Issuu on Google+

Março 2013 nº 17

- www.portalabm.com.br

Um passeio pelo Canal de Marapendi

Direito de resposta: ABM x A Folha do Bosque Leia página 5

Conheça Valéria Costa, a designer de sapatos que conquistou as famosas


Editorial

Balancete novembro 2012

Quando passamos pelo Bosque Marapendi e vamos até o Canal, já nos sentimos recompensados pela beleza do lugar... sua flora e fauna, mas nem imaginamos o que está por vir. Quando embarcamos numa balsa e navegamos pelas ilhas, é aí que o deslumbramento nos faz ficar aturdidos. Então, vem a pergunta: como pode tanta diversidade ser destruída pelo homem? Logo pensamos que não se pode mais ficar passivo. É preciso tomar um lado e lutar pela despoluição e vida dali. O Jornal da ABM irá publicar uma série de reportagens sobre o Canal de Marapendi, visando a sua despoluição. Valéria Costa, estilista de sapatos, fala ao Jornal da ABM como começou sua carreira e como ficou conhecida no ramo. Notícias ainda sobre transporte e as Curtas mostram fatos que acontecem na região. Interaja com sua associação. Fale conosco através do e-mail sociocultural@portalabm.com.br! Ótima leitura!

Março 2013

Participe

www.portalabm.com.br

2

“Ao pé do ouvido” e “ABM digital”, dois importantes canais de comunicação onde a informação chega a você em primeira mão. Semanalmente é informado aos moradores um resumo dos principais acontecimentos no âmbito da ABM. Cadastre-se em sociocultural@portalabm.com.br e receba informação no seu e-mail.

Diretoria

DISCRIMINAÇÃO DOS RECEBIMENTOS MENSALIDADE DOS CONDOMÍNIOS DOAÇÕES DE TERCEIROS (VIVO / CLARO) RECEBIMENTO DE PUBLICIDADE ( painés, site e Jornal) TRANSPORTE & BOSQUE (SEGUNDAS VIAS DE CARTEIRAS + PROTOCOLOS TRANSPORTE + ESPELHOS) CESSÃO DE ÁREAS ESPORTIVAS E SALÃO NELSON GALLO PARA AULAS E ATIVIDADES ALUGUEL DE CHURRASQUEIRA & ALUGUEL DO SALÃO & SALÃO HENRIQUE CORDEIRO REPASSE DAS CANTINAS E SALÃO DE BELEZA (LUZ, ÁGUA, GÁS E CONDOMÍNIO) RENDIMENTOS S/ APLICAÇÕES FINANCEIRAS + JUROS E MULTAS RECEBIDOS ARRECADAÇÃO DA PISCINA (ADMINISTRAÇÃO DA ABM) BOSQUE SOLIDÁRIO - ABM (I) TOTAL DOS RECEBIMENTOS ............................................................. * DISCRIMINAÇÃO DOS PAGAMENTOS DESPESA COM PESSOAL Salários 44.017,18 Férias Encargos Sociais 21.330,85 RESCISÕES VALE ALIMENTAÇÃO + CAFÉ DA MANHÃ FUNCIONÁRIOS 9.285,31 Vale Transporte 3.145,00 Seguro de Vida + Plano Saúde (SET./OUT.) + Med. Trab. 5.247,39 TOTAL DE DESPESAS COM PESSOAL 83.025,73 CONC. PREST. SERVIÇOS ( luz + água/esgoto + Telefone + gás) SERVIÇOS PRESTADOS MANUTENÇÃO&CONSERVAÇÃO + MAT.LIMPEZA + MAT.EXPEDIENTE DESPESAS BANCÁRIAS VIGILÂNCIA NO BOSQUE SERVIÇO DE LIMPEZA + MANUTENÇÃO DE ÁREAS VERDES CAIXA PEQUENO + DESP. DIVERSAS MANUTENÇÃO DA PISCINA + GÁS ESCOLA DE NATAÇÃO MF 08 PAGAMENTO À PREFEITURA MENSALIDADE + ATRASADOS (58/60) OUTRAS ENTIDADES ( CAM. COMUNITÁRIA + ACIBARRA + BOSQUE SOLIDÁRIO) HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS DESPESA COM COMUNICAÇÃO (JORNAL & SITE) BENS (móveis e utensílios/mat. Informática/outros) DESPESAS COM EVENTOS (Dia das Crianças + Palestra SEBRAE)

R$

R$

5.331,35

(III) SALDO DO MÊS ANTERIOR

R$

282.388,47

CONTA-CORRENTE DISPONÍVEL R$ 115.205,20

253.874,11

83.025,73 25.187,81 5.453,88 4.273,12 301,59 32.196,57 18.615,61 2.133,50 11.800,98 11.621,82 34.912,29 1.186,00 2.488,00 13.657,80 1.130,46 557,60

(II) TOTAL DOS PAGAMENTOS ............................................................. SALDO DO MÊS (I-II)

175.333,68 19.289,35 5.768,00 8.915,83 6.260,42 4.019,00 4.321,95 854,94 28.844,94 266,00

248.542,76 SALDO ATUAL - BANCO ITAÚ APLICAÇÃO R$ 172.514,62 TOTAL FDO. RESERVA R$ 43.888,19 APLICAÇÃO R$ 128.626,43

TOTAL GERAL R$ 287.719,82

Balancete dezembro 2012

Presidente: Lélio A. Barbosa Assessor: Fernando V. Mello Alves Assessor: João Luiz Leite Rabello Vice-Presidente Administrativo: José Rodrigues Lopes Diretor Financeiro: Amaury Bruno Martins Coordenador de Patrimônio: Ítalo Giuseppe Pompeo Coordenador Financeiro: Carlos Afonso Teixeira Vice-Presidente de Esportes: George Khede Diretor de Vôlei/ Basquete: Luiz Júlio Zancopé Vice-Presidente Sociocultural: Ricardo Magalhães Diretora Cultural: Sonia Magalhães Diretora Social: Janete Martins Vice-Presidente de Transporte: Américo José de Araujo Netto Diretor de Fiscalização: Fernando Antônio Diretor Técnico: Paulo Bessa Diretor Relação Cond./Usuário: Hamilton da Silva Ramos Carvalho

