida de ônibus LINHA2 do SiteTNT (Valor R$ 15,00 ida e volta) 13h30 - RODEIO: Recuperação de armadas - Logo após Laço Equipe 2 armadas - Logo após 2ª Classif. laço Dupla - Logo após 1ª Classif. laço Trio 14h - Início Futebol e Vôlei na 'prainha' 14h - Rapel e Escalada na 'prainha' 14h - Início Mountain Bike 15h - Início Cross Country 20h - Abertura Oficial e Premiação no lonão 21h - Partida de Ônibus LINHA3 do SiteTNT (Valor R$ 15,00 ida e volta) 23h - Baile do Chopp em dois ambientes: - Cine Rodeio: Banda Estrela Musical - Lonão: Nilo e Lenin e Só Pra Ti Vê

do os organizadores o evento acontece em um dos mais importantes pon-

tos turísticos de Caçapava do Sul e busca resgatar a história do local.

DOMINGO (20/01) 06h - Retorno de ônibus LINHA3 do Cine Rodeio 08h - RODEIO: Laço Equipe 2 armadas - Logo após 3º Classif. laço Dupla - Logo após 2ª Classif. e Final laço Trio Ao meio dia venda de churrasco próximo ao Cine Rodeio Durante a tarde som automotivo na 'prainha' 14h - RODEIO: Final laço Dupla, Equipe e Individual 20h - Retorno das LINHAS 1 e 2 do Cine Rodeio

Mais Informações: www.minasfest.sitetnt.com Outras informações: Responsável Ônibus: Vaguinho (55) 96125893 Responsável Vôlei: Rodrigo (55) 99680731 Responsável Futebol: Dener (55) 99159936 Responsável Cross Country: Jarbas (55) 99786620 Responsável Mountain Bike: Jorny (55) 99895167 Responsável Rodeio: Patrão CTG (55) 96155093 Responsável Rapel/Escalada: Iuberê (55) 96436472


7

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Minas Fest Verão agita o final de semana em Caçapava do Sul Viviane Ilha Da Redação

Nos dias 18, 19 e 20 de janeiro em Minas do Camaquã, acontece o maior evento da estação mais quente do ano. Com uma programação que oferece diversas atrações turísticas, de lazer, esportes e diversão. Na sexta-feira (18), o Beer Fest e no sábado (19) o Baile do Chopp com dois ambientes prometem agitar as noite do Minas Fest. O evento terá provas de velocidade e agilidade com Cross Country, futebol e vôlei de areia, além da aventura do rapel e das escaladas e o Mountain Bike. Durante essa edição do Minas Fest será realizado o 28º Rodeio Regional organizado pelo CTG Ronda Crioula, de Minas do Camaquã.

,

A 3ª edição do Minas Fest Verão é organizado pelo Site TNT em parce-

ria com empresas locais e tem apoio do Jornal da Campanha e da Secultur

– Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Caçapava do Sul. Segun-

Confira a Programação SEXTA-FEIRA (18/01) 16h30 - RODEIO: Esquenta braço - Credenciamento de entidades até 24h 19h30 - Partida de Ônibus LINHA1 do SiteTNT (Valor R$ 15,00 ida e volta) 22h - Beer Fest com DJs e VJs do SiteTNT [Ceva em dose dupla até a 1h] SÁBADO (19/01) 08h - RODEIO: Abertura Oficial - Logo após 2 armadas Laço Equipe - Logo após 2ª Classif. laço Dupla 13h - Partida de ônibus LINHA2 do SiteTNT (Valor R$ 15,00 ida e volta) 13h30 - RODEIO: Recuperação de armadas - Logo após Laço Equipe 2 armadas - Logo após 2ª Classif. laço Dupla - Logo após 1ª Classif. laço Trio 14h - Início Futebol e Vôlei na 'prainha' 14h - Rapel e Escalada na 'prainha' 14h - Início Mountain Bike 15h - Início Cross Country 20h - Abertura Oficial e Premiação no lonão 21h - Partida de Ônibus LINHA3 do SiteTNT (Valor R$ 15,00 ida e volta) 23h - Baile do Chopp em dois ambientes: - Cine Rodeio: Banda Estrela Musical - Lonão: Nilo e Lenin e Só Pra Ti Vê

do os organizadores o evento acontece em um dos mais importantes pon-

tos turísticos de Caçapava do Sul e busca resgatar a história do local.