Expediente Editor: Paulo Wagner Fotografia: Jorge Souto Arte: Ideiatrip Comunicação e Design - (21) 4101-2248 Projeto gráfico: Renan Pinto Diagramação: Carlos Pereira Revisão: Marilza Bigio Colaboradores: Américo Netto, Ilma Novaes, Sérgio Lima Nascimento, Luahine Mendes, Janete Martins, Fernando Melo Distribuição gratuita Tiragem: 7.000 exemplares

DISCRIMINAÇÃO DOS RECEBIMENTOS MENSALIDADE DOS CONDOMÍNIOS DOAÇÕES DE TERCEIROS (VIVO / CLARO) RECEBIMENTO DE PUBLICIDADE ( painés, site e Jornal) TRANSPORTE & BOSQUE (SEGUNDAS VIAS DE CARTEIRAS + PROTOCOLOS TRANSPORTE + ESPELHOS) CESSÃO DE ÁREAS ESPORTIVAS E SALÃO NELSON GALLO PARA AULAS E ATIVIDADES ALUGUEL DE CHURRASQUEIRA & ALUGUEL DO SALÃO & SALÃO HENRIQUE CORDEIRO REPASSE DAS CANTINAS E SALÃO DE BELEZA (LUZ, ÁGUA, GÁS E CONDOMÍNIO) RENDIMENTOS S/ APLICAÇÕES FINANCEIRAS + JUROS E MULTAS RECEBIDOS ARRECADAÇÃO DA PISCINA (ADMINISTRAÇÃO DA ABM) BOSQUE SOLIDÁRIO - ABM (Contribuição dos Condomínios + venda de rifa) PATROCÍNIO DE EVENTOS ( Festa de Fim de Ano) RECEBIMENTO EVENTO ART MIX (I) TOTAL DOS RECEBIMENTOS ............................................................. * DISCRIMINAÇÃO DOS PAGAMENTOS DESPESA COM PESSOAL Salários 58.170,51 Férias 8.119,98 Encargos Sociais (com 13º salário) 35.276,54 RESCISÕES CAFÉ DA MANHÃ FUNCIONÁRIOS 1.243,21 Vale Transporte 3.126,20 Seguro de Vida + Plano Saúde (SET./OUT.) + Med. Trab. 5.264,89 TOTAL DE DESPESAS COM PESSOAL 111.201,33 111.201,33 CONC. PREST. SERVIÇOS ( luz + água/esgoto + Telefone + gás) 26.152,10 SERVIÇOS PRESTADOS 10.849,17 MANUTENÇÃO&CONSERVAÇÃO + MAT.LIMPEZA + MAT.EXPEDIENTE 4.749,73 DESPESAS BANCÁRIAS 303,84 VIGILÂNCIA NO BOSQUE 30.372,86 SERVIÇO DE LIMPEZA + MANUTENÇÃO DE ÁREAS VERDES 19.669,77 CAIXA PEQUENO + DESP. DIVERSAS 2.244,41 MANUTENÇÃO DA PISCINA + GÁS 9.097,33 ESCOLA DE NATAÇÃO MF 08 11.608,33 PAGAMENTO À PREFEITURA MENSALIDADE + ATRASADOS (59/60) 32.962,79 OUTRAS ENTIDADES ( CAM. COMUNITÁRIA + ACIBARRA + BOSQUE SOLIDÁRIO) 1.276,00 HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS 2.488,00 DESPESA COM COMUNICAÇÃO (JORNAL & SITE) 1.500,00 BENS (móveis e utensílios/mat. Informática/outros) 450,00 DESPESAS COM EVENTOS (Festa de Fim de Ano e Aniversário da ABM) 20.028,00 DESPESA COM ESPORTE (reforma do campo de grama sintética 3/3) 13.860,43 DESPESA COM EVENTOS (Exposição carros antigos) 3.492,00 (II) TOTAL DOS PAGAMENTOS ............................................................. SALDO DO MÊS (I-II) R$

(36.902,79)

(III) SALDO DO MÊS ANTERIOR

R$

287.719,82

CONTA-CORRENTE DISPONÍVEL R$ 77.552,72

302.306,09 SALDO ATUAL - BANCO ITAÚ APLICAÇÃO R$ 173.264,31 TOTAL FDO. RESERVA R$ 46.400,19 APLICAÇÃO R$ 126.864,12

Veja a edição completa na internet: www.jornaldaabm.tk Anuncie - Ilma: 8114-0354 - ABM: 2495-6911

R$

175.333,68 19.289,35 5.146,00 8.038,87 10.152,94 1.964,00 4.730,68 858,07 25.785,57 4.416,00 7.500,14 2.188,00 265.403,30

TOTAL GERAL R$ 250.817,03


Voz da ABM Ricardo Magalhães Vice-presidente sociocultural

Na Voz da ABM de junho/2012, esta vice-presidência escreveu sob o título “Vencer Desafios com uma Administração mais Participativa” para indicar que esta seria a direção que adotaríamos e também para os demais diretores, coordenadores e colaboradores no nosso trabalho. Desejávamos uma participação mais efetiva dos associados nos mais variados segmentos da ABM, organizadamente e em sintonia com os demais setores da administração da associação. Conclamamos, com relação aos associados, principalmente aqueles que se afastaram por motivos diversos, que vencêssemos barreiras, que saíssemos das nossas fronteiras para trazer para a ABM o diferente, o melhor e aquilo que fosse atrativo na nossa comunidade. Criamos e inovamos com a participação de muitos! Convocamos os jovens

à participarem, além dos esportes, também na área social, cultural e do meio ambiente. Conseguimos! Avançamos bastante, pois tivemos um crescimento notável e surpreendente dos associados nos eventos da ABM: no dia das Mães, no dia dos Pais, na Olimpíadas, no dia das Crianças, no Natal com Papai Noel chegando de helicóptero, na festa de aniversário de 15 anos da ABM, no I Encontro de Veículos Antigos, dos Passeios Ecológicos, no Baile de Carnaval Infantil, nas diversas palestras do SEBRAE para o Empresário Individual, Micro Empresários, EMPRETEC, para as apresentações do Coral que leva a música e a logo ABM para fora dos nosso limites, no Grupo da 3ª Idade em suas tardes de Convivência, comemorações especiais e excursões reuniões com associados do Grupo Amigos dos Animais - Cães e Gatos... Adotamos e estreitamos a integração com as vice-presidências de Esporte, Transportes e Administrativa, procedimento que forneceu sinergia à equipe. A resposta foi rápida e evidente: o associado comparecendo aos eventos nos estimulou, nos deu a energia e fomos cada vez mais ao trabalho com dedicação à ABM. Pensei em dizer: É muito bom... mas digo: É ótimo!

Ainda na noite de domingo do dia 24 de fevereiro, assistimos pela TV a entrega do Oscar 2013, realizado no Dolby Theatre, em Hollywood, na Califórnia. Imaginava naquela hora, em agradecimento aos associados, que acreditaram em nossas palavras e atenderam nossos convites, que deveríamos dar um Oscar para este grupo. Um Oscar... dedicado aos associados! É isso mesmo: um Oscar para você associado da ABM e para seus familiares. Vocês são merecedores! Um Oscar aos associados que chamados, venceram barreiras e ultrapassaram fronteiras virtuais para cooperarem e engrandecerem com entusiasmo a sua ABM. Um Oscar para a alegria na participação, para a integração dos associados, pela sua descontração. Um Oscar, no entanto, não pode ser esquecido. Teríamos, também, um Oscar dedicado aos empregados da ABM, pela dedicação, carinho, comprometimento e responsabilidade nas mais variadas tarefas por eles exercidas. Associados, colaboradores e empregados: continuem contando conosco! Muito obrigado!

Março 2013

A ABM e o Oscar 2013

3


Transporte

Março 2013

Visão geral – realizações em 2012

www.portalabm.com.br

4

Apresentamos algumas características do transporte comunitário da ABM. Acompanhe: • Atende a 26 condomínios, totalizando 5.864 apartamentos, no horário de 5h40min às 22h. • Realiza 234 viagens diárias, de segunda a sexta-feira, sendo 89 viagens com destino ao Centro, Metrô de Botafogo, Metrô da Tijuca e Uerj; 89 viagens com destino Barra. • É disponibilizado um total de 10.764 assentos diários. • A idade média da frota é de 4,3 anos. • O valor unitário é de R$150,69 (cento e cinquenta reais e sessenta e nove centavos). E mais: • Com destino para fora da Barra o sistema oferta um total de 8.188 assentos e transporta em média 7.000 usuários. • Para dentro da Barra - Ônibus Circular Barra e Circular Shopping - oferta 1.242 assentos diários e transporta em média 800 usuários. • Aos sábados são realizadas seis viagens Centro x Barra e Barra Centro no horário das 7h às 15h15min. • No horário de 5h40min às 10h, (horário de pico) são ofertados 2.162 assentos sendo utilizados em média 1.600, com taxa de ocupação de 74%. • A ABM disponibiliza quatro fiscais contratados para supervisionar os serviços e

condições dos veículos e dos motoristas, e também para controlar o acesso dos usuários aos ônibus. Realizações sociais • Transporte das crianças do orfanato Jardim do Bom Retiro de São Gonçalo para a Quinta da Boa Vista, festa de final de ano, Bosque da Barra, e Ipanema para visitar o presépio do Jardim de Alah • Grupo da piscina caminhada no Bosque da Barra e na Urca • Grupo Master festa Clube Oásis • Grupo da 3ª idade São Cristovão (Feira dos Nordestinos) • Festa de final de ano funcionários da ABM, em Itaboraí Clube Vera Gol • Ônibus especial para a Feira da Providência nos dias 07,08 e 09/ 2012

• Desconto de 10 por cento sobre o valor dos quatros veículos classe ll, que fazem quatro viagens por dia contemplando um mínimo de 270 km; Obs: valor total da bonificação R$22.790,43 (vinte e dois mil, setecentos e noventa reais e quarenta e três centavos).

Bonificações contratuais • Micro-ônibus Rodoviário, circulando aos sábados, realizando três viagens completas ao centro da cidade. • Veículo de apoio de pick-up, sem motorista à disposição da ABM • Manter, no mínimo 2 (dois) fiscais e 1 (um) monitor para supervisionar os serviços contratados, as condições dos veículos e dos motoristas, bem como para controlar o acesso dos usuários aos veículos;

Nota: no ano de 2012 foram devolvidas 1.288 fichas de solicitações de carteiras do transporte comunitário por não atenderem a Resolução n° 01 de 2007. Devido ao rigoroso controle que a ABM mantém para expedição de carteiras, fato mencionado acima caracteriza uma economia significativa de sete ônibus, equivalente a R$ 210.000,00 (duzentos e dez mil reais) mensais ou elevada quantia de R$ 2.520.000,00 (dois milhões quinhentos e vinte mil reais) no ano.