DOMINGO (20/01) 06h - Retorno de ônibus LINHA3 do Cine Rodeio 08h - RODEIO: Laço Equipe 2 armadas - Logo após 3º Classif. laço Dupla - Logo após 2ª Classif. e Final laço Trio Ao meio dia venda de churrasco próximo ao Cine Rodeio Durante a tarde som automotivo na 'prainha' 14h - RODEIO: Final laço Dupla, Equipe e Individual 20h - Retorno das LINHAS 1 e 2 do Cine Rodeio

Mais Informações: www.minasfest.sitetnt.com Outras informações: Responsável Ônibus: Vaguinho (55) 96125893 Responsável Vôlei: Rodrigo (55) 99680731 Responsável Futebol: Dener (55) 99159936 Responsável Cross Country: Jarbas (55) 99786620 Responsável Mountain Bike: Jorny (55) 99895167 Responsável Rodeio: Patrão CTG (55) 96155093 Responsável Rapel/Escalada: Iuberê (55) 96436472


8

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Viviane Ilha Da Redação

Em 2013 o projeto experimental do cultivo de maçãs em Caçapava do Sul produziu 250 quilos da fruta. O projeto é por intermédio de uma parceria do agricultor Armindo Carlos Born (Gringo) e a Prefeitura de Caçapava do Sul, em uma área do Patronato. O agricultor começou a colheita em 7 de janeiro. A partir de 2014, o que for produzido no pomar terá uma parte distribuída à alimentação escolar, 20% das frutas colhidas serão utilizadas pelo Departamento de Alimentação Escolar da Secretaria de Educação do Município (SEDUC). “O mais importante é que após um ano e quatro meses do primeiro plantio das mudas e de enfrentarmos a estiagem do verão passado, o projeto foi adiante e com muita dedicação e trabalho conseguimos superar as dificuldades”, conta o agricultor que encara com entusiasmo a primeira produção das macieiras. O produtor rural é oriundo da agricultura familiar e trabalha com apoio de um filho e mais dois ajudantes. Ele conta que desde que chegou ao município há cerca de vinte anos vem trabalhando no campo e o cultivo da maçã, segundo Born, é uma das culturas mais promissoras na fruticultura para produtores da agricultura familiar no Município. Armindo Born comemora os resultados iniciais e destaca: “É uma realidade, não é mais uma aventura”.

Sistema de produção no Patronato No começo de fevereiro, as macieiras no Patronato passam pelo sistema da poda verde, que é recomendado quando são plantadas mais de 1.200 mudas por hectare. O agricultor Armindo Born fez uma demonstração da poda verde que consiste eliminar os ramos na base das plantas com excesso de crescimento vegetativo, para, assim, favorecer a entrada de luz

Born explicou como funciona o uso da palhada que serve para aumentar os teores de matéria orgânica, de infiltração de água e a reciclagem de nutrientes, além de aumentar a capacidade de armazenamento dos nutrientes do solo, onde estão cultivadas as maçãs e os pêssegos. No local ainda são cultivados pelo agricultor, abóbora, milho e verduras que também tem uma parte destinada ao Departamento de Alimentação

Fotos: Cleber Ismério

Cultivo de maçãs em Caçapava do Sul já é uma realidade que produz frutos

Caçapava do Sul, em Arroio do Padre, na propriedade dos Irmãos Behling que já é referência em todo o Estado. O produtor Wilson Behling, que forneceu as mudas, durante esse período presta orientações ao produtor caçapavano. Quando foi anunciado o projeto experimental a Prefeitura, através da Secretaria de Agrope-

no interior da planta. Outro método que vem sendo testado pelo agricultor nas macieiras, para o manejo do solo, é o uso da palhada. O mesmo sistema vem sendo utilizado nos pessegueiros. Na tarde da segunda-feira (14),

Escolar da SEDUC. Início do Projeto Experimental em Caçapava do Sul Em 2011 foi dado início ao projeto experimental do cultivo de maçãs em Caçapava do Sul. O primeiro plantio foi em setembro e em 2012 o pomar totalizou 4.500 mudas, em uma área de aproximadamente 2,5 hectares. As variedades cultivadas no Patronato são gala e princesa (que é polinizadora do pomar). O agricultor explica que as mudas foram adquiridas pela Prefeitura e são provenientes de uma região com características muito próximas ao clima de

cuária, Indústria e Comércio (Seagropic), divulgou na época que o projeto servirá de base para que os produtores percebam que o cultivo das macieiras pode ser viável no município. Para a continuidade do projeto, o agricultor conta com incentivo de técnicos que visitaram o local e se entusiasmaram com a iniciativa. “Para 2014, a Embrapa

pretende trazer novidades para o Município, estamos na expectativa” comenta Born. Com a introdução do cultivo de maçãs, um dos principais objetivos do projeto experimental é trazer uma nova possibilidade para Caçapava na fruticultura, sendo esse um projeto de longo prazo, visando o município entrar para a rota da produção de maçã no Estado.