Transporte de crianças do orfanato Jardim do Bom Retiro para diversas atividades culturais


Ética

Íntegra do texto encaminhado a A Folha do Bosque a título de direito de resposta à edição de fevereiro do com rigor as fraudes que detectarmos nas carteiras de usuários do transporte comunitário, como se deu no caso do antiético jornalista. Diretoria da ABM Obs: O texto acima possui menos caracteres do que a coluna publicada na A Folha do Bosque.

Março 2013

Dentre os princípios editoriais das Organizações Globo, empregadora desse desequilibrado e desagregador jornalista, estão a necessidade de isenção e a correção da informação, características sempre ausentes nas suas abordagens envolvendo esta associação. Continuaremos trabalhando com total transparência e correção, inclusive combaten-

5 www.portalabm.com.br

“Vou infernizar a vida de vocês” – Marlon Brum, em novembro/2010, num acesso de loucura, logo após ter atirado longe todos os objetos que estavam sobre a mesa da secretaria da ABM. E por que tanta ira? Simplesmente porque não concordamos em lhe devolver a carteira adulterada que a sua empregada portava para andar fraudulentamente nos ônibus. Temos que reconhecer que esse vingativo jornalista vem, desde então, cumprindo rigorosamente a sua promessa. Prova isso a sua coluna de fevereiro último publicada sob o título “Os insaciáveis da ABM”, que passamos a comentar. A proposta de quatro cotas de R$ 4,78 levada à assembleia em 20.02.13 foi aprovada e visa tão somente saldar compromisso da ABM junto à Prefeitura, como demonstram as guias que estão em nosso poder (à disposição de todos). A cobrança dessas cotas foi explicada, por memorando de 21.01.2013, a todos os condomínios. Em julho de 2009 a diretoria da ABM à época repactuou o parcelamento da remuneração provisória (parte atrasada) de 60 parcelas. Surgiu então outro cronograma de pagamento aumentado em quatro parcelas. Quanto à indenização da Construtora Calçada, obtida após intensa negociação, encontra-se aplicada em nome da ABM, e será utilizada na reforma de nossa sede da Henrique Cordeiro e na construção de uma piscina infantil. Tudo discutido e aprovado em assembleias com síndicos e representantes dos condomínios. As obras ainda não foram iniciadas, pois estamos aguardando a indispensável autorização da Prefeitura. Todas essas explicações foram passadas tempestivamente aos condomínios. Além disso, semanalmente, prestamos contas do que acontece na ABM em nosso portal e em boletim enviado a mais de 3.000 moradores cadastrados, numa política de total transparência de nossas ações.


Esportes

por Sandra Jabur

Mar��o 2013

A prática de hidroginástica pelos jovens

www.portalabm.com.br

6

Ao contrário do estereótipo estabelecido, a hidroginástica é uma atividade física também direcionada a jovens. A água é um meio no qual é possível adequar as atividades físicas a todas as faixas etárias, respeitando suas diferenças, grau de resistência, força e capacidade cardiorrespiratória. É possível trabalhar a água de acordo com o objetivo e grau de dificuldade desejados. Existem tipos de aulas, como a Hidropower, muito indicadas para jovens, onde os alunos com baixo condicionamento físico não conseguem acompanhá-Ia até o fim, independente da idade. A aula consiste em movimentação constante, combinada com saltos, flutuação, corridas com o corpo parcialmente submerso, batidas de pernas e uso de implementos, para criar turbulência e aumentar a resistência dos exercícios. Além desses exercícios, existe o Deep water, quando o aluno não toca os pés no chão. O objetivo é forçar ao máximo os movimentos, sem perder o lado lúdico e prazeroso. Para isso, o cronograma das aulas de hidroginástica deve ser bem variado, intensificando, a cada dia, grupos musculares diferentes.

Escola de voleibol a partir de 7 anos do aprendizado a equipe competitiva Quadra do Canal

O segredo é combinar os exercícios em postura ancorada com deslocamentos em diferentes posições, direções, formações, intensidades e segmentos alternados. Todos os exercícios são coordenados com a respiração. Pelo fator de ser extremamente aeróbica, a frequência cardíaca pode atingir até 80% do seu valor máximo.

Os jovens deveriam experimentar as turmas de hidroginástica direcionadas a sua idade, pois além de ser uma atividade extremamente eficaz para a perda de peso, aumento da capacidade respiratória e tônus muscular, é bem menos nociva às articulações dos membros inferiores e superiores do que as atividades aeróbicas realizadas no solo.


Sociocultural

Baile infantil sacode a poeira na ABM A Le Postiche esteve presente dando prêmios para as melhores fantasias infantis (masculina e feminina) e para o adulto mais animado. Todas as fotos do evento estão em www. portalabm.com.br

Crianças vibram durante uma série de brincadeiras com a equipe de recreação

A maioria das crianças foi fantasiada ao O Baile Infantil Confetes e Serpentinas

Março 2013

O carnaval infantil da ABM foi novamente um grande sucesso. Adultos e crianças caíram na folia no embalo da Turma do Salsicha. Os pequenos trocaram 1kg de alimento por confetes e serpentinas (foram arrecadados 200 kg para o Bosque Solidário da Associação).