9

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Caçapavana estuda oceanografia em Santa Catarina A caçapavana Glaucia Bonasa Oliveira, 18 anos, cursa atualmente o terceiro semestre de Oceanografia em Itajaí (Santa Catarina). A bolsa na Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALE) veio após a jovem estudante participar do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). A curiosidade por mergulho e animais marinhos foram motivações para a universitária que conheceu o curso após pesquisar sobre o tema e conversar com amigos e familiares. Glaucia ressalta que o curso proporciona 50% de prática e a teoria com base nos estudos das ciências exatas, com pesquisas nas áreas de geologia, biologia, física e química. “Além de aulas em laboratório, realizamos saídas de campo na serra de Santa Catarina. No curso não estudamos somen-

te o mar e animais marinhos como as pessoas imaginam” explicou. A fácil adaptação na cidade portuária e de belas praias foi incentivo para a jovem ir além dos estudos na universidade. Glaucia contou para a reportagem do Jornal da Campanha que buscou fazer um curso de mergulho com uma operadora, em Bombinhas, que também tem instrutores da faculdade. Um dos mergulhos de Glaucia foi na Ilha do Arvoredo, que faz parte de uma reserva biológica situada na costa catarinense, que contém um importante sítio arqueológico. A Reserva Biológica do Arvoredo também é formada por sepultamentos característicos da ocupação humana há quatro mil anos. Já na universidade a estudante conta que existe o Museu Oceano-

gráfico Univali, que reúne coleções excepcionais em diversos grupos

de grande importância científica. Destaque pela maior coleção de

conchas da América Latina, com 88.813 amostras, proporcionan-

do diversas atividades de cunho didático e de pesquisa.


10

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Viviane Ilha Da Redação

A Secretaria de Cultura e Turismo (Secultur) se reuniu com as escolas de samba do município com o objetivo de preparar a festa popular no município. Os detalhes do carnaval foram discutidos com representantes das escolas de Caçapava e de Minas do Camaquã no dia 10. Para a secretária Maria Alice dos Santos, o carnaval de 2013 será uma

grande festa, que terá o apoio de toda a comunidade, contando com a participação das empresas que estarão patrocinando o evento com objetivo de promover o município. O carnaval já começa com a escolha da Rainha, que acontecerá em 25 de janeiro no Ginásio de Esportes Dr. Cyro Carlos de Melo (Melão). O evento é uma parceria com as escolas de samba e blocos. As inscrições podem

São Gabriel define escolha das soberanas e desfiles do Carnaval de 2013 Sandra Lorenz Para o Jornal da Campanha

A Secretaria Municipal de Turismo Cultura Desporto e Lazer (SETUR) de São Gabriel já realizou duas reuniões com os blocos e escolas de samba da cidade para definir detalhes das atividades carnavalescas quanto aos desfiles, escolha das rainhas bem como a ordem das apresentações. As soberanas serão escolhidas no próximo dia 26 de janeiro no Ginásio Plácido de Castro, em horário a ser divulgado. Entre as novidades para esse ano, uma grande atração na segunda noite com a participação da Escola de Samba Estado Maior da Restinga, campeã em Porto Alegre, que abrilhantará o carnaval em São Gabriel. Os desfiles foram definidos da seguinte forma: O Bloco Xibos abre o desfile da primeira noite (09), seguido pelo Bloco União da Ilha, Bambas, Leão de Ouro, Milionários e encerrando o desfile dos blocos, o Diretoria.

A segunda noite de folia também é por conta dos blocos. Desfilam no domingo (10), pela ordem, o Bloco Santa Cruz, Cohabêbados, Kizueira, Unidos de Vila Mariana, JUPOB, e logo, o tradicional desfile do Bloco da Geni. Na segunda feira, terceira noite, as Escolas de Samba serão as responsáveis pela alegria na praça. Abre o desfile a Escola de Samba Amor de Carnaval, seguida pela Escola Filhos de Olodum, Imperatriz Dona Maria, Império da Zona Norte e encerrando com a Escola de Samba Filhos da Lua. O desfile das campeãs será a atração da última noite de carnaval, segundo a Secretária Denise Lisoski, as reuniões com as entidades participantes do carnaval aconteceram em clima de harmonia. “Todas as representações, tanto dos blocos como das escolas demonstraram boa vontade, as reuniões aconteceram com diálogo aberto. Ouvimos sugestões e estamos traba-

ser realizadas no quiosque na Secultur. A 1ª Escola de Samba Permanente, formada por três escolas (Unidos da São João, Mocidade Amigos do Samba e Sociedade Recreativa Cultural Estrela do Mar), a Escola de Samba Unidos da Vila Sul, além dos blocos carnavalescos são os atores que a cada ano vem solidificando em Caçapava uma das manifestações culturais mais populares do país.

Foto: Viviane Ilha

Começam os preparativos para o carnaval em Caçapava do Sul

Lavras do Sul elege Corte Municipal do Carnaval Os preparativos para o carnaval na região já iniciaram e em Lavras do Sul Reis e Rainhas da corte municipal já estão definidos. A escolha foi em 5 de janeiro, em um evento realizado no Ginásio Fernando Pelizzer Teixeira. A realização é da Secretaria Municipal de Turismo (SECTUR) em parceria com os blocos lhando para que a festa de momo de 2013 seja uma grande alegria para a comunidade gabrielense.”, finalizou a Secretária. A comissão organizadora da SETUR informa que até o momento, nenhum bloco oficializou a não participação no desfile, sendo que, se isto vier a acontecer, não haverá alteração na ordem de apresentação das entidades. A Escola ‘Vai Mesmo’ foi a única a comunicar ausência no carnaval deste ano. O começo dos desfiles da primeira a última noite está previsto para as 21h na Rua General Mallet.

carnavalescos do Município. A corte municipal é formada por rei momo e rainha adulto e infantil. A festa de coroação teve muito samba e baile com a Banda Tropicália. O Carnaval de Lavras do Sul acontece de 08 a 12 de fevereiro e é conhecido como o maior carnaval da metade sul do estado.

A Corte Municipal de 2013 é composta por: Rei Momo infantil: Marcelo Gonçalves Junior (Turma do Ki-Suco); Rainha Infantil: Dhara Gularte Figueiredo (Cem Miséria); Rei Momo adulto: Altamiro – Tio Miroca (VG); Rainha adulta: Brunna Bittencourt (Festeja)


11

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Marcelo Ribeiro Da Redação

Em entrevista coletiva, o prefeito Roque Montagner (PT) apresentou o balanço dos primeiros 15 dias de governo. Montagner anunciou um total de R$ 32 milhões de dívidas, e decretou situação de emergência por 180 dias, suspendendo o pagamento de dívidas com fornecedores. A entrevista aconteceu no gabinete do Palácio Plácido de Castro, na manhã desta quarta (16). Na ocasião, o Prefeito ainda detalhou os números da dívida. Ele informou que há muitos empenhos de materiais a pagar e obras já realizadas, em torno de 11, 6 milhões. "Temos empenhos a pagar em valores descontados dos funcionários para pagamento do IPRESG, INSS e demais fundos de previdência, precatórios não cumpridos e valores que deveriam ser pagos, mas que foram destinados para outras finalidades", frisou. Destes, ele destacou

que estão na dívida total, valores como o empréstimo dos servidores (R$ 1,3 milhão), valores para pagamento de fundos previdenciários (IPRESG, INSS e outros - R$ 1,74 milhões), precatórios compromissados com a Justiça e que não teriam sido pagos (R$ 807 mil), autos de infração de nãorecolhimento de serviços prestados junto ao INSS (R$ 5,4 milhões), IPRESG (R$ 6 milhões), entre outros. O mais polêmico dos anúncios foi em relação aos recursos de aplicação específica e que segundo o prefeito Roque, foram desviados para outras finalidades, no valor de R$ 1,4 milhões. "Todos estes desvios são de apropriação indébita, e o município está inscrito no CADIN e CAUC (cadastros de inadimplência com tributos federais e negativas de crédito), sendo impedidos de receber verbas federais". Ele ainda informou que os

Foto: Marcelo Ribeiro/Caderno 7

Prefeitura de São Gabriel decreta situação de emergência por causa de dívidas

valores que seriam usados para recursos teriam sido usados para folha de pagamento. O Chefe de Gabinete Luis Pires, fez a leitura do Decreto de Emergência, que é válido por 180 dias. Com isso, os pagamentos estão suspensos, bem como novas dívidas, sem a devida autorização do prefeito. Licitações somente serão feitas mediante autorização de uma Comissão de Avaliação Econômica, formada a partir do decreto. Ainda foi assinado um Decreto de Utilidade Pública, tornando a área da

chamada Chácara Juca Tigre (onde está situada a Sanga da Bica e o Monumento a Sepé Tiaraju) para a construção de um complexo turístico em homenagem ao líder missioneiro. O projeto resgata uma pretensão anterior, onde a ideia surgiu no governo Balbo. Roque afirmou que mesmo com esta questão, o carnaval estará mantido. "O povo não pode pagar esta conta, e vamos sim, realizar o carnaval para que possamos garantir o entretenimento à nossa população", afirmou. Perguntado sobre a situação

do projeto de asfaltamento da RS-630, que liga São Gabriel a Dom Pedrito, ele informou que o Deputado Paulo Pimenta (PT) está com um projeto tramitando para a implantação de uma nova rodovia federal, que começaria no norte do estado, ligando Santa Maria a São Gabriel via Pavão e seguindo na estrada estadual. Roque ainda afirmou que foram nomeados somente 50% dos cargos de confiança, "tendo que cortar na carne" para equacionar os problemas financeiros. As prioridades segundo ele são garantir os serviços essenciais da comunidade e o pagamento do funcionalismo em dia embora com atraso. O Procurador Jurídico Guilherme Abib explicou que a decretação de emergência não causará intervenção do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e foi enfático ao dizer que não irá denunciar, mas processar os administradores an-

teriores. "As pessoas estão nos cobrando a questão das creches. O município conta com seis monitoras, e vamos ter de contratar", afirmou. "Priorizou pagar, por exemplo, para advogados terceirizados, R$ 600 mil. E não vimos nenhum retorno ao município", disse o Procurador. Ele foi mais forte na questão do PROESC, no que afirmou que as bolsas não teriam sido pagas. "O sem-vergonha não paga e os alunos estão nos cobrando as bolsas, temos de resolver isso", enfatizando que ajuizará ações de improbidade administrativa contra o exprefeito Rossano Gonçalves. Encerrando a coletiva, o prefeito afirmou que na quinta-feira (17) estará em Porto Alegre, com a finalidade de manter reuniões com os secretários estaduais para obter recursos para São Gabriel, repetindo que "não capina sentado".