À La Carmen Miranda, Giovanna Carvalho foi a vencedora da melhor fantasia infantil feminina

Mais uma festa infantil com presença maciça de adultos na ABM Ricardo Magalhães, vice-presidente Sociocultural da ABM, e seu neto

A Le Postiche premiou uma das duas adultas mais animadas da festa

A Turma do Salsicha foi responsável pela recreação do evento

www.portalabm.com.br

7


Matéria de capa Fotos Jorge Souto

Um paraíso chamado

Março 2013

Canal de Marapendi

www.portalabm.com.br

8

O Jornal da ABM começa nesta edição uma série de reportagens sobre o Canal de Marapendi. Vamos falar sobre sua fauna, flora, transporte e a poluição que macula suas margens e águas. O vice-presidente sociocultural da ABM, Ricardo Magalhães, junto ao biólogo Marcello Mello, elaborou um importante projeto de revitalização e monitoramente do Canal, com o apoio da Câmara Comunitária da Barra da Tijuca, através de seu vice-presidente, o oceanógrafo David Zee. O projeto também tem a colaboração de Odilon de Andrade, um dos integrantes da COPECAM (Comissão para Preservação do entorno do Canal de Marapendi). O Jornal da ABM foi convidado por uma das empresas que operam o transporte para os condomínios – Única

Transnáutica – para um passeio ecológico pelo Canal de Marapendi, indo até às ilhas existentes na região (Gigóia, Primeira, Fantasia, Pesquisa, Ipê, São Jorge, Golf e Garças). A grandiosidade e beleza vistas são de tirar o fôlego de qualquer experiente no assunto ecologia. Imagine então a sensação dos meros mortais. Não é possível o ser humano conviver com tamanha tranquilidade e contribuir para sua destruição. Palavras não definem o que vimos e sentimos durante o passeio. Não será exagerado em denominarmos a região como a “Veneza Brasileira”. Recomendamos a todos que puderem, façam esse inesquecível passeio. Durante o trajeto, fomos informados pelo condutor da balsa que é intenção da empresa colocar uma balsa disponível para esses

encontros todos os sábados, os quais terminam num restaurante de uma das ilhas. Nele poderão ser degustados saborosos petiscos, especialmente, frutos do mar. Além disso, a Única Transnáutica está ultimando o término de um píer em frente ao shopping Downtown, onde os moradores do entorno poderão contar com mais um serviço. O proprietário da Única Transnáutica, Newton Cunha Siqueira, é morador do condomínio Sol de Marapendi. Também preocupado com a sustentabilidade da região, vai se incorporar ao projeto elaborado por Ricardo Magalhães e Marcelo Mello. Telefone para os passeios: 99186838. Agendar com Newton. Veja todas as fotos do passeio em www.portalabm.com.br


SINOPSE DO PROJETO O programa busca a participação dos moradores, funcionários e empresários locais através de passeios ecológicos, reciclagem e educação ambiental. Durante o projeto serão demarcados os pontos de esgoto ao longo do canal para a intervenção adequada e o monitoramento da qualidade da água. Haverá a reconstituição da topografia das margens do canal com a correção das erosões e desbarrancamentos provocados pela chuva. A equipe vai replantar espécies ornamentais nativas ao longo do canal e remover as espécies invasoras. A coleta de lixo ao longo do canal e o resgate de espécies feridas para o devido encaminhamento também é uma meta do projeto. Os trabalhos serão feitos com a participação da patrulha ambiental e com embarcações apropriadas. Biólogos, engenheiros ambientais, técnicos, educadores e universidades federais irão desenvolver trabalhos para o resgate da fauna e flora local além de passeios ecológicos, educação ambiental com escolas públicas e privadas, fiscalização dos pontos impactantes como esgoto, caça de animais silvestres, erosão e diversas outras deficiências que vêm comprometendo a nossa qualidade de vida. Inicialmente, a intenção era cobrir o trecho compreendido entre a Ponte

9 www.portalabm.com.br

O projeto foi idealizado pelo engenheiro Ricardo Magalhães, que após várias reuniões com sua equipe técnica, liderada pelo biólogo Marcello Mello, materializou o documento científico dando forma e consistência técnica ao empreendimento. A participação da COPECAM foi fundamental para a obtenção de dados. A cooperação de Odilon de Andrade, participante da COPECAM e da Câmera Comunitária da Barra da Tijuca foi fator importante nas questões ambientais. Neste contexto, a ABM – Associação Bosque Marapendi - desenvolveu este projeto para identificar os diversos impactos ambientais causados pelo mau gerenciamento dos sistemas de captação de esgoto, lixo e fiscalização ambiental, apresentando soluções para seus problemas. A proposta da ABM busca o desenvolvimento de uma cultura ecológica regional dotada de sensibilidades estéticas, éticas e políticas sensíveis à identificação dos problemas e conflitos que afetam o ambiente. Após concluído, o projeto foi levado pelo assessor da Presidência da ABM João Luiz Rabello à Câmera Comunitária da Barra da Tijuca através de David Zee, que apresentou sugestões de acordo com seu vasto conhecimento no ramo. Além do apoio institucional da CCBT, o projeto conta com a participação do Instituto Aqualung, da Associação de Imprensa da Barra AIB e outros. Temos a convicção que nada conseguiremos se não nos unirmos em parcerias às associações, universidades, escolas, empresas do nosso entorno, hotéis etc, pois somente com o apoio de entidades locais, para investirem na melhoria ambiental do Canal de Marapendi, alcançaremos nossos objetivos. Temos também a certeza de que o apoio e a participação do Poder Público Municipal, Estadual e Federal são imprescindíveis ao sucesso do Projeto do Canal Marapendi. E a eles também recorreremos.