Rossano: "Esta novela já vimos. Contesto na íntegra o que disseram e tenho provas" Ouvindo o outro lado da história, como uma imprensa verdadeiramente imparcial, a reportagem conversou com o ex-Prefeito Rossano Gonçalves, no final da tarde de quarta (16), sobre a coletiva do atual Prefeito, Roque Montagner. De forma serena e firme, Rossano foi enfático: a situação repete o ano de 2005, quando o então Prefeito Balbo Teixeira convocou a imprensa para anunciar dívidas e que não foram confirmadas no envio do relatório à Câmara de Vereadores. E alerta: tem como provar que tudo foi deixado em dia, além de que sempre pagou as dívidas de seus antecessores sem reclamar. Rossano contesta os números apresentados, afirmando que tudo é resultado de uma sucessão de erros feita pela nova gestão. "O Balbo (ex-prefeito) fez a mesma coisa em 2005, e quando o relatório da gestão foi encaminhado para

a Câmara, tudo se mostrou um equívoco de interpretação de débitos", lamentando que tudo é jogado à comunidade como se fosse verdade. "A desinformação de assessores e a raiva de alguns fazem com que inverdades sejam ditas. Terão que provar tudo isso que foi anunciado", sentenciou. Ele explicou que os recursos que não foram liberados, foram sequestrados pela Justiça para pagamento de precatórios, mas que estariam liberados por que foram pagos. "Pagamos R$ 2 milhões destes recursos", informando que as dívidas anunciadas foram atribuídas a dívidas históricas, como INSS e PASEP. "Os empenhos não-liquidados foram estornados, conforme determinação aos setores competentes, no final de nosso mandato", salientando que a medida de moratória burla a lei. "O atual Prefeito é tão mal-assessorado a ponto de decretar esta situação para de-

safiar a lei e contratar sem licitação", disse. Rossano ainda achou estranho o fato de não terem sido mencionadas as receitas que virão nos três primeiros meses de 2013. "Eles esqueceram de dizer o quanto tinha e o quanto tem em caixa, de forma correta?", questiona. Ele frisa que há uma previsão de receita na ordem de R$ 24 milhões - R$ 8 milhões em janeiro, R$ 6 milhões em fevereiro e R$ 10 milhões em março. E diante das acusações, o ex-Prefeito encaminhará um ofício ao Tribunal de Contas do Estado para fazer uma inspeção extraordinária nas contas da Prefeitura. "O Ministério Público, sempre vigilante e atuante, deverá agir contra essa afronta às leis. Aliás, apresentamos um grande diferencial que é pagar as contas no começo de mandato. Não há um fornecedor de Governos anteriores que diga que não quitamos as dívidas. Quem assume o Poder Público, tem que

ter o senso de responsabilidade e que assume ônus e bônus", afirmando que trabalhava diariamente para sanar os problemas. "Com todos os problemas que tivemos, entregamos a Prefeitura com as contas pagas, o funcionalismo em dia, obras realizadas, empenhadas e em andamento. Soubemos trabalhar com as dívidas, e acha-

Foto: Marcelo Ribeiro/Caderno 7

Marcelo Ribeiro Da Redação

mos tudo muito estranho diante das alegações. E o povo tem direito de saber a verdade, por que é ele que paga os governantes. A verdade aparecerá nos próximos dias, quando o relatório for enviado à Câmara", afirmou. Finalizando, Rossano lamenta a postura de pessoas com função pública que "não deveria estar ocu-

pando cargos de alta responsabilidade. É algo próprio de gente baixa, de má índole e despreparada, infelizmente. O Prefeito tem que ter as rédeas na mão, não deixar na mão de raivosos", concluindo que o município tem um orçamento - estimado em mais de R$ 140 milhões - onde é possível atender a comunidade sem prejuízo algum.


12

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

VASCONCELOS IMÓVEIS Venda - Locações - Contratos - Regularizações Parecer quanto ao valor de mercado - Xerox

Creci 15.407 / 32.820 - Rua Benjamin Constant, 735 Fone (55) 3281-2438 - www.imobiliariavasconcelos rs.com.br

Terreno - R. Do Arvoredo, B. Henriques. Terreno medindo 11,00m x 27,87m x 27,99m x 11,00, totalizando 307,00m², com águia e luz, rua de chão e inclinação plano. R$ 7mil

IMÓVEIS PARA VENDA Casa - R. Jacinto de Sá, B. Nsa. Srª de Fátima, A: 162m², terreno c/245m², c/2 dormitórios, sala de estar, cozinha, banheiro, garagem, mais 2º piso c/1 peça e despensa. Nos fundos 2 peças, sendo 1 c/banheiro. R$ 98mil Casa - Av. Waldemar Seixas, B. São Judas, A: 96m², terreno c/91m², c/2 dormitórios, sala/ cozinha, banheiro, despensa e garagem. R$ 95mil Casa (divida em 3 aptos) - R. Mario Medeiros/Rua Piauí e Av. Waldemar Seixas, B. São Judas, 1ª apto: c/3 dormitórios, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e garagem c/churrasqueira. 2ª apto: c/2 dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. 3ª apto: c/3 peças e banheiro. Pátios independentes. R$ 85mil Casa - R. Mario Medeiros, B. São Judas Tadeu, A: 73m², terreno c/230,00m², abaixo da Rede Vivo, c/3 dormitórios, sala, cozinha, banheiro e lavanderia. R$ 80mil

Assine o maior semanário da região. Entre em contato pelo fone: (55) 3281 5091

Terreno - R. Dagoberto Barcelos, B. Floresta, terreno medindo 12mx30m, plano, infra-estrutura na frente. R$ 30mil

Rural - Sítio localizado no Santa Barbara, 4km da cidade, somente asfalto, possui uma casa de alvenaria c/200m² de área construída, c/5 dormitórios, 2 salas c/lareira, 3 banheiros, cozinha, despensa, varanda c/churrasqueira e fogão de chapa. Casa p/caseiro, c/sala e cozinha conjugada c/lareira, 1 dormitório, banheiro, área de serviço e garagem; área para lazer c/2 churrasqueiras, fogão de chapa, mesas distribuídas, iluminação; cruza um riacho aos fundos; quadra de futebol e vôlei; água de vertente e da Corsan; 250 árvores frutíferas c/diversas variedades: horta fechada; canil; toda área c/espaço especifico c/jardim; aquário natural; acesso a casa e outras estruturas c/pavimentação de concreto; eucalipto no ponto de corte; toda iluminada; fácil acesso. Confira! Rural - 6,1ha na Aviação, casa de alvenaria, energia elétrica, água encanada, pouco mato, agricultável. R$ 85mil Toada a Propriedade IMÓVEIS PARA LOCAÇÃO RESIDENCIAL Apartamento - R. Benjamin Constant, B. Centro, c/ 2dormitórios, sala c/sacada, banheiro social, cozinha, área de serviço c/terraço e Box c/vaga p/1carro. Possui Portão eletrônico e interfone. R$ 570,00 Kitnet- R. Borges de Medeiros, B. Centro, c/ 1dormitório, sala/cozinha, banheiro e sacada. R$ 380,00 IMÓVEIS PARA LOCAÇÃO COMERCIAL 02 Salas - R. Benjamin Constant, B. Centro, 2 salas, escritório e banheiro. Confira! R$ 800,00

Terreno - R. Inocêncio Garcia de Melo, B. São Judas Tadeu, c/349m² de área superficial, frente norte, água e luz na frente, projeto de uma resedência aprovado. R$ 20mil

Prédio Comercial - R. Julio de Castilhos, B. Centro, prédio comercial c/loja, banheiro e sobre loja. Próximo ao Calçadão. R$ 750,00

Terreno - R. José K. de Freitas, B. Nsa. Sra. de Fátima, c/271m². R$ 10mil

CONFIRA OUTRAS VASCONCELOS IMÓVEIS

OFERTAS

NA


13

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Acontece a primeira audiência do pedido de cassação do prefeito de Caçapava Otomar Vivian Cléber Ismério Da Redação

A primeira testemunha entrou para audiência no fórum de Caçapava do Sul às 13h52. De um lado os dois advogados contratados pela Coligação Aliança Popular Trabalhista e uma representante. Do outro lado um advogado da empresa Dagoberto Barcelos e outro da Coligação Olhar para Frente. Depois que as três

testemunhas de acusação prestaram depoimento foram chamadas as de defesa. Foram ouvidas ao todo cinco totalizando oito testemunhas. Assistindo a audiência estavam dois representantes da empresa DB, a secretária da Educação de Caçapava Maureli Lopes de Melo, que é ré no caso ao lado da DB e da coligação do prefeito Otomar Vivian. A frente dos trabalhos está a Juíza de Di-

Funcionários em Caçapava recebem 60% da folha de dezembro Em 10 de janeiro, a Prefeitura de Caçapava do Sul creditou na conta dos funcionários públicos municipais 60% da folha salarial relativo ao mês de dezembro de 2012. Os outros 40% do mês de dezembro serão pagos no momento em que a Prefeitura tiver recursos, segundo a assessoria da Prefeitura. “A folha de janeiro será pago em dia porque faz parte da nossa administração, mas a de dezembro foi pago 60% porque não ficaram recursos para o pagamento. Conforme a lei determina, que a cada mudança de gestão fiscal, para deixar restos a pagar é preciso ficar o recurso, mas infelizmente isso não aconteceu”, explicou o Prefeito Otomar Vivian.