Março 2013

ABM idealiza projeto ambiental para o Canal de Marapendi

Lúcio Costa e a Ponte Marapendi, que liga a Av. Armando Lombardi e a Av. das Américas. Entretanto, a Diretoria da ABM estendeu o projeto por todo o canal, levando-o à Câmara Comunitária da Barra da Tijuca para que a Comunidade desse trecho seja beneficiada. Vamos preservar e melhorar o nosso espaço comum para as gerações futuras. Preservar e cuidar do meio ambiente é decidir pelo coletivo, é pensar no planeta como um todo e

não apenas no “nosso mundo”. Plantar árvores, fazer coleta seletiva e não maltratar os animais já é um bom passo, mas podemos muito mais. Somos capazes de escolher uma vida melhor para muitas pessoas, viver de forma mais comunitária e próspera, dividir a riqueza de nosso tempo com quem precisa partilhar um pouco do nosso conhecimento, adubar as sementes da fraternidade e, finalmente, decidir por um mundo melhor de verdade.


Matéria de capa

A prática da sustentabilidade urbana

Março 2013

Por David Zee*

www.portalabm.com.br

10

Um dos desafios mais complexos da Sustentabilidade Urbana é conciliar o cenário natural com o urbano. Promover a coexistência da malha urbana com a cobertura vegetal e sua dinâmica natural torna-se atualmente um verdadeiro enigma a ser desvendado. O desenvolvimento sustentável inicia-se com a participação do maior número de segmentos da sociedade urbana. A etapa da denúncia e da crítica estéril onde se procuram culpados dos problemas sem se preocupar com as propostas das soluções já está ultrapassada e obsoleta. A fala fácil da tão desejada “sustentabilidade” sem mostrar na prática este fundamento deixa as cidades impróprias para serem habitadas. Os novos bairros que surgem dependem da maior participação social, de equipamentos urbanos mais eficientes, de planejamento urbano condizente com as demandas crescentes, de controle e fiscalização dos usos além da viabilidade econômica das ações. Com este propósito muitas associações de moradores e representantes de classe têm se dedicado com objetivo de melhorar a qualidade de vida da Baixada de Jacarepaguá. Ao longo dos anos a Associação Bosque Marapendi – ABM tem se preocupado com seu maior recurso natural, situado no seu “quintal”, que é o Canal de Marapendi. Saibam que a faixa marginal de proteção, na orla do canal, pertence a Área de Proteção Ambiental – APA de Marapendi. Talvez um dos maiores exemplos da prática da Sustentabilidade da região é a vontade da ABM em auxiliar o poder público no controle e na fiscalização da poluição das águas do Canal de Marapendi. Neste sentido recomenda-se ao invés de apenas averiguar as conseqüências (qualidade da água no canal) é necessário reconhecer as causas (lançamento de efluentes). Assim o mapeamento e a fiscalização periódica das tubulações que lançam efluentes ao longo do Canal de Marapendi, principalmente em tempo seco (sem chuvas), devem ser realizado pelos maiores interessados que somos nós. Os dutos

Fotos Jorge Souto que deveriam só conduzir as águas das chuvas para o espelho d´água lagunar precisam ser identificados e observados. Neste caso se averiguaria se existe contaminação de esgoto clandestino além de descobrir a origem do ilícito. O programa de monitoramento da ABM poderia ser realizada em 3 etapas, a saber: Identificação e localização de todos os dutos tanto na margem esquerda (E) como na margem direita (D). Os dutos seriam identificados com tinta e localizados com GPS, caracterizando-os quanto ao diâmetro, material do tubo, emerso ou submerso além de levantar as áreas edificadas contribuintes do duto identificado. Após a identificação os dutos deverão ser fotografados. Realizar levantamentos semanais em dias diferentes e em dois horários: entre 8:00 e 10:00 horas, entre 16:00 e 18:00 horas. Nestes levantamentos constatar se estava vertendo efluentes ou não nos dutos identificados. Montagem de banco de dados para produzir relatórios mensais da situação dos dutos (secos ou molhados) com respectivos horários. A cada seis meses divulgar no jornal da ABM e enviar para a Câmara Comunitária da Barra – CCBT. Esta deverá consolidar um relatório com outros monitoramentos realizados ao longo dos 3,5 km do Canal de Marapendi.

1 2 3

Será responsabilidade da CCBT enviar relatórios semestrais consolidados da existência de lançamentos clandestinos de esgotos para o INEA, CEDAE e Ministério Público se for o caso. Evidências podem ser confirmadas com a existência de vazão de efluentes em dias sem chuvas e a própria natureza do efluente detectado. Através da união de esforços da sociedade civil organizada, lideranças comunitárias e poder público estaremos praticando a tão falada sustentabilidade e que tanto desejamos para alcançar uma melhor qualidade de vida para a Baixada de Jacarepaguá.

*David Zee é vice-presidente da Câmara Comunitária da Barra da Tijuca (CCBT), graduado em Engenharia Civil pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, mestre em Oceanografia pela Universidade da Flórida e doutor em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ


Curtas

VOLTA ÀS TARDES DE CONVIVÊNCIA

 ESTACIONAMENTO IRREGULAR

A Rua Jornalista Henrique Cordeiro precisa urgentemente de uma reorganização para que carros de passeio parem de estacionar em local de carga e descarga. Caminhões com sua vaga ocupada sobem à beira das calçadas. Conforme falou Darci Bento, funcionário do condomínio Barra Golden, é impossível controlar o estacionamento nessas áreas proibidas. Darci afirma que tenta persuadir os motoristas a não colocar seus veículos ali, mas tudo é em vão. A via se torna um caos e tem momentos que fica engarrafada em ambos os sentidos.