Prefeito de São Gabriel entrega orçamento O prefeito Roque Montagner entregou na última semana (10/01) à presidenta da Câmara Municipal de Vereadores Sandra Xarão (PT). O projeto de lei do Executivo que trata do orçamento municipal no valor de R$ 140.741.000,00, a ser executado neste ano. “Precisamos de ajustes no orçamento, pois começamos a gerenciar o Município dentro da economicidade”, destacou Montagner. O prefeito disse que o trabalho preliminar que está sendo feito, não pode ser considerado como uma crítica e apontou: “já estávamos preparados para assumir, inclusive as dificuldades”.

reito Taise Velasquez Lopes. Acompanhando a audiência estava a Promotora Cíntia Foster. Denúncia O pedido de cassação que foi entregue no cartório eleitoral pelo presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Jozé Ivan Menezes Soares. Em nome da coligação União Popular Trabalhista o documento pedia uma "ação de investigação judicial elei-

toral por abuso de poder econômico e político, cumulada com representação por condutas vedadas em período eleitoral". Eles se referem a um evento promovido pela então diretora da Escola Municipal Dagoberto Barcellos, Maureli Lopes de Melo que teria utilizado ônibus escolares para transportar pais e alunos, durante a campanha eleitoral, para um evento promovido dentro da associação

Circuito verão do SESC em São Gabriel O Serviço Social do Comércio (SESC-RS) realiza neste domingo dia 20, a partir das 9 horas, a etapa do Circuito Verão SESC de Esportes, na modalidade de vôlei de dupla. O evento esportivo será na Sede Campestre do Clube Caixeiral, e é organizado pelo Balcão SESC-Senac, que fica no antigo Fórum em São Gabriel. A premiação de medalhas são para os três primeiros colocados (1º, 2º e 3º lugares). Já o campeão em São Gabriel disputa a final estadual em Torres, nos dias 2 e 3 de março. Informações pelo fone (55) 3232-8422 ou na Rua João Manoel, 508. Inscrição R$30,00.

Copa Ouro de Futebol de Areia na Praia do Paredão em Lavras Os times de futebol de areia da região irão se encontrar nos dias 19 e 20 de janeiro na Praia do Paredão em Lavras do Sul. Estará em disputa o título da Copa Ouro 5 x 5 nas categorias Livre, Sub 16 e Feminino. SegundoMaurícioLuongo, um dos organizadores da competição regional, as inscrições são limitadas por categoria e haverá premiação até terceiro lugar. A Praia do Paredão conta

com infraestrutura para acampamento, com churrasqueiras, banheiros e bar, além de cabanas, para quem desejar mais conforto. Mais informações sobre o camping podem ser obtidas pelo telefone (55) 3282 1239 da Secretaria de Turismo. Informações sobre a Copa Ouro pelo número (55) 9185-2085 (Maurício Luongo).(Com informações de Marcelo Marques/Portal Farrapo)

da DB. A justiça eleitoral teria recebido uma denúncia e constatado o abuso apontado. Audiência Foi possível notar que a maioria das testemunhas de acusação não tinham certeza do que afirmavam enquanto que as de defesa estavam, notadamente firmes em suas afirmações. As contradições levaram a defesa da DB a

pedir que fosse feita investigação pelo MP de falso testemunho. A Juíza Taise encaminhou os autos e o pedido para que fosse verificada a veracidade de todos os depoimentos pelo MP. Um gesto que marcou foi o pedido de desculpas do advogado da Coligação Olhar para Frente ao responsável pelo relatório que deu origem ao pedido, Fabio Macedo.

Lavras do Sul: Brigada Militar atende tentativa de furto na campanha Na noite do dia 10 de janeiro, aproximadamente por volta das 23h30min a Brigada Militar frustrou uma tentativa de furto qualificado na área rural de Lavras do Sul. Com a chegada da guarnição de serviço da Brigada Militar formada pelos soldados Leivas, Robson e Furtado, os indivíduos entraram na mata em fuga. Eles deixaram no local dois veículos: um Savero placas IGW 3221 e um Corsa placa IJK

0553. Os policiais encontraram dentro dos automóveis objetos e eletrodomésticos da Fazenda da Luta, de propriedade de Marielva Macedo de Macedo, na localidade do Salso. Acredita-se que os bandidos usaram um pé de cabra para arrombar as portas da residência. Todo o material apreendido, bem como os veículos, foram encaminhados à Delegacia de Polícia local.


14 Polícia

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

A decisão foi da Juíza de Direito de Caçapava do Sul Taise Velasquez Lopes. No mandado de prisão ela destaca: “Visto o requerimento de prisão preventiva formulado pelo Ministério Público.” Iron Cesar de Oliveira, 47 anos, mais conhecido como Mineiro que responde pelo crime de homicídio qualificado e ocultação de cadáver é acusado de estar ameaçando pessoas ligadas ao processo. Relata a juíza Taise: “Mesmo beneficiado com liberdade provisória, persistiu no delinquir (cometendo, agora, em tese, crime de ameaça)”. Segue no texto: “isso demonstra ousadia incomum, e autoriza a prisão cautelar, para garantia da ordem pública”.

Defesa do acusado “Fui pego completamente de surpresa,” relata Iron Cesar de Oliveira. “Fui me apresentar como normalmente faço e me prenderam. Estou tentando provar a minha inocência no caso e agora me prendem,” lamenta Iron. Ele reforça a sua defesa apresentando o que seriam laudos da perícia. Os depoimentos em audiência anteriores ele afirma que uma das testemunhas estaria mentindo. Justamente a que afirma ter dado carona para ele no dia do homicídio. Prisão Quando foi se apresentar no fórun de Caçapava do Sul, na terça-feira, 15 de janeiro, a BM foi informada. “Tinhamos um mandado de prisão e assim que nos informaram que ele estava no fórum seguimos para o local,” destaca o Sargento

Foto: Cléber Ismério

Cléber Ismério Da Redação

Foto: Donizete/Farrapo

Mineiro volta para a cadeia acusado de ameaçar testemunhas e comprometer as investigações sobre homicídio

Carro encontrado na BR 392

Bacini. Acompanhado dos soldados Luiz e Gaspar conseguiram deter Iron. Sem apresentar resistência ele foi conduzido à delegacia de polícia e depois ao presídio de Caçapava do Sul. O caso No dia 28 de maio de

“Isso é represália contra nosso trabalho!” afirma policial que teve o carro depredado em frente a casa O sargento David, da BM de Caçapava do Sul, encontrou, por volta das 6h da manhã encontrou o seu veículo com a porta aberta, pára-brisa trincado, palheta arrancada, som, caixas acústicas e cadeira do bebê furtados. Além disso várias outras marcas de depredação foram encontradas. “Isso é uma maneira de tentar coibir a nossa

ação contra os bandidos. Pois é bom saberem que

isso só vai fazer aumentar a nossa ação,” afirma David.

Oberdan é preso após ameaçar a excompanheira dentro do fórum No início da tarde de terça-feira, 15 de janeiro, Oberdan Oliveira dos Santos foi detido por determinação da juíza Taise Velasquez Lopes. No mandado de prisão Taise relata: “Já que o acusado está d e s c u m p r i n d o reiteradamente as medidas deferidas em proteção a vítima, inclusive procurando obstar o comparecimento desta

na audiência.” O mandado se refere a medida protetiva de urgência em função de violência doméstica e baseada na lei Maria da Penha. Oberdan estaria praticando atos contra a sua ex-companheira. Prisão No próprio fórum, durante a audiência com a ex-companheira, ele teria tentado constranger a vítima. “Eu não fiz nada,

mas ela botou,” comenta Oberdan. A audiência que estava marcada para a terça-feira não aconteceu, em função da ameaça que Oberdan teria feito em frente a juíza. Imediatamente Taise teria determinado que ele fosse detido. Em cumprimento ao mandado de prisão foi acionada a guarnição formada pelo sargento Bacini e os soldados Gaspar e Luiz.

2011 por volta da 0h, na BR 392, km 206, em Santana da Boa Vista o denunciado Iron Cesar de Oliveira, estimulado por uma promessa de recompensa, teria matado Carlos Ari de Freitas. Para tanto usou um revólver que já foi apreendido.

Mineiro no momento que prestava depoimento na DP

Em seguida teria simulado um acidente de trânsi-

to e ateado fogo no carro com a vítima dentro.

Grilo se entrega à polícia depois de tentar fugir e esquecer documento com droga Uma denúncia anônima levou a Brigada Militar de Caçapava do Sul a uma ação que resultou na apreensão de aproximadamente 100g de uma substância semelhante a maconha no dia 10 de janeiro. O entorpecente estaria em posse de Rodrigo dos Santos Alves, mais conhecido como Grilo, que cumpre pena no regime semiaberto no presídio de Santa Maria. A informação dava conta que ele estaria trazendo maconha para distribuição em Caçapava do Sul. Conforme comunicado da assessoria de comunicação da Brigada Militar André Pimentel, na parada de ônibus, em frente à escola Cônego Ortiz, ele teria avistado a guarnição da BM e jogado um pacote fora. Fuga Grilo fugiu para um

matagal abaixo do Asilo Rosinha Borges. Nos dias que se seguiram ele se apresentou à polícia e foi conduzido para Santa Maria. Documento Além da droga foi apreendido um celular, fone de ouvidos e uma carteira de identificação. O documento, além do testemunho dos policiais, deixou claro

a quem a droga apreendida pertencia.


Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

15


16

Ano 4

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Jornal da Campanha  

Edição 171 do Jornal da Campanha