SEBRAE NA ABM

A comunidade da ABM teve novas oportunidades de estudar o Empreendedor Individual no ponto de vista do SEBRAE. Duas palestras do Serviço de Apoio, no mês de fevereiro, levaram dezenas de pessoas à sede da Associação para conhecer um pouco sobre o Seminário EMPRETEC e o caminho para o sucesso dos empresários. O Brasil é um dos cinco países que mais empreende no mundo. Surpresa para o Jornal da ABM foi ver, principalmente, jovens empreendedores engajados no assunto. O SEBRAE deu uma aula aos que primam pelo resultado de seu negócio.

Março 2013

O Grupo Terceira Idade voltou em grande estilo às Tardes de Convivência na sede da ABM, um projeto de Regina Wesley, moradora do Condomínio Porto Seguro criado para entreter essa faixa etária todas as segundas e quartas-feiras. No dia 27 de fevereiro, o Grupo realizou um Café Colonial no Salão Social Nelson Gallo, com música ao vivo e dança, muita dança a dois.

11

RESPEITE O CRUZAMENTO

Motoristas mal educados fecham o cruzamento da Av. Afonso Arinos com a Rua Jornalista Henrique Cordeiro. Quem vem da Henrique, leva, às vezes, muitos minutos para conseguir passagem.

CLASSIFICADOS Espaço Barra Psi – Città América Psicólogos e psicopedagogos Descontos para moradores da ABM Tel.: 8839-3050 Aluga-se Rio 2 – Barra da Tijuca Rua Alfredo Cesehiatti nº 100, cond. residencial Gênova 2 qtos mais 1 qto reversível, dependência empregada, ampla sala/ varanda vaga na garagem, infraestrutura total + ônibus R$ 1.800,00 + taxas Tel.: 2524-0368 / 9996-3567 / 9996-6387 Aluga-se condomínio Costabella Apartamento no melhor ponto da Barra da Tijuca Próximo aos shoppings, a 100 metros da praia 2 qts sendo 1 suite, decorado, cozinha americana, varanda, ar condicionado Vaga para 2 carros, condomínio com balsa para a praia, ônibus, ciclovia próxima. Piscina, sauna e lavanderia Contato Mônica – Tels.: 9983-7987 / 2495-1945

www.portalabm.com.br


Entrevista Por Luahine Mendes

Uma joia chamada Valéria Costa

Março 2013

A designer de sapatos que ganhou os pés das famosas Valéria Costa nunca escondeu sua paixão por joias e sapatos. Estudou Psicologia, mas não seguiu carreira. Desenhar e criar o que ela chama de “joias para os pés”, especialmente para o público feminino, faz seu coração bater mais forte. Nascida em Monte Carmelo, Alto Paranaíba, Minas Gerais, se consagrou na cidade grande, fazendo sandálias para famosas como Paola Oliveira e Claudia Leitte. Uma das estilistas de sapatos mais requisitadas pelas escolas de samba do Rio de Janeiro e São Paulo, Valéria não poupa pedras preciosas na hora de decorar os calçados de suas clientes. A junção de duas paixões num único produto, traçando as “joias para os pés”, é, além de muito talento, fruto de muito estudo e pesquisas para se alinhas às tendências. A estilista, dona de um ateliê no Rio, falou ao Jornal da ABM sobre sua trajetória e reconhecimento no mundo da moda.

12

Como começou a paixão por criar sapatos? Valéria Costa: Começou na criação do espaço Casa Cor Goiás, onde o tema era o hobby da dona da casa: fabricar joias e sapatos. Assim, surgiram as joias para os pés, sapatos com detalhes em peças de ouro e pedras brasileiras. Você fez algum curso para se especializar? Especializei-me em Design de sapatos em São Paulo e fiz cursos livres sobre moda e figurino. Este ano inicio uma pós-graduação em figurino e carnaval.

Valéria Costa, ao lado do amigo e figurinista Marcelo Cavalcante, posa com atrizes globais

www.portalabm.com.br

Você define seus sapatos como “joias para os pés” devido à paixão por calçados e joias. Para unir as duas coisas em um só produto, você se preocupa com as tendências da moda? Quem trabalha neste ramo tem sempre que estar antenado nas tendências da estação, como cor, tipos de salto, altura e material. Os sapatos com joias são peças clássicas, atemporais. Não deixo nunca de perceber o momento em que estamos vivendo na moda e até a economia do país, pois se estamos em crise não podemos incentivar o luxo para poucos. Isso se torna antipático. As pessoas ligadas à moda tem que ter sensibilidade para saber o momento certo de incluir os produtos no mercado. Você aposta em pedras como os cristais Swarovski para abrilhantar seus sapatos. Sua clientela é mais básica ou prefere todo esse brilho nos pés? Tenho clientes de todos os gostos. Sinto-me realizada em deixar meu cliente satisfeito. Para os que gostam de brilho e podem manter esse luxo, indico o melhor. E vamos realizar seu desejo de ter um sapato de cristal, o que particularmente acho um luxo.

Musa da Águia de Ouro usa bota criada para desfile

Você desenhou e criou modelos de sapatos para várias famosas. Cite um que você acredita que marcou.

Cantoras como Claudia Leitte, apresentadoras como Ana Furtado, atrizes como Juliana Paes e modelos como Luiza Brunet foram muito importantes na divulgação do meu trabalho, mas tive o prazer de trabalhar com uma grande figurinista, Labib Simão, na novela Gabriela. Foi um crescimento muito grande na minha carreira, onde aprendi muito trabalhando com sapatos de época. Você é uma das designers de sapatos mais requisitadas quando o assunto é carnaval. Como iniciou a criação de peças para as rainhas de baterias das escolas de samba? Tive a ajuda de pessoas-chave no carnaval como Flávia Cirino, jornalista que me inseriu nesse meio através do Salgueiro, e sua grande rainha Viviane Araújo. Devo muito também a Acadêmicos do Grande Rio, ao Jayder Soares, que me deu grande oportunidade fazendo sapatos e botas para uma escola tão visada pela mídia. Dê algumas dicas para as mulheres da ABM sobre o que vai estar na moda para os pés neste ano de 2013. Hoje a moda está muito aberta, mas a grande dica são as rasteirinhas com pedras para o dia e sandálias altas e bem sensuais para a balada. O sapato hoje é acessório fundamental para completar o look.


HUMOR O que dá um cruzamento de um carro com uma girafa? - Um alto móvel ***

Assim que Joãozinho chega da escola, o pai já fala: — Quero ver o seu boletim! Joãozinho diz: – Infelizmente não vai dar!… — Como não vai dar?! Joãozinho: - É que eu emprestei para um amigo… Ele queria dar um susto no pai dele!

REFLEXÃO Pare por alguns segundos e pense um pouco. A vida por mais bem vivida que seja para alguns, às vezes, é muito curta para outros. O nosso amanhã só a Deus pertence. É como os nossos futuros dias. Quando respiramos o ódio, a inveja, estamos envenenando o nosso sangue e fazendo o nosso coração sofrer. Quando pensamos em vinganças, ressentimentos, tudo isso contribui negativamente para nós e produz um efeito destruidor em nossa imaginação. Ninguém é perfeito e todos nós temos defeitos e virtudes. Eu sei quanto é difícil viver em paz com a vida e com outras pessoas, mas a raiva, o ódio e a amargura só nos torturam cada vez mais a nossa mente e faz com que o nosso coração sofra muito mais. Sorria, a vida é bela... E para ser bem vivida, viva com alegria e seja feliz, pois a felicidade está ao alcance de todos nós. O ódio envenena nossas almas, nossas mentes e nossos corações. Ame e seja amado, pois só o amor é capaz de remover montanhas. Só o amor é capaz de transformar os momentos de tristeza em alegria, de dor em alívio e de sofrimento em felicidade. Ame a si mesmo para poder amar ao seu próximo. Perdoe quem lhe magoou para também ser perdoado. A nossa vida é passageira e só nos resta viver cada segundo, pois o amanhã é sempre uma incógnita. Viva, sorria e ame sempre, pois só se amando, é que somos amados. Ame e seja feliz para sempre... José Amorim de Lima – Barra Golden

Março 2013

***

Cantinho dos poetas

13 www.portalabm.com.br

A loira ligou pra pizzaria e pediu uma pizza. — A senhora quer que eu corte a pizza em quatro ou em oito pedaços? A loira pensa um pouco e responde: — Pelo amor de Deus, corta em quatro porque eu não dou conta nunca de comer 8 pedaços!


Delícias

Culinárias

Receita de Valéria Martins

Rolo italiano

Massa:

Recheio:

3 3 2 1 1 1

xícaras de farinha de trigo colheres (sopa) de margarina colheres (sopa) de queijo parmesão sachê de fermento biológico colher (chá) de sal xícara de leite

Presunto a gosto Queijo a gosto Tomate a gosto Orégano a gosto

Preparo: Coloque todos os ingredientes numa tigela e amasse bem com as mãos até dar liga. Deixe a massa descansar por uma hora. Divida a massa em duas partes. Abra com um rolo cada parte. Pincele azeite e recheie com queijo, presunto, tomate e orégano (ou o recheio que preferir).

Março 2013

Envie sua receita para: deliciasculinarias.abm@gmail.com

www.portalabm.com.br

14

Cidadania

Por Luna Jaimovick - advogada

O apagão tira a nossa luz, mas não fecha nossos olhos Durante o mês de dezembro de 2012, tivemos aqui na ABM vários apagões de energia elétrica, de responsabilidade da empresa LIGHT, sendo o último, durante a noite, para piorar a nossa situação. Nós, moradores da ABM, que pagamos nossas contas, não temos que aceitar passivamente a conduta reprovável desta empresa, não temos que aceitar o fato de nunca sabermos se iremos ficar sem luz de novo, não temos que viver com essa insegurança. Entendo que não podemos acatar com tanta facilidade essa conduta, muito menos não devemos nos conformar com a justificativa de que o alto consumo de energia por parte da população, por causa da alta temperatura do verão geraria suspensão do serviço. Não pode ser convincente. O calor excessivo já é previsto todos os anos e o mínimo que queremos e merecemos é conforto em nossas casas. Somos todos consumidores e exigimos muito respeito. Pagamos nossas contas e a única expectativa nossa é que tenhamos sempre eletricidade em nossos lares! Energia elétrica é um tipo de serviço público essencial à vida e à

dignidade humana e se não é prestado com continuidade, é capaz de gerar danos materiais e morais. Todos os cidadãos têm direito à boa qualidade da prestação de serviços, principalmente os considerados como essenciais à vida, mas tem uma parcela da sociedade que é considerada por especialistas do Direito do Consumidor, como bastante vulneráveis, que são as crianças, os idosos, os portadores de deficiência. Nesses casos, a falha do serviço público é ainda mais grave, pela condição de serem mais dependentes do uso de aparelhos domésticos, sendo consequentemente, a responsabilidade da LIGHT ainda maior. A Constituição Federal do Brasil afirma que direito do consumidor é direito fundamental e protege a dignidade da pessoa. Ora, se não estamos recebendo essa proteção integral, haja vista os repentinos apagões, nós mesmos, através de insurgências perante o Estado, devemos pleitear nossos direitos, com o intuito de punir a empresa, evitando assim, novos apagões e novos prejuízos!


www.portalabm.com.br

15

Marรงo 2013


www.portalabm.com.br

16 Marรงo 2013


Jornal da ABM ano 2 ed. 